Page 1

11°edição

br.pt

Vivenciar experiências. Observar, sentir e criar.

ami | 1


Lançamento no Brasil e na Europa marca beachwear com DNA Carioca. Irreverente e livre. Despojada, charmosa e confortável, leva Arte para onde você for. A Carioca dá liberdade e estilo ao corpo da mulher que tem o brilho do sol em seu rosto e a brisa do mar em seus cabelos. Liberte-se do tradicional. @carioca.bkn

2 | ami


Vista arte!

ami | 3


Chegamos a 11° edição com a certeza de que a nossa opção por ter uma revista online foi assertiva. Somos uma revista que pensa na sustentabilidade. Foram 11 edições fixas e 03 edições especiais, totalizando um numero expressivo de 1.243 páginas. Em uma tiragem de mil revistas por edição, por baixo foram cerca de 1.3 milhões de páginas. Portanto: 1.3 milhões de folhas impressas que não foram jogadas fora, e cerca de 100 árvores não foram derrubadas. Mas não e só isso. Tudo aquilo que é consumido ou emitido para o meio ambiente, pode alterá-lo. Como exemplo o consumo de água; a emissão de gases; o descarte de resíduos sólidos, como os cartuchos de tintas e o descarte de efluentes líquidos, como exemplo as tintas. Causando no meio ambiente o chamado impacto ambiental. Que são o esgotamento dos recursos naturais não renováveis; a alteração da qualidade do ar; a alteração da qualidade do solo e a alteração da qualidade da água dos rios. Bem, buscamos sim o bem maior! O bem de nossa sociedade! Desejamos o melhor para o nosso Espirito Santo e para o nosso Brasil! Estamos fazendo a nossa parte. Revista Ami.


ÍNDICE 12| Quinta da Boeira 18| Museu Serralves - Porto 26| Editorial COLD BEACH 34| ÁREA CINQUENTA E CINCO 40| Alta Costura - JACY JUNIOR 48| GUIMARÃES - Aqui nasceu Portugal 54| Editorial AS MARGENS DO DOURO 62| TOZ - Tomaz Viana 67| ISLÂNDIA


FICHA TÉCNICA ANA VITORINO - Editora Chefe e Cultural THAIS FILGUEIRA - Editora de Moda e Fotografia JACY JUNIOR - Colunista Haute Couture JESSYCA AMENO - Repórter Cultural e Fotógrafa em MG ANA GRANDÉS - Diagramadora WILLIAN BRAGA - Tradutor e Revisor Inglês

AMI PORTUGAL JORGE LARANJEIRAS - Núcleo cultural RUY MORAES - Fotógrafo de Moda NUNO COUTO - Fotógrafo viagem CAPA: Foto RUY MORAES

Modelo: BARBARA TORRES

Agradecimentos: Albina Pompermayer, Barbara Torres, Cris Aguiar , Dirce Braga, Jacy Junior, Luiz Fernando Moreira, Mercedes Sandi, Pedro Cunha, Ruy Moraes, Silje Johansen, William Braga.

edição 11° contatorevistaami@gmail.com

www.issuu.com/revistaami

ami | 9


10 | ami


Vivenciar experiências Respirar um ar diferente Observar Sentir Viajar! Ainda com o coração e mente repleta de informações de nossa última viagem, eu e a Diretora de Moda da Ami, Thais Filgueira, catalogamos muitas entrevistas e imagens para compartilhar com você as nossa experiências e aprendizado. Estamos em um novo momento da revista ami. Agora metade da Ami tem o coração em Portugal. Esta edição foi feita com um misto de criatividade, vivência, moda e claro com muita arte. Espero que aprecie, curta e leve a Ami para onde for. A revista que está na palma da mão!

Ana Vitorino

Foto ANA VITORINO

ami | 11


PORTUGAL

A história da Quinta da Boeira remonta ao ano de 1850, data da construção do seu palacete, encontrando-se em perfeito estado de conservação os seus tectos de estuque, azulejaria e os 3 hectares de jardins.

The history of Quinta da Boeira dates back to the year 1850, the construction date of the Mansion that is kept in perfect conditon, from its worked ceilings and the tiles, to the 3 hectares of gardens.

Em 1920 a Quinta da Boeira é adquirida pelo proprietário de uma empresa de Vinho do Porto e inicia-se um novo capítulo na história da Boeira, na qual o vinho assume um papel principal.

In 1920, Quinta da Boeira is acquired by the owner of a Porto wine company and a new chapter in the history of Boeira begins, in which wine plays a major role.

Em 2014 a Quinta da Boeira construiu a maior garrafa do mundo, homenageando a qualidade e a diversidade dos vinhos portugueses.

In 2014 Quinta da Boeira built the world’s largest wine bottle, honoring the quality and diversity of Portuguese wines.

2019 will be the year of the inauguration of the Boeira Garden Hotel, a luxury de2019 será o ano da inauguração do Bo- velopment with 119 rooms and 5 suites, eira Garden Hotel, empreendimento de which will have as its main theme Art and luxo com 119 quartos e 5 suites, que terá Culture. como tema principal a Arte e Cultura. A luxury hotel with a refined, comfortaUm Hotel de luxo com um ambiente re- ble, sophisticated, tranquil atmosphere, quintado, confortável, sofisticado, tran- flanked by the Quinta’s gardens, in order quilo, ladeado pelos jardins da Quinta to reconcile the best of both worlds: the para, dessa forma, conciliar o melhor city and the natural environment. dos dois mundos: a cidade e o meio de natureza. he visitor center of Quinta da Boeira is a welcoming space where those who O centro de visitas da Quinta da Boeira visit us find a pleasant environment with é um espaço acolhedor onde quem nos the possibility of tasting the wines of their visita encontra um ambiente agradável own production. com a possibilidade de degustar os vi- It is also possible to visit, with marking, the nhos de produção própria. interior of the largest bottle in the world.

12 | ami


During the period of Romanization, the vines had a great development, especially after the first century AD, which contains traces of wineries and wineries in the various archaeological sites of the region.

www.quintadaboeira.pt

ami | 13


Os primeiros vestígios que indicam a existência de videiras na região, remontam à Idade do Bronze, há cerca de quatro mil anos. Desta época foram encontradas grainhas de vitis vinifera (espécie de videira). Contudo, não se sabe qual era o tipo de cultivo ou a sua importância para os povos da época. Durante o período de romanização a cultura da vinha teve um grande desenvolvimento, principalmente depois do século I d.C., do qual existem vestígios de lagares e adegas nas várias estações arqueológicas da região.

nhos produzidos no Douro para os mercados internacionais. É neste século que as histórias do Douro (local de produção) e da cidade do Porto (local de escoamento) se cruzam para sempre. Século XIV Durante o reinado de D. Fernando, no século XIV, as principais receitas do Estado provinham dos impostos sobre as exportações nesta época os vinhos tornam-se uma fonte de riqueza e ganham relevância económica.

Século XIII Século XV No século XIII, a cidade do Porto era o Seguem-se as expedições marítimas, principal ponto de escoamento dos vi- no reinado de D. Manuel I (1469-1521).

14 | ami


Se não todas, muitas das embarcações que partiram à conquista dos mundo levavam nos seus porões vinhos do Douro tornando-os cúmplices nos êxitos das rotas marítimas. Neste período o consumo de vinho aumentou consideravelmente, o que levou o rei a ordenar a demolição de vários canais de pesca para facilitar a navegação entre o Douro e o Porto.

2001 Em 2001, a UNESCO classifica a Região do Demarcada do Douro como Património Mundial pela riqueza humana, cultural e paisagística.

São as características únicas da Região -a cultura em socalcos, o clima, o solo, as tradições e as gentes que tornam os vinhos do Douro inigualáveis, na sua cor, corpo e paladar, criando qualida1756 de natural. É em 1756 que o Marquês de Pombal Um dos segredos do Vinho do Porto residelimita a Região do Douro com 335 de nas rolhas de cortiça – as mais sofismarcos ao longo de 250.000 hectares. ticadas válvulas naturais, que ainda neO Douro torna-se a mais antiga região nhuma tecnologia conseguiu superar. vitivinícola demarcada, logo protegida, Benelux e França representam cerca do mundo. de 70% das vendas globais de Vinho do Porto.

ami | 15


CURIOSIDADES

A outra razão para passar no sentido dos ponteiros do relógio reside na ideia A primeira garrafa cilíndrica de Vinho de o decanter deve seguir pelo lado do do Porto surgiu em 1770. coração, o que subentende Amizade. Garrafas de Vinho do Porto com rolhas de topo plástico devem ser consumi- Port Wine Exporting Companies are not das em 2 ou 3 anos. Já as garrafas com allowed by law, to export more than 1/3 rolhas sem topo de plástico estão pre- of their stock? paradas para envelhecer durante vários anos, em ambiente com pouca va- The first cylindrical bottle of Port Wine riação da amplitude térmica. appeared in 1770? Tradicionalmente o decanter de Vinho do Porto é servido no sentido dos ponteiros do relógio, isto é, para a esquerda, pois era importante ter a mão direita livre para usar a espada se necessário fosse.

16 | ami

One of the secrets of Port Wine lies in cork stoppers - the most sophisticated natural valves, which no technology has yet surpassed.


Port wine bottles with capsule stoppers should be consumed in 2 or 3 years. The bottles with cork stoppers are ready to age for several years, in a properly prepared environment. Benelux and France represent 70% of global Port sales. Traditionally the decanter is passed clockwise. This tradition lies in ensuring that the right hand is free to use the sword of necessary.

It is not allowed to irrigate the vineyards in the Douro Demarcated Region. > Boeira Tawny 40 years Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Tinto CĂŁo TASTING NOTES Presents a brownish-red color. Intense and complex stage of long years in wood. Reveals an elegant aroma of cigar leaf.

Dense and round in the mouth with The other reason to go clockwise lies in dried fruits, honey and crystallized fruit. the idea that the decanter should follow Velvety and persistent finish. the heart, where friendship is subintended.

ami | 17


18 | ami


A apresentação a públicos diversificados da obra dos mais conceituados artistas dos nossos dias, o reforço dos laços com a comunidade local e a promoção da reflexão em torno das relações entre a arte e o ambiente, intrínsecas ao contexto de Serralves, são atividades nucleares inerentes à missão do Museu. Exposições temáticas e monográficas de artistas consagrados e de artistas emergentes e mostras da Coleção de Serralves são apresentadas nas galerias do Museu integram integradas num programa frequentemente renovado.

RTE

O Museu de Serralves é o mais importante museu de arte contemporânea em Portugal, situado nos espaços únicos da Fundação de Serralves, que incluem um Parque e uma moradia. Através da sua Coleção, de exposições temporárias, programas educativos, sessões públicas, espetáculos de música, dança e performance, da sua atividade editorial e de parcerias, a nível nacional e internacional, o Museu promove a fruição e a compreensão da arte e da cultura contemporâneas.

The Serralves Museum is the foremost museum for contemporary art in Portugal, uniquely sited in the grounds of the Serralves Estate, which also comprises a Park and a Villa. Through its collection, temporary exhibitions, performance, education and public programmes, publishing initiatives, and national and international collaborations, the Museum fosters the understanding and appreciation of contemporary art and culture. Introducing the work of the most important artists working today to diverse publics, strengthening ties with the local community, and encouraging reflection on the relationship between art and the environment that is intrinsic to the context of Serralves, are central to the Museum´s mission. Monographic and thematic exhibitions of established and emerging artists and the Serralves Collection are featured as part of a changing programme in the Museum galleries

ami | 19


A Casa e o Parque de Serralves constituem também locais privilegiados para a realização de exposições específicas, obras encomendadas e apresentações da Coleção, bem como de exposições itinerantes organizadas em colaboração com instituições culturais portuguesas e estrangeiras. No Auditório e noutros espaços do Museu tem lugar um programa eclético de cinema, dança contemporânea, música e performance. O Auditório e a Biblioteca do Museu acolhem também conversas, conferências e mesas-redondas nas quais o público pode participar, debatendo e discutindo questões da arte e da cultura do nosso tempo.

20 | ami

The Serralves Villa and Park are also privileged sites for the presentation of special exhibitions, commissions and Collection displays, together with travelling exhibitions organized in collaboration with cultural partners in Portugal and abroad. A dynamic programme of cinema, contemporary dance, music and performance is presented in the Auditorium and other spaces of the Museum. The Auditorium and the Museum Library are also host to conversations, lectures, symposia in which the public can participate in discussions and debates on artistic and cultural issues of our time


O enquadramento do Museu de Arte Contemporânea foi definido pela criação da Fundação de Serralves em 1989. Em 1991, o premiado arquiteto Álvaro Siza Vieira foi convidado a projetar o novo museu nos espaços da Quinta de Serralves.

ART

Em 1996, tiveram início a construção do edifício e a elaboração do programa museológico, tendo nesse ano o Conselho de Administração da Fundação nomeado Vicente Todolí para primeiro Diretor Artístico do Museu e The framework for the Museum of ConJoão Fernandes, seu Diretor Adjunto. temporary Art was developed with the O Museu foi inaugurado a 6 de Junho creation of the Serralves Foundation in de 1999 com a exposição "Circa 1968”. 1989. In 1991, award-winning architect Passando em revista uma década de Álvaro Siza Vieira was commissioned to radical criação artística coincidente design the new museum in the grounds com um período de assinalável trans- of the Serralves Estate. In 1996, construcformação social e política em Portugal tion of the building and the planning of e no mundo, esta mostra inovadora a museographic programme begun. constituiu um verdadeiro manifesto sobre as ambições internacionais do Mu- Vicente Todolí was appointed by the seu e a baliza cronológica da sua futura Board of the Serralves Foundation as the coleção e do seu programa artístico. first Artistic Director, with João Fernandes as Deputy Director. Em 2003 João Fernandes foi nomeado Diretor do Museu e Ulrich Loock, Diretor The Museum was inaugurated on 6 June, Adjunto. Em Janeiro de 2013, Suzanne 1999 with the exhibition, ‘Circa 1968’. This Cotter assumiu as funções de Diretora. ground-breaking exhibition, reflecting a radical decade of art making that corresponded with a period of social and political change in Portugal and around the world, was a manifesto of the Museum’s international ambitions and the historical starting point for the Museum´s future collection and artistic programme. In 2003 João Fernandes was appointed Director of the Museum, with Ulrich Loock as Deputy Director. In January 2013, Suzanne Cotter assumed the role of Director.

ami | 21


Uma das qualidades do Parque de Serralves é a diversidade do seu património arbóreo e arbustivo composto por vegetação autóctone e exótica e que inclui cerca de 8000 exemplares de plantas lenhosas, representando sensivelmente Afirmam-se a ludicidade e a aprendi230 espécies e variedades. zagem enquanto áreas estruturantes e complementares do programa de atiA Programação do Parque assenta vidades para o público, promovendonuma estratégia apoiada no desenvol- -se em Serralves, bem como no exterior, vimento de ciclos de programação que atividades que incentivam à reflexão, à se desejam de regularidade anual. perceção e à cognição da paisagem enquanto construção cultural, espacial e temporalmente evolutiva, a par com a sua fruição, que se deseja informada. Em paralelo, são promovidas ações de formação de caráter sócio-pedagógico, para públicos específicos, no quadro da ação da Fundação de Serralves.

22 | ami


The Park's programming is founded on a strategy based on the development of programming cycles intended to take place on an annual basis. Playful dimensions and learning processes underlie the main structural and complementary aspects of the programme of activities for the general public.

ART

One of the qualities of Serralves park is the diversity of its set of trees and shrubs, constituted by indigenous and exotic vegetation and including around 8,000 examples of ligneous plants, representing around 230 species and varieties.

A series of activities are thus developed within and outside Serralves, that encourage informed enjoyment of the Park and reflection, perception and understanding of the landscape as a cultural construction, that evolves over time and space. In parallel, various socio-pedagogical training initiatives are organised, for specific audiences, within the framework of the Serralves Foundation's activities. www.serralves.pt/pt

ami | 23


24 | ami


ART ami | 25


26 | ami


oldBeach C

ami | 27


C 28 | ami


C

ami | 29


C 30 | ami


C

ami | 31


C Foto

THAIS FILGUEIRA Modelo

MERCEDES SANDI

Direção de Figurino LUCAS BRUMATTI Produção

ANA VITORINO Beleza

CRISAGUIAR MAKEUP

Figurino e Acessórios ESTÚDIO PINHEIRO BRASIL

32 | ami


C

ami | 33


PORTUGAL

por Ana Vitorino

No centro histórico da Cidade de Guimarães, se vê ao longe uma pequena jardineira com lindas flores vermelhas. Uma música clássica suave nos envolve e com a certeza que devemos entrar, a arte nos abraça Assim conhecemos a Galeria ÁREA CINQUENTA E CINCO e seu proprietário PEDRO CUNHA. Pedro um rapaz de extrema educação e simplicidade, de apenas 25 anos e a pouco formado em artes plásticas. Visando fomentar a arte em sua cidade uniu-se a sua namorada/ sócia Joana Ribeiro, musicista, e abriram uma galeria de arte em Guimarães. Trabalham com pequenos formatos de ilustração, desenho, pintura e também com livros. Pois muitos artistas que expõe seus trabalhos na galeria, já publicaram

34 | ami

livros e muitos desses infantis e claro com belíssimas ilustrações. Um local acolhedor que nos faz sorrir com tamanha beleza. A Galeria recebe diariamente muitos Turistas vindo de todo o mundo, e quem a visita, volta com certeza, nós voltamos três vezes! Uma belíssima opção para quem quer oferecer um souvenir diferenciado e com qualidade artística.

Rua Egas Moniz 55, Guimarães, União de Freguesias Oliveira do Castelo, São Paio e São Sebastião, (00351) 930 554 936 @55.area - email geral@a55.pt www.a55.pt


ami | 35


36 | ami


ami | 37


38 | ami


PEDRO CUNHA

ami | 39


ALTA COSTURA Por JACY JUNIOR Verão 2018 PARIS Com a tradição sempre a seu favor, damos continuidade a cobertura das coleções de alta-costura (Haute Couture) para o verão 2018. Vale lembrar, que a cada temporada, os designers nos oferecem grandes momentos nas passarelas de Paris, quando o assunto é Savoir-faire. Ressaltando a importância técnica e precisa das mãos dos grandes artesãos por trás dos seus diretores criativos. Afinal de contas, a alta-costura pode até não trazer grande retorno financeiro servindo “apenas” como um maravilhoso e espetacular chamariz, mas sim como uma escola para meninos e meninas do mundo inteiro que sonham com o encantador mundo da COUTURE.

40 | ami


photo: Vogue

ami | 41


JEAN PAUL GAULTIER

Preto e branco, Op. Art, franjas e looks monocromáticos além das referências O ponto de partida para a coleção claras á silhueta icônica e futurista do 2018 de Gaultier, foi o costureiro Pierre estilista. Cardin. Seu mentor em seu primeiro trabalho no ramo da moda, como assistente de estúdio nos 70’s. photo: Fashion network

42 | ami


ami | 43


VALENTINO

cores como o fuccia, lilás e verdes. Capas, rufos, tafetás, laçarotes e drapeEm busca de um futuro primoroso para ados formam a silhueta super agradáa Valentino, o estilista Pierpaolo Piccioli vel advindos da mente do estilista, que assume as rédeas de um passado ma- agora assume sozinho a direção criativa jestoso e estruturado por seu mestre, o da Maison após a ida de sua parceira próprio Valentino Garanavi. Maria Grazzia Chiuri para a DIOR. EnOs anos 80 estrategicamente abordado cantador define. em sua Couture, o estilista brinca com as photo: Vogue

44 | ami


ami | 45


CHANEL

Desta vez o jardim das delícias da Chanel treinou em absoluto no Grand Palais, Manter o DNA de uma marca no merca- trazendo às passarelas da Couture vestido ao longo dos anos, é uma tarefa um dos vaporosos, e de comprimento midi e tanto empolgante e nada fácil. sapatos e botinhas exclusivamente com Mas tal tarefa, torna-se ainda mais inte- a mesma padronagem dos looks e sem ressante, quando quem assina as cole- saltos. O que pode indicar uma tempoções da marca é ninguém menos que o rada “longe” dos saltos. photo: Vogue kaiser da moda, o Sr. Karl Lagerfeld.

46 | ami


ami | 47


GUIMARÃ AQUI NASCEU PORTUGAL 48 | ami


ÃES 1° Parte Dia

Guimarães é uma das mais importantes cidades históricas de Portugal, sendo o seu centro histórico considerado património cultural da humanidade, tornando-a definitivamente um dos maiores centros turísticos da região. As suas ruas e monumentos respiram história e encantam quem a visita. A cidade é considerada o «berço» da nacionalidade portuguesa, pois, para além de, segundo a tradição, aqui ter nascido o primeiro rei de Portugal e também foi neste local que se deram os acontecimentos mais marcantes que conduziram à independência de Portugal.

Guimarães is one of the most important historical cities of Portugal, being the historical centre your cultural heritage, making it definitely one of the biggest tourist centres in the region. Its streets and monuments breathe history and charm who visit. The city is considered the ' birthplace ' of Portuguese nationality, because, besides, according to the tradition, here was born the first King of Portugal and also was at this location that gave the most outstanding events which led to the independence of Portugal. Fotos ANA VITORINO

ami | 49


Guimarães fica situado no Baixo Minho, região onde o verde se espraia sobre a terra, cobrindo os montes com extensos pinheirais, e os vales com altos vinhedos, que dão à terra uma característica única no conjunto do território português. A Guimarães atual soube conciliar, da melhor forma, a história e consequente manutenção do património com o dinamismo e empreendedorismo que caracterizam as cidades modernas, que se manifestou na nomeação para Capital Europeia da Cultura em 2012, fatores que levaram Guimarães a ser eleita pelo New York Times como um dos 41 locais a visitar e a considerá-la um dos emergentes pontos culturais da Península Ibérica. Guimarães tem uma vida cultural interessante. Para além dos museus, monumentos, associações culturais, galerias de arte e festas populares, tem desde Setembro de 2005 um importante espaço cultural, o Centro Cultural Vila Flor, com dois auditórios, um centro expositivo, e um café-concerto. Escolhida para ser Capital Europeia da Cultura em 2012 juntamente com Maribor, cidade da Eslovénia. Ela possui diversos espaços culturais de referência na região e a nível nacional. Entre os diversos museus da cidade, destaca-se o Museu de Alberto Sampaio, criado em 1928 e aberto ao público desde 1931, dependente atualmente do Instituto dos Museus e da Conservação] e situa-se nas antigas instalações do Cabido da Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira. Possui um rico acervo, constituído principalmente por peças dos séculos XIV, XV, e XVI . No Verão, numa iniciativa ímpar em Portugal, encontra-se aberto à noite.

50 | ami


ami | 51


Guimar達es is located in the lower Minho region where green spans on Earth, covering the hills with extensive pine forests, and valleys with high vineyards, which give the Earth a unique feature in the Portuguese territory Assembly. The current Council knew Guimar達es in the best way, the story and subsequent maintenance of dynamism and entrepreneurship that characterize the modern cities, which manifested itself in the nomination for European Capital of culture in 2012, factors that led Guimar達es to be elected by the New York Times as one of the 41 places to visit and consider it one of the emerging cultural spot of the Iberian Peninsula. Guimar達es has an interesting cultural life. In addition to the museums, monuments, cultural associations, art galleries

52 | ami

and festivals, has since September 2005 1 important cultural space, the Centro Cultural Vila Flor, with two auditoriums, Exhibition Centre, and a cafe-concert. Chosen to be the European Capital of culture in 2012 along with Maribor, city of Slovenia. She has several cultural center of reference in the region and nationally. Among the many museums of the city, Alberto Sampaio Museum, created in 1928 and opened to the public since 1931, currently dependent of the Institute of Museums and conservation] and is located in the former premises of the Fit of the Collegiate Church of our Lady of Oliveira. Has a Rico acquis consists primarily of pieces of centuries XIV, XV, and XVI. In the summer, a unique initiative in Portugal, is open in the evenings.


ami | 53


As margens do Douro

54 | ami


ami | 55


56 | ami


ami | 57


58 | ami


ami | 59


Foto RUY MORAES Modelo BARBARA TORRES Direção de Figurino THAIS FILGUEIRA Produção ANA VITORINO Beleza MATTOS.MAKEUP Locação XERPAS CAIS DE GAIA PORTUGAL Figurino e Acessórios Estúdio Pinheiro A.BRAND CANAL CONCEPT POPUP STORE Calçado CANAL CONCEPT TAQUILLABRASIL 60 | ami


ami | 61


“CULTURA INSÔNIA”

Toz 62 | ami


Caixa Cultural Rio de Janeiro Av. Almirante Barroso, 25 – Centro Funcionamento: ter – dom, 10h às 21h

ami | 63


REESTREIA NA CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO BRASIL

29.05 a 26.08 Tomaz Viana - TOZ

Seja nas telas, em toy arts ou nos muros da cidade, o baiano Toz criou uma verdadeira galeria de personagens. É dele, por exemplo, o monstrinho Shimu, que se prolifera pela urbes carioca, e Nina, delicada garotinha de traços orientais e cabelos ao vento. Desde setembro do ano passado, no entanto, um desenho menos conhecido seu vem roubando a cena. É o Insônia que, depois de protagonizar uma individual no Museu da Chácara do Céu até janeiro deste ano, chega nesta terça-feira, 29 de maio, à Galeria 3 da Caixa Cultural Rio de Janeiro. Nela, Toz apresenta dez telas e esculturas – uma delas, formada por diversos manequins – e duas instalações, uma delas interativa. As obras retratam Insônia e seus iguais, a “Cultura Insônia” que dá nome à individual. A civilização imaginária foi a maneira que o grafiteiro encontrou de discutir a herança da cultura africana no Brasil. Mais do que isso, porém, o personagem é também um alter-ego de Toz. Pelo menos de acordo com o autor do texto curatorial da mostra, Felippe Moraes, que descreve ambos criador e criatura como eternamente inadequados (leia o texto completo aqui)

64 | ami

– Meu objetivo com essa exposição é provocar reações – declara o grafiteiro, que lidera uma visita guiada junto ao público nos sábados de 16 de junho, 14 de julho e 18 de agosto. – Acho que a arte tem que cumprir esse papel. Ela deve causar qualquer tipo de reação, seja de carinho, de amor, de raiva, e também propor uma reflexão.


ami | 65


ISLĂ‚N Por Silje Johansen

Texto e fotos: Silje Margrethe Johansen Instagram: @siljemajo Email: siljemajo@gmail.com

66 | ami


NDIA ami | 67


ISLÂN Islândia Por Silje Johansen Quando se visita a Islândia é difícil não se ficar fascinado com a sua grande diversidade e contrastes naturais, o cheiro distinto a enxofre e as suas fontes termais naturais!

além disso está localizada perto de algumas atrações famosas, como a Lagoa Azul, Geyser e Gullfoss.

Uma ótima forma de se explorar este país nórdico é deslocando-se num automóvel que se pode alugar facilmente. A Islândia é perfeita para viajar pelas suas estradas, desfrutando-se assim da oportunidade de se parar onde e quando se quiser, e de se tirar fotos ao longo do caminho. Uma semana é suficiente para ver os destaques. Reiquejavique torna-se no lugar natural para o início da aventura islandesa, pois é lá que a maioria dos visitantes chega quando visitam o país. A capital é considerada uma metrópole cultural, cheia de vida, cafés e lojas da moda, e para

Muitos outros lugares merecem uma visita, como Jökulsárlón e a praia de Diamond, por exemplo. Jökulsárlón é o lago mais profundo que podemos encontrar na Islândia e está continuamente a aumentar à medida que os glaciares vão derretendo. Blocos de gelo maciços flutuam na água exibindo uma vasta variedade de belos tons de azul. Do outro lado da rua fica a praia de Diamond (foto), que é uma praia de areia preta com cristais de gelo de diversos tamanhos que se encontram na areia assemelhando-se a diamantes.

Mesmo considerando que há muito para ver e fazer em torno de Reiquejavique, perder-se muito em não se descobrir mais deste país. A Islândia Esta pequena ilha, localizada no é conhecida pelas suas poderosas Oceano Atlântico Norte, tem uma cascatas e de facto não dececioárea de 103.000 Km2 e apenas cer- nam. É possível chegar bem perto ca de 350.000 habitantes, sendo que da maioria delas, como é o caso da dois terços deles vivem na sua capi- imponente cascata Seljalandsfoss tal, Reiquejavique, números que fa- (foto), onde se pode mesmo paszem da Islândia o país menos povo- sear por trás dos seus 60 metros de ado da Europa. altura de água, como Justin Bieber faz no seu videoclipe “I’ll show you ”, Se é um amante da natureza ou um que foi filmado na Islândia. entusiasta da fotografia prepare-se para ficar surpreendido com a be- A poderosa cascata Dettifoss mereleza deste país. Os horizontes são ce também uma visita. Com um délongínquos tornando a visão vasta. bito de 500 metros cúbicos de água Cascatas, campos verdejantes, gei- por segundo, detém o maior volume seres, praias, vulcões, campos de de cascatas da Europa, e pode ser lava e glaciares, são algumas das experienciada por ambos os lados. belezas naturais que esta terra do Aproveite o local e não perca a fogo e do gelo tem para contem- oportunidade de apreciar a espetaplar, dando a parecer que se está cular cascata de Selfoss (foto), apeperante um autêntico conto de fa- nas a algumas centenas de metros das! de distância de Dettifoss.

68 | ami


NDIA Mývatn Banhos Quentes Godafoss Mývatn

ami | 69


ISLÂN Apenas a cerca de uma hora e 40 minutos de carro dos blocos de gelo em Jökulsárlón, vamos encontrar o desfiladeiro do rio Fjaðrárgljúfur (foto), que tem aproximadamente 2 milhões de anos e 100 metros de profundidade. Campos verdes exuberantes cercam este desfiladeiro e o contraste dos blocos de gelo é admirável. O lugar tem trilhos para caminhada e oferece um aprazível cenário panorâmico, podendo este ser o lugar perfeito para se sentar, apreciar a vista e libertar a tensão do corpo.

faltam motivos para visitar a Islândia, por isso… tenha uma boa viagem, aprecie, e deixe-se surpreender! Ieland by Silje Johansen

When visiting Iceland it´s hard to not become fascinated by its great diversity and nature contrasts, the distinct smell of sulfur and the natural hot springs! This small island located in the North Atlantic Ocean has only got approximately 350.000 inhabitants, whereas two-thirds of them live Outra atração bem apelativa, loca- in its capital, Reykjavik. With an area lizada no norte da Islândia, é Mývatn of 103.000 km2 it makes Iceland the (foto), mais um lugar excelente para least populated European country. se livrar de todo aquele stress e preocupações. O lugar é incrivelmente If you are a nature lover or a photo bonito e emana tranquilidade. Mý- enthusiast, get ready to be blown vatn tem a sua própria lagoa azul, away by this country’s beauty. The uma floresta com águas calmas e horizon is wide and the sight is open. um pôr-do-sol fabuloso. Não deixe Waterfalls, green lush fields, geysirs, por visitar perto, os campos de lava beaches, volcanoes, lava fields and (foto) e o vulcão Krafla, enquanto glaciers are only a small part of what estiver por esta área. this land of fire and ice has to offer. This is as close to a fairytale as it gets! Por fim, e após um dia cheio de intensas vivências, nada melhor para A great way to explore this Nordic relaxar do que dar um mergulho country is to rent a car to get arounuma das muitas lagoas ou pisci- nd. Iceland is perfect for a road trip nas geotermais. Elas estão localiza- as it’s nice to have the opportunity dos por todo o país e não é preciso to stop and take pictures along the que o tempo esteja bom ou quente way. One week is enough to see the para as aproveitar, pois elas já são highlights. Reykjavik becomes the quentes por natureza. Fica garan- natural place to start the Icelandic tida uma experiência única de ba- adventure, as this is where most visinho na antiga e escondida Piscina tors arrive when they visit the country. Seljavallalaug por exemplo, um lo- The capital is considered a cultural cal onde os moradores aprenderam metropolis, full of life, exciting café’s a nadar. Esta piscina tem 25 metros and trendy shops, and besides that de comprimento, é alimentada por is located close to some famous atuma fonte termal nas proximidades tractions, like the Blue Lagoon, Geysir e cercada por belas montanhas. and Gullfoss. E pronto, como você pode ver, não

70 | ami


NDIA Selfoss Seljavallalaug Skogafoss

ami | 71


ISLÂN Even considering there`s plenty to see and do around Reykjavik, there is a lot to miss out by not discovering more of the country. Iceland is known for its many powerful waterfalls, and they do not disappoint. You can get really close to most of them, like the imposing Seljalandsfoss waterfall (photo), where you can even take a stroll behind the 60-meter-high of water, like Justin Bieber does in his music video “I’ll show you”, which was filmed in Iceland. The powerful Dettifoss waterfall is also worth a visit. With 500 cubic meters of water per second, it has the greatest volume of all waterfalls in Europe and it can be experienced from both sides. Do not miss out the spectacular Selfoss waterfall as well (photo), just a couple of hundred meters away from Dettifoss.

so this is the perfect place to just sit down, enjoy the view, and release the tension of your body. One more appealing attraction, located in the north of Iceland, is Mývatn (photo), another outstanding place to go to zone out all stress and worries. The place is breathtakingly beautiful and discharge tranquility. Mývatn has got its own blue lagoon, peaceful small waters in the forest, and fabulous sunsets. You should also give Krafla lava fields (photo) and volcano a visit while you are in this area.

Lastly, after a day filled with impressions, there is no better way to calm down than having a swim in one of the many relaxing natural hot springs. They are located all over the country and you don’t need great or warm weather to enjoy them, as they are already warm. You have guaranteed a unique bathing experience in the old and hidden Seljavallalaug Pool for example, a spot where the locals learned to swim. This pool is 82 foot long, fed by a hot spring nearby, and surrounded by beautiful mountains.

Many other places deserves a visit, like Jökulsárlón and Diamond beach for instance. Jökulsárlón is the deepest lake in Iceland and is continuously growing as the glaciers are melting. Massive ice blocks are floating around in the water with all shades of beautiful blue tones. Right across the street stays the Diamond beach (photo), which is a black sand beach with Ice crystals of all sizes lying on Well, as you can see, there`s no shorthe sand looking like enormous dia- tage of reasons to visit Iceland, so… monds. have a nice trip, enjoy, and let yourself be surprised! Just about an hour and 40 minutes drive from the ice blocks in Jökulsárlón, we’ll find the river canyon Fjaðrárgljúfur (photo), which is approximately 2 million years old and 100 meters deep. Green lush fields surround the canyon and the contrast from the ice blocks is overwhelming. The place has walking paths and offers the most incredible panoramic scenery,

72 | ami


NDIA Praia Diamond

Fjaðrárgljúfur Krafla

ami | 73


Vendas: @carioca.bkn - bkncarioca@gmail.com

74 | ami

ed11  

Estamos em um novo momento da revista Ami. Agora metade da Ami tem o coração em Portugal e o outro continua aqui no Espírito Santo. Esta edi...

ed11  

Estamos em um novo momento da revista Ami. Agora metade da Ami tem o coração em Portugal e o outro continua aqui no Espírito Santo. Esta edi...

Advertisement