Page 1

1 Comunidade

Revista mensal . Ano 14 . nº 163 . Abril de 2014

"Em Cristo somos novas criaturas"

Na Festa da Misericórdia, a canonização de dois papas da história do Cristianismo www.caminhoseguro.com


2

Pintura, diamantação e conserto de rodas

Temos otimos preços em pneus R. Sergipe, 55 - Jd. Marajá | Bebedouro | 17 3345 2082

Assistência técnica em eletroeletrônico Instalação de antena parabólica com canais religiosos

(17) 3342 8460 Rua Vicente Paschoal, 797 - centro - Bebedouro SP


Expediente Revista Jesus Caminho Seguro é uma publicação mensal da Associação Jesus Caminho Seguro. CNPJ 02.857.590/0001-07 Coordenação geral Maria Rita De Rosis Mazeu Coord. Depto. Comunicação Eliana Merchan Jornalista responsável Fernanda Luiz MTb 47.457 Revisão Maria de Lourdes Taube Conceição Diagramação Rodrigo Borba Fotos Arquivo|Divulgação|sxc.hu Publicidade Maria Rita de Rosis Mazeu (Lica) (17) 9145-0022 Joseimar Gonçalves da Cunha (Pim) (17) 9745-6877 Tiragem 2.500 exemplares Impressão Artes Gráficas Editora Circulação Bebedouro, Ibitiúva, Jaú, Matão, Monte Alto, Monte Azul Paulista, Ribeirão Preto, São Paulo, Taiaçu e Taiúva. Redação e Administração Rua São João, 722 – Centro Bebedouro – SP (17) 3344-3903 www.caminhoseguro.com contato@caminhoseguro.com Os artigos desta revista poderão ser reproduzidos, desde que se indique a fonte e envie cópia à Redação. O conteúdo dos textos assinados é de responsabilidade dos autores.

O perdão

editorial

3

de Deus

é mais forte que o pecado

N

ão podemos dizer simplesmente que estamos arrependidos dos nossos erros. Devemos adotar uma ação para demonstrar a nossa intenção de mudar. Não é que Deus duvide da nossa contrição, é que o verdadeiro arrependimento se mostra por si mesmo, quando buscamos evitar situações que nos conduzem ao pecado. Precisamos responder quando o Espírito Santo nos chama a mudar. Porque a convicção do pecado e o desejo pelo perdão de Deus é obra do Espírito. Depende de nós confessar nossos pecados e mudar nossas ações para que elas possam corresponder às nossas palavras. Mas também depende de Deus mudar nossos corações e derramar graças para nos ajudar a realizar essas mudanças. Nós, que fomos redimidos pela Cruz, podemos: - ter cicatrizadas todas as nossas feridas; - conhecer pessoalmente o amor de Jesus; - começar a amar o nosso próximo; - em suma, podemos ficar cada vez mais semelhantes a Cristo. E quando examinarmos a nós mesmos, não hesitemos em clamar a Deus. Jesus mesmo nos ensinou a pedir, a procurar e a bater à porta (cf. Mt 7,7), e disse que seríamos ouvidos. Peçamos ao nosso Pai que nos mostre sua misericórdia e seu amor. Voltemo-nos para Ele com as mãos e o coração erguidos. Ele sempre nos dará a força, a sabedoria e a coragem de que necessitamos para enfrentar até mesmo nossos piores momentos. O que importa é termos a audácia de pedir ajuda. O que importa não é saber se merecemos a ajuda de Deus. Pois, aos olhos de Deus, só importa que seu povo volte para Ele com o amor e a confiança de antes. Para isto, Ele fará tudo. E, com Deus, não temos que pagar o “último centavo”, pois Jesus já pagou nosso perdão, nossa cura e nossa renovação. E que pagamento: seu Sangue e sua Vida. Nunca devemos nos sentir presos em pensamentos de acusação, de julgamento ou de condenação. A graça de Deus sempre basta! Seu conforto está sempre disponível! Depois de passarmos o Tempo da Quaresma, considerando com seriedade o chamado de Deus ao arrependimento, com alegria expectante e confiante, vamos dar as costas à escuridão do pecado e permitir que a luz do Cristo Ressuscitado venha a nós, entrando de uma maneira como nunca a recebemos. Então poderemos cantar louvores ao nosso Redentor, celebrando a Páscoa da Ressurreição. Maria de Lourdes Taube Conceição Equipe de Redação JCS

Nesta edição palavra do fundador - 04 cantinho de Maria - 05 sócio evangelizador - 06 flashes - 07 testemunho - 08 comunidade -10 capa - 12 o santo do mês - 14 saúde e cidadania - 15 tesouros do coração - 16 espiritualidade- 17 livraria - 18 promoção humana - 19 espaço de reflexão - 20 pequeninos de Jesus - 22

Aguardem!

Noite de louvor para mulheres.

09/05, às 20h

Capela Nossa Senhora das Graças


4

palavra do fundador

Tríduo Pascal

B

a celebração mais importante na vida da Igreja

uscando a conversão do coração e tentando mudar nossas atitudes e anseios, chegamos mais uma vez às celebrações da Semana Santa, a mais significativa das semanas. Destaco alguns passos do mistério que vamos celebrar a partir da Quinta-Feira Santa, no que chamamos de Tríduo Pascal. Entender bem esses três momentos fortes como uma única e grande celebração da vida é poder entrar definitivamente em comunhão com Cristo. O Tríduo Pascal abrange os três dias fundamentais nos quais se deu o mistério da nossa salvação, o que, liturgicamente, corresponde a uma única celebração, que percorre os três dias. Quinta-Feira Santa: É o dia da Instituição da Eucaristia e do Sacerdócio, do ministério da doação e do gesto de humildade de Jesus ao lavar os pés dos discípulos. O Mestre deu testemunho do que dizia. Ele manda amar a todos e ensina que é no “lavar os pés” – sujos, descalços, pobres... – que se identificam os seus seguidores. Jesus diz que amar aqueles que nos amam é fácil, mas amar os inimigos ou aqueles que comem na mesma mesa sem ser dignos dela é ser diferente. Sexta-Feira da Paixão: O amor é levado ao extremo da entrega e sofrimento. Celebramos a Paixão e Morte de Jesus. Nossas igrejas se enchem e choramos por Aquele que morre na Cruz. Caminhamos lado a lado com o Senhor Morto – Aquele que ontem havia celebrado a Ceia com os seus, mas que foi, na mesma noite, entregue aos “homens deste mundo”, agora jaz no madeiro. Contudo, aqui está a beleza da liturgia integrada como única celebração de vida: adoramos o madeiro e o beijamos, porque ele, o madeiro da dor, é sinal de glória. Nele adoramos

Aquele que viverá, que ressurgirá da morte e libertará a todos. A Cruz lembra dor, mas reforça a certeza da vitória. Este é o único dia do ano que não tem missa, mas acontece apenas a Celebração da Palavra chamada de Ação ou Ato Litúrgico. Sábado é dia de saudade, de esperança, de vigília, luz, vitória e Vida Nova. Começamos o dia lembrando Aquele que jaz no sepulcro. A Igreja não exerce qualquer ato litúrgico, permanecendo em contemplação de Jesus morto e sepultado. A tarde chega, a noite cai, e, já pertencente ao Domingo de Páscoa, acontece a Vigília das vigílias, do poder da Vida sobre a morte. É por isso que essa noite é tão cheia de significados e símbolos: Liturgia do Fogo e da Luz; Liturgia da Palavra; Liturgia Batismal e Liturgia Eucarística. Somos, com Cristo, ressuscitados para uma vida nova;  somos banhados na pia batismal como homens novos, porque “Ele vive e podemos crer no amanhã”; somos um povo que caminha não mais rumo à terra prometida, mas rumo ao Reino dos céus; enfim, comungamos Aquele que é o Senhor Ressuscitado – nossa Páscoa. O maior tesouro da nossa liturgia está nesses três dias, nos quais recordamos a Paixão, a Morte e a Ressurreição de Nosso Senhor. O Tríduo Pascal é a celebração mais importante na vida da Igreja. Não há outra celebração, em ordem de grandeza, que se possa colocar em seu nível. Que possamos celebrar bem esses dias, e que a certeza do Senhor que Vive e Reina seja a maior das certezas de nossa vida cristã. Zezinho

Armazém da Moda Sofisticada ou casual seu estilo é aqui Rua. Dr. Bahia, 1757 - Jd. Casagrande Bebedouro S.P. - 17 3342 6031

Rua Brandão Veras, 1740 Centro - Bebedouro S.P

Tel: 3342 6398


cantinho de Maria

5

Senhora do Desterro Padroeira dos refugiados, exilados e sem pátria

N

ossa Senhora do Desterro, comemorada no dia 02 de abril, tem origem na Bíblia – segundo o Evangelho de Mateus 2,13-23, quando a Sagrada Família teve que fugir com o Menino Jesus para o Egito, por causa da perseguição do Rei Herodes. Maria permaneceu cerca de quatro anos fugitiva, desterrada no Egito. Nossa Senhora do Desterro é a Mãe à qual se reza quando a necessidade é ser bem recebido em terras estrangeiras, para conseguir novas amizades e trabalho. É a devoção dos refugiados, dos que não têm Pátria, dos que não têm esperança no futuro, como os milhões de brasileiros que saem do país em busca de uma vida melhor ou os milhões de refugiados de guerra espalhados pelo mundo. Nossa Senhora do Desterro também é a padroeira dos que tiveram que deixar sua Pátria para procurar trabalho em outro lugar ou para se refugiar em outras terras, pois Maria foi obrigada a fugir para o Egito com o seu Filho para protegê-Lo. Fazendo um paralelo com CF/2014 – “Fraternidade e Tráfego Humano”, podemos lembrar das muitas pessoas que são forçadas a ir para outros países, onde são exploradas e, muitas vezes, até escravizadas. É o caso daquelas que são levadas para fora do país, em busca de trabalho e de uma vida melhor, e lá são submetidas à prostituição, ao trabalho escravo ou até mesmo transformadas em fornecedoras de órgãos para transplantes. Lembremos, também, do caso das crianças que são retiradas (furtadas) de suas famílias e levadas à força por aqueles que estão envolvidos no tráfico humano. Rezemos a Deus, pela intercessão de Nossa Senhora do Desterro, por todos os que se encontram nessas situações abordadas pela CF/2014, que tem como lema: “Foi para a liberdade que Cristo nos libertou”. Os que rezam a Nossa Senhora do Desterro serão, por sua promessa, protegidos contra a fome, a peste, a guerra e as doenças contagiosas. Os seus inimigos não terão poder de ofendê-los nem roubá-los e resistirão às tentações do demônio. Todos os que tiverem confiança na misericórdia da Mãe do Desterro serão felizes em seus negócios e viagens, não morrerão sem a confissão e ficarão livres de uma morte repentina. Fonte: cruzterrasanta.com.br Por: Fernanda Luiz - Depto. Comunicação

Prédio elegante, espaçoso, aconchegante. Confira e aproveite. A Leão Tecidos tem a maior variedade, preço justo e promoções toda a semana.

De segunda a sexta, a partir das 14h30, e aos sábados pela manhã.

Seu café da tarde preparado no mesmo dia, fresquinho e com muito carinho! Cada dia um cardápio diferente: pães com ou sem recheio | roscas roscas com goiabada | bolos | tortas enroladinho de salsicha | mini pizzas esfirras e outros salgadinhos


6

sócio evangelizador

Campanha Sócio Fiel Seja fiel à evangelização!

Contribua com a Comunidade Jesus Caminho Seguro em

abril, maio e junho e concorra, no início de julho, a um rádio AM/FM com CD e entrada para USB. A contribuição pode ser através de boleto ou débito automático. Escolha o débito automático, sinônimo de praticidade para você e garantia para a evangelização.

4ª Festa das Entidades - 11 a 13 de abril – Salão de Festas – Feccib velha Em prol das entidades de Bebedouro, dentre elas a Associação Jesus Caminho Seguro, que mantém o Projeto Novos Caminhos.

Os bingos da festa, no valor de R$ 25, estão à venda na Comunidade. Com apenas uma cartela para os três dias de festa você concorre a sete prêmios:

4 motos, sendo duas Biz e duas Fan; dois Corsas Classic; e uma poupança de 2 mil reais.

Participe !

Esta é uma maneira de você ajudar quem mais ajuda Bebedouro: as Entidades!

“Sua nova antena parabólica, sem custo mensal e com inúmeros benefícios, confira...!!! “

12x sem juros e nada mais de mensalidade, o equipamento é 100% seu. Aproveite agora a substituição da parabólica com vantagem de o sinal ser 100% DIGITAL!!! (17) 3344 0350

www.assineskyagora.com.br


flashes

7

Fique por dentro dos acontecimentos! São José, rogai por nós! – De 16 a 18 de março, na Capela São José, o pároco da paróquia de São Judas Tadeu, Pe. Emerson Lopes, celebrou o Tríduo a São José, comemorado pela Igreja no dia 19 de março.

24º Retiro de Carnaval – Muitos dos mais de 200 jovens

que participaram do Retiro de Carnaval deste ano, com o tema “Reunidos num só corpo pela força da cruz” (cf. Ef. 2,16b), na Casa de Retiro Bom Pastor, já tinham vivido essa experiência, mas muitos participavam pela primeira vez, como é o caso da estudante de jornalismo, Beatriz Fernandes. Ela relata que seu intuito era apenas desligar-se das experiências mundanas e corriqueiras do dia a dia, mas que não precisou de mais que duas pregações para perceber que Deus a chamava. “Eu já sabia que tudo o que havia conquistado no último ano (rápida e glorificadamente) se devia a Ele e a ninguém mais. Mas algo me marcou profundamente nessa experiência: ouvir que Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos. E mesmo com todo o choque de realidades, ao sair de um lugar como aquele e me deparar com o mundo real aqui fora, eu me faço forte perante a Cruz e encho o meu coração com amor, perdão e muita paciência. Sei que não é nada fácil, mas vale a pena”, concluiu.

Acampamento para as famílias – Nos dias 22

e 23 de fevereiro, mais de 50 famílias participaram do Acampamento, na Casa de Retiro Bom Pastor, com o tema “Família tocada e transformada pelo Espírito”, promovido pelo Ministério para as Famílias da RCC. Famílias de várias paróquias puderam recarregar a energia e ter um momento com Deus na presença do Santíssimo Sacramento.

Coleção Primavera Verão 2013

Coleção Outono Inverno 2014


8

testemunho

Graça recebida por intercessão de

C

Santa Giana

onto agora a graça alcançada para a minha vida e para a vida de meu marido, através da poderosa interseção de Santa Giana Beretta de Molla. Aos 20 anos eu me casei com Carlos. Com o passar do tempo, fui percebendo que meu marido era alcoólatra, o que gerou muitas brigas e discussões entre nós. Sofríamos muito. Em 1992, ele teve uma úlcera gravíssima e quase morreu; ficou no hospital durante 14 dias, fez transfusão de sangue, mas ficou bom. Em 2001, nós nos separamos devido às brigas. Eu não queria que meu filho presenciasse tudo aquilo. Queria meu marido de volta, mas sem a bebida. Dois meses depois, Carlos voltou para casa com uma depressão profunda. Procurei um psiquiatra e, alguns dias depois, ele teve uma hemorragia gástrica. Parava de beber, mas logo voltava, e eu sempre confiando em Jesus. Nesse mesmo ano, minha mãe descobriu um câncer no intestino. Meu marido esteve ao meu lado durante esse período difícil. Poucas pessoas fariam o que ele fez pela minha mãe. Em 2002, fiquei grávida da Laís. Em 2004, da Rafaela, época em que Carlos teve outra hemorragia gástrica. Mais uma vez confiei em Jesus e ele ficou bom novamente, mas não parou de beber. De 2006 a 2008, mais duas hemorragias. Na última, ao ver em seu prontuário os exames de 2004 (que não haviam sido abertos), o médico constatou que ele tinha hepatite C. Disse que lhe daria o tratamento, mas achava que não tinha mais jeito, talvez pela quantidade de vírus encontrada. Mesmo assim, ele continuou bebendo. Reconhecia que era alcoólatra, queria parar, mas não conseguia sozinho. O tratamento não podia ser iniciado porque as plaquetas estavam muito baixas. Eu estava muito triste. Certo dia, ouvindo a Rádio Caminho Seguro, disseram que pedíssemos a intercessão e a ajuda do nosso santo de devoção para o que estivesse nos afligindo. Eu pedi a Santa Giana, para que ela cuidasse do meu marido, para que o tratamento começasse logo e que ele se livrasse do vício da bebida. Nesse momento, disseram na Rádio que a mulher que estava pedindo pelo seu marido, por

um tratamento, que ficasse tranquila, pois Santa Giana Beretta de Molla estava intercedendo por ele e por sua família. Isso bastou para que eu acreditasse que tudo daria certo. Em agosto de 2009, ele iniciou o tratamento e, a partir desse dia, nunca mais bebeu! Fez todo o tratamento, ficou debilitado, passava mal, pois as injeções eram muito fortes. Nossos familiares achavam que ele deveria parar o tratamento, porque acreditavam que não aguentaria. Sua situação era bem delicada, pois ele estava com anemia, a cor da pele já era esverdeada, teve que prender as varizes do estômago para não sofrer mais uma hemorragia, mas eu me lembrava das palavras de Santa Giana e continuava confiando que tudo ia dar certo. E antes de terminar o tratamento o vírus já havia desaparecido. Hoje, graças a Jesus e a Santa Giana, ele está ótimo, pois se livrou do vício do álcool e nunca mais bebeu. No dia 11 de março, comemoramos nossas Bodas de Prata. Conheci a história de Santa Giana quando participávamos da Pastoral Familiar e me encantei por sua historia de vida. Ela é a protetora das mulheres grávidas e defende a vida. No dia de sua canonização, o Papa João Paulo II concedeu a ela o título de Mãe da Família. Foi beatificada em 24 de abril de 1994 e canonizada em 16 de maio de 2004. É comemorada pela Igreja no dia 28 de abril. De coração, agradeço a Jesus, a Santa Giana e a Nossa Senhora. Agradeço ao grupo de oração, pelas orações que fizeram por mim e por minha família. Santa Giana, aqui neste espaço eu cumpro a promessa que lhe fiz, dando meu testemunho e levando sua história ao conhecimento de todos. Santa Giana, rogai por nós! Amém! Marta Lúcia Generoso Robledo

MILMAQ Papelaria e Informática

Material Escolar Mochilas Materias para escritório e informática Vendas e Assistência Técnica Relógio de Ponto e Biométrico a c e i t a m o s c a r t õ e s d e c r é d i to

Rua Francisco Inácio, 107 – Bebedouro S.P. | 17 3342. 4224 | 3343 7220 | www.milmaqinformatica.com.br


Jesus,

eu confio em Vós!

F

oi com essa confiança que me abri à graça de Deus e consegui parar de fumar. Todos os dias e sempre que posso, acompanho pela rádio e rezo o Terço da Misericórdia junto com a Comunidade Jesus Caminho Seguro. Mas, em março de 2013, quando ouvi que começaria a novena em preparação à Festa da Divina Misericórdia, algo tocou o meu coração. Tinha um desejo: parar de fumar. No 1º dia da novena, pedi a Jesus Misericordioso que olhasse para as minhas misérias e, com confiança, falei: “Deus, esta é a última chance que me dou! Preciso e quero parar de fumar (já tinha tentado de tudo e não conseguia)”. Naquele dia foi diferente. Ouvi uma voz que me dizia: “Abra o seu coração para a graça, porque EU posso te ajudar”. E assim fiz! Rezando todos os dias com fé, me coloquei debaixo do coração Misericordioso de Jesus, pedindo para que o sangue e a água me lavassem por inteira, principalmente minha boca e meus pulmões, para que eu me livrasse do vício. Não foi fácil! Mas, no final da novena, já não podia mais sentir o cheiro do cigarro. Hoje, quero agradecer à Divina Misericórdia e à Comunidade JCS (que é uma bênção em minha vida), por essa graça alcançada através das gotas da Misericórdia de Jesus. Um ano sem cigarro. Obrigada, Jesus! Eu confio em Vós! Maria José Ribeiro Tavares de Camargo (Zéca)

Festa da Misericórdia Tema:

“Envolvidos pela Divina Misericórdia” (Diário 754)

27 ABRIL de

Local: Matriz de Nossa Senhora Aparecida Bebedouro-SP Programação: 14h - Música, Louvor e Adoração

15h - Terço da Misericórdia

16h - Santa Missa da Misericórdia

Realização: Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Comunidade Jesus Caminho Seguro

o santo do mês

9


10

comunidade

Comunidade em missão

Retiro para jovens – Cleonice Jerônimo, Debora e Eliana Merchan, representando a Comunidade Jesus Caminho Seguro, ministraram palestra no Retiro de Carnaval promovido pela Aliança de Misericórdia e Grupo de Oração Sementes do Amanhã, na cidade de Jaú (de sábado a terça-feira), que reuniu mais de 200 jovens.

Formação – No dia 06 de março, Eliana e Debora Merchan, da Adoração Eucarística – Nas noites de Carnaval, na Comunidade Jesus Caminho Seguro, ministraram formação para os formadores pessoais de consagrados de Comunidades Novas, em Jaú, para a Comunidade Fiel Pelicano.

Matriz de Nossa Senhora do Patrocínio, em Jaú, organizado pela Comunidade Fiel Pelicano.

Retiro sobre São Pedro – Os membros da Comunidade Família Santuário de Vida participaram, no dia 09 de março, na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, de um retiro sobre São Pedro, discípulo e pastor, ministrado pelos missionários de nossa Comunidade, João e Eliana Merchan.

Ponto Chic

Bar e Restaurante

Almoços todos os dias – Self Service, Marmita e Marmitex

Dra. Sonia Maria V. Junqueira Franco CROSP 17911

Endodontista , Odontopediatria e Clínica Geral Especialista em Tratamento de Canal

Aos domingos deleciosos assados. ENCOMENDE O SEU. Av. Pref. Joaquim Alves Guimarães, 841 - Jardim Claudia ll – (17) 3343 4739

Sonia Junqueira

Avenida Raul Furquim, 1011 - Jd. Paraiso Fone: (17) 3342-4014 CEP 14701-300 - Bebedouro/SP e-mail: junk@mdbrasil.com.br


testemunho

11

Terço dos Homens - Integrantes do Terço dos Homens das

várias paróquias locais participaram, no dia 22 de fevereiro, de um encontro na Basílica da cidade de Aparecida-SP, que reuniu membros de grupos do Terço dos Homens de todo o Brasil.

Colomba Pascal light Ingredientes:

250g de ameixas pretas sem caroço; 2 xícaras (chá) de leite desnatado; 2 tabletes de fermento esfarelado; 3 xícaras (chá) de farinha de trigo peneirada; 2 ovos; 1/2 xícara (chá) de açúcar mascavo; 5 colheres (sopa) de azeite de oliva; 2 colheres (chá) de essência de panetone; 1 clara; 5 colheres (sopa) de adoçante em pó; 2 colheres (sopa) de castanha-de-caju moída.

Retiro para catequistas – No final de fevereiro, também em Jaú, os missionários da nossa Comunidade, João e Eliana Merchan, proferiram uma formação para as catequistas, com o tema Nas Pegadas do Santo.

Modo de preparo:

Em uma panela, coloque as ameixas e o leite e cozinhe em fogo baixo até as ameixas amolecerem. Retire do fogo, transfira para uma tigela e deixe amornar. Em seguida, misture o fermento e, aos poucos, 2 xícaras de farinha de trigo. Cubra a tigela e deixe crescer por 30 minutos. Adicione os ovos, o açúcar e o azeite de oliva. Mexa bem e acrescente o restante da farinha de trigo e a essência de panetone. Com as pontas dos dedos, trabalhe a massa por 5 minutos. Divida-a em duas partes iguais e distribua em duas fôrmas de papel próprias para colomba, com capacidade de 500g cada uma. Cubra e deixe crescer por 30 minutos. Ligue o forno à temperatura média. Em uma tigela, bata a clara, o adoçante em pó e a castanha-decaju. Espalhe sobre as colombas e leve para assar por 45 minutos, ou até ficar firme.


capa

João XXIII e João Paulo II Dois santos para novos tempos

“Santo subito!”- santo imediatamen-

te! Era o que estava escrito em várias faixas que se erguiam durante a celebração das exéquias do Papa João Paulo II. Este papa foi chamado pelo seu sucessor, Bento XVI, de Grande. João Paulo II quis trazer em seu nome de Papa, assim como o quis seu antecessor, o nome de dois grandes papas: João XXIII e Paulo VI. Três papas que marcaram profundamente a história com seus feitos e gestos. A divina providência nos alegra com a canonização de dois destes três papas: João XXIII e João Paulo II. No dia 27 de abril, Festa da Divina Misericórdia, a Igreja do mundo inteiro se alegrará, podendo venerar esses dois grandes servos dos servos de Cristo. Mais do que papas, podemos enxergar nesses homens de Deus pessoas profundamente configuradas a Cristo, pastor amoroso. Ambos de origem humilde: João XXIII, batizado com o nome de Angelo Giuseppe Roncalli, nasceu em “Sotto il Monte”, pequena cidade da província de Bergamo, no dia 25 de novembro de 1881. Seus pais eram agricultores naquela cidade. Quando o pequeno Angelo sente sua vocação, diz: gostaria de tornar-me um pobre padre camponês. Pobre já era, mas ser padre naquela época exigia dispor de algum recurso econômico para pagar as taxas exigidas para manter-se no seminário. Seu tio, Savério, assume a responsabilidade de ajudar nas despesas dos estudos do pequeno Angelo. Angelo entra no seminário menor de Bergamo entre os anos 1892-1893. Foi ordenado sacerdote no ano de 1904 pelo bispo Giuseppe Ceppetelli. Entre os vários encargos que recebeu, exerceu a função de secretário junto ao seu bispo, Dom Radini Tedeschi, na diocese de Bergamo. Junto com o bispo, Angelo Roncalli

exerce o ministério pastoral em uma área não muito apreciada pelos curiais daquele tempo, como por exemplo, a pastoral junto aos operários. Em 1925, é nomeado para o seu primeiro serviço diplomático na Bulgária, quando recebe, também, a ordenação episcopal. Somente em 1953 retornará à Itália como Patriarca de Veneza. Antes, porém, de assumir esse serviço, o Papa Pio XII o cria cardeal. Será o presidente da França, Vicent Auriol, onde Roncalli ainda era núncio apostólico, a impor-lhe o barrete cardinalício. Com a morte de Pio XII, em 1958, é eleito papa no dia 28 de outubro. Como papa, proclama o Concílio Vaticano II e, um pouco antes de sua morte, escreve a grande encíclica sobre a paz na terra (Pacem in terris). A grande intuição de João XXIII para o Concílio Vaticano II foi dar à Igreja novos ares. A questão que o Papa colocava era: “Jesus está com os braços abertos na cruz há quase 2000 anos, mas a Igreja, em que ponto está no anúncio do Evangelho?”. João XXIII, em sua simplicidade, também vislumbra uma nova eclesiologia, afirmando: “A Igreja não é um museu para conservar, mas um jardim a ser cultivado”. Todos sabemos que o Concílio Vaticano II trouxe para a Igreja Católica grandes transformações, reorientando-a para sua verdadeira fonte: o Evangelho. Papa João XXIII não renovou a Igreja com a abertura do Concílio, mas todo seu ministério foi uma inovação. Entre estas, podemos destacar o trato que João XXIII requisitou em relação ao papa: a simplificação do modo de referir-se ao papa. Entre outras coisas, não era mais preciso ajoelhar-se diante do papa. Também pastoralmente, João XXIII fez grandes inovações, com gestos simples, como por exemplo: a visita do papa ao cárcere Regina Coeli, em Roma (coisa que um papa não fazia há séculos).

foto - Jaque PhotoArt Designer

12

Dia da Noiva e do Noivo

R- Coronel João Manoel, 204 Fone 17 3343 8327 - Bebedouro SP

Espaço especial para um dia especial

(17) 3343 6115 - Rua General Osório, 09 - Bebedouro


Faleceu em 03 de junho de 1963. No dia 03 de setembro de 2000, o Papa João Paulo II beatifica João XXIII depois da constatação de um milagre ocorrido em favor de uma religiosa de Nápoles que sofria de úlcera hemorrágica.

Karol Józef Wojtyła nasceu em Wadowice, Cracóvia, em 20 de maio de 1920, filho de Karol Wojtyła e de Emilia Kaczorowska. É o segundo filho do casal, sendo que o primeiro, Edmund, médico, morre com apenas 26 anos de idade. Quando Karol tinha quase nove anos, perde a mãe que falece a 13 de abril de 1929, durante o parto de sua irmã mais nova. Em 1938, transfere-se com o pai para Cracóvia, onde se matricula na Universidade Jagellonica para estudar filologia polaca. Os estudos duram até novembro de 1939, pois, um pouco antes, a 01 de setembro do mesmo ano, estoura a Segunda Guerra Mundial. Com a ocupação alemã e com a interrupção dos estudos, vê-se obrigado a trabalhar em uma pedreira da fábrica de Solvay para não ser deportado. Seu pai falece no dia 01 de fevereiro de 1941. Frequentou novamente a Universidade Jagellonica para, clandestinamente, estudar teologia. Nos primeiros anos, trabalhava ainda na fábrica de Solvay. Somente em 1944 passou a morar na residência arquiepiscopal, onde permaneceu até o fim da Segunda Guerra. Foi ordenado sacerdote no dia 01 de novembro de 1946, na capela privada do arcebispo Sapieha. Alguns meses após a sua ordenação, parte para Roma para realizar o seu doutorado, onde permanece até julho de 1948, quando defende sua tese de doutorado no Angelicum. Em 1958, precisamente no dia 04 de julho, foi nomeado bispo pelo Papa Pio XII e ordenado pelo arcebispo de Cracóvia, Eugeniusz Baziak, no dia 28 de setembro do mesmo ano, assumindo como auxiliar de Cracóvia e titular de Ombi. A 30 de dezembro de 1963, o Papa Paulo VI o nomeou Arcebispo de Cracóvia. Como bispo, participou intensamente no Concílio Vaticano II, contribuindo especialmente no Decreto sobre a

Liberdade Religiosa (Dignitate Humanae) e na Constituição Pastoral Gadium et Spes, sobre a Igreja no mundo moderno. Em 26 de junho de 1967, foi criado cardeal pelo Papa Paulo VI, com apenas 47 anos. Com a morte de Paulo VI, participou do conclave que elegeu o patriarca de Veneza, o Cardeal Albino Luciani, como papa, no dia 26 de agosto de 1978, tomando o nome de João Paulo I, permaneceu no pontificado por apenas 33 dias. Karol Wojtyła foi eleito papa no dia 16 de outubro de 1978, depois do oitavo escrutínio, permanecendo papa até 02 de abril de 2005. O seu pontificado foi marcado por um grande dinamismo, pela forte atenção à pessoa humana e por intensas atividades, como por exemplo, as viagens apostólicas, as várias canonizações e beatificações etc. Também teve forte influência na queda do comunismo europeu. No dia 28 de abril de 2005, o Papa Bento XVI concedeu a dispensa de cinco anos exigidos para a abertura do processo de canonização. A causa foi aberta oficialmente em 28 de junho de 2005. Em 2007, a 02 de abril, conclui-se a fase diocesana do processo e, em 01 de maio de 2011, ocorre a beatificação de João Paulo II na praça de São Pedro. Depois da constatação de um segundo milagre, João Paulo II será canonizado no dia 27 de abril de 2014, na praça de São Pedro, junto com João XIII, pelo Papa Francisco.

capa

13

Pe. Sinval da Silva Júnior Pároco da Par. Senhor Bom Jesus de Taquaral

Novena da Divina Misericórdia Início: 18/04 – às 12h e, de 19 a 26/04, às 15h

Local: a Senhora das Noss Capela Graças, da CJCS

plano mútuo familiar placa para túmulos providenciamos tuda documentação

20 anos


14

o santo do mês

Beata Helena Guerra Elena Guerra nasceu em Lucca (Itália), em 23 de

junho de 1835. Viveu e cresceu em um clima familiar e religioso. Durante uma longa enfermidade, se dedica à meditação da Palavra de Deus e ao estudo dos Padres da Igreja, o que determina a orientação de sua vida interior e de seu apostolado. Idealizou a Associação das Amigas Espirituais para promover entre as jovens a amizade em seu sentido cristão e, depois, as Filhas de Maria. Em abril de 1870, Elena participa de uma peregrinação pascal em Roma, juntamente com seu pai, Antônio. Na visita às Catacumbas dos Mártires, confirma-se nela o desejo pela vida consagrada. Em 24 de abril, assiste, na Basílica de São Pedro, à terceira sessão conciliar do Vaticano I, na qual vinha aprovada a Constituição “Dei Filius” sobre a Fé. A visita ao Papa Pio IX a comove de tal maneira que depois de algumas semanas, já em Lucca, no dia 23 de junho, faz a oferta de toda a sua vida pelo Papa. No ano de 1871, depois de uma grande noite escura, seguida de graças místicas, Elena, com um grupo de Amigas Espirituais e Filhas de Maria, dá início a uma nova experiência de vida religiosa comunitária que, em 1882 culminará na fundação da Congregação das Irmãs de Santa Zita, dedicada à educação cultural e religiosa da juventude. É nesse período que Santa Gemma Galgani se tornará “sua aluna predileta”. Em 1886, Elena sente o primeiro apelo interior para trabalhar de alguma forma para divulgar a Devoção ao Espírito Santo na Igreja. Para isso, escreve secretamente e muitas vezes ao Papa Leão XIII, exortando-o a convidar os cristãos modernos a redescobrirem a vida no Espírito. O Papa dirige a toda a Igreja alguns documentos, que são como uma introdução à vida segundo o Espírito, que também podem ser considerados como o início do retorno ao Espírito Santo dos tempos atuais: a breve “Provida Matris Charitate”, de 1895; a Encíclica “Divinum Illud Munusem”, de 1897, e a carta aos bispos “Ad fovendum in christiano populo”, de 1902. Em Outubro de 1897, Elena é recebida em audiência por Leão

Exclusivamente feminina

EM BREVE NOVAS INSTALAÇÕES

Rua São João, 1195 – Centro – Bebedouro -17 3342 2784

XIII, que a encoraja a prosseguir o apostolado pela causa do Espírito Santo e autoriza sua Congregação a mudar seu nome para Oblatas do Espírito Santo. Elena, em suas meditações com a Palavra de Deus, é profundamente impressionada e comovida por tudo o que acontece no Cenáculo Histórico da Igreja Nascente. A Igreja é chamada a realizar um Cenáculo Espiritual Permanente. Elena Guerra inicia o “Cenáculo Universal” como movimento de oração ao Espírito Santo. Elena morreu no dia 11 de abril de 1914, Sábado Santo, com o grande desejo no coração de ver “os cristãos modernos” tomando consciência da presença e da ação do Espírito Santo em suas vidas – condição indispensável para um verdadeiro “renovamento da face da terra”. Elevada à honra dos altares em 26 de abril de 1959, justamente o Papa a definiu como Apóstola do Espírito Santo dos tempos modernos. O carisma profético de Elena é ainda atual, visto que a única necessidade da Igreja e do mundo é a renovação contínua de um perene e “Novo Pentecostes” que, por fim, “renove a face da terra”. Fonte: Escritos de Fogo Eduardo Braga Por Eliana Merchan


saúde e cidadania

Piercing:

perigos e complicações

A

vaidade e até a carência fazem com que os jovens deixem de lado a preocupação com a saúde ao lotar o corpo com tatuagens e, principalmente, com piercings no umbigo, orelha, boca, língua, nariz, sobrancelha, canto dos olhos e outros. A falta de controle sobre quem insere o piercing tem causado inúmeros casos de infecções graves. O piercing está longe de ser um procedimento sem riscos. Até 15% das pessoas apresentam algum tipo de complicação e 1% precisa de internação hospitalar. A pele é o nosso maior órgão de defesa. Ela impede que milhões de bactérias que vivem nela e as que diariamente entram em contato conosco invadam nosso organismo. Quando furamos essa barreira através de um piercing, estamos expondo nosso interior a germes que causam doenças. Alguns locais, como a língua e a orelha, são mais susceptíveis a complicações. A região de cartilagem da orelha apresenta uma vascularização sanguínea pobre. Qualquer infecção local é difícil de ser tratada, porque, havendo pouco sangue, não há fluxo suficiente, nem anticorpos, nem antibióticos que possam ser prescritos. Outra complicação é a formação de quelóides, que são cicatrizes hipertrofiadas que podem ocorrer após processos inflamatórios exuberantes. O quelóide pode ocorrer em qualquer local do corpo onde haja uma reação ao piercing.

A língua é outro local que costuma infectar. O problema é o oposto da cartilagem. Ela é um órgão extremamente vascularizado e localizado em uma região com elevada carga de bactérias, como é a cavidade oral. A boca é dos pontos do corpo humano com maior concentração de bactérias. Como há muito fluxo de sangue, qualquer infecção na língua pode facilmente atingir a circulação sistêmica e acometer outros órgãos distantes. Antes de se submeter a um piercing, procure informações do local. A implantação de qualquer objeto através de quebra da barreira da pele deve ser considerada como um procedimento cirúrgico e, como tal, deve estar submetida a criteriosos padrões de assepsia. Além de colocar a vida em risco, as complicações podem ser deformantes em alguns casos. PERIGO – aplicação de piercing dentro do olho Inventado na Holanda e já realizado nos Estados Unidos, o procedimento gera discussão entre médicos, já que alguns enfatizam que podem ocorrer graves riscos à visão. Os dados são do jornal espanhol El Mundo. Após anestesia local, o médico faz uma pequena incisão na conjuntiva, a membrana externa transparente do olho, e insere a pequena peça de platina. O procedimento que leva de 10 a 15 minutos varia entre US$ 3 mil e US$ 4 mil em clínicas americanas. Para alguns profissionais, entre os possíveis problemas estão cegueira por infecção ou sangramento, hemorragia subconjuntival, perfuração do olho e conjuntivite. Fonte: www.mdsaude.com

Quer saber mais? Assista a mais filmes!

15

Dicas de filmes com conteúdos que, seguindo a agenda religiosa deste mês, auxiliarão você: Páscoa, Domingo da Misericórdia e Canonização do saudoso Papa João Paulo II.

Divina Misericórdia – Esperança para a humanidade Não tenham medo – A vida de João Paulo II Papa João Paulo II, o construtor de pontes Judas e Jesus – A história da traição Estes e outras dezenas de títulos você encontra na Locadora da Livraria Jesus Caminho Seguro.


16

tesouros do coração

Vale a pena conferir

M

uitos são aqueles que afirmam que Deus não ouve ou não responde aos nossos questionamentos. Quantos “por quês” sem resposta imediata! Quantos “para quês” se perdem no vazio! Qual seria a razão disso? Deus é, realmente, surdo aos nossos questionamentos ou somos nós que não damos “espaço” ou não ficamos atentos para escutar o que Ele tem a nos dizer a respeito? Deus nos fala de mil maneiras e em ocasiões e circunstâncias das mais inusitadas. Entretanto, distraídos, dispersos, de coração ancorado em “portos profanos”, a mensagem divina muitas vezes se perde, sem encontrar ressonância em nosso existir. Com o coração fechado, como queremos que Deus entre? Ele passa, bate, chama pelo nome, porém, respeita nossa liberdade, não arromba a porta. Só entra no coração e faz morada se nós o permitirmos. São inúmeras as ocasiões em que Cristo aproveita para nos transformar e nos converter. Na Bíblia, vamos encontrar Saulo, perseguidor e assassino de cristãos, que na estrada de Damasco, caindo

do cavalo, se converte no apóstolo Paulo – o encontro com Cristo foi o início de sua caminhada como cristão, apóstolo e santo. Paul Claudel, poeta e pensador francês, converteu-se ao catolicismo através do canto gregoriano que ouviu na Catedral de Notre-Dame, em Paris. Nas horas de silêncio, de meditação, de recolhimento interior é que recebemos de Deus suas melhores visitas, dons e graças. Ferido de problemas e compromissos materiais, desligado, superficial e apressado, o homem moderno vem perdendo gradativamente o olhar de contemplação, a capacidade de enxergar além das aparências, de possuir uma percepção profunda dos fatos, das pessoas, do plano divino a nosso respeito. O olhar de contemplação é fruto de fé, da esperança vivenciada, da intimidade com Deus e da solidariedade com os irmãos de caminhada. Assim, esforcemo-nos para aproveitar cada vez mais a chance de vida que Deus nos dá. Utilizando as coisas deste mundo, não percamos as coisas sobrenaturais que nos envolvem. Vale a pena conferir!

Todos os tipos de assados na brasa

Restaurante

Disk Marmitex

Self-Service .................................... R$ 12,90 Kilo ................................................. R$ 26,90 Suco de Laranja (natural) ............ R$ 2,50 Sabádo ............................................ R$ 14,90 Domingos e feriados .....................R$ 15,90 Alm o ç o d e s e g u n d a a s e g u n d a

Rua Adolfo Pinto, 462 – Centro - Bebedouro S.P -

(17) 3344-5170

Cônego Pedro Paulo Scannavino Paróquia São João Batista

Novidade - Jantar Restaurante e Disk Marmitex de Segunda a sexta 18h às 20h30

entrega grátis


M

Y

Os moldes do mundo

C

ada um precisaria parar um pouco e, com sinceridade, neste tempo, com a idade que tem, analisar-se e se perguntar: Qual é o meu maior ideal neste mundo? Qual é meu ideal mais próximo? Para onde tenho voltado o meu olhar? De acordo com o tempo e com o que vamos aprendendo na vida, pela dor, pelo sofrimento, com as vitórias e fracassos, vamos mudando nossos ideais e valores. Conheço pessoas que decidiram lutar por uma determinada causa depois de viverem de perto uma situação que envolvia essa causa. E quando temos, de fato, um encontro com Jesus, mudamos totalmente nossas metas e ideais. Como disse Paulo: “Considero tudo como lixo e perda em vista do Reino”. Os bens, a posição, o poder, autoridade, cargos, nome a zelar, tudo o que era vantagem ele considerou como perda por causa do Reino. Se realmente me converto a Cristo, vou me despindo de tudo o que não condiz com Ele e com seus ensinamentos e vou sendo moldado à sua imagem. Se isso realmente acontecer, os que me virem verão o Senhor! Porém, se digo publicamente que aceito Deus, mas não coloco a sua vontade como prioridade em minha vida ou se, mesmo sendo cristão, ainda ponho a minha confiança nos bens e nas pessoas, minha palavra, por mais bonita que seja, fica vazia e é levada pelo vento. Sabemos que mesmo depois de aceitarmos Jesus, o mundo tenta, de todas as formas, nos moldar. Ele continua com seus apelos e motivações para nos tirar do caminho. Os quatro moldes do mundo são: Prazer – Aprisiona a pessoa, fazendo dela um mero instrumento de consumo e de lucro. A realização está em obter prazer, possuindo, sentindo... O bem estar pessoal está acima da dignidade humana. Ter – A força do possuir é sinônimo de felicidade e dá uma falsa ideia de segurança. Propagandas massivas levam ao consumismo desmedido – o homem vale pelo que tem. Poder – A posição de mandar dá poder sobre coisas e pessoas. A politicagem, a ganância, a corrupção são o tempero desse mal.

espiritualidade

17

O poder e o autoritarismo levam o homem à ambição, à mentira, à falsidade, fazendo-o abusar da liberdade, soterrando seu semelhante. O pior é que, por medo de perder o que conseguiu, o poderoso acaba por se corromper. Se quisermos conhecer quem é realmente uma pessoa, experimentemos lhe dar poder. Parecer – A mídia difunde propagandas do perfil que devemos ter para sermos aceitos. Precisamos ser o que o mundo nos pede. Acabamos vivendo uma mentira para esconder de todos o que realmente somos, por medo de não sermos acolhidos. “Não sou o que sou, mas sou o que gostaria que pensassem que sou.” Isso contradiz totalmente o ensinamento evangélico, que nos ensina que devemos nos amar como somos e aceitar o outro como ele é. Somos como Deus nos fez, acrescidos daquilo com que o pecado nos deformou. O mundo nos oprime dentro desses moldes, criando necessidades desnecessárias. O molde do mundo nos esmaga e a mídia é uma formadora de opinião. O mundo nos convida a não pensar, a não questionar e a não escolher. Ele dita a moda e as tendências, na comida, na roupa, na música, no cinema, nos valores, e nós vamos entrando nesses moldes sem que percebamos. Os moldes do mundo nos impedem de ser livres, a ponto de, muitas vezes, termos medo de expressar nossas opiniões, porque talvez elas não sejam o que a maioria acha e aprova. Procuremos ser mais radicais no seguimento do Evangelho, sendo pessoas livres desses moldes, abraçando o ideal de Cristo, pois a Palavra de Deus nos ensina: “Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso Espírito, para que possais discernir qual é a vontade de Deus, o que é bom, o que lhe agrada e o que é perfeito” (Rm 12, 2). O nosso chamado é para que sejamos luz na escuridão, sal na comida, mesmo que isso implique pagar um preço. Estamos dispostos? Eliana Merchan Comunidade Jesus Caminho Seguro


livraria

18

O Salvador deseja que o mundo todo conheça a Sua Misericórdia Divina! E uma das maneira de conhecê-la é através destes produtos:

Tel: 3344-3902

o ent am ç n La

Encontre aqui os volumes de 1 ao 3

Folhetos: explicativo da Novena; e com o Terço e louvores. Quadros e imagens de resina de Jesus Misericordioso em tamanhos variados

O mesmo conteúdo você encontra em DVD e CD

CDs e DVDs com preços especiais

Venha pra Physis você também!

Pilates Completo

Balance Pilates (aéreo)

TreinamentoemSuspensão

R. Marechal Deodoro da Fonseca, 147 - Centro – Bebedouro S.P. - 17 3044 4669


promoção humana

19

Leitura: fonte fundamental para o ingresso no mundo letrado

N

o cenário atual, onde crianças e jovens convivem com inúmeras fontes de informação, principalmente as relacionadas às questões tecnológicas, é preciso inovar para despertar o interesse deles para a leitura. É momento de refletirmos sobre como introduzir a leitura na pauta diária das escolas e dos professores. Resgatar esta prática é essencial para garantir às crianças e aos jovens o direito de acesso aos livros, à literatura, aos grandes clássicos. Para tanto, é preciso oferecer oportunidades e bons exemplos de comportamento leitor, através de atividades significativas e interessantes que visem objetivos pré-estabelecidos. No entanto, que sejam condizentes com a faixa etária de cada grupo, com textos que correspondam aos mesmos, como por exemplo, ler para se divertir com gibis, piadinhas, ler para aprender e estudar com textos mais elaborados, enfim, aliar gêneros e funções em propostas adequadas. Tais atividades competem às escolas em suas novas propostas de ensinar e aprender, sem descartar o ambiente familiar e os exemplos que podem colaborar de muitas formas para o incentivo à leitura. Muitos pais ou responsáveis podem ler para seus filhos, compartilhar alguma história lida em jornal, revista e até mesmo da Bíblia, que é muitas vezes citada por crianças nas escolas como o livro que seus pais leem frequentemente. Não basta só disponibilizar os livros para as crianças, é preciso fazer com que elas tomem gosto e prazer pela leitura, lendo bons livros e com frequência, criando espaços para contação das histórias e possibilitando momentos de recontos das mesmas entre os participantes. Há um arsenal de possibilidades, basta criar, fazer, imaginar, sonhar e construir esta realidade junto com as crianças, de forma lúdica, ilusória, mágica, na qual o brincar também permeie esses momentos. A reflexão e a problematização das leituras realizadas também é indispensável. Além de Monteiro Lobato, que dentro da obra do “Sítio do Pica Pau Amarelo” faz referência a todos os clássicos em um tom brasileiro, temos também os contos de fadas populares, dos autores Perrault e Irmãos Grimm, e os contos artísticos, dos autores

Andersen e Lewis Carroll. Outra dica interessante são os contos de Bruno Bettelheim que, quando trabalhados com as crianças, podem trazer alívio para muitos medos e rejeições (amor versus morte), que são naturais em algumas fases do desenvolvimento humano. E, por último, não poderia deixar de indicar obras dos autores Ricardo Azevedo e Lígia Bojunga, pois, com certeza, as crianças vão se amarrar. Alguns clássicos já se encontram na versão e-book (livro digital) para ser instalado e utilizado nos tablets e aparelhos celulares. Fica também esta sugestão para aquelas famílias onde estes equipamentos são disponíveis. Também contribui na formação de crianças leitoras e escritoras proficientes a visitação de espaços como bibliotecas, salas de leitura, museus, livrarias, brinquedotecas, teatros, cinemas e parques infantis temáticos. É este o papel da escola, dos professores e da família: promover situações em que a leitura e a escrita sejam fonte de prazer e conhecimento. Prof. Me. Antônio Gandini Júnior - Filósofo, Pedagogo e Doutorando em Educação na área de Política e Gestão Educacional gandsjr@yahoo.com.br

Aberto de Segunda a Sexta das 17:30h às 22h Sabado das 10h às 15h

Rua Barretos 383 - Jardim Talarico - CEP. 14700-790 383 Bebedouro - S.P.

Cel: (17) 9739 9650

de a d i nov a Suina Kaft

Rua - Viradouro, 11 Jardim Ciranda


20

espaço de reflexão

Reflexões Duras e Maduras

2 – Desenvolvimento humano e cristão: Educar “A capacidade de ser educado implica na vontade firme de educando e educador, para o feliz desenvolvimento humano-cristão”

Estudo: Caro leitor (a), você sabia que no fundo da criatura humana existem grandes potenciais, extraordinariamente grandes infundidos por Deus: “possibilidades de vir a ser”, à espera de desenvolvimento, de educação? Dentre os princípios e convicções que sempre repeti nos meus muitos anos de ministério, para que a juventude catequizanda aprendesse e assumisse, dois são principais: Nascemos para ser e crescemos sendo. Apesar dos métodos pedagógicos e da intuição dos educadores, geralmente, a capacidade intelectual do educando não é aplicada e, às vezes, nem sequer descoberta. Uma criança normal, mesmo não sendo extraordinariamente dotada, plenamente educada, no melhor sentido do desenvolvimento do seu potencial, será, sem dúvida, um fenômeno. Feliz o educando que tem sábios e verdadeiros educadores! Na tipologia das capacidades, além do potencial humano ou natural, o cristão tem um cabedal sobrenatural. O desenvolvimento natural depende de estudo bem dirigido, da harmoniosa convivência familiar, da esmerada profissão e/ou compromisso social. Porém, esta importante tarefa costuma ser mais ou menos aplicada. E assim também ocorre com a educação das capacidades sobrenaturais, que Deus infundiu em seus filhos, a partir do Batismo, desenvolvidas pela Catequese, Sacramentos, tomada de

consciência da filiação divina e da fraternidade cristã. Os pais sabem disso? Em geral, não! Também ficam no mais ou menos. E a Catequese da Igreja cuida de tal desenvolvimento e acompanhamento? Muito pouco! Está aí o nosso mundo, caro(a) leitor(a)! Veja em sua própria vida. Consulte, apenas para citar, dois livros básicos do cristão: A Constituição Pastoral “A Igreja no Mundo de Hoje” (G.S.) e o “Catecismo da Igreja Católica”. Podemos concluir que, apesar do grande progresso tecnológico do nosso tempo, em matéria de educação dos Valores Humanos e Cristãos, em termos de Igreja e Sociedade, estamos pouco acima de zero. Reflexão: Você, amigo(a) leitor(a), já percebeu como minhas afirmações e negações são enfáticas, categóricas no estudo do Tema “Desenvolvimento”? Não falo por mim mesmo, embora o confirme pela experiência ministerial de muitos anos nesse campo, pelos frutos mirrados que todos colhemos, mas, sobretudo, falo como fundamento do Magistério da Igreja Católica, que é de plena autoridade. As reflexões que faço, na minha condição de aposentado, revisando também o meu ministério, têm um sentido: Desenvolver para educar e educar desenvolvendo. Monsenhor José Figuls Paróquia São João Batista


Terapia Cognitivo Comportamental e Transtornos Alimentares

O

s transtornos alimentares são definidos por um conjunto de sinais clínicos caracterizados por um desajuste na relação do indivíduo com a alimentação, sendo considerado um comportamento alimentar inadequado, que pode levar ao emagrecimento extremo ou à obesidade, dentre outros problemas físicos e psicológicos. A anorexia, a bulimia e a compulsão alimentar são os transtornos alimentares mais comuns nos dias de hoje. Durante a anorexia, o indivíduo abusa de dietas e exercícios ou utiliza outros métodos para perder peso, o que o leva a índices de massa corporal extremamente baixos. Na bulimia, a pessoa tende a ter momentos de comilança desenfreada e, posteriormente, usa métodos como vômitos ou abuso de laxantes para impedir o ganho de peso. Já na compulsão alimentar, busca-se na comida a válvula de escape para os problemas do dia a dia, ingerindo diariamente quantidade de comida muito superior ao normal. O tratamento é realizado em equipe multidisciplinar, sendo necessária a associação de psicólogos a outros profissionais, tais como: nutricionistas, psiquiatras, entre outros. A abordagem psicoterápica dos transtornos alimentares pode ser individual, em grupo ou familiar, e costuma incluir uma combinação de técnicas psicoeducacionais, cognitivocomportamentais.

21

O conceito da Terapia Cognitivo Comportamental é de que os sintomas e os comportamentos inadequados são cognitivamente mediados, a melhora pode ser produzida pela modificação do pensamento e de crenças disfuncionais. O modo como os indivíduos percebem e processam a realidade influenciará a maneira como eles se sentem e se comportam. Desta forma, o objetivo terapêutico é o de reestruturar e corrigir pensamentos disfuncionais, produzindo mudança e melhora com relação ao problema do indivíduo. No contexto do tratamento dos transtornos alimentares, somente uma real mudança nos pensamentos, crenças disfuncionais e hábitos alimentares (comportamentos) pode levar ao sucesso da terapia e, consequentemente, a uma melhor qualidade de vida.

Rodrigo Coelho Messias da Silva, Psicólogo. CRP: 06/114174 Cursando especialização em Terapia Cognitivo Comportamental Email: rodrigo_psicologia@hotmail.com

Rua Vicente Paschoal, 884 – Centro, Bebedouro-SP - 17 3044 3062 / 17 992131414

Todos os cuidados que você merece.

Aqui você encontra um ambiente confortável, acolhedor, com privacidade em salas especiais, profissionais especializados e atualizados com as últimas tendências estéticas.

Rodrigo Coelho – Psicólogo CRP 06/114174 Rafaela Coelho – Graduada em Estética e Cometologia Marli – Podóloga

Rua Vicente Paschoal, 884 - centro - 17 3044 3062 - Bebedouro S.P


22

pequeninos de Jesus

Olá, pequeninos! Vocês já perceberam como são importantes os diversos meios de comunicação? Aqui, nós estamos usando um deles. A escrita que vocês estão lendo representa a minha fala, como se estivéssemos conversando pessoalmente, mesmo distantes. As primeiras formas de escrita do ser humano foram através de desenhos. Atualmente, podemos nos comunicar através do rádio, televisão, CDs e DVDs de áudio e vídeo, telefone, computador, cartas, Libras (Linguagem Brasileira de Sinais) e por muitos outros meios. Deus também fala conosco, através do Espírito Santo, pela história dos santos, pelo anúncio dos anjos, por sua Palavra (a Bíblia Sagrada), escrita por homens inspirados pelo Espírito Santo de Deus. Que tal pedir aos pais para que mostrem a vocês a Palavra de Deus escrita? Tchau, pequeninos!

Atividades: Enumere de acordo com a função de cada meio de comunicação: 1 – Rádio 2 – Computador

Resposta: 3|4|6|1|2|5|

3 – TV 4 – Carta 5 – Jornal impresso 6 – Telefone

( ) para ver o noticiário ( ) mensagem através da escrita ( ) para falar com alguém à distância ( ) para escutar música ( ) para entrar na internet ( ) para ler as notícias


23


24

Venham conhecer o Simulador

Mês de Abril LICENCIMENTO veículos placa Final 1 R. Tibúrcio Gonçalves Filho, 380 – Jd.Paraíso – Cep.14.701-475 – Bebedouro S.P

AMC Presentes

a loja do Alex e da Angélica agora com uma novidade pra você

ELETROELETRÔNICOS

Rua Jorge Frahia, 36 Jdim Sto Antonio

(Pertinho do Residencial Franciscano)

Fone:- 3342 1096

Revista Caminho Seguro - Abril 2014  

Na Festa da Misericórdia, a canonização de dois papas da história do Cristianismo

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you