Page 48

SAÚDE Texto// Gustavo Smaniotto

EMAGREÇA COM

EXERCÍCIO FÍSICO E EMAGRECIMENTO. QUAL MODALIDADE ESCOLHER? A dúvida que toma a atenção de muitas pessoas é aquela que envolve a escolha da modalidade correta de exercício físico para alcançar um objetivo específico. Dentre os muitos nortes que guiam essa escolha, temos a força, definição muscular, flexibilidade, condicionamento cardiorrespiratório, recuperação de lesões, fins estéticos dentre outros. Objetivos perfeitamente alcançáveis quando se faz exercício com acompanhamento profissional adequado. Olhando mais a fundo para os fins estéticos como hipertrofia muscular (ganho de massa muscular), tonicidade muscular e definição muscular, temos um fim que se destaca, o emagrecimento. Geralmente é o que leva a maioria das pessoas para dentro de uma academia, para as caminhadas e corridas nas ruas, principalmente perto de épocas que precedem o verão. Ter o corpo com a gordura corporal adequada para a idade e gênero (masculino ou feminino) além de ser um ótimo sinal para a saúde, eleva a autoestima e confiança em si mesmo. Mas o que devemos escolher quando o nosso objetivo é perder algumas gordurinhas? A resposta para essa pergunta pode ser simples como não pode. Simples, pois seria responder “faça exercícios”, e um pouco mais

//48

complexa quando analisamos a individualidade de quem está com essa dúvida. A seguir, vamos tentar simplificar o máximo esta resposta. Quando pensamos em perder gordura corporal, a maioria das modalidades oferecidas nas academias ajuda, desde que se faça uma dieta equilibrada em conjunto ao exercício físico. Musculação: Treinos de musculação, ou treinos anaeróbios que visam perda de gordura envolvem muitas repetições, fadiga muscular (aquela sensação de queimação e cansaço) e muita dedicação. Basicamente, esse treino, na hora em que você o está executando, não queima quase nada de gordura, pois as vias energéticas dos treinos resistidos são glicogênio muscular e proteínas. Todavia, na fase de recuperação temos uma aceleração do nosso metabolismo que faz o nosso corpo gastar gordura para repor para dentro da célula muscular a energia que lhe foi tirada durante o treino. Então, um bom treino de musculação aliado a uma dieta equilibrada vai fazer você perder gordura sim! Aeróbios: Ótimos para emagrecimento, pois visam gastar exatamente o que incomoda quem quer emagrecer, a gordura. Vale só uma ressalva,

as intensidades devem ser tomadas em conta, quanto mais alta a intensidade do exercício aeróbio, maior é a sua restrição, então se você é sedentário, comece com exercícios aeróbios leves até progredir com o seu condicionamento. Ginástica: Resolvi separar a ginástica dos aeróbios pela sua peculiaridade. Fundamentalmente a ginástica tem na sua concepção ser apenas aeróbio, mas na prática não é bem assim. A maioria das aulas que encontramos hoje nas academias são um misto de treino aeróbio com anaeróbio. Ou seja, você ocupa gordura daquele jeitinho que ocupa nos aeróbios e de quebra usa praticamente as mesmas vias energéticas da musculação. Não tendo restrições (doenças cardíacas, obesidade, doenças articulares) para a prática dessas aulas, acredito que sejam boas na hora de atingir a meta de emagrecer. Poderia aqui citar mais inúmeros tipos de exercícios como a hidroginástica que é ótima (principalmente para pessoas com problemas articulares), segura e sem impacto, e a natação, que é uma demolidora de calorias e esculpidora de músculos. Porém, o que vale, é escolher com atenção, não desistir nos primeiros dias (pois é um processo lento) e principalmente, continuidade. Respeite as suas limitações e para ajudar ainda mais, boca fechada para gorduras trans e grandes quantidades de açúcar.

Revista Box - Maio 2012  
Revista Box - Maio 2012  

Terceira edição da Revista Box, uma revista com fotografias bonitas e conteúdo de qualidade, que para nós, é a tradução do que entendemos po...

Advertisement