Page 1

Edição 8 | Setembro/Outubro 2013

Barraca de luxo

Conheça o Opera, precursor do Glamping, camping com glamour

Natureza

Para quatro

Encapsulados

A história da menina Tippi, criada junto aos animais

smart fourjoy revê o conceito dos compactos

Transporte do futuro pode ser revolucionado


Editorial

Oito vezes O número oito, quando posto de lado, se transforma no símbolo que representa o infinito. Aquilo que não tem fim, talvez desconheça princípio, que simplesmente existe hoje porque sempre existiu. Um mistério. Na capa desta edição tão mística, damos uma palhinha sobre

Índice

/REVISTAALPHAVIEW

EXPEDIENTE

A sua

leve

Rua Vitória, 144 - Parque Tariguara CEP: 06703-270 | Cotia - SP contato@editoraoutrolado.com.br Núcleo de planejamento editorial Editora chefe: Fernanda Kinuko Editor de arte: Fernando Gomes

próximo dos grandes animais das savanas africanas. E nas grandes cidades, saturadas pelo aumento do número de veículos individuais, o smart aparece reinventado numa ver-

natureza Tippi, a garota que domou o mundo animal

carro smart fourjoy, o carro que revolucionou o conceito dos compactos

18

Condomínios residenciais e empresariais de Alphaville, Tamboré, Bethaville, Granja Vianna e região Impressão Tiragem: 10 mil exemplares

da pelos pais, fotógrafos da vida selvagem, num convívio bem

Bombons de Jack Daniels, banho retornável, sapatos dobráveis e muito mais

Distribuição

interior uma barraca luxuosa, desmontável, completa e de fácil

Em Natureza, a incrível história de vida da menina Tippi, cria-

ta

O Outro Lado Editora e Comunicação

MB Artes Gráficas

de um veículo sobre rodas.

revis

Responsável pela publicação:

como funciona o Ópera, um reboque que comporta em seu transporte. Com ele, vai ser fácil querer ganhar o mundo a bordo

6 8 12

Pout Pourri

Casa Opera, uma suíte luxuosa em meio à natureza

Anuncie conosco

(11) 2772-3223

24

Ciência O transporte em cápsulas super velozes

são fourjoy, compacta, mas que abriga até quatro passageiros confortavelmente. E no ramo da Ciência, uma proposta de transporte de pequeno e grande porte inusitada: dentro de cápsulas super velozes. Para o Dia das Crianças, sugestões incríveis, que tem de tudo para agradar os pequenos. Boa leitura, boas ideias, ótimas compras! Fernanda Kinuko - Editora Chefe fernanda@villepublicidade.com.br 4 Revista alpha view | Setembro/Outubro

28

Dia das Crianças Presentes, presentes e presentes

Setembro/Outubro 2013 | revista alpha view 5


POUT POURRI

Sapatos dobráveis

Chocolate Jack Daniels

O designer Horatio Yuxin Han inventou uma solução para aqueles que viajam muito e costumam ter probleminhas com excesso de bagagem: o sapato dobrável. Com a criação, que inicialmente tem o aspecto de uma folha 1 cm com recortes e fissuras, é possível transportar o calçado sem se preocupar com o espaço e, ao chegar ao destino, montá-lo como uma espécie de “dobradura inteligente”. O material utilizado para a confecção é o EVAum tipo de espuma emborrachada.

A fabricante suíça de chocolates Goldkenn criou uma novidade capaz de hipnotizar os que apreciam a degustação de um bom whisky: iguarias recheadas com o sabor do famoso Jack Daniels. A sofisticação do produto, segundo os criadores, é destinada àqueles “com o coração rebelde e um espírito livre”. Na apresentação, cinco diferentes estilos: barra, trufas, sticks, bombons na lata e edição especial para presente. O você está esperando para escolher o seu?

Banho reutilizável

Na onda dos produtos conceito que integram tecnologia e sustentabilidade, quatro estudantes da Turquia resolveram unir o momento do banho à, pasmem, a hora de lavar roupas. Com a Washit, uma espécie de máquina de lavar roupas gigante, com compartimento lateral onde ficam acoplados box e chuveiro, toda água utilizada no banho é reaproveitada para outro fim. Segundo os inventores, trata-se de uma alternativa inteligente ao desperdício frequente, já que, em 15 minutos de banho, perde-se aproximadamente 150 litros de água. A ideia é que o produto ficasse disponível em locais públicos, como aeroportos ou academias, e até em residências. Que sacada, não?

Cerveja que não dá ressaca Cientistas australianos do Instituto de Saúde Griffith criaram uma cerveja conceito capaz de evitar que o consumidor tenha sintomas de ressaca após seu consumo. Na fórmula da bebida, foram incluídos eletrólitos, minerais que o corpo perde por conta da desidratação provocada pela ingestão excessiva de cerveja. A perda deles é a principal causa do mal estar após uma cervejada. Apesar do teor alcoólico ter sido ligeiramente diminuído, os pesquisadores afirmam que não houve alterações no sabor da bebida. Apesar do sucesso que faria, o produto não tem data para ser lançada no mercado.

curiosidades + Sustentabilidade + decoração + vitrine + bem-estar + moda + novidades + Sustentabilidade + decoração Sustentabilidade + decoração + vitrine + bem-estar + moda + novidades + tendências + curiosidades + Sustentabilidade curiosidades + Sustentabilidade + decoração + vitrine + bem-estar + moda + novidades + Sustentabilidade + decoração

curiosidades + Sustentabilidade + decoração + vitrine + bem-estar + moda + novidades + Sustentabilidade + decoração + vitrine + bem-estar + moda + novidades + tendências Sustentabilidade + decoração + vitrine + bem-estar + moda + novidades + tendências + curiosidades + Sustentabilidade + decoração + vitrine + bem-estar + moda + novidades curiosidades + Sustentabilidade + decoração + vitrine + bem-estar + moda + novidades + Sustentabilidade + decoração + vitrine + bem-estar + moda + novidades + tendências


natureza

A menina da floresta Tippi passou a infância entre tribos e animais africanos acompanhando a rotina dos pais, fotógrafos da vida selvagem

M

uitas pessoas já se encantaram nos cinemas e nas novelas com histórias de crianças criadas por animais, que passaram a fazer parte do bando e a viver intimamente na densa floresta, como Mogli, o menino lobo. O que pouca gente sabe, porém, é que a maioria dessas histórias foi inspirada numa fonte em comum, a infância selvagem da garotinha Tippi Benjamine Okanti Degre, cujos pais, os fotógrafos freelancers

8 Revista alpha view | Setembro/ Outubro 2013

Alain Degre and Sylvie Robert, criaram em meio à savana africana, enquanto empreendiam-se em projetos que registravam a vida selvagem. Setembro/ Outubro 2013 | revista alpha view 9


natureza

Nascida na Namíbia, Tippi acompanhou a aventura paterna e materna, aprendendo a cultivar a essência da natureza em cada movimento e tornando-se uma parte do ambiente em que foi se desenvolvendo. Os pais, atentos a cada passo da criança, registraram momentos raros de interação com a vida animal, desde a amizade que floresceu na companhia de grandes mamíferos, como os elefantes, até cobras, sapos, macacos, crocodilos e onças. A garota também ganhou a confiança de tribos locais como os Bushmen e os Himba, de Kalahari, que lhe ensinaram seu modo de vida e linguagem, além de técnicas de sobrevivência na mata. As excentricidades da infância de Tippi viraram um livro que conta sua trajetória, chamado My Book of Africa (Meu livro da África), ilustrado com fotos inéditas da menina que cresceu junto dos animais e nunca mais se separou deles. Os depoimentos que acompanham as imagens são relatos de vida da própria garota, agora estudante de cinema na França. Tippi escreveu com os pais ainda outro livro, Tippi of Africa (Tippi da África), onde relata suas experiências em forma de aventura. Ela ainda retornou ao continente outras seis vezes, quando produziu uma série de documentários que foram ao ar pela Discovery Channel.


carro

Carro pequeno para

cidade grande Smart Fourjoy ĂŠ aberto, eclĂŠtico e tem lugar para quatro passageiros

12 Revista alpha view | Setembro/Outubro 2013

Setembro/Outubro 2013 | revista alpha view 13


carro

S

em portas, sem janela traseira e com teto aberto, o smart fourjoy dispensa todo o peso desnecessário. Ao mesmo tempo, esta configuração proporciona ao observador uma vista integral de seu interior futurista, com um marcante banco traseiro no estilo de um sofá, indicação de que o carro oferece amplo espaço para quatro pessoas. Com suas dimensões compactas (comprimento/largura/altura: 3494/1978/1494 milímetros) e diâmetro de giro de 9,1 metros, o smart fourjoy tem a agilidade típica da marca e está pronto a mostrar seus pontos fortes, especialmente nas grandes cidades de todo o mundo. Graças à propulsão elétrica de última geração, com um motor magneto-elétrico de 55 kW, livre de emissões, o smart fourjoy proporciona uma condução ágil, acelerando sem interrupções para troca de marchas. O carro para quatro pessoas her-

14 Revista alpha view | Setembro/Outubro 2013

dou muitos dos genes do smart original. "O smart fourjoy é um ícone perfeito da filosofia de design da smart, que está sendo transportada para uma nova era. Pela primeira vez estamos mostrando o caráter esportivo do futuro veículo de quatro lugares da família smart", afirma Gorden Wagener, chefe de Design da Daimler AG. "A silhueta típica do smart, a limpeza das linhas e do estilo, além da evolução da "cara" da marca, fazem deste estudo de design um ícone moderno." Numerosos elementos de design fazem referência à primeira série de modelos da smart. Eles incluem os balanços extremamente reduzidos, as rodas posicionadas nos quatro pontos mais extremos, as lanternas traseiras integradas à robusta célula de segurança tridion e o painel de instrumentos esférico. O lançamento oficial do modelo está marcado para o final de 2014.

Setembro/Outubro 2013 | revista alpha view 15


carro

Por fora

A dianteira elevada, deliberadamente tridimensional, cria uma aparência expressiva que saúda o observador com um sorriso ao mesmo tempo amistoso e confiante. O smart fourjoy mostra orgulhosamente o grande emblema da marca na grade dianteira. A estrutura tipo colmeia das entradas de ar na frente e as superfícies convexas e sensualmente conformadas da carroceria reforçam a relação familiar do modelo com os estudos do smart forus (apresentado no Salão de Detroit em 2012) e do smart forstars (mostrado em Paris em 2012). Peças moldadas transparentes cor de petróleo ressaltam o caráter diferenciado do modelo. Elas estão no defletor aerodinâmico no alto do para-brisa dianteiro nas colunas A nas laterais e no aerofólio de teto na traseira. Sua função e cor lembram os bonés de tenistas da década de 1990.

Interior

Sem portas, janela traseira e cobertura no teto, o smart fourjoy traz realmente a cidade para dentro de si. Entre os elementos que conectam o exterior com a parte interna estão as alças para o motorista e passageiros nas soleiras laterais e as aberturas na estrutura do teto. Os itens interiores mais marcantes são os dois assentos dianteiros com aparência futurista e o banco traseiro com design semelhante. Com suas formas orgânicas e esculturais, eles lembram o mobiliário de uma sala moderna. Superfícies suaves e perfuradas se alternam no assoalho do veículo, cuja to16 Revista alpha view | Setembro/Outubro 2013

nalidade escura faz com que os bancos pareçam flutuar. Os bancos e o painel de instrumentos se apoiam em uma estrutura central contínua. Ela apresenta uma superfície convexa, com funções operacionais sensíveis ao toque. Além disso, dois smartphones foram estrategicamente colocados no painel e no túnel central da traseira, proporcionando conexão de ponta e entretenimento para todos os quatro passageiros.

Deslocamento

O sistema de propulsão elétrico alojado na traseira é baseado no utilizado no atual smart fortwo electric drive. Graças ao motor magneto-elétrico de 55 kW, o smart fourjoy é ágil e vivaz ao dirigir. A bateria de íons de lítio tem 17,6 kWh de capacidade. Quando totalmente descarregada, ela leva no máximo sete horas para ser carregada numa tomada doméstica ou em uma estação de carga nos sistemas elétricos da maioria dos países, ou seja, uma noite.

Mobilidade

Dois skates tipo longboard estão fixados no teto do smart fourjoy. Esses skates elétricos permitem percorrer trajetos curtos na cidade, também sem produzir emissões. Os capacetes ficam guardados sob os bancos traseiros. Uma câmera de alta definição, fácil de remover, também está fixada no mesmo local. Ela permite que o passeio nos skates seja gravado e, posteriormente, compartilhado com os amigos nas redes sociais. Setembro/Outubro 2013 | revista alpha view 17


CASA

Suíte sobre rodas Conheça o Opera, a luxuosa barraca que pode ser transportada a qualquer lugar


CASA

Q

uantas vezes você já se pegou sonhando em colocar o pé na estrada sem destino, podendo conhecer lugares incríveis sem abrir mão do conforto da sua casa? Este sonho de uma noite de verão nunca foi tão possível quanto depois da in-

venção do motor home (casa motorizada) Opera. Desenvolvido por uma empresa holandesa, o produto une sofisticação com uma pitada de design moderno. Funciona assim: um reboque guarda dentro de si todo um conjunto voltado ao acampamento, envolto por uma luxuosa barraca,

que tem até varanda. Podendo ser montado em minutos, ele é um convite para os campistas que continuam apaixonados pela natureza, mas não têm mais tanta disposição para enfrentar suas intempéries. O que se vê depois da estrutura montada é um mini refúgio com classe, aquilo que os norte-americanos e europeus costumam chamar de glamping, ou, camping com glamour.

Estrutura

O Opera possui duas camas de solteiro que podem ser convertidas em uma de casal; cozinha com fogão, geladeira e pia com torneira de água quente; um banheiro com chuveiro externo e até varanda. Além disso, uma bússola do lado de fora aponta de que maneira o motor home deve ser estacionado para que os ocupantes possam acompanhar o nascer do sol ao acordarem.

20 Revista alpha view | Setembro/ Outubro 2013

Setembro/Outubro 2013 | revista alpha view 21


CASA Os compartimentos de carga possuem acessos pelo interior e exterior, de maneira a facilitar a montagem e desmontagem dos equipamentos e o armazenamento e retirada de bagagens. O design é inconfundível. Luzes de led por todo reboque reforçam suas características fazendo com que seja facilmente identificado mesmo trafegando à noite.

Opcionais

Entram como opcionais deste sensacional motor home uma área gourmet externa, que pode vir equipada com módulos de forno, churrasqueira e tábua de carnes que, para funcionar, compartilham o gás da parte interna da estrutura. Tudo com apresentação compacta e visual leve. Segundo os fabricantes, o modelo é uma adaptação à realidade europeia, onde os campistas estão envelhecendo e procurando qualidade e conforto na hora de viajar. É ou não é aquilo que faltava para qualquer um se engajar no ideal do campismo e partir de mala e cuia para uma linda aventura?

Setembro/Outubro 2013 | revista alpha view 23


e t r o p s n a r Ot o r u t u f do CIÊNCIA

N

ão há quem, no mundo moderno, não esteja saturado de se locomover por estradas sem infraestrutura e repletas de veículos individuais, que exalam poluição e prendem , mesmo que em suposta liberdade, o homem que vive refém do trânsito das grandes cidades. Pensando nisso e prevendo algo como os meios de transporte idealizados em filmes futuristas ou desenhos como os Jetsons, o bilionário Elon Musk, co-fundador da empresa Tesla Motors e da Paypal e fundador da SpaceX, uma empresa especializada em locomoção espacial, criou um transporte terrestre baseado em foguetes.


CIÊNCIA Falcon 1 e Falcon 9, como ele batizou as crias, seriam parte de um projeto chamado Hyperloop, uma espécie de tubo contínuo, suspenso à dezenas de metros do solo, que transportaria pessoas, e até carros, dentro de cápsulas gigantes de alumínio. O Hyperloop inicialmente estaria projetado para ligar lugares distantes à no máximo 1.600 km um do outro. A ideia, que também vai de encontro ao desgaste ambiental causado pela queima de combustíveis fósseis produzida pelos atuais meios de transporte, seria que todo o tubo transportador fosse revestido por células fotovoltaicas, fazendo com que ele seja movido 100% pela captação de energia solar. Só para se ter uma ideia, a distância entre Salvador e Maceió, por exemplo, que é de cerca de 640 km, seria percorrida em 35 minutos. Um empreendimento como este custaria de US$6 à US$ 10 bilhões para ser construído, num prazo de até dez anos. E o preço da passagem, por mais incrível que pareça, seria teoricamente bem mais barato do que uma equivalente de avião, girando entre US$ 20 e US$ 30 cerca de R$ 50 ou R$60, para um trecho entre Salvador e Maceió ou São Francisco e Los Angeles. É ou não é o tipo de transporte que gostaríamos de ter no futuro?

26 Revista alpha view | Setembro/Outubro 2013

JUlho/agosto 2013 | revista alpha view 27


Especial

Prepare-se

para o ver達o

Produtos exclusivos para quem quer curtir o calor

Cooler* R$ 199,00

*Produtos Tok Stok

Revestimentos Romero Britto Telhanorte R$ 255,90 m2

Balde para gelo* R$ 69,90

28 Revista alpha view | Setembro/Outubro 2013

Floreira* R$ 590,00

Setembro/Outubro 2013 | revista alpha view 29


CHEGOU A SALA CINEMARK XD NO SHOPPING TAMBORÉ. VENHA CONHECER. UM ABSURDO DE SOM:

7X MAIS POTENTE.

UM ABSURDO DE TELA:

40% MAIOR.

UM ABSURDO DE CINEMA:

SALA XD CINEMARK. CONFIRA OS CINEMAS COM SALAS XD NO SITE


Revista Alpha View | Edição 9  

Barraca de Luxo

Advertisement