Page 1

PUB SERVIÇO

CHAMADAS E INTERNET NO ESTRANGEIRO

africatoday.co.ao n.º 105 Ano 2013

Arte sem carimbos ou estereótipos Art without stamps nor stereotypes Entrevista exclusiva exclusive Interview

Nástio Mosquito Afrobasket Angola (de novo) campeã Angola champion (again)

Malária | Malaria A cura poderá estar mais próxima The cure may be closer

Dakar A cidade todo-o-terreno The all-terrain city


Todos juntos é a melhor estratégia.

!

VAMOS LÁ

O Banco Oficial do Mundial Hóquei em Patins Angola 2013 apoia a Selecção Angolana.

www.bancobic.ao


por by Cláudia Cardoso Directora Director claudia.cardoso@africatoday.co.ao

O poder da decisão The power of decision

O

M

Homem não nasceu para viver isolado. Nástio en was not born to live alone. Nástio MosMosquito é um performer que vive para servir quito is a performer who lives to serve all todos aqueles que lhe emprestam o seu tempo. those that lend him their time. His speech is O seu discurso é claro, como clara é a sua presclear, as clear is his art performance. Direct tação artística. Directa e sem rodeios. and blunt. A consciência existencial de tempo torna a sua arte asserThe existential awareness of time makes his art assertive: with tiva: com uma pitada de humor, os seus “Curto & Grosso” a hint of humor, his “Curto & Grosso” give cause for reflection. motivam a reflexão. To Nástio, what matters is not to define Angola, but to decide Para Nástio, o importante não é definir Anwhat Angola wants to be... and make the decisions. gola, mas decidir o que Angola quer ser e… Speaking of which, a consortium of five of the major Angolan tomar decisões. telecommunications operators Angola Telecom, Unitel, MSPor falar em decisões, um consórcio das cinTelcom, Movicel and Startel - decided that co maiores operadoras de telecomunicações the country should be a communications Com uma pitada angolanas – Angola Telecom, Unitel, MSTeplatform in Africa. lcom, Movicel e Startel – decidiu que o país de humor, Cross the seas and reach other lands, shordeveria ser uma plataforma de comunicaos “Curto & ten the time... has always been an advenções em África. ture of past centuries. An adventure if we Grosso” de Nástio Cruzar os mares e alcançar outras terras, enconsider the 6400 kilometers that separate curtar o tempo… sempre foi uma aventura Mosquito motivam Cape Town from Rio de Janeiro, a route dos séculos passados. Aventura se considea reflexão that the vessel sponsored by Angola Cararmos os 6400 quilómetros que separam bles will follow through, as a prerequisite With a hint of humor, a Cidado do Cabo do Rio de Janeiro, perof the pioneering entrepreneurial project: curso que a embarcação patrocinada pela the Nátio Mosquito´s to throw overboard long, thin strands of Angola Cables cumprirá, como preâmbulo “Curto & Grosso” give pure glass, about the diameter of a hair, do projecto empresarial pioneiro: lançar ao all united within the optical cable, linking cause for reflection mar longos e finos fios de vidro puro, com Africa to South America. The adventure o diâmetro aproximado de um fio de cabelo, of the new millennium is to communicate todos unidos no interior do cabo óptico, que ligará África à América do Sul. A aventura do novo milénio é comunciar with more speed and less cost! Coming back to the decisions, the Angolans decided the end com mais velocidade, e menos custos! Voltando às decisões, os angolanos decidiram o fim do of the armed conflict and sowed the Peace that they enjoy toconflito armado e semearam a Paz de que hoje desfrutam. day. Now, after 11 years, the Angolan Gross Domestic Product Agora, após 11 anos, o Produto Interno Bruto de Angola increased from 13 to 120 billion dollars and governmental aumentou de 13 para 120 mil milhões de dólares e as pre- forecasts point to an increase of seven per cent a year until visões governativas apontam para um crescimento de sete 2024. And to make a good decision, nothing better than being por cento ao ano até 2024. E para decidir bem, nada melhor well monitored and tracked. The new Economic Observatory do que ser bem monitorizado e acompanhado. O novo Ob- of the Institute of Business Development (IFE - Instituto do servatório Económico do Instituto do Fomento Empresarial Fomento Empresarial) will be the right arm of the economic history of the country. irá ser o braço direito da história económica do país. E como diz Nástio, a responsabilidade é de agir conforme And as Nástio says, the responsibility is to act as the heart o coração de cada um sabe e ordena, mas sempre tomando of each one knows and orders, but always making decisions. decisões. Com maiores ou menores riscos, o Banco Privado With higher or lower risks, the Banco Privado Atlântico deAtlântico decidiu lançar há cinco anos o Projecto LOGOS. cided five years ago to launch the LOGOS Project. And since E como tudo tem um princípio… tomemos boas decisões everything has a beginning... let us take some collective and individual good decisions. colectivas e individuais. Eduquemos, pois, os nossos corações!

Let us then educate our hearts! nº 105 Ano 2013 áfrica today

3


TODAY IN

AT105 Ano 2013 Angola ZOOM

G20, Economia e Damasco G20, Economics and Damascus

África Africa PRIMEIRO PLANO Forefront

Entrevista Interview Nástio Mosquito Arte sem carimbos ou estereótipos Art without stamps nor stereotypes

CRÓNICA Article — ALEGAÇÕES DE DIREITO Allegations of law POR BY DAVID CARDOSO Como quando eu era pequenino! Like when i was little!

06 09 10 12 22

Lusofonia lusophony

24

regiões regions

28

Respira-se português lusófono na universidade We breathe Lusophone Portuguese in the university Observatório Económico Economic Observatory O novo tablet dos empresários The new tablet of entrepreneurs EM FOCO CENTER STAGE Angola-RÚssia Dois gigantes, uma parceria Two giants, a partnership Entrevista Interview Igor Skvortsov Unidos pela banca United by the banking sector

CRÓNICA Article — Zungando POR BY Armindo Laureano O eterno amor da Rua Onze The eternal love of Eleven Street

CONTINENTE VERDE GREEN CONTINENT

Incêndios florestais Wildfires Um drama mundial A world drama Futuro Agora future now Malária Cura à vista Healing in Sight TECNOLOGIA TECHNOLOGY Regata RegatTa Cape2Rio De África à América, ligações por cabos e por mar From Africa to America, cables and sea connections

34 40 46 50 56 60

Investimento social social investment Katinton

64 68

telecomunicações telecommunications NET ONE

74

telecomunicações telecommunications TV CABO

78

GALERIA PRESTÍGIO prestigious GALLERY DESPORTO SPORT Afrobasket 2013

81 88 94

SABER VIVER HOW TO LIVE — JOAIR

Pequenos Gestos, Grandes Passos Small Gestures, Great Steps

Três anos de inovações e tecnologia de ponta Three years of innovation and cutting edge technology Triple Play disponível no mercado “Triple Play” available in the market

Campeões somos nós! We are the champions!

cultura culture Marco Kabenda Um artista sem obrigações An artist with no obligations

discos & LIVROS MUSIC & BOOKS PONTO DE FUGA POINT OF ESCAPE Dakar

A cidade todo-o-terreno The off-road city

SUGESTÃO ARTEH ARTEH suggestion

Farol Design Hotel PEOPLE ROBERT MUGABE Herói e louco: ele tem de tudo um pouco Hero and mad man: he has a bit of everything

Oon.dah

Apresenta Pequeno-Almoço Gourmet Simples, saudável e naturalmente delicioso Presents Gourmet Breakfast Simple, healthy and naturally delicious

4

100 104 110 112 116

EM foco center stage

34

Igor Skvortsov, presidente do conselho de administração do banco VTB África, dá uma entrevista exclusiva à África Today e explica em que áreas Luanda e Moscovo poderão estreitar (ainda mais) as suas relações económicas e comerciais. Igor Skvortsov, Chairman of the Board of Directors of the VTB Bank Africa, gives an exclusive interview to Africa Today and explains in which areas Luanda and Moscow may strengthen (even more) their economic and trade relations. Foto capa Vic Pereiró Directora e Editora Cláudia Cardoso (claudia.cardoso@africatoday.co.ao) Coordenador Editorial Ângelo Delgado (angelo.delgado@africatoday.co.ao) Redacção Editorial Bruno Martins (bruno.martins@africatoday.co.ao) Frederico Gonçalves (frederico.goncalves@africatoday.co.ao) Joana Tavares (joana.tavares@africatoday.co.ao) Mário Domingos (mario.domingos@africatoday.co.ao) Design Editorial/Tratamento de Imagem Inês Rosario (ines.rosario@africatoday.co.ao) Pedro Figueira (pedro.figueira@africatoday.co.ao) Cronistas Alberto Paca, Armindo Laureano, Carlos de Pinto Sousa, Chris Eubank, David Bernardino, David Cardoso, Dulce Lubrano, Fernando Miguel, Hugo Vasques, Luísa Paiva, Manuel Leite Cruzeiro, Manuela Sande, Matadi Daniel, Pedro Klécius, Rui Africano, Valdemiro Diogo, William Franco Tradução Ana Fanha, Cristina Carvalho Revisão Alexandra Pinto Fotografia Humberto Fernandes, José Roberto, Kostadin Luchansky, Pedro Cunha, Rodrigues Tenente, Vítor Lourenço Direcção de Marketing marketing@africatoday.co.ao Departamento Comercial Isabel de Carvalho, Rosa Israel Assinantes assinaturas@africatoday.co.ao

áfrica today nº 105 Ano 2013

Continente Verde GREEN CONTINENT

50

Agosto é, no Hemisfério Norte, sinónimo de centenas de incêndios florestais. Porém, é em África que estas catástrofes mais sucedem. A África Today identificou quais as zonas do globo mais atingidas. August is, in the Northern Hemisphere, a synonymous of hundreds of wildfires. However, it is in Africa that these disasters happen the most. Africa Today identified which areas of the World are hit the hardest. Comunicação Institucional Cândida Mendonça Conteúdos Online/ Edição Digital online@africatoday.co.ao Multimédia Site: www.africatoday.co.ao Redes Sociais www.facebook.com/revistaafricatoday http://twitter.com/revistaat Redacção e Publicidade Rua António Feliciano de Castilho nº 140- Vila-Alice Luanda – República de Angola Telm.: +244 938 380 007 geral@africatoday.co.ao Assessoria Jurídica David Cardoso (Advogado) Pré-Impressão, CTP, Impressão e Acabamento EAL - EDIÇÕES DE ANGOLA, LDA Rua Vereador Prazeres 41-44 , São Paulo. Luanda-Angola Telf.: 222 442 899 / 222 442 109 / 912505063 Distribuição Media Nova Distribuição SA E-mail: pontodevenda@medianova.co.ao Contactos: +244 943 028 039 Propriedade Cláudia Cardoso Angola: Rua António Feliciano de Castilho nº 140- Vila-Alice Luanda – República de Angola Portugal: Rua dos Malmequeres, bloco A - 3º Esq 2775-666 Carcavelos EDIÇÃO: Nº 105 Tiragem 15 000 exemplares Depósito Legal Nº 222113/05 Inscrição ERC Nº 124664 (Portugal) MCS-425/B/06 (Angola)


angola / Governo quer relançar indústria

ww w.s xc

.hu

da madeira e mobiliário Government wants to revive the wood and furniture industry

O Ministério da Agricultura elaborou um plano, em parceria com o Ministério da Indústria, que tem como objectivo relançar a indústria de madeira, mobiliário e afins. O programa em causa visa reduzir o défice actual de produção, estimado em mais de 400 mil metros cúbicos de madeira em toro. The Ministry of Agriculture, in collaboration with the Ministry of Industry, has developed a plan which aims to revive the industry of wood, furniture and suchlike. The program at issue is intended to reduce the current production deficit, estimated at more than 400 thousand cubic meters of roundwood.

/

Angola pretende aumentar produção de diamantes em 5% Angola wants to increase diamond production by 5%

/

Angola adere à Zona de Livre Comércio até 2015

Angola só vai aderir à Zona de Livre Comércio da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) em 2014 ou 2015. Citada pela Angop, a ministra do Comércio, Rosa Pacavira, salientou que ainda há “alguns acertos” a fazer nos sectores da energia e agricultura, entre outros. A zona de livre comércio foi lançada em Agosto de 2007 em Joanesburgo, na África do Sul, durante a 28ª cimeira da SADC.

Angola will only join the Southern Africa Development Community (SADC) Free Trade Area in 2014 or 2015. Quoted by Angop, the Minister of Trade, Rosa Pacavira, pointed out that there is still “some adjustments” to make in the energy and agriculture sectors, among others. The Free Trade Area was launched is August 2007 in Johannesburg, South Africa, during the 28th SADC summit.

/

Wal-Mart em Angola?

Wal-Mart in Angola?

O gigante retalhista norte-americano Wal-Mart tenciona abrir 90 lojas na África subsaariana nos próximos cinco anos, apostando em mercados em desenvolvimento como a Nigéria ou Angola. Segundo Grant Pattison, director executivo da MassMart, a holding que detém a cadeia de supermercados, até ao final do ano será aberta uma loja na África Ocidental. Actualmente, a Wal-Mart tem 359 lojas em 12 países africanos.

The North-American retail giant Wal-Mart intends to open 90 stores in the Sub-Saharan Africa over the next five years, investing in developing markets such as Nigeria or Angola. According to Grant Pattison, CEO of MassMart, the holding company that owns the supermarket chain, a store will be opened in West Africa by the end of the year. Currently, WalMart has 359 stores in 12 African countries.

/

Satélite angolano com financiamento aprovado

Angolan satellite with approved funding

O ministro angolano de Geologia e Minas, Francisco Queiroz, revelou que o objectivo de aumentar em cinco por cento a produção de diamantes pode ser ultrapassado se as condições de mercado o permitirem. Para o corrente ano, o governo estima que a produção chegue aos 11,7 milhões de quilates, permitindo alcançar receitas no valor de 152,1 mil milhões de kwanzas. Já para 2014 está prevista uma produção de 12,8 milhões de quilates, com receitas na ordem dos 179,2 mil milhões de kwanzas. De referir que em 2011 Angola registou uma subida de 17 por cento comparativamente a 2010, com a venda de 8,32 milhões de quilates, obtendo uma receita de 116 mil milhões de kwanzas.

A Rússia libertou o financiamento necessário (37 mil milhões de kwanzas) para o arranque da construção do primeiro satélite de Angola, o Angosat. Trata-se de um projecto a cargo de um consórcio russo cujo lançamento estava inicialmente previsto para 2015, mas deverá ser adiado um ano, devido ao atraso no financiamento. “O processo vai levar dois a três anos, tendo em conta as fases de construção, lançamento do satélite e de construção dos centros de operações, que serão dois: um em Moscovo e outro em Luanda”, disse Dmitri Lobach, embaixador russo em Angola.

6

áfrica today nº 105 Ano 2013

The Angolan Minister of Geology and Mining, Francisco Queiroz, said that the goal of increasing the diamond production by five per cent can be overcome if the market’s conditions enable it. For the current year, the government estimates that the production will reach 11,7 million carats, allowing to achieve revenues of 152,1 billion kwanza. A production of 12,8 million carats is expected to 2014, with revenues around 179,2 billion kwanza. It should be noted that in 2011 Angola has increased 17 per cent compared to 2010, with the sale of 8,32 million carats, getting revenues of 116 billion kwanza.

Angola joins the Free Trade Area by 2015

Russia has released the necessary funding (37 billion kwanza) to the beginning of the construction of Angola’s first satellite, the Angosat. It is a project conducted by a Russian consortium whose launch was originally scheduled to 2015, but must be postponed one year, due to delayed funding. “The process will take two to three years, taking into account phases of construction, satellite launch and construction of the operation centers, which will be two: one in Moscow and other in Luanda”, said Dmitri Lobach, Russian Ambassador to Angola.


angola 

Receitas com petróleo caíram 13% este ano

 Banco do Brasil pode associar-se a banco angolano

Entre Janeiro e Julho, as receitas das exportações petrolíferas de Angola registaram um défice de cerca de 13 por cento, para cerca de dois mil milhões de kwanzas, tendo como referência o mesmo período do ano passado, durante o qual as receitas rondaram os 2,2 mil milhões de kwanzas. Segundo o jornal “Expansão”, as Finanças de Luanda apuram estes números com base nas declarações fiscais submetidas à Direcção Nacional dos Impostos pelas companhias petrolíferas, incluindo a Sonangol e concessionárias.

O Banco do Brasil (BB), que mantém desde 2004 um escritório de representação em Luanda, poderá associar-se a médio prazo a um banco angolano. A hipótese foi sugerida pelo administrador do BB Ângelo Mendes Lima, que adiantou tratar-se de um passo que se enquadra no movimento de associações e aquisições de bancos em Angola. Segundo o Bank of Brazil may responsável, o movimento em associate itself with an causa pode “ocorrer nos próximos anos”. Angolan bank The Bank of Brazil (BB), which since 2004 has a representative office in Luanda, may associate itself to an Angolan bank in the medium term. The assumption was suggested by the Administrator of BB, Ângelo Mendes Lima, who said that it is a step that fits on the movement of banks’ mergers and acquisitions in Luanda. According to the bank´s head, the movement at issue may “take place in the coming years”.

Oil revenues fell 13% this year Between January and July, Angola’s oil export revenues have recorded a deficit of about 13 per cent, to approximately two billion kwanza, when compared to the same period last year, during which the income was about 2,2 billion kwanza. According to the “Expansão” newspaper, Luanda Treasury determines these numbers based on the tax returns submitted to the National Directorate of Taxes by the oil companies, including Sonangol and concession operators.

Cinco mil toneladas de arroz no Kuando Kubango Pelo menos cinco mil toneladas de arroz foram produzidos na Fazenda Longa, município do Kuito Kuanavale, no Kuando Kubango, durante a presente campanha agrícola. De acordo com o governador da província, Joaquim Malitchi, a cifra em causa é uma mais-valia. O responsável adiantou ainda que a campanha agrícola não está muito comprometida, já que o governo provincial tem recebido sementes do Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural que têm sido distribuídas aos camponeses do Kuando Kubango. Espera-se, agora, que haja chuva para a próxima campanha, para que se possa recuperar algumas culturas perdidas no ano passado, na sequência da seca.

 At least five thousand tons of rice were produced in Fazenda Longa, Kuito Kuanavale district, in Kuando Kubango, during the current agricultural campaign. According to the province Governor, Joaquim Malitchi, the number in question is an asset. The official also said that the agricultural campaign is not too compromised, since the provincial government has been receiving seeds from the Ministry of Agriculture and Rural Development that have been distributed to Kuando Kubango’s farmers. Now, it is hoped that it rains in the next campaign, so that some crops that were lost last year, following the drought, can be recovered.

8

áfrica today nº 105 Ano 2013

Fotos Photos: www.sxc.hu

Five thousand tons of rice in Kuando Kubango


corbis

zoom

G20, Economia e Damasco Em São Petersburgo, Rússia, discutiu-se a economia mundial e a intervenção militar na Síria. Washington (a favor) e Moscovo (contra) foram os destaques da cimeira. Na fotografia, colocaram-se em pontas distintas. Da esquerda para a direita: David Cameron, primeiro-ministro inglês, Jim Yong Kim, presidente do Banco Mundial, Barack Obama, Presidente dos Estados Unidos, Angela Merkel, Chanceler alemã, Ban Ki-moon, secretário-geral das Nações Unidas, Susilo Bambang Yudhoyono, Presidente da Indonésia, Recep Erdogan, Presidente turco, Bob Carr, ministro dos Negócios Estrangeiros da Austrália, Vladimir Putin, Presidente russo e Manmohan Singh, primeiro-ministro indiano.

G20, Economics and Damascus In St. Petersburg, Russia, the global economy and the military intervention in Syria was discussed. Washington (in favor) and Moscow (against) were the highlights of the summit. In the photograph, they put themselves in the opposite ends. From left to right: David Cameron, the British Prime Minister, Jim Yong Kim, the World Bank President, Barack Obama, The United States President, Angela Merkel, the German Chancellor, Ban Ki-moon, the United Nations Secretary-General, Susilo Bambang Yudhoyono, the President of Indonesia, Recep Erdogan, the Turkish President, Bob Carr, the Minister for Foreign Affairs of Australia, Vladimir Putin, the Russian President and Manmohan Singh, the Indian Prime Minister.


áfrica Governo investe 13 mil milhões em Mombaça Government invests 13 billion in Mombasa

O maior porto da África Oriental, localizado em Mombaça, no Quénia, está a combater a concorrência da vizinha Tanzânia através da expansão de ferrovias e da construção de novos ancoradouros para evitar congestionamentos. Segundo a agência Bloomberg, o Presidente queniano, Uhuru Kenyatta, vai avançar com um plano para iniciar a construção de um projecto ferroviário no valor de 13 mil milhões de dólares, que ligará Mombaça às capitais do Uganda e Ruanda. The largest port in East Africa, located in Mombasa, Kenya, is fighting the competition of the neighboring Tanzania through the expansion of railways and the construction of new berths to avoid congestion. According to the Bloomberg agency, the Kenyan President, Uhuru Kenyatta, will go forward with a plan to start the construction of a railway project valued at 13 billion dollars, which will connect Mombasa to Uganda’s and Rwanda’s capitals.

/ Nigéria Nigeria Milhares de dólares perdidos com roubos de petróleo Thousands of dollars lost with oil robberies

A Nigéria, primeiro produtor de petróleo em África, perdeu 1,2 milhões de dólares de receitas por mês no primeiro trimestre do ano na sequência de roubos ocorridos no processo de comercialização. “Ao preço médio de 121 dólares o barril, no período de Janeiro a Março, as perdas relativas aos roubos elevaram-se a 1,2 milhões de dólares por mês”, revelou Kingsley Kuku, conselheiro especial do Presidente Goodluck Jonathan para a região do Delta do Niger. Devido a estes roubos, a venda de ouro negro baixou 17 por cento no primeiro trimestre do ano, o equivalente a cerca de 400 mil barris por dia. Nigeria, the largest oil producer in Africa, has lost 1,2 million dollars in revenue per month in the first quarter of the year as a result of thefts which occurred in the marketing process. “At an average price of 121 dollars per barrel, in the period from January to March, the losses related to theft amounted to 1,2 million per month”, stated Kingsley Kuku, special Advisor of the President Goodluck Jonathan for the Niger Delta region. Due to these robberies, the black gold sale dropped 17 per cent in the first quarter of the year, the equivalent to about 400 thousand barrels per day.

10

/ Cabo Verde Cape Verde BAD financia Centro Tecnológico ADB finances Technology Center

Cabo Verde vai receber do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) um empréstimo de 42,7 milhões de dólares para o desenvolvimento do Centro Tecnológico (CT). Segundo o governo cabo-verdiano, o empréstimo, concedido no âmbito do projecto da criação do Parque Tecnológico (PT), inclui a construção do Centro de Dados, de um centro de negócios e instalações comuns, de um espaço de incubação e de um centro de formação e qualificação. O CT, já em construção na Cidade da Praia, representa a primeira fase do futuro PT, devendo toda a infra-estrutura física e os equipamentos estarem operacionais no final deste ano, para funcionar, em pleno, em 2014. Cape Verde will receive from the African Development Bank (ADB) a loan of 42,7 million dollars for the development of the Technology Center (TC). According to the Cape Verdean government, the loan granted within the creation of the Technology Park (TP), includes the construction of the data center, a business center and common facilities, an incubation space and a training and qualification center. The TC, already under construction in Praia, represents the first phase of the future TP, being expected that all the equipment and physical infrastructure are operational by the end of the year, in order to be fully working in 2014.

/ Moçambique Mozambique “Só” 2,4 milhões de pessoas pagam impostos “Only” 2,4 million people pay taxes

De um universo de aproximadamente 11 milhões de possíveis contribuintes, apenas 2,4 milhões de moçambicanos pagam impostos. Segundo a Autoridade Tributária de Moçambique (AT), trata-se de um número de contribuintes que já é significativo, já que há cinco anos a base de dados da AT registava apenas 390 mil contribuintes. “Nos últimos tempos, tem-se verificado um avanço considerável quanto ao número de cidadãos que se inscrevem para a obtenção do NUIT (Número Único de Identificação Tributária) ”, adiantou Hermano Nhatitima, da AT. From a universe of approximately 11 million potential taxpayers, only 2,4 million Mozambicans pay taxes. According to the Tax Authority of Mozambique (TA), it is a significant number of taxpayers, since five years ago TA’s database recorded only 390 thousand taxpayers. “In recent times, there has been a substantial progress regarding the number of citizens who apply for obtaining the NUIT (Tax Identification Single Number)”, said Hermano Nhatitima, from TA.

áfrica today nº 105 Ano 2013

morguefile

/ Quénia Kenya


Primeiro Plano

Arte sem carimbos ou estereótipos Entrevistar Nástio Mosquito é um desafio. Não só profissional, como pessoal. Frontal, astuto e directo, trata as várias temáticas em discussão por “tu”. Arrojado na linguagem, dá respostas que não esperamos. Música, cultura, valores e [um pouco, quase nada] de política são alguns dos assuntos abordados. “Se Eu Fosse Angolano” é o novo disco do artista que não tem mp3, mas que tem feito de Chopin a sua banda sonora. Interviewing Nástio Mosquito is a challenge. Not only professionally but at a personal level. Frontal, cunning and direct he deals very well with the several topics under discussion. Bold with the language, he gives answers that we do not expect. Music, culture, values and [a little, almost nothing] of politics are some of the addressed topics. “Se Eu Fosse Angolano” (“If I Were Angolan”) is the new album of the artist, who does not have mp3, but that has made Chopin his soundtrack.

12

áfrica today nº 105 Ano 2013


Forefront

Art without stamps nor stereotypes

Nรกstio Mosquito

por by ร‚ngelo Delgado &Joana Tavares da Silva Fotos Photos Vic Pereirรณ

nยบ 105 Ano 2013 รกfrica today

13


Primeiro Plano África Today: O seu novo álbum chama-se “Se Eu Fosse Angolano”. O que significa para si este disco? Nástio Mosquito: Trabalhei este álbum com o designer espanhol Vic Pereiró na área gráfica e audiovisual. Já o processo musical foi realizado pelos Expatriots e pelos Muska. Existem imensas coisas neste disco que poderíamos considerar como “mensagens”. As suas leituras não me incomodam. Existe muito pouco trabalho autobiográfico neste Longa Duração, mas não posso negar que foi com todo o coração que o pari ao Mundo! Este disco é, para mim, uma carta de alforria no que toca à relação que mantenho com o público angolano que já acompanha o meu trabalho. Sinto que aqueles que o apreciam têm de sentir um Nástio mais solto e pronto para morrer.

África Today: Your new album is called “Se Eu Fosse Angolano”. What does this album means to you? Nástio Mosquito: I worked this album with the Spanish designer Vic Pereiró in graphics and audiovisual. But the musical process was conducted by the Expatriots and by Muska. There are many things on this album that we could consider to be “messages”. Its readings do not bother me. There is very little autobiographic work in this Long Play, but I cannot deny that it was with all my heart that I brought it to the World! For me this album is a letter of independence in what regards the relationship I have with the Angolan public that already knows my work. I feel like that those who appreciate it need to feel a Nástio that is looser and ready to die.

Há neste projecto alguns temas controversos como a “Escravatura nos Pertence”. Considera-se um crítico por natureza? Não! Por natureza, sou macho. Por espírito, sou feito para servir! Na verdade, não tenho informação, inteligência e predisposição para criticar. O que faço é viver.

There are some controversial issues in this project such as “Escravatura nos Pertence” (“Slavery belongs to us”). Do you consider yourself to be critical by nature? No! By nature, I am male. By spirit, I was made to serve! Actually, I have no information, intelligence and willingness to criticize. What I do is to live.

Como definiria o seu estilo musical? Não tenho a menor intenção de definir o meu próprio trabalho. Tudo o que faço é com o coração e para todos aqueles que me emprestam o seu tempo. É importante para mim que quem se cruze no meu caminho não perca tempo por tê-lo feito.

How would you define your musical style? I have no intention, at all, to define my own work. Everything I do is from the heart and for all those who lend me their time. It is important to me that those who cross my path don’t waste time because they did it.

Este disco [Se Eu Fosse Angolano] é, para mim, uma carta de alforria no que toca à relação que mantenho com o público angolano que já acompanha o meu trabalho

For me this album [Se Eu Fosse Angolano] is a letter of independence in what regards the relationship I have with the Angolan public that already knows my work

E o que ouve no seu mp3? Não tenho leitor de mp3, mas apanhei-me no outro dia a ouvir Frédéric Chopin [compositor polaco de música clássica, do século XIX]. Ficou-me na alma desafiar o Kennedy Ribeiro a fazer uma Kizomba construída numa base melódica de uma famosa peça desse pianista. Também tenho consumido muita música pop. Voltei a ouvir o álbum dos Massive Attack, “Blue Lines”, e estive a investigar um pouco do trabalho de Gershwin. O “Birds of Space”, do José James é obrigatório e na nossa música, em Angola, sou fã de tanta gente que apenas para não deixar ninguém de fora, vou dizer que a nossa música “Kuya”!

And what do you hear on your mp3? I don’t have a mp3 player, but one of these days I found myself listening to Frédéric Chopin [Polish classical music composer of the nineteenth century]. It stuck into my soul to challenge Kennedy Ribeiro to make a Kizomba built on a melody basis of a famous piece of this pianist. I also have been listening a lot of pop music. I listen again the Massive Attack album “Blue Lines”, and I have been investigating some of the work of Gershwin. The “Birds of Space”, from José James is mandatory and in our music, in Angola , I am a fan of so many people that, just not to leave anyone out, I am going to say that our music “Kuya”!

Em 2014 irá passar pela África do Sul e Europa. Está ansioso pela resposta do público? Muito! Estou curioso por conhecer a reacção do público e a preparar umas coisas muito boas! Gostaria, também, de fazer um espectáculo em Angola.

In 2014 you will go to South Africa and Europe. Are you looking forward to the audience response? Very much! I am curious to know the public reaction and I am preparing some very good things! I would also like to do a show in Angola.

14

áfrica today nº 105 Ano 2013


Forefront

Na nossa música, em Angola, sou fã de tanta gente que apenas para não deixar ninguém de fora, vou dizer que a nossa música “Kuya”!

In our music, in Angola , I am a fan of so many people that, just not to leave anyone out, I am going to say that our music “Kuya”!

Diz-se que a sua música é capaz de mudar o Mundo. Acredita nisso? Não, pois só os homens têm capacidade para alterar o Mundo! Percebo essa poesia que revela a capacidade da música, arte e sabe-se lá mais o quê de alterar o rumo da nossa sociedade, mas o Mundo é algo muito mais concreto. A arte tem o seu papel e os homens e as mulheres que estão por trás dessas mesmas coisas têm uma responsabilidade enquanto seres humanos e não enquanto artistas. Têm a responsabilidade de se envolverem com aquilo que o coração de cada um sabe e ordena! Respondendo à pergunta desta forma, quem lhe parece que está a falar: o homem ou o artista?

It is said that your music can change the World. Do you believe that? No, because only men have the ability to change the World ! I understand that poetry reveals the ability of art, music and who knows what else to change the direction of our society, but the World is something much more concrete. Art has its role and the men and women who are behind these same things have a responsibility as human beings and not as artists. They have the responsibility to engage with what each one’s heart knows and orders! Answering the question this way, whom do you think you’re speaking with: the man or the artist?

Como músico nunca actuou em Portugal. Partilha o sentimento comum a muitos artistas de quererem pisar o palco do Coliseu dos Recreios, em Lisboa? Continua a ser um local de culto e prestígio? Claro que sim. É um palco épico, onde assisti a muitos con-

As a musician you have never performed in Portugal. Do you share the common feeling of many artists wanting to step on the Coliseum (Coliseu dos Recreios) stage, in Lisbon? Does it still remain a place of worship and prestige?

///

“Curto&Grosso” é um programa de entretenimento onde Nástio se apresenta de camisa branca e laço preto “Curto&Grosso” is an entertainment program where Nástio presents himself in white shirt and black bow tie

nº 105 Ano 2013 áfrica today

15


Primeiro Plano

Passado e presente. Uma viagem ao mundo de Nástio Past and present. A journey into Nátio’s world António Nástio Mosquito. Este é o seu nome completo. Nasceu em Julho de 1981: 32 anos, portanto. Tem o berço na província do Huambo, mas formou-se em Lisboa, Portugal. É músico, gestor, performer, videasta e, ainda, tudo aquilo que a sua mente fecunda permitir. A criatividade que possui é expressa nas suas motivações, vivências e na genuinidade com que observa o Cosmos.

António Nástio Mosquito. This is his full name. Born in July, 1981: hence 32 years. The cradle was in the Huambo province, but he graduated in Lisbon, Portugal. He is a musician, manager, performer, video artist, and also everything that his fruitful mind might allow. The creativity he owns is expressed in his own motivations, experiences and genuineness with which he observes the Cosmos.

No universo artístico há dez anos, deu início à sua aventura nas artes plásticas em Luanda, capital do seu país natal. “Beijinho no Rabo”, “Contradições”, com Lukeny Fortunato, “Alda Lara à Dentada” e “Huambo Canções que Nunca Ouvi” foram trabalhos realizados por Nástio, alguns deles apresentados na primeira Trienal de Luanda concebida por Fernando Alvim.

In the art world, ten years ago, he began his adventure in the plastic arts in Luanda, the capital of his native country. “Beijinho no Rabo” (“Kiss in the but”), “Contradições” (“Contradictions”) with Lukeny Fortunato, “Alda Lara à Dentada” (“Biting Alda Lara” and “Huambo Canções que Nunca Ouvi“ (“Huambo Songs I Have Never Heard”) were works developed by Nástio, some of them presented in the first Triennial of Luanda, designed by Fernando Alvim.

“A Mulher Fósforo” foi outro dos projectos de sua autoria. Um trabalho onde a fotografia se misturava com a performance e que deu origem a uma colecção de 16 fotografias. Destas, duas fazem parte do espólio de Sindika Dokolo.

“A Mulher Fósforo” (“The Match Woman “) was another of his projects. A work where photographs were mixed with the performances and that gave rise to a collection of 16 photographs. Of these, two are part of the of Sindika Dokolo’s collection.

Foi convidado - pela mesma colecção - a conceber e produzir os vídeos artísticos N02D, Apply It e Estética Vazia em parceria com o artista plástico Yonamine, e ainda uma performance – MYPARTYYOURHOUSE – levada ao Museu de Arte Moderna de Valência (Espanha). Tudo isto enquanto trabalhou como realizador na Televisão Pública de Angola e, depois, como jornalista.

He was invited – by the same collection - to design and produce the artistic videos N02D, Apply It and Estética Vazia (“Empty Aesthetics”) in partnership with the artist Yonamine, plus a performance - MYPARTYYOURHOUSE - brought to the Museum of Modern Art in Valencia (Spain). All of this while working as a director in the Angolan Public Television of Angola, and then as a journalist.

Actualmente dirige a empresa DZZZZ Enterprises, uma micro-holding composta por quatro grupos: DZZZZ Artwork, DZZZZ Consultoria, DZZZZ Serviços e DZZZZ Laboratório. Em resumo, prestam serviços de concepção de conteúdos e na consultoria em áreas como o entretenimento, artes performativas e media. Nástio é isto. E, talvez, muito mais.

He currently manages the company DZZZZ Enterprises, a micro-holding that is composed by four groups: DZZZZ Artwork, DZZZZ Consulting, DZZZZ Services and DZZZZ Laboratory. In summary, providing services in the areas of content design and consulting in areas such as entertainment, performing arts and media. Nástio is this. And, perhaps, much more.

16

áfrica today nº 105 Ano 2013


Forefront

O que Angola agora vive nada tem de utópico: está a acontecer e teremos as recompensas das coisas boas e más que hoje permitimos e vivemos

What Angola is living now is nothing of utopian: it is happening and we will have the rewards of the good and bad things that we allowed and lived today

certos. Ver angolanos a fazê-lo é algo que sabe muito bem; é quase surreal! Nástio é o resultado de uma forte mistura entre Angola e Portugal? Nástio é uma mistura de esperma, óvulo e do bafo de Deus. Estive em vários locais, conheci muitas pessoas, sou um pedaço de tudo isso! Li, há algum tempo numa revista que uma estrela portuguesa na área das telenovelas não colocou silicone em nenhuma parte do seu corpo! Também sou um pedaço dessa informação. Mas não existe maior e única autoridade em mim. E o que lhe parecem as relações entre estes dois países? Interesso-me por pessoas! As gentes destas duas nações começam a perceber como podemos ser úteis uns com os outros. É cedo para falar da qualidade dessas relações, mas, na minha opinião, não se chega ao fundo sem se passar pela superficialidade.

Sure. It is an epic stage where I saw many concerts. To see Angolans performing them is something that feels quite well, it is almost surreal! Nástio is the result of a strong mix between Angola and Portugal? Nástio is a mixture of sperm, egg and God’s breath. I have been in many places, met so many people, I am a piece of it all! I read some time ago in a magazine that a star of some Portuguese soap operas did not put silicone in any part of her body! I am also a piece of that information. But there is no greater and unique authority in me. And how do you see the relations between these two countries? I am interested in people! The people of these two nations begin to understand how we can be helpful to each other. It is early to speak of the quality of these relations, but, in my opinion, one does not get to the bottom without going through the shallowness.

///

Nástio Mosquito pretende apresentar o seu novo trabalho discográfico ao público angolano Nástio Mosquito wants to present his new album to the Angolan public

nº 105 Ano 2013 áfrica today

17


Primeiro Plano

Momentos artísticos | Em Angola e no Mundo Artistic moments | In Angola and the World 2013 | Exposição “No Fly Zone”, Vídeo, My African Mind, em Lisboa (Portugal) – Museu Colecção Berardo

2013 | Exhibition “No Fly Zone”, Video, My African Mind, in Lisbon (Portugal) - Berardo Collection Museum

2012 | Projecto “Across the Board”, Instalação de Vídeos, em Londres (Inglaterra) – Galeria Tate Modern

2012 | Project “Across the Board”, Video Installation in London (England) - Tate Modern Gallery

2012 | Festival Metro 54, Instalação de Vídeo. Teste do Sofá, Assaltos em Luanda – Arena Park, em Amesterdão (Holanda)

2012 | Festival 54 Underground, Video Installation. Sofa Test, Assaults in Luanda - Park Arena, in Amsterdam (Netherlands)

2011 | Exposição GhostBusters, “Imagination and Memory of Home”, Vídeos – “My African Mind”, “Tropa do Individuo” e “Mutilado”, em Berlim (Alemanha)

2011 | Exhibition GhostBusters , “Imagination and Memory of Home”, Videos - “My African Mind” , “Tropa do Individuo” (“Indiviaul Army”) and “Mutilado” (“ Maimed”) in Berlin (Germany)

2010 | Vídeo Performance – “Bofa da Cara”, em Barcelona e Bilbau (Espanha)

2010 | Video Performance - “Bofa da Cara”, in Barcelona and Bilbao (Spain)

2009 | Concerto na Bienal de Bordéus – “Luanda, Smooth and Rave”, em Bordéus (França)

2009 | Concert at the Biennale of Bordeaux - “Luanda Smooth and Rave”, in Bordeaux (France)

2008 | Espectáculo musical para a Casa de África – “DZZZZ”, em Las Palmas (Espanha)

2008 | Musical Show for the House of Africa - “DZZZZ”, in Las Palmas (Spain)

2007 | Exposição de Fotografia na Bienal de Veneza, em Itália

2007 | Photography Exhibition at the Venice Biennale, in Italy

2006 | Espectáculo “Homem Nu, Faca no Bolso”. Poesia, música e performance. Espaço Bahia, Luanda (Angola)

2006 | Show “Homem Nu, Faca no Bolso” (“Naked Man, Knife in the Pocket”). Poetry, music and performance. Space Bahia, Luanda (Angola)

18

áfrica today nº 105 Ano 2013


Forefront

É um projecto [Curto&Grosso] realizado com carinho e que tem recebido um feedback muito positivo. Estamos a trabalhar para que chegue a mais pessoas!

It is a project [Curto&Grosso] made with love and that has received a very positive feedback. We are working in order to get to more people!

Afirmou, numa recente entrevista, que notava em Angola “exageros naturais de alturas de grande bonança”. Considera que o país vive um momento utópico ou o crescimento é verdadeiro e consistente? Não é altura para conclusões. O que Angola agora vive nada tem de utópico: está a acontecer e teremos as recompensas das coisas boas e más que hoje permitimos e vivemos. É, sim, o momento para fazerem perguntas consequentes. O que é Angola não me parece uma boa pergunta. Uma melhor seria: o que Angola e os angolanos querem ser? Com base nisso, sim, devemos olhar o presente e tomar decisões. E decisões, provavelmente, duras.

You said, in a recent interview, that you saw in Angola “some natural exaggeration of times of great abundance”. Do you think that the country is living an utopian moment or is the growth real and consistent? It is no time for conclusions. What Angola is living now is nothing of utopian: it is happening and we will have the rewards of the good and bad things that we allowed and lived today. It is, indeed, the moment to make consequential questions. I do not think that “What is Angola?” is a good question. A better one would be: what does Angola and the Angolans want to be? Based in that, yes, we should look to the present and make some decisions. And, probably some hard ones.

Como vê o papel do Executivo no que toca à promoção da Cultura e ao ensino das artes? Não sei qual a agenda de um e de outro sector e por isso seria imprudente da minha parte comentar esse assunto. No entanto, penso que é uma excelente pergunta a fazer aos cidadãos angolanos de uma forma abrangente.

How do you see the Executive role in what concerns the promotion of Culture and the teaching of arts? I do not know what the agenda of both sectors is and so it would be imprudent of me to make any comment on that issue. However, I think it is an excellent question to put to the Angolan citizens in a comprehensive way.

nº 105 Ano 2013 áfrica today

19


Primeiro Plano

As suas crónicas audiovisuais - “Curto&Grosso” – mostram um Nástio Mosquito de personalidade forte, com pontas de humor. Como surgiu a ideia de realizar este trabalho de camisa branca e laço preto vestidos? É um projecto realizado com carinho e que tem recebido um feedback muito positivo. Estamos a trabalhar para que chegue a mais pessoas! Tudo o que faço, com todos à minha volta que o tornam possível, é para as pessoas. Camisa branca, laço, texto e cenário, tudo está ao serviço de um público que se respeita e que quer construir um Mundo melhor à sua volta sem necessariamente confundir seriedade com mau humor. O título da rubrica sugere a ideia de “poucas papas na língua”…Nástio é mesmo assim: directo, objectivo e, por vezes, perturbante? O Nástio é alguém que está vivo e vai morrer. A consciência que tenho disso direcciona-me! O resto dos adjectivos são para quem se sentir nesse direito. Eu agradeço o que vier!

Your audiovisual chronicles – “Curto&Grosso” – show a Nástio Mosquito with a strong personality, with some hints of humor. How did you get the idea of making this work wearing a white shirt and a black bow tie? It is a project made with love and that has received a very positive feedback. We are working in order to get to more people! Everything I do, with everybody around me to make it possible, is for the people. White shirt, bow tie, text and scenery, everything is at the service of a self-respecting public that wants to build a better World around them without mistaking necessarily seriousness with bad mood. The title of the rubric suggests the idea of “no minced words”… Nástio is like this: direct: objective and, sometimes, disruptive? Nástio is someone that is alive and that is going to die. The awareness of that guides me! The rest of the adjectives are for those that feel entitled to it. I am just thankful for what it may come!

Para Nástio, apenas os homens e as mulheres podem mudar o Mundo, e não a música ou a arte

To Nástio, only men and women can change the World, and not music or art

20

áfrica today nº 105 Ano 2013


O BFA nasceu há 20 anos. Ao longo de duas décadas, o Banco consolidou o seu apoio ao desenvolvimento económico de Angola, através da criação das soluções financeiras mais inovadoras e competitivas. Este compromisso do Banco com Angola e com os angolanos, renovado todos os dias, é o propósito que move uma equipa de mais de 2.300 colaboradores, empenhada em disponibilizar aos seus Clientes um serviço de primeira qualidade. Vinte anos depois, orgulhamo-nos de poder dizer que o BFA tem já mais de um milhão de Clientes, que são o melhor sinal da confiança dos angolanos. É bom ver Angola crescer e saber que contribuímos para o seu desenvolvimento.

Banco do Ano em Angola

Prémio de Excelência STP

Melhor Banco Comercial em Angola

Marca de Excelência

Melhor Banco em Angola

At105 setembro  

20pags

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you