Issuu on Google+

INTERIORES; ESPAÇOS COMERCIAIS; PARAGENS: JAPÃO E AUSTRÁLIA; AMBIENTES COM LAREIRA; FEIRA DE MILÃO

ESPECIAL COZINHAS grandes, pequenas, contemporâneas e clássicas.

ano 04 | nº14 inverno 2012


editorial inverno 2012 foto: guilherme jordani

INVERNO PARA CELEBRAR A edição de inverno da Revista Sala de Arquitetos chega com um motivo especial para comemorar: a Associação Sala de Arquitetos celebrou mês passado 14 anos. A entidade, formada em 23 de julho de 1998 por 25 arquitetos, hoje conta com mais de 80 profissionais em seu quadro.

As páginas da nossa edição de inverno trazem, novamente, belos trabalhos dos profissionais de arquitetura da nossa região, que apresentam seu talento e criatividade na composição de ambientes e obras. Destacamos o especial Cozinhas, que traz soluções criativas para esse ambiente acolhedor, que reúne amigos e famílias. A estação climática também foi lembrada, trazendo ambientes com lareiras e home theaters, lugares que conjugam tecnologia, aconchego, sofisticação e muita elegância.

Além dessas matérias especiais, ainda abrimos espaço para os ambientes comerciais, a arquitetura de interiores, um projeto arquitetônico, a visão de duas associadas sobre a Austrália e o Japão e também trazemos, de Milão, a análise sobre o Salão Internacional do Móvel 2012.

Esperamos que vocês aproveitem a leitura e que partilhem conosco a nossa paixão pela arquitetura.

Inspirem-se!

LETÍCIA ATHAYDE atual 2ª secretária da associação sala de arquitetos

arquiteturamais@terra.com.br

A Revista Sala de Arquitetos é uma publicação da Associação Sala de Arquitetos de Caxias do Sul. Rua Sinimbú, 1280, Sala 202. Serra Gaúcha, Rio Grande do Sul, Brasil.

Jornalista responsável: Samuel Ramos - MTB 11.388 RS

Distribuição nacional:

Projeto Gráfico: Diego Rigo - TwoThinkMore

Treelog e Correios

Fotografia: Guilherme Jordani

Organização de Mailing:

Diagramação: Daschund Comunicação

Caroline Fich

Para anunciar: Comercial Revista Sala (54) 3025-2941 revistasaladearquitetos@gmail.com

Revisão: Marcel Nogueira

Administrativo Associção Sala de Arquitetos:

Impresssão: Gráfica Coan

Daiane Scanhoela

Periodicidade: Trimestral Tiragem: 4 mil exemplares

04 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


sumário inverno 2012

revista sala de arquitetos ano 4, edição número 14

10. POR DENTRO

14. POR DENTRO

18. CONHEÇA

20. PERFIL

ALESSANDRA MOSNA

ADRIANE CESA

COLOR BAZAAR

GILDO MUNER e CLAUDIA VERONESE

24. AMBIENTES

26. AMBIENTES

28. AMBIENTES

30. AMBIENTES

HOME THEATER

LAREIRA

ESTAR ÍNTIMO

ESPECIAL COZINHAS

38. AMBIENTES

42. PARAGENS

44. PARAGENS

46. BUSINESS

CLÁSSICO E CONTEMPORÂNEO

JAPÃO

AUSTRÁLIA

DESIGN CORPORATIVO

54. PROJETO

58. SALÃO DE MILÃO

62. FASHION ARTE NO SALÃO

TATIANA BIFFI e ANDRÉ RIGONI

64. RADAR

68. SOCIAL

TENDÊNCIAS E NOVIDADES

LANÇAMENTO EDIÇÃO 13

06 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


a sala inverno 2012

A SALA

revistasaladearquitetos@gmail.com

A Associação Sala de Arquitetos é uma entidade civil, sem fins lucrativos, composta exclusivamente por Arquitetos.

Fundada em 23 de julho de 1998, tem por objetivos:

- Promover profissionalmente seus associados, bem como a valorização da classe, através da promoção de eventos, relacionados com a Arquitetura, de acesso ao público em geral;

- Manter intercâmbio com outras entidades;

- Propor e organizar cursos, palestras, viagens e outras formas de aperfeiçoamento profissional aos associados, inclusive publicações;

- Promover ações beneficentes e de cunho social.

Atualmente a Sala de Arquitetos conta com 82 associados.

BIANCA POLIDORO FRANCO atual presidente da associação sala de arquitetos

biancafranco@fabrisfranco.com.br

DIRETORIA SALA DE ARQUITETOS, GESTÃO 2012/2013 fotos de guilherme jordani

Klaudia Vendrame

Fernanda Tissot Klaudia Vendrame

Bianca Franco

Ricardo Bosi

Letícia Athayde

tesoureira

Vice Presidente tesoureira

presidente

1º secretário

2ª secretária

08 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


por dentro

ambientes

inverno 2012

para morar

ALESSANDRA MOSNA alemosna@terra.com.br fone (54) 3212.2213

foto divulgação arquivo pessoal

fotos de guilherme jordani

INTEGRAÇÃO FAMILIAR DEPOIS DE UM DIA DE TRABALHO, NADA COMO CHEGAR EM CASA E REUNIR A FAMÍLIA. FOI COM BASE NESSA DEMANDA QUE SURGIU ESSE PROJETO. Hoje em dia a rotina profissional de quase todos nós faz com que saiamos

Para fechamento dos grandes vãos de janelas, persianas rolô de tela solar

cedinho de casa para retornar só depois que o sol se pôs. Arrumar tempo

motorizadas, garantindo praticidade na hora de abrir e fechar e também

para conviver em família se tornou um desafio, e foi com essa ideia em

proteção UV aos móveis, piso e tecidos.

mente que executamos esse projeto, tendo como diretriz básica a integração da família e de suas atividades.

O resultado foi a construção harmônica de um espaço democrático: a esposa aproveita a esteira para malhar em casa, a criança curte os seus

O amplo espaço de 45 m² de sala tornou possível o aproveitamento

jogos e o computador - perto dos olhos e cuidados dos pais - enquanto o

máximo da área, contemplando diferentes ambientes em um mesmo local:

marido, que tem por hobby cozinhar, contempla tudo da cozinha.

equipamentos de som e imagem, video game, computador, esteira, halteres, cafezinho e até mesmo degustação de vinhos. Tudo ao alcance das mãos e dos olhos.

Criamos também um móvel especialmente para acolher a esteira e os halteres, que, de outro lado, serve como uma estante de apoio ao home office. Este, por sua vez, também tem duas funções: bancada para o

A palheta de cores escolhida combinou de maneira minimalista tons

computador e espaço de leitura. A bancada mais alta funciona como bar,

neutros, tais como marrons, pretos, cinzas e brancos, com uma pitada do

onde instalamos uma adega climatizada, um frigobar retrô vermelho e uma

calor do vermelho, presente nos elementos decorativos. As cores claras do

bandeja de bebidas diversas. O charme fica por conta do PE de vidro, que é

piso laminado amadeirado e das paredes ganham força ao contrastarem

uma caixa para acomodar a coleção de rolhas das bebidas degustadas

com móveis que mesclam laca preto brilho, com lâmina de ébano.

pelo casal e seus convidados.

10 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


ambientes

por dentro

para morar

inverno 2012

No hall de entrada temos o clássico porcelanato preto brilho com filetes de pedras decorativas, realçado pelo painel de espelhos que esconde prateleiras e caixas de entrada de energia. O armário espelhado ganha bancada em laca vermelho Ferrari e uma moldura que abraça a obra "São Jorge", de Fabio Balen.

A bancada em ângulo (ao lado) traz mais charme ao ambiente, sendo rebatida ao teto para fixação das luminárias pendentes - pintadas exclusivamente para o espaço. Serve, principalmente, para acomodar a família durante as suas refeições e também inspira os momentos gourmet do marido. As banquetas, giratórias, tiveram acabamento em lâmina de madeira e tecido com listras vermelhas. Uma cristaleira de vidro e laca preto brilho fica acomodada entre a sala de jantar e a cozinha, servindo a todos os ambientes sociais da residência.

O desenho em ângulo da bancada foi acompanhado pelo piso laminado e pelo porcelanato acetinado da cozinha. A ligação entre eles é dada através de filetes de pedra decorativa, que aparecem no apartamento desde o hall do elevador.

bar

móvel da esteira

homeoffice

A iluminação planejada deixa o ambiente aconchegante, mas funcional. Bolas de vidro branco caem sobre a bancada do bar e, ao mesmo tempo, embutidos de acrílico com lâmpadas fluorescentes compactas garantem a leitura tranquila no home office. Sobre o ambiente de jantar, um grande pendente metálico, pintado de preto com o interior vermelho, confere iluminação à mesa, com capacidade para oito pessoas.

11 | INVERNO2012 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


por dentro

ambientes para morar

inverno 2012

por alessandra mosna

No lavabo temos porcelanato preto polido, uma grande bancada em laca brilho dourada, com um generoso espelho a ocupar toda a extensão da parede, visando trazer mais amplitude. O toque especial fica por conta da cuba de vidro preto, feita artesanalmente, caindo como uma escultura na bancada dourada. Papel de parede com fundo vermelho, folhas pretas e douradas, fecha o conjunto.

A suíte do casal tem acesso por um corredor, onde está instalado o closet. A cabeceira da cama estofada com camurça recebeu uma grande moldura em laca branca, com negativos que a destacam ainda mais. O painel do televisor leva laca branca e melamina acetinada, e também possui um gaveteiro com uma bancada em vidro bronze. A iluminação da suíte se deu através de plafon central, embutidos discretos e um belo pendente rendado ao lado da cama.

O dormitório do menino ganhou um ar descontraído com a criação da cama baixa, com colchão embutido, criando um “estar suspenso” para a criança assistir aos seus filmes preferidos. Abaixo da janela uma grande bancada acomoda espaço de estudos e nichos para brinquedos. A iluminação se deu através de cubos de acrílico sobrepostos, que comportam lâmpadas econômicas, garantindo uma ótima luminosidade ao espaço. FICHA TÉCNICA Projeto: Apartamento Residencial. Conceito: Integração de ambientes e atividades. Local: Caxias do Sul - RS

12 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


por dentro

ambientes

inverno 2012

para morar

ADRIANE CESA arquitetura@adrianecesa.com.br fone (54) 3025.3931

fotos de guilherme jordani

ACONCHEGO E SOFISTICAÇÃO HARMONIA EM TODOS OS AMBIENTES DO APARTAMENTO, COM COMBINAÇÕES QUE GERAM CONFORTO. A elaboração desse projeto passa pela escolha de dois conceitos: o uso do

No piso utilizamos porcelanato italiano - assim como no revestimento da

branco, e a sua combinação com detalhes em madeira. Essa fusão

cozinha.

permitiu a criação de um belo contraste, além de trazer conforto e deixar o apartamento mais aconchegante.

O hall foi trabalhado com a mesma linguagem do mobiliário da sala. A diferença fica no uso do revestimento de espelho bronze, com a intenção

Na mobília da sala o destaque fica com as pastilhas de madeira, que

de ampliar o espaço e o deixar mais requintado.

revestem as portas dos armários, formando uma espécie de painel. A iluminação tem papel fundamental em toda a composição do O papel de parede marrom, com flores em tom dourado, traz ainda mais

apartamento, evidenciando os detalhes do mobiliário, texturas e formas.

requinte ao ambiente. Tal aplicação compõe muito bem em conjunto com a iluminação, que permite criar diferentes cenários de luz conforme o uso

Separamos a iluminação em vários circuitos que formam cenários de luz

pretendido para a sala.

diferenciados conforme a necessidade do cliente.

As salas de estar e jantar estão integradas à cozinha, pois utilizamos grandes portas de correr para dividir os ambientes. Conforme a necessidade o cliente pode deixar tudo aberto ou separar quando o interesse for privacidade.

14 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


ambientes

por dentro

para morar

inverno 2012

No dormitório do casal as cores neutras também predominam no mobiliário e no papel de parede, que leva arabescos brancos sobre fundo neutro.

A presença das cores se dá através do bordô, da cabeceira da cama, e na lateral listrada das cortinas.

Em frente à cama, a TV foi inserida em um móvel com painéis deslizáveis, que permitem esconder o equipamento.

Painéis revestidos com laca brilho e papel de parede também permitem ocultar o closet.

A sacada do quarto do casal foi fechada e transformada num mini spa, com direito a banheira de hidromassagem.

Painéis que deslizam permitem ocultar a televisão e o espaço do closet. Opção que preserva a beleza do projeto e traz ainda mais classe ao ambiente.

A cozinha exibe um revestimento na parede em mosaico italiano, de fácil manutenção. No hall, a mesma linguagem do mobiliário da sala.

15 | INVERNO2012 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


por dentro

ambientes para morar

inverno 2012

por adriane cesa

O predomínio da cor branca também pontuou o projeto do dormitório da menina, com presença marcante no mobiliário. O contraste foi estabelecido na escolha do papel de parede floral, que além de "quebrar" a neutralidade do branco também embeleza e alegra o ambiente.

A cor lilás também entra para contrastar com o branco e está presente nas portas de vidro do roupeiro e nos detalhes das flores.

A cama foi disposta na lateral para ser usada como um sofá durante o dia, criando um ambiente para brincar, ver TV, jogar e receber as amigas.

FICHA TÉCNICA Projeto: Apartamento residencial. Conceito: Sofisticação e harmonia. Local: Caxias do Sul - RS

16 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


conheça inverno 2012

por SAMUEL RAMOS color bazaar

facebook.com/samueltlmag

AS CORES DAS ALINES

foto mari rossatto

foto divulgação

Aline Venzon e Aline Bittencourt são duas amigas, que moram na mesma cidade (Farroupilha) e que resolveram combinar talentos.

A Venzon já estudou artes visuais e trabalhava na empresa da família, uma metalúrgica que produz materiais em aço e alumínio. A Bittencourt, por sua vez, é designer e por muito tempo trabalhou em uma agência de publicidade.

Há cerca de um ano descobriram que além do primeiro nome também tinham outra coisa em comum: a vontade de inovar e conquistar seu espaço no mercado de decoração, agregando valor aos seus produtos através do design.

Como resultado, criaram a marca Color Bazaar e obtiveram não só reconhecimento pelo seu trabalho, mas também um número crescente de pedidos.

Sala – A Color Bazaar comemora seu primeiro ano com uma grande

S – É possível perceber um grande número de referências à cultura pop

aceitação dos produtos, sobretudo em mercados fora do RS. Qual a

nos objetos criados por vocês. De onde vem essa inspiração?

receita?

AV – Um conceito que nos agrada muito na hora de criar é de resgatar itens

Aline Venzon – O mercado de decoração está buscando cada vez mais

da nossa memória afetiva. Esse conceito está presente em um grande

diferenciação e o design é uma ferramenta importante nessa tarefa.

número de iniciativas hoje, desde a gastronomia (comfort food) até outras

Começamos criando peças diferentes, explorando cores e buscando

áreas, e com o design não é diferente. A partir desses elementos, sobretudo

adicionar personalidade a objetos corriqueiros. Era mais um hobby, que um

aqueles vinculados à Pop Art, compomos nosso trabalho, misturando

dia, quem sabe, poderia ser um negócio. Contudo, a recepção do mercado

estilos, cores e buscando referências que evoquem sentimentos nas

foi muito boa, o que fez com que tivéssemos que nos dedicar integralmente

pessoas.

à Color Bazaar e investir mais em pesquisa e desenvolvimento. Creio que o segredo da boa receptividade que estamos tendo é mostrarmos que o

Também gostamos de mesclar estilos, fazendo combinações de elementos

design é importante, e que, sobretudo, ele pode ser trabalhado dentro de

clássicos com detalhes mais descontraídos. Seja uma mesa, um cofrinho,

um custo possível, que seja acessível para um grande número de pessoas.

uma banqueta, uma fruteira ou uma lixeira, é possível imprimir

Nossa filosofia é essa: trabalhar com produtos diferenciados, que não

personalidade nesses objetos.

tenham preços proibitivos, sem abrir mão da qualidade e do acabamento.

18 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


color bazaar

conheça inverno 2012

S – Quantos itens a Color Bazaar possui hoje em catálogo? AV – Atualmente cerca de 30 peças. Porém, produzimos algumas peças únicas, outras em séries limitadas. Procuramos renovar as coleções periodicamente. Estamos completando um ano de empresa e já vamos para a terceira coleção. Por sinal, nessa coleção viremos com novas combinações de materiais, como a aplicação de madeira e tecido no metal.

S – Quanto de trabalho manual há na produção das peças?

AV – Praticamente toda a parte de acabamentos, que inclui a adesivação e a montagem dos produtos. Esse é um dos fatores cruciais que nos impede de garantir uma produção em maior escala. Nossos maiores clientes hoje estão em São Paulo e são lojas virtuais especializadas em produtos diferenciados de decoração, que enfatizam a arte e a criatividade. Por isso mesmo temos que trabalhar duro para produzir e também desenvolver novos produtos.

«Eu não parei um dia, olhei para a tela em branco e disse: “A partir de hoje vou fazer Pop Art”. O artista constrói o seu estilo no decorrer dos anos.»


GILDO FELIPE MUNER E CLAUDIA RUZZARIN VERONESE gildomuner@hotmail.com | claudiaruzzarin@hotmail.com fone (54) 3221.8217

foto luiz chaves

perfil inverno 2012

espaço do

profissional

AMBIENTES COM ALMA

Dormitório da Menina, Mostra Casa&Cia Serra, 2003. Projeto eleito pelo público como melhor ambiente residencial da edição.

foto gilmar gomes

fotos guilherme jordani

Dormitório da Moça Sócios no escritório Criação Urbana, de Caxias do Sul, Claudia Ruzzarin Veronese e Gildo Felipe Muner são conhecidos de longa data e trabalham juntos há quase 15 anos - se associaram ainda em 1998. A amizade, formada há muitos anos, serve como complemento aos talentos profissionais desses arquitetos. O trabalho da dupla engloba projetos residenciais, comerciais, arquitetura de interiores, reformas, design e mostras de decoração. Por sinal, foi na mostra Casa & Cia Serra, em 2003, que levaram para casa o primeiro lugar na escolha do público, com o projeto Dormitório da Menina.

20 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS

Jovem, funcional, alegre e descontraído, ambiente ideal para uma moça cheia de energia e sonhos. O verde Tiffany foi eleito para a parede da TV e contrasta com o rosa em várias nuances. Nichos formam um painel lúdico, que também guarda e organiza tudo. A divisória branca com círculos vazados separa o closet. A penteadeira com ares high tech e a iluminação cênica complementam o espaço, juntamente com a iluminada bancada de estudos.


espaço do

profissional

perfil inverno 2012

“Criamos ambientes com alma e colocamos num espaço

Arquitetura de Interiores, projeto comercial, interno e externo, da loja Decorwindow, em Caxias do Sul.

tridimensional a história de vida dos nossos clientes”, resumem. Ambos os sócios tiveram a sua formação na Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Claudia Veronese foi diplomada em 1997, enquanto Gildo Muner terminou sua graduação em 1988. A experiência acumulada no decorrer desses anos serve como grande diferencial no trabalho da dupla de arquitetos.

O estilo contemporâneo pontua o trabalho da dupla, que também incorpora características importantes, tais como personalização e singularidade. "Queremos que cada projeto emane um charme único. A arquitetura deve retratar a personalidade de cada cliente. A isso, depois, acrescentamos outros conceitos importantes, tais como funcionalidade e conforto, porém a personalização é fundamental. Traços, formas, cores, revestimentos e móveis valorizam a estética, enquanto os projetos de iluminação são fundamentais para despertar estilos visuais únicos», reiteram.

Dormitório do casal Neste espaço de 25 m², utilizou-se um layout com mobiliário de linhas retas e marcantes. Os detalhes valorizam a essência e a circulação fluída. A tonalidade cinza introduz a neutralidade necessária para a recepção de elementos diversos, produzindo, assim, uma atmosfera de luxo e sofisticação.

foto gilmar gomes

fotos guilherme jordani

Projeto Arquitetônico Residencial: sacadas com formas orgânicas.

21 | INVERNO2012 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


perfil inverno 2012

O ‘antes’ da escada e do hall de entrada. Degraus abertos apresentavam um risco para as crianças pequenas.

ANTES

O ‘depois’ apresenta a mesma escada, revestida, em tons de branco, trazendo mais sofisticação. A leveza foi garantida com o guarda corpo de vidro, que também reforça o ar clean e contemporâneo do revestimento da parede.

espaço do profissional

gildo felipe muner e claudia ruzzarin veronese

DEPOIS

fotos claudia veronese

Formas puras

O design é também uma constante nos projetos desenvolvidos por Claudia e Gildo. Uma importante parte do trabalho da dupla reside em aliar formas puras e simples à funcionalidade.

Com base nesse conhecimento, eles se orgulham por assinar a criação de peças únicas, exclusivas, tais como mesas e aparadores.

Mesa Paris A mesa de jantar Paris tem base central escultural, e estrutura para tampo em vidro. A criação faz parte de uma linha de mesas que leva o nome de locais considerados magníficos pela dupla, tais como Dubai, Chicago, Manhattan e Tailândia .

22 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS

foto gilmar gomes


espaço do profissional

gildo felipe muner e claudia ruzzarin veronese

perfil inverno 2012

Arquitetura de Interiores, apartamento em Porto Alegre. Ambiente residencial: Living. O projeto valoriza e integra áreas de convívio social. Monocronismo ganha pinceladas de vermelho, a cor predileta dos proprietários.

foto gilmar gomes

Parceria pautada na confiança

Arquitetura de Interiores, projeto comercial. Plantas permanentes, decoração e mobiliário.

Gildo e Claudia mantêm uma parceria pautada no respeito mútuo e na dedicação, produzindo um ambiente de confiança e de troca de ideias. “Não há competitividade entre nós, pelo

foto gilmar gomes

contrário. Procuramos equilibrar nossos conhecimentos para fotos guilherme jordani somar”, frisam. Sempre atualizando-se, visitam mostras e feiras, nacionais e internacionais, para conferir novas tendências e buscar novos materiais e soluções arquitetônicas.

Seus projetos traduzem o estilo de vida e a expectativas dos clientes. "Nossa realização é trabalhar espaços completos, desde estruturas, paredes, gesso, pisos, mobiliário, móveis e complementos e esse envolvimento gera grande proximidade com os clientes, fato que nos permite trabalhar com diferentes gerações dentro de uma mesma família", finalizam.

FICHA TÉCNICA Criação Urbana Arquitetura e Construções Ltda. Arquitetos Gildo Felipe Muner e Claudia Ruzzarin Veronese. Arquitetura de interiores, projetos arquitetonicos (comerciais e residenciais), design e reformas. Av. Júlio de Castilhos, 2465, Sala 02. Bairro São Pelegrino. Caxias do Sul - RS. Telefone: (54) 3221.8217

fotos gilmar gomes

23 | INVERNO2012 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


ambientes inverno 2012

sala de cinema

ALEXANDRE PINHEIRO MACHADO alexandre@pinheiromachadoarquitetura.com.br fone (54) 3223.5498

fotos de guilherme jordani

CINEMA EM CASA MESMO COM O PÉ-DIREITO REDUZIDO, FOI POSSÍVEL TRABALHAR O ESPAÇO E CRIAR UM BELO CENÁRIO PARA FILMES E ESPORTES. O que era para ser a maior dificuldade do projeto - o pédireito muito baixo - serviu para aproveitar os elementos da estrutura e transformá-los em personagens dos efeitos de luz e volumetrias. O projeto do móvel acompanhou o mesmo princípio de aproveitamento e adaptação: uma moldura esconde a tela de projeção enquanto a coluna lateral oculta a central de automação.

A opção por cores escuras, não reflexivas, atrás da área de projeção permite melhor visualização dos filmes, efeito obtido com o preto e com acabamento em laca alto brilho. O ambiente foi totalmente automatizado e o controle universal permite controlar o home theater distribuindo som para áreas externas - além de efetuar mudanças de cenários de luz, climatização e persianas. Tudo isso sem sair do sofá.

24 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


DEISY RIGOTTO deisy@bestnet.com.br fone (54) 3292.5453

sala de cinema

ambientes inverno 2012

foto gerson bisol

fotos de guilherme jordani

PARA CURTIR O FRIO RECEITA DE ACONCHEGO, PARA APROVEITAR BONS MOMENTOS, MESMO NOS DIAS MAIS FRIOS. O objetivo desse projeto foi transformar um espaço envidraçado equipado com churrasqueira. O vidro deu lugar à alvenaria, nas paredes, e telhas gravilhadas e gesso acartonado, no teto. O piso de granito também saiu, abrindo espaço para o laminado. O equipamento audiovisual foi instalado com revestimento de placas, formando um belo mosaico com madeira de reflorestamento. Para abrigar a lareira a gás, com pedras vulcânicas, criamos um móvel em mármore Bege Bahia bruto com fundo em granito São Gabriel, que serviu também de base para a TV. A tela de projeção foi embutida em um módulo executado de forma a corrigir a inclinação do forro sem comprometer a estética do ambiente. Estofado, pufes, cortinas em linho e o tapete de pelo cortado garantem o aconchego desejado. A iluminação geral contribui para criar cenários, valorizando texturas e obras de arte.

25 | INVERNO2012 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


ambientes inverno 2012

lareira

ADRIANE KARKOW adriane@adrianekarkow.com.br fone (54) 3214.3277

fotos de guilherme jordani

AQUECENDO COM ESTILO UMA CASA DE CAMPO EXIGE UMA LAREIRA PODEROSA, QUE IMPRIMA PERSONALIDADE AO AMBIENTE. A lareira é o centro deste espaço. Possui base revestida em mármore marrom imperial, uma grande moldura boleada em laca marrom alto brilho e corpo superior em lâmina de imbuia, com painel para TV e nichos para equipamentos de áudio e vídeo. As diferenças de texturas, de acabamentos opacos e brilhosos, linhas retas e moldura curva formam contrastes únicos.

A lareira é do tipo canadense que funciona da maneira convencional, com lenha. Seu diferencial é o sistema de dutos, que leva calor a toda a casa.

A mistura de estilos clássicos, modernos e rústicos imprime um charme especial à casa de campo, e o espaço destinado à lareira se tornou seu coração quente.

26 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


ambientes inverno 2012

estar íntimo

JÉSSICA DE CARLI jessica@jessicadecarli.com.br fone (54) 3025.1101

fotos de guilherme jordani

ESTAR PARA OS VIAJANTES O JOVEM CASAL E A SUA FILHA ADORAM VIAJAR. NO ESTAR, AS MEMÓRIAS GANHAM A FORMA DAS PEÇAS DE ARTE E DECORAÇÃO. Os clientes desse projeto adoram pegar a estrada. Durante as viagens, aproveitam para garimpar peças exclusivas para compor a decoração da casa. Assim, o projeto desse estar íntimo precisou levar em conta essa característica e formar um ambiente contemporâneo em que o vintage, o pop e o retrô pudessem conviver em harmonia.

O mobiliário levou acabamento em laca alto brilho: cor preta no móvel do televisor a verde esmeralda na mesinha de centro.

Duas peças complementam e trazem um charme diferenciado: a cadeira de antiquário, com estofado barroco, e a divertida mesinha em forma de anão, assinada por Philippe Starck.

28 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


FLÁVIA JUNGES e VANESSA LORENZINI flavia@jlarquitetura.com.br fone (54) 3214.3186

estar íntimo

ambientes inverno 2012

fotos de guilherme jordani

CHARME E ACONCHEGO UM AMBIENTE PRÁTICO E ACONCHEGANTE, PARA SER USADO DIARIAMENTE. O projeto de reformulação dessa sala de estar manteve características originais, mas também passou por atualizações importantes. A começar pela lareira ecológica, abastecida a álcool, que ameniza o frio do rigoroso inverno caxiense. Embutida em uma caixa de granito, aquece com beleza e segurança, e ainda dispensa tubulações ou chaminés.

O piso de madeira, original, da década de 50, passou por um tratamento de recuperação, que traz facilidade na manutenção. Renovado, aparece em destaque enquanto se contrapõe às cores do ambiente. A laca preta de alto brilho aparece no home theater e na mesa central, opção de acabamento atemporal e sofisticada. O sistema de som e iluminação foi embutido no forro de gesso. As luminárias foram instaladas em circuitos distintos com a proposta de criar diferentes cenários.

29 | INVERNO2012 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


ambientes inverno 2012

cozinha

ÉRIKA BORTOLINI bortolini@erickas.com.br fone (54) 3028.0802

fotos de guilherme jordani

COZINHA BIFUNCIONAL DE UM LADO, ELETRODOMÉSTICOS E ARMAZENAGEM DE ALIMENTOS. DO OUTRO, CHURRASQUEIRA E BANCADA. Um dos fatores que mais chama a atenção nesse projeto é o aproveitamento do espaço através da bifuncionalidade: de um lado temos a parte do dia-adia, que abriga eletrodomésticos, equipamentos de cocção e de armazenagem dos alimentos. Do outro lado, no mesmo ambiente, temos a área da churrasqueira, com bancada e pia independentes, o que não atrapalha o fluxo e a circulação.

A bancada alta serve aos dois lados, podendo servir de espaço para refeições rápidas e também de apoio para a churrasqueira. A melamina com efeito amadeirado escuro aplicada nos móveis gera um contraponto com as bancadas de granito claro. O grande destaque, contudo, fica com a faixa horizontal em azulejos coloridos, grafismo inspirado na cauda do pavão.

30 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


ambientes inverno 2012

cozinha

CELINA GALIOTTO FURLAN arquiteta.celinagaliottofurlan@hotmail.com fone (54) 3028.3318

fotos de guilherme jordani

PEQUENO ESPAÇO GOURMET A DIMENSÃO REDUZIDA DO APARTAMENTO NÃO IMPEDIU A IMPLEMENTAÇÃO OTIMIZADA DE UMA BOA COZINHA. Imóveis de dimensões reduzidas são uma tendência em diversas metrópoles do mundo e trazem bons exemplos de aproveitamento da área útil. Foi o caso desse projeto, em que a cozinha precisou se adaptar ao espaço reduzido, sem que isso significasse abrir mão de funcionalidade.

O lançamento desse projeto teve como definição integrar as áreas de estar-jantar com a cozinha, propiciando o aspecto de loft. A bancada da pia e a mesa de apoio foram executadas em Silestone crystal ash e os móveis - projetados pela arquiteta - foram executados pela Todeschini. A iluminação da bancada de preparo conta com lâmpadas de LED e sobre o apoio de refeições rápidas, pendentes complementam a iluminação principal embutida no gesso.

32 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


MAX MANOEL max@arquitetaria.com.br fone (54) 3223.4881

cozinha

ambientes inverno 2012

fotos de guilherme jordani

PRATICIDADE PARA O CASAL A ROTINA ATRIBULADA DE HOJE PEDE FUNCIONALIDADE EM TODOS OS AMBIENTES, E NA COZINHA ISSO É FUNDAMENTAL. Para o jovem casal, que necessitava de um projeto prático e funcional na sua cozinha, a Arquitetaria projetou um ambiente moderno e que ajudasse a otimizar o local. A começar pela bancada, em formato de semi-ilha, que voltada para a sala permite maior integração entre os ambientes, ampliando a área da cozinha. A disposição dos móveis também colabora, ao permitir a livre passagem entre a sala de jantar e a área de serviço.

Na coloração dos móveis foi utilizado o contraste entre tons claros e escuros. Enquanto o branco laqueado favorece a ampliação dos espaços e traz maior leveza ao ambiente, o tom escuro amadeirado da lâmina titanium gera aconchego e conforto. A bancada, em granito preto São Gabriel, complementa o conjunto e confere praticidade para as funções do dia a dia.

33 | INVERNO2012 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


ambientes inverno 2012

cozinha

RODRIGO DALLEGRAVE rd.arq@terra.com.br fone (54) 3025.6686

fotos de guilherme jordani

DESIGN ESCANDINAVO PARA UM JOVEM COLECIONADOR DE ARTE CONTEMPORÂNEA, A INFLUÊNCIA DA ARQUITETURA NÓRDICA. A concepção desse projeto teve como ponto de partida os espaços sofisticados das galerias de arte.

A opção por materiais clássicos, como é o caso do mármore do piso, faz contraste com o moderno Silestone branco nas bancadas, material que oferece maior assepsia no preparo dos alimentos. A separação da área de serviço ocorre com o uso do vidro, aproveitando a luz natural durante o dia. Em noites de festa, a iluminação difusa que vem da área de serviço torna o ambiente mais intimista.

A personalidade e a história do proprietário são refletidas nas peças de herança familiar e também pelo encontro de consagrados designers, tais como Philippe Stark e Konstantin Grcic, com o trabalho de Beatriz Milhazes.

34 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


FERNANDA BERTOLUCCI ROSSI frndrossi@gmail.com fone (54) 9953.7181

cozinha

ambientes inverno 2012

foto: andrei cardoso

fotos de guilherme jordani

DESCONTRAÇÃO NA COZINHA RECEITA DE ACONCHEGO, COM DESPOJAMENTO E PITADAS DE DIVERSÃO. O jovem casal queria uma cozinha aconchegante e despojada. A solução foi buscar inspiração no kitsch, desenvolvendo o projeto através de uma releitura dos clássicos, com pitadas de humor e diversão. O estilo descontraído é visível nos elementos decorativos, com direito a pinguim na geladeira e latas de mantimentos expostos em móveis projetados com desenho contemporâneo, executados pela Bontempo. O ambiente se caracteriza por apresentar cores quentes e marcantes e os rasgos de iluminação indìreta reforçam as linhas horizontais do projeto. O piso de porcelanato, em tom de madeira natural, o revestimento das paredes com textura de tijolo, a cerâmica colorida, e a porta da área de serviço, em vidro adesivado, complementam o cenário. O revestimento das bancadas em marrom absoluto traz unidade e confere sofisticação ao conjunto.

35 | INVERNO2012 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


ambientes inverno 2012

cozinha

PATRÍCIA MUGNOL patriciamugnol.com.br fone (54) 3027.4567

fotos de guilherme jordani

PRATICIDADE E PRIVACIDADE PORTAS DE CORRER FAZEM A LIGAÇÃO ENTRE A COZINHA E O ESPAÇO SOCIAL. A família desejava estabelecer uma ligação entre dois ambientes: a cozinha e o estar social. Uma pequena reforma trouxe, então, praticidade e privacidade, abrindo um vão entre a cozinha e a sala de jantar, onde instalamos portas de correr - com a opção de abertura parcial ou total. Na cozinha as portas ficam escondidas atrás do móvel, enquanto que pelo lado da sala de jantar ficam ocultas sob o acabamento em laca branca.

O layout da cozinha foi modificado para se adequar aos eletrodomésticos. A mesa solta troca de lugar e pode servir como apoio para o preparo dos alimentos. A cor branca foi utilizada no mobiliário e na bancada em silestone, trazendo amplitude e higiene ao espaço, ao mesmo tempo em que contrasta com o tom aconchegante da madeira. Nichos aéreos facilitam o alcance dos objetos mais utilizados.

36 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


ANA PAULA KERPEN anapaulakerpen.com.br fone (54) 3021.0768

cozinha

ambientes inverno 2012

fotos de guilherme jordani

ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA INTEGRAÇÃO DE COZINHA E SALA DE JANTAR FORAM AS PRIORIDADES DESSA FAMÍLIA. A integração entre cozinha e sala de jantar contou com o trabalho de forro de gesso, através de uma grande sanca de luz indireta que "amarra" os dois ambientes.

Os limites são traçados pelo trabalho no piso. A cozinha foi muito bem equipada com aparelhos de acabamento em inox, além de uma churrasqueira com bifeteira e uma miniadega. Uma ilha delimita o espaço de serviços da cozinha, tendo o fogão e a coifa como elementos centrais. Do outro lado desta ilha foram projetadas duas bancadas de diferentes alturas: a mais baixa para refeições rápidas e a mais alta para reuniões sociais como, por exemplo, um churrasco entre amigos. Para compor com o piso marrom, foi escolhido o granito amarelo ornamental como fechamento dos tampos e revestimento da churrasqueira.

37 | INVERNO2012 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


ideias inverno 2012

gabinetes

CARLA ZIGNANI, RAFAEL ARTICO E ANDREIA ROSSATO www.arcco.arq.br fone (54) 3214.8121

fotos de guilherme jordani

DIFERENTES ESTILOS DOIS GABINETES, COM A MESMA FUNÇÃO, QUE SE INSPIRAM EM DIFERENTES CONCEITOS. Na fundamentação teórica, o estilo clássico busca a perfeição através de cálculos matemáticos e geométricos, regras, proporções e perspectiva. As esculturas, a rígida geometria dos templos gregos e a organização formal destacam-se como exemplos do estilo clássico no curso da história da arquitetura.

Um dos gabinetes que exibimos aqui foi construído com essa inspiração. O projeto busca referências nas bibliotecas e museus construídos no início do século passado, buscando o conceito clássico através de uma base com maior peso, com portas fechadas, e leveza na parte superior com colunas bem marcadas e capitéis de ordem coríntia.

O ritmo, também uma marca do estilo, é percebido pela dimensão regular das estantes, interrompido apenas pela mesa de trabalho, onde está inserido o painel em que se destacam os quadros.

38 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


gabinetes

ideias inverno 2012

A mesa colocada no centro do ambiente teve o pé entalhado a mão em peça maciça, e para ampliar a área do tampo existe a possibilidade de abrir uma extensão feita com corrediças telescópicas.

A riqueza dos detalhes, como molduras aplicadas nas portas e no contorno inferior e superior do móvel, finaliza a marcenaria toda trabalhada em imbuia e rádica de imbuia em tom mel.

No acesso, o vão da porta foi ampliado com o objetivo de integrar o gabinete as áreas do hall e sala através de um painel duplo com porta de abrir e gradil arabescado em latão dourado.

A iluminação foi projetada com o objetivo de valorizar cada trecho do mobiliário, com destaque especial para o plafon em forma oval com cristais irregulares que remetem a uma renda.

Para finalizar, carpete marfim no piso e cortina em tons de marfim e dourado que trazem leveza e sensação de conforto ao espaço.

39 | INVERNO2012 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


ideias inverno 2012

gabinetes

por carla zignani, rafael artico e andreia rossato

No outro gabinete, realizamos umas proposta diferente, calcada nos conceitos da arquitetura contemporânea. Nessa escola, os elementos não possuem uma linguagem única e cada corrente faz parte de um conjunto que faz uma reinterpretação da arquitetura do passado, seja através da releitura do significado que os elementos desempenham ou dos próprios estilos da arquitetura. Outra característica marcante é o grau de importância que adquirem os conceitos de funcionalidade e racionalidade.

Esse gabinete de estilo contemporâneo foi projetado para uma residência reformada para um casal e dois filhos, porém o uso principal será prioritariamente da moradora, que gosta de organizar seu dia a dia neste espaço. O ambiente também deveria abrigar um sofácama, utilizado para a recepção de hóspedes. Antes da reforma esse espaço era parte da cozinha, fazendo com que diversas adaptações ocorressem para abrigar o escritório. A concepção do projeto partiu da bancada de trabalho, com sequência para uma estante lateral e um móvel atrás da cadeira para apoio, contando com gavetas em alturas diversas.

40 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


gabinetes

por carla zignani, rafael artico e andreia rossato

O projeto também previu a instalação de um frigobar no local, facilitando o acesso aos lanches rápidos durante o trabalho, pois a reforma levou a cozinha para o pavimento inferior da residência.

Na estante lateral foram criados nichos para acomodar livros e adornos, tornando o ambiente acolhedor e aconchegante. A opção pelo carpete em placas quadriculadas forma uma espécie de xadrez no piso, contrapondo-se ao mobiliário de tons neutros. O papel de parede também compõe com a textura do piso e com o painel estofado que existe na frente da bancada de trabalho.

A iluminação foi trabalhada de forma difusa, através de dois plafons quadrados, bem contemporâneos, com lâmpadas fluorescentes ocultas por um acrílico leitoso. Embutidos para dicroicas determinam a iluminação pontual.

ideias inverno 2012


paragens

o olhar

inverno 2012

do arquiteto

THAÏS GEREMIA thaisgeremia@terra.com.br fone (54) 3214.4967

JAPÃO, VIVÊNCIA ÚNICA

foto: luis chaves

A PERSONALIDADE SINGULAR DO PAÍS DO SOL NASCENTE. Viajar para o Japão é adentrar uma cultura diferente de qualquer outra do mundo. O país tem mantido ao longo de sua milenar história um acervo sócio - cultural próprio, que prima pela valorização das tradições. Contudo, partilha sua história com avanços tecnológicos, enquanto abraça a vanguarda em todas suas formas. Vista do Monte Fuji, a oeste de Tóquio, a bordo do trem-bala.

fotos divulgação

Com projetos de arquitetos famosos, lojas das grandes grifes abriram lojas-conceito em Omotesando, Tóquio, representando a modernidade arquitetônica. Cartier Store, projeto de Bruno Moinard (2005). Maison Hermès, projeto de Renzo Piano (2001).

Prada Boutique, projeto de Herzog & de Meuron (2003).

O Japão impressiona e surpreende quem o visita pela primeira vez. E não

Todos esses atributos, facilmente perceptíveis na rotina individual das

apenas pelo moto-contínuo dessa sociedade que eterniza tradições enquanto

pessoas, se refletem no âmbito coletivo, fazendo da sociedade japonesa uma

revoluciona a tecnologia, mas também pela escala de valores existente dentro

das mais organizadas do mundo. Tudo funciona perfeitamente e cada

da cultura japonesa. Ao sentimento de dever e honra, que ocupa um lugar de

habitante contribui para isso.

destaque no corpo dessa sociedade, também se soma uma forte proeminência do coletivo sobre o indivíduo.

O forte senso de honra e dever (que os japoneses chamam de giri) também

É particularmente espantoso o respeito às regras básicas de convivência: a

afetiva das relações pessoais. Apesar da educação e tratamento exemplares,

possui uma leitura menos positiva. Nota-se com frequência uma rigidez

educação requintada, a pontualidade, a limpeza dos espaços públicos e o

percebe-se a distância na forma como eles interagem não apenas com os

respeito ao espaço alheio, constantes entre jovens e velhos, ricos e pobres, ou

estrangeiros, mas também entre si. A contenção na expressão das emoções é

entre qualquer uma das muitas tribos urbanas que coexistem no país.

particularmente notável aos olhos dos turistas ocidentais.

42 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


o olhar

paragens

do arquiteto

inverno 2012

Como consequência desse forte sentimento de honra, há pouca tolerância ao fracasso individual. O ritmo frenético que marca a vida social japonesa não perdoa a quem fica para trás. Isso, somado ao sentimento de orgulho que todos compartilham, torna uma demissão do trabalho em uma verdadeira tragédia (por sinal, esta é a principal causa de suicídio entre os japoneses).

Se por um lado esta submissão do indivíduo ao coletivo dá maior uniformidade à sociedade nipônica, por outro lado ela o faz em detrimento do multiculturalismo. Não há nenhum interesse efusivo em incorporar elementos

O Memorial da Paz de Hiroshima (cúpula de Genbaku), foi a única estrutura que se manteve na área onde a primeira bomba atômica explodiu, em 6 de agosto de 1945. Desde então é mantida preservada no estado original como símbolo dos horrores do bombardeio.

culturais externos, como ocorre, por exemplo, na sociedade americana. Como resultado, a imigração é residual e praticamente inexistem grupos étnicos estabelecidos. O povo japonês é consciente e orgulhoso desta singularidade cultural. Consideram que sua civilização e o peso das suas tradições têm entidade suficiente para que seja o estrangeiro quem tenha que adaptar-se, e não vice-versa. Talvez por isso não seja muito comum encontrar muitos japoneses que consigam falar inglês, o que torna muito difícil a tarefa de se comunicar no âmbito cotidiano. Acrescente a isso seu sistema de escrita e entenda por que é um ato quase heroico ir até um restaurante nativo e escolher a comida em um cardápio.

Mesmo com tantas diferenças, o Japão reserva atrativos suficientes para aqueles que se aventurarem a desbravar esse mágico país em busca de novas experiências. Ao pisar em solo japonês, sentimos que tudo é muito diferente do que tínhamos visto até então, e, provavelmente, seja esse contraste o que estimule nossos sentidos. Tudo isso faz com que quando decolamos, no avião de volta, bata uma sensação de que não vimos nem uma mínima fração de todos os encantos que o país revela.

Cruzamento de Shibuya em Tóquio: um milhão de pessoas transitam por estas quatro esquinas a cada dia.

O famoso Templo Dourado, na cidade de Quioto. O edifício original foi construído em 1397. Destruído em 1950, em um incêndio criminoso, foi reerguido cinco anos depois, seguindo fielmente o desenho original.

43 | INVERNO2012 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


paragens

o olhar

inverno 2012

do arquiteto

FERNANDA TISSOT fernanda@luxion.com.br fone (54) 3021.0007

HELLO, AUSTRÁLIA

foto leandro badalotti

RECEPTIVIDADE QUE FAZ A DIFERENÇA A Austrália, para muitos, é sinônimo de praia e calor. Nossa temporada por lá, contudo, mostrou que se encontra muito mais do que isso pelo Pacífico Sul. Para facilitar, a grande maioria das pessoas está sempre pronta para fornecer indicações ou direções, o que resulta em um turismo fácil e agradável. A casa da Ópera de Sydney (Opera House), também conhecida como Teatro de Sydney, é um dos edifícios de espectáculo mais conhecidos do mundo, e um dos símbolos da Austrália.

fotos guilherme jordani

O ponto de entrada para a maioria das pessoas que visitam a Austrália é

Pertinho da Opera House está outro ponto de relevância: a Harbour Bridge.

Sydney, cidade mais populosa do país, que tem como seus cartões postais a

Para quem não lembra, é aquela ponte que todo fim de ano abre a

Opera House (acima) e a Harbour Bridge (que fica logo ao lado da casa de

transmissão dos fogos de réveillon pela televisão (devido ao fuso australiano,

espetáculos).

Sydney recebe o 1º de janeiro antes de todos nós). Uma das atividades turísticas mais conhecidas no local é fazer a escalada da Harbour Bridge,

A Opera House foi projetada pelo arquiteto dinamarquês Jørn Utzon e

subida de cerca de uma hora (134 metros) que permite obter uma vista

começou a ser construída em 1957. Em 1966 divergências com um novo

panorâmica sem igual de toda a cidade.

governo o forçaram a pedir demissão do projeto, que só foi inaugurado 1973 (sem que o próprio Jørn fosse convidado para o evento de estreia). O espaço,

Durante o período em que visitamos a cidade ocorria a quarta edição do

que também é conhecido como Teatro de Sydney, possui apresentações

Festival de Música, Luz e Arte, o Vivid Sydney, evento que ocorre anualmente e

regulares de eventos artísticos, bem como visitas guiadas.

mobiliza toda a cidade, bem como seus principais pontos turísticos.

44 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


o olhar

paragens

do arquiteto

inverno 2012

Espaços públicos ganham uma nova roupagem por meio de projeções de luz, espetáculos de música e performances teatrais, que provocam interessantes interações com os visitantes que, muitas vezes, são convidados para participar e interagir. Durante o Vivid Sydney escritórios de lighting design do mundo todo são convidados a participar e dão uma caracterização cênica especial aos monumentos, que são transformados em gigantescas telas de pintura ou cinema. A energia é contagiante e mesmo com a temperatura baixa e os ventos típicos da cidade australiana uma multidão se instala na baía para apreciar o evento.

MELBOURNE

Enquanto Sydney é um filme, com a toda sua agitação, Melbourne é um livro, para ser deliciada com calma. Essa frase foi extraída do guia de viagem Lonely Planet e resume muito bem as duas cidades. Melbourne está localizada ao sul da costa australiana e é banhada pelo rio Yarra. A cidade é das primeiras no ranking mundial de qualidade de vida. A presença de muitos parques e praças contribui para isso.

Sofisticada e multiétnica, Melbourne tem uma diversidade cultural que está presente também na sua arquitetura. A Federation Square é o coração da metrópole, local onde os eventos culturais e políticos acontecem. Lá encontramos uma mistura complexa de estilos arquitetônicos: a catedral St. Paul é de estilo neogótico, e o seu largo foi inspirado na praça São Pedro, de Roma. Já os prédios que cercam a Fed Square formam um “U” e são considerados descontrutivistas. O grupo de arquitetos da Lab Architetcture Studio, juntamente com os locais Bates Smart, venceram o concurso internacional em 1997 que criaria esse novo espaço cívico para Melbourne. Os prédios, com fachadas de desenhos geométricos triangulares, foram executados em diferentes materiais, como zinco, vidro e arenito.

Durante o Vivid Sydney, o Museum of Contemporary Art (MCA) teve projeções coloridas e interativas ao som de música eletrônica.

Federation Square, em Melbourne, mescla estilos clássicos e contemporâneos, criando uma das praças mais polêmicas do ponto de vista arquitetônico.

45 | INVERNO2012 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


ambientação

projeto

inverno 2012

corporativo

VERA FABRIS E BIANCA FRANCO www.fabrisfranco.com.br fone (54) 3419.3537

foto arquivo pessoal

ELEGÂNCIA PARA A HORA DO CAFÉ

fotos de guilherme jordani

MISTO DE CONFEITARIA E CAFÉ, O ESPAÇO NECESSITAVA OFERECER ACONCHEGO AOS CLIENTES. A SOLUÇÃO VISOU AGREGAR TAMBÉM SOFISTICAÇÃO E REQUINTE. O conceito principal desta confeitaria/café, localizada em Caxias do Sul, era o de oferecer aos clientes um ambiente que primasse pelo aconchego e conforto, sentimentos que costumam acompanhar a pausa para o café antes, durante e depois do trabalho.

Nosso ponto de partida se deu com a escolha da paleta de cores, mesclando tons escuros nas madeiras e tons pastéis nos papéis de parede. A iluminação complementa e acentua, sendo aplicada não apenas no forro, mas também no mobiliário. Escritório segue a mesma orientação de cores e estilos.

46 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


projeto

ambientação

corporativo

inverno 2012

Para atingir o objetivo de criar aconchego, sem abrir mão da classe e da elegância que a escolha das cores permitiu, o projeto previu mesas com painéis e bancos especialmente construídos para proporcionar a correta ambientação desse espaço comercial.

Ainda nos painéis, que foram instalados junto às mesas, optamos pela instalação de arandelas. Além de contribuírem para a decoração do espaço, servem também para proporcionar um efeito suave de iluminação sobre as mesas.

Nas cadeiras, poltronas e bancos optou-se pela descontração, com a aplicação de tecidos para brincar com as cores e deixar o ambiente mais despojado.

Classe e elegância A eleição das cores inspira aconchego. Em cada mesa o painel individual recebe uma arandela, contribuindo para provocar um efeito suave de iluminação.

47 | INVERNO2012 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


ambientação inverno 2012

projeto corporativo

por vera fabris e bianca franco

Privacidade

Além do balcão de atendimento e da área de mesas, espaços de uso comum dos clientes, o projeto se preocupou em criar um estar, com TV. Ali a proprietária pretende receber futuras noivas e aniversariantes para prestar um atendimento diferenciado e exibir na TV de tela grande, em detalhes, todas as opções de confeitaria que a casa oferece.

A vitrine do café também recebeu atenção especial. Nessa área criamos bancos com futons, idealizando uma área de espera que também serve para leitura. O toque de requinte da entrada fica por conta dos lustres cromados, de formatos diferentes, que dão um ar todo especial.

FICHA TÉCNICA Projeto: Confeitaria Docivete Conceito: Espaço de aconchego e conforto. Local: Caxias do Sul - RS

Estar onde a proprietária atende aos clientes com maior privacidade.

48 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS

Entrada do café conta com área de espera e leitura.


ambientação

projeto

inverno 2012

corporativo

GISELE PIONER MARCOLIN E KLÁUDIA VENDRAME www.conceitto.arq.br fone (54) 3419.9091

foto arquivo pessoal

IDENTIDADE E SOFISTICAÇÃO

foto andrei cardoso

fotos gilmar gomes

A UNIFICAÇÃO DA IDENTIDADE DA MARCA COM A CORRETA AMBIENTAÇÃO DA LOJA FOI O PRINCIPAL OBJETIVO DESSE PROJETO. Para essa joalheria, que atua no mercado da região há 45 anos, surgiu a

O ponto de partida do projeto foi encontrar a melhor solução para ocupar

necessidade de criar uma identidade própria para a única loja de shopping

de maneira produtiva o espaço disponível.

do grupo. A distribuição dos produtos nas paredes laterais deixa um amplo espaço Com base nessa solicitação, as arquitetas receberam a missão de propôr

livre no setor central, permitindo melhor visualização dos produtos de

um ambiente moderno e sofisticado, mantendo a referência de produtos e

destaque e também maior conforto para as mesas de atendimento.

público.

50 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


antes projeto

renove ambientação

e depois corporativo

outono 2012 inverno

Setorização e iluminação

De um lado, os expositores de óculos solares e logo abaixo discretos gaveteiros que abrigam o estoque dos produtos. Mais ao fundo ficam expostos os óculos de grau que contam com o mesmo tipo de gaveteiro.

Do outro lado, um móvel com prateleiras e portas de vidro expõe as belíssimas joias que ficam evidenciadas com a iluminação de destaque.

A iluminação pontual foi trabalhada na marcenaria e nos nichos, com a intenção de evidenciar os produtos. Para a iluminação geral, optou-se pela utilização de embutidos com lâmpadas indicadas para média e longas distâncias.

A sofisticação do ambiente é atingida com o uso do papel de parede em cor escura que reveste os nichos e expositores dos relógios. O charme do interior da loja fica por conta do conjunto de aparadores, mesas e cadeiras em estilo provençal combinados com um pendente de cúpulas e cristais e grandes espelhos que revestem alguns trechos de parede.

Os espelhos valorizam o pé-direito, efeito que também é reforçado pela construção de dois grandes painéis iluminados que recebem imagens com produtos e tendências para a estação.

Espaço livre As mesas de atendimento pontuam a área central sem causar obstrução ao fluxo no interior da loja. Além disso, servem para que o cliente sinta-se à vontade para provar e escolher com calma.

51 | INVERNO2012 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


ambientação inverno 2012

projeto corporativo

por gisele pioner marcolin e kláudia vendrame

Acesso e fachada

Para a entrada da loja o projeto reservou um grande vão que visa, sobretudo, integrar o interior com os corredores do shopping. Assim, sem portas ou barreiras, o público sente-se convidado a entrar e conhecer a loja.

A fachada é composta por uma marquise branca que une acesso e vitrine, servindo também para abrigar o letreiro. A principal preocupação do projeto da face frontal da loja foi preservar o conceito de elegância da marca, representado por formas retas e discretas, sem, contudo, perder o brilho dos produtos que a loja comercializa.

A vitrine, em forma de caixa de vidro, recebe mobiliário escuro e discreto, visando destacar os produtos. No fundo, uma cortina de voil dourada faz a interface entre a loja e vitrine.

FICHA TÉCNICA Projeto: Loja de shopping, joalheria. Conceito: Modernidade, elegência e otimização do espaço. Local: Caxias do Sul - RS

52 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


TATIANA BIFFI E ANDRÉ RIGONI

arquitetando

projeto

inverno 2012

arquitetônico

rbarch@terra.com.br fone (54) 3228.5405

foto renato hubbert

fotos de guilherme jordani

ELEGÂNCIA ATEMPORAL LINHAS CLÁSSICAS E CONTEMPORÂNEAS SE ALIAM PARA CARACTERIZAR ESSA BELA RESIDÊNCIA, INSERIDA EM MEIO AO VERDE. O projeto dessa residência teve início a partir da necessidade de reaproveitar a utilização da piscina, já existente no terreno: o casal, com uma filha adulta, desejava construir um salão de festas com ligação contígua à área de banho, proporcionando melhor aproveitamento do imóvel durante as reuniões de final de semana. A proposta do projeto passou, então, por avaliar a melhor maneira de aproveitar os 2.300 m² do terreno, tendo como resultado posterior a criação desse imóvel de 410 m².

Ponto de partida Salão de festas, com ligação à área da piscina, serviu para orientar o começo do projeto.

54 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


projeto

arquitetando

arquitetônico

inverno 2012

Praticidade e conforto

O salão de festas foi construído, e na sequência iniciamos o projeto da casa, uma vez que os clientes definiram mudar-se do centro de Caxias do Sul para este bucólico endereço, situado em um condomínio residencial na pacata Flores da Cunha, local de grande tranquilidade, rodeado de vegetação exuberante. O briefing pedia uma casa com peças confortáveis e acabamentos práticos: sala de estar e jantar, três suítes, lavabo, copa, cozinha e serviço. Nossas entrevistas revelaram novas necessidades, tais como o home office do proprietário; espaço de lazer na parte superior, com estrutura de fechamento em alumínio envidraçado, destinado a uma banheira SPA; área para ginástica e sauna seca, além da definição de que a suíte master ficaria localizada no pavimento térreo, o que auxiliaria futuramente a locomoção do casal.

O projeto alia linhas contemporâneas e clássicas, obtendo um efeito final elegante e atemporal, acentuado, sobretudo, pelo telhado de quatro águas, que suaviza as linhas de contornos da casa. O hall de entrada, de pé-direito duplo externo e interno, recebe os visitantes de maneira imponente, porém elegante. Esquadrias amplas em alumínio bronze garantem um visual aberto para quem internamente quer usufruir da paisagem que invade a todo momento os cômodos da casa.

Ainda para aproveitar o visual do local, a garagem foi transformada em um estacionamento aberto/coberto possibilitando uma visão agradável do entorno ao chegar ou sair de casa.

55 | INVERNO2012 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


projeto arquitetônico

arquitetando inverno 2012

por tatiana biffi e andré rigoni

Integração dos ambientes

A piscina, por ser um elemento central, faz com que os espaços sociais convirjam para ela, permitindo uma perfeita integração dos ambientes através de pergolados e deques de madeira tratada. A construção é marcada por volumes que evidenciam saliências e reentrâncias e recebeu como acabamento reboco pintado, aplicação de massa textura e detalhes revestidos em porcelanato amadeirado. O marrom e o branco foram eleitos por serem cores elegantes que evidenciam os volumes da construção, mas mesclam-se ao entorno tão rico em tons e texturas.

A pavimentação da área externa recebeu desenho dos arquitetos, com floreiras curvas que separam carros e pedestres. O piso teve como revestimento basalto cerrado de tamanhos diferentes, mesclado a mosaicos circulares também em basalto de tons ferrugem e natural formando um efeito interessante.

A proteção de contorno do terreno e os acessos de carros e pedestres também receberam atenção especial, com grades e portões metálicos envidraçados. Os volumes das alvenarias receberam revestimento em porcelanato amadeirado e pintura texturizada. No lugar da campainha, uma sineta foi instalada para receber os visitantes que, de maneira informal, denota o espírito tranquilo, característico do local.

56 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


especial

salão do móvel

inverno 2012

de milão

ÉRIKA BORTOLINI bortolini@erickas.com.br fone (54) 3028.0802

fotos érika bortolini

foto guilherme jordani

O QUE VEM POR AÍ Passear pelos pavilhões do Salone Internazionale del Mobile, em Milão, é uma experiência que enche os olhos. Na feira de 2012 muita coisa nova foi trazida ao público, de modo que já sentimos o que está chegando por aí.

MUITA ARQUITETURA, MUITO DESIGN E, CLARO, MUITA TENDÊNCIA.

A composição dos mobiliários lembra peças de montar, gerando um

Os puxadores metálicos sobrepostos ou embutidos estão praticamente

resultado visual limpo, mas sempre longe de ser simples. Isso por conta do

extintos na marcenaria e as peças soltas, tais como poltronas, aparadores e

design individual de cada peça, que explora desencontros volumétricos,

mesas de centro, possuem um apelo visual muito forte. Tecidos, texturas

apliques tridimensionais, além de detalhes muito coloridos.

discretas e focos de iluminação individuais valorizam os projetos.

58 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


VIDA NAS CORES Em termos de cores e tonalidades, o predomínio do cinza, em todas as suas variações, é praticamente absoluto.

Cores fortes, sobretudo azuis, amarelos e laranjas, também aparecem, em diferentes matizes.

salão do móvel

especial

de milão

inverno 2012


especial

salão do móvel

inverno 2012

de milão

CRISTIANE LISOT crislisot@gmail.com fone (54) 9142.1045

fotos cristiane lisot

foto arquivo pessoal

TUDO PODE, NA MEDIDA DO BOM GOSTO DO QUADRADO MARCADO ÀS FORMAS TOTALMENTE ORGÂNICAS, AS COZINHAS DO SALÃO INTERNACIONAL DO MÓVEL DE MILÃO REVELAM UM MUNDO DE POSSIBILIDADES.

60 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


fashion

moda

inverno 2012

e arquitetura

JEFFERSON HOFFMANN estudiojefferson@hotmail.com (54) 3214.8554

DESIGN NA CABEÇA

foto luiz chaves

VIDAL SASSOON MARCOU SEU NOME NO MUNDO DA MODA, MOSTRANDO QUE OS CORTES DE CABELO TAMBÉM PODEM SER OBRAS DE ARTE. Ele poderia ter sido arquiteto, artista plástico, designer ou artista plástico.

foto divulgação

Porém, sua paixão o guiou para o mundo da moda, onde ele empregou o design para revolucionar o modo como os cortes de cabelo eram concebidos. Estamos falando aqui de Vidal Sassoon, cabeleireiro inglês que - infelizmente veio a falecer esse ano. Vidal foi o hairdresser mais influente das últimas décadas, e ele é responsável pela criação do conceito de arquitetura e construção para cabelos que temos hoje.

A grande inspiração que consagrou Sassoon no mundo da moda está intimamente ligada ao mundo das artes: a escola Bauhaus. Foi nesse verdadeiro templo do design que o cabeleireiro buscou as formas geométricas que marcaram o estilo único que ele criou.

Porém, a revolução de Sassoon não ficou só nas formas. As mudanças visuais que ele trouxe foram acompanhadas de uma nova filosofia que propunha maior flexibilidade - e maior usabilidade - aos estilos. Tais prerrogativas alteraram a vida das mulheres e o modo como a minha profissão era feita, e ainda hoje são extremamente válidas.

Sua história de vida, belíssima, foi contada recentemente no "Vidal Sassoon: O Filme" (Vidal Sassoon: The Movie), altamente recomendado. Ao utilizar a arte como aliada para realizar sua obra, Vidal Sassoon abriu a discussão sobre a pluralidade visual em que vivemos hoje em dia.

foto david bebber | divulgação

62 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


fotos rory lewis | divulgação

moda

fashion

e arquitetura

inverno 2012

Além de exímio cabeleireiro, Sassoon foi um talentoso administrador. Seu nome atingiu o sucesso mundial em diversos segmentos: a marca Sassoon desenvolveu produtos de beleza, nomeou uma escola de cabeleireiros (a mais frequentada do mundo) e toda uma linha de instrumentos de trabalho que hoje estão presentes em milhares de salões pelo mundo afora.

O grande legado que Vidal Sassoon nos deixa, contudo, é imaterial. Ele foi capaz de revelar a verdadeira pluralidade da arte, mostrando como a beleza está interligada ao design.

De minha parte, pergunto: se a estética está tão intimamente ligada à arte, porque não usar a arquitetura como inspiração para o trabalho? Quando estive em Barcelona, saí de lá com um pensamento único: queria deixar todas as minhas clientes de cabelos ondulados e coloridos por conta das obras de Gaudí.

Tenho certeza que se todos conseguirmos aplicar um pouquinho de arte no nosso trabalho diário, a realização dos nossos projetos será não só mais prazerosa, mas também terá mais chance de êxito.


radar

tendências

inverno 2012

e novidades

INFINITAS POSSIBILIDADES IMPRESSÃO EM VIDRO E MDF. Que tal inovar o seu projeto com a aplicação de imagens? O processo é simples: você indica uma foto ou ilustração e o arquiteto se encarrega de encaixar no projeto, não importando o tamanho ou quantidade de cores. A aplicação pode ser feita em vidros incolores, espelhos, vidros acidato, vidros reflecta, MDF (melamina e cru).

Na Serra Gaúcha, este tipo de serviço é comercializado pela Difratelli Fatto, de Flores da Cunha – Avenida 25 de Julho, foto divulgação

1870, salas 01 e 02, Centro. Telefone (54) 3292 3969.

A BOLA DA VEZ DESENVOLVIMENTO DO MERCADO INTERNO TRAZ MAIS MARCAS AO BRASIL. O mercado nacional de decoração de interiores segue despertando o interesse de grandes fabricantes mundiais. Marcas como Florim Gardenia Orchidea e Emil estão investindo pesado no Brasil, trazendo produtos que antes dificilmente cruzavam o Atlântico.

Disponíveis na Costaneira, em Caxias do Sul - Rua Visconde de Pelotas, 280, Centro. Telefone (54) 3223 2583.

foto divulgação

64 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


tendências

radar

e novidades

inverno 2012

foto divulgação

foto divulgação

LINHA PRADA CONCEITO DE SOFISTICAÇÃO. A mesa ao lado integra a nova linha da Essenza Design, intitulada Prada. O móvel pode ser feito em laca brilhante ou carvalho com vidro colado sobreposto. Sua base é revestida internamente com espelho bisotê, podendo ser retangular ou quadrada. Também pode ficar somente a base, quando a opção for o tampo em vidro. Complementam a nova linha aparador, mesa de centro e mesa lateral.

Você encontra na Code - Conceito Design, na Av. Rubem Bento Alves, 4081, Caxias do Sul. Telefone (54) 3027 3757.

COMODINI SINGOLARE VERSATILIDADE COM SOFISTICAÇÃO. Destaque para a Comodini Singolare em Laccato Giallo. Com design diferenciado e clean, a frente de gaveta com espessura de 12mm não possui puxadores e passa a impressão de estar solta do volume da cômoda. A abertura das gavetas é feita através da ranhura que existe entre o volume e a frente da gaveta.

Peça presente no catálogo da Bontempo Caxias do Sul: Av. Itália, 288, São Pelegrino. Telefone (54) 3536 7544. foto divulgação

65 | INVERNO2011 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


radar

tendências

inverno 2012

e novidades

NA MEDIDA DO DESEJO PADRONAGEM PÚRPURA É A ESCOLHA CERTA PARA QUEM QUER IMPRESSIONAR. O tema deste ano da Casa Cor, Moda e Estilo, pode ser visto no ‘O Loft Made in Brasil’. A ousadia fica evidente na cor Púrpura. Todo o mobiliário do ambiente, fornecido pela EvvivaBertolini, e duas outras empresas do ramo, tem certificação ambiental.

Confira na Evviva Caxias do Sul: Rua Alcides Longhi, 236, Villaggio Iguatemi. Telefone (54) 3029 1545. foto divulgação

MAIS ECOLOGIA PLÁSTICO DE GARRAFAS PET EMPREGADO NO REVESTIMENTO DAS GAVETAS. Desde o começo do ano, os móveis da Todeschini estão sendo produzidos de maneira mais ecológica: a empresa de móveis de Bento Gonçalves substituiu o PVC do revestimento interno de gavetas por plástico de garrafas PET. A proposta foi uma das ideias premiadas pelo Programa SOL (Soluções, Oportunidades e Liderança) da empresa, que estimula ações de sustentabilidade.

Conheça o resultado na Todeschini Caxias, na Av. Therezinha Pauletti Sanvitto, 80, Villaggio Iguatemi. Telefone (54) 3215 3957.

66 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS

foto divulgação


social inverno 2012

lançamento

revista da sala, edição 13

NOVA REVISTA DA SALA fotos jeferson deboni

68 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS


lançamento

revista da sala, edição 13

social inverno 2012

NO FINAL DE MAIO ASSOCIADOS, AMIGOS, CLIENTES E PARCEIROS COMERCIAIS PUDERAM CONHECER A NOVA REVISTA DA SALA SALA DE ARQUITETOS. CONFIRA ALGUNS CLIQUES DO EVENTO, REALIZADO NO LA BARRA, EM CAXIAS DO SUL,

69 | INVERNO2011 | SALADEARQUITETOS.COM.BR


associados

conheça os nossos

inverno 2012

arquitetos

ARQUITETOS ASSOCIADOS ADRIANE CESA ADRIANE KARKOW AKEMI WYPYSZYNSKI INAMOTO ALESANDRA COSTA ALESSANDRA WEBBER MOSNA ALEXANDRA NICOLINI ALEXANDRE PINHEIRO MACHADO ANA CAROLINA STASI CARRARO ANA PAULA KERPEN ANDRÉ JOSÉ RIGONI ANDRÉIA BENINI ANDREIA BIAZUS ROSSATO BIANCA POLIDORO DE O. FRANCO CALÍNTIA ARGENTA CERON CAMILE SAMBAQUY FRANZOI CANDICE RUWER VIDOR CARLA CURRA CARLA MICHELE ZIGNANI CATIA GIACHELIM CELINA GALIOTTO FURLAN CLAUDIA ROBERTA ROMBALDI CLAUDIA RUZZARIN VERONESE CRISTIANE LISOT CRISTINA MIORANZA DANIELA ENDRES COPETTI DANIELA MOTTERLE DÉBORA NUNES MENSCH DEISE NIZZOLA DEISY MAMBRINI RIGOTTO ÉRIKA BORTOLINI FERNANDA BERTOLUCCI ROSSI FERNANDA TISSOT FLÁVIA HELOÍSA CAMASSOLA BREDA FLÁVIA JUNGES GABRIELA ANGONESE ANDRADE GABRIELA GAVA GABRIELA MELETTI GILDO FELIPE MUNER GISELE PIONER JAQUELINE APARECIDA FORMOLO JAQUELINE CROCOLI JEANICE MARIA NEGRETTO

(54) 3025-393 (54) 3214-3277 (54) 3028-8347 (54) 3211-1996 (54) 3212-2213 (54) 3462-1173 (54) 3223-5498 (54) 3025-6167 (54) 3021-0768 (54) 3228-5405 (54) 3261-2710 (54) 3223-4309 (54) 3419-3537 (54) 3228-5860 (54) 3028-6005 (54) 3021-4749 (54) 3028-7020 (54) 3214-8121 (54) 3292-4247 (54) 3028-3318 (54) 3223-6902 (54) 3221-8217 (54) 9142-1045 (54) 3028-4284 (54) 3223-4881 (54) 3222-7775 (54) 3028-4165 (54) 3238-5220 (54) 3292-5453 (54) 3028-0802 (54) 9953-7181 (54) 3021-0007 (54) 3228-4492 (54) 3214-3186 (54) 3021-0885 (54) 3462-1235 (54) 9922-5628 (54) 3221-8217 (54) 3419-9091 (54) 3222-4005 (54) 3025-3011 (54) 3221-8713

JESSICA DE CARLI JOÃO ALBERTO MARCHIORO KLAUDIA VENDRAME LEILA FRARE LEODI MARIA VAILATTI LETICIA REGINATO ATHAYDE LUCI VANNI MANOELA ROSSAROLA CORSO MARCELE MURARO MARTA PIARDI MAX LEONARDO MANOEL MIRIAM RODRIGUES DA FONSECA MIRIAM TALMA GEREMIA PATRÍCIA CAMILE MUGNOL PATRICIA COSTA PALAVRO PATRÍCIA RUZZARIN PAULO IROQUEZ BERTUSSI PRISCILA SUSIN GUERRA RAFAEL ARTICO RAFAELA RIZZON RAFAELA RUARO DE MENEGHI RENATA MOSENA RICARDO BOSI ROBERTA DELAZZERI RODRIGO DALLEGRAVE ROSÂNGELA MATTEI ROVENA VACCARO SABRINA PAULO SILVANA SPODE GARCEZ SUZANA MARIA MIOTTO TAISA FESTUGATO TATIANA BIFFI THAÏS GEREMIA VANESSA FETTER LAUFFER REIRIZ VANESSA GUERRA VANESSA LORENZINI VERA FABRIS VERÔNICA BRUSA VIVIANE GAIO VIVIANE PRADELLA

FORNECEDORES AMIGOS

70 | INVERNO2012 | SALA DE ARQUITETOS

(54) 3025-1101 (54) 3228-4665 (54) 3419-9091 (54) 3025-1211 (54) 3226-8880 (54) 3261-2710 (54) 3268-6463 (54) 3027-2393 (54) 3223-0142 (54) 3225-1212 (54) 3223-4881 (54) 3028-4083 (54) 3536-0858 (54) 3027-4567 (54) 9969-3349 (54) 3212-2290 (54) 3223-2688 (54) 9977-7789 (54) 3223-4309 (54) 8402-7699 (54) 3025-1211 (54) 3027-3677 (54) 9111-9999 (54) 3462-2372 (54) 3025-6686 (54) 3221-5813 (54) 3028-1904 (48) 8821-1422 (54) 3028-7020 (54) 3291-4619 (54) 9957-0914 (54) 3228-5405 (54) 3214-4967 (54) 8408-4004 (54) 3035-2002 (54) 3214-3186 (54) 3419-3537 (54) 3536-3843 (54) 9977-6850 (54) 3292-4877



Revista da Sala de Arquitetos - Inverno 2012