Issuu on Google+

w w w.revistaequilibrio.com.pt

Mensal - Nº2 - Ano 1 Exclusivo Online - Distribuição Gratuita

Jogos e Actividades

Plantas que emagrecem

para estimular o seu bebé

Hipocondria

Stress

Qual a Massagem para si?

Descubra como o afecta e aprenda a proteger-se


“A felicidade não é a ausência de conflito é a habilidade em lidar com ele”

Psicologia Clínica – Neuropsicologia – Terapia da Fala Terapia Ocupacional - Massagem Infantil

http://atitudes.home.sapo.pt Rua Rodrigues Sampaio, nº21 nº21 2ºA 1150– 1150–278 Lisboa

gabineteatitude@gmail.com

Rua Luís de Camões, n.º 28, 1º Esq. 7400– 7400–270 Ponte de Sôr

Telefones: 919496049 ou 93 872 12 41


Carla Pacheco Duarte geral@revistaequilibrio.com.pt

Nesta segunda edição, o nosso destaque especial vai para o tema do stress - não porque esta seja uma época especialmente stressante, mas porque é nos momentos de pausa, como as férias, que temos a tranquilidade necessária para nos dedicarmos a uma análise mais profunda de nós mesmo e delinear estratégias de mudança. Falaremos também de massagens e das suas diferentes técnicas e, também temos alguns conselhos uteis para aliviar as pernas pesadas. Aproveito para agradecer a todos as mensagens que nos enviaram com sugestões, ideias e comentários. É maravilhoso poder receber o vosso feedback! Cá ficarei à espera de mais noticias vossas. Aos que têm férias, desejo um merecido descanso e o retemperar das forças para a entrada num novo ciclo. Aos outros, desejo que aproveitem cada dia de verão, cada minuto livre para disfrutarem ao máximo da vida! Espero que esta nossa e-zine seja do vosso agrado. Desejos de um excelente mês para todos!

3


Temas de Capa

12

...........Jogos

para estimular o

desenvolvimento do seu bebĂŠ

22

...........Plantas

que

Emagrecem

24

...........Especial

Stress

28

...........Hipocondria

40

...........Qual

a

Massagem para si? 4


Sumário 06 ........... Notícias 10 ........... Gravidez e Parto: Amamentação 16 ........... Psicologia: A Solidão 18 ........... Adolescência - A Busca da Independência 20 ............ Herpes 30 ........... Sénior: Pernas cansadas - Cuidados Específicos 32 ........... Terapia da Fala: A Influência dos hábitos orais no desenvolvimento da fala

34 ........... Exercício: Tai Chi Chuan 36 ........... Medicina Tradicional Chinesa: Emagreça onde quiser

40 ........... Qual a massagem ideal para si? 44 ........... Gestão de Tempo: Aproveite os tempos mortos 46 ........... Livros 5


Notícias

Aromas que reduzem o stress

A Prática de Yoga está associada a uma alimentação equilibrada Um estudo publicado no jornal da Associação Americana de dietética revela que os praticantes regulares de Yoga (sobretudo há mais de 10 anos) tendem a ter uma atitude mais racional perante a alimentação e, consequentemente, têm menor risco de desenvolver problemas como a obesidade, quando comparados com praticantes de outras modalidades. Foram alvo deste estudo cerca de 30 indíviduos que responderam a um questionário sobre práticas desportivas e alimentação.

Um grupo de cientistas japoneses descobriu a primeira evidência cientifica que inalar fragrâncias como manga, limão ou alfazema, altera a actividade celular e quimica a nível do sangue, contribuindo para a redução do stress.

A aromaterapia e outras terapias complementares, têm vindo a fazer uso das fragrâncias há muitos, muitos anos, mas este grupo de cientistas procurou uma fundamentação para o bem-estar que sentimos ao inalar determinadas fragrâncias. O estudo consistiu em expôr um conjunto de cobaias a situações muito stressantes enquanto inalavam as fragrâncias, ao passo que outro grupo foi apenas exposto às mesmas situações. As cobaias do primeiro grupo demonstraram niveis de stress muito reduzidos, quando comparadas com as do segundo grupo.

Pais enquanto modelos de gestão financeira dos filhos Um grupo de cientistas da Universidade do Arizona, estudou um total de 2098 jovens estudantes das mais variadas etnias para tentar descobrir o porquê do aumento do volume de dividas entre os jovens estudantes e em início de carreira. Neste estudo por questionário, os investigadores descobriram que os factores que vão ditar o estado financeiro destes jovens são a influência parental, os conhecimentos financeiros adquiridos na escola e a sua própria experiência de vida. Destes factores, o impacto esmagador vai para a influência parental através da transmissão de valores, atitudes e comportamentos relativamente às suas finanças.

6


Este poderá ser o espaço ideal para dar a conhecer a sua marca...

Peça-nos informação através do email publicidade@revistaequilibrio.com.pt


Agenda Notícias

Acontece em...

Agosto A Delegação do Algarve da Associação Portuguesa de Reiki, realizará em Évora, no próximo dia 16, um Curso de Iniciação ao Reiki

No Centro Bhanu, na Praia da Areia Branca, na Lourinhã, poderá participar no Workshop Sânscrito Aplicado ao Yoga eAyurveda no próximo dia 16.

8

A MatosinhosSport irá realizar aulas abertas de Tai-Chi nos próximos dias 22 e 29 pelas 17 horas, no Largo da Viscondessa, em Santa cruz do Bispo

Indique-nos outros eventos que ocorram na sua zona! Escreva-nos para geral@revistaequilibrio.com.pt


Páginas NotíciasWeb Página do mês

E-book

Alimentação em Tempos de Gripe “Alimentação em Tempos de Gripe” é o primeiro livro electrónico da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto (FCNAUP) desenvolvido com o objectivo de disponibilizar à comunidade ferramentas para planear a sua alimentação de forma a fazer face a uma eventual “situação de mudança de rotinas sem alarmismos”. A obra da autoria de docentes da FCNAUP destina-se à população em geral. A inspiração para editar este e-book surgiu durante uma reunião com a equipa da UPorto que tem vindo a desenvolver o plano de contingência para a epidemia da Gripe. A eventual necessidade de permanência em casa para prevenção do contágio ou para tratamento da doença levaram Maria Daniel Vaz de Almeida a pensar que seria interessante reunir um conjunto de sugestões que ajudasse à organização da “alimentação em tempos de gripe”. Foi fácil o contágio da ideia e, em poucas semanas, Bela Franchini, Cláudia Afonso, Patrícia Padrão e Cecília Morais produziram este e-book. Febres altas, dores musculares, tosse, falta de apetite e um risco elevado de desidratação são alguns dos sintomas que caracterizam a doença. Para além de cuidados médicos, o tratamento da gripe exige muito repouso e uma alimentação adequada. O manual inclui sugestões sobre o aprovisionamento alimentar, a conservação à temperatura ambiente ou em condições de frio bem como o planeamento de refeições. A exigência de permanência no domicílio dá realce à utilidade deste e-Book pois “é o formato mais adequado e ajustado para a divulgação desta mensagem, à distância de um clique” Este e-book está disponivel para download gratuito em: http://www.fcna.up.pt/documentosOnline/downloadFiles/ downloadEbook.php

9


Drª Rita Costa Psicóloga, Doula e Educadora Peri-natal

http://viva-o-seu-bebe.blogspot.com

Amamentação 10

rita.oliveira.costa@gmail.com


Actualmente, a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o leite materno exclusivo, durante os primeiros seis meses, assim como a sua continuação até aos dois anos de idade. Estas recomendações baseiamse em estudos que demonstram a superioridade do aleitamento materno nos primeiros anos de vida, quando comparado com outra forma de alimentação. Mas apesar de tudo isto, são vários os estudos que demonstram que, apesar de 90% das mães iniciarem o processo de aleitamento materno, muitas acabam por desistir durante o primeiro mês de vida do bebé. Amamentar é um acto natural mas precisa de ser aprendido e são várias as dúvidas com que as mães se deparam quando começam a amamentar. Um dos aspectos que maior ansiedade provoca nas mães é o tempo que os bebés estão na mama. Pois bem, não existe um tempo determinado, nem 5 nem 20 nem 50 minutos... A mãe deve deixar o bebé mamar e deve esperar que ele deixe a mama espontaneamente e só lhe deve oferecer a outra mama se a primeira estiver vazia e se ele mostrar interesse em continuar a mamar.

Vantagens da amamentação para o bebé -Menor incidência de morte súbita; -Maior resistência a infecções gastrointestinais, respiratórias e urinárias; - Efeito protector sobre as alergias; - Promove uma melhor adaptação a outros alimentos; - Diminui o risco da Diabetes Juvenil; - Melhor desenvolvimento psicomotor, emocional e social; - Redução da cárie dentária; - Menor probabilidade de obesidade.

Isto porquê? Porque, quando o bebé começa a mamar, o primeiro leite que vai obter é muito rico em água e lactose. À medida que vai mamando, o leite vai tendo cada vez mais gordura. Por isso, é muito importante que o bebé deixe a mama vazia, e só depois passe para a outra. Outra dúvida frequente é o intervalo entre mamadas. O ideal é deixar o bebé mamar em livre demanda, ou seja, a mãe não deve definir intervalos específicos, mas sim dar de mamar quando o bebé pedir. É muito natural que o bebé faça intervalos de 3 ou 4 horas e noutra altura faça intervalos de uma hora.

Vantagens da amamentação para a Mãe ·

Facilita uma involução uterina mais precoce;

·

Menor probabilidade de ter cancro na mama;

·

Aumenta o vínculo afectivo;

·

Diminui a incidência de depressão pós-parto.

A forma como o bebé pega na mama é também, um factor muito importante, pois está directamente associado ao sucesso do aleitamento. A boca do bebé deve estar bem aberta e com os lábios virados para fora, de forma a que pegue na mama e não no mamilo. Se a pega não for feita da melhor forma, irão surgir gretas e fissuras, o que levará a um a grande sofrimento da parte da mãe. Para além disto, se o bebé não pegar correctamente na mama, o mais certo é que ingira ar e que daí advenham as cólicas. Independentemente de todas as teorias, uma mãe que queira amamentar tem essencialmente que confiar muito nela própria, seguir a sua intuição e em vez de ouvir os conselhos de quem a rodeia deve “ouvir” o seu bebé!

11


Jogos para estimular o desenvolvimento do bebĂŠ

12


0 - 3 meses Mil Sons Por vezes as brincadeiras mais divertidas nem necessitam de acessórios. Basta imaginação e disponibilidade para entreter o bebé durante horas com os mais variados sons. Materiais: A sua boca apenas Habilidades trabalhadas: Discriminação do som Imitação de sons e desenvolvimento da linguagem Localização dos sons Modo de fazer: 1. Coloque o bebé no colo, virado de frente para si, de forma a que ele possa ver claramente seu rosto. 2. Faça sons com a sua boca, tais como: Beijinhos Estalidos da língua Sons ao mostrar a língua Sopro barulhento como um comboio Rosnar, emita guinchos, balbucie, imite pássaros Assobios e canto Imitar animais, como, por exemplo, patos, cachorros, gatos, vacas, porcos, galinhas, galos, macacos, cobras, pássaros, burros ou lobos Cuidados: Não produza sons muito altos que possam danificar o aparelho auditivo do seu bebé. Se um determinado som perturbar o bebé, não o repita.

Rebolar Por volta dos 4 ou 6 meses, os bebés já conseguem rebolar sobre o próprio corpo sozinhos, mas nos primeiros tempos, pode dar-lhe uma ajuda com este jogo. Materiais: • Cobertor ou toalha macia • Superfície macia no chão Habilidades trabalhadas: Orientação Locomoção Controlo motor Modo de fazer: 1. Coloque um cobertor ou uma toalha macia sobre uma superfície também macia.

2. Deite o bebê com a barriga para baixo sobre o cobertor. 3. Pegue um dos lados do cobertor e levante-o devagar, fazendo com que o bebê se incline para um dos lados. 4. Continue rolando suavemente o bebé enquanto conversa com ele. Use as mãos para apoiá-lo conforme ele se vira. 5. Quando o bebé tiver rolado completamente, mostre-lhe a sua alegria. 6. Repita até que o bebé se cansar da brincadeira. Cuidados: Efectue sempre movimentos lentos e cuidadosos para que o bebé não se magoe. Tenha especial cuidado até o bebé adquirir o controle da cabeça.

Massagem do Bebé Os bebés são muito sensíveis ao tacto desde o nascimento. Usufrua de um momento de partilha de afectos através da massagem. Materiais: • Cobertor ou toalha • Loção hidratante para bebés ou óleo prensado a frio Habilidades trabalhadas: Consciência corporal Tacto Interacção social Modo de fazer: 1. Coloque um cobertor ou uma toalha sobre um tapete macio. 2. Coloque o bebé nu ou de fralda sobre o cobertor, de barriga para baixo. 3. Coloque um pouco de loção ou óleo nas mãos e esfregue-as para aquecer. 4. Massageie suavemente o bebé do pescoço até os ombros, passe pelos braços até as mãos, vá até ao rabinho, passe nas pernas e chegue até os pezinhos. Seja gentil, acaricie o bebé! 5. Vire o bebé de barriga para cima e repita a operação, colocando um pouco mais de loção ou óleo. Cuidados: A massagem deve ser sempre suave. Verifique em primeiro lugar se o seu ebé não é alérgico ao produto que vai usar e evite o contacto das mãos oleosas com os olhos e boca do bebé.

13


3-6 meses Chapéu Divertido Por esta altura, o seu bebé já estará habituado a reconhecer rostos, por isso não espere conseguir enganá-lo por muito tempo. Mas isso não torna o jogo menos divertido. Se o deixar tirar-lhe os chapéus, ficará delirante! Materiais: • Vários chapéus

Procure incluir bonés, gorros de lã, chapéus de bombeiro, de palhaço, de cozinheiro, uma boina, chapéus que cubram as orelhas, ou um chapéu com penas. 2. Coloque o bebé na sua cadeira ou espreguiçadeira, em frente a si. 3. Coloque o primeiro chapéu em sua cabeça e faça uma cara engraçada, ao mesmo tempo em que diz alguma coisa interessante, tal como, “Olha para mim!” ou “olá, eu sou um bombeiro!”

• Cadeira da papa ou esperguiçadeira Habilidades trabalhadas: -Causa e efeito

4. Incline-se para o bebé para que ele consiga segurar e tirar o chapéu, ou tire você mesmo.

-Aprender a gerir a ansiedade face ao estranho 5. Repita várias vezes com o mesmo chapéu antes de pegar outro.

-Permanência do objecto -Interação social Modo de fazer: 1. Pegue em vários chapéus que tenha ou adquira alguns, por exemplo numa loja de artigos para festas.

Cuidados: Não utilize máscaras neste jogo, pois elas assustam os bebés. Alguns bebés são mais sensiveis à mudança de aspecto. Se o seu se assustar, retire de imediato o chapéu e assegure-lhe que é a mãe ou o pai que ali está. Entregue-lhe o chapéu para que possa tocarlhe.

6-9 meses O Pequeno Baterista Os bebés têm muito ritmo e adoram fazer música ao bater quer com as mãos, quer com instrumentos improvisados em tudo o que possam. Prepare os ouvidos!

3. Em seguida, vá-lhe entregando as outras “baquetas”, uma de cada vez. 4. Então, ofereça novos itens onde bater, por exemplo, a tigela de plástico, a panela, o jornal, etc.

Materiais: • Cadeira da papa • Colher de pau, concha da sopa e outras “baquetas”. • Alumínio, panelas de metal, tigelas de plástico, assadeiras, jornais e outros itens para bater

Cuidados: Tenha atenção para o bebé não se magoar a si próprio ou a outra pessoa com os instrumentos.

Habilidades trabalhadas: Causa e efeito Capacidade auditiva Ritmo e coordenação Modo de fazer: 1. Coloque o bebé na cadeira da papa com o tabuleiro colocado. 2. Dê-lhe a colher de pau e mostre-lhe como bater no tabuleiro.

14


9-12 meses Tuneís Gatinhar é uma grande aventura para o seu bebé. A partir desse momento, está aberto um novo mundo para ser explorado. Construa-lhe um túnel simples, com obstáculos que o desafiem enquanto ele aproveita essa nova experiência. Materiais: • 3 caixas de cartão, grandes o suficiente para que o bebé consiga gatinha facilmente lá dentro • Tesoura • Fita cola • Peluches ou um cobertor Habilidades trabalhadas: Exploração Desenvolvimento motor Resolução de problemas Modo de fazer: 1. Corte as abas das três caixas, corte alguns quadrados dos lados para ventilaç��o e passe a fita cola nas caixas

2. Coloque o túnel no meio da sala 3. Use os peluches ou o cobertor para criar obstáculos dentro do túnel (o cobertor fará com que a superfície do túnel fique um pouco escorregadia). 4. Coloque o bebé no chão, numa das extremidades do túnel e dirija-se para a outra extremidade. 5. Espreite para dentro do túnel e chame o bebé, estimulando-o a gatinhar até si. Se ele estiver relutante a entrar no túnel, provoque-o com um brinquedo. 6. Encoraje-o conforme ele gatinha através do túnel até ao outro lado. 7. Repita e deixe que ele explore e aproveite a experiência dentro do túnel. Cuidados: Se o bebé tiver medo do túnel, não o force a entrar. Deixe ficar o túnel de cartão na sala durante algum tempo e vai ver que ele próprio se irá habituar e querer explorá-lo a seu tempo.

Aspectos Importantes As idades indicadas para cada actividade são meramente indicativas. O seu bebé poderá estar pronto mais cedo para efectuar determinada actividade e, demorar mais para fazer outra. Isso não significa que algo de errado se passe, faz parte do desenvolvimento natural do ser humano.

Aprenda a reconhecer qual o melhor momento do dia para realizar actividades com o seu bebé. Quando este está mais activo e disposto a interagir e, reserve esse momento para as brincadeiras.

Não deverá efectuar nenhuma actividade sem falar primeiro com o pediatra do seu filho e saber se é seguro realizá-la.

Se o bebé não gostar de determinada actividade, não o force. A estimulação é pensada para ser um momento de prazer a dois e não uma obrigação.

15


Drª Helena Mendes Psicóloga Clínica

http://atitudes.home.sapo.pt

geral.atitudes@gmail.com

A Solidão Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo..... …isto é carência. Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem mais voltar... isto é saudade. Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe, às vezes, para organizar os pensamentos... isto é equilíbrio. Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado... isto é circunstância. Solidão é muito mais do que isto. Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa alma. Francisco Buarque de Holanda

16


As razões que nos levam à solidão, a perdermo-

Imaginemos que a nossa vida é um barco que

nos de nós mesmos, como refere o poema são

navega no mar. Para se ser feliz (e assim afastarmos a

inúmeras, de entre as quais:

solidão) temos de tomar o leme do barco, determinar para onde queremos que o barco se dirija (os nossos

A anulação do próprio numa relação – Temos

objectivos e sonhos a concretizar), com que velocidade

tendência para achar que, para uma relação conjugal

(qual o esforço a fazer para os alcançar) e quais os

funcionar, cada um tem de se esquecer de si próprio,

passageiros que queremos a bordo (com quem

abdicar daquilo que lhe é importante, para procurar

queremos partilhar a nossa vida!)! Por vezes, não é uma

agradar ao parceiro. Tendência que faz com que a

tarefa fácil, há muitas tempestades, desvios na rota

relação se vá esvaziando e as duas pessoas que

inicial, e por vezes ficamos perdidos mas se persistirmos

começaram por se encantar uma com a outra, tal era

acabamos por conseguir ultrapassar os obstáculos e

a intimidade sentida, a certa altura, talvez de repente,

chegar a bom porto!

constatam que, afinal, são como dois estranhos que pouco ou nada têm a ver entre si. O encantamento

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver

entre duas pessoas só se pode ir mantendo se, sem

(apesar de todos os desafios, incompreensões e

nenhum abdicar de ir desenvolvendo todo o seu

períodos de crise), é deixar de ser vítima dos

potencial, qualquer uma delas se mantiver

problemas e tornar-se um autor da sua própria

empenhada em contribuir para o crescimento da

história.

outra. “Amar não é olhar um para o outro mas, cada um olhar um para o outro sem deixar de olhar para si mesmo”. Profissionalmente não fazermos o que gostamos ou os superiores não nos permitirem fazer da maneira que pensamos ser a mais correcta.

Quando continuamente vamos contra os nossos valores e princípios, contrariando-nos só para agradar a alguém que pensamos perder se lhe revelarmos realmente o que pensamos ser correcto!

Há um dia que não aguentamos mais e là vem a solidão, a necessidade de nos voltarmos a encontrar connosco mesmo! Ser coerentes com o nosso eu!

17


Adolescência A busca da independência A adolescência é por excelência um período de conflitos, incertezas, avanços e recuos. Nesta fase, os jovens procuram afirmar-se enquanto autónomos e independentes embora, muitas vezes, essas tentativas saiam frustradas e assistamos a regressões à imaturidade da infância ou a actos com consequências que o jovem não tinha conseguido prever. Enquanto pais, cabe-nos auxiliar o adolescente nesta busca pela sua independência de uma forma responsável. Esta é uma tarefa que tem início no dia do nascimento,

18

mas parece que é nesta fase que a disciplina que lhe procurámos incutir toda a sua vida é constantemente posta em causa. No fundo, é isto mesmo que se passa: Nesta fase o jovem já tem capacidade de pensar abstractamente e os conceitos de bem e mal adquirem uma importância vital. Já não basta a palavra dos pais. Surgem agora outros modelos e outras formas de ver o mundo e o jovem questiona-se sobre qual a forma correcta de agir e de encarar determinada situação, seja ela a que lhe foi transmitida pelos pais, ou qualquer outra alternativa.


O “porque sim” ou o “porque eu te digo” nunca foram boas estratégias educativas e é nesta fase que se vão revelar mais nefastos. É importante que os nossos filhos compreendam a razão porque lhes impomos determinado limite, ou porque lhes negamos algo que lhes parece ser uma excelente oportunidade. O intuito de disciplinar-mos uma criança é ensiná-la a reconhecer qual o caminho que percepcionamos como mais correcto a seguir, aquele que a manterá mais segura e feliz.

É também muito importante procurar continuar a ser uma parte central na vida do jovem mas, em simultâneo, darlhe o espaço necessário para encontrar a sua própria identidade.Uma boa forma de o fazer é ter a sua casa aberta aos amigos do seu filho e procurar conhecê-los e integrá-los no seio familiar. Desta forma, saberá com quem se relaciona, quais as actividades que gostam, quais as que os embaraçam e também fará com que o seu filho se sinta mais à vontade em casa e goste mais de passar tempo em família porque se sente aceite.

Se o adolescente não compreender qual a finalidade dos pais, irá revoltar-se contra as decisões que considera injustas e irá distanciar-se cada vez mais, deteriorando a relação familiar. Por conseguinte, é vital manter uma atitude aberta que permita conversar e debater todos os temas, dos mais triviais aos mais importantes. Mesmo quando pensar em recusar ou proibir uma determinada proposta, oiça os argumentos do seu filho e ofereça-lhe o seu entendimento da situação. Por o ouvir, não terá de mudar a sua decisão, a não ser que chegue à conclusão que, neste caso, ele até tem razão.

Seja como for, a adolescência é a época do desencontro entre pais e filhos, em que ambos se estranham e chocam como se não se amassem há mais de uma década. Mas esta é uma fase passageira e é sinal de que a criança que tanto acarinhamos, está a florescer e a tornar-se num adulto. Por isso, não desanime! E quando estiver prestes a perder a paciência, recorde a sua própria adolescência, a intensidade com que todos os sentimentos eram vividos, a busca por alcançar os ideais, a revolta contra as injustiças do mundo e também o conflito entre a necessidade de se tornar autónomo e a necessidade de afecto e de protecção. Sim, todos nós passámos por esta fase no caminho para o que somos hoje. Recordar o seu próprio percurso vai por certo ajudar o seu filho a traçar o seu.

Nesta fase, o adolescente irá procurar outros modelos fora de casa e passará grande parte do tempo num mundo só seu.

19


Herpes um pequeno grande inc贸modo 20


O herpes é uma infecção causada pelo vírus Herpes Simplex . O contacto com o vírus ocorre geralmente na infância, até aos 7 anos de idade, mas na maior parte dos casos a doença não se manifesta de imediato. O vírus atravessa a pele, percorre um nervo e instala-se no organismo de forma latente, até que venha a ser reactivado, surgindo na forma de herpes labial. A reactivação do vírus pode ocorrer devido a diversos factores desencadeantes, tais como: exposição à luz solar intensa, fadiga física e mental, stress emocional, febre ou outras infecções que diminuam a imunidade do indivíduo, nas mulheres é frequente que surjam lesões no período pré-menstrual. Algumas pessoas têm maior possibilidade de apresentar os sintomas do herpes. Outras, mesmo em contacto com o vírus, nunca apresentam a doença, pois sua imunidade não permite o seu desenvolvimento. As localizações mais frequentes para o seu aparecimento são os lábios e a região genital, mas o herpes pode aparecer em qualquer parte da pele. Uma vez reactivado, os sintomas desenvolvem-se normalmente da seguinte forma: Inicialmente o indivíduo sente ardor e comichão na zona onde, em seguida, irá surgir um conjunto de pequenas bolhas agrupadas sobre uma área avermelhada e inchada. Estas bolhas acabam por rebentar, libertando um líquido rico em vírus e formando uma ferida (é nesta fase que o risco de contágio é maior).

Finalmente, a ferida começa a secar, formando uma crosta e inicia-se a cicatrização. Habitualmente, este processo tem uma duração de entre 5 a 10 dias. O tratamento para o herpes deverá ser aconselhado por um dermatologista, podendo passar pela aplicação local de cremes, soluções ou toma de comprimidos, dependendo do caso em questão. Existem, no entanto, alguns cuidados que deverá tomar sempre que esteja perante um surto de herpes: - O tratamento deve ser iniciado assim que surjam os primeiros sintomas, pois o surto deverá ser de menor intensidade e duração; - Evite furar as vesículas; - Evite beijar ou falar muito próximo de outras pessoas, principalmente crianças, caso a localização seja labial; - Evite relações sexuais, no caso de localização genital; - Lave sempre bem as mãos após manipular as feridas, uma vez que a virose pode ser transmitida para outros locais do seu próprio corpo, especialmente as mucosas oculares, bucal e genital. - Evite partilhar objectos que possam estar em contacto com a lesão, tais como cigarros, copos ou talheres.

21


Drª Sandra Almeida Nutricionista

http://e-nutricionista.blogspot.com

e.nutricionista@gmail.com

Plantas que emagrecem

A fitoterapia é o estudo das plantas que podem ser utilizadas para tratamento e/ou prevenção de

22

algumas doenças. É uma arte muito antiga e existem

até no azeite pela sua acção na redução da absorção

diversos exemplos de componentes de plantas com

de colesterol.Em relação ao emagrecimento, existe

efeitos cientificamente comprovados, nomea-

uma enome variedade de suplementos alimentares,

damente os fitoestrogénios da soja pela sua acção

vulgarmente designados “produtos naturais”, que

nos sintomas da menopausa ou os fitoesteróis que

prometem uma perda de peso muito rápida e sem

são cada vez mais utilizados em leites, manteigas e

qualquer esforço! Mas “nem tudo o que luz é ouro”...


Um processo de emagrecimento deve ser sempre

frequentes em pessoas com excesso de peso, e algumas

baseado numa alimentação saudável e actividade física,

formas de cancro.

pois só assim se consegue perda de massa gorda e manutenção/ganho de massa muscular! Qualquer

Glucomanano

método de emagrecimento que promova perda de peso

Fibra obtida de uma planta japonesa que absorve água,

sem qualquer alteração a nível de hábitos alimentares

formando um gel espesso que preenche o estômago e

e de actividade física irá provavelmente provocar perda

diminui o apetite

de água e massa muscular e não de gordura, sendo este peso perdido facilmente recuperado (efeito iô-iô) e com

Garcinia cambodja

alguns perigos para a saúde!

Esta planta possui Ácido Hidroxicítrico (AHC) que

Assim sendo, os suplementos alimentares devem ser

interfere no metabolismo dos açúcares e das gorduras,

utilizados apenas como um complemento que facilite a

reduzindo o apetite, principalmente o apetite por

adopção de estilos de vida mais saudáveis.

doces, e diminuindo o armazenamento de gordura no organismo

Eis algumas plantas que podem ser utilizadas como coadjuvantes num tratamento de emagrecimento:

Ácido linoleico conjugado (CLA) Não se trata de uma planta mas de um ácido gordo

Alcachofra

essencial existente na carne e no leite. É cada vez mais

Planta diurética (aumenta o volume de urina,

utilizado nos tratamentos de emagrecimento pois reduz

diminuindo a retenção de líquidos), depurativa e

a massa gorda corporal-

desintoxicante (activa os mecanismos de limpeza do organismo, eliminando as toxinas acumuladas). Ajuda

Algumas destas plantas podem ser usadas como

também na metabolização de gorduras, diminui o

infusões, outras existem na forma de ampolas ou

colesterol e protege o fígado.

cápsulas à venda em farmácias, parafarmácias ou ervanárias. Apesar de serem “produtos naturais”, estes

Cavalinha, barbas de milho, pés de cereja

não são totalmente inofensivos e existem situações em

Plantas diuréticas muito úteis na retenção de líquidos

que não devem ser utilizados. Antes de tomar qualquer tipo de suplemento, informe-se sempre com o seu

Chá verde, vermelho e branco

médico, nutricionista ou farmacêutico.

São diferentes formas de utilização da planta do chá (Camellia sinensis) e têm propriedades semelhantes:

Na próxima edição, falarei sobre o “mal amado” pão:

estimulam o metabolismo ajudando a “queimar” mais

- será este o maior erro alimentar dos portugueses?

calorias e são muito ricos em antioxidantes que

- devemos eliminar a ingestão de pão para emagrecer?

protegem contra as doenças cardiovasculares, tão

- o que devemos colocar no pão?

23


Especial

Stress

24


O stress faz definitivamente parte do nosso dia-a-dia. É comum dizermos que “andamos stressados” ou atribuir

Por conseguinte, é bastante intuitivo perceber que, se mantivermos níveis de stress elevados por um

a culpa de alguma distracção ao stress. Todos sofremos, com maior ou menor intensidade, a influência do stress,

período prolongado, os efeitos destas alterações vão causar danos no nosso organismo. O mais imediato

sendo este considerado um dos grandes males da nossa época.

dos quais é a exaustão, mas a longo prazo podem desenvolver-se toda uma série de perturbações do

À medida que o stress se foi tornando cada vez mais

aparelho digestivo, problemas de infertilidade, hipertensão arterial e inúmeras outras perturbações.

frequente nas nossas vidas, a investigação do stress também se foi expandido e, hoje, é uma área de

O que podemos fazer?

conhecimento riquíssima, abrangendo todos os aspectos do funcionamento do organismo e que nos dá pistas muito

Podemos aprender a controlar activamente os nossos

importantes acerca do impacto que o stress tem sobre nós e como podemos proteger-nos dos seus malefícios.

níveis de stress e, desta forma, defender-nos dos seus efeitos. Para isso, necessitamos apenas de tirar algum

Longe de ser uma invenção recente, o stress está presente

tempo para ouvirmos o nosso organismo e aprendermos a conhecer-nos um pouco melhor.

na vida de todos os seres vivos, desde o surgimento das espécies. A título de exemplo, lembremos o stress sentido

A primeira etapa é descobrir a forma como o stress

por um animal ao ver aproximar-se um predador, ou do homem primitivo quando via ameaçada a sua

nos afecta pessoalmente, pois não reagimos todos de forma idêntica.

sobrevivência. A razão pela qual o stress se tornou um assunto tão importante nas últimas décadas passa,

Na caixa de texto da próxima página, irá encontrar

sobretudo, pela alteração do nosso estilo de vida para um modo muito mais sedentário, pela mudança dos factores

alguns dos sintomas mais comuns. Procure identificar os seus próprios. Até pode pedir ajuda a alguém que

que nos stressam e principalmente pela forma como reagimos a esses stressores.

o conheça bem. Uma vez elaborada a sua lista de sintomas, utilize-a como um guia para avaliar o seu

A resposta fisiológica ao stress é adaptativa e serve o

grau de stress e saber quando necessita de colocar um travão na forma como está a viver o seu dia-a-

propósito de nos pôr a salvo .Por exemplo, é o que nos faz sair rapidamente do meio de uma estrada quando

dia.

ouvimos uma buzina, ou nos faz trabalhar rapidamente num projecto mesmo em cima do prazo de entrega. De uma forma bastante simplificada, a resposta fisiológica ao stress é despoletada perante uma ameaça percepcionada pelo indivíduo. É através de diversas alterações químicas e hormonais, que o corpo faz as alterações necessárias para concentrar toda a energia disponível nos sistemas necessários para agir rapidamente (os músculos efectores, os sentidos…), suspendendo para isso, outras funções que não são vitais naquele momento, tais como a digestão, o crescimento ou a capacidade de reprodução.

25


Sintomas mais comuns de stress Sintomas Físicos - Dores de cabeça - Tonturas - Tensão dos músculos da face (cerrar os dentes, ranger os dentes…) - Dores no peito, palpitações, falta de ar -Náuseas, vómitos, azia, indigestão, cólicas, diarreia, prisão de ventre - Tremores (por exemplo, nas mãos), punhos cerrados - Agitação, inquietação - Perturbações do sono (dificuldade em adormecer, interrupção do sono e/ou despertar madrugador) - Fadiga, fraqueza, perda de apetite - Perda de interesse sexual - Constipações, gripes e infecções respiratórias frequentes - Agravamento de situações já existentes como enxaquecas, colites, úlceras e asma

Sintomas Mentais e Emocionais - Redução da concentração e aumento dos esquecimentos - Diminuição da capacidade de decisão e do sentido de humor - Pensamentos rápidos e aleatórios, falhas de memória e confusão - Ansiedade, nervosismo e tensão - Depressão, tristeza e infelicidade - Medo, preocupação, pessimismo - Irascibilidade, impaciência, raiva, frustração - Apatia, indiferença, falta de motivação

Sintomas Comportamentais - Agitação, movimentos acelerados, inquietação - Consumo compulsivo de álcool, tabaco e/ou comida - Roer as unhas, bater o pé, abanar o joelho - Gritar, culpar, praguejar - Chorar, soluçar, sentir-se à beira das lágrimas Fonte: Posen, D., O Pequeno Livro do Stress, Lua de Papel

26


controladas, poderão ser enfrentadas de duas formas: se possível, procure evitar a situação. Caso contrário, aceite-a como ela é e centre-se nas outras fontes que pode alterar. Deter-nos a pensar sobre situações que não podemos mudar, só contribui para o aumento dos nossos níveis de stress e não irá levar a nenhuma alteração positiva, já que a mudança não está nas nossas mãos. A terceira etapa consiste em desenvolver um conjunto A segunda etapa passa por reconhecer quais a nossas

de técnicas anti-stress, criar o nosso próprio refúgio onde possamos compensar as agressões e

fontes de stress. Há sem dúvida coisas que nos stressam que não podemos controlar – Problemas no trabalho

contrariedades do dia-a-dia. Para diferentes pessoas, o método passa por estratégias completamente

ou nas relações pessoais, medo da criminalidade, problemas financeiros, doença de alguém próximo, ou

diferentes. Pode representar uma ida diária ao ginásio, a pratica de meditação, tirar algum tempo do dia para

mesmo acontecimentos felizes como casamento, nascimento de um filho ou mudança de emprego – estas

simplesmente estar sozinho e passear, ler ou mesmo fazer uma sesta.

são consideradas fontes externas de stress.

Dependendo das suas fontes de stress e dos sintomas, pode precisar de desenvolver uma estratégia mais

Por outro lado, existem fontes internas de stress, que mais facilmente podemos modificar em nosso proveito

definida como frequentar um curso de treino de assertividade, gestão de conflitos, gestão de tempo ou

como hábitos de vida: excesso de cafeína, tabaco, drogas, falta de descanso, má nutrição; excesso de horas

mesmo de stress. Pode também passar pela procura de apoio psicológico para aprender a identificar as

de trabalho; despesas excessivas; isolamento social, falta de envolvimento e características psicológicas que

características que o tornam mais propenso ao stress e desenvolver novas estratégias.

nos tornam mais propensos ao stress, tais como, interpretações negativas dos acontecimentos,

Cada indivíduo é único, assim como cada caminho

expectativas irrealistas, crenças rígidas, tendência a tomar os problemas dos outros como sendo seus, entre

também o é. Não existe uma fórmula que funcione de forma igual para todos. Cabe-nos a nós trabalharmos

outros. Nesta etapa, vamos dividir uma folha de papel ao meio

para identificar as nossas limitações e aprender a desenvolver novas abordagens que nos façam sentir

e listar num dos lados as nossas fontes de stress externas e no outro as internas. Analise em primeiro lugar as

melhores connosco próprios.

fontes de stress internas. Em que aspectos estas características estão a ajudar a sua vida? O que pode fazer para as eliminar? Vá percorrendo ponto por ponto a identificar estratégias para fazer face a estes aspectos. Em seguida, passe para a coluna das fontes externas e analise cada um dos factores. Quais deles são mesmo fontes externas e quais são fontes internas disfarçadas que podem passar para a respectiva coluna? A fontes que são realmente externas e que não podem ser

Se estiver interessado em aprofundar este tema, e tentar diferentes estratégias de combate ao stress, recomendamos a leitura do livro O Pequeno Livro do Stress de David Posen (editora Lua de Papel).

27


Hipocondria viver com o medo da doença

A Imaginação é um processo mental superior vital que envolve inúmeros aspectos da nossa mente como a memória e a criatividade. É sem dúvida fundamental para o nosso bem-estar psicológico e deve ser, por isso, estimulada. 28


A Hipocondria é uma perturbação que se caracteriza por uma extrema preocupação com a saúde, acompanhada

Muitas vezes, esta busca serve apenas para aumentar os níveis de ansiedade dos indivíduos e a sua crença de

de um forte receio de sofrer de uma doença grave. As pessoas que sofrem desta perturbação consultam muito

que existe algo de gravemente errado consigo, pois na grande maioria dos casos, a informação publicada não

frequentemente vários médicos e submetem-se a exames por vezes dolorosos mas, no entanto, não

é de fonte fidedigna e, mesmo quando o é, o diagnóstico de determinada doença deve ser sempre deixado a cargo

encontram conforto perante a ausência de um diagnóstico.

exclusivamente de um médico treinado para o efeito, pois o que aparenta ser o mesmo conjunto de sintomas,

Apesar de ser encarada levemente pelo senso comum, a

pode configurar dois quadros tão distintos como, a título de exemplo, uma situação de enxaqueca recorrente e a

“mania das doenças”, como é muitas vezes apelidada, é um quadro clínico do espectro das perturbações de ansiedade, tão sério como qualquer outro diagnóstico e, afecta significativamente a vidas dos sujeitos que dela padecem. Esta perturbação é tão frequente em homens como em mulheres e pode ser encontrada em pessoas de todas as idades e grupos sociais. Os sintomas são reais – dores de cabeça, náuseas, dores de barriga, tonturas, fadiga, etc. – mas são vivenciados como mais graves do que realmente são. O tipo de queixa pode ser estável ou variar ao longo do tempo e, tanto podem tratar-se de queixas vagas como específicas.

existência de um tumor cerebral. Outro aspecto importante neste quadro, é que os individuos que padecem de Hipocondria, tendem a automedicar-se, de forma desadequada e/ou excessiva, prática bastante perigosa, e que leva muitas vezes a que se desenvolvam novas queixas, sobretudo a nível digestivo, que por sua vez vão contribuir para reforçar a crença de que algo de errado se passa.

O tratamento da Hipocondria requer um empenho activo, por parte do paciente, e pode ser demorado. No entanto, com um acompanhamento psicológico adequado, a pessoa torna-se capaz de identificar e reduzir a sua ansiedade e de ter uma sólida consciência

A Hipocondria tem tido, nos últimos anos, a Internet como grande aliada, sendo até já apelidada de

corporal que lhe vai permitir distinguir uma sensação de mal-estar específico de uma doença grave. O

Cibercondria, uma vez que os indivíduos com esta perturbação tendem a procurar em sites de saúde,

primeiro, e mais importante, passo é a tomada de consciência da perturbação e a procura de auxílio.

doenças que se enquadrem nos seus sintomas.

29


Pernas Cansadas Cuidados EspecĂ­ficos 30


Pernas cansadas, tornozelos inchados, varizes e derrames… Quem sofre destes problemas sabe que é no Verão que se agravam. Aqui ficam alguns conselhos práticos que o vão ajudar a ultrapassar este desconforto: – Evite estar muito tempo parado de pé ou sentado sem mexer as pernas. Se a sua profissão é muito sedentária, procure colocar um pequeno apoio por baixo dos pés e, nos momentos de pausa, aproveitar para andar um pouco. – Se não puder andar, faça movimentos com os pés, rodando os tornozelos, como se estivesse a fazer o aquecimento para uma prova desportiva. Desta forma, ao contrair os músculos, vai ajudar a circulação do sangue. Andar em bicos dos pés também ajuda. – Não cruze as pernas quando se senta. Ao fazê-lo, está a aumentar a pressão na perna que fica em baixo. – O uso de meias elásticas, ou as chamadas meias de descanso, ajudam a prevenir o aparecimento de varizes. Mas tenha atenção às meias demasiado apertadas e evite usá-las nos períodos de calor intenso. – Descanse com as pernas elevadas, mas não as ponha em cima de almofadas porque, com o peso, as próprias almofadas cedem e comprimem as pernas. Além disso, as almofadas acabarão, eventualmente, por cair ao chão durante a noite. Experimente elevar o colchão, cerca de 20 centímetros, colocando debaixo dele uma manta dobrada. Vai ver que fica mais confortável. É importante que os pés fiquem ligeiramente mais altos do que o coração.

– Escolha calçado confortável, que deixe o pé à-vontade e que não interfira com a postura correcta da coluna vertebral – como acontece com os saltos excessivamente altos, em voga entre o sexo feminino. Sobre este aspecto particular, existe a ideia de que os sapatos rasos são sempre os mais aconselháveis, o que só é verdade para os homens. As mulheres devem usar calçado com cerca de três a quatro centímetros de altura na sola – Se fuma, considere a hipótese de deixar. O consumo de tabaco, para além de todos os malefícios que lhe estão associados, prejudica também a fluidez do sangue no retorno venoso para o coração, agravando o problema a quem sofre de varizes. – Pratique exercício físico regularmente, mas com moderação, sem cair em exageros, que são igualmente prejudiciais. Passear, andar de bicicleta e correr são actividades benéficas, mas sempre de acordo com a sua condição física. De todos os desportos, a natação é a melhor escolha para quem tem insuficiência venosa. Proporciona bons exercícios para as pernas e com a vantagem de serem feitos horizontalmente na água que, para além de ser fria, reduz a pressão do peso do corpo. – No Verão, se for à praia, vá para a beira-mar e deixe as ondas aplicarem-lhe uma hidromassagem nas pernas. Quando voltar para a toalha, não se exponha demasiado ao sol. Se, com as varizes, as veias já ficam dilatadas, o calor ainda as dilata mais. Tenha o cuidado de ir molhando as pernas para as manter frescas. Fonte:site Médicos de Portugal

– Promova uma dieta equilibrada, evite os alimentos fritos e a acumulação de gorduras, que podem dificultar a circulação sanguínea. A alimentação saudável diminui também o risco de excesso de peso. Quanto mais peso tiver mais pressão exerce sobre as suas pernas, mais dificuldade sente na locomoção e na prática de exercício físico. – Beba bastante água – cerca de 1,5 litros por dia – para tornar o sangue menos denso e, assim, facilitar o seu fluxo no sistema venoso. – Evite usar vestuário apertado. Aconselham-se roupas largas, que facilitem os movimentos e deixem respirar a pele.

31


Drª Dina Caetano Alves Linguista, Terapeuta da Fala e Docente na Esc.Sup.Saúde Egas Moniz

www.relicariodesons.com

dina@relicariodesons.com

A Influência dos Hábitos Orais no Desenvolvimento da Fala

32

A presença de hábitos orais é muito comum em crianças.

Alguns destes hábitos fazem parte do desenvolvimento

Estes consistem em comportamentos que envolvem a

normal oral da criança e são essenciais.Desta forma, a

cavidade oral nomeadamente a língua, os lábios, o palato

exercitação dos músculos da língua, lábios e

(céu da boca), os dentes, as bochechas. Entre os maus

bochechas, inerente ao processo de sucção durante o

hábitos mais comuns, destacam-se a sucção de dedos e/

aleitamento, é essencial para o estabelecimento de

ou língua e/ou dos lábios, o uso prolongado do biberão

um padrão correctode respiração e de deglutição

e/ou da chupeta, a respiração bucal, a onicofagia (roer

(mastigar e engolir).

unhas), o briquismo (apertar os dentes com força), o

Além disso, previne também a emergência de

bruxismo (ranger os dentes), a mordida de objectos ou

alterações da fala, uma vez que as estruturas

até de partes internas da boca.

envolvidas na fala são as mesmas que as envolvidas


no processo da deglutição. Assim, em caso de desequilíbrio muscular ou de alteração das estruturas da cavidade oral, podem surgir dificuldades na produção dos sons da fala.

Estes problemas surgem quando esses hábitos orais se prolongam para além da idade normal ou quando se desenvolvem padrões de mastigação atípicos (mastigar pouco, mastigar só de um lado, amolecer o

Compreender estas alterações, procurar as suas causas,

alimento com a língua em vez de o triturar, etc.).

prevenir e evitar os seus efeitos é importante para o desenvolvimento da criança, pois a persistência destas

Desta forma, o uso prolongado da chupeta (além dos

dificuldades resultarão provavelmente em alterações da

2 anos de idade) poderá interferir no desenvolvimento

fala em idade adulta (ex: “sopinhas de massa”).

da musculatura oral e comprometer a produção de sons como: (i) /t/ (tigre), /d/ (dado), /n/ (nota), /r/

O meio de comunicação mais utilizado na sociedade é a

(cara, cor), /l/ (lata, animal), /s/ (sapo, cinto, massa) e

linguagem oral, transmitida através da fala, estando por

/z/ (zebra, casa), caso este hábito tenha afectado a

isso à mercê da avaliação de todos. Assim, um padrão

tonicidade e/ou mobilidade do apíce da língua (ponta

de fala alterada poderá afectar as relações sociais

da língua); (ii) ou de sons como /S/ (caixa, chapéu,

(pessoais e profissionais), chegando a constituir um

lápis), /Z/ (jarro, gema, fantasma), /L/ (palhaço), /J/

factor de exclusão em contextos profissionais, por alguns

(ninho), caso tenha afectado a tonicidade e/ou

perfis requererem elevadas capacidades de

mobilidade do corpo da língua.

comunicação oral.

33


Exercício

Tai Chi Chuan O que é o Método Pilates? O Tai Chi Chuan ou Yoga Taoista é uma modalidade oriental, proveniente da China, que faz parte das actividades que harmonizam corpo e mente, tais como o Yoga, o Pilates e o Bodybalance. É conhecida no ocidente como “arte de meditação em movimento” e os movimentos flexíveis e lentos do Tai Chi Chuan promovem a harmonização das energias Yin e Yang através da coordenação entre consciência e respiração, liberta as tensões corporais e o seu efeito terapêutico faz-se sentir tanto sobre a sua saúde física como sobre a sua saúde mental.

Quais os principais benefícios? - Corrigir e fortalecer a postura, aumentar a flexibilidade das articulações e tonificar os músculos, - Contribuir para uma maior irrigação sanguínea, - Melhorar e estimular o funcionamento dos órgãos internos, tais como o coração, o fígado e o aparelho digestivo,

34

- Estimular a memória e concentração aprendendo a bloquear os pensamentos negativos do dia-a-dia, - Estabelecer uma harmonização com o seu Eu interior, o que conduz para um aumento da sua auto-estima, confiança, atitude e melhor relacionamento com o próximo.

Quem pode praticar? É um desporto de baixo impacto, anaeróbico, sem contraindicações, podendo ser praticado por todas as pessoas de todas as idades. O Tai Chi Chuan é especialmente indicado para aqueles cujo estilo de vida é muito exigente, activo, stressante ou, por outro lado, cujo estilo de vida é muito sedentário. Os exercícios no Tai Chi Chuan podem ser realizados de forma vigorosa, destacando mais o seu aspecto marcial, ou de uma forma lenta e terapêutica, para fins de saúde e de relaxamento. O Tai Chi Chuan revela-se uma modalidade muito completa, dado que concilia a parte física, a mental e a espiritual. O Tai Chi Chuan é uma excelente modalidade, especialmente indicada para quem procura a Harmonia, o Equilíbrio, a Tranquilidade e o Bem-Estar.


A Relicário de Sons é uma empresa de prestação de serviços de saúde em Terapia da Fala e áreas afins. Além desta vertente, a Relicário de Sons adicionou à sua actividade clínica, a tradução e/ou adaptação, bem como a concepção e o desenvolvimento de materiais especializados, em e para o Português Europeu, que visam a estimulação e a reabilitação da linguagem não verbal e verbal (oral e escrita), quer para fins didácticos como terapêuticos, dada a carência de instrumentos sentida pelos profissionais que intervêm nessas áreas. Assim, os materiais desenvolvidos ou adaptados assentam numa metodologia de conciliação do objectivo de apoio e intervenção no âmbito da linguagem, com o cumprimento das regras e critérios linguísticos considerados relevantes para os diferentes objectivos terapêuticos e/ou didácticos delineados, tendo sempre como referência a língua-alvo.

Conheça os nossos serviços e materiais!

Visite-nos e registe-se em www.relicariodesons.com Contacte-nos para geral@relicariodesons.com


DrÂŞ Ana Paula Guerreiro Medicina Tradicional Chinesa

http://mtc-anaguerreiro.blogspot.com

anaguerreiro.ag@gmail.com

Emagreça onde quiser! 36


Em princípio, todas as desarmonias da nossa saúde Na MTC, ajuda-se o paciente a emagrecer de forma podem ser ajudadas pela Acupunctura. No universo da saudável e duradoura. Para além do equilíbrio do estética, a Medicina Tradicional Chinesa (MTC) têm um funcionamento dos órgãos internos, também será dada contributo imprescindível, abraçando a conhecida frase atenção ao emocional, para que seja mais fácil embarcar “A Beleza vem de dentro”.

numa das mais difíceis aventuras no mundo da estética, a redução de peso sem frustrações nem recaídas. O factor

A teoria da MTC baseia-se nos princípios bioenergéticos ansiedade é por vezes um dos maiores obstáculos. da saúde, e na integração e relacionamento do ser humano com o meio envolvente. É dada extrema importância às relações corpo/mente e saúde/beleza.

A vertente mais nobre de um tratamento de beleza, qualquer que seja, deverá passar por uma integração de terapêuticas que visem o “resgate” das condições fisiológicas internas, assim como por uma boa desintoxicação, tal como falei no artigo anterior. Por exemplo, ingerir grandes quantidades de alimentos picantes em pleno verão, relembrando a afamada No entanto, o facto de termos um “pneuzinho” mais pimenta de Caiena usada nalgumas curas de resistente, não implica que tenhamos que fazer um emagrecimento, poderá levar-nos a um estado instável regime geral de emagrecimento. que provocará uma certa fraqueza no coração, inquietação e inclusive sudorese elevada. Explicado à luz O sucesso da acupunctura estética no emagrecimento da MTC, o coração ao tentar inibir a energia do pulmão localizado, passa pela utilização de um sistema de que é exacerbada pelo picante, encontra uma barreira electroestimulação em que o principal objectivo será que o fará debilitar.

fazer uma estimulação maior na zona onde se quer perder gordura. Será sempre realizado em cada

Geralmente quando as pessoas estão com um maior grau de ansiedade, tendem a comer em maior quantidade

tratamento um conjunto de procedimentos que visem o aperfeiçoamento da condição saudável do paciente.

para compensar estados emocionais de carência e frustração. Não devemos misturar as coisas; convém lembrar que a circunstância de ingerir alimentos com sabor agradável é apenas momentânea e que a emoção que está a causar a perturbação não vai desaparecer por nos irmos “empanturrar” de guloseimas.

Deixo-vos então um alerta muito importante acerca da nossa preocupação constante em não engordar; mais do que isso, deixo-vos um pouco do conhecimento do processo da MTC que poderão mostrar-vos uma nova receita de saúde emocional e peso na medida certa.

37


Produtos A Oleoban vai dar continuidade à criação de novos produtos e lançou recentemente o Oleoban Pés

Secos, uma novidade da gama, ideal para a hidratação e nutrição dos pés secos e sensíveis, com tendência a formar calosidades.

Este novo produto integra a linha Oleoban já composta por Creme, Derma, Duche (250 e 500 ml), Banho (250 e 500 ml), Gel, Sólido e pelo Oleoban Creme de Mãos, lançado em Março deste ano.

Pelo segundo ano consecutivo, os Essenciais Mitosyl® voltam a ajudar a instituição de solidariedade social Ajuda de Berço. Durante todo o ano, a Ajuda de Berço

O Oleoban Pés Secos surge numa embalagem bastante prática, atractiva e dentro da linha que caracteriza toda a gama de produtos.

pode contar com os Essenciais do Mitosyl®, uma linha de produtos de higiene que protegem e cuidam da pele das crianças mais pequenas. Os produtos consistem em Gel de Corpo e Cabelo, embalagens de Toalhetes, Água

Assim sendo, a Oleoban, marca de referência nos

de Limpeza, embalagens de Leite Hidratante e

cuidados da pele, ao dispor dos portugueses há mais

embalagens de Mitosyl® Pomada.

de 20 anos por intermédio do Laboratório Medinfar é aconselhada por diversos profissionais de saúde no tratamento da pele seca,s ensível e desidratada e encontra-se à venda em farmácias e parafarmácias.

Para assinalar a renovação de apoio de mecenato dos Essenciais do Mitosyl® à Ajuda de Berço, realizou-se um Piquenique Solidário em Lisboa que contou com a presença de várias mães e pais famosos, acompanhados pelos seus filhos. Os participantes foram convidados a colaborar com a Ajuda de Berço, através da oferta de roupas e brinquedos, uma iniciativa que reuniu centenas de produtos, roupas e brinquedos, que já foram entregues na Ajuda de Berço.

Esta associação, fundada em 1998, dá apoio a mulheres grávidas sem condições e aos filhos delas nascidos; bem como o acolhimento e encaminhamento de crianças entre os 0 e os 3 anos de idade que não possam viver com os pais ou familiares.

38


Produtos Os Laboratórios Diadermine, em colaboração com o

Dr. Peter Caspari - especialista em tratamentos dermoestéticos e métodos anti-idade, desenvolveram no inicio deste ano uma nova gama de cuidados anti-idade direccionada para um público-alvo específico: mulheres com mais de 30 anos que procuram produtos de altaperformance e na vanguarda da investigação científica e dermatológica para os cuidados anti-idade. Depois deste lançamento, a marca apresenta agora o site português www.caspari.diadermine.pt, informativo e interactivo, onde as consumidoras podem obter todas as informações de que precisam para parecerem até

Pandiómega com Ómega 3 e sabor a Laranja, é o novo

10 anos mais jovens.

produto da linha Pandi da Farmalife Infantil, que actua na promoção do desenvolvimento cerebral das

Neste site poderá, por exemplo , realizar um diagnóstico

crianças e melhora o seu rendimento intelectual.

que lhe permitirá conhecer melhor a sua pele. Pandiómega é composto por extracto concentrado de Dr. Caspari exclusivo para Diadermine é a primeira gama

Óleo de Peixe Ómega 3, que pela sua composição

de cosmética que tira partido de uma variedade de

natural contribui para a aprendizagem, a concentração

aspectos do tratamento dermo-cosmético, garantindo-

e memória, estabilidade emocional e o reforço das

lhe - em apenas em seis semanas de uso regular da gama

defesas imunitárias nas crianças.

completa Dr. Caspari - uma pele que parece até dez anos mais jovem.

Segundo estudos realizados, a administração de Ácidos Gordos Essenciais Ómega 3 em bebés leva a um desenvolvimento

cognitivo

mais

rápido,

nomeadamente na capacidade de reconhecer objectos, compreender palavras e desenvolver a fala. Também ao nível do sistema nervoso e da acuidade visual, os Ómega 3 são essenciais aos bebés.

Indicado para crianças desde os 3 meses aos 12 anos, Pandiómega é apresentado em frasco de 150 ml, e deve ser tomado 3 vezes ao dia depois das refeições.

39


Qual a massagem para si? Existem cerca de 60 tipos de massagens à sua disposição, por isso, cabe-lhe a si conhecer um pouco deste maravilhoso mundo e descobrir quais os tipos que melhor se adaptam a si e à finalidade que procura atingir com a massagem. Em linhas gerais podemos falar em 4 categorias diferentes de massagens, de acordo com as suas finalidades: - TERAPÊUTICA (tratamento de dores e disfunções) - PREVENTIVA (relaxamento, manutenção, ...) - DESPORTIVA (aquecimento, relaxamento, recuperação)

40

- ESTÉTICA (embelezamento, modelagem, drenagem) Dentro de cada uma destas categorias existem inúmeras técnicas, oriundas dos mais variados países. Aqui fica uma breve descrição de alguns tipos de massagem mais conhecidos para que possa iniciar a sua busca pela sua técnica ideal. Adicionalmente, peça opinião a amigos que já tenham experimentado, faça pesquisa ou fale directamente com um massagista profissional. A melhor forma de descobrir a massagem ideal para si, é ir experimentando até acertar.


Massagem Anti-Celulite É uma massagem vigorosa, devendo utilizar-se os melhores cremes anti-celulite, capazes de estimular a circulação venosa e linfática. Após alguns dias de tratamento nota-se o efeito “casca de laranja” a desaparecer e a pele a ficar mais firme, bem como uma redução de volume da região tratada. As manobras deste tipo de massagem favorecem a penetração destas substâncias naturais que vão provocar uma acção anti-celulitica e uma melhoria em todo o sistema circulatório. Esta massagem é também indicada para quem acabou de remover a celulite por outros métodos como sejam a Endermologia, a Mesoterapia ou a Lipoescultura e que quer fazer uma prevenção para que a celulite não se volte a instalar facilmente.

Massagem Anti-Stress Designa-se normalmente por Massagem Anti-Stress a utilização de um conjunto de técnicas oriundas de várias terapias manuais com preferência para manobras de deslizamentos e compressões. Esta massagem é utilizada com o objectivo de libertar tensões nas articulações, promover o relaxamento geral e eliminar o stress acumulado. Será muito difícil de encontrar o mesmo tipo de Massagem Anti-Stress em locais diferentes porque depende muito do terapeuta e das orientações do próprio local onde se executa esse tipo de massagem. Basicamente é uma massagem de relaxamento que utiliza técnicas de outros tipos de massagem.

A prática da Massagem Ayurvédica deve ser realizada sobre um tatami (um pequeno colchão com espessura não superior a 5 cm), colocado no chão e forrado com um lençol. A prática da massagem no chão facilita a realização de todos os movimentos e possibilidades que a massagem oferece, além de não cansar o terapeuta. Após uma sessão de Massagem Ayurvédica, o paciente sente-se com uma sensação de frescura, leveza e tranquilidade, cheio de energia, paz e luz.

Massagem Geotermal A Terapia Geotermal é um inovador conceito terapêutico. Esta terapia baseia-se num equilíbrio harmonioso entre o corpo humano no seu todo e a energia natural que a natureza nos oferece. Reúne importantes benefícios físicos, psicológicos e emocionais. É uma simbiose da geoterapia, termoterapia e massoterapia. Esta terapia ultrapassa a experiência física de massagem típica. O uso de pedras quentes ou frias numa terapia e usadas em distintas zonas corporais está comprovado que actua de forma positiva e com melhoras reais, onde o equilíbrio bioenergético se reinstala e fortalece o Ser no seu todo. A interacção energética é conseguida compreendendo a teoria da polaridade, onde se restabelece o fluxo natural da energia vital. Pretende-se, assim, conseguir desbloquear pontos cruciais a nível do sistema nervoso, músculo-esquelético, sacro-craniano, e consecutivamente, reparar e manter a saúde integral.

Massagem Ayurvédica É uma das mais tradicionais da Índia, é a terapia complementar associada à Medicina Ayurvédica, de raízes milenares na Índia e que engloba todos os aspectos da saúde física, mental e espiritual das pessoas. Esta prática tem seguramente mais de 5.000 anos de aplicação e consiste numa técnica de massagem profunda que alia movimentações vigorosas em toda a massa muscular conjuntamente com manobras de tracção e alongamento, além da estimulação de pontos e orgãos vitais (energizandoos se estiverem bloqueados e controlando-os se estiverem hiperactivos). Na Massagem Ayurvédica são usados determinados óleos naturais especiais, aquecidos à temperatura ambiente ou ligeiramente superior, escolhidos de acordo as características psico-físicas de cada pessoa, conforme o respectivo dosha (Vata Dosha, Pitta Dosha ou Kapha Dosha).

Para aprofundar este tema, recomendamos uma visita à pagina www.portalmassagem.com que é fonte da informação técnica contida neste artigo e onde poderá encontrar recursos diversos nesta área.

41


A sua E-zine de Saúd

geral@revistaequ Escreva-nos para nos dizer que temas gostaria que abordássemos.

Ajude-nos a criar a nossa agenda de eventos. Indique-nos workshops, formações, palestras e outros encontros, relevantes para a área da saúde , que vão ocorrer na sua zona.

Pode também colocar as suas questões directamente aos nossos especialistas.

Faça parte des


de e Bem-estar

uilibrio.com.pt

ste projecto!

Se é profissional desta área e gostaria de colaborar connosco, dê-nos a conhecer a sua ideia!

Indique-nos outras páginas de interesse para as podermos dar a conhecer a outros leitores.

A sua opinião é importante para nós, envie-nos as suas sugestões, comentários e criticas!


Gest達o de Tempo Parte 2

Aproveite os tempos mortos

44


Nesta 2ª parte do nosso Dossier sobre Gestão de Tempo iremos abordar os Tempos Mortos e como começar a tirar partido deles em nosso proveito.

Se habitualmente for a conduzir, também pode pôr estas ideias em prática no trânsito. Basta utilizar um gravador de voz.

Quando falamos em Tempos Mortos referimo-nos a certos momentos do dia em que nos vemos parados por forças externas e que são muitas vezes fontes de irritação e atrasos. Não devemos confundi-los com os tão vitais tempos de pausa, aos quais não só temos direito, como muitas vezes lhes devemos a nossa sanidade!

Os tempos mortos no trabalho são ideiais para fazer arrumações e deitar fora tudo o que já não necessita e que serve apenas de distracção (incluindo a sua caixa de emails…). Pode também utilizá-los para colocar por escrito ideias de projectos que gostaria de levar à consideração superior, mas que nunca tem tempo para começar. Outra forma de optimizar estas interrupções é usá-las para manter em dia os seus contactos profissionais, através de mensagens ou telefonemas. Os computadores do escritório foram a baixo? Socorrase do velho papel e caneta e comece a redigir aquele relatório, levará menos tempo a transcrevê-lo mais tarde do que se começasse de raiz. Ou então avance com a lista das compras do supermercado, itens para levar para as férias ou mesmo a lista dos presentes de natal. Já agora, aproveite e reveja a agenda para saber se não se esqueceu do aniversário de algum amigo.

Os tempos mortos mais comuns são as viagens de transportes públicos, as salas de espera (para consultas ou reuniões…), os tempos de espera por contactos, emails ou projectos sem os quais não podemos avançar nas nossas tarefas. Dispomos de uma quantidade limitada de tempo por dia mas, se utilizarmos alguns destes truques, podemos libertar tempo para outras actividades. Assim, aprenda a tornar estes momentos em aliados e descobrir-se-á com um sorriso nos lábios sempre que tiver de esperar pelo dentista! As viagens diárias nos transportes públicos podem facilmente transformar-se na sua zona de gestão de tempo. Leve consigo a agenda e aproveite para, de manhã rever as tarefas que tem pela frente durante o dia e ordena-las por prioridades – irá surpreender colegas e superiores pela eficiência!. Ao fim do dia, aproveite para planear o dia seguinte e deixar as ideias pendentes no papel. Deste modo, chegará a casa com a cabeça liberta das preocupações do trabalho. Outra forma de aproveitar estas viagens é usá-las como momentos anti-stress, lendo ou ouvindo as suas músicas preferidas. Até pode combinar ambos os aspectos: ouvir música e planear as actividades do dia.

Por ultimo, as salas de espera. Estes são lugares tão mal vistos e com tanto potencial…. Assentos confortáveis (na maioria dos casos), tempo de sobra e sossego. – Este é o lugar privilegiado para por em prática uma série de tarefas mais demoradas: rever relatórios, tratar das suas finanças, actualizar registos, ler um bom livro, ou simplesmente deliciar-se a meditar e a relaxar. Quando tiver agendada uma consulta ou reunião no exterior, nunca saia de casa desprevenido – decida, à partida, como irá usufruir do tempo de espera caso este surja. A chave da Gestão de Tempo, como de tantos outros aspectos da nossa vida, é a nossa atitude face a determinada situação. Experimente pôr em prática algumas destas sugestões e verá que não só irá libertar tempo precioso como não se sentirá tão incomodado com os tempos mortos.

45


Livros Manual de Primeiros Socorros Como lidar com: - Quedas e fracturas - Picadas de insectos e irritações da pele - Cortes e arranhões - Sufocação - Queimaduras - Intoxicação Esteja preparado para qualquer emergência! Responder correctamente a uma emergência, seja ela grande ou pequena, faz toda a diferença. Este Manual de Primeiros Socorros ajudá-lo-á a tratar desde pequenos cortes e arranhões a queimaduras e fracturas ósseas, assim como a: - aplicar as manobras de RCR; - organizar um estojo de primeiros socorros funcional; - determinar o que é um caso de emergência e quando deve chamar o 112; - fazer e fixar uma tala; - socorrer intoxicações e sufocações; - criar um plano de emergência para a sua casa; - lidar com lesões por corrente eléctrica, alergias, hemorragias nasais, quedas e muito mais...

Proteger os nossos filhos

Todos os pais enfrentam os mesmos desafios quando se trata da segurança dos filhos: em quem confiar, de quem desconfiar, em que acreditar, do que duvidar, o que recear e o que não recear.

Neste empolgante livro, Gavin de Becker, o maior especialista

americano

na

previsão

do

comportamento violento e autor do monumental bestseller The Gift of Fear, apresenta novas medidas práticas para aumentar a segurança das nossas crianças sem perdermos o sono. Editora Estrela Polar

46

Da próxima vez que se vir numa emergência, não entre em pânico! Este manual explica-lhe, passo a passo, como deve actuar em cada situação e fornece-lhe uma lista útil de contactos importantes. Arteplural Edições


Livros O Poder do Subconsciente O Poder do Subconsciente é um livro pioneiro do Novo Pensamento, uma obra revolucionária na sua

abordagem do poder da mente, sendo considerado um dos melhores textos de auto-ajuda de todos os tempos. Com milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, O Poder do Subconsciente ajudou gerações de leitores a transformarem as suas vidas através da força do pensamento. Nesta edição actualizada e revista, toda a força e o poder deste clássico do desenvolvimento espiritual são revelados – pela primeira vez em Portugal. As técnicas de concentração mental do Dr. Murphy são baseadas numprincípio muito simples: quando acreditamos numa coisa, sem reservas ou hesitações, e a visualizamos na nossa mente, removeremos os obstáculos inconscientes que nos impedem de atingir os resultados desejados – e as nossas crenças tornamse realidade. Enquanto precursor daquilo que hoje se conhece como A Lei da Atracção, o autor demonstra que qualquer pessoa consegue aceder aos extraordinários poderes mentais existentes dentro de si para construir autoconfiança, criar relacionamentos harmoniosos, atingir o sucesso profissional, acumular riquezas, ultrapassar fobias e medos e viver uma vida de felicidade e bem-estar. Editora Pergaminho

Jogos e Actividades para Bebés e Crianças As crianças apreendem o mundo brincando. Com Jogos e Actividades para Bebés e Crianças, descobrirá 75 estimulantes formas de enriquecer a mente, fortalecer o corpo e despertar a imaginação do seu filho. Não são necessários brinquedos caros ou artefactos que funcionem a pilhas – bastam materiais caseiros comuns e um pouco de criatividade. Desde cozinhar e fazer trabalhos manuais a dançar, tocar música e imitar os animais preferidos, todas estas actividades têm como resultado inúmeros benefícios no desenvolvimento da criança. Compatível com todos os modelos dos 0 aos 36 meses, Jogos e Actividades para Bebés e Crianças proporcionará horas e horas de divertimento! Sobre os autores: Lynn Rosen é a autora de The Housewife Handbook, um guia divertido para a vida enquanto dona de casa, e de Table Matters, um livro sobre como pôr a mesa e a história dos costumes à mesa. Lynn mora nos subúrbios de Filadélfia com o marido e os seus dois filhos pequenos. Joe Borgenicht, P.A.P.Á, é escritor, produtor e actualmente proprietário de uma criança. Joe é o co-autor de Bebé – Livro de Instruções, The Action Hero Handbook, The Action Heroine Handbook, Undercover Golf e The Reality TV Handbook. Arteplural Edições

47


Revista Equilibrio Nº2 - Agosto 2009

Especial Sono Descubra como funciona o sono, quais as perturbações mais comuns e como manter uma boa higiene do sono.

Distribuição Gratuita Exclusivo Online em www.revistaequilibrio.com.pt

Propriedade e Edição: Carla Pacheco Duarte

Arquivos Fotográficos : Fotofólia, Stockxchng Colaboraram nesta edição: Ana Paula Guerreio (Med. Trad. Chinesa); Ana Rita Costa(Psicologa, Doula,e educadora Peri-natal); Dina Caetano Alves (Linguista e terapeuta da Fala), Helena Mendes(Psicóloga Clinica), Sandra Almeida(Nutricionista) Sede: Rua Helena Vaz da Silva, nº10 5ºD 1750-432 Lisboa

Contactos Gerais: 917215818 geral@revistaequilibrio.com.pt Registo ERC nº125703

Começar o ano escolar com o pé direito Sugestões e truques práticos de estudo e rotinas para o seu filho começar o ano da melhor forma


na próxima edição...

O Papel da dor no parto A Dra. Rita Costa vai falar-nos sobre a questão da dor no parto e a sua função no nascimento do bebé.

Gestão de Tempo Na 3ª parte vamos dedicar-nos às listas. Vamos descobrir como elaborar listas eficazes e como utilizá-las na gestão de tempo.

Pão A nossa nutricionista vai desmistificar algumas ideias sobre este alimento

5


www.revistaequilibrio.com.pt


Revista Equilibrio Nº2 Agosto 2009