Page 116

Paulo Moura

Um olhar humano sobre o mundo por João Moreira

cedidas por Paulo Moura

[116]

“Como o Paulo conta o que conta é inconfundível e inspirou várias gerações de repórteres. Há no olhar dele uma perpétua juventude sem julgamento, uma disponibilidade para a comédia humana que vem de uma total, genuína curiosidade. O Paulo é um grande repórter porque acha tudo interessante, e, como diria o García Márquez, se nos maçarmos a escrever as pessoas vão-se maçar a ler, e, como diria o Kapuscinski, se o repórter for cínico então quem vai acreditar no que ele conta? O Paulo conta o que realmente lhe interessa, portanto nunca se maça, nem nunca nos maça. Acredita no que faz, e nós acreditamos mais porque ele acredita. Mas, além de tudo o que admiro como leitora e repórter, há outra herança de quem teve, tem, a sorte de lidar com ele de perto: sempre partiu, e andou de lugar em lugar, como se tudo fosse fácil, ou pelo menos possível. Na mão dele, nada do que é humano nos é estranho.” Alexandra Lucas Coelho, In Público, 21-11-2016

BICA 1  
Advertisement