Page 1

15 de marqo: Dia do Consumidor

Perdigao

aprimora

relacionamento

com

0

consumidor


UIVI AIMO

DE 3 INIERiCIONALIZACAO PerM^Xo tioritorio em, Vubtu/

0 ano de 2001 foi marcado, para a Perdigao, por excelentes resultados. A aposta na expansao dos negocios, com a ampliagao e modernizagao de fabricas, investimentos em tecnologia, uma agressiva polftica de langamentos, com enfase em produtos de maior valor agregado, como pratos prontos, e a conquista de novas mercados no exterior, possibilitou um desempenho muito acima das previsoes iniciais. 0 faturamento bruto - R$ 2,8 bilhoes - aumentou 35% em relagao a 2000. As vendas no mercado interno cresceram 12,9% em comparagao ao ano anterior, chegando a R$ 1,75 bilhao. As exportagoes ultrapassaram a casa de R$ 1 bilhao, totalizando R$ 1,034 bilhao, valor 102% acima do registrado no ultimo balango. No ultimo trimestre do ano, o desempenho da Perdigao foi particularmente marcante. 0 crescimento no mercado interno foi de 16,3% (R$ 555,7 milhoes), enquanto as exportagoes cresceram 110%, apesar do turbulento cenario intemacional criado com a crise argentine e as incertezas surgidas apds OS ataques terroristas aos Estados Unidos. 0 excepcional resultado no campo externo reflete, principalmente, o trabalho realizado para reforgar a presenga da Perdigao especialmente na Europa. A empresa fortaleceu sua posigao em mercados em que atuava e abriu novas frentes, aliando, para isso, pregos competitivos e a alta qualidade de seus produtos. Um avango na internacionalizagao da empresa foi marcado pelo inicio das operagoes da BRF, em parceria com a Sadia, que impulsionou os embarques de suinos para a Russia, e o langamento da Perdix, marca criada para ampliar a participagao da empresa no segmento de produtos processados no mercado internacional. Otimismo, garra e identificagao de oportunidades ajudaram a derrubar barreiras e, ao mesmo tempo, indicam o caminho a ser seguido para manter a Perdigao na rota do crescimento. Continuar crescendo e oferecendo, cada vez mais, as melhores solugoes para o dia-a-dia e o compromisso da Perdigao com seus investidores e com o consumidor Wang Wei Chang Vice-Presidente de Finangas, Controle e Relagoes com Investidores

2

4 CAPA Vt mAos cLaJas com^ o atusumldor

QLydidaAt'cU'\AAA/^ara,a/iMMlk^

8 cheater ®

10 DESTAQUE 0 cji^auui^u^eiii'SerA^utay CcrrtAy

12 0 sucessD

RideccnonuA,

14 Rio

16

Vip-

TratoMiMto dt- dejetos suUics 17 BioeoE pUtajhrtHA^ ecoUjica, 18ACDIITECE NoHoaa Ptrdi^cio

IWKKiniKliJ """lOSn l^rtU^ Hoj« k uma (ufaiicai;io pervUic* da Pmhgio Agronluitnal S_A. «Je circulai^ cxiema e diiinbuicio gnluita. Conxlho Edlloriil: Eggon Joio<l«Silva;NildemarS«cches; Ani6nio Augusio De Toiu;Anionio Zambetli.Carloa Alberto Gradin; Eu<IidetCo>tenaro:FUivioKaiber; Gilbcno Onato; Joio Rozirioda Silvt; Luii Alberto Machado de Brilo, Luu Carloi Campagnola Nelion Vas flacklauer; Paulo Ernani de Oliveira; Ricardo Robert Menezes; Wang Wei Chang; Wlademir Paraviii;. CMrdeniflo: Luciana Ueda. Colaboratio: Edwsl Portilho, Jachsson Beal; Roberta Kurlan. Corrtipondrniei: Mauro F. C"ardoso(Videira); Soni Zaboti (Lagcs); Leonir Paruoto (Herval U'Oeiie); Mlicio Ferim (Marau); Aliemir Sampaio (Seranna Corria). Pnidufio: Blander & Aaociadw-ttl II3032-3236, e-mail: ■nib'dtlarKlrrcan.tr i:dtor: M«io Blanler (Vflb -13 J46 SPX Repaouem EJoi Obvein Rod»e Gude hje«a Dincio de Arte t Produfio GnUlca; Camannha Comunka^io & Deaisn lel. 11 J0J*4W3 Tlraefm: 5.000 exempUres NA CAPA, KWO ACS SAC Perdi^io ONOO-117782


esoritORIO

EI\/I

CZ> LJ By^l

Ptom Com um escritorio em Dubai, nos Emirados Arabes Unidos, que vai iniciar suas operagoes em abril, a Perdigao da mais um importante passo em seu processo de internacionalizagao. A abertura dessa nova frente tem como objetivo ampliar a presenga da empresa e de suas marcas - Halal, Unef e Borella em paises do Oriente Medio como Arabia Saudita, Kuwait e Qatar, entre outros, estreitar o relacionamento com os clientes e buscar novas oportunidades. "A regiao tem uma posigao estrategica nos pianos de expansao dos nossos negociosdiz Luis Alfredo de Oliveira, gerente de exportagao para o Oriente Medio, profissionai com larga experiencia na area, que estara a frente da operagao, num mercado que representa, hoje, cerca de US$ 100 milhoes/ano. A Perdigao foi uma das pioneiras na exportagao de frango para o Oriente Medio. 0 primeiro contrato, cerca de 3.500 toneladas de frangos inteiros, foi fechado com 0 Iraque, em 1975. Atualmente, a Perdigao exporta aproximadamente 90 mil to-

W

OnV/?!'^

neladas de produtos para a regiao e a expectativa e de um crescimento anual ao redorde 15%. As aves enviadas ao Oriente Medio sao abatidas e processadas segundo os preceitos e tradigoes do Alcorao. 0 abate, por exempio, e realizado com o peito do frango voltado para Meca e o corte, em movimento de meia-lua e feito par instrumento afiado. Um inspetor mugulmano acompanha de perto todo o processo. Capital de um dos sete emirados que compoem o pais, Dubai e um importante centro financeiro e comercial, com um dos maiores portos do mundo e esta situada no centro geografico de uma regiao com 1,6 bilhao de habitantes. Com 0 novo escritorio, a Perdigao quer ter uma atuagao mais agressiva na regiao, ampliando sua participagao no segmento de processados, de maior valor agregado, e impulsionando suas atividades de marketing. As marcas da empresa ja tem forte participagao e uma detas, a Borella, e a segunda no mercado de aves do Oriente Medio.

Objetivo i kscdr novuiofortuniMes de negocios emmentdr em 15%dsexpom0es pmdrepk

3


F»ER[Z)I

Man perto

Codigo

^

eDefesado Consuimdor ^

,«—•*

Um rekciommento mamdo, cack vamdUyft conver^enda deintmsses et)t

Esta fazendo exatamente 40 anos. No auge da Guerra Fria, os Estados Unidos mediam forgas com a entao Untao Sovietica. Mas o discurso de abertura do Congresso pelo presidente John F. Kennedy em 15 de margo de 1962 passou para a historia por abordar uma outra questao, bem distante das crises poIfticas. Falando a deputados e senadores, Kennedy anunciou que tinha acabado de preparar uma lei que, pela primeira vez, estabelecia direitos para o consumidor. De la para ca. os direitos do consumidor nao so se tornaram uma bandeira em praticamente todo o mundo, como ganharam amparo legal. Em 1985,24 anos depois, 0 dia da fala de Kennedy-15 de margo -, foi instituido como o Dia Mundial do Consumidor. Para comemorar a data, a Perdigao realizou um workshop com um grupo de donas de casa para apurar o impacto das mudangas trazidas por essa nova era - que no Brasil teve inicio ha 11 anos, com a aprovagao do Codigo de Defesa do Consumidor -, na vida de cada uma delas. A iniciativa faz parte do programa que a empresa passou a adotar nos ultimos anos para estreitar cada vez mais o relacionamento com 0 consumidor e identificar suas necessidades e expectativas, de forma a oferecer permanentemente as solugoes mais adequadas ao mercado. A primeira constatagao nao foi uma surpresa: todas, sem ex-

4

dos

cegao, tem bastante clareza de seus direitos. 0 dado novo foi que isso nao so afetou alguns de seus habitos, como levou a um novo comportamento. Hoje, elas nao deixam de verificar o prazo de validade, leem rotulos para ter informagoes, verificam se o que estao comprando corresponde ao que foi mostrado nas campanhas publicitarias, checam a conservagao dos produtos nos pontos de venda e, principalmente, nao hesitam em reclamar sempre que acham necessario. "Quando encontro algum produto que nao esta de acordo com as especificagoes, escrevo para o fabricante e 0 problema e resolvido. Antes, nem perderia tempo, pois sabia que ficaria sem resposta", resumiu a dona de casa

/


Andrelina Bicalho. "Durante muito tempo, reclamar equivalia a brigar. Agora, passou a ser urn direito de todos", disse Lilian Bozolan. Mas Andrelina e Lilian, como as outras participantes do grupo, reconheceram que, se o consumidor mudou, a industria nao ficou atras, promovendo profundas mudangas nos ultimos anos para se adaptar as exigencias da lei e, muitas vezes, ir alem dela, como foi o caso da Perdigao. A industria de alimentos saiu na frente no esforgo de atender cada vez melhor o consumidor - 0 setor e o que menos recebe reclamagoes segundo o Procon. Criado em 1976, o Procon foi pioneiro na defesa do consumidor. hoje tam-

bem sustentada por inumeras outras entidades. Urn exempio e o Idee - Institute Brasileiro de Defesa do Consumidor, organizagao nao-governamental criada ha 14 anos para orientar e proteger os consumidores. Tambem pesou o papel desempenhado por orgaos publicos como a Vigilancia Sanitaria, do Ministerio da Saude, e o Dipoa - Departamento de Inspegao de Produtos de Origem Animal, do Ministerio da Agriculture, que monitora a produgao e atesta a qualidade dos produtos. Agora, o conflito vem dando lugar a convergencia de interesses e a colaboragao e, para a Perdigao, nao faltam exemplos dessa tendencia. "Urn numero cada vez maior de pessoas passou a entrar em contato conosco nao so para pedir orientagao, como tambem para dar opinioes e ate para fazer elogios", disse Elaine Cristina Beraldo, gerente do Centro de Servigos ao Consumidor da Perdigao e coordenadora do workshop. Foi o que ocorreu com Soledade Antonelli, dona de casa e revendedora de joias. Entusiasmada com a boa receptividade de sua familia ao langamento do Lombo Temperado, decidiu ligar para a empresa para dar parabens pela iniciativa.

Maria Fmda DA Costa Asuiar: vim AO SHi DA MESA fMACONHECERNOVlDADES

AndreunaBicalho:emcontato CONSTAMIECOMOSFABRICANTES

Os SACs, a exempio do Centro de Servigos ao Consumidor da Perdigao, tem exercido um importante papel para a evolugao das relagoes entre empre5


sas e consumidores. Mas o avango tecnologico ja oferece outro poderoso meio de comunicagao entre esses dois elos. "Com a internet ficou mais facil falar com as empresas", afirmou Maria Fernanda da Costa Aguiar. internauta, Maria Fernanda costuma visiter sempre 0 site da Perdigao para se manter informada sobre a linha de produtos e conhecer novas receitas. Para esse novo consumidorque esta

tos de venda. "Eles acabam fazendo, muitas vezes, o papel de fiscal da empresa" comenta Elaine Beraldo. Armazenar alimentos sob condigoes ideais e, por sinal, uma das principais preocupagoes das consumidcras e um dos pontos sobre os quais elas levantam mais duvidas. Como garantir uma boa conservagao? Participante do encontro, Joao Batista Mendonga, tecnico especializado em qualidade da Perdigao, destacou 0 papel fundamental do ponto de venda para que o produto cheque em boas condigoes a casa do consumidor Para Mendonga, duas coisas sao essenciais para levar a mesa um alimento saudavel, alem de observar o seu prazo de validade - um bom cozimento e uma perfeita conservagao. "Observados esses dois cuidados. nao ha risco algum para a saude". Alem de manter um programa permanente de treinamento para todos os seus clientes, abordando do manuseio a conservagao dos produtos, a Perdigao tambem promove encontros e palestras para transmitir cuidados e orientagao aos consumidores. "0 consumidor pode e deve reclamar Mas tambem precisa se informar. E ele agora esta mais conscien-

surgindo, ter consciencia de seus direitos nao significa esquecer respcnsabilidades. Dona de casa e professora de idiomas, Dulce Saconan critica um fato que presencia com frequencia nos supermercados: produtos congelados ou resfriados abandonados per clientes, que deslstiram da compra, em locais sem conservagao. "Como exigir algo se nao oferecemos nada em troca? Afinal, essa 6 uma via de mac dupla", sustenta. Colaboragao e, de fato, uma das palavras-chaves na nova relagao que esta sendo criada entre a industria e o consumidor. Um exempio e o numero cada vez maior de pessoas que tยงm procurado o Centre de Servigos ao Consumidor da Perdigao para comunicar eases de conservagao inadequada dos produtos em pon-

te disso", observou Dulce Saconan. Na troca de ideias entre o grupo, Mendonga tamb6m expos os cuidados da Perdigao com a seguranga alimentar e relatou as diversas certificagoes de organismos internacionais que habilitaram as unidades industrials da empresa a fornecer para alguns dos mais exigentes mercados do exterior. Os controles adotados para os produtos destinados a exportagao sao os mesmos utilizados

PERDIGAO,

PARTiaPANTESDOrttMSHiy: m lEI

EuyNEBERAlIC.GEflENIEDOCENTRODt SEHVICOSAOCONSUMIDOfl; CONSllMlDffltaOAEMPRESA

6

para o mercado interno. 0 workshop conUimou que o consumidor evoluiu, esta mais informado, sabe 0 que quer e deseja participar. E a Perdigao reafirmou seu compromisso de dedicar recursos, esforgos e talentos para atender. cada vez melhor, os seus consumidores.


Areestruturagao de dois programas da Perdigao esta ampliando o atendimento a mulher. A construgao de tres creches e a reformulagao do programa Novo Ser, dirigido a gestantes, marcam novos avangos da empresa para apoiar - e valorizar - a mao de obra feminina. Desde fevereiro, esta em funcionamento em Marau (RS) a Creche Padrao Santa Rita, com capacidade para atender cerca de 60 criangas. A construgao de creches e uma das solugoes que a Perdigao vem adotando, dentro de sua politica de responsabilidade social, para dar suporte e qualidade de vida a mulher, que representa cerca de 33% do quadro de funcionarios, atualmente com mais de 22 mil pessoas. Oferecendo seguranga e educagao as criangas, as maes tem tranquilidade para realizar seu trabalho. No total, OS funcionarios da Perdigao tern a disposigao 43 creches, instaladas ao redor das unidades industriais de tres estados - Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Parani Ainda este ano, deverao ser inauguradas mais duas, dessa vez em Rio Verde (GO). Atualmente, sac atendidas 1.130 filhos de funcionarios, de ate 6 anos de idade, alem de criangas da comunidade. Na area da saude, alem de campanhas preventivas ao cancer de mama, DST (doengas sexualmente transmissiveis} e Aids e da distribuigao de informativos sobre planejamento familiar, o programa Novo Ser, agora reformulado, esta chegando a

todas as unidades. 0 programa vai acompanhar as mulheres gravidas durante todo 0 processo de gestagao, oferecendo ate sessoes de massagem para relaxamento. Gutra novidade e o Cantinho da Amamentagao. Ate o final do ano, todas as unidades terao um local para esta finalidade. As salas ja existentes serao reformadas de maneira a ficarem mais aconchegantes. Instituidos haseisanos, osgrupos de gestante da Perdigao vem tendo grande adesao. Atualmente, sao atendidas cerca de 300 mulheres. 0 proximo passo sera conscientizar todos os colaboradores sobre as necessidades especiais das gestantes, harmonizando ainda mais as relagoes no trabalho. Para a Perdigao promover o bem estar de seus funcionarios, nos mais amplos aspectos, contribuindo para uma sociedade melhor e mais justa, e exercer a cidadania e expressar sua responsabilidade social.

Perdigao kvd dmtedpolitmde dpokrotrddho fminino, comacomtru^ao decreckse atendimento k^estdnte

1


l\/|y^lS

LJI\/I>^

LIINlhHy^

l\ICD\/IDy^D

CHESTER®:

/

wd e a

vt

Aiinha Chester® tambem ganha reforgo a partir deste mes. Com disco coberto de molho de tomate, mussarela, peito Chester® defumado, azeitonas fatiadas e tomate em cubos, chega as prateleiras das lojas e supermercados a Pizza Chester® que sera

PEltO CHESTER. E MU99AREl>

perdigao MANTtNHACC AT£-1i

langada nacionalmente em embalagem de 460g, com degustagao e abordagem nos principais pontos de venda do pais. Novidade no varejo, a Pizza Chester® e semelhante a encontrada nos restaurantes da rede Pizza Hut. que no ultimo Natal langou, com sucesso, uma versao do produto, em parceria com a Perdigao. Ha 20 anos, a ave Chester® vem dando origem a uma das mais completas linhas de alimentos da industria brasileira. Com o langamento da pizza Chester®, ela passa a contar com 23 itens, entre cortes especiais, derivados, e fatiados, alem dos pratos prontos-Peito Chester® a Parmegiana, Strogonoff Chester® e Lasanha Chester®. Produzida na unidade industrial de Lages (SC), a linha de pizzas da Perdigao apresenta importantes diferenciais em relagao as pizzas industriais convencionais. E preparada sem qualquer contato manual e a massa passa por um processo de fermentagao natural, que garante a mesma crocancia das pizzas feitas na hora.

Apreciatta conquista o consumidor A Perdigao atua no segmento de pizzas congeladas desde a metade do ano 2000, quando langou nacionalmente sua linha Apreciatta. Atualmente com quatro versoes - mussarela |440g}, presunto e champignon (460g). calabresa (4B0g) e quatro queijos (460g) - a linha responde por 14% do mercado de pizzas congeladas do Brasil, segundo levantamento da Nielsen. Sucesso de vendas em todo o pais, a linha ganhou v^rios produtos ao longo de 2001, como a minipizza Chester® com Requeijao e a pizza Quatro Queijos. Entre os pratos prontos, o segmento de pizzas congeladas 6 um dos que vem apresentando a maior taxa de crescimento. Conquistar parte deste mercado consolida a Perdigao como uma marca atenta ^s necessidades de seus consumidores, oferecendo produtos de qualidade e alta conveni§ncia.


I\/III\II COIN/l

Ci: Iâ&#x20AC;&#x201D;11 C K E I\1 c: Er\l CD LJ RXX:

Bom,

sdudhd e pritico

Chega ao mercado neste mes de margo o Mini Chicken Com Cenoura Turma da Monica, da Perdigao. Sem similares no mercado, o novo produto e uma maneira saborosa, pratica e diferente de estimular as criangas a consumir cenoura, alimento rico em vitamina A. Nutriente encontrado em alimentos como leite, ovos, vegetais e frutas amarelo-alaranjadas, a vitamina A desempenha papel fundamental no crescimento, na visao e no desenvolvimento dos ossos e da pele. Na cenoura, a vitamina A se apresenta na forma de caroteno, pigmento vegetal convertido em vitamina pelo organismo. Sua falta pode contribuir para a baixa resistencia e at6 mesmo para urn retardamento no crescimento. 0 Mini Chicken Com Cenoura traz a mesma composigao do Mini Chicken tradicional conhecido pelas criangas carne de frango empanada, crocante e tempero suave so que acrescida de cenoura ralada.

0 langamento segue o conceito da linha Turma da Monica, desenvoMda especialmente para o paladar infantil e suas necessidades nutricionais. Rica em protema, a linha tem um mix de 17 produtos, 12 dos quais elaborados com carne de frango. Criada em 1989, a linha Turma da Monica e lider em seu segmento e, alem de oferecer produtos com tempero especial e uma redobrada preocupagao com os nutrientes, traz como atrativo, em suas embalagens, cartoes para serem colecionados com os personagens de Mauricio de Sousa. Saborosos, para as criangas, e faceis de preparar, um forte apelo para as maes, OS produtos encontram excelente aceitagao no mercado: desde seu langamento, a linha registra um crescimento em torno 1000% em suas vendas. Assim como o Mini Chicken e o Mini Chicken Divertidos ja disponiveis nas gondolas, o novo Mini Chicken Com Cenoura vem em embalagens com 300 gramas.


CCZ>RF=ilEA

k

mquista

Localizada a Noroeste do Rio Grande do Sul, a 230 quilometros de Porto Alegre, a pequena Serafina Correa - sac, ao todo, 11 mil habitantes - surgiu com a chegada dos primeiros imigrantes italianos por volta de 1890. Atras do sonho de fazer a America, as Franciosi, Assoni, Marin, Variani, Cervieri. Fornari, Pan e tantos outros enxergaram em seus campos uma grande oportunidade. Nem sonhavam que, pouco mais de um seculo depois, o lugar onde se fixaram se tornaha um importante centro exportador, Da unidade industrial da Perdigao em Serafina Correa sao encaminhados diariamente cerca de 100 toneladas de cortes e frangos inteiros para todos os pontos do mundo, atendendo diferentes culturas, padroes e gostos com a mais alta qualidade. Com 0 esforgo a dedicagao de seus primeiros habitantes, a localidade, inicialmente chamada Dona Fifina Correa, cresceu. Distrito de Guapore, passou a chamar-se Linha Onze, ate adotar definitivamente em 1924 o noma de Serafina Correa, que conservou ao tornar-se municipio, em 1960. Mas foi em 1988, com a compra da Sulina Alimentos e da Ideal Avicola, amprasas tradicionais da regiao, pela Perdigao,

10

do

que teve inicio uma era da prosperidade e de grandes e rapidas mudangas. A linha de abates da suinos foi desativada no inicio de 1999, sem qualquer tipo da perda para o municipio ou para OS funcionarios. Desde entao, a cidade se transformou em um polo regional de industrializagao de frangos. Na unidade industrial da Perdigao em Serafina Correa sao abatidas 6.000 avas por hora, das quais mais de 70% chegam ao mercado am variados tipos da corte. E exatamante 0 contrario do que ocorria ate 1999. "Os frangos inteiros constituiam dois tergos da nossa produgao. Passamos, entao, a agregar valor aos produtos e a concentrar esforgos nas axportagoas", afirma Altemir Sampaio, garenta da produgao da unidade. A estrategia dau carlo. Com investimentos da ordem de R$ 2 milhoas para a construgao da uma nova e moderna camara de estocagem e raadequagao do parque fabril (industria e areas de apoio), atualmenta cerca de 57% dos produtos sao destinados ao mercado axtarno. Outros R$ 1 milhao foram aplicados na melhoria da qualidade ambiental. 0 antigo processo de tratamanto de afluentes, qua, alam de dispendioso, nao levava aos resultados asperados, foi substituido por


m ercdik

atemo

urn sistema dotado da mais avangada tecnologia. A iniciativa, parte de um ample programa ambiental, valeu a Perdigao, no final do ano passado, o Premio Expressao de Ecologia, um dos mais prestigiados do pais. A Perdigao tambem trouxe grandes mudangas para o trabalho e para a vida dos funcionarios. Prestes a completar 33 anos de empresa, Luis Antonio Suder, pratico no setor de recepgao, lembra o clima de intranquilidade que todos viviam nos tempos da Ideal e da Sulina. "A produgao estava em queda e havia medo de perder o emprego. A Perdigao proporcionou seguranga, confianga no futuro e possibilidade de crescer profissionalmente", afirma. Quando ingressou na empresa, Suder tinha apenas a quinta serie do primeiro grau. Hoje, com 0 segundo grau completo, sente-se valorizado e realizado por ter acompanhado a modernizagao e evolugao da unidade. Maisquaudade devida Ha 28 anos na empresa, Eleni Lourdes Ghisolfi Debona tambem viu de perto as transformagoes ocorridas pelo modelo de gestae trazido pela Perdigao, que estabeleceu como prioridades o crescimento profissional e a qualidade de vida dos funciona-

rios. Um dos pontos mais importantes dessa politica, destaca, foram os investimentos em treinamento e capacitagao, que abriram novas oportunidades. Eleni foi uma das muitas beneficiadas: ex-te!efonista, atua hoje na area de faturamento e exportagao. Outro deles e Vitorino Romano, 30 anos de casa. Com treinamento em varias especialidades, chegou a instrutor de manutengao mecanica, um enorme salto para quem comegou como lenhador. Vitorino chama atengao, sobretudo, para a preocupagao da Perdigao com a prevengao de acidentes. Ate a chegada da empresa, faltavam equipamentos basicos de protegao ao pessoal. "Tambem passamos a contarcom beneficios como a cooperativa de credito, previdencia privada e programa habitacional, entre outros, afirma Regina Fae, que trabaiha na linha de produgao. Alem de seus 950 funcionarios, a unidade industrial de Serafina Correa gera um grande numero de empregos indiretos, cria oportunidades de negdcios para mais de 350 produtores integrados na regiao e e responsavel por um tergo do ICMS recoIhido na cidade. Em Serafina Correa, como em todos os lugares onde esta instalada, a Perdigao leva a frente seu compromisso de criar riquezas e empregos.

Mmidmetddedd produ0o i destmda m memdo txurno, aundtndo difantes cultums e prefermcm

11


LJI\/1

F=>OF=5

"TODCDS

"TODOS

F^OR

LJ l\/l

Fdz 0 smsso k

Pequmos supememdosdoRio sommfor^aspm enfrentar as ymdtrdtHd concentra^onosetor

Em 1998, sete pequenas empresas de supermercados do Rio de Janeiro, com 37 lojas, decidiram somar esforgos para montar uma central de compras, garantindo pregos mais vantajosos aos cfientes, num negocio no qua!, cada vez mais, a competitividade e um fatorcritico. Nao foi preciso muito tempo para a experiencia mostrar bons resultados. Desde entao, a Redeconomia de Supermercados conquistou a adesao de outras oito empresas e com um total de 80 lojas que, juntas, faturaram cerca de R$ 610 milhoes em 2000, ajudou a consolidar uma tendencia que vem ganhando espago crescente nomercado- o associativismo. 0 modelo nascau nos anos 20 nos Estados Unidos, por iniciativa de pequenos varejistas de alimentos que formaram uma central de compras para buscar ganhos de escala, e desde entao passou a ser reproduzido em todo o mundo. No Brasil. as redes independentes comegaram a se firmar nos ultimos cinco anos e ja movimentam cerca de R$ 2 bilhoes, o equivalente a 3% das vendas totals do setor, segundo um levantamento realizado recantemente pela Associagao Brasileira de Supermercados (Abras). 0 estudo mostrou que cerca de 1.150 empresas brasileiras fazem parte de alguma central de compras. Suas lojas mantem o nome, mas levam ao lado o logotipo da rede, para serem mais facilmente identificadas pelo consumidor. Em media, cada uma tem cerca de 400 metros quadrados, com 23 funcion^rios e quatro check-outs. A Redeconomia de Supermercados e a primeira no ranking. Inicialmente limitadas h area de com-

12

pras, essas parcerias estao se ampliando, passando a agregar diversas outras fungoes, como agoes conjuntas de marketing. Na Redeconomia, essa tendencia ja virou rotina. Alem de folhetos, distribuidos quinzenalmente nas lojas, sao veiculadas regularmente campanhas publicitarias na televisao para divulgar ofertas de produtos. Esse esforgo, que ganha intensidade nas datas promocionais, como o Dia das Maes, conta com apoio de fornecedores. "A Perdigao tem sido um de nossos principals parceiros. Com o prestigio de sua marca, um ampio leque de produtos e sua imagem de qualidade, ela traz uma importante contri-

Dl SUNKMIRCADOt

rsui^, cariocao

pQLmupEn

Uma opfio do compra cai F£ile Conosco: redf ®efrna) "•■S/ORREBELA


Reiemomk buigao para o sucesso de nosso projeto", afirma RonaldoTeixeira, diretor-executivo da Redeconomia de Supermercados. Atual presidente da associagao, o empresario Paulo Fernando Moreira da Silva, proprietario dos supermercados Rainha da Serra e Rei do Rio, com quatro lojas em Caxias, na Baixada Fluminense, tambem destaca o papel da empresa para a consolidagao do empreendimento. "A parceria resultou em beneficios para as duas partes. 0 apoio da Perdigao nos permitiu oferecer produtos que hoje estao entre OS mais procurados em nossos pontes de venda", diz.

Ate 0 final de 2002, a cadeia de supermercados de Paulo Moreira devera ganhar outras duas lojas. "0 ritmo de expansao seria bem mais lento, reconhece, sem as vantagens oferecidas peia associagao. Com os ganhos de escala que ela trouxe, e possivel oferecer pregos ate 20% mais baixos." Ganhos de escaia No inicio da Redeconomia, nao faltaram dificuldades. A maior delas foi a montagem do mix de produtos, levando em conta as necessidades de cada parceiro. Passada essa fase, alem de negociar melhores pregos e garantir condigoes de manter uma presenga mais forte na midia, a Redeconomia de Supermercados registra outros importantes avangos. Nas lojas, letreiros, cartazes e embalagens foram padronizadas, ajudando a dar identidade ao projeto. Os funcionarios, tanto da administragao quanto das lojas, vem passando por intensivos programas de treinamento - uma das prioridades e a melhoria de qualidade do atendimento. Foi instituido urn cartao de fidelidade, o Redeconomia, projeto que, pelo seu custo, dificilmente poderia ser adotado por um associado isoladamente. A exempio da Redeconomia, o

^Iâ&#x2013; 

I

to V9Z mala perto da voc6. conomlar)@aol.com 'â&#x2013; "CSS

db'^5 PRINCESA iirtiiiiuiM â&#x20AC;&#x201D; MINI .CJPRBpO

associativismo nao para de crescer. Uma das iniciativas mais recentes e o Grupo Mosaico, do Rio Grande do Sul, constituido por 10 empresas, com apoio de fornecedores entre os quais a Perdigao. "Esforgos como esses contribuem para otimizar a distribuigao, reforgam a lembranga dos produtos, ja que os investimentos em publicidade sao mais altos e, principalmente, aumentam os volumes de venda", diz Luiz Carlos Campagnola, diretor nactonal de vendas da Perdigao. Mas os consumidores, lembra Campagnola, tambem saem ganhando. "Alem de pregos mais atraentes, ter acesso a novidades ficou mais facil e rapido".

As cdieks independents movimentm R$2bill)m por dm, cemde 3% h venids totdudosetor

13


ku e cultum

Criado em 1997, o Espago Vip - Visitante Importante Perdigao de Videira (SC) colocou a cidade no mapa cultural do Sul do Inkktipd momtitui as etapas do Projeto Buriti â&#x201A;Ź incentm a )romk urtistica da repk

pais. Mais de 50 mil pessoas ja visitaram o local para conhecer o acervo historico da empresa e participar de atividades culturais. Em apenas quatro anos, o espago abrigou mais de 100 eventos. Agora, a iniciativa esta se estendendo a Rio Verde (GO): a partir deste mes de marge estara funcionado o novo Espago VIR que, a exempio do primeiro, devera se tornar uma importante referencia para a arte e a cultura da regiao. "0 objetivo e resgatar a memoria do Projeto Buriti, o maior e mais ambicioso da empresa, e integra-la a historia da empresa, registrando tambem as transformagoes de Rio Verde apos a chegada da Perdigao", afirma Edwal Freitas Portilio, assessor da diretoria regional da empresa. Iniciado em 1995, o Projeto Buriti marcou a abertura de uma nova fronteira para a empresa, ate entao concentrada no Sul do pais, levando a instalagao do maior parque UM RICO PATRIMONIO CULTURAL

Escujuradoabtsta gowjoLihzOunto

14

Desde sua origem, Goi^s vem formando um rico patrimonio cultural, com fortes raizes populares, presentes nas obras de alguns de seus mais renomados artistas. E o caso, per exem-

PAINfiS MOSTRAM AOS VISITANTES OE Rc VERK GRANGES MARCOS DA IMPlANlAfAO DO PROJETO agroindustrial da America Latina. As diversas fases do desenvolvimento do projeto, que tornou a cidade um novo eixo economico no Centro-Oeste, estao apresentados em amplos paineis backlights-, dispostos no espago, localizado na avenida Getulio Vargas, na area central de Rio Verde e de facil acesso a plo, das pinturas, esculturas e ceramicas de Antonio Poteiro, portugues, radicado no Brasil desde os dois anos de idade. Com seus potes, que Ihe valeram o nome, e um trago primitivista, Poteiro retrata a terra e as cores do c6u do Centro-Oeste. Outro nome de destaque 6 o escultor autodidata Luiz Olinto, com sua arte em ceramica pura e vitrificada. Seus traba-


REREREINICly^

Rio

Verik

social e de meio ambiente e ter informagoes sobre balangos e novidades. A concepgao do projeto, da arquiteta Renata Gontijo, de Rio Verde, previu vaos livres para permitir a realizagao de eventos culturais. Alem dos computadores, dos paineis e vitrines com os principais langamentos da marca, o Espago Vip tambem vai ser palco de langamentos de 11vros e exposigoes de artes, mantendo, em carater permanente, uma variada progra-

passo, de seu logotipo. Os visitantes tambem poderao assistir videos sobre a trajetoria da Perdigao, conhecer suas iniciativas na area

magao que contemplara nao so artistas de renome como novas talentos em inicio de carreira. "Nossa missao e reconhecer e valorizar artistas da regiao e oferecer a comunidade a possibilidade de ter contato com um conjuntovariadode manifestagoes artisticas a culturais", afirma Jones Broleze, coordenador do Espago VIP Videira, que esta supervisionando a implantagao do projeto em Rio Verde. Foi exatamente esse o objetivo que tambem levou a unidade industrial de Lages (SC) a criar, no final do ano passado, uma area no restaurante para proporcionar aos funcionarios e visitantes acesso a trabalhos de artistas locais.

Ihos em paineis e esculturas ja foram apresentados em exposigoes internacionais e em todo o Brasil. Nas artes plasticas, Siron Franco e

J. Veiga, que inovou com Os Cavalinhos de Platiplanto, briiha a figura de Cora Coralina, quituteira de mao cheia que escrevia ao pe do fogo e publicou

outro artista reconhecido internacionalmente, com obras em colegoes e acervos de grandes museus. Na literatura, alem de Bernardo Elis, que chegou a Academia Brasileira de Letras, e de Jose

seu primeiro livro aos 75 anos. Se demorou para chegar, a obra veio com elogios do poeta Carlos Drummond de Andrade, que confessou ter ficado profundamente tocado com os poemas.

toda a populagao. Terminais de computador permitirao acessar uma biblioteca digital com informagoes e fotos sobre os 67 anos da empresa, principais marcos de sua trajetoria, pegas publicitarias que fizeram historia e a evolugao, passo a

째Cariwval",6ieo DE Antonio PoTEW

15


EXPEflltoflLOTO

mUmmto

de Metos sum

hrcm bmca encontrar novas solupes e uummUr umk dos inte^d)s

Mais um importante passo que con-

e tratamento de dejetos ^s exigencias da

firma a prioridade que a Perdigao vem dando ao meio ambiente. A empresa acaba de assinar convenio com a Fundagao de Ciencia e Tecnologia (Funcitecl de Santa Catahna para um programa de tratamento de dejetos sumos. Em parceria com a Finep e o CNPq, do Ministerio da Ciencia e Tecnologia, o acordo visa acelerar a pesquisa e o desenvolvimento de tecnologias para dar solugao, simultaneamente, a uma outra questao: 0 aumento da renda de pequenos e me-

legislagao ambiental. A primeira estagao de tratamento de dejetos sumos devera ser implantada ainda no primeiro semestre deste ano. "Ate 2004, OS produtores integrados vao ter acesso as tecnologias que serao desenvolvidas", diz o engenheiro agronomo Marcos Rottava, supervisor da area de desenvolvimento rural da Perdigao. Os estudos vao permitir montar sistemas para tratar os dejetos, reduzindo riscos de impacto ambiental. e, mais importante, o que serve para produzir adubo, gas natural e energia eletrica. Com isso, o produtor podera nao so cortar custos de produgao, como tambem ampliar seus ganhos,

dios produtores. A Perdigao vai investir mais de R$ 600 mil para viabilizar a execugao dos trabalhos, que se estenderao por dois anos. Contando com a cooperagao das UFSC Universtdade Federal de Sao Catarina e Unoesc - Universidade do Oeste de Santa Catarinense, os estudos deverao apontar modelos que nao exijam grandes somas de recursos para que os produtores possam adequar os sistemas de manejo

comercializando o excedente de insumos. "Como estao sendo desenvolvidas varias metodologias para tratamento dos dejetos. a empresa busca alternatives de acordo com a capacidade financeira e a maneira de trabalhar de cada produtor", explica Rottawa.


F='^F=lC^F=llXK

Mcitar

Rio Verde (GO) vai ganhar urn Centre de Excelencia em Agronegocios (CEA) - um projeto do governo do estado de Goias e da Fundagao do Ensino Superior de Rio Verde em parceria com a Perdigao, orgado em R$ 7 milhoes, para dar suporte tecnologico a empresas que atuam na agropecuaria e na agroindustria. Considerado um dos mais importantes polos de agribusiness no pais, Rio Verde, na esteira da Perdigao, vem atraindo outros investimentos voltados para a avicultura e suinocultura. Sua rapida implantagao trouxe profundas mudangas na regiao, acentuando a defasagem entre 0 padrao tecnologico adotado no Centro-Oeste e o trazido pelas empresas do Sul e do Sudeste. Outros serios problemas das industrias que se instalaram na regiao sac mao-de-obra e a estrutura dos laboratories, que nao acompanharam o grande salto evolutivo ocorrido nos ultimos anos. Com uma granja-escola e dois laboratories, 0 Centro de Excelencia em Agronegocios visa eliminar essa distancia, dando suporte a empresas e produtores locals em assuntos como qualidade de graos, fitossanidade, sementes e saude animal, alem de contribuir para a modernizagao dos laboratdrios de pesquisa ja existentes. Um pilar importante do projeto e investir na formagao de pessoal qualificado para o uso de novas tecnologias. 0 projeto vai contar com financiamento da Secretaria Estadual de Ciencia e Tecnologia, atrav6s de repasses do Fundo de In-

\XAK\

mm-k-ohn

centive a Estudos e Pesquisa (Finep) e do Conselho Nacional de Pesquisa Tecnologica (CNPq), que ja liberam a parcela inicialde R$ 540 mil. A Perdigao participa da implantagao da granja-escola que busca capacitar mao-de-obra para atendera crescente demanda por parte das agroindustrias. Alem de matrizes de suinos, a empresa fornecera medicamentos e ragao e se compromete a adquirir os animais produzidos pela unidade. No total, a Perdigao investira cerca de R$ 950 mil no projeto. A granja-escola sera implantada em um espago de 136 hectares, doado pela Prefeitura Municipal de Rio Verde, e contara com Sistema Produtor de Leitoes de 1.040 matrizes, Sistema Vertical Terminador com 2 mil animais, Sistema Terminador de Frangos com 48 mil aves, fabrica de ragao, centro de treinamento, casas para funcionarios e infraestrutura de apoio. Funcionarios e integrados da Perdigao, alem de profissionais de toda a comunidade, terao a oportunidade de freqiientar cursos e participar dos eventos promovidos pela escola.

mi^aoe Universidade sommfor^as fm qmlijiatrpessod em aphusms

I, Aii

17


Casa Nova em Carambef 0 Prohab - Programa Habitacional da Perdigao, que oferece aos funcionarios da Perdigao financiamento da casa propria, agora esta sendo implantado em Carambei (PR). A empresa gerencia o projeto, disponibiliza o terreno e participa do financiamento, juntamente com o FGTS e a Caixa Economica Federal. Serao 50 casas, com area entre 48 e 65 metros quadrados, com entrega prevista para seis meses. Em Rio Verde (60), estao sendo entregues 30 casas e outras 34 serao construidas ate julho, todas no bairro Parque das Laranjeiras. Em todas as cidades nas quais a Perdigao esta presente, o Prohab ja financiou 463 casas e 12 apartamentos. Ate 2003, o total de PROHAB casas entregues chegara a 800, beneficiando cerca de 3 mil pessoas. 0 Prohab expressa a preocupagao da empresa com a melhor qualidade de vida de seus funcionarios e contribui, paralelamente, para amenizar o deficit habitacional, alem de regular o prego dos alugueis nos municipios onde e implantado.

PflOeAH: 800 NOVAS MORAOIAStf^ 2003

Tempo de Festa em Capinzai e Videira Como parte da comemoragao dos 53 anos de sua emancipagao, celebrados em fevereiro, Capinzai (SC) promoveu a quarta edigao da Chesterfest 2002. 0 evento reuniu milhares de

principalmente, alema e italiana, e, alem de aves, e um centro produtor de milho, soja, trigo, ceramica e tijolos. Videira tambem festejou seu 58° aniversario, em 1°de margo, com a tradicional Quer-

participantes para apresentagao de grupos folcloricos e uma animada competigao gastronomica com pratos ^ base de Chester®. Realizada a cada dois anos desde 1995, a festa nasceudainiciativadaprefei- ' tura em parceria com a Perdigao, que tem no municipio um dos maiores abatedouros de aves do pais. Em 2001, a cidade foi reconhecida oficialmente pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina como a capital brasileira do Chester®. Situada no Meio-Oeste do esi p-irlyp-lho tado, Capinzai tem cerca de i Uma delicia de festa! 17 mil habitantes. de origem.

18

messe da Cultura e Tradigao, que reune apresentagoes artisticas e culturais e comidas tipicas. Com cerca de 40 mil habitantes, Videira continuaem ritmo aceleradode crescimento liderado pela criagao e industrializagao de aves e sumos. A Perdigao tem na cidade um dos maiores polos industriais de alimentos do pais, gerando mais de 4.200 em9 pregos. Capital da uva, Vi^ ^ destaca ainda na produgao de vinho e sucos.


Um Ampio Cardapio para a Semana Santa Neste mes de margo, cristaos do mundo todo celebram a Semana Santa. 0 domingo de Pascoa, dia 31, vai ser dia de reunir a familia em torno de uma nfiesa farta para comemorar a ressurreigao de Cristo e a renovagao da vida. Para atender o consumidor neste penodo, a Perdigao oferece uma completa e variada opgao de produtos. Ao contrario da Sexta-Feira Santa, quando a tradigao e de carnes brancas, o almogo de Pascoa pede assados mais encorpados acompanhados de uma boa taga de vinho. Um prato de presenga certa na ocasiao e a ave Chester速. Sua carne suavemente temperada e extremamente saborosa permite preparar diversas receitas. Outra opgao e o Peru Temperado Congelado, pronto para assar e ir a mesa, sem precisar de temperos ou ingredientes adicionais. Um termometro indica quando o produto esta pronto e pode ser retirado do forno. A linha Avis Rara, por sua vez, oferece codorna, faisao e chukar (perdiz) para quem preferir /il^ pratos mais sofisticados. 0 Pernil Desossado complementa o cardapio. Item da linha Boas Festas, ele recebe um tratamento diferenciado que torna a carne mais macia e saborosa. Por ja vir temperado, oferece uma vantagem adicional: a praticidade, fator determinante para os consumidores que planejam reunir a familia e os amigos, sem perder tempo na cozinha. Para promover OS produtos de maior consumo esta epoca do ano, a Perdigao programou agoes em pontos de venda de todo o pais.

Perdigao Inaugura Incubatorios no Sul Ate 0 final de margo sera inaugurada a primeira etapa |4,3 milhoes de ovos/mes) do novo incubatdrio que a Perdigao esta construindo em Videira (SC).

de Marau (RS). construido no mesmo local do anterior, destruido por um incendio em novembro do ano passado. As obras e instalagoes foram execu-

Construido em uma area de 4.500 metros quadrados, este sera o terceiro incubatorio da empresa no municipio, devendo gerar 86 novos empregos diretos. Quando estiver concluido em 2004, sera o maior incubatorio da Perdigao, com capacidade de incubar 13 milhoes de ovos por mes. As demais etapas estao previstas para entrar em atividade em 2003 e 2004, respectivamente. Em abril entra em operagao o novo incubatorio

tadas em tempo recorde seguindo padroes tecnicos mais modernos e controles de seguranga ainda mais rigorosos. Com a retomada da produgao desse incubatorio (4 milhoes de ovos/mes), a unidade regional do Rio Grande do Sul tera regularizado o suprimento de pintos de um dia para seu parque agropecuario, que vinha sendo atendido por unidades de outros estados.


L

I

N

H

A

CHESTER. Mais sabor,

menos calorias.


Revista BRF Edição 32  

15 de março: dia do consumidor Perdogão arpimora relacionamento com o consumidor

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you