Page 1

ESTILO LIVRE

3


ÍNDICE_

06 08 12 14 28 42

DA REDAÇÃO_

turismo

cenário de cinema Jordânia, Liverpoll e México

coluna

fabrizio zini Medir a Luz da Câmera

compras

miami e nova york Enxoval do Bebê

televisão notas

O quem por aí

carros

apelo visual e motor

Land Rover, March e Mercedes

novela

Motivo de orgulho Chegamos a mais um fim de ano e nos orgulhamos de poder, em nossa última edição, contar mais uma história de sucesso de um assisense, como tantas outras que estamparam nossas capas durante este 2013. Desta vez, o destaque vai para Diogo Carvalho, engenheiro agrônomo proprietário da empresa Bug, que acaba de ser premiada entre as 36 mais inovadoras do mundo. Diogo produz, em sua empresa, vespas que atuam no controle de pragas das lavouras de cana de açúcar e soja, apresentando, desta forma, solução natural para a produção agrícola. E engana-se quem pensa que os custos com este controle são mais altos. Na verdade, só há benefícios, e justamente por isso a Bug vem sendo destaque mundial. Saber que um assisense é responsável pela solução para um problema que vem assolando o mundo, que é o controle de pragas nas plantações de forma a evitar danos ao meio ambiente e à saúde, é mais que motivo de orgulho. Portanto, encerramos o ano assim, trazendo mais uma boa notícia e já preparando muitas novidades para 2014. Esperamos que gostem desta e das inúmeras outras reportagens que preparamos com tanto carinho para vocês. Boa leitura!

“em Família”

Parkinson é tema de nova novela

CAROLINA MARQUEZINI DIRETORA DA REDAÇÃO

44 50 60

coluna

thiago hansted O Rock e a Religião

você sabia? andré zanotti

O que você precisa saber antes de viajar

coluna

ricardo zollner

Atração de mão de obra qualificada

DIRETOR Jeziel Marquezini EDITORA Carolina Marquezini DIRETOR COMERCIAL Daniel Israel DIREÇÃO DE ARTE E DIAGRAMAÇÃO Camila Bahis IMPRESSÃO Editora Conosco_Indústria Gráfica TEXTO E FOTOS Agência Estado FOTOS Carolina Falcão

16 Capa

4

BUG Agentes Biológicos Uma das empresas mais inovadoras do mundo.

ESTILO LIVRE

JORNALISTA RESPONSÁVEL Carolina Marquezini_MTB_41418 SP TIRAGEM 18 mil exemplares PARA ANUNCIAR Daniel Israel_18 9732 0007 daniel@revistaestilolivre.com.br ANÚNCIOS E PATROCÍNIOS Além de anúncios institucionais e comerciais em formatos tradicionais, a Estilo Livre oferece a opção de patrocínio das seções e colunas fixas. Fale com nosso departamento comercial. *O conteúdo das propagandas e informes publicitários é de inteira responsabilidade dos contratantes.

REVISTA ESTILO LIVRE Abílio Duarte de Souza, 257 . 18 3022.3152 revista@revistaestilolivre.com.br www.revistaestilolivre.com.br

ESTILO LIVRE

5


NOTAS TV_

POR_IVA OLIVEIRa

01 DERIVADO A série "How I Met Your Mother" (Fox), que está em seu nono e último ano nos EUA, acaba de dar fruto. Com o título de "How I Met Your Dad" a trama daria ao público a chance de conhecer uma história em que uma jovem conheceria o futuro pai de seus filhos. O material foi negociado entre a rede CBS e a 20th Century Fox, mas ainda não há data de estreia agendada.

04 LIGA DE SUCESSO Apesar de ainda não ter anunciado a grade do próximo ano, o GNT não deve alterar a formação do "Saia Justa". O programa, que virou notícia recentemente ao convidar Paula Lavigne para uma discussão no palco, provou que as apresentadoras Astrid Fontenelle, Barbara Gancia, Maria Ribeiro e Mônica Martelli ainda podem render mais juntas.

05 REPETECO NA TV

02 MUDANÇA GLOBAL Bianca Rinaldi abandonou os cabelos escuros para incorporar a cardiologista Sílvia, na novela "Em Família",de Manoel Carlos, na Globo. A atriz pintou os fios num tom de loiro e diz ter adorado o corte chanel. Bianca deixou a Record em julho deste ano, depois de encerrar seu trabalho como rainha Tany na minissérie "José do Egito".

A adaptação para a TV da HQ "Constantine" pode ganhar a presença de Keanu Reeves. O ator já deu vida ao protagonista, John Constantine, na versão cinematográfica da obra realizada em 2005. Anunciada pela rede norteamericana NBC, a atração ainda não tem data de estreia definida.

06 03 LISTA QUE CRESCE Parece que não tem fim a onda de produzir séries de TV baseadas em sucessos do cinema. O próximo da lista é "Ghost", blockbuster de 1990 com Patrick Swayze, Demi Moore e Whoopi Goldberg. O longa-metragem irá parar na telinha pelas mãos da Paramount TV, a recémlançada divisão de televisão da empresa, segundo a imprensa norte-americana.

6

ESTILO LIVRE

RETORNO À TV Enquanto se prepara para estrear o espetáculo "A Última Sessão", ao lado de Laura Cardoso e Etty Fraser, Nívea Maria também se movimenta para voltar à telinha. Ela foi convidada para entrar no elenco de "Doctor Pri", seriado de Aguinaldo Silva que ainda não tem data de estreia definida. A atriz esteve recentemente na trama de "Salve Jorge" (Globo). ESTILO LIVRE

7


6

FOTOGRAFIA fácil_

POR_FABRIZIO ZINI fabzini@hotmail.com

Na matéria do mês passado falei brevemente sobre medição de luz e bracket, porém recebi mensagens de leitores pedindo mais informações e dicas sobre como medir a luz. Mas para entrar neste tópico, que considero mais avançado no aprendizado, tenho antes que explicar melhor três ferramentas básicas da fotografia:

a abertura do diafragma, a velocidade do obturador e a sensibilidade do sensor digital. O diafragma é uma espécie de leque que abre e fecha, deixando apenas um furo no meio. Localizado nas objetivas das câmeras. Ele tem a função principal de controlar a quantidade de luz que entra na câmera. A segunda função do diafragma é controlar a nitidez e o campo focal (área de foco); sobre isso falaremos mais para frente. O diafragma aparece nas câmeras em números (1.4, 2.0, 2.8, 4.0, 5.6, 8.0, 11, 16, 22...): o número menor corresponde à abertura maior e o número maior, à abertura menor. (desenho 1). O obturador é uma cortina que abre e fecha dentro da lente, controlando o tempo em que a luz irá incidir no sensor. Ele aparece em números divididos por 1

desenho 1

desenho 2

FOTOGRAFIA fácil_

segundo, sendo 1/60 =1 parte de 1 segundo dividido em 60. São eles: 1/1000, 1/500, 1/250, 1/125, 1/60, 1/30, 1/15, 1/8, 1/4, 1/2, 1 segundo. Os números podem ser subdivididos em ½ ou 1/3, e podem ir além de 1 segundo ou ser menos que 1/2000 nas câmeras mais modernas. (desenho 2) O 1/60 é o divisor do tempo para a câmera na mão. Acima disso (1/125, 1/250, 1/500), a imagem vai ser sempre mais congelada, como no caso de esportes ou da famosa foto do beija-flor batendo asa. Abaixo de 1/30, você vai precisar apoiar a câmera ou fixá-la num tripé, para não tremer a imagem. Já a sensibilidade do filme/sensor é medida pela sigla ASA, que nos filmes de rolo era mais importante na hora da compra, e hoje, nas câmeras digitais, é regulada automaticamente. A ASA de um sensor é a sensibilidade que ele vai ter para sua exposição à luz. Ela aparece nos números: 50, 100, 200, 400, 800, 1600..., sendo que ASA 50 corresponde à baixa sensibilidade, maior nitidez e menor granulação, e ASA 1600 à maior sensibilidade, menor nitidez, mais granulação Enfim, com essas três ferramentas, controlamos o quanto de luz vai incidir no sensor para deixar a foto com a claridade perfeita. Note que

os números fornecidos nas câmeras são sempre o dobro do anterior, ou seja, de uma abertura 8.0 para 11, vai entrar metade da luz e de uma velocidade 1/60 para 1/30, vai expor o dobro do tempo. Vamos partir de uma medição média que usamos profissionalmente (vamos manter a ASA 100, por enquanto): abertura 11, velocidade 1/125. Se quisermos congelar mais a imagem, vamos aumentar a velocidade 1 ponto (de 1/125 para 1/250). Para a foto continuar exposta da mesma maneira que a inicial, vamos ter que “abrir” o diafragma 1 ponto, ou seja, 8.0. Se quisermos escurecer a medição inicial, podemos manter a mesma velocidade (1/125) e “fechar” o diafragma 1 ponto, para 13. Se quisermos clarear, podemos “abrir” o diafragma para 8.0 ou diminuir a velocidade para 1/60. Nas câmeras, a medição de luz aparece no visor como no desenho 3, onde o meio é a medição ideal; + é pra clarear a foto e – é pra escurecer. A câmera costuma medir o que está no centro da objetiva, mas ela pode fazer medições diferentes, que veremos em outra oportunidade. Continua na próxima edição.

desenho 3

8

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

9


10

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

11


TURISMO_

Enxoval de bebê direto dos EUA Teste de gravidez com resultado positivo em mãos, começa a fase deliciosa de preparar a chegada do bebê. POR_Mônica Nobrega

Para quem decide ir aos Estados Unidos fazer as compras do enxoval, Miami e Nova York são logo lembradas. Orlando também - embora, vale a ressalva, parques com brinquedos radicais não sejam exatamente o tipo de programa adequado para a gestante, que acaba assumindo as funções de segurar bolsas e tirar fotos. Que os preços por lá são mais baixos e a variedade de produtos, maior, todo mundo sabe. Mas e quanto ao período que se deve dedicar a percorrer lojas? Qual a melhor época para a grávida fazer a viagem de compras? Como escolher o carrinho ideal entre tantas opções? O que não vale a pena trazer? Para resolver estas dúvidas, pedimos ajuda às consultoras Paula Laffront e Priscila Goldenberg. Ambas moram em Miami, mas acompanham compras também em Nova York e, se for o caso, Orlando. Antes de abrir a carteira, lembre-se de que a maioria das companhias aéreas restringem a bagagem a duas malas de até 32 quilos cada por pessoa. E que o limite da Receita Federal sem imposto é de US$ 500, também por pessoa. Mais informações: tinyurl.com/comprasEUA.

QUANTO SE GASTA DE OLHO NO CUSTO BENEFÍCIO O carrinho é determinante no custo final do enxoval. Segundo a consultora Priscila Goldenberg, o preço da peça pode variar de US$ 300 ou US$ 400 a até US$ 1.200. Os carrinhos da marca Quinny, por exemplo, muito procurada por brasileiros e que custam no País até R$ 4 mil, nos Estados Unidos saem por cerca de US$ 400. Para Paula Laffront, o carrinho é um item em que vale LIVRE investir ESTILO um pouco mais, por ser o que dura mais tempo no enxoval. “Às vezes você compra uma pilha de roupi-

12

nhas lindas, mas que vai usar por três meses, e deixa de gastar US$ 200 a mais em um carrinho de qualidade muito superior”, diz. Apesar de terem preços muito mais em conta nos Estados Unidos em relação ao Brasil, os brinquedos não valem a pena. “Ocupam muito espaço. E você precisa pensar que tem um limite de bagagem para levar no voo de volta”, lembra Paula. Fazer o enxoval em Miami, onde o imposto acrescenta 6,5% ao preço final de cada produto, sai ligeiramente mais barato que em Nova York, com taxa de 8,87%. Mas Priscila dá uma dica esperta: “Em Nova York há uma lei estadual que isenta do imposto qualquer peça de roupa ou calçado com custo unitário de até US$ 110.” Ou seja, se comprar dez peças com preço, cada uma, de até US$ 110, você fica livre do imposto. E quanto sai a brincadeira toda, no fim das contas? “Em média, o custo final do enxoval completo para o primeiro ano de vida do bebê fica entre US$ 1 mil e US$ 6 mil”, diz Priscila.

QUAL CIDADE ESCOLHER? MIAMI OU NOVA YORK Depende do perfil dos viajantes. Quem pretende combinar os dias de compras com passeios culturais e gastronômicos costuma preferir Nova York. Lá, no entanto, é importante lembrar que o trânsito intenso e a falta de vagas para estacionar tornam o carro alugado uma opção nada interessante. O transporte público será seu melhor aliado - e isso não significa ter de carregar sacolas. “Muitas lojas têm serviço de concierge que entrega as compras no hotel, no mesmo dia ou no dia seguinte. Basta procurar o atendimento ao cliente para se informar”,

A empresária Priscila Goldenberg fatura com o serviço de consultoria para mães que fazem o enxoval de seus bebês em Miami e Orlando (EUA).

recomenda Priscila Goldenberg. Ela dá outra dica: como as lojas só abrem às 10 horas, evite o metrô por volta das 9 horas. É horário de pico. Miami costuma ser a escolha de quem quer praia e sol ou vai emendar um cruzeiro pelo Caribe. “Miami, todo mundo sabe, precisa de carro para se deslocar”, lembra Paula Laffront. O que, para as compras, é uma vantagem: de carro alugado você não terá de se preocupar em carregar nada.

QUANDO IR A HORA DE EMBARCAR É provável que seu médico nem recomende a viagem antes do terceiro mês de gestação. O primeiro trimestre da gravidez, além de inspirar alguns cuidados, pode ser desconfortável por causa dos enjoos. Entre o quarto e o sexto mês é o momento ideal para embarcar. “É interessante vir já sabendo o sexo do bebê porque as lojas nos Estados Unidos são muito segmentadas. Até há itens neutros, mas a variedade é menor”, diz Priscila Goldenberg. Para Paula Laffront, vale a pena não esperar muito. “Quanto antes, melhor, porque a barriga está menos pesada e o cansaço será menor”, diz. E quando a mulher está proibida pelo médico de viajar? As duas consultoras contam que já atenderam pais que foram sozinhos às compras. “Tomo o cuidado de combinar a lista com a mãe por Skype, detalhadamente”, diz Paula. “Ligamos o Skype na loja para que ela participe do momento junto com o marido”, lembra Priscila. São boas estratégias mesmo para quem não vai contratar a assessoria especializada.

QUANTOS DIAS CONTRA O RELÓGIO Em um roteiro mal planejado, as compras podem ocupar quatro ou cinco dias da viagem. Muito para quem pretende também curtir o destino, especialmente se a viagem for a última antes de nascer a criança. “Com uma consultora, esse período é reduzido para dois dias”, diz Paula Laffront. Mas, ainda que você não contrate assistência profissional, dá para se organizar. A dica é selecionar com antecedência as lojas e dedicar um dia aos itens maiores - carrinho, bebê conforto, babá eletrônica - e outro às roupas. O que faltar, se for o caso, resolva no terceiro dia.

ONDE COMPRAR O ROTEIRO BÁSICO Objetividade é fundamental. Tanto em Miami quanto em Nova York, resolve-se toda a parte do enxoval que não é roupa em megastores como a Babies R Us e a Buy Buy Baby. “Para roupas em Miami, adoro os outlets. Têm bons preços e variedade”, diz Paula Laffront. Para roupinhas do dia a dia, Carter’s e Gap são imbatíveis. Roupas de passeio, dependendo do orçamento, marcas como Tommy Hilfiger e Ralph Lauren. Tudo no outlet. Para carrinhos em Miami, Paula recomenda Genius Jones (geniusjones. com). “É pequena, o atendimento é ótimo.” Em Nova York, compre as roupinhas em megastores como a Macy’s. “Têm departamentos infantis enormes e as marcas básicas como Carter’s, Gap, Polo e Tommy estão ali”, diz Priscila.

ESTILO LIVRE

13


14

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

15


CAPA_

uma mudança gigantesca no país, permitindo não somente que o Brasil saia da condição de terceiro maior exportador agrícola do mundo com o maior consumo de pesticidas do planeta, mas também que produtores consigam solucionar os problemas de suas lavouras de forma sustentável. Com o uso das pragas naturais, não há risco de intoxicação aos trabalhadores rurais, nem poluição ou desequilíbrio ao meio ambiente. Além de que, com ela, é possível reduzir os custos de produção em relação aos inseticidas e evitar danos à saúde. Conforme explica Diogo, a técnica é oferecida há anos, no entanto, não havia produção das pragas naturais em larga escala para atender o grande produtor, o que a Bug criou. “A expectativa é que, em cinco anos, nossa empresa possa abastecer o Brasil inteiro”, diz.

Assisense tem empresa no topo das mais inovadoras do mundo Por_EL

O assisense Diogo Carvalho, Engenheiro Agrônomo, Mestre em Entomologia Agrícola e fundador da Bug Agentes Biológicos, líder no Brasil no segmento de controle biológico, acaba de conseguir reconhecimento mundial por seu trabalho. Isso porque sua empresa desenvolveu uma forma natural de controlar pragas em lavouras, sendo reconhecida por isso como uma das 36 mais inovadoras do mundo pelo ranking do Fórum Econômico Mundial. A inovação gerada pela Bug é o desenvolvimento, em larga escala, de vespas que realizam controle de pragas de modo natural, substituindo agrotóxicos. Isso mesmo. Diogo começa a ser o responsável por

16

ESTILO LIVRE

A cartela da Bug consegue proteger 1 hectare de plantação. São 48 células destacáveis contendo ovos de vespas, colocadas a cada 20 metros de lavoura (Foto Jéssica Mangaba )

CAPA_

Diogo Carvalho, Engenheiro Agrônomo, Mestre em Entomologia Agrícola e fundador da Bug Agentes Biológicos

Primeira a registrar um inseto para controle de praga no Brasil, a Bug Agentes Biológicos foi fundada em 2002. Com a matriz localizada em Piracicaba e mais uma unidade em Campo Grande, a Bug produz e comercializa agentes de controle biológico, na maioria vespas, que parasitam os ovos das principais pragas das grandes culturas. “Depois que a plantação é colhida, as vespas acabam morrendo, o que não gera desequilíbrio no ecossistema”, explica Diogo. Segundo ele, elas são vendidas para todas as regiões, e atuam principalmente em culturas de soja e cana-de-açúcar. A empresa nasceu durante o mestrado do agrônomo, na Esalq. Ele a criou junto de mais dois colegas e conta que o mais difícil foi persistir mesmo com a dificuldade para conseguir desenvolver a tecnologia e convencer o produtor. O resultado deste trabalho está sendo colhido há 11 anos, cada vez com mais destaque, como agora, que a empresa foi considerada a 33ª mais inovadora do mundo pela revista americana Fast Company.

A empresa foi considerada a 33ª mais inovadora do mundo pela revista americana Fast Company.

17

Atualmente, as vespas Cotésia são as mais usadas no controle ESTILOorgânico LIVRE de pragas em cana-de-açúcar (Foto Jéssica Mangaba )


TURISMO_

Viagens e Turismo

Nova York com Disney Sonhe com o Mundo Na Disney World: A CS Tur Viagens e Turismo acaba de preparar pra você um roteiro incrível, combinando o melhor de dois lugares inesquecíveis: Nova York e Disney World. O pacote especial inclui 03 noites em Nova York e 11 noites em Orlando. Passeio pelos principais pontos turísticos de Nova York: • Observatório do Rockefeller Center - Top of the Rock; • Passeio de barco The Beast, com vista incrível da Estátua da Liberdade; • Museu de História Natural; • Museu de Cera Madame Tussauds;

18

ESTILO LIVRE

• Café da Manhã especial com os personagens Disney • Café e Almoço especial do Sea World • Ingressos para os parques: Magic Kingdom, Animal Kingdom, Epcot, Hollywood Studios, Busch Gardens, Sea World, Universal Studios, Islands of Adventure (Mundo de Harry Potter) e Aquática; • Fast Pass E muito mais! Apoio, guias exclusivos, jantares especiais, festa a fantasia, carros de apoio.

Sonhe com o mundo. Viaje com CS Tur Viagens e Turismo

ESTILO LIVRE

19


20

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

21


22

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

23


24

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

25


26

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

27


CARROS_ Série Sicilian Yellow do Land Rover Evoque tem Forteapelo visual (AE) - Se chamar a atenção é a "sua praia", a série especial Sicilian Yellow do Range Rover Evoque é uma ótima opção para sua garagem. O crossover britânico é um carro que jamais passará despercebido nas ruas. Com preço sugerido de R$ 266 mil, R$ 16 mil a mais do que a versão em que se baseia (Dynamique Teck de quatro portas), o utilitário tem um forte apelo visual. A Land Rover trouxe apenas 20 unidades dessa edição ao Brasil, todas com carroceria preta combinada a detalhes na exclusiva cor "limão siciliano" que dá nome à série especial. Na Inglaterra, a combinação de tons pode ser oposta - carroceria amarela metálica com detalhes pretos.

Nissan March terá duas 'caras' no Brasil (AE) - É da fábrica de Resende, no Rio de Janeiro, que a partir de 2014 sairão as versões nacionais de March e Versa, atualmente importados do México. No caso do hatch, a versão mexicana não deixará de ser importada e conviverá com a brasileira. A estratégia é semelhante à utilizada pela Volkswagen, por exemplo, que vende o Gol G5 e o G4, como modelo de entrada, ao mesmo tempo. A Fiat também usa essa solução com o Palio e a Ford, com o Fiesta. A plataforma "V" da Nissan permanecerá a mesma nos dois países. Porém, o compacto mexicano continuará sendo trazido com o visual atual. Já o do brasileiro ficará mais sofisticado, com as linhas adotadas na versão oferecida no mercado mexicano desde outubro. Os faróis terão a mesma linha da do novo Sentra, com formato de bumerangue. As lanternas também receberão novos grafismos. Pequenas mudanças devem ser aplicadas na cabine, lista de equipamentos e, claro, no preço do compacto.

Grand Siena é bem ágil

28

ESTILO LIVRE

(AE) - Além do bom desempenho, a lista de itens opcionais se destaca no Grand Siena, que a Fiat lançou no ano passado. Apenas o sedã produzido em Betim (MG) traz air bags laterais dianteiros, opcional vendido por R$ 1.473 e não disponível nos concorrentes. Outro diferencial do Fiat é a opção de trocar marchas por meio de hastes atrás do volante.

Versão Bluetec do MercedesBenz ML350 chega a partir de R$ 279 900 (AE) - Eficiente, silenciosa, forte e muito confortável. Assim é a versão Bluetec do ML 350, que começa a chegar às autorizadas Mercedes do País a partir de R$ 279.900. Com câmbio automático de sete marchas e motor 3.0 V6 de 258 cv, o utilitário-esportivo feito nos EUA surpreende ainda mais por ser a diesel. Esqueça tudo o que você viu e ouviu falar sobre propulsores movidos a óleo. Chama a atenção a total ausência de ruídos e trepidações sem comprometimento de uma de suas principais virtudes: a grande oferta de torque em baixa rotação. Trocando em miúdos: o jipão tem força de sobra para saltar na frente dos outros carros nas saídas de semáforo. É só pisar firme no pedal para ouvir um sussurro grave, semelhante ao de um V6 a gasolina, e ver a paisagem passando rápido pelas janelas laterais. Ainda assim o utilitário-esportivo não é beberrão. Além da transmissão, que gerencia de forma exemplar a força enviada em tempo integral nas quatro rodas, há sistemas que ajudam a reduzir o consumo de combustível. Como o start&stop, que desliga e religa o motor automaticamente em paradas de semáforo, por exemplo. A Mercedes-Benz não divulga dados de consumo. Mas, mesmo com o ar-condicionado ligado, o ponteiro do marcador de combustível praticamente não se mexe. ESTILO LIVRE

29


DECORAÇÃO_

1

Quer ideias para redecorar a casa? Então confira os ambientes que selecionamos da 23.ª Edição da Mostra Casa Cor, do Rio, do concurso "Um sonho de Banheiro" e em imóveis reside nciais. 1. Projeto de Cristina Bezamat e Laura Bezamat. 2. Projeto de Mário Santos. 3. Projeto de Léo Romano na categoria comercial da Etapa Regional Centro-oeste, norte e nordeste do concurso “Um Sonho de Banheiro”, criado pela Deca em 1996.

30

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE 2

3

31


HALLOWEEN FISK_

Entre sustos e muita divers達o, os alunos da escola de idiomas Fisk participaram da tradicional festa de Halloween! Capricharam no visual e aproveitaram o evento que foi realizado em outubro!

32

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

33


cheers! A equipe da loja Smith340 começou a brindar o Natal antecipadamente, desde o dia 05 de dezembro, e agora, até a data especial, receberá suas clientes diariamente na loja com um "Brinde ao Natal". Aproveite para conferir as novidades e arrasar nas festas de fim de ano.

34

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

35


36

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

37


38

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

39


40

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

41


TV_

Paulo José levará o Parkinson à TV POR_Cristina Padiglione

AE) - Há alguns meses, o autor Manoel Carlos perguntou a Paulo José se ele poderia escalá-lo para sua próxima novela das 9 na Globo, “Em Família”, que estreia em janeiro, sob direção de Jayme Monjardim, e colocar em cena uma delicada reflexão sobre o Mal de Parkinson. “Sim”, respondeu, solícito, o ator e diretor que vem convivendo com a doença nos últimos 20 de seus 76 anos. Passos curtos, voz de timbre baixinho - mas não tímida -, Paulo encontra a reportagem na sala de estar de seu paraíso, no alto da Gávea, onde vive cercado de livros - muitos livros -, cachorros, gatos e pelo menos dez pessoas que circulam por ali diariamente, entre os filhos, a mulher Kika Lopes e alguns poucos amigos. Há ainda os terapeutas, que se encarregam de uma rigorosa agenda de atividades. Faz fisioterapia duas vezes ao dia, tem aulas de voz três vezes na semana, toca piano para exercitar os

42

ESTILO LIVRE

dedos, nada, faz fonoaudiologia às quintas e terapia corporal às terças. “E tomo remédios, muitos”, conta. Depois das aulas de canto, grava poemas num estúdio que mantém em casa, o que vai render um audiobook. Fala que tem se dedicado muito a escrever. Como sempre lhe perguntam como lida com a doença, resolveu escrever um depoimento em primeira pessoa, relatando altos e baixos vividos nesses 20 anos. “Isso tudo faz parte da minha luta diária para manter o Parkinson como um coadjuvante - um coadjuvante de peso -, mas nunca um protagonista.” Antes mesmo de receber os primeiros scripts de Manoel Carlos, Paulo José tem uma ideia do que o aguarda. Foi ele, afinal, quem sugeriu ao autor algumas situações “humilhantes” para retratar constrangimentos vividos por um portador de Parkinson. Para dar veracidade ao discurso, Paulo José terá liberdade de improvisar à vontade.

ESTILO LIVRE

43


MÚSICA_

O Rock e a religião Fazendo um gancho na última coluna onde eu falo sobre alguns temas que o Rock trata em suas letras resolvi aprofundar um tema em especial, a religião. Aproveitando o clima de final de ano que já se iniciou, falar sobre isso sempre foi um tanto quanto polêmico. É possível curtir música pesada e até extrema e ser, por exemplo, um religioso praticante? Para a decepção de muitos depreciadores do Rock e sua infinita lista de seguidores, SIM, é possível. O Brasil é o país mais católico do mundo e devo dizer que tem o público Rock and Roll mais fiel também, e isso não é um comentário sem fundamento deste que escreve, é um fato relatado por grandes bandas que já passaram por aqui - a reação de muitas é literalmente: Oh meu Deus, esse povo ama o Rock! Mas espera aí, isso não seria um contrassenso, rock e religião? Claro que não, vá até um grande show ou festival de música pesada e procure alguém adorando algo ou fazendo algum tipo de ritual. Se busca isso, está indo para o lugar errado. O ambiente que irá encontrar é de paz e respeito. Depois de muitos anos assistindo a dezenas de shows, nem brigas presenciei. Não importa se era um estádio com 75 mil pessoas ou em um espaço pequeno. Portanto,

44

ESTILO LIVRE

pais, fiquem tranquilos, não se assustem. Aquele grupo de camisetas pretas é da paz e, conforme alguns estudos provam, quem ouve Rock, Jazz ou erudito, tem inteligência acima da média. Outro exemplo, naquele festival carioca que tem Rock no nome, mas mistura vários tipos de música, o dia com menor número de agressões ou problemas que envolvem a segurança é o dia do Rock pesado. O indivíduo que curte Rock, muitas vezes, adquire automaticamente um estigma e ganha um olhar diferente para aqueles que têm preconceito ou simplesmente acham que o Rock é só um barulho do mal. Uma pena. Para a grande maioria que sabe o que ouve, entende o que a letra diz, isso é um elemento libertador, porque há respeito entre as duas partes e em sua grande maioria estão interligadas. Pois é, o Rock não é do mal! Há bandas que atacam as religiões? Sim, mas isso não é uma característica só do Rock, infelizmente, a intolerância está em todo lugar. Louvar algo divino e ouvir um bom Rock and Roll é algo vivido fortemente por muitos Rockers fiéis aos dois. Como eu disse na última coluna, ligue seu filtro, curta o som, e, porque não passar uma noite de Natal com o nosso amado Rock and Roll como pano de fundo. God bless you!

Foto_Flávio Moraes - G1 - Black Sabbath SP

POR_Thiago Hansted

ESTILO LIVRE

45


46

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

47


INAUGURAçÃO_

R. José Vieira da Cunha e Silva, 445

Um grupo de quatro amigos sentiu a necessidade de uma empresa com um diferencial no atendimento e com preços competitivos e montou assim uma pequena loja. Nascia ali a Elétrica Forte, referência em produtos elétricos para Assis e Região. A empresa começou com dois funcionários, e hoje conta com 47 colaboradores e uma nova loja de 380m2, totalmente reformulada para atender as necessidades do mercado. Visite a nova loja da Elétrica Forte e conheça essa história de sucesso. Esperamos você lá!

48

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

49


você sabia? POR_André Zanoti :: AndreZanoti@gmail.com

Uma vez mais chegamos ao final de um ano e, é claro, às tão sonhadas festas, férias, viagens, compras e troca de presentes. Mas, para que o sonho não vire dor de cabeça, é importante saber ou relembrar algumas dicas para este período, pois, quem pensar melhor antes, aproveitará mais o durante e, consequentemente, não se arrependerá depois. Assim, aí vão algumas dicas para vocês, meus caros leitores! Aos meus leitores e amigos, desejo a todos boas festas e um excelente ano novo! Agradeço à imensa oportunidade que me foi dada pela Revista Estilo Livre, à Eveline e ao Daniel, grandes parceiros, os quais foram imprescindíveis na consolidação da coluna “Você Sabia?” E que venha 2014!

DICAS DE COMPRAS

50

ESTILO LIVRE

PRESENTES – Ao fazer suas compras de natal, informe-se a respeito da política de troca de presentes daquela loja. Peça sempre a nota fiscal e guarde-a muito bem, pois a loja sempre tem o dever de trocar os produtos danificados, fora do padrão ou que não serviram ao presenteado, mas, por outro lado, ela pode exigir a nota fiscal. DESISTÊNCIA DO CONTRATO – O consumidor pode desistir do contrato sempre que desejar. Porém, se esta desistência ocorrer em até 07 dias após sua assinatura, você não poderá sofrer nenhuma penalização por isso! CLÁUSULAS ABUSIVAS – Estas cláusulas são mais comuns do que imaginamos. Contratos que tiram do consumidor o direito de realizar a troca de presentes; que transfiram a responsabilidade da qualidade do produto ou do serviço a um terceiro; que colocam o consumidor em desvantagem exagerada; não informe a taxa de juros praticada, ou os acréscimos que serão feitos nas prestações, entre outras, são ABUSIVAS! VÍCIOS – Os vícios são particularidades que tornam o produto ou serviço impróprio ou inadequado ao consumo ou que lhes diminuam o valor significativamente. Nestes casos, o fornecedor tem o prazo de 30 dias para corrigí-lo! Passado este período, à livre escolha do consumidor, poderá ser pedida a reexecução do serviço ou a substituição do produto ou a restituição do dinheiro ou um abatimento proporcional do preço. EMPRESAS DE TURISMO – Sempre que possível, contrate uma delas para ajudá-lo em seu roteiro. Reclamamos que o turismo no Brasil é amador, mas apenas 6% das viagens são contratadas via companhia de turismo. Ademais, estas empresas poderão: ajudá-los com melhores locações de casas e carros; a contratar seguros de objetos, de vida e de saúde; orientá-los sobre, restaurantes, passeios turísticos. Por fim, o agente de turismo será alguém

que você poderá ligar na hora de algum contratempo. Neste momento, ter alguém para ajudá-lo é fundamental! DICAS DE HOTÉIS, VIAGEns, POUSADAS, IMÓVEIS DE ALUGUEL E OUTRAS FORMAS DE ESTADIA HOTEL - Exija e leia o contato de prestação de serviços. Caso não haja contrato, guarde a propaganda do estabelecimento e dos serviços vendidos. ALUGUEL EM TEMPORADA - Veja que direitos o contrato lhe garante e as penas que você poderá receber, caso venha descumprir alguma norma. Muitas vezes o contrato prevê apenas direitos do locador e deveres do locatário. DURANTE A VIAGEM - Informe-se sobre a existência de médicos, sobre a preparação da equipe de lazer que cuidará de seus filhos e sobre o cardápio do local. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - Caso os serviços prestados não estejam a contento, manifeste-se imediatamente, se possível por escrito! Não sendo possível, grave sua conversa com a pessoa responsável pelo serviço ou tenha ao seu lado uma testemunha. EXTRAVIO DE MALA – Além de levar algumas peças de roupa de emergência em sua bagagem de mão, coloque fitas, faixas e adesivos que distingam sua bagagem de outras semelhantes. Porém, caso o extravio aconteça, relate o caso ao guichê da companhia aérea, comunique a polícia e o Procon, e exija, da companhia aérea, estadia completa e subvenção para o vestuário. ATRASO EM VOOS – se o seu voo atrasou, você terá direito a: prioridade no embarque do próximo voo para o mesmo destino, voar por outra companhia, sem custo, que vá para o mesmo destino, receber seu dinheiro de volta, ou hospedar-se gratuitamente em um hotel. Fotografe os painéis que indicam os atrasos dos voos, relate os fatos por escrito à companhia aérea. Caso os atrasos lhe causem perdas, registre-as para posteriormente cobrá-las de quem lhe forneceu os serviços.

ESTILO LIVRE

51


52

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

53


Especializadas em atender clientes que desejam comprar roupas e acessórios sem precisar sair de casa, a Delivery Brands e Sarah Semijoias mostraram um pouco mais de suas novas coleções em um evento realizado no dia 22, na Casa da Massa, onde reuniram clientes em um delicioso coquetel. Aproveite você também esta comodidade e ligue para montar seu look especial ou comprar aquele presente de última hora com toda a comodidade. Delivery Brands 18 99651 8694 ESTILO LIVRE e Sarah Semijoias 18 981177999.

54

ESTILO LIVRE

55


56

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

57


58

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

59


COLUNA Ricardo ZöLLNER_

A atração de mão de obra qualificada A capacidade de gerar, atrair e reter talentos – segundo uma estratégia de desenvolvimento local / regional – é um dos principais fatores que determinam o sucesso das cidades, por meio de suas políticas públicas de incentivos às empresas (principalmente de inovação) em termos de seu desenvolvimento social e econômico no mundo contemporâneo. A migração da população é um dos principais fenômenos da dinâmica demográfica e um dos grandes desafios relativos à mão de obra qualificada que as cidades enfrentam na atualidade onde a administração pública tem como objetivo o crescimento sustentável. Esta questão deve ser uma das preocupações da Administração Pública para o desenvolvimento. Assis e região passam por uma transformação econômica e demográfica lenta em relação a outras regiões, e se faz necessária a elaboração de políticas que possibilitem tirar proveito da coincidência entre o processo desta transição demográfica da população e o fato das cidades da região terem de ser cada vez mais atraentes para migrantes de outras regiões, em particular tendo em vista à qualidade de vida no município. No entanto, para sustentar essa qualidade de vida é necessário o proporcional desenvolvimento econômico, e o tempo requerido para que o investimento em educação gere o aumento de produtividade para a sustentação de uma população suficiente. Assim, a imigração é fundamental, para poder contribuir no aumento de produtividade por via da atração de profissionais altamente qualificados. Pode-se dizer que a carência de mão de obra qualificada é um dos principais gargalos que uma cidade enfrenta em seu desenvolvimento. As deficiências educacionais presentes ameaçam prejudicar o crescimento. Assis passa por uma retomada do crescimento econômico, pela dinamização e diversificação da economia e pela inclusão de grandes seguimentos da população nos padrões de vida da classe média. Além disso, grandes projetos e os investimentos que o município de Assis está prestes a receber exigem investimentos em infraestrutura e modernização. O atual contexto torna urgente a presença de profissionais qualificados na região para a atração de empresas e o desenvolvimento sustentável. É de competência da Administração Pública a geração dos arranjos institucionais necessários para que se possam executar políticas empreendedoras de atração de talentos para integrar a estratégia de desenvolvimento. É importante frisar que quando falamos da necessidade de mão de obra qualificada, não nos referimos exclusivamente a profissionais que possuem diploma universi-

60

ESTILO LIVRE

tário. Há, é claro, a necessidade crescente de profissionais com nível superior, assim como de mestres e doutores, mas também é grande a demanda por pessoal de nível técnico. Trabalhos realizados com modelos matemáticos, como os realizados por pesquisadores do IPEA1 – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, mostram que os migrantes qualificados procuram cidades com um maior dinamismo do mercado de trabalho (maiores salários). No entanto, os resultados também revelam que a qualidade de vida encontrada nos municípios é levada em consideração na atração de migrantes qualificados. Além de boas empresas e desafios profissionais, a menor desigualdade social e o menor nível de violência são variáveis na escolha de uma localidade, assim como variáveis climáticas, tais como invernos e verões menos rigorosos; também importantes para as cidades na atração de mão de obra qualificada. Outro aspecto interessante é que os migrantes qualificados visam regiões próximas ao litoral e que a qualidade do sistema de saúde (aproximada pela variável “médicos por mil habitantes”) não apresentou significância estatística. Um resultado adicional apresentado pelo trabalho de especialistas do IPEA é de que municípios vizinhos competem pela atração de mão de obra qualificada: uma maior migração de mão de obra qualificada líquida do vizinho acarreta em menor absorção de migrantes qualificados por parte do outros municípios próximos. Águas de São Pedro (SP) foi a localidade com maior índice de migração qualificada líquida no Brasil, em que há uma maior imigração qualificada do que emigração, ponderando pela população da cidade. A região de Assis têm alguns aspectos positivos para atração de mão de obra qualificada que devem ser destacados, embora outros aspectos não se mostrem atraentes. Iniciativas como a do CIVAP para desenvolver áreas de pesquisa em Biotecnologia devem ser seguidas com a atração de empresas nesta área e, consequentemente, na vinda de profissionais qualificados não existentes na região. Outras áreas da tecnologia de futuro como Nanofibra, Chip microfluídico, Supercapacitores de Grafeno, Memristor entre outras, podem ser atraídas com ações da Administração Pública, desde que empresas e institutos de pesquisas encontrem um ambiente favorável para se instalarem na região.

Ricardo Zöllner Holmo é natural de Assis, doutor em engenharia pelo ITA, especialista em Economia pela USP e em Marketing pela FAAP, Professor Universitário e Diretor da Lumina Estudos e Pesquisas.

ESTILO LIVRE

61


De La Moda (18) 3341 1668 R. Augusto Gozzi, 123 - C. Mota/SP Decanter (18) 3341 3768, R. São Paulo, 370 - C. Mota/SP

62

ESTILO LIVRE

FOTOS_DIOGO MOREIRA

Na noite da última quarta-feira, 04 de dezembro, o Salão DE LA MODA, de Roseli Possidônio, ofereceu um animado encontro entre suas clientes e amigas de Cândido Mota e região para celebrar mais um ano de parceria e confiança. A festa contou com a participação da DECANTER WINE VINHOS, representada pela Sommelier (ABS/1999) Damaris Dionisio, apresentando os espumantes MUMM (Argentina) e cervejas QUILMES (Argentina), contando, ainda, com impecável serviço de Buffet e decoração. Durante o evento, muitos sorteios de produtos de beleza das mais renomadas e sofisticadas marcas; os mais aguardados foram o sorteio de uma Cesta Artesanal preparada pela DECANTER WINE VINHOS e outra confeccionada pelo SALÃO DE LA MODA. O SALÃO DE LA MODA e a DECANTER WINE VINHOS desejam a todos muitas felicidades e sucesso neste próximo ano!

ESTILO LIVRE

63


AEASSIS_

Arquitetos se Unem e formam a

FOTO_ALESSANDRO RIBEIRO

64

ESTILO LIVRE

A ARQTectos nasceu quando os arquitetos se reuniram para discutir o código de ética que o CAUConselho de Arquitetura e Urbanismo - aprovou em agosto de 2013. Assuntos relativos à profissão foram surgindo nas reuniões e com a troca de experiências, notou-se que reuniões periódicas seriam bem-vindas para o crescimento do grupo de maneira geral. Honorários, condutas profissionais, formas de apresentação, qualidade dos serviços oferecidos e atendimento ao cliente são temas constantes nas reuniões. Esclarecer a comunidade sobre as funções do arquiteto, sobre a amplitude de suas atuações e chamando a atenção para a contratação de profissionais habilitados, também é preocupação do grupo. Pois além da presença do arquiteto ser fundamental na concepção e planejamento de uma obra, suas habilitações englobam vistorias, avaliações, inspeções em obras, elaboração de laudos técnicos, projetos de parcelamento do solo,

instalações e equipamentos referentes ao urbanismo, assim como projeto de móveis e arquitetura de interiores. A ARQTectos espera promover a valorização da Arquitetura e assim melhorar os rendimentos dos negócios, ampliar o mercado de trabalho e produzir uma cidade mais bela. PROFISSIONAIS ANDREA SIAN ANA FLAVIA GUILHERMET ANA PAULA BOLFARINI CAMILA SPINARDI IONE OKADA CHARLES OLIVEIRA DOMINGOS CRISTINA RIGOTO SODRÉ WILTON CAMOLESE AUGUSTO MARINA MOSTÉRIO JOANA MACHADO JOSIANE VILELA SÉRGIO RIBEIRO SILMARA FOUAZ ADRIANO HIPÓLITO

ESTILO LIVRE

65


66

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

67


68

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

AGRADECIMENTOS

Moda Em Papel :: San Felipe :: ArtSom :: Buffet Bella Festa :: MAC Coiffeur :: Tv Com 22 :: Fotógrafo marcos ferreira :: revista estilo livre

endereços niella baby

69

ASSIS Rua Capitão Assis, 209 (18) 3324 2993 - PARAGUAÇU PAULISTA Rua 7 de Setembro, 421 (18) 3361 5191 - Cândido mota Rua Ândelo Pípolo, 649 (18) 3341 6549


ROMANCE_

Álvaro, Silvio, Ribeiro, Neto e Ciro são legítimos representantes da “geração birita” dos anos 60/70, diz Fernanda. A morte do pai, aos 80 anos, em 2008, o envelhecimento da mãe, Fernanda Montenegro, que fez 84 anos no mês passado, e o desaparecimento dos amigos levaram a atriz a refletir sobre o avançar da idade. Aos 48 anos, mãe de Joaquim, de 14, e de Antonio, de cinco, ela se enxerga na meia-idade. “Ando espantada porque, quando eu era mais nova, achava que a gente ia envelhecendo e ia acalmando. Hoje, acho que você vai ficando cada vez mais louco e desesperado. O livro tem isso: a minha descoberta de que não vem a paz, não vem a maturidade.”

Fernanda Torres lança romance sobre o Rio nos anos 1960 e 1970 Por_Roberta Pennafort

AE) - Autora de colunas na imprensa, de uma peça (“Deus É Química”, de 2009) e de um roteiro de filme (“Redentor”, de 2004), Fernanda Torres nunca se viu como escritora. Tampouco agora, quando lança o romance “Fim”. O livro narra as peripécias de cinco homens cariocas, amigos da juventude ao fim, entre cafajestadas, pernas, peitos e bundas, álcool, drogas de todo gênero.

70

ESTILO LIVRE

AE: Quando estreou “Deus é Química”, você disse que tinha vergonha de dizer que escrevia. E agora? FERNANDA TORRES - Agora mais que nunca. Luto muito contra as expectativas. Expectativa não faz bem a ninguém, eu quero a boa surpresa. Odeio estrear peça em teatrão, gosto de teatro pequeno e de ver se aquilo existe. Estou superfeliz, mas não penso: “será que virei escritora?” Pelo contrário, eu acabei esse e não tenho a menor ideia de como se faz outro. AE: Como nasceu o livro? FERNANDA TORRES - Fernando Meirelles me ligou do nada, dizendo que tinha um projeto de uma série sobre a terceira idade que seria atrelado à Companhia das Letras e com vários autores, e que tinha pensado em mim. Aí eu tive uma ideia, e em quatro dias eu fiz o Álvaro (o primeiro dos cinco personagens centrais do livro). O Luiz Schwarcz (editor da Companhia das Letras) falou: acho que você deve arriscar, colocar-se como uma escritora. Eu nunca me vi como alguém que escreve. Adoro escrever, mas eu vejo o João Ubaldo Ribeiro como alguém que escreve. Eu me dei ao direito de fazer esse livro. Acho que devo ter algum talento, já que consegui fazer um romance.

ESTILO LIVRE

71


BAILE AEASSIS_

A Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Assis e Região, a AE-Assis, realizou seu tradicional baile de fim de ano no mês de novembro. O evento aconteceu no Assis Tênis Clube. A equipe da Revista Estilo Livre também esteve por lá.

Faça já suas encomendas para as festas de fim de Ano!

72

3321 3701

ESTILO LIVRE

R. Joaquim Galvão de França, 306

ESTILO LIVRE

73


74

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

75


IMPLANTODONTIA_

Não ignore a falta de dentes Por_ES

saúde, isso porque os dentes não são independentes. Juntos, todos os dentes constituem um sistema integrado e complexo de equilíbrio e força, onde cada elemento desempenha um importante papel. Cada dente garante que os dentes vizinhos se mantenham na sua posição, permitindo igualmente a correta mastigação dos alimentos. Quando existem dentes em falta, os restantes tendem a deslocar ocupando os espaços vazios podendo originar futuramente problemas oclusais e articulares. EL: Quais as melhores alternativas para corrigir essas falhas? Dr. Carlos Bessa: Com o avanço das tecnicas odontológicas, hoje os implantes dentários são uma ótima alternativa para esse problema. Eles são considerados o maior avanço atual da Odontologia. Os implantes são uma solução que replica a dentição natural e oferece ainda um conjunto de vantagens que contribuem para a preservação da saúde oral. Tratam-se de pinos de titânio que, inseridos no osso através de um simples processo cirúrgico bastante simples, se aderem ao osso e fazem um papel praticamente igual ao das raízes dos dentes.

Um sorriso saudável tem um impacto considerável na na aparência e alto-estima de qualquer pessoa. Em qualquer país do mundo existem milhões de pessoas que sofrem pela falta de dentes devido ao processo natural de envelhecimento, acidentes traumáticos, doenças ou outros fatores. Independentemente das causas, a falta de um ou de vários dentes, assume um papel negativo na vida e no bem-estar geral da pessoa. EL: De que forma a falta dos dentes pode afetar uma pessoa? Dr. Carlos Bessa: A ausência de um ou mais elementos dentários, muitas vezes priva a pessoa de saborear seus alimentos favoritos e ter uma mastigação funcional. Essas ausências dentárias podem também gerar uma insegurança nas relações sociais e, em casos extremos, fazer com que o indivíduo deixe de sorrir espontaneamente. EL: E se a pessoa tiver falta de apenas um dente? Isso pode ser prejudicial à saúde? Dr. Carlos Bessa: Pode sim. Apesar da falta de um dente muitas vezes não significar muito ao paciente, a longo prazo essa falta pode tornar-se um problema de

Dr. Carlos Eduardo Bessa CRO 103 054

Especialidade: Implante e Prótese Rua Padre David, 78 Cep: 19800 020 Centro Assis . SP T 18 3323 2980 cadubessa@ hotmail.com

o

76

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

d

o

n

t

o

l

o

g

i

a

77


Saúde_

Mastectomia preventiva Nem sempre a opção pela retirada das mamas é o caminho mais indicado POR_ mayra triveloni

O assunto ganhou destaque em maio deste ano quando a atriz Angelina Jolie revelou no jornal New York Times ter se submetido a uma operação para a retirada das mamas após descobrir uma mutação genética que a tornaria propensa a desenvolver tumores na região das mamas e ovários. O tema não é tão simples quanto parece; profissionais médicos debateram o assunto, visto o aumento na procura pelo procedimento ao longo do ano. E alertam: nem sempre a opção pela retirada das mamas é o caminho mais indicado. Um dado importante que deve ser considerado quando o assunto é prevenção: uma minoria dos casos de câncer de mama tem origem genética. O ideal, antes de tomar qualquer decisão, é que o assunto seja ponderado e discutido com um médico especialista. Quem esclarece o assunto é o cirurgião plástico Dr. Edélcio Shimabucoro, em entrevista à Estilo Saúde desse mês. ES: O que é a mastectomia preventiva? Dr. Edélcio Shimabucoro: No caso do câncer de mama existem os tratamentos clínicos e os cirúrgicos. Os cirúrgicos podem ser conservadores, quando se preserva a mama ou os radicais que são as mastectomias, em que se remove toda a mama. Assim sendo, a mastectomia preventiva seria um tratamento de prevenção onde, radicalmente, se remove toda a mama e implantam-se próteses de silicone. Acredito que muitas mulheres se interessaram pelo tratamento por acharem que o resultado estético seria equiparável ao de uma cirurgia plástica de aumento das mamas com implantes de silicone, e isso é um grande equívoco. ES. Quais os riscos da cirurgia? Dr. Edélcio Shimabucoro: Além dos inerentes a qualquer ato cirúrgico, vale ressaltar que se trata de uma cirurgia altamente complexa e com altos índices de complicações que requerem nova cirurgia em até 50% dos casos. As complicações imediatas mais comuns são sangramentos e infecção. As tardias mais comuns são contratura do implante e insatisfação com o resultado estético. Cabe ressaltar que não se trata de uma cirurgia estética e que os resultados são muito inferiores ao desejo das pacientes, não sendo incomuns problemas psicológicos como queda ESTILO LIVRE da autoestima e da feminilidade.

78

ES: Muitos especialistas preocupam-se com a decisão unilateral, sem esclarecer e avaliar o assunto junto ao profissional médico. O que deve ser realmente considerado quando o assunto é prevenir? E a quem é indicado o procedimento? Dr. Edélcio Shimabucoro: O consenso hoje é o de que a melhor prevenção é a detecção precoce com o exame de mamografia. A descoberta do câncer de mama em fase inicial tem chance de cura em torno de 95% com cirurgia conservadora das mamas. Curiosamente, os poucos estudos existentes sobre mastectomia preventiva são menos animadores, pois há em média 10% de risco de mesmo assim a mulher desenvolver um câncer, e a redução da mortalidade também não é de 100%, é em média 80%. Por isso, é muito restrita a indicação deste tratamento que somente seria “cientificamente” aceito para mulheres jovens com mutação no gene BRCA1. Ainda assim, a candidata deve ser minuciosamente informada sobre os riscos, as frequentes complicações e possíveis sequelas. ES: Sabemos que existem progressos na prevenção da doença, portanto, essa não é a única alternativa a seguir. Quais são as outras formas de prevenção? Dr. Edélcio Shimabucoro: Faça um checkup anual com o seu ginecologista. Ele, de acordo com seu histórico familiar e exame clínico, orientará quando e com qual frequência deverá fazer o exame de mamografia ou outro exame complementar que julgue necessário.

DR. EDÉL CIO S. SHIMABUC ORO CRM 79 890

CIRURGIÃO PLÁSTI CO

ESTILO LIVRE

79


80

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

81


ENVELHECIMENTO_

RISCO_

Rejuvenescimento

Labial Por_Juliana A. B. Coronado - CRM 97495

Duas mulheres com lábios marcantes e com características anatômicas distintas Os lábios são uma zona erógena do nosso corpo, assim como eles embelezam e fazem parte da característica facial de cada indivíduo. Haja visto que as mulheres se preocupam tanto com eles, que sempre querem usar um batom diferente, que realce o brilho e a cor. Com o envelhecimento, os lábios vão perdendo o seu volume, ou seja, vão afinando, perdem também a sua projeção e desenvolvem rugas (o famoso “código de barras”). Também observamos a inversão das comissuras labiais, que ficam para baixo, dando a impressão de tristeza, além das famosas linhas “Marionette”. Todas estas alterações denotam que os anos passaram e podem ser corrigidas. Para tratarmos os lábios, utilizamos vários métodos: relaxamento do músculo orbicular com a Toxina Botulínica para suavizar as linhas radiais; peelings, de superficiais a profundos, lasers ao redor do vermelhão, e

preenchimentos, sobretudo com ácido hialurônico. Quando realizamos um preenchimento nesta região, sempre prezamos pela naturalidade e respeito à anatomia de cada pessoa, atuando na melhora do arco do cupido, abertura do ângulo nasolabial (entre 80 e 105º), além de observarmos a distância entre nariz-lábio, lábio-mento, entre outros detalhes que nos darão um resultado final o mais satisfatório possível, atingindo o sucesso terapêutico. Vale ressaltar também a importância do uso diário de hidratantes labiais com filtro solar, em aplicações repetidas ao longo do dia, pois esta mucosa envelhece com a exposição solar. Atualmente, muito se fala nas conferências e congressos sobre os lábios, e da sua importância em se tratando de rejuvenecimento da face. Então vamos cuidar bem deles.

Pressão alta x Apneia do Sono Por_Mayra Triveloni e Dr. Luis Marcelo P. Rotondaro

Nem sempre o ronco, que ocorre em cerca de 30% da população, significa que o indivíduo é portador da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS), mas é um importante sinal de alerta e deve ser investigado. Aliado a isso, a apneia tem significativa influência no controle da pressão e arritmias cardíacas. “Estudos comprovam que a síndrome está associada ao aumento na incidência de infartos no miocárdio, derrames cerebrais e arritmias”, alerta o Dr. Luis Marcelo Pacheco Rotondaro, médico pneumologista e especialista em medicina do sono, em entrevista à Estilo Saúde. Dr. Luis Marcelo revela que a Hipertensão Arterial é encontrada em 70 a 90% dos que sofrem de apneia, e que cerca de 40% dos pacientes que apresentam pressão alta são também portadores de apneia do sono. “Outras doenças como a insuficiência cardíaca congestiva, arritmias, doenças cerebrovasculares, também têm sido associadas à apneia. O fato é que a apneia do sono pode prejudicar gravemente a qualidade de vida do paciente e, portanto, precisa ser tratada.”, comenta. Segundo ele, a polissonografia é o exame para o diagnóstico. Através dele, realizado na Morpheus – Clínica do Sono em Assis, registram-se durante uma noite inteira de sono, uma série de funções do organismo, permitindo assim uma avaliação detalhada e, em seguida, o tratamento. O uso do aparelho de pressão aérea positiva (CPAP) é o tratamento indicado, que consiste no uso de uma máscara nasal conectada a um gerador de fluxo de ar.

Os níveis de pressão do aparelho devem ser ajustados individualmente, depois de um estudo polissonográfico detalhado. “A pressão do ar gerada evita o colapso das vias aéreas e elimina os distúrbios respiratórios noturnos. O tratamento da apneia altera substancialmente o prognóstico da doença, uma vez que tem efeito na gravidade da hipertensão arterial, melhora a função cardíaca e a qualidade de vida dos pacientes”, ressalta Dr. Luis Marcelo. O paciente apneico para literalmente de respirar e quando o cérebro percebe a falta de oxigênio, o corpo libera adrenalina e a pessoa acorda para respirar. “Nesse momento, a pressão arterial sobe e o coração acelera, elevando o risco de falhar, já que o coração acelera muitas vezes; além disso, a falta de oxigenação faz aumentar a pressão sanguínea, aumentando o risco de infarto e acidentes vasculares. Por essas e outras razões o tratamento é indispensável”, destaca Dr. Luis Marcelo.

FATORES DE RISCO

A obesidade é o principal fator de risco. Embora, muitas vezes seja comum encontrar o problema em quem não é obeso. Mulheres depois da menopausa e crianças com amídala ou adenóide aumentada também podem sofrer apneia. Dr. Luis Marcelo acrescenta ainda pessoas com alteração de mandíbula, como o queixo para trás. “Elas também são propensas a ter a doença”, finaliza.

Dra. Juliana Augusta Bettiol Coronado CRM 97495

82

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

83


NAçÃO VERDE_

O Natal sem glúten, sem lactose e sem açúcar existe Quando chega o fim de ano, muita gente se preocupa com o que comer. Uns pela dieta, outros por não poderem mesmo. É muito gostoso recorrer aos pratos feitos em casa, com carinho, com preparação, com planejamento, como uma forma de demonstrar amor àqueles que vamos receber, e se você tiver um amigo, uma amiga ou familiar que tenha alguma restrição alimentar, eles não podem ficar de fora da ceia. Você está preparado? São inúmeros os produtos sem glúten e sem lactose disponíveis no mercado que podem ajudar muito na hora de preparar essas receitinhas diferenciadas. Às vezes você olha para o produto e pensa que não poderia utilizar em uma ou outra receita e acaba ficando sem ideia alguma. Veja alguns produtos sem glúten, lactose e açúcar e suas indicações. São produtos que você pode encontrar nas lojas especializadas em produtos orgânicos e naturais. Com certeza eles farão a diferença em sua ceia de Natal e Ano Novo. • Alfarroba com Creme de Avelã (fica perfeito para passar nos waffles do café da manhã) • Biscoitos de Castanhas, Nozes ou Amendoim (para servir como petisquinhos à qualquer hora do dia, no meio da tarde ou pra segurar aquela fominha antes da Ceia) • Torradas sem glúten (faça um patê bem saboroso e arrume as torradinhas num prato) • Doce de Soja (para utilizar em qualquer sobremesa)

84

ESTILO LIVRE

• Farinha sem glúten (com ela você pode fazer os panetones e pães doces sem medo de errar) • Pães integrais (para fazer a tão sonhada rabanada) • Queijo vegetal (para colocar nos pratos salgados da ceia de natal)

HMA_

HMA anuncia certificação de sua central de materiais e esterilização Informação é um valioso meio para a promoção da saúde. E o Hospital Maternidade de Assis, o HMA, demonstra esse compromisso com sua equipe de colaboradores e ainda com a sociedade em que está inserida, a fim de informar de forma responsável e clara, as conquistas que vêm adquirindo com muito esforço e dedicação. O HMA cumpre esse papel fazendo importantes parcerias e mudanças com o objetivo de proporcionar segurança aos seus pacientes. Um exemplo é a certificação concedida pela Medcontrol à Central de Materiais e Esterilização (CME) do Hospital. “O trabalho de acompanhamento e realização de testes está sendo feito desde 2010, e, no início de novembro, recebemos o certificado de qualidade por nossos serviços na CME. É uma grande conquista, que merece ser compartilhada com colaboradores e com a sociedade”, comenta Dr. Marcos de Andrade Pádua – Diretor Presidente do HMA. Para receber o certificado, o HMA realizou um coquetel em seu auditório, com a presença da equipe de enfermagem, da Central de Materiais e Esterilização, diretores e representantes da Medcontrol.

o compromisso de disponibilizar esse material com antecedência. Assim é possível submeter todo e qualquer instrumento ao processo, garantindo a segurança do paciente”, explica a gerente de qualidade Fernanda Brando. Segundo ela, essa conquista é resultado de um trabalho coletivo de médicos, funcionários e colaboradores. “Saúde para nós é sinônimo de respeito e compromisso com nossos clientes. Não poupamos esforços para aperfeiçoar processos e garantir a excelência em todas as etapas”, afirma Fernanda. A direção do HMA adianta que para 2014 participará de um projeto ainda mais ousado, de conquistar a acreditação em nível 1 – que se trata da Segurança do Paciente – junto a uma instituição de reconhecimento internacional.

Luiz Carlos Moreira (medcontrol), Dr. Cilas, Enf. Fernanda, João Marcos, Marcos Alexandre, Márcio Roger (medcontrol), Dr. Marcos Pádua.

Como vocês podem ver, essas são apenas algumas sugestões, porém nas lojas especializadas em produtos naturais e orgânicos você pode encontrar muitos outros. Não perca tempo e passe na loja mais próxima.

Juliane Marquetti (Técnica de Enf. CCIH), Fernanda Brando e Dr. Cilas Tavares Costa – Presidente CCIH

Dentre as ações feitas pelo HMA, está a padronização do material do centro cirúrgico; além de limpeza, desinfecção, embalagem e esterilização. “Com a padronização de todo o ciclo de trabalho dentro da central, cada médico que pretende utilizar seus próprios materiais tem

Equipe de enfermeiros HMA e enfermeiras da medcontrol

ESTILO LIVRE

Vem aí o projeto Mamãe Unimed 2014.

85


Doenças do Fígado_

CAPA_

DADOS ATUAIS Os problemas psiquiátricos sempre estiveram presentes na história humana, onde, alimentados pela ignorância, tornaram-se fonte de sofrimento, preconceito, dentre outros abusos diversos cometidos contra doentes e seus familiares. Em contrapartida atualmente o quadro é amplamente favorável. O aumento da busca por tratamento médico psiquiátrico especializado é uma realidade mundial, que pode ser explicado devido aos benefícios incontáveis experimentados para aqueles que procuram auxilio para si ou para os seus familiares. Dr. Ricardo explica que a demência mais comum é o Alzheimer, a segunda mais comum é muti-infarto (pequenos derrames), mas existem demências causadas pelo Parkinson, demência por substâncias psicoativas. 5% das pessoas entre 60 e 75 anos têm Alzheimer – esse número dobra a cada cinco anos. Isso quer dizer que, acima dos 85 anos, metade das pessoas pode apresentar quadros demenciais. Em todo o mundo, são mais de 35 milhões com a doença.

sílios. Por vezes eles podem se tornar excessivamente alegres, a ponto de retirar parte de suas vestes, ou apresentar alterações de sexualidade, perdendo conceitos de convívio social. A primeira questão a chamar a atenção são as pequenas perdas de memória e a dificuldade em resolver questões abstratas mais complexas - como dirigir, por exemplo -, o que evolui para questões mais graves. ES: Há algo que pode ser feito para impedir ou retardar seu aparecimento? Dr. Ricardo Beauchamp: Quanto maior o grau de estudo formal, menor a chance das pessoas terem Alzheimer, por exemplo. A manutenção do cérebro ativo é extremamente importante para retardar ou evitar o processo demencial, especialmente o Alzheimer - através de leitura, realização de palavra cruzada, ou um novo aprendizado. Já o exercício físico, por exemplo, é determinante na prevenção da demência multi-infarto e em diversas outras patologias, porém, ESTILO LIVRE auxilia pouco no aparecimento do quadro de Alzheimer, o qual é diretamente associado ao avanço da idade.

86

Dr. Ricardo Beauchamp de Castro CRM 71.130 Psiquiatra e Psicoterapeuta Onde encontrar Rua Benedito Spinardi, 1.237 Assis-SP 18 3321 1460 www.clinicabeauchamp.com.br

The Liver Meeting 2013 POR_Mayra Triveloni e Dra. Anaclaudia Aquino A. Teixeira

Em entrevista recente à Estilo Saúde, a Dra. Anaclaudia Aquino A. Teixeira comentou sobre as inúmeras doenças que podem afetar o fígado, dentre elas, a Esteatose Hepática; ou como é mais conhecida: fígado gorduroso. Esta e outras doenças relacionadas ao fígado foram discutidas em um dos maiores eventos do mundo sobre o tema: o The Liver Meeting 2013, realizado em Washington - DC pela American Association fot Study of Liver Diseases (AASLD). Para se ter uma ideia da gravidade das doenças que afetam este órgão tão importante, pesquisadores da Austrália concluíram que o câncer de fígado e a cirrose resultam em 1,75 milhões de mortes todos os anos. “Já a hepatite viral, tema bastante comentado durante o evento, causa dois terços dessas mortes”, comenta Dra. Anaclaudia, em entrevista à Estilo Saúde deste mês. Estima-se que em 2010 mais de um milhão de pessoas perderam suas vidas em função de infecções que acometem o fígado. “É um dado alarmante. Aliado a isso, durante o encontro, também falamos muito sobre transplante de fígado e sobre as novidades em tratamentos para a Hepatite C”, conta Dra. Anaclaudia. Segundo ela, as novas drogas diminuem os efeitos colaterais e o tempo de tratamento, além de aumentarem as chances de cura. “Com relação às hepatites, os estudos são intensos. A busca pela cura tem sido cada vez mais estudada por especialistas no mundo inteiro. No Brasil já temos duas opções mais eficazes

e esperamos que no ano que vem tenhamos ainda mais novidades. Hoje em dia, temos no Brasil mais portadores de hepatite do que de HIV; e é a segunda maior causa de transplante de fígado no mundo”, ressalta a médica especialista em Gastroenterologia e doenças do fígado. E alerta que nem todas as doenças apresentam sintomas clínicos evidentes em suas fases iniciais; muitas vezes o paciente procura atendimento quando a função do órgão já está bastante prejudicada. “No evento deste ano tivemos a satisfação de compartilhar com vários cientistas e profissionais de saúde do mundo todas as novidades em tratamentos que visam acabar com a epidemia silenciosa das hepatites e expandir o que sabemos sobre as hepatites virais e doenças do fígado. Os avanços clínicos podem abrir o caminho para o futuro em que as pessoas tenham a oportunidade de acesso a um tratamento que, em muitos casos, resultará em cura”, finaliza Dra. Anaclaudia. Hepatite C A Hepatite C eh uma doença hepática resultante de infecção crônica pelo vírus da Hepatite C. Devido os sintomas da infecção nem sempre aparecer por muitos anos, mais que 70% das pessoas infectadas desconhecem sua doença. Uma novidade no congresso, é que nos Estados Unidos, o Centro de Prevenção e Controle da Doença recomenda uma estratégia de screening (rastreamento) baseada na idade, que consiste de teste para vírus da Hepatite C incluindo todas as pessoas nascidas entre 1945 e 1965 - os chamados baby booster. Isto é, pessoas que nasceram nesta época têm mais chance de ter o vírus e estar com doença em fase mais avançada, mesmo que assintomáticos, pois a doença evolui para cirrose em 20, 30 anos. Sua transmissão é feita por sangue ou material contaminados (agulhas, seringas, transfusões, etc) e, antes, não havia rastreamento prévio, por se desconhecer a existência do vírus, o que passou a ocorrer no final dos anos 80.

Dra. Anaclaudia Aquino A. Teixeira CRM 80066 Médica especialista em Gastroenterologia, doenças do fígado, e endoscopia pela University of Birmingham e Membro da American Society of Gastroenterology and Endoscopy.

ESTILO LIVRE

87


CAPA_

DEMência:

desafio para a psiquiatria

POR_Mayra Triveloni

Grande parte do conhecimento médico científico aprimorado em nossa geração tem encontrado sucesso nos quesitos de prolongar a vida humana, incrementar a qualidade de vida dos pacientes, ou ainda diminuir os sintomas das patologias crônicas; dentre os avanços destas ramificações de estudos médicos, a psiquiatria merece destaque, tanto pela evolução técnica científica quanto pela importância indissociável da sanidade mental para que o paciente possa gozar plenamente das benesses alcançadas. O crescimento da expectativa de vida que registramos atualmente desafia a medicina a apresentar novos conhecimentos que permitam a manutenção da qualidade de vida desta população numa faixa etária cada vez mais longeva. “A longevidade leva à necessidade de suplantar dificuldades inerentes à senilidade. Todo o empenho em pesquisa e estudos visa avaliar formas de propiciar melhor qualidade de vida numa faixa etária praticamente inexistente há algumas décadas”, revela o médico psiquiatra Dr. Ricardo Beauchamp, em entrevista à Estilo Saúde. Um fato interessante a se apontar sobre esta realidade diz respeito ao surgimento da figura dos “cuidadores”, sejam eles profissionais ou da própria família do paciente, onde criou-se uma gigantesca e urgente demanda por informações e qualificação especializada. Nesta reportagem especial com o médico psiquiatra Dr. Ricardo Beauchamp, falamos sobre o assunto, a fim de esclarecer melhor todo este contexto que envolve a medicina, o paciente e seus cuidadores. Confira:

88

ESTILO LIVRE

ES: Sobre os cuidadores, como é feito esse trabalho, qual a orientação que recebem? Qual o contexto atual? Dr. Ricardo Beauchamp: Não envelhecíamos tanto há 30 anos. Nossa pirâmide está mudando, e não temos nenhum preparo para cuidar da população em idade avançada. Familiares e profissionais estão nessa condição: de lidar diretamente com pessoas dessa faixa etária. E, por uma razão cultural associada à ausência de estrutura, dividem-se nas tarefas de cuidado. Em alguns casos, contratam profissionais para auxiliá-los. É importante considerar que a demên-

cia é uma doença evolutiva, grave e que desperta nos cuidadores diversos sentimentos em relação à pessoa. É normal ficarmos irritados, emocionalmente sensíveis, equivocadamente culpados pelo estado do nosso familiar, o qual é devido a uma questão orgânica. O familiar precisa entender que ele também sofre nessa relação e necessita de apoio por meio de grupos de ajuda, associações de cuidadores e apoio psicológico. Em muitos casos, o auxílio/ajuda de outras pessoas é importante nesse cuidado e não é nenhum demérito contar com esse apoio, especialmente em fases avançadas da doença. A segunda diz respeito ao profissional que lida com o paciente: o profissional precisa estar informado para identificar precocemente a patologia, porque isso faz diferença na evolução. Existem tratamentos, inclusive medicamentosos, que melhoram o quadro. Esses profissionais devem estar pessoalmente amparados para lidar com o sofrimento dos pacientes, familiares e deles próprios, no acompanhamento e na deterioração que ocorre na fase final dos quadros demenciais. O vínculo de afeto é essencial.

CAPA_ ES: Por que ela é tão associada à loucura? Dr. Ricardo Beauchamp: Em virtude da sintomatologia que ela pode apresentar, especialmente nas fases intermediária e final; ou seja, pode apresentar perda de memória recente, agitação, confusão mental, alucinações, desorientação, vacância, ansiedade, insônia, irritabilidade, perda dos esfíncteres, dificuldade em resolver questões, perda de capacidade civil, etc. Acontece de o paciente ver e imaginar coisas. Culturalmente, como existe uma grande alteração na memória, muitas vezes, a pessoa demenciada vivencia situações do passado como se estivesse acontecendo naquele momento, chora por entes queridos, troca o nome de familiares por outros que já faleceram e esquece-se de entes queridos... ES: Como é feito o diagnóstico? Dr. Ricardo Beauchamp: O diagnóstico é feito através de uma boa entrevista com o paciente e familiares. Existem testes feitos por profissionais que atendem essas pessoas: MMS (Mini Mental State – Estado Mental Mínimo), Teste do Relógio, avaliação psicológica (psicodiagnóstico) e existem exames complementares que auxiliam também: Tomografia, Ressonância Nuclear Magnética, Pet Spect Cerebral. A perda de memória não é normal em nenhuma idade, mas nem toda perda de memória é demência. Podemos esquecer as coisas por uma série de motivos, por preocupações, estresse, depressão, insônia.

ES: Qual o conceito de demência em medicina? Dr. Ricardo Beauchamp: Demência é um conjunto de sintomas que representam um declínio das funções cognitivas. Desde que apresente dificuldades nas relações sociais, de trabalho e vida cotidiana.

ES: É uma doença que se instala de que forma? É rápida? Dr. Ricardo Beauchamp: O quadro demencial, em sua maioria, é de instalação lenta. Porém, em 5% dos casos de doenças de Alzheimer hereditária é mais rápida: em seis meses. O que ocorre é que as pessoas demoram em perceber que o seu familiar tem um quadro demencial. ES: O que deve chamar a atenção quando uma pessoa está entrando num processo demencial? Dr. Ricardo Beauchamp: Acentuam-se determinadas caESTILO LIVRE racterísticas, as quais se tornam por vezes excessivamente econômicas, a ponto de esconder dinheiro, comida e uten

89


VITRINE_

CUIDADO_

compromisso com a saúde Por_Mayra Triveloni

Em novembro, o Centro de Oportunidades Racco de Assis realizou um coquetel para mostrar as novidades da marca. Clientes que estiveram por lá conferiram o que há de novo na Linha Lutti, na marca Bourjois, maquiagens Racco, além de perfumes e muito mais!

A Cirurdent, empresa especializada na área da saúde, que atua no mercado há 22 anos atendendo Assis e região, oferece uma grande variedade de estoque para seus clientes atendendo às mais diversas necessidades em um ambiente amplo, com estacionamento próprio, contendo várias salas para atendimento especializados; tudo isso

somando-se à confiança, honestidade e conhecimento de sua equipe que uma empresa sólida pode proporcionar, fazendo com que clientes tornem-se amigos. A Cirurdent dispõe de um mix de produtos visando atender desde a prevenção, proteção, melhora e recuperação, proporcionando assim bem estar do cliente.

Regina Padovani

Cirurdent

90

ESTILO LIVRE

A escolha dos produtos também pode ser feita pelo site http://www.cirurdent.com.br Aß loja entrega em todo Brasil. “No site você pode encontrar toda a nossa linha de produtos, consulta de preços, formas de pagamento e entrega. É mais uma maneira de chegarmos ao cliente de forma segura”, destaca Regina.

Rua Floriano Peixoto, 727 Centro Assis-SP 18 3322 3068 18 3322 7345 www.cirurdent.com.br ESTILO LIVRE

91


Saúde bucal_

Verão_

Diferencial que você vê

CRM 121398

Por_Mayra Triveloni

Hora de se proteger do sol

O cuidado com a saúde bucal é fundamental para ter dentes saudáveis e um bom hálito. A Dra. Gabriela Martinez ressalta que um dos fatores que garantem o sucesso de qualquer tratamento odontológico é a higiene da boca. Aliado a isso, a visita frenquente ao dentista. Com o objetivo de esclarecer as dúvidas de seus pacientes, Dra. Gabriela disponibiliza em seu consultório a câmera intra-oral, em que é possível visualizar o que está sendo feito no momento do tratamento. “Com o auxílio de uma câmera é possível mostrar para o paciente o que está sendo feito, qual o real problema e onde ele está”, comenta Dra. Gabriela, que também conta com o raio-x digital. “Imagens radiográficas com maior precisão, auxiliando no diagnóstico e, principalmente, a grande redução na dose de radiação recebida pelo paciente, são algumas das vantagens do raio x digital”, completa.

Por_Mayra Triveloni e Dra. Beatriz Baldi

Atualmente, de acordo com especialistas, não existe horário ou local em nosso país em que é possível deixar o organismo completamente à mercê dos raios solares. Já há alguns anos, a Organização Mundial da Saúde alerta sobre o potencial nocivo do sol em determinadas épocas do ano, em especial no verão, quando a intensidade dos raios solares é extrema. A radiação ultravioleta B (UVB) foi a primeira a ser relacionada com as doenças de pele; estudos também constataram que a UVA também causa danos. Agora, é a radiação infravermelha – emitida o dia inteiro – que é alvo de estudos mais recentes. A saída para quem adora aproveitar os dias quentes é se proteger e consultar sempre o dermatologista! Quem esclarece mais sobre o assunto é a Dra. Beatriz Baldi. Confira: ES: Estamos protegidos do sol nos horários que antecedem às 10h e que passam das 16h? Dra. Beatriz Baldi: Nesses horários a incidência de radiação é menor, porém não significa que nesses intervalos as pessoas devam se expor sem nenhuma preocupação. Alguns estudos demonstram que a incidência de UVA aumentou consideravelmente nos últimos 10 anos, exigindo maiores cuidados. Outra preocupação é com relação ao dano do DNA mitocondrial, cujos efeitos são percebidos através do envelhecimento precoce e desenvolvimento do câncer de pele. ES: O que é UVA e UVB? Qual a diferença? Dra. Beatriz Baldi: A radiação UVA tem comprimento de onda mais longo e sua intensidade pouco varia ao longo do dia. Ela penetra profundamente na pele, e é a principal responsável pelo fotoenvelhecimento e pelo câncer da pele. Já a radiação UVB tem comprimento de onda mais curto e é mais intensa entre as 10h e 16h, sendo a principal responsável pelas queimaduras solares e pela vermelhidão na pele.

Dra. Gabriela Martinez CRO-SP 107.445 Atendimento Adulto – Infantil • Canal • Prótese • Estética (lentes de contato e facetas/ clareamento dentário) ESTILO LIVRE • Dentística

92

Onde encontrar: Clínica Vitallis Rua Roberto Castela, 330 Jardim Europa . Assis-SP 18 3022 3731 18 99626 3731

ES: O que os raios solares causam na pele? Dra. Beatriz Baldi: Quando pensamos em radiação solar, a primeira coisa que vem a nossa mente é sobre o risco do câncer de pele. Na verdade, várias outras alterações podem ser desencadeadas por esse tipo de radiação, como o dano ao DNA nuclear e também ao mitocondrial, ocasionando o fotoenvelhecimento precoce e outras alterações, como a elastose solar, caracterizada pelo espessamento da pele, al-

terações na coloração e formação de ceratoses. ES: Além do câncer de pele, quais outros problemas podem surgir devido aos raios solares? Dra. Beatriz Baldi: Existem várias doenças que podem ser desencadeadas ou mesmo agravadas pela ação do sol, como o Lupus eritematoso discóide, a Porfiria, dentre outras. Atualmente, o próprio Melasma é considerado uma fotodermatose, com importante participação da ação do sol. ES: O que devemos levar em consideração na hora de escolher o protetor solar? Dra. Beatriz Baldi: Devemos pensar em proteção UVB e também UVA. É importante levar em conta a textura do produto, de forma a garantir a adesão ao uso. Os fotoprotetores com antioxidantes também devem ser usados; e apesar de já existirem no mercado produtos com essa blindagem, nem todos apresentam as informações na embalagem. O ideal é consultar seu dermatologista para que a fórmula adequada seja indicada. ES. Qual a quantidade necessária? Dra. Beatriz Baldi: É necessário aplicar uma boa quantidade do produto: a dose usada recomendada nos testes de filtro solar é de 2 mg/cm². Se tomarmos como exemplo um adulto mediano com altura de 1,63 m e peso de 68 kg com 82 cm de cintura, ele necessitaria de exatamente 29 g para cobrir sua área corporal não coberta (considerando que ele esteja vestindo uma sunga. ES: Cada tipo de pele demanda cuidados específicos? Dra. Beatriz Baldi: Sim, na verdade cada tipo de pele requer cuidados de acordo com suas características, como o controle da oleosidade, hidratação e melhora da textura. Existe uma variedade de produtos no mercado, com diversas texturas e indicações. Peles oleosas se adaptam melhor com produtos em forma de gel creme ou oil-free. Produtos em sérum garantem uma textura mais seca e toque aveludado. As pessoas mais claras e que queimam facilmente, por exemplo, devem claro, ter uma relação diferente com o sol. O melhor é conversar com o dermatologista a fim de respeitar as características de cada pele e aproveitar o verão ESTILO LIVRE sem medo.

93


Psiquiatria_

Verão Perfeito Racco_

Racco lança novidades em Convenção Internacional Dr. Marcelo Floriano CREMESP 77277

Chega dezembro e nos deparamos com uma época perfeita para presentear as pessoas que amamos, para relaxar e também aproveitar o momento para se cuidar e estar perto da família e dos amigos! A Racco, que sempre valoriza as pessoas e seus sonhos, apresenta agora muitas novidades para quem já é apaixonado por seus produtos. Durante a Convenção Internacional da marca, realizada para cerca de 1.500 pessoas na cidade de Recife, em novembro, a Racco surpreendeu mais uma vez: apresentou suas novidades em maquiagem, perfumaria e tratamentos.

Adriana/ Ana Maria e Gabriela Ferreira (Nutricionista da Racco) Dentre as novidades em cuidado e bem-estar está o Colágeno em Pó, da Linha Life. Ana explica que a bebida é à base de colágeno e pode ser ingerida todos os dias; outra novidade é o Protetor Solar em gel, à base de silicone. “Tivemos oportunidade de conhecer tudo que a Racco pretende laçar e relançar neste fim de ano e para 2014. E mais uma vez notamos o compromisso da Racco com a qualidade e, principalmente, com o sucesso de suas promotoras. Esperamos vocês para conhecer essas e muitas outras novidades”, convida Ana Maria. Sumara R. C. Philip As empresárias do Centro de Oportunidades Racco, Ana Maria da Silva e Sumara R. Cavacas Philip, estiveram na convenção e apresentaram recentemente em Assis, em um coquetel realizado na sede do Centro, as novidades que conferiram em Recife. “Estivemos na convenção a convite da Racco, ao lado de promotoras e dirigentes, e agora trouxemos para Assis o que vimos por lá. Lápis à prova d’água da Bourjois, gloss que age no PH da pele, toda a linha Lutti – para o público com idade a partir de 12 anos, o banho de estrelas, o pó Délice de Poudre, também da Bourjois e muito mais”, conta Ana Maria.

94

ESTILO LIVRE

Racco Assis Rua Smith de Vasconcelos, 19 Centro 18 3324 1454

Os principais assuntos do XXXI Congresso Brasileiro de Psiquiatria POR_Mayra Triveloni e Dr. Marcelo Floriano

Aproximar psiquiatras do Brasil e do mundo para discutir, informar e trocar experiências é o objetivo do XXXI Congresso Brasileiro de Psiquiatria, realizado entre os dias 23 e 26 de Outubro em Curitiba-PR. O evento movimentou a capital do Paraná com mais de 300 horas de atividades. “Durante o congresso foram apresentadas novas pesquisas, abordagens e tratamentos para saúde mental; discutimos a importância da psiquiatria no mundo contemporâneo e sua contribuição para o desenvolvimento da medicina”, comenta o Dr. Marcelo Floriano, especialista em geriatria/ gerontologia e saúde mental, que esteve no encontro. Dr. Marcelo, que esteve em diversos congressos ao longo de 2013, conta ainda sobre a importância da discussão a respeito das patologias em ascendência: os transtornos ansiosos. “Desde as formas mais leves até as mais graves, como fobia e pânico; os transtornos de humor, incluindo o transtorno afetivo-bipolar (TAB), as novas abordagens para essas doenças e as perspectivas de tratamentos, visto o número crescente dessas doenças no mundo”, explica. Tendo em vista o aumento da expectativa de vida, Dr. Marcelo comenta mais um tema abordado durante o congresso: a Neuropsiquiatria do Envelhecimento. “Pacientes com demência, seus cuidados e tratamentos. Ainda sobre o manejo clínico em saúde mental da mulher, sua interação com os aspectos sociais – sua relação com o trabalho, com a vida afetiva, aspectos fisiológicos, como a questão hormonal e seu papel exercido na sociedade”, completa. E reforça que a perspectiva é a

saúde e a doença mental serem objetos de avaliação e abordagem constantemente; “como avaliação das condições de lazer, prazer, afetividade, e os desequilíbrios da saúde mental serem sanados antes ou mesmo depois de se tornarem doenças mentais. O estresse é um exemplo na sociedade atual, se convertendo muitas vezes em doenças ansiosas, insônia, distúrbios alimentares, etc”, cita Dr. Marcelo. O tratamento e prevenção da dependência tecnológica na infância e adolescência também foi assunto bastante discutido durante o congresso. “E não foi à toa que um tema tão importante quanto esse foi colocado em pauta; crianças com idade abaixo dos 12 anos passam mais de oito horas conectadas à rede, e muitas não conseguem sequer deixar o celular de lado”, considera Dr. Marcelo, e ressalta que essas crianças fazem parte de uma geração que tem como principal ferramenta a tecnologia. É por meio dela que se relacionam. “Reconhecemos a importância da tecnologia para o avanço da humanidade, mas essa mesma tecnologia tem influenciado no desenvolvimento de alguns transtornos mentais. E o fato não exclui aqueles que estão entre seus entre seus principais usuários: as crianças e os adolescentes”, alerta. Estima-se que aproximadamente 5% dos jovens que usam as redes sociais ou jogam online possam ter algum problema decorrente do seu uso. E as redes sociais atraem cada vez mais esse público, responsável por mais de 60% do tráfego da rede no Brasil. ESTILO LIVRE

95


DA REDAÇÃO_

O que o futuro nos reserva? Avanços tecnológicos, profundas (e necessárias) mudanças políticas, econômicas e sociais, informação e conhecimento disseminados em progressão exponencial. É importante observar que as mudanças ocorridas no nosso mundo, sobretudo a partir da segunda metade do século XX, atingiram também a atividade médica em todas as suas frentes. A velocidade dessas transformações nos coloca diante de uma obrigação: de sermos ainda mais responsáveis... Responsáveis com o que dizemos, com que fazemos, enfim, com aquilo que produzimos ou reproduzimos como verdade. A disposição para o trabalho em equipe, para a atuação de grupos multidisciplinares é essencial para o sucesso futuro, pois não haverá espaço para o isolamento e a autossuficiência. Outro ponto indispensável é a capacidade de se reciclar. Buscar novos conhecimentos, manter-se atualizado e, não menos importante, aprender a superar. Para todos nós, a resiliência é obrigatória, em especial no mundo atual. Somente dessa maneira vamos

lidar com os desafios com inteligência e foco. Mas de nada adianta ficarmos presos às teorias, mesmo as mais coerentes, sem a força exemplo. É preciso fazer! Afinal, todas essas palavras sem o exemplo só demonstram que não sabemos o que fazer com a vida. E, ao invés de ser parte da mudança que queremos ver ao nosso redor, seremos meros espectadores tagarelas. Que muito falam, mas que nada fazem. Não vamos nos contentar com as previsões de um ano melhor; vamos arregaçar as mangas para fazê-lo acontecer. Espero vocês em 2014.

Mayra Triveloni

Atendimento e Redação

saúde

DIRETOR Jeziel Marquezini EDITORA Carolina Marquezini DIRETOR COMERCIAL Daniel Israel DIREÇÃO DE ARTE E DIAGRAMAÇÃO Camila Bahis IMPRESSÃO Editora Conosco_Indústria Gráfica

96

TEXTOS Mayra Triveloni

ESTILO LIVRE

FOTOS Carolina Falcão

JORNALISTA RESPONSÁVEL Carolina Marquezini_MTB_41418 SP TIRAGEM 18 mil exemplares PARA ANUNCIAR Daniel Israel_18 9732-0007 daniel@revistaestilolivre.com.br ANÚNCIOS E PATROCÍNIOS Além de anúncios em formatos tradicionais, a Estilo Saúde oferece a opção de patrocínio de reportagens e colunas fixas. Fale conosco. *O conteúdo das propagandas e informes publicitários é de inteira responsabilidade dos contratantes.

REVISTA ESTILO LIVRE Abílio Duarte de Souza, 257 :: F: 18 3022.3152

ESTILO LIVRE

97


98

ESTILO LIVRE

Edicao35  
Advertisement