Page 7

JUNHO A AGOSTO

O PROGRAMA APRENDIZAGEM PARA O 3º MILÊNIO Texto Sergio Antônio Andrade de Freitas

A

Lívia Veleda Sousa e Melo Leticia Lopes Leite Ilustração Marcelo Jatobá

Universidade de Brasília lançou, em 2017, o programa Aprendizagem para o 3º Milênio (A3M). O A3M é coordenado pelo Centro de Educação a Distância (Cead). O objetivo do A3M é atuar junto à comunidade UnB na identificação, valorização e promoção de ações educacionais inovadoras. Sua meta é disponibilizar um portfólio sustentável de metodologias, processos e aplicativos para uso nas aulas da UnB. O A3M é uma resposta institucional ao cenário descrito por Mark Prensky: o perfil das novas gerações, em franca mudança, é alavancado pela evolução e uso exponencial das tecnologias. Numa sociedade com grande facilidade de acesso a informação, o grande desafio é como transpor a barreira do simples “ter acesso” para o caminho da busca pelo conhecimento. É o preocupar-se mais com a aprendizagem do que com a disponibilização da informação. O estudante atual demanda um ambiente educacional dinâmico onde ele próprio quer fazer parte da construção do seu conhecimento. A UnB, desde sua fundação e sob o olhar visionário dos fundadores, sempre foi inovadora na procura pela educação plena e integral em todos os campos de atuação. Não é diferente nos dias atuais, quando diversos atores desenvolvem novas metodologias a partir da pesquisa na área da Educação ou em experiências realizadas em sala de aula (física ou virtual), promovendo o aprimoramento do processo ensino-aprendizagem e a interação com os estudantes. Em sua concepção, o A3M preconiza que os três

segmentos da comunidade (discentes, docentes e servidores) são partes constituintes do cenário educacional institucional. Apesar da visão diferenciada de cada segmento, existe um elo em comum – a Educação. Nesse cenário, o A3M realizou até o presente momento: dois editais internos de seleção de projetos, quatro seminários, três minicursos (Learning Analytics, Gamificação e Lei Brasileira de Acessibilidade), dois encontros temáticos (Gamificação e Acessibilidade), a Semana Universitária e um Educathon (36 participações selecionadas). O Educathon é uma versão adaptada dos famosos Hackathons da área de tecnologia, em que um grupo de estudantes compete por uma solução inovadora para um problema de tecnologia. No Educathon, os estudantes juntam-se em torno de um problema educacional na instituição: como aprender melhor, por exemplo. Fácil é constatar o quanto esse singelo problema é amplo. Porém, o Educathon tem comprovado que as novas gerações têm consciência dessa realidade e, sob a ótica de um mundo novo, trazem propostas concretas para a questão. Outras ações do A3M estão em construção. Todas visam estimular o debate sobre a aprendizagem inovadora, gerar interação dos atores da comunidade acadêmica, estimular a criatividade e a iniciativa de todos segmentos. Por fim, fica aqui um convite: se você vislumbrou a mudança, se tem propostas ou está aberto a discutir novas iniciativas para o ambiente educacional, venha fazer parte do A3M. Sua ideia pode fazer a diferença na UnB. A inovação na Educação começa em você mesmo.

7

Darcy Nº 19  
Darcy Nº 19  
Advertisement