Issuu on Google+

Maio 2013 • Edição 20

Arquitetura, Decoração, Tendência, Gastronomia, Luxo

A casa como terceira pele POR Rafaela di Lascio e Simone Torreão


EDITORIAL: Celebrando nossa 20º edição, caprichamos em matérias coloridas e elegantes. Trazemos a arquitetura em sua essência com um projeto das arquitetas Rafaela di Lascio e Simone Torreão. As cores vibrantes das obras do artista plástico Tito Lobo invadem a seção ‘Artes e Ofícios’. O designer de interiores

LUXURY TRAVEL POR ROGÉRIO ALMEIDA

e produtor de eventos, Percival Brito, decora a ‘Festas Decór’ com luxo e personalidade. As mostras Casa Cor e Black invadem várias de nossas matérias juntamente com o Circuito AD e o arquiteto top Roberto Migotto. Conheça o Viscaya Museum & Gardens em uma matéria especial que apresenta arquitetura eurpoéia em plena Miami (EUA). Utensílios e eletros de alto padrão da nova loja, Aprimore, e os papéis de parede da M&L indicam onde comprar qualidade e luxo, em João Pessoa (PB). E ainda a arquiteta, Allysandra Delmas, apresenta o resultado de uma reforma em um apartamento em Campina Grande (PB). Esta edição traz um mix completo de interesses e inspirações para nossos fiéis leitores que acompanham nosso trabalho feito com muito carinho e entusiasmo. Boa leitura!

EXPEDIENTE Diretor: Ricardo Castro

Comercial: Graça Moura Freitas

Designer Gráfico: Raiff Pimentel

Mídias digitais e mailings: Robson Mauricio

Diretor de Arte: Tulio Alves

Jornalista Responsável: Layse Veloso

Fotografias: Edson Matos

Colaboradora: Graça Moura Freitas

RC Comunicação: Rua Geraldo Mariz, 809, Sala 101, Tambauzinho - João Pessoa-PB. Serviço de Atendimento ao leitor: 83 3042-1039 ou contato@revistadea.com.br


ROBERTO MIGOTTO arquitetura - interiores

MATÉRIA ESPECIAL

MOSTRABLACK 2013

Roberto Migotto: Urbano e Clássico Uma amostra do talento de Roberto Migotto, arquiteto top, na Mostra Black 2013 Espaços harmônicos e elegantes traduzem o nome de Roberto Migotto na arquitetura nacional, que é destaque em grandes mostras de decoração. São quase 30 anos de carreira que se destacam entre o diálogo do contemporâneo com o clássico em projetos suntuosos que rompem limites, sempre propondo novos conceitos e antecipando tendências. Fotos: Acervo Escritório Roberto Migotto


Natural de Taubaté, interior paulista, Migotto inclue nomes famosos em sua cartela de clientes. Roberto prioriza em seus projetos ambientes amplos e integrados, com aproveitamento da luz natural, mesclando elementos clássicos e contemporâneos tornando seus projetos em cenários atemporais. E trazendo a inspiração de todo seu talento, a D&A traz detalhes dos ambientes de Migotto na Mostra Black 2013. O living de pé-direito duplo impressiona pela pegada urbana e explora formas, cores e texturas.

“Em cima da base cinza, destacamos alguns pontos da paleta de cores que vai do vinho ao rosa, para contrastar.”


“Meu trabalho não é baseado em tendências, mas não deixo de destacar o rosa, a cor do momento na decoração.”


MOSTRABLACK 2013 Em sua 3º edição de 29/05 até 09/07 a Mostra Black reúne arquitetos, decoradores e paisagistas consagrados de todo o país, e mais um time de novos talentos. A mostra apresenta cerca de 30 espaços ambientados livremente por profissionais de diferentes estados. Instalada a cada ano em um imóvel diferente, esta edição traz o evento nos cinco últimos andares da Torre D do complexo WTorre Plaza, anexa ao shopping JK IGUATEMI, fruto de uma parceria com a WTorre. Seguindo o conceito da mostra, desde a sua primeira edição, obras de arte, peças de design e os últimos lançamentos do mercado em decoração recheareiam os 3.200m² do evento. Além disso, ações sociais e soluções sustentáveis também estão presentes na edição 2013. Em destaque , os ambientes de Roberto Migotto são parada obrigatória para quem ainda for visitar a mostra.


artes & ofĂ­cios

Carnaval de cores por tito lobo


O artista plástico Tito Lobo representa A cultura popular em cores vibrantes que percorrem o mundo Bumba meu boi, capoeira, maracatu, frevo, forró, xaxado, quadrilhas juninas, tribos de katem (cultura tailandesa), índios, carnaval, galos de barcelos tudo isso e mais um pouco você pode encontrar na obra de Tito Lobo. O paraibano que conquistou o Brasil e o mundo com sua arte em desenhos, pinturas, gravações, esculturas e cenários. Desde a infância Tito foi apresentado à cultura popular através seus avós de descendências indígenas e africanas. Assim, desde pequeno fazia seus próprios brinquedos, pintava jarros e telhas e inventava objetos para vender em feiras livres. Quando cresceu Tito só precisou desenvolver seu dom e transformá-lo em ofício.


“A arte é um conjunto de ideias coloridas, extraídas de sonhos imaginários e absorvida por domínios técnicos visível aos homens, que serve de transformação da comunidade para educar e reeducar. É a razão do viver, sem ela não haveria vida, porque tudo circula em torno dela é o pulmão da nossa existência”, afirmou Tito.

A década de 80 revelou Tito como profissional e a partir daí ele só cresceu. A D&A traz uma amostra desse trabalho com traços e cores traduzidos em “poesia em movimento”, que transformam nossas páginas em uma verdadeira galeria digital de arte.

TITO LOBO (83)9973 4593 titolobo@bol.com.br facebook.com.br/ ArtistaPlasticoTitoLobo


Be Vintage A sedução de eletros e utensílios retrô na Aprimore, nova loja de alto padrão em João Pessoa (PB) Quando o contemporâneo recorre a elementos retrô agrega novos valores e leituras ao conjunto seja em um filme, um look ou mesmo um ambiente. São elementos clássicos que transcendem tendências e se incorporam aos ambientes como verdadeiros pontos de personalidade e bom gosto. João Pessoa (PB) agora recebe um templo vintage: a nova loja Aprimore. São eletros e utensílios para o lar e de alto padrão, uma iniciativa do Grupo Casa da Refrigeração, liderado pela empresária Baneide Wandeley.


Foto: EDSON MATOS / LANDSON MOURA


Inovadora e inédita, a loja traz para a capital paraibana coleções de marcas nacionais como a Kitchner e européias como a Falmec e a italiana Ellettromec. Além destas a Brastemp Gourmand, Fischer, Electrolux, Gelopar, Tramontina, Arno, Kitchenaid, Strauss, Riva, Stjames, Mundo da Prata, Welf, Porto Brasil e Schmidt.


A reforma e o projeto de interiores da loja foram elaborados pelo arquiteto Leonardo Maia, que pensou em um showroom como se o cliente estivesse adentrando em sua própria casa. São cozinhas cenográficas dando “boas vindas” aos visitantes, através da apresentação de eletros pontuada de forma humanizada, onde cada espaço dialoga com os clientes através da organização cuidadosa de cada detalhe.


“Conseguimos apresentar todo o mix de produtos de forma inteligente, uma vez que objetos como talheres, guardanapos, louças são inseridos nas cozinhas projetadas como se o dono da casa estivesse esperando suas visitas para um happy hour, brunch ou jantar. Tudo isso mesclado com os eletros de alto padrão”, completou Leonardo.


A Aprimore está localizada na Avenida Edson Ramalho, abrirá suas portas a partir do dia 10 de julho, pronta para atender os anseios dos espíritos de quem mantém na nostalgia uma forma de encantar e reinventar, com exclusividade e elegância, sua casa ou escritório.

Av. Edson Ramalho, 372 – Manaíra Fone: +55 (83) 3031-6552 aprimoreeletro.com.br


A Casa

Por Jo Oliveira

como terceira pele


Rafaela di Lascio e Simone Torreão exploram conceito de lar e aconchego em novíssimo projeto arquitetônico

“Tudo o que a casa almeja é a mirada agradecida do dono, que lhe reconheça a serventia. Quem, senão ela, garante-lhe a intimidade amorosa, a exaltação dos sentidos, o calor que emana das entranhas dos tijolos?”, questiona a escritora Nélida Piñon na crônica ‘O mistério da casa’, contida em seu livro ‘O Calor das Coisas’. Todo esse acalanto, que parece vir das paredes, foram a matéria bruta para concepção do mais novo projeto arquitetônico das arquitetas Rafaela di Lascio e Simone Torreão, que definem o trabalho realçando ainda mais o trecho da crônica: “Temos nossa própria epiderme, depois vem nossa ‘segunda pele’, a roupa. A casa é como fosse uma espécie de terceira pele. Exploramos o real conceito de lar, que anda meio esquecido na arquitetura atual, e que é a identidade deste projeto, onde todos os elementos da casa tem uma função, não sendo meramente estéticos”. A casa em questão, erguida no Condomínio Extremo Oriental, Altiplano Cabo Branco, abriga em bem distribuídos 400m² um casal atuante no ramo do Direito e sua filha única e foi pensada a partir do patchwork de referências, desejos e especificidades da família. +


O lar que ilustra as próximas páginas une duas escolas da arquitetura. Ao mesmo tempo que possui a limpeza modernista das linhas retas e aparentemente duras, defendidas por Le Corbusier, agrega a humanidade e o aconchego organicista de Frank Wright, quando se utiliza de elementos como madeira e pedra, características regionais incorporadas à casa. Mais um aspecto que realça o teor de organismo vivo da casa – que interage literalmente com os donos – é a divisão inteligente de cômodos, o que proporciona liberdade aos moradores e uma confortável logística de acesso à parte íntima da casa, toda disposta no andar de cima, ficando no térreo apenas as áreas sociais e de serviço.


“Da garagem, resguardada na lateral do

Rafaela. Outra preocupação das arquitetas

prédio, se pode chegar à área de serviço e

foi proporcionar a maior interação possível,

aos quartos, sem passar pela sala, se preciso

não só entre os cômodos da casa, mas com

for. A área da cozinha tem sistema de janelas

o entorno, como bem figura o escritório do

integradas com a área gourmet, onde os

casal, localizado no pavimento superior, mas

donos já colhem o fruto de jabuticabeiras.

integrado ao ambiente social por meio de um

Ou seja, não é só um espaço gourmet, mas

imponente pé direito duplo e de onde se tem

sim uma área viva onde se pode desfrutar de

visão panorâmica da área externa, também

tudo. São características quase imperceptíveis,

vista da escadaria – projetada para receber

mas que são do convívio familiar”, especifica

a futura instalação de um elevador – e da


banheira da suíte, de onde se vê o pôr do sol,

sistema de climatização e mobiliários planejados

com toda privacidade. Esse cuidado especial

e demais utensílios domésticos, assim como a

resultou em um lar onde transborda a sensação

questão da flexibilidade ao uso – presente na

agradável de estar em casa, como se também

opção de usar-se ou não um closet no quarto

estivesse fora dela, como explica Simone:

do casal – é mais uma característica do projeto

“A estética deve ser uma consequência

e também uma prioridade no trabalho de

das escolhas e composições. A forma, seus

Rafaela e Simone.

volumes e materiais, são definidos através da funcionalidade dos ambientes, não apenas pela plástica.” A previsão para instalação de

+


A funcionalidade também é nítida na ventilação da casa, pensada de acordo com o litoral. Todos os espaços, sobretudo os de permanência prolongada, são voltados para o leste, com exceção do espaço multiuso. A acessibilidade também está presente nas portas e banheiros da residência, assim como a sustentabilidade, marcada pela possibilidade de iluminação natural, sem lâmpadas, até quase o fim da tarde. Corredores amplos que permitem circulação, janelas altas com incidência de sol, formando barreiras de isolação para os quartos e espaço para armários sobre bancadas são ainda traços claros de funcionalidade e ergonomia no projeto. A área de serviço privada é sinônimo de privacidadeerespeitoàsnormasdocondomínio. O sistema hidráulico integrado dos banheiros de ambos os pisos proporciona economia de 60% no orçamento familiar, outro traço priorizado por Simone e Rafaela: “O projeto é como um lego. As partes de cima e de baixo, com paredes alinhadas, se encaixam. Hoje se deve pensar muito em custo. Se tenho um resultado plástico que facilitará a modelagem da casa, contribuo com o trabalho do construtor e dos mestres de obra. Tudo deve estar compatível. Não adianta querer impor soluções e materiais absurdos e fora do contexto do cliente. É essencial saber separar desenho de projeto e deixar espaço para futuras intervenções, sem necessidade de reformas drásticas, como derrubada de alvenaria, por exemplo”, explicam Rafaela e Simone. Orgulhosas por terem ganhado a “mirada agradecida do dono” da casa – contemplada por ele do SPA da piscina, no jardim frontal –, Rafaela di Lascio e Simone Torreão selam, mais uma vez, a união indissolúvel entre a estética e a “serventia”, descrita por Nélida Piñon e tão bem traduzida nos traços e projetos dessa dupla de arquitetas.


Luxury

Travel por Rogério Almeida

Rogério Almeida é graduado em Comunicação Social, leciona na UFPB e há 20 anos atua no jornalismo de turismo. É também, entre outras atividades de destaque na área, membro atuante do Clube Gourmet da Paraíba e do Conselho Executivo Nacional da Abrajet.

Il San Pietro di Positano - Luxo na Costa Amalfitana da Itália “É feliz aquele que realiza o seu sonho”, com esta frase Carlino Cinque transformou, em 1970, um local de pedra em um dos mais belos hotéis do Mundo, o Il San Pietro di Positano. Preferido de celebridades do mundo inteiro como o ex-presidente Gerald Fort e sua mulher Betty, o hotel oferece uma vista única do topo da rocha na Costa Amalfitana que em dias claros se vê a ilha de Nápoles. Fotos: Il San Pietro di Positano e Rogerio Almeida


Denominado Il San Pietro di Positano em homenagem a São Pedro, a quem foi dedicada uma capela na entrada, na localidade de Laurito, o San Pietro o hotel possui belos jardins e praia particular. Após a morte de Carlino o San Pietro passou a ser administrado pelo sobrinho Salvatore e a sobrinha Virginia , também já falecidos mas que deixaram os filhos Carlo e Vito continuando a tradição da família. O hotel está a 2 km da bela cidade de Positano sobre a Estrada Estatal Amalfitana 163 em direção a Amalfi. O conceito de luxo se encontra em todo o hotel. Cada suíte é única com seu próprio terraço e vista do mar. A praia privativa é alcançada por elevador e a quadra de tênis se localiza junto ao mar. Existem barcos para excursões e a piscina é suspensa entre o mar e as Montanhas Lattari. O Spa La Prairie é um dos mais renomados do mundo.


A decoração do Palácio inclui lâmpadas de cristal de Murano, móveis italianos do século XVIII. No jardim predomina os intensos aromas dos limoeiros, laranjeiras, roseiras e jasmins que prosseguem até a área da piscina e ao acesso da praia privativa. Os muros de pedra são cobertas de heras e as bouganvilles em flor completam a beleza do lugar. Nas noites de verão o terraço principal chamado de Belvedere é o cenário ideal para um jantar à luz de velas.Não é a toa que é o local preferido para as cerimonias

de casamento. Além da piscina o Palácio di Belmonte oferece serviço de massagem e uma recepção com completo serviço de informação e orientação ao hóspede. A Edoardo’s House possui serviço direto de WiFi e accesso a Internet. Destaque ainda para a Biblioteca do Palácio com livros raros e coleções especiais. A filosofia do staff do Palazzo di Belmonte é criar a sensação de que o hóspede se sinta em casa num palácio real. Boa viagem!


A gastronomia no Il San Pietro di Positano é representada pela alta cozinha do Restaurante Haas, que possui estrelas do Guia Michelin. Com uma atmosfera elegante e romântica, o restaurante possui terraços com visão panorâmica do mar. Junto a praia existe ainda o restaurante Carlino numa atmosfera mais descontraída. Il San Pietro di Positano possui 59 apartamentos, todos com terraço privativo e vista do mar. Durante os meses de Junho a Setembro, o hotel oferece aos hóspedes como cortesia um passeio de iate de ida e volta para a bela cidade de Positano. O estacionamento para o hóspede também é gratuito, assim como o sistema wireless de internet.

Il San Pietro di Positano Via Laurito 2 Positano - Italia - 84017. Tel.+39 089 875. 455 Fax.+ 39 089 811 449 reservations@ilsanpietro.it. www.ilsanpietro.it


De casa

nova

A arquiteta Allysandra Delmas apresenta o resultado de uma reforma em um apartamento, em Campina Grande (PB)


Ampliar ambientes e criar novos espaços são possibilidades que uma reforma pode proporcionar, oferecendo uma casa nova aos seus moradores sem a necessidade de uma mudança propriamente dita. Para isto é ideal agregar às mudanças estruturais uma nova ambientação ajustando o que já existe as necessidades e desejos de quem vive o dia a dia daquela casa. Para ilustrar, um apartamento no município de Campina Grande (PB) com reforma e ambientação desenvolvidas pela arquiteta Allysandra Delmas. Para a reforma foi solicitado transformar um quarto em suíte com closet proporcionando mais conforto a área privada da casa. O espaço de 150m² foi melhor aproveitado com a relocação de paredes.


“O cenário foi ousado de forma que caracterizasse o perfil das irmãs (clientes) e trouxesse mais feminilidade aos espaços. Trouxemos uma paleta sóbria e básica de tonalidades, rompida pontualmente, de modo que a cor vermelha sobressaísse, assumindo o destaque dos espaços,” completou AlLysandra.


Para a ambientação a mistura do contemporâneo com ícones de design, peças riscadas sob medida e traços retos com tendências ao minimalismo. O apartamento foi caracterizado por tonalidades neutras e pela presença de poucos móveis com algumas cenas personalizadas em acabamentos, formas e cores. A decoração é mínima, elegante e harmônica as peças dialogam dentro da ideia de que o espaço é moldado para o descanso.

Edifício Phoenix Av. Rui carneiro, 33 Sl.208 - Tambauzinho Fone : (83) 3244-8086 / 8718 - 7500 www.allysandra.com.br


FESTAS Decor

Sentir elegância em toques de personalidade Escritório Percival Brito traz ousadia e luxo em decoração de eventos e festas


Sentir elegância em toques de personalidade Escritório Percival Brito traz ousadia e luxo em decoração de eventos e festas Designer de Interiores e produtor de eventos, Percival Brito, assina grandes festas dentro e fora da cidade de João Pessoa (PB). São casamentos, formaturas, 15 anos, bodas, festas corporativas e eventos. Elegância e ousadia marcam o trabalho deste paraibano, que além de eventos também desenvolve em seu escritório projetos de ambientação de interiores, vitrines de lojas, mostras, cenários para programas de TV e agências de publicidade. Percival começou a trabalhar com eventos em um grande shopping da cidade de João Pessoa (PB), assim desenvolveu suas habilidades em logística sobre como uma festa deve ser montada para o sucesso total. Percival pensa em cada detalhe desde a posição de guardanapos ao uso de lounges em pontos estratégicos e ideias à personalidade dos seus clientes.


Taças e lustres importados, peças decorativas e móveis escolhidos a dedo pelo próprio Percival glamourizam cada espaço, marcados por peças diferenciadas e pensadas para transformar cada evento em um momento mágico. Para manter-se atualizado Percival frequenta feiras de decoração, sites internacionais e busca o que há de mais novo no mercado.


“Sempre penso em ambientes para que a festa seja aproveitada, não gosto da sensação de algo engessado. São ambientes elegantes, mas que permitem que as pessoas fiquem a vontade”, enfatizou Percival.

Rua Major José de Barros Moreira, 167 - Centro - CEP 58013-410 - João Pessoa - PB Tel.: (83) 3042-7342 / 9982-0232 www.percivalbrito.com.br percivalbrito@ig.com.br


Papel ArTE EM

A M&L Pap茅is de Parede conta a hist贸ria do papel de parede e suas vantagens. Confira!


Há aproximadamente 2.200 anos a.C os primeiros papéis de parede surgiram na China, artesanalmente e feitos a partir do papel de arroz, existiam inicialmente apenas na cor branca. Com o tempo, passaram a ser produzidos com pergaminho vegetal, foi quando surgiram as primeiras cores e motivos decorativos feitos a mão. Depois vieram os carimbos de madeira, até o surgimento da primeira fábrica em 1630, a Papel-Toutisses, na cidade de Roven, na França. Assim, o papel de parede veio evoluindo até a forma atual.

Hoje, as possibilidades de estampas vão até onde a capacidade humana pode imaginar e o aumento da durabilidade transformaram o papel de parede em um grande aliado para revestir com beleza e qualidade. A M&L Papéis de Parede representa muito bem esse mundo em João Pessoa (PB), desde 2008, com destaque para estoque diversificado e pronta entrega.


A M&L trabalha com papéis nacionais, importados e na distribuição para revendedores de todo o país com papéis de excelente qualidade, durabilidade, em PVC e laváveis o que permite a aplicação em vários tipos de ambientes. “Dá para ousar bastante com papel de parede revestindo móveis, portas, banheiros e áreas externas”, enfatizou Annine Máximo designer de interiores e proprietária da M&L. São papeis de altíssima qualidade escolhidos pessoalmente por Annine, que traz papéis exclusivos da Coréia, China, Estados Unidos e Europa. A loja da M&L, no bairro de Manaíra, divide espaço com o escritório de Design onde são desenvolvidos projetos de interiores e consultoria para os clientes que desejam um projeto mais elaborado de ambientação. Outro diferencial da loja é sua presença online onde o consumidor pode escolher e comprar online o seu papel de parede através do sitemeldesign.com.br/loja. Para dicas de design e conhecer os projetos de Annine acesse: aninemaximo.blogspot.com.br


Rua Reinaldo Tavares de Melo, 99 Sala 101, Manaíra, João Pessoa (83) 8155-2010


Foto: EDSON MATOS

Av. Gen. Edson Ramalho Telefone: (083) 3247-1073.


européia Arquitetura

em Miami

O Viscaya Museum & Gardens revela um espírito europeu no centro de Miami

por layse veloso

O coração de Miami guarda uma surpresa para os turistas que buscam programas além das compras, praias e festas. Em meio à uma selva guardada por prédios, o Viscaya Museum & Gardens é uma mansão construída por um excêntrico industrial americano, em 1916, abriga um jardim de beleza fenomenal e guarda verdadeiros tesouros em obras de arte, pisos, tetos, painéis e mobilhas espalhados pelas dezenas de cômodos do palácio.


A D&A visitou cada um desses espaços internos da mansão que não podem ser fotografados, mas trazemos impressões e fotos externas, que são uma amostra de toda beleza que o museu guarda. Uma verdadeira inspiração para arquitetos, decoradores e designers que buscam em elementos da antiguidade uma nova roupagem para seus projetos. O palácio encanta pela grandiosidade e riqueza de detalhes, a sensação é de é de estar em um filme de época europeu.


Um pouco de história... A casa foi construída por James Deering, um industrial agrícola americano e colecionador de obras de arte, entre 1916 e 1925. Hoje, o museu é reconhecido pela Associação Americana de Museus como um dos principais e mais importantes lugares históricos dos Estados Unidos. Além da casa e os jardins, o complexo incluía uma fazenda, e uma variedade de instalações de outros serviços que abrangiam 180 hectares em South Miami Avenue. Projetada para parecer uma casa italiana de 400 anos, que teria sido ocupada e reformada por várias gerações de uma família. São 34 cômodos decorados com mobílias do século XV até o século XIX e muitos objetos de arte trazidas da Europa, tudo escolhido pelo próprio Deering com auxilio de um jovem pintor nova iorquino Paul Cahlfin. O arquiteto F. Burrall Hoffman e o paisagista colombiano Diego Suarez também trabalharam no projeto. Estruturalmente a casa parece ter apenas dois andares, mas há um nível intermediário com 12 quartos para os funcionários. Os jardins amplos combinam elementos característicos da época do Renascimento italiano e francês onde Suarez e Chalfin trabalharam por sete anos, aperfeiçoando a área dos jardins como se ela fosse uma grande sala externa, na qual os elementos da mesma servissem como partes complementares de uma área integrada. São fontes, piscina central, ilha elevada, um monte com uma pequena casa e vários jardins temáticos.


Deering faleceu em 1925 e um número mínimo de funcionários tomaram conta da manutenção da casa. Após furações e algumas tentativas de restauração os herdeiros venderam a maior parte do terreno. E, somente em 1952, a casa principal foi vendida por um valor irrisório à prefeitura de Miami. Em 1955, o condado comprou o restante do complexo e os herdeiros de Deering doaram os objetos da casa, na condição do Vizcaya ser usado como um museu público perpetuamente.

Programe sua visita: O vizcaya é aberto todos os dias, excetos as terças-feiras, das 9h30 as 16h30. Adultos $15 Maiores de 62 (com identidade) $10 Crianças (6-12) $6 Crianças (menores de 5 anos) Entrada gratuita


Ser Sustentável

Brasil é o quarto país entre os que mais concentram construções sustentáveis

Imagens: Reprodução

No ano em que a luta contra o desperdício ganhou o topo da agenda ambiental internacional, o mercado brasileiro busca mais um degrau no ranking mundial de construções sustentáveis. Hoje, o Brasil ocupa o quarto lugar entre os países que mais concentram edificações feitas a partir de critérios ambientalmente adequados. Os Estados Unidos reúnem o maior número de empreendimentos em análise, seguidos pela China e pelos Emirados Árabes Unidos. Mais de 720 projetos brasileiros aguardavam a certificação internacional,

conferida pela organização não governamental internacional chamada Green Building Council (GBC), responsável por estimular as construções verdes no mundo. Pelo menos 99 edificações no país detêm o selo. A expectativa do governo e da indústria de construção é chegar a 900 projetos para análise da organização até o final de 2013. Caso consiga atingir a meta, o Brasil ocupará a terceira posição na lista dos países com mais edificações ambientalmenteprojetadas. Aconstrução civil é responsável por alto consumo


“O conceito de construção sustentável está amadurecendo e se consolidando dentro da cadeia produtiva da construção civil”, avaliou Wagner Soares, gerente de Meio Ambiente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg).

de recursos naturais e utiliza energia em larga escala, de acordo com números do Conselho Internacional da Construção. Mais de 50% dos resíduos sólidos gerados por atividades humanas são oriundos do setor. Para alcançar esse status, engenheiros e arquitetos precisam observar uma série de pré-requisitos e medidas, como a redução do consumo de energia e a prioridade às condições de luminosidade natural e de lâmpadas de baixo consumo, além do uso de aparelhos eletrodomésticos mais econômicos (indicados pelo selo Procel).


“A reforma ainda é um tanto complicada e o custo ainda não é muito baixo. Você tem um aumento de 15%, em média, do custo da construção quando trabalha com sustentabilidade e isso coloca em risco o valor do investimento”, destacou Soares. Pelas contas do GBC Brasil, esse

gasto, que já foi 30% superior ao de obras convencionais, pode significar uma diferença de até 5%. Wagner Soares destacou que existe uma tendência de diminuição dos gastos ao longo do tempo. A expectativa é que as pessoas adotem, cada vez mais, sistemas


ambientalmente sustentáveis. Soares ponderou que o maior investimento ainda impede que esses projetos representem uma realidade frequente no país. O governo federal, por sua vez, desenvolve ações para estimular programas ambientalmente sustentáveis.

O Ministério do Meio Ambiente disponibiliza cursos pela internet sobre procedimentos que podem ser adotados para adequar prédios públicos a esses sistemas de sustentabilidade.


O programa habitacional Minha Casa, Minha Vida começou há dois anos, com a obrigatoriedade do uso de energia solar em todos os novos empreendimentos destinados às famílias com renda máxima de três salários mínimos. A etapa incluiu 2 milhões de residências, das quais 1,2 milhão para famílias com renda máxima de três salários mínimos. Técnicos do governo informaram que existem diversas linhas de financiamento para beneficiar esses projetos. Procuradas pela Agência Brasil, as principais instituições financeiras públicas – Banco do Brasil e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) - não apontaram qualquer crédito criado especificamente para essa finalidade. Os projetos podem ser beneficiados por linhas de crédito que já existiam.A Caixa Econômica Federal não deu informações sobre o assunto.


Paisagismo

por Patrícia Lago

Formada pela UFPE no curso de arquitetura e paisagismo, Patrícia Lago é natural do RecifePE e reside em João Pessoa há 4 anos , onde também atua na área de decoração e paisagismo, área do qual se especializou e desenvolve vários projetos.

MONOCROMÁTICOS OU POLICROMÁTICOS O paisagista pode optar por fazer um jardim com formas orgânicas ou simétricas, brincando assim com formas, volumes e composições das vegetações, mas sempre preocupado com a harmonia resultante. O profissional também pode brincar com as cores, elaborando um jardim monocromático, no qual as flores terão a mesma cor em tons diferentes ou em tons de verde, e um jardim policromático, com várias cores.


Ter um jardim monocromático, inteiramente verde é opção de muitos. Sobriedade não significa pobreza. A preferência por um jardim mais limpo, muita grama e algumas espécies de porte alto é bastante usual. O perfil do cliente é peça fundamental nesta definição e para cada gosto existe um perfil. Com ajuda de um profissional paisagista, que tem o conhecimento necessário de cada espécie para montar a melhor composição, o sucesso no resultado de um jardim especial é garantido.


SP 2013

FRANCISCO CALIO - STUDIO CALIO

MORAR

CRIS SCHIAVONI -JOALHERIA

O conceito de “morar bem” foi um resgate da mostra que trouxe os ambientes mais confortáveis que uma casa pode ter, com produções de renomados arquitetos e designers do país.


A mais completa mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas, a CASA COR São Paulo acontece de 28 de maio a 21 de julho de 2013 . Em sua 27ª edição veio repleta de novidades, são 77 ambientes com o tema “Morar Bem” dos quais nossos leitores poderão conferir alguns nesta matéria.

EDU LONGO - COLECIONADOR

OLEGARIO E GILBERTO - CASA WEEKEND


BERNADES - LOFT PUB

BRUNETE FRACCAROLI - MIL TONS


Neste ano, a mostra apresenta propostas de casas, lofts, um apartamento completo, studios, casa weekend e cozinhas gourmets, criados por estrelas da arquitetura e do design, como Brunete Fraccaroli, Fabrizio Rollo, Esther Giobbi, Ana Maria Vieira Santos, David Bastos, Jóia Bergamo, Roberto Migotto, Dado Castelo Branco, Leo Shehtman, Murilo Lomas, Luis Carlos Orsini, entre outros. Outro grande destaque é retorno do premiado arquiteto Sig Bergamin à mostra, após sete anos de ausência, com um spa integrado a casa. Iniciativas apresentadasem Milão este ano e trazidas para os visitantes da CASA COR, em primeira mão, destacando o design brasileiro. O arquiteto Marcelo Rosenbaum, apresenta peças produzidas no projeto ‘A Gente Transforma’ com luminárias criadas em parceria com a etnia indígena Yawanawá, representando a floresta e a árvore sagrada. Entre outros destaques que engrandecem cada vez mais o evento a nível nacional e internacional.

RENATA TILLI - TENDA CAFE


Sobre a CASA COR: Criada em 1987, CASA COR é hoje o mais completo evento de arquitetura, decoração e paisagismo nas cidades e países onde atua. Uma empresa do Grupo Abril, além do tradicional e conhecido evento em São Paulo, o Grupo CASA COR reúne, hoje ,18 franquias nacionais (Amazonas, Bahia, Brasília, Campinas, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Santa Catarina) e cinco internacionais (Chile, Panamá, Peru, Punta Del Este e Bolívia).


CAMILA ROSA - QUARTO DA BAGUNCA

CARICIO BEA DUTRA - HALL ENTRADA


MIGOTTO - CASA DE PRAIA

LETICIA RUIVO - LOFT CONTEMPORANEO


MARIANA NORONHA SAMRA AKAD - LOUNGE BAN UNISEX DET

MARILIA CAETANO - QUARTO DE HOSPEDES

SIG BERGAMIN - CASA DE PRAIA

MURILO LOMAS - LONDON PIED A TERRE

PAOLA RIBEIRO LIVING

PATRICIA - HAGOBIAN


PATRICIA PASQUINI - LIVRARIA

PAULO GAZOLA - FLORICULTURA

REGINA E BRUNA - CARVALHO BOULANGERIE

RENATA COPPOLA - SUITE DA MENINA

ROBERTA ROCCINO - ESPACO MENINO

ROBERTO RISCALA - JARDINS DE CASAS


Circuito AD promove passeio urbano por SP Premiação do Circuito AD leva profissionais para onde tudo acontece. São Paulo é sem dúvida um centro cultural e de tendências que oferece as maiores mostras de arquitetura e decoração do país


Como acontece todos os anos, o Circuito AD - grupo que reúne profissionais e lojistas do segmento da arquitetura e decoração - comandou em maio uma verdadeira viagem cultural para São Paulo, oferecendo na sua programação visitas ao Masp, Casa Cor SP e as mostras de decoração Black e Artefacto. O clube almeja proporcionar conhecimentos aos seus participantes, premiando seus associados com momentos de acesso a tendências da decoração nacional, além de passeios a museus e mostras culturais como forma de reflexão e conteúdo, no qual influencia positivamente na vida de qualquer pessoa, principalmente profissionais que atuam no segmento da arquitetura e decoração. O lazer também não fica de fora conciliando todos os momentos. Eduardo Cabral e Roberto Honorato, respectivamente presidente e vice do AD, arquiteta Zorilda Roque, coordenadora do grupo comandaram o roteiro em São Paulo.


Foram dois dias na capital paulista com visita à loja Scatto Lampadário à convite da empresária Luciana Rocha, que representa a grife de luminárias em João Pessoa, através da sua loja Trianon Iluminação. Dando sequência ao roteiro a esperada visita à Casa Cor 2013, no Jockey Club de São Paulo, lá Rachele e Eduardo Cabral - representantes da Todeschini em João Pessoa – apresentaram o ambiente da Todeschini (assinado pelo arquiteto Roberto Migotto) para os premiados. O grupo marcou presença no Museu de Artes de São Paulo, o Masp, e visitaram a 22² edição da Mostra Artefacto 2013 da Haddock Lobo e a terceira edição da Mostra Black. Para finalizar com “chave de ouro” a passagem por São Paulo, o AD comandou um delicioso jantar no Ráscal, o premiado restaurante de cozinha mediterrânea e italiana localizado no Shopping JK Iguatemi, cujas receitas são supervisionadas pela chef italiana Nadia Pizzo. A próxima premiação promete! Serão nove dias pela região da Capadócia, Turquia e Istambul. Os premiados embarcarão no dia 1° de outubro, acompanhe as novidades do Circuito AD na D&A.



Revista D&A #20