__MAIN_TEXT__

Page 52

CONDOMÍNIO & SOLUÇÕES

ANIMAIS EM APARTAMENTO Cuidados !

A Lei n°4.591, de 16/12/1964 (Lei dos condomínios), autoriza e defende que a posse de animais em condomínios é livre. Aqui, estamos focando nos condomínios verticais, já que nos horizontais, no limite dos seus espaços (terrenos), nem se cogita especular sobre essa autorização, sobre essa licença. Foto : Duda Anacleto

Foto: Daniela Gonçalves

Para os donos de animais de estimação que moram em apartamento, a situação às vezes se complica, tendo em vista a possibilidade de causar algum incômodo ou desconforto para a vizinhança. Isto se acentua quando esses proprietários não respeitam algumas regras básicas. No caso dos cães, por exemplo, não se deve criar um animal de grande porte em apartamento, pois além de não ser muito conveniente para o animal, pode causar estresse ao mesmo por não ter espaço adequado ao seu tamanho. Esse estresse pode trazer reações inesperadas e surpreendentes. Já os gatos, apesar de sua conhecida independência e comportamento silencioso, possuem na sua urina um forte odor que exala à distância. Mudança Um caso curioso aconteceu com uma moradora das quadras 400 da Asa Norte. Ela comprou um belo gato negro, olhos de cores variadas, uma bela espécie. Gostou. Ganhou mais um, dois, três. Por fim tinha quinze gatos no seu apartamento. O odor, mesmo com os cuidados, exalava por toda a entrada do prédio e arredores do apartamento. Já viu, né? A moradora e os seus gatinhos, que já nasceram 52

livres, foram pressionados a mudar para uma casa no Jardim Botânico. Hoje, sabe-se lá quantos tem. Então, recomenda-se o bom senso, ao criar gatos, cachorros, periquitos, papagaios em apartamentos. Respeitar os limites do animal é algo importantíssimo para a sua saúde, e evita conflitos com os vizinhos. As áreas comuns devem ser alvo de atenção desses criadores. Por exemplo, animais só em elevadores de serviço. Também, proprietários de animais de estimação devem se responsabilizar pela sujeira deixada pelos bichos. Os playgrounds são prioridade das crianças. É constatado que a urina,

os pelos e as fezes são os principais vetores de doenças. Portanto, antes de adquirir um animal de estimação, a pessoa deve pesquisar bem sobre os seus hábitos e as formas de criá-lo, procurando informações e dicas para que o seu animal se sinta bem, evitando problemas para o animal e para a vizinhança.

Foto : Sérgio Martins

Revista on-line : www.condominioesolucoes.com.br

Profile for Revista Condomínio & Soluções - Brasília-DF

REVISTA CONDOMÍNIO & SOLUÇÕES - EDIÇÃO III  

Revista voltada para o mundo condominial, síndicos, prefeitos de quadras, administradores prediais no Distrito Federal e Entorno.

REVISTA CONDOMÍNIO & SOLUÇÕES - EDIÇÃO III  

Revista voltada para o mundo condominial, síndicos, prefeitos de quadras, administradores prediais no Distrito Federal e Entorno.

Advertisement