Page 1

08

TV

paloma tocci: muito mais que apresentadora “o astro”: emoções de volta em macrossérie

TURISMO

orlando: diversões do mundo todo reunidas machu picchu: trilhas são conquista pessoal

ENTREVISTA

jorge fernando: “tenho vários amores” fábio júnior: momento íntimo

DECORAÇÃO

jardins: dicas para viajar no paisagismo segurança: mercado já tem portas blindadas

TECNOLOGIA

google: computador feito para a web instagram : fotos na rede social via celular

MÚSICA

caetano e gadú: do amor nasce mais música jota quest: coletânea comemora seus 15 anos

Mariana Weickert

ESTILO LIVRE

EDIÇÃO 8 . JUlHO 2011

mudanças por qualidade de vida

R$ 5,80

3


4

ESTILO LIVRE


ÍNDICE_

07 20 26 28 46 50 54 62 68 78

DA REDAÇÃO_ ENTREVISTA

jorge fernando “Tenho vários amores”

TV

“o astro” As emoções estão de volta

MODA

fashionistas Cantoras mostram seu estilo

TURISMO

orlando Diversões do mundo inteiro

REFLEXÃO

TRAIÇÃO Descubra seus motivos

LITERATURA

paul donnelley Livro reúne crimes notórios

MÚSICA

JOTA QUEST Banda comemora 15 anos

No clima de grandes desfiles com os lançamentos das coleções primavera/verão de vários estilstas renomados do país, a Estilo Livre deste mês traz uma reportagem que revela que o mundo da moda é fascinante sim, porém, muito exaustivo e exigente com os rostinhos e corpos bonitos que estão por trás das passarelas. Em entrevista com a modelo Mariana Weickert, que desistiu da carreira internacional para ter “qualidade de vida” - foi assim que ela classificou a reportagem buscou mostrar que por trás dos sonhos de muitas meninas brasileiras de chegar às passarelas, existe grande dificuldade nesta profissão. Quando vemos essas mulheres maravilhosas, não imaginamos o quanto elas trabalham ou ainda o quanto gostariam de deixar este mundo em busca de uma vida mais tranquila. Foi o que Mariana fez. Confira na reportagem a história desta modelo e de como ela desistiu do brilho internacional para viver a vida como queria aqui mesmo, no Brasil. Confira também todas as outras reportagens da Estilo Livre deste mês, que a partir de agora poderá ser acessada pela internet, no site www.revistaestilolivre.com.br

CAROLINA MARQUEZINI DIRETORA DA REDAÇÃO

GASTRONOMIA

BEM CASADO Aprenda a fazer em casa

ARQUITETURA

PORTAS BLINDADAS Opções para mais segurança

AUTOMÓVEIS

LAND ROVER Novidades com oito marchas

12 CAPA

Das passarelas À nova vida...

Mariana Weickert Carreira internacional ou qualidade de vida

DIRETOR Jeziel Marquezini EDITORA Carolina Marquezini DIRETOR COMERCIAL Daniel Israel DIREÇÃO DE ARTE E IMPRESSÃO Editora Conosco_Indústria Gráfica TEXTO E FOTOS Agência Estado FOTOS Ivan Mello - Freelance JORNALISTA RESPONSÁVEL Carolina Marquezini_MTB_41418 SP TIRAGEM 25 mil exemplares PARA ANUNCIAR Daniel Israel_18 9606 2196 daniel@revistaestilolivre.com.br ANÚNCIOS E PATROCÍNIOS Além de anúncios institucionais e comerciais em formatos tradicionais, Estilo Livre oferece a opção de patrocínio das seções e colunas fixas. Fale com nosso departamento comercial . REVISTA ESTILO LIVRE Abílio Duarte de Souza, 257 :: F: 18 3322 6544 revista@revistaestilolivre.com.br


ENTREVISTA_ Foto_ BOB PAULINO/TV

ENTREVISTA_ (AE) - Tirar o sorriso do rosto de Jorge Fernando, 56 anos, é difícil. Às vezes, ele até sofre de falta de paciência em estúdio, mas, na umbanda e nos conselhos da mãe - Hilda Rebello, 85 -, aprendeu a se controlar e, consequentemente, ser mais tranquilo. As chuveiradas ao chegar e antes de sair de casa também o ajudam a alinhar as energias. Mas agora, de volta à vida de ator de TV, ele diz à reportagem como está curtindo chegar mais tarde à Globo e decorar seus textos ao som de Caetano Veloso. E, como tem sobrado tempo para namorar, Jorginho - como é chamado nos corredores da Globo - se diz apaixonado. AE - Como está sendo retornar à dramaturgia depois de 20 anos? Jorge - Estou adorando essa vida de ser ator, de chegar mais tarde, de não ter problemas. Eu só preciso decorar, né? Mas continuo acordando cedo, às 7h30. Vou deitar umas 2h, quando acaba o David Letterman (programa de entrevistas). Às 8h, já estou na rua, andando.

“Tenho vários

amores. vários e diferentes amores” Por_Aline Nunes

pessoa. Eu sou muito doido. De repente, acordo às 3h e quero trabalhar. Sou feliz assim. AE - E o que o aborrece? Qual a última vez em que chorou? Jorge - Fico aborrecido quando não consigo fazer o que quero, com falsidade, quando descubro que fui traído. Sou meio babaca. Não vejo maldade nas pessoas. Choro fácil, choro até com gol. Outro dia, chorei assistindo à “Morde & Assopra”. AE - Aos 56 anos, ficou mais vaidoso? Jorge - A vaidade me fez emagrecer para não parecer gordão na TV. Mas jamais vão me ver me esticando. Eu quero ficar “encarquerado”. Mas coloca que eu tenho 50 e poucos. Saio com gente de 23 (risos). AE - E agora você está namorando? Jorge - Sim, estou apaixonado.

AE - Afinal, faltaram convites para você retornar à vida de ator?

AE - Você é uma pessoa romântica? Qual foi a maior loucura que já fez por amor?

Jorge - Eu já tinha meio esquecido disso (ser ator) para a TV. Por isso, no palco, eu me coloquei como estrela. Há 15 anos, faço o “Boom”. Eu produzi tudo. Ninguém me chamou. Mas daí o Alvarenga (diretor) falou que precisava de um ator tipo Jorge Fernando e topei.

Jorge - Não dá muito certo, mas eu sou. Adoro presentear, adoro ser surpreendido... Mas não faço loucuras. Abro mão de coisas minhas em nome dos outros.

AE - Aos 26 anos, você estava dirigindo Fernanda Montenegro, em “Guerra dos Sexos” (1983). Foi artisticamente precoce? Jorge - Desde moleque, eu sabia o que eu queria. Era meio o sonho impossível americano. Eu era do subúrbio (Del Castilho), não conhecia ninguém, mas achava que eu era o tal (risos). Daí, fui construindo formas de conseguir me mostrar. AE - Fez muitos amigos no meio? Jorge - Muitos. Mas só convivo com as pessoas com quem estou trabalhando. Não gosto de aniversário, boate, de mesa longa em restaurante. AE - Sente-se bem morando só?

AE - Em “Macho Man”, você é um ex-gay. Fernanda Young (autora) disse conhecer um. Você acha que é possível alguém ser ex-gay? Jorge - Olha, temporariamente, sim. Mas todos tiveram recaídas (risos) Para quem conhece da fruta, é difícil esquecê-la. Mas na dramaturgia tudo é possível, né? AE - E você? Como definiria a sua sexualidade? Jorge - Eu, pessoa física? (risos). Nunca tive problemas com sexo. Tenho vários amores. Vários e diferentes amores (risos). AE - Você falou que está apaixonado e que tem muitos amores... Jorge - Você não vai perguntar se eu sou veado, né? Acho isso tão babaca. Nunca precisei responder isso.

Jorge - Eu não consigo morar com outra ESTILO LIVRE

09


vitrine_

ENTREVISTA_

01

02

03

04

05

06

01. 02. 03. 04. 05. 06. 07.

João - Dani - Alice Fernanda - Leonardo - Sérgio Carlos Tozoni - Neide Tozoni Gustavo - Kiara Allysiê - Dalvete Denise - José Antônio Danielli - Ricardo Azevedo

07

ESTILO LIVRE

11


ENTREVISTA_

ENTREVISTA_ Foto_TIAGO QUEIROZ/AGÊNCIA ESTADO/AE

Fábio Jr. em momento

dá-la. Filipe tem trauma disso. Já ouviu de mim: “Vai fazer isso de novo. Aqui você desafinou”. AE - Quando Fiuk passou por isso? FÁBIO JR. - Ele tinha uns 14 anos. Na época em que começou a montar a primeira banda, ele trazia as coisas para casa. Tadinho, ele chegava todo feliz. “Pai, ouve aí, porque sei que você vai falar a verdade”. Eu dizia: “Tá bom. Filho, aqui você tem de refazer”. Ele ficava meio bravo. Mas aquele momento da crítica foi importante. Depois de gravar, ele me agradeceu. AE - Vocês dois parecem ter uma relação próxima. Sempre foi assim?

“Íntimo” Por_Adriana Del Ré

(AE) - O cantor paulistano Fábio Corrêa Ayrosa Galvão já se chamou Uncle Jack e Mark Davis. No início dos anos 70, adotou o nome artístico Fábio Jr., com o qual fez sucesso. Mas hoje também é conhecido como o pai da atriz Cleo Pires, 27 anos, e do cantor Fiuk, 20 - a quem Fábio só consegue chamar pelo nome verdadeiro, Filipe. Sua prole conta com o reforço de mais três filhos: Tainá, 24, Krizia, 23, e Záion, 2. Hoje, aos 57 anos de vida e 32 de carreira, ele está solteiro e diz não querer mais filhos. Num momento voltado à carreira, está em turnê com o novo CD, “Íntimo”. AE - No disco “Íntimo” (Sony), você interpreta canções que fizeram sucesso na voz de outras pessoas, como “Esquinas”, com Djavan. Como foi quebrar essa barreira? FÁBIO JR. - Só tem um jeito: achar minha maneira de cantar. E elas soarem minhas. Encontrei Djavan há alguns anos. Disse para ele: “Esquinas

12

ESTILO LIVRE

é uma obra-prima”. Ele disse: “Grava, Fabinho”. E eu: “Não dá. Está complicado de alguém regravar isso”. Falei isso para o Cesar Lemos (produtor desse disco). Ele disse que este ano eu ia ter de encarar. AE - Fiuk participa desse disco, assim como sua filha Tainá. Como surgiu a ideia de trazê-los? FÁBIO JR. - Nada disso estava previsto. “Papito, você vai colocar essa música no show, a ‘20 e Poucos Anos’?” (imitando o filho). Eu disse: “Boa ideia. Vou pôr no CD. Você topa?”. AE - E a Tainá? FÁBIO JR. - Tainá sempre cantarolou. Acho ela muito afinada. Fomos para o estúdio. O Cesar sugeriu “Fullgás” e os dois ficaram trabalhando. Sou pai, mas tenho de ter um certo distanciamento para avaliar. Fiquei em outra sala para não intimi-

FÁBIO JR. - Sim, temos. Mas nem sempre foi assim. Foi a partir do momento em que ele foi morar comigo, há 7 anos. A gente é muito parecido. Quando meus filhos eram muito pequenos, eu não parava em casa. E ainda fazia carreira internacional. Então, fui ausente nesse período da vida deles. A gente está fazendo um pit stop na casa da mãe dele e das irmãs, enquanto a nossa não fica pronta. Ele chega em casa e grita: “Oi, família, cheguei!”. Quando ele era pequeno, não sabia o que era isso. AE - Você acha que ele vai demorar para formar a própria família? FÁBIO JR. - Ai, por favor (risos).

tinha 30 anos. Tudo tem um preço. AE - O Fiuk já disse que vocês dois conversam sobre tudo. Inclusive, que você dá dicas sobre mulheres para ele. É verdade? FÁBIO JR. - Ele quem está me dando dicas (risos). A gente troca ideia pra caramba. É legal a visão que ele tem das coisas, das mulheres, de como levar um relacionamento. AE - Que dicas ele te dá? FÁBIO JR. - Caramba, como vou especificar uma coisa... Ele fala: “Pô, papito, presta atenção. Aqui é roubada”. AE - Em relação a mulheres? FÁBIO JR. - É. E eu faço isso também. AE - E como é o relacionamento com seus outros filhos? FÁBIO JR. - É igual, mas cada um com sua personalidade. Para chamar a atenção de cada um, é de um jeito. AE - Para eles, em algum momento, foi difícil ser filho de um artista? FÁBIO JR. - Nunca senti. E eles nunca foram afetados em relação a isso. Cresceram me vendo na TV. É mais estranho vê-los fazendo sucesso.

AE - Por quê? Não quer ser avô logo? AE - Tem ciúmes de suas filhas? FÁBIO JR. - Quero. Mas o moleque tem 20 anos. Tem de namorar... AE - Mas você era novinho quando se casou (com Tereza Coutinho). FÁBIO JR. - Casei com 23 anos. Mas deixa ele quietinho. Acho que, no momento, mesmo apaixonado, ele não formaria uma família. Ele rala muito e estabelece prioridades. E carreira é a prioridade dele agora. AE - Você se arrepende de ter sido ausente na vida deles? FÁBIO JR. - Eu não me arrependo. Tudo na vida é uma escolha. Escolhi uma carreira. Fui fundo. Aquele foi o grande momento da explosão. Você luta por isso e, na hora que conquista, começa a dizer ‘não’ pra todo mundo? Não dá. Eu

FÁBIO JR. - Tenho. E do Filipe também. Sou muito ciumento. Não sei por que. AE - Sente saudade de atuar? FÁBIO JR. - Sim. Fazendo o especial de final de ano, “Tal Filho, Tal Pai” (2010), deu mais saudade ainda. Mas acho que hoje, para pegar uma pauleira de novela, não sei se encararia. Já faz 13 anos desde minha última novela, a “Corpo Dourado”. - Como lida com o envelhecer? FÁBIO JR. - Acho que é saborear uma coisa que só vem com o tempo na vida, que é a sabedoria. É o acúmulo de experiências que te dá condições de avaliar o daqui para frente de uma forma mais serena, mais objetiva. ESTILO LIVRE

13


CAPA_ Foto_JB NETO/AGÊNCIA ESTADO/AE

CAPA_

Modelo carreira internacional

ou qualidade de vida Por_Caline Migliato

(AE) - Que Mariana Weickert, 29, é linda, esteve nos grandes circuitos internacionais e foi capa das principais revistas de moda, todo mundo sabe. Mas hoje, a modelo e apresentadora, que nasceu em Blumenau (SC), abriu mão do glamour para ter sossego. Mariana odeia acordar cedo, compara ir à academia a ser surrada, temeu que o

14

ESTILO LIVRE

11 de setembro, em Nova York, fosse o fim do mundo e, quando veio a São Paulo, não fez nem a própria mudança. Da rotina das passarelas, não sente falta. Mariana recebeu a reportagem descalça, de jeans e camiseta, em seu apartamento no Itaim Bibi, zona sul de São Paulo. Jogou o cabelão loiro e abriu o sorriso. Tarefa fácil para o fotógrafo.

AE - São 13 anos de carreira de modelo. Qual a experiência que mais marcou?

hoje consigo programar minha vida. Estou realizada hoje, amanhã não sei...

MARIANA WEICKERT - É quase clichê, mas o 11/09, porque eu morava em Nova York, a três quarteirões de onde eram as Torres Gêmeas. Achei que era o fim do mundo. Quando vi a nuvem de fumaça, pensei: ‘Pronto, minha vida acabou.’

AE - Qual o melhor e o pior do mundo da moda?

AE - Como foram os seis anos lá? MARIANA WEICKERT - NY era a minha base, de lá eu ia para vários lugares. Ficava de 15 dias a um mês em Milão, Paris, dependendo do trabalho. Viajei o mundo inteiro, mas não conheci nada. Eu chegava morta pelo fuso horário. Sabia que ia trabalhar o dia todo, então ficava no hotel dormindo. Não tinha pique. AE - Mas você gostava de NY? MARIANA WEICKERT - Não gostei de morar lá. É uma cidade impessoal e eu sou dependente de pessoas. Hoje, depois de quatro anos de análise, eu gosto de ficar sozinha. E lá é o lugar para onde vão pessoas ambiciosas do mundo inteiro. Uma ambição zero saudável. Lá não tem raiz, o planejamento de vida era zero. Já aconteceu de eu estar lavando roupa e me ligarem para dizer que eu tinha que estar na Alemanha dali a duas horas. Pus a roupa ensaboada em saquinhos na mala.

MARIANA WEICKERT - A melhor parte é a independência financeira, e ter a oportunidade de conhecer muita gente. A pior é a solidão. Pais, irmão, namorado estão por perto, mas tu faz tudo sozinha. AE - Como é viver em São Paulo? MARIANA WEICKERT - Todo mundo mete o pau, mas sou apaixonada pela cidade. Eu viajei o mundo e opções não faltaram. São Paulo tem trânsito, poluição. Mas, e daí? A cidade me acolheu muito bem. Sou feliz aqui. Você aprende a lidar com os mimos de São Paulo. Meu trabalho, amigos, pessoas importantes da minha vida estão aqui. Meu porto seguro, meu refúgio é aqui. É mais profundo e simples do que a diversidade cultural. AE - Você se priva na hora de comer para manter a forma? MARIANA WEICKERT - Como bastante. Não fico regulando. Mas é que eu emagreço muito facilmente. Não como porcaria; gosto de arroz e feijão. Eu até tento malhar três vezes por semana. Mas, pra mim, ir à academia e acordar cedo é como ser surrada.

AE - Foi por isso que desistiu? MARIANA WEICKERT - Para ter qualidade de vida. Eu vim para ficar cinco dias em São Paulo, acabei ficando de vez. Não voltei nem para fazer mudança. Tive medo de sofrer lavagem cerebral e me convencerem a ficar lá. Contratei uma empresa que foi na minha casa, encaixotou tudo e colocou num contêiner. Eu peguei no porto de Santos. Nisso eu perdi tapetes, telas... AE - Teve algo que não realizou? MARIANA WEICKERT - Acho que fiz tudo: abri os desfiles que queria, trabalhei com os fotógrafos que queria, fiz as capas das revistas que eu queria... Eu larguei aquela vida justamente porque consegui tudo. Abri mão para ser feliz. Eu pago caro pela minha felicidade. Deixei de ganhar muito dinheiro. Mas

MINHA SÃO PAULO • Restaurante Mocotó (Av. Nossa Senhora do Loreto, 1100 - Vila Medeiros) - “Acabei de descobrir, é fenomenal” • Mercado Municipal (Rua da Cantareira, 306) - “Adoro comer no português que tem no segundo andar” • Restaurante Acrópoles (Rua da Graça, 364 - Bom Retiro) - “Tu vai na cozinha se servir, é um lugar muito legal” ESTILO LIVRE

15


vitrine_

01

TV_

02

A mudança do estilo de vida pode nos trazer

a longevidade Quem não sabe disso??? Todos os dias escutamos que a atividade física é o fator primordial para o tratamento e a prevenção de inúmeras doenças crônicas. Estou em Assis há 04 anos e sinto a dificuldade de realizar o que mais sei. Prevenção. No dia 04 de julho, inauguramos um centro médico preventivo que promove o bem estar de doenças crônicas como diabetes, hipertensão arterial, obesidade e doenças ortopédicas degenerativas. Possuimos um grupo multiprofissional com fisioterapeutas especialistas em ortopedia e cardiologia, nutricionista, educador físico e médico, cada um com sua finalidade preventiva. É esta avaliação multiprofissional que cada pessoa precisa, individualização do tratamento. Você é obeso? Hipertenso? Como podemos fazer uma atividade física para seu tratamento? Sabia que musculação é contra-indicada em caso de hipertensão? Qual tipo de atividade física deve ser realizada? Isso que nos difere, e isso que vai lhe trazer a LONGEVIDADE......Sabe o que é longevidade? Longevidade, é poder se sentir hábil a subir uma escada sem dor, trocar de roupa, ir ao supermercado sozinho, ser independente e continuar independente. Quero que todos venham conhecer, desfrutar de um lugar como sua casa, é como me sinto, em casa, em Assis.......

03

04

05

06

07

01. Xande - Luana 02. Vanessa - Flávia - Carolina 03. Marina - Luisa - Regina Reinaldo - Lígia

04. 05. 06. 07.

Mariana e Coelho Sarah Trevisan - Matheus Tozoni Denise - Gustavo Dr. João Paulo Grando Dra. Vanessa Pimenta

Sulamerica, notredame intermedica ESTILO LIVRE

17


VITRINE_

01

03

02

04

05

06

01. 02. 03. 04. 05. 06. 07.

07

18

ESTILO LIVRE

Luciano Bergonso - Daniela Renata - Marcelo Renata - Marcos Ana Roberta Carol Eduardo - Débora Bárbara - Beatriz - Letícia


vitrine_ Foto_REDE TV!/DIVULGAÇÃO/AE

TV_

01

02

03

Muito mais do que uma

apresentadora Por_Juliana Faddul

(AE) - Ela chega à RedeTV! às 6h30. Ao lado do editor-chefe, Alex Fogaça, ajuda a fechar a edição do dia do “RedeTV! Esporte”. Entre as funções, auxilia na montagem do espelho (espécie de guia para a gravação). O processo dura em torno de duas horas e meia, quando chega o momento de gravar as chamadas em off e se preparar para fazer cabelo e maquiagem. Ao meio dia, Paloma Tocci, 28, grava as chamadas para a atração e o mini jornal para o portal da emissora. À tarde, ela se divide entre aulas de inglês, exercícios físicos e a leitura dos cadernos de esporte dos jornais. E ainda dá uma olhada nas agências de notícias do Brasil e do mundo. Enquanto a jornalista e apresentadora se troca em seu camarim, o ex-goleiro e agora comentarista Ronaldo dá um grito : “Eu odeio a Paloma! Não me dou bem com ela, porque ela usa coleira de poodle na cintura”, fala, batendo

20

ESTILO LIVRE

no camarim da colega de trabalho. Obviamente, é tudo uma brincadeira. O ex-goleiro do Corinthians é exatamente aquilo que aparenta ser na atração. “Ele é descontraído, bem-humorado o tempo todo”, diz o também comentarista Marcelo Bianconi. O trio, assim como toda a produção do esportivo, é bastante unido. Piadas entre produtor e apresentador, ou editor com operador de câmera, são frequentes. “Gostamos de levar esse clima ao ar”, destaca o diretor de esportes da emissora, Terence Paiva. O chefe junta-se a Giovaneli e Bianconi quando o assunto é Paloma. “Ela se deu super bem na atração. Não é daquelas meninas que só apresentam o programa. Ela ajuda a fechar, palpita”, fala. Segundo o diretor, após a entrada de Paloma na apresentação, a atração dobrou o share (índice de preferência em relação aos outros programas do momento).

04

05

06

07

01. 02. 03. 04. 05. 06. 07.

Alessandro - Thiago - Rogério - Rafael Isadora - Rodolfo Fabiane - Luiz Perez Gregório - Jéssica Fernanda Coimbra - Ellem Andreosi Andrea Sian Dr. Pimenta e Edmara ESTILO LIVRE

21


TV_ Foto_ALEX CARVALHO/REDE GLOBO/DIVULGAÇÃO/AE

TV_

“O Astro” As emoções de

agora em macrossérie Por_Aline Nunes

(AE) - “Cadê a moça que arruma o cabelo? Querida, corre no estúdio! O penteado dela está desarrumado bem aqui”, diz Daniel Filho e aponta para as madeixas de Regina Duarte. Uma assistente chega às pressas no set, carregando uma sacola transparente, quase maior do que ela, cheia de escovas, cremes e maquiagem. Rapidamente, aplica uma pasta especial e junta os fios soltos do cabelo da atriz. A profissional pergunta se está bom para Daniel e ele faz sinal de positivo. Assim que a moça sai do estúdio, ele mesmo vai e dá um toque final no visual de Regina Duarte. Um jeito que, segundo Daniel, ficará melhor no vídeo. Depois de 40 anos dirigindo novelas e filmes, é difícil para ele apenas atuar. Por mais incrível que pareça, no episódio descrito acima, ele era um mero ator na produção. Há duas semanas, a reporta-

22

ESTILO LIVRE

gem acompanhou essa sequência, a primeira gravação em estúdio de “O Astro”, macrossérie de 60 capítulos que a Globo estreou dia 12 de julho, para celebrar os 60 anos da telenovela no Brasil. Em cena, nomes como Daniel Filho, Regina Duarte e Rosamaria Murtinho. No remake do folhetim de Janete Clair, o diretor interpreta o poderoso empresário libanês Salomão Hayala, casado com Clô, vivida pela atriz Regina Duarte, com quem teve o filho Márcio (Henri Castelli). Na história, Salomão vive em conflito com o filho, que não tem interesse em assumir a sua empresa. Na cena em que a reportagem acompanhou o elenco, Clô lamenta para a tia Magda (Rosamaria Murtinho) o desaparecimento do rapaz. Mas assim que Salomão chega para tomar o café da manhã, ela muda de assunto.

Apesar de ser o primeiro dia no estúdio, o trio ensaia com calma, como se já estivesse gravando há dias. Reunidos em torno de uma mesa de café, passam as falas. Entre uma pausa e outra, Regina come algumas fatias de mamão. Rosamaria Murtinho, por sua vez, se mantém focada memorizando o texto, apoiado nas pernas. Relaxado, Daniel Filho fica cantarolando. “Regina, e essa uva passa é de verdade?, pergunta Daniel. “Sim, uma delícia”, ela responde. Só Mauro Mendonça Filho, o diretor da produção, resiste à fartura: queijos, pães, limonada, café e frutas secas. Também sentado, ele se inclina levemente para a frente e acompanha cada leitura de texto com os olhos fixos no roteiro. A postura profissional não afrouxa nem com Rosamaria Murtinho, sua mãe na vida real. “Não é assim. Você precisa voltar o texto todo”, ele diz à atriz. Os 60 anos da telenovela - É compreensível a dedicação do diretor. Na infância, o filho de Rosamaria e Mauro Mendonça passou algumas tardes na casa da autora, Janete Clair. “Talvez, ‘O Astro’ tenha sido a novela que eu mais vi durante a minha adolescência. Ficava impressionado com o Francisco Cuoco com aquele turbante”, diz ele. Na versão original, de 1977, Cuoco vivia o vidente Herculano Quintanilha e usava um turbante. E se não bastasse toda essa relação familiar do diretor com a obra, esse é um dos lançamentos mais esperados da Globo para 2011, já que a macrossérie servirá como símbolo da festa dos 60 anos da telenovela. O elenco terá, ainda, Alinne Moraes, Reginaldo Faria e Carolina Ferraz. Para Alcides Nogueira, responsável pela adaptação, o folhetim eleito para a comemoração do gênero tinha de ser algum de autoria de Janete Clair. “Ela é a nossa grande dama da teledramaturgia”, diz. Para Carlos Drummond de Andrade, ela era a “usineira de sonhos.” Assim que “O Astro” saiu do ar, em 1977, o escritor mineiro escreveu num jornal: “Agora que ‘O Astro’ acabou vamos cuidar da vida, que o Brasil está lá fora esperando”. Isso porque a pergunta “Quem matou Salomão Hayala?” mexeu com o Brasil durante cinco meses. A cantora Maria Bethânia, por exemplo, exigia que o camarim de seus shows tivesse uma televisão para que ela pudesse assistir à novela. O compositor João Bosco, por sua vez, compôs a canção “Bijuterias” (“Eu sou de virgem. E só de imaginar me dá vertigem”) para abrir a novela. A canção também esta no remake. Por tudo isso, a probabilidade do novo projeto da Globo ser bem-aceito é grande.

Segundo Lauro César Muniz, que na primeira versão foi coautor de “O Astro”, o remake irá além da margem do sucesso. Para ele, a trama irá apresentar uma nova tendência no mercado de novelas: obras mais curtas. “Isso vai melhorar a qualidade do gênero. Os autores poderão escrever com menos colaboradores. O processo vai deixar de ser industrial”, afirma. Quem sabe assim o telespectador terá a chance de ver mais vezes gente como o diretor Daniel Filho atuando.

NA PRIMEIRA

VERSÃO

Confira alguns atores que estiveram na novela, em 1977 • Ida Gomes (Tia Magda) - aconselha Clô (Tereza Rachel) a respeito do filho. No remake, o papel será de Rosamaria Murtinho; • Dionísio de Azevedo (Salomão Hayala) - é o poderoso empresário libanês. Na nova versão, será vivido por Daniel Filho; • Tereza Rachel (Clô) - de estilo extravagante, tenta melhorar a relação entre o marido e o filho. Regina Duarte fará o papel;

CURIOSIDADES • Além de ser exibida em 1977, “O Astro” foi reprisada, numa versão compacta de 20 capítulos, em 1981; • A produção de “O Astro” gravou 12 dias no estado do Paraná; • Esta é a 6ª parceria entre Regina Duarte e Rosamaria Murtinho. A última foi em “Estrela Guia” (2001); • Nenhum alimento da casa de Salomão Hayala é cenográfico.


VITRINE_

01

02

03

04

05

06

01. 02. 03. 04.

Carolina - Fátima - Luana Camila - Renata Joelson - Valéria Larissa - Adalberto

05. Lucio Coelho e Jeferson Galvão 06. Jamil Haddad e Reginaldo Laranjeira 07. Nilson - Ana Paula 07

24

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

25


Muita gente bonita prestigiou no final de junho o coquetel de inauguração da loja “Pimenta Doce”. Com uma proposta totalmente moderna e despojada, aliada ao bom gosto dos empresários Leonardo Carvalho, Carmem Rammert e Luciane Pereira, a loja traz para a região novidades e tendências em Lingerie, Semi- Jóias e Decorações. Vale à pena conferir.

26

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

27


MODA_

Por_Juliana Faddul

A cantora Beatriz Rodarte abre o seu guarda-roupa para mostrar as roupas que usa para compor o seu estilo durante o dia e a noite.

28

ESTILO LIVRE

(AE) - Toda cantora de MPB tem o mesmo estilo, não é? Cabelos armados, saias longas, sandálias rasteiras e bijuterias artesanais. Nada disso! Vasculhamos o armário das cantoras Dandara Modesto e Beatriz Rodarte, nomes que começam a despontar na cena musical, e descobrimos que rola “fashionismo”, sim. Afinal, moda e música têm tudo a ver. A jovem cantora Beatriz Rodarte, de 27 anos, já foi elogiada por Milton Nascimento, pela interpretação de “Nothing Will Be as It Was”, versão em inglês de “Nada Será”. Seu CD “Circo de Ilusões” vendeu mil cópias originais, sem contar as inúmeras paralelas. Dandara Modesto, aos 21 anos, já ganhou o 1 º Fica (Festival do Intérprete da Canção) e o 306º Festival Nacional da Música Brasileira de Ilha Solteira, além de faturar a segunda edição do Prêmio Musique, do jornal “O Estado de S. Paulo”. As belas, além da luta para conquistar seu lugar ao sol na disputada cena musical, são cheias de estilo e bom humor. Antes que stylists invadam seus guarda-roupas e mudem sua forma de vestir, a reportagem foi vasculhar as tendências que elas seguem e como adaptam seus looks casuais para os shows. Com a ajuda da tia e madrinha Ana Lucia Rodarte, Beatriz tira fotos dos looks que acha interessantes para o show, com uma semana de antecedência. “Assim é menos uma coisa para pensar”, fala. A cantora, que demora em torno de uma hora e meia para se vestir, tem trabalho em dobro, já que precisa transitar entre dois estilos. “Em Belo Horizonte, costumo fazer dois shows: o autoral e um com jazz. No primeiro, uso roupas com uma pegada mais rock’n’roll, moderna. No de jazz, algo mais clássico, neutro”, conta. Mas a flor no cabelo e o batom vermelho já viraram marca registrada. Na vida fora dos palcos, ela procura sempre

GARIMPAGEM

Ao contrário de Beatriz, Dandara só curte os grandes centros de compras quando está em busca de algo específico. “Não gosto de xeretar em shopping. Prefiro ir logo às lojas que já conheço”, explica. O interesse por moda e roupas começou mesmo quando ela decidiu que a música seria a sua carreira. Agora, para facilitar suas escolhas, Dandara prefere garimpar informações sobre moda e estilo em blogs e revistas femininas. Mas ao contrário das loucas fashionistas que fazem tudo por um look, Dandara não abre mão do bem-estar. “Quando a peça não me deixa à vontade, o show não funciona. Prezo pelo conforto”, conta. O processo de troca de roupa dura cerca de 30 minutos. Ela se lembra de um espetáculo em que se apresentou com uma saia “bem curta e bem apertada”. “A sensação é horrível”, diz. Para se sentir mais segura, usa salto alto somente na primeira música. No resto do show, ela canta descalça. No dia a dia, para encarar os ensaios, as aulas de canto, de violão, de francês e inglês, Dandara opta por um look básico, no melhor combo blusa e calça jeans, mas com uma pitada de romantismo. A moça deixa claro que vaidade é legal, mas conforto é melhor ainda.

Foto_FáBIO DELDUQUE/DIVULGAÇÃO/AE

CANTORAS mostram seu estilo fashion

um look descolado, com peças que chamem a atenção, como uma armação de óculos de grau sem lente (ela o usa com lentes de contato) e uma bota verde. Mallu Magalhães, aos 19 anos, trocou o visual “menininha” para um visual mais chique e adulto

A MODA E ESTILO DE MALLU MAGALHÃES Mallu Magalhães estourou na internet em 2007. Na época, tinha apenas 15 anos e chamou a atenção pela maturidade de suas letras e melodias. Com a fama, vieram também comentários sobre seu estilo e suas declarações ingênuas. Hoje, aos 19 anos, namorando Marcelo Camelo, ela aparece segura no palco, com um visual mais chique e adulto. Mallu deixou para trás roupas que remetiam ao estilo menina-moleca e vem investindo em peças mais femininas e modernas. A maquiagem leve, com a boca destacada, assim como a franja, são marcas do novo estilo da cantora. O tempo não só a amadureceu. Ele também estreitou sua relação com a moda. ESTILO LIVRE

29


TURISMO_

Foto_DIVULGAÇÃO/AE

TURISMO_ diâmetro!), mergulha lado a lado com espécies diversas de peixes tropicais e pode provar a experiência encantadora de nadar com golfinhos (neste caso, a entrada sai por US$ 200).

A mescla entre realidade e fantasia pode ser enriquecida com o almoço encantado, na companhia das demais princesas, por desde US$ 30 (faça reserva: disneyworld disney.go.com).

Busch Gardens Famoso pelas montanhas-russas radicais, o Busch Gardens fica em Tampa, a 156 quilômetros de Orlando. Mas não é apenas a adrenalina dos loopings que faz a maioria dos turistas

Harry Potter Não há quem não fique de queixo caído diante do Wizarding World of Harry Potter. A atual atração número 1 do Island of Adventure - inaugurada em junho do ano passado -, inclui

incluí-lo no roteiro de férias. O parque é absolutamente impecável no quesito interação com animais. Perca-se pelas ruelas do Jungala, uma espécie de aldeia, pela área batizada de Myombe Reserve e pelo Edge of Africa para se deparar com gorilas, elefantes e tigres em cópias fiéis de seus hábitats. Sem falar nos gigantes hipopótamos que nadam tranquilamente em aquários especiais. O Walkabout Way, atração inaugurada em junho do ano passado, é lar de cerca de 30 walabies, marsupial semelhante ao canguru. Os mais inquietos caminham ao lado dos visitantes - estão interessados nas comidinhas que você recebe ao adentrar o local. Um espaço destinado aos pequenos também foi inaugurado no ano passado, o Sesame Street Safari of Fun. O divertido playground baseia-se nas aventuras dos personagens Elmo, Garibaldo e seus amigos e conta até com uma montanharussa infantil, a Air Grove, que aceita pequenos com no mínimo 97 centímetros de altura.

simulador que convida os turistas a uma visita ao grandioso Castelo de Hogwarts, com direito a um sobrevoo e uma partida de Quadribol. A diversão já começa na fila: imitando cenas dos filmes, os portarretratos fixados nas paredes se mexem e conversam com o público. Duas montanhas-russas também fazem parte da área dedicada ao bruxinho. O Voo do Hipogrifo é bem leve, para toda a família, enquanto O Desafio do Dragão é do tipo que arranca gritos de susto: o brinquedo tem duas montanhasrussas que se cruzam pelo caminho. Como em toda atração famosa, há uma irresistível lojinha logo ao lado. Ali, é difícil resistir a itens como cerveja amanteigada, bola de quadribol e varinhas - são elas que escolhem você.

Todas as diversões levam a

Por_Bruna Tiussu*

(AE) - Desbravar os corredores sombrios de Hogwarts a bordo de uma vassoura mágica, ao lado do bruxinho Harry Potter. Brincar e nadar com golfinhos. Juntar coragem para se sentir ágil como um guepardo e alcançar a velocidade de 100 quilômetros por hora em pouquíssimos segundos. Se não em Orlando, onde mais você tem a chance de viver experiências tão diversas em um único dia? Os brasileiros sabem disso - tanto que o País ostenta o terceiro lugar entre as nacionalidades que mais visitam Orlando, atrás dos próprios americanos e dos canadenses. Também sabemos que a cidade expandiu seu público e investiu em entretenimento para todas as idades. Nos parques, personagens e efeitos especiais fazem brilhar os olhos das crianças. Mas também arrancam gargalhadas - e gritos de susto - até dos adultos, digamos, mais insensíveis. Lojas de grifes do mundo todo fazem os turistas lotarem shoppings e, principalmente, outlets, com seus descontos tentadores. E para

30

ESTILO LIVRE

quem não acredita que é possível comer bem nos Estados Unidos, estão lá nada menos que 5.300 restaurantes para testar. A lista tem ainda spas, musicais, resorts... Ufa! Organizamos um glossário para que você planeje suas férias na temporada que está para começar e aproveite ao máximo cada atrativo de Orlando (e arredores). Uma verdadeira maratona turística - divertidíssima. Quem há de reclamar? Água Se para você parque aquático significa um espaço enorme ocupado por toboáguas altíssimos, com curvas inesperadas que causam aquele friozinho na barriga, seu destino é o Aquática. Aberto em 2008, foi planejado e decorado tendo como temas principais a fauna e a flora da Austrália e da Nova Zelândia. Agora, se o objetivo for um dia tranquilão com a família e muita água ao redor, o indicado é o Discovery Cove. Ali, você alimenta arraias (de até 1,20 metro de

Cinderela É dela o castelo símbolo dos parques de Walt Disney, ícone mais fotografado do Magic Kingdom. Por cerca de US$ 200, sua filha entra no salão da própria Cinderela e sai de lá com o sonho de se tornar princesa realizado - com direito a vestido, sapato, coroa, cabelo e maquiagem.

Ingressos Pacotes que levam a Orlando costumam incluir os ingressos dos parques e viajantes independentes podem adquiri-los antecipadamente nos sites de cada um - ou diretamente na bilheteria. É possível optar por tickets independentes ou combinados, que incluem mais de um parque. Em uma busca na internet você verá que as variedades são inúmeras. Para servir de exemplo, a entrada para visitar apenas um parque da Universal (Island of Adventure ou Universal Studios) sai por US$ ESTILO LIVRE

31


TURISMO_

Kennedy Space Center Não se trata de mais um parque cheio de efeitos especiais, mas da base de lançamento de foguetes da Nasa. O local investiu alto em entretenimento turístico. É lá que crianças (e adultos também) realizam o sonho de se sentir em um voo de foguete. Mais de 2 milhões de pessoas visitam o local a cada ano para experimentar o Shuttle Launch Experience, o simulador de ônibus espacial que reproduz em detalhes a sensação de uma viagem até a órbita da Terra. Além da atração, o ingresso (custa US$ 43 para adultos e US$ 33 para crianças de até 11 anos) inclui exibição de filmes em 3D, shows e apresentações especiais. Montanha-russa Com fama de reunir as mais radicais, o Busch Gardens inaugurou recentemente a Cheetah Hunt. Inspirada nos movimentos do guepardo, o animal mais rápido do mundo, a montanha-russa impulsiona os corajosos em três disparos que chegam aos 100 km/h em poucos minutos - graças à força de ímãs. Na sua coleção ainda está a Sheikra, Kumba, Montu e Gwazi. No SeaWorld, o destaque é a Manta, onde você se sente como uma arraia voadora cortando o céu. Só de olhar o coração acelera... O Expedition Everest, que inclui perseguição pelo abominável homem das neves, é destaque do Animal Kingdom, na Disney. E não menos radical é a Incrível Hulk, no Island of Adventure da Universal, também com artefatos que permitem alcançar alta velocidade em segundos. Novidades De olho na enorme concorrência, os parques temáticos preparam novidades a

32

ESTILO LIVRE

Na ânsia de aproveitar cada minuto, você acabará cedendo mais do que gostaria aos hambúrgueres e pizzas dos cardápios fast-food que imperam nos parques. Mas sua alimentação não precisa ficar limitada a comidas rápidas. Uma opção para refeições mais elaboradas é o Sharks Underwater Grill, no SeaWorld. Mais que o cardápio requintado, a atmosfera do ambiente é o grande diferencial: a parede central do espaço é um aquário gigante, por onde tubarões e peixes de diferentes espécies passeiam enquanto você almoça.

cada início de temporada. Se o Busch Gardens tem aguçado a curiosidade com sua montanharussa Cheetah Hunt, o SeaWorld inovou com o show One Ocean, protagonizado pelas celebradas baleias Shamus. Já em cartaz, ele veio para substituir o Believe, apresentado durante cinco anos. Em processo de ampliação, o Discovery Cove ganhará arrecifes em junho, quando também estreia a SeaVenture, uma espécie de trilha submarina. No início do verão, o Magic Kingdom vai estrear o show The Magic, The Memories and You!. Ao cair a noite, telas gigantes exibirão

imagens de quem passou pelo parque durante o dia - com direito a muitos recursos tecnológicos. O parque também está crescendo, especificamente a Fantasyland, que vai abrigar o castelo de “A Bela e a Fera” e uma nova atração de Ariel. Estes para a temporada de 2012. Também para o ano que vem, o simulador The Amazing Adventures of Spider-Man, no Island of Adventure, apostará em alta definição de imagens e efeitos especiais para chamar a atenção do público.

Foto_DIVULGAÇÃO/AE

Foto_DIVULGAÇÃO/AE

82 no universalorlando.com. Visitar os dois em dias consecutivos custa US$ 114,99. O ticket básico da Disney, válido para visitar os quatro parques durante sete dias (com entradas ilimitadas), custa desde US$ 87,33 no disneyworld.disney.go.com. Garantir a visita ao SeaWorld, Busch Gardens e Aquatica, com entradas ilimitadas durante 14 dias consecutivos sai por US$ 129,99 no seaworld.com. Promoções e opções de combinados estão no visitorlando com/discounts-andtickets. Os preços são para adultos, sem taxas.

Outlets Destino de compras no Estado da Flórida ao lado da disputada Miami, Orlando conta com dois espaços da rede Premium Outlets: um na International Drive e outro (o antigo Prime Outlets, adquirido pela companhia no ano passado) na Vineland Avenue. Brasileiros são público fiel em ambos. É para lá que se dirigem atrás de descontos que variam de 25% a 65% a cada dia nas vitrines das marcas mais queridas, como Victoria’s Secret, Tommy Hilfiger e Hugo Boss. Enormes, é bom reservar uma tarde inteira para aproveitá-los. Ao menos facilitam a vida dos compradores, já que ficam abertos até as 23 horas de segunda a sábado (até as 21h nos domingos). Mesmo assim, se sua listinha for pra lá de generosa, prepare-se para voltar outro dia. Os complexos ainda contam com restaurantes e serviços como caixas automáticos, casas de câmbio, locação de carrinhos de bebê e pontos de táxi. Site: premiumoutlets.com. Sacolas, muitas sacolas Para lojas mais exclusivas, vá ao The Florida Mall e o The Mall at Millenia, o shopping center mais requintado. Também reserve alguns dólares para gastar nas divertidas lojinhas dos parques - ainda bem que a Receita Federal tirou itens de uso pessoal da cota dos US$ 500, pois engana-se quem pensa que a tentação se restringe às crianças. Universal O parque anunciou uma nova atração, com estreia prevista para 2012: seguindo a tradição de adaptar blockbusters em brinquedos, a novidade será uma versão em 3D da animação “Meu Malvado Favorito”, com direito a muita confusão do supervilão Gru. Enquanto ela não chega, invista na sensação quase real de um tornado no brinquedo Twister... Ride it out; dê risadas no Shrek 4D e experimente o simulador The Simpsons Ride, um dos mais concorridos dali.

Famoso pelas montanhas-russas radicais, o Busch Gardens fica em Tampa, a 156 quilômetros de Orlando. Mas não é apenas a adrenalina dos loopings que faz a maioria dos turistas incluí-lo no roteiro de férias. O parque é absolutamente impecável no quesito interação com animais. Perca-se pelas ruelas do Jungala, uma espécie de aldeia, pela área batizada de Myombe Reserve e pelo Edge of Africa para se deparar com gorilas, elefantes e tigres em cópias fiéis de seus hábitats. Sem falar nos gigantes hipopótamos que nadam tranquilamente em aquários especiais.

ESTILO LIVRE

33


inverno cultural

Locais para aplaudir

o pôr do sol Por_Equipe AE

Por_Equipe AE

(AE) - Chocolate, lareira, vinho, fondue. E arte. Em muitas cidades brasileiras, virou tradição incrementar o cardápio básico de inverno - estação que começa na próxima semana - com caprichada programação cultural, capaz de tirar do quarto do hotel o mais friorento dos turistas. Ouro Preto e Mariana www.festivaldeinverno.ufop.br O destaque da temporada gelada de 2011 é o Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana, de 8 a 24 de julho. Durante o festival, artistas abrirão as portas de seus ateliês para mostrar seu processo de produção - e, claro, vender as criações. Um concurso de pratos temáticos entre restaurantes faz parte do evento. Prove a Matula de Tropeiro, criação do Bonserá Café (bonseracafemineiro.com.br) à base de galinha assada com molho de jabuticaba, arroz e farinha de milho. Também haverá show de Milton Nascimento, Hermeto Pascoal, Antônio Nóbrega, Barbatuques, Paralamas do Sucesso e Otto. Campos do Jordão festivalcamposdojordao.org.br Com interpretação da Osesp para composições de Beethoven foi oficialmente aberto, em 2 de julho, na Concha Acústica da Praça do Capivari, o festival de inverno mais famoso do País, o de Campos do Jordão. A vasta programação de concertos de música erudita, que se estende até

34

ESTILO LIVRE

VIsta geral de algumas atrações do Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana, em Minas Gerais, do ano passado. Este ano, o evento celebra os 300 anos de fundação das três primeiras vilas de Minas Gerais. Além das duas cidades que dão nome à festa, Sabará também foi criada em 1711.

24 de julho, conta com shows gratuitos e outros com ingressos que custam entre R$ 20 e R$ 100. A Temporada Gastronômica da cidade começa em 10 de julho, com a participação de 25 restaurantes que criaram receitas com o tema Contrastes. Sugestão: polpetone de truta ao molho de beterraba, estragão e mel, do Ecoparque (12-9716-5017). Bonito festinbonito.com.br Durante quatro dias, o Festinbonito torna ainda mais colorida a bela paisagem de um dos destinos de ecoturismo mais cobiçados do Brasil. Teatro, dança, literatura, cinema, artesanato e exposições de artes plásticas se espalham pela cidade, de 27 a 31 de julho. Com exceção de alguns shows musicais, as atrações são gratuitas.

Foto_DIVULGAÇÃO/AE

TURISMO_ Foto_DIVULGAÇÃO/AE

TURISMO_

O espetáculo ocorre todos os dias, mas nem por isso o pôr do sol tem menos encanto. Confira cinco lugares onde o fim do dia é digno de aplausos - e até de trilha sonora. • Jericoacoara Não importa o vento nem a areia que bate com força nas pernas e nas costas. Subir a Duna do Pôr do Sol para assistir de lá ao espetáculo da natureza faz parte do roteiro de todos que visitam Jericoacoara (CE). Por volta das 17 horas já se nota o movimento de moradores e turistas rumo à montanha de areia. Dali eles só saem quando realmente anoitece e após um longo e empolgado aplauso. • Búzios A Praia da Armação não é boa para banho. No entanto, não há lugar melhor na cidade da Região dos Lagos (RJ) para curtir o fim do dia. A estátua que homenageia os pescadores completa o cenário. • Cabedelo O pôr do sol na praia fluvial do Jacaré, em Cabedelo (PB), virou um acontecimento graças a Jurandy do Sax, que todos os dias, pontualmente às 17 horas, sobe num barco e toca o Bolero de Ravel. Descrito assim, parece um tantinho brega. Mas o clima é tão legal, com todo mundo nos bares à beira-rio, que ninguém deveria resistir.

Gramado A festa da cidade mais famosa da Serra Gaúcha ocorre nas ruas durante todo o dia, entre 11 e 20 horas, com atrações gratuitas. Intervenções artísticas de teatro, dança e música surpreendem os turistas a qualquer momento, principalmente na Rua Coberta e na Avenida Borges Medeiros. Diariamente, às 18 horas, há serenatas pelas calçadas e esquinas do centro. O ponto alto são as paradas de bandas marciais com desfile de carros antigos e bonecos gigantes. Mais: (54) 3286-6226. ESTILO LIVRE

35


TURISMO_ Foto_DIVULGAÇÃO/AE

TURISMO_

Com trajeto de 4 dias, completar trilha é

conquista pessoal Por_Fábio Vendrame*

(AE) - A chegada à Porta do Sol é pura emoção. Dali avista-se pela primeira vez Machu Picchu. Difícil conter as lágrimas. Elas brotam sem que você se dê conta. Diante de olhos marejados uma viagem de sonhos converte-se em realidade e se materializa bem ali a sua frente, numa cidade de pedra. Recompensa para quem encara os 42 quilômetros de sobe e desce em zigue-zague nos Andes. Caminho que costura montanhas a altitudes que ultrapassam os 4 mil metros. Fazer a Trilha Inca é o tipo de experiência que costumamos classificar de conquista pessoal. O trajeto completo dura quatro dias, com saída do quilômetro 88 da ferrovia que liga Cuzco a Águas Calientes. A opção é fazê-lo na metade disso, em dois dias, a partir do km

36

ESTILO LIVRE

104. Seja qual for a escolha, é preciso agendar com antecedência, com agências e operadores credenciados. O custo médio é de US$ 350 por pessoa, valor que inclui camping e alimentação. No primeiro dia de trilha, são sete horas de pernada até alcançar a área de camping situada em Huayllabamba. O tempo todo acompanhado por visuais espetaculares, com sequências de montanhas e o Rio Urubamba tronando forte no fundo do vale. O segundo dia é bem mais puxado, exige esforços e fôlego extras para cumprir seus 16 quilômetros. Você há de superar o ponto mais elevado da trilha, o Warmi Wañusca, a 4,2 mil metros sobre o nível do mar. A jornada termina em Pacaymayo.

Depois da pauleira do dia anterior, o terceiro é até suave. São apenas mais 11 quilômetros de caminhada, e a maior parte do trajeto é plana, com poucas subidas e muitas descidas. Visita-se os sítios arqueológicos de Phuyupatamarca, Intipata e Wiñaywayna um aperitivo para Machu Picchu. A saída do quarto dia é bem cedinho, antes de o sol nascer. Até porque a ideia é chegar à Porta do Sol (Intipunku, na língua incaica), a antiga entrada da área de acesso restrita a Machu Picchu, antes da aurora. Somente assim os viajantes acompanham a cidade ser paulatinamente iluminada pelos primeiros raios de sol. Dali em diante, apenas mais uma hora de caminhada antes de entrar na cidadela.


TURISMO_ Foto_DIVULGAÇÃO/AE

TURISMO_ sobra no Caribe. Basta escolher a ilha: Curaçau, Cancún, Ilhas Virgens, São Martinho, St. Barth, Jamaica... os resorts têm programas específicos, que incluem assessoria (ou cerimonial) e juiz de paz. Os preços começam em US$ 700 no Breezes (breezes.com) de Curaçau. Na Jamaica, o pacote completo (com noite de núpcias) custa US$ 1.600 no Sandals (sandals.com).

Celebrando o amor ao gosto do casal

Cerimônias

VEGAS Se quiser oficializar o compromisso dentro de uma limusine em movimento, sem problemas - o evento sai a partir de US$ 349. Prefere algo com mais emoção? Diga “sim” no alto do Grand Canyon: os noivos são levados ao local, a mais de 1.200 metros de altitude, de helicóptero. A experiência vale cerca de US$ 3.200. O preço cai para US$ 1 mil se o casal dispensar o helicóptero e se casar entre os vales do Grand Canyon. Mais informações no site: aspecialmemory.com.

Uma cerimônia fora do tradicional não precisa, necessariamente, ter o litoral como cenário. A romântica região da Toscana, na Itália, pode ser ideal para os apaixonados. Para quem sonha com um príncipe encantado, que tal trocar alianças na Disney? Vale tudo para celebrar o amor.

DISNEY Sempre sonhou em viver um conto de fadas, ao lado do príncipe encantado? Leve a ideia ao pé da letra e case-se na Disney. É possível escolher entre uma celebração em Orlando, em Anaheim (Califórnia), no Havaí ou em um cruzeiro. Dá para chegar na carruagem da Cinderela, trocar alianças no castelo da Bela

TOSCANA Convide os amigos mais próximos para uma cerimônia requintada nos vilarejos da Toscana, no centro da Itália. As torres de San Gimignano servem de cenário ideal para a troca de alianças, enquanto as agradáveis ruelas de Volterra e as muralhas de Lucca vão deslumbrar os convidados.

Adormecida, convidar até 18 amigos para um navio ou relaxar no resort - com direito a trilha sonora de desenhos da Disney. Os preços partem de US$ 1.991, mas podem chegar a US$ 65 mil por uma festa completa, que inclui a assessoria para o casamento. Informações no site: disneyweddings.disney.go.com.

em viagens dão lugar às grandes festas de casamento Por_Renata Reps

(AE) - O publicitário Bruno Montoro, 28 anos, não queria um casamento tradicional. Sonhava que o momento fosse na praia, com a energia da luz do dia e a possibilidade de dar atenção apropriada aos convidados. A noiva, Cadija Tissiani, 29 anos, tem família em Trancoso, na Bahia, e deu a ideia: por que não chamar todo mundo para comemorar com eles no povoado do sul baiano? A busca por viagens exclusivas no lugar de grandes festas de casamento tem ganhado cada vez mais adeptos. Nem é preciso bancar uma festança para várias pessoas. Eduardo Gaz, dono da agência Selections, especializada em viagens customizadas, conta que já levou noivos até a um templo budista no Butão. “Mais de 2 mil monges entoaram cânticos para o novo casal - e, para isso, cobraram apenas uma saca de arroz”, lembra. “Hoje em

38

ESTILO LIVRE

dia, é possível se casar em qualquer lugar do mundo, basta estar disposto.” Realmente, não faltam opções. Há anos o Taiti recebe casais - muitos deles, de celebridades. O casamento é traduzido por um intérprete. Depois, o casal parte em uma canoa, ao pôr do sol. A Kangaroo (kangarootours. com.br) tem pacotes entre US$ 1.943 a US$ 3.155. Bali, na Indonésia, reserva experiência semelhante. Quase todos os resorts têm uma capela para a cerimônia. Não faltam rituais de preparação, música balinesa instrumental e brinde ao pôr do sol, após a celebração. Compre pacotes direto com os hotéis: no Conrad Bali Resorts (conradhotels1.hilton com), por exemplo, a festa sai a partir de US$ 3.500 para o casal. Prefere não ir tão longe? Há opções de

ESTILO LIVRE

39


TV_NOTAS

TV_NOTAS 04

01

LICENÇA-MATERNIDADE Durante a licença-maternidade de Eliana, em agosto e setembro, o SBT convidará um apresentador da casa e um artista para comandar a atração da nova mamãe. Os nomes dos substitutos estão sendo definidos pela apresentadora, a diretora Leonor Corrêa e a direção artística da emissora. Eliana retorna à atração no começo de outubro.

Rael da Rima

(AE) - RUMO AO CANADÁ Depois de se apresentar no Festival Coachella, nos Estados Unidos, ao lado de Emicida, o músico Rael da Rima desembarca em julho no Canadá. Por lá, ele participa do Montreal Jazz Festival, mostrando o álbum “MP3 - Música Popular do Terceiro Mundo”. Ao lado de Milton Nascimento, Rael e sua banda são as únicas atrações brasileiras do evento.

03

“Divã”

“DIVÔ VAI VIRAR DVD Depois de ser livro, peça de teatro, filme e série de TV, “Divã” já tem data para se transformar em DVD. A Globo Marcas trabalha na produção do registro da série, que saiu do ar em 24 de maio. Previsto para chegar às prateleiras em julho, trará imagens inéditas das gravações em Nova York e no Rio de Janeiro, comentadas pelos diretores da atração, além de entrevistas com os atores.

04

“Extreme Makeover Social”

SOLIDARIEDADE Na 2ª temporada do “Extreme Makeover Social” (Record), Cristiana Arcangeli não vai só reformar creches e ONGs. A primeira entidade que ela ajudará é uma casa para pessoas que aguardam tratamento de doenças ou um transplante. Pela internet, Cristiana começou uma campanha para conseguir doações de medula. Até agora, mais de 100 voluntários já se prontificaram a colaborar.

05 02

Chef Heaven Delhay

VIAJADA A chef Heaven Delhaye, nova contratada do “Programa Amaury Jr.” (RedeTV!), começou a gravar reportagens para a atração. Nascida no Rio, ela cresceu em Florianópolis. Na gastronomia, já passou pelo Marrocos, pela Itália e França.

40

ESTILO LIVRE

Eliana

06

Angélica

09

Marcos Paulo

CHAMANDO A ATENÇÃO O figurino de Angélica foi o que mais chamou a atenção do público da Globo no mês de maio. Na lista dos dez itens mais procurados pelos telespectadores, a apresentadora aparece em primeiro lugar com um vestido de oncinha.

ROTINA NORMAL O diretor de núcleo Marcos Paulo, 60 anos, está em tratamento por causa de um pequeno tumor no esôfago, diagnosticado precocemente em exames de rotina. Ele mantém seu ritmo de trabalho na TV e no cinema.

07

10

Bruna Lombardi

SANTIAGO DE COMPOSTELA Escrito e protagonizado por Bruna Lombardi, “Onde Está a Felicidade?”, novo filme de Carlos Alberto Riccelli, estreia no segundo semestre. No longa, Bruna aparece ao lado da atriz espanhola Marta Larralde, em Santiago de Compostela.

08

Luana Piovani

“A MULHER INVISÍVEL” Estrelando “Mulher Invisível” ao lado de Selton Mello, Luana Piovani fez questão de deixar claro que acredita numa 2ª temporada da série.

“50 Anos a Mil”

ATOR CONHECIDO Diferentemente da ideia inicial, Lobão será interpretado por um rosto conhecido no filme que contará sua trajetória. O ator, já escolhido e ainda não divulgado, dará vida ao músico dos 18 anos até os dias atuais. Baseado no livro “50 Anos a Mil”, o longa será filmado em 2012 e chegará aos cinemas no ano seguinte. Lobão assinará a trilha sonora da produção. Ansioso para resolver os detalhes do longa, Lobão descarta sua aparição no filme. “Não tenho a menor intenção de fazer uma participação.” Pelo menos mais dois atores devem ser escalados para interpretar o biografado em diferentes fases de sua vida. Uma atriz internacional pode integrar o elenco. Os direitos do livro pertencem ao produtor Rodrigo Teixeira.

“As Crônicas de um PC”

COM A VOZ DE SEU JORGE O cantor emprestou sua voz para o computador protagonista da websérie “As Crônicas de um PC”. Lançada pela Microsoft, a série mostra cenas reais do cotidiano de Cilene Pereira, moradora da comunidade Rio das Pedras, no Rio. Sem nunca ter visto um computador quando morava na Paraíba, hoje ela vive o tempo inteiro on line. A atração pode ser vista no www.windowsblog.com br/PC.

ESTILO LIVRE

41


LOOK BOOK_DICAS DE COMPRAS

MODA_

Brinco Asas Jolie - R$ 46,90

Camisete Missbella Erva Doce - R$ 199,00

Brinco Laço Jolie - R$ 76,80

Vestido Renda M Officer - R$ 459,00

Saia Le Lis Blanc - Donna Amora & Homem - R$229,50

Bolsa Couro Mel - Carmen Steffens - R$ 899,90

Bota Fem Jacaré - Goyazes - Ranch Country - R$ 899,90 Open Boot - Carmen Steffens - R$ 427,90 Relógio Oriente Dourado Relojoaria Vitória - R$ 440,00

Relógio Masc - Relojoaria Sussel - R$ 594,00

Cinto Strass com Pelo Ranch Country - R$ 249,90

Carteira Gatos de Rua Pimenta Doce - R$ 179,00

Chaveiro Gatos de Rua Pimenta Doce - R$ 39,00

Conjunto Aimê Pimenta Doce - R$ 119,90


LOOK BOOK_DICAS DE COMPRAS

Camisa Bob Store - Donna Amora & Homem - R$ 199,00

Casaquinho M Officer - R$ 149,00

Brinco - Relojoaria Sussel - R$ 150,00

Brinco Pérola Jolie - R$ 48,60

Vestido Le Lis Blanc - Donna Amora & Homem - R$ 399,50 Relógio Fem Relojoaria Sussel R$ 198,00

Bolsa Couro Azul- Carmen Steffens - R$ 899,90

Calça Jeans Pura Mania Erva Doce - R$ 229,90

Sapato - M Officer R$ 298,00.

Bolsa Cantão - Donna Amora & Homem - R$ 729,00

Calça Jenas Masc. Wrangler - ranch Country - R$ 159,90

PARA ELES_

Sapato Capodarte - Donna Amora & Homem - R$ 249,90

Carteira Couro Relojoaria Vitória R$ 64,00

Relógio Oriente Relojoaria Vitória R$ 731,00

Casaco Xadrez Masc. Billabong World Style - R$ 499,90

44

ESTILO LIVRE

Sapato Aramis - Donna Amora & Homem - R$ 149,00

ESTILO LIVRE

45


MODA_

MODA_ Camisetas...

proposta que a blogueira apresenta em sua coluna o que está em alta no mundo da moda, sugerindo formas de montar looks atuais gastando pouco. Confira as dicas da Grasi também em seu blog e deixe seu comentário ou sugestão sobre temas para comentários.

Quem não lembra da Carrie no segundo filme “Sex and the City”?

Blog da Mariah

Tendências PARA O VERÃO 2012 Fotos_reprodução

Um frio e já tem gente pensando no verão.... O Rio de Janeiro e São Paulo protagonizaram a cena fashion no último mês e nós temos que já ficar por dentro das tendências, né? Anota aí o que vai usar:

Exemplos que eu amei:

Blog Lala Rudge

polainas s estão Look com as coleções ela am s, mas p Em algu o nas passarela vieram s nd aparece esse inverno ela relas, já a n s e s u a as p rece q . Além d s e zzo e em t e r r A fo a na mais d n e v à as vi polain partamento. e d apatos e d lojas s com s o a d a s u er os, estil Podem s e salto, e cavad as! t o b e ,d ford x o e s pesados a h , sapatil ar: scarpin ra inspir a p s k o lo s n Algu

Eu com a minha Polaina comprada na Polainas Bijoux & Cia (minha loja preferida da 25 de Março, em São Paulo)

Tudo branco

Fotos_reprodução

A Estilo Livre inicia a partir desta edição, a coluna It Grasi, com dicas da bloqueira Grasi Marquezini Moreira, de Londrina, responsável pelo blog It Grasi. É uma forma de trazer um pouquinho do mundo virtual para a Estilo Livre e antecipar as novidades do mundo da moda aliando estilo e economia. É com essa

As camisetas invadiram a moda! Sempre foram conhecidas como camisetas podrinhas - nome feinho - mas todo mundo entendeu o que os fashionistas queriam dizer. T shirts estilosas favorecem uma pegada fashion e confortável na produção. Você tem uma saia ou shorts luxo e quer dar uma quebrada no look chique? Vista a peça com uma t shirt e garanta um look moderno!

Franjas

Desfile Dolce e Gabbana

Sapato multicolor

46

ESTILO LIVRE

Camisa de seda

Desfile TNG ESTILO LIVRE

47


vitrine_

REFLEXÃO_

traição

Foto_ divulgação

Os motivos da

01

02

04

03

05

Por_Equipe AE

Quem nunca ouviu falar em uma traição? Há os que foram traídos por suas caras-metade e os que já traíram alguém. Mas o que leva uma pessoa a cometer uma infidelidade? De acordo com o médico psiquiatra, psicoterapeuta e escritor Flávio Gikovate, ela normalmente acontece quando existem decepções ou frustrações na vida amorosa. “Em determinados casais, o nascimento dos filhos pode abalar um casamento”, afirma o especialista. Segundo Gikovate, existem três tipos de traições: “a sexual, a sentimental com desdobramento sexual e a virtual”. A primeira ocorre quando o relacionamento está abalado. “Aí há a possibilidade de acontecerem experiências casuais. O sujeito viajou a trabalho, conheceu uma moça interessante no bar do hotel e passa a noite com ela. Mas no dia seguinte volta para casa, como se nada tivesse acontecido”, diz o psicanalista. Para exemplificar o caso da traição sentimental com desdobramento sexual ele conta uma história que será relatada na série “Traidores”, do canal por assinatura Discovery Home & Health. “O casal teve um filho, a mulher entregou-se totalmente à maternidade e o rapaz já tinha afinidade com uma colega

48

ESTILO LIVRE

na rádio na qual trabalhava. Daí para os dois terem um caso não demorou muito”, conta. Já a traição virtual é um campo que está sendo analisado ainda mais a fundo pelos psicólogos e psicoterapeutas. “O que avaliamos é que a traição virtual em geral é mais cometida pelos homens, porque o imaginário toma conta. Antes era por telefone e agora acontece pela internet”, conclui. QUANDO A TRAIÇÃO É DESCOBERTA “Quem trai, em geral, não conta”, diz Gikovate. Mas quando a infidelidade vem à tona, normalmente o parceiro traído pede para voltar com o traidor. “O que foi traído começa a lutar para reaver a relação. Dá para perdoar, mas confiar de novo é difícil”. É neste momento que começa o trabalho do terapeuta familiar. “Aí o que foi traído assume a parcela de responsabilidade na história. O mesmo acontece por parte do traidor”. Muitas vezes, de acordo com o especialista, uma traição abre a possibilidade de mais diálogo, que antes não havia, entre ambas as partes. Há casos em que a vida sexual do casal melhora, se a situação for superada. “Mas ambos precisam se avaliar para isso acontecer”, complementa Gikovate.

06

07

01. 02. 03. 04.

Tamás Deak - Henrique Belinotte Oseias Duarte - Tamires Meire - Beto Lucas - Paula - Juninho - Gleisy

08

05. 06. 07. 08.

Maikel - Laura - Flávia Marcelo - Carol Luciano - Isabela Lucinha Tulio - Diego Rui

ESTILO LIVRE

49


LITERATURA_

BOA LEITURA

01 02 03 50

ESTILO LIVRE

Por_equipe ae

“Nas Tuas Mãos” (AE) - A história de vida de três mulheres portuguesas de gerações diferentes, de uma mesma família, é o mote do livro “Nas Tuas Mãos”, da portuguesa Inês Pedrosa. Os conflitos de Jenny, Camila e Natália refletem também um século de mudanças sociais no país ibérico. A obra, publicada em 1997, é relançada no Brasil pelo selo Alfaguara, que tem uma linha editorial voltada a livros editados na península ibérica, de autores consagrados e premiados.

Autor mineiro revisita a infância em “Vermelho Amargo” (AE) - Depois de perder a mãe, um menino passa a infância a conviver com a lembrança que ela deixou pela casa. Lembra do jeito generoso que ela cortava tomates e do carinho que lhe tinha. Com a saudade enterrada na alma, observa os irmãos lidarem com a falta. Um deles come vidros. Outra, borda sem parar. O menino em questão é o escritor mineiro Bartolomeu Campos de Queirós, 66 anos, que revisita a própria infância na novela de cunho autobiográfico “Vermelho Amargo”, que acaba de ser lançada pela editora Cosac Naify.

Grandes damas do teatro brasileiro contam suas trajetórias em livro (AE) - Peças fundamentais na construção da história do teatro no Brasil, nove atrizes veteranas têm suas trajetórias sobre o palco repassadas a limpo no livro “As Grandes Damas - E um Perfil do Teatro Brasileiro”, da jornalista Rogéria Gomes (Editora Tinta Negra, R$ 45). Nele, foram compiladas as histórias de Bibi Ferreira e Eva Todor, as homenageadas, além de Beatriz Lyra, Beatriz Segall, Eva Wilma, Laura Cardoso, Nicette Bruno, Norma Blum e Ruth de Souza. A iniciativa deve ganhar desdobramento em outros dois volumes sobre o assunto.

Qualidade é a nossa característica! A nossa qualidade começa aqui: atendimento eficiente por secretárias treinadas para a prestação de informações sobre a metodologia da Fundação FISK - com unidades em todos os continentes. São 30 anos nesta cidade e 53 no ranking das melhores escolas de INGLÊS do mundo! Ganhamos por diversas vezes a premiação da melhor escola de INGLÊS de Assis e região, com professores qualificados, periodicamente treinados, portadores do Curso de

ASSIS: Rua Sta. Cecília, 237 • F: 18 3322-6280 3323-4715

Proficiência e cursos de extensão cultural nos EUA e Canadá. Com uma estrutura de ponta, a FISK oferece cursos acadêmicos, personalizados, VIP, Diploma de Proficiência-FISK, preparatórios para os exames TOEFL, TOEIC e University of Michigan – Certificate of Competency e Proficiency. Nossa escola também oferece cursos de Espanhol, Francês, Alemão e Informática. As matrículas para o 2º. semestre estão abertas.

CÂNDIDO MOTA: Rua São Paulo,1180 • F: 18 3341-1860 ESTILO LIVRE

51


LITERATURA_

crimes Livro lista os

mais notórios da História Por_Felipe Branco Cruz

(AE) - A morte de Osama Bin Laden foi celebrada por muita gente ao redor do mundo. O atentado terrorista nas Torres Gêmeas do World Trade Center, em Nova York, em 11 de setembro de 2001, é indiscutivelmente um dos crimes mais notórios da História. Além desse episódio, outros 500 crimes foram listados no livro “501 Crimes Mais Notórios”, organizado por Paul Donnelley, da editora Larousse. Osama Bin Laden é citado duas vezes: por causa do 11 de Setembro e quando o terrorista promoveu um atentado em diversas cidades do leste da África, em 1998, matando 212 pessoas e ferindo mais de 4 mil. A obra é dividida por modalidades de crimes. Mais do que conhecer detalhes deles , a obra permite que o leitor tenha um panorama da história da humanidade. É o caso, por exemplo, de quando o livro cita o assassinato do 16.º presidente dos Estados Unidos, Abraham Lincoln, em 1865, e também de outro presidente americano, John Kennedy, em 1963. A obra cita, também, crimes como o escândalo de Watergate, que derrubou o presidente Richard Nixon, e os massacres nas escolas de Columbine e em Virginia Tech. Todos foram atos que mudaram a história do país mais poderoso do mundo. Mas há outros assassinatos igualmente marcantes, como do arquiduque do império austrohúngaro, Francisco Ferdinando, em 1914, que desencadeou a 1.ª Guerra Mundial, e do russo Leon Trotsky, no México, em 1940, que foi um dos arquitetos da Revolução Russa, morto a mando de Lenin. Outro caso contado no livro é o fuzilamento de Mata Hari, acusada de trabalhar, durante a 1.ª Guerra, para os alemães, franceses e russos, ao mesmo tempo. O livro desmente a versão de que Mata Hari era espiã, dizendo que a dançarina era também prostituta e buscava apenas ganhar dinheiro sem

52

ESTILO LIVRE

nunca ter passado informações para os envolvidos. A morte de John Lennon, em 1980, também é lembrada. Outros fatos históricos descritos no livro viraram filmes, como a morte do escocês William Wallace, em 1305, que lutou pela independência do país. A vida de John Dillinger, considerado na década de 20 o inimigo público número um dos Estados Unidos, também virou filme. Há até um fato bíblico no livro: o assassinato de Abel, morto pelo irmão Caim. Como, segundo a Bíblia, eles eram filhos de Adão e Eva, esse seria, então, o primeiro assassinato do mundo. DETALHES DOS CRIMES Em cada delito, o livro apresenta a dinâmica do crime, onde e quando o episódio aconteceu e as consequências do ato. O livro explora um tema que sempre provocou interesse na humanidade. Por isso, a leitura desperta a curiosidade.

SERVIÇO “501 Crimes Mais Notórios” Organização: Paul Donnelley Editora: Larousse Preço: R$ 99 ESTILO LIVRE

53


vitrine_

01

02

03

04

05

06

07

01. Joelson - Cassia 02. Roseni - Fernando 03. Thais - Valquiria - Amanda

54

ESTILO LIVRE

04. 05. 06. 07.

Tamirez - Camila Mariana - Mรกrcio Marcelo Pinheiro - Bia Hernandes Ligia - Soninha


MÚSICA_

Jota

Quest comemora 15 anos com coletânea Por_Pedro Antunes

(AE) - Em 15 anos, o soul virou pop. Uma mudança natural, segundo Rogério Flausino, vocalista do Jota Quest. A banda mineira comemora a década e meia desde o lançamento do primeiro disco pela Sony Music, em 1996, pensando em mais 15. E sem medo de novas influências. A ideia da banda, nas palavras do guitarrista Marco Túlio, é comemorar a data como o fazem as meninas, debutantes: não pensar no passado, no que já aconteceu, mas vislumbrar um futuro promissor. “Eu nunca tinha pensado dessa maneira até o Marco falar”, diz Flausino, por telefone, direto de Imperatriz, no Maranhão, pouco antes de viajar para Palmas (Tocantins), para uma série de shows em 20 capitais brasileiras. “Mas acho que ele está certo. Estamos sempre pensando para frente. É isso que nos move até hoje”, completa o vocalista da banda. Nesta festa de debutante, o Jota Quest quer agradar aos seus fãs, conquistados ao longo dos anos. “Na turnê ‘15 Anos Na Moral’, vamos mostrar os maiores sucessos. Fazemos alguns covers também, como ‘Get Back’, dos Beatles (disco ‘Let It Be’, lançado em 1969)”, explica Flausino. Para registrar oficialmente essa comemoração, além da turnê, será lançada a coletânea “Quinze”, um disco duplo, que reúne 30 músicas, entre clássicos, inéditas, raridades e regravações, com participações especiais. A princípio, seriam escolhidas apenas 15 músicas. “Mas começamos a brigar para decidir

56

ESTILO LIVRE

que canções iriam entrar. Então, propus que deixássemos os fãs escolherem as músicas”, explica o vocalista da banda. A gravadora, por fim, topou ampliar o lançamento, tornando-o um disco duplo. Aí sobra espaço para agradar a todos os gostos. “Na escolha do público, as cinco primeiras foram: “Encontrar Alguém”, “Fácil”, “Dias Melhores”, “Na Moral” e “As Dores do Mundo”. Isso me surpreendeu”, revela Flausino. O público pediu músicas dos primeiros discos, que podem ser românticas, mas não são baladas. Isso me deixou muito contente”, comemora. INÉDITAS O álbum “Quinze” apresenta três novas faixas do atual pop do Jota Quest: “Coração”, “Luta de Viver” e o novo single “É Preciso (A Próxima Parada)”, mas é a até então inédita “O Jogo”, um soul divertido que foi pinçado do disco independente “Jay Quest”, lançado em 1995. A faixa, aliás, tem um significado especial para Flausino. Foi a primeira vez em que o cantor entrou num estúdio, dois anos antes do lançamento do álbum. “Eu tinha medo do microfone. Temos muito carinho por aquele disco. Essa faixa, ‘Jogo’, é a que o conjunto está mais completo. Em outras, o vocalista está cantando muito mal”, brinca Flausino. Ele, por fim, garante que a banda lida bem com as mudanças. São fases, da vida e da carreira.


VITRINE_

Do amor de

Gadu e Caetano

Foto_ MARCOS DE PAULA/AGÊNCIA ESTADO/AE

MÚSICA_

01

02

nasce muito mais música Por_Adriana Del Ré

(AE) - No início de 2009, Maria Gadú, então com 22 anos, já caminhava a passos largos rumo ao título de revelação da música daquele ano. Impulsionada pela elogiada versão de “Ne Me Quitte Pas” para a minissérie “Maysa”, na Globo - e pelo burburinho entre seus pares com mais anos de janela na MPB -, a cantora e compositora paulistana engatou uma temporada de shows no extinto Cinemathèque, no Rio de Janeiro. De tanto ouvir falar dela, Caetano Veloso resolveu conferir, de corpo presente, se a nova artista era tudo aquilo mesmo, o que aconteceu justamente na noite em que Gadú ainda se recuperava de uma forte sinusite. Além da insegurança com a voz, sob resquícios da doença, ela ouviu, nos bastidores: “O Caetano Veloso tá aí.” O desconcerto inicial foi prontamente suplantado pela concentração física. Esta, sim, a faria cantar - e não faria Caetano querer deixar a plateia logo na primeira audição. O encanto foi tamanho que, em maio, o encontro chegou ao ápice com o lançamento de “Multishow Ao Vivo - Caetano e Maria Gadú” em DVD e CD. Esse projeto Ao Vivo nasceu do registro de uma outra turnê que eles realizaram no ano passado. Esse tour pelo País, por sua vez, foi desencadeado por um primeiro encontro no palco entre Caetano e Gadú, a convite da organização de um evento da Globosat. O cantor baiano participou daquela reunião informal, já trazendo consigo a boa impressão

58

ESTILO LIVRE

que teve da apresentação dela no Cinemathèque. “Tivemos uma reunião para fazer o repertório do primeiro show e, depois, uns dois encontros para montar o repertório do show grande”, contou Caetano. “Toquei as canções que já sei no violão. Também obedeci a pedidos da Gadú, como O Quereres, que ela queria”. A cantora confirmou o que o parceiro disse: “É a minha música preferida entre todas”. Outros critérios também pesaram - sobretudo para Caetano, visivelmente o integrante da dupla que deu o norte das coisas. Ele, por exemplo, começou a cantar nos shows fragmentos de “Shimbalaiê”, sucesso da cantora. “Notei que ela não cantava essa música. Aí fui cantando mais trechos e ela sempre chorava”, disse ele, para, em seguida, Gadú sair em sua própria defesa. “Nossa! É demais! Imagina. Fiz uma música chamada Shimbalaiê quando tinha 10 anos. Aí, vem o Caetano cantar!”. Dentro da lógica ‘caetaniana’, existe um diálogo, dentro do repertório, entre o hit de Gadú e “Alegria, Alegria”, composta por ele na década de 60. Primeiro porque, nas palavras do próprio músico, “Shimbalaiê” e “Alegria, Alegria” têm apelo para os outros, mas são relativamente insatisfatórias para cada um deles, seus respectivos autores. Rege, ainda, o fator coincidência: ele compôs Alegria, Alegria aos 24 anos, a mesma idade que Maria Gadú tem hoje. “São as canções emblemáticas de cada um de nós”, atestou Caetano.

03

04

05

07

06

01. 02. 03. 04.

Marli - Cleonice Beth - João Rodrigues Franciele e Ricardo Amaro Rafael e Natália

05. Júlio 06. Elaine - Luciano 07. Josy - Jéssica Ludwig - Ana Carolina

ESTILO LIVRE

59


GASTRONOMIA_

Peixe cru à moda peruana

01

02

Por_Filipe Fasolin

(AE) - Em 2011, a descoberta das ruínas da famosa cidade inca de Machu Picchu, no Peru, completa 100 anos. Entre na come-

03

04

moração e aprenda já a fazer ceviche, prato típico peruano que tem peixe cru com condimentos e nada tem a ver com sushi.

Ceviche do restaurante Suri INGREDIENTES 160 g de corvina; 70 ml de limão; 40 g de cebola roxa em plumas; 30 g de milho cozido; 3 g de pimenta dedo-de-moça; 5 g de coentro; 80 g de batata doce PREPARO Corte as batatas doces em bas-

05

tões, cozinhe-as e reserve. Corte a corvina em cubos bem grandes, coloque numa vasilha. Adicione o sal, a pimenta e o limão para que peguem o gosto uniformemente. Acrescente a cebola, o milho e finalize com o coentro. Sirva em seguida com a batata doce.

06

Ceviche do Bar Jordão

07

09

60

ESTILO LIVRE

08

01. fernando - elcinho - rafa: jazz e bossa nova da melhor qualidade, mais uma novidade do tom pra você. Esse mês tem mais 02. Simone - José Luiz 03. Neide - Luiz 04. Milena - Marco Aurélio 05. Luciana - Fernando 06. Eduardo Porlan - Catarina Porlan 07. Eduardo - Ana 08. Beatriz - Alessandro 09. Alessandra - Paulo

INGREDIENTES 150 g de salmão em cubos pequenos; 150 g de robalo em cubos pequenos; 1 cebola roxa picada; 1 tomate picado; 1/2 pimentão amarelo picado; 1/2 pimenta dedo-de-moça picada; Suco de 3 limões; 1/2 xícara de chá de salsão picado; 1/2 xícara chá de salsinha picada; 1 xícara de chá de vinho branco; 1 xícara de chá

O QUE É CEVICHE A iguaria é simples: peixe ou frutos do mar marinados no limão. O prato é servido como entrada. A acidez, inclusive, estimula as papilas gustativas. Assim, pode antecipar um prato mais pesado, como carne vermelha, mas não há

de azeite; 1 pitada de cebolete; 1 pitada de cominho; Sal a gosto; 1/2 gengibre ralado PREPARO Junte num recipiente o salmão, o robalo, o suco de limão, o cebolete, o tomilho e a pimenta dedode-moça. Deixe marinar por 30 minutos. Em seguida, misture com o restante dos ingredientes e deixe marinar por mais 1h. Sirva.

restrições de cardápio. A bebida perfeita para acompanhar é a cerveja. Aliás, pelo limão e pimenta, é também usado para curar ressaca. Costuma vir seguido de mandiocas cozidas, batatas ou bolachas água e sal (Por Dagoberto Torres, chef do Suri) ESTILO LIVRE

61


Um

restaurante casamenteiro

Por_MARINA Pereira _CHEF DO RESTAURANTE TOM

Já sei, já sei que vocês devem estar imaginando que alguém errou na edição da revista Estilo Livre, mas não: está tudo certo! Sei também que vocês devem estar imaginando que estou atrasada com esse tema, afinal mês de santo casamenteiro é junho! Mas não também. Na realidade, minha ansiedade não me deixaria esperar até o ano que vem para escrever sobre o restaurante casamenteiro! Tive esta idéia depois de um pedido muito romântico de casamento que aconteceu no Tom no mês de junho. Peço licença a vocês e aos personagens dessas histórias reais para contar umas historinhas sobre o Tom... Certo dia, um amigo sugeriu que o nome do Tom fosse mudado para “SanTOMantonio”. Sabe, meu marido e eu estamos pensando seriamente em aceitar a sugestão, pois se tem

62

ESTILO LIVRE

um lugar em que acontecem pedidos de casamento esse lugar é o Tom! Acredito, inclusive, que tudo se deve ao primeiro pedido de casamento que aqui aconteceu, antes mesmo de o restaurante Tom ser inaugurado. A inauguração do restaurante Tom foi em 16 de outubro de 2007. Cerca de um mês e meio antes uma amiga, que faz aniversário ao final de setembro, fez a proposta de comemorar seu aniversário ali. O Tom ainda estava por acabar: a pintura não estava pronta, a iluminação deixava a desejar, ainda tínhamos papel kraft nas portas, a cozinha não tinha estoque e minha equipe de cozinha era formada por mim, uma cozinheira e uma moça que arrumei para lavar a louça! Mas aceitamos. Esse era um desafio e aprendizado incríveis para mim! Seria o primeiro de muitos jantares para 40 pessoas, servindo

Foto_ divulgação

GASTRONOMIA_ todas ao mesmo tempo. Afinal, como diz um amigo know how não se vende!!! Combinei tudo com minha amiga: as bebidas a serem servidas, as entradas, o prato principal, sobremesa, um bolo, docinhos, a música, as flores. Tudo estava certo para ser uma festa de aniversário. Foi quando, uma semana antes da festa, o então namorado da minha amiga ligou para o meu marido (até então apenas meu namorado) e disse que gostaria de conversar conosco. Sentamos para conversar e foi neste momento que ele nos revelou: faria o pedido de casamento ali na festa! As alianças estavam compradas e seria uma surpresa! E realmente foi! No momento dos parabéns, todos pedindo por um “discurso”, entra o tal amigo e diz “Estou muito feliz por estar aqui, com nossos amigos e quero pedir a mão da ... em casamento”. A cara de surpresa da aniversariante, dos pais da aniversariante e de todos que ali estavam foi sensacional! Alguns choravam, outros aplaudiam, alguns não entendiam direito: “Ele pediu a mão dela?!?!” Sim, pediu. Hoje esse casal já se casou, meu marido e eu somos padrinhos deles e ficamos muito felizes por poder compartilhar esse momento especial. Atualmente, o restaurante Tom contribui para que muitos pedidos de casamento sejam feitos. Já tivemos diversos pedidos surpresas, cada um com sua característica: alguns entregam as alianças e só ficamos sabendo da intenção do noivo quando nos solicitam para tirar uma foto e registrar o momento. Outros querem que coloquemos a aliança junto com o prato, de forma discreta. Alguns já gostam de demonstrar seu amor de forma mais explícita: música, flores e acabam por emocionar a todos que estão no Tom! Aproveito para agradecer, primeiro, a esses amigos que “puxaram a fila” com o primeiro casal de namorados que saíram noivos do Tom! E, também, a todos os casais que confiam no nosso trabalho e compartilham desse momento conosco. Segue uma receitinha para fazer a dois (e fácil) para animar casais que andam meio na dúvida...

Fettuccine ao creme com presunto cru, gruyère e manjericão Ingredientes: • ½ pacote de fettuccine • 100g de presunto cru finamente picado • 1 colher (sobremesa) de azeite • 200 g de creme de leite fresco • 200g de gruyère ralado • 15 folhinhas de manjericão Modo de preparo: Aqueça o azeite e adicione o presunto cru finamente picado. Deixe o presunto cru bem sequinho e, em seguida, acrescente o creme de leite fresco, misture e adicione o gruyère ralado. Acrescente o fettuccine, misture delicadamente e coloque as folhinhas de manjericão. Se for necessário coloque um pouquinho de leite para que o creme fique menos espesso e a massa não grude ao servir. Acerte o sal e sirva bem quente.

ESTILO LIVRE

63


GASTRONOMIA_

GASTRONOMIA_

Da festa para sua casa: a receita de um bem-casado Por_Filipe Fasolin

64

(AE) - Você não precisa ir a um casamento para aproveitar essa delícia. O bem-casado, doce que não pode faltar e simboliza a união, é fácil de fazer e aqui ganha novas versões.

DE BRIGADEIRO OU BEIJINHO, DA PADARIA ST. ETIENNE

INGREDIENTES 6 ovos; 3 xícaras de açúcar; 1 colher de chá de essência de baunilha; 1 xícara de farinha de trigo; 1 colher de café de fermento em pó. Recheio: brigadeiro ou beijinho Preparo Massa - Na batedeira, junte os ovos com o açúcar e bata por 15 minutos, depois retire da batedeira. Adicione o fermento, misturando por cerca de um minuto. Adicione a essência de baunilha e a farinha de trigo, que deve ser peneirada. Numa assadeira untada e enfarinhada, vá pingando a massa com uma colher de sobremesa. Calda - Misture o açúcar na água morna. Mergulhe os bem-casados rapidamente nessa calda (sempre fora do fogo) e, com a ajuda de um garfo, vire-os para que fiquem molhados por inteiro. Escorra-os e deixe secar.

BOLO DE BEM-CASADO COM GELEIA DE DAMASCO, DO LA VIE EN DOUCE

INGREDIENTES Massa - 300 g de farinha; 300 g de açúcar; 10 ovos; Recheio - 1 lata de leite condensado cozido; 300 g de geleia de damasco Calda - 100 ml de água; Preparo Massa - Na batedeira, bata os ovos com o açúcar até triplicar o volume. Desligue a batedeira e junte a farinha peneirada. Leve ao forno pré-aquecido a 180 °C por 45 minutos. Recheio - Na panela de pressão, coloque a lata fechada com meio limão cortado e encha de água até cobri-la. Deixe cozinhar por 1h30. Só abra a latas depois de resfriar. Calda - Corte o bolo em três partes, e molhe com a calda. Recheie com o leite condensado cozido e a geleia.

ESTILO LIVRE

COM RECHEIO DE DOCE DE OVOS DA RENATA KARAM INGREDIENTES Massa - 3 gemas passadas na peneira; 2 claras; 1 colher de café de baunilha; 120 g de açúcar refinado; 125 g de farinha de trigo; 25 g de farinha de amêndoas; 25 g de amido de milho Recheio de doce de ovos - 250 g de

DE GANACHE COM NOZES, DA MARIA CLARA BEM CASADOS INGREDIENTES Massa - 6 ovos; 1/2 xícara de açúcar; 1 e 1/2 xícara de farinha de trigo; 1 colher de chá de fermento em pó; 1 colher de sopa de chocolate em pó 50% de cacau. Recheio - 300 g de chocolate meio amargo; 50 g de manteiga (sem sal); 150 ml de cre-

açúcar granulado; 200 ml de água; 14 gemas passadas na peneira; 1 rama de canela; 2 cravos-da-índia inteiros; 10 g de manteiga sem sal; Baunilha a gosto Calda - 1 l de água; 250 g de açúcar granulado; 1 rama de canela; 2 cravos-da-índia Preparo Massa - Bata na batedeira as gemas, as claras e a baunilha até esbranquiçar. Junte o açúcar e bata por 10 minutos. Junte os ingredientes secos e bata com fouet até obter uma massa homogênea. Pingue a massa em assadeira forrada com papel manteiga para fazer bolinhos e asse até dourarem. Recheio de doce de ovos - Numa panela, misture o açúcar, a água, as especiarias e leve ao fogo, sem mexer, até obter uma calda em ponto de fio. Junte a manteiga e deixe amornar. Adicione as gemas e leve novamente ao fogo, mexendo sempre até obter um creme espesso. Agregue a baunilha e resfrie. Recheie os bemcasados. Banhe-os na calda e deixe secar. Calda - Leve ao fogo e deixe ferver por 5 minutos. Empregue imediatamente para não perder o ponto da calda.

me de leite fresco; 100 g de nozes trituradas Cobertura - 100 ml de água; 500 g de açúcar de confeiteiro; 1 colher de sopa de chocolate em pó 50% de cacau. Preparo Massa - Na batedeira, faça as claras em neve e, sem desligar a batedeira, acrescente o açúcar, o fermento e as gemas (uma a uma), até formar um creme leve e esbranquiçado. Desligue a batedeira e incorpore a farinha de trigo peneirada e o fermento. Leve para assar a 250 ºC, em forma de 25 cm por 40 cm, untada e forrada com papel manteiga, por 15 minutos. Após assar, corte círculos de 5 cm e abra-os ao meio para rechear. Recheio - Numa panela, coloque o creme de leite e a manteiga. Em fogo baixo, aqueça os ingredientes até amolecer a manteiga, acrescente o chocolate picado e mexa até formar um creme. Em seguida, incorpore as nozes trituradas. Retire do fogo e resfrie antes de rechear. Cobertura - Ferva a água e acrescente o açúcar de confeiteiro e o chocolate. Mexa bem até ficar fluido. Banhe os bem-casados um a um, deixe secar sobre uma folha de papel manteiga por 6 horas. DICA: Para presentear, embale os doces em papel celofane ou crepom e arremate com laço de fita ESTILO LIVRE

65


Excelência em eventos

Fone: (18) - 3341-5043

Profissionais da região prestam serviços para cantor sertanejo Vinícius

O Cantor Vinícius, da dulpa João Bosco e Vinícius, e sua esposa, Audrey, comemoraram no final de junho o batizado da pequena Maria Clara. A cerimônia, somente para familiares e amigos, reunindo cerca de 80 pessoas, aconteceu em um rancho, situado em Jardinópolis, a 12 quilômetros de Riberão Preto. O batizado contou com uma equipe de profissionais da região especializada em decoração, flores, doces, maquiagem e cabelo. Entre eles estão: Espaço da Flores de Joaquim Nery, que conta com 15 anos no ramo, e mostra que surgiu para mudar os padrões de decorações em eventos e festas. Oferecendo um atendimento diferenciado e um serviço de excelente qualidade. Cecica Doces e Bem-casados, produz com tradição e modernidade Doces Finos e Bem Casados mantendo inalterado o jeito artesanal.”Trabalhamos apenas com ingredientes de primeiríssima qualidade, aliados à dedicação e ao carinho pelo que fazemos. Diante de tudo isso, conquistamos o respeito e a tranquilidade dos nossos Clientes” afirma Josiane Andreotti proprietária da empresa. Helena Beltrão, que confecciona bolos cenográficos para batizados aniversários e casamen-

tos e também uma vasta linha de acessórios para noivas, como almofadas para alianças, lembrancinhas e bandejas personalizadas para banheiros. Sem esquecer das xícaras de tecido, executadas por Solange Coelho. Essenciali decoração e eventos, das sócias Patrícia e Beth Bonini, trata-se de uma empresa sediada em São Paulo, que confecciona, personaliza e loca todos os tipos de materiais para eventos, das toalhas aos lustres e mesas, conta ainda com uma equipe muito bem treinada que auxilia na montagem e organização de cada evento. Gustavo Guiotti Hair Design é Técnico da L’OREAL Professionnel, e conta com uma capacitada equipe de profissionais em cabelo e maquiagem. Definitivamente, os prestadores de serviços em eventos da região deram um show de profissionalismo, fazendo do batizado da pequena Maria Clara uma festa dos sonhos. “Para nós é um imenso prazer participar de um evento desse porte e ficamos felizes em saber que nossa região possui grandes profissionais nestas áreas, não deixando nada a desejar para os grandes centros”, afirma a equipe.

Fone: (18) - 3341-4136

Fone: (18) - 9712-7474

Fone: (18) 3341-4880

Fone: (18) 3323-2305

66

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

67


Os jardins

que aguçam o imaginário dos paisagistas Por_Marisa Vieira da Costa

(AE) - Entre os sexagenários jatobás e sibipirunas que se espalham pelo terreno do Jockey Club de São Paulo, onde aconteceu mais uma edição da Casa Cor de São Paulo, há jardins românticos, de estátuas, de cactos, de palmeiras e até um com espécies 100% comestíveis. Todos servem de área de descanso e seus atrativos não se resumem a plantas. Vale tudo, na imaginação dos paisagistas, para atrair a atenção - do mobiliário a efeitos como fontes, espelhos d’água e fogo. Gigi de Arruda Botelho projetou desta vez o Jardim das Fontes, em uma área de 700 m².

68

ESTILO LIVRE

“Meu objetivo foi criar um ambiente simples, viável e alternativo.” Gigi fez estantes de madeira de demolição, decks e jardineiras (da Jardi) e as encheu de plantas - na parte de cima, uma cascata de samambaias e, na de baixo, uma parede verde com aspargos, samambaias, liriopes, véu-de-noiva e dinheiro-em-penca. Nos nichos, objetos de sua coleção pessoal, garimpada ao longo do tempo, como o livro-vaso e a mala-jardineira. E também inventou com as bolas de planta, “empanadas” com grama. Todo o mobiliário é da Armando Cerello. O espelho d’agua foi feito de alvenaria e as bicas,

Foto_ARQUIVO PESSOAL/DIVULGAÇÃO/AE

ARQUITETURA_ de cobre. O painel de madeira no fundo funcionou como uma moldura para a treliça, abrigando uma thumbergia. Pendurado no teto, um lustre feito com madeira reaproveitada da poda de uma jabuticabeira. Na Casa do Chá, de Daniela Francfort, a paisagista carioca Marisa Lima apostou no romantismo. Na entrada, fez canteiros de impatiens de várias cores. Nos fundos, num espaço fechado, usou basicamente branco e rosa, com mais impatiens, rosas perfumadas, lavanda, gardênias, ipomeias, jasmins e buxinhos. A passagem foi feita por um piso drenante da Solarium, assentado como um quebra-cabeças. O piso emenda com um deck que vai até um gazebo de ferro fundido em estilo francês. “Para reforçar o romantismo, coloquei roseiras topiadas,” diz Marisa. Há ainda uma fonte com parede viva da Termo Green e frutíferas nativas. O maior espaço da edição deste ano ficou com Paula Magaldi, que, em 1.800 m² idealizou a Praça das Palmeiras, espalhadas entre dois enormes pergolados, quatro grandes paredes vivas e fonte com pedra. “Trouxe 10 palmeiras dactilíferas, que foram plantadas no chão.” A arte marcou presença na Praça das Esculturas, de Marcelo e Rafaela Novaes. “Procurei fazer um jardim participativo, rico em detalhes, que despertasse a atenção das pessoas”, diz Marcelo. Entre bambu-bandeira, um canteiro de ametistas, echeverria, patas de elefante, palmeiras rabo-de-raposa e alpinia purpurata, estavam 10 esculturas, entre as quais se destacavam duas peças de Santos Lopes e Agostinho Gomes. Fechando a praça, uma parede viva de Gica Mesiara, da Quadro Vivo. Como para a criatividade não existem pedras no caminho, o paisagista Marcelo Bellotto driblou as dificuldades de uma esquina para fazer seu jardim de cactos. Por que cactos? “Para não ter de demolir. Trabalhei com plantas em vasos. Trouxe de 15 a 20 espécies de cactáceas, entre elas a aloe thraskii, que veio do sul da África.” Para contrastar com as espécies e criar um ar de deserto, Bellotto usou vasos de vários tons, da Vasos da Terra, e pedriscos brancos. Já para humanizar o espaço, espalhou bancos de madeira ripada desenhados por ele e executados pela Madezônia. Nos fundos do prédio que abrigou a Casa Cor, o Jardim das Casas, de Perci Silva foi exemplo de paisagismo contemporâneo. “Aqui a vegetação é densa, com cerca de 35 árvores nativas. Isso não me permitiu mexer muito no terreno e tive de trabalhar as plantas em vasos”, diz. Com 1.400 m², Perci trabalhou com a simetria. “Como as duas casas vizinhas são quadradas, contornei com um deck de 400 m em retângulo.” Os irmãos gêmeos Luiz Felipe e Luiz Gustavo Camargo, do Folha Paisagismo, trabalharam com espécies tropicais e nuances de cores no Jardim do Boulevard, onde se destacaram uma parede vermelho-queimado, mesma cor da caixa do espelho d’água. Entre o mobiliário, uma cadeira de pastilhas douradas importada e trazida pela designer Márcia Perasso. O engenheiro Alexandre Furcolin, de Campinas, colocacou em prática na Casa Cor o que ele chama de paisagismo produtivo. Numa área de 250 m², em frente à pizzaria projetada por Carlos Marsi, plantou de tudo - de café a plantas medicinais, de temperos a alface e rúcula, couve, jabuticaba, pimenta, tomate, pimentão e muito mais. “Fiz essa experiência na Casa Cor Campinas e deu certo. Quem quiser pode pegar o manjericão ou o tomate aqui para pôr na pizza”, diz o paisagista, que deu ao espaço o nome de Praça Pomodori & Peperoni. Furcolin admite que não está inventando nada. “Essa ideia veio com os primeiros imigrantes europeus, que plantavam comestíveis no jardim. Além disso, acho natural agora que as pessoas estão supervalorizando essa coisa de gourmet.”

Feng Shui no Jardim Como já tivemos a oportunidade de dizer: “O homem está cada vez mais voltado para seu interior”, com isso percebe que tudo que lhe rodeia tem importante significado. Observamos que as pessoas estão mais atentas às sensações que os ambientes lhes causam. O que muitas vezes parece uma simples decoração carrega em si um sentido, uma simbologia adequada. Assim acontece com nossas plantas, nossos jardins ou ainda nossos arranjos florais. Cada uma delas traz consigo uma frequência, e uma vibração, nos transmitindo bem estar ou não. A energia das flores nos proporciona sensações de harmonia, beleza e amor. As flores nos acompanham do nascimento até a morte do corpo. Foi graças a essa energia própria de cada flor que, nos anos 30, o médico Edward Bach, após identificar 38 estados negativos da mente, criou para cada um deles uma essência floral, hoje, mundialmente conhecidas como: Florais de Bach. Seguindo as orientações do Feng Shui é possível criar jardins internos e externos e ou arranjos harmônicos, que favoreçam nosso equilíbrio físico, mental e emocional. Para que entenda: O lado leste da nossa casa (onde nasce o sol) está relacionado com a saúde. O lado leste da sala de estar é local o mais indicado para colocarmos um arranjo com flores coloridas e cheias de vida. Essa não é a imagem da saúde? Assim sendo, as flores funcionam como estímulos nos ambientes, proporcionando-nos sentimentos de gratidão, beleza, alegria, amor, mensagens implícitas nas flores. Enfim, homem e natureza sempre juntos. Esse foi nosso objetivo com a edição 2010 da Mostra de Decoração de Assis, onde participamos pela primeira vez com a harmonização do Feng Shui criando um jardim de ervas aromáticas e medicinais. Namastê, Carla Simões Val

Carla Simões Val CONSULTORIA EM FENG SHUI

Pessoal • Empresarial • Residencial Harmonização de Ambientes Análise de Terrenos e Planta Baixa Palestras e Cursos ESTILO LIVRE

69

18 8136.2520 | 8116.9230 e-mail: carlasval@terra.com.br


ARQUITETURA_

Para garantir

segurança mercado tem até portas blindadas

ta”, acrescenta o arquiteto Samy Dayan. No caso de portas blindadas, elas são feitas de aço com acabamento em madeira. “O preço médio de uma porta blindada padrão é de R$ 4.500, mas os valores variam conforme o tamanho, o tipo de acabamento e o nível de blindagem solicitado pelo cliente”, explica Lucas Harada, gerente de Marketing da Blindaço. “A blindagem tem três níveis: contra pistola 9 mm (nível II), contra submetralhadoras (nível III-A) e contra fuzis (nível III); a estrutura conta com pinos de travamento, chaves com segredo e dobradiças de aço inox”, completa ele. Por serem tão reforçadas, as portas têm vedação acústica e resistem ao fogo, mas não são corta fogo. Já a característica principal das janelas blindadas, que custam a partir de R$ 1 mil, é o vidro. “Eles são compostos por lâminas de cristal transparente interligadas por material plástico resistente e flexível”, explica o especialista em blindagens. É fundamental contatar empresas certificadas pelo Exército, que faz esse controle para evitar que os produtos de blindagem sejam usados por criminosos. O procedimento de registro é de responsabilidade das empresas. Mais informações no site www.dfpc.eb.mil.br.

MAIS USADAS • Alumínio, PVC e madeira estão entre os materiais mais usados para portas e janelas residenciais; • Portas de compensado são uma variação da madeira e indicadas para partes internas da casa. As de madeira maciça são indicadas para a entrada da casa pela beleza e por serem reforçadas; • Já as portas e janelas de PVC são indicadas para áreas que exigem ventilação constante, como as cozinhas; • Em projetos contemporâneos sob medida, o PVC e o alumínio também são muito usados. São materiais fáceis para limpar e funcionam de forma muito prática sem necessidade de manutenção frequente.

Por_Eleni Trindade

(AE) - Em cidades populosas como São Paulo, a preocupação com a segurança é constante. Além de fechaduras especiais para reforçar esse aspecto, hoje o mercado de construção conta com portas blindadas como um reforço para quem tem necessidade maior de proteção para a residência. “O consumidor deve avaliar o custo e a eficiência desses sistemas e procurar empresas especializadas para fazer o serviço”, recomenda a arquiteta Paula Mattar. “A porta de entrada sem-

pre tem destaque na decoração, mas também cumpre função de segurança para o imóvel. Por isso é importante que ela seja reforçada. Se for de madeira, que seja maciça”, afirma Dayan. No caso de portas mais modernas, feitas de alumínio com acabamentos coloridos e cromados, é importante saber com o fabricante como é feita a manutenção para conservá-la por mais tempo sem comprometer a segurança. “Quanto às janelas, é fundamental contratar um bom instalador para checar se a vedação está perfei-

ESTILO LIVRE

71


Decoração com madeira Por_Marisa Vieira da Costa

Foto_ ZECA WITTNER/AGÊNCIA ESTADO/AE

ARQUITETURA_

(AE) - Já no pequeno hall de entrada, a ausência de enfeites e o predomínio de tons neutros e da madeira denunciam que se trata de um apartamento masculino. Responsável pelo projeto, a arquiteta Fabiana Avanzi conta que o proprietário lhe pediu que não usasse nada muito colorido nesse dúplex de 100 m², no Itaim, que ficou pronto há um ano. “Fiz algumas modificações na planta original para tornar o apartamento mais prático. Abri parte da cozinha, coloquei um balcão de mármore para fazer a ligação com a mesa de jantar e, na suíte, construí um pilar revestido de espelho para instalar a televisão e separar a cama do closet”, enumera Fabiana, que procurou dar ênfase aos acabamentos, com diferentes texturas e sempre em tons escuros. A madeira domina o imóvel a partir do hall, onde nogueira americana reveste a parede e um elemento com quatro aberturas verticais dão uma visão parcial da sala. A mesma madeira se estende como um painel pela parede da sala, camuflando as portas do lavabo e da entrada de serviço. E também sobe a escada, que tem corrimão embutido, e vai parar na porta da rouparia. “A escada original era toda aberta, vazada, e o proprietário pensou em um guarda-corpo de vidro. Mas achei que usar madeira seria mais elegante”, diz Fabiana.

72

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

73


Foto_ GILBERTO JUNIOR/AGÊNCIA ESTADO/AE

ARQUITETURA_

Simplicidade interiorana Por_Marcelo Lima

(AE) - Pense na simplicidade das casas do interior. Em ambientes quase inteiramente de madeira, repletos de tecidos artesanais, paredes nuas, com pouco, ou quase nenhum, revestimento. Acrescente a eles, grandes aberturas, uma ampla varanda gourmet e uma paisagem a perder de vista. Tem-se assim uma boa aproximação do que significa viver - ou se hospedar - nesta acolhedora casa de três pavimentos, solidamente assentada no sopé de uma colina em Campos de Jordão. O ponto de equilíbrio de um jovem casal de gourmets paulistano, neste e nos próximos invernos. “Trata-se da segunda fase de uma reforma empreendida pelo casal em um imóvel já existente. Para eles, receber bem é prioridade absoluta. Assim, o projeto foi todo orientado nessa direção”, diz a arquiteta Marina Linhares, responsável pela mais recente remodelação. “Na primeira etapa, grande ênfase foi dedicada à troca dos revestimentos, como forma de aquecer

74

ESTILO LIVRE

a ambientação”, conta ela. “O desejo deles era contar com ambientes despretensiosos. Algo muito simples, mas nem por isso menos sofisticado”, diz a arquiteta, para quem o desenho da área externa acabou se convertendo no ponto alto da última reforma. Equipada com forno ao ar livre, sala “outdoor” e “arquibancada” para visualização da paisagem, na atual configuração, a laje existente no pavimento superior da casa, acabou se transformando em uma agitada varanda. Interligado ao living e à adega, o espaço interativo traz degraus revestidos de madeira com almofadas, sobre as quais os muitos convidados do casal podem desfrutar da beleza da paisagem local, com vista privilegiada para a Pedra do Baú. Além de uma instalação para lá de especial: uma lareira ao ar livre, em torno da qual estão dispostas confortáveis poltronas. A mais disputada locação da casa nas frias noites da montanha. ESTILO LIVRE

75


MOTOR_

VITRINE_

Aston Martin honra a tradição da marca inglesa Por_Nícolas Borges

(AE) - Se todo carro de entrada fosse como o V8 Vantage, o mundo seria um lugar melhor. Ou então haveria menos veículos em circulação, pois estamos falando de um carro de R$ 669 mil - valor da série especial N420. Seja como for, o modelo mais simples da Aston Martin honra a tradição da marca inglesa de fazer esportivos belos e luxuosos. Ainda mais nesta edição limitada, trazida por um importador independente. O motor é o 4.7 V8 igual ao da versão “normal”. O que mudou foi o sistema de escapamento, de aço inoxidável. As vantagens estão no ronco mais forte, e no peso 2,8 kg menor. Por sinal, o N420 é 27 kg mais leve que o V8 Vantage. Há também peças de fibra de carbono, como os dois bancos, as saídas de ar nos paralamas dianteiros e o difusor de ar traseiro. No modelo avaliado, o câmbio é o opcional Sportshift, automatizado de seis marchas. Mesmo com só uma embreagem, ele é bem melhor que as caixas semelhantes de carros nacionais. As molas 45% mais rígidas prejudicam o conforto mas são fiéis à proposta da versão, fazendo par à direção precisa e reforçando o comportamento dinâmico.

O que é bem-vindo com um V8 que despeja sua potência máxima a 7.300 rpm, em alto e (muito) bom som. Bastam 4,9 segundos para ir de 0 a 100 km/h e a velocidade chega a 290 km/h. E quando não se está pisando fundo, dá para aproveitar o luxo da cabine, que tem até uma caneta Lamy embutida no painel.

01

02

HERANÇA DAS PISTAS A letra na sigla da série especial é referência à pista alemã de Nürburgring, onde a Aston Martin teve conquistas recentes. Já o número indica o total de exemplares desta versão. 03

04

05

01. Débora - Mayara 02. Ten. Douglas Dias - Jorge Mori 03. Célio - João Guilherme - Flávia 04. Pardal - Alves Barreto 05. Sidney Fernandes 06. Danilo - Camila 07. Thalles - Clóvis 06

76

ESTILO LIVRE

07


MOTOR_

CB 600F Hornet é modelo raro nas autorizaadas

VITRINE_

01

02

03

04

01. Índio - Flávia

03. Débora - Reinaldo

02. Patrícia - Ívilla

04. Daniele - Franciele

Por_Leandro Alvares

(AE) - Com a proximidade da estreia da linha 2012, que recebeu leves atualizações, a CB 600F Hornet passou a ser um modelo raro nas autorizadas da Honda. Em um levantamento feito pela reportagem em cinco concessionárias da capital, nenhuma tinha a naked (sem carenagem) disponível para pronta entrega. O menor tempo de espera anunciado foi de um mês na Leone (2264-0580) da zona sul. O preço merece destaque. Na autorizada, pedem R$ 30 mil para a versão 2011 sem freios ABS. O desconto é de R$ 3.260 em relação à tabela da fábrica. Na Team Trends (2238-3700), na zona norte, e na Comstar (5631-1336), zona sul, o modelo “sai” por R$ 29.990. O porém é o prazo ainda mais longo de espera. “Não há previsão para antes da metade de julho”, informou um dos vendedores da concessionária de Interlagos. De acordo com fontes ligadas à fabricante, a Hornet 2012 será lançada no País neste mês. Entre as atualizações, destaque para o painel digital integrado ao conjunto óptico.

78

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

79


VITRINE_

MOTOR_

Land Rover estreia câmbio automático de oito marchas

80

ESTILO LIVRE

01

02

03

04

05

06

Por_Luis Felipe Figueiredo

(AE) - Uma das novidades do Land Rover Range Rover Vogue TDV8 é a estreia do câmbio automático de oito marchas 8HP70, produzido pela alemã ZF. O jipão, que está à venda no País por R$ 421 mil, é o primeiro veículo da marca inglesa (controlada pela indiana Tata) a trazer o recurso. Essa caixa, destinada a aplicação longitudinal (uso em veículos de tração traseira ou integral), também está em modelos Volkswagen, Audi e Bentley. Foi usada pela primeira vez no BMW 760i, em 2009. Conforme a ZF, sua vantagem sobre as caixas de seis marchas é ser até 6% mais econômica, estender ao máximo o aproveitamento da força do motor e ocupar o mesmo espaço de um câmbio com menos velocidades - isso tudo sem aumento no peso. Ela deverá também equipar modelos da americana Chrysler. A partir dessa caixa, a BMW está desenvolvendo um sistema que permitirá melhorar ainda mais o funcionamento do câmbio. A ideia é aprimorar os recursos de adaptação das trocas de marcha às condições de direção e da estrada com mais precisão. A BMW definiu isso como “sistema de controle de transmissão antecipatório.” Com os dados do navegador é possível determinar previamente o raio de uma curva e préselecionar eletronicamente a melhor marcha para percorrê-la, baseado na velocidade do carro - o que dá mais segurança ao motorista e rapidez de resposta na retomada A caixa da ZF é capaz de ir diretamente da oitava para a segunda marcha, sem passar pelas intermediárias. Estima-se que o sistema deverá estrear no novo Série 7, em 2016.

07

01. 02. 03. 04. 05. 06. 07.

Waldo Ribeiro - Diana Rômulo - Cinthia Vânia - Gerson Marco - Ana Flávia - Dagmar Marilene - Edmara Diego Camargo - Flávia Lais - Giane - Delaine - Edna - Carol

ESTILO LIVRE

81


bichos_

24h

bichos_

A apresentadora Flávia Noronha com o cachorro Frederico, na sede da Rede TV, na zona sul de São Paulo.

ao lado dos donos Por_Juliana Faddul

(AE) - Saudade ou falta de tempo. Não importa o motivo. O fato é que algumas pessoas estão levando seus cães para o trabalho. E alguns desses convidados têm uma vida bem interessante, o que inclui camarim, comida especial, tratamento médico e, claro, muito carinho. Para quem tem cachorro, nada mais triste do que sair de casa e deparar com os olhinhos tristes do animal. Até dá vontade de voltar mais cedo para reencontrá-lo. O estilista Arthur Caliman, os empresários Rogério D’avila e Alberto Porto Alegre, as apresentadoras de TV Ana Maria Braga (Globo), Flávia Noronha e Daniela Albuquerque (ambas da Rede TV!) resolveram dar um jeito nisso: passaram a levar seus queridos bichinhos para o ambiente

82

ESTILO LIVRE

de trabalho. “Percebi que em casa ele ficava deprimido. Na primeira vez que o levei para a importadora, percebi o quanto fez diferença para ele”, conta o empresário Rogério D’avila, dono e companheiro de trabalho do cão da raça pug, o Gordo. “Agora ele é considerado um funcionário e participa de todas as reuniões”, diz. Só que às vezes, ele se sente muito confortável. “Como ele participa sempre dos encontros, às vezes acontece dele soltar gases nas reuniões”, fala D’Ávila. E não é só o Gordo que se comporta como se fosse o dono do local. O cão da raça labrador, Filé, adora os paparicos das funcionárias do Ateliê do Arthur Caliman. “Ele é o queridinho de todas. Mas

também tem seus momentos de showzinho. Um dia, ele fez xixi num vestido de noiva!”, relembra. Por sorte, o vestido era apenas um protótipo. Outro cãozinho que adora aprontar é o yorkshire Frederico, da apresentadora Flávia Noronha, da RedeTV!. “Ele adora correr nos corredores da emissora”, conta. E, num episódio, nem a Hebe se salvou. “Um dia ele entrou no camarim da Hebe e comeu um pão de queijo que estava lá”, conta. A apresentadora Daniela Albuquerque também leva o cãozinho para a emissora. “Fico o dia todo fora de casa. Aqui ficamos mais tempo juntos”, fala. E Daniela não é a única apaixonada por cachorro. Seu marido, Amilcare Dallevo, adotou dois vira-latas quando a RedeTV estava sendo construída, em Osasco, na Grande São Paulo. O Berinjela e a Pretinha - ou Menina - ga-

nharam uma casa nos fundos do canal, tratamento de dentes e de saúde e mimos. A ração dos cães já consta até nas contas de estoque da empresa. Outro xodó da televisão é a celebridade canina Belinha. Estrela da Globo desde 2004, ela ficou conhecida por participar do “Mais Você” ao lado da Ana Maria, com apenas três meses. Entre seus mimos, a poodle tem até um espaço no camarim da apresentadora com um armário especial. “Ela está bem acostumada com o clima de gravações e de estúdios, mas quando não quer ir, fica em casa”, conta a apresentadora, que também é dona da yorkshire Sombrinha e a Chinese Crested Cristal, que às vezes também aparecem no programa. Para essa cachorrada, trabalho também é passeio.

ESTILO LIVRE

83


tecnologia_

Celulares Blackberry atraem novo perfil de consumidores Por_Murilo Roncolato

VITRINE_

(AE) - Celulares Blackberry costumavam frequentar bolsos de ternos finos e caros. Costumavam. Os aparelhos conhecidos por seus modelos quadradões e sistema único de e-mail e segurança agora sofrem para caber em apertadas calças jeans ou sobreviverem em bolsas escolares. “Antes, tudo era restrito a early adopters e ao público corporativo”, conta o analista da IDC, Bruno Freitas. “Agora, os smartphones estão chegando à classe C, que busca mobilidade: redes sociais, GPS, câmera, música; e o mercado percebeu isso.” Filhos de executivos, mexendo nos celulares dos pais, descobriram o Blackberry Messenger ou BBM, de custo baixo, rápido e prático, palavras-chave que fizeram com que o serviço de mensagens se tornasse um atrativo para jovens. O fenômeno surpreendeu a própria empresa, que passou a atender um público inesperado. O estudante Allan Manfredi Correia, de 16 anos, que usa o BBM para falar com os pais e amigos de colégio diz que outros aparelhos ainda saem na frente para jogos e música; mas o Blackberry, para conversar é melhor, até pelo teclado físico que facilita na hora de digitar rápido”, diz. A opção pelo teclado QWERTY, aliás, é um dos diferenciais da marca. A executiva Giovana Gomes, de 28 anos, conta que trocou um iPhone pelo seu Blackberry Curve por conta dele. “Tem de ter dedo de Gisele Bündchen para acertar as letras no touch”. A corrida pela mudança existe, mas ainda há muito a ser feito, diz Alex Queiroz, 33 anos, supervisor de uma loja de celulares em Belém, no Pará. Para ele, a Blackberry “tem de investir mais em recursos sociais e mídia”. “Há algum problema com os engenheiros de lá que não conseguem mudar os aparelhos, não se vê inovações concretas”, opina. Ele explica que empresários vão à loja para comprar um iPhone para tê-lo como secundário. “Só não mudam definitivamente por causa da segurança que o Blackberry oferece.” Segundo uma pesquisa da consultoria IDC, a RIM fica em quarto lugar entre as plataformas preferidas dos desenvolvedores para criar aplicativos (a Apple lidera, seguida do Google e Microsoft). Atualmente a loja de aplicativos Blackberry App World, possui o quarto maior acervo de programas, com cerca de 18 mil apps, e uma taxa de 3 milhões de downloads por dia.

01

03

02

04

05

01. Talita - Matheus 02. Sueli - Anderson 03. Vanessa - Bety 04. Robertinho 05. Renata - Carol - Gaby 06. Gustavo - Carioca - Graco

06

ESTILO LIVRE

85


Xtend Barre Aula que mistura pilates e balé virá para Assis

O pilates está conquistando um número cada vez maior de adeptos em todo o país, e com certeza quem gosta da modalidade ficou bastante interessado na nova aula lançada por uma bailarina americana e que já invadiu as grandes capitais do país, a Xtend Barre, que mistura o pilates com o balé. A modalidade chegou ao Brasil no ano passado e se alguém achava que a novidade demoraria muito a “invadir” Assis, estava enganado. A fisioterapeuta, instrutora de pilates e bailarina há 24 anos, Lígia dos Santos Cardoso, comprou a licença da marca Xtend Barres e vai trazê-la para Assis. As aulas serão realizadas no estúdio de pilates que está sendo construído por ela no Jardim Aeroporto, com previsão de inauguração em agosto. No local, que está sendo construído de acordo com a estrutura dos centros de pilates canadenses, haverá aulas de pilates e também do Xtend Barre. Assis será a primeira cidade de interior do país a oferecer a modalidade, até agora encontrada só em grandes centros. Lígia decidiu trazer a aula para a cidade diante de seu sucesso e também como alternativa àqueles praticantes de pilates que acham as aulas pouco dinâmicas. O Xtend Barre, segundo a instrutora, combina os fundamentos do pilates com as posições do balé, só que num ritmo mais intenso e ao som de músicas aceleradas. Além disso, na nova modalidade, é possível combinar os benefícios do pilates com aqueles proporcionados pelos exercícios aeróbicos. Sendo assim os resultados são: a queima de calorias - de 300 a 500 por aula - o fortalecimento muscular e a melhoria da postura e do alongamento. As atividades são realizadas com acessórios, como no pilates de solo.

Meet you at the Barre!

Quem já tiver interesse em conhecer mais sobre a modalidade ou se cadastrar para participar da promoção que será feita pela instrutora para o lançamento de seu estúdio e da aula na cidade pode entrar em contato pelo telefone (18) 3322-7779.

Pilates Hall

Este será o nome do estúdio da fisioterapeuta Lígia, que já trabalha tanto com o pilates quanto com o balé em outros locais da cidade. Reconhecendo a necessidade de um estúdio com estrutura dos grandes centros para um atendimento diferenciado aos praticantes da modalidade em Assis, Lígia fez o projeto seguindo os padrões utilizados pelas escolas canadenses de pilates. Portanto, a Pilates Hall contará com piso em madeira flutuante, ou seja, que possui entre o chão e a madeira uma borracha de amortecimento e visa diminuir o impacto, projeto de iluminação, climatização fria e quente, vestiários, três salas de atividades e equipamento de alto padrão de qualidade. O Pilates Hall também contará com equipamentos para a complementação dos exercícios com atividades aeróbicas. Haverá uma sala com bicicleta, elíptico e esteira. Todos de alta tecnologia. A esteira, por exemplo, possui absorção de choque e sistema digital que se programa de acordo com o peso do usuário. Ela serve para atividades de reabilitação.

Lígia Santos Cardoso Fisioterapeuta formada pela Universidade Paulista com especialização em Pilates pela escola canadense Stott Pilates. Realizou cursos pela Fisiociência de Pilates acessórios, Pilates para reabilitação de lesões e populações especiais pelo Stott Pilates e Pilates para crianças pela Polestar Pilates – Physio Pilates Bailarina há 24 anos formada pela Royal Academy of Dance, é idealizadora e coordenadora do Projeto Renovo no qual ministra aulas de ballet clássico para crianças e adolescentes carentes.


tecnologia_

Google lança computador feito para a web

www.revistaestilolivre.com.br

online Por_Tatiana de Mello Dias

(AE) - O slogan do Chromebook, primeiro computador lançado pelo Google, “nada além da web”, deixa claro: a máquina é apenas uma ponte entre o usuário e a internet. E sem a rede não existe nada. Apresentado durante a conferência de desenvolvedores Google I/O, realizada em São Francisco, o Chromebook até que enfim traz o sistema operacional Chrome OS para o mercado comercial. Assim, é o primeiro computador totalmente feito para a web - ali, desde e-mails a editores de texto, passando por games e aplicativos, tudo fica guardado na internet e acessível de qualquer dispositivo conectado. Os computadores do Google podem ser definidos como a experiência de um netbook levada às últimas consequências. Ali, a ideia é ter tudo armazenado na nuvem para que a máquina seja o mais rápida e leve possível. Os netbooks ainda têm programas instalados, como editores de texto - o Chromebook fará tudo baseado na web. O que muda? O Google promete uma nova experiência ao usuário. “Você lerá seu e-mail em segundos”. O Chrome OS será atualizado automaticamente. Com o novo sistema operacional, a Chrome Web Store fica mais importante. Os programas e o conteúdo serão baixados ou comprados

88

ESTILO LIVRE

ali. A loja será estendida para todo o mundo ganhará versões em 41 idiomas, diz o Google. Para chamar a atenção, o Google recorreu ao popularíssimo game “Angry Birds”, que chegará à web pela primeira vez através da Chrome Web Store. Os desenvolvedores também ganharam um mimo: o Google lançou uma ferramenta que permite a eles adicionarem um mecanismo de pagamento ao seu aplicativo - para o usuário comprá-lo, bastam dois cliques. E o mecanismo é adicionado com apenas uma linha de código, o que gerou aplausos durante o anúncio no I/O. Os Chromebooks começaram a ser vendidos no dia 15 de junho nos Estados Unidos, no Reino Unido, na França, na Alemanha, na Holanda, na Itália e na Espanha. A promessa é que outros países sejam atendidos em meses. O Google lançou também um novo modelo de negócios: aluguel dos computadores. O usuário terá acesso ao hardware e o software do Google, baseado na nuvem, a uma taxa fixa mensal. O programa, chamado Chromebooks for Business & Education, tem taxas mensais de US$ 28 (para clientes corporativos) e US$ 20 (instituições educacionais). As substituição e a atualização do equipamento fica a cargo do Google e é gratuita.

A partir deste mês, os leitores da Revista Estilo Livre poderão acompanhar as notícias, coberturas sociais e ainda publicidades veiculadas na revista também pela internet. Junto à oitava edição da Estilo Livre, a revista lança seu site, onde os leitores poderão acessar todo conteúdo impresso da revista e muito mais. Todas as edições da revista já estão disponíveis no site e serão anexadas mensalmente, em sua versão on line, a cada nova publicação. “Como o espaço impresso da revista muitas vezes fica limitado, em nossa versão online, o leitor também poderá acompanhar na íntegra todas as coberturas sociais realizadas pela Estilo Livre na cidade, com atualizações constantes”, afirma Carolina Marquezini, diretora de redação da Revista. Com o site, a Estilo Livre espera oferecer

comodidade ao leitor que já está habituado a acessar notícias on line, uma tendência cada vez maior entre os brasileiros. Segundo pesquisas, o leitor brasileiro responde pela maior quantidade de acessos a veículos de comunicação por meio de aparelhos eletrônicos. “Lançamos o site com o conteúdo da revista na íntegra porque nosso maior objetivo é, através de uma distribuição gratuita e bem direcionada, fazer um jornalismo de qualidade, com um conteúdo agradável aos nossos leitores, pois sabemos que a soma desses fatores nos dá credibilidade para alavancar as vendas de nossos anunciantes. Todos os nossos patrocinadores regulares terão também sua publicidade divulgada no site, com o mesmo padrão de qualidade que temos na mídia impressa”, ressalta Daniel Israel, diretor comercial da Estilo Livre.

ESTILO LIVRE

89


tecnologia_

tecnologia_

Fotos publicadas em redes sociais aproximam amigos e desconhecidos Por_Felipe Branco Cruz

(AE) - “O que te faz voltar para casa?” Para responder a essa pergunta, a publicitária Marina Wajnsztejn, 27 anos, fotografou sua avó e publicou a imagem na rede social Instagram, criada para celulares iPhone. Em seguida, o coordenador de projetos Fábio Knobloch de Andrade, 36 anos, reconheceu a senhora como uma grande amiga de sua avó, quando ele morava no Recife, em Pernambuco. “Eu me lembro dela contando mil histórias fascinantes e quis saber quem era a mulher que havia publicado aquela foto”, explica

90

ESTILO LIVRE

Fábio. Depois de conversar com Marina, descobriu que as avós deles eram amigas. Os dois acabaram se tornando também amigos. Tudo por meio dessa rede social. E tudo a partir de uma foto. A tal rede, o Instagram, serve para usuários de iPhone publicarem fotos utilizando filtros que deixam uma imagem amadora com ares de profissional. As amigas Luiza Voll, publicitária de 28 anos, e a jornalista Daniela Arrais, 28, resolveram movimentar um pouco essa rede e

criaram o Instamission, projeto que propõe aos usuários uma missão por semana, como “fotografar um sorriso” ou “fotografe um planking”. “Começou de forma despretensiosa, mas as pessoas gostaram e quando vimos, tínhamos vários participantes”, diz Daniela. O que mais surpreende nessa história é que o Instagram é uma rede restrita, pois somente usuários de iPhone podem acessá-la. Mesmo assim, os números do projeto são significativos Em 19 semanas de existência, recebeu mais de 4 mil fotografias. Até o momento, a missão que teve mais adesão foi a “fotografe a vista da sua janela”, com 470 imagens. Criado em outubro de 2010, o Instagram conta com 4,5 milhões de usuários no mundo. Um número pequeno se comparado ao Twitter, por exemplo: criado em fevereiro de 2008, agrega mais de 200 milhões de pessoas. Para Fábio Knobloch, o interessante é observar a forma diferente como cada um enxerga um mesmo tema. “Quando se fala em sorriso, por exemplo, uma pessoa tira foto de criança e outra, de um cachorro. Mas tudo é sorriso.” As surpresas são muitas. A própria idealizadora do Instamission passou por um momento como o vivido por Marina e Knobloch. “Publiquei uma foto do meu pai, que faleceu no ano passado. Recebi depois um comentário de uma pessoa que não conhecia dizendo que tinha conhecido meu pai”, diz Daniela. E ficaram amigos. As missões fotográficas conquistaram até a atriz Carol Castro, a Natália da novela “Morde e Assopra” (Globo). “Fotografia é um hobby para mim, mas com o Instagram aumento as possibilidades”, diz ela. Das missões, a que ela mais gostou foi a que pedia para fotografar o que estava vestindo. “O mais interessante para mim é a possibilidade de ser seguida por pessoas do mundo inteiro”. MISSÕES DIFÍCEIS Uma missão lançada recentemente chamou a atenção: fotografe um planking. Planking é a nova moda na internet. A palavra significa “prancha” e o desafio consiste em tirar uma foto em lugar público e inusitado, deitado de barriga para baixo e com os braços estendidos ao longo do corpo. No Instamission, já tem gente publicando foto deitada na mesa do escritório, no banheiro de casa e até no meio de uma rua deserta. Para o publicitário Pedro Fonseca, 35 anos, o Instamission é a junção de três coisas inerentes

ao ser humano moderno: a vontade de registrar as coisas, a proximidade que cada um tem com o celular e a comunicação com outras pessoas que apreciam o mesmo tema. “No Twitter, você diz algo com algumas palavras. No Instagram, você não precisa nem disso. Basta uma foto”, explica. “Assim como você segue no Twitter um desconhecido ou uma pessoa famosa por ela ser criativa ou por dizer coisas interessantes, você passa a acompanhar no Instagram quem publica as imagens mais criativas e bonitas”, completa. Fonseca descobriu o projeto a partir dos amigos. Ele também reencontrou uma amiga nessa rede e era justamente Daniela Arrais. “Quando vi a foto, lembrei dela na minha infância. Depois descobri que ela era irmã de um amigo meu. Da última vez que tínhamos nos visto, ela tinha 6 ou 7 anos”, diz. Parece que essa rede veio para provar a máxima de que uma imagem vale mais que mil palavras.

UMA ESPÉCIE DE TWITTER DAS FOTOS Funciona assim: com a câmera de seu celular você faz uma foto de algo interessante e publica no Instagram. Até aí, nenhuma novidade. A grande diferença dessa rede social para as outras é que o programa oferece aos usuários filtros que dão a uma fotografia amadora efeitos de fotos profissionais. O aplicativo caiu no gosto do usuários e é comum encontrar por lá ótimas imagens de coisas banais feitas em todo o mundo. São fotografias que vão desde um sorriso captado na Austrália, um esquilo no Central Park, em Nova York, a um detalhe de vidro de pimenta do México. O aplicativo reúne, ainda, numa mesma tela, todas as fotos das pessoas que o usuário segue, numa espécie de linha do tempo, como no Twitter. ESTILO LIVRE

91


NOTAS_

FIQUE LIGADO!! Por_Equipe AE

TRÊS GERAÇÕES mãe e avó, respectivaBianca Salgueiro, Tania Khalill e Arlete Salles viverão neta, se encontrou numa leitumente, em “Fina Estampa” (Globo), de Aguinaldo Silva. O trio Maia. ra especial de capítulo, promovida pelo diretor de núcleo Wolf

NA CAPA A apresentadora Adriane Galisteu será a capa de agosto da revista “Playboy”. Ela será fotografada por J.R. Duran em San Pietro de Positano, na Itália.

TRUNFO PODEROSO ), Ricardo Linhares, Animado com a atual boa audiência de “Insensato Coração” (Globo que “os personaem a históri uma de coautor da trama, diz que os números são resultado Linhares, no real”. vida na como , gens têm uma trajetória ascendente, suas vidas mudam uma Norma criou “Ela . espaço mais u entanto, não nega o poder de Gloria Pires, que ganho o mais atraçã a folga, com “É, so”. podero humana, com credibilidade. Glorinha é um trunfo vista na TV brasileira atualmente”

CANÇÕES APROVADAS Zeca Pagodinho e Arlindo Cruz compuseram quatro músicas para a trilha de “Fina Estampa”, próxima trama das 9 da Globo. Aguinaldo Silva, autor do folhetim, já ouviu as canções e aprovou. Sobre uma delas, escreveu: “Eu vi que tinha a cara da história de Malvino Salvador e Carolina Dieckmann”.

SALTOS BRASILEIROS Cannes. Ela usou um par A top Bar Refaeli desfilou saltos brasileiros na temporada em Fashion For Relief, evento no n de sandálias da última coleção da marca Alexandre Birma arrecadar fundos visa que ell, Campb projeto com apoio da “Vogue”, idealizado por Naomi para as vítimas do terremoto e do tsunami no Japão.

92

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

93


94

ESTILO LIVRE

Edicao8  
Advertisement