Page 164

[164]

tos transforma-se num espelho gigante para onde os bailarinos vão olhando no intuito de corrigir posturas e pormenores. Hoje é o primeiro dia de ensaio no palco do Teatro Camões, depois de dias e dias de preparação nos estúdios da Vitor Córdon, a sede da Companhia Nacional de Bailado. 1HD Uma História da Dança é um espectáculo para crianças, ou melhor, para famílias, ou melhor ainda para todas as pessoas de todas as idades, que nos conta a evolução da dança, dos dias de hoje até ao Renascimento. Exactamente assim, detrás pra frente. O ponto de partida é um livro que um grupo de crianças vai lendo, no intuito de descobrir a resposta à pergunta “porque é que as pessoas dançam?” e que serve de guião a esta viagem pela história da dança, de Pina Bausch à dança renascentista, passando por Marta Graham, Isadora Duncan, pelo bailado clássico, pela dança romântica e pelo barroco. Muitas das grandes interpretações de sempre passarão em vídeo, numa enorme tela que Marta Carreiras conciliou com um cenário antigo, em madeira. “Achámos que era engraçado mostrar, visualmente aos miúdos, o lado de lá. Ainda por cima propondo coisas que eles já não vão encontrar na cenografia actual.” Explica-nos. “Como a peça atravessa os tempos para nos contar a história da dança quisemos que essa história mostrasse também a história do lugar da dança. Dos teatros e de como se iluminavam, de como se de-

coravam, de como se construíam os cenários. Tudo isso tentámos trazer para aqui, pensando que seria bom mostrar os dois lados: este mais antigo, mais artesanal, e depois o mais moderno, com o vídeo e a projecção que, no fundo, correspondem à linguagem desta geração mais nova. Pensámos que seria importante mostrar que mesmo o tecnológico tem de ter uma superfície por trás e essa superfície pode ser tradicional.” A ligação entre Marta e Bruno Cochat, coreógrafo da peça, já vem de “outros carnavais”, de muitos espectáculos produzidos e pensados em conjunto, numa relação de cumplicidade artística que transparece durante todo o ensaio. Numa pausa, pedimos a Bruno que nos explique melhor este 1HD Uma História da Dança. “A proposta deste espectáculo é fazer um passeio pela história da dança, numa viagem detrás pra frente. Começamos nos dias de hoje com a construção de uma coreografia em tempo real, que só estará pronta no final do espectáculo, porque vamos buscar a inspiração à própria história da dança. Para isso vamos percorrê-la através das minhas referências pessoais, por isso lhe chamo “uma história da dança” e não “a história da dança”. Essas referências vão de Pina Bausch à Marta Graham, passando pela primeira pessoa que rompeu com os clássicos, que foi a

BICA 1  
BICA 1  
Advertisement