Page 47

Alfacaroteno: o nutriente “colorido” que ajuda a viver mais

O aumento do consumo de alfacaroteno está ligado a uma vida mais longa e saudável

Pele

não são definitivas. “Os resultados não especificam a relação entre alfa-caroteno e outros antioxidantes e se o consumo dessa substância separada das outras não teria o mesmo resultado incipiente do consumo de beta-caroteno”, afirma. Mas ele ressalta que foi definitivamente comprovada a redução de risco de doenças graves com o consumo de alimentos ricos em alfacaroteno. Assim, a maneira certa de aproveitar a descoberta é inserir cenoura no cardápio. E moranga, e laranja, e brócolis, e espinafre.

Por conta das propriedades antioxidantes, que combatem os radicais livres, o consumo de substâncias carotenoides tem importância especial para a saúde da pele. A ingestão de alimentos ricos em alfa e beta-caroteno evita o aparecimento de manchas e rugas. Tais propriedades fazem ainda mais diferença durante o verão. Isso porque elas combatem os efeitos negativos da radiação solar. “O caroteno também auxilia na pigmentação da pele, melhorando o bronzeado”, conta a nutricionista Fernanda Damas.

Cor

Ranking

O alfa-caroteno é um pigmento natural presente em frutas e verduras, em especial as de cor laranja, do grupo dos carotenoides. Formado por hidrogênio e carbono, tem propriedades antioxidantes, ou seja, bloqueia os efeitos negativos dos radicais livres nas células do corpo.

Concentração de alfa-caroteno nos alimentos (ug/100g) » Cenoura cozida, enlatada ou congelada - 3.700 » Cenoura crua - 3.600 » Moranga (Jerimun) - 3.800 » Pimenta-vermelha - 60 » Laranja - 20 » Ervilha - 16

www.paramais.com.br

Pigmento alfa-caroteno reduz chances de doenças do coração, AVC e câncer.indd 47

Fonte: Mangels et al (Associação Médica Americana)

Certamente você já ouviu falar muito mais em betacaroteno do que em alfacaroteno. Os dois são antioxidantes que se diferenciam pelas ligações químicas de suas estruturas moleculares. Mas o que pouca gente sabe é que o alfacaroteno tem se mostrado mais eficaz para viver mais e melhor do que o mais conhecido betacaroteno. Isso é o que revelam novos estudos realizados nos Estados Unidos e divulgados no fim do ano passado. Os pesquisadores avaliaram a concentração de alfacaroteno nos organismos de 15.318 adultos americanos, acompanhados por um período médio de 13 anos. Depois do monitoramento dos voluntários, os responsáveis pela pesquisa chegaram à conclusão de que adultos com altas concentrações de alfacaroteno no sangue têm probabilidade de viver mais tempo. Verificou-se que a concentração de alfacaroteno nos organismos analisados foi inversamente associada com risco de morte. As mulheres tendem a ter concentrações levemente maiores do nutriente do que os homens (5,31 micrograma por decilitro contra 4,22 nos homens). A equipe encontrou uma correlação particularmente entre os níveis mais elevados de alfacaroteno e um menor risco de morte por diabetes, trato respiratório superior e câncer no trato digestivo, assim como infecções respiratórias. Mas não adianta sair correndo atrás de um suplemento que traga a substância em sua fórmula. Ao contrário do betacaroteno, o alfacaroteno não é frequentemente encontrado nos polivitamínicos e outros suplementos comuns alimentares, o que sugere que a maioria das quantidades encontradas no sangue das pessoas vem de alimentos (principalmente das cores laranja, amarelo escuro e verde) como brócolis, cenoura, couve, alface, ervilhas, abóbora, espinafre e batata doce. E um estudo de caso realizado anteriormente, foi descoberto que comer mais desses tipos de vegetais ricos em alfacaroteno leva a uma diminuição do risco de câncer de pulmão. O resultado confirma que o aumento do consumo de frutas e legumes (ricos em carotenoides) está ligado a uma vida mais longa e saudável, e muitas vezes, independente dos fatores do estilo de vida. “Esses resultados mostram que devemos aumentar o consumo de frutas e vegetais para prevenir a morte prematura”, concluíram os pesquisadores.

Pará+ 47

23/01/2012 14:50:36

Pará+ 119  
Pará+ 119  

Salve Belém! O turismo em foco

Advertisement