__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

#264

Mai/Jun / /Jun 2015

A R E V I S TA D O C E N T R O M É D I C O D E R I B E I R Ã O P R E T O R E G I O N A L D A A S S O C I A Ç Ã O PA U L I S TA D E M E D I C I N A

ALIMENTAÇÃO

EQUILIBRADA Criando Hábitos Saudáveis

entrevista

Dr. Pedro Antonio Palocci

medicina alternativa CAMINHO DO

BEM-ESTAR PLENO


6

expediente

saúde+

editorial

PRESIDENTE Dr. Oswaldo Cruz Franco

Conselho editorial

(

U

m fato muito importante para a Medicina em geral está prestes a ocorrer e a maioria das pessoas ainda não sabe exatamente o que está ocorrendo, nem quem são os agentes envolvidos. Trata-se nada mais, nada menos que a erradicação do vírus selvagem da Poliomielite, doença que fez milhares de vítimas em todo o mundo inclusive no Brasil, embora aqui não tenham ocorrido novos casos há mais de 20 anos. Mas ainda existem dois países onde a doença é endêmica e alguns poucos casos são registrados: no Paquistão e no Afeganistão. Entretanto, graças ao trabalho hercúleo do ROTARY INTERNATIONAL, há um ano nenhum caso foi registrado em toda a África e Índia, já considerada livre do vírus da Pólio. Para se ter uma pálida ideia da grandiosidade deste fato basta mencionar que o ROTARY INTERNATIONAL decidiu enfrentar este desafio em 1985. O que indica que possivelmente em pouco mais de 30 anos a humanidade estará livre desta terrível doença, e quando lembramos que custou mais de 100 anos para o mesmo ocorrer com o vírus da varíola, podemos aquilatar o esforço desta formidável organização internacional. Rotary conseguiu arrecadar mais de 1 bilhão de dólares, em doações específicas; já vacinou mais de dois bilhões de crianças no mundo, e mesmo nos países em guerras internas e aterrorizados pelo extermínio de milhares de

pessoas sob o manto de lutas religiosas, o trabalho dos agentes do Rotary não se interrompeu (vários foram mortos durante a execução de tarefas). Agora, em São Paulo, de 04 a 09 de Junho deste ano, no Anhembi o ROTARY INTERNATIONAL realizou a sua 106ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL – A terceira vez no Brasil. Durante estes dias milhares de pessoas de todo mundo – falando muitas línguas, exibindo muitos tipos físicos, conviveram harmoniosamente entrelaçados pelo mesmo ideal –, puderam curtir os relatos de pessoas envolvidas em ações humanitárias formidáveis. Enormes painéis eletrônicos exibiam em sete línguas, os relatos de fatos impressionantes onde o Rotary fizera a diferença mudando para melhor a vida de centenas de pessoas ao redor do planeta. Entremeados com musicais e artistas de todo o mundo, incluindo vários brasileiros, capitaneados por GARY HUANG – um chinês radicado nos Estados Unidos e assessorado por centenas de adeptos participantes da entidade e da organização do evento em São Paulo –, foi um evento maravilhoso que terminou com a indicação e a posse do novo presidente Internacional, agora do SRI LANKA - K.R. RAVINDRA. Sob seu comando, a luta final do Rotary deve terminar com o controle dos últimos casos relatados da doença e poder declarar o MUNDO LIVRE DA POLIOMIELITE.

)

Dr.Oswaldo Cruz Franco Presidente

MAIO/JUNHO 2015

Dra. Cleusa Cascaes Dias Dr. Juan Stuardo Yazlle Rocha Dra. Liyoko Okino Dra. Marta Edna Holanda Diógenes Yazlle Dr. Nelson Jacintho Dr. Oswaldo Cruz Franco Dra. Zaida Coelho Franco.

ASSES. DE COMUNICAÇÃO DO CENTRO MÉDICO Valéria Mosquiari – Com´Art Comunicações valeria@comartcomunicacoes.com.br

Editor ResPonsável Rogério Afonso da Silva

Jornalista Responsável Valéria Mosquiari

Projeto Gráfico e Editoração Franklin Guirra

Dep. Comercial Flávio Mammana (16) 98811-4654 José Geraldo Passos (16) 98236-3473 Rogério Almeida (16) 9392-7575 comercial@revistasaudemais.com Periodicidade: bimestral Tiragem: 5.000 exemplares Circulação: Ribeirão Preto e Região: Altinópolis - Batatais - Barrinha Cajuru- Brodowski - Cravinhos - Dumont - Jardinópolis - Pontal - São Simão Sta. R. do Passa Quatro - Serra Azul Serrana - Sertãozinho

Atendimento ao Leitor Opine sobre as reportagens publicadas na revista e sugira temas para as próximas edições. Envie sua mensagem para nossa redação: redacao@revistasaudemais.com Para informações, sugestões, elogios ou reclamações: contato@revistasaudemais.com Saúde+ é uma publicação bimestral com distribuição dirigida, produzida e editada pela R.A.F. Editora. A revista não autoriza a retirada, a negociação ou permuta de qualquer material utilizado, na produção da mesma, assim como texto e fotos. As pessoas que não constam no expediente não estão autorizadas a falar em nome da Saúde+. A revista não se responsabiliza pelos conteúdos das reportagens assinadas, informações provenientes de assessoria de comunicação ou imprensa, assim como créditos das fotos utilizadas para a divulgação dos produtos, dos anunciantes e das mensagens publicitárias que estão incluídos nesta edição. Todas as imagens contidas na revista são de responsabilidade das empresas envolvidas, utilizadas somente para divulgação.

R.A. da Silva Editora e eventos - ME Av. Anhanguera, 414 - Sala Térrea Ribeirão Preto/SP (16) 3289.7462


8

saúde+

índice

18.

entrevista Dr. Pedro Antonio Palocci

14.

vida saudável Alimentação Equilibrada: Criando Hábitos Saudáveis

10.

medicina alternativa O caminho do bem-estar pleno

20. S+auditiva Sintomas da deficiência auditiva

22. S+news 27. S+pet

No frio, atenção redobrada com os pets

28. S+bucal

Os cuidados com a saúde bucal no inverno

30. S+artigo científico

Transtorno Depressivo Maior a importância de um diagnóstico e tratamento adequado

34. S+news

InORP firma parceria com Hospital Albert Einstein para diagnóstico e tratamento do câncer

36. S+clube de benefícios 38. S+informa

MAIO/JUNHO 2015

>


10

saúde+

medicina alternativa

O caminho do

bemestar pleno

E

ncontrar nos métodos da Alquimia e nas Práticas de Reconexão Espiritual uma alternativa para alcançar o bem-estar, a saúde, o autoconhecimento e a realização pessoal. Os terapeutas do Instituto Saúde e Equilíbrio, Adriano Saran e Cristiane Mariano ministraram palestras no espaço Unniwork, em Ribeirão Preto e prestaram orientações sobre como identificar os obstáculos e superá-los para alcançar a realização em todos os setores da vida. A terapeuta Cristiane Mariano apresentou o tema “A Árvore da Vida e a Alquimia”. Ela mostrou que neste tipo de tratamento, são usados florais de Joel Aleixo – fundador no Brasil de um tipo de Alquimia baseada em formulações naturais que integram o equilíbrio físico, emocional e espiritual. “A Alquimia atua sobre tudo o que arquivamos no nosso inconsciente desde os primeiros anos de vida”, explica. Segundo ela, as pessoas recebem influências dos hormônios dos pais de sete em sete anos, começando pelo pai em períodos alternados pela mãe. “Em cada fase pode haver traumas que ficam armazenados nas células e que necessitam dos florais para que estes miasmas tenham novos significados e desta forma o paciente encontre cura para questões emocionais ou males, como doenças crônicas, estados depressivos e outros”. A terapeuta considera também a avaliação de mapa astral e outras técnicas e afirma que quando elas são sincronizadas garantem ainda mais resultados em qualquer tipo de tratamento. Cristiane é alquimista pela Escola de Alquimia Joel Aleixo (SP), Terapeuta de Integração Craniossacral pelo IQD, Astróloga Védica formada com o Mestre Adwaita Chandra Das, e atua como facilitadora na Terapia e Alinhamento Psíquico com o terapeuta Adriano Saran. “As palestras tiveram o objetivo de direcionar novos caminhos de cura, autoconhecimento e qualidade de vida”, explica o terapeuta Adriano Saran. Durante sua abordagem fez um relato de sua história pessoal.

MAIO/JUNHO 2015

Ele, que era publicitário e empresário, seguiu um novo caminho profissional e pessoal após perceber que estava fora de sua predestinação. “Todos nós temos uma missão, mas muitas vezes nos desalinhamos dessa proposta de vida. Daí, vêm as insatisfações, os desequilíbrios, o estresse e frustrações”, explica. Ele orientou o público que, muitas vezes, é preciso avaliar e retomar este percurso para se viver melhor. Saran narrou como se tornou um terapeuta e apresentou as diversas técnicas aplicadas, que hoje são ferramentas que potencializam o bem-estar do indivíduo, como a acupuntura micro-sistêmica, o alinhamento psíquico, a alquimia, a terapia crâniossacral e várias outras. “É preciso inicialmente que sejamos capazes de identificar os obstáculos e superá-los para alcançar a realização em todos os setores da vida”. Adriano Saran é formado em Medicina Tradicional Chinesa pelo CEMETRAC com Mestre Liu Chih Ming (São Paulo), tem especialização em Acupuntura Avançada pela Ebramec (Escola Brasileira de Medicina Tradicional Chinesa – São Paulo), Especialização em Microssistemas de Acupuntura pelo Instituto Samurai (Senséi Jóji Énomoto), Formação em Quiropraxia pelo Instituto Samurai (São Paulo – Senséi Énomoto) Formação em Terapia de vidas passadas pelo Instituto Hólus (São Paulo – Psicoterapeuta J.S Godinho – EFT Coaching com Prof. e escritor Enéas Guerriero (Iswara Das).


por JValéria Mosquiari

Instituto Saúde e Equilíbrio Os terapeutas Adriano Saran e Cristiane Mariano foram fundadores do Instituto Saúde e Equilíbrio, em janeiro de 2010 na cidade de São Lourenço (MG). No início de 2015, após uma trajetória de experiências, os dois transferiram o instituto para Ribeirão Preto. Neste período, o instituto já realizou mais de 3 mil atendimentos de Terapias Complementares, cursos, palestras, ações de prevenção de saúde, workshops e o evento nacional Dia Zen, que reúne terapeutas do Brasil todo com palestras, workshops e terapias complementares gratuitas. Atualmente, o Instituto está instalado na Avenida Portugal, 332 – Conjunto 07, e funciona diariamente das 9h às 18h. Mais informações pelo telefone (16) 3443 2898.

11


saúde+

publieditorial Fotos: Douglas Intrabartolo.

12

Para cuidar bem de nossos pacientes é preciso ter estrutura adequada Ampliação e modernização de áreas do Hospital São Lucas

O

Serviço de Urgência e Emergência representa para o Hospital a primeira interface direta com a comunidade. A Unidade tem como finalidade fornecer o primeiro atendimento aos pacientes com quadro clínico agudo ou grave, atuando durante 24 horas por dia. O Serviço - que já oferece atendimento presencial nas especialidades de clínica médica, cirurgia geral, ortopedia, cardiologia e neurologia, entre outras -, com a ampliação, conta, agora com 9 leitos de observação, um dos quais de isolamento, sete consultórios e dois leitos para atendimentos de Emergências, ampliando assim sua capacidade de atendimento para mais de 7.000 pacientes/mês. Centro Cirúrgico e Hemodinâmica Preocupado com uma ampliação continua da sua capaci-

MAIO/JUNHO 2015

dade de atendimento e ainda aumentar a qualidade dos serviços prestados à população da região, está finalizando a ampliação do Centro Cirúrgico com mais duas novas salas cirúrgicas completas. O Bloco Cirúrgico do Hospital São Lucas, que conta atualmente com seis salas para cirurgias, a partir de setembro de 2015 contará com sete salas de cirurgias e mais uma sala destinada a procedimentos de hemodinâmica e vascular, com equipamentos recém adquiridos. A nova Sala de Hemodinâmica estará preparada para realização de procedimento e exames minimamente invasivos e ainda com o conceito de suíte cardiovascular: radiologia intervencionista, neuroradiologia, procedimentos cardiológicos e vascular periféricos entre outros, inclusive o TAV (Troca Percutânea da Valva Aorta). A estratégica localização e dos equipamentos desta sala propiciará maior segurança e intervenção mais rápida na própria sala em procedimentos de maior complexidade ou naqueles que necessitarem se transformar em cirurgias convencionais.


14

saúde+

vida saudável

Alimentação Criando hábitos Saudáveis

A

alimentação saudável é uma grande aliada para viver-se mais e melhor, importante em todas as etapas de nossas vidas. É essencial para promover a saúde do corpo e mente. O equilíbrio e o bem-estar estão diretamente ligados aos hábitos saudáveis. A Revista Saúde+ traz nesta edição, uma entrevista com Lívia Castro Crivellenti, com Mestrado em Saúde na Comunidade pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP/USP), graduada em Nutrição pela Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG) e Aprimoramento Profissional em Especialização em Nutrição pela USP/RP. Atualmente é doutoranda em Saúde na Comunidade (FMRP/USP).

O que é uma alimentação saudável? Existem realmente dietas que contribuem para o emagrecimento? Alimentação saudável é uma combinação de diferentes tipos de alimentos (grãos, raízes, tubérculos, farinhas, legumes, verduras, frutas, leguminosas, castanhas, leite, ovos e carnes) consumidos de uma maneira equilibrada, que prioriza a qualidade alimentar, a forma de preparo dos alimentos e o modo como são consumidos. O Guia Alimentar para a População Brasileira, publicado recentemente pelo Ministério da Saúde (2014), orienta dez passos para uma alimentação saudável e adequada que contemplam estes princípios, dentre eles, destacam-se: fazer dos alimentos in natura ou minimamente processados a base da alimentação; utilizar óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades ao temperar e cozinhar os alimentos; evitar o consumo de alimentos ultraprocessados (biscoitos recheados, sorvetes, cereais açucarados, “salgadinhos de pacote”, pizzas, hambúrgueres, salsicha, carne de frango ou peixe empanados tipo nuggets, refrigerantes e sopas, macarrão e temperos “instantâneos”); comer com regularidade e atenção, em ambientes apropriados e, sempre que possível, com companhia; planejar o uso do tempo para dar à alimentação o espaço que ela merece; entre outros. O termo dieta muitas vezes nos remete a uma alimentação em que a pessoa irá ser submetida a várias proibições e que geralmente irá

MAIO/JUNHO 2015


por JValéria Mosquiari

equilibrada DEZ MITOS E DEZ VERDADES SOBRE A BOA ALIMENTAÇÃO MITOS: 01 ) Dietas radicais ou “dietas da moda” funcionam; 02 ) Emagrecer muito em pouco tempo é sustentável; 03 ) Alimentação saudável não é saborosa; 04 ) Pular refeições ou ficar em jejum ajuda a emagrecer; 05 ) Comer abacaxi após as refeições ajuda a emagrecer; 06 ) Leite com manga faz mal; 07 ) Ovo é prejudicial à saúde; 08 ) Chá emagrece; 09 ) Praticar exercícios físicos em jejum emagrece; 10 ) Cortar radicalmente os alimentos ricos em carboidratos é efetivo para emagrecer. VERDADES: 01 ) Fazer as refeições na frente da televisão, tablets ou falando no celular é uma distração para o cérebro e diminui a saciedade; 02 ) Fazer as refeições em família ou com companhia favorece comer com regularidade e atenção; 03 ) planejamento da compra de alimentos e a opção pelas porções pequenas ao invés do tamanho família evita o consumo em excesso; 04 ) Ter em casa e no trabalho alimentos frescos e saudáveis ajuda no processo de emagrecimento; 05 ) Uma alimentação equilibrada e diversificada auxilia no processo de emagrecimento; 06 ) É possível comer de tudo, mas com moderação; 07 ) O uso de temperos naturais como alho, cebola, manjericão, orégano, alecrim e outros deixam a alimentação mais saborosa e ajuda a diminuir o consumo de sal; 08 ) Consumir alimentos ricos em cafeína (cafés, chás pretos e refrigerantes) próximo a hora de dormir interfere na qualidade do sono; 09 ) Alimentos ultraprocessados são nutricionalmente desbalenceados; 10 )A alimentação deve ser uma fonte de prazer e não de culpa.

15


16

saúde+

vida saudável

cumprir por um prazo determinado de tempo, não sendo, portanto sustentável. Desta forma, acredito que a alimentação saudável, como destacado anteriormente, é capaz de contribuir para o processo de emagrecimento e com certeza, de uma maneira mais adequada e que a pessoa consiga manter sempre. É importante ressaltar que emagrecer é um processo que ocorre ao longo do tempo e que envolve diversas mudanças no estilo de vida da pessoa. O Brasil passou por diversas transformações sócio-econômicas e culturais nas últimas décadas. Com todas estas mudanças, o que pode interferir nos hábitos alimentares da população? Estas mudanças são capazes de interferir no comportamento alimentar da população e consequentemente interferir nas suas escolhas alimentares. Atualmente, estamos nos distanciando cada vez mais da comida caseira em detrimento da comida pronta para o consumo, do hábito de fazer as refeições em casa em função dos fast-foods e passamos a depender da indústria e do mercado. Em virtude da correria do dia a dia, da falta de tempo, da sobrecarga de trabalho e do estresse, muitos optam por não cozinhar, compram tudo pronto e consomem mais alimentos processados e ultraprocessados. Porém, esta facilidade não é sinônimo de saúde. Estas transformações implicam em uma ingestão excessiva de calorias e consequentemente no agravo de várias doenças. É preciso que repensemos nosso estilo de vida e tenhamos um olhar mais consciente em relação a nossa alimentação ao invés de comermos somente no automático. Como uma dieta pode auxiliar no tratamento de diversas doenças e prevenção de outras? A alimentação saudável é essencial para a promoção da saúde e para prevenção e tratamento de diversas enfermidades. Para cada doença existe uma recomendação específica e o profissional nutricionista deve fazer as adaptações necessárias às condições de cada pessoa. Diversos estudos revelam que o consumo de frutas, verduras e legumes tem um papel protetor contra doenças cardiovasculares e alguns tipos de câncer. Por outro lado, o consumo de alimentos de alta densidade energética e baixo valor nutricional é associado ao aumento da frequência do sobrepeso e obesidade e das doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares. Além disso, as pesquisas têm demostrado que a combinação de diferentes tipos de alimentos entre si é mais positiva do que efeito dos nutrientes, isoladamente, para explicar a relação entre a alimentação e os desfechos de saúde. As “dietas da moda”, realmente funcionam? Dietas da moda não funcionam, pois no geral elas proíbem

MAIO/JUNHO 2015

um determinado alimento ou um grupo alimentar ou um nutriente específico. Esta restrição, na maioria das vezes sem a real necessidade para a pessoa, pode levar a muitas implicações indesejáveis como gerar uma compulsão alimentar por aquele alimento proibido e a pessoa não consegue seguir por muito tempo, pois a dieta se torna monótona. Estes episódios de compulsão alimentar ocasionados pela restrição podem levar até ao aumento do peso, além de gerar culpa, estresse e frustração. Atualmente com a vida corrida muitas pessoas se sentem cansadas, esgotadas e até fatigadas. Quais são os alimentos para combater a fadiga? De maneira geral, a alimentação saudável garante o bem estar e a melhor disposição para realizar as tarefas cotidianas. A regularidade do consumo de diferentes tipos de alimentos durante o dia garante um aporte maior de nutrientes, o que pode ser muito positivo para evitar o cansaço. Além disso, os alimentos ricos em carboidratos (pães, massas, arroz, cereais, de preferência integrais) representam as principais fontes energéticas para o organismo. Desta forma uma alimentação equilibrada, priorizando os alimentos na sua forma mais natural e consumindo com menor frequência os alimentos processados e ultraprocessados, interfere positivamente na disposição e consequentemente no estado de humor e estresse. Não podemos ignorar que a prática de exercícios físicos juntamente com a qualidade do sono também contribuem para evitar o cansaço, aumentando a disposição física e mental. Dormir bem ajuda a melhorar o metabolismo? Respeitar o nosso sono é fundamental para que o nosso corpo possa descansar, se restabelecer e evitar o cansaço. Uma pessoa que dorme pouco ou menos do que o corpo precisa pode sentir mais cansada, menos produtiva e o fato de ficar muito tempo acordada pode levar ao consumo de alimentos além do necessário. Alguns estudos indicam que a privação do sono pode levar a uma diminuição do gasto energético em função da queda de produtividade.

Especialista em nutrição Lívia Castro Crivellenti


Novas instalações com entrada independente para pacientes externos, novos equipamentos e ampla recepção. Para realizar seu exame, o suporte de um hospital.

vercesi

Na medicina como na vida é importante reciclar

MED-MEDICINA

Atendemos

Unimed, Omint, Cassi, Sassom, mais 21 convênios

A MED - MEDICINA é um centro de diagnóstico por imagem independente. Sua localização estratégica permite realizar exames, principalmente os contrastados, contando com o suporte de um hospital. Possui ampla recepção e seus novos equipamentos estão instalados em ambientes renovados. Conta com equipe de médicos especializados e anestesistas.

Ressonância Magnética de Alto Campo

Tomografia Computadorizada Multislice

Ultrassonografia

Radiologia Digitalizada

(compacta e com ampla abertura para claustrofóbicos e obesos) (de 128 cortes, imagens em segundos e menor dose de radiação)

Agendamento 16 4009 0159 www.medmedicina.com.br

Dr. César Roberto Camargo Diretor Técnico Médico CRM-SP 39997/RQE 38077

Localizada ao lado do Hospital São Lucas, com entrada própria pela rua Vicente de Carvalho esquina com rua Bernardino de Campos, 1426 . Ribeirão Preto . SP


saúde+

entrevista

R

ecém empossado como Membro do Conselho de Administração da ONA (Organização Nacional de Acreditação), Dr. Pedro Antonio Palocci, fala em entrevista à Revista Saúde+, sobre o trabalho desenvolvido, da importância da Acreditação para saúde privada e pública, entre outros temas. Ele é médico pediatra, formado pela XXIIIª Turma da FMRP-USP - 1979, com MBA em Gestão Empresarial pela FGV - 2001/2002, MBA Módulo Internacional em Business Administration pela Ohio University 2002, Especialização em Custos Hospitalares pela FGV-SP no Programa de Ed. Continuada da EAESP - 1996/1997, Diretor Presidente do Grupo São Lucas & Ribeirânia de Ribeirão Preto - SP e Ex-Membro do Conselho Administrativo da ANAHP (Ass. Nac. Hosp. Privados).

REVISTA SAÚDE + - O sr. foi eleito recentemente como novo membro Conselho de Administração da Organização Nacional de Acreditação - ONA, como representante da Associação Nacional de Hospitais Privados - ANAHP. Como é o trabalho da ANAHP neste processo de promover a excelência do setor? DR. PEDRO ANTONIO PALOCCI - Criada em maio de 2001, a Associação Nacional de Hospitais Privados (ANAHP), reúne hoje 71 hospitais brasileiros focados nas boas práticas de cuidados assistenciais, segurança e gestão. O Hospital São Lucas foi o 12º hospital a se associar. Isto ocorreu em 2001. A ANAHP tem como missão representar os interesses de seus hospitais membros e, por meio de iniciativas inovadoras e modelos de excelência, promover a qualidade da assistência médico-hospitalar no Brasil. A ANAHP tem a vocação do debate construtivo, com fundamentação técnica e interesses voltados para a melhoria da qualidade da assistência médico-hospitalar brasileira. Neste sentido, ocupa uma função estratégica no desdobramento de temas fundamentais à sustentabilidade do sistema. Nos últimos anos, tem se empenhado na geração de conhecimento, com a publicação dos indicadores operacionais, econômico-financeiros e assistenciais dos hospitais associados, produção de livros para disseminar as melhores práticas assistenciais e de gestão de pessoas para o mercado. A ANAPH conta com hospitais associados em pratica-

MAIO/JUNHO 2015

“A grande discussão é como fazer uma integração mais efetiva entre a Saúde privada e pública através do SUS. É necessário que estes dois setores conversem mais e procurem soluções conjuntas para os problemas de acesso e equidade da assistência médica no Brasil ”

Dr.Pedro

Antonio Palocci

Foto: Douglas Intrabartolo.

18


19

mente todos os estados brasileiros. O que distingue este grupo de hospitais é a qualidade da assistência médica prestada. Tem se destacado com grandes iniciativas como o Projeto Sinhá que é o maior documento com indicadores hospitalares no Brasil. Grandes discussões e documentos tem sido produzidos tanto nas questões assistenciais como Governança Clínica, segurança do paciente, cadernos técnicos sobre dispositivos médicos. Na área de Gestão de Pessoas há uma grande sincronia entre estas instituições e as melhores práticas em RH deram origem a um livro que detalha alguns grandes avanços neste tema. Neste mês a Anahp foi oficialmente empossada como membro efetivo da Câmara de Saúde Suplementar da ANS. Para que um hospital pertença a ANAPH muitos requisitos são necessários porém, o mais importante deles é a garantia da qualidade assistencial através de um processo de Acreditaçao mínima de ONA nível III ou Acreditaçao Internacional.

RS+ - Em Ribeirão Preto, a conscientização das instituições de saúde sobre a importância da acreditação, é uma realidade? E como é isto em nível nacional e internacional? DR. PEDRO A. PALOCCI - Em todo o Brasil ainda é um processo desconhecido e incipiente. Em Ribeirão Preto, isto não é diferente. Existe no Brasil em torno de 6.500 hospitais e apenas 270 tem algum tipo de acreditação. Isto é muito pouco porém, este é um caminho que tem que ser seguido. O hospital acreditado tem processos assistenciais estabelecidos, a linha assistencial é clara, o foco principal é a segurança do paciente e todos os seus eventos são acompanhados através de indicadores. Como a acreditação é um processo voluntário, a tendência é que ao longo dos anos os próprios usuários procurarão por serviços de hospitais acreditados e as operadoras de planos de saúde devem dar preferência estas instituições pois, sabem que a qualidade assistencial é mais segura. Hoje em países como os Estados Unidos e muitos da Europa, os seguros Saúde e operadoras não contratam hospitais que não sejam acreditados.

RS+ - Esta busca pela notoriedade de credibilidade nos atendimentos da saúde, pode incentivar a concorrência leal, visando o aprimoramento das instituições? DR. PEDRO A. PALOCCI - Seguramente isto é o que todos esperamos, hospitais, médicos e principalmente os pacientes. As decisões devem ser tomadas baseadas na qualidade assistencial e não em práticas conconcorrenciais, nem sempre focadas no paciente. Logo estaremos divulgando números ligados à assistência tais como índices de infecção hospitalar, taxa de reoperação, reingresso em CTIs e outros indicadores de assistência segura.

RS+ - Atualmente, como os líderes do setor definem o papel da Saúde privada no país?

>

DR. PEDRO A. PALOCCI - A grande discussão hoje está centrada em como fazer uma integração mais efetiva entre a saúde privada e a saúde pública através do SUS. É necessário que estes dois setores conversem mais e procurem soluções conjuntas para os problemas de acesso

e equidade da assistência médica no Brasil. As distâncias ainda são muito grandes e o grau de desconfiança mútua é muito elevado. O setor privado tem oportunidades que podem complementar as deficiências do atendimento secundário, que hoje é uma realidade em praticamente todo o Brasil.

RS+ - A Acreditação ONA é uma certificação que tem popularidade, ou seja, os brasileiros reconhecem como sinônimo de segurança, qualidade e credibilidade de serviços de saúde? Quais as ações que a ONA desenvolve para esta finalidade? DR. PEDRO A. PALOCCI - A Organização Nacional de Acreditação - ONA é uma entidade não governamental e sem fins lucrativos, fundada em 1999 por entidades públicas e privadas do setor de saúde que certifica a qualidade de serviços de saúde no Brasil, com foco na segurança do paciente. A metodologia usada é reconhecida pela ISQua (International Society for Quality in Health Care), associação parceira da OMS e que conta com representantes de instituições acadêmicas e organizações de saúde de mais de 100 países. O objetivo da ONA é promover um processo constante de avaliação e aprimoramento nos serviços de saúde e, dessa forma, melhorar a qualidade da assistência no País. Hoje mais de 80% das acreditações dos hospitais são realizadas pelo sistema ONA porém, ainda o reconhecimento da certificação não é uma realidade. Isto seguramente tende a acontecer nos próximos anos. A ONA tem no planejamento e já tem colocado em prática um grupo de ações que vão levar a discussão do processo de acreditação em todas as regiões do Brasil com eventos, workshops e um congresso internacional que ocorrerá nos dias 07 e 08 de agosto deste ano. A própria ANS tem estimulado as Operadoras de Planos de Saúde a contratarem, preferencialmente, instituições acreditadas e também na substituição de rede este critério deve ser observado.

RS+ - Existe a chance da Saúde Pública no Brasil ser um dia reconhecida com tal certificação? DR. PEDRO A. PALOCCI - Não só existe, como isto já começa a acontecer. Existem hoje em andamento muitos serviços públicos que estão em processo de certificação. Fica a ressalva de que ainda são casos isolados mas, à medida que começam a acontecer teremos um efeito positivo que deve ser multiplicador do processo. A despeito de ser ainda um processo incipiente no Brasil a acreditação traz à luz uma discussão que tem sido deixada de lado durante muitos anos, que é a segurança do paciente que está dentro das instituições de saúde sejam elas hospitais, clínicas ou laboratórios. Existem muitos estudos do IHI (Institute for Healthcare Improvement) que na década de 90 lançou nos Estados Unidos a campanha para salvar 100.000 vidas em pacientes dentro dos hospitais americanos e na década seguinte a campanha passou a ser para 5 milhões de vidas salvas, implementando uma politica clara de melhores práticas assistenciais e criando um modelo de “triple Aim” baseado na cultura dos cuidados da saúde populacional, dos cuidados individuais para a saúde das pessoas nas instituições e finalmente o custo per capta de prover estes cuidados.


20

saúde+

auditiva

Sintomas da Deficiência Auditiva

S

egundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), estima-se que em 2025 mais de 900 milhões de pessoas terão incapacidade auditiva. Esses números vêm aumentando nos últimos 15 (quinze) anos devido aos avanços nos diagnósticos que conseguem detectar precocemente a deficiência auditiva. O aumento da expectativa de vida e a grande incidência pela exposição excessiva ao ruído têm contribuído significativamente para o aumento desse quadro. A maioria dessas situações é percebida primeiramente pelos familiares que convivem diariamente com as pessoas que possuem a

Dentre as principais causas da deficiênci a auditiva podemos destacar as seguintes: Algumas doenças Hereditárias Doenças Genéticas Presbiacusia (avanço da idade) Exposição a ruídos intensos por períodos prolongados acima de 80 dB Problemas na orelha média (ex: Otites crônicas) Otosclerose Uso de medicamentos Ototóxicos (Aminoglicosídeo s, cisplatina, etc...) Sequelas de meningite Rubéola gestacional (deficiência)

MAIO/JUNHO 2015

perda auditiva. É essencial que essas pessoas próximas auxiliem e apoiem os mesmos na busca da solução ao problema auditivo, incentivando-as a procurar seu médico Otorrinolaringologista. Nunca se deve esperar piorar o grau da perda auditiva, pois o resultado da reabilitação auditiva será muito melhor quando esta estimulação (ex: com o uso de aparelhos auditivos) for iniciada o mais precoce possível. O uso do aparelho auditivo é uma das soluções para trazer a essa grande parte da população qualidade de vida e trazê-los de volta para o convivo social e bem-estar.

É im po rt an te se gu in te s si nt omes ta r at en to s ao s as da pe rd a au di ti va : D if ic u ld ad e em ou vi r a te le vi sã o ou rá di o em vo lu m e D if ic u ld ad e emm od er ad o cl ar ez a o qu e as en te nd er co m D if ic u ld ad e p arp es so as di ze m em lo ca l co m ru a en te nd er p es so as N ec es si da de deíd o fa la r m ai s al to se es cu ta r p ar a P ro bl em as p ar a ou vi r o te le fo ne a ca m p ai nh a ou

Fonoaudióloga.

T acianaOliveira Bernal


O VERDADEIRO SOM DA VIDA


22

saúde+

news

Convite para a pedalada

Pedalar talvez seja a atividade física mais completa a que o homem tem se dedicado desde a invenção do “celerífero”, pelo Conde de Sivrac por volta do ano de 1800.

Curso Livre de Formação de Secretárias de Consultório Médico A área médica está sempre em constante atualização. Um aspecto importante é a necessidade de secretárias e assistentes mais eficientes e preparadas para o atendimento nos consultórios. É urgente que pessoas nesta função se profissionalizem para atender uma nova demanda de serviços. Este cargo exige atenção a “pequeno detalhes” e grandes ações que podem ajudar o desempenho médico. São muitas as reclamações de alto turn over, despreparo, falta de comprometimento e falhas nos processos, nas clínicas e consultórios médicos. Pensando nisso, a diretoria do Centro Médico estará promovendo nos dias 22 e 29 de agosto, das 8h às 12h30, o Curso Livre de Formação de Secretárias de Consultório Médico, com o objetivo de auxiliar os médicos associados nas contratações e atualizações de suas profissionais, bem como criar um banco de dados de alunas/secretárias, que possam ser solicitadas ao cargo, quando houver necessidade. Informações e Inscrições: 3623-0999 ou administracao@centromedicorp.org.br com Tatiane.

Turma do Futebol e Centro Médico convidam para a 3ª Feijoada Os benefícios da pedalada são inúmeros: Para a saúde, pedalar frequentemente, melhora o sistema cardiovascular, reduz a pressão arterial, melhora a capacidade ventilatória, reduz os níveis glicêmicos e de colesterol ruim e triglicérides, ativa o sistema imunológico, aumenta a massa muscular e os níveis de endorfinas, reduz dores articulares e melhora o desempenho sexual, entre outros. Para o meio ambiente o uso da bicicleta como meio de transporte diminui a poluição, reduz os gases do efeito estufa, diminui os congestionamentos melhorando o trânsito nas grandes cidades. Agora, com certeza, os maiores benefícios da pedalada em grupo estão na melhoria das relações interpessoais, reforça os laços de amizade e o espírito de colaboração entre os participantes. Diante de tantos benefícios não há quem não se convença de que pedalar é importante. Vamos todos dar pedaladas! Esperamos todos aos domingos pela manhã!

No próximo dia 1º de agosto acontece a 3ª Feijoada da Turma do Futebol e do Centro Médico de Ribeirão Preto. O evento, que tem início a partir das 12h, promete repetir o sucesso dos anos anteriores, com muito sabor, música ao vivo, diversão e alto astral. Os convites no valor de R$ 50,00 podem ser adquiridos na Secretaria do Centro Médico.

Dr. Carlos César Montesino, do Conselho Deliberativo do Centro Médico de Ribeirão Preto

Informações pelos telefones : 3623 0999 ou 3625 6098

MAIO/JUNHO 2015


vercesi

Grande públicou prestigiou o 1º Simpósio Espírita Mente e Cérebro

Com a presença de grande público, a AMERP - Associação Médica Espírita de Ribeirão Preto, em parceria com o Grupo Espírita Nosso Lar, promoveu no dia 16 de maio, o 1º Simpósio Espírita Mente e Cérebro. O Evento, que aconteceu no Oasis Hotel, contou com a participação do Profº Dr. Raul José F. de Oliveira (Curitiba) com a palestra “Frequência e Sintonia”, do Dr. Tácito Sgorlon (Ribeirão Preto), com o tema “Consciência Espiritual do Século XXI”, da Profª Vanilz Suhevits (Curitiba), que falou sobre “Visão Sistêmica do Espiritismo e Equilíbrio da Vida” e Edegar Tão (Ribeirão Preto), abordando sobre “Conquista da Consciência - O Despertar do Espírito”.

Para ajudar a cuidar da saúde de todos, tem sempre uma Documenta por perto. Documenta Ribeirão Preto Unidade da Mulher Unidade Garibaldi Unidade Hospital São Francisco Unidade Hospital Sinhá Junqueira 16 3977 3000 Documenta Sertãozinho Unidade Hospital Netto Campello 16 3946 8308 Documenta Jaboticabal Unidade Hospital São Marcos 16 3204 8278 Seis unidades, uma só para a mulher

DOCUMENTA

Unidade Hospital São Francisco

Dr. Euclides do Carmo Passeto Diretor Técnico Médico CRM-SP 15290 / RQE 44355 Dr. Tácito Sgorlon


24

saúde+

news

Dr. José Antonio Baltazar Maciel: O eterno sorriso “Tudo que fizer, faça com amor e prazer se entregue,” dizia sempre o Dr. José Antonio Baltazar Maciel, que infelizmente partiu no último dia 25 de junho, cumprindo sua missão, aos 87 anos. Dr. Maciel, nasceu em Igarapava, filho de Antonio Augusto Maciel, Agropecuarista e Maria Eugenia Baltazar, Costureira. Era casado com a Dra. Silvia Alves Pereira, com quem teve a filha Maria Helena, enfermeira no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto. O médico ortopedista, formou-se em 1952, na Universidade Federal do Paraná - Curitiba e em 1959 veio para Ribeirão Preto. Fez residência médica em Cirurgia Geral com Dr. Eugen Kunzle - 1ª Turma - 1962 a 1985 - Grupo de Ortopedia do Hospital São Francisco e Santa Lídia. Foi médico do Comercial Futebol Clube por quase 30 anos, médico do Pronto Socorro de Ribeirão Preto. Foi Responsável pela Geriatria do Hospital Santa Teresa até 1997, quando se aposentou.1983. Fez parte do corpo clínico do Hospital São Lucas. Dr. Maciel era assíduo frequentador dos eventos

do Centro Médico de Ribeirão Preto, fazendo questão de prestigiar, inclusive os colegas de profissão em homenagens. Mas em 2012, quem recebeu a Homenagem de Honra, por seus valiosos préstimos à Medicina, foi o grande Dr. Maciel. Hoje, na Galeria dos Homenageados do Centro Médico, o seu sorriso contagiante está eternamente gravado, mais ainda, no coração de todos. Saudades, Dr. Maciel.

IX Jornada Internacional de Ultrassonografia Entre os dias 24 e 26 de setembro, a FATESA/ EURP, Faculdade de Tecnologia em Saúde realiza a IX Jornada e VIII Encontro de Ex-alunos e o I Simpósio de Tecnologia em Saúde. Com palestrantes renomados em todas as áreas, de diversos países como, por exemplo, Uruguai, Bélgica, Austrália e Brasil, o evento trará temas nas áreas de Ultrassonografia GO (US), US Medicina Interna, US Medicina Fetal, US Músculo esquelético, US Vascular, US Pediatria, US Mama, US Pequenas Partes, Física, Educação e Tecnólogo. “O campo de diagnóstico por imagem cresceu consideravelmente e com isto novas necessidades de aprofundar mais o ensino. Serão três dias ampliando conhecimento nas áreas de Ultrassonografia, Imagem e Tecnologia, criando debates que estimu-

MAIO/JUNHO 2015

lam e criam fronteiras”, enfatizou o Prof. Dr. Francisco Mauad Filho, diretor da Fatesa. O evento tem o apoio de Centro Médico de Ribeirão Preto, IAN - Inter UnivesitySchoolof Medical Ultrasound, Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo - SOGESP, Sociedade Brasileira de Ultrassonografia - SBUS, Comissão Nacional de Acreditação - CNA e da Sociedad Iberoamericana de Diagnóstico y Terapia Prenatal. Empresas do setor também participam como expositores: Ecomed, Saote, Figlabs, Medicalway, Medpej, RA Equipamentos Médicos, Sonosite, Toshiba, Us e Cia, RP Medical Systems, GE Healthcare, Nachmed, Livromed e Mindray. Informações e inscrições pelo site: www.jiufatesa.com.br

APM aprova iniciativas do Centro Médico de Ribeirão Preto No último dia 12 de junho, a presidente da Distrital da APM de Ribeirão Preto, Dra. Cleusa Cascaes Dias esteve em reunião na sede da Associação Paulista de Medicina na capital, para tratar de diversos assuntos. “Estamos com grandes possibilidades de conseguir recursos junto a APM, que serão distribuídos escalonadamente, inclusive para um de nossos projetos do Centro Médico de Ribeirão Preto, o Programa - A Saúde do Doutor, “comentou Dra. Cleusa. A APM tem interesse em desenvolver projetos de sustentabilidade, para suas outras regionais, que queiram também resolver os problemas de água e energia, e analisa transformar o Projeto do Centro Médico em um modelo a ser seguido. “A iniciativa do Dr. Franco foi excelente”, enfatizou Dra. Cleusa. Informou ainda ainda que, na próxima reunião deve ser apresentado um projeto globalizando a cobertura da área da academia e da área circunvizinha. Toda a laje descoberta poderá ser reformada. “O desenvolvimento de um projeto para instalação do sistema de energia fotovoltaica, também estará nas próximas pautas da distrital”, concluiu Dra. Cleusa.


ALUGUE A SUA LOJA NO PONTO CERTO. MAIOR PRATICIDADE PARA O DIA A DIA DOS SEUS CLIENTES COM A CONVENIÊNCIA DE UM ESTACIONAMENTO AMPLO E DE FÁCIL ACESSO.

AV. INDEPENDÊNCIA, rota com grande fluxo para os principais centros comerciais da cidade e zona sul. Lojas comerciais a partir de

17m2

ILUSTRAÇÃO ARTÍSTICA DA VISTA AÉREA

• Lojas de 254 m2 a 295 m2, com mezanino. • 30 lojas comerciais a partir de 17 m2. • Lojas âncoras que garantem maior circulação diariamente.

(16)

• 77 vagas de estacionamento , sendo 42 vagas externas e vagas internas com valet. • Baixo valor de condomínio. • Segurança 24h.

• Acesso pela Av. Independência, pelas ruas laterais e pelo Mall. • 144 salas comerciais a partir de 28,23 m2, que garantirão grande fluxo diário de pessoas.

3421 6562 / 3236 9787

INDEPENDENCIACENTER.COM.BR

Incorporação e Construção:

Arquitetura:

Projeto aprovado na Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto sob nº. 46063. Incorporação Registrada no 1° Oficial de Registro de Imóveis de Ribeirão Preto - SP sob nº. R.02/150.960 em 03 de dezembro de 2013. Imagens meramente ilustrativas, podendo sofrer alterações sem aviso prévio. Julho de 2015. CERTIFICAÇÕES TAP:

NBR ISO 9001

Sistema de Gestão da Qualidade Certificado

Nível A

OCO 0009


26

saúde+

news

Centro Médico de Ribeirão Preto sediou Espaço Mulher PME promovido pela Associação Programa de Mãos Estendidas

No último dia 12 de junho foi realizado no Centro Médico de Ribeirão Preto o evento “Espaço Mulher P.M.E.” - Reunião de Bem Estar, Requinte e Solidariedade, promovido pela Associação Programa de Mãos Estendidas (PME), que reuniu profissionais liberais em palestras e expositoras nos segmentos de moda, beleza, estética, gastronomia, nutrição, livraria e artesanato, especialmente para mulheres. Na abertura, presentes ao encontro, Dr. Oswaldo Cruz Franco - ginecologista e Obstetra / Presidente do Centro Médico de Ribeirão Preto, Márcia Cristina Fernandes Pieri - fundadora da Associação Programa de Mãos Estendidas e a ginecologista Dra. Rosana Marana. Diversas palestras foram realizadas com diferentes temas: Contruindo um auto estima equilibrada - com a psicoterapeuta Luzia Lubianchi, A saúde íntima da Mulher - com fisioterapeuta pélvica Silvia Lúcia Tarifa, Alimentação compatível com você - com a nutricionista funcional Rafaela Oliveira Tamassia, Prevenção à violência doméstica - com a vereadora

MAIO/JUNHO 2015

Cine Debate no Centro Médico Em parceria com o Projeto “Cine Caos”, o Centro Médico de Ribeirão Preto, reativou o Cine Debate. A primeira sessão aconteceu no último dia 27 de junho, com a exibição do filme “ 2001, Uma Odisséia no Espaço”. A próxima sessão está agendada para o dia 18 de julho, à partir das 19h, no auditório do Centro Médico (Rua Thomaz Nogueira Gaia, 1275- Jd. Irajá), com o filme “A Rosa Púrpura do Cairo”. O enredo se passa durante a Grande Depressão Norte Americana e narra a história de uma garçonete que sustenta o marido bêbado e desempregado e que só sabe ser violento e grosseiro. Ela costuma fugir da realidade assistindo sessões seguidas de seus filmes prediletos. Ao assistir pela quinta vez o filme “A Rosa Púrpura do Cairo”, tem uma grande surpresa quando vê o heroi sair da tela e lhe oferecer uma nova vida. Interessados encaminhar e-mail para inscrição: administracao@centromedicorp.org.br ou pelo telefone 3623-0999

de Ribeirão Preto Glaucia Berenice, Organização de closets e gavetas - com Fátima Morise, da Tropa da Casa e Como utilizar as redes sociais a favor de seus negócios - com Caroline Rodas Gonçalves, administradora, empreendedora e social media. Além das palestras, o público pode visitar vários estandes, comercializando diversos itens e produtos femininos e apreciar a apresentação do Coral do Centro Médico.


saúde+

pet

27

No frio, atenção redobrada com os Pets cuidados BÁSICOS

1 2 3 4 5

Mantenha as vacinas atualizadas Manter os banhos normalmente Usar roupinhas somente durante o dia Mantenha seu pet quentinho e confortável Evite sair com seu pet nos horários mais frios

C

ães e gatos também podem sofrer com algumas doenças típicas de inverno. Nesta estação é importante ter cuidados redobrados com seu bichinho de estimação. Algumas raças são mais resistentes às baixas temperaturas, mas a maioria é sensível ao frio. As principais “doenças de inverno” são a cinomose e a gripe, conhecida como traqueobronquite em cães e rinotraqueíte em gatos. Os sintomas da gripe nos animais são parecidos com os apresentados em resfriados de humanos, como febre, tosse e coriza. A doença normalmente é causada por vírus e fungos, sendo altamente contagiosa. Então, é correto evitar ambientes fechados e sem ventilação, que acarretam na multiplicação de bactérias. Mas, que cuidados devem-se ter com os pets no inverno? “Para os animais que dormem dentro de casa não é necessário muitos cuidados, apenas não deixar dormirem no chão gelado. Para os cães de guarda ou outros que dormem no quintal, é necessário um abrigo fechado com porta feita de plástico duro, onde o animal pode sair e entrar a hora que quiser e ficar protegido

(dentro do abrigo) do frio intenso da madrugada”, esclarece Dr. Marcelo Henrique de Oliveira, médico veterinário, especialista em cirurgia de pequenos animais e em ortopedia veterinária. Quanto à higiene nestes tempos mais frios, Dr. Marcelo diz que é recomendável manter o hábito de banho e tosa nesta época. “Pode-se continuar com a mesma frequência dos banhos da época do calor. Nos petshops os banhos são quentes e depois secos com secador quente. Detalhe: cães e gatos não transpiram pela pele, então, a sujeira será a mesma de sempre. Pode dar banho sim”, enfatiza. E o apetite, aumenta? “A alteração é pequena, apenas para aqueles que tem maior atividade física. Se considerarmos que eles também gastam energia para manter a temperatura, então, vão gastar um pouquinho mais também. Comem um pouquinho mais.”, comenta Dr. Marcelo. Quanto à vacinação, existem as que previnem as doenças mais comuns no inverno. O uso de roupas também é recomendável, mas apenas à noite, durante o dia, com o aumento da temperatura, devem-se tirar as roupinhas para não formar nós nos pelos.

os animais que dormem “Para dentro de casa não é necessário muitos cuidados, apenas não deixar dormirem no chão gelado ”

)


28

saúde+

bucal

Os cuidados com

a Saúde Bucal no Inverno

melhor “éOtambém prevenir e manter a saúde bucal em dia, independente da estação climática do ano. ”

MAIO/JUNHO 2015

C

om o início do inverno o consumo de bebidas quentes aumenta. Chá, capuccino, chocolate, quentão e também as bebidas alcóolicas, como o vinho, estão no cardápio daqueles que não abrem mão de degustar as delícias da estação. Mas, os pigmentos destas bebidas mancham os dentes e podem comprometer tratamentos para clareá-los. As manchas podem ser extrínsecas, que são superficiais e que saem com escovação ou limpeza no dentista. Já nas intrínsecas, há um processo de alteração da estrutura da dentina e/ou esmalte, o que ocasiona uma mancha mais profunda. Bebidas como o café, tomadas sem açúcar ou com adoçante, mancham superficialmente os dentes, mas podem ser removidas com a higiene bucal diária porém, o café ingerido com açúcar promove descalcificação pelo acúmulo de placa e mancha mais. A acidez também é outro fator que prejudica os dentes. O vinho tinto, por exemplo, escurece os dentes, porém, bebidas com corantes podem causar erosão nos dentes pela acidez. A dica é aguardar 40 minutos após a ingestão para escovar os dentes, pois o processo de escovação é abrasivo e pode acentuar o desgaste. Cuidar da higiene bucal é fundamental, além de moderar o consumo de alguns alimentos e bebidas, tais como beterraba, açai, chá preto, café, refrigerantes à base de cola, chimarrão, quentão, vinho tinto, além do cigarro.

OUTRoS CUIDADoS Com as temperaturas mais baixas no inverno, a tendência é que aumente a incidência de dor de dente entre os pacientes. Isso acontece porque a boca tem temperatura equivalente à do corpo humano, entre 36°C e 37°C, enquanto a temperatura do ambiente costuma ficar entre 10°C e 15°C durante esta época. Dentes com a dentina exposta por desgaste, cáries ou qualquer tipo de trauma oral apresentam terminações nervosas mais suscetíveis a estímulos de modo geral, inclusive os que causam dor. A alta incidência no inverno de gripes e resfriados, doenças virais que podem ser transmitidas pela boca pode interferir diretamente na saúde bucal e tem o ressecamento da cavidade oral como um de seus sintomas. A prevenção é a melhor ação para evitar a contaminação, por isto é recomendado não compartilhar escovas de dente e batons e sempre higienizar a boca corretamente. A sinusite também pode ser a causa da dor de dentes. Esta inflamação afeta os seios paranasais que, entre outros, abrangem o seio maxilar, onde se inserem as raízes dos dentes molares e pré-molares. Estas raízes são afetadas sempre que a sinusite se manifesta, provocando um incômodo parecido com a dor de dentes típica. O melhor é também prevenir e manter a saúde bucal em dia, independente da estação climática do ano. O recomendado é visitar o dentista pelo menos duas vezes ao ano. Ele é o profissional que fará a melhor avaliação e pode recomendar formas de limpeza e clareamentos, se necessário.


30

saúde+

artigo científico

Transtorno Depressivo Maior a importância de um diagnóstico e tratamento adequado Crescimento GH Produção de leite Hormônios da Tireóide Glicocorticóides Testosterona LH, FSH Regulação Térmica Circadiana apetite Sede Libido Regulação Imunológica Produção de Urina

O

s sistemas atuais de classificação diagnóstica em psiquiatria são o DSM-5(2) e a CID-10(3). Uma entidade central ao diagnóstico TDM é o Episódio Depressivo Maior (EDM), presente em ambos os sistemas. Estão envolvidas na definição de EDM: humor deprimido; perda de interesse ou prazer; alteração do apetite e peso; alteração do sono; agitação ou retardo psicomotor observado por outros; fadiga ou perda de energia; sentimentos de inutilidade ou culpa excessiva; redução da capacidade de pensar ou se concentrar, ou de decisão; pensamentos recorrentes de morte, sendo que tais sintomas causam sofrimento clinicamente significativo, ou prejuízo no funcionamento social, profissional, ou em outras áreas importantes da vida do individuo. Tal episódio não pode ser atribuível aos efeitos fisiológicos de uma substância psicoativa, ou de uma condição médica geral. As respostas à uma perda significativa, como um luto, não excluem o EDM necessariamente e precisam ser ponderadas clinicamente. Para que o TDM ocorra é necessário um quadro de EDM, sem que ele seja mais bem explicado por outros transtornos neuropsiquiátricos. Disto implica um diagnóstico diferencial (2). Muito do prejuízo causado pela TDM está relacionado à sua natureza crônica e recorrente(4,5), que esta breve comunicação pretende revisitar.

MAIO/JUNHO 2015

Cerca 75% a 90% das pessoas com depressão terão múltiplos episódios (4,5). Cada episódio é mais facilmente desencadeado que o anterior(6), tendendo a tornarem-se mais frequentes, severos e resistentes ao tratamento com o passar do tempo (7,8). A presença de sintomas residuais (falta da resposta, de remissão e/ou recuperação) em seguida a uma suposta melhora transitória aumenta o risco de recorrência do episódio depressivo(9). O número e duração dos episódios prévios predizem recaídas(10). Cerca de 15-30 % dos pacientes, apesar de acompanhamento especializado e múltiplos ensaios com diferentes medicações desenvolverão quadro crônico e não remitido(11). Múltiplos episódios depressivos ou uma TDM prolongada pode até mesmo relacionar-se com perda de volume hipocampal (12-14). Ademais, a presença de depressão, apresenta impactos em outras condições médicas: (1) pacientes deprimidos buscam serviços de saúde três vezes mais que os nãos deprimidos, aumentando a demanda de atendimentos médico de forma geral; (2) piora adesão ao tratamento médico de outras condições médicas; (3) piora o prognóstico de algumas doenças médicas, como diabetes, doenças cardiovasculares, insuficiência renal entre outras - cerca de 57 estudos investigaram mortalidade de pacientes com doenças médicas e depressão após 10 anos: 51% mostraram mortalidade aumentada


31

em contraste com 23% que não demostraram o mesmo(15,16); (4) acompanha a evolução de condições clínicas crônicas e prolongadas piorando seu desfecho(17); (5) na prevalência de agrupamentos de doenças crônicas em pessoas idosas é a mais frequentemente presente(18); (6) também, o suicídio pode ser um desfecho trágico e potencialmente evitável em diversas situações, sendo que a Associação Brasileira de Psiquiatria recentemente lançou uma cartilha de prevenção do suicídio que pode ser encontrada livremente na web (conh://www.abp.org.br/portal/conheça-a-cartilha-para-combater-o-suicidio). A evolução complicada do TDM exige uma abordagem multidimensional e desenvolvimental, que avalie todos os campos de suas manifestações, como nos planos psíquicos, cognitivos, comportamentais, orgânicos, o sofrimento, os prejuízos causados, o curso e evolução, o diagnóstico diferencial, além do diagnóstico de condições médicas gerais e uso de substâncias ou medicamentos enquanto causas primárias e/ou comórbidas. Indispensável contemplar uma perspectiva histórica, analítico e funcional, os fatores precipitantes e os de manutenção, os protetivos e de agravo; e observar as diversas esferas da vida humana, tais como a familiar, social, afetiva/sexual, laboral, noética, entre outras tantas em conformidade com o ciclo da vida. Posteriormente, com o consentimento do paciente e numa aliança terapêutica, devem ser propostos métodos terapêuticos personalizados que contemplem o quadro clínico.

Dr. Carlos Eduardo Rosa - CREMESP 120.866. Psiquiatra e Psicoterapeuta. Presidente do Departamento de Psicopatologia e Psicoterapia do Centro Médico de Ribeirão Preto. Médico graduado pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP), com residência médica em Clínica Médica e em Psiquiatria pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HC-FMRP-USP). Cursa doutorado em Investigações Clínicas e Ciências Médicas pelo Programa de Pós Graduação em Clínica Médica da FMRP-USP, trabalhando com neuroimagem e transtornos neuropsiquiátricos.

Referências 1. Kessler RC, Bromet EJ. The Epidemiology of Depression Across Cultures. Annual Reviews; 2013 Mar 20;(34):119-38. 2. American Psychiatric Association. Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders. Arlington. 2013. 991 p. 3. World Health Organization. The ICD-10 Classification of Mental and Behavioural Disorders. Int Classif. 1992;10:1-267. 4. Angst. How recurrent and predictable is depressive illness? In: Montgomery S, Rouillon F, editors. Long-Term Treatment of Depressive Perspectives in Psychiatry, vol 3. Chichester, England: Wiley; 1992. p. 1-13. 5. Kupfer DJ. Long-term treatment of depression. J Clin Psychiatry. 1991 May; 52 Suppl:28-34. 6. Richards D. Prevalence and clinical course of depression: a review. Clin Psychol Rev.2011 Nov;31(7):1117-25. 7. Kendler KS. Stressful Life Events and Previous Episodes in the Etiology of Major Depression in Women: An Evaluation of the “Kindling” Hypothesis. Am J Psychiatry. American Psychiatric Association; 2000 Aug 1; 157(8):1243-51. 8. Fava GA, Park SK, Sonino N. Treatment of recurrent depression. Expert Rev Neurother. 2006 Nov; 6(11):1735-40. 9. Judd LL, Akiskal HS, Maser JD, Zeller PJ, Endicott J, Coryell W, et al. Major depressive disorder: A prospective study of residual subthreshold depressive symptoms as predictor of rapid relapse. J Affect Disord. 1998 Sep; 50(2-3): 97-108. 10. Keller MB, Boland RJ. Implications of failing to achieve successful long-term maintenance treatment of recurrent unipolar major depression. Biol Psychiatry. 1998 Sep; 44(5):348-60. 11. Mueller TI, Leon AC, Keller MB, Solomon DA, Endicott J, Coryell W, et al. Recurrence after recovery from major depressive disorder during 15 years of observational follow-up. Am J Psychiatry. 1999 Jul; 156(7):1000-6. 12. Bremner JD, Narayan M, Anderson ER, Staib LH, Miller HL, Charney DS. Hippocampal volume reduction in major depression. Am J Psychiatry. 2000 Jan; 157(1):115-8. 13. McKinnon MC, Yucel K, Nazarov A, MacQueen GM. A meta-analysis examining clinical predictors of hippocampal volume in patients with major depressive disorder. J Psychiatry Neurosci. 2009 Jan; 34(1):41-54 14. Sheline YI, Sanghavi M, Mintun MA, Gado MH. Depression duration but not age predicts hippocampal volume loss in medically healthy women with recurrent major depression. J Neurosci. 1999 Jun 15;19(12):5034-43. 15. Wulsin LR, Singal BM. Do depressive symptoms increase the risk for the onset of coronary disease? A systematic quantitative review. Psychosom Med. 2003 Jan; 65(2):201-10. 16. Lett HS, Blumenthal JA, Babyak MA, Sherwood A, Strauman T, Robins C, et al. Depression as a risk factor for coronary artery disease: evidence, mechanisms, and treatment. Psychosom Med. 2004 Jan; 66(3):305-15. 17. Trick L, Watkins E, Dickens C. The association between perseverative negative cognitive processes and negative affect in people with long term conditions: a protocol for systematic review and meta-analysis. Syst Rev. 2014 Jan; 3:5. 18. Sinnige J, Braspenning J, Schellevis F, Stirbu-Wagner I, Westert G, Korevaar J. The prevalence of disease clusters in older adults with multiple chronic diseases-a systematic literature review. PLoS One. 2013 Jan ; 8(11):e79641.


32

saúde+

publieditorial

Aluguel de Consultórios

A

pós 12 anos consolidando a sua presença em Perdizes, Higienópolis, Campo Belo e Alpha Ville, a Lisieux Aluguel de Consultórios, focada em locação de consultórios de alto padrão para profissionais de saúde, inaugura mais uma unidade, agora em Ribeirão Preto. O objetivo do negócio é reduzir os custos do consultório particular do médico, como aluguel, folha de pagamento, internet, energia elétrica, entre outros. Na Lisieux o médico paga pelo uso e não tem outra preocupação, explica o seu diretor Wilson Alves Polonio. Polonio observa que 90% dos clientes são médicos, não obstante os consultórios comportem vários tipos de especialidades, como fonoaudiologia, psicologia e fisioterapia. Ainda de acordo com Polonio, há dez anos a empresa ampliou os serviços prestados aos profissionais de saúde, quando passou a operar, também, com prestação de serviços de Teleatendimento. Por este serviço, os profissionais de saúde

MAIO/JUNHO 2015

têm os seus pacientes atendidos de forma personalizada, com agendamento e confirmação das consultas. A agenda do profissional é atualizada das 8 às 21 horas, de segunda a sábado. A Empresa, que trabalha apenas com imóveis próprios, tem ainda a previsão de inaugurar mais duas unidades nos próximos dois anos. Uma em Santos e outra em Bragança Paulista.

Rua Maestro Carlos Nardeli, 148 Alto da Boa Vista - Ribeirão Preto - SP Telefone (16) 3602 6266 www.eslisieux.com.br


34

saúde+

news

Diocesio Andrade, Wilson Pedreira Jr e Aurelio Juliao de Castro Monteiro

InORP firma parceria com Hospital Albert Einstein para diagnóstico e tratamento do câncer

O

InORP (Instituto Oncológico de Ribeirão Preto) e o Centro de Oncologia e Hematologia do Hospital Israelita Albert Einstein assinaram, no final de junho, um acordo de parceria científico-operacional. Os objetivos são desenvolver e implantar ações conjuntas em busca de soluções para diagnóstico e tratamento do câncer nas cidades onde o instituto atuar – atualmente, além de Ribeirão Preto, também nas filiais de Matão, São Carlos e Pirassununga. De acordo com Dr. Diocésio Andrade, diretor Técnico do InORP e presidente do IEPO (Instituto de Ensino e Pesquisa em Oncologia de Ribeirão Preto), a parceria possibilitará a potencialização de ações de combate a neoplasias no interior do Estado de São Paulo, por meio do principal centro de medicina do país. “O Hospital Israelita Albert Einstein é uma instituição de excelência em qualidade no âmbito da saúde e da responsabilidade social e referência internacional em pesquisa, geração e difusão de conhecimentos no tratamento de diversas doenças. Esta parceria demonstra a preocupação do InORP em buscar para os nossos pacientes o que há de melhor no tratamento contra todos os tipos de câncer”, afirma. Ribeirão Preto é a primeira cidade paulista a receber a parceria e a terceira do Brasil – já foram assinados acordos em

MAIO/JUNHO 2015

Brasília (DF) e Cuiabá (MT). Segundo Dr. Wilson Pedreira Júnior, diretor Médico de Oncologia do Einstein, o hospital pretende montar uma rede desta especialidade nas principais regiões do país. “Esperamos atingir uma área além da influência geográfica do Einstein. Para isso, buscamos parcerias com instituições que tenham um alinhamento filosófico e de valores semelhante ao nosso, além de qualidade técnica e cuidado com o paciente. Encontramos essas características no InORP, que também está localizado em uma região estratégica”, diz. CoMo FUNcIoNARÁ A PARcERIA O acordo de parceria científico-operacional visa à troca de conhecimentos técnicos relativos à área de Oncologia, com a finalidade de atendimento especializado a pacientes portadores de neoplasias. Presencialmente ou por telemedicina, os médicos do InORP poderão solicitar segunda opinião e discussão de casos à equipe do Centro de Oncologia e Hematologia do Einstein. Também terão participação em reuniões científicas e conjuntas à distância (“tumor boards” e “board review”) e nos Programas de Educação Continuada do Einstein. O prazo de vigência do contrato será de cinco anos, podendo ser prorrogado por mútuo acordo entre as partes.


saúde+

35

Novos associados do Centro Médico de Ribeirão Preto A diretoria do Centro Médico de Ribeirão Preto dá as boas-vindas aos novos associados. Promover a união da classe médica, bem como defender os interesses dos profissionais e propiciar benefícios são os principais objetivos desta entidade.

SÓCIOS EFETIVOS Aldamir Godinho Won Held Antonio Albacete Neto Camilo José de Souza Kageyama Eduardo Manso de Carvalho Andrade Fernando Ivan Martins Giorjão Francisco Xavier Toda Neto Guilherme Zemi José Carlos Rocha de Luca Vilela (APM) José Ernesto dos Santos Laís Fardim Novaes Maurício Silveira Telles Milena Seoane Colmenero Muniz (APM)

Priscila de Souza Flauzino Rafael Darahem de Souza Coelho (APM) Reinaldo Bulgarelli Bestetti (APM) Ricardo Barbeli Feitosa (APM) Ricardo Baroneza Dmetruck Roberto Rossanez Rodrigo Nogueira Cardoso Roosevelt Santos Nunes   SÓCIOS AGREGADOS César Contin Russo Emmanuel Nunes de Mello


36

saúde+

clube de benefícios

CENTRO DE CONVENÇÕES CENACON - CENTRO NACIONAL DE CONVENÇÕES (16) 3965-2222 - Desc. 10% CENTRO DE ESTÉTICA CORPORAL E FACIAL Rio Life - Wellness Center Pilates, estética e terapias alternativas (16) 3610-0529 - Desc. de 10 a 15% www.rioliferp.com.br

CLIMATIZAÇÃO RP VENTILADORES E EXAUSTORES (16) 3625-7621 - Desc. 10% TERMOTECH AR CONDICIONADO (16) 3639-7910 - Desc. 5%

COLCHÕES KENKOMAX - COLCHÕES 0800-7744343 - Desc. 20%

CURSOS / consultoria Evelin Cury – Consultoria de Atendimento para Clínicas e Consultório Médico – Atendimento ao Cliente/Paciente (16) 3610-3636 - Desc. 15%

ELETROELETRÔNICOS ELÉTRICA BRASÍLIA - ELÉTRICOS ELETRÔNICOS (16) 3612-3188 - Desc. 5%

ESCOLAS ACBEU (16) 3625-4449 - Desc. 40% www.facebook.com/acbeurp ALLIANCE/FRANÇAISE (16) 3636-0809 - Desc. 20% www.afribeirao.com.br

ESCOLA FISK - INGLÊS E ESPANHOL (16) 3632-7273 - Desc. 15% www.fisk.com.br/ FACULDADES COC Unidades I e II (16) 3603-9494 - Desc. 10% IPEBJ - INSTITUTO PAULISTA DE ESTUDOS BIOÉTICOS E JURÍDICOS (16) 3624-1724 - Desc. 10% - Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu - Desc. 5% Cursos de Extensão e Aperfeiçoamento www.ipebj.com.br PINK AND BLUE FREEDOM INGLÊS E ESPANHOL (16) 3610-6229 - Desc. 15% www.pbf.com.br/?franquia/ index/&ribeiraopreto SKILL IDIOMAS (16) 3443-7359 - Desc. 50% (em 8 idiomas) THE WAY VIP ENGLISH (16) 3023-4708 - Desc. 40%

ESTÉTICA ESPAÇO ANDRÉIA PACHECO Seu bem estar da cabeça aos pé (16) 3797-3304 - Desc. de 5 a 15% nos serviços PHYSIOTIME (16) 3904-3769 - Desc. 20% www.physiotime.com.br VERA MOURA ESTÉTICA & BELEZA (16) 99747-1008 / 98801-8197 Whatsapp: 16 99606-1008 - Desc. 10% facebook.com/veramouraestetica

FARMÁCIAS

CEA - CENTRO DE ESTUDOS E APERFEIÇOAMENTO (16) 3289-9891 - Desc. 20%

RAÍZES - FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO E FITOTERAPIA FONE: (16) 3635-2136 - Desc. 20%

CNA - INDEPENDÊNCIA - INGLÊS E ESPANHOL FONE: (16) 4009-5658 - Desc. 30% www.cna.com.br/independência

FLORICULTURA/PAISAGISMO

CULTURA INGLESA (16) 3610-6616 - Desc. 20% www.culturainglesaribeirao.com.br

FOTOGRAFIA

ENSINO DE MÚSICA SOUZA LIMA (16) 3441-1588 - DESC. 50% na matricula e 1 aula experimental de 30 min gratuita www.souzalima.com.br/ribeiraopreto

MAIO/JUNHO 2015

FLORA E CIA - PAISAGISMO / PLANTAS (16) 3916-5006 - Desc. 10%

MÁRIO KANASHIRO FOTOGRAFIA FONE: (16) 3011-0775 - Desc. 10%

GASTRONOMIA

LOJAS - ROUPAS / CALÇADOS

GUSTUS GOURMET SELF-SERVICE GOURMET (16) 3621-5779 www.gustusgourmet.com.br Desc. 5% em pagamento com cartão (crédito e débito) e 10% no pagamento em dinheiro

BRANCO & CIA - BOULEVARD (16) 3931-4779 - Desc. 10 a 20%

VAL GASTRONOMIA E MÚSICA BRSAILEIRA (16) 3911-2171 - 7% na gastronomia www.bardoval.com.br

TOK E OUSADIA - REFORMAS E CUSTOMIZAÇÃO DE ROUPAS (16) 3632-3328 - Desc. 5 a 10%

HOTÉIS

VIANNO ALUGUEL DE TRAJES MASCULINOS (16) 3023-4895 - Desc. 10%

ARAUCÁRIA PLAZA (16) 3913-1300 - Desc. 45% ATLANTICA - HOTEIS INTERNACIONAL COMFORT INN & SUITES (16) 2133-3999 - Desc. 30% DAN INN (16) 3610-1500 - Desc. 40% GOLDEN PARK HOTEL (16) 3019-8200 - Desc. 30% no valor da diária www.nacionalinn.com.br

GOLFE CLASS ROUPAS (16) 3931-2203 - Desc. 10% LOJA VALENTINA - ROUPA FEMININA (16) 3632-9093 - Desc. 10%

MICALCE CALÇADOS FONE: (16) 3625-2026 - Desc. 5% SERGIO´S CALÇADOS (16) 3902-1196 - Desc. 15%

ÓTICAS A OCULAR (16) 3961-2523 - Desc. 10 a 20%

HOTEL SLEEP INN (16) 3019-8300 - Desc. 30%

ÓTICAS DINIZ (16) 3236-4121 - Desc. 10 a 25% www.oticasdiniz.com.br/lojas/ribeirao-preto-campos-elisios-447

HOTEL NACIONAL INN (16) 3636-6464 - Desc. 40%

SANTA CLARA ÓTICA - JÓIAS E RELÓGIOS (16) 3629-9535 - Desc. 5 a 25%

HOTEL PLAZA (16) 3636-4700 - Desc. 40%

SEGUROS

PLAZA INN MASTER (16) 2102-6000 - Desc. 35%

WILLIAM CLUBE SEGUROS (16) 3621-2009 Descontos conforme a modalidade do seguro

TAIWAN HOTEL (16) 4009-8899 - Desc. 40%

HOTÉIS DE TURISMO ENGENHO DA SERRA HOTEL & ECORESORT (37) 3373-1197 - Desc. 10 a 20% ESTÂNCIA LOBO DA MONTANHA - Hotel Fazenda (16) 3941-1209 - Desc. 10% GRINBERG´S VILLAGE HOTEL SOCORRO - SP (19) 3895-2909 / 3895-1902 - Desc. 10 a 20% SPA - FAZENDA SANTA CRUZ (17) 3237-4199 - Desc. 10%

TURISMO CVC - (LOJAS - CVC FIUSA, CVC JARDIM PAULISTA, CVC CAMPOS ELÍSEOS, CVC NOVOSHOPPING - CVC FIUSA Av.Professor João Fiusa 1272) (16) 3516-4000 Desc. 3% em pacotes nacionais e internacionais, excursões, diárias em hotéis e 8% nos pagamentos à vista

VEÍCULOS / SERVIÇOS CHAGURI AUTO MECÂNICA FUNILARIA E PINTURA (16) 3610-4485 - Desc. 5% PIRES INHAÚMA VEÍCULOS (16) 3610-2121 - Desc. 5%


38

saúde+

informa

Diretoria 2015/2017 DIRETORIA Presidente - Dr. Oswaldo Cruz Franco 1º Vice-Presidente - Dr. Alexandre Firmo de Souza Cruz 2º Vice-Presidente - Dra. Cleusa Cascaes Dias

REPRESENTANTES NO CONSELHO MUNICIPAL DA SAÚDE Drª. Cleusa Cascaes Dias Dr. Alexandre Firmo de Souza Cruz

Tesouraria

Diretor Social

1º Tesoureiro - Dr. Flávio Barbosa Bernardes da Silva 2º Tesoureiro - Dr. Luiz Antonio Araújo Dias

Dr. Carlos Roberto Ferriani

Secretaria 1º Secretária - Dra. Liyoko Okino 2º Secretária - Dra. Maria Ivone Silva Marques

CONSELHO DELIBERATIVO Dr. Camilo André Mércio Xavier Dr. Carlos César Montesino Dr. Carlos Gilberto Carlotti Júnior Dr. Carlos Roberto Ferriani Dr. Celso Henrique Pagnano Paschoal Dr. Fábio Carmona Dr. Gustavo Salata Romão Dr. Isac Jorge Filho Dr. Jayme Nogueira Costa Filho Dr. José Alberto Mello de Oliveira Dr. José Álvaro Gonçalves Júnior Dr. Luiz Cláudio Fontes Mega Dra. Margarida Maria Fernandes Silva Marques Dra. Maria Terezinha Infantosi Vannucchi Dr. Marta Edna Holanda Diógenes Yazlle Dr. Nelson Jacintho Dr. Roberto Baracchin Dr. Rodrigo Coelho Franco

CONSELHO FISCAL Dr. José Antônio Baltazar Maciel Dr. Juan Stuardo Yazlle Rocha Dr. Márcio Antônio Del Rosso Mobíglia Dr. Odilon Iannetta Dr. Sebastião Amaral Filho

DELEGADOS JUNTO A APM Dra. Liyoko Okino Dra. Maria Ivone Silva Marques Dra. Zaida Coelho Franco

MAIO/JUNHO 2015

Diretor de Esportes Dr. Luiz Cláudio Fontes Mega

DEPARTAMENTOS Acupuntura Drª Liyoko Okino Bioética e História da Medicina Dr. Isac Jorge Filho Cardiologia Dr. Paulo José de Freitas Ribeiro Cirurgia Plástica Dr. Carlos Roberto Ferriani Ginecologia e Obstetrícia Dr. Rodrigo Coelho Franco Mastologia Dr. Ângelo do Carmo S. Matthes Nefrologia Dr. Tufik José M. Geleilete Neurologia Dr. José Espir Filho Nutrologia Dr. José Eduardo Dutra de Oliveira Oftalmologia Dr. Paulo Virgílio de F. Paccola Pediatria Dra. Andréa Ap. Contine Rodrigues Psicossomática Luiz Henrique Milan Novaes Psicologia e Psicoterapia Médica Dr. Nelson Jacintho Psiquiatria Dr. Marcos Hortes Nisihara Chagas Radiologia Dr. Mário Müller Lorenzato Ultra-Sonografia Dr. Adilson Cunha Ferreira

PRESTAÇÃO DE CONTAS BALANCETE DO CENTRO MÉDICO DE RIBEIRÃO PRETO PERÍODO DE 01/04/2015 A 30/06/2015 Receitas Despesas Associação Paulista de Medicina Aquisição Bens / Novos Equipamentos Bancos Comissões Correios Convênios Saúde Associados Reembolso de convênio pelos Funcionários Coral Do Centro Médico / Unimed Depto Jurídico C. M. Despesas Diretoria / Delegados Despesas Eventuais Despesas com Construção Despesas Com Pessoal Débitos - Créditos Bancários Eventos Distribuição Revista Saúde+ Assessoria de Comunicação Manutenção C.M. Mensalidades Associados Centro Médico Medicar Outras Fontes de Renda Seguro De Vida em Grupo Poliesportivo Williams Seguros Total Geral

Centro Médico de Ribeirào Preto Regional da associação paulista de medicina Rua Thomaz Nogueira Gaia, 1275 Jardim Irajá - CEP 14020-290 Ribeirão Preto - SP Fone/Fax: (16) 3623-0999/3623-1656 www.centromedicorp.org.br contato@centromedicorp.org.br

60323,02 0,00 5.752,08 10.681,29 0,00 37.979,40 1.888,73 0,00 36.069,80 0,00 0,00 0,00 5.560,72 8.520,05 500,00 0,00 0,00 0,00 138.438,25 8.601,84 18.303,00 76.608,12 55.885,25 9.691,46 474.803,01

Saldos

60323,02 0,00 19.149,85 -19.149,85 406,25 5.345,83 0,00 10.681,29 140,21 -140,21 38.153,37 -173,97 5.560,72 -3.671,99 3.400,00 -3.400,00 0,00 36.069,80 589,35 -589,35 598,64 -598,64 12.685,50 -12.685,50 112.228,61 -106.667,89 8.520,05 0,00 1.619,34 -1.119,34 1.764,77 -1.764,77 4.500,00 -4.500,00 18.417,30 0,00 8.822,64 677,95 76.081,18 52.427,40 9.691,46 471.827,41

-18.417,30 138.438,25 -220,80 17.625,05 526,94 3.457,85 0,00 2.975,60


Os mais avançados procedimentos de alta complexidade para você. Hospital São Francisco. Todo mundo mais saudável. Maior hospital particular da cidade, o São Francisco é reconhecido pela sua excelência em casos de alta complexidade. Oferece uma estrutura completa, com o Hospital-Dia, unidade de emergência diferenciada, serviços de apoio ao diagnóstico interno e padrão de hotelaria em sintonia com os mais avançados hospitais do país. Busca sempre pelos melhores procedimentos e conta com um corpo clínico referenciado. Tudo para proporcionar o bem-estar de seus pacientes.

Responsável técnico: Dr. Woe Tong Chan CRM nº 86.953

• Fisioterapia • Laboratório • Saúde Plena • Odontologia • Resgate • Pediatria • Ocupacional • Plano de assistência médica

16

2138 3000

Consulte os convênios atendidos no site www.saofrancisco.com.br

Profile for City Magazine

Saúde Mais 02  

O Centro Médico de Ribeirão Preto (Regional da Associação Paulista de Medicina) completa 81 anos em 2015 e para comemorar, sua revista ganho...

Saúde Mais 02  

O Centro Médico de Ribeirão Preto (Regional da Associação Paulista de Medicina) completa 81 anos em 2015 e para comemorar, sua revista ganho...

Advertisement