Page 173

entrevista

António Garcia

Sendo o meu pai arquitecto, fez-me crescer curioso pelo mundo das artes. Sempre tive um gosto especial por marcas e tinha vontade de um dia poder a vir a trabalhá-las. Inevitavelmente o meu percurso escolar passaria por aí e acabei por tirar o curso de design de Comunicação. Ser amigo do Salvador Salazar também me ajudou a entrar neste universo criativo. Quando éramos mais novos passávamos horas a trabalhar, a produzir, a criar marcas, projectos que acabaram por não ver a luz do dia. Por puro divertimento, vontade de fazer e como exercício de criatividade.

Tens algum designer que te inspire particularmente? Sagmeister & Walsh é um cliché mas não posso deixar de o referir, sobretudo pela irreverência. Parece sempre que se antecipam no tempo. Têm uma capacidade de arriscar, com a qual me identifico. Em Portugal tenho obviamente de falar de António Garcia, meu homónimo mas sem relação familiar. O homem que desenvolveu toda a imagem dos maços de SG Ventil e a par de Sebastião Rodrigues, são parte da vanguarda do design

em Portugal e referências que me veem rápido à memória. Nos dias de hoje é diferente. A inspiração é constante, vinda dos quatro cantos do mundo. As redes sociais vieram permitir o acesso a artistas/designers de todo o mundo e através de um scroll down rápido, é possivel beber de tudo um pouco sendo sempre pessoas/estúdios/artistas que fomos nós que escolhemos seguir, porque apreciamos o seu trabalho.

Sabemos que também pintas murais. Se no futuro pudesses escolher dedicavas-te exclusivamente a isso? É me difícil responder a isso. São duas áreas que acabam por se complementar um bocado. Toda a concepção da pintura mural tem muito o meu lado designer, uma visão mais gráfica aliada à sensibilidade artística. São coisas que até podem surgir juntas num só projecto.

Qual o foi o teu maior desafio na pintura de mural? Cada parede e cada projecto tem os seus próprios desafios. Todos os que tive tem a sua história e todos foram desafiantes à sua

[173]

Como surgiu a ligação ao mundo artístico?

BICA 1  
BICA 1  
Advertisement