Page 54

CONDOMÍNIO & SOLUÇÕES

ACÚSTICA

Régio Paniago Carvalho

H

á muito tempo a acústica vem sendo aplicada na arquitetura e na construção civil. Cada vez mais, aumenta a intensidade dos ruídos. Os espaços das edificações diminuem e se multiplica a chamada vis-à-vis, que quer dizer “frente a frente”, fachada com fachada. Então, como evitar o barulho cada dia mais próximo? Fomos conversar com o especialista em acústica, o arquiteto Régio Paniago Carvalho, para uma breve entrevista: RCS: Há um choque entre as tecnologias do conforto térmico e o isolamento acústico? São matérias distintas, cabendo aqui esclarecimentos. •O conforto térmico abrange duas questões básicas: •o isolamento térmico que é, em princípio, o retardamento do tempo de transmissão da energia térmica incidente em uma das faces de uma superfície qualquer para a outra face oposta, princípio esse tecnicamente conhecido como inércia térmica de uma superfície (uma parede, uma janela, o teto, etc.); •a ventilação natural consiste na troca de ar de um determinado ambiente, em velocidade apropriada a se perceber o conforto (sensação térmica); na hipótese do ambiente ser servido apenas por janela, 54

essa troca de ar fica na dependência exclusiva do vento que, em não existindo, gera desconforto; •o isolamento acústico é um dos parâmetros do tratamento acústico (melhor colocação), posto que ele anda com o condicionamento acústico do mesmo ambiente: •isolar acusticamente um ambiente significa atenuar, a patamares estabelecidos por normas técnicas (ABNT no caso do Brasil), o ruído produzido em outro ambiente contíguo ou externo; •condicionar acusticamente um ambiente significa conferir ao mesmo, melhores condições de audibilidade interna, que se faz via sua geometria interna (isso para grandes ambientes: auditórios, cinemas, teatros, igrejas, etc.) e via seus revestimentos internos, mobiliário e ocupação, corrigindo uma coisa chamada tempo de reverberação (que é diferente de eco como muitas pessoas falam). E todo ambiente requer alguma reverberação, sob pena de comprometimento substancial, muitas vezes, da sua inteligibilidade. Respondendo então de forma objetiva à pergunta formulada, podemos dizer que todo e qualquer material na natureza (inclusive o corpo humano) tem propriedades acústicas e térmicas, desmitificando o termo “choque entre as tecnologias”, posto que muitos materiais utilizados para uma coisa também podem contribuir, em uma escala diferente, para a outra. É uma questão de conhecimento de causa por parte de quem vier a projetar o ambiente em questão. Aqui não cabe o empirismo, tudo é calculado. Revista on-line : www.condominioesolucoes.com.br

Profile for Revista Condomínio & Soluções - Brasília-DF

REVISTA CONDOMÍNIO & SOLUÇÕES - EDIÇÃO VIII  

Revista voltada para o mundo condominial, síndicos, prefeitos de quadras, administradores prediais no Distrito Federal e Entorno.

REVISTA CONDOMÍNIO & SOLUÇÕES - EDIÇÃO VIII  

Revista voltada para o mundo condominial, síndicos, prefeitos de quadras, administradores prediais no Distrito Federal e Entorno.

Advertisement