Page 22

GOSTO QUE SE DISCUTE

O que você fala dos outros, diz muito de você Claro, você já deve ter ouvido essa frase por aí. Mas você já parou para refletir a respeito da mesma? Você já se perguntou o que as pessoas pensam das suas falas e atitudes? Qual a impressão que você causa nas pessoas que a cercam e com quem troca informações sobre fatos e comportamentos? Vejamos: “Quando Pedro me fala de Paulo, sei mais a respeito de Pedro do que de Paulo”, frase atribuída ao criador da Psicanálise, Sigmund Freud. Verdadeira ou não, ela é apropriada para o tema deste artigo, já que cada um revela um pouco de si mesmo a partir do que identifica no outro. Alguns estudos mostram que bastam apenas poucos segundos para formarmos uma opinião sobre alguém. A maneira como julgamos alguém ou o que falamos a respeito dele estão intimamente relacionados com o nosso jeito de ser. Por exemplo, se sou otimista, vou destacar aspectos mais positivos dos outros. Também o que nos influencia é o peso do momento, ou seja, as circunstâncias que estamos vivendo condicionam o nosso pensamento. A visão que temos de alguém é sempre limitada. Portanto, nenhum julgamento deveria ser definitivo. Tenho compromisso com o que estou vendo, mas também com a limitação do que vejo.

m

b s

22 | AFRODITE

p

e o

A impressão que se tem, ainda mais em tempos de redes sociais, com a proliferação de discursos de ódio, é que as pessoas falam mais mal do que bem dos outros. Também nos derretemos em elogios com frequência, nem sempre verdadeiros e com um ar de “politicamente correto”. Ocupar-se da vida alheia e praticar a maledicência é uma forma de se inserir em um grupo. Mas isso acontece de maneira mais exacerbada com aqueles que levam uma vida vazia, sem sentido. Fico pensando se não se trata de uma estratégia para lidar com as próprias dificuldades, ou seja, falar mal dos outros pode ser uma forma de compensar os nossos próprios complexos.

l

t

relações públicas

O que incomoda? Muitas vezes aquilo que tanto incomoda no outro pode ter relação com uma característica que a pessoa também possui,mas não aprova e nem sempre enxerga

A

j

Lisete Alberici Oselame

k

c

h

v

n

g d

f Adobe Stock

Afrodite38  
Afrodite38  

38ª Edição da Revista Afrodite.

Advertisement