Page 6

“O olhar de um

Amazônida”

por Yoshio Yamada

N

o último dia 20/08, no Museu da Universidade Federal do Pará, aconteceu o vernissage de Yoshio Yamada. Uma mostra retrospectiva, que vale a pena conferir, das obras do fundador do Grupo Y. Yamada que traz 37 pinturas nas técnicas óleo sobre e tela e sumi-e retratando a Amazônia. O evento contou com presenças ilustres e iniciou com um discurso da diretora do Museu da Universidade Federal do Pará e curadora da mostra, a Prfª. Msc.

rica história do imigrante japonês. Logo depois, foi aberta a exposição e todos puderam comprovar a grande habilidade que o Sr. Yoshio tinha como artista, uma verdadeira declaração de amor pelo lugar que o acolheu, pois suas obras revelam o olhar apaixonado pelas coisas amazônicas deste homem que adotou o Pará como sua terra. Durante a exposição foi servido um elegante coquetel e os convidados puderam admirar as obras do Sr. Yoshio ao som refinado da orquestra de cordas do músico MarcusArraes. A exposição marcou também as programações em comemoração aos 100 anos de imigração japonesa no Brasil, a lembrança dos 35 anos de morte de Yoshio Yamada e o aniversário de 58 anos de fundação do

“Eu amo a natureza amazônica. Não pinto o estado natural das coisas. Minha pintura é baseada na minha impressão (...)” Yoshio Yamada

Jussara Derenji, que falou sobre a importância de Yoshio Yamada como artista para a Amazônia; Hiroshi Yamada, filho do homenageado que discursou em nome da família e do Grupo Y.Yamada sobre a valorização do artista e da pessoa Yoshio Yamada e também agradeceu à merecida acolhida da mostra pelo museu da UFPA; o Reitor da UFPA, o Profº Dr. Alex Fiúza de Mello, que agradeceu a doação de um elevador, pelo Grupo Y. Yamada, ao museu no intuito de facilitar o acesso de todos à cultura. Além disso, o público ganhou mais um espaço para arte com reforma do segundo andar do prédio. Portanto, todos terão acesso pela, primeira vez, à parte superior do Palacete Montenegro. Em seguida, os convidados admirados puderam acompanhar, através de um telão exposto no jardim do museu, um belo documentário contando a

06

EDIÇÃO 81 [SETEMBRO 08]

p a r a m a i s . c o m . b r

Grupo Y. Yamada. Foi um vernissage memorável, com uma exposição digna do artista valoroso que Yoshio foi, uma noite para entrar na história da cultura paraense.

O artista Yoshio Yamada No início do século XX, em 1928, Yoshio Yamada, saiu, pela primeira vez, de sua terra natal, Numazu, província de Shizuoka, no Japão, para o Brasil mais especificamente para nossa região, o Pará. Depois de um mês viajando a bordo do Navio Manila Maru, chega à Amazônia. Para Yo s h i o f o i “ a m o r à primeira vista”. Voltou definitivamente em 1931, já casado com sua eterna companheira Aki Yamada, quando começa a traçar a sua trajetória em terras amazônicas.

Pará+ 81  
Pará+ 81  

Olhar Amazônida

Advertisement