Page 1

perdigAo

-

L

Fabrica

de

Empregos

Com quase 29 mil funcionarios, a Perdigao continua gerando oportunidades e reforqa sua posiqao entre OS grandes empregadores


INDIC[

O DESAFIO DA Mali inrdey hmJnbrUuis IIM FRA-ESTRUTU RA

0 extraordinario desempenho que o agronegocio tern registrado no pais enfrenta uma seria ameaga. 0 risco nao vem de fora, com as barreiras criadas pelos paises desenvclvidos. 0 perigo esta aqui mesmo, na redugao dos investimentos em infra-estrutura. Nos ultimos anos, os graves problemas que o pais atravessa levaram a queda dos recursos exigidos para o aumento da geragao de energia e da melhoria da maiha rodoviaria, das ferrovias e do sistema portuario. Mais recentemente, as indefinigoes em relagao regras para orientar esses setores, estrat^gicos para o pais, acabaram afetando ate mesmo os investimentos privados. Os resultados desse longo periodo de investimentos insuficientes se traduzem em gargalos que reduzem a competitividade dos produtos brasileiros e comprometem nosso desenvolvimento. A recente paralisagao do porto de Paranagua expos as fragilldades do sistema portuario e reforgou a necessidade de obras para sua expansao e modernizagao. Sem isso, as chances de manter o ritmo atual de crescimento das exportagoes e remoto. No ano passado, a parceria entre a Celesc - Centrais Eletricas de Santa Catarina S.A. e a Perdigao viabilizou a instalagao da linha de transmlssao entre as subestagoes de Nerval d'Oeste e Capinzal (SC), num investimento de R$ 5,1 milhoes. Alem de beneficiar a unidade industrial de Nerval d'Oeste. a obra garantlu energia a 50 mil habitantes de sete municipios do meio-oeste catarinense. 0 modelo de parceria entre o poder publico e o setor privado e uma alternativa para evitar o risco de estrangulamento de nossa infraestrutura. Com governo e empresas trabalhando lado a lado ser^ possivel veneer o desafio de modernizar o pais. Nildemar Secches Presidente

Sahor

no,

Bmes HA, ASIA'

8

WA os atAuim

12

SOCIAL Boa^t/izinhui^

13

EtSlAO 0 OA/tUi^ dc MVP

14

DESTAIE KxcUr do

16

PARCERIA A jhrg^do'COOP

18

ACONIEC[ NoticLM PercU^M

PerdiK^ lloje i unu publica^io prri6dica di Pmlijtio .\;>roinduMrul S.A. de circub;^ niema e dlstribui^ ^uiu. Coibclho Editorial: l')(9y)njo^itiStha,Niklfnur.SmjV!i;Vang%ti(lijng;Jo^Ro2ino dik Silva; Nebon Vjis IbckUmr, Paulo Enuni tk Oliviira; CiJbcm Opdio; luu .A Mjcludu de Bnk); .Antunw Zambelli; Lulz CariwCampagnob; (jrius ICulitT EudidnCcMHUni; Vlulenur Pannlsl: Ricanlo Robert Mittezn; Anioniu .\upiMo De Toni; SiKv .Stmanck. Coordeiiitfio; Ludana Leila. CoUboratioiJachsMii BÂŤ], jone^ Brol^: Tabu .VUrai, GeiOom de Comunkapb: IVahroUhentrr (Marmi); GibonC&ar Rodflgun (R)o\mie); Uro.SokukwNki Junior (Carambti'): Lucittm Vahe (Vklein): Ru?dfl|trla I^-iuHider (Sio Paulo); Vanderlel Barbieri (llerval d'Onie) ProdiKio: Blanittri As.soiiados, td. (I I) miHib.e-mail mblan<ierÂťuol com.br Editor Mario BlandiT (MTb 13.5^6 SP). Repurk^^ Qo* obwm Rixhae iMrk Pi-nwa DlrefiU) de .We e PrtKlufio Crifica: Camannha Comuntcacio & Drjm lei. (ll)5034-4895 7.000 exemplars SAC Perdigao 0800-117782

2

SM PAUIC


I=? ERI_OI=J ES"T">^I\/1 EI\l~rCD :

Enerm

Aunidade de Rio Verde (GO) esta comegando a utilizar madeira plantada em florestas proprias da Perdigao para geragao do vapor utilizado no aquecimento de maquinas e equipamentos. E uma nova etapa do ampio programa de reflorestamento que a empresa vem desenvolvendo desde o inicio dos anos 1980. Alem de fornecer energia, as florestas plantadas contribuem para a protegao sanitaria nas granjas da Perdigao e de seus parceiros. Assim que o parque agroindustrial de Rio Verde comegou a ser planejado, em 1997, teve inicio um projeto de reflorestamento que previa a mesma matriz energetica utilizada pelas unidades do Sul: a biomassa florestal, com lenha e cavacos (residuos) de florestas plantadas com eucalipto e pinus. "E um combustivel mais viavel economicamente em relagao a outras fontes, menos agressivo ao meio ambiente e, principalmente, renovavel", diz 0 engenheiro florestal Wladimir Luiz Dal Mas, supervisor corporativo de recursos energeticos. Atualmente, 99,5% do vapor e 100% da secagem de graos nas unidades industrials da Perdigao provem dessa fonte de energia. Atendendo a legislagao ambiental, a Perdigao nao usa madeira proveniente de florestas naturais. Em Rio Verde, a utilizagao de madeira propria vai trazer para a unidade uma economia da ordem de R$ 2 milhoes por ano. A meta iniclal era produzir em florestas plantadas proprias 50% da madeira utilizada, o que exigiria o plantio de 240 hectares por ano. No entanto.

Limpa

com a ausencia de florestas na regiao e a falta de tradigao em seu manejo, essa projegao foi ampliada, evltando-se, assim, a dependencia de terceiros e permitindo maior economia no futuro. Com a mudanga, passaram a ser plantados 440 hectares por ano. Ate 0 primeiro semestre de 2005, serao completados 3.180 hectares de florestas proprias em Rio Verde. No total, a area de reflorestamento de eucalipto e pinus da Perdigao aumentou de 5.289 hectares para 8.421 hectares entre 2000 e 2003. Paralelamente, a empresa preserva 2.805 hectares de mata nativa em fazendas proprias. "A cobertura vegetal colabora para 0 controle de cheias, preservagao de fontes de agua, regularizagao da vazao de rios e corregos, conservagao de solos e protegao da biodiversidade", afirma Dal Mas. Com seu programa de reflorestamento, a Perdigao confirma seu compromisso com a preservagao do meio ambiente.

RESEfivAEMRioVERDEjGO|:BAfiREifiASAmABifl

InmtlMntO m iredS florestuis . , , COMpTOmuso m ^ ^


Emmnsdosnovos PRODUIOSEOMIVO Chicken Pop Corn, NO PfiATo:

Num neg6cio em que a inovagao e fundamental para atender hs necessidades do consumidor, a Perdigao continua mantendo uma agressiva estrategia de langamentos. Nos proximos dois meses, mais novidades chegam as gondolas dos supermercados. "Sao novas solugoes para facilitar a vida do consumidor e dar sabor a seu dia-a-dia, sem exigir grande desembolso", diz Eduardo Jakus, gerente de desenvolPerdi^ktrazjimo consumidornoviMes que fmlitmodm-dk smipesdrno klso 4

vimento de novos produtos. A safra de langamentos comega com a Lasanha de Presunto e Queijo ao Sugo, que vem reforgar a linha de pratos prontos congelados Toque de Sabor. A Perdigao ja oferecia as lasanhas Bolo-

nhesa, Quatro Queijos, Peito Chester速 ao Molho Branco, Verde a Bolonhesa e Turma da Monica. Agora, acrescenta a seu mix mais um dos sabores preferidos do consumidor. A Lasanha de Presunto e Queijo ao Sugo 6 f^cil de preparar basta retirar do freezer e levar direto ao forno - e vem em embalagem de 650 gramas, Ideal para duas pessoas. 0 prego para o consumidor final ficara em torno de R$ 6,20. 0 sabor Frango com Catupiry速. outra preferencia dos brasileiros, vai complementar a linha de pizzas Apreciatta, atualmente com cito opgoes salgadas e uma doce. Em embalagem de 460 gramas, tem prego estimado de R$ 5,80.


Todos

OS

Gostos

Outra novidade e o Mini Calzone, da linha Aperitivos. Na versao Frango com Catupiry速, 0 produto e apresentado em embalagem de 280 gramas, com quatro unidades embaladas individualmente. De facil preparo, em forno, custa cerca de R$ 3,50. Produto EXCLUsivo 0 Chicken Pop Corn e mais urn langamento exclustvo da Perdigao no mercado brasileiro. Sao pedacinhos de frango empanado que ja vem prontos, so precisando ser aquecidos em forno convencional. "0 nome Pop Corn estabelece uma associagao com a pipoca, ja que o produto tem o mesmo formato e e extremamente pratico", afirma Jakus. 0 Chicken Pop Corn tanto pode acompanhar uma boa conversa ou ser companhia para um filme na TV quanto ser servido no lanche. Em embalagem plastica de 300 gramas, vai custar R$ 2,50 para o consumidor final. Os novos produtos serao apresentados na Apas 2004 - 20^ Convengao Paulista de Supermercados e Feira de Equipamentos, Produtos e Servigos, que acontece de 10 a 13 de maio no Expo Center Norte, em Sao Paulo. Trabalhando em estreita sintonia, as ^reas de marketing e de tecnologia foram responsaveis pelo desenvolvimento de cerca de 50 novos produtos nos ultimostresanos-muitos deles ineditos no mercado -, ampliando o diversificado portfolio da empresa.

Novos

folhados

e

tortas:

praticos e saborosos Duas linhas de produtos Perdigao - folhados e tortas doces - passaram por alteragoes, acompanhando mudangas que vem ocorrendo nos habitos de consume dos brasileiros. Em porgoes menores, as novas versSes vem atender um grupo cada vez mais numeroso, especialmente nos grandes centros; as familias pequenas e os singles, isto e, os solteiros e descasados. Segundo as estimativas, os solteiros e os descasados respondem por cerca de 10% do faturamento do setor de alimentos e bebidas. So os descasados constituem 4,9 milhoes de consumidores, a maioria das classes A e B. "E um publico que faz questao de praticidade, esta atento a relagao custo/beneficio e evita desperdicios", comenta Jakus. Em tres versoes - Banana com Canela, Maga com Canela e Pizza os folhados agora sao apresentados em embalagens de 180 gramas, com seis unidades, mais adequados as familias menores. Anteriormente, as embalagens tinham 300 gramas, no caso dos folhados doces, e 450 gramas, no caso dos Folhados de Pizza. As unidades sao acondicionadas individualmente num bergo plastico que permite ao consumidor preparar a quantidade certa, sem ter de descongelar a caixa toda. Os folhadinhos podem ser servidos no cafe da manha e no cha da tarde, no lanche, como sobremesa ou acompanhados de sorvete. 0 prego estara em torno de R$ 2,40 para o consumidor. Atualmente comerclalizadas em embalagens de 600 gramas, as Tortas de Limao e Maga com Canela passam a pesar 330 gramas. Com desembolso menor (R$ 4,90}, o consumidor tem a disposigao um produto saboroso e bastante pratico. A Torta de Maga vai ao forno por 20 a 25 minutos. A de Limao basta tirar do freezer, esperar 15 minutos e servir.


C3F=5>^INIDE

Projeto Bandeirantes commom resultudos e vimastdesucesso

SF^:

Aestabilizagao da economia e o controle da inflagao mudaram os habitos do consumidor. Se antes o brasileiro ia atras das melhores ofertas e fazia estoques para tentar driblar a alta de pregos, hoje ele divide as compras ao longo do mes e tambem busca proximidade, conforto e servigos. "Identificamos essa tendencia em 2001 e tragamos um projeto para ampliar a participagao da Perdigao no varejo tradicional e em empresas de auto-servigo com ate nove checkouts, os que mais se beneficiam com o novo cenario", afirma Evandro Correa, gerente de gestao comercial. 0 projeto recebeu o nome de Bandeirantes, uma vez que sua missao inicial era "desbravar" o mercado da

PlACAS DE SINAllZACAO: UM tfOlO OA PeROIM

Grande Sao Paulo, reforgando a posigao da empresa. Em dois anos, os resultados foram surpreendentes: o numero de clientes ativos na regiao cresceu 112%. Um variado conjunto de agoes contribuiu para atingir essa marca. Uma das principals foi a especializagao da equipe de vendas por canals. Tambem foi montado um call center para dar suporte aos vendedores, especialmente no pos-venda. "Desde a implantagao do

de pregos e materials para a area de refeigoes - tudo com os mais modernos conceitos graficos. Organizando a loja do cliente, a Perdigao deu um passo importante na fidelizagao de sua carteira. A base de clientes nao foi o unico indicador do sucesso do projeto. A participagao de mercado, em volume, tambem cresceu na regiao: em congelados, passou de 19,9%, no acumulado ate julho 2001, para 26,8% em 2003; em industrializados 0 salto foi de 12,6% para 18,9%. A iniciativa repercutiu tao bem que

projeto, a produtividade por vendedor cresceu 50%". diz Marcio Albuquerque, gerente de desenvolvimento de vendas. Outra agao importante foi a criagao de pegas promocionais para cada canal de venda. Assim, pequenos supermercados de bairro ganharam placas de sinalizagao nos corredores, placas de estacionamento e divisores de gondolas, enquanto lanchonetes receberam pain6is

ja foi levada para outras pragas. No Rio de Janeiro, em menos de um ano ampliou em 49% a base de clientes. No interior paulista, o projeto foi implantado ha apenas dois meses, com a meta inicial de obter um aumento de 23%. "Com indicadores tao positives, o Bandeirantes tem servido de referenda nao so para a propria Perdigao mas ate mesmo para 0 mercado". comenta Correa.


EXR'O

KYtzk Ma

Depois de reformular sua estrutura comercial na Europa e no Oriente Medio, a Perdigao esta reforgando sua presenga na Asia, regiao que vem ganhando importancia crescente nos negocios, dando sequencia a bem-sucedida estrategia de internacionalizagao da companhia - no total, as exportagoes responderam por 48% de sua receita no ano passado. Neste primeiro semestre, entra em operagao em Cingapura uma subsidiaria Perdigao Asia (Pte) - que tera a frente Marta Ikeda, ja responsavel pelo atendimento das vendas da regiao. A abertura do novo escritorio vai facilitar o acesso ao mercado local e fortalecer a posigao da Perdigao nos paises vizinhos.

mercado. "Os asiaticos valorizam a pro-

Seguindo a mesma estrategia, o gerente de vendas para Asia Norte, Nilton Weber, estara baseado em Toquio com o objetivo de aproximar-se dos compradores iocais, uma vez que o Japao e um dos mercados lideres da Perdigao em faturamento e volumes. Weber vai acompanhar de perto os clientes atuais e identificar novas oportunidades de negocios, em especial contratos de fornecimento de cortes diferenciados e outros itens de maior valor agregado.

ximidade e a convivencia diaria. E um trago cultural importante que precisamos respeitar para garantir a continuidade dos negocios", diz Antonio Augusto De Toni, diretor de exportagao. 0 momento para a implementagao da nova estrutura e extremamente favoravel, uma vez que a Tailandia e a China, concorrentes do Brasii, enfrentam serios problemas sanitarios, o que levou OS importadores asiaticos a buscar novas alternativas de fornecimento. Ainda em linha com a meta de ampliar

ProximidadeeconvMo 0 objetivo e estreitar o relacionamento com o mercado, em sintonia com a cultura empresarial japonesa. Ate entao, a diferenga de fuso horario e a distancia entre os dois paises, com mais de 24 horas de voo, dificultavam a tomada de decisoes, a comunicagao e a capa-

sua insergac internacional, a Perdigao criou uma area de desenvolvimento de mercados que tem coma meta principal apoiar agoes no exterior para a venda de produtos processados com a marca Perdix. Com essa estrutura, comandada por Rogerio Moraes, em 2004 a empresa planeja levar seus produtos ao varejo de mercados como Oriente Medio, Russia, llhas Canarias e

cidade de fornecer respostas rapidas ao

Cingapura, entre outros.

Bmdeapoioem e Toquio refor^um upresm^ukmpresunum mercudoi^uevem^unkndo importhcia crescente

1


RioVBa;5Mi FUNQON^.NUMrWO MUdOANTlSDOfim Aunidade da Perdigao em Rio Verde (GO), uma das maiores plantas agroindustriais da America Latina, contratou 0 seu 5.000째 funcionario. "Chegamos a essa marca muito antes do previsto. A estimativa inicial era atingir um quadro de 3.500 funcionarios so quando 0 projeto alcangasse sua fase de maturidade plena", afirma Nildamar Secches, presidente da empresa. A projegao acabou ficando aquem da realidade. No final de 2002. com apenas dois anos de atividade, a planta de Rio Verde ja operava com mais de 3.600 funcionarios. A geragao de empregos, um dos eixos da politica de responsabilidade social da Perdigao. nao 6 destaque apenas na

fabrica do Centro-Oeste. Nas unidades do Sul 0 numero de admissoes tambem vem aumentando, em contraste com a realidade vivida atualmente no mundo inteiro. Em 2003, a empresa abriu 3.770 novos postos de trabalho e este ano foram criados mais 970 postos, com um efetivo que hoje totaliza 28.921 funcionarios. Desse total, as mulheres representam 36,8%. Esses numeros nao incluem os 5.790 produtores integrados, que trabalham em parceria com a empresa, contribuindo para gerar renda e fixar mao-de-obra no campo. Com esse contingente, a Perdigao ja ocupa o none lugar no ranking e o terceiro entre as companhias de capital nacional, segundo


de

Emprem

Melhores e Maiores, da revista Exame. A ampliagao do quadro de funcionarios acontece paralelamente aos importantes avangos tecnologicos que a empresa vem registrando nos ultimos anos-suas unidades industriaisdispoem de equipamentosde ultima geragao e utilizam processos inovadores, responsaveis por ganhos crescentes de produtividade. Com isso, ela contribuiu para deraibar a tese de que a tecnologia e uma barreira a geragao de empregos. "0 exempio da Perdigao mostra que e possivel ter competitividade no mercado, oferecer boa rentabilidade aos investidores e, ao mesmo tempo, garantir oportunidades de trabalho e contribuir para o aumento da renda dos brasileiros", diz Secches. Refor^o no Sul Atem de operar num setor de maode-obra intensiva, a empresa tem no mercado externo um importante fator para assegurar uma contmua oferta de empregos. As exportagoes vem crescendo ano a ano, contrabalangando as oscilagoes do mercado interno. Quando a Perdigao, ate entao

concentrada no Sul, decidiu buscar novas fronteiras agricolas, abrindo uma base industrial no Centro-Oeste, a maode-obra foi um de seus maiores desafios. Com tradigao na agropecuaria, Rio Verde nao tinha quadros preparados para o trabalho em uma planta do porte da que foi aberta no municipio. A solugao foi recrutar uma forgatarefa de 240 funcionarios que passou cerca de nove meses nas linhas de produgao das unidades industrials do Sul, para conhecer, na pratica, a fungao que cada um iria exorcer. Paralelamente, foram trazidas liderangas das outras unidades para colabcrar no trabalho. Os resultados acabaram surpreendando. "A resposta foi muito favoravel, com indices de produtividade superiores aos do Sul", observa Euclides Costenaro, diretor regional da unidade de Rio Verde. Da primeira fase do projeto a sua implantagao, foram investidos cerca de R$ 1,5 milhao em 487 mil horas de treinamento. Na Perdigao, treinamento e desenvolvimento tern importancia estrategica: no ano passado, cada funcionario

Com 28.921 funciomrios, demfresdiumdids mdiores empre^ddords do pdisam (juddrondo pirddecrmr

COSIENARO, DIRETOR OA UNIDADE; RESyLIAOOS SUflPREtNDERAM

Um salto em apenas tres anos Evolugao do quadro de pessoal da unidade Rio Verde DATA

^

NOMERO DE FUNCIOMflHKS

Dez/2000

1.142

Dez 12001

2.899

Dez/2002

3.662

Dez/20Q3

4.641

^ 9


recebeu, em media, 33 horas de treinamento. Para o nivel executivo, foram 77 horas. No total, a empresa ofereceu 191,8 mil oportunidades de desenvolvimento. 0 passo mais recente foi a inauguragao, na mesma cerimonia de comemoragao do 5.000° posto de trabaiho de Rio Verde, de um moderno Centre de Treinamento. Numa area de 450 metres quadrados, o centro tem quatro salas de aula e os mais modernos recursos para programas de desenvolvimento. Na rota do desenvolvimento A chegada da Perdigao e de um grande numero de empresas, a maioria parceiros e fornecedores, est^ mudando a vida de Rio Verde, como ja havia acontecido nas cidades do Sul onde esta instalada. Em muitas delas, a empresa e 0 maior gerador de empregos, oferecendo oportunidades de colocagao at6 para v^rias pessoas de uma mesma familia. No curto espago de tr§s anos, a populagao de Rio Verde subiu de 100 mil para 140 mil habitantes e o Produto Interne Bruto cresceu 197,2%, atingindo a casa de R$ 2 bilhoes em 2003, segundo dados da Secretaria de Industrie, Comercio e Turismo do municipio. Mas e no nivel de emprego que Rio

Verde demonstra o grau de mudangas pelas quais vem passando. No ano passado, a unidade do Sistema Nacional de Emprego (Sine) na cidade ofereceu cerca de 5,8 mil vagas. Desse total, so 3,8 mil foram ocupadas. Nao e quefaltem interessados, o que falta e qualificagao, alem de haver certa dificuldade de adaptagao ao trabaiho industrial. "A passagem de uma economia agricola para uma economia agroindustrial e lenta", analisa Guilherme Dias, professor da Faculdade de Economia e Administragao da Universidade de Sao Paulo (FEAUSP). Nao 6 simples, avalia Dias, sair de uma atividade com tr^s niveis de agentes - lavradores, pessoal que opera m^quinas e gerentes e proprietaries - para outra, com uma ampla gama de nfveis de decisao. "Mas logo uma nova geragao, a de seus filhos, estar^ chegando ao mercado, mais preparada para o trabaiho industrial e, certamente, com um future mais promissor." NAS CIDADES VIZINHAS Por causa disso, a Perdigao est^ buscando mao-de-obra nos municipios vizinhos. Todo dia, cinco onibus percorrem 62 quilometros para buscar e levar funcionarios que vivem em Santa Helena, Parte deles veio da fabrica da Parmalat, desativada no inicio do ano. Outro onibus vai diariamente ate Santo Antonio da Barra, a 50 quilometros de distancia. Nao e so Rio Verde que vive essa situagao. A mesma coisa se repete em diversas unidades do Sul. Muitos dos funcionarios da fabrica de Carambei (PR) vem de Ponta Grossa, a 23 quilometros, e de outras cidades vizinhas. Marau {RS) tem em seu quadro empregados que moram em Passo Fundo, distante 30 quilometros. 0 mais curioso acontece em Capinzal (SC|; para ampliar seu quadro de pessoal, a unidade precise buscar reforgos em cidades do Rio Grande do Sul, como Maximiliano de Almeida e Machadinho.

10


Qualidade devida Para a Perdigao, seu pessoal constitui 0 mais valioso patrimonio da empresa. Um indicador dessa visao e, por exempio, a politica de valorizagao da chamada "prata da casa". Em 2003, foram registradas 3,6 mil promogoes internas, numero 42% superior ao do ano anterior. Agoes voltadas para a mellioria da qualidade de vida e dos habitos no ambiente de trabalho tambem fazem parte do dia-a-dia da Perdigao. "Investimos talento, energia e recursos em uma cultura empresarial voltada para a qualidade de vida, a saude e c bem-estar de nossos funcionarios", diz Secches. As iniciativas mais recentes nessa area estao acontecendo na unidade de Rio Verde. A Sociedade Esportiva e Recreativa Perdigao (Serp) ja dispunha de campos de futebol, quadras de volei de areia, churrasqueiras e salao de festas. Agora, os funcionarios tambem passarao a contar com ginasio coberto, com duas quadras para jogos de salao e arquibancada para 1,5 mil pessoas, e com um parque aquatico com duas piscinas, uma delas semiolimpica, com 22 por 25 metros. Na fabrica sera aberta uma superequipada academta de ginastica, com

atividades voltadas para a prevengao de doengas ocupacionais. No total, os tres projetos vao exigir investimentos da ordem de R$ 1,3 milhao. Tambem foi criada uma biblioteca, com apoio do Servigo Social da Industrie (Sesi), que conta com um acervo de 150 titulos. Os recursos para sua instalagao tambem foram obtidos com a venda de sucatas. A Perdigao acredita que, para ser permanente, o sucesso de uma empresa nao depende apenas de bons produtos, de avangadas tecnicas de gestao ou da mais moderna tecnologia. Ele depende, tambem, da determinagao de gerar oportunidades de trabalho e de investir no potencial e na qualidade de vida de seu pessoal.

Rio Verde: em fase de expansao Com 0 objetivo de aumentar a capacidade de abate de aves e sumos e a produgao de produtos processados, a Perdigao est^ iniciando a expansao do Complexo Agroindustrial de Rio Verde (GO). A empresa vai investir R$ 80 milhoes entre 2004 e 2006. Para o mesmo periodo, estao previstos investimentos de mais R$ 60 milhoes em agropecuaria por parte dos produtores integrados. A ampliagao da planta de Rio Verde devera gerar 700 empregos diretos e cerca de 2 mil indiretos. At6 dezembro o abate de aves devera crescer 28%, atingindo cerca de 360 mil aves/dia. o abate de sumos passara de 3,5 mil cabegas/dia para 4 mil. Nessa fase, o sistema de integragao agropecuaria ira incorporar novos nucleos do sistema produtor de ovos e granjas produtoras de leitoes e de terminagao. 0 crescimento dos abates proporcionar^ a ampliagao das atuais linhas de produgao de processados e a instalagao de outras novas.

11


F=J C E l=? I

Apoio h

S :

Commikk

dobrou a capacidade de atendimento, e comprar mdveis e utensilios domesticos.

CasaUh Mew Jesus, EM Vioeira|sc|:

k novas {i0esk Perdip pum mdhorid kqudikdcitvikk poi)uk^uo de hma rendu

desenvolvimento das comunidao des vizinhas e urn dos eixos da politica de responsabilidade social da Perdtgao. Alem dos programas que desenvolve, a empresa tambem apoia inumeras iniciativas de instituigoes reconhecidas por sua atuagao, que tenham continuidade e contribuam efetivamente para a melhoria da qualidade de vida de seu publico-alvo. A mais recente e a nova Casa Lar Menino Jesus, mantida peia prefeitura de Videtra (SC) e pelo FIA - Fundo da Infancia e Adolescencia e operada pelo Poder Judiciario, para abrigar criangas e adolescentes em situagao de risco, em geral, vitimas de maus-tratos ou orfaos ^ espera de adogao. "A nova casa ampliara nossa capacidade de atendimento e abrigara as criangas de maneira mais adequada", diz a promotora Regina Lakus Forlin, que esta a frente da instituigao. Nas antigas instalagoes, de madeira, eram atendidos 13 menores. Com recursos fornecidos pela Perdigao foi possivel concluir a nova casa, de alvenaria, que

12

GERAgAO DE RENDA Em Salvador(BA), o lixo gerado pelo Centro de Distribuigao da Perdigao ajuda a criar empregos e a gerar renda para a CAEC - Cooperative de Catadores Agentes Ecologicos de Canabrava, que trabaiha na coleta seletiva. A cooperativa tem apoio de urn consorcio formado por duas ONGs italianas e uma brasileira para combater a exclusao social e trabalhar pela preservagao do meio ambiente. Na capital baiana, a Perdigao tambem participa, por meio da doagao de alimentos, do Prato Amigo, programa da prefeitura que oferece complementagao alimentar e Integra o Fome Zero do governo federal. 0 Prato Amigo beneficia 210 entidades sociais da cidade, promove estudos e concursos para elaborar pratos nutritives e saborosos com ingredientes baratos ou que seriam descartados e divulga as receitas entre a populagao de baixa renda. Em Goiania (GO), a Perdigao 6 parceira do Crer - Centro de Reabilitagao Dr. Henrique Santillo, administrado pela Agir Associagao Goiana de Integralizagao e Reabilitagao. A instituigao atende diariamente cerca de 600 portadores de deficiencia, realizando 172 mil procedimentos por ano nas areas de fisiatria, cardiologia, otorrinolaringologia, neurologia, neuropediatria, ortopedia, urologia, nutrigao, enfermagem e servigo social. A entidade tambem funciona como centro de pesquisa, em parceria com diversas universidades, e oferece estagios a estudantes.


F'FiOJE^rCD

Parte do

l\/l\/l=>:

Dia-a-Dia

'rEIMAMENTO em ViDEIfW 1SC|: 250 PfiORSSlONAIS ESIAO DISSEMINANDO A NOVA CUITUHA OMVP - Mais Valor Perdigao, nome dado pela empresa ao programa para implantagao da metodologia EVA速 {Economic Value Added), entrou em novo estagio. Depois da apresentagao do projeto, em Janeiro, foram definidas metas corporativas e iniciado urn programa de treinamento de expertsgerentes, analistas e supervisores, num total de 250 profissionais. Na sequencia, estao sendo estabelecidas metas por unidades regionais; cada uma tera medidas do MVP por fabrica e por linha de produto. "0 MVP esta sendo incorporado as praticas da empresa", diz Antonio Carlos Zanella, gerente de planejamento corporative que esta a frente da implantagao do projeto. Na Convengao Executiva, que reuniu, em margo, os principals executives para fixar as metas para 2004, ja foram utilizados parametros do MVP "Afilosofia de gestae por valor ja e realidade nas tomadas de decisao do dia-a-dia", anallsa Leopoldo Saboya, da area de planejamento e expert MVP em Sao Paulo. Em todas as unidades, os experts estao incentivando discussoes para que

cada funcionario planeje a contribuigao que pode dar para alcangar as metas do projeto. "Estamos aplicando a medida de calculo do MVP em projetos de investimento. 0 objetivo e verificar quanto valor esta sendo agregado a cada um deles", afirma Rogerlo ScuinsanI da Rosa, tecnico contabil da controladoria, expert na untdade de Marau(RS}. Mesmo familiarlzado com a metodologia EVA速, tema do trabalho de conclusao de pos-graduagao que esta preparando, Clederson Petter, expert m unldade de Carambei (PR), ficou surpreso com OS resultados obtldos. "Com os treinamentos, o projeto esta sendo assimllado com grande facllidade." Numa segunda etapa, o programa de treinamento sera ampliado, consolidando a incorporagao do MVP A proposta nao e difundir um indicador de lucres. "E uma mudanga de atltude", lembra Leomar Lino Lorenzetti, supervisor de controladoria e expert em Rio Verde (GO). Luiz Claudio Zanotto, supervisor admlnistrativo-financelro e expertem Vldeira (SC), resume bem: "E pensar e aglr como se fossemos os donos do negoclo".

Gestaoporvdorjd orimtddtomdkie decismmtohs as uniddcs


O CZ> INI S LJ l\/l I D CD R :

20AnosdeSAC

Agrande onda de servigos de atendimento ao consumidor (SAC) no Brasii aconteceu no inicio dos anas 1990, apos a aprovagao do Codigo de Defesa do Consumidor. Bem antes disso, porem, a Perdigao ja estava empenhada em abrir urn canal de comunicagao direto e eficiente Com 140 mil contatos for mo, com 0 consumidor para entender melhor suas necessidades. 0 Servigo de Atenservifo identified eunticp dimento ao Consumidor Perdigao esta completando 20 anos, com um numero necmiddes do mcrcdo crescente de manifestagoes. Em 2003, foi superada a marca de 140 mil contatos, efetuados por meio de telefone 0800, cartas, fax, e-mail ou pessoalmente. No inicio, a maioria dos contatos se dava por cartas e quase sempre estava ligada a solicitagoes de receitas. Com um consumidor cada vez mais critico e exigente, essa relagao passou por mudangas. Atualmente, 80% das manifestagoes ocorrem por telefone e 10% por e-mail e seu teor tambem mudou; alem de receitas, os consumidores solicitam informagoes sobre origem, composigao e conservagao de produtos, pedem orientagao sobre saude e dao sugestSes que podem se transformar em novidades. Tambem sao frequentes as comunicagoes sobre pontos-de-venda em que a exposigao dos produtos nas gondolas ou OS cuidados com sua conservagao nao estao adequados. "0 consumidor passou a ser uma especie de fiscal, um parceiro da empresa no esforgo de oferecer qualidade", analisa Elaine Cristina Beraldo, gerente do Centro de Servigos ao Consumidor. 14

Bom reucionamento Criado em 1984, o Centro reflete a importancia dada pela Perdigao a busca constante de melhores praticas no relacionamento com o consumidor. Alem do Servigo de Atendimento ao Consumidor, o Centro engloba a Cozinha Experimental Perdigao, responsavel por degustagoes e desenvolvimento de receitas, o Centro de Culinaria, para a realizagao de cursos, que atingem um publico de 5 mil pessoas por ano, e ainda um showroom de produtos. Para atender cada vez melhor seu publico, 0 site esta sendo reformulado, com mais informagoes de produtos, novas opgoes na busca de receitas e dicas de utilizagao. 0 Centro de Servigos ao Consumidor emprega uma equipe multidisciplinarcom 24 pessoas, de atendentes a nutricionis-


CoamA Experimental; desenvoivimento de receitas e tas, que contam com suporte de moderna tecnologia para registro e gerenciamento de manifestagoes. Logo na admissao, os atendentes percorrem as unidades industriais e conhecem todas as linhas de produtos, inteirando-se das tecnicas e dos processos de fabricagao para interagir melhor com os consumidores. Posteriormente, passam por urn programa contmuo de treinamento que inclui, por exemplo, palestras mensais com os gerentes de produtos e com a equipe de garantia de qualidade. "0 indice de rotatividade de nosso pessoal e urn dos mais baixos do mercado", afirma Elaine. Entre os fatores que contribuem para esse resultado estao a motivagao e as condigoes de trabalho. Os funcionarios tem a disposigao uma sala

onde alternam trabalho com pausas para relaxamento, combatendo o estresse, e um programa de ginastica laboral para evitar o risco de doengas ocupacionais.

degustaps para consumidores

99%desatisfa(;ao Desde 2002, uma nova ferramenta, 0 CRM (Customer Relationship Management). trouxe agilidade e possibilitou melhorias na qualidade do atendimento. 0 CRM facilitou a integragao do SAC as outras areas da empresa. Todos os contatos, depois de registrados, sac automaticamente encaminhados para as areas envolvidas no processo: unidades industrials, garantia da qualidade, Centro de Tecnologia, marketing e vendas. Com isso, foi possivel reduzir significativamente o tempo de resposta ao consumidor e ampliar os programas de fidelizagao. Para garantir a qualidade do atendimento e melhorar os servigos prestados, 0 SAC realize mensalmente uma pesquisa de satisfagao que consulta cerca de 50% dos consumidores atendidos. 0 indice de pessoas satisfeitas ou muito satisfeitas e de 99%. Numa etapa seguinte, sao ouvidos OS consumidores insatisfeitos, para corregao dos pontos criticos apontados poreles. Todas as manifestagoes recebidas sao incluidas em um relatorio mensal, encaminhado para analise da alta diregao da empresa. E mais um sinal de que na Perdigao o relacionamento com 0 consumidor se tornou uma das prioridades da estrategia de negocios. 15


COOF=':

A

MS Sao Paulo, 3EESnilA NOVAS DESDEEMM Ha 50 anos, urn grupo de funcionahos da Rhodia, inspirado na experiencia pioneira da cooperativa de consumo da Sao Paulo Railway, em Sao Paulo, abria em Santo Andre, vizinha a capital paulista, urn grande armazem que em vez de balcoes tinha prateleiras para que OS proprios clientes pudessem escolher os produtos. Nascia a primeira empresa de auto-servigo no ABC. Vinte anos depois, a cooperativa Rhodia, hoje Coop, abriria suas portas a comunldade. Atualmente com pouco mais de 1,1 milhao de cooperados, a Coop e a numero 1 entre as cooperativas de consumo da America Latina e esta entre as cinco maiores do mundo. Lider na regiao do ABC, enfrentando a concorrencia de pesos pesados, a cooperativa ocupou o nono lugar entre as maiores redes do pais segundo o ranking da Abras - Associagao Brasileira de Supermercados em 2002. No ano passado, a Coop registrou fa-

Mnk

turamento de R$ 940 milhoes e, para 2004, a expectativa e superar a casa de R$ 1 biIhao. "Nosso ponto forte e o servigo que prestamos para o cliente dentro da loja", afirma Antonio Marcos Trambaioli, gerente de marketing e acordos comerciais da rede. Depois da regiao do ABC, a Coop chegou ao interior, com unidades em Sorocaba, Tatui e Sao Jose dos Campos. Hoje sao 21 unidades no total. Nao ha restrigoes para ser cooperado - basta apresentar documentos e preencher um cadastro que, em breve, tambem dar^ direito a um cartao-fidelidade. "Estamos estudando uma serie de vantagens para 0 cliente, como nos programas de miIhagens", adianta Trambaioli. Formatovariado Instaladas em bairros populosos de cidades nas quais, por causa de seu histbrico, a cultura cooperativista e mais facilmente assimilada, as unidades da Coop atendem as classes B, C e D, conforme sua localizagao. 0 numero de checkouts m\3 de 7 a 36. "Nao somos um hipermercado, mas oferecemos roupas e eletrodomesticos em todas as lojas", observa Trambaioli. Todas as unidades da rede contam com uma drogaria, outro importante diferencial, que opera com cerca de 7 mil itens, entre genericos e fitoterapicos. Com pregos abaixo da concorrencia, a Coop disputa espago com as grandes redes de drogarias. Outro atrativo 6 a marca propria Coop Plus, sucesso de vendas desde seu langamento, em 1970.


do

ABC

0 mix de produtos tambem varia de unidade para unidade. Em todas, porem, OS produtos Perdigao tern forte presenga, especialmente a linha de congelados. "A Coop e uma rede extremamente dinamica, com quern mantemos uma solida parceria", diz Antonio Cesar Alves Teixeira, gerente da filial Sao Paulo da Perdigao. RUMO AO INTERIOR Prestes a comemorar cinco decadas, a Coop esta fazendo pianos de expandir seu territorio, inaugurando pelo menos uma unidade por ano fora do ABC. "Ainda ha espago para crescer na regiao, mas queremos explorar outras oportunidades." Apesar da proximidade, a rede nao tem interesse em atuar em Sao Paulo, onde a concorrencia e muito acirrada, explica Trambaioli. "Nossa vocagao nao e concorrer com as grandes redes. Por isso, buscamos mercados com baixa concentragao de lojas." Na Coop, 0 relacionamento com os

fornecedores e diferente do modelo das grandes organizagoes, em que os negocios sac marcados pela impessoalidade. Semanalmente o presidente organiza um cafe da manha com quatro ou cinco fornecedores para conversar sobre o mercado e sobre as metas da empresa. A rede tem forte presenga em outdoors, jomais e radios, mas e no popular boca a boca que esta baseada sua bemsucedida trajetoria. "0 cooperado da Coop e fiel a rede, pois sabe que as cooperativas nao visam ao lucro, alem de se dedicarem a finalidades socials", explica Trambaioli. E uma forma que ajuda a garantir a confiangas que passa de pai para filhos e atralrconsumidores.

Nomcolocddano rdnkin^ddAbm, a Coop tem nosservi^os 0 seu ponto forte

Com2UOJASE1,1 MlimODECOOPE* AflEDEOPERECEUMAMPLOMlXDEPROOLITOS

17


Tradigao renovada

Trinta e oito anos depois de sua conquista inedita - o primeiro titulo estadual de um time do interior em Santa Catarina - atletas a dirigentes da equipe da Perdigao que venceu 0 campeonato catarinense de futebol profissional em 1966 foram homenageados em Videira (SC). Formada exclusivamente porfuncionarios da empresa, que treinavam depois do trabalho, a equipe venceu adversarios de peso, como Figueirense e Avai, e representou o estado na Taga Brasil, antecessora da Copa Brasil, entre a elite do futebol brasileiro. De uma hora para outra, os craques da Perdigao, que treinavam numa pequena quadra, estavam no Maracana e em outros grandes estadios do pais, numa escalada que poucos clubes conseguiram obter em tao pouco tempo. Mas a tradigao da Perdigao no futebol continua.

Destaque em

No final de margo, a equipe de Videira foi campea nos Jogos Nacionais do Servigo Social da Industria ISesi) e se classificou em quarto lugar na Copa do Mundo de Futsal, realizados em Pernambuco. Os jogos organizados pelo Sesi reuniram mais de 700 atletas de todo 0 pais e a Copa do Mundo de Futsal foi disputada por equipes de nove paises. Os campeoes da Perdigao venceram 15 dos 16 jogos que disputaram nos Jogos Nacionais e empataram um.

pereciveis

ram da escoiha, coordenada por Supermix, puA linha Batavo ganhou o premio Top de blicagao oficial da entidade. "0 premio reflete Categoria da Apras - Associagao Paranaense 0 pensamento dos supermercadistas do estado, de Supermercados, em "Pereciveis Congelaque responde por 6% dos negdcios do setor", dos". Em "Pereciveis Frios" a vencedora, pelo afirma Joanir Zonta, presidente da Apras e da segundo ano consecutivo, foi a Perdigao. rede Zonta. Concedido desde 2000 aos fornecedores A linha de pereciveis congelados que mais se destacam em 13 areas da Batavo inclui hamburgueres, masde atuagao, o Top de Categoria e sas, empanados, pratos prontos e entregue durante a Mercosuper, outros produtos. Presuntos cozidos, salfeira realizada em abril, com a parsichas, linguigas, apresuntados, mortaticipagao de cerca de 135 exposidelas, salames, defumados, derivados tores e 25 mil vide Chester速, peru e sitantes. Mais de presuntos crus fami! empres^rios e zem parte domixde profissionais de congelados frios da empresasde autobatavo Perdigao. servigo participa-

18


Extra amplia

presen^a

A rede Extra Hipermercados, do Grupo Pao de Agucar, incorporou as seis filiais dos hipermercados Bon Marche, no Rio, e duas lojas Sendas, no interior fluminense. A mudanga faz parte da reestruturagao das duas marcas, resultado da criagao da Sendas Distribuidora, nascida da fusao entre os grupos Sendas e Pao de Agucar. A estrategia visa consolidar a marca Extra - que aumenta de 9 para 17 0 numero de lojas no mercado local obter maior

IMovidade

na tela

no

Rio

poder de negociagao e gaA Virl'fl ^ racionalizagao CI operagao e a unificagao HIPERMERCADOS das areas de compras. Com a troca de bandeiras, as lojas aumentam seu mix de produtos em 40%, passando a comercializarcerca da 70 mil itens, em media. As 17 lojas Extra no Rio tem 740 ctetoufs e empregam mais de 6 mil funcionarios.

da TV

o PttDlCiO '

Desde o inicio de abril, esta no ar, em cadeia nacional pela Rede TV!, o programa Receitas da Vida, da Perdigao. A cada programa, a apresentadora Rosana Hermann visita personalidades conhecidas para conversar sobre a trajetoria de cada uma e a receita de seu sucesso entre degustagoes de produtos Perdigao. No estudio, Fernanda Couto da orientagao e dicas de preparagao de produtos e ouve consumidores. No programa de estreia, o apresentador Car-

idda

los Alberto de Nobrega abriu sua casa para um almogo de Pascoa com a familia. 0 prato principal foi um saboroso Chester速 com farofa de frutas cristalizadas. Entre os proximos convidados estao o cantor Leo Jaime, o cartunista Mauricio de Sousa, e o ator Juca de Oliveira com a equipe da pega A Baba. Exibido aos sabados, as 15h45, Heceitas da Vida, primeiro programa de uma empresa de alimentos em rede nacional, faz parte das comemoragoes dos 70 anos da Perdigao.

19


Mais

Mais

na

sabor.

saude.

fila

da

Mais

gente

padaria.

Mortadela Bologna Ouro, Presunto, Salame e Mortadela Bolognella Perdigao. Os nossos segredos para um lanche perfeito.

Perdig.io. O nosso inoior se}>re(l() e voce.

Revista BRF Edição 45  

Fábrica de empregos Com quase 29 mil funcionários, a Perdigão continua gerando oportunidades e reforça sua posição entre os grandes empregad...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you