Page 31

2009

CF Consolidado (SE 01 a 42) Dengue Clássica (DC)

4.532

Dengue com complicação (DCC) Febre Hemorrágica da Dengue (FHD)

6.673

%Variação 47%

252

178

29%

103

91

12%

Síndrome do Choque da Dengue (SCD) Confirmados

2010

4

5

4.891 6.947

25% 42%

Atenção senhores médicos! 10% dos casos de dengue acontecem com complicações. E o não-cuidado clínico adequado pode levar a óbito. Portanto, ao examinar seu paciente, preste atenção nos seguintes sintomas: Febre; Cefaleia; Mialgia; Artralgia; Dor retrorbitária; Sangramento espontâneo ou prova do laço positiva. Fique atento também à necessidade de hidratação e a sinais de alerta como: Dor abdominal contínua; Vômito; Sonolência; Irritabilidade (principalmente em crianças); Diminuição da diurese; Desconforto respiratório; Aumento do hematócrito; Diminuição de plaquetas no hemograma. A presença de um sinal de alerta é motivo para internamento hospitalar. Oriente seu paciente domiciliar para a importância do fim da febre. No caso da dengue, este é um momento crítico. É quando, muitas vezes, surgem complicações.

Municípios de Risco Muito Alto para Dengue Nome dos Municípios

Abel Figueiredo

Curionópolis

Salinópolis

Barcarena

Dom Eliseu

Santa Bárbara do Pará

Belterra

Irituia

Santa Isabel do Pará

Benevides

Jacundá

São Domingos do Araguaia

Bom Jesus do Tocantins

Marabá

São Félix do Xingu

Brejo Grande do Araguaia

Marituba

São João do Araguaia

Cametá

Parauapebas

São Miguel do Guamá

Canaã dos Carajás

Pau D'Arco

Tracuateua

Conceição do Araguaia

Redenção

Tucumã

Concórdia do Pará

Rondon do Pará

Xinguara

Cumaru do Norte

Rurópolis

Total

paramais.com.br

32

Representatividade dos Casos Confirmados de Dengue no Pará: Por Município, 2010 (até S.E 42)

Município de Residência

Belém Altamira Ananindeua Itaituba Santarém Salinópolis São Félix do Xingu Marituba Abaetetuba Rurópolis Pacajá Juruti Novo Progresso Marabá Redenção Cametá Xinguara Ourilândia do Norte Rio Maria

2010

% de Representatividade dos casos

1544

22,05%

1238

17,68%

458

6,54%

301

4,30%

268

3,83%

215

3,07%

189

2,70%

188

2,68%

159

2,27%

150

2,14%

137

1,96%

135

1,93%

127

1,81%

95

1,36%

93

1,33%

90

1,29%

88

1,26%

87

1,24%

81

1,16%

Representatividade

Acumulada

22,05% 39,73% 46,27% 50,56% 54,39% 57,46% 60,16% 62,84% 65,11% 67,26% 69,21% 71,14% 72,95% 74,31% 75,64% 76,92% 78,18% 79,42% 80,58%

Municípios com risco alto - Abaetetuba; - Água Azul do Norte; - Baião; - Bannach; Belém; - Bragança; - Bujaru; - Cachoeira do Piriá; - Floresta do Araguaia;- Igarapé-Miri; - Itaituba; - Itupiranga; - Juruti; Mãe do Rio; - Maracanã; - Nova Ipixuna; - Novo Progresso; Novo Repartimento; - Oriximiná; - Ourém; - Ourilândia do Norte; - Pacajá; - Palestina do Pará; - Piçarra; - Portel; - Rio Maria.; Santarém; - Santa Maria das Barreiras; - Santa Maria do Pará; - São Antônio do Tauá; - São Francisco do Pará; - São Geraldo do Araguaia; - São João de Pirabas; - Soure; Tailândia; - Tomé-Açu; - Tucuruí; - Ulianópolis

Risco muito alto - Abel Figueiredo; - Barcarena; - Belterra; - Benevides; - Bom Jesus do Tocantins; - Brejo Grande do Araguaia; - Cametá; Canaã dos Carajás; - Conceição do Araguaia; - Concórdia do Pará; - Cumaru do Norte; - Curionópolis; - Dom Eliseu; Irituia; - Jacundá; - Marabá; - Marituba; - Parauapebas; - Pau d'Arco; - Redenção; - Rondon do Pará; - Rurópolis; Salinópolis; - Santa Bárbara; - Santa Izabel do Pará; - São Domingos Araguaia; - São Félix do Xingu; - São João do Araguaia; - São Miguel do Guamá; - Tracuateua; - Tucumã e Xinguara. P

31

Pará+ 107  

A inauguração das eclusas de Tucuruí

Advertisement