Issuu on Google+

1 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


2 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


3 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


4 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


5 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


editorial

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Mais uma edição da Revista Bacana. Mais uma festa, mais um evento, graças a Deus, sempre concorrido. E isso é tão bom. Significa que temos um produto de qualidade, parceiros fiéis e leitores que nos acompanham. Nosso objetivo quando criamos a Bacana foi dar a cidade um produto refinado, uma revista que não existia, as pessoas não tinham a opção de comprar nas bancas uma revista regional, e poder sentar pra ler calmamente o que de melhor este Estado produz. Deu certo. Super certo. Guilherme Arantes, Lecy Brandao, Emilio Santiago, Alcione, Jorge Aragão, Luiz Melodia, Dalton e agora Leandro Lehart são artistas que vieram animar nossas festas, nossos lançamentos. Festas com média de 2 mil convidados - mas já chegamos a 4 mil - e hiper concorridas. A revista é um produto que deu tão certo que em uma semana some das bancas. Eu acho ótimo! A Bacana é mesmo uma festa, sempre traz um homenageado na capa, nesta edição nosso homenageado é o presidente da Assembleia Legislativa do Pará, deputado Márcio Miranda. Escolhido porque virou uma grata surpresa entre seus pares e a comunidade, de olho na sua gestão austera. Márcio é um cara Bacana, dizem os demais deputados, mesmo os de oposição. Virou capa!!! Essa edição também marca nosso retorno ao Grupo RBA. Por lá lançamos em breve um novo estilo de programa de TV e um novo formato de coluna de jornal. Também preparamos o lançamento para breve da COLEÇÃO 50. Nessa coleção de livros teremos anualmente, em edições diferentes, a lista das 50 Personalidades do Estado, 50 Bares e Restaurantes, 50 Lugares Para Se Conhecer e 50 Receitas Paraenses. tudo em parceria com o instituto de pesquisa Simetria, que vai através de pesquisas escolher os 50 “mais mais” em cada item citado acima. Bom, estou feliz, isso é o que importa. Sabedor dos dons que o Senhor me deu. Me sentindo abençoado por Ele. E cheio de disposição. Obrigado a todos os colaboradores, anunciantes, parceiros e amigos. A minha família. E a você leitor. Boa leitura. Marcelo Marques Diretor: Marcelo Marques.

expediente

6

Olá

Conselho Editorial: Marcelo Marques e Kaliu Andrade. Editor: Kaliu Andrade - DRT-PA 1936. Reportagem: Kaliu Andrade, Káthia Marques e William Serique. Fotos: Carolina Sales, Gui Sampaio, arquivo pessoal e foto divulgação. Matéria de Capa: Kaliu Andrade Foto/ Tratamento de Capa: André Fortes Projeto Gráfico e Editoração: André Fortes. Design Gráfico: André Fortes e Marco Furmiga. Revisão: Valdir Marques. Comercial: Fabíola Rodrigues, Junior Marques, Lílian Comessanha, Mara Pinheiro, Romana Ribeiro. Administrativo: Andressa Ribeiro, Katrina Marques, e Kleidiane Silva.

Suporte Técnico: Aline Leitão, Cleverton Maia, Edielson Lobato, Geovani Pantoja, Luís Brito, Maycon Baltazar, Marco Brasil, Raimundo Negreiros e Valéria Marques. Impressão: Gráfica Delta. *Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus redatores, não refletindo a opinião desta publicação. Bacana Comercial de Publicações e Vídeos Ltda. CNPJ: 06.120.594/0001-50 Rua Honório José dos Santos, 712 –Jurunas Fone: (91) 3088-0031 Fax: (91) 3242-2442 Facebook: Marcelo Marques Twitter: @MarceloBacana www.blogdobacana.com.br


8 Mรกrcio Miranda

30 Sustentabilidade

86 Um lugar para chamar de lar

122 Simples, leve e sofisticado Rosa para 192 Bela o Brasil

196 204

Um grande solista paraense A vaidade masculina tem um preรงo


Capa

8

Mãos firmes e simplicidade no comando da Alepa R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

A Revista Bacana entrevistou o Presidente da Assembleia Legislativa, Marcio Miranda que nos conta sobre os caminhos que o levaram a politica e sobre os novos passos da ALEPA por Kaliu Andrade

De gestos comedidos e com uma simpatia ímpar, Márcio Miranda me recebeu com um largo sorriso nos lábios. Descontraído e atencioso, começamos sua sessão de fotos na Assembleia Legislativa do Pará. Longe daquele perfil sisudo de homens da presidência, o deputado, atual Presidente da Alepa, é uma pessoa simples, de gestos simples. Eu diria, um homem que sabe dar valor ao mais importante da vida, as pessoas. Nenhuma ostentação em seu gabinete, tudo muito simples como ele. Nesse encontro, algo vai ficar marcado em mim. Ao pedir para fazer suas fotos no gabinete da presidência, imaginei fotografá-lo assinando os despachos daquele dia. Com esta mania de perfeição que tenho, queria uma caneta no melhor estilo ‘Mont Blanc’, dessas que costumamos ver os presidentes das repartições e empresários assinarem seus documentos. Humildemente, Márcio puxou do bolso uma caneta esferográfica de marca popular e disse: “Esta é a que eu uso sempre”. Ao ler esta matéria ele

saberá, naquele momento tive a certeza que a simplicidade do mineiro de nascimento e castanhalense de coração ia além dos seus gestos. Era o Márcio Miranda do dia a dia que eu conhecia ali. Naquele momento eu tive a certeza dos motivos dele ter sido o deputado mais votado. Confesso que sua simplicidade me surpreendeu e me encheu de orgulho. Márcio chegou a Castanhal ainda menino e adotou a cidade como o seu lar. Hoje, aos 56 anos, guarda na memória e nos seus feitos muita história política. Ele foi além, lutando sempre por seus ideais. Antes de se tornar um homem público, correu atrás de seu maior sonho: tornar-se médico para ajudar o próximo. E conseguiu realizálo. São capítulos e mais capítulos de uma história de luta, fé e perseverança. A História de um homem que o destino escolheu para fazer a diferença na vida dos menos favorecidos. Casado com Daniela Miranda, com quem três filhos: Ygor, Ytalo e Marcos, o deputado divide-se entre a família, as


9 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


10 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

obrigações políticas e a medicina. Como médico, já atingiu a marca de mais de vinte e cinco mil cirurgias realizadas. Desde o tempo de estagiário, Márcio pensava em um instituto para ajudar as pessoas, levando saúde e capacitação profissional. Seu ideal tornou-se realidade em 2004, com a fundação do Instituto Mercina Miranda, nome dado em homenagem a sua mãe. O Instituto profissionaliza jovens e adultos e auxilia na prevenção de doenças, atendendo moradores de vários bairros de Castanhal e região. Eleito em quatro legislaturas, sempre com votação expressiva, Márcio obteve, em 2010, quase 70 mil votos no Estado. Como não podia ser diferente, foi o mais votado na Cidade Modelo. Em meio a toda essa maratona, Márcio se divide entre Castanhal e Belém, sede da Assembleia Legislativa. Enfrenta o trânsito todos os dias, porque faz questão de manter os hábitos familiares. Ele não abre mão de participar do dia a dia da mulher e dos filhos. Engana-se quem pensa que, por ser presidente, ele desfrute de suas regalias. Na frequência da Casa, Márcio não leva falta, está presente em todas as sessões e sempre atende a todos que o procuram


em seu gabinete. Mesmo com uma agenda parlamentar intensa, ainda encontra tempo para realizar consultas e cirurgias. “Eu sou médico, apenas estou deputado”, afirma. Márcio é um homem com muitas nuances. Pai, amigo, religioso, empreendedor, visionário, profissional, ele ainda tem fôlego para praticar esportes com a família. Seus hobbies são a pesca esportiva e andar a cavalo. Andar de bike e fazer trilhas são as atividades que escolheu para se divertir com a esposa e os filhos. Com saúde para dar e vender, ele mostra a que veio. E ainda tem muitos anos de estrada, com certeza, para continuar sua missão.

Com o povo, pela transparência

11

A Alepa ganhou novos horizontes com a Mesa Diretora Biênio 2013/2014. Sob a liderança do deputado Márcio Miranda (DEM), a Mesa é composta pelos deputados Júnior Ferrari (PSD), 1º vice-presidente; Cássio Andrade (PSB), 2º vicepresidente; Eliel Faustino (PR), 1º Secretário; Tião Miranda (PTB), 2º Secretário; Ana Cunha (PSDB) 3ª Secretária; e Tetê Santos (PSDB), 4ª Secretária. Com esse comando, a Assembleia Legislativa imprimiu um estilo ousado e direcionado a ouvir os anseios do povo, tanto dos municípios próximos a Casa Parlamentar quanto os mais distantes. “Queremos tornar o Poder Legislativo acessível e transparente, prestando serviços e tornando o povo mais próximo do seu deputado, valorizando o parlamento e o parlamentar”, afirmou o presidente Márcio. Transparência e o uso austero dos recursos públicos são lemas dessa gestão. E muito tem

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


12 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Deputados em sessão itinerante

sido feito nesse sentido, a economia foi a primeira medida.

Mais Economia Por determinação do presidente e sua Mesa, a Assembleia diminuiu o número de veículos alugados, revisou contratos, tomou medidas para reduzir a conta telefônica (fixa e móvel), diminuiu o valor pago por participação em comissões e cortou gratificações.

Corte na “própria carne” A Mesa Diretora também extinguiu a ajuda de custo recebida pelos deputados em janeiro e dezembro de cada ano, conhecida popularmente como o 14º e 15º salários.

Participação popular O projeto Alepa Itinerante – Assembleia Junto com o Povo, implementado nesta gestão, tem como objetivo aproximar os deputados do povo paraense. O projeto, que prevê a participação popular, com

direito a manifestação, visitou várias regiões do Estado e já realizou sessões e reuniões em Marabá, Bragança, Palestina, Brejo Grande, São João do Araguaia, São Domingos do Araguaia, Cachoeira do Arari, Ponta de Pedra, Santarém, Oriximiná, Tracuateua, Mojuí dos Campos, Belterra, Soure, Salvaterra e Augusto Côrrea. As sessões deslocam para o interior toda a estrutura do Poder Legislativo. O que é o projeto? A Alepa Itinerante beneficia tanto a região contemplada com o projeto, que será ouvida pelo Poder Legislativo, quanto o Parlamento, que se atualiza quanto às necessidades da população e analisa o potencial turístico, econômico e a vocação daquela região. Um momento democrático de forte impacto, onde deputados votados por uma região deixam de ver o Pará por áreas, considerando-o de forma única. Durante três dias, o Plenário da Alepa transfere sua sede. Os deputados realizam uma programação intensa, com visitas oficiais a prefeituras, câmaras municipais e fóruns, além de


Segundo Márcio Miranda, o foco da Alepa Itinerante é a aproximação com o povo: “Essa é a bandeira de luta da Assembleia Itinerante. Estar junto do povo, se atualizar quanto as suas demandas, para assim servi-lo melhor! Será o povo e o parlamento unindo forças para o desenvolvimento do Pará! Nosso objetivo é debater e ouvir propostas que possam se transformar em emendas no Orçamento Estadual. Que Deus continue nos iluminando para que possamos buscar o consenso, sendo coesos na elaboração e aprovação das emendas. Desta maneira, resultados concretos serão apresentados à população!”

Cidadania Os municípios contemplados, além de contar com a presença dos deputados, recebem os serviços do CAC - Centro de Atendimento ao Cidadão, que oferece gratuitamente emissão de documentos, como certidão de nascimento, carteira de trabalho, cédula de identidade e título de eleitor, e transferências referentes à

13

cidades vizinhas. Nas cidades sedes, realizam sessões especiais, que contam com forte participação popular e livre manifestação dos participantes. Na verdade, é um espaço aberto para que prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, sindicatos e comunidade compartilhem as necessidades do seu povo. Também são realizadas sessões ordinárias, para votação e aprovação de projetos, e reunião de comissões parlamentares de saúde, justiça, finanças, anti-drogas, direitos humanos, entre outras. Além disso, Mesa Diretora e representantes das comissões parlamentares recebem diversos segmentos da sociedade, estudantes, taxistas, professores, representantes de associações, empresários, etc. Após essa extensa agenda de sessões, reuniões, visitas e audiências, o Parlamento reune-se para elaborar “emendões”, que serão encaminhados ao Governo do Estado. A Mesa Diretora, os deputados e o governador Jatene estão construindo um pacto. Ao invés de apresentar centenas de emendas, são elaborados os “emendões”, concebidos com o conhecimento atualizado nas sessões itinerantes, para melhor atender as necessidades do povo paraense.


14

Alepa para todo mundo ouvir

R E V I S T A

Comarca de Belém, entre outras ações. Recebem, ainda, atendimentos na área de saúde com exames como taxa de glicose e pressão arterial. Márcio ressalta que essas ações são importantes para inspirar a criação de instrumentos que levarão à implementação de novas políticas públicas. “A Assembleia no interior vem agradando não apenas o povo e às autoridades do município-polo escolhido, mas a toda a região que chegamos a visitar”.

Através da Alepa Itinerante, o povo ganha a oportunidade de se aproximar do parlamento, mas a gestão de Márcio Miranda tem lançado mão de outros recursos para ampliar ainda mais esse contato. Ele faz questão de levar até as populações mais longínquas tudo o que acontece na Alepa. Uma Alepa transparente, como ele mesmo pontua. Nesse intuito, foi lançada a Rádio Web Alepa, que pode ser acessada pelo endereço virtual www.radioalepa.pa.gov.br. “Queríamos uma rádio de dentro para fora e que pudesse ser utilizada pelos mais distantes munícipios”, afirmou o deputado Márcio Miranda, apostando que a veiculação das atividades do Poder Legislativo é mais uma ferramenta para ampliar a transparência do trabalho dos parlamentares junto à sociedade.   Toda a população do Pará e de fora do Estado poderá acompanhar ao vivo o dia a dia no plenário, sessões especiais e ordinárias, reuniões de comissões, o projeto de interiorização, entrevistas com os deputados, temas de repercussão. Tudo isso, disponível gratuitamente para download e conhecimento de rádios AM, FM, comunitárias e população em geral. “Um conteúdo exclusivo, para todo mundo ouvir”.

B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Lançamento da Rádio Web Alepa


15 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


16

Prestando contas com o povo

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Outra medida tomada pela Mesa Diretora da Alepa para mostrar sua correção e limpidez foi o lançamento do Portal da Transparência. Para tanto, a Mesa investiu numa reformulação total do site da Assembleia Legislativa, ampliando o acesso às informações e valorizando a importância de prestar contas dos atos e gastos do Parlamento perante a sociedade. Além dos links para acompanhar a programação da rádio web e a transmissão das sessões em tempo real, passou a contar com o Portal da Transparência, disponibilizando o acesso democrático e universal aos demonstrativos de receitas e despesas do Poder Legislativo paraense, bem como às informações sobre o quadro de funcionários e remunerações. Todas as obras e serviços contratados pela Assembleia Legislativa poderão ser acompanhados através do site. Em breve, a versão online do Diário Oficial também estará disponível na internet. Outra novidade prevista para este ano é o desenvolvimento de uma plataforma exclusiva para garantir o acesso ao site e todo o seu conteúdo em aparelhos de celular e tablets.

Um presidente conciliador O novo presidente da Alepa chegou com tudo em sua gestão. Márcio Miranda, em seu pronunciamento de posse, destacou o respeito do governo do Estado aos deputados na sugestão de projetos, mesmo antes de irem à pauta ou serem encaminhados às comissões. Ele enfatizou que o Executivo sempre buscou acatar sugestões às proposições apresentadas, buscando o entendimento, inclusive enviando secretários das mais diversas áreas a “inúmeras reuniões��� na Alepa. Embora admita que o governo conte com um maior números de deputados, ele enfatizou: “O governo não utiliza essa maioria para passar por cima ou agredir. Trabalhamos na busca do consenso, mantendo sempre o alto nível de qualidade nos debates acerca das questões públicas”. Com espírito conciliador e diplomático, Márcio imprime uma


gestão com apoio máximo das bancadas, o que garante maior celeridade na discussão e na aprovação de projetos.

Atuação de destaque leva ao reconhecimento

17

Lançamento do site da Alepa

“Mérito Judiciário”: Márcio Miranda recebe honraria Em seis meses de trabalho, o presidente da Alepa, soma homenagens como a Medalha Grã-Cruz do Mérito Judiciário, concedida pelo Tribunal de Justiça do Estado, uma das mais altas outorgas dos poderes constituídos do Pará. O deputado recebeu a medalha em solenidade comandada pela presidente do TJE, desembargadora Luzia Nadja Guimarães Nascimento. A medalha é a mais importante das comendas entregues pelo TJE, concedida àqueles que contribuem para o engrandecimento do Estado e são exemplos de conduta ética e moral. Em seu discurso, Márcio dividiu a honra de ser um dos “privilegiados” (também foram homenageados o ministro Carlos Alberto Reis de Paulo, presidente do Tribunal Superior do Trabalho – TST, e Antonio Herman de Vasconcelos e Benjamin, ministro do Superior Tribunal de Justiça) com os 40 outros deputados e os servidores da Alepa, “que contribuíram sobremaneira para aquele momento”.


18

Márcio Miranda tem o aval do Governador para as ações do parlamento

‘Comenda Castelo Branco’ A comenda ‘Francisco Caldeira Castelo Branco é a honraria de maior importância do munícipio de Belém, que referencia aqueles que contribuem para o desenvolvimento de capital e do Pará. Márcio Miranda foi agraciado e recebeu a honraria das mãos do prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho.

“O Márcio é um deputado com trabalhos importantes não apenas para o crescimento de nossa capital, mas de todo o Estado”, afirmou o prefeito, justificando a escolha de Márcio para o reconhecimento público.

Parlamento: alta produtividade A rotina do Parlamento é intensa. Uma Casa aberta a receber da população suas demandas e


19 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


20 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Márcio Miranda e alunos do Instituto Mercina

dificuldades, tem sempre agenda cheia. São reuniões de comissões, acompanhamento de CPI’s, debate e aprovação de projetos e troca de idéias com diversos segmentos. Se engana quem pensa que o Parlamento é só o plenário. Para a aprovação de um projeto, há um grande e intenso trabalho, diário e contínuo. Este ano o ritmo dos deputados aumentou ainda mais. A produtividade tem sido destaque, com mais de 803 proposições apresentadas em plenário; 170 projetos, 373 requerimentos e 260 moções apresentadas, apreciadas e deferidas, além de diversas sessões ordinárias, extraordinárias, especiais e solenes.

Antes da presidência, a preocupação social Instituto Mercina Miranda, uma referência no Pará Antes de exercer a profissão de médico, ainda estagiário, o jovem Márcio cultivava um sonho. Mesmo sem pretensões políticas na época, o rapaz idealizou um instituto que desenvolvesse trabalho social em duas frentes: profissionalização e saúde. O sonho tinha um propósito: ajudar as comunidades mais carentes. A solidariedade,


foram salvas por um teste simples: o exame de prevenção ao câncer do colo do útero. Histórias sempre emocionantes que Márcio encontra com frequência a cada visita, encontro ou caminhada que faz em Castanhal. No quesito capacitação profissional, o histórico do Instituto é amplo. Foram mais de 5 mil pessoas qualificadas que, a partir do conhecimento adquirido e do incentivo do Instituto, encontraram novas alternativas para melhorar a renda familiar

21

Marcio Miranda trouxe nas veias. Hoje realidade, o Instituto Mercina Miranda realiza cursos semanais de capacitação profissional e totalmente gratuitos. Para atender as ações de saúde, conta com um ônibus-médico que viaja pelo Pará semanalmente. Nesses nove anos do Instituto Mercina, milhares de pessoas receberam assistência médica e odontológica, saúde e prevenção. As mulheres, em especial, têm uma afinidade forte com o Instituto. Muitas donas de casa


Depoimentos “Além de deputado muito atuante, Márcio surpreende como presidente por ser uma pessoa sempre pronta a receber o Poder Judiciário e, principalmente, sempre pronto a ouvir e ouvir. Eu digo que é um mérito que poucos possuem e que o torna grandioso. Diante disso, eu quero dizer que tenho as melhores referências do deputado e que espero continuar a parceria com a Assembleia Legislativa, dirigida e presidida pelo deputado Márcio Miranda.” Desembargadora Luzia Nadja Guimarães Nascimento

22

“Tenho certeza que a homenagem que Márcio Miranda recebe nesta publicação não se trata apenas de uma honraria para aquele que ocupa um dos mais importantes cargos públicos do Estado. A homenagem ganha muito mais importância e força com a história de vida que fez Márcio Miranda chegar ao comando do Poder Legislativo do Pará. Essa estrada percorrida por nosso amigo e presidente da Alepa tem sido trilhada com esforço, sacrifício, idoneidade, honestidade, perseverança, bom senso e amizade. Por isso, o merecimento o torna digno de muitas e muitas outras alegrias, que o povo paraense saberá, certamente, reconhecer, como agora.”

R E V I S T A B A C A N A •

 Prefeito de Ananindeua, Manoel Pioneiro

12 • 2 0 1 3

Márcio Miranda sempre buscou o entendimento entre contrários! Como presidente da alepa, tem recorrido ao diálogo aberto, executando uma gestão transparente, que apara arestas, minimiza conflitos, evitando pontos sensíveis na aprovação de projetos. e essa é a essência da ação política parlamentar: o entendimento. a construção do consenso. Deputado federal Lira Maia – Presidente do DEM Pará


“É digno de reconhecimento o trabalho que o deputado Márcio Miranda desenvolve na política e nas ações sociais, seja como parlamentar ou médico. Como presidente da Assembleia Legislativa, Márcio vem exercendo a sua liderança e deixa a sua marca ao aproximar o Legislativo, através da instalação itinerante da Casa em municípios paraenses, com o cidadão, mantendo sempre um diálogo aberto, franco e descentralizado. Com isso ganham o Legislativo e o povo do Pará.” Simão Jatene, Governador do Estado do Pará

Orly Bezerra

23

“Já conheço o Márcio Miranda há um bom tempo e sou testemunha da sua dedicação à causa pública. E mais do que isso: o Márcio é incansável na busca da melhoria de vida dos que mais precisam, fazendo essa prática no dia-a-dia do seu trabalho, como médico e político. Tanto na medicina, quanto na vida parlamentar, ele sempre tem o olhar atento para as pessoas e isso faz uma grande diferença. Agora, na presidência da Alepa, Márcio tem colocado toda a sua experiência e liderança, conduzindo com equilíbrio a Casa do Povo, num trabalho eficiente em prol da coletividade., Por tudo isso, é merecedor de todas as homenagens.”

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


24 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


25 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


26

tecnology

R E V I S T A B A C A N A

Tecnologia nas Nuvens, o futuro em modo virtual

• 12 • 2 0 1 3

A possibilidade de acessar seus documentos de qualquer lugar, apenas com o acesso à Internet. Este é o conceito simplificado de Cloud Computing. Complementando um pouco com uma frase encontrada na internet (é preciso fazer jus à atual mania de todo internauta que se preze): “O cloud é uma evolução de um conceito básico: utilizar serviços de uma rede externa”. O Cloud Computing é uma “nuvem” cheia de servidores, que guarda uma “chuva” de ferramentas e recursos potencialmente disponíveis para aquele que utiliza desse novo conceito de gestão e captura de conhecimento tecnológico. Um conceito onde o software, o armazenamento e o processamento estão em servidores (físicos ou virtuais) e são acessados pela Internet através de qualquer dispositivo compatível. Ou seja, você não vai mais precisar ter todas as ferramentas instaladas no seu micro, basta acessar a internet e utilizar os programas. Daí o nome nuvem, porque você terá disponível todos os serviços na internet.

Tudo de maneira integrada e conectado à rede É a idéia de se ter à disposição ferramentas e recursos para avaliar processos e gestão apenas estando na rede. Essas mesmas ferramentas podem ser aperfeiçoadas, pois existem feedbacks críticos de suas utilizações divulgados na própria rede. É a possibilidade de se comunicar, de se interligar através de uma cadeia de informações e recursos. Tudo de maneira integrada e conectado à rede. No Cloud Computing tudo funciona em cadeias. É uma comunidade cibernética, de autoalimentação e autosustentabilidade. Portanto, a resposta e a solução dos problemas demandados estão dentro da própria rede. As mais conhecidas são: iCloud, Google Drive, Dropox, SkyDrive, Mega, WCM7, entre outros.


27 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


28 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Nuvens com foco no cliente corporativo Medida do governo de exigir guarda de dados em servidores instalados no país pode impulsionar mercado O armazenamento de dados em nuvem já faz parte do cotidiano dos internautas brasileiros, mesmo que eles não se deem conta disso. Ao publicar fotos no Instagram, compartilhar documentos pelo Google Drive ou dar dicas no Foursquare, essas informações ficam guardadas em servidores espalhados pelo mundo. Esse movimento também está acontecendo no mercado corporativo. De acordo com o “Estudo Internacional de Adoção da Tecnologia da Informação”, realizada no primeiro trimestre do ano pela CompTIA em dez países, 55% das empresas brasileiras já adotam algum tipo de serviço em nuvem. E o segmento pode ganhar um empurrão do governo federal, que tenta incluir no Marco Civil da Internet a exigência da guarda de dados coletados no país em data centers instalados em território nacional. — Essa medida vai abrir para o mercado brasileiro uma oportunidade muito grande. Todas as empresas terão que armazenar dados por aqui e, excluindo os grandes players que podem investir na instalação de data centers próprios, obviamente os outros não vão construir, vão contratar — afirma Silvio Antunes, diretor de negócios empresa nacional da Telefônica Vivo.

De olho no mercado corporativo, a gigante Amazon Web Services desembarcou no país há cerca de dois anos com a instalação de servidores em São Paulo e, num movimento mais recente, operadoras de telefonia lançaram produtos próprios. A Oi foi a pioneira, apresentando o Oi Smart Cloud em fevereiro do ano passado. Hoje, a empresa opera cinco data centers espalhados por Brasília, São Paulo, Curitiba, Fortaleza e Belo Horizonte. No início, o foco foi o grande cliente, mas a operadora prepara para este mês o lançamento de pacotes de serviços para pequenas e médias empresas. A expectativa é de aumento na demanda pelo produto. Atualmente, a Oi possui uma carteira com mais de cem grandes clientes e os serviços de TI, que englobam o Oi Smart Cloud, respondem por 6% do faturamento corporativo. Segundo Mauricio Vergani, diretor da Unidade de Negócios Corporativos, a previsão é que em 2015 o segmento represente 15%. A Telefônica Vivo também aposta no rápido crescimento do setor. Para isso, investiu R$ 400 milhões no que considera ser o mais moderno data center em operação no país, instalado num prédio de 33,6 mil metros quadrados no município de Santana do Parnaíba, em São Paulo. De acordo com Antunes, a previsão é que o Vivo Cloud Plus cresça 70% em 2014. — O mercado como um todo está se movendo nessa direção empurrado por várias questões. A principal é que a nuvem elimina duas preocupações: dinheiro para comprar equipamentos e conhecimento para mantê-los — diz Roberto Mayer, vice-presidente de Relações Públicas da


Segurança ainda preocupa Além da redução do investimento inicial, os serviços em nuvem permitem que o cliente aumente e diminua a capacidade de acordo com as necessidades, evitando gastos desnecessários para atender eventos sazonais. Um loja virtual, por exemplo, pode aumentar o volume de processamento apenas nas datas especiais, como o Natal. Contudo, a segurança ainda assusta o mercado corporativo. Por mais que os provedores garantam que os dados são invioláveis, empresários ainda temem que suas informações possam ser acessadas por terceiros. De acordo com o estudo da CompTIA, a questão foi indicada por 48% dos empresários como uma barreira para a adoção da nuvem, seguida pelo acesso à internet não confiável, destacado por 35% dos entrevistados. — Ter data centers no país é uma questão mais do campo psicológico. A tecnologia é a mesma, não importa onde eles estejam instalados. As nuvens estão cada vez mais seguras, mas tem gente que ainda se preocupa com isso — afirma Roberto Mayer.

29

Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro). A possibilidade de oferecer serviços na web sem o pesado investimento em infraestrutura foi fundamental para que Thoran Rodrigues fundasse a start-up BigData Corp. A empresa usa aplicações pesadas para analisar grandes quantidades de informações. Um dos produtos oferecidos, chamado BigWeb, já processou 1,5 petabytes de informação e mantém um banco de dados com quase seis terabytes. Desde a fundação, há pouco mais de dois anos, a empresa utiliza o serviço de nuvem da Amazon Web Services. A estimativa é que a economia em relação a uma estrutura própria seja de US$ 0,01 a cada segundo e meio de funcionamento. — Quando rodamos a aplicação, ativamos mil servidores. Com a nuvem a gente partiu de praticamente zero de investimento. Se fôssemos montar o nosso sistema, precisaríamos de espaço e capital para instalar mil computadores — diz Rodrigues.


30 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


31 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


32

do Para

R E V I S T A

Uma linguagem acessível para todos os públicos

B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Lançamento do 1º vol da coleção Livro Ilustrado – Guia da Sustentabilidade. Na foto, os colaboradores do Banco da Amazônia, representante da escola premiada com 3 livros através do concurso cultural feito pela instituição e o publicitário, pesquisador e ilustrador André Fortes ao fundo

Sustentabilidade é um tema discutido em várias rodas de pessoas, de camadas sociais distintas e principalmente dentro das principais empresas do Brasil e do Mundo. O publicitário, pesquisador e ilustrador André Fortes lançou recentemente o primeiro volume da coleção: Livro Ilustrado – Guia da Sustentabilidade. Para os amantes de uma leitura simples e ilustrada, o livro traz de forma descontraída a abordagem de um tema atual que é introduzido principalmente nas escolas. Políticos e empresários defendem a ideia de que o conceito da sustentabilidade deve ser inserida na educação da população desde o berço, conseguindo assim atingir o nível de conscientização de crianças, jovens e adultos, tornando a sociedade moderna mais consciente. O livro foi lançado no dia 9 de setembro de 2013 na livraria CPAD e foi patrocinado pelo Banco da Amazônia, que apoia diversos projetos todos os anos. As edições são limitadas, uma vez que a publicação já foi destinada a entidades específicas. Seja com fim pedagógico ou de leitura informal, a publicação torna-se uma boa opção de presente. Já na rede, você encontra informações sobre as novidades sobre o Guia da Sustentabilidade na fanpage oficial da coleção, deixando os internautas e leitores atentos aos próximos lançamentos. Serviço: Guia da Sustentabilidade


Fe

outra vez... Fotos: George Maués

“... Ver o povo em procissão tomando as ruas, anunciando que é Círio outra vez, que a Rainha da Amazônia vem chegando, vem navegando pelas ruas de Belém...”, Pe. Fábio de Melo - Círio Outra Vez. Mês de outubro, segundo domingo, cheiro da maniçoba – um dos principais pratos típicos do Pará, e mais esperado na mesa dos paraenses –, ruas, pontos turísticos, casas, tudo movimentado. Belém festejando o “Natal dos paraenses”, mas que na verdade, para os católicos, é a celebração em homenagem à padroeira dos paraenses, Nossa Senhora de Nazaré, tudo se resume em uma palavra: Círio. Fizemos uma matéria para deixar você por dentro de uma das maiores festas religiosas do mundo, tão esperada pelo

povo paraense, o Círio de Nazaré. Contaremos em detalhes essa festa que acontece em Belém do Pará. Cirio Musical – Várias atrações católicas, entre cantores e bandas fazem do Círio Musical que acontece na Praça Santuário de Nazaré, o maior louvor e mais esperado pelos jovens católicos. Os shows que este ano acontecem de 13 a 27 de outubro são gratuitos e abertos ao público.

33

É Círio

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


34 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Manto da Imagem de Nossa Senhora de Nazaré O manto da imagem da Nossa Senhora de Nazaré é um dos ícones mais aguardados e que sempre desperta muita curiosidade e admiração, pois é carregado de simbologia e religiosidade. Todos os anos, o manto confeccionado é usado pela imagem desde o Traslado para (primeira procissão da Festividade), até a última procissão, o Recírio. Os detalhes artísticos sobre o manto são guardados a sete chaves pela Diretoria da Festa de Nazaré para que no dia da apresentação seja um momento especial.


35 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


36 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Romaria Rodoviária A Romaria Rodoviária é realizada no sábado, véspera do Círio, com objetivo de levar a imagem peregrina da Matriz de Nossa Senhora das Graças, em Ananindeua, para o distrito de Icoarací. Após uma celebração religiosa realizada na Igreja Matriz, a imagem é colocada no alto de um carro aberto e segue em procissão até Icoarací, percorrendo um percurso de 24 quilômetros. Após o término da Romaria Rodoviária, a imagem é colocada numa embarcação para continuar a viagem, rumo à Praça Pedro Teixeira, dando início à Romaria Fluvial.

Círio Fluvial A Romaria Fluvial, chamada de Círio das Águas, também acontece no sábado, véspera do Círio, com saída do Trapiche de Icoaraci e chegada à Escadinha do Cais do Porto (ao lado da Estação das Docas), em Belém. Em 15 de dezembro de 1971, foi proclamado a Virgem de Nazaré, Padroeira do Pará, Rainha da Amazônia, segundo a Lei Estadual nº 4.371, por isso a Imagem é recebida com honras de Chefe de Estado, pela Polícia Militar.

Moto Romaria Após a chegada da Romaria Fluvial, os romeiros se integram aos motociclistas e ciclistas que aguardam a Imagem para conduzi-la na Moto Romaria, a quarta procissão oficial do Círio 2012, até o colégio Gentil Bittencourt.

Descida da Imagem Original do Glória Uma das cerimônias mais esperadas da quadra nazarena é a descida da imagem original de Nossa Senhora de Nazaré, encontrada por Plácido de Souza em 1700, do Glória – altar-mor da Basílica Santuário, no dia anterior à procissão do Círio.

Trasladação Na noite que antecede o Círio de Nazaré, é realizada a Trasladação. Após uma missa, celebrada no Colégio Gentil Bittencourt, os fiéis se dirigem em procissão à Igreja da Sé, fazendo o mesmo trajeto da procissão do domingo, mas no sentido inverso. Entretanto, na Trasladação há


apenas a berlinda em destaque. Nos últimos anos, a corda atrelada a berlinda tem sido muito disputada, quase igual a procissão de domingo, o que indica também o aumento no número de fiéis que acompanham a Trasladação cresceu significante.

Círio de Nazaré Realizada sempre no segundo domingo de outubro, a mais tradicional festa religiosa do Pará e umas das maiores e mais belas procissões católicas do Brasil e do mundo, o Círio de Nazaré, é uma homenagem à padroeira do povo paraense e Rainha da Amazônia: Nossa Senhora de Nazaré. A procissão inicia depois da tradicional missa presidida em frente à Catedral da Sé, na Cidade Velha. De lá, aproximadamente 2 milhões de promesseiros, devotos, fiéis, pessoas de todos os lugares do mundo, conduzem a Imagem da Virgem, em um percurso de cerca de 3,6 Km de distância, para chegar até a Praça Santuário de Nazaré.

37 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


38 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Ciclo romaria No sábado posterior ao Círio, com saída da Praça Santuário de Nazaré, acontece a Ciclo romaria. O trajeto a ser percorrido sempre é definido dois meses antes do Círio. Mas, com ponto de partida e de chegada a Praça Santuário de Nazaré. Romaria da Juventude – Então chegou a vez dos jovens homenagearem a Virgem de Nazaré. A Romaria da Juventude é, geralmente, uma procissão realizada na tarde do sábado posterior ao Círio. Várias comunidades se reúnem e transformam a Romaria da Juventude uma das mais animadas.

Romaria das Crianças

Recírio O Recírio é a despedida da Rainha da Amazônia e o encerramento de toda a Festividade Nazarena. A procissão que acontece 15 dias após a grande procissão de domingo começa após uma missa realizada na Praça Santuário até o Colégio Gentil Bittencourt. Ao final, a imagem original de Nossa Senhora de Nazaré retorna ao Glória.

39

É a vez das crianças irem às ruas, no primeiro domingo após o Círio de Nazaré, prestar suas homenagens a Nossa

Senhora. A Romaria foi criada com o objetivo de construir e fortalecer a devoção mariana entre os pequenos, com saída da Praça Santuário e percorrendo várias ruas do bairro de Nazaré, em Belém. Além da Berlinda que conduz a imagem de Nossa Senhora de Nazaré, durante a Romaria das Crianças há ainda o carro dos milagres e os carros dos anjos.


Renovo

40

Novos tempos para R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Curionópolis Localizado às margens da Rodovia PA-275, banhada pelo Córrego Jacarezinho, afluente do Rio Vermelho, Curionópolis cresceu graças ao garimpo do ouro de Serra Pelada. Comandada hoje pelo prefeito Chamon, Curionópolis têm avançado em todas as áreas. No município são constantes as atividades realizadas para promover assistência e auxílio a comunidades que ajudam a resolver problemas imediatos e preeminentes. Como as Ações Cívico-Sociais realizadas pela Prefeitura com o apoio do Exército e da Vale, na Vila de Serra Pelada, onde a comunidade local teve acesso ao atendimento médico nas especialidades de Clínica Geral, Pediatria e Ginecologia, medicamentos gratuitos e palestras sobre saúde, além de atendimento odontológico, incluindo aplicação de flúor. Na primeira quinzena de 2013, o prefeito fez a entrega oficial de 50 casas do Programa “Casa nova, vida nova”, do governo municipal. O Programa é realizado com recursos próprios da prefeitura de Curionópolis e os beneficiados não pagam nada à prefeitura ou à instituição financeira. Segundo Chamonzinho, duzentas casas deverão ser entregues em 2013 e até o final do seu governo, quatrocentas casas. Em 4 anos de administração, Curionópolis já obteve melhorias visíveis, como os 35 milhões

de asfalto. A reconstrução de hospital, a construção de praças e escolas. “Melhoramos a vida das pessoas, pois senão, não tem sentido eu governar, eu ser prefeito de uma cidade se eu não melhorar a vida da população”, afirma o prefeito. O bom trabalho, com competência de conseguir atuar em diversas frentes, seja na infraestrutura urbana, investimento em praças, em áreas de lazer, atendimento na área da saúde, recuperando hospital, construindo escolas climatizadas com qualidade não só na cidade como também na vila de Serra Pelada, duplicando avenidas e na construção de duzentas unidades habitacionais com recursos próprios da prefeitura, faz com que o prefeito chamonzinho seja reconhecido por muitos prefeitos, deputados, vereadores e principalmente pela população.    “O Chamon construiu uma nova Curionóplis, sem dúvida nenhuma ele é um dos mais competentes prefeitos do nosso Estado e tem demostrado com correção, com compromisso e acima de tudo com respeito pelas pessoas. É possível fazer com que o sonho da população pode ser transformado em realidade”, conclui o presidente da Famep, Helder Barbalho.


41 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


42 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


43 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Progresso

Novo Bagre

e a gestão política de Gordo 44

Cledson Rodrigues, ou simplesmente Gordo, é o primeiro prefeito reeleito da história de Bagre, no Marajó. Casado, pai de dois garotos e pai do “Novo Bagre”, ele rompe as fronteiras do seu município e sai em defesa de politicas públicas para sua região.

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Ao que você atribui o fato de ser o primeiro prefeito reeleito da historia do seu município? Ao trabalho, tudo que conquistei até hoje foi fruto de muito trabalho. Desde que assumi a prefeitura de Bagre, em 2009, me dediquei dia após dia para melhorar a vida do cidadão bagrense. Muito se fala sobre o Novo Bagre, inclusive a imprensa paraense já destacou o programa como modelo de desenvolvimento, afinal, o que é? E como funciona esse programa criado pelo seu governo? O Novo Bagre é um programa municipal que listou uma série de obras e serviços para serem colocados em prática nos quatro anos do nosso primeiro mandato. Ou seja, construímos um planejamento para o desenvolvimento do município, uma espécie de PAC local, pois as obras foram realizadas com recursos próprios. Os municípios do Arquipélago do Marajó, dos quais Bagre faz parte, amargam os piores indicadores

sociais de desenvolvimento humano do Brasil, o que fazer para tirar o Marajó dessa incômoda posição? Vontade! Promessas não enchem os olhos e nem a barriga do marajoara. Há cinco anos o Governo Federal anunciava o Plano Marajó, um plano que prometia mudar o perfil econômico e a realidade social da região até 2011, praticamente nada saiu do papel. A região marajoara, precisa sim, ser tratada diferentemente, as questões locais não podem ser ignoradas, precisamos de politicas publicas especificas. Na sua avaliação, a implantação do Plano Marajó mudaria a realidade da região? Sem dúvida, quando Lula foi a Breves e se comprometeu investir R$ 2 bilhões em um plano que envolveria ações estruturais e ações governamentais para a implantação de um modelo de desenvolvimento construído em parceria com a sociedade local, renovamos nossas esperanças.


45 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


OAB

O Momento histórico 46

que vivemos

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Em recente entrevista ao Programa Bacana o Presidente da OAB-PA, Jarbas Vasconcelos nos concedeu uma entrevista onde o assunto em questão foram as manifestações que culminaram em todo o Brasil. A OAB que já vivenciou e atuou de forma direta junto a vários momentos políticos e históricos do Brasil, desta vez, acompanha e dá suporte ao que parece ser mais um destes momentos que ganharão as páginas dos livros de história do País. A Revista Bacana compilou a entrevista do presidente e compartilha com você leitor que tem curiosidade em saber as opiniões e ações da OAB-Pa

Presidente, vamos falar sobre as manifestações que ocupam as ruas do Brasil. Estamos vendo o movimento como a manifestação legitima do povo brasileiro que demonstra a insatisfação da sociedade com a política pública do Brasil. Nós da OAB, Vemos com muita preocupação, pois a insatisfação tem sido canalizada, tomam grandes proporções e colidem com nosso ideal de democracia. Nós apoiamos as manifestações mas respeitamos o poder constituído. O senhor acha que os partidos estão sendo vistos pela população como a mesma coisa? Ou seja, generalizando e nivelando todos os políticos pelos corruptos? E esta visão é legítima, observe que os partidos políticos se desgastaram no País. Escândalos seguidos de escândalos, o povo desacreditou, e como sabemos quando a fé de um povo é abalada acontece o que vemos hoje, manifestações. É necessário refazer uma nova politica no país. Não se tem democracia conhecida, sem partido e

sem sociedade civil organizada. 1964 o Brasil estava de que forma e o que aconteceu naquela época que fechou o regime democrático por 25 anos? O que aconteceu naquele momento foi o extravasamento dos movimentos sociais e uma ideologia direitista e golpista que incentivou estes movimentos para depois vender eles como bagunceiros e com isso logo em seguida vir o golpe militar. Hoje, vivemos um momento positivo onde a juventude sustenta suas bandeiras de mudanças, só é preciso tomar cuidado para que não se repita os erros que já aconteceram na história. Como a OAB percebe estes movimentos sociais? Percebemos pela TV que existe uma minoria em meio as manifestações que estão alí com um único interesse, gerar brigas e confusões, estas pessoas não estão ligadas a nenhum movimento, não querem protestar. O objetivo delas é enfraquecer o movimento. É necessário que o poder público mesmo nesta situação difícil que o país vive, faça valer o principio


47 R E V I S T A

da autoridade para que exista ordem e para que possa acontecer a democracia. Não se faz democracia sem lei, sem ordem! As instituições não avançam, não realizam políticas publicas se não houver o mínimo de estabilidade por isso é preciso zelar pela ordem pública. Eu percebo que existe uma insatisfação generalizada com os políticos e com as instituições, como o senhor vê? Eu vejo que surge um discurso fortemente conservador de direito. Avesso às instituições e isso deve ser combatido por quem entende a responsabilidade da sociedade democrática. O que nós da OAB queremos é apresentar pautas propositivas, uma agenda positiva para que a população perceba que é possível ter mudanças. O que você acha que vai acontecer nas próximas eleições? Eu não consigo pensar em uma reforma política sem partido, sem políticos. Teremos novos rostos na política e uma renovação via voto. Eu acredito que a alteração do financiamento de campanha como a OAB está propondo que é um financiamento publico e

permitido onde o cidadão contribua com no máximo R$700, 00. A ideia da OAB é que há de se vedar financiamentos por empresas. que hoje representam 98% das contribuições contra somente 2% de investimento do povo. Desta forma evitam que os governos fiquem devendo favores aos empresários. O Senhor acredita que isso “limparia” as eleições das corrupções da política no Brasil? Nas ultimas duas eleições tem crescido o número de políticos cassados no exercício do cargo e muitas das vezes por atos acontecidos antes ou durante as campanhas. É necessário a judicialização da política e existe uma verdadeira criminalização da mesma, é necessário que acabem todos estes processos. A justiça eleitoral não pode ser mais uma justiça temporária tem que ser permanente. Nós temos um problema que é estrutural vivemos um déficit muito grande de juízes isso é um problema, por que não temos profissionais suficientes para atender toda a comarca do Pará, desta forma a questão eleitoral sempre fica em segundo plano e isso gera uma desestrutura em todo o processo.

B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Eco

Meio ambiente e mobilidade urbana 48

Transformando o sonho em realidade R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Atualmente, muito é falado e poucas medidas concretas são executadas com relação ao meio ambiente e a mobilidade urbana. A experiência em nossas lojas vem demonstrando que implementar procedimentos para atender estes dois temas, gera inúmeros resultados positivos para a empresa, seus clientes e toda a cidade.

Entre as medidas adotadas em nossos empreendimentos, por exemplo, está a economia de 30% (trinta por cento) da energia elétrica consumida por algumas de nossas lojas com a construção de uma cúpula formada por uma estrutura metálica com lâminas de vidro, que permite a utilização da luz natural, fazendo com que a loja fique iluminada durante o dia, sem a necessidade de energia artificial – esta ação gerou um resultado tão positivo que nosso objetivo é implantá-la em todas as lojas do grupo, que atualmente conta com duas nesse padrão. A água da chuva é captada em reservatórios com capacidade de 200.000 litros em cada loja, o que nos permite o aproveitamento desta para higienização dos pisos, das salas de manipulação e embalamento, calçadas, banheiros, entre outros, utilizando a água tratada pela companhia de abastecimento somente para consumo em bebedouros, lanchonete e cozinha. Todos os papelões e sacos plásticos que vêm embalados em nossas mercadorias, são classificados,

prensados e remetidos aos nossos parceiros para reciclagem. A gordura vegetal, resultante dos processos de fritura em nossa cozinha, assim como a gordura animal, provinda da desidratação do frango assado, são acumuladas em recipientes próprios e enviadas para fábricas de sabão e óleo, transformando o que antes eram lixos em produtos de limpeza e higiene. Estes procedimentos nos permitem baixar o custo de nossas mercadorias vendidas, repassando esta vantagem para nosso consumidor com preços muito mais baratos, sem abrir mão do nosso mark up e sem comprometer a qualidade de nossos produtos, lojas e serviços. Um resultado que só é possível com o aproveitamento de forma correta e responsável de nossos recursos. Transformando lixo em matéria prima. Essas ações são fundamentais para toda a sociedade. Por Belém não ter ainda uma política industrial de reciclagem, os lixos acabam indo parar nos canais e bueiros, causando alagamentos. Faltam


branca (fogão, geladeira, lavadora, etc.), linha marrom (TV, som, computador, etc), brinquedos, cama-mesa-banho e bazar completo. Diante de tudo o que foi abordado, temos a convicção que estamos fazendo nossa parte em relação ao meio ambiente e a mobilidade urbana. Esperamos que o poder público implemente uma política industrial de reciclagem, para que o lixo seja transformado em matéria prima, ajudando a desenvolver nossa cidade, além de beneficiar uma grande parcela da população que terá trabalho e renda. Somos autênticos sonhadores e é isso nos motiva a construir lojas modernas e que tragam algum benefício à sociedade. Continuaremos sonhando, que nossa população, de mãos dadas ao poder público e a iniciativa privada, seja consciente quanto ao seu papel de agente de transformação de uma cidade melhor.

49

também ações de reciclagem para os lixos domésticos, produzidos em nossas residências, que beneficiem o que é jogado fora e, ao mesmo tempo, proporcionem trabalho e dignidade para a população carente, que seria potencialmente favorecida com esses projetos, uma vez que ficaria por conta destes a seleção de toda matéria prima utilizada. Como costumo dizer, lixo não é lixo e sim matéria prima, desde que tenhamos onde beneficiar. Com isso, não precisamos de lixão, tudo poderá ser aproveitado e terá valor financeiro, como ocorre atualmente com latinhas de refrigerantes e cervejas. Sobre o problema da mobilidade urbana, vislumbramos, também há algum tempo, que nossa cidade estava num caminho complicado, que em pouco tempo as pessoas teriam muitas dificuldades de locomoção, seja por qualquer meio. Daí nasceu a iniciativa de implementar vários serviços dentro dos nossos estabelecimentos, para que o consumidor pudesse resolver ou realizar várias de suas necessidades somente em um local, não precisando circular pela cidade, o que já traz, de certa forma, um alívio ao trânsito caótico. Hoje em dia, a maioria de nossos empreendimentos conta com farmácia; ótica; lavanderia; salão de beleza e estética, com tratamentos facial e corporal utilizando equipamentos modernos; churrascaria; pizzaria; doceria; buffet; café da manhã; lanchonete; sushi bar; delicatessen; caixas eletrônicos de diversos bancos, proporcionando maior segurança a nossos clientes; choperia; espaço criança, com brinquedos lúdicos e eletrônicos; loja de perfumaria; além de um grande supermercado e  um magazine com completa linha de confecção e calçados (bebê, infantil, juvenil e adulto), linha

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Alaci Corrêa

Diretor do Grupo Nazaré


Fitness

O

Corpo

50

que eu habito R E V I S T A B A C A N A • 12 •

Foto: Rafael Antônio Fotografia

2 0 1 3


Todo dia a rotina é a mesma. Acordar cedo, ir para academia, fazer seu programa pelas tabelas, tomar banho, correr para o trabalho, se alimentar fora de hora, chegar cansado em casa, dormir e no outro dia tudo novamente. E os resultados da academia, por onde eles andam? Se você não vê resultados é sinal que está precisando mudar os hábitos e exercitar a sua resistência para fazer bonito na hora de malhar. Para o Personal Trainer Claudemir Barros, o importante é praticar os exercícios aeróbios, os anaeróbios e os alongamentos corretamente, para melhorar como um todo. O ideal é que faça paulatinamente estes três tipos de atividades, o que vai melhorar seu condicionamento cardio respiratório;garantir o aumento da resistência, força e massa muscular;o aumento da flexibilidade; maior mobilidade articular; mudança da sua composição corporal, aumento da massa muscular e diminuição da porcentagem de gordura. Perda, manutenção ou ganho do peso corporal, prevenção de doenças ou ajuda no controle de algumas doenças; Melhora da coordenação, do ritmo e da memória; Bem estar e diminuição do


estresse do dia dia. Aqui vai um guia completo para você que quer concluir o seu “projeto verão”, “projetobiquinibranco” ou seja lá qual for o seu objetivo para alcançar o corpo perfeito.

Melhora do condicionamento cardio respiratório

52

Exercícios aeróbios. Além disso, se você deseja correr uma maratona, o foco são os treinos de corrida embora você deva fazer os anaeróbios e também os alongamentos.

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Aumento da resistência muscular Musculação ou exercícios resistidos (com pesos). Geralmente treinos com pouca carga e muitas repetições (em média de 30 a 40 repetições).

Aumento da força e da massa muscular Musculação, com treinos com mais carga e poucas repetições. Existem muitos tipos de treinos de musculação. O ideal é mudar os treinos a cada 2 a 3 meses para dar novos estímulos ao músculo.

Enrijecimento ou endurance Você poderá alternar treinos com pouca carga e muitas repetições e treinos com muita carga e poucas repetições.

Amenizar a gordura localizada 

Você deverá fazer tanto os aeróbios de 5 a 6 vezes por semana quanto os anaeróbios com muita carga e poucas repetições. Mas lembramos que dependendo do caso e do seu objetivo, apenas a cirurgia resolve.

Celulite e flacidez Você deverá fazer tanto os aeróbios de 5 a 6 vezes por semana quanto os anaeróbios com muita carga e poucas repetições. Uma drenagem linfática 2 vezes na semana também ajuda as pessoas que retém muito líquido.

Melhora da coordenação, do ritmo e da memória Aulas de dança, step, jump, body attack entre outras, embora você possa melhorar nestes quesitos também com alguns exercícios anaeróbios e outras atividades.

Perda de peso ou mudança da sua composição corporal Você deve fazer exercícios aeróbios de 5 a 6 vezes por semana, exercícios anaeróbios de 3 a 5 vezes por semana e alongamentos.

Melhorar a flexibilidade e mobilidade articular Alongamentos, ioga, pilates, embora você também desenvolva outros benefícios com estas aulas.


53 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Progresso

Marabá , 54

uma cidade centenária em constante evolução Banhada pelo rio Tocantins, a cidade de Marabá, localizada no sudeste paraense, completou no dia 05 de abril cem anos de Emancipação. A cidade anda em crescimento constante com o apoio da população e da administração de João Salame, prefeito de Marabá. “Marabá por si se desenvolve, estamos em tempos de somar esforços para o município, e nós estamos aqui de braços abertos para receber quem quiser se unir a nós para fazermos as transformações que Marabá precisa no ano do seu centenário”, disse o prefeito. Quando assumiu a prefeitura, com uma receita média de R$37 milhões por mês, Salame herdou só com o funcionalismo uma dívida de R$54 milhões. Nos três primeiros meses do ano, além de pagar as obrigações em dia, já havia pago R$27 milhões da administração anterior, uma média de R$9 milhões, por mês. Segundo Salame, a cidade tem crescido e evoluído muito em relação a obras, moradia, educação, saúde e outros serviços. Dois programas hoje são executados pelo governo do estado, com recursos contraídos junto ao governo federal e junto a caixa econômica federal, ainda no

governo da governadora Ana Júlia, que é o caso das casas populares no bairro Francisco Coelho e as obras da Cosanpa. Já para o Centro de convenções, um empréstimo foi aprovado ainda também no governo passado, da Ana, o famoso “366”, conhecido também como o trezentos e sessenta e seis milhões, apesar de informações que o governo atual ainda não conseguiu dirimir os problemas que envolvem a prestação de contas do “366”, Salame diz: “A própria gestão de Jatene está entrando com um recurso próprio no tesouro para dar sequência à obra do Centro de Convenções, até que o dinheiro do “366” possa ser liberado”. São visíveis as transformações que a prefeitura já realizou como: asfaltamento, melhorias nas escolas, capacitação dos servidores, atendimento nos postos de saúde, além do reajuste salarial que os servidores receberam a aquisição de piso salarial nacional da educação para os professores do município e por fim, um aumento de 21% no salário dos professores que são servidores de ensino médio.


55 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Culinaria

O sabor de reviver a culinária Nordestina no Norte do país Ela é uma das cinco regiões que integram o nosso país. É a região brasileira que possui o maior número de estados, sendo também considerada o berço da Colonização Portuguesa no Brasil, em 1500... Já sabem de quem eu estou falando? Ela mesma, a região Nordeste. Nos dias atuais não é preciso ir até a região Nordeste para sentirmos essas e outras curiosidades do local. Em vários estados, encontramos lojas, restaurantes que trazem um pouco dessas peculiaridades. Aqui, na capital paraense, encontramos um lugar que consegue te transportar para o Nordeste do país. Um lugar onde você pode sentir o verdadeiro gosto do tempero nordestino. Este lugar se chama Restaurante Carne de Sol Picui e nasceu em 1989. A mão de obra é especializada, onde a maioria é nordestino mesmo, pois o restaurante tenta ao máximo levar o cliente até a Paraíba.


58 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Te levar para a Paraíba Agora nós vamos viajar até o Nordeste. A viagem será com o aroma das melhores comidas da região, gostosuras estas que deixam qualquer um com água na boca. Mas calma, vamos até a Paraíba, mas sem sair do Norte do país. Isso mesmo. O Restaurante Carne de Sol Picuí transporta você para o Nordeste e te mostra algumas características da culinária de lá. O cardápio é recheado de gostosuras, mas segundo o proprietário Fabrizio Medeiros, os dois pratos mais pedidos no restaurante são: a Carne de Sol e a Picanha. “Estas duas delicias são as mais pedidas no nosso restaurante. Todo nordestino ou até mesmo quem gosta da culinária da Paraíba não recusa essas preciosidades”, explicou. E não para por aí. Além da comida, o ambiente é todo decorado fazendo com que o cliente tenha a impressão de se encontrar mesmo no nordeste. “90%

dos funcionários que trabalham aqui são trazidos da Paraíba e trabalham a caráter. Eles usam os tipos de roupas que usamos no Nordeste, até mesmo para deixar o cliente se sentir na região e conhecer um pouco da nossa cultura”. O tempero é nordestino, mas o público é paraense. Segundo Fabrizio, por mais que a cidade esteja lotada de paraibanos, os paraenses são os que mais frequentam o restaurante.

“90% dos funcionários que trabalham aqui são trazidos da Paraíba e trabalham a caráter. Eles usam os tipos de roupas que usamos no Nordeste, até mesmo para deixar o cliente se sentir na região e conhecer um pouco da nossa cultura”.


59 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


60 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


61 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


62

Seguro

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Seu mundo de

benefícios

e vantagens ficará melhor e mais amplo Sempre que podemos contamos um pouco da história da ASPEB, que como todos, ou quase todos sabem, começou há 23 anos lá no Ed. Justo Chermont, no centro comercial de Belém. Com o passar dos anos sentimos a necessidade de ampliar nossas instalações, foi quando mudamos para a Av. Nazaré, onde passamos a atender nossos clientes de forma mais confortável. O tempo passou, e mais uma vez havia a necessidade de ampliação de nosso espaço, mudamo-nos então para a Av. Almirante Barroso, onde além das melhores instalações, com estacionamento próprio, passamos a contar também com uma maior mobilidade, haja vista que todas as linhas de ônibus urbanos trafegam por aqui, Hoje mais uma vez estamos dinamizando nossa estrutura física, mas nossa maior conquista é saber que

essa armliacão reduzirá esforços dc clientes. Com obras já iniciadas, a ASPEB BENEFÍCIOS irá construir um novo e moderno prédio na Av. almirante Barroso, esquina com a travessa do Chaco. A autoria do projeto é da arquiteta Margarida Benetti e construção da Construir Engenharia, comandada por Gustavo Benetti. O empreendimento abrigará a sede da empresa, bem como outros segmentos, tais como: consultórios médicos, laboratórios, farmácias, restaurante, banco, dentre outros.O prédio irá contar com estacionamento próprio para aproximadamente 100 carros na parte interna e também estacionamento rotativo nos arredores. Com isso, espera-se que o cliente possa resolver todas as suas demandas em um único lugar.


O grande diferencial da nova edificação será a utilização de recursos sustentáveis na sua composição, como: a captação da água de chuva para retroalimentar o prédio, a cobertura terá placas solares, aplicação de esquadrias com vidros que possuam filtro solar, o qual contribui para a redução do calor interno e diretamente diminui o consumo dos condensadores de ar e para aproveitar o máximo a iluminação natural haverá solatubes intercalados também na cobertura. Hoje o mercado é bem mais exigente do que alguns anos atrás, e para isso precisamos de instalações modernas e funcionais. ‘Exemplo disso é o atual momento de nossa empresa, que busca trazer cada vez mais novos produtos aos nossos clientes. Um desses produtos é um plano direcionado para funcionários de empresas privadas, que tem -;omo objetivo a solução diária de problemas de RH, e em alguns casos sem ustos para o caixa da empresa, o que vem rendendo bons frutos, afirma a iiretora do ASPEB Empresas, Sra. Mayanna Oliveira. OASPEB EMPRESAS é um plano que visa oferecer facilidades para o dia a dia dos colaboradores de empresas privadas, através de uma vasta rede de stabelecimentos que oferecem produtos e serviços, dando tranqüilidade e segurança para que os colaboradores possam render mais.

63 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Matriz: Av. Almirante Barroso, 710 - Bairro do Marco - Belém - Pará Tire suas dúvidas através do: 4009-7608 www.aspeb.com.br


64

Moda

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

A mulher mais bela do Pará


65 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


66 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

“E a miss Pará é?” Aquele suspense característico de segundos antes do anúncio da representante do Pará no Miss Brasil, levou o coração de Anne Carolline Vieira de 23 anos a disparar forte. A candidata que representou a cidade modelo, Castanhal, foi anunciada como a mulher mais bela do Estado do Pará. E realmente a moça faz jus ao título que ostenta hoje. Com um sorriso encantador, um

olhar expressivo e um carisma contagiante, Carolline esbanja charme, simpatia e determinação. Para quem pensa que vida de Miss é fácil, se engana. A preparação é intensa e requer muito das candidatas. Nossa representante no Miss Brasil passou por uma maratona que ainda está longe de terminar. Modelo e atriz, a jovem busca oportunidades de mostrar


67 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


68 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

seu talento e ganhar espaço nacionalmente como Miss Brasil. Talento e beleza, Anne Carolline tem de sobra. Até o fechamento desta edição não sabemos se nossa candidata levou o título de Miss Brasil, porém sabemos que o Pará está bem representado pela bela morena e separamos um ensaio todo especial feito pela EA Photo Studio, que você confere aqui em nossa Revista Bacana.


69 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


70 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Ficha técnica

Foto e Manipulação: Alle Peixoto Staff Fotográfico: Eric Anchieta Ass. Produção: Clodoaldo Rocha Make e hair: Romário Gonçalves Coord. do Miss Pará: Nahdia Brandão Miss Pará 2013: Anne Carolline Vieira

Contatos estúdio

EA Photo Studio Tv. das Mercêdes 407, sala 06 São Brás - Belém - PA eastudio1@gmail.com (91) 8218-6404 / (91) 8056-5908 Facebook.com/eaphotostudio


71 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


OCB/SESCOOP/PA

Cooperativismo 72

para desenvolver o Pará

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

A Organização das Cooperativas Brasileiras e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Pará (OCB/SESCOOP/Pa) promovem orientação técnica e impulsionam o apoio e a capacitação deste importante setor da economia paraense.

A gestão atual da OCB/Sescoop-PA está completando três anos a frente do Sistema. No estado do Pará, cerca de 150 mil pessoas já atuam direta e indiretamente nos 13 ramos do cooperativismo em quase 300 cooperativas legalizadas, de acordo com o sistema OCB/ Sescoop-PA, que representa as cooperativas paraenses. Entre os ramos econômicos de destaque no estado está o Agropecuário. Do conjunto do segmento cooperativista, os ramos Mineral, Crédito, Agropecuário, Transporte, Trabalho, e Saúde representam 87,1% do total de cooperativas, 92,3% dos associados e 92,6% dos empregados. A nova gestão do Sistema OCB/ Sescoop-PA vem construindo uma relação de confiança e de respeito com as cooperativas e seus cooperados. O secretário Estadual Sidney Rosa (SEDIP) ressalta: “Precisamos alavancar esta importante atividade que vem congregar os pequenos, que ficam fortes quando unidos, em todas as atividades econômicas, como no ramo da produção, no crédito, agropecuário, entre outros. Para isso, o Governo do Pará está muito próximo da Organização das Cooperativas Brasileiras do Estado do Pará. Neste sentido, o Governador Simão Jatene enviará para a Assembleia Legislativa a Lei do Cooperativismo no estado do Pará, que dá as diretrizes gerais para fazermos cada vez mais o fortalecimento do cooperativismo em todas as áreas, nos municípios paraenses, numa grande parceria entre o Governo do Estado e a OCB/Sescoop-PA”.

Sistema OCB/Sescoop/Pa e o Presidente da Frencoop/Pa, Dep. Miltom Zimmer.

Conquistas Intercâmbio - Uma Comitiva do

Pará organizada pelo Sistema OCB/ Sescoop-PA visitou em julho/2013, a Cooperativa Regional dos Produtores Rurais de Sete Lagoas (Coopersete), uma das fundadoras do Sistema Itambé. O fortalecimento técnico faz parte das ações de intercâmbio e capacitação desenvolvidas diretamente pelo Sescoop-PA.


Responsabilidade Social: Sescoop/Pa – Formatura da 1ª turma da Região Norte do programa aprendiz cooperativo (Unimed Belém) – JUN/2013

Turismo - A Secretaria de Estado do Turismo e o Sistema OCB-PA firmaram um Termo de Cooperação Técnica com objetivo de fomentar a criação de cooperativas de atividades turísticas. A assinatura do Termo assinado tem como objetivo fazer o nivelamento entre o cooperativismo e o setor de turismo no estado.

das cooperativas na economia paraense.

Cooperativismo é fortalecido mensagem do governo do Pará

em

Documento enviado à Assembleia Legislativa do estado firma apoio ao cooperativismo por meio de parceria com o Sistema OCB/PA. A mensagem do Governo do Pará à Alepa em 2013 destacou a força do setor cooperativista do Estado. Outro fator de destaque na mensagem do Executivo à Alepa, é a posição favorável do Governo do Pará na construção da lei estadual visando a regulamentação do cooperativismo. Com a lei, será instituída a política estadual de apoio ao cooperativismo, contendo todas as diretrizes e regras que visem maior incentivo à atividade cooperativista e seu desenvolvimento pleno em nosso estado.

Caravana - Sistema OCB/Sescoop-PA

participou da Caravana da Produção do Governo do Estado que visitou municípios ao longo da PA-279, no sul do Pará.

Censo - Em breve, a Organização das Cooperativas Brasileiras do Pará e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Estado do Pará poderão contar também com o Censo Cooperativista do Pará, que será realizado pela Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração. O Censo vai apontar em definitivo a realidade das cooperativas na atualidade e trará uma importante avaliação da participação

Presidente do Sistema OCB/Sescoop – Pa Ernandes Raiol

SERVIÇO

Sistema OCB/Sescoop-PA (Tv. Humaitá 2778). www.paracooperativo.coop.br e-mail: secretaria@paracooperativo.coop.br Facebook: Sistema OCB/Sescoop-Pa twitter: @ocbsescooppa Fone: (91) 3226- 5280/ 3226- 4140

73

Frencoop-PA - Em setembro/2013, foi instituída na Assembleia Legislativa a Frente Parlamentar de Apoio ao Cooperativismo do Estado do Pará, de caráter suprapartidário. O grupo de trabalho é formado por mais de 30 deputados que atuarão na busca de soluções para o desenvolvimento do setor. Sescoop é um instituto do sistema S, responsável em garantir a capacitação.

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Cidade

Altamira R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

74

74

de cara nova

Desde o início do ano a Cidade de Altamira, oeste do Estado, passa por uma intensa mudança. O prefeito Domingos Juvenil tem feito uma verdadeira revolução com obras estruturantes em todo o município. A malha viária do município já está sendo revitalizada na área urbana e também na zona rural. Transposição de avenidas, revitalização das praças e quadras públicas, asfaltamento, pavimentação em bloquetes, calçamento e linha d’água são algumas das ações que estão sendo executadas diariamente na cidade. A zona

rural ganhou um novo olhar, já são mais de 100km asfaltados, com bueiros e pontes. O Hospital municipal de Altamira, aberto 24h e atendendo toda a região da transamazônica e Xingu conta agora com mais investimentos e 10 novos leitos de retaguarda que atenderão procedimentos pós-cirúrgico, clínica médica e de estabilização, auxiliando e desafogando o atendimento diário do hospital, que atualmente possui 99 leitos. A Prefeitura de Altamira vem avançando na construção de uma nova Cidade com a implantação de políticas públicas de resultados efetivos.


Tur

Viagem Cultural

76

Uma

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Museu de Arte Moderna Fort Worth - EUA


77 R E V I S T A B A C A N A • 12 •

Entra ano e sai ano e você sempre busca novos universos para explorar. Novas cidades para conhecer, culinária de outros países e na maioria das vezes opta pelo óbvio, por roteiros e indicações batidas. Não que elas não valam , mas caso você resolva voltar ao mesmo lugar que já foi, se permita conhecer roteiros inexplorados. A Revista Bacana separou alguns museus, considerados os mais belos que você não pode deixar de conhecer.

2 0 1 3


78

Museu de Han贸i Vietn茫

Museu Nelson-Atkins MIssouri - EUA


Museu Guggenheim Bilbau, Espanha


Museu Royal

80

Ontario - Canadá

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


81 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


82 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


83 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Musée d’Orsay Paris - França


84 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


85 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


86 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


87 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


88

Social

por Tássia Estevão

Um lugar para

chamar de lar Casa Ronald McDonald Belém promove a saúde e a qualidade de vida de crianças e adolescentes com câncer Inaugurada em junho de 2013, a Casa Ronald McDonald Belém já atendeu 65 crianças e adolescentes com câncer. Cerca de 50 estão fazendo tratamento e outras 12 são submetidas às consultas e exames de rotina para o controle da doença. Diferente do que pensam, todas  as crianças e adolescentes estampam alegria no rosto e se divertem com brinquedos ou em atividades recreativas realizadas por voluntários. “As crianças recebem alta do tratamento hospitalar, mas continuam com tratamento

ambulatorial. O nosso veículo  os leva para fazer quimioterapia e receber outros medicamentos”, explicou a gerente da Casa Ronald, a assistente social Alberlice Collyer, sobre as responsabilidades da casa. Famílias percorrem quilômetros para chegar a Belém, algumas vêm de outros estados, deixando tudo pra trás. “Eles deixam escola, amigos e o resto da família. Por isso fazemos de tudo para adaptálos. Temos a nossa brinquedoteca, um


89 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


“Aqui aprendemos a ver a vida de outra forma, enquanto uns reclamam sem motivo, vejo essas crianças se divertindo. Isso é um grande ensinamento de superação”.

90

Vanessa Cristia, estagiária.

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

espaço para os nossos adolescentes, uma enorme área de lazer onde eles correm, empinam pipa e  fazem todas as travessuras de crianças saudáveis”, comenta Alberlice. A Casa Ronald McDonald Belém oferece toda  estrutura para os hospedes. As crianças e os seus acompanhantes ficam hospedados em suítes e recebem seis refeições diárias, além de atividades recreativas e psicossociais. Daniel é um desses hospedes, diagnosticado com leucemia há um ano, está na casa de apoio se recuperando do transplante de medula. “Quando recebi a noticia da minha doença, pensei só no meu

irmão que ainda estava na barriga da minha mãe, queria muito conhecê-lo”, desabafa Daniel. “O meu tratamento poderia durar anos, mas logo consegui a medula e agora conto as horas para voltar e ver minha família”, conta Daniel com a máscara cirúrgica no rosto. Aos 18 anos ele já tem planos para o futuro: “Quero estudar e um dia me formar em medicina, assim posso ajudar a todos que passam por essa situação difícil”,  sorri o adolescente. Mas nem todos os casos terminam como o de Daniel. O câncer é uma doença agressiva e já levou 13 hóspedes da casa, alguns com menos de


91

um ano de vida. “A forma de amenizar a dor dos acompanhantes é promover oficinas de entretenimento, beleza e suporte psicossocial”, comentou Alberlice. Vanessa Cristina, estudante do curso de serviço social escolheu o estágio depois que perdeu a avó para o câncer. “ Aqui aprendemos a ver a vida de outra forma, enquanto uns reclamam sem motivo, vejo essas crianças se divertindo. Isso é um grande ensinamento de superação”, disse a estagiária. Segundo Dyrce Koury, presidente da Casa Ronald McDonald Belém, só conseguimos manter esse  projeto , por causa dos parceiros e voluntários. “Todos aqueles que colaboram têm um espaço aqui”, diz a professora apontando para o coração. “Graças aos nossos parceiros e voluntários podemos ajudar famílias que não teriam como se manter na capital, por isso eu agradeço a todos e peço para continuarem ajudando a associação colorindo a vida, mantenedora da Casa. E para quem quiser ser nosso voluntário: Sempre é tempo de colorir a vida”, completou Dyrce.


Novidade

Belém Alimentos da Augusto Montenegro de cara nova

92

No dia 3 de agosto, a Belém Alimentos reabriu as portas de sua loja matriz da Augusto Montenegro. O espaço foi ampliado de 3 mil m² para mais de 4 mil m² de área de venda, agora totalmente climatizada e preparada para oferecer 35 mil produtos variados, desde alimentos até eletrodomésticos. A loja apresentou ao público um amplo estacionamento no subsolo da loja a fim de atender com mais conforto e comodidade seus clientes.

R E V I S T A B A C A N A • 12 •

Fotos: Van Gonçalves

2 0 1 3

Pioneira no Pará, a unidade já funciona no Estado há mais de 12 anos e com os novos espaços contará com uma vasta e moderna praça de alimentação, onde reunirá serviços de padaria, restaurante e lanchonete, além de um departamento de magazine, revistaria, adega, farmácia e caixas eletrônicos. Para o presidente da empresa, Antônio Malan, a iniciativa é melhorar cada vez oferecendo preços menores e possibilidade de comprar em grandes quantidades. “O ramo do ‘atacarejo’ vem ganhando o gosto dos consumidores. Uma boa opção pra quem quer economizar, em atividades do ramo do varejo e atacado em um só lugar, agregando valor e padrão Antônio e Roberto Malan, respectivamente, Presidente e Diretor.


“A empresa procura atender o dono de mercado à dona de casa com preço justo e qualidade de serviços. Com uma redução nos custos que chegam de 5 a 15% mais barato em relação às outras redes. Uma economia para o bolso de nosso cliente” Roberto Malan, diretor executivo.

de qualidade para atender todas as classes sociais”. A dona de casa, Renata Cardoso, que mora em Marabá, sudeste paraense, vem a Belém e escolheu a rede de supermercado para realizar suas compras do mês. Ela aprovou os novos espaços. “Aqui eu encontro todos os tipos de produtos com um preço em conta. Agora, com a ampliação, posso usufruir de  conforto e agilidade nos serviços.” Para o representante comercial, Leônidas Pavão, “o diferencial é apostar em novas políticas comerciais aliando a um novo conceito que agregue à qualidade nos serviços, preços competitivos e agilidade no atendimento”. De acordo com o diretor executivo, Roberto Malan, todo o investimento e ampliação da loja também visam impulsionar a geração de emprego e renda que aumentou em 25% o quadro de funcionários. “A empresa procura atender o dono de mercado à dona de casa com preço justo e qualidade de serviços. Com uma redução nos custos que chegam de 5 a 15% mais barato em relação às outras redes. Uma economia para o bolso de nosso cliente”, avalia.

A iniciativa agradou a funcionária da empresa Érika Chaves que trabalha como balconista na unidade. “A empresa dá oportunidade e valoriza o funcionário. Fiz um curso de caixa e espero uma oportunidade de crescer aqui”. O Grupo Belém Alimentos possui cerca de 800 funcionários distribuídos em suas unidades que funcionam em Belém, na avenida Augusto Montenegro, e outra no Km 11, em Marituba, além de uma distribuidora de itens alimentícios com mais de 10.200 m². A empresa atende cerca de 80 municípios paraenses.


Relax

Chá das Cinco Eles são requintados e acontecem britanicamente às 17h.Originado na Inglaterra pelas mãos da Duquesa de Bedford, o chá das cinco virou sinônimo de sofisticação. As regras são simples: Peças de porcelana e prata e um menu refinado para senhoras e cavalheiros de classe. Torradas com manteiga, geléia ou mel; scones, muffins, bolos e uma grande variedade de biscoitos e pãezinhos, são algumas das iguarias deste cardápio tradicional. No final do século XIX, o chá das cinco conquistou o continente europeu, principalmente nas metrópoles. A sociedade aristocrática, então se rendeu ao hábito que aos poucos tornou-se rotina, fazendo com que assim surgissem os salões de chá, tão tradicionais até hoje. Entre uma viagem e outra quando o destino for Londres, porque não experimentar os hábitos britânicos, não é mesmo? Separamos algumas das casas de chá londrinas mais famosas.


96 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

As 15 casas de chá mais famosas de Londres 1. Palm Court, The Langham 2. Brown’s Hotel   3. Claridge’s 4. Grosvenor House Park Room & Library 5. Mandarin Oriental Hyde Park   6. The Athenaeum 7. The Dorchester 8. The Goring   9. The Landmark London   10. The Lanesborough 11. The Milestone 12. Montagu, Hyatt Regency London – The Churchill   13. The Park Lane Hotel   14. The Ritz, Sofitel London St James   15. The Wolseley


97 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Relax

Vodka 98

para ninguém botar defeito

R E V I S T A B A C A N A • 12 •

Aquela balada mais classuda, pede uma bebida mais elaborada. Para as mulheres um drink e quanto mais cheio de detalhes melhor. Para os homens o whisky ou a cerveja, mas por que não enveredar pelo universo da vodka? Seja para impressionar na balada e dividir algumas doses com ela, é necessário que você conheça algumas das melhores vodkas do mercado para não fazer feio na hora de pagar o drink. Fique atento a elas e a menos que você não seja milionário,o mercado oferece alguns opções mais compatíveis ao seu bolso.

2 0 1 3

10. Magnum Grey Goose Vodka US$ 815 Esta Vodka lembra a Grey Goose, mas colocada em uma gaiola de prata. Cabe a você se você gostaria de ter com ou sem a gaiola de prata, que vai custar menos, mas é apenas uma garrafa de Vodka. É popular entre os amantes da vodka Grey Goose.


12 •

2 0 1 3

100

Esta é criação da bem conhecida Vodka Sueca com a embalagem única.

9. Absolute Crystal US$ 1.000

Feita em um número limitado, especialmente dedicada ao Dia dos Namorados com design do frasco puramente rosa. Favorito das mulheres.

Projetado com pedras preciosas. Esta vodka também pode ser comprado em preço menor, uma vez que depende em grande parte o número de gemas.

7. Iordanov Vodka US$ 4.353

B A C A N A

8. Swarovski-studded Alize Limited Edition US$ 2.000

R E V I S T A


101 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


B A C A N A

12 •

2 0 1 3

102

A sua concepção é significativamente diferente e caro em si.

US$ 740.000

(Antigo modelo)

4. Russo-Baltique Vodka

Com um lindo design de urso feito por Jean-Roch e tem sua produção limitada.

5. Belver Bears Vodka US$ 7.240

A garrafa é totalmente coberta com cerca de 7.000 cristais Swarovski projetada pela Vodka Oval. Esta é principalmente apreciada entre as clientes do sexo feminino.

6. Oval Vodka US$ 6.920

R E V I S T A


103 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


B A C A N A

12 •

2 0 1 3

104

Produzida em 2007 e projetada com diamantes coloridos no centro da garrafa pela destilaria Escocêsa Blackwood. Os design podem ser costumizados e os preços são adequados ao design escolhido, variando de US$ 3.700 até US$ 1.000.0000.

3. Diva Vodka US$ 1 milhão

A Vodka mais cara do Universo, projetada pelo luxuoso Leon Verres. O processo de destilação é estritamente confidencial e a garrafa é coberta com milhares de diamantes cintilantes e cristais Swarovski.

1. Billionaire Vodka US$ 3,7 milhões

A garrafa foi desenhada baseada nos radiadores de carro mais a Águia Russa Real por Russo-Baltique e esta Vodka já foi dita como a mais cara do mundo.

US$ 1,35 milhões

(Novo modelo)

2. Russo-Baltique Vodka

R E V I S T A


105 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


106

Evento

Adailton Cordovil,

um nome de muitos talentos Aquele corre corre habitual na hora da arrumação, luz, detalhes e mais detalhes. Tudo é milimetricamente pensado para não haver deslizes, afinal a hora da festa é sagrada e tudo deve sair conforme o planejado. Por isso, com os convidados certos, boa música, bons drinks e uma iluminação certa a alegria está garantida e disso Adailton entende.


107 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Formado em administração de empresas, com um grande conhecimento de varias áreas de uma festa, como layout, decoração, luz, som e principalmente bar, hoje atuante como produtor de festas e a frente da equipe de bartender, Adailton Cordovil é destaque e requisitadíssimo pela nata da sociedade paraense, por realizar as melhores festas, como ele mesmo diz: “Por deixar tudo um Luxo!”. O administrador sempre gostou muito de festas e de pessoas também, por isso, as festas que fazia em sua casa sempre eram legais, organizadas, decoradas com temas e as pessoas quando chagavam se surpreendiam com o que estava acontecendo. Assim começaram a chamálo para organizar também, aniversários e festas. “Quando percebi esse nicho, passei a fazer isso profissionalmente e com o mesmo prazer de sempre”, declarou Adailton. Trabalhando já há cinco anos, no ramo de festas, Adailton demonstra que está no caminho certo e que se sente muito realizado por fazer o que gosta. “Sinto-me muito feliz por estar dando tudo muito certo. Faço as festas como se fossem minhas”, comenta sorridente. Quando indagado sobre o seu diferencial, Cordovil, enfaticamente, diz que é muito exigente com as coisas que faz e cuida tudo até dos mínimos detalhes. Ele também relembra um pouco o passado, da


a dois, para vinte pessoas e até mesmo para mais pessoas, quem vai dar o clima que você deseja a esse momento é a LUZ”, enfatiza. No futuro, Adailton Cordovil tem um sonho de casar e poder transformar a sua festa de casamento em um luxo. Mas, claro, sempre pensando em se fortalecer no mercado de produção de festas em Belém. Então, um brinde ao Luxo de Adailton Cordovil!

109

sua avó Julia que era um grande exemplo de exigência no detalhe. “Uma mulher muito simples, de poucas posses, mas sua mesa diariamente era sempre bem posta, charmosa, alegre. Ela vivia muito bem, era feliz. Quando tinha que receber em sua casa, o que era muito frequente, era tudo muito normal, era gostoso estar lá, lembro muito”, diz Adailton afirmando o seu diferencial como exigência no detalhe. O administrador ainda acredita que tudo sai bem mais bonito quando cada um faz do seu dia a dia ou da sua festa o melhor, sem importar se esse melhor é uma prata ou um inox, um simples vidro ou um belíssimo cristal, isso é um detalhe muito importante para que tudo saia perfeito. “Por exemplo, nos meus bares é regra: Drinks só na coqueteleira. Isso é primar pela qualidade do serviço que estou oferecendo, não tem custo algum, só acrescenta mais charme e qualidade à coisa”, afirma. Quando tudo está pronto, convidados, comida, bebida, decoração, o toque final fica por conta de uma boa iluminação, que para Adailton, uma boa luz é sem dúvidas a grande estrela da festa. “Sozinho em casa,


Saude

Detox , o poder das 110

frutas e legumes R E V I S T A

Aqui não se trata de dieta milagrosa, nem de cardápios rígidos. Vamos falar ou melhor dividir com nossos leitores receitas valiosas quando o assunto é o bem estar da sua saúde. Você já ouviu falar de Detox? Não? Então olha só, nós vamos te ajudar.

B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Detox é o nome dado a todo processo de desintoxicação pelo qual nosso organismo pode passar, através do auxílio de alimentos sólidos e/ou líquidos. Neste caso em questão, vamos falar sobre os sucos detox, que além de ajudar a eliminar as toxinas do organismo, melhoram também o funcionamento do intestino, ativam o sistema imunológico e aumentam a hidratação do corpo. As frutas e verduras destes sucos são ricas em fibras, vitaminas e minerais essenciais para uma saúde nota 1000. Separamos receitas, quase milagrosas e que você leitor(a) com certeza vai experimentar nem que seja uma! Boa degustação.

Vejam 5 receitas de sucos detox:


111 R E V I S T A

Suco detox de cenoura com maçã

B A C A N A • 12 •

Ingredientes 1/2 cenoura 1 maçã 1/2 pepino 1 colher de sopa de Chia 200 ml de água de coco 1 folha de couve Hortelã a gosto Modo de preparo Bater todos os ingredientes no liquidificador. Coar se necessário.

2 0 1 3


Suco detox de cenoura com maçã 112

Ingredientes

R E V I S T A B A C A N A

1 xícara (chá) de abacaxi em cubos 1 cenoura 1 xícara (chá) de talos de erva doce 1 suco de limão e raspas da casca

Suco desintoxicante “queimapneu” Ingredientes

Modo de fazer Bata em uma centrífuga ou em um liquidificador todos os ingredientes com um pouco de água filtrada ou água de coco. Para deixar o suco mais cremoso, utilize a medida de meio copo. Evite usar açúcar e adoçantes.

1 ameixa-preta seca 2 fatias de abacaxi 3 folhas de hortelã 1 copo (200 ml) de água de coco 1 colher (sopa) de semente de linhaça dourada Modo de fazer Deixe a ameixa hidratar por oito horas na água dentro da geladeira. Junte aos outros ingredientes e bata no liquidificador. Beba imediatamente sem coar.

• 12 • 2 0 1 3

Suco detox com gengibre Ingredientes 200ml de suco de uva integral 1 limão com casca Gengibre a gosto Canela a gosto Modo de fazer Bata bem todos os ingredientes no liquidificador e coe em seguida.


Suco desintoxicante e energético Ingredientes 4 cenouras

1 maçã

Suco de 1 limão (sem casca)

2 laranjas

1 pedaço de gengibre

Bata em uma centrífuga ou em um liquidificador todos os ingredientes com um pouco de água filtrada ou água de coco. Para deixar o suco mais cremoso, utilize a medida de meio copo. Evite usar açúcar e adoçantes.

113

Modo de fazer


114

Tur2

R E V I S T A B A C A N A • 12 •

Paraíso das compras, Última chamada! Miami

2 0 1 3

Dinheiro não traz felicidade, mas na maioria das vezes ele manda buscar! É assim que muitos pensam e aproveitam a vida e os trocados que conseguiram. Lógico que os menos “endinheirados” não estão fadados a infelicidade, mas quem nunca sonhou em poder viajar, conhecer outro país, dar presentes para um monte de gente, comprar produtos de marca e de qualidade? Se for mais barato então, com menos impostos e fora do Brasil... Aí seria perfeito não é? Muitas pessoas reservam um dinheiro para unir o útil ao agradável, viajar e comprar. Uns com uma certa economia, outros nem tanto. Alguns querem satisfazer os desejos pessoais e de algumas pessoas mais próximas, outros fizeram disso um negócio. Juntas essas pessoas estão lotando cada vez mais os vôos para o Paraíso das Compras. A tão sonhada Miami. Vai me dizer que quando se fala Miami você já não pensa em fazer compras? A maioria pensa, ou melhor, sonha. E é para essas pessoas que já estão programando o seu Debut, que nós selecionamos algumas dicas de lojas, shoppings e outlets.


115 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


116 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Pra começar, é bom alugar um carro, pois tudo em Miami é bem longe. Na internet é possível reservar um carro online, ou no próprio aeroporto você pode se informar sobre um ônibus que te leva direto para um local onde há várias locadoras. Aproveita e aluga um com GPS, ou leve o seu daqui, se tiver. GPS é indispensável. E por falar em carro, ao chegar nos shoppings, alugue um carrinho de compras, por mais que não pretenda comprar muito, é melhor do que carregar qualquer coisa na mão, você vai precisar delas para fuçar e acredite, tem muita coisa pra fuçar. O aluguel é baratinho. Sempre que for passar no caixa de qualquer loja, lembre-se de perguntar se há desconto extra nos produtos, é possível encontrar bons descontos. Aliás, faça o mesmo ao entrar na loja, procure um vendedor e pergunte se há alguma promoção, às vezes nossa euforia é tanta que nem vemos as plaquinhas sinalizando. Boa parte da fama de Miami se deve aos Outlets, então é por eles que começamos.

Dolphin Mall e Sawgrass Mills. O Dolphin Mall é mais perto de Miami, menor (240 lojas), mas tão bom quanto. As mesmas lojas que você encontra no outro você encontra nesse, com a diferença de andar menos e fugir do calor, já que ele é

fechado e todo com ar condicionado. Lá você encontra ponta de estoque de muitas marcas como Polo Ralph Lauren,Tommy, Levi’s e Banana Republic.

Algumas das lojas com preços bacanas: Saks Fifth Avenue OFF 5TH O que é bom comprar nessa loja são os ternos e gravatas das marcas Calvin Klein,


117 R E V I S T A B A C A N A • 11 • 2 0 1 2


Calvin Klein Lá você encontra os melhores preços em alfaiataria e roupas mais formais. Preço bom e descontos incríveis. Ótima combinação.

Neiman Marcus Last Call Clearance Center

118

Burberry e outras milhares de marcas com preços super compensador. Também vale a pena comprar óculos de sol de marcas como Cloé, Prada, Ray Ban e Marc Jacobs (entre 99 e 129 dólares). Na entrada da loja há produtos de beleza de várias marcas desejadas que já saíram de linha e estão com preços bem melhores do que em outras lojas, aproveite.

Designer Fragrances & Cosmetic Co. Nessa loja você vai encontrar perfumaria e make de várias marcas conhecidas e na Lancome, entre uma troca e outra de estoque é possível encontrar coisas bem baratinhas, quem sabe você dá sorte.

Aqui você encontra de tudo. Roupas, sapatos, jóias, bolsas, acessórios e até produtos para sua casa. Como a loja é menos visitada do que outras que vendem Prada e Marc Jacobs, lá você pode encontrar coisas diferentes e mais bonitas. Lógico que essas e outras marcas não são tão baratas, mas os descontos são significativos. Por lá você ainda encontra as lojas da Hurley, Old Navy, Nike Factory Store, Ross, Victoria`s Secret, Marshalls HomeGoods, DC Factory Store, Brooks Brothers, Gap, Guess, Michael Kors e mais, muito mais mesmo.

Sawgrass Mills Gigantesco! É impossível conhecê-lo em um só dia. São mais de 350 lojas. Se procura artigos infantis, a Nordstrom Rack é ótima. Lá têm lindas roupas e calçados super baratos, principalmente tênis. Os jeans para adultos da marca Seven também têm um


119 R E V I S T A B A C A N A • 11 • 2 0 1 2


120

Aventura Mall

preço ótimo, assim como tênis, camisas e gravatas masculinas. Para quem gosta dos produtos da Michael Kors, a loja do Saugrass oferece ótimos preços. Off Broaway Shoe Warehouse é o paraíso dos pés. Sapatos lindos com valores ainda mais bonitos. Polo Ralph Lauren Factory Store têm pólos, casacos e suéters masculinos com preços baixinhos. Lá a Calvin Klein e a Saks também são uma boa opção.

Burlington Aqui você encontra todo tipo de casacos, como casacos de couro, casacos para skiar e de moleton pela metade do preço. E ainda roupas de criança, cama mesa e banho e camisas da Calvin Klein mais baratas do que na própria loja da marca.

QuickSilver Você também encontra os produtos praticamente pela metade do preço, ou leva 2 pelo preço de 1.

Lacoste Pólos pela metade do preço.

Escada Vestidos de festa, longos ou curtos com descontos ótimos, podendo chegar a 70%.

Vilebrequin Roupas de praia com descontos progressivos, quanto mais peças compra, mais o desconto aumenta.

Victoria Secrets Combinações de 5 custam apenas 20 dólares.

produtos

Carters Roupas infantis com ótimos preços.

L’Occitane e Body Shop São perfeitas cosméticos.

para

comprar

Timberland É possível achar roupas e calçados com preços bacanas.


Valentino

super gostoso e seus produtos são de ótima qualidade.

É claro que essa é uma marca cara, mas na loja do Colonnade, você pode encontrar vestidos de festa com 90% de desconto.

Walmart

The Colonnade  É uma parte nova do lado de fora do Sawgrass Mills, onde estão lojas como: Burberry Outlet, Canali, Coach (onde você pode encontrar bolsas lindas), Cole Haan, David Yurman, Elie Tahari, Escada, Giorgio Armani, Hugo Boss, Juicy Couture, Polo Ralph Lauren (para crianças), True Religion Jeans ( jeans maravilhosos), Valentino e muito, muito mais.

Forever 21

Outros lugares para fazer compra Aventura Mall O maior shopping de Miami. Acomosa lojas como Reiss, Gilly Hicks, All Saints, Urban Outfitters, Anthropologie, Abercrombie & Fitch, Seven for all Mankind, Victoria Secrets,

121

Fora dos outlet, a Forever 21 (no Dolphin Mall) não deixa a desejar para quem procura desde roupas de festa até lingeries. Peças lindas e com bons preços também. Aqui a mulherada vai amar. Acessórios e sapatos com preços quem cabem no bolso. Além do mais, essa loja tem um ambiente

Pra quem busca eletrônicos com bom preço, tem que ir a Walmart mesmo. Têm 4 diferentes endereços, inclusive em Miami Beach, mais um motivo para dar uma esticadinha e conhecer as praias de lá.


122

Bal Harbour

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Sephora, Zara e BCBG Max Azria. E as lojas de departamento: Bloomingdales e Nordstrom.

Bal Harbour O shopping mais chic de Miami é o Bal Harbour, que abriga lojas como Miu Miu, Bottega Veneta, Chanel, Dolce e Gabana e Prada.

Village Of Merreck Park Village Of Merreck Park é o mais bonito. Pequeno e ao ar livre. Artefacto, Pottery Barn, Nordstrom, Gucci, Coach, Furla e Burberry são algumas das lojas que pode encontrar por lá.

Lincoln Road Para as compras nas ruas, vá à Lincoln Road, ao menos para conhecer. Essa é a rua mais conhecida, com lojas bacanas, bem populares e turísticas.

Collins Avenue Collins Avenue é outra rua famosa, que fica em Miami Beach. Fica entre a 5th e a 10th Street. Um dos lugares mais agradáveis para

fazer compras, na quadra da praia. Lojas como Dieses, Urban Outfitters, Mango, Zara Mac e Sephora ficam por lá. Miami tem muitas lojas, shoppings e outlets, tanto que você pode cansar de ir pra lá e ainda não conhecer todas. Mas esse já é um bom começo. Pegue seu mapa, sua listinha de compras e aproveite. Quem sabe da próxima vez você dá as dicas...


123 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


BomGosto

Simples,

leve e sofisticado Por estas bandas se come bem. E esta já se tornou uma máxima, tanto na boca dos turistas que por aqui passam, como dos nossos conterrâneos. Um passeio gastronômico por Belém não deixa a desejar em nada as outras capitais do mundo. Iguarias locais nacionais e nas internacionais também como é o caso do carpaccio, prato muito conhecido por aqui.


125 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


126 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Onde tem boa música e um bar de estilo, lá está ele e suas variações. O carpaccio, famoso aperitivo italiano surgiu em Veneza no Harry’s Bar, o prato é feito com finas fatias de carne crua, molho mostarda, queijo ralado e alcaparras, preparado para comer em cima de torradas bem fresquinhas ou salada. O Harry’s Bar sempre foi concorridíssimo na charmosa cidade europeia. Entre seus frequentadores estiveram estrelas do cinema, membros de famílias reais e nobres. Foi lá, também, onde surgiu o Bellini, lendário coquetel feito com suco de pêssego e espumante. O carpaccio, inclusive, nasceu sob a necessidade de servir a condessa Amália Moncenigo. Simples, requintado e leve, assim se define o carpaccio,prato presente em quase todos os restaurantes de luxo no mundo.

Curiosidade

A História do Carpaccio O carpaccio surgiu em Veneza, na Itália, em 1950 e foi criado por Giuseppe Cipriani, inspirado nas obras do pintor renascentista Vittorio

Carpaccio, que utilizava tons vibrantes em vermelho em todas as suas telas. Cipriani já era famoso pelos seus drinks como “Bellini” e “Tiziano”, mas nada lhe conferiu tanto prestígio quanto as lâminas de carne crua acompanhadas de molho à base de mostarda. Tudo começou quando a condessa Amália Mocenigo pediu ao seu velho amigo Cipriani que lhe preparasse algo com carne crua - que é rica em ferro - para que pudesse se curar de uma forte anemia, recomendação dada pelo seu médico à época. A receita acabou sendo um sucesso absoluto e o prato foi batizado carpaccio, coincidindo com uma exposição dos trabalhos daquele pintor na cidade. No entanto, o Brasil só veio a conhecer a novidade na década de 70, trazida por Massimo Ferrari para o seu restaurante em São Paulo.

Agrada a gregos e troianos E quem disse que a iguaria não serve a gregos e troianos? Então, pra quem não come carne vermelha, deixamos aqui uma segunda opção, uma das mais pedidas em nossa cidade, o carpaccio de Salmão Marinado. Para quem gosta de se aventurar na cozinha, aqui vai a receita.


Carpaccio de Salmão Marinado Ingredientes - 70 g de salmão cru fatiado - 25 g de queijo branco cortado em tiras Molho - 1/2 colher de azeite - suco de 1/2 limão - 1 colher de salsinha picada - 1 colher de cebolinha picada - 1/2 colher de alcaparras Acompanhamento - 1 fatia de pão integral

Modo de Preparo

porção = 58 g número de porções = 2

Valor nutricional e calórico por porção calorias = 105 kcal carboidratos = 0.3 g proteínas = 9.4 g lipídios = 6.6 g

127

Lave bem as mãos antes de lidar com a carne. Prepare uma faca apropriada, grande e bem afiada. Depois, divida a peça em dois retângulos, com largura de aproximadamente 4 cm. Corte cada uma delas em fatias bem finas. Logo após, arrume as fatias sobrepostas em um prato raso de

tamanho médio. O queijo branco deve ser cortado em tiras finas, de aproximadamente 10 cm de comprimento, e colocado sobre as fatias como decoração. Para o molho: em uma vasilha, despeje todos os ingredientes. Misture tudo com cuidado, sem esmagar as alcaparras. Depois, coloque o molho sobre os carpaccios em pequenas quantidades, distribuídas por todo o prato ou, ainda, reserve-o em uma pequena vasilha, para ser servido a gosto.


Desenvolvimento

128

Barcarena, R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Antônio Carlos Vilaça Prefeito

a terra do Caripi O município de Barcarena, localizado aproximadamente vinte quilômetros da capital do Pará, Belém, respira lazer, história, arte, cultura e diversão. Com um clima bucólico e águas mornas e claras, o município oferece ótimas alternativas de lazer, tranquilidade e contato com a natureza, com sua diversidade de praias, rios e igarapés, além, dos casarões históricos antigos que rendem um belo atrativo local. As praias do Caripi, na Vila dos Cabanos, Itupanema, na Vila de Itupanema, e do Conde, na Vila de Conde, são as mais procuradas do município. A tranquilidade e contato com a natureza ficam por conta da praia do Sirituba, na ilha de Trambioca. Os rios e igarapés são boas opções de passeio que se somam aos atrativos locais, que também permite visitas ao patrimônio histórico, trilhas e outras atividades. Em Barcarena, dois grandes eventos tornam-se rota de turismo para o município: a encenação da paixão de Cristo e o Festival do Abacaxi. A encenação que já acontece há mais de 30 anos atrai a cada ano, um número expressivo de visitantes à cidade. Neste ano (2013), com o nome de “Paixão de Cristo, Paixão da Amazônia”, o espetáculo ficou mais regional; Já o festival do abacaxi, além de atrair milhares de visitantes, é um dos principais eventos que ajuda no crescimento da economia local. No festival, o turista se encanta com as atrações locais e nacionais. Conhece um pouco mais da cultura do município através da exposição de artesanato, cerâmica e artigos da cultura local, além de encontrar muitas iguarias feitas com a fruta do Abacaxi.

Atualmente, o município é governado pelo prefeito Antônio Carlos Vilaça, do Partido Social Cristão – PSC, vêm mostrando o quanto a cidade pode alcançar números positivos em relação a saúde, educação, desenvolvimento, cultura e turismo. Saúde – A prefeitura desenvolve inúmeros trabalhos na área da saúde, como a aquisição de novos carros, barcos, bicicletas e equipando postos que servem de apoio às comunidades do município. Um momento em que a administração reconhece as dificuldades de acessos aos postos de saúde, mas tenta amenizar fazendo com que a população possa ter acesso a saúde, dando condições e equipando os profissionais para desenvolverem o seu trabalho de forma digna e com propriedade. Obras – A aparência da cidade vem melhorando continuamente. É visível, quando se afirma que a cidade anda em constantes mudanças, através dos trabalhos realizados pela secretária de obras do município, como asfaltamento, coleta de entulho e de lixo. Hoje, a cidade anda mais limpa, mais iluminada, o que oferece segurança e conforto para a população. É a cidade de Barcarena crescendo junto com a população!


129 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


130

Diversidade

R E V I S T A B A C A N A

O Brasil abre alas

o casamento civil igualitário

• 12 • 2 0 1 3

para

“Estou muito feliz! O Brasil acaba de entrar na lista, cada vez maior, dos países civilizados e democráticos que reconhecem que a população LGBT têm os mesmos direitos civis que qualquer outro cidadão ou cidadã”, Deputado federal Jean Wyllys.


Jean Wylys, Deputado Federal

131

Alianças, convites, ternos, vestidos, bolos, festas... Um sonho que já é realidade para os casais homoafetivos que desejam casar. Porque, por decisão do Conselho Nacional de Justiça, todos os cartórios do Brasil são obrigados a celebrarem o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo. A lei entrou em vigor no dia 16 de maio de 2013. A proposta de Joaquim Barbosa, presidente da CNJ e do STF, garante que nenhum cartório do Brasil se negue a realizar tanto a conversão de união estável em casamento quanto à habilitação direta para o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo. “Estou muito feliz! O Brasil acaba de entrar na lista, cada vez maior, dos países civilizados e democráticos que reconhecem que a população LGBT têm os mesmos direitos civis que qualquer outro cidadão ou cidadã. Assim como tantos outros avanços históricos chegaram em alguns países antes que nos outros, hoje o mundo caminha no sentido de reconhecer a cidadania plena à população LGBT. Que bom que, dessa vez, não chegamos tão tarde”, disse o deputado federal Jean Wyllys, um dos principais militantes para a aprovação do casamento civil igualitário.


Famosos que assumiram ser

O cantor portoriquenho,

132

Rick Martin,

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

assumiu ser gay em 2010. Com 41 anos, Ricky Martin namora o economista Carlos González Abella, com quem tem 2 filhos.

O astro da série “White Collar”,

O ator

Jim Parsons,

intérprete de Sheldon Cooper na série The Big Bang Theory, assumiu que é gay em 2012 e contou que está em um relacionamento homoafetivo há 10.

Matt Bomer,

declarou publicamente que era gay no ano passado e assumiu o relacionamento com o agente Simon Halls, com quem tem 3 filhos.

Alguns famosos aproveitaram para “sair do armário” e assumirem a sua condição sexual. Como foi o caso da cantora

Daniela

Mercury que assumiu, em sua página do Instagram, o relacionamento com a jornalista baiana Malu Verçosa. Ela publicou uma montagem com quatro fotos, na qual aparece ao lado da companheira e de aliança, com a frase: “Malu agora é minha esposa, minha família, minha inspiração pra cantar”. A Holanda foi o primeiro país do mundo a reconhecer o direito dos homossexuais ao casamento. Em 1995, foi criada uma comissão parlamentar para estudar o tema e, dois anos depois, ela concluiu que a legalização do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo devia ser aprovada. Em 2000, a nova lei foi aprovada por 49 votos contra 26 no Senado e por 109 contra 33 na Câmara e entrou em vigor no dia 1º de abril de 2001. Alguns líderes políticos, artistas, esportistas, escritores, aderiram a uma campanha que luta a favor do “Casamento Civil Igualitário – os mesmos direitos com os mesmos nomes”. Nomes como, Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, Luiz Inácio Lula da Silva, expresidente do Brasil, Roberto Carlos, cantor brasileiro, Brad Pitt, ator de Hollywood, Mário Vargas Llosa, Prêmio Nobel de Literatura, Sandy, cantora, Cristina Fernández de

A cantora

Adriana Calcanhotto

oficializou na justiça união estável em 2010 com a cineasta Susana de Moraes, o relacionamento já dura 23 anos.

A dupla

Pepê e Neném

se assumiu gay em entrevista ao programa ‘De Frente com Gabi’ em junho de 2012.

Kirchner, presidenta argentina, Sarah Jessica Parker, atriz norte-americana, Cláudia Raia, atriz, Luciano Huck, apresentador de tv... O Brasil caminha a favor do casamento civil igualitário, promovendo assim ações que garantam a cidadania e os direitos humanos dos homossexuais, contribuindo para a construção de uma sociedade democrática, na qual nenhuma pessoa seja submetida a quaisquer formas de discriminação, coerção e violência, em razão de suas orientações sexuais e identidades de gênero. E viva o amor, viva a liberdade, viva o mundo, de uma forma mais colorida e bonita de se ver!


homossexuais

A atriz

Thammy Miranda,

que assumiu sua homossexualidade em 2006.

O cantor

Elton John

Anderson Cooper,

um dos âncoras mais conhecidos da rede americana de televisão CNN assumiu ser homossexual há menos de 1 ano.

Marc Jacobs

O ator

– O estilista de 49 Marco Nanini anos comanda se assumiu gay em as marcas Marc entrevista a revista Jacobs, Marc by ‘Bravo’ em 2011. Marc Jacobs e a Louis Vuitton. Atualmente, namora o ator pornô brasileiro Harry Louis.

133

está com o diretor David Furnish desde 1993 e oficializou a relação em dezembro de 2005.

Com 45 anos,


134 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


135 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Seguros

Parabucano,

a administração certa para seu Seguro 136

Com experiência de 28 anos de mercado, o Corretor de Seguros e também Administrador por graduação, Fábio Lúcio de Souza Costa, sócio-proprietário da PARABUCANO Corretora de Seguros SS Ltda, comanda a empresa juntamente com seus colaboradores, aos quais, procura sempre passar os ensinamentos de tudo o que sabe sobre a “instituição seguro”

R E V I S T A B A C A N A

O negócio da PARABUCANO Corretora de Seguros é atuar na intermediação e administração dos mais diversos tipos de seguros e para isto mantém parcerias com as melhores e maiores Companhias Seguradoras do País, dando prioridade aquelas que possuem Filiais/Sucursais ou Escritórios de Representação no Estado do Pará, pois entende que a presença física da Seguradora é essencial para o atendimento aos seus clientes, além de contribuir com o desenvolvimento do Município e do Estado, através da manutenção de postos de trabalho e arrecadação de impostos.

rando em alguns nichos de mercado que ainda, são pouco explorados em nossa região e que crescem em regiões como a Sul e Sudeste do País, são ramos de seguros que em outras praças já estão sendo trabalhados, por isso a PARABUCANO Corretora, antes de declinar qualquer negócio fora do trivial, busca antes consultar as Seguradoras para tentar atender a necessidade do cliente, visto que se ele não tiver o atendimento por uma empresa local, vai procurar uma empresa de fora de nosso Estado.

• 12 • 2 0 1 3

Uma empresa atuante Com sede em Belém, ela atua, em todo o Pará, além de manter negócios em outros Estados como o Amapá e o Maranhão, buscando sempre atender seus clientes de forma a deixá-los satisfeitos com seus serviços e procurando para eles, junto ao mercado segurador, o melhor custo/benefício, óbvio que dentro daquilo que realmente atende a necessidade do cliente. “Quem manda em nossa empresa é o cliente, apenas tomamos conta dela para ele”, diz Fábio Lúcio, “o cliente é a razão de ser de nossa empresa, sem ele, a PARABUCANO não existiria!”, completa.

Um visionário com foco no futuro dos seus negócios Sempre de olho no futuro, Fábio Lúcio e sua equipe de Colaboradores, vem se aprimo-

SERVIÇO

Seja qual for o seguro que você venha a pensar, procure a PARABUCANO Corretora de Seguros – Av. Presidente Vargas, 158 – 10º andar – Sala 1003 – Edf. Antônio Martins Júnior – Campina – Belém/ PA. Tels.: (91) 3212.5960 – 4141.7545 – 8114.7967. Site: www.parabucano.com.br


137 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


TCM

TCs trabalham 138

no combate à corrupção

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

A importância fundamental dos Tribunais de Contas no combate à corrupção foi evidenciada pelos palestrantes na solenidade de abertura do 7º CONINTER Norte Nordeste (Congresso de Controle Interno e Externo), na manhã desta quintafeira (19/09), no auditório do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará (TCM/PA), em Belém. A 7ª Edição do CONINTER, considerado o maior evento de Controle do País, foi aberta pelo presidente do TCM-PA, conselheiro José Carlos Araújo, que destacou o compromisso das Cortes de Contas ao realizar eventos como o CONINTER, que é o da capacitação de membros dos Tribunais de Contas, bem como de servidores e gestores públicos. “Através da troca de experiências podemos todos crescer e os Tribunais de Contas podem agilizar e aprimorar, ainda mais, a fiscalização e julgamento das contas públicas”. A mesa que presidiu a solenidade de abertura contou com as presenças, além do presidente José Carlos Araújo, do conselheiro do TCM-RJ Antônio Carlos Flores de Moraes, coordenador científico do evento; do conselheiro corregedor do TCMPA Cezar Colares, representante da Atricon (Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil); do presidente do TCMRJ, conselheiro Thiers Vianna Montebello; e do conselheiro Luís Cunha, vice-presidente do TCE-PA, no exercício da presidência. Participaram do evento conselheiros de 16 estados, sendo 12 das regiões Norte e


139 R E V I S T A

Nordeste. Também prestigiaram o evento os conselheiros do TCM-PA Mara Lúcia (vicepresidente), Aloísio Chaves, Antônio José Guimarães, Daniel Lavareda e Rosa Hage, além dos conselheiros do TCE-PA André Dias, Ivan Cunha e Lourdes Lima. O conselheiro Antônio Carlos Flores traçou uma panorâmica sobre as graves crises econômicas e financeiras que têm abalado o mundo ao longo dos anos, e disse que o caminho para sairmos dessa era de incertezas passa por um rigoroso controle das contas públicas. O 7º Coninter é uma realização do TCMPA e da Jam Jurídica, e conta com o apoio institucional da Abracom (Associação Brasileira dos Tribunais de Contas dos Municípios), Atricon ( Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil) e do IRB (Instituto Rui Barbosa).

Atricon defende criação do CNTC Ao ressaltar que o CONINTER contribui para o fortalecimento dos Tribunais de Contas e do Controle Externo, o conselheiro Cezar Colares esclareceu que estava representando o presidente da Atricon, conselheiro Antônio

Joaquim, que não pôde estar presente porque teve de participar, nesta quintafeira (19/09) à noite, de audiência pública da Frente Parlamentar Mista de Combate à Corrupção da Câmara dos Deputados, onde foi debatida proposta de emenda constitucional reformando a estrutura, organização, forma de ingresso para a vaga de conselheiro e a fiscalização dos Tribunais de Contas.

Ensino à distância O presidente do Instituto Rui Barbosa (IRB) conselheiro do TCE-TO Severiano Costandrade disse que o CONINTER fortalece os Tribunais de Contas e a sociedade. Ele fez um relato das atividades do IRB, entre as quais a assembleia geral realizada em Fortaleza no dia 5 de setembro, com a participação de mais de 20 Tribunais de Contas do País, ocasião em que foram aprovados o novo estatuto e o estatuto eleitoral da entidade. Informou que o IRB lançou uma plataforma para ensino à distância e que já concluiu seu planejamento estratégico de cinco anos.

B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


140

Tribunal de Contas investe em Controle Social e agilidade O presidente José Carlos Araújo disse que o TCM-PA está atento aos anseios da sociedade e não tem medido esforços no sentido de agilizar e aprimorar os mecanismos de controle externo, acompanhando passo a passo os avanços que os Tribunais de Contas têm alcançado, sob a coordenação da Atricon e com o apoio do IRB. Citou como exemplo a prioridade que o TCM-PA tem dado ao Controle Social, realizando treinamentos para conselheiros municipais em Belém e no interior do Estado. Desta forma o Tribunal tem reforçado sua presença através de suas sedes. A mais recente foi inaugurada dia 17/09, em Marabá, para atender mais de perto aos jurisdicionados. Disse que só este ano o TCM-PA já treinou mais de seis mil servidores públicos municipais, em eventos realizados em todas as regiões do Pará. Ressaltou que com a aprovação da nova Lei Orgânica o TCM-PA está agilizando a análise e o julgamento das prestações de contas. Citou como exemplo que as Controladorias já estão notificando as prefeituras em relação a prestações de contas do 2º quadrimestre de 2013.

Transparência Pública O secretário executivo da Controladoria Geral da União (CGU) Carlos Higino, ao proferir a palestra de abertura fez um histórico sobre Transparência Pública no Brasil e citou como um marco o processo de moralização do uso dos cartões de crédito corporativos no governo federal. Outros pontos importantes destacados foram a implantação do Cadastro de Empresas Inidôneas e Suspensas; a aprovação da Lei de Responsabilidade Fiscal e a obrigatoriedade de implantação dos Portais de Transparência a partir da Lei de Acesso à Informação (LAI), cuja

regulamentação ele considera o grande desafio do Brasil.

Parceria entre Tribunais de Contas e MP são eficientes O promotor representante do Ministério Público junto ao CNJ (Conselho Nacional de Justiça), paraense Gilberto Valente Martins, ao falar sobre “A importância das Cortes de Contas no controle da legalidade e no combate à corrupção no âmbito judicial”, afirmou que o trabalho das Cortes de Contas são indispensáveis e de grande importância, principalmente quando realizado em parceria com outros órgãos como os Ministérios Públicos e a Polícia Federal, por exemplo. “Essas parcerias precisam ser alargadas”. “Não podemos mais nos deparar com o estado de corrupção em que o Brasil se encontra!”, exclamou, exemplificando que os


Trabalho do TCM elogiado

O procurador do Ministério Público do Estado Nélson Medrado, que presidiu a mesa durante a palestra de Gilberto Valente, também defendeu a solidificação da parceria entre o

TCM-PA e o Ministério Público, que já proporcionou várias ações de busca e apreensões, bloqueio de bens, e prisões de pessoas acusadas de envolvimento em esquemas de fraude em licitações de prefeituras, como, por exemplo, o desmonte de fraude milionária no Instituto de Previdência e Assistência do Município de Belém (Ipamb), calculada em mais de R$ 2 milhões, ação que contou com efetiva e importante colaboração do TCM-PA. “O combate à corrupção não poderá ser feito sem a participação dos órgãos de Controle Externo como o Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará”, afirmou.

Programação Ainda na quinta-feira houve a palestra da promotora de Justiça do Estado da Bahia, Rita Tourinho, que falou sobre “Concurso Público: Irregularidades e atuação dos órgãos de controle”. Em seguida o bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade de Brasília (UNB) e pós-graduado em Contabilidade e Finanças pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) Paulo Feijó, falou sobre “Equilíbrio Orçamentário X Equilíbrio Fiscal”. Atualmente, Feijó é coordenador Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação da Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Na sexta-feira dia 20, último dia do encontro, foram realizadas as seguintes palestras: “Sistema de Controle Interno e instrumentos de consenso: Termo de Compromisso de Gestão”, proferida pelo doutorando e mestre em Direito

141

agentes do Estado são os primeiros a serem buscados por organizações criminosas. Ele citou a Lei Complementar 131/2009, que acrescenta dispositivos à Lei Complementar Nº 101, de 4 de maio de 2000, que estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e dá outras providências, a fim de determinar a disponibilização, em tempo real, de informações pormenorizadas sobre a execução orçamentária e financeira da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, como um importante instrumento de combate à corrupção, e destacou também a Lei 8.429, de junho de 1992, a Lei de Improbidade Administrativa sancionada pelo ex-presidente Collor, e que foi usada contra ele próprio. O conselheiro Gilberto Valente, que foi nomeado recentemente Ouvidor Nacional de Justiça, chamou a atenção para a alínea G da Lei Complementar 135 de junho de 2010, que estabelece que se tornam inelegíveis aqueles que “tiverem suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa, e por decisão irrecorrível do órgão competente, salvo se esta houver sido suspensa ou anulada pelo Poder Judiciário, para as eleições que se realizarem nos 8 (oito) anos seguintes, contados a partir da data da decisão, aplicando-se o disposto no inciso II do art. 71 da Constituição Federal, a todos os ordenadores de despesa, sem exclusão de mandatários que houverem agido nessa condição”.

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


142 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Econômico e Social pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná Rodrigo Pironti; “A efetividade do controle exercido pelos Tribunais de Contas: A atuação preventiva e cautelar”, ministrada pelo vice-presidente do TCE de Pernambuco e da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) conselheiro Valdecir Fernandes Pascoal; e “Controle Interno da Administração Pública: perspectivas para prevenção e combate à corrupção nas contratações públicas”, proferida pelo conselheiro substituto do TCE de Minas Gerais Licurgo Mourão. A palestra de encerramento do 7º CONINTER, que versou sobre o tema “Problemas decorrentes nas contratações diretas: Visão do controle” coube ao ministro do Tribunal de Contas da União Benjamin Zymler. Ele parabenizou o presidente José Carlos Araújo pela organização do evento, que disse ser de grande importância para o aprimoramento das técnicas de Controle Interno e Externo,

“O CONINTER já é um evento que se firmou no cenário dos Tribunais de Contas. Um espaço onde nós discutimos e fazemos reflexões sobre nossa atuação e a necessidade de modernização e de se ter um Controle Externo cada vez mais eficiente, eficaz e que atende cada vez mais aos anseios da sociedade”. O 7º Coninter foi uma realização do TCM-PA e da Jam Jurídica, e contou com o apoio institucional da Abracom (Associação Brasileira dos Tribunais de Contas dos Municípios), Atricon ( Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil) e do IRB (Instituto Rui Barbosa).

TCM-PA fará em Santarém VI Encontro Regional de Capacitação TCM-PA fará VI Encontro Regional de Capacitação, no período de 30 de setembro a 4 de outubro, no município de Santarém, que oferecerá a 19 municípios da região oeste do Pará cursos de Controle Interno; Execução Orçamentária e Financeira; Licitação; Lei de Responsabilidade Fiscal; e de Contabilidade Aplicada ao Setor Público. O evento, destinado a prefeitos, vereadores, presidentes de câmaras municipais e servidores públicos municipais, será realizado no auditório da FIT (Faculdades Integradas do Tapajós).

TCM-PA capacita conselheiros municipais em Controle Social A atenção do TCM-PA com os municípios do interior do Estado é uma constante e prova disso é que está investindo na capacitação de pessoas da


Justiça da Infância e Adolescência, Carlos Eugênio Rodrigues Salgado dos Santos. O palestrante Cleber Mesquita abordou os tema “Controle Social”, “Orçamento”, “Licitação e Despesas Públicas”, entre outros. Segundo o presidente do TCM, conselheiro José Carlos Araújo, é um trabalho pedagógico que o Tribunal realiza capacitando os Conselhos Municipais da Criança e do Adolescente, de Assistência Social, da Educação, da Saúde, da Mulher, da Pessoa Idosa, da Cultura, do Esporte e Lazer.

Sede em Marabá O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-PA) inaugurou, no último dia 17/09, sua sede em Marabá, aproximando, ainda mais, a Corte de Contas das administrações municipais. Segundo o presidente do TCM-PA, conselheiro José Carlos Araújo, a subsede do TCM-PA em Marabá beneficia diretamente os municípios das regiões sul e sudeste do Pará. “A iniciativa é mais um passo no processo de interiorização do TCM-PA, que já conta, inclusive, com uma sede em Santarém, para melhor fiscalizar e atender os municípios da região oeste do Estado”.

143

comunidade para auxiliar a Corte de Contas na fiscalização da aplicação de recursos municipais. São cursos que qualificam os conselheiros municipais, que avalizam ou não as prestações de contas dos Fundos Municipais de Saúde, Educação, da Criança e do Adolescente, e de Assistência Social, entre outros. A presidente da Câmara Municipal de Marabá, vereadora Júlia Rosa destacou a importância desse trabalho pedagógico que o TCM-PA vem realizando, beneficiando todos os municípios paraenses. Participam do treinamento integrantes de Conselhos Municipais de 33 municípios das regiões do Araguaia, Carajás e Lago de Tucuruí. O treinamento oferece os seguintes cursos: “O Papel dos Conselhos”; “Participação Social no Planejamento das Políticas Públicas”; “A Execução Orçamentária e Financeira e a Prestação de Contas na Visão dos Conselhos Municipais” e “Transparência na Gestão Municipal”. No último dia 28 de agosto, o técnico de Controle Externo Cleber Mesquita, diretor Adjunto de Apoio aos Municípios, realizou uma Oficina de Capacitação para conselheiros de Conselhos que atuam no Controle Social. A oficina foi realizada no auditório do Ministério Público de Ananindeua, cedido por interveniência do promotor de

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


144

Tur3

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Palermo , de dia e de noite Palermo é um dos bairros mais conhecidos de Buenos Aires. Encantador por sua diversidade cultural e arquitetônica, ele é marcado por diferenças. Palermo Chico onde os destaques são os lagos e os parques; Palermo Viejo a parte mais tradicional onde as ruas são largas e as casas antigas.


145 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


146 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Para os amantes dos traços arquitetônicos Palermo Chico é um convite aos olhos. A suntuosidade dos palácios de arquitetura francesa, por si, já são um colírio aos olhos e um convite a viagem no tempo. Com ruas circulares e por conta dos grandes jardins, o bairro mostra sua singularidade. Cada lugar em Palermo é único, um bairro cosmopolita que senão agrada a todos, uma boa parte dos que passam por lá. Separamos um passeio clássico para quem deseja de fato aproveitar Palermo e fazer de tudo um pouco, voltando para casa com um gostinho de quero mais!

Logo cedo Um café da manhã inesquecível sem dúvida será na La Salamandra Dulce de Leche

& Mozzarella Bar na rua El Salvador e nada pode ser melhor do que as iguarias deste lugar. Até para quem vai tomar só um café ou um cappuccino, uma surpresa: uma colher de doce de leite “de brinde” para degustar. Para os que não conseguem se desplugar do mundo tecnológico nem na hora do café da manhã, uma boa notícia tem wifi gratuito.

Durante o dia Para quem aprecia moda e design, sem dúvida a pedida certa é passear pela feira de Palermo Soho onde os conhecidos desenhistas de moda independente oferecem diversos tipos de roupas. O caminho é fácil, localizada na Praça Serrano o destino dos mais antenados é certo, porém tem que ficar ligado aos horários de funcionamento, pois


147 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


148

ao contrário você pode dar com a cara na porta. De quarta a sexta feira o horário de funcionamento é das 15h às 20h e sábados domingos e feriados de 14h às 20h.

apimentadinho, sem aquele gosto de extrato de tomate Cica e sem exageros no álcool. Recomendamos pedir um extra. O Hernán Gipponi fica na Soler, 5862.

Para degustar sem culpa

Ao cair da noite

Uma experiência gastronômica sensacional é sem dúvida uma parada obrigatória no Hernán Gipponi. O restaurante fica dentro do Hotel Boutique Fierro. Seu brunch de 120 pesos, impressiona qualquer um não só pelo preço acessível como também pela quantidade servida. São vários passos de comidas refinadas e de personalidade. Você vai passar no mínimo umas 3 horas para provar tudo que é oferecido. De huevos rancheros, langostinos, ravioli de cordero, ojo de bife com humus e duas sobremesas diferentes. Um bloody mary esta incluído nesse pacote gourmet, bem

A noite em Palermo é de muitas opções ficamos até em dúvida em qual dos bares indicar, nossa vontade era passar um roteiro deles, mas depois da difícil escolha, o destino certo é o Belushi que fica em Palermo Soho na Calle Honduras, 5333. Cardápio contemporâneo e uma infinidade de drinks criativos para todos os gostos. Um lugar com musica no tom certo dos ouvidos mais atentos e das rodinhas de amigos que gostam de jogar papo fora. Sem dúvida é um destes locais que chamamos de ‘after’ onde todos se encontram para marcar onde vão esticar a noite


149 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Reinvento

A gosto 150

do cliente R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Não é de hoje que a criatividade faz maravilhas. E na era que vivemos tudo pode virar novidade, principalmente no universo da moda. Camisas que viram saias. Saias que viram tomara que caia. Peças do guarda roupa masculino e que com um toque mais original, deixam a mulherada mais descolada na hora de compor um look despojado. Mas não é só as mulheres que se renderam as técnicas das customizações, os marmanjos também. Sabe aquelas camisas velhas e paradas dentro do guarda roupa? Então, elas estão deixando de ser camisas e virando camisetas, que servem tanto para a academia como para uma baladinha descompromissada. É galera, tesoura na mão, um pouco de criatividade, alguns acessórios e pronto. Mãos a obra. O negócio é tão lucrativo que já deu origem até a lojas especializadas, afinal, se você não sabe fazer, tem quem faça. O importante é não ficar fora da moda. Monalisa Caetano , blogueira conhecida de nosso Estado é uma destas mulheres que vê novidade até nas peças antigas. Nada fica parado, tudo toma forma e cores diferentes. Tem peças mais ousadas, outras mais discretas e por aí vai. “Eu gosto de experimentar, fazer eu mesma, sou aguçada pela curiosidade de como a peça vai ficar. E me preocupo tanto com os detalhes que quero chegar o mais perto da perfeição nas peças que


151 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


152 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

faço.” A blogueira divide suas experiências com suas mais de 15.000 leitoras. “Alí, eu ensino o passo a passo da customização, cabe as internautas quererem a peça igual ou deixarem a curiosidade falar mais alto”, pontua Monalisa. Monalisa faz das customizações um Hobby, mas tem quem faça disso um negócio lucrativo, como é o caso do estilista Maurício Serra, paulistano que dispõe de um atelier, onde além de criar suas peças, ainda customiza de acordo com o gosto dos clientes. “Sou formado em moda e criei uma marca própria, especialmente para quem

é ousado. Meu conceito da peça perfeita. É de que pra ela ser perfeita, tem de estar de acordo com o gosto do cliente. Logo vi na customização de peças um mercado a ser explorado em Belém, aqui as pessoas gostam de peças exclusivas.”, afirma o estilista. Além dos ateliers, existem também as lojas virtuais com perfis no Instagram. As voltadas para o publico masculino, por exemplo, capricham nas camisetas mais cavadas e com frases de efeito. Já no universo feminino, as lojas capricham nos detalhes e nos babados. É, parece que a customização além de ser um negócio lucrativo para quem quer ganhar dinheiro, é também uma ótima terapia.


153 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


154

CRO-PA 4.920 E CRO-RJ 37.653

Saude

De bem com seu perfil e com a saúde dos dentes em dias Quem não deseja corrigir certas imperfeições na face? Alguns sofrem com o maxilar grande demais, outros  por ser pequeno demais, o que deixa o rosto menos atraente. Mas o que muitos não sabem é que nem sempre este é um problema estético que requer um cirurgião plástico. A Revista Bacana leva você a conhecer um tratamento que pode mudar sua vida  de uma vez por todas.

Renan Cavalcante é daqueles profissionais que cativa pela competência e pela capacidade  que tem em  falar com os olhos.  Com boa oratória e atencioso, o Dr. Renan, nasceu para  ser odontólogo. Sempre bem humorado e com um sorriso nos olhos e nos lábios, tranquiliza seus pacientes  e os deixa confiantes para deitarem na tão temida cadeira dos dentistas. Nascido em Macapá e com 28 anos, o jovem se formou  em 2009 em odontologia  pela UFPa. Amante de Belém, o odontólogo adotou a cidade  como sua residência fixa. Desde que se formou, Renan não parou mais de estudar, partindo imediatamente  para o Rio de Janeiro onde fez residência em Cirurgia e Traumatologia bucomaxilofacial na UFRJ. Mas afinal, o que  é Cirurgia e Traumatologia bucomaxilofacial? Esta é uma  das especialidade da odontologia que tem por objetivo o diagnóstico e o tratamento das doenças, traumatismos, lesões e anomalias, congênitas e adquiridas, do aparelho mastigatório e anexos, e estruturas crânio-faciais associadas. Bem humorado o Dr. Renan, responde: “Resumindo pra você, trato pacientes com fraturas de face, pacientes que apresentam cistos ou tumores na região oral e maxilofacial.

Pacientes que apresentam deformidade dentofaciais, cirurgias orais (como extrações de dentes, sisos, tracionamentos dentários, implantes dentários), biopsias orais.”, afirma.  

Cirurgia Ortognática Dedicado, Dr. Renan resolveu dedicar três anos de sua residência a um campo específico dentro da odontologia, à cirurgia, na qual o odontólogo encontrou admiração.  “Praticamente minha residência no Rio de Janeiro eu dediquei somente a essa parte, pois gosto e admiro esse ramo da cirurgia, foram praticamente 3 anos dedicados para este tipo de cirurgia.” A cirurgia ortognática é o tratamento para pacientes que possuem deformidades envolvendo o esqueleto facial e os dentes. A cirurgia só é utilizada quando não é possível resolver o caso somente com o tratamento ortodôntico, uma vez que o problema está no excesso ou falta de crescimento do esqueleto facial e não somente na posição dos dentes. As deformidades  tem origens diversas, provenientes de Síndromes e/ou Anomalias Específicas. É comum ocorrer de o paciente ter a mandíbula grande representando o prognatismo mandibular. Outros pacientes  já apresentam a mandíbula pequena, retrognatismo mandibular, sorriso gengival, que são os


pacientes que a maxila cresceu para baixo e durante o sorriso aparece muito a gengiva e os pacientes que apresentam assimetria facial.          O diagnóstico e o planejamento cirúrgico são realizados minuciosamente antes da cirurgia nos modelos de estudo montados em articulador odontológico, radiografias e com o auxílio de computação gráfica.  

Único no Norte do Brasil Estudioso e compenetrado, Dr. Renan Cavalcante  trouxe o que há de mais moderno quando o assunto é cirurgia ortognática. “O que eu trago de diferencial são diagnósticos e planejamentos mais modernos, técnica operatória melhor para o paciente”, afirma. Ele é o  unico cirurgião bucomaxilo do Norte que tem um programa (software Dolphin Imaging) que consegue com precisão fazer o diagnostico e planejamento dos pacientes, o que o possibilita discutir com eles a movimentação cirúrgico e principalmente analisar a mudança da face antes da cirurgia. ANTES

DEPOIS

A cirurgia ortognática  vem sendo aceita com sucesso pelos pacientes, como  é o caso da Luciana Loureiro, 27, e também dentista. “Meu perfil me incomodava demais, não tinha definição do meu rosto, por isso, foto  de lado, nem pensar.  Resolvi  me submeter a cirurgia, e ao procurar o Dr. Renan, que através do programa Dolphin Imaging, me esclareceu dúvidas e me mostrou como eu ficaria. Sem receio  decidir fazer e o resultado foi positivo. Senti uma melhora em minha fala, passei a dormir melhor e a aparência melhorou 100%, hoje sou outra pessoa, nem me reconheço nas fotografias antigas”. Se estou satisfeita? Sim, estou realizada, principalmente com os resultados no pós operatório que foi tranquilo , sem dor e o melhor não precisei ficar de boca fechada como geralmente os pacientes necessitam”, afirmou.

Dolphin Imaging

SERVIÇO

Rua Antônio Barreto, 130 sala 1106 - Ed. Village Office - Tel: (91) 3229-8979 / 3224-0252 Consultório Rio de Janeiro Rua Visconde de Pirajá, 550 sala 606 - Ed. Top Center - Ipanema - Tel: (21) 2135-4026 site: www.ctfacial.com.br e-mail: drenancavalcante@gmail.com

155

  Este é um programa Americano  onde é possível arquivar todos os dados do paciente, fotografias entra e intra-oral, radiografias e tomografias. Ou seja, fazer um planejamento cirúrgico com mais fidelidade, predicção e rapidez, além de mostrar ao paciente e fazê-lo entender toda a movimentação cirúrgica da maxila e mandíbula antes do procedimento, fazendo com que  ele tenha uma ideia do seu rosto após a cirurgia ortognática.  

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

No caso de dúvidas o Dr. responde O que é Cirurgia Ortognática? É uma cirurgia que visa corrigir o mal posicionamento dos maxilares, ou seja, corrige a mordida (oclusão), melhorando a respiração e a estética facial, por isso este procedimento é classificado como Estético-Funcional   O plano de Saúde Cobre? Sim. Conforme as Resoluções normativas da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a cirurgia

ortognática faz parte do rol de procedimentos dos planos de saúde hospitalar, ou seja, exige a obrigatoriedade por parte dos convenios de cobrir as cirurgias ortognáticas. A resolução 10 do CONSU, de -4 de novembro de 1998, em seu artigo 5, inciso I, impõe a obrigatoriedade de cobertura das cirurgias bucomaxilofaciais.   Como é feita a cirurgia? Normalmente este tratamento exige uma

fase inicial de “preparo ortodôntico” e uma fase intermediária “fase cirúrgica” e por fim a finalização ortodôntica. A fase cirúrgica é justamente quando o paciente esta pronto para operar, será realizado o diagnóstico e plano de tratamento. A cirurgia é realizada tudo por dentro da boca onde não há cicatriz extra-oral, sob anestesia geral em um hospital,  paciente interna no mesmo dia da cirurgia e tem alta no dia seguinte.

Hoje em dia usamos o que há de mais moderno em técnicas operatórias e sistemas de fixação óssea e normalmente os nossos pacientes saem de boca aberta no pós operatório imediato, o que algumas outras técnicas cirúrgicas fazem com que os pacientes fiquem pelo menos 45 dias de boca fechada. Sempre pedimos aos pacientes que fiquem afastado de suas atividades pelo menos 30 dias.


156

Top 10

Ela reina absoluta Ainda se discute qual a paixão nacional da macharada. Entre dúvidas de que seria o futebol, a cerveja ou as mulheres pesquisas especializadas foram feitas para não restar mais dúvidas. Ela não é a principal paixão, porém a cerveja vem seguida do futebol e as mulheres perderam feio esta disputa. Mas, oh, quem declarou isso foi o sr. Ibope, então se você mulher discordar, brigue com ele. Hahaha! Mas o nosso papo de hoje é sobre ela, a cerveja. Que segundo informações dos nossos bebedores de cerveja oficiais, a bebida poderá ter sua fórmula modificada. É isso mesmo, representantes do governo e produtores da bebida chegaram a um acordo sobre a nova fórmula. Além dos ingredientes conhecidos, agora podem ser usados também insumos de origem animal (leite e mel) e vegetal (frutas, ervas e flores). Calma, para os mais tradicionais, nada de pavor, as novas receitas devem estar no mercado somente a partir de 2015. E como não podia faltar, em uma matéria falando sobre cerveja,vamos ao top 10 delas, vai que você ainda não tenha experimentado alguma não é mesmo?


As Cervejas mais consumidas do mundo

Beer 1 Snow Consumo/2012: 74.8 milhões de barris

158

Pais de origem: China Fabricante: CR Snow

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Tsingtao Consumo/2012: 57,9 milhões de barris

Pais de origem: China Fabricante: Tsingtao Brewery Company

2


159 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


3 Budweiser Consumo/2012: 40,4 milhões de barris

Pais de origem: Estados Unidos Fabricante: Anheuser-Busch (InBev)

4 Yanjing Consumo/2012: 39.6 milhões de barris

160

Pais de origem: China Fabricante: Beijing Yanjing Brewery

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Light 5 Bud Consumo/2012:

36.7 milhões de barris

Pais de origem: Estados Unidos Fabricante: AB ImBev


Extra 6 Corona Consumo/2012: 31.6 milhões de barris

Pais de origem: México Fabricante: Grupo Modelo (AB InBev)

Skol

Consumo/2012: 29.9 milhões de barris

7

Pais de origem: Brasil Fabricante: Ambev

161


8 Heineken Consumo/2012: 29.1 milhões de barris

Pais de origem: Holanda Fabricante: Heineken

Light 9 Coors Consumo/2012:

25.1 milhões de barris

Pais de origem: Estados Unidos Fabricante: Coors Brewing Company

10 Brahma

Consumo/2012: 18.1 milhões de barris Pais de origem: Brasil Fabricante: AmBev

Brasilidade: Uma paraense com charme carioca Pode até existir um ranking das 10 cervejas mais procuradas. Mas a Tijuca merece um destaque especial. Primeiro por ser nossa, segundo porque tem sido considerada na categoria uma das cervejas premium mais elogiadas dos últimos tempos. A Tijuca é elaborada com uma das matérias primas, mais puras do mundo, a água da Amazônia. Sofisticada e suave, contém malte e lúpulo de alto padrão de qualidade e foi inspirada nas maravilhas do Rio de Janeiro, que deram a ela o toque de classe que uma cerveja de categoria premium precisa. Tijuca, é paraense com charme carioca e já conquistou o Brasil.


163 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Industria

Mariza Alimentos

164

Há 30 anos criando sabores inspirados na sua vida R E V I S T A B A C A N A

Há 30 anos trabalhando com uma linha de produtos com mais de 500 itens, a Mariza é a maior Indústria de alimentos da Região Norte e Nordeste. A empresa que antes era apenas uma produção e empacotamento de colorífico, condimento usado em alimentos, hoje já é destaque nacional.

• 12 • 2 0 1 3

Com uma história de conquistas e sucessos, a Mariza Alimentos uma empresa localizada em Castanhal e genuinamente paraense prepara os melhores sabores e aromas em seus produtos e já lidera o gosto popular do Estado e de outras regiões do Brasil. Com produções diárias, a Mariza busca desenvolver produtos saudáveis baseados em pesquisas avançadas em inovação e tecnologia. Estando presente hoje nas gôndolas dos principais grupos varejistas do Brasil, combinado com efetividade em seu trabalho de distribuição para todas as regiões do país, que ressaltam a alta qualidade do seu serviço, ofertando mais de 500 itens de produtos em seu portfólio. Estando presente hoje nas gôndolas dos principais grupos varejistas do Brasil, combinado com efetividade em seu trabalho de distribuição para todas as regiões do país, que ressaltam a alta qualidade do seu serviço, ofertando mais de 500 itens de produtos em seu portfólio.

A Mariza investe em novos produtos.


165 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Produzido em escala industrial, mantendo o sabor caseiro.

Novidades serão lançadas na SuperNorte deste ano

transportadora própria, a C5 Logística com uma frota de 110 caminhões. “ Até o final do ano, nossas metas de investimentos serão de R$ 31.000.000,00.

A Mariza tem sempre a preocupação em trazer novidades que facilitem e beneficiem os seus clientes, fazendo com que todos se sintam parte da Mariza Alimentos. Pensando em trabalhar sempre em constante atualização de técnicas, produções e novas linhas, serão lançados na SuperNorte novos produtos gourmet como: o arroz preto e vermelho; quinoa; coração de alcachofra; molhos de tomate com quatro sabores. Como tudo que a Mariza faz, tem um selo de qualidade e regionalidade, na feira deste ano, a empresa contará sua história de 30 anos e brindará seus clientes com um espaço gourmet que trará como grande estrela a Mariza e os pratos assinados pelo Chef Fabio Scillia.

De olho na sustentabilidade

Investimentos que fazem da Mariza uma empresa de sucesso A prova maior desse investimento está nas novas e modernas instalações do parque fabril, como a nova expedição com 35 Docas, que possui 10mil m². O grupo conta com

Como toda empresa que se preza, a Mariza também beneficia a comunidade e prima por proteger o meio ambiente. Desde 2007 a Mariza Alimentos, possui uma seleção de resíduos e desenvolve trabalhos sociais no bairro junto á fabrica de Castanhal e na comunidade Sapucaia de Santa Izabel do Pará. A empresa investe hoje, 20 milhões na área social.

Uma data especial merece grandes comemorações Em meio as comemorações do círio de Nazaré, a Mariza reúne seus clientes e parceiros para comemorar os 30 anos no mercado paraense. Serão recebidos clientes do Brasil inteiro. Esta é uma oportunidade deles conhecerem a nossa região, nossa cultura e comprovarem de perto a popularidade e sabores dos produtos Mariza. Como todos os eventos da Mariza, a diversão é garantida. No som Salomão Habib e banda Acorda Alice.Agora é só esperar a comemoração começar.


Até o final do ano, nossas metas de investimentos serão de R$ 31.000.000,00.

167 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Construção do novo Centro de distibuição.


168 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


169 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


NaNoite

São Paulo

bar embar

170

de R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

O agito em São Paulo há muito não se dá apenas pelo trânsito de automóveis e pessoas pelas ruas e calçadas da maior cidade do país. Do raiar ao pôr do sol, São Paulo é a cidade que não dorme, que não para nunca. Até o mais cansado e estressado ser humano, após um dia exaustivo não resiste aos encantos de sua noite. A noite Paulistana não deixa a desejar se comparada ao dia a dia de trabalho dessa metrópole. Com um barzinho em cada esquina, em todos os bairros paulistanos, não é preciso enfrentar tanto trânsito para dar uma relaxada e aproveitar o que a cidade tem de melhor. O que antes era privilégio das Vilas Olímpia e Madalena, agora está espalhada por toda a Paulicéia; A DIVERSÃO! Se você vai para São Paulo, reserve um pouco de sua energia para conhecer a variedade de bares que essa metrópole tem para oferecer, mesmo porque, quem vai á São Paulo e não conhece seus bares, simplesmente não foi! Pensando nisso, separamos algumas opções para você se divertir por lá.


171 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


172 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Vila Madalena Rancho Madalena

173

Rua Inácio Pereira Da Rocha, 295 (11 3032-0772 /  3034-0891). No coração da Vila, a casa tem uma decoração típica da roça, com paredes de pau a pique e objetos como berrantes, cordas e enxadas, onde toda noite é possível assistir apresentações sertanejas ao vivo, chegando a 3 apresentações por noite nos finais de semana. Foi lá que a dupla Vitor e Léo iniciou sua carreira, o que ajudou a atrair até hoje artistas, modelos e atores á casa. Uma casa completa com Shows, Pista


174 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

de Dança, Karaokê, Ar Condicionado, Área para Fumantes, Tv, Serviço de Estacionamento, Restaurante, Trabalha com Reservas e aceita cartões de crédito.

Melograno Forneria e Empório da Cerveja Rua Aspicuelta, 436 (11 3031-2921) A casa têm cinco ambientes, incluindo deck, salão, mezanino para degustações e uma irresistível loja de cervejas e copos especiais. Os ambientes são todos adaptados para receber deficientes físicos, inclusive o banheiro. Para matar a fome: 15 opções de

sanduíches feitos com ingredientes inusitados. Para matar a sede: mais de 150 cervejas especiais, uma carta concisa, com rótulos do Chile, Argentina, Itália, Austrália, Espanha e França, além de drinks clássicos e deliciosas caipirinhas. Ambiente com Ar Condicionado, Área para Fumantes, Tv, Acesso para Deficientes, Serviço de Estacionamento, também Trabalha com Reserva e aceita cartões.

Vila Mariana Quintal 23 Rua José Antônio Coelho, 816 (11 50836240) Com apenas 6 meses de trabalho, o bar tem um atendimento impecável e um agradável clima de boteco,fazendo dele um dos melhores dessa região. Gastronomia diferenciada, com pratos, petiscos e porções de boteco. Para refrescar, o predileto chopp Brahma, servido super gelado. É um bar pequeno, para 200 pessoas, mas oferece Shows, ambiente com Ar Condicionado, Área para Fumantes, 3 televisões e 1 telão, Acesso para Deficientes, Serviço de Estacionamento, trabalha com reservas e Aceita Cheque, Cartão, Ticket.


175 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Mooca

176

1 Cervejaria da Mooca

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Rua Guaimbé, 148 (11 2604-5275) Pé direito alto, chão quadriculado e mesas de madeira, o ambiente é ideal para um happy hour.  Mais de 30 rótulos de cervejas entre as nacionais e importadas, incluindo as prediletas, as belgas Deus e Duvel. O chopp Brahma é extraído de uma máquina com formato de tanque com quase três metros de altura. Cortes especiais, Carré de Cordeiro e Picanha Fatiada são feitos em uma churrasqueira com mais de 3 metros de comprimento. Sem esquecer também das porções típicas de boteco. Destaque para o Red Hot, com Picanha em Tiras, Coração e Linguiça Toscana. E ainda um variado Buffet de Antepastos e Frios para fazer parceria com os petiscos. Também tem TV, Acesso para Deficientes, Serviço de Estacionamento, Aceita Cheque, Cartão, Ticket e Trabalha com Reserva.

Jardim São Paulo Aldeia da Villa Avenida Luiz Dumont Villares, 628 (11 29785564 / 2283-5355) A Avenida Luis Dumont Villares se tornou em pouco tempo um corredor de bares e hoje

é frequentada por pessoas de todas as idades e localidades. Entre esses bares está a Aldeia, que surgiu da vontade de seus proprietários de resgatar um pouco da história da Zona Norte de São Paulo e homenagear essa região que nos últimos anos vem crescendo significativamente.  No cardápio, uma homenagem aos endereços postais da região, como o Saltimboca Santos Dumont e Salmom Campo de Marte, dois pontos turísticos de São Paulo. Apesar de ter um estilo rústico, disponibiliza um Lounge com Sushi Bar. No térreo, mesas que recebem serviço a La carte de pratos e petiscos. Além de show, oferece os mesmos serviços que outros bares acima, como ar condicionado, estacionamento e etc. Com a diferença de que fica aberto até o último cliente sair.

Itaim Bibi Anexo SB Rua Leopoldo Couto De Magalhães Júnior, 474 (11 3079-4389) Ambiente sofisticado e aconchegante, que resgata antigas tradições e o charme dos bares dos anos 50 e 60. Um ambiente intimista feito com materiais nobres, sofás em couro e mesas decoradas com luminárias individuais, projetado pelo arquiteto Otávio de Sanctis. São 49 opções entre grandes clássicos, como Dry Martini, long drinks, como Tequila Sun Rise, Singapore Sling e Caju Amigo, além de criações próprias como o Martini Anexo.

Vila Romana Armazém Cerveja Gourmet Rua Tito, 400 (11 3876-2272) Especialista em cervejas especiais, importadas e artesanais com serviço de entrega. Também aberto para o almoço, apresenta um cardápio variado. A noite o bar oferece comidinhas típicas de boteco, porções de salgados tradicionais e sobremesas. Excelente para um happy hour.


177 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Bexiga Café Piu Piu Rua 13 de Maio, 134 (11 3258-8066) A casa oferece uma diversidade musical e cultural que faz dela um dos bares mais descontraídos de São Paulo. Bandas de diversos ritmos, espetáculos de dança, shows de mágica e música erudita. O cardápio é variado, dos pratos mais elaborados até os típicos petisco, chopp Brahma geladíssimo e os clássicos drinks. A casa comporta até 300 pessoas e por ser um bar no estilo Pub, paga-se de 10 á 25 reais para entrar, dependendo da atração.

178

Morumbi R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Santo Paulo Bar Praça Roberto Gomes Pedrosa, 1 – Estádio do Morumbi – Portão 2 (11 37424432) Um bar em pleno estádio. Esse com certeza,tem que fazer parte do seu roteiro. Com 900 m² de área e o bar faz parte do “Morumbi Concept Hall” e tem visão privilegiada do campo de futebol, deck ao ar livre, sala de jogos e área vip. Com ambientação lúdica toda inspirada no universo são-paulino, com 18 telas de plasma, instaladas inclusive nos banheiros, 100% Full HD em vídeo, proporcionando imagens de alta definição que permitem acompanhar todos os lances nos mínimos detalhes. Além de um estúdio montado no local que permite a gravação de programas ao vivo para rádio e TV com jogadores e convidados. As mesas tem o formato de mesas de futebol de botão. O uniforme da equipe que trabalha no bar também é inspirado no universo futebolístico, com uma releitura dos trajes usados por jogadores, técnicos e bandeirinhas. Os consumidores recebem cartões semelhantes aos dos árbitros (cartão amarelo e cartão vermelho) para chamar os garçons e pedir a conta. A casa possui acesso para deficientes no piso superior, inclusive com mesas e banheiros adaptados. Aos sábados show de música ao vivo de MPB. O estabelecimento só cobra entrada em dias

que o São Paulo joga no Morumbi. Até quem torce para outros times vai adorar. Vale a pena reservar um dia na sua agenda para conhecer esse lugar.

Santana Bar Brahma Aeroclube Avenida Olavo Fontoura, 650 (11 2089-1127 /  2089-1131) Localizado no Campo de Marte, na zona norte de São Paulo, o bar tem capacidade para 800 pessoas, com ambientes variados, dois palcos e um deque com vista para a pista do Aeroclube. O ponto alto da decoração é um avião monomotor original, vermelho e branco, que fica pendurado no teto do salão principal. Os dias mais badalados são as quartas-feiras sertanejas e os sábados com uma deliciosa feijoada ao som do mais tradicional samba de raiz. No restante dos dias, o bar oferece shows de música tradicional brasileira.

Pinheiros Cervejaria Nacional Av. Pedroso de Morais, 604 (11 4305-9368 / 3628-5000) Uma fábrica-bar que reúne receitas com sabores inconfundíveis e acompanhamentos especiais. Para combinar com as cervejas produzidas na casa, foram criados petiscos especiais. Logo no primeiro andar é possível ver a fabricação das bebidas, tendo um contato direto com a fábrica. No segundo piso, o bar, com uma estrutura completa. No terceiro andar, um espaço reservado para almoços e jantares. Show ao vivo de jazz ás terças e estilos variados ás quintas-feiras. Além de ar-condicionado e acesso para deficientes físicos a casa disponibiliza de wi-fi grátis. A casa é um charme, com uma ampla janela de blindex com vista para a rua e uma charmosa árvore que ajuda a compor o ambiente. E claro, muita gente bonita. Essas são algumas dicas de bares, afinal, são muitas, além de casas de shows, restaurantes, pontos turísticos, parques, museus, boates, hotéis e etc, etc, etc... Mas esses ficam para outra vez. Até lá e divirtam-se!


179 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Sucesso

Ludimila Heringer,

180

uma empresária industrial de sucesso

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Cada dia é mais comum ver mulheres que tomam as rédeas de empresas e ocupam os cargos mais elevados na sociedade. Desafios diários, rotina dobrada de trabalho, em casa e nos escritórios. E esta é a realidade de muitas mulheres do mundo todo. Ter o controle de tudo ao mesmo tempo, não deve ser tarefa fácil. Imagine o dia a dia de Ludimila Heringer a frente de uma indústria como a ISOAMAZON.

No comando da ISOAMAZON em Benevides, Ludimila Heringer divide-se entre a família e os negócios. Em pouco tempo, a empresária ganhou destaque na imprensa local e no reconhecimento dos clientes mais exigentes. Também não é por menos. Qualidade e seriedade parecem ser nome e sobrenome da empreendedora que prima pela qualidade dos produtos que sua indústria fabrica. A ISOAMAZON hoje é referência no Estado e fora dele, graças ao padrão de qualidade com que desenvolve e produz os itens de EPS (o isopor) como: chapas para lajes, forros, pérolas para concreto leve, blocos para escultura, tijolo de isopor, juntas de dilatação, chapas para papelaria, chapas para isolamento térmico e acústico, molduras e as modernas caixas térmicas. Mediante a competência e o rumo dos negócios, no último dia 27 de junho deste ano, Ludimila Heringer, foi homenageada pelo Conselho de Profissionais do Pará com o título de “Mulher Padrão do Pará 2013” na categoria Empresária Industrial. “Fico orgulhosa e lisonjeada, afinal é fruto de um trabalho árduo e de muita dedicação. É resultado de um trabalho em família. Meu marido e meus filhos são minha base sólida que me motivam a vencer cada vez mais. Esta conquista é fruto do nosso trabalho, agradeço de coração o reconhecimento que o Pará me dispensa”, concluiu a empreendedora emocionada.


181 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


182

Moda2

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Círio de Nazaré

inspira a moda no Pará

183

Gabriel conheceu Belém através da sua família materna. Vindo de férias para cá, o designer gráfico que nasceu em Sampa e se mudou para Curitiba, decidiu estender as férias até hoje e como ele mesmo costuma dizer ‘tomei açaí e fiquei’. O estilista lançou este ano uma coleção exclusiva de 13 camisas religiosas para o Círio de Nazaré.

R E V I S T A B A C A N A

Em outubro Belém ganha novos aromas... Sabores... Um colorido especial! É o círio de Nazaré que contagia a todos e muda a rotina da pacata Belém. Uma época em que recebemos turistas brasileiros e estrangeiros e conterrâneos de vários municípios vizinhos. Promesseiros que a cada ano aumentam em número, para agradecer as bênçãos alcançadas. Se por um lado a maniçoba, o pato no tucupi e as iguarias do círio já são tradições, outra preparação que aos poucos já se torna tradicional é a escolha das roupas para o círio de Nazaré. O designer gráfico Gabriel Lemos teve a sensibilidade em perceber o círio no mercado da moda. Com sua PIAH, marca de camisas e camisetas, o estilista deu asas a imaginação e resolveu criar uma coleção exclusiva para o Círio de Nazaré. Para ele, o Círio tem um sentido especial. “O Círio de Nazaré é uma festa que marcou minha chegada em Belém. Eu nunca tinha visto uma manifestação de fé tão grandiosa na minha vida. E o desejo de retratar o Círio nas estampas da PIAH, veio pela minha grande paixão pelo Círio. Desde o Círio de 2010 (meu primeiro Círio), eu sou apaixonado por essa época do ano e cada símbolo tem um significado profundo para mim”, afirma. As peças desenvolvidas por Gabriel para esta campanha

• 12 • 2 0 1 3


184 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

agradam desde os mais jovens até os mais tradicionais. “As estampas dessa coleção, nasceram a partir de uma pesquisa mais aprofundada sobre o significado do Círio. Eu fui em busca de cada símbolo para retratar em cada estampa. As cores, as texturas, a fé, a devoção... tudo isso está muito presente na coleção”, afirma o designer. A Coleção homenageia o 222º Círio de Nazaré e conta com 13 peças exclusivas,

além das estampas que muitos clientes pedem para serem personalizadas. Em tempos de modernidade, a coleção tem sua loja virtual no próprio facebook da marca PIAH (www.facebook.com/e.piah), alí você encontra um mundo de opções sejam elas suas estamparias exclusivas para o círio ou muitas mais,frutos da criação de Gabriel Lemos.


185


186

Entrevista

R E V I S T A B A C A N A

Um homem de múltiplos

negócios

por Lissa de Alexandria

• 12 • 2 0 1 3

Perfil empreendedor ele tem. Alexandre Accioly descobriu isso logo cedo, aos oito anos de idade quando resolveu investir sua mesada e fazer dinheiro. Desde então, o empresário não parou mais. Com mais de uma década de idade Accioly, continua fazendo sucesso nos seus negócios. O segredo? Você descobre aqui ao ler a entrevista que ele concedeu à Revista Bacana.


Foi no bairro nobre da Zona Sul, o Leblon, que ele, Alexandre Accioly, aos oito anos de idade começou sua carreira. Difícil de acreditar não é? Mas, o garoto pegou sua mesada e resolveu começar um negócio de adulto. Engraxar sapatos, engana quem pensa que o pequeno Alexandre pegava no pesado. Ele criou uma equipe de outros garotos, os convenceu a trabalharem para ele com quem ele dividia metade dos lucros do pequeno investimento. E assim cresceu Accioly, que nos responde com propriedade: “Eu não cuido de nada, deixo tudo com meus sócios”.A fórmula vem dando certo e Alexandre não esconde. Só não revela sua fração de lucros nos negócios que fecha. Com pouco estudo e uma infância humilde, o empresário se associou aos “bons” como ele define seus sócios nos múltiplos negócios que ele tem e uma boa dose de coragem que o fizeram chegar aonde chegou hoje. 

Empreendedor nato, hoje você atua em

“A diversos únicaramos, diferença do quais são elesdinheiro e o porquê destas escolhas? é que muda o preço Eu tenho a Accioly Fitness dos Participações, controladora da Bodytech, através de sua brinquedos, o resto é tudo igual.” empresa Quatro/A Participações. Em 93, Alexandre AcciolyTelemarketing & Centrais de fundei a Quatro/A

Atendimento, depois adquirida pela Telefônica no início de 2000. Participei de iniciativas no mundo do entretenimento. Hoje também sou sócio da Mix FM e Paradiso FM rádios FM do Rio, da ArtRio - Feira Internacional de Artes do Rio de Janeiro, de uma marina e dos restaurantes Gero Rio, Fasano Mare, Londra e Forneria. Gosto de investir no não óbvio.  

187

Bom vamos começar do começo,  qual é o seu perfil empresarial? Me defino como homem do bem-estar. Meu foco é voltado para o lazer e entretenimento.

Como você começou a fazer dinheiro? Sempre me virei. Engraxei sapatos, mas o primeiro negócio foi a Fix Som, que fiz com um amigo, quando adolescente. Abastecíamos um clube com luz e som. Depois, fui figurante em um clipe da Genghis Khan, achei legal e consegui montar uma agência de figuração, a Young Set. Aí depois tive uma churrascaria, fiz concursos de beleza, editei jornais, até chegar à Quatro/A Telemarketing.


188 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

 A Bodytech é um grupo que deu super certo, hoje vocês possuem quantas unidades espalhadas pelo Brasil? Com a unidade Belém, a rede conta com 54 operações, sendo 40 academias com a marca Bodytech e 14 com a marca Fórmula, além de três clubes sociais em São Paulo.   Qual a prospecção para até o final do ano? 2013 a gente termina com 100 academias, 75 a 80 em funcionamento e 20 para inaugurar no primeiro semestre de 2014. Atualmente, temos 105 mil alunos e ano que vem teremos 200 mil.   Quando falamos de Belém, a franquia tem alcançado seus objetivos? Tem projetos de  mais unidades? Esse é o nosso primeiro investimento aqui, com mais ou menos um ano e meio, e a prova de que a gente tá muito feliz com esse investimento é que a gente tá expandindo a unidade que nós compramos o ano passado, a Pelé, do Márcio Bellesi, estamos expandindo a área infantil, então hoje esta academia está completamente preparada para receber a família, porque nós temos um parque aquático, atividades para adolescentes, para adulto, coletivas, danças, lutas e agora atividades para crianças, que vai desde a ginástica artística, que é uma maneira lúdica de por o seu filho para ter uma iniciação no esporte, balé, judô, vôlei do Bernardinho, o futebol do Zico, então isso aqui é um clube pra família inteira.

E quanto  a Fórmula, foi prospectada alguma para Belém?! A gente também pretende trazer para Belém, capital. Nas cidades do interior, somente através de franquias.    O que você considera a receita para o sucesso de um empreendedor? Acreditar, acreditar e persistir sempre.   Com dinheiro as coisas mudam, você pode fazer coisas que antes não fazia. O que você considera  como um luxo a se dar hoje em dia? A única diferença do dinheiro é que muda o preço dos brinquedos, o resto é tudo igual.   Como solteiro, você ganhou capas e capas de revistas  com mulheres lindíssimas. Hoje,  qual é o perfil do Alexandre  casado e com filhos? Eu quero ser capa da Pais e Filhos (risos).   Trace para gente o perfil  do Alexandre Accioly. Sou um pai. Meu compromisso é com a minha família. Quero dar uma boa educação, uma formação para os meus filhos. No trabalho, sou um motivador da equipe.   Quais são os seus sonhos hoje? Fazer um trabalho bacana, ser reconhecido pelo trabalho que a gente faz, criar uma família bacana, ser um bom líder, dar um bom exemplo para os meus filhos. Eu acho que é isso que é o mais importante.


189 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Fotografia

Na bagagem,

a fotografia e a vontade de conquistar o mundo

190

A fotógrafa Carolina Veiga Sales, tem 28 anos e uma grande bagagem quando o assunto é fotografia. Formada em Publicidade e Propaganda, com Pós em Marketing e especialização em fotografia na Escola Internacional de Artes Santa Reparata em Florença na Itália, a jovem soma experiências.

R E V I S T A B A C A N A

“leio bastante, assisto vários filmes e navego na internet procurando sempre o que ha de mais moderno para apresentar desenvolver em minhas produções.Viajo em busca de novos cursos e de novas tendências no mundo da fotografia, no ano passado fiz um intercambio para 5 países como França, Italia , Espanha, Holanda e Alemanha para estudar fotografia e voltar cheia de experiências ... novos olhares!”Conclui Carolina Veiga Sales

• 12 •

Foto da fotógrafa por Renan Viana

2 0 1 3

Com trabalhos versáteis e atuante em ramos distintos da fotografia, Carolina, fotografa desde eventos até books infantis. Com ela, não tem tempo ruim, a fotografia é sua paixão. “Sempre gostei de fotografia desde criança, nos tempos da fotografia analógica, gostava de reunir as amigas cada uma levava uma peça de roupa e fazíamos aquela bagunça uma batendo foto da outra depois revelávamos aqueles rolos de filmes com centenas de fotos, era uma sensação incrível”, revela Carolina. Com cinco anos no mercado, Carol montou seu escritório de fotografia onde além das fotografias, desenvolve um serviço personalizado de álbuns encadernados no melhor estilo de livro book. Seja casamento, 15 anos, fotos sensuais, books de bebês, crianças e/ou família, ela está dentro, abraça os desafios e mostra que talento ela tem de sobra. Carolina afirma categórica: “Eu vivo da fotografia não tenho outra atividade, ela é o suficiente para me fazer apaixonada todos os dias. Hoje tenho certeza que escolhi a profissão certa”. Sempre em busca de novidades a fotógrafa procura inspiração em tudo que a cerca.


191 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Intima

O que vestir na

192

hora “H”

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Atenção meninas: quando se trata de um encontro tudo é importante, mas o que vestir na hora “h” é, sem dúvida, um quesito primordial. Claudia Oliveira, franqueada da Hope e Maria José Cruz, franqueada da Jogê, as duas empreendedoras do mercado de lingerie e amigas inseparáveis escolheram investir no mesmo ramo e a Revista Bacana resolveu bater um papo informal para levar até vocês leitoras, as novidades e tendências deste mercado. Quais as novidades para a mulherada nesse mercado, na Hope e na Jogê? Claudia: O lançamento são as peças em cetim. Coleção ultra sensual e confortável, com renda e cetim. Também, em lançamento Nacional, os biquínis exclusivos em parceria com a grife Jô De Mer. Maria José: Além das estampas e modelagens exclusivas, lançamos a Linha DAY BY DAY, em algodão especial, fio longo e e renda francesa. Existem peças que nunca saem de moda? Quais são elas? Claudia Oliveira: A Hope trabalha bastante com peças atemporais, como os básicos. Sutiãs e calcinhas sem costura

que não marcam. Peças de algodão e cores básicas como camurça, ainda fazem parte do guarda roupa de muitas mulheres. Maria José: As peças de bom gosto. Qual o modelo imediatamente aceito pela mulherada? Claudia Oliveira: Temos na Hope um sutiã sob medida que se chama Universal. É um sutiã de taças que se ajustam perfeitamente ao corpo. Maria José: As calcinhas fio e o soutien “push up” Em questão de cores, quais as mais procuradas? E as estampas, fazem o mesmo sucesso? Claudia Oliveira: Em minha loja, de imediato, as cores básicas ainda prevalecem. Mas, para ocasiões especiais, o vermelho cherry é campeão. Maria José: No caso da lingerie a calcinha fio e da Linha Noite as camisolas. No caso da cor, o branco é o preferido, depois preto e o vermelho. As estampas são super bem aceitas por serem exclusivas. Hoje, o que as mulheres podem encontrar de mais sexy na Hope e na Jogê? Claudia Oliveira: A linha Giselle Bündchen, exclusiva da Hope, é o de mais sexy que temos na loja. Tecidos importados, alta costura, rendas italianas e peças desenhadas pela própria modelo, fazem o sucesso da marca Gisele Bündchen Intimates dentro da Hope. Maria José: As fantasias e alguns modelos de lingerie exclusivas. Jogê - Boulevard Shopping 3º piso 32235404 Hope - Boulevard Shopping 2º piso 32126132


193 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


ModaPraia

Bela Rosa para o Brasil A menina Aleide Menezes que cresceu entre peças de tecidos e máquinas de costura deu asas ao seu sonho e aos poucos ganha o mercado nacional, graças a interatividade on line dos dias de hoje. Conheça a história da moda que se exporta do Pará para o resto do Brasil.


195

Ultimamente, nossos modelos de biquínis tem ganhado até mídia na TV, no programa pânico. “Nossos modelos de biquíni,vem fazendo sucesso com a Panicat Carol Dias e por consequência com as mulheres da nossa cidade. É uma loucura, aparece um modelo, todas querem, ou querem mais bonito, mais exclusivo”, destaca Aleide.

É o telefone que não para de tocar, a campainha de cinco em cinco minutos. Muitas mulheres escolhendo seus biquínis para o verão. Anota o pedido do Rio de Janeiro, não, não, agora é o de São Paulo. Entre um atendimento pessoal e os virtuais no WhatsApp, Aleide se desdobra para atender a todos. A empresária bolou uma estratégia para girar seu capital durante o ano todo, colocando em seu cronograma o verão de todos os estados do Brasil, atendendo pedidos de ponta a ponta. Aleide Menezes, é espevitada e doce. Entre o jeito de menina e a seriedade de uma mulher de negócios, a Manaura mais Paraense que já conheci e com raizes nordestinas reúne traços de todas estas culturas em sua personalidade. “bichinha arretada visse”, se formou em administração de empresas para realizar o seu sonho. Conheceu o mercado da moda, fez cursos e mais cursos de empreendedorismo  para então colocar em prática seu plano de carreira. “Cresci vendo minha avó paterna e minha mãe fazendo roupas.  A vovó tinha uma loja grande de tecidos no Ceará. Eu a admirava costurando, escolhendo os tecidos, criando as pecas para vender e vendo minha mãe costurar por hobby.  Então desde meu convênio já sabia o que queria, pena que na época que fiz vestibular não existia para bacharelado em Moda. Fiz para administração já que era meu sonho ter uma loja. “,destaca a empresária


196 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Como todo negócio local, a Bela Rosa começou por aqui, fazendo peças simples e pequenas coleções. “No inicio foi bem difícil já que eu só tinha experiência em modelagem de roupas, costurar mesmo não sabia nem por onde começava. Tive a sorte de conhecer a minha primeira colaboradora que me ensinou modelagem avançada, costurar e a cortar.” A Bela Rosa cresceu tímida, na verdade, com os pés no chão.Com 4 anos de existência aí sim Aleide se aventurou na moda praia. “No começo fizemos BIQUINIS básicos e bemmmm básicos, rsrsrs. Vendemos super bem para nossa surpresa. No ano seguinte na época do verão paraense fizemos novamente e além dos básicos alguns modelos mais sofisticados. No terceiro ano trabalhando com moda praia e já com bastante experiência fizemos uma coleção maravilhosa!!! E o resultado foi excelente!!”, ressalta aos gritos de felicidade a empresária. Graças a interatividade do mundo moderno, a loja de revenda de biquínis, deixou de ser conhecida somente aqui em Belém. Começou a ganhar mercado com sua página pessoal no Facebook e suas fotos no Instagram. Aos poucos as pessoas começaram a comentar, a querer conhecer os biquínis. ‘Considero a internet essencial para o sucesso dos meu negócios. Através dela captamos clientes de outros estados e até de outros países”,afirmou. Ultimamente, nossos modelos de biquínis tem ganhado até mídia na TV, no programa pânico. “Nossos biquínis,vem fazendo sucesso com as Panicats e por consequência com as mulheres da nossa cidade. É uma loucura, aparece um modelo na TV, todas querem, ou querem mais bonito, mais exclusivo”, destaca Aleide. Para Aleide,conquistar o mercado brasileiro com suas criações,tem sido sua maior concretização Se você produz algo com qualidade, o produto com certeza vai agradar a gregos e troianos, independente do Estado em que seja produzido. Me sinto realizada, claro, ao ver pessoas que não residem aqui no Pará vestindo um Biquíni Bela Rosa. Não nego que após a criação dos biquinis bordados, uma peça bem paraense, já que para nos é comum ir a praia com biquínis diferentes, e luxuosos, é que houve um grande impulso nas vendas.  Mas, é um orgulho pra mim, poder mostrar que no Pará também temos Moda de qualidade, e que não somos apenas os “bregas” (No sentido pejorativo) que muitos de fora pensam. 


197 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


198

Arte

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Um grande solista paraense se apresenta para o mundo

A Revista Bacana entrevistou o cantor Lírico de Ópera Atalla Ayan. Vamos, agora, contar um pouco para você sobre essa grande voz que já ganhou mercado no Brasil e no mundo.

Desde criança, a partir dos 12 anos, por brincadeira, o gosto musical já havia nascido para o cantor Lírico de Ópera Atalla Ayan, que hoje é conhecido mundialmente pelo seu talento. Nascido na capital paraense, Atala sofreu influência de seu padrinho que comprava discos de vinil de ópera para que ele escutasse. “Eu comecei a ouvir os tenores, através dos discos de vinil, que eu ganhava do meu padrinho, e imitava os cantores, fui começando de brincadeira, cantando/imitando nos aniversários de familiares”, conclui.


199 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


200 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

 “Eu comecei a me apresentar no colégio, nas festas do dia das mães, festa de natal e em alguns casamentos também. Daí, há 11 anos atrás, eu recebi um convite para fazer parte do coro do festival de ópera do Theatro da Paz  O cantor percebeu que podia estudar para se aprimorar na brincadeira de cantar. Ingressou então, na década de 90, no Conservatório Carlos Gomes, no meio dos estudos passou na Faculdade Federal do Pará (UFPA), no curso de licenciatura em Música, mas não completou os estudos devido aos convites que já recebia para cantar não só no estado como fora dele.  “Eu comecei a me apresentar no colégio, nas festas do dia das mães, festa de natal e em alguns casamentos também. Daí, há 11 anos atrás, eu recebi um convite para fazer parte do coro do

festival de ópera do Theatro da Paz, com a obra “Macbeth – Verdi”. Foi então, que eu conheci o diretor do Theatro na época, Gilberto Chaves, onde eu fiz uma audição para ele e eu recebi uma grande oportunidade de começar a solar, a cantar só”, diz Atalla. Logo depois, o cantor foi ao Estados Unidos, para fazer um intercâmbio em Música, pela Universidade de Misure onde conheceu o seu atual agente, onde fez uma audição para ele. E em seguida, fez uma pequena Ópera Estúdio, na Itália, onde ficou um ano no país. Hoje, está no Teatro Staatstheater Stuttgart na Alemanha.  Atalla teve Andrea Bocelli e Luciano Pavarotti como influências na sua carreira. “Me lembro que tinha uma novela que tinha como trilha sonora a música “Con te Partiro”, do Andrea Bocelli, eu tomava banho e escutava umas dez vezes essa canção”, lembra o cantor.  Quando perguntado sobre o seu futuro, quais as suas pretensões, Atalla é enfático e diz: “Eu almejo o Metropolitan Ópera Hall, em Nova York e Alla Scala de Milão, na Itália. As grandes casas são um sonho, pois quando eu era pequeno eu via no DVD e pensava que queria cantar lá”, finaliza.


201


202

~ Inclusao

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Ajudando a vencer

limitações e preconceitos Ultrapassar obstáculos, persistir e vencer as dificuldades, isso se torna ainda mais difícil para os deficientes quando faltam mobilidade, acessibilidade e inclusão. Mas, no meio do caminho nada se torna mais confortante do que encontrar grandes anjos terrenos, como os pedagogos Denise Correia e Marcos Lopes. Ajudar com responsabilidade, num esforço contínuo, para superar os limites, inspira e emociona qualquer um.

Marcos Lopes, 28 anos, lembra que o gosto por trabalhar com educação especial surgiu ainda cedo, na universidade. “O interesse por trabalhar com a educação especial surgiu na academia, por meio de estudos e pesquisas, coordenação de seminários, oficinas, workshop e socializações de práticas, além de estágio na área da inclusão que despertou significativamente o enveredar para este campo da educação”, lembra. Denise Corrêa, 40 anos, conta que o trabalho na Educação Especial surgiu nos

primeiros movimentos da Inclusão quando era diretora da Escola Estadual Tiradentes. “Presenciei e vivenciei a necessidade de incluir os alunos deficientes na escola, a luta e angústias dos alunos e de seus familiares, assim como o empenho e interesse de alguns profissionais, mesmo que por outro lado, houvesse, também, a resistência de ambos. Foi quando busquei cada vez mais ampliar meus conhecimentos e atuação na educação especial e inclusiva”, afirma. Com lições de solidariedade e, acima de tudo, muita coragem, de estar sempre


203 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


204 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

em contato na superação das adversidades, o trabalho com educação especial hoje auxilia o próximo a vencer desafios. E no dia a dia, a prática prova que é possível vencer, independente de quaisquer obstáculos, sejam eles perda familiar, preconceito, deficiência física, acidente ou síndrome. “O principal aprendizado de tantos que poderia listar, é o de que podemos muito mais do que pensamos, pois já atendi e conheci pessoas com sérias limitações em detrimento de deficiências, porém, me surpreendia cada vez mais em descobrir e conhecer as formas, as estratégias que a criança ou adulto desenvolvia para de algum modo se comunicar, locomover, interagir”, declara Marcos. O preconceito ainda é bastante visível por parte da sociedade como um todo, mas a educação especial vem apresentando avanços em suas ações de inclusão educacional. Hoje muitos profissionais falam e discutem sobre inclusão em todos os âmbitos, isso é uma conquista! “Acredito que venceremos o preconceito com conhecimento. Não o conhecimento superficial, mas aquele conquistado no dia a dia, com a convivência e interação. Muitas vezes, os rótulos não revelam os conteúdos. Precisamos conviver e compartilhar os espaços e descobrir o que cada um tem para contribuir para esta sociedade, que precisa ser mais acolhedora e menos excludente”, conclui Denise.

Grande ensinamentos Ao longo do tempo, com anos trabalhando com educação especial, Denise e Marcos já vivenciaram vários casos especiais que marcaram as suas carreiras. Casos que emocionam e sensibilizam. Mas, para quem trabalha com educação especial tem sempre que seguir forte e atender com naturalidade. “Uma vez atendi uma aluna com uma síndrome rara, e dentro do quadro de progressão do caso, a mesma perderia a visão com o passar

do tempo, e ao dialogar com a mãe sobre as estratégias pedagógicas já para um trabalho sensorial e estimulação tátil, a mãe se pôs a chorar copiosamente, e eu, como referência, precisava me manter firme nas orientações e mostrar pra essa mãe que existiam diversas ações que iam ajudar a autonomia e aprendizado da filha, após o atendimento familiar e contato com a aluna, chorei bastante, a partir desse dia nunca mais me esqueci dela, e sempre lembro como um marco, que ratificou novamente que tenho uma missão valiosa na educação”, lembra Marcos. “Para minha vida levo a certeza de que o amanhã sempre será melhor, se fizermos do hoje um campo de trabalho, dedicação, compromisso, respeito e amor pelo que fazemos”, avalia Marcos. “Estou sempre me renovando e aprimorando conhecimentos e práticas voltadas para encontrar as melhores estratégias para o sucesso e desempenho dos alunos, na conquista dos seus sonhos”, conclui Denise. Desistir depois de passar por dificuldades piores? Nem pensar.

Centro de Referência em Inclusão Educacional  Em Belém o Centro de Referência em Inclusão Educacional (Crie) Gabriel Lima Mendes atende diretamente 633 alunos, entre crianças, jovens e adultos com deficiência matriculados nas escolas municipais. Os alunos recebem atendimento educacional especializado nas salas de recursos multifuncionais no contra turno, com professores especializados na área da educação especial e com experiência no processo de inclusão escolar. Atualmente 164 professores executam esse modelo educacional nas 33 salas de recursos distribuídas nos distritos de Mosqueiro, Outeiro, Icoaraci e em Belém.  


205 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Entrevista

206

A vaidade masculina

tem um preço, US$ 4,7 bilhões Cada dia mais preocupados com o preparo físico, a boa aparência e a disposição. Os homens aquecem o mercado da estética e cuidados específicos com o corpo,rosto e mente e exigem espaços diferenciados para atendê-los.

Cuidados com o corpo, com a pele, com as unhas e cabelos, há muito tempo deixou de ser preocupação somente das mulheres. O tempo passou e o bicho papão que assombrava os “machistas” de plantão, foi dando lugar a um homem moderno, que atualmente busca tecnologias que o deixe com uma aparência melhor sem muita demora. Não somente por vaidade mais sim para manter a boa aparência e assegurar sua vaga no trabalho e/ou outras vezes para manter a auto estima, os homens perderam o medo de ir em busca de tratamentos estéticos, porém uma boa parte deles se acanha ao chegar a um centro de estética cheio de mulheres. Em 2012, a Revista Exame publicou uma reportagem que falava sobre esta valiosa fatia no mercado e o giro de capital, que a vaidade


207 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


208

Arthur Levi, empresário e modelo fotográfico

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

masculina produzia para a América Latina. Sem títulos ou rótulos, o homem moderno não é mais chamado de metrossexual ou seja lá a denominação que seja dada hoje. Vivemos uma era onde você representa o corpo e a aparência que tem. Rio, São Paulo, Floripa e tantas outras cidades hoje ,possuem atendimento exclusivo para homens. A primeiro momento tabus e preconceitos podem até surgir, pois confunde-se com outros fins nada profissionais. Ledo engano de mentes fechadas. Todos sabemos que o homem busca resultados rápidos e sem muita paciência para cremes e ‘melação’, o público masculino exige eficácia. Logo, clínicas especializadas na ala masculina recebem os marmanjos como se eles estivessem em casa e o melhor com tratamentos específicos que vão trazer resultados rápidos. Espaços exclusivos já existem nas principais capitais do Brasil. Aqui em Belém é novidade. Para o Terapeuta Corporal Daniel Sales, hoje esta é uma exigência de um mercado que só faz crescer. “Este é um publico que consome e quer resultados. Os homens muitas vezes são até mais determinados que as mulheres


209 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


210

O terapêuta corporal Daniel Sales (Centro), comanda a primeira Clínica destinada ao público masculino de Belém.

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

quando o assunto é cuidar do corpo”, ressalta. O terapeuta possui uma clínica especializada no atendimento para homens.Entre as técnicas mais procuradas estão tanto sessões voltadas para o corpo que se concentram em média no abdômen, como tratamentos faciais. Para o nutricionista Marcus Ayan, 39, cuidar do corpo é fundamental. “Por conta da minha profissão, exijo de mim uma aparência sempre saudável, o corpo em forma e a pele com viço. Ayan ainda reforça. “Ter um espaço exclusivo para os homens é benéfico não somente por sigilo ou por deixar os pacientes mais a vontade e sim pelo diferencial do tratamento. Homens são diferentes das mulheres, são tratamentos específicos,”pontua. Daniel Sales,vai além, “a gordura abdominal , a textura da pele , a retenção de líquidos são diferentes na fisiologia masculina, o que requer um tratamento diferenciado e focado em resultados rápidos”. Sejam com tratamentos estéticos ou mesmo com o uso de cosméticos e fitoterápicos para manter o corpo saudável, os investimentos são grandes. O Brasil é tradicional quando o assunto é vaidade e ocupa a segunda posição do ranking feito pela Euromonitor de cosméticos para homens, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.Sua participação foi de 9% no mercado mundial,

A gordura abdominal de um homem, a textura da pele masculina, a retenção de líquidos são diferentes na fisiologia masculina, o que requer um tratamento diferenciado e focado em resultados rápidos. o que já representava 50% do faturamento total da América Latina em 2012, que foi de US$ 4,7 bilhões. No caso do Empresário e Modelo Fotográfico Arthur Levy, os cuidados para com o corpo e com a saúde da pele devem ser levados a sério. E dispara: “Vai além dos cuidados estéticos, é alimentação, são horas certas de sono e exercícios físicos.” Interessante é a filosofia que o terapeuta Daniel Sales desenvolveu.para com os seus pacientes.”O Daniel se recicla, logo fica fácil ter um atendimento de qualidade e o principal podemos dialogar sobre as mais saudáveis formas de alcançar o resultado desejado, pois ele está sempre antenado nas novidades do mercado e no


Marcus Ayan Nutricionista

211

entorno do tratamento”, afirma Arthur. O nutricionista Marcus Ayan que atende homens e mulheres, lida com a busca do corpo perfeito. Em seu consultório, o nutricionista desenvolve um trabalho com suplementação para atletas,”cápsula da beleza”, reeducação alimentar, alimentos funcionais e afins, afirma: “Não é somente o trabalho estético que traz resultados. É um conjunto de escolhas, é sua alimentação, seus hábitos. É uma soma.” A questão é, o homem passou a ser mais vaidoso sem perder a masculinidade. Tratamentos como radiofrequência que deixam os maxilares mais marcados, acentuando uma característica masculina, a depilação definitiva que permite mostrar a maior definição do corpo e da face e aqueles famosos tratamentos para eliminar a “barriguinha de chopp”, como o carbox, o cavit, a radio frequência, entre tantos outros parecem fazer parte da rotina do homem moderno. Foi-se o tempo que só malhar e a pelada do final de semana resolviam, se você é desses, é sinal que está barroco, não vai pegar nada bem por aí ser um homem ultrapassado, não é mesmo!?  


Politica

O Bom Combate 212

se Aproxima R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Ano que vem teremos eleições. Novos deputados estaduais, federais, senador e Governador. Ou os mesmos, quem vai saber? Mas a questão é que grupos políticos já começam a se formar visando conquistar o poder. E pelo que sabemos até o momento, duas grandes forças politicas devem se enfrentar, se nada mudar dentro de um ano. De um lado o PSDB que deverá ter o Governador Jatene candidato a reeleição. Do outro lado Helder Barbalho do PMDB ,até então apoiado pelo PT.

No caso de Helder a composição com o PT foi feita entre o próprio presidente estadual do PMDB no Pará Jader Barbalho e o ex presidente da República Lula, que teriam tido uma reunião em São Paulo e definido que Helder seria o candidato ao Governo tendo Paulo Rocha como candidato ao senado. Helder é um politico jovem, mas que já tem experiência pois foi vereador, deputado estadual, prefeito de Ananindeua por duas vezes e ocupa hoje a presidência da Famep. Além de trazer no DNA a politica da família Barbalho. Do outro lado Simão Jatene, duas vezes governador do estado, poderoso secretário dos


A verdade é que à muito tempo, desde que a ultima candidatura de Elcione a prefeitura de Belém que a cidade não tinha um Barbalho disputando uma eleição majoritária. O senador já passou por tentativas de desgaste durante anos, mas mesmo assim mantem sua força politica, como provou nas ultimas eleições onde além de ter sido importante para a eleição de Jatene teve quase um milhão de seiscentos mil votos para o senado. As pesquisas eleitorais, timidamente feitas até o momento, não conseguem ainda, a um ano das eleições, dar uma sinalização do que quer o eleitorado. Para o Senado a disputa também deve ser pesada. Mário Couto atual senador vai tentar a reeleição com o apoio de Jatene. Paulo Rocha é o nome mais provável pelo PT, com apoio explicito de Lula. Mas o PT tem ainda a ex governadora Ana Julia e o deputado Beto Faro ciscando para conseguirem a vaga. Ademir Andrade ex senador, Anivaldo Vale presidente do PR, Jefferson Lima que surpreendeu nas ultimas eleições municipais pelo PP e Marinor Brito são nomes cotados para também disputarem a vaga do senado. Com forças politicas tão vibrantes, a disputa de 2014 promete ser difícil e acirrada. Como dizem, qualquer golpe abaixo do pescoço vale. Será?

213

governos de Almir Gabriel e experiente politico, que inclusive trabalhou com o pai de Helder no inicio de sua carreira. Jatene vem com o apoio da maquina não apenas estadual, mas dos parceiros eleitos recentemente como prefeitos, nas cidades de Belém, Ananindeua, Paragominas, Santarém e Parauapebas. Castanhal Marabá, Marituba , Altamira e seus prefeitos estão do lado de Helder. Os arcos de apoios partidários estão abertos ainda, o que se sabe seguramente é que com Helder vem o PDT, PHS o novo PROS e o PT. Do lado de Jatene seguramente o apoio do PSD e do PPS. PR, PTB, DEM, PV, PP Psol, PC do B e PSB estão ainda indefinidos, mas já estão sendo paquerados. Quem estará com quem depende muito das composições, que no caso dessas eleições não passa apenas pelas mesas dos poderosos no Pará, mas também pelos poderosos de Brasília, já que teremos candidatura presidencial com Dilma tentando a reeleição e precisando de um palanque forte no estado e do PSDB lançando Aécio que já tem aqui seu palanque definido. Portanto os partidos políticos que gravitam em torno do Governo Federal certamente serão chamados à mesa de negociação. Acontece que muitos desses partidos que apoiam Dilma, aqui no estado apoiam Jatene. Como se dará essa pressão, tanto estadual como federal, não se sabe ainda nem se sabe seus resultados.

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


214 214

Artesanal

R E V R I E S V T I A S T B A A C B A A N C A A N • A

12 • • 12 2 • 0 1 2 3 0 1 3

“Maria de

Todas as Cores” “Maria de Todas as Cores”, esse foi o nome dado à coleção Círio 2013, da Amazônia Zen. Coleção que já há oito anos, é esperada por grande parte da população para servir de inspiração no que vestir, usar e decorar para uma das maiores festas religiosas do mundo. A coleção visa fortalecer cada vez mais a cultura local, através de camisetas e souvenirs. Quem assina a arte das peças deste ano, são as designers Lídia Abrahim e Eveline Batista.


215 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Vários produtos constituem a coleção deste ano, entre eles: camisetas e bolsas em malha ecológica (garrafa pet), blusas em cetim, quadros em miriti, canecas, almofadas, nécessaires, imagens da santinha, quadros em madeira de demolição, terços, chaveiros, estandartes e souvenirs.

Hermes Ohf, à frente da Energia Brasil, conta que a característica mais marcante da produção das mercadorias é o processo de sublimação, em que não são usados solventes - agressores do meio ambiente -, e sim tintas de produtos naturais, resistentes à lavagem, arranhões e temperaturas extremas como quente e frio.


216 216 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Diferencial dos produtos da loja. Ely Ribeiro, responsável por todos os detalhes da Amazônia Zen, demonstra alegria ao falar da coleção. “Estamos inspirados no Círio de Nazaré, desde os produtos até a decoração da boutique. O destaque da coleção são os painéis em miriti que retratam toda a procissão do domingo, além do painel principal com a Nossa Senhora de Nazaré de todas as cores”, acrescenta a empreendedora devota da rainha da Amazônia, diz ainda que os clientes, turistas e pessoas que circulam pela Estação das Docas, poderão fazer seu pedido à santinha com as fitinhas do Círio, dentro da loja - sem custo algum -, em que posteriormente, as mesmas serão entregues à Basílica de Nossa Senhora de Nazaré.


Gente

Eles fazem e

acontecem! Adailton Cordovil

Ele é um dos super, hiper Secretários de Estado. E justiça seja feita, até a oposição diz que é dos mais competentes. Sidney começou a revolução em Paragominas, que transformou a “Paragobala”na cidade modelo que é hoje. Uma cidade ímpar no estado. Uma iniciativa, que outros gestores seguiram, de Sidney. Só por isso, o cara já merece os aplausos da galera.

Ele é uma autodidata. Tem mãos mágicas, um gosto refinado e uma capacidade de transformar qualquer tipo de material em algo bonito, diferente, que encanta as pessoas. O decorador Adailton Cordovil faz sucesso nas rodas sociais. A mulherada a-do-ra o cara. E pra completar ele tem  um open bar super solicitado, presente nas principais festas. Um luxo.

217

Sidney Rosa

R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Arivaldo Meireles 9 entre 10 casais estrelados da cidade amam Arivaldo Meireles. Ele é o medico mais querido entre os que querem ter um bebê. E já colocou tantos no mundo... Muitos através de técnicas de inseminação. Atencioso, zeloso, correto, sensível, profissional. Faltam adjetivos para falar de Arivaldo. Um anjo, para muitos pais.


Ricardo Lucas

218

Envolvido com pneus e afins, ninguém esperava que o jovem empresário Ricardo Lucas se metesse com panelas e receitas. E ele foi lá e montou um dos restaurantes mais concorridos e gostosos da capital. com A Forneria, Lucas virou um homem da noite, sem deixar de comandar uma das empresas da família. E a agenda do restaurante vive cheia. Bom né?!

R E V I S T A B A C A N A

Laíde Aguilera

Jair Almeida

Ele veio da terra do Pantanal e se adaptou muito bem a Belém.Jair Almeida comanda uma  concessionária que não vende qualquer carro, vende as cobiçadas marcas BMW e Mini Cooper. Carrões que todos querem. E que circulam pelas ruas do estado graças a Jair. Que não fez por menos, montou o mais bonito stand das marcas dentro do Boulevard. E ainda comanda um capítulo da Adonep, a Associação dos Homens de Negócios do Evangelho Pleno.

Laíde é uma das socialites mais mais da capital. Animada, feliz, cheia de energia e com filhos lindos - Roger, Raulzinho e Laurinha - Laíde é persona requisitada nas rodas sociais. E considerada pelos amigos uma amiga de primeira. Festa boa? Tem que ter Laíde e sua alegria de viver. Poderosa essa Aguilera.

• 12 • 2 0 1 3

Emmanuel Nassar Ele continua sendo uma referencia nas artes plásticas. A Folha, o Estadão, a Globo e todos os grandes meios de comunicação dão sempre espaço ao paraense inovador, talentoso e famoso. Emmanuel é uma cara que orgulha o estado. E que leva essa bandeira paraense pelo mundo, com sua arte tão pessoal. Um orgulho.

Kamilla Salgado

Antes da fama Kamilla Salgado foi capa de uma edição de verão da Revista Bacana. Linnnnnnnda !!! E agora famosa. Falou, cantou, namorou, cantou novamente e quase leva o BBB. Foi por pouco. Mas Kamilla além de bela é um doce, educada e gentil. E linnnnnnnnda!!!!


219 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Fábio Yamada

Ele é o cara das pistas de dança, das festas top. Fábio, que tem o peso de um sobrenome como Yamada, é o DJ contratado por quem quer o melhor, o mais atual e o som mais animado. Tá em todas. Agenda cheia até o final do ano. E ainda arranja tempo para dona Waldomira, os filhos e a Mundial Turismo. Um verdadeiro gente boa esse Flávio.

Beta Mutran

Não tem jeito, Beta é Beta. Polêmica, original, chic, poderosa, bonita, elegante e sincera, dona Beta é uma das poucas locomotivas da sociedade paraense. O que faz é imitado, quando chama todos vão, e um monte de gente moooooore de vontade de ser convidado por Beta para seus encontros regados a champagne, boa comida, bom papo e risadas ótimas. Poderosa!!!!!!!

220

Elenice Bettzel Lyoto Machida

R E V I S T A

Que o MMA está na moda, o mundo sabe. E o mundo também sabe que um dos titãs do esporte é daqui. Lyoto Machida para a cidade quando vai disputar uma luta. A torcida do Papão e do Leão se juntam, coisa rara, para torcer por Machida. Que ainda encontra tempo de comandar uma academia de artes marciais, bastante concorrida.

B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Drika Chagas

Assim, assim, como quem  não quer nada, as paredes de bares, restaurantes e casas de descolados paraenses começaram a ganhar um toque diferente, original, único. Cores e mais cores. É o toque da artista Drika Chagas, talentosa, que faz uma espécie de grafite misturado com pintura que todo mundo elogia. E é tudo tão original, tão bonito. Drika, formada pela UFPA, é um novo talento. E a gente adora novos talentos.

Essa mulher é o que há. Dinâmica, fina, educadíssima. E de um bom gosto inigualável. Elenice comanda a Artefato e a Espaço Casa. E todo mundo corre para ela na hora que precisa de um toque, uma dica, uma mão, quando o assunto é decoração. E ela saca tudo disso. Elenice definitivamente é bacana.


Paulo Chaves

Fernando Yamada

Fernandinho é uma referencia empresarial para o Pará. Comanda junto com a família um dos maiores grupos, o Yamada, mas o seu feito mais recente é nacional. Virou presidente da Associação Brasileira dos Supermercadistas, a poderosíssima Abras, e hoje bate papo com Ministros e até com dona Dilma. Fernando é, definitivamente, a cara de uma Pará próspero, competente e vitorioso.

221

Mesmo com protestos Paulo Chaves fez, talvez, o melhor Festival de Ópera do Teatro da Paz, de todos os tempos. Muitos gostam, muitos não gostam dele mas ninguém pode negar sua contribuição valorosa para a imagem da cidade. E sua contribuição cultural. Só para citar mais um exemplo, a Feira do Livro, criação dele, é hoje referencia brasileira. Como dizia Ibrahin Sued; os cães ladram e a caravana do Paulo, passa. Ainda bem, pra Belém.


Pedro Galvão

222

A propaganda do estado é marcada por antes e depois de Pedro Galvão. Ele é safo, uma unanimidade no meio. Pela sua agencia já passaram alguns dos profissionais mais competentes do mercado e todos continuam elogiando a criatividade, o talento e a generosidade de Galvão, um dos poucos profissionais do Pará conhecido nacionalmente.

R E V I S T A

Thiago Araújo

O garoto abalou nas ultimas eleições. DNA, né? Filho de Zeca Araújo ex deputado e atual presidente do TCM, Thiago é filho de peixe, rapaz que tem a política no sangue. Dia desses deu um abraço  no Teatro da Paz que reuniu uma multidão de gente jovem, ávida por lideranças jovens. Nasceu uma liderança aí pessoal...

B A C A N A • 12 • 2 0 1 3

Cassius Martins

Tiãozinho Miranda

Vindo de Marabá Tiaozinho Miranda é definitivamente um case de sucesso.Comanda várias emissoras de TV no estado e no país. É assim assim com poderosos como Renan Calheiros e um cara do bem, gente boa, cheio de estilo. E solteirão dos mais cobiçados do pedaço. Tem até uma aposta entre a mulherada da cidade. Quem vai fisgá-lo????

Ele é tímido, fica na dele, mas todo mundo gosta.Quer cortar as madeixas com o mais badalado hair da cidade? Entra na fila.. Porque todos querem os cuidados, a modernidade, o up de Cassius. Virou o queridinho dos ricos, poderosos e famosos.. Fazer o quê?!


223 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


224

Vic Pires Franco

Ele já foi apresentador de telejornal, político e blogueiro dos mais animados. Caiu fora, deixou tudo e junto com a Valéria foi trabalhar no mercado imobiliário. Mas todos os dedos estão cruzados pedindo que Vic volte com sua língua ferina, sua verve invejável, seu humor fino. E que sempre causou o maior rebú no meio político. Volta Vic, esculhamba o povo pela net novamente, grita a galera. Rs.

R E V I S T A B A C A N A

Arlen Keuffer

Todo mundo tem um book de Alen. Todo mundo. Quem não tem quer ter. E porque ele é o queridinho das famílias com sobrenome de griffe? Porque é gentil, educado, bom profissional, deixa as pessoas a vontade e deixa todo mundo bonito. Passa ano e Arlen continua sendo o quiá quando se fala de books fotográficos.

• 12 • 2 0 1 3

Arthur Espíndola

Olhando para essa rapaz baixinho, tímido e quieto ninguém dá nada por ele. Mas deixa ele abrir a boca pra tu ver. Arthur Espíndola é um craque do samba, uma revelação. Foi campeão do Festival de Música da RBA e hoje em dia tem uma agenda concorrida tocando, cantando e animando as casas noturnas mais comentadas dessas paragens.

Márcio Bellesi

MB nasceu com  estrela. Tudo que coloca as mãos vira ouro. Chegou tímido a pouco mais de 10 anos no mercado, virou case de sucesso praticamente inigualável na construção civil, fez hotéis, prédios comerciais e residenciais e tem um bom gosto no que faz... agora parte para construir shoppings. Certamente tem de andar com porções de alho nos bolsos para afastar os olhares invejosos. Porque é um verdadeiro homem de sucesso!


Jader Filho

Ele teve que superar o fato de ser filho de um grande líder político, e mostrar ao mercado sua competência. Mostrou. O Diário tem mais de 60% de mercado, segundo o Ibope, e esse ano recebeu várias premiações de NY. Um luxo, para poucos jornais do mundo. Um reconhecimento a ele e sua equipe, que fizeram do DP o que ele é hoje. O jornal da família paraense. Dá-lhe JF!!!!!

Valmir Rossi

Ele já foi comandante do Banco do Brasil por esses lados. Virou comandante do banco  para a América Latina mas dona Dilma foi lá e escalou o craque para comandar o poderoso Banco da Amazonia. E executivo, esportista e bom papo Valmir topou a parada e hoje preside do BA, de uma forma, digamos, mais simples que seu antecessor. Ganhou funcionários e o mercado pelo jeito bacana de ser.


226 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


227 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


228 R E V I S T A B A C A N A • 12 • 2 0 1 3


Revista Bacana 12ª Edição