Page 1

revista do

Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 2º Região - Ano 4 - Número 09 - Dezembro de 2016.

Cobertura completa do principal evento do Crefito-2 Etapas Fisioterapia e Terapia Ocupacional Pág. 10

A apresentação da Cia. iLTDA emocionou o público na abertura da etapa Fisioterapia.


Sumário

Expediente REVISTA DO CREFITO-2 Publicação oficial do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 2ª Região.

Entrevistas: participantes das aberturas da XVI Jornada Científica Etapas Fisioterapia e Terapia Ocupacional

Pág. 4

Interiorização: Núcleos em plena atividade

Pág. 6

I Jornada Científica do Núcleo do Crefito-2 em Niterói – Etapa Fisioterapia XVI Jornada Científica de Fisioterapia e Terapia Ocupacional Homenagens: Medalha Dr. Fernando Lemos

Pág. 9

Pág. 10

CREFITO-2 Sede Rio de Janeiro – RJ Rua Félix da Cunha, 41, Tijuca, Rio de Janeiro – RJ. CEP: 20260-300 Telefone: (21) 2169-2169 E-mail: crefito2@crefito2.org.br Subsede Sul Fluminense / Volta Redonda – RJ Rua 18-B, 43, Sala 405 – Edifício Centro Empresarial, Vila Santa Cecília, Volta Redonda – RJ. CEP: 27260-100. Telefone: (24) 3343-3930 E-mail: subsedevoltaredonda@crefito2.org.br Subsede Norte Fluminense / Campos dos Goytacazes – RJ Rua Alvarenga Filho, 114, Sala 607 – Condomínio CDT, Pelinca, Campos dos Goytacazes – RJ. CEP: 28035-125. Telefone: (22) 3025-2580 E-mail: subsedecampos@crefito2.org.br Horário de atendimento ao público Segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

Pág. 16

Série Memória: tributo ao Dr. Carlos Alberto Caetano Azeredo

Pág. 18

Câmaras Técnicas em evidência

Pág. 19

Eventos do Crefito-2

Pág. 20

Ações e representações

Pág. 23

Orientação: uso obrigatório de crachás por estagiários de Fisioterapia e Terapia Ocupacional

Pág. 27

Site www.crefito2.gov.br Diretoria Presidente: Dra. Regina Maria de Figueirôa Vice-Presidente: Dr. Omar Luis Rocha da Silva Diretora Secretária: Dra. Isis Simões Menezes Diretor Tesoureiro: Dr. Robson de Jesus Pavão Conselheiros Efetivos Dr. Bruno Vilaça Ribeiro Dra. Isis Simões Menezes Dr. Jorge Luis da Silva Nascimento Dr. José Antunes da Fonseca Filho Dr. Omar Luis Rocha da Silva Dra. Paula Maria Passos dos Santos Dra. Regina Maria de Figueirôa Dr. Robson de Jesus Pavão Dra. Valéria Martins Quintão Rocha Conselheiros Suplentes Dra. Adalgisa Ieda MaiwormBromerschenckel Dr. Edson Virginio Rodrigues Dra. Luciene Abreu Santos Dra. Marisa Bacellar Dr. Odir de Souza Carmo Dra. Patrícia Valesca Ferreira Chaves Dra. Renata Campos Velasque Dra. Sandra Maria da Silva Carneiro REVISTA DO CREFITO-2 Comissão Editorial Presidente: Dra. Regina Figueirôa Vice-presidente: Dr. Omar Luis Rocha da Silva Assessoria de Comunicação: Eneida Leão Teixeira (MTB 31710/RJ e CONRERP 3089) e Sidonio Macedo Jr. (MTB JP 31856/RJ)

Fique por dentro das principais notícias do Crefito-2 Cadastre-se para receber nossos Informativos ou atualize seus dados. www.crefito2.gov.br/cadastro.html

Redação: Assessoria de Comunicação Revisão e Diagramação: Expressiva Comunicação e Educação Tiragem: 35 mil exemplares Periodicidade: quadrimestral Impressão: Fox Print Contato: revista@crefito2.org.br Todo o conteúdo publicado nesta revista poderá ser reproduzido em parte ou integralmente, desde que a fonte seja citada.


Editorial

“Acreditamos na defesa do Sistema Único de Saúde (SUS), que, por seu caráter universal e sua natureza interativa, deve pautar nossa intervenção profissional, sempre voltada ao bem-estar das pessoas e ao exercício da cidadania e à inclusão social.” hegamos ao fim de mais um ano. Este é um momento para refletirmos sobre nossas realizações conjuntas e para agradecermos por todos os apoios recebidos, que muito nos estimularam a permanecer nesta trajetória de batalhas e conquistas diárias, com a certeza de que não estamos sozinhos na luta pela valorização de nossas profissões e pelo atendimento de Saúde digno à nossa população. 2016 foi um ano difícil para o Brasil, tanto econômica como politicamente. Estamos passando por uma prova de fogo, na qual não devemos esquecer nossos valores, compromissos e, principalmente, nossa ética, ao nos posicionarmos diante dos desafios que têm surgido. Acreditamos na defesa do Sistema Único de Saúde (SUS), que, por seu caráter universal e sua natureza interativa, deve pautar nossa intervenção profissional, sempre voltada ao bem-estar das pessoas e ao exercício da cidadania e à inclusão social. Princípios que norteiam o SUS e pelos quais temos obrigação, como fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais conscientes, de zelar. As reportagens desta edição trazem um apanhado do muito que temos feito em prol desses princípios. Mas, 2016 também foi marcado pela superação de limites com a realização do maior evento esportivo do mundo – os Jogos Olímpicos Rio 2016. Na Jornada Científica do Crefito-2, etapa Fisioterapia, destacamos o trabalho dos profissionais envolvidos nesse grande evento, merecendo uma manifestação de louvor, por parte do Comitê Rio 2016 e dos Comitês Internacionais Olímpico e Paralímpico, que os classificou como o melhor Serviço de Fisioterapia prestado ao longo da história dos jogos até a presente data. Esta etapa da Jornada teve como temática principal “Educação Continuada e Aprimoramento Profissional”. A educação continuada é um dos pilares para a melhoria da qualidade do ensino, assim como é propulsora da pesquisa e ciência.  O Crefito-2, por meio de suas Câmaras Técnicas de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, vem oferecendo atualização de qualidade a fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais. Algumas dessas ações também estão retratadas nas páginas desta revista. A etapa Terapia Ocupacional da nossa Jornada Científica também abordou um assunto de relevante importância. “Casa Comum, Nossa Responsabilidade: Lugar Onde Habitam os Inumeráveis Estados dos Seres” apresentou uma visão mais globalizada na assistência terapêutica ocupacional. A Jornada une o tema da Campanha da Fraternidade Ecumênica de 2016, que busca chamar a atenção para a questão relativa ao saneamento básico, com a referência à obra de Antonin Artaud utilizada pela Dra. Nise da Silveira, que revolucionou a abordagem e tratamento psiquiátrico no Brasil. Com isso, proporciona uma reflexão sobre uma atuação mais humanista e o papel da Terapia Ocupacional. Nesta edição de nossa revista, há uma ampla cobertura das duas etapas da Jornada Científica do Crefito-2, que também representam um momento de reconhecimento e agradecimento a profissionais compromissados, éticos, que primam pelos mesmos princípios e valores que destacamos anteriormente. Na reportagem sobre a Jornada, apresentamos os profissionais agraciados com a Medalha de Honra ao Mérito Dr. Fernando Lemos, exemplos de dedicação e amor ao próximo e que muito nos orgulham. Em nossa Série Memória, destacamos a história de um desses queridos colegas, que nos deixou prematuramente.  Dr. Carlos Alberto Caetano Azeredo marcou a história da Fisioterapia Respiratória em nosso país, sendo um dos pioneiros nessa área, com importantes iniciativas que alavancaram o desenvolvimento da especialidade e o aprimoramento do fisioterapeuta. Inspirados pelo exemplo desse admirável profissional e ser humano, desejamos que 2017 seja mais um ano de conquistas a todos e que possamos honrar sempre, a cada momento de nossa gestão, em cada evento, em todas as nossas ações, o nosso compromisso social, de construção de uma Fisioterapia e de uma Terapia Ocupacional a serviço das demandas da nossa sociedade. Feliz 2017! Dra. Regina Figueirôa Presidente do Crefito-2


Entrevista

A visão das integrantes da mesa-redonda “Dra. Nise da Silveira e a emoção de lidar”, que abriu a Etapa Terapia Ocupacional:

Nesta edição, a Revista do Crefito-2 extraiu das palestrantes que abriram as etapas de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da XVI Jornada Científica qual a importância dos temas centrais tratados e como eles podem contribuir para ampliar a reflexão sobre as profissões. Veja o que elas disseram a seguir e a cobertura completa do evento da página 10 até a 15.

4

Sra. Martha Pires Ferreira - Artista plástica; conviveu por mais de três décadas com a Dra. Nise da Silveira, sendo citada nos livros da psiquiatra. “É muito importante que se faça esse tipo de evento para que outras pessoas possam conhecer melhor essa aproximação das mais variadas áreas e ter conhecimento de como os terapeutas ocupacionais trabalham. A Dra. Nise compreendia que a Terapia Ocupacional deveria se nivelar à Medicina porque não é uma posição inferior hierarquicamente, mas equiparada. Vejo isso como um aspecto extremamente relevante. Fiquei muito comovida com a exibição do filme sobre ela. Gostei muito da apresentação da Dra. Regina Figueirôa e me senti muito contente por ter tido essa aproximação com essa casa [Crefito-2]. Sou artista plástica e trabalhei com a Dra. Nise no Engenho de Dentro por muito tempo. Trabalhei também com ela, no Grupo de Estudo Jung. Atualmente, colaboro com a Casa das Palmeiras, em Botafogo, que tem um trabalho independente, idealizado pela Dra. Nise, e que se ocupa da Terapia Ocupacional com a Emoção de Lidar. Para a Dra. Nise, só a descrição Terapia Ocupacional era insuficiente para demonstrar o trabalho, mas também a emoção e a pesquisa. Outra surpresa para mim foi perceber a interligação da Fisioterapia e essa ocupação com o outro, o respeito pelo outro, que a Dra. Nise deixou como exemplo para todos nós. Percebo que existe isso muito vivo nesta casa, o que é muito importante: o respeito pelo diferente em todos os sentidos, porque cada um de nós é único, mas também somos plurais, e é preciso ter um diálogo de interação para que o mundo se torne mais humano. Imagino que essa deva ser a função da humanidade e esse evento foi muito rico nesse aspecto.”  Dra. Gladys Schincariol - Psicóloga; coordenadora e supervisora do Museu de Imagens do Inconsciente. “É uma honra ver a casa tão cheia, principalmente com muitos jovens. Fico muito feliz com a homenagem à Dra. Nise, porque entendo que ela abriu as portas para que outros profissionais se desenvolvessem e se aperfeiçoassem nesse caminho da Terapia Ocupacional, que é tão importante e fundamental na recuperação de tantas pessoas no campo da saúde mental. Além disso, hoje sabemos que não há outra saída que não seja a atuação firme do terapeuta ocupacional, sempre na vanguarda do tratamento, da recuperação e da reabilitação dessas pessoas. Aliás, não só na saúde mental, mas na questão do envelhecimento, no atendimento a acidentados, porque o terapeuta ocupacional associa o afeto com essa dedicação e cuidado, e isso é muito importante e nos ensina sempre. Sou muito grata a todos os terapeutas ocupacionais: meus mestres! Parabéns pelo dia de vocês e que tenham muitas e muitas realizações.” 

 revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016


Dra. Lisete Ribeiro Vaz - Terapeuta ocupacional; mestre em Psicologia pela UFF; docente da Faculdade de Medicina / Departamento de Terapia Ocupacional da UFRJ. “Cumprimento o Crefito-2 pela iniciativa de realizar essa XVI Jornada e por valorizar a história da Terapia Ocupacional, que considero muito relevante para nós, para a nossa profissão, e para salientar a importância do cuidado às pessoas e ao ser – aos animais, às coisas do nosso planeta – que é o nosso tema, nossa responsabilidade. Por isso tudo, eu cumprimento mais uma vez o Crefito-2, também pela condecoração entregue às colegas e agradeço pela honra de ter sido convidada para participar dessa mesa junto com pessoas muito queridas e conhecidas. Essa união só foi possível por meio da Dra. Nise.”  Dra. Maria Cristina Amendoeira - Médica do Instituto de Psiquiatria da UFRJ, doutora em Psiquiatria, Psicanálise e Saúde Mental pela UFRJ e pesquisadora convidada do Museu de Imagens do Inconsciente. “A Dra. Nise da Silveira foi pioneira na valorização do trabalho artístico, criativo e no fazer como terapia. Essa é a herança que ela deixa para a Terapia Ocupacional, além de uma herança também de luta, porque acredito que o trabalho de equipe desenvolvido em conjunto é o que pode trazer uma resposta terapêutica de cuidado qualificado. Como vimos no filme, a Dra. Nise viveu momentos muito difíceis, mas no mundo contemporâneo também vivemos momentos difíceis de compreender, que não é um medicamento, por exemplo, no caso de saúde mental, um psicofármaco que vai resolver, que vai fazer a pessoa chegar ao bem-estar. São necessários outros recursos, por exemplo, mobilizar, nessa pessoa que está recebendo cuidado, potencialidades que existem nela própria, que ela mesma pode buscar e ir ao encontro de si mesma. Noto que o trabalho do terapeuta ocupacional está muito envolvido nessa relação. A partir da relação que se estabelece, a pessoa pode ir em busca de novas fontes de energia, de viver. E isso tem tudo a ver com o futuro, com a proposta dessa XVI Jornada Científica, das responsabilidades de cada um diante de um viver e um cuidar melhor.” 

A contribuição da conferencista sobre “Fisioterapia: Educação Continuada e Aprimoramento Profissional”, que abriu a Etapa Fisioterapia: Dra. Sandra Helena Mayworm - Fisioterapeuta, mestre em Ciência da Motricidade Humana, integra a Comissão de Educação em Fisioterapia do Crefito-2 e é coordenadora nacional de Fisioterapia da Unesa. “Quem está em constante evolução tem mais chances no mercado de trabalho, cada vez mais exigente e concorrido. Por isso, falamos em Educação Continuada. Precisamos adquirir novos conhecimentos e estar envolvidos com pessoas que possam nos influenciar e inspirar, seguindo adiante nesse vasto caminho da construção do conhecimento e da prática. O sucesso não depende apenas de um diploma. Se você não desenvolve competências e habilidades, não se coloca no mercado de trabalho. Estar pronto para executar de maneira ímpar as suas funções específicas, lapidadas constantemente com a aquisição de novos conhecimentos, é o que vai me manter no mercado. E a Educação Continuada é também fundamental para a tomada de consciência da necessidade da formação profissional, de modo a atingir todos os níveis, oferecendo a todos a oportunidade de crescimento profissional e pessoal. Porque a permanência no mercado também está ligada ao crescimento pessoal. Anualmente, estamos fornecendo para o mercado cerca de 80 novos mestres e 16 novos doutores em Fisioterapia. O número de pesquisadores doutores com graduação em Fisioterapia cresceu extraordinariamente em uma década. E isso nos mostra que, embora seja uma profissão muito nova, comparada com a Enfermagem e a Medicina, por exemplo, a Fisioterapia, na América Latina, é responsável por 70% das produções acadêmicas, o que é muito relevante. No entanto, ainda temos poucos cursos stricto-sensu para a formação de Fisioterapia e vários fisioterapeutas acabam fazendo cursos em outras áreas. Para esse cenário mudar, dependemos dos jovens profissionais que podem alterar essa realidade, a partir do momento que forem se capacitando. Dessa forma, teremos mais doutores e, consequentemente, mais possibilidades de cursos stricto-sensu na área em nosso país. Estima-se que, em breve, a Fisioterapia brasileira passará a ter mais de 150 novos doutores formados, anualmente. Para que essa mudança aconteça, todos precisam se autoanalisar, identificar seus pontos fracos, se perguntar sobre qual educação continuada precisa procurar e começar a enxergar a Fisioterapia baseada em evidências científicas, de maneira humanizada, aliada à experiência profissional, sem perder o foco no ser humano.”  revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016 

5


Interiorização

Núcleos de Representação Institucional do Crefito-2

em plena atividade Com nova distribuição territorial e equipes reformuladas, grupos seguem trabalhando nas regiões fluminenses. Atuação dos representantes fortalece e valoriza a Fisioterapia e a Terapia Ocupacional.

N

a edição anterior, a Revista do Crefito-2 mostrou que, em 2016, o Conselho Regional não apenas manteve, mas intensificou o trabalho de seus Núcleos de Representação Institucional. De lá para cá, o trabalho continuou a todo o vapor. Veja os destaques.  1º de setembro, em Itaboraí: reunião com integrantes do Núcleo 8 marca início das atividades do grupo. Encontro teve participação de representantes de municípios que compõem o grupo.  15 de setembro, em Cabo Frio: reunião com integrantes do Núcleo 5. O encontro foi bastante produtivo e, entre outras pautas, houve um avanço na organização da I Jornada Científica do Crefito-2 na Região dos Lagos, que será realizada no primeiro semestre de 2017.  19 de setembro, na sede do Crefito-2: 2ª Reunião Geral de Núcleos, em 2016. Participação de coordenadores de 16 Núcleos.  29 de setembro, na Subsede Campos dos Goytacazes: entrega de carteiras de registro profissional a quatro fisioterapeutas e reuniões sobre: balanço da atuação da Subsede Norte Fluminense; participação no Conselho Municipal de Saúde, com o Dr. Abel da Silva Santos, representante titular do órgão no CMS; e encontro com integrantes do Núcleo 6.

 13 de outubro, em Barra do Piraí, Cabo Frio e Nova Friburgo: coordenadores dos Núcleos 2, 5 e 17 participam de eventos em comemoração ao Dia Nacional do Fisioterapeuta e do Terapeuta Ocupacional, representando o Crefito-2.

6

 revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016

 5 de novembro, em Barra do Piraí: Crefito-2 em Ação na Praça Dr. Nilo Peçanha, no Centro da cidade. O evento foi organizado pelo Núcleo 2, com apoio do Núcleo 25 – Valença. O Conselho Regional ouviu a comunidade sobre assistência da Fisioterapia e da Terapia Ocupacional na Região Sul Fluminense e distribuiu material informativo sobre as duas áreas. Saiba mais na página 21.  19 de novembro, em Niterói: I Jornada Científica do Crefito-2, etapa Fisioterapia, organizada pelo Núcleo 16 - Niterói. Veja a cobertura completa na página 9.  5 de dezembro, na sede do Crefito-2: 1ª Reunião de Núcleos do Crefito-2 na Baixada Fluminense. Participação dos coordenadores dos Núcleos: Duque de Caxias, Mesquita, Nova Iguaçu e São João de Meriti.  14 de dezembro, na sede do Crefito-2: 3ª Reunião Geral de Núcleos, em 2016.

Fale com os Núcleos Para participar, obter mais informações ou tirar dúvidas sobre a atuação dos Núcleos de Representação Institucional do Crefito-2, envie e-mail para nucrins@crefito2.org.br


Núcleo 16 Niterói Integrantes: Dr. Leandro Pascoutto Borges (coordenador); Dra. Flávia Tânia Pascoutto Borges Goulart; e Dr. Antônio Max Costa Alves.

3ª Reunião geral dos coordenadores de Núcleos com a presidente do Crefito-2, Dra. Regina Figueirôa, e a coordenadora geral de Núcleos e Subsedes, Dra. Marisa Bacellar, no dia 14/12, na sede do Conselho Regional.

A voz dos Núcleos A partir desta edição, você começa a conhecer os profissionais que estão formando a rede composta por 26 Núcleos do Crefito-2 no Estado do Rio de Janeiro.

Depoimento do coordenador: “A implementação do Núcleo do Crefito-2 em Niterói nos trouxe a certeza da aproximação da Autarquia com os profissionais que aqui atuam e acrescentam muito em nossas profissões. Excelente oportunidade de troca, aprendizagem e amadurecimento profissional. Obrigado ao Crefito-2 por esta iniciativa”.

Núcleo 20 Resende (+ Quatis, Itatiaia e Porto Real) Integrantes: Dra. Fátima Milene Abrucezzi Mattos (coordenadora); Dra. Juliana Azevedo Maianine; Dra. Ana Carolina Nogueira Mallafronte de Andrea Nogueira; e Dra. Vanessa Cristina Barros Lopes. Depoimento da coordenadora: “É com muita honra e satisfação que compomos um dos Núcleos de nossa região, visando fortalecer o elo entre o Crefito-2 e parte do Sul Fluminense. Esperamos contribuir de forma positiva para o crescimento das profissões envolvidas e o bem-estar da comunidade”.

Núcleo 22 São Gonçalo

Núcleo 12 Mesquita (+ Belford Roxo)

Integrantes: Dr. Thiago Figueiredo Sampaio (coordenador); Dra. Beatriz Cunha Castanheira e Dra. Catia Ribeiro Soares Lacerda.

Integrantes: Dr. Marcelo Almeida Basílio (coordenador); Dra. Rosane Cordeiro; Dra. Maria José da Silva de Mendonça; Dra. Angela Maria Cortines de Almeida; Dra. Rosimar Ferreira Nogueira; e Dra. Cristina Morini da Silva.

Depoimento do coordenador: “Nosso propósito é fazer com que o município de São Gonçalo esteja assistido pelos melhores profissionais de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, desde a sua formação acadêmica até sua atuação profissional. Isto só poderá ser desenvolvido com assistência e supervisão do nosso Conselho profissional. O Núcleo tem a função de levar ao Crefito-2 críticas e sugestões da nossa região em relação à prática profissional, divulgação das profissões e, principalmente, o estreitamento na relação entre os profissionais e a Autarquia”.

Depoimento do coordenador: “Acreditamos na importância dos Núcleos do Crefito-2 nos municípios, com a finalidade de integrar e assessorar os profissionais que neles atuam e residem. Estamos muito felizes em poder fazer parte deste grupo, onde também podemos colaborar com os fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais, levando até eles informações por meio de palestras, ações sociais e eventos”.

Núcleo 15 São João de Meriti (+ Nilópolis) Integrantes: Dra. Beatriz Delphino Dantas do Nascimento (coordenadora); Dra. Juliane de Magalhães Mesquita; Dra. Priscila Ferreira Lemos; e Dr. Alessandro F. da Costa Scamilha. Depoimento da coordenadora: “Nosso objetivo principal é propagar as nossas profissões de uma forma simples e abrangente, de maneira a atender profissionais e usuários com respeito e serviço de qualidade, garantindo que a Fisioterapia e a Terapia Ocupacional ocupem os lugares devidos na saúde dos munícipes”.

Reuniões nos Núcleos Itaboraí, no dia 01/09 (à esq.), e Cabo Frio, em 15/09.

revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016 

7


Interiorização

GESTÃO 2015-2019

Composição dos Núcleos de Representação Institucional do Crefito-2

Núcleo Sede Município: Rio de Janeiro. Coordenação Geral: Dra. Marisa Bacellar. Núcleo 1 - Angra dos Reis Municípios: Angra dos Reis; Paraty; Mangaratiba; e Itaguaí. Coordenação: Dra. Débora Rocha. Núcleo 2 - Barra do Piraí Municípios: Barra do Piraí; Piraí; Mendes; e Engenheiro Paulo Frontin. Coordenação: Dra. Rosane da Silva Alves Cunha.

Núcleo 15 - São João de Meriti Municípios: São João de Meriti e Nilópolis. Coordenação: Dra.Beatriz Delphino Dantas Nascimento. Núcleo 16 - Niterói Município: Niterói. Coordenação: Dr. Leandro Pascoutto Borges.

Núcleo 3 - Barra Mansa Municípios: Barra Mansa. Coordenação: Dra. Juliana Machado Barcelos.

Núcleo 17 - Nova Friburgo Municípios: Nova Friburgo e Cachoeiras de Macacu. Coordenação: Dr. Agustin Esteva Campagnuci.

Núcleo 4 - Bom Jardim Municípios: Bom Jardim; Duas Barras; Cordeiro; Macuco; Cantagalo; Santa Maria Madalena; São Sebastião do Alto; e Trajano de Moraes. Coordenação: a definir.

Núcleo 18 - Nova Iguaçu Municípios: Nova Iguaçu; Queimados; Japeri; Seropédica; e Paracambi. Coordenação: Dra. Mirna da Silva Oliveira.

Núcleo 5 - Cabo Frio Municípios: Cabo Frio; Armação dos Búzios; e Arraial do Cabo. Coordenação: Dr. Ricardo Barboza Cordeiro. Núcleo 6 – Campos dos Goytacazes Subsede Norte Fluminense Municípios: Campos dos Goytacazes; São Fidelis; São Francisco de Itabapoana; e São João da Barra. Coordenação: Dra. Elizabeth Neves Fernandes Miquilito. Núcleo 7 - Duque de Caxias Município: Duque de Caxias. Coordenação: Dra. Luzia Gama.

Núcleo 19 - Petrópolis Município: Petrópolis. Coordenação: a definir. Núcleo 20 - Resende Municípios: Resende, Quatis, Porto Real; Itatiaia. Coordenação: Dra. Fátima Milene Abrucezzi Mattos. Núcleo 21 - Rio das Ostras Município: Rio das Ostras. Coordenação: Dr. Fernando Dias dos Santos. Núcleo 22- São Gonçalo Município: São Gonçalo. Coordenação: Dr. Thiago Figueiredo Sampaio.

Núcleo 8 - Itaboraí Municípios: Itaboraí; Tanguá; Rio Bonito; Silva Jardim; e Casemiro de Abreu. Coordenação: Dr. Leonardo Zarôr Moura.

Núcleo 23 - Araruama Municípios: Araruama; São Pedro da Aldeia; Saquarema; e Iguaba Grande. Coordenação: Dra. Patrícia Câmara Moura.

Núcleo 9 - Itaperuna Municípios: Itaperuna; Laje do Muriaé; São José de Ubá; Italva; Bom Jesus do Itabapoana; Porciúncula; Natividade; Varre-Sai; e Cardoso Moreira. Coordenação: Dra. Fernanda Rodrigues Junqueira.

Núcleo 24 - Teresópolis Municípios: Teresópolis; Carmo; Sumidouro; São José do Vale do Rio Preto; Guapimirim; e Magé. Coordenação: Dra. Josiane Gomes Fonseca.

Núcleo 10 - Macaé Muncípios: Macaé; Conceição de Macabu; Carapebus; e Quissamã. Coordenação: Dra. Carla Cecília Ribeiro dos Santos. Núcleo 11 - Maricá Município: Maricá. Coordenação: a definir. Núcleo 12 - Mesquita Municípios: Mesquita e Belford Roxo. Coordenação: Dr. Marcelo Almeida Basílio. Núcleo 13 - Vassouras Municípios: Vassouras; Miguel Pereira; e Paty do Alferes. Coordenação: Dr. Marcelo Delgado Fonseca.

8

Núcleo 14 - Miracema Municípios: Miracema; Santo Antônio de Pádua; Aperibé; Itaocara; e Cambuci. Coordenação: Dra. Kátia Figueiredo Dias.

 revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016

Núcleo 25 - Valença Municípios: Valença; Três Rios; Paraíba do Sul; Sapucaia; Areal; e Comendador Levy Gasparian. Coordenação: Dra. Mônica Cristina Campos Macedo. Núcleo 26 -Volta Redonda - Subsede Sul Fluminense Municípios: Volta Redonda e Pinheiral. Coordenação: Dr. Luis Renato Labecca Halfeld.

Fortaleça a Fisioterapia e a Terapia Ocupacional em sua região Conheça o coordenador do Núcleo de Representação Institucional do Crefito-2 em sua região e participe das ações de sua categoria.

Acesse: www.crefito2.gov.br


Desenvolvimento científico

I Jornada Científica do Crefito-2 em Niterói

à Dra. Regina Figueirôa (presidente do Crefito-2), ao Dr. Omar Luis Rocha da Silva, à Dra. Marisa Bacellar e a “todos os que ali estiveram”. Segundo relata, o evento já está sendo considerado como o primeiro de muitos, “para entrar para o calendário oficial de Niterói”.

Evento transformou a Cidade Sorriso em Cidade da Fisioterapia, no dia 19 de novembro. Câmara Municipal recebeu atividade pioneira, que reuniu fisioterapeutas e acadêmicos.

A

atividade, que foi realizada no dia 19 de novembro, tendo a organização do Núcleo de Representação Institucional em Niterói, marca mais um importante passo do projeto que busca descentralizar as ações e atividades promovidas pela Autarquia, levando aos profissionais e acadêmicos de todo o Estado do Rio de Janeiro a oportunidade de participarem de eventos de alto nível técnico e científico. A etapa destinada aos temas da Terapia Ocupacional já está em fase de produção e, em breve, o Crefito-2 a anunciará como parte da programação de eventos do ciclo de trabalho 2017. Mesa de abertura.

Em Niterói, a etapa Fisioterapia teve início com uma mesa solene, que contou com as seguintes presenças: Dr. Omar Luis Rocha da Silva (vice-presidente do Crefito-2); Paulo Eduardo Gomes (vereador do município de Niterói); Dra. Marisa Bacellar (conselheira do Crefito-2; coordenadora geral dos Núcleos e Subsedes do órgão); Dr. Leandro Pascoutto Borges (coordenador do Núcleo do Crefito-2 – Niterói; membro da Câmara Técnica de Fisioterapia em Terapia Intensiva do Crefito-2; fisioterapeuta do IETAP e da Prefeitura Municipal de Macaé); Dr. Cláudio Alessandro Lacerda de Deus (coordenador de Fisioterapia da Fundação Municipal de Saúde de Niterói, representando também a Secretária Municipal de Saúde; Dra. Maria Célia Pucu); e Dr. Mauro Moreira dos Santos (presidente da Associação dos Fisioterapeutas do Estado do Rio de Janeiro – Aferj). Para o coordenador do Núcleo do Crefito-2 em Niterói, Dr. Leandro Pascoutto Borges, o evento pode ser resumido em uma expressão: “sucesso total”. Ele também escreveu, em uma rede social, que já está “com saudades”, e aproveitou para agradecer publicamente

Ao lado do coordenador do Núcleo, a Comissão Organizadora da I Jornada Científica do Crefito-2 em Niterói também contou com a participação imprescindível dos seguintes profissionais: Dr. Antônio Max Costa Alves e Dra. Flavia Pascoutto (integrantes do Núcleo de Niterói); e Dra. Danielle Florentino, coordenadora da Câmara Técnica de Fisioterapia em Oncologia do Crefito-2.  O evento encerrou O Clico de Jornadas Científicas do Crefito-2 neste ano. As bem-sucedidas iniciativas realizadas em Campos dos Goytacazes, no primeiro semestre, e este agora, na Cidade Sorriso, além do tradicional evento no Rio de Janeiro, em duas etapas, serão modelos para as novidades da programação em 2017. Conforme revela Dra. Marisa Bacellar, “já estão previstas quatro Jornadas Científicas, somente nos seis primeiros meses do ano”. “Nossos agradecimentos aos membros do Núcleo Niterói e organizadores pelo empenho na realização da jornada. Também agradecemos o apoio da Câmara Municipal e a participação de cada palestrante, que doou uma parte de seu tempo para elevar nossa programação e a qualidade do evento”, agradece a presidente do Crefito-2. 

revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016 

9


Capa: XVI Jornada

A XVI Jornada Científica do Crefito-2 Etapa Terapia Ocupacional ficará marcada na memória dos participantes e organizadores como um evento que se reinventou. Programação teve novidades que cativaram o público, como a exibição do filme "Nise - O Coração da Loucura" e transmissões ao vivo, pelo Facebook Live.

“Casa Comum, Nossa Responsabilidade: Lugar Onde Habitam os Inumeráveis Estados dos Seres”

As

comemorações pela passagem do Dia Nacional do Fisioterapeuta e do Terapeuta Ocupacional ganharam nova dinâmica em 2016. A data é celebrada anualmente pelo Crefito-2 com a realização da Jornada Científica de Fisioterapia e Terapia Ocupacional que, nesta edição, foi novamente desenvolvida em duas etapas. A primeira delas, dedicada à Terapia Ocupacional, foi nos dias 07 e 08/10, no Auditório Dr. José Luiz Silva Monteiro, localizado no Espaço Cultural Dr. Ruy Gallart de Menezes, do Crefito-2. Para reunir os profissionais e debater a prática terapêutica ocupacional, a Comissão Científica do evento elaborou um tema que ampliou discussões e debates ao longo de dois dias de muita interação, busca por respostas e elaboração de novas perguntas. “Casa Comum, Nossa Responsabilidade: Lugar Onde Habitam os Inumeráveis Estados dos Seres” une o tema

da Campanha da Fraternidade Ecumênica de 2016, que aborda questões relativas ao saneamento básico, desenvolvimento, saúde integral e qualidade de vida aos cidadãos, com uma citação bastante utilizada pela Dra. Nise da Silveira, cunhada a partir do pensamento de Antonin Artaud, trazendo, neste segundo eixo temático, uma discussão sobre o campo assistencial da saúde mental e reflexões sobre os fundamentos e o surgimento da Terapia Ocupacional no Brasil. No dia 07 de outubro, a primeira atividade da Jornada Científica foi a exibição do filme “Nise – O Coração da Loucura”, produção nacional lançada em 2016 e que retrata a vida da Dra. Nise da Silveira, psiquiatra que revolucionou a abordagem e tratamento no campo da saúde mental no Brasil. O vice-presidente do Crefito-2, Dr. Omar Luis Rocha da Silva, deu as boas-vindas aos presentes e agradeceu pela adesão de todos: “É muito bom olhar para este auditório cheio, às 8h30 da manhã de uma sexta-feira. Vamos ao filme e logo após daremos continuidade às nossas conversas”, disse.

Encontro após programação de abertura da XVI Jornada Científica do Crefito-2 - Etapa Terapia Ocupacional: conselheiros e diretores do Crefito-2 com as homenageadas e participantes da mesa-redonda sobre a Dra. Nise da Silveira.

10

 revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016

Na tela, a produção nacional emocionou o público presente. O filme retrata uma parte importantíssima da história da Terapia Ocupacional no Brasil, por meio da trajetória da Dra. Nise da Silveira. A exibição da sessão especial contou com apoio da TvZero, produtora do filme, e do diretor Roberto Berliner, que autorizaram a exibição e cederam cópia do material ao Crefito-2. 


Mesa solene e homenagens A solenidade de abertura teve início logo após a exibição do filme, sendo a mesa composta pelas seguintes autoridades: Dra. Regina Figueirôa (presidente do Crefito-2); Dra. Patrícia Luciane Santos de Lima (vice-presidente do Coffito); e Dr. Omar Luis Rocha da Silva (vice-presidente do Crefito-2). A presidente do Conselho Regional saudou a presença de todos e destacou que o evento celebra o Dia do Fisioterapeuta e do Terapeuta Ocupacional. Ela discorreu sobre o tema do evento, parabenizando os organizadores pela escolha e traçando um panorama sobre a importância dos debates que seriam promovidos a partir dos assuntos centrais. 

se discutem assuntos que provavelmente vão ser as próximas questões do Sistema (...). Estamos, realmente, sempre inovando, sempre de olho para o futuro, mas sem esquecer uma coisa que eu aprendi com a Dra. Regina [Figueirôa], que é a gente manter viva a memória dos acontecimentos em nossa trajetória enquanto profissão”. Ele também agradeceu o empenho de toda a equipe do Crefito-2 e dos acadêmicos de Terapia Ocupacional na realização da Jornada e apresentou detalhes da programação.

“Saudamos a todas e a todos os terapeutas ocupacionais comprometidos com uma boa assistência de saúde, com o acesso universal e igualitário a todos os cidadãos. Profissionais pautados por uma atuação ética e pelo respeito à vida e à dignidade das pessoas”, afirmou Dra. Regina Figueirôa. A presidente também falou sobre a Dra. Nise da Silveira e sua importância para o cenário da área da Saúde, especialmente para a Terapia Ocupacional. Esta abordagem, inclusive, foi bastante elogiada pelos profissionais convidados e palestrantes presentes. Em seguida, apresentou as profissionais que receberam homenagens no evento, com a entrega da Medalha de Honra ao Mérito Dr. Fernando Lemos – Dra. Luziana de Carvalho Albuquerque Maranhão e Dr. Marcia Cristina Garcia Rogério. A segunda a fazer uso da palavra foi a vice-presidente do Coffito, Dra. Patrícia Luciane Santos de Lima, representando o presidente do Conselho Federal, Dr. Roberto Mattar Cepeda. “Esse é um dos mais importantes eventos científicos do país. Dele saem muitos encaminhamentos, muitos assuntos pertinentes à Terapia Ocupacional (...). O Coffito não deixaria de estar presente, pois ele acredita que este é o espaço onde reunimos um grande número de profissionais, tanto fisioterapeutas quanto terapeutas ocupacionais, e que pensam as nossas profissões, que discutem e que filosofam sobre elas. E, em termos de filosofia, nós ficamos muito surpresos com o tema. É um tema bastante filosófico, que nos faz pensar em diversas possibilidades dos seres, é isso que a Terapia Ocupacional significa. A Terapia Ocupacional é diversa, múltipla, tem inúmeras facetas, então, esse é um tema muito rico, porque cada profissional pode falar um pouquinho da sua prática dentro dessa linha”, afirmou. O vice-presidente do Crefito-2 falou de sua emoção em realizar mais um evento. De acordo com o Dr. Omar Luis Rocha da Silva, “essa é uma das jornadas mais importantes, tanto da Fisioterapia quanto da Terapia Ocupacional. Aqui

As homenageadas Dra. Luziana de Carvalho Albuquerque Maranhão (à esq.) e Dra. Márcia Garcia Rogério (à dir.) com a presidente do Crefito-2, Dra. Regina Figueirôa, e o vice-presidente, Dr. Omar Luis Rocha da Silva.

Entrega da Medalha Dr. Fernando Lemos Duas terapeutas ocupacionais foram agraciadas com a Medalha de Honra ao Mérito Dr. Fernando Lemos, por suas importantes trajetórias profissionais, acadêmicas e políticas, que contribuíram para o desenvolvimento da profissão: Dra. Marcia Garcia Rogério e Dra. Luziana Carvalho de Albuquerque Maranhão foram as homenageadas. Conheça mais sobre as homenageadas nas entrevistas concedidas ao Crefito-2. Visite o site do Conselho: www.crefito2. gov.br. Veja seus depoimentos nas páginas 16 e 17.

Convidadas participam do debate “Nise da Silveira e a emoção de lidar” Para falar sobre o importante papel da Dra. Nise da Silveira e sobre a Terapia Ocupacional, a Jornada Científica recebeu importantes personalidades que atuaram ao lado da psiquiatra. A mesa foi mediada pela Dra. Lisete Ribeiro Vaz (terapeuta ocupacional e docente da UFRJ) e contou com participações especiais.

revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016 

11


Capa: XVI Jornada de Saúde). Em virtude do sucesso desta primeira transmissão, a mesa-redonda “Integração Sensorial: teoria, prática e pesquisa” também foi exibida pela internet. A coordenadora da mesa Dra. Fatima Beatriz Maia (terapeuta ocupacional; mestre em Ciências do Cuidado; e docente UFRJ) recebeu as seguintes terapeutas ocupacionais: Dra. Fernanda Carneiro (docente do IFRJ); Dra. Olivia Agostini (docente da UFRJ); e Dra. Aline Rodrigues.

Presidente e vice-presidente do Crefito-2 e as participantes do debate "Dra. Nise da Silveira e a Emoção de Lidar".

Martha Pires Ferreira, artista plástica que conviveu por mais de três décadas com a Dra. Nise, sendo citada em seus livros e retratada no filme apresentado na abertura do evento, foi um capítulo à parte. Ela falou sobre um período riquíssimo da vida e do trabalho da psiquiatra e como seu pensamento mudou a forma de cuidar no âmbito da saúde mental.

A reflexão continua Ao final da última apresentação do evento, Dr. Omar Luis Rocha da Silva agradeceu a todos pela participação, no auditório ou via internet, e lembrou que não foi programada uma atividade de encerramento exatamente por acreditar que o evento não terminaria naquele momento e as discussões deveriam continuar abertas e ativas.

O debate contou também com a Dra. Maria Cristina Amendoeira (médica, doutora em Psiquiatria, Psicanálise e Saúde Mental pela UFRJ e pesquisadora convidada do Museu de Imagens do Inconsciente); e com a Dra. Gladys Schincariol (psicóloga; coordenadora e supervisora do Museu de Imagens do Inconsciente, criado pela Dra. Nise da Silveira). Todas contribuíram de forma incontestável com a reflexão sobre a importância do trabalho da Dra. Nise. A mesa deixou os presentes instigados pelo que ainda estava por vir. A programação de alto nível prosseguiu na tarde do dia 07 e ao longo de todo o dia 08/10.

Novas linguagens e experiências A Jornada Científica foi palco de experiências com novas plataformas de compartilhamento do conteúdo. Foi a primeira vez que o Conselho realizou uma transmissão de atividade ao vivo, por meio da página da XVI Jornada Científica do Crefito-2 no Facebook. A estreia foi um sucesso. O tema escolhido pela organização do evento foi a conferência “Desempenho Ocupacional e Identidade da Terapia Ocupacional”, cuja mesa foi coordenada pela Dra. Lycia Christina Machado Feitosa (coordenadora da Câmara Técnica de Saúde Funcional da Terapia Ocupacional do Crefito-2), tendo como conferencista a Dra. Júnia Cordeiro (terapeuta ocupacional; docente; mestre em Ciências; e MBA em Gestão

12

 revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016

Atoerj promoveu o lançamento de obra da Dra. Renata Caruso Mecca.

A Jornada Científica abriu espaço para Associação dos Terapeutas Ocupacionais no Estado do Rio de Janeiro (Atoerj), que promoveu o lançamento do livro “Experiência Estética na Terapia Ocupacional em Saúde Mental: Gestos na Matéria Sensível e Alojamento no Mundo Humano”, de autoria da Dra. Renata Caruso Mecca, que também foi palestrante do evento e autografou a obra, interagindo com os colegas e acadêmicos. 

A perspectiva dos convidados Uma Jornada Científica que abraçou novas linguagens merece novidades também na forma de registrar suas atividades. Por isto, o Crefito-2 lançou um canal no Sound Cloud. A primeira coletânea publicada contém os depoimentos dos palestrantes e convidados do evento.

Visite: www.soundcloud.com/crefito2.


Etapa que encerrou a programação da XVI Jornada Científica do Crefito-2 promoveu reflexões a respeito da importância do fisioterapeuta investir continuamente no desenvolvimento de sua carreira por meio do conhecimento técnico e científico.

“Fisioterapia: Educação Continuada e Aprimoramento Profissional”

A

XVI Jornada Científica de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Crefito-2 chegou à sua etapa conclusiva nos dias 27 e 28 de outubro de 2016, no Teatro Odylo Costa, filho, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). O evento propiciou disseminação de conhecimento e destacou a importância da valorização da história da Fisioterapia e da Terapia Ocupacional – e de seus profissionais – encerrando com chave de ouro as comemorações pela passagem do Dia Nacional do Fisioterapeuta e do Terapeuta Ocupacional – 13 de outubro.

As falas de abertura da etapa Fisioterapia da XVI Jornada do Crefito-2 foram marcadas pelo agradecimento a todos que contribuíram para o desenvolvimento das profissões.

“A temática desta Jornada deve merecer a nossa atenção, já que as constantes mudanças, a complexidade da prestação de serviços de Saúde e a existência de um mercado cada vez mais competitivo têm mostrado a necessidade de profissionais cada vez mais capacitados e que respondam à demanda social, de forma a melhorar a oferta e a qualidade dos serviços prestados à população. A educação continuada é um dos pilares para a melhoria da qualidade do ensino, assim como é propulsora da pesquisa e da ciência na área da fisioterapia”, destacou a presidente do Crefito-2, Dra. Regina Figueirôa, em seu discurso de abertura. Ao seu lado, na mesa solene, estavam presentes: Dr. Omar Luis Rocha da Silva (vice-presidente do Crefito-2); Dr. Cassio Fernando Oliveira da Silva (diretor secretário do Coffito); Prof. Mário Sérgio Alves Carneiro (diretor do Centro Biomédico

da Uerj); e Dra. Juliana Veiga Cavalcanti (membro da Coordenação Nacional da Associação Brasileira de Ensino em Fisioterapia (Abenfisio). Dra. Regina Figueirôa prestou homenagens a todos os fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais pela passagem do dia 13 de outubro, data que marca o Dia Nacional do Fisioterapeuta e do Terapeuta Ocupacional. As profissões completaram, em 2016, 47 anos de regulamentação no Brasil, por meio do Decreto Lei nº 938, de 13 de outubro de 1969. A Jornada contou com a presença de representantes do Sistema Coffito/Crefitos e de diversas entidades e instituições da Fisioterapia, com representatividade nas esferas municipal, estadual e nacional. 

revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016 

13


Capa: XVI Jornada

Medalha de Honra ao Mérito Dr. Fernando Lemos A presidente do Crefito-2 apresentou os profissionais escolhidos pelo Colegiado do Conselho para serem homenageados com a Medalha de Honra ao Mérito Dr. Fernando Lemos neste ano, destacando a importância de cada um para a Fisioterapia e a Saúde. Pela primeira vez, a comenda foi concedida em uma homenagem póstuma. A personalidade agraciada foi o Dr. Carlos Alberto Caetano Azeredo, que faleceu, precocemente, em 2006. Conheça mais sobre o profissional na Série Memória, na página 18 desta revista. Mais quatro fisioterapeutas foram condecorados: Dra. Sandra Helena Mayworm; Dra. Wilma Costa Souza; Dra. Sheila Bastos Salgado; e Dr. Guilherme Tenius (Fiapo). Veja seus depoimentos nas páginas 16 e 17.

Homenagem póstuma ao Dr. Carlos Alberto Caetano Azeredo, representado por sua filha Karina Fonseca Azeredo Lamim Magalhães de Mattos, na entrega da Medalha de Honra ao Mérito Dr. Fernando Lemos.

Emoção, reconhecimento e saudade marcam homenagem a Carlinhos Durante a homenagem ao Dr. Carlos Alberto Caetano Azeredo, ou Carlinhos, como era conhecido pelos colegas, conforme lembrou Dra. Regina Figueirôa, foi apresentado um vídeo com o profissional, gravado no VII Simpósio Internacional de Fisioterapia Respiratória, em 1996. Na gravação, o fisioterapeuta fala do orgulho que sentia por seu diploma e demonstra todo seu amor pela profissão. Na plateia, colegas e contemporâneos de profissão e luta política se emocionaram bastante ao lembrar o grande ser humano e fisioterapeuta e dos tantos ensinamentos que ele deixou. A fala gravada em vídeo, há 20 anos, permanece extremamente atual.

14

 revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016

“Eu sempre disse a minha vida inteira, no meu dia a dia: a única coisa que eu tenho minha, e que ninguém me tira, é o meu diploma de fisioterapeuta. Isso somente eu posso tirar de mim. Então, a única segurança que eu tenho na minha vida é esse título. Esse título pode ser pequeno para uns; pode ser desconhecido para outros; enfim. Para mim, não é apenas um título. Para mim, é uma luta; para mim, uma sensação que eu tenho de que é possível nós sermos melhores do que somos, é possível nós sermos mais fortes do que somos, é possível nós acreditarmos muito mais na nossa atividade profissional do que nós acreditamos”. Dr. Carlos Alberto Caetano Azeredo.


A trupe nasceu da vontade de artistas que queriam expandir suas experiências com o circo, inspirados pela participação de alguns deles na bem-sucedida iniciativa do Circo Crescer e Viver e da People’s Palace Projects que, com o apoio do British Council, prepararam artistas brasileiros e britânicos com deficiência para lançar o espetáculo Belonging, apresentado em Londres, Rio de Janeiro e São Paulo, em 2014. O espetáculo tem direção geral de Vinicius Daumas e codireção de Zé Alex. Descerramento do quadro em homenagem ao Dr. Carlos Alberto Caetano Azeredo, que fará parte do memorial no Espaço Cultural do Crefito-2.

Em um momento de surpresa e emoção, a presidente do Crefito-2 descerrou um quadro em homenagem ao Dr. Carlos Alberto Caetano Azeredo. A fotografia fará parte da galeria histórica do Espaço Cultural Dr. Ruy Gallart de Menezes, na sede da Autarquia, no Rio de Janeiro. Para receber os agradecimentos do Crefito-2 e a homenagem, a filha do Dr. Carlos Alberto subiu ao palco. Karina Fonseca Azeredo Lamim Magalhães de Mattos estava acompanhada do marido, Dr. Frederico Lamim Magalhães de Mattos (fisioterapeuta e membro das Câmaras Técnicas de Fisioterapia em Gestão e Fisioterapia Respiratória do Crefito-2) e do filho do casal. O momento de homenagens prosseguiu com as entregas de medalhas aos demais fisioterapeutas. Eles fizeram uso da palavra e agradeceram pela escolha de seus nomes para receber a comenda do Crefito-2. Confira todos os depoimentos no canal de áudio da Jornada no Sound Cloud. Acesse: www.soundcloud.com/crefito2.

Atração cultural: trupe circense formada por artistas com e sem deficiência O encerramento da solenidade contou com o brilho e o talento da Cia iLTDA, primeira companhia circense do Brasil criada por pessoas com deficiência. O grupo emocionou e cativou a plateia com números cheios de dramaticidade, plasticidade e expressão artística, demonstrando que a arte não reconhece fronteiras e limites. Os artistas apresentaram um trecho do espetáculo “Parada Shakespeare”, cuja estreia nos palcos ocorreu em setembro de 2016, no Circo Crescer e Viver, no Centro do Rio de Janeiro. Em novembro, a Cia. iLTDA foi uma das atrações do Festival Internacional de Circo, realizado na capital fluminense. O grupo foi aplaudido de pé ao encerramento da apresentação, que ficará marcada como uma das mais impactantes e belas atrações culturais apresentadas nos eventos promovidos pelo Crefito-2.

Apresentação da Cia. iLTDA surpreendeu o público.

Apoio imprescindível Para realizar um evento de tamanha complexidade logística e operacional, o Crefito-2 contou com sua equipe de funcionários e assessores, e também recebeu o apoio dos membros de sua Comissão de Acadêmicos de Fisioterapia (CAF) e dos alunos do curso de Fisioterapia da Universidade Castelo Branco. Os integrantes da CAF subiram ao palco durante o intervalo entre palestras para convidar os demais estudantes presentes para conhecerem o trabalho do Crefito-2 e participarem da Comissão de Acadêmicos, onde podem aprender sobre a importância de assumir um papel proativo nas questões da profissão.

Parceria de sucesso Outro ponto alto da XVI Jornada Científica do Crefito-2, na Uerj, foi a participação de empresas parceiras na área dos expositores. O Conselho Regional agradece pela confiança e a parceria das seguintes marcas: HB Fisioterapia

Instituto São Paulo

Ipog

Ibrafisio

Philia Pilates

Critical Med

Quali Cursos

Profisio

Adinp

revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016 

15


Reconhecimento

Medalha de Honra ao Mérito

Dr. Fernando Lemos Em 2016, como vem realizando há cinco anos, o Crefito-2 entregou a Medalha de Honra ao Mérito Dr. Fernando Lemos na abertura de sua Jornada Científica – Etapas Fisioterapia e Terapia Ocupacional. Confira a seguir os depoimentos dos homenageados.

XVI Jornada Científica - Etapa Terapia Ocupacional Dra. Marcia Garcia Rogério “A notícia me causou, inicialmente, certa surpresa, mas também muita alegria, por ver que todo o esforço que venho fazendo desde o início da minha formação, em busca de um atendimento de qualidade para os pacientes/ usuários – com respeito e ética –, estava sendo reconhecido pelo nosso Conselho. É como se dessem um certificado de aprovação ao trabalho que venho desenvolvendo. Uma clínica com base científica, mas com muito afeto e responsabilidade pelas pessoas que nos chegam”. 

Dra. Luziana Maranhão “A notícia dessa homenagem me deixou muito honrada e feliz pelo reconhecimento e valorização do nosso trabalho e compromisso com a Terapia Ocupacional. Ninguém trabalha isolado. Sempre existe uma equipe ao nosso redor acreditando nas nossas propostas que geralmente são construídas de forma coletiva, confiando na nossa liderança e sonhando junto conosco. Portanto, compartilho essa homenagem com muitos colegas que estiveram ao meu lado nesse caminho. Mas, em todo o caminho nos deparamos com apoios, companheirismos, vitórias, mas também, não reconhecimento do nosso trabalho e não valorização da nossa liderança, e, também rejeição às nossas propostas de trabalho. Momentos como esses, nos fortalecem como terapeuta ocupacional e como liderança. Levam-nos a acreditar que estamos no caminho certo da luta pela nossa profissão e que temos que seguir adiante e nada nos fará desistir de buscar caminhos de dignidade e autonomia para a Terapia Ocupacional”. 

Acesse o site do Crefito-2 para ler na íntegra as entrevistas exclusivas com os homenageados. www.crefito2.gov.br/crefito-2/medalha-dr-fernando-lemos.html

16

 revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016


XVI Jornada Científica - Etapa Fisioterapia Carlos Alberto Caetano Azeredo – in memoriam “Queria agradecer ao Crefito-2 por essa homenagem para o meu pai. Dez anos acho que é muita coisa, dá saudade, mas que bom que ele deixou esse legado da Fisioterapia Respiratória. Dá uma saudade de tantos cursos, palestras, da forma que ele falava... Era isso que as pessoas gostavam dele. Agradeço demais ao Crefito-2. Muito obrigada”. – Karina Fonseca Azeredo Lamim Magalhães de Mattos, filha do fisioterapeuta homenageado, recebeu a homenagem póstuma ao Dr. Carlos Alberto Caetano Azeredo. 

Dra. Sandra Helena Mayworm “É sempre bom ser homenageada. Sempre atuei como fisioterapeuta e, como profissional, fiscalizei as atuações profissionais na região de Nova Friburgo e adjacências. Por brigar pela profissão, fico honrada nesse momento dessa lembrança. O maior desafio da Fisioterapia sempre foi o de se fazer reconhecida como profissão plena e atuante nos três níveis de complexidade de atenção à saúde, tanto pela sociedade, quanto pelos diversos profissionais da área. Acredito que a vida profissional de uma pessoa não tem somente um marco. Tive vários e todos com significância em minha vida. Nossos caminhos têm "marcos" e é isso que gera novos objetivos, com novos horizontes”. 

Dra. Wilma Costa Souza “Fiquei muito honrada pela homenagem. É com grande emoção que recebo essa medalha, pois se trata do reconhecimento por 41 anos de trabalho. A boa prática profissional tem garantido o reconhecimento social de nossa profissão. É preciso cada vez mais demonstrar como as técnicas de Fisioterapia são eficazes na recuperação das deficiências e da funcionalidade. Costumo dizer que, entre todas as minhas atividades, o trabalho que desenvolvo no Centro Municipal de Reabilitação do Engenho de Dentro e na Associação Parkinson Carioca é o que mais me contempla. Estou lá há muito tempo, com meus alunos, oferecendo Fisioterapia Neurofuncional de qualidade a pessoas carentes”. 

Dra. Sheila Bastos Salgado “Foi com muita honra que recebi este convite. Estava num momento mágico, no meio da Paralimpíada, pois nunca imaginei viver esta graça no meu país, na minha cidade.... Emocionada, assistindo a um jogo de Quad Rugby, recebo a ligação do Crefito-2. Fiquei confusa, emocionada e profundamente grata à vida maravilhosa que tive, o prazer de ser fisioterapeuta e aprender muito sobre resiliência, força, perseverança e a capacidade incrível do ser humano de se reinventar! A minha vida é uma aventura maravilhosa e boa parte dessas experiências eu devo a minha escolha profissional! Então quando soube da notícia da medalha “Fernando Lemos”, minha mente restaurou memórias maravilhosas vividas na minha escola, a Escola de Reabilitação do Rio de Janeiro (ERRJ), que funcionava na Associação Brasileira Beneficente de Reabilitação (ABBR). Lá vivi momentos que tatuaram minha alma. Inclusive o Dr. Fernando Lemos foi a pessoa que doou o terreno onde foi construída a ABBR, ele era uma pessoa muito simples que eu admirava muito.... Senti-me lisonjeada em ser reconhecida pelo Crefito-2”. 

Dr. Guilherme Tenius “Eu recebi a notícia no primeiro momento com surpresa, e depois fiquei muito feliz e honrado. Passou um filme na minha cabeça, de todos esses anos – são 21 anos de formado – e deu para ver que quando você recebe uma homenagem desse padrão, vê que conseguiu fazer alguma coisa pela profissão. Você cai na real, cai a ficha, e começa a ver que tem uma parcela de contribuição importante. É muito bacana a gente poder passar isso para as pessoas, passar nosso conhecimento, principalmente estimulando novos alunos e novos profissionais a seguirem na carreira. Passar a fazer parte de um seleto grupo de fisioterapeutas do esporte, como o meu amigo e contemporâneo Henrique Jatobá, Ana Paula Alves, Nilton Petroni, José Roberto Prado Jr., Claudionor Delgado, Odir de Souza, verdadeiros “monstros” da Fisioterapia, é motivo de muito orgulho. Então, eu fiquei muito honrado mesmo, de verdade. Não passava pela minha cabeça, fui pego de surpresa, mas, por outro lado, fiquei muito feliz”.  revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016 

17


Série

A Série Memória, em sua 9ª edição, relembra um pouco da história de um dos pioneiros da Fisioterapia Respiratória no Brasil e agente de grandes transformações e conquistas para a profissão, sem falar do grande ser humano que foi o Dr. Carlos Alberto Caetano Azeredo, o eterno Carlinhos.

Em

2016, Dr. Carlos Alberto Caetano Azeredo completou uma década de saudades deixada entre amigos e colegas de profissão, passagem lembrada durante a homenagem prestada pelo Crefito-2 a esse grande fisioterapeuta durante a XVI Jornada Científica Etapa Fisioterapia, que aconteceu em outubro, no Rio de Janeiro. Karina Fonseca Azeredo Lamim Magalhães de Mattos recebeu, em nome de seu pai, a Medalha de Honra ao Mérito Dr. Fernando Lemos, criada pelo Crefito-2.

No início dos anos 1980, o Dr. Carlos Alberto Caetano Azeredo liderou a criação do Núcleo de Estudos em Fisioterapia Respiratória, voltado para discussão e aprofundamento do conhecimento técnico-científico, que congregava fisioterapeutas de diversos Estados do Brasil. Com muita determinação e empreendedorismo, organizou o primeiro Simpósio Internacional em Fisioterapia Respiratória (SIFR), em 1983, na cidade do Rio de Janeiro, que contou com a presença de mais de 2 mil participantes.

A história da Fisioterapia Respiratória se confunde com a trajetória do Dr. Carlos Alberto Caetano Azeredo, pioneiro e principal difusor da Fisioterapia Respiratória no Brasil. Com um currículo profissional exemplar, Carlinhos – como gostava de ser chamado pelos amigos – foi de suma importância para a Fisioterapia, sendo ainda hoje uma das referências na área.

Em entrevista à Revista FisioBrasil, o próprio Dr. Carlos Alberto destacou sobre o I SIFR: “Ficou claro o seguinte: a semente foi plantada ali. (...) Vieram pessoas do Chile, Paraguai, Uruguai, Argentina, Holanda, Finlândia, Alemanha, Estados Unidos. Foi uma loucura. Sem apoio da sociedade, sem nada”.

Sua história de amor pela Fisioterapia começou por acaso. Engenheiro, sem nunca ter exercido a profissão, e vizinho da Associação Brasileira Beneficente de Reabilitação (ABBR), ingressou na Escola de Reabilitação do Rio de Janeiro, que funcionava na ABBR, graduando-se no início dos anos 1970. Ainda estudante, sempre teve atuação destacada, sendo eleito presidente do Diretório Acadêmico e participando da fundação da Executiva Nacional dos Estudantes de Reabilitação, no Rio de Janeiro. 18

No ano seguinte, durante o II Simpósio, foi definido que o evento seria itinerante pelo Brasil. Em 1985, durante o III SIFR, realizado em Pernambuco, foi criada a Sociedade Brasileira de Fisioterapia Respiratória, Sobrafir (atual Assobrafir), uma organização voltada ao estudo e aperfeiçoamento da especialidade, com importante atuação política. Graças ao pioneirismo do Dr. Carlos Azeredo, o SIFR é, hoje, o maior evento dentro da Fisioterapia Respiratória e teve início a primeira organização da categoria nessa modalidade do campo assistencial da Fisioterapia no Brasil.

 revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016

Dr. Carlos Azeredo era incansável, sendo figura de destaque também na Sociedade de Terapia Intensiva do Estado do Rio de Janeiro, como membro efetivo e atuante. Sua carreira acadêmica também merece ser ressaltada, tendo contribuído para a formação de inúmeros fisioterapeutas e especialistas em fisioterapia respiratória, como docente e como idealizador do Centro de Estudos Universitários Carlos Azeredo. Além disso, escreveu diversos livros na área, como Fisioterapia Respiratória Moderna e Técnicas para o Desmame no Ventilador Mecânico, entre outros. Falecido em maio de 2006, lutou contra um câncer de pulmão, mas sem nunca perder o bom humor. Mesmo doente, continuava trabalhando. Sua memória deve estar sempre presente como exemplo de vida e profissionalismo a todos os fisioterapeutas e futuros profissionais. Além da homenagem prestada pelo Crefito-2, com a Medalha Dr. Fernando Lemos, a gratidão ao Dr. Carlos Azeredo foi eternizada com colocação de um quadro com sua foto no Espaço Cultural Dr. Ruy Gallart de Menezes, na sede do Crefito-2.  


Reflexão Técnica e Científica

Conheça mais duas Câmaras Técnicas do Crefito-2 por meio dos depoimentos de seus coordenadores. Os temas em evidência são: Saúde Mental da Terapia Ocupacional Coordenadora: Dra. Paula Maria Passos dos Santos Terapeuta ocupacional; cursou especialização em Promoção da Saúde e Desenvolvimento Social (Ensp/Fiocruz). Atuou como terapeuta ocupacional na Secretaria Municipal de Saúde de Petrópolis e no Centro de Atenção Psicossocial para Infância e Adolescência – CAPSi Sylvia Orthof, na mesma cidade. Atualmente é terapeuta ocupacional da SMS de Itaguaí, lotada no Centro Especializado de Fisioterapia e Fonoaudiologia (Ceff), e da SMS de Queimados, lotada no CAPSi Queimados. “Como conselheira do Crefito-2, posso afirmar que o órgão teve especial interesse com a reativação da Câmara Técnica de Saúde Mental, visto que se trata de uma especialidade da Terapia Ocupacional, reconhecida pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional por meio da Resolução nº 408, de 18 de agosto de 2011. Estamos vivendo, neste ano de 2016, um marco nas questões políticas de nosso país, que interferem na Saúde no âmbito geral, incluindo, também, a área de Saúde Mental. Tais questões afetam diretamente os profissionais, os usuários e seus familiares. O Crefito-2 tem como objetivo, com a criação de Câmaras Técnicas, que grupos de estudos formados por profis­sionais promovam o debate sobre a atuação e o universo do terapeuta ocupacional, para prestar assessoria à Presidência, à Diretoria e ao Plenário da Autarquia, a fim de fortalecer a profissão de terapeuta ocupacional, garantindo, dessa maneira, a prestação de serviços com qualidade aos usuários perante as políticas públicas de Saúde. A Saúde Mental está presente na essência e no fundamento da nossa profissão. Logo, a Terapia Ocupacional faz parte de momentos históricos da Saúde Mental, como a reforma psiquiátrica e a mudança no paradigma do modelo de assistência. Tratamos desta questão durante nossa XVI Jornada Científica, que abordou a Saúde Mental em parte de sua temática central. Como terapeuta ocupacional, atuante no campo assistencial da Saúde Mental e no papel de coordenadora da Câmara Técnica, junto com os demais membros e por meio do nosso grupo de trabalho, busco a garantia da assistência à população e que todos tenham acesso à Saúde, tendo seus direitos preservados. Sendo o Crefito-2 um órgão fiscalizador e um tribunal de ética profissional, este apoio e parceria só fortalecem a nossa proposta enquanto profissionais da Saúde”.

Fisioterapia em Emergências Coordenador: Dr. Mariel Patricio de Oliveira Fisioterapeuta do Hospital Estadual Getúlio Vargas e da Clínica Escola Fisioiguaçu Leader; Especialização em Reabilitação Pulmonar e UTI; Docente Auxiliar da Universidade Estácio de Sá. “Como coordenador da Câmara Técnica Fisioterapia em Emergências do Crefito-2, tracei, com o apoio dos membros do grupo, alguns objetivos centrais em nosso plano de trabalho. São eles: a implementação da educação permanente para o fisioterapeuta em Emergências, Urgências e Suporte Básico de Vida; estabelecer, por meio de demandas associativas e legislativas o crescimento profissional da categoria; aproximar o Conselho Regional, por meio da atuação da CT, dos grandes serviços hospitalares nos âmbitos municipal, estadual, federal e privado, com o objetivo de amparar as suas necessidades e demandas, estabelecendo encontros científicos e de gestão. No âmbito da Câmara Técnica, demos um importante passo, no dia 25 de novembro de 2016, com a realização do nosso primeiro fórum, com expressiva participação de profissionais, o que nos trouxe grande satisfação. Outro fator importante é a disseminação do conhecimento legal acerca de aplicabilidade. Na Câmara Técnica debatemos a atuação do fisioterapeuta sendo respaldada pela legislação. Posso citar a Portaria [do Ministério da Saúde] nº 2.048, de 05 de novembro de 2002, que aprova o Regulamento Técnico dos Sistemas Estaduais de Urgência e Emergência, dispondo sobre o atendimento hospitalar com serviço e suporte de reabilitação e Fisioterapia, onde a presença do fisioterapeuta dependerá do volume e demanda apresentada, podendo este não ser exclusivo dos setores de emergência e urgência.Outra Portaria [do MS] é a de nº 1.401, de 07 de julho de 2011, que dispõe sobre a implementação das equipes multidisciplinares nas Unidades de Pronto Atendimento (Upas). Talvez o maior desafio seja a capacitação dentro da área, uma vez que os profissionais são em sua grande maioria especialistas nas áreas de Terapia Intensiva e Respiratória. Logo, temos que identificar e capacitar, tornando o fisioterapeuta atuante não apenas na área Cardiorrespiratória, mas também na Traumato Ortopedia e Neurofuncional. E esta necessidade envolve a formação inicial no âmbito acadêmico e continuação, por meio da possível criação de uma especialidade".

revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016 

19


Eventos do Crefito-2

Crefito-2 promove capacitação para Conselheiros de Saúde

A agenda do Crefito-2 foi intensa no segundo semestre de 2016. Confira a cobertura completa dos eventos no site do Conselho.

O Crefito-2 abriu suas portas aos Conselhos Estadual e Municipais de Saúde para a realização do curso de capacitação voltado à gestão do SUS. O evento, realizado no dia 22 de julho, recebeu, ao todo, 60 participantes. A temática central foi sobre “Planejamento, Orçamento e Análise do Relatório de Gestão”. A organização e a coordenação da atividade foram realizadas pelo Dr. Omar Luis Rocha da Silva, vice-presidente do Crefito-2 e chefe do Departamento de Controle, Avaliação e Auditoria da Fundação Municipal de Saúde de Niterói (FMS), que também foi um dos palestrantes. As conselheiras e representantes do Crefito-2 no Conselho Estadual de Saúde, Dra. Renata Campos Velasque e Dra. Luciene Abreu Santos, foram dinamizadoras e apoiadoras da ação. Também prestigiaram a capacitação os conselheiros: Dra. Valéria Quintão e Dr. José Antunes da Fonseca Filho, representantes do Crefito-2 no Conselho Municipal de Saúde de Niterói, e o coordenador do Núcleo de Representação Institucional do Crefito-2 em Rio das Ostras, Dr. Fernando Dias dos Santos.

jul.

Câmara Técnica realiza I Fórum sobre Fisioterapia em Perícia Com o objetivo de discutir e mostrar resultados da atuação do fisioterapeuta nas diversas áreas da Perícia Judicial e Extrajudicial e na elaboração de pareceres para uso em ações judiciais nos diversos órgãos da Justiça Estadual e Federal no Estado do Rio de Janeiro, foi realizado o I Fórum da Câmara Técnica de Fisioterapia em Perícia do Crefito-2, no dia 17 de setembro. A mesa de abertura foi composta pela coordenadora geral das Câmaras Técnicas e conselheira do Crefito-2, Dra. Renata Campos Velasque, e pelo coordenador da Câmara Técnica de Fisioterapia em Perícia, Dr. Marco Antônio de Souza Gama. Os temas de maior interesse na área foram abordados nas oito palestras e na mesa de debates de encerramento do evento. A CT responsável pelo evento conta com os seguintes integrantes: Dra. Claudia Regina Medeiros Fraguito Costa; Dra. Geisa Nunes Santos do F. Patrocínio; Dra. Hélia Ribeiro Anniboleti; e Dr. José Antunes da Fonseca Filho.

20

 revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016

set.

Estágio é tema de seminário A Comissão de Educação em Terapia Ocupacional do Crefito-2 realizou o Seminário “Práticas em Terapia Ocupacional - Registros em Prontuário e Estágios: da Educação à Fiscalização”, no dia 23 de setembro. Na mesa de abertura, o vice-presidente do Crefito-2, Dr. Omar Luis Rocha da Silva, recebeu a vice-presidente do Coffito, Dra. Patrícia Luciane Santos de Lima, e a presidente da Comissão de Educação em Terapia Ocupacional do Crefito-2 e docente da UFRJ, Dra. Fátima Maia. A programação do seminário contou com a participação das docentes: Dra. Ana Rita Costa de Souza Lobo (UnB) e Dra. Ana Paula Cazeiro (UFRJ); e das demais integrantes da Comissão – Dra. Fernanda de Sousa Marinho (UFRJ), Dra. Renata Faria (UFRJ) e Dra. Simone Maria Puresa Fonseca Lima (IFRJ). As informações oriundas dos GTs realizados durante o Seminário subsidiarão o planejamento de ações fiscalizatórias pelo Crefito-2, que tem adotado um caráter educativo.


Crefito-2 em Ação em Barra do Piraí No dia 5 de novembro de 2016, a tenda do Crefito-2 foi montada na Praça Dr. Nilo Peçanha, no centro de Barra do Piraí. A iniciativa integra o projeto de interiorização e, durante toda a manhã, profissionais divulgaram as profissões de fisioterapeuta e terapeuta ocupacional e realizaram uma pesquisa com a população local sobre o atendimento dos serviços de Fisioterapia e Terapia Ocupacional na região. De acordo com a coordenadora geral de Núcleos, Dra. Marisa Bacellar, foram quase 200 questionários aplicados. O evento foi organizado pelos Núcleos de Representação Institucional do Crefito-2 de Barra do Piraí e de Valença, coordenados pelas Dras. Rosane da Silva Alves Cunha e Mônica Macedo, respectivamente.

nov.

Saúde do Idoso é tema de mais um ciclo de palestras No dia 19 de novembro, a Câmara Técnica de Fisioterapia em Saúde do Idoso do Crefito-2 apresentou seu VII Ciclo de Palestras. O evento, que vem sendo realizado desde 2013, recebeu só nesta última edição, um público de 150 fisioterapeutas e acadêmicos de Fisioterapia, que acompanharam quatro palestras apresentadas pelos profissionais convidados. Estima-se que, ao todo, 1.000 espectadores tenham participado das sete edições do evento. A programação contou com os seguintes palestrantes convidados: o enfermeiro e especialista em Geriatria e Gerontologia, Romulo Delvalle (UnATI/Uerj); e os fisioterapeutas - Dra. Mariana Alonso Monteiro Bezerra (Uerj), Dra. Erika Kirsthine Valentin (Uerj) e o Dr. João Carlos Moreno de Azevedo (UVA), coordenador da Câmara Técnica de Fisioterapia Cardiovascular do Crefito-2. O evento foi acompanhado de perto por integrantes da Câmara Técnica Fisioterapia em Saúde do Idoso: Dra. Marli Irene Griebler (coordenadora), Dra. Aline Afonso Santos, Dra. Ana Letícia Carlucio Doneda, Dra. Flávia Moura Malini, Dra. Isis Simões Menezes, Dr. Silvio Speranza Vilar Guedes e Dra. Simone da Costa Mazzei.

revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016 

21


Eventos do Crefito-2

Câmara Técnica de Fisioterapia em Oncologia promove II Fórum sobre o tema Foi realizado, no dia 11 de novembro, o II Fórum da Câmara Técnica de Fisioterapia em Oncologia do Crefito-2. O evento reuniu um time de profissionais com larga experiência no tema e atraiu um expressivo público ao Auditório Dr. José Luiz Silva Monteiro, no Espaço Cultural Dr. Ruy Gallart de Menezes. A programação reuniu os seguintes palestrantes: Dra. Kelly Inocêncio (CMRRJ e integrante da CT), Dra. Mariana Lou (INCA), Dra. Maria Luiza Teixeira (UFRJ), Dra. Daniele Bittencourt (Unisuam), Dra. Beatriz Helena de Souza Brandão (INCA e coordenadora da CT de Fisioterapia Respiratória do Crefito-2), Dra. Kenia Maynard (Uerj), Dra. Rachel Cunha (INCA e membro da CT de Fisioterapia em Oncologia do Crefito-2), Dra. Eliane Oliveira (INCA) e Dra. Josiane Arantes (INTO). A CT de Fisioterapia em Oncologia do Crefito-2 é coordenada pela Dra. Danielle de Mello Florentino e conta ainda com a atuação das integrantes: Dra. Daniele Bittencourt Ferreira; Dra. Kelly Rosane Inocêncio e Dra. Rachel Silva Menezes da Cunha.

nov.

dez.

Câmara Técnica de Fisioterapia Aquática realizada atividade pioneira de capacitação

Capacitação sobre Fisioterapia em Emergências é tema de encontro Realizado no dia 25 de novembro, o I Fórum da Câmara Técnica de Fisioterapia em Emergências do Crefito-2 encerrou a programação de eventos das CTs no Espaço Cultural do Crefito-2. A mesa de abertura contou com a presença da Dra. Renata Velasque, coordenadora Geral das Câmaras Técnicas; do Dr. Mariel Patricio de Oliveira, coordenador da Câmara Técnica de Fisioterapia em Emergências; e do Dr. Gabriel Gomes Maia, membro da CT organizadora. O fórum foi estruturado em três eixos temáticos: I - “Em situações especiais, como o fisioterapeuta irá atuar?” (palestrantes: Dr. André Luiz Santos e Dra. Beatriz Fagundes); II - “Novas perspectivas de gestão da equipe de Fisioterapia na sala de emergência” (palestrantes: Dra. Josy Silva e Dr. Rogério Tavares); e III - “Vamos ventilar o paciente na Sala de Emergência de forma antecipada” (palestrantes: Dr. Frederico Lamim Magalhães de Mattos; Dra. Simone Abrantes; e Dr. Alexandre Meirelles, membro da Câmara Técnica). Completam a composição da CT, além dos nomes já citados, os seguintes profissionais: Dr. Gabriel Dias de Araújo Pinheiro; Dr. Rogério Tavares dos Santos; e Dra. Simone Abrantes Saraiva. Entre os espectadores estava um grupo de fisioterapeutas do Exército, liderado pela Dra. Sílvia Nobre, fisioterapeuta, 1º Tenente e chefe do Serviço de Medicina Física e Reabilitação e do Hospital Central do Exército. 22

 revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016

A Câmara Técnica de Fisioterapia Aquática do Crefito-2 promoveu seu primeiro curso prático, no dia 3 de dezembro. Os fisioterapeutas caíram na piscina do Centro Integrado de Reabilitação e Terapia Aquática (CIRTA), na Barra da Tijuca, que apoiou a atividade, para um dia de muito aprendizado e troca de experiência sobre esta que é uma especialidade da Fisioterapia, reconhecida pelo Coffito por meio da Resolução nº 443/2014. A I Vivência Aquática foi ministrada pelos membros da Câmara Técnica: Dra. Laisa Liane Paineiras Domingos, Dr. Jorge Moura e Dr. José Eduardo Gonçalves. Além deles, integram a CT: Dra. Sandra Garios Jabur Wegner e Dr. Leonardo de Abreu Alonso. Dr. Odir de Souza Carmo, conselheiro do Crefito-2, presidente da Comissão de Educação e da Câmara Técnica de Fisioterapia Desportiva, marcou presença durante a abertura e falou aos profissionais presentes sobre a importância da capacitação e da educação continuada. Ele parabenizou a equipe pela organização do curso e pela iniciativa pioneira. Vale lembrar que a I Vivência Aquática, assim como todas as atividades promovidas pelo Crefito-2, foi totalmente gratuita. As vagas foram sorteadas durante o encerramento da XVI Jornada Científica do Crefito-2 - Etapa Fisioterapia.


Acontecimentos

Ações e representações No segundo semestre de 2016, o Crefito-2 teve participação ativa nos principais fóruns de debate sobre temas relevantes para fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e os direitos dos cidadãos.

Presidente do Crefito-2 recebe homenagem no XXI Congresso Brasileiro de Fisioterapia

Em defesa do SUS e da Saúde da população brasileira Nos dias 24 e 25 de agosto, o Crefito-2 participou, em Brasília, da 20ª Plenária Nacional de Conselhos de Saúde, Entidades, Movimentos Sociais e Populares, organizada pelo Conselho Nacional de Saúde. O evento discutiu o tema “O SUS do Tamanho da Necessidade do Povo Brasileiro”.

Com o tema “Ética, Evidências e Funcionalidade” foi realizado o XXI Congresso Brasileiro de Fisioterapia, de 31 de agosto a 03 de setembro, pela Associação de Fisioterapeutas do Brasil (AFB), com o apoio institucional do Cefito-2. Dra. Regina Figueirôa, presidente do Conselho, foi uma das homenageadas no evento, “pela atuação em defesa dos direitos e conquistas da Fisioterapia”. A placa foi entregue pela presidente da AFB, Dra. Denise Flávio de Carvalho Botelho Lima. Além da Dra. Regina, participaram do encontro os seguintes representantes do Crefito-2: Dra. Adalgisa Maiworm (conselheira); e Dr. Robson de Jesus Pavão (diretor tesoureiro). O presidente do Coffito, Dr. Roberto Mattar Cepeda, participou da mesa solene de abertura, no dia 1º/09. O evento contou também com a presença de representantes de vários integrantes do Sistema Coffito-Crefitos. Dra. Regina Figueirôa lembrou que “Crefito-2 sempre busca parcerias e apoia iniciativas que promovam a Fisioterapia por meio da disseminação de conhecimento, da inovação e da reflexão sobre a atuação do fisioterapeuta e sua participação imprescindível no atendimento de qualidade à saúde da população”.

O Crefito-2, que possui cadeiras em diversos Conselhos Municipais e no Conselho Estadual de Saúde do Rio de Janeiro, reforçou sua participação estratégica nos debates sobre políticas públicas de Saúde. O órgão foi representado pela conselheira Dra. Valéria Quintão.

revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016 

23


Acontecimentos

Câmara Técnica representa o Crefito-2 no Congresso Brasileiro de Fisioterapia Neurofuncional Um dos maiores eventos de especialidade no país, o 4º Congresso Brasileiro de Fisioterapia Neurofuncional (Cobrafin), realizado de 7 a 9 de setembro, buscou respostas para “Como integrar a evidência à prática clínica”. Além de contribuir na divulgação do congresso, o Crefito-2 montou um estande para divulgar seu trabalho e materiais sobre a especialidade, como o folder “O que é Fisioterapia Neurofuncional”, que faz parte da série “Crefito-2 Explica”. No estande, os integrantes da Câmara Técnica de Fisioterapia Neurofuncional do Crefito-2 apresentaram a especialidade e esclareceram dúvidas de alunos e profissionais recém-formados quanto à atuação das CTs. Foram eles: Dra. Maria da Conceição Moraes Rangel, Dra. Adriana Fátima Valente de Abreu e Dr. Mauro César Santos Malta.

Brasília recebe XXVI Fórum Nacional de Ensino em Fisioterapia O XXVI Fórum Nacional de Ensino em Fisioterapia, V Congresso Nacional da Fisioterapia na Saúde Coletiva - CONAFISC e III Congresso Brasileiro de Educação em Fisioterapia, realizados de 14 a 16 de setembro, contaram com o apoio do Crefito-2. Os eventos foram realizados pela Associação Brasileira de Ensino em Fisioterapia (Abenfisio), que adotou como tema “Atenção Integral à Saúde e a formação do Fisioterapeuta: Reformulação das Diretrizes Curriculares Nacionais como estratégia para a (re) qualificação dos processos em saúde”. O Crefito-2 foi representado pelo conselheiro e membro da Comissão de Educação em Fisioterapia, Dr. Jorge Luis da Silva Nascimento.

Saúde do trabalhador na esfera pública é pauta de discussão com participação do Crefito-2 A equipe do Crefito-2, composta pelos conselheiros Dra. Adalgisa Maiworm e Dr. José Antunes da Fonseca Filho, e pelo coordenador da Câmara Técnica de Fisioterapia em Perícia, Dr. Marco Antônio de Souza Gama, representaram o Conselho no encontro realizado pela Coordenação de Políticas de Saúde do Trabalhador – CPST, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), no dia 4 de outubro. Na ocasião, Dr. Marco Gama proferiu a palestra “Fisioterapia em Perícia” e, em seguida, foi realizada uma roda de discussão, com presença dos conselheiros do Crefito-2.

24

 revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016


Conselho participa de encontro sobre Saúde Mental Foi realizado no dia 4 de novembro, no Salão Azul da Biologia, no Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o 1º Encontro Interinstitucional de Saúde Mental. O evento foi promovido pelos Departamentos de Terapia Ocupacional da UFRJ e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ), e contou com o apoio do Crefito-2. O Conselho Regional foi representado pela Coordenadora de sua Câmara Técnica de Saúde Mental da Terapia Ocupacional, Dra. Paula Maria Passos dos Santos.

Hospital Casa de Portugal comemora Dia do Fisioterapeuta e do Terapeuta Ocupacional

Crefito-2 presente no XI Congresso Norte e Nordeste de Terapia Ocupacional As conselheiras Dra. Valéria Quintão e Dra. Paula Maria Passos dos Santos representaram o Crefito-2 no XI CONNTO, que, neste ano, abordou o tema “Perspectivas Contemporâneas”. O evento foi organizado pela Associação Cearense dos Terapeutas Ocupacionais, de 24 e 27 de outubro, em Fortaleza, no Ceará.

No dia 13 de outubro, o Crefito-2 participou do evento comemorativo realizado pelo Hospital Casa de Portugal, na zona Norte da capital fluminense. O Conselho Regional foi representado pela Dra. Adalgisa Maiworm, que deixou como mensagem central a importância do diálogo entre o Conselho e os profissionais. Ela acentuou aos participantes do evento que a Autarquia está sempre de portas abertas aos fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, acadêmicos e a toda a população.

Desempenho ocupacional em debate na III Jornada de Terapia Ocupacional do INTO O Crefito-2 foi representado pela conselheira Dra. Paula Maria Passos dos Santos na mesa de abertura da III Jornada de Terapia Ocupacional do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), no dia 8 de novembro. O evento teve como eixo temático “Desempenho Ocupacional e Qualidade de Vida: Desafios da Terapia Ocupacional no Contexto Traumato Ortopédico”, que abrangeu palestras sobre órteses e adaptações na reabilitação traumato ortopédica e Terapia Ocupacional nas disfunções ocupacionais.

revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016 

25


Acontecimentos

Crefito-2 dialoga com profissionais e entidades durante o Fisio Connect O Fisio Connect, realizado de 10 a 12 de novembro de 2016, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), abordou como tema central “Fisioterapia: Ciência, Tecnologia e Promoção da Saúde”. O evento magno da Associação dos Fisioterapeutas do Estado do Rio de Janeiro (Aferj) contou com o apoio e participação do Crefito-2. A conselheira Dra. Adalgisa Maiworm participou da mesa de abertura, no dia 11 de novembro, representando a presidente do Conselho. Um dos pontos altos da programação foi a realização de um encontro interinstitucional, que reuniu entidades de classe, associações, Conselho e Sindicato para discussões e estreitamento de relações.

Terapia Ocupacional na Assistência Cardiovascular foi eixo temático de evento do INC

Gestão em perspectiva durante evento apoiado pelo Crefito-2

A III Jornada de Terapia Ocupacional do Instituto Nacional de Cardiologia, realizada no dia 25 de novembro, abordou como tema central a “Visibilidade e Expansão da Terapia Ocupacional em Atenção Hospitalar em Cardiologia”. O evento contou com o apoio e a participação do Crefito-2, representado pelo vice-presidente, Dr. Omar Luis Rocha da Silva.

O Conselho Regional, em mais uma ação de parceria, apoiou a realização do I Fórum de Gestão da Associação das Empresas Prestadoras de Serviços de Fisioterapia do Estado do Rio de Janeiro (Aeferj). O evento foi realizado no dia 26 de novembro, no Auditório Dr. José Luiz Silva Monteiro, que fica no Espaço Cultural do Crefito-2. O conselheiro Dr. Jorge Luis da Silva Nascimento, membro da Comissão do Referencial Nacional de Procedimentos Fisioterapêuticos do Crefito-2, acompanhou toda a programação e representou a presidente da Autarquia, Dra. Regina Figueirôa.

O evento teve o objetivo de expandir conhecimentos técnico-científicos da Terapia Ocupacional na assistência cardiovascular de alta complexidade de pessoas de faixas etárias variadas (infanto-juvenil, adulto e terceira idade) e em diversas modalidades de atendimento.

Crefito-2 volta a se reunir com Conselhos profissionais No dia 29 de setembro, representado pela conselheira e presidente da Comissão de Fiscalização, Dra. Valéria Quintão, o Crefito-2 participou da reunião que marcou a retomada das atividades da Câmara Técnica do Colegiado dos Conselhos de Fiscalização Profissional do Estado do Rio de Janeiro. “Trata-se de um fórum de integração entre as entidades de diversas categorias profissionais, cujo objetivo é desenvolver uma política interinstitucional de fiscalização alinhada, unificada e cooperativa”, explica a representante do Crefito-2. A primeira reunião foi na sede do Conselho Regional de Odontologia (CRO-RJ) e, como as pautas em comum são muitas e há bastante trabalho a realizar, foram promovidos mais dois encontros, ainda em 2016: 31 de outubro, na sede do Conselho Regional de Fonoaudiologia (Crefono-1); e 12 de dezembro, nas dependências do Conselho Regional de Psicologia (CRP-RJ). Nesta nova fase, o grupo conhecido como “Conselhinho” já tem na conta a realização de uma importante visita conjunta de fiscalização ao Hospital Municipal de Angra dos Reis, no dia 29 de novembro. “Agradeço a todos, em nome do Conselho Municipal de Saúde de Angra dos Reis e em nome dos servidores municipais e sociedade, o empenho na visita conjunta e os procedimentos que serão pactuados para contribuir para a qualificação da assistência”, escreveu a Dra. Mara Christina Freire, nutricionista e conselheira municipal de Saúde. 26

 revista do CREFITO-2  Número 09  Dezembro de 2016


Estágio

Crachá obrigatório

A partir de 1º de março de 2017, todos os estagiários de Fisioterapia e Terapia Ocupacional no Estado do Rio de Janeiro devem portar os crachás de identificação durante a atividade, seja de estágio curricular (obrigatório) ou estágio extracurricular (não obrigatório). O uso do crachá é obrigatório e o estágio deve seguir regras específicas, conforme dispõem as Resoluções do Coffito números 431 e 432 (Fisioterapia) e 451 e 452 (Terapia Ocupacional) e a Resolução Crefito-2 50/2016. O controle do devido cumprimento das normas estabelecidas será realizado pelo Crefito-2 durante o ato fiscalizador, em todo o território fluminense. Com o uso do crachá, “fica claro para o paciente que quem está realizando o atendimento é um acadêmico, sob a supervisão de profissional habilitado, sem o que poderá caracterizar exercício ilegal da profissão”, conforme o disposto pela Resolução Crefito-2 50/2016. Acesse o site do Crefito-2 para conhecer todas as particularidades e responsabilidades em relação ao cadastro de serviços concedentes, instituições de ensino superior, estagiários e emissão de crachás.

www.crefito2.gov.br/servicos-online/estagios.html

Crefito-2 em defesa do Sistema Único de Saúde Acompanhe nossas ações no site: www.crefito2.gov.br

Dra. Isis Simões Menezes (Diretora Secretária

Dr. Omar Luis Rocha da Silva (Vice-Presidente)

Dra. Regina Figueirôa (Presidente)

Dr. Robson de Jesus Pavão (Diretor Tesoureiro).


Que em cada dia de 2017, e para sempre, tenhamos muitos motivos para declarar nosso orgulho de sermos

fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais

#orgulhodeserfisioterapeuta #orgulhodeserterapeutaocupacional

Revista do Crefito-2 - 9ª Edição  

Publicação oficial do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 2ª Região (Crefito-2), Autarquia Federal responsável pelo c...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you