Issuu on Google+


FOTO CAMILA LEITE | PRAIA DE ICAPUÍ-CE


editorial É com muita satisfação que apresentamos o mais novo ponto de encontro dos apaixonados pelos mares do Ceará. A revista aPraia! chega com informações de qualidade sobre o nosso litoral. Temas como lazer, moda, saúde, gastronomia, meio ambiente, responsabilidade social, qualidade de vida e turismo estarão presentes nas nossas páginas, juntamente com matérias que abordam questões culturais, além de novidades que irão incrementar o nosso dia a dia.

ÍNDICE 04 LAZER Exercícios e diversão à beira-mar

08 ARTIGO Água de coco: a sensação do verão

10 ESTÉTICA Pele sem manchas

12 MODA Happy Hour

14 CAPA Embarque imediato para a folia

19 GASTRONOMIA

Nesta primeira edição confira uma matéria que aborda os

Mistura de sabores

destinos mais procurados neste carnaval. Se você ainda não

22 TURISMO

decidiu onde curtir esse que o período mais festivo do ano,

Sempre existirá Jeri

vale dar uma conferida nas nossas dicas.

24 NOVIDADES

Você verá também reportagem sobre saúde, abordando os benefícios da água de coco, e outra sobre manchas na pele.

25 PESQUE A DICA

Sobre moda, a estilista Rafaela Kalaffa mostra que as saídas de banho podem ser utilizadas além da praia. Quer se divertir e queimar calorias? Os patins são uma ótima opção para unir lazer e esporte. E depois, que tal saborear um prato agridoce? Leve, como o verão pede. Por fim, vale destacar a matéria sobre Jericoacoara, uma das praias mais

: : CONTATO e-mail: contato@revistaapraia.com.br twitter: @revistaapraia site: www.revistaapraia.com.br publicidade: (85) 9201-6832

lindas no mundo. Boa leitura! É proibida a reprodução total ou parcial de matérias, fotos ou ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização.

: : EXPEDIENTE COORDENAÇÃO EDITORAL Henrique Abreu, Luana Amorim, Ludmila Vitorasso JORNALISTAS RESPONSÁVEIS Luana Amorim (CE 1763 JP), Ludmila Vitorasso (CE 1705 JP) COLABORADORES Alexandre Jales, Ana Alice Nogueira, Evelane Barros, Michelin Fontenelle, Rafaela Kalaffa, Rafaella Nunes, Wanessa Sales, Camilla Leite REVISOR Michelin Fontenelle PROJETO GRÁFICO Henrique Abreu


Exercícios e diversão à beira-mar : : POR LUANA AMORIM | FOTOS MICHELIN FONTENELLE

<< lazer>>

A

opção de muitos fortalezenses e turistas nestas férias tem sido andar de patins na Avenida Beira Mar. Após a reforma no trecho do trajeto conhecido como Aterrinho, ficou fácil e

divertido deslizar sobre rodas. Antes do pôr-do-sol meninos e meninas se aventuram sobre duas rodas e vivenciam momentos de adrenalina e diversão. Atentos à segurança e à diversão coletiva, alguns trazem os equipamentos de casa, enquanto outros alugam patins, capacetes, cotoveleiras e joelheiras, materiais necessário para uma diversão segura. As amigas Rose Rabelo e Nadja Ferreira começaram a andar ainda em setembro do ano passado. No começo, não conseguiam nem mesmo se equilibrar sobre as rodas in line, mas hoje já conseguem deslizar com segurança no calçadão. “Eu cheguei em Fortaleza ano passado por conta de uma proposta de trabalho. Estava um pouco deprimida, sem conhecer ninguém. Andar de patins me deixou maravilhada. Foi a minha fuga. Além de fazer amigos é um ótimo exercício”, desabafa a física Nadja. Juntas, as amigas vêm ao local aos finais de semana. São cerca de duas horas de patinação. Inicialmente, Rose fez aulas para conseguir andar sozinha, mas agora sente-se segura. “Eu fiz cerca de cinco aulas de uma hora cada. Depois eu comprei o meu próprio equipamento. Aqui é fácil ser feliz, além de sentir o meu corpo equilibrado eu ainda aprecio a beleza do mar. Pra que melhor?”, comenta Rose.

4


Já o turista do Rio Grande do Sul, João Nunes, de

com o exercício do patins. Não me falta disposição

apenas 9 anos, foi pela primeira vez ao calçadão da

para as atividades diárias”.

Beira Mar em companhia do pai, José Carlos. João nunca havia andado de patins, mas ao chegar à Fortaleza foi seduzido pela propaganda que a prima fez do local. “Eu convenci o meu pai a vir comigo, mas não sei andar muito bem. Talvez eu faça aulas e chegue a minha cidade sabendo fazer muitas manobras”.

Para a publicitária Camilla Leite, existe a vontade de patinar, mas a falta de tempo tem sido um fator que impede a diversão. Ela ficou sabendo da novidade por meio de amigos e logo se animou! A publicitária acredita que em breve estará com os amigos se exercitando. “Lembro de quando eu era criança. Eu tinha um patins e adorava! Não vejo a

O que para uns é diversão, para outros já se tornou profissionalismo, como é o caso da funcionária de táxi aéreo, Carol Muniz. Ela começou a patinar há três anos e hoje reúne um grupo de amigos sempre que possível para se divertir e exercitar o físico na Avenida Beira-Mar. ”A garotada está começando agora, mas tem um grupo que se tornou profissional e se encontra sempre. Eu aguento qualquer pique só

hora de patinar novamente”, salienta. Não esqueça da segurança Para não transformar o seu divertido final de tarde em uma visita ao hospital, não esqueça de levar para a diversão o equipamento apropriado. Para qualquer esporte, o material de segurança é essencial para o melhor aproveitamento e na

Nadja Ferreira e Rose Rabelo

5


patinação não seria diferente. A melhor forma de

Os patins são os principais responsáveis pelo

garantir o seu progresso, assim como melhorar sua

desenvolvimento do patinador, além de serem

segurança, é ter seu próprio equipamento e fazer

também equipamentos de segurança, já que patins

nele a devida manutenção, mas caso você não

bem ajustados protegem os pés e tornozelos

tenha é possível alugar.

contra lesões graves. Para quem acha que esses

Na Avenida Beira Mar existem duas opções de aluguel. O equipamento custa R$ 10,00 a hora. Caso o iniciante queira aulas, pode adquirir o auxílio do instrutor por R$ 20,00 a hora. Mazinho Dantas, um dos pioneiros nesse ramo, tem cerca de 28 patins para alugar diariamente. A lista de equipamentos básicos inclui: capacete com protetor para o queixo, cotoveleira, munhequeira, joelheira e, claro, patins em boas condições.

6

equipamentos vão te deixar igual a um jogador de hóquei americano, ou não acha necessário tanto equipamento devido ao seu nível de patinação, o melhor é usar, pelo menos, luvas leves, o que vai ajudar a proteger suas mãos, já que é a primeira parte do corpo que utilizamos para diminuir o impacto em caso de uma eventual queda. As luvas servirão para proteger o patinador de arranhões ou raspões, se você estiver no asfalto ou superfícies ásperas.


7


Água de coco: a sensação do verão : : POR WANESSA SALES | Nutricionista

<< artigo>>

R

ica em nutrientes e com sabor sem igual, essa bebida hidrata o corpo e garante boa saúde. E o melhor: com baixas calorias que não comprometem suas medidas!

Nos últimos tempos, a água de coco se tornou uma preferência nacional. Tanto é que foi-se a época em que só era prestigiada nas praias e durante o verão. Prova disso é que, de tão popular, já deixou de ser encontrada apenas na sua forma natural, servida diretamente da fruta, e invadiu bares, supermercados e restaurantes em garrafinhas e caixinhas. E se você é daquelas pessoas que

Em 100 ml apresenta cerca de 250

o nível de sódio e de água no

não dispensa uma saborosa água

mg de potássio (a porcentagem

corpo. Ainda é considerada um

de coco, pode ficar ainda mais

total das necessidades diárias)

eficiente diurético (elimina o

feliz: essa deliciosa bebida pode

e 105 mg de sódio (metade do

excesso de água do organismo).

fazer maravilhas por sua saúde.

valor recomendado por dia),

Também

além de boas doses de cálcio,

para pacientes com diarréia,

magnésio e vitamina C. Por isso,

desidratação

é considerada um isotônico

enjôos, como, por exemplo,

natural, ideal para repor os

as grávidas e nos tratamentos

líquidos e os sais perdidos através

de quimioterapia.

Um copo desse líquido precioso equivale às calorias de uma laranja ou meia maçã; portanto, é ideal para ser consumida entre as refeições. Dessa forma, aquela vontade de comer um lanchinho à tarde é satisfeita de

atividades físicas.

recomendado e

que

sentem

Por não conter conservantes nem outras

substâncias

artificiais,

forma saudável e pouco calórica

O líquido do coco é indicado para

pelo menos na versão natural,

e praticamente sem nenhuma

combater diversos problemas

tem a vantagem de não provocar

gordura.

de saúde. Por exemplo, ajuda

alergia e poder ser ingerida por

a evitar cãibras e fraqueza

qualquer um, com raras exceções.

muscular

o

Recomendamos o consumo de

sistema circulatório, pois regula

até 3 copos por dia, no máximo.

Além de refrescante e deliciosa, é rica em sais minerais e nutrientes.

8

do suor durante a prática de

é

e

a

equilibrar


Hipertensos e diabéticos devem ir com mais calma, pois em excesso fornece muito sódio e glicose. Pessoas com disfunções renais e retenção de líquidos também

os rótulos nas versões “caixinha” e “garrafinha” a empresa envasadora deve apresentar na embalagem se esse item foi acrescentado ou não e neste caso não poderá usar a expressão “Produto 100% natural”. NATURALMENTE BONITA

precisam consumir pouco por

Além de ser uma bebida deliciosa, a água de coco pode servir de

causa do sal.

ingrediente em receitas de beleza. Inspirados no altíssimo poder

Na hora de comprar a fruta, preste atenção para não escolher aquelas que apresentem casca trincada e manchas marrons; e depois de aberta, consuma o líquido imediatamente

(tais

cuidados

evitarão que o sabor da água seja alterado por causa da acidez).

hidratante do líquido, clínicas de estética e bem-estar têm apostado na água de coco para desenvolver um número cada vez maior de tratamentos. A máscara capilar é uma delas. Para devolver o brilho aos seus cabelos, bata no liquidificador a água de coco com a polpa do fruto verde por 1 minuto. Para cabelos muito danificados, vale acrescentar um pouco de óleo vegetal de coco. Aplique a pasta obtida sobre os fios e deixe agir por 40 minutos. Depois enxague bem.

NATURAL X INDUSTRIALIZADA Depois

de

saber

de

tantos

benefícios, você deve estar se perguntando se vale a pena apelar para a versão em garrafas ou caixinhas. É bom esclarecer

POR DENTRO DA ÁGUA-DE-COCO Informações nutricionais da bebida natural, por 100 ml.

que todo produto fresco conserva melhor seus nutrientes, contudo, como

na

água

de

coco

os

principais são o sódio e o potássio,

* Valores aproximados

não há diferenças significativas

(podem variar de

quando ela é engarrafada, uma

acordo com o estado

vez que esses minerais não se

de maturação da fruta)

perdem facilmente. O importante é ficar atento ao uso de conservante, que deve ser evitado porque causa danos ao organismo. Para conferir basta ler

FONTE: DRA. JOCELEM MASTRODI SALGADO (SP)

COMPONENTES

QUANT

Calorias

19 cal.

Carboidratos

3,72 g

Gorduras totais

0,2 g

Proteínas

0,72 g

Fibras

0g

Vitamina C

2,4 mg

Sódio

105 mg

Potássio

250 mg

Magnésio

25 m

Cálcio

17,5 mg

9


Pele sem manchas : : POR EVELANE BARROS | ILUSTRAÇÃO ALEXANDRE JALES << estética >>

Quem é que nunca, ao se olhar no espelho, não

prevenidas e suavizadas, principalmente se forem

se deparou com aquela mancha em alguma parte

diagnosticadas logo nos primeiros sintomas. Contra

do corpo ou no rosto? Às vezes, podem ser pouco

elas, o protetor solar é o maior aliado. “Como o sol

preocupantes inicialmente, no entanto, em alguns

é o grande vilão no aparecimento ou agravamento

casos são um alerta para algo mais grave. Por isso,

das manchas, o ideal é se proteger da luz solar

deve-se ter bastante atenção ao perceber alguma

fazendo uso de protetor solar regularmente e outros

em seu corpo.

meios que diminuam a incidência da luz solar na

De acordo com a dermatologista Manoela Campos Crisóstomo, o ser humano pode nascer com

alerta a médica.

algumas manchas e sinais, outros adquirem durante

As manchas variam de acordo com a quantidade de

a infância ou a adolescência. “No entanto, o sol é

melanina na pele, podendo ser marrons, brancas

um dos responsáveis pelo aparecimento de outras

ou vermelhas, variando conforme a predisposição

manchas e até câncer de pele”, explica ela.

de cada pessoa. Segundo a dermatologista, o

As mais comuns são provocadas por espinhas, sardas e os cloasmas de gravidez, que podem ser

10

pele como, por exemplo, chapéus e óculos escuros”,

tratamento depende do tipo de mancha e, na


maioria das vezes, é prolongado, necessitando de

NUNCA É DEMAIS LEMBRAR

uma manutenção. “Não existe tratamento que cure a mancha em 100%, o que se consegue é suavizá-la”.

* Use protetor solar diariamente;

A dona de casa, Marfisa Bezerra, de 58 anos, hoje,

* Não esqueça o chapéu ou boné;

utiliza o protetor solar diariamente. Em decorrência da idade e até da falta de conhecimento de anos atrás, possui algumas manchas. “Quando era mais nova, não me preocupava e não tinha informação

* Utilize óculos com proteção contra raios ultravioletas; * Caso não possa usar protetor por alguma

sobre isso, mas, agora, não deixo de me prevenir até

razão, vista roupas que protejam o corpo dos

mesmo quando estou em casa” .

raios do sol;

É preciso ficar atendo as sardas, pois necessitam de cuidados tanto quanto as outras manchas. “As

* Se surgir alguma mancha estranha, que coce, procure um médico

sardas surgem, principalmente na face, colo, ombros e costas, e têm uma tendência genética. No entanto, o sol pode aumentar e escurecê-las. Com o passar dos anos, o aspecto das sardas pode modificar pela confluência delas, provocando envelhecimento precoce”, destaca a médica.

11


Happy Hour

características a serem consideradas são mais simples, cores, tipos de tecidos e modelagens, todas em relação ao seu estilo e seu corpo. Podem ser de tecidos leves, modelagens simplificadas como “chemisé” ou assimétricas estilo Caftãs. Versáteis, as

<< moda >>

saídas de banho podem ser usadas sem complementos ou

Filha de Brasília, Rafaela Kalaffa veio para o litoral estudar moda e comportamento. Atualmente, trabalha como produtora de conteúdo de redes sociais do estúdio Luzo|Tecnoblu.

jeans e um salto. Os vestidos estampados em tecidos fluídos são ótimos para o combo praia - shopping. As modelagens amplas solucionam o problema das mulheres que não estão 100%

“Na praia? Eu durmo ao som do mar.”

em forma. Com um ar mais jovial, os shorts e calças pantalonas

V

ocê já reparou o quanto a praia é um local

são cotadas para entrarem no espaço praia. É

de intensas relações? De lá podem surgir

importante lembrar que “bom senso” é a melhor

os amores de verão ou os casamentos eternos,

receita. Se o ambiente, assim como a praia, é

os sabores exóticos ou a simplicidade do coco.

descontraído, a combinação pode ser feita

A praia emana liberdade. Mas e o depois?

com o top do próprio biquíni, mas se o local

Após uma visita a praia você poderia marcar outros

compromissos,

mas

sempre

fica

exige um pouco mais de formalidade, utilize uma camisa para compor o look.

sensação de estar desarrumada, não é mesmo?

Agora uma curiosidade: Você lembra que

Por isso, nesta edição, falaremos das saídas

recentemente a moda íntima estava sob

de banho. Qual a melhor opção? Quais são os

influência da moda praia? Sutiãs de malhas

modelos mais usados? Como devo combinar?

bem fechadas e cores neons que, facilmente,

Antes de mais uma pergunta, pause, respire

poderiam ser confundidas com biquínis?

e reflita: qual finalidade tem uma saída de banho?

Então, mudaram o sentido e as lingeries

Ela deve ser prática, confortável e bem

coleção comandada pelo estilista Alexandre

apresentável, que te dê dinamismo de estar em

Herchcovitch para a Rosa Chá - Verão 2011.

são inspirações para a moda praia na

diversos ambientes. A

12

em outros momentos podem até ser combinadas com um

partir

dessa

Se essa moda pegar, o perigo vai ser confundir regra

geral,

as

outras

as lingeries com os biquínis.


UMA REUNIÃO? Este vestido floral pode transformá-la em uma mulher de negócios: acrescente uma sandália alta azul marinho, um terninho em tom neutro e um cinto sobre o terno, no tom da sandália, para marcar a cintura .

UM CAFÉ? A leve transparência do chemise branca pode ser trabalhada com uma legging floral e uma sandália rasteira com pedras ou brilho. Um look bem alegre para estar bem em um café.

um cinema? Que tal uma camiseta em alça no tom nude e um colete jeans para compor o look com a calça branca parar um cineminha depois da praia?

Roupas ACQUA BRASIL Rua Barão de Aracati, n° 50, loja 2 Praia de Iracema | Fortaleza-CE | Fone (85) 3231-186313


FOTO PASSARINHO PREF. OLINDA

Embarque imediato para a folia : : POR LUDMILA VITORASSO << capa>> “Atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu”. Mais do que uma canção de sucesso, quando o cantor e compositor baiano Caetano Veloso escreveu essa canção em 1969, ele estava profetizando a popularidade que o carnaval brasileiro ganharia anos mais tarde. Desde então, 42 anos se passaram, e o carnaval brasileiro se tornou uma das maiores festas populares do mundo, atraindo turistas de todos os continentes. Celebrado no país de ponta a ponta, em cada região esses quatro dias de festa assumem formatos diferentes, apesar de nunca perderem suas marcas principais: a descontração e a alegria. Ao contrário do que muita gente diz, no Ceará

A capital também é o destino ideal para quem busca

tem carnaval sim. E, diferente de outros estados,

relaxar. Hotéis, como o Marina Park, oferecerem uma

a festa não se concentra somente na capital. Os

programação especial para toda família, com festas

fortalezenses e os turistas que visitam a cidade nesse

infantis, bailes de carnaval, concurso de fantasias e

período contam com uma variedade de opções, que

muitas outras opções de lazer.

vão desde as praias das cidades menores, passando pela Capital e invadindo a serra.

14

A boa música e o clima frio da serra também atraem muitos foliões para Guaramiranga, cidade localizada

Para quem fica em Fortaleza e quer animação, o

a 110 km de Fortaleza. Neste ano, mais de 30 mil

desfile de Maracatus na Avenida Domingos Olímpio

pessoas devem conferir a 12ª edição do Festival

e os shows que ocorrem no aterro da Praia de

Jazz & Blues, evento consolidado como um dos mais

Iracema são as melhores opções.

importantes projetos musicais do gênero no país.


Mas a preferência absoluta dos jovens que ficam no

Lacaios, com seus bonecos gigantes, foi fundado em

Estado e querem cair na folia são as cidades praianas,

1867 e ainda faz sucesso no carnaval. Destaque para

principalmente, Beberibe e Aracati. Apesar de uma

os blocos independentes, como a Bandalheira e o

nova cidade “surgir” entre as preferidas a cada

Cordão Banjo de Prata, e para os blocos estudantis,

ano, essas duas possuem um público fiel, que não

como o Bloco da Forca e o Bloco das Lajes, entre

reclama das casas superlotadas nem dos paredões

muitos outros.

musicais. Tem que ter pique para aguentar a “rotina” carnavalesca. Durante o dia, todos os carros, ônibus, vans e motos levam às praias. À tarde, tem o melamela, e, à noite, os foliões invadem as praças para agitar até o amanhecer.

Durante o dia, a animação também ocorre na concentração dos blocos, restrito a quem adquire os abadás. Nesse espaço, as bandas agitam os foliões que se refrescam bebendo e participando dos tradicionais banhos de cerveja gelada. À noite, além

Apesar dessa programação, muitos cearenses

das famosas festas das repúblicas, ocorrem shows

esperam ansiosos por esses quatro dias de folia para

gratuitos na Praça Tiradentes, no Largo do Cinema

arrumar as malas e embarcar rumo aos principais

e no Largo da Alegria.

pontos de alegria do país. Entre os destinos mais procurados pelos cearenses estão Recife, Rio de Janeiro e Salvador, respectivamente. Mas, também cresce a procura por Ouro Preto e Florianópolis. Ouro Preto Tenho certeza que você já ouviu falar do forró universitário, mas e do carnaval universitário? Conhece essa expressão? Assim é chamado o carnaval de Ouro Preto, cidade história de Minas Gerais. O diferencial da cidade é o clima estudantil promovido pelas repúblicas que cercam as ladeiras históricas. Os estudantes promovem suas próprias festas, oferecendo pacotes ao turista composto, geralmente,

por

bebidas,

shows,

churrasco,

entre outros atrativos. Os blocos já são tradição em Ouro Preto e recebem cerca de 35 mil foliões por dia. O Zé Pereira Clube dos

15

FOTO NENO VIANNA-BARROCOPRESS

alojamento, festas temáticas e abadás de blocos,


O bancário paulista William Sousa, de 28 anos, passou o carnaval de 2009 na cidade histórica na companhia de nove amigos. “Achei sensacional. Pessoas de todos os lugares, alegres, jovens e bonitas. Não presenciei cidade

brigas

te

e

recebe

a de

braços abertos!”, declarou William. “No centro de Ouro Preto é montado um circuito para receber as bandas e as marchinhas carnavalescas.

A

galera

se aglomera para assistir o espetáculo elaborado pelos moradores da cidade, que o fazem com muito capricho e dedicação. Ainda rolava festas nas ruas,

Florianópolis O carnaval da capital Catarinense, também conhecido como Carnaval da Magia, atraiu mais de 100 mil turistas em 2010. O grande destaque da ilha é o carnaval de rua. Os blocos invadem o centro e são seguidos por uma multidão. Destaque para o Bloco dos Sujos, que costuma atrair mais de 50 mil pessoas. Vestidos de mulheres, os homens dão um novo colorido à cidade. A passarela Nêgo Quirido ferve com o desfile das escolas de samba. Há também a opção de curtir o autêntico carnaval de salão nos clubes, onde pierrôs, colombinas e alerquins dançam ao som de sambas-enredo, marchinhas e ritmos nordestinos, como frevo e o axé.

nas repúblicas e em espaço fechados onde bandas

Ainda é possível curtir o carnaval na praia, onde

famosas faziam micaretas”, completa William, que

bandas e DJs se revezam nas areias, ou nas casas

este ano irá passar o carnaval em Florianópolis.

noturnas ao som da música eletrônica.

Salvador Considerada uma das maiores festas populares do planeta, o Carnaval de Salvador tem no som dos trios elétricos seu atrativo principal. Os circuitos Osmar (Avenida), Dodô (Barra-Ondina) e Batatinha (Centro Histórico) são tomados por mais de dois milhões de foliões, que entoam as canções que o Brasil inteiro irá cantar em breve, além de clássicos do axé. Quem preferir, pode curtir o som das estrelas baianas nos camarotes, posicionados estrategicamente de frente para os principais circuitos. Os camarotes custam de R$160,00 a R$690,00 por pessoa, mas variam muito, conforme os serviços oferecidos e os dias de folia. Já o abadá pode chegar a custar até R$1.500,00. A terra de Ivete Sangalo, Daniela Mercury e Chiclete com Banana é a melhor opção para quem pretende começar a festa muito antes da data propriamente dita, ou para quem quer esticar a diversão por uma temporada maior.

16


Recife O maior bloco do mundo, o Galo da Madrugada, abre a festa em Recife dando as boas vindas ao carnaval no sábado. Mais de dois milhões de foliões acompanham os 25 trios elétricos e os três carros alegóricos pelas ruas do Recife antigo. A animação continua pelos dias seguintes, com festas a qualquer hora do dia e shows de artistas locais e nacionais. Perto dali, em Olinda, as ladeiras testam o fôlego do público em um dos carnavais mais populares do país, onde pessoas de todas as classes e idades pulam ao som do frevo e do maracatu. Em Olinda, até a despedida dos festejos é em ritmo de festa. Na quarta-feira de cinzas, o Bacalhau do Batata sai do Alto da Sé, proporcionando um dia de festa aos que trabalharam durante o Carnaval ou para aqueles que sempre querem um bis.

“Quem vai ao Carnaval de Pernambuco, sendo pernambucano ou não, se emociona com a energia dos quatro dias de folia. Não é só o ritmo diferente que chama atenção, mas a alegria das pessoas ao viver e dançar desde os ritmos mais conhecidos como maracatu e o frevo, em Recife e Olinda, até os Papaguns, de Bezerros, no interior do Estado. É cultura, é tradição que passa de geração em geração e é curtida por jovens, crianças e adultos, de todas as classes, de todos os lugares da cidade. Todos brincam juntos, no mesmo espaço urbano e, foliões nascidos lá, vindos de acolá, todos encantados e dando lugar ao encanto que é a cultura popular”. Rafaela Britto, jornalista.

17


Erika Gadelha, Jannayna Coelho, Andréa Ramalho

Rio de Janeiro Pouco mais de 30 minutos. Nesse curto intervalo de tempo, os 24 mil ingressos das arquibancadas e cadeiras colocados a venda para os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro se esgotaram. Mas quem não conseguiu garantir um ingresso para a Marquês de Sapucaí, pode ficar tranquilo. Neste período, a cidade do Rio de Janeiro se transforma em um grande baile de carnaval, com diversão para todos os lados e bolsos. Os blocos e bandas, abertos a quem quiser chegar, devem carregar até três milhões de foliões pelas praias e bairros da cidade, antes e durante a folia. São 424 blocos, entre eles o tradicional Cordão da Bola Preta, na Cinelândia, e o Suvaco do Cristo, com concentração no Jardim Botânico. Para os que preferem as ruas de Ipanema, o Simpatia É Quase Amor tem concentração na Praça General Osório. O carnaval do Rio de Janeiro foi a escolha da consultora de vendas cearense Andrea Ramalho, ano passado. A decisão foi tomada em cima da hora, mas valeu a pena. Segundo ela, a viagem foi ótima. “Adorei, pois dá para se divertir sem gastar muito, não tem tumultos e ainda conheci pessoas legais que mantenho contato até hoje”. Andrea conta que não foi para a Sapucaí, mas que se divertiu muito nos blocos de rua: “Muito alto astral e super democrático, com crianças, cadeirantes, pessoas idosas e muita gente bonita. Um carnaval sem preconceito e bem seguro, diferente do que algumas pessoas imaginam”. A cearense também contou que gostou do Leblon, do barzinho Belmonte e da Lapa. “Já fui para Salvador e Recife, agora só falta desfilar na Sapucaí e, de preferência, na Portela”, completa a foliã.

18


Mistura de sabores

<< gastronomia>>

: : POR LUANA AMORIM : : FOTOS MICHELIN FONTENELLE

Dos mais simples e corriqueiros aos mais sofisticados, quem nunca se entregou aos prazeres de um bom prato culinário considerado agridoce? Sabendo da preferência dos leitores por novidades e requintes que levam ingredientes gastronômicos bem elaborados, a revista aPraia! foi em busca de compreender o que faz essa mistura ficar tão saborosa. Enganam-se os que pensam que o molho agridoce é algo peculiar aos dias de hoje. A proposta do agridoce, aquele que apresenta na sua composição um elemento ácido e outro doce, é uma prática antiga na culinária e muito comum em diversos continentes. A coordenadora do setor de gastronomia da Faculdade Nordeste (Fanor), Juliana Adjafre, nos conta que na cozinha medieval a proposta do agridoce era associado ao vinagre, mel e vinho de frutas, em molhos e guisados. Conservas de vinagre de frutas (ameixas, cerejas e cranberries) são um exemplo típico do agridoce, assim como condimentos como chutneys e picles. Juliana enfatiza que para a preparação de pratos agridoces é preciso o ácido e o doce. Os ingredientes que não podem faltar na preparação dos pratos incluem o aspecto da acidez, fica por conta do vinagre ou suco de limão e o doce é obtido com a utilização do mel, do açúcar e dos derivados e, em alguns casos, uma fruta. Já o chef Charles Alexandrini pondera que é preciso que haja harmonia. O chef dá preferência por ingredientes naturais que conseguem harmonizar o doce e o salgado. “Muitas vezes com a utilização da acidez do vinagre o sabor pode ficar forçado”. Charles, à frente do restaurante Villa Alexandrin, enfatiza que prefere utilizar o ácido da própria fruta para garantir a qualidade do prato. “É preciso que haja uma harmonia moderada. Não é um prato

19


doce, é apenas para dar uma nuance de doçura”, enfatiza. A acidez proposta e característica do prato agridoce pode ser obtida com a acidez da própria fruta, conferindo sabor e qualidade. É importante encontrar o ponto certo do adocicado da fruta e casar com outros ingredientes. Quer fazer algo diferenciado? Charles comenta que sempre acrescenta canela, ervas finas e ainda erva doce. “É possível conseguir um diferencial apostando em ingredientes naturais. É nisso que eu acredito e trabalho aqui no restaurante”, pontua o chefe. Juliana Adjafre faz uma viagem gastronômica e nos conta que a China é o país onde podemos observar a proposta do doce e do ácido com mais intensidade. A utilização dessas misturas vai desde pratos mais refinados, especialmente a carne de porco e pato, até os mais simples. Na culinária chinesa, o sabor doce e ácido é popular e traz uma determinada quantidade de pratos requintados de carne, aves e peixes. Na nossa região existem pratos que são desenvolvidos especificamente com frutos locais, como é o caso das litorâneas que investem em frutas como manga, caju, abacate, banana e abacaxi já são conhecidas e fáceis de harmonizar com pratos salgados. Já algumas frutas do Norte ou do Cerrado são mais difíceis de compor o cardápio de certos locais do Brasil, já que a especificidade do sabor pode gerar em alguns a estranheza no paladar. A jornalista e blogueira Izakeline Ribeiro é adepta da boa comida e prefere pratos compostos por frango ou peixe com molhos. Izakeline confessa que também aprecia as saladas que combinam ingredientes salgados com frutas, por exemplo. A jornalista acredita que o que mais lhe atrai é a possibilidade de equilibrar sabores “opostos” num mesmo prato. Conhecedora de boa parte dos restaurantes da cidade, Izakeline pontua que os da sua preferência são as combinações do chef Charles Alexandrini, do Bistrô Villa Alexandrini, que serve um risoto de abacaxi com filé de peixe. “É muito bom!.”

20


Para presentear os leitores da revista aPraia! resolvemos seguir a dica da blogueira Izakeline e fomos ao bistrô Vila Alexandrini conferir o prato sugerido pela nossa entrevistada.

Receita: Risoto de Abacaxi com Filé de Sirigado

Charles Alexandrini é gaúcho, mas mora há 17 anos em Fortaleza. Neto de italianos e alemães, Charles é enólogo por formação e acredita que o sucesso do seu bistrô diz respeito a propaganda feita boca-a-boca. Mesmo com todo o sucesso e ampliação do espaço prevista para março, o chefe pretende continuar com uma proposta de ambiente intimista, apostando em ingredientes selecionados, garantindo a qualidade dos pratos preparados individualmente.

Serviço: Bistrô Villa Alexandrini (Rua Frederico Borges, n° 81 Varjota) funciona de segunda a sábado, no horario do almoço e a partir das 19h. Telefone: (85) 3267-1049.

21


Sempre existirá Jeri : : POR ANA ALICE NOGUEIRA << turismo>>

Eleita pelo jornal The Washington Post a praia mais

dos ecossistemas costeiros, seus recursos naturais

bela do Brasil e uma das dez do mundo, Jericoacoara

e proporcionar o controle do uso público, ações

reúne belezas naturais de encher os olhos e baladas

educativas e pesquisa científica.

para todos os estilos. Não é à toa que plagiamos a célebre frase do

justificativa para tamanha procura não é nada

romântico filme Casablanca, quando o personagem

menos que o seu cenário cinematográfico de belezas

de Humphrey Bogart fala para sua amada “Sempre

naturais exóticas e suas badaladas que oferecem

existirá Paris!”, numa forma de lembrar da cidade

aos seus visitantes ritmos para todos os estilos.

como um lugar mágico e cheio de possibilidades. Assim é Jericoacoara, no tupi “buraco das tartarugas”, ou melhor, “Jeri”, forma carinhosa pela qual moradores e visitantes chamam a vila.

22

Jeri recebe milhares de turistas por ano, e a

É incrível como a vila oferece algo para fazer em todas as 24 horas do dia. Podemos começar por um delicioso banho de mar no final da Rua Principal da vila, onde o mar tem o movimento e a temperatura

A Vila de Jericoacoara fica a 300km de Fortaleza,

ideal, relaxando e despertando o visitante para as

capital do Ceará, e pertence ao município de Jijoca.

maravilhas que virão ao longo do dia. Um passeio

Talvez ainda permaneça tão original pelo fato de

de bugue pelo Parque Nacional que levará às lagoas

que para se ter acesso à ela é preciso atravessar

Azul, do Paraíso e do Coração é uma ótima pedida. O

todo o Parque Nacional de Jericoacora, formado

trajeto pode durar até 5 horas, incluindo as paradas

por exuberantes dunas. Criado em 2002, o Parque

na Pedra Furada, a mais famosa atração de Jeri, o

é uma Unidade de Conservação de Proteção

banho nas lagoas de águas cristalinas e azuis e um

Integral que tem por objetivo preservar amostras

suculento almoço na Lagoa do Paraíso, com direito


ao visitante fazer a digestão nas redes armadas dentro da lagoa. São verdadeiros deleites! Aí já estaremos no final da tarde, e o que nos resta do sol é sua mística partida! A duna do pôr do sol, a essa hora, está cheia de gente bonita, todos querendo se posicionar para o melhor ângulo na despedida do astro rei. Nessa hora vale levar um bom vinho (ou qualquer outra delícia) para contemplar em alto estilo o momento em que a vila se despede do dia e entra na noite prometendo muito mais. Em Jeri, a frase “a noite é uma criança” não pode ser melhor utilizada. Ela começa cedo, já quando escurece, e termina com o raiar do dia. No início da noite a opção é jantar, e que opção, pois Jeri também é conhecida por seu polo gastronômico de variadas culinárias, muito em função de acolher moradores de vários lugares do planeta. Então a primeira coisa é decidir o que você quer comer e depois escolher um lugar para se deliciar. As opções vão desde massas italianas legítimas, passando pela culinária japonesa, mexicana e até árabe, não deixando de lado a mais gostosa de todas: a brasileira. Não importa muito onde você escolhe comer, parece que a ordem natural dos restaurantes em Jeri consiste no aconchego, charme e bom gosto. A balada de Jeri só inicia mesmo por volta da meia noite, não que os bares não estejam abertos desde então é comum você se deparar com cartazes que anunciam shows de forró, reggae, samba, hip hop, covers, tecno e boates que fervem a partir de 1h da manhã. Portanto fique tranquilo, é possível descansar e desfrutar de todas as maravilhas da vila de Jericoacoara.

Vale a pena conferir: * O pôr do sol na Pedra Furada vale mais a pena nos meses de julho e agosto, quando o sol se põe num ângulo dentro do furo da Pedra. É uma visão dos Deuses! * Bateu a fome depois da balada? Vá na tradicional Padaria São Francisco, que só abre às 2h da manhã e oferece diversos quitutes, além do pão quentinho feito na hora!

23

FOTO: SEC. DE TURISMO DE JIJOCA DE JERICOACOARA

cedo, mas os shows são marcados para mais tarde,


Novidades Foi inaugurada em Fortaleza uma filial do restaurante Rei dos Mares. A nova sede fica na Rua Visconde de Mauá, esquina com Silvia Jatahy. O local fica aberto todos os dias, de 9h às 24 horas. A primeira sede funciona na esquina entre as ruas Barão de Aracati e Pinho Pessoa, no São João do Tauape. Telefone: (85) 9969.5267.

Desde o final do ano passado, é possível adquirir em Fortaleza a tradicional cerveja portuguesa Sagres. A bebida também está sendo comercializada na Bahia, Rio Grande do Norte e Pernambuco. A cerveja é 100% natural e produzida a partir de métodos tradicionais, sem aditivos ou conservantes. A Sagres é comercializada no Brasil em três versões: Sagres Zero (baixo teor alcoólico), Sagres Bohemia (mais escura) e Sagres Branca (Pilsen), nos moldes de 250 ml e 330ml.

O teaser de “As mães de Chico Xavier” já está online. O cearense Glauber Filho e Halder Gomes são diretores do filme que estreia no dia 1º de abril nos cinemas de todo o país. A obra é baseada em fatos reais e conta a história de três mães, vivendo momentos distintos de suas vidas e que veem sua realidade se transformar repentinamente. Suas histórias se cruzam quando elas recebem conforto e reencontram a esperança de vida através do contato mantido com Chico Xavier. O teaser pode ser conferido no link: www.youtube.com/watch?v=Z8JpxD03sic

As fragrâncias Uva Verde e Água de Coco da linha Natura Tododia Verão estão de volta. Três novos produtos incrementam o conjunto: o hidratante de banho com enxágue, o creme esfoliante e o hidratante refrescante para os pés. O caminho olfativo da nova fragrância é um floral fresco com notas de uva verde, somados ao conforto da água de coco. Os produtos serão vendidos até o final de março.

24


Pesque a dica : : ILUSTRAÇÃO RAFAELLA NUNES

O Japão é aqui! Minha dica é ir a Praia do Japão. Fica logo ali, depois do Porto das Dunas. Além da simplicidade e da tranquilidade do lugar, é possível apreciar o delicioso peixe na pedra de sal, que é assado num papelote coberto com sal grosso. Uma delícia para quem quer fugir do óbvio. Gil Dicelli editor-executivo

Eu curto muito a praia, mas tenho ido pouco, principalmente em Fortaleza. Tem um lugar muito significativo pra mim e é o mais perto da praia que eu tenho chegado. No Largo do Mincharia, na Praia de Iracema, às sextas-feiras, no final da tarde encontro com amigos pra tomar uma cerveja gelada, colocar o papo em dia e parar para olhar o mar. Emílio Moreno blogueiro do Liberdade Digital

Para todos que estão em Fortaleza ou que passem por aqui, não podem deixar de visitar o restaurante Coco Bambu Frutos do Mar, situado na Av Beira-Mar. A vista é linda e o ambiente é agradável. Eu recomendo o prato Camarão Internacional “. É simplesmente maravilhoso! Dra. Camila Figueiredo Emporium Pelle

A barraca Terra do Sol é um lugar agradável, acolhedor , que se destaca pela qualidade de sua cozinha. O Arroz de Camarão é delicioso, não deixem de experimentar. Dr. Tales Coelho Presidente da ACEMFC (Ass. Cearense de Medicina de Família e Comunidade)

25


26


Revista aPraia! - 1ª edição!