Page 108

Taina e Leandro, no Prêmio Design DCatarina 2014

As bicicletas da WS Cruiser são feitas sob encomenda, do jeito que o cliente quer. Segundo Leandro, “dessa forma o cliente consegue algo exclusivo, com o qual ele se identifica. É algo memorável para a vida toda”. A produção de uma bicicleta exige mão-de-obra em engenharia, solda, pintura, montagem e embalagem, e quase tudo é feito de maneira artesanal. Os projetos têm um custo, em média, de R$ 1.500,00 a R$ 5.000,00 para as bicicletas convencionais; de R$ 5.500,00 a R$ 15.000,00 para as bicicletas elétricas; e de R$ 6.000,00 a R$ 12.000,00 para as bicicletas motorizadas ou réplicas de motos antigas, que fazem de 50 a 80 km por litro. “O mercado de bicicletas customizadas no Brasil ainda é bem restrito e pouco conhecido, mas tem crescido ano após ano”, revela Leandro, “e as pessoas que nos procuram geralmente são amantes de motocicletas, harleiros e pessoas que procuram um meio de transporte econômico sem perder o status. A vantagem de realizar um projeto customizado é ter um produto com o qual o cliente interage com a fábrica e tem a certeza de que fica do jeito que se quer ou precisa, com mais qualidade e melhor esteticamente do que os milhares de modelos iguais que estão nas lojas”. O modelo mais cobiçado atualmente é a WS Rock 350W, bicicleta elétrica com bateria de íon lítio que alcança cerca de 100 km de autonomia. O modelo possui suspensão dianteira, farol, cubo

108

REVISTA BICICLETA

de marchas Nexus, pneus 3.0 e custa cerca de R$ 6.300,00. E a crise? Mais ajuda do que atrapalha, segundo o casal: “o aumento dos combustíveis fez com que a procura por um meio de transporte mais econômico aumentasse, e acredito que isto reflete para todo o mercado da bicicleta. Esperamos que a crise que ainda deve permear todo o ano de 2016 e talvez mais, traga a consciência de que a bicicleta é a melhor forma de economia e de bem-estar com o meio ambiente. Sendo assim, o mercado da bicicleta deve se manter mais firme que muitas outras áreas. Além da crise momentânea que o Brasil atravessa, nosso pensamento com relação ao ciclismo é trabalhar com sustentabilidade, é plantar um presente que garanta a subsistência das novas gerações, num planeta que pede socorro. Gostamos de pensar que semeamos a consciência para evitarmos essa crise eminente e muito mais abrangente”. Este poderia ser o novo “sonho”, protagonizado, quem sabe, com um pouco de brasiliedade. ␣

CONTATO WS Cruiser www.wscruiser.com.br wscruiser@wscruiser.com WhatsApp: 54 91869774

Revista Bicicleta Edição Digital 03  

Janeiro / Fevereiro 2017

Revista Bicicleta Edição Digital 03  

Janeiro / Fevereiro 2017

Advertisement