Page 1

N o 01 | Ano 01 agosto 2012

a rqui t e t u r a

Ricardo Julião

o arquiteto fala sobre seus projetos livres de estilos e rótulos

me rca do i m o b i l i á r i o

Ribeirão Preto Análise do crescimento urbano e imobiliário nos últimos anos

turi smo & D e s i g n

Hoteis Design Londres para saborear cultura e se cobrir de inspiração cercado por muito design e conforto

o embaixador da criação washington Olivetto, fala sobre sua grande paixão, a publicidade, Em uma conversa descontraída com a revista FG


Junto de quem Partilha dos mesmos

valores

Foto ilustrativa


A ACS chegA A RibeiRão PReto e não poderiA ser recebidA de melhor formA. A pArceriA com A FoRteS GuimARãeS reflete o comprometimento com essA cidAde. AfinAl, só poderíAmos estAr Ao lAdo de quem trAbAlhA de formA clArA, experiente e competente, tendo Assim suA quAlidAde reconhecidA pelos cidAdãos de ribeirão preto. chegAmos A umA dAs cidAdes mAis importAntes do brAsil, e pArA crescer junto com o progresso que AcompAnhA ribeirão preto, queremos estAr Ao lAdo de quem tAmbém AcreditA que é possível evoluir sempre, respeitAndo os clientes, com quAlidAde e confiAnçA há 25 Anos.

Parabéns, Fortes Guimarães!

espaços corporativos de 45 a 1.054m2 Av. presidente vArgAs, 1.375

Realização

CRECI 20680J

Coordenação de Vendas

(16)

3602.8000

www.iconeribeiraopreto.com.br www.acsincorporadora.com.br

Registro nº R.04 na Matrícula nº 128.610 em 07/12/2011. Fortes Guimarães – Creci J200680; Acer Consultores em Imóveis S.A – Creci 19368J;


sumário e d ição 01 - a n o 1 - ag o sto 2012

ha l l

12

Radar FG Dicas e novidades bacanas sobre produtos e serviços disponíveis no mercado

o ffi c e

16

18 19

20

Artigo Características importantes que podem valorizar ou não um imóvel Dicas Cuidados na compra de um imóvel Economia Ricardo Amorim faz uma análise sobre o risco de uma bolha imobiliária no país Locação Tendências de mercado movimentam o setor imobiliario

21

24

25

Ribeirão Preto Análise do mercado de imóveis em Ribeirão Preto nos últimos anos Comunicação e Marketing A percepção de valores que temos sobre bens materiais Jurídico Como se preparar para não ter surpresas desagradáveis na hora da venda de um imóvel

living

36

38 40

44

Os Eleitos Seleção de produtos que estimulam os prazeres do consumo High Tech Novidades no mundo dos brinquedinhos para adultos Gastronomia Visita a um dos restaurantes italianos mais bem sucedidos de São Paulo Veículos Linhas simples e formas elegantes descomplicadas

46 51 54 58 64

Esporte Você pode jogar golfe! Urbanismo Paisagismo integrado com o espaço urbano Arquitetura Projetos livres de estilos e rótulos Decoração Expressão máxima de bom gosto Turismo&Design O lugar ideal para saborear cultura e se cobrir de inspiração

pa i n e l f g

70

Produtos Fortes Guimarães Os melhores empreendimentos lançados no mercado de Ribeirão Preto, comercializados na Fortes Guimarães, excelentes opções para morar, investir e alugar

c a pa

28

Entrevista - Washington Olivetto Um dos maiores nomes da publicidade brasileira. Sucesso criativo, reconhecimento internacional. Em uma conversa descontraída com a FG, Olivetto fala sobre sua grande paixão, a criação

revista fortes guimarães 7


editorial

capa washington olivetto ilustração Zé Otávio

texto: José Carlos Fortes Guimarães - Sócio Diretor imagens: Maurício Froldi

Unidade Vendas Diretores João Paulo R. Fortes Guimarães Carlos Henrique R. Fortes Guimarães (Cacaio)

S

into-me realizado com a edição desta revista, como corolário de 25 anos de trabalho árduo e confiança, acompanhando o progresso de nossa cidade, visando realizar os sonhos de prosperidade de nossos amigos e clientes. No início, quando sequer se cogitava sobre sustentabilidade, planejamento de crescimento, segurança ambiental, direitos diversos e demais conquistas sociais contemporâneas, nossa empresa sempre procurou aproximar-se de outras que visassem, antes de mais nada, o bem estar da coletividade. E assim crescemos, paulatinamente, com os olhos fixos no interesse comum aliados à concretização dos sonhos das famílias, até consolidarmos nossa posição de liderança, que é mantida desde então com o alicerce da construção de uma empresa que se orgulha de levar o nome da nossa família, como tradição de honestidade e confiabilidade. Como diretriz de nossa organização, temos, eu e meus filhos, o compromisso de nos aproximarmos de nossos colaboradores, formando com eles uma aliança de amizade e sinergia, sempre investindo no aprimoramento da formação profissional, adotando os mais modernos métodos e sistemas, com o objetivo de continuarmos caminhando sempre em busca de uma condição melhor de vida para todos. Tenho confiança de que esta edição comemorativa será sucedida por muitas outras, também de conteúdos imparciais e modernos, procurando trazer informações, utilidades, leitura agradável e novidades, com a garantia da tradição do nome Fortes Guimarães.

8

Diretor de Captação de Novos Empreendimentos Flávio Henrique Carneiro D'albuquerque Diretor Adjunto de Lançamentos David Fernandes Pereira Diretor Adjunto de Terceiros Carlos Henrique Spinelli Fortes Guimaraes (Caito) Unidade Locação Diretores José Carlos Fortes Guimarães Sérgio R. Fortes Guimarães

José Carlos Fortes Guimarães - Sócio Diretor

Conselho Editorial João Paulo R. Fortes Guimarães Carlos Henrique R. Fortes Guimarães (Cacaio) Flávio Henrique Carneiro D'albuquerque Laércio Ferreira da Silva Monique Alves Lourenço Tarantelli Editor Lourenço Tarantelli jornalismo@revistafg.com.br Diretor de arte Neni Almeida arte@revistafg.com.br Projeto gráfico e editoração Neni almeida Redação Lourenço Tarantelli João Helmeister

João Paulo R. Fortes Guimarães - Diretor Comercial Cacaio R. Fortes Guimarães - Diretor Administrativo

mídia João Helmeister midia@revistafg.com.br colaboraram nesta edição André de Oliveira Francisco C J Pinghera heloisa righetto IVO BOSAJA SIMON Jair M. Casquel Jr Laércio Ferreira da Silva Martin Descalzi ricardo amorim Consultora jurídica Karine Vieira de Almeida OAB/SP 214 345 Jornalista responsável Lourenço Tarantelli MTB:42-783 Impressão ibep gráfica contato publicitário Ribeirão Preto: (16) 3964 6762 | (16) 9165 7064 São Paulo: (11) 3506 1574 comercial@revistafg.com.br adm@revistafg.com.br Brasil (redação/comercial) Rua Raul Peixoto, 710 - sala 33 Edif. Toronto - CEP 14.026-220 Ribeirão Preto - SP Londres (design) The Papered Parlour 7 Prescott Place - London SW4 6BS www.revistafg.com.br

Caito Spinelli Fortes Guimarães - Diretor Adjunto de Terceiros Sérgio R. Fortes Guimarães - Diretor de Locação

A revista fortes guimarães é uma publicação trimestral da Neni Design Comunicação Visual Ltda-ME, sob encomenda da imobiliária fortes Guimarães. É expressamente proibida a reprodução ou cópia de parte ou do todo de textos, fotos e ilustrações publicados na revista FG. Os artigos assinados são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião da revista. Todos os empreendimentos desta revista, que estão em fase de de construção ou acabamento, têm registro de incorporação, estando sua documentação à disposição na sede da imobiliária Fortes Guimarães.


LANÇAMENTO A inspiração nunca foi tão longe, nem esteve tão perto.

Viver no Edimburgo Residencial é estar diante de uma das mais belas paisagens da região de Ribeirão Preto: o Ipê Golf Club. Um cenário de extensa área verde reservado para momentos e pessoas especiais. Um verdadeiro espetáculo a céu aberto com grande potencial de valorização, não só do empreendimento, mas também do estilo

• Apartamentos a partir de 381 m²

de vida de todos os seus moradores.

• Em frente ao campo de golfe • Frente para a Reserva da Mata de Santa Tereza • Quatro amplas suítes

Edimburgo Residencial. Mais nobre, impossível. Incorporação e realização:

Arquitetura:

Paisagismo:

Av. Luiz Eduardo Toledo Prado, 900 | Vila do Golfe www.edimburgoresidencial.com.br 16 3621 3025 | 16 3621 4058

CRECI JURÍDICO Nº 17175 - Incorporação Imobiliária devidamente registrada no 1º Cartório de Registro de Imóveis de Ribeirão Preto sob o nº 137.811 - LIVRO 02, R.2. As imagens são meramente ilustrativas. A decoração e móveis não fazem parte do imóvel ora ofertado. Setembro/2012.


colaboradores

Jair M. Casquel Jr Economista pela UnB, pós-graduado em Finanças pela PUC-MG e Mestre em Administração pela FEA-USP, Jair construiu sua carreira no ramo acadêmico, como Professor e Coordenador de cursos no UniSEB COC e posteriormente na Faculdade Anhanguera de Ribeirão Preto. Atualmente é Coordenador da PósGraduação na Faculdade Anhanguera.

Ricardo Amorim Economista pela FEAUSP, pós-graduado em Administração e Finanças Internacionais pela ESSEC de Paris, Ricardo atua no mercado financeiro desde 1992. Já trabalhou em Nova York, Paris e São Paulo, sempre como economista e estrategista de investimentos. Atualmente é Presidente da Ricam Consultoria, debatedor do programa Manhattan Connection  da Globo News, colunista na revista  IstoÉ   e profere palestras sobre economia  e tendências no Brasil e exterior .

10

Laércio Ferreira da Silva Mestre em Administração de Empresas com ênfase no Marketing Organizacional e Estratégico, MBA em Gestão de Marketing e Graduado em Economia. Está no ambiente universitário desde 1995, tanto na graduação quanto pós-graduação, e também é atuante consultor de empresas em diferentes segmentos econômicos na área de planejamento estratégico de marketing e comunicação.

Francisco Pinghera Com formação em Contabilidade e Ciências Econômicas, Pinghera tem grande conhecimento de mercado e excelência na atuação como empresário contábil. O setor imobiliário - que vem crescendo cada vez mais - tem gerado uma grande procura pelos proprietários e investidores, clientes da Pinghera & Associados Contabilidade.

Martin Descalzi Martin Descalzi, ou então a epítome do homem globalizado: nasceu na Argentina, morou na Alemanha, cresceu no Brasil e adotou Londres como lar doce lar. Formalmente é Engenheiro Eletrônico, mas entre os conhecidos é o consultor para assuntos tecnológicos: do app que te fala se o trem está atrasado ao mais complexo software para seu PC, ele tem opinião pra tudo! Faz sua estreia como colunista nessa edição, na seção high tech.

André de Oliveira Aos 24 anos, já trabalhou na redação da semanal Carta Capital e da mensal Brasileiros. Morou um ano em Londres, onde foi repórter de uma revista de cultura latino americana chamada Jungle Drums. Hoje, presta consultoria em mídias sociais para a Bienal São Paulo e escreve um perfil biográfico do escritor e jornalista João Antônio.

IVO BOSAJA SIMON Advogado e Jornalista por formação, Ivo encontrou no Golfe sua verdadeira paixão. Conheceu o esporte em 1961, e desde então pratica, escreve e fala sobre essa prática que vem ganhando destaque no Brasil. Assessor de Comunicação da PGA do Brasil, palestrante e autor do livro “Campos de Golfe no Brasil”, Ivo gosta mesmo é de taquear!

heloisa righetto Designer por formação, Heloisa mora em Londres desde 2008 e trabalha como caçadora de tendências em design para o WGSN, além de colaborar com várias revistas e sites especializados no Brasil. Já cobriu eventos bacanas e importantes como a semana do design de Milão e Londres e entrevistou designers do porte dos irmãos Campana. Boa parte do seu trabalho pode ser visto no site helorighetto.com


hall constru ção

Una traz para Ribeirão novidades em pisos, revestimentos e metais Com o objetivo de apresentar ao mercado de Ribeirão Preto um mix de produtos das melhores marcas do mercado de pisos, revestimentos e acabamentos, a loja multimarcas Una, traz exclusividades, bom gosto e alta qualidade. Entre as novidades lançadas no mercado, a loja apresenta uma coleção que chama atenção pela diversidade de materiais como as pastilhas de ouro, o mais nobre dos metais, que desde a antiguidade é associado como símbolo de pureza, poder e sedução, também é desejado nas construções, assumindo novas possibilidades de aplicações e formas. Outro destaque da loja são os revestimentos decorativos, com veios suaves das rendas, tramas, arabescos, degradês, texturas, botânica, insetos e passarinhos, proporcionando características decorativas que valorizam um ambiente. Além do clássico ladrilho hidráulico.

A Una reconhece a importância da técnica produtiva que garante o desenvolvimento de produtos inovadores, como o revestimento com ranhuras e relevos da madeira jamais vistos em porcelanato. Além de pisos e revestimentos, a loja apresenta novidades em metais que se destacam pelo design e desempenho. A tecnologia Touch da marca de metais Delta traz um novo conceito de funcionalidade para torneiras: Toque com ou sem as mãos em qualquer lugar da bica ou alavanca para abrir e fechar o fluxo de água. Além de praticidade, esse produto ajuda a economizar água. o n de e n co n tr ar Ribeirão Preto - loja Una - 16 3235 1159

12


hall

r eló g io s

Bulova Design Preciso Desde sua inauguração em 1870, em Manhattan na cidade de Nova Iorque, a marca Bulova se destaca na indústria joalheira por sua qualidade e inovação na técnica e no trabalho artístico. Os relógios Precisionist e Marine Star representam parte do DNA Bulova O Bulova Precisionist é considerado o relógio mais preciso do mundo, com ponteiro de segundos de movimento contínuo. Características como Mostrador em fibra de carbono, caixa em aço rosê, pulseira poliuretano destacam ainda mais o seu design. Já a coleção Bulova Sport assume todos os desafios e garante um estilo de alto desempenho. Apresentando a renomada coleção Marine Star, os relógios Bulova Sport incluem cronógrafos de precisão com designs esportivos informais como com diamantes. Cronógrafo em aço ionizado e pulseira em poliuretano. o n de en co n tr ar Ribeirão Shopping - Rodini - 16 3911 3970

gastron omia

Oil & Vinegar no Brasil, em Ribeirão Preto Oil & Vinegar é uma empresa que trabalha com a venda de produtos culinários internacionais, atuando em 4 continentes e em 10 paises. No Brasil, a cidade de Ribeirão Preto foi selecionada para receber a primeira loja da marca. Inaugurada no Novo Shopping, a loja oferece todo o tipo de presentes de culinária dos quatro cantos do Mundo. Diferentes tipos de azeites e vinagres, aliados a uma enorme gama de artigos relacionados com a alimentação gourmet, tornam a sua mesa ainda mais atrativa. Todos os seus sentidos serão estimulados pela deliciosa apresentação da vasta seleção de produtos culinários, como a Bruschetta, combinação básica de ingredientes como o tomate e o alho que só precisa adicionar água quente e azeite. Já o Aceto Balsamico é um refinado produto da Itália credenciado pelo selo de qualidade IGP (Indicazione Geografica del Prodotto). Além do Azeite com limão Mas Portell da Espanha e os temperos com moedor Hot Shot Grinder, muitos outros produtos estão expostos na loja Oil & Vinegar e alguns podem ser degustados, o que faz de sua escolha uma experiência gastronômica especial. o n de en co n tr ar Ribeirão Preto - Novo Shopping - 16 3617 9661

revista fortes guimarães 13


hall

de coração

Design de móveis e objetos decorativos Casa Vivalti apresenta nova coleção com as novidades em design de móveis e objetos decorativos. Apostando na arte de servir bem, a loja reúne modelos clássicos de taças bico de jaca, transparentes e coloridas, transformando momentos em agradáveis recepções. Para a linha de objetos decorativos, encontramos na cor vermelha, peças em cerâmica que agregam personalidade à decoração. O contraste da madeira de demolição e o brilho do espelho dão ainda mais charme à caixa com puxador de resina, as donzelas com base torneada completam o cenário. A mistura de materiais, texturas e cores servem de referência para novas inspirações no design de interiores. No mobiliário, a laca alto brilho voltou com toda a força nas últimas temporadas e continua sendo a queridinha dos modernos. Seja tendência ou um novo formato de consumo, a laca assume lugar de destaque no mercado. O tom amarelo está entre as cores do momento, uma cor forte que imprimi personalidade, energia e intensidade aos ambientes. o n de e n co n tr ar Ribeirão Preto - Casa Vivalti - 16 3234 9601

e s critó rio

Conforto produtivo A busca crescente por novas tecnologias voltadas para a melhoria das condições do ambiente de trabalho, incentiva o desenvolvimento de produtos que estimulam maior produtividade, agregando conforto e funcionalidade aos ambientes corporativos. Nesse caminho, a marca Caderode apresenta em seu portfolio diversas linhas de cadeiras, que podem ser suaves ao toque e com maior conforto postural proporcionado por mecanismos ergonômicos do modelo Mondial C60. Com acabamentos e revestimentos nobres, a Elegance C120 é referência por seu estilo leve e arrojado, atendendo aos mais exigentes projetos com um toque de sofisticação e beleza. o n de e n co n tr ar Ribeirão Preto - Caderode - 16 3235 3805

14


office

texto: Jair M. Casquel Jr ilustração: neni almeida

“Dificilmente existirá alguma coisa neste mundo que alguém não possa fazer um pouco pior e vender um pouco mais barato. E as pessoas que consideram o preço somente, serão suas merecidas vítimas.” John Ruskin

Q

uando se analisa algumas questões relacionadas à formação do preço de venda de um imóvel, a localização e a qualidade da construção são dois importantes elementos de precificação. Em que pesem questões de especulação imobiliária, que refletem ciclos de crescimento e desaquecimento do mercado, e também questões de escassez localizada, fruto de preferência de moradia e desenvolvimento de negócios em determinadas regiões, é inegável que o preço é um dos fatores mais fortes de atratividade para a venda de um imóvel. O apelo é quase irresistível! E não se pode negar que bons negócios existam, mas a aquisição de um imóvel, para a grande maio-

16


mercado imobiliário

ria das pessoas, não é algo que se faça todos os dias e, em muitos casos, é uma aquisição única na vida. Assim sendo, é bom que se tenha em mente que um imóvel mais barato nem sempre representa a melhor compra, podendo significar, inclusive, a aquisição de um problema quase permanente. Entre as questões que acabam por encarecer uma compra mais barata, os consertos e reformas se destacam em relação aos demais itens. No caso de consertos em construções novas, dada a morosidade da justiça brasileira, muitos compradores acabam por arcar com despesas imprevistas, para tornar o imóvel habitável sendo que, neste caso, deve-se somar ao custo da aquisição o que se gasta com material, mão-de-obra, o que se perde de tempo para ir atrás da resolução dos problemas inesperados e também, uma certa "taxa de aborrecimento" que talvez possa ser traduzida em danos morais, decorrentes dos transtornos causados pelo não cumprimento de contrato por parte do vendedor do imóvel. No tocante às reformas, especialmente no caso de imóveis antigos, é sempre bom lembrar da presença do "Jaque", nas mais diversas situações: já que mexeu aqui, também mexe ali. Já que mexeu ali, também mexe acolá. Já que mexeu em tudo o que já foi feito, mexe mais um pouquinho. Nesses casos, já que o comprador entrou na chuva, tem que se molhar. Contudo, deve observar se sairá molhado ou encharcado pois, a tradução financeira dessa diferença pode levar o imóvel adquirido a custar, em termos finais, o dobro do preço pago na aquisição. Em casos extremos, o casamento pode não resistir à reforma. Outros fatores importantes a serem considerados na aquisição, especialmente de imóveis usados, são as eventuais pendências e ou restrições que possam pairar sobre os mesmos. Neste caso, uma assessoria especializada é justificada como garantia de que não haverá surpresa após a transferência do imóvel. Inúmeros são os casos de condomínios que tem pendências trabalhistas de demorada resolução, o que significa mais um acréscimo ao valor pago pelo imóvel, que pode chegar a mais de dez ou vinte por cento em relação ao valor da transação acordado pelas partes evolvidas. No caso de edifícios, alguns problemas relacionados à idade do imóvel também devem ser levantados, tais como: estado dos canos de alimentação de água, situação do esgoto, qualidade da estrutura do prédio, estado geral e qualidade de manutenção de elevadores, situação das fontes de alimentação de energia elétrica, situação fiscal e trabalhista, existência de fundo de reserva, entre outros. Esse tipo de verificação a ser feita junto à administração do condomínio, pode justificar eventuais descontos no preço de venda do imóvel evitando assim, dores de cabeça e decepções financeiras que podem eliminar a vantagem ou ganho de preço ocorrida no ato da aquisição.

No caso de consertos em construções novas, dada a morosidade da justiça brasileira, muitos compradores acabam por arcar com despesas imprevistas, para tornar o imóvel habitável Portanto, antes do encantamento com o preço ou do deslumbramento com as facilidades de aquisição, o comprador deve certificar-se da qualidade da construção e da tradição da construtora e da incorporadora, sem contar também sobre o histórico da imobiliária e do corretor que esteja conduzindo a negociação.

revista fortes guimarães 17


mercado imobiliário | dicas

Seja para morar com a família ou construir uma carreira de sucesso, ter um espaço próprio é fundamental na vida de qualquer pessoa. Pode ser um imóvel novo, usado ou ainda na planta, a conquista deste sonho é sempre um momento de alegria, porém, é preciso ter cuidado para evitar prejuízos e dor de cabeça. Afinal, um imóvel é um investimento para a vida toda. Para você entender o que é preciso em cada negociação separamos algumas dicas:

Imóvel novo

Pesquisar a idoneidade da Construtora/Incorporadora no CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia).

Imóvel usado

Visitar o imóvel durante o dia, para avaliar melhor as reais condições - como rachaduras, infiltrações e mofo. Visita durante a noite, para verificar aspectos de segurança e movimento dos arredores. Observe a incidência do sol, iluminação, ventilação e localização.

Verifique os empreendimentos já construídos pela construtora e se estão cadastrados no Cartório de Registro de Imóveis competente. Verificar a localização do Imóvel, analisando os aspectos ao redor que possam gerar riscos e desvalorização. Exija o memorial descritivo, documento que relaciona os materiais e equipamentos utilizados na obra e identificando a marca e a qualidade dos acabamentos.

Exija a matrícula atualizada no Cartório de Registro de Imóveis. Por meio dela, é possível verificar todas as informações referentes ao imóvel - endereço, metragem, projeto, possíveis obras de modificação, transações, escritura, etc. Solicitar a cópia do projeto arquitetônico da edificação devidamente aprovada pela Prefeitura e, para imóvel em condomínio, a cópia da convenção. Verificar se o corretor e a imobiliária estão cadastrados no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci).

Mais informações importantes • • • • • •

18

Procure um corretor de imóveis Visite o imóvel em condições diferentes Observe a vizinhança Leia o estatuto do condomínio Analise o boleto do condomínio Confira a documentação

Imóvel na planta

Verifique o memorial descritivo da incorporação. Nele estão informações como escritura do terreno, negativa de débito da prefeitura (que aponta se o IPTU está em dia), projeto aprovado pela prefeitura, documentos sobre a empresa e sobre os sócios da empresa, material e equipamentos utilizados. Verificar se o memorial de incorporação foi registrado no Registro de Imóveis. Geralmente, esse documento está exposto nos plantões de venda. Certificar-se de que as informações contidas no folheto publicitário condizem com a planta apresentada. Solicitar referências comerciais de outras obras realizadas pela construtora.


mercado imobiliário | economia

texto: Ricardo Amorim Artigo da Revista IstoÉ (07/2012)

O mercado imobiliário gera paixões. Para muitos, a compra de um imóvel é a decisão financeira mais importante da vida. Para investidores, é um potencial de lucros às vezes fantásticos. Para o país, um poderoso motor de crescimento e geração de empregos.

D

esde 2008, venho refutando alegações de que o Brasil tem uma bolha imobiliária prestes a estourar. De lá para cá, os preços dos imóveis dobraram, triplicaram ou subiram ainda mais. Impressionado com o ritmo da atividade imobiliária e com a forte elevação dos preços, resolvi atualizar meus estudos sobre o assunto para checar minhas conclusões. Analisei as bolhas imobiliárias de todos os países para os quais consegui dados desde 1900. Ignorei apenas bolhas imobiliárias regionais como, por exemplo, a causada pela busca do ouro no oeste americano. Algumas conclusões saltam aos olhos. Primeiro, bolhas imobiliárias costumam envolver forte atividade de construção. Para tornar os dados de construção comparáveis entre diferentes países e períodos, analisei o consumo anual de cimento, per capita, em cada país no ano em que a bolha estourou. Não encontrei nenhum estouro de bolha com consumo anual de cimento inferior a 400 Kg per capita. Na Espanha, passou de 1.200 Kg e há casos, como na China atual, de consumo ainda superior, 1.600 Kg, sem estouro de bolha. No Brasil, minha estimativa é de que hoje estamos em 349 Kg. Segundo, uma bolha imobiliária sempre se caracteriza por preços muito elevados em relação à capacidade de pagamento das pessoas. Considerando-se quantos anos de salários são necessários para comprar um imóvel de preço médio nas principais cidades do mundo, nenhuma cidade brasileira está hoje entre as 20 mais caras. Por outro lado, Brasília, Rio de Janeiro, Salvador e Balneário Camboriú estão entre as 100 mais caras. Entretanto, mesmo por esse parâmetro, Brasília, a mais cara do país, ainda é duas vezes e meia mais barata do que Rabat, no Marrocos, a mais cara do mundo. O ar que infla qualquer bolha de investimento, imobiliária ou não, é sempre uma abundante oferta de crédito. Ela possibilita que investidores comprem algo que não poderiam apenas

é sempre uma súbita ruptura na oferta de crédito, normalmente associada a uma forte elevação do custo deste crédito, que faz com que bolhas estourem. No Brasil está acontecendo exatamente o contrário.

com suas rendas. Todas as bolhas imobiliárias que encontrei estouraram quando o total do crédito imobiliário superava 50% do PIB e, em alguns casos, passava de 130% do PIB. Nos EUA, em 2006, um ano antes dos preços começarem a cair, era de 79% do PIB. No Brasil, apesar de todo crescimento dos últimos anos, este número é hoje de 5% do PIB. Aliás, é sempre uma súbita ruptura na oferta de crédito, normalmente associada a uma forte elevação do custo deste crédito, que faz com que bolhas estourem. No Brasil está acontecendo exatamente o contrário. O crédito imobiliário está em expansão e o seu custo em queda. Por tudo que pesquisei, concluo que é bastante improvável que haja um estouro de bolha imobiliária no Brasil, pelo menos em breve. Se você vem adiando o sonho da casa própria por este medo, relaxe. Então os preços dos imóveis continuarão subindo no ritmo dos últimos anos? Dificilmente. Os preços atuais já estão mais elevados; em casos específicos, até altos para padrões internacionais. O mais provável, são altas mais modestas, às vezes bem mais modestas. Em alguns casos, até pequenos ajustes de preços para baixo são possíveis e salutares. São exatamente eles que garantiriam que bolhas não estourem em um futuro mais distante.

revista fortes guimarães 19


mercado imobiliário | locação

Empresas de outras cidades como São Paulo estão se instalando em Ribeirão Preto, procurando os benefícios de edifícios comerciais de alto padrão e centro logístico

CLB Ribeirão Preto - Centro Logístico Brasil

texto: Redação imagem: divulgação

T

endências de mercado das grandes cidades como edifícios corporativos, galpões e Buid to Suit, movimentam o setor imobiliário de Ribeirão Preto, em especial o serviço de locação, que assume novas práticas para atender diferentes demandas. “É uma tendência irreversível, profissionais e empresas buscarem toda a infraestrutura que um edifício corporativo de alto padrão pode oferecer. Esse tipo de empreendimento, característico das grandes cidades, que propõe facilidades como segurança, conforto e otimização de espaço, já é uma realidade em Ribeirão”, diz Sérgio R. Fortes Guimarães. Para o diretor de locação da imobiliária Fortes Guimarães, Sérgio, a procura por lajes corporativas já movimenta consideravelmente o mercado de Ribeirão Preto. “Empresas de serviços de outras cidades como São Paulo estão se instalando em Ribeirão, procurando os benefícios dos edifícios comerciais”.

20

Além do custo locatício por m2 ser inferior ao praticado em algumas grandes cidades e capitais e das características típicas do “interior” que propiciam uma qualidade de vida maior, com melhor mobilidade urbana, menor custo de vida, recursos humanos qualificados e menor criminalidade, Ribeirão lidera a lista de municípios com maior consumo e participação no PIB do Estado. Entre 2009 e 2011, o PIB da cidade cresceu, em média, 8%, enquanto o do país foi de 7,5% em 2010. Essa realidade, com certeza incentiva a vinda de grandes empresas para a cidade. “A localização estratégica aliada ao potencial de geração de negócios em nossa cidade atrai grandes empresas que buscam escritórios para alocar funcionários e CD’s (centros de distribuição) para armazenagem e distribuição de produtos em maior escala. A procura por galpões em condomínio logístico também vem crescendo consideravelmente.

Recentemente locamos dois galpões no CLB (Centro Logístico Brasil) um com 10.500m² para uma empresa multinacional inglesa do ramo editorial e o outro para uma empresa do setor farmacêutico, líder de seu segmento, com 21.500m², sendo que nessa locação, o imóvel foi construído especialmente para a empresa locatária, através do modelo de locação Build to Suit”, explica Sérgio. Para essas empresas de grande porte, uma nova operação imobiliária começa a se destacar no mercado de Ribeirão Preto, a construção sob medida - Build to Suit. Nessa prática, o investidor viabiliza a construção de um empreendimento imobiliário seguindo todas as especificações do futuro locatário. “Essa é outra forte tendência, a locação de um imóvel 100% adequado para uma determinada empresa. Dessa forma, a empresa não imobiliza capital na construção ou aquisição de um imóvel, ao contrário, ela investe o valor que seria usado na obra ou compra, no seu próprio negócio, ampliando o seu capital de giro e investimentos, maximizando as possibilidades de ganhos”, explica Sérgio. Esses novos serviços são resultados do expressivo desenvolvimento do setor imobiliário, mas o crescimento de Ribeirão Preto não está apenas no canteiro de obras: a internacionalização do aeroporto Leite Lopes para cargas e a possível vinda de montadoras de veículos para a cidade, mostram a consolidação de um mercado forte e promissor para a geração de negócios.


mercado imobiliário | ribeirão preto

texto: redação

Ao longo de 25 anos no mercado e na bagagem experiência que contribuiu para a construção de uma sólida presença em Ribeirão Preto e região, a imobiliária Fortes Guimarães, além dos negócios, sempre visou o desenvolvimento social e econômico da cidade, gerando empregos diretos e indiretos através da evolução da urbanização.

N

os anos de 2007 e 2008, houve um aumento expressivo no número de lançamentos de imóveis, novas incorporadoras capitalizadas diante dos IPOs (initial public offering) firmados, chegaram à cidade de Ribeirão Preto e compraram áreas para o lançamento de diversos tipos e tamanhos de imóveis. A Fortes Guimarães acompanhou a evolução desde a negociação da maior parte dessas áreas e participou de todos os processos, por consequência aumentou significativamente as vendas e participação de mercado. Com a crise de 2008, os lançamentos diminuíram drasticamente, mas as vendas e participação da empresa permaneceram estáveis, pois havia estoque e oportunidades de bons negócios. As incorporadoras nos anos seguintes voltaram ao mercado em ritmo acelerado e o nível de lançamentos seguiu o crescimento de 2007 e 2008, porém houve um diferencial: a expansão de lançamentos na zona sul da cidade. A Fortes Guimarães manteve o ritmo em crescimento e vendeu estoque no primeiro semestre. Já no segundo semestre, conseguiu ingressar no planejamento, desenvolvimento e vendas dos principais lançamentos imobiliários dos diversos

Além da população local que adquire ou troca de moradia, observase em estudos de mercado, que há uma tendência das pessoas da região em investir no segundo imóvel como opção de lazer ou rentabilidade em Ribeirão Preto seguimentos e conquistou uma fatia maior do mercado ribeirão-pretano. Diante do crescimento da construção civil, a imobiliária sacramentada na cidade que está situada em uma região de mais 4 milhões de pessoas e que possui renda per capita que é o dobro da média brasileira, passa por um expressivo momento. “Nossa cidade tem um grande potencial. O poder econômico é diferenciado e o nível de empregabilidade é elevado, o

que possibilita a ascensão das classes, o acesso aos bens de consumo, como a casa própria e a migração de moradia, além de um preço por m² competitivo, se comparado a outras cidades do mesmo porte”, comenta João Paulo Fortes Guimarães, diretor comercial da empresa. Segundo Flávio Carneiro, diretor de captação de novos empreendimentos, há uma demanda expressiva para atender a oferta de imóveis na cidade. “Além da população local que adquire ou troca de moradia, observa-se em estudos de mercado, que há uma tendência das pessoas da região em investir no segundo imóvel como opção de lazer ou rentabilidade em Ribeirão Preto. Sem contar que aproximadamente 60 mil estudantes convivem na cidade anualmente e não são computados no Censo. Após o término da graduação, uma parte mesmo que pequena permanece aqui e assim temos o crescimento natural de nossa população. A expectativa é de mais de 800 mil habitantes em um curto espaço de tempo” indica Flávio. Na visão dos diretores, em vinte anos a cidade teve um crescimento ordenado e bem planejado com a participação ativa de empresas do segmento imobiliário local e um forte desenvolvimento urbanístico nas regiões da Av. Prof. João Fiúsa, Jardim Botânico e Nova Aliança. Segundo David Fernandes Pereira, diretor adjunto de lançamentos, o momento é de um novo desafio: a urbanização da zona sul no eixo que vai além do anel viário. “A região que está no início de expansão já apresenta alta valorização das áreas” ressalta o diretor. De acordo com Flávio Carneiro, a zona leste também não deve ser esquecida quando se fala em expansão. “A região terá o seu crescimento e está sendo vista com carinho tanto pelo ministério público, quanto pelos incorporadores; acredito que a qualidade de vida será diferenciada neste local”, comenta. A previsão do cenário do mercado imobiliário no ano de 2012 é de manter os números de lançamentos dos dois anos anteriores. João Paulo ressalta ainda que em 2013 e nos próximos anos, os lançamentos devem aumentar para suprir a demanda de crescimento da cidade, porém com o preço do m² mais elevado por uma série de fatores relacionados à construção civil, além de outros relacionados à economia divulgados na mídia.

revista fortes guimarães 21


office

Nesta edição, a Revista FG apresenta a maior e mais completa pesquisa do setor imobiliário de Ribeirão Preto, produzida pela Mercadotecnia. Esse painel imobiliário mostra os empreendimentos em comercialização ostensiva no mercado, com projetos aprovados pela Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, a partir de 2004 e lançados a partir de janeiro de 2007. O principal objetivo é monitorar, sistemática e detalhadamente, a oferta e a demanda por empreendimentos imobiliários na cidade de Ribeirão Preto. Possibilitando aos players do setor tomar decisões de forma mais fundamentada, reduzindo riscos e aumentando o sucesso de seus empreendimentos.

dados: mercadotecnia | ilustração: neni almeida

Total de Lançamentos Imobiliários

empreendimentos lançados por categoria

8

4

47

43 35

34

3 3

2007

21

2008

19

2007

2008

2009

2010

2

4

2 8.270

3.166

2007

13

3.081

2008

2009

814 milhões

2010

2011

5

2010

4

1.684 bilhões

31

Empreendimento Comercial Residencial Vertical Residencial Horizontal Loteamento

2009

7

1

2011

485 milhões

2008

3

21

1.625 bilhões

1.462 bilhões

2010

2011

VGV = Valor Geral de Vendas

22

4

2009

7.262

Total do vgv lançado

2007

39

2011

Total de unidades lançadas

7.521

1

3

Apesar da redução no número de lançamentos em 2009, como reflexo da crise econômica ocorrida em 2008, os elevados números de lançamentos constatados em 2010 revelam a recuperação do mercado imobiliário de Ribeirão Preto. Os lançamentos de 2011 seguiram a tendência de 2010 e mostram que o mercado imobiliário de Ribeirão Preto manteve-se aquecido neste ano, como reflexo dos programas de habitação e maior acesso ao crédito imobiliário.


mercado imobiliário | infográfico

Empreendimentos lançados por região 3

0

10

4

20

7

2010

4

1

0

27

2009

3 15

1

Os dados mostram que a intensidade de crescimento da zona sul é cerca de 7 vezes maior que a média das zonas oeste, leste e norte.

30

27

4

2

2011

5

2008

7

2

2007 6

Rod Alexandre Balbo Av. Pres. João Goulart

33

Rod. Anhanguera

Av. Brasil

Via Norte

26

Av. Dom Pedro I Av. Mogiana

Av. Bandeirantes Av. do Café

Rod. Mário Donegá

Avenida Independência Avenida Caramuru

Av. Costábile Romano

Av. Prof. João Fiusa Rod. Pref. Antônio Duarte Nogueira

Av. Pres. Vargas

Zona Norte Zona Oeste Zona Leste Zona Sul

revista fortes guimarães 23


comunicação & Marketing

texto: Laércio Ferreira da Silva ilustração: neni almeida

A

percepção de valores que temos desde a infância está interligada aos bens materiais. Onde moramos, o carro da família na porta da escola, as jóias, roupas e ainda o volume da aplicação financeira nos bancos. Inconscientemente tudo começa quando ganhamos o nosso primeiro cofrinho, e com ele, aprendemos que para ter desejos de consumo é preciso poupar, e com isso, desde cedo passamos a valorizar as coisas que proporcionam às pessoas a maior visibilidade social. Mas, infelizmente não aprendemos que todo produto, objeto do nosso desejo, tem uma fórmula secreta desenvolvida pela intelectualidade do ser humano. Estamos diante de um ativo patrimonial chamado conhecimento, e não o contabilizamos apesar dele gerar tudo aquilo que julgamos como riqueza. Esse ativo sempre existiu desde os primeiros grupos sociais e a cada dia sofre transformações impostas pela exigência do nosso desejo de sempre consumir o novo e o mais moderno produto ou serviço. Refletir não é uma prioridade social, mas tente imaginar como seria nossa vida sem as descobertas da ciência em relação à saúde? - Como viajar pelo espaço aberto e, em poucas horas, atravessar oceanos? - Como conviver sem a velocidade da informação proporcionada pelo avanço tecnológico das telecomunicações? Ou ainda, como está a roupa que está usando neste momento? Qual a sua cor e estilo? Será que está dentro dos padrões da moda desta estação? Será que a sua imagem pessoal está dentro das expectativas da sua posição social?

24

Diante de todos estes fatores proporcionados pelo conhecimento, fica muito difícil imaginar o nosso cotidiano sem esses avanços. Acostumamo-nos

Acostumamo-nos rapidamente com o que há de melhor, e a explicação é simples; o conhecimento possui o poder da transformação da matéria prima e do nosso comportamento. Esse é o grande segredo das corporações de sucesso rapidamente com o que há de melhor, e a explicação é simples; o conhecimento possui o poder da transformação da matéria-prima e do nosso comportamento. Esse é o grande segredo das corporações de sucesso. Para isso, as empresas buscam em profissionais novos valores ativos e investem neles, pois nós, seres humanos, sempre seremos capazes de armazenar e aplicar os recursos intelectuais adquiridos. Economicamente, o conhecimento está sempre próximo do dinheiro, que

passa a circular em função de um conjunto de atividades afins que movimentam uma economia globalizada. Nela, deparamos com as mais diferentes formas de ativos ligados ao conhecimento, como, por exemplo: a força da agricultura, que saiu da era primitiva, quando não havia a aplicação do capital intelectual, para o que deparamos na atualidade: com recordes de produtividade por hectare e importante peso na balança comercial. Isso é o resultado da aplicação do conhecimento. Para sustentar os negócios de uma empresa, aprimorar a sua organização, controlar, obter certificação de qualidade e evoluir dentro do setor produtivo é impossível imaginarmos, independente do porte da empresa, a ausência de um sistema de informática que processa a inteligência das áreas, elaborado e monitorado pelo conhecimento do próprio homem. Em todos os setores econômicos, indústria, comércio e serviços o conhecimento profissional aparece no ambiente interno das empresas na forma de prestação de serviços em diferentes áreas ou departamentos, e todo este envolvimento de ativos intelectuais é que proporciona os resultados que impulsionam a força econômica de uma Nação. Cabe, aos gestores das empresas terem a habilidade de unir equipes profissionais com diversidade de formação e competências para auxiliar na missão da busca da excelência na produção de bens e serviços e consequentemente obterem o sucesso mercadológico, a liderança setorial, o respeito e principalmente o conceito de qualidade deferido pela sociedade.


jurídico

texto: Francisco C J Pinghera ilustração: neni almeida

Aproveitando, alertamos para algumas regras: Desde 2005 aplicam-se os fatores de redução (FR1 e FR2) que são ajustes permitidos pelo Governo de atualização dos bens lançados na declaração e agora alienados. Todo imóvel adquirido até 1969 é dispensado do cálculo de Lucro Imobiliário, assim como bens vendidos com valores inferiores a R$ 35.000,00. Também a venda do único imóvel com valor inferior a R$ 440.000,00 desde que o alienante não tenha utilizado deste benefício nos últimos cinco anos.

A

Receita Federal existe para fazer a arrecadação de dinheiro para o Estado, criando receitas para educação, saúde, segurança, entre outros gastos públicos. Essa verba nem sempre é bem utilizada pelos responsáveis, mas isso fica para outra oportunidade. Vamos falar sobre a pata do Leão - que leva parte do nosso ganho anual - no caso do ganho imobiliário. A fórmula de cálculo deste lucro nem sempre condiz com a realidade, mas quem criou essa regra visava à arrecadação, e por isso a nossa função é criar métodos de orientação para que o contribuinte pague o valor correto, principalmente para diminuir o risco de cair na malha fina da Receita. Assim, sempre que se vende um bem imóvel, com o valor de venda superior ao valor da compra, o lucro resultante está sujeito a uma alíquota de 15% de Imposto de Renda.

De acordo com a Lei 11.196/2005 artigo 39, é isento do imposto de renda o ganho recebido por pessoa física na venda de um imóvel, desde que o próprio utilize esse recurso integralmente na compra de outro imóvel em até 180 dias após a celebração do contrato. •

Caso seja vendido mais de um imóvel, o prazo para compra do novo imóvel sem tributação é de 180 dias após a celebração do contrato do primeiro imóvel. Se não for utilizado o valor integral na compra, o restante será tributado.

O ganho imobiliário pode ser utilizado para compra de mais de um imóvel, desde que sejam todos residenciais.

Caso não sejam cumpridos esses fatores, haverá pagamento de multa e juros, calculados após o segundo mês da venda do imóvel inicial.

O contribuinte somente poderá usufruir desse benefício uma vez a cada cinco anos.

As principais empresas do ramo imobiliário contam sempre com profissionais parceiros da área contábil fiscal, com objetivo de orientar seus clientes sobre como proceder corretamente aos cálculos do ganho imobiliário.

revista fortes guimarães 25


O

MAIS ALTO PADRÃO COM CREDIBILIDADE E CONFIANÇA.

Apartamento tipo

Apartamento tipo

Apartamento tipo

Apartamento tipo

Apartamento tipo

167,65 m²

143,30 m²

302 m²

266 m²

218,60 m²

Cobertura duplex

Varanda gourmet

No Mirante Morro do Ypê

No Mirante Morro do Ypê

Cobertura duplex

3 suítes 3 vagas

305,75 m²

3 suítes 3 vagas

4 suítes 5 vagas

4 suítes 4 vagas

4 suítes 4 vagas

3 suítes 3 vagas

409,58 m² 4 suítes 5 vagas

PRONTO PARA MORAR

ENTREGA JUL/2012

ENTREGA NOV/2012

ENTREGA DEZ/2012

ENTREGA OUT/2014

Memorial de Incorporação R/3 da matrícula n° 124.048 - 2° CRI de Ribeirão Preto. CRECI 107.685.

Memorial de Incorporação R/2 da matrícula n° 51.532 - Cartório de Registro de Imóveis de Sertãozinho. CRECI 107.685.

Memorial de Incorporação R/21 da matrícula n° 89.535 - 2° CRI de Ribeirão Preto. CRECI 107.685.

Memorial de Incorporação R/21 da matrícula n° 89.537 - 2° CRI de Ribeirão Preto. CRECI 107.685.

Memorial de Incorporação R/3 da matrícula n° 138.460 - 2° CRI de Ribeirão Preto. CRECI 107.685.

Com uma parceria motivada a atender cada vez melhor seus clientes, a Fortes Guimarães comercializa todos os empreendimentos Habiarte. Por isso, é com muita satisfação que a Habiarte homenageia essa empresa, que carrega a força até no nome. Parabéns, Fortes Guimarães, pelos 25 anos.


VERDADEIRA PARCERIA DEVE OFERECER.

É ISSO QUE UMA

Salas a partir de

Salas a partir de

Salas de

Salas de

59,68 m²

49 m²

80 m²

37 a 57 m²

Boulevard no térreo

8 elevadores

Boulevard no térreo

70% financiado

Boulevard no térreo com

70% financiado

Acesso wi-fi nas áreas comuns Flexibilidade nas plantas

15 lojas

Ao lado do RibeirãoShopping

70% financiado

PRONTO PARA MUDAR

PRONTO PARA MUDAR

ENTREGA NOV/2012

ENTREGA MAR/2014

Memorial de Incorporação R/2 da matrícula n° 128.608 - 2° CRI de Ribeirão Preto. CRECI 107.685.

Memorial de Incorporação R/14 da matrícula n° 34.602 - 2° CRI de Ribeirão Preto. CRECI 107.685.

Memorial de Incorporação R/2 da matrícula n° 134.924 - 2° CRI de Ribeirão Preto. CRECI 107.685.

Memorial de Incorporação R/22 da matrícula n° 2624 - 2° CRI de Ribeirão Preto. CRECI 107.685/J20.680.


entrevista | washington olivetto

entrevista: João Helmeister texto: lourenço tarantelli imagens: divulgação

Washington Olivetto, um dos maiores nomes da publicidade brasileira. Sucesso criativo, reconhecimento internacional.

U

m dos criadores mais reconhecidos do mundo, eleito Homem do Século por duas vezes pela ALAP (Associação Latino-Americana de Agências de Publicidade), Washington Olivetto é o criativo mais premiado dos últimos 30 anos no Profissionais do Ano. Em sua trajetória, importantes conquistas: mais de 50 Leões no Festival de Cannes na categorial “Filmes”; foi indicado como uma das 25 pessoas-chave do mundo pela revista britânica Media International; em 2009, entrou para o Hall da Fama, do FIAP; Olivetto é o criador dos únicos dois comerciais brasileiros incluídos entre os 100 melhores do mundo The 100 Best TV Commercials; além de tantas outras conquistas ele cultiva suas ideologias e sonhos em sua vida criativa. Em nossa entrevista, Washington Olivetto fala da atitude imediatista que não constrói nem solidifica as marcas para o futuro, sobre crises criativas, da necessidade de uma comunicação local no marketing global, diz também, que o publicitário especialista morreu e que a propaganda não é arte, é artesanato.

revista fortes guimarães 29


capa

A função do profissional de publicidade mudou, gerando necessidade de novas habilidades. Sabendo que os clientes estão interessados na geração imediata de negócios através dessas campanhas, qual a relação desse profissional de negócios nas agências? Qual o perfil necessário para esses cargos? O publicitário especialista morreu: o só redator, o só diretor de arte, o só mídia, o só planejador não existem mais. O que existe hoje é o profissional de comunicação completo, o homem-agência, um homem de negócios capaz de entender e dirigir o todo do negócio da agência e do cliente, sem perder o foco naquilo que especificamente faz de melhor. Esse “faz de melhor” aí, sim, pode ser o trabalho de redator, de diretor de arte, de mídia ou de planejador. Você diz que trabalha com duas grandes paixões (escrever e vender) e que trabalha por prazer e diversão. Essa crise de criatividade que o mercado publicitário está vivendo pode ser a falta dessas características nos profissionais do ramo? Nesse cenário, qual o peso da internet e da democratização da comunicação, onde qualquer pessoa assume funções como fotógrafo, jornalista e comunicador? Sem dúvida. As crises criativas são filhas das crises culturais, das crises de formação e informação, da falta de ideologias e sonhos. Vamos pensar que a internet já democratizou o gesto de escrever, mas ainda não democratizou o gesto de escrever bem. A internet, por outro lado, promoveu a covardia da opinião anônima, o que é péssimo, mas disseminou uma quantidade infinita de conhecimentos, o que é ótimo. Vivemos um momento de transição criativa não só na publicidade, mas na maioria das atividades com características criativas e associadas direta ou indiretamente à arte. Esse momento já está se exaurindo, e acredito que, em breve, voltaremos a viver momentos de exuberância criativa. Há alguns anos, as limitações na oferta de produtos e serviços, se comparado com o mercado atual, direcionavam a publicidade das empresas para uma abordagem mais institucional (projeção da marca). Hoje, em um mercado mais dinâmico e competitivo, como fica a publicidade? Você acredita que o perfil dos clientes acaba direcionando a publicidade mais para o varejo do que para a projeção da marca?

o comercial "O primeiro sutiã a gente nunca esquece" da W/GGK, lançado em 1987 para a Valisére, é apontado como um dos 100 melhores de todos os tempos. o filme "Homem com mais de 40 anos" para o Conselho Nacional de Propaganda, de Washington Olivetto e Francesc Petit, na época pela agência DPZ, trouxe pela primeira vez a taça de Cannes para o brasil em 1974

30


entrevista | washington olivetto

A observação procede. Realmente, as limitações na oferta de produtos e serviços que aconteciam há alguns anos direcionavam a publicidade das empresas para uma abordagem mais institucional, valorizando a marca. Hoje, num mercado mais competitivo, boa parte da comunicação está mais direcionada para o varejo, o que, de um lado, é lógico pelas circunstâncias, mas de outro, é perigosíssimo, porque configura uma atitude imediatista que não constrói nem solidifica as marcas para o futuro. A preocupação de alguns executivos com seus bônus de fim de ano, baseados em resultados, é também outra coisa que acaba incentivando essa postura imediatista e errônea. Como estratégia de marketing, grandes empresas e grupos trabalham com campanhas globais. Essa prática é interessante para o planejamento, mas a execução não deveria ser segmentada e adaptada ao mercado local? E na prática, as empresas praticam o que as agências planejam? Como é feito esse trabalho de alinhamento do marketing? Sem dúvida. A estratégia de marketing pode ser global, a temática pode ser global, mas a comunicação tem de ser absolutamente local. Olhando no olho e falando a linguagem de cada consumidor. Na WMcCann, onde temos alguns clientes globais, temos absoluta consciência disso e nos orgulhamos de criar campanhas para temas globais, como MasterCard (Não tem preço), e com personalidade absolutamente local, caso da campanha atual (Meu Brasil que não tem preço).

O publicitário especialista morreu: o só redator, o só diretor de arte, o só mídia, o só planejador não existem mais. O que existe hoje é o profissional de comunicação completo, o homem-agência

Algumas empresas querem mais retorno em negócios gerados do que posicionamento e valorização da marca. Como mensurar o retorno desse investimento? Quais métodos e ferramentas são utilizados para medir essa efetividade? Essa mensuração, que já foi quase que intuitiva, hoje é absolutamente técnica: temos ferramentas exclusivas do McCannWorldgroup no mundo e da WMcCann no Brasil, como o Performance Management System, que medem com bom nível de precisão a efetividade das campanhas.

O Garoto Bombril foi uma criação dos publicitários Washington Olivetto e Francesc Petit, na DPZ em 1978. A campanha - que visava divulgar para a dona de casa os novos produtos fabricados pela Bombril - fez tanto sucesso que resultou em mais de 200 comerciais de toda linha Bombril. O texto sempre excelente de Washington Olivetto sugere sentimentos de confiança, afinidade, afeto e alegria. O sucesso nacional foi reconhecido mundialmente e em 1994, a campanha da Bombril foi incluída no Guinness Book - Livro dos Recordes como a série de publicidade mais longa do mundo.

revista fortes guimarães 31


(16) 3964 6762 (11) 3506 1574


entrevista | washington olivetto

Qual a influência de um cliente na parte de criação? Os negócios podem ou acabam falando mais alto do que a arte das peças publicitárias em alguns casos? Os melhores clientes são co-criadores da maior parte das melhores peças publicitárias. Isso acontece em todas as boas agências e não apenas na WMcCann. Não existe boa propaganda sem bons clientes. Propaganda não é arte, é artesanato. E as ideias realmente criativas e pertinentes são aquelas que misturam negócios e arte na medida certa. A ascensão expressiva de novas classes gera mudanças no mercado. Como as agências publicitárias enxergam e agem em relação à isso? Vou dar um exemplo: a WMcCann, em conjunto com o McCann Worldgroup, promoveu, em 2011, a maior pesquisa sobre o crescimento da classe C já realizada no mundo. Isso demonstra o quanto nós, e não apenas nós (outras agências também), estamos preocupados em sempre buscar as informações de que certamente os nossos clientes vão precisar. A internet, o celular e as novas mídias e aplicativos estão influenciando no trabalho publicitário? Como a WMcCann trabalha com isso? Como absorver as informações que as pessoas transmitem ativamente nas mídias sociais?

A WMcCann já é uma das três maiores agências no universo da internet. Temos uma equipe muito boa ligada às mídias sociais. Fomos escolhidos, inclusive, como a agência de mídias sociais da Microsoft. Minha postura na WMcCann, desde o início, em 2010, foi integrar rapidamente o mundo analógico e o digital. Hoje, na agência, ninguém mais é só analógico e ninguém mais é só digital. Todos fazem tudo, como tem de ser daqui para frente.

Os melhores clientes são co-criadores da maior parte das melhores peças publicitárias. Isso acontece em todas as boas agências e não apenas na WMcCann. Não existe boa propaganda sem bons clientes A nova campanha da sua agência diz que “Mais dia, menos dia, você vai ser nosso cliente”. O slogan que poderia ser um tanto pretensioso é muito bem amparado pelos argumentos, e o histórico de campanhas premiadas e clientes importantes e satisfeitos geram ainda mais credibilidade. Essa abordagem coloca sua agência como um objeto de desejo no mercado publicitário? Sim. A abordagem do anúncio mantém a agência como objeto de desejo no mercado publicitário. A verdade é que esse anúncio é particularmente bastante bem escrito. Não é sempre que chegamos a um produto final falando de nós mesmos (o que é sempre complicado) tão consistente e inconteste. A trajetória de trabalho da marca “Washington Olivetto” faz com que Criados pela W/Brasil no final dos anos 90, os comerciais dos gordinhos da Embratel traziam um jingle que ficava na cabeça das pessoas. Isso fez com que a empresa se destacasse no cenário nacional e acirrasse ainda mais a competição entre as operadoras de telefone.

revista fortes guimarães 33


capa

vários clientes busquem os seus serviços, visando campanhas criativas e lucrativas idealizadas por um dos maiores publicitários brasileiros. Como você conduz o trabalho de executivo da WMcCann com o trabalho na criação? E quando participa da criação, como saber a hora de ser coadjuvante ou protagonista dentro da equipe? Meu foco principal na WMcCann se situa na criação e na relação com os clientes. Na criação, minha principal função é não competir com a equipe, criar quando tiver ideias realmente relevantes, julgar com bom-senso todos os trabalhos criados pela equipe, dar palpites quando necessário, ajudar quando for chamado e fazer umas mágicas de vez em quando. Na relação com os clientes, minha função é deixar clara a excelência da agência em todas as áreas. Quais mudanças ocorreram no mercado de comunicação dos últimos anos? Como você percebeu, viveu e se adaptou à isso? Quais foram os erros e acertos de posicionamento? As mudanças foram tecnológicas, mas o fundamental não mudou: a grande ideia continua sendo o fundamental desse meu ofício. Como tenho uma personalidade ofensiva (jogo sempre no ataque), percebi e convivi com as mudanças com antecedência e nem precisei me adaptar a elas. As mudanças se incorporaram a mim e eu me incorporei às mudanças de forma natural. Continuei e continuo sempre centrado na origem do meu negócio: a busca da grande ideia, sabendo que acertos e erros podem acontecer hoje como aconteciam antigamente. Nem mais, nem menos. Fale sobre o processo criativo da WMcCann e do Washington Olivetto. Cite uma campanha em especial e conte um pouco sobre a história dela. Nosso processo criativo envolve particularmente o fator afetividade: os profissionais da nossa criação se gostam e se admiram, o que é fundamental. Isso gerou uma agência com baixíssima competitividade interna, o que é ótimo e permite que todos trabalhem integrados. Um fato recente que exemplifica isso foi a conquista da conta do Bradesco das Olimpíadas. A campanha BRA de Brasil, BRA de Bradesco envolveu toda a criação da agência de uma maneira tão integrada que, até agora, nenhum de nós tem certeza de quem sugeriu o tema BRA.

Um bom comercial deve ser simples, criativo e vender bem o produto. É exatamente isso que a W/Brasil fez no começo da década de 90: Quem não se lembra do cachorrinho da Cofap? Enquanto os grandes cães de raça deslizavam nas curvas, o simpático e ágil Basset divertia as várias propagandas da marca de amortecedores de carro. Ou seja, “o melhor amigo do carro. E do dono do carro!”

34


o poder da escolha

A tradição e liderança da São Francisco Saúde em nossa região agora conta com a parceria e experiência da Omint no segmento premium de planos de saúde. Somente o Liberté oferece o melhor das duas operadoras, a maior rede credenciada, reembolso internacional e acesso aos melhores hospitais do país. Ser livre nunca foi tão saudável. Planos de saúde com reembolso • Reembolso internacional* • Melhores médicos e hospitais do país • Assistência em viagem*

Av. Presidente Vargas, 2121 | Edifício Times Square | Ribeirão Preto - SP | 16 2138 4080 | www.sfliberte.com.br Responsável técnico: Dr. José Carlos Lucheti Barcelos CRM nº 81.223

*conforme os limites e coberturas do plano. consulte condições contratuais.

Liberté, o melhor de duas operadoras para valorizar sua escolha.


living 1

1

1

2

2 2

3

3

3

Merlot das Américas 1. Miolo - Merlot Terroir 2005 (Brasil) - R$70 | O Merlot Terroir é elaborado através de uma combinação ideal de solo, clima, casta e influência do homem. O resultado é um vinho elaborado com o melhor dos vinhedos da Merlot da Miolo, em 18000 garrafas por safra. 2. Concha Y Toro - Casillero Del Diablo Merlot 2006 (Chile) - R$47 | A uva Merlot é uma cepa elegante por excelência. Caracterizada como dócil, de suaves taninos, expressa frescor e doçura. O Casillero Del Diablo traduz isso em um vinho suave, de pouca adstringência, com aromas de amora e morango, e toques de chocolate, baunilha e cassis. 3. Viña Carmen - Reserva Merlot 2005 (Chile) - R$48 | Um dos melhores Merlots do Chile tem um bouquet intenso e complexo, cheio de frutas vermelhas, especiarias e tostados. Na boca é encorpado e rico, bastante concentrado, com taninos finos e macios. 36

Squash Pro sabor com Estilo 1. Ascaso Arc Fun Yellow 16 Bars R$1.300 | Design clássico para um café perfeito: a Arc Fun tem sua caldeira feita em latão, preferida pelos baristas. 2. De Longhi Automática ESAM 4500 Prata e Preto 15 Bar - R$3.100 | Uma miniatura das cafeteiras profissionais. Tanto que você escolhe a melhor opção: uso em grãos ou em pó para preparar Café, Cappuccino ou Macchiatto. 3. Illy Expresso X1 Trio Vermelha R$1.600| O estilo inconfundível faz esse ícone do design moderno ser reconhecido em todo o mundo. E como beleza não é tudo, o Trio permite você escolher seu expresso preferido ristretto, normal e lungo.

1. Black Knight Ion Storm - R$600 | Desenhada pelo supercampeão David Palmer, a Iron Storm proporciona mais poder e controle em cada batida. A tecnologia Nano Cristalina (incorporada na fibra de grafite Xtreme da raquete) reduz a vibração e aumenta a durabilidade. 2. Dunlop AeroGel 4D Max - R$420 | A escolha de qualquer jogador que procura puro poder e potência em uma raquete. Com sua cabeça em forma de gota e a trança 4D com longas cordas principais, a Aerogel garante maior controle e estabilidade da energia que você fornece em suas batidas. 3. Head Vector 155 CT - R$490 | A tecnologia CT fornece um aumento da força, com torção superior e maior aderência, otimizando cada movimento. E o MicroGel HEAD combina a base de silicone com fibras de carbono, aumentando a sensibilidade e a resposta do jogador.


consumo

Nessa seção, elegemos produtos que se destacam e que podem estimular os prazeres da gastronomia, do esporte e do seu estilo de vida. Eleja seus preferidos!

texto: João Helmeister | imagens: divulgação

1

1

1

2 2 2 3

3

Assinatura da Elegância

3

Corrida nas Nuvens Cacau Gourmet 1. MALLINE Découverte by Pierre Marcolini - R$120 | Uma variedade que é, inegavelmente, uma das coleções emblemáticas de Pierre Marcolini. Chocolates feitos com o cacau dos melhores produtores em diversos países. 2. Godiva - Ballotin Box - R$105 | A caixinha dos sonhos de todo chocólatra: bombons com recheios intensos, caramelos pecaminosos, com frutas deliciosas e nozes. Ainda vem com uma barra de Dark Chocolate Soufflé trufado! 3. Lindt - Swiss Luxury Selection - R$80 | Combinações tentadoras dos melhores ingredientes em uma apresentação meticulosa fazem da seleção de bombons suíços um luxo incomparável no gosto e um prazer para os olhos.

1. Asics GEL Kinsei 4 - R$800 | Sistema Cuprothermo que reage à temperatura externa, menor entressola ligando direto ao amortecimento GEL no calcanhar e apenas 370g. Seus pés vão se sentir no paraíso - mesmo depois de alguns kilometros! 2. Mizuno Wave Prophecy - R$1.000 | Amortecimento para todo o pé: esse é o resultado da placa Wave Infinity, que trabalha em harmonia com seu corpo para proporcionar suavidade em cada passo. A tecnologia Fit Dynamotion lhe dá o encaixe ideal, enquanto o SmoothRide da entressola reduz o impacto das mudanças de velocidade na sua trajetória. 3. Nike Air Max+ 2012 - R$600 | Mesmo com um sistema de 3 camadas de amortecimento, o Air Max ainda consegue ser levíssimo. Claro, um de seus materiais é o próprio ar! E encima dele está a espuma Cushlon, para garantir ainda mais conforto em cada passada.

1. Sheaffer Legacy Heritage - R$1.050 | Para aqueles que combinam eterna elegância ao estilo moderno, a Legacy Heritage tem um corpo marcante, que evoca um sentido de verdadeiro luxo. Volte aos dias em que os detalhes faziam toda a diferença, enquanto seus dedos acariciam cada um dos preciosos elementos de design, qualidade, engenhosidade e prestígio. 2. Mont Blanc MeisterStuck Classique - R$1.200 | O coração da marca Mont Blanc. Desde 1924 a Meisterstück é mais do que uma simples caneta, pois ela possui uma aura especial que quase lhe dá uma característica mística. Seja a combinação sutil de materiais, ou a relação especial que se forma entre a caneta e o seu dono, a Meisterstück só pode ser explicada por aqueles que a utilizam para comunicar os seus pensamentos por escrito ou para assinar o seu nome. 3. Waterman Carène - R$1.350 | Canetas Escrevem. Carène é uma forma de expressão pessoal. Confeccionada a partir da mais alta tecnologia, combinada com a experiência artesanal nos detalhes banhados à ouro, faz da Carène uma verdadeira obra de arte. revista fortes guimarães 37


living

som puramente tecnológico Aparelho de som Samsung DA-E750 Este aparelho de som agrega o melhor de várias tecnologias. As válvulas de amplificação garantem um som mais puro e rico, enquanto as diversas opções de entradas digitais e analógicas permitem tocar todo tipo de som (mp3, wav, wma, etc), controlando tudo desde o celular, o computador, via USB, Dock, Bluetooth ou WiFi. R$2.200

google x apple fotos e vídeos em alta resolução Câmera Digital Leica V-LUX 40 Um sensor de 14.1 Mega Pixels, feito na Alemanha pela própria Leica, aliado a um super zoom ótico de 20x, garantem a mais alta qualidade de imagens. Esta câmera top de linha também grava vídeos em alta resolução (1080 full HD) e o seu GPS interno grava o local exato de cada foto, permitindo visualizá-las num mapa. R$1.440 38

Tablet Google Nexus 7 Com uma tela de 7”, um avançado processador de 4 núcleos e pesando somente 340 gramas, o mais novo Tablet lançado pelo Google promete ser um forte concorrente do famoso iPad. Ele inclui todos os recursos típicos de um tablet top de linha (Bluetooth, WiFi, Câmera e Cartão de memória, entre outros). R$450


tecnologia

splash PHONE Capa a prova d’água para iPhone Optrix XD Para tirar o máximo de proveito das excelentes câmeras do iPhone, a Optrix criou esta capa a prova d’agua. Além de ser impermeável, vem com uma base que permite montá-lo em praticamente qualquer superfície (moto, bicicleta, jet ski, etc). R$220

aonde está o controle remoto? Televisão Samsung LED Serie 8000 Esqueça o controle remoto. Esta televisão de alta resolução (1080p) de 54.6” reconhece gestos e comandos de voz para controlar tudo, de TV e filmes em 3D, a navegar pela Internet com o YouTube, Facebook e Angry Birds, graças ao acesso a internet sem fio (WiFi). R$8.800

texto: Martin Descalzi imagens: divulgação

super smart Telefone celular Samsung Galaxy S3 O último lançamento da linha de smartphones Samsung Galaxy é considerado o melhor celular no momento. Em somente 8.6 milimetros, o telefone apresenta uma tela super AMOLED de 4.8”, câmera de 16MP (mais uma frontal com reconhecimento facial), GSM e 3G com cobertura mundial e todo o poder da última versão do Android. R$1.800

design para os ouvidos Fone de Ouvido Sem Fio Parrot Zik Desenhado pelo famoso designer francês Philippe Starck, este moderno fone de ouvido vem com Active Noise Cancelling, anulando todos os barulhos externos. Criado especialmente para iPhone e Android, o volume da música, as ligações telefônicas e muitas outras funções, podem ser controladas desde o próprio fone de ouvido, numa área sensível ao toque. R$950 revista fortes guimarães 39


gastronomia

texto: André de Oliveira imagens: Rafael Wainberg

Um dos restaurantes italianos mais bem sucedidos de São Paulo, suas duas unidades, uma no Itaim e outra no Shopping Cidade Jardim, atestam isso.

E

m 2005, no coração do Itaim, um dos bairros mais disputados e típicos de São Paulo, nasceu o Due Cuochi. Unindo cozinha italiana moderna à receitas autorais, em pouco tempo o restaurante ganhou fama. Não é à toa, ostenta duas estrelas no Guia Quatro Rodas e foi eleito, por quatro anos consecutivos, o melhor restaurante italiano pela revista Veja São Paulo. O sucesso levaria sua fundadora, a restauratrice Ida Maria Frank, a inaugurar uma nova unidade. Em 2008, o Due Cuochi abriu suas portas no Shopping Cidade Jardim, um dos maiores empreendimentos comerciais de São Paulo. A vista do restaurante impressiona e é representativa dos vultuosos investimentos que a cidade recebeu nos últimos anos. De uma janela que vai do teto ao chão, é possível enxergar as dezenas de belos prédios comerciais que têm sido construídos ao longo da Marginal Pinheiros e na região da Vila Olímpia. “É uma vista da exuberante selva de pedras de São Paulo”, define a restauratrice. Gnocchi de semolina com ameixa preta, camarão, vieira e caviar.

revista fortes guimarães 41


living

A clientela é a cara dessa cidade, bem cosmopolita. Aqui você pode encontrar um banqueiro festejado e um bancário que aprecia boa culinária

Gnocchi de mandioquinha, lagostin perfumado ao cognac, tomate fresco e abobrinha.

Socióloga de formação, Ida sempre foi apaixonada por cozinha. Perseguindo o sonho de trabalhar com gastronomia, ela viveu e estudou, durante um ano, em Paris. De lá, voltou com o propósito de fundar um restaurante. Antes de abrir o italiano, ela teve uma experiência com um bistrô francês, chamado Le Marais Bistrot. O Due Cuochi, no entanto, é o que viria para ficar. Uma unidade de rua e o outra em um dos maiores Shoppings da cidade. A restauratrice, no entanto, garante que não existe diferença entre elas, até o menu é o mesmo. E faz questão de ressaltar que, apesar dos bairros de classe alta em que estão localizados, o Due Cuochi é um restaurante para quem gosta de comida. “A clientela é a cara dessa cidade, bem cosmopolita. Aqui você pode encontrar um banqueiro festejado e um bancário que aprecia boa culinária”, conta Ida. A verdade é que, combinando o clima encontrado em restaurantes de alta gastronomia com um pouco do tempero de um “ristorante” italiano, a fórmula agradou a clientela. Uma refeição completa, com uma taça de vinho, sai em torno de 110 reais e a indicação de Ida é o risoto de tomate freso, tabasco e camarões ao molho de ervas. s e rvi ço Itaim Rua Manoel Guedes, 93 Aberto de segunda a quinta-feira Reserva e outras informações (11) 3078-8092 Shopping Cidade Jardim Endereço: Av. Magalhães Castro, 12.000. 3º piso Aberto de segunda a sexta-feira Reserva e outras informações (11) 3758 2731

42


living

Novo sedã Optima, um misto de linhas simples e formas elegantes descomplicadas

P

rojetado nos estúdios da Kia em Frankfurt, na Alemanha, e Irvine, na Califórnia, EUA, o sedã Optima se baseia em uma plataforma totalmente nova de médio porte que permitiu novas dimensões e proporções. Seu projeto proporcionou uma tela única para que a equipe mundial de design da Kia criasse um veículo que se diferencia de tudo o que há em seu segmento. “O novo Kia Optima vai competir, no mercado brasileiro, com os mais modernos sedãs europeus e japoneses, em situação de larga vantagem, por seu design, tecnologia de motor,

44

itens de conforto e segurança, além de ter a melhor relação custo/benefício da categoria”, avalia José Luiz Gandini, presidente da Kia Motors do Brasil, para quem a estimativa de vendas - este ano - será de 3.200 unidades. O Optima disponível no Brasil possui o novo e eficiente motor Theta II de 2.4 litros, 4 cilindros em linha, DOHC 16 válvulas CVVT, a gasolina, com potência de 180 cv a 6.000 rpm e torque de 23,6 kgm a 4.000 rpm. A transmissão é automática de seis velocidades com opção de troca sequencial. Exterior elegante e aerodinâmico A frente marcante do Optima apresenta a arrojada grade-assinatura da Kia cercada pelos faróis. Já o perfil do Optima é reforçado por um vasto arco cromado que flui da coluna A para a C - um detalhe que, visualmente, deixa o carro mais baixo e aumenta suas proporções. A linha do teto do Optima se conecta com sua linha de cintura, alta e pronunciada, que segue para as laterais esculpidas e a distância entre-eixos estendida, ajudando a criar um sedã de postura forte e ao mesmo tempo graciosa.


veículos

Nova e avançada plataforma Construído sobre uma estrutura monobloco, o Optima utiliza sistemas de suspensão dianteira e traseira independentes. Estruturas MacPherson são usadas na dianteira e um layout multilink na traseira e ambos são unidos com molas helicoidais e uma barra estabilizadora dianteira para garantir aos condutores uma condução mais dinâmica e proporcionar a eles o máximo conforto independente da condição da estrada.

Interior luxuosamente equipado A conveniência do interior é aprimorada com recursos que incluem abertura elétrica interna da tampa de abastecimento e do porta-malas, ar-condicionado digital Dual Zone, bancos, volante, manopla de câmbio e painéis laterais revestidos em couro, chave do tipo canivete com abertura de portas à distância, console central com porta-objetos e portacopos, console no teto com porta-óculos e luzes de leitura, encostos de cabeça com ajuste de altura (todos) e de inclinação (dianteiros), indicador de marchas no conjunto de mostradores, luz interna com temporizador e efeito fade out, para-brisa dianteiro com desembaçador automático, porta-luvas refrigerado e com abertura amortecida, sistema de som com quatro alto-falantes e dois twetters, travamento elétrico central das portas e porta-malas, vidros elétricos nas quatro portas com função One Touch Down & Up e antiesmagamento para motorista e passageiro e volante de direção com regulagem de altura e profundidade.

Segurança em destaque O novo Optima possui um elevado nível de itens de segurança e tecnologia, assim como toda a linha de produtos da Kia. São eles air bags frontais, laterais e de cortina, alarme com antifurto, câmera de ré com visor LCD de 3,5’’ no espelho retrovisor interno, espelho eletrocrômico, cintos de segurança traseiros de três pontos (central traseiro tipo subabdominal), cintos dianteiros com pré-tensionadores, limitadores de carga e regulagem de altura, controle eletrônico de estabilidade (ESP), controle eletrônico de tração (TCS), desembaçador do vidro traseiro temporizado e dispositivo de abertura interna do porta-malas em caso de emergência.

f i ch a t é cn i c a 0-100Km/h: 10.9 seg Cilindrada (cm3): 2.356 Potência: 180cv Preço: R$ 104.900 www.kiamotors.com.br

revista fortes guimarães 45


esporte | golfe

texto: Ivo Simon imagens: Zeca Resendes

Q

ualquer que seja o seu biotipo, não se preocupe. Você pode jogar golfe. Para ser mais claro: alto, baixo, magro, gordo, criança, jovem, idoso, homem, mulher e pessoas portadoras de necessidades especais podem jogar golfe e até participar de torneios. Além do esporte, o praticante exercita o saudável hábito de caminhar pelo campo, o exercício mais recomendado hoje em dia por médicos em todo o mundo. O golfe é um dos raros esportes que privilegia o talento e a qualidade de vida. Por isso, ao terminar esta leitura, não há dúvida de que você já será candidato a gostar definitivamente do esporte, como fazem mais de 80 milhões de pessoas. Diversos fatores explicam essa atração. As estatísticas mostram que o golfe é o esporte com menor índice de desistência entre iniciantes: de cada 10 pessoas que começam, oito continuam. A mecânica do jogo permite ao praticante, qualquer que seja a idade, nunca precisar parar, seja amador ou profissional. A convivência com o ar puro em longas caminhadas, que passam de seis quilômetros a cada partida, com quatro a cinco horas de duração, é mais um forte argumento. Tranquilidade, pássaros e animais silvestres, flores, muito verde, enfim, um cenário ideal para praticar esporte e ganhar qualidade de vida, unindo, em um mesmo grupo, diferentes gerações de famílias. Avós, pais, netos, amigos, podem jogar ao mesmo tempo e compartilhar agradáveis momentos de descontração. O golfista atinge a maturidade entre 36 e 38 anos de idade, inclusive entre os profissionais. Há

Alexandre Rocha: Destaque no golfe profissional, Alexandre é o mais jovem brasileiro a entrar no PGA - o último foi há quase 30 anos.

Rubens Barrichello encontra nos campos de golfe o equilíbrio para a adrenalina das pistas.

revista fortes guimarães 47


living

circuitos para jogadores de diversas faixas etárias, com prêmios milionários. São jovens como Tiger Woods, que já atingiu um bilhão de dólares na carreira, ou profissionais que na categoria Senior (acima de 50 anos) disputam torneios o ano inteiro, com prêmios que chegam a milhões de dólares. Outros profissionais menos famosos vivem bem e, no Brasil, aumenta o número de jogadores, caddies (carregadores de tacos) e pessoas que trabalham em campos de golfe, seja nos cuidados com a grama, no bar, restaurante e serviços de administração e manutenção do clube. Outro detalhe é que quem joga golfe não precisa se preocupar em derrotar um adversário. Cada partida é um desafio contra o próprio campo, que o jogador luta para superar. Um campo tem 18 buracos, com distâncias diferentes, entre 100 e 500 metros. A modalidade mais jogada é por soma de tacadas (stroke play). Ao final da competição, o jogador soma o número de tacadas que utilizou para embocar a bola em todos os buracos. Quanto menos, melhor. O grande desafio está em tentar reduzir sempre o número de tacadas. Exemplo: se numa rodada o jogador soma 80 tacadas, na próxima tentará fazer menos, e assim por diante. Por isso, não importa a marca de outro jogador e cada vitória acaba sendo uma realização pessoal. Nos Estados Unidos, há uma entidade denominada Golf Nuts Society Of America (Os Loucos Por Golfe da América) que reúne estrelas como Michael Jordan e Clint Eastwood, entre outros. Essa paixão pelo esporte só é bem entendida por quem o pratica. No Brasil, existem cerca de 120 campos de golfe e diversas escolas. A tendência é crescer mais com a volta do esporte aos Jogos Olímpicos no Rio, em 2016, depois de 112 anos de ausência. Com vista às novas perspectivas do esporte, Antonio Nascimento,

Giordano Junqueira: Ribeirão Preto, muito bem representada profissionalmente pelo golfista que está entre os melhores da CBG.

48

No Brasil, existem cerca de 120 campos de golfe e diversas escolas. A tendência é crescer mais com a volta do esporte aos Jogos Olímpicos no Rio, em 2016, depois de 112 anos de ausência presidente a PGA do Brasil (Associação Brasileira dos Profissionais de Golfe), explica os planos da entidade. “Nossa associação está comemorando 40 anos de fundação e cada vez mais está trabalhando na formação de profissionais, seja de jogadores, administradores de campo ou de eventos. Este ano um grupo de professores está concluindo um curso com certificação internacional do instrutor Tony Bennett, que já iniciou a formação de uma nova turma. O esporte só evolui quando tem ídolos. E é nesse sentido que pretendemos estimular a formação de jovens golfistas. Este é momento do golfe no Brasil”, conclui Nascimento. Por isso, caro leitor, se você ainda está pensando, não tenha mais dúvida: comece já no golfe. Duvido que você pare.

Rodrigo Lombardi e Marcos Pasquim: os atores globais que começaram a praticar o esporte por lazer, já participam de campeonatos nacionais e internacionais.


esporte | golfe

1

Técnica O jogo consiste em bater na bolinha até embocar. Não existe um número obrigatório de tacadas para embocar a bola. Mas, claro, se você quer jogar cada vez melhor, precisa apurar a técnica. O grande segredo é saber escolher o taco para cada jogada. É preciso analisar a que distância

2

está o buraco e os obstáculos que serão enfren-

tacos

tados, como árvores, força do vento, bancas de

Entre todos os tacos existentes,

areia, lagos ou riachos. Errar um milímetro no

o jogador pode escolher até 14.

ângulo da tacada representa um vôo da bola a

Cada um tem uma finalidade:

dezenas de metros do alvo desejado.

wood (madeira) - para longas dis3

tâncias. A nomenclatura deve-se

resultado

ao fato que os antigos tacos eram

Entender um jogo de golfe é fácil.

de madeira. Hoje são de materiais

Consiste em bater a bola de um

como titânio etc, mas conservam

determinado lugar (chamado tee) até

a nomenclatura; iron (ferro) - para

embocá-la num buraco que está no Wood

jogadas mais curtas; sand - para zado no green para embocar. 6

chamado green (local do campo onde

Iron

tirar a bola da areia; putter - utili-

a grama parece um tapete).

Putter

4

vento

campeonatos Normalmente, os campeonatos são

É um dos grandes obstáculos. É preciso avaliar

disputados entre dois a quatro dias.

a intensidade do vento a cada jogada. No alto,

O campeão é o que ao final dos dias de

ele pode desviar a bola por longas distâncias.

jogos somar o menor número de tacadas na modalidade stroke play ou vencer o

chuva

maior número de buracos, que é a moda-

Não atrapalha o jogo. Exceto se alagar

lidade match play.

o campo ou houver raios. 7

5

custo

campo de jogo

O equipamento de golfe não é caro. A partir de

Um campo é diferente do outro. Há aclives, obstáculos naturais

R$500,00 pode-se comprar um conjunto de tacos usa-

e artificiais (bancas de areia, lagos etc). É diferente das medidas

dos, em bom estado, que dura a vida inteira. Em muitos

oficiais de um campo de futebol, quadras de tênis ou vôlei. Cada

clubes é possível jogar sem ser sócio, pagando apenas

campo tem medidas próprias, adequadas à topografia local.

o green fee (taxa de uso), entre R$80, 00 e 350,00 por uma volta (quatro a cinco horas) no campo. A roupa não

8

Hole-in-one

precisa ser especial, mas sugere-se evitar camisa de

Quer dizer: embocar com apenas uma

gola careca ou bermudas curtas.

tacada. É o momento mágico do golfe.

vocabulário Albatroz acertar o buraco com três tacadas abaixo do par estabelecido. Air Shot errar completamente a bola ao fazer o swing. Approach tacada que leva ao green, geralmente em distância entre 100 e 150 jardas do buraco. Birdie acertar o buraco com uma tacada abaixo do par. Bogey acertar o buraco com uma tacada acima do par. Bunker bancos de areia que servem como obstáculo. Caddie carregador de tacos. Chip shot tacada curta, perto do green. Drive primeira tacada a partir do tee. É também o nome do taco usado

para tacadas de longa distância. Eagle acertar o buraco com duas tacadas abaixo do par. Fairway região central do campo, entre o tee e o green. Green área onde fica o buraco, onde a grama é fina, compacta e aparada rente ao solo. Hazard obstáculo (de água ou areia). HCP (handicap) tipo de pontuação que mede o aproveitamento de cada golfista, sendo subtraído do total de tacadas. É usado para igualar dois jogadores de níveis diferentes. Um iniciante recebe handicap 40 e um profissional handicap zero. Hole buraco sinalizado por uma bandeira colorida. Hole-in-one acertar o buraco com

uma única tacada. Nos tempos antigos, era tradicional tocar um sino na sede do clube a cada hole-in-one feito no campo e o autor da proeza pagava a comemoração no bar. Hoje, em muitos clubes a tradição é mantida e, como prevenção, muitos jogadores fazem seguro para cobrir as despesas. A tradição sugere conferir um diploma ao autor do hole-in-one e registrar em quadro na sede e na federação o feito do jogador. Iron taco de ferro, usado para jogadas curtas. Par referência da média de tacadas para embocar a bola. Cada buraco tem seu par e cada campo tem um par total. Putt tacada no green para atingir o buraco. O taco para esse tipo de

jogada chama-se putter. Rough local de grama mais alta e difícil de jogar, geralmente perto de árvores e arbustos. Scratch categoria onde não há desconto de handicap. Stance posição do jogador na hora da tacada. Swing movimento do corpo para dar a tacada. Tee local onde é dada a primeira tacada em cada buraco. Também é o nome do pino de plástico que sustenta a bola na primeira tacada em cada tee. Wood taco de madeira, usado para jogadas de longa distância. Yards jardas. No golfe, as distâncias são medidas em jardas. Cada jarda equivale a 91,4 cm.

revista fortes guimarães 49


living

ribeirão preto

No dia 11 de agosto, aconteceu o 2º Torneio de Golf de Ribeirão Preto do Espaço Golf. A competição - realizada no Ipê Golf Club - contou com disputas para homens e mulheres separados em cinco categorias distintas. Estiveram presentes 112 competidores e mais 330 convidados. imagens: Rafael Oliveira Cautella

Giordano Junqueira

Enoch de Paula, Adriano Junqueira, Henrique Azevedo e Adalto Santini

Jose Renato Magdalena e Eduardo Camargo

Paulo Carvalho

Henrique Azevedo, Melina Magdalena e Paulo Azevedo

Eduardo Maistro

Dino Cocenza

Laurita e Carla Freitas

Caio Junqueira e Breda

50


urbanismo

texto: lourenço tarantelli imagens: divulgação

Num cenário cada vez mais urbano, as cidades que registram expressivo desenvolvimento no setor imobiliário como Ribeirão Preto, passam por transformações que incentivam novos mercados e transformam a paisagem urbana.

C

om uma vida universitária muito ativa, agronegócio intenso e o comércio que polariza a região, Ribeirão Preto vive seu grande potencial de crescimento. Em um ambiente como esse, como as cidades devem tratar questões como planejamento, sustentabilidade e qualidade de vida? Para o arquiteto Benedito Abbud, o paisagismo é de suma importância e deve ser integrado ao plano diretor de todas as cidades. “Em geral, os novos projetos arquitetônicos possuem fachadas diferenciadas, para mostrar personalidade e se destacar do entorno. O paisagismo desses projetos deve ser trabalhado de forma a integrá-los, harmonizando-os na mesma paisagem, sem ofuscar o caráter de cada um”. Abbud defende a ideia de que a qualidade de vida é um dos pilares da sustentabilidade, pois se não existir sustentabilidade social e pessoal, o restante é secundário. “Além da questão estética, que também é muito importante, o paisagismo melhora a qualidade ambiental amenizando a temperatura de uma cidade quente como Ribeirão, o lazer que aproxima as pessoas nas áreas verdes, cria identidade para as ruas e avenidas através da floração e arborização e consequentemente, a qualidade social”. Mais que uma tendência no urbanismo mundial, a integração entre arquitetura e paisagismo é fundamental para planejar a cidade, o bairro e a rua em que vivemos. Além de promover a recuperação e preservação de áreas verdes que incentivam a melhor qualidade de vida. Para mostrar o poder transformador do paisagismo, a Revista FG apresenta dois projetos desenvolvidos pelo escritório Benedito Abbud Arquitetura Paisagística, exemplos de recuperação de áreas antes impróprias para o convívio social.

revista fortes guimarães 51


living

Parque Jefferson Péres Cidade Manaus No ‘quintal’ da Casa da Cultura em Manaus, o desafio foi transformar uma favela alagada e sem condições de saneamento em um parque que exaltasse a cultura e a natureza local. Após alocar a população em prédios próximos construídos para elas, Benedito se inspirou no histórico da região para desenvolver a temática do parque: a Era da Borracha, resgatando e exaltando essa época áurea. Incluiu a arquitetura do ferro, muito utilizada na época. Desenhou esculturas e reuniu fontes de bronze que estavam espalhadas pela cidade, para contrastar com os orquidários de plantas típicas da região amazônica e lagos com vitóriasrégias. Entre seringueiras metálicas, fez um mini-arvorismo para as crianças, que também foram lembradas nos brinquedos típicos da região. Os pergolados perfumados com trepadeiras e flores nativas formam um caramanchão delicioso, envolto por árvores da Amazônia como cupuaçu e o dendê. O parque também faz referência ao hidroavião - criado na região - e o bondinho de Manaus.

52


urbanismo

Praça Victor Civita Cidade São Paulo Em São Paulo, Benedito Abbud desenvolveu o projeto da Praça da Sustentabilidade num terreno altamente contaminado pelo lixo hospitalar que foi depositado ali durante anos. As árvores frutíferas foram retiradas, pois acabavam matando os pássaros que frequentavam a área. Então, fez-se um isolamento do terreno antigo e a implantação de um sistema de irrigação por capilaridade, aonde se armazena a água da chuva em reservatórios subterrâneos. O novo solo colocado recebeu um jardim feito com espécies agrícolas, como o algodão de diversas tonalidades, milho - normal e transgênico, mandioca, cana-de-açúcar, entre outros. Além do aspecto didático para as crianças da cidade e do contraste incomum desse tipo de plantação no meio de São Paulo, a ideia foi mostrar que as plantas orgânicas suprem muito bem as necessidades do homem. Na praça, as pessoas circulam por passarelas entre os jardins, espelhos d’água - que fazem o tratamento do esgoto do local -, muros verdes com hortas e recreação para as crianças, que frequentam a praça incentivadas por uma ONG instalada no local.

revista fortes guimarães 53


living

Ricardo Julião

texto: lourenço tarantelli imagens: divulgação

C

om mais de 44 anos praticando arquitetura, Ricardo Julião procura desenvolver projetos livres de estilos e rótulos, numa linguagem atemporal. Ricardo acredita que a busca por soluções e técnicas construtivas eficientes aproxima a arquitetura da sustentabilidade e garante que Ribeirão Preto, está se desenvolvendo melhor que a cidade de São Paulo, em relação a qualidade da paisagem urbana. Ribeirão Preto vive um crescimento imobiliário bem considerável, e isso vem transformando a paisagem da cidade. Qual a função da arquitetura nesse novo cenário? Eu tenho caminhado pela cidade com meus clientes de Ribeirão Preto, e observei na Av. João Fiusa grandes prédios de alto padrão que trazem uma dimensão das vias generosas, sem fios pendurados em postes... Houve um cuidado - imagino eu - do poder público. E fora isso, lá estão prédios impressionantes e importantes. Dentro da minha visão da arquitetura, tem prédios melhores e prédios 54

piores. A responsabilidade do arquiteto dentro da paisagem urbana é enorme em qualquer lugar, pois quando você coloca um edifício no meio da cidade e da paisagem, ele vai durar 50 ou 100 anos no mínimo. E toda população e as gerações futuras terão que conviver com isso, de boa ou má qualidade. Isso tem que estar na consciência do arquiteto e do investidor, fazer uma boa arquitetura. Eu lhe garanto que Ribeirão Preto está indo muito, mas muito melhor que São Paulo, mais planejado, mais pensado, com mais qualidade urbana com certeza. Considerando o histórico e a evolução da arquitetura, no seu trabalho, você aplica estilos arquitetônicos de diferentes épocas? Eu acredito que o profissional deve projetar a arquitetura da época que ele vive, e se possível, construir uma

Retrofit da Sede da Bayer em SP (foto Gabriel Inamine)


arquitetura | entrevista ricardo julião

Estudo de Centro Empresarial em Luanda, Angola (Imagens Ilustrativas)

quando você coloca um edifício no meio da cidade e da paisagem, ele vai durar 50 ou 100 anos no mínimo. E toda população e as gerações futuras terão que conviver com isso, de boa ou má qualidade

novo prédio do Colégio da FAAP, no qual identificamos uma arquitetura mais contemporânea. Essa é a característica que pontua o seu trabalho? Você pode achar estranho, mas também fizemos o prédio de estilo da pós-graduação, mas foi um caso muito específico: A FAAP de São Paulo foi projetada pelo Conde Armando Álvares Penteado em 1946, ou seja, 66 anos atrás. E era interesse da diretoria fazer esse prédio miniaturizado em Ribeirão Preto, assim, ele não foi projetado no estilo do prédio da Capital, ele é uma cópia do prédio de São Paulo. No prédio novo, nós já tivemos a liberdade total de fazer uma arquitetura contemporânea. Mas nos preocupamos em estabelecer um diálogo entre os 2 prédios, então, aquelas colunas altas do outro prédio foram inseridas no prédio novo, que em sua essência foi inspirado na fachada do prédio antigo. Colégio FAAP (foto Wild Mendonça, Divulgação FAAP)

arquitetura totalmente atemporal. Aqui em São Paulo encontramos inúmeros prédios ditos “neoclássicos”. Supondo que daqui a 200 anos os estudiosos que farão as escavações aqui em São Paulo vão encontrar uma arquitetura metida a século 19 e vão perguntar “O que eles estavam fazendo?!”. Porque a história da humanidade é contada através da história da arquitetura, das descobertas de restos arquitetônicos, sendo totalmente inadequado fazer uma arquitetura copiada de outras épocas. Você possui trabalhos em Ribeirão Preto, sendo um dos mais recentes, o revista fortes guimarães 55


living

A sustentabilidade, muito falada hoje, é viável na arquitetura? Acredito que o arquiteto foi o profissional que mais se preocupou com a sustentabilidade no passado. O bom arquiteto respeitava a topografia do terreno, não fazia grandes obras de arrimo ou obras que modificassem a área, ele sempre respeitou as melhores faces - isso pra maior insolação, melhor iluminação, melhor qualidade de vida. A atual sustentabilidade não é uma novidade para o bom arquiteto que busca soluções como aproveitamento da água de chuvas, a reutilização da água de lavatórios para regar jardins... Em edifícios - principalmente comerciais - podemos utilizar brises de proteção para não entrar muita energia solar, com isso, ocorre uma diminuição interna da carga do ar condicionado. Para a sustentabilidade ser viável, o arquiteto deve propor ideias eficientes para o investimento do cliente. Aqui na Vila Olímpia havia uma incorporadora anunciando que o prédio em lançamento era sustentável, pois na compra de uma unidade, você ganharia uma bicicleta. Sustentabilidade é bem mais complexo que isso. Coberturas em jardim com terra e vegetação para proteger excessiva radiação de calor, proteção em janelas, enfim, tem que se aplicar aquilo que for possível aplicar. Fale sobre seu trabalho no Brasil e no exterior e de algum projeto que exemplifique seu trabalho: O projeto que melhor exemplifica o nosso trabalho é aquele que ainda vamos fazer, assim espero. Nosso escritório tem 36 anos e já projetamos mais de 2,2 milhões de m² em hospitais, hotéis, residências, escolas e universidades, prédios comerciais, agências e sedes de banco, prédios residenciais... todo tipo de arquitetura de alto nível. No cenário internacional não é fácil exportar serviços de arquitetura, ainda mais para países desenvolvidos. Mas eu tenho 3 grandes experiências, e uma delas extremamente interessante: foi fazer uma casa com mais de 700m² no sul da Índia para uma família hindu, tradicional e com muito dinheiro. Em Luanda - Angola eu já executei um conjunto de prédios com 8 edifícios, juntamente com a Camargo Correa. Projetamos também um complexo empresarial, com hotel, edifício comercial, centro de convenções, um hospital do coração e mais uns projetos para serem executados. E há muito tempo, fizemos para o antigo Banespa um edifício no Paraguai, em Assunção. Quando pensamos em arquitetura, a primeira ideia é Casa. Fale da sua experiência em projetos residenciais: O nosso escritório tem 36 anos de atuação e eu já tive mais 8 anos com outro sócio. Eu trabalho com arquitetura há 44 anos e no início do nosso escritório eu fiz mais de 250 residências unifami56

Estudo para Condomínio Residencial Costa do Sol em Luanda, Angola (Ilustração) Condomínio Residencial Acquaville em Luanda na Angola (Imagem Ilustrativa da Fachada Noturna)


arquitetura | entrevista ricardo julião

Aqui na Vila Olímpia havia uma incorporadora anunciando que o prédio em lançamento era sustentável, pois na compra de uma unidade, você ganharia uma bicicleta. Sustentabilidade é bem mais complexo que isso liares e de alto padrão. Ainda projeto casas para pessoas que conheço e clientes que me procuram pra isso. Eu quero dizer que a casa, o “morar” é sim a essência de toda arquitetura. Desde que o mundo é mundo nos preocupamos com a moradia. A nossa experiência que deu sempre muito certo, é trabalhar da função para a forma, isto é, a casa respeita um programa de necessidade da família. Se a família recebe muitas visitas ou não, se o dono gosta de cozinhar, quantos quartos, se o casal quer banheiros separados ou em conjunto, enfim, tudo isso é levado em consideração no desenvolvimento da planta, a parte absolutamente funcional.

Complexo Madeira em Alphaville, Noite (Imagem Ilustrativa) Residência em Osasco, Frente e lazer (foto Ricardo Beccari)

Na arquitetura, você acha que a estética acaba superando a funcionalidade? A estética deve ser levada em consideração, mas a sua função é fundamental. Eu começo pelas plantas, da função para a forma. As fachadas, aquilo que aparece, é função direta da funcionalidade daquele edifício. Eu não acredito em casa com cara de agência bancária, hospital com cara de prédio de apartamentos. Eu acho que casa é casa, hospital é hospital, banco é banco, e cada um tem a sua identidade. Por isso, a gente procura sempre sair da função, da vocação para a forma, a forma é decorrência. E nisso entra inúmeros fatores: culturais, climáticos, materiais, técnicas construtivas, mas o fundamento é a função do edifício. revista fortes guimarães 57


Detalhe do living Antiga poltrona anos 50, do cliente, foi repaginada com tecido da Entreposto.


decoração

A

lém de uma postura elegante e descontraída, Dulce de Figueiredo Ferraz se destaca no cenário da decoração por seu talento de transformar espaços em ambientes envolventes, expressão máxima de bom gosto, conforto e beleza. Para uma mostra sofisticada de decoração, a Revista FG convidou essa profissional que há 29 anos trabalha com arquitetura e decoração, para apresentar um de seus projetos. Nesse editorial, revelamos beleza, funcionalidade e conforto, em cenas inesquecíveis criadas a partir do conceito de ambientes integrados.

projeto: Dulce de Figueiredo Ferraz imagens: maurício froldi

Vista do bar onde foi desenvolvido um projeto para adequar churrasqueira, cooktop, coifa e frigobar, com funcionalidade e beleza.

revista fortes guimarães 59


Living A mistura entre o clássico e o contemporâneo, atribui ao ambiente equilíbrio e elegância sem abrir mão do conforto e funcionalidade.


Na sala de jantar, totalmente integrada ao living, terraço e bar, a mesa com pés de acrílico destaca ainda mais as cadeiras clássicas de palhinha. O design está presente na luminária Bossa.


decoração

No terraço, tons neutros para os estofados, realçam o mobiliário.

“Assim como nas relações pessoais, cada peça do mobiliário deve respeitar as outras, pois a beleza e a harmonia dos ambientes surgem exatamente desta relação cuidadosamente equilibrada. A mistura de estilos, materiais e cores, permite um equilíbrio sereno e elegante, sem ser monótono”. Dulce de Figueiredo Ferraz Designer de Interiores 16 3623 5530 dff@casaverao.com.br www.casaverao.com.br

revista fortes guimarães 63


turismo & design

A

cidade mais vanguardista do mundo é o lugar ideal para saborear cultura e se cobrir de inspiração. Escolher um hotel que acompanhe esse ideal é essencial, e Londres não deixa a desejar nesse quesito. Excentricidade, minimalismo, opulência, profusão de cores - o design aqui está a seu dispor. Basta escolher seu estilo.

texto: heloisa righetto imagens: divulgação

Blakes South Kensington 33 Roland Gardens, SW7 3PF blakeshotels.com

Estrategicamente localizado a 5 minutos de distância da Harrods e Harvey Nichols em South Kensington, lojas de departamento que são sinônimo de luxo, o Blakes Hotel tem decoração de Anouska Hempel - conhecida por ter abandonado sua carreira de atriz (que inclui no currículo o papel de Bond Girl em 1969) para dedicar-se a carreira de hotelier e designer. O recém reformado Blakes - que abriu suas portas em 1978 e é considerado o primeiro hotel boutique de luxo do mundo - confirma o talento de Anouska, que sabe como poucos mesclar toques exóticos e tradicionais em um ambiente no qual a prioridade é o conforto do usuário. O resultado é um décor excêntrico, único e riquíssimo em cores e texturas. Cada um dos 47 quartos tem um visual distinto, inspirado em algum ponto distante do globo. China, Tailândia e Camboja são alguns dos países que emprestaram elementos para essa verdadeira viagem no mundo da decoração. O conceito jet-setter aparece também nas áreas comuns do hotel, principalmente no restaurante Chinese Room - carinhosamente apelidado de Opium Den pelos frequentadores regulares - o qual acomoda grupos de até 36 pessoas e proporciona uma imersão em referências do oriente, dos acabamentos de piso e parede até pequenos detalhes como porta guardanapos e talheres.

revista fortes guimarães 65


living

Boundary Shoreditch 2-4 Boundary Street, E2 7DD theboundary.co.uk

Pequeno, mas muito notável: o hotel Boundary tem apenas 17 quartos, mas cada um deles é uma ode ao design. E não é por menos, já que o pai do design contemporâneo britânico, Terence Conran, é quem está por trás de cada detalhe da decoração através do estúdio Prescott & Conran. O Boundary é o lugar ideal para quem vem a Londres atrás de inspiração e sede de criatividade. Além de estar localizado em Shoreditch - bairro cool do leste londrino - cada um dos quartos tem um tema específico, homenageando um movimento artístico ou um designer que tenha deixado a sua marca no desenvolvimento da indústria, como o próprio Conran, o italiano Vico Magistretti e o austríaco Josef Hoffmann. Espere poucos e bons móveis, aquele tipo de peça que é objeto do desejo para 9 entre 10 amantes do design. O trabalho de mais de 50 designers e artistas está espalhado pela decoração, incluindo obras de arte do arquivo pessoal de Conran, mas o resultado não é uma ode ao luxo e sim uma homenagem ao que funciona bem e agrada aos olhos ao mesmo tempo.

Dorset Square Marylebone 39-40 Dorset Square, NW1 6QN firmdalehotels.com

Do lado de fora o Dorset Square Hotel mais parece uma típica casa da região de Marylebone bairro chique do oeste de Londres - e essa característica residencial pode ser observada também em seu interior, em cada um dos 38 quartos e nas intimistas áreas comuns, decorados por Kit Kemp. A paisagem do campo britânico é a inspiração para as cores, estampas e texturas que revestem móveis e acessórios: Kit desenvolveu tecidos exclusivos para o hotel e supervisionou todas as fases da obra e da recente reforma. Ela não apenas assina o design, é também a proprietária do local em parceria com seu marido, Tim Kemp. O casal mergulhou na indústria hospitaleira e especializou-se em hotéis design - são 7 em Londres e um em Nova York. Kit sabe combinar padronagens como poucos, sem exageros mas ao mesmo tempo sem sobriedade. É o tipo de decoração que todo mundo gostaria de ter em casa - simples , tradicional e elegante.

66


turismo & design

citizenM Bankside 20 Lavington Street, SE1 0NZ citizenm.com/london-bankside

Aqui, o minimalismo vai para escanteio e o conceito de hotel boutique ganha uma nova interpretação: a decoração das áreas comuns é uma profusão de clássicos do design revestidos em cores quentes, graças a parceria com a marca Vitra, fabricante de 9 entre 10 objetos de desejo dos amantes do design. A primeira impressão pode ser de confusão e exagero, mas vale uma observação mais atenta para pegar alguns detalhes e ter certeza de que cada peça - do tapete com estampa pixelada da bandeira britânica até a composição formada por várias luminárias pendentes - foi minunciosamente pensada para estar ali. Mas não se deixe assustar pelo uso irrestrito das cores: a abordagem nos quartos é mais calma, e a decoração, mais funcional e com toques hi tech, aproveita de forma inteligente a metragem quadrada. Luz, temperatura, cortinas e tv são controladas por um tablet, assim como a cromoterapia instalada no banheiro.

revista fortes guimarães 67


living

St. Pancras Renaissance St Pancras Euston Road, NW1 2AR marriott.co.uk

Após 138 anos, o majestoso Hotel St. Pancras Renaissance - que funcionou entre 1873 e 1935 e originalmente chamava-se Midland Grand - abriu novamente suas portas, tornando-se imediatamente mais um ícone londrino. Após 6 anos e 150 milhões de libras, o prédio voltou a vida no início de 2011 e impressiona pela excelência no resgate dos detalhes de decoração que remetem aos gloriosos anos vividos pelo hotel no fim do século 19 e início do 20. Um dos espaços mais famosos do St. Pancras Renaissance é a Grande Escadaria (Grand Staircase), que ganhou notoriedade após aparecer em diversos filmes (como Harry Potter e Bridget Jones) e inclusive servir de cenário para um dos videoclipes das Spice Girls na década de 90. Todas as estampas e padronagens, que revestem as paredes e o carpete, foram cuidadosamente refeitas com a ajuda da instituição English Heritage, a partir de amostras achadas no prédio que datam do início do século XX. A mesma coisa aconteceu na sala batizada com o nome do arquiteto, a Sir Gilbert Scott Suite. O papel de parede encontrava-se em péssimas condições, e os restauradores quase não conseguiram achar um pedaço que revelasse toda a padronagem. Mas valeu a pena o trabalho já que o espaço é o único de todo o hotel decorado 100% como na versão original. Como o hotel é anexo a estação de trem St. Pancras, na qual chegam e saem os trens que conectam a Grã Bretanha com a Europa continental, alguns dos quartos tem vista privilegiada da plataforma dos trens, e por isso são os mais procurados. Certamente há algo de poético nisso, e a fórmula se repete no bar e restaurante Booking Office, que possui entrada pelo lobby e também pela estação. O espaço, que em 1873 era o local de venda de passagens de trem, tem clima nostálgico e ao mesmo tempo contemporâneo, graças a combinação de arquitetura gótica-vitoriana com móveis robustos e atemporais.

68


os melhores empreendimentos estão na Fortes Guimarães pain el fg | 16 3602 8000 | www.f o rt e sg u i m a r ae s . co m . b r

Re sid e n c i al M an t i q u e i r a

B e r li m

residencial

residencial

O Residencial Mantiqueira no Nova Aliança é um verdadeiro convite ao bem estar, idealizado cuidadosamente para oferecer o melhor a você e sua família. Apartamentos de até 3 dormitórios sendo 01 suíte e com uma agradável varanda gourmet para inesquecíveis encontros com amigos e familiares. São 87,84m² bem distribuídos e com opções de plantas. A área de lazer do condomínio contempla vários itens como sauna, piscina, solário, deck seco e molhado, quadra de squash, quadra esportiva, churrasqueira, gourmet equipado, fitness equipado, playground, espaço para salão de festas.

Se você acredita que viver bem, é viver com personalidade, este é o seu lugar. Com inspiração cosmopolita e diferenciais exclusivos, o Berlim inaugura uma nova concepção no mercado imobiliário de Ribeirão Preto. Próximo à Av. Wladimir Meirelles e Av. João Fiusa, o empreendimento está localizado no Jardim Botânico e oferece apartamentos de 87 e 90 m² de área útil com acabamento de alto padrão, 3 opções de plantas, 2 suítes, varanda gourmet, além de uma área de lazer completa. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Bosque das Juritis Área Útil: 87 a 90 m² Dormitórios: 2 suítes Torre: 1 telefone: 16 3602 8000

T e r r a s de Sa nta Ma rth a residencial

Moderno e diferente, o Terras de Santa Martha vai ocupar uma área total de cerca de 500 mil metros quadrados, sendo 100 mil metros quadrados em áreas verdes. Ao todo, 320 terrenos a partir de 250 metros quadrados, de um total de 460 lotes, foram colocados à venda. O empreendimento, que vai levar o conceito de Novo Urbanismo para Bonfim Paulista, terá consultoria de sustentabilidade da Cushman & Wakefield, multinacional líder de mercado presente em 60 países.

Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Nova Aliança Dormitórios: 3 Área Útil: 87,84 m² Torre: 1 telefone: 16 3602 8000

70


painel fg

Ce n ár i o residencial

Conheça o cenário de uma vida de conforto e diversão, ideal para tudo o que sua família merece vivenciar. Em um dos melhores endereços de Ribeirão, descortina-se um novo panorama de beleza, sofisticação e exclusividade. Com vista única e localização privilegiada ao lado do Ribeirão Shopping, aqui os seus olhos estarão voltadas para o melhor da cidade, em um cenário repleto de privilégios. Apartamentos de 105 e 140 m², 3 e 4 dormitórios, além de box privativo e área de lazer completa. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Nova Aliança Área Útil: 105,92 e 140,97 m² Dormitórios: 3 e 4 Dormitórios Torre: 2 telefone: 16 3602 8000

So l ar das Ave s residencial

No melhor da região do golfe, a Tecnoart Engenharia planejou o Solar das Aves. Um residencial com duas torres construídas em alto padrão com elaborado requinte e harmonia arquitetônica em sua fachada. Com uma área de 6.117m², o Solar das Aves impõe sofisticação e beleza na entrada da região do golfe ao lado do Shopping Iguatemi. O residencial Solar das Aves conta com apartamentos de 134 m² de área útil e 3 dormitórios sendo 1 suíte, varanda gourmet e ampla área de lazer. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Nova Aliança Sul Área Útil: 102 a 134 m² Dormitórios: 3 Dormitórios Torre: 2 telefone: 16 3602 8000

Qui n t e sse n c e R e s i de n ce residencial

Moderno e sofisticado une dois edifícios: Órion e Sírius. Um projeto de duas belas torres com apartamentos de 108m² e 135m2 e espaço ideal para realização de todos os seus projetos. Há diversos tipos de plantas e opções com 2 e 3 vagas de garagem. O Quintessence Residence ocupa uma área de crescente valorização e excelente localização, está próximo à Av. Wladimir Meirelles e à Av. João Fiusa, há uma quadra do Parque Luiz Carlos Raya. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Bosque das Juritis Dormitórios: 5 e 6 opções de plantas Área Útil: 108 e 135 m2 Torre: 2 telefone: 16 3602 8000

revista fortes guimarães 71


painel fg

Amst e r dam

Edimb u rgo

residencial

residencial

A cidade onde fica o primeiro campo de golfe do mundo, empresta seu prestígio ao primeiro empreendimento de apartamentos na Vila do Golf, com vista privilegiada para o Ipê Golf Club. O conceito arquitetônico deslumbrante e a localização em uma das regiões mais valorizadas de Ribeirão Preto conferem tanto ao Edimburgo Residencial quanto aos moradores, um estilo único e exclusivo com apartamentos de alto padrão a partir de 381 m². Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Vila do Golfe Dormitórios: 4 suítes Área Útil: 381 a 598 m² telefone: 16 3602 8000

C i da de de Ma drid residencial

O empreendimento fica em um lugar de fácil acesso, próximo a shopping, escolas, universidades, com rotas alternativas para o centro da cidade e acesso direto ao Anel Viário de Ribeirão. O Edifício Amsterdam terá quatro apartamentos de alto padrão por andar, com metragem e conceito de um empreendimento de dois por andar, acrescido de vantagens condominiais. Serão 112 unidades, sendo 108 apartamentos tipo (padrão) de 218,60 m² de área privativa, com três vagas de garagem por unidade e quatro unidades duplex de 409,58 m²de área privativa com cinco vagas cada na garagem. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Bosque das Juritis Dormitórios: 3 Suítes ou 4 Dorms | 2 Suítes Área Útil: 218,60 e 409.58 m² Torre: 1 telefone: 16 3602 8000

72

O Edifício Cidade de Madrid segue o conceito e o alto padrão de um apartamento de um por andar, porém com as vantagens condominiais de ter duas unidades por pavimento. O edifício possui 44 apartamentos tipo (padrão) de 302 m² de área privativa, com quatro suítes e quatro vagas de garagem por unidade, além de mais duas unidades duplex de 451 m² de área privativa com cinco vagas cada e duas coberturas triplex de 598 m² de área privativa com seis vagas cada. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Mirante Morro do Ypê Dormitórios: 4 suítes Área Útil: 302 a 598 m² Torre: 1 telefone: 16 3602 8000


painel fg

Cidad e d e Lo n dr e s

M a n h atta n Res idence

residencial

residencial

Manhattan Residence, único e repleto de personalidade. Um condomínio diferenciado e com projeto arrojado assinado pelo arquiteto Fernando Rivaben. Está localizado no Alto da Fiusa com uma beleza singular. O empreendimento tem rica área comum oferecendo o que há de melhor para o seu lazer. Apartamentos de 178m² e 209m² com espaços amplos e integrados ao coração da planta, a varanda gourmet. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Alta Fiusa Área Útil: 178 e 209 m² Dormitórios: 3 e 4 Dormitórios Torre: 1 telefone: 16 3602 8000

H yde Pa rk residencial

Um empreendimento de dois apartamentos por andar com o conceito de um por andar. Este é o diferencial do Edifício Cidade de Londres, o quarto lançamento da Habiarte no Mirante Morro do Ypê, um complexo residencial de alto padrão, com localização e vista privilegiadas, a 640 metros de altitude na Alta Fiúsa. o Edifício Cidade de Londres tem 48 apartamentos tipo de 266 m² e dois triplex de 652,25 m².

Hyde Park é a segurança que você busca com um sistema planejado e com alta tecnologia, em um bairro cobiçado próximo ao parque Raya, com tudo de melhor a sua volta. O residencial localizado a um quarteirão da Fiusa conta com lazer completo e apartamentos de alto padrão, com 3 suítes e 3 vagas. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Bosque das Juritis Dormitórios: 3 suítes Área Útil: 160 e 167 m2 Torre: 1 telefone: 16 3602 8000

Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Mirante Morro do Ypê Dormitórios: 4 suítes Área Útil: 266 a 652 m Torre: 1 telefone: 16 3602 8000

revista fortes guimarães 73


painel fg

J a rdi m d e Lux e m b u rg o

Ja r di m de Vers a illes

residencial

residencial

Já imaginou como seria contar com toda a praticidade de uma praça no Jardim do seu prédio? No Reserva do Botânico Jardim de Versailles é assim: uma praça exclusiva para recreação infantil, momentos de bem estar e vagas para visitantes. Tudo para a diversão e segurança dos seus filhos e para o conforto da sua família e dos seus amigos. Versailles fica localizado no Alto do Botânico e conta com apartamentos de 183 m² e 3 suítes, além de penthouse de 395 m² com 4 suítes e até 5 vagas. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Jardim Botânico Área Útil: 183 a 375 m² Torre: 1 telefone: 16 3602 8000

R e s e rva Do ma ine residencial

Um empreendimento que reúne características únicas, sofisticadas e toda a exclusividade de viver a vida a sua maneira. O Reserva do Botânico Jardim de Luxemburgo fica localizado no Alto do Botânico, região nobre situada na parte mais alta do Jardim Botânico, próximo à FIUSA e que conta com toda a facilidade e lazer para sua família. O residencial conta com ampla área de lazer, apartamentos de 154 m², 3 suítes, varanda gourmet e também penthouse de 316 m² e 4 suítes e até 5 vagas. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Jardim Botânico Área Útil: 154 a 316 m² Torre: 1 telefone: 16 3602 8000

74

Viver o hoje e fazer pelo amanhã é o conceito do empreendimento Reserva Domaine. Um condomínio de casas planejado para quem busca ambientes amplos e exclusivos, segurança, excelente localização e um belo paisagismo aliados à sustentabilidade de um projeto eco, que valoriza o meio ambiente e favorece a qualidade de vida. Residências de 150 m² a 201 m², perfeita pra você que sonha em morar em um lugar eco sustentável e com localização privilegiada ao lado do futuro Shopping Iguatemi.

Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Vila do Golf Área Útil: 150 a 201 m² Suite: 3 e 4 suítes telefone: 16 3602 8000


painel fg

Sa n to r i n i C lub R e s i de n ce residencial

O Santorini Club Residence é composto por sobrados de 165m² em condomínio fechado no Jardim Botânico. No Santorini você está próximo a shoppings, supermercados, posto de combustível, parques, enfim, tudo que há de melhor para garantir sua qualidade de vida. Foram oferecidas várias opções de plantas e fachadas, mas atualmente há opção de casas com 3 dormitórios, sendo 01 suíte master com home office. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Jardim Botânico Área Terreno: 232 m² Área Útil: 165 m² Dormitórios: 4 Dormitórios telefone: 16 3602 8000

Alp hav i l l e

Su ns et - B reve La nça mento

residencial

residencial

Localizado na Zonal Sul da cidade, o Alphaville Ribeirão conta com 888 lotes entregues, sendo 808 residenciais, divididos entre o Residencial 1 e 2, e 80 comerciais, que compõe a área de conveniência do empreendimento, destinada a estabelecimentos de comércio e serviços, como escola, minimercado, padaria, lavanderia, pet shop, salão de beleza, entre outros. O empreendimento une a tranquilidade do campo com o conforto da cidade em um projeto que concilia qualidade de infraestrutura urbana e construtiva, contato privilegiado com a natureza, conveniência e segurança. Um novo conceito em moradia, inteligente e sustentável, com a marca Alphaville que é sinônimo do bem-viver. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Bonfim Paulista Área Útil: 471 m² telefone: 16 3602 8000

Seguro para seu investimento e perfeito para sua qualidade de vida, o Sunset Club House está localizado em frente ao Parque Raya no Jardim Botânico. Apartamentos de 1 e 2 dormitórios de 46 a 65 m², área de lazer completa e portaria 24hrs. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: jardim botânico Área Útil: 46 e 65 m² Dormitórios: 1 e 2 Dormitórios Torre: 1 telefone: 16 3602 8000

revista fortes guimarães 75


painel fg

Rio M ad e i r a

Mira nte da Mata

residencial

residencial

Próximo a universidade Unip e Ribeirão Shopping, o empreendimento localizado no Nova Aliança conta com apartamentos de 1 e 2 dormitórios de 36 a 50 m² de área útil, área de lazer com piscina e portaria 24hrs. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Nova Aliança Sul Área Útil: 36 e 50m² Dormitórios: 1 e 2 Torre: 1 telefone: 16 3602 8000

B a í a de Gu a na b a ra res idencia l Flat residencial

Entre as universidades Barão de Mauá e Unaerp, o empreendimento localizado na Av. Arnaldo Vitaliano, no Jardim Macedo, conta com apartamentos de 1 dormitório com 38 m² de área útil, varanda gourmet, área de lazer com piscina e condomínio com portaria 24 horas. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Jardim Macedo Área Útil: 38 m² Torre: 1 telefone: 16 3602 8000

76

Um projeto moderno de duas torres com térreo mais 03 pavimentos onde o charme e o bom gosto têm presença garantida. No Jardim Botânico o Baía de Guanabara Residencial Flat foi planejado de forma inteligente com apartamentos de 46,50m² com praticidade na planta e ideal para o seu dia-a-dia. Dentre as unidades do empreendimento há disponíveis quatro apartamentos adaptados com 47,08m² de área útil. A área comum do produto oferece opções de lazer como piscina, quadra de tênis e área de churrasqueira, espaço para eventos e espaço para academia.

Cidade: Ribeirão Preto Bairro: jardim botânico Área Útil: 46.50 e 47.08m² Dormitórios: 1 Torre: 2 telefone: 16 3602 8000


painel fg

I g u at emi Empres a ria l

trio

comercial

residencial e comercial

Já pensou ter como sala de espera o Shopping Iguatemi? Ribeirão Preto ganha um empreendimento que vem acompanhado do mais renomado shopping do país: Iguatemi Empresarial. A primeira torre do Iguatemi Empresarial conta com 13 pavimentos e 260 salas corporativas de 34 a 57 m². O projeto completamente integrado à estrutura física do futuro Shopping Center Iguatemi, está inserido em um dos mais bem sucedidos projetos de desenvolvimento urbano do interior do Brasil: a Vila do Golfe.

O Trio Ribeirão prevê a construção de dois edifícios, cada um com 22 pavimentos, na esquina da Avenida Presidente Vargas com a Rua Capitão Jarbas Vieira de Souza, no Jardim São Luiz. A torre Trio Home terá 127 apartamentos de alto padrão, que variam de 54 metros quadrados a 84 metros quadrados, de um ou dois dormitórios, ambos com suíte. A torre Trio Office contará com 257 conjuntos, entre salas e lajes corporativas. As duas torres serão integradas pelo Trio Mall, um centro comercial com cerca de dois mil metros quadrados, composto de unidades voltadas para comércio e serviços de alta qualidade. O empreendimento vai oferecer 578 vagas de estacionamento coberto.

Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Vila do Golf Área Útil: 34 a 57 m² Torre: 2 telefone: 16 3602 8000

O f f i c e Ga rden comercial

Localização privilegiada a 100 metros da Avenida José Adolfo Bianco Molina e a 150 m da Avenida Presidente Vargas, próximo a shoppings, supermercados, colégios, lojas, serviços e em frente a três praças de alta qualidade paisagística. Facilidade de acesso para rodovias e flexibilidade nas plantas. O Office Garden oferece 66 unidades de 60 m² a 80 m² com dois banheiros privativos, copa e uma vaga de garagem por unidade, com possibilidade de aquisição de vaga adicional.

Cidade: Ribeirão Preto Bairro: jardim são luiz Área Útil: 54 a 84 m² Dormitórios: 1 e 2 Torre: 2 telefone: 16 3602 8000

Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Jardim Itamarati Área Útil: 60 a 80 m² Torre: 1 telefone: 16 3602 8000

revista fortes guimarães 77


painel fg

New O ffi c e comercial

Cercado pelas avenidas Castelo Branco, Leão XIII, Presidente Kennedy e Maurílio Biagi, o New Office será erguido em local consagrado pelas empresas e indústrias de grande porte estabelecidas na região e pela proximidade com Justiça Federal, Justiça Estadual, Justiça do Trabalho, Ministério Público Estadual e Federal, Novo Shopping e heliporto. O New Office tem torre única, com 28 pavimentos que abrigarão 352 salas comerciais, de 37,50 m² a 57,64 m² (com possibilidade de junção), e oito lojas no térreo que proporcionarão infraestrutura para o empreendimento. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Nova Ribeirânia Área Terreno: 100104 m² Área Útil: 37 a 57 m² Torre: 1 telefone: 16 3602 8000

Ícon e comercial

A ACS Incorporadora chega em grande estilo a Ribeirão Preto com um edifício moderno, na melhor localização da cidade. Espaços Corporativos de 45 a 1054 m² e opções de plantas para atrair a todos os tipos de empresários e empresas, além de investidores e pequenos comerciantes na Av. Presidente Vargas. Seja referência de um novo conceito. Seja Ícone. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: Jardim Irajá Área Útil: 45 a 1054 m² Torre: 1 telefone: 16 3602 8000

78


painel fg | Imóveis Prontos

venda C ity R i b e i r ão residencial

Sofisticação e modernidade sem abrir mão de praticidade, esta é a residência localizada na City Ribeirão. Além da excelente área de lazer com lindo paisagismo em 517 m² de terreno, o projeto conta com 3 suítes, sala 2 ambientes, closet, lavabo e 4 vagas na garagem. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: city ribeirão Código: 90478573 Preço sob consulta telefone: 16 3602 8000

locação Co m p l e xo R i b ei r ão S h o p p i n g comercial

Maravilhoso imóvel comercial, localizado no complexo do Ribeirão Shopping entre o Hotel Ibis e o Edif. Ribeirão Office Tower. Ideal para grandes empresas do setor varejista ou bancos. Conta com 3 pavimentos em uma área de 1.223,59m² de construção e 22 vagas de garagem no subsolo. Cidade: Ribeirão Preto Bairro: ribeirão shopping Área Útil: 1.223,59 m² Ref: 12682 telefone: 16 3602 8000

revista fortes guimarães 79


sala de visita Es paço a berto para o e m p re e n d e d o r

O crescimento de Ribeirão Preto atrai cada vez mais investimentos, impulsionando o desenvolvimento e o crescimento de empresas locais e da região. Esse novo cenário projeta a cidade para novos mercados e atrai novas empresas. Acompanhe o depoimento de empresários que já participam dessa realidade.

Silvi o C hai m ovi t z Presidente da ACS Incorporadora

O mercado imobiliário Ribeirão Preto tem uma importância fundamental no cenário nacional. Com oportunidades de investimento, é uma cidade que tem um consumidor exigente e antenado com as opções. Por estes motivos Ribeirão vem colecionando novos empreendimentos imobiliários. Com a estabilidade da economia, o perfil do comprador mudou, tendo hoje cada vez mais investidores de pequeno porte que buscam uma diversificação em suas aplicações e investimentos. Devido à isto, Ribeirão tem cada vez mais atraído compradores e investidores locais e de cidades vizinhas. A qualidade dos empreendimentos converge com a exigência do publico comprador. Ribeirão Preto, uma cidade que cresce cada vez mais, e o mercado imobiliário acompanha este crescimento. A ACS, uma empresa do grupo EMS - uma das maiores indústrias farmacêuticas do país - resolveu atuar no mercado de RP devido às boas oportunidades locais e os clientes exigentes, que estão em sinergia com os valores da ACS. A ACS procurou para seu primeiro empreendimento na cidade um terreno que fosse diferenciado pela localização. Ao adquirir o terreno, passamos a desenvolver o empreendimento visando um prédio que tivesse todos os atributos que a cidade de Ribeirão merece. Deste desafio surgiu o ICONE. Em uma localização privilegiada, o empreendimento conta com atributos que os melhores prédios corporativos do mercado nacional possuem. Espaços corporativos que se adéquam a necessidade de qualquer empresa, heliporto, piso elevado, fluxo de entrada e saída pensados para a praticidade, além de um mall no pavimento térreo, tudo isso com itens de sustentabilidade. O Icone é um exemplo do que a ACS pretende construir na cidade: prédios com qualidade, estética e diferenciais que vão enobrecer a belíssima Ribeirão Preto. 80


sala de visita

Fá b i o Val l e diretor Comercial e Novos Negócios da Alphaville

O mercado imobiliário de Ribeirão Preto é altamente desenvolvido, composto de um público consumidor exigente e acostumado a lançamentos qualificados. O investidor, que procura um empreendimento em busca de valorização, e o futuro morador, que pretende adquirir um lote para construir sua casa, encontram diversificadas opções. Chegar a Ribeirão Preto foi um desafio muito grande para nós, que não somos da região e sabíamos que estávamos entrando em um mercado consumidor muito exigente. A espera foi grande, mas foi recompensadora. Tínhamos que entregar um empreendimento de altíssimo nível. Temos a certeza de que conquistamos nosso objetivo. O Alphaville Ribeirão é surpreendente. A Alphaville está muito feliz com a forma como foi recebida em Ribeirão Preto. Temos uma etapa importante ainda para lançar do empreendimento e acreditamos em nosso futuro no mercado imobiliário local. Viemos para ficar e crescer junto com a cidade, que não para de se desenvolver.

J OÃO MARCELO BARROS diretor financeiro-comercial da Habiarte

Ribeirão Preto passa por uma grande expansão urbana, com produção de empreendimentos urbanísticos de altíssimo padrão e terrenos que serão os geradores dos empreendimentos para os próximos anos. A nova realidade econômica do País - com taxas de juros se aproximando dos patamares internacionais - aliada à oferta de crédito com taxas vantajosas e ao potencial econômico de nossa região remete a um ritmo de produção consistente para os anos vindouros. Com uma trajetória voltada a empreendimentos de alto padrão, a Habiarte atua no mercado da incorporação e da construção civil desde 1985, consolidando-se como uma das principais empresas do segmento em Ribeirão Preto e região. Durante esse período, foram mais de 40 empreendimentos concretizados, duas mil unidades entregues e mais de 500 mil metros quadrados construídos. A Habiarte mantém o elevado padrão de qualidade de seus produtos e desempenha sua missão de construir imóveis de alto valor agregado, os quais seus proprietários tenham orgulho em possuir. Como fruto de sua atuação, a Habiarte conquistou e mantém desde o ano 2000 importantes certificações, como a ISO 9001 e o PBQP-H, o Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat (Nível A). Atualmente, a construtora tem 200 mil metros quadrados em construção, além de um expressivo acervo de terrenos. Seu planejamento estratégico de médio prazo contempla uma cadência bastante consistente de lançamentos.Para os próximos doze anos estão previstos mais de 30 lançamentos e a entrega de mais de três mil unidades. revista fortes guimarães 81


sala de visita

Fern an da D e fe n di Gerente Comercial e Marketing da Stéfani Nogueira

O mercado imobiliário em Ribeirão Preto está se adequando às demandas e necessidades existentes na cidade. Estamos vivendo um momento de adequação e a partir daqui, acreditamos que, alicerçado, o mercado volte a crescer nos patamares saudáveis, tanto do ponto de vista financeiro como de desenvolvimento para a cidade. Estamos sempre buscando a superação das expectativas dos nossos clientes. Nossos produtos são elaborados por uma equipe de Desenvolvimento de Novos Negócios, composta por profissionais multidisciplinares, que objetivam a inovação, satisfação e conforto dos nossos clientes, independente da tipologia que tenham como sonho.

Silvi o Co n tart Diretor de Projetos da Vila do Ipê Empreendimentos

O Edimburgo Residencial está inserido no contexto da Vila do Golfe que é composta de uma série de empreendimentos de alto padrão, implantados por etapas no entorno do Ipê Golf Club. A Vila do Golfe introduziu o conceito de Novo Urbanismo em Ribeirão Preto. É uma tendência que prevê a implantação de núcleos urbanos planejados de forma que as pessoas ali possam morar, trabalhar e encontrar tudo o que precisam para o dia-adia. Edimburgo é o nome da cidade escocesa que fica perto do campo de golfe Saint Andrews, considerado o primeiro do mundo (1744) e o grande templo mundial da modalidade. Queríamos que o empreendimento tivesse um nome que demonstrasse todo seu caráter e sofisticação e, ao mesmo tempo, tivesse uma relação direta com a história do golfe.

Ma rci o N o g ue i r a Presidente da Chemin DI

O Edimburgo Residencial é a grande novidade no segmento imobiliário de altíssimo padrão, em Ribeirão Preto, sendo direcionado a um público extremamente seleto. O sucesso do empreendimento mostra que, cada vez mais, o consumidor de alto poder aquisitivo valoriza um produto bem desenvolvido, com características exclusivas e de alto valor agregado. Para esse tipo de investidor, o mercado imobiliário é sempre um grande atrativo, mesmo nos momentos de menor aquecimento do setor.

82


Onde seu sonho tem lugar.

Revista FG  

Revista customizada da Imobiliária Fortes Guimarães - Ribeirão Preto - SP

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you