Page 78

Saberes do Vinho

Gilvan Passos

www.delospassos.com.br

Almoço no Castelo Banfi em Montalcino

Na sequência, chegou para a gente o primeiro prato, uma Torta de queijo Grana Padano, ricotta e espinafre em creme de abóbora e aparas de trufas, prato de sabor mais pronunciado, que abre uma perspectiva para os tintos. O vinho sugerido foi o Rosso di Montalcino Castello Banfi 2015, um 100% Sangiovese, maturado em carvalho francês por 12 meses, jovem, porém equilibrado e compatível com o sabor do prato, resultando em uma harmonização por semelhança O segundo prato, bem mais intenso, um Filé de porco aromatizado com ameixas Banfi, purê de maçã, polenta e açafrão, veio à mesa com o Brunelo di Montalcino Castello Banfi 2012, vinho espetacular, intenso, substancioso e longo, que tornou o prato ainda mais saboroso com seus aromas terrosos, ressaltando o sabor da carne e das ameixas. E, para finalizar, a sobremesa clássica do Castello Banfi, Bolinhos do Castelo, acompanhado de um delicioso café cremoso, e depois de um breve intervalo, iniciamos a nossa degustação com alguns dos melhores vinhos, dessa que é uma das Cantinas mais tradicionais de Montalcino e cujos vinhos apresentam uma qualidade incrível.

Diversos Restaurantes pelos quais passei, neste tour enogastronômico pela França e Itália, durante todo mês de outubro, mereciam um registro Deguste, mas o Castello Banfi inspirou-me sobremaneira, não apenas por ser um castelo do século XII, de todo preservado, com jardins de uma beleza impecáveis, e um padrão estético muito atual, mas, sobretudo, por seus vinhos de altíssima qualidade, e seu restaurante, La Taverna, aristocrático, com serviço nota 10 e pratos dignos de estrela Michelin. Não bastasse isso, o Castello Poggio Ale Mura (Castello Banfi) como é chamado, e sua cantina, há apenas 3 km nos arredores de Montalcino, é a maior vinícola da Europa, com uma produção de 15 milhões de garrafas por ano, divididos em 33 rótulos, só em Montalcino. Nosso almoço teve como antepasto: Bacalhau cremoso com queijo de ricotta envolto em tomate consassé e azeitonas. Um prato escoltado por um vinho leve, fresco e frutado, elaborado com 100% Pinot Grigio, o San Angelo 2016, acompanhamento que se mostrou mais que perfeito como unidade de sabor.

Deguste | Dezembro | 2017

78

Revista Deguste - Dezembro 2017  

Veja o que foi destaque na edição de dezembro de 2017 da Revista Deguste

Revista Deguste - Dezembro 2017  

Veja o que foi destaque na edição de dezembro de 2017 da Revista Deguste

Advertisement