Page 1

meio & mídia

#78, 2011 minas gerais www.netcult.com.br

Moda Significado das cores

Caldas Novas Turismo no paraíso das águas quentes

Gifts Dicas e sugestões de presentes com estilo e bom gosto

Gianne

Albertoni Ensaio Glam Fashion, inspiração para as festas de fim de ano


_um brinde ao ano novo!

meio&mídia cult diretor geral

Já no clima do Natal e do novo ano que se aproxima, entregamos a você essa edição especial com perspectivas otimistas para 2012. Trabalho e criatividade são palavras de ordem no universo Cult, onde nossos leitores, anunciantes e colaboradores são parceiros fundamentais de nossa trajetória no mercado de comunicação impressa e virtual. Essa Cult já começa especial pela capa, com a bela modelo e apresentadora Gianne Albertoni, num ensaio de muito requinte e glamour. Você confere as melhores dicas de presentes e de moda para o fim de ano, além do conteúdo inteligente e de imagens que ilustram os principais eventos que agitam a nossa cidade. Outro destaque é o caderno Caldas Novas com eventos e personalidades que fazem sucesso na maior estância hidrotermal do mundo. Tão especial quanto essa edição é o nosso agradecimento a vocês pelo apoio e aprovação do nosso trabalho, com certeza a energia que temos para produzir uma revista à altura do nosso público. Um Feliz Natal e que o Ano Novo seja repleto de conquistas. Até lá! Célio Cardoso Diretor

conselho editorial

Célio Cardoso, Cássia Lacerda, Chico Lúcio, Hamilton Rocha, Carlos Hugueney Bisneto e Viviane Santos

assessoria jurídica

Advogados da Mídia Ferreira, Viola e Lacombe Tributário

versão online

Camila Lemes | assessoria@netcult.com.br

assessoria de imprensa

Camila Lemes - MTB MG 15680 JP

financeiro

Naêssa Marques

editor e revisor

Chico Lúcio - MTB MG 03682 JP

assessora executiva

Jobcriativo Jeferson Santos

fotógrafos colaboradores

Mauro Marques, Hick Duarte, Luciana Santos, Kaká Fotografias, Jorge H. Paul, Santelmo Souto, Cristal Wolf, Douglas Luzz, Fabiano Pedrollo, Doctor Dj e Daniel Cavalari

fotos conceito

www.gfx.tra www.sxc.hu.com

etiqueta gastronomia imagem e estilo moda relacionamento office cult caldas

colaboradores desta edição

arte, música

comportam des educação e varieda

_bem cult

leza saúde, estética, be a vid de de e qualida

lt _mais cuod a, ensaios e vitrine gourmet, m

_gente cutolts e sociedade cult hb, even

_cult cluba noturna baladas, vid e entretenimento

ídia cult _meio e m o, _na capa Gianne Albertoni fotos Fabiano Pedrollo beleza Rafael Guapiano stylist Patricia Yris produção executiva Tatiane Zeitunlian, Marco Teixeira e Renata Ribeiro

Viviane Santos

edição de arte

colunista social

_vida cultento, artigos,

Andréia Rios

administrativo

comportamento

ue cult ra _almanaq, cin ema e cultu

Célio Cardoso dos Santos

consultoras de mídia tratamento de imagens distribuição central de reservas de anúncios críticas e sugestões

Anita Godoy, Daniel Labanca, Mônica Cunha e Résia Silva de Morais Janaina Depiné Carlos Hugueney Bisneto Chef Marco Soares Vilma Fagundes Raquel Bambozzi Cássia de Figueiredo Freitas 64 3453-6843 I 64 9626-0644 (Hits Eventos) Alessandra Beatriz, Cindy Figueiredo Freitas, Carol Siqueira, Melissa Neves, Dr. Alexandre Fernandes, Renato Cabral, Symone Dias, Juliana Morato, Dr. Roque Savioli, Eduardo Reis, Lélia Leocádio, Thais Simão, Valéria Tinoco, Carolina Ikeda, Kênia Honda, Daniela Opsuka, Bruna Garcia e Cindy Freitas Hedi Lamar Albino, Lídia Parente Valente, Lu Facury e Virgínia Frezza Mídia Kit Jairo Santos Baccos Distribuição, Transporte e Manuseio comercial@netcult.com.br Pabx 34 3219 7903 diretor@netcult.com.br

@meioemidia Os anúncios, artigos e imagens publicados e assinados são de responsabilidade de seus autores. É expressamente proibida a reprodução, parcial ou total, sem autorização prévia dos seus autores. O conteúdo editorial desta edição não reflete necessariamente a opinião da revista.

comunicaçã ess marketing e busin

_cidade

caldas novas

Rua Itabira, 737 B. Daniel Fonseca - Uberlândia - MG CEP 38400-324 - Fone 34 3219-7903


www.lacoste.com

CENTER SHOPPING - 34 3210-1313


dumond.com.br

VERテグ 2012 SUMMER Center Shopping


_literatura da redação santelmo souto

_livro conta a trajetória de luiz alberto garcia “O livro narra, ao mesmo tempo, a história de uma empresa e a da família responsável por seu êxito. E que história! O leitor verá como uma família de imigrantes portugueses foi capaz, em apenas três gerações, de construir um dos mais importantes grupos empresariais do Brasil, dotado de compromissos sociais evidentes e considerado por seus colaboradores um dos melhores locais para se trabalhar”. Estas são algumas das palavras que Maílson da Nóbrega, ex-ministro da Fazenda, escolheu para escrever a apresentação da biografia de Luiz Alberto Garcia, 76 anos, empreendedor interiorano que enfrentou governos militares e competidores globais à frente de uma das principais empresas de telecomunicações do Brasil, a CTBC, hoje marca da Algar Telecom, empresa do Grupo Algar.

SERGIO VILAS-BOAS

Doutor Desafio

A história de Luiz Alberto Garcia, empreendedor interiorano que enentou governos militares e competidores globais

Toda a trajetória profissional e as relações familiares de Luiz Alberto Garcia foram escritas pelo jornalista Sergio Vilas-Boas no livro “Doutor Desafio”, que acaba de ser publicado pela Editora Manole. “Um perfil é um fragmento biográfico, uma interpretação relativamente concisa feita com entrevistas, descrições, incidentes e anedotas (ou alguma inexprimível combinação de tudo isso e mais alguma coisa)”, comenta o jornalista David Ramnick, que captou a essência da obra de Vilas-Boas, elaborada nos moldes do jornalismo literário. O Grupo Algar foi fundado pelo pai de Luiz, Alexandrino Garcia - que já trabalhou como auxiliar de limpeza e servente de pedreiro - e consiste em um dos maiores grupos atuantes nos segmentos de TI/Telecom, Agro, Serviços e Turismo. O autor mostra de forma integrada a ascensão da empresa e a trajetória de Luiz Alberto Garcia. Vilas-Boas retrata a simplicidade contagiante, a franqueza desembaraçada e a genuína despretensão de Doutor Luiz, características que estão afinadas com o papel que exerce de líder inovador, criativo e apegado a princípios éticos inarredáveis. A diplomacia e discernimento permitiram, por exemplo, que Luiz evitasse a estatização de sua empresa telefônica, a CTBC, durante o governo militar (19641985), e nos anos 1990, superou uma grave crise financeira, preparandose para competir com empresas internacionais. “Ele provou, no Brasil Central, que a iniciativa privada pode impulsionar o desenvolvimento do país”, afirmou o jornalista Ethevaldo Siqueira. O leitor é convidado, por um texto

_almanaque cult _24

ecer intimamente e instigante, a conh agradável, refinado por seu is m que se impõe ma a vida de um home pensa mais e qu , ca óri e por sua ret atmosferas comportamento qu do an sente imediato, cri no futuro que no pre desafiadoras. ão Origem e inspiraç a carroceria er Xingu E-121 para bra Em e av ron ae Da leja na estrada co sa e qu rd F-1000, de um caminhão Fo chapéu ou boné, Grosso do Sul. Sem de terra no Mato , come poeira nte me ral a pele e, lite o escritor queima er faz anotações te e tenta em vão debaixo de sol for do. Assim rdi ca notas já en legíveis no bloco de rgio Vilas-Boas ao Se ta lis na jor do o” começava “a missã e Luiz Alberto ns de an erl presário ub acompanhar o em que resultaria no r parte do material Garcia para colhe do empresário, o rfil pe ro/ fio”. No liv livro “Doutor Desa lugares prediletos se dá em um dos início da narrativa Grupo Algar, na do l, ga zenda Portu do biografado, a Fa ão inicial do aç a (MS). Para frustr cidade de Paranaíb , cães de ica mp olí a cin sa com pis ”. Além autor, “nada de ca tes an urrasqueiras fumeg o com raça imensos ou ch eir nh ge en do e o m-sucedid homem do empresário be do eta fac internacional, é na e natal, larga experiência ad cid a su à e ra gens, à ter apegado às suas ori piração. “Um escritor busca ins o e qu , dia ân erl Ub ri e compartilha , ora ch e aquele qu homem simples é sua vida, que não de os os momentos tod is ma de os m co guém, que sente m menor do que nin se sente maior ne o biografado Luiz e é orgulhoso”, defin o nã s ma o, ulh org trecho do livro. Alberto Garcia em Passado e futuro Belo Horizonte, m em São Paulo e Já lançado també - transita entre tos en im por depo o livro - permeado rudimentar. e , o tecnológico o o passado e o futuro dualidade da a pri pró na buscados Sempre em traços ails não lidos e-m 3 retratado. Dos 23 personalidade do quanto en e, ns de an erl sário ub atono iPhone do empre l-m su da sem sinal na estra e Luiz o aparelho estava qu em 2, 24 io rre ixa de co grossense, até a ca amor da então olhia as cartas de Alberto Garcia rec de 1950, Sergio da ca dé da , no fim namorada Ophélia empresarial e o ca ue dosar a temáti Vilas-Boas conseg m o lado humano do Grupo Algar co “case de sucesso” o presente. O e o entre o passado do biografado. “El igual medida nas em tam es nif se ma eterno e o moderno iona o autor. nc me or de 76 anos”, atitudes deste senh como definiria “coisa de caipira”, Ou simplesmente do alusão ao en faz Alberto Garcia, o biografado Luiz prio, publicado pró le de rfil pe em outro adjetivo utilizado e” em 1996. pela revista “Exam


_festival udi tango anderson silva serifa comunicação mauro marques

_hoy es día de tango, nenê ”, criado dia de Rock, bebê O bordão “Hoje é título o a pir ins e Torloni, pela atriz Cristian da global o fat lo pe o m mes desta matéria. Até mosos, Fa adro Dança dos ter feito par no qu com o o, tã us ingão do Fa do programa Dom que esteve , ys Re ro va rafo Ál dançarino e coreóg gundo ra participar do se em Uberlândia pa os, é um an Álvaro Reys, 42 Festival Udi Tango. . Porém, lão sa de da dança dos grandes nomes ra Hip Hop: ssos foram na cultu seus primeiros pa l Jackson, ae o surgiu a era Mich no Break. “Quand nos que ica er am os dançarinos passei a observar inhar m ca a ei ec m o. Então co requebravam muit a ram é que me convida para este lado. At em Belford k, ea Br de so ur nc participar de um co io era uma êm pr vencendo. O ei ab ac E J). (R xo Ro dançarino. (risos)”, recorda o caixa de bombom

Antes de dançar profissionalmente, Reys era jogador de futebol. “Cheguei a treinar no Flamengo”. Mas, o destino felizmente o levou a um samba de gafieira na Pavuna, bairro residencial do Rio de Janeiro. O convite surgiu de um amigo e só foi aceito por conta de uma chuva que atrapalhou o racha futebolístico. “Quando cheguei, vi um casal dançando como se estivesse sobre rodinhas de patins. Foi impressionante. Ali decidi que queria dançar”, conta. Depois disso foi necessário apenas quatro meses para se tornar professor. “Realmente eu tinha jeito pra coisa”. De lá pra cá, se especializou em dança de salão, criou coreografias para o teatro e também para novelas da TV Globo, além de lançar a sua própria academia. Hoje, a dança de salão torna-se cada vez mais popular e a procura aumenta a cada dia. Mas, atenção para aqueles que desejam aprender. Reys pontua: “saltos, viradas e giros se resumem a espetáculos. Não é cordial erguer uma dama em bailes”. Esse aumento teve a contribuição do quadro Dança dos Famosos. “Foi uma grande sacada. As pessoas ao verem artistas, que em sua maioria não sabem dançar, aprenderem performances profissionais, se estimulam. Passam a ter interesse. É importante dizer que qualquer pessoa pode aprender a dançar”, afirma o coreógrafo. Outra forma de divulgar a dança de salão é através dos festivais. “A dança talvez não seja muito importante para o governo, mas estamos conquistando espaço. Para se ter ideia, no Rio de Janeiro estão implantando a dança nas escolas. Então, através de projetos como o Udi Tango e outros, conseguimos realizar eventos de qualidade e introduzir a dança nas pessoas”, conclui. Un poco de Argentina O Udi Tango contou com a presença de dançarinos profissionais, Orquestra Típica de Tango De Puro Guapos, milongas (bailes de Tango), oficinas práticas, exposições, mesa redonda e os campeonatos de Tango Salón e Escenário. O festival é uma realização da Associação Nuestro Tango de Uberlândia e tem como proposta valorizar a prática cultural na cidade. “Começamos com um grupo pequeno que organizava milongas. As pessoas começaram a aparecer e surgiu a ideia de criar uma associação. Daí nasceu este festival e o público uberlandense de um modo geral, apesar de não saber dançar tango, admira demais. O sucesso é tanto que já conseguimos a aprovação da Lei Rouanet para a terceira edição do Udi Tango que acontece ano que vem”, conta a presidente da Associação Nuestro Tango, Maria Amélia Peixoto.

_almanaque cult _26


_dança carlinhos santos jorge h. paul

_a contribuição cultural do festival de dança dança ica, as partilhas na Significativa temát val do sti Fe 23ª edição do foram múltiplas na trução ns co a lidade de um Triângulo. Da visibi ee nt ca to o m co , ertura de linguagem na ab ça, Ra o Brasileiras, do Grup primoroso Cartas , as fad trocas coreogra à possibilidade de mens, remontagem de Ho a tiv como na inven de es et pr ér int a com feita por Rui Moreir dos caminhos, a eio m No . dia lân Uber Dudude a e inspiradora de resistência artístic pendre, Al de ico rimento lúd Herrmann, o expe . E, claro, de Belo Horizonte da Cia. Suspensa, Superar oroso solo Como o provocativo e vig shima. ku Fu o o, de Eduard Um grande Cansaç estéticas. de e ad lid ens, plura Mistura de linguag a seu te para quem busc Panorama instigan es ad s tantas possibilid caminho diante da tival. oferecidas pelo fes

e ambiente plural qu É por causa deste na ço pa es u se o do an Uberlândia vai ocup rios óp pr s ganizando jeito dança brasileira, or as o nd po , as endo mistur de dança, promov luindo logar com o afro, inc dia a a ru danças de de do tu ico, organizando a às vezes até o cláss m to al loc râneo. A cena um jeito contempo la, de r rti pa a tiçagem e, este rumo da mes rio. ento artístico próp am ns pe um organiza i Ua ma montagem da Coisa que se vê nu na , os ult ialidade do W Q dança, na potenc na do Hip Hop. E ainda os an M energia dos e. ot Tic no vê se e a qu delicadeza inventiv as al potência foram Momentos de igu paço de Es o. gic m Pedagó conversas do Fóru to de en m eja ar de , logos construção de diá os, é eit amento de conc ideias, de aprofund

_almanaque cult _28

também uma das ações mais profícuas do festival. Ali, especialistas reorganizam seus olhares, aprendizes refinam seu foco. Tudo para que se instaurem novas possibilidades de criação artística através da dança. E, no caso desta edição, de entender e pensar na organização do sistema de produção e difusão da dança no país. Lições de economia da dança, enfim. Sábia confluência dos encontros, das redes de afetos, das experiências relatadas.

É importante dizer que uma política pública eficiente se faz, principalmente, pela construção de espaços com o Festival do Triângulo, pela capacidade e competência de atender a uma demanda de sua comunidade cultural e ainda pela sábia decisão de afinar-se com ela através de conselhos e fóruns. Representatividade conquistada, resta revisar, sempre, objetivos, metas, formas de diálogos. Tudo porque a trajetória até agora é rica a estimuladora. E esta coreografia ainda pode ter muitas variáveis. Carlinhos Santos é jornalista e crítico de dança, especialista em Corpo e Cultura, Ensino e Criação, e mestrando em dança pela Universidade de Caxias do Sul (RS), com o projeto Corpo, Dança e Educação - Mediações Epistemológicas.


_cinema kelson venâncio divulgação

_o palhaço res dúvida um dos maio Selton Mello é sem s da ria aio Tanto que a m n no atores brasileiros. lto Se o m te is s naciona É melhores produçõe e Qu algumas ótimas: O a, O elenco. Lembro de cid de pa o, O Auto da Com rias vá Isso, Companheir e ny hn Jo é eu Nome não s Cheiro do Ralo, M algun ele já é ótimo e há outras. Como ator, outras em m bé m ta o cand anos vem se desta gundo se o a. “O Palhaço” é funções no cinem ainda é ele ui aq Selton. Mas filme dirigido por lado de ao sta iri te ro odutor e o ator principal, pr riê pe ncia esmo sem muita ex Vânia Catani. E m Mello , as s cinematográfic nestas novas área ema cin do te ar a obra de conseguiu fazer um brasileiro.

eficaz. ga é simples, mas O roteiro deste lon do Palhaço de ida nt crise de ide Gira em torno da palhaço o do pai, o também Pangaré, que ao lad Ci do rco lo José), é o dono Puro Sangue (Pau de artistas pe tru s lideram uma to jun e a nç ra pe Es táculos país. Entre os espe pelas estradas do Pangaré. de a cim em s brança surgem muitas co e ideia: int obcecado pela segu Ele está exausto e vai e qu é em do rir, mas qu eo “Eu faço todo mun ov m e qu o iss justamente me fazer rir?” E é palco é um artista que no filme. O drama de que nos as gre e divertido, m extremamente ale e o deixa qu o sã m uma depres bastidores sofre co lhar. E ba tra de e ad e sem vont angustiado, triste m ge busca lema, este persona diante desse prob é, mas e mesmo sabe o qu algo que nem ele er de ser az pr esentado pelo que no filme é repr a sendo ab ac e qu r ventilado refrescado por um er realizar sonhos que ele qu uma metáfora dos o e como fazer. sem saber quais sã

Mas o filme traz outro grande ponto positivo, que é a valorização da arte circense tão valorizada no passado, mas cada vez mais esquecida em meio a tanta modernidade. O pequeno circo de lonas velhas estendidas em meio a terrenos de pequenas cidades, com aqueles “puleiros” feitos de tábua pra gente sentar e assistir aos simples espetáculos, comendo pipocas naqueles saquinhos pequenos, refrescos, maçãs do amor ou aqueles pirulitos vermelhos, que pareciam mini guarda-chuvas. E nesse cenário, os palhaços eram alegria da garotada e representavam bem esse tipo de cultura. Classificado como comédia, o filme está mais para um drama. Mas é claro que nos faz rir em diversos momentos. E o curioso é que as situações realmente engraçadas acontecem fora do picadeiro, envolvendo mais situações cômicas com o elenco de apoio que também realiza um ótimo trabalho. E ainda tem as participações mais que especiais de grandes artistas, que mesmo fazendo pequenas pontas, são extremamente bem aproveitados. Como é o caso de Moacyr Franco interpretando um delegado muito engraçado, Tonico Pereira fazendo um mecânico maluco, Jorge Loredo (Zé Bonitinho) contando piadas engraçadíssimas em um trecho, Ferrugem (que estava sumido) e até Danton Mello, irmão de Selton. E tem mais. O filme é muito bem dirigido e a fotografia é muito boa. Os planos são bem feitos e nos mostram ângulos interessantes, como no fim do filme, em que a câmera segue a menina que passa feliz por todo o circo, desde a entrada principal, passando pelos bastidores, fundo do circo, mostrando todos os personagens até chegar à sua tenda e deitar aproveitando a realização de um sonho que acabara de concretizar. O figurino também é outro ponto forte da projeção. As roupas coloridas mostram toda a magia do circo, dando a ideia de alegria, diversão, fantasia. Muitas pessoas que esperavam um filme só de comédia podem sair da sala de projeção um pouco decepcionadas, já que o filme chega a ser um pouco cansativo em algumas partes. Mas ver o drama de um comediante pra mim foi até melhor que se fosse um filme daqueles em que pra fazer rir são usadas apenas situações absurdas e exageradas. Mesmo triste, o palhaço nos contagia! Nota 9

_almanaque cult _30

Por Kelson Venâncio www.cinemaevideo.com.br


_música chico lúcio divulgação

_celso blues boy lança novo disco de inéditas ís que eterniza deiramente, um pa O Brasil não é, verda ndes ícones gra os e tamente aí qu seus ídolos. E é jus ão do público, próprios no coraç se eternizam por si cinados até os alu fãs vai desde os num percurso que dem do ofício. e realmente enten poucos críticos qu sagrado tro ns Blues Boy: mo Prova disso é Celso primeiro a o ás ali o, eir sil es bra da guitarra e do blu surdamente ab ra, ca rtuguês. Este tocar blues em po , carioca de ira rre ca de 38 a, de vid talentoso, 55 anos a de lançar ab ac , ão raç inense de co nascimento e catar am - ch ado “Por 11º de sua carreira seu novo disco, o um de inéditas iro ja”. É o prime álb um Monte de Cerve u disco de estreia e que remete ao se depois de 13 anos cesso pro o e (1984), já qu “Som na Guitarra” . nte lha de criação foi seme

Celso Blues Boy: talento renovado na autenticidade do seu rockblues brasileiro e universal

de fixou em Joinville-SC, on Na paz do seu sítio al para gerar ide encontrou o clima residência, Celso m pressa, Se . co dis r lho me seu o que ele considera arro, um cig um e uma cerveja nem pressão, entre de guitarra, es ord ac s ito mu ja, e cigarro e uma cerve vida a um canções que deram palavras formaram a pra ouvir e loc co cê vo e qu s quele disco prazeroso: da de Cerveja” te on M a faixa. “Por um está não muda nenhum ele rque Celso Blues Boy, po adas itim é o retrato fiel de leg as tod , as o das 13 músic a fal e literalmente dentr qu neo disco contemporâ pelo seu DNA. Um

_almanaque cult _32

de amor, solidão, amizade, violência urbana, saudade e metáforas sociais, com toda a autenticidade do seu genial rockblues. Um disco que evidencia sua maturidade como autor e intérprete, sublimando as canções com sua guitarra, que de tão magistral, conversa com a nossa alma. Volta no tempo Em “Por um Monte de Cerveja”, criador e criatura são uma coisa só e o resultado não poderia ser outro: cumplicidade total numa espécie de volta no tempo, capaz de resgatar incoerências que Celso teve que “engolir” em sua carreira, como gravar músicas que não desejava, como fez no angustiado (e belo) “Nuvens Negras Choram” lançado em 1998. O novo álbum tem participação especial dos Detonautas como banda de apoio. A boa química está comprovada na direção artística feita por Celso e Tico Santa Cruz. O resultado e a sonoridade deixaram o bluesman surpreso, agradecido e satisfeito. Outra alegria de Celso é trabalhar com Roberto Lly que assina a produção do disco. Já na faixa-título, Celso mostra-se bem à vontade pra destilar sua sonoridade e irreverência em “Por um Monte de Cerveja”. Depois questiona “O que essa humanidade fez” e arrasa na linda “Ele sabia que as luzes se apagam”, balada com jeitão de Mark Knopfler e gaita de Dylan. Na sequência, a agitação da estrada está em “Vim tocar na sua cidade”. Celso fica introspectivo “Conversando com Horácio Braun” e apresenta “Odeio Rock’n’Roll” com participação completa dos Detonautas. Depois fala de melancolia em “Toneladas de Solidão” e vai “Cantando o mesmo velho blues”, onde mostra seu virtuosismo naquilo em que é mestre. Mais adiante, não vende seu fusca na sincera “Beth Carvalho quer comprar o meu fuscão”. A décima faixa é um tributo à ironia desvairada do mundo atual retratada em “A vida faz mal à saúde”. Fechando o disco, fala de saudade em “O Nevoeiro, o Albatroz e a Sombra”, toma seu “Vinho Vermelho” e denuncia o caos social em “Aprenda a dar o troco”. É assim, com a simplicidade e sinceridade dos grandes artistas, que Celso Blues Boy brinda sua legião de admiradores com um disco especial, gostoso de ser ouvido, e para ser ouvido sempre, de preferência acompanhado de uma cerveja bem gelada. Um disco criado à imagem e semelhança deste incrível bluesman de voz rouca, virtuose da guitarra, figura bem-humorada e admirável ser humano, a quem me permito afirmar: Celso Blues Boy já tem seu nome na história da música brasileira, como um de seus personagens mais originais, talentosos e ousados. (Conheça o novo disco e compre pelo site: www.celsobluesboy.com.br). Chico Lúcio é jornalista e acha que o som de Celso Blues Boy é para ser apreciado sempre e sem moderação. chicolucio2@gmail.com

Capa do CD “Por um Monte de Cerveja” que traz 13 canções inéditas assinadas por Celso Blues Boy


_está escrito anita godoy santelmo souto

_bem x mal istiu. e o mal sempre ex A luta entre o bem ta es ue rq po , to dis Não podemos fugir não ntro de nós. Ainda de tá es de da ali du a coisa é um , as M . pelo Bem sabemos optar só dos vão iri os valores já adqu certa, os verdadeir deixando s no o nã ntro de nós, ‘gritar’ sempre de lhido’. do ‘caminho esco afastar totalmente do que tu ará mais alto em O amor sempre fal são e, ad ied ar Ética, Solid fizermos. Família, s no a nc nu e eis qu valores inestimáv ar. ss ca fra o rã ixa de rre’ para zes, a vida te ‘empu Mesmo que, às ve gostaria o nã cê vo ções, que determinadas situa sucumba, seus valores, não de estar, não perca is que te ta en r das prisões m lute para se liberta aquele er, m te a al iste um m escravizam. Só ex luta a ntro de nós. Noss que ainda habita de as, ez qu fra e com nossas maior será sempr em to en om m no , es. Mas os e nossas imperfeiçõ nh so sacrificar nossos ssa que optarmos por no , os uit m em favor de desejos pessoais, ia para nc ciê pa e ia nc stê Persi força aumentará. ragem, cessário, força e co ne po m te o r ra pe es tão aí as es a, dit re ac que você jamais desistir do da vida. iro verdadeiro guerre características do Sempre o que você deseja? Liberdade ou Paz, mos o na tio mas nunca ques e tudo queremos os dois, qu os m be sa , porque “preço” de cada um tem seu preço.

Paz, o que é? Estado de espírito daqueles que cumpriram bem os seus deveres. Quantas guerras travamos conosco e com os outros para o cumprimento dos deveres? Será que consigo ficar em paz, se minha vida está relativamente tranquila, vendo as pessoas que amo se perdendo no mar das ilusões temporárias? Não acredito que possamos ficar em paz assim. Liberdade, quem a tem totalmente? Estamos caminhando no sentido de buscar pouco a pouco pequenas liberdades diárias. Até nosso famoso livre arbítrio é tão restrito. Meu Deus, quando entenderemos isto? “Tudo me é permitido, mas nem tudo me convém”. Belíssima frase de Paulo de Tarso, que mostra a consciência equilibrada de um homem que sabe exatamente suas limitações. Mesmo quando tudo parecer acabar, o ‘chão’ fugir de nossos pés, pessoas ‘indispensáveis’ partirem para sempre, deixando um vazio que acreditamos jamais será preenchido, lembrese que seus ‘valores’ e os amores ‘plantados’ jamais te abandonaram, porque eles são parte de você. Lembre-se que nada acaba. A vida continua sempre, porque somos seres imortais a caminho da luz. Que neste Natal você consiga operar a grande alquimia dentro de você mesmo. Transforme chumbo em ouro, ódio em perdão, tristeza em alegria, conhecimento em ação. Esta é a nossa missão nesta Terra, permitir que se faça a grande alquimia interior, pois teremos que alterar muitas coisas, conceitos, formas de agir, pensar, ser e sentir. Neste Natal, siga as instruções do mestre Jesus Cristo e transforme-se, para o próximo ano, num ser mais iluminado. Feliz Natal a todos! Com carinho, Anita Godoy. Acesse e deixe seu comentário. www.anitagodoy.com.br

_vida cult _34


_recicla cerrado carolina ikeda amora comunicação acervo pessoal

E

_sustentabilidade em grandes festivais relacionada tabilidade está en st su e qu a Quem pens ambiente, se vação do meio apenas à preser stentabilidade su a egar a um ch se ra Pa . na enga com estes três estar coerente plena é preciso biental. Neste econômico e am pilares: social, fatores que e um leque de sentido, abre-s ovimento da te ligados ao pr en ra m ta re di o estã ma, teatro, cultu e. Música, cine ra pa is ta en sustentabilidad am nd tre eles e são fu vez e arte estão en E o Brasil cada a. an m hu a ci ên iv tos nv en co ev a s bo uma importante rnado rota de to se do l m ra te ltu s ai m ade cu para a diversid eéa que contribuem e na atualidad rt fo to ui m a ci ên nd éo te e a e país. Um entabilidad r música à sust ia al de ta s. os prop s festivai ndo nos grande que estamos ve tunidade de , tivemos a opor ra Recentemente partir da tercei e, ck in Rio qu a Ro ais. o ci ar so nh es pa çõ acom preocupa a ter também ou ss a pa u , re ão or iç oc ed ade da nossa realid ento E bem pertinho de entretenim al iv st fe or ai m do ão iç e ed qu sétima ulo Music, ineiro, o Triâng eto do Triângulo M s: um novo proj de da sentou novi re ap u, o ar an am e C st o , ne ão local de realizaç nde arquitetônico e dicais e o esta ra es rt po es de a ic át pr ra da área pa lo Comitê coordenado pe paço, Planeta Verde, da Gente. No es al an C lo pe e e ad os Sustentabilid a outros membr Cultural, junto o Instituto Ipê

do Comitê da Sustentabilidade, estiveram presentes para expor trabalhos e conceito de Cultura Verde. O Ipê Cultural e a OPA foram os responsáveis pela ornamentação do estande que contou com uma peça decorativa especial: a luminária que está concorrendo ao Prêmio Ecopet 2011. O SWU (Começa Com Você, na sigla em inglês) é outro forte exemplo de movimento que convida a repensar atitudes, trazendo o debate sobre sustentabilidade para a esfera individual de ação - demonstrando como as nossas escolhas diárias podem contribuir para um mundo mais sustentável. O festival deste ano reservou, além de apresentação de novas tendências e bandas alternativas, debates e discussões em torno de ideias, experiências e propostas para a sustentabilidade com palestrantes de peso: a ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, o professor e pesquisador José Eli da Veiga, e a Nobel da Paz, Rigoberta Menchú. Apesar de estes eventos serem bastante expressivos e atingirem enorme número de pessoas ao mesmo tempo, é importante que cada um cultive dentro de si a consciência de que ser sustentável é usufruir dos bens que temos no presente, sem comprometer o futuro das próximas gerações. Até a próxima! Carolina Ikeda é assessora de imprensa do Instituto Ipê Cultural.

_vida cult _36


_vida cult _37


_idioma célio pezza arquivo cult

_a nova “língua popular brasileira” burros , falou: “Há tantos Rui Barbosa, um dia que, ia, nc gê eli mens de int mandando em ho uma é ce rri bu a e qu ando às vezes, fico pens época, na e, e surpreende é qu ciência”. O que m s da bia sa MEC e nem ele não conhecia o é chamada ua popular”, como ng “lí da baboseiras ora em rada e adotada ag a língua escrita er inistério M sino pelo nosso livros oficiais de en l um íve ss po ltura. Como é da Educação e Cu que é de ia ide a ar ão aceit Ministro da Educaç po ro de ser e que corrigir o er certo falar errado problema um guístico e gerar um preconceito lin rado? para quem falar er a portuguesa didáticos da língu Em um dos livros iver, “V or”, da coleção “Por uma vida melh ga o pe ós “N , o pelo MEC Aprender”, adotad ordo ac de tá es is po correta, peixe” virou frase am at ente lar”. Para onde ex com a “língua popu mete os pé o país? “Os ministr querem levar este acordo De ta? rre se está co pelas mão”. Essa fra r, pois ta es ve de ão aç da Educ com o Ministério pular”. reflete a “língua po

A saída deste país é pela porta da educação e do conhecimento, e, de repente, assistimos este debate grotesco por causa de livros errados na rede de ensino e, pior, o próprio Ministro da Educação vem em defesa do erro. Temos que dar início a um movimento de repulsa total a este tipo de livro para mostrarmos que existe brasileiro com vergonha na cara. O que está acontecendo no Ministério da Educação é um descaso nacional com todos nós, que estudamos e procuramos sair da ignorância. É uma afronta a nossa inteligência. E não venham falar em preconceito linguístico, outro termo sem sentido criado para justificar os desmandos de quem está no comando de nossa falida educação. Há anos atrás, o professor era uma figura respeitada e não existia a possibilidade de um aluno desacatá-lo e ficar por isso mesmo. Os pais entendiam a importância de um professor e a escola pública era um exemplo a ser seguido. Os tempos foram mudando, a educação foi acabando, as escolas foram sendo sucateadas, e agora vem mais este tapa na cara dos professores, pais e homens de bem. É a falência decretada pelo Estado. Vamos aprender errado, vamos falar errado a nossa língua, vamos escrever errado, vale tudo. Quem sabe, no próximo ano, teremos uma nova revisão ortográfica e a oficialização da “língua popular brasileira”. Exames de português não serão mais necessários na escola do futuro e bastará escrever qualquer coisa da forma como se fala, errado ou certo, tanto faz, para ser um culto cidadão. Mais adiante, talvez a escrita seja abolida e passaremos a ser uma nação de “burros falantes”. Analisando friamente o que vem acontecendo, chegamos a pensar que deve realmente existir um plano macabro para deixar o brasileiro mais ignorante e despreparado a cada dia e Rui Barbosa é quem estava com a razão quando disse achar que a burrice é uma ciência. Nós é que ainda não acordamos para ela. Célio Pezza é escritor, com formação acadêmica em Química e Administração de Empresas. Nascido em Araraquara, interior de São Paulo, mora atualmente em Veranópolis, no Rio Grande do Sul.

_vida cult _38


_moussecake publi editorial divulgação pratos tarcísio cerqueira

_além da boa gastronomia, uma experiência especial tes e cafeterias A rede de restauran Gerais barcou em Minas m MousseCake dese , até es nt pratos e ingredie este ano, trazendo de ida un nossa cidade. A então, inéditos na de do ta es primeira fora do de Uberlândia é a tro ou do deria ter escolhi São Paulo e não po ndinho. charmoso Bairro Fu endereço, senão o em a jad edora e plane Com estrutura acolh uz em od pr re o restaurante todos os detalhes, itas ce re s as tradicionais nossa cidade toda o. O et Pr o uistaram Ribeirã que há anos conq um ia, er fet iu como uma ca MousseCake surg ias líc de as ia do que reun ambiente diferencia s ita ce re ãe do fundador, preparadas pela m em os ad e pratos prepar antigas da família ambiente os clientes em um r casa. Para recebe no, as fichas agradável e moder uma combinação em s foram apostada e is com arquitetura de receitas especia das. decoração despoja


Em Uberlândia, o MousseCake se tornou uma espécie de refúgio dos que querem uma experiência agradável e realmente especial. O restaurante está aberto diariamente do meio-dia à meia-noite, sendo possível experimentar qualquer um dos pratos durante este período. O cardápio é completo. Passa pelos sanduíches, crepes, omeletes e tortas, bem como pelos tradicionais risotos, massas, carnes e sobremesas únicas, como o Petit Gateau de chocolate suíço, Taça MousseCake e o Mousse especial com chocolate Lindt. Os sucos de frutas vermelhas e

tangerina conquistaram admiradores e são hit entre os habitués da casa. Também merece destaque a adega de vinhos com rótulos chilenos, argentinos, franceses, portugueses, espanhóis, italianos, brasileiros, americanos, australianos e sul-africanos. É de longe a mais completa da cidade. Ficou com vontade? Permita-se uma visita. O MousseCake te espera para almoços, cafés da tarde, jantares ou simplesmente para saborear uma sobremesa. Tudo de forma especial e com o cuidado que você merece.

34 3224 -3099 Rua Tiradentes, 300 - Fundinho Aberto de segunda a segunda, do meio-dia à meia-noite.

_vida cult _41


_astrologia melissa neves divulgação

_sagitário, “o centauro”

22 de novembro o inicia-se no dia O ciclo de Sagitári el do elemento táv mu É um signo a 21 de dezembro. é deste signo neta Júpiter. Quem fogo, regido pelo pla lo de seu bo sím inteiramente o geralmente reflete e homem). tad me lo, va (metade ca signo, o centauro ao str tada pelo cavalo mo A metade represen re pronto a mp se , iza ia que dinam movimento, a energ se e nsoriais. sidades intelectuais satisfazer suas curio e estende qu m, símbolo, o home A parte superior do ações do pir as as ica ind a flecha, céu, braços, o arco para disparar o ra pa ntauro está voltado infinito. nto nativo. Tudo no ce me ma fir o seu objetivo é flecha e olhos, pois

da matéria, da não se desligou Como o espírito ain u da go sli de ainda não se Sagitário também te, da qual en ed ec pr no sig ica do passionalidade típ o rabo m bé (rabo, como tam muita guarda um vestígio em ter os tiv na esar de os seios mais do escorpião). Ap an os ra dem para o alto, pa divino, sensualidade, ten ao ar eg ch m que não pode la nobres e por mais pe autoos retém, eles lutam pois a parte animal não podem sim al, mas mesmo as afirmação espiritu é fundamental xo se O . de animalida s o sexo anular a sua própria ma bém, ito afetuosos tam ade sid para eles, são mu rio cu a su constante de er, podem é como um objetivo az pr m se s to uie muito inq inexaurível, ficam outro lado eles s, mesmo que por ivo ss se ob ar rn se to tamento corretas, or mp co e regras de prezem pela moral

_vida cult _42

muito preocupados com tudo, são muito voltados para si mesmos. Os sagitarianos mais extrovertidos limitam-se em viver extremamente o presente, o mais introvertido vive a busca de si mesmo e a força constante para superar a sua natureza dupla. Estes nativos são educadores natos, mais do que qualquer outro signo, eles anseiam enfrentar a experiência transindividual, a escala dos conceitos morais e espirituais. Na esfera afetiva, embora seja generoso e sentimental, o sagitariano pode ter problemas na vida matrimonial, pois vive o conflito interior entre uma relação estável e a necessidade de autonomia. Mesmo tendo toda atenção do mundo, são inseguros, pois sabem que como eles, as outras pessoas podem ter interesses múltiplos em relação a quase tudo na vida. Na sua saúde a parte vulnerável são: bacia, coxas e a parte superior da coluna vertebral. Suas doenças mais comuns são problemas circulatórios, gota, reumatismo e problemas no aparelho respiratório de fígado. Em geral, este é um signo condicionado para o sucesso, não para aplausos e palcos, mas sim aquele do tipo mais duradouro, ligado ao cumprimento de tarefas específicas. São ótimos juristas, pela imensa capacidade de se colocar nos dois lados de uma mesma situação. Melissa Neves está à disposição para fazer o seu mapa por voz no msn ou celular. Contato: melissa.astro@hotmail.com


_oruminante renato cabral divulgação

_a colecionadora de bonecas cheguei ao seu ando naquela tarde qu os an 90 ia far Ela e meu presente surpresa. Disse qu quintal com uma . Era minha que a imortalidade seria nada menos abrir janelas. Ela a o ad ter me ensin retribuição por ela demais, achava Talvez por ter vivido não ficou surpresa. perguntou qual me rnidade. Apenas ete na a er tav es já e qu enas um jeito: faz ondi que havia ap e qu i rte era a mágica. Resp ale lhe u. Mesmo quando , um filme. Ela sorri sua própria morte e br so s ma iz, fel m ué alg não era um filme para ndo. Talvez porque ela continuou sorri ia. Sorriu até ide a bo a um ja se de 90 anos a morte filme porque ele só ela nunca veria o quando disse que o preço a pagar ela morresse. Era terminaria quando ento. contra o esquecim oiras. Eram três tologia havia as M Contam que na mi vida de cada da por tecer o fio irmãs responsáveis nós. Minha vó s do to de no o desti um, sua duração e de costura. Era ina tear e uma máqu também tinha um fazia pensar: me s, ga ru as har para su assim sua vida. Ol qu , po ando rar de tecer o tem quando a agulha pa mo seria se co o, mover o ponteir o tempo parar de os? im ist ex dia que um ninguém soubesse

_vida cult _44

E daí me lembrava de suas bonecas. Desde garotinha, para cada uma ela dava um nome, uma história. Sozinhas, elas não podiam brincar; dependiam de companhia para viver. Deve ter sido por isso, olhando para a fragilidade de cada uma, que minha avó aprendeu a ver o milagre humano, a entender que também estamos sozinhos, como quando ela saía do quarto e tudo lá dentro voltava ao seu silêncio inanimado. Era quando cada boneca ficava órfã de vida. Minha vó tem um exemplar de 88 anos. Visitar seu quarto foi meu primeiro contato com o relógio. Enquanto ela definhava, as bonecas de plástico pareciam ficar cada vez mais jovens, uma espécie de maldição aos vivos. Não envelhecer era a vingança de suas pequenas criaturas por não poderem brincar sozinhas. Os cabelos brancos da minha avó me lembravam de uma segunda metáfora. Dizem que a morte é uma senhora de cabelos pretos que jamais envelhece, uma segunda mãe que um dia virá nos levar de volta. É a visão mais bonita que já vi do fim: a morte como uma mãe, que um dia nos trouxe e um dia virá nos buscar. Um alento para as almas que se vão.


_oruminante Ela demorou muitos anos para se tornar quem foi. O que fez com sua história a fez única. O que ficou para trás a iguala a todos, à multidão dos adiados, ao rebanho dos condenados. Quanta gente por aqui, quantos sorrisos perdidos, quantas travessias na tempestade ou na calmaria; quantas lágrimas na chuva. Tantos em vão. Por isso um filme, que não nos salva de nada, mas perdura o resistir. Até porque a eternidade não é a vida eterna, mas a luta eterna contra não ser esquecido.

Vinha a noite. E à noite, diferente do quarto escuro, como é interessante notar que a escuridão que não nos deixa ver a próxima esquina nos traz os bilhões e bilhões de estrelas do universo. O Sol com sua beleza acaba se tornando uma prisão de luz, nos pregando a um mundo muitas vezes feio. Ver a Via Láctea brilhando como aquela pequena mancha de leite num fundo preto infinito sempre me espantou muito mais que os milagres.

Era quando ela saía do quarto que eu gostava de visitá-lo. Gostava de ouvir o silêncio daqueles espaços vazios. Um dia ela voltou antes da hora e me pegou mexendo em suas pequenas coisas. O quarto estava na penumbra e por isso ela pediu para que abrisse a janela. Não para entrar luz, mas para que os olhos fossem para fora. Olhei para cima e lá o céu. Mas não era lá, era aqui. E finalmente entendi por que ela colecionava bonecas. Era para mostrar o quanto somos pequenos diante deste mistério. Dentro do quarto escuro, somos todos iguais, como as bonecas de plástico trancadas na penteadeira.

E nessas noites me perguntava: quantos homens não sabem o seu nome? Quantos logo o esquecerão? Quanta lembrança ficou? Quanto, enfim, de tudo isso sobrou? Porque só disso vale a pena falar e ouvir. Só dessa história que é a nossa. Sozinhos no quarto com as janelas fechadas, somos apenas um sussurro que não será ouvido. Como as bonecas esquecidas no armário. Como o mundo, cheio de santos sem nomes, de gênios sem obras. Com as janelas abertas, estamos livres para sonhar nossa liberdade. Como nos ensinou um dia a poeta: “Liberdade, essa palavra que o sonho humano alimenta, que não há ninguém que explique e ninguém que não entenda”. Essa é a história da minha vó, de como dei a sorte de ter a companhia daquela que me ensinou a abrir janelas e os olhos. Ah, o filme foi feito. Como um diamante eterno, ela resistiu. Ainda está por aqui a colecionadora de bonecas. A primeira sessão foi no dia em que ela completou 90 anos. Mas naquele dia, enfim, ela não sorriu. Chorou.

Mesquinhos, arrogantes, invejosos… Quantos nomes não tivemos? Dentro do quarto, estamos perdidos nesta ponte que não vai e que não chega, que não cai e que não tem fim. No quarto, o que resta são as multidões que já passaram, toda essa gente que nasce, que vive junta e que irá desaparecer um dia. Foi assim que ela me ensinou a pensar na vida que os outros levaram, na que será vivida depois de nós. Foi assim que ela me ensinou o valor de nunca pôr cadeados nas janelas.

Para Dorvalina Fagundes, minha avó. Por Renato Cabral www.oruminante.com.br


_relacionamento cássia freita ilustração cristal wolf

_férias, oba! conter uma palavra pode Qual o poder que em ponto r tra en er nos faz em sua essência de -nos do e parando, fazen morto, reduzir quas quirir ad , res flo as, pequenas observar em roch se iva dit au s, va ati rias olf milhões de memó re de férias, nem semp sensoriais. Estando s do sa an sc de sentimos viajamos, mas nos ais. igu e nt me ata ex s dia mesmo vivendo os do o ra nos dedicar a tu Temos o tempo pa tos oje pr r lui nc co a, para que “nos” interess arão inu nt ssivelmente co inacabados, que po s ainda ma , ias fér as as próxim assim, esperando os escolhidos. assim é um dos alv sa smente um fato, ma Férias não é simple s, tornamo cia ini a e qu em o partir do moment ando mimos a postura qu se um estado. Assu s já ma , ias fér de os e estam alguém nos diz qu uém alg ue rq santemente po me perguntei inces ra pa , ite no à ira sexta-fe não me fala isso na na? Por ias de final de sema fér re po or inc que eu por ou a ad iriz eração terce que férias é uma lib férias de r” sta “e ir cid mos de que nós não pode dessa os cansados? Falo im nt se s no do an qu tado de es um seria então forma porque férias em po de tem ponto morto que s. tempo assumiríamo

mais ar as baterias, ficar Temos que recarreg de ida ior pr sa seja uma calmos, não que es ja a se ela e qu e nt piame de nossa, mas acredito ias fér , is chegados. Aliás tar prioridade dos ma ce lan a m ara uip ssada se eq uma pessoa estre

um furúnculo, alívio imediato. Não é como viajar sem os filhos, que aparentemente podem levar suas santas mãezinhas à loucura, mas uma vez longe deles se sentem meio perdidas e quando finalmente se encontram está na hora de voltar. Férias definitivamente é mental. É a sensação de indisponibilidade para pressão. É passar o dia de chinelos ou descalço. É tirar o pijama depois do almoço que foi detalhadamente preparado. É realmente enxergar e não só ver. É estar livre para surpresas e viver essas mesmas surpresas de forma intensa, mesmo que sejam em horários antes inoportunos. Férias é uma ideia individual, mas que tem que ser transpirada para o coletivo. Imagine você acordar e dizer ao seu marido que está de férias, ele poderá não entender a princípio, mas dependendo de sua participação na rotina diária, certamente ele não aceitará em mil anos, mas só de ver sua reação diante de tão grande liberdade valeria a pena. Seriam férias anunciadas. Resolvi falar sobre férias em um período não comumente reconhecido como tal, justamente para que possamos entrar no clima. É sabido que as grandes batalhas são vencidas em nossa mente e que mesmo geograficamente “fora” do trabalho não significa necessariamente que o trabalho esteja “fora” de você. Assim sendo, acredito que sentar ao lado da janela sempre faz com que me sinta mais livre ou menos presa. Gosto de pensar que férias é um “plus” relacional, do tipo ame a si mesmo. É se permitir ser menos preocupado, mas ainda assim zeloso. É ser mais tranquilo, sem ser “chapado”, ser livre sem com isso cercear os anseios alheios. É simplesmente decretar férias, principalmente na relação gente com gente e permitir que os outros nos acompanhem. Não é nada imaginário, mas comportamental e principalmente emocional. A boa notícia é que você está de férias!

_vida cult _46

Cássia de Figueiredo Freitas que está vivendo de férias!!!! cassiafreitas7@gmail.com


_estar bem mônica cunha divulgação

_natal, um exagero de afeto! eira azul a sala ficava a gelad Entre a cozinha e dentro Lá a. lan iam de porce com pés que parec havia , ua ág m co re sa semp a garrafa cor-de-ro rava mo o e queijo. Lá no alt ainda leite, iogurte ro que cu es ulaz o rp parte do co ço um pinguim com pa es idia mbro, quando div e qu ficava ali até deze o fot a um arela que tinha le? com uma caixa am ue aq ria se o nt me Que ali lembrava um bolo. riosidade acabava com a cu ó av da bia sá z A vo pão um , ne : “É paneto inocente da infância usar ca de z ve Em ”. adas com frutas cristaliz uçou o ag iva explicação objet estranhamento, a perar es ria ve de e rminha qu paladar daquela tu a delícia r rea bo sa ra pa tal até a véspera de Na empresa todo fim de ano da que o avô ganhava onde trabalhava. eles. Era dia chegou, lá foram Quando, enfim, o saram o es av atr o, lad do am cedo e como morav tariam o en rim pe mesa onde ex entos curto quintal até à vim mo os os nt avam ate e tal bolo. Acompanh qu de ia s chinelos dava ide os do avô. O som do o log o, art qu , saindo do ele estava por perto Com as a cortina de chita. am rir ab s go braços lon do pôs ida cu cote e com todo mãos abraçou o pa garrafa a am tav es já também sobre a mesa onde o en arranjo , xícaras e um pequ de café quentinho cial. Sob o pe es ta uma vez a da para lembrar mais riu o pacote. ninada, o casal ab olhar atento da me a o bolo ou nsparente embalav De lá, um papel tra parar na foi , os nd tão de segu pão que, em ques . res flo de os nh dese vasilha branca com heu com avó partiu e preenc Com delicadeza, a pratinhos tone cada um dos uma fatia do pane pequenas as o, nh Nada de garfi até então, vazios. eira im pr a e cia ma tura mãos sentiram a tex bor sa a sensação de um mordida trouxe um rriram so ós av Os . ito gostoso diferente, mas mu gêmeos os e lha ve is ma neta ao perceber que a m aquele doce. E aproveitara aprovaram o pão sobre o is ma o uc po ntar um momento para co s, to bonitos, veriam estar pron Natal. À tarde, de iam para a vir e s e primos qu para receber os tio pelo então, rar pe es e ar , brinc ceia. Poderiam, sim tes. en es velhinho dos pr Papai Noel, o bom

_vida cult _48

Os olhinhos brilharam porque cada um tinha feito um pedido e o avô confirmara que eles ganhariam o brinquedo tão sonhado, “mas isso não era o mais importante, viu?”, chamando a atenção de uma forma carinhosa. O fundamental era agradecer pela saúde, rezar e estar junto de todos para celebrar o nascimento de um homem bondoso, Jesus Cristo. Com tão pouca experiência de vida, as meninas e o menino ficaram pensativos. Uma quietude misturada à ansiedade de vivenciar aquela noite. Ao correr das horas do dia 24 de dezembro, os três sentiram aromas, viram o forro de mesa com símbolos de Natal cobrir a mesa na qual almoçavam todos os dias, as uvas lavadas e a pilha de pratos aumentar de cinco para quase 20!!! Mas o pé da árvore carregada de bolas vermelhas estava sem nada...”. Só amanhã cedo, crianças,” informou a mãe com toda paciência do mundo. E com esse sentimento, os três esperaram. Curtiram aquela movimentação de pessoas, de conversas animadas e de bons desejos à meia-noite quando houve silêncio para oração. Jantaram e o sono veio. Cansadas, as crianças foram dormir e no outro dia, bem cedo, ali do lado da cama os presentes iluminavam o despertar. Uma euforia que deixava os pais satisfeitos, felizes. E felicidade fez parte de tantas outras noites de Natal. Tudo muito simples, mas cercado de muito amor que se evidenciava nos outros dias que viriam pela frente. Hoje em dia, ouço muita gente dizer, com a boca cheia, que detesta o Natal, que gostaria de estar bem longe, dormir, preferia evitar a data. Não julgo, cada um tem seus motivos para se sentir bem ou não diante de uma ou outra data, mas é uma pena. Por mais que haja um empurrão ao consumo desenfreado, por mais que haja correria e estresse, quem sabe o Natal não seria o tempo certo para que a gente pudesse exercitar o que há muito a gente quer: ficar em casa, com as pessoas que amamos, jogando conversa fora e pensando como a vida pode ser boa com fartura de afeto e sem exageros de calorias. Mônica Cunha é editora e apresentadora do programa “Bem Viver” (TV Integração). monica.cunha@tvintegracao.com.br


_força feminina analu guimarães serifa comunicação sxc

_mulheres empreendedoras são maioria sinônimo de em que mulher era Já se foi o tempo que cuidava passiva e serviçal, “Amélia” - mulher o e filhos. A rid ma de casa, do apenas dos afazeres u seu espaço to uis nq co e e endent mulher hoje é indep o dados nd gu do de trabalho. Se mam definitivo no merca so já s ela ), mundial (GEM de uma pesquisa pa es ço nos edores, garantindo 53% dos empreend vernado go é il, que atualmente negócios. No Bras exemplos os ram nt co en l o é difíci igues, por uma mulher, nã dr Ro lena Trajano Inácio brinha como o de Luiza He So . iza Lu ine nte do Magaz ch atual superintende m se amava era sua tia e també da fundadora, que aos 12 anos, e u a trabalhar na red Luiza, ela começo ais. Hoje, fili 30 m co ava apenas quando a loja cont 0 35 lojas que possui mais de administra a rede virtuais. s da do o Brasil, além espalhadas por to

Não é preciso ir muito longe para encontrar perfis de pioneirismo e empreendedorismo feminino. Há 36 anos, a visionária Maria Odete Ribeiro Paes Leme resolveu inovar e abrir uma franquia em Uberlândia da escola de idiomas CCAA, o que para a época era raro para uma mulher, ainda mais sendo no segmento de franquias. Atualmente, o CCAA conta com quatro unidades em Uberlândia, que são administradas pelas filhas de Maria Odete, Raquel e Fernanda, e mais algumas sócias, todas mulheres, mostrando que o que muitos chamam de sexto sentido feminino, é na verdade visão global e empreendedora feminina, e que tem dado certo. Olhar diferenciado O desenvolvimento econômico brasileiro, inclusive de Uberlândia, tem sido favorecido com a atuação das mulheres empreendedoras. Isso devido ao perfil diferenciado das mulheres, que possuem um comportamento empreendedor e com objetivos claros e planejados. “As mulheres empreendedoras têm objetivos claros, comportamento estratégico inovador, estilos cooperativos de liderança e grande ênfase em qualidade. Elas procuram agradar a todos na organização, como um sentido de “cuidar, tomar conta das pessoas”, fortalecendo a personalidade das pessoas e explicando o sucesso obtido por mulheres de negócios”, explica Claudia Coutinho, presidente do Conselho da Mulher Empresária (CME) da Associação Comercial e Industrial de Uberlândia (Aciub). Apesar de o empreendedorismo ser cada vez mais frequente entre as mulheres, a concorrência nesse setor também tem aumentado. Entre os principais motivos que tornaram este mercado mais competitivo estão as características destas empreendedoras, que mais do que salários, buscam qualidade de vida e desafios profissionais. “As mulheres são muito comprometidas e visionárias. Elas enxergam o todo, compreendem os problemas e identificam o que é melhor para o grupo. Outro diferencial está no ‘saber ouvir’ e na capacidade de gerenciar múltiplas tarefas. Estas habilidades são bem vistas, pois aumentam a interação de forma dinâmica com a equipe de trabalho e agilizam as soluções dos problemas”, conta Claudia. E os homens que se cuidem, pois o empreendedorismo feminino só tende a crescer devido a mudança no perfil dessas mulheres e por serem em maior quantidade que os homens. Já se sabe que no Brasil existem aproximadamente 4 milhões de mulheres a mais que os homens e elas estão se diferenciando nos diversos setores, contrariando o conhecido refrão “Amélia que era mulher de verdade”, cantado por músicos de todo o Brasil. (Saiba mais sobre o CME. Acesse o blog http://cmeuberlandia.blogspot.com/).

_vida cult _50


_etiqueta janaina depiné divulgação

_então, é natal! barba de nylon i Noel moreno com Neve artificial, Papa consumismo embaixo do braço, e mancha de suor no verão, Roberto de inverno em ple alucinado, pratos de som das as m one nos siste Sim e TV na s rlo Ca abaixo da linha típico final de ano lojas. Bem-vindo ao de parecer o assim, a cena po do Equador. Olhand ista das on tes de virar protag engraçada, mas an ar longe ss pa o bom saber com comemorações é das gafes. Festas S.A esa se o convite o na festa da empr ad nh pa om ac vá Só sse caso, leve para a família. Ne foi claramente feito r durante o dia, oa. Se o evento fo somente uma pess jes sociais. tra suais e, à noite, use roupas mais ca ra menos. Você pa ou eros para mais Cuidado com exag e e nem à entrega o churrasco na laj não está indo para anto mais alto o se ainda de que qu do Oscar. Lembrepresença do alto l, na festa. Afina a po m te os en m o, carg na bebida e nas . Modere, e muito, clero sempre inibe ar mal do chefe nientes. Nada de fal verdades inconve organização. enos reclamar da m o uit m , as leg co ou dos voto de silêncio o tem freio, faça um nã a gu lín a su a Se io também na sa. Tenha equilíbr antes de sair de ca segunda-feira rtamento. Afinal, comida e no compo tem batente. Inimigo oculto amigo oculto ou nde gafe é o tal do Brincadeira que re deslize pode omento no qual um secreto. Esse é o m óximo ano. pr o do feia durante to ra ca em r ta re ar ac ados, não fuja da os presentes inusit Portanto, esqueça do com perfumes xa de preço. Cuida lista e respeite a fai mpre se o uito pessoais. Só co e CDs, pois são m mente. Livros ica cif escolhido espe er tiv do ea ag en m ho or ainda se for e bem-vindos, melh e DVDs são sempr teado. A hora da “a cara” do presen um lançamento ou incadeirinhas idado. Esqueça br cu al igu ige ex ão revelaç mas gente boa”. é meio estourado, igo am eu “m o tip do o chefe, respire . Se você saiu com Tente ser positivo de boa qualidade sse caso, bebidas fundo e relaxe! Ne ganhou algo E de presente. se o çã op a bo o sã s e livro do não passa de Afinal de contas, tu a. rri so u, sto te de e uma brincadeira.

_vida cult _52

Caixa 2 Os envelopes já começaram a chegar à sua casa? Até o porteiro do seu prédio já instalou a famosa caixinha? Profissionais, cujo salário é você quem paga, já vão ganhar o 13º, por isso, nada de contribuir com mais dinheiro, no máximo dê um presente. Para o porteiro, o vigia, o entregador, o lixeiro, a manicure e o varredor escolha um presente para a ceia, por exemplo. Algo mais simbólico, afinal isso é Natal e não Receita Federal. Eu não sou Papai Noel Fuja do consumismo exagerado e pense bem como você irá presentear. Use a razão para fazer boas e acertadas compras. Defina um critério com a família. Já as crianças merecem muitos presentes. Afinal, essa é uma das vantagens de ainda acreditar no bom velhinho. Já a turma do escritório que segurou a sua barra o ano inteiro merece um agrado. Um item de maquiagem para a secretária ou um CD para o boy estão na medida. Para um colega mais querido um bom presente, mas entregue com discrição para não gerar ciúmes. Para a professora do filho vá de lembrancinha. Afinal, itens caros podem soar como suborno por notas para o seu rebento. Que tal algo feito por você com um lindo cartão artesanal do filhote? Personalíssimo! E se quer ser bem generoso, pegue nos Correios aquelas cartinhas de quem ainda acredita em Papai Noel ou pelo menos gostaria que ele existisse. Escolha os bairros mais carentes e leve pessoalmente o presente. Vai ser um dos momentos realmente inesquecíveis do seu Natal. Eu garanto. Para os erros há um novo ano E se com todas essas regras você ainda cometer deslizes terríveis, não se culpe. Você terá um ano inteirinho para se redimir. Que tal incluir isso na sua lista de promessas do Ano Novo? Boas Festas! Janaina Depiné é consultora de etiqueta e diretora da Lead Assessoria de Imprensa. @janainadepine www.leadcomunicacao.com.br


_coisas de gente daniel labanca ilustração cristal wolf

_a difícil arte de ser o chefe o gosto dela. Talvez A palavra chefe pesa. Nã sou o chefe de por isto que se dizem que o de me esquivar. jeit um o algum lugar dou log mesmo nível de Patrão também está no ê ganhou por responsabilidade. E se voc comando na firma de algum motivo um posto . Não, o pior não sabe do que estou falando responder por uma é a responsabilidade de serviço. Mas, sim, se área ou de encabeçar o pessoas aquele que de tornar para um grupo r e que a vida real líde de rá a literatura chama o. Porque chefe é chamará de chato mesm ele tente parecer chato. E por mais legal que çando a barra. for to será no máximo um cha ê assume junto Ao assumir a chefia, voc o presidente da uma série de atributos que na ocasião de sua veu empresa não lhe descre horário diferenciado promoção: passarás a ter geralmente antes que para sair nas festinhas as habituais piadinhas a turma comece a fazer seja: você também sobre os superiores (ou á de contatos var pri se , estará em pauta) pessoas (no mínimo pessoais com as outras cendo alguém e no lhe dirão que está favore assédio) e também por o máximo será acusad pelo que você faz assumirá a culpa não só o que eles fazem). (mas especialmente pel agora a perceber o Parabéns! Você começa . presentão que ganhou se dá por diversos A escolha de um chefe da empresa. É fato motivos. Tudo depende sidera o nível de con se que em parte delas olhido suporta. Já esc ele aqu bordoadas que es de toda a equipe que agora as repreensõ ê o couro precisa serão canalizadas em voc era-se nesta ocasião sid ser forte. Também con , especialmente a capacidade de abstração chefe. Não adianta com o que se ouve. Ora, o outro qualquer. tentar ser um humano com e você telefonar, nte doe r Se o funcionário fica ado como uma isto jamais será interpret o uma cobrança ou preocupação, mas sim com a” rid do quão doente o até mesmo uma “confe a de chefe retratada colega está. Esqueça a vid regada a dinheiro, nos filmes, geralmente as. Se tiver sorte oportunidades e estagiári car de carro. E tro você no máximo poderá de estar levando o sad acu mesmo assim será r às custas dos outros, um por fora e enriquece mesma oportunidade pelos que não tiveram a que você.

_vida cult _54

Se a empresa é sua, sinal de que você já carrega a medalha de boçal desde a abertura do contrato social. Todas as vezes em que tentar ser o chefe legal que nunca teve, será chamado pelos funcionários de frouxo. E se afastar alguém que traz prejuízos ou que comprometeria o futuro de todos será um completo insensível. A empresa está fazendo cortes para sua sobrevivência? Ditador! Opa, pintou uma promoção para toda sua equipe? Pode esperar que os funcionários dirão: “se para nós rolou este aumento, imagina o quanto eles lá de cima não estão embolsando...” Sim, é duro. E se ficar mole vai ter um monte pra criticar. E nada de autoestima baixa, chefe. Desmotivação é privilégio pra equipe, pra chefe, não. Se há lado bom na chefia? Claro que sim. Você provavelmente terá menos chefes que os seus subordinados ou até nenhum. Mas passará a ter um olhar bem diferente quando tiver. E ficará sem assunto nas rodinhas do café. Daniel Labanca, diretor de cena, escrevendo sobre as cenas que você produz no dia a dia. daniel@cinefilmes.com.br


_comunicação valéria tinoco sxc

_humor nas ondas do rádio ondas do rádio. O humor está de volta às ge da programação Após um bom tempo lon personagens que diária das emissoras com mas humorísticos gra pro os marcaram época, público com fatos do novamente encantam o forma cômica pelos dia a dia, retratados de nsito ou até mesmo profissionais. Seja no trâ a companhia certa em casa, as atrações são A arte de fazer o para quem curte rádio. , o bom humor e a público rir, usando a voz ça no fim da década for criatividade, ganharam gramas humorísticos de 1930, quando os pro sica e as rádio concorriam com os de mú lo de campeão de novelas, disputando o títu o “Balança, com s popularidade. Programa vários anos por m era nec ma mas não cai” per brados pelo público, no ar e até hoje são lem a novas criações. servindo de modelo par sação humorística sen a Neste ano, com a nov nd Up Comedy, do momento, que é o Sta is visibilidade e o humor ganhou ainda ma o público e ainda mais sucesso, conquistando erlândia e região. Ub espaço nas rádios de causos a um malandro De roceiro contador de es passam a se cheio de gírias, os ouvint agens do rádio que son identificar com os per itos brasileiros. mu de no retratam o cotidia gria do público, como Irreverentes, fazem a ale um caipira contador o exemplo de “Ribeirão”, stra a vida das mo de causos e piadas, que m, interpretado age son per O a. pessoas da roç l Lázaro Mariano, pelo comediante Manoe a companhia na rádio Cultura HD, tem transforma em se de Cristiano Jhow, que

_vida cult _56

“Ketelin”, uma drag queen antenada nos babados e fofocas de celebridades, com comentários ácidos e irreverentes sobre situações do cotidiano, no programa Café com Comédia. Outro personagem que também é parte desta história é a popular “Robertinha”. A drag queen afetada e de pouca tolerância é interpretada pelo radialista Flávio Lemos na programação da rádio Regional FM. Robertinha já é famosa em Uberlândia e região, acumulando apresentações em festas, shows e eventos de diversos segmentos. A personagem, criada em 1999, marca presença de segunda a sábado na programação da emissora. Mas, assim como Robertinha, o são-paulino “Mano Marcelo”, malandro cheio de gíria que manda um “salve” para os pedreiros, os “shopeiros que trabalham no shopping” e toda a galera da cidade e região, também reforça o sucesso do humor com o público. O personagem interpretado por Rodrigo Escobar há quatro anos nasceu para ser um programete, uma pílula dentro da programação, mas devido ao sucesso com o público acabou ganhando destaque no programa Agitação. O sucesso do humor no rádio, além da qualidade e conteúdo dos personagens, deve-se ao fato de que o humor consegue divulgar a informação de forma mais leve. É um importante instrumento de protesto contra problemas, informação e crítica sem agressão e imposição. Cole seu ouvido nesta turma e carregue seu dia com muito sorriso, e claro, bom humor, ingredientes importantes para uma vida saudável.


_teenagers cindy freitas divulgação

_briga! briga! briga! viu. que todo mundo já Barraco é uma coisa lta, vo em ha din em até ro Alguns adoram, faz eia. Uns já ntem vergonha alh enquanto outros se er tempo rd ham necessário pe não ligam, não ac s, estão do lvi vo tando dos en com isso. Em se tra difícil é s ele ra Pa r da pele. com os nervos à flo da raiva esmo que na hora manter a calma. M pessoa a r ntado a empurra a gente se sinta te lembra se o nã ibus (quem na frente de um ôn as?), há ad alv M s ina em Men de Regina George a a ficar que a briga começ sim um ponto em tem isso fle redes sociais re ridícula. Brigas em ebook e fac er, em tem twitt perfeitamente. Qu precisamos o Nã . do an estou fal afins sabe do que que s s tão encrenqueira ir longe: há pessoa o de pic tó r” num simples conseguem “causa e. ub uT Yo blog ou do comentários de um a briga já começar ou não um Em primeiro lugar, idade ur at m a relacionado à está de certa form que , za rte ce m suntos, co do indivíduo. Há as litos nf co em os ad rm transfo não merecem ser faz em er pessoas que ador (embora existam as vítimas re po d’água e se m tempestades em co sunto as o do an mesmo qu da história). Mas, ersar nv co o nã te en plesm é sério, por que sim ar rm fo , ao invés de trans a sós com a pessoa

isso num escândalo hollywoodiano? Quando se trata de brigas entre namorados, lembre-se daquela frase: “em briga de marido e mulher não se mete a colher”. Não dê sua opinião se ela não for pedida, por mais íntimo que você seja de um dos envolvidos. Aliás, por falar em intimidade… todo mundo sabe que uma das muitas funções de amigos é defender o outro quando este está sendo ameaçado. Mas, convenhamos, certas defesas só pioram a situação (isso quando não causam outra briga). Entrar numa discussão alheia já não é necessariamente algo muito agradável, mas entrar usando palavrões e linguajares que poderiam ser repensados é tenso. Pior ainda é dar continuidade para a briga: mesmo com argumentos esgotados, a pessoa ainda tenta ofender a outra pelo prazer fútil de cortá-la. Francamente, quem vê isso de fora sente vergonha alheia. A função quase natural de “xingar no twitter” é levada a sério por muita gente. Xingar os políticos ou o MEC porque deixou o Enem vazar, ou reclamar da sua vida entediante, é uma coisa; agredir alguém, principalmente uma pessoa próxima da sua realidade, é outra. Agredir alguém por ter manifestado sua opinião é no mínimo medieval: estamos em 2011 e vivemos numa (suposta) democracia, logo todos temos direito à liberdade de expressão. Mas sua liberdade termina onde começa a do outro, ou seja: Madonna pode nunca saber que você a acha velha e ultrapassada demais para fazer o que ela faz, mas ofender gratuita e publicamente alguém que gosta dela já é outra história. Em se tratando de internet, na dúvida, odeie em silêncio: o risco é menor. E pode ser que seu gosto por Amy Winehouse seja igualmente condenável para alguém. Assim, é melhor filtrar realmente o que/ quem xingar na internet, a fim de se manter longe de encrencas e evitar ser alvo de fofocas. Cindy Figueiredo Freitas tem 16 anos, já presenciou conflitos pessoalmente e via internet, e, ao contrário do exemplo que citou, acha que Madonna, no alto dos seus 53 anos, dá um baile em muitas cantoras na faixa dos 20.

_vida cult _58


_fala, mamãe carol siqueira divulgação

_mãe, o papai noel é bonzinho? olhos muito feio, de de um bichinho es po rd e ve qu s é lo o Com o, de pe rbudo, barrigud o ba m s, ué do la ng ni ga e re ar r do qu explicar melho seus de ge au o N e assustador, ? al imento do Nat e verdadeiro sent o Paulo Neto m en qu pe eu m o, ei da m e na s s ta ho in 3 an com pergun todo instante a todo surpreende a adas. Eu tento ic pl ex m re se de is . emplos Mas, muito fáce coisas com ex as ar ic pl te, ex to momen a muito inocen a carinha aind su eu la nd pe te s, en ze o às ve e ele nã e eu falei muito qu o eb os rc nt pe ta eu , de meio disso tudo ou! nada. Bom, em ) o Natal cheg o! or ad eu ue (q s to en m na questio to, a festa vai está quase pron Por que as O Papai Noel que é o Natal? o , al in a af as M eu? Mas a fest começar. es? Quem nasc liz vai fe m am ue Q fic s ? pessoa ar presente nh ga i va m ue tá Q es vai ser onde? o papai do céu ? Quantos anos i do pa pa o o: ic st dar o presente etar o diagnó pl m co ar a ic pr pl E fazendo? haja mãe pra ex Noel? Nossa, ,é céu é o Papai tentar explicar m s difícil ne é ai m ra o ei e ad rd do tu ve e isso s pura er a magia mai as iv at nt te s ha fazê-lo entend min o, lá vou eu em o do Natal. Entã la tudo sobre fa e qu il nt fa in ro liv go, pe um e e com ilhosas, m strações marav ilu queno. m pe co eu , al m at o N aula para a um o s, nd da , mas pergunta literalmente o, faz mais algu nd ha to ol ui e m m a E ele fic ele entendeu sim acho que mas mesmo as o. çã la aquela fa pouco de toda , para o meu m que o Natal be to ui m i se Eu i tomando o que passa va r do que filho, a cada an . E nada melho es çõ or op pr s nova ra fazê-lo ente tempo pa o velho e paci pírito o Natal é um es entender que reditam ac de as pessoas renovador, on ria de eg al e que o amor com muita fé aior m a é al at ais um N tes comemorar m en es pr s O . da da vi a noite graça e bênção am nt lhes que enca ee ún são meros deta re se a toda a famíli este s de Natal, onde ai m r po m s agradece de mãos dada s choram os. As pessoa nt ju momento , novos ez de saudades de alegria, talv , dentro da um loram e cada sentimentos af e o Natal é qu e idade, entend al du vi di in a su to em nossos l de Jesus Cris a presença vita a tão criança, pequeno, aind corações. Meu árvores de iste uma festa já sabe que ex aro, muitos cl e, es elas cadent tr es al. s, te an ilh br ontece no Nat e tudo isso ac presentes, e qu

_vida cult _60


Meio explicado, meio entendido, resolvemos então assistir a um clássico, um filme nada convencional. Nós três sentados no sofá para mais uma sessão de cinema, até porque o Paulo Neto ama filmes tipo ET, O Mágico de Oz, e ele não se incomoda nem um pouquinho, caso o filme não apresente imagens extraordinárias em 3D. Procuramos pelas locadoras, mas não encontramos em DVD e então o jeito era resolver pela internet mesmo. Como ele chama mesmo, mamãe? Esse bicho? The Grinch. Ele é feio, mora numa caverna, faz muita bagunça, não gosta das crianças, odeia o Natal, tem pelos verdes pelo rosto, faz medo em qualquer um e detesta as músicas embaladas ao ritmo natalino. Lúdico, assustador, encantador, infantil, colorido, musical, esse filme (um pouco antiguinho) - The Grinch - no qual o personagem principal é um monstro horrendo - soube explicar melhor do que ninguém o Natal para o meu pequeno Paulo Neto. Confesso que no começo do filme, meu pequeno ficou um pouco assustado, mas a bela menininha com toda a sua doçura conquistou o coração do Grinch e os olhos do meu pequeno, que nem piscavam. Ele era feio, mas depois ficou bonito (quando descobriu que era possível amar as pessoas), ele roubou os presentes porque o Natal não é só ganhar os presentes. Mas no final, todos festejaram juntos com muita alegria o sentimento do Natal que é simplesmente isso: todos juntos de mãos dadas e felizes. O Grinch ensinou para o meu filho, melhor do que eu e qualquer outra artimanha, que o Natal é uma festa divina, iluminada não só pelas luzes pisca-pisca espalhadas pelas casas, mas pelas luzes que se acendem em nossos corações e que fazem transbordar em nossos olhos e sorrisos tamanha alegria. Assistam The Grinch e divirtam-se muito com as travessuras bem boladas desse monstrinho, que com toda a sua feiúra, fez com que o meu filho entendesse sem muito esforço que o Natal é muito mais que uma brilhante caixa de presente. O que vale mesmo é agradecer a Deus e curtir a família em uma bela e muito gostosa ceia bem recheada de carinho e muito amor no coração. Feliz Natal a todas as crianças que fazem as nossas vidas cada dia mais parecer o Natal, que, irradiantes de luz, esses pequenos sorrisos nos restauram e nos fazem crer que Deus é maior e supremo quando nos dá a graça de sermos mães! Acessem o falamamae.com e aproveitem para compartilharmos mais um Natal juntas! Obrigada por todos os acessos, pelo carinho, pelos comentários de cada uma de vocês que fazem o FalaMamãe me ensinar a cada dia que ser mãe foi e sempre será o melhor que já me aconteceu. Abraços a todas por Carol Siqueira.

_vida cult _61


_comportamento résia morais divulgação

_diário de uma adolescente... um atitudes durante “...Decidir tomar que m co er faz pico e processo psicoterá e, nt ide ev ais m ja se a minha mudança e m a, de certa form não é fácil. Quero, m cia re pa s s que ante forçar a fazer coisa e qu o m es mim. M impossíveis para endo enas atitudes, diz qu pe m co e comec r”, um “Por Favo um “Obrigado” ou r ente eu passe a te alm tu até que even o m co s, de an gr coisas coragem de fazer as ss de s da to r po parar de uma vez aior vômito, ter um m de s sia ân as inh m evitar , de da inha ansie controle sobre a m eu m ao s oa ss m as pe ser indiferente co o er qu Eu . a.. tic ás redor, não ser sarc ndo te quero, mas ente mudar, eu realmen io ár ss ce ne querer, é que não basta só e, ter a coragem ad nt vo de a ter forç agir... Então, resolvi de mudar, preciso oas be encontro pess escrever. Quem sa . o.. xã fle re esso de como eu, em proc

“Sou enganada pela minha maioridade, quando acredito que essa armadura de sarcasmo irá evitar que algo me machuque, que ao utilizar esse escudo de indiferença, estou me protegendo. E, principalmente, sou uma tola, ao crer que derrotei o inimigo quando uso a minha espada, que possui a incrível habilidade de distorcer a verdade. Mas no final, eu sou a única a não ter nada, e ainda sim, a que perdeu tudo. Sou a única que saiu machucada dessa batalha. ...Ela possui um sabor extremamente amargo e desce queimando as minhas entranhas. Mas esse gosto ruim na boca é rapidamente substituído pelo doce da audácia. Gosto de saboreá-la lentamente, desejando aproveitar até a última gota dessa minha bebida, chamada Coragem Líquida. Após bebê-la, me torno capaz de tudo. Me ‘‘permito’’ ser quem eu nunca fui ou nunca serei; passo a ser extrovertida, comunicativa e interessante. E se por acaso, acabo por cometer atos constrangedores, posso, sem remorso algum, culpá-la. Não se engane pensando que isso é um hábito exclusivo meu, a maioria das pessoas também ingere essa bebida na esperança de que ela possa vir a preencher o vazio que cada uma delas possuem dentro de si... ...Essa semana não foi das melhores, tive um desânimo terrível, sem vontade de fazer coisa alguma. De repente, me dei conta de que sinto saudade da minha caixinha em que eu costumava viver... uma constante sensação de estar perdida, confusa... à deriva no mar, quase me afogando e desesperadamente esperando por alguém, para ser salva. Mas como eu posso afogar, se sei nadar? Seria isso acomodação? Ou procrastinação? Ou talvez seja mais fácil ser salva do que se salvar! Eu agora procuro me salvar e você? Com carinho, BIA!” Résia Morais é psicóloga e psicopedagoga. CRP-MG 04/31203 resiamorais@gmail.com

_vida cult _62


_saúde dr. roque savioli divulgação

_prevenção de doenças cardiovasculares nas mulheres desconhece que a O mundo feminino são as orte em mulheres maior causa de m infarto o ja, se culares, ou doenças cardiovas bral re ce r ula sc idente va do miocárdio, o ac ria aio m de an gr .A (derrame cerebral) prevenir o câncer em ais m pa cu eo se pr ero, de er de mama, de út ginecológico - cânc doenças de o çã en ev ece da pr ovário - e se esqu nic clí a Na minha prática cardiovasculares. ntíficos cie e os trabalhos diária observo o qu ma co o çã pa ais preocu nos ensinam: há m e com qu do em m lar do ho saúde cardiovascu bem o tã ulher não se cuida a da mulher. A m ença do é o nt , quando o assu e as quanto o homem qu o nd ce he uitas descon cardiovascular. M e qu mais de infarto do mulheres morrem os homens.

Quantas pacientes são surpreendidas por um infarto do miocárdio sem apresentarem os sintomas que acometem o homem? Quantas pacientes descobriram que tiveram infarto sem nunca terem dor no peito, característica dessa patologia? Além disso, recentemente, tem-se admitido a importância dos fatores psicossociais - entre eles, a ansiedade, a depressão, o estresse familiar e do trabalho, o isolamento social - na gênese das doenças cardiovasculares, principalmente nas mulheres. As alterações hormonais cíclicas, durante as diferentes fases da vida, podem ser responsáveis por várias respostas patológicas. Os esteroides sexuais femininos têm importante função protetora no sistema cardiovascular até a menopausa, época em que a mulher se torna vulnerável à doença cardiovascular. A evolução da doença coronária na mulher independe da idade: mulheres jovens podem ter infarto ou morte súbita como primeiro sinal da doença, já as mais idosas têm um desenvolvimento da doença comparável com a do homem. Em meu novo livro “Um Coração de Mulher”, discorro sobre as singularidades do coração feminino, despertando para uma realidade que precisa ser conhecida: a maior causa de morte em mulheres são as doenças cardiovasculares. Fatores como atividade física regular, obesidade, tabagismo e colesterol são abordados a fim de auxiliar na melhoria da qualidade de vida das mulheres. Até mesmo fatores ligados à espiritualidade, como gula e preguiça, na ocorrência das doenças cardiovasculares é destacado, evidenciando a importância do cuidado em todas as áreas de nossa vida. O livro traz as mais recentes informações sobre a saúde integral da mulher, em que são levados em conta o corpo, a alma e o espírito, como fatores preponderantes para uma vida saudável. Por meio de atitudes simples e conhecimento é possível ter um coração saudável e, consequentemente, pensar em uma vida mais longa. Dr. Roque Savioli é doutor em Cardiologia pela Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo) e coordenador do Centro de Atenção ao Coração da Mulher - Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

_bem cult _64


_gordura (the liquid gold) a vilã da balança pode ser a chave para a beleza por um período de da está passando za ali loc a ur rd go A rdura que deixa ando da mesma go fal os m .A ta es e ria gló cessos e distrofias pânico com seus ex a ur ult sc oe muitas pessoas em ino da lip rezada, após o térm gordura que é desp oratórios lab ra pa ndo enviada a. corporal, já está se tocagem da mesm es e to ra melhoramen do an qu na especializados pa ais moder e pensar é bem m ura. Esta forma de agir balhar com a gord tra de as clássicas 78 19 em z ve comparado às form a la primeir corpo humano pe e sd De . 79 19 Ela foi aspirada do eira vez em ertada) pela prim o nã a ur rd e re-injetada (enx eio da go técnicas de manus então, as formas e pararam de evoluir. la medicina que ovado e aceito pe Hoje já está compr rios fatores de a e traz consigo vá , a gordura apresent fatores hormonais generação, como ta es ós crescimento, de re ap s, e que gicos, dentre outro celulares, imunoló splantada em uma an -tr to cido” ser au mesma gordura “te rísticas do local a apresentar caracte os, pessoa, ela passa número de adipócit emplo: um grande a um o, te receptor. Como ex glú culo do os dentro do mús após serem injetad rma em músculo, fo ns tra gordura se s porcentagem desta lâminas histológica e demonstrado em de pu de on fato apresentado 11, de 20 de Cirurgia Plástica na Jornada Carioca tes avanços. conferir de perto es a-se que o tecido s científicos, afirm Através de estudo o Mesenquimais* mais Células Tronc e adiposo apresenta atório Excellion, qu ula Óssea. O labor e SA VI AN que a própria Med la do pe io brasileiro registra s, é o único laboratór entos diferenciado m ta tra s rio uá us os ra pa e ec CONEP, ofer m células tronco ento da gordura co do como o enriquecim está revolucionan gordura, fato que de es lum retiradas da própria vo eção de ários através da inj de os aumentos mam do uso da prótese de ida ss ce ndo a ne gordura e descarta a na silicone. retirada e reaplicad gordura pode ser s ta rre co s Para uso prático, a ica cn o as té ndo como princípi e nt pla mesma pessoa, te ns tra a. O aplicação da mesm de manipulação e os por cirurgiões an 30 de to há mais s de gordura já é fei sentam resultado mos relatam e apre da ãs aç plásticos e os mes m as teo, para modelar o glú muito satisfatórios ora sabemos um ag , m ré Po c. eixo, et face, aumentar o qu fazem em seus que estas células ios fíc ne be s do pouco mais emplo: a melhora plantação, como ex novos locais de im úsculos, através de iais como pele e m das estruturas fac ar e fatores de crescimento celul de es or fat o m co estímulos ar. diferenciação celul

da redação mauro marques

Seremos mais bonitos do que jamais foi possível e isto não tem nada de fútil. É uma grande revolução em favor da humanidade. Graças às maravilhas dos avanços tecnológicos da medicina estética, o que antes era um vilão (a vilã, melhor dizendo) pode se tornar o maior aliado na busca de um corpo e mente em harmonia. E agora, odiar ou amar aquelas gordurinhas sobrando no pneuzinho, nas coxas, costas, culotes? As magras que nos desculpem, mas as fofinhas têm um grande tesouro guardado por trás de suas dobrinhas. *A célula mesenquimal é a “célula do futuro”. Muitos médicos apostam nela para o tratamento de diversas doenças, principalmente as doenças auto-imunes, como diabetes, vitiligo, esclerose múltipla, dentre outras.

3217-0003 Rua Eduardo Marquez, 1548

_bem cult _65


_panetone eduardo reis divulgação

_guloseimas de fim de ano siosamente o s que aguardam an Há muitas pessoa mente está ias, nas quais certa Natal devido às ce o tã esperado é ne. Este alimento , incluído o paneto neio gastronômico va omentos de de m r po l ve as sá su on m sp re ções co culpas e preocupa porém cercado de a de fim de ano, oc ép sta Ne . téticas consequências es undo a lenda), igem italiana (seg or de to en m ali este ercados e faz ndolas dos superm gô as e br so ça an av s paladares. Não dores de diferente m a festa de aprecia a simples fatia te o consumo de um eo qu r aio m muito raramente ia nc ciê ia o peso na cons como consequênc . peso na balança

Muito embora apresente elevada concentração de gordura, quando comparado a um pão, o panetone é um alimento rico em carboidrato pela massa e pelas frutas cristalizadas que fazem parte de sua composição. Este fato já credencia o panetone a um consumo menos preocupante. O grande problema é que herdamos dos países europeus o consumo de alimentos ricos em gordura nesta época, como as castanhas e as nozes, além das carnes de porco em seus diversos cortes. E muitas vezes ao optar por estes alimentos estaremos somando grande quantidade de gordura ao final das refeições. É interessante então consumir os alimentos natalinos de forma mais equilibrada. Se o panetone se torna objeto de desejo, opte por ele, deixando os outros alimentos para um consumo mais modesto. Algumas alternativas são possíveis, como a substituição da carne de porco por aves, como o peru e o chester. Com isso teremos reduzido a carga de gordura dos alimentos e minimizado as consequências do consumo. Porém, outro ponto cerca o consumo do panetone. Sendo um alimento típico desta época do ano, muitas pessoas fazem o consumo de forma compulsiva. Este consumo ocorre por imaginar o longo período até a próxima produção da guloseima natalina. Além de existirem várias docerias que vendem panetone o ano inteiro, se possível faça seu consumo após realizar uma atividade física aeróbia. Desta forma, o carboidrato contido neste alimento auxiliará a reposição de glicogênio muscular e hepático, acelerando a recuperação do esforço e evitando aumentos significativos na insulinemia. De fato, aumentar a atividade física aeróbia (corrida, natação, pedal, caminhada) nesta época do ano é sempre interessante para compensarmos os exageros que ocorrem não só nos dias de festa, mas que muitas vezes duram mais de uma semana. Para evitar exageros nas refeições natalinas, deixe o panetone para o café da manhã. Ao invés de consumir juntamente com os outros alimentos (já mais gordurosos) que costumamos ingerir na ceia de Natal, deixe o panetone para completar seu café da manhã. Tome um suco de fruta, coma um pouco de cereais integrais com iogurte e para completar, tome um cafezinho ou chá, com uma fatia de panetone. Desta forma, você não abre mão das delícias desta época e ao mesmo tempo deixa seu dia mais equilibrado.

_bem cult _66


_saúde bucal dr. alexandre fernandes mauro marques

_disfunções alimentares e seus reflexos na boca alimentar tar ou transtorno Disfunção alimen nar sig de usado para é um termo amplo usam ca e qu s re alimenta comportamentos o. du iví ind um de saúde severo prejuízo à como doenças e São considerados eiras ntam as suas prim se geralmente apre ência. sc ole ad na e infância manifestações na o de 90% dos casos sã Aproximadamente um o nd rém está have mulheres jovens, po em os rn to ns o desses tra aumento no númer sas Es s. xo se os s de ambo homens e adultos lação pu entre 1 e 4% da po disfunções atingem cia ndo de frequên e seguem aumenta nos últimos anos. te en significativam r um entares podem te Os distúrbios alim de vida da gativo na quali de grande impacto ne ões laç re as , em auto imag de um indivíduo. A na o nh pe m se de o igos e os. com familiares e am ad dic lho podem ser preju escola ou no traba rto fo dor e o descon Muitas vezes, é a que plicações dentárias m co a relacionados

fazem com que as pessoas procurem um profissional de saúde. Os dentistas são comumente os primeiros a observar os sinais e sintomas dos transtornos alimentares. Tipos de transtornos alimentares Anorexia - medo extremo de ganho de peso, mesmo que esses indivíduos estejam acentuadamente abaixo do peso. Tentam manter peso corporal baixo, restringindo a ingestão de alimentos. Podem exercitarse excessivamente, provocar autoindução de vômito ou usar, de forma indevida, medicamentos laxantes, diuréticos ou enemas. A anorexia tem a maior taxa de mortalidade prematura entre todos os transtornos psiquiátricos. A maioria das mortes é devido a complicações fisiológicas. Bulimia - envolvem períodos de compulsão alimentar que podem ocorrer várias vezes por semana ou várias vezes ao dia. Para compensar excessos e evitar o ganho de peso, também induzem vômitos e usam indevidamente laxantes, enemas e diuréticos. Estudos descobriram que até 89% dos pacientes bulímicos apresentam sinais de erosão dentária. Compulsão alimentar - pode afetar tanto homens, quanto mulheres. Pode envolver o consumo rápido de grandes quantidades de comida com uma sensação de perda de controle. Sentimentos de culpa e vergonha podem levar a episódios repetidos de comer compulsivamente. Sintomas Cada um desses distúrbios alimentares pode roubar, do corpo, minerais, vitaminas, proteínas e outros nutrientes necessários para uma boa saúde. Indivíduos com tais transtornos podem apresentar: perda dramática do peso, perda de cabelo, sensação de frio, prisão de ventre, e nas mulheres, a perda do período menstrual. Podem ocorrer ainda inúmeras outras complicações, como doenças cardíacas ou insuficiência renal, que podem levar à morte.

_bem cult _68


Os vômitos frequentes também podem afetar a saúde oral. As glândulas salivares podem tornar-se aumentadas e as pessoas queixarem-se de boca seca (xerostomia). Os lábios ficam vermelhos, secos e rachados. As lesões que podem aparecer na boca sangram facilmente. Podem haver alterações na cor (translucidez), na forma e no comprimento dos dentes. Restaurações podem parecer elevadas, quando ocorre a erosão do esmalte circundante. Os dentes podem se apresentar sensíveis ao calor e ao frio. Prevenção Transtornos alimentares surgem de uma variedade de questões físicas, emocionais e sociais que precisam ser abordadas para ajudar a prevenir e tratar estas doenças. Familiares e amigos podem ajudar, dando bons exemplos sobre a alimentação e oferecer comentários positivos sobre práticas alimentares saudáveis. Tratamento bucal das consequências • Os portadores devem ser aconselhados sobre a necessidade de cuidados meticulosos em relação à higiene oral diária.

vem ser ovocam vômitos de • Pacientes que pr ente am iat ed o escovar im aconselhados a nã , dio só de to na bo m bicar após, mas lavar co ido ác ralizar os efeitos do para ajudar a neut mago). (retornado do estô

_saúde bucal

l ajudará risco à saúde buca • Uma avaliação de tamento, s prioridades de tra na identificação da de o us idade ou não do incluindo a necess al. on ici fluoreto ad alguma forma de

tamentos, ervalo entre os tra • Lembre-se do int na se belecido com ba que deve ser esta . oa ss de cada pe avaliação de risco Conclusão tomas e pessoas com sin É fundamental qu da de aju em ur entar proc de transtorno alim dem po es nt cie pa . Este vários profissionais como e, mplicações da saúd sofrer diversas co l, que na re cia ou insuficiên doenças cardíacas oce e ec pr o tic ós gn te. O dia podem levar à mor to ns rnos equado desses tra um tratamento ad sucesso o ndamentais para alimentares são fu American : te on s condições. (F no controle desta n - www.ada.org). Dental Associatio e Doutor Fernandes é Mestre Dr. Alexandre Vieira CRO-MG: 12.398 ial. Fac loaxi o-M em Cirurgia Buc br dontocenter.com. alexandre@primero

_bem cult _69


_saúde lélia leocádio e thais simão mauro marques imagem ilustração

_pilates e coluna saudável sofá e levou as dou ou levantou do Quem nunca acor rte na coluna? fo sentindo uma dor mãos nas costas, e indesejada a os sa dor? É a fam es a am ch se o m Co r atinge cerca balgia. A dor lomba dor lombar ou lom e pode estar população adulta de 80% a 90% da o: m ersos fatores co relacionada com div rdose) - postural (hiperlo culos cular entre os mús us m rio - desequilíb is, ina dom paravertebrais e ab ocorre de gravidade que ro nt ce do ça an ud -m na gravidez, ular da coluna, - instabilidade artic - hérnia de disco, s dois lados atura de um ou do - espondilólise (fr da vértebra), da vértebra), (escorregamento - espondilolistese , osteoartrose), órias (osteoartrite - doenças inflamat tros. - tumores, entre ou

lecimento nfirmam que o forta Vários trabalhos co zir a dor du re a m minais ajuda do ab los cu ús m s do luna lombar, pois protegem a co na região lombar, mantendo os o de sustentação, melhora seu pont Contudo, sabebrais adequados. espaços interverte da musculatura a ez iste uma fraqu ex e qu m bé m ta se que prejudica a (paravertebrais) extensora da colun faz-se necessário coluna. Portanto, a estabilidade da sem esquecer de latura abdominal trabalhar a muscu

_bem cult _70

trabalhar a musculatura paravertebral. E é por essa razão que o Método Pilates é bem explorado para pessoas com dores lombares (lombalgia), pois os exercícios propostos buscam o equilíbrio entre tais musculaturas (abdominais e paravertebrais). Por isso, o Pilates é um dos recursos sugeridos entre os médicos e fisioterapeutas para solucionar o problema de dores lombares. O Método Pilates foi criado pelo alemão Joseph Humbertus Pilates que idealizou uma série de exercícios baseados nos movimentos progressivos que o corpo é capaz de executar. Os princípios do Método são: concentração, consciência, controle, respiração e movimento harmônico. É uma técnica dinâmica que visa trabalhar força, alongamento e flexibilidade, preocupando-se em manter as curvaturas fisiológicas do corpo e tendo o abdômen como centro de força (Power House). O Pilates é diferente de outros tratamentos, pois os exercícios propostos não agridem as articulações e é feito de maneira individual, ou seja, cada exercício é realizado e focado na deficiência muscular daquele aluno. No final do tratamento, o aluno apresenta mais consciência corporal, mais força e flexibilidade, resultando no fim das dores lombares. Na maioria dos casos, a dor desaparece em algumas semanas, porém se não trabalharmos os nossos músculos em equilíbrio, essa dor pode retornar e se tornar uma dor crônica. Para que isso não ocorra, o aluno precisa ter assiduidade nas aulas e trabalhar todos os princípios do Pilates durante os exercícios e assim mantermos uma coluna saudável, tendo a musculatura equilibrada. A lombalgia atinge diferentes faixas etárias, de crianças a idosos. Por isso, a técnica pode ser praticada por pessoas de todas as idades e condicionamento físico. Não perca mais seu tempo sentindo dores nas costa. Procure logo o Pilates!

Lélia Pereira Leocádio Fisioterapeuta e Instrutora de Pilates 9115-8402

Thais Simão Zardo Fisioterapeuta e Instrutora de Pilates 9173-1614


_obesidade

_anvisa libera uso de balão intragástrico para pessoas com sobrepeso i am que medida va Especialistas acredit 27 de es com IMC acima beneficiar pacient ntária e, com cada vez mais sede A população está sobrepeso s os de pessoa com er m nú os em sc isso, cre dos profissionais m a preocupação e obesas, e també diversas bater e prevenir as de saúde em com peso. E não as pelo excesso de disfunções causad O Instituto s. pação dos médico é em vão a preocu ), na última (IB e Estatística GE fia ra og Ge de iro Brasile OF 2008entos Familiares (P Pesquisa de Orçam população da e, no Brasil, 20% 2009) mostrou qu 50,1% dos e es , 48% das mulher entre 10 e 19 anos peso. do a im 20 anos estão ac homens acima de

serifa comunicação depositphotos

Autoestima em alta Ao considerar a saúde, o bem-estar físico, psíquico e social do indivíduo, o tratamento multidisciplinar do obeso não pode deixar a estética em segundo plano. “A sociedade hoje exige muito da estética e o obeso sofre muito com isso. Portanto, quando ele vê os resultados do tratamento, isso o estimula a continuar magro. A associação do balão com tratamentos estéticos e exercícios físicos melhora e faz com que os resultados sejam mais rápidos e satisfatórios. Com a autoestima em alta, o paciente quer continuar mantendo o peso”, explica a psicóloga da obesidade da LEV, Alessandra Mattar.

Boa notícia Nacional ulgada pela Agência Mas uma notícia div r quem da ária (Anvisa) vai aju de Vigilância Sanit .A de ida ao estágio de obes ainda não chegou aad pli am intragástrico foi colocação do balão esse tiv em qu er o procedimento antes só podia faz onfira (c o es ob classificado como IMC acima de 30, de a im ac pessoas com IMC tabela). Agora, as étodo de veitar mais esse m 27 vão poder apro odo m é colocado por ét prevenção. “O balão uma é e ia ame de endoscop semelhante ao ex perder ou nt te iva para quem já opção menos invas mo Co o. ss ce eios e não teve su ta peso por outros m en es pr re me menos, pois ele balão, a pessoa co a do an us % do estômago, ca um volume de 30 , afirma o dade mais rápida” sensação de sacie sto Mattar. gu da LEV, Luis Au cirurgião bariátrico , semelhante é feito de silicone ico str gá ra int lão O ba aumentar os ulheres usam para Tabela de IMC à prótese que as m superfície lisa. e ato é esférico a rm fo u se m ré po r , po seios peso ideal o de azul de 18,5 - abaixo do ro fisiológico, tingid o so aix m Ab co o hid nc o ee É pr balão romper, ado metileno. Se o um corante cham peso normal e o paciente tin Entre 18,5 e 24,9 ido pelo intes o rv so ab é ul az e nt cora m o médico, rde. De acordo co - acima do peso começa a urinar ve Entre 25,0 e 29,9 previamente, os ad m to s do ida cu devido a todos os balão se - obesidade grau I ação e retirada do Entre 30,0 e 34,9 s os riscos da coloc do lta su re os a endoscopia e equivalem a de um - obesidade grau II , o paciente Entre 35,0 e 39,9 ós o procedimento Ap . ns bo o uit m o sã de peso, mas mitos e sensação de grau III pode ter náusea, vô e passam em ,0 e acima - obesida s 40 to en m ica ed m m que são tratados co m ficar com o Os pacientes pode s. dia s trê ou is do em, em média, (34) 3217-7070 seis meses e perd a ro at qu de lão ba tamento. tra do al fin o é Av. Getúlio Vargas, 1700 - 3º andar at 20% do seu peso Uberlândia - MG

_bem cult _71


_alimentos juliana morato link comunicação empresarial gfx

_curiosidades sobre o leite Fonte de el: assim é o leite. Saboroso e saudáv de cálcio), é um e nt (fo is as e minera vitaminas, proteín da vida. É por em todas as fases alimento essencial S (Organização rio da Saúde, a OM isso que o Ministé ões aç niz e outras orga Mundial da Saúde) es diárias de rçõ po s trê mendam internacionais reco o ou bebidas como iogurte, queij leite ou derivados m é ito e o que as, de fato, o que à base de leite. M umo do leite? ns co o assunto é o do an qu e ad rd ve é entos, esclarece engenheira de alim Helena Camargo, têm sobre o as que as pessoas as principais dúvid produto. Confira: ra a dieta são essenciais pa Leite e derivados humana? mento considerado um ali Verdade. O leite é nutrientes s te en fonte de difer r se r po , to ple m co interação e e se destaca pela essenciais a saúde, tes: proteínas, ade de seus nutrien boa biodisponibilid minerais e cálcio. enção do peso? ajudam na manut Leite e derivados cutindo a tempo vem-se dis Verdade. Há algum derivados para us se tão de leite e es ing da ia nc rtâ impo ndo o recente el e nutritiva. Segu uma dieta saudáv erican College no Journal of the Am estudo publicado Va ta n Loan, PhD pesquisadora Mar of Nutrition, pela o consumo da ), Califórnia (EUA da Universidade da so de perda es oc pr r também no bebida pode ajuda as como a o, prevenir problem de peso e, com iss pulações de do mostra que po obesidade. O estu em leite são mais om árias que cons et s xa fai s te en er dif m obesas. O os tendência a sere magras e tem men ser atribuída ao essa relação pode artigo sugere que ular a redução leite que pode estim cálcio presente no nismo. de gordura no orga

_bem cult _72

Leite ajuda na redução da pressão arterial? Verdade. Evidências epidemiológicas mostram que o consumo de leite e produtos lácteos é relacionado como um fator inversamente proporcional a pressão sanguínea e ao risco de hipertensão. Isso se deve aos minerais presentes no leite: o cálcio, potássio e ao magnésio. Para ser intolerante à lactose é preciso ter um diagnóstico clínico? Verdade. Segundo o Consenso do Ministério da Saúde Americano sobre Intolerância à Lactose e Saúde (NIH State-of-the-Science Conference Statement on Lactose Intolerance and Health), a maioria dos indivíduos que pensam ser intolerantes à lactose não possuem um diagnóstico clínico. Isso porque associam desconfortos gástricos com o consumo de leite e este acaba sendo o primeiro alimento a ser restringido. Os indivíduos intolerantes apresentam sintomas como diarreia, dor abdominal, flatulência e inchaço, que ocorrem após a ingestão de lactose. Para ter o diagnóstico clínico é importante consultar um médico especialista. Leite ajuda a combater a osteoporose? Verdade. A osteoporose é definida como uma doença esquelética caracterizada por baixa massa óssea e deterioração do tecido ósseo com consequente aumento na fragilidade dos ossos e susceptibilidade a fraturas. O cálcio presente no leite é responsável pela mineralização óssea em todas as idades. E por isso deve ser consumido em todas as idades para a prevenção da osteoporose.


_cirurgia plástica

_rejuvenescimento facial com enxerto de gordura Congresso de cinio participou do tro Pa as m To . Dr O r convidado cial como professo Cirurgia Estética Fa (SP) nos o et Pr edicina de Rio na Faculdade de M strou 5 ini m ele , tubro. Ao todo dias 21 e 22 de ou e realizou ial fac a cirurgia estétic de o eit sp re a las au escimento facial ativa para o rejuven str on m de gia ur cir m gordura. nchimento facial co associada ao pree PREENCHIMENTO

FACIAL

lcos com facial de rugas e su O preenchimento mais utilizado ve ciente é cada z pa rio óp pr do a ur gord agens em relação o a inúmeras vant vid de , te en lm dia mun hialurônico). s sintéticos (ácido aos preenchimento mplicações, co mente isento de Além de ser pratica rio dos rá nt r duradouro, ao co se destaca por se idos após rv so totalmente reab sintéticos, que são do em ag apresenta a vant 6 meses. Também to. ra ba ais ideravelmente m custo, sendo cons

publi editorial mauro marques

As técnicas mais recentes, usadas e ensinadas pelo Dr. Tomas Patrocinio, apresentam baixo índice de reabsorção de gordura, permanecendo até 50% do volume utilizado para o preenchimento ao final de 1 ano. Isso faz com que as rugas e sulcos se tornem mais suaves, menos visíveis e a face mais bela e harmoniosa. Se você está se sentindo insatisfeita com seu rosto envelhecido, descubra como você pode conseguir melhorar o máximo com o mínimo de risco. Entre no site www.drtomaspatrocinio.com.br e agende sua consulta. “CONFIE SUA FACE A UM CIRURGIÃO FACIAL”

cial, membro o crânio-maxilo-fa giã ur cir é io cin tro da Face. O Dr. Tomas Pa de Cirurgia Plástica

(34) 3215-1143 Dr. Tomas Patrocinio - CRM 43297 Rua Artur Bernardes, 555 PI 1 38400-368 - Uberlândia - MG WWW.DRTOMASPATROCINIO.COM.BR

ileira

da Academia Bras

_bem cult _73


_fim de ano camila jemes divulgação

_dicas para presentes

Avatim

Amais Mac

CNS

Falta pouco para as festas de fim de ano. Com isso, a correria para deixar tudo organizado já começou. O clima de Natal e confraternização tomou conta do comércio em geral. Essa é a principal época em que a troca de presentes é constante entre a família, amigos e colegas de trabalho. Mas, a dúvida aparece, o que comprar? Se você não sabe o que presentear neste final de ano, confira dicas com as melhores opções.

Brincalhão Pet Center

Oppen

Corazza

Euroville

Carmen Steffens

Capodarte

Dumond

Eurobike

Folic

Polo Play

Lacoste / Tommy

Evidence

Greta Cauê

Mangini Bijouterias

Lela Acessórios

Maria Grávida Moldura Minuto

Mini Mundo

Zuza Chic

Marília Camargo

Polo Play

Sátika Óptica

Mr. Kitsh

Victor Hugo


_moda gestante

_mais cult _78


34 3214-4090 Rua Javari, 297 - B. Lídice - Uberlândia-MG www.mariagravida.com.br


_imagem e estilo vilma fagundes mauro marques e depositphotos.com

_de mala e cuia

Esta expressão jurássica tem muito a ver com sua ‘doce vigançazinha’ de consumo. Todos (espero que você também) sabemos que o dólar está em baixa e que agora chegou a vez do euro. Então... juntando isso com aquilo, ou seja, a sua vontade mais a oportunidade, por que não botar o pé na estrada, ou melhor, na escadinha de uma aeronave?

Concorda? Então, fechado! Da minha parte eu entro com a colaboração sobre a arrumação da bagagem: - Escolha da mala. - Sugestão de cores. - Whish-list de peças de roupas e acessórios. - Organização da mala. - E me coloco à sua disposição para quaisquer dúvidas. Escolha da mala O estilo da bagagem poderá ser de acordo com o seu “life-style” ou (estilo de vida), com a sua pretensão, ou seja, o objetivo da viagem e programação da mesma: • Malas de nylon são mais flexíveis, porém mais resistentes (para os mais descontraídos). • Rígidas (para os mais formais) • De grifes - inclusive monogramadas (para os mais sofisticados que gostam de status). - De qualquer forma, para essas viagens aéreas, o ideal é que sejam em plástico polipropileno ou policarbonato com rodízios e alças retrátil. - Da mesma forma será a de cabine, tamanho permitido para este fim. Não se esqueça, esta é sua bagagem de mão que deverá conter agasalhos, nécessaires, mudas de roupa, porque nunca se sabe o que vai precisar trocar ou não. Tamanho: vai depender do tempo de estada e se a mala vai acomodar a roupa do casal (o que eu, pessoalmente, não acho uma boa ideia, individualidade é sempre melhor. Vai que um resolve ficar mais tempo que o outro? ‘Seguro morreu de velho e sábio’. Entrando no clima de turista •Informar sobre: - Ambientes a frequentar. - Encontros casuais. - Encontros formais. - Duração da estada, etc.

_mais cult _80

Padecimento no paraíso! Antes de cruzarmos a linha de chegada, atravessarmos uma fronteira entre o inferno e o céu. É a hora das escolhas: o que levar de roupas, calçados, enfim, tudo, tudo o que for necessário. Desestressa! Pede pra neura sair do seu corpo, porque ele te pertence! Primeiro passo: escolha mais ou menos quatro cores neutras e chiques: - Branco - Marinho - Camel - Marrom-claro ou cinza São cores combináveis entre si e aceitam bem uma corzinha mais iluminada, aqui ou ali, para quebrar, às vezes, a sisudez de um look.


_imagem e estilo Fique esperta!

• Camisetas:

Quanto aos tecidos: •Planos - opte pelos que menos amassem, como os mistos com poliéster, microfibras e lã fria. •Malhas e tricôs - algodão, lãs leves, tipo cashemir, ou uma mistura de fio sintético (visclaycra, jersey, etc), o importante é que tenham qualidade e maciez no toque trazendo conforto.

- Modelos: t-shirt babylook t-shirt manga longa Regatas - Cores: coloridinhas e P&B (preta e branca)

Peças das quais não se abre mão Os básicos: - Jeans - Camisetas - Formadores de looks • Jeans (os que contêm uma porcentagem de elastano são mais confortáveis) - Modelos: • Skinny (para colocar sob botas de cano médio ou longo) • Boot Cut (para botas de cano curto) • Flare (para salto anabella cortiçado, ou em corda, lembrando os anos 70) • Reto (para flats mocassins ou escarpans de salto) - Cores: branco ou se preferir um délavé (bem clarinho). Azul profundo ou pretos e ainda o estonado, que tem uma pegada mais descontraída.

Continuando com básicos: - Leggins - Meias-calças - Shorts - Bermudas Os clássicos: - Vestido tubo (seco), terno, saia lápis, calça de alfaiataria, camisas, suéter, cardgan, twin-set, trench coat ou um outro casaco. Os relax: - Biquíni ou maiô (nunca se sabe), saída de banho, roupão, pijama e chinelos. Acessórios: Calçados: Botas Ankle boots (usa com vestido curto e calça cropped). Country - cano médio (calça skinny, vestidos curtos mais soltos). Montaria ou flexíveis - cano alto (sobre leggins skinnys, vestidos e saias curtas).

Outros calçados: Escarpan de salto, sapatilha (Sabrina) sandália, oxford, mocassin.

_mais cult _81


_imagem e estilo Bolsas: Bolsa grande (mão e ombro) Bolsa média (tiracolo) Carteira grande Clutch (O tamanho das bolsas vão diminuindo do dia para a noite)

Formadores de looks: Lenços, echarpes, cachecóis, pashiminas, colares (inclusive de pérola), correntes com pingentes, gargantilhas, brincos (de argola, de pérola e de pedras naturais), anéis variados (de coquetel, brasão, tudo de pedra natural), pulseiras, cintos (fininhos, médios e largos). Obs: É melhor usar poucos de cada vez e não formar conjuntos, esta é a tendência atual. Arrumação da mala: Importante! A quantidade de roupa deve se adequar à bagagem, lembra-se daquele ditado ‘Saco vazio não para em pé’? Mala vazia é mais ou menos assim, coloca em pé e já sabe, as peças vão ficar emboladas e amassadas. Malas excessivamente cheias amassam também. O ideal é colocar as peças sobrepostas sem desníveis pressionadas, numa arrumação natural em camadas. Sem se descabelar, coloque tudo visivelmente na cama e vá organizando a mala da seguinte forma: 1ª camada - Coloque as calças respeitando os vincos. - Itens pesados, como os casacos, dependendo do tamanho da mala, sem dobras em sua altura, ou então com a frente transpassada, para que seja ‘diminuída a largura’, dobre a parte inferior e finalmente as mangas e bermudas, saias, shorts, etc. - Vá preenchendo os espaços vagos com camisetas, lingerie, meias e outras pequenas coisas, camisetas devem ser enroladas, as bolsas podem ir nessa camada, cuidando para que não amassem.

_mais cult _82

2ª camada - Vestidos tubos - dobrados somente no comprimento da saia, se tiverem mangas, estas deverão ser dobradas para dentro, fazendo um sanduíche entre o corpo e a saia. - Camisas - dobre na metade do ombro na linha vertical de ambos os lados, sobrepondo um sobre o outro, assim como as mangas, dobre-a agora no meio e acerte o colarinho. A sua disposição na mala deve ser feita com os colarinhos das camisas invertidas, ora um voltado para direita, ora outro para a esquerda e assim sucessivamente para não fazer desnível na mala. 3ª camada - Suéteres leves, agasalhos. - Blazers - se o tamanho da mala permitir que sejam acomodados sem dobras no comprimento. Ótimo. Caso contrário, faça como as camisas, só que deixando as mangas para serem dobradas depois da dobra da parte inferior. - Sapatos - coloque-os na tampa da mala pelo lado de dentro ou nas laterais da mala, sempre em saquinhos de malhas, tnt ou flanela. Um poderoso truque para economizar espaço e não estragar os sapatos e bolsas é enchê-los com peças miúdas, como meias e roupas íntimas, desde que estejam protegidas. Um estojinho com linhas, agulhas, botões, alfinetes, uma tesourinha para reparos inesperados. Duas nécessaires, uma para maquiagem, creme dental, xampu, condicionador (tudo em frascos em tamanhos menores), desodorantes, hidratantes, etc. Outra com os medicamentos, caso você faça uso. Se forem de uso contínuo é melhor se precaver com mais uma receita. Uma mulher nunca vai a lugar nenhum, ao não ser ao hospital, sem levar maquiagem, roupas e joias. (Grace Kelly, no filme “Janela indiscreta”). Espero que você curta bastante esta viagem e volte com muitas histórias para contar e guardar na memória. Boa viagem! Vilma Fagundes é consultora de imagem e estilo. vilmafagu@yahoo.com.br


Rua Felisberto Carrejo, 16 • Fundinho 34 3224 5821


foto daniel cavalari


fotos mauro marques

Av. S찾o Francisco de Assis, 455 - Lj 02 Vigilato Pereira - Uberl창ndia


_moda

Fotos Mauro Marques Produção e Make Up Suéllen Castro Modelo Isadora Camargo Sapatos Kiwi República Calçados


Marília Camargo Rua Machado de Assis, 565 Centro - Uberlândia-MG www.mariliacamargo.com.br

Boutique

34 3231 2233


_moda No túnel do tempo da moda, a década de 70 é parada obrigatória nesse verão. Usufrua das ótimas energias do azul, laranja, amarelo, rosa e branco, que compõem esse visual setentista.

VIRADA COLORIDA! Alforjje, Clê e Lela Acessórios

fotos daniel cavalari produção e direção de moda e conteúdo ana paula rios hair&make up liliane gonçalves modelo cássia lacerda

Nessas festas de fim de ano curta as boas energias das cores, fugindo do tradicional branco e investindo no COLOR BLOCK. Roupas, Acessórios, Makes e Cabelos! Confira nesse editorial especial, as principais tendências para o VERÃO 2012!

_mais cult _90


_moda O rosa garante amor, o laranja energia, o azul tranquilidade e o verde esperança. Um mix de boas energias. A silhueta do momento é mais solta, perfeita para um réveillon na praia.

34 3231-7799 www.alforjjecalcados.blogspot.com.br

34 3236 2467 - 34 9245 9844 www.oblogdacle.blogspot.com

Carajás, 538 - 34 3214 0588 Villa 207 - 34 3236 8588 Center Shopping- 34 3219-8588 www.lelaacessorios.com.br

_mais cult _91


_moda

MIX DE CORES Evidence e Jorge Bischoff _mais cult _92

Cores que garantem espiritualidade e esperança. O branco aparece nos detalhes, garantindo a paz tradicional. A tendência retrô é presença na estação.


_moda

Estas cores garantem energia e lucros para o prĂłximo ano. A luminosidade dos paĂŞtes acende os vestidos nesse verĂŁo.

Center Shopping - lj 23 34 3210-2900

Center Shopping - lj 1260 34 3210-4966

_mais cult _93


_moda Na maquiagem feita pela Liliane Gonçalves, a grande sacada foi usar nos olhos o que antes era restrito aos lábios e vice-versa. Tons vibrantes estão em alta. As ondas dão bossa aos fios compridos.

MAKE UP Liliane Gonçalves _mais cult _94

blusa Clê Boutique


“O baton vermelho deixa a mulher sexy e poderosa!”, diz Liliane Gonçalves. Para acompanhar os lábios coloridos, você pode optar por uma maquiagem neutra ou fazer como aqui, onde os olhos foram realçados.

_moda

34 4141 1730 / 34 9158 2673 / 34 8805 6047 lilianehairdesign@hotmail.com

_mais cult _95


_moda

Tendências de óculos coloridos da SATIKA ÓPTICA garantem produções alegres. Os paetês trazem o glamour e o contraste de cores com a armação branca do designer Emilio Pucci e o baton vermelho.

SUNGLASSES Satika Óptica _mais cult _96

vestido Clê Boutique


_moda Este lindo óculos SATIKA ÓPTICA, com hastes coloridas da designer Diane Von Furstenberg, forma um belo contraste com essa blusa de tricô amarela. Outra forte tendência para o verão. Coques de todos os tipos são um frescor no calor.

R. Duque de Caxias, 146 - 34 3216 9900 R. Santos Dumont, 548 - 34 3235 1656 Av. Raulino Cota Pacheco, 242 - 34 3229 0220

www.satika.com.br

_mais cult _97


_juleps viviane santos divulgação

_shoeholic Mulheres adorarem comprar sapatos é quase que um ritual, você visualiza, admira, imagina como ficaria, em qual situação, com que roupa poderia combinar ou até mesmo pelo impulso de tê-lo, mesmo que você não tenha a real necessidade ou nenhuma ocasião especial, o desejo latente de poder comprá-lo torna-se irresistível. De repente, você olha em volta, observa as prateleiras da loja e pensa como seria perfeito se aquele espaço pudesse ser o seu closet. Delírios à parte, já ouvi algumas teorias de que a cada sapato comprado, é como se nós, mulheres, dessemos um passo em direção ao lugar onde queremos chegar. Mitos, fatos ou especulações, a verdade é que toda vez que compramos um par, seja ele higth heels ou flat, a sensação é maravilhosa. Bendito seja o ser inteligente que inventou esse objeto prático, símbolo de desejo e de sensualidade.

De acordo com o Google, o primeiro sapato do mundo foi encontrado numa caverna da Armênia, com idade estimada de 5500 anos. O artefato é semelhante aos “pampooties”, mocassins feitos com pele de bezerros, usados nas Ilhas Aran e nas Terras Altas da Escócia, encontrados na década de 1950. O sapato de couro mais antigo do mundo foi encontrado em 2008 por um grupo de cientistas liderados pelo Dr. Ron Pinhasi, da Universidade de Cork, Irlanda. Existem outras evidências de que a história do sapato começa a partir de 10 mil A.C. Aqui no Brasil os primeiros registros são de 1808 sob influências européias. Há também outro fato curioso que ficou marcado na história sobre a “Rainha dos Sapatos”, a senhora Imelda Remedios Visitación Romualdez, ex-primeira-dama e esposa do ditador e presidente das Filipinas, Ferdinando Marcos. A história diz que depois de 21 anos de ditadura,

_mais cult _98

desvio de dinheiro dos cofres públicos, enquanto muitos dos pobres filipinos passavam fome, a bela Imelda Marcos, colecionava sapatos. Eram “SÓ” 3 mil pares, imagina que luxúria! Mas em depoimento ao povo, ela disse ter ganhado esses agrados de admiradores. Pode? E nesse universo dos sapatos de estilos exuberantes, preços, cores, texturas e formas, existem mulheres que não se incomodam em ter um modelo desenvolvido e idealizado pelos mais famosos designers de sapatos, como Christian Loubotin com seus solados vermelhos, sua marca registrada, e acabamentos impecáveis. Roger Vivier com seus sapatos esculturas e saltos que inovaram uma época com o salto vírgula, rolo, bola, agulha, pirâmide ou caracol. Salvatore Ferragano, o designer que revolucionou a indústria dos sapatos, uma de suas criações foi a sola de cunha de cortiça. André Perugia um homem elegante e refinado como os seus sapatos. Vivienne Westwood com suas coleções ousadas e sua estética radical. Manolo Blahnik considerado o “rei das tesouras” e por seus sapatos resistentes, como confirmado por Madonna, que disse que os sapatos de Blahnik “duram mais que o sexo”. Jimmy Choo, com seu design inovador e detalhes requintados, como fivelas de cristais swarovski. Aqui no Brasil também temos nossas celebridades dos pés. Um deles é o designer Fernando Pires, considerado o “arquiteto dos pés”, que produz sapatos que fazem composições de figurinos em desfiles, telenovelas e no teatro, ganhou fama e muitos fãs com seu estilo e admiradores que não deixam de comprar suas coleções. O mundo dos sapatos é surpreendente, vibrante, ousado, em um ritmo onde os designers procuram inovar, transcender e se reinventar, aprimorando suas técnicas, criando novos estilos e conceitos de modelos, saltos e solados. Além dos clássicos e sofisticados, podemos também encontrar outros trabalhos, que são super diferentes e alternativos, como o da designer americana Taylor Reeve, que tem suas inspirações e influências nas ruas, na arte pop de graffiti e tatuagem, dando vida ao seu artwork e ao movimento da cultura jovem do Sul da Califórnia. Viviane Santos é assessora executiva da revista Cult, designer, fashionada por moda e por sapatos.


Carmen Steffens Center shopping Uberlândia / Mg

BEIRUTE

BUEnos AIREs

JohAnnEsBURgo

Los AngELEs

MARBELLA

PARIs

200 Lojas - 16 Países

PUnTA dEL EsTE

RIo dE JAnEIRo

são PAULo

ToKYo


Contorno perfeito com tratamentos tops. As melhores técnicas e aparelhos no combate à flacidez, gordura localizada, celulite e estrias. Corra! Ainda dá tempo de trabalhar o corpo para exibi-lo nos biquínis da moda.

LASER co² Fraxel Lumenis One BOTOX PREENCHIMENTOS PEELINGS químicos cristais laser TRATAMENTO DE FLACIDEZ FACIAL Intradermoterapia laser radiofrequência CARBOXITERAPIA THERMACOOL TRIPOLLAR VELASHAPE ENDERMO Cellu M3 DRENAGEM LINFÁTICA HIDROLIPO redução de gordura localizada ULTRASHAPE HECCUS Tratamentos flacidez facial e corporal CELULITE gordura localizada estrias DEPILAÇÃO a LASER acne TRATAMENTO queda de cabelo análise de pintas e verrugas CÂNCER DE PELE unhas PSORÍASEVITILIGO manchas do sol


SERVIÇO DE DERMATOLOGIA - CIRURGIA DERMATOLÓGICA PROCEDIMENTOS ESTÉTICOS - COSMIATRIA

CLÍNICA

DERMATOLÓGICA Dr. Jefferson M. C. Souza

Agende sua consulta - 34 3253 8700

dermoestetica.com.br


Exper im ente

reunir, aplicar, explorar

suas ideias

e superar...

EDUCAÇÃO SEM FRONTEIRAS www.ineiminas.com.br

(34)3238-2394

(34)3210-7800


De s cubra a

verdadeira

dimens達o da sua

escola


_moda mix raquel bambozzi divulgação

_a elegância 2.0 e seu corpo. pre interferiu sobr O ser humano sem mo mais luindo a tattoo co E pra que, hein? Inc relacionar vio rece um tanto ób uma roupagem, pa assim: ico cíf pa as isso não é moda e corpo... M , nada sim as , os ipl últ r são m os sentidos do vesti lar secu da ssário. A vivência básico, nada nece adora, ific a engrenagem un moda faz dela um tempo, u se e ra de sua cultu espelha na socieda ular-se os mudem no mod embora esses mod moda é muito De certo modo, a próprio da moda. classes. de te que divisora mais democratizan smente ple sim o, uniformizaçã Isto não significa da s te en ar s tão ap redução das marca l. cia so ia distânc acesso e mise en scène, o Ainda assim, ness esma m a as m , seminado à informação é dis ma forma. ega a todos da mes informação não ch o corpo e os m também “loja” ve E como a moda é no “como te en lm ra sear-se lite a moda metamorfo vestuário de sem filtros. Sim, o manda o figurino”, rso que nos de todo um unive cada um faz parte liberta de o nt cultura já um ta constitui. E numa pensar em ido nt se veria algum muitos padrões, ha bem vestir? manuais de como

_vida cult _108

A moda, em seu sentido frugal, é um tanto de bom senso, um tanto de consenso sobre si mesmo. E bom senso não haveria em abundância no mundo, não é mesmo? rsrs... E se o vestir é uma expressão subjetiva sob a forma de estilo, este estilo, em muitas pessoas não está bem definido. Moda como expressão de algo interno é perceber-se num corpo, experienciarse, gostar do que vê no jogo de formas e vivenciar a dinâmica deste corpo em novas formas. E verificar o que isto causa! O desgarramento dos pré-moldes é o que promove a moda a um sentido mais lúdico e interessante. Com referências únicas, destroçando o banal! Não leve seu look tão a sério, não se leve tão a sério! Porque o luxo na roupa deixou de ser uma necessidade ostentatória. Signos mais sutis, nuances, personalidade... Estar elegante passa a ser, de um bem vestir a um bem-estar aí, vestido ou nu. Experienciarse em possibilidades criadoras num para além de qualquer mundo fast fashion fácil, além da moda como glamour cópia das celebrities e das tolas regras do “in” e do “out”. Raquel Bambozzi é psicóloga, pesquisadora e articulista de moda e ama vestir-se como mesma. rbambozzi@gmail.com


Gianne Albertoni Ensaio Glam Fashion, inspiração para as festas de fim de ano

Gianne Albertoni, apresentadora do Hoje em Dia desde 2009, com sua beleza singular, carisma e versatilidade, conquistou ao longo de sua carrreira, muito sucesso e reconhecimento. Foi indicada à 10ª edição do prêmio Jovem Brasileiro, na categoria “Protagonismo Jovem”, como melhor apresentadora jovem da TV brasileira, batendo recordes de votação em relação às edições anteriores. A apresentadora e modelo internacional, em seus 15 anos de carreira, desfilou para quase todas as grandes marcas nacionais e internacionais, como Dior, Roberto Cavalli, Dolce Gabbana, Armani, Versace, Prada e Rocco Barroco. Confira nessa edição, o ensaio exclusivo com a bela Gianne Albertoni em estilo glam fashion, que vai fazer você se inspirar neste final de ano. Fotos Fabiano Pedrollo Beleza Rafael Guapiano Stylist Patricia Yris Produção Executiva Tatiane Zeitunlian, Marco Teixeira e Renata Ribeiro

_ensaio cult _110


Vestido Rosa/Preto P贸 de Arroz Sand谩lia Preta Santa Lolla Joias Rosana Chinche

_ensaio cult _111


Vestido Rosa/Preto P贸 de Arroz Sand谩lia Preta Santa Lolla Joias Rosana Chinche

_ensaio cult _112


Vestido Vermelho Le Vestito Sandรกlia Prata Chumbo Santa Lolla Joias Rosana Chinche

_ensaio cult _113


Vestido Dourado P贸 de Arroz Colete Cr煤 P贸 de Arroz Sand谩lia Dourada Corello Joias Rosana Chinche

_ensaio cult _114


Vestido Preto Le Vestito Sandรกlia Preta Santa Lolla Joias Rosana Chinche

_ensaio cult _115


Vestido Verde รgua Ellizabeth Marques Sandรกlia Dourada Corello Joias Rosana Chinche

_ensaio cult _116


_ensaio cult _117


_gourmet chef marco soares divulgação

_alcachofra recheada com queijo de cabra e pimenta-rosa s a planta com folha A alcachofra é um e qu púrpuras e espinhosas, flores s metros de altura. trê é at ir pode ating as que envolvem As grandes brácte . partes comestíveis suas flores são as no iterrâneo, Originária do Med rte da África, é no e pa ro sul da Eu ssificada como popularmente cla as quantidades de bo hortaliça. Possui is minerais, como vitamina A, C e sa ro. A alcachofra ferro, cálcio e fósfo mentos eficientes possui também ele o, além de ser ad que regulam o fíg or s pelo seu baixo te indicada em dieta da ica ind é C, vitamina calórico. Rica em e ias em an a te também no comba e receita você aprend raquitismo. Nesta fra ho ac liciosa alc como fazer uma de o de cabra e eij qu m co recheada apetite! pimenta-rosa. Bom

Ingredientes - 4 porções 100g de queijo de cabra 1 colher (sopa) de azeite de oliva extra-virgem 4 fundos de alcachofra Casino 2 batatas 1 ovo Modo de preparo: Noz-moscada, sal, pimenta e manjerona triturada a gosto. 1 - Lave bem os fundos de alcachofra e seque-os. 2 - Em uma panela com água fervente e salgada, cozinhe as batatas com casca por cerca de 20 minutos. 3 - Descasque-as ainda quentes e passe-as pelo espremedor de batatas. 4 - Misture o queijo de cabra e o ovo batido até que a mistura fique bem homogênea. 5 - Acrescente os demais ingredientes e ajuste o sal e a pimenta. 6 - Recheie o fundo de alcachofra com essa mistura e asse em forno médio por 40 minutos. Marco Soares é chef gastronômico. olivarestaurant@olivarestaurant.com.br

_vida cult _118


_questão de estilo hugueney bisneto adriana cunha e manu sousa

_luz durante todo o ano idários, sensíveis veríamos ser mais sol Sempre achei que de te ran todos os dias os necessitados du o e preocupados com exercitar esta porçã os vem penso que de do ano. Realmente s 365 dias. melhor ao longo do oca Natalino nesta ép magia do Espírito da m be ito mu i Se do ano. o e brilhante. s Tudo fica mais viv mpletamente atento sentidos ficam co s sso no Parece que . de da correta na coletivi a atuar de maneira a luz das coisas e s procurar sempre mo ve de Assim como xergar en r mos também sabe das pessoas, deve nossa escuridão. rdade e vemos os cegos para a ve Quase sempre estam r. jamos ve apenas o que dese apenas vemos e na maioria delas), (ou s ze ve às , ora r Po não enxergamos. cutamos. Ouvimos e não es m, , é para mim també não é só para você ui é aq r o lho did me pe os eu M ensinam de que aquilo que pois tenha certeza r. de ren , devemos mais ap s o que, na verdade iramente, é para nó ao outro, verdade os am fal e Aquilo qu s. mesmos escutarmo todos nós. , que isto sirva para ora ag e ui aq Portanto, sozinhos. Afinal não estamos ão em estarmos ssidade na precauç ce ne , a é Importante certos estudiosos e qu gueira espiritual, ão rid cu “es atentos à nossa ce am de aim Luzzato, cham e como o italiano Ch mundo material qu do o sã ilu a mo co da noite” e define causa cegueira. ndo material... Ah, o tentador mu lo nosso ego, sim dominados pe as os tam es Quando tá certo e o que é es o que o que é errad passamos a achar certo está errado. Preocupante.

Existem dois tipos de cegueira. No primeiro tipo, a pessoa reconhece a cegueira. É como alguém que sabe que está numa sala escura e por isso caminha com grande preocupação para não bater em nenhum obstáculo. Shmuel Lemle comenta sobre isto com clareza. O segundo tipo de cegueira é bem pior e mais perigoso: a pessoa não sabe que está cega. Vai caminhando pela sala escura convicta de que está vendo tudo. Obviamente, acabará se machucando. Qual a saída? Refletir constantemente sobre o verdadeiro caminho. Não quero jamais que você me tenha com um ar professoral, pois como lhe disse, temos de exercitar sempre - senão o “bíceps” de nosso cérebro atrofia e apaga a luz de nossa alma. Quando vemos negativamente em alguém, ou quando vemos alguém fazendo alguma coisa errada, é na verdade uma mensagem para nós. Precisamos aprender alguma lição e compreender o que precisamos transformar. Idos anos 60 e 70 que me deparei com o “Admirável Mundo Novo” de Aldous Huxsley e ele dizia “When someone points a finger do somebody else, actually, he´s pointing three fingers for himself” (Quando alguém aponta um dedo para alguém, na verdade, ele está apontando três dedos para si mesmo). Sempre temos um sinal para nós no que vemos no outro. Um chamado. Um alerta. O primeiro passo para vencer o lado negativo - o dark side de nossa Guerra nas Estrelas - é estar sempre atento, em estado de alerta por saber que sofremos de cegueira espiritual. Nosso Pai Todo Poderoso quer que exterminemos nosso Darth Vader e neste exercício tragamos à luz o nosso Luke SkyWalker. Desta maneira, agiremos com mais cuidado, com a compreensão de que “posso estar entendendo tudo errado”. Quando Deus não muda as circunstâncias é porque na verdade Ele quer mudar você. Nestes dias reflexivos do mês de dezembro, faça nascer um Papai Noel de Boas Novas em você, combatendo sua cegueira. Que possamos enxergar as consequências durante todo o ano e não só quando o momento sacode nossa árvore de Natal interna, nos fazendo mais atentos no coletivo e por isso melhores. Conto com vocês Luke SkyWalkers da Terra. Começa aqui mais um Caderno HB na nossa revista Cult. Boa Leitura - Feliz Natal e um Ano Novo isento de escuridão. LUZ - hoje e sempre. CARLOS HUGUENEY BISNETO

_cult hb _120


_questão de estilo hugueney bisneto divulgação

_de luxe Churchill, o pintor. Além de fazer história como um dos maiores estadistas e pacificadores do mundo, Churchill também era pintor. Preço: US$ 2,95 milhões Winston Spencer Churchill, além de fazer história como um dos maiores estadistas e pacificadores do mundo, e ter a verve mais admirada de todos os políticos que já viveram, também era pintor. E dos bons. O óleo sobre tela “Tower of Katoubia Mosque”, em Marrakesh, é uma prova disso. O quadro, que mede 46cm de altura por 61cm de largura, foi pintado em 1943 e dado ao presidente Franklin Delano Roosevelt, dos EUA (o quadro depois mudou de mão duas vezes). A raridade está à venda na loja americana M. S. Rau Antiques. (www.rauantiques.com)

Björk para poucos Preço: US$ 812 A cantora mais controversa de todos os tempos, a islandesa Björk, saiu do exílio voluntário e lançou um novo álbum, Biophila. E o que tem de extraordinário nisso? O fato de a gravadora tornar disponível uma edição limitada de 200 unidades, vendidas em uma caixa de madeira, laqueada e toda decorada, com dois CDs (um com o repertório do álbum e outro com gravações adicionais) e dez diapasões coloridos ajustados ao tom de cada uma das dez faixas do novo álbum (a caixa traz instruções de como usar cada um). (http://shop.bjork.com)

McQueen ainda vive Preço: US$ 2,23 mil A genialidade do estilista britânico Alexander McQueen (19692010) continua surpreendendo, mesmo após sua morte brutal e prematura (ele cometeu suicídio). Este cinto, criado pelo designer, está à venda no site Net-a-Porter. Por fazer referência aos antigos corpetes, que tanto sufocavam as beldades, e ser coneccionado em couro preto (com detalhes em ouro), ganha um ar sadomasoquista chique. Para as fãs estilosas e saudosas de McQueen. (www.net-a-porter.com)

Homenagem aos palcos Preço: 17,5 mil euros Patrocinadora do Young Director Project (YDP), mostra competitiva de teatro experimental do Festival de Salzburg de teatro, a marca alemã Montblanc faz sua homenagem anual a um dos maiores produtores teatrais de todos os tempos, com a edição 2011 da caneta Hommage à Max Reinhardt. Limitada a 20 exemplares, a caneta tem corpo de pedra olho de tigre (usada na Idade Média para confeccionar amuletos contra feitiços e demônios), esculpida com cenas da peça Fausto, do alemão Johann Wolfgang von Goethe. Uma joia samaritana da escrita. Informações pelo telefone: 11 3552-8000

_cult hb _122


_moda

_minas trend preview antecipa tendências

assessoria do evento agência fotosite

Mais uma vez, o Minas Trend Preview, pioneiro e principal evento de pré-lançamentos de moda do país, antecipa as tendências para a próxima temporada e sinaliza a expectativa do mercado em relação aos negócios voltados para a estação fria do ano. Nesta edição, o evento registrou a visita de 13 mil compradores de todo o Brasil e exterior, incluídos 700 compradores vips, profissionais com alto poder de decisão e compra, especialmente convidados para o evento, número 18% superior ao apontado na temporada outono/inverno 2011. (Saiba mais: www.minastrendpreview.com).

_cult hb _123


_questão de estilo hugueney bisneto arquivo pessoal

_über land passado presente

Jeane Oliveira - minha antiga sócia e produtora - tendo o querido e competente Pinheiro (à direita) - hoje CineFilmes e assistente à esquerda

Alexandre Biagi e Zulmira Baptista Castro

Andrea Hartmann e Melissa Dalpiaz ladeando Thiago Picchi

_cult hb _124

Sr. Américo Attie (in memoriam)


NEWS C a n a l

d a

G e n t e

No ar o portal do Canal

Dr. Osmar de Freitas

As novidades eram tantas que não caberiam no site, por isso o Canal da Gente inovou mais uma vez e criou o seu portal! Através da empresa Ktaqui, o Canal 15 do sistema à cabo da CTCB, desenvolveu um portal todo dinâmico e interativo para substituir o site, onde todos os blogs dos programas serão postados e ainda terá uma rede social própria do Canal. Através do portal que está no ar desde o início de dezembro, os internautas podem acessar e se cadastrar para serem membros do portal, além de assistirem à enorme gama de programas exibidos pela emissora. “Dentro do portal as pessoas vão poder postar e fazer downloads de vídeos, participar de comunidades existentes através da rede social e assistir programas, inclusive os antigos que ficarão salvos no histórico”, conta a diretora executiva do canal, Rosane Lucho, que complementa afirmando que os clientes e telespectadores vão poder agir de forma direta com o Canal.

Programação de Araguari

Abadia e João Pires

Não é novidade à entrada ao vivo da programação do Canal 15 em Araguari. Mas o que temos de novo é que os telespectadores já podem acompanhar todos os seus programas favoritos exibidos no município, também pelo portal do Canal. O link ao vivo da programação ficará disponível pelo www.canaldagente.com.br.

Novidade no “Bastidores dos Sonhos”

João Pires Jr.

Levar ao telespectador toda a dinâmica e trabalho necessários para a realização de um evento é o conceito do programa “Bastidores dos Sonhos”. A produção do programa é desenvolvida em quadros que mostram passo a passo todo o processo anterior à realização de eventos, sejam casamentos, aniversários, eventos empresariais, entre outros. A novidade da vez é à entrada de uma nova apresentadora, Tatiane Brum. “Bastidores dos Sonhos é um programa que, de maneira inteligente, conquista cada vez mais parcerias em Uberlândia e região”, comenta Tatiane Brum. As exibições continuam as mesmas: na segunda-feira, às 9h30, na terça-feira, às 14h, quarta-feira, às 16h, sexta-feira, às 21h e sábados, às 17h30. O programa será todo reformulado para o próximo mês, com novos quadros. O “Bastidores dos Sonhos” pode ser visto também pelo www.canaldagente.com.br.

Novo parceiro

A rede francesa de materiais de construção Leroy Merlin é a nova parceira do Canal da Gente. Com a abertura de uma grande loja no novo shopping de Uberlândia, a loja especializada em construção, acabamento, bricolagem, decoração e jardinagem escolheu a emissora como uma das parceiras na comunicação da empresa. “O valor que o Canal tem na cidade vai interferir com o propósito da loja, que é apresentar um novo conceito para o mercado de material de construção através de uma forte linha de comunicação”, afirma a diretora executiva do canal, Rosane Lucho.

Nos embalos da Poison com Luciano Santos

.

Ver de perto o Planeta

(34) 3212-7515 • 3212-9966 / www.canaldagente.com.br

_cult hb _125


_questão de estilo hugueney bisneto leo faria

_colunáveis

1

4

_cult hb _128

_1_Sra. e Sr. Eli Schettini Jr._2_ Patrícia e Luis Bonaldi_3_Fernanda Viola_4_Ana Vitória Cardoso Goulart_5_Jaques Sanzone e Graziella_6_Sr. e Sra. Rogério Fonseca

2

5

3

6


_7_Kalassa Lemos_8_Claudia Schiavinato_9_Alexandre Santana _10_O fot贸grafo Mauro Marques _11_Mr. Logan_12_Luiza Penna

7

8

9

10

11

12

_cult hb _129


_veículos da redação leo crosara

_eurobike traz para uberlândia o lançamento da range rover evoque nge Rover rar a chegada da Ra Lançada para celeb ntou, no dia , a Eurobike aprese Evoque ao mercado Uberlândia 2011, ao público de 17 de novembro de cores e versões de acabamentos, todos os detalhes e econômico mais leve, compacto do veículo, que é o ver. pela marca Land Ro veículo já produzido


Av. Rondon Pacheco, 2064 - Vigilato Pereira - Uberl창ndia-MG 34 3293-2000


_diário de bordo symone dias symone dias

_os encantos de são roque ,a estado de São Paulo São Roque fica no meros inú m co e ad cid a um 54 km da capital, nha deles é uma monta or elh m o , os tiv ra at do el nív do ros acima que fica 1200 met do e a Park. O lugar é lin ain nt ou M i mar, o Sk nciona fu a pista de ski que principal atração é rracha bo de o ta de um tip o ano todo, ela é fei s re to tru ins icação, os e recebe uma lubrif as eir im pr as o e te dã ficam do seu lado desce você estiver apto do an qu e es çõ instru os s do ma esteira. To sozinho e sobe nu is ou mo capacete, esqu co s, equipamento luvas, e s ra lei ve to co iras, snowboard, joelhe tuado o pagamento é efe são dados quando ande gr ta eia hora). A pis (R$25,00 cada m seram dis s ele , to ionamen não estava em func m ta ente você está comple que só depois que de sinar um termo preparado, pode as descer. e de responsabilida ta para a estrutura comple O parque tem um por m tobogã (5 reais todas as idades, te co e ar ), oa (7 por pess pessoa), teleférico aria sc ra ur ch a s como flecha, restaurante achofra, alc de is sté pa , tana Parrilla de La Mon ficar ra pa , sorveterias, dá vinhos, cafeterias que Ro o Sã de tra atração o dia inteiro lá. Ou a um r po e gu se cê hos. Vo e o roteiro dos vin s da osa onde as entra estradinha charm estrada a do an ge ar m o das vinícolas estã ta dos site a rota comple (asfaltada). Veja no tes an ur sta re e , s, licores vinhos, chocolate . dovinho.com.br/) (http://www.roteiro todos, se der, pare em r Não dá para para aior rio, e na Góes, a m na Quinta do Olivá co an br ho vin ope de delas. Deguste o ch is e na sa te ar s ho vin os e tinto geladinho e m sta go e icas para os qu os de uvas específ cos se ópr os e lecionados mais de vinhos se ’s, ian ull Gi a m mo te Donnatella. Lá mes s. te ola oc ch e licores s tem as fazendas Na rota dos vinho s que possuem vário Angolana e Adélia à ais M . m re ve s ça ian animais para as cr te da an ur o famoso resta frente na rota tem s são sa as m as liciosos, su Tia Lina, pratos de i ell nd ro um to vis tinha finíssimas, nunca m a, experimente co com massa tão fin s por famosas alcachofra as molho branco e as su s da a um é pelado cima. O frango atro o, uit m i ste go o nã rém especialidades, po assa dos os pratos de m to as m , co se i ache tos. len cu su imos e bem que vi pareciam ót

_mais cult _132


As hospedagens de lá são muitas, escolhi um charmoso hotel fazenda chamado Solar dos Vinhedos (http:// www.solardovinhedo.com.br/). O casarão onde se servia o café da manhã era antigo e decorado de acordo com a época, lareiras, objetos antigos como telefones, taxímetros, jornais. Um charme. O café da manhã tinha geleias de frutas variadas, pão de queijo, doce de leite, tudo muito gostoso, e para alegrar os esquilinhos que vinham comer os amendoins que ficavam na janela ou até mesmo na sua mão. Descendo uma pequena escada de madeira, que se integrava com a natureza, tinha uma piscina com churrasqueira e uma hidromassagem aquecida, toda fechada por vidros e a sauna, mais à frente um lago enorme para pesca e as cabanas se espalhavam pela fazendinha, fiquei na cabana do bosque recémconstruída, tudo novinho, cama box, lareira, ar condicionado, não vi as outras, mas são mais antigas. O Sr. Normando, sua esposa e seu filho Luis cuidam de lá, eles são amáveis e, às vezes, levam os hóspedes no domingo à noite para uma pizzaria, Carioca Pizza, simplesmente linda, um casarão com um porão, tudo decorado rusticamente, e uma pizza deliciosa. Não deixe de provar a de alcachofra e tomar um vinho, pois o ambiente favorece. A cidade tem vários outros atrativos, como a estação ferroviária, que está aguardando a inauguração da Maria Fumaça, que fará um roteiro turístico na região.

O Centro de Formação de Beleza PROFFEX BEAUTY conquistou o público com tamanho desempenho e qualidade, recebendo assim a homenagem com o prêmio Melhores do Ano 2011 - dedicada às empresas que mais se destacaram durante o ano, através de reconhecimento geral. A Escola PROFFEX BEAUTY, liderada por Leandro Martins, representante exclusivo da marca de maquiagem VULT e DUDA MOLINOS para o Estado de Minas Gerais, garante que o sucesso veio com o desempenho dos alunos e professores aliado a total dedicação envolvida com todos os parceiros da escola. A PROFFEX BEAUTY hoje coloca no mercado vários cursos de profissionalização na área da beleza e tem o respaldo de grandes marcas envolvidas. Devido ao grande sucesso em Uberlândia, a escola está se expandindo com o sistema de franchising para todo o Brasil, visando qualidade, seriedade e buscando sempre inovação na área da beleza!

(34) 3255 5577 Av. Afonso Pena, 547- loja 2 www.proffexbeauty.com


Um imóvel jamais visto em Uberlândia em padrão de qualidade em acabamento. Empreendimento majestoso, com diferenciais exclusivos para pessoas exigentes. Viva no melhor. Apartamento altíssimo padrão, 3 suítes (ou 4 quartos e 3 suítes), suíte master com hidromassagem dupla, sala maravilhosa, varanda gourmet muito espaçosa, fino acabamento, 3 ou 4 vagas garagem, área privativa 200m². Área comum com academia, spa, sala de jogos, playground, quiosque com churrasqueira e outros. Excelente localização. Entrega prevista para julho de 2012. Agende sua visita ao nosso apartamento modelo. Ligue: (34) 9161-7575 / 9192-6475 Bortone & Ramos

Para comprar ou vender seu imóvel, fale com a gente. Temos as melhores opções em condomínios verticais e horizontais de luxo da cidade.

Bortone & Ramos (34) 9192-6475 / 9161-7575 - CRECI: 20053

_mais cult _134


_empreendimento

_gávea business, o novo centro comercial de uberlândia Planta Térreo 1 - Escadas 2 - Elevadores 3 - Salas Comerciais

4 - Lojas 5 - Estacionamento 6 - Jardim Interno 7 - Entrada Estacionamento Subsolo

Características Térreo + 2 pavimentos com salas comerciais e lojas Números: 117 salas comerciais e 12 lojas Pavimento Térreo: 33 salas comerciais e 12 lojas Pavimento 1: 34 salas comerciais Pavimento 2: 50 salas comerciais Salas Comerciais - área privativa: 28,69m2 a 88,16m2 Salas comerciais com sanitários Lojas - área privativa 19,03 m2 a 566,44m2

Atenção investidores, profissionais autônomos, empresas e empreendedores: O Gávea Business é um centro comercial diferente, onde profissionais autônomos, empresas e empreendedores vão poder atender seus clientes em um espaço elitizado, distinto de todos já vistos na cidade. O empreendimento chama atenção por sua dimensão e localização. São três pavimentos com mais de 307 vagas na garagem na Avenida Nicomedes Alves dos Santos, próximo ao Uberlândia Shopping, com toda a estrutura necessária para atender os moradores da zona sul. Além de salas comerciais de 28,69 m2 a 88,16m2, o empreendimento conta também com lojas voltadas para o público A/B. Agora seus clientes vão ter o que merecem: praticidade e bem-estar.

Lojas de nº 01 a 06 e 12 com 2 sanitários e copa Data prevista para inauguração: dezembro de 2012 Localização estratégica: Avenida Nicomedes Alves dos Santos, 3600 - próximo ao Uberlândia Shopping.

Informações e Vendas: Felipe Godoy 34 9161-7575 Rafael Ramos 34 9192-6475

_mais cult _135


_gastronomia publi editorial mauro marques

_fogão de minas: 16 anos de fidelidade com o sabor e a tradição da culinária mineira

Nestes 16 anos de atividades, o Fogão de Minas tornou-se a principal referência da típica culinária mineira em Uberlândia e região. Uma tradição que vem sendo renovada a cada dia, no cardápio delicioso, no atendimento cordial, no ambiente agradável e no propósito de aprimoramento constante para que você sinta-se cada vez melhor quando está neste local que é também um dos pontos turísticos de nossa cidade. Toda essa qualidade e compromisso com sua fiel clientela tem motivado novos procedimentos, como a criação do espaço para crianças e ampliação da área interna do restaurante, inclusive atendendo a demanda de

_mais cult _136

clientes e o próprio crescimento de Uberlândia. O Fogão de Minas é também um Centro Cultural que, além de preservar as tradições mineiras, também preserva a história de Uberlândia, reverenciando a memória dos grandes benfeitores do município. O verdadeiro sabor da culinária mineira é servido no almoço, de terça a domingo, ficando a noite exclusiva para realização de eventos. Melhor que ler esse texto é provar realmente as delícias que só o Fogão de Minas oferece aos uberlandenses e turistas de todo o Brasil, que sempre levam uma recordação inesquecível deste local que é um grande orgulho para todos nós.


As melhores cachaças de Minas Dinamizando o seu espaço e sua presença no mercado, o Fogão de Minas apresenta agora Agrocana Comércio e Representação Ltda: empresa vinculada ao Fogão de Minas, o que por si só é um aval de qualidade e credibilidade. A Agrocana é distribuidora de um número limitado das principais cachaças de Minas Gerais e engarrafadora das marcas próprias: Rainha de Uberlândia e Fogão de Minas. As vendas para todo o país são feitas no atacado, varejo e online (pelo site www.agrocanacachaca.com.br) e ainda pelo telefone (34) 3238-4020.

Ao comprar uma cachaça, analise estas características:

- Procedência comprovada. - Agrega os pontos altos: aparência, cor, aroma e sabor. - Forma uma película oleosa, tipo lágrima, na parede interna do recipiente quando o líquido é agitado. - Garrafa devidamente limpa, corretamente lacrada, rotulada e selada. - Quando branca, deverá ser límpida. Se amarela, não passar do tom de dourado. - Forma o tradicional colar quando colocada no recipiente (se o teor alcoólico for baixo, não forma necessariamente o colar). - Se o cheiro frutado e agradável da cachaça permanece, na mão, ao esfregá-la até secar. - O envelhecimento é identificado pelo odor muito agradável da madeira do tonel, assim como pela maciez e suavidade ao degustá-la. - Não provoca dor de cabeça e nem ressaca no dia seguinte. - NOTA: como os demais destilados, a cachaça deverá ser tomada moderadamente, em pequenos goles, e acompanhada de água para hidratar o organismo. (José Sobreira, Engº Agrônomo e especialista em Tecnologia da Cachaça).

Feliz Natal e próspero Ano Novo!

“Neste momento em que todos os corações se unem na celebração do Natal e chegada do Ano Novo, a Família Fogão de Minas - liderada por Rosana Sobreira - agradece a preferência nestes 16 anos, desejando a todos os clientes e amigos, sinceros votos de Boas Festas e um 2012 repleto de grandes conquistas”.

Centro Cultural Fogão de Minas A LEGÍTIMA CULINÁRIA E DECORAÇÃO MINEIRA Pça. Minas Gerais, 193 - Dona Zulmira Fone (34) 3238-3815 - Uberlândia - MG www.ofogaodeminas.com.br fogaodeminas@ofogaodeminas.com.br

Agrocana Comércio e Representação Ltda Fone (34) 3238-4020 www.agrocanacachaca.com.br agrocana@agrocanacachaca.com.br

_mais cult _137


_circuito cult liciane mendonça divulgação

_sociedade em evidência

1

_1_Paula Franqueiro Gonçalves_2_Priscila e Maurício_3_ Dianari e Alessandra_4_Luiz Cláudio Mendonça e Viviane Sulzbeck_5_Edianes e Célio_6_Michelle e Serginho_7_Cadimiel e Daniela_8_Adriana e Paulo_9_Vanilson, Jordana Silva, Maria Luiza Boaventura, Cláudia Castro, Anderson Nascimento e Gabriel Souza_10_Adriana Nunes e Liska_11_Geraldo e Lídia Parente _12_Casal de cirurgiões Marcelo Caetano e Cintia Caetano

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

_mais cult _138


_mercado financeiro

_casa de câmbio é opção vantajosa para quem vai comprar moeda estrangeira nesse final de ano o Brasileira oteste - Associaçã Recentemente a Pr a avaliação um umidor - realizou de Defesa do Cons bio, m câ e oito agências de com nove bancos para a as tiv melhores alterna estudando quais as ontou ap do do euro. O resulta compra do dólar e a vez um , bio agências de câm vantagem para as lo pe ais am taxas adicion que os bancos cobr s cotações. ecem vantagens na serviço e não ofer de moeda realizar a compra Todavia, antes de é necessário a casa de câmbio, estrangeira em um ão junto aç ma obtém autoriz consultar se a mes o tip te para consolidar es ao Banco Central s sta ne lmente enquadrada de operação. Tota rismo Tu e iro ll Câmbio Finance normas, a Cambia de do ca periência no mer apresenta ampla ex ões para as melhores soluç câmbio e oferece moedas as que precisam de pessoas e empres

estrangeiras. Além de dinheiro em espécie, a Cambiall trabalha com remessa expressa e com o Visa Travel Money, cartão internacional pré-pago aceito em milhões de estabelecimentos, que pode ser recarregado de qualquer lugar a qualquer hora. A Cambiall, buscando aumentar a comodidade de seus clientes, oferece um atendimento estreito e diferenciado, disponibiliza serviço delivery e possui escritórios em Uberlândia, Campinas, Rio Verde, Rondonópolis e em breve também em Divinópolis. No turismo, câmbio comercial ou financeiro, opte sempre por uma instituição legal que disponibilize todo o suporte para o seu lazer e seus negócios. Evite constrangimentos com o mercado paralelo, que oferece riscos e financia o crime. Exija sempre o comprovante fiscal, ele comprova a origem do câmbio e garante legalmente a posse da moeda estrangeira.

publi editorial depositphotos


_debutante da redação prisma fotografias

_andressa naves bredariol comemora seus 15 anos dressa Naves Os 15 anos de An arcados por uma Bredariol foram m e sofisticada, que festa descontraída novembro, no Salão aconteceu dia 19 de ube, Finotti, no Praia Cl de Festas Ulisses sé Jo is pa lado dos onde Andressa - ao na dia nior e Clau Oscar Bredariol Jú da irmã Amanda e iol Naves Bredar se ceberam familiare Naves Bredariol, re a e el cív ta inesque amigos. Foi uma fes ento Ev da s aos cuidado organização ficou o uit m m co arou tudo e Eventos, que prep os s do To . bom gosto profissionalismo e tes gistrados pelas len re m ra momentos fo as. do Prisma Fotografi

_gente cult _142

3234-9574/3236-2250 Rua Tenente Virmondes,1066 www.eventoeeventos.com.br

34 3236 1107 Rua Machado de Assis, 747 www.prismafotografias.com.br


z i l e F tal! a N 34 3214-4601 Av. Jo찾o Pessoa, 525 - Centro - Uberl창ndia-MG


_empresas publi editorial mauro marques

_leroy merlin inaugura loja em uberlândia

Para se instalar na cidade, a loja fez pesquisa com clientes locais e apresenta, com um toque mineiro, a maior variedade do Brasil em produtos para construir, reformar e decorar. A Leroy Merlin, líder do setor de varejo de material de construção no Brasil, inaugurou sua primeira loja no Triângulo Mineiro, em Uberlândia, no dia 8 de dezembro de 2011. A unidade está gerando hoje cerca de 200 empregos diretos e 200 indiretos para a região, além de trazer um novo conceito para construir, reformar e decorar sua casa. Para se adaptar e atender as necessidades da cidade, a equipe da Leroy Merlin vem fazendo uma grande pesquisa com potenciais clientes da região há mais de um ano. “Desde o projeto ao produto na prateleira, tudo foi pensado e executado com base no contato com esses clientes, eles foram fundamentais para que pudéssemos montar a loja com a cara do mineiro. Estamos muito felizes e ansiosos em iniciar nossas atividades em uma região tão promissora”, explica Daniel Costa e Silva, diretor da Leroy Merlin de Uberlândia. Na loja de Uberlândia todos poderão encontrar a maior variedade de produtos nos setores de construção, acabamento, bricolagem, decoração e jardinagem. São mais de 65 mil itens com preços competitivos e um ambiente muito convidativo para os clientes encontrarem tudo num só lugar. “A Leroy Merlin quer oferecer aos mineiros da região a oportunidade de melhorar seus lares sem pesar no bolso. Queremos que todos se inspirem a realizar a mudança que sempre sonharam”, complementa Daniel, diretor da nova loja. A Leroy Merlin Uberlândia é a terceira loja da rede no estado de Minas Gerais (as outras estão em Belo Horizonte e Contagem) e a 24ª no país. Sua inauguração é resultado do bem traçado plano de expansão da rede, que já possui lojas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Goiás e Rio Grande do Sul, além do Distrito Federal, e não fica só aí: a Leroy Merlin inaugura mais uma loja nesta semana em Brasília - DF. Para que o cliente seja atendido da melhor forma possível, a Leroy Merlin oferece profissionais especializados em cada seção. “Quando o cliente vai para seção de Jardinagem, por exemplo, ele é atendido por um colaborador especialista na área. O mesmo acontece com os outros setores”, explica Daniel. Outro destaque da Leroy Merlin é a gama de serviços diferenciados que oferece aos consumidores, como corte de madeira e vidro, confecção de cortinas e entrega em domicílio, entre outros, além do “Garantia Leroy Merlin do Menor Preço” e vantagens especiais para o financiamento com o Cartão Leroy Merlin.

_gente cult _144


Av. Nicomedes Alves dos Santos, s/nº (Novo Shopping Uberlândia em frente à Unitri) De segunda a sábado, das 8h às 22h Domingos e feriados das 9h às 20h


_homenagem publi editorial almir fotografias

_maximu’s eventos premia empresas e personalidades destaques de 2011 A Maximu’s Eventos e Promoções realiza anualmente o evento empresarial “Destaques do Ano”. A premiação visa reconhecer e homenagear as empresas e personalidades que mais se destacaram em seus ramos de atividade durante todo o ano. O evento aconteceu no dia 18 de novembro, na Apoteose Eventos, e reuniu empresários, autoridades e convidados. Os troféus foram entregues aos representantes das empresas que mais se destacaram ao longo de 2011. Cada uma em seu setor de atuação, mas que o conjunto de trabalhos, proporciona o desenvolvimento do município. O reconhecimento destaque do ano chegou a sua 13ª edição. “Mais do que uma homenagem, o evento também representa um incentivo às empresas a continuarem desenvolvendo seus trabalhos na cidade, pois garantem geração de emprego e renda para parte da população, além de contribuir diretamente com o crescimento da cidade”, afirmou o diretor da Maximu’s Eventos, Roosevelt Gonçalves. “Sabemos que não é fácil se manter em um mercado tão competitivo como o de Uberlândia. Este reconhecimento é uma forma de valorizar todo o esforço desses empresários e incentivá-los a continuar investindo no município. Acho que se cada um fizer sua parte, teremos uma cidade que possa proporcionar ainda mais oportunidade de trabalho”, ressaltou Vilma Messias Freitas Gonçalves. “Queremos agradecer a cada parceiro, amigo e empresário que sempre apostam em nossos trabalhos que são realizados com seriedade, colocando Uberlândia no cenário das realizações de grandes festas. Obrigado a cada um que colaborou para a realização de nossa festa e esperamos que em 2012 possamos passar às mãos destes empresários de sucesso o troféu Destaque do Ano”, finalizam os diretores da Maximu’s Eventos.

_gente cult _146


Selma Pergher e Fábio Pergher

Vênus Motel

Sonzão

Pistachios Sorvetes

Radio Visão FM

Piso e Acabamento

Leondoor Painéis

Granero Transportes

Emotive Treinamentos

Presidente da Câmara Municipal, Vilmar Resende

Proffex Beauty

Marlon Film´s

New Car Veiculos

Ipac Medicina Diagnóstica

Joli Video

Léo Bione

Relojoaria Santos

Super Vox Som e Luz

Finart´s Uniformes

Cidwan Marcas e Patentes

Empório do Sapato

Ferreira Matos Ateliêr

Reikol

Pharmácia Biopharma

Ivan Negócios Imobilíarios

Garden Avenida

_cult_147 Camila, Bruna e Erica


Audiometra Center

Ápice Festa

Homenageados

Dra. Flávia Carvalho

Atalanta Turismo

Ntechi Informática

Eletrosom

Casa do Comércio

Cozix

Apoteose Eventos

Droga Lider Fitness

Ivônia, esposa de Marcos Maracanã

Vereador Zezinho Mendonça

Droga Lider e Start Quimica

Angra Revestimentos

Toldos Penumbra

Mega Encontro Som Automotivo


Center Eixos

Equipe Maximu´s Eventos

Brunella Pizzaria

C&L Decorações

Banda Nova York

Banda Nova York Show

Atração internacional: Big Creek Huggybear

Arte & Móveis

Cerimonial Dandara, Fernando e Ana Paula Badulake´s. Cia

Traira´s Filé


_em cena da redação mauro marques

_lançamento cult plus size e design

_gente cult _150

Aconteceu dia 4 de novembro, no Café Moah, o lançamento da edição 77 da revista Cult, especial Plus Size, que trouxe como capa a modelo internacional Fluvia Lacerda. Os convidados também conferiram o suplemento Cult Design com tendências de decoração, paisagismo, arquitetura e mostra Casa Cor Minas 2011, além do lançamento do novo portal NetCult agora todo repaginado e de cara nova, voltado principalmente para as redes sociais. O evento reuniu anunciantes, colaboradores e convidados que prestigiaram mais um evento de grande sucesso da revista que é hoje a mais lida da região. Confira os cliques do fotógrafo Mauro Marques. Mais informações acessem nosso site www.netcult.com.br


_just cult viviane santos mauro marques

_charmosas e inseparáveis

s são mulheres e as bolsa Há quem diz que as m a outra? se a um alguma vez viu inseparáveis, você ário, uma mulher tremamente necess Este acessório é ex Concordo, isso ! ok a, lher sem alm sem bolsa é uma mu m bolsa, você tem experimenta sair se foi profundo, mas do alguma coisa. tan fal está sempre a sensação de que ocasião, como para cada tipo de Cuidado! Tem bolsa o ideal é uma no tur um evento no por exemplo, para nca, jamais, em clutch/carteiras, nu bolsa pequena como de gala, uma ite no a, a uma balad hipótese alguma, vá ne e, m mesmo ao ada, uma vernissag festa mais sofistic x bolsa. teatro, com uma ma

_gente cult _152

Bolsas grandes foram feitas para você usá-las durante o dia ou em uma ocasião mais informal, porque cabe quase tudo ou pelo menos as coisas mais práticas e importantes que não dá para ficar sem levar com você. As max bolsas servem para facilitar sua vida no turbilhão de coisas do dia a dia, no trabalho, na academia, com as bugigangas dos filhos, e não correr o risco de sair de casa e deixar alguma coisa para trás. A noite pede algo mais clássico, simples e objetivo, você pode estar com uma roupa super básica, acessórios discretos e usar uma clutch/carteira. Este detalhe vai complementar, dando sensualidade ao seu look, mistério e elegância, o charme é saber como carregar a sua, invente e reinvente a maneira de exibi-la. No Just Cult dessa edição você confere as It pretty girls e suas charmosas e indispensáveis hand bag.


_sucesso da redação kaká fotografias

_república cult sertaneja

_gente cult _154

Café Moah, mbro, aconteceu no No dia 24 de nove rta Se neja. da República Cult mais uma edição teve como sucesso na cidade, O evento, que já é e na ocasião qu drigo Reis & Kadu atração a dupla Ro seguida, em ra seu CD e, logo gravou um clipe pa e agitaram qu el ão de Paulo e Da houve a apresentaç da noite! a galera até o fim


redação drika kids fotos infantis

_festa _o aniversário de allehandra esa or para uma princ ado com muito am ar ep pr to de en os ev an Um ação dos 5 sim foi a comemor muito especial. As es realizada no igu dr Ro de Andrade ny an Vi a dr an leh Al para a belíssima de 2011. Destaque dia 5 de novembro princesa, feita por te à altura de uma decoração, realmen de coração pelo Priscylla agradece e Vivi Festas, a quem o. A aniversariant ão e companheirism o ia gr ale empenho, dedicaç de imensa enções, enchendo foi o centro das at e Alfredo Alves ny an Vi pais Priscylla coração dos seus o de indenizações mpresário no ram Rodrigues Junior (e ido irmão Adryan e também do quer do seguro DPVAT) rtamente guardada a data que ficará ce Henrique. Esta é um e convidados que familiares, amigos na lembrança dos inesquecível, andra em sua noite ste foram abraçar Alleh a, que colocou ne ra sua mãe Priscyll a. filh principalmente pa la querida amor e carinho pe evento todo o seu

34 3215-0215 / 9139-6912 vivi.decor@hotmail.com

_gente cult _156

34 3236 2489 Rua Pedro Quirino da Silva, nº 1375 Loja 2 - B. Umuarama www.assessoriadpvat.com.br


_aniversário da redação nina fotografias

_o primeiro aninho de maria luiza iza Peixoto de vida de Maria Lu O primeiro aninho da festa, cujo orado com uma lin Ferreira foi comem outubro de cantado”, dia 23 de tema foi “Jardim En ntasia, onde os antil Fábrica da Fa 2011, no Buffet Inf e Márcio ira Peixoto Ferreira papais Angela Olive familiares. ceberam amigos e Borges Ferreira re nte data arcou essa importa Um evento que m flashes da s. Confira aqui os no coração de todo revista Cult. iza clicados para a festa de Maria Lu aram do ionais que particip Empresas e profiss e estrutura Fantasia (espaço evento: Fábrica da Designer ta), Fernanda Cake completa para a fes s (tradição e e doces), Vivi Festa (deliciosos bolos nte), Elisdete coração do ambie criatividade na de nvidados). branças para os co Peixoto (lindas lem

Elisdete Peixoto Lembranças para eventos

34 3215-0215 / 9139-6912 vivi.decor@hotmail.com

34 3219-2684 Av. Cesário Alvim, 1615

fernandacakedesigner.blogspot.com

34 9976- 1039 elisdetepeixoto@gmail.com


O que os olhos não vêem,

O coração sente.

QUAL É A PRESSÃO DOS SEUS OLHOS ? Equipe do Instituto de Olhos Santa Genoveva.

Dr. Leonardo Jorge

Dr. Renzo Sansoni

Dr. Paulo César Borges

Dr. Adael Soares

3214-3033

Av. Vasconcelos Costa, 962 | 1º piso Complexo Hospitalar Santa Genoveva www.iosg.com.br

Dr. Pedro Naves Borges

Dr. Paulo César Naves Borges Diretor Técnico Médico CRM 14883


_aniversário da redação antonio rizza

_gabriella em noite de debutante

Uma grande festa marcou os 15 anos de Gabriella Teixeira Silva. A comemoração foi realizada, dia 29 de outubro de 2011, no Salão de Convenções da Fundação Maçônica Manoel dos Santos, onde ela recebeu familiares, amigos e convidados. Gabriella é muito querida pelos pais Maria Natalicia Teixeira Silva e Evandro José da Silva, pela sua irmã Júlia Teixeira Silva, e por todos aqueles que ela sabe conquistar com sua meiguice e simpatia. Empresas e profissionais que participaram do evento: Vila Verde foi sucesso com seu delicioso buffet que recebeu elogios de todos os convidados. Antonio Rizza destacou-se na cobertura fotográfica do evento com um trabalho que eternizou emoções e sentimentos. A bela decoração do ambiente teve o bom gosto e criatividade de Raimundo Decorações. Os lindos acessórios - criados por Tinna Acessórios - realçaram ainda mais a beleza da aniversariante. As imagens do evento foram registradas com alto padrão de qualidade por Erico Gabriel, da Rumin Filmes.

Antonio Rizza 34 3261-1177 / 3231-8673 www.antoniorizza.com.br

Fazendo do seu evento a realização do seu sonho Av. Afonso Pena 1.432 - 34 3214 0046 www.raimundodecoracoes.net

Erico Gabriel 34 3227 5764 www.ericogabriel.com.br

34 3219 2351 Center Shopping Expansão Quiosque 27 tinna.com.br

Praça Rui Barbosa 156 34 3236 2764 / 34 3236 2023 www.vilaverdebuffet.com.br


Se sabemos que devemos mudar, por quê não mudamos? A correria do dia a dia, os afazeres diários, o ritmo da vida, tudo nos leva para diversos caminhos, mas nem sempre a nossa vida toma a direção que desejamos. Isso acontece porque não temos uma direção previamente traçada e planejada, não dedicamos tempo em colocar no papel quais são os nossos objetivos de vida e como iremos alcançá-los. Um Projeto de Vida ou o Planejamento de Qualidade de Vida (PQV) é uma ferramenta fundamental para tomarmos o controle de nossas vidas. Na maioria das vezes deixamos os acontecimentos comandarem as nossas vidas, deixamos os nossos instintos, os nossos impulsos nos levarem a percorrer estradas não muito agradáveis. Normalmente é assim que vemos pessoas com incríveis potenciais totalmente perdidas por não serem disciplinadas, por não terem um Projeto de Vida, por não assumirem o comando das suas vidas e assim entram numa total zona de conforto. Para que as mudanças aconteçam, para que a vida tome o rumo que desejamos e que sonhamos, faz-se necessário sair da zona de conforto e arregaçar as mangas para colocar em prática o que almejamos. Comprometa-se hoje com os seus sonhos e objetivos, faça a vida andar para frente, em direção ao que deseja. Entre agora no nosso site www.lifefp.com.br e baixe o Livro dos Sonhos e comece hoje mesmo a mudar a sua vida. Vamos juntos conquistar os seus sonhos! A Life Finanças Pessoais encontra-se em Uberlândia na Academia de Inteligência Humana e Organizacional. Agende uma visita.

www.aiho.com.br www.lifefp.com.br Rua Javarí 152 Lídice Uberlândia/MG

34 3234 1214 contato@aiho.com.br


_aniversário da redação antonio rizza

_a debutante aline ferreira montes Uma grande festa marcou os 15 anos de Aline Ferreira Montes. A comemoração foi realizada, dia 26 de novembro de 2011, no espaço da Aquarius, onde ela recebeu seus familiares, amigos e convidados. Aline é uma pessoa muito especial no coração dos seus pais, Márcio Antonio Alves Montes e Norma Celes Ferreira Montes, e do irmão Victor Ferreira Montes. Foi uma noite de muita alegria e emoção para Aline, com momentos mágicos de uma data inesquecível. Parceiros do evento: o sucesso da festa de Aline teve o profissionalismo de Antonio Rizza (numa cobertura fotográfica perfeita), Good Festas Organização de Eventos (com o delicioso buffet e a linda decoração nos vários ambientes da festa) e Dj Bomba (com seu trabalho inovador em som e estrutura de pista).

Antonio Rizza 34 3261-1177 / 3231-8673 www.antoniorizza.com.br

34 3216-3446 / 9136-3536 Av. Segismundo Pereira, 2404 - Santa Mônica www.djbomba.com.br

34 3215-2955 / 3236-0011 Praça Nicolau Feres, 440 - B. Martins


_estética

_clínica promove evento

publi editorial aline caixeta

Dra. Cíntia Cunha recepcionou amigos e convidados em sua clínica, no dia 6 de dezembro, em um evento que reuniu autoridades para falar sobre beleza, moda e bemestar. O evento contou com a participação do famoso maquiador Denis Proença, do Rio de Janeiro (Dermage - Rio), que deu dicas sobre como fazer uma make up perfeita. Contou também com a participação da estilista Nayara Gnoato, que mostrou tendências e estilos para a moda verão 2012, e Débora Gomes, micropigmentadora da clínica, que falou sobre design de sobrancelha. O coquetel veio brindar as conquistas e sucesso de 2011, recepcionando o novo ano que se aproxima. A Clínica Dra. Cíntia Cunha está preparada para atender você com o que há de melhor em tratamentos dermatológicos e estéticos, tratamentos a laser, micropigmentação, entre outros. (Mais informações no site http://www.cintiacunha.com.br).

34 3236-0500 Rua Bernardo Cupertino, 1515 B. Martins - Uberlândia - MG

_gente cult _163


_aniversário da redação marta araújo

_isabela comemora seu primeiro ano de vida dos estúdios e parece ter saído Uma linda festa qu rsário da foi o primeiro anive da Disney. Assim 26 de memorado no dia pequena Isabela co todos A alegria integrou novembro de 2011. is da incipalmente os pa os convidados e pr indade e Tr dio áu Cl ios presár aniversariante, em O evento foi sua irmã Gabriela. Regina Trindade, e sta Infantil oletá - Ateliê de Fe produzido pela Ad ração impecável na elabo que fez um trabalho eimas e nalização das gulos dos convites, perso sney World, no melhor estilo Di decoração temática ie que as pelúcias da Minn com destaque para . Confira as especial ao espaço deram um charme r Marta Araújo. fotos assinadas po

_gente cult _164


_aniversário

_a festa de joão neto

da redação er fotografia

Outra linda festa que aconteceu recentemente foi a do João Neto, filho de Rodrigo Lima e Cristina. A festa foi na residência da família. Como João Neto é apaixonado por futebol, este foi o tema escolhido. A Adoletá mais uma vez surpreendeu a todos pela criatividade e harmonia ao criar um clássico do Brasil e também um duelo entre Vasco e Cruzeiro (times preferidos da criança). A decoração da festa foi realizada pela Adoletá, que também foi responsável pelos convites, doces, guloseimas personalizadas e lembrancinhas. Confira as fotos do Erico.

34 3214-0714 / 34 9140-1200 www.adoletafestainfantil.com.br Rua Antônio Marques Póvoa Júnior, 14 B. Vigilato Pereira - Uberlândia


_casamento da redação leonardo pacheco

_sebastião & crisley No mágico dia 11/11/11, aconteceu um encontro que ficará marcado por 100 anos, pois só se repetirá em 3011. O renomado advogado empresarial, Dr. Sebastião Barbosa e Silva Junior, e a administradora de empresa, Crisley Faria de Almeida, uniram-se em matrimônio numa celebração íntima e de muito afeto no belíssimo ambiente do The House Eventos que também foi responsável pelo delicioso buffet. As famílias celebraram esta união repletos de alegria e amor. Ladeado pelas filhas Marília Naves Barbosa e Andressa Naves Barbosa, o noivo foi ao encontro da belíssima noiva, vestida pela Anamaris Ateliê. Sob a lente especial do fotógrafo Leonardo Pacheco foi eternizado este casamento tão esperado por todos. Nas alianças foram gravadas as palavras “vejo você”, representando o verdadeiro sentimento de amor do novo casal, que reconhece um ao outro a essência do verdadeiro ser, na proposta de viverem esta maravilhosa trajetória de crescerem juntos.

_gente cult _166


34 3210-2601 Av. Francisco Galassi, 1000. Morada da Colina.

34 3226-3032 Av. Getúlio Vargas, 645. Centro.

34 3083-7067 Rua Izaú Rangel de Mendonça, 70. Apt 301. Finotti.


_na balada hick duarte hick duarte

_dois anos de fiesta intruders Para comemorar os dois anos de Fiesta Intruders (nem a gente tinha percebido como tudo passou tão rápido), convidamos a turma da Avalanche Tropical pra te fazer dançar. Uma série de quatro festas movimentou o Fever Bar e a Velvet Club, durante os fins de semana de outubro, numa bagunça

coordenada pelos seguintes convidados: o duo fanfarrão e mashupeiro mais promissor do Brasil, Drunk Disco, a última revelação da música pop nacional, que veio a Uberlândia um dia depois de ter levado a categoria Webclipe do VMB 2011, Banda Uó, os sempre enérgicos, queridos e mestres na discotecagem de ritmos globais Bonde do Role, e os rapazes do Holger, grupo indie que também toca axé e funk sem receio de ser feliz. Sente só como foram as nossas festas de dois anos!!!


anos

MELHOR REVEND A

HIGH PERFOR

MANCE


_sonoridade chico lúcio mauro marques

_tiago carvalho, música com alma e tecnologia ibilidade enraizada no sangue e a sens Ele tem a música um certo Senhor nfona de seu pai, nos acordes da sa , que tocava nos m 88 anos de idade Flaurindo, hoje co época, o menino roça da região. Na e saudosos bailes de similar a sonoridad via e já tentava as ta er ob sc Tiago Carvalho ou De ia. l faz onista tão especia que aquele acorde eu bateria com nd re ap os an l, aos 6 a vocação musica aos 10 anos, ayton Carvalho. Já o irmão e cantor Cl eira vista, pela e foi paixão à prim conheceu o teclado ento. Era época artista e o instrum afinidade entre o ile regionais e m as bandas de ba encantavaonde predominava va e outras. E Tiago No a up Ro o m co nacionais, possibilidades com a magia e as se cada vez mais banda marcaria do teclado. Outra r sonoras extraídas las “revoluções po ical: o RPM. Aque um te en sua formação mus lm cia pe es m seu entusiasmo, minuto” acelerara

_gente cult _172

tecladista de olhos azuis, chamado Luiz Schiavon, responsável pelos arranjos da banda que foi comparada aos quatro Beatles. Foi aí que o ituiutabano Tiago Carvalho resolveu entrar em cena, passando a tocar em várias bandas regionais na década de 90. Buscando aprimorar sua musicalidade foi conhecendo teclados mais sofisticados, mas sem ignorar a orientação do Senhor Flaurindo que sempre lhe dizia que o acordeon é uma grande “escola” para o instrumentista. Fundamentado numa base musical já consolidada, era hora de voar mais alto. E Tiago foi para São Paulo, quando entrou pela primeira vez num grande estúdio de gravação. Seus olhos brilharam e o coração bateu mais forte, encantado com aquele cenário de sonhos que lhe trazia também a lembrança de suas primeiras experiências como arranjador, ainda com os equipamentos analógicos, gravadores de fita e outras raridades da época.

O arranjador e produtor Tiago Carvalho: um dos profissionais mais requisitados do mercado musical


Reconhecimento Pouco tempo depois já estava fazendo arranjos para duplas sertanejas de sucesso na região e interior paulista, sempre atento à evolução de técnicas e sons inovadores. No início do ano 2000, Tiago começou a gravar com grandes músicos habituados a frequentar os grandes estúdios. A criatividade dos seus arranjos e a qualidade de suas produções credenciaram seu trabalho em discos de duplas consagradas nacionalmente, como Guilherme e Santiago, Lucas e Luan, e João Pedro e Cristiano. Também produziu DVDs que tiveram participações especiais de estrelas de primeira grandeza, como Bruno e Marrone,

Matogrosso & Mathias, Alexandre Pires, Luiz Cláudio, Banda Calypso, Eduardo Costa, Marcos e Belutti, e João Carreiro e Capataz. Em 2006, Tiago começou a viajar com a dupla Luiz Cláudio e Giuliano, numa convivência que lhe abriu muitas portas e contatos importantes no meio musical. Tiago lembra com carinho quando produziu o DVD solo e ao vivo de Luiz Cláudio, gravado no Castelli Hall Uberlândia, com os ilustres convidados: Regis Danese, Eduardo Costa e Alexandre Pires. Tiago Carvalho também participou de programas nacionais de televisão, como o Terra Nativa (TV Bandeirantes), atuando como músico de apoio.

Tiago, no seu estúdio, realizando mais um projeto com o seu parceiro Fábio Gaspar

Criatividade Com 24 anos de vivência na área musical (sendo 15 como produtor e arranjador), Tiago Carvalho é hoje um dos profissionais mais requisitados do mercado, realizando um trabalho inovador, criativo e surpreendente com seus arranjos, onde uma das principais referências é o forte apelo popular e qualidade impecável. Com a bagagem adquirida nos melhores estúdios do Brasil, Tiago Carvalho executa hoje seu trabalho no Fuzion Estúdio (Uberlândia-MG) em parceria com o amigo e engenheiro de som, Fábio Gaspar. Um estúdio completo para grandes produções com equipamento “vintage” de alta qualidade. É neste espaço que ele se sente à vontade para desenvolver os seus projetos específicos, com curiosidade de aluno e autoridade de mestre, sublimando o dom que Deus lhe deu na missão de encantar pessoas com o talento e a musicalidade que traz no corpo e na alma.

O cantor Matheus Borges: grande revelação do sertanejo moderno que será lançado por Tiago Carvalho em 2012

_gente cult _173


_foto legenda célio cardoso marlúcio ferreira

_pessoas fatos e acontecimentos

1

2

3

5

4

_gente cult _176

_1_Sônia e seu marido Paulo Sampaio Foto_2_ O ex-governador Rondon Pacheco, Marcelo Prado e Celso Machado com Luiz Alberto Garcia no lançamento do livro “Dr. Desafio” (foto Santelmo Souto)_3_Comemoração do noivado de J. Júnior, do TV Animal, e Rita Áurea_4_Coletiva de apresentação do Praça Uberlândia Shopping Center na sala de reuniões da Prefeitura Municipal_5_Sócios da Penta Incorporadora, FGR, Fonseca e Filhos, e a dupla Zezé di Camargo e Luciano


matrículas abertas • 3235 7747 culturainglesauberlandia.com.br


_confraternização da redação daniel cavalari

_victor e leo comemoram 20 anos de carreira

_gente cult _178

A dupla Victor e Leo realizou uma grande festa de confraternização, dia 29 de novembro, no Center Convention de Uberlândia, para comemorar seus 20 anos de carreira. O evento reuniu amigos, profissionais de comunicação e convidados especiais, como Zezé di Camargo, Fagner, Xuxa, Alcione, Bruno (dupla Bruno e Marrone), integrantes das bandas Roupa Nova e Skank, Fred e Gustavo, e a apresentadora Xuxa. Os anfitriões cantaram seus grandes hits e também apresentaram canções do novo CD “Amor de Alma”. A supernoite foi encerrada com um jantar e em clima de muita alegria, onde Victor e Leo receberam o carinho de todos os seus convidados.


_gente cult _179


_sucesso da redação doctor dj carlos kaká fotografias

_j.j jackson agita noite uberlandense

_gente cult _180

O Café Moah recebeu, no dia 3 de novembro, um dos maiores ícones da música, o cantor J.J Jackson, que animou a noite do blues e rock. O evento teve também a participação da banda Udistock, trazendo clássicos do rock. Esta foi uma realização da Carpe Diem. Confira os cliques desta noite super especial!


_evento da redação divulgação

_judiciário em festa de confraternização sta n foi palco da 4ª Fe O Center Conventio 26 de dia no da za ali da e re Judiciária, idealiza urenço por Lourisvaldo Lo novembro de 2011, UFEMP or-tesoureiro da AJ de Carvalho, diret iário Servidores do Judic - “Associação dos com Público da União, Federal e Ministério s Márcia Elizabeth do a colaboração de - ambos o çã cia so as cial da Santos, diretora so bseção ça Federal nesta Su servidores da Justi s lândia. Magistrado Judiciária de Uber erais e fed es or ad ur oc , pr estaduais e federais vogados ores de Justiça, ad municipais, promot eleitoral, s Justiças estadual, e os servidores da com al compareceram do trabalho e feder mero, igos em grande nú seus familiares e am festa de uma vez, essa gran prestigiando, mais ny pa , nda Seventy Com do Judiciário. A ba nter (SP), e o Buffet Ce de Ribeirão Preto s uma iram aos presente Convention garant festa brilhante. ro mais u com chave de ou ‘‘A AJUFEMP fecho agrado evento’’. um ano desse cons

_gente cult _182


_gente cult _183


_república cult divulgação luciana santos

_paulo e dael, sucesso e nova música de trabalho

em estúdio para el acaba de entrar A dupla Paulo e Da moras”, que vem ica de trabalho “A gravar a nova mús blico ainda não mântico que o pú mostrar um lado ro medida para amor e é feita sob de a fal ão nç ca A conhecia. sucesso alcançado r a todos. Após o balançar e agrada me, que foi CD do mesmo no ra com “Opostos”, do nais, a dupla espe a nas rádios regio lho ba bastante executad tra de ica e passa a ser a mús que “Amoras”, qu de a ganhar, aju os s, ow sh os óxim dentro dos seus pr blico e da mídia. nhecimento do pú cada vez mais, reco es, começaram positores e cantor Paulo e Dael, com s e bares, em pequenas festa em 2008 cantando , humildade e mpre pela simpatia destacando-se se o “Opostos”, ento do CD ao viv m ça lan o e sd De carisma. dificuldades e endo obstáculos e a dupla vem venc nário sertanejo se destacar no ce não demoraram a regiões, com r vários lugares e fazendo shows po

sucesso de público em todos os shows, incluindo um show na cidade de Goiânia - meca da música sertaneja - fincando definitivamente a sua marca no cenário musical. Em 2011, a dupla continuou crescendo e ganhando divulgação e recentemente fez parte do projeto Praça Ativa, levando sempre alegria e descontração ao público com seu inconfundível estilo que mescla o sertanejo universitário, forró, baladas e pop em canções inéditas, em versões inusitadas, que vem conquistando novos espaços e quebrando barreiras de uma maneira simples, emocionante e com muito profissionalismo. Em 2012, eles seguem divulgando seu trabalho com a nova música “Amoras” em uma agenda que inclui shows em várias cidades da região do Triângulo, Goiás e outros estados. Para conhecer mais sobre o trabalho da dupla Paulo e Dael visite o site www.pauloedael.art.br - onde você pode baixar as músicas, ver a agenda, fotos dos shows, acessar as redes sociais e muito mais.

34 3087-0211 34 9154-6030 ID. 88*55569. contato@pauloedael.art.br - www.pauloedael.art.br

_gente cult _184


A Associação Comercial e Industrial de Uberlândia (Aciub) e o Conselho da Mulher Empresária (CME) promoveram, no dia 8 de dezembro, a terceira edição do “Almoço Empresarial Aciub”. O evento foi realizado no restaurante Fogão de Minas e reuniu lideranças empresariais de nossa cidade. A iniciativa visa promover oportunidades de negócios e relacionamento entre os empresários dos mais diversos segmentos. Na oportunidade foi apresentado o projeto do Praça Uberlândia Shopping Center, o novo shopping center que será construído no município. Mais uma grande conquista para nossa cidade e região que foi brindada em clima de alegria e confraternização por todos os empresários que compareceram ao evento. Confira os flashes clicados por Mauro Marques.

_evento

_aciub realiza terceiro almoço empresarial

da redação mauro marques

100 95 75

25 5 0

_gente cult _185 Anuncio Cult dezembro


_atitude carol portilho acervo pessoal

_no meu e no seu embalo rdíacos, dos batimentos ca Diante dos fatos e algum há e qu o um caminh a vida tem seguido ão. oç em a nt ta m do co tempo não era trilha de m essa turbulência Desacostumada co tezas, o diante das incer m sentimentos e mes rtas, cu s ite no longos e as os dias estão mais eu m to fei m te o vivido mas cada segund r com alto e o meu acorda ais m da ain canto ar, fic ra ais. Se veio pa desejo de querer m e no eu m No a. dade a su farei da minha felici inho m ca e ss ne ar continu seu embalo, quero for dia al ou não. E se um de fantasia, seja re a r iza en encarrega de am partir, o tempo se ar. no ira pa e pr que sem saudade e o silêncio a realidade existe um Entre o sonhar e a tre En je. nchida com o ho lacuna que é pree de jo se de o e rrisos nasc as lágrimas e os so m se les tro on sc de esses querer viver todos e e ad Não me falta vont medo de ser feliz. ro se jos para que o futu se muito menos de

encarregue de tornar essa felicidade uma eternidade. Diante do estranho, encontrei a semelhança. Diante da rotina, o desembaraço do cabelo passou a predominar. E nesses intervalos da vida, sonhar vale cada esforço até o fim raiar. No picadeiro da vida quero dar gargalhadas, assim como uma criança inocente diante do palhaço. E na corda bamba do equilibrista, vivo o hoje com a esperança que essa risada seja cada dia mais presente e forte, a dois. Também não me falta o desejo de ser a sua felicidade e nessa busca incansável quero que esse laço nunca desate, mesmo com a incerteza do amanhã. Pela fresta da janela sinto o vento forte bater em meu rosto e uma confiança de que sou capaz de aprender e de ensinar, e quando eu encontrar o caminho não terei medo, e sim coragem suficiente para dar passos, sejam certos ou errados, só saberei depois. Cada dia é uma noite escura e como ninguém sabe o que vai acontecer no próximo minuto, é importante seguir em frente sem medo de errar, nem que seja de novo. Somos uma manifestação de Deus. Por isso, passamos por muitas vidas e muitas mortes, saindo de um ponto que ninguém sabe e nos dirigindo a outro que também não sabemos. Acorda. Já é dia e já que está aqui, não parta, pelo menos agora. E se lá na frente essa aliança se quebrar, a viagem continua para todos, mesmo que doa para uma das partes. “Não me falta parede E nela uma porta pra você entrar. Não me falta tapete Só falta o seu pé descalço pra pisar. Não me falta cama Só falta você deitar. Não me falta o sol da manhã. Só falta você acordar”. (Arnaldo Antunes)

_gente cult _186

Carolina Portilho é jornalista. carolinaportilho@hotmail.com


CALDAS

parte integrante da revista Cult

_caldas novas em festa Caldas Novas é realmente surpreendente e convidativa. Novembro sempre foi considerado um mês com poucas visitas de turistas e consequente redução no faturamento do comércio e da rede hoteleira. Com o sucesso inegável do Caldas Country, a cidade acolheu mais de 150 mil visitantes, movimentando todos os segmentos de negócios e contribuindo para a divulgação de sua principal economia, que é o turismo, levando o nome de Caldas Novas para todo o país.

Conselho editorial Célio Cardoso, Vilmar Martins Araújo e Tatiana Araújo Coordenação Vilmar Martins Araújo Fotógrafos colaboradores desta edição Márcio Henrique (Caldas Net) Fine Arte Fotografia (Uberlândia/Caldas Novas) Tarcísio Araruna Consultores de mídia Vilmar Martins Araújo e Tatiana Araújo (Hits Eventos e Cerimonial) Design de anúncios Jefté Laube Colaboradores Tatiana Araújo, Silvestre Sanches, Delza, Dr. Salomão Elcaim Neto Colunista Tatiana Araújo Home Cult Caldas Novas Hits Eventos e Cerimonial Reserva de anúncios (64) 3453-6843 re (64) 9626-0644

Tivemos ainda a festa de lançamento da Revista Cult Edição/76, a inauguração do Casablanca, novo espaço de festas da Hits Eventos e Cerimonial, de nossos colaboradores e parceiros Vilmar e Tatiana, com uma noite inesquecível em homenagem a Goiás, quando se apresentaram os artistas goianos Marcelo Barra, Tom Carvalho, Carlos & Lino e Rezende & Renato. Nesta edição continuamos o projeto de valorização e homenagem aos pioneiros que deram sua valiosa contribuição para o desenvolvimento de Caldas Novas, assim como também na página Gente de Caldas, lembrando um grande incentivador e investidor do turismo no município, o empresário Carlos Alberto Barros, que juntamente com sua esposa Telma Brasil de Castro e família, prestam relevantes serviços à comunidade e aos visitantes. Editoriais ricos e interessantes completam nossa edição deste mês festivo. Tenham todos uma agradável leitura e divulguem nossas riquezas naturais! Célio Cardoso - Diretor Revista Cult Vilmar e Tatiana - Hits Eventos


_centenário caldas novas silvestre sanches arquivo pessoal

_família sanches Qual a característica mais forte do patriarca? Homem de hábito simples, porém de caráter rígido. O que deixou como exemplo a ser seguido? O ideal de honestidade, trabalho e amor pela família e o seu próximo. Qual dos filhos, além da atividade imobiliária, exerceu cargo público? Antônio Sanches, fazendeiro pecuarista, empresário do ramo imobiliário e hoteleiro, eleito em 1988, prefeito de Caldas Novas, considerada uma das melhores administrações municipais. Faleceu em 20 de março de 2008, deixando esposa e uma filha, Dra. Marcela Sanches e três netos.

ldas Novas? o a chegar em Ca Quem foi o primeir s que aqui o da família Sanche O primeiro membr hes Fernandes, arca Antônio Sanc chegou foi o patri a esposa su juntamente com nos idos de 1974, nches. Srª. Encarnação Sa ca na época em ividade do patriar Qual o ramo de at que aqui chegou? ário do residia, era empres Em São Paulo, onde us filhos juntamente com se ramo imobiliário, No ano de s. e Silvestre Sanche Antônio Sanches entes, qu s ua a região das ág 1974, após visitar nossa região, de is ra tu na belezas apaixonou-se pelas quentes, e las famosas águas principalmente pe beu que esta ário que era, perce assim sendo, vision ou, juntamente ud m ro, e para cá se tu fu do rra te a a er início a sua Sanches, para dar com o filho Antônio do ramo deiro e empresário atividade de fazen , criando a os ciedade com os filh imobiliário, em so s Novas lda Ca ra do s (Urbaniza empresa Urbacalda ade. ramo em nossa cid Ltda), pioneira do nte que o uição mais importa Qual foi a contrib s? va ra Caldas No patriarca deixou pa ento para o desenvolvim ão uiç rib nt Foi a sua co bre elas so e s e, adquirindo área eles o ordenado da cidad tre en s, s de loteamento tância aprovando projeto Es is, rit Bu s do s, Estância Bairro Bandeirante as ácar Itapema, ia Itajá, Estância Ch Itanhangá, Estânc ojetos estes Estância Itapuã, pr Estância Itaguaí e portantes de im am em bairros que se transformar tel Itatiaia Ho do or . Foi fundad nossa comunidade com os filhos. bém em sociedade das Thermas, tam . dezembro de 1989 Faleceu em 29 de

_cidades cult _A2

Qual atividade exerce e o que mais gosta? Sou advogado, empresário do ramo hoteleiro e imobiliário, cidadão caldasnovense por concessão de título da Câmara Municipal, maçom, casado com Maria Sanches, pai de seis filhos, 15 netos e uma bisneta. Na verdade, gosto mesmo é do trabalho, de curtir a família, de bons e verdadeiros amigos, de uma boa festa e também de fisgar uns bons tucunarés. Qual sua expectativa, como filho de Antônio Sanches Fernandes, em relação ao futuro de Caldas Novas? O crescimento de Caldas Novas e a riqueza de seu parque hoteleiro comprovam que a nossa cidade tem seu presente consolidado e um -futuro brilhante.

Silvestre Sanches


_centenário caldas novas delza rodrigues da cunha ramos arquivo pessoal

_família rodrigues da cunha ldas Novas? o a chegar em Ca Quem foi o primeir nha. Cu da es do Rodrigu Foi meu avô, Orlan plena em s va No s Calda Chegou à cidade de mente isa os de idade, prec juventude aos 18 an o Pedro Sã l ta na te de sua terra en ed oc pr , 10 19 em estado de ualmente Uberaba, de Uberabinha, at igues da o de Augusto Rodr Minas Gerais, filh nha. Casou Querumbina da Cu Cunha e de Maria isca Ozêda nc Fra de 1912 com o eir er fev de 10 em ronel Vitor cidade, filha do Co Alla, natural desta a. Teve nove aria Cecília de Lim Ozêda Alla e de M s Dores da imogênita Maria filhos, sendo sua pr es da igu dr Ro caçula Orlando Cunha Ríspoli e o Cunha Júnior. eira atividade em Qual foi sua prim Caldas Novas? al como sua vida profission A princípio iniciou habitual ente era profissão fazendeiro, geralm época. na avam e residiam dos que aqui cheg e da arte, ra ltu cu admirador da Como era grande úsica, sendo ar ao ensino e à m passou a se dedic iração r conquistou a adm que como professo e de ad bilidade e facilid de todos, dado a ha cargo ao ou eg ch na música como lecionava. Já após o seu o, função esta que máximo de maestr ageada a memória homen falecimento teve su nominada de , a praça pública com o nome de um sta cidade. de l ipa lando”, a princ “Praça Mestre Or m muita também exerceu co Como profissional, lião be ta , a atividade de dignidade e orgulho se ta No de o do 1º Ofíci e oficial do Cartório até o GO sva No s lda de Ca Registro de Imóvel ria, teve rá sta atividade carto final de sua vida. Ne

Mestre Orlando Rodrigues da Cunha

_cidades cult _A4

Delza Rodrigues da Cunha Ramos

como auxiliar direto o seu filho caçula, Orlando Rodrigues da Cunha Júnior. Com seu falecimento houve vacância da titularidade daquele Cartório que foi a concurso, concorrendo à função cartorária vaga, meu pai Orlando Rodrigues da Cunha Júnior, aprovado em primeiro lugar, assumindo os cargos deixados por meu avô. Quais dos filhos (as) e netos (as) seguiram a trajetória de trabalho do pioneiro? Atualmente, seguindo a mesma profissão do avô e bisavô, eu, Delza Rodrigues da Cunha Ramos, e os netos Bel. Rodrigo Rodrigues Ramos e Bel. Marcela Rodrigues da Cunha Ramos. Quais as características mais fortes do patriarca e o que deixou como exemplo a ser seguido? No que diz respeito ao marco deixado pelo patriarca nesta cidade, são vários, com especial destaque nas áreas da educação, da arte, da cultura e do saber jurídico. A sua personalidade era marcante pelo respeito que tinha a Deus e ao próximo, como também tinha como princípio de vida a lealdade, sinceridade e amizade, sempre buscando melhores oportunidades para todos. Outro exemplo que ele deixou para todos nós é o comprometimento da palavra que dava e a retidão dos compromissos que assumia, cumprindo-os à risca. Qual sua expectativa, como neta de “Mestre Orlando”, quanto ao futuro de Cadas Novas? Minha maior preocupação é o zelo e a dedicação pelo trabalho cartorário que executo, sem distanciar do lado familiar, como filha, esposa, mãe e em breve vovó. Quanto ao crescimento e desenvolvimento turístico, iniciado há 100 anos, com a emancipação política da cidade, época dos meus avós até os dias de hoje, com a colaboração de todos os caldasnovenses, turistas, governantes e aqueles que continuam governando, tenho ótimas perspectivas para nossa cidade, em razão das melhorias nas áreas de lazer, educação, saúde e esportes, considerando que este presente de Deus, através da mãe natureza, nos beneficiou com um manancial de águas quentes e pela inteligência humana, construindo o Lago do Corumbá, bem como a situação geograficamente privilegiada , com fácil acesso e via de escoamento moderno, só podemos acreditar e confiar que Caldas Novas será o maior polo turístico do país.


_sentimento salomão elcaim neto gfx

_sobre o amor... “Todo ser so!? Freud já dizia: Que prazer há nis a dor”. É óbvio r ita ev a nt azer e te humano busca o pr oquista. No o: o sádico e o mas que existe a exceçã er, só que az pr mbém buscam o entanto, ambos ta or” para “d da e da, utilizam-s de forma diferencia o masoquista, r, do ir nt se prazer em obtê-lo. Um sente r, o sádico. em provocar a do outro sente prazer rtamento pessoas de compo São considerados a comum, do rm fo desvia-se da aberrante, ou seja, os fazer uma rtamento. Se form padrão de compo te” faz feliz or que “sabidamen analogia sobre o am os chegar m va que o doador), (mais o receptor do uistas e oq as m s e somos todo à conclusão de qu tão de mudar rantes. Teríamos en sádicos, todos aber mos: todo ser o: como regra, tería a regra e a exceçã riam sádicos se s vés da dor (todo busca o amor atra consegue e qu le o: aque oquistas), exceçã as m ou Não quero ter a pretensão de ensinar sobre o ar da dor, teria um o amor sem se utiliz ar sc bu amor... Mesmo porque milhões de pessoas estão pois, como já dizem mento aberrante, rta po m co com dor, a falar dele todos os dias, cada um à sua maneira a necessariamente os poetas, amor rim e em todas as matizes. Por outro lado, também o outro. impossível um sem não sei se existe uma forma correta de amar, e em ela existindo, se eu atuo de conformidade Neto é terapeuta Dr. Salomão Elcaim atista. com ela. O que desejo, na verdade, é apenas e psicólogo psicodram fazer uma reflexão sobre este sentimento tão difundido no seio da humanidade, e de forma tão complexa, que às vezes, um simples gesto o define, e em outras, toda uma vida não o explica. “Quem sabe, ama; quem não sabe, ensina.” Li esta assertiva em algum texto, mas não me lembro onde. Tenho a impressão de que, quando se fala de sentimentos ou de justificativas de vida, a palavra mais utilizada é amor. Na afirmação citada há uma espécie de censura crítica, que tenta nos levar a não falar sobre ou do amor, porque se deve apenas senti-lo. Não sei se alguém pode, de verdade, ensinar o amor... Como também não sei se podemos senti-lo, sem conhecê-lo... O que implica, em se ter, necessariamente um aprendizado e, consequentemente, alguém a nos ensinar, senão com palavras, pelo menos com gestos ou comportamentos, mas servindo-nos, na pior das hipóteses, de modelo.

É interessante como suas conotações se alternam de situação para situação: abnegação é amor, desejar o sucesso de alguém é amor, proteger alguém é amor, prover alguém é amor, sacrificar-se por alguém é amor, dedicar-se à alguém de forma aguda é amor, não proteger ou mesmo não ajudar alguém, para que, presumidamente este cresça, é amor, abrir mão do que se anseia, para que o outro se realize, é amor, renunciar ao amor que sentimos por alguém, para que este seja feliz, é amor. Caramba!... A sensação que se tem é de que amor é puro sofrimento, é o púlpito de uma religião indigesta, altamente confuso. Sofrimento, no sentido de que, quem o sente, deve estar sempre se violentando e, consequentemente, não sendo feliz.

_cidades cult _A6


_comportamento camila lemes gfx

_natal, tempo de alegria ou tristeza Natal, tempo de reunir a família e os amigos para comemorar o nascimento de Cristo. E mesmo assim ainda existem pessoas que ficam tristes e preferem se isolar do mundo e de todos que os cercam. Os psicólogos conseguem explicar por que isso acontece? Conversando como uma amiga, já psicóloga por formação, ela explicou que existem pessoas solitárias e que, nessa época do ano, muitas entram em depressão, às vezes por não ter familiares, outras por não ter um companheiro ou companheira; enfim, quando percebem o movimento do fim de ano, aquela correria para troca de presentes ou a preparação da Ceia de Natal na casa de alguém, essas tarefas, que são prazerosas para uns, para outros parece um fardo entediante. Depressão tem cura. Para ficar longe dela, podemos nos prevenir, buscando orientação especializada, realizando exercícios físicos, cuidando da alimentação, cultivando amizades e nutrindo os pensamentos com objetivos otimistas e motivadores. Depois de cumprir todos estes procedimentos, você está preparado para o espírito festivo do Natal.

_cidades cult _A8


_cidades cult _A10


_sociedade da redação márcio henrique caldas.net

_lançamento cult caldas novas

_cidades cult _A12

A Hits Eventos e Cerimonial, participando como sempre em parceria com a Choperia Ipê, fez o lançamento e entrega da Revista Cult edição de setembro, que trouxe como capa a atriz e apresentadora do Vídeo Show, Ana Furtado. Uma noite típica, regada a chopp geladíssimo e um delicioso cardápio, ao som dos jovens do Essência Musical e muita gente bonita que marcou sua presença no evento. Confiram aos cliques do fotógrafo Márcio Henrique, do Caldas.Net.


_sucesso

_caldas country show

rayssa custódio gbm divulgação

tival de vembro, o maior fes Aconteceu em no untry Co s do Brasil, o Calda música sertaneja o içã ed Novas - GO. A 6ª Show, em Caldas s do to de 0 mil pessoas do evento atraiu 10 da s íse il e de alguns pa os estados do Bras de lizando um público ta América Latina, to ença e es pr es que marcaram mais de mil cidad cidade da ia entar a econom ajudaram a movim trouxe al tiv prolongado. O fes durante o feriado úsica m de s es, com 14 hora mais de 30 atraçõ caba, ro So & ateus, Fernando por dia. Jorge e M Lima, o av stt Gu Claudia Leitte, Cristiano Araujo, o, iag nt Sa & ró, Guilherme Chitãozinho e Xoro ais m e rz xte a Live Act, De Ask 2 Quit, Natem público ram a adrenalina do ta 16 atrações levan presa em s, õe A GBM promoç até o amanhecer. já está , to en ev ganização do responsável pela or o de an o ra pa da de shows programando agen ! em rd ua Ag Caldas Novas. 2012 na cidade de

_cidades cult _A16 _cidades cult _A13


_in sociedade tatiana araújo fine arte fotografias márcio henrique caldas.net

_festa hits 13 anos em caldas novas Com o apoio da Cult Caderno de Caldas, a Hits Eventos e Cerimonial comemorou no dia 25 de novembro, em seu recém-inaugurado Salão de Festas “Casablanca”, os 13 anos de sucesso na capital mundial das águas quentes. Com mais de 300 convidados, a festa foi elogiada por todos, do início ao final, com muita animação, gente bonita, cardápio delicioso e decoração nobre, assinados pelo RC Buffet

_cidades cult _A14

(Uberlândia), com shows dos cantores Marcelo Barra, Carlos & Lino, Rezende & Renato e Banda, e ainda como convidado de honra o humorista Tom Carvalho, da dupla Nilton Pinto & Tom Carvalho, fazendo uma homenagem a Goiás, tudo clicado pelas lentes da Fine Arte Fotografias e Márcio Henrique do site Caldas.Net. Os anfitriões Vilmar e Tatiana, sempre muito atenciosos, receberam os cumprimentos e elogios pela organização, pontualidade e qualidade dos serviços oferecidos. Vale ressaltar que os parceiros do evento foram sempre citados e valorizados durante todo o evento, comprovando mais uma vez a competência e seriedade da Hits em tudo que organiza.


_gente de caldas fabiano matiazo acervo pessoal

_dr. carlos alberto barros de castro ta bência de fazer es Ao receber a incum rto ce i nt se , os Carlinh homenagem ao Tio de ida bil sa on sp re la , pe friozinho na barriga a um a, enas uma págin de escrever, em ap s não ta far as gin livro de pá história que em um muito, que me emocionei caberia. Confesso rável. su ção por ele é imen pois minha admira o str Ca jo . João de Araú Filho do médico Dr ido sc na o, str rros de Ca e de Maria Júlia Ba o da Vitória, este baian da ia ar M em Santa para is pa os m co te en gema veio juntam , em do do Mato Grosso ta es o inh viz o ss no dre Pa sio ná Gi dando no Alto Araguaia, estu ra pa te en rm rio ste -se po Carletti, mudando

Goiânia, entrou na Universidade Federal de Goiás, graduando-se em Engenharia Civil, e por sorte nossa, conheceu uma caldasnovense, a jovem Telma Glória Brasil de Castro, filha dos saudosos Brasil Ala e Ivani Ribeiro Ala, casando-se em 10 de junho de 1969, tendo três filhos: Marcos, Fábio e Sérgio, e seis netos (as). Em 1970, fundou a Politec - Empresa de Tecnologia da Informação, genuinamente goiana, que com sua competência administrativa veio a se tornar uma multinacional, ressaltando um fato interessante, pois foi a primeira empresa a criar e instalar o programa da folha de pagamentos do Governo do Estado de Goiás, totalmente informatizada, gerando mais de 5 mil empregos formais. O carinho e amor por Caldas Novas, na verdade, teve seu início com a Dona Telma e a partir daí os investimentos em nossa terra não pararam. Em 1995 construíram a Pousada do Ipê, mantendo quase intacta a vegetação e riquezas naturais da área, hoje um verdadeiro canteiro ecológico e referência em hotelaria na nossa região. Posteriormente, preocupado com o bem-estar dos moradores e turistas visitantes, em 2002 construiu uma verdadeira obra de arte, a Choperia Ipê, considerada uma das melhores do estado. Não parou de investir e em 2006 construiu o mais moderno Centro de Convenções de Caldas Novas: o “Ipê Business Center”. Tem uma história de vida excepcional e uma carreira profissional de sucesso, que é um exemplo para todos nós, mais jovens. A sua simplicidade é seu maior rótulo. Homem de caráter irretocável, leal, humilde, trabalhador, desprendido e, acima de tudo, um grande companheiro. Empresário, vencedor, fruto de sua persistência e disciplina em todos os desafios que surgem em sua trajetória. Fica aqui registrado nossa homenagem e respeito, com a certeza de que este é o sentimento de todos os que têm oportunidade de conviver com esta grande figura humana, Carlos Alberto, mais conhecido como Sr. Barros. Meu abraço. Fabiano Matiazo, primo e admirador.

_cidades cult _A16


Revista Cult edição 78  

Cult 78, capa com Gianne Albertoni

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you