a product message image
{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade
1 minute read

Trago crise Mateus Ferraz

Trago crise

Mateus Ferraz

Na sacada do apartamento Sacou o cigarro do bolso e deu um trago Tomava suco de acerola com maracujá Que era pra se manter calmo

A vida estava um saco Há pouco sacou o dinheiro do banco Esse mês ia ser complicado Socou bem forte a parede Pensou em saquear o mercado A vida estava um saco

Puxou bem forte o cigarro e encheu o peito Acordando os vizinhos da rua de sobressalto:

Trago meu cigarro Trago notícias ruins pra minha esposa Trago fome Trago miséria Trago carência Trago fraqueza

Eu trago o fim de tudo Trago contas pra pagar Trago imensas dores Trago filhos pra criar e também alguns amores

Trago tudo isso em meu peito asmático que é esmagado por cem toneladas Trago a vida inteira dentro do cigarro que trago

Sacou a quadrada da cintura Puxou o gatilho A bituca se apagou em um estalo

This story is from: