__MAIN_TEXT__

Page 16

CONDOMÍNIO & SOLUÇÕES

B

rasília se vê no toucador, no espelho de bolso e pelo retrovisor. Ao completar 53 anos esta senhora de meia idade está cada dia mais bonita. Talvez por isso é admirada por todos os lados. Lá de cima, do alto, bem lá de cima, ela também nos enxerga a admirá-la. E nessa caminhada, homem, natureza, evolução e tecnologia nos diversos campos é que toda essa modernidade chegou à engenharia civil,ao urbanismo e à arquitetura para dar a Brasília o direito de se admirar através do vidro, em pequenos e grandes espelhos. O uso do vidro nos projetos das novas construções (não tão novo, pois os construtores das igrejas centenárias já faziam uso do vidro) ou na revitalização de edifícios, tem sido bastante visível aqui na nova bela capital. Como acesso a novos programas para a criação, muitos desses projetos, em que se utiliza o vidro, são feitos diretamente no computador. O que demonstra que essas inovações criaram outras maneiras de pensar e fazer arquitetura, usando lindos paredões com aplicação charmosa e elegante do vidro. A descoberta do vidro data de 500 anos a.C. pelos fenícios. Depois, os romanos 16

produziram no vidro a técnica do sopro para dar-lhe formas. No século XX, a França, a Inglaterra e a Bélgica tornaram-se grandes centros de produção e a indústria americana logo emergiu. O atual fechamento em vidro com esquadria de alumínio chamado de pele de vidro ou structural glazing (envidraçamento estrutural), muito utilizado nos edifícios modernos, é uma evolução da cortina de vidro que no Brasil foi primeiramente implantada no edifício do Ministério da Educação e Cultura (atualmente edifício Gustavo Capanema) localizado à rua da imprensa, nº 16, no centro do Rio de Janeiro. O edifício é considerado um marco no estabelecimento da Arquitetura Moderna Brasileira, tendo sido projetado por uma equipe composta por Lúcio Costa, Carlos Leão, Oscar Niemeyer, Affonso Eduardo Reidy, Ernani Vasconcellos e Jorge Machado Moreira em 1936 (a conclusão da obra data de 1947), estabelecendo a arquitetura funcionalista criada pelo arquiteto franco-suíço Le Corbusier. O sistema consiste em fechamento vertical, do piso ao teto, em vidro temperado fixado sobre peças de alumínio anodizado de forma a esconder os elementos

Revista on-line : www.condominioesolucoes.com.br

Profile for Revista Condomínio & Soluções - Brasília-DF

REVISTA CONDOMÍNIO & SOLUÇÕES - EDIÇÃO II  

Revista voltada para o mundo condominial, síndicos, prefeitos de quadras, administradores prediais no Distrito Federal e Entorno.

REVISTA CONDOMÍNIO & SOLUÇÕES - EDIÇÃO II  

Revista voltada para o mundo condominial, síndicos, prefeitos de quadras, administradores prediais no Distrito Federal e Entorno.

Advertisement