__MAIN_TEXT__

Page 44

CONDOMÍNIO & SOLUÇÕES

LIXO ELEITORAL QUE CONHECEMOS

Por Juliane Berber

N

o balanço da campanha eleitoral a constatação de sempre: nenhuma responsabilidade sobre o material eleitoral distribuído, que congestiona nossa visão, atrapalha o vigor das eleições sujando nossas ruas. Foge-se assim da lógica do processo eleitoral? Sim, pois os resultados extrapolam o desempenho das pesquisas e do incontestável processo de cidadania. Estamos perdendo o foco quando aceitamos nossas ruas sujas neste período. Todos conhecemos este lixo e o abismo entre esta realidade e a indiferença sobre ela deve ser questionado. Lixo disposto indevidamente nas ruas é um processo de destruição, e promovido! Refletir sobre isso é também um ótimo debate para o momento. As opções são muitas, mas escolher a correta análise sobre os efeitos desses atos em nossa sociedade, em nossas cidades, é o primeiro passo, o segundo é partir para a AÇÃO. Um grupo da cidade de Planaltina/DF, voluntariamente e sem nenhuma vinculação política, comercial ou institucional, fez uma força-tarefa voltada a limpar o trecho próximo da sua Zona Eleitoral – Escola Classe 01 – 20 Zona Eleitoral da cidade. Com esse relevante gesto, motivou a seguinte reflexão: se vamos fazer algo, que façamos corretamente. A força dessa pequena, porém grande ação, que é mais que um projeto de cidadania, é a força da mudança, de nos contagiarmos por ela, já que o modelo existente não beneficia o todo. Gerar lixo é o normal, quando pensamos de uma forma mais ampla, mas não nos 44

tira a responsabilidade pela sua geração, e quando não restituímos essa preeminência estamos gerando uma crise, que por si só, demonstra a falta de comprometimento com o processo eleitoral. Nossa ou dos candidatos não importa, o que queremos destacar aqui é que esse modelo cristalizado está onerando nossas eleições. Tão igual quanto a obrigação do governo em limpar os logradouros públicos é a nossa obrigação de redesenhar o modelo atual, de limpar o que sujamos, de manter a cidade limpa e de não sujarmos ainda mais nossa história. Obrigada turma de Planaltina pela coragem de mudar o que está aí!

Juliane Berber é arquiteta e urbanista pela Universidade de Brasília (1998); mestre em Engenharia Ambiental pela Universitat Politécnica de Catalunya/ Espanha (2000); trabalhou como assessora especial no Departamento Municipal de Limpeza Urbana de Porto Alegre (DMLU) (2006) e como diretora da Assessoria de Planejamento do Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal (2010); é auditora fiscal pela Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) desde 1994 e atualmente diretora da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária (Abes-DF) (2013-2015).

Revista on-line : www.condominioesolucoes.com.br

Profile for Revista Condomínio & Soluções - Brasília-DF

REVISTA CONDOMÍNIO & SOLUÇÕES - EDIÇÃO VIII  

Revista voltada para o mundo condominial, síndicos, prefeitos de quadras, administradores prediais no Distrito Federal e Entorno.

REVISTA CONDOMÍNIO & SOLUÇÕES - EDIÇÃO VIII  

Revista voltada para o mundo condominial, síndicos, prefeitos de quadras, administradores prediais no Distrito Federal e Entorno.

Advertisement