Issuu on Google+

12ª EXPOSAFRA

Total integr a com os cam i Por Graziela Potenza

Localizado no litoral do estado do Paraná, o Porto de Paranaguá é o maior porto graneleiro da América Latina que opera também com diversas cargas, como containeres, veículos, congelados, papel, madeira, fertilizantes e líquidos. Pelo seu Pátio de Triagem circulam diariamente cerca de 1.500 caminhoneiros. Foi nesse rico cenário, repleto de caminhões, cargas e caminhoneiros que aconteceu entre os dias 12 e 15 de maio, a 12ª Exposafra, um evento realizado pela revista Caminhoneiro e que contou com o apoio da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA) e da Ecovia. Segundo o superintendente da APPA, Eduardo Requião, a Exposafra é muito importante para os caminhoneiros porque oferece a eles a oportunidade de conhecerem novas tecnologias, produtos e serviços. “Também é um momento de confraternização entre os funcionários da APPA, os caminhoneiros, os expositores e a equipe da revista. Para nós é uma grande alegria sediar esse evento”, diz Requião. Neste clima de integração, os expositores interagiram com os caminhoneiros e frotistas mostrando o que existe de mais moderno no mercado. Por outro lado, o caminhoneiro pôde quebrar um pouco a sua rotina de trabalho e ter acesso a novas tecnologias, cuidar da saúde, dar um trato no visual e aliviar o estresse participando de atividades recreativas.

18

exposafra 247.indd 18

Caminhoneiro - 247

6/17/08 11:13:04 AM


12ª EXPOSAFRA

r ação m inhoneiros

Fotos: Rodrigo Leal

O evento foi uma ótima oportunidade para que os expositores interagissem com os caminhoneiros, estreitando ainda mais os relacionamentos.

Caminhoneiro - 247

exposafra 247.indd 19

19

6/17/08 11:13:07 AM


12ª EXPOSAFRA Atoslog “É a primeira vez que estamos participando efetivamente desse importante evento para os caminhoneiros”, diz Adilson Oliveira, da Atoslog. Na 12ª Exposafra, a empresa patrocinou o credenciamento dos caminhoneiros. A Atoslog é uma operadora logística que vem crescendo no mercado e se encontra em um processo de expansão, sobretudo, no setor de transporte de soja vinda da região de Mato Grosso, para Paranaguá (PR). A empresa iniciou suas atividades em 2002, surgindo com o intuito de prestar serviços de logística para as companhias que buscam terceirizar essa atividade a fim de reduzir seus custos e focar-se em seu principal negócio. Com sede na cidade de Campinas (SP) e filiais distribuídas por toda região metropolitana de Campinas, a Atoslog é composta por profissionais altamente capacitados, vindos de grandes empresas. Possuidores de profundo conhecimento e longa experiência nesse setor, seus colaboradores são capazes de analisar criticamente o mercado e oferecer as melhores soluções aos clientes. Para viabilizar tais projetos, a Atoslog mostra-se presente em grande parte do território nacional, oferecendo uma vasta gama de produtos logísticos. Dentre estes, podemos salientar atividades que vão desde operação de armazenagem, passando por quarteirizações e chegando, inclusive, a prestar serviços de logística reversa. APPA No estande da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA) foi exibida uma exposição de fotos que retratava os cinco anos da atual administração dos portos de Paranaguá e de Antonina. Ela evidenciou toda a movimentação que os caminhoneiros fazem na área portuária durante embarque e desembarque das cargas. A APPA ofereceu também alguns serviços voltados à saúde do caminhoneiro graças a uma parceria firmada com a Secretaria de Saúde do Estado do Paraná. Uma equipe de profissionais da Saúde verificou a pressão arterial, fez entrega de preservativos, distribuiu folhetos e passou todas as informações para

20

exposafra 247.indd 20

A Atoslog patrocinou o to dos credenciamen s. iro ne ho camin

Exposição de fotos

anos da atual retratava os cincos PPA. çã tra adminis o da A

u

A APPA participo ativamente da 12ª Exposafra.

ibiu A BR Petrobras ex tos. du pro sua linha de

rmula Truck O simulador de Fó foi um sucesso.

Caminhoneiro - 247

6/17/08 11:13:15 AM


Revista Caminhoneiro | Edição 247