Page 1

BIBLIOTECA

Leituras para o desenvolvimento profissional pág. 4

EMPREGABILIDADE

Os pilares que sustentam a carreira de um profissional pág. 5

Edição 1 Ano 1 4º Trimestre de 2008 4158 6184 / 4159 7944 gestao@a9editora.com.br

Publicação dirigida às empresas de Cotia e Vargem Grande Paulista

Foto Fabiano Accorsi

E N T R E V I S TA

Roberto Shinyashiki O escritor e conferencista fala sobre carreira, trabalho, felicidade e mostra que o ser humano é capaz de realizar seus sonhos e ser feliz. pág. 3

Estratégia

Instituição

Inclusão social

Como promover o bem estar no ambiente de trabalho

O trabalho do Ciesp Cotia em prol das indústrias da região

Razões para contratar pessoas portadoras de deficiência

pág. 2

pág. 4

pág. 5

Quando o lazer revigora as horas de trabalho

pág. 2


Editorial

Qualidade de vida X produtividade Estudos demonstram que um estilo de vida saudável é fundamental para o equilíbrio físico e emocional. Os impactos positivos aparecem em todas as áreas, mas é na produtividade das pessoas que o aspecto tem chamado atenção, especialmente das empresas que perceberam que cuidar do capital humano é fator decisivo para a conquista de seu su-

cesso. E como tudo começa pela informação e conhecimento, estamos lançando o Informativo Gestão & Cia, uma publicação que tem como foco apresentar a idéia do bem-estar aliado à produtividade dentro e fora das organizações. Temas que contribuam para melhorar a performance individual e coletiva fazer parte do informativo, que traz a cada edição

Ambiente de Trabalho

assuntos relacionados a carreira, saúde, família, relações interpessoais, ambiente organizacional, trabalho em equipe, capacitação profissional. A partir de agora, o dia-a-dia das corporações dispõe de um canal exclusivo para a troca de informações. E você é nosso convidado para iniciarmos esta conversa em tom organizacional!

Dentro & Fora

Estratégias para o bem estar na empresa Atualmente, há uma tendência muito forte de incorporar o trabalho à qualidade de vida. Os reflexos aparecem em todos os campos: na melhora do rendimento profissional, das relações interpessoais, da saúde - enfim, tudo flui melhor. Nas empresas, estes impactos positivos podem ser sentidos nos resultados e muitas delas perceberam que promover o bem-estar dos colaboradores dentro e fora de seus departamentos é um diferencial competitivo. Nesse cenário, a valorização da força de trabalho se tornou uma questão estratégica, uma vez que é esta força que garante idéias, conhecimento, ações e resultados. Por isso, tão importante quanto as instalações, equipamentos e investimentos em aperfeiçoamento profissional, a garantia de um ambiente saudável com colaboradores de bem com a vida pode alavancar a performance empresarial. Logo, bem-estar e produtividade caminham de mãos dadas! E tudo que envolva planos em torno da qualidade de vida, dentro ou fora de uma empresa, merece destaque: de um pacote de benefícios e serviços atrativos aos valores e práticas de cada organização. E também experiências promissoras como da médica Alice de Paula Souza (matéria ao lado) que escolheu as flores e as plantas para resgatar a paz de espírito depois de um dia de plantonista no prontosocorro.

Medicina com arte Conciliar trabalho e qualidade de vida com o prazer de atividades paralelas é uma combinação sonhada e desejada por profissionais de todas as áreas. Alice de Paula Souza, médica pediatra e sanitarista, formada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, depois de uma carreira de 33 anos, pode dizer que vivenciou inúmeros momentos de alegria, mas também viu de perto o lado da dor. Para driblar os “ossos do ofício”, há alguns anos que a atual plantonista escolheu a jardinagem e a pintura. Assim, nas horas vagas, o ambiente de pronto-socorro sempre tomado pela urgência, de ter que tomar decisões rápidas, de apreensões e de convívio com o sofrimento humano dá lugar às telas e aquarelas com temas da natureza, flores, vegetação e frutas. O jardim da casa também ganha cuidados especiais nos momentos em que não está cuidando de seus pacientes e ajuda a restaurar o espírito, encontrar calma, beleza e paz. Desta forma, a médica Alice reabastece o espírito e a alma de forças para o dia seguinte, com a tranqüilidade e discernimento que a profissão exige!

1

2

1 - Pedro Caetano


Capa

2

Seja um vencedor! Roberto Shinyashiki é um entusiasta da capacidade do ser humano em realizar seus sonhos e ser feliz. A longa trajetória do escritor e conferencista internacional é resultado de sua convicção de que sempre é possível ser um vencedor, ação que coloca em prática através do estímulo à reflexão sobre a busca do sucesso. Nesta entrevista, Roberto Shinyashiki fala sobre carreira, trabalho, felicidade e mostra porque é uma referência no meio empresarial e profissional quando o assunto é realização, conquista e equilíbrio pessoal. Informativo Gestão & Cia: Qual a sua definição para qualidade de vida? Roberto Shinyashiki: Muitos acham que é trabalhar menos, dormir mais e ficar na montanha. Qualidade de vida é viver apaixonadamente pela vida, pelo que se faz e pelas pessoas. GC: O trabalho pode ser fonte para a felicidade? Shinyashiki: Trabalho e amor são a base de realização do ser humano. O trabalho, porém, não significa desperdiçar dois terços da vida em troca de dinheiro no final do mês. O trabalho propicia alegria, chances de aprendizado e desafios. Cada um de nós deve ter muito prazer no trabalho. GC: Trabalho e felicidade podem andar juntos? Shinyashiki: A maioria vê o trabalho como meio de sobrevivência, quando ele pode ser uma fonte de satisfação. Ao se gerenciar bem o trabalho, ele se transforma numa fonte de realização e a felicidade surge quando não se consegue separar o trabalho da diversão. Já se o seu trabalho se torna fonte de angústias, pare e reflita nos seguintes pontos: Será que estou no lugar certo? Será que estou no emprego que corresponde ao meu talento? Será que tenho competência para fazer o que estou fazendo? Apesar dos problemas que vão aparecer, o trabalho precisa ser um caminho para a felicidade e para a realização, e não um sacrifício. GC: Que fatores são fundamentais para o sucesso profissional? Shinyashiki: O mercado de trabalho exige hoje competência total: conhecer a teoria e a prática de cada procedimento, dominar seus detalhes, nuances e variações. É também saber concretizar. E o mais importante: a felicidade se baseia na competência. Para ser feliz, é necessário desenvolver as habilidades para realizar planos. A pessoa que se dedica a um projeto, mas não tem competência para realizá-lo, vai inevitavelmente se sentir frustrada. GC: Quais são os piores inimigos da realização pessoal e profissional? Shinyashiki: Vejo que geralmente as pessoas erram nos seus 2 - Fabiano Accorsi

Qualidade de vida é viver apaixonadamente pela vida, pelo que se faz e pelas pessoas. projetos pessoais ou profissionais porque pensam que um ponto já é suficiente. Algumas pensam que só o conhecimento é importante e esquecem de colocar em prática o aprendizado. Outras fazem o inverso: partem diretamente para a ação e esquecem do conhecimento, desperdiçando seu trabalho e seu talento. GC: Como ser um profissional vencedor? Shinyashiki: O profissional campeão sabe que tem de ser competente em todos os momentos da sua vida. O grande desafio nos dias atuais não é trabalhar muito, mas, sim, trabalhar melhor. Para isso, o profissional deve entender que por meio do seu trabalho pessoas serão beneficiadas e terão solução para seus problemas. A compreensão desses dois fatores contribuirá para que suas metas sejam superadas não pelas cobranças de outros, mas pelo seu compromisso. GC: Como o bem-estar individual pode contribuir para os resultados da empresa? Shinyashiki: A empresa campeã sempre encontra formas de manter os colaboradores motivados, seja considerando suas propostas com muita atenção, seja mostrando muito bem a razão que fundamenta determinadas decisões. É importante atingir a alma das pessoas! É aí que surge a oportunidade de dar uma dimensão vital a cada um de seus colaboradores, de tratá-los como aquela pessoa especial. Solicite entrevista completa através do e-mail gestao@a9editora.com.br

3


Empresas

Biblioteca

Apoio aos empresários

Educação corporativa

O CIESP - Centro das Indústrias do Estado de São Paulo é um apoio de peso aos industriais paulistas. Com sede na capital, a entidade também está presente em outras localidades por meio de 42 regionais, formando uma sólida estrutura a serviço de cerca de 10 mil empresas associadas. A regional Cotia, que atende os municípios de Araçariguama, Cotia, Embu das Artes, São Roque, Taboão da Serra e Vargem Grande Paulista, nasceu em 1989 para unir a indústria local em torno dos mesmos ideais. Os empresários da região abraçaram a causa e acreditaram na missão do CIESP-FIESP Cotia, que priorizou o cumprimento de objetivos comuns como a inserção social da indústria, a necessidade do desenvolvimento sustentado e a defesa de meios que garantam o crescimento planejado. Qualificação profissional Além de serviços e assessoria em diversos setores, os associados ao Ciesp têm à disposição programas de capacitação gerencial, visando o aperfeiçoamento de empresários industriais através do aprendizado de novos conceitos e metodologias, na gestão de seus negócios. Para as empresas da região, o Ciesp oferece categorias de cursos exclusivos: abertos (de curta duração abrangendo diversas áreas da empresa); modulares (com carga horária maior, a formatação permite aprendizado com imediata aplicação); especiais (formatado para empresários e dirigentes das micro e pequenas indústrias, são realizados em parceria com Universidades); in company (cursos, seminários e palestras realizados na própria companhia). Os cursos são abertos ao público em geral, com benefícios e vantagens exclusivas aos associados. (11) 4612-9722 www.ciespcotia.com.br

Roberto Shinyashiki lança o programa de treinamento Os Donos do Futuro – Educação Corporativa. Composto por três DVDs que trazem temas como Empreendedorismo, Sucesso e Equipes, o programa conta com depoimentos de grandes empresários e aponta como os empreendedores podem ser bem-sucedidos na gestão de suas empresas. www.osdonosdofuturo.com.br

Revelações Supere-se! 3

O Inconsciente na sua vida profissional, de Luiz Fernando Garcia, reúne um trabalho de Psicodinâmica baseado em encontros terapêuticos para mudança de padrão de comportamento com foco em resultados nos negócios. Com a participação de 850 empresários em oito anos, deixa claro que o passado influencia na maneira como agimos no presente. www.editoragente.com.br

Zona de Coragem fala de maneira agradável sobre superação. O autor Sérgio Mena Barreto mostra, através de uma história cativante, que o crescimento profissional vem para aqueles que fazem a alternância das zonas de conforto e de coragem. Um livro indispensável para o desenvolvimento profissional. Uma lição para ser colocada em prática diariamente. www.matrixeditora.com.br 4

Prêmio Literário

Premiação em dose dupla 5

O LIVRO Noticiário Geral da Photographia paulistana: 18391900, de Paulo Cezar Alves Goulart, diretor do Informativo Gestão & Cia, e Ricardo Mendes, pesquisador de fotografia da Secretaria de Cultura de São Paulo, foi reco-

4

nhecido em duas importantes premiações literárias: no Prêmio Jabuti, realizado pela Câmara Brasileira do Livro, conquistou o primeiro lugar na categoria Melhor Livro de Arquitetura, Urbanismo, Fotografia, Comunicação e Artes; já no 3º Prêmio Literário José Celestino Bourroul, outorgado pela Academia Paulista de História, foi considerado O melhor livro sobre São Paulo lançado em 2007. Fruto de um detalhado e minucioso levantamento junto aos arquivos de jornais, revistas e almanaques paulistanos editados no século 19, a obra revela a sintonia,

persistência e crença necessárias para se alcançar um objetivo. Parabéns aos autores-arquitetos e às instituições que acreditaram e investiram no projeto. 6

3, 4 e 5 - Divulgação | 6 - Pedro Caetano


Investimento

Algumas razões para contratar um PPD(*) Segundo a OMS – Organização Mundial da Saúde, cerca de 10% da população mundial (perto de 600 milhões de pessoas) são portadoras de alguns tipos de deficiência. Estima-se que a distribuição deste percentual de PPDs (pessoas portadoras de deficiência) em nível médio mundial, seja de 5% com deficiência mental, 2% com deficiência física, 1,5% com deficiência auditiva, 1% com deficiência múltipla e 0,5% com deficiência visual. Como em quase tudo, a desinformação é uma das causas da exclusão social destas pessoas no nosso dia-a-dia. A começar pela palavra DEFICIÊNCIA, que no dicionário Michaelis quer dizer: falta; lacuna; imperfeição; insuficiência, o que conseqüentemente leva a definir que o DEFICIENTE é aquele que...tem deficiência; é falho; é imperfeito, segundo o mesmo dicionário. Sem dúvida, rotular a pes-

soa portadora de deficiência como algo imperfeito, falho e sabe-se lá o que mais, só poderia aumentar a distância entre os ditos “normais” e o deficiente. No Brasil, trata-se de uma população de, no mínimo, 16 milhões de pessoas com necessidades e direitos iguais a qualquer outro cidadão. Estima-se que 70% que destes 16 milhões sejam são portadores de deficiência considerada leve, ou seja, com total capacidade para o trabalho. Sem entrar em detalhes dos vários “direitos” (saúde, transporte, acessibilidade, etc.), o direito ao trabalho tem sido intensamente discutido, legislado e documentado com muita ênfase em vários segmentos. Desta forma, podemos entender que as empresas brasileiras têm, no mínimo, quatro razões para implementar projetos relativos à contratação de pessoas portadoras de deficiência: Razão Legal: a mais discutida e criticada (e pouco atendida), baseada em um sistema de cotas criadas por leis que determinam que as empresas reservem uma quantidade de vagas para os profissionais portadores de deficiência; à União, cabe reservar em seus concursos, até 20% das vagas.

Razão funcional: nada ou quase nada deverá ser mudado nas políticas internas da empresa. O processo de recrutamento e seleção é exatamente o mesmo – e ponto final. O máximo que pode acontecer é a empresa ter que se adaptar fisicamente às necessidades de locomoção do profissional, tais como rampas de acesso, banheiros, estacionamento, etc. Responsabilidade Social: existe uma forte onda de valorização pelo mercado das empresas que têm a preocupação com a sociedade. E por que não acrescentar a este rol, a inclusão na sociedade e respeito às pessoas portadoras de deficiência? Razão emocional: esta razão é um tipo de efeito colateral que somente quem já contratou um PPD sabe que existe, ou seja, uma explosão de sentimentos positivos que invadem a empresa exclusivamente devido ao fato de existir um colega PPD. São muitos os relatos de empresas onde houve significativa melhora do clima interno, da alegria, da satisfação em trabalhar na organização, aumento da solidariedade entre os colegas, maior valorização do ser humano, etc. Consultor Mauro Ribeiro *Texto Parcial

Carreira

7

Empregabilidade Em tempos de globalização, a rapidez do processo de informações e as exigências cada vez mais amplas do mercado criam um ambiente de medo, expectativa, oportunidades e também o seu contraponto: desemprego. Lidar com esse mix não é tarefa fácil. Confira os seis pilares que sustentam a carreira de INFORMATIVO GESTÃO & CIA Diretor Paulo Cezar Alves Goulart Diretora de Publicidade Marisa de Paula Souza Jornalista Responsável/ Redação Rosani Andreani – Mtb 43.395/SP 7 - Divulgação

Revisão da Digitação Amaury de Paula Souza Projeto Gráfico Pedro Caetano / A9 Editora Anúncios e Diagramação Pedro Caetano Colaboração em Anúncios Diego Alves

um profissional, segundo José Augusto Minarelli, presidente da Lens & Minarelli Associados e autor do livro Empregabilidade – Como ter trabalho e remuneração sempre: * Adequação da profissão à vocação * Competências * Idoneidade * Saúde física e mental * Reserva financeira e fontes alternativas de aquisição de renda * Relacionamentos Fotografia Fabiano Accorsi e Pedro Caetano Fotolito e Impressão Gráfica VIP Distribuição A9 Editora Tiragem desta edição 1.200 exemplares

Correspondência R. Dilma C. Nascimento, 217-A 06730-000 Vargem G. Pta - SP Fone/Fax (11) 4158.6184 / 4158.4113 Email gestao@a9editora.com.br contato@a9editora.com.br

Informativo Gestão & Cia é uma publicação A9 Editora Ltda CNPJ: 00.119.031/0001-66 IE: 720.010.718.117 Os artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não refletem,

necessariamente, a opinião da revista. As informação e as imagens dos anúncios foram aprovadas e autorizadas pelos respectivos anunciantes, sendo de total responsabilidade das empresas, instituições ou profissionais anunciantes os direitos autorais, intelectuais, de propriedade e de imagem.

5


6


7


8

Gestão & Cia  

Gestão & Cia

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you