Page 46

CONDOMÍNIO & SOLUÇÕES

Condomínio

Aeroporto Por Alexandre São José

N

esta edição a Condominio & Soluções publicou reportagem sobre o Aeroporto de Brasília. Acredito que alguns de nossos estimados leitores devem estar se perguntando o quê tem aeroporto a ver com condomínio? Pois bem, tentarei esclarecer, ou complicar o entendimento. Em aeroportos atuam várias empresas, instituições, órgãos governamentais, entre outros, cujo objetivo é bastante especifico e com propósito único de atender ao público-alvo que é o passageiro, portanto, tentem imaginar se cada um resolver atuar de forma a coordenar a administração geral do aeroporto? Como ficaria a gestão de recursos físicos e pessoas? Exemplificando: - Suponhamos que a Polícia Federal, por se tratar de polícia especializada, resolve administrar o aeroporto devido sua responsabilidade pela imigração e atividades policiais na área restrita. Assim, dará à Receita Federal o direito de administrar também, por se tratar de autoridade alfandegária, sendo assim, aparece a companhia aérea alegando que por ser a transportadora do passageiro é de importância vital para o funcionamento do aeroporto e a garantia de empregos de todos. Vai virar bagunça. Além disso, ainda tem de limpar o piso, prover o banheiro de material de limpeza e higiene entre outras atribuições. Sem duvidar da capacidade de todos sobre gestão é necessário ter um administrador que possa cuidar da infraestrutura, manutenção, segurança física, armazenagem de carga, operacionalidade de aeronaves em solo e da exploração comercial, este último para ajudar a pagar a conta das despesas geradas por esses segmentos. Então, o responsável pela administração aeroportuária, seja pública ou privada, é o síndico desse complexo condominio para que possa fornecer a todos 46

os condôminos, ou seja, órgãos, instituições, comércio, empresas entre outros, a condição necessária para suas respectivas atuações com reflexo direto no público usuário e passageiros. Comparando com um prédio residencial tentem imaginar o morador do apartamento 602 utilizando as escadas de emergência como sala de estar, ou o morador do apartamento 407 estacionando seu carro na porta do elevador social para facilitar o desembarque. Por que não? Ambos pagam condomínio em dia e compraram seus apartamentos a vista. Surgiu um vazamento de água no salão de festa. Faltou energia elétrica. O elevador quebrou! Quem vai resolver os problemas? Excetuando o exagero na colocação, cada um tem seu espaço respeitado, segurança, funcionalidade, privacidade, entre outras condições satisfatórias de moradia e utilização que são garantidas pela atuação do síndico do condomínio. Administração aeroportuária em termos de legislação e responsabilidade civil vai muito além do que foi aqui explanado de forma superficial, porém, suficiente para esclarecer o motivo do nosso querido editor ter escolhido o tema aeroporto para esta edição. Alexandre São José é arquiteto com formação aeroportuária e pós-graduação em sustentabilidade arquitetônica com foco na infraestrutura aeroportuária (UnB, 2008).

alexandresaojose@alcarprojetos.com.br (61) 8111-9394 Revista on-line : www.condominioesolucoes.com.br

Profile for Revista Condomínio & Soluções - Brasília-DF

REVISTA CONDOMÍNIO & SOLUÇÕES - EDIÇÃO VII  

Revista voltada para o mundo condominial, síndicos, prefeitos de quadras, administradores prediais no Distrito Federal e Entorno.

REVISTA CONDOMÍNIO & SOLUÇÕES - EDIÇÃO VII  

Revista voltada para o mundo condominial, síndicos, prefeitos de quadras, administradores prediais no Distrito Federal e Entorno.

Advertisement