Page 16

CONDOMÍNIO CONDOMÍNIO & & SOLUÇÕES SOLUÇÕES

A segurança coletiva em condomínios e adjacências Das atitudes individuais às parcerias com órgãos públicos

Por Marco Antonio dos Santos

O

Distrito Federal vive, presentemente, um boom do setor imobiliário. Sem dúvida isso é positivo em termos econômicos, mas implicará, em curto prazo, na concentração de maior número de pessoas e bens em espaços cada vez mais reduzidos. Uma concentração urbana sob vários aspectos indesejável e geradora de riscos maiores para pessoas, patrimônios e imagem de organizações. Não se pratica aqui e em outros centros a desconcentração urbana que humanize a convivência entre pessoas e entidades. Recentemente, em um dos espaços mais disputados de Brasília, no qual vários condomínios empresariais estão sendo erguidos, algumas atitudes chamaram minha atenção: os construtores ocupam as já reduzidas calçadas existentes; estacionam caminhões pesados na contramão mesmo nos horários de grande circulação; instalam equipamentos utilitários, como guindastes e betoneiras, obstruindo pistas de rolamento; estendem dutos para concreto e para cabos de energia impedindo passagens; abrem indiscriminadamente portões para entrada e saída de veículos de porte, sem a sinalização adequada e/ou orientadores de trânsito; liberam água barrenta pela via pública e por aí vai. Em certa oportunidade, assisti uma senhora, conduzindo uma criança pela mão, ao ter que usar a rua para contornar a obra com a calçada obstruída, escorregar e cair. Cheguei a tentar contatar o engenheiro responsável, mas não obtive êxito. Fiz contato com a Agefis, por meio do telefone disponibilizado e, para minha surpresa, apesar de cordial e educadamente atendido pelas operadoras também não logrei sucesso no registro de uma ocorrência relativa aos fatos. O sistema estava fora do ar, ou caía, ou qualquer outra coisa acontecia que impedia o registro, além da indefectível notificação de 16 16

que “a ligação está sendo gravada para sua segurança”, toda vez que chegava o momento em que o CEP do endereço era informado. Após a quarta tentativa desisti. Também fui informado que, por falta de pessoal, qualquer verificação da reclamação só poderia ser realizada em duas semanas. Curioso é que no dia seguinte, parte dos problemas que implicavam em riscos à segurança coletiva dos usuários dos arredores da obra começaram a ser sanados. Nenhuma conclusão apressada deve ser tirada, no entanto. Caros leitores. Várias lições podem ser tiradas desses eventos. A segurança deve ser pensada desde o planeja-mento de qualquer tipo de obra, empresarial ou residencial, em todas suas fases subsequentes, e não apenas sob os aspectos de preservação dos operários no que tange à legislação trabalhista e de preservação do patrimônio dos acionistas e futuros condôminos. Vizinhos, ou simples passantes, das imediações do empreendimento também devem ter seus direitos individuais e de cidadania garantidos, no quesito segurança, sob os seus vários vieses – ir e vir, usufruir dos espaços públicos, trabalhar, exercer a cidadania, etc - pelos empreendedores, construtores, proprietários e residentes, quando da conclusão dos trabalhos. Neste caso, as atitudes individuais dos responsáveis do segmento privado é mais importante que de seu congênere público. Foi fato notório o número de acidentes ocorridos com operários durante a reconstrução do estádio Mané Garrincha, no centro da capital federal, bem como foi observado, especialmente nos finais de turnos de trabalho, grupos fazendo uso de drogas, a ocorrência de roubos e furtos praticados contra pessoas e em veículos de usuários do conjunto aquático, impondo insegurança pública, nas imediações das obras.

Revista on-line : www.condominioesolucoes.com.br

Profile for Revista Condomínio & Soluções - Brasília-DF

REVISTA CONDOMÍNIO & SOLUÇÕES - EDIÇÃO IV  

Revista voltada para o mundo condominial, síndicos, prefeitos de quadras, administradores prediais no Distrito Federal e Entorno.

REVISTA CONDOMÍNIO & SOLUÇÕES - EDIÇÃO IV  

Revista voltada para o mundo condominial, síndicos, prefeitos de quadras, administradores prediais no Distrito Federal e Entorno.

Advertisement