Page 1

Paiva Netto destaca: “70 anos da LBV em marcha! — A Legião da Boa Vontade trabalha pela promoção espiritual, humana, ética e social das pessoas, de forma que todos possam alcançar sua autonomia espiritual, material e, assim, vivenciar a Cidadania Ecumênica no seu mais alto sentido de humanidade”. (Leia a íntegra a partir da p. 4.)

App gratuito da revista BOA VONTADE

BOA VONTADE

Legião da Boa Vontade

O AMOR E A SOLIDARIEDADE ECUMÊNICA SEM FRONTEIRAS Edição comemorativa • 1950-2020


UMA PALAVRA DE PAZ

Detalhe da obra intitulada “A cura de um homem cego”, tela de Carl Bloch (1834-1890).

2 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Tratado do Novo Mandamento de Jesus A Espiritualmente Revolucionária Ordem Suprema do Divino Mestre representa o diferencial da Legião da Boa Vontade nesses 70 anos de trabalho e é a base de todas as suas ações de promoção espiritual, social e humana, pela força do Amor Fraterno, por Ele trazido ao mundo. Ensinou Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista: “13:34 Novo Mandamento vos dou: amai-vos como Eu vos amei. 13:35 Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos, se tiverdes o mesmo Amor uns pelos outros. 15:7 Se permanecerdes em mim e as minhas palavras em vós permanecerem, pedi o que quiserdes, e vos será concedido. 15:8 A glória de meu Pai está em que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos. 15:10 Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu Amor; assim como tenho guardado os mandamentos de meu Pai e permaneço no Seu Amor. 15:11 Tenho-vos dito estas coisas a fim de que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja completa. 15:12 O meu Mandamento é este: que vos ameis como Eu vos tenho amado. 15:13 Não há maior Amor do que doar a própria vida pelos seus amigos. 15:14 E vós sereis meus amigos se fizerdes o que Eu vos mando. 15:17 E Eu vos mando isto: amai-vos como Eu vos amei. 15:15 Já não mais vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto aprendi com meu Pai vos tenho dado a conhecer. 15:16 Não fostes vós que me escolhestes; pelo contrário, fui Eu que vos escolhi e vos designei para que vades e deis bons frutos, de modo que o vosso fruto permaneça, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome Ele vos conceda. 15:17 E isto Eu vos mando: que vos ameis como Eu vos tenho amado. 15:9 Porquanto, da mesma forma como o Pai me ama, Eu também vos amo. Permanecei no meu Amor”. (Tratado do Novo Mandamento de Jesus, reunido por Paiva Netto, consoante o Evangelho do Cristo de Deus, segundo João, 13:34 e 35; e 15:7, 8, 10 a 17 e 9.)


João Preda

MENSAGEM DE PAIVA NETTO

JOSÉ DE PAIVA NETTO é escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABIInter), é filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), à International Federation of Journalists (IFJ), ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e à União Brasileira de Compositores (UBC). Integra também a Academia de Letras do Brasil Central. É autor de referência internacional na defesa dos direitos humanos e na conceituação da causa da Cidadania e da Espiritualidade Ecumênicas, que, segundo ele, constituem “o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo comum da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Justiça, da Misericórdia, da Ética, da Honestidade, da Generosidade, do Amor Fraterno”.

70 anos da lbv em marcHA!

M

inhas Irmãs e meus Amigos, minhas Amigas e meus Irmãos, na longeva jornada de Ecumenismo, Fraternidade, Solidariedade, Compaixão, Generosidade, Entendimento, socorro ininterrupto aos abandonados do mundo — do corpo e da Alma —, nossa amada Legião da Boa Vontade completará, em 1o de janeiro (Dia da Paz e da Confraternização Universal), de 2020, 70 anos de profícua existência. Logo, em minha Alma ressoam as primeiras notas daquela manhã de 29 de junho de 1956, quando fui arrebatado por essa Causa Divina. São mais de seis décadas de dedicação a ela. Essas estradas de lutas palmilhadas pelo saudoso fundador da LBV, Alziro Zarur (1914-1979), que ficaram registradas em minha memória, ilustram a força dos Ideais Fraternos dessa Sagrada Instituição, presentes desde o seu nascedouro. Costumo afirmar às crianças, aos jovens, aos homens e às mulheres, aos vovôs e às vovós de Boa Vontade, em minhas preleções: o tempo vai passar de qualquer maneira. Não o percamos. Gastemo-lo fazendo o Bem.

4 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

PARECE QUE FOI ONTEM… Lembro-me como se fosse ontem: amanhecia aquele memorável 29 de junho — Dia de São Pedro e São Paulo. Era uma sexta-feira, e, como se estava no meio do ano, não fazia calor tão forte, o que era frequente no então Estado da Guanabara. Nasci na cidade do Rio de Janeiro, em 2 de março de 1941. Com 15 anos, num gesto intuitivo, liguei meu aparelho de rádio. Estava no ar a Tamoio. Vivíamos os festejos juninos. Surpreso, ouvi os acordes de uma tradicional canção natalina: Noite Feliz!, de Joseph Möhr (1787-1863) e Franz Grüber (1792-1848). Virei-me para minha saudosa mãe, Idalina Cecília de Paiva (1913-1994), e exclamei, surpreso: Mãe! Que coisa interessante! Música de Natal em junho?! A Rádio Tamoio veiculava, naquela hora, o programa Campanha da Boa Vontade. E logo vibrou a palavra de Alziro Zarur. Esse fato mudou a minha vida, tal qual a de tantos outros que aguardavam algo que lhes falasse o que precisavam ouvir a respeito de Quem, no dizer de João Batista, nem somos merecedores “de desatar-Lhe as cor-


*¹ Cruzada de Religiões Irmanadas — Alziro Zarur, saudoso fundador da Legião da Boa Vontade, criou e presidiu a pioneira Cruzada de Religiões Irmanadas, cuja primeira edição oficialmente ocorreu em 7 de janeiro de 1950, no salão do Conselho da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), na capital fluminense, após sucessivas reuniões preparatórias realizadas, nos meses de outubro, novembro e dezembro de 1949, na sala da diretoria daquela prestigiada Associação. Com esse feito, Zarur antecipou-se ao que mais tarde viria a ser chamado de relacionamento inter-religioso. (Veja a história completa a partir da p. 28). Em 7 de outubro de 1973, proclamou a Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, em Maringá/PR, Brasil.

Reprodução BV

reias das sandálias”: Jesus! (Evangelho, segundo Marcos, 1:7) Zarur entoava o “Glória a Deus nas Alturas, Paz na Terra aos homens de Boa Vontade!” (Boa Nova, consoante Lucas, 2:14). Naquela hora, como que um raio desceu sobre mim, mas não me fulminou. Pelo contrário: percebi que não sou apenas um produto da carne, posto que certa mentalidade por aí faz alguns pensar que este mundo seja um açougue. Tenho Espírito. Não em resultado de combinações químicas cerebrais, porquanto a inteligência situa-se além do corpo, como que havendo uma mente psíquica fora do cérebro somático. (...) A partir daquele momento, o que foi despertado em mim não poderia nascer de um pedaço de matéria que um dia se transformará na rebelião famélica dos vermes. Ah! Somos alguma coisa bem superior, que sintoniza as estrelas! É essencial ter, portanto, em nós um diapasão que ressoe na grandeza de sua melodia. Em minha memória surgiu, então, cena de três anos antes (1953): das mãos de uma bela senhora negra, que divulgava a LBV debaixo de um sol escaldante, na zona norte da Cidade Maravilhosa, recebi um opúsculo editado pela Legião da Boa Vontade. Sensibilizado, retribuí-lhe com um copo d’água. Na publicação, de excelente conteúdo, estava descrito o ideal que eu almejava desde mais novo. A sonoridade do nome do fundador desta obra santa também me chamou a atenção: Alziro Zarur. Determinado, depois de encontrar o primeiro movimento inter-religioso promovido pela Cruzada de Religiões Irmanadas*¹, virei-me para minha saudosa mãe, Idalina Cecília de Paiva, e, decidido, sentenciei: Mãe, é com esse que eu vou! O ideal, que tinha mudado minha vida, não poderia ser esquecido ou guardado. Outras pessoas precisavam

Detalhe da obra intitulada “Cristo, o Consolador”, tela de Carl Bloch (1834-1890).

Esse Sacrossanto Movimento que me moveu, de imediato, encontra-se consubstanciado no Ideal Ecumênico do Educador Celeste, sobretudo em Seu Novo Mandamento, constante da Boa Nova, consoante João, 13:34 e 35: “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos”. Por isso, sempre reitero que a LBV nasceu para amar e ser amada.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 5


Fotos: Arquivo BV

MENSAGEM DE PAIVA NETTO

1

2

(1) O fundador da LBV faz a prece de encerramento do Congresso da Boa Vontade, na Tribuna de Honra do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro/RJ, em 10/12/1960. Ao fundo, atento, secretariando-o, está José de Paiva Netto. (2) Casa de Luciá, local onde Paiva Netto falou pela primeira vez pessoalmente com Alziro Zarur, no bairro carioca Lins de Vasconcelos, em 28/6/1957.

conhecê-lo. Por isso, no mesmo dia, saí, guiando minha bicicleta, para expandir esse trabalho de Boa Vontade, que tocou meu coração, e, ainda, pedir donativos para a LBV. Passei, a partir desse instante, a colaborar voluntariamente para a Entidade, realizando, mesmo a pé, campanhas para aquisição da antiga Rádio Mundial — que se tornaria a Emissora da Boa Vontade de 1956 a 1966 — e para auxiliar o Natal Permanente da LBV, que presta socorro diário ao povo em vulnerabilidade social. Naquele tempo, apesar de minha vocação para a Medicina, decidi dedicar-me a uma jornada espiritual ao lado de Zarur, com quem falei pessoalmente pela primeira vez, no dia 28 de junho de 1957, na Casa de Luciá, um orfanato para meninas, no bairro carioca do Lins, que foi fundado e dirigido por uma dedicada portuguesa, a saudosa dona Rosa Leonil. —“Ô rapaz! Até que enfim apareceste. Há quanto tempo eu estava te esperando!...”, disse-me, de surpresa, Zarur, de quem viria a ser um dos assessores diretos. E, mais que isso, um amigo fiel, para além do um quarto de século seguinte, e mesmo após o falecimento do seu corpo, porque o Espírito continua vivo, visto que os mortos não morrem. Nesse período, fui crescendo até ser alçado à posição de secretário-geral da LBV (cargo equivalente

6 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

ao de vice-presidente), e com seu passamento a 21 de outubro de 1979, abracei a tarefa de presidir a Entidade.

LBV E A IDEOLOGIA DO BOM SAMARITANO Esse Sacrossanto Movimento que me moveu, de imediato, encontra-se consubstanciado no Ideal Ecumênico do Educador Celeste, sobretudo em Seu Novo Mandamento, constante da Boa Nova, consoante João, 13:34 e 35: “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos  como meus discípulos”. Por isso, sempre reitero que a LBV nasceu para amar e ser amada. Muito a propósito, recordo-me da primeira notícia pela qual tive conhecimento da Bíblia Sagrada, em particular o Santo Evangelho de Jesus. Foi por intermédio de meu saudoso pai, Bruno Simões de Paiva (1911-2000). Ele me falou sobre uma comovente história contada ao povo pelo Cristo de Deus: a Parábola do Bom Samaritano. E a leu para mim. A passagem se encontra no Evangelho, segundo Lucas, 10:25 a 37: “E eis que certo homem, intérprete da Lei se levantou com o intuito de pôr Jesus à prova e disse-


Fotos: Arquivo BV

3

4

Reprodução BV

(3) Álbum de família: José de Paiva Netto; o pai dele, seu Bruno Simões de Paiva; a mãe, dona Idalina Cecília de Paiva; e sua irmã, Lícia Margarida. (4) Alziro Zarur e Paiva Netto: um reencontro de Almas compromissadas com Jesus.

-Lhe: Mestre, que farei para herdar a Vida Eterna? Jesus lhe perguntou: Que está escrito na lei? Como a interpretas? A isto ele respondeu: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; e ao teu próximo como a ti mesmo*2. Jesus, então, lhe respondeu: Disseste-o bem; faze isso, e viverás. E o doutor da lei, contudo, querendo justificar-se a si mesmo, questionou-Lhe: Mas, Jesus, quem é o meu próximo? O Mestre replicou-lhe, contando-lhe uma parábola: Descia um homem de Jerusalém para Jericó e caiu nas mãos de salteadores, os quais o despojaram e, espancando-o, retiraram-se, deixando-o semimorto. Descia pelo mesmo caminho certo sacerdote; e, vendo-o, passou de largo. E de igual modo um levita chegando àquele lugar e, avistando o pobre homem, passou também de largo.

*2 “Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo” — Levítico, 19:18.

“O Bom Samaritano”, ilustração de William Henry Margetson (1861-1940). BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 7


Cida Linares

MENSAGEM DE PAIVA NETTO

Dois aspectos marcantes de Paiva Netto: o caráter de educador e sua forte ação humanitária. Não por acaso, é o criador da Pedagogia do Afeto e da Pedagogia do Cidadão Ecumênico, que compõem a linha educacional aplicada, com sucesso, nas unidades da LBV.

Mas um samaritano, que ia de viagem, chegou ao pé dele e, fitando-o, tomou-se de infinita compaixão; e, aproximando-se, atou-lhe as feridas, aplicando-lhes azeite e vinho; e, pondo-o sobre um animal de sua propriedade, levou-o para uma estalagem e cuidou dele. No outro dia, partindo, tirou dois denários [antiga moeda romana], deu-os ao dono da hospedaria e lhe disse: Cuida bem deste ferido, e tudo o que de mais gastares, eu te pagarei quando aqui voltar. Qual, pois, destes três — perguntou Jesus ao homem da lei — te parece que foi o próximo daquele que caiu nas mãos dos salteadores? Ao que o doutor da lei Lhe respondeu: Claramente o que usou de misericórdia para com ele. Disse-lhe, então, calmamente Jesus: Vai, pois, e faze da mesma forma". 8 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Vemos no comportamento desse samaritano — representante de uma comunidade desprezada naquele tempo — a verdadeira forma de viver do Cidadão do Espírito, portanto, solidário que há décadas pregamos. Esse homem caído na estrada, todo ferido, quase morto simboliza a própria sociedade. Visto que muitos passaram ao largo das multidões dos enfermos e combalidos, dos salteados e explorados ao longo dos séculos, a samaritana Legião da Boa Vontade se apresentou e está tratando as chagas, curando as doenças, mitigando a sede, alimentando os famintos, levantando os desvalidos... Isso é Política de Deus, a Política para o Espírito Eterno do ser humano — a vivência plena da Caridade Completa, ou seja, Material e Espiritual. Quem não souber as Normas do Governo do


Arquivo BV Arlindo Filho

Arlindo Filho

Arquivo BV

Cristo, expressas em Seu Santo Evangelho-Apocalipse, não poderá governar coisa alguma. Aos Seus discípulos, Ele ordena: — Ide e pregai, dizendo: É chegado o Reino dos Céus. Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios, dai de graça o que de graça recebeis. Vesti os nus, alimentai os famintos, amparai as viúvas e os órfãos (Evangelho, segundo Mateus, 10:7 e 8; Epístola de Tiago, 1:27). Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista, é a cura de que a humanidade precisa. A Parábola do Bom Samaritano evidencia que não basta unicamente instruir e educar. É imprescindível reeducar, com espírito ecumênico, isto é, sem ódios, para que se alcance a espiritualização

Paiva Netto entre o simpático gari Ivan dos Santos e a alegre turma da Confraria do Garoto, na tradicional Rua da Carioca, no centro do Rio de Janeiro/RJ, em 2/11/1994.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 9


Arquivo BV

MENSAGEM DE PAIVA NETTO

Fraternidade Real No seu Poema da Fraternidade Real, Zarur define, de forma comovente, a ação humana e social da LBV:

No dia 14 de junho de 1963, em meio a veteranos Legionários no gabinete da Presidência da antiga Rádio Mundial, naquela época a Emissora da Boa Vontade, o dr. Mario da Cruz (1925-2012) — de óculos, à esquerda — e o dr. Osmar Carvalho e Silva (1912-1975) — à direita —, que dialogam com o fundador da LBV, Alziro Zarur (1914-1979), destaca-se o jovem José de Paiva Netto, sempre atento aos rumos da Instituição.

da criatura, bem como exprimir a todos os seres espirituais e humanos a importância da Compaixão, da Solidariedade, da Generosidade, do Entendimento para que haja povos realmente cordiais. Daí pregarmos a globalização do Amor Fraterno. E essa corrente de Solidariedade, que a LBV movimenta em todo o globo por meio de sua forte mensagem e de contundentes exemplos de Fraternidade Ecumênica e Caridade Completa — aquela que socorre o Espírito e o corpo —, visa dotar a criatura humana desse equilíbrio. Isso me faz lembrar de uma reflexão do jornalista inglês, o democrata Thomas Paine (1737-1809), no seu influente livro O Senso Comum e a Crise, no qual ressalta que o ser humano, por menos expressivo que se considere ou por mais difíceis que sejam as condições a se enfrentar, possui qualidade que, somada à dos outros, resulta no benefício de uma causa, mesmo sendo ela a mais exigente: — Nosso apoio e sucesso dependem de uma variedade tão grande de homens e circunstâncias, 10 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Legião da Boa Vontade: Sabeis, amigos, o que é? Ideal de Fraternidade Dos que têm a Grande Fé. Legião dos Evangelistas Que lutam com destemor, E abraçam materialistas, Distribuindo pão e amor. Os Legionários não têm Preconceitos religiosos, Pois a Religião do Bem Une os homens caridosos. Nem preconceitos sociais, Nem preconceitos de cor: São todos irmãos leais Nesta Religião do Amor. Cada um faz o que quer, Em benefício de alguém; E dá só o que puder, E não dá, se nada tem. Pois quem não tiver dinheiro Há de ter o equivalente: Um sorriso prazenteiro Ao visitar um doente;


Arquivo BV

Ou uma velha roupinha, Com uma palavra de fé, A uma pobre criancinha Abandonada à ralé; Ou uma prece fervorosa Por quem sofre, em solidão, Uma doença insidiosa, Que consome de aflição; Ou uma carta carinhosa Ao pobre irmão desgraçado Que, numa hora borrascosa, Foi à prisão condenado; E muitas coisinhas mais Que exigem Boa Vontade, E que os Legionários leais Fazem pela Humanidade. Pois chegou a hora, amigos, De esclarecer os ateus, E de amar aos inimigos, Elevando-os para Deus. É chegada a Hora Final Da fusão dos corações: Unificação triunfal De todas as religiões.

Momento histórico: Alziro Zarur lança o Jornal de Deus, em 7/10/1972, no Rio de Janeiro/RJ. Ao lado, seu incansável secretário, Paiva Netto.

Deus é um só, não há mais deuses, E uma só é a Religião: Damos, pois, nossos adeuses Ao ódio e à separação. Ideal de Fraternidade Dos que têm a Grande Fé, Sabeis, amigos, o que é? Legião da Boa Vontade.

Escaneie o QR Code e assista ao Poema da Fraternidade Real, de autoria do saudoso fundador da Legião da Boa Vontade, Alziro Zarur (1914-1979), com a bela interpretação dele e de Paiva Netto, diretor-presidente da LBV.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 11


MENSAGEM DE PAIVA NETTO

Vivian R. Ferreira

A Parábola do Bom Samaritano evidencia que não basta unicamente instruir e educar. É imprescindível reeducar, com espírito ecumênico, isto é, sem ódios, para que se alcance a espiritualização da criatura, bem como exprimir a todos os seres espirituais e humanos a importância da Compaixão, da Solidariedade, da Generosidade, do Entendimento para que haja povos realmente cordiais. Daí pregarmos a globalização do Amor Fraterno.

que todas as pessoas, podendo pouco mais que desejar o bem, são de alguma utilidade. Na convergência da máxima de Paine, é possível ir além e concluir que, quando o motivo é justo, o ser humano comum luta como um leão. Não precisa ser herói. O ser humano comum é o herói — a exemplo do Bom Samaritano.

O GRANDE OBJETIVO Esse, por sinal, tem sido o desiderato da Legião da Boa Vontade que tem, em resumo, como objetivo trabalhar pela promoção espiritual, humana, ética e social das pessoas, de forma que todos possam alcançar sua autonomia espiritual, material e, assim, vivenciar a Cidadania Ecumênica no seu mais alto sentido de humanidade, ou seja, de convivência solidária. Essa finalidade se acha em perfeita harmonia com os propósitos da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, que não surgiu para competir com nenhuma religião existente na Terra, mas, sim, para somar esforços a fim de estabelecer a Paz no mundo, pacificando, em primeiro lugar, os corações humanos. Visa contribuir para a preparação dos caminhos para a Volta Triunfal de Jesus ao planeta Terra, conforme inúmeros anúncios feitos pelo próprio Cristo na Escritura Sagrada, a exemplo do Seu Santo Evangelho, segundo João, 14:18, e do Apocalipse Redentor, 1:7. — Não vos deixareis órfãos. Eu voltarei (Evangelho, segundo João, 14:18). — Eis que Jesus vem com as nuvens, e todos os olhos O contemplarão, até mesmo aqueles que O traspassaram. E todas as nações da Terra se lamentarão sobre Ele. Certamente. Amém! (Apocalipse, 1:7).

Dona Eliza é uma das atendidas pela LBV em Uauá, no sertão baiano, e fez questão de demonstrar seu agradecimento pela ajuda recebida.

12 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Aprendi nestes anos de vida legionária que ninguém faz nada sozinho. Nos 70 anos de trabalho da LBV — que luta ininterruptamente “por um Brasil melhor e por uma humanidade mais feliz”, lema criado por Alziro Zarur, desde os seus primórdios — compartilho também essa marca com todos os que, com suas preces e apoio às nossas iniciativas, formam a grande Família Fraternista da Boa Vontade de Deus.


APRESENTAÇÃO

Rio de Janeiro/RJ

14 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Érica de Oliveira

“A LBV nasceu para amar e ser amada” Paiva Netto

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 15


Alziro Zarur e Paiva Netto: amizade firmada em Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista. Este registro histórico foi feito no aeroporto de Maringá/PR, em 8/10/1973. * Ecumenismo Divino — Leia mais sobre o assunto na página 266, no subtítulo “Os Quatro Pilares do Ecumenismo”. 16 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Arquivo BV

A

Legião da Boa Vontade é uma instituição heroica, que consegue congregar milhares de crianças e jovens em suas ações e, ao mesmo tempo, conta com o apoio e o entusiasmo das gerações mais maduras. Essa capacidade agregadora — que une pelo Ideal Fraterno indivíduos das mais diferentes idades — se explica por uma característica marcante da LBV: ser uma organização que se renova, mas que, igualmente, mantém sua raiz, com seus princípios e valores, conseguindo assim, em pleno século 21, motivar e engajar pessoas, oferecendo a elas uma experiência indispensável, enriquecedora e transformadora. Todos esses valores passam, com certeza, pela atuação de dois líderes visionários na história da Entidade — o saudoso fundador dela, Alziro Zarur (1914-1979), e seu atual diretor-presidente, José de Paiva Netto — e pelo fato de a LBV, desde sua fundação, em 1o de janeiro (Dia da Paz e da Confraternização Universal) de 1950, ser referência na propagação do Ecumenismo Divino*, o qual é firmado no Novo Mandamento de Jesus: “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos, se tiverdes o mesmo Amor uns pelos outros” (Santo Evangelho do Divino Mestre, segundo João, 13:34 e 35). Ora, há algo mais revolucionário do que enxergar os seres humanos por meio do sentimento amantíssimo do Pai Celestial, que não vê diferença de etnia, de filosofia, de classe econômica, de nível de instrução e de credo religioso e/ou político ou se o indivíduo é ateu ou materialista? Fundamentada nisso, a LBV sempre trabalhou para unir as pessoas, indistintamente, em nome da vivência do Amor Fraterno, marca destacada dela, entre outros méritos importantes. Por isso, todos são bem-vindos à Instituição. Seja na condição de atendido, de colaborador, de voluntário, de simpatizante, cada um tem a respectiva singularidade respeitada e é incentivado a exercitar valores espirituais, éticos e ecumênicos

Leilla Tonin

APRESENTAÇÃO


Thiago Mendes

Brasília/DF

Buíque/PE

Vivian R. Ferreira

Bruna Gonçalves

Belém/PA

Curaçá/BA

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 17


Leilla Tonin

Tatiane Oliveira

APRESENTAÇÃO

Brasília/DF

Sobradinho/BA

com vista à prática da Caridade Completa, a qual abrange as carências do corpo e as da Alma.

EVOLUÇÃO CONTÍNUA É gigante o trabalho que a Legião da Boa Vontade realiza “por um Brasil melhor e por uma humanidade mais feliz”, segundo costumava afirmar Alziro Zarur. Para se ter uma ideia da dimensão dessa lide, cabe ressaltar que, na última década, a LBV proporcionou 111.770.268 atendimentos e benefícios a famílias em situação de vulnerabilidade social, sendo 13.561.312 somente em 2018 — recorde esse alcançado em um cenário econômico bastante desafiador. Mas não são apenas os números que atestam os bons resultados dessa valorosa atuação. Acima de tudo, o que distingue a Instituição é a qualidade de suas ações socioeducacionais, o que encanta quem a conhece. Tal excelência a faz ser reconhecida como uma das principais organizações do Terceiro Setor em todo o mundo, a qual tem o diferencial de educar com Espiritualidade Ecumênica para ajudar a fomentar a cidadania global. Todo esse trabalho se aperfeiçoa a cada dia, por intermédio de profissionais dedicados e bem preparados e dos mais modernos equipamentos. Com início na modesta sala na Rua Acre, 47, no Rio de Janeiro/RJ, a Legião da Boa Vontade cresceu e lançou raízes fortes em todo o Brasil e no exterior. Com a passagem para o Plano Espiritual do jornalista, radialista e poeta Alziro Zarur (leia mais sobre ele na p. 36), seu sucessor natural, o também jornalista, radialista e escritor José de Paiva Netto, vem 18 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

liderando a Organização em um progresso vertiginoso, tornando realidade muitas metas que o fundador dela não teve tempo hábil, em vida terrena, para concretizar. Graças à capacidade empreendedora de Paiva Netto, a Legião da Boa Vontade se desenvolveu, ampliou e se consolidou e está presente, atualmente, em todas as regiões do território brasileiro, com 82 unidades de atendimento (escolas de Educação Básica e de capacitação profissional, Centros Comunitários de Assistência Social e abrigos para idosos). Além disso, a Instituição mantém unidades autônomas e apoiadas pelas populações locais em mais seis países (Argentina, Bolívia, Estados Unidos, Paraguai, Portugal e Uruguai). Toda essa abrangente atuação sob a liderança de Paiva Netto, tem levado a Entidade a ocupar lugar de destaque na Organização das Nações Unidas (ONU), com a qual atua em parceria há vinte e cinco anos (saiba mais a respeito do assunto na p. 178). Em 1994, a LBV associou-se ao, à época, Departamento de Informação Pública (DPI) — atual Departamento de Comunicação Global (DCG) — desse organismo internacional e, em 1999, foi a primeira organização da sociedade civil brasileira a obter o status consultivo geral (considerado o grau máximo) no Conselho Econômico e Social (Ecosoc) das Nações Unidas.

GERAÇÕES AGRADECEM Ao longo das sete décadas de existência da Legião da Boa Vontade, milhões e milhões de pessoas foram amparadas pela Instituição. Crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos tiveram a vida transformada


Além de comemorar os 70 anos de fundação da Legião da Boa Vontade feita por Alziro Zarur (1o de janeiro de 2020), esta edição especial da revista BOA VONTADE rememora outros doze importantes acontecimentos nas Instituições da Boa Vontade de Deus (IBVs) em 2019. São estes:

• 71 ANOS DE A HORA DE COMEÇAR Na FEB, Alziro Zarur recebeu de Jesus a ordem de fundar a LBV, na manifestação espiritual de São Francisco de Assis, por meio da respeitável médium dona Emília Ribeiro de Mello. (Rio de Janeiro/RJ — 6 de janeiro de 1948)

• 70 ANOS DO PROGRAMA HORA DA BOA VONTADE Programa criado por Alziro Zarur e veiculado na Rádio Globo do Rio de Janeiro/RJ. (4 de março de 1949)

• 69 ANOS DA CRUZADA DE RELIGIÕES IRMANADAS Primeira reunião oficial da LBV, realizada na Associação Brasileira de Imprensa (ABI). Avançado passo para o relacionamento inter-religioso no mundo. (Rio de Janeiro/RJ — 7 de janeiro de 1950)

• 63 ANOS DE TRABALHO DE PAIVA NETTO NA SEARA DA BOA VONTADE (29 de junho de 1956)

• 60 ANOS DA PROCLAMAÇÃO DO NOVO MANDAMENTO DE JESUS (Campinas/SP — 7 de setembro de 1959)

• 50 ANOS DA PROCLAMAÇÃO DO CENTRO ESPIRITUAL UNIVERSALISTA (CEU) DA RELIGIÃO DE DEUS, DO CRISTO E DO ESPÍRITO SANTO (Rio de Janeiro/RJ — 5 de outubro de 1969)

• 46 ANOS DA PROCLAMAÇÃO DA RELIGIÃO DE DEUS, DO CRISTO E DO ESPÍRITO SANTO (Maringá/PR — 7 de outubro de 1973)

• 40 ANOS DA VOLTA DE ALZIRO ZARUR À PÁTRIA ESPIRITUAL E 40 ANOS DE PAIVA NETTO NA PRESIDÊNCIA DA LBV (21 de outubro de 1979)

• 30 ANOS DO TEMPLO DA BOA VONTADE (Brasília/DF — 21 de outubro de 1989)

• 30 ANOS DA PROCLAMAÇÃO DO CRISTO ECUMÊNICO, O DIVINO ESTADISTA (Brasília/DF — 30 de dezembro de 1989)

• 25 ANOS DE FUNDAÇÃO DO PARLAMENTO MUNDIAL DA FRATERNIDADE ECUMÊNICA, O PARLAMUNDI DA LBV (Brasília/DF — 25 de dezembro de 1994)

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 19


20 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Palmital/PR Vivian R. Ferreira

para melhor, bem como foram despertados para o exercício do próprio protagonismo e da vivência da Cidadania Plena. Com o suporte da LBV, eles venceram diversas mazelas, entre as quais a pobreza, o desemprego, a violência e o preconceito, e se tornaram agentes de mudanças na respectiva família e na comunidade em que vivem ao reproduzir e disseminar bons valores que puderam exercitar na Organização, entre estes a integridade e a empatia. Por tudo isso que foi exposto e por tantos outros feitos, é um bom orgulho e uma honra para os colaboradores da revista BOA VONTADE apresentar, nesta publicação especial, um pouco desse roteiro da Fraternidade Universal, no qual consiste a trajetória da LBV, que, ao longo de sua longeva história, enfrentou — e continua a enfrentar — grandes batalhas para manter as portas abertas em benefício do povo. Foram dias e dias em que a equipe da revista esteve concentrada na tarefa de compilar conteúdos sobre uma Organização extraordinária. O resultado desse esforço e dessa dedicação o leitor poderá ver nestas 412 páginas, nas quais encontrará os principais fatos e acontecimentos dos 70 anos de história da Entidade, aqui representados em sete seções, que ressaltam as mais importantes áreas de atuação dela, bem como sua origem, além da palavra de destacadas personalidades dos mais diferentes setores da vida humana, que dão seu testemunho sobre o trabalho da divina Legião da Boa Vontade. Certamente, esse valioso material emocionará a muitos por demonstrar a força da Boa Vontade, do mesmo modo que comoveu aqueles que contribuíram, de várias formas, para a elaboração desta edição comemorativa, pois, no dizer do diretor-presidente da Instituição, “A LBV nasceu para amar e ser amada”. Boa leitura! Os editores

Reginaldo de Souza

APRESENTAÇÃO

Volta Redonda/RJ


SUMÁRIO

4 BOA VONTADE

MENSAGEM DE PAIVA NETTO 70 anos da LBV em marcha!

24

A ORIGEM

44

EDUCAÇÃO

92

DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Os primórdios da LBV

Revista apolítica e apartidária da Espiritualidade Ecumênica

ANO 63 • EDIÇÃO ESPECIAL Edição fechada em 10/10/2019

BOA VONTADE é uma publicação da LBV, lançada pela Editora Elevação. Registrada sob o no 18.166 no livro “B” do 9o Cartório de Registro de Títulos e Documentos de São Paulo. DIRETOR E EDITOR RESPONSÁVEL Francisco de Assis Periotto — MTE/DRTE/RJ 19.916 JP CHEFE DE REDAÇÃO Rodrigo de Oliveira — MTE/DRTE/SP 42.853 JP

Pedagogia do Afeto e Pedagogia do Cidadão Ecumênico, da LBV

Solidariedade Ecumênica sem fronteiras

138

COMUNICAÇÃO SOCIAL

178

CIDADANIA PLANETÁRIA

212

CULTURA E ESPORTE

258

ECUMENISMO

316

LINHA DO TEMPO

Compartilhando o altruísmo

COORDENAÇÃO-GERAL DE PAUTA Gerdeilson Botelho SUPERINTENDÊNCIA DE MARKETING E COMUNICAÇÃO Gizelle Tonin de Almeida EQUIPE ELEVAÇÃO Adriane Schirmer, Adriano Costa Alves, Angélica Ferreira Basso, Angélica Periotto, Antonio Paulo Espeleta, Carolina Salomão, Cida Linares, Estêvão Lombardi Santos, Jesiel Júnior, João Guilherme Hortelan, Leila Marco, Leilla Tonin, Letycia Elizabeth, Maria Aparecida da Silva, Mariane de Oliveira Luz, Marta Trigueiro, Matheus Henrique Lombardi, Neuza Alves, Nicholas de Paiva, Paula Ribeiro, Silvia Fernanda Bovino, Vivian R. Ferreira, Walter Periotto, Wanderly Albieri Baptista, Wellington Carvalho e William Luz. PROJETO GRÁFICO Helen Winkler CAPA Equipe Elevação DIAGRAMAÇÃO Diego Ciusz e Helen Winkler

Ideal de Boa Vontade empolga o mundo

A Solidariedade pela arte

Marco da Fraternidade Ecumênica

Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

IMPRESSÃO Mundial Gráfica FOTOS DE CAPA Arquivo BV ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA Rua Doraci, 90 • CEP 01134-050 • Bom Retiro • São Paulo/SP • Tel.: (11) 3225-4971 • Caixa Postal 13.833-9 • CEP 01216-970 • Internet: boavontade.com / E-mail: info@boavontade.com A revista BOA VONTADE não se responsabiliza por conceitos e opiniões em seus artigos assinados. A publicação obedece ao elevado propósito de estimular o debate dos temas relevantes brasileiros e mundiais e de refletir as tendências do pensamento contemporâneo.

Canais da LBV na internet www.lbv.org.br Facebook: LBVBrasil

Instagram: LBVBrasil Youtube: LBV Videos

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 21


BALANÇO SOCIAL DA LBV

A força da boa vontade (2018) A sua doação é investida para ajudar a mudar a realidade de muitas famílias

369.870

13.561.312

pessoas foram impactadas pelos programas socioeducacionais

atendimentos e benefícios prestados a pessoas e famílias

1.216

entidades, organizações sociais, lideranças comunitárias e usuários das políticas públicas de assistência social assessorados e capacitados

1.630

Todas as regiões brasileiras receberam nosso atendimento

voluntários participaram ativamente de nossas ações

em tempos de crise, a LBV trabalha e socorre mais “A LBV é o porto seguro para o donativo do povo!” (Paiva Netto)

64.501.139 11.881.419

12.509.267

13.026.136

13.523.005

13.561.312

atendimentos e benefícios prestados de 2014 a 2018

2014

2015

2016

2017

2018

22 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

A Legião da Boa Vontade possui Certificação de Entidade Beneficente de Assistência Social (Cebas). Há mais de duas décadas, a Instituição tem seu balanço geral analisado e aprovado por auditores externos independentes, em uma iniciativa de José de Paiva Netto, diretor-presidente da LBV, muito antes de a legislação que exige essa medida entrar em vigor no país.


Público atendido pela LBV ir a

8%

Fe r

re

55%

Idosos (mais de 60 anos)

. Vi v i a n R

Crianças e adolescentes (de 0 a 14 anos)

illa Le

R. Ferreira

nin To

17%

20%

Vivi an

Adultos

Jovens

(de 15 a 29 anos)

(de 30 a 59 anos) in on aT Leill

Nossa missão Nossa atuação

82

unidades socioeducacionais em todo o país compostas de:

Promover Desenvolvimento Social, Solidário e Sustentável, Educação e Cultura, Arte e Esporte, com Espiritualidade Ecumênica, para que haja Consciência Socioambiental, Alimentação, Segurança, Saúde e Trabalho para todos, no despertar do Cidadão Planetário.

• 72 Centros Comunitários de Assistência Social;

A LBV precisa da sua ajuda!

• 1 centro de assessoramento;

www.lbv.org/doe

• 3 abrigos para idosos; • 1 escola de capacitação profissional; e

LBV Brasil |

LBV Brasil |

@LBVBrasil

• 5 escolas de Educação Básica.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 23


A ORIGEM

Os primรณrdios da LBV


NestA SEÇÃO, você encontrará: 26

A hora de começar

28

Os primeiros passos do planejamento da LBV foram na Associação Brasileira de Imprensa – ABI

31

A LBV nasceu nos meios de comunicação

32

O testemunho do saudoso Chico Anysio

34

Hora da Boa Vontade: o embrião da LBV

36

Unidos pelo mesmo Ideal

38

Amizade eternizada no Bem

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 25


A ORIGEM

LBV

As iniciais em forma de cruz representam a expressão da Fé.

34 elos

Expressam a corrente de Fraternidade Real entre todas as Religiões e Filosofias, fazendo referência ao versículo 34 do capítulo 13 do Evangelho do Cristo de Deus, segundo João, no qual se encontra o Novo Mandamento de Jesus.

26 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Formato de Coração

O distintivo, em forma de coração, simboliza o Amor. Formato geográfico do Brasil, Coração do Mundo e Pátria do Evangelho.

Paz na Terra aos Homens de Boa Vontade

Cântico dos Anjos da Milícia Celeste, ao anunciar o Nascimento de Jesus, o Cristo Ecumênico, portanto, universal, o Divino Estadista (Evangelho, segundo Lucas, 2:14).


A hora de começar

A

semente da Legião da Boa Vontade foi lançada dois anos antes de sua oficialização, ocorrida em 1o de janeiro (Dia da Paz e da Confraternização Universal) de 1950. Era 6 de janeiro (Dia dos Reis Magos, data de alto significado místico-religioso) de 1948, e Alziro Zarur (1914-1979), saudoso fundador da LBV e um dos maiores nomes do rádio desde a década de 1930, a convite dos amigos Werneck Genofre e Agostinho Pereira de Souza (18891955), assistiu a uma sessão da Federação Espírita Brasileira (FEB) no Rio de Janeiro/RJ, da qual participava dona Emília Ribeiro de Mello, respeitável médium. Aquela senhora de cabelos brancos olhou insistente e piedosamente para o visitante e, ao término das atividades da reunião, aproximou-se dele e disse: “Meu Irmão, São Francisco de Assis esteve todo o tempo aí ao seu lado e manda dizer-lhe que é hora de começar o combinado”. O fato mexeu profundamente com ele, que ao ler o livro I Fioretti (“As florezinhas”, em tradução livre), um relato da vida de Francisco de Assis, teve inspiração para o trabalho a ser realizado. A admiração de Zarur por São Francisco de Assis era marcante, a ponto de inspirá-lo na elaboração das bases da LBV, a qual, ao ser fundada por ele, teria como Patrono o próprio Il Poverello, mais tarde proclamado por Paiva Netto o Santo do Ecumenismo. Posteriormente, a origem espiritual da missão de Zarur foi confirmada pelo Espírito Emmanuel, por intermédio da psicografia do sempre lembrado médium Chico Xavier (19102002): “Irmão Zarur, muita paz! A sua tarefa, na sementeira da Boa Vontade, resulta de compromissos sublimes, assumidos antes da imersão nos fluidos do corpo físico. E, seguido por toda uma legião de companheiros que o assistem, carinhosamente, do Plano Invisível, é igualmente observado pelos supervisores dos nossos destinos, que lhe creditam o devotamento à obra cristã do Evangelho entre os homens, por lastro abençoado de sua felicidade futura (...)”.

Alziro Zarur com a médium Emília Ribeiro de Mello, na Federação Espírita do Brasil, no Rio de Janeiro.

Arquivo BV

São Francisco de Assis, patrono da LBV.


A ORIGEM

Setembro, Outubro e Novembro de 1949

Os primeiros passos do planejamento da LBV foram na Associação Brasileira de Imprensa – ABI

Z

Reprodução do exemplar nº 1 da revista BOA VONTADE, de maio de 1956, com reportagem sobre a Cruzada de Religiões Irmanadas, ocorrida em 7 de janeiro de 1950, no salão do Conselho da Associação Brasileira de Imprensa (ABI).

28 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Vontade convocou e dirigiu a memorável sessão. A partir daí, a LBV viu o ideal de Solidariedade, Altruísmo e Ecumenismo sem fronteiras pregado por ela conquistar corações e harmoniosamente congregar pensamentos de religiosos, filósofos, cientistas, livres-pensadores e ateus. Crescia, a cada reunião no salão do Conselho da ABI, o número de pessoas presentes. Surpreso com o sucesso daqueles encontros, Herbert Moses (1884-1972), então presidente da Associação Brasileira de Imprensa, que construiu a famosa sede da heroica entidade, declarou: “Zarur fez um verdadeiro milagre juntando tantos inimigos cordiais na LBV”. Em reconhecimento ao esforço de Alziro Zarur em prol da liberdade religiosa, a ele foi concedida a Medalha do papa Paulo VI “por serviços prestados à causa do Ecumenismo” — láurea entregue pelo núncio apostólico dom Sebastião Baggio (1913-1993). Esse aspecto vanguardeiro foi ressaltado pela consagrada atriz Fernanda Montenegro, que, em 1997, recebeu a Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, na categoria “Arte e Cultura”, conferida pelo Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica, o ParlaMundi da LBV (veja na página 296). Nesse mesmo ano, ela esteve no Templo da Boa Vontade, o monumento mais visitado de BraFotos: Arquivo BV

arur defendia, já em meados da década de 1920, a confraternização entre os seres humanos, independentemente da crença religiosa destes. Por isso, dias depois de abrir as portas da Instituição, um gigantesco passo foi dado no campo da convivência inter-religiosa, com a realização da pioneira Cruzada de Religiões Irmanadas. A primeira edição desta ocorreu em 7 de janeiro de 1950, no salão do Conselho da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no Rio de Janeiro/RJ, após sucessivas reuniões preparatórias na sala da diretoria dessa prestigiada casa, em outubro, novembro e dezembro de 1949. O fundador da Legião da Boa

Teles da Cruz

Murilo Botelho

Salustiano César

Leopoldo Machado


1

3

4

sília/DF, segundo a Secretaria de Turismo do Distrito Federal, e destacou assim o Ecumenismo defendido pela Instituição: “A Legião da Boa Vontade tem uma palavra e uma presença de conforto há muitos anos, e isso me toca. Já nos primórdios da Legião se falava do fato ecumênico. Isso, João XXIII [18811963] ainda não havia conceituado dentro da Igreja Católica, por exemplo. E, hoje em dia, é fundamental você respeitar os caminhos que o mundo tem para chegar a Deus, pois Ele é um só. Um abraço também ao Paiva Netto, que é uma pessoa extremamente gentil e empreendedora”.

Eugênio Figueiredo

Fotos: Arquivo BV

2

Samuel Linderman

(1 e 2) Em 7 de janeiro de 1950, Alziro Zarur comanda a primeira reunião ecumênica oficial da Legião da Boa Vontade, a Cruzada de Religiões Irmanadas, pela qual pioneiramente preconizava o inter-relacionamento religioso. O encontro foi realizado no salão do Conselho da Associação Brasileira de Imprensa (ABI). No evento, falaram sete oradores dos mais diversos segmentos: Salustiano César, reverendo protestante; Teles da Cruz, católico; Murilo Botelho, esotérico; Leopoldo Machado, espírita; Eugênio Figueiredo, livre-pensador; Samuel Linderman, judeu; e Ascânio de Farias, positivista. (3) A partir da esquerda, o fundador da Legião da Boa Vontade, saudoso jornalista Alziro Zarur (1914-1979), com os colegas Herbert Moses (1884-1972), à época presidente da Associação Brasileira de Imprensa, e João Mello (1869-1958). (4) O saudoso Prudente de Moraes, neto (1904-1977), em frente ao prédio da ABI, da qual foi um dos presidentes.

Ascânio de Farias

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 29


Clayton Ferreira

Arquivo BV

A ORIGEM

1

2

(1) Paiva Netto e sua esposa, sra. Lucimara Augusta, saúdam o ilustre jornalista dr. Maurício Azêdo (1934-2013), saudoso presidente da ABI. (2) O dirigente da LBV em encontro cordial com o sempre lembrado dr. Barbosa Lima Sobrinho (1897-2000), também presidente da Casa do Jornalista. Prestigia esse momento a consagrada escritora Nélida Piñon, ex-presidente da Academia Brasileira de Letras.

“Entre outubro e dezembro de 1949, Alziro Zarur iniciou na ABI as reuniões preliminares que resultariam na criação da Legião da Boa Vontade. Para nós, da ABI, é muito gratificante registrar este fato, dados os serviços que a Legião da Boa Vontade tem prestado ao povo brasileiro e, especialmente, às camadas mais carentes e necessitadas.” Sobre a atuação da Legião da Boa Vontade — “Nossa admiração pelo desempenho da LBV no campo social, no qual essa benemérita instituição presta notável contribuição à melhoria das condições de vida e à elevação da autoestima das pessoas, alcançadas por seu trabalho de assistência ao próximo, como demonstrado no caso do numeroso segmento de concidadãos indicados pela ABI. Com as expressões do nosso elevado apreço, firmo-me cordialmente.” DR. MAURÍCIO AZÊDO (1934-2013) ex-presidente da Associação Brasileira de Imprensa

“Significativo é o trabalho da Legião da Boa Vontade, criando por todo o país instituições de assistência, distribuidoras de alimentação, lares para crianças, albergues e escolas de alfabetização e ensino profissional. Referência especial merece a Ronda da Caridade à meia-noite. Nas grandes cidades, a Ronda socorre famintos com a 'Sopa dos Pobres'. Não posso deixar de aprovar qualquer movimento de Caridade, sobretudo quando tem a presença do Paiva Netto.” DR. BARBOSA LIMA SOBRINHO (1897-2000) Jornalista e ex-presidente da Associação Brasileira de Imprensa

30 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


P “Nós temos muito orgulho, porque a LBV nasceu dentro da ABI. A Associação Brasileira de Imprensa é uma entidade histórica, e esse fato engrandece ainda mais a nossa história. Paiva Netto tem nossa eterna gratidão.” PAULO JERONIMO DE SOUSA (PAGÊ)

Divulgação

Jornalista e presidente da Associação Brasileira de Imprensa

“A LBV começou na ABI. O Alziro Zarur usava o auditório da ABI para certas manifestações. Ele tinha também um programa de rádio. Na verdade, pode-se dizer que a LBV se consagra como instituição na própria ABI.” DOMINGOS MEIRELLES Jornalista, apresentador e ex-presidente da Associação Brasileira de Imprensa

ara saudar o nascimento da nova instituição, o jornal O Globo, do jornalista e empresário de mídia dr. Roberto Marinho (1904-2003), publicou, à época, dois editoriais. Um dos textos, de 26 de janeiro de 1950, anuncia: “Há um aspecto, na recente criação da LBV, que merece ser assinalado e posto no devido relevo. Trata-se da verdadeira confraternização de todos os credos religiosos que se processou no referido movimento, destinado, sobretudo, a amparar moral e dr. Roberto Marinho materialmente os enfermos e necessitados. (...) Não são comuns acontecimentos desta ordem nem frequentes mobilizações de tamanha envergadura moral. (...)”. Não foi, portanto, sem motivo que, igualmente, na metade do século 20, o filósofo e sociólogo italiano Pietro Ubaldi (1886-1972) declarou: “A Legião da Boa Vontade é um movimento novo na História da humanidade. Colocará o Brasil na vanguarda do mundo”. O saudoso jornalista Benedito Mergulhão (1901-1966), em A Noite, edição de 18 de junho de 1956, recordou: “Considerando que todas as religiões desempenham Pietro Ubaldi um papel preponderante no aperfeiçoamento espiritual do homem, a LBV teve a feliz iniciativa de reunir representantes de todos os credos que se professam nesta capital e, confraternizados, cada um de per si expor as bases das respectivas doutrinas. Dessa forma, a Legião da Boa Vontade levou a efeito, em outubro, novembro e dezembro de 1949, reuniões em que falaram representantes do catolicismo, protestantismo, espiritismo, budismo, maometismo, positivismo, bramanismo, judaísmo, esoterismo, umbandismo etc.”.

Fotos: Reprodução BV

Lucian Fagundes

A LBV Nasceu nos meios de comunicação


A ORIGEM

O testemunho do Saudoso Chico Anysio

Rio de Janeiro, visto parcialmente, na década de 1940.

do gostava dele. (...) Havia um fogo queimando dentro do Zarur. Uma luz brilhava dentro dele, alguma coisa. (...) Dali em diante, ele se transformou. Então, fui o primeiro a saber disso”. Prosseguiu o relato Chico, lembrando-se do início da programação da LBV, no período áureo do rádio brasileiro. “Ele abandonou tudo. Não foi mais diretor do radioteatro. Fez um programa, [chamado] Hora da Boa Vontade, às cinco da tarde. (...) Criou a Legião da Boa Vontade. Era a ‘Sopa do Zarur’, a ‘Sopa dos Pobres’. Os mendigos do Rio não passaram mais fome, porque a sopa que distribuía matava a fome de todos. Sei da seriedade, que ele não fez disso um meio de ganhar dinheiro, de enganar ninguém. Faço doações para a LBV; várias vezes já as fiz. Na minha exposição* no Templo da Boa Vontade, em Brasília/DF, farei outra e continuarei ajudando, porque a LBV é da maior seriedade. Eu estou abençoado com a minha pintura aqui [no TBV]. Deus está aqui comigo! É uma coisa muito divina, demais! (...)”

Reprodução BV

Q

uem atestou a mudança que ocorreu a partir da ordem espiritual recebida por Zarur foi o saudoso Chico Anysio (1931-2012), consagrado humorista, ator, escritor e pintor brasileiro, que, em entrevista à Boa Vontade TV, em setembro de 2003, contou: “Faço parte do seletíssimo grupo de pessoas para quem Alziro Zarur, pela primeira vez, falou na Legião da Boa Vontade. Eu era radioator da Mayrink Veiga; já tinha saído da Guanabara. O nosso diretor no radioteatro era Zarur. Naquele dia, tínhamos ensaio de um capítulo de novela. Devia ser umas seis e meia [da tarde] quando ele chegou dizendo que havia recebido uma mensagem divina. Estava emocionadíssimo. Tinha recebido um aviso, uma missão que lhe fora dada, e ninguém brincou, ninguém zombou. Todo mundo percebeu que havia uma verdade grande nele, porque era uma pessoa muito séria; era muito duro, muito firme. Ele não pôde realizar o ensaio. Urbano Lóes (1917-1980) assumiu seu lugar no dia. E, depois do ensaio, nós todos fomos lá. Todo mun-


João Preda

CHICO ANYSIO FALA SOBRE O CONSOLIDADOR DA LBV: PAIVA NETTO Ainda na entrevista à Boa Vontade TV, o saudoso humorista declarou: “Paiva Netto é uma pessoa importante, porque conseguiu seguir à risca os preceitos de Zarur, que era um homem muito sério. E assim Paiva Netto é,

sem ferir ninguém, sem contundir, sem chocar... O que a Legião da Boa Vontade cresceu com o Paiva Netto é inacreditável; foi para o mundo todo! Ele foi brilhante, brilhante mesmo; deu visibilidade a ela. O trabalho com as crianças, com os velhos, com tudo! Colaboro com a LBV sempre que posso, porque acho importante o trabalho que ela faz”.

Fotos: Reprodução BV

Da esquerda para a direita, Lucimara Augusta, Paiva Netto, Chico Anysio (19312012) e Malga di Paula, em setembro de 2003. Os casais aparecem à frente do quadro Ponta Grossa (1993). “É uma das telas de que mais gosto. Fico feliz em vê-la aqui, em seu gabinete de trabalho”, confidenciou o autor da obra, Chico Anysio, a Paiva Netto.

Urbano Lóes

* A primeira mostra de Chico Anysio (1931-2012) em solo brasiliense, intitulada “Volta ao mundo sem sair de casa”, foi grande sucesso na Galeria de Arte do TBV, em setembro de 2003. A exposição representou para o público uma excelente oportunidade de ver a criatividade desse artista polivalente impressa em dezenas de painéis de acrílico. Pintor fovista e apaixonado por paisagens, Chico apresentava em seus trabalhos colorida brasilidade. Também as raízes do artista, no Ceará, podem ser notadas pelos tons muito luminosos e vibrantes.

Chico Anysio e colegas de profissão na Rádio Mayrink Veiga, na qual era radioator, em 1956.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 33


André Fernandes

A ORIGEM

Arquivo BV

Este microfone é uma das relíquias, conservadas por Paiva Netto, que se encontram em exposição no Memorial Alziro Zarur, no Templo da Boa Vontade, em Brasília/DF, Brasil. Com ele, Zarur apresentou durante anos o famoso programa Jesus Está Chamando!, pela Rádio Mundial do Rio de Janeiro/RJ, antiga Emissora da Boa Vontade.

Rádio Globo – Rio de Janeiro/RJ

Hora da Boa Vontade: o embrião da LBV

D

ando corpo a vocação de comunicar às massas, que seria uma marca da Instituição, em 4 de março de 1949, Alziro Zarur iniciou o programa Hora da Boa Vontade, na Rádio Globo, do Rio de Janeiro, o prenúncio da LBV. A Obra surgiria pouco tempo depois, em 1o de janeiro (Dia da Paz e da Confraternização Universal) de 1950, com o lema “Por um Brasil melhor e por uma humanidade mais feliz”, pregando o Apocalipse de Jesus.

34 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

O programa, que visava socorrer os sofredores e toda sorte de desamparados materiais e espirituais, conquistou grande audiência. Com uma palavra de conforto e alento aos carentes do corpo e da Alma, Zarur tomou o primeiro passo para o surgimento da LBV e sua notável tarefa apostolar. Os ouvintes admiravam-se ao ouvir músicas natalinas em pleno meio do ano. Em seguida, a voz do radialista trazia a explicação: o espírito solidário do


RICARDO VIVEIROS Jornalista

Aneliese de Oliveira

ELZA SOARES Cantora

“Quero desejar ao meu amigo Paiva Netto que continue assim, mantendo a LBV no caminho que todos nós conhecemos, aquele de dar apoio aos que necessitam. Um trabalho humano para o povo. Os meus parabéns a essa Legião da Boa Vontade, que é imensa; a esse povo todo que colabora com a LBV. Conheci Zarur em 1946, 1947. [Era] um homem de coração muito bom, um grande amigo. E, sinceramente, o ideal dele está sendo mantido por Paiva Netto. (...) Que todos tenham muitas felicidades.” JAMELÃO (1913-2008) Sambista ação

“Recordo-me dele [Alziro Zarur] fazendo a Ave, Maria!, às seis da tarde. Parava o Rio de Janeiro para rezar com ele.”

“Eu me lembro quando fui para a Rádio Mundial e comecei a cantar. Fazia parte com o nosso Alziro Zarur. Fui algumas vezes visitar as crianças da LBV. Eu gosto de estar presente, de saber o que está acontecendo. É muito importante que todos saibam o que é o Paiva Netto; o que essa Instituição faz, que não é fácil, não é brincadeira. E tudo o que se faz neste país de bom grado é muito difícil alcançar. (...) Ao meu amigo Paiva Netto, meu grande exemplo de vida, o meu beijo, o meu carinho, pela coragem de manter a LBV de pé.”

Divulg

Vivian R. Ferreira

Natal deve ser permanente, pois as pessoas padecem e passam fome todos os dias. O jornalista Ricardo Viveiros, que àquela altura ingressava na profissão, rememora assim a época: “Eu era menino; trabalhei simultaneamente com Zarur em algumas emissoras no Rio de Janeiro, como a Rádio Mundial, a Nacional, rádios pelas quais passei no início da minha carreira de repórter. Eu me lembro da figura dele diante do microfone. Recordo-me dele fazendo a Ave, Maria!, às seis da tarde. Parava o Rio de Janeiro para rezar com ele”. Uma semana depois de estrear o Hora da Boa Vontade, o fundador da LBV concedeu marcante entrevista ao radialista evangélico Adolfo Cruz (1923-2010), no famoso Cinelândia Matinal, na Rádio Nacional do Rio de Janeiro. Na ocasião, prognosticou a marcha do Ideal da Boa Vontade pelo mundo. Demonstrando preocupação com o entendimento das criaturas, declarou: “O Brasil precisa, agora mais do que nunca, da união de todos os seus filhos”. O surgimento do programa Hora da Boa Vontade causou alvoroço nos meios radiofônicos, pois era de estranhar que um homem com tamanha fama pudesse dedicar-se à religiosidade ecumênica e à Fraternidade. Zarur prosseguiu em sua jornada, elaborando os estatutos da LBV.


A ORIGEM

A Arquivo BV

Unidos pelo mesmo ideal

FIDELIDADE Essa é a tinta mais forte que sobressai na cena que se desenrola acima. Comprometidos com a Causa do Mandamento Novo de Jesus na Terra, Alziro Zarur e Paiva Netto venceram enormes obstáculos. “A LBV é o coroamento de toda a evolução da humanidade”, dizia Zarur. Paiva Netto prossegue, a passos largos, agigantando, material e espiritualmente, os ideais da Legião da Boa Vontade. 36 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

história de Alziro Zarur e a de José de Paiva Netto confundem-se numa só. Sob a direção deles, a Legião da Boa Vontade entusiasma multidões de todo o Brasil e do exterior há sete décadas. Aos 12 anos, José Simões de Paiva Netto recebeu, na porta de sua casa, das mãos de uma bela senhora negra, um opúsculo com explicações sobre a LBV. Era 1953, e esse foi seu primeiro e inesquecível contato com a Instituição. Em 29 de junho de 1956, data que homenageia São Pedro e São Paulo, Paiva Netto, com 15 anos, ouviu na Rádio Tamoio a canção Noite Feliz, de Franz Grüber (1787-1863) e Joseph Möhr (1792-1848), que antecedia a pregação do fundador da LBV, e achou muito curioso o fato de a música natalina ser veiculada em plena metade do ano, por ocasião dos festejos juninos, “numa grande ação de marketing do Bem”. Lembrou-se de ter lido o nome de Zarur (que considerou forte e sonoro) três anos antes, na referida publicação. Disse, então, em 1956, à sua estimada mãe: “Mãe, é com esse que eu vou!” A partir desse momento, de corpo e Alma, passou a colaborar voluntariamente na LBV. Paiva Netto percebeu que era hora de falar pessoalmente com aquele que o despertou para a Causa da Boa Vontade de Deus (Evangelho, segundo Lucas, 2:14) e do Novo Mandamento de Jesus (Boa Nova, consoante João, 13 e 15). Com determinação e levando consigo sua querida irmã, Lícia Margarida de Paiva (1942-2010) dirigiu-se, em 28 de junho de 1957, à noite, ao bairro Lins de Vasconcelos, no Rio de Janeiro/RJ, onde, após muita insistência, convenceu o jovem porteiro da Casa de Luciá a anunciar sua presença ao criador da LBV, que ali residia. Zarur, ao recebê-lo, exclamou: “Ô rapaz! Até que enfim apareceste. Há quanto tempo eu estava te esperando!...” Foi um reencontro de Almas compromissadas com Jesus. A realidade da Vida Eterna sempre foi pauta das pregações de Alziro Zarur. Tendo plena convicção da sobrevivência do Espírito após o fenômeno da morte, Paiva Netto perpetuou o trabalho iniciado pelo radialista carioca, quando este retornou ao Mundo Espiritual, em 21 de


outubro de 1979. No dia seguinte, estando à beira do túmulo do saudoso fundador da LBV e diante de uma multidão de Legionários da Boa Vontade e do povo em geral, assim que fechou a campa, tomou a palavra e, com voz forte e acentuada eloquência, bradou: “O corpo de Alziro Zarur está aqui, neste túmulo, mas o Espírito dele encontra-se na Legião da Boa Vontade. Vamos para lá!!!” A massa, então, respondeu, sob grande impacto e comoção: “Vamos!!!” E todos se dirigiram, firmes e renovados,

para a continuidade do apostolado na Instituição. Durante quase um quarto de século, o jornalista, radialista e escritor Paiva Netto foi um dos principais assessores de Alziro Zarur, sendo, oficialmente, nomeado por este, secretário-geral da Legião da Boa Vontade (cargo equivalente ao de vice-presidente), e, com o falecimento do fundador da LBV, naturalmente o sucedeu, levando a Obra a alcançar progresso vertiginoso, fato emblemático de um espírito fiel, prático e realizador.

Paiva Netto: emoção em narrativa histórica Em 27 de outubro de 2014, durante a transmissão, feita pela Super Rede Boa Vontade de Rádio (Super RBV), da Cruzada do Novo Mandamento de Jesus, diretamente da Igreja Familiar número 1, da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, Paiva Netto manifestou, comovido, a satisfação de ter preservado as pregações ecumênicas e históricas do fundador da Legião da Boa Vontade. “Minhas Irmãs e meus Irmãos, guardei, por décadas, com profundo amor e imensa alegria de Alma, para gáudio de Vocês, hoje e no futuro, a palavra do saudoso Proclamador da Religião Divina, mesmo antes de ele voltar à Pátria Espiritual. Quero encerrar esta Cruzada do Novo Mandamento de Jesus, da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, com um impactante brado feito por Zarur, que deve fazer parte de nossa vida. Encontrava-me presente nesse memorável dia, quando Alziro Zarur proclamou esta verdade: ‘A LBV é de Deus’. Para mim, é triplamente emocional relembrá-la. (...) Vamos ao brado de Zarur”, declarou. Na sequência, os ouvintes da Super RBV puderam acompanhar trecho da fala de Alziro Zarur na qual ele profere esse importante clamor. Transcrevemos a seguir, para conhecimento do leitor, a referida passagem.

MENSAGEM DE ZARUR — PARECER DE GAMALIEL E O BRADO FORTE “A LBV É DE DEUS!” “Mas o ponto grande aqui deste capítulo 5 (dos Atos dos Apóstolos de Jesus), que hoje encerramos, é esse parecer de Gamaliel. Gamaliel, um fariseu sensato, que, vendo a fúria dos seus colegas que queriam condenar os cristãos, deu esta palavra espetacular: ‘Mas pra que tanta bobagem? Por que perseguis esses cristãos? Se a obra deles é de Deus, ficará de pé; se não é, cairá sozinha. Portanto, tende cuidado, porque, se eles estão a serviço de Deus, vós estareis combatendo o próprio Deus’. “E é o que eu digo com relação à LBV. Muita gente que combate a LBV, quando passar para o Lado de Lá, vai ver que combateu o próprio Deus, porque esta Obra é de Deus, este Evangelho é de Deus, e quem viver verá! “Aliás, para quem tem olhos de ver, já, já, analisando esses anos de perseguições em todo o Brasil, contra uma Obra que não tem dinheiro fácil, nem do Estado, nem do Governo, tendo compromissos pesados a pagar, está de pé! Está de pé porque é de Deus! Está de pé porque Deus ampara a LBV!!! “Então, viva a LBV! “Viva o PBV! “Viva o Brasil! “E viva Jesus!”

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 37


Arquivo BV

A ORIGEM

Amizade eternizada no BEM

U

Alziro Zarur e Paiva Netto, amizade firmada em Jesus!

m antigo e sábio ditado latino afirma: “Verba volant, scripta manent” (“As palavras voam, os escritos permanecem”). O saudoso fundador da Legião da Boa Vontade, Alziro Zarur, gostava muito desse aforismo e, talvez por isso, achou por bem fazer o registro perene de uma amizade firmada em Jesus, como a garantir que suas declarações fossem sempre relembradas. Durante a década de 1960 até seu desencarne, Zarur ressaltou em vários documentos administrativos ou dedicatórias dirigidos a seu secretário particular, José de Paiva Netto, características marcantes de fidelidade e de Amor à Causa da Boa Vontade daquele que seria seu sucessor. Também indicou diretrizes a serem seguidas por todos os Legionários da Boa Vontade, a exemplo de mensagem que escreveu pouco antes de voltar à Pátria Espiritual: “Paiva, deixo a vocês a Lei do Apocalipse, isto é, a Lei das Obras”. Nessa e em tantas outras manifestações de reconhecimento, como demonstram as imagens a seguir, pode-se notar claramente a identidade de Alma desses dois pilares da LBV.

Paiva Netto secretariou Alziro Zarur por quase um quarto de século. Uma amizade que faz jus a esta máxima do Irmão Paiva, como gosta de ser chamado: “É digno respeitar a presença de um amigo; muito mais, porém, é honrar a ausência dele. Portanto, promessa legionária de Alziro Zarur (1914-1979) é promessa minha também”. Paiva Netto foi adiante: cumpriu-as e avançou ainda mais na Causa do Bem.

38 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


“Ao Legionário José de Paiva Netto, como homenagem à sua fidelidade exemplar. Alziro Zarur 2/III/77”

“Ao Paiva, com a amizade de Alziro Zarur. 5/VII/63”

“Paiva, só um grande amigo poderia realizar um trabalho desta envergadura. Gratíssimo. Zarur 3 de maio de 1978”

“Ao caríssimo Paiva, discípulo fiel do Mestre Jesus, com a confiança de Alziro Zarur. 13/IX/68”

“Para José de Paiva Netto, irmão querido e amigo fiel, como homenagem de Alziro Zarur. 10/VII/78”

“Ao grande Legionário Paiva Netto, com a amizade do Alziro Zarur. 11/X/74”

“Ao meu secretário particular, José de Paiva Netto, com a amizade de Alziro Zarur. 1/I/74”

“Para José de Paiva Netto, exemplo de Amor à LBV e Fidelidade ao seu Presidente, como presente do Natal 78. Alziro Zarur”

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 39


A ORIGEM

Jair de Assis

“Conheci Alziro Zarur através da Rádio Clube, quando ele distribuía sopa para os pobres, no Rio de Janeiro. Eu cantava no seu programa. Ele tinha um carinho tão grande pelos necessitados, que conseguia passar aquilo a todos nós. Que bom [seria] se todos fossem iguais ao Zarur, como é o seu sucessor, que está seguindo seus passos e fazendo tanta coisa boa pelas pessoas! É um ser humano de muita grandeza, um Espírito muito limpo, muito bonito. (...) Paiva Netto, leve avante a Obra de Alziro Zarur. Continue assim, porque, se melhorar, estraga. A LBV está fazendo bem a muita gente, não só àqueles que precisam, como também aos que a ajudam. Eu nunca estive em cima do muro, sempre estive do lado do Zarur e do lado dos menos privilegiados. Que Deus o ajude, que sua estrela esteja sempre brilhando, e que Ele nos dê bastante saúde, para que continuemos trabalhando pelos nossos semelhantes. Que possamos espantar o mal, levá-lo para bem longe. Deus esteja com o senhor e com todos os que o ouvem e o seguem.”

Reprodução BV

Depoimentos

“Zarur é um homem de boa convivência, afável e muito inteligente. À inteligência acrescenta uma dose de natural simpatia. Tem o saber de experiências feito. Desde menino, aos 12 anos, já pregava o Novo Mandamento de Jesus: ‘Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei’. É um homem de bem.” FRANCISCO NEGRÃO DE LIMA (1901-1981) Embaixador brasileiro e ex-governador do Estado da Guanabara

ANGELA MARIA (1929-2018)

“Eu conheci a LBV por intermédio da minha mãe. Ela era apaixonada pelos projetos de Alziro Zarur, fundador da Legião da Boa Vontade. Ela o ouvia pelo rádio, adorava ele e os projetos da LBV, acompanhava e ajudava a Legião da Boa Vontade na medida do possível de uma mulher pobre, mas ajudou porque via a Instituição com muita seriedade, e isso é uma coisa inegável. Paiva Netto, o grande herdeiro de Zarur, é uma figura exponencial! Um homem honesto, decente, que realmente gosta da humanidade. Ele é uma criatura que eu considero superior. Não sou uma pessoa religiosa na essência, talvez pelo fato de ser um romancista procurando a verdade no coração do homem. Embora, de fato, eu seja pessimista com relação à humanidade, não sou muito fã da humanidade, vejo o Paiva Netto como essa pessoa infinitamente superior. Se nós tivéssemos dez pessoas como o Irmão Paiva à frente de projetos sociais no Brasil, este país seria diferente. Acredito nisso, porque é verdade. Sou um grande admirador dele, pois ele não é uma pessoa só de discurso. É uma pessoa que faz, é um realizador! Eu sou fã da LBV!”

Roberta Assis

Cantora

MOACIR JAPIASSU (1942-2015) Jornalista

40 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


LUCIO MAURO (1927-2019)

Alan Kardec

Priscilla Antunes

“Legião da Boa Vontade: uma escola de vida. Isso foi criado por um homem muito inteligente, muito bondoso, cheio de Amor e que deixou plantada uma semente grande de ajuda ao próximo: meu amigo Alziro Zarur, um homem de uma grandeza espetacular, inteligência brilhante, um espiritualista cristão, forte! Mas ele foi muito cedo. Mas Deus, que é o Rei da Providência, já sabia e tinha escolhido um substituto. Ele olhou para todos os que ama, indistintamente, e escolheu um moço para assumir uma responsabilidade enorme na Educação deste país e, principalmente, no convívio, no Amor do ser humano, de a gente se respeitar mutuamente, chamado Paiva Netto”. Em outras duas oportunidades, declarou: “Meu amigo atura as minhas conversas, as minhas falácias há muitos anos, e nós queremos um Bem extraordinário. Eu já bebi muito na sabedoria e na inteligência do Paiva Netto, porque ele é um dos maiores oradores deste país. Hoje, quando vejo pessoas comentarem que eu sei falar a língua portuguesa e que me expresso bem, digo que aprendi muito com o diretor desta Casa. E, por Paiva Netto (...) ser um dos maiores oradores deste país, esta Casa vai crescer cada vez mais. Ele sabe dizer para o povo que todos devem estar unidos para ajudar aqueles que tanto precisam, para ajudar a criança de hoje, que precisa tanto de bons conselhos. (...) Quero, através deste microfone, deixar um abraço, um beijo carinhoso ao Paiva Netto, dizendo para ele da alegria que tive de, mais uma vez, ser bem recebido na Casa dele. Estou à disposição de toda a equipe para qualquer trabalho que seja preciso fazer. Eu estarei sempre de braços abertos, agradecendo de coração, porque, quando a gente entra nesta Casa, está sendo abençoado. Hoje, recebo esta bênção, porque estou falando ao microfone desta Casa da LBV. Que ela cresça cada vez mais e um dia se orgulhe de dizer para o mundo inteiro: ‘No Brasil não existe mais fome. No Brasil não existe mais nenhuma criança sem saber ler e escrever!’. Isso porque, nesse dia, o nosso país se libertou através do Amor que aprendeu na LBV. Parabéns, Paiva Netto! Um beijo!”

Sargentelli conversa com Paiva Netto, sendo observado pelo Legionário da Boa Vontade Walter Periotto.

“O Zarur gostava de mim, do meu espírito boêmio, espírito brincalhão, mas sincero, amigo. E por isso não foi à toa, modéstia à parte, que ele me escolheu para ser locutor do seu programa Jesus Está Chamando!. Paiva, fica com Deus, meu Irmão! Fé em Deus! Quando eu trabalhei com o fundador da LBV, me considerei promovido a ‘Tenentelli’, e você, que eu conheci na [Rádio] Mundial em 1957, já está promovido a Marechal. Vá em frente!” OSWALDO SARGENTELLI (1924-2002)

Divulgação

Apresentador de TV, radialista e sambista, em correspondência encaminhada ao dirigente da LBV.

“Zarur e eu fomos grandes amigos. Eu fazia a abertura de seu programa na rádio Mayrink Veiga. Tínhamos a mesma voz.” CID MOREIRA Jornalista

Ator

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 41


A ORIGEM

“A Legião da Boa Vontade é um movimento novo na História da humanidade. Colocará o Brasil na vanguarda do mundo.”

André Fernandes

Reprodução BV

Depoimentos

PIETRO UBALDI (1886-1972)

Amanda Ferreira

Filósofo e sociólogo italiano

“Eu lembro até hoje, na memória de criança, da voz — que era muito bonita — do Alziro Zarur e das palavras dele na ocasião. Eu sei que a casa ficava em silêncio para ouvir. A música de abertura do programa tocava todo mundo, criava um clima favorável àquela mensagem, sempre uma mensagem positiva. (...) Então, às seis horas da tarde, a mamãe sempre colocava, o papai colocava no rádio o Alziro Zarur. Às seis horas, ele entrava no ar. Ele tinha um programa diário nessa hora. (...) Sabendo que tinha um programa [na Boa Vontade TV] para hoje, quando vi LBV [na agenda], a história veio à cabeça na hora. Falei até para o Miguel, meu produtor: Olha, tem uma história da minha família com a LBV muito forte. Irmão Paiva Netto, é com todo o carinho que a gente dedica Andança, de que você tanto gosta. É um prazer estar aqui com vocês, com tanta história, com tanta interseção entre a minha família e a LBV há tantos anos. Realmente, eu fico muito feliz de estar aqui.” DANILO CAYMMI

Reprodução BV

Cantor

“A Legião da Boa Vontade é a demonstração inequívoca da capacidade realizadora do povo brasileiro.” APPARÍCIO TORELLY, O BARÃO DE ITARARÉ (1895-1971) Jornalista

42 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

“Tenho uma relação muito longa com a LBV, desde Zarur. Tinha as referências mais elogiosas do Osório Borba (1900-1960), um pernambucano ranheta, grande jornalista e escritor, que tinha a informação de que o Zarur era um homem absolutamente honrado, desprendido, que vivia distribuindo a ‘Sopa dos Pobres’. O presidente atual, o dr. Paiva Netto, é sempre muito cordial comigo... Eu o encontrei pessoalmente algumas vezes. Um dia, ele me convidou a ir a Brasília (para uma visita ao Templo da Boa Vontade), lá estive e fui muito bem recebido. Se não sou um crente de nenhuma religião, também não sou um desafeto. Contribuo, modestamente, com a Legião da Boa Vontade há muitos e muitos anos, e é o único lugar em que colaboro financeiramente. Apenas ajudo a LBV porque merece a minha confiança.” VILLAS-BÔAS CORRÊA (1923-2016) Jornalista


deu

s Ta

ingo

Dom

CARLOS CHAGAS (1937-2017) Jornalista, professor e comentarista de rádio e TV.

Alan Lincoln

“Homens como Paiva Netto quase já não se fazem mais. Sem ele, a LBV não mais existiria. Agora, com ele, a LBV dá grandes e maiores passos, sempre no rumo do futuro. Não há no Brasil uma organização beneficente da amplitude, da profundidade da LBV." Em outra ocasião também declarou: “Olha, a LBV saiu na frente. Desde os tempos do saudoso Alziro Zarur, que a gente escutava muito na Rádio Mundial, que foi tão bem sucedido pelo meu amigo Paiva Netto. Para quê? Para fazer o Bem, levar comida a quem não tem, levar educação aos meninos que não podiam frequentar a escola, ensinar o trabalho, principalmente. Mas eu vejo, dentro de todas essas atividades da LBV, uma que, como jornalista, me parece a principal: a LBV debate os problemas nacionais, tenta conscientizar o cidadão para os seus deveres. Outras entidades depois vieram; têm muitas aí, mas quem começou foi a Legião da Boa Vontade. E afirma aquele provérbio árabe: ‘Bebe água limpa quem chega primeiro à fonte’. Vocês, ou melhor, nós, porque eu sou conselheiro da LBV, chegamos primeiro à fonte. Ótimo! Tomara que isso se multiplique!”

“Quando cheguei ao Rio de Janeiro, trabalhava na TV Globo, mas também na Rádio Mundial, onde imperava o nosso saudoso e sábio, era um homem sábio, Alziro Zarur. Lá, conheci o nosso Paiva Netto, que é mais novo do que eu; éramos muito jovens, mas já era a pessoa da absoluta confiança do Alziro Zarur, era o sucessor. Tanto era, que brincava com ele, dizendo: Ei, sucessor! Porque ele era realmente uma pessoa muito bem dotada, como provou depois, com uma visão muito clara do Cristianismo. (...) Minha admiração por ele vem sobretudo daí; ele não deixou a peteca cair. Pegou uma grande Obra e ampliou-a, e tornou a Legião da Boa Vontade esta coisa fantástica. É a única organização civil que representa o Brasil na ONU, com status consultivo; a única representação brasileira da área social nas Nações Unidas é a LBV. Como sei, eles não brincam lá. (...) Eu fui adido cultural em Roma e em Paris. Lá, vi as referências da Unesco sobre a LBV. (...) Isso prova a seriedade e a competência do trabalho da Legião da Boa Vontade. É só ir à LBV para ver crianças estudando, sendo ajudadas e os velhos, atendidos.” Em outra oportunidade, também se recordou dessa amizade de longa data com a Instituição: “Alguém me disse para ir à Rádio Mundial e conversar com Alziro Zarur. Eu fui, e ele me recebeu muito gentilmente. (...) Eu tenho uma lembrança de gratidão, pois quando você arranja um emprego e encontra pessoas que tratam de você, que esquecem que você saiu da cadeia, mas que recebem como se você fosse um cidadão (o que eu era, um jornalista que fora perseguido). Foi aí que conheci o Paiva Netto, cujo trabalho sempre admirei. Paiva Netto é muito interessante e simpático falando sobre os livros. É, na verdade, um homem que representa o Brasil. Quando ele chega com a LBV, ele representa o país”. SEBASTIÃO NERY Jornalista

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 43


EDUCAÇÃO

Uma visão além do intelecto

Pedagogia do Afeto e Pedagogia do Cidadão Ecumênico, da LBV Com o diferencial da Espiritualidade Ecumênica, a Legião da Boa Vontade educa para a Cidadania Global


NestA SEÇÃO, você encontrará: 48

Proposta pedagógica da LBV

54

Linha pedagógica da Legião da Boa Vontade na prática

56

Entre as mais eficazes do mundo

58

Legião da Boa Vontade é convidada a compartilhar sua prática pedagógica na Irlanda

60

LBV dos EUA constrói escola em Newark

62

Em defesa da infância

66

“A maior creche do Brasil”

70

Escolas de Educação Infantil da LBV

73

Além da Educação Básica, capacitação profissional

74

Congresso Internacional de Educação da Legião da Boa Vontade

76

Pedagogia do Afeto, da LBV, aplicada na rede pública de ensino em SP

77

Legião da Boa Vontade transforma vidas

80

Aluno Eminente do Colégio Pedro II

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 45


João Periotto

Arquivo BV

EDUCAÇÃO

46 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


O

Ideal Fraterno e o compromisso com a Educação de qualidade estão na ordem do dia na Legião da Boa Vontade, por iniciativa de seu diretor-presidente, José de Paiva Netto, que, como educador, se preocupa com a essência do ser humano, a exemplo do que ele próprio preceitua em sua diretiva de formar “cérebro e coração”. Para fundamentar sua proposta pedagógica, ele utiliza a experiência de 63 anos de trabalho na LBV, Instituição que, há 70 anos, se dedica em educar com Espiritualidade Ecumênica. São décadas de atuação em uma das causas mais relevantes no mundo: a construção da Cultura de Paz, priorizando a valorização do indivíduo como um ser integral e, ao mesmo tempo, propondo uma alternativa ecumênica ao modelo pedagógico que, ainda, superestima o raciocínio, em prejuízo dos conteúdos socioafetivo e intuitivo. Veja, nas páginas a seguir, de que forma a Instituição se empenha em oferecer escolas com infraestrutura de ponta a milhares de crianças, jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social. Nelas, os alunos aprendem, com o direcionamento da Pedagogia própria da LBV (composta da Pedagogia do Afeto e da Pedagogia do Cidadão Ecumênico), criada por Paiva Netto, a utilizar o saber intelectual, iluminado por valores e sentimentos elevados, em favor da humanidade. Também saiba quais têm sido os resultados dessa inovadora proposta pedagógica e a repercussão dela internacionalmente.

Em 18 de outubro de 2013, o educador Paiva Netto em uma de suas visitas de supervisão na Supercreche Jesus, em São Paulo/SP, ladeado por crianças atendidas pela Legião da Boa Vontade. No registro à esquerda, no alto, aparece o saudoso fundador da LBV, Alziro Zarur, compartilhando os ideais ecumênicos da Obra a alunos da Instituição em Nova Iguaçu/RJ, no dia 5 de maio de 1974. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 47


EDUCAÇÃO

Proposta pedagógica da LBV A

inovadora linha educacional da Legião da Boa Vontade é composta pela Pedagogia do Afeto e pela Pedagogia do Cidadão Ecumênico, as quais atendem de maneira específica a diferentes realidades das faixas etárias. A Pedagogia do Afeto contempla a infância, enquanto a Pedagogia do Cidadão Ecumênico estende-se ao cuidado da adolescência/juventude à idade adulta. Ambas carregam componentes responsáveis por promover Educação com Espiritualidade Ecumênica, ao aliar conhecimentos intelectuais e bons sentimentos, mediante necessidades básicas, anseios e possibilidades distintas das idades dos estudantes. Elas permeiam todas as atividades nas escolas de Educação Básica que a LBV mantém nas regiões Centro-Oeste, Norte, Sudeste e Sul do Brasil, bem como os serviços e programas socioeducacionais oferecidos pela Instituição, em seus Centros Comunitários de Assistência Social. A Pedagogia da LBV fundamenta-se nos valores nascidos do Amor Fraterno, o qual enriquece a pessoa para a vivência da Cidadania Ecumênica, firmada esta no exercício pleno da Solidariedade Global, que se traduz no Novo Mandamento de Jesus, o

Cristo Ecumênico, o Divino Estadista: “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos” (Evangelho, segundo João, 13:34 e 35). Bem a propósito, em um de seus improvisos, aos microfones da Super Rede Boa Vontade de Rádio, em 17 de junho de 1999, Paiva Netto evidenciou: “(...) Fazemos todo o esforço para socorrer as crianças, instruí-las, consequentemente livrá-las do perigo da ignorância, principalmente da ignorância espiritual, de maneira que possam tornar-se adultos equilibrados, e o mesmo fazemos com as moças e com os rapazes. Por isso, esses que são responsáveis por eles têm de estar sob acompanhamento e em capacitação continuada, mas sem esquecer o grande diferencial dos nossos empreendimentos de Boa Vontade, que é o Cristo de Deus, visto de maneira assectária, libertária, acima de grilhões, de patrulhamentos humanos de qualquer natureza. A Boa Nova Dele, Jesus — entendida em Espírito e Verdade, à luz do Seu Mandamento Novo —, não alimenta nem suporta intolerâncias. Suas lições são tão elevadas e a erudição que elas promovem tão extensa, que costumo afirmar que Jesus é uma conquista diária”.

Resultados da Proposta Pedagógica da Legião da Boa Vontade Os bons resultados da aplicação da linha educacional da LBV podem ser comprovados observando-se estes relevantes pontos: • evasão escolar zero; • desenvolvimento acadêmico e acesso a universidades públicas e privadas, com bolsas de estudo; • reconhecido trabalho permanente de prevenção e de combate à drogadição, ao bullying e a comportamentos de agressividade.

48 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Vivian R. Ferreira

Rio de Janeiro/RJ

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 49


EQUILÍBRIO ENTRE RAZÃO E EMOÇÃO Por considerar o educando um ser espírito-biopsicossocial, que traz consigo o registro de experiências anteriores favoráveis a seu aprendizado, a LBV investe na formação completa dele. Para atender a suas dimensões (espiritual, biológica, psíquica e social), faz uso de duas inovadoras ferramentas criadas pelo educador Paiva Netto: a Pedagogia do Afeto e a Pedagogia do Cidadão Ecumênico. Estas são postas em prática na LBV do Brasil e do exterior — presente na América Latina, na América do Norte e na Europa, com unidades autônomas apoiadas pelas comunidades locais. Essa proposta educacional soma os valores espirituais, éticos e ecumênicos 50 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Vivian R. Ferreira

Curitiba/PR

São Paulo/SP Leilla Tonin

Em outro discurso, este ao corpo docente do Instituto de Educação da LBV, em São Paulo/SP, em 1999 — publicado nas revistas Sociedade Solidária e Globalização do Amor Fraterno (disponíveis em alemão, espanhol, esperanto, francês, inglês e português e encaminhadas às Nações Unidas) —, o dirigente da LBV afirmou: “O Espírito tem lugar preponderante na nossa lide. Entretanto, na preparação de jovens e adultos para a subsistência neste mundo material de tecnologia jamais vista — e, paradoxalmente nos dias de hoje, tão instável para os que labutam pelo futuro próprio —, devemos levar na mais alta consideração que os educandos têm de ser com eficiência qualificados para a exigente demanda do acirrado mercado atual de trabalho. E mais: de tal maneira que não persigam um caminho em que a profissão para a qual se aprontaram não mais exista ao fim do curso. É essencial, pois, receberem formação eficaz para que sejam arrojados, empreendedores, de modo que possam suplantar os acontecimentos supervenientes que, a qualquer instante, desafiam a sociedade, assustando multidões. (...) De nada adiantarão, portanto — digamos para argumentar —, planejamentos audaciosos se não houver quem tenha sido devidamente instruído para desenvolvê-los. Por isso mesmo, cuida do Espírito, reforma o ser humano, e tudo se transforma! Ah! Isso demora?! Então, comecemos ontem, porque estamos muito atrasados!”

Leilla Tonin

EDUCAÇÃO

Santa Cruz de la Sierra, Bolívia


Carlos César da Silva

Programa LBV – Potencializando Habilidades Em consonância com a diretriz da Instituição de não deixar nenhum aluno para trás e de respeitar as diferenças, o Programa LBV — Potencializando Habilidades (PPH), aplicado nas escolas da Legião da Boa Vontade, tem o objetivo de acompanhar o desenvolvimento pedagógico e social dos alunos com necessidades educacionais especiais. Além de realizar Atendimento Educacional Especializado (AEE), apoia e instrumentaliza os profissionais desses estabelecimentos de ensino, oferecendo-lhes suporte técnico e de outros tipos, para a atuação deles de acordo com as necessidades individuais específicas das crianças e dos jovens, atendidos, conforme suas especificidades diagnósticas, por profissionais externos à instituição escolar.

Leilla Tonin

Vivian R. Ferreira

Buenos Aires, Argentina

São Paulo/SP Montevidéu, Uruguai

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 51


ao saber intelectual a fim de que haja maior enriquecimento do conteúdo pedagógico oferecido. Em consonância com esse propósito, o diretor-presidente da Instituição, há décadas, tem pontuado: “Convoco a inteligência de todos para este entendimento: é essencial enxergar além do intelecto. A mente sem o sentimento é forma castradora do pensar”.

Vivian R. Ferreira

EDUCAÇÃO

PEDAGOGIA DO AFETO, DA LBV A Pedagogia do Afeto é utilizada nas atividades destinadas a crianças de até os 10 anos, levando-se em conta a realidade de um cenário muitas vezes de agressividade (violência física, psicológica e/ou emocional), que produz diversas sequelas, entre as quais cicatrizes no corpo e/ou no Espírito. Daí se reforçar a importância de a vivência dos bons sentimentos aliar-se ao estímulo do desenvolvimento da inteligência das meninas e dos meninos desde a mais tenra idade deles para que o afeto que recebam não fique restrito ao ambiente familiar, mas também seja compromisso da escola. A fórmula do sucesso dessa pedagogia consiste em nutrir o coração das crianças de bons valores, ao mesmo tempo em que se oferece a elas ensino de alta qualidade, abrangendo-se, assim, indivíduos de uma faixa etária mais vulnerável no processo do próprio desenvolvimento. Esses esforços fortalecem o coração deles e os preparam, nessa fase determinante da aprendizagem, para a convivência harmoniosa em sociedade.

A Pedagogia do Cidadão Ecumênico é aplicada, desde os Ensinos Fundamental e Médio até a Educação de Jovens e Adultos (EJA), a pessoas que têm 11 anos ou mais de idade. Ela apresenta resultados expressivos, frutos do oferecimento de um conteúdo pedagógico de excelência, permeado pela Espiritualidade Ecumênica. Isso fica comprovado pela motivação dos alunos na continuidade dos estudos — as escolas da LBV não têm evasão escolar — e pelo acesso dos concluintes da Educação Básica ministrada na rede de ensino da Instituição a faculdades públicas e privadas (com bolsas parciais e integrais). 52 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Leilla Tonin

PEDAGOGIA DO CIDADÃO ECUMÊNICO, DA LBV

São Paulo/SP

Belém/PA


Vivian R. Ferreira

Programa de Alfabetização e Raciocínio Atenta em oferecer uma educação em que todos os educandos se sintam participantes da construção do conhecimento, a Legião da Boa Vontade aplica em suas escolas o Programa LBV — Alfabetização e Raciocínio (PAR). Destinado a alunos do 1o ao 3o ano do Ensino Fundamental que apresentam dificuldade acentuada na aprendizagem dos conteúdos, essa iniciativa visa reforçar neles as habilidades cognitivas de leitura, de escrita e de raciocínio lógico-matemático. Essas competências são trabalhadas por meio de jogos, brincadeiras e novas tecnologias — sem que seja esquecida a vivência de valores que elevem a autoestima dessas crianças —, além do uso de outros recursos que estimulem o aprendizado delas de modo satisfatório e efetivo.

Vivian R. Ferreira

Leilla Tonin

São Paulo/SP

Leilla Tonin

Assunção, Paraguai

São Paulo/SP Brasília/DF

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 53


EDUCAÇÃO

Linha pedagógica da LBV na prática O educando como protagonista do saber

O Manual da Pedagogia do Afeto e da Pedagogia do Cidadão Ecumênico — Educação com Espiritualidade Ecumênica, publicado pela LBV, em junho de 2010, serve de referência na prática dos educadores da Entidade e na capacitação de outros profissionais ligados à área da Educação que desejam aprimorar sua atuação com os conceitos da Pedagogia da LBV e do método próprio desta: o MAPREI.

54 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

que direciona as atividades da respectiva disciplina nas seis etapas do método.

AUTOESTIMA PARA A CONTINUIDADE DOS ESTUDOS Essa ativa participação do estudante nas aulas o motiva a permanecer no ambiente escolar e reforça a autoestima dele para a continuidade dos estudos — fator que incentiva seu ingresso na universidade. Para isso, o aluno conta com caminhos indicados e apoiados pela equipe multidisciplinar da Instituição. Também é inserida nesse método a integração da família na vida escolar. Para a correta aplicação dessa inovadora metodologia, são realizadas capacitações continuadas pela equipe de educadores não somente nas escolas e nos serviços e programas socioeducacionais da LBV, como também em atendimento aos numerosos pedidos de instituições de ensino que decidem implementar esse método pedagógico em suas unidades.

Leilla Tonin

A

Legião da Boa Vontade possui metodologia própria para sua rede de ensino e para os serviços e programas socioeducacionais que mantém: o MAPREI (Método de Aprendizagem por Pesquisa Racional, Emocional e Intuitiva). Trata-se de ferramenta pedagógica que viabiliza a aplicabilidade dos valores da Espiritualidade Ecumênica aliados aos conteúdos pedagógicos, mediante conceitos advindos da Pedagogia criada pelo educador Paiva Netto, a qual objetiva garantir qualidade intelectual aliada ao desenvolvimento pleno de cidadãos ecumênicos. Essa metodologia é utilizada no planejamento das atividades da matriz curricular nos estabelecimentos de ensino da Entidade, bem como no das ações lúdicas e esportivas realizadas em outras unidades de atendimento da LBV, em conformidade com as diferentes faixas etárias atendidas nesses locais. O objetivo do MAPREI é desenvolver no indivíduo habilidades investigativas, racionais e intuitivas por meio do incentivo à pesquisa e do aprofundamento do estudo de temas, recursos esses primordiais à construção do conhecimento. O educando é visto como protagonista do processo de aprendizagem, mediado este pelo professor,

Brasília/DF


Vivian R. Ferreira

Leilla Tonin

São Paulo/SP

Uberlândia/MG

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 55


EDUCAÇÃO

Entre as mais eficazes do mundo Ação socioeducacional da LBV é recomendada oficialmente pela ONU durante Reunião de Alto Nível do Ecosoc em Genebra, na Suíça.

N

a primeira semana de julho de 2011, autoridades do mundo inteiro estiveram em Genebra, na Suíça, para a anual Reunião de Alto Nível do Conselho Econômico e Social (Ecosoc) das Nações Unidas. No centro dos debates, o atual cenário da educação, as metas e os desafios nessa área e as boas práticas que têm transformado para melhor a realidade de muitos países. A participação da Legião da Boa Vontade no evento, a exemplo do que ocorreu nas edições anteriores, honrou o nome do Brasil na ONU. Além de divulgar os resultados de seu trabalho socioeducacional — com a Pedagogia do Afeto e a Pedagogia do Cidadão Ecumênico, propostas pelo diretor-presidente da Entidade, o educador Paiva Netto —, a Instituição representou a sociedade civil em diversos momentos do encontro. Em especial, compartilhou com delegações internacionais e representantes de todo o mundo as boas práticas na área educacional, realizadas na América do Sul, nos Estados Unidos e em Portugal. Logo no primeiro dia da reunião, 4 de julho, os participantes tomaram conhecimento de uma série de recomendações elaboradas pela LBV e traduzidas pela ONU para os seis idiomas oficiais desse organismo. As delegações internacionais ainda receberam uma publicação especial: a BOA VONTADE Educação, editada em espanhol, francês, inglês e português.

REEDUCAR PARA TRANSFORMAR Naquele ano, a Instituição foi convidada a inte56 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

grar a programação oficial do evento organizando o painel temático “Educação de qualidade e equitativa: um desafio intersetorial para atingir os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio”. Nele, ministrou a palestra “Educação de excelência superando a miséria: Como formar o cidadão integral para a Sociedade Solidária”. Compuseram a mesa a embaixadora Maria Nazareth Farani Azevêdo, chefe da Missão Permanente do Brasil junto à ONU em Genebra; o dr. Andrei Abramov, à época chefe da Seção de ONGs do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da ONU (UN/Desa); e Suelí Periotto, supervisora da linha pedagógica da LBV, mestre e doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Durante o painel, o dr. Abramov afirmou que “a Legião da Boa Vontade tem um lugar muito especial” no cenário de avanço educacional e destacou: “Não apenas pelo histórico estável na educação, mas também pela ação em outras áreas. A LBV aplica sua abordagem holística nas favelas, locais provavelmente mais violentos nas cidades do Brasil. A Organização trabalha em parceria com o governo, com as autoridades locais e outras ONGs, unindo programas de aprendizado para crianças e adolescentes e seus pais em situação de risco social”. Para ele, essa característica distingue a Instituição e contribui para a quebra do círculo vicioso que leva gerações seguidas a não ter um ensino de qualidade e, por consequência, a so-


Adriana Rocha

shutterstock.com Pedro Periotto

Ban Ki-moon, à época secretário-geral das Nações Unidas, recebe do representante da LBV, Danilo Parmegiani, a BOA VONTADE Educação, publicação especial da LBV para o evento em Genebra, na Suíça.

frer com a pobreza. “A LBV inspira o coração e a mente de alunos e pais para conscientizá-los e sensibilizá-los da educação como um direito humano, oferecendo a eles a oportunidade de me-

lhorias em suas vidas e em seu bem-estar econômico e social e de exercer a cidadania. Isso é o que diferencia a Legião da Boa Vontade das outras instituições”, ressaltou. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 57


EDUCAÇÃO

LBV é convidada a compartilhar sua prática pedagógica na Irlanda

E

m 4 de março de 2019, no Centro de Educação de Cork, na Irlanda, integrantes da equipe pedagógica da Legião da Boa Vontade apresentaram algumas das boas práticas da Instituição na Educação Básica. Nessa ocasião, professores, diretores e inspetores de Educação Especial de escolas das cidades de Cork e de Limerick conheceram melhor a proposta educacional aplicada pela rede de ensino da LBV na América Latina. A exposição foi feita pela mestre e doutora em Educação Suelí Periotto, supervisora da linha educacional da Legião da Boa Vontade, e pelas pedagogas Gisela Portilho, pós-graduada em Administração Escolar e em Psicopedagogia, e Aline Braga, pós-graduada em Metodologia das Ciências Exatas. O destaque dessa apresentação foram os resultados obtidos por meio do Programa LBV — Potencializando Habilidades (PPH). O convite à Instituição partiu do professor Trevor O’Brien, membro do Departamento de Psicologia Educacional e Educação Inclusiva e Especial da Mary Immaculate College (MIC) — universidade em Limerick —, depois de este conhecer o Conjunto Educacional Boa Vontade, situado na capital paulista, em 7 de novembro de 2018. Na ocasião, ele acompanhou de perto a forma pela qual ocorre a inclusão de alunos com deficiência nessa escola regular da LBV. “Fiquei impressionado ao ver a dedicação dos educadores com as crianças. Eles partem da necessidade e dos pontos fortes delas, em vez de focar nas deficiências [dos estudantes]. Gostei da maneira com que [os educandos] colaboram com os professores na sala de aula e como trabalham juntos dentro e fora

58 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

dela. É utilizada uma abordagem colaborativa, o que facilita muito o ensino. (...) Esta escola é única. Nunca conheci outra como ela, com instalações que atendem alunos de diversas idades. Fiquei especialmente impressionado pela cordialidade e pela simpatia dos funcionários e pelo jeito com que [o colégio] é estruturado, recebendo crianças e bebês desde os 4 meses de idade”, ressaltou. Essa vivência do professor O’Brien na visita à escola da LBV é fruto de recomendação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), por intermédio da doutora Neide de Aquino Noffs, professora titular da referida universidade, e da doutora Madalena Peixoto, diretora da Faculdade de Educação da PUC.

“Sei que há muito mais desvantagens em São Paulo do que na maioria dos lugares Rep rodução BVTV da Irlanda. Por isso, eu queria ver como as pessoas ensinavam lá. Fiquei muito satisfeita em acompanhar a palestra, especialmente sobre o programa de Educação Especial da LBV, que é aplicado a crianças a partir dos 4 meses de idade. Foi uma apresentação muito boa e esclarecedora.” JEAN O’SULLIVAN Professora


“Achei a palestra inspiradora. Foi maravilhoso saber como pessoas que vêm de realidades tão difíceis Rep rodução BVTV podem vencer na vida, quando há uma equipe forte apoiando. Gostei de ver as crianças no vídeo da apresentação; estavam muito felizes. Chamou a minha atenção a quantidade de ex-alunos que retornaram à escola para lecionar. Eles não voltariam [à LBV] se não estivessem felizes. Com isso, aprendi que precisamos fazer da escola um lugar feliz para os alunos, para que eles queiram estar lá. E isso eu vou levar comigo.”

Fotos: Emydgio Valeretto Neto

Da esquerda para a direita, Maria Suelí Periotto, supervisora da Pedagogia do Afeto e da Pedagogia do Cidadão Ecumênico, da LBV; professor Trevor O'Brien, membro do departamento de Psicologia Educacional e Educação Inclusiva e Especial da Mary Immaculate College; Rosana Bertolin, professora da LBV; e Aline Braga e Gisela Portilho, vice-diretoras da escola da Legião da Boa Vontade em São Paulo/SP.

KIERAN LYNCH Professor

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 59


EDUCAÇÃO

LBV dos EUA constrói escola em Newark Todos os recursos para essa obra estão sendo levantados pela solidariedade da comunidade local

A

fim de fortalecer e ampliar o trabalho desenvolvido há mais de trinta anos, a Legião da Boa Vontade dos Estados Unidos inaugurará o Centro Educacional e de Assistência Social Paiva Netto (em inglês, Paiva Netto’s Educational and Social Assistance Center). A unidade está sendo construída no bairro Ironbound, em Newark, a maior cidade do Estado de New Jersey. Ao todo, serão 1.300 famílias beneficiadas anualmente pelas ações que se realizarão nesse espaço, que abrigará uma escola de Educação Infantil e um centro comunitário. O empreendimento possibilitará que os pais das crianças atendidas tenham tranquilidade ao ir para o emprego por saber que os filhos estão em segurança na LBV.

NOVEMBRO DE 2018

60 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

MARÇO DE 2019


Fotos: Arquivo BV

A LBV dos EUA precisa da sua ajuda! www.lgw.org/donate Legion of Good Will — USA Legion of Good Will

Danilo Parmegiani

@Legionofgoodwill

JULHO DE 2019

SETEMBRO DE 2019

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 61


EDUCAÇÃO Breve histórico das principais escolas da LBV

Em defesa da infância No aniversário da cidade de São Paulo, Paiva Netto presenteia a metrópole com um moderno e amplo centro educacional

62 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Armando Kitamura

U

ma das escolas da LBV, o Conjunto Educacional Boa Vontade, localizado em São Paulo/SP, chama a atenção pela estrutura arrojada. Formado pela Supercreche Jesus e pelo Instituto de Educação José de Paiva Netto, atende cerca de 1.500 alunos, do berçário ao Ensino Médio, além da modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA). O estabelecimento foi criado por iniciativa do dirigente da Instituição, logo após inaugurar a nova sede administrativa da Entidade, em 1984, no mesmo quarteirão. Assim, entregou à população um centro educacional com o objetivo de atender famílias em situação de vulnerabilidade social, comprometido em unir eficiência no ensino e o ambiente mais propício ao aprendizado, contando com área verde — à época, preocupação pouco existente na acinzentada paisagem paulistana. A história desse presente começou com um passeio por movimentada via do Bom Retiro. Atento ao panorama urbano, Paiva Netto logo observou, com admiração, um terreno arborizado no bairro e imaginou crianças aprendendo e divertindo-se por entre espécies da flora centenária local. “Vinha eu, com meus filhos, pela Rua Luzitânia (atualmente Norma Pieruccini Giannotti), na Barra Funda. Apontei-lhes, então, 21 frondosas árvores na esquina da Avenida Rudge com a Rua Sérgio Tomás, no Bom Retiro, e as aves que para ali voavam à procura de seus ninhos. Naquele instante, exclamei: Meu Deus, poderíamos, nesse local, à garrulice dos pássaros juntar a alegria das crianças! (...) Desejávamos construir uma creche naquela avenida, porque lá se encontra a sede administrativa da humanitária LBV”, relembra o educador.


Arquivo BV

Em julho de 1995, o saudoso dr. João Jorge Saad (E), fundador da Rede Bandeirantes, e o veterano jornalista Gilberto Amaral foram recebidos por Paiva Netto durante visita à escola da LBV na capital paulista.

Cida Linares

Vista parcial do Conjunto Educacional Boa Vontade, em São Paulo/SP, Brasil.

O Instituto de Educação José de Paiva Netto, em São Paulo/SP, manifesta que educação de qualidade, solidariedade e Espiritualidade Ecumênica são indispensáveis à formação do cidadão pleno. Tais valores são exercitados pela Pedagogia do Afeto e pela Pedagogia do Cidadão Ecumênico, criadas por Paiva Netto e aplicadas, com sucesso, na rede de ensino e nos programas socioeducacionais da Instituição. Em um grande totem, ao lado do frontispício, o dirigente da LBV fez colocar esta máxima de Aristóteles (384322 a.C.), grafada em letras douradas: “Todos quantos têm meditado na arte de governar o gênero humano acabam por se convencer de que a sorte dos impérios depende da educação da mocidade”.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 63


EDUCAÇÃO Breve histórico das principais escolas da LBV

A data escolhida por ele — 25 de janeiro de 1986 — para a inauguração da primeira parte do Conjunto Educacional foi com o intuito de homenagear a ci­dade de São Paulo no aniversário dela. “Resolvi botar a boca no mundo. Levei a ideia aos Legionários, e todos concordaram com entusiasmo. Começamos uma grande campanha para adquirir o terreno e edificar a obra. Jesus, o Educador Celeste, e São Francisco de Assis, o Patrono da LBV, responderam ao nosso apelo por intermédio das pessoas de Boa Vontade. Construímos um verdadeiro templo naquela esquina, no qual as crianças são carinhosamente amparadas. Não há altar melhor para adorar a Deus do que o coração de nossos semelhantes, principalmente se são crianças e idosos, que não se podem defender com eficiência igual à de um adulto cheio de saúde. Na entrada, mandei colocar bem na frente esta afirmativa: ‘Supercreche Jesus — Recanto de Amor e Poesia. Aqui se valoriza o ser humano’”, conta Paiva Netto.

“CRIANÇA CARENTE TAMBÉM É GENTE!” A Supercreche Jesus, da LBV, é um espaço especialmente projetado para atender crianças desde os quatro meses de vida. Foi criada para oferecer o que 64 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

há de melhor e mais moderno na educação, já que essa fase da infância é decisiva na formação básica da pessoa. Antes da aquisição do terreno, uma situação especial demonstrou bem o cuidado habitual de Paiva Netto para com a educação dos mais jovens. Ele a rememora desta forma: “Na ocasião, uma importante figura, num momento pouco inspirado (porque se trata de um bom sujeito), chegou a argumentar contrariamente, quando manifestei a minha vontade de construir naquele espaço uma obra de cunho socioeducativo — até porque havia grande interesse de corporações para a compra do local: ‘Que é isso, Paiva?! O metro quadrado aqui vale ouro! Como construir uma creche neste espaço?!’. Respondi-lhe, surpreendido, que é por alguns pensarem assim que o povo vive tão maltratado, porquanto pouco instruído, e o Brasil enfrenta enormes problemas sociais. Trata-se de uma questão de mentalidade a ser corrigida logo! O metro quadrado aqui é caro para criança?! Então, meu amigo, custe o que custar, compraremos este terreno. Criança carente também é gente! Ele acabou concordando e, quando passa por lá, confor-


Fotos: Arquivo BV Vivian R. Ferreira

me confidenciou a um nosso amigo comum, sente grande emoção ao ver tanta vida jovem florescendo por ali”. Em 25 de janeiro de 1993, Paiva Netto inaugurou, ao lado da Supercreche Jesus, o Instituto de Educação que leva o nome dele. Em julho de 1995, as novas instalações da escola foram entregues à população, o que possibilitou estender o trabalho e a permanência dos estudantes na unidade até o Ensino Médio. Atualmente, além das várias salas de aula, o Conjunto Educacional conta com sala multimídia; pátios abertos e cobertos; o “Recanto Jesus”, espaço dedicado ao cultivo de flores e de árvores frutíferas; brinquedoteca; quatro quadras para atividades desportivas (sendo uma coberta); biblioteca; espaço cultural; ambulatório; três refeitórios; e duas cozinhas com equipamentos modernos — com os quais dezenas de profissionais preparam mais de quatro mil refeições diárias, altamente nutritivas e adequadas a cada faixa etária dos alunos. O Conjunto Educacional Boa Vontade localiza-se na Avenida Rudge, 630/700, no Bom Retiro, em São Paulo/SP. Telefone: (11) 3225-4500.

Laura Pedrotti

Na inauguração da Supercreche Jesus, em 25 de janeiro de 1986, uma multidão toma conta do local durante o pronunciamento de Paiva Netto.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 65


EDUCAÇÃO

João Preda

Breve histórico das principais escolas da LBV

“A maior creche do Brasil” Divulgação

Assim o saudoso colunista social Ibrahim Sued (1924-1995) definiu o que viria a ser o Centro Educacional José de Paiva Netto, da LBV, no Rio de Janeiro/RJ.

Ibrahim Sued (1924-1995)

66 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

E

m 2 de março de 1996, data de seu aniversário, o diretor-presidente da Legião da Boa Vontade presenteou a população em situação de vulnerabilidade social do Rio de Janeiro/RJ com uma grandiosa unidade: o Centro Educacional José de Paiva Netto, da LBV. O objetivo principal foi o de propiciar uma nova realidade aos alunos que viriam a ingressar naquele local e às famílias deles, oferecendo-lhes bons professores e infraestrutura de alto nível para o ensino. Mesmo com a Instituição possuindo no Estado outras unidades de atendimento — entre estas um


Arquivo BV Leila Marco

Conforme noticiaram a revista IstoÉ e a Rádio Globo do Rio de Janeiro/RJ, mais de 110 mil pessoas acompanharam o pronunciamento de Paiva Netto durante a inauguração do Centro Educacional da LBV, na capital fluminense, como mostram as imagens, com vista parcial para a Estrada Adhemar Bebiano (antiga Estrada Velha da Pavuna) e para a Av. Dom Hélder Câmara (antiga Av. Suburbana). BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 67


EDUCAÇÃO

Vivian R. Ferreira

O Centro Educacional da LBV, no Rio de Janeiro/RJ, está localizado na Av. Dom Hélder Câmara, 3.059, Del Castilho.

abrigo para idosos —, que empreendem diversos serviços e programas socioeducacionais, o dirigente da LBV fez questão de levantar a voz para realizar ainda mais pela infância carioca, principalmente após a terrível chacina da Candelária, ocorrida em 1993, a qual vitimou crianças e adolescentes moradores de rua. Em pouco mais de um ano depois desse triste episódio, as obras do referido Centro Educacional tiveram início. A contenção das encostas começou em 10 de junho de 1994, e a construção propriamente dita, em 16 de fevereiro de 1995. Naquele 2 de março, em frente à grandiosa edificação, localizada na s cilla Pris

68 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

e tun An

Arquivo BV

Breve histórico das principais escolas da LBV


Júlio César Guimarães

Arquivo BV

1

2

Av. Dom Hélder Câmara (antiga Av. Suburbana), 3.059, em Del Castilho, um mar de gente — mais de 110 mil pessoas — bradava o nome de Paiva Netto, que, atendendo ao apelo da multidão, surgiu na grade do solário, no segundo pavimento, e falou aos presentes, cercado das personalidades e dos artistas que prestigiavam o evento e dos amigos que apoiaram desde o início a campanha da Instituição para levantar o prédio. Naquela ambiência de forte sentimento, ele relembrou a superação de obstáculos para cumprir os prazos, entre os quais as torrenciais chuvas que desabaram sobre a cidade em fevereiro e trouxeram transtornos à obra — aliás, quem fosse à construção dias antes não acreditaria ser possível o término dela. Na noite anterior e na própria madrugada do dia 2, um mutirão de limpeza, que contou com a ajuda de muitos voluntários, deixou pronto o local para o início imediato das atividades.

Arquivo BV

LIGAÇÃO HISTÓRICA (1) O programa Hora da Boa Vontade, transmitido pela Rádio Globo do Rio de Janeiro, a partir de 4 de março de 1949, foi o embrião da LBV no rádio. Esse fato histórico sempre foi lembrado com carinho por dirigentes das duas instituições, a exemplo de quando o saudoso dr. Roberto Marinho (1904-2003) e Paiva Netto cordialmente conversaram durante homenagem na ABL, em 23 de março de 1994, ocasião em que o acadêmico e então presidente das Organizações Globo recebeu do Sindicato Nacional dos Editores de Livros o prêmio “Personalidade do Ano de 1993”. (2) A construção do Centro Educacional da Legião da Boa Vontade, no bairro de Del Castilho, no Rio de Janeiro/RJ, recebeu o apoio de diversas personalidades, entre elas a da sempre lembrada Lily de Carvalho Marinho (1921-2011), que foi patronesse de evento realizado no Copacabana Palace, no dia 18 de outubro de 1995, prestigiado pela sociedade carioca, cujos recursos foram destinados à iniciativa. A escola da LBV foi inaugurada meses depois, em 2 de março de 1996.

24 DE OUTUBRO DE 1981 — RIO DE JANEIRO/RJ Inauguração, feita por Paiva Netto, da primeira creche da LBV na capital fluminense, localizada na Rua Bolívia, 50, no bairro do Engenho Novo. Na foto, ele e sua filhinha Iraci são recepcionados pela Família Legionária. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 69


EDUCAÇÃO Breve histórico das principais escolas da LBV

Escolas de Educação Infantil da LBV Atenção à criança desde a mais tenra idade

a

s meninas e os meninos amparados pela Legião da Boa Vontade são respeitados e bem acolhidos desde o comecinho de suas vidas. Para o público na faixa etária até os 5 anos, a Instituição também possui unidades nas regiões Centro-Oeste, Norte e Sul do Brasil. Em Brasília/DF, por exemplo, a Escola de Educação Infantil Alziro Zarur atende mais de 150 crianças entre 3 e 5 anos de idade. Desde 2011, a unidade passou a funcionar na Colônia Agrícola Samambaia, em um espaço físico maior, ampliando, assim, a capacidade de atendimento e oferecendo a esses pequeninos e à família deles melhor qualidade de vida. Aliás, por sua localização, atendia a população residente no entorno do famoso lixão da Estrutural, em funcionamento até o início de 2008 e considerado o maior da América Latina. Na escola, os alunos podem desfrutar de ambiente seguro e fraterno e educação de qualidade, além de receber quatro refeições diárias (café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar). Ao longo do ano, os estudantes também ganham material escolar, uniformes e os cuidados de uma equipe multidisciplinar de profissionais. Essas mesmas ações ocorrem na Escola de Educação Infantil Jesus, em Belém/PA. Dessa forma, a Instituição contribui para que centenas de pais

70 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Brasília/DF

Belém/PA


Leilla Tonin

Janine Martins

Vinícius Ramão

Leilla Tonin

Brasília/DF

Curitiba/PR

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 71


EDUCAÇÃO

Vinícius Ramão

Breve histórico das principais escolas da LBV

72 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Belém/PA José Gonçalo

tenham onde deixar suas crianças enquanto trabalham. As vagas para a creche são muito concorridas na cidade, haja vista que, em 2018, mais de 900 crianças se encontravam em lista de espera para ingressar em alguma creche municipal, conforme dados da própria Secretaria Municipal de Educação da capital paraense. Em Curitiba/PR, cidade na qual a LBV atua desde 1955, o Centro de Educação Infantil José de Paiva Netto oferece ensino regular a crianças ainda mais novas: dos 2 aos 5 anos de idade. São 201, atendidas por uma equipe de 39 funcionários. Assim como nos demais estabelecimentos de ensino da Instituição, as meninas e os meninos têm na unidade a oportunidade de realizar atividades educativas, à luz da Pedagogia do Afeto, de praticar esportes, de fazer amizades e de aprender brincando. Os endereços e telefones de contato das unidades citadas estão disponíveis na página: www.lbv. org/enderecos

Leilla Tonin

Curitiba/PR

Brasília/DF


Fotos: João Gabriel

Além da Educação Básica, capacitação profissional Na escola da LBV, curso técnico com diploma e DRT

A

fim de ampliar suas frentes de ação, a Legião da Boa Vontade inaugurou, em 21 de agosto de 2017, a Escola de Capacitação Profissional Boa Vontade, em São Paulo/SP. No local, oferece o Curso Técnico em Rádio e Televisão, com foco no eixo tecnológico Produção Cultural e Design, o qual tem duração de um ano e meio e é dividido em três semestres. A iniciativa da Instituição visa contribuir para o ingresso dos alunos na economia criativa e no Setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (STIC), ao capacitá-los para exercer uma função

específica, que os alocarão no mundo do trabalho com segurança e confiança nos seus conhecimentos teórico-práticos. Destinado a jovens e adultos que estão cursando a 3a série do Ensino Médio ou que já o tenham concluído, o Curso Técnico disponibilizado pela LBV é o segundo totalmente gratuito da capital paulista a conceder DRT na área de comunicação. Essa é a oportunidade de que muitos deles precisam para construir uma realidade melhor para si mesmos e para participar ativamente da sociedade. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 73


EDUCAÇÃO

Congresso Internacional de Educação da LBV

I

nstituído pelo diretor-presidente da Legião da Boa Vontade, o jornalista, radialista e educador José de Paiva Netto, desde 2 de junho de 2000, o Congresso Internacional de Educação da LBV é um evento anual, no Brasil, e bienal, em Portugal. Um dos objetivos principais dele é o de contribuir para a formação continuada de profissionais da educação. Compartilhando os conceitos e a aplicação da linha educacional da LBV, criada por Paiva Netto e formada pela Pedagogia do Afeto e pela Pedagogia do Cidadão Ecumênico, seu grande diferencial é a Espiritualidade Ecumênica. Esta é definida pelo dirigente da Instituição como “o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo vulgar da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Misericórdia, da Moral, da Ética, da Honestidade, do Amor Fraterno”. Os assuntos abordados nas edições do encontro que ocorreram em terras brasileiras, mais especificamente em São Paulo/SP, atenderam a sugestões de congressistas sobre questões atuais vividas em sala de aula. É o caso do 21o Congresso Internacional de Educação da LBV, ocorrido de 26 a 28 junho de 2019. Na ocasião, acadêmicos e profissionais de áreas afins ao ensino trocaram experiências duran-

74 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

te ciclos de palestras e participaram de oficinas temáticas com base no tópico central do evento: “A avaliação como diagnóstico do conhecimento do estudante — uma visão além do intelecto”. Essa edição do congresso reforçou que a bagagem intelectual, emocional e espiritual do aluno precisa ser tão considerada quanto a nota que ele tem em avaliações e atividades pedagógicas, as quais nem sempre permitem ao estudante se expressar de maneira prazerosa e, justamente por isso, podem prejudicá-lo no alcance dos resultados almejados. A avaliação curricular vai além de testes para a com-


Fotos: Vivian R. Ferreira

O Congresso de Educação em temas e números Desde o início do Congresso Internacional de Educação da LBV, o evento teve como sede três países: Brasil, Portugal e Paraguai. O encontro já recebeu também participantes da África, da Argentina, da Bolívia, do Brasil, do Uruguai, de Portugal, do Paraguai, da Espanha e dos Estados Unidos.

NOS ÚLTIMOS ANOS

provação de notas, servindo também como instrumento para que a criança ou o jovem apresentem, com a percepção e a criticidade próprias, o conteúdo tratado. Exemplos disso não faltam na LBV. De acordo com a mestre e doutora em Educação Suelí Periotto, supervisora da linha pedagógica da LBV, “muitas vezes, o aluno sabe o conteúdo, mas fica nervoso para fazer aquela avaliação e pode não ir bem. (...) Todas as pessoas são capazes de aprender e ensinar. O educando é protagonista na formação de seu conhecimento, e o professor é mediador e figura essencial nesse processo”.

Sempre abordando temas sob “uma visão além do intelecto”, as mais recentes edições do congresso e alguns números dele são os seguintes: • 17a edição (2017, Brasil) — “A produção do conhecimento e o saber solidário”; • 18a edição (2017, Portugal) — “Empatia como ferramenta de aprendizagem”; • 19a edição (2018, Brasil) — “Aprendizagem significativa pela valorização do protagonismo do educando”; • 20a edição (2019, Portugal) — “Escola e família: como gerir a emoção na educação”; • 21a edição (2019, Brasil) — “A avaliação como diagnóstico do conhecimento do estudante”.

+ de 2 mil + de 25 participantes palestrantes

+ de 70 oficinas

+ de 140 oficineiros

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 75


Fotos: Arquivo BV

EDUCAÇÃO

Pedagogia do Afeto, da LBV, aplicada na rede pública de ensino em SP

E

ntre os participantes do 21o Congresso Internacional de Educação da LBV, destaque para um grupo de 26 profissionais da Secretaria Municipal de Educação de Capão Bonito, município do interior paulista, que ficou bastante entusiasmado em conhecer melhor a Pedagogia do Afeto, da LBV. Tanto que a Instituição foi convidada pela Secretaria para inaugurar e protagonizar, com a presença de autoridades locais, o “1o Workshop de Educação: Afeto, Inclusão e Movimento”, ocorrido nos dias 25 e 26 de julho de 2019, no Centro Educacional Paulo Freire, amplo espaço da cidade onde compareceram centenas de educadores.

76 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Carmen de Medeiros Bonani, diretora de Divisão do Ensino Fundamental e Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação de Capão Bonito, relatou: “Nós participamos do Congresso Internacional de Educação da LBV lá em São Paulo e foi, realmente, um marco; um divisor de águas para a nossa prática pedagógica. Veio consolidar teoricamente e, principalmente, com as oficinas, de forma prática, a proposta pedagógica que nós queremos consolidar e firmar no município por meio da nossa Secretaria Municipal de Educação, principalmente na minha área, que é a de Educação Especial e Inclusiva”.


LBV transforma vidas

O

Arquivo pessoal

s gêmeos Henrique e Vinicius Souza Costa, de 20 anos, são dois ex-alunos do Conjunto Educacional Boa Vontade, na capital paulista, que confirmam o sucesso da linha pedagógica da Legião da Boa Vontade. Eles frequentaram a unidade escolar do Ensino Fundamental ao Ensino Médio e agora, além de ser pessoas preparadas para exercer a cidadania global e ecumênica e de estar cientes da importância da vivência fraterna em sociedade, estão atingindo metas importantes na vida acadêmica. Graças ao atendimento recebido na LBV, que lhes proporcionou ensino de qualidade, Henrique e Vinicius obtiveram ótimo desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Henrique está cursando Engenharia Mecânica na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e foi aprovado na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Dos mil pontos possíveis de serem atingidos na redação do Enem, alcançou 940 em 2016. Na edição 2017 do exame, chegou a 900. Vinicius, por sua vez, está entusiasmado com os novos desafios que vem enfrentando no curso de Engenharia Física na mesma universidade onde estuda o irmão. Ele obteve aprovação também na Universidade de São Paulo (USP). Na redação da edição 2017 do Enem, conseguiu 980 pontos. A seguir, o depoimento deles e de outros ex-alunos da LBV que conquistaram sucesso na vida acadêmica.

Arquivo pessoal

Cases de sucesso

“Na LBV, aprendi valores como perseverança, coragem, persistência, solidariedade. A Pedagogia do Cidadão Ecumênico me ajudou muito a entender os problemas da vida, a ser um cidadão planetário, a entender que há um mundo à sua volta e que suas ações refletem na vida das outras pessoas, como também nas questões ambientais. [A Instituição] Me auxiliou a não ter uma visão egoísta, e sim a pensar mais amplamente, à frente. As aulas de Cultura Ecumênica e de Convivência também contribuíram muito, pois tiram o aluno da rotina só de estudos e mostram a ele que tudo o que está aprendendo não é só para um fim pessoal, mas humanitário.” VINICIUS SOUZA COSTA Ex-aluno da LBV em São Paulo/SP, que está cursando Engenharia Física, na Unicamp.

“Apesar de muitas pessoas escolherem a Engenharia pelo lado financeiro, ela tem a capacidade de ajudar aos outros. Existem muitos projetos que favorecem comunidades carentes de saneamento básico e de água potável. Um dia, participarei de um projeto desse tipo. (...) A sociedade como um todo tem que se beneficiar. Temos de ajudar uns aos outros. Esses foram conceitos que aprendi na escola da LBV e que levarei para a vida, livre de um pensamento egoísta.” HENRIQUE SOUZA COSTA Ex-aluno da LBV em São Paulo/SP, que está se graduando em Engenharia Mecânica, na Unicamp. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 77


Vivian R. Ferreira

Vivian R. Ferreira

EDUCAÇÃO

“A LBV se preocupa com o nosso futuro. A gente aprende que o meio ambiente é importante, que a Natureza interfere [na nossa vida]; então, vai plantar árvores, participa de eventos, como o da Feira de Inovações... A maioria das escolas faz você só assistir às aulas; pude ver isso pelos meus colegas de faculdade. Esse diferencial da LBV foi muito importante para mim.” DAIANA EVARISTO DE OLIVEIRA

Arquivo BV

Bióloga e ex-aluna do Conjunto Educacional Boa Vontade, na capital paulista, atualmente leciona no local.

“Eu falei para minha mãe: eu vou voltar à LBV para trabalhar; vou dar o meu melhor. Fui mantendo aquilo no coração e decidi que seria professora. (...) Eu fico muito feliz de participar da criação de um novo mundo, mais solidário. A gente sabe que outros profissionais nascerão dentro desta escola da LBV. É muito bom contribuir para uma sociedade melhor.” LETÍCIA BRUM Ex-aluna do Centro Educacional da LBV, no Rio de Janeiro/RJ. Formou-se em Pedagogia e, atualmente, atua como educadora na referida unidade.

78 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

"A Legião da Boa Vontade contribuiu na minha vida despertando em mim a preocupação social com o mundo. Recordo-me de aprender sobre valores solidários, éticos, espirituais, em um ambiente de muito respeito, fraternidade, Ecumenismo, desde bem novo. Conforme amadurecemos, esse tipo de reflexão nos leva a uma visão crítica e proativa sobre o mundo em que vivemos e até sobre as nossas atitudes. Eu me inscrevi para participar de um grupo teatral voluntário da LBV aos 11 anos de idade. Nos fins de semana, nós nos apresentávamos para crianças em hospitais. Na adolescência e na juventude, com outros jovens voluntários da Instituição, realizávamos peças teatrais e eventos culturais, fóruns e oficinas de debate em escolas e outros espaços públicos; participávamos de discussões sobre políticas públicas de juventude com outros movimentos juvenis, e, certamente, essas experiências influenciaram minhas escolhas acadêmicas e profissionais. Cursei Ciências Sociais na Universidade de São Paulo, universidade pública e gratuita com o vestibular mais concorrido do país. Hoje, atuo na comunicação da LBV, analisando pautas ligadas ao desenvolvimento sustentável, e como educador no Conjunto Educacional Boa Vontade, onde tive a felicidade de estudar.” DANIEL GUIMARÃES Apresentador do programa Sociedade Solidária, da Boa Vontade TV, e professor de Filosofia do Instituto de Educação José de Paiva Netto, em São Paulo/SP.


Arquivo pessoal

A LBV precisa da sua ajuda! www.lbv.org/doe LBV Brasil LBV Brasil @LBVBrasil

oal

Engenheiro elétrico, especialista em Engenharia de Segurança do Trabalho. É ex-aluno do Conjunto Educacional Boa Vontade, na capital paulista.

o pess

FELIPE ANTONIO XAVIER ANDRADE

Em março de 2015, o jovem Thompson Vitor, à época com 15 anos de idade, foi aprovado no curso de Multimídia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN). Ele ficou em 1º lugar na seleção geral da instituição de ensino, obtendo 846 pontos dos mil possíveis. Não bastasse essa incrível marca, em 2019 obteve vaga na Universidade de Rochester, em Nova York, nos Estados Unidos, na qual atualmente cursa graduação em Química. Vindo de família simples, teve na mãe a grande incentivadora do estudo. Dona Rosângela Marinho procurou dar ao filho o que não teve. Até os 16 anos, não era alfabetizada e retirava o seu sustento recolhendo material reciclável. Foi só quando encontrou a Legião da Boa Vontade, em Natal/RN, na década de 1990, que teve a vida transformada. “Na LBV, enquanto aprendia a ler e a escrever, também me alimentava. Lembro que era tudo limpinho, tudo organizado. Quem ajuda deve continuar ajudando com doações, porque está dando oportunidades às pessoas carentes”, afirmou. Na Legião da Boa Vontade, dona Rosângela recebeu também o incentivo à leitura, que fez questão de passar a todos os filhos. Enquanto recolhia material reciclável no lixão, separava os livros que encontrava e levava-os para os garotos. Para ela, o apoio da LBV foi fundamental, já que a ajudou na criação dos meninos. “Como mãe, eu me sinto muito bem, porque recebo muitos parabéns. A sociedade reconheceu o objetivo pelo qual sempre lutei: perceber que filho de pobre não dá só para bandido. Filho de pobre também vence. Isso não tem nada a ver com pobreza, e sim com escolhas”, destacou.

Arquiv

“A Instituição me ofereceu uma educação de qualidade, com conteúdo atualizado, e as ferramentas mais modernas disponíveis. Aprendi, refleti, tirei conclusões e expressei opiniões próprias. Posicionei-me como pessoa que seria protagonista não só da própria vida, mas de uma comunidade que nasce a partir da família e se expande para o círculo de amigos e de profissionais, o país e o mundo.”

Filho de ex-catadora de lixo alfabetizada na LBV passa para universidade nos EUA

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 79


Arquivo BV

EDUCAÇÃO

No destaque acima, Paiva Netto aparece ladeado por seus colegas da turma de 1960 no Colégio Pedro II.

Aluno Eminente do Colégio Pedro II

E

m 8 de março de 1988, Paiva Netto recebeu o título de Aluno Eminente do Colégio Pedro II, tradicional centro de ensino carioca. Na oportunidade, também foi homenageado com placa de bronze, com sua assinatura, nesse Colégio-Padrão, no Campo de São Cristóvão. Antigos e atuais professores e ex-alunos desse conceituado estabelecimento manifestaram satisfação com a honraria prestada ao dirigente da Legião da Boa Vontade e recordaram o fato de o saudoso fundador da LBV, Alziro Zarur, ter igualmente estudado no Pedro II, sendo antigos os laços de amizade que unem as duas instituições. Durante a homenagem, o então diretor-geral do colégio, o saudoso professor Tito Urbano, destacou a calorosa recepção ao dirigente da LBV, aplaudido de pé no momento da condecoração. “É a prova de que, numa sociedade às vezes desumana, o povo sabe quem são os amigos. As pessoas conhecem aqueles que vivem para elas, que procuram resolver os seus problemas, auxiliá-las. A Legião da Boa Vontade é uma demonstração de

80 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

que o povo escolhe os seus amigos e sabe onde eles estão”, afirmou o professor. Igualmente, o saudoso catedrático José Jorge (1921-2006), especialista em latim e em línguas neolatinas (francês, português, espanhol e romeno), tradutor oficial de Léon Denis (1846-1927) e orador da Federação Espírita Brasileira (FEB), salientou: “O Paiva ultrapassava as exigências. Ele anotava as obrigações pedidas pelos professores e as ampliava no entendimento; era desembaraçado. Quando pedia a palavra, todos os outros alunos ficavam em silêncio, pois em sua fala havia ensinamento. Destacava-se, pois tinha amor ao estudo. Isso ocorria até nas aulas de música”. Segundo o educador, todos aguardavam ansiosos a hora do recreio, “menos o Paiva”, que preferia ficar na sala de aula e trocar ideias sobre filosofia, latim e outros temas. “Sua merenda, seu alimento é o do Espírito”, ainda observou José Jorge. Em 2016, ano em que o agraciado completou 60 anos de trabalho na LBV, a diretora-geral do renomado colégio à época, a professora Vera


João Periotto

Arquivo BV

Fachada atual do tradicional Colégio Pedro II, Unidade Engenho Novo, na capital fluminense.

Arlindo Filho

José Jorge

Sebastião Lobo Alan Lincoln

Alan Lincoln

Sá Roriz

Arquivo Colégio Pedro II

Reprodução Ivan Souza

Honório Silvestre

José Pompílio da Hora

Tito Urbano

Gioconda Segismundo Reprodução Ivan Souza

Arquivo pessoal

Homero Dornelas

Alan Lincoln

Reprodução Ivan Souza

Fernando Segismundo

Arquivo Colégio Pedro II

Maria Ferreira Rodrigues, ressaltou: “É um prazer receber a Legião da Boa Vontade, cujo presidente, Paiva Netto, é Aluno Eminente do colégio e cujo idealizador foi também aluno do Pedro II, Alziro Zarur, colega de turma de meu pai, na década de 1930”. O professor e ex-diretor-geral do Pedro II Wilson Choeri (1925-2013) deixou esta mensagem ao diretor-presidente da Instituição: “É uma honra tê-lo como Aluno Eminente. O Paiva Netto saiu dos nossos bancos e se projetou, porque o Aluno Eminente não é só aquele que, academicamente, alcançou êxito. A diferença é em ter sempre conseguido levar o nome do Pedro II bem alto”. A saudosa professora Gioconda Segismundo, esposa do professor e jornalista Fernando Segismundo (1915-2014), declarou: “Ao nosso amigo Paiva Netto, que herdou do Zarur — que iniciou aqui no Colégio Pedro II — e deu grande continuidade [ao trabalho] com a assistência que vem dando a crianças, adolescentes e pessoas da terceira idade, meus parabéns! Salve o Colégio Pedro II!”

Farina Farina

Ivilmar Filho

Camillo Calazans (19282012), então presidente do Banco do Brasil, entrega o diploma de Aluno Eminente a Paiva Netto. Ao lado, a placa comemorativa, com a assinatura do diretor-presidente da LBV, como Aluno Eminente desse Colégio-Padrão.

Fernando Franco

– Ilustres professores –

Vera Rodrigues

Wilson Choeri

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 81


EDUCAÇÃO Depoimentos

Cida Linares

“O professor se sente muito sozinho quando seu desempenho está puramente nas suas funções. Ele precisa trocar experiências com outras pessoas e, daí, poder reciclar algumas coisas. E a LBV tem um grande valor nesse trabalho, porque facilita com que o professor não se sinta tão solitário. Além disso, dá um instrumento: a capacitação para o professor poder lidar com situações do cotidiano de um jeito muito melhor. A LBV é um gesto de Amor; ensinar também é. O ensinar tem tudo a ver com a LBV.” IÇAMI TIBA (1941-2015)

Divulgação

J. C. Santos

Psiquiatra, escritor e psicoterapeuta.

“Essa alternativa da LBV é importante com toda a sua proposta de ensino voltada para os carentes, em especial para a educação infantil comunitária. (...) A preocupação da LBV é com a qualidade, uma coisa extraordinariamente bem bolada. (...) Até porque toda a didática da educação infantil só pode ser criativa se passar pelo lúdico. A criança na Legião da Boa Vontade se expressa, fala, pensa e se realiza também brincando. A LBV faz uma oferta de qualidade para o pobre. Ela não faz para o pobre uma oferta pobre. A Legião da Boa Vontade hoje é um patrimônio nacional, tem uma longa história.” PEDRO DEMO Sociólogo, professor emérito da Universidade de Brasília (UnB) e ex-presidente da Organização Mundial para a Educação Pré-Escolar.

82 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

“Paiva Netto é uma joia preciosa. Ele é uma liderança, uma personalidade, uma autoridade nesse tema (...) e tem inspirado muitos trabalhos, pois foi pioneiro. Talvez hoje seja mais fácil falar do negro por uma série de conjunturas. Mas antes, quando era muito difícil ser a favor do negro, ele já o fazia. Então, é um baluarte na condução desse tema em todos os veículos de comunicação e nas posições doutrinárias. Muito obrigado, Paiva Netto!” JOSÉ VICENTE Diretor da Afrobras e reitor da Universidade Zumbi dos Palmares de São Paulo/SP


Divulgação

A permanente preocupação do dirigente da LBV de propiciar às camadas sofridas da sociedade acesso a uma Educação na qual seja possível aliar a instrução à Espiritualidade Ecumênica é, no dizer do professor Arnaldo Niskier, “um esforço notável. Paiva Netto está trazendo uma metodologia escolar inédita, que precisa de professores especializados que não estão disponíveis na praça e, portanto, terão de ser preparados dentro de uma sistemática original e revolucionária do ponto de vista pedagógico”. Em outra oportunidade, destacou: “O Paiva Netto é uma figura que conheço desde quando nós dois éramos bem jovens, através da revista Manchete, à qual ele ia no tempo do Alziro Zarur, que era grande amigo do Adolpho Bloch. Eu trabalhava lá e os via sempre juntos, produzindo coisas, é uma amizade antiga. Agora, apartando a amizade daquilo que se faz, também conheço, não só no Rio de Janeiro, várias escolas da LBV, inclusive em São Paulo, onde se realiza um trabalho formidável, sobretudo em relação aos mais jovens, ao pré-escolar, à educação infantil, como hoje está na Constituição e na Lei Brasileira de Educação”. ARNALDO NISKIER

Nizete Souza

Vivian R. Ferreira

Doutor em Educação, formado em Matemática e em Pedagogia, é escritor, jornalista, membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) e ex-presidente do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE-RJ).

“Legião da Boa Vontade, o nome já diz tudo: Boa Vontade! Bem-vindos aqueles de Boa Vontade! A LBV realmente busca a melhoria da qualidade de vida das pessoas. (...) Trabalha a Espiritualidade, que está acima das religiões. E, nas ações desenvolvidas com as crianças e os adolescentes, é fundamental que a Espiritualidade esteja presente.” RUY PAVAN Professor e ex-coordenador do escritório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) para os Estados da Bahia e de Sergipe.

“Eu comecei a entender o que vocês utilizam e toda parte prática da LBV com a Pedagogia Ecumênica. Está bem evidente que isso é a visão do futuro; este é o paradigma realmente de integrar, de respeitar e de poder conviver com as diferenças, com as possibilidades de enriquecimento mútuo, a partir dessas próprias diferenças.” SÉRGIO BEHNKEN Ph.D., professor, psicólogo, coach e consultor em RH.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 83


EDUCAÇÃO

Cida Linares

Walter Periotto

Depoimentos

“Estou impressionada. Não tinha ideia da abrangência do trabalho da Legião da Boa Vontade, desde os bebezinhos até a escola das crianças mais velhas. Já há aqui tremenda organização que foi colocada a serviço do Amor Fraterno, que é oferecido na Legião da Boa Vontade.”

“O que encontrei na LBV foram crianças satisfeitas e tranquilas. Nas escolas americanas, trabalhamos com informações racionais, fatos e detalhes. Lá, os professores voltam sua atenção apenas para as provas, a carreira profissional, e não para os sentimentos do coração. Eis a grande diferença da LBV.” JOAN BEISEL Então representante da Secretaria de Educação de Nova York (EUA), responsável por programas voltados para a escola pública.

Vivian R. Ferreira

“[A PUC e a LBV são como] irmãs, porque a LBV sempre apoiou a iniciativa da formação de professores nas mínimas diferenças. Então, me parece que esse é o foco principal e a importância para a PUC da internacionalização na formação de professores, na transformação que nós queremos desta linha de trabalho.”

LAURIE LIPPEN À época, professora da Universidade da Califórnia, campus da cidade de Berkeley, especialista em Administração de Qualidade Total.

NEIDE DE AQUINO NOFFS

Divulgação

Professora titular da Faculdade de Educação da PUC-SP

“Quando a gente entra na LBV, realmente vê o quanto tem sido feito pelas crianças. É um salto quântico na Física; um grande salto de qualidade para o ser humano. Trata-se de uma alavancagem na vida delas, muito à frente do Estatuto da Criança e do Adolescente. Quer dizer, a Legião da Boa Vontade, muito antes de 1990 — enquanto pensávamos em Estatuto da Criança e do Adolescente, quando a Constituição já previa isso —, antevia esse futuro, já pensava assim, estando adiantada nesse sentido.” MÁRIO CÉSAR GUIMARÃES BATTISTI Ex-titular da antiga Secretaria Municipal da Criança, Família e Bem-Estar Social.

84 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Vivian R. Ferreira

“A Legião da Boa Vontade consegue introduzir no Brasil não somente um resultado, mas um processo eficaz. A LBV consegue criar no Brasil um projeto. Eu o denominaria, e já ouvi outras pessoas dizendo, de Pedagogia do Afeto, ou seja, do Amor. Ela conseguiu um sistema, uma marca: ‘Eu sou aluno da LBV’. Por isso, quando comecei a escrever sobre Educação, me interessei em conhecer não apenas a escola da LBV no Rio de Janeiro/RJ, como também tive a oportunidade de passar um dia na unidade de São Paulo/SP. Fiquei emocionado em perceber que aquela era a matriz para o Brasil. É necessário que o Brasil conheça essa Pedagogia do Afeto, da LBV. É impressionante! Convido as pessoas a conhecer o colégio em São Paulo, no Rio de Janeiro, e elas vão ter uma surpresa, como se estivessem no paraíso. Porque, na verdade, a Educação no Brasil está muito ligada à instrução. (...) O fundamental da Educação não é o conhecimento simplesmente instrucional, mas, em essência, a Pedagogia da formação do ser humano. A filosofia é caminhar para atingirmos uma organização científica, e essa organização da LBV é um modelo que cresce, que se desenvolve, e você só percebe essa grandeza quando chega à escola da Legião da Boa Vontade, quando os alunos se levantam e recebem a pessoa, cantam, estão sorridentes, alimentam-se de maneira educada. Quando estive na escola da LBV em São Paulo, os alunos participavam de uma banda que se preparava para um desfile na cidade, e os próprios alunos é que dirigiam a banda, participavam dela e ensinavam a execução dos instrumentos. É um fenômeno, porque foge do que estamos vendo na realidade brasileira. Se eu fosse chamado a desenvolver um projeto em alguma secretaria de Educação, gostaria que a minha equipe passasse uns dias na LBV, para que pudéssemos colocar na cidade pessoas voltadas para desenvolver essa experiência. O núcleo já está pronto; não há necessidade de mais experiência, porque ela já foi realizada dentro de um projeto bastante eficaz, que vem se desenvolvendo dia a dia. Não é algo que para, é algo que cresce. Por isso digo que, em Educação e no aspecto da Cultura, a LBV é um modelo!”

CÁRMINE ANTÔNIO SAVINO FILHO

Elias Paulo

Professor, ex-desembargador e ex-presidente do Instituto dos Magistrados do Brasil.

“Como educador, (...) é uma grande alegria ter a oportunidade de estreitar os laços de Amor e amizade entre Brasil e México. Muito além do futebol, agora por meio da Educação — uma ferramenta que transforma a sociedade —, o futuro e a esperança do ‘novo homem’ surgem. A Educação Ecumênica já não é apenas uma oportunidade, é uma exigência de toda a humanidade para este século 21, para esta era de Aquário. A chave de tudo é a Espiritualidade, conhecer o Espírito. A escola de Paiva Netto ensina as bases para compreender e sentir o Amor do Pai Celestial, que voltará. Nesse colégio, as crianças e os jovens têm sua felicidade compartilhada com todos os visitantes, com seus cantos e sorrisos que levaremos no coração.” MANUEL CAMPOS OLIVARES Educador mexicano

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 85


EDUCAÇÃO

Cida Linares

Depoimentos

“Pelo que eu vi, o atendimento socioeducacional da LBV tem trabalhado, além da meta 2, que é a educação básica de qualidade para todos, também a meta 1, de combate à fome, à miséria e à pobreza, com o atendimento que envolve as famílias. Ao ensinar educação, higiene e prevenção, ela cumpre a meta 3, a 4 e a 5. (...) O que a gente quer é que as pessoas percebam que, por menor que seja a contribuição, elas conseguem sintonizar-se com essas metas, exatamente como faz a LBV, que, com o seu trabalho em escala, acaba impactando, indiscriminadamente, os oito Objetivos do Milênio.” PERCIVAL CAROPRESO

“O principal que percebi já na abertura [do 7o Congresso de Educação da LBV] é que foi enfocada a questão do Amor, da afetividade dentro da área de Educação, e é o que hoje está faltando. Parabenizo a LBV pela iniciativa, que mantém essa proposta e, com certeza, tem muito a contribuir com a Educação brasileira. Nós estamos iniciando agora, inclusive com a ajuda da LBV, a forma com que vocês trabalham a Pedagogia do Cidadão Ecumênico. (...) O trabalho da LBV, nesse sentido, é manter firme essa chama, essa esperança no coração das pessoas, de que realmente há um caminho de afetividade, de Amor, que pode ser aplicado na escola, respeitando-se a ideologia, a religiosidade de cada um.” Vinícius Bueno

MARCOS ROGÉRIO VAZ

86 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Pedagogo e representante da Seicho-No-Ie do Brasil

Vivian R. Ferreira

Ex-vice-presidente executivo e diretor de criação da McCann Erickson para o Brasil e América Latina, agência responsável pela criação da campanha que divulga os Objetivos do Milênio, durante visita ao Instituto de Educação da LBV na capital paulista, Brasil.

“Como educador e estudioso da Educação, fiquei bastante impressionado com a qualidade e a forma como esse trabalho é desenvolvido aqui, porque parte de um preceito fundamental: o respeito à dignidade humana. Estou aprendendo com a experiência dos meus colegas da LBV. Temos uma Educação na LBV de alta qualidade, que atende comunidades em situação de vulnerabilidade [social] e que preza o tempo todo pela dignidade humana.” MARCOS VINÍCIUS Doutor em Psicologia


Vivian R. Ferreira

“Fui visitando cada sala de aula e senti-me gratificada por ter tido esta manhã fantástica. Este espaço é como se fosse uma cidade da Boa Vontade, situada em uma ilha de Paz, em que a racionalidade está misturada com o afeto. (...) Estar aqui na LBV é a realização de um sonho maior, vir a um lugar que eu admiro. Estou felicíssima. (...) Quando venho à LBV, vejo que é possível [trabalhar com os bons valores]. (...) Espero que vocês continuem divulgando o Bem e criando ilhas de Paz neste mundo tão conturbado, em que a Paz é rara. Aqui ela existe.” E, durante o 13o Congresso Internacional de Educação da LBV, realizado em 2014, destacou: “O desejo maior meu é o abraço compartilhado com o Paiva Netto, um queridíssimo amigo com quem tenho dialogado, muitas vezes à noite, na leitura de seus textos. (...) Não teríamos jamais este auditório lotado se não houvesse o sonho dele. Contudo, entre o sonho e a realidade, há o esforço, o processo científico, não de uma ciência só do intelecto, mas a que permite o sentimento, como vemos na Pedagogia da LBV”. DRA. IVANI FAZENDA

Vivian R. Ferreira

“Quem esteve aqui [no 170 Congresso Internacional de Educação da LBV] foi impactado pela força, pela organização, pela Boa Vontade e, acima de tudo, pela competência. Tenho a sensação de ter participado — e sou grata por isso — de um momento especial e de uma responsabilidade imensa. Gostaria de registrar que vocês [da LBV] fazem isso há muito tempo. O Paiva Netto vem com esse fundamento tão imprescindível do social [aliado à Educação]. Todos agora querem falar sobre a questão do afetivo e do social, e vocês estão nesse caminho há muito tempo, compreendendo que é impossível separar a aprendizagem do afeto e da emoção. Ninguém aprende sem amar quem ensina. Essa mediação passa, sim, pela afetividade.” SANDRA BOZZA

Vivian R. Ferreira

Professora titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)

“Uma pessoa dura um certo tempo, mas uma Entidade como a LBV e como outras podem durar eternamente (...).” DR. JOÃO GRANDINO RODAS Ex-reitor da Universidade de São Paulo (USP)

Mestre em Ciências da Educação

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 87


EDUCAÇÃO Depoimentos

“A LBV se caracteriza por uma educação extremamente humanista e inclusiva. (...) É aquela educação que valoriza o aluno enquanto ser humano, que faz com que ele perceba que é capaz de superar as suas dificuldades e que seja um ser humano realizado e feliz com o auxílio da escola.” MARCO ANTONIO FERRAZ Professor e assessor de escolas do ensino básico ao superior, de sistemas de ensino e de redes públicas e diretor e fundador da Prof. Assessoria em Educação.

DRA. EMÍLIA CIPRIANO Professora, doutora em Educação e mestre em Psicologia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), conselheira titular do Conselho Municipal de Educação e ex-secretária-adjunta de Educação da capital paulista, ao participar da 14a edição do evento, entre os dias 29 e 31 de julho de 2015.

“Visitar esta unidade da Legião da Boa Vontade é recuperar energias e conseguir um ânimo novo para viver. (...) Percebo que a LBV tem um trabalho muito grande de fazer essa formação alicerçada em valores muito sólidos de raiz ecumênica, e é tudo [de] que nós precisamos na sociedade brasileira: uma sociedade que cultive valores que nos possam levar a outro patamar de cidadania, de honestidade, de ética, de respeito pelo outro. O trabalho da LBV é extremamente relevante, um trabalho de inclusão social, de educação, de acolhimento, e estou encantado de ver como isso tudo se alia à leitura. Sempre fui muito acolhido na Legião da Boa Vontade e é com muita gratidão que eu venho aqui hoje. Muito obrigado!”. Após a visita no Conjunto Educacional Boa Vontade, em São Paulo/SP, em seu perfil na rede social, escreveu: “Queridos amigos da LBV, obrigado pelo carinho e pela generosa acolhida. Saio dessa visita renovado. Parabéns pelo lindo trabalho. Que Deus abençoe e ilumine os seus caminhos”. LAURENTINO GOMES Jornalista e escritor

88 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Vivian R. Ferreira

Arquivo pessoal

Pedro Rio

“O Congresso Internacional de Educação da LBV é a construção de uma rede humana a serviço da vida, da transformação de uma realidade que não é esta — do consumo, da visão superficial —, mas é aquela que dá sentido para a existência. Encontros desta natureza nos fortalecem.” E, em outra oportunidade, destacou sua felicidade em estar na Instituição: “Uma emoção muito grande! Quem educa, educa para transformar, e vocês estão transformando. Fiquei olhando a expressão de cada um de felicidade. Agradeço com muito carinho por vocês me fazerem acreditar que é possível ter crianças e jovens trabalhando numa perspectiva de transformação. A música que apresentaram traz uma mensagem maravilhosa, que é a da inclusão. E a grande marca desta Instituição é a inclusão. Parabéns por fazerem essa verdade da inclusão se manifestar nas nossas vidas! Muito obrigada!”.


Arquivo BV

“A Boa Vontade se incorporou às minhas amizades, há muito tempo. (...) Tenho plena consciência do trabalho realizado por sua Fundação. Já estive várias vezes com vocês. Tive a oportunidade de ler toda a obra de Paiva Netto que chegou às minhas mãos e, portanto, creio — atribuam ou não a esse objetivo o nome de inteligências múltiplas —, ele se integra plenamente dentro deste conceito, porque efetivamente nunca me pareceu que tenha sido uma preocupação de vocês o desenvolvimento exponencial daquele aluno que seria o ‘geniozinho’, mas a formação integral da pessoa. E por acreditar plenamente nessa linha educativa é que reitero que não falo à Legião da Boa Vontade apenas como quem dá uma entrevista, mas como pessoa que realmente se sente identificada com a sua filosofia e a linha do seu trabalho.” CELSO ANTUNES

Lucian Fagundes

“Fiquei emocionada como o Hino Nacional foi cantado; (...) fazia muito tempo que não o via tão bem cantado, no andamento certo, com toda a letra bem falada, e aí fiquei pensando: as pessoas que repartem aquilo que sabem nunca serão esquecidas. (...) A Milú [Villela] também é uma pessoa assim. Depois de me aposentar, de me separar dos meus alunos, senti um grande vazio na vida, mas, graças a ela, ao Centro de Voluntariado, tive a oportunidade de continuar repartindo o conhecimento de tudo que sei. (...) Graças a Deus, no Brasil existem pessoas com essa vontade de construir um país melhor, e por causa dela estou aqui hoje, vendo os valores que a LBV passa para essas crianças.” ANÍSIA VILLAS BOAS SUKADOLNIK Professora, diretora do Centro de Voluntariado de São Paulo (CVSP) e então vice-presidente do Instituto Faça Parte, representando a dra. Milú Villela, à época presidente do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM), do Instituto Faça Parte e do CVSP, durante o 8o Congresso Internacional de Educação da LBV, em 2010.

Divulgação

Escritor, professor e conferencista, durante entrevista concedida ao programa Educação em Debate, na Super Rede Boa Vontade de Rádio.

“A mensagem do Paiva Netto é sensacional! A educação tem que ir para além do intelecto, tem que mexer com valores, com as relações humanas e de afetividade entre todos nós.” SALVATO TRIGO Doutor em Literaturas de Expressão Portuguesa pela Universidade do Porto e reitor da Universidade Fernando Pessoa

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 89


EDUCAÇÃO

Andréia Fontenele

Depoimentos

“Fiquei surpresa e admirada pelo grande amor que vocês [da LBV] têm pelas crianças. Elas estão recebendo uma educação de qualidade, de formação, sobretudo no Amor, que é superimportante em nossa sociedade. (...) Hoje, deram para mim uma manhã bem importante em minha vida. Descobri o grande labor que faz a escola da Legião da Boa Vontade. Também gostei muito da formação para alunos com necessidades educacionais específicas [o Programa LBV — Potencializando Habilidades (PPH)], que têm que integrar-se na escola, e do trabalho da nutricionista, cuidando [para] que as crianças tenham uma alimentação saudável. Vocês fazem uma grande ação!” LINDA MARINA MUNIVE TEMOLTZIN

Vivian R. Ferreira

Ex-cônsul-geral do México, em visita ao Centro Educacional da LBV, no Rio de Janeiro/RJ, em 5/10/2018.

“Acredito que o que vimos hoje é um verdadeiro investimento no futuro, porque sabemos que as crianças são o futuro. E o empenho da Instituição, o tempo de que a LBV dispõe, os esforços, o coração, a integridade, todas essas coisas maravilhosas, quando trabalhadas na pureza da infância, fazem com que as crianças cresçam se inserindo na sociedade, e espera-se que elas promovam uma grande mudança no mundo. Por isso, acredito que este trabalho traz muitos benefícios à sociedade como um todo. Foi muito comovente [a visita à escola da LBV].” AL SKRATCH

Arquivo BV

Rapper norte-americano, em visita ao Conjunto Educacional Boa Vontade, na capital paulista, em 31/10/2018.

“Acompanho Paiva Netto, li muita coisa escrita por ele. A LBV é uma obra que merece todo o nosso apoio, nossa dedicação, porque luta por uma comunidade com Paz, alimentada com Espiritualidade, nos mostrando a grande força que o homem tem. Lá em Portugal, ele tem um grande nome, e todo o povo o admira muito. Um abraço para esse grande apóstolo, o Irmão Paiva Netto!” ANTÓNIO SOARES Professor e escritor português

90 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


BARBARA CLARK Educadora, ex-diretora do departamento de educação das crianças com necessidades especiais e atual tesoureira da Fundação Educacional de Orange/New Jersey (EUA).

“A LBV faz um trabalho muito relevante, que é a inclusão dentro da escola regular. (...) E a gente sabe que é um esforço grande [da Instituição], com apoio de muitos voluntários e trabalhadores multidisciplinares.”

Divulgação

Vivian R. Ferreira

“A visão da LBV permeou todo o [11o] Congresso [Internacional de Educação da LBV]. Os valores de Espiritualidade, excelência e serviço à humanidade foram evidentes. Foi um congresso muito gratificante e realizador; um dos melhores de que já participei em 40 anos como educadora. Os oficineiros nos fizeram pensar fora da caixa e nos desafiaram a manter nossos olhos no prêmio: a criança.”

MADALENA PEIXOTO Diretora da Faculdade de Educação da PUC-SP

Divulgação

Divulgação

“Quando fui [ao Conjunto Educacional Boa Vontade, em São Paulo/SP, em 2014], saí de lá tão radiante, com uma visão! Eu não tinha noção do trabalho [da LBV, que é feito] com tanto amor, [com] generosidade [expressa] no olhar de cada um [dos funcionários]... Então, hoje eu sou fã [da LBV], digo com todo gosto. Eu tinha uma necessidade imensa de passar para os meus alunos uma Educação que fosse além do cognitivo; ensinar com Amor. E agora, com essa parceria com o educador Paiva Netto e a LBV, faz muita diferença [na realidade do Colégio Jardins]. De 0 a 10, é 10! Eu estou muito, mas muito feliz com essa parceria. Ela com certeza vai durar a vida inteira, porque é essa proposta em que acredito. E também fiquei fã, já me apaixonei pela frase do nosso educador Paiva Netto: ‘É urgente reeducar!’ Que homem sábio. Que homem iluminado é o nosso educador Paiva Netto, que não só se preocupa com o cérebro. Além do cérebro [do estudante], sabe que tem um coração.”

“A LBV é a demonstração prática dos ensinamentos de Jesus. Eu amo a LBV, porque ela não se preocupa em saber de quem é a culpa; simplesmente vai e realiza. Vive a consciência cristã e demonstra que o Amor pode curar o mundo.” DEBORAH MOLDOW Ex-diretora da World Peace Prayer Society

VENÍZIA GONZAGA Diretora do Colégio Jardins, localizado em Aracaju/SE, ao comentar sobre a implementação, a partir de 2014, da metodologia própria de educação da Legião da Boa Vontade na escola que dirige: o MAPREI (Método de Aprendizagem por Pesquisa Racional, Emocional e Intuitiva).

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 91


DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Solidariedade EcumĂŞnica Sem fronteiras


Nesta SEÇÃO, você encontrará: 96

Utilidade Pública Federal

100

1984: sede central da LBV é transferida para São Paulo

102

Crianças e adolescentes — Confiança nas novas gerações

106

Jovens e adultos — Cidadania plena na LBV

114

Idosos — Pelo envelhecimento saudável

118

Campanhas — LBV: presente onde o povo precisa!

122

Socorro ao Nordeste

124

LBV é ação!

128

Inauguração das novas instalações da LBV dos EUA

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 93


Nizete Souza

DESENVOLVIMENTO SOCIAL

“O povo ajuda, a LBV faz!” Paiva Netto Juazeiro/BA

94 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Q

uando uma instituição como a Legião da Boa Vontade completa 70 anos de existência e consegue ampliar seu raio de ação, isso significa muito para as pessoas que enfrentam situações adversas, tais como a pobreza, o desemprego e a violência. Por isso, é de se festejar a capilaridade da Organização com 82 unidades nas cinco regiões brasileiras e presença em 14 outras localidades no exterior, por meio da LBV da Argentina, da Bolívia, dos Estados Unidos, do Paraguai, de Portugal e do Uruguai. O sucesso dessa jornada de Amor, que ganhou reconhecimento internacional, deve-se à qualidade e ao alcance do seu trabalho de Assistência Social e de Educação e de suas campanhas de conscientização e de mobilização social, cujo diferencial é a Proteção Social e a Educação com Espiritualidade Ecumênica (saiba mais sobre o assunto na p. 44).

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 95


Danilo Parmegiani

DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Utilidade Pública Federal E

96 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Newark, EUA Arquivo BV

sse cuidado com os estratos mais vulneráveis da população fez a LBV receber em seus primórdios o título de Utilidade Pública Federal. No dia 19 de junho de 1956, assinaram o histórico decreto o então presidente da República, Juscelino Kubitschek (1902-1976), e o ministro da Justiça, Nereu Ramos (18881958). JK sempre fez questão de manifestar o seu entusiasmo pela Obra e pelo fundador dela, Alziro Zarur (1914-1979), a ponto de, certa vez, declarar: “Meu caro Zarur, acompanho a LBV desde meus tempos à frente da prefeitura de Belo Horizonte. Os Legionários se multiplicam como cogumelos. Meus parabéns pela sua realização: agora, você é o presidente da LBV, enquanto eu sou, apenas, o presidente da República”. Em 1966, a Entidade recebeu o registro no então Conselho Nacional de Serviço Social (CNSS), atual Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS). Já nos primeiros anos de atuação, a Instituição notabilizava-se pela “Sopa dos Pobres”, também conhecida como “Sopa do Zarur”, que surgira no fim da década de 1940, pouco antes do registro oficial da Entidade (em 1o de janeiro de 1950), com a finalidade de prestar auxílio às famílias brasileiras. Pouco tempo depois, quando o mundo ainda vivia sob as sombras da Segunda Guerra Mundial, o fundador da LBV

Porto, Portugal


Leilla Tonin

Conquistando outras nações Alisson Belo

La Paz, Bolívia

O Ideal da Boa Vontade agigantou-se pelo Brasil e começou a empolgar pessoas de várias partes do planeta. Veja, a seguir, a data em que isso ocorreu em seis países. País Oficialização LBV da Argentina 1985 LBV da Bolívia 1986 LBV dos EUA 1986 LBV do Paraguai 1984 LBV de Portugal 1989 LBV do Uruguai 1985

Assunção, Paraguai

(Em todos esses locais, as atividades são mantidas graças a doações da população de cada país e de inúmeros colaboradores da LBV dos cinco continentes.)

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 97


Fotos: Arquivo BV

DESENVOLVIMENTO SOCIAL

convocou, do auditório da Emissora da Boa Vontade (antiga Rádio Mundial), a população brasileira para um novo enfrentamento. Pelas ondas sonoras, declarou “a guerra mundial contra a fome”. O chamado foi prontamente aceito pelos Legionários da Boa Vontade. E a madrugada de 1o de setembro de 1962, um sábado, entrou para a história da Instituição. Nascia a Ronda da Caridade, um dos mais antigos programas sociais da LBV. “Nós saíamos pelas ruas e praças com um jipão que tinha servido ao Exército brasileiro na segunda guerra, e ali estava enfrentando a guerra da fome. Foram momentos transformadores nas nossas vidas”, lembra o diretor-presidente da Instituição, José de Paiva Netto, que participou da primeira Ronda, fazendo os registros do atendimento prestado. Mais que o amparo material, o programa também confortava espiritualmente o cidadão, ajudando-o a desenvolver suas habilidades para que obtivesse o próprio sustento.  Além da refeição, passou a incluir, em sua benemérita ação pelas madrugadas, a entrega de roupas, pequenos atendimentos de enfermaria e corte de cabelo e barba, sempre com a indispensável palavra dirigida à Alma, marca da Instituição. 98 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Com o passar do tempo, a Ronda da Caridade tornou-se uma importante ferramenta de inclusão social e familiar, com vista a melhorar a qualidade das comunidades, de forma que os atendidos pudessem exercer efetivamente a cidadania plena. Essas primeiras ações se multiplicaram em diversos outros programas e serviços socioeducacionais da Entidade, com os quais a LBV tem atendido, ao longo de décadas, crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos em situação de vulnerabilidade social, para que tenham garantidos seus direitos e uma existência digna e também feliz. A seguir, a revista BOA VONTADE apresenta algumas dessas iniciativas.


Arquivo BV

No destaque, o jovem Paiva Netto, que participou desde a primeira Ronda da Caridade, em 1o de setembro de 1962. Na foto, o promissor jornalista faz a cobertura do atendimento prestado pela Legião da Boa Vontade. A iniciativa é uma atividade da campanha permanente da LBV contra a fome e a miséria, lançada no fim da década de 1940 com a popular “Sopa dos Pobres”, também conhecida como “Sopa do Zarur”.

Nilton Preda

Dona Sarah: “Juscelino está aqui presente”

Paiva Netto inaugura quadro com a fotografia de JK tendo ao lado a saudosa esposa de Juscelino, dona Sarah Kubitschek.

No dia 1o de março de 1994, o jornalista Paiva Netto inaugurou, no Templo da Boa Vontade, um quadro com a fotografia do construtor de Brasília, o sempre lembrado Juscelino Kubitschek de Oliveira. Trata-se de homenagem àquele que, durante sua gestão na Presidência da República, concedeu à Legião da Boa Vontade o título de Utilidade Pública Federal. A cerimônia ocorreu na Biblioteca Alziro Zarur e reuniu diversas personalidades, a exemplo da saudosa dona Sarah Kubitschek (1909-1996), viúva de JK, que, em outra ocasião, teve também o seu quadro inaugurado no mesmo local. Ao som de Peixe Vivo e Minas Gerais!, composições diletas de JK cantadas pelo Coral Ecumênico Infantil Boa Vontade, dona Sarah, muito comovida, agradeceu: “As crianças, cantando justamente as duas melodias que mais ouvíamos no tempo do Juscelino, tocaram-me profundamente. Quero agradecer a todos esta homenagem tão singela quanto tocante. De fato, estou sentindo que Juscelino está aqui presente em Espírito e emocionado. Uma homenagem como esta toca a todos nós. Saio profundamente agradecida, pois o Templo da Boa Vontade é um local de meditação, serenidade e harmonia. Já estive aqui antes, senti o bem-estar que nos traz a visita a este Templo e convido a todos para que venham sempre orar aqui. Que não deixem de vir receber os efeitos elevados desta Casa. Agradeço, sensibilizada, a presença de todos e a homenagem a Juscelino”.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 99


Haroldo Rocha

DESENVOLVIMENTO SOCIAL

LBV no desfile cívico, na tradicional Avenida Tiradentes, em 1984.

1984: Sede central da LBV é transferida para São Paulo

n

li rto Be erto Gilb

100 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Mário Frigéri

O

diretor-presidente da Legião da Boa Vontade teve a iniciativa de transferir a sede central da Instituição do Rio de Janeiro/RJ para São Paulo/SP, o que representou etapa fundamental na expansão da LBV. A entrega das novas instalações ocorreu em 7 de setembro de 1984, data que celebrou o 162o aniversário da Independência do Brasil e na qual houve a primeira participação da Entidade no desfile cívico-militar, à época realizado na Av. Tiradentes, na região central paulistana. Desde então, a enorme estampa de Jesus, conduzida por legionários, causa forte impacto no público, que jamais deixou de aplaudir a presença da Instituição no evento.

No detalhe, momento histórico da inauguração da sede central da LBV na capital paulista.


“Não sou contra nem posso deixar de apoiar todos aqueles que se dedicam à solidariedade humana, ao estímulo da fraternidade e da filantropia entre seus irmãos. Nesse sentido é que aprecio o trabalho da Legião da Boa Vontade, de Alziro Zarur, seu fundador, já falecido, e, agora, do seu substituto, Paiva Netto. Acho essa atividade muito útil e positiva, porque estimula o sentimento de solidariedade entre cidadãos, ajudando a resolver uma série de problemas, não só o da miséria, o da fome — que é gritante, hoje, no Brasil —, até porque atravessamos, atualmente no mundo, uma situação de muito perigo. A maior ameaça que pesa sobre todos é a de uma Terceira Guerra Mundial. (...) Sabemos que uma bomba atômica pode corresponder a cinco vezes mais do que as irradiações de Chernobyl. Imaginem, agora, o mundo bombardeado com essas armas! Quais seriam as consequências? Nenhum povo se livraria dos seus efeitos. Seria uma hecatombe de proporções jamais vistas. (...) Tudo aquilo que se acumulou de riqueza, de avanço, de civilização nesses [últimos] quatrocentos anos desapareceria da face da Terra. O primeiro dever do cidadão brasileiro hoje, pois, é lutar contra a Terceira Guerra Mundial, o que significa lutar contra a corrida armamentista, para evitar a acumulação das ogivas.” (O destaque é nosso.) LUIZ CARLOS PRESTES (1898-1990) Líder marxista brasileiro, em entrevista em 1986.

Erich Schutt

Prestes e a LBV


DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Crianças e adolescentes

Confiança nas novas gerações A

Legião da Boa Vontade investe no futuro de milhares de crianças e adolescentes; por isso, trabalha para impulsionar o desenvolvimento dos atendidos desde a mais tenra idade deles. Todas as atividades promovidas pela Instituição são ricas em experiências reflexivas, vivências lúdicas, culturais, artísticas e esportivas e constituem excelentes meios de expressão, de interação, de aprendizagem, de convivência e de proteção social para as meninas e os meninos assistidos. Essas ações ainda propiciam a eles formação cidadã, conforme preconiza o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

102 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Barreiras Ao aprendizado 33,9% das crianças de 0 ano a 3 anos que pertencem aos 20% com a renda domiciliar per capita mais baixa do país estão fora da escola por falta de vaga ou creche perto delas.

61% das crianças e dos adolescentes brasileiros são afetados pela pobreza, em suas múltiplas dimensões (algo que vai além da renda).

8,8 milhões de crianças e de adolescentes brasileiros estão privados do acesso à educação.

Fontes: Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), divulgada, em 18 de maio de 2018, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e estudo “Pobreza na Infância e na Adolescência”, lançado, em 14 de agosto de 2018, pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).


Vivian R. Ferreira

Campinas/SP

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 103


DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Fotos: Leilla Tonin

Manaus/AM

Criança: Futuro no Presente!

P

or meio desse serviço, a LBV busca garantir a meninas e a meninos de 6 a 15 anos de idade o direito à proteção social e ao acesso a ações socioeducativas que propiciem seu desenvolvimento integral. Além disso, oferece tranquilidade às famílias para que possam trabalhar, pois sabem que os filhos estão em um local seguro e saudável e longe da violência das ruas.

Abrangência do serviço em 2018 6.505.024

28.809

62

atendimentos e benefícios

pessoas impactadas

unidades o aplicam

104 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

atuação em todo o brasil

Vitória/ES


Viviane de Oliveira

Campanha Criança Nota 10 – Proteger a infância é acreditar no futuro!

Júnio Alcântara

Belo Horizonte/MG

Egeziel Castro

Rondonópolis/MT

A

nualmente, a Legião da Boa Vontade realiza essa importante mobilização social em apoio à educação. A iniciativa visa angariar e levar, no início do ano letivo, kits de material escolar aos milhares de crianças e adolescentes atendidos pela Instituição e por organizações parceiras dela nas cinco regiões brasileiras. Ainda tem como objetivos principais auxiliar as famílias que não dispõem de recursos financeiros para a compra desse material e motivar os atendidos a frequentar a escola e a continuar os estudos. A edição 2019 da campanha foi concluída no fim de março, com a entrega de 19 mil kits arrecadados. Assim como se deu em anos anteriores, esses conjuntos foram compostos de mochila, cadernos, lápis, régua, canetas, estojo, dicionário e outros itens. Para a realização dessa ação solidária, a LBV tem contado com a indispensável ajuda da população e de seus colaboradores, voluntários, amigos e parceiros e o apoio imprescindível dos meios de comunicação na divulgação da iniciativa.

campanha EM 2018 Trindade/GO

27.992

110

pessoas impactadas

cidades abrangidas pela campanha em todas as regiões do Brasil

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 105


DESENVOLVIMENTO SOCIAL

J o v e n s e a d ult o s

Cidadania Plena na LBV D

espertar jovens e adultos para a vivência da afetividade e de valores éticos, prepará-los para a entrada ou a reinserção no mercado de trabalho, potencializar seus talentos e oferecer a eles educação de qualidade são alguns dos objetivos das ações da Legião da Boa Vontade destinadas a indivíduos nessas faixas etárias. Provenientes de famílias e comunidades em situação de vulnerabilidade social, estes encontram nas diversas atividades promovidas, entre as quais oficinas e cursos gratuitos, oportunidade de construir uma realidade melhor para si mesmos e para aqueles que os rodeiam, de fortalecer os laços comunitários e de participar ativamente do desenvolvimento da sociedade. A seguir, alguns dos programas e serviços socioeducacionais destinados a eles.

LBV é Ação!

312.839

atendimentos e benefícios proporcionados a esse público

106 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

EDUCAÇÃO E TRABALHO ENTRE OS JOVENS EM 2018 48,5% de pessoas na faixa etária dos 15 aos 29 anos no Brasil.

+ 50%

de (25,2 milhões) deles não haviam concluído o Ensino Superior nem frequentavam escola, curso, universidade ou qualquer outra instituição regular de ensino.

+ 9,8 milhões

de (21,7%) não estudavam nem trabalhavam (a chamada “geração nem-nem”). Fonte: Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), publicada em 2018.


Vivian R. Ferreira

São Paulo/SP

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 107


Vivian R. Ferreira

Andressa Ferreira

DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Rio de Janeiro/RJ

Aprendiz da boa vontade São Paulo/SP Talita Calusni

P

or meio desse programa, a LBV oferta qualificação profissional e a inserção no mercado de trabalho a pessoas na faixa etária dos 14 aos 24 anos que buscam o primeiro emprego ou que estão se capacitando para exercer uma profissão. Enquanto os jovens participam de atividades teóricas na LBV, põem em prática o que aprendem nas empresas parceiras, que os contratam como aprendizes, o que propicia a eles condições de acumular experiências e desenvolver habilidades. Além disso, a Instituição, com essa iniciativa, contribui para capacitar esses cidadãos, tornando-os conscientes de seus deveres e direitos, e para aumentar as chances deles de fazer carreira na área escolhida, visto que a conclusão dos estudos regulares na Educação Básica é condição para a permanência no programa — o que ajuda a prevenir a evasão escolar — e que se estimula a continuidade no sistema educacional, especialmente nos Ensinos Técnico e Superior.

Abrangência do programa em 2018 43.644

1.029

4

atendimentos e benefícios

pessoas impactadas

unidades o aplicam

108 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Atuação nas regiões Centro-Oeste e sudeste

Campinas/SP


Leilla Tonin

Ingrid Alves

São José/SC

Leilla Tonin

Salvador/BA

Jovem: Futuro no Presente!

N Leilla Tonin

Belém/PA

esse serviço, jovens dos 15 aos 18 anos são motivados a fazer planos para ter um futuro seguro, saudável e feliz. Isso porque proporciona a eles um espaço propício ao bom convívio em grupo; ao fomento de relações fraternas, da solidariedade e do respeito mútuo; e à construção de novos conhecimentos, de boas atitudes e de nobres valores. Tais objetivos são alcançados por meio de inúmeras ações reflexivas, culturais, recreativas e esportivas, que colaboram também para o desenvolvimento integral e a proteção social dos atendidos.

Abrangência do serviço em 2018 Aracaju/SE

40.254

768

6

atendimentos e benefícios

pessoas impactadas

unidades o aplicam

atuação nas regiões Nordeste, Norte, sudeste e sul

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 109


Gillmar Ferreira

DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Ingrid Alves

Petrópolis/RJ

Capacitação e inclusão produtiva Salvador/BA Edson Santos

P

or meio desse programa, a LBV busca preparar jovens e adultos para o mundo do trabalho, oferecendo a eles atividades focadas no desenvolvimento de competências e de habilidades técnicas e pessoais, bem como ajudá-los a identificar possibilidades de ingresso ou reinserção e de crescimento no campo profissional.

Abrangência do programa EM 2018 119.940

14.403

11

atendimentos e benefícios

pessoas impactadas

unidades o aplicam

110 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

atuação nas regiões Nordeste, Norte e sudeste

Teresina/PI


Leilla Tonin Vivian R. Ferreira

Ananindeua/PA

Vivência Solidária

D Leilla Tonin

Rio de Janeiro/RJ

estinado a pessoas dos 18 aos 59 anos, esse serviço tem a finalidade de fortalecer os vínculos familiares, de promover o sentimento de pertença e identidade, bem como de atuar com a rede de proteção social na ocorrência de situações de risco, entre estas a violência doméstica, o desemprego e a falta de acesso a serviços essenciais (habitação, saneamento básico, energia elétrica, saúde, educação, entre outros). Visa ao alcance da autonomia e da formação cidadã, potencializa a condição de escolher e de decidir e estimula a participação dos atendidos na vida pública e do território.

Abrangência do serviço em 2018 Paranaíba/MS

84.958

3.441

30

atendimentos e benefícios

pessoas impactadas

unidades o aplicam

atuação em todo o Brasil

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 111


Arivaldo Oliveira

DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Natal/RN

Cidadão-Bebê da LBV

E

sse serviço da LBV parte do princípio de que a melhor maneira de garantir o bom desenvolvimento da criança e a segurança social do núcleo familiar dela é promovendo ações socioeducativas para a mulher ainda gestante ou mesmo depois da gravidez. As atendidas são empoderadas para vivenciar a experiência da maternidade, para que tenham fortalecida a função de proteção da família e para enfrentar eventuais vulnerabilidades pessoais e sociais que acometem gestantes, entre estas a descontinuidade dos estudos, a pobreza, a violência, o abandono e o sentimento de incapacidade. Ao fim do serviço, todas as mães ganham um enxoval completo para elas e para o bebê, e aquelas que não têm condição financeira estável recebem mensalmente cestas de alimentos enquanto participam das atividades.

Porto Alegre/RS

São Paulo/SP

Abrangência do serviço em 2018 41.785

3.174

11

atendimentos e benefícios

pessoas impactadas

unidades o aplicam

112 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

atuação nas regiões Nordeste, sudeste e Sul

Vitória/ES São José/SC


Vivian R. Ferreira

Liliane Cardoso

Leilla Tonin

Sandra Teixeira

São Paulo/SP

São José/SC

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 113


DESENVOLVIMENTO SOCIAL

idosos

Pelo envelhecimento saudável Q uem nasceu em 2017 no Brasil deve viver três meses e onze dias a mais que os bebês registrados em 2016. Esse cálculo anual do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) leva em conta uma série de indicadores, entre estes os das áreas da saúde e da educação. Assim, a expectativa de vida dos brasileiros é estimada em 72 anos e 5 meses para os homens — sete anos a menos, se comparada à das mulheres (79 anos e 4 meses). Embora essa seja uma boa notícia, porque evidencia o resultado concreto de avanços para garantir a longevidade, há quem viva hoje na terceira idade enfrentando os desafios de acesso à saúde e à renda. Para amenizar esses impactos, a Legião da Boa Vontade cuida do idoso, considerando sua história de vida, e cria oportunidade para que ele vivencie essa fase da vida de maneira saudável e feliz. O atendimento a esse público ocorre nos abrigos para idosos, em tempo integral, e nos Centros Comunitários de Assistência Social da Instituição, localizados em todas as regiões do Brasil, por meio do serviço Vida Plena.

LBV é Ação!

640.254

atendimentos e benefícios proporcionados a esse público

114 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Panorama da população idosa 27 MILHÕES de idosos vivem no Brasil.

91% dos brasileiros acima dos 60 anos colaboraram financeiramente para o orçamento familiar (SPC).

43% dos que contribuem no lar são os principais responsáveis pelo sustento da casa (SPC).

13%

da população mundial diagnosticada com depressão está na faixa etária dos 55 aos 74 anos (OMS).


AndrĂŠ Fernandes

Em Volta Redonda/RJ, o contato com a Natureza ajuda a exercitar a memĂłria de pessoas idosas.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 115


DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Volta Redonda/RJ

Vida Plena

P

or meio desse serviço, a Legião da Boa Vontade atende pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, que participam de atividades favoráveis ao processo do envelhecimento saudável, ao desenvolvimento da autonomia, à socialização e ao fortalecimento dos vínculos familiares, interpessoais e intergeracionais. Tudo isso contribui para a inserção sociocultural e o fortalecimento da cidadania dos idosos. Na LBV, eles participam de diversas atividades, como artesanato; dança; práticas físicas e esportivas; passeios culturais a museus, cinemas e parques; debates sobre temas da atualidade e palestras educativas pertinentes à terceira idade. Eles ainda recebem atendimento multidisciplinar da equipe da Instituição.

Aracaju/SE

Abrangência do serviço em 2018 229.232

6.279

47

atendimentos e benefícios

pessoas impactadas

unidades o aplicam

116 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Atuação em todo o Brasil

São José/SC


André Fernandes Fotos: Leilla Tonin

Abrigos para idosos

Uberlândia/MG

A

atenção, a acolhida, a amizade e o cuidado são essenciais para garantir que os idosos sejam respeitados, tenham seus direitos assegurados, usufruam da presença da família (quando possível) e contem com o acompanhamento de profissionais capacitados. São duas as modalidades de serviço: • Longa Permanência — A modalidade é destinada àqueles que não possuem família ou que não dispõem de condições para permanecer com ela, principalmente quando se encontram em situação de isolamento, de violência, de negligência, de abandono ou de rua ou quando foram esgotadas as possibilidades de autossustento. Os idosos recebem atendimento e atenção 24 horas por dia. • Centro-Dia — Os idosos ficam na unidade durante a manhã e a tarde, de segunda a sexta-feira, voltando para casa no fim do dia. Dessa forma, eles desfrutam de atividades que fortalecem o vínculo com outras pessoas e com familiares.

Abrangência doS abrigos PARA IDOSOS em 2018 Teófilo Otoni/MG

386.748

393

3

atendimentos e benefícios

pessoas impactadas

unidades

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 117


Junio Alcântara

DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Campanhas

balanço social da Legião da Boa Vontade mostra que, além de desenvolver diariamente programas e serviços socioeducacionais em suas unidades, localizadas em todas as regiões do Brasil, a Instituição promove forte ação de caráter emergencial em favor das populações que sofrem com a falta do mínimo para sobreviver. Nas horas difíceis, a Entidade faz-se presente, levando amparo aos que enfrentam a seca, as baixas temperaturas, as enchentes e os desastres naturais. Haja o que houver, lá está o time da Solidariedade da LBV para auxiliar a construir um Brasil melhor e uma humanidade mais feliz.

Rondonópolis/MT Genivaldo Marquiza

LBV: Presente onde o povo precisa! O

LBV é Ação!

266.328

atendimentos e benefícios proporcionados a esse público Aquidauana/MS

118 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Reginaldo de Souza Vivian R. Ferreira

Piraquara/PR

Comunidades indígenas são amparadas pela LBV A atuação fraterna da Legião da Boa Vontade também se faz presente em lugares distantes, esquecidos pela maioria dos cidadãos. Em vários municípios do país, a comunidade indígena, que enfrenta sérias restrições sociais e possui poucos recursos econômicos, é atendida por campanhas e programas socioeducativos da Instituição.

Egeziel Castro

São Paulo/SP

Dourados/MS

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 119


Paulo Araújo

Leilla Tonin

DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Santa Rosa do Tocantins/TO Vivian R. Ferreira

Natal/RN

Campanha diga sim!, da LBV

P

or meio dessa iniciativa, a LBV realiza ações que contribuem para a segurança alimentar de indivíduos em situação de vulnerabilidade social. Graças à campanha Diga Sim!, milhares de cestas com itens não perecíveis são angariadas e distribuídas em cidades brasileiras com altos índices de pobreza, sobretudo as localizadas na região Nordeste e no Vale do Jequitinhonha, no Estado de Minas Gerais. Nos lugares onde o frio é intenso, cobertores são entregues a famílias para que possam suportar o inverno rigoroso.

Abrangência da campanha em 2018 88.572

atendimentos e benefícios

106.892 pessoas impactadas

120 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

atuação em todo o BRASIL

Curaçá/BA

COMUNIDADES QUILOMBOLAS APOIADAS PELA LBV Pelo Brasil, diversas comunidades quilombolas recebem o atendimento da Legião da Boa Vontade, por meio de suas campanhas emergenciais, como a entrega de kits escolares e de cestas de alimentos, chegando com a ajuda necessária nos momentos de grandes desafios.


Rogério Paiva Vânia Besse

Goiânia/GO

Campanha Natal Permanente da LBV Vivian R. Ferreira

Taquarana/AL

C

om o objetivo de proporcionar um fim de ano melhor a pessoas em situação de pobreza, a campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia! distribui, anualmente, toneladas de alimentos não perecíveis, em forma de cestas, aos milhares de famílias atendidas pelos programas e serviços socioeducacionais da Legião da Boa Vontade e às apoiadas por organizações parceiras.

Abrangência da campanha em 2018 152.529

São Paulo/SP

atendimentos e benefícios

149.088 pessoas impactadas

atuação em todo o BRASIL

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 121


Arquivo BV

DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Socorro ao Nordeste A

té os dias de hoje o Nordeste brasileiro sofre com a seca. Esse fenômeno climático faz com que a população local conviva com a perda de plantações, a morte de rebanhos e a miséria extrema. Sempre atento às necessidades do povo, Paiva Netto iniciou, em 1983, um grande movimento por meio de poderosa rede de rádio a fim de minimizar o sofrimento crônico dos nordestinos, fato que ganhou ainda maior relevo quando, em 1998 e 1999, com o apoio da Rede Bandeirantes de Rádio e Televisão, lançou a campanha LBV — SOS Nordeste, que promoveu uma das maiores mobilizações solidárias já vistas em solo brasileiro em favor das vítimas da seca. Foram distribuídos mais de 4,1 milhões de quilos de alimentos a mais de 1.100 localidades. Para que fosse alcançada a meta, uma parte dos gêneros

122 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

alimentícios foi arrecadada na região, enquanto a outra foi transportada por aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) e navios, além de por carros e carretas que cruzaram o Brasil com as doações até chegar às áreas de carência. Exercitar a Solidariedade exigiu determinação e a superação de desafios, entre os quais viajar grandes distâncias em cima de um caminhão e vencer estradas sem asfalto e leitos de rio secos. Pode-se assim descrever a maratona realizada pela equipe de voluntários da LBV para alcançar as cidades e povoados mais distantes a fim de minimizar o sofrimento daquelas comunidades. Desde então, a Instituição não deixou de ajudar as populações em situação de vulnerabilidade social atingidas pelas fortes estiagens constantes na região.


Leila Marco

Arquivo BV Arquivo BV

O registro da fraterna e antiga amizade entre José de Paiva Netto e o sempre lembrado dr. João Jorge Saad, fundador do Grupo Bandeirantes.

“Belo trabalho, LBV/Band! Cidades que muitas pessoas nem imaginam que existem foram beneficiadas pelo trabalho árduo e grandioso da LBV. Sinto-me muito orgulhoso de poder estar junto com o nosso professor Paiva Netto, amigo de grande espírito de solidariedade pelo qual tenho grande admiração, nessa luta contra a fome. Juntos, tenho a certeza de que outros bonitos trabalhos serão realizados em prol da nossa sociedade. Um forte abraço!” DR. JOÃO JORGE SAAD (1919-1999)

J. A. Parmegiani

Arquivo BV

Saudoso fundador da Rede Bandeirantes, ao tomar conhecimento do relatório com os números da campanha LBV — SOS Nordeste e a relação detalhada das localidades atendidas.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 123


DESENVOLVIMENTO SOCIAL

LBV é Ação! Legião da Boa Vontade entrega mais de 120 toneladas de doações a vítimas do maior desastre ambiental do Brasil

L

amentável fato entrou para a história do nosso país: em 5 de novembro de 2015 rompeu-se a barragem de uma mineradora no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana/MG, impactando milhares de famílias ribeirinhas, bem como a fauna e a flora da região. O Ibama estima que mais de 50 milhões de metros cúbicos (ou 20 mil piscinas olímpicas) de rejeitos de minérios formados por areia e óxido de ferro resultaram da enxurrada de lama que percorreu 850 quilômetros pelo leito do Rio Doce, entre Minas Gerais e Espírito Santo, até desaguar no Oceano Atlântico. Sempre atenta aos desafios enfrentados pelo povo, em poucas horas do ocorrido, a Legião da Boa Vontade abriu postos de arrecadação de doações em São Paulo, em Minas Gerais e no Espírito Santo. Conforme recebia apoio dos cidadãos, distribuía garrafas de água potável, gêneros alimentícios, itens de higiene pessoal e peças de roupas — sem esquecer de oferecer às vítimas palavras de ânimo para vencerem o sofrimento.

124 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

1


Fotos: Vivian R. Ferreira

Priscilla Antunes

2

3

TV GLOBO, BANDNEWS, BAND E SBT DESTACAM AÇÃO DA LBV (1) Equipe de reportagem do SBT que esteve no posto de arrecadação da Legião da Boa Vontade, em 17 de novembro: o repórter Darlisson Dutra (de terno), o cinegrafista Ivan Flávio (com a câmera) e o assistente de operações técnicas Reinaldo Kerekes, ladeados por Wilson Bigas, da LBV, e por voluntários vestindo jalecos da Instituição. (2) A equipe de reportagem da Band e BandNews chegou ao local de recebimento das doações às 6h15 do dia 20 de novembro, para divulgar a mobilização solidária no Jornal com Café. A partir da esquerda, o operador técnico Bruno Flávio Laino, a repórter Paula Valdez, Wilson Bigas e Antonio Paulo Espeleta, da LBV, e o cinegrafista Edson Joanna. (3) Da TV Globo estiveram no posto de arrecadação da LBV, a partir da esquerda, o cinegrafista Douglas Pina, Wilson Bigas, da LBV, a repórter Bruna Vieira, Antonio Paulo Espeleta, da LBV, e o operador técnico Gilberto Carvalho. Eles estiveram no local no dia 20 de novembro. Ao lado, reprodução das divulgações feitas pelo portal G1, do Grupo Globo, e do portal UOL: ambos destacaram as unidades da LBV como postos de arrecadação de itens de primeira necessidade para as vítimas de Minas Gerais e do Espírito Santo. O programa comandado por Ana Maria Braga, da TV Globo, também ressaltou a mobilização.


DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Lucinha Araújo: “Na LBV, encontrei a primeira expressão de Solidariedade” Rememorou ainda sua ida a Brasília/DF, ao Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica — o ParlaMundi da LBV —, ocasião em que foi homenageada com a Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, em 1998 (categoria “Direitos Humanos”), cujo troféu guarda em sua sala de trabalho até hoje. Em outra oportunidade, Lucinha comentou o pensamento do jornalista Paiva Netto “Aids — O vírus do preconceito agride mais que a doença”, que faz parte de uma das campanhas de conscientização da Legião da Boa Vontade, tendo em vista contribuir para a eliminação da discriminação relacionada ao HIV. “Ele tem toda a razão. Eu assino embaixo. O preconceito é muito pior que a doença. (...) E isso é fruto da desinformação. A doença está aí. Você não sabe se pode bater na sua porta, na porta do vizinho ou dos parentes.”

Letícia Figueiredo

Lucinha Araújo, mãe do cantor e compositor Cazuza (1958-1990), fundadora e presidente da Sociedade Viva Cazuza, é uma das personalidades que destacam as ações da Legião da Boa Vontade em defesa da Vida. Logo que iniciou o trabalho de amparo às crianças com HIV, Lucinha contou com o apoio da LBV, o qual, segundo ela, foi valioso para a expansão da iniciativa. “Quando abri a casa, recebi a primeira visita de uma agente da LBV que nos trouxe uma colaboração financeira. Sou agradecida por esta Instituição ter acreditado no meu trabalho, ter apostado em mim. Isso é um grande incentivo para continuar, principalmente, contra essa doença tão insidiosa como a aids, e foi na LBV que encontrei a primeira expressão de Solidariedade. Isso eu não vou esquecer”, frisou. Ela lembra, comovida, que esteve várias vezes na Legião da Boa Vontade e recebeu da Obra toda a colaboração. “A LBV já me ajudou mais de uma vez. Sempre que me convidarem a participar, irei com o maior prazer, porque aprecio muito o trabalho do Paiva Netto. Mande um grande abraço para ele”, afirmou.

126 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Leandro Nunes

Maria da Penha: “Vocês estão atuando na prevenção da violência contra a mulher” Maria da Penha Fernandes, farmacêutica bioquímica brasileira, inspirou a criação da Lei no 11.340/06, que leva o seu nome, após ficar paraplégica por causa das agressões que sofreu do próprio marido. Sua incansável luta para disseminar informações que levem à prevenção dessa atitude covarde ganhou notoriedade no Brasil e no mundo. Por iniciativa de Paiva Netto, a trajetória dela tem sido divulgada pela Super Rede Boa Vontade de Comunicação e debatida nas unidades socioeducacionais da Legião da Boa Vontade. Uma das entrevistas que ela concedeu foi compartilhada em uma publicação internacional da LBV, a revista BOA VONTADE, editada em quatro idiomas e levada às Nações Unidas em março de 2013. Ao tomar conhecimento disso, assim se expressou Maria da Penha: “Recebo esta homenagem feliz, porque eu sei que vocês estão atuando na prevenção da violência contra a mulher, na divulgação da Lei Maria da Penha [em meios educativos da] infância, o que é muito importante. A maneira como a gente é educado, a maneira como a gente aprende coisas boas, a gente tende a reproduzir. Então, a LBV trabalha nesse sentido, e eu me sinto honrada de ter a minha causa incluída nesse trabalho de vocês”.

E acrescentou: “Eu sou muito grata ao Paiva Netto pelo trabalho que ele tem desenvolvido junto às crianças na questão da educação, da cidadania. O que vocês estão plantando hoje vai receber muitos frutos. Eu gostaria de parabenizar e dizer quanto é importante esse trabalho que ele desenvolve, e agradecer a ele a divulgação e o compromisso que ele tem em relação à implementação da Lei Maria da Penha. (...) Paiva Netto é uma referência. Sei que a Legião da Boa Vontade é local em que as pessoas trabalham para o Bem. (...) Acho que nossos Espíritos são irmãos. No íntimo, nós que trabalhamos por um mundo de Paz, do bom viver da humanidade, entendemos o que o outro faz e admiramos suas ações”.

PAIVA NETTO escreve: “Combate à violência contra mulheres e meninas”.

PAIVA NETTO writes: “Combatting violence against women and girls”.

Mulher EM DEFESA DA MULHER

63 anos

Maria da Penha Maia Fernandes: The woman who inspired, with her story, the creation of a law to combat gender violence in Brazil.

CONHEÇA AS AÇÕES INTERSETORIAIS PROMOVIDAS PELA LBV, HÁ DÉCADAS, QUE CONTRIBUEM PARA A PROTEÇÃO E A VALORIZAÇÃO DE MENINAS E MULHERES EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE.

A Legião da Boa Vontade apresenta recomendações para participantes da 57a sessão da Comissão sobre a Situação da Mulher, na sede da ONU, em Nova York, EUA, em 2013. A LBV é uma organização da sociedade civil brasileira com status consultivo geral no Conselho Econômico e Social das Nações Unidas, desde 1999.

FOR LIFE EDUCATE FEELINGS IN ORDER TO PREVENT VIOLENCE

The Legion of Good Will (LBV) presents its recommendations to the participants at the 57th session of the Commission on the Status of Women, held at UN Headquarters in New York (USA), in 2013. The LBV is a Brazilian NGO in general consultative status with the United Nations Economic and Social Council (ECOSOC) since 1999.

Loi Maria da Penha

AUTORIDADES Y ESPECIALISTAS INDICAN LOS AVANCES Y DESAFÍOS DE ESTA IMPORTANTE LEY BRASILEÑA QUE COMPLETARÁ SIETE AÑOS EN 2013.

Maria da Penha Maia Fernandes: La mujer que inspiró, con su historia, la creación de la ley de lucha contra la violencia de género en Brasil.

GET TO KNOW THE MULTI-STAKEHOLDER ACTIONS CARRIED OUT FOR DECADES BY THE LBV TOWARDS PROTECTING AND VALUING GIRLS AND WOMEN IN SITUATION OF VULNERABILITY.

63 years

POUR LA DÉFENSE DES FEMMES

Ley Maria da Penha

AUTHORITIES AND SPECIALISTS SHOW THE PROGRESS AND CHALLENGES OF THIS IMPORTANT BRAZILIAN LAW THAT WILL COMPLETE SEVEN YEARS IN 2013.

PELA VIDA EDUCAR TAMBÉM O SENTIMENTO PARA PREVENIR A VIOLÊNCIA

Femme

EN DEFENSA DE LA MUJER

MariadaPenhaLaw

AUTORIDADES E ESPECIALISTAS APONTAM AVANÇOS E DESAFIOS DESSA IMPORTANTE LEI BRASILEIRA, QUE COMPLETA SETE ANOS EM 2013.

PAIVA NETTO écrit : « Combattre la violence à l’égard des femmes et des filles ».

Mujer

IN DEFENSE OF WOMEN

Lei Maria da Penha

Maria da Penha Maia Fernandes: A mulher que inspirou, com sua história, a criação da lei de combate à violência de gênero no Brasil.

PAIVA NETTO escribe: “Lucha contra la violencia hacia mujeres y niñas”.

Women

63 años

DES AUTORITÉS ET SPÉCIALISTES INDIQUENT LES AVANCÉES ET DÉFIS DE CETTE IMPORTANTE LOI BRÉSILIENNE, QUI COMPLÈTE SEPT ANS EN 2013.

POR LA VIDA LA EDUCACIÓN DEL SENTIMIENTO TAMBIÉN PREVIENE LA VIOLENCIA

Maria da Penha Maia Fernandes : La femme qui par son histoire a inspiré la création de la loi pour combattre la violence de genre au Brésil.

CONOZCA LAS ACCIONES INTERSECTORIALES PROMOVIDAS, DURANTE DÉCADAS, POR LA LBV QUE CONTRIBUYEN A LA PROTECCIÓN Y VALORIZACIÓN DE LAS NIÑAS Y MUJERES EN SITUACIÓN DE VULNERABILIDAD.

La Legión de la Buena Voluntad presenta las recomendaciones para los participantes de la 57ma sesión de la Comisión de la Condición Jurídica y Social de la Mujer, en la sede de la ONU en Nueva York, EE.UU, en 2013. La LBV es una organización de la sociedad civil brasileña, con estatus consultivo general en el Consejo Económico y Social de las Naciones Unidas, desde 1999.

POUR LA VIE LA PRÉVENTION DE LA VIOLENCE COMPTE AUSSI AVEC L’ÉDUCATION DU SENTIMENT CONNAISSEZ LES ACTIONS INTERSECTORIELLES ENGAGÉES PAR LA LBV, DEPUIS DES DÉCENNIES, QUI CONTRIBUENT À LA PROTECTION ET À LA VALORISATION DES FILLES ET FEMMES EN SITUATION DE VULNÉRABILITÉ.

63 ans

La Légion de la Bonne Volonté présente des recommandations pour les participants à la 57ème Commission de la condition de la femme, au siège de l’ONU, à New York, en 2013. La LBV est une organisation de la société civile brésilienne, ayant un statut consultatif général dans le Conseil économique et social, des Nations Unies, depuis 1999.

Reproduções de capas da BOA VONTADE Mulher, publicação encaminhada anualmente (em espanhol, francês, inglês e português) à Comissão da Situação das Mulheres, na ONU. No destaque, a edição de 2013, que colaborou na internacionalização da Lei brasileira no 11.340/06, destacando-a logo na capa.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 127


Arquivo BV

DESENVOLVIMENTO SOCIAL

1

inauguração das Novas Instalações da LBV dos EUA

E

m 27 de junho de 2015, o diretor-presidente da Legião da Boa Vontade, José de Paiva Netto, durante a sessão solene do 40o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, comandada por ele e transmitida, ao vivo, pela Super Rede Boa Vontade de Comunicação (rádio, TV e internet), aproveitou o momento propício para a celebração de uma relevante conquista para as Instituições da Boa Vontade: a inauguração das novas instalações da LBV dos Estados Unidos. Situado na Rua 45 (entre a 5a e 6a Avenidas), em Nova York, o local funciona como escritório de representação da Obra junto às Nações Unidas em Manhattan e abriga atividades educacionais, humanitárias e culturais em um dos maiores centros

128 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

urbanos do planeta, que conta com população estimada em mais de 8,3 milhões, conforme dados do Departamento do Censo do país. Em visita à unidade, a sra. Sharon Hamilton-Getz, presidente emérita do Comitê de Espiritualidade, Valores e Interesses Globais na ONU, enalteceu o trabalho realizado pela Instituição. “Este espaço da Legião da Boa Vontade é um enorme abraço em Nova York, por causa do amor, da alegria e da plenitude de espírito que a LBV traz ao mundo. (...) A impressão que eu tenho é que o Sol está brilhando aqui na LBV. (...) Todas as fotos transmitem um grande impacto e uma mensagem muito profunda. De onde vem tudo isso? De Deus!”, disse, referindo-se a uma galeria de imagens com as principais ações


Milson Carneiro

(1 e 5) Ambientes das instalações da LBV dos EUA, em Nova York. (2) Jovens dos Estados Unidos acompanham as palavras do dirigente da LBV pela internet. (3) A sra. Alessandra Esporin (E), à época funcionária da Missão do Brasil na ONU, ao lado de Danilo Parmegiani e Adriana Rocha, da LBV. (4) A sra. Sharon Hamilton-Getz durante visita à Instituição.

Arquivo BV

Arquivo BV

2

4 Arquivo BV

3

sociais e educacionais que a Entidade desenvolve em território norte-americano e em outros seis países. Ela ainda encaminhou a seguinte mensagem ao diretor-presidente da Instituição: “Eu quero felicitar o senhor, Irmão Paiva Netto, por esta celebração maravilhosa de inauguração das novas instalações da LBV em Nova York. Estou muito feliz, porque esta é uma forma de cooperação para trazer a plenitude do Espírito Santo e de Deus para o mundo. Muito obrigada!” A sra. Alessandra Esporin, à época funcionária da Missão do Brasil na ONU, também fez questão de registrar seu agradecimento. “Obrigada pelo carinho e por fazerem a diferença! Que Deus continue iluminando a todos vocês!”

5 BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 129


DESENVOLVIMENTO SOCIAL

“Tenho um prazer muito especial de poder dirigir-me a esse grande brasileiro que é José de Paiva Netto. Um amigo querido e cujo trabalho venho acompanhando há anos, não só eu, Nélida, mas todo o Brasil, porque ele está à frente de uma das mais importantes instituições do país, que é a Legião da Boa Vontade. Uma Obra paradigmática, voltada para a Caridade, a Bondade, para os melhores sentimentos do ser humano. À frente, como lhes dizia, dessa Instituição, que é José de Paiva Netto, passou e passa sua vida, porque é um homem jovem, com muita energia, servindo ao seu ideal. É um destino muito bonito que cumpre ao nosso lado, sob a égide da nossa admiração, porque servir ao próximo como ele o faz, eu não posso ver nada mais precioso, como diria São Paulo; ele ressaltava a Cáritas, que, na verdade, é o Amor. O Amor ao próximo é o sentimento mais avassalador e extraordinário do ser humano. Então, neste momento em que ele, a Instituição e todos nós celebramos anos de serviços prestados à grande causa brasileira, humanitária, nós não podemos deixar de estabelecer esses parâmetros e manifestar apreço e admiração (...).” Sobre a Legião da Boa Vontade (LBV), a escritora comentou: “Há entre nós uma parceria antiga, desde o centenário [da ABL], quando fui presidente desta Casa, em 1996/1997. São laços de amizades que renovamos sempre. Há mútua gratidão”. “É um grande trabalho que ele faz e vocês fazem. E devo dizer em público que ele, em sua presidência, participou muito e ativamente da minha presidência, quando coincidiu com o centenário da Casa. Certas coisas que precisava, naquele momento nós não tínhamos recursos, eu solicitei e fui sempre atendida. De modo que, para mim, é um prazer especial estar aqui. Um abraço ao doutor Paiva Netto, professor.”

Fundação Astúria

Depoimentos

NÉLIDA PIÑON

Divulgação

Membro e ex-presidente da Academia Brasileira de Letras (ABL), jornalista e escritora.

“Austregésilo de Athayde foi o redator brasileiro da Declaração Universal dos Direitos Humanos, assinada em Paris em 10 de dezembro de 1948, numa Assembleia Geral da ONU, na qual foi apresentado um documento fundamental na defesa dos Direitos Humanos de todo o mundo. O fundamental disso tudo é a valorização da Vida; um dos primeiros artigos desta Declaração fala que todo ser humano tem direito à Vida. Todos os que trabalham por essa valorização têm de ter o nosso respeito, e a Legião da Boa Vontade tem agido nesse sentido.” CÍCERO SANDRONI Jornalista, escritor e membro da Academia Brasileira de Letras.

130 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Reprodução BV

Ivan Souza

“A Legião da Boa Vontade está fazendo um trabalho muito melhor que a Otan [Organização do Tratado do Atlântico Norte]. Parabéns a vocês, da LBV, porque estão lutando pela Paz, enquanto tem muita gente por aí lutando pela guerra.”

“Uma rede que se chama Boa Vontade corresponde a uma necessidade urgente do povo brasileiro. (...) Boa Vontade é uma expressão-chave do nosso tempo. (...) Paiva Netto é uma figura realmente lendária neste país pelo que tem feito. O trabalho de vocês se encaixa perfeitamente no propósito de melhorar o conhecimento e a vida das pessoas em geral.”

PAULO COELHO

Selmy Yassuda

Escritor

MOACYR SCLIAR (1937-2011) Escritor, imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL) e médico.

“Agradeço ao presidente Paiva Netto e a todos vocês da LBV, pois o trabalho que tem sido feito aqui na Argentina é muito bonito. (...) Integração [econômica dos países do Mercosul] é isto: é afeto, é caridade, amor; integração não é só no comércio, não é só negócio, eles são importantes, têm de ser feitos, é necessário também construir estradas, pontes, mas a grande ponte é a afetiva. Estarei torcendo pelo sucesso cada vez maior da Legião da Boa Vontade no Brasil e no Exterior.” MARCOS AZAMBUJA

“Todo homem responsável desta nação tem de deixar de ser egoísta. Ele tem de se preocupar com uma coisa chamada humanidade. Tem de se preocupar com seus vizinhos, com as suas aflições, com seus problemas, procurar dar-lhes a mão, ajudá-los com esse espírito comunitário que estamos lançando no Brasil. Sempre que puder, teremos imenso prazer em ajudar a LBV.”

Arquivo BV

Diplomata, foi embaixador do Brasil na França e na Argentina.

ANTÔNIO ERMÍRIO DE MORAES (1928-2014) Empresário. Recebeu a Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, na categoria “Indústria e Comércio”.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 131


DESENVOLVIMENTO SOCIAL

“Tenho grande prazer de falar para a Legião da Boa Vontade sobre o cinquentenário de trabalho de Paiva Netto nesse grande movimento de Fé na vida brasileira. Quero dizer que ele é um homem que redimensionou as atividades da LBV, colocando-a a serviço das melhores ideias da pátria brasileira. Neste cinquentenário tão glorioso, é importante acentuar que Paiva Netto, como patriota, deu ao Brasil uma grande contribuição do ponto de vista social e humano. É uma data que deve ser comemorada como uma data nacional. Já estive naquele belo Templo da Boa Vontade, uma referência fundamental na capital do país. Ninguém pode ir a Brasília para conhecer a cidade sem ir ao Templo da LBV. Por todas essas razões, tenho alegria de cumprimentar o grande brasileiro Paiva Netto.”

Fernando Franco

Depoimentos

JOSÉ APARECIDO DE OLIVEIRA (1929-2007) Ex-governador do DF, ex-ministro da Cultura, ex-embaixador do Brasil em Portugal e articulador da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

José Gonçalo

“Eu me lembro que, naquela época, ele já estava com o dr. Alziro Zarur, e o trabalho continuou depois. (...) Sessenta anos se fez nessa comemoração, e a gente sabe quanto isso representou de desafio, mas quanto representa de orgulho e de realizações.” Também declarou: “Nós sempre acompanhamos a LBV, com muito prazer, pela revista [BOA VONTADE]. Mas, por uma felicidade, eu vim aqui [à capital federal] e visitei o TBV, que já conhecia, lógico. (...) Estou aqui neste ambiente e tive essa surpresa tão feliz de me ver representado para a eternidade junto com esta Instituição, que é um orgulho para todos nós”. Fez questão ainda de mandar este recado especial ao colega de longa data: “Simões, como nós o chamávamos... Paiva Netto, um grande abraço, um abraço muito fraterno, com aquele mesmo espírito que nos norteou, lá atrás, a construir nossas vidas. Você e sua equipe [merecem] mais do que uma vida, uma eternidade. [Estou] Muito feliz! Um abraço pra você, meu amigo! Obrigado [pela surpresa]!” DR. ANTONIO JORGE GUALTER KROPF

“É com a maior satisfação que transmito, para vocês da Legião da Boa Vontade, os votos de que eles [os alunos da LBV] tenham muito sucesso na vida. Eu os parabenizo pela forma com que os têm educado, de modo que é muito bonito. E, pela fisionomia das crianças que estão aqui, a gente só pode fazer crescer o entusiasmo em relação ao futuro do país”. Em outra oportunidade, manifestou: “Sou um admirador da atuação da LBV no Brasil e no mundo.” JOSÉ ALENCAR GOMES DA SILVA (1931-2011) Ex-vice-Presidente da República

132 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Arquivo BV

Diretor institucional da Assistência Médica Internacional S.A. (Amil)


Arquivo BV

Nizete Souza

“Conheço o escritor Paiva Netto há muitos anos e admiro o seu trabalho de apoio à cultura e aos necessitados. Ele tem todos os merecimentos possíveis.” ZÉLIA GATTAI (1916-2008) Escritora

Simone Barreto

“Que a LBV prossiga, porque é um trabalho sem fronteiras e sem calendários.” MARCOS VILAÇA

Airton Leite

Escritor, ex-ministro do Tribunal de Contas da União e ex-presidente da Academia Brasileira de Letras (ABL).

“Graças ao grande empenho da Legião da Boa Vontade, evitou-se que nosso país rachasse pelo meio, que tivéssemos revoluções, guerras civis, porque o que se prega através da LBV é o Amor, a confraternização, o respeito e, mais que tudo, a esperança.” FRANCISCO HORTA Juiz de direito, membro do Conselho Empresarial de Segurança Pública da Associação Comercial do Rio de Janeiro e ouvidor da CBF.

O dirigente da LBV confraterniza com os jornalistas José Carlos Araújo (C) e Paulo Rappoccio Parisi (19212016), por ocasião do 3o aniversário da Rádio CBN, em 19/10/1994, no Rio de Janeiro/RJ.

“Tenho uma relação muito íntima com a LBV, de muitos anos com o Paiva Netto, meu grande amigo. Conheço bem a obra desenvolvida pela Legião da Boa Vontade. Tive a oportunidade de frequentar, por exemplo, a Supercreche Jesus de Del Castilho [escola infantil que está inserida no Centro Educacional José de Paiva Netto, no Rio de Janeiro/RJ] e a de São Paulo/SP. Tenho acompanhado e visto o reconhecimento de toda a classe artística e jornalística ao trabalho desenvolvido ao longo de tantos anos. Obrigado ao Paiva Netto e a todos os que prestigiam essa programação da Boa Vontade TV durante o dia inteiro [pela] oportunidade de eu poder trocar figurinha com vocês! (...) Em 1996 — lembro até hoje —, participei da inauguração da Supercreche Jesus lá em Del Castilho com o ator Milton Gonçalves. Minha mãe morreu no dia 28 de fevereiro [daquele ano]. Eu estava ainda traumatizado, mas tinha assumido o compromisso. Obrigado a vocês pelo carinho! Obrigado mesmo!” JOSÉ CARLOS ARAÚJO (GAROTINHO) Jornalista e radialista

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 133


DESENVOLVIMENTO SOCIAL Depoimentos

Nathália Valério

“Sinto-me lisonjeado em colaborar para a LBV, trabalhar com essas crianças e ver o sorriso e tudo o que vocês têm feito para elas. Isso aumenta o meu carinho não só pela LBV, mas também por todo o serviço que faz no Rio e em todo o Brasil. Parabéns, presidente Paiva Netto! Muito obrigado!”, afirmou o dr. Ariel Apelbaum, que coordenou o Mutirão de Saúde Bucal e Cidadania Infantil no Centro Educacional da Legião da Boa Vontade, no Rio de Janeiro/RJ, em 2013. Na ocasião, crianças e adolescentes da escola e gestantes atendidas por meio do serviço Cidadão-Bebê, da Obra, assistiram a palestras educativas sobre como deve ser feita a escovação dos dentes, com trabalhos práticos e a doação de escovas e pastas de dentes. O cirurgião-dentista e implantodontista doou para a escola da LBV no Rio de Janeiro/RJ parte dos equipamentos do centro odontológico da unidade educativa. DR. ARIEL APELBAUM

Divulgação

“Dr. José de Paiva Netto, foi com imensa satisfação que recebi um exemplar do seu livro Jesus, a Dor e a origem de Sua Autoridade, com a sua dedicatória plena de carinho e incentivo à busca da Espiritualidade Superior. Tenho certeza que esse maravilhoso trabalho, doutrinário por excelência, vem trazer mais degraus de conhecimento evolutivo da verdade espiritual, que liberta da dor e do sofrimento. A inquestionável Autoridade Espiritual do Divino Mestre Jesus nos impele à nossa transformação através do conhecimento da verdade libertadora e por sua prática em nossas interações sociais, que devem estar imbuídas da Solidariedade Humana e do trabalho livre e construtivo. Que esse livro possa trazer o esclarecimento e a libertação do jugo da ignorância na prática da religião de Jesus, a religião do puro Amor Fraterno. Rogo a Deus que a Legião da Boa Vontade, luminosa Instituição, continue a proporcionar o pão solidário do conhecimento e do Amor por todo o sempre.” DR. ARTUR APELBAUM Engenheiro

134 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Arquivo BV

Cirurgião-dentista e implantodontista

Bem-humorada e ilustrada dedicatória que o sempre lembrado cartunista Henfil (1944-1988), irmão do sociólogo Betinho (1935-1997), encaminhou ao dirigente da LBV ao enviar-lhe exemplar de seu livro O Diário de um Cucaracha.


Nathália Valério

“Comemorar esses 25 anos do Templo da LBV, que é a obra mais visitada de uma cidade que tem obras magníficas, realmente é muito importante. E é uma obra que não é só bonita pela beleza física, arquitetônica. O mais importante aqui é a energia e a mensagem que você obtém e leva para casa e passa para a família e para os amigos. Eu tive a oportunidade de conhecer o presidente Paiva Netto e logo vi que se tratava de uma pessoa diferente, que tinha uma voz tranquila, e que se podia perceber rapidamente que tinha uma fortaleza; uma pessoa que dedicou uma vida — e dedica até hoje — a trabalhar, a estudar, a escrever e a procurar criar um mundo melhor para todas as pessoas, independentemente de qualquer tipo de cor, de credo, de posição política. Ele procura que todos vivam em Paz, que possam progredir e viver tranquilamente na sociedade, trazendo o Bem para todos. Essa é a missão dele. (...) Ele construiu o TBV porque se cercou de pessoas como vocês, que são o maior patrimônio da LBV. (...) A chegada [de Paiva Netto ao TBV] já foi bonita aqui, e o Templo realmente é maravilhoso. Agora eu entendi por que ele é o local mais visitado de Brasília.” PROFESSOR DR. JAIR DE CARVALHO E CASTRO Chefe do Serviço de Otorrinolaringologia da 2ª Enfermaria da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro, durante as festividades dos 25 anos do Templo da Boa Vontade.

Divulgação

Fernando Franco

“Quero cumprimentar e dar meus parabéns ao jornalista José de Paiva Netto por esse meio século dedicado à LBV. Ele conseguiu o que poucos conseguiram no Brasil: realizar uma obra gigantesca, voltada para a Educação, para a Cultura e para a Espiritualidade, da qual participam também, como eu, homens de Ciência ligados à Fé. [É] Um trabalho tão notável que engrandece não só o José de Paiva Netto e a LBV, mas engrandece o nosso próprio país. Eu gostaria de cumprimentar o jornalista José de Paiva Netto também pela criação do Centro Educacional, no Rio de Janeiro. Quando o visito, saio muito esperançoso de que o Brasil conseguirá ser um grande país se centros como esse se multiplicarem.”

“O trabalho assistencial da LBV é de alta qualidade.” HERBERT DE SOUZA, O BETINHO (1935-1997) Sociólogo, ganhador da Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica do ParlaMundi da LBV, em 1996, na categoria “Solidariedade”. Afirmativa do saudoso Betinho, em artigo publicado pela revista Veja, quando traçou o perfil do diretor-presidente da LBV, em 1994. Acerca dele, Paiva Netto grafou em sua coluna na antiga revista Manchete: “Um cidadão chamado Solidariedade”.

RONALDO ROGÉRIO DE FREITAS MOURÃO (1935-2014) Astrônomo

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 135


DESENVOLVIMENTO SOCIAL Depoimentos

Reprodução BV

Em entrevista a um periódico do Rio de Janeiro, dona Mindinha, saudosa esposa do compositor Villa-Lobos, afirmou: “(...) Comecei a ouvir Zarur quando ele estava na Rádio Mundial. O próprio Villa, muitas vezes, o ouvia falar. (...) Se fosse vivo, certamente poderia expressar-se melhor, com prazer maior e mais ênfase, porque meu marido também se prendeu ao programa de Zarur. (...) Presto, aqui, a minha homenagem sincera ao criador da Legião da Boa Vontade”. Em outra oportunidade, quando se preparavam as homenagens dos 25 anos da morte de Villa-Lobos, dona Mindinha encaminhou a José de Paiva Netto uma apostila com a programação das celebrações, com graciosa dedicatória: “Ao ilustre amigo, dr. José de Paiva Netto, o presidente que vem honrando a Legião da Boa Vontade em substituição ao enorme benfeitor que foi Alziro Zarur. Cordialmente, a sempre Mindinha de Villa-Lobos”. ARMINDA VILLA-LOBOS, TAMBÉM CONHECIDA COMO DONA MINDINHA (1912-1985)

Arquivo BV

Viviane Propheta

Esposa de Villa-Lobos (que aparece ao lado dele na foto)

Visita cordial do dirigente da LBV à matriarca dos Vellosos, em Santo Amaro da Purificação/BA, em 1988.

“Paiva Netto veio com o filho almoçar comigo. É meu amigo, não se esquece de mim, e eu acompanho as coisas que ele faz. Gosto muito, aprecio. Há um retrato meu lá na LBV em Salvador. Ele não esquece. Toda data! (risos). São essas coisas que confortam a gente; é ter amigos, amizades do tempo antigo que se conservam até hoje. Dei entrevista de Boa Vontade. Faria a qualquer hora. Eu acompanho a revista [da LBV]. Leio; gosto de ver o serviço que Paiva Netto faz, as pessoas que adotam o trabalho dele. Procuro me empenhar. É a minha vida.”

136 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

“Fico muito admirada em ver a grandiosidade do trabalho que é feito aqui. A parte da pedagogia, o coral — que canta em Libras, para integrar o aluno com deficiência auditiva —, esses são detalhes que me encantam. É a minha segunda vez aqui, e de novo fico impressionada. Todo mundo está feliz. Isto é um oásis. Existe aquele sentimento de que todos são iguais, unidos por um elemento que acho fundamental: o Amor.”

MÃE CANÔ (1907-2012)

APARECIDA LIBERATO

Matriarca dos Vellosos

Numeróloga e escritora


Um conteúdo que faz

bem para sua família! PORTUGAL Lisboa: FM 92.8 (diariamente, das 23 à 0 h); Pampilhosa: FM 92.6 (diariamente, das 7 às 8 h).

BOLÍVIA La Paz: AM 860 (de 2a a 6a, das 7 às 8 h e das 13 às 14 h).

PARAGUAI Assunção: FM 90.7 (de 2a a 6a, das 8 às 9 h).

BRASIL

URUGUAI Montevidéu: AM 1.370 (de 2a a 6a, das 8h15 às 9h15).

ARGENTINA Buenos Aires: FM 104.7 (de 2a a 6a, das 7 às 8 h e das 10 às 11 h; sábado e domingo, das 18 às 19 h); AM 1.590 (de 2a a 6a, da 0 à 1 h e das 17 às 18 h).

AMAZONAS: Manaus: AM 610 kHz (24 horas). BAHIA: Salvador: AM 1.350 kHz (24 horas). DISTRITO FEDERAL: Brasília: AM 1.210 kHz (24 horas). GOIÁS: Santo Antônio do Descoberto: FM 88,9 MHz (24 horas). MINAS GERAIS: Montes Claros: AM 550 kHz (24 horas); Uberlândia: AM 1.210 kHz (24 horas). SÃO PAULO: São Paulo: AM 1.230 kHz (24 horas); Sertãozinho: AM 550 kHz (24 horas). RIO DE JANEIRO: Rio de Janeiro: AM 940 kHz (24 horas). RIO GRANDE DO SUL: Porto Alegre: AM 1.300 kHz (24 horas); OC 25 m | 11.895 kHz (24 horas); OC 31 m | 9.550 kHz (24 horas); OC 49 m | 6.160 kHz (24 horas). Oi TV - canal 989

Comunicação 100% Jesus

0300 10 07 940 • www.boavontade.com • facebook.com/boavontade


COMUNICAÇÃO SOCIAL

compartilhando o altruísmo


Nesta SEÇÃO, você encontrará: 140

Boa Vontade na Comunicação

142

Pioneirismo no rádio

146 Revista BOA VONTADE 147

Literatura da Boa Vontade

150

Best-sellers em espanhol

151

Jornalismo Solidário

152

JESUS ESTÁ CHEGANDO!

152

Gráfica da Boa Vontade

154

Band e LBV: parceria na TV

155

Operação Jesus

156

Canais na internet

157

Expansão em outros idiomas

158

Boa Vontade TV

160

Incentivo ao Esperanto

162

Mobilizações em favor da Vida

166

LBV — Esporte é Vida, não violência!

168

Brado pela Vida!

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 139


João Periotto

COMUNICAÇÃO SOCIAL

140 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Boa Vontade na Comunicação

D

esde a década de 1940, em plena Era de Ouro do Rádio no Brasil, a Legião da Boa Vontade já utilizava esse meio de comunicação para transmitir mensagens fraternas e ecumênicas a milhares de ouvintes. Hoje, além de estar presente nas ondas do rádio, a LBV tem grande atividade na TV, em publicações e na internet, por meio da Super Rede Boa Vontade de Comunicação ou, como também ficou popularmente conhecida, da Comunicação 100% Jesus. São diversas mídias com a finalidade de propagar temas de valorização da Vida e da Espiritualidade Ecumênica, pondo em prática a missão da LBV, que é a de “Promover Desenvolvimento Social, Solidário e Sustentável, Educação e Cultura, Arte e Esporte, com Espiritualidade Ecumênica, para que haja Consciência Socioambiental, Alimentação, Segurança, Saúde e Trabalho para todos, no despertar do Cidadão Planetário”. Nesse contexto, vale dizer que, somente nos anos de 2017 e 2018, a programação diária da Instituição abriu espaço para 6.877 participações de especialistas de todo o Brasil, cumprindo, assim, um importante papel na comunicação cidadã a respeito dos mais diversos assuntos. Nas páginas a seguir, conheça um pouco das realizações da LBV nessa área.

Arquivo BV

Em outubro de 1968, no gabinete da Presidência da LBV, no Rio de Janeiro/RJ, Zarur e Paiva Netto ouvem, concentrados, uma gravação.


Arquivo BV

COMUNICAÇÃO SOCIAL

Pioneirismo no rádio C

omo se pode ler na seção “A Origem” desta revista, o próprio nascedouro da Legião da Boa Vontade deu-se no meio radiofônico, com o programa Hora da Boa Vontade, em 4 de março de 1949 (leia na p. 34). Por isso, a comunicação está na base de suas realizações, e foi por intermédio dela que a Entidade ampliou seus serviços socioeducativos. Um dos instrumentos de expansão desse ideal Fraterno foi a Rádio Mundial, a primeira emissora da Boa Vontade 24 horas. Nela, o saudoso fundador da LBV, Alziro Zarur (1914-1979), pregou, de 1956 a 1966, a Bíblia, em Espírito e Verdade, à luz do Novo Mandamento do Cristo de Deus: “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos” (Evangelho de Jesus, segundo João, 13:34 e 35). E isso de hora em hora, fato único em todo o mundo. Por sinal, um relato do diretor-presidente da Institui-

142 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

ção sobre os primórdios da Obra demonstra o valor inestimável que Zarur dava às Sagradas Escrituras. Conta Paiva Netto: “Recordo-me de que, ainda aluno do Colégio Pedro II, fui levar os expedientes administrativos, do Casarão de Assistência Social da LBV, dirigido naquele tempo pelo saudoso dr. Osmar Carvalho e Silva, um grande brasileiro e Legionário da Boa Vontade. E eu estava lá no gabinete do Irmão Alziro Zarur, na Rádio Mundial, quando chegou uma Bíblia Sagrada [foto acima], como presente da escritora espiritualista gaúcha, que o Irmão Zarur passou a chamar de Martha de Deus. Ele, então, pegou o livro diante do dr. Osmar, do Sylvio Gomes — que era irmão do jornalista fluminense de grande qualidade Gomes Filho, amigo de Zarur, e que também tive a honra de conhecer — e de mim, e bradou: ‘Meu Deus, tenho nas minhas mãos a maior arma do


João Preda

Paiva Netto, durante uma de suas pregações de improviso na Super Rede Boa Vontade de Rádio.

mundo: a Bíblia Sagrada. Mais forte que todas as bombas atômicas!’ Eu era um garoto, sempre atrevido, e disse: e é uma arma que não mata! Ele falou: ‘É mesmo’”. O fundador da LBV criou também o programa Jesus Está Chamando!, em 29 de janeiro de 1957 — referência à página escrita pelo Espírito Emmanuel, com o mesmo título. E ainda radiofonizou as famosas Prece do Copo d’Água e Vamos Falar com Deus, convidando a audiência à oração fervorosa ao Pai Celestial e à meditação irrestritamente ecumênica. Todo esse conteúdo elevado repercutiu cada vez mais, levando conforto e esclarecimento às Almas.

SUPER REDE BOA VONTADE DE RÁDIO Em 1o de setembro de 1992, Paiva Netto ampliou ainda mais o alcance da Comunicação 100% Jesus ao inaugurar a Super Rede Boa Vontade de Rádio,

com uma programação 24 horas no ar. Ao longo desses 27 anos, ela caracterizou-se pelo pioneirismo de veicular, de hora em hora, uma prece. Com uma grade diversificada (Esporte, Cultura, Jornalismo, Meio Ambiente, Utilidade Pública e outros temas), tem a maior audiência por conta da mensagem do Evangelho-Apocalipse de Jesus, explicado pelo dirigente da LBV em Espírito e Verdade, à luz do Mandamento Novo do Cristo Ecumênico, o Divino Estadista, assim como por suas famosas séries. Atualmente, a Super Rede Boa Vontade de Rádio possui oito emissoras distribuídas pelo território nacional, as quais contam com os mais capacitados profissionais e modernos equipamentos. A potência dos transmissores da Super Rede Boa Vontade de Rádio merece destaque, a exemplo da  Super Rádio Brasil  — 940 AM, que possui um BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 143


Fotos: Vivian R. Ferreira

COMUNICAÇÃO SOCIAL

transmissor de 100 mil watts. Além de cobrir todo o Estado do Rio de Janeiro, chega a vários locais do país e do planeta, como a Noruega. Por e-mail, o engenheiro eletrônico Tore B. Vik atestou à equipe que trabalha no local: “Vivo em um povoado chamado Mysen, ao sudeste de Oslo, capital da Noruega. (…) Sintonizei a Super Rádio Brasil. Escrevo para informar-lhes que o sinal da rádio é ouvido aqui na Noruega, a 8.500 quilômetros de distância. Tive a sorte de sintonizar a ZYJ453, Rádio Brasil. Recebam minha cordial saudação. Paz e Amor”.

Famosa série “O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração” No rádio, Paiva Netto é reconhecido por suas mensagens sempre inspiradas no Evangelho-Apocalipse do Cristo Ecumênico, o Divino Estadista, a exemplo das séries radiofônicas Apocalipse para o Povo, Apocalipse e Profecias e O Apocalipse de Jesus

144 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

para os Simples de Coração, esta conduzida por ele de outubro de 1990 a fevereiro de 1992. Levada ao ar pela Super Rede Boa Vontade de Rádio, essa série logo se tornou, pela particular abrangência e pela popularidade, sucesso de audiência, alcançando a marca de mais de 450 programas transmitidos. Nessas preleções, feitas de improviso — que, mais tarde, originaram a coleção literária homônima (leia mais sobre o assunto na p. 148) —, ele analisa, com justeza, “o livro mais importante das Escrituras Sagradas da atualidade”, no dizer de Alziro Zarur. Enquanto viajava a trabalho, Paiva Netto pregava.


Alexandre Rueda Vivian R. Ferreira

Em 7/2/2016, dando início às comemorações de seus 60 anos de trabalho na Seara da Boa Vontade, Paiva Netto conversa informalmente com Legionários da Boa Vontade do Rio Grande do Sul, ladeado de sua esposa, Irmã Lucimara Augusta.

SINTONIZAR FAZ BEM!

Foram muitas as cidades em que realizou, nos mais diversos ambientes — a céu aberto, em auditórios e até em cozinhas —, suas palestras acerca do Apocalipse, as quais foram gravadas e exibidas tanto no rádio quanto na TV. Entre essas localidades estão Belo Horizonte/MG, Brasília/DF, Curitiba/PR, Florianópolis/SC, Glorinha/RS, Maringá/PR, Rio de Janeiro/RJ e São Paulo/SP, no Brasil; e, no exterior, Londres, na Inglaterra; Paris, na França; Roma, na Itália; Santa Maria de Arnoso, Lugar de Lages, e Porto, em Portugal; Buenos Aires, na Argentina; e Nova York, nos Estados Unidos.

Leila Marco

Saiba sobre a abrangência da Super Rede Boa Vontade de Rádio pelo site www.boavontade.com/radio e acompanhe a série radiofônica O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração. Disponível também pelo Aplicativo Boa Vontade Play.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 145


COMUNICAÇÃO SOCIAL

1o de maio de 1956

Revista BOA VONTADE P

roduzir uma publicação capaz de refletir a Espiritualidade Ecumênica presente nos mais diversos campos da atuação humana é um dos propósitos da revista BOA VONTADE desde seus primórdios: a edição número um é de 1o de maio de 1956. Inicialmente, foi preparada na primeira sede da LBV, em pequena sala de um prédio localizado na Rua do Acre, 47, 9o andar, no Centro do Rio de Janeiro/RJ. Àquela altura, nos idos de 1950, a revista era rodada na gráfica da Editora Bloch. O exemplar inaugural trouxe pioneiramente na capa a estampa de Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista, e apresentava aos leitores a inovadora linha editorial do periódico que ali nascia, realçando os valores fraternos de respeito e harmonia entre as religiões, bem como entre os diferentes povos, culturas e áreas do saber humano. Por décadas, o leitor da BOA VONTADE tem acompanhado temas de interesse geral. Entrevistas, reportagens, notícias e artigos relevantes, enfim, todo o conteúdo tem em comum a permanente busca pelo crescimento pessoal, ético e es-

146 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

A primeira edição da revista BOA VONTADE (lançada em 1o de maio de 1956) foi impressa pela Bloch Editores, do jornalista e empresário de mídia Adolpho Bloch (19081995). Nessa gráfica também foram rodados: Jornal de Deus, Jornal da Boa Vontade, Jornal do Apocalipse, Jornal da Paz, Jornal da Guerra, Jornal do Novo Mandamento e a revista Soldadinhos de Deus.

piritual do público, sempre à luz da Solidariedade Ecumênica. Mantendo-se sempre atual, em 2013, ganhou seu próprio aplicativo: o BOA VONTADE Magazine. Com esse novo recurso, disponível na App Store e na Google Play, é possível conhecer gratuitamente todo o teor da publicação.


José Gonçalo

Literatura da Boa Vontade C

om mais de 8 milhões de livros vendidos, o jornalista José de Paiva Netto, diretor-presidente da Legião da Boa Vontade, é considerado um dos principais e mais talentosos escritores nacionais. E não é para menos. Autor de vários best-sellers, chama a atenção de leitores de todas as idades por tratar de importantes temáticas — a exemplo de educação inclusiva, de desenvolvimento sustentável e de cidadania plena —, abordando-as com as contribuições das mais variadas áreas do saber humano, por ele harmonizadas à luz da Espiritualidade Ecumênica. Por exemplo, Os mortos não morrem, obra apresentada ao público em 20 de outubro de 2018,

durante os festejos dos 29 anos do Templo da Boa Vontade (TBV), em Brasília/DF, cuja tiragem da primeira edição se esgotou no mesmo dia do lançamento, foi destaque também durante a 19a edição da Bienal Internacional do Livro Rio, encerrada em 8 de setembro de 2019. No referido título, o autor lança luz sobre as indagações fundamentais da existência. Em uma robusta investigação, analisa experiências de quase-morte (EQMs), fenômenos psi, a criônica, a bicorporeidade, a inteligência artificial, a consciência espiritual e os aportes da neurociência, provocando novas compreensões acerca da Vida Eterna. Outro livro que também obteve ótima aceitação BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 147


COMUNICAÇÃO SOCIAL

do público é A Missão dos Setenta e o “lobo invisível” (2018). Nele, o autor utiliza sua experiência de 63 anos como estudioso dos temas bíblicos para minuciosamente apresentar a passagem “A Missão dos Setenta Discípulos de Jesus”, constante do Evangelho, segundo Lucas, 10:1 a 24. A partir dela, oferece valiosas lições sobre a realidade espiritual e sua influência no dia a dia dos cidadãos planetários.

PRINCIPAL COLETÂNEA ECUMÊNICA SOBRE O APOCALIPSE NO MUNDO Muito a propósito, em se tratando de abordagens bíblicas, a pregação ecumênica do Evangelho-Apocalipse de Jesus ganha grande realce no trabalho literário de Paiva Netto. Prova disso é o fato de que, do total de seus livros vendidos, mais de 3 milhões referem-se à famosa coleção “O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração”, a principal coletânea ecumênica sobre o Apocalipse no mundo. Dela fazem parte as obras As Profecias sem Mistério (1998), Somos todos Profetas (1999), Apocalipse sem Medo (2000), Jesus, o Profeta Divino (2011) e Jesus, a Dor e a origem de Sua Autoridade — O Poder do Cristo em nós (2014). Traduzidos para diversos idiomas, esses títulos tiveram destaque em importantes bienais e feiras literárias do Brasil e do exterior. A 50a Feira do Livro de Frankfurt, na Alemanha, e a Liber’98 — 16a Feira Internacional do Livro da Espanha, na cidade de Barcelona, são alguns dos exemplos.

Conheça mais sobre o livro A Missão dos Setenta e o “lobo invisível”, do escritor Paiva Netto, assistindo ao book-trailer da obra.

148 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Publicações de Paiva Netto já foram traduzidas para mais de 25 idiomas, além de textos em braille, e estão entre as mais vendidas em eventos literários.

Livro de Deus (1982)

Livro Jesus (1983)

O Brasil e o Apocalipse, volume 2 (1985)

Canto à Paz (1986)

Religião do Terceiro Milênio (1987) Lançado também em espanhol e inglês.

Regeneration (1988) Lançado em espanhol e inglês.

Jesus, Zarur, Kardec e Roustaing, na Quarta Revelação (1984)

O Brasil e o Apocalipse, volume 1 (1984)

Reflexões e Pensamentos — Dialética da Boa Vontade (1987) Lançado também em alemão, esperanto, espanhol, francês, inglês e italiano.

Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, volume 1 (1987) Lançado também em espanhol, esperanto e inglês.

A Bíblia para o Povo (1988) Lançado também em espanhol, inglês e russo.

Natal, Fim dos Tempos e a Volta de Jesus (1988) Lançado também em esperanto.

Epístola Constitucional do Terceiro Milênio (1988) Lançado também em alemão e francês.


A Nova Abolição (1988)

A Verdadeira Educação começa em Jesus (1989)

Como Vencer o Sofrimento (1990) Lançado também em espanhol.

Somos todos Profetas (1999)

Evangelho do Sexo (2006) Ensaio literário

Jesus, a Dor e a origem de Sua Autoridade (2014)

Mãezinha, O Sentido da CREIA — Cartilha Sagradas Diretrizes deixe-me viver! Paixão no Final dos de Reeducação Espirituais da Religião (1989) Tempos (1989) Espiritual Iniciática de Deus, do Cristo Lançado também Apocalíptica e do Espírito Santo, em francês. (1989) volume 2 (1990)

Ao Coração de Deus — Coletânea Ecumênica de Orações (1990)

Apocalipse sem Medo (2000)

Jesus, o Libertador Divino (2007) Ensaio literário

Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, volume 3 (1991)

Crônicas e Entrevistas (2000)

Em Pauta (2008)

Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo (2017) — edição comemorativa

O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração (1991)

Cidadania do Espírito (2001)

Sabedoria de Vida (2001)

É Urgente Reeducar! (2010) Disponível também em espanhol.

Tesouros da Alma (2017) Lançado também em espanhol.

O Brasil e o Apocalipse, volume 3 (1996)

Tratado Universal sobre a Dor (1990)

As Profecias sem Mistério (1998) Lançado também em espanhol, francês e inglês.

Reflexões da Alma (2003) Disponível também em espanhol, esperanto e português (de Portugal).

Paiva Netto e a Proclamação do Novo Mandamento de Jesus — A saga heroica de Alziro Zarur (1914-1979) na Terra (2009)

A Missão dos Setenta e o “lobo invisível” (2018)

Os mortos não morrem (2018)

Jesus, o Profeta Divino (2011)

101 Lições de Sabedoria Espiritual (2018)

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 149


Best-sellers em espanhol

C

iente de que a língua espanhola é a terceira mais falada em todo o mundo, nos últimos anos Paiva Netto têm lançado versões de suas obras no referido idioma, como é o caso do livro ¡Es Urgente Reeducar! (É Urgente Reeducar!, 2008), que apresenta conceitos de vanguarda da Educação com Espiritualidade Ecumênica com uma “visão além do intelecto”, proposta há décadas pelo educador. O lançamento desse título, produzido numa parceria entre a Editora Elevação e a Editorial Dunken, deu-se na 45a Feira Internacional do Livro de Buenos Aires, na Argentina, ocorrida entre os dias 23 de abril e 13 de maio de 2019. Nas edições anteriores do mesmo evento, o público presente encontrou as seguintes obras (disponíveis na versão impressa e digital): em 2018, Tesoros del Alma (Tesouros da Alma, 2017); em 2017, Cómo Vencer el Sufrimiento (Como Vencer o Sofrimento, 1990); e, no ano de 2016, Reflexiones del Alma (Reflexões da Alma, 2003). Este último trabalho ganhou ampla repercussão entre os veículos da mídia, a exemplo da conceituada revista de cultura Ñ, que pertence ao grupo Clarín, principal rede de comunicação daquele país.

Conteúdo digital acessível

Re pr od uç ão BV

Muitos dos livros do escritor Paiva Netto já podem ser encontrados na versão e-book em dezenas de lojas na internet, como a Apple Store, a Amazon e a Kobo. Leitores de mais de 170 países estão adquirindo Reflexões da Alma; Jesus, o Profeta Divino; É Urgente Reeducar!; Como Vencer o Sofrimento; Tesouros da Alma; Ao Coração de Deus — Coletânea Ecumênica de Orações; Sabedoria de Vida; e Em Pauta. O e-book Reflexões da Alma também está disponível em espanhol e em esperanto. Um sucesso!

César da Silva

COMUNICAÇÃO SOCIAL


Jornalismo Solidário

U

m jornalismo de causas, essa foi sempre a pauta que orientou o jornalista e radialista Paiva Netto em quase sessenta anos de profissão. Preocupado em trabalhar com o que o público precisa saber, já aos 20 anos de idade defendia o protagonismo das novas gerações em página redigida em setembro de 1961, intitulada “Receita de um jovem para os jovens”. Naquela ocasião, propõe também ao saudoso Alziro Zarur a criação do Departamento Infantojuvenil da LBV; o fundador da Instituição o nomeia responsável do setor, publicando o tocante texto no jornal Gazeta de Notícias, em 15 de outubro do mesmo ano. A partir dessa data que se torna jornalista profissional, revisor e redator no famoso centenário carioca. No decorrer da década de 1960, passa também a escrever a parte de baixo da prestigiada coluna diária de Alziro Zarur. E isso é ressaltado pelo fundador da LBV na Gazeta de Notícias de 11 de janeiro de 1968, quando ainda exalta o entusiasmo de Paiva Netto, redator responsável do Jornal da Boa Vontade, em desenvolver o departamento de relações públicas da Organização. A partir de então, tem se destacado pela escrita Solidária Fraterna, diferencial que o tem caracterizado ao longo das décadas.

Conteúdos de valorização da vida em 2018 9.403

3.119.416

4.942

artigos do jornalista Paiva Netto, diretor-presidente da LBV, publicados em sites e jornais.

inserções da marca LBV em diversos veículos de comunicação do país.

veículos de comunicação divulgaram o trabalho da LBV.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 151


Ivan Souza

COMUNICAÇÃO SOCIAL

JESUS ESTÁ CHEGANDO!

P

reparar os caminhos para a Volta Triunfal de Jesus à Terra, anunciada por Ele no Seu Santo Evangelho-Apocalipse, está entre os principais propósitos da Comunicação 100% Jesus. Por isso, em 27 de fevereiro de 1982, durante importante Congresso Legionário realizado em Campinas/SP, Paiva Netto lançou a 1a edição da revista JESUS ESTÁ CHEGANDO!. Nesses 37 anos de história, a publicação não parou de crescer. Em 2009, teve início a expansão dela para a América Latina e países de língua espanhola, com o lançamento do perió-

Por todo o trabalho na área da comunicação, Paiva Netto é considerado por muitos “o maior comunicador do Brasil”, conforme fez constar o conceituado jornalista brasileiro Moacir Japiassu (1942-2015) na matéria de capa da revista Jornal dos Jornais — A Revista da Imprensa no 17, de agosto de 2000. Na referida reportagem, intitulada “Retrato do Moacir Japiassu povo brasileiro”, o respeitado jornalista Myltainho Severiano da Silva (19402014) registrou o resumo de quatro horas de conversa com o dirigente da LBV, que também é jornalista. Sobre esse momento especial da carreira, Myltainho afirmou: “Nessa entrevista com o Paiva Netto, fui, mais uma vez, um repórter bissexto, pois não era a minha praia, mas o que eu senti naquele dia na LBV foi muita emoção. Criança me emociona muito, e eu vi aquelas crianças se alimentando e sendo bem tratadas. Aquilo me embargou a voz em alguns momentos. Foi uma das entrevistas de campo que fiz que mais me emocionaram, sem dúvida. Não teve outro trabalho que me emocionasse tanto”.

Roberta Assis

“O maior comunicador do Brasil”

Gráfica da Boa Vontade

E

m junho de 1980, iniciaram-se as atividades da primeira Gráfica da Boa Vontade, no bairro de Bangu, no Rio de Janeiro/RJ. Com a aquisição dos primeiros equipamentos destinados à montagem dos estúdios de TV da LBV para a produção própria dos programas dela em emissoras de diversos Estados, por meio do Departamento Audiovisual (DAVI), e a compra de maquinários para a Gráfica da Boa Vontade, em 22 de janeiro de 1983, passos importantes foram dados na ampliação do trabalho gráfico na Organização. Atualmente, a Mundial Gráfica, uma das Instituições da Boa Vontade, está localizada na capital paulista e conta com maquinário moderno e de última geração, produzindo, assim, materiais com alta qualidade e eficiência.


Arquivo BV

Gilberto Bertolin

dico no idioma espanhol. A partir de 2018, com o lançamento da edição em inglês, marca presença nos Estados Unidos. Além disso, desde 2010 as edições da revista e outros conteúdos exclusivos podem ser acessados em todo o planeta pelo site www.jesusestachegando.com, com versões disponíveis para computador, tablet e celular.

Edilson Moreno

Arquivo BV

1

2 Vinícius Bueno

Sobre a importância dos meios de comunicação para a expansão do ideal fraterno da LBV, Paiva Netto escreveu o seguinte na primeira edição da revista JESUS ESTÁ CHEGANDO!: “III — (...) Uma de minhas preocupações maiores tem sido levar a pregação redentora da Religião do Terceiro Milênio às multidões, pelo Brasil e pelo mundo. E, graças a isso, com o amor e o apoio da Família Legionária (e dos Cristãos do Novo Mandamento de Jesus), temos alcançado esse objetivo sagrado, pois, ‘se Deus é por nós, quem será contra nós?’ (Paulo Apóstolo aos Romanos, 8:31). Ainda assim, por outro lado, necessário se fazia que a Legião da Boa Vontade tivesse a sua gráfica própria, pois, se a Doutrina deve ser ouvida, também urge ser lida em português e em todas as línguas conhecidas, como igualmente ser vista na televisão, no cinema, porque os meios de comunicação do mundo pertencem a Jesus e devem ser postos a Seu serviço. (...) A LBV está aí cumprindo a sua tarefa”.

Capa da 1a edição da revista JESUS ESTÁ CHEGANDO!, a qual apresenta ilustração da Volta Triunfal do Cristo de Deus.

3 (1 e 2) Paiva Netto inaugura a unidade da Gráfica da Boa Vontade, em Niterói/RJ, em 26/2/1983. (3) Visão parcial das modernas instalações da Mundial Gráfica, das Instituições da Boa Vontade, localizada na Rua Visconde de Taunay, 651, Bom Retiro, São Paulo/SP, tel. (11) 3359-7575. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 153


Gilberto Bertolin

Arquivo BV

COMUNICAÇÃO SOCIAL

1

2

(1) Momento da assinatura do contrato para a transmissão do programa da LBV pela Rede Bandeirantes de Televisão. (2) Sr. Johnny Saad (E), tendo ao fundo o retrato de seu avô Adhemar de Barros (1901-1969), e Paiva Netto (D), à frente da imagem de seu saudoso amigo dr. João Jorge Saad (1919-1999), fundador do Grupo Bandeirantes.

Band e LBV: parceria na TV E

m 1o de junho de 1983, entrou no ar, para todo o Brasil, o Programa Boa Vontade, pela Rede Bandeirantes de Televisão (Band). Com a iniciativa, a LBV tornou-se pioneira no segmento de programação na TV brasileira que contempla a Espiritualidade e a atitude cidadã, a exemplo do que fizera no rádio. Além de prestar contas do serviço socioeducacional oferecido pela Instituição — algo bastante incomum na época —, Paiva Netto levava palavras de ânimo e de solidariedade, bem como o Santo Evangelho e o Apocalipse Redentor de Jesus, de maneira ecumênica. À assinatura do contrato (28 de maio de 1983), na sede do Grupo Bandeirantes de Comunicação, no bairro do Morumbi, na capital paulista, inúmeros integrantes da LBV de todo o país compareceram para celebrar a ocasião. Firmaram o documento Paiva Netto; o fundador da Band, João Jorge Saad (1919-1999); o filho dele, Johnny Saad; e Samir Razuk (1931-2012), então diretor comercial da Band.

154 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

LBV E BAND: AMIZADE ANTIGA Em visita à sede da TV Bandeirantes, em São Paulo/SP, o diretor-presidente da Legião da Boa Vontade, José de Paiva Netto, foi recebido pelo presidente do Grupo Bandeirantes de Rádio e Televisão, sr. Johnny Saad. No cordial encontro, ocorrido na zona sul da capital paulista, ratificaram as parcerias de sucesso e laços de antiga amizade entre a Band e a LBV, em favor do povo, que vêm desde a época do fundador do Grupo Band, dr. João Jorge Saad, um pioneiro das comunicações. O sr. Johnny, a respeito dessa aliança, revelou: “Nós, da Bandeirantes, estamos muito orgulhosos de ser aliados de vocês da LBV. Acompanhamos a luta do Paiva desde o tempo de Zarur e sabemos deste trabalho sério, bonito, honrado, que cuida de criança, cuida de gente idosa, envolve todo o mundo. Então, somos, em primeiro lugar, fãs do trabalho de vocês, admiradores e colaboradores. (...) Muito obrigado e fiquem com Deus”.


Operação Jesus U

por Paiva Netto aos jovens é a de fazer crescer a rede de comunicação das Instituições da Boa Vontade. Em suas palavras naquele dia, ele destacou: “Jesus pode curar qualquer país. É isso que a LBV se propõe a fazer. Esta é uma hora decisiva”. Diante daquele cenário, ele completou seu pensamento ao afirmar: “Entardece o dia, e nasce uma nova era para os Legionários da Boa Vontade”. No ano seguinte, em 28 de junho de 1996, em Porto Alegre/RS, durante as festividades dos 40 anos de trabalho de Paiva Netto na LBV, foi lançada a segunda etapa da Operação Jesus, que é povo. De lá para cá, o crescimento da mídia da Boa Vontade foi evidente: novas emissoras de rádio, publicações e TV, e, com o surgimento da internet, também nessa época, novos canais foram estabelecidos para a expansão do Evangelho-Apocalipse do Cristo. Fotos: João Preda

ma data em especial marca a comunicação da Legião da Boa Vontade: em 25 de março de 1995, um sábado, Paiva Netto convocou os jovens da LBV para engajarem-se em um gigantesco propósito, a que deu o nome de Operação Jesus. A mobilização tinha como meta ampliar a divulgação da mensagem do Cristo Ecumênico, o Divino Estadista, a toda a humanidade. Em cima de um caminhão de som — que fora utilizado pela juventude em uma carreata que antecedera o evento —, ele fez uma reunião de três horas, debaixo do forte sol característico do clima do Planalto Central. Deu ênfase aos valores da Vida e, perante os milhares de presentes, repetiu diversas vezes: “O nosso referencial é Jesus”. Desde então, a data é um marco na Comunicação 100% Jesus, visto que a responsabilidade proposta

1 (1) Em 25 de março de 1995, Paiva Netto, em cima de um caminhão, convocou a juventude (vista parcialmente no registro acima) que superlotou a praça diante do TBV, na capital do Brasil, para iniciar a histórica marcha midiática da Operação Jesus. (2) Em junho de 1996, ocorreu o lançamento da segunda fase da Operação Jesus, em Porto Alegre/RS, Brasil, mobilizando os Legionários da Boa Vontade para ampliar a Comunicação 100% Jesus.

2 BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 155


Canais na internet C

Vivian R. Ferreira

COMUNICAÇÃO SOCIAL

om pioneirismo — ainda no princípio da implantação da internet no Brasil —, inaugurou-se, em agosto de 1996, o site da LBV na internet (inicialmente disponível em português e inglês). Em fevereiro de 1997, foi ao ar a programação da Super Rede Boa Vontade de Rádio. Em 7 de novembro de 2002, o diretor-presidente da LBV lançou o portal Boa Vontade (www.boavontade.com), cujo conteúdo é comprometido com a Cidadania Fraterna. Artigos, reportagens e entrevistas, acompanhados de fotos, áudios e vídeos, estão entre os destaques da homepage. Atualmente, o portal da Espiritualidade Ecumênica tem conteúdo disponível em sete idiomas (alemão, inglês, espanhol, esperanto, francês, italiano e português). Cabe mencionar, ainda, os canais da LBV nas redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter, Instagram e YouTube) e o portal da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo (www.religiaodedeus. org). Neste último, tem se destacado a valorização da Vida, pois, além de oferecer perspectivas sólidas contra o aborto, contra a eutanásia, contra as drogas e outros malefícios, apresenta conteúdos que tratam da prevenção ao suicídio.

Boa Vontade Play Em outubro de 2015, mais uma iniciativa de propagação dos Ideais da Boa Vontade chegou ao público: o aplicativo Boa Vontade Play. Em qualquer parte do mundo com acesso à internet, é possível acompanhar a programação da Super Rede Boa Vontade de Comunicação, ouvindo ao vivo as emissoras da Super Rede Boa Vontade de Rádio e assistindo, em tempo real, à Boa Vontade TV. Além disso, a plataforma digital possibilita ouvir músicas legionárias, preces e pregações ecumênicas de Paiva Netto na hora que se quiser. O Boa Vontade Play pode ser baixado, gratuitamente, nos dispositivos móveis com Android ou com iOS. O usuário do aplicativo pode ainda assinar a versão Premium e ter acesso a conteúdos exclusivos.

Promover a Cultura Ecumênica Em 31 de janeiro de 1995, é instituída a Fundação José de Paiva Netto. Para promover cultura que enobreça a Alma das pessoas com conteúdo espiritual-humano, cria, nesse mesmo ano, a Editora Elevação e a Gravadora Som Puro, que ampliam suas operações a cada ano.


Expansão em outros idiomas

G

Fotos: Fernando Weikamp

Danilo Parmegiani

rande incentivador da comunicação, o jornalista Paiva Netto investe, há décadas, na expansão do acesso ao conteúdo da Super Rede Boa Vontade de Comunicação. Com esse objetivo, criou, por exemplo, o Departamento de Tradução, que tem o compromisso de fazer a versão de textos que transmitem os Ideais da Boa Vontade. Ao longo desse tempo, foram feitas publicações em mais de 25 idiomas, trazendo artigos de valorização da Vida, que chegaram a diversas partes do mundo. Com o advento da internet, esse trabalho se potencializou. Blogs, portais e perfis nas redes sociais fazem esse conteúdo de Espiritualidade Ecumênica chegar a internautas dos cinco continentes.

Geradora educativa Ecumênica Em 21 de setembro de 2003, o dirigente da LBV inaugurou a Rede Boa Vontade de TV — canal 11 VHF —, geradora educativa da Fundação José de Paiva Netto (FJPN), que produz e transmite os programas da emissora para São José dos Campos e região, no Estado de São Paulo, e para todo o Brasil. A Boa Vontade TV investe em Educação a distância como uma das estratégias para democratizar e elevar o padrão de qualidade do ensino brasileiro, contribuindo, assim, para a formação integral do ser humano e o desenvolvimento autossustentável.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 157


Vivian R. Ferreira

COMUNICAÇÃO SOCIAL

158 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Reprodução BV Vivian R. Ferreira

Vivian R. Ferreira

Vivian R. Ferreira

e acordo com a meta da LBV de levar Educação com Espiritualidade Ecumênica para a sociedade, era fundamental contar com um veículo de comunicação moderno: a televisão. Por isso, com a criação, em 2000, da Boa Vontade TV (programadora de conteúdo para TV por assinatura), houve uma grande vitória para a Instituição. Apesar da intensa atividade institucional no rádio e mesmo na TV aberta, não havia ainda uma emissora de televisão 24 horas. Em 11 de março de 2008, a presença da LBV na televisão teve novo impulso com a nova programação de TV por assinatura para todo o Brasil. Numa solenidade transmitida ao vivo do Centro Educacional da Legião da Boa Vontade, no Rio de Janeiro/RJ, e simultaneamente do Conjunto Educacional Boa Vontade, em São Paulo/SP, o dirigente da Instituição fez a abertura oficial da Boa Vontade TV, o que permitiu à emissora oferecer a mais famílias brasileiras uma programação de qualidade, com a marca que faz desta a TV da Paz, do Amor e da Fraternidade Real. Atualmente, a Boa Vontade TV pode ser sintonizada de diferentes maneiras, tanto por meio da contratação de TVs por assinatura, entre as quais a Oi TV (canal 212) e a NET Brasil/ Claro TV (canal 196), quanto por canais abertos e parabólicas. Também se pode assistir a ela de onde se estiver pela internet. Acesse www.boavontade.com/tv e conheça a abrangência completa da Boa Vontade TV.

Reprodução BV

Boa Vontade TV D


Vivian R. Ferreira Reprodução BVTV Clayton Ferreira

Reprodução BVTV

Reprodução BVTV Ab reu

e kd Ric

Em 11 de março de 2008, numa solenidade transmitida ao vivo do Centro Educacional da Legião da Boa Vontade, no Rio de Janeiro/RJ, e simultaneamente do Instituto de Educação da LBV, em São Paulo/SP, Paiva Netto fez a abertura oficial da Boa Vontade TV para transmissão em novas operadoras por assinatura. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 159


Kimio Macumoto

COMUNICAÇÃO SOCIAL

Incentivo ao Esperanto D

esde os primórdios da Legião da Boa Vontade, o Esperanto conta com o prestígio da Instituição. Esse respaldo é dado por todos os meios ao alcance da LBV, que cumpre, assim, uma das finalidades registradas no próprio estatuto: “Pugnar pela mais ampla difusão do idioma internacional Esperanto, elemento precioso de confraternização dos povos, considerando que a LBV é o Esperanto das religiões, como o Esperanto é a LBV das línguas”. O saudoso fundador da Legião da Boa Vontade, Alziro Zarur (1914-1979), evidenciou o potencial de desenvolvimento do idioma criado por Lázaro Luiz Zamenhof (1859-1917), aliando-o ao trabalho de uma organização como a LBV, que muito se identifica com os ideais esperantistas, sobretudo os de Paz e de confraternização entre as nações. Em 1956, no programa Campanha da Boa Vontade, da Rádio Mundial, ministrou o curso de Esperanto da LBV. Essa iniciativa pioneira foi levada ao ar pelos professores Carlos Torres Pastorino (19101980) e Jorge Soares das Neves. Sob a direção de Paiva Netto na LBV, o Esperanto foi resgatado e desenvolvido nas lides da Boa Vontade. Os frutos desse trabalho encontram repercussão mundial, e anualmente representantes da LBV participam dos principais encontros de Esperanto no Brasil e no exterior. Com essa atuação, a Instituição busca levar ao mundo informação solidária, educativa e cultural, sempre pelo prisma da Espiritualidade Ecumênica, que apresentam os trabalhos literários e as publicações da LBV, entre os quais a revista BONA VOLO (BOA VONTADE), e, com grande força, a internet, por meio de páginas traduzidas e de canais nas mais usuais redes sociais.

160 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Cerimônia de abertura do 92o Congresso Universal de Esperanto, em Yokohama, Japão.


O melhor conteúdo de paz e elevação onde você estiver Agora é só dar

PLAY

Preces Ecumênicas Música Legionária Boa Vontade TV Super Rede Boa Vontade de Rádio

Baixe gratuitamente em sua loja de aplicativos:


Priscilla Antunes

COMUNICAÇÃO SOCIAL

Contra o suicídio Há alguns anos, a Legião da Boa Vontade adere à campanha internacional Setembro Amarelo e, durante todos os dias desse mês, ilumina com a cor da iniciativa o Centro Educacional da LBV, no Rio de Janeiro/RJ; o Conjunto Educacional Boa Vontade, em São Paulo/SP; e o Templo da Boa Vontade (TBV), na capital federal. Nesses locais, são realizadas atividades de conscientização para crianças, jovens e adultos, entre as quais apresentações temáticas, oficinas e rodas de conversa sobre a prevenção ao suicídio.

Mobilizações em favor da Vida 162 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Levar mensagens de conforto e de esclarecimento espiritual é outra grande meta das Instituições da Boa Vontade, que têm disponibilizado, em seus canais on-line, em sete idiomas, conteúdos que tratam da prevenção ao suicídio. Esses vídeos e artigos têm sido os mais procurados pelos internautas via buscadores, e muitos deles desejam a conversa imediata com os pregadores ecumênicos da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, que recomendam o necessário tratamento médico e apresentam o esclarecimento espiritual acerca do tema. No que diz respeito ao perfil do público que mais chega ao chat da Religião Divina pedindo socorro, os pré-adolescentes e adolescentes (entre 13 e 22 anos) representam 52% do total.


Vivian R. Ferreira

Contra o BullyIng e contra A pedofilia Na LBV, é permanente o trabalho de prevenção e de combate ao bullying e à pedofilia. Tanto nas escolas como nas unidades socioassistenciais da Entidade, os atendidos participam de ações preventivas de conscientização — a exemplo de pesquisas, palestras e rodas de conversa — e adquirem informação necessária para saber se proteger contra as diversas formas de abuso e exploração. As equipes multidisciplinares da Instituição são preparadas para reconhecer preventivamente sinais dessas violações e agir junto às famílias, comunidades e autoridades competentes, fortalecendo a rede de apoio às vítimas.

Gislaine Aparecida

Brasília/DF

Rio de Janeiro/RJ

Contra as Drogas Para ajudar dependentes químicos a vencer a difícil batalha contra as drogas, a LBV prepara pessoas das comunidades atendidas para auxiliá-los no enfrentamento de problemas sociais decorrentes do vício. Com a sua pioneira campanha Não use drogas. Viver é melhor!, a Instituição engaja-se na luta contra o uso e a dependência de substâncias tóxicas, alertando a população sobre os riscos que estas oferecem à saúde. Entre outras ações, a iniciativa divulga conteúdos sobre o assunto na mídia e em palestras dirigidas a escolas. Às famílias, a Entidade recomenda, insistentemente, que não deixem de apoiar ética e solidariamente o ente querido que padece, contribuindo, assim, para a recuperação dele.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 163


Andherson Barcellos

Em adesão às campanhas mundiais Outubro Rosa e Novembro Azul, monumentos, prédios públicos, teatros e pontos turísticos são iluminados, nesses meses, com essas cores. O objetivo dessas mobilizações é conscientizar a população da importância de precaver-se contra o câncer de mama, o câncer de próstata e o diabetes por meio da adoção de hábitos saudáveis e da realização de exames preventivos. Como já é tradição, a Legião da Boa Vontade demonstra seu apoio a essas iniciativas globais iluminando de rosa e de azul o Templo da Boa Vontade (TBV), em Brasília/DF; o Conjunto Educacional Boa Vontade, em São Paulo/SP; e o Centro Educacional José de Paiva Netto, no Rio de Janeiro/RJ. Outras ações são realizadas no TBV em suporte às campanhas, dentre as quais se destaca a Corrente Ecumênica de Preces — que ocorre todos os dias, às 18 horas, Hora do Ângelus — em favor dos que enfrentam tais doenças. A LBV também promove, em suas unidades socioeducacionais, atividades importantes de esclarecimento sobre esses temas, com destaque para palestras específicas.

Sandra Teixeira

Apoio ao Outubro Rosa e ao Novembro azul

José Gonçalo

COMUNICAÇÃO SOCIAL

Conjunto Educacional Boa Vontade, em São Paulo/SP.

164 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


João Preda Nilton Preda

Anhangabaú, São Paulo/sp

em defesa da Vida, Paiva Netto reúne mais de 150 mil pessoas Em 10 de dezembro de 1993, Dia Internacional dos Direitos Humanos, a convocação da Legião da Boa Vontade levou, conforme noticiou a Folha da Tarde, 150 mil pessoas ao Vale do Anhangabaú, região central de São Paulo/SP, para o I Encontro Viver é Melhor!, na grande atuação ecumênica da LBV. Na ocasião, Paiva Netto recebeu uma condecoração especial das Nações Unidas por serviços prestados em favor da humanidade.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 165


Arlindo Filho

COMUNICAÇÃO SOCIAL

Placar eletrônico do Maracanã, no Rio de Janeiro/RJ.

LBV – Esporte é Vida, não violência! P

or muitos anos, Alziro Zarur fez do rádio um grande aliado na tarefa de despertar nas pessoas o sentimento de solidariedade, a fim de promover ações socioeducacionais. Paiva Netto, que foi o principal assessor dele durante quase um quarto de século, era o braço direito nessas empreitadas. Em 1978, de modo pioneiro, Paiva Netto levou os ideais fraternos da LBV ao Estádio Jornalista Mário Filho, mais conhecido como Maracanã. A finalidade foi a de colaborar para um ambiente de Paz entre os

166 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

torcedores no famoso local. Ele organizava as equipes que conduziam faixas com frases educativas da Instituição, as quais eram apresentadas ao público no campo durante o intervalo dos jogos e também ficavam afixadas nas arquibancadas. O propósito de difundir os ideais da Legião da Boa Vontade em um meio no qual isso era ainda inédito foi extremamente positivo. Surgiu, dessa maneira, a campanha LBV — Esporte é Vida, não violência!. Essa teve o apoio imediato do locutor esportivo da


Maria Figueiredo

Ronald Reis Arquivo BV

Da esquerda para a direita, José Carlos Araújo, locutor esportivo da Super Rádio Tupi (Rio de Janeiro/RJ); o amigo dele, o radialista Paiva Netto; e Washington Rodrigues, comentarista esportivo da Super Rádio Tupi (Rio de Janeiro/RJ), durante a entrega do Troféu Bola de Ouro, edição 1997.

Reconhecimento por promover a Paz no futebol

Super Rádio Tupi (Rio de Janeiro/RJ) e apresentador de TV José Carlos Araújo — então na Rádio Nacional do Rio de Janeiro/RJ (1.130 kHz) — e de toda a equipe dele, que divulgavam as máximas da LBV, além do suporte da centenária Gazeta de Notícias, em que eram publicadas matérias contra a violência e pela Paz nos estádios. O movimento espalhou-se para muitas outras cidades do Brasil e do exterior. Era comum a entrega do troféu da LBV aos times vencedores dos campeonatos regionais e do Brasileiro.

Pedro Paulo

Alziro Borges

Por promover a vitoriosa campanha LBV — Esporte é Vida, não violência!, que criou na década de 1970, e outras ações socioeducacionais, Paiva Netto foi homenageado, em 14 de abril de 1997, com o Troféu Bola de Ouro, da Fifa, que possui 209 países-membros. A láurea foi entregue durante cerimônia de premiação aos melhores desportistas daquele ano, ocorrida no Espaço Centro Cultural Banco Real, em São Paulo/SP. O dirigente da LBV recebeu a honraria por dois anos consecutivos, num reconhecimento à sua contribuição para a Paz nos estádios.

Zico, exemplar profissional, à época jogador do Flamengo, doou para a campanha a primeira camisa. Com ela, foi possível realizar um sorteio entre os colaboradores da LBV e, assim, angariar recursos para o trabalho solidário da Instituição. A partir daí, mais jogadores começaram a ajudar a iniciativa com camisas dos clubes deles.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 167


Arlindo Filho

COMUNICAÇÃO SOCIAL

Lei la

Brado pela Vida!

Mar co

LBV reúne mais de 200 mil pessoas na capital fluminense em marcha a favor da Vida e contra o preconceito

E

m 1o de dezembro de 1996, Dia Internacional da Luta contra a Aids, a Legião da Boa Vontade, na permanente campanha que promove a favor da Vida e contra o preconceito, reuniu mais de 200 mil pessoas na orla marítima do Rio de Janeiro/RJ, na altura da Praia do Leme. A iniciativa teve o apoio de dezenas de personalidades, que, com a multidão, bradaram esta máxima de Paiva Netto: “Aids — O vírus do preconceito agride mais que a doença”.

Como acredita que a informação é a grande arma para lidar com o problema e evitar o preconceito, a LBV divulga constantemente as campanhas de valorização da Vida que empreende por meio da Super Rede Boa Vontade de Comunicação (rádio, TV, publicações e internet) e de palestras em escolas, levando dados sobre uma série de questões importantes, entre as quais drogas, aids e as infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

TV Globo apoia campanha da LBV contra a dengue Mobilizar a sociedade a formar uma força-tarefa para o combate ao Aedes aegypti, transmissor do Zika e também vetor da dengue e da chikungunya, é um dos objetivos da campanha Eu ajudo a mudar!, promovida pela Legião da Boa Vontade. O vídeo da campanha, estrelado por crianças atendidas pela LBV, foi exibido pelas emissoras afiliadas da Rede Globo de Televisão em todo o Brasil, no período de 9 a 16 de maio de 2019. Nele, os pequenos ensinam ações simples, mas importantes para o combate eficaz ao mosquito.

168 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Um conteúdo que faz

bem para sua família! PIAUÍ MARANHÃO Teresina: Canal 47.1 Timon: Canal 47.1 São Luís: Canal 48 | TVN Telecomunicações Nordeste

RIO GRANDE DO NORTE Natal: Canal 33 | Cabo Natal Mossoró: Canal 148 | TCM MINAS GERAIS Luz: Canal 51 Águas Formosas: Canal 15 Cataguases: Canal 78 | Inter Cabo Leopoldina: Canal 78 | Inter Cabo

PARÁ Oriximiná: Canal 45

RIO DE JANEIRO Cabo Frio: Canal 47 | TV Costa do Sol Angra dos Reis, Paraty e Mangaratiba: Canal 3 | Net Angra dos Reis Cantagalo, Cordeiro, Santa Maria Madalena e Muriaé: Canal 115 | Inter Cabo Campos dos Goytacazes: Canal 40.1 Rio de Janeiro: Canal 23 | TVA NET Bom Jardim: Canal 17 | CMC Duas Barras: Canal 17 | CMC

MATO GROSSO Juara: Canal 10

GOIÁS Novo Gama: Canal 36.1 PARANÁ Maringá: Canal 14.1 Marechal Cândido Rondon: Canal 29 Guarapuava: Canal 26 Campo Mourão: Canal 48 Apucarana: Canal 53.1 Paranavaí: Canal 48 Foz do Iguaçu: Canal 30.1 RIO GRANDE DO SUL Glorinha: Canal 23.1 Gravataí: Canal 23.1

REDE ABERTA TVS POR ASSINATURA 196 e 696 da Claro e da NET

SÃO PAULO São José dos Campos, Caçapava e Jacareí: Canal 11.1 São Paulo (região metropolitana): Canal 45.1 São Caetano do Sul e Diadema: Canal 45.1 Pindamonhangaba e Roseira: Canal 26.1 Cruzeiro: Canal 40.1 Monteiro Lobato: Canal 26.1 Campos do Jordão: Canal 26.1 Guaratinguetá: Canal 26.1 Jaú e Dois Córregos: Canal 45 | TV Conectcor Votorantim e Tatuí: Canal 87 | Super Mídia TV a Cabo São José dos Campos: Canal 13 | Vivo Fibra Tietê: Canal 44 | TVAC Tietê Ourinhos: Canal 29 | Giga TV Penápolis: Canal 73 | Pontal Cabo

212 da Oi TV

Comunicação 100% Jesus

0300 10 07 940 • www.boavontade.com • facebook.com/boavontade


COMUNICAÇÃO SOCIAL

“Aqui neste Centro Comunitário da LBV, imaginada e criada pelo Paiva Netto — que eu digo que é o maior pregador de Evangelho que hoje conheço, fico muito à vontade para dizer isso —, realizase aquilo que é o sonho de uma humanidade verdadeira, em que todos os humanos sejam iguais. E que foi de forma sacral uma vez lançada por Jesus Cristo há quase dois mil anos. Jesus Cristo exatamente veio para lembrar aos homens que todos são iguais. E não é à toa que Ele deu como único Mandamento: ‘Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei’. E, em seguida, quando crianças queriam falar com Ele e tentaram impedir, Ele disse: ‘Deixai vir a mim as criancinhas, porque delas é o Reino dos Céus’. Que Deus abençoe esta Obra. Isto aqui é uma amostra do que pode e deve ser feito com verdadeiro Amor: dar ao pobre o tratamento da melhor qualidade. Não é dar ao pobre uma condição de pobre, não. É dar ao pobre o que ele não tem. Isso aqui é feito. Dar a manutenção física, a alimentação, a instrução e o bálsamo da introdução à Espiritualidade.” WALTER POYARES (1916-2005) Publicitário, jornalista e professor, ao ser homenageado pela LBV com a inauguração de uma sala com o seu nome no Centro Educacional da Instituição, no Rio de Janeiro/RJ.

170 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

“Para a LBV, eu tiro o chapéu. Quero parabenizar a todos da Legião da Boa Vontade, e que continuem esse trabalho. (...) Gosto muito do Paiva Netto. É uma pessoa extraordinária, um homem de Deus, que se preocupa com o semelhante, todo mundo sabe disso. Você, Paiva, é uma pessoa que dedicou a sua vida, e continua dedicando, às pessoas, principalmente às crianças que necessitam de ajuda; e quantas delas já se formaram e hoje são médicos, engenheiros... Um beijo!” Em outra ocasião, declarou: “O povo acredita no artista, graças a Deus! Quanto mais o artista se dedicar a ajudar a LBV, mais o povo vai se conscientizar de que a LBV trabalha em prol daqueles que necessitam. (...) Sou um dos artistas que mais gostam de colaborar nesse tipo de trabalho. No caso do Paiva Netto, sua Fé em Deus o ajuda Chic o Au di muito. Por isso, está aí até hoje, sendo abençoado, amado, aplaudido pelo povo do mundo inteiro. As pessoas que ajudam o seu semelhante têm de ser aplaudidas.” RAUL GIL Apresentador de TV

Cleonir Sgarbossa

Arlindo Filho

Depoimentos

“Já publiquei mais de 2,6 mil títulos, com mais de 3 mil autores, dos mais diversos pensamentos. No caso do livro As Profecias sem Mistério, de Paiva Netto, pela posição de ideias e atitudes tomadas, o diálogo flui. (...) A LBV, para a qual eu contribuo, está construindo verdadeiros caminhos da mensagem de São Francisco: de Paz e de Bem.” FREI ROVÍLIO COSTA (1934-2009) Pesquisador, historiador e escritor.


Cida Linares

“Paiva Netto é um exímio estilista, sempre em dia com as novas.” JOSÉ CRETELLA JÚNIOR (1920-2015) Mestre de professores, jurisconsulto e tratadista.

Arquivo BV

“A justiça social que a LBV faz, educando, preparando essa nova geração, que surge das mãos de vocês, nos engrandece sobremaneira e nos faz acreditar que o país tem futuro. O Brasil é grandioso em razão do papel dos educadores que a LBV também proporciona.”

“Acompanho o desenrolar da atuação da Legião da Boa Vontade desde o seu início, apreciando o extraordinário trabalho de seus membros e dirigentes a favor dos mais necessitados. É, pois, para mim, motivo de grande satisfação recordar o apoio que nossas organizações deram a este movimento de promoção humana e social. A LBV é uma obra estupenda.” DR. ROBERTO MARINHO (19042003) Criador das Organizações Globo. Entrevista publicada na revista LBV no 176, de dezembro de 1999.

Rod olph oM ach ado

CYRO BARRETO

Vivian R. Ferreira

Jornalista

“Com a maior felicidade da minha vida, saúdo Paiva Netto. Ele completa um cinquentenário na Legião da Boa Vontade. Não há nada neste país que possa se igualar à LBV. Este cinquentenário é uma lápide em que nós podemos escrever com honra e com devoção para com o grande amigo Paiva Netto. Por quê? Porque é simples. A Legião da Boa Vontade mantém uma missão que talvez no Brasil é a única que se tem, porque ela atende a uma necessidade social. Eu me sinto muito honrado por, neste dia, falar ao grande diretor-presidente da Legião da Boa Vontade. Paiva Netto imprimiu, divulgou e implantou em todo o território nacional esta Obra maravilhosa, que é a LBV. Essa Instituição merece estar no mundo inteiro, como exemplo de grandeza social e moral. (...) Por tudo isso, só posso dizer: Obrigado, Paiva Netto! Que tenha saúde e continue imprimindo esta vontade de realizar, de compreender e educar.” PAULO RAPPOCCIO PARISI (1921-2016) Jornalista

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 171


COMUNICAÇÃO SOCIAL

Joã

o Pe

riott

o

Depoimentos

ANA PAULA PADRÃO

Marina Figueiredo

Jornalista, ao participar da campanha natalina da LBV em 2013.

“O trabalho da LBV é muito importante porque se pudéssemos ter mais organizações que lutassem pelo bem-estar e pelo crescimento de crianças e de comunidades, realmente, o país estaria bem melhor.” MARCIA PELTIER Jornalista, durante a entrega do troféu Super Cap de Ouro, em 1997.

172 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

“Sempre bato palmas a Paiva Netto, com a maior franqueza e entusiasmo. É um dos beneméritos deste país, um dos maiores idealistas, realizadores... que faz, que trabalha (...). Sou fã da Legião da Boa Vontade e também de seu dirigente, por estarem prestando serviços sérios ao país.” Assim afirmou em outra ocasião: “Falar do Paiva Netto e da Legião da Boa Vontade para nós é agradável e honroso. A LBV tem muitos anos de trabalho em favor da comunidade, o que é extraordinário em termos brasileiros e universais. Paiva Netto tem constância na boa trilha, não se deixou atrair por novidades ou questões passadas. (...) O indivíduo que sabe que tem méritos, mas que abre mão deles em prol do seu semelhante, é uma figura respeitável, diria até santificada. Porque santo é isso, um indivíduo que não se empolga por si e se dedica a outrem. (...) A Legião da Boa Vontade traduz realmente uma potência de forças espirituais. (...) Que o trabalho se multiplique sempre, pois é altamente moral, o que justamente a Instituição prega, sem precisar fazer discursos, porque os seus constituintes praticam e, portanto, são a exibição própria daquilo que deve ser um bom caminho”.

Fernando Franco

“Usar a minha imagem a favor de uma bela causa e saber que com isso estou proporcionando um fim de ano melhor para tanta gente que realmente precisa é uma emoção. Esses 30 anos em que fiquei exposta na televisão fizeram com que as pessoas acreditassem em mim, e essa credibilidade é o que eu doo para a LBV e para essas famílias que terão um Natal mais feliz. Por isso, meus colegas e eu estamos participando desta campanha.”

FERNANDO SEGISMUNDO (1915-2014) Professor, jornalista e ex-presidente da ABI.


Leila Marco

“Tive a oportunidade de ver o que a LBV faz pelas crianças, o que muito me emocionou. A cidade de São Paulo e o Brasil agradecem à LBV. Há uma necessidade muito grande de se olhar a criança, há uma falta de assistência geral. A culpa não sei de quem é. Não adianta procurar o culpado, precisamos procurar quem faça alguma coisa. E Paiva Netto faz. O que esse homem faz, faz bem. Eu o considero muito amigo. Ele é uma reserva moral neste país." DR. JOÃO JORGE SAAD (1919-1999)

Arq

uiv

oB

V

Clayton Ferreira

Saudoso fundador do Grupo Bandeirantes de Comunicação

“Parabéns pelo trabalho que a LBV sempre fez pelas crianças! É aí que começam a prevenção e a formação de brasileiros saudáveis, emocional e fisicamente. Também é isso que vai garantir o futuro do nosso país.” SÔNIA ABRÃO

HILTON ABI-RIHAN Radialista, apresentador do programa Samba & História, transmitido pela Boa Vontade TV, e colunista da revista BOA VONTADE.

Jornalista e apresentadora de TV

Roosewelt Pinheiro/ABr

“Todos os dias a gente assiste a um exemplo digno da LBV. Tenho certeza de que, um dia, todos os brasileiros estarão unidos em torno dela. A Legião da Boa Vontade precisa que todos digam ‘sim’ às suas campanhas. Parabéns ao meu amigo Paiva Netto, esse grande líder, esse homem que o Brasil admira com fervor há tanto tempo e, certamente, vai admirar cada vez mais! Ele consegue fazer que a LBV cresça cada vez mais. Eu sou seu admirador, fã e soldado da Instituição.”

“Não é só com planos e programas que se persegue o progresso, mas com um trabalho grande e sério, como esse que está sendo levado ao Brasil inteiro pela LBV. Que as pessoas ajudem! Quero que muitas pessoas saibam desse trabalho maravilhoso da Legião da Boa Vontade, que já é feito há tanto tempo. (...) O trabalho da LBV é para a gente ver de perto, aplaudir e seguir.” XUXA MENEGHEL Apresentadora de TV

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 173


COMUNICAÇÃO SOCIAL

Daniel Trevisan

“Meus parabéns pelo trabalho que a LBV faz há tantos anos, com tanta eficiência e dignidade.”

Marina Figueiredo

Depoimentos

WASHINGTON OLIVETTO Publicitário

ian

Luc

“Os artigos de Paiva Netto no jornal A Tribuna Regional, de Santo Ângelo/RS, estão tendo grande aceitação dos leitores, repercutindo de modo extraordinário nas Missões, em outros Estados e até mesmo no exterior, conforme e-mails que temos recebido. Portanto, é uma honra imensa abrigar os conceitos, as opiniões, a pena brilhante do professor s Paiva Netto.” nde agu

F

DR. VALDIR ANDRES

Fernando Franco

Jornalista, advogado e ex-diretor-presidente do jornal A Tribuna Regional, que convidou o dirigente da LBV para integrar o time de colunistas do periódico gaúcho.

“Sou um admirador do Paiva Netto e do trabalho da LBV e sempre que posso também coloco nos meus editoriais, nas minhas matérias, os trabalhos desenvolvidos pela Legião da Boa Vontade. Quero aproveitar esse momento para mandar um beijo muito carinhoso para o Paiva Netto (...). Que continue firme e conte comigo. Conheci a Legião da Boa Vontade nos seus mais diferentes segmentos e momentos. É uma coisa tão bem organizada, tão bem concatenada, que eu cunhei esta frase que ficou marcada e repito até hoje: A LBV é o Brasil que deu certo! Paiva Netto, [continue] firme. (...) Nós estamos com você!” AMAURY JR. Jornalista e apresentador de TV

“Quero cumprimentar o Paiva Netto, presidente da LBV. Que Deus o proteja, que lhe dê muitas luzes, força para continuar fazendo esse trabalho maravilhoso, sempre com os olhos voltados para cuidar de crianças, uma ação filantrópica muito grande que todos reconhecem. Queria cumprimentá-lo também pela construção do Templo da Boa Vontade, Templo do Cristal, como é também chamado hoje, por ter se transformado num dos pontos turísticos mais importantes do Distrito Federal, um lugar onde a gente encontra Paz, tranquilidade e harmonia, e tudo isso só é possível pelo trabalho da LBV. Um abraço carinhoso de uma pessoa que o respeita muito e o admira.” MARLENE GALEAZZI Jornalista

174 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Clayton Ferreira

Marina Figueiredo

“Muito obrigado pela presença da Legião da Boa Vontade. Eu devo dizer que muita coisa sobre Direitos Humanos aprendi exatamente na LBV, com o José de Paiva Netto, meu amigo. Por isso, mais uma vez enalteço a sua Obra, na qual me inspirei muito para praticar os atos da defesa da liberdade e dos Direitos Humanos. Sem dúvida, a LBV é inigualável, não há nenhuma instituição que seja tão grandiosa.” Em outra ocasião, ao visitar a unidade da LBV no Rio de Janeiro, destacou: “Este trabalho deveria ser mais divulgado e observado por outras categorias. Temos de agradecer ao dirigente da LBV pelo que realiza no Brasil e no Exterior. Fiquei deslumbrado, sensibilizado com o que está sendo feito aqui.” JOSÉ GOMES TALARICO (1915-2010)

Arquivo BV

Jornalista

“Paiva Netto é um escritor de muito talento.” MOACIR C. LOPES (1927-2010) Mestre de professores

“A Legião da Boa Vontade tem uma parte muito grande na luta comunitária, da mesma forma que a ABI tem. A LBV luta de uma forma, e nós, de outra, mas sempre nos encontramos na defesa do interesse coletivo.” HÉLIO FERNANDES Veterano jornalista e ex-presidente do jornal Tribuna da Imprensa

“Eu conheço a Legião da Boa Vontade há muito tempo. Conheço não como um participante, não como um voluntário, um contribuinte muito ocasional, em algumas circunstâncias acionado pelos muitos mecanismos que essa Organização tem para procurar esse tipo de parceiro. Mas conheço de ver, de ler, de ouvir algumas coisas, do tempo do Alziro Zarur, dos tempos que me remetem lá para os anos 1970, talvez até antes. E o que eu gostaria de dizer é o seguinte: a LBV pode ser mais ou menos simpática aos olhos de uns ou de outros; pode estar mais à direita ou mais à esquerda aos olhos de uns ou de outros; ser mais conservadora ou menos conservadora aos olhos de uns ou de outros; mas, aos olhos de todos, e aí me engajo nisso, podemos dizer que ela é uma Entidade que sempre esteve empenhada numa causa, num objetivo: o de ajudar as d an oB ã pessoas, contribuir com elas, ç lga vu Di tentar melhorar a realidade muito dura que muitas, infelizmente, ainda enfrentam no nosso país.” RICARDO BOECHAT (1952-2019) Jornalista e apresentador de telejornal

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 175


COMUNICAÇÃO SOCIAL

“Meu querido Irmão Paiva Netto, envio um abraço fraterno e especial pelo Dia do Amigo. Peço a Jesus que continue lhe dando força para continuar atuando, com brilhantismo, como magnífico médico espiritual de homens e de Almas. Que Deus o ilumine para sempre atuar na LBV com todo esse carisma, cheio de rapidez de raciocínio e repleto de Amor ao próximo. Que para todo o mundo você continue espalhando seus conhecimentos espirituais e que faça crescer, cada vez mais, a nossa Legião da Boa Vontade.”

Reprodução BV

Lucian Fagundes

Depoimentos

LUIZ CARLOS LOURENÇO (1942-2019) Jornalista

João Periotto

“Estou encantado com o trabalho realizado pela LBV, do qual tinha muitas notícias de quão benfeito era o cuidado para com a criança brasileira; ficamos ainda mais impressionados pelo carinho e pela atenção, vendo a alegria, o ensino e a orientação prestados aos pequenos. Isso faz com que nos orgulhemos, cada vez mais, desta Legião. (...) É um privilégio para o Rio Grande do Sul contar com o exemplo da LBV. Sem dúvida, precisamos que ela se expanda ainda mais (...). A LBV é uma entidade modelar, um exemplo para todos os brasileiros!”

“Acompanho o trabalho da LBV e já fui a várias creches. (...) Continuem, sempre que puderem, colaborando com a LBV. A gente tem certeza absoluta de que estará entregando alguma coisa muito importante na mão de pessoas que sabem distribuir e que sabem levar aonde realmente se precisa.” LUCIANO DO VALLE (1947-2014) Jornalista e narrador esportivo

DR. OTÁVIO GADRET

“Fiquei muito feliz de estar na LBV, pelo carinho com que todos vocês me receberam. O meu desejo é o de que todos continuem nessa união, nessa força, nessa energia especial, que faz com que as pessoas se sintam felizes, alegres e com vontade de viver. Para você, colaborador da LBV, é assim, curto, grosso e objetivo: insista, persista e não desista.” LUCIMARA PARISI Jornalista e produtora de TV, com o marido, Alexandre Viturino, e o filho, Gabriel.

176 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Ivan Schuvipov

À época presidente da Rede Pampa de Comunicação


Viviane Propheta

“Muito obrigado, LBV! Que esse trabalho lindo continue por muito tempo, porque as pessoas precisam.”

Divu

lgaç

ão

ROBERTO JUSTUS Empresário, publicitário e apresentador de TV.

AUGUSTO LIBERATO (GUGU)

“Conheço o Paiva Netto. Sei que ele é um homem sério, um homem dedicado. Quanto mais trabalha e mostra o seu trabalho, ganha mais tradição, mais seriedade e, principalmente, o interesse, o respeito e a admiração do público. O trabalho é a maior propaganda do Paiva Netto e da LBV.”

Cida Linares

“A Legião da Boa Vontade é uma das obras mais sérias que conheço. Todos vocês que fazem dela uma grande Instituição merecem muito respeito. (...) O nosso país precisa tanto de ajuda, e a LBV realmente ajuda de maneira supimpa! Sempre que pudermos, nos momentos em que a LBV necessitar, estaremos presentes!”

FAUSTO SILVA (FAUSTÃO) Apresentador de TV, em entrevista concedida na entrega do prêmio Super Cap de Ouro, em abril de 1996.

Divulgação

Apresentador de TV

“A ONU é uma instituição que tem muito que aprender com a LBV, cuja contribuição mundo afora, evidentemente, se encaixa no espírito das Nações Unidas, que prega, basicamente, um sentimento de harmonia universal e de distribuição de atos de generosidade.” E ressaltou ainda: “Eu tive contato com o trabalho generoso da Instituição nas comunidades carentes, especialmente com desabrigados e desassistidos. Posso dar testemunho de que esta é uma ação importante e respeitada”.

“Para amar a LBV, basta conhecê-la.” CARLOS ALBERTO GUIMARÃES Jornalista

Elia

s Fá

bio

PAULO HENRIQUE AMORIM (1943-2019) Jornalista

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 177


CIDADANIA PLANETÁRIA

IDEAL DE BOA VONTADE EMPOLGA O MUNDO


NestA SEÇÃO, você encontrará: 182

Por unanimidade, LBV recebe status consultivo geral na ONU

188

LBV: em defesa do protagonismo feminino

192

LBV na Reunião de Alto Nível do Ecosoc

196

Espiritualidade Ecumênica nas Nações Unidas

198

Legião da Boa Vontade organiza painel temático na Rio+20

200

Educação e sustentabilidade

201

Chefe da seção de ONGs da ONU visita a LBV do Brasil

202

LBV em cúpula histórica da ONU

203

Homenagem internacional

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 179


Eliana Gonรงalves

CIDADANIA PLANETรRIA

180 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


LBV DISCURSA NA ONU Em 19 de julho de 2018, durante Reunião de Alto Nível do Ecosoc em Nova York, EUA, Danilo Parmegiani discursou no plenário da ONU em nome da LBV. Na oportunidade, destacou às autoridades presentes as recomendações de boas práticas da Instituição quanto ao tema do evento:  “Do global ao local: apoiando sociedades sustentáveis e resilientes em comunidades urbanas e rurais”.

F

undada em 24 de outubro de 1945, logo após o fim da Segunda Guerra Mundial, a Organização das Nações Unidas (ONU) direciona seus esforços em prol da manutenção da Paz no planeta e na garantia dos Direitos Humanos. Com o passar das décadas, a ação desse organismo internacional ganhou relevância ainda maior por tratar não apenas dos assuntos de segurança internacional, mas também por promover a cooperação entre as nações no desenvolvimento internacional em temáticas como pobreza, fome, degradação do meio ambiente, mudanças climáticas, prosperidade, dignidade humana, entre outras. Para criar estratégias que façam frente a esses desafios, a ONU passou a valer-se também das contribuições da sociedade civil, sobretudo a partir da década de 1990. Nesse segmento, uma das instituições com presença marcante é a Legião da Boa Vontade, que há 70 anos luta em favor de uma sociedade mais solidária, altruística e ecumênica. Nas Nações Unidas há 25 anos, a LBV tem compartilhado suas boas práticas na área socioassistencial e educacional com chefes de Estado, ministros, embaixadores e outras expressivas autoridades. Nesse período, a Entidade participou dos mais importantes eventos, defendendo a educação e o desenvolvimento social permeados pela Espiritualidade Ecumênica, como forma de fomentar a Cidadania Planetária, na qual o exercício dos deveres e dos direitos dos indivíduos estejam alicerçados nos valores universais mais nobres, a exemplo do respeito, da solidariedade e da fraternidade sem fronteiras. Assim, as diferenças étnicas, culturais, econômicas, religiosas, entre tantas outras, jamais serão barreiras à confraternização de todas as gentes. Nas páginas a seguir, confira os principais fatos resultantes da profícua relação entre as duas organizações e os desdobramentos dessa atividade para a propagação da Cultura de Paz e para o cumprimento de metas urgentes, a exemplo dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs).

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 181


Dilvulgação

CIDADANIA PLANETÁRIA

Por unanimidade, LBV recebe status consultivo geral na ONU A

Legião da Boa Vontade, em virtude da ampla abrangência de seus programas e de suas ações e da excelência no trabalho realizado, conquistou o reconhecimento da Organização das Nações Unidas (ONU), com a qual tem atuado em parceria desde 1994, quando se associou ao então Departamento de Informação Pública (DPI), atual Departamento de Comunicação Global (DCG) desse órgão. Em 1999, foi a primeira organização da sociedade civil brasileira a obter o status consultivo geral, grau máximo no Conselho Econômico e Social

182 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

(Ecosoc/ONU). Essa conquista assegurou à Entidade o direito de contribuir em todos os temas de interesse do organismo em Nova York (EUA), em Genebra (Suíça) e em Viena (Áustria), nos quais compartilha propostas para a agenda internacional de desenvolvimento, colaborando para a implementação de políticas públicas em todos os 193 países membros da ONU. A categoria lhe foi conferida por unanimidade pelos então 28 países votantes que integravam o conselho. O jornal Correio Braziliense, em 10 de junho daquele ano, assim destacou esse exitoso fato:


Eduarda Pereira

Arquivo BV

1

2

Jorge Alexandre

(1) Enquanto secretário-geral da ONU, Kofi Annan (1938-2018) recebeu, das mãos de Conceição de Albuquerque, a mensagem da LBV, com recomendações e boas práticas por um mundo mais solidário. Em 1999, ele enviou, por intermédio do dr. Bawa N. Jain, então diretor internacional do Centro Inter-religioso de Nova York, uma homenagem à LBV: o troféu comemorativo do cinquentenário do organismo internacional. (2) Em 2007, durante o Ecosoc High-Level Segment, na sede da ONU em Genebra, Suíça, as representantes da LBV, da esquerda para a direita: Noys Rocha (Portugal), Conceição de Albuquerque (EUA) e Rosana Bertolin (Brasil) com a revista da Instituição para o evento. Ao lado direito, a sra. Hanifa Mezoui, ex-chefe da Seção de ONGs do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas. Ao centro, o então secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, que, na ocasião, manifestou seu apoio ao trabalho da LBV e assinou a capa da revista Globalization of Fraternal Love. O exemplar encontra-se exposto na galeria de condecorações do Templo da Boa Vontade, em Brasília/DF.

Coral Ecumênico Infantil Boa Vontade, formado pelas crianças atendidas nos Centros Comunitários e Educacionais da Instituição, durante a apresentação na base aérea militar do Galeão, no Rio de Janeiro/RJ. O coro emocionou militares do 3o Contingente da Força Expedicionária Brasileira (FEB) que embarcaram, em 1o de junho de 2005, rumo ao Haiti em missão de Paz da ONU.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 183


CIDADANIA PLANETÁRIA

Por tomar parte, de maneira ativa, nos importantes eventos da ONU, a LBV é frequentemente convidada a se pronunciar no plenário das Nações Unidas, destacando a líderes mundiais, a chefes de Estado e a representantes de organizações da sociedade civil seu trabalho nas áreas socioeducacional e socioassistencial. Os discursos, pronunciados em inglês pelo representante da Instituição no organismo internacional, Danilo Parmegiani, e traduzidos simultaneamente nas línguas oficiais, têm sido, inclusive, transmitidos, ao vivo, pela ONU TV.

“De um modo geral, as organizações aprovadas pelo Ecosoc recebem, inicialmente, o status de lista ou o de caráter especial, para, somente mais tarde, obter, dependendo de seu desempenho, o status consultivo geral. (...) No momento em que o pedido da LBV entrou em votação no plenário, o secretário-geral da reunião anunciou que a entidade receberia o status especial. De imediato, a delegação do Chile pediu, devido às conhecidas dimensões do trabalho da Instituição, que ela recebesse prontamente o de caráter geral. “(...) As delegações de outros países começaram a reivindicar, diante da documentação apresentada pela LBV, que esta recebesse o status máximo. (...) O Presidente da Mesa perguntou aos presentes: ‘Alguém tem algo a objetar ao status máximo para a Legião da Boa Vontade?’, ao que ninguém se manifestou em contrário. O presidente decretou, então, que a Legião da Boa Vontade passava a ter status consultivo geral no Conselho Econômico e Social das Nações Unidas”. Em 2000, a Entidade passou a integrar a Conferência das ONGs com Relações Consultivas para as Nações Unidas (Congo), com sede em Viena, na Áustria, e, em 2004, a LBV foi cofundadora do Comitê de ONGs sobre Espiritualidade, Valores e

184 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

on ça lve s

LBV discursa nas Nações Unidas aG an Eli

Com a BOA VONTADE Desenvolvimento Sustentável 2019 em mão, Danilo Parmegiani discursa no Plenário das Nações Unidas durante a Reunião de Alto Nível do Ecosoc, em Nova York.

Interesses Globais nas Nações Unidas em Nova York.

RECOMENDAÇÕES DA LBV SEMPRE EM MÃOS DOS CHEFES DE ESTADO Anualmente, encaminha importantes documentos e publicações, editados em vários idiomas, à Comissão sobre a Situação das Mulheres (CSW), à Conferência das Partes (COP) e à Reunião Anual de Alto Nível do Ecosoc. Assim, compartilha suas boas práticas de atuação nas mais variadas temáticas com os chefes de Estado, conselheiros ministeriais, agências internacionais e representantes da sociedade civil. Por compartilhar iniciativas de sucesso para a melhoria da qualidade de vida das populações dos países com os quais dialoga, a Instituição tem recebido o reconhecimento de seu trabalho das mais representativas autoridades. A exemplo dos ex-secretários-gerais da ONU: o ganense Kofi Annan (1938-2018), primeiro negro no referido posto, e o sul-coreano Ban Ki-moon. Atualmente, o cargo de secretário-geral da organização é ocupado pelo diplomata português António Guterres, que, desde sua eleição, acompanha com atenção a atuação da LBV. Tão logo foi


Autoridades mundiais recebem mensagem da LBV Arquivo BV

Angélica Periotto

Noys Rocha

Nos últimos anos, a Legião da Boa Vontade tem propagado suas relevantes proposições para um mundo melhor às mais destacadas autoridades e personalidades. Nas fotos a seguir, confira algumas das que já tiveram contato com as ideias fraternas da Instituição.

Angélica Periotto

13

9

10

11

Felipe Duarte

Divulgação Arquivo BV

8

7 Arquivo BV

6 Marise Covelo

5 Danilo Parmegiani

4

Arquivo BV

3 Arquivo BV

2

Angélica Periotto

1

12

(1) Irina Bokova, à época diretora-geral da Unesco. (2) Juan Somavia, à epoca diretor-geral da Organização Internacional do Trabalho (OIT). (3) François Hollande, então presidente da França. (4) Hillary Clinton, à época secretária de Estado dos Estados Unidos da América. (5) Michelle Bachelet, alta comissária da ONU para os Direitos Humanos, então presidente do Chile, ex-subsecretária-geral da ONU e ex-diretora-executiva da ONU Mulheres. (6) Juan Manuel Santos, à época presidente da Colômbia. (7) Rafael Correa, então presidente do Equador. (8) Marcelo Rebelo de Sousa, presidente de Portugal. (9) Steven Spielberg, cineasta e empresário norte-americano. (10) Arnold Schwarzenegger, ator e ex-governador do Estado da Califórnia/EUA. (11) Michael Douglas, ator e produtor norte-americano. (12) Evo Morales, presidente da Bolívia. (13) Karel Vasak (1929-2015), jurista, redator da Declaração Universal dos Direitos Humanos e ex-conselheiro jurídico da Unesco.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 185


UN Photo/Manuel Elias

CIDADANIA PLANETÁRIA

São Paulo/SP, Brasil, 6 de outubro de 2016 (quinta-feira). Ao Excelentíssimo Senhor Dr. António Guterres Excelentíssimo Senhor, 1) Com imensa satisfação, nós, da Legião da Boa Vontade (LBV), Instituição que possui status consultivo geral no Conselho Económico e Social (Ecosoc) desde 1999, o cumprimentamos por ter sido aclamado pelo Conselho de Segurança para o cargo de Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas. 2) Os povos de língua portuguesa têm particularmente muito a comemorar. A LBV, que surgiu no Brasil em 1o de janeiro de 1950 e, a partir de 1989, está também sediada em terras lusitanas, celebra esse marco histórico e reitera o compromisso de continuar a contribuir com a ONU na promoção da Paz, do Desenvolvimento Sustentável e dos Direitos Humanos. 3) Em 1993, na encantadora Lisboa, escrevi um artigo intitulado “Portugal é uma paixão”. Nele, afirmei que não se mede um país pela sua extensão de terras nem pela quantidade do seu povo. Portugal que, em dado momento da História, alargou as fronteiras pela Terra, tem latente dentro de si todo aquele tesouro de Fé e de Esperança. 4) Inspirados, pois, nessa mesma convicção, enviamos nossos votos de que Vossa Excelência alcance pleno êxito à frente das Nações Unidas, especialmente nesses decisivos tempos de múltiplas demandas globais. Cordialmente, José de Paiva Netto Diretor-Presidente da Legião da Boa Vontade.

António Guterres, secretário-geral da ONU.

nomeado, em outubro de 2016, expressou o desejo de parceria com a Instituição, conforme se pode ler no texto a seguir.

SECRETÁRIO-GERAL DA ONU SAÚDA TRABALHO DA LBV Por meio de correspondência oficial recebida em 14 de novembro de 2016, pelo dirigente da LBV, como resposta à carta na qual cumprimentava o novo ocupante no cargo máximo das Nações Uni-

Nova York, EUA — A partir de 2013, a data 5 de setembro passou a ser celebrada pela ONU como Dia Internacional da Caridade. Na conferência de inauguração desse marco, Danilo Parmegiani, representando a LBV, discursou sobre a vanguarda dela em propagar, desde a década de 1940, o conceito da Caridade Completa: a que contempla as necessidades materiais e as do Espírito, praticada nas ações fraternas da Instituição junto às famílias em situação de vulnerabilidade social que atende.

186 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

das, o secretário-geral da ONU, António Guterres, saudou o trabalho da Legião da Boa Vontade. Na mensagem a Paiva Netto, assinada por Kyung-wha Kang, então chefe da equipe do gabinete de transição, consta: “Prezado diretor-presidente, “Permita-me agradecer, em nome do secretário-geral designado, António Guterres, as vossas gentis palavras de congratulação. É com grande honra e com um sentido de responsabilidade que ele assumirá suas novas funções. “A Legião da Boa Vontade é uma organização da sociedade civil que tem uma parceria de longa data com as Nações Unidas. Sua missão de incentivar a vivência de valores, a fim de criar uma sociedade mais justa e solidária, é mais do que nunca de grande relevância global. Suas iniciativas visam melhorar a situação de pessoas de baixa renda em diversas áreas, tais como educação e desenvolvimento sócio-económico, sendo uma grande contribuição para a consecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e sua meta de erradicar a pobreza até o ano de 2030. “Contamos com a Legião da Boa Vontade para trabalhar junto às Nações Unidas na busca de soluções para os desafios globais mais urgentes da atualidade”.


Árabe

Chinês

Espanhol

Francês

Inglês

Russo

RECOMENDAÇÕES TRADUZIDAS PELA ONU Anualmente, a LBV leva para as Nações Unidas dois importantes documentos pelos quais compartilha suas boas práticas de trabalho: o primeiro, para a Sessão da Comissão sobre o Status da Mulher; e o segundo, dirigido à Reunião de Alto Nível do Ecosoc. Esses relatórios são traduzidos e divulgados pelo organismo internacional em seus idiomas oficiais e também podem ser encontrados, na íntegra, no site oficial dele (documents.un.org).

PAIVA NETTO écrit « La machine humaine et l’huile du sentiment »

Éducation SOCIÉTÉS DURABLES

Rééduquer pour transformer

la planète

LBV 61 ans

Une proposition innovatrice de la Légion de la Bonne Volonté (LBV) : L’éducation formelle et informelle et l’éradication de la misère pour le développement des nations Culture de Paix : Les valeurs de la Spiritualité Œcuménique dans la formation de citoyens solidaires Des histoires exemplaires de succès : Les résultats atteints par la LBV dans des communautés de bas revenus et des écoles du Brésil et de différents pays

LBV : L’Organisation brésilienne ayant un statut consultatif général à l’ECOSOC, des Nations Unies, présente des recommandations pour les autorités participantes au Débat de haut niveau du Conseil économique et social de l’ONU, au Palais des Nations, à Genève, Suisse, du 4 au 7 juillet 2011.

PAIVA NETTO escreve: “Combate à violência contra mulheres e meninas”.

Mulher EM DEFESA DA MULHER

Lei Maria da Penha

AUTORIDADES E ESPECIALISTAS APONTAM AVANÇOS E DESAFIOS DESSA IMPORTANTE LEI BRASILEIRA, QUE COMPLETA SETE ANOS EM 2013.

Maria da Penha Maia Fernandes: A mulher que inspirou, com sua história, a criação da lei de combate à violência de gênero no Brasil.

63 anos

PELA VIDA EDUCAR TAMBÉM O SENTIMENTO PARA PREVENIR A VIOLÊNCIA CONHEÇA AS AÇÕES INTERSETORIAIS PROMOVIDAS PELA LBV, HÁ DÉCADAS, QUE CONTRIBUEM PARA A PROTEÇÃO E A VALORIZAÇÃO DE MENINAS E MULHERES EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE.

A Legião da Boa Vontade apresenta recomendações para participantes da 57a sessão da Comissão sobre a Situação da Mulher, na sede da ONU, em Nova York, EUA, em 2013. A LBV é uma organização da sociedade civil brasileira com status consultivo geral no Conselho Econômico e Social das Nações Unidas, desde 1999.

Publicações da LBV em vários idiomas Produzidas em português e traduzidas para os idiomas espanhol, inglês e francês, as revistas especiais da LBV apresentam as boas práticas da Instituição no campo socioeducacional e socioassistencial às mais importantes autoridades e delegações internacionais presentes nos eventos da ONU. Desse material, vale destacar as revistas Sociedade Solidária, Paz para o Milênio, Globalização do Amor Fraterno, BOA VONTADE Mulher, BOA VONTADE Educação e BOA VONTADE Desenvolvimento Sustentável. Além da versão impressa, o conteúdo também é disponibilizado na versão digital, potencializando o alcance dessa mensagem.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 187


Arquivo BV

CIDADANIA PLANETÁRIA

188 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


LBV: Em defesa do protagonismo feminino N

lhos com os chefes de Estado, mas também esteve representada nos demais eventos, levando sua mensagem de valorização da Mulher. Para isso, a Instituição baseou-se em sua longa e sólida experiência com programas e projetos que beneficiam mulheres e famílias em situação de risco social. Passadas duas décadas, a Entidade integrou também, em Nova York, Estados Unidos, entre os dias 9 e 20 de março de 2015, a 59a sessão da Comissão sobre a Situação das Mulheres (CSW), durante a qual foi lançada a campanha Pequim + 20. Esta foi inspirada nos 12 temas prioritários da Plataforma de Ação resultante da conferência de 1995 e, ao longo de um ano de atividades em todo o mundo, tratou do seguinte tema: “Empoderar as Mulheres. Empoderar a Humanidade. Imagine!”

André Tiago

Arquivo BV

as últimas décadas, cresceu a participação de instituições da sociedade civil nas principais conferências promovidas e apoiadas pelas Nações Unidas. Com maior representatividade, organizações como a Legião da Boa Vontade ganharam força e passaram a desempenhar papel ativo nos trabalhos da ONU, especialmente no aspecto consultivo e no debate de grandes temas, entre eles os direitos, o papel e a valorização do gênero feminino. A quarta e última Conferência sobre a Mulher, realizada em Pequim, em setembro de 1995, mostrou bem o vigor e o interesse desse segmento em discutir as questões mais urgentes. Durante o encontro, estimou-se que os fóruns paralelos tenham reunido na capital chinesa cerca de 30 mil pessoas de todo o mundo. A LBV participou não somente dos traba-

1 2 A LBV esteve presente na Conferência de Pequim sobre a Mulher, em setembro de 1995. Além dos locais oficiais do evento, representantes da Instituição levaram a mensagem de Solidariedade Ecumênica a diversos pontos, a exemplo da Muralha da China (1), e a escolas públicas da capital chinesa (2). BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 189


Self Danilo Parmegiani

Adriana Rocha

CIDADANIA PLANETÁRIA

1

2

(1) María Fernanda Espinosa (ao centro), primeira mulher latino-americana a presidir a Assembleia Geral da ONU, e (2) Phumzile Mlambo-Ngcuka, subsecretária-geral das Nações Unidas e diretora-executiva da ONU Mulheres, com a BOA VONTADE Mulher 2019 em mão.

SOCIEDADES MAIS INCLUSIVAS

Empoderamento feminino Na Legião da Boa Vontade, a mulher é valorizada em todas as fases da vida. Por reconhecer a importância fundamental dela para as famílias e para a construção de uma sociedade justa e solidária, a LBV oferece a ela programas e serviços em todo o país que aprofundam o debate sobre o papel social feminino, trabalham potencialidades e estimulam a troca de experiências e a melhoria da autoimagem. A mulher aparece em destaque entre os atendidos nas referidas iniciativas da Instituição, a exemplo de cargos de liderança, como é o caso de gestoras dos Centros Comunitários de Assistência Social.

+ 70%

de dos beneficiados são mulheres entre os 15 e os 29 anos

88% encontram-se na faixa etária dos 30 aos 59 anos

190 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Por sinal, a Conferência sobre a Mulher na China e a CSW, criada em 1946 pelo Conselho Econômico e Social da ONU, têm estreita relação. Essa última desempenha importante papel de rever os objetivos fixados no plano de ação inicialmente adotado na 4a conferência, o que abriu espaço para a presença feminina cada vez maior na tomada de decisões acerca do desenvolvimento humano. O mais recente encontro da comissão, a 63a sessão, ocorrido de 11 a 22 de março de 2019, na sede da ONU em Nova York, tratou do seguinte tema: “Sistemas de proteção social, acesso a serviços públicos e infraestrutura sustentável para a igualdade de gênero e o empoderamento de mulheres e meninas”. Os participantes do evento receberam da LBV a publicação especial BOA VONTADE Mulher (em espanhol, francês, inglês e português). Nela, presta-se justa homenagem à alma feminina e sua capacidade de superação e de contribuir para a solução dos graves problemas que afligem os povos. Na ocasião, várias autoridades receberam a revista e puderam conhecer mais profundamente as ações fraternas da Entidade nos sete países onde está presente (Argentina, Bolívia, Brasil, Estados Unidos, Paraguai, Portugal e Uruguai), as quais favorecem o empoderamento feminino. Uma delas foi a ex-presidente da 73a Assembleia Geral da


Troca de experiências

2

3

5

6

4

Sâmara Malaman

Mikayla Seresinhe

Arquivo BV

1

Mikayla Seresinhe

Sâmara Malaman

Eliana Gonçalves

Durante a 63a sessão da CSW, diversas autoridades e integrantes de delegações internacionais receberam a mensagem da LBV por meio da revista BOA VONTADE Mulher 2019. A seguir, o registro de alguns desses encontros.

(1) A presidente da 63ª sessão da Comissão sobre a Situação das Mulheres e embaixadora da Irlanda, Geraldine Byrne Nason, recebe os cumprimentos de Danilo Parmegiani, representante da LBV na ONU. (2) Purna Sem (D), coordenadora-executiva da ONU Mulheres e porta-voz da ONU Mulheres para Assuntos sobre Assédio Sexual e Outras Formas de Discriminação, com Adriana Rocha, da LBV. (3) Henrietta H. Fore (D), diretora-executiva do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), e Sâmara Malaman, da LBV. (4) Päivi Kannisto (E), chefe da Seção de Paz e Segurança da ONU Mulheres, com Maria Restrepo, da LBV. (5) Lorde Tariq Ahmad de Wimbledon, ministro de Estado para o Commonwealth e as Nações Unidas, do Escritório de Relações Exteriores do Reino Unido. (6) Kane Rokia Maguiraga (D), ministra da Pecuária e Pescas da República do Mali, e Eliana Gonçalves, da LBV.

ONU, a diplomata equatoriana María Fernanda Espinosa, que fez história sendo a primeira latino-americana a presidir o mais importante órgão da ONU, manifestou alegria ao receber a publicação da LBV — para a qual concedeu entrevista exclusiva: “Obrigada, muito obrigada, Legião da Boa Vontade! Agradeço por essa importante revista e parabenizo o trabalho de vocês em favor dos direitos das mulheres e da igualdade de gênero”.

Outra personalidade que enalteceu a ação da Entidade foi Phumzile Mlambo-Ngcuka, diretora-executiva da ONU Mulheres e subsecretária-geral das Nações Unidas, declarando: “Nós precisamos que vocês [da LBV] continuem trabalhando permanentemente pela igualdade de gênero”. Para o evento da ONU de 2020, a LBV prepara nova edição da revista, que será publicada em vários idiomas. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 191


Arquivo BV

CIDADANIA PLANETÁRIA

192 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


LBV na Reunião de Alto Nível do Ecosoc T

odos os anos, o Conselho Econômico e Social das Nações Unidas reúne-se para uma sessão extraordinária da Reunião de Alto Nível, na qual chefes de Estado, ministros e embaixadores de vários países membros divulgam suas ações visando ao desenvolvimento sustentável do planeta e à melhoria da qualidade de vida da humanidade. Assim, o Alto Comissariado desse Conselho discute temas para o cumprimento dos desafios globais, atualmente resumidos na descrição dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs).

Adriana Rocha

Comitiva jovem da LBV na Rádio ONU No dia 9 de julho de 2014, durante a Reunião de Alto Nível do Ecosoc, a emissora em língua portuguesa fez uma matéria sobre a participação da LBV no evento e enfatizou o grande número de jovens na comitiva da Instituição: dos 13 integrantes, dez tinham menos de 28 anos de idade e eram originários de seis países. Entre os entrevistados estavam os jovens brasileiros Nicholas de Paiva e Felipe Duarte, que comentaram sobre o protagonismo juvenil incentivado na LBV desde a infância e defenderam a importância da Educação na preparação das novas gerações.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 193


A LBV tem apoiado amplamente essa campanha mundial por meio de suas ações socioeducacionais e socioassistenciais. Nesse trabalho, representantes da Legião da Boa Vontade participaram da mais recente Reunião de Alto Nível do Ecosoc, de 16 a 19 de julho de 2019, quando debateu o tema “Empoderamento das pessoas e a conquista da inclusão e da igualdade”. Durante o evento, a Instituição compartilhou suas experiências e recomendações de boas práticas, cujo conteúdo foi publicado na revista BOA VONTADE Desenvolvimento Sustentável 2019. Cabe mencionar que, no dia 19, a LBV também discursou aos líderes mundiais, chefes de Estado e representantes de organizações da sociedade civil presentes, tendo seu pronunciamento transmitido ao vivo pela ONU TV para todo o mundo.

Arquivo BV

CIDADANIA PLANETÁRIA

Durante a Reunião de Alto Nível do Ecosoc em 2019, o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, recebeu exemplar da BOA VONTADE Desenvolvimento Sustentável (para conferir o momento, fotografe o QR Code).

Arquivo BV

Publicação da LBV repercute no Oriente Médio

O embaixador, ex-subsecretário-geral e ex-alto comissário das Nações Unidas Anwarul Chowdhury (D), com José Gabriel Paes, da LBV.

Logo que lançada, em 2007, a revista Globalização do Amor Fraterno alcançou alto destaque entre seus leitores. O embaixador Anwarul Chowdhury, ex-subsecretário-geral das Nações Unidas, confirmou isso ao narrar um fato ocorrido naquele ano no Oriente Médio. Depois de palestrar no Reino do Bahrein sobre Cultura de Paz, uma pessoa da pla-

194 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

teia, cumprimentando-o, fez referência à publicação da LBV. O embaixador comentou que o trabalho da LBV está indo longe: “A Legião da Boa Vontade faz um trabalho fantástico, e encorajo-os a continuar em sua causa humanitária”. Em outra oportunidade, Chowdhury ressaltou o trabalho da Instituição com centenas de organizações do Brasil e da América Latina sobre emprego e desenvolvimento sustentável, analisando o documento divulgado pela LBV na Reunião de Alto Nível do Ecosoc em 2007. Ao que ele comentou: “Estou muito feliz de ter recebido uma cópia desse relatório feito pela sociedade civil latino-americana, apresentado pela Legião da Boa Vontade. (...) Gostaríamos de continuar a trabalhar juntos; acreditamos que, quanto mais fizermos isso, melhor para o futuro do mundo. Estou muito feliz que a LBV esteja focada na construção da Cultura de Paz. Acredito que seja essencial para o nosso mundo conflitante de hoje”.


LBV Compartilha conhecimento na ONU

Danilo Parmegiani

Natalie Collura

Adriana Rocha

Durante a mais recente sessão extraordinária do Ecosoc High-Level Segment, muitos dos presentes receberam exemplares da revista BOA VONTADE Desenvolvimento Sustentável 2019. A seguir, o registro de alguns desses momentos, quando puderam ficar a par do trabalho da LBV nos sete países onde a Instituição atua.

3

5

6

Danilo Parmegiani

2 Adriana Rocha

Natalie Collura

1

4

Adriana Rocha

(1) Inga Rhonda King, presidente do Ecosoc. (2) Gale T. C. Rigobert (D), ministra da Educação, Inovação, Relações de Gênero e Desenvolvimento Sustentável de Santa Lúcia, e Conceição de Albuquerque, da LBV. (3) Mmamoloko Kubayi-Ngubane, ministra de Turismo da África do Sul. (4) Slavica Đukić Dejanović, ministra da Sérvia. (5) J. Phillip Thompson (E), vice-prefeito da cidade de Nova York, EUA. (6) Robert Skinner, diretor-executivo do Escritório das Nações Unidas para Parcerias.

LBV É INSTITUIÇÃO MODELO DE EFETIVIDADE Em 28 de março de 2019, o Comitê de ONGs para Educação, Aprendizagem e Alfabetização, ligado à Conferência das ONGs com Relações Consultivas com a ONU (Congo), em Nova York, convidou a Legião da Boa Vontade para compartilhar sua experiência como modelo de entidade da sociedade civil que, por quase sete décadas, alcança resultados efetivos. “Missão relevante, liderança forte e inspiradora, metodologia inovadora, gestão eficiente e transparente e o uso das tecnologias são alguns dos aspectos que contribuem para os resultados reais de transformação social alcançados pela LBV”, ressaltou o representante da Entidade na ONU, Danilo Parmegiani. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 195


Adriana Rocha

CIDADANIA PLANETÁRIA

Espiritualidade Ecumênica nas A Legião da Boa Vontade vai além do papel de contribuir para a agenda das Nações Unidas em torno da sustentabilidade — incluindo o apoio aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) —, pois também é marcante a participação da Entidade no que se refere à Espiritualidade Ecumênica, já que compreende a formação integral de indivíduos e comunidades sempre associada à força transformadora dos valores fraternos, solidários, ecumênicos e espirituais. “A reforma do social deve vir pelo espiritual”, resume o diretor-presidente da Instituição, José de Paiva Netto. Em vista disso, a LBV está engajada fraternalmente em trabalhos que influenciam o conteúdo de painéis e debates na sede da ONU acerca dessa causa. Nessa atuação da Instituição, vale destacar sua presença no Comitê de ONGs sobre Espiritualidade, Valores e Interesses Globais na ONU, em Nova York, que foi criado em 2004 e está ligado à Conferência das ONGs com Relações Consultivas com a ONU (Congo). Trata-se

196 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

de um grupo composto por instituições internacionais com status consultivo nas Nações Unidas, que promove eventos e reuniões ao longo de todo o ano com o objetivo de fomentar a Cultura de Paz, a Solidariedade, o senso de inclusão, o compartilhamento de responsabilidades, a cooperação, a harmonia e a Boa Vontade, de modo que esses valores e a Espiritualidade possam se integrar a todas as áreas e agendas da ONU.

“A LBV SÃO OS DIREITOS HUMANOS NA PRÁTICA” Dentre as atividades realizadas pelo comitê, uma em 2008 chamou atenção: o encontro dedicado à celebração dos 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, e uma das atividades incluiu a comemoração dos 19 anos do Templo da Boa Vontade, em Brasília/DF — grande símbolo da Paz e da união entre os povos. Por videoconferência, o ParlaMundi da LBV, na capital federal, interligou-se com o Labouisse Hall, na sede do Unicef, em Nova York, durante o seminá-


Adriana Rocha Eliana Gonçalves

Nações Unidas

rio “Como a Espiritualidade e a Consciência podem ajudar a concretizar os Direitos Humanos”. Palestrante convidada, a dra. Monica Sharma, à época diretora de Formação de Capacidades e Lideranças das Nações Unidas, posteriormente veio ao Brasil e aproveitou para conhecer o monumento ecumênico da LBV. Nele, foi recepcionada pelo Coral Ecumênico Infantojuvenil Boa Vontade, durante a visita aos ambientes do Templo da Paz e do ParlaMundi, o qual considerou “um espaço de coragem e compaixão, que todos precisamos manifestar”. Em sua passagem pelo país, a dra. Monica esteve também no Instituto de Educação da LBV em São Paulo/SP, onde se disse impressionada com o trabalho ali desenvolvido: “Adorei estar com as crianças da Legião da Boa Vontade. A LBV são os Direitos Humanos na prática; é a expressão da Solidariedade. (...) Tanto nas crianças como nos professores, há um tipo de educação e estímulo, Amor e crescimento. A gente percebe isso nos olhos deles, nos sorrisos. Vemos bebês, jovens, que amadurecerão e servirão a humanidade. (...) A aprendizagem sobre religiões diferentes, sobre respeitar a diversidade, sobre acessar o Amor no Cristo como uma maneira de conhecer o Amor em si”.

Nova York, EUA — Em 16 de maio de 2013, ocorreu um fórum na sede da ONU com o tema “Construindo parcerias no campo da educação por meio da ciência, da tecnologia e da inovação”. A LBV participou da organização do debate e apresentou, após a abertura do evento, algumas das contribuições de sua linha educacional ao unir educação e recursos tecnológicos visando à inclusão. Dentre os presentes, estavam o então presidente do Ecosoc, dr. Néstor Osorio; e Cristin Frodella, à época chefe do Education Marketing no Google. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 197


Arquivo BV

CIDADANIA PLANETÁRIA

PAINEL TEMÁTICO COOPERAÇÃO CONSTRUTIVA — A partir da esquerda, Neilton Fidelis da Silva, pesquisador do Instituto Virtual de Mudanças Globais (IVIG/Coppe-UFRJ) e assessor técnico da Secretaria Executiva do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas; Suelí Periotto, supervisora da linha pedagógica da LBV; Andrei Abramov, então chefe da Seção de ONGs do UN/Desa; Danilo Parmegiani, mediador e representante da LBV na ONU; Rodrigo Rollemberg, ex-senador e ex-governador do Distrito Federal; Daniel Nava, à época secretário de Estado de Mineração, Geodiversidade e Recursos Hídricos do Amazonas; e Fábio Feldmann, ex-secretário do Meio Ambiente do Estado de São Paulo.

LBV organiza painel temático na Rio+20 E

m 2012, representantes de organizações não governamentais e de movimentos sociais marcaram presença na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. A participação desse segmento da sociedade civil deu-se, inclusive, no âmbito principal da conferência da ONU. Exemplo disso foi o evento promovido pela Legião da Boa Vontade em 17 de junho daquele ano, no Riocentro. A Instituição realizou, com o suporte do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da Organização das Nações Unidas (UN/Desa), o painel temático Cooperação Construtiva. Ali compareceram empresários, autoridades e representantes de delegações de diversos países, como Brasil, Burkina Faso, China, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Etiópia, Estados Unidos, Gana, Holanda, Iraque, Japão,

198 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Marrocos, Níger, Reino Unido, Síria, Suriname, Taiwan, Togo, Tunísia e Turquia. Um dos palestrantes, o dr. Andrei Abramov, então chefe da Seção de ONGs do UN/Desa, comentou: “Foi um dos eventos que provavelmente mais terão efeito duradouro nos participantes. Com sentido mais aguçado de ação imediata, de contribuir para o entendimento do que realmente seja desenvolvimento sustentável, as organizações não governamentais, os governos e as Nações Unidas podem trabalhar em parceria”. E completou o dr. Abramov: “É sempre um prazer trabalhar em parceria com nossos amigos da Legião da Boa Vontade. É uma organização muito boa. Tem agido de uma forma sólida e, mais importante, de maneira confiável no trabalho com as Nações Unidas. Obrigado!”


Jacques Cousteau (1910-1997), oceanógrafo e explorador francês, e Maurice Strong (1929-2015), secretário-geral da Rio-92.

Evangelista Ferreira

1

(1) Algumas das crianças atendidas pela Instituição, na capital fluminense, abraçam a Árvore da Vida durante o evento, uma grande lição de amor pelo planeta a ser aprendida e praticada. (2) O estande da LBV no Fórum Global (evento paralelo à Rio-92, no Aterro do Flamengo) atraiu a atenção geral e ficou conhecido como o “Estande do Cristo”. Arquivo BV

Essa foi uma das inúmeras vezes em que a Instituição se destacou em eventos de temática ambiental. Vinte anos atrás, a Entidade chamava atenção do mundo durante a Conferência de Cúpula das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, a Rio-92, quando lançou a campanha Gente também é bicho. Preserve a criança brasileira. A resposta da sociedade a esse marketing do Bem foi imediata, e o êxito, imenso. Contando com o apoio da mídia e a adesão de quase uma centena de artistas, a iniciativa teve o objetivo principal de despertar os povos para a urgente necessidade de investir no futuro do expoente maior da Natureza: a criança, de quem se espera a construção de um mundo melhor, a partir da Educação para a Paz e de uma mentalidade que privilegie a preservação ambiental. Participaram da reunião representantes de 180 países e um grande número de organizações não governamentais, entre as quais a LBV. O estande da Instituição no Fórum Global (evento paralelo à Rio-92, no aterro do Flamengo) atraiu a atenção geral e ficou conhecido como o “Estande do Cristo”, em razão da ênfase que a LBV dá à Mensagem Fraterna e Ecumênica de Jesus. O Fórum recebeu mais de 11 mil pessoas, o que resultou no maior intercâmbio da ecologia até aquele momento. O saudoso oceanógrafo e explorador francês Jacques Cousteau (1910-1997), recebido com reverência pelos participantes da Rio-92, ao tomar conhecimento da campanha da LBV, externou seu apoio: “Se não cuidarmos das crianças, de nada adianta discutirmos o problema ecológico”. Entre as participações de autoridades na Conferência de Cúpula da ONU, vale destacar estas palavras do secretário-geral da Rio-92, Maurice Strong (1929-2015): “Concordo com esta campanha da LBV. Espero que as mais importantes decisões tomadas aqui possam ter maior apoio, novas energias, produtividades para fazer com que as crianças do Brasil e de todo o mundo tenham novas oportunidades”.

Leila Marco

CAMPANHA DA LBV É RECONHECIDA NA RIO-92

2 BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 199


CIDADANIA PLANETÁRIA

Educação e sustentabilidade O

vimento pós-2015: os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que substituíram os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). A Legião da Boa Vontade foi convidada a coordenar, no último dia do evento, o painel temático “Educando cidadãos sustentáveis — Melhores práticas do Brasil da Rio+20”, no qual o público teve a oportunidade de conhecer algumas histórias de sucesso da Instituição no âmbito educacional.

Nataly Peres

então Departamento de Informação Pública (DPI, na sigla em inglês) da ONU, atual Departamento de Comunicação Global (DCG), promoveu a 65ª Conferência Anual de ONGs entre os dias 27 e 29 de agosto de 2014, em Nova York. Sociedade civil, redes internacionais e ativistas sociais reuniram-se na sede do organismo internacional para a elaboração de uma “Agenda de Ação” que mobilizasse as negociações das metas de desenvol-

A mesa do painel temático foi formada, da esquerda para a direita, pela intérprete Mariana Tamasan; pela supervisora da linha pedagógica da LBV, Suelí Periotto; pelo diplomata Vicente Amaral Bezerra, então representante da Missão Permanente do Brasil nas Nações Unidas; pelo moderador do painel, Danilo Parmegiani, representante da LBV na ONU; por Sâmara Malaman, mestre em Educação Especial pela Kean University; e pelo psicólogo e psicanalista Joseph DeMeyer.

200 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Vivian R. Ferreira

Pri sc ill a

An tun

E

es

O dr. Alberto Padova (centro) e os representantes da LBV posam com o Coral Ecumênico Infantojuvenil e o Grupo Infantojuvenil de Instrumentistas do Conjunto Educacional Boa Vontade em São Paulo/SP. No destaque, o então representante da ONU em visita à unidade da Instituição no Rio de Janeiro/RJ.

Chefe da seção de ONGs da ONU visita LBV no Brasil

m visita oficial ao Brasil no fim de julho de 2015, o dr. Alberto Padova, então chefe da Seção de ONGs do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas (UN/Desa), do Conselho Econômico e Social da ONU (Ecosoc), esteve no Rio de Janeiro/RJ e em São Paulo/SP. Na ocasião, ele conheceu o trabalho realizado pela Legião da Boa Vontade nessas cidades, bem como participou da cerimônia de abertura do 14o Congresso Internacional de Educação da LBV. Em entrevista à BOA VONTADE, Padova destacou os bons resultados alcançados pela linha pedagógica da LBV (formada pela Pedagogia do Afeto e pela Pedagogia do Cidadão Ecumênico, criadas pelo educador Paiva Netto): “Estou muito feliz de

poder presenciar o trabalho maravilhoso que a Legião da Boa Vontade realiza, de ver que o que vocês fazem não se resume em oferecer apenas a formação acadêmica básica às crianças, mas também uma proposta holística, que inclui o bem-estar delas, começando pelos recém-nascidos e envolvendo toda a família. Essa é uma receita poderosa e muito bem-sucedida, pelo que pude notar. Esse diferencial, que vejo sendo promovido aqui, vai além do intelecto acadêmico; é muito mais amplo, porque desenvolve o indivíduo de forma plena, tornando-o um agente para o bem-estar da comunidade, e está focado em importantes valores, que são a base de uma sociedade saudável e produtiva”. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 201


UN Photo/Cia Park

CIDADANIA PLANETÁRIA

Ar q uiv

oB V

LBV em cúpula histórica da ONU A Instituição foi a única organização da sociedade civil brasileira participante do painel de combate à pobreza

D

e 25 a 27 de setembro de 2015, a Organização das Nações Unidas realizou uma de suas mais importantes reuniões: a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável 2015. Logo no início do evento, ocorrido na sede da entidade em Nova York, as novas metas globais foram acordadas, por unanimidade, pelos 193 Estados membros que a integram. Entre milhares de organizações da sociedade civil de todo o mundo, a Legião da Boa Vontade foi uma das convidadas a participar da cúpula, em virtude do reconhecimento internacional conquistado pelo seu relevante trabalho na área socioeducacional e por importantes contribuições nos processos preparatórios para a formulação do documento “Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030

202 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

para o Desenvolvimento Sustentável”. No primeiro dia do encontro, representando o Brasil, a Instituição marcou presença no painel temático sobre combate à pobreza, um dos seis que compuseram a programação oficial do evento e que contou com a colaboração de organizações de 50 países. Ainda na ocasião, a LBV apresentou a chefes de Estado, a representantes de governo e a notórias personalidades mensagem de seu diretor-presidente, José de Paiva Netto, intitulada “Altruísmo — uma revolução” e publicada na revista BOA VONTADE Desenvolvimento Sustentável 2015. No texto, o autor ressalta: “Quando mais o ameaça a violência, o desenvolvimento de um povo não pode prescindir do espírito filantrópico, portanto, humanitário, aliado ao de íntegra justiça e competente gestão”.


Homenagem internacional Fotos: Sâmara Malaman

(1) Ao centro, Danilo Parmegiani, representante da LBV nas Nações Unidas, com o troféu em mãos, ladeado por David Kirshbaum, por Genie Kagawa (E) e por Sharon Hamilton-Getz, presidente do Comitê de Espiritualidade, Valores e Interesses Globais das Nações Unidas (D). À direita, Adriana Rocha, da LBV. (2) O Coral New Voices Middle School Grade, dirigido por Amy Musick, abriu as apresentações artísticas do evento. (3) Integrantes da Orquestra Filarmônica Jovem Camargo Guarnieri, do Brasil.

1

2

A

Legião da Boa Vontade (LBV) recebeu, em 23 de outubro de 2017, o troféu “O Espírito das Nações Unidas”, entregue anualmente por membros do conselho executivo do Comitê de Espiritualidade, Valores e Interesses Globais nas Nações Unidas a representações de missões governamentais, agências internacionais e organizações da sociedade civil que debatem e disseminam assuntos relacionados à Espiritualidade segundo a agenda da ONU. Danilo Parmegiani, representante da LBV no organismo internacional, participou da solenidade e explicou os motivos que levaram a Instituição a ser

3

premiada. “A Legião da Boa Vontade foi escolhida justamente pelo fato de todos reconhecerem o seu esforço grandioso de promover o tema da Paz. A Entidade é distinguida pela ação social e educacional de promover o desenvolvimento sustentável, o combate à pobreza e a Educação com Espiritualidade Ecumênica”, destacou. Em turnê cultural pelos Estados Unidos, a Orquestra Filarmônica Jovem Camargo Guarnieri, sob a condução do maestro Daniel Martins, apresentou-se na cerimônia, interpretando canções brasileiras, entre estas a Marcha dos Soldadinhos de Deus, do compositor Paiva Netto.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 203


CIDADANIA PLANETÁRIA

Ed Ferreira/AE

“(...) Em meu nome, em nome de meus Irmãos do Comitê Executivo da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) e em nome de nosso povo palestino, quero agradecer seu amável convite para que eu presenciasse a inauguração do Templo da LBV (1989). Congratulo-me com suas atividades desempenhadas em auxílio aos pobres e em defesa da humanidade, da Justiça e dos oprimidos (...).” YASSER ARAFAT (1929-2004) Presidente da Autoridade Palestina e Prêmio Nobel da Paz de 1994

Lucian Fagundes

Desmond Tutu, antes mesmo de embarcar para o Brasil, como registrou o jornal Correio Braziliense, do Distrito Federal, em maio de 1987, declarou a um diplomata do Itamaraty, o Ministério das Relações Exteriores do Brasil: “Ao chegar ao seu país, desejo encontrar-me com meus Irmãos de Fé e quero rever dois grandes amigos: Dom Hélder Câmara e o presidente da Legião da Boa Vontade, José de Paiva Netto”. No mesmo ano, falando a representantes da LBV, afirmou: “Quero louvar o presidente mundial da Legião da Boa Vontade pelo seu artigo ‘Apartheid lá e Apartheids cá’ [publicado em 30 de março de 1986 no jornal Folha de S.Paulo], no qual ele procura conscientizar os povos de que há várias formas de racismo atuando em muitas partes do mundo, até mesmo no Brasil. (...) Gostaria de transmitir-lhe o meu muito obrigado pelo trabalho que realiza. Que Deus o abençoe e os prezados Legionários da Boa Vontade! Vocês se tornaram, ao longo de sua proveitosa atividade, estimados trabalhadores de Deus (...)”. Em 2006, ano em que o dirigente da LBV celebrou o Jubileu de Ouro de trabalho na Instituição, o arcebispo registrou: “Nestes 50 anos, Deus tem usado Paiva Netto poderosamente. Que Ele possa abençoá-lo e fortalecê-lo para que continue o trabalho divino no mundo, pelo Amor dos Filhos de Deus!” DESMOND TUTU Arcebispo anglicano e Prêmio Nobel da Paz de 1984

204 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

J. A. Parmegiani

Depoimentos

“É maravilhoso falar a respeito do Templo da Boa Vontade e do Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica, da LBV. Eles representam aquilo em que eu sempre acreditei, isto é, que as pessoas e todas as religiões têm o mesmo potencial para ajudar a humanidade. Todas levam dentro de si a mensagem de compaixão, Amor e perdão espiritual. O que a Legião da Boa Vontade faz é maravilhoso. Eu apoio esse trabalho totalmente e espero que meu Espírito e Alma possam estar sempre com vocês.” DALAI-LAMA TENZIN GYATSO Líder religioso tibetano, ganhador do Prêmio Nobel da Paz de 1989 e da Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, do ParlaMundi da LBV, em 1999, na categoria “Hors-concours”.


MADRE TERESA DE CALCUTÁ (1910-1997)

Divulgação

Prêmio Nobel da Paz de 1979

“Meus votos de que a LBV contribua para que o povo brasileiro possa viver em Paz, livre do medo e da intimidação, que os caminhos da violência impõem.” SHIRIN EBADI Advogada iraniana, ativista internacional dos Direitos Humanos e ganhadora do Prêmio Nobel da Paz de 2003, ao receber de representantes da LBV a revista Sociedade Solidária, durante evento na ONU.

Reprodução BV

Reprodução BV

“Prezado sr. José de Paiva Netto, confio-lhe minhas preces por todos. Que as bênçãos de Deus estejam com vocês da Legião da Boa Vontade e que muitas pessoas conheçam o Amor de Jesus por intermédio do Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica, da LBV, e mantenham viva a Boa Nova de Seu Amor no mundo, amando uns aos outros como Ele nos amou! Que Deus os abençoe!”

“Sinto-me muito feliz e honrado com esta homenagem, prestada pelo ParlaMundi, da Legião da Boa Vontade.” NELSON MANDELA (1918-2013) Presidente da África do Sul de 1994 a 1999 e Prêmio Nobel da Paz de 1993, considerado uma das maiores personalidades do século 20, ao ser agraciado, na categoria “Hors-concours”, com a Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, em 1997.

Arquivo BV

“O projeto da LBV é realmente único, concreto, criativo, reunindo todos os que querem a Paz, a tranquilidade para as religiões, para os grupos étnicos... A Legião da Boa Vontade, por meio dele, acolhe os meninos marginalizados e lhes dá teto, carinho, educação... Enfim, é um programa extraordinário, que deve inspirar governos e organizações de outros países do mundo a fazer o mesmo. A cultura da Paz, da tolerância e da convivência entre as etnias é o que leva a uma verdadeira Paz duradoura e ao progresso social. (...) Fico sensibilizado com este ensejo de poder visitar a LBV. Estou profundamente deslumbrado com esta oportunidade de ver tanta expressão de arte, valor espiritual, apelo à Paz, à concórdia entre os povos, entre as nações. Creio que seria útil e bom que países em guerra passassem por aqui (Templo da Boa Vontade) e meditassem para constatar a total inutilidade dos seus conflitos. Há, pelo mundo, tanta beleza humana e espiritual sendo destruída! E o Templo da Legião da Boa Vontade é realmente único. Julgo que o aspecto mais importante da Instituição, neste projeto, nesta arquitetura, é o espírito de irmandade étnica, cultural, religiosa, em que não há diferenças sociais, econômicas... Aqui, tudo está representado; todos podem dialogar. Realmente, é superinteressante.” DR. JOSÉ RAMOS-HORTA Ex-presidente do Timor Leste e Prêmio Nobel da Paz de 1996, em visita ao TBV, localizado em Brasília/DF, Brasil.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 205


CIDADANIA PLANETÁRIA

Fernando Franco

Depoimentos

“Estou muito sensibilizado pela recepção carinhosa das crianças e em ver o trabalho hercúleo feito com Amor e dedicação. Devemos construir um maior relacionamento entre o povo da China e a nação brasileira, com amizade e respeito mútuos. Parabenizo o diretor-presidente Paiva Netto pela visão que, já há muito tempo, teve ao escrever artigos referentes à China. Convidamos a LBV a ajudar na construção da aliança entre o gigante da Ásia e o da América do Sul, com troca de visitas.”

“Muito obrigado. É uma grande honra estar na LBV (...). É bom ver que o meu avô está representado no TBV. Porque, durante toda a sua vida, ele acreditou que o desentendimento entre religiões causou muita violência no mundo. Ele queria que as pessoas se unissem. Enquanto seguiam as suas próprias religiões, deveriam também respeitar todas as demais que existem no planeta. Assim, nos tornaríamos uma grande família. (...) Estou muito feliz pelo Templo da Legião da Boa Vontade e seus voluntários, por estarem levando o Ecumenismo para o mundo. Tenho certeza de que meu avô ficaria muito orgulhoso disso também. Desejo todo o sucesso ao senhor Paiva Netto.”

CHARLES TANG Presidente Binacional da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-China (CCIBC)

Nelson Silva

Daniel Trevisan

ARUN GANDHI Neto do Mahatma Gandhi (na foto, ao lado de sua esposa, Sunanda) durante homenagem ao líder indiano no Templo da Boa Vontade.

“Estar no Templo da Boa Vontade é muito emocionante e importante também, já que vocês realizam um trabalho em favor do povo. E creio que tudo está direcionado para conscientizar os jovens, para que eles sejam preparados, e com algo muito importante: a Espiritualidade. (...) Quero saudar ainda Paiva Netto pelos seus 50 anos de força e de luta pelo bem da humanidade e dos povos. Um fraterno abraço solidário de congratulações, e que ele continue o seu caminho, construindo a esperança e a solidariedade entre as pessoas.” ADOLFO PÉREZ ESQUIVEL Escritor argentino e Prêmio Nobel da Paz de 1980, ao parabenizar o dirigente da LBV pelo Jubileu de Ouro no trabalho da Instituição.

206 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Leila Marco

“Eu realmente gostei muito de ver, em primeiro lugar, a arquitetura do Templo da LBV, admirei-a muito, e estou naturalmente sintonizado com sua intenção ecumênica e em favor da Paz, em favor da unidade do gênero humano. Esses são valores que eu também tenho. (...) A vossa filosofia é a do entendimento entre todos, portanto, sem dogmas, o que para mim é muito simpático. Como Paiva Em abril de 1997, Paiva Netto (C) entregou ao estadista português Netto consegue realizar tantas Mário Soares e a Pelé, o Atleta do Século 20, a Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, do ParlaMundi da LBV. obras importantes? (...) A Legião dos Homens de Boa Vontade é uma das mais importantes organizações não governamentais com assento na ONU. (...) Num mundo tão incerto como o em que vivemos hoje, com tantas dificuldades, com tanta pobreza, (...) o que faz falta justamente é que os Homens de Boa Vontade se deem as mãos e trabalhem pela Paz, pela Fraternidade, pela Solidariedade entre os povos, sobretudo lembrando-se de que há ricos e há pobres, e é preciso defender os pobres.” Em visita ao ParlaMundi da LBV, em Brasília/DF, Brasil, em 1997, para receber o prêmio, o saudoso estadista, ao ver estampado, numa das paredes do local, o pensamento do dirigente da LBV — “Enquanto não prevalecer o ensino eficaz por todos os de bom senso almejado, o Brasil padecerá cativo das limitações que a si mesmo se impõe” —, de forma entusiástica, que era sua característica, exclamou: “Mas por que só o Brasil?! Isto é válido para Portugal e para o mundo inteiro!”. A partir daí, Paiva Netto aceita a sugestão dele, ampliando o alcance a todo o planeta. DR. MÁRIO SOARES (1924-2017)

Arquivo BV

Ex-presidente de Portugal e ex-primeiro ministro do país. Foi ganhador da Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, do ParlaMundi da LBV, em 1996, na categoria “Hors-Concours”.

“Estou deslumbrado por estar neste lugar. É a primeira vez que visito um Centro Educacional da LBV, já estive no Templo da Boa Vontade, em Brasília, em várias oportunidades. Fico impressionado com o Amor e o carinho que a Instituição compartilha com as muito adoráveis criancinhas do Rio [de Janeiro]. Estou feliz de saber que Jesus cuida delas. (...) As crianças conseguem levar esses valores defendidos pela LBV para dentro de casa. Isso causa um bom impacto na sociedade brasileira e mundial.” AMITAVA TRIPATHI Diplomata indiano

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 207


CIDADANIA PLANETÁRIA Depoimentos

Arquivo BV

Reprodução BV

“Agradeço o gentil convite para a inauguração desse monumento à Paz, o Templo da Boa Vontade. Apreciei muito a lembrança. Transmito meus sinceros votos e espero que a LBV tenha muito sucesso nessa grande ocasião (...).” JIMMY CARTER Ex-presidente dos Estados Unidos e Prêmio Nobel da Paz de 2002, em correspondência encaminhada à Legião da Boa Vontade próximo à data de inauguração do TBV, externando admiração pela empreitada.

Divulgação

“É um excelente documento produzido pela Legião da Boa Vontade, que todas as delegações do Conselho Econômico e Social estão lendo; é um documento visionário. (...) Ele enfatiza a Rede Sociedade Solidária, a visão de José de Paiva Netto.” DR. RICHARD JORDAN

Ex-presidente da Conferência do Departamento de Informação Pública da ONU, ao ler a revista Globalização do Amor Fraterno, da LBV.

“Foi um prazer participar deste evento organizado pela Legião da Boa Vontade. (...) Ouvi e gostei muito de conhecer melhor a Instituição, me tornei uma fã e vou participar. Já combinei: vou a São Paulo e vou visitá-los, passar a ser uma contribuinte atuante da LBV. Parabéns pelo trabalho que vocês têm feito!” MARIA NAZARETH FARANI AZEVÊDO

Arquivo BV

Então chefe da Missão Permanente do Brasil junto à ONU em Genebra, ao participar do painel da LBV na Reunião de Alto Nível do Ecosoc em 2011, na qual a inovadora linha pedagógica da Entidade foi destaque.

“Esta é uma etapa importante na expansão das atividades da LBV. O que se espera é que, numa área dos EUA onde há uma comunidade brasileira muito significativa, a LBV possa trazer a sua contribuição aos temas socioeducativos, que são os principais da sua missão, e atender às aspirações dessa comunidade.” OSMAR CHOHFI Ex-cônsul-geral do Brasil em Nova York

208 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Arquivo BV

“É um trabalho nativo do Brasil, que é a Boa Vontade entre os homens, a busca da Solidariedade, que tem uma representação na ONU. Esperamos que a LBV continue o seu caminho, acreditando na sua força e capacidade de convencer, de transformar o mundo, porque este é o sonho dos povos indígenas também: fazer que o homem branco respeite o índio, e o índio respeite o branco na sua forma de vida.” MARCOS TERENA

Adriana Rocha

“O Amor e o entendimento são muito importantes para possibilitar que as crianças vivam mais felizes e possam concentrar-se em coisas que realmente representem um avanço para elas. Uma vez que uma criança recebe Amor, ela está sendo encorajada, aprende a amar e, assim, cria condições para uma atmosfera de Paz para todos. (...) As organizações da sociedade civil são parceiras fundamentais para atingir a igualdade de gênero. Por isso, congratulo-me com a LBV por conseguir agir diretamente em defesa da mulher.”

Arquivo BV

Índio, professor de tradição, conferencista e articulador dos direitos indígenas na ONU, ao visitar a LBV dos EUA.

“(...) A LBV deve ensinar outras ONGs, transmitir seus conhecimentos.” HANIFA MEZOUI Ex-chefe da Seção de ONGs do UN/DESA

DRA. ASHA-ROSE MIGIRO

José P. Lacerda

Ex-vice-secretária-geral da ONU

“Nós olhamos [a parceria] com muito interesse, porque é a primeira vez que a Câmara se associa a um trabalho com uma organização do quilate da LBV. E acho que temos muita coisa a fazer aproveitando esta sinergia (...): melhorar o padrão de vida do Brasil para então melhorar as oportunidades de negócios entre Brasil e EUA.” JOSÉ ROBERTO AZEVÊDO Presidente da Organização Mundial do Comércio (OMC)

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 209


CIDADANIA PLANETÁRIA

“A Legião da Boa Vontade faz um trabalho fantástico, e encorajo-os a continuar em sua causa humanitária.”

Marco Grob

Arquivo BV

Depoimentos

EMBAIXADOR ANWARUL CHOWDHURY Ex-subsecretário-geral das Nações Unidas

ANNA MWASHA

Eduarda

Pereira

Diretora do Departamento de Erradicação da Pobreza do Ministério do Planejamento Econômico e Empoderamento da República da Tanzânia

210 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Anna Mwasha (C), da Tanzânia, com Rosana Bertolin (E) e Conceição de Albuquerque, da LBV.

“Reconhecemos que a ênfase da LBV na educação é uma estratégia-chave de prevenção, fundamental para gerar mudança de mentalidade, para transformar a cultura do machismo, da desigualdade. Por isso, nós aplaudimos vocês por escolherem esse tema como estratégia.” PHUMZILE MLAMBO-NGCUKA Diretora-executiva da ONU Mulheres e ex-vice-presidente da África do Sul

Eduarda Pereira

“A LBV está fazendo um trabalho maravilhoso, principalmente garantindo que as crianças recebam uma Educação com qualidade e valores. São valores diferenciados, que desenvolvem seu cérebro e coração. No futuro, essas crianças farão toda a diferença na sociedade, mudando-a completamente, fazendo a Paz predominar por toda parte. Isso me deixou muito emocionada. Nos países mais desenvolvidos, fala-se muito em melhorar a qualidade da Educação, mas entendo que a Legião da Boa Vontade luta, principalmente, por formar o caráter das crianças com valores como o Amor e fazer com que elas se tornem calmas, conscientes. Uma Educação firmada nesses valores pode mudar completamente uma sociedade, fazer as pessoas viver em Paz e, dessa forma, melhorar o mundo inteiro. Daí o símbolo da LBV, com o coração azul. Esse logotipo significa muito, pois quer dizer Amor, é um símbolo global. E, se alguém tem Amor, sabemos que a Paz estará lá, que o desenvolvimento estará lá.”

“É poderosa a mensagem da LBV. Somente com a globalização do Amor, em todo o seu sentido, teremos Paz, progresso e prosperidade para toda a humanidade.” HILARIO DAVIDE Ex-vice-presidente do Conselho Econômico e Social da ONU


MARTHA GALLAHUE

Divulgação

Representante da National Service Conference of the American Ethical Union na ONU

“Dou testemunho do trabalho da LBV como uma organização da sociedade civil credenciada no Ecosoc [Conselho Econômico e Social das Nações Unidas], que sempre participa das atividades no conselho, contribui, divulga o que o Brasil faz nos desenvolvimentos recentes. Então, quero desejar a vocês felicidade e que continuem com o bom trabalho. Contem conosco.” MARIA TEREZA MESQUITA Ex-ministra da Missão do Brasil na ONU

Valter Júnior

Eduarda Pereira

“Esta revista é linda. Estou impressionada com a diversidade do conteúdo. Não está honrando apenas a tradição de Eleanor Roosevelt, mas de outras mulheres admiráveis, como Asha-Rose Migiro e Wangari Maathai, e, portanto, é uma descrição maravilhosa de lutas antigas e novas e terá implicações para o futuro. (...) Existe um avanço incrível em termos de alterar o poder de dominação para o de cooperação. E, certamente, a revista demonstra que estas mulheres notáveis foram poderosas, mas também extremamente cooperativas.”

“Estou muito feliz de poder presenciar o trabalho maravilhoso que a Legião da Boa Vontade realiza, de ver que o que vocês fazem não se resume em oferecer apenas a formação acadêmica básica às crianças, mas também uma proposta holística, que inclui o bem-estar delas, começando pelos recém-nascidos e envolvendo toda a família. Essa é uma receita poderosa e muito bem-sucedida, pelo que pude notar. Esse diferencial, que vejo sendo promovido aqui, vai além do intelecto acadêmico; é muito mais amplo, porque desenvolve o indivíduo de forma plena, tornando-o um agente para o bem-estar da comunidade, e está focado em importantes valores, que são a base de uma sociedade saudável e produtiva. O trabalho que conheci no Rio de Janeiro é relevante, pois os esforços para proporcionar a assistência essencial em termos de educação e de saúde se estabelecem exatamente no centro de regiões mais carentes. (...) A escola e as instalações em São Paulo falam por si, não só pelas várias aulas e pela infraestrutura, mas também pelo fato de que muitos dos alunos que se formaram aqui encontraram um trabalho formal, não só na própria Instituição, mas também na área urbana.” ALBERTO PADOVA Ex-chefe da Seção de ONGs do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais (UN/Desa), do Conselho Econômico e Social (Ecosoc) da ONU, após visita às escolas da LBV em São Paulo/SP e no Rio de Janeiro/RJ, em 2015.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 211


CULTURA E ESPORTE

A solidariedade pela arte


NestA seção, você encontrará: 216

Músicas Legionárias elevam

218

“Negrada — Jesus, o Grande Libertador!”

220

Parcerias musicais

222

Oratório “O Mistério de Deus Revelado”

224

“Noite Cultural Emoções e Memórias”

226

“Prece para ter Tranquilidade” no Harlem

227

Audição mundial

228

Espetáculo Música Legionária

230

Cultura e inclusão social

232

Esporte no contexto escolar e comunitário

234

Revelando campeões no Jiu-Jítsu

236

Um fórum feito para e pelas crianças

238

Paiva Netto e o protagonismo jovem

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 213


Thiago Mendes

CULTURA E ESPORTE

JESÚS HA DE VENIR Uma das músicas que integraram a edição 2011 do Espetáculo Música Legionária foi o tango Jesús ha de venir (Jesus há de vir), criado pelo compositor brasileiro Paiva Netto. A obra foi muito elogiada pela orquestra do maestro Carlos Buono quando, na Argentina, a gravou pela primeira vez: ao passo que exaltam o Cristo de Deus, os temas musicais conseguem expressar a alma daquele país. Para assistir à apresentação do tango, escaneie o QR Code acima.

214 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


D

esde a fundação da Legião da Boa Vontade, em 1o de janeiro de 1950, a música, a literatura e o esporte sempre estiveram presentes em suas atividades. A Instituição acredita que essas são linguagens indispensáveis para o progresso pleno do ser humano, pois agregam os mais nobres sentimentos às pessoas e estimulam a reflexão sobre questões vitais da existência. Portanto, levar cultura e atividades esportivas com Espiritualidade Ecumênica tem sido uma das ferramentas utilizadas pela LBV em sua tarefa de promover entre os indivíduos a cidadania planetária, seja na infância, na adolescência, na fase adulta ou na Terceira Idade. Nas páginas a seguir, o leitor poderá acompanhar uma retrospectiva histórica de projetos da Entidade com esse fito, além de serviços, programas e oficinas ligados à cultura e ao esporte, que são colocados à disposição de famílias em situação de vulnerabilidade social e da sociedade em geral.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 215


João Ruiz Lopes

Arquivo BV

CULTURA E ESPORTE

1

2 Airton Leite

(1) Coral Deus é Amor, do Rio de Janeiro, da década de 1960. (2, 3 e 4) Orquestra Jovem Boa Vontade em apresentação do Projeto Antares “Clássicos para o Povo”, de 1987 a 1990.

3

Para o corpo e para a Alma

Músicas Legionárias elevam P ropagar a boa música entre a população e promover a educação musical das futuras gerações são premissas da Entidade em sua longeva existência, com a criação de coros e bandas musicais a partir do fim da década de 1950, a exemplo do Coral Deus é Amor e do grupo Menestréis da Boa Vontade, este último surgido em plena efervescência da Bossa Nova. Na década de 1980, já sob a liderança do jornalista e compositor José de Paiva Netto, esse movimento se intensificou ainda mais na LBV. Por sinal, o diretor-presidente da Instituição costuma fazer um para-

216 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

lelo entre a ação fraterna da organização e a capacidade criativa e intuitiva da musicalidade. Diz ele que “a música é o Amor que espalhamos por intermédio de atos de Compreensão, de Solidariedade, de Fraternidade, de Entendimento e de Compaixão. Tudo isso é melodia. Ter Amor no coração é ser musical. Você quer viver com melodia na Alma? Ame!”

AUDIÇÕES EM VÁRIAS CIDADES O fato de o dirigente da LBV ser um compositor de sucesso abriu portas importantes para a disseminação da Arte e da Cultura Legionária dentro e fora da


João Ruiz Lopes

4

Instituição. A partir da década de 1980, sua obra musical tem sido apresentada em cidades brasileiras e no exterior. No repertório, a diversidade de temas inclui canções em louvor a Maria Santíssima e outras que homenageiam o Brasil e vários Estados da Federação. Entre elas estão A Santa Catarina e Alegria em Santa Catarina, homenagens a esse Estado; a Ave, Maria! Gratia Plena, endereçada ao povo de São Paulo; Ave, Maria, uma exaltação ao povo do Distrito Federal; Ave, Maria, Mater Jesus, oferecida ao povo do Brasil; e Maria e a LBV, o seu Sagrado Manto, dedicada ao povo de Minas Gerais. A obra Amar com o Amor de Deus (1996), feita por Paiva Netto para sua mãe, traz a seguinte dedicatória: “Com saudade, à minha querida mãe, Idalina Cecília, que me ensinou a amar”. A composição Emmanuel Adolfo foi escrita para o filho mais novo dele. Por essa época também, mais especificamente de

1987 a 1990, promoveu, por intermédio da LBV Cultural, o Projeto Antares “Clássicos para o Povo”, com a Orquestra Jovem Boa Vontade, por ele criada. Destaque ainda para os concertos realizados no ano 2000, pioneiros em caráter beneficente na Bulgária, produzidos pelo maestro José Eduardo de Paiva e regidos por Bedros Papazian. A premissa de Paiva Netto é a de que sua música seja direcionada a toda gente. Por isso, suas composições são simples, mas originais e não perdem a beleza, como ele mesmo esclarece: “Eu tenho um costume. Faço música para o povo, para tocar o coração. A melodia para o povo é aquela que o faz sair cantando. Então, o que eu faço? Convido a todos os que trabalham comigo a cantar. Digo: Escuta, pessoal, tenho aqui uma musiquinha que fiz. Conto com a ajuda de vocês. Já sabem: se vocês cantarem, todo mundo vai cantar”. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 217


CULTURA E ESPORTE

“Negrada — Jesus, o Grande Libertador!” Isaac Karabtchevsky

Darcy Augusto Malheiros

Concertos de músicas clássicas Em 27 de agosto de 1982, Florianópolis/SC foi palco do 1o Concerto de Músicas Clássicas da LBV, que apresentou composições de Paiva Netto no Teatro Álvaro de Carvalho, sob a regência do maestro Hélio Teixeira da Rosa.

218 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

cante entre o ritmo e a melodia. É uma obra realmente muito inspirada. Estamos procurando traduzir a linguagem de José de Paiva Netto para a grande Orquestra Sinfônica. (...) Ficamos entusiasmados pela maneira com que ele conseguiu traduzir em música todo o seu grau de sensibilidade”. Após o concerto, o líder da LBV encontrou-se com o mundialmente aplaudido maestro, que, aproveitando o ensejo, referindo-se ainda ao disco Negrada, o chamou de genial. Paiva Netto, sorridente, completou: “Como diria o velho Villa-Lobos, de quem sou fã absoluto: ‘Genial, não genioso’” (risos). A estreia de Negrada — Jesus, o Grande Libertador! teve o arranjo do professor Darcy Augusto Malheiros (19232012). Para o concerto com a Orquestra Sinfônica Brasileira, a orquestração foi do maestro Osman Giuseppe Gioia. Depois, na Bulgária, foi gravada com orquestração de Alexander Yossifov, sob a regência do maestro Ricardo Averbach. Haroldo Rocha

Fotos: Arquivo BV

U

m dos primeiros e grandes sucessos de Paiva Netto foi o disco Negrada — Jesus, o Grande Libertador!, lançado em 1o de abril (na LBV conhecido como Dia da Verdade) de 1983, simultaneamente ao lançamento do Livro Jesus, na Casa D’Itália, em Salvador/BA. Algumas das composições que fazem parte do disco, dedicado ao povo baiano, possuem essência da cultura africana e confortam as pessoas que sofrem com todo tipo de escravidão, não importando a etnia. A obra vendeu 100 mil cópias, conquista inédita para a época no gênero erudito no Brasil. Vinte e nove dias após seu lançamento, foi apresentada no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, sob a regência do conceituado maestro Isaac Karabtchevsky, então dirigente da Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB), que, na ocasião, assim se expressou: “A composição me surpreendeu pelo caráter rítmico e, ao mesmo tempo, pelo contraste mar-


Fotos: Arquivo BV

Paiva Netto e Isaac Karabtchevsky Público superlota o Theatro Municipal do Rio de Janeiro para assistir ao 3o Concerto da LBV de Músicas Clássicas. Após a belíssima audição, sob a batuta de Karabtchevsky (que aparece ao lado de Paiva Netto no destaque), o dirigente da LBV acena para a plateia.

João Ruiz Lopes

Em março de 1983, foi realizado, no Salão Itapoan do Bahia Othon Palace Hotel, em Salvador/BA, o 2o Concerto da LBV de Músicas Clássicas. Foram executadas obras do compositor Paiva Netto, sob a regência do maestro Legionário José do Espírito Santo. Na oportunidade, o autor concedeu entrevista à Rádio Clube e gravou o Programa Boa Vontade para a TV Itapoan, atual TV Record Bahia, transmitido pelo canal 5.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 219


Carlos Moreno

CULTURA E ESPORTE

Arquivo BV

Parcerias musicais E

Divulgação

Almeida Prado

Alexander Yossifov

m sua trajetória musical, o dirigente da LBV contou com amigos da área para a execução de seus trabalhos, a exemplo da Sinfonia Apocalipse, composta, em 1987, a quatro mãos, com o saudoso Almeida Prado (1943-2010), a partir dos temas do Poema Sinfônico Argentina, que Paiva Netto escrevera ainda na década de 1980. Os versos do movimento coral são de Mário Frigéri. A primeira audição mundial dessa sinfonia deu-se a 21 de outubro de 1989, na inauguração do Templo da Boa Vontade, em Brasília/DF, diante de um público estimado em mais de 50 mil pessoas. Sob a regência de Achille Picchi, a obra foi interpretada pela Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro e pelo Coral Ecumênico Boa Vontade, tendo como solistas a soprano

220 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Victoria Kerbauy (1929-2017) e o barítono Francisco Frias. Além da parceria com o saudoso Almeida Prado, Paiva Netto escreveu outras obras com renomados músicos, sendo uma delas com o maestro e compositor búlgaro Alexander Yossifov. Juntos, compuseram o Concerto para Piano e Orquestra no 2, em dó maior. Cativado pela riqueza melódica do compositor brasileiro, Yossifov escreveu uma orquestração, em forma de abertura de ópera, para Negrada — Jesus, o Grande Libertador! (veja no destaque p. 218), um dos maiores sucessos do dirigente da LBV. Também orquestrou outras cinco composições de Paiva Netto — A Santa Catarina; Ave, Maria! Mãe de Jesus; Divertimento no 1 (bailarico); O Canto da Mata; e Alegria em Santa Catarina —, organizando-as numa obra musical para orquestra


Pedro Rúbio

Festival de Música Legionária

João Ruiz Lopes

Em dezembro de 1980, foi realizado o 1o Festival de Músicas Legionárias, em São Paulo/SP, evidenciando a preocupação do dirigente da Instituição em transmitir cultura ao povo. O evento repetiu-se em outras cidades, entre as quais Goiânia/GO, em dezembro de 1982.

Alan Kardec de Brito

de cordas: Suíte Aquarius — A Dança dos Mundos. Todas são campeãs de venda. Essas composições foram gravadas entre 1989 e 1993 nas terras de Pancho Vladigerov (1899-1978). Vale destacar que a Sinfonia Apocalipse teve a interpretação da Orquestra e Coro Misto da Rádio Nacional de Sófia e solos de Valery Popova (soprano) e Georgi Petkov (barítono). Ainda com a mesma equipe musical no Concerto para Piano e Orquestra no 2, contou com a participação do Coral Meninos de Sófia e do premiado pianista Svetoslav Karparov. Na Suíte Aquarius — A Dança dos Mundos, a interpretação foi do premiado violinista Angel Stankov e da Sofia Chambers Players Orchestra. Todas estiveram sob a regência do maestro Ricardo Averbach, discípulo destacado do ilustre Vladi Simeonov.

Em 20 de dezembro de 1985, ocorreu, em Salvador/BA, o 5o Concerto da LBV de Músicas Clássicas, no Teatro Castro Alves, com a Orquestra Sinfônica Maestro Wanderley, da Polícia Militar do Estado da Bahia, que interpretou músicas do compositor Paiva Netto, sob a regência do maestro Legionário José do Espírito Santo (1927-2005).

ORQUESTRA JOVEM BOA VONTADE Em dezembro de 1987, foi realizado no Teatro Cultura Artística, localizado no centro da capital paulista, um concerto da Orquestra Jovem Boa Vontade, sob a regência do maestro Reinaldo Calegari. A orquestra, criada pelo dirigente da Instituição, interpretou composições de Paiva Netto, Schubert, Gabriel Fauré e Bartók.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 221


Arquivo BV

CULTURA E ESPORTE

Oratório “O Mistério de Deus O Adrianan Jason

Oratório O Mistério de Deus Revelado é, sem dúvida, uma das obras mais aplaudidas do compositor Paiva Netto. O título nasceu de uma proposta do Espírito Villa-Lobos (18871959), em Portugal, por intermédio do sensitivo Legionário Chico Periotto, em 6 de maio de 1992. O famoso músico sugerira inicialmente “O

Mistério de Deus”, ao que Paiva Netto acrescentou “Revelado”. Gravado pelo National Philharmonic Choir “Svetoslav Obretenov”, da Bulgária, sob a regência do maestro Ricardo Averbach, o Oratório superou a marca de 550 mil cópias vendidas, conquistando Disco de Platina Duplo. O Oratório apresenta partes destinadas a

Lbv e o Novo Mandamento de Jesus na ONU A obra musical do compositor Paiva Netto tem recebido, ao longo dos anos, reconhecimento no Brasil e no mundo, já tendo sido executada em diversos locais, entre estes a Organização das Nações Unidas (ONU). Em 5 de abril de 2000, o movimento final

222 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Arquivo BV

Discografia de Paiva Netto Negrada — Jesus, o Grande Libertador! • LP (1983)

Ao Coração de Jesus • LP (1983)

Poema Sinfônico Argentina • K-7 (1985) Orquestra de Câmara LBV Interpreta Paiva Netto • LP (1987)

Revelado” coro, e, substituindo os tradicionais recitativos, o compositor usou narrativas de passagens do Evangelho e do Apocalipse de Jesus e do Antigo Testamento, que se alternam com o canto. Lançada em 1999, a obra foi gravada em seis idiomas: alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e português.

Apocalypse Symphony • CD Gravado na Bulgária, pela Orquestra e Coro da Rádio Nacional da Bulgária — Solistas: Valery Popova (soprano) e Georgi Petkov (barítono) ­• Gega/Som Puro Records (1990) Suíte Aquarius — A Dança dos Mundos • CD • Som Puro Records (1993) Abertura Negrada — Jesus, o Grande Libertador! & Concerto para Piano e Orquestra • CD • Gega/Som Puro Records (1993) Oratório O Mistério de Deus Revelado • CD • Som Puro Records (1998)

do Oratório O Mistério de Deus Revelado — O Novo Mandamento de Jesus — foi interpretado na sede das Nações Unidas em Nova York, nos Estados Unidos, pelo Coral Ecumênico Boa Vontade, primeiro coro brasileiro a apresentar-se na ONU. O grupo, formado por cem vozes, emocionou os milhares de pessoas reunidas no Trusteeship Council (Conselho de Tutela), da ONU, e foi aplaudido de pé pelo público presente após a apresentação dessa composição de Paiva Netto.

Oratório O Mistério de Deus Revelado • CD • Série Gold • Gega/Som Puro Records (1999) A Face de Deus é o Amor • CD • Som Puro Records (2003)

Ave, Maria • CD • Som Puro Records (2018)

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 223


CULTURA E ESPORTE

“Noite Cultural Emoções e Memórias” E

m 20 de junho de 2006, nove dias antes de completar 50 anos de trabalho na LBV, Paiva Netto foi homenageado pela direção do centenário Theatro São Pedro, de Porto Alegre/RS, na pessoa da saudosa empresária cultural Eva Sopher (1923-2018), com a “Noite Cultural Emoções e Memórias”, evento que ficou para a história da Casa. As melodias dele foram apresentadas pela Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro e pelo Coral Ecumênico Boa Vontade, sob a regência do maestro Antônio Carlos Borges-

224 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

-Cunha. Nova Petrópolis foi outra cidade gaúcha que, em 2006, executou obras do autor. Apesar de a comemoração das cinco décadas de trabalho dele na Seara da Boa Vontade ter ocorrido no Rio Grande do Sul, o sentimento de gratidão dos Legionários da Boa Vontade atravessou as fronteiras dos pampas e mobilizou brasileiros e estrangeiros (argentinos, bolivianos, paraguaios e uruguaios marcaram presença) para acompanhar a homenagem.


Clayton Ferreira

Fotos: João Periotto

Paiva Netto (C) e sua esposa, Lucimara Augusta, ao lado do maestro Antônio Carlos Borges-Cunha.

“Estamos com a Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro reforçada com músicos convidados e um coro de mais de cem vozes para interpretar as canções de Paiva Netto, que são realmente hinos de louvor. Observem os títulos: Deus é a Minha Força. São hinos de Solidariedade, de confiança na Paz, no Amor; Prece para ter Tranquilidade. É disso de que todos precisamos. Sentimo-nos honrados em participar dessa homenagem ao homem que é um símbolo da Bondade, do Amor, da dedicação ao ser humano.” MAESTRO ANTÔNIO CARLOS BORGES-CUNHA Responsável pela regência da Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro, em Porto Alegre/RS.

O concerto com a Orquestra de Câmara do centenário teatro e o Coral Ecumênico Boa Vontade trouxe alguns dos sucessos do compositor Paiva Netto, entre os quais Deus é a Nossa Fortaleza, trecho do Oratório O Mistério de Deus Revelado; Deus é a Minha Força; e a obra Ave, Maria! Mater Jesus, que, embora tenha sido composta na década de 1980 e uma das primeiras Ave, Marias! escritas por ele, dedicada ao Brasil, só naquela ocasião foi apresentada, pela primeira vez em latim, ao público.

Emocionado, o líder da LBV acompanhou a festividade do camarote principal. Ao término de cada composição, o público aplaudia de pé, direcionando-se ao homenageado. Depois das apresentações, Paiva Netto subiu ao palco e proferiu discurso, que foi transmitido para os que acompanhavam a Super Rede Boa Vontade de Comunicação (rádio, TV e internet), a TV Guaíba (canal 2) e a RBTI (exibida para 12 milhões de assinantes na América do Norte). BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 225


Divulgação

Arquivo BV

CULTURA E ESPORTE

Arquivo BV

Prece para ter Tranquilidade no harlem D Gregory Hopkins

a obra-prima Oratório O Mistério de Deus Revelado, do compositor Paiva Netto, a Prece para ter Tranquilidade é uma das mais emocionantes, tendo sido escolhida pelo maestro norte-americano Gregory Hopkins como parte do repertório de um concerto especial em comemoração do Dia da Independência dos Estados Unidos, celebrado em 4 de julho. O concerto ocorreu em 2 de julho de 2006, na Igreja Batista do Harlem (Convent Avenue Baptist Church), e a canção foi interpretada em língua inglesa pelo

226 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Coral do Santuário (Sanctuary Choir). Sobre a apresentação, Hopkins afirmou: “Muito obrigado, em nome de Deus e em nome do povo da Convent Avenue Baptist Church! Nós estamos muito felizes de ter contribuído, com a nossa pequena parte, para fazer história. Agradecemos a Deus por essa oportunidade também de apresentar a mensagem das músicas de Paiva Netto, que trazem a Paz de Deus ao mundo”. Em abril do mesmo ano, o coro interpretou outras músicas do Oratório O Mistério de Deus Revelado.


Divulgação

Audição mundial Composição de Paiva Netto é estudada por alunos de 40 países

Assista ao trecho da aula em que é feita a introdução, pelo maestro Navarro Lara, de Prece para ter Tranquilidade, de Paiva Netto, e, na sequência, a reprodução do vídeo da música.

de vídeo, na íntegra, da Prece para ter Tranquilidade, do compositor Paiva Netto, da qual Averbach foi maestro regente. Sobre a escolha da composição, Navarro Lara explicou: “A melhor forma de lhes pedir tranquilidade é por meio de uma prece. E, já que temos o imenso prazer, orgulho e honra de ter conosco o maestro Averbach, vamos fazer esta prece, para que os nossos alunos tenham tranquilidade, para que se traduza em algo real, em algo sonoro. Assim, fazemos o nosso agradecimento ao maestro e também oferecemos uma mensagem de tranquilidade, de ânimo, de esperança para os nossos companheiros, que seguramente vão obter sua licenciatura”. Depois da apresentação, concluiu: “Absolutamente incrível. Muitíssimo obrigado, maestro! Creio que esta interpretação da Prece para ter Tranquilidade é um resumo de tudo o que nos transmitiu no dia de hoje”.

Arquivo BV

O

utro fato relevante nessa trajetória musical foi a masterclass (aula magistral) feita pela Escola de Regência de Orquestra e Banda “Maestro Navarro Lara”, com sede na cidade de Huelva (Andaluzia), na Espanha, na segunda quinzena de dezembro de 2014. Transmitida ao vivo on-line e disponibilizada em vídeo na internet, a iniciativa reuniu milhares de interessados em música erudita, dos quais muitos eram maestros e alunos do último ano do curso de regência da referida escola, que acompanhavam a preleção de várias partes da Espanha e de outros 40 países. Na oportunidade, o fundador e diretor da instituição que leva o nome dele, o maestro Navarro Lara, mediador da masterclass, surpreendeu a todos homenageando o palestrante, o maestro Ricardo Averbach, e todos os que assistiam à aula, especialmente os alunos que aguardavam os resultados dos exames finais, com a apresentação

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 227


Fotos: Vivian R. Ferreira

CULTURA E ESPORTE

Espetáculo Música Legionária T radicionalmente apresentado durante as comemorações do aniversário do Templo da Paz (leia mais na p. 272), o “Espetáculo Música Legionária”, cuja primeira edição data de 2010, numa iniciativa do compositor Paiva Netto, traz a todos os espectadores composições consagradas e inéditas do gênero musical que expressa Boa Vontade e Espiritualidade Ecumênica. A atração conta com cantores, corais e instrumentistas das diferentes regiões brasileiras, para proporcionar momentos emocionantes a todos. Dessa maneira, envolve o público ao apresentar Músicas Legionárias que exaltam a capacidade humana de vivenciar os ensinamentos de Jesus no cotidiano.

228 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Reprodução BV

Fotos: Vivian R. Ferreira

Baixe gratuitamente em seu smartphone ou tablet o aplicativo Boa Vontade Play e ouça as composições de Paiva Netto e as Músicas Legionárias.

“Boa tarde, criançada, turma da LBV, turma bonita! É uma honra estarmos aqui representando algo que pode ser muito maior na vida de todos nós. Estou falando desse lindo projeto [em] que já participo há muitos anos. A gente, de alguma forma, leva a nossa bondade, nosso amor para as crianças que realmente precisam. As pessoas que doam [à Instituição], doam amor, um monte de coisa... No final dessa história toda, faz muita diferença [ajudar a Entidade]. Então, o grande símbolo disso é vestir a camisa [dela]”. Ele aproveitou também para fazer um convite especial: “(...) Já participei de algumas edições dessa festa, que é a comemoração pelo aniversário do Templo da Boa Vontade, em Brasília/DF. (...) Não se esqueça: dia 19 de outubro, no TBV, uma festa maravilhosa [por seus 30 anos de fundação], imperdível. Conto com a presença de todos vocês (...), pois voltarão para casa maravilhados com o que vão viver”. Ao fundador do Templo da Paz, Tony encaminhou a seguinte mensagem: “Mr. Paiva Netto [Tony canta um trecho da música Prece para ter Tranquilidade, de autoria do dirigente da LBV], lembra disso? Faz muito tempo e é um orgulho estarmos aqui, de alguma forma pequenininha, tentando representar tudo o que você é para a gente. Você, mr. Paiva Netto, é um cara incrível, sou seu fã!” TONY GORDON Cantor, amigo de Boa Vontade e vencedor da edição 2019 do programa The Voice Brasil, da TV Globo.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 229


Leilla Tonin

CULTURA E ESPORTE

Cultura e inclusão social LBV leva oficinas de música às cinco regiões do Brasil

A

Ananindeua/PA

Oficina de flauta doce Por meio desse instrumento, a LBV ensina canções populares aos participantes, inserindo-os no universo musical.

Leandro Nunes

Legião da Boa Vontade investe na música como processo de aprendizagem e inclusão social, utilizando como ferramentas metodológicas o canto, o violão, a flauta doce e a percussão. Tais iniciativas, além de proporcionarem conhecimentos teóricos e práticos nessa área, são utilizadas como objeto para o desenvolvimento cognitivo, psicológico, humano e social de crianças, adolescentes e idosos, que estão em situação de vulnerabilidade social. Essas atividades valorizam a amizade, a socialização, a boa convivência e o respeito entre os participantes, além de valorizar e viabilizar o acesso à cultura popular e musical. Nesta fotorreportagem, o leitor conhecerá algumas das localidades onde a LBV realiza esse trabalho. Nelas, sons, ritmos e melodias ajudam a construir um Brasil melhor.

Fortaleza/CE

Música na LBV crianças e adolescentes participantes de atividades e oficinas de música

coralistas

230 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

cidades onde são ministradas oficinas de música

144 conjuntos, entre estes a Orquestra Filarmônica Jovem, bandas, corais e grupos musicais

Leilla Tonin

13.605 1.162 61


João Periotto

Oficina de percussão Tem o propósito de ensinar ritmos percussivos, como o maracatu, o frevo e a marcha. Os educadores utilizam diversos recursos, entre os quais caixas de fanfarra, surdos, cajones, agogôs, chocalhos e instrumentos feitos de material de sucata.

Recife/PE

Oficina de canto É direcionada para o canto popular. Quem participa dela amplia a percepção musical, tem estimulada a concentração, além de adquirir consciência vocal e o gosto pela música e pelo cantar. Jogos e brincadeiras musicais complementam esta ação.

Priscilla Antunes

Leilla Tonin

Aracaju/SE

O violão é um instrumento da cultura brasileira e é utilizado na LBV para desenvolver a musicalidade, propiciar o acesso à música popular e colaborar para o desenvolvimento do canto. Cabo Frio/RJ

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 231


Vivian R. Ferreira

CULTURA E ESPORTE

Esporte no contexto escolar e comunitário O

São Paulo/SP

232 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

s educadores da Legião da Boa Vontade encontraram na atividade física uma das melhores ferramentas para se trabalhar valores emocionais e sociais, pois, com ela, se aprende brincando. Além disso, o esporte ajuda a manter o bem-estar e contribui para uma vida saudável. Nos Centros Comunitários de Assistência Social e nas escolas da LBV, a prática desportiva é utilizada para potencializar o aprendizado de crianças e adolescentes. Isso porque, além de trabalhar o corpo e melhorar a disciplina, a concentração, a agilidade e a coordenação motora deles, os inspira a vivenciar o respeito pelos semelhantes, a solidariedade e a atividade em equipe, imprescindíveis para a promoção da Cultura de Paz. Oferecer essa oportunidade, que deveria ser um direito de todos, é um dos benefícios que a Entidade tem conseguido disponibilizar às meninas e aos meninos atendidos por ela, os quais dificilmente teriam a mesma chance em outro lugar da comunidade em que residem, tanto pela falta de espaços públicos adequados quanto pela escassez de verba, porque algumas das modalidades ofertadas na LBV são de alto custo. Essa iniciativa é pautada pela campanha pioneira da Entidade Esporte é Vida, não violência!. Em consonância com esse lema, a associação do esporte aos conteúdos aplicados em salas de aula e de atividades — ambos com o diferencial da Espiritualidade Ecumênica — tem produzido resultados cada vez melhores dentro e fora das quadras, dos campos e dos ginásios.


Stella Souza

Leilla Tonin

Fortaleza/CE Leilla Tonin

Brasília/DF

Belo Horizonte/MG

Os cinco mais populares na LBV A seguir, as modalidades esportivas mais praticadas nas unidades socioeducacionais da Legião da Boa Vontade.

Outras modalidades praticadas na LBV: Atletismo

Tênis de mesa

Hapkido Jiu-jítsu Judô Caratê Kung fu Muay thai

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 233


CULTURA E ESPORTE Depoimentos dos esportistas

Revelando CAMPEÕES no Jiu-jítsu C

234 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

No Centro Educacional José de Paiva Netto, localizado em Del Castilho, zona norte do Rio de Janeiro/RJ, meninas e meninos têm a chance de aprender e treinar judô no contraturno escolar. Dezenas de atletas já participaram, inclusive, de competições importantes, como o Campeonato de Abertura da Liga Confederada de Judô — Rio de Janeiro.

Leonardo Fabri

omo reflexo do sucesso que é o trabalho da LBV na área esportiva, muitos dos atletas que a Instituição apoia frequentemente sobem ao pódio. Exemplo disso ocorreu em maio de 2019, com integrantes do Projeto Geração: 75 crianças e jovens (entre 4 e 17 anos de idade) de nove comunidades cariocas participaram do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jítsu, promovido pela Confederação Brasileira desse esporte (CBJJ) — um dos mais disputados de todo o mundo —, em Barueri, região metropolitana de São Paulo/SP. O saldo das lutas foi mais que positivo, com a conquista de 43 medalhas, sendo 10 de ouro, 11 de prata e 14 de bronze, além das conferidas por participação. O fato foi repercutido em diversos canais de comunicação, como os portais Tatame e Vale Tudo e o site oficial  e o Twitter  da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro. E não é para menos, já que o sucesso da equipe do projeto tem se repetido desde 2014. Somando-se as premiações desde aquele ano, os lutadores detêm 288 medalhas somente no Campeonato Brasileiro da CBJJ. Na edição 2019, teve até bicampeão: Fellipe Cabral Timóteo, de 14 anos. A irmã dele, Marion Timóteo Barbosa, de apenas 8 anos, conquistou medalha de prata. “O jiu-jítsu é a melhor coisa do mundo para mim. Eu quero ser a melhor lutadora do mundo e professora de jiu-jítsu também”, disse a atleta à revista BOA VONTADE. Assim como nas quatro oportunidades anteriores do torneio, a delegação de lutadores recebeu o apoio da LBV e da Super Rádio Brasil, bem como a colaboração da Prime Esportes e da Boomboxe, por meio da disponibilização de quimonos, lanches e almoço e do suporte a demais demandas logísticas.

O time do Projeto Geração levou ao campeonato 75 atletas, liderados pelos policiais-professores de jiu-jítsu.


Leonardo Fabri Vinícius Azevedo

Vivian R. Ferreira

Rio de Janeiro/RJ

Rio de Janeiro/RJ

O judô também chama a atenção na LBV, já que outras tantas premiações têm sido conquistadas pelos atletas desse esporte. Exemplo disso é a vitória do jovem João Pacheco, que ganhou medalha de ouro no Campeonato Regional III, promovido em 2019 pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ) na cidade de Lauro de Freitas/BA. Na foto acima, ele aparece ladeado por seus professores Sergio Euzébio (E) e Vinícius Azevedo.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 235


CULTURA E ESPORTE

Daniel Trevisan

Grandes eventos

Um fórum feito para e pelas crianças P

ensando em dar às crianças um espaço ainda maior para elas manifestarem suas ideias, aprenderem a se defender do que lhes faz mal e a desenvolverem o próprio protagonismo, o educador Paiva Netto idealizou, e a Instituição passou a promover, desde 22 de fevereiro de 2003, o Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV, que tem como Patrono Jesus, o Educador Celeste. Anualmente, um tema é escolhido, por votação, pelos próprios participantes e, depois, é trabalhado, durante os doze meses seguintes, nas escolas de educação básica e nos Centros Comunitários de Assistência Social da Entidade, bem como nas Igrejas Ecumênicas da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo no Brasil e nos outros seis países em que ela está presente (Argentina, Bolívia, Estados Unidos, Paraguai, Portugal e Uruguai). Um dos objetivos do evento é apresentar sugestões e pensamentos das crianças acerca de temas de interesse geral, numa festiva confraternização de

236 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

toda essa garotada entre si e com os próprios familiares e amigos, de maneira que sejam proporcionadas às novas gerações oportunidades de entender os desafios da atualidade, entre os quais o combate à violência. Foi, aliás, um pronunciamento de Paiva Netto a respeito do assunto, durante o programa infantil Bolo com Pudim*, na Super Rede Boa Vontade de Rádio, que disparou toda essa mobilização, em 2003. Na ocasião, o jornalista, por várias vezes, falou sobre a necessidade e a urgência de ensinar os mais moços a se proteger por meio da escolha acertada do que é bom. “(...) Saber defender-se não é sair brigando por aí. Pelo contrário. É ter consciência do seu valor espiritual, humano e ético; exercer os poderes superiores do Espírito; praticar a boa convivência em comunidade; batalhar, com as armas do Bem, ‘por um Brasil melhor e por uma humanidade mais feliz’; em suma, exercitar, desde o início de sua existência, a cidadania planetária (...)”, ressaltou.


Vivian R. Ferreira

* Bolo com Pudim — Atualmente chamado de Programa Soldadinhos de Deus, da LBV, é uma das principais atrações dedicadas ao público infantil da Super Rede Boa Vontade de Rádio. O objetivo do programa é despertar nas crianças, por meio da informação e da boa diversão, os valores fraternos e ecumênicos que ajudam a construir um mundo melhor, mais humano e solidário.

Santa Cruz de la Sierra, Bolívia Lucas Silva

Na mesma linha de raciocínio, Paiva Netto ainda afirmou na primeira edição do fórum: “Façamos uma verdadeira revolução espiritual a partir das crianças (...) para que elas possam, cada vez mais e da melhor forma, desenvolver com alegria o alto sentido da liberdade de pensar, a fim de expressar-se com equilíbrio, de modo claro e prático, jamais se esquecendo de discorrer sobre como realizar as propostas apresentadas, respeitando sempre o ponto de vista dos outros participantes”. É dele também esta assertiva: “Quem pensa que criança é boba é que é bobo”.

Gabriela Oliveira

São Paulo/SP

Porto, Portugal

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 237


CULTURA E ESPORTE Grandes eventos

om o intuito de propiciar à juventude um espaço constante de participação e atividades construtivas, por acreditar que “o Jovem é o futuro no presente”, o diretor-presidente da LBV, José de Paiva Netto, propôs a criação, em setembro de 1961, do departamento infantojuvenil da Instituição — atualmente denominado Juventude Ecumênica da Boa Vontade de Deus —, oficializado por Alziro Zarur em 15 de outubro do mesmo ano. Desde então, o Movimento tem crescido fortemente e de modo sólido está chegando a quase seis décadas de existência. Nele atuam adolescentes e jovens do Brasil e de vários outros países, tendo eles em comum o compromisso de trabalhar por uma sociedade mais justa e solidária, nascida da prática dos valores universais trazidos por Jesus, o Grande Educador dos Povos. Assim, pela mobilização juvenil, o Movimento cria espaços de diálogo, de intervenção social, de arte e de cultura, com Espiritualidade Ecumênica. Em meio a tantas ações, ganham destaque as que visam à Cultura de Paz, a exemplo do Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus. Com duração anual, o Fórum desenvolve, à luz da Espiritualidade Ecumênica, uma temática central, estudada e debatida, simultaneamente, nas Igrejas Ecumênicas da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo e nos órgãos da Legião da Boa Vontade em todo o Brasil e no exterior, por meio de palestras, rodas de cultura, apresentações artísticas e campanhas de mobilização popular. O Evangelho-Apocalipse do Cristo, em Espírito e Verdade, à luz do Seu Novo Mandamento, é o fundamento permanente ao tema em cada edição do Fórum, escolhido pelos jovens. Fazem parte também do calendário da Juventude Legionária: visita a lares de idosos, orfanatos e hospitais; mobilização para a doação de sangue; ações em defesa da preservação do meio ambiente; e intervenções lúdicas e educativas nas comunidades atendidas pela LBV.

238 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Clayton Ferreira

Paiva netto e o pROTAGONISMO JOVEM C


Daniel Trevisan João Periotto

Paiva Netto comanda o 32o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, realizado no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo/SP, em 14 de julho de 2007.

André Luiz Abreu

Criado em 10 de julho de 1976, o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus tem o intuito de propiciar à juventude um espaço constante de participação e atividades construtivas. Desse modo, promove um amplo debate sobre temas escolhidos pelos próprios participantes, à luz dos ensinamentos do Mestre Jesus. Saiba mais em www.religiaodedeus.org.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 239


CULTURA E ESPORTE

Daniel Marques

Depoimentos da classe artística

“Eu sou admiradora de carteirinha de todo o belo trabalho que a Legião da Boa Vontade desenvolve há mais de meio século em todo o país e no exterior. É uma satisfação enorme participar desta campanha, porque estou sempre ligada à LBV, onde tenho especiais amigos. Viajei há alguns anos aos Estados Unidos especialmente para inaugurar uma sede da Instituição em Nova York, que lá também faz um trabalho digno de Amor ao próximo para os homeless (sem-teto), assim como a LBV de Portugal, da Argentina, do Uruguai e de outras nações. Contem sempre comigo!” ELIANA PITTMAN

“A LBV está de parabéns pela ação maravilhosa. A Instituição pode contar sempre comigo.”

Divulgação

Ivan Souza

Cantora

NEY LATORRACA Ator

Divulgação

“Meu prezado José de Paiva Netto, que tão extraordinariamente vem dando continuidade à LBV, quero dedicar-lhe uma palavra de carinho, porque puxar as rédeas de um corcel apocalíptico, como é a Legião da Boa Vontade, não é fácil.” AUGUSTO CÉSAR VANUCCI (1934-1992) Ator de cinema, diretor e produtor de televisão

“Eu cresci ouvindo estes nomes: LBV; José de Paiva Netto, que é o presidente... Comecei a compor com o Gilson Bernini ali atrás da [escola da] LBV, em Del Castilho, que eu vi ser construída. A gente já foi muito lá buscar leite para as crianças, para o meu irmão mais novo, o meu primo Carlos Alberto... É bom estar aqui hoje dentro de uma Instituição em que você cresceu vendo os exemplos, que são seguidos [por outros], porque a LBV influenciou muita gente que hoje faz caridade, que tem trabalho social... A LBV é uma das grandes pioneiras. Então, meus parabéns! (...) Quem ainda não veio à LBV, venha! Você vai saber por que eu estou desta maneira. Quero deixar meu agradecimento a todos os que trabalham na Legião da Boa Vontade, levando solidariedade a quem precisa.” XANDE DE PILARES Cantor

240 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Ferreira Vivian R.

JOÃO ROBERTO KELLY

Daniel Trevisan

Compositor, pianista, produtor e apresentador de programas de rádio, TV e shows.

André Durão

BIBI FERREIRA (1922-2019) Atriz e diretora de teatro

“Aí, gente! Para todas as crianças da LBV, um feliz Natal, um beijo e um abraço do Didi. Vamos lá, gente! Um beijão pra vocês! Fiquem com Deus.”

Agência O Globo

“Quero aproveitar esta oportunidade para mandar um abraço muito carinhoso ao meu Irmão Paiva Netto, um homem vitorioso. Temos esta Obra gigantesca, que praticamente vi nascer e hoje é mundial, [sob] a Fraternidade Universal, que a LBV comanda de uma forma muito firme. José de Paiva Netto, um abraço a você pelo compositor que é, meu colega! Já ouvi um coral cantando uma música sua e achei simplesmente maravilhosa. Parabéns por tudo, pelo homem de bem que é e também pelo artista!”

“A Legião da Boa Vontade é uma instituição das mais importantes deste país. Tenho muito orgulho de pertencer à LBV.”

RENATO ARAGÃO Humorista, no aniversário de 50 anos de seu personagem Didi Mocó, em 2010.

“É legal os Soldadinhos de Deus* terem mães amorosas, que estão proporcionando com a LBV esse movimento. Se tivéssemos muito mais famílias bem constituídas neste país e no mundo, não estaríamos com tanta violência, guerras, tudo o mais. Um movimento que coloque a família no seu devido lugar, como célula-máter da sociedade, do país, vale a pena a gente colaborar, ajudar, estar junto. A LBV está de parabéns!” MAURICIO DE SOUSA Cartunista e criador da Turma da Mônica

* Soldadinhos de Deus — Como são chamadas carinhosamente as crianças na LBV. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 241


CULTURA E ESPORTE

Amigo e colaborador de longa data da Legião da Boa Vontade, Jair Rodrigues acompanhou de perto o trabalho da Instituição. “Sempre estou ouvindo, escutando e vendo na televisão, viu, Paiva Netto? E é uma coisa bonita o que você faz. (...) Gosto de toda a programação. Continue sendo assim. Que Deus te abençoe”, manifestou certa vez. Ele ainda brincou ao relembrar as visitas que fez para idosos mantidos pela Entidade: “Fiquei sabendo o que era cuidar de menininhas e menininhos de mais de 70, 80 anos. Colaboro com todos os eventos da LBV. Costumo dizer que lá o show não é para os menininhos da Terceira Idade, não; é para os seminovos”. Falando do 61o aniversário da LBV, concluiu: “Não precisa provar mais nada; é [um trabalho] realmente extraordinário, indestrutível. (...) Toda vez que vocês precisarem de mim, estarei à disposição para qualquer tipo de evento que possam fazer. Um abraço, Paiva Netto!”.

Vivian R. Ferreira

Reprodução BV

Depoimentos da classe artística

TV Globo

O saudoso presidente Vargas, com a filha Alzira Vargas do Amaral Peixoto (1914-1992), que, certa vez, enaltecendo o trabalho da LBV, afirmou: “Paiva Netto está fazendo o que Getúlio Vargas também desejou: que cada brasileiro se emancipasse”.

“É um prazer conversar com a LBV, instituição pela qual tenho a maior admiração e respeito, por causa do trabalho de solidariedade ao próximo que vem fazendo há longos e longos anos. O meu abraço cordial a Paiva Netto. Parabéns!” CARLOS VEREZA

JAIR RODRIGUES (1939-2014) Cantor

Nana Moraes

Ator

“Eu fiquei muito feliz. Só tenho a agradecer, porque as crianças da LBV fizeram uma homenagem linda. Vi como os meninos e meninas são bem tratados; é tudo com muito cuidado e limpo. Você vê que é tudo feito com muito Amor. Fiquei feliz por ter vindo aqui na Legião da Boa Vontade. Eu só tenho a parabenizar a LBV (...), agradecer por tudo que esta Instituição faz e desejar muita força, porque é um trabalho difícil. Continuem com essa perseverança, com essa força, e nós, artistas, vamos estar sempre à disposição para ajudar no que for preciso.” JULIANA PAES Atriz

242 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Divulgação

Daniel Marques

“É um trabalho muito bonito, invejável, e sei quanto a Legião trabalha em favor dos mais necessitados.” MARTINHO DA VILA Cantor

“Olha a LBV aí, gente! Valeu, meu amigo José de Paiva Netto!” NEGUINHO DA BEIJA-FLOR Sambista, compositor e intérprete.

DORIVAL CAYMMI (1914-2008) Cantor e compositor

“Dá para ver nos olhinhos destas crianças da LBV que elas recebem uma boa alimentação, educação plena, alegria... (...) É uma comida caprichada, balanceada; uma biblioteca maravilhosa; tudo lindo. (...) Fiquei muito feliz com o que vi na LBV. (...) Venha ver e tirar a prova. Vá aos outros locais da LBV. Você vai tirar a dúvida na hora. Eu não tinha dúvida alguma! Como sempre acreditei na LBV, só de ver a Obra, para mim, já está bom. Aqui se faz muito mais do que muita gente que conheço, que tem grandes possibilidades e nada realiza. O Paiva é uma pessoa que eu admiro.” TONI GARRIDO Felipe Freitas

Vivian R. Ferreira

“Tenho em mãos o LP Negrada – Jesus, o Grande Libertador!, disco que foi lançado na Bahia e que tem uma belíssima apresentação, uma capa muito sugestiva: os negros no tempo do Brasil Colônia. O autor das composições musicais é José de Paiva Netto, o homem que dirige os destinos da LBV, Legião da Boa Vontade, criação do meu velho e saudoso amigo Alziro Zarur. Paiva Netto tem algo que ver comigo, pois é filho de Bruno Simões de Paiva, de quem eu sou padrinho de casamento há muitos anos. O casamento foi realizado no Rio. Bruno e eu somos amigos de juventude, em Salvador, na Bahia, onde residíamos. Eu prezo muito esse amigo, o Bruno. E o acaso me fez conhecer, um dia, no Aeroporto do Galeão, o filho de Bruno e Idalina, o José. Quero deixar aqui uma mensagem de apreço e louvor ao trabalho de Paiva Netto, como dirigente, como compositor, como homem de música, que é o meu caso, e também sobre a produção musical dele, exibida no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, da qual se sobressai Negrada, uma música muito bonita, que vem de boa origem.”

Cantor, compositor e ator, em visita ao Centro Educacional da LBV, no bairro de Del Castilho, no Rio de Janeiro/RJ.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 243


CULTURA E ESPORTE Depoimentos da classe artística

Vivian R. Ferreira

Em entrevista ao programa Músicas que Elevam, da Boa Vontade TV, o maestro Achille Picchi contou um pouco sobre sua participação na inauguração do TBV como regente da Sinfonia Apocalipse. “(...) Foi uma grande emoção na minha vida, porque, primeiro, tivemos pouco tempo para o ensaio, mas algo aconteceu, que eu não sei explicar, e, em pouco tempo e com pouca possibilidade de espaço (...), os solistas se prontificaram rapidamente. Foi uma coisa meio inexplicável. E, no dia da apresentação, a emoção era tão grande, que eu não conseguia me conter. Era uma multidão de pessoas ali; tinha mais ou menos 50 mil pessoas. Não dá para imaginar fazer uma coisa dessas. Foi realmente algo inacreditável”, destacou. Picchi também relatou a sua experiência emocionante ao ter contato com o Templo da Boa Vontade pela primeira vez: “Foi uma outra coisa espantosa para mim. Eu tive, na verdade, um contato primeiro exterior com o TBV e depois o visitei. E — nossa! — é algo grandiosíssimo, algo realmente inusitado no Brasil e justamente inspirador por essa razão, porque tem essa grandiosidade interna e externa (...)”. Na ocasião, o regente ainda conheceu as instalações da LBV na capital paulista e deixou suas considerações positivas sobre o trabalho solidário da Instituição. “(...) A LBV tem o elemento grandeza em si, não grandeza pelo tamanho, mas é a grandeza interna. É o trabalho de assistência, é o trabalho musical, é o trabalho de educação, enfim, e tudo isso é oferecido para as pessoas. Essa é a grandeza da LBV. (...) É algo exemplar”, ressaltou. ACHILLE PICCHI Maestro, professor, compositor e músico

244 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

André Schirilo

“Parabenizo a LBV. Sei do trabalho de vocês; é um trabalho sério. (...) Boa sorte e continuem com esse trabalho lindo. Um beijo a toda a turma da LBV. Parabéns ao Paiva também, que é um querido! Obrigada pelo carinho.” IVETE SANGALO Cantora

Arquivo BV

“[Negrada — Jesus, o Grande Libertador!] É uma obra genialmente original, que soberanamente enriquece o patrimônio da contribuição negra na música brasileira. A composição — que tem força, comunicabilidade melódica e rítmica irresistível — com certeza transporá as nossas fronteiras, para o enriquecimento da música nacionalista fora do Brasil. Meus parabéns ao Paiva Netto, pois soube fazer um trabalho que, realmente, há muito tempo eu procurava encontrar entre os nossos autores, de modo que eu considero o nosso Paiva Netto um compositor que merece um abraço na mais cordial amplitude que se possa dar a um colega.” FRANCISCO MIGNONE (1897-1986) Maestro e compositor


Fernando Franco

Divulgação

“Acho o trabalho da LBV maravilhoso; não só eu, como o Brasil todo. (...) É um trabalho muito profundo, porque leva otimismo e bons ensinamentos. Aproveito para mandar um grande abraço ao Paiva Netto e a todos os amigos que estão sempre com ele nessa luta bonita. A LBV tem levado tantas alegrias, e o ser humano necessita muito disso. No meu entender, todo ser humano é bom. Agora, precisa de calor humano. Precisamos nos comunicar bem, nos respeitar (...). Então, o combate à mentira, à violência, aos vícios — que prejudicam a saúde —, enfim, toda essa luta são os bons ensinamentos que temos recebido por meio da LBV, todo o Bem que ela tem feito (...). Gostaria de ficar falando aqui dois dias (risos), porque é muito gostoso, muito bom; e eu me sinto muito à vontade.” RONALD GOLIAS (1929-2005) Humorista

Paulo Autran descerra a faixa do quadro que eterniza seu rosto, ao lado de outras grandes figuras da História, no painel A Evolução da Humanidade.

Em abril de 2000, durante visita ao Templo da Boa Vontade, o saudoso ator Paulo Autran (1922-2007), que comemorava àquela altura 50 anos de carreira, inaugurou o quadro que eterniza o rosto dele, ao lado de outras grandes figuras históricas de diversos ramos de atividade, no painel A Evolução da Humanidade, exposto no Salão Nobre do TBV. “Muito obrigado! Estou aqui no TBV, graças a Deus, ao lado de minha grande amiga Tônia Carrero e de Dom Hélder Câmara [1909-1999], pessoas maravilhosas para o nosso país”, afirmou, comovido, o homenageado. Ele ainda destacou a recepção calorosa do Coral Ecumênico da Instituição. “As crianças e os jovens cantaram lindo; um coro muito bem ensaiado. Foi muito bonito. Fiquei emocionado.” Cabe ressaltar que o ator recebeu, naquele mesmo ano, a Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, do ParlaMundi da LBV, na categoria “Cultura”. PAULO AUTRAN (1922-2007)

Arq

uiv

oB V

Ator

“Acho que estou em outro país! A LBV está realizando um trabalho fantástico. Assisto aos programas do Irmão Paiva, mas hoje, quando entrei aqui*, fiquei impressionada. Quando alguém da LBV pedir algum donativo para ajudar as obras, por favor, atendam, porque vocês não sabem o Bem que estarão fazendo a milhares.” NAIR BELLO (1931-2007) Atriz

* Durante visita ao Instituto de Educação da LBV em São Paulo/SP

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 245


CULTURA E ESPORTE Depoimentos da classe artística

HILDA REBELLO

Arlindo Filho

Atriz e mãe do diretor de TV Jorge Fernando

“É um prazer imenso estar aqui e cumprimentar a LBV pela sua luta de fazer caridade ao povo.”

“Há muitos anos conheço a LBV. Desde pequeno, já ouvia falar da ‘Sopa do Zarur’. E vi como cresceram e como milhões de pessoas foram ajudadas. Eu sou superfã de causas que pensam nas crianças, futuro do mundo. (...) Se doem com Amor, com prazer, porque a causa é mais do que nobre. Tenho certeza de que nós, juntos, conseguiremos muita coisa. Eu que agradeço. Um beijo, e estamos aí; estamos só começando.”

André Fernandes

Arquivo BV

“É um prazer ver meu filho padrinho de uma Obra tão bonita. Antes de ele nascer, eu já participava da LBV anonimamente; hoje, isso está se tornando público. Nas vésperas dos meus 85 anos, estou na mídia e posso dizer: ‘Sou feliz; é muito bom’. Se metade da população fizesse o que a LBV faz, seria ótimo, porque, por mais que se ajude, tem sempre mais para ser realizado.”

JORGE FERNANDO (1955-2019) Ator e diretor de TV da Rede Globo

DERCY GONÇALVES (1907-2008) Atriz e humorista

Vivian R. Ferreira

“Resgatar a memória brasileira é sempre algo de muito meritório. É o caso, sobretudo, de se recuperarem os ritmos brasileiros ancestrais. Agora mesmo, este disco de Paiva Netto nos traz o resgate do ritmo negro, aquele ritmo de ancestralidades, aquelas ancestralidades mesmas que fizeram a própria formação nacional. É muito sabido que nós, o Brasil, somos, felizmente, graças a Deus, um país mulato, um país mestiço, um país formado com a argamassa do branco, do índio e do negro, culturas essas muitas vezes esmagadas ao longo de tanto tempo, ao longo de tantos preconceitos e tantos atos anticristãos. O fato é que o resgate especialmente da cultura negra mais pura é sempre, eu enfatizo, algo de muito meritório. Quando ouvi o disco de Paiva Netto, imediatamente associei essa ação meritória à ação do meu velho amigo Alziro Zarur, porque o trabalho de Alziro Zarur sempre propõe exatamente essa solidariedade, e na solidariedade se inclui necessariamente o amor às etnias, indistintamente. Eu saúdo, no disco de Paiva Netto, esse amor inter-racial, o amor verdadeiramente cristão. Num mundo tão conturbado, tão vil, tão preocupante, como o mundo de hoje, esse tipo de colocação — o tipo do amor, o tipo da doação — é muito necessário, é muito preciso cada vez mais. Por isso, qualquer pessoa, qualquer entidade, qualquer grupo que lute pela fraternidade entre os homens merece o apoio de todas as pessoas de bem, de todas as pessoas de Boa Vontade.” RICARDO CRAVO ALBIN Produtor de rádio e TV e fundador do Museu da Imagem e do Som (MIS), ao referir-se ao lançamento do LP Negrada — Jesus, o Grande Libertador!.

246 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Gabriel Paes

Daniel Marques

“Esta Obra não é dar uma camisa, um colchão e pronto. Além de oferecer camisa e colchão, a LBV também dá alimento, carinho e respeito às crianças. Falo da Legião da Boa Vontade porque já vi, conheço e admiro. Trata-se da Instituição mais respeitada neste país. Se existissem outras como a LBV, o problema do mundo estaria resolvido. O nome LBV já traduz Paz, Fraternidade, Solidariedade. Ela está em contato com o povo, trabalhando pela harmonia, eu diria, divina. Viva José de Paiva Netto e a LBV!”

O consagrado Carlinhos Brown recebe, em setembro de 2009, a Comenda da Legião da Boa Vontade, das mãos de Alziro Paolotti de Paiva, da LBV, durante a 25a edição do Brazilian Day, em Nova York/EUA.

ALCIONE Cantora

Ike Levy

“É sempre o maior prazer fazer parte dos projetos da Legião da Boa Vontade. A gente [nossa família] participa há muito tempo, fazendo as ações sociais da LBV (...) desde moleca, desde os 14, 15 anos. Eu fiz a Ronda da Caridade da LBV (...). Deixo todo o meu carinho por fazerem a diferença em todo este Brasil. Espero que continuem, que cada vez mais pessoas consigam se juntar, falar com seus vizinhos para ajudar. Assim, a gente colabora também com o planeta. A todos da LBV, muito obrigada! Com certeza, estaremos juntos sempre.”

“A Legião da Boa Vontade nasceu quando nasceu o Brasil. (...) Paiva Netto é uma pessoa que realmente tem competência. Faz um trabalho muito importante para o Brasil. Aproveito que estou na televisão — sou assim, sincero — para dizer que a LBV, de certo modo e há muito tempo, contribuiu comigo num momento em que eu tinha maior dificuldade na vida. A Legião da Boa Vontade continua realizando isso, pois ela não é um projeto apenas social; é um projeto espiritual, porque não é só uma legião. Quem são as legiões? Anjos, arcanjos... Então, Deus criou uma legião de Anjos para ajudar no desenvolvimento humano, para ajudar na iluminação do Homem. Diga ao Paiva Netto que eu também sou como um filho dele, porque aquele que alimenta um homem é pai.”

LUCIANA MELLO

CARLINHOS BROWN

Cantora e compositora

Cantor, percussionista, compositor, produtor, artista plástico e agitador cultural brasileiro.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 247


CULTURA E ESPORTE Depoimentos da classe artística

JUCA CHAVES Cantor e humorista, conhecido como o Menestrel do Brasil.

Miguel Sá

“Tem gente no Brasil que faz a coisa certa, faz bem. Estava dizendo: gosto do Paiva Netto, porque ele faz muito por muitas crianças. (...) Não sou religioso, mas penso que a vida com Boa Vontade abre caminhos para o mundo. Não existe Paz se não houver Paulo Elias Boa Vontade.”

“Todos os dias, às seis da tarde, parava tudo em casa. A minha mãe colocava para nós ouvirmos a prece de Alziro Zarur. Eu cresci com isso. Dessa forma, isso é uma parte que compõe quem eu sou. (...) Estar hoje aqui na Legião da Boa Vontade não pode ser por acaso, não pode ser à toa. Acho que eu teria que estar um dia.” JORGE ARAGÃO

Arquivo BV

Cantor, ao ser entrevistado pela Boa Vontade TV.

“Gostei muito de receber o carinho das crianças. A LBV é parceira de longas datas. Com certeza, estaremos juntos apoiando a campanha do Natal [Permanente] da Legião da Boa Vontade. Um abraço ao meu amigo Paiva Netto!” “As crianças dançaram; foi uma ‘baguncinha’ de improviso. As meninas e os meninos cantaram; teve coreografia e ainda um cafezinho (risos). Eu vim à LBV renovar minhas energias [com] a energia das crianças, que são felizes, bem tratadas. Apesar dos contratempos que possam rolar na vida delas, aqui estão muito felizes; transparecem isso. Deus os abençoe!” SANDRA DE SÁ Cantora e compositora

248 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

“Não houve queda nenhuma de evolução, de progresso, de ordem, de amor na Legião da Boa Vontade em relação ao que era a Instituição na época do Zarur. Por isso, fico muito feliz por ter visto de perto o início desta Obra.” LUIZ GONZAGA (1912-1989) Cantor e compositor

Arquivo BV


João Ruiz Lopes

Clayton Ferreira

“José de Paiva Netto, sou seu fã. Acompanho esse trabalho desde Alziro Zarur. Não é qualquer um que faz esse trabalho. A LBV é uma realidade. Ela pacifica as almas. A pessoa que passa pela LBV não faz agressões, porque a alma está pacificada.” CANARINHO (1927-2014) Ator e humorista

uivo

Arq

BV

“Fazer o Bem, sob todos os pontos de vista, é a melhor coisa que há. (...) Uma iniciativa louvável sob todos os aspectos. Eu participo da LBV com muito prazer.” ARY FONTOURA

Divulgação

Ator

“Caríssimo amigo José de Paiva Netto, shalom! Rezo sempre para que sua tarefa de levar a mensagem do Cristo a todos os homens de Boa Vontade seja a sua grande e principal realidade. Feliz ano-novo, feliz década — a última deste século, a última deste milênio —, com Jesus, com Jesus, com Jesus! Ainda me lembro do sucesso da nossa sinfonia, em Brasília. Foi algo inesquecível, meu Irmão. Toda aquela gente de pé, após tantas emoções da abertura do TBV, ficou ali, vibrando com cada nota, cada acorde.” ALMEIDA PRADO (1943-2010) Maestro, em janeiro de 1990, alguns meses após a inauguração do Templo da Boa Vontade, em 21/10/1989, em Brasília/DF, evento no qual ocorreu a primeira audição mundial da Sinfonia Apocalipse, do compositor Paiva Netto e de Almeida Prado, que fez a elaboração harmônica e orquestral sobre temas de autoria do líder da LBV.

“A LBV é uma instituição enraizada na minha cabeça e no meu coração, porque há muitos anos a tenho acompanhado. Trata-se de uma Obra humanitária muito positiva num mundo tão perturbado, tão louco e dividido, em que a gente está vivendo atualmente. Saibam que sinto não só muita Boa Vontade para falar sobre a LBV, como também uma grande emoção.” AGILDO RIBEIRO (1932-2018) Humorista

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 249


CULTURA E ESPORTE

“(...) Desta escola [da LBV em São Paulo/SP] eu tive uma impressão maravilhosa. Parabéns ao Paiva Netto! Parabéns! É um trabalho grandioso, maravilhoso, que ele faz há tantos anos. Eu acompanho há muitos anos a LBV, o trabalho do Alziro [Zarur] — que já foi [para a Pátria Espiritual] — e do Paiva Netto. Então, parabéns! Ele vai ganhar o Céu. (...) Um beijo no coração de todos vocês [da LBV] por este trabalho maravilhoso! Ao Paiva Netto, que ele tenha mais 100 anos de vida, de saúde para continuar este trabalho.”

Divulgação

Vivian R. Ferreira

Depoimentos da classe artística

LAURA CARDOSO Atriz

Arquivo BV

“Acompanho a Legião da Boa Vontade desde os meus 8 anos de idade; por isso o meu carinho por ela (...). [Durante] Minha vida inteira falei que, se tem um homem que é digno de ser um presidente no Brasil, seria José de Paiva Netto. Só assim acredito em uma mudança real no país. O meu amor, meu carinho pelo Paiva Netto são uma grande verdade. Um beijão grande.”

“Meu querido Paiva Netto, minhas saudações! Quero congratular-me com você pelo trabalho que está fazendo, continuando a obra do meu velho amigo Alziro Zarur, grande batalhador na criação da Legião da Boa Vontade. Eu aprecio todos os trabalhos que tendem e se orientam nesse sentido de fazer o Bem ao próximo. É preciso, pois, que alguém faça realmente alguma coisa pelo povo, um esforço, como a LBV faz (...).” MÁRIO LAGO (1911-2002) Ator, escritor e compositor

NEUSA BORGES

Felipe Junior

Atriz

“Quando se fala em música, existe um universo imenso, infinito, mas, especificamente, ao falar do Irmão Paiva Netto, há a lembrança da obra importante, importantíssima que ele está deixando. No caso específico da música, da criatividade, ela vem para tocar a nossa emoção. O Irmão Paiva, em especial, tem nos mostrado isso. (...) A música dele é muito bonita, bem escrita; traz uma mensagem profunda.” EDUARDO ESCALANTE Maestro

250 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Daniel Marques

Arquivo BV

Ao autografar o livro Rogéria, uma mulher e mais um pouco, dedicou um exemplar ao dirigente da LBV com a mensagem fraterna: “José de Paiva Netto, Beijos mil!” ROGÉRIA (1943-2017)

Fernando Franco

Atriz e cantora

“Só realmente a Espiritualidade e a união de todas as religiões trarão Paz e bem-estar aos corações e reunirão todos os povos. É isso que a LBV ensina e passa em cada uma de suas iniciativas.” EVA WILMA

Atriz, ao visitar, em outubro de 1998, o Templo da Boa Vontade, em Brasília/DF, com o saudoso marido, o ator Carlos Zara (1930-2002).

“É uma honra ajudar uma instituição que conheço desde o começo, ainda com Alziro Zarur. O que vocês fazem pelos mais necessitados merece destaque, e podem sempre contar comigo.” MILTON GONÇALVES Ator

Divulgação

“Quero mandar um abraço ao Paiva Netto. Eu o conheci há muitos anos, na época do grande Alziro Zarur. Paiva Netto merece toda a nossa consideração, respeito e carinho, porque a Obra a que deu continuidade na LBV é algo maravilhoso. Sei que ele gosta muito de mim, e eu, dele. Temos uma admiração mútua. Desejo que Deus lhe dê vida longa para continuar essa Obra maravilhosa, à qual deu prosseguimento de uma forma magistral e divina.” PERY RIBEIRO (1937-2012)

Vânia Besse

Cantor e compositor

“Fui convidado a fazer os arranjos de duas músicas do Paiva Netto para um concerto da Sinfônica Brasileira (...). Eu lembro que foi um trabalho gratificante. As obras eram bastante interessantes. Ele tem uma veia musical muito grande. As melodias dele tocam muito o coração da gente. Lembro que o resultado foi muito bom, e, no final do concerto, o público aplaudiu a orquestra. Depois, a orquestra se levantou, aplaudindo as peças do Paiva Netto.” OSMAN GIUSEPPE GIOIA Maestro

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 251


CULTURA E ESPORTE Depoimentos da classe artística

LUIZ CARLOS MIELE (1938-2015)

“A LBV é uma Obra séria, que tem à frente um homem sério, que é José de Paiva Netto, meu amigo há muitos e muitos anos. Sempre que a LBV ligar, você pode dizer ‘sim’, na certeza de que a LBV está ajudando a quem precisa.”

Leilla Tonin

Vivian R. Ferreira

“Eu sou colaborador efetivo da Legião da Boa Vontade. Já visitei o Templo da Boa Vontade, lá em Brasília. Estou sempre em contato. Muito obrigado! Eu vou ler mais esta [revista BOA VONTADE].” Na ocasião, ao retribuir abraço fraternal do dirigente da LBV, José de Paiva Netto, exclamou: “Muito obrigado, presidente! Às suas ordens, sempre!”.

RENATO PRIETO Ator e diretor teatral

Natália Guarany

Ator, produtor musical e diretor de TV.

“José de Paiva Netto, grande abraço para você! Admiro o seu trabalho. O Brasil precisa de homens como você.” CARLOS COLLA Compositor e produtor musical, em entrevista ao programa Samba & História, da Boa Vontade TV, em julho de 2019.

252 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

No dia 6 de maio de 2010, o famoso compositor Carlos Colla visitou o Centro Educacional da LBV, no Rio de Janeiro/RJ. Depois de conhecer as dependências da unidade escolar, registrou as seguintes palavras: “Cheguei aqui e encontrei um carinho, um capricho, crianças e educadores felizes, um astral maravilhoso. Desejo que o Brasil se torne uma Legião da Boa Vontade. É tudo o que espero. Estar aqui lavou a minha Alma, me fez acreditar ainda mais no ser humano. Parabéns a todos vocês, principalmente ao comandante desse navio do Bem!”. Na sequência, o artista gravou com os pequeninos o clipe da música Homens de Boa Vontade, composta por ele para exaltar os valores de Jesus, compartilhados pelo compositor Paiva Netto. A música foi um desafio feito a ele pelo veterano radialista Hilton Abi-Rihan durante o programa Samba & História, da Boa Vontade TV: “Da água Ele fez o vinho,/ Nas bodas de Canaã./ Seu nome é mais conhecido/ Que a estrela da manhã. “Inspirador dos poetas/ e Homens de Boa Vontade,/ Cientistas e profetas, Mestre da Humanidade. “‘Sem Educação não há futuro!’/ Como José de Paiva Netto falou,/ Caridade tem que ser completa,/ Foi assim que Jesus ensinou. “Desde o começo dos Tempos/ Que existe anjo encarnado,/ Que anda no meio da gente,/ Senta no banco do lado. “Gente que gosta de gente,/ Que faz o Bem de verdade,/ Gente que veio somente/ Para trazer felicidade”.


Major, maestro e arranjador.

FAFÁ DE BELÉM

João Preda

Arquivo BV

JOSÉ DO ESPÍRITO SANTO (1927-2005)

“A todos os amigos que fazem esta grande Legião realmente da Boa Vontade, o meu melhor carinho, o meu grande abraço. (...) E continuem esse trabalho, que é lindíssimo. Se nós tivéssemos cinco, seis ou dez iguais à LBV, com certeza, teríamos menos diferença social no Brasil.”

“Quem está na LBV está com Deus, está com a Verdade, está com a Justiça, está com a Sinceridade, está com a Honestidade. Sou Legionário da Boa Vontade e considero esse título o mais honroso que possuo. Estou com Paiva Netto e não abro! A LBV é a casa dos amigos de Jesus.”

Jorge Alexandre

“Nem tudo está perdido. O Ecumenismo existe no Brasil graças, sobretudo, ao Paiva Netto, e eu comungo com ambos. Como testemunha ocular de todo o trabalho social feito por Paiva Netto no Rio e em Brasília, sinto-me honrada em conhecer uma pessoa tão do Bem e de bem. Paiva, você é demais! As melhores vibrações de paz, saúde, amor e bom humor da sua fã.”

João Preda

Cantora

LEILOCA

J. A. Parmegiani

Cantora e astróloga

“Quero cumprimentar Paiva Netto. Eu tenho muito carinho pelo trabalho que ele faz. Sou bem informado sobre o que vocês vêm fazendo, transformando, ajudando o Brasil a socialmente viver melhor.” NELSON RUBENS Jornalista e apresentador de TV

“Quero agradecer ao Paiva Netto por ter tocado para a frente este projeto [a LBV], que eu já escutava no meu tempo de garoto, lá em Uberlândia/MG, quando o Alziro Zarur falava na madrugada, propagando a mensagem da Boa Vontade. Lembro demais da minha mãe naquele tempo.” MOACYR FRANCO Cantor e humorista

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 253


CULTURA E ESPORTE Depoimentos dos esportistas

Arquivo BV

“Um abraço enorme para José de Paiva Netto. É lindo o seu trabalho. Eu o acompanho há muitos anos. Espero que vocês possam fazer uma LBV cada vez maior, construindo centros [educacionais e comunitários de assistência social], creches, porque vocês são realmente abençoados por Deus.”

“Acho muito belo o trabalho que a Legião da Boa Vontade faz cuidando dessas crianças, já que, infelizmente, não é toda família que tem renda para sustentá-las. A gente sabe quanto é difícil dar um bom estudo a elas, que, acima de tudo, precisam de muito carinho. Quero parabenizar a LBV por esse importante trabalho, pois, com certeza, as crianças são o futuro do nosso país.” uivo

Arq

DAIANE DOS SANTOS

BV

Ex-ginasta

VIRNA DIAS

“Uma nação que gire em torno da solidariedade, no Brasil ou no exterior, como a Legião da Boa Vontade, é sempre de grande valor e deve ser desenvolvida e incentivada.”

Márcio Paraíba

Itamar Miranda

Ex-jogadora da Seleção Brasileira de Vôlei

AYRTON SENNA (1960-1994) Tricampeão mundial de Fórmula 1

Cynthia Pastor

“Sempre que fui chamado, atendi. Sou cliente velho da LBV (risos). É um orgulho ser chamado para divulgar algo que deu certo. E faço com a maior Boa Vontade mesmo, com um prazer enorme. Participar das campanhas cedendo aquilo que tenho de mais precioso, que construí durante muitos anos — a minha imagem — porque a LBV é o exemplo de como as coisas devem ser feitas para ajudar as pessoas que precisam. Espero que ela cresça muito, que se multiplique cada vez mais e consiga atender muitos mais milhões [de pessoas] do que já atendeu até agora.” OSCAR SCHMIDT Ex-jogador de basquete

254 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

“A LBV é uma obra muito especial, principalmente [com] a ajuda à sociedade, aos necessitados e aos órfãos. É um trabalho fantástico, exemplar para o Brasil, que dá oportunidade aos jovens, às crianças que não têm a mesma chance de muitos de poder ter um futuro, uma esperança, uma fé. (...)” EMERSON FITTIPALDI Bicampeão mundial de Fórmula 1 e empresário


Laidenir Santana

“José de Paiva Netto, sei qual é a sua luta, porque também venho nisso há muito tempo, lutando pelo bem-estar do menor em nosso país, contra a delinquência infantil, desde o filme Os Trombadinhas [1979]. Sei que é uma luta muito grande. Que Deus lhe dê saúde! Que todo o pessoal da Legião da Boa Vontade possa, nesse esforço, conseguir benefícios espirituais e proporcionar um futuro viável às crianças atendidas pelas escolas da LBV em todo o Brasil.”

“É uma necessidade todos nós nos engajarmos na campanha LBV — Esporte é Vida, não violência!, que está sendo realizada pela Legião da Boa Vontade. (...) Essa campanha é um marco, uma nova era nos esportes e contribui para que a Paz reine.” TELÊ SANTANA (1931-2006) Ex-técnico da Seleção Brasileira de Futebol

PELÉ Liliane Cardoso

“Eu me senti muito feliz quando estive no Lar e Parque da LBV. Em todo trabalho feito com dedicação, envolvimento, carinho e muito Amor, a tendência é dar certo, e foi isso que senti quando estive em Glorinha [Rio Grande do Sul, Brasil].”

Leila

o

Marc

Eleito o Atleta do Século 20 e ganhador da Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica do ParlaMundi da LBV, em 1996, na categoria “Esporte”.

PAULO ROBERTO FALCÃO

Priscilla Antunes

Ex-jogador de futebol e comentarista esportivo

“A Legião da Boa Vontade está de parabéns! Todos temos o dever, como integrantes da sociedade, de ajudá-la para que suas obras sejam cada vez mais espalhadas por todo o Brasil.” Em outra oportunidade, dirigiu-se ao diretor-presidente da Instituição: “Professor Paiva Netto, é um grande prazer enviar esta mensagem, parabenizando-o pelos 60 anos de LBV. Eu, que conheço bem esse trabalho, já participei diversas vezes em eventos, sempre colaborando da melhor maneira possível. Peço a Deus que o ilumine por muitos e muitos anos e dê bastante saúde para seguir nesse belo trabalho feito pela LBV. Grande abraço e parabéns!” ZICO Ex-jogador de futebol

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 255


CULTURA E ESPORTE Depoimentos dos esportistas

“Sinto-me feliz em ver de perto estas realizações da LBV, da qual eu falava muito. Participava de suas campanhas desde 1997, mas a conhecia ainda muito pouco. É um trabalho sério, que deve ser divulgado cada vez mais para ajudar na educação da infância brasileira, como aqui o fazem tão bem. A criança é o nosso futuro. Tirá-la da rua, das drogas e dos vícios que afetam nossa sociedade é responsabilidade de todos, como é feito nesta Obra social.”

Chic

oA

udi

GUSTAVO BORGES

“É sempre um prazer estar com as crianças e parabenizar a LBV pelo trabalho que realiza. (...) É um ótimo trabalho o da Legião da Boa Vontade; basta ver a postura desses meninos.” DUNGA

Divulgação

Ex-técnico da Seleção Brasileira de Futebol, ao receber, em Gravataí/RS, a homenagem de crianças atendidas pela LBV.

João Muniz

Liliane Cardoso

Medalhista olímpico e recordista mundial de natação, durante visita ao Instituto de Educação da LBV, em São Paulo/SP.

“Estou recebendo homenagens desde quando ganhei o ouro, mas algumas, como essa, da Legião da Boa Vontade, são especiais. Somos espelho para milhões de pessoas e temos uma responsabilidade, pois sabemos que crianças, como, por exemplo, da LBV, estão esperando o resultado meu. Quero agradecer de coração à Legião da Boa Vontade por ter prestado esta homenagem, e [para] o que precisarem podem contar comigo.” FRANCK CALDEIRA Medalhista de ouro na maratona nos Jogos Pan-Americanos Rio 2007, após ser homenageado por crianças atendidas pela LBV em Belo Horizonte/MG.

“Sou fã do seu trabalho, do trabalho da LBV; das UPPs, que puxam isso aí com garra e determinação. Obrigado, Paiva Netto, e pode contar comigo para tudo! Fica com Deus, e obrigado pela lembrança!” RODRIGO MINOTAURO Embaixador do UFC e lenda do MMA, parte do Team Nogueira, que mantém — em parceria com o governo do Estado do Rio de Janeiro, a LBV, a Super Rádio Brasil AM 940 e a Prime Esportes — o Centro de Artes Marciais Mistas do Centro de Referência da Juventude (CRJ) de Manguinhos, no Rio de Janeiro/RJ.

256 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


VANDERLEI CORDEIRO DE LIMA Maratonista e medalhista olímpico

Daniel Marques

Vivian R. Ferreira

“Muita gente tem pouca oportunidade na vida, e o trabalho que a LBV vem fazendo é importante, porque dá oportunidade àqueles que não têm. A formação do ser humano, sem dúvida, é fundamental. (...) Acho que não importa a religião, para que time torce, a gente tem de somar essa participação. O importante é isso aí: a gente procurar fazer o melhor para que amanhã o nosso país seja um país digno. (...) A LBV está fazendo, assim, um trabalho grandiosíssimo, uma ação a ser seguida. Por isso, a gente está dando total apoio. Aqui em Maringá[/PR], esse trabalho sério reflete muito na área social da cidade.”

Ao dedicar um exemplar do livro Guga, um brasileiro ao diretor-presidente da Legião da Boa Vontade, Gustavo Kuerten escreveu: “Ao José de Paiva Netto, um abraço carinhoso”. Na oportunidade, ele ainda destacou a amizade de longa data com a Instituição. “Tenho fortes lembranças da LBV, pois desde pequeno já acompanhava seus programas pela televisão”, disse, referindo-se ao programa institucional que, durante anos, foi veiculado pela Rede Bandeirantes de Televisão. GUSTAVO KUERTEN

Rosevalte dos Santos

“Eu deixo um abraço para todas as crianças da Legião da Boa Vontade e para as famílias que estão nos apoiando, dando uma força na competição. Parabéns pelo trabalho da LBV!”

“Na minha opinião, o esporte tira a criança da marginalidade, das ruas e leva para um caminho mais saudável, de um futuro melhor. Eu acompanho o trabalho da LBV e sei que é sério, honesto; é uma iniciativa superimportante.” MAGIC PAULA Campeã mundial de basquete em 1994, e vice-campeã olímpica, em 1996.

ADRIA SANTOS Velocista e, de acordo com o Comitê Paralímpico Brasileiro, a maior medalhista feminina paralímpica do país.

Rosevalte dos Santos

Divu

lgaç ão

Maior tenista brasileiro de todos os tempos

“Fico feliz que existam instituições como a LBV, que tem feito um bom trabalho pela nossa infância. A LBV propicia a cidadania para as crianças. Isso é fantástico. Vocês estão de parabéns! Espero que possam crescer cada vez mais e ajudar muitas crianças em nosso país.” AURÉLIO MIGUEL Medalhista de ouro no judô na Olimpíada de Seul, em 1988.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 257


ECUMENISMO

MARCO DA FRATERNIDADE ECUMÊNICA


Nesta SEÇÃO, você encontrará: 262

60 anos da Proclamação do Novo Mandamento de Jesus

264

Uma ocorrência supremamente espiritual

265

Fundação da Academia Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista

266

Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo

268

Revolução Mundial dos Espíritos de Luz

272

30 anos do Templo da Boa Vontade

279

Proclamação do Cristo Ecumênico, o Divino Estadista

282

Templo da Boa Vontade é aclamado pelo povo uma das Sete Maravilhas de Brasília

284

Réveillon da Paz festeja Jubileu de Ouro da LBV

286

Jubileu de Prata do TBV

288

Conselho de Honra do ParlaMundi da LBV

290

25 anos do Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica, da LBV

293

Fórum Mundial Espírito e Ciência, da LBV

296

Premiando a Solidariedade Mundial

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 259


Nilton Preda

ECUMENISMO

Paiva Netto (centro do palco) inaugura o Parlamento Ecumênico, em Brasília/DF, Brasil, em 25 de dezembro — Natal de Jesus —, com mais de 100 mil pessoas superlotando a Praça da Paz e arredores (saiba mais na p. 290).

260 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Paiva Netto Inaugura o ParlaMundi da LBV

Q

uando a Legião da Boa Vontade foi fundada pelo jornalista, radialista, escritor e poeta Alziro Zarur (1914-1979), em 1o de janeiro de 1950, o Brasil da metade do século 20 era bem diferente dos dias atuais. Os chamados anos dourados foram marcados por grandes avanços científicos, tecnológicos e mudanças culturais e comportamentais. Em meio a essas transformações em curso, a LBV protagonizou pioneiramente o ideal do Ecumenismo sem fronteiras, iniciando um trabalho com base no conceito vanguardeiro da Caridade Completa (material e espiritual), suprindo as necessidades do corpo e principalmente as da Alma. Essa Instituição septuagenária, que “nasceu para amar e ser amada”, no dizer de seu diretor-presidente, José de Paiva Netto, trouxe ao mundo uma mensagem de Paz e união sem igual, com seu trabalho de reeducação.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 261


Arquivo BV

ECUMENISMO

60 anos da Proclamação do Novo Mandamento de Jesus E m busca do desenvolvimento completo da criatura humana, que, na Legião da Boa Vontade, é vista de forma integral (corpo e Alma), o saudoso fundador da LBV chamou a atenção da humanidade para a Lei de Amor Universal, exemplificada pelo Cristo. A data escolhida: 7 de setembro de 1959. Nessa ocasião, Alziro Zarur realizou no antigo Hipódromo do Bonfim, em Campinas/SP, a Proclamação do

262 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Novo Mandamento de Jesus — “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos, se tiverdes o mesmo Amor uns pelos outros” (Evangelho, segundo João, 13:34 e 35). Há mais de seis décadas, o local — um dos importantes pontos reservados para eventos da cidade — foi, por isso mesmo, escolhido por Zarur para abrigar a multidão presente.


Vinícius Bueno Vinícius Bueno

2

1

3

(1) A multidão (vista parcialmente) saúda Alziro Zarur, a 7 de setembro de 1959, no antigo Hipódromo do Bonfim, em Campinas/SP, hoje Praça Legião da Boa Vontade, durante a Proclamação do Novo Mandamento de Jesus. (2 e 3) Em 7/9/2009, sob o comando do Irmão Presidente Paiva Netto, esteve representando-o o ministro-pregador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo Émerson Damásio, que conduziu a cerimônia de inauguração do monumento do Tratado do Espiritualmente Revolucionário Novo Mandamento de Jesus. Os Jovens Legionários Rodrigo Bosso Gallo (de calça clara) e Nicholas de Paiva (de camiseta azul) também discursaram no evento, realizado no exato local onde ocorreu a citada Proclamação, há 50 anos.

Data significativa, o dia em que se celebra a emancipação política do Brasil, a partir dali, passaria a ser lembrado também como o da libertação espiritual do ser humano. O antigo Hipódromo do Bonfim chama-se hoje Praça Legião da Boa Vontade. Inaugurada em 6 de janeiro de 2001, a praça (localizada na Avenida Lix da Cunha, no bairro do Bonfim) recebeu o atual nome por iniciativa do diretor-presidente da Instituição, que contou com o imprescindível apoio do legionário Azarias Carvalho Bento e

do amigo da LBV e então vereador Cid Ferreira. Foi o ex-prefeito Francisco Amaral quem sancionou a lei que homenageou a Entidade. No dia 7 de setembro de 2009, nesse local foi inaugurado um monumento de aproximadamente 2,5 metros de altura por 1,5 metro de largura, no qual está transcrito o Tratado do Espiritualmente Revolucionário Novo Mandamento de Jesus, reunido pelo jornalista e escritor Paiva Netto, consoante o Evangelho do Cristo de Deus, segundo João, 13:34 e 35; 15:7, 8, 10 a 17 e 9. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 263


Arquivo BV

ECUMENISMO

Princípio da década de 1960

Uma ocorrência supremamente espiritual

N

os estúdios da antiga Rádio Mundial do Rio de Janeiro/RJ, naquele tempo a Emissora da Boa Vontade, Alziro Zarur comandava os famosos programas Campanha da Boa Vontade e Jesus Está Chamando!, entre 1956 e 1966. Foi o cenário em que Paiva Netto presenciou — muito jovem, ao lado do dr. Osmar Carvalho e Silva (1912-1975) e do “bandeirinha” Raul, integrante do Futebol da Caridade, o Futebol que Salva Vidas e Almas para Deus — uma cena de intensa emoção espiritual: o saudoso proclamador da Re-

264 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

ligião do Terceiro Milênio entra em um estado de elevação divina. A foto registra na face e no olhar de Zarur a realidade do comovente acontecimento. Indagado por integrantes da Academia Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista, Paiva Netto revelou: — Os três, profundamente tocados pelo fato que ocorria diante de nós, praticamente em lágrimas, sentimo-nos como se estivéssemos suspensos do chão.


Clayton Ferreira

Na solenidade de encerramento do 20o aniversário do Templo da Boa Vontade, em Brasília/DF, o presidente-pregador da Religião Divina faz o lançamento do livro Paiva Netto e a Proclamação do Novo Mandamento de Jesus — A saga heroica de Alziro Zarur (1914-1979) na Terra, primeira publicação da Academia Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista. A tiragem inicial da obra esgotou-se no mesmo dia (24/10/2009), tamanho foi o interesse dos presentes ao evento, que, com satisfação, ergueram os respectivos exemplares adquiridos. Em 29 de junho de 2019, uma edição atualizada desse trabalho literário foi publicada para festejar o aniversário de 60 anos da Proclamação do Novo Mandamento de Jesus, realizada pelo saudoso Zarur, em Campinas/SP, Brasil, em 7 de setembro de 1959.

Fundação da Academia Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista Em 1o de fevereiro de 2007, o presidente-pregador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, José de Paiva Netto, fundou a Academia Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista. Composta do Instituto de Estudo, Pesquisa e Vivência do Novo Mandamento de Jesus e do Instituto de Estudo e Pesquisa da Ciência da Alma, essa Escola Magna da Sabedoria Espiritual Ecumênica tem o propósito de, entre outros notáveis objetivos, ampliar o entendimento sobre o Jesus Dessectarizado e sobre Sua Sublime Inspiração para que possam ser norteados os diversos campos dos saberes espiritual e humano.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 265


ECUMENISMO

Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo

E

m 1o de outubro de 1982, o escritor, radialista e jornalista José de Paiva Netto deu início ao processo de oficialização da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo e fez o seu registro como pessoa jurídica em 19 de dezembro de 1983, no Cartório de Registro Civil das Pessoas Jurídicas, do Rio de Janeiro/RJ. Dessa forma, ele materializou a Proclamação da Religião Divina, feita pelo radialista, jornalista e poeta brasileiro Alziro Zarur, em 7 de outubro de 1973, em Maringá/PR. Hoje, a Religião do Amor Universal está presente no Brasil e em várias partes do mundo: Argentina, Bolívia, Estados Unidos, Paraguai, Portugal e Uruguai, além de ter inúmeros adeptos e simpatizantes nos cinco continentes. Essa jornada em favor da criatura humana e de seu Espírito Eterno data da Primeira Vinda Visível

de Jesus ao planeta Terra, especialmente quando o Sublime Educador trouxe o Seu Novo Mandamento — “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos, se tiverdes o mesmo Amor uns pelos outros” (Evangelho, segundo João, 13:34 e 35) —, alicerce da doutrina da Religião do Terceiro Milênio. Nesse Preceito Sagrado, o Mestre dos mestres indicou o caminho da salvação, ao exemplificar a capacidade infinita de amar conforme o próprio sentimento do Pai Celestial, o Criador do Universo. Por isso, ela é também conhecida como a Religião do Amor Universal, porque se fundamenta no Mandamento Novo ensinado por Jesus, praticamente esquecido pela humanidade até 7 de setembro de 1959, quando Zarur o proclamou, na cidade de Campinas/SP (leia mais sobre o assunto na p. 262).

Os Quatro Pilares do Ecumenismo Sob esse título, o escritor Paiva Netto desenvolve, em seu livro Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, estes importantes conceitos. Afirma ele:

“ECUMENISMO IRRESTRITO E ECUMENISMO TOTAL*¹ “O Ecumenismo Irrestrito prega o perfeito relacionamento entre todas as criaturas da Terra. O Ecumenismo Total preconiza a consciente e fraterna aliança da humanidade da Terra com a do Mundo Espiritual Superior e com qualquer civilização que possa haver no Espaço. Por que não?! Todo o Universo está aí para que apenas o fiquemos (à exceção dos astrônomos, pensadores e poetas)

266 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

ociosamente apreciando?! E olhe lá, quando nos lembramos de erguer os olhos para ele... Seria pretensão de nossa parte admitir a impossibilidade da existência de outras formas de vida no Cosmos. Outro ponto: nem tudo (ou todos) que lá por fora exista tem por obrigação parecer conosco. Quando o ser humano isso entender, estará mais apto a vivenciar os outros dois pilares: Ecumenismo dos Corações e Ecumenismo Divino.

“ECUMENISMO DOS CORAÇÕES E ECUMENISMO DIVINO*² “O Ecumenismo dos Corações é aquele que nos convence a não perder tempo com ódios e contendas estéreis, mas a estender a mão aos caídos, pois


Fotos: Arquivo BV

Em 19 de dezembro de 1981, durante o 32o Congresso Mundial dos Homens e das Mulheres, dos Jovens, das Crianças e dos Espíritos da Boa Vontade de Deus, em Porto Alegre/RS, Paiva Netto apresentou a Decodificação do Pai-Nosso, em um ginásio repleto de atentos ouvintes. Para o líder da Religião Divina, é nessa oração que “Jesus estabelece as bases da Constituição perfeita para homens e povos do plano material e do Plano Espiritual”.

se comove com a dor; tira a camisa para vestir o nu; contribui para o bálsamo curativo do que se encontra enfermo; protege os órfãos e as viúvas, como ensina Jesus, no Evangelho, segundo Mateus, 10:8. Quem compreende o alto sentido do Ecumenismo dos Corações sabe que a Educação com Espiritualidade Ecumênica será cada vez mais fundamental para o progresso dos povos, porque Ecumenismo é Educação aberta à Paz; para o fortalecimento de uma nação (não para que domine as outras); portanto, o abrigo de um país e a sobrevivência do orbe que nos agasalha como filhos nem sempre bem-comportados. “Ao passo que o Ecumenismo Divino é o contato socioespiritual entre a criatura e seu Criador. (...) Assim sendo, falo da universalização do ser humano, que se integra na sua Origem Divina, tornando-se

o Ser Humano-Vertical, quer dizer, o Ser Humano-Espiritual, ou mais: o Ser Humano-Espírito. É o fim do império da matéria, pela pura e simples compreensão de que ela não existe (porquanto o próprio átomo é cheio de espaços vagos*3). Daí eu já ter afirmado que matéria também é Espírito*4”.

*¹ “Ecumenismo Irrestrito” e “Ecumenismo Total” são expressões criadas por Alziro Zarur e conceituadas por Paiva Netto. *² “Ecumenismo dos Corações” e “Ecumenismo Divino” são definições de Paiva Netto e por ele elucidadas. *3 (...) o próprio átomo é cheio de espaços vagos — Embora assim talvez não seja em outras frequências, a serem mais bem investigadas ou, mesmo, descobertas. Um desafio à instigante mecânica quântica. *4 Matéria também é Espírito — Leia mais no livro Reflexões da Alma (2003), de Paiva Netto.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 267


ECUMENISMO

Revolução Mundial dos Espíritos de Luz

J

Arquivo BV

osé de Paiva Netto, além de ser diretorperar o medo da morte e de viver com autonomia espiritual. -presidente da LBV, exerce forte liderança religiosa ecumênica. Nessa ação, como presidenNo Mundo da Verdade, o coordenador dessas atividades é o dr. Bezerra de Menezes (1831te-pregador da Religião de Deus, do Cristo e do 1900), Espírito que ficou conhecido no Espírito Santo, trabalha para derrubar as Brasil como “o Médico dos Pobres”, sendo barreiras que ainda impedem a criatura hutambém político de prestígio e abolicionismana de compreender a essência e os mistérios do post mortem, isto é, da eternidade ta de destaque no país. Essa comunicação com o Plano Superior é entendida como da Vida. Para esse nobre intento, promove parte do convívio natural entre os seres que a Revolução Mundial dos Espíritos de Luz, que tem realizado, com o Ecumenismo Total Dr. Bezerra de Menezes habitam a Terra, estejam eles reencarnados, estejam desencarnados, prosseguindo e o Irrestrito, um trabalho ímpar no campo na própria evolução na Espiritualidade. Uma das da comunicação responsável e solidária com o Outro Lado da Vida: a união consciente das Duas Hupremissas da Revolução Mundial dos Espíritos de Luz é demonstrar que todo indivíduo é portador manidades (a do Céu e a da Terra). de capacidade mediúnica e que, para despertá-la, Com o empenho do presidente-pregador da Rebasta aprender a desenvolvê-la em sintonia com ligião Divina, está em pleno curso, portanto, essa Celeste Marcha. Ao título de Alziro Zarur — Revoo Mundo Espiritual do Bem, conforme esclarece Paiva Netto. Nas Sagradas Diretrizes Espirituais lução Mundial dos Espíritos, publicado em 1953 —, da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito SanPaiva Netto acrescentou “de Luz”, realçando, desse modo, a atuação das Falanges Divinas. to (volume II), ele afirma que os seres humanos “são todos médiuns, mas, se não forem médiuns O presidente-pregador da Religião do Amor Universal igualmente iniciou, em 1992, as ativievangelizados e iluminados pela vivência do Novo dades do Centro Espiritual Universalista (CEU) Mandamento do Cristo — ‘Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, proclamado por Zarur, em 5 de outubro de 1969. como meus discípulos, se tiverdes o mesmo Amor Curiosamente, a partir de 6 de janeiro daquele uns pelos outros’ (Evangelho de Jesus, segundo ano — quando se comemorou o 44o aniversário da João, 13:34 e 35) —, que é Lei de Amor, nada mais Ordem Espiritual de Jesus para criar a LBV —, copoderão ser do que instrumentos do mal”. meçaram a suceder manifestações psicográficas, Assim, esse empreendimento de Fé Realizante psicofônicas e de efeitos físicos, com um diferenbanha com as Luzes Divinas as Igrejas Ecumênicas cial importante: fazer com que o ser humano busda Religião do Amor Universal em todo o país e no que o conhecimento das Leis Divinas e a aplicação exterior e os diversos ambientes nos quais a Espicotidiana dos ensinamentos de Jesus, a fim de suritualidade Elevada atua naturalmente, derrubando

268 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Francisco Periotto

Manoel de Lima Luiza Vasquez

1

2

3

1) A foto registra o momento em que Alziro Zarur (1914-1979), no Casarão do Riachuelo, da LBV, no Rio de Janeiro/RJ, pediu a Jesus um sinal de Sua presença no ambiente legionário. A data, 1o de janeiro de 1972, marcava 22 anos de fundação oficial da Legião da Boa Vontade. Eis, então, que uma pombinha branca (no detalhe) desceu do alto e pousou em cima da mesa de Zarur, ali permanecendo, mesmo durante as apresentações musicais e as emocionadas palmas do público. Quando o criador da LBV falava, a pequena ave se virava para ele; na manifestação do povo, voltava-se para este. Ainda na reprodução, pode-se confirmar o que videntes testemunharam no dia: uma concentração ectoplásmica do lado direito da ave na forma de um clarão alaranjado. (2) Durante o 54o Congresso dos Homens, das Mulheres, dos Jovens, das Crianças e dos Espíritos da Boa Vontade de Deus, realizado em dezembro de 2003, no Ginásio da Portuguesa, na capital paulista, a Legionária Luiza Siqueira Vasquez, com máquina fotográfica em punho, clicou os momentos mais emocionantes do histórico evento. Para a comoção dela, ao revelar a película, observou um intenso facho de luz envolvendo Paiva Netto. (3) Na imagem, vê-se o presidente-pregador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, José de Paiva Netto, sob intensa luminosidade. Era 20 de maio de 1992, ocasião em que ele se encontrava em roteiro missionário pelo mundo, levando os ideais da Religião Divina. Ao sentir forte presença espiritual, imediatamente solicitou que o fotografassem. Francisco Periotto, seu assessor, conseguiu imortalizar esse instante. É interessante notar que as fotos 2 e 3 apresentam o mesmo padrão de luz alaranjada, que desce intensamente sobre o presidente-pregador da Religião do Amor Universal.

as barreiras que separam os corações e unindo, de maneira consciente, as Duas Humanidades — a visível e a (ainda) Invisível —, para que se dê a realidade solidária anunciada ao toque da Sétima Trombeta: “(...) o reino do mundo se tornou de nosso Deus e do Seu Cristo, e Ele reinará pelos séculos dos séculos” (Apocalipse de Jesus, 11:15). Sob a prerrogativa de que “não se faz uma revolução como esta escondendo os Espíritos”, Paiva Netto põe a Super Rede

Boa Vontade de Comunicação (rádio, TV, internet e publicações) à disposição dos Espíritos do Bem, para que tragam as contribuições deles. O dr. Bezerra de Menezes, o dr. André Luiz, Emmanuel, Flexa Dourada, o dr. Osmar Carvalho e Silva e Nair Teixeira Torres estão entre os numerosos ativistas da Dimensão Espiritual engajados nessa união consciente das Duas Humanidades. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 269


ECUMENISMO

Arquivo BV

Centro Espiritual Universalista, o CEU da Religião Divina, completa 50 anos

Na Assembleia Magna Extraordinária de 5 de outubro de 1969, no Rio de Janeiro/RJ, o saudoso Irmão Alziro Zarur (1914-1979) fez a Proclamação do Centro Espiritual Universalista (CEU)*1, que surgiu “para realizar, à luz do Novo Mandamento do Cristo, a Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, a Unificação Harmonizada das Quatro Revelações Divinas”*2. O CEU da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo demonstra que a mediunidade não está restrita a determinados segmentos religiosos; ela é anterior a todos eles, tendo-se registros e ocorrências desde os tempos remotos da humanidade. Ela é uma realidade que preexiste ao próprio planeta, pois a origem do ser humano é espiritual. Assim, o intercâmbio entre as Duas Humanidades, a da

Terra e a do Céu da Terra, é algo natural, sendo importante a educação mediúnica para que as pessoas possam desenvolver essa conexão de forma consciente, mantendo a sintonia de pensamentos, palavras e ações com o Mundo Espiritual Elevado. Para ensinar os seres humanos a estabelecerem, da melhor forma, essa sintonia Céu e Terra, o Irmão Alziro Zarur definiu “Cinco Lições Práticas do Centro Espiritual Universalista”, que visam ao desenvolvimento das potencialidades espirituais de cada um. São elas: 1) O Silêncio; 2) Fé Raciocinante; 3) Iniciação à Verdade de Deus; 4) O Pensamento e o Destino; e 5) A Liderança Espiritual.

*1 Centro Espiritual Universalista (CEU) da Religião do Terceiro Milênio — Para saber mais, consulte os três volumes das Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, do escritor Paiva Netto, em especial o segundo volume, no qual constam as “Cinco Lições Práticas do CEU”, de autoria de Alziro Zarur. *2 Quatro Revelações Divinas — De acordo com definição feita por Zarur, a primeira é a que Jesus confiou a Moisés, a Lei de Deus nos Dez Mandamentos, conforme se encontra no Antigo Testamento da Bíblia Sagrada; a segunda é a de Jesus, o Cristianismo, trazida pessoalmente por Ele em Sua Primeira Vinda Visível à Terra; a terceira é a dos Espíritos, cujos instrumentos pioneiros, no século 19, foram Kardec e Roustaing; a quarta e última deste ciclo é a de Deus, do Cristo e dos Espíritos — a do Novo Mandamento, unificando todas as Revelações por meio do Apocalipse, que também é do Cristo, por intermédio de João Evangelista.

270 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


ECUMENISMO

2019

30 anos do Templo da Boa Vontade

José Gonçalo

Um teto para a humanidade

272 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Desde que foi inaugurado, em 21 de outubro de 1989, o Templo da Boa Vontade (TBV) já recebeu mais de 30 milhões de pessoas do Brasil e do exterior. É o monumento mais visitado da capital brasileira, segundo dados oficiais da Secretaria de Turismo do Distrito Federal. VISITE! Quadra 915 Sul • Brasília/DF • Brasil • Tel.: (61) 3114-1070 • www.tbv.com.br/conheca

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 273


ECUMENISMO

D

esde que entrou para a lide da Boa Vontade, em 29 de junho de 1956 (leia mais sobre o assunto na p. 36), José de Paiva Netto sempre esteve preocupado em trabalhar pelo entendimento humano. Foi também por esse motivo que, logo após suceder o saudoso fundador da LBV, Alziro Zarur, em 1979, começou a imaginar um local que corporificasse esse ideal do Ecumenismo sem restrições trazido pioneiramente pela Legião da Boa Vontade. Em 21 de outubro de 1989, ele inaugurou, em Brasília/DF, o Templo da Boa Vontade (TBV), diante de uma multidão que superlotou a Praça da Paz. A ocasião foi muito especial, porque nesse dia se completavam dez anos da volta à Pátria Espiritual do fundador da Instituição, como forma de homenageá-lo, pois foi ele que, pela primeira vez, sonhou com um templo totalmente ecumênico. A Pirâmide da Paz, uma das denominações do monumento, recebe a todos, sem exceção, sendo importante local de manifestação do relacionamento inter-religioso e polo do Ecumenismo Divino, que proclama o contato socioespiritual entre a criatura e o Criador. Por isso, o TBV é conhecido ainda como a Pirâmide dos Espíritos

“Se há necessidade de um teto para as pessoas se protegerem das intempéries atmosféricas, urgente se faz um local que as abrigue das tormentas do sentimento, esquecidas as diferenças religiosas, ideológicas, políticas, econômicas, de modo que se refaçam espiritualmente, descansando das procelas íntimas. Todo mundo tem uma dor que não conta a ninguém, desde o mais poderoso ao mais simples dos homens, até mesmo os Irmãos ateus.” PAIVA NETTO A partir dessa profunda reflexão, durante uma madrugada, em sua casa, o dirigente da LBV concluiu que era a hora de concretizar um antigo sonho do fundador da LBV, Alziro Zarur: o de erguer o Templo da Boa Vontade.

274 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

lançamento da Pedra Fundamental do TBV Em 27 de maio de 1986, a capital da República amanhecia com seu clima típico: sol forte, céu bem azul, tempo seco... A data marcava a inauguração do primeiro anexo (sede administrativa) do Conjunto Ecumênico da LBV.

PAIVA NETTO: “ORA, SE O VIDRO ATRAPALHA, TIREM O VIDRO!” Dada a grande aglomeração popular, não


Fotos: J. A. Parmegiani

2

1

foi possível ao diretor-presidente da Legião da Boa Vontade falar do palco montado para esse fim. Mostrando seu espírito prático, assim se pronunciou: “(...) Eu estava no segundo andar do prédio administrativo da LBV com os meus filhos e olhei para o pátio, que estava superlotado. E vi que o palco era baixo demais. Então, disse: Sabem de uma coisa? Vou falar aqui de cima da marquise de entrada. E perguntei para alguém: Essa marquise aguenta pessoas em cima? Ao que me responderam afirmativamente, ao mesmo tempo que me perguntavam: ‘Mas como é que o senhor vai passar para lá? Tem um vidro na frente!’ Ora, se o vidro atrapalha, tirem o vidro!, disse-lhes. O vidro foi retirado, e pude, então, fazer o discurso lá de cima mesmo (...). E, naquele momento, destaquei, lembrando-me de Moisés e de Zarur, que aquele Templo surgia para que houvesse a interiorização de valores. Porque não se pode exteriorizar coisa

(1) Paiva Netto discursa da marquise do primeiro prédio do Conjunto Ecumênico da Instituição, ligado ao Templo da Boa Vontade. Essa primeira edificação foi inaugurada em 27 de maio de 1986, por ele, diante de uma multidão que superlotava o local. (2) O povo forma uma grande Corrente Ecumênica de Oração e acompanha atentamente o discurso de lançamento da Pedra Fundamental do TBV, feito por Paiva Netto, que se encontra no centro do terreno, cercado por autoridades e por alguns dos presentes.

alguma se a criatura não tem nada para oferecer. É a questão do conteúdo”. Na sequência, aproximadamente ao meio-dia, tinha início a cerimônia de lançamento da Pedra Fundamental do Templo. Em uma grande caixa de aço, foram colocadas publicações da Legião da Boa Vontade. O material foi envolvido em película impermeável, e a arca, protegida com lã de vidro, importante isolante térmico. O local foi lacrado, e lá ficou o testemunho de vibrante período da saga heroica da LBV. A construção do monumento era iniciada. Em dezembro do mesmo ano, já se executava a escavação das fundações e se armavam as ferragens. Como definia o veterano jornalista e pensador Apparício Torelly, o Barão de Itararé (1895-1971), “A Legião da Boa Vontade é a demonstração inequívoca da capacidade realizadora do povo brasileiro”.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 275


ECUMENISMO

Luminosos ou das Almas Benditas, o Templo do Ecumenismo Divino, pois “os mortos não morrem”, consoante afirma Paiva Netto. Um lugar que, no dizer de seu fundador, deve acolher os corações e as Almas: “Se há necessidade de um teto para as pessoas se protegerem das intempéries atmosféricas, urgente se faz um local que as abrigue das tormentas do sentimento, esquecidas as diferenças religiosas, ideológicas, políticas, econômicas, de modo que se refaçam espiritualmente, descansando das procelas íntimas. Todo mundo tem uma dor que não conta a ninguém, desde o mais poderoso ao mais simples dos homens, até mesmo os Irmãos ateus”. Admirado pela arquitetura arrojada, que reflete a Espiritualidade universalista, o Templo da Boa Vontade foi considerado, pelo tradicional Diário

“Eu não acredito em impossíveis! Eu acredito na capacidade realizadora da Família Legionária da Boa Vontade de Deus. (...) É um desafio tremendo. Pois é esse tipo de desafio que nós queremos. É esse tipo de desafio que aceitamos! Nós vamos levantar este Templo de Paz em Brasília!” PAIVA NETTO Trecho de discurso histórico proferido em 25 de maio de 1985, no qual convoca os Legionários da Boa Vontade a construir o TBV.

Apoio das mulheres

Élcio Martins

A fim de erguer o TBV, Paiva Netto não teve dúvidas: recorreu ao povo, sempre disposto a ajudar nas iniciativas da Legião da Boa Vontade. O pontapé inicial foi dado durante o 10o Congresso da Mulher Legionária, realizado no Esporte Clube Ginástico, em Belo Horizonte/MG, no dia 25 de maio de 1985. “Promessa que o nosso amigo Zarur fez é uma promessa nossa. Ele disse que a LBV daria ao Brasil um templo onde as pessoas realmente confraternizariam. Para construí-lo, nossa principal ferramenta será a Fé Realizante, e essa Fé os Legionários, principalmente as mulheres, têm sobejamente...”, ressaltou, por ocasião do evento, o dirigente da Instituição. Em linguagem popular, ele também perguntou: “Vocês topam construir o TBV?” O público, que superlotava o ambiente, reiterou o apoio em uníssono, bradando: “Topamos!!!” “Então, considero esse Templo moralmente levantado”, concluiu Paiva Netto.

276 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Vista parcial do 10o Congresso da Mulher Legionária, realizado na capital mineira, em 1985. Milhares de pessoas superlotaram as dependências do Esporte Clube Ginástico. No destaque, Paiva Netto comanda a entusiasmada plateia.


2

3 João Preda

1

Pedro Paulote

Maciel Ferreira

Haroldo Rocha

Fases da construção do TBV

(1) A caminhada de Paiva Netto, acompanhado de Legionários da Boa Vontade, pelo amplo terreno (em outubro de 1984) onde futuramente seria erguido o TBV. (2) Setembro de 1987: o sexto anel está sendo preparado para a concretagem. Uma estrutura de apoio faz-se necessária para permitir o trabalho dos operários. (3) Abril de 1988: tem início o revestimento externo da Nave do TBV. (4) Setembro de 1989: o Templo da Boa Vontade exatamente a um mês do grande momento da inauguração.

Transparência e prestação de contas Desde que lançou a ideia da construção do TBV até sua inauguração, o diretor-presidente da LBV conduziu e acompanhou pessoalmente todas as fases da edificação. Incansável, deslocava-se até três vezes por semana (de dia, de noite e de madrugada) a Brasília para vistoriar as obras. Durante esse período, registrou o andamento delas e prestou contas ao povo, por meio de diversos veículos de comunicação: rádio, TV e imprensa.

Emílson Pineze

4

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 277


ECUMENISMO

Pedro Rúbio

no

C ar

lo s

Mo

re

Com o povo lotando a praça da paz, Paiva Netto inaugura o TBV

De um palco de 320 metros quadrados, armado na Praça Alziro Zarur, em frente do TBV, foi apresentada toda a programação dos dois dias de festa, em que predominaram os eventos culturais. Milhares de pessoas superlotam a Quadra 915 Sul, tomada também por ônibus e carros, no dia da inauguração do Templo da Boa Vontade, comandada pelo dirigente da LBV. Uma festa ecumênica jamais vista.

de Notícias, de Lisboa, em Portugal, a maior construção em forma de pirâmide de sete faces do século 20. Eleito em votação popular, ocorrida em junho de 2008, uma das Sete Maravilhas da capital brasileira, é o monumento mais visitado da cidade, conforme dados oficiais da Secretaria de Turismo do Distrito Federal, recebendo anualmente, desde que foi inaugurado, mais de um milhão de peregrinos. Para edificá-lo, Paiva Netto não teve dúvidas: apelou para o povo, sempre presente para apoiar os trabalhos da LBV, desde os seus primórdios. Sobretudo, pôde contar com as mulheres para alcançar esse nobre intento. Primeiro, ouviu os mais velhos, de forma que dessem a sua contribuição. 278 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Convocou uma reunião com o Conselho Fiscal da LBV, para quem apresentou a proposta e, sob efusivo aplauso dos Conselheiros, obteve total apoio. Desde que lançou a ideia até o último detalhe da construção, o diretor-presidente da LBV acompanhou pessoalmente todas as fases da edificação do Templo da Paz, como o denominou o conceituado jornalista Gilberto Amaral. Nesse intento, foi incansável, deslocando-se semanalmente (com frequência, indo mais de uma vez na mesma semana) a Brasília para vistoriar as obras do TBV. Graças a esse empenho, o Templo foi erguido em tempo recorde: menos de três anos (a Pedra Fundamental da obra foi lançada em 27 de maio de 1986, e a inauguração deu-se em 21 de outubro de 1989).


30 de dezembro de 1989

Pedro Rúbio

Proclamação do Cristo ecumênico, o divino Estadista

1 Cida Linares

e

m 30 de dezembro de 1989, ocorreu um grande encontro ecumênico no então recém-inaugurado Templo da Boa Vontade: o 7o Congresso Jesus Está Chegando! e 21o Congresso do Apocalipse, em comemoração do 40o aniversário da LBV, em 1o de janeiro de 1990. Naquela data, o dirigente da Instituição fez, por meio de uma rede radiofônica para todo o país e o exterior, o lançamento do 2o Ano Jesus (1990) e a Proclamação do Cristo Ecumênico, o Divino Estadista, nascida da leitura de um artigo escrito por ele para a imprensa semanas antes do evento, sob o título “Dessectarizar Jesus”. A matéria, que gerou tanta repercussão, surgiu de uma entrevista concedida por Paiva Netto ao então vice-presidente da Associação Universal de Esperanto, o jornalista e escritor polonês Roman Dobrzyński, que esteve no Brasil para participar da inauguração do Templo do Ecumenismo Total. Na oportunidade, perguntou ao diretor-presidente da Entidade: “Como pode a LBV pregar o Ecumenismo Irrestrito falando em Jesus?”. Ao que ele prontamente explicou, repetindo o que dis-

2 (1) Em dezembro de 1989, o dirigente da LBV proclama o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista, diante da massa popular que superlotou o TBV. (2) O jornalista polonês Roman Dobrzyński esteve no Brasil para entrevistar Paiva Netto.

sera anteriormente aos Legionários da Boa Vontade: “A grande tarefa da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo é exatamente dessectarizá-Lo!” (leia a íntegra dessa Proclamação no segundo volume das Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, p. 31). BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 279


ECUMENISMO

Clayton Ferreira

André Fernandes

Alguns dos ambientes do Templo da Boa

Fonte Sagrada André Fernandes

André Fernandes

Cristal Sagrado

André Fernandes

Sala Egípcia

Trono e Altar de Deus

280 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Galeria de Arte


João Periotto

André Fernandes

Nave do TBV

Memorial José de Paiva Netto André Fernandes

Vontade

Memorial Alziro Zarur

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 281


João Periotto

ECUMENISMO

Templo da Boa Vontade é aclamado pelo povo uma das Sete Maravilhas de Brasília

282 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

José Gonçalo

E

m 9 de dezembro de 2008, o Bureau Internacional de Capitais Culturais (Ibocc) e o governo do Distrito Federal entregaram os certificados aos monumentos consagrados como as Sete Maravilhas de Brasília, entre eles o Templo da Boa Vontade. A escolha dos locais foi feita por meio de eleição popular pela internet. A premiação ocorreu no Conjunto Ecumênico da LBV, formado pelo Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica e pelo Templo da Paz. Durante a cerimônia no TBV, também foi celebrado o 21o aniversário do título de Brasília como Patrimônio Cultural da Humanidade.

Os Jovens Legionários Alziro Paolotti de Paiva (E) e Nicholas de Paiva com o jornalista Gilberto Amaral.


PRINCIPAIS MEIOS DE COMUNICAÇÃO DO MUNDO DESTACAM o TBV José Gonçalo

(1) À frente do TBV, a equipe da BBC de Londres. (2) No destaque, Peter Owen Jones, apresentador de TV e pastor da Igreja Anglicana, grava cena para documentário, sob o Cristal Sagrado. (3) A apresentadora Teresa Guilherme, do programa Histórias do Além, do canal 3 (SIC) de Portugal, entrevista Paiva Netto sobre a LBV e o Templo da Paz. (4) O apresentador da CNN Larry King conversa com o famoso sensitivo norte-americano James Van Praagh (de costas), que fez menção do TBV ao conhecido apresentador. (5) Van Praagh – acompanhado por Marilyn Jenses e uma amiga, da Califórnia/EUA – visita o TBV e o ParlaMundi da LBV.

José Gonçalo

Cida Linares

1

3 Alziro de Oliveira

Reprodução BV

2

4

5

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 283


ECUMENISMO

Réveillon da Paz festeja Jubileu de Ouro da LBV Em 31 de dezembro de 1999, Paiva Netto reuniu, na capital federal, mais de 200 mil pessoas em um emocionante encontro de Espiritualidade Ecumênica

BV ivo Arqu

N

a passagem para 2000, a LBV promoveu, em Brasília/DF, na praça em frente ao Templo da Boa Vontade e ao Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica (o ParlaMundi da LBV), uma grande manifestação de Fé e de Religiosidade: o Réveillon Espiritual do Cristo — O Congresso da Paz, em comemoração dos 50 anos da Legião da Boa Vontade. À zero hora de 1o de janeiro, José de Paiva Netto, diretor-presidente da Instituição, convidou o público que superlotava o local a bradar, em uma só voz, “Bem-vindo, ano

284 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

2000!”, conduzindo, em seguida, uma Corrente Ecumênica de Orações pela Paz Mundial. As palavras do dirigente da LBV foram transmitidas, ao vivo, para todo o território brasileiro pelas emissoras de rádio e de TV da Super Rede Boa Vontade de Comunicação e para o mundo pela internet (www.boavontade.com). Ao todo, mais de 500 emissoras de rádio gentilmente divulgaram flashes do evento e integraram a cadeia nacional que levou ao ar a referida prece. À época, a Polícia Militar estimou o público pre-


Josemar Galdino

Cidu Okudo

Paky

O anfitrião Paiva Netto posa com algumas personalidades no Réveillon Espiritual do Cristo — O Congresso da Paz, promovido pela LBV, em 2000. Também compareceram delegações dos Estados Unidos, de Portugal, da Itália, da Argentina, do Paraguai, do Uruguai, da Bolívia, do Chile, da África do Sul, da Índia, da Polônia, da República de Camarões, da Dinamarca, da Suécia, do Canadá, da China, da República de Malta e de outros países.

sente ao encontro em torno de 200 mil pessoas, o que contribuiu para um fato inusitado na capital da República: pela primeira vez, o número de passageiros que desembarcaram no aeroporto e na rodoviária da cidade, de acordo com a Secretaria de Turismo do Distrito Federal, foi maior que o dos que a deixaram. O encontro foi prestigiado por dezenas de personalidades, entre as quais convidados internacionais, a exemplo do famoso roteirista e ator de teatro e cinema norte-americano John Amos.

“Os problemas que a sociedade enfrenta hoje no mundo inteiro são quase os mesmos. Se os líderes desses países pudessem vir aqui, na LBV, e ver o que ela realiza, mudariam a realidade mundial. Quando fui ao Templo da Boa Vontade, em Brasília, senti uma espiritualidade poderosa. Na LBV, vejo-a colocada em ação, como algo tangível para essas crianças e, talvez, ainda mais forte pelos frutos que dá.” JOHN AMOS Ator norte-americano

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 285


ECUMENISMO

Jubileu de Prata do TBV

286 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

L uc

ian

Fag u

ndes

A

festividade dos 25 anos do Templo da Boa Vontade movimentou caravanas de todos os Estados brasileiros e de várias partes do planeta — com destaque para as da Argentina, da Bolívia, dos Estados Unidos, do Paraguai, de Portugal e do Uruguai —, que se dirigiram à capital federal a fim de participar de uma série de acontecimentos em celebração à data. De acordo com a Polícia Militar do Distrito Federal, a quantidade de pessoas que passaram pelo Templo da LBV durante seu aniversário superou a marca de 100 mil. O auge das comemorações deu-se em 8 de novembro de 2014, no gigantesco palco montado na Praça da Paz, em frente ao Conjunto Ecumênico da Legião da Boa Vontade — formado pelo Templo da Boa Vontade, pelo Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica (o ParlaMundi da LBV) e pela sede administrativa da Instituição —, quando Paiva Netto conduziu, a partir das 15 horas, a sessão solene em homenagem ao Jubileu de Prata do TBV, o qual enfocou o tema “Uma Nova Aliança com Deus”. A cerimônia foi transmitida para todo o Brasil e o mundo pela Super Rede Boa Vontade de Comunicação (rádio, TV e internet) e por mais de 2.000 emissoras de rádio do país, que gentilmente se uniram em rede para a cobertura do evento. Além do aniversário do Templo da Paz, foram festejados nesse dia os 41 anos da Proclamação da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo (completados em 7 de outubro); os 20 anos do ParlaMundi; e o centenário de nascimento do jornalista, radialista, escritor, poeta e fundador da LBV, Alziro Zarur, as duas últimas datas que viriam a ser comemoradas em 25 de dezembro. Também na ocasião, Paiva Netto lançou o livro Jesus, a Dor e a origem de Sua Autoridade — O Poder do Cristo em nós. A publicação é o quinto título da famosa coleção dele “O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração”, cujas vendas já superaram a marca de 3 milhões de exemplares. Bastante aguardado pelo público que superlotava o local, o trabalho teve a primeira edição esgotada em quatro horas.


Lucian Fagundes Jean Carlos

Paiva Netto saúda a multidão que superlotou a Praça da Paz nas comemorações dos 25 anos do TBV: mais de 100 mil peregrinos (na imagem acima, em vista parcial). No destaque, Sharon Hamilton-Getz, representante do Instituto Internacional de Desenvolvimento Social, entrega a Paiva Netto a comenda internacional “Espírito da Boa Vontade para Todas as Nações”. Na ocasião, dirigindo-se ao diretor-presidente da LBV, afirmou: “Esta comenda representa a sustentação de uma chama que o senhor conduz na Alma de todos os corações pulsantes e ligados ao grande coração do Cristo Universal”. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 287


José Castro

(1) O dirigente da LBV com o saudoso jornalista e escritor Austregésilo de Athayde (18981993), que foi o primeiro presidente do Conselho de Honra para a Construção do Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica. (2) Dr. Barbosa Lima Sobrinho (18972000), jornalista e ex-presidente da Associação Brasileira de Imprensa.

Arlindo Filho

ECUMENISMO

1

2

ConselhO de honra do ParlaMundi

E

m 21 de outubro de 1992, o dirigente da LBV reuniu no Templo da Paz alguns dos membros do Conselho de Honra para a Construção do Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica (formado por religiosos de diversas denominações e representantes de várias áreas do saber humano que trabalham pela valorização do ser humano e de seu Espírito Eterno). Ao criar esse Conselho de Honra, Paiva Netto propõe a conciliação do conhecimento vigente no mundo físico com o saber infinitamente amplo, situado na dimensão do Espírito Imortal.

NOTÁVEIS DO CONSELHO DE HONRA O saudoso presidente da Academia Brasileira de Letras (ABL) Austregésilo de Athayde (18981993) foi a primeira personalidade a presidir o Conselho de Honra para a Construção do Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica, da LBV. Na missiva encaminhada pelo ilustre jornalista e escritor ao fundador do Templo da Boa Vontade, ele se confessou bastante satisfeito com o convite que lhe foi dirigido para associar-se ao referido conselho: “Com responsabilidade de coautor da Declaração Universal dos Direitos Humanos, apraz-me fazer parte desse egrégio Conselho”. 288 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Vale lembrar que a famosa Carta da ONU — que defende direitos iguais e inalienáveis de liberdade, justiça e Paz no mundo — trouxe imensos avanços para a humanidade, embora ainda hoje se faça necessário promover seu conteúdo, a fim de realmente instituir igualdade de gêneros, povos e nações. Portanto, nada mais natural que o apoio de um dos signatários da respeitável Declaração Universal dos Direitos Humanos a uma iniciativa tão elevada quanto a do ParlaMundi, que humaniza o planeta, tendo como princípio o Espírito Eterno do ser humano. Essa parceria entre ABL e LBV, aliás, já se formava havia algum tempo, como se pode ler na correspondência endereçada ao diretor-presidente da Legião da Boa Vontade, em 20 de maio de 1992: “Ao jornalista e amigo Paiva Netto: muito apreciaria se o prezado patrício e amigo viesse, numa dessas quintas-feiras à sua escolha, tomar chá na Academia Brasileira de Letras. Assistindo a uma sessão da nossa entidade e expondo-lhe os objetivos de sua organização, criaríamos entre as duas instituições laços de cooperação de recíproca utilidade. Com um abraço afetuoso, Austregésilo de Athayde”. Após o falecimento do acadêmico, o saudoso jornalista Barbosa Lima Sobrinho (1897-2000), presidente da Associação Brasileira de Imprensa


Nilton Preda

Em outubro de 1992, Paiva Netto (ao centro) reuniu-se com alguns dos membros do Conselho de Honra para a Construção do ParlaMundi da LBV, no Templo da Boa Vontade. A partir da esquerda: o professor José Jorge (1921-2006), da Federação Espírita Brasileira; o jornalista e publicitário Murilo Felisberto (1939-2007), da Agência DPZ; o sheik Mohamed Benizam, representante islâmico; o líder espírita Teodoro Lausi Sacco (1933-1995); a Irmã evangélica Marlene Bentim (1936-2012); o Pai Jamil Rachid, presidente da União das Tendas de Umbanda e Candomblé do Brasil; os monges budistas Yvonette e Ricardo Mário Gonçalves, do Templo Higashi Honganji; R. R. Roberto, engenheiro-arquiteto responsável pelo projeto e pela construção do conjunto arquitetônico do TBV; João Jorge Saad (1919-1999), fundador da Rede Bandeirantes de Rádio e Televisão; e Haroldo Rocha, chanceler da Religião Divina.

Leilla Tonin

(ABI), escritor e também membro da ABL, assumiu a presidência honorífica do conselho. “Manifesto a disposição de aceitar o convite que me foi feito para fazer parte do Conselho de Honra do Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica (...). Não posso deixar de aprovar qualquer movimento de Caridade, sobretudo quando tem a presença de Paiva Netto (...)”, escreveu. Tão logo se abriram as portas do ParlaMundi, o dirigente da ABI também se manifestou: “Ao se inaugurar o Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica, apraz à Associa-

ção Brasileira de Imprensa congratular-se com a Legião da Boa Vontade, que o inspirou e construiu. Louve-se o propósito de confraternização universal pela Caridade — meta desse movimento que vai de Alziro Zarur a Paiva Netto, atingindo milhões de seres em todo o orbe”. Hoje, o ParlaMundi é uma realidade e celebra a memória dessas duas grandes figuras brasileiras, como, por exemplo, com o Auditório Austregésilo de Athayde, que funciona no pavimento térreo do local.

Saudades de Tom Dias antes da inauguração do Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica, em 8 de dezembro passava para a Pátria Espiritual Antonio Carlos Jobim (1927-1994), num hospital de Nova York (EUA), aos 67 anos. Um dos mais destacados incentivadores do ParlaMundi da LBV, Tom Jobim, saudoso expoente da música brasileira e um dos criadores da Bossa Nova, também apoiou a criação deste Fórum da LBV. Tom deixou registrado seu carinho pela iniciativa em um clipe para a TV: “Eu acredito na Vida e gosto de viver. Isso aparece nas minhas composições. Mas agora eu quero convidar você para cantar uma canção diferente. O Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica é a Sinfonia da Solidariedade Universal. No Natal, dia 25 de dezembro [de 1994], em Brasília, será sua inauguração. Eu conto com você”.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 289


ECUMENISMO

25 anos do Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica, da LBV

290 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Vinícius Ramão

No momento da inauguração, a multidão acende estrelinhas de artifício, embelezando ainda mais o espetáculo. O dirigente da LBV encontra-se no alto do monumento. Naquele instante, à zero hora do dia 25, na apoteose do evento, ele acende as luzes do prédio do ParlaMundi, simbolizando a iluminação das consciências para a prática do Bem e a vivência do Ecumenismo Irrestrito.

Armando Kitamura

O

Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica (o ParlaMundi da LBV) — inaugurado, em Brasília/DF, à zero hora de 25 de dezembro de 1994, Natal de Jesus — tem como missão suprema, conforme definiu o criador dele, o jornalista Paiva Netto, “(...) conciliar o conhecimento vigente no mundo físico com o saber infinitamente amplo, situado na dimensão do Espírito Imortal, numa poderosa força a serviço dos povos (...)”. Segundo explica o dirigente da Instituição, nesse fórum “Cizânia, radicalismos, hostilidades de todos os matizes devem permanecer afastados dos debates e das proposições religiosas, filosóficas, políticas, científicas, econômicas, artísticas, esportivas, e o que mais o seja, pois o ser humano nasce na Terra para viver em sociedade, Sociedade Solidária Altruística Ecumênica (...)”. Em 25 anos de existência, o ParlaMundi — localizado ao lado do TBV, integra o Conjunto Ecumênico da Instituição — tem se constituído num espaço de debates totalmente novo e revolucionário, oferecendo aos mais variados setores do conhecimento humano oportunidades de discutir os maiores problemas que afligem o mundo. No local, todos são respeitados, pois são irmãos em humanidade, formando a Raça Universal dos Filhos de Deus.


Leila Marco

Leila Marco

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 291


No Natal de Jesus de 1994, o ParlaMundi da LBV — que, com o Templo da Paz, compõe o Conjunto Ecumênico da Legião da Boa Vontade, situado em Brasília/DF — foi inaugurado, com a presença de mais de 100 mil pessoas. Na foto ao lado, o operário Alcimar Carvalho da Silva, ao lado do filho, recebe uma cesta de alimentos das mãos de Paiva Netto. Os trabalhadores que construíram o prédio do ParlaMundi, acompanhados dos respectivos familiares, foram convidados pelo diretor-presidente da LBV a entrar primeiro no local, dedicado ecumenicamente aos seres espirituais e humanos. O discurso dele naquele dia foi contundente, conforme ilustra o seguinte trecho: “Geralmente, os operários são lembrados na hora de construir monumentos como este, ou palácios, ou grandes prédios de apartamentos. Enquanto estão construindo, entram pela porta da frente. Depois, ou não entram nunca mais ou só entram pela porta dos fundos. Aqui não! Aqui os senhores, Irmãos Operários, serão sempre bem recebidos pela porta da frente”. 292 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Nilton Preda

João Preda

Aspecto geral da praça em frente do TBV, onde se realizou o show da Fraternidade Ecumênica.

Nilton Preda

ECUMENISMO


Fernando Franco

Fórum Mundial Espírito e Ciência, da LBV

P

aiva Netto idealizou e promoveu, no Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica, o Fórum Mundial Espírito e Ciência (FMEC), da LBV, um movimento de caráter permanente, realizado pela Instituição. Nas duas primeiras sessões plenárias (2000 e 2004), estiveram reunidos renomados cientistas, pesquisadores, filósofos e religiosos do Brasil e do exterior para que, em conjunto com a sociedade, fosse feito um intercâmbio entre o conhecimento científico e as crenças representadas nessas ocasiões. Na foto, o dirigente da LBV faz a leitura do artigo “Questão de Morte ou de Vida?”,

mensagem escrita por ele e dedicada aos participantes do FMEC. Na edição de 2004, a palestrante norte-americana Diane Williams (EUA), então presidente do Comitê de ONGs sobre Espiritualidade, Valores e Interesses Globais, do qual a Legião da Boa Vontade é cofundadora, afirmou ter ficado impressionada com o bom resultado dos debates ali ocorridos. Em virtude desse sucesso, a LBV foi convidada a liderar um subcomitê para que diálogos nesse campo igualmente tivessem espaço na sede da ONU em Nova York, nos Estados Unidos. Atualmente, a instituição brasileira participa do corpo executivo BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 293


ECUMENISMO

do Comitê de ONGs sobre Espiritualidade, Valores e Interesses Globais. No dia 18 de outubro de 2019, a LBV realiza o Congresso Temático “Investigando Espírito, cérebro e mente”, do Fórum Mundial Espírito e Ciência, no Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica, em Brasília/DF. Entre os palestrantes estará o neurocientista norte-americano Andrew Newberg, diretor de pesquisa do Centro Myrna Brind para Medicina Integrativa, do Hospital Universitário Thomas Jefferson, que discursará sobre “Deus, Espiritualidade e o cérebro humano”. 294 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

João Preda

Fotos: Fernando Franco

Grandes eventos

“Gostaria de agradecer ao Paiva Netto, do fundo do meu coração, ter realizado um grande sonho, que é um fórum tão importante como este. (...) O momento é este de fazer uma ponte entre a Ciência e a Espiritualidade. (...) O sucesso disso só depende de pessoas que tenham Boa Vontade para mudar seus pontos de vista, e Paiva Netto hoje está cooperando para isso. (...) O que está contido no artigo [“Ciência e Fé na Trilha do Equilíbrio”, de autoria do diretor-presidente da Instituição] resume aquilo que a humanidade está buscando. Não sei se a duplicação humana existe. Se existe, Paiva Netto deve ser duplicado. Devemos encorajar universitários e pessoas de diversas tradições a sentar e discutir os temas deste fórum. (...) Iniciativas como esta da LBV são importantes para os próximos tempos. Aqui no ParlaMundi, podemos discutir livremente, expor nossas ideias sem sofrer retaliações. Os cânones da Ciência não são os cientistas.” PATRICK DROUOT Físico e pesquisador francês


João Preda

Depoimentos — Fórum Mundial Espírito e Ciência

“O Fórum Mundial Espírito e Ciência, da LBV, reúne um número de autoridades tão respeitável que o coloca, de forma disparada, como o maior evento do gênero já realizado na América Latina. (...) Ao realizar o I Fórum Mundial, em seu ParlaMundi de Brasília, a LBV coloca o Brasil alinhado com a tendência de ponta do pensamento mundial (...).” EDUARDO CASTOR BORGONOVI (1946-2000)

Fernando Franco

“Sinto-me muito honrado, muito feliz com esta nomeação, porque a minha maneira de pensar, de interpretar as coisas, é muito semelhante à da LBV.”

Fernando Franco

Saudoso jornalista, em trecho de seu artigo publicado em versão on-line do Estadão e distribuído pela Agência Estado.

EDGAR MITCHELL (1930-2016) Ex-astronauta norte-americano, membro da tripulação da Apollo 14, sexto homem a pisar a superfície lunar, condecorado, durante a primeira Sessão Plenária do Fórum Mundial Espírito e Ciência (FMEC), da LBV, com o diploma de embaixador honorário da Boa Vontade para os Estados Unidos.

Daniel Trevisan

“Realmente é um marco dentro da nossa sociedade, porque vários segmentos, inclusive daqueles que pensam até de forma contrária, no Fórum Mundial Espírito e Ciência, da LBV, podem livremente se expandir, falar sobre as suas convicções. E isso é muito importante para que a gente aprenda a vivência do Ecumenismo verdadeiro.” DRA. MARLENE NOBRE (1937-2015) Ginecologista e ex-presidente da AME-Internacional (Associação Médico-Espírita Internacional) e da AME-Brasil

“A Legião da Boa Vontade faz um trabalho fantástico, possibilitando às organizações mundiais uma importante reflexão sobre o sentido do coração e do Amor na humanidade. Sinto que o Brasil será sempre, assim como já é, o coração do mundo. Coração que bate por um novo conhecimento, por uma nova ciência, no espírito de união entre todas as pessoas.” JAMES HURTAK Cientista social norte-americano, palestrante do Fórum Mundial Espírito e Ciência, da LBV, em 2000.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 295


ECUMENISMO Grandes eventos

Premiando a Solidariedade Mundial P

ara homenagear personalidades que se distinguem nas respectivas áreas de atuação em prol da Paz e da Solidariedade no Brasil e no mundo, Paiva Netto instituiu, em 1996, a Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica. Dentre os que receberam a Comenda da LBV destacam-se os estadistas Mário Soares, ex-presidente e ex-primeiro-ministro de Portugal, e Nelson Mandela (1918-2013), Prêmio Nobel da Paz de 1993 e primeiro presidente negro da África do Sul, de 1994 a 1999; o dalai-lama Tenzin Gyatso, líder tibetano e Prêmio Nobel da Paz de 1989; o ex-secretário-geral da ONU Kofi Annan (1938-2018); o médium espírita Francisco Cândido Xavier (1910-2002); e dom Hélder Câmara (19091999), ex-arcebispo de Olinda e Recife. Além deles, grandes nomes de diversos ramos da sociedade foram homenageados pela sessão especial da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, entregue nos Estados Unidos, por ocasião do Brazilian Day Festival in New York. Realizado no coração de Manhattan, para celebrar a Independência do Brasil, o festival recebe todo ano mais de um milhão de pessoas, firmando-se como uma das mais populares festas daquele país.

296 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Agraciados com a Comenda do ParlaMundi da LBV HORS-CONCOURS

1996 Mário Soares (1924-2017) 1997 Nelson Mandela (1918-2013) 1998 Kofi Annan (1938-2018) 1999 Dalai-lama Tenzin Gyatso 2000 Edgar Mitchell (1930-2016)

ARTE E CULTURA 1996 Oscar Niemeyer (1907-2012) 1997 Fernanda Montenegro 1998 Bibi Ferreira (1922-2019) 1999 Francisco Corrêa Weffort 2000 Paulo Autran (1922-2007)

CIÊNCIA E TECNOLOGIA 1996 Lúcio Costa (1902-1998) 1997 César Lattes (1924-2005) 1998 Anésia Machado (1904-1999) 1999 Ozires Silva 2000 Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)

COMUNICAÇÃO

1996 Barbosa Lima Sobrinho (1897-2000) 1997 Jô Soares 1998 João Saad (1919-1999) 1999 Jayme Sirotsky 2000 Ari Cunha (1927-2018)

DIREITOS HUMANOS

1997 José Gregori 1998 Sociedade Viva Cazuza, representada por dona Lucinha Araújo 1999 Evandro Lins e Silva (1912-2002) 2000 Agnelo Queiroz

ECOLOGIA 1996 Projeto Tamar — Ibama, representado pelo sr. Luiz Fernando Fontana 1997 Amyr Klink 1998 Paulo Nogueira Neto (1922-2019) 1999 Carlos Minc 2000 José Antônio Lutzenberger (1926-2002) BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 297


ECUMENISMO Grandes eventos

EDUCAÇÃO 1996 Darcy Ribeiro (1922-1997) 1997 Projeto TV Escola (MEC) 1998 Clélia Capanema 1999 Milton Santos (1926-2001) 2000 Centro de Educação Empresa-Escola (Ciee), representado por Daniel Saidensteriquer

ESPORTE

1996 Edson Arantes do Nascimento (Pelé) 1997 Arthur Antunes Coimbra (Zico) 1998 Nilton Santos (1925-2013) 1999 Oscar Schmidt 2000 Lars Grael

RELIGIÃO

1996 Dom Hélder Câmara (1909-1999) 1997 Francisco Cândido Xavier (1910-2002) 1998 Dom Paulo Evaristo Arns (1921-2016) 2000 Jack Leon Terpins

INDÚSTRIA E COMÉRCIO

1996 Antônio Ermírio de Morais (1928-2014) 1997 Abram Szajman 1999 Sérgio Koffes 2000 Albano Franco

POLÍTICA 1996 André Franco Montoro (1916-1999) 1997 Tancredo Neves (in memoriam) (1910-1985) 1998 Luiz Eduardo Magalhães (in memoriam) (1955-1998) 1999 Getúlio Vargas (in memoriam) (18821954)

ECONOMIA

1997 Celso Furtado (1920-2004) 1999 Dorothea Werneck 2000 Dércio Garcia Munhoz

FRATERNIDADE 1996 Associação Comunitária Monte Azul (Acoma), representada pela presidente da entidade, sra. Ute Craemer.

298 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


HOMENAGEM ESPECIAL 1996 Alziro Zarur (in memoriam) (1914-1979) 1997 Juscelino Kubitschek (in memoriam) (1902-1976)

SAÚDE 1996 Aloysio Campos da Paz (1935-2015) 1997 Programa Agentes Comunitários de Saúde, representado pela sra. Fátima Maria Souza 1998 Adib Jatene (1929-2014) 1999 Ivo Pitanguy (1926-2016) 2000 Tuffik Mattar (1921-2012)

SOLIDARIEDADE 1996 Herbert de Souza (Betinho) (1935-1997) 1997 Associação Obras Sociais Irmã Dulce, representada por dona Dulcinha (1915-2006) 1998 Projeto Olímpico da Mangueira/Xerox, representado por dona Neuma (1922-2000) e dona Zica (1913-2003) 1999 Orlando Villas-Bôas (1914-2002) 2000 Joãosinho Trinta (1933-2011)

SESSÃO EXTRAORDINÁRIA EM NOVA YORK

2004

2005

Dario Campos, vice-cônsul do Brasil em Nova York • João de Matos, empresário • Icla Foundation.

Amauri Soares, jornalista • Fafá de Belém, cantora • Padre Amarillo Checon.

2006

2007

2008

2009

2010

Sueli Bonaparte, diretora-executiva da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos de Nova York.

Carlos Borges, jornalista.

Fabiano Canosa, produtor de cinema.

Carlinhos Brown, cantor e compositor.

Margareth Menezes, cantora.

2011

2012

2013

2013

2014

2014

Netinho, cantor.

Armandinho Macedo, músico.

Carla Visi, cantora.

Geraldo Magela, esportista.

Del Feliz, cantor.

Carlos Oliveira, ex-jogador e treinador de futebol.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 299


ECUMENISMO

Divulgação

Depoimentos — Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica

“Estou sendo muito bem recebida aqui no Parlamento da LBV. Espero voltar mais vezes a este local (...). Todas as iniciativas que são realizadas com essa finalidade, da Solidariedade, do apoio à população carente, são importantíssimas ao povo brasileiro. A LBV é um excelente exemplo, inclusive de continuidade dessa filantropia.” DRA. RUTH CARDOSO (1930-2008)

Arquivo BV

Chyntia Pator

Antropóloga e ex-primeira-dama do Brasil

“Agradeço a escolha e sinto-me muito feliz de estar entre gente tão boa e correta.” OSCAR NIEMEYER (1907-2012)

ORLANDO VILLAS-BÔAS (1914-2002) Sertanista e ganhador da Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, do ParlaMundi da LBV, em 1999, na categoria “Solidariedade”.

300 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

“O ParlaMundi é uma universidade aberta para o povo (...). Eu o vi ser erguido, entre tapumes, andaimes, madeiras e ferros. Agora, admiro-me! Como foi rápida a construção! Estou em paz e mais sábio. Tenho o lugar que queria para estudar. Deus é o Grande Arquiteto, pois construiu o mundo... E Paiva Netto construiu o TBV (Templo da Boa Vontade).”

Nilton Preda

“Sinto-me muito orgulhoso e sensibilizado, porque conheço bem a LBV. Fiquei altamente impressionado com o que vi ao visitá-la na capital paulista, principalmente no aspecto do atendimento à criança. Trata-se de uma Obra que dá uma lição fantástica de humanidade e de patriotismo à nossa infância. A Fraternidade é a tônica do dia a dia dos índios, povo com quem convivi por quarenta e tantos anos.”

Arquiteto e ganhador da Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, do ParlaMundi da LBV, em 1996, na categoria “Arte e Cultura”.

JORGE BEN JOR Cantor


João Periotto

“É emocionante mesmo, é um trabalho para o ser humano. Deveria haver mais iniciativas assim em todo o planeta. Paiva Netto, [este Templo] é uma coisa emocionante. Parabéns! Que Deus te abençoe, continue te dando essa força, essa luz que você tem de sobra para emprestar e para dar para muita gente por esse mundão afora. Um beijo no teu coração.” FÁBIO JÚNIOR

“Esta homenagem e esta festa da LBV representam a reafirmação da grande força da Solidariedade, que é a alavanca da Paz e que pode levar o mundo para uma situação de maior justiça. Sem fraternidade não há liberdade, e sem liberdade também não há igualdade.” ANDRÉ FRANCO MONTORO (1916-1999) Ex-governador e deputado federal por São Paulo. Ganhador da Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, do ParlaMundi da LBV, em 1996, na categoria “Política”.

Nilcemeia da Silva

João José Ruiz Lopes

Cantor

“O projeto é muito bonito (Templo da Boa Vontade). O trabalho do dr. Paiva Netto é meritório. A preocupação dele é oferecer coisas boas e bonitas para o povo.” ELBA RAMALHO

Fernando Franco

Cantora

“Paiva Netto fez uma coisa muito bonita: não se esqueceu da Irmã Dulce. As obras dela estão sendo lembradas. E ele sempre foi um grande amigo nosso, nas horas mais difíceis. Quando ela estava doente, eu contei com ele. Foi o meu maior amigo, sempre dando uma palavra de conforto e alegria. Parabéns, Paiva Netto! A noite foi linda! Foi uma beleza esta comemoração.” (DULCINHA) DULCE LOPES PONTES (1915-2006) Irmã dessa grande batalhadora do Bem, no momento em que as Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) recebiam a Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, do ParlaMundi da LBV, em 1997, na categoria “Solidariedade”, um reconhecimento de Paiva Netto pelo trabalho social empreendido pela Osid. Vale destacar que, em outubro de 2019, a Irmã Dulce tornou-se santa católica, ao ser canonizada pelo papa Francisco.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 301


ECUMENISMO

Leila Marco

Depoimentos — Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica

“Conforme decisão do Conselho [da Ordem do Mérito Aeronáutico], Paiva Netto foi admitido no grau de Comendador pelos notáveis serviços prestados à Aeronáutica e ao nosso país, fazendo-se, portanto, merecedor do nosso reconhecimento.” CORONEL-AVIADOR WEBER LUIZ KÜMMEL (1949-2007)

Arquivo BV

Arquivo BV

Ex-comandante da Base Aérea de Brasília, foi conselheiro da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, do ParlaMundi da LBV.

“Gostei muito que a Legião da Boa Vontade me tenha destacado na qualidade que mais gosto de ter, que é a de educador.” DARCY RIBEIRO (1922-1997)

JAYME SIROTSKY Presidente emérito do Conselho de Administração da Rede Brasil Sul (RBS), laureado com a Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, na categoria “Comunicação”, em 1999.

302 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

“Sou muito grato pela Comenda do ParlaMundi da LBV e transmito a todos os responsáveis por esta indicação o meu agradecimento.” LÚCIO COSTA (1902-1998) Arquiteto e ganhador da Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, do ParlaMundi da LBV, em 1996, na categoria “Ciência e Tecnologia”.

“Acho que toda a nossa família se sente gratificada por uma homenagem prestada num lugar como o ParlaMundi e pela própria LBV.” TANCREDO AUGUSTO NEVES Filho do presidente Tancredo Neves (1910-1985), premiado na categoria “Política”, em 1997.

Fernando Franco

“Fiquei muito honrado por estar entre os agraciados com a comenda da Legião da Boa Vontade. (...) Gostaria de renovar os meus sinceros agradecimentos à LBV pela distinção que passarei a ostentar com orgulho, pois não há maior honra para um ser humano do que ser reconhecido por seus semelhantes como um homem de Boa Vontade.”

Arquivo BV

Antropólogo e educador, ao ser condecorado com a Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, do ParlaMundi da LBV, em 1996, na categoria “Educação”.


Patrimônio cultural do povo brasileiro Em 9 de dezembro de 2008, o Conjunto Ecumênico da LBV (formado pelo Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica e pelo Templo da Boa Vontade) recebeu o certificado do Bureau Internacional de Capitais Culturais (Ibocc) e do governo do Distrito Federal por ter sido escolhido em eleição popular pela internet uma das Sete Maravilhas de Brasília. No dia anterior ao evento, o monumento da Instituição foi visitado pelo então diretor-executivo do Projeto Capital Brasileira da Cultura, Mário Vendrell Royo (E), e pelo presidente do Ibocc, Xavier Tudela Penya. “É muito merecido o prêmio ao Templo da Boa Vontade, nós consideramos que é um patrimônio cultural não só do povo brasiliense, mas do povo brasileiro. (...) Ao visitar o TBV, percebe-se a amplitude, a dimensão desta obra levada pelo Paiva Netto tão eficientemente. (...) O povo soube escolher, e estamos muito felizes, a organização promotora, o Ibooc, por ter sido dado esse destaque ao Templo”, declarou Mário Vendrell. Para ele, essa iniciativa devia ser multiplicada: “No mundo em que vivemos, com tanta desagregação das pessoas e materialismo (...), vocês estão conseguindo, com essa obra, que se possa repensar o nosso papel neste planeta. É um Templo democrático, aberto a todos o tempo todo, e isso é maravilhoso. (...) Esse é o caminho para tentar melhorar a sociedade em que vivemos”. Da mesma forma, exaltou Xavier Penya: “É muito relevante que em Brasília exista um lugar tão emblemático quanto o Templo da Boa Vontade, onde podemos sentir a Paz de maneira intensa. Quero deixar [meus votos de] felicidades aos que trabalham no Templo, que continuem com seu amor de integrar a todos. (...) Ficamos felizes que o TBV seja uma das Sete Maravilhas de Brasília, porque isso permitirá ao mundo ver que o Templo é considerado, pelos próprios brasileiros, como uma de suas portas de entrada para o conhecimento do patrimônio cultural e material de Brasília”.

“Foi incrível. Aqui você sente uma energia tão poderosa! [Ao] Meditar embaixo do Cristal, sentime muito bem. A Sala Egípcia é formidável. Além de linda, tem uma paz inexplicável. Recomendo a todos [que conheçam] o Templo da Boa Vontade. É uma experiência linda.” ISABELI FONTANA Modelo

José Gonçalo

José Gonçalo

José Gonçalo

Depoimentos — TBV

“Estou encantada com o Templo da Boa Vontade. É uma forma de pensar muito inteligente, pois há uma valorização das coisas bonitas da vida, independentemente de religião, sem discriminação. Esta maneira que o Templo tem de integrar tudo e todos o torna um mensageiro da Paz.” LEA T Modelo

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 303


ECUMENISMO

José Gonçalo

Fernando Franco

Depoimentos — TBV

Tônia Carrero é homenageada no TBV Assim que desembarcou em Brasília, em 2000, a consagrada atriz Tônia Carrero foi conhecer o Templo da Boa Vontade, da LBV. Lá, uma surpresa a aguardava: o Coral Ecumênico Boa Vontade cantou para ela durante a singela homenagem oferecida por Paiva Netto (inauguração de um quadro com representação artística de seu rosto no painel A Evolução da Humanidade, no Salão Nobre do TBV). Emocionada, declarou: “Eu não mereço tudo isso! Que maravilha! Que beleza! Até Chaplin (está aqui representado)! É uma ideia maravilhosa, essa é uma homenagem real! Você não sabe como estou comovida, contente de ter vindo até aqui. Eu quase chorei. Foi demais, bonito. Obrigada”. No dia seguinte, antes de deixar a cidade, retornou ao TBV e registrou: “Estou encantada e já sei que tenho de descobrir mais coisas, pois ainda não vi tudo na LBV. Obrigada por terem me convidado. Fico muito contente de estar aqui”. Admirador do trabalho de Tônia Carrero, Paiva Netto pediu que transmitisse a ela o afetuoso abraço e um milhão de beijos, na esperança de receber da atriz pelo menos um. Na resposta, Tônia considerou: “A Paiva Netto um milhão de beijos e mais um, muito especial”.

304 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

“Fiquei muito bem impressionado [com o TBV]. Aqui é um lugar de paz, de encontro, de fraternidade, de compartilhar as experiências espirituais. (...) Precisamos de mais lugares como este no mundo inteiro. É especial, com muita Espiritualidade e boas energias, sem dúvida! (...) A energia do Cristal [Sagrado] é o que mais caracteriza este lugar, é a concentração suprema da energia. É um lugar onde você pode encontrar a ligação, este elo com a Espiritualidade. (...) É uma grande vantagem para os moradores de Brasília ter um local com essas características, tão especial para meditar, para ver pessoas de distintas religiões, sem as restrições que normalmente temos.” DR. ALAN BOJANIC Engenheiro agrônomo e então representante da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) no Brasil, em visita, em julho de 2015, ao Templo da Boa Vontade.


Danilo Parmegiani

“Tivemos oportunidade de conhecer o Templo da LBV. Muito bonito, acolhedor; um projeto muito interessante. Eu finalmente consegui ter a chance de ver de perto aquilo que é assuntado no trabalho de vocês, na Obra de vocês, e que faz parte dessa corrente do Bem, no sentido de promover a Fé, a Esperança, a Caridade, um mundo melhor e mais justo, que precisa ser um mundo sustentável. A LBV está de parabéns!”

“O Paiva está completamente dentro dos nossos corações. O trabalho que ele faz é maravilhoso, é super do Bem.”

Odervan Santiago

ANDRÉ TRIGUEIRO

Rita Lee e o marido, Roberto de Carvalho.

Nelson Silva

Jornalista

“É maravilhoso vir aqui no TBV porque eleva o Espírito e alivia a Alma. É disso que precisamos. Então, em um lugar lindo como este, você não sofre preconceito, não se sente ansioso, nem com o estresse da vida diária. Você sente a Paz no coração, e essa energia é muito, muito forte.” BRIAN WEISS

Destacados moradores da Terra da Garoa sempre deram grande repercussão aos feitos da Legião da Boa Vontade. A querida cantora Rita Lee, paulistana apaixonada, é um exemplo disso. Sempre que visita a capital federal, não perde a oportunidade de renovar as energias no Conjunto Ecumênico da Instituição, que dispõe, entre seus diversos ambientes dedicados à Paz e à Espiritualidade, da Ala dos Estudantes e de concorrida Galeria de Arte. Em uma dessas visitas, em 1997, Rita chegou a propor que o TBV fosse também erguido na vibrante megalópole: “Há uns cinco anos, venho frequentando o Templo da Boa Vontade. Sempre que estou em Brasília, venho para cá e fico choramingando (risos) para vocês abrirem um Templo em São Paulo, que é a minha terra e que precisa demais dele. (...) O ParlaMundi é uma beleza (...), porque tudo aqui demonstra essa preocupação que vocês sempre tiveram com a Educação, com o Amor, mas com a Espiritualidade também, oferecendo para essa meninada toda — eu estou vendo aqui — salas e salas de aula com computadores, a maior tecnologia (...). O Paiva está completamente dentro dos nossos corações. O trabalho que ele faz é maravilhoso, é super do Bem”.

Psiquiatra e escritor norte-americano

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 305


ECUMENISMO

“Paiva Netto mudou a face dos templos de Brasília e até do Brasil. O TBV transformou-se em um conjunto cultural, artístico, religioso, sem perder a sua principal função: a de ser um espaço destinado à meditação e ao recolhimento. O surpreendente é que as proposições do diretor-presidente da Legião da Boa Vontade pareciam estar intrínsecas no projeto, porque não se passavam 24 horas para encontrarmos as soluções. As inclusões não foram deteriorando ou deformando o projeto. Tudo foi sendo completado.”

Divulgação

Depoimentos — TBV

R. R. ROBERTO

Arnaldo Bosso

Arnaldo Bosso

Engenheiro e arquiteto responsável pelo projeto e construção do TBV

“[Foram] quatro anos de luta dura até encontrar essa pedra. Hoje me sinto otimamente bem; orgulho-me disso, porque é muito linda e chegou ao ponto em que está. Eu sonhei diversas vezes com um monte de cristal grande (…). Só a Mão de Deus para formar uma coisa dessas, espiritual. Acredito muito nisso, porque todas as coisas na vida da gente são assim.” FRANCISCO JORGE DOS SANTOS (1927-1996) Garimpeiro de Cristalina/GO que encontrou, em março de 1989, a grande pedra de cristal puro instalada no pináculo do TBV.

306 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

“Ele [Paiva Netto] tinha andado muito longe para ver se achava um cristal limpo e puro que representasse Deus. Andou, andou e não achava. Assim me contaram. Aí no jornal ele viu uma reportagem. Aí [ele disse]: ‘Achei a minha pedra! É essa que vai representar Deus!’. A pedra era limpíssima. (...) Aí, [ao ser procurada pelo Haroldo Rocha, enviado por Paiva Netto para contar sobre o nobre interesse no minério], eu falei com o Chico (meu marido tinha o apelido de Chico): Nós vamos doar essa pedra para a LBV. Aí ninguém vai se esquecer dela. Sempre ela estará lá fazendo seus milagres. Graças a Deus, por um milagre, achou a pedra e essa pedra ficou aqui [no TBV]. A gente fez o que podia, e ela veio parar na LBV. E eu acho que foi por um milagre de Deus.” MARIA DE LOURDES LOUREIRO DOS SANTOS Esposa do sempre lembrado garimpeiro Francisco Jorge dos Santos


Lucian Fagundes

“Estou encantada [com o Templo da Boa Vontade]! Encantadíssima! É muito além do que se possa imaginar, estou emocionada, é lindíssimo! (...) O clima de Amor que tem aqui, de harmonia, de Paz, de recepção, essa capacidade de acolhimento de todas as religiões... esse é o futuro aqui no presente. Isso é a Era de Aquário, é a base da Paz. O mundo terá Paz no dia em que todos respeitarem a crença de cada um, no dia em que o mundo se espiritualizar mais, quando os povos entenderem que é pelo Amor, pela compreensão, pelo respeito mútuo que eles se encontrarão. Aqui é uma aula o tempo inteiro, em cada parede, em cada arte. (...) Dá vontade de ficar uma semana inteira aqui, ficar a tarde inteira dentro das salas de meditação, na Espiral. O clima é fantástico, de uma Paz! A gente recebe uma energia reconfortante, que recupera a saúde do corpo e do Espírito.” MARIA EUGÊNIA DE CASTRO

Daniel Trevisan

Leila Marco

Astróloga

“Quando venho a Brasília e estou num hotel me sentindo meio com as baterias descarregadas e quero me ligar na tomada, pego um táxi e vou ao Templo da Boa Vontade e me sinto acolhido. Venho aqui sozinho muitas vezes. É curioso: mesmo quando estou sozinho, sinto-me muito bem acompanhado.” MARCEL SOUTO MAIOR

José Gonçalo

Jornalista, escritor e roteirista.

“O Templo da Boa Vontade é a maior construção piramidal [de sete faces] do século 20.” MOHAMED AHMED ABDEL-WAHAB Ex-embaixador do Egito, ao participar da inauguração da Sala Egípcia do TBV, em 20/10/1995.

“Este Templo, como sabemos, é uma das Sete Maravilhas de Brasília. Comparo-o com países orientais, principalmente Taiwan, onde temos pessoas budistas, taoistas, católicas, protestantes e muçulmanas, que dispõem de toda a liberdade ao culto, como aqui. Saio [daqui] mais tranquilo, com maior Paz. Este lugar de meditação é muito importante para todos (...).” ISAAC TSAI Embaixador do Escritório Econômico e Cultural de Taiwan, República da China no Brasil, que esteve no monumento em abril de 2015.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 307


ECUMENISMO

João Periotto

Depoimentos — TBV

“Certa vez, eu estava aqui com o Paiva Netto, e passeamos pelo Templo. Quando chegamos lá fora, eu falei para ele: Ô Paiva, aqui é o Templo da Paz; e ele, imediatamente, mandou cunhar na entrada da LBV: ‘Templo da Paz’, porque aqui realmente se encontra a Paz, o Ecumenismo, todas as religiões se professam, a fé é cada vez maior, não há quem não se sinta bem dentro do Templo da Legião da Boa Vontade.” GILBERTO AMARAL

José Gonçalo

“Esta é minha primeira visita ao Brasil, e, quando estou em alguns lugares, sempre procuro ir a locais sagrados, como igrejas e mosteiros. Há um sentimento bom, especialmente neste lugar famoso, que é o Templo da Boa Vontade, onde pessoas se encontram, culturas se reúnem e corações se comunicam. É exatamente disso que precisamos entre indivíduos e países. Geralmente, as pessoas vão a suas próprias igrejas, seus próprios templos. Mas qualquer ideia de conectar indivíduos, diferentes religiões, diferentes pensamentos é sempre louvável. É exatamente isso que sinto, e desejo o melhor para este lugar sagrado.” LINAS LINKEVIČIUS Ministro dos Negócios Estrangeiros da República da Lituânia, que visitou o monumento em abril de 2015, acompanhado de comitiva empresarial.

Arquivo BV

Jornalista

“Eu queria dar um recado especial para o meu amigo Paiva Netto, que, embora à distância, sempre trocamos mensagens. Apoiei, modestamente, todas as suas iniciativas. Eu o considero um dos brasileiros que mais bem faz a esse país, porque o que ele abriu de perspectivas com moral, na defesa dos verdadeiros valores da família, do cidadão, da sociedade... [Ele] é um verdadeiro cidadão. A cidadania teria de ser exercida por homens como ele. O Brasil muito lhe deve, e [o nome dele] ficará na história deste país, pelo que fez por essa nação.” IVES GANDRA MARTINS Jurista, advogado, professor e escritor brasileiro.

308 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


José Gonçalo

“[Visitar o Templo da Boa Vontade] foi uma experiência maravilhosa. Esta casa é altamente espiritualizada, e a gente encontra muito [respeito] aqui de acordo com aquilo em que acredita, com o que sente. É um lugar para a gente se encontrar. Estou me sentindo muito bem. Uma Paz muito grande. (...) Um lugar desses é bom para abrir a mente das pessoas para que elas entendam que tudo é uma coisa só, que estamos todos ligados. O Criador disso tudo está acima de todas as religiões, de tudo isso aí que existe; está muito acima. A beleza maior [do TBV] está na energia, no sentimento que a gente encontra aqui.” NETINHO

Lucian Fagundes

Depois de receber indicações de amigos, o cantor baiano visitou pela primeira vez o monumento, em julho de 2015.

“Nós devemos ao Irmão José de Paiva Netto a existência física deste Templo e destas edificações. E isso nos traz a certeza de que (...) prevalecerá a esperança, a caridade e, sobretudo, o Amor. E, se houver alguma dúvida, basta olhar em torno de nós, e vamos ver que o Templo da Paz e a realidade da LBV, que reúne as pessoas de Boa Vontade, garantem que aqui já se realiza o que este país, a nossa querida pátria, construirá no futuro. Muito obrigado!” JOSÉ SANTIAGO NAUD

Arquivo BV

Divulgação

Professor, poeta, ensaísta e cofundador da Universidade de Brasília (UnB).

“Quero cumprimentar a LBV por ter sido muito bem escolhida dentro de uma consulta popular, de um processo democrático. (...) Todo esse espaço do TBV é uma bênção, ou seja, a escolha de ser aberto ao público permanentemente insere a LBV, em definitivo, no cenário da capital da República. Estamos muito confortados com essa decisão, e a LBV está de parabéns.”

“O TBV é o Portal do Terceiro Milênio.” LUY VIEIRA (1952-2016)

SWEDENBERGER BARBOSA Ex-assessor especial da Presidência da República

Sensitiva, ao conhecer a elevada ambiência do Templo da Boa Vontade.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 309


ECUMENISMO Depoimentos — Religiosos

Arquivo BV

“Meu caro dr. Paiva Netto, formulo votos a Jesus, nosso Senhor e Mestre, para que o prezado Irmão continue cada vez mais valoroso, mais animado, nessa campanha bendita de espalhar a Luz e a Boa Vontade na Terra. Havemos de estar sempre juntos. Muito obrigado!” “Alziro Zarur é Amor da primeira à última letra do alfabeto.” “Nós, do Grupo Espírita da Prece, de Uberaba, sempre consideramos o nosso caro amigo Alziro Zarur, o grande amigo dos que necessitam, o grande Irmão da humanidade. Deus conceda a ele muita saúde, para felicidade de nós todos e para a continuidade da sua grande missão na Terra. E, pelos 50 anos de Bondade, de Fraternidade, de Amor e Paz de sua mensagem neste mundo, junto de nós, as criaturas terrenas, que tanto necessitamos dele, enviamos ao nosso amigo Alziro Zarur o nosso grande abraço de felicitações, pedindo a Deus, mais uma vez, que o cubra de bênçãos.” CHICO XAVIER (1910-2002) Sensitivo e líder espírita

JONAS REZENDE (1935-2017) Pastor emérito da Igreja Cristã de Ipanema, no Rio de Janeiro/RJ.

Celso Romero

Leilla Tonin

“Quando Alziro Zarur nos deixou, a preocupação que qualquer pessoa poderia ter foi de repente eliminada, ao ocupar seu lugar uma figura de grande valor moral e espiritual como é o Paiva Netto. E a LBV não sofreu solução de continuidade. Um líder terminou, e outro toma a bandeira e não a deixa no solo, mais ou menos como aconteceu com relação a Moisés e Josué. Um termina, e outro continua. E é difícil a gente querer medir ou criar confrontos, porque cada um tem o seu valor, cada um tem o seu momento histórico e cada um cumpriu e está cumprindo (no caso do Paiva Netto) com fidelidade o desafio da hora presente.”

“Sobram-me razões para escrever-lhe hoje. Antes de tudo, por vivermos hoje uma séria e profunda motivação para unir-se em Cristo, pois, na celebração litúrgica, Ele nasceu para todos e cada um de nós. Desejo que o seu trabalho de unidade continue, sempre fecundo, a congregar os homens no mesmo ideal de criar ou recriar o ideal da Boa Vontade que os Anjos anunciaram aos pastores (...). Sou-lhe grato pela demonstração de amizade. Só estou a pensar em apelar à Mãe de todos nós, a Virgem Mãe, para que colha as melhores graças, como se fossem as mais belas flores com que ela mimoseou o humilde índio Juan Diego, em 1531, para enfeitar o seu altar da Boa Vontade, desmanchando muros, destruindo blocos e fazendo a mais alvissareira aproximação entre os homens, sempre sob a égide de Cristo, o Deus feito homem e autêntica cabeça do gênero humano (...). Seu humilde servo.”

GERALDO MARIA DE MORAES PENIDO (1918-2002) Arcebispo metropolitano de Aparecida, em carta dirigida a Paiva Netto em período próximo ao Natal de 1989.

310 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Arquivo BV

No ano 2000, dom Paulo Evaristo Arns destacou: “Meu querido presidente Paiva Netto, meus amigos, em primeiro lugar gostaria de transmitir meus votos de felicitações. A LBV é realmente uma coisa extraordinária, que se realiza em nome do Amor e em nome de Jesus. Vi o comecinho do trabalho do dr. Zarur, estive com ele diversas vezes quando eu era padre novinho. Subimos, descemos juntos. Só que ele era muito incompreendido, muito combatido, apesar de só pregar o Amor”. Em 2006, registrou a seguinte saudação: “Por ocasião do Congresso do Jubileu de Ouro de Paiva Netto na Legião da Boa Vontade, apresento meus parabéns e os melhores votos, agradecendo todo o Bem realizado em favor da Paz e do entendimento na sociedade e formulando augúrios para o pleno êxito do evento. Cordial e atenciosamente”. Ao receber a Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, assim se manifestou: “Eu gostaria de agradecer, em primeiro lugar, o duplo privilégio de a LBV me conceder, no dia de hoje, a possibilidade de receber em São Paulo esse prêmio. Eu gostaria de dirigir uma palavra ao dr. José de Paiva Netto, o nosso presidente: São Paulo o tem no coração, sabe que a sua ação jamais será esquecida enquanto elevar a pessoa humana a ser, realmente, promotora da Solidariedade, da Justiça, da Paz e da Verdade. Por isso, receba o nosso agradecimento e o transmita a todos aqueles que foram agraciados comigo, nesse ano. Que Deus a todos abençoe! Obrigado”. DOM PAULO EVARISTO ARNS (1921-2016)

“Se todos os brasileiros, não importando suas diferentes crenças, (...) dessem as mãos para realizar o Bem, conseguiríamos saldar com maior rapidez a dívida social. (...) É por tudo isso que muito aprecio o trabalho da LBV.” PASTOR NILSON DO AMARAL FANINI (1932-2009) Ex-presidente da Aliança Batista Mundial

Simone Barreto

Divulgação

Arcebispo-emérito de São Paulo

“A LBV é uma luz iluminando a Terra, uma ação que não há igual no Brasil. Esta Obra cuida do nosso povo na parte humana e social, além de fazer a divulgação dos assuntos espirituais muito oportunos no mundo de hoje, tão cheio de violência.” ZÍBIA GASPARETTO (1926-2018) Escritora

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 311


ECUMENISMO Depoimentos — Religiosos

“O Brasil precisa de pessoas que ajudem os sofredores e as crianças, e José de Paiva Netto é um exemplo não só para o Brasil, mas para o mundo inteiro. É uma criatura sagrada, porque sagradas são as pessoas que ajudam os sofredores.” PAI JAMIL RACHID

Divulgação

Vivian R. Ferreira

Leila Marco

Presidente da União das Tendas de Umbanda e Candomblé do Brasil e representante mundial da Umbanda

“Nós temos um carinho, uma admiração tão grande, por essa família linda, que é a LBV. (...) Ao meu irmão e amigo Paiva Netto, um grande abraço. Que Deus o abençoe! Peça por mim a Deus também nas suas orações.” ANTONIO MARIA Padre

WALDEMAR ZVEITER Ex-ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e sereníssimo grão-mestre da Grande Loja Maçônica do Estado do Rio de Janeiro

312 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

“Ao nosso querido amigo venerando Paiva Netto, a quem a sociedade terrestre muito deve, o nosso mais afetuoso abraço de carinho e gratidão com votos de progresso ininterrupto na instalação do Reino de Deus entre as criaturas da Terra. Tive a alta honra de conhecer Alziro Zarur. Acompanho a obra da LBV desde quando foi desenhada no Mundo Espiritual. A voz inolvidável de Zarur permaneceu na Terra como um guia que o nobre amigo Paiva Netto tem sabido honrar e ampliar.” DIVALDO FRANCO Escritor, sensitivo e orador espírita.

Nino Santos

“É graças ao exemplo e pela atitude de Solidariedade com os semelhantes que vamos fazer um grande país, o chamado ‘país do futuro’, pertencendo a uma mesma e única humanidade, sem distinção de fronteiras, de raça, de cor; sem nenhum tipo de discriminação. Nós somos absolutamente a favor da Paz e do progresso social. A LBV está de parabéns!”


“(...) Como disse [o dramaturgo alemão] Bertolt Brecht, meu querido Paiva Netto, ‘há homens que lutam um dia, e são bons; há outros que lutam um ano, e são melhores; há aqueles que lutam muitos anos, e são muito bons. Porém, há os que lutam toda a vida. Estes são os imprescindíveis!’ Eu o vejo assim! (...) A Legião da Boa Vontade é hoje a expressão mais autêntica do Cristianismo e o testemunho mais fiel dos Santos Evangelhos de Jesus Cristo. Por isto, eu me converto num Legionário e, onde eu estiver, serei um agente multiplicador da Boa Vontade que todos nós aqui representamos. (...) Deus o abençoe dando saúde física e espiritual, líder Paiva Netto!” NEHEMIAS MARIEN (1933-2007) João Preda

Pastor

Cida Linares

“Fiquei muito contente em visitar a LBV, ver a alegria e a Boa Vontade que vocês têm de ensinar direitinho essa parte pedagógica toda correta e também o Amor que as crianças têm para com as visitas. Existe muito Amor aqui dentro. (...) Hoje, especialmente nos nossos dias, eu vejo a LBV, a Federação Espírita e algumas outras religiões também se preocupando muito com a criança. Fiquei encantada de visitar toda a LBV, verificar o trabalho correto, bonito, amoroso, que tem sido feito com as crianças, e o senhor Paiva Netto em se preocupar tanto com as crianças nos fóruns e oficinas.” SÍLVIA CRISTINA STARS DE CARVALHO PUGLIA

Selma Corrêa

Primeira mulher a presidir a Federação Espírita do Estado de São Paulo

“Estou muito feliz em ver o carinho e a atenção que a LBV tem para com o idoso, a vivacidade deles. O bem-estar está estampado em suas faces. Eles são felizes, recíprocos, todos estão de parabéns! (...) Com Boa Vontade, vocês ajudam as famílias a solucionar suas dificuldades, acolhendo os vovôs e vovós com amor e carinho. Todos vocês [da LBV] já estão aos pés de Jesus, pois aquele que faz o Bem acolhe, ama e respeita o próximo, como vi que fazem aqui. Estão aos pés de Cristo Jesus!” DOM JOÃO MARIA MESSI Bispo emérito da Diocese de Barra do Piraí – Volta Redonda/RJ

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 313


ECUMENISMO

Cida Linares

Depoimentos — Religiosos

“Foi um prazer estar ao lado do Paiva Netto, conhecer de perto a sua Entidade. (...) Todo trabalho que é organizado e estendido pela mão dele é um trabalho de coordenação, traz felicidade. Eu vejo no rosto de cada jovem, cada idoso da LBV uma mensagem a dar, e é a de que atualmente o Brasil está precisando: uma mensagem de Amor, de Bondade e de Esperança.” MARLENE BENTIM (1936-2012)

Divulgação

Nilton Preda

Presidente da Associação das Senhoras Evangélicas de São Paulo

“Tenho muito respeito pela obra da LBV. É pelas crianças, aqui representadas pelos pequenos da LBV, que nós temos Fé no futuro. Fico feliz com o êxito desta mostra* e mando meu abraço apertado para Paiva Netto e toda a família da Legião da Boa Vontade. Eu sou testemunha: vocês estão fazendo um trabalho nobre a favor da pureza no Brasil!” HENRY SOBEL Rabino emérito

“Já que a gente não pode ir até lá, alguém fez o favor de trazer o Egito até nós. Vocês estão de parabéns. É muito curioso, a pessoa quer ficar mais tempo estudando, perguntar tudo, saber o porquê disso e daquilo. (...) Nasci na Síria, mas confesso que ainda me falta muito conhecimento, mas muito mesmo! Aprendi muita coisa aqui.” JIHAD HAMMADEH

* O rabino emérito refere-se ao vernissage da exposição “Crianças a Lápis de Cor”, que retratou filhos de famosos. As obras foram produzidas pelo conceituado artista plástico Roberto Camasmie, em prol das pessoas atendidas pela Legião da Boa Vontade.

314 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Sheik, teólogo, historiador, presidente do Conselho de Ética da União Nacional das Entidades Islâmicas (UNI) e ex-vice-presidente da Assembleia Mundial da Juventude Islâmica no Brasil, após visita à Sala Egípcia, um dos ambientes do Templo da Boa Vontade.


“Eu aprendi o Evangelho, mas fico feliz de declarar que me alimentei na Legião da Boa Vontade com os testemunhos do Paiva Netto, do Irmão querido Paiva Netto. Eu alimentei em mim esta abertura de coração que abraça a humanidade inteira. Fazer do mundo, fazer dos povos uma humanidade só é o ideal de Cristo, é o ideal da LBV. Um abraço carinhoso à pessoa que amo tanto, o Irmão Paiva. O meu coração está comovido, porque o Irmão Paiva me ensinou muita coisa sobre tudo e [sobre] o significado e a prática da partilha.” Em outra ocasião, afirmou: “Digníssimo senhor presidente da LBV, Paiva Netto. Prezado Irmão, estou imensamente feliz de participar das comemorações do seu Jubileu de Ouro na LBV. (...) Agradeço ao bom Deus pelo seu testemunho de Amor e de sabedoria na missão evangélica de criar uma humanidade mais fraterna. Oro para que o senhor possa continuar ainda por muitos anos em nosso meio, criando uma comunhão sempre mais ampla entre todas as pessoas de Boa Vontade. Permita-me, caríssimo Irmão, abraçá-lo com sincera devoção e, por meio do senhor, abraçar todas as pessoas amigas da LBV”. PADRE MARIO CELLI (1943-2012)

GREGORY HOPKINS Maestro, professor norte-americano e membro da Igreja Batista do Harlem, em Nova York, EUA.

Fernando Aurélio

Arquivo BV

“Muitos de nossos heróis afro-americanos no meio cultural, incluindo Michael Jackson [19582009] e Nat King Cole [1919-1965], deram início às suas carreiras aqui na Rua 125, que recebeu o nome de Martin Luther King Jr. [1929-1968], um dos grandes nomes do movimento dos direitos civis. A Legião da Boa Vontade também representa tudo isto: direitos, felicidade e paz para todos.”

Arquivo BV

De Roma, na Itália.

“Tenho um carinho muito grande por essa obra, admiro! A Legião da Boa Vontade é sem dúvida um instrumental onde Deus tem acontecido muito. Eu sempre digo que a caridade é a forma mais perfeita de rezar. Obrigado! Que Deus abençoe vocês!” PADRE FÁBIO DE MELO Sacerdote, escritor e cantor.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 315


LINHA DO TEMPO

Principais Realizações históricas das Instituições da Boa vontade


Nesta seção, você encontrará: 318

De 1948 a 1960

321

De 1961 a 1970

322

De 1971 a 1980

325

De 1981 a 1990

345

De 1991 a 2000

360

De 2001 a 2010

379 De 2011 a 2019 401 Reconhecimento do Brasil e do exterior

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 317


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

De 1948 a 1960 A origem no rádio e a vocação para a comunicação marcam os primeiros anos da LBV

1948

ORDEM ESPIRITUAL DE CRIAR A LBV

1949

HORA DA BOA VONTADE E A PROCLAMAÇÃO DA BOA VONTADE DE DEUS

6 de janeiro (Dia de Reis) — Rio de Janeiro/RJ Em 6 de janeiro de 1948, “Dia dos Reis Magos”, data de alto significado místico-religioso, Alziro Zarur (1914-1979), ao participar de uma reunião mediúnica na Federação Espírita Brasileira (FEB), no Rio de Janeiro/RJ, Brasil, recebe a ordem de Jesus, na manifestação espiritual de “Il Poverello”, por meio da respeitável e saudosa médium dona Emília Ribeiro de Mello: “Meu Irmão, São Francisco de Assis esteve todo o tempo aí ao seu lado e manda dizer-lhe que é hora de começar o combinado” (saiba mais na p. 27).

Teixeirão

4 de março — Rio de Janeiro/RJ O programa Hora da Boa Vontade, com o lema: “Por um Brasil melhor e por uma humanidade mais feliz”, estreou em 4 de março de 1949 na Rádio Globo, do Rio de Janeiro, com Alziro Zarur pregando o Apocalipse de Jesus. O programa, que visava atender as Almas sofredoras e toda sorte de desamparados espirituais e materiais, foi o primeiro do gênero no Brasil, conquistando grande audiência. Com uma palavra de carinho e alento aos carentes do corpo e da Alma, ele deu o primeiro passo para o surgimento da heroica Legião da Boa Vontade e sua notável tarefa apostolar (saiba mais na p. 34). Cronologicamente, esta é também a primeira Proclamação da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, que visa enaltecer os valores eternos que dirigem o Espírito Imortal do ser humano, feita por Zarur: Proclamação da Boa Vontade de Deus.

CONTRA A FOME Rio de Janeiro/RJ O auxílio às famílias brasileiras começou antes mesmo do surgimento oficial da LBV, no fim da década de 1940, com a popular “Sopa dos Pobres”, também conhecida como a “Sopa do Zarur”.

1950

FUNDAÇÃO DA LBV 1o de janeiro de 1950 — Rio de Janeiro/RJ No Dia da Paz e da Confraternização Universal, foi fundada, oficialmente por Alziro Zarur, a Legião da Boa Vontade.

318 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


CRUZADA DE RELIGIÕES IRMANADAS

1954

AS PRIMEIRAS UNIDADES DA LBV

1956

IMPORTANTE AQUISIÇÃO

7 de janeiro — Rio de Janeiro/RJ Dias depois da fundação da LBV, outro gigantesco degrau foi alçado no campo da convivência inter-religiosa por meio da pioneira Cruzada de Religiões Irmanadas, cuja primeira edição ocorreu em 7 de janeiro daquele ano, no salão do Conselho da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no Rio de Janeiro/RJ, após sucessivas reuniões preparatórias realizadas nos meses de outubro, novembro e dezembro de 1949, na sala da diretoria daquela prestigiada Associação (leia a história completa na p. 28).

Foram inauguradas as primeiras unidades de atendimento da LBV. Entre essas, realce para a de Campinas/SP (7/9/1954). No ano seguinte, foi a vez das cidades: Uberaba/MG (29/4/1955), Pelotas/RS (22/5/1955), Porto Alegre/RS (23/5/1955), Curitiba/PR (9/6/1955), Petrópolis/RJ (1o/8/1955), São Gonçalo/RJ (6/9/1955), Niterói/RJ (9/9/1955) e Araraquara/SP (12/11/1955).

1o de maio — Rio de Janeiro/RJ Foi adquirida a segunda sede da LBV, que ficava na Avenida Rio Branco, 43, 3o andar, no centro da capital fluminense. 29 de junho — Rio de Janeiro/RJ A mensagem da LBV entusiasma multidões de todo o Brasil. Aos 12 anos de idade, o jovem José Simões de Paiva Netto recebeu, na porta de sua casa no bairro do Encantado, das mãos de uma bela senhora negra, um opúsculo com explicações sobre a Legião da Boa Vontade. Era 1953 e foi seu primeiro e inesquecível contato com a Instituição. Em 29 de junho de 1956, Paiva Netto, com 15 anos, ouviu no rádio a canção Noite Feliz, de Franz Grüber e Joseph Möhr, que antecedia a pregação de Alziro Zarur, achando muito curioso o fato de a música natalina ser veiculada em plena metade do ano, por ocasião dos festejos juninos, numa grande jogada de marketing do Bem. Lembrou-se de ter lido o nome de Zarur três anos antes, na referida publicação. Disse, então (1956), à sua mãe: “Mãe, é com esse que eu vou!” A partir desse momento, passou a colaborar voluntariamente com a LBV.

REVISTA BOA VONTADE 1o de maio — Rio de Janeiro/RJ Lançamento da revista BOA VONTADE.

EMISSORA DA BOA VONTADE 25 de dezembro — Rio de Janeiro/RJ Entrou no ar a Emissora da Boa Vontade (antiga Rádio Mundial). BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 319

LINHA DO TEMPO (1948-1960)

1950


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

1956

RECONHECIMENTO PELOS SERVIÇOS PRESTADOS À SOCIEDADE 19 de junho — Rio de Janeiro/RJ Com apenas seis anos de atuação, a Legião da Boa Vontade alcançou o reconhecimento de Utilidade Pública Federal (leia sobre o assunto na p. 96). Assinaram o histórico decreto no 39.424 o então presidente da República, Juscelino Kubitschek (1902-1976), e o ministro da Justiça, Nereu Ramos (1888-1958).

1957

LAR PARA IDOSOS

1959

PROCLAMAÇÃO DO NOVO MANDAMENTO DE JESUS 7 de setembro — Campinas/SP O saudoso fundador da LBV, Alziro Zarur, realizava essa importante Proclamação, exaltando a Ordem Suprema do Cristo: “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos, se tiverdes o mesmo Amor uns pelos outros” (Evangelho, segundo João, 13:34 e 35). Leia sobre o assunto na p. 262. Dois dias antes desse fato histórico, Zarur fazia a Proclamação do Amor de Deus, no Rio de Janeiro/RJ.

AMPARO A CRIANÇAS 23 de maio — Glorinha/RS Foi inaugurado o Lar da LBV, que, anos mais tarde, Paiva Netto reformaria e ampliaria, preservando a arquitetura original e dando-lhe o nome de Lar e Parque Alziro Zarur, da LBV. Atualmente, é a sede do Centro Comunitário de Assistência Social, onde são assistidas centenas de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade.

A foto histórica (ao lado), tirada em 1965, mostra o primeiro edifício do Lar e Parque, da LBV. No destaque, o mesmo prédio nos dias atuais, que, por determinação de Paiva Netto, foi totalmente reformado e recebeu muitas plantas e muito verde à sua volta. Detalhe: a arquitetura original foi preservada.

320 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Arquivo BV

Leilla Tonin

1960

22 de dezembro — Volta Redonda/RJ Foi inaugurada a unidade de atendimento da Instituição na cidade que seria transformada no Lar Vovó Ássima e Vovô Elias Zarur.


LINHA DO TEMPO (1961-1970)

De 1961 a 1970 LBV lança campanha permanente contra a fome mundial e cria o programa Ronda da Caridade

1961

CONVICÇÃO NO BEM 9 de abril — Rio de Janeiro/RJ Com então 20 anos de idade, Paiva Netto dedicou uma carta ao saudoso fundador da LBV, na qual descreve o compromisso com a causa da Boa Vontade.

PROTAGONISMO INFANTOJUVENIL

Caríssimo Irmão Presidente Alziro Zarur, DEUS ESTÁ PRESENTE! Eu venho dar aqui um testemunho de Fé, na Legião da Boa Vontade, que nos revelou o Novo Mandamento e nos fez conhecer a Verdade libertadora dizendo alto e bom som, no seu programa, que eu, José Simões de Paiva Netto, brasileiro, solteiro, vacinado, Legionário da Boa Vontade, respondendo a todos aqueles que, ironicamente, me perguntam se creio e permaneço e permanecerei na LBV: cri, creio e crerei, permaneci, permaneço e permanecerei sempre, porque amo a minha Pátria, amo aos meus semelhantes. E também creio, como cri e crerei na LBV. Permaneci, permaneço e permanecerei na LBV pelo simples motivo de não poder usar canga*.

Setembro e outubro — Rio de Janeiro/RJ Paiva Netto escreveu a página “Receita de um jovem para os jovens” e propôs ao saudoso Alziro Zarur a criação do Departamento Infantojuvenil da LBV; o VIVA JESUS! fundador da Instituição o nomeou responsável do José de Paiva Netto, Estado da Guanabara, 9 de abril de 1961. setor, publicando o tocante texto no jornal Gazeta *Jugo de madeira que une uma junta de bois para de Notícias, em 15 de outubro do mesmo ano. Foi a o trabalho. partir dessa data que se tornou jornalista profissional, revisor e redator no famoso centenário carioca. No decorrer da década de 1960, passou também a escrever a parte de baixo da prestigiada coluna diária de Alziro Zarur. E isso é ressaltado pelo fundador da LBV na Gazeta de Notícias de 11 de janeiro de 1968, quando ainda exaltou o entusiasmo de Paiva Netto, redator responsável do Jornal da Boa Vontade, em desenvolver o departamento de relações públicas da Organização.

1962

GUERRA MUNDIAL CONTRA A FOME

1969

PROCLAMAÇÃO DO CEU

Arquivo BV

1o de setembro — Rio de Janeiro/RJ Início da Ronda da Caridade, um dos mais antigos programas sociais da LBV (para saber mais sobre o assunto, leia a p. 98).

5 de outubro — Rio de Janeiro/RJ Proclamação do Centro Espiritual Universalista (CEU) da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, feita por Alziro Zarur (saiba mais sobre o assunto na p. 270). BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 321


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

De 1971 a 1980 A pioneira campanha da LBV Esporte é Vida, não violência! ganha a adesão maciça de esportistas e chega a ginásios e estádios de futebol de todo o Brasil

1971

PROCLAMAÇÃO DA MAJESTADE DE JESUS, FEITA POR ALZIRO ZARUR 31 de dezembro — Rio de Janeiro/RJ

1972

PROCLAMAÇÃO DO APOCALIPSE DE JESUS, FEITA POR ALZIRO ZARUR

1973

PROCLAMAÇÃO DA RELIGIÃO DE DEUS, DO CRISTO E DO ESPÍRITO SANTO, FEITA POR ALZIRO ZARUR 7 de outubro — Maringá/PR

Secretário de Alziro Zarur por quase um quarto de século, Paiva Netto sempre esteve ao lado do fundador da LBV. 322 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Fotos: Arquivo BV

1o de outubro — Ribeirão Preto/SP


PROCLAMAÇÃO DA PEDRA FILOSOFAL, FEITA POR ALZIRO ZARUR

1978

INICIATIVA PIONEIRA PELA PAZ NOS ESPORTES

1979

VOLTA DE ALZIRO ZARUR À PÁTRIA ESPIRITUAL

1980

PAIVA NETTO DESENVOLVE, AMPLIA E CONSOLIDA O TRABALHO LEGIONÁRIO

7 de abril — São Paulo/SP

A LBV lançou a campanha Esporte é Vida, não violência! (saiba mais na p. 166).

Em 21 de outubro, com o desencarne do saudoso fundador da Legião da Boa Vontade, Paiva Netto, secretário-geral da LBV, cargo equivalente ao de vice-presidente, assumiu a presidência da Instituição.

12 de abril — Niterói/RJ Criação da Creche e Pré-Escola Alziro Zarur. 8 de junho — Belo Horizonte/MG Inauguração das novas instalações da unidade da LBV. 18 de junho — Recife/PE Visita à unidade da LBV e implantação do Programa de Reforço Alimentar e Orientação Pedagógica. 18 de junho — Paraíba Estabeleceram-se as bases para a instalação da unidade da LBV no Estado da Paraíba.

22 de junho — Gravataí/RS O Lar da Legião da Boa Vontade passou a se chamar Lar e Parque Alziro Zarur, conforme determinação de Paiva Netto.

João Ranolfi

21 de junho — Porto Alegre/RS Criação da Creche e Pré-Escola Alziro Zarur.

21 de julho — Belém/PA Inauguração das novas instalações da unidade da LBV. 23 e 24 de agosto — Goiânia/GO Inauguração das novas instalações da LBV e da Creche Alziro Zarur e criação do Agropaz.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 323

LINHA DO TEMPO (1971-1980)

1973


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

18 e 19 de outubro — Florianópolis/SC Realização de importante reunião administrativa com Legionários da Boa Vontade na creche da LBV. Arquivo BV

1980

20 e 21 de dezembro — São Paulo/SP Inauguração das novas instalações da unidade da LBV na capital paulista e realização do 1o Festival de Músicas Legionárias e do 31o Congresso da Boa Vontade, na Associação Desportiva da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

IMPULSO À COMUNICAÇÃO

Jorge Paulote

João Zuquette

Junho — Rio de Janeiro/RJ Criação e início das atividades da Gráfica da Boa Vontade, no bairro de Bangu.

Equipe de colaboradores da LBV no bairro de Bangu, no Rio de Janeiro/RJ, onde foi instalada a primeira gráfica legionária. Em destaque, o coordenador das atividades à época, o veterano Legionário Edvaldo Santana Pequeno.

5 de outubro — Brasília/DF Lançamento da 6a edição do livro Alziro Zarur — Intelectual e Apóstolo, do escritor Martins Capistrano, no Centro de Convenções.

324 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


LINHA DO TEMPO (1981-1990)

De 1981 a 1990 Contando com o indispensável apoio do povo, Paiva Netto inaugurou, em 1989, o Templo da Boa Vontade, que logo se tornou o monumento mais visitado da capital do Brasil.

13 NOVAS UNIDADES 25 de janeiro — Campo Grande/MS Implantação de unidade administrativa da LBV no Estado do Mato Grosso do Sul. 5 de fevereiro — Cascavel/PR Entrou em funcionamento a nova Creche Alziro Zarur. 27 e 28 de março — Vitória/ES Foi entregue ao público a unidade administrativa da LBV no Estado do Espírito Santo. 17 de abril — São Paulo/SP Inauguração das instalações da unidade administrativa da LBV no Estado de São Paulo em novo endereço. 19 de abril — Araçatuba/SP Inaugurado o novo espaço da LBV na cidade e fundada a Creche Alziro Zarur. 23 de maio — Recife/PE Inauguração da Creche Alziro Zarur.

Edson Martins

1981

23 de maio — João Pessoa/PB Foi entregue unidade administrativa da LBV no Estado da Paraíba. Na oportunidade, foi definido o início das obras para a inauguração da creche da Instituição. 24 de maio — Fortaleza/CE Inauguração da Creche Alziro Zarur. 19 de junho — São Paulo/SP Inauguração das novas instalações do Casarão Assistencial Alziro Zarur. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 325


LINHA DO TEMPO

1981

21 de junho — Piracicaba/SP Foram entregues ao público as novas instalações da Marcenaria da Boa Vontade.

Jamir Fernandes

Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

1o de outubro — Campo Grande/MS Criação da Creche Alziro Zarur. 10 de outubro — Franca/SP Fundação da Creche Alziro Zarur.

Fotos: Haroldo Rocha

10 de outubro — Ribeirão Preto/SP Paiva Netto comandou edição da Festa dos Casais Legionários da Boa Vontade de Deus.

24 de outubro — Rio de Janeiro/RJ Paiva Netto inaugurou a primeira creche da LBV na capital fluminense, localizada na Rua Bolívia, 50, no bairro do Engenho Novo. 4 de dezembro — Porto Velho/RO Criação da unidade administrativa da LBV no Estado de Rondônia.

COMUNICAÇÃO 100% JESUS 9 de outubro — São Paulo/SP Paiva Netto inaugurou estúdio de rádio e visitou a Comunicação da Verdade de Deus (CCVD).

CARIDADE PARA O CORPO E PARA A ALMA 11 e 12 de julho — Brasília/DF Durante o VI Congresso Mundial da Mocidade Legionária e dos Soldadinhos de Deus, da LBV, Paiva Netto lançou publicação especial, contendo a base doutrinária do Centro Espiri326 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


LINHA DO TEMPO (1981-1990)

1981

tual Universalista (CEU) da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo.

Arquivo BV

21 de dezembro — Porto Alegre/RS No 32o Congresso Mundial dos Homens e das Mulheres, dos Jovens, das Crianças e dos Espíritos da Boa Vontade de Deus, na capital gaúcha, Paiva Netto apresentou a Decodificação do Pai-Nosso, em um ginásio repleto de atentos ouvintes. Para o presidente-pregador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, é nessa oração que “Jesus estabelece as bases da Constituição perfeita para homens e povos do plano material e do Plano Espiritual”.

EXPANDINDO A INSTITUIÇÃO

Arquivo BV

1982

1o de janeiro — Cuiabá/MT Criação de unidade administrativa da LBV no Estado do Mato Grosso. 3 de janeiro — Aracaju/SE Criação da unidade administrativa da LBV no Estado de Sergipe. 15 de janeiro — Maceió/AL Criação de unidade administrativa da LBV no Estado de Alagoas. 20 de janeiro — Paranaíba/MS Implantação do Programa de Reforço Alimentar e Orientação Pedagógica. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 327


LINHA DO TEMPO

1982

SEDE CENTRAL PASSA POR REFORMA

Arquivo BV

Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

29 de janeiro — Rio de Janeiro/RJ Inauguração das novas instalações da sede central da LBV, na Av. Rio Branco, 43, Centro.

CRESCE A MÍDIA LEGIONÁRIA 22 e 23 de janeiro — Belo Horizonte/MG Criação do Estúdio da Paz, realização da Cruzada da Comunhão com Deus e lançamento da terceira das Quatro Fases Iniciáticas da notável pregação da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo: Jesus Está Chegando!

Arquivo BV

Gilberto Bertolin

27 de fevereiro — Campinas/SP Lançamento da 1a edição da revista JESUS ESTÁ CHEGANDO!

19 de junho — Brasília/DF Inauguração do estúdio para rádio. 27 de agosto — Florianópolis/SC Criação do estúdio para rádio e realização do 1o Recital de Músicas Clássicas, que apresentou composições de Paiva Netto, no Teatro Álvaro de Carvalho, sob a regência do maestro Hélio Teixeira da Rosa. Setembro — Manaus/AM Início do Programa Boa Vontade na Rádio Difusora de Itacoatiara. 328 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


No dia 23 de outubro daquele ano, durante o 7o Congresso dos Casais Legionários, público (em vista parcial) exibe seus exemplares do Livro de Deus.

MAIS UNIDADES SÃO INAUGURADAS 30 de janeiro — Rio de Janeiro/RJ Inauguração das novas instalações da sede administrativa no Estado do Rio de Janeiro. 27 de fevereiro — Manaus/AM Criação da unidade administrativa da LBV no Estado do Amazonas. 10 de abril — Inhumas/GO Criação da Creche Alziro Zarur. 1o de maio — Niterói/RJ Inauguração das novas instalações da Creche Alziro Zarur. 4 de junho — São Paulo/SP Inauguração das novas instalações da unidade administrativa e da Creche da LBV. Paiva Netto e integrantes da Juventude Ecumênica da Boa Vontade de Deus visitaram o Pátio do Colégio, onde José de Anchieta (1534-1597) e Manoel da Nóbrega

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 329

LINHA DO TEMPO (1981-1990)

Arquivo BV

21 de outubro — Curitiba/PR A obra de Paiva Netto Livro de Deus — A saga de Alziro Zarur foi lançada em praça pública (Largo da Ordem, defronte à Casa Romário Martins), na presença de grande e entusiástica multidão, no 3o ano da volta de Alziro Zarur à Pátria Espiritual. Em 3 de maio de 1978, Paiva Netto prometeu a Zarur reunir o conteúdo doutrinário da LBV e publicá-lo. O saudoso fundador da Legião da Boa Vontade registrou: “Paiva, só um grande amigo poderia realizar um trabalho desta envergadura. Gratíssimo”.

Gilberto Pessoa

1982


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

1982

(1517-1570) lançaram os fundamentos da capital paulista. Na sequência, seguiu em passeata pelas ruas do centro da cidade com os Legionários da Boa Vontade. 25 de junho — Volta Redonda/RJ Inauguração das novas instalações do Lar Vovó Ássima e Vovô Elias Zarur. 24 de julho — Santos/SP Criação de unidade socioeducativa. 7 de setembro — Natal/RN Inauguração da unidade administrativa da LBV no Estado do Rio Grande do Norte. 18 de setembro — Presidente Prudente/SP Inauguração da Creche Alziro Zarur. 22 de outubro — Curitiba/PR Inauguração das novas instalações da Creche Alziro Zarur.

ARTE A SERVIÇO DE DEUS

Haroldo Rocha

17, 18 e 19 de dezembro — Goiânia/GO O dirigente da LBV comandou o 33o Congresso da Boa Vontade, o 14o Congresso do Apocalipse de Jesus e o 3o Festival de Músicas Legionárias e lançou o primeiro Anuário Internacional da Instituição, em 12 idiomas, no Ginásio Rio Vermelho.

Arquivo BV

26 de outubro — Teresina/PI Criação de unidade administrativa da LBV no Estado do Piauí.

330 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


22 de janeiro — Rio de Janeiro/RJ Aquisição dos primeiros equipamentos para montagem dos estúdios de TV da LBV para a produção própria dos seus programas em emissoras de diversos Estados, por meio do Departamento Audiovisual (DAVI). Aquisição de maquinários para a Gráfica da Boa Vontade.

Jorge Paulote

A partir de 1983, Paiva Netto informatizou toda a LBV, pondo a tecnologia a serviço da expansão dos ideais fraternos.

3 de fevereiro — Natal/RN Início do Programa Boa Vontade na Rádio Trairi. 26 de fevereiro — Niterói/RJ Inauguração das novas e ampliadas instalações da Gráfica da Boa Vontade, em prédio próprio. 28 de maio — São Paulo/SP Foi assinado o contrato entre a LBV e a Rede Bandeirantes de Televisão para a transmissão do Programa Boa Vontade (leia sobre o assunto na p. 154). 1o de junho — Brasil Teve início o Programa Boa Vontade, via satélite, para todo o país, pela Rede Bandeirantes de Televisão. 1o de junho — Manaus/AM Na mesma data, a Rádio Jornal A Crítica começa a transmitir também o Programa Boa Vontade.

CRESCE O ATENDIMENTO SOCIAL DA LBV 4 de janeiro — Maceió/AL Inauguração da Creche Alziro Zarur. 5 de janeiro — Rivera, Uruguai Início das atividades da LBV do Uruguai. 3 de fevereiro — Natal/RN Nova Creche Alziro Zarur.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 331

LINHA DO TEMPO (1981-1990)

TECNOLOGIA E SOLIDARIEDADE

Arquivo BV

1983


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

1983

10 de abril — Cuiabá/MT Criação da Creche Alziro Zarur. 12 de abril — Teresina/PI Mais uma Creche Alziro Zarur. 16 de junho — João Pessoa/PB Criação da Creche Alziro Zarur. 20 de julho — Paranaíba/MS Creche Alziro Zarur foi entregue à população.

José do Espírito Santo

Mário Frigéri

31 de março — Salvador/BA Foi realizado o segundo Concerto da LBV de Músicas Clássicas com obras de autoria do compositor Paiva Netto, sob a regência do maestro legionário José do Espírito Santo (1927-2005), no Salão Itapoan do Bahia Othon Palace Hotel. Paiva Netto concedeu entrevista à Rádio Clube e gravou o Programa Boa Vontade para a TV Itapoan, canal 5, atual TV Record Bahia. Certa vez, definiu o ilustre maestro baiano: “A LBV é a Casa dos amigos de Jesus”.

Arquivo BV

MÚSICA PARA O POVO

rto Gilbe

l in rto Be

DIA DA VERDADE 1o de abril — Salvador/BA Dando continuidade ao registro escrito da pregação de Alziro Zarur, Paiva Netto entregou ao público o Livro Jesus, em que discorre sobre a Majestade do Cristo, o Mestre da Paz. Curiosamente, a tarde de autógrafos ocorreu em plena Sexta-Feira Santa, a 1o de abril, na Casa D’Itália, na capital baiana. Ao todo, 258 emissoras de rádio e televisão uniram-se para transmitir em rede o evento para o Brasil e para alguns países da América Latina. No discurso, realizou a Proclamação de Jesus Vivo! — um dos mais importantes e vanguardeiros ideais da Religião do Amor Universal —, ressaltando: “(...) Vimos propor neste dia que esta não seja mais a Sexta-Feira dos sofrimentos do Cristo, da Sua Paixão, isto é, do Seu Drama causado pela miséria e pela ingratidão humanas, 332 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Arquivo BV

mas que seja esta, daqui para a frente, a Sexta-Feira da Paixão de todos por Jesus — o nosso Libertador, e que vivamos apaixonados pelo Cristo, tenhamos paixão por Ele (...)”. Disse ainda que muito mais importante que a crucificação é a ressurreição do Mestre: “Vencendo a morte, Jesus pôde afirmar no Evangelho, segundo João, 16:33: ‘Eu venci o mundo’”. A palavra do jornalista Paiva Netto repercutiu tanto, que ele transcreveu essa tese em artigos publicados em diversos jornais do país. Nessa data, Paiva Netto também lançou o LP Negrada — Jesus, o Grande Libertador! (veja mais na p. 218).

Público superlota o Theatro Municipal do Rio de Janeiro para assistir ao 3o Concerto da LBV de Músicas Clássicas, em 30 de abril, com a apresentação das músicas do LP Negrada — Jesus, o Grande Libertador!, de Paiva Netto.

RELIGIÃO DO AMOR UNIVERSAL 19 de dezembro — Rio de Janeiro/RJ Paiva Netto registrou oficialmente a Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo (saiba mais na p. 266).

1984

CRESCE A AÇÃO SOCIOEDUCACIONAL

Mário Frigéri

23 e 24 de dezembro — Uberlândia/MG Comandou o 1o Congresso Jesus Está Chegando!, o 34o Congresso da Boa Vontade e o 15o Congresso do Apocalipse de Jesus, no Uberlândia Tênis Clube.

22 de fevereiro — Aracaju/SE Criação da Creche José de Paiva Netto. 11 de maio — Araçatuba/SP Inauguração das novas instalações do Núcleo e da Creche José de Paiva Netto. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 333

LINHA DO TEMPO (1981-1990)

1983


LINHA DO TEMPO

1984

Arquivo BV

Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

15 de junho — Assunção, Paraguai Início das atividades da LBV do Paraguai. 28 de julho — São Paulo/SP Teve início na capital paulista o programa Ronda da Caridade, da LBV. 24 de agosto — Campina Grande/PB Início das atividades da unidade socioeducacional da LBV. Setembro — Belém/PA Inauguração das novas instalações da Creche Jesus, da LBV.

Be rto lin

Haroldo Rocha

7 de setembro — São Paulo/SP Foi inaugurada, oficialmente, a sede da LBV na capital paulista, com a participação da Família Legionária e de todos os que representaram a LBV no desfile cívico-militar, à época realizado na Avenida Tiradentes. Paiva Netto comandou o I Congresso da Independência Espiritual e a Assembleia Magna Extraordinária (leia mais na p. 100).

Mario Frigéri

rto be Gil

334 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Momento histórico da inauguração da sede central da LBV, em São Paulo/SP.


21 de outubro — La Paz, Bolívia Início das atividades da LBV da Bolívia. 26 de dezembro — São Paulo/SP Foi adquirido o terreno na Avenida Rudge, 630, Bom Retiro, onde futuramente foi construída a Supercreche Jesus. 31 de dezembro — São Paulo/SP Foram inauguradas as instalações administrativas da sede da Legião da Boa Vontade, na Avenida Rudge, 700, Bom Retiro. Ocasião em que o líder da LBV comandou o 35o Congresso da Boa Vontade, o 16o Congresso do Apocalipse de Jesus e o 2o Congresso Jesus Está Chegando!, que se estenderam até os primeiros minutos do dia 1o de janeiro de 1985, aberto oficialmente como o Ano Jesus, com a invocação do Seu Santo Nome por três vezes.

COMUNICAÇÃO 100% JESUS 15 de março — Brasília/DF Paiva Netto fez a abertura oficial da III Exposição Educativa, Cultural e Assistencial da LBV no Distrito Federal, no Conjunto Nacional. Ali, proferiu importante improviso, que ficou conhecido como “Discurso de Brasília”. Visitou a Creche da LBV. Concedeu entrevistas aos jornais Correio Braziliense e Última Hora. Participou do programa Brasília Urgente, na TV Brasília, respondendo às perguntas do repórter Álvaro Costa. 17 de abril — São Paulo/SP Renovação do contrato com a Rede Bandeirantes de Televisão para a transmissão do Programa Boa Vontade. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 335

LINHA DO TEMPO (1981-1990)

Lourival Soares

22 de setembro — Londrina/PR Foram inauguradas as novas instalações da Creche da LBV em prédio próprio.

Eliézer Almeida

1984


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

1984

LITERATURA DA BOA VONTADE 18 de abril — São Paulo/SP Paiva Netto lançou o livro Jesus, Zarur, Kardec e Roustaing, na Quarta Revelação.

João Lopes

14 de julho — Campinas/SP O dirigente da LBV lançou o primeiro volume da coleção “O Brasil e o Apocalipse”, de sua autoria.

PRIMEIROS PASSOS 5 de outubro — Brasília/DF Paiva Netto assinou, no cartório de Brasília, a escritura definitiva do primeiro terreno onde, 4 anos depois, foi construído o Templo da Boa Vontade. Visitou o lugar com a Família Legionária do Distrito Federal e gravou o Programa Boa Vontade.

1985

LBV NA MÍDIA 28 de fevereiro – Aracaju/SE Em entrevista coletiva, na chegada ao Aeroporto Internacional Santa Maria, Paiva Netto declarou: “Não há seca que seque o povo do Nordeste”. 18 de junho — São Paulo/SP O dr. João Jorge Saad (1919-1999) esteve na sede da LBV, a fim de renovar o contrato entre a LBV e a TV Bandeirantes para transmissão do Programa Boa Vontade.

LOCAIS DE EXCELÊNCIA Fevereiro — Belém/PA Foram inauguradas as novas instalações da Creche Jesus, em sede própria. 336 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


3 de abril — Buenos Aires, Argentina Foi concedido o título de personalidade jurídica à LBV da Argentina.

Arquivo BV

2 de março — Natal/RN Foi entregue à população as novas instalações da unidade administrativa da LBV no Estado do Rio Grande do Norte e da Creche Alziro Zarur. Na ocasião, Paiva Netto realizou importante reunião com o povo presente, em pé, ao ar livre, e foi carinhosamente homenageado pelos Legionários da Boa Vontade pela passagem de seu aniversário. Recebeu, na Câmara Municipal, o Título de Cidadão Honorário Natalense.

24 de maio – Belo Horizonte/MG Inauguração das novas instalações da Creche Alziro Zarur. Na ocasião, Paiva Netto recebeu o título de Cidadão Honorário do Estado de Minas Gerais. 27 de setembro — Nova Friburgo/RJ Foi criada a Creche Alziro Zarur na cidade. A inauguração contou com a presença da cantora Alcione, a querida Marrom. 26 de outubro — Araraquara/SP Criação da Creche da LBV, onde Paiva Netto concedeu entrevista à jornalista Zezé Belini, da Rádio Cultura, e ao repórter Humberto César, da TV Morada do Sol (Bandeirantes). 20 de dezembro — Salvador/BA Foram inauguradas as novas instalações da Creche Alziro Zarur e foi realizado o 5o Concerto da LBV de Músicas Clássicas, no Teatro Castro Alves, com a Orquestra Sinfônica Maestro Wanderley, da Polícia Militar do Estado da Bahia, que apresentou músicas de autoria do compositor Paiva Netto, sob a regência do maestro legionário José do Espírito Santo (1927-2005). No dia seguinte, o dirigente da LBV conduziu o 36o Congresso da Boa Vontade de Deus (foto ao lado, em vista parcial).

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 337

LINHA DO TEMPO (1981-1990)

1o de março — Recife/PE Foram inauguradas as novas instalações da unidade administrativa e da Creche Alziro Zarur.

Haroldo Rocha

1985


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

1985

DESAFIO ÀS MULHERES LEGIONÁRIAS

Élcio Martins

25 de maio — Belo Horizonte/MG Data em que ocorreu o 10o Congresso da Mulher Legionária, no Esporte Clube Ginástico, ocasião em que Paiva Netto lançou a campanha para a construção do Templo da Boa Vontade, com o apoio das Mulheres Legionárias, que aceitaram o desafio.

UTILIDADE PÚBLICA 20 de junho — Montevidéu, Uruguai A LBV foi reconhecida como personalidade jurídica pelo governo desse país. 27 de julho — São Paulo/SP Paiva Netto lançou o 2o volume da coleção “O Brasil e o Apocalipse”, de sua autoria.

1986

SUPERCRECHE JESUS

Eliézer Almeida

Gilberto Bertolin

25 de janeiro — São Paulo/SP O líder da LBV criou e inaugurou a Supercreche Jesus da LBV (veja mais informações na p. 62).

Na inauguração da Supercreche Jesus, em 25 de janeiro de 1986, uma multidão toma conta do local durante o pronunciamento de Paiva Netto.

338 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


27 de maio — Brasília/DF Paiva Netto inaugurou o 1o anexo do Templo da Boa Vontade — Prédio Administrativo da LBV no Distrito Federal —, batizado como Prédio Alziro Zarur. Na data, lançou a Pedra Fundamental do TBV (leia mais sobre o assunto na p. 274).

O povo forma uma grande Corrente Ecumênica de Oração e acompanha atentamente o discurso de lançamento da Pedra Fundamental do TBV, feito por Paiva Netto, que se encontra no centro do terreno, cercado por autoridades e por alguns dos presentes.

REPERCUSSÃO INTERNACIONAL 8 de julho — La Paz, Bolívia Reconhecimento da LBV desse país como personalidade jurídica. Julho — Buenos Aires, Argentina Paiva Netto publicou artigos no jornal Clarín. 30 de outubro — Nova York, EUA Inauguração da LBV dos Estados Unidos da América do Norte. Em 11 de julho do mesmo ano, o dirigente da LBV assinou, no Consulado Geral dos Estados Unidos, os documentos de oficialização da LBV daquele país. 27 de dezembro Primeira apresentação da Orquestra Jovem LBV, criada por Paiva Netto.

O casal legionário Walter e Magdalena Periotto na LBV dos EUA

LITERATURA LEGIONÁRIA Brasília/DF Paiva Netto passou a colaborar como articulista do jornal Correio Braziliense. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 339

LINHA DO TEMPO (1981-1990)

J. A. Parmegiani

PEDRA FUNDAMENTAL DO TBV

Fotos: Arquivo BV

1986


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

1986

Outubro — São Paulo/SP O escritor Paiva Netto lançou o primeiro exemplar da coleção “Bolso de Cima” Canto à Paz, dedicado ao patrono da LBV, São Francisco de Assis.

1987

LITERATURA DA BOA VONTADE 7 de setembro — São Paulo/SP Lançamento do livro Dialética da Boa Vontade — Reflexões e Pensamentos, do escritor Paiva Netto, da coleção “Bolso de Cima”.

Gilberto Bertolin

21 de outubro — São Paulo/SP O dirigente da LBV publicou o livro Religião do Terceiro Milênio, da coleção “Bolso de Cima”.

J. A. Parmegiani

27 de dezembro — Maringá/PR Seguindo a sequência de trabalhos literários, Paiva Netto apresentou ao público o 1o volume da coleção “Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo”.

MÚSICA PARA O POVO 16 de dezembro — São Paulo/SP A Orquestra Jovem LBV, criada por Paiva Netto, apresentou-se no Teatro Cultura Artística, sob a regência do maestro Reinaldo Calegari. 340 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


8 de março — Rio de Janeiro/RJ Paiva Netto recebeu o título de Aluno Eminente do Colégio Pedro II, tradicional centro de ensino carioca, e foi homenageado com placa de bronze, com sua assinatura, naquele Colégio-Padrão, no Campo de São Cristóvão (leia mais na p. 80).

CONDECORAÇÃO 20 de abril — Brasília/DF Paiva Netto foi condecorado com a Comenda da Ordem do Rio Branco, no Palácio do Itamaraty.

LANÇAMENTOS LITERÁRIOS DE PAIVA NETTO Fevereiro — São Paulo/SP Regeneration — Aspects of the New Social Vision of the World (Regeneração — Aspectos da Nova Visão Social do Mundo), pela Agência Sem Fronteiras. 7 de setembro — São Paulo/SP Livro Epístola Constitucional do Terceiro Milênio, título da coleção “Bolso de Cima”. 21 de outubro — Curitiba/PR A Bíblia para o Povo. São Paulo/SP Livro A Nova Abolição, da coleção “Bolso de Cima”. Trabalho literário Natal, Fim dos Tempos e a Volta de Jesus.

VISITA A DONA CANÔ 21 de dezembro — Salvador/BA O dirigente da LBV vistoriou a unidade da LBV na capital baiana e viajou até Santo Amaro da Purificação/BA para visitar dona Canô Velloso (1907-2012), grande amiga da Instituição, atendendo a um convite dela (leia mais na p. 136). BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 341

LINHA DO TEMPO (1981-1990)

ALUNO EMINENTE

Reprodução BV

1988


LINHA DO TEMPO

1989

Arquivo BV

Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

LBV DO EXTERIOR 2 de março — Porto, Portugal Criação e início das atividades da LBV de Portugal.

LITERATURA DA BOA VONTADE São Paulo/SP Obras do escritor Paiva Netto, da coleção “Bolso de Cima”: • A Verdadeira Educação começa em Jesus. • Mãezinha, deixe-me viver! 4 de março — São Paulo/SP Livro O Sentido da Paixão no final dos tempos.

HOMENAGEM

Fotos: Pedro Rúbio

6 de setembro — São Paulo/SP Inaugurada no pátio da sede da Legião da Boa Vontade (Av. Rudge, 700, Bom Retiro) a estátua em homenagem ao fundador da LBV, Alziro Zarur.

FUNDAÇÃO DO TBV 21 de outubro — Brasília/DF Paiva Netto inaugurou o Templo da Boa Vontade, numa histórica Festa Espiritual. O evento 342 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Pedro Rúbio

no

Car los Mo r

e

contou com a presença de milhares de pessoas e de inúmeras autoridades brasileiras e estrangeiras (relembre esse fato na p. 274).

30 de dezembro — Brasília/DF O dirigente da LBV comandou o 7o Congresso Jesus Está Chegando! e o 21o do Apocalipse de Jesus. Fez o lançamento do 2o Ano Jesus (1990) e a Proclamação do Cristo Ecumênico, o Divino Estadista. Esse evento também foi considerado o 1o Congresso do Cristo Estadista (saiba mais na p. 279). Lançou o livro da coleção “Bolso de Cima” Cartilha de Reeducação Espiritual Iniciática Apocalíptica (CREIA).

1990

Pedro Rúbio

PROCLAMAÇÃO DO CRISTO ECUMÊNICO, O DIVINO ESTADISTA

INAUGURAÇÕES 10 de março — São Paulo/SP Foi entregue o prédio próprio da unidade administrativa da LBV no Estado de São Paulo, na Rua Sérgio Tomás, 740, Bom Retiro. Atualmente o edifício abriga a sede central da LBV. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 343

LINHA DO TEMPO (1981-1990)

1989


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

21 de outubro — Brasília/DF No primeiro aniversário do TBV, ocorreu a inauguração da Sala do Silêncio (futura Sala Egípcia), do Memorial Alziro Zarur (foto) e do trecho do Poema do Deus Divino, de Alziro Zarur, numa das paredes do Salão Nobre do Templo da Boa Vontade.

ENCONTROS FRATERNOS 14 de abril — Salvador/BA Paiva Netto visitou o cardeal arcebispo primaz do Brasil, dom Lucas Moreira Neves (1925-2002).

Arquivo BV

João Lopes

1990

27 de agosto — Salvador/BA O líder da LBV encontrou-se com diversos amigos espiritualistas, entre eles a sua fraterníssima amiga Irmã Dulce (1914-1992). Vale destacar que, em outubro de 2019, a Irmã Dulce tornou-se santa católica, ao ser canonizada pelo papa Francisco.

LITERATURA DA BOA VONTADE 6 e 7 de julho — São Paulo/SP O escritor Paiva Netto lançou o Tratado Universal sobre a Dor, da coleção “Bolso de Cima”, por ocasião do 15o Congresso do Jovem de Boa Vontade. A obra foi originária de um artigo dele publicado em 25/3/1990, na Folha de S.Paulo. 29 de dezembro — São Paulo/SP Lançou os livros Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo (2 o volume), a Bíblia para o Povo em russo (1o volume) e as Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo em esperanto (1 o volume).

344 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


MOBILIZAÇÃO 30 de janeiro — São Paulo/SP Foi inaugurada a Sala Nair Torres, destinada a atividades voluntárias na LBV, uma homenagem a essa saudosa Irmã, exemplo de coragem e trabalho na Instituição.

Cida Linares

Grandes mobilizações populares em favor da Vida e da Paz marcam os dez anos finais do milênio

ROTEIRO MISSIONÁRIO 15 de julho a 3 de setembro — Europa Paiva Netto realizou viagem para levar a mensagem solidária da Organização por vários países europeus, a exemplo de Portugal, Espanha, França, Áustria, Alemanha, Suíça e Itália.

ESCRITOR EM ALTA São Paulo/SP e Rio de Janeiro/RJ Paiva Netto publicou uma série de obras literárias. Em 7 de setembro, entregou ao público o 3o volume das Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo. No dia 12 de novembro, ocorreu concorrida noite de autógrafos dos títulos Ao Coração de Deus — Coletânea Ecumênica de Orações e O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração, em São Paulo/SP. No mês seguinte, em 17 de dezembro, houve prestigiada sessão de autógrafos na cidade do Rio de Janeiro/RJ. Na ocasião, o escritor concedeu entrevista à TV Bandeirantes. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 345

LINHA DO TEMPO (1981-1990)

De 1991 a 2000


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

1991

PEDRA FUNDAMENTAL

1992

INTERCÂMBIO ESPIRITUAL 6 de janeiro de 1992 Início da Revolução Mundial dos Espíritos de Luz (veja mais na p. 268).

Francisco Periotto

João Preda

21 de outubro — Brasília/DF Cerimônia de lançamento da Pedra Fundamental do Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica.

Em 20 de maio de 1992, levando os ideais ecumênicos da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo pelo mundo, Paiva Netto sentiu forte presença espiritual. Imediatamente, solicitou ao seu assessor, Francisco Periotto, que o fotografasse. O resultado emocionante atesta as palavras do Amigo Espiritual Flexa Dourada: “Irmão de Paiva, essa Luz sempre o acompanha”.

ROTEIRO MISSIONÁRIO 23 de abril — Europa Paiva Netto iniciou o 2o roteiro de expansão da mensagem fraterna da LBV pela Europa. 29 de novembro a 15 de dezembro — América do Sul Igual compromisso foi assumido pelo líder da Instituição em viagens às cidades de Montevidéu, no Uruguai, e Buenos Aires, na Argentina. 346 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


1o de setembro — São Paulo/SP Teve início a Super Rede Boa Vontade de Rádio, formada por várias emissoras com programação 24 horas por dia (leia na p. 143).

João Lopes

Leila Marco

Outubro de 1990 a fevereiro de 1992 Nesse período, o presidente-pregador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, José de Paiva Netto, realizou a série radiofônica O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração. Constituída de 449 programas, a série é o resultado de palestras feitas de improviso, pela Super Rede Boa Vontade de Comunicação, acerca do último livro da Bíblia Sagrada. A partir de outubro de 2007, a revista JESUS ESTÁ CHEGANDO!, edição 98, passou a publicar, em capítulos, essa histórica série, enriquecida por notas e comentários atualizados do autor.

Com o tema “Jesus, Cura o Brasil e Liberta o Mundo!”, no dia 26 de dezembro de 1992, realizou-se no Maracanãzinho, Rio de Janeiro/RJ, o 10o Congresso Jesus Está Chegando!. Como noticiou à época a Rede Globo de Televisão, milhares de pessoas lotaram o ginásio e acompanharam a Corrente Ecumênica de Prece, comandada por Paiva Netto. Várias autoridades religiosas e artistas integraram também essa iniciativa de Paz e Fé Realizante.

MENSAGEM ECUMÊNICA 26 de dezembro — Rio de Janeiro/RJ O líder da LBV comandou o Congresso dos Homens e Mulheres, Jovens, Crianças e Espíritos da Boa Vontade de Deus, com a realização da Corrente Ecumênica de Orações “O Amor de Deus é o Melhor Remédio”, no Ginásio do Maracanãzinho. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 347

LINHA DO TEMPO (1991-2000)

MÍDIA LEGIONÁRIA

Alziro Genari

1992


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

1993

ROTEIRO MISSIONÁRIO 29 de janeiro a 4 de fevereiro — Nova York, EUA O líder da LBV fez viagem de expansão dos ideais fraternos da Instituição à cidade nova-iorquina. 19 de março — Porto, Portugal Com o mesmo propósito, viajou à cidade portuguesa.

SAGRADA PIRA DA FRATERNIDADE ECUMÊNICA

Leila Marco

9 de abril — Brasília/DF Crianças da LBV, representando o diretor-presidente da Legião da Boa Vontade, acenderam a Sagrada Pira da Fraternidade Ecumênica, diante do Templo da Boa Vontade, em uma Sexta-Feira Santa. O evento foi um dos marcos da construção do ParlaMundi da LBV. A Sagrada Pira simboliza a chama da Solidariedade, que não deve jamais se apagar nos corações humanos.

348 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

André Fernandes

5 de abril — Lisboa, Portugal Dias depois, visitou Lisboa, capital portuguesa, com diversos administradores da LBV, onde escreveu a página “Portugal é uma Paixão”.


MENSAGEM ECUMÊNICA 15 de maio — Assunção, Paraguai 18o Congresso das Mulheres Legionárias.

ROTEIRO MISSIONÁRIO 19 de maio — Porto, Portugal Paiva Netto participou, a convite do cônsul do Brasil, dr. Paulo Roberto Palm, de um almoço, acompanhado de administradores da LBV. Além do cônsul, estavam presentes o dr. Cícero Silva e as esposas de ambos. 3 de julho — Porto, Portugal Foram inauguradas as novas instalações da sede da LBV de Portugal. 9 a 12 de julho — Roma, Itália O dirigente da LBV realizou viagem de expansão dos ideais fraternos da Instituição.

Arquivo BV

17 de dezembro — Salvador/BA Paiva Netto visitou dona Dulcinha (1915-2006), irmã da Irmã Dulce (1914-1992), e o car­ deal dom Lucas Moreira Neves (1925-2002).

CRESCE O ATENDIMENTO 7 de setembro — São Paulo/SP Foi inaugurado o Centro Comunitário e Educacional dr. Osmar Carvalho e Silva e realizado o 10o Congresso da Independência Espiritual. Dr. Osmar Carvalho e Silva

LBV NA ONU 10 de janeiro — Nova York, EUA A LBV associou-se ao então Departamento de Informação Pública (DPI) da Organização das Nações Unidas (ONU), atual Departamento de Comunicação Global (DCG) desse órgão (leia mais sobre o assunto na p. 182).

PROTAGONISMO FEMININO 29 de janeiro — Brasília/DF Inauguração da Sala Nair Torres, no Templo da Boa Vontade. Por ser exemplo de dedicação à Seara da Boa Vontade, esta corajosa e batalhadora Legionária foi homenageada pelo dirigente da LBV, que deu o seu nome ao espaço onde são desenvolvidas voluntariamente variadas atividades. A primeira dessas salas foi aberta ao público em 30 de janeiro de 1991, na capital paulista.

Arquivo BV

1994

Nair Torres

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 349

LINHA DO TEMPO (1991-2000)

1993


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

ROTEIRO MISSIONÁRIO 2 de abril — Roma, Itália O líder da LBV realizou prece especial com um grupo de Legionários de Portugal e do Brasil nas ruínas de Roma, pedindo as bênçãos de Deus para que a mensagem do Cristo Ecumênico — simbolicamente levada naquele momento pelo forte vento que marcava o dia — alcance todo o mundo.

19 de abril — Lisboa, Portugal Paiva Netto foi recebido pelo então embaixador do Brasil em Portugal, dr. José Aparecido de Oliveira (1929-2007), na Chancelaria.

Mário Bosso

Arquivo BV

1994

6 de julho — Rio de Janeiro/RJ Teve início a construção do Centro Educacional da LBV, na capital fluminense, com a presença de artistas, personalidades e Legionários da Boa Vontade.

ENCONTRO CORDIAL 22 de julho — Salvador/BA Paiva Netto visitou dom Lucas Moreira Neves (1925-2002) e presenteou-o com um terço que trouxe de Roma. Na mesma data, concedeu entrevista à TV Bahia, afiliada da Rede Globo de Televisão. 350 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Jacinto Sousa

NOVA ESCOLA NO RJ


25 de dezembro — Brasília/DF Exatamente à zero hora, no momento de maior elevação do Natal de Jesus, Paiva Netto inaugurou o Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica, o ParlaMundi da LBV, com mais de 100 mil pessoas superlotando a Praça Alziro Zarur e arredores (saiba mais sobre a fundação do monumento na p. 290).

NOVAS FRENTES DE AÇÃO SOLIDÁRIA 31 de janeiro — São Paulo/SP Criação da Fundação José de Paiva Netto.

COMUNICAÇÃO 100% JESUS 31 de janeiro — São Paulo/SP Na Super Rede Boa Vontade de Rádio, o líder da Instituição leu o seu documento “Nosso Referencial: Jesus!”. Fevereiro Super Rede Boa Vontade é a primeira rede de rádio a iniciar suas transmissões via satélite digital.

João Preda

1995

Armando Kitamura

INAUGURAÇÃO DO PARLAMUNDI DA LBV

25 de março — Brasília/DF Em cima de um caminhão, Paiva Netto lançou a Operação Jesus, com o objetivo de expandir a Comunicação da Boa Vontade (mais informações na p. 155). BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 351

LINHA DO TEMPO (1991-2000)

Arquivo BV

1994


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

1995

5 de maio — Brasília/DF Foi inaugurada a transmissão da programação da Super Rede Boa Vontade de Rádio na Rádio Brasília (AM 1210 kHz). 22 de maio — Montes Claros/MG Dando continuidade ao trabalho de expansão da Comunicação 100% Jesus, a Super Rede Boa Vontade de Rádio ganhou mais uma emissora: a Super Rádio Sociedade Norte de Minas (AM 550 kHz). 20 de junho — Santo Antônio do Descoberto/GO Teve início a transmissão da programação da Super Rede Boa Vontade de Rádio na FM 88,9 MHz. 15 de novembro — Salvador/BA Início da transmissão da programação da Super Rede Boa Vontade de Rádio na Super Rádio Cristal (AM 1350 kHz).

O dirigente da LBV apresenta detalhes da Sala Egípcia do TBV durante a inauguração. À esquerda, o então embaixador do Egito Mohamed Ahmed Abdel-Wahab, que destacou: “O Templo da Boa Vontade é a maior construção piramidal do século 20”. Acima, vista parcial da Sala e de afrescos que reproduzem (a partir da direita) a grande esfinge de Gizé com as três pirâmides (Quéops, Quéfren e Miquerinos), o deus Hórus (com a cabeça de falcão), o olho de Hórus e, ainda, o busto de Nefertite.

TBV 20 de outubro — Brasília/DF O líder da LBV inaugurou a Sala Egípcia no Templo da Boa Vontade. 352 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Cida Linares

Cida Linares

25 de dezembro — Rio de Janeiro/RJ Inauguração da Super Rádio Brasil (AM 940 kHz), que passou a integrar a Super Rede Boa Vontade de Rádio.


ÊNFASE À EDUCAÇÃO 1o de fevereiro — São Paulo/SP O dirigente da Legião da Boa Vontade comandou a cerimônia de início do ano letivo do Instituto de Educação José de Paiva Netto nas suas novas instalações, no número 700 da Avenida Rudge.

ENCONTRO CORDIAL 16 de dezembro — Salvador/BA O líder da LBV encontrou-se com o saudoso cardeal dom Lucas Moreira Neves (19252002).

Fotos: Clayton Ferreira

1996

TEMPLO DA BOA VONTADE 16 de fevereiro — Brasília/DF Inauguração da bela escultura de Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista, na Fonte do Templo da Boa Vontade. Feita de bronze, a obra de arte francesa, do século 18, revela um sinal da devoção de milhares de peregrinos que fazem suas súplicas ao Médico Celeste. Na imagem, pode-se observar no pé esquerdo um polimento mais acentuado em virtude do gesto comum de beijar os pés da estátua, em reverência ao Cristo de Deus. Feita a instalação da obra, Paiva Netto proferiu, sob a mão estendida do Divino Mestre, a primeira oração, simbolizando um batismo espiritual, após pessoalmente aguardar, pela madrugada, a colocação da base, inicialmente de madeira e, posteriormente, a definitiva feita de mármore, que sustenta a escultura. Nesse ato, o dirigente da LBV exemplificou o profundo respeito que devemos ter com Jesus. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 353

LINHA DO TEMPO (1991-2000)

1995


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

1996

COMUNICAÇÃO 100% JESUS 4 de março — Esteio/RS Inauguração da transmissão da Super Rede Boa Vontade de Rádio em ondas curtas de 25, 31 e 49 m, da RGS de Porto Alegre/RS.

ARTE A SERVIÇO DE DEUS

40 ANOS DE TRABALHO NA LBV 29 de junho — Glorinha/RS Paiva Netto fez o pré-lançamento do 3o volume da coleção “O Brasil e o Apocalipse”, de sua autoria. Nessa mesma data, comemorou seus 40 anos de trabalho na LBV, numa grande festa, com a realização da 1a Tradisul, que contou com a participação de milhares de Legionários e simpatizantes da LBV, do Brasil e do exterior.

354 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Leila Marco

João Preda

15 de maio — Buenos Aires, Argentina O diretor-presidente da LBV escreveu o poema Ao Cristo, com decisão!, na Praça San Martín, num momento desafiador de sua vida.

AO CRISTO, COM DECISÃO! Paiva Netto A vida passa E a dor sem graça Fere o coração. Mas a Fé aquece A Alma que padece E aponta o caminho Da Redenção. E o Espírito porfia, Porque confia No Salvador. E com força marcha Com devoção avança E o Cristo alcança Com decisão!


School Picture

15 de janeiro — Rio de Janeiro/RJ Teve início na Legião da Boa Vontade o programa Telecurso 2000, em parceria com a Fundação Roberto Marinho e a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). O contrato foi assinado na sede da Fundação Roberto Marinho, na capital fluminense, pelo presidente da Fundação, dr. José Roberto Marinho (C); pelo diretor-presidente da LBV, José de Paiva Netto; e pelo então assessor da presidência da Fiesp, Hugo Barreto (E).

19 de agosto — São Paulo/SP Foram inaugurados, no Instituto de Educação da LBV, na capital paulista, os laboratórios de ciências e de informática.

EVENTO INTERNACIONAL NO PARLAMUNDI DA LBV 7 a 14 de dezembro — Brasília/DF Realização do 1o Fórum Mundial de Ufologia, no ParlaMundi da LBV, reunindo conferencistas de todo o mundo. O evento foi o maior do gênero. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 355

LINHA DO TEMPO (1991-2000)

Selmy Yassuda

ÊNFASE À EDUCAÇÃO

J. A. Parmegiani

1997


LINHA DO TEMPO

1997

COMUNICAÇÃO 100% JESUS 5 de fevereiro — São Paulo/SP Foram anunciados ao vivo na Super Rede Boa Vontade os 50 quilowatts de potência da Super Rádio Cristal, de Salvador/BA.

Divulgação

Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

4 de junho — Brasília/DF Paiva Netto apresentou, ao vivo, na Super Rede Boa Vontade de Rádio, a primeira parte da página "Administrar sob a proteção de Deus". 31 de dezembro — Buenos Aires, Argentina Paiva Netto gravou programa especial da série “Reunião no Lar”, veiculada na Super Rede Boa Vontade de Rádio.

1998

ROTEIRO MISSIONÁRIO 2 e 3 de janeiro — Buenos Aires, Argentina Paiva Netto cumpriu agenda de importantes reuniões administrativas e gravações de mensagens ecumênicas.

COMUNICAÇÃO 100% JESUS 20 de janeiro — Porto Alegre/RS Inauguração da Rádio AM 1.300 kHz de Porto Alegre, que passou a integrar a Super Rede Boa Vontade de Rádio.

9 a 13 de outubro — Salvador/BA O líder da Instituição gravou programas para a antiga TV Manchete e a TV Bandeirantes, realizou reunião na Super Rádio Cristal e visitou as Obras Sociais Irmã Dulce.

LITERATURA DA BOA VONTADE São Paulo/SP Lançamento do livro As Profecias sem Mistério, do escritor Paiva Netto. No ano seguinte, foi um dos títulos mais vendidos, segundo o ranking da revista Veja. Foi também sucesso de vendas na 12a Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, em 2005. Neste seu relançamento, teve a 55a edição esgotada em apenas quatro dias de evento.

356 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


25 de abril — Sambódromo do Anhembi, São Paulo/SP O Coral Ecumênico Infantojuvenil Boa Vontade, composto por cerca de 200 jovens e crianças atendidos pela LBV, emocionou o público ao abrir o primeiro espetáculo Brasil 500 Anos, da Rede Globo de Televisão. Com transmissão ao vivo para todo o país, o evento foi uma realização do Núcleo J. B. de Oliveira (Boninho), com direção de Roberto Talma (1949-2015) e apresentação de Maurício Kubrusly.

CAMPANHAS 5 de maio — São Paulo/SP O diretor-presidente da LBV, José de Paiva Netto, reuniu-se com o dr. João Jorge Saad (1919-1999), na TV Bandeirantes, para tratar da parceria entre a LBV e a Band na campanha SOS Nordeste (leia mais sobre essa cooperação de sucesso na p. 122).

1999

MÚSICA LEGIONÁRIA 4 de fevereiro — Glorinha/RS Paiva Netto compôs a letra e a música Prece para ter Tranquilidade.

LBV NA ONU 8 de junho — Nova York, EUA O Conselho Econômico e Social das Nações Unidas (Ecosoc) concedeu à LBV status consultivo geral, grau máximo de participação de uma entidade civil nesse organismo internacional, algo inédito para uma organização da sociedade brasileira (mais informações sobre o trabalho da LBV na ONU na p. 182).

EDUCAÇÃO 22 de outubro — Brasília/DF Seminário da Pedagogia do Cidadão Ecumênico.

LITERATURA DA BOA VONTADE São Paulo/SP Lançamento do livro Somos todos Profetas, do escritor Paiva Netto, um dos volumes da coleção “O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração”, atualmente com mais de 3 milhões de livros vendidos. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 357

LINHA DO TEMPO (1991-2000)

BRASIL 500 ANOS

J. A. Parmegiani

1998


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

LITERATURA DA BOA VONTADE 22 de janeiro — São Paulo/SP O jornalista e escritor Paiva Netto tornou-se articulista da antiga revista Manchete, da Editora Bloch. Três meses depois, por ocasião das comemorações dos 500 anos de Descobrimento das Terras de Vera Cruz (em 22 de abril), publicou histórica página na edição 2.505 da famosa publicação. Intitulado “A elite do Brasil é o seu povo”, o texto reúne extratos de importantes palestras proferidas pelo autor na década de 1980, no qual reconstrói a cena social de quando tinha 13 anos de idade e, pelo olhar dele jovem, narra o que significou para os brasileiros a perda do presidente Getúlio Vargas (24 de agosto de 1954). Mesmo adolescente e diante da comoção que observava nas ruas do Rio de Janeiro/RJ, então capital federal, sem titubear, O saudoso presidente Vargas, com a filha Alzira Vargas do Amaral Peixoto, que, certa exclamou: “Por mais cruel que seja o sofrimenvez, enaltecendo o trabalho da LBV, afirmou: to, a vida continua!... Por mais que seja um ho“Paiva Netto está fazendo o que Getúlio mem, não é maior do que sua pátria. Tudo pasVargas também desejou: que cada brasileiro se emancipasse”. sa. Mas o povo permanece”.

Reprodução BV

2000

São Paulo/SP Lançamento do livro Apocalipse sem Medo (Editora Elevação), um dos títulos da coleção “O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração”, atualmente com mais de 3 milhões de exemplares vendidos.

Jo ão Pre da

Fernando Franco

23 de dezembro — Belo Horizonte/MG Paiva Netto publicou Crônicas e Entrevistas, que teve sua edição esgotada em apenas 6 horas, durante o Congresso Viva Jesus!, comandado por ele, no Ginásio de Esportes Mineirinho, superlotado, em vista parcial, abaixo.

358 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


LBV NA ONU 5 de abril — Nova York, EUA O Coral Ecumênico Boa Vontade apresentou-se na sede das Nações Unidas em Nova York, Estados Unidos (veja outras informações na p. 222).

Abril — Nova York, EUA Lançamento da revista Paz para o Milênio na sede das Nações Unidas, por ocasião da Cúpula da Paz Mundial. A LBV foi convidada pela ONU para indicar os nomes da delegação brasileira no evento.

Novembro — Viena, Áustria Lançamento da revista Sociedade Solidária, que traz em destaque o artigo intitulado “É urgente reeducar”, de autoria de Paiva Netto. A publicação foi encaminhada à ONU, em diversos idiomas.

COMUNICAÇÃO 100% JESUS 26 de junho — Glorinha/RS Às 17h15, iniciou-se a transmissão via satélite diretamente do gabinete do diretor-presidente da LBV em Glorinha/RS para a TV.

EVENTOS Setembro — Rio de Janeiro/RJ Entrega das novas instalações da unidade administrativa da LBV, localizada na Avenida Marechal Floriano, 114, Centro.

18 a 21 de outubro — Brasília/DF Realização do 1o Fórum Mundial Espírito e Ciência, da LBV, com conferencistas de todo o mundo. Ciência e Fé na trilha do equilíbrio, publicação do educador Paiva Netto traduzida para diversos idiomas, foi um dos pontos altos do evento. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 359

LINHA DO TEMPO (1991-2000)

Adrianan Jason

2000


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

De 2001 a 2010 O reconhecimento internacional da LBV como Instituição que educa com Espiritualidade Ecumênica.

2001

FÓRUNS E CONGRESSOS 8 de maio — Assunção, Paraguai “A Pedagogia do Cidadão Ecumênico” foi tema do 1o Seminário Internacional de Educação, da LBV. 26 de junho — Montevidéu, Uruguai 2o Seminário Internacional tratou do tema “A Pedagogia do Cidadão Ecumênico”. 27 e 28 de outubro — Brasília/DF Encontro das Duas Humanidades, a do Céu e a da Terra, na comemoração do 12o aniversário do Templo da Boa Vontade (21 de outubro), com a presença da Equipe Espiritual da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, sob a coordenação do Irmão Bezerra de Menezes.

LITERATURA DA BOA VONTADE Maio — Rio de Janeiro/RJ Lançamento dos livros Sabedoria de Vida e Cidadania do Espírito, do escritor Paiva Netto.

2002

LITERATURA DA BOA VONTADE São Paulo/SP Nova edição do livro Como Vencer o Sofrimento (1990), do escritor Paiva Netto, foi entregue ao público. 28 de junho — São Paulo/SP O dirigente da Legião da Boa Vontade fez o lançamento do título Reflexões da Alma, durante o 28o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus.

EDUCAÇÃO 4 de outubro — São Paulo/SP Foi criada a Associação Educacional Boa Vontade. 360 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


MÍDIA DA BOA VONTADE

2003

FÓRUNS E CONGRESSOS 28 de junho — São Paulo/SP Ocorreu o 28º Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, no Instituto de Educação da LBV, sob o tema “Religião na Vida do Jovem”, sob o comando do Irmão Paiva.

João Preda

1o de dezembro — Rio de Janeiro/RJ Lançamento do ÍMPAR (Informativo Mensal Pensante, Atuante e Realizante), produzido pela Juventude Legionária.

MÍDIA DA BOA VONTADE 20 de agosto — Sertãozinho/SP Inauguração da Super Rádio AM 550 kHz, que passou a integrar a Super Rede Boa Vontade de Rádio, da LBV. 21 de setembro — São José dos Campos/SP Criação da Rede Mundial de Televisão, canal 11 VHF, em evento que reuniu autoridades e Legionários da Boa Vontade de Deus. 23 de outubro — Brasília/DF Paiva Netto apresentou a mensagem “Questão de Vida ou de Morte?” aos participantes do congresso preparatório da Segunda Sessão Plenária do Fórum Mundial Espírito e Ciência (FMEC), da LBV, realizado no Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica.

2004

LBV NA ONU 10 e 11 de março — Brasília/DF 1o Fórum Intersetorial, com o suporte do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas, sob o tema “Seminário América Latina–África: Promovendo a erradicação da pobreza nos países menos desenvolvidos”. 28 a 30 de junho — Nova York, EUA Participação da LBV na Reunião de Alto Nível do Conselho Econômico e Social (Ecosoc), da ONU, na qual apresentou recomendações sobre o tema “Seminário América Latina–África: Promovendo a erradicação da pobreza nos países menos desenvolvidos” a chefes de Estado, Alto Comissariado e ministros dos países membros do organismo internacional. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 361

LINHA DO TEMPO (2001-2010)

2002


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

BRAZILIAN DAY 5 de setembro — Nova York, EUA Realização da 1a edição da Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica nos Estados Unidos, a convite dos organizadores do Brazilian Day Festival in New York.

FÓRUNS E CONGRESSOS 6 de março — Brasil e exterior 1o Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV, sob o comando de Paiva Netto, que, na oportunidade, transmitiu mensagem fraterna e ecumênica, pela Super Rede Boa Vontade de Rádio, do Conjunto Educacional Boa Vontade, na capital paulista, aos participantes do evento nas unidades da LBV no Brasil e no exterior e aos ouvintes em geral. Tema: “Educação com Espiritualidade Ecumênica para a Paz”.

Fotos: Arquivo BV

2004

João Preda

3 de julho — Goiânia/GO 29o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, sob o comando do diretor-presidente da LBV, no Ginásio de Esportes Campinas (abaixo, visto parcialmente, superlotado), com o tema “Ação Jovem LBV e o Poder da Comunicação”.

BV ivo Arqu

362 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


20 a 23 de outubro — Brasília/DF Segunda Sessão Plenária do Fórum Mundial Espírito e Ciência, da LBV. Na oportunidade, foi lançada a revista especial do evento (editada em português, espanhol e inglês). 18 de dezembro — Maringá/PR 55o Congresso dos Homens e Mulheres, Jovens, Crianças e Espíritos da Boa Vontade de Deus, no Ginásio Chico Neto lotado, como se vê abaixo, em vista parcial, sob o comando do Irmão Paiva.

2005

LBV NA ONU Março e abril — Rio de Janeiro/RJ; Brasília/DF; São Paulo/SP; e Buenos Aires, Argentina 2o Fórum Intersetorial Rede Sociedade Solidária, com o tema “Alcançando as Metas de Desenvolvimento do Milênio: progresso feito, desafios e oportunidades”. Na ocasião, a LBV criou e apresentou a Rede Sociedade Solidária. 29 de junho a 1o de julho — Nova York, EUA Representantes da LBV apresentaram documento com as recomendações da Instituição durante Reunião de Alto Nível do Conselho Econômico e Social (Ecosoc), da ONU, sobre o tema “Desafios atuais na promoção de emprego e desenvolvimento sustentável”. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 363

LINHA DO TEMPO (2001-2010)

21 de outubro — Brasília/DF Ocorreu a Segunda Sessão Plenária do Fórum Internacional de Educação, no ParlaMundi da LBV.

Fotos: Arquivo BV

2004


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

2005

BRAZILIAN DAY 4 de setembro — Nova York, EUA Realização da 2a edição da Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica nos Estados Unidos, no 21o Brazilian Day Festival in New York.

JORNALISMO SOLIDÁRIO

FÓRUNS E CONGRESSOS 5 de março — Brasil e exterior 2o Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV, sob o tema “Todos Marchando com a Paz”.

Arquivo BV

7 de setembro — Assunção, Paraguai O dirigente da LBV tornou-se articulista do jornal ABC Color.

Daniel Trevisan

João Periotto

25 de junho — Uberlândia/MG 30o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, sob o comando do diretor-presidente da LBV, no Centro de Convenções Uberlândia.

364 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Daniel Trevisan

João Periotto

22 de outubro — Brasília/DF Encontro das Duas Humanidades, a do Céu e a da Terra, na comemoração do 16o aniversário do Templo da Boa Vontade, sob o comando do Irmão Paiva. Na oportunidade, foi lançada a revista BOA VONTADE Ecumenismo, em homenagem à data.

2006

EDUCAÇÃO

Fotos: Arquivo BV

20 de fevereiro — São Paulo/SP Inauguração de mais um espaço de educação e lazer: a quadra coberta da Supercreche Jesus.

FÓRUNS E CONGRESSOS 4 de março — Brasil e exterior 3o Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV, sob o tema “O caminho da LBV é a Paz”. 23 a 26 de março — Nova Iguaçu/RJ A LBV participou do Fórum Mundial de Educação (FME). 7 de maio — Rio de Janeiro/RJ Realização do Fórum Internacional Permanente Jesus: Scientia ad Deum, pela LBV, no Colégio Pedro II. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 365

LINHA DO TEMPO (2001-2010)

2005


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

2006

André Fernandes

2 de setembro — Florianópolis/SC Realização do Fórum Internacional Permanente Jesus: Scientia ad Deum no 1o Festival Mundial da Paz, promovido pela Universidade Internacional da Paz (Unipaz). O evento ocorreu na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

366 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Arquivo BV

André Fernandes

Gustavo Oliveira

15 de julho — São Paulo/SP Lançamento do ensaio literário Evangelho do Sexo, de autoria do Irmão Paiva, nas festividades dos 50 anos de trabalho dele na LBV, durante a realização do 31o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, no Ginásio da Portuguesa.

Suelí Periotto, dr. Carlos Alberto Tinoco, Juliano Carvalho Bento, reverendo Elias de Andrade Pinto e Daniel Guimarães, que direcionaram os debates acerca do tema “Jesus, muito além das fronteiras científicas e religiosas, por uma Cultura de Paz”.

21 de outubro — Brasília/DF Inauguração do Memorial José de Paiva Netto, uma homenagem da Juventude Legionária ao dirigente da LBV, pelos seus 50 anos de trabalho na Instituição. A solenidade teve a presença do fundador do Templo da Boa Vontade e coincidiu com as comemorações do 17o aniversário do TBV.


LBV NA ONU 14 a 29 de março — Belo Horizonte/MG; Brasília/DF; Rio de Janeiro/RJ; São Paulo/SP; Porto Alegre/RS; e Buenos Aires, Argentina Realização do 3o Fórum Intersetorial Rede Sociedade Solidária, com o suporte do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas, sobre o tema “Geração de Emprego e Desenvolvimento Sustentável”. 3 a 5 de julho — Genebra, Suíça Apresentação de documento da LBV durante a Reunião de Alto Nível do Conselho Econômico e Social (Ecosoc), da ONU.

HOMENAGEM 20 de junho — Porto Alegre/RS Ocorreu, no tradicional Theatro São Pedro, a Noite Cultural Emoções e Memórias, em comemoração dos 50 anos de trabalho de Paiva Netto na LBV. Constou na programação um concerto clássico da Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro e do Coral Ecumênico Boa Vontade com composições de autoria do homenageado, sob a regência do maestro Antônio Carlos Borges-Cunha.

BRAZILIAN DAY 3 de setembro — Nova York, EUA 3a edição da Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica nos Estados Unidos, durante o 22o Brazilian Day Festival in New York, em Manhattan.

JORNALISMO SOLIDÁRIO

FÓRUNS E CONGRESSOS 31 de março — Brasil e exterior 4o Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV, sob o tema “Família, o Princípio da Paz”, realizado em diversas cidades.

Lucian Fagundes

2007

João Preda

31 de dezembro — Porto Alegre/RS Paiva Netto tornou-se articulista do jornal O Sul.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 367

LINHA DO TEMPO (2001-2010)

2006


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

2007

14 de julho — São Paulo/SP 32o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, sob o comando de Paiva Netto, no Ginásio do Ibirapuera. O tema do evento foi “Vencendo o preconceito por respeito e Amor às diferenças”. 25 de agosto — Glorinha/RS Realização do Seminário Internacional de Educação para a Cultura de Paz, da LBV.

Lucian Fagundes

27 de outubro — Brasília/DF Comemoração dos 18 anos do Templo da Boa Vontade, com transmissão via satélite da palavra do fundador do TBV, José de Paiva Netto.

1o a 4 de novembro — Florianópolis/SC Jovens da LBV participam do Fórum Social da Juventude do Mercosul.

LBV NA ONU

Henrique Nonnemacher

22 e 23 de novembro — Gravataí/RS Participação da LBV no Fórum Mundial de Educação (FME).

20, 22 e 24 de março — Brasília/DF, São Paulo/SP e Rio de Janeiro/RJ Realização do 4o Fórum Intersetorial Rede Sociedade Solidária, com a 1a Feira de Inovações, que apresentou o tema “Parcerias globais para o desenvolvimento — Fortalecendo esforços para a erradicação da pobreza e da fome”, com a presença da então representante do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da ONU, dra. Michele Billant-Fedoroff (de amarelo na foto). No dia 23, a representante das Nações Unidas encontrou-se com o dirigente da LBV na unidade da Instituição em Glorinha/RS. 368 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


LINHA DO TEMPO (2001-2010)

2 a 5 de julho — Genebra, Suíça A LBV levou recomendações à Reunião de Alto Nível do Conselho Econômico e Social (Ecosoc), da ONU. Na ocasião, o secretário-geral Ban Ki-moon, ao visitar o estande da LBV, manifestou seu apoio às ações empreendidas pela Instituição e assinou a capa da revista Globalização do Amor Fraterno (editada em alemão, espanhol, esperanto, francês, inglês, italiano e português), que trouxe a mensagem de Paiva Netto, alvo de especial atenção dos participantes.

ACADEMIA JESUS, O CRISTO ECUMÊNICO, O DIVINO ESTADISTA 1o de fevereiro — São Paulo/SP O presidente-pregador da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, José de Paiva Netto, fundou a Academia Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista (Leia mais na p. 265).

MOBILIZAÇÃO SOLIDÁRIA 9 de junho — Palmas/TO Participação da LBV no 8o Movimento pela Paz.

EDUCAÇÃO — LBV DO URUGUAI 29 de junho — Montevidéu, Uruguai Inauguração das novas instalações do Instituto Educacional José de Paiva Netto. Fotos: Arquivo BV

2007

Alziro Paolotti de Paiva (E), representando o dirigente da Instituição, e o respon­sável da LBV do Uruguai, Maciel Ferreira, descerraram a fita inaugural com alunos da escola.

BRAZILIAN DAY 2 de setembro — Nova York, EUA 4a edição da Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica nos Estados Unidos, durante o 23o Brazilian Day Festival in New York, em Manhattan. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 369


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

2007

2008

LITERATURA DA BOA VONTADE Dezembro — São Paulo/SP Lançamento do ensaio literário Jesus, o Libertador Divino, obra originária de artigo publicado por Paiva Netto na Folha de S.Paulo, em 1988, em que transcreve a homenagem feita a Jesus, o Grande Abolicionista, no fim do 13o Congresso da Mulher Legionária, realizado na capital paulista, nos dias 13 e 14 de maio daquele ano.

FÓRUNS E CONGRESSOS 1o de março — Brasil e exterior 5o Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV, sob o tema “Minha casa é o planeta Terra”.

26 de agosto — São Paulo/SP Participação da LBV no 1o Simpósio de Ciências da Religião nas Faculdades Claretianas. 1o de outubro — São Paulo/SP Realização do Fórum Internacional Permanente Jesus: Scientia ad Deum, no Centro Universitário Nove de Julho, campus Vila Maria. 370 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

João Periotto

João Periotto

28 de junho — Rio de Janeiro/RJ 33o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, sob o comando de Paiva Netto, com transmissão de sua palavra via satélite, a partir de seu gabinete na regional da LBV no Rio de Janeiro/RJ, com a presença de jovens da Boa Vontade, e acompanhado em todas as Igrejas Ecumênicas da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo no Brasil e exterior, sob o tema “Amar a Terra é proteger o Futuro”.


25 de outubro — Brasília/DF Comemoração dos 19 anos do Templo da Boa Vontade, com transmissão via satélite da palavra do fundador do TBV.

MÍDIA DA BOA VONTADE 11 de março — Brasil A presença da LBV na televisão tem novo impulso com a inauguração da Boa Vontade TV em rede por assinatura para todo o Brasil.

EDUCAÇÃO

Vivian R. Ferreira

23 de março — Cabo Frio/RJ A LBV realizou capacitação da Pedagogia do Afeto e da Pedagogia do Cidadão Ecumênico aos professores da Creche-Escola Municipal Marília Teves Moreno. 11 de julho — Rio de Janeiro/RJ Participação da LBV na comemoração dos 18 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), na Câmara Municipal do Rio de Janeiro. 16 de julho — São Paulo/SP Foi criada a Fundação Boa Vontade. 18 de julho — São Paulo/SP Registro da Fundação Boa Vontade.

Ao microfone, a educadora Suelí Periotto, da LBV, palestra durante evento comemorativo dos 18 anos do ECA, promovido pelo Conselho Estadual de Defesa da Criança e do Adolescente.

6 a 8 de outubro — Palmas/TO Capacitação da Pedagogia do Afeto e da Pedagogia do Cidadão Ecumênico aos assessores da Secretaria de Educação e Cultura do Estado do Tocantins.

BRAZILIAN DAY 31 de agosto — Nova York, EUA No coração de Manhattan, ocorreu a 5a edição da Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica nos Estados Unidos, durante a realização do Brazilian Day Festival in New York. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 371

LINHA DO TEMPO (2001-2010)

Clayton Ferreira

2008


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

4 a 19 de março — Rio de Janeiro/RJ; Belo Horizonte/MG; Manaus/AM; Brasília/DF; São Paulo/SP; Salvador/BA; Porto Alegre/RS; e Buenos Aires, Argentina Realização da 2a Feira de Inovações Rede Sociedade Solidária, uma atividade do 5o Fórum Intersetorial da LBV, sob o tema “Desenvolvimento sustentável”, com a presença de representantes oficiais das Nações Unidas. 30 de junho a 3 de julho — Nova York, EUA A LBV apresentou documento com recomendações sobre “desenvolvimento sustentável”, resultado dos encontros realizados com 1.600 organizações da sociedade civil do Brasil e da Argentina, durante a Reunião de Alto Nível do Conselho Econômico e Social (Ecosoc), da ONU.

Márcio Ferreira

LBV NA ONU

Vista parcial do público que acompanhou o evento no Rio de Janeiro, no Centro Educacional da LBV. Arquivo BV

2008

Palestrantes do painel organizado pela LBV concederam entrevista para Mônica Villela (de branco), da Rádio ONU, e falaram sobre as estratégias brasileiras para proteger o meio ambiente e a Amazônia.

LITERATURA DA BOA VONTADE

Clayton Ferreira

Junho — Porto, Portugal Lançamento da edição portuguesa do livro Reflexões da Alma, publicada pela Editora Pergaminho.

372 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Agosto — São Paulo/SP Lançamento do livro Em Pauta, coletânea de artigos do escritor Paiva Netto publicados no jornal O Sul, de Porto Alegre/RS, e reproduzidos em centenas de jornais, revistas e sites do país e do exterior. A obra foi campeã de vendas da 20a Bienal Internacional do Livro de São Paulo.


Da esquerda para a direita: dr. Joop Theunissen, do UN/DESA, a sra. Valéria Schilling, do UNICRio, e Alziro Paolotti de Paiva, representante do diretor-presidente da LBV.

LBV NA ONU 20 de março a 2 de abril — Rio de Janeiro/RJ; Brasília/DF; Buenos Aires, Argentina; Assunção, Paraguai; Montevidéu, Uruguai; e La Paz, Bolívia A LBV promoveu o 6o Fórum Intersetorial Rede Sociedade Solidária — 3a Feira de Inovações, abordando o tema “Saúde e Qualidade de Vida”. O evento teve o suporte do Ecosoc e do Centro de Informação Pública das Nações Unidas para o Brasil (UNIC-Rio).

FÓRUNS E CONGRESSOS 28 de março — Brasil e exterior Realização do 6o Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV, sob o tema Educação e o slogan “A Criança ensina o Homem”.

Fotos: Aneliese de Oliveira

3 e 4 de abril — Brasília/DF A LBV participou do 1o Fórum Transdisciplinar em Educação e Cultura de Paz.

29 e 30 de junho e 1o de julho — São Paulo/SP Realização do 7o Congresso Internacional de Educação da LBV, sob o tema “Educar: um olhar além do intelecto”. Na ocasião, foi lançada a publicação É Urgente Reeducar!, originária do discurso que o dirigente da LBV, de improviso, dirigiu ao corpo docente da escola em São Paulo/SP, no ano de 1999, posteriormente encaminhado à ONU, a partir de 2000 (em vários idiomas). BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 373

LINHA DO TEMPO (2001-2010)

Vivian R. Ferreira

2009


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

2009

4 de julho — Rio de Janeiro/RJ O 34o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus teve como tema “É urgente reeducar!”. 10 a 15 de agosto — Santos/SP A LBV participou do Congresso Mundial da Paz nas Américas, promovido pela Associação Brasileira dos Organizadores de Festivais de Folclore e Artes Populares (Abrasoffa). 24 de outubro — Brasília/DF Comemoração do 20o aniversário do Templo da LBV, com o lançamento da revista BOA VONTADE Especial e do livro Paiva Netto e a Proclamação do Novo Mandamento de Jesus — A saga heroica de Alziro Zarur (1914-1979) na Terra, primeira publicação da Academia Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista. 29 de outubro — Rio de Janeiro/RJ Realização do Fórum Internacional Permanente Jesus: Scientia ad Deum, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

BRAZILIAN DAY 5 de setembro — Nova York, EUA A festa do Brazilian Day Festival in New York foi palco da entrega da 6a edição da Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica, da Legião da Boa Vontade.

NOVAS UNIDADES

Arquivo BV

Junho — Porto, Portugal Inauguração das novas instalações da LBV de Portugal.

374 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


EDUCAÇÃO 21 de outubro — São Paulo/SP A LBV realizou palestra sobre a Pedagogia do Afeto e a Pedagogia do Cidadão Ecumênico, concebidas pelo educador Paiva Netto, durante o 12o Encontro Pedagógico do Centro Universitário Assunção (Unifai).

12 de novembro — São Paulo/SP A LBV realizou capacitação sobre a Pedagogia do Afeto e a Pedagogia do Cidadão Ecumênico, formuladas pelo educador Paiva Netto, para graduandos do curso de Pedagogia da Faculdade Método de São Paulo (Famesp). 19 a 21 de novembro — Évora, Portugal Educadores da LBV palestraram no 4o Encontro Internacional de Saúde Escolar sobre a Pedagogia do Afeto e a Pedagogia do Cidadão Ecumênico.

LBV NA ONU 12 de março a 3 de abril — Brasília/DF; Porto Alegre/RS; Rio de Janeiro/RJ; Salvador/BA; São Paulo/SP; Assunção, Paraguai; Buenos Aires, Argentina; La Paz, Bolívia; e Montevidéu, Uruguai A LBV promoveu o 7o Fórum Intersetorial Rede Sociedade Solidária — 4a Feira de Inovações, abordando o tema “Valorização da mulher”. O evento teve o suporte do Ecosoc e do Centro de Informação Pública das Nações Unidas para o Brasil (UNIC-Rio). Fotos: Lucian Fagundes

2010

O diretor do UNIC-Rio, dr. Giancarlo Summa, e o chefe da Seção de ONGs do UN/DESA, dr. Andrei Abramov, marcaram presença no evento da Rede Sociedade Solidária na capital fluminense. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 375

LINHA DO TEMPO (2001-2010)

Irani Maria dos Santos

2009


LINHA DO TEMPO

2010

20 de março — Rio de Janeiro/RJ O dirigente da LBV, José de Paiva Netto, recebeu em seu gabinete na regional da Instituição o dr. Andrei Abramov, à época chefe da Seção de ONGs do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas (UN/DESA). O cordial encontro coroou a série de viagens oficiais do representante da ONU à América Latina para participar do 7o Fórum Intersetorial Rede Sociedade Solidária. Dr. Abramov, emocionado, foi às lágrimas ao cumprimentar o seu fraterno amigo Paiva Netto.

Arquivo BV

Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

O representante da ONU dr. Andrei Abramov (E) foi recebido por Paiva Netto e sua esposa, dona Lucimara Augusta, no Rio de Janeiro/RJ.

CRESCIMENTO CONTÍNUO 19 de maio — Nova York, EUA Em cerimônia promovida pela Câmara de Comércio Brasil–EUA, a LBV dos Estados Unidos apresentou a autoridades e empresários brasileiros e norte-americanos a ampliação de seu trabalho no país. O destaque ficou para a abertura do novo escritório de representação da LBV em Manhattan.

EDUCAÇÃO

14 de setembro — Buenos Aires, Argentina Durante o Congresso Ibero-americano de Educação, a LBV apresentou a sua inovadora linha pedagógica, concebida pelo educador Paiva Netto.

Vivian R. Ferreira

22 de junho — Montes Claros/MG A LBV promoveu o Seminário Intersetorial Educação para o Ser Integral.

14 e 15 de outubro — Brasília/DF No ParlaMundi da LBV ocorreu o seminário “Professor: O Transformador da Sociedade — A missão é de cada um de nós!”

FÓRUNS E CONGRESSOS 27 de março – Brasil e exterior 7o Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV, sob o tema “Esporte é Vida, não violência!”, pioneira campanha da Instituição. 29 de junho — São Paulo/SP Sob o tema “Disciplina: um olhar além do intelecto”, ocorreu, de 29 de junho a 1o de julho, o 8o Congresso Internacional de Educação da LBV. No primeiro dia do evento, a Instituição lançou 376 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Vinícius Bueno

a publicação especial Educação com Espiritualidade Ecumênica: o manual da Pedagogia do Afeto e da Pedagogia do Cidadão Ecumênico (ambas propostas pedagógicas criadas pelo educador Paiva Netto).

3 de julho — Brasil e exterior Ocorreu o 35o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, sob o tema “Boa Vontade: o pódio de todas as torcidas”. 23 de outubro — Brasília/DF Comemoração dos 21 anos do Templo da Boa Vontade (TBV), com transmissão via satélite da palavra do fundador do TBV, José de Paiva Netto.

Fotos: Nely Oliveira

19 e 20 de novembro — Porto, Portugal Ocorreu o 9o Congresso Internacional de Educação da LBV, sob o seguinte tema: “Unir Cérebro e Coração”, a partir de pensamento do educador Paiva Netto. Presente no evento, o professor Arnaldo Niskier, representando a Academia Brasileira de Letras (ABL), homenageou o dirigente da LBV, José de Paiva Netto, com a Medalha Rachel de Queiroz.

O escritor Arnaldo Niskier entregou a honraria a Alziro Paolotti de Paiva, que representou o dirigente da LBV, homenageado na ocasião. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 377

LINHA DO TEMPO (2001-2010)

2010


LINHA DO TEMPO

2010

NOVAS UNIDADES 3 de julho — Nova York, EUA A LBV dos Estados Unidos inaugurou novo escritório entre a 5a e a 6a Avenidas, localização privilegiada de Manhattan. 13 de novembro — Porto, Portugal LBV de Portugal inaugurou sua sede própria no Porto.

LITERATURA DA BOA VONTADE 12 de agosto — São Paulo/SP O livro É Urgente Reeducar!, do escritor Paiva Netto, foi entregue ao público durante a 21a Bienal Internacional do Livro de São Paulo e consagrou-se como um dos mais vendidos no evento.

BRAZILIAN DAY 4 de setembro — Nova York, EUA A LBV participou das festividades da 26a edição do Brazilian Day Festival in New York e realizou, durante o evento, a 7a edição da Comenda da Ordem do Mérito da Fraternidade Ecumênica nos Estados Unidos.

TBV EM DESTAQUE 13 de outubro — Brasília/DF O Templo da Boa Vontade foi ressaltado em encarte especial da revista Veja, edição no 2.186. 21 de outubro — Brasília/DF Lançamento do DVD TBV — 21 anos: Um Teto para a Humanidade (disponível nas versões português, espanhol e inglês) e da revista BOA VONTADE Ecumenismo, ambos em homenagem ao aniversário de maioridade do Templo da Boa Vontade.

MÚSICA LEGIONÁRIA 22 de outubro — Brasília/DF “Espetáculo Música Legionária — Identidade e Coração” foi realizado no ParlaMundi da LBV.

378 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Haroldo Rocha

Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade


A Organização das Nações Unidas recomenda a seus países membros as boas práticas da Legião da Boa Vontade na área socioeducacional.

2011

RECONHECIMENTO

Lucian Fagundes

Vinícius Bueno

2 de março — São Paulo/SP Segunda edição do concerto “Noite Cultural Emoções e Memórias” homenageou os 70 anos de vida de Paiva Netto, completados naquela data.

Na ocasião, o dirigente da LBV afirmou que, naquela noite, não comemorava apenas os 70 anos, mas dava a partida para os 80. Ao término do evento, todos os presentes receberam um pedaço do bolo comemorativo do aniversário de Paiva Netto.

MÍDIA DA BOA VONTADE 2 de março — Rio de Janeiro/RJ Lançamento da revista BOA VONTADE Especial, em homenagem aos então 15 anos de atividades do Centro Educacional da LBV no Rio de Janeiro/RJ. 29 de junho — São Paulo/SP Lançamento da revista BOA VONTADE Educação, nas versões espanhol e inglês.

FÓRUNS E CONGRESSOS 26 de março — Brasil e exterior 8o Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV, sob o tema “Boa Vontade para mudar os hábitos”. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 379

LINHA DO TEMPO (2011-2019)

De 2011 a 2019


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

2011

29 de junho a 1o de julho — São Paulo/SP 10o Congresso Internacional de Educação da LBV, sob o tema “Ensino de qualidade: uma visão além do intelecto”.

Joã oP eriott o

Vivian R. Ferreira

2 de julho — Brasil e exterior 36o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, sob o tema “Boa Vontade para um mundo melhor”, com a palavra fraterna e ecumênica de Paiva Netto transmitida via satélite para várias cidades do planeta.

LBV NA ONU 4 de julho — Genebra, Suíça Ação socioeducacional da LBV foi recomendada oficialmente pela Organização das Nações Unidas durante Reunião de Alto Nível do seu Conselho Econômico e Social (Ecosoc) (leia mais sobre o assunto na p. 56). 20 de outubro — Nova York, EUA LBV coorganizou seminário sobre Educação com Espiritualidade em Nova York. O encontro, organizado pela LBV dos Estados Unidos e pela entidade americana Aquarian Age Community, ocorreu na sede da Comissão Internacional de Justiça Social do Exército de Salvação, entre 20 e 28 de outubro, e integrou o calendário de atividades da Semana da Espiritualidade na ONU.

INCENTIVO AO VOLUNTARIADO São Paulo/SP O Instituto de Educação José de Paiva Netto, da LBV, recebeu o Selo Escola Solidária pela terceira vez consecutiva. Criado em 2003 pelo Faça Parte — Instituto Brasil Voluntário, o prêmio é um reconhecimento às escolas que desenvolvem projetos de voluntariado educativo.

LITERATURA DA BOA VONTADE 1o de setembro — Rio de Janeiro/RJ Lançamento do livro Jesus, o Profeta Divino, do escritor Paiva Netto, na 15ª Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro. A obra, que é o quarto volume da coleção “O Apocalipse de 380 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


TBV EM DESTAQUE

Priscilla Antunes

20 de outubro — Rio de Janeiro/RJ Na Feira das Américas, corredores com dezenas de estandes mostraram atrativos dos principais pontos turísticos do Brasil, entre eles o Templo da Boa Vontade (TBV). A referência partiu da Secretaria de Turismo do Distrito Federal, que trouxe uma réplica de menores dimensões da Pirâmide da LBV para o evento.

22 de outubro — Brasília/DF Comemoração dos 22 anos do Templo da Boa Vontade, com transmissão via satélite da palavra do fundador do monumento, José de Paiva Netto.

MÚSICA LEGIONÁRIA 21 de outubro — Brasília/DF “Espetáculo Música Legionária — Ideal e Militância” foi realizado no Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica, o ParlaMundi da LBV.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 381

LINHA DO TEMPO (2011-2019)

Jesus para os Simples de Coração”, esteve entre os títulos mais vendidos no evento — fato que se repetiu na 57a Feira do Livro de Porto Alegre, realizada entre os dias 28 de outubro e 15 de novembro. Atualmente, o título também está disponível na versão e-book.

Lucian Fagundes

2011


LINHA DO TEMPO

30 de junho — Brasil e exterior 37o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, sob o tema “A Grande Família Humanidade”, tese vanguardeira de Paiva Netto.

Ne ves

27 de junho — São Paulo/SP Ocorreu, nos dias 27, 28 e 29 de junho, o 11o Congresso Internacional de Educação da LBV, sob o tema “Avaliação: uma visão além do intelecto”.

ia

3 de março — Brasil e exterior Conclusão do 9o Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV, sob o comando do Irmão Paiva, com o tema “Família, o coração do mundo”. Na abertura das festividades do evento, foi inaugurado o Espaço Musical Idalina Cecília de Paiva, no Instituto de Educação da Entidade, em São Paulo/SP.

t Pa

ríc

FÓRUNS E CONGRESSOS

Diomara Abigail

2012

João Periotto

Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

21 de outubro — Brasília/DF Comemoração dos 23 anos do Templo da Boa Vontade, com transmissão via satélite da palavra do fundador do TBV, José de Paiva Netto.

TBV EM OLHAR ARTÍSTICO 23 de abril — Brasília/DF Por meio de escolha popular, o concurso cultural Minha Brasília, promovido pelo jornal Correio Braziliense, destacou foto do Templo da Boa Vontade, de autoria de Claudinei Antonio Mariano, como a mais bela da capital federal.

382 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


17 de junho — Rio de Janeiro/RJ A LBV organizou painel temático e recomendou cooperação construtiva durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. No evento, compareceram empresários, autoridades e representantes de delegações de diversos países (leia mais sobre o assunto na p. 198).

MÍDIA DA BOA VONTADE 17 de junho — Rio de Janeiro/RJ Lançamento da revista BOA VONTADE Especial Meio Ambiente, nas versões espanhol, francês, inglês e português.

RECONHECIMENTO 22 de agosto — Brasília/DF A data de aniversário do Templo da Boa Vontade, 21 de outubro, foi incluída no calendário oficial de Brasília, conforme a Lei Distrital no 4.913.

ENTRE OS MAIORES BRASILEIROS 3 de outubro — Brasil Paiva Netto foi escolhido, por meio de votação popular, um dos 100 brasileiros que mais fizeram pelo país.

MÚSICA LEGIONÁRIA 18 de outubro — Brasília/DF “Espetáculo Música Legionária — Ao Cristo, com decisão!” foi realizado no ParlaMundi da LBV.

TBV EM DESTAQUE 25 de outubro — Brasília/DF O cantor, músico e compositor britânico, ex-vocalista da banda Led Zeppelin, Robert Plant, visitou o Templo da Boa Vontade. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 383

LINHA DO TEMPO (2011-2019)

LBV NA ONU

Lucian Fagundes

2012


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

ECUMENISMO SEM FRONTEIRAS 22 de janeiro — Brasília/DF A então Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) realizou, no TBV, um ato ecumênico em celebração do Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa e do Dia Mundial da Religião, comemorados em 21 de janeiro. Na mesma ocasião, foi lançado o Comitê Nacional de Diversidade Religiosa. José Gonçalo

2013

Todos os presentes ao ato ecumênico caminham pela espiral da Nave do TBV no encerramento do evento, gesto que simboliza a trajetória harmoniosa e pacífica do ser humano em busca de Deus e de iluminação espiritual e o respeito à diversidade religiosa.

EM FAVOR DA VIDA 1o de junho — São Paulo/SP Lançamento da radionovela Memórias de um suicida, uma adaptação do livro homônimo psicografado pela médium Yvonne do Amaral Pereira, por iniciativa do radialista Paiva Netto. Os direitos autorais da obra literária pertencem à Federação Espírita Brasileira (FEB), que gentilmente autorizou essa produção.

FÓRUNS E CONGRESSOS 16 de março — Brasil e exterior 10o Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV, sob o tema “Brincar e agir com Boa Vontade”. 26 de junho — São Paulo/SP Ocorreu, entre os dias 26, 27 e 28 de junho, o 12o Congresso Internacional de Educação da LBV, sob o tema “A Arte na arte de educar: uma visão além do intelecto”. 29 de junho — Brasil e exterior 38o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, sob o tema “Viver é melhor!”, pioneira campanha da LBV pela valorização da Vida. 384 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


LITERATURA DA BOA VONTADE 29 de agosto — Rio de Janeiro Durante a 16a Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, o selo Soldadinhos de Deus, da LBV, lançou o kit da Coleção Ecumênica “Os milagres de Jesus”, composto por livros, DVD, CD e jogo.

MÚSICA LEGIONÁRIA 25 de outubro — Brasília/DF “Espetáculo Música Legionária — O Novo Mandamento de Jesus” foi realizado no ParlaMundi da LBV.

2014

FÓRUNS E CONGRESSOS 21 de março — Brasil e exterior Conclusão do 11o e abertura do 12o Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV, sob o tema “Futebol da Caridade — Fazendo gols para melhorar o mundo”. 21 de junho — Brasil e exterior 39o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, sob o tema “Globalização do Amor Fraterno de Jesus”, vanguardeira tese de Paiva Netto. 30 de julho — São Paulo/SP Entre os dias 30 de julho e 1o de agosto, ocorreu o 13o Congresso Internacional de Educação da LBV sob o tema “Mobilização como estratégia de aprendizagem: uma visão além do intelecto”. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 385

LINHA DO TEMPO (2011-2019)

26 de outubro — Brasília/DF Comemoração dos 24 anos do Templo da Boa Vontade, com transmissão via satélite da palavra do fundador do TBV, José de Paiva Netto. Vivian R. Ferreira

2013


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

8 de novembro — Brasília/DF Numa grande festa de celebração da Paz, Paiva Netto comandou mais de 100 mil pessoas nas festividades dos 25 anos do Templo da Boa Vontade, o Templo do Ecumenismo Divino (leia mais sobre o evento na p. 286).

LBV NA ONU

Adriana Rocha

Lucian Fagundes

2014

9 de julho — Nova York, EUA A Rádio ONU em língua portuguesa fez matéria sobre a participação da Legião da Boa Vontade na Reunião de Alto Nível do Conselho Econômico e Social (Ecosoc) das Nações Unidas. Entre os entrevistados por Laura Gelbert estavam os jovens brasileiros Nicholas de Paiva e Felipe Duarte, que comentaram sobre o protagonismo juvenil incentivado na LBV desde a infância e defenderam a importância da Educação na preparação das novas gerações. 27 de agosto — Nova York, EUA O Departamento de Comunicação Global (DCG) da ONU realiza, entre 27 e 29 de agosto, a 65a Conferência Anual de ONGs. A LBV foi convidada a coordenar, no último dia do evento, o painel temático “Educando cidadãos sustentáveis — Melhores práticas do Brasil da Rio+20”.

MÍDIA DA BOA VONTADE 23 de agosto — São Paulo/SP A programação da Boa Vontade TV passou a ser exibida pelo canal 45.1 digital em rede aberta na cidade de São Paulo e região metropolitana. 8 de novembro — Brasília/DF Lançamento da revista BOA VONTADE Ecumenismo, nas versões espanhol e português, e de documentário (DVD e CD) em homenagem a marcos históricos para as Instituições da 386 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Boa Vontade (IBVs): os 41 anos da Proclamação da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo; os 25 anos do TBV; os 20 anos do ParlaMundi da LBV; e o centenário de nascimento do saudoso fundador da Instituição, Alziro Zarur (1914-1979).

MÚSICA LEGIONÁRIA 8 de novembro — Brasília/DF “Espetáculo Música Legionária — A Arte de vencer com Jesus” foi realizado na Praça Alziro Zarur, mais conhecida como Praça da Paz. 18 de dezembro — Huelva, Espanha Prece para ter Tranquilidade, obra do compositor Paiva Netto que integra o Oratório O Mistério de Deus Revelado, foi transmitida em masterclass (aula magistral) on-line para 40 países (saiba mais sobre o assunto na p. 227).

RECONHECIMENTO 8 de novembro — Brasília/DF Em reconhecimento ao seu trabalho à frente da LBV, Paiva Netto foi agraciado com a comenda internacional “Espírito da Boa Vontade para Todas as Nações”, proposta pelo Instituto Internacional de Desenvolvimento Social.

LITERATURA DA BOA VONTADE 8 de novembro — Brasília/DF Autor com mais de 8 milhões de livros vendidos, Paiva Netto apresentou ao mercado editorial brasileiro sua obra literária Jesus, a Dor e a origem de Sua Autoridade — O Poder do Cristo em nós. Bastante aguardado pelos leitores, é o quinto título da coleção “O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração”. No lançamento, a primeira edição esgotou-se em apenas quatro horas.

2015

MÍDIA DA BOA VONTADE 19 de março — Brasil e exterior Lançado o canal Paiva Netto no YouTube: www.youtube.com/paivanettovideos

FÓRUNS E CONGRESSOS 28 de março — Brasil e exterior 13o Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV, sob o tema “O Amor Fraterno sempre vence”. Durante a abertura do evento, foi inaugurado o Espaço Multimídia Eurípedes Barsanulfo no Conjunto Educacional Boa Vontade, localizado na capital paulista. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 387

LINHA DO TEMPO (2011-2019)

2014


LINHA DO TEMPO

27 de junho — Brasil e exterior 40o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, sob o tema “Jesus, a Dor e a origem de Sua Autoridade — O Poder do Cristo em nós”, título do livro do escritor Paiva Netto, que inspirou todas as atividades do evento.

E.A.R.P.

2015

Vinícius Ramão

Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

24 de outubro — Brasília/DF Comemoração dos 26 anos do Templo da Boa Vontade, com transmissão via satélite da palavra do fundador do TBV, José de Paiva Netto.

Gustavo Henrique Lima

12 de agosto — Brasília/DF O ParlaMundi da LBV sediou o painel temático “Ciência, Saúde e Espiritualidade”, atividade do Fórum Mundial Espírito e Ciência, promovido pela LBV.

Mônica Mendes

29 de julho — São Paulo/SP Entre os dias 29 e 31 de julho, ocorreu o 14o Congresso Internacional de Educação da LBV, sob o tema “Pesquisa — Caminho para uma aprendizagem significativa: uma visão além do intelecto”.

24 de novembro — Porto, Portugal Sob o tema “Escola e Família — Agentes de Mudança: uma visão além do intelecto”, o 15o Congresso Internacional de Educação da LBV ocorreu nos dias 24 e 25 de novembro, no auditório da Fundação Manuel Antônio da Mota.

NOVAS INSTALAÇÕES 27 de junho — Nova York, EUA Inauguração de novas instalações da LBV dos Estados Unidos na Rua 45, no coração de Manhattan (saiba mais sobre o assunto na p. 128).

LBV NA ONU Julho — Brasil O então chefe de Seção de ONGs da ONU, dr. Alberto Padova, visitou unidades da LBV na 388 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


capital paulista e no Rio de Janeiro/RJ e exaltou o papel da Instituição na educação de crianças e jovens em situação de risco social (veja outros detalhes na p. 201).

EXCELÊNCIA E QUALIDADE 31 de agosto — São Paulo/SP Ranking divulgado pelo site MelhorEscola.Net (www.melhorescola.net) apontou o Conjunto Educacional Boa Vontade em 1o lugar entre 97 escolas particulares de São Paulo/SP.

MÍDIA DA BOA VONTADE 1o de setembro — Brasil e exterior Lançamento da nova versão do blog do escritor Paiva Netto (www.paivanetto.com). 23 de outubro — Brasil e exterior Lançamento do aplicativo Boa Vontade Play, disponível na Play Store e na App Store. 30 de novembro — Nova York, EUA Publicação da revista BOA VONTADE Desenvolvimento Sustentável. Por meio dela (disponível em espanhol, francês, inglês e português), a LBV encaminhou, aos líderes mundiais que estiveram presentes na Conferência do Clima em Paris (COP 21), suas recomendações fraternas sobre o combate aos efeitos das mudanças climáticas e o incentivo à redução de gases de efeito estufa.

LBV NA ONU

Arquivo BV

25 de setembro — Nova York, EUA A convite da ONU, a LBV participou da Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável 2015 (saiba mais sobre o assunto na p. 202).

NOVAS FRENTES DE TRABALHO 9 de outubro — São Paulo/SP A LBV inaugurou novo Centro Comunitário de Assistência Social na Av. Jacinto Júlio, 59 — Jardim Satélite (Cidade Dutra). BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 389

LINHA DO TEMPO (2011-2019)

2015


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

2015

MÚSICA LEGIONÁRIA 23 de outubro — Brasília/DF O “Espetáculo Música Legionária — O Poder do Cristo em nós” é realizado no ParlaMundi da LBV.

EMPREENDEDORISMO 15 de dezembro — São Paulo/SP A LBV foi a única organização da sociedade civil a receber o prêmio Troféu Top Empreendedor 2015, concedido pela revista Top Of Business.

2016

LBV NA ONU Fevereiro — Nova York, EUA Durante a 54a sessão da Comissão da ONU para o Desenvolvimento Social, realizada entre os dias 3 e 12 de fevereiro, que debateu sobre crise migratória, a LBV levou sua contribuição ao tema durante o painel “Educação para a inclusão sustentável de populações deslocadas”, que organiza em parceria com o Comitê de ONGs, em 11 de fevereiro. 27 de outubro — Nova York, EUA A LBV compartilhou seus valores ecumênicos em encontro promovido pelo Comitê de ONGs sobre Espiritualidade, Valores e Interesses Globais nas Nações Unidas, com o seguinte tema: “Igualdade de participação dos jovens para os desafios globais”. O Coral Ecumênico e o Grupo de Instrumentistas Infantojuvenis Boa Vontade abriram oficialmente, por meio de transmissão via internet diretamente de São Paulo/SP, os trabalhos do simpósio. A música Em tons de Paz foi interpretada com tradução simultânea para a Língua Brasileira de Sinais (Libras). 14 de novembro — Rio de Janeiro/RJ O diretor-presidente da LBV recebeu correspondência oficial do gabinete da equipe de transição de António Guterres. Nela, o diplomata português agradeceu os cumprimentos de Paiva Netto pela nomeação ao cargo máximo do organismo internacional (a carta na íntegra pode ser lida na p. 186).

FÓRUNS E CONGRESSOS 19 de março — Brasil e exterior 14o Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV, sob o tema “As crianças e a construção da Paz, pelo fim da violência!”. 29 de junho — São Paulo/SP Ocorreu, de 29 de junho a 1o de julho, o 16o Congresso Internacional de Educação da LBV, sob o tema “Socialização do saber na aprendizagem coletiva: uma visão além do intelecto”. 390 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


LINHA DO TEMPO (2011-2019)

Felipe Moreno

2 de julho — São Paulo/SP Durante a conclusão do 41o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, milhares de pessoas comemoraram com José de Paiva Netto seus 60 anos ininterruptos de trabalho na Legião da Boa Vontade. Na mesma ocasião, ocorreu o lançamento de quatro produções históricas: o documentário Paiva Netto — A trajetória de um homem de Boa Vontade (em DVD e CD); a edição comemorativa da revista BOA VONTADE, com fatos destacados da vida do dirigente da LBV; o documentário Caridade Completa: A Caridade Material e Espiritual (em DVD e CD); e a revista JESUS ESTÁ CHEGANDO!, também apresentando essa tese vanguardeira da Religião Deus, do Cristo e do Espírito Santo.

Jean Carlos

2016

22 de outubro — Brasília/DF Comemoração dos 27 anos do Templo da Boa Vontade, com transmissão via satélite da palavra do fundador do TBV, José de Paiva Netto.

LITERATURA DA BOA VONTADE 21 de abril — Buenos Aires, Argentina A Editora Elevação, em parceria com a Editora Dunken, lançou o livro Reflexiones del Alma, best-seller do escritor Paiva Netto, durante a 42a Feira Internacional do Livro de Buenos Aires — o maior evento literário em língua espanhola do mundo.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 391


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

2016

MÍDIA DA BOA VONTADE 22 de abril — Brasil e exterior Criada a fanpage do escritor Paiva Netto no Facebook: (www.facebook.com/PaivaNetto.escritor). 1o de maio — Brasil A programação da Boa Vontade TV passou a ser exibida pelo canal 196 da NET e da Claro TV.

NOVA UNIDADE 1o de agosto — La Paz, Bolívia A LBV da Bolívia inaugurou o Centro Comunitário de Assistência Social Jesus, que beneficia populações em situação de vulnerabilidade social.

MÚSICA LEGIONÁRIA 21 de outubro — Brasília/DF “Espetáculo Música Legionária — A trajetória de um homem de Boa Vontade”, realizado no ParlaMundi da LBV, homenageou as seis décadas de trabalho de Paiva Netto nas IBVs.

2017

LBV NA ONU 6 de fevereiro — Nova York, EUA A LBV participou da 55a sessão da Comissão de Desenvolvimento Social da ONU, que reuniu, de 1o a 10 de fevereiro, autoridades de diversos países e outros atores sociais interessados na implementação da Agenda 2030. No encontro, a LBV apresentou ao público presente suas práticas socioeducacionais, aplicadas com sucesso há quase 70 anos, a partir do tema “Educação com Espiritualidade Ecumênica”. 13 de março — Nova York, EUA Durante a 61a sessão da Comissão da Situação das Mulheres (CSW, na sigla em inglês), o Comitê de ONGs sobre Educação, Aprendizagem e Alfabetização nas Nações Unidas apresentou um painel temático sobre “Iniciativas inovadoras em Educação para o Empoderamento de Mulheres e Meninas”. Na oportunidade, a LBV promoveu palestra inédita sobre educação básica, marketing social, qualificação no trabalho e bem-estar.

LITERATURA DA BOA VONTADE 25 de março — Brasil e exterior O selo Soldadinhos de Deus, da LBV, lançou o segundo volume do kit “Os milagres de Jesus”, com livro, CD e DVD. 27 de abril — Buenos Aires, Argentina Lançamento da obra Cómo Vencer el Sufrimiento, do escritor Paiva Netto, na 43a Feira Internacional do Livro de Buenos Aires. 392 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


LINHA DO TEMPO (2011-2019)

21 de outubro — Brasília/DF Edição revista e ampliada do primeiro volume da coleção “Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo”, do escritor Paiva Netto. 2 de dezembro — São Paulo/SP Lançamento do livro Tesouros da Alma, do escritor Paiva Netto.

FÓRUNS E CONGRESSOS 25 de março — Brasil e exterior 15o Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV, sob o tema “Na sintonia do coração, eu comunico a Paz”. 1o de julho — Brasil e exterior 42o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, sob o tema “Somos todos Profetas”, tese de Paiva Netto e título de um de seus livros. Durante o evento, ocorreu o lançamento da coletânea histórica sobre a tese de vanguarda “Os Quatro Pilares do Ecumenismo”, com DVD, CD e a edição especial da revista JESUS ESTÁ CHEGANDO!, em comemoração dos 61 anos do dirigente da LBV na causa do Bem (saiba mais sobre “Os Quatro Pilares do Ecumenismo” na p. 266). 26 de julho — São Paulo/SP Ocorreu, entre os dias 26 e 28 de julho, o 17o Congresso Internacional de Educação da LBV, sob o tema “A produção do conhecimento e o saber solidário: uma visão além do intelecto”.

Vivian R. Ferreira

2017

19 de outubro — Brasília/DF Dentro da programação comemorativa dos 28 anos do TBV, participantes do tradicional Ato Ecumênico pela Paz debateram o tema “Cultura de Paz e diálogo inter-religioso”. Em consenso, elencaram proposições para o alcance dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), estabelecidos pela ONU. 21 de outubro — Brasília/DF Comemoração dos 28 anos do Templo da Boa Vontade, com transmissão via satélite da palavra do fundador do TBV, José de Paiva Netto. 23 de novembro — Porto, Portugal 18o Congresso Internacional de Educação da LBV, sob o tema “Empatia como Ferramenta de Aprendizagem: uma visão além do intelecto”. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 393


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

NOVA UNIDADE 21 de agosto — São Paulo/SP A LBV inaugurou a Escola de Capacitação Profissional Boa Vontade, onde oferece o curso técnico em Rádio e Televisão, com eixo tecnológico: Produção Cultural e Design (veja outros detalhes na p. 73).

MÚSICA LEGIONÁRIA 20 de outubro — Brasília/DF “Espetáculo Música Legionária — Fim dos tempos e os perseverantes em Jesus”, realizado no ParlaMundi da LBV.

Thiago Mendes

2017

21 de outubro — Brasília/DF Musical infantil “Os milagres de Jesus”, realizado no ParlaMundi da LBV.

LBV NA ONU 23 de outubro — Nova York, EUA A LBV recebeu troféu “O Espírito das Nações Unidas”, em cerimônia com audição internacional da Marcha dos Soldadinhos de Deus, do compositor Paiva Netto (veja outros detalhes na p. 203).

2018

LITERATURA DA BOA VONTADE 24 de março — Brasil e exterior Durante o 16o Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV, o selo Soldadinhos de Deus, da LBV, lançou o livro O Bom Samaritano, que compõe a Coleção Ecumênica “As parábolas de Jesus”. 26 de abril — Buenos Aires, Argentina Best-seller do escritor Paiva Netto Tesoros del Alma foi destaque da Editorial Dunken durante a 44a edição da Feira Internacional do Livro de Buenos Aires. Na versão em português, mais de 100 mil exemplares foram vendidos em apenas 4 meses após lançamento no Brasil. 30 de junho — Brasil e exterior Lançamento da obra literária A Missão dos Setenta e o “lobo invisível”, do escritor Paiva Netto. 3 de agosto — São Paulo/SP Livro A Missão dos Setenta e o “lobo invisível”, do escritor Paiva Netto, foi sucesso de vendas na 25a Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que ocorreu entre os dias 3 e 12 de agosto.

394 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


ESPORTE E INCLUSÃO Fevereiro — Rio de Janeiro/RJ Em parceria com algumas empresas, entre as quais a Super Rádio Brasil (AM 940 kHz), a Prime Esportes e a Boomboxe, a LBV revitalizou a sala de artes marciais de seu Centro Educacional. O evento foi noticiado com destaque no blog do jornalista Guga Noblat, à época, do jornal O Globo.

FÓRUNS E CONGRESSOS 18 de março — Brasília/DF A LBV marcou presença no 8o Fórum Mundial da Água, com apresentação artística, durante a abertura do encontro, de algumas de suas crianças atendidas e o compartilhamento de recomendações de boas práticas em favor da preservação do meio ambiente ao longo de todo o evento. 27 de junho — São Paulo/SP Ocorreu, de 27 a 29 de junho, o 19o Congresso Internacional de Educação da LBV, sob o tema “Aprendizagem significativa pela valorização do protagonismo do educando: uma visão além do intelecto”. 24 de março — Brasil e exterior 16o Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV, sob o tema “Guardião do Amor Fraterno, eu sou! Unir os corações, eu vou!”. 30 de junho — Brasil e exterior 43o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, sob o tema “Profecia, Fim dos Tempos e a Volta Triunfal de Jesus” — que também é título do documentário lançado no evento, em CD e DVD, pela Academia Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista. 20 de outubro — Brasília/DF Comemoração dos 29 anos do Templo da Boa Vontade, com transmissão via satélite da palavra do fundador do TBV. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 395

LINHA DO TEMPO (2011-2019)

20 de outubro — Brasília/DF O escritor Paiva Netto entregou ao público mais um título de sua lavra: Os mortos não morrem, cuja primeira edição foi esgotada no mesmo dia do lançamento.

Vivian R. Ferreira

2018


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

LBV INAUGURA NOVAS INSTALAÇÕES EM RONDÔNIA 19 de abril — Porto Velho/RO A Legião da Boa Vontade inaugurou o Centro Comunitário de Assistência Social e a unidade móvel em prol de famílias da região em situação de vulnerabilidade social. Fotos: Vivian R. Ferreira

2018

LBV NA ONU

Thiago Mendes

26 de abril — Nova York, EUA A convite do Comitê de ONGs sobre Espiritualidade, Valores e Interesses Globais nas Nações Unidas, a LBV realizou palestra sobre suas frutíferas experiências no empoderamento de jovens como parceiros na implementação de importante roteiro: a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. O evento ocorreu na sede da ONU, com o tema “Parceria igualitária com a juventude garante paz sustentável”.

MÚSICA LEGIONÁRIA Junho — Nova York, EUA No palco cultural que revelou Michel Jackson (1958-2009) e Nat King Cole (1919-1965), o sexteto gospel americano Harlem Inspirations gravou a versão em inglês do videoclipe da música Apostle of Good Will (Apóstolo da Boa Vontade), em homenagem aos 62 anos de trabalho de Paiva Netto nas IBVs (saiba mais na p. 315). 19 de outubro — Brasília/DF “Espetáculo Música Legionária — Os mortos não morrem!”, realizado no ParlaMundi da LBV. 396 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


ECUMENISMO SEM FRONTEIRAS 21 de janeiro — Brasília/DF O ParlaMundi da LBV sediou, no Dia Mundial da Religião e Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, uma roda de conversa em favor da diversidade religiosa, promovida pela Iniciativa das Religiões Unidas (URI Brasília), pelo Comitê Distrital de Diversidade Religiosa (CDDR) e pelo Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC).

LITERATURA DA BOA VONTADE 7 de janeiro — São Paulo/SP Lançamento do livro 101 Lições de Sabedoria Espiritual, do escritor Paiva Netto. 30 de março — Brasil e exterior O selo Soldadinhos de Deus, da LBV, lançou o livro Vamos orar com Jesus, que apresentou coletânea ecumênica de preces. 23 de abril — Buenos Aires, Argentina Versão em espanhol do título É Urgente Reeducar!, do escritor Paiva Netto, foi entregue ao público na 45a Feira Internacional do Livro de Buenos Aires. 29 de junho — Brasil e exterior A Academia Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista lançou edição revista e ampliada do livro Paiva Netto e a Proclamação do Novo Mandamento de Jesus — A saga heroica de Alziro Zarur (1914-1979) na Terra, durante o 44o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus. Tal Proclamação, feita por Zarur em 7/9/1959, em Campinas/SP, foi também tema dos documentários (em áudio e vídeo) disponibilizados no aplicativo Boa Vontade Play.

PEDAGOGIA DA LBV 4 de março — Cork, Irlanda A LBV foi convidada a compartilhar sua prática pedagógica em escola da referida cidade (leia mais sobre o assunto na p. 58). 25 de julho — Capão Bonito/SP A Secretaria Municipal de Educação da cidade convidou a LBV para palestrar sobre sua proposta pedagógica a centenas de pessoas (veja outros detalhes na p. 76). BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 397

LINHA DO TEMPO (2011-2019)

José Gonçalo

2019


LINHA DO TEMPO

Fotos: Sâmara Malaman

Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

2019

LBV NA ONU 15 de junho — Nova York, EUA A LBV palestrou, em evento articulado pela organização internacional Aquarian Age Community, sobre o papel espiritual das Nações Unidas.

MÍDIA DA BOA VONTADE

Carla Mendes

10 de maio — São Paulo/SP Publicada a revista BOA VONTADE Solidariedade, com um resumo da ação socioeducacional da LBV em 2018.

NOVAS UNIDADES

Vale do Jequitinhonha 398 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

14 de agosto — Araçuaí/MG A LBV inaugurou o Centro Comunitário de Assistência Social, localizado na Rua Doutor Túlio Hostílio, 514, Centro. Com a unidade, a Instituição ampliou sua presença no Vale do Jequitinhonha, uma das regiões com os piores índices sociais do Brasil.


30 de março — Brasil e exterior 17o Fórum Internacional dos Soldadinhos de Deus, da LBV, sob o tema “Nossos deveres e direitos de Cidadãos Ecumênicos”.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 399

LINHA DO TEMPO (2011-2019)

6 de março — Porto, Portugal A LBV de Portugal promoveu, no mês de seu aniversário de 30 anos de atuação no país, a 20a edição do Congresso Internacional de Educação da LBV, com o seguinte tema: “Escola e Família: Como gerir a emoção na educação — uma visão além do intelecto”.

José Gonçalo

2 de março — Brasília/DF Para celebrar o Dia Internacional da Mulher (8 de março), o ParlaMundi da LBV sediou o 6o Encontro da Mulher Empresária e Administradora do DF, com o tema “Século 21: A Nova Era do Empreendedorismo Feminino”.

Arquivo BV

FÓRUNS E CONGRESSOS

Fotos: Vivian R. Ferreira

2019


LINHA DO TEMPO Principais realizações históricas das Instituições da Boa Vontade

26 de junho — São Paulo/SP Ocorreu, de 26 a 28 de junho, o 21o Congresso Internacional de Educação da LBV, sob o tema “A avaliação como diagnóstico do conhecimento do estudante: uma visão além do intelecto”. Fotos: Vivian R. Ferreira

2019

29 de junho — Brasília/DF O ParlaMundi da LBV sediou o Workshop de Transformação Quântica — Tour Amit Goswami no Brasil. O evento contou com a maior referência mundial em estudos que unem ciência e espiritualidade, o Ph.D. em física quântica Amit Goswami. 29 de junho — Brasil e exterior 44o Fórum Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, sob o tema “A urgência de viver o ‘Amai-vos como Eu vos amei’, de Jesus”. 18 de outubro — Brasília/DF O ParlaMundi da LBV recebeu o Congresso Temático de mais uma edição do Fórum Mundial Espírito e Ciência. O encontro debateu o tema “Investigando Espírito, cérebro e mente” junto a centenas de interessados, entre os quais cientistas, pesquisadores, religiosos e acadêmicos. 18 de outubro — Brasília/DF Realização do Seminário Socioassistencial da LBV. 19 de outubro — Brasília/DF Numa grande festa fraterna, uma multidão, com caravaneiros do Brasil e do exterior, celebra com Paiva Netto os 30 anos do Templo da Boa Vontade, o Templo do Ecumenismo Divino.

400 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


HOMENAGENS

Reconhecimento do Brasil e do exterior Ao longo das décadas, inúmeras e honrosas homenagens celebram a atuação da LBV e de seu dirigente. Conheça um resumo dos principais prêmios, condecorações e homenagens recebidos.

E

Arquivo BV

m 70 anos de existência, a Legião da Boa Vontade tem proposto a vivência do Amor Fraterno, pregado por Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista, por meio de suas ações, como roteiro indispensável para a construção de uma Sociedade Solidária, Altruística e Ecumênica. Nessa tarefa hercúlea, a voz e o trabalho de seu diretor-presidente, José de Paiva Netto — que, em 29 de junho de 2020, completará 64 anos nas lides da LBV—, sobressaem-se. Por isso, são numerosas as premiações e honrarias concedidas à Instituição e ao seu dirigente. Na impossibilidade de registrar todas elas nesta publicação, a equipe da revista selecionou algumas delas. Nas próximas páginas, poderão ser conhecidas homenagens prestadas por órgãos oficiais (nas esferas federal, estadual e municipal), por autoridades, por organizações de prestígio e pelo povo, como forma de agradecimento pela atuação dessa Entidade ao longo de tantas décadas.

BRASÍLIA/DF Paiva Netto recebeu do Ministério das Relações Exteriores a Ordem de Rio Branco, no grau de Comendador, criada para distinguir atos meritórios e virtudes cívicas, bem como estimular a prática de ações e feitos dignos de honrosa menção. A entrega da láurea deu-se em Brasília/DF, na véspera do aniversário da cidade, em 20 de abril de 1988, no Palácio do Itamaraty. Na foto, o momento em que a repórter Edite Silva, da Rádio Globo, entrevista o dirigente da LBV.

HOMENAGENS de órgãos federais no Brasil Os seguintes órgãos federais prestaram homenagens à LBV e ao seu diretor-presidente: Secretaria Nacional Antidrogas e Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República: Diploma do Mérito pela Valorização da Vida; Senado Federal: Seção Especial; Câmara Federal dos Deputados: Seção Especial; Ministério das Relações Exteriores: Comendador da Ordem de Rio Branco; Ministério da Aeronáutica: Ordem do Mérito Aeronáutico, no Corpo de Graduados Especiais, no grau de Comendador; Ministério do Exército: Medalha do Pacificador; e Tribunal Superior do Trabalho: Medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho, no grau de Oficial do Conselho.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 401


Priscilla Antunes

Arquivo BV

HOMENAGENS

Em maio de 2016, Paiva Netto recebeu duas honrarias vindas do Rio de Janeiro (na foto acima, com Alziro Paolotti de Paiva, representante do dirigente da LBV na ocasião). A primeira foi a Medalha Mérito da Defesa Civil do Estado do Rio de Janeiro, que, anualmente, reconhece o trabalho de personalidades civis ou militares que tenham prestado relevantes serviços ao Estado e à comunidade fluminense em assuntos de defesa civil. A homenagem ocorreu na sede do Quartel Central do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ). A segunda foi a Medalha da Amizade, ofertada pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, em comemoração do 208o aniversário dessa instituição policial. A láurea é uma demonstração de agradecimento àqueles que, de alguma forma, contribuíram para o trabalho e o engrandecimento da Polícia Civil do Rio de Janeiro perante a sociedade. Vale destacar que a LBV também recebeu o Certificado de Honra ao Mérito da Defesa Civil de São Paulo, em 24/2/2016.

402 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Minas Gerais O diretor-presidente da LBV foi agraciado com duas medalhas: de Honra da Inconfidência Mineira, em 9 de maio de 1987, e da Ordem do Mérito Legislativo, em 30 de novembro de 1985. Essa última homenagem foi noticiada em diversos meios de comunicação nacionais, recebendo uma matéria especial no jornal Estado de Minas. Na foto, o dirigente, em meio à cerimônia, encontrou-se com o dr. Ulysses Guimarães (D) [1916-1992], que, no discurso que proferiu, declarou: “Quero, pela presença festiva daqueles que aqui se encontram, saudar o eminente jornalista Paiva Netto, figura conhecida e saudada em todo o Brasil, principalmente porque é porta-estandarte da Legião da Boa Vontade”. Em 7 de outubro de 1988, a mesma medalha foi concedida ao líder da LBV no grau de Mérito Especial (Promoção). Fernando Franco

Reconhecimento em medalhas

BRASÍLIA/DF Paiva Netto foi laureado, em maio de 2000, com a mais importante homenagem da Polícia Militar: a Medalha Alferes Joaquim José da Silva Xavier. Na ocasião, foi representado pelo advogado Legionário da Boa Vontade dr. Pedro de Paiva.


Arquivo BV

João Preda

Não use drogas. Viver é Melhor! A Secretaria Nacional Antidrogas (hoje Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas, do Ministério da Justiça) e o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República homenagearam, em 18 de junho de 2004, a Legião da Boa Vontade e o dirigente desta com o Diploma do Mérito pela Valorização da Vida. A láurea, oferecida a personalidades e instituições nacionais e estrangeiras pela significativa atuação a fim de reduzir a demanda de drogas no Brasil, serve, segundo os organizadores, para formar uma rede de combate ao problema. A proposta da homenagem partiu do então Secretário Nacional Antidrogas, o general de Divisão da Reserva do Exército Paulo Roberto Yog de Miranda Uchôa, por causa do antigo trabalho de luta e prevenção contra substâncias tóxicas, lícitas ou ilícitas, desenvolvido pela LBV, principalmente por meio da campanha Não use drogas. Viver é Melhor!.

RIO DE JANEIRO/RJ Em 11 de março de 1996, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro concedeu ao diretor-presidente da LBV a mais importante láurea da Casa: a Medalha Tiradentes. Em frente à Assembleia, o povo recepcionou Paiva Netto, que, ao lado da saudosa dona Zica (1913-2003), da Mangueira, mostra o diploma da homenagem aos presentes. Arlindo Filho

Pedro Paulote de Paiva (C), representando a LBV e o diretor-presidente da Instituição, é ladeado pelo general de exército Paulo Uchôa (E) e pelo general Jorge Armando Félix.

Alguns dos reconhecimentos recebidos de órgãos estaduais De Assembleias Legis­ lativas — Minas Gerais: Medalha da Ordem do Mérito Legislativo, no grau de Mérito Especial (Promoção), e Medalha de Honra da Inconfidência; Rio de Janeiro: Medalha Tiradentes; Santa Catarina: Seção Especial; São Paulo: Seção Especial; e Goiás: Seção Especial. Títulos de Cidadão Estadual — Amazonas, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro e Rondônia. BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 403


Arquivo BV

HOMENAGENS

RIO DE JANEIRO/RJ Em 1988, quando Paiva Netto recebeu, na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, a primeira Medalha dos 100 anos da Abolição da Escravatura Negra no Brasil, as saudosas representantes da Mangueira dona Neuma (D) e dona Zica (que o abraça afetuosamente), prestigiaram a solenidade e transmitiram ao homenageado todo o carinho e o respeito dos moradores da conhecida comunidade carioca.

Outras condecorações Ao longo dos 70 anos de trabalho da LBV, respeitadas instituições de diversas áreas, entre estas a do Terceiro Setor e a da Educação, prestaram homenagens a ela. A seguir, algumas das premiações concedidas: • Prêmio Bem Eficiente, da Kanitz & Associados; • Maiores Equipes de Voluntariado, da Kanitz & Associados; • Prêmio ABPe Paulo Freire de Pedagogia, da Associação Brasileira de Pedagogia (ABPe); e • Selo Organização Parceira, do Centro de Voluntariado de São Paulo.

404 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Durante o 31o Congresso Internacional do Jovem Ecumênico da Boa Vontade de Deus, em 15 de julho de 2006, assim se pronunciou: “Eu quis reservar este instante para cumprimentar o Irmão Paiva pela coragem em escrever o [ensaio literário] Evangelho do Sexo, assunto explosivo, controvertido, que sempre cria polêmica. Como professor de História das Religiões, eu diria que, nos últimos dois mil anos, as relações entre religião e sexo foram as piores possíveis. A História, de um grande malentendido, levou a verdadeiras castrações mentais. Há gerações e gerações de pessoas tornadas infelizes, deformadas e mesmo cheias de problemas psíquicos por causa de uma orientação equivocada em matéria de educação sexual. É muito bom o Irmão Paiva ter começado a abordar esse assunto e colocar os ‘pingos nos is’ e a rever uma série de equívocos. Existem grandes organizações religiosas no mundo ocidental que, em matéria da questão sexual, ficaram para trás, na Idade Média. É preciso ‘cair na real’; é preciso acompanhar os novos tempos. Então, confiamos muito que o Irmão Paiva leve avante esse trabalho e retifique uma série de mal-entendidos, que têm feito a humanidade bastante infeliz. Realmente, é um assunto que merece ser levado avante com toda a sabedoria dele, que nós conhecemos muito bem. Ele faz um grande trabalho de esclarecimento, principalmente com os jovens, gerações deles, a respeito desse assunto”. Às vésperas de 29 de junho de 2016, o religioso registrou estas simpáticas palavras: “Queridíssimo amigo e Irmão Paiva Netto, é com muita satisfação que aproveitamos este ensejo para lhe enviar nossas sinceras saudações pelos 60 anos de trabalho incessante em prol do ser humano, da Espiritualidade e do engrandecimento do país, que precisa muito de exemplos edificantes como o seu. Que o Irmão esteja conosco por muito mais anos, levando à frente esse maravilhoso trabalho, que só o enobrece”. RICARDO MÁRIO GONÇALVES Professor doutor e monge do Templo Budista Higashi Honganji, de São Paulo/SP.


3

Evangelista Ferreira

Evangelista Ferreira

João Ruiz Lopes Clayton Ferreira

1

2

(1) Em 1991, quando Paiva Netto completou 50 anos de idade, recebeu do casal de monges budistas Yvonette e Ricardo Mário Gonçalves, representantes do Templo Budista Higashi Honganji, o koromo e o owan (veste e escudela). (2) No ano seguinte, ofertaram-lhe o kesa (manto). Essas vestimentas são concedidas somente àqueles cuja missão na Terra é considerada sagrada. Conhecida como Gedappuku e Fukuden-e, a abençoada vestimenta, que simboliza a colheita do sacerdote nos campos da Felicidade e da Libertação, também está exposta no TBV, a exemplo da primeira. (3) Em 2006, os monges fizeram a reposição dessas vestes búdicas, em virtude do desgaste natural do tecido com a ação do tempo e também como oportunidade de renovar a homenagem, já que o dirigente da LBV naquele ano celebrava seu Jubileu de Ouro de trabalho na Causa da Boa Vontade de Deus. Tanto as duas primeiras vestes quanto esta terceira estão em exposição na Galeria de Homenagens do Templo da Boa Vontade (TBV), a Pirâmide das Almas Benditas, dos Espíritos Luminosos, em Brasília/DF.

“Estou chegando da Grécia, onde falei do trabalho do Irmão Paiva Netto sobre o Apocalipse de Jesus. Estive na Ilha de Patmos, e as pessoas lá, no Grande Templo e na gruta onde São João escreveu o Apocalipse de Jesus, ficaram admiradas por seu trabalho inédito no Brasil. Somente ele fala do Apocalipse como realmente é.” YVONETTE GONÇALVES Monja do Templo Budista Higashi Honganji, de São Paulo/SP.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 405


HOMENAGENS

Outras condecorações

Paiva Netto no Instituto Biográfico do Brasil José de Paiva Netto teve sua trajetória destacada em quatro páginas do livro Brasil de A a Z, publicado pelo Instituto Biográfico do Brasil (IBB), em parceria com a Academia Brasileira de Ciências, Artes, História e Literatura (Abrasci). A obra literária traz a história do país, destacando empresas e personalidades que contribuem para o desenvolvimento do Brasil. Em um dos exemplares da obra, os organizadores do projeto editorial fizeram questão de deixar registrada a homenagem deles ao dirigente da LBV, anotando a seguinte dedicatória: “Ao companheiro Paiva Netto, as nossas homenagens pelo seu trabalho e pela sua dedicação à Legião da Boa Vontade. Com abraço, Michel Chelala Siqueira, Michel Chelala, Marco Antonio Rangel Pestana dos Campos Sales, Nicholas Aguiar Dias, Gilberto Rosa Siqueira e Edson Tomiro Kato”.

406 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

Ao longo dos 63 anos de atuação de Paiva Netto na Seara da Boa Vontade, respeitadas instituições de diversas áreas do conhecimento, entre estas a da Comunicação e a da Cultura, prestaram homenagens a ele. Na relação abaixo, as mais destacadas: Medalha da Vitória, comemorativa dos 40 anos da Força Expedicionária Brasileira (FEB), da Associação dos Ex-Combatentes do Brasil; Diploma da Associação Paulista de Comissários de Menores do Estado de São Paulo; Diploma do Amigo do 1o Batalhão de Polícia de Trânsito de São Paulo; Diploma Mérito e Colaboração, da Polícia Militar do Estado de São Paulo; Diploma de Honra, da Associação Paulista de Imprensa; Diploma e Medalha de Grande Mérito do Exército, da Academia Internacional de Letras; Colaborador Emérito do Exército, do Comando Militar do Sudeste — São Paulo/SP; Diploma Amigo do Esquadrão, do 11o Esquadrão de Cavalaria Mecanizada — São Paulo/SP; Grande Benemérito, da Ordem dos Jornalistas do Brasil; Sócio Honorário no 01 da Associação de Imprensa do Distrito Federal; Acadêmico da Academia Brasileira de Jornalismo — Rio de Janeiro/RJ; Ordem do Mérito Jornalístico — Rio de Janeiro/RJ; Troféu Prensa, da Associação Catarinense de Imprensa; Medalha do I Centenário da Academia Brasileira de Letras (ABL) — Rio de Janeiro/RJ; Diploma de Melhores do Ano 1997 — Mérito Empresarial — Assistência Social, pela Associação de Imprensa de Brasília/DF; Diploma de Consagração Intelectual, Cultural, Empresarial e Patriótica, da Academia Brasileira de Comunicação — Campo Grande/MS; Medalha Alferes Joaquim José da Silva Xavier, da Polícia Militar do Distrito Federal; Medalha Imperador Dom Pedro II, do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal; e Diploma e Medalha Hipólito Costa, da Ordem dos Jornalistas do Brasil — Rio de Janeiro/RJ.


Lucian Fagundes

Espírito da Boa Vontade para Todas as Nações COMENDA INTERNACIONAL Sharon Hamilton-Getz, representante do Instituto Internacional de Desenvolvimento Social, entrega a Paiva Netto a comenda internacional “Espírito da Boa Vontade para Todas as Nações”. Na ocasião, dirigindose ao diretor-presidente da LBV, afirmou: “Esta comenda representa a sustentação de uma chama que o senhor conduz na Alma de todos os corações pulsantes e ligados ao grande coração do Cristo Universal”.

Em reconhecimento a seu trabalho à frente da Legião da Boa Vontade e à mensagem de Fraternidade Universal contida em seus textos, em suas composições e em seus discursos, Paiva Netto foi agraciado com a comenda internacional “Espírito da Boa Vontade para Todas as Nações”. A entrega da insígnia ocorreu no dia 8 de novembro de 2014, em Brasília/DF, durante a sessão solene em celebração do Jubileu de Prata do Templo da Boa Vontade. Mediante carta encaminhada à Instituição, a norte-americana Sharon Hamilton-Getz, propositora da distinção e representante do Instituto Internacional de Desenvolvimento Social — entidade que a concedeu —, expressou que a ação da LBV e do dirigente desta é vital para a “sustentação do espírito da Boa Vontade no mundo”. Cabe registrar que o Instituto Internacional de Desenvolvimento Social é uma organização da sociedade civil com status consultivo especial no Conselho Econômico e Social (Ecosoc, na sigla em inglês) das Nações Unidas e tem como objetivo “construir um mundo melhor”, trabalhando sob o lema “Uma Terra ­— Uma Família”. A sra. Hamilton-Getz, que também é presidente emérita do Comitê de ONGs sobre Espiritualidade, Va-

lores e Interesses Globais nas Nações Unidas, em Nova York, nos Estados Unidos, ainda manifestou: “A Legião da Boa Vontade tem sido, há muito tempo, uma importante colaboradora da comunidade ligada às questões de Espiritualidade nas Nações Unidas, ao atuar de parceria com diversos setores sociais, bem como com governos, empresas com responsabilidade socioambiental, entidades internacionais, escolas, associações comunitárias e organizações da sociedade civil, na promoção da Boa Vontade, da Paz e da Solidariedade”. Para a representante, era preciso, “de alguma forma, demonstrar a profunda admiração, respeito e honra ao dirigente da LBV, em nome de todos, pelos seus esforços por intermédio da Legião da Boa Vontade e, em particular, por meio de seus muitos escritos, composições e talentos divinos, que tem compartilhado em favor de toda a humanidade”. Concluindo, declarou: “Esperamos que o modelo que ele compartilha continue inspirando e gerando engajamento coletivo para a Boa Vontade e a Espiritualidade Ecumênica no mundo, que fazem florescer os mais refinados padrões do potencial humano em favor dos povos”.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 407


HOMENAGENS

Referência em plenária do TCU Paiva Netto é homenageado na Sala das Sessões do Tribunal de Contas da União em discurso histórico proferido pelo então ministro Valmir Campelo, em 2006 Dentre as significativas homenagens recebidas por Paiva Netto ao longo de 63 anos de atuação na Seara da Boa Vontade, destaca-se um histórico discurso feito em 28 de junho de 2006, véspera de o homenageado celebrar seu Jubileu de Ouro. Na ocasião, o então ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) e ex-presidente da Casa, Valmir Campelo, pronunciou-se na Sala das Sessões para ilustres membros do TCU, enaltecendo as realizações de trabalho do líder da LBV. A seguir, a transcrição do pronunciamento dele: “Homenagem pelas comemorações do Jubileu de Ouro de Paiva Netto na Legião da Boa Vontade “Senhor Presidente, “Senhores Ministros, “Senhor Procurador-Geral, “Amanhã, 29 de junho de 2006, comemora-se o Jubileu de Ouro de Paiva Netto na Legião da Boa Vontade. “Nesta oportunidade, não poderia deixar de ressaltar o respeito e a admiração que esse grande brasileiro desperta em todos que conhecem a sua magnífica e edificante Obra. “No seu trabalho na LBV, há 50 anos, vem construindo uma sólida e frutífera estrada, visando essencialmente ao aprimoramento do homem, fazendo da Boa Vontade a grande lição de cidadania para o Brasil e para o mundo. “Com atuação embasada na misericórdia e na ajuda ao próximo, a LBV cada vez mais ganha cor408 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV

po como instituição essencial ao desenvolvimento da Solidariedade e Fraternidade entre os indivíduos, auxiliando-os com palavras de fé e com boas ações. “E, nesse benéfico mister, a figura ímpar de Paiva Netto ergue-se com um vigor incomparável, falando de Cristo e agindo como um bom Cristão, na busca incessante de uma nova sociedade de paz, harmonia e amor, trazendo o Reino de Deus para perto das pessoas. “Na LBV, há cinco décadas, suas ações de promoção humana e social, desenvolvidas nos vários cantos do país, o colocam entre aqueles com grandes e decisivas contribuições ao desenvolvimento social do nosso povo, com um trabalho magistral nas suas escolas, na atenção aos idosos, na preocupação com as crianças, enfim, na construção de um mundo melhor. “Sinto-me honrado pela oportunidade de dar este breve depoimento sobre um homem à frente de uma Instituição cuja luta tem como resultado uma obra magnífica do Espírito, da Alma e da sensatez humana. “Estou certo de que ele prosseguirá nessa boa luta, divulgando ideias, estimulando a cidadania, organizando mutirões pela vida e sendo referência na formação das pessoas, num trabalho realmente iluminado e de Inspira­ção Divina, reconhecido nacional e internacionalmente. “É o registro que faço, em homenagem a Paiva Netto — o grande Apóstolo destes tempos —, por tudo quanto ele fez e continuará fazendo de bom


Nely Oliveira Arquivo BV

“Nesta oportunidade, não poderia deixar de ressaltar o respeito e a admiração que esse grande brasileiro desperta em todos que conhecem a sua magnífica e edificante Obra.” VALMIR CAMPELO À época ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) e ex-presidente da Casa

aos brasileiros e à humanidade, levando palavras de luz, amor e esperança a todos, especialmente quando nos prega a fé nos momentos de descrença, quando acende as chamas da coragem nos nossos instantes de desânimo e quando nos devolve a paz de espírito nas horas de desespero. “Portanto, ao prezado Paiva Netto, os nossos parabéns pela grandeza do seu trabalho, e que a sua palavra amiga e sábia continue presente nos nossos lares. “Por fim, proponho que cópia integral desta Comunicação seja encaminhada ao homenageado e à LBV. “TCU, Sala das Sessões Ministro Luciano Brandão Alves de Souza, em 28 de junho de 2006. “Valmir Campelo “Ministro”.

ABL: Medalha Rachel de Queiroz Durante o 9o Congresso Internacional de Educação da LBV, em 2010, Paiva Netto foi homenageado com a Medalha Rachel de Queiroz. A honraria foi entregue pelo escritor e professor Arnaldo Niskier, da Academia Brasileira de Letras (ABL), correspondente da Academia de Ciências de Lisboa e então presidente do CIEE-RJ. Concedida às pessoas que se destacam pelas valorosas contribuições à Cultura e à Educação, a honraria foi entregue a Alziro Paolotti de Paiva, representante do dirigente da Instituição no evento. Na ocasião, Niskier declarou: “O presidente da ABL, Marcos Vilaça*, criou a medalha para oferecer a pessoa de reconhecido trabalho em favor da cultura brasileira, como é o caso do Paiva Netto, nas suas atividades à frente da LBV. Rachel de Queiroz (1910-2003) é considerada rainha da literatura brasileira. Então, eu trouxe esta medalha com muita alegria, aprovada na Academia, para ser oferecida ao Paiva Netto. É uma homenagem mais do que merecida. O que ele tem feito, na verdade, não é só mais uma medalha que vai resgatar; são muitas medalhas. Esta é a que nós podemos dar com toda a humildade e oferecer a um velho amigo meu”. * Marcos Vilaça ­— Professor, era, na época, o presidente da ABL.

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV | 409


HOMENAGENS

sbt promove concurso Reprodução BV

Votação popular aponta Paiva Netto entre os cem maiores brasileiros da História

O saudoso sensitivo Chico Xavier (19102002) foi escolhido, em votação popular, como o maior brasileiro de todos os tempos.

O jornalista, radialista, escritor e educador José de Paiva Netto foi escolhido em 2012, por meio de voto popular, um dos cem brasileiros que mais fizeram pelo país. Apresentado pelo jornalista Carlos Nascimento, o programa O Maior Brasileiro de Todos os Tempos, do SBT, conta em síntese a história e a obra dos finalistas, escolhidos com mais de um milhão de votos únicos. Durante a homenagem, a emissora exibiu um vídeo em que destacou a atuação do dirigente da LBV. Nele, foi feito este registro: “Em 51 o lugar, Paiva Netto, líder da Legião da Boa Vontade, uma associação que valoriza o Amor ao próximo. O trabalho desenvolvido por Paiva Netto ganhou reconhecimento internacional, inclusive da ONU, sempre promovendo Educação e Cultura com Espiritualidade Ecumênica. José de Paiva Netto, um brasileiro solidário”. Depois de mostrar ações sociais e educacionais desenvolvidas pelo diretor-presidente da LBV, o vídeo trouxe, por fim, o agradecimento do homenageado aos internautas que o escolheram para integrar a seleta lista de importantes brasileiros. Com base no formato criado pela BBC, 100 Greatest Britons, o programa foi sucesso em vários países, representando uma forma de prestar homenagem a homens e mulheres que muito fizeram em prol da sociedade, a exemplo de Winston Churchill (1874-1965), do Reino Unido, e Nelson Mandela (1918-2013), da África do Sul.

410 | BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV


Um mundo

melhor

pode comecar

por um gesto

Saiba onde encontrar a LBV SEDE CENTRAL: Rua Sérgio Tomás, 740 • Bom Retiro • São Paulo/SP • CEP 01131-010 • Tel.: (+5511) 3225-4500 • www.lbv.org • www.boavontade.com • ARGENTINA: Av. Boedo, 1.942 • Boedo • Buenos Aires • CP 1239 • Tel.: (+5411) 4909-5600 • www.lbv.org.ar • BOLÍVIA: Calle Asunta Bozo de Bristot, 520 • Zona Alto Obrajes (sector A) • La Paz • Casilla de Correo 5951 • Tel.: (+5912) 212-4875 • www.lbv.org.bo • ESTADOS UNIDOS: 55 W 45th Street • 6th floor • Nova York/NY • 10036 • Tel.: (+1646) 398-7128 • www.lgw.org • PARAGUAI: José Asunción Flores, 3.438 c/ Solar Guaraní • Bernardino Caballero • Assunção • Tel.: (+59521) 921-100/3 • www.lbv.org.py • PORTUGAL: Rua Comandante Rodolfo de Araújo, 104/120 • Bonfim • Porto • CP 4000-414 • Tel.: (+35122) 208-6494 • www. lbv.pt • URUGUAI: Bulevar José Batlle y Ordoñez, 4.820 • Aires Puros • Montevidéu • CP 12300 • Tel.: (+598) 2308-6074 • www.lbv.org.uy

Colabore: www.euajudoamudar.org

a u s a ! ç a F rte pa


Profile for Revista BOA VONTADE

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV  

Em 1º de janeiro de 2020, a Legião da Boa Vontade (LBV) completa 70 anos de fundação! Foram dias e dias em que a equipe da revista esteve co...

BOA VONTADE Especial 70 anos da LBV  

Em 1º de janeiro de 2020, a Legião da Boa Vontade (LBV) completa 70 anos de fundação! Foram dias e dias em que a equipe da revista esteve co...

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded