Page 1

Setembro 2012

PUBLICAÇÃO DIRIGIDA AOS MÉDICOS, FARMACÊUTICOS, AF_Capa_ABCFarma_20,5x20,5.pdf 1 8/8/12 6:00 PM ODONTÓLOGOS, PRESCRITORES E DISPENSADORES DE MEDICAMENTOS PARA ATUALIZAÇÃO PROFISSIONAL


Editorial

Resíduos de medicamentos U

m problema que nos últimos tempos tem sido objeto de intensa discussão diz respeito ao destino que se deve dar aos chamados resíduos sólidos – entre eles, medicamentos com data de validade expirada, ou dentro do prazo de validade mas que o doente, por motivos vários, deixou de utilizar e deseja descartar, sem causar danos ao meio ambiente. Inúmeras reuniões têm sido realizadas em todo país para se encontrar a melhor solução que atenda as partes envolvidas -- autoridades sanitárias, fabricantes, distribuidoras, varejo farmacêutico e consumidor. Alguns estados ou municípios e alguns membros do Poder Legislativo tentaram demonstrar que o problema era fácil de ser resolvido e saíram com leis, resoluções ou acordos, procurando se antecipar, eventualmente para ganhar mercado com uma imagem favorável de sustentabilidade. As entidades que fazem parte do Grupo de Trabalho (GT) têm estudado uma solução que não penalize as empresas. Enviaram representantes ao exterior para conhecer o funcionamento do sistema de descarte em outros países – entre eles, a Turquia e Portugal. Analisando essas experiências internacionais, poderíamos, de forma experimental, por prazo determinado, aplicar em nosso país o sistema de Portugal. O comércio varejista de medicamentos não pode ser penalizado e assumir integralmente os custos. Isso só teria sentido se os medicamentos seguissem o regime de livre concorrência – o que não acontece hoje. Com a margem do varejo tabelada e congelada desde o tempo da extinta SUNAB, o varejo não pode absorver mais despesas, por menor que seja. Enquanto não for encontrada a solução definitiva, o sistema deve seguir o regime de adesão espontânea. A imposição de normas predatórias não trará solução permanente para esse grave problema. 

Pedro Zidoi Sdoia

Presidente

REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012 | 03


Índice 28 ENTREVISTA

03 EDITORIAL

Telma Salles Os planos da nova presidente do PróGenéricos

O presidente Pedro Zidoi analisa a questão das sobras de medicamentos

06 PÁGINAS AZUIS

32 SAÚDE INFANTIL

Abaixo a glicemia

Prevenindo as infecções O Dr. Milton Lapchik orienta os pais a evitar o contágio oportunista

A Dra. Denise Reis Franco e o desafio do diabetes

12 MULHER

38 FINANÇAS

Naqueles dias O Dr. Domingos Mantelli Borges Filho ensina a lidar com as cólicas menstruais

Gerenciando o crescimento O economista Geraldo Monteiro e a importância de controles e sistemas

44 GESTÃO DE NEGÓCIOS

16 SAÚDE OCULAR

A carroça vazia O consultor Américo José fala de pessoas que falam muito – e fazem pouco

O olho está coçando O Dr. Leôncio Queiroz fala da síndrome do olho vermelho

20 ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Alimentação saudável Meu filho não come Especialistas dão dicas para motivar as crianças

Assalto noturno à geladeira A Dra. Claudia Chang explica a perigosa fome antes de dormir

Diretor Presidente Pedro Zidoi

Analista e Programador Eduardo Novelli

Diretor Financeiro Sétimo Gonnelli Diretor Secretário José Raimundo dos Santos

Ed. Eletrônica e Produção Gráfica Vanusa Assis Sergio Bichara

NOTA:

Jornalista responsável por matérias de saúde, administração e técnico-científicas Celso Arnaldo Araujo Mtb 13.064

Leia também

A marca da farmácia O consultor Mauro Pacanowski ensina a farmácia a se diferenciar

24 QUALIDADE DE VIDA

Diretora Administrativa Abigail J. C. Maglio

48 ADMINISTRAÇÃO

Negócios (Cadri Saleh Ahmad Awad) ............................. 36 Serviços (Genivaldo Braga dos Santos)............................ 40 Finanças (Gilberto Luiz do Amaral) .................................. 54 Educação (De pai para filho) ................................ 60 Beleza (Cabelos oleosos) ............................................... 64 Dicas de profissional (layout de farmácia) ..................... 70 Cuidados pessoais (Unhas) ........................................... 74 Solidariedade (Aspen Farma) ........................................ 78 Notas .............................................................................. 79 Atualidades (Lançamentos) ........................................... 82 Seminário (CRF/SP) ....................................................... 84 Encontros (Resíduos sólidos ) ........................................ 88 Prêmio (SINDUSFARMA/SP) .......................................... 92 Notícias dos Estados (FECOMERCIÁRIOS) .................... 95

Jornalista responsável por matérias de eventos, institucionais e políticas Francisco Colombo Mtb 18.640 Colaboradores Américo José da Silva Filho Gilson Coelho Nelson Grecov Dr. Osmar de Oliveira Distribuição ABCFARMA

Publicidade: Editora Lison Impressão: Gráfica Prol Periodicidade: Mensal Rua Santa Isabel, 160, 5º andar, conjunto 51, Vila Buarque, São Paulo, SP, CEP 01221-010 Fone: (11) 3223-8677 Fax: (11) 3331-2088 www.abcfarma.org.br

Os anúncios de produtos ou de serviços publicados nesta revista são de total responsabilidade do anunciante. A ABCFARMA não se responsabiliza pelo preço determinado, nem pela qualidade dos produtos ou dos serviços anunciados.

4 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012


DIRETORIA ABCFARMA: TRIÊNIO - 2010/2013 Diretor Presidente: Pedro Zidoi Sdoia SP Diretores Vice-Presidentes: 1º: Adelmir Araujo Santana 2º: Paulo Sérgio Navarro De Souza 3º: Lázaro Luiz Gonzaga 4º: Natanael Aguiar Costa 5º: Edenir Zandoná Júnior 6º: Paulo Roberto Kopschina 7º: Pedro de Araújo Braz 8º: Diocesmar Felipe De Faria 9º: Modesto Carvalho De Araujo Neto 10º: Edimar Pereira Lima 11º: Álvaro José da Silveira 12º: Felipe Antonio Terrezo 13º: Romildo Marcos Letzner (Joinville) 14º: João Aguiar Neto 15º: Edson Daniel Marchiori 16º: Carlos Baptista Dias 17º: Armando Gomes Dos Reis Filho 18º: José de Castro Pereira

Diretores Secretários 1º: José Raimundo dos Santos 2º: Luís Carlos Caspary Marins 3º: Rogério Tokarski 4º: Ricardo Ramão Cristaldo 5º: Jorge Fernando de Azevedo Trindade 6º: Antonio Menezes de Araújo

DF PB MG SP PR RS RJ DF MG RR DF RJ SC GO ES SE AM CE SE RJ DF MT RJ SP

Diretores Tesoureiros 1º: Sétimo Gonnelli 2º: Philadelpho Lopes 3º: Nery Wanderley de Oliveira 4º: Dejalma Lemos da Silva 5º: Juan Carlos Becerra Ligos 6º: Marcos Antonio Carneiro Lameira

Diretores Do Conselho Fiscal 1º: Jaime Nunes Moreira 2º: Everton Luiz Ilha Mahfuz 3º: João Gilberto Serrat 4º: Jefferson Proença Testa 5º: Álvaro Silveira Júnior 6º: Maurício Cavalcante Filizola

Suplentes Do Conselho Fiscal 1º: Carlos de Souza Andrade 2º: Marcelo Fernandes de Queiróz 3º: Roberto Brasileiro Lima 4º: Vollrad Laemmel (Blumenau) 5º: Henrique Ângelo Denícolli 6º: Benilton Golçalves Diniz

Diretores Conselheiros Ada Palhano Malheiros (Cachoeira Paulista) Ademar Ferreira Pinto Ademir Tomazoni (Itajaí) Afonso Cesar Oliveira Silva Alarico Rodrigues (Manaus) Alex Cavalcante Garcez (Aracaju) Álvaro Lima (Bauru) Ângelo Trento Antonio Aparecido Moretti (Andradina) Antonio Carlos da Silva Bueno (Piracicaba) Antonio José Beltrame Antonio Proença (Presidente Prudente) Antonio Walmir Nola (Sind. Cricíuma) Aparecido Donizetti da S. Mendonça Benones Vieira de Araujo Carlos Augusto Batistella (Limeira)

SP SP RS RN SP AC RS RS RS PR DF CE BA RN BA SC ES MA SP RS SC SE AM SE SP PR SP SP SC SP SC SP MA SP

Carlos Fogaça (Cia Norte) Carlos Gonçalves Pereira Cassio Sobrinho Celso Flavio da Silva Claudemir Donizete Caetano (Rio Claro) Claudisnei Machado Constante Cristyne M. Albuquerque Dall’agnos (Foz Do Iguaçú) Domingos Tavares De Souza (Gurupi) Eden Araujo Borges (Uberaba) Edivaldo Francisco da Cunha Ednaldo Mercuri Rodrigues (Franca) Edson Silveira (Uberaba) Elias Gomes de Souza (Maranhão Do Sul) Elpídio Nereu Zanchet Elza De Godoy Farias (Lajes) Evandro Tokarski Fábio Timbo (Fortaleza) Fernando José Lucas (Uberaba) Francisco Deusmar de Queiróz Geniezer Pereira Ventura Filho Gilberto Carillo Garcia (S.J. Dos Campos) Gilson Geraldo Figueiredo Terra Gladstone Nogueira Frota Herbert Almeida da Cunha Heverton Breno Ferreira Iolanda Navarro Irene Prieve do Nascimento Isméria Maria Monte Claudino Aleixo João Alberto Galic João Antonio dos Anjos João Arthur Rêgo (Salvador) João Felix de Majela Filho João Garcia Galvão (Guarulhos) João Levy Navarro Junior (Adamantina) João Luciano (Florianopólis) João Luiz dos Santos João Martins da Silva Joaquim Tadeu Pereira (Belém) Joarez da Silva Macedo (Osasco) José Alves do Nascimento José Antonio Vieira (Maceió) José Castor Freire José Cláudio Almeida José Cláudio Fernandes José da Costa da Silva José Eustáquio de Freitas José Ricardo Nogared Cardoso (Tubarão) José Valdimir de Oliveira Júlio César Pedroni (Jundiaí) Kleber Sampaio Santiago (Campina Grande) Levi Gonçalves Campanha Lino Soncini Júnior (Florianopólis) Lucia Marins Cancini (Araras) Lúcio Antunes Silveira (Uberaba) Luís Gustavo Trierweiler Luíz Antonio Paiva (Frutal) Luiz Carlos Henrique (S.B.Campo) Luiz Fernando Buinaim Luiz Marcos Caramanti Luiz Trindade Pinto (Salvador) Luzia Diva Cunha Dutra Luzivaldo Navarro de Souza Manoel Brito Santos Manoel Viguini Marcelo da Silveira Souto (Araçatuba) Marcelo de Mattos Frigo (Araraquara) Marcia da Rocha Medeiros (Sorocaba) Marco Antonio Perino (Jundiaí) Maria de Lourdes Pereira Mauro Lima Rodrigues Nara Luiza de Oliveira Nelcir Antonio Ferro (Cascavel)

PR GO AP GO SP SC PR TO MG SE SP MG MA SP SC GO CE MG CE PB SP MG RO PB PB SP MT CE RS PR BA CE SP SP SC SP BA PA SP PI Al PB AL SP ES SC AP SP PB SP SC SP MG RS MG SP MT SP BA RO PB PB ES SP SP SP SP PA ES GO PR

Nivaldo Jordão de Souza Filho Noésio Emidio da Cunha (Feira De Santana) Olivio Mazuco (Bebedouro) Osvaldo Praxedes da Silva (Santo André) Paulo Luiz Zidoi Paulo Roberto Ramos da Silva Paulo Sérgio Bondança Paulo Sérgio Navarro de Souza Filho Regina Elias Barros (Juiz De Fora) Regina Maria Leitão Reni Antonio Rubin Roberto Carlos da Silva (Catanduva) Romualdo Constantino Magro (Santo André) Rosana Lima Zanini Rosélis Aparecida Lopes Salim Haber Samuel Brasil Bueno (Araraquara) Sebastião Paulino Borges Sergio Amaral Correa (Tubarão) Sergio de Giacometti (Oeste Catarinense) Stephenson Seleber (Nova Odessa) Videlina Eloy Geraldo Wagner Boer (Botucatú) Wagner Ferreira Giffoni Waldir Borges Waldivino Machado dos Prazeres (Ipatinga) Walter Luiz Machado Wanderley Margaria Wilson Galli Wilson Rossi (Tupã) Wismar Gomes de Freitas (Uberaba) Zuleide Ferraz Oliveira Castro (Imperatriz)

Conselheiros Natos e Diretores Vitalícios Alfredo Roberto (Bastos De Souza) Algacir Portes (Cascavel) Armando Zonta Arthur Henrique da Fonseca Lisboa Francisco Miguel da Silva Fridolino de Moraes Rêgo Gilberto David Cunha Da Silva Gonçalo Aguiar Ferreira Hermes Martins da Cunha Horst Schoenfelder Isaac Elias Israel Ivanildo Marinho Guedes Jair Borges Taquary Janilson Azevedo Dantas Jarbas de Souza Cunha João Azevedo Dantas José Abelardo Torres Veras José Aparecido Junqueira Guimarães José Cláudio Soares José de Assis Lima Paulo Sérgio Ferreira Lopes Ruy de Campos Marins Waldemar Pupo Ferreira Conselheiros Adjuntos Ademilson de Menezes Cordeiro (“Brejo”) Anderson Naves Resende (Uberlândia) Antônio Barros Leite Júnior (Jundiaí) Antônio Felix da Silva Antônio Thomaz Mondini (Rio Claro) Guilherme Leipnitz (Rio Grande Do Sul) Ivan Pedro Martins Veronezi (Fernandópolis) Jorge Froes de Aguilar José Pedro Fernandes (Araras) José Ademar Lopes (RS) Luís Carlos Gardini (Lins) Marcio Barbosa Marco Públio Martini (Cachoeira Paulista) Roberto Massatoshi Baba (Birigüi) Ronaldo de Oliveira Carvalho (Lins) Ronaldo Fernandes Pereira (Uberlândia) Sergio Mena Barreto Vítor Fernandes (Americana)

PB BA SP SP SP RJ SP PB MG PB RS SP SP SP SP AP SP MS SC SC SP SP SP DF GO MG MG SP RS SP MG MA PE PR SC AL RN BA RS SP MT SC PA AL GO PE AL PB CE DF PE PB MS RJ SP PE MG SP CE SP RS SP SP SP SP SP SP SP SP SP MG SP SP

REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012 | 5


Páginas Azuis TEXTO: CELSO ARNALDO FOTOS: DIVULGAÇÃO

o fi a s e d O

s e t e b a i d do

O

s números são dramáticos: cerca de 5,6% da população tem diabetes – e a doença não escolhe idade, afetando desde crianças (diabetes tipo 1, insulino-dependente) a idosos (diabetes tipo 2, que responde por 80% dos casos da doença). E particularmente esta, a do tipo 2, está aumentando em todo o mundo na medida em que sobem os níveis de obesidade e sedentarismo – dois fatores que desencadeiam a doença em adultos. E adultos cada vez mais jovens. O pior é que metade das pessoas que têm níveis de glicemia alterados não sabem que têm a doença – e provavelmente já estão sofrendo os danos pela falta de tratamento. A glicemia alta promove um processo inflamatório crônico no sistema vascular e a posterior destruição de vasos sanguíneos. As consequências: infarto, insuficiência renal, lesões na retina. Tudo isso pode ser evitado com o controle adequado da glicemia – o que às vezes pode ser feito apenas com alimentação saudável e exercícios físicos. É o que explica a

Dra. Denise Reis Franco, diretora da Associação de Diabetes Juvenil e coordenadora do Departamento Educacional da Sociedade Brasileira de Diabetes. 6 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012

A partir de que número uma pessoa é considerada diabética? Valores de glicemia de jejum, repetidos duas vezes, iguais ou maiores do que 126 permitem determinar um diagnóstico de diabetes. Mas se essa pessoa conseguir reduzir sua glicemia a níveis normais o diagnóstico de diabetes não pode ser revertido?

Não. O diabetes não tem volta. Nesse caso, a doença está controlada – mas o paciente continua diabético. Estudos demonstram que, com uma glicemia de jejum acima de 98, uma pessoa já pode ter alterações na retina e em outros pontos do sistema vascular. Na verdade, 126 é um número de corte – um dia, aliás, já foi 200. Ao longo dos anos, foi se comprovando que bem abaixo disso já podem ocorrer complicações. Hoje, o número de 126 dá ao médico mais segurança para acompanhar o

Dra. Denise Reis Franco, diretora da Associação de Diabetes Juvenil e coordenadora do Departamento Educacional da Sociedade Brasileira de Diabetes paciente no sentido de prevenir essas complicações. O paciente com uma medida de 126 ou mais terá de mudar sua vida a partir deste momento?

É preciso mostrar ao paciente que o diabetes é uma doença crônica, que não tem cura, mas tem controle – baseado em alguns

mpreender sua co a is ec pr o ic ét ab di O da necessidade de doença e convencer-se sto da vida. controlá-la para o re


se intervir nos e c o c re p is a m Quanto o risco de é r o n e m , s o ic m níveis glicê ngo prazo. complicações a lo pilares. Um deles é a mudança no estilo de vida, que inclui uma alimentação fracionada – para melhorar a ação da insulina. Frutas e verduras devem ser introduzidas na alimentação com mais frequência e o sal deve ser reduzido para prevenir o risco associado de uma hipertensão. Atividade �ísica é fundamental. Tudo isso faz parte de um processo chamado “educação em diabetes”. O paciente precisa compreender sua doença e convencer-se da necessidade de controlá-la para o resto da vida. E a medicação?

Há medicamentos orais e, em algum momento de descompensação da doença, insulina. Em alguns casos, entramos com insulina logo no começo, para compensar um nível mais elevado, e depois, dependendo do comportamento da doença, tentase manter o paciente só com medicamentos orais. A partir de que nível glicêmico a insulina estaria recomendada?

De modo geral, em pacientes acima de 300 com algum comprometimento clínico – como desidratação e quadro importante de cansaço e perda de peso. Nesse caso, é provável que o diabetes já esteja agindo há alguns anos?

Pelo menos de três a cinco anos. Por isso, assim que se faz o diagnóstico, é preciso fazer um rastreamento das possíveis complicações vasculares. A partir daí, uma vez por ano, o paciente diabético precisa avaliar 8 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012

sua função renal e examinar fundo de olho, entre outros controles. Qual é a meta de normalidade que se estabelece para um diabético a partir do diagnóstico?

A meta de glicemia é espelhada na chamada hemoglobina glicada – que é a média da glicemia nos últimos três meses. Num não-diabético, essa média é 6. Na população geral de diabéticos, o ideal é uma hemoglobina glicada abaixo de sete – média de mais ou menos 120 de glicemia. Mas hoje as metas são mais individualizadas. Num idoso, por exemplo, podemos almejar uma meta de 7,5 – até 8, dependendo de seu risco cardiovascular. Para uma criança abaixo de seis anos, também 7,5. Mas há outras metas além do controle da glicemia?

Sim, porque o problema do diabético do tipo 2 não é unicamente o nível de glicose mas inclui colesterol e pressão alta associados. É preciso tratar o “pacote” completo. Não controlar esses dois fatores aumenta o risco cardiovascular, que é o que mais mata o paciente diabético. O diabetes tipo 2 é uma epidemia dos tempos modernos?

Sem dúvida – porque não se esperam grandes mudanças no atual estilo de vida. Este ano, no Congresso Americano de Diabetes, um dos trabalhos premiados foi o desenvolvimento de uma pílula que substitui a atividade �ísica. Isso é uma amostra de como é di�ícil mudar o modo como vivemos hoje.

Qual é o papel da obesidade no diabetes tipo 2? Um dos maiores fatores de risco para o diabetes é a obesidade, que aumenta a resistência das células à insulina.

E o diabetes do tipo 1? A pessoa já nasce com ele? Na verdade, a pessoa nasce com uma chance de ter a doença por ser portador de material genético para o diabetes tipo 1 – e, em algum momento da vida, fatores ambientais desencadeiam a doença, entre elesprocessos infecciosos e alterações alimentares que mudam a �lora intestinal. A faixa etária mais frequente para o aparecimento da doença é dos 7 aos 15 anos. É fácil para uma mãe perceber que seu �ilho desenvolveu um diabetes tipo 1?

Sim, porque o quadro de sintomas é exuberante. A criança passa a fazer muito xixi, a tomar muita água e emagrecer rapidamente. Hoje se detectam muitos casos de adolescentes com diabetes tipo 2 – que era tida como doença de adultos. No Brasil também se veri�ica esse fenômeno?


para o c e ris menta d s tore que au na. a f s iore sidade, à insuli a m las obe dos Um tes é a das célu be ia o dia resistênc Uma criança ou adolescente a com diabetes do tipo 1 pode vir a ter uma vida normal?

Mas por que se diz que o diabetes é “açúcar no sangue”? Menos, mas em algumas regiões do país a incidência já é maior – como no Rio Grande do Sul. No Instituto da Criança de Porto Alegre, há 80 adolescentes tipo 2 em tratamento. Nos Estados Unidos, essa antecipação já é muito mais dramática – por causa da epidemia de obesidade infantil e juvenil. Mas precisamos tomar muito cuidado. A Associação de Diabetes Juvenil fez um trabalho em escolas da periferia de São Paulo, no qual crianças de até 16 anos foram mapeadas em peso e altura e, depois, receberam orientações para uma alimentação mais saudável e aumento da atividade �ísica. O maior índice de sobrepeso estava em crianças menores – que têm grande chance de serem adultos obesos.

O açúcar precisa de insulina para entrar no organismo. Depois de ingerido, ele passa pelo tubo digestivo, aí é quebrado e entra na corrente sanguínea. A insulina então “abre a porta” para ele entrar nas células na forma de glicose, principal fonte de energia. Nesse momento, a insulina é fundamental – se não a produzo em quantidade su�iciente, a glicose �ica “sobrando”. Perde-se peso porque o organismo, sem glicose adequada nas células, recruta meu estoque de gordura e de glicogênio dentro do �ígado.

O maior problema não é o açúcar, mas a obesidade. Um grama de açúcar ou proteína fornece 4 kg/cl, um grama de álcool, 7. Um grama de gordura, 9. Na verdade, alimentos ricos em carboidratos e gorduras têm mais potencial para aumento de peso do que o açúcar.

Refrigerantes zero e diet são liberados?

A�inal, qual é a relação do açúcar com o diabetes?

10 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012

Por que então um diabético não pode comer açúcar?

Pode comer, desde que compense no consumo de outros carboidratos. Mas o ideal, na verdade, é que ele não coma açúcar de absorção rápida, como doces. Em termos de controle da glicose, sim, mas geralmente eles contêm um alto teor de sódio, o que não é bom para pacientes diabéticos com hipertensão.

O “normal”, na acepção da palavra, seria não precisar medir a glicose e tomar insulina todos os dias. Mas, apesar dessa rotina, o diabético pode vir a ter uma qualidade de vida igual à de quem não tem diabetes – ou até melhor, porque ele se cuida mais. Quanto à expectativa de vida, é muito próxima do resto da população – desde, é claro, que faça o controle adequado. Quem nunca mediu seu nível de glicemia deve fazê-lo o quanto antes?

Quanto mais precoce se intervir nos níveis glicêmicos, menor é o risco de complicação a longo prazo. As medidas que você começa a tomar no momento do diagnóstico podem se re�letir pela vida inteira. Dizem que todo diabético que se cuida muito acaba tendo pelo menos uma crise de hipoglicemia. Isso é verdade?

No caso do diabetes tipo 1, sim, porque a insulina precisa ser constantemente ajustada à alimentação e pode haver desequilíbrios na concentração. Mas hoje há medicações que não apenas reduzem o risco de ganho de peso quanto o risco de hipoglicemias – como os inibidores da PP4 (linagliptina), que agem nos hormônios que regulam a concentração de glicose no sangue e no centro cerebral de saciedade. 


Agradecemos pela parceria! Em apenas 2 anos, tivemos um crescimento de 53% nas vendas1.

Indicações:

Auxiliar no tratamento da ansiedade e distúrbios do sono associados.

* Sédatif PC pode ficar alocado no auto serviço.

Posologia:

Mídia Consumidor Vendas e Visita (revista, rádio e internet) Médica

2 comprimidos, 3 vezes ao dia, dissolução na mucosa bucal.

www.sedatifpc.com.br

Imprensa

* Válido para o Estado de São Paulo, de acordo com a lei 14.708, aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo em 15 de março de 2012, que ssegura às farmácias e drogarias o direito de manterem ao alcance dos usuários medicamentos isentos de prescrição médica. Diário Oficial do Estado de São Paulo, Poder Executivo. São Paulo, SP, 15 de março de 2012. Referência bibliográfica: 1. Vendas internas 2012/2011. SÉDATIF PC É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO OU O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. SIGA CORRETAMENTE O MODO DE USAR. NÃO DESAPARECENDO OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO DO PRESCRITOR. Aconitum napellus 6 CH + Associação. Indicações: indicado como auxiliar do tratamento da tensão emocional e mental, nervosismo, ansiedade, inquietude e irritabilidade. Distúrbios do sono. Contraindicações: Este produto não deve ser utilizado por pessoas hipersensíveis aos componentes da fórmula. Registro M.S. 1.6916.0002. Intolerâncias: Este medicamento contém lactose. Atenção diabéticos: Este medicamento contém SACAROSE. TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

BL-0071-12B - Anuncio Trade Sedatif.indd 1

13/07/12 18:52


Mulher TEXTO: CELSO ARNALDO FOTOS: DIVULGAÇÃO

C

CÓLICA MENSTRUAL MENSTRUA erca de 50% das mulheres sentem cólicas menstruais – também chamadas de dismenorreia – mensalmente, em alguma fase da vida. É uma dor exclusivamente feminina – por isso, às vezes fica difícil para um homem entender essa sensação. Trata-se de uma dor em cólica, ou seja, em ondas, no baixo ventre, de intensidade variável, que se irradia eventualmente para as costas e membros inferiores, ao longo da Dr. Domingos Mantelli Borges Filho, menstruação. No auge da crise, obstetra e ginecologista pode ser uma dor incapacitante, associada a outros sintomas, Por que as mulheres como náuseas, vômitos, dor de sentem cólicas? cabeça e inchaço nas mamas. As mulheres têm cólicas porNão é fácil. E o pior é que ela que menstruam. A menstruação tem hora para acontecer – para serve para “limpar” algumas mulheres, a as paredes internas do útero cada 30 dias. O que quando o profissional de farmácia deve saber sobre essa aflição feminina? Quem tira as principais dúvidas é o Dr. Domingos Mantelli Borges Filho, obstetra e ginecologista

1

12 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

não ocorre fecundação. Mas, durante essa limpeza, o endométrio – o “forro” do útero - libera substâncias, sobretudo a prostaglandina, que contraem o útero, provocando as cólicas.

2

E por que algumas mulheres não têm cólicas?

Depende de cada organismo. Se o �luxo menstrual é intenso, o corpo precisa produzir bastante prostaglandina para a descamação do endométrio – e a prostaglandina, como se disse no item anterior, estimula as contrações uterinas que provocam as cólicas. É por isso que algumas mulheres sentem mais dores que outras. É certo, porém, 50% delas vão sentir cólicas no decorrer dos anos.

3

Só existe um tipo de cólicas?

Há dois tipos, as primárias e as secundárias. As primárias são as cóli-

8


8

DÚVIDAS

cas “clássicas”, causadas pela liberação das substâncias do processo de reprodução, e geralmente acompanham as mulheres desde o início da menstruação, na adolescência. Já as secundárias geralmente ocorrem numa fase mais tardia da vida e tendem a ser cada vez mais longas e intensas, o que já pode indicar outros problemas, como a existência de miomas, �ibroses e até tumores.

4

Como saber se determinada cólica é “normal”?

Só uma boa conversa com o médico,

que fará um exame clínico e provavelmente solicitará exames de imagem, como a ultrassonografia, vai identificar se existe algo de errado, além da dor natural de cada ciclo.

5

Qual o melhor remédio disponível?

O conselho básico é não se automedicar. Incentive a cliente a buscar uma orientação médica. Dependendo do caso, o médico receita analgésicos ou anti-in�lamatórios não-esteroides. Em outros casos, medicamentos hormonais podem ser prescritos. Mulheres com cólicas menstruais primárias em geral se bene�iciam da adoção de algumas medidas de mudança de estilo de vida, como a prática de exercícios aeróbicos, que ajudam a liberar endor�irna, aplicação de calor local e dieta rica em �ibras. Mas, quando a dismenorreia é secundária, ou seja, decorrente de alguma outra patologia, pode ser necessário até recorrer ao tratamento cirúrgico.

6

Como evitá-las?

As mulheres que já têm vida sexual ativa e fazem uso de pílulas anticoncepcionais encontram alívio secundário nessa medicação. Anticoncepcionais atro�iam o endométrio, reduzindo a produção de prostaglandina, a “descamação” dolorosa e o �luxo menstrual. Além das atividades �ísicas, mencionadas no item anterior, bolsas de água quente são de ótima ajuda, pois relaxam a musculatura.

7

Alimentos influenciam nas cólicas?

8

Quais são as doenças que podem ser diagnosticadas por causa das cólicas?

Sim e um deles é o café. A cafeína barra os nutrientes que aliviam o aparecimento das cólicas. Evite comer coisas gordurosas, sobretudo nesse período. Os alimentos ricos em magnésio, ômega 3 e cereais têm um efeito anti-in�lamatório natural e ajudam a diminuir as contrações pélvicas. Beba bastante água.

Endometriose, adenomiose, tumores, miomas, cistos ovarianos. 

REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012 | 13


Oftalmologia TEXTO: CELSO ARNALDO FOTOS: DIVULGAÇÃO

SAÚDE OCULAR Sinal vermelho

T

rês em cada 10 brasileiros com mais de 60 anos têm olho vermelho crônico – sobretudo no frio. Medidas simples previnem o desconforto, ensina o Dr. Leôncio Queiroz Neto.

16 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

Olhos vermelhos, coceira, sensação de corpo estranho, fotofobia e visão borrada são alterações oculares intermitentes na população com mais de 60 anos. Afetam 30% dos brasileiros nessa faixa etária e crescem no frio segundo o oftalmologista do Instituto Penido Burnier, Dr. Leôncio Queiroz Neto. A boa notícia é que medidas simples previnem o desconforto. Porque geralmente o olho vermelho crônico é sintoma de conjuntivite, alergia ou síndrome do olho seco – e as três doenças podem ser evitadas com mudanças de hábitos. Nas mulheres, destaca o Dr Leôncio, a incidência do olho vermelho crônico é 50% maior. Segundo ele, com a queda na produção dos hormônios sexuais após a menopausa, reduz-se a produção da lágrima, que tem a função de proteger a super�ície dos olhos. Para piorar, no frio é comum os ambientes permanecerem fechados, o que facilita a proliferação de vírus. “A falta de lágrima somada ao ar contaminado

expõe os olhos à conjuntivite viral”, explica. O mesmo acontece com o homem, mas em menor escala, já que não sofre as mesmas alterações hormonais que a mulher. Para combater a conjuntivite viral, a recomendação é aplicar compressas de água fria �iltrada no primeiro sinal de desconforto ocular acompanhado de secreção viscosa. Não desaparecendo o sintoma em dois dias, o pacente deve procurar um oftalmologista. Segundo o Dr. Leôncio, o maior consumo de medicamentos e a natural queda da imunidade na população com mais de 60 anos também contribuem para o aumento do olho vermelho crônico. Isso porque, o efeito da lágrima arti�icial para tratar olho seco é anulado por alguns medicamentos. Este é o caso da reposição hormonal com pílula anticoncepcional, dos anti-histamínicos para combater alergias e do amiodarona para controlar arritmia cardíaca.


As novas embalagens Apsen proporcionarão melhor comunicação, organização e identificação na farmácia, facilitando assim o seu manuseio e, consequentemente, o atendimento aos pacientes. Com um design moderno e elegante, transmitirão a tradicional qualidade e credibilidade dos seus produtos. A substituição das embalagens ocorrerá gradativamente a partir de junho de 2012.

AF_anuncio_farma_20,5x27,5cm.indd 1

15/06/12 09:59


Como prevenir Para prevenir o olho seco, as principais recomendações do médico são: • Dieta rica em vitaminas A e E encontradas em frutas, verduras e legumes. • Suplementação de ômega 3 encontrado em semente de linhaça e nozes • Proteger os olhos do vento, poeira, fumaça e produtos em spray. • Piscar repetidamente quando trabalhar ao computador • Colocar o monitor abaixo do nível dos olhos • Eliminar o uso de aquecedor de ar sempre que possível. • Evitar o uso de travesseiros de pena e produtos em pó. • Manter os ambientes livres de poeira e com vasilha de água para hidratar o ar. • Beber água com frequência para hidratar o corpo.

As principais medidas para evitar a conjuntivite viral são: • Lavar as mãos com frequência. • Não compartilhar toalhas, lenços ou maquiagem. • Trocar as fronhas dos travesseiros diariamente. • Evitar aglomerações em ambientes fechados. • Usar lenços descartáveis.

As recomendações de Queiroz Neto para evitar as crises alérgicas são: • Evitar plantas, flores e animais com pelo dentro de casa • Manter os ambientes arejados e livres de pó. • Evitar travesseiros de pena e objetos de decoraçã que acumulam pó. • Substituir a vassoura por aspirador de pó e o espanador por panos úmidos • Evitar esfregar ou coçar os olhos. • Forrar almofadas e colchões com capas impermeáveis • Dar preferência a travesseiros de espuma maciça. 

18 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012


É difícil pintar o sete só com 2 ou 3 cores na nutrição.

A Nestlé tem um lançamento que vai colorir a alimentação das crianças e a sua prateleira.

26

Complementa a nutrição com

Forte Investimento em Mídia

Mídia on-line e Site: www.toquemagicodemae.com.br

Equipe de Visitação Médica: 22 mil pediatras visitados mensalmente no Brasil

Distribuição de Amostras Grátis: 500 mil amostras

Vitaminas e minerais

Equipe de Visitação PDV

Materiais PDV


Alimentação saudável TEXTO: ARNALDO ANSAR FOTOS: DIVULGAÇÃO

O que fazer ? N

MEU FILHO NÃO COME

a busca de uma alimentação correta e saudável para os �ilhos, muitos pais lançam mão de técnicas pouco adequadas de convencimento – como chantagens e ameaças. Isso só gera stress na relação entre pais e �ilhos. Nutrólogos e chefs de cozinha recomendam aqui 10 truques

práticos para fazer uma criança ter outra postura em relação às comidas saudáveis. Algumas dão um pouco de trabalho e exigem criatividade. Mas com paciência e bom-humor, é possível “virar o jogo” e tornar as refeições um momento de paz e harmonia familiar.

1. Capriche na apresentação do prato

As crianças comem, sim, com os olhos. Para Andrea França, diretora da MiniChefs – Escola de Culinária Infantil, de São Paulo, um prato bem decorado e colorido faz toda a diferença. “É uma coisa simples de ser feita: desde colocar mais cores, que é resultado de uma dieta equilibrada, até montar uma carinha com os alimentos”, diz. O brócolis pode virar um cabelinho, enquanto o tomate pode ser cortado em forma de boca. O chef de cozinha experimental André Boccato sugere o uso de forminhas ou cortadores com o formato de bichos.

2. Invista em alimentos

pequenos

A lógica é simples: alimentos em miniatura fazem com que as 20 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

crianças sintam que aquilo foi feito só para ela. Segundo Andrea França, minilegumes ou folhas de rúcula “baby”, por exemplo, tendem a agradar bastante. Ovinhos de codorna também podem ser utilizados como incrementos.

3. Evite bebidas durante a

refeição

De acordo com a nutricionista Elaine de Pádua, especialista em alimentação na infância e adolescência, autora do livro “O que tem no prato do seu �ilho?”, diminuir o volume de líquidos durante as refeições pode ser uma boa pedida. “Os líquidos ajudam a saciar a fome ou dão a sensação de saciedade”, diz.

4.

Ofereça primeiro o que ele menos gosta

A maioria das famílias costuma fazer o contrário, mas o melhor para a criança que não come verduras é tê-las à vista antes dos outros pratos da refeição, ou seja, no momento de maior fome

5. Mantenha os alimen-

tos saudáveis em lugares acessíveis

Elaine de Pádua recomenda manter as frutas expostas na cozinha, ou até já lavadas e cortadas na geladeira, prontas para serem alvos de uma criança faminta. A fórmula também pode funcionar para legumes, como cenouras e pepinos.

6. Cozinhe com seu �ilho

Estimular a criança a colocar a “mão na massa” pode também estimulá-la. A neta do chef André Boccato é um exemplo: aos cinco anos, o avô a levou para fazer massa fresca e preparar um saboroso prato de macarrão. “Antes disso, ela não comia molho de tomate. Depois dessa refeição, passou a gostar”, conta o chef.


O lançamento da Nestlé para colorir a alimentação das crianças.

Complementa a nutrição com

26 AF-An_Nutren_Kids.indd 1

7. Envolva a criança na esco-

lha do cardápio da semana

De acordo com Betty Kövesi Mathias, coordenadora e professora da Escola Wilma Kövesi de Cozinha e Gastronomia, a diversão é a isca perfeita para envolver uma criança em qualquer assunto. Na alimentação, vale o mesmo princípio. Conte com a ajuda dela para montar o cardápio da semana. Peça a ela para escolher um prato e os pais escolhem outro. O mesmo vale para quando a família vai a um restaurante: a mãe pode sugerir que ela escolha o prato do �ilho e o �ilho escolhe o dela. “Mas sem ameaças. A pior coisa que pode ser feita é obrigar a criança a comer”, diz Andrea.

vitaminas e minerais 6/15/12 5:32 PM

as compras em uma guerra sem �im por cada guloseima dos corredores, outra alternativa é fazer uma hortinha em casa, ou mesmo cultivar pequenos vasos de tempero.

9.

Transforme o ato de comer em uma brincadeira

Por menor que pareça, o uso da imaginação empolga – e muito – as crianças. Usar referências que a criança conhece, como o espinafre do Popeye ou o prato favorito de outro personagem, pode

fazer com que ela tenha uma identi�icação maior com o alimento.

10. Varie os formatos Elaine

de

Pádua

sugere

“disfarçar” os alimentos rejeitados

em pratos diferentes. O truque pode ser o ponto de partida para a criança começar a mudar de ideia. Se ela não come beterraba, que tal acrescentála na massa e fazer panquecas corde-rosa? “Mas não pode virar uma rotina. É importante ela saber o que está comendo”, a�irma. 

8.

Leve seu �ilho ao mercado ou faça uma hortinha em casa

Levar as crianças para as compras do mês também pode ser uma ótima ideia para envolvê-los com a alimentação. Aproximá-las dos alimentos faz com que elas �iquem mais curiosas e experimentem com maior facilidade. Se o seu �ilho transforma

REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012 | 21


! o g i r Pe Qualidade de vida TEXTO: CELSO ARNADO ARAUJO FOTOS: DIVULGAÇÃO

A fome noturna N

os consultórios do endocrinologista é muito comum aparecem pacientes com a seguinte queixa: “Não sinto fome nenhuma de manhã, quando acordo. Mas à noite tenho uma fome assustadora!” Esse perfil de apetite é resultado de um estado clínico chamado pelos especialistas de “Síndrome da Fome Noturna”, bastante freqüente nos quadros de obesidade. Nesses casos, ocorre uma “ativação” de genes recentemente descobertos denominados “clock genes” (clock = hora), em que há uma anorexia (falta de apetite) pela manhã e excesso de fome noturna. Mas o que fazer em casos como esses? A endocrinologista Dra. Claudia Chang, Coordenadora do Curso de Pós-Graduação de Endocrinologia do Instituto Superior de Medicina, explica alguns truques para driblar o inimigo noturno dos regimes.

Dra. Claudia Chang,

Coordenadora do Curso de PósGraduação de Endocrinologia do Instituto Superior de Medicina 24 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

A Síndrome da Fome Noturna foi descrita na década de 50 e, de acordo com os autores que a identi�icaram pela primeira vez, suas principais características são o excesso de apetite à noite, a chamada hiperfagia, que leva a um consumo alto de calorias nesse período, a ausência de fome pela manhã, normalmente com pouca ausência total de desjejum e os

problemas de sono, principalmente di�iculdade para começar a dormir (insônia inicial). Acredita-se que a Síndrome da fome noturna esteja presente em até 25% da população com aumento de peso. Mas ainda não está claro quais os fatores que a desencadeiam – parece haver um desbalanço em alguns fatores de regulação neuroendócrina relacionados


Ésteres etílicos de ácidos graxos ômega-3 a 90%

Grupo Ferrer. Nós cuidamos das pessoas.

90

%

Apenas 1 cápsula ao dia

= Comodidade Posológica +

O Grupo Ferrer é uma multinacional espanhola, presente em 93 países. Atua nas áreas Farmacêutica, Alimentícia e Química Fina, setores chaves que contribuem para a melhoria da saúde e a qualidade de vida das pessoas.

Adesão ao Tratamento MIA O N ECO ARA O P NTE E I C PA

Promoção Médica Revistas Médicas Congressos e Eventos Promoção PDV’s Revistas e Encartes para Farmácias

OMACOR® - Ficha Técnica Fornecedor Apresentação Código Interno Código de Barras (EAN) Classificação Fiscal Nº Registro MS Caixa Padrão Tipo de Produto Princípio Ativo Prazo de Validade Tipo de Precificação

Lab. Ferrer do Brasil Ltda. Frasco com 28 cápsulas moles (1.000mg) 1304253 8433042008307 21069030 6.6638.0002.001-3 40 unids. Alimentício Ômega-3 - EPA/DHA 24 meses Liberado

e seu Prepar e! estoqu

CONDIÇÕES ESPECIAIS DE LANÇAMENTO Faça seu pedido agora mesmo ao seu distribuidor de preferência.

Direitos reservados - é proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização da Ferrer do Brasil Ltda. Informações adicionais estão disponíveis, mediante solicitação à Ferrer do Brasil Ltda. Av. Eng. Luis Carlos Berrini, 1511 3º and. Cj. 32 - Fone.: (11) 5105-1900 - CEP 04571-011 - São Paulo - SP

OMA 03 jun/2012

Alto nível de investimento promocional.


ao ritmo circadiano, isto é, o período de 24 horas sobre o qual se baseia todo o ciclo biológico do homem. Alguns hormônios, como a serotonina e melatonina, esta liberada durante o sono, e os chamados “clock gens” sabidamente agem no controle do ritmo circadiano – que nada mais é que o equilíbrio que ocorre no nosso organismo durante a noite e o dia, ou durante o sono e a vigília e todos os ajustes que se fazem necessários em nosso corpo para que isso ocorra. E justamente aí está o problema: um descompasso entre a melatonina, a serotonina e os “clock genes” fazem com que as pessoas com a Síndrome da Fome Noturna tenham um apetite mais aguçado antes de dormir – e acordem completamente saciados.

“O principal efeito da Síndrome da Fome Noturna está relacionado ao aumento de peso e suas consequências, que fazem parte do que chamamos de Síndrome metabólica, que inclui pressão alta, diabetes e alteração de colesterol, e é a maior causa de mortalidade em todo o mundo”, diz a Dra. Claudia. Curiosamente, os “famintos noturnos” preferem alimentos muito calóricos, ricos em gorduras e com baixo índice de �ibras. Os cientistas acreditam que esses tipos de alimentos, como os chocolates, conseguem ativar de maneira mais e�icaz os centros do prazer no cérebro, daí a preferência.

Quem tem maior chance de desenvolver a Síndrome da Fome Noturna? Embora tanto homens quanto mulheres possam ser acometidos, alguns estudos demonstram uma frequência discretamente maior em homens. A maior predisposição à síndrome tambem está associada a distúrbios do humor (normalmente quadros de depressão e ansiedade) e em pessoas que já apresentam fatores que interferem no ritmo circadiano, como, por exemplo, trabalhadores noturnos (seguranças, pro�issionais de saúde, bombeiros, policiais, etc.). Pessoas que trabalham em turnos alternados têm padrões diferentes de sono durante as 24 horas devido às

mudanças na sincronização dos seus ritmos corporais com o ciclo de claro e escuro. Essas alterações de sono já foram associadas a distúrbios metabólicos, doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade, dentre outros. Em amplos estudos, observou-se que a obesidade era mais comum nas pessoas que trabalhavam em turnos noturnos, em comparação com pessoas que só trabalhavam em turnos diurnos. Além disso, esses trabalhadores apresentavam aumento de gordura no sangue e diminuição do colesterol bom. Em outros estudos, demonstrouse que pessoas que trabalham de noite também apresentam aumento de açúcar no sangue, colesterol, pressão arterial, circunferência abdominal e Índice de Massa Corporal (IMC).

Como tratar?

O primeiro passo, segundo a Dra. Claudia é adotar um processo de reestruturação, com alimentação fracionada ao longo do dia, evitando-se períodos prolongados em jejum. Com isso, haverá uma menor produção de grelina, nome que os endocrinologistas dão a um hormônio produzido pelo estômago, que dá fome, minimizando assim o estímulo que aumenta o apetite. Existem várias opções de tratamento para a fome noturna, mas, basicamente, duas abordagens são necessárias A primeira opção é esse tratamento comportamental - com psicoterapia e mudanças de hábitos de vida -, mas, em algumas situações, o endocrinologista precisa introduzir medicação. Algumas dicas podem ajudar a atenuar o problema: – Não fique em jejum pela manhã. Fazer café da manhã regularmente é fundamental – Fracione bem a alimentação durante o dia – Tenha horários regulares para se alimentar (não altere muito os horários de comer) – Prefira alimentos com baixo índice glicêmico (produtos integrais) durante todo o dia e principalmente à noite – Coma lentamente e sem fatores de distração, como televisão, principalmente no período noturno – Evite qualquer fator que possa influenciar no sono noturno, como a ingestão de cafeína após as 18h, por exemplo, ou atividade física logo antes de deitar.

– Evite ter alimentos de alta densidade calórica disponíveis em casa 26 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012


%

30

Nova embalagem de Yasmin® com 3 blisters. A qualidade Bayer que você já conhece, agora com maior comodidade.

O** NTTO ON CO SC ES DE ED DE D

Bom controle do ciclo1 Auxílio na manutenção do peso2 Drospirenona com perfil próximo da progesterona natural3

*Desconto sobre o PMC - R$ 178,88 - ICMS 19%. Fonte: Guia da Farmácia Setembro/2012.

Interação medicamentosa: antibióticos e anticonvulsivantes. Contraindicação: Diabetes mellitus com alterações vasculares. YASMIN® - Drospirenona e Etinilestradiol. Reg. MS – 1.0020.0090. Indicações: Contraceptivo oral, com efeitos antimineralocorticóide e antiandrogênico que beneficiam tanto as mulheres que apresentam retenção de líquido de origem hormonal e seus sintomas, como as que apresentam acne e seborréia. Contra-indicações: Contraceptivos combinados orais (CCOs) não devem ser utilizados na presença das condições listadas abaixo (devendo-se avaliar as particularidades de cada situação): Tromboembolismo arterial ou venoso, Enxaqueca, Diabetes melitus, Pancreatite, hipertrigliceridemia, Doença hepática grave, Insuficiência renal, Tumores hepáticos, Neoplasias dependentes de esteróides sexuais, Sangramento vaginal não-diagnosticado, Suspeita ou diagnóstico de gravidez, Hipersensibilidade a qualquer um dos componentes do produto. Cuidados e advertências: Avaliar os benefícios e riscos. Consultas/exames médicos regulares são recomendados. Distúrbios circulatórios, tumores, hipertrigliceridemia, hipertensão, colecistopatia, porfiria, lupus eritematoso sistêmico, síndrome hemolítico-urêmica, coréia de Sydenham, herpes gestacional, perda da audição relacionada com otosclerose, patologia intestinal inflamatória crônica, anemia falciforme, enxaquecas, angioedema hereditário, distúrbios da função hepática, pode ocorrer cloasma. Potencial teórico para aumento no potássio sérico em usuárias de Yasmin® que estejam tomando outros medicamentos que podem aumentar os níveis séricos de potássio. Quando CCOs são utilizados corretamente o índice de falha é de aproximadamente de 1% ao ano. A eficácia dos CCOs pode ser reduzida nos casos de esquecimento de tomada dos comprimidos, distúrbios gastrintestinais ou interação medicamentosa. Podem surgir sangramentos irregulares, especialmente durante os primeiros meses de uso. É possível que em algumas usuárias não se produza o sangramento por privação durante o intervalo de pausa. Caso a paciente engravide durante o uso de Yasmin®, deve-se descontinuar o seu uso. Não foram verificados efeitos teratogênicos decorrentes da ingestão acidental de CCOs no início da gestação. O medicamento não deve ser utilizado durante a gravidez e a amamentação. Reações adversas: náuseas, dor abdominal, aumento ou diminuição do peso corpóreo, cefaléia, estados depressivos, alterações de humor, vômito, diarréia, retenção de líquido, enxaqueca, diminuição ou aumento da libido, intolerância a lentes de contato, hipersensibilidade. Interações: Fenitoínas, barbitúricos, primidona, carbamazepina, rifampicina, oxcarbazepina, topiramato, felbamato, griseofulvina, Erva de São João, ritonavir, nevirapina, penicilinas, tetraciclinas. ciclosporina, lamotrigina. Posologia: Os comprimidos devem ser ingeridos por 21 dias consecutivos. Cada nova cartela é iniciada após intervalo de 7 dias, durante o qual deve ocorrer sangramento por privação hormonal. Início do uso de Yasmin®: No caso da paciente não ter utilizado contraceptivo hormonal no mês anterior, a ingestão deve ser iniciada no 1º dia do ciclo (1º dia de sangramento menstrual). Para procedimentos sobre mudança de contraceptivo, caso de esquecimento de comprimidos ou ocorrência de vômitos e/ou diarréia, consultar a bula do produto.VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA. Referências bibliográficas: 1. Foidart JM, Wuttke W, Bouw GM, et al. A Comparative investigation of contraceptive reliability, cycle control and tolerance of two monophasic oral contraceptives containing either drospirenone or desogestrel. Eur J of Contraception and Reprod Health Care 2000;5(2):124-34. 2. Oelkers W, Foidart JM, Dombrovicz N, et al. Effects of a new oral contraceptive containing an antimineralocorticoid progestogen, drospirenone, on the rennin-aldosterone system, body weight, blood pressure, glucose tolerance, and lipid metabolism. J Clin Endocrinol Metab 1995;80:1816-21. 3. Foidart JM. The contraceptive profile of a new oral contraceptive with antimineralocorticoid and antiandrogenic effects. The European Journal of Contraception and Reproductive Health Care 2000;5(Suppl 3):25-33.

L.BR.WH. 2012-08-13-0854 Material para distribuição exclusiva a profissionais da saúde.


Entrevista TEXTO: CELSO ARNALDO ARAUJO FOTOS: DIVULGAÇÃO

A nova face dos GENÉRICOS

O

Telma Salles, presidente da PróGenéricos

28 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

s números são explosivos: no primeiro semestre deste ano, o mercado de genéricos cresceu nada menos do que 22,1% – com 321 milhões de unidades comercializadas. Onze anos depois de seu surgimento no Brasil, os genéricos estão cumprindo, com louvor, sua missão de aumentar o acesso da população a medicamentos. Em alguns princípios ativos, os genéricos já têm até 90% do mercado. E há cálculos apontando que, de 2001 para cá, os brasileiros economizaram quase 30 bilhões de reais graças aos genéricos. A PróGenéricos, entidade que representa as 12 maiores empresas do setor e 85% do mercado, tem papel importante nesse crescimento. E, de dois meses para cá, tem novo presidente. Aliás, uma presidente: Telma Salles, experiente executiva do mercado farmacêutico. Carioca, filha de dono de farmácia no Rio, ela passou com brilho pela Hexal, grupo EMS e Aché – antes de ser indicada, por seus pares, para comandar a entidade e liderar os próximos passos dessa escalada. Nesta entrevista à Revista ABCFARMA, ela analisa o mercado e diz onde é possível aprimorar essa promissora classe de medicamentos


Um crescimento de 21% no primeiro semestre deste ano. O mercado não para de crescer, a taxas anuais de dois dígitos. Até onde vai essa lua de mel do brasileiro com os genéricos? Temos ainda muito espaço para crescer, uma grande janela de oportunidades. Ainda há estados no Brasil onde o genérico ainda não está disseminado. Mas entendemos que são necessárias mais políticas públicas voltadas para o aumento da utilização dos genéricos e do melhor acesso aos medicamentos. Temos um exemplo muito bem-sucedido dessas políticas: 65% dos produtos disponíveis na farmácia popular são genéricos. A resistência ao uso, por parte da população, é uma etapa vencida. Mas o mercado ainda está amadurecendo e, como eu disse, há ainda uma grande margem de crescimento. Nos Estados Unidos e em alguns países da Europa, onde os genéricos são ofertados há mais tempo que no Brasil, eles respondem por até 60% do mercado. No Brasil, são apenas 25% de participação.

Qual é o potencial de crescimento da participação dos genéricos na carteira de medicamentos vendidos no Brasil?

Não temos uma meta numérica, mas acredito que este ano já chegue aos 30%. A base de crescimento em última análise depende do comportamento da economia. Em muitos países, há um copagador, que é o governo, aqui temos apenas a Farmácia Popular. Ainda há muitos instrumentos que podem ser utilizados para incrementar a venda de genéricos e o acesso aos medicamentos.

Ainda há muitas lacunas a serem preenchidas, não?

Sem dúvida. Há pelo menos 17 patentes de marcas de referência,

“Ainda há estados no Brasil onde o genérico ainda não está disseminado” incluindo moléculas bastante importantes, a vencer até 2015.

Ainda há médicos que resistem a prescrever genéricos?

Isto está quase superado. Um médico ou outro pode dizer que não con�ia nesse ou naquele genérico, nessa ou naquela empresa, mas o conceito do genérico está consagrado na classe médica – mesmo porque há um grande embasamento legal e técnico para se produzir um genérico no Brasil. Mesmo as empresas que são donas dos produtos inovadores lançam genéricos, elas mesmas, quando vence a patente.

Quais são hoje as atuais bandeiras da Pró-Genéricos?

Consolidar os genéricos como ferramenta de acesso aos medicamentos – e para quase todas as patologias mais importantes. Já vencemos boa parte das di�iculdades. Eu diria que há uma �ila de análise de genéricos por parte da ANVISA – e sem dúvida precisaríamos de um pouco mais celeridade. Mas os maiores entraves que havia no passado, a rejeição e o

desconhecimento, foram vencidos. As empresas hoje estão extremamente competitivas e, muito rapidamente, são lançados os genéricos que permitem ao paciente ter mais opções para seu tratamento, em termos de intercambialidade.

Como a PróGenéricos encara a questão das patentes?

Lutamos para que as patentes sejam totalmente cumpridas. Somos legalistas e a favor da patente. Mas, vencido o prazo legal, a população precisa do genérico.

Depois de uma longa carreira como executiva do mercado farmacêutico, como você encara este novo desa�io?

Presidir uma entidade que agrega as maiores empresas do setor, de capital nacional e estrangeiro, e que representam 85% do mercado de genéricos no Brasil, é uma responsabilidade. Fico muito orgulhosa por ter sido escolhida por essas empresas para representá-las. E espero fazê-lo bem. 

REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012 | 29


Untitled-1 1


16/08/12 12:48


Pediatria TEXTO: CELSO ARNALDO ARAUJO FOTOS: DIVULGAÇÃO

dicas para manter as crianças longe delas

N

a temporada de gripes, resfriados e viroses, sobretudo na volta às aulas para o segundo semestre, os bons hábitos são importantes para prevenir as infecções que se aproveitam de falhas no sistema imunológico das crianças – como ensina o infectologista do Hospital Infantil Sabará, Dr. Milton Lapchik É possível evitar uma série de doenças infecciosas com bons hábitos que devem começar ainda na infância. O infectologista Milton Lapchik, chefe do Setor de Controle de Infecções do Hospital Infantil Sabará, explica algumas dessas mudanças simples que podem evitar doenças:

32 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

Ensine a criança a lavar as mãos sempre que chega da rua, antes das refeições, após usar o banheiro e depois das brincadeiras. Desde cedo explique que, antes de tossir ou espirrar, é necessário levar a mão à boca/nariz. Além de ser educado, é uma maneira de evitar que minipartículas das secreções do nosso corpo sejam liberadas e possam contaminar outras pessoas. Nada de colocar o dedo no nariz. O ideal é ensinar as crianças a usar lenços de papel para assoar e limpar a secreção do local. Evite os lenços de pano! Mantenha a carteira de vacinação em dia. A imunização é a melhor forma de prevenir uma série de doenças. Se tiver alguma dúvida, converse com o pediatra. Crianças menores de três anos estão mais suscetíveis às doenças infecciosas por apresentarem um sistema de defesa ainda em formação. Evite aglomerações, ambientes fechados demais, principalmente em época de temperaturas mais baixas.

1 2 3 4 5


AF_An Biotonico_205x275mm_13-01-2012_2.pdf

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

1

6/18/12

11:43 AM


6

7

8

9

Até os seis meses, o aleitamento materno é essencial. O leite materno é o melhor alimento que uma criança pode ter, pois tem papel fundamental na maturação no sistema imunológico. Após esse período, é hora de inclusão da alimentação sólida: invista em alimentos naturais, com oferta de vegetais, carnes, frango, frutas e grãos. Evite alimentos industrializados e o uso de açúcar e sal na alimentação de crianças pequenas. Ofereça água constantemente para evitar a desidratação. Não compartilhe talheres, pratos e copos com ninguém. Converse com as crianças para que sigam este hábito também. É uma forma de limitar o contágio de doenças. Antes de correr para o Pronto Socorro, ligue para seu pediatra. Na maioria das vezes, é desnecessário tirar a criança de casa e fazê-la esperar numa sala lotada. A febre pode assustar, mas é uma reação fisiológica do organismo. Se seu filho for alérgico, em época de frio procure deixar a casa arejada durante o dia para evitar umidade, que pode desencadear crises. Limpe a casa com frequência (com panos úmidos), evite nos quartos cortinas, tapetes, bichos de pelúcia e livros.

34 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

Se a criança está com tosse, coriza ou febre, permita que ela falte à escola, justificando ausência com atestado médico. Essa falta é providencial para a necessidade de descanso nessa fase e também evita o contágio dos coleguinhas. Se, após consulta médica, se confirmar alguma infecção de fácil transmissibilidade, não só não deixe seu filho retornar às aulas antes do término da doença, como avise a escola – para que eventualmente os outros pais possam ficar em estado de alerta. 

10


AnuncioBaby 205x275_Layout 1 2/16/12 10:44 AM Pรกgina 1


Negócios TEXTO: CADRI SALEH AHMAD AWAD FOTOS: CADRI SALEH AHMAD AWAD E DIVULGAÇÃO

TÉCNICA DE PRECIFICAÇÃO

A linha tênue que divide a farmácia entre o fracasso e o sucesso

E

m tempos de alta competitividade no Canal Farma em que a guerra de descontos é cada vez mais acirrada, o empresário precisa estar mais atento do que nunca à gestão do seu negócio.

O mercado nem sempre contempla quem vende mais barato, mas quem gera melhor percepção de preços baixos ao consumidor, por isso, é fundamental saber distribuir estrategicamente os descontos nos grupos de produtos existentes no ponto de venda. Para fazer isso é preciso classi�icar os produtos pela margem de lucro e saber diferenciar quem são os geradores de tráfego e geradores de renda neste mercado. O maior problema no varejo independente é a ausência de metodologia de gestão e falta de métricas de desempenho �inanceiro. As empresas de pequeno porte não estão habituadas a medir os seus resultados para tomada de decisão e isto explica por que muitas delas não exibem os mesmos índices de crescimento que o varejo farmacêutico brasileiro tem anunciado nos últimos anos.

Para preci�icar de forma correta e implantar uma política de descontos compatível com o per�il de vendas da farmácia e o nível de competitividade exigido, é preciso ter uma gestão pro�issional.

36 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012 10 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2011

Cadri Saleh Ahmad Awad

é farmacêutico, Diretor e Consultor do Instituto Bulla de Goiânia – GO cadri@institutobulla.com.br

Muitos empresários e gestores de farmácias não entenderam que, apesar de o mercado focar sua publicidade na oferta de descontos, preços baixos e promoções, isto não signi�ica necessariamente vender tudo mais barato que a concorrência, mas gerar uma melhor percepção de “barateiro” – preconizando descontos médios que, quando planejados e compatíveis com a planilha de demonstrativo de Lucros e Perdas da empresa, permitem ao empresário a obtenção de lucro operacional satisfatório. Portanto, dizemos sempre que a adoção de técnicas de preci�icação é a “linha tênue” que divide a farmácia entre o fracasso e o sucesso.

Algumas dicas importantes:

utilize planilhas de Demonstrativo de Lucros e Perdas (DLP) e Demonstrativo de Fluxo de Caixa (DFC) para tomada de decisão, elabore listas de promoção com base no per�il de vendas, posicionamento de mercado e público alvo. Faça cursos de capacitação e busque uma consultoria especializada sempre que precisar. 

!

Sucesso e Bons Negócios para todos


Economia TEXTO: GERALDO MONTEIRO FOTOS: DIVULGAÇÃO

U

A IMPORTÂNCIA DA UTILIZAÇÃO DE CONTROLES E SISTEMAS PARA GERENCIAR O CRESCIMENTO ma das principais razões pelas quais algumas empresas enfrentam problemas durante a fase de crescimento acelerado é o fato de elas falharem na forma de controlar efetivamente suas atividades, tais como políticas, procedimentos, avaliações e checagem para certificar se as metas estão sendo atingidas. Sem isso, a empresa caminha descontroladamente. O objetivo da adoção de sistemas e controles é gerenciar as atividades organizacionais de modo que a empresa alcance o nível de performance esperado enquanto continua a crescer.

dade exigido pelo mercado. O que antes era considerado alta qualidade agora está abaixo do padrão. As mudanças podem acontecer mais depressa do que você imagina. Estabelecendo sistemas para avaliar as condições do mercado e, especialmente, as ações dos concorrentes, você estará se prevenindo dessas surpresas.

Hoje mais do que nunca, é importante que a empresa tenha métodos e padrões de comparação para avaliar seu progresso. O ambiente no qual a maioria das empresas opera é dinâmico e está em constante mutação. Suponha que sua empresa estabeleça um padrão para entregar 100% das vendas no prazo prometido de, no máximo, duas horas. Se você não tem um sistema que gerencie as entregas e con�ira o desempenho, como saberá se está cumprindo esse padrão?

Existem quatro tipos básicos de sistemas e controles. Os controles �ísicos incluem inventário do estoque, controle de qualidade e gestão dos equipamentos. Você deve manter os estoques no menor nível possível e ainda assim atender seus clientes naquilo que eles desejam e quando desejam. Você desejará também melhorar constantemente a qualidade de tudo o que a empresa produz e certi�icar-se de que terá à disposição os equipamentos necessários no momento em que precisar deles.

Ou então suponha que você estabeleceu um padrão de qualidade para seu produto e, ainda assim, um dos seus maiores clientes de repente parou de comprar de sua empresa, alegando que a mercadoria está abaixo do padrão. O que aconteceu? O que aconteceu é que, enquanto você estava ocupado tocando os negócios, não notou que os concorrentes aumentaram o padrão de quali-

38 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012

O estabelecimento de sistemas irá ajudá-lo também a administrar uma organização complexa de forma mais simpli�icada. Com frequência, empreendedores negligenciam o fato de um erro em determinada área da empresa ter um impacto em toda a organização e esse erro pode sair muito caro até mesmo destruir a empresa.

Geraldo Monteiro é Mestre em Administração pela Fecap e assessor econômico da ABCFARMA e Diretor Executivo da ABRADILAN

O controle de recursos humanos envolve bons sistemas de contratação, retenção e dispensa de empregados, assim como sistemas de treinamento e desenvolvimento das equipes.

O controle de recursos de informação refere-se ao gerenciamento da informação de que você precisa para ser competitivo no mercado, o que inclui itens como previsão de vendas, análise de mercado e previsões econômicas.

Finalmente, os controles �inanceiros afetam todas as áreas de

uma organização. Sistemas para gerenciar o �luxo de caixa da empresa, o momento adequado das compras e a gestão efetiva de contas a receber são apenas alguns controles �inanceiros de que você irá precisar. Um bom sistema de controle irá estabelecer padrões, mensurar a performance, comparar o desempenho com os padrões e então fornecer uma forma de corrigir os procedimentos onde e quando for necessário. 


Serviços TEXTO: DANIELA SOARES DOS SANTOS FOTO: DIVULGAÇÃO

CONSULTORIA TRIBUTÁRIA PARA FARMÁCIAS E DROGARIAS

Você sabe qual é, realmente, o problema tributário de sua empresa?

A

GEPC Consultoria Tributária continua atuando no mercado farmacêutico como referência e com grandes expectativas ainda para este ano.

O trabalho dessa empresa no ramo farmacêutico tem bene�iciado e diferenciado seus clientes no mercado, proporcionando maior segurança e mobilidade em seus negócios. A questão tributária nas farmácias e drogarias tem sido uma constante preocupação tanto para os donos de farmácias e drogarias como para o setor em geral. Na última Econofarma, realizada em junho último, um dos tópicos abordados na mesa-redonda versou sobre esse assunto. A carência de conhecimento e as di�iculdades tributárias encontradas no setor são gritantes chegando a um numero assustador: 95% das farmácias e drogarias pagam impostos indevidamente – na maioria das vezes, a maior. A falta de conhecimento, de conscientização e de união entre empreen-

40 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012

dedores também é agravante que contribui para este cenário nada animador para os pequenos empresários. Porem, não podemos nos esquecer de que as grandes redes contam com esse tipo de bene�ício de consultoria e assessoria tributária – e isso se pode a�irmar com propriedade, já que constantemente a GEPC é consultada por essas empresas. Essa segurança �iscal facilita o desempenho das redes no mercado e aumenta seu poder de operação permanente. A GEPC Consultoria Tributária executa seu trabalho de forma a que isso não aconteça, estabelecendo e desenvolvendo o sistema de consultoria em parceria com o próprio contador de con�iança do cliente, garantindo assim

Genivaldo Braga dos Santos Consultor Tributário

a continuidade do trabalho pós-consultoria e com um custo acessível. O sucesso da empresa, que atua basicamente no estado de São Paulo, por uma questão de custos para os clientes de outros estados, tem sido reconhecido em todo o território nacional, avaliado através de contatos e solicitações de agendamento de visitas e menções em outras mídias do ramo. Para resolver a questão da distância, a GEPC Consultoria Tributária tem estudado projetos de novas parcerias com investidores do ramo farmacêutico


AGOSTO 2012

NEM RÁPIDO, NEM DEVAGAR. NA VELOCIDADE CERTA DO SEU ORGANISMO.

FIM DE JOGO PARA A CONSTIPAÇÃO INTESTINAL

Fibra efervescente. É indispensável que seja dissolvido em água.

Ele atua reeducando o seu intestino de forma natural e complementando sua ingestão diária de fibras1.

Classe Terapêutica: regulador intestinal à base de fibras. Povata (Plantago ovata Forsk) - Formas farmacêuticas e apresentações: Embalagens com 10 ou 30 envelopes contendo 3,5g da casca da semente de Plantago ovata Forsk. USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DOS 12 ANOS. Indicações: Doenças que evoluem com alternância de episódios de diarreia e constipação intestinal (intestino irritável, diverticulose). Contraindicações: O uso deste medicamento é contraindicado em caso de obstrução intestinal ou hipersensibilidade conhecida ao Plantago ovata Forsk e/ou demais componentes da formulação. Este medicamento não deverá ser usado em pacientes com dores abdominais não diagnosticadas, náusea e vômitos, 1 sangramento retal e/ou falha ao defecar mesmo após o uso de laxativo. Pacientes que sofrem de constrição abdominal, doenças do esôfago e diabetes melitus também não devem fazer uso deste medicamento. Este produto deverá ser administrado com um pouco de água, pois sem a devida recomendação, o mesmo pode ocasionar o inchaço ou bloquear a garganta, esôfago e até mesmo acarretar obstrução intestinal. Se o paciente apresentar dificuldade de engolir, dor no peito e/ou vômitos após a ingestão deste medicamento deverá procurar um médico imediatamente. Posologia: Adultos e crianças acima de 12 anos: 1 envelope, 1 a 3 vezes ao dia, via oral. Reações adversas: As reações adversas deste medicamento são em geral leves e transitórias. No início do tratamento, dependendo da dose, podem ocorrer alguns distúrbios como flatulência e sensação de plenitude, que desaparecem em poucos dias sem necessidade de interromper a administração. Em certos casos, pode ocorrer dor abdominal ou diarreia. Estas reações adversas são raras (menos de 1 para 1000). Excepcionalmente, pode aparecer algum caso de obstrução intestinal ou esofágica e reações alérgicas. Interações medicamentosas: A administração conjunta a pacientes em tratamento com digitálicos e sais de lítio não é recomendada. Porém, no caso de se ter que utilizar estes fármacos durante o tratamento, eles devem ser administrados no mínimo 2 horas antes da ingestão de Povata (Plantago ovata Forsk), já que a fibra poderá dificultar a absorção destes medicamentos. Não administrar junto com antidiarreicos e produtos inibidores da motilidade intestinal (difenoxilato, loperamida, opiáceos etc) pelo risco de obstrução intestinal. Precauções: Não administrar quando houver dor abdominal, náuseas ou vômitos. Deve-se ressaltar a importância de uma hidratação adequada, especialmente se o medicamento foi ingerido sem prévia dissolução em água. Povata (Plantago ovata Forsk) contém sódio, portanto deve ser administrada com cautela a pacientes em dieta hipossódica. Gravidez e amamentação: Categoria C. Povata (Plantago ovata Forsk) é uma formulação de ação estritamente local, não sendo digerível nem absorvível, por seu conteúdo em fibras. No entanto, a fibra solúvel de Povata (Plantago ovata Forsk) absorve substâncias orgânicas, inorgânicas e minerais. Assim, para evitar o risco de eliminação excessiva destas substâncias durante a gestação, não se recomenda ultrapassar as doses prescritas. Superdosagem: Não foram descritos casos de intoxicação por superdose em virtude de os princípios ativos dessa formulação não serem absorvidos. No entanto, em caso de ingestão excessiva, deve-se proceder ao tratamento sintomático. Deve-se ressaltar a importância de uma hidratação adequada, especialmente se o medicamento for ingerido sem prévia dissolução em água. Advertência: Não use este medicamento em caso de doenças intestinais graves. VENDA SEM RECEITUÁRIO MÉDICO. Registro MS: 1.0043.1017. Farm. Resp.: Dra Sônia Albano Badaró – CRF-SP 19.258. Fabricado por: Eurofarma Laboratórios S/A. Av. Ver. José Diniz, 3.465, São Paulo – SP. E-mail: euroatende@eurofarma.com.br. CNPJ 61.190.096/0001-92. Indústria Brasileira. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. POVATA É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E FARMACÊUTICO. Nota: Antes de prescrever, recomendamos a leitura da circular aos médicos (bula completa) para informações detalhadas do produto. 1 - Bula do produto.

POVATA É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. 1 ADVERTÊNCIA: NÃO USE ESTE MEDICAMENTO EM CASO DE DOENÇAS INTESTINAIS GRAVES .

CENTRAL DE ATENDIMENTO EUROFARMA:

.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO

Julho/2012

Povata é um regulador intestinal à base de fibras vegetais que pode ser consumido diariamente durante ou após as refeições.


em patrocínios, o que possibilitará uma maior abrangência de bene�iciados em outros estados do país, com um custo mais acessível, através da Clínica Tributária oferecida pela emopresa.

Informações básicas

Grá�icos comparativos

Dados apurados em Clínica Tributária realizada em parceria com a ABCFARMA e SysFar para Associados da Rede Refarma em Agosto/2011. Empresa X enquadrada no Lucro Presumido, faturamento médio de R$ 377.144,60/mês no período de janeiro–maio/2011, obteve os resultados abaixo.

No estado de São Paulo, uma farmácia ou drogaria enquadrada no Simples Nacional com faturamento médio de R$ 100.000,00/mês e/ou acumulado entre R$ 1.080.000,00 a 1.260.000,00 nos últimos 12 meses, pagará de DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional – imposto que vence no dia 20 de cada mês – regra geral) em média R$ 4.480,00. Para chegar a esse resultado, é necessário um cadastro correto em relação às questões tributárias. Fonte: Matéria exibida na Revista ABCFARMA 1ªCLÍNICA TRIBUTÁRIA FISCAL Para ASSOCIADOS DA REDE REFARMA SP. – Agosto 2011. Informativo: Empresa Y enquadrada no Simples Nacional, faturamento médio de R$ 98.945,96/mês no período de maio-setembro/2011, obteve os resultados abaixo:

Cerca de 95% das farmácias pagam impostos indevidamente – muitas vezes, a maior Dados apurados em Empresa Cliente (Farmácia) Prospectados pela GEPC

42 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012


PRUDENCE L’AMOUR

O PRESERVATIVO FEMININO DA MULHER SEGURA E INDEPENDENTE. LANÇAMENTO

Feito de poliuretano, material fino e transparente, ideal para pessoas alérgicas ao látex. Feito de látex, macio e flexível, é a opção mais acessível em preservativo feminino.

DICA DE EXPOSIÇÃO: Exponha a linha seção Prudence L’amour na de higiene feminina, tes próximo dos absorven e sabonetes íntimos.

Melhorando vidas através do marketing social.

Não deixe faltar na sua loja.

www.prudenceintima.com.br


Gestão de Negócios

A CARROÇA VAZIA (Fábula de Esopo - Fabulista grego do século V a.C.)

Certo dia, um pai convidou o �ilho para irem a pé de Maratona (cidade grega) a Atenas. O �ilho aceitou com entusiasmo, e disse: “Que bom! Meu querido pai, quem sabe se não vejo os ilustres sábios a discutirem na ágora de Atenas” (principal praça de uma cidade grega da antiguidade). E foram caminhando.

Américo José da Silva Filho

Atco Treinamento e Consultoria E-mail: americo@atcotc.com.br www.atcotc.com.br

Depois de algum tempo pararam para descansar sob frondosas árvores à beira de um riacho. Fartaram-se de beber água e descansaram sob as sombras ouvindo as melodias dos pássaros. Enquanto isso, também se ouvia um barulho. O menino apurou os ouvidos e disse: “Esse barulho deve ser de uma carroça”. – Isso mesmo, disse o pai do menino. É uma carroça vazia. O �ilho perguntou ao pai: – Papai, como o senhor pode saber que a carroça está vazia se ainda não a vimos? Então o pai disse: – Ora, é muito fácil saber se uma carroça está vazia, por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho que ela faz. O menino virou adulto - e quando via uma pessoa falando demais, inoportuna, se intrometendo nas conversas dos outros, tinha a impressão de ouvir a voz do pai dizendo: – Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho.

44 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

O que é ser uma “carroça vazia” na administração de uma farmácia?


São todas aquelas situações em que o gestor ou seus funcionários falam ou fazem muito, mas geram poucos resultados para a farmácia.

Para designar isso também usamos a expressão “fazer muito calor e gerar pouca energia”, como aqueles automóveis com motores já velhos que queimam muito óleo e têm di�iculdade para subir uma ladeira.

Como exemplos podemos citar:

1 2

Atendimentos com excesso de intimidades e brincadeiras que, no entanto, carecem das informações necessárias, como modo de usar, interações, etc. Deixar consumidores saírem da farmácia sem que tenham sido abordados ou pelo menos cumprimentados. Isso pode estar acontecendo por falta de funcionários nos horários de maior movimento ou por falhas no atendimento.

3 4

Fazer promoções sem contar com produtos disponíveis para atender à demanda por aquilo que foi anunciado.

Farmácia com muito movimento, mas poucas vendas. Entre as possíveis razões para isso temos: de�iciência no atendimento, falta de produtos, exposição não sinalizada, di�icultando a localização dos produtos de venda livre, preços, produtos e condições para pagamen-

to não condizentes com o per�il do público da região.

5 6 7 8 9

Ideias para melhoria na farmácia que são rapidamente esquecidas. Falta planejamento e “dar o primeiro passo”.

Excesso de reuniões sem que ocorram decisões e ações. Fazer muitas reuniões também pode ser re�lexo da falta de procedimentos claros: os funcionários não sabem o que e como fazer. Não ter processos – atendimento, compras, administração, etc. – provocando tarefas desnecessárias ou retrabalhos.

tamente.

Repreender um funcionário por um trabalho mal feito, sem orientá-lo sobre como fazer corre-

Reclamar constantemente da situação (da farmácia, do mercado, dos concorrentes, do governo, dos funcionários, etc) sem procurar identi�icar o que está ao alcance de si mesmo para resolvê-la. E agir para isso.

10

Fazer promessas aos clientes, funcionários, fornecedores e parceiros, sem empenhar-se em cumpri-las.

Ao ser chamado para acompanhar o pai até Atenas, o garoto �icou contente, pois lá poderia ver os sábios da cidade discutindo e ensinando na ágora. Essa era uma das principais maneiras que os gregos tinham para exercer a cidadania e transmitir conhecimentos aos jovens.

Era um local onde di�icilmente seriam encontradas “carroças vazias”. Quem se dispusesse a falar na ágora precisava ter muitos conhecimentos e argumentação. Esses também são atributos que as empresas de sucesso apresentam: quali�icação de seus pro�issionais e capacidade de comunicar-se com seus clientes.

Para ter essas competências duas ações são necessárias:

a)

Investir continuamente no próprio desenvolvimento e na quali�icação dos pro�issionais da farmácia.

b)

Trabalhar com planejamento e fazer acompanhamento para que o planejado não caia no esquecimento. “A maneira de se conseguir boa reputação reside no esforço em ser aquilo que se deseja parecer” (Sócrates - filósofo grego – 470 a.C / 399 a.C.)

Bons negócios!  REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012 | 45


Administração TEXTO: CELSO ARNALDO ARAUJO FOTOS: DIVULGAÇÃO

QUAL É A MARCA DA

SUA FARMÁCIA?

O

consultor em varejo Mauro Pacanowski, especializado no canal farma e professor de Comunicação Estratégica da FGV/RJ, ESPM e UFRJ, fala sobre a necessidade de uma loja se diferenciar no mercado através do recall e da consolidação de sua marca

48 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

Rever conceitos e estratégias de vendas deve ser um foco importante neste momento de recessão no mundo. Por que devemos fazer isso no Brasil se, de um modo geral, este assunto não nos afeta ou, pelo menos, estamos passando ao largo da recessão e em muitos segmentos temos aumento de demanda e possibilidades de crescimento positivo? Vejamos o caso do segmento farmacêutico, onde os players indústria, distribuidores e varejo estão em crescente ebulição, com fusões, aquisições, reorganização de logística, abertura de novos

Mauro Pacanowski, especializado no canal farma e professor de Comunicação Estratégica da FGV/RJ, ESPM e UFRJ CDs, introdução de novos layouts e modernização de gestão e TI. O que está acontecendo parece ser bastante positivo, haja vista o expressivo índice de crescimento tanto em valores quanto em unidades vendidas.


Ômega 3 Cifarma Cápsulas Gelatinosas

Não contém glúten

Auxilia na manutenção dos níveis saudáveis de triglicerídeos (Colesterol)

JUNHO/2012

Modo de Usar: Ingerir 1 cápsula três vezes ao dia. Pessoas que apresentem doenças ou alterações fisiológicas, mulheres grávidas ou amamentando (nutrizes) deverão consultar o médico antes de usar o produto. Pessoas alérgicas a peixes e crustáceos, devem evitar o consumo deste produto. O consumo de ácidos graxos ômega-3 auxilia na manutenção de níveis saudáveis de triglicerídeos, desde que associado a uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis.


Chamou minha atenção o interessante comentário de um varejista: o crescimento estava afetando sua gestão e comprometendo sua equipe, pelo turnover elevado em função do maior pro�issionalismo do setor e das muitas ofertas de emprego. Analisando cada player, percebemos que, pelo lado da indústria farmacêutica, ela tem problemas de insumos, custos e ainda depende da racionalização de crédito para expandir não só o portfólio de produtos quanto a planta fabril. Quanto aos distribuidores, eles estão às voltas com �inanciamentos mais longos ao varejo e inadimplência em crescimento, obrigando-os ao realinhamento de crédito e reorganização logística, reduzindo a frequência das entregas e os custos ou, pelo menos, avaliando melhor a potencialidade de determinado setor e cada cliente em função da disputa mais acirrada pela �idelidade do PDV. Do lado do varejo, alguns buscam nos movimentos associativistas um caminho para racionalizar compras, obter melhores condições comerciais e subsídios, em função do jogo de equipe, e distribuição mais horizontalizada – o que teoricamente pode proporcionar maiores volumes e melhores vantagens para consumidor �inal. Porém, estratégias levam tempo para serem aceitas e consolidadas e o varejo de cultura imediatista tem di�iculdades de assimilar atitudes de médio e longo prazo. Olhando para o varejo farmacêutico, podemos destacar um ponto que acredito ser de enorme importância, mas que às vezes negligenciamos ou ainda não conseguimos perceber em sua grandeza. Quantas farmácias já �izeram, ou têm em mente desenvolver, uma pesquisa para avaliar e conhecer o poder de sua marca junto à população/comunidade ou vizinhança, ou para saber se existe um “recall” de sua marca, no momento em que precisamos adquirir um me-

50 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

Um ponto de venda deixou de ser um local unicamente de transações comerciais, para ser um aglutinador de serviços que ajudarão cada consumidor na busca cotidiana de ganhar tempo, em função da rotina estressante de seus afazeres e responsabilidades. dicamento ou produto de higiene e beleza? Normalmente, o consumidor se dirige a uma farmácia e não a alguma em especial. Por isso, cada vez mais, marca e nome são fundamentais para a diferenciação de um estabelecimento comercial, principalmente num segmento como o farmacêutico, onde a disputa é feita parede a parede. O varejo precisa adotar praticas e técnicas que desenvolvam uma maior visibilidade. E uma delas é buscar a consolidação de sua marca/nome na diversi�icação de serviços como um ponto de referência.

Quantas farmácias já fizeram uma pesquisa para avaliar e conhecer o poder de sua marca junto à população/ comunidade ou vizinhança?

UM NOVO MODELO DE NEGÓCIO

Um ponto de venda deixou de ser um local unicamente de transações comerciais, para ser um aglutinador de serviços que ajudarão cada consumidor na busca cotidiana de ganhar tempo, em função da rotina estressante de seus afazeres e responsabilidades.

Eles querem achar, num único local, vários serviços complementares em relação a seus interesses e, nesse caso, podemos identi�icar alguns: pagamentos de contas e oferta de livros e revistas que falem de saúde, medicina natural, beleza, estética, atividades corporais , técnicas antiestresse e a�ins. Por sua especi�icidade, esses itens permitem integrar o mix de serviços complementares dentro de conceitos de prevenção/ proatividade que devem existir entre farmácia e cliente. Transmitindo respeito, credibilidade e con�iança, a farmácia pode e deve pleitear junto


aos órgãos responsáveis pelas políticas publicas de saúde ser o mais importante veículo de disseminação daquelas políticas a um custo praticamente zero para o poder público. Para a farmácia, isso traria também um volume expressivo de potenciais compradores, além de uma imagem comprometida com qualidade de vida. Participar efetivamente das campanhas de vacinação, de hipertensão, diabetes, na distribuição de medicamentos e produtos que façam parte das estratégias institucionais de educação da população em assuntos relacionados a higiene corporal, oral e muitos outros por certo trará um novo modelo de negócio para a farmácia.

FUTURO SUSTENTÁVEL

Essas parcerias podem render frutos muito mais saborosos e rentáveis que diversi�icar simplesmente o mix de produtos, sem valor agregado e que só entopem as prateleiras, com pouco retorno efetivo, ou seja, armadilhas prontas para serem detonadas. Essas estratégias deixarão as farmácias perto dos consumidores, assumindo um novo papel na sociedade e longe do anonimato, tornando-se referência. A quali�icação dos funcionários, por conseqüência, será maior e o interesse e comprometimento serão um aliado na conquista de novos consumidores. Pelos motivos elencados acima, acredito que investir na marca/nome de seu estabelecimento reforçará não só seu compromisso com as boas práticas e assistência farmacêutica como trará um novo diferencial na percepção do cliente. Uma marca pode e deve representar um patrimônio, um bem contábil e 52 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012

O diferencial de preço é efêmero e não representa permanência no mercado de valor. Portanto, saber construí-la e valorizá-la pode representar um futuro sustentável e não um possível e enganoso retorno a curto prazo. Não é à toa que grandes redes varejistas divulgam constantemente sua marca reforçando algum atributo que a diferencia dos demais. Uma coisa é certa: o diferencial de preço é efêmero e não representa sua permanência no mercado. Pelo contrário, pode derrubá-lo em pouco tempo. Assim como pessoas/serviços, sua marca deve ganhar visibilidade, espaço e recall na mente do cliente sempre que precisar do varejo farmacêutico para suas compras. Pense na solidez de um negócio desenvolvido em bases �irmes, valorizando

sua marca e nome como referencial de serviços procurados por todos e não somente como um local de passagem, onde por acaso são desenvolvidas transações comercias frias e despersonalizadas. Se, por analogia, você pensar em seu nome próprio, pense no que ele representa para sua família, amigos, fornecedores e clientes – e, por extensão, pense na marca/nome de sua farmácia, a qual deve estar posicionada na mente do cliente. Todos neste mercado conhecem a força da Wallgreens, da CVS, da Boots e de algumas poucas marcas nacionais. Seja uma delas, saia do ostracismo e �idelize mais, venda mais. E esse legado passará por várias gerações assim como um trabalho bem feito será sempre lembrado, utilizado e valorizado. 


Tripla ação¹ para o seu pulmão funcionar ainda melhor.

1

Respirar aliviado é um sonho. E pode ser realidade.

M.S. 1.0043.1006

Classe Terapêutica: Expectorante.1 Indicações: tratamento de afecções respiratórias caracterizadas por hipersecreção densa e viscosa.1

Abril/2012

Classe Terapêutica: Fluidificante e descongestionante nasal.1 Indicações: fluidificação da mucosa nasal, favorecendo sua eliminação.1

Referências bibliográficas: 1. Bula do Produto. AIRES É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA.

M.S. 1.0043.0514

M.S. 1.0043.0939

M.S. 1.0043.0939

Referências bibliográficas: 1. Bula do Produto. SNIF É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

EU-0056-12B - Anuncio Snif - Aires.indd 1

15/05/12 12:41


Finanças TEXTO: CELSO ARNALDO ARAUJO FOTOS: DIVULGAÇÃO

ICMS Menos imposto,

mais faturamento

U

Gilberto Luiz do Amaral,

presidente do Conselho Superior e coordenador de estudos do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, IBPT

m estudo encomendado pelo Sindusfarma ao Instituto Brasileiro do Planejamento Tributário demonstra claramente que a redução da alíquota do ICMS sobre medicamentos no estado do Paraná, de 18 para 12%, aumentou a arrecadação em nada menos do que 132%. Mais um argumento a favor da tão esperada e defendida redução da carga �iscal sobre os remédios, uma das mais altas do mundo no Brasil, com 33.87% – bandeira há anos levantada também pela ABCFARMA. Nesta entrevista, Gilberto Luiz do Amaral, presidente do Conselho Superior e coordenador de estudos do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, IBPT, dá mais detalhes sobre esse importante estudo

54 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012


O ICMS é a “parte do leão” da carga tributária sobre os medicamentos? O ICMS representa mais da metade da carga tributária sobre o medicamento. Sempre que pensarmos numa redução dos tributos no medicamento, o caminho mais e�icaz é trabalhar com a redução do ICMS.

A redução do ICMS no Paraná de 18 para 12% permitiu que faixa de redução no preço dos remédios no estado?

O IBPT identi�icou que a redução de 12 para 18% da alíquota do ICMS permitiu uma redução no preço do medicamento no estado do Paraná da ordem de 6,5%.

A redução do ICMS depende da vontade política de cada estado ou há outros fatores envolvidos?

Depende exclusivamente da vontade política dos estados, uma vez que a redução da alíquota do ICMS é uma medida interna que pode ser aplicada por qualquer estado.

Se parece haver um consenso no sentido de que a redução de impostos sobre medicamentos tem efeitos positivos tanto no aumento do acesso à saúde como inclusive na arrecadação, onde estão os focos de resistência? O foco de resistência está contido principalmente no medo dos gover-

O ICMS representa mais da metade da carga tributária sobre o medicamento. Sempre que pensarmos numa redução dos tributos no medicamento, o caminho mais eficaz é trabalhar com a redução do ICMS

nos estaduais em perder arrecadação. Como não havia nenhum caso prático até o momento, os estados concluíam que, ao diminuir a alíquota, consequentemente haveria a redução na arrecadação. Ao demonstrar que a medida aplicada no Paraná aumentou a arrecadação, ao mesmo tempo em que propiciou uma queda no preço e o aumento do consumo do produto, não é inteligente, por parte dos demais estados, não considerar a discussão sobre a redução da alíquota do ICMS. É importante observar que é possível aplicar essa redução do tributo estadual paulatinamente. Não há nenhuma razão lógica para ter qualquer contrariedade em se discutir a adoção dessa medida nos estados.

A PEC do senador Paulo Bauer, que propõe imposto zero para medicamentos tem alguma chance de sobreviver no Congresso?

Acredito que sim, pois, assim como grande parte dos alimentos da cesta básica tem zero de ICMS, principalmente nos estados das regiões sul e sudeste, é viável uma “cesta básica” de medicamentos com alíquota zero de imposto.

Que tipo de respaldo o IBPT está dando ao Sindusfarma nessa questão?

O IBPT fez um estudo analisando o impacto da redução do ICMS nos medicamentos, reproduzido em livro lançado pelo Sindusfarma no mês de junho. O Instituto está subsidiando o Sindicato com informações técnicas para que se possa conseguir a redução do ICMS no setor nos demais estados. REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012 | 55


Chegou

NOVA NOVA APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO

APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO

DISPERSÍVEL DISPERSÍVEL

HBS HBS

CONVENCIONAL CONVENCIONAL

CONVENCIONAL (Baixa Dose) CONVENCIONAL (Baixa Dose)

DOSE DOSE

100/25 mg 100/25 mg

100/25 mg 100/25 mg

200/50 mg 200/50 mg

100/25 mg 100/25 mg

ROCHE

ROCHE

ROCHE

ROCHE

APRESENTAÇÃO1

CARACTERÍSTICA

1

COMPRIMIDO DISPERSÍVEL COMPRIMIDO DISPERSÍVEL

CÁPSULA CÁPSULA

COMPRIMIDO BIRRANHURADO COMPRIMIDO BIRRANHURADO

COMPRIMIDO BIRRANHURADO COMPRIMIDO BIRRANHURADO

LIBERAÇÃO RÁPIDA LIBERAÇÃO RÁPIDA

LIBERAÇÃO PROLONGADA LIBERAÇÃO PROLONGADA

LIBERAÇÃO CONVENCIONAL LIBERAÇÃO CONVENCIONAL

LIBERAÇÃO CONVENCIONAL LIBERAÇÃO CONVENCIONAL

SIM SIM

SIM SIM

NÃO NÃO

EM BREVE EM BREVE

DISPONÍVEL NO

DISPONÍVEL NO AQUI TEM FARMÁCIA AQUIPOPULAR? TEM

2

FARMÁCIA POPULAR?2

R

Prolopa ROCHE (levodopa + cloridrato de benserazida) - Forma Farmacêutica e Apresentação: Prolopa 250 mg - caixa com 30 comprimidos birranhurados - Prolopa BD 125 mg – caixa com 30, 60 e 90 comprimidos birranhurados - Prolopa HBS* 125mg - caixa com 30 cápsulas - Prolopa® dispersível 125 mg – caixa com 30 comprimidos dispersíveis - USO ADULTO - Composição: levodopa + cloridrato de benserazida Indicações: Prolopa® é indicado para o tratamento de pacientes com Doença de Parkinson. Prolopa® HBS é indicado para pacientes parkinsonianos que apresentam flutuações na resposta ao tratamento . Prolopa® dispersível é indicado para pacientes com disfagia ou que necessitem uma forma farmacêutica com início de ação mais rápido Contra-indicações: Hipersensibilidade conhecida à levodopa, à benserazida ou a qualquer componente da fórmula; função hepática, renal ou endócrina descompensada, distúrbios cardíacos, distúrbios psiquiátricos com componente psicótico ou glaucoma de ângulo fechado; menores de 25 anos; grávidas ou com possibilidade de engravidar na ausência de método anticoncepcional adequado; não deve ser associados a inibidores da monoaminoxidase (IMAOs) não-seletivos; A combinação de inibidores da MAO-A e MAO-B é equivalente a IMAOs não-seletivos e, portanto, não deve ser administrada concomitantemente. Precauções e Advertências: Reações de hipersensibilidade podem ocorrer em indivíduos predipostos. No glaucoma de ângulo aberto, medir regularmente a pressão intraocular; em pacientes tratados com levodopa pode ocorrer depressão, mas esta também pode ser um efeito da doença de Parkinson. Recomenda-se controle hematológico e de função hepática durante o tratamento. Em pacientes diabéticos, monitorar a glicemia e doses de hipoglicemiante. Sempre que possível, descontinuar gradualmente o tratamento de 12 a 48 horas antes de intervenção cirúrgica que requeira anestesia geral com halotano (podem ocorrer flutuações da pressão arterial e/ou arritmias). Interrupção abrupta pode produzir quadro semelhante a síndrome neuroléptica maligna, que pode ser fatal. A levodopa pode alterar os resultados de dosagens laboratoriais de catecolaminas, creatinina, ácido úrico e glicose. Além disto, o teste de Coombs pode ser falso positivo. Interações: antiácidos reduzem a extensão de absorção de levodopa em 32%. Sulfato ferroso reduz a concentração plasmática máxima e a área sob a curva de levodopa em 30 a 50%. A metoclopramida aumenta a velocidade de absorção de levodopa. Neurolépticos, opióides e medicamentos anti-hipertensivos contendo reserpina inibem a ação de Prolopa®. Aguardar um intervalo mínimo de 2 semanas entre a interrupção de um IMAO não-seletivo e o início do tratamento com levodopa. Não administrar concomitantemente com simpatomiméticos (como epinefrina, norepinefrina, isoproterenol ou anfetamina). Na associação com outros produtos antiparkinsonianos (anticolinérgicos, amantadina, agonistas dopaminérgicos e inibidor da COMT) pode ser necessária redução da dose de levodopa ou do outro antiparkinsoniano. A associação do anticolinérgico trihexifenidil reduz a taxa da absorção de levodopa (exceto com Prolopa® HBS) . Anticolinérgicos não devem ser retirados abruptamente quando se iniciar tratamento. Observa-se redução do efeito se ingerido com uma refeição rica em proteínas. Reações Adversas: Anorexia, náusea, vômitos e diarréia, reações alérgicas cutâneas, arritmias cardíacas, hipotensão ortostática, angina pectoris, constipação, perda de peso, falta de ar, anemia hemolítica, leucopenia transitória, trombocitopenia. Movimentos involuntários (coreiformes ou atetóides). Flutuações da resposta terapêutica, episódios de acinesia, deterioração de final da dose e efeito “on-off”. Agitação, ansiedade, insônia, alucinações, delírios, desorientação temporal, depressão. Aumento transitório de transaminases e fosfatase alcalina. Aumento de glutamiltransferase e úreia ®

®

®

®

f A c é i H s c V

C T


m o a m e er ar a, %. e a a e a a

ANTES 200/50 mg

AGORA TAMBÉM

100/25 mg 1/2

COMPRIMIDO

1 COMPRIMIDO

DE BAIXA DOSE

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: 1 - BULA DO PRODUTO. 2 - PORTARIA 971 DE 15 DE MAIO DE 2012.

foi ralatado. Posologia: Iniciar gradualmente; a dose é estabelecida individualmente e aumentada gradativamente até otimização do efeito. Tratamento inicial : iniciar com ½ comprimido Prolopa® BD ou ¼ de Prolopa® comprimido 250 (62,5 mg), 3 a 4 vezes ao dia. Aumentar de acordo com a resposta do paciente. A otimização do efeito em geral é obtida com dose diária de 300 a 800 mg de levodopa + 75-200 mg de benserazida, dividida em 3 ou mais administrações; efeito ideal em 4 a 6 semanas. Tratamento de manutenção: 1 comprimido de Prolopa® BD ou 1/2 comprimidode Prolopa® 250, 3 a 6 vezes ao dia. Prolopa® 250 pode ser substituído por Prolopa® HBS ou Prolopa® dispersível, para otimização do efeito. Em razão das propriedades farmacocinéticas de Prolopa® HBS, o início de ação é retardado. O efeito clínico pode ser obtido mais rapidamente, associando-se a forma convencional, Prolopa® 250 ou Prolopa® BD , ao Prolopa® HBS. Realizar o ajuste posológico de Prolopa® HBS lenta e cuidadosamente, com intervalos mínimos de 2 a 3 dias entre os incrementos. Na acinesia noturna, a última dose noturna pode ser aumentada a até 250 mg de Prolopa® HBS, ingeridos ao deitar. Resposta excessiva ao Prolopa® HBS (discinesia) pode ser controlada com o aumento do intervalo entre as doses. As cápsulas de Prolopa® HBS devem ser deglutidas inteiras, sem mastigar. Os comprimidos dispersíveis de Prolopa® devem ser dissolvidos em água, em volume de 25-50 ml; agitar a solução antes de tomá-la e ingerir até ½ hora após serem dissolvidos. Via de administração : Oral - Venda sob prescrição médica. A persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado. - Prolopa® é um medicamento. Durante seu uso, não dirija veículos ou opere máquinas, pois sua agilidade e atenção podem estar prejudicadas. - Informações adicionais disponíveis à classe médica mediante solicitação a Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. - Av. Engenheiro Billings, 1.729 - Jaguaré - CEP 05321-900 - São Paulo - SP - Brasil. - Registro MS – 1.0100. 0064 - PRODUTOS ROCHE QUÍMICOS E FARMACÊUTICOS S.A. - MC VIR. 01230-2012 - JUL/2012 - Revista para profissionais habilitados a prescrever/dispensar medicamentos. Agosto/2012 VIR. 01446-12.

CONTRAINDICAÇÕES: HIPERSENSIBILIDADE CONHECIDA À LEVODOPA OU À BENSERAZIDA. A ADMINISTRAÇÃO CONCOMITANTE DE ANTIÁCIDOS REDUZ A EXTENSÃO DA ABSORÇÃO DE LEVODOPA EM 32%.


SINDUSFARMA:

“Foi feito, muito bem feito. Parabéns. Agora temos um livro na mão para provar”

“A REDUÇÃO É PLENAMENTE VIÁVEL”

Da esquerda para direita, Gilberto Luiz do Amaral,

Luiz A. Diório e Nelson A. Mussolini

A pesquisa comparativa de preços dos medicamentos realizada pelo IBPT constatou que dos 146 medicamentos mais vendidos no país, 118 tiveram seus preços reduzidos no Paraná após a edição do decreto que baixou a alíquota. Em 2008, com alíquota de 18%, o Paraná arrecadou R$ 76,8 milhões com o ICMS dos medicamentos. Em 2010, já com a alíquota menor (12%), a receita saltou para R$ 178,6 milhões.

O estudo foi lançado em evento que lotou o auditório do Sindusfarma no dia 28 de junho último e recebeu o apoio unânime das lideranças empresariais presentes

Além do caso do Paraná, o estudo do IBPT levantou dados em outros sete Estados – São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Pernambuco e Goiás. Nos oito Estados pesquisados, a arrecadação do ICMS dos medicamentos cresceu 85,16% em termos nominais e 46,89% em termos reais (descontada a in�lação) entre 2006 e 2010. A receita subiu de R$ 4,36 bilhões para R$ 8,08 bilhões. 58 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012

Nesse período, a participação do ICMS dos medicamentos no PIB cresceu de 0,18% para 0,22%.

“Essa situação demonstra que a redução e uni�icação da alíquota de ICMS é uma medida desejável, do ponto de vista social e da saúde pública, e plenamente viável, do ponto de vista tributário, pois não afeta a arrecadação em termos reais”, a�irma Nelson Mussolini, vice-presidente executivo do Sindusfarma.

O estudo será entregue à Câmara dos Deputados e ao Senado. “A ideia é entregar para todas as autoridades visando dar um incentivo à PEC do senador Paulo Bauer (PSDB-SC) que propõe imposto zero para medicamentos”, informa Mussolini. O presidente do conselho da Drogaria São Paulo, Ronaldo Carvalho, elogiou a proposta, destacando que as autoridades nunca pensam que os remédios reduzem as hospitalizações e os gastos com saúde. “Para reduzir o ICMS dos medicamentos não se precisa do Confaz. Basta o Estado querer, mas o Estado não quer. É muito mais fácil taxar medicamentos e energia elétrica”.

O diretor executivo da Associação Brasileira dos Distribuidores de Laboratórios Nacionais (Abradilan) e assessor econômico da ABCFARMA, Geraldo Monteiro, disse que o estudo fortalece as entidades que estão criando uma Frente Parlamentar no Congresso Nacional para reduzir a carga tributária sobre os medicamentos. “O estudo vem num bom momento e vai nos ajudar muito na interlocução com os deputados e senadores”.

O diretor de Inovação e Acesso da Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma), Pedro Bernardo, lembrou que defendeu a redução da alíquota de ICMS quando estava na Anvisa e ressaltou que o estudo cobre uma lacuna que era preciso preencher, demonstrando com dados o exemplo positivo do Estado do Paraná. “Foi feito, muito bem feito. Parabéns. Agora temos um livro na mão para provar”. O diretor executivo da Associação Brasileira do Atacado Farmacêutico (Abafarma), Jorge Fróes, também elogiou o trabalho.

Para o vice-presidente executivo do Sindusfarma, Nelson Mussolini, as manifestações das lideranças empresariais reforçam a visão de que há necessidade de se fazer alguma coisa para reduzir a tributação dos medicamentos. “Os medicamentos não podem esperar a reforma tributária. Por isso, vamos fazer uma cruzada para sensibilizar as autoridades”. A ABCFARMA, ABAFARMA, ABRAFARMA, ABRADILAN, INTERFARMA, SINDUSFARMA, SINCOFARMAS de todo país e demais entidades representativas das indústrias farmacêuticas estão apoiando esse importante trabalho. 


Educação FOTOS: DIVULGAÇÃO

DE PAI PARA FILHO COMO E QUANDO PREPARAR A SUCESSÃO Por: Eduardo Ferraz

Neste artigo, Eduardo Ferraz, consultor em Gestão de Pessoas e especialista em treinamentos usando como base a Neurociência comportamental, analisa uma questão fundamental para o negócio em família, incluindo farmácias: a hora da sucessão. Se esse é seu caso, anote os passos fundamentais do processo 60 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

Para a maioria dos empreendedores, identi�icar quais entre os herdeiros possuem per�is adequados e prepará-los para assumir os negócios é o maior desa�io. John Davis, maior especialista mundial em sucessão de empresas familiares, a�irma que apenas 5% das empresas familiares sobrevivem depois da terceira geração. O dado é preocupante e revela as questões de sucessão como um dos principais entraves. Há alguns anos fui contratado por quatro sócios na faixa dos 60 anos de uma tradicional empresa familiar, com cerca de mil funcionários e um patrimônio estimado em US$ 300 milhões para analisar quais dos


sucessores poderiam ser preparados para, no futuro, assumir a direção da empresa. Essa nova geração contava com cerca de 30 pessoas, entre �ilhos, cunhados, genros e sobrinhos (a maioria nunca havia trabalhado nas empresas do grupo).

Para analisar os herdeiros, defini três critérios:

1

Estrutura de personalidade – analisei individualmente o per�il das pessoas com relação à intensidade de quatro grandes fatores estruturais de personalidade: • Dominância – aptidão para comandar

• Influência – como se relaciona com as pessoas • Estabilidade – qual o ritmo de trabalho

2

• Conformidade – como lida com detalhes.

Rastro – analisei todo o histórico pessoal e pro�issional, como a escolaridade, os empregos anteriores e principais realizações;

3

Disposição e ambição – dois fatores essenciais para se assumir de fato o desafio de comandar o negócio.

Você tem sucessores?

Demoramos um bom tempo para colher e organizar as informações sobre cada um dos participantes e, para �inalizar o processo, reunimos todos em um hotel por três dias e analisamos caso a caso. A conclusão foi que um terço tinha o per�il desejado, mas não tinha histórico pro�issional, ou não tinha disposição para assumir o cargo. Outro terço tinha disposição, mas lhe faltava histórico ou per�il. O terço restante tinha bom histórico, mas não tinha per�il ou disposição. Em resumo, não havia ninguém na família com os pré-requisitos necessários para assumir os futuros cargos. Contudo, a análise permitiu que os sócios colhessem informações su�icientes para iniciar um processo de pro�issionalização do negócio, sem perder anos insistindo em colocar a pessoa certa no lugar errado. Ou a pessoa errada no lugar certo.

Disposição e ambição: dois fatores essenciais para se assumir o desafio de comandar o negócio

Por quatro anos, orientei os sócios, ministrei treinamentos e �iz sessões de mentoring, ajudando a contratar executivos no mercado para complementar a equipe e viabilizar o processo de pro�issionalização e adaptação da empresa à nova realidade. Em paralelo, criei um programa de treinamentos e aconselhamento de carreira, que durou 18 meses, para uma parte desse grupo de herdeiros que queriam assumir outras carreiras. Após identi�icar as di�iculdades existentes na sucessão, a empresa entendeu que a melhor estratégia seria melhorar a gestão interna para então fazer parcerias com grupos de investidores, o que os ajudaria no processo de pro�issionalização da empresa. Em muitos casos, essa é a melhor coisa a se fazer para preservar ou multiplicar o patrimônio da família. Outro ponto que considero importante é que normalmente a transição de comando é feita em cima da hora, quando o líder �ica doente ou resolve largar tudo. O ideal é que a sucessão seja preparada com, pelo menos, dez anos de antecedência. Esse tempo é o necessário para fazer um plano estratégico, avaliar os seus sucessores, prepará-los, treiná-los e transmitir os valores da empresa. 

REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012 | 61


É preciso trabalhar 100% mais para oferecer o melhor medicamento por 34% menos.

IUMI: MAIS

DO QUE UM ANTICONCEPCIONAL .

UMA

GRANDE IDEIA .

IUMI - DROSPIRENONA 3 mg - ETINILESTRADIOL 0,02 mg - COMPRIMIDOS REVESTIDOS - INDICAÇÕES: contraceptivo oral, com efeitos antimineralocorticoide e antiandrogêni infarto do miocárdio ou acidente vascular cerebral. Presença ou história de sintomas e/ou sinais prodrômicos de trombose. História de enxaqueca com sintomas neurológicos focais (enxaqu história de pancreatite associada a hipertrigliceridemia grave. Presença ou história de doença hepática grave, enquanto os valores da função hepática não retornarem ao normal. Insuficiên sexuais. Sangramento vaginal não diagnosticado. Suspeita ou diagnóstico de gravidez. Tabagismo intenso (≥15 cigarros/dia) com idade superior a 35 anos. Hipersensibilidade a qualquer um ataque cardíaco ou derrame; enxaqueca; epilepsia; hiperpotassemia; distúrbios metabólicos como hipercolesterolemia; histórico ou suspeita de câncer de mama; distúrbios hepáticos; do Sydenham, cloasma. Evitar a exposição excessiva ao sol ou à radiação ultravioleta. GRAVIDEZ E LACTAÇÃO: categoria de risco na gravidez: X. Este medicamento não deve ser utilizad ALIMENTOS E ÁLCOOL: fenitoínas, barbitúricos, primidona, carbamazepina, rifampicina, modafinila e oxcarbazepina, topiramato, felbamato, ritonavir, griseofulvina e produtos contendo II, indometacina, diuréticos poupadores de potássio e antagonistas da aldosterona. REAÇÕES ADVERSAS E ALTERAÇÕES DE EXAMES LABORATORIAIS: intolerância às lentes de c estados depressivos e alterações de humor; diminuição ou aumento da libido; dor e hipersensibilidade nas mamas; hipertrofia mamária; secreção vaginal e secreção das mamas; erupçã angioedema. INTERAÇÕES COM TESTES LABORATORIAIS: pode alterar os parâmetros bioquímicos da função hepática, tireoidiana, adrenal e renal; os níveis plasmáticos de proteína e fibrinólise. A drospirenona provoca aumento na aldosterona plasmática e na atividade da renina plasmática. POSOLOGIA: um comprimido por dia durante 24 dias consecutivos, sempr ingestão dos comprimidos, no qual deve ocorrer sangramento por privação hormonal. A nova cartela deve ser iniciada no quinto dia, independente do sangramento ter ou não cessado. no dia seguinte ao último dia de pausa ou da tomada dos comprimidos inertes. Na troca da utilização de anel vaginal ou adesivo transdérmico, iniciar Iumi no dia da retirada ou no máxim no caso da minipílula; no dia da retirada do implante ou do SIU; ou no dia previsto para a próxima injeção. Nesses casos, recomendar o uso adicional de método de barreira nos 7 prime Rua Alberto Correia Francfort, 88/Embu-SP/CNPJ: 61.230.314/0005-07/Iumi-MB01-11/Serviço de Atendimento Libbs: 08000-135044. VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA. A persistire

CONTRAINDICAÇÕES: trombose venosa profunda; INTERAÇÕES COM MEDICAMENTOS: antibacterianos/antifúngicos


“Material destinado exclusivamente a profissionais de saúde” JUNHO/2012

TRABALHO + COMPROMISSO COM O MÉDICO + ATENÇÃO COM A PACIENTE. ESSA É A FÓRMULA DO SUCESSO DE IUMI, A COMPOSIÇÃO FAVORITA DOS MÉDICOS3 POR UM PREÇO 34% MENOR1.

1

WWW . LIBBS . COM . BR

e antiandrogênico (mulheres com retenção de líquido de origem hormonal e seus sintomas). CONTRAINDICAÇÕES: presença ou história de trombose venosa profunda, embolia pulmonar, s focais (enxaqueca com aura). Diabetes mellitus com alterações vasculares. Presença de um fator de risco grave ou múltiplos fatores de risco para trombose arterial ou venosa. Presença ou rmal. Insuficiência renal grave ou falência renal aguda. Presença ou história de tumores hepáticos benignos ou malignos. Diagnóstico ou suspeita de neoplasias dependentes de esteroides e a qualquer um dos componentes do medicamento. PRECAUÇÕES E ADVERTÊNCIAS: fumo; diabetes; excesso de peso; hipertensão; alterações cardíacas; distúrbios tromboembólicos; s hepáticos; doença de Crohn ou colite ulcerativa; lúpus eritematoso sistêmico; síndrome hemolítico-urêmica, anemia falciforme; perda de audição, porfiria, herpes gestacional e coreia de eve ser utilizado por mulheres grávidas ou que possam ficar grávidas durante o tratamento e nem por aquelas que estão amamentando. INTERAÇÕES COM MEDICAMENTOS, utos contendo erva-de-são-joão; certos antibióticos, como as penicilinas e tetraciclinas; inibidores da enzima conversora de angiotensina (ACE), antagonistas do receptor de angiotensina a às lentes de contato; náusea e dor abdominal; vômitos e diarreia; hipersensibilidade; aumento de peso corporal; diminuição de peso corporal; retenção de líquido; cefaleia; enxaqueca; mamas; erupção cutânea e urticária; eritema nodoso e eritema multiforme. Em mulheres com angioedema hereditário, estrogênios exógenos podem induzir ou intensificar os sintomas de cos de proteínas transportadoras (como globulina de ligação a corticosteroides e frações lipídico-lipoproteicas); parâmetros do metabolismo de carboidratos e parâmetros da coagulação cutivos, sempre no mesmo horário, iniciando no primeiro dia de sangramento até o final da cartela. Cada nova cartela deve ser iniciada após um intervalo de pausa de quatro dias sem a não cessado. Na troca de outro contraceptivo oral combinado (COC) para Iumi, iniciar o tratamento no dia seguinte após a ingestão do último comprimido ativo do COC ou no máximo, a ou no máximo no dia previsto da próxima aplicação. Se a paciente estiver mudando de um método contraceptivo contendo somente progestagênio poderá iniciar Iumi em qualquer dia eira nos 7 primeiros dias de ingestão. - Reg. M.S. 1.0033.0154/Farm. resp.: Cintia Delphino de Andrade - CRF-SP nº 25.125 LIBBS FARMACÊUTICA LTDA/CNPJ: 61.230.314/0001-75/ A. A persistirem os sintomas, o médico deve ser consultado. Documentação Científica e informações adicionais estão à disposição da classe médica, mediante solicitação.

1. IUMI®. São Paulo: Libbs Farmacêutica Ltda. Bula do medicamento. - 2. IUMI®. Revista ABCFARMA, v.19, n.237, 2011. Anexo da revista ABCFARMA. In press - 3. PHARMAMIX - MARKET, versão 3.2s. Receituário Drosperinonas + Etinilestradiol no Brasil de 2007 a dezembro de 2011. Closeup, 2011.


Beleza TEXTO: CELSO ARNALDO FOTOS: DIVULGAÇÃO

CABELOS OLEOSOS COMO CUIDAR. E O QUE EVITAR FIO A FIO 64 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

P

ara a maior parte das mulheres, ter cabelos oleosos – uma predisposição pessoal – é muito pior que tê-los secos. Porque cabelo oleoso passa a aparência de sujo, mesmo que tenha sido lavado ontem. Dá vontade de lavar de novo e ficar passando a mão – o que só piora as coisas. Para as clientes de sua farmácia que detestam essa sensação, aqui vão orientações de especialistas


marca EXCELÊNCIA EM COR NO MUNDO

lança sua nova campanha

“a MINHA COLORAÇÃO EU NÃO TROCO.”

Luiza Brunet

Forte investimento em Mídia e Merchandising a partir de Setembro.

*Fonte: Nielsen, IRI e SRI. Dados em valor, Jan-Dez 2011

Folhetos

Tira de prateleira com nuances

Cubo

Totem

Forte apoio nas principais emissoras do Brasil

• Garanta a presença das TOP 17 nuances mais vendidas de Imédia Excellence. • Evite rupturas para alavancar suas vendas. • Destaque o produto em sua loja através de uma correta exposição.


Os cabelos nem secaram direito e o efeito oleoso já pode ser visto à distância. Ele acaba com o volume, deixa um aspecto gorduroso e o visual desleixado. Quem sofre com a oleosidade excessiva nos �ios enfrenta tudo isso diariamente e ainda tem de lidar com os palpites dos conhecidos, indicando maneiras de aliviar o problema. O di�ícil mesmo é encontrar uma receita que funcione. Não adianta inventar muito – para diminuir a oleosidade dos cabelos, é preciso lavar todos os dias, além de usar produtos especí�icos, como xampus adstringentes e cremes que esfoliam os �ios e o couro cabeludo. Primeiro, vale conhecer alguns dos mitos e fatos verdadeiros que cercam os cabelos oleosos:

Só cabelos lisos são oleosos: mentira.

Realmente, cabelos �inos, lisos e com pouco volume tendem a ser oleosos. Mas cabelos grossos e cacheados também podem sofrer com o problema. A diferença é que as ondas e o frizz impedem que o sebo seja espalhado pelo comprimento dos �ios, pois se concentra na raiz.

N

ão adianta inventar muito – para diminuir a oleosidade dos cabelos é preciso lavar todos os dias, além de usar produtos específicos, como xampus adstringentes e cremes que esfoliam os fios e o couro cabeludo

66 - REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

M

as cabelos grossos e cacheados também podem sofrer com o problema. A diferença é que as ondas e o frizz impedem que o sebo seja espalhado pelo comprimento dos fios, pois se concentra na raiz

Lavar os cabelos todos os dias piora o problema: mentira. Só a

lavagem pode diminuir a oleosidade natural dos �ios. Lavando os cabelos todos os dias, o aspecto gorduroso diminui e a produção desse óleo pode rarear.

Xampu adstringente ajuda a diminuir a oleosidade: verdade.

O xampu adstringente tem uma maior quantidade de lauril (agente que trabalha na extração de resíduos nos �ios), que ajuda a diminuir a oleosidade dos �ios.

Passar a mão nos cabelos aumenta a oleosidade: verdade. Os

resíduos presentes nas mãos aumentam a oleosidade dos cabelos, deixando-os mais sujos e, consequentemente, com um aspecto mais gorduroso. Para a mulher que não resiste ao hábito, o ideal é mantê-los presos.

Quem tem cabelo oleoso não pode usar leave-in: mentira. A

oleosidade só aumenta se o produto for passado na raiz dos cabelos. Mas, quando passado do meio até as pontas, ele aumenta o brilho e deixa os �ios protegidos contra o excesso de poluição e os raios ultravioletas.

O

s resíduos presentes nas mãos aumentam a oleosidade dos cabelos, deixandoos mais sujos e consequentemente com um aspecto mais gorduroso


Cabelos oleosos não precisam de hidratação:

Passar talco ajuda a disfarçar o problema: verdade. O talco tem o poder

mentira. Os cabelos oleosos também precisam de hidratação, principalmente para evitar o enfraquecimento dos �ios. O ideal é usar produtos especí�icos e aplicar somente do meio até as pontas. Só cabelos médios e curtos oleosos podem passar longe do creme.

de disfarçar o efeito oleoso nos cabelos. Mas o efeito não é muito grande e existe risco de o couro cabeludo apresentar alguma rejeição ao produto, produzindo coceira, por exemplo.

Cabelos oleosos crescem mais rápido: mentira. O crescimento dos

cabelos está diretamente ligado ao DNA de uma pessoa. O fato de serem oleosos ou secos não interfere em nada.

Caspa é característica exclusiva dos cabelos oleosos: mentira. A caspa é produto de problemas do couro

cabeludo em geral, não necessariamente do couro cabeludo oleoso. Mas o excesso de sebo pode favorecer ou agravar o aparecimento do problema, principalmente se houver resíduos de xampu e condicionador na cabeça. Secar os �ios com o secador e evitar dormir com eles molhados contribui para diminuir a caspa.

Lenços e bonés aumentam a oleosidade: verdade. Quando o

couro cabeludo é abafado, acontece um aumento da produção natural do óleo. Quem já apresenta o problema deve evitar o uso desses acessórios.

Agora, cuidado:

Banho quente Nada melhor do que um banho bem quentinho no final do dia. Mas a água muito quente

pode causar danos ao couro cabeludo e estimula a produção de mais óleo nos �ios. Por isso, opte por um banho morno para evitar a descamação e a produção de óleo – pelo menos na hora de lavar os cabelos.

Secador e Chapinha

Aparelhos térmicos são bemvindos, mas também precisam de regras específicas no caso de cabelos oleosos. Secador só a pelo menos 15 centímetros da raiz, e por pouco tempo. Protetores térmicos podem ser usados se não forem muito oleosos. 68 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012

Shampoo seco Existem hoje alguns produtos que podem ser aliados da mulher em momentos onde o banho está di�ícil – uma temporada fazendo camping, por exemplo. Vendidos como spray, os chamados shampoos secos servem para aliviar a sensação de oleosidade. Mas são apenas um “quebra galho”, que não podem se tornar rotina

Alimentação

A alimentação correta se re�lete em muitas partes do corpo, e também nos cabelos. Alimentos gordurosos são um pecado pra quem tem a pele e couro cabeludo oleosos. Pre�ira uma dieta rica em �ibras, frutas e cereais.


Dicas de Profissional TEXTO: CELSO ARNALDO ARAUJO FOTOS: DIVULGAÇÃO

A importância

do layout Regina Blessa, diretora do IEV –

Instituto de Estudos em Varejo e autora de diversos livros sobre o tema

Tentar chegar a um layout correto é fundamental na organização do autosserviço da farmácia e para melhorar a rentabilidade dos produtos – ensina a consultora Regina Blessa, diretora do IEV – Instituto de Estudos em Varejo e autora de diversos livros sobre o tema. Um layout bem planejado eleva o valor do tíquete médio em até 30%. Para estabelecer o padrão ideal, é preciso conhecer o fluxo dos consumidores, ou seja, a forma como eles se movimentam entre as gôndolas e os locais mais visitados por eles. A partir disso é que se estabelece a visualização dos artigos e se amplia a oportunidade de vendas. Aqui, ela dá orientações muito úteis para o proprietário de farmácia que deseja incrementar o visual e a funcionalidade de sua loja 70 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

O

primeiro ponto – diz Regina – é criar áreas de destino, que de�inem o propósito do consumidor, ou seja, a motivação que o levou até o ponto de venda, bem como os demais estímulos que ele irá receber nas pontas de gôndola promocionais. E que provocarão mais compras por impulso. Segundo ela, o layout e�iciente de uma farmácia contribui para aumentar o ticket de compra, pois faz o consumidor perceber cada categoria com mais facilidade. Isso é obtido pela separação de produtos a�ins e pela comunicação adequada. “Quando o layout �lui facilmente entre as categorias, o consumidor se sente em casa e compra com mais rapidez. Se as categorias não são compreendidas ou �icam misturadas, torna-se di�ícil e desestimulante a experiência de compra”, diz a especialista. Segundo Regina, para trabalhar bem o layout é preciso separar as áreas por tipo de consumidor e ir ligando os produtos por uso ou partes do corpo. Este desenho de loja deve prever as áreas extras ou pontos promocionais, a exposição de produtos em cross merchandising (venda casada) e os lançamentos e as ofertas. “O cliente tem sempre algumas coisas que gostaria de achar rapidamente na loja (produtos ou necessidades), mas também existem itens que ainda não estão na sua mente e, quando avistados, podem ser desejados. Quando o layout é fácil e o cliente percebe as categorias disponíveis, ele compra mais facilmente o que pensava e adquire por impulso aquilo que não havia planejado”, ressalta a especialista. Vale lembrar que entender a forma como o consumidor escolhe determinadas categorias de produto e orga-


Acumule elogios e nao ~ gordura.

Invista em uma nova forma de saúde e beleza com produtos que valorizem seu corpo. Inicie o dia com a substituição de seu café da manhã por DIET WAY®, uma alternativa diferente e prática para uma dieta saudável e de baixas calorias. Antes das principais refeições, faça uso do LIPOWAY REDUCE®, aumente a saciedade diária e acelere a redução de medidas. Potencialize a perda de peso com o melhor emagrecedor antes das atividades físicas, a L-CARNITINE ENDOGEN®, que facilita a queima de gordura e favorece a diminuição dos depósitos de lipídicos no organismo. A perfeita combinação para a modelagem do seu corpo. ADQUIRA SUPLEMENTOS QUE TENHAM COMPROVAÇÃO CIENTÍFICA E APROVADOS PELA ANVISA

Para maiores informações acesse:

www.midwaylabs.com.br/ www.facebook.com/MIDWAYLABS Curta nossa FanPage e ganhe prêmios “NÃO CONTÉM GLÚTEN” | “NÃO CONTÉM AÇÚCARES” | “O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE: NÃO EXISTEM EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS COMPROVADAS DE QUE ESTE ALIMENTO PREVINA, TRATE OU CURE DOENÇAS” “Crianças, gestantes, idosos e portadores de qualquer enfermidade devem consultar o médico e ou nutricionista.” L-CARNITINE REG. MS: 5.9544.0054 | LIPOWAY REG. MS: 5.9544.0033

O MELHOR PRODUTO NAS MELHORES LOJAS

ATIVE SEU METABOLISMO. Utilize o leitor de QR Code do seu smartphone e surpreendase com a última tecnologia em gerenciamento de peso.


nizá-los por preço, cor, tamanho das embalagens e altura pode facilitar a decisão ou mesmo gerar compras por impulso. Para isso, o empreendedor deve lançar mão de modi�icações produtivas. Por exemplo: os itens mais procurados e cobiçados deverão estar mais distantes da entrada, o que motivará o consumidor a percorrer todo o ambiente à sua procura. Já os lançamentos estarão em local de destaque – isto indica ao consumidor que a loja se preocupa em atendê-lo, é dinâmica e atualizada. Os produtos com preços mais competitivos deverão ser expostos nas prateleiras mais baixas, os mais rentáveis na altura dos olhos

e as novidades poderão �icar na altura dos olhos ou nas prateleiras na altura das mãos.

Boa circulação

mais fluxo Regina chama a atenção para questões práticas: “Uma loja complicada e lotada de displays e sem caminhos bem abertos ao consumidor cria barreiras visuais que afastam os clientes. Quando a entrada e o layout das primeiras gôndolas facilitam o acesso e os percursos, a loja �ica mais cheia de compradores, que

visualmente se sentem bem-vindos”. Segundo ela, é fundamental tomar cuidado com os corredores e as entradas, que devem estar sempre livres, o que facilita o acesso. Evite os “cestões” na porta do estabelecimento, que podem atrapalhar a entrada. Algumas lojas pequenas têm o costume de encher sua entrada de cestões com poucos produtos. A sensação é que pretende evitar assaltos. Será? Se evita assaltos não sabemos, mas é certo que isso evita que mais pessoas entrem ali. A aparência de facilidade na entrada sugere que o consumidor é bem-vindo – assim ele entrará e transitará sem pressa entre as gôndolas para comprar e, quem sabe, voltar sempre.

Remodele sua loja Como o varejista pode gerenciar o mix e o espaço de exposição dentro de um pequeno ponto de venda? Se ele já for experiente, observará as linhas que mais vendem na sua loja e as que dão menos retorno. Não adianta ter muitos produtos diferentes que servem ao mesmo tipo de consumidor. Outra providência é anotar os produtos que normalmente temos em estoque mas que costumam ser pedidos com alguma freqüência – tentando montar um mix variado e que não cause rupturas.

72 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012

Como o gestor pode identificar em que categorias se encaixam os produtos? Pense nos tipos de consumidor e nas suas necessidades. Se separarmos por sexo, necessidade, utilização, patologia ou parte do corpo, estaremos no caminho certo. O que é um planograma? Como ele pode ser feito? O planograma é o layout (desenho) das prateleiras das gôndolas. Ele deve ser pensado de acordo com o peso das marcas e a procura do consumidor. Marcas conhecidas e procuradas. mais para cima. Produtos secundários (tipo algodão) e sem marca reconhecida, para baixo. No meio, os produtos que estão

na mídia. Todos devem ser separados por categoria, para que o consumidor possa encontrá-los sozinho. Qual a importância dos ajustes de layout para o ponto de venda? O consumidor procura por papel higiênico numa farmácia? Não. Então eles devem ficar numa área secundária da loja. As consumidoras procuram por absorventes? Sim. Então ele deve ficar numa área no fundo bem visível para gerar trafego até o fundo da loja. Os ajustes devem ser feitos se houver mudança no comportamento do consumidor em referência ao que foi montado na inauguração da loja. Sempre é tempo para se testar posições e layouts diferentes. 

www.blessa.com.br


Cuidados pessoais TEXTO: ARNALDO ANSAR FOTOS: DIVULGAÇÃO

A saúde na ponta

dos dedos As unhas – dizem os especialistas – refletem a saúde do organismo. Por isso, alterações em sua aparência podem ser efeito de doenças ou deficiências vitamínicas – como ensina a Dra. Mika Yamaguchi, farmacêutica e consultora técnica da Biotec Dermocosméticos

Poucas pessoas conhecem o processo de formação das unhas. Elas são produzidas por glândulas internas que secretam grossas camadas de queratina, que se mantêm aderidas na ponta dos dedos das mãos e dos pés. A unha normal é transparente, lisa, suave, permanecendo colada ao seu leito e apresentando crescimento contínuo. Mas, em caso de algumas doenças internas, elas podem interromper seu crescimento ou apresentar alterações de estrutura, uma vez que, nesse caso, o organismo reserva sua fonte de proteínas, vitaminas e de defesa para os órgãos vitais. Os nutrientes �icam escassos primeiramente nas unhas e nos cabelos

74 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

- ambos �icam en f r aque c idos , opacos e sem vida nessas situações.

Fique atento a algumas doenças que podem causar alterações nas unhas: • Anemia: unhas quebradiças, secas, opacas, com vários sulcos transversais, unha em formato côncavo da unha (coiloniquia), descolamento distal (onicólise)

• Doenças cardíacas: unhas curvadas para baixo, alargadas, coloração arroxeada e pontos arroxeados


Endometriose é uma doença frequente que impacta a qualidade de vida de milhões de mulheres no Brasil.1-3

LANÇAMENTO Na endometriose

Tratamento simples e eficaz

Reduz lesões1-6 Reduz de forma eficaz a dor1-6 Uso contínuo PMC PF

ICMS 19% R$ 203,12 R$ 152,81

ICMS 18% R$ 200,35 R$ 150,64

ICMS 17% R$ 197,64 R$ 148,53

ICMS 17% ZFM R$ 178,35 R$ 129,02

ICMS 12% R$ 185,14 R$ 138,84

* Preços em reais com referência ao preço de fábrica (lista negativa) aprovados pela CMED em 01/02/2012.

ALLURENE (DIOGENESTE) RG MS-1.7056.0088 INDICAÇÃO: TRATAMENTO DA ENDOMETRIOSE. CONTRA-INDICAÇÕES: DISTÚRBIO TROMBOEMBÓLICO VENOSO EM ATIVIDADE, PRESENÇA OU HISTÓRICO DE DOENÇA CARDIOVASCULAR E ARTERIAL, DIABETES MELITUS COM ENVOLVIMENTO VASCULAR, PRESENÇA OU HISTÓRICO DE DOENÇA HEPÁTICA GRAVE ENQUANTO OS VALORES DA FUNÇÃO HEPÁTICA NÃO RETORNAREM AO NORMAL, PRESENÇA OU HISTÓRICO DE TUMOR HEPÁTICO (BENIGNO OU MALIGNO), SUSPEITA OU DIAGNÓSTICO DE NEOPLASIAS DEPENDENTES DE HORMÔNIOS SEXUAIS, SANGRAMENTO VAGINAL NÃO DIAGNOSTICADO, HIPERSENSIBILIDADE À SUBSTÂNCIA ATIVA OU A QUALQUER UM DOS COMPONENTES DA FORMULAÇÃO. ADVERTÊNCIAS E PRECAUÇÕES: ANTES DE INICIAR O TRATAMENTO COM ALLURENE®, DEVE-SE EXCLUIR A POSSIBILIDADE DE GRAVIDEZ. DURANTE O TRATAMENTO COM ALLURENE® A OVULAÇÃO É INIBIDA NA MAIORIA DAS PACIENTES. ENTRETANTO, ALLURENE® NÃO É UM CONTRACEPTIVO E CASO SEJA NECESSÁRIO PREVENIR A GRAVIDEZ, AS PACIENTES DEVEM SER ORIENTADAS A UTILIZAR MÉTODOS CONTRACEPTIVOS NÃO HORMONAIS (POR EXEMPLO, MÉTODO DE BARREIRA). COM BASE NOS DADOS DISPONÍVEIS, O CICLO MENSTRUAL RETORNA AO NORMAL DENTRO DE 2 MESES APÓS O TÉRMINO DO TRATAMENTO COM ALLURENE®. EM MULHERES COM HISTÓRICO DE GRAVIDEZ EXTRAUTERINA OU DE ALTERAÇÃO DA FUNÇÃO DAS TROMPAS, O USO DE ALLURENE® DEVE SER DECIDIDO APENAS APÓS CUIDADOSA AVALIAÇÃO DA RELAÇÃO RISCO/BENEFÍCIO. COMO ALLURENE® É UM MEDICAMENTO QUE CONTÉM SOMENTE PROGESTÓGENO, DEVEM SER CONSIDERADAS AS PRECAUÇÕES E ADVERTÊNCIAS DE TODOS OS MEDICAMENTOS QUE CONTEM SOMENTE PROGESTÓGENO, EMBORA NEM TODAS ESTEJAM BASEADAS EM ACHADOS DOS ESTUDOS CLÍNICOS REALIZADOS COM ALLURENE®. CASO QUALQUER UMA DAS CONDIÇÕES/FATORES DE RISCO DESCRITAS A SEGUIR ESTEJA PRESENTE OU SE AGRAVE, DEVE-SE REALIZAR UMA ANÁLISE INDIVIDUAL DA RELAÇÃO RISCO/BENEFÍCIO ANTES DE INICIAR OU CONTINUAR O USO DE ALLURENE®: DISTÚRBIOS CIRCULATÓRIOS; TUMORES; ALTERAÇÕES NO PADRÃO DE SANGRAMENTO; HISTÓRICO DE DEPRESSÃO; DESENVOLVIMENTO DE HIPERTENSÃO CLINICAMENTE SIGNIFICATIVA DIABETES MELITUS (SOBRETUDO HISTÓRICO DE DIABETES MELITUS GESTACIONAL); E OCORRÊNCIA FOLÍCULOS OVARIANOS PERSISTENTES (CISTOS OVARIANOS FUNCIONAIS). RECORRÊNCIA DE ICTERÍCIA COLESTÁTICA E/OU PRURIDO OCORRIDO ANTERIORMENTE DURANTE UMA GRAVIDEZ OU DURANTE O USO ANTERIOR DE ESTEROIDES SEXUAIS REQUER A DESCONTINUAÇÃO DE ALLURENE®. MULHERES COM TENDÊNCIA A MELASMA/CLOASMA DEVEM EVITAR EXPOSIÇÃO AO SOL OU RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA DURANTE O TRATAMENTO COM ALLURENE®. RECOMENDA-SE ACOMPANHAMENTO REGULAR, COM ATENÇÃO ESPECIAL À PRESSÃO ARTERIAL, MAMAS, ABDOME E ÓRGÃOS PÉLVICOS, INCLUINDO CITOLOGIA CERVICAL. ALLURENE® NÃO DEVE SER ADMINISTRADO A MULHERES GRÁVIDAS UMA VEZ QUE NÃO HÁ NECESSIDADE DE TRATAR A ENDOMETRIOSE DURANTE A GRAVIDEZ - CATEGORIA B – “ESTE MEDICAMENTO NÃO DEVE SER UTILIZADO POR MULHERES GRÁVIDAS SEM ORIENTAÇÃO MÉDICA OU DO CIRURGIÃO-DENTISTA”. A ADMINISTRAÇÃO DE ALLURENE® DURANTE A LACTAÇÃO NÃO É RECOMENDADA. INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS: INDUTORES OU INIBIDORES ENZIMÁTICOS INDIVIDUAIS (CITOCROMO P450); SUBSTÂNCIAS COM PROPRIEDADES DE INDUÇÃO ENZIMÁTICA (FENITOÍNA, BARBITÚRICOS, PRIMIDONA, CARBAMAZEPINA, RIFAMPICINA E POSSIVELMENTE TAMBÉM OXCARBAZEPINA, TOPIRAMATO, FELBAMATO, GRISEOFULVINA, NEVIRAPINA E ERVA-DE-SÃO JOÃO); SUBSTÂNCIAS COM PROPRIEDADES DE INIBIÇÃO ENZIMÁTICA (ANTIFÚNGICOS AZÓLICOS, CIMETIDINA, VERAPAMIL, MACROLÍDEOS, DILTIAZEM, INIBIDORES DA PROTEASE, ANTI-DEPRESSIVOS E SUCO DE TORONJA). COM BASE EM ESTUDOS DE INIBIÇÃO IN VITRO, É IMPROVÁVEL QUE HAJA INTERAÇÃO CLINICAMENTE RELEVANTE ENTRE ALLURENE® E O METABOLISMO DE OUTROS MEDICAMENTOS MEDIADO PELA ENZIMA DO CITOCROMO P450. O USO DE PROGESTÓGENOS PODE INFLUENCIAR OS RESULTADOS DE CERTOS EXAMES LABORATORIAIS, INCLUINDO PARÂMETROS BIOQUÍMICOS DO FÍGADO, TIREÓIDE, FUNÇÃO RENAL E ADRENAL, NÍVEIS PLASMÁTICOS DE PROTEÍNAS (CARREADORAS), POR EXEMPLO, FRAÇÕES LIPOPROTEICAS/LIPÍDICAS, PARÂMETROS DO METABOLISMO DE CARBOIDRATADOS E PARÂMETROS DA COAGULAÇÃO E FIBRINÓLISE. DE MODO GERAL, AS ALTERAÇÕES PERMANECEM DENTRO DA FAIXA LABORATORIAL NORMAL. POSOLOGIA: UM COMPRIMIDO POR DIA SEM INTERVALO DE PAUSA, TOMADO, PREFERENCIALMENTE, NO MESMO HORÁRIO TODOS OS DIAS, COM UM POUCO DE LÍQUIDO, SE NECESSÁRIO, INDEPENDENTEMENTE DE SANGRAMENTO VAGINAL. AO TÉRMINO DE UMA CARTELA, A PRÓXIMA DEVE SER INICIADA, SEM INTERRUPÇÃO. A INGESTÃO DOS COMPRIMIDOS PODE SER INICIADA EM QUALQUER DIA DO CICLO MENSTRUAL. REAÇÕES ADVERSAS: FREQUENTES: CEFALEIA, DESCONFORTO NAS MAMAS, HUMOR DEPRIMIDO, ACNE, NÁUSEA, AUMENTO DE PESO, DOR ABDOMINAL, CISTO OVARIANO, CONDIÇÕES ASTÊNICAS, FLATULÊNCIA, FOGACHOS, DISTÚRBIOS DO SONO, IRRITABILIDADE, SANGRAMENTO UTERINO/VAGINAL INCLUINDO GOTEJAMENTO, NERVOSISMO, PERDA DE LIBIDO, ALOPECIA, DOR NAS COSTAS, DISTENSÃO ABDOMINAL, VÔMITO, ENXAQUECA, HUMOR ALTERADO. POUCO FREQÜENTES: RESSECAMENTO VULVOVAGINAL, DESEQUILÍBRIO DO SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO, CANDIDÍASE VAGINAL, PELE SECA, ANSIEDADE, DEPRESSÃO, DISTÚRBIO DA ATENÇÃO, CONSTIPAÇÃO, DESCONFORTO ABDOMINAL, INFLAMAÇÃO GASTRINTESTINAL, HIPERIDROSE, PRURIDO, DIARRÉIA, INFECÇÃO DO TRATO URINÁRIO, CORRIMENTO GENITAL, DOR PÉLVICA, EDEMA, ANEMIA, DIMINUIÇÃO DE PESO, AUMENTO DE APETITE, OLHO SECO, ZUMBIDO, DISTÚRBIOS INESPECÍFICOS DO SISTEMA CIRCULATÓRIO, PALPITAÇÕES, HIPOTENSÃO, DISPNÉIA, HUMOR ALTERADO, GENGIVITE, HIRSUTISMO, ONICÓLISE, CASPA, DERMATITE, CRESCIMENTO ANORMAL DE PÊLOS, REAÇÃO DE FOTOSSENSIBILIDADE, DISTÚRBIO DE PIGMENTAÇÃO, DOR NOS OSSOS, ESPASMOS MUSCULARES, DOR NA EXTREMIDADE, PESO NAS EXTREMIDADES, VULVOVAGINITE ATRÓFICA, MASSA MAMÁRIA, DOENÇA FIBROCÍSTICA DA MAMA, ENDURECIMENTO DA MAMA. VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA. SAC 0800 7021241. VE0211-CCDS4. REFERÊNCIAS: 1. KÖHLER G, FAUSTMANN TA, GERLINGER C, SEITZ C, MUECK AO. A DOSE-RANGING STUDY TO DETERMINE THE EFFICACY AND SAFETY OF 1, 2, AND 4MG OF DIENOGEST DAILY FOR ENDOMETRIOSIS. INT J GYNAECOL OBSTET 2010; 108: 21 -25. 2 KÖHLER G, GORETZLEHNER G, BRACHMANN K. LIPID METABOLISM DURING TREATMENT OF ENDOMETRIOSIS WITH THE PROGESTIN DIENOGEST. ACTA OBSTET GYNECOL SCAND 1989; 68: 633 -635. 3. COSSON M, QUERLEU D, DONNEZ J ET AL. DIENOGEST IS AS EFFECTIVE AS TRIPTORELIN IN THE TREATMENT OF ENDOMETRIOSIS AFTER LAPAROSCOPIC SURGERY: RESULTS OF A PROSPECTIVE, MULTICENTER, RANDOMIZED STUDY. FERTIL STERIL 2002; 77: 684 -692. 4. SCHINDLER AE, CHRISTENSEN B, HENKEL A, OETTEL M, MOORE C. HIGH-DOSE PILOT STUDY WITH THE NOVEL PROGESTOGEN DI- ENOGEST IN PATIENTS WITH ENDOMETRIOSIS. GYNECOL ENDOCRINOL 2006; 22: 9 -17. 5. MOMOEDA M, TAKETANI Y ET AL. RANDOMIZED, DOUBLE-BLIND, MULTICENTRE, PARALLEL-GROUP DOSE-RESPONSE STUDY OF DIENOGEST IN PATIENTS WITH ENDOMETRIOSIS. J PHARMACOL THER 2007; 35: 769 -783. 6. PETRAGLIA F, ET AL. REDUCED PELVIC PAIN IN WOMEN WITH ENDOMETRIOSIS: EFICACY OF LONG-TERM DIENOGEST TREATMENT. ARCH GYNECOL OBSTET (2012) 285:167 -173 20. OETTEL M, BREITBARTH H, ELGER W ET AL. THE PHARMACOLOGICAL PROFILE OFDIENOGEST. EUR J CONTRACEPT REPROD HEALTH CARE 1999; 4 (SUPPL 1): 2 -13. ®

CONTRAINDICAÇÕES: DISTURBIOS CARDIOVASCULARES, DIABETES MELLITUS COM ENVOLVIMENTO VASCULAR. INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS: ANTICONVULSIVANTES, ANTIFÚNGICOS AZÓLICOS, ANTIDEPRESSIVOS. Material destinado exclusivamente a profissionais da saúde - L.BR.WH.2012-05-22.0768

Allurene_Anuncio205x275.indd 1

5/23/12 7:51 AM


Sinal de diabetes: unhas grossas, avermelhadas e com visualização de vasos na pele sob elas

Na farmácia • Doenças renais: engrossamento das unhas, coloração amarelada ou cinzenta, linhas transversais esbranquiçadas, unha metade marrom, metade clara

• Doenças hepáticas: na cirrose, estão presentes as chamadas “Unhas de Terry”- de cor esbranquiçada na parte proximal e coloração normal na parte distal, unha pálida, amarelada

• Doenças gastrointestinais: unhas doloridas, frágeis e que se descolam da parte distal ou descamam. Presença de pontos hemorrágicos

• Diabetes: unhas grossas, avermelhadas e com visualização de vasos na pele sob elas. É comum a presença de micoses, engrossamento e endurecimento das pontas dos dedos

• Reumatismo: unhas amareladas, com sulcos transversais, lúnula (mancha esbranquiçada e semilunar presente na base da unha) avermelhada e engrossamento sob a unha

Para fortalecer as unhas, existem alguns medicamentos orais e tópicos no mercado, como o ativo oral Exsynutriment, que fornece silício orgânico e aumenta a resistência das unhas, tornando-as mais uniformes. Para uso tópico, existe por exemplo o Nonychosine V, que forma nas unhas um filme rico em acetilmetionina (fonte de enxofre), e Methiosilane CN, uma metionina ligada ao silício orgânico que estimulará o crescimento das unhas. O silício orgânico estimula a síntese de colágeno e as fontes de enxofre (acetilmetionina), aumentando a firmeza das unhas e melhorando sua hidratação. Para as mulheres, o ativo Nonychosine V deve ser introduzido no esmalte e ser passado uma vez por semana. Já o Methiosilane CN pode ser introduzido em um creme de mãos e utilizado diariamente.

Saiba identificar unhas saudáveis

• Deficiência de vitamina A: unha com aspecto de casca de ovo, esbranquiçada e quebradiça. •

Deficiência de vitamina B12: linhas longitudinais escurecidas, cor azul enegrecida.

Deficiência de vitamina C: Pequenos traumas na unha podem romper vasos de sangue embaixo da unha e provocar pontos de hemorragia.

Deficiência de zinco: coloração acinzentada, cutícula seca e engrossada, descamação intensa ao redor das unhas, linhas transversais bem acentuadas.

• Deficiência de nicotinamida - vitamina B3 (pelagra - doença dos alcoólatras): linhas transversais esbranquiçadas, ausência de brilho e descolamento da parte distal da unha.

Mas a maioria das alterações nas unhas são produzidas por causas locais

Algumas das alterações mais frequentes • Unheiro: é o edema da cutícula. Pode ser causado por água sanitária (em pessoas que mexem muito com água ou umidade) ou por bactérias (geralmente após um traumatismo, como tirar a cutícula);

microtraumatismos vão descolando a unha e facilitando a umidade sob ela – onde o fungo se acomodará. No caso de micose inicial, cortar bem a unha e usar antifúngicos locais resolve o problema;

• Micoses: a mais característica é a unha que vai ficando porosa, descolando e formando uma massa por baixo. É importante salientar que micose raramente é transmitida em manicures ou pedicures, como muitos pensam. Homens que nunca fazem as unhas são os mais acometidos. A causa é um fungo que existe no ar, agravado pela predisposição familiar, diabetes, suor excessivo nos pés e uso contínuo de sapatos fechados. Nesse caso,

• Unhas encravadas: são defeitos constitucionais, em que a unha se encurva anormalmente e entra dentro da carne, incomodando muito. É agravada com a idade e o corte errôneo da unha. Deve-se preventivamente cortar a unha reta, evitar sapatos apertados e evitar tirar muito a cutícula nos cantos. Em casos mais intensos, recorre-se à cirurgia, que tira a matriz da unha responsável pelo seu crescimento naquele canto. 

76 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2011 | 3


Solidariedade TEXTO E FOTOS: ASPEN

Cidade de Deus é escolhida

para celebrar Mandela Day

D

ata a comemorativa, criada pela ONU, o Mandela Day homenageia o expresidente da África do Sul e dedica um dia inteiro à realização de ações sociais em todo o mundo

A Cidade de Deus foi eleita pela Aspen Pharma, multinacional sulafricana e uma das 20 maiores fabricantes de medicamentos similares do mundo, para sediar o Mandela Day no Brasil. Criado em 2010 pela Organização das Nações Unidas, o projeto visa motivar indivíduos e organizações em todo o mundo a dedicar o dia 18 de julho, aniversário do expresidente da África do Sul, a algum serviço social. O projeto também é uma forma de homenagear Mandela por sua defesa intransigente dos direitos humanos. É a primeira vez que essa iniciativa acontece no Brasil e bene�iciou cerca de 300 crianças da comunidade, situada na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

78 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

Desde 2011, a sede do Grupo Aspen na África do Sul, que é referência no tratamento da Aids naquele país, participa do Mandela Day. Este ano, a subsidiária brasileira também aderiu à causa e realizou um dia inteiro de atividades voltadas para crianças menos favorecidas da Cidade de Deus, no Rio de Janeiro, com lanches, almoço, palestra sobre nutrição infantil, recreação e distribuição de brindes. “A Aspen escolheu a Cidade de Deus por ser uma comunidade muito próxima à nossa sede, que �ica na Barra da Tijuca, e por seu papel no contexto do município. O intuito da ação é levar não somen-

Ao alto, Alexandre França, CEO da ASPEN. Acima, com Nelson Grecov e Louize VIana, gerente de produtos

te doações materiais, mas trocar conhecimento e sentimento com essas crianças”, diz Alexandre França, CEO da empresa. Com a ajuda da Aspen, a União Comunitária da Cidade de Deus abriga cerca de mil crianças, de 6 a 16 anos, com a missão de oferecer a elas reforço escolar. Há salas para leitura, aulas de balet e incentivo ao esporte. A ABCFARMA esteve presente ao Mandela Day através de Nelson Grecov, assessor da presidência.

Sobre a Aspen no Brasil

Com sede no Rio de Janeiro e fábrica em Serra/ES, a Aspen Pharma oferece ao mercado brasileiro medicamentos �itoterápicos, de prescrição e OTC. Para os próximos anos a empresa pretende atuar fortemente em �itomedicamentos, OTC, cardiometabólicos, SNC e biotecnológicos. As principais marcas comercializadas pela empresa são: Aldomet, Zyloric, Digoxina, Insunorm, Suplan, Indocid, Agrastat, sendo, a maioria, medicamentos adquiridos de grandes indústrias do segmento. Na linha dos �itoterápicos, que representa 15% do mercado mundial de medicamentos e 8% no Brasil, os destaques da companhia são Alcachofra, Calman, Senan, Melxi, Giamebil, Fluijet e Ansiopax. 


O

Presidente da Fecomércio, empresário Marcelo de Queiroz, é patrono de turma de Farmácia da UFRN

empresário e presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz, participou em agosto último da colação de grau da turma de Farmácia da UFRN, como patrono dos formandos, em solenidade realizada no Olimpo Recepções. O convite para ser patrono surgiu depois que uma das alunas, Amanda Dantas, conheceu o trabalho de Marcelo Queiroz através do Lions Clube. “Foi através do Lions que o conhecemos, mas, quando começamos a pesquisar sobre ele, descobrimos que seu trabalho na área farmacêutica é muito mais abrangente”, afirma a aluna, que continua: “Ele desenvolve muitas ações no nosso ramo, uma vez que preside a rede Unifarma e foi presidente do Sindicato de Farmácia do Rio Grande do Norte”. Após essa pesquisa sobre o trabalho de Marcelo Queiroz, a comissão de formatura não teve dúvidas de que ele seria o nome certo para ser patrono da turma. “Levamos o nome dele aos outros alunos e foi aprovado por unanimidade”, finaliza Amanda. A turma denominada “Faça segundo a sua arte” se formou após cinco anos de curso e é composta 37 formandos, que a partir de agora estão investidos do título de bacharéis em Farmácia. 

Marcelo Fernandes de Queiroz REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012 | 79


Lanca mento!

A marca que você já conhece e confia agora também na nova apresentação de 3 blísteres.

tação n e s e r p a a v o N es com 3 blíster DIANE® 35 ACETATO DE CIPROTERONA / ETINILESTRADIOL - RG. MS – 1.0020.0111 INDICAÇÕES: PARA O TRATAMENTO DE DISTÚRBIOS ANDRÓGENO-DEPENDENTES NA MULHER: ACNE (PAPULOPUSTULOSA, NODULOCÍSTICA) E SEBORREIA; ALOPECIA ANDROGÊNICA; CASOS LEVES DE HIRSUTISMO; SÍNDROME DE OVÁRIOS POLICÍSTICOS (SOP). CONTRAINDICAÇÕES: PRESENÇA OU HISTÓRIA DE PROCESSOS TROMBOEMBÓLICOS ARTERIAIS OU VENOSOS; HISTÓRIA DE ENXAQUECA COM SINTOMAS NEUROLÓGICOS FOCAIS; DIABETES MELLITUS COM ALTERAÇÕES VASCULARES; A PRESENÇA DE FATOR DE RISCO GRAVE PARA A TROMBOSE ARTERIAL OU VENOSA; PRESENÇA OU HISTÓRIA DE PANCREATITE ASSOCIADA À HIPERTRIGLICERIDEMIA GRAVE; PRESENÇA OU HISTÓRIA DE DOENÇA HEPÁTICA GRAVE, ENQUANTO OS VALORES DA FUNÇÃO HEPÁTICA NÃO RETORNAREM AO NORMAL; PRESENÇA OU HISTÓRIA DE TUMORES HEPÁTICOS (BENIGNOS OU MALIGNOS); DIAGNÓSTICO OU SUSPEITA DE NEOPLASIAS DEPENDENTES DE ESTEROIDES SEXUAIS; SANGRAMENTO VAGINAL NÃO-DIAGNOSTICADO; SUSPEITA OU DIAGNÓSTICO DE GRAVIDEZ; LACTAÇÃO; HIPERSENSIBILIDADE ÀS SUBSTÂNCIAS ATIVAS OU A QUALQUER UM DOS COMPONENTES DO PRODUTO. PRECAUÇÕES E ADVERTÊNCIAS: OS BENEFÍCIOS DA UTILIZAÇÃO DE DIANE® 35 DEVEM SER AVALIADOS PARA CADA PACIENTE INDIVIDUALMENTE E DISCUTIDOS COM A MESMA ANTES DE OPTAR PELO INÍCIO OU CONTINUAÇÃO DE SUA UTILIZAÇÃO, NOS CASOS DE: DOR E/OU INCHAÇO UNILATERAL EM MEMBRO INFERIOR; DOR TORÁCICA AGUDA E INTENSA, COM OU SEM IRRADIAÇÃO PARA O BRAÇO ESQUERDO; DISPNEIA AGUDA; TOSSE DE INÍCIO ABRUPTO; CEFALEIA NÃO-HABITUAL, INTENSA E PROLONGADA; PERDA REPENTINA DA VISÃO, PARCIAL OU TOTAL; DIPLOPIA; DISTORÇÕES NA FALA OU AFASIA; VERTIGEM; COLAPSO, COM OU SEM CONVULSÃO FOCAL; FRAQUEZA; DISTÚRBIOS MOTORES; ABDÔMEN AGUDO; DISLIPOPROTEINEMIA; HIPERTENSÃO; ENXAQUECA; VALVOPATIA; FIBRILAÇÃO ATRIAL; IMOBILIZAÇÃO PROLONGADA, CIRURGIA DE GRANDE PORTE, QUALQUER INTERVENÇÃO CIRÚRGICA EM MEMBROS INFERIORES OU TRAUMA EXTENSO; HIPERTRIGLICERIDEMIA; ICTERÍCIA E/OU PRURIDO; FORMAÇÃO DE CÁLCULOS BILIARES; PORFIRIA; LUPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO; SÍNDROME HEMOLÍTICO-URÊMICA; COREIA DE SYDENHAM; HERPES GESTACIONAL; PERDA DA AUDIÇÃO POR OTOSCLEROSE; ANGIOEDEMA HEREDITÁRIO; DOENÇA DE CROHN E COLITE ULCERATIVA. PODEM SURGIR SANGRAMENTOS IRREGULARES (GOTEJAMENTO OU SANGRAMENTO DE ESCAPE), ESPECIALMENTE DURANTE OS PRIMEIROS MESES DE USO. FORAM OBSERVADOS, EM CASOS RAROS, TUMORES HEPÁTICOS BENIGNOS E, MAIS RARAMENTE, MALIGNOS EM USUÁRIAS DE 0800 COCS. DIANE® 35 NÃO PROTEGE CONTRA DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS. REAÇÕES ADVERSAS: NÁUSEAS, DOR ABDOMINAL, AUMENTO DE PESO CORPORAL, CEFALEIA, ESTADOS DEPRESSIVOS, ALTERAÇÕES DE HUMOR, DOR7021241 E HIPERSENSIBILIDADE DOLOROSA NAS MAMAS, VÔMITOS, DIARREIA, RETENÇÃO DE LÍQUIDO, ENXAQUECA, DIMINUIÇÃO DA LIBIDO, HIPERTROFIA MAMÁRIA, ERUPÇÃO CUTÂNEA, URTICÁRIA, INTOLERÂNCIA A LENTES DE CONTATO, HIPERSENSIBILIDADE, DIMINUIÇÃO DE PESO CORPORAL, AUMENTO DA LIBIDO, SECREÇÃO VAGINAL, SECREÇÃO DAS MAMAS, ERITEMA NODOSO, ERITEMA MULTIFORME. INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS: PODEM OCORRER INTERAÇÕES COM FÁRMACOS: QUE INDUZEM AS ENZIMAS MICROSSOMAIS HEPÁTICAS (FENITOÍNA, BARBITÚRICOS, PRIMIDONA, CARBAMAZEPINA, RIFAMPICINA E TAMBÉM POSSIVELMENTE COM OXCARBAZEPINA, TOPIRAMATO, FELBAMATO, GRISEOFULVINA E PRODUTOS CONTENDO ERVA-DE-SÃO-JOÃO); INIBIDORES DE PROTEASE (RITONAVIR); INIBIDORES NÃO NUCLEOSÍDEOS DA TRANSCRIPTASE REVERSA (NEVIRAPINA); TRATAMENTO DE INFECÇÃO POR HIV; CERTOS ANTIBIÓTICOS (PENICILINAS E TETRACICLINAS). DIANE® 35 PODE AFETAR O METABOLISMO DE ALGUNS OUTROS FÁRMACOS COMO CICLOSPORINA E IAMOTRIGINA. POSOLOGIA: O REGIME POSOLÓGICO DE DIANE® 35 É SIMILAR AO DA MAIORIA DOS CONTRACEPTIVOS ORAIS COMBINADOS. AS DRÁGEAS DEVEM SER INGERIDAS NA ORDEM 0800 7021241 ESTE INDICADA NA CARTELA, POR 21 DIAS CONSECUTIVOS. CADA NOVA CARTELA É INICIADA APÓS UM INTERVALO DE PAUSA DE 7 DIAS SEM A INGESTÃO DE DRÁGEAS, DURANTE O QUAL DEVE OCORRER SANGRAMENTO POR PRIVAÇÃO HORMONAL. SANGRAMENTO PODE NÃO HAVER CESSADO ANTES DO INÍCIO DE UMA NOVA CARTELA. SÃO NECESSÁRIOS 7 DIAS DE INGESTÃO CONTÍNUA DAS DRÁGEAS PARA CONSEGUIR SUPRESSÃO ADEQUADA DO EIXO HIPOTÁLAMO-HIPÓFISE-OVÁRIO. A DURAÇÃO DO TRATAMENTO DEPENDE DA GRAVIDADE DOS SINTOMAS DE ANDROGENIZAÇÃO E DA RESPOSTA AO TRATAMENTO. FREQUENTEMENTE, O TRATAMENTO DEVE SER REALIZADO POR VÁRIOS MESES. VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.

Material de distribuição exclusiva a profissionais de saúde. www.bayerpharma.com.br

Anuncio Diane 20.5x27.5.indd 1

L.BR.WH.2012-08-02.0845

0800 7021241

8/13/12 10:46:39 AM


Atualidades Eparema em novas embalagens

Eparema, medicamento �itoterápico do Laboratório Takeda, indicado para os distúrbios do �ígado e da digestão, lança dois novos sabores para o �laconete de 10ml – laranja e guaraná – com embalagens práticas e inovadoras. A marca, presente no mercado há mais de 77 anos, também desenvolveu um novo modelo de blíster, no formato de uma folha, que remete às matérias-prima do produto: extrato de boldo, cáscara sagrada e ruibarbo. O blíster possui duas versões, de quatro e dez drágeas. Registro MS - 1.0639.0030 Julho/2012 SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. EPAREMA® É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. Medicamento registrado com base no uso tradicional, não sendo recomendado seu uso por período prolongado. SAC: SAC 0800-7710345 SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

Anador ganha novo blister Agora com quatro unidades (em substituição à cartela de oito comprimidos com picote), formato arredondado e dispensando o incômodo picote que exigia o corte da cartela ao meio, a nova apresentação do analgésico e antitérmico Anador é mais prática e de fácil manuseio. A nova cartela foi desenvolvida pela Boehringer Ingelheim após um trabalho de cerca de um ano de pesquisas e testes com diversas opções. Registro MS: 1.0367.0076 Contraindicação: Alergia ou intolerância aos componentes da fórmula e a outros analgésicos, agranulocitose, porfiria hepática, deficiência da enzima glicose-6-fosfato-desidrogenase, doenças da medula óssea, crianças menores de 3 meses ou pesando menos de 5kg, três primeiros e três últimos meses de gravidez. SAC: 0800 701 6633 SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

Nouvelle lança nova linha A marca de tratamento para cabelos Nouvelle lança sua nova linha de coloração, a INTENSICOLOR. Para se destacar no mercado, Nouvelle traz uma embalagem em preto e branco, apenas com as mexas dos cabelos coloridos. Com a aquisição da Nouvelle, o Grupo Cimed projeta crescimento de 40% e prevê vender 10 milhões de unidades dos produtos Nouvelle em 2012. Registro MS: 256370023. CUIDADO NA UTILIZAÇÃO DO PRODUTO: Contém substâncias passíveis de causar irritação na pele de determinadas pessoas. Antes de usar, faça a prova de toque. As colorações possuem corantes e amônia em suas fórmulas. Contém resorcinol, fenilenodiaminas e peróxido de hidrogênio. Podem causar reação alérgica. Não aplicar em cílios e sobrancelhas. Caso haja contato com os olhos, enxágue imediatamente com água corrente em abundância. SIGA CORRETAMENTE AS INSTRUÇÕES DE USO IMPRESSAS NO INTERIOR DO CARTUCHO. O uso inadequado deste produto pode causar danos ao couro cabeludo e à sua saúde. Enxaguar bem os cabelos após a aplicação. Caso haja irritações ou lesões no couro cabeludo, não faça uso de coloração. Usar luvas adequadas. Não deve ser usado em cabelos tratados com henê, tinturas progressivas ou com produtos à base de sais metálicos. Não use o produto em gestantes ou mulheres com suspeita de gravidez. Mantenha fora do alcance de crianças e animais domésticos. SAC: 0800 021 9105

Hidra�il Loção Facial e Gel Facial ganham novo visual

Os Laboratórios Stiefel, uma empresa GSK, apresentam as novas embalagens de dois produtos consagrados pelos consumidores: Hidra�il Loção Facial e Hidra�il Gel Facial. Ambos são formulados com o complexo NMF, substâncias hidratantes de reconhecida e�icácia, além de �iltros solares, que conferem fator de proteção solar UVB (FPS) 20 e UVA++. Têm textura leve e não-oleosa, protegem a pele dos raios UV e do fotoenvelhecimento1 , 2 e contêm silício orgânico, que atua como protetor das �ibras elásticas da pele.1,2 Registro no MS: HIDRAFIL Loção Facial: 2.0190.0020 e HIDRAFIL Gel Facial: 2.0190.0034. SAC: 0800 704 3189

82 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/ 2012


Aceclofenaco, analgésico e anti-in�lamatório

A Nova Química está lançando o Aceclofenaco em seu portfólio de genéricos. O Aceclofenaco tem potente efeito analgésico, anti-in�lamatório e antipirético. Seu mecanismo de ação está baseado, em grande parte, em sua ação inibitória dos principais agentes dos processos in�lamatórios. É indicado no tratamento de diversos tipos de in�lamações e dores causadas por processos in�lamatórios. O produto está disponível nas apresentações: Registro MS: 1.2675.0156.003-2 (100 mg com 12 comprimidos) e 1.2675.0156.007-5 (100 mg com 24 comprimidos) Contraindicação: O aceclofenaco é contraindicado para pacientes hipersensíveis ao fármaco e/ou a qualquer componente da formulação. O aceclofenaco não deve ser administrado a pacientes hipersensíveis ao diclofenaco. Relata-se a ocorrência de reações anafiláticas graves, e algumas vezes fatais, em pacientes em tratamento com agentes anti-inflamatórios não-esteroidais. Como com qualquer outra droga anti-inflamatória não-esteroidal, o aceclofenaco é contraindicado para aqueles que sofrem de broncoespasmo, urticária ou rinite aguda devido ao ácido acetilsalicílico ou a outros agentes anti-inflamatórios não-esteroidais, já que existe o risco de reações alérgicas graves. O aceclofenaco não deve ser usado em pacientes com úlcera péptica em fase ativa. Este produto é contraindicado durante a gravidez e a lactação. SAC: 0800-773-5060 SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

Telmisartana, genérico do Micardis

Telmisartana, da Nova Química, é o primeiro genérico do Micardis (Boehringer Ingelheim) a ser comercializado. O medicamento é utilizado no tratamento da pressão alta, em pacientes que já sofreram infarto ou têm problemas cardíacos (insu�iciência cardíaca), e pacientes diabéticos com doenças nos rins. O produto está disponível nas apresentações: Registro MS: 1.2675.0158.005-1 (40mg com 30 comprimidos) e 1.2675.0158.012-2 (80mg com 30 comprimidos) Contra-indicações. Hipersensibilidade ao fármaco. Gravidez. Amamentação. Insuficiência hepática ou renal severas. SAC: 0800-773-5060 SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO

Suplemento Lavitan em novas versões

Lavitan é um suplemento do Grupo Cimed que está há mais de 30 anos no mercado. Para comemorar esse sucesso, a família ganha novos produtos e embalagens. Uma das novidades é Lavitan Mulher, desenvolvido para as necessidades do corpo feminino. Além de oferecer os bene�ícios das vitaminas e minerais presentes na versão A-Z, contém ácido fólico, que ajuda a evitar doenças cardíacas, reduz o risco do Alzheimer, auxilia no tratamento de anemias e é indispensável para uma gravidez saudável, pois previne malformações fetais. Outra novidade é Lavitan Ômega, ácido graxo que proporciona todos os bene�ícios do Ômega 3 como regulador da circulação sanguínea e dos níveis de triglicerídeos no sangue, entre outras funções Registro MS: Conforme RDC 27/10 esses produtos são isentos de registro. SAC: 0800-7044647

Antitranspirante com sal marinho

A Unilever traz ao mercado brasileiro Rexona Natural Protection, com Sal Marinho Absorvente. O sal marinho concentra diversos tipos de minerais e já vem sendo incorporado a produtos alimentícios, seguindo a tendência de produtos cada vez mais ‘naturais’, movimento esse que já atinge o setor cosmético. Rexona incorporou o sal marinho à sua fórmula antitranspirante, oferecendo absorção comprovada e eliminando o mau odor causado por bactérias. Registro MS: Rexona Natural Protection Aerosol: MS 2.5610.0206

Rexona Natural Protection Roll On: MS. 2.5610.0189 Contraindicação: é contraindicado o uso de qualquer produto antitranspirante para crianças. Para uso adultos não há contra-indicação. SAC: 0800 707 7512

REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012 | 83


Seminário TEXTO E FOTOS: FRANCISCO COLOMBO

SEMINÁRIO DO CRF/SP discute a ética no exercício da profissão

C

onselho Regional de Farmácia de São Paulo organiza seminário para discutir a ética, a responsabilidade social e a sustentabilidade no exercício da pro�issão

O seminário teve o apoio da Universidade Anhembi Morumbi e reuniu farmacêuticos, estudantes de Farmácia e representantes de entidades do setor, no auditório dessa instituição de ensino. Ao longo do dia foram realizadas duas palestras – “Ética na sociedade contemporânea”, proferida pelo Dr. Paulo Fortes, e “Ética, Responsabilidade Social e Sustentabilidade no Exercício da Pro�issão”, com o proefssor de Filoso�ia Mário Sergio Cortella, além de um painel, “Con�litos éticos na Pro�issão Farmacêutica”, seguido de uma rodada de debates. O coordenador do curso de Farmácia da Universidade Anhembi Morumbi, Geraldo Alécio, ao dar as boas vindas aos participantes do

Seminário, lembrou que nenhum ser humano nasce ético, e que a ética é construída ao longo da vida. Na área pro�issional ela é solidi�icada desde os primeiros bancos escolares até a academia. E pensar em sucesso hoje é pensar em responsabilidade social e sustentabilidade, através de pequenas ações que transformam o mundo.

Dra. Raquel Rizzi, vice-presidente do CRF/SP, o filósofo Mário Sergio Cortella e o Dr. Pedro Menegasso, presidente do CRF/SP 84 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012


Sua loja pode contar com a EBC e a Nações Unidas, empresas atacadistas de cosméticos. São mais de 15 mil itens de beleza, higiene, aparelhos elétricos e acessórios, além de serviços e treinamentos especializados, com os melhores preços e a facilidade de 4 diferentes canais de vendas a sua escolha.

• Mais de 15 mil itens • Lançamentos de novidades em 1ª mão • Atendimento especializado

• Atendimento especializado • Venda fracionada • Entrega em até 48 horas

LIGUE AGORA! 11 2902-4444 Ramal 320

• Atendimento especializado • Agilidade em suas compras • Mix com mais de 7 mil itens

• Praticidade para suas compras • Máxima segurança • 24 horas à disposição

Torne-se cliente e ganhe uma condição comercial especial na primeira compra. Tel.: (11) 2902-4444 • Ramal 320

L o j a d e A u t o s s e r v i ç o : A v. M o r v a n D i a s d e F i g u e i r e d o , 2 8 7 5 - V i l a M a r i a - S ã o P a u l o - S P - C E P 0 2 0 6 3 - 0 0 0

DeBRITO

No mercado de beleza, o melhor atacado também precisa fazer bonito. Mix completo, só com a EBC e a Nações Unidas.


Plateia acompanha atentamente as palestras do Semnário de Ética no Exercício da Profissão. Na primeira fila, destaque para Vinícius Pedroso, diretor do IDVF, Dr. Pedro Menegasso, presisdente do CRFSP, e Marco Fiaschetti, diretor do IDVF

Para o presidente do Conselho Regional de Farmácia, Dr. Pedro Menegasso, uma entidade como o CRF-SP tem a obrigação de zelar pela ética e pelo respeito entre os colegas de pro�issão.

“A ética é um ponto fundamental para que as pessoas percebam o que é certo e o que é errado, e cabe a cada cidadão re�letir sobre este aspecto e levar o resultado desta re�lexão para o seu dia a dia” - Dr. Pedro Menegasso

Na primeira palestra do dia, o Dr. Paulo Antonio Carvalho Fortes, 86 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012

O palestrante lembrou também que o termo “código de ética”, utilizado em inúmeras pro�issões no Brasil, é errado e só existe aqui. “Na verdade, o certo é falarmos de um código da deontologia, como existe na maioria dos países”, completou o Dr. Paulo Fortes.

A seguir, o �ilósofo Mario Sergio Cortella , em sua palestra, colocou três questões fundamentais para se adotar uma postura ética: querer, poder e dever.

Dr. Paulo Antonio Carvalho Fortes fala sobre ética na sociedade contemporânea

“A ética é um ponto fundamental para que as pessoas percebam o que é certo e o que é errado, e cabe a cada cidadão re�letir sobre este aspecto e levar o resultado desta re�lexão para o seu dia a dia” a�irmou o Dr. Menegasso ao justi�icar os objetivos e a ideia do Seminário organizado pelo CRF-SP.

Professor Titular de Saúde Pública da USP, falou sobre Ética na Sociedade Contemporânea. Ele destacou a reaproximação entre as ciências e as humanidades ocorrida no século 20 e a�irmou que sempre é di�ícil discutir ética em um mundo globalizado e harmonizar interesses sociais e coletivos, procurando o bom e o justo para um convívio social pací�ico. Mas os valores máximos a serem considerados são sempre o da vida e o da dignidade humana, que devem ser colocados acima de tudo. “Na área da saúde, como nas demais, há sempre interesses múltiplos e todos têm sua parcela de razão. A ciência se desenvolve numa situação de incerteza, de desconhecimento do seu potencial bené�ico ou malé�ico para a vida. Na realidade, somente sabemos o resultado de muitas ações algum tempo depois, mas cabe aos pro�issionais de saúde trabalharem sempre em defesa da vida e da dignidade humana”, a�irmou.

“Nem tudo que queremos podemos e nem tudo que podemos, devemos fazer”, a�irmou Cortella, ao lembrar o �ilósofo Emanuel Kant e sua máxima: “Tudo que não puder contar como fez, não faça”.

Dr. Geraldo Alécio, coordenador do Curso de Farmácia da Universidade Anhembi Morumbi, dá as boas vindas aos presentes

O seminário apresentou, ainda, palestras que mostraram que é possível aliar interesses pro�issionais, humanos e comerciais, no dia a dia, sem ferir princípios éticos e morais relacionados à prática farmacêutica. 


INALAÇÃO RÁPIDA Aproximadamente 15 minutos (a cada 5ml de medicamento). MICROPARTÍCULAS EFICIENTES

Menores do que 5 micra que atingem profundamente os pulmões (1.000 micra = 1 milímetro).

Único inalador pneumático a jato de ar que possibilita a utilização DEITADO.

BAIXO NÍVEL DE RUÍDO

Maior rapidez no alívio da crise respiratória

INALAÇÃO RÁPIDA Aproximadamente 10 minutos (a cada 10ml de medicamento).

3 níveis de intensidade de névoa Mínimo Médio Máximo

Inalação em qualquer posição, sem derramar a inalação

Disponível nas cores: Rosa

www.soniclear.com.br sac: 11 2060 9500 | 11 2060 9510

Azul

Amarelo

Inalação silenciosa, sem ruídos desagradáveis


Encontros TEXTO E FOTOS: FRANCISCO COLOMBO

ABCFARMA E SINCOFARMA/SP

RECEBEM COORDENADORES DO GRUPO DE

TRABALHO TEMÁTICO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

A

A partir da esquerda, Dr. Edenir Zandoná Junior, diretor vice-presidente da ABCFARMA, e Pedro Zidoi, presidente da ABCFARMA, com representantes de entidades, do governo e do varejo farmacêutico

reunião ocorreu no último dia 8 de agosto, no auditório da sede do SINCOFARMA-SP, gentilmente cedido para o evento. Entre os participantes, representantes das principais entidades representativas do setor, como Abradilan, ABCFARMA, Febrafar, Sindusfarma e Interfarma. 88 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

Atendendo a um convite do presidente da ABCFARMA, Pedro Zidoi, vários sindicatos regionais do comércio farmacêutico também estiveram presentes à reunião, representando estados como RJ, PR, GO, MS, MT, SP, AM, SE, MG.

Na ocasião foram mostradas as ideias para a elaboração do relatório �inal que o Grupo Técnico de Trabalho apresentará em um evento previsto para novembro deste ano.


Pedro Zidoi, presidente da ABCFARMA, Dr. Juan Carlos Becerra Ligos, diretor da ABCFARMA e do SINCOFARMA-SP, Dra. Simone Ribas, da ANVISA, e Geraldo Monteiro, diretor executivo da ABRADILAN e assessor econômico da ABCFARMA, na mesa que discutiu a questão dos Resíduos Sólidos A coordenação da reunião esteve a cargo da Dra. Simone Ribas, da ANVISA, que apresentou os objetivos da Coleta Amostral Espontânea, que será realizada junto a farmácias e drogarias referentes à coleta de medicamentos nos estabelecimentos que aderirem ao Projeto Piloto. Segundo a Dra. Simone Ribas, os objetivos do projeto são: divulgar os resultados do estudo sobre logística reversa da cadeia farmacêutica e a discussão de diretrizes voltadas para a construção de um acordo setorial.

A Dra. Simone informou ainda que o estudo de viabilidade técni-

co-econômica deverá ser apresentado até dezembro. “Na fase atual, estamos estudando as propostas dos setores da cadeia farmacêutica para, no �inal do ano, apresentarmos os resultados aos ministérios. De posse do levantamento, partiremos para o acordo setorial, que deverá ser �irmado em março do ano que vem”, explicou a coordenadora.

Dra. Simone Ribas, da ANVISA, apresenta o Projeto de Coleta Amostral Espontânea

Durante a reunião também foram apresentadas algumas experiências que já vêm sendo realizadas com sucesso, como é o caso da rede de drogarias Drogamais, do estado do Paraná, e a Drogaria São Bento, de Campo Grande/MS, e a Farmácia Artesanal, de Goiânia/GO.

Valdomiro Cardoso, da Rede Coperfarma, Tadeu Imoto, da Rede Drogamais, e, à direita, Marçal Henrique Soares, presidente do Sindifargo, participam da reunião no Sindusfarma, em São Paulo

REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012 | 89


Prêmio TEXTO E FOTOS: SINDUSFARMA

Em cerimônia no MAM - Museu de Arte Moderna/SP, o SINDUSFARMA-SP

premia empresas com melhores práticas em saúde do trabalho e desenvolvimento de RH As melhores práticas de prevenção de doenças e acidentes de trabalho e de desenvolvimento de recursos humanos na indústria farmacêutica foram premiadas em cerimônia que lotou o auditório do Museu de Arte Moderna (MAM), em São Paulo, na noite de 15 de agosto

A

Dr. Lauro Moretto, vice-presidente executivo do SINSDUSFARMA-SP e idealizador dos prêmios, na foto com os representantes das empresas agraciadas com o V Prêmio Excelência em GST

Walker Lahmann, Diretor de Marketing de Medicamentos do Laboratório Hypermarcas, e Wilson Borges, diretor presidente do Laboratório Zambon, entregam os troféus aos contemplados

s empresas Alcon, Allergan, Eurofarma, Johnson & Johnson, Libbs, Medley, Novartis e Pfizer receberam o Prêmio Excelência em Gestão e Segurança do Trabalho.

O Prêmio Bumerangue foi conferido aos laboratórios Apsen, Hypermarcas, Libbs, SanofiAventis e TheraSkin. Receberam menções honrosas do Prêmio Excelência em GST as empresas Allergan, Galderma, Libbs, Medley, MSD, PratiDonaduzzi e Sanofi-Aventis. Receberam menções honrosas do Prêmio Bumerangue as empresas Alcon, Apsen, Eurofarma, Sanofi-Aventis e Zambon.

92 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012

Representantes das empresas vencedoras do IV Prêmio Bumerangue


V PRÊMIO EXCELÊNCIA EM GST - Vencedores

Valorização “Esses dois prêmios contemplam ações das empresas dirigidas aos seus trabalhadores, o que é extremamente importante, pois nenhuma empresa pode funcionar de forma adequada sem a participação de seus colaboradores”, vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Nildo Masini. “Quero parabenizar o Sindusfarma por essa iniciativa”. “O programa de segurança e saúde foi implantado de forma muito eficiente na Eurofarma, os colaboradores assimilaram e aceitaram as propostas do nosso sistema de gestão de segurança”, Daniel Folco, coordenador de Segurança da Eurofarma. “Os recursos para o programa de saúde e segurança do trabalho foram ampliados e com esforço e trabalho conseguimos reduzir o número de acidentes na empresa”, disse Anderson Vaz Mendes, coordenador de Segurança da Libbs. “Em primeiro lugar, quero parabenizar o Sindusfarma pela promoção deste evento; a Johnson & Johnson tem uma cultura forte para a prevenção de acidentes no trabalho, e, para nossa organização, que é global, é muito importante receber este reconhecimento do Sindusfarma”, disse José Pedro Dias Junior, gerente regional de Saúde, Segurança e Meio-Ambiente da Johnson & Johnson. “A nossa equipe foi formada recentemente e receber este reconhecimento nos dá forças para continuarmos a desenvolver projetos que são importantes para a Hypermarcas”, disse Renato Andrade, Coordenador Nacional de Treinamentos da Hypermarcas. “Este prêmio é o reconhecimento do engajamento da diretoria e dos colaboradores e ficamos felizes por saber que estamos no caminho certo”, disse Camila Pradelli de Oliveira, coordenadora de RH da TheraSkin.

“Os Prêmios Excelência em GST e o Bumerangue são pérolas que nós criamos, são cinco anos que estamos neste projeto e no ano que vem será maior”, disse o Dr. Lauro Moretto, vice-presidente de Assuntos Regulatórios e Programas Sociais e Educacionais do Sindusfarma. 

94 | REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO/2012

Empresas com até 350 funcionários Administrativo Força de Vendas Operacional 351 a 500 funcionários Operacional Administrativo Acima de 500 funcionários Força de Vendas Operacional

Alcon Allergan Allergan, Pfizer, Eurofarma Alcon Novartis e Libbs Medley Johnson & Johnson

IV PRÊMIO BUMERANGUE - Vencedores Treinamento Corporativo Programa de Treinamento Programa de Desenvolvimento Técnicas de Política de Treinamento Treinamento Força de Vendas Programa de Desenvolvimento Técnicas de Política de Treinamento Recrutamento e Seleção

Apsen Theraskin Sanofi Libbs Hypermarcas Apsen

Os vice-presidentes do SINDUSFARMA-SP, Nelson Mussolini e Dr. Lauro Moretto, entregam prêmios aos laboratórios vencedores

Dr. Lauro Moretto, vice-presidente do SINDUSFARMA-SP, com Nildo Masini,

vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp)


Notícias dos estados

REUNIÃO

FECOMERCIÁRIOS

NA SEDE DO SINCOFARMA/SP

D

Mesa que dirigiu os trabalhos na reunião da Convenção Trabalhista do Estado de São Paulo realizada na sede do SINCOFARMA-SP. A partir da esquerda: João Pereira de Brito, diretor do Sinprafarma/SP, Jair Mafra, diretor da Fecomerciários, Natanael Aguiar Costa, presidente do Sincofarma-SP, Tereza Amano, Asessora Sindical do Sincofarma-SP e Dr. André Bedran Jabr, assessor jurídico do Sincofarma-SP

ia 16 do mês de agosto realizou-se na sede do Sincofarma do Estado de São Paulo, mais uma reunião com diretores da Federação dos Fecomerciários, Presidentes de Sindicatos, Diretores, Assessores Jurídicos das entidades e a comissão que representa o Sincofarma do Estado de São Paulo, para tratar da Convenção Trabalhista (com a categoria dos trabalhadores) que vigorará de 1º de julho deste ano, até 30 de junho de 2013. Ainda não foi possível por preocupação de ambas as partes encerrarmos os estudos.

Nova reunião está marcada a última semana de agosto, na sede da Federação dos Empregados no Comércio do Estado de São Paulo, com a presença do Presidente Sr. Luiz Carlos Motta, onde esperamos encontrar a solução que atenda a categoria dos trabalhadores e do setor econômico.

Acompanhe o resultados das reuniões nos portais

www.abcfarma.org.br e www.sincofarma.org.br REVISTA ABCFARMA | SETEMBRO / 2012 | 95


Setembro Fevereiro

2012

CONFORME DETERMINAÇÃO DA RDC Nº 99 DE 22/11/2000, É OBRIGATÓRIO MANTER À DISPOSIÇÃO DOS CONSUMIDORES LISTA ATUALIZADA DOS MEDICAMENTOS GENÉRICOS


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Actonel Actonel Actonel Actonel Acular Acular Acular Acular Acular Acular Acular Acular Adriblastina RD Adriblastina RD Advil Advil Advil Advil Aeroflux Aeroflux Aeroflux Aeroflux Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Edulito Afrin Afrin Afrin Afrin Afrin Afrin Akineton Aldactone Aldactone Aldactone Aldactone Aldara Aldara Aldara Aldomet Aldomet Aldomet Aldomet Alivium Alivium Alivium Alivium Alivium

Medicamento Genérico Risedronato Sodico Risedronato Sodico Risedronato Sodico Risedronato Sodico Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Cloridrato de Doxorrubicina Cloridrato de Doxorrubicina Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Sulfato de Salbutamol + Guaifenesina Sulfato de Salbutamol + Guaifenesina Sulfato de Salbutamol + Guaifenesina Sulfato de Salbutamol + Guaifenesina Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Cloridrato de Oximetazolina Cloridrato de Oximetazolina Cloridrato de Oximetazolina Cloridrato de Oximetazolina Cloridrato de Oximetazolina Cloridrato de Oximetazolina Cloridrato de Biperideno Espironolactona Espironolactona Espironolactona Espironolactona Imiquimode Imiquimode Imiquimode Metildopa Metildopa Metildopa Metildopa Ibuprofeno idróxido de Alumínio + hidróxido Magnesio + simidróxido de Alumínio + hidróxido Magnesio + sim Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante Ems Sigma Pharma Germed

Legrand

Alcon Biosintética Cristália EMS Geolab Nature´s Plus Neo Química Sigma Pharma Eurofarma Glenmark EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Medquimica EMS

Legrand

Nature´s Plus Sigma Pharma Bunker Cristália Ducto Farmace Geolab Green Pharma Hipolabor Hipolabor Medley Medley Neo Química Prati, Donaduzzi Sanval Teuto Theodoro F Sobral União Química EMS Cinfa EMS Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Teuto Abbott EMS Eurofarma Germed Hipolabor

Legrand

Medley Sanofi-Aventis Biosintética EMS Luper Medley Biosintética EMS

Legrand

Geolab Medquimica

2

Concentração

Forma Farmacêutica

35 MG 35 MG 35 MG 35 MG 0,5 pcc 0,5 pcc 0,5 pcc 0,5 mg/ml 5 mg/ml 5mg/ml 5 mg/ml 0,5 pcc 10 mg; 50 mg 10 mg; 50 mg 200 mg 200 mg 200 mg 200 mg 0,4 mg/ml + 20 mg/ml 0,4 mg/ml + 20 mg/ml 0,4 mg/ml + 20 mg/ml 0,4 mg/ml + 20 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,5 mg/ml 0,4 mg/ml 2mg/5ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml; 0,25 mg/ml 0,5 mg/ml; 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,5 mg/ml; 0,25 mg/ml 0,5 mg/ml; 0,25 mg/ml 2 mg 25 mg; 50 mg; 100mg 25 mg; 50 mg; 100mg 25 mg; 50 mg; 100mg 100 mg 50mg/g 50mg/g 50mg/g 500 mg; 250 mg 250 mg; 500 mg 500 mg; 250 mg 250 mg; 500 mg 50 mg/ml

Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimidos Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Solução oral Solução injetável Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Solução oral Xarope Solução oral Solução oral Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Suspensão oral

100 mg 100 mg 100 mg 50 mg / 30ml

Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral gotas


Lista de genéricos

medicamentos registrados Alivium Alivium Alivium Alivium Alivium Alivium Alivium Alivium Alivium Alivium Allegra Allegra Allegra Allegra Allegra Alphagan Alphagan Alphagan Alphagan Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Aminofilina Aminofilina Aminofilina Aminofilina Aminofilina Aminofilina Aminofilina Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil

Medicamento Genérico Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Cloridrato de Fexofenadina Cloridrato de Fexofenadina Cloridrato de Fexofenadina Cloridrato de Fexofenadina Cloridrato de Fexofenadina Tartarato de Brimonidina Tartarato de Brimonidina Tartarato de Brimonidina Tartarato de Brimonidina Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Aminofilina Aminofilina Aminofilina Aminofilina Aminofilina Aminofilina Aminofilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina

Laboratório Fabricante EMS Geolab Germed

Legrand Medley Mepha Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sanofi-Aventis Brainfarma Mepha Medley Sanofi-Aventis Ranbaxy Alcon Biosintética EMS Teuto Accord Biosintética Bunker EMS EMS Sigma Pharma Germed Eurofarma Medley Merck Pharlab Sandoz Sanofi-Aventis Farmace Hipolabor Hipolabor Neo Química Teuto Teuto Vitapan AB Farmo AB Farmo Abbott Abbott Ache Biosintética Brainfarma Brainfarma Cimed Cimed Cinfa Ducto Ducto EMS EMS EMS Eurofarma Germed Germed

Legrand

Globo Globo Luper Medley

3

Concentração

Forma Farmacêutica

50 mg/ml 50 mg/ml 50 mg/ml 50 mg/ml 50 mg/ml 100 mg/ml 50 mg/ml 50 mg/mL 50 mg/ml 50mg/ml; 100mg/ml 120 mg; 180 mg 120 mg; 180 mg 120 mg; 180 MG 30mg; 60mg; 120 mg; 180 MG 30mg; 60mg; 120 mg; 180 mg 2,0mg/ml 2,0mg/ml 1,5mg/ml; 0,2mg/ml 2MG/ML 1 mg; 2 mg; 4 mg 1 mg; 2 mg; 4 mg 1 mg; 2 mg; 4 mg 2mg;4mg 4mg 4mg 4mg 1 mg; 2 mg; 4 mg 1 mg;2 mg 1 mg; 2 mg; 4 mg 1 mg; 2 mg; 4 mg 1 mg; 2 mg; 4 mg 1 mg; 2 mg; 4 mg 24 mg/ml 24 mg/ml 100mg 200mg 100 mg; 200 mg 24 mg/ml 200 mg 500 mg 50 mg/ml; 100 mg/ml 500 mg 50 mg/ml 250mg/5ml 250 mg 500 mg 50 mg/ml 500 mg 50 mg/ml ;100mg/ml 500 mg 500 mg 50 mg/ml 500 mg 50 mg/ml; 100 mg/ml; 200mg/5mL; 400mg/5mL; 500 mg 50 mg/ml 200mg/5mL; 400mg/5mL; 500mg 500 mg 125 mg; 250 mg; 500mg 50 mg/ml 500 mg

Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Solução injetável Solução injetável Comprimido Comprimido Comprimido Solução injetável Comprimido Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência

Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Alivium Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil BD Amoxil BD Amoxil BD Amoxil BD Amoxil BD Amoxil BD Amoxil BD Amoxil/Amoxil BD

Ibuprofeno Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Triidratada Amoxicilina Triidratada Amoxicilina

Medquímica Medley Mepha Mepha Multilab Nature´s Plus Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Ranbaxy Ranbaxy Sandoz Sanval Sigma Pharma Teuto União Química União Química Unichem EMS Eurofarma Globo Nature´s Plus Sigma Pharma Biosintética Ache Eurofarma

Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplictil Anafranil Anafranil Anafranil Androcur Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak

Amplacilina Ampicilina Ampicilina Ampicilina Ampicilina Ampicilina Ampicilina Ampicilina Ampicilina Ampicilina Ampicilina Ampicilina Sódica Ampicilina Sódica Ampicilina Sódica Ampicilina Sódica Ampicilina Sódica Cloridrato de Clorpromazina Cloridrato de Clomipramina Cloridrato de Clomipramina Cloridrato de Clomipramina Acetato de Ciproterona Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina

Ampicilina Abbott Cellofarm EMS Eurofarma Eurofarma Multilab Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sandoz AB Farmo Cellofarm Medley Ranbaxy Teuto Hypofarma EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Bergamo Ativus Cellofarm Cinfa EMS EMS EMS Eurofarma Farmace Germed Germed

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Legrand Hipolabor Hypofarma Medley

4

Concentração

Forma Farmacêutica

100 mg /ml - 20 ml 125 mg/5ml; 200 mg/5ml; 250 mg/5ml; 400 mg/5ml; 500 mg/5ml/ 500 mg 50 mg/ml 500 mg 500 mg 500 mg 50 mg/ml 500 mg 50 mg/ml; 100 mg/ml 500 mg 50 mg/ml 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500mg 50 mg/ml; 100 mg/ml; 500 mg 875 mg 875 mg 400mg/5ml 875 mg 875 mg 400 mg 400 mg 125 mg/5ml; 200 mg/5ml; 250 mg/5ml; 400 mg/5ml; 500 mg/5ml Abbott 50 mg/ml 500mg 250 mg/5ml 500 mg 50 mg/ml 500 mg 50 mg/ml 500 mg/ml 50 mg/ml 500 mg 500 mg; 1g 1g 50 mg/ml 500 mg; 1g 500 mg; 1 g 5 MG/ml 10 mg; 25 mg 10 mg; 25 mg 10 mg; 25 mg 50 mg; 100 mg 150 mg; 300 mg 25 mg/ml 150 mg; 300 mg 150 mg; 300 mg 25 mg/ml 15 mg/ml 150 mg; 300 mg 25 mg/ml 150 mg; 300 mg 150 mg 15mg/ml 25 mg/ml 25 mg/ml 150 mg; 300 mg

gotas Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Pó p/ suspensão oral Pó p/ suspensão oral 500 mg Cápsula Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ suspensão oral Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Xarope Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Xarope Xarope Solução injetável Solução injetável Comprimido revestido


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Aprovel Aracytin Aredia Arifenicol Arimidex Aropax Aropax Aropax Aropax Aropax Aropax Aropax Aropax Aropax Aropax Aropax Artren

Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Irbesartana Citarabina Pamidronato dissódico Succinato Sódico de Cloranfenicol Anastrazol Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Diclofenaco Sódico

Medquimica Mepha Merck Nature´s Plus Novafarma Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Teuto União Química Ranbaxy Accord Eurofarma Novafarma Eurofarma Arrow Ariston Biosintética Brainfarma Eurofarma Farmasa Medley Mepha Merck Ranbaxy Zydus Merck

150 mg 150 mg; 300 mg 150 mg; 300 mg 15 mg/ml 25 mg/ml 150 mg; 300 mg 150 mg; 300 mg 15 mg/ml 150 mg; 300 mg 150 mg; 300 mg 25 mg/ml 25 mg/ml 150 mg; 300 mg 100mg/ml 30 mg; 60 mg; 90 mg 1g 1 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 100 mg

Artril Artril Artril Artril Asalit Asalit Asalit Aspirina Aspirina Aspirina Aspirina Aspirina Aspirina Aspirina Aspirina Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol

Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Mesalazina Mesalazina Mesalazina Ácido Acetilsalicilico Ácido Acetilsalicilico Ácido Acetilsalicilico Ácido Acetilsalicilico Ácido Acetilsalicilico Ácido Acetilsalicilico Ácido Acetilsalicilico Ácido Acetilsalicilico Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol

EMS Germed

300 mg/ml 300 mg 100 mg/ml 300 mg 3g 3g 3g 100 mg; 500 mg 100 mg; 500 mg 100 mg; 500 mg 300mg 100 mg 300mg 300mg 300mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 50 mg; 100 mg 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 50mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25mg; 50 mg; 100mg

Legrand Sigma Pharma EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Balm-Labor Cimed EMS EMS Sanofi-Aventis Germed

Legrand

Sigma Pharma AB Farmo Abbott Apotex accord Biolunis Biosintética bunker Cristália EMS Medley Mepha Nature´s Plus Neo Química Pharlab Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma

5

Concentração

25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg

Forma Farmacêutica Xarope Comprimido revestido Comprimido revestido Xarope Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Xarope Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Cápsula gelatinosa dura c/ microgrânulos Suspensão oral Comprimido revestido Suspensão oral Comprimido revestido Enema Enema Enema Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Atenol Atlansil Atlansil Atlansil Atlansil Atropion Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Azactam Azi Azi Azi Azi Bactrim Bactrim Bactrim Bactrim Bactrim Bactrim Bactroban Bactroban Bactroban Bactroban Baycuten -N Baycuten -N Baycuten -N Baycuten -N Baycuten -N Baycuten -N Baycuten -N Benicar Benzetacil Berlison Berlison Berlison Berlison Berlison Berlison Berotec Berotec Berotec Berotec Berotec Berotec Berotec Berotec Berotec Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate

Medicamento Genérico Atenolol Cloridrato de Amiodarona Cloridrato de Amiodarona Cloridrato de Amiodarona Cloridrato de Amiodarona Sulfato de Atropina Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Aztreonam Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Sulfametoxazol + Trimetoprima Sulfametoxazol + Trimetoprima Sulfametoxazol + Trimetoprima Sulfametoxazol + Trimetoprima Sulfametoxazol + Trimetoprima Sulfametoxazol + Trimetoprima Mupirocina Mupirocina Mupirocina Mupirocina Clotrimazol + Acetato de Dexametasona Clotrimazol + Acetato de Dexametasona Clotrimazol + Acetato de Dexametasona Clotrimazol + Acetato de Dexametasona Clotrimazol + Acetato de Dexametasona Clotrimazol + Acetato de Dexametasona Clotrimazol + Acetato de Dexametasona Olmesartana medoxomila Benzilpenicilina Benzatina Acetato de Hidrocortisona Acetato de Hidrocortisona Acetato de Hidrocortisona Acetato de Hidrocortisona Acetato de Hidrocortisona Acetato de Hidrocortisona Bromidato de Fenoterol Bromidato de Fenoterol Bromidato de Fenoterol Bromidato de Fenoterol Bromidato de Fenoterol Bromidato de Fenoterol Bromidato de Fenoterol Bromidato de Fenoterol Bromidato de Fenoterol Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante Teuto Biosintética Hipolabor Ranbaxy Sanofi-Aventis Hipolabor Biosintética Ducto EMS Germed

Legrand

Globo Hipolabor Mepha Neo Química Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Teuto União Química Eurofarma EMS GERMED Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Germed Neo Química Teuto Prati, Donaduzzi Sandoz Teuto Cristália ems Medley Prati, Donaduzzi EMS Geolab Kinder Medley Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Daiichi Sankyo Eurofarma Ativus Ativus Hipolabor Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi União Química EMS EMS Germed Hipolabor Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Ativus Ducto EMS EMS EMS

6

Concentração

Forma Farmacêutica

100 mg; 50 mg 200 mg 50 mg/ml 100 mg; 200 mg 100 mg; 200 mg 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,5 g; 1,0 g 1000 mg 1000 mg 1000 mg 1000 mg 40 mg/ml + 8 mg/ml 40 mg/ml + 8 mg/ml 400 mg + 80 mg 400 mg + 80 mg; 800 mg + 160 mg 400 mg + 80 mg; 800 mg + 160 mg 40 mg/ml + 8 mg/ml 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 10 mg/g + 0,4 mg/g 10 mg/g + 0,4 mg/g 10 mg/g + 0,4 mg/g 10 mg/g + 0,4 mg/g 10 mg/g + 0,4 mg/g 10 mg/g + 0,4 mg/g 10 mg/g + 0,4 mg/g 20mg; 40mg 300.000 U/ml; 150.000 U/ml 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 5 mg/ml 0,25mg/ml; 0,5mg/ml 5 mg/ml 5mg/ml 0,25mg/ml; 0,5mg/ml 5 mg/ml 5 mg/ml 0,25mg/ml; 0,5mg/ml 5 mg/ml 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1,0 mg/g 1 mg/g

Comprimido Comprimido Solução injetável Comprimido Comprimido Solução injetável Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Pó p/ solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Suspensão oral Suspensão oral Comprimido Comprimido Comprimido Suspensão oral Creme dermatológico Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido revestido Suspensão injetável Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Solução oral Xarope Solução oral Solução oral Xarope Solução oral Solução oral Xarope Solução oral Creme Pomada dermatológica Creme dermatológico Loção dermatológica Pomada dermatológica


Lista de genéricos

medicamentos registrados Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate N Betnovate N Betnovate N Betnovate N Betnovate N Betnovate N Betnovate N Betnovate N Betoptic Betoptic Betoptic Betoptic Betoptic Betoptic Betoptic Biamotil Biamotil Biamotil Biamotil Biamotil Biamotil Biamotil Biamotil D Biamotil D Biamotil D Biamotil D Biamotil D Biconecor Binotal Biocarb Bisolvon Bisolvon Bisolvon Bisolvon Bisolvon Bisolvon Bisolvon Bisolvon Bisolvon Bisolvon Bisolvon Blopress Bricanyl Bricanyl Bricanyl

Medicamento Genérico Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cloridrato de Betaxolol Cloridrato de Betaxolol Cloridrato de Betaxolol Cloridrato de Betaxolol Cloridrato de Betaxolol Cloridrato de Betaxolol Cloridrato de Betaxolol Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino + Dexametasona Cloridrato de Ciprofloxacino + Dexametasona Cloridrato de Ciprofloxacino + Dexametasona Cloridrato de Ciprofloxacino + Dexametasona Cloridrato de Ciprofloxacino + Dexametasona Fumarato de Bisoprolol + Hidroclorotiazida Ampicilina Carboplatina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Candesartana cilexila Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina

Laboratório Fabricante EMS Eurofarma Eurofarma Geolab Geolab Medley Medley Medley Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma EMS Geolab Geolab Nature´s Plus Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Alcon Cristália EMS

Legrand

Nature´s Plus Neo Química Sigma Pharma EMS EMS Nature´s Plus Nature´s Plus Ranbaxy Sigma Pharma Sigma Pharma EMS Geolab GERMED

Legrand

Sigma Pharma unichem EMS Glenmark EMS Ems Germed Globo Hypermarcas

Legrand

Luper Medley Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sandoz EMS EMS Germed

7

Concentração 1,0 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1,0 mg/g 1,0 mg/g 1 mg/g 1,0 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1,0 mg/g 1,0 mg/g 1,0 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g + 5 mg/g 1 mg/g + 5 mg/g 1 mg/g + 5 mg/g 1 mg/g + 5 mg/g 1 mg/g + 5 mg/g 1 mg/g + 5 mg/g 1 mg/g + 5 mg/g 1 mg/g + 5 mg/g 0,5 pcc 0,5 pcc 0,5 pcc 0,5 pcc 0,5 pcc 0,5 pcc 0,5 pcc 3,5 mg/g 3 mg/ml 3,5 mg/g 3 mg/ml 3 mg/ml 3,5 mg/g 3 mg/ml 3,5mg/ml + 1mg/ml 3,5mg/ml + 1mg/ml 3,5mg/ml + 1mg/ml 3,5mg/ml + 1mg/ml 3,5mg/ml + 1mg/ml 5,0 mg + 6,25 mg 500 mg 150 mg 0,8 mg/ml; 1,6 mg/ml 1,6 mg/ml 0,8 mg/ml; 1,6 mg/ml 0,8 mg/ml; 1,6 mg/ml 0,8 mg/ml; 1,6 mg/ml 2 mg/ml 0,8 mg/ml; 1,6 mg/ml 0,8 mg/ml; 0,8 mg/ml; 1,6 mg/ml 0,8 mg/ml; 8mg; 16mg 0,3 mg/ml 0,3 mg/ml + 13,3 mg/ml 0,3 mg/ml

Forma Farmacêutica Solução capilar Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Loção dermatológica Pomada dermatológica Solução capilar Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Solução Capilar Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Pomada dermatológica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Pomada oftálmica Solução oftálmica Pomada oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Pomada oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Comprimido Comprimido Pó liofilizado p/ sol injetável Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Solução oral Xarope Xarope Xarope Xarope Comprimido Xarope Xarope Xarope Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Bricanyl Bricanyl Bricanyl Bricanyl Bricanyl Bricanyl Bricanyl Bricanyl Bricanyl Composto Bricanyl Composto Bricanyl Composto Bricanyl Composto Bricanyl Composto Brismucol Brismucol Brismucol Brismucol Brismucol Brismucol Brismucol Brismucol Brismucol Brismucol Brismucol Brondilat Brondilat Brondilat Bufedil Bufedil Bufedil Bufedil Bufedil Buscopan Buscopan Buscopan Buscopan Buscopan Buscopan Buscopan Buscopan composto Buscopan composto Buscopan composto Buscopan composto Buscopan composto Buscopan composto Buscopan composto Buscopan composto Buscopan composto Buscopan composto Buscopan composto Cafilisador Calcort Calcort Calcort Calcort Camptosar Camptosar Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort

Medicamento Genérico Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina + Guaifenesina Sulfato de Terbutalina + Guaifenesina Sulfato de Terbutalina + Guaifenesina Sulfato de Terbutalina + Guaifenesina Sulfato de Terbutalina + Guaifenesina + essencia de morango Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Cloridrato de Buflomedil Cloridrato de Buflomedil Cloridrato de Buflomedil Cloridrato de Buflomedil Cloridrato de Buflomedil Butilbrometo de escopolamina Butilbrometo de escopolamina Butilbrometo de escopolamina Butilbrometo de escopolamina Butilbrometo de escopolamina Butilbrometo de escopolamina Butilbrometo de escopolamina Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Dipirona Sódica + cafeina Deflazacorte Deflazacorte Deflazacorte Deflazacorte Cloridrato de Irinotecano Cloridrato de Irinotecano Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante Green Pharma Hipolabor

Legrand

Medley Merck Prati, Donaduzzi Sigma Pharma União Química

Legrand

Medley Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Germed Biosintética EMS Eurofarma Farmasa Medley Mepha Nature´s Plus Neo Química - ok Sigma Pharma Teuto União Química Cimed Geolab Prati, Donaduzzi Ems Germed

Legrand

Sanofi-Aventis Sigma Pharma EMS Hipolabor Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Teuto União Química EMS Farmace Farmace Geolab Germed Hipolabor Hipolabor

Legrand

Medley Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Neo Química EMS Mepha Nature´s Plus Sigma Pharma Eurofarma Glenmark Brainfarma EMS EMS Eurofarma Eurofarma

8

Concentração

Forma Farmacêutica

0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 0,3 mg/ml 0,3 mg/ml 0,3 mg/ml 0,3 mg/ml 0,3 mg/ml 0,5 mg/ml 0,3 mg/ml + 13,3 mg/ml 0,3 mg/ml + 13,3 mg/ml 0,3 mg/ml + 13,3 mg/ml 0,3 mg/ml + 13,3 mg/ml 0,3 mg/ml + 13,3 mg/ml

Solução injetável Solução injetável Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Solução injetável Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope

5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 300 mg 300 mg 300 mg 300 mg 300 mg 10 mg/ml 20 mg/ml 10 mg/ml 10 mg/ml 10 mg/ml 20 mg/ml 20 mg/ml 6,67 mg/ml + 333,4 mg/ml 4 mg + 500 mg/ml 6,67 mg/ml + 333,4 mg/ml 6,67 mg/ml + 333,4 mg/ml 6,67 mg/ml + 333,4 mg/ml 4 mg + 500 mg/ml 6,67 mg/ml + 333,4 mg/ml 6,67 mg/ml + 333,4 mg/ml 6,67 mg/ml + 333,4 mg/ml 6,67 mg/ml + 333,4 mg/ml 6,67 mg/ml + 333,4 mg/ml 500 mg + 65 mg 6 mg; 30 mg 6 mg; 30 mg 6 mg; 30 mg 6 mg; 30 mg 20 mg/mL 20 mg/mL 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g

Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oral Solução injetável Solução oral Solução oral Solução oral Solução injetável Solução injetável Solução oral Solução injetável Solução oral Solução oral Solução oral Solução injetável Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Solução injetável Solução injetável Creme dermatológico Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica


Lista de genéricos

medicamentos registrados Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Canesten Canesten Canesten Canesten Canesten Canesten Canesten Canesten Canesten Canesten Canesten Canesten Canesten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Carbolitium Carbolitium Cardizem Cardizem Cardizem Cardizem Cardizem Carduran Carduran Carduran Carduran Carduran Carduran

Medicamento Genérico Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Carbonato de Lítio Carbonato de Lítio Cloridrato de Diltiazem Cloridrato de Diltiazem Cloridrato de Diltiazem Cloridrato de Diltiazem Cloridrato de Diltiazem Mesilato de Doxazosina Mesilato de Doxazosina Mesilato de Doxazosina Mesilato de Doxazosina Mesilato de Doxazosina Mesilato de Doxazosina

Laboratório Fabricante Farmasa Farmasa Geolab Geolab Globo Medley Medley Mepha Mepha Nature´s Plus Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Ranbaxy Ranbaxy Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Teuto Ducto EMS Geolab Green Pharma Medley Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sigma Pharma Teuto União Química Arrow Balm-Labor Biosintética Cimed Cristália EMS Eurofarma Germed Luper Mariol Medley Neo Química Prati, Donaduzzi Sandoz Sigma Pharma Teuto União Química Vitapan Arrow Hipolabor EMS Mepha Germed Ranbaxy Sigma Pharma Brainfarma EMS Eurofarma Medley Merck Nature´s Plus

9

Concentração 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 25mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 25mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 300 mg 300 mg 30 mg; 60 mg 30 mg; 60 mg 30 mg; 60 mg 30 mg; 60 mg 30 mg; 60 mg 2 mg 2 mg 2 mg 2 mg 2 mg; 4 mg 2 mg

Forma Farmacêutica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Carduran Carduran Carduran Carduran Cartrax Cartrax Cartrax Cartrax Cartrax Cartrax Cartrax Cartrax Cartrax Cartrax Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam D Cataflam D Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cebralat Cebrilin Cebrilin Cebrilin Cebrilin Ceclor Ceclor Ceclor Ceclor Ceclor Ceclor Ceclor Ceclor

Medicamento Genérico Mesilato de Doxazosina Mesilato de Doxazosina Mesilato de Doxazosina Mesilato de Doxazosina Tioconazol + Tinidazol Tioconazol + Tinidazol Tioconazol + Tinidazol Tioconazol + Tinidazol Tioconazol + Tinidazol Tioconazol + Tinidazol Tioconazol + Tinidazol Tioconazol + Tinidazol Tioconazol + Tinidazol Tioconazol + Tinidazol Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Resinato Diclofenaco Resinato Diclofenaco Resinato Diclofenaco Resinato Diclofenaco Resinato Diclofenaco Resinato Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Cilostazol Cloridrato de Cefetamete pivoxila Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cefaclor Cefaclor Cefaclor Cefaclor Cefaclor Cefaclor Cefaclor Cefaclor

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Teuto Ativus EMS Geolab Globo Medley Mepha Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Abbott Accord Biosintética EMS Hipolabor Medley Pharlab Ranbaxy Teuto Teuto Biosintética EMS Medley Mepha Nature´s Plus Sigma Pharma Brainfarma Teuto Biosintética Brainfarma Cimed Cristália Ducto EMS Eurofarma Geolab Luper Medley Nature´s Plus Neo Química Pharlab Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sigma Pharma Teuto União Química Eurofarma EMS Germed

Legrand

Sigma Pharma EMS EMS EMS Medley Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Sigma Pharma

10

Concentração

Forma Farmacêutica

2 mg; 4 mg 2 mg; 4 mg 2 mg 2 mg 20 mg/g + 30 mg/g 20 mg/g + 30 mg/g 20 mg/g + 30 mg/g 20 mg/g + 30 mg/g 20 mg/g + 30 mg/g 20 mg/g + 30 mg/g 20 mg/g + 30 mg/g 20 mg/g + 30 mg/g 20 mg/g + 30 mg/g 20 mg/g + 30 mg/g 50 mg 50 mg 50 mg 50 mg 25 mg/ml 50 mg 50 mg 50 mg 25 mg/ml 15 mg/ml 15 mg/mL 15 mg/mL 15 mg/mL 15 mg/mL 15 mg/mL 15 mg/mL 50 mg 50 mg 10 mg/g 11,6 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 50mg; 100mg 30 MG 30 mg 30 mg 30 mg 250 mg; 500 mg 50 mg/ml; 75 mg/ml 50 mg/ml; 75 mg/ml 500 mg 50 mg/ml; 75 mg/ml 250 mg; 500 mg 50 mg/ml; 75 mg/ml 250 mg; 500 mg

Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Drágea Solução injetável Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Drágea Comprimido dispersível Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Cápsula gelatinosa dura Suspensão oral Suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Suspensão oral Cápsula gelatinosa dura


Lista de genéricos

medicamentos registrados Ceclor Cedur Cedur Cedur Cefamox Cefamox Cefamox Cefamox Cefamox Cefamox Cefamox Cefamox Cefamox Cefamox Cefamox Cefamox Cefoxitina Sódica Eurofarma Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Cellcept Cellcept Cellcept Cellcept Cellcept Ciloxan otológico Ciloxan otológico Ciloxan otológico

Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica

Cefaclor Bezafibrato Bezafibrato Bezafibrato Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefoxitina Sódica

Sigma Pharma EMS Germed Sigma Pharma AB Farmo Abbott Biosintética EMS EMS Eurofarma Eurofarma Medley Medley Teuto Sandoz Sandoz Novafarma

50 mg/ml; 75 mg/ml 200 mg 200 mg 200 mg 500 mg 500 mg 50 mg; 100 mg 500 mg 50 mg; 100 mg 500 mg 50 mg/ml; 100 mg/ml 500 mg 50 mg/ml; 100 mg/ml 500 mg 500 mg 50 mg/ml; 100 mg/ml 1g

Suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Pó p/ solução injetável

Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Fosfato Dissódico de Betametasona Micofenolato mofetila Micofenolato mofetil Micofenolato mofetil Micofenolato mofetil Micofenolato mofetil Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino

Brainfarma Cimed Cristália EMS EMS Eurofarma Farmasa Geolab Globo Medley Mepha Mepha Merck Germed Nature´s Plus Neo Química Pharlab Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto União Química EMS EMS EMS Eurofarma Geolab Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Novafarma Accord EMS Eurofarma Nature´s Plus Sigma Pharma EMS Germed

0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 2 mg + 0,25 mg 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 2 mg + 0,25 mg / 5ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 2 mg + 0,25 mg 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 2 mg + 0,25 mg 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 2 mg + 0,25 mg 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,5 mg; 2 mg 0,1 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg; 2 mg 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,5 mg; 2 mg 0,5 mg/ml 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg; 2 mg 0,5 mg/ml 0,1 mg/ml 4 mg/ml 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 3,0 mg/ml 3,0 mg/ml 3,0 mg/ml

Xarope Xarope Xarope Comprimido Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Comprimido Xarope Xarope Comprimido Xarope Xarope Xarope Xarope Comprimido Xarope Xarope Xarope Comprimido Elixir Solução oral Comprimido Elixir Elixir Comprimido Solução oral Elixir Elixir Solução oral Comprimido Solução oral Elixir Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução otológica Solução otológica Solução otológica

Legrand

11

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Ciloxan otológico Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Citalor Citalor Citalor Citalor Citalor Citalor Citalor Claforan Claforan Claripel Claripel Claripel Claripel Claripel Aquagel Claripel Aquagel Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin

Medicamento Genérico Cloridrato de Ciprofloxacino Bromidrato de Citalopram Bromidrato de Citalopram Bromidrato de Citalopram Citalopram Citalopram Citalopram Citalopram Citalopram Citalopram Citalopram Citalopram Citalopram Citalopram Citalopram Ciprofloxacino Ciprofloxacino Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Atorvastatina Cálcica Atorvastatina Cálcica Atorvastatina Cálcica Atorvastatina Cálcica Atorvastatina Cálcica Atorvastatina Cálcica Atorvastatina Cálcica Cefotaxima Sódica Cefotaxima Sódica Hidroquinona Hidroquinona Hidroquinona Hidroquinona Hidroquinona Hidroquinona Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante Sigma Pharma AB Farmo Sigma Pharma Germed Arrow Biosintética Brainfarma Cinfa Eurofarma Farmasa Medley Mepha Ranbaxy Sandoz Zydus Eurofarma Halex Istar Isofarma Apotex Arrow Biolunis Biosintética Cimed EMS Germed Geolab Globo Medley Mepha Merck multilab Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Sandoz Sigma Pharma Zydus Ache Biosintética EMS Germed Pfizer

Legrand

Sigma Pharma AB Farmo Antibióticos do Brasil EMS Germed

Legrand

Sigma Pharma

Legrand

Sigma Pharma Ativus Biosintética Biosintética Brainfarma Brainfarma Cimed Cinfa EMS Farmasa Geolab Globo

12

Concentração

Forma Farmacêutica

3,0 mg/ml 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 2 mg/ml 2 mg/ml 2 mg/ml 250 mg; 500 mg 250 mg; 500 mg 250 mg; 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg; 250mg 500mg 500 mg 250 mg; 500 mg 250 mg; 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 3,5 mg/ml 250 mg; 500 mg 250 mg; 500 mg 500 mg; 250mg 500 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 500 mg; 1 g 1g 40 mg/g 40 mg/g 40 mg/g 40 mg/g 40 mg/g 40 mg/g 1 mg/ml 10 mg 1 mg/ml 10 mg 1 mg/ml 1 mg/ml 10 mg 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml

Solução otológica Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oftálmica Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Creme Creme Creme Creme Gel Gel Xarope Comprimido revestido Xarope Comprimido Xarope Xarope Comprimido Xarope Xarope Xarope Xarope


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin -D Claritin -D Claritin -D Claritin -D Claritin -D Claritin -D Claritin -D Claritin -D Claritin -D Claritin -D Claritin -D Clavulin Clavulin Clavulin Clavulin Clavulin

Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio

Mariol Medley Mepha Mepha Merck Merck Multilab Nature´s Plus Neo Química Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Teuto União Química Biosintética Brainfarma Brainfarma EMS Eurofarma Farmasa Medley Nature´s Plus Neo Química Sigma Pharma Teuto AB Farmo Brainfarma Brainfarma EMS EMS

Clavulin Clavulin Clavulin

Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio

Eurofarma Mepha Mepha

Clavulin Clavulin Clavulin

Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio

Ranbaxy Sandoz Sandoz

clavulin BD Clavulin BD Clavulin BD Clavulin BD Clavulin BD Clavulin BD Clavulin BD Clavulin BD Clavulin BD Clavulin BD

Amoxicilina Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio

Biosintética EMS EMS EMS Eurofarma Germed

Nature´s Plus Ranbaxy Ranbaxy

Clavulin BD Clavulin BD Clavulin IV Clinagel Clinagel Clinagel Clorana Clorana Clorana Clorana Clorana Clorana Cloranfenicol oculum

Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Hidroclorotiazida Hidroclorotiazida Hidroclorotiazida Hidroclorotiazida Hidroclorotiazida Hidroclorotiazida Cloranfenicol

Sandoz Sigma Pharma Cellofarm EMS Nature´s Plus Sigma Pharma CIMED EMS Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sanofi-Aventis Sigma Pharma Neo Química

Legrand

13

Concentração

Forma Farmacêutica

1 mg/ml 1 mg/ml 10 mg 1 mg/ml 10 mg 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 10 mg 10 mg 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml + 12 mg/ml 5 mg + 120 mg 1 mg/ml + 12 mg/ml 1 mg/ml + 12 mg/ml 1 mg/ml + 12 mg/ml 1 mg/ml + 12 mg/ml 1 mg/ml + 12 mg/ml 1 mg/ml + 12 mg/ml 1 mg/ml + 12 mg/ml 1 mg/ml + 12 mg/ml 1 mg/ml + 12 mg/ml 1 g + 200 mg 500 mg + 125 mg 50 mg/ml + 12,5 mg/ml 500 mg + 125 mg 25 mg/ml + 6,25 mg/ml; 50 mg/ml + 12,5 mg/ml 500 mg + 100 mg ; 1 g + 200 mg 500 mg + 125 mg 25 mg/ml + 6,25 mg/ml; 50 mg/ml + 12,5 mg/ml 500 mg + 125 mg 500 mg + 125 mg 25 mg/ml + 6,25 mg/ml; 50 mg/ml + 12,5 mg/ml 400 mg + 57,mg/s 875 mg + 125 mg 80mg/ml + 11,4mg/ml 80mg/ml + 11,4mg/ml 875 mg + 125 mg 80mg/ml + 11,4mg/ml 875 mg + 125 mg 875 mg + 125 mg 875 mg + 125 mg 40 mg/ml + 5,7 mg/ml; 80 mg/ml + 11,5 mg/ml 875 mg + 125 mg 875 mg + 125 mg 500 mg + 100 mg ; 1 g + 200 mg 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 25 mg; 50 mg 25 mg; 50 mg 25 mg; 50 mg 25 mg; 50 mg 25 mg; 50 mg 25 mg; 50 mg 4 mg/ml

Xarope Xarope Comprimido Xarope Comprimido revestido Xarope Xarope Xarope Xarope Comprimido Comprimido Xarope Xarope Xarope Xarope Drágea Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ solução injetável Gel Gel Gel Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Solução oftálmica

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Cloridrato de Succinato Clobutinol + de Doxilamina Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina Colpistatin Colpistatin Colpistatin Colpistatin Colpistatin Colpistatin Concor Concor Concor Concor Coreg Coreg Coreg Coreg Coreg Co-Renitec Co-Renitec Co-Renitec Co-Renitec Co-Renitec Co-Renitec Co-Renitec Co-Renitec Co-Renitec Cosopt Cosopt Cosopt Cosopt Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Crestor Cromolerg Oculum Cromolerg Oculum Cymevene Daforin Daforin Daforin

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica

Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina

Ems

4 mg/mL + 0,75 mg/mL

Xarope

Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina

Sigma Pharma

4 mg/mL + 0,75 mg/mL

Xarope

Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina

Germed

4 mg/mL + 0,75 mg/mL

Xarope

Benzoilmetronidazo l + Nistatina + Cloreto de Benzalcônio Benzoilmetronidazo l + Nistatina + Cloreto de Benzalcônio Benzoilmetronidazo l + Nistatina + Cloreto de Benzalcônio Benzoilmetronidazo l + Nistatina + Cloreto de Benzalcônio Benzoilmetronidazo l + Nistatina + Cloreto de Benzalcônio Benzoilmetronidazo l + Nistatina + Cloreto de Benzalcônio Fumarato de bisoprolol Fumarato de bisoprolol Fumarato de bisoprolol Fumarato de bisoprolol Carvedilol Carvedilol Carvedilol Carvedilol Carvedilol Maleato de Enalapril + Hidroclorotiazida Maleato de Enalapril + Hidroclorotiazida Maleato de Enalapril + Hidroclorotiazida Maleato de Enalapril + Hidroclorotiazida Maleato de Enalapril + Hidroclorotiazida Maleato de Enalapril + Hidroclorotiazida Maleato de Enalapril + Hidroclorotiazida Maleato de Enalapril + Hidroclorotiazida Maleato de Enalapril + Hidroclorotiazida Cloridrato de Dorzolamida + Maleato de Timolol Cloridrato de Dorzolamida + Maleato de Timolol Cloridrato de Dorzolamida + Maleato de Timolol Cloridrato de Dorzolamida + Maleato de Timolol Losartan Potássico Losartan Potássico Losartan Potássico Losartan Potássico Losartan Potássico Losartan Potássico Losartan Potássico Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica rosuvastatina cálcica Cromoglicato Dissódico Cromoglicato Dissódico Ganciclovir sódico Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina

EMS GERMED

62.5 mg/g + 25.000 UI/g + 1.25 mg/g 62.5 mg/g + 25.000 UI/g + 1.25 mg/g 62.5 mg/g + 25.000 UI/g + 1.25 mg/g 62.5 mg/g + 25.000 UI/g + 1.25 mg/g 62.5 mg/g + 25.000 UI/g + 1.25 mg/g 62.5 mg/g + 25.000 UI/g + 1.25 mg/g 1,25mg; 2,5mg; 5mg; 10mg 1,25mg; 2,5mg; 5mg; 10mg 1,25mg; 2,5mg; 5mg; 10mg 1,25mg; 2,5mg; 5mg; 10mg 3,125 mg; 6,25 mg; 12.5 mg; 25 mg 6,25 mg; 12.5 mg; 25 mg 6,25 mg; 12.5 mg; 25 mg 3,125 mg; 6,25 mg; 12.5 mg; 25 mg 3,125 mg; 6,25 mg; 12.5 mg; 25 mg 20 mg + 12,5 mg 10 mg + 25 mg 20 mg + 12,5 mg 20 mg + 12,5 mg; 10 mg + 25 mg 20 mg + 12,5 mg; 10 mg + 25 mg 10 mg + 25 mg 20 mg + 12,5 mg 20 mg + 12,5 mg 10 mg + 25 mg 20 + 5 mg/ml 20 + 5 mg/ml 20 + 5 mg/ml 20 + 5 mg/ml 50 mg 50 mg 50 mg 50 mg 50 mg 50 mg 50 mg; 12,5 mg 100 MG; 50 Mg 50 mg 50mg; 100 mg 50mg; 100 mg 50 mg 50mg; 100 mg 50 mg; 12,5 mg 50 mg 50mg; 100 mg 50 mg 100 mg 50 mg 20mg/ 10mg 40 mg/ml 20mg/ml;40 mg/ml 500 mg 10 mg 20 mg 20 mg/ml

Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido solução oftálmica solução oftálmica solução oftálmica solução oftálmica Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oftálmica Solução oftálmica Pó liofilizado p/ sol injetável Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Solução oral

Medicamento Genérico

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Legrand Medley Prati, Donaduzzi Sigma Pharma EMS Germed

Legrand

Sigma Pharma Arrow Medley Sanofi-Aventis torrent Biosintética Biosintética EMS EMS Medley Merck Germed Nature´s Plus Sigma Pharma Sigma Pharma EMS GERMED

Legrand

Teuto Biosintética Brainfarma Cristália Eurofarma Farmasa Medley Mepha Neo Química Cinfa EMS Germed Merck Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Teuto Torrent Zydus Torrent Alcon Neo Química Eurofarma EMS EMS EMS

14


Lista de genéricos

medicamentos registrados Daforin Daforin Daforin Daforin Daforin Daforin Daforin Daforin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin V Dalacin V Dalacin V Dalacin V Dalsy Dalsy Dalsy Dalsy Dalsy Dalsy Dalsy Dalsy Dalsy Daonil Daonil Daonil Daonil Daonil Daonil Daonil Daonil Daonil Daonil Daonil DDAVP Decadron

Medicamento Genérico Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Cloridrato de Clindamicina Cloridrato de Clindamicina Cloridrato de Clindamicina Cloridrato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Glibenclamida Glibenclamida Glibenclamida Glibenclamida Glibenclamida Glibenclamida Glibenclamida Glibenclamida Glibenclamida Glibenclamida Glibenclamida Acetato de Desmopressina Dexametasona

Laboratório Fabricante Legrand Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Nature´s Plus Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Cimed Cristália EMS EMS Kinder Medley Multilab Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto EMS Ranbaxy Teuto União Química Cellofarm EMS EMS Eurofarma Hipolabor Nature´s Plus Nature´s Plus Novafarma Sigma Pharma Sigma Pharma União Química EMS Germed Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Brainfarma Cimed EMS EMS Germed

Legrand

Mediquimica Neo Química Sigma Pharma Biosintética EMS Mepha Medley Neo Química Germed Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sanofi-Aventis Sigma Pharma Zydus Bergamo Cristália

15

Concentração 10 mg 20 mg/ml 20 mg 10 mg 20 mg/ml 10 mg 20 mg 20 mg/ml 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/mL 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 300 mg 300 mg 300 mg 300 mg 150mg 300 mg 150 mg/ml 150 mg/ml 150 mg/ml 300 mg 150 mg/ml 150 mg/ml 300 mg 150 mg/ml 150 mg/ml 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 400mg 400mg 20 mg/ml 400 mg/ml 400 mg/ml 400 mg/ml 400 mg/ml 400mg 20 mg/ml 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml

Forma Farmacêutica Cápsula gelatinosa dura Solução oral Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Solução oral Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Solução oral Loção cremosa Loção cremosa Loção cremosa Pó Tópico Loção Loção cremosa Loção cremosa Loção cremosa Pó Tópico Loção cremosa Loção Loção cremosa Pó Tópico Loção Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Solução injetável Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Solução injetável Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Comprimido revestido Comprimido revestido Suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimidos Comprimido Suspensão oral Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Solução nasal Elixir Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Depakene Depakene Depakene Depakene Depakene Depakene Dermazine Dermazine Dermazine Dermodex Dermodex Dermodex Dermodex Dermodex Dermodex Dermodex Dermodex Dermodex Dermodex Dermomax Dermomax Dermomax Dermomax Desalex Desalex Desalex Desalex Desalex Desalex Desalex Desalex Desalex Desalex Desferal Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol

Medicamento Genérico Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Fosfato Dissódico de Dexametasona Fosfato Dissódico de Dexametasona Fosfato Dissódico de Dexametasona Valproato de Sódio Valproato de Sódio Valproato de Sódio Valproato de Sódio Valproato de Sódio Valproato de Sódio Sulfadiazina de Prata Sulfadiazina de Prata Sulfadiazina de Prata Nistatina Nistatina + Óxido de Zinco Nistatina + Óxido de Zinco Nistatina + Óxido de Zinco Nistatina + Óxido de Zinco Nistatina + Óxido de Zinco Nistatina + Óxido de Zinco Nistatina + Óxido de Zinco Nistatina + Óxido de Zinco Nistatina + Óxido de Zinco Lidocaína Lidocaína Lidocaína Lidocaína Desloratadina Desloratadina Desloratadina Desloratadina Desloratadina Desloratadina Desloratadina Desloratadina Desloratadina Desloratadina Mesilato de Desferroxamina Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante EMS EMS Eurofarma Farmace Geolab Germed Hipolabor

Legrand Medley Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Sanval Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Farmace Hypofarma Teuto Biolab Sanus Biolab Sanus EMS Hipolabor Sigma Pharma Teuto Glenmark Prati, Donaduzzi União Química Geolab EMS Globo Medley Mepha Nature´s Plus Neo Química Pharlab Prati, Donaduzzi Sigma Pharma EMS Germed

Legrand

Sigma Pharma Germed EMS

Legrand

Mepha EMS Germed

Legrand

mepha Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Eurofarma EMS EMS EMS EMS Geolab Geolab Globo Medley Medley Medley

16

Concentração

Forma Farmacêutica

0,5 mg; 0,75 mg; 4 mg 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,5 mg; 0,75 mg; 4 mg 2mg/g; 4mg/g 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,5 mg; 0,75 mg; 4 mg 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 2 mg/ml; 4 mg/ml 2 mg/ml; 4 mg/ml 2 mg/ml; 4 mg/ml 250 mg 50 mg/ml 50 mg/ml 50 mg/ml 50 mg/ml 50 mg/ml 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 200mg 100.000 UI/g + 200 mg/g 100.000 UI/g + 200 mg/g 100.000 UI/g + 200 mg/g 100.000 UI/g + 200 mg/g 100.000 UI/g + 200 mg/g 100.000 UI/g + 200 mg/g 100.000 UI/g + 200 mg/g 100.000 UI/g + 200 mg/g 100.000 UI/g + 200 mg/g 40 mg/g 40 mg/g 40 mg/g 40 mg/g 0,5MG/ML 0,5MG/ML 0,5MG/ML 0,5MG/ML 5mg 5mg 5mg 5mg 0,5 mg/ml 5mg 500mg 0,5 mg/g 1,0 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5mg/g 0,5mg/g 0,5 mg/g 1,0 mg/g 0,5 mg/g

Comprimido Elixir Elixir Elixir Elixir Comprimido Solução injetável Elixir Elixir Elixir Elixir Elixir Elixir Comprimido Elixir Elixir Solução injetável Solução injetável Solução injetável Cápsula gelatinosa mole Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico XAROPE XAROPE XAROPE XAROPE Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Xarope Comprimido revestido Pó p/ solução injetável Creme Loção capilar Loção cremosa Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Loção capilar Loção cremosa


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento Genérico

Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Dexason Dexason Dexason Dexason Dexason Dexason Dexason Dexason Dexason Dexason Differin Differin Differin Differin Differin Differin Differin Differin Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Dilacoron

Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Acetato de Dexametasona Acetato de Dexametasona Acetato de Dexametasona Acetato de Dexametasona Acetato de Dexametasona Acetato de Dexametasona Acetato de Dexametasona Acetato de Dexametasona Acetato de Dexametasona Acetato de Dexametasona Adapaleno Adapaleno Adapaleno Adapaleno Adapaleno Adapaleno Adapaleno Adapaleno Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Cloridrato de Verapamil

Dilacoron Dilacoron

Cloridrato de Verapamil Cloridrato de Verapamil

Laboratório Fabricante Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Nature´s Plus Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Cimed EMS Geolab

Concentração

Pharlab Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Teuto Vitapan Abbott

0,5 mg/g 0,5 mg/g 1,0 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 1,0 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/ml; 4 mg/ml 10 mg 1 mg/ml; 4 mg/ml 2,5mg/ml 10 mg/ml; 4 mg/ml; 5 mg/ml 10 mg 10 mg 1 mg/ml; 4 mg/ml; 4 mg/ml 4 mg/ml 1 mg/ml; 4 mg/ml 4 mg/ml 10 mg 4 mg/ml 1 mg/ml; 4 mg/ml 4 mg/ml 5 mg/ml 4 mg/ml 0,05 mg/ml 0,05 mg/ml 0,05 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg 0,05 mg/ml 0,05 mg/ml 0,25 mg 0,25 mg 80 mg; 120 mg; 240 mg

ACHE Biosintética

120 mg; 80 mg

Legrand

Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sanval Sigma Pharma Teuto União Química Biosintética EMS EMS Germed Germed Medley Sigma Pharma Sigma Pharma Biosintética EMS EMS Eurofarma Germed Geolab Hipolabor

Legrand

Medley Medley Medley Mepha Merck Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Teuto União Química União Química EMS Germed

Legrand Legrand

17

Forma Farmacêutica Pomada dermatológica Creme Loção capilar Loção cremosa Pomada dermatológica Creme dermatológico Loção cremosa Creme Loção capilar Loção cremosa Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Gel Creme dermatológico Gel Creme dermatológico Gel Creme dermatológico Creme dermatológico Gel Solução oral Cápsula gelatinosa dura Solução oral Solução oral Cápsula gelatinosa dura Solução oral Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Solução oral Solução injetável Solução oral Elixir Elixir Elixir Comprimido Comprimido Elixir Elixir Comprimido Comprimido Comprimido revestido de liberação retardada Comprimido revestido Comprimido revestido Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Dilacoron Dilacoron Dilacoron Dilacoron Dilacoron Dilacoron Dilacoron Dilacoron Dimorf Dimorf Dimorf Dimorf Dimorf Dimorf Dimorf Dimorf Dinaflex Dinaflex Dinaflex Dinaflex Diprivan Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosone Diprosone Diprosone Diprosone Diprosone Diprosone Diprosone Diprosone Diprosone Diprosone Diprosone Diprosone Diprospan Diprospan

Medicamento Genérico Cloridrato de Verapamil Cloridrato de Verapamil Cloridrato de Verapamil Cloridrato de Verapamil Cloridrato de Verapamil Cloridrato de Verapamil Cloridrato de Verapamil Cloridrato de Verapamil Sulfato de Morfina Sulfato de Morfina Sulfato de Morfina Sulfato de Morfina Sulfato de Morfina Sulfato de Morfina Sulfato de Morfina Sulfato de Morfina Sulfato de Glicosamina Sulfato de Glicosamina Sulfato de Glicosamina Sulfato de Glicosamina Propofol Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona + Fosfato Dissódico de Betametasona Dipropionato de Betametasona + Fosfato Dissódico

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica

Merck Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto EMS EMS EMS Geolab Geolab Germed Nature´s Plus Nature´s Plus Ranbaxy Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Brainfarma

120 mg 80 mg 80 mg 80 mg 80 mg; 120 mg; 240 mg 80 mg 80 mg 80 mg 0,2 mg/ml; 1 mg/ml; 10 mg/ml 10 mg/ml 10 mg/ml 10 mg/ml 0,2 mg/ml; 1 mg/ml; 10 mg/ml 10 mg/ml 0,2 mg/ml; 1 mg/ml; 10 mg/ml 10 mg/ml 1,5g 1,5g 1,5g 1,5g 10 mg/ml 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 30 mg/g 0,64 mg/g + 20 mg/g 0,5 mg/g + 30 mg/g 0,64 mg/g + 20 mg/g 0,64 mg/g + 20 mg/g 0,5 mg/g + 30 mg/g 0,5 mg/g + 30 mg/g 0,5 mg/g + 30 mg/g 0,64 mg/ml + 20 mg/ml 0,5 mg/g + 30 mg/g 0,64 mg/g + 20 mg/g 0,5 mg/g + 30 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/ml 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/ml 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/ml 5 mg/ml + 2 mg/ml

comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução oral Solução injetável Solução oral Solução injetável Solução oral Solução injetável Solução oral solução oral solução oral solução oral solução oral Emulsão injetável Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Pomada dermatológica Pomada dermatológica Solução tópica Pomada dermatológica Solução tópica Solução tópica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Solução tópica Pomada dermatológica Solução tópica Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Loção Creme dermatológico Pomada dermatológica Loção Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Pomada dermatológica Loção Suspensão injetável

Eurofarma

5 mg/ml + 2 mg/ml

Suspensão injetável

Biosintética EMS Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sandoz Sanval Sigma Pharma Teuto EMS EMS Hipolabor

Legrand

Nature´s Plus Nature´s Plus Sigma Pharma Sigma Pharma Ems Sigma Pharma Germed

Legrand

Eurofarma Cimed Cimed EMS EMS Geolab Geolab Medley Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sigma Pharma Sigma Pharma EMS EMS Geolab Germed

Legrand

18


Lista de genéricos

medicamentos registrados

Dobutrex Dobutrex Dobutrex Dobutrex Dobutrex Dobutrex Dobutrex Dobutrex Dobutrex Dobutrex Dolantina Dopacris Dorflex Dorflex Dorflex Dormonid Dormonid Dormonid Dormonid Dormonid Dormonid Dormonid Drenol Ebix Efexor Efexor XR Efexor XR Efexor XR Efexor XR Efexor XR Elocom Elocom Elocom Elocom Elocom Elocom Elocom Elocom Elocom Elocom Elocom Elocom Eloxatin Eloxatin Emla Emla Emla Emla Eranz Eranz Eritrex Eritrex Esmeron Espasmo Luftal Etrane Eulexin Excedrin Excedrin Excedrin Exelon Fagyl Nistatina Fagyl Nistatina

Medicamento Genérico de Betametasona Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Petidina Cloridrato de Dopamina Citrato de orfenadrina + Dipirona Sódica + Cafeína anidra Citrato de orfenadrina + Dipirona Sódica + Cafeína anidra Citrato de orfenadrina + Dipirona Sódica + Cafeína anidra Maleato de Midazolam Maleato de Midazolam Maleato de Midazolam Maleato de Midazolam Midazolam Midazolam Midazolam Hidroclorotiazida Cloridrato de Memantina Cloridrato de Venlafaxina Cloridrato de Venlafaxina Cloridrato de Venlafaxina Cloridrato de Venlafaxina Cloridrato de Venlafaxina Cloridrato de Venlafaxina Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Oxaliplatina Oxaliplatina Lidocaína + Prilocaína Lidocaína + Prilocaína Lidocaína + Prilocaína Lidocaína + Prilocaína Cloridrato de Donepezila Cloridrato de Donepezila Estolato de eritromicina Estolato de eritromicina Brometo de Rocurônio Dimeticona + Metilbrometo de Homatropina Enflurano Flutamida Paracetamol + Cafeína Paracetamol + Cafeína Paracetamol + Cafeína Hemitartarato de rivastigmina Metronidazol + Nistatina Metronidazol + Nistatina

Laboratório Fabricante Abbott EMS Eurofarma Hipolabor Hypofarma

Legrand Nature´s Plus Neo Química Novafarma Sigma Pharma União Química Neo Química EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Eurofarma Farmasa Medley Mepha Eurofarma Hipolabor União Química Neo Química Apsen Biosintética Eurofarma Eurofarma Germed

Legrand

Sanofi-Aventis Biosintética Biosintética EMS EMS Eurofarma Eurofarma Medley Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Sigma Pharma Sigma Pharma Eurofarma Glenmark EMS Germed

Legrand

Sigma Pharma Ranbaxy torrent Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Eurofarma EMS Biochimico Apotex EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Bergamo EMS

Legrand

19

Concentração

Forma Farmacêutica

250 mg 12,5 mg/ml 250 mg 12,5 mg/ml 12,5 mg/ml 12,5 mg/ml 12,5 mg/ml 12,5 mg/ml 12,5 mg/ml 12,5 mg/ml 50 mg/ml 5 mg/ml 35 mg/ml + 300 mg/ml + 50 mg/ml 35 mg/ml + 300 mg/ml + 50 mg/ml 35 mg/ml + 300 mg/ml + 50 mg/ml 15 mg 15 mg 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 1 mg/ml; 5 mg/ml 1 mg/ml; 5 mg/ml 5 mg/ml 25; 50 mg 10 mg 37,5 mg, 50 mg e 75 mg 75 mg; 150 mg 150 mg 150 mg 150 mg 150 mg 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 0,10% 0,10% 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 50 mg; 100 mg 50 mg; 100 mg 25 mg + 25 mg/g 25 mg + 25 mg/g 25 mg + 25 mg/g 25 mg + 25 mg/g 10 mg 10 mg 500mg 25 MG; 50MG 10 mg/ml 80 mg/ml + 2,5 mg/ml 1 mg/ml 250 mg 500 mg + 65 mg 500 mg + 65 mg 500 mg + 65 mg 2 mg/ml 100 mg + 20.000 Ul/g 100 mg + 20.000 Ul/g

Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução oral Solução oral Solução oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Solução injetável Comprimido Comprimido revestido Comprimido Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Solução injetável Solução oral Solução p/ inalação Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oral Creme vaginal Creme vaginal

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Fagyl Nistatina Fagyl Nistatina Fagyl Nistatina Fagyl Nistatina Farmorubicina CS Fauldcispla Fauldcispla Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Fenergan Fenergan Fenergan Fenergan Fenergan Fenergan Fenergan Fenergan Fenergan Fentanil Fentanil Fentanil Fentanil Fentizol Fentizol Fentizol Ferid Ferid Flagass Baby Flagass Baby Flagass Baby Flagass Baby Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl

Medicamento Genérico Metronidazol + Nistatina Metronidazol + Nistatina Metronidazol + Nistatina Metronidazol + Nistatina Cloridrato de Epirrubicina Cisplatina Cisplatina Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Cloridrato de Prometazina Cloridrato de Prometazina Cloridrato de Prometazina Cloridrato de Prometazina Cloridrato de Prometazina Cloridrato de Prometazina Cloridrato de Prometazina Prometazina Prometazina Citrato de Fentanila Citrato de Fentanila Citrato de Fentanila Citrato de Fentanila Nitrato de Fenticonazol Nitrato de Fenticonazol Nitrato de Fenticonazol Sulfato de Neomicina + Bacitracina Zincica Sulfato de Neomicina + Bacitracina Zincica Dimeticona + Metilbrometo de Homatropina Dimeticona + Metilbrometo de Homatropina Dimeticona + Metilbrometo de Homatropina Dimeticona + Metilbrometo de Homatropina Benzoilmetronidazo l Benzoilmetronidazo l Benzoilmetronidazo l Benzoilmetronidazo l Benzoilmetronidazo l Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante Luper Prati, Donaduzzi Sanofi-Aventis Sigma Pharma Accord Accord Kinder Ativus Ativus Cimed Cinfa EMS EMS EMS Germed

Legrand

Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Sigma Pharma EMS

Legrand

Prati, Donaduzzi Nature´s Plus Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis Sigma Pharma Medley Sanofi-Aventis Eurofarma Ems Germed

Legrand

EMS Germed

Legrand

Cimed Teuto Medley Nature´s Plus Sigma Pharma Teuto EMS Neo Química Prati, Donaduzzi Sanofi-Aventis Teuto Cimed EMS EMS Equiplex Geolab Halex Istar Hypermarcas Hypofarma Isofarma JP Mepha Nature´s Plus

20

Concentração

Forma Farmacêutica

100 mg + 20.000 Ul/g 100 mg + 20.000 Ul/g 100 mg + 20.000 Ul/g 100 mg + 20.000 Ul/g 2mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 5 mg/g 20 mg/ml 20 mg 20 mg 20 mg 5 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg 5 mg/g 20 mg 20 mg 5 mg/g 20 mg 20 mg/g 5 mg/g 25 mg/ml 25 mg/ml 25 MG 25 mg/ml 25 mg 25 mg/ml 25 mg/ml 0,02g/g 0,02g/g 50 mcg/ml 50 mcg/ml 50 mcg/ml 50 mcg/ml 0,02g/g 0,02g/g 0,02g/g 50mg/g + 250 Ul/g 5mg/g + 250 UI/g 80 mg/ml + 2,5 mg/ml 80 mg/ml + 2,5 mg/ml 80 mg/ml + 2,5 mg/ml 80 mg/ml + 2,5 mg/ml 40 mg/ml 40 mg/ml 40 mg/ml 40 mg/ml 40 mg/ml 100mg/g 250 mg; 400 mg 100 mg/g 5 mg/ml 100 mg/g 5 mg/ml 100 mg/g 5 mg/ml 5 mg/ml 5 mg/ml 100 mg/g 100 mg/g

Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Solução injetável Solução injetável Solução injetável Gel Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Comprimido solúvel Cápsula gelatinosa dura Gel Comprimido Solúvel Comprimido Solúvel Comprimido Solúvel Cápsula gelatinosa dura Gel Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Gel Comprimido solúvel Comprimido Solúvel Gel Solução injetável Solução injetável comprimido Solução injetável Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Creme dermatológico Creme dermatológico Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Pomada dermatológica Pomada dermatológica Emulsão oral Emulsão oral Emulsão oral Emulsão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Gel vaginal Comprimido revestido Gel vaginal Solução injetável Gel vaginal Solução injetável Gel vaginal Solução injetável Solução injetável Solução injetável Gel vaginal Gel vaginal


Lista de genéricos

medicamentos registrados Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Nistatina Flagyl Nistatina Flanax Flatex Flatex Flatex Flatex Flatex Flotac Flotac Flotac Flotac Flotac Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluoro-uracil Fluoro-uracil Fluoro-uracil Foldan

Medicamento Genérico Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol + Nistatina Metronidazol + Nistatina Naproxeno sódico Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Diclofenaco Colestiramina Diclofenaco Colestiramina Diclofenaco Colestiramina Diclofenaco Colestiramina Diclofenaco Colestiramina Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Fluoruracila Fluoruracila Fluoruracila Tiabendazol

Laboratório Fabricante Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis Sanval Sigma Pharma Teuto Theodoro F Sobral Geolab Germed Neo Química EMS Farmasa Germed

Legrand

Sigma Pharma EMS Medley Nature´s Plus Novartis Sigma Pharma Biosintética Brainfarma EMS Mepha Merck Multilab Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Pharmascience Ranbaxy Sandoz Sandoz Sigma Pharma Teuto União Química Globo Medley Brainfarma EMS EMS Eurofarma Eurofarma Eurofarma Farmasa Farmasa Geolab Germed Medley Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma União Química União Química Zambon Accord Eurofarma Bergamo EMS

21

Concentração

Forma Farmacêutica

250 mg 100 mg/g 250 mg 100 mg/g 400 mg 100 mg/g 100 mg/g 100 mg/g 100 mg/g 100 mg + 20.000 Ul/g 100 mg + 20.000 Ul/g 550 mg 150mg/ml 150 mg 150mg/ml 150mg/ml 150mg/ml 140 mg 140 mg 140 mg 140 mg 140 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 20 mg/ml 100 mg; 200 mg; 600 mg 20 mg/ml; 40 mg/ml 100 mg; 200 mg; 600 mg 100 mg/ml 20 mg/ml 100 mg; 200 mg; 600 mg 20 mg/ml 20 mg/ml; 40 mg/ml 100 mg; 200 mg; 600 mg 100 mg; 200 mg; 600 mg 20 mg/ml; 40 mg/ml 100 mg; 200 mg; 600 mg 20 mg/ml 100 mg; 200 mg; 600 mg 20 mg/ml; 40 mg/ml 100 mg/ml 20 mg/ml 20 mg/ml 50 mg/ml 25 mg/ml 25 mg/ml 50 mg/ml

Comprimido Gel vaginal Comprimido Gel vaginal Comprimido revestido Gel vaginal Gel vaginal Gel vaginal Gel vaginal Creme vaginal Creme vaginal Comprimido revestido Emulsão oral Comprimido Emulsão oral Emulsão oral Emulsão oral Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Xarope Granulado Xarope Granulado Solução injetável Xarope Granulado Xarope Xarope Granulado Granulado Xarope Granulado Xarope Granulado Xarope Solução injetável Xarope Xarope Solução injetável Solução injetável Solução injetável Loção cremosa

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Foldan Foldan Foldan Foldan Foldan Foldan Foldan Foldan Forane Forane Fortaz Fortaz Fortaz Fortaz Fosamax Fosamax Fosamax Fosamax Fosamax Fosamax Frademicina Frademicina Frontal Frontal Frontal Frontal Frontal Frontal Frontal Frontal Frontal Frontal Frontal Furacin Garamicina Garamicina Garamicina Garamicina Garamicina Garamicina Garasone Garasone Garasone Garasone Gardenal Gardenal Gardenal Gardenal Gardenal Gardenal Gemzar Gemzar Gino Canesten Gino Canesten Gino Canesten Gino Canesten Gino Canesten Gino Canesten Gino Canesten Gino Dermazine Gino-Pletil Gino-Pletil Gino-Pletil

Medicamento Genérico Tiabendazol Tiabendazol Tiabendazol Tiabendazol Tiabendazol Tiabendazol Tiabendazol Tiabendazol Isoflurano Isoflurano Ceftazidima Ceftazidima Ceftazidima Ceftazidima Alendronato Sódico Alendronato Sódico Alendronato Sódico Alendronato Sódico Alendronato Sódico Alendronato Sódico Cloridrato de Lincomicina Cloridrato de Lincomicina Alprazolam Alprazolam Alprazolam Alprazolam Alprazolam Alprazolam Alprazolam Alprazolam Alprazolam Alprazolam Alprazolam Nitrofural Sulfato de Gentamicina Sulfato de Gentamicina Sulfato de Gentamicina Sulfato de Gentamicina Sulfato de Gentamicina Sulfato de Gentamicina Sulfato de Gentamicina + Fosfato Dissódico de Betametasona Sulfato de Gentamicina + Fosfato Dissódico de Betametasona Sulfato de Gentamicina + Fosfato Dissódico de Betametasona Sulfato de Gentamicina + Fosfato Dissódico de Betametasona Fenobarbital Fenobarbital Fenobarbital Fenobarbital Fenobarbital Fenobarbital Cloridrato de Gencitabina Cloridrato de Gencitabina Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Sulfadiazina de Prata Tinidazol + Nitrato de Miconazol Tinidazol + Nitrato de Miconazol Tinidazol + Nitrato de Miconazol

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante EMS

Legrand Legrand Nature´s Plus Nature´s Plus Sigma Pharma Sigma Pharma União Química Biochimico Neo Química AB Farmo Eurofarma Eurofarma Ranbaxy Arrow EMS

Legrand

Nature´s Plus sandoz Sigma Pharma Neo Química Teuto Arrow Biosintética EMS Eurofarma Germed Medley Mepha Sandoz Sigma Pharma Teuto zydus Neo Química Ducto EMS Hipolabor

Legrand

Nature´s Plus Sigma Pharma EMS Germed

Legrand

Prati, Donaduzzi Neo Química Sanofi-Aventis Sanval Teuto União Química União Química Accord Eurofarma EMS Geolab Germed Medley Multilab Neo Química Sigma Pharma Prati, Donaduzzi Cristália EMS Farmasa

22

Concentração

Forma Farmacêutica

50 mg/g 50 mg/g 50 mg/g 50 mg/ml 50 mg/g 50 mg/ml 50 mg/g 50 mg/g 1 mg/ml 1 mg/ml 1g 1g 1g 1g 10 mg 10 mg; 70 mg 70 mg 10 mg; 70 mg 70 mg 10 mg; 70 mg 300 mg/ml 300 mg/ml 0,25 mg; 0,50 mg; 1 mg 0,25 mg; 0,50 mg 0,25 mg; 0,50 mg; 1 mg; 2 mg 0,25 mg; 0,50 mg; 1 mg 0,25 mg; 0,50 mg; 1 mg; 2 mg 0,25 mg; 0,50 mg; 1 mg 0,25 mg; 0,50 mg; 1 mg; 2 mg 0,50 mg; 1 mg; 2 mg 0,25 mg; 0,50 mg; 1 mg; 2 mg 0,5 mg; 1,0 mg; 2,0 mg 0,25 mg; 0,50 mg; 1 mg; 2 mg 2 mg/g 20 mg/ml; 40 mg/ml 1 mg/g 40 mg/ml 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 3mg/ml + 1mg/ml 3mg/ml + 1mg/ml 3mg/ml + 1mg/ml 3mg/ml + 1mg/ml 100 mg 100 mg 40 mg/ml 100 mg 100 mg 40 mg/ml 200mg, 1000mg 200mg, 1000mg 10 mg/g; 20 mg/g 10 mg/g 10 mg/g; 20 mg/g 10 mg/g; 20 mg/g 10 mg/g; 20 mg/g 10 mg/g; 10 mg/g; 20 mg/g 10 mg/g 30 mg/g + 20 mg/g 30 mg/g + 20 mg/g 30 mg/g + 20 mg/g

Pomada dermatológica Loção cremosa Pomada dermatológica Loção cremosa Pomada dermatológica Loção cremosa Pomada dermatológica Pomada dermatológica Solução p/ inalação Solução p/ inalação Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido Solução injetável Solução injetável Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Pomada dermatológica Solução injetável Creme dermatológico Solução injetável Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Comprimido Comprimido Solução oral Comprimido Comprimido Solução oral Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal


Lista de genéricos

medicamentos registrados Gino-Pletil Gino-Pletil Gino-Pletil Gino-Pletil Gino-Pletil Gino-Pletil Gino-Tralen Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glucovance Gracial Gyno-daktarin Gyno-daktarin Gyno-daktarin Gyno-daktarin Gyno-daktarin Gyno-daktarin Gyno-daktarin Gyno-daktarin Gyno-daktarin Gyno-daktarin Gyno-Fungix Gyno-Fungix Gyno-Icaden Gyno-Icaden Gyno-Icaden Gyno-Icaden Gyno-Icaden Gyno-Icaden Gyno-Icaden Gyno-Icaden Gyno-Icaden Gyno-Icaden Gyno-Icaden Haldol Haldol Haldol Haldol Haldol Haldol Helmiben NF Helmiben NF Helmiben NF Hidantal Hidantal

Medicamento Genérico Tinidazol + Nitrato de Miconazol Tinidazol + Nitrato de Miconazol Tinidazol + Nitrato de Miconazol Tinidazol + Nitrato de Miconazol Tinidazol + Nitrato de Miconazol Tinidazol + Nitrato de Miconazol Tioconazol Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Glibenclamida + Cloridrato de Metformina Desogestrel + Etinilestradiol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Terconazol Terconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Haloperidol Haloperidol Haloperidol Haloperidol Haloperidol Haloperidol Mebendazol + Tiabendazol Mebendazol + Tiabendazol Mebendazol + Tiabendazol Fenitoína Fenitoína

Laboratório Fabricante Geolab Kinder Medley Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Blausiegel AB Farmo Accord Biosintética Brainfarma Bunker Cimed Cinfa EMS Hipolabor Medley Mepha Merck Germed Prati, Donaduzzi Pharlab Ranbaxy Sandoz Sanofi-Aventis Sigma Pharma Teuto Torrent Organon Blausiegel EMS Geolab Kinder Medley Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Pharlab Sigma Pharma Teuto EMS Germed Ativus Cristália EMS Geolab Globo Hipolabor Medley Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Sigma Pharma EMS Hypofarma Nature´s Plus Sigma Pharma Teuto União Química EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Cazi Sanofi-Aventis

23

Concentração

Forma Farmacêutica

30 mg/g + 20 mg/g 30 mg/g + 20 mg/g 30 mg/g + 20 mg/g 30 mg/g + 20 mg/g 30 mg/g + 20 mg/g 30 mg/g + 20 mg/g 65 mg/g 500 mg; 850 mg; 1 g 850mg 500 mg; 850 mg; 1g 500 mg; 850 mg; 1 g 850mg 850 mg; 500 mg; 850 mg; 1 g 500 mg; 850 mg; 1 g 1g 500 mg; 850 mg; 1 g 500 mg; 850 mg 500 mg; 850 mg; 1 g 500 mg; 850 mg; 1 g 850mg 1g 500 mg; 850 mg 500 mg; 850 mg; 1 g 500mg 500 mg; 850 mg; 1 g 850 mg 500mg + 5 mg; 500mg + 2,5 mg 0,0125/0,03+ 0,025/0,04 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 8mg/g 8mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 2 mg/ml 5 mg/ml 2 mg/ml 2 mg/ml 5 mg/ml 2 mg/ml 200 mg + 332 mg 200 mg + 332 mg 200 mg + 332 mg 100 mg 100 mg

Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Pomada vaginal Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Solução oral Solução injetável Solução oral Solução oral Solução injetável Solução oral Comprimido mastigável Comprimido mastigável Comprimido mastigável Comprimido Comprimido

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência

Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica Comprimido Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido de liberação lenta Comprimido Comprimido de liberação lenta Comprimido Comprimido de liberação lenta Pó p/ preparação extemporânea injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura desintegração graduada Comprimido Solução oral Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido revestido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução nasal Comprimido Comprimido Gel Cápsula gelatinosa dura Comprimido Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ suspensão oral Pó p/ suspensão oral Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Drágea Pó p/ preparação extemporânea oral Suspensão Oral Comprimido revestido

Hidantal Hidantal Hidantal Hidantal Hidantal Higroton Higroton Higroton Hipofagin S Hipofagin S Hipofagin S Hipofagin S Hipofagin S Hipofagin S Holoxane

Fenitoína Fenitoína Sódica Fenitoína Sódica Fenitoína Sódica Fenitoína Sódica Clortalidona Clortalidona Clortalidona Cloridrato de Anfepramona Cloridrato de Anfepramona Cloridrato de Anfepramona Cloridrato de Anfepramona Cloridrato de Anfepramona Cloridrato de Anfepramona Ifosfamida

Teuto Sanofi-Aventis Teuto Hipolabor União Química EMS Nature´s Plus Novartis EMS EMS Germed Germed Sigma Pharma Sigma Pharma Eurofarma

100 mg 50 mg/ml 50 mg/ml 50 mg/ml 50 mg/ml 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 25 mg 75 mg 25 mg 75 mg 25 mg 75 mg 500 mg; 1 g; 2g

Holoxane Hydergine Hydergine

Ifosfamida Mesilato de Codergocrina Mesilato de Codergocrina

Glenmark Novartis Novartis

1g 1 mg 6 mg

Hydergine Hydergine Hypnomidate Hyponor Hyponor Hyponor Hyzaar Hyzaar Hyzaar Hyzaar Hyzaar Icaden Icaden Icaden Icaden Icaden Icaden Icaden Imigran Imosec Imovane Imovane Intal Isordil Isordil Isotrex Itraconazol Jumexil Kefazol Kefazol Kefazol Kefazol Kefazol Kefazol Kefazol Keflaxina Keflaxina Keflaxina Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex

Mesilato de Codergocrina Mesilato de Codergocrina Etomidato Bitartarato de Norepinefrina Hemitartarato de norepinefrina Hemitartarato de norepinefrina Losartana Potássica + Hidroclorotiazida Losartana Potássica + Hidroclorotiazida Losartana Potássica + Hidroclorotiazida Losartana Potássica + Hidroclorotiazida Losartana Potássica + Hidroclorotiazida Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Succinato de Sumatriptano Cloridrato de Loperamida Zopiclona Zopiclona Cromoglicato Dissódico Dinitrato de Isossorbida Dinitrato de Isossorbida Isotretinoina Itraconazol Cloridrato de Selegilina Cefazolina Sódica Cefazolina Sódica Cefazolina Sódica Cefazolina Sódica Cefazolina Sódica Cefazolina Sódica Cefazolina Sódica Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina

Novartis Novartis Cristália Hipolabor Hypofarma Novafarma EMS Eurofarma Medley Nature´s Plus Sigma Pharma Cristália EMS Geolab Medley Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Arrow Globo Arrow Sanofi-Aventis Neo Química EMS Germed Ranbaxy Brainfarma Biosintética AB Farmo Antibióticos do Brasil Eurofarma Halex Istar Novafarma Ranbaxy União Química Cimed Teuto União Química AB Farmo Antibióticos do Brasil Antibióticos do Brasil Antibióticos do Brasil Bergamo

4,5 mg 1 mg/ml 2 mg/ml 1 mg/ml 2 mg/ml 2 mg/ml 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 50 m + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 50 mg; 100 mg 20 mg/g 7,5 mg 7,5 mg 40 mg/ml 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 0,5 mg/g 100 mg 5 mg 1g 1g 1g 1g 1g 1g 1g 50mg/ml 50mg/ml 50mg/ml 500 mg 500 mg; 1g 1,5 g 50 mg/ml; 100 mg/ml 250mg

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

24


Lista de genéricos

medicamentos registrados Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflin neutro Keflin neutro Keflin neutro Keflin neutro Keflin neutro Keflin neutro Keforal Keforal Keforal Keforal Keforal Keforal Klaricid Klaricid Klaricid Klaricid Klaricid Klaricid Klaricid Klaricid Kloren Kytril Kytril Kytril Kytril Kytril Kytril Lamictal Lamictal Lamictal Lamictal Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lanexat

Medicamento Genérico Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalotina Sódica Cefalotina Sódica Cefalotina Sódica Cefalotina Sódica Cefalotina Sódica Cefalotina Sódica Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Claritromicina Claritromicina Claritromicina Claritromicina Claritromicina Claritromicina Claritromicina Claritromicina Cloreto de Potássio Cloridrato de Granisetrona Cloridrato de Granisetrona Cloridrato de Granisetrona Cloridrato de Granisetrona Cloridrato de Granisetrona Cloridrato de Granisetrona Lamotrigina Lamotrigina Lamotrigina Lamotrigina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Flumazenil

Laboratório Fabricante Bergamo Brainfarma Cinfa EMS EMS Eurofarma Eurofarma Medley Mepha Nature´s Plus Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Teuto AB Farmo Antibióticos do Brasil EMS Eurofarma Novafarma Teuto AB Farmo Brainfarma Cimed Medley Sandoz União Química Abbott Antibióticos do Brasil Cellofarm EMS EMS Eurofarma Medley Merck Prati, Donaduzzi EMS Eurofarma Germed

Legrand

Novafarma Sigma Pharma Arrow Ranbaxy Teuto Torrent Arrow EMS EMS EMS Eurofarma Eurofarma Hipolabor

Legrand

Medley Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Eurofarma

25

Concentração 500 mg 500 mg 500 mg; 1 g 500 mg; 1 g 50 mg/ml 500 mg 50 mg/ml 50 mg/ml; 100 mg/ml 500 mg 1 g, 500mg 500 mg 500 mg 1 g, 500mg 500 mg 1g 1g 1g 1g 1g 1g 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 250 mg; 500 mg 500 mg 500mg 250 mg; 500 mg 25 mg/ml; 50 mg/ml 500 mg 250 mg; 500 mg 500 mg 60 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 1mg/ml 1 mg/ml 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 250 mg 125 mg; 250 mg 10 mg/g 10 mg/g 250 mg 1% 10 mg/g 10 mg/g 125 mg; 250 mg 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 250 mg 10 mg/g 10 mg/g 0,1 mg/mL

Forma Farmacêutica Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Suspensão oral Comprimido revestido Suspensão oral Suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido revestido Granulado para suspensão oral Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oral Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Comprimido Comprimido comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Creme dermatológico Solução tópica Comprimido Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Creme dermatológico Solução tópica Creme dermatológico Creme dermatológico Solução tópica Comprimido Creme dermatológico Solução tópica Solução injetável

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Lanexat Lansoprazol Lasix Lasix Lasix Lasix Lasix Lasix Lasix Lasix Lasix Lasix Lasix Leflin Neutro Legifol Leponex Leponex Leucovorin Levaquin Lexapro Lexapro Lexapro Lexapro Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lipidil Lipidil Lipidil Lipidil Lisador Lopid Lopid Lopid Lopid Lopid Lopressor Lopressor Lopressor Lopressor Lopressor Lopressor Lopril D Lopril D Lopril D Loprox Loprox Loprox Loprox Loprox

Medicamento Genérico Flumazenil Lansoprazol Furosemida Furosemida Furosemida Furosemida Furosemida Furosemida Furosemida Furosemida Furosemida Furosemida Furosemida Cefalotina Sódica Folinato de Cálcio Clozapina Clozapina Folinato de Cálcio Levofloxacino Oxalato de Escitalopram Oxalato de Escitalopram Oxalato de Escitalopram Oxalato de Escitalopram Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Fenofibrato Fenofibrato Fenofibrato Fenofibrato Cloridrato de Prometazina + Dipirona Sódica + Cloridrato de Adifenina Genfibrozila Genfibrozila Genfibrozila Genfibrozila Genfibrozila Tartarato de Metoprolol Tartarato de Metoprolol Tartarato de Metoprolol Tartarato de Metoprolol Tartarato de Metoprolol Tartarato de Metoprolol Captopril + Hidroclorotiazida Captopril + Hidroclorotiazida Captopril + Hidroclorotiazida Ciclopirox olamina Ciclopirox olamina Ciclopirox olamina Ciclopirox olamina Ciclopirox olamina

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante União Química Prati, Donaduzzi Biosintética Cinfa Halex Istar Hipolabor Hipolabor Hypofarma Prati, Donaduzzi Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis Teuto Teuto Halex Istar Eurofarma Cristália Lafepe Eurofarma Halex Istar Ache Biosintética Torrent Ranbaxy Abbott Arrow Biosintética EMS EMS Eurofarma Hypermarcas Medley Merck Nature´s Plus Nature´s Plus Sandoz Sigma Pharma Teuto União Química EMS Germed

Legrand

Sigma Pharma Prati, Donaduzzi Biosintética EMS Medley Nature´s Plus Sigma Pharma Biosintética Sigma Pharma Germed

Legrand Legrand

Multilab EMS Germed Medley Ems Ems Germed

Legrand

Globo

26

Concentração

Forma Farmacêutica

0,1 mg/mL 30 mg 40 mg 40 mg 10 mg/ml 40 mg 10 mg/ml 10 mg/ml 40 mg 10 mg/ml 40 mg 40 mg 10 mg/ml 1g 10mg/mL 25 mg; 100 mg 25 mg; 100 mg 50 mg 5 mg/ml 10 mg 10 mg 10 mg 10 mg 3 mg; 6 mg 3 mg; 6 mg 3 mg; 6 mg 3 mg; 6 mg 2,5 mg/ml 3 mg; 6 mg 3 mg; 6 mg 3 mg; 6 mg 3 mg; 6 mg 3 mg; 6 mg 2,5 mg/ml 3 mg; 6 mg 2,5 mg/ml 3 mg; 6 mg 3 mg; 6 mg 200mg 200mg 200mg 200mg 50mg/1,5ml + 10mg/1,5ml + 5mg/1,5ml

Solução injetável Cápsula gelatinosa dura mcg lib ret Comprimido Comprimido Solução injetável Comprimido Solução injetável Solução injetável Comprimido Solução injetável Comprimido Comprimido Solução injetável Pó p/ solução injetável Solução injetável Comprimido Comprimido Pó liofilizado p/ sol injetável Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Solução oral Comprimido comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Solução oral Comprimido Solução oral Comprimido Comprimido Cápsula Gelatinosa dura Cápsula Gelatinosa dura Cápsula Gelatinosa dura Cápsula Gelatinosa dura Solução oral

600 mg 600 mg; 900 mg 600 mg; 900 mg 600 mg; 900 mg 600 mg; 900 mg 100 mg 100 mg 100 mg 100 mg 2,0mg/ml 100 mg 50 mg + 25 mg 50 mg + 25 mg 50 mg + 25 mg 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g

Comprimido Comprimido revestido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oftálmica Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Creme dermatológico Solução tópica Solução tópica Solução tópica Creme dermatológico


Lista de genéricos

medicamentos registrados Loprox Loprox Loprox Loprox Loprox Loprox Lorax Lorax Lorax Lorax Lorax Lorax Lorax Lorax Lorax Losec Losec Losec Lotensin Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Luftal Max Luftal Max Luftal Max Luftal Max Lumigan Lumigan Lumigan Lumigan Maalox plus Marcaína pesada Marevan Marevan Maxcef Maxcef Maxcef

Medicamento Genérico Ciclopirox olamina Ciclopirox olamina Ciclopirox olamina Ciclopirox olamina Ciclopirox olamina Ciclopirox olamina Lorazepam Lorazepam Lorazepam Lorazepam Lorazepam Lorazepam Lorazepam Lorazepam Lorazepam Omeprazol Sódico Omeprazol Sódico Omeprazol Sódico Cloridrato de Benazepril Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona simeticona simeticona simeticona simeticona simeticona simeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Bimatoprosta Bimatoprosta Bimatoprosta Bimatoprosta Hidróxido de Alumínio + hidróxido Magnesio + simeticona Cloridrato de Bupivacaina + Glicose Valproato de Sódio Varfarina Sódica Cloridrato de Cefepima Cloridrato de Cefepima Cloridrato de Cefepima

Laboratório Fabricante Legrand Medley Medley Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Apotex Arrow EMS Germed Medley Merck Ranbaxy Sigma Pharma Teuto Cristália EMS Eurofarma EMS Teuto Abbott Biosintética Biosintética Cifarma EMS EMS Eurofarma Farmasa Germed Hipolabor Medley Medley Medquimica Mepha Mepha Merck Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sandoz Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Geolab Medquimica Neo Química Sandoz Sandoz Sanofi-Aventis EMS Medley Nature´s Plus Sigma Pharma EMS GERMED

Legrand

Sigma Pharma Prati, Donaduzzi Hypofarma Teuto União Química AB Farmo Antibióticos do Brasil Biochimico

27

Concentração

Forma Farmacêutica

10 mg/g 10 mg/g 10 mg/ml 10 mg/g 10 mg/ml 10 mg/g 1 mg; 2 mg 1 mg; 2 mg 1 mg; 2 mg 1 mg; 2 mg 1 mg; 2 mg 1 mg; 2 mg 1 mg; 2 mg 1 mg; 2 mg 2 mg 40 mg 40 mg 40 mg 10 mg 75 mg/ml 40 mg 40 mg 75 mg/ml 40 mg 40 mg 75 mg/ml 75 mg/ml 40 mg 40 mg 75 mg/ml 40 mg 75 mg/ml 75 mg/ml 40 mg 75 mg/ml 75 mg/ml 75mg/ml 40 mg 75 mg/ml 75 mg/ml 40 mg 75 mg/ml 40 mg 125mg 40mg 40mg 125 mg 40mg 40mg 125 mg 125 mg 125 mg 125 mg 0,3mg/ml 0,3mg/ml 0,3mg/ml 0,3mg/ml 37 mg/ml + 40 mg/ml + 5 mg/ml 5 mg/ml + 80 mg/ml 5 mg 5 mg 1 g; 2g 1 g; 2 g 1 g; 2 g

Creme dermatológico Creme dermatológico Solução tópica Creme dermatológico Solução tópica Creme dermatológico Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Comprimido revestido Emulsão oral Comprimido Comprimido Emulsão oral Comprimido Comprimido Emulsão oral Emulsão oral Comprimido Comprimido Emulsão oral Comprimido Emulsão oral Emulsão oral Comprimido Emulsão oral Emulsão oral Emulsão oral Comprimido Emulsão oral Emulsão oral Comprimido Emulsão oral Comprimido Comprimido mastigável Comprimido Comprimido Cápsula gelatinosa mole Comprimido Comprimido Cápsula gelatinosa mole Cápsula gelatinosa mole Cápsula gelatinosa mole Cápsula gelatinosa mole Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Suspensão oral Solução injetável Comprimido Comprimido Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência

Medicamento Genérico

Maxcef Cloridrato de Cefepima Maxcef Cloridrato de Cefepima Maxcef Cloridrato de Cefepima Mebendazol -Genérico Abbott Mebendazol -Genérico Abbott Mebendazol -Genérico Abbott Mefoxin Cefoxitina Sódica Mercilon Desogestrel + Etinilestradiol Mercilon Desogestrel + Etinilestradiol Meronem IV Meropenem Meronem IV Meropenem Mesacol Mesalazina Mesacol Mesalazina Mesacol Mesalazina Mesigyna Enantato de noretisterona + valerato de estradiol Mesigyna Enantato de noretisterona + valerato de estradiol Mesilato de Codergocrina Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Mevacor Lovastatina Miantrex CS Metotrexato Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Microdiol Desogestrel + Etinilestradiol Microdiol Desogestrel + Etinilestradiol Mimese Gestodeno + Etinilestradiol Mimese Gestodeno + Etinilestradiol Minomax Cloridrato de Minociclina Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica

Eurofarma Novafarma Ranbaxy Mebendazol Mebendazol Mebendazol Eurofarma Eurofarma Organon Antibióticos do Brasil Eurofarma EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Eurofarma Cifarma Mesilato de Codergocrina Brainfarma EMS Eurofarma Germed Medley Mepha Neo Química Prati, Donaduzzi Sanval Sigma Pharma União Química Sandoz Kinder Cifarma Cristália Cristália Ducto Ducto EMS EMS Eurofarma Geolab Green Pharma Kinder Luper Medley Mepha Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Neo Química Pharlab Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Prodotti Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Teuto Theodoro F Sobral Eurofarma Organon Sandoz Wyeth Ranbaxy

500 mg; 1 g; 2 g 1 g; 2 g 500 mg; 1 g Belfar Cifarma Cimed 1g 0,0150mg + 0,020mg 0,0150mg + 0,020mg 500 mg; 1 g 500 mg; 1 g 800 mg 800 mg 800 mg 50 mg/ml + 5mg/ml 50 mg/ml + 5mg/ml Biosintética 5 mg; 20 mg; 50 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg 25 mg/ml; 100 mg/ml 25.000 UI/g 25.000 UI/g 100.000 UI/ml 25.000 UI/g 100.000 UI/ml 25.000 UI/g 100.000 UI/ml 25.000 UI/g 25.000 UI/g 25.000 UI/g 25.000 UI/g 25.000 UI/g 25.000 UI/g 100.000 UI/ml 25.000 UI/g 100.000 UI/ml 25.000 UI/g 100.000 UI/ml 25.000 UI/g 25.000 UI/g 100.000 UI/ml 25.000 UI/g 25.000 UI/g 100.000 UI/ml 25.000 UI/g 100.000 UI/ml 25.000 UI/g 0,0150mg + 0,030mg 0,0150mg + 0,020mg 0,06 MG + 0,015 MG 0,06 MG + 0,015 MG 100 mg

Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável 20 mg/ml Suspensão oral 100 mg Comprimido 100 mg Comprimido Pó p/ solução injetável Comprimido Comprimido Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável 1 MG/ml solução oral Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Solução injetável Creme vaginal Creme vaginal Suspensão oral Creme vaginal Suspensão oral Creme vaginal Suspensão oral Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Suspensão oral Creme vaginal Suspensão oral Creme vaginal Suspensão oral Creme vaginal Creme vaginal Suspensão oral Creme vaginal Creme vaginal Suspensão oral Creme vaginal Suspensão oral Creme vaginal Comprimido Comprimido Comprimido revestido comprimido revestido Comprimido revestido

28


Lista de genéricos

medicamentos registrados Minoton Miosan Miosan Miosan Miosan Miosan Miosan Miosan Miosan Miosan Mitexan Mitexan Mitexan Moduretic Moduretic Moduretic Moduretic Monocordil Monocordil Monopril Motilium Motilium Motilium Motilium Motilium Motilium Motilium Motrin Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic

Medicamento Genérico Aminofilina Cloridrato de Ciclobenzaprina Cloridrato de Ciclobenzaprina Cloridrato de Ciclobenzaprina Cloridrato de Ciclobenzaprina Cloridrato de Ciclobenzaprina Cloridrato de Ciclobenzaprina Cloridrato de Ciclobenzaprina Cloridrato de Ciclobenzaprina Cloridrato de Ciclobenzaprina Mesna Mesna Mesna Cloridrato de Amilorida + Hidroclorotiazida Cloridrato de Amilorida + Hidroclorotiazida Cloridrato de Amilorida + Hidroclorotiazida Cloridrato de Amilorida + Hidroclorotiazida Mononitrato de Isossorbida Mononitrato de Isossorbida Fosinopril sódico Domperidona Domperidona Domperidona Domperidona Domperidona Domperidona Domperidona Ibuprofeno Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína

Laboratório Fabricante Hypofarma Ache Biosintética Brainfarma Eurofarma Ems Germed Mepha

Legrand Sigma Pharma Blausiegel Eurofarma Novafarma Biosintética EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Biosintética Zydus Arrow EMS Eurofarma Germed

Legrand

Medley Ranbaxy Sigma Pharma Prati, Donaduzzi Americano Ativus Biosintética EMS Eurofarma Eurofarma Luper Medley Mepha Merck Germed Neo Química Sigma Pharma Prati, Donaduzzi Teuto Unichem Zydus Biosintética Cifarma Cimed EMS EMS

Legrand

EMS Geolab Medmiquima Medley Medley Medley Mepha Merck Nativita Nature´s Plus Nature´s Plus Nature´s Plus

29

Concentração

Forma Farmacêutica

24 mg/ml 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 10 mg 10 mg 10 mg 10 mg 10 mg 100 mg/ml 100 mg/ml 100 mg/ml 5 mg + 50 mg 2,5 mg + 25 mg; 5 mg + 50 mg 2,5 mg + 25 mg; 5 mg + 50 mg 2,5 mg + 25 mg; 5 mg + 50 mg 20 mg; 40 mg 20 mg; 40 mg 10 mg; 20 mg 10 mg 10 mg 10 mg 10 mg 1 mg/ml 10 mg 10 mg 600mg 10 mg/ml 10 mg/ml 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 10 mg/ml 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 15 mg 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 20 mg/ml; 50 mg/ml 20 mg/ml; 50 mg/ml 20 mg/ml; 50 mg/ml 250 mg 50 mg/ml 250mg 20 mg/ml; 50 mg/ml 20 mg/ml; 50 mg/ml 20 mg/ml; 50 mg/ml 50 mg/ml 50 mg/ml; 20 mg/ml 50 mg/ml; 20 mg/ml 20 mg/ml; 50 mg/ml 50 mg/ml; 20 mg/ml 50 mg/ml; 20 mg/ml 250 mg 50 mg/ml 20 mg/ml; 50 mg/ml

Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Solução injetável Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Suspensão oral Comprimido Comprimido Comprimido Solução injetável Solução injetável Comprimido Comprimido Comprimido Solução injetável Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Xarope Xarope Xarope Granulado para suspensão oral Solução oral Granulado para suspensão oral Xarope Xarope Xarope Solução oral Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Granulado para suspensão oral Solução oral Xarope

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Naprosyn Naprosyn Naprosyn Narcan Naropin Nebacetin Nebacetin Nebacetin Nebacetin Nebacetin Neosaldina Neosaldina Neosaldina Neosaldina Neurizen Neurontin Neurontin Neurontin Neurontin Neurontin Neurontin Neurontin Neurontin Neurontin Neurontin Nimotop Nimotop Nimotop

Medicamento Genérico Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Naproxeno Naproxeno Naproxeno Cloridrato de Naloxona Cloridrato de Ropivacaína Sulfato de Neomicina + Bacitracina Sulfato de Neomicina + Bacitracina Sulfato de Neomicina + Bacitracina Sulfato de Neomicina + Bacitracina Sulfato de Neomicina + Bacitracina Dipirona Sódica + Cloridrato de Isometepteno + Cafeína Dipirona Sódica + Cloridrato de Isometepteno + Cafeína Dipirona Sódica + Cloridrato de Isometepteno + Cafeína Dipirona Sódica + Cloridrato de Isometepteno + Cafeína Gabapentina Gabapentina Gabapentina Gabapentina Gabapentina Gabapentina Gabapentina Gabapentina Gabapentina Gabapentina Gabapentina Nimodipino Nimodipino Nimodipino

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante Neo Química Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto União Química Abbott Abbott Ativus Biosintética Bunker Cimed Cinfa Cristália Ducto EMS Farmace Farmasa Geolab Hipolabor Luper Mariol Medley Mepha Nativita Nativita Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Teuto Luper Biosintética Sandoz Teuto Hipolabor Eurofarma EMS Hipolabor Medley Prati, Donaduzzi Sanval EMS Germed Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Germed Arrow Biosintética EMS EMS EMS Nature´s Plus Ranbaxy Sigma Pharma Germed

Legrand

Nature´s Plus Sandoz Sigma Pharma

30

Concentração

Forma Farmacêutica

50 mg/ml; 20 mg/ml 20 mg/ml; 50 mg/ml 250 mg 50 mg/ml 20 mg/ml; 50 mg/ml 20 mg/ml; 50 mg/ml 20 mg/ml; 50 mg/ml 7,5 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml 3 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 7,5 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 7,5 mg/ml 15mg/ml; 30mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 7,5 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 250 mg; 500 mg 250 mg; 500 mg 250 mg; 500 mg 0,4 mg/ml 2 mg/ml; 7,5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/g + 250 UI/g 5 mg/g 5 mg/g + 250 UI/g 5 mg/g + 250 UI/g 6 mg/g + 250 UI/g 300 mg/ml + 50 mg/ml + 30 mg/ml 300 mg/ml + 50 mg/ml + 30 mg/ml 300 mg/ml + 50 mg/ml + 30 mg/ml 300 mg/ml + 50 mg/ml + 30 mg/ml 600 mg 300 mg; 400 mg 300 mg 300 mg; 400 mg 600 mg 600 mg 300 mg; 400 mg 300 mg; 400 mg 300 mg; 400 mg 600 mg 600 mg 30 mg 30 mg 30 mg

Xarope Xarope Granulado para suspensão oral Solução oral Xarope Xarope Xarope Solução oral Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Solução oral Xarope Xarope Xarope Solução Oral Xarope Xarope Xarope Solução nasal Xarope Xarope Xarope Xarope Comprimido Comprimido Comprimido Solução injetável Solução injetável Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Comprimido revestido Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Comprimido revestido Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido


Lista de genéricos

medicamentos registrados Nimotop Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nitrato de Miconazol Nitrencord Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral

Medicamento Genérico Nimodipino Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nitrato de Miconazol Nitrendipino Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol

Laboratório Fabricante Sigma Pharma Americano Arrow Biosintética Biosintética Brainfarma Brainfarma Cimed Cimed Ducto EMS EMS EMS Eurofarma Eurofarma Geolab

Legrand Legrand

Medley Medley Mepha Nature´s Plus Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Teuto Hipolabor Biosintética Ache Ativus Biosintética Biosintética Brainfarma Cimed Cristália Cristália Cristália EMS EMS EMS Geolab Globo Hipolabor Luper Luper Medley Medley Medley Mepha Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Neo Química Pharlab Pharlab Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Ranbaxy

31

Concentração 30 mg 100 mg 100 mg 100 mg 50 mg/ml 100 mg 50 mg/ml 20mg/g 50 mg/ml 50 mg/ml 100 mg 20 mg/g 50 mg/ml 100 mg 50 mg/ml 20 mg/g 20 mg/g 100 mg 100 mg 50 mg/ml 100 mg 20 mg/g 20 mg/g 50 mg/ml 50 mg/ml 100 mg 100 mg 20 mg/g 50 mg/ml 20 mg/g 10 mg; 20 mg 200 mg 20 mg/g 200 mg 20 mg/g 200mg 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 200 mg 20 mg/g 20 mg/ml 20 mg/g 20mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 200 mg 20 mg/g 20 mg/g 200 mg 200 mg 20 mg/g 200 mg 20 mg/g 200 mg 20 mg/g 200 mg 20 mg/g 20 mg/g 200 mg

Forma Farmacêutica Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Suspensão oral Comprimido Suspensão oral gel Suspensão oral Suspensão oral Comprimido Gel dermatológico Suspensão oral Comprimido Suspensão oral Gel dermatológico Gel dermatológico Comprimido Comprimido Suspensão oral Comprimido Gel dermatológico Gel dermatológico Suspensão oral Suspensão oral Comprimido Comprimido Gel dermatológico Suspensão oral Creme vaginal Comprimido revestido Comprimido Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Comprimido revestido Creme dermatológico Creme dermatológico Shampoo Shampoo Comprimido Creme dermatológico Shampoo Creme dermatológico Shampoo Creme dermatológico Creme dermatológico Shampoo Comprimido Creme dermatológico Shampoo Comprimido Comprimido Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Shampoo Comprimido Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nolvadex Nolvadex Nolvadex Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort

Medicamento Genérico Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Citrato de Tamoxifeno Citrato de Tamoxifeno Citrato de Tamoxifeno Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona +

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica

Sigma Pharma Sigma Pharma Sanofi-Aventis Teuto Teuto Teuto Theodoro F Sobral Biosintética Eurofarma Sandoz AB Farmo Arrow Biolab Sanus Biosintética Brainfarma Cristália Ducto EMS Medley Mepha Merck Neo Química Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sandoz Teuto Zydus Brainfarma

200 mg 20 mg/g 200 mg 200 mg 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 10 mg 20 mg 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg 5 mg 20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Comprimido Creme dermatológico Comprimido Comprimido Creme dermatológico Shampoo Creme dermatológico Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Creme dermatológico

Cimed

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

Cimed

20 mg/g + 2,5 mg/g + 0,64mg

Creme dermatológico

EMS

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

EMS

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Eurofarma

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

Eurofarma

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Farmasa

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

Farmasa

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Geolab

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

Geolab

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Germed

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

Germed

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Medley

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

Medley

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Mepha

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

Mepha

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Prati, Donaduzzi

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

32


Lista de genéricos

medicamentos registrados

Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina

Medicamento Genérico Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica

Prati, Donaduzzi

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Ranbaxy

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

Ranbaxy

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Sigma Pharma

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

Sigma Pharma

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Teuto

20 mg/g + 0,5 mg/g + 1,68 mg/g

Creme dermatológico

Teuto

20 mg/g + 0,5 mg/g + 1,68 mg/g

Pomada dermatológica

Legrand

50 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 50 mg/ml 500 mg 500 mg/ml; 50 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 500 mg/ml 50 mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml 50 mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg/ml 500 mg 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 50 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 500 mg/ml, 50mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml

Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Solução injetável Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Solução injetável Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Comprimido Comprimido Solução injetável Solução oral Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Solução injetável Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral comprimido

Abbott Americano Americano Balm-Labor Biosintética Brainfarma Brainfarma Bunker Ducto Ducto EMS EMS EMS Equiplex Eurofarma Farmace Farmasa Geolab Geolab Geolab Green Pharma Hipolabor Hipolabor Lafepe Lasa Luper Luper Mariol Mariol Mdcpharma Medquimica Medley Medley Mepha Mepha Nativita Nature´s Plus Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Rioquímica sandoz

33

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência

Medicamento Genérico

Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novamin Novamin Novamin Novamin Oceral Oceral Oflox Oflox Oflox Oflox Oflox Ogastro Ogastro Ogastro Ogastro Olcadil Olcadil Omcilon A M

Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Sulfato de Amicacina Sulfato de Amicacina Sulfato de Amicacina Sulfato de Amicacina Nitrato de Oxiconazol Nitrato de Oxiconazol Ofloxacino Ofloxacino Ofloxacino Ofloxacino Ofloxacino Lansoprazol Lansoprazol Lansoprazol Lansoprazol Cloxazolam Cloxazolam Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Omcilon A M Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Omcilon A M Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Omcilon A M Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Omcilon A M Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Omcilon A M Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Omcilon A M Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Omcilon A M Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Omcilon A M Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Omcilon A M Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Omcilon A M Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Omcilon A M Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Omcilon A M Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Omcilon A M Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Omcilon A M Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Omcilon A M Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Omcilon A M Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Omcilon A Orabase Acetonido de Triancinolona Omcilon A Orabase Acetonido de Triancinolona Omcilon A Orabase Acetonido de Triancinolona

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica

Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Sintese Teuto Teuto Theodoro F Sobral Eurofarma Hipolabor Novafarma Teuto Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Alcon EMS Germed Neo Química Sigma Pharma EMS Medley Nature´s Plus Sigma Pharma Eurofarma Novartis Arrow

500 mg/ml 500 mg 500mg/ml; 50 mg/ml 500 mg 50 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml 50 mg/ml; 250 mg/ml 50 mg/ml; 50 mg/ml; 125 mg/ml; 250 mg/ml 50 mg/ml;125 mg/ml; 250 mg/ml 10 mg/g 10 mg/ml 0,3 pcc 0,3 pcc 0,3 pcc 0,3 pcc 0,3 pcc 15 mg; 30 mg 15 mg; 30 mg 15 mg; 30 mg 15 mg; 30 mg 1 mg; 2 mg; 4 mg 1 mg; 2 mg; 4 mg 1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Solução injetável Comprimido Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Solução oral Solução injetável Solução oral Solução oral Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Creme dermatológico Solução tópica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Cápsula gelatinosa dura mcg lib ret Cápsula gelatinosa dura mcg des grad Cápsula gelatinosa dura mcg lib ret Cápsula gelatinosa dura mcg lib ret Comprimido Comprimido Creme dermatológico

Arrow

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U Pomada dermatológica

EMS

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U Creme dermatológico

EMS

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Pomada dermatológica

Eurofarma

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Pomada dermatológica

Eurofarma

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Creme dermatológico

Farmasa

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Creme dermatológico

Farmasa

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Pomada dermatológica

Medley

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Creme dermatológico

Medley

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Pomada dermatológica

Neo Química

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Creme dermatológico

Nature´s Plus

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Creme dermatológico

Nature´s Plus

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Pomada dermatológica

Prati, Donaduzzi

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Creme dermatológico

Prati, Donaduzzi

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Pomada dermatológica

Sigma Pharma

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Creme dermatológico

Sigma Pharma

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Pomada dermatológica

EMS Geolab Nature´s Plus

1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g

34

Pomada bucal Pomada bucal Pomada bucal


Lista de genéricos

medicamentos registrados Omcilon A Orabase Omcilon A Orabase Oroxadin Oroxadin Otosynalar

Medicamento Genérico

Acetonido de Triancinolona Acetonido de Triancinolona Ciprofibrato Ciprofibrato Acetonido de Fluocinolona + Sulfato de Neomicina + Sulfato de Polimixina B + Cloridrato de Lidocaína Otosynalar Acetonido de Fluocinolona + Sulfato de Neomicina + Sulfato de Polimixina B + Cloridrato de Lidocaína Otosynalar Acetonido de Fluocinolona + Sulfato de Neomicina + Sulfato de Polimixina B + Cloridrato de Lidocaína Otosynalar Acetonido de Fluocinolona + Sulfato de Neomicina + Sulfato de Polimixina B + Cloridrato de Lidocaína tosynalar Fluocinolona Acetinida + Neomicina + Sulfato de Polimixina B + Cloridrato de Lidocaína Ovestrion Estriol Pamelor Cloridrato de Nortriptilina Pamelor Cloridrato de Nortriptilina Pamelor Cloridrato de Nortriptilina Pamelor Cloridrato de Nortriptilina Pamelor Cloridrato de Nortriptilina Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Paraplatin Carboplatina Paraplatin Carboplatina Parenzyme Cloridrato de Tetraciclina Parenzyme Cloridrato de Tetraciclina Parenzyme Cloridrato de Tetraciclina Pavulon Brometo de Pancurônio Penicilina G potássica Benzilpenicilina Potássica Penicilina G potássica Benzilpenicilina Potássica

Laboratório Fabricante Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Brainfarma Sanofi-Aventis EMS

Legrand Nature´s Plus Sigma Pharma Geolab Neo Química Eurofarma Hipolabor Medley Novartis Ranbaxy Abbott Abbott Cifarma Cimed Cristália Cristália EMS EMS Geolab Green Pharma Lasa Mariol Medley Medley Nature´s Plus Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Teuto Teuto Accord Cinfa EMS Eurofarma Eurofarma Germed Germed Medley Merck Pharlab Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Accord Eurofarma Medley Medquimica Prati, Donaduzzi Novafarma Eurofarma Prodotti

35

Concentração

Forma Farmacêutica

1 mg/g 1 mg/g 100 mg 100 mg 0,275 mg + 3,85 mg + 11.000 UI + 20 mg/ml 0,275 mg + 3,85 mg + 11.000 UI + 20 mg/ml 0,275 mg + 3,85 mg + 11.000 UI + 20 mg/ml 0,275 mg + 3,85 mg + 11.000 UI + 20 mg/ml 0,250mg/mL + 10.000UI/ML + 3,5mg/mL + 20mg/mL 1 mg/g 10 mg; 25 mg; 50 mg; 75 mg 75 mg 50mg; 75mg 25 mg e 10mg 25 mg; 50 mg; 75 mg 100 mg 20 mg/ml 20 mg/ml 20 mg/ml 100 mg 20 mg/ml 100 mg 20 mg/ml 20 mg/ml 20 mg/ml 20 mg/ml 20 mg/ml 500 mg 20 mg/ml 20 mg/ml 100 mg 20 mg/ml 100 mg 20 mg/ml 20 mg/ml 100 mg 20 mg/ml 20 mg; 40 mg 20 mg; 40 mg 20 mg; 40 mg 40 mg 40 mg 20 mg; 40 mg 40 mg 20 mg; 40 mg 20 mg; 40 mg 20 mg; 40 mg 40 mg 20 mg; 40 mg 20 mg; 40 mg 10 mg/ml 10 mg/ml 500 mg 500 mg 500 mg 2mg/ml 5.000.000 UI 1.000.000 UI; 5.000.000 UI; 10.000.000 UI

Pomada bucal Pomada bucal Comprimido Comprimido Solução otológica Solução otológica Solução otológica Solução otológica Solução Otológica Creme vaginal Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Comprimido Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Comprimido Suspensão oral Comprimido Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Comprimido Suspensão oral Suspensão oral Comprimido Suspensão oral Comprimido Suspensão oral Suspensão oral Comprimido Suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Pen-Ve-Oral Peprazol Peprazol Peprazol Peprazol Peprazol Peprazol Peprazol Peprazol Peprazol Peprazol Peprazol Peprazol Peprazol Pepsamar Perindopril Perlutan Perlutan Perlutan Perlutan Perlutan Plaquinol Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plavix Plavix Plavix Plavix Plavix Pletil Pletil Pletil Pletil Pletil Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine

Medicamento Genérico Fenoximetilpenicili na Potássica Omeprazol Omeprazol Omeprazol Omeprazol Omeprazol Omeprazol Omeprazol Omeprazol Omeprazol Omeprazol Omeprazol Omeprazol Omeprazol Hidróxido de Alumínio Perindopril erbumina Algestona Acetonida + Enantato de Estradiol Algestona Acetonida + Enantato de Estradiol Algestona Acetonida + Enantato de Estradiol Algestona Acetonida + Enantato de Estradiol Algestona Acetonida + Enantato de Estradiol Sulfato de Hidroxicloroquina Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Bissulfato de clopidogrel Bissulfato de clopidogrel Bissulfato de clopidogrel Bissulfato de clopidogrel Bissulfato de clopidogrel Tinidazol Tinidazol Tinidazol Tinidazol Tinidazol Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante Teuto Biosintética Cinfa Cristália EMS Germed Germed Libbs Medley Mepha Merck Prati, Donaduzzi Sandoz Teuto União Química Torrent EMS Eurofarma

Legrand

Nature´s Plus Sigma Pharma Sanofi-Aventis EMS EMS Hipolabor

Legrand

Mariol Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Osório Moraes Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Teuto Arrow Medley Ranbaxy Sandoz Sanofi-Aventis EMS Farmasa Medley Nature´s Plus Sigma Pharma Brainfarma Brainfarma Cimed Cimed Cristália EMS EMS EMS EMS Farmace Geolab Germed Germed Hipolabor

Legrand

36

Concentração

Forma Farmacêutica

500.000 UI 10 mg; 20 mg; 40 mg 20 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg 10 mg; 20 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg 20 mg; 40 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg 20 mg;40mg 20 mg 10 mg; 20 mg 10 mg; 20 MG 40 MG’ 10 mg; 20 mg 61,5 mg/ml 4 mg 150 mg/ml + 10 mg/ml 150 mg/ml + 10 mg/ml 150 mg/ml + 10 mg/ml 150 mg/ml + 10 mg/ml 150 mg/ml + 10 mg/ml 400 mg 1 mg/ml 4 mg/ml 4 mg/ml 1 mg/ml 4 mg/ml 4 mg/ml 4 mg/ml 1 mg/ml 5 mg/ml 4 mg/mL 10mg 5 mg/ml 4 mg/ml 1 mg/ml 4 mg/ml 5 mg/ml 4 mg/ml 75mg 75mg 75mg 75mg 75mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 2 mg 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 10 MG/G CREME DER 0,4 mg/ml 2 mg 10 mg/g 2,8 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 10mg/g 2 mg 0,4 mg/ml 10 mg/g

Comprimido Cápsula gelatinosa com microgrânulos Cápsula gelatinosa com microgrânulos Cápsula gelatinosa dura c/ microgrânulos Cápsula gelatinosa com microgrânulos Cápsula gelatinosa com microgrânulos Cápsula gelatinosa com microgrânulos Cápsula gelatinosa dura c/ microgrânulos Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Suspensão oral Comprimido Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução injetável Solução oral Comprimido Solução injetável Solução oral Solução oral Solução oral Solução injetável Solução oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Xarope Solução oral Creme dermatológico Xarope Comprimido Creme dermatológico Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Creme dermatológico Comprimido Xarope Creme dermatológico


Lista de genéricos

medicamentos registrados Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Expectorante Polaramine Expectorante Polaramine Expectorante Polaramine Expectorante Ponstan Ponstan Ponstan Ponstan Pravacol Pravacol Pravacol Pravacol Pravacol Pravacol Pravacol Pravacol Pravacol Pred Fort Prednisolon Prednisolon Prednisolon Prelone Prelone Proctyl Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid

Medicamento Genérico Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina + Sulfato de Pseudoefedrina + Guaifenesina Maleato de Dexclorfeniramina + Sulfato de Pseudoefedrina + Guaifenesina Maleato de Dexclorfeniramina + Sulfato de Pseudoefedrina + Guaifenesina Maleato de Dexclorfeniramina + Sulfato de Pseudoefedrina + Guaifenesina Ácido Mefenâmico Ácido Mefenâmico Ácido Mefenâmico Ácido Mefenâmico Pravastatina Sódica Pravastatina Sódica Pravastatina Sódica Pravastatina Sódica Pravastatina Sódica Pravastatina Sódica Pravastatina Sódica Pravastatina Sódica Pravastatina Sódica Acetato de Prednisolona Fosfato Sódico de Prednisolona Fosfato Sódico de Prednisolona Fosfato Sódico de Prednisolona Fosfato Sódico de Prednisolona Fosfato Sódico de Prednisolona Policresuleno + Cloridrato de Cinchocaína Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno

Laboratório Fabricante Legrand

Concentração

Forma Farmacêutica

Medley Medley Merck Multilab Nature´s Plus Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto EMS

2,8 mg/ml 10 mg/g 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 10 mg/g 0,4 mg/ml 2,8 mg/ml 0,4 mg/ml 10mg/g 2 MG 0,4 mg/ml 2 mg 10 mg/g 0,4 mg/ml 2,8 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml + 4 mg/ml + 20 mg/ml

Solução oral Creme dermatológico Solução oral Solução oral Solução oral Creme dermatológico Solução oral Solução oral Solução oral Creme dermatológico comprimido Solução oral Comprimido Creme dermatológico Solução oral Solução oral Solução oral Solução Oral

Medley

0,4 mg/ml + 4 mg/ml + 20 mg/ml

Solução oral

Nature´s Plus

0,4 mg/ml + 4 mg/ml + 20 mg/ml

Solução oral

Sigma Pharma

0,4 mg/ml + 4 mg/ml + 20 mg/ml

Solução oral

EMS Germed Sigma Pharma Medley Accord Arrow EMS Germed

500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg 40 mg 40 mg 40 mg 10 mg; 20 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg 40 mg 1,0 pcc 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 3 mg/ml 3 mg/ml 0,1 g/g + 0,01 g/g 100 mg 50 mg/ml 50 mg 25 mg/g 50 mg/ml 20 mg/ml 100 mg 50 mg/ml 50 mg 100 mg 25 mg/g 20 mg/ml 25 mg/g 50 mg/ml 50 mg/ml 25 mg/g 20 mg/ml 150 mg

Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Suspensão oftálmica Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Pomada retal Pó liofilizado p/ sol injetável Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Gel Solução injetável Solução oral Pó liofilizado p/ sol injetável Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Gel Solução oral Gel Solução injetável Solução injetável Gel Solução oral Comprimido

Legrand

Mepha Medley Merck Sigma Pharma Alcon Medley Prati, Donaduzzi Sanofi-Aventis Biosintética Prati, Donaduzzi Medley Cristália Cristália EMS EMS EMS EMS Eurofarma Eurofarma Medley Medley Medley Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis

37

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Profenid Profenid profenid Profenid entérico Proflam Proflam Proflam Proflam Proflam Proflam Propécia Propécia Propécia Propécia Propécia Propécia Propécia Propécia Propécia Propranolol Propranolol Propranolol Propranolol Propranolol Propranolol Propranolol Propranolol Propranolol Proscar Proscar Proscar Proscar Proscar Proscar Proscar Proscar Proscar Proscar Proscar Prozac Prozac Prozac Prozac Prozac Prozac Prozac Prozac Prozac Prozac Prozac Prurizin Prurizin Prurizin Prurizin Prurizin Prurizin Prurizin Prurizin Prurizin Psorex Psorex Psorex Psorex

Medicamento Genérico Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Aceclofenaco Aceclofenaco Aceclofenaco Aceclofenaco Aceclofenaco Aceclofenaco Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Cloridrato de Propranolol Cloridrato de Propranolol Cloridrato de Propranolol Cloridrato de Propranolol Cloridrato de Propranolol Cloridrato de Propranolol Cloridrato de Propranolol Cloridrato de Propranolol Cloridrato de Propranolol Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Hidroxizina Cloridrato de Hidroxizina Cloridrato de Hidroxizina Cloridrato de Hidroxizina Cloridrato de Hidroxizina Cloridrato de Hidroxizina Cloridrato de Hidroxizina Cloridrato de Hidroxizina Cloridrato de Hidroxizina Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Sanofi-Aventis EMS Multilab

Legrand

Nature´s Plus Ranbaxy Sigma Pharma Biosintética EMS Eurofarma Germed Medley Mepha Merck Sandoz Sigma Pharma Cimed EMS Germed Medley Neo Química Pharlab Prati, Donaduzzi Teuto União Química AB Farmo Biosintética EMS Eurofarma Germed Medley Mepha Merck Sandoz Sigma Pharma Teuto Biosintética EMS Hipolabor Medley Mepha Merck Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Teuto Zydus EMS EMS GERMED GERMED Geolab Globo

Legrand Legrand

Brainfarma Ativus Ativus EMS EMS

38

Concentração

Forma Farmacêutica

25 mg/g 50 mg/ml 20 mg/ml 100 mg 15 mg/g 100mg/g 15 mg/g 15 mg/g 100 mg 15 mg/g 1 mg 1 mg; 1 mg 1 mg 1 mg 1 mg 1 mg 1 mg 1 mg 9 mg; 40 mg; 80 mg 10 mg; 40 mg; 80 mg 10 mg; 40 mg; 80 mg 10 mg; 40 mg; 80 mg 40 mg; 80 mg 40mg; 80mg 10 mg; 40 mg; 80 mg 40 mg; 80 mg 40 mg 5 mg 5 mg 5 mg; 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 20 mg 20 mg 20 mg/ml 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 2mg/ml 25mg 2mg/ml 25mg 2mg/ml 10mg/5ml 2mg/ml 25mg 2mg/ml 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g

Gel Solução injetável Solução oral Comprimido revestido Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido revestido Creme dermatológico Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Solução oral Comprimido Solução oral comprimido Solução oral Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica

Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Puran

Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Levotiroxina Sódica

EMS Eurofarma Eurofarma Eurofarma Geolab Geolab globo Medley Medley Medley Mepha Mepha Merck Merck Merck Nature´s Plus Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Teuto Merck

Quadriderm

Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina

Brainfarma

0,5 mg/g Solução capilar 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Pomada dermatológica 0,5 mg/g Solução tópica 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Pomada dermatológica 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Pomada dermatológica 0,5 mg/g Solução capilar 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Pomada dermatológica 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Pomada dermatológica 0,5 mg/g Solução capilar 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Pomada dermatológica 0,5 mg/g Solução capilar 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Pomada dermatológica 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Pomada dermatológica 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Pomada dermatológica 0,5 mg/g Solução capilar 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Pomada dermatológica 25mcg; 112mcg; 50 mcg; 100mcg; Comprimido 150mcg; 75 mcg; 125mcg 175mcg; 200mcg; 88mcg 0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g Creme dermatológico

Brainfarma

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Cimed

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

EMS

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Creme dermatológico

EMS

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Eurofarma

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Creme dermatológico

Eurofarma

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Farmasa

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Creme dermatológico

Farmasa

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Medley

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Creme dermatológico

Medley

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Mepha

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Creme dermatológico

Mepha

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Nature´s Plus

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Creme dermatológico

Nature´s Plus

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Neo Química

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Prati, Donaduzzi

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Creme dermatológico

Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm

39

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Reductil Reductil Reductil Reductil Reductil Reductil Reductil Reductil Reductil Reductil Remeron Renagel Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Resfenol Retemic Retemic Retemic Revectina Revivan Revivan Revivan Rifocina Rifocina Rifocina Rifocina Rifocina Rinigran Rinigran Rinigran Rino-Lastin Rino-Lastin Rino-Lastin Risperdal Risperdal Risperdal Risperdal Risperdal Risperdal

Medicamento Genérico + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cloridrato de Sibutramina Cloridrato de Sibutramina Cloridrato de Sibutramina Cloridrato de Sibutramina Cloridrato de Sibutramina Cloridrato de Sibutramina Cloridrato de Sibutramina Cloridrato de Sibutramina Cloridrato de Sibutramina Cloridrato de Sibutramina Mirtazapina Cloridrato de Sevelamer Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Paracetamol + Cloridrato de Fenilefrina + maleato de clorfeniramina Cloridrato de Oxibutinina Cloridrato de Oxibutinina Cloridrato de Oxibutinina Ivernectina Cloridrato de Dopamina Cloridrato de Dopamina Cloridrato de Dopamina Rifamicina Rifamicina Rifamicina Rifamicina Rifamicina Cloridrato de Fenoxazolina Cloridrato de Fenoxazolina Cloridrato de Fenoxazolina Cloridrato de Azelastina Cloridrato de Azelastina Cloridrato de Azelastina Risperidona Risperidona Risperidona Risperidona Risperidona Risperidona

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante

Concentração

Prati, Donaduzzi

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Sigma Pharma

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Creme dermatológico

Sigma Pharma

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Teuto Teuto Abbott Biosintética Eurofarma EMS Germed

0,5mg/g + 1mg/g + 10mg/g+ 10mg/g 0,5mg/g + 1mg/g + 10mg/g+ 10mg/g 10 mg; 15 mg 10 mg; 15 mg 10 mg; 15 mg 10 mg; 15 mg 10 mg; 15 mg 10 mg; 15 mg 10 mg; 15 mg 10 mg; 15 mg 10 mg; 15 mg 10 mg; 15 mg 30 mg; 45 mg 800 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 100mg/ml + 2mg/ml + 2mg/ml

Creme dermatológico Pomada dermatológica Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Solução oral

1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 6 mg 5 mg/ml 5 mg/ml 5 mg/ml 10 mg/ml 10 mg/ml 10 mg/ml 10 mg/ml 10 mg/ml 0,5 mg/ml; 1,0 mg/ml 0,5 mg/ml; 1,0 mg/ml 0,5 mg/ml; 1,0 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 1mg; 2 mg; 3 mg 1mg; 2 mg; 3 mg 1mg; 2 mg; 3 mg 1mg/ml 1mg; 2 mg; 3 mg 1mg/ml

Xarope Xarope Xarope comprimido Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução tópica Solução tópica Solução tópica Solução tópica Solução tópica Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oral Comprimido revestido Solução oral

Legrand Sigma Pharma Ranbaxy Sandoz Teuto Sandoz EMS AB Farmo Biosintética Brainfarma Cinfa Cimed Cristália EMS Germed Medley Mepha Merck Neo Química Prati, Donaduzzi Sandoz Sigma Pharma Teuto Sigma Pharma EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Vitapan Hipolabor Teuto União Química EMS Eurofarma Nature´s Plus Neo Química Sigma Pharma EMS Nature´s Plus Sigma Pharma EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Ache Arrow Biosintética EMS Eurofarma

Legrand

40

Forma Farmacêutica


Lista de genéricos

Medicamento de Referência

Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica Comprimido revestido Solução oral Comprimido revestido Solução oral Comprimido revestido Solução oral Comprimido Comprimido Solução Oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Comprimido Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Cápsula gelatinosa mole Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Cápsula gelatinosa mole c/ microemulsão Cápsula gelatinosa mole Solução oral Cápsula gelatinosa mole c/ microemulsão Solução injetável Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido comprimido revestido Comprimido revestido comprimido revestido Solução p/ inalação Comprimido Xarope Solução oral Xarope Xarope Solução oral Xarope Xarope Xarope Solução oral Xarope Solução oral Xarope

Risperdal Risperdal Risperdal Risperdal Risperdal Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Roacutan Rocefin Rocefin Rocefin Rocefin Rocefin Rocefin Rocefin Rocefin Rocefin Sandimmun neoral

Risperidona Risperidona Risperidona Risperidona Risperidona Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Isotretinoina Ceftriaxona Sódica Ceftriaxona Sódica Ceftriaxona Sódica Ceftriaxona Sódica Ceftriaxona Sódica Ceftriaxona Sódica Ceftriaxona Sódica Ceftriaxona Sódica Ceftriaxona Sódica Ciclosporina

Merck Nature´s Plus Sandoz Sigma Pharma Ranbaxy EMS EMS Eurofarma Hipolabor Medley Medley Nature´s Plus Ranbaxy sandoz sanval Sigma Pharma Sigma Pharma União Química Ranbaxy AB Farmo Antibióticos do Brasil EMS Eurofarma Eurofarma Glenmark Neo Química Ranbaxy Sandoz EMS

1mg; 2 mg; 3 mg 1mg/ml 1mg; 2mg; 3mg 1mg/ml 1mg; 2mg; 3mg 2,5 mg/ml 2 mg 2 mg 2,5 mg/ml 0,5 mg; 2mg 2,5 mg/ml 2,5 mg/ml 2 mg 2 mg 2,5 mg 2 mg 2,5 mg/ml 2,5 mg/ml 10 mg; 20 mg 500 mg; 1 g 1g 250 mg; 500 mg; 1 g 500 mg; 1 g 500 mg; 1 g 1g 500 mg; 1 g 1g 500 mg; 1000 mg 25 mg; 50mg; 100 mg

Sandimmun neoral Sandimmun neoral Sandimmun neoral

Ciclosporina Ciclosporina Ciclosporina

Germed Germed Sigma Pharma

25 mg; 50mg; 100 mg 100 mg/ml 25 mg; 50mg; 100 mg

Sandostatin Secnidal Secnidal Secnidal Secnidal Secnidal Secnidal Secnidal Secnidal Secnidal Secnidal Secnidal Seroquel Seroquel Seroquel Sevorane Sifrol Silomat Silomat Silomat Silomat Silomat Silomat Silomat Silomat Plus Silomat Plus Silomat Plus Silomat Plus Silomat Plus

Acetato de Octreotida Secnidazol Secnidazol Secnidazol Secnidazol Secnidazol Secnidazol Secnidazol Secnidazol Secnidazol Secnidazol Secnidazol Fumarato de Quetiapina Fumarato de Quetiapina Fumarato de Quetiapina Sevoflurano Dicloridrato de Pramipexol Cloridrato de Clobutinol Cloridrato de Clobutinol Cloridrato de Clobutinol Cloridrato de Clobutinol Cloridrato de Clobutinol Cloridrato de Clobutinol Cloridrato de Clobutinol Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina

Sun Farmacêutica EMS Medley Mepha Merck Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sanofi-Aventis Sigma Pharma Teuto Cristália Arrow Lafepe Biochimico Sandoz EMS Medley Medley Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Medley Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi União Química União Química

0,05 mg/ml; 0,1 mg/ml 30 mg/ml 500 mg; 1000 mg 1000 mg 1000 mg 30 mg/ml 1000 mg 500 mg; 1000 mg 500 mg; 1000 mg 500 mg; 1000 mg 30 mg/ml 1000 mg 100 mg; 200 mg. 25 mg; 100 mg; 200 mg 100 mg; 200 mg. 1 mg/ml 0,125mg; 0,250mg; 1mg 4 mg/ml 60 mg/ml 4 mg/ml 4 mg/ml 60 mg/ml 4 mg/ml 4 mg/ml 4 mg/mL + 0,75 mg/mL 48 mg/mL + 9 mg/mL 4 mg/mL + 0,75 mg/mL 48 mg/mL + 9 mg/mL 4 mg/mL + 0,75 mg/mL

41

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

medicamentos registrados


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência

Medicamento Genérico

Sinemet Carbidopa/Levodop a Sirdalud Cloridrato de Tizanidina Solu-cortef Succinato Sódico de Hidrocortisona Solu-medrol Succinato Sódico de Metilprednisolona Sonebon Nitrazepam Sonebon Nitrazepam Sonebon Nitrazepam Sorine Cloridrato de Nafazolina Sorine Cloridrato de Nafazolina Sorine Cloridrato de Nafazolina Sorine Cloridrato de Nafazolina Sorine Cloridrato de Nafazolina Sorine Cloridrato de Nafazolina Sorine Cloridrato de Nafazolina Sorine Cloridrato de Nafazolina Sorine Cloridrato de Nafazolina Sorine Cloridrato de Nafazolina Sotacor Cloridrato de Sotalol Sotacor Cloridrato de Sotalol Sotacor Cloridrato de Sotalol Spectosan Guaifenesina + iodeto de potássio + mentol Sporanox Itraconazol Sporanox Itraconazol Staficilin-N Oxacilina Sódica Staficilin-N Oxacilina Sódica Staficilin-N Oxacilina Sódica Staficilin-N Oxacilina Sódica Stiefcortil Hidrocortisona Stiefcortil Hidrocortisona Stiefcortil Hidrocortisona Stiefcortil Hidrocortisona Stiefcortil Hidrocortisona Stiefcortil Hidrocortisona Stiefcortil Hidrocortisona Stiefcortil Hidrocortisona Stilnox Hemitartarato de zolpidem Stilnox Tartarato de Zolpidem Stocrin Efavirenz Stugeron Cinarizina Stugeron Cinarizina Sulfato de Neomicina Sulfato de Neomicina Sylador Cloridrato de Tramadol Sylador Cloridrato de Tramadol Sylador Cloridrato de Tramadol Syntocinon Ocitocina Tagamet Cimetidina Tagamet Cimetidina Tagamet Cimetidina Tagamet Cimetidina Tagamet Cimetidina Tagamet Cimetidina Talsutin Cloridrato de Tetraciclina + Anfotericina B Talsutin Cloridrato de Tetraciclina + Anfotericina B Talsutin Cloridrato de Tetraciclina + Anfotericina B Talsutin Cloridrato de Tetraciclina + Anfotericina B Talsutin Cloridrato de Tetraciclina + Anfotericina B Talsutin Cloridrato de Tetraciclina + Anfotericina B Talsutin Cloridrato de Tetraciclina + Anfotericina B Targocid Teicoplanina Targocid Teicoplanina Tavanic Levofloxacino Tavanic Levofloxacino Tavanic Levofloxacino Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante Biosintética Ranbaxy Eurofarma Novafarma EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Arrow EMS Globo Medley Mepha Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Teuto Biosintética Merck Sandoz Pharmascience Mepha Prati, Donaduzzi AB Farmo Cellofarm Eurofarma Teuto EMS EMS

Legrand Legrand

Nature´s Plus Nature´s Plus Sigma Pharma Sigma Pharma Zydus Sandoz Fundação Osvaldo Cruz Mepha Ranbaxy Prati, Donaduzzi EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Blausiegel Abbott multilab Neo Química Prati, Donaduzzi Sandoz Teuto Ativus Cristália EMS Medley Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Antibióticos do Brasil Eurofarma Brainfarma EMS Eurofarma

42

Concentração

Forma Farmacêutica

25 mg + 250 mg 2 mg 100 mg; 500 mg 125 mg; 500 mg 5 mg 5 mg 5 mg 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 120 mg; 160 mg 160 mg 160 mg 5mg/ml + 2,5 mg/ml + 0,1mg/ml 100 mg 100 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 10 mg/g 10 mg/ml 10mg/g 10 mg/ml 10 mg/g 10 mg/ml 10 mg/g 10 mg/ml 10 mg 10 mg 600mg 25 mg; 75 mg 25 mg; 75 mg 3,5mg/g 50 mg/ml 50 mg/ml 50 mg/ml 5UI/ml 200 mg; 400 mg 200 mg; 400 mg 200 mg; 400 mg 200 mg; 400 mg 200 mg; 400 mg 200 mg; 400 mg 25 mg/g + 12,5 mg/g 25 mg/g + 12,5 mg/g 25 mg/g + 12,5 mg/g 25 mg/g + 12,5 mg/g 25 mg/g + 12,5 mg/g 25 mg/g + 12,5 mg/g 25 mg/g + 12,5 mg/g 200 mg; 400 mg 200 mg; 400 mg 250 mg; 500 mg 500 mg 250 mg; 500 mg

Comprimido Comprimido Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido Comprimido Comprimido Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Comprimido Comprimido Comprimido Xarope Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pomada dermatológica Solução capilar Pomada dermatológica Solução capilar Pomada dermatológica Solução capilar Pomada dermatológica Solução capilar Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Pomada dermatológica Solução oral Solução oral Solução oral Solução injetável Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido


Lista de genéricos

Medicamento de Referência

Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica Solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Solução injetável Comprimido Comprimido Comprimido revestido de desintegração lenta Comprimido revestido de desintegração lenta Comprimido revestido de desintegração lenta Comprimido revestido de desintegração lenta Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Suspensão oral Comprimido Comprimido Suspensão oral Comprimido Comprimido Comprimido Suspensão oral Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Pó liofilizado p/ sol injetável Solução tópica Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Pó injetável

Tavanic Tavanic Tavanic Tavanic Tavanic Tavanic Tavanic Taxol Taxol Taxol Taxotere Taxotere Taxotere Tazocin Tazocin Tazocin Tazocin Tecnocarb Tecnocris Tegretol Tegretol Tegretol

Levofloxacino Levofloxacino Levofloxacino Levofloxacino Levofloxacino Levofloxacino Levofloxacino Paclitaxel Paclitaxel Paclitaxel Docetaxel Docetaxel Docetaxel Piperacilina Sódica + Tazobactam Sódico Piperacilina Sódica + Tazobactam Sódico Piperacilina Sódica + Tazobactam Sódico Piperacilina Sódica + Tazobactam Sódico Carboplatina Sulfato de Vincristina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina

Eurofarma Isofarma Mepha Nature´s Plus Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Accord Eurofarma Glenmark Eurofarma Glenmark Sandoz AB Farmo Cellofarm Eurofarma Novafarma Glenmark Accord Abbott Biosintética EMS

5 mg/ml 5 mg/ml 250 mg; 500 mg 500 mg 250 mg; 500 mg 250 mg; 500 mg 500 mg 6 mg/ml 6 mg/ml 6 mg/ml 20 mg; 80 mg 20 mg; 80 mg 20 mg; 80 mg 2 g + 250 mg; 4 g + 500 mg 2 g + 250 mg; 4 g + 500 mg 2 g + 250 mg; 4 g + 500 mg 4 g + 500 mg 450 mg 1mg/ml 200 mg; 400 mg 200 mg 400 mg

Tegretol

Carbamazepina

Sigma Pharma

400 mg

Tegretol

Carbamazepina

Germed

400 mg

Tegretol

Carbamazepina

Legrand

400 mg

Tegretol Tegretol Tegretol Tegretol Tegretol Tegretol Tegretol Tegretol Tegretol Tegretol Tegretol Tegretol Tenadren Tenadren Tenoretic Tenoretic Tenoretic Tenoretic Tenoretic Tenoretic Tenoretic tenoxicam Tetmosol Thiaben Thiaben Ticlid Ticlid Ticlid Ticlid Ticlid Ticlid Ticlid Ticlid Tienam

Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Cloridrato de Propranolol + Hidroclorotiazida Cloridrato de Propranolol + Hidroclorotiazida Atenolol + Clortalidona Atenolol + Clortalidona Atenolol + Clortalidona Atenolol + Clortalidona Atenolol + Clortalidona Atenolol + Clortalidona Atenolol + Clortalidona Tenoxicam Sulfiram Tiabendazol Tiabendazol Cloridrato de Ticlopidina Cloridrato de Ticlopidina Cloridrato de Ticlopidina Cloridrato de Ticlopidina Cloridrato de Ticlopidina Cloridrato de Ticlopidina Cloridrato de Ticlopidina Cloridrato de Ticlopidina Imipenem + cilastatina

EMS Eurofarma Germed Medley Medley Neo Química Novartis Novartis Sanval Teuto União Química União Química Nature´s Plus Sigma Pharma Biosintética EMS Eurofarma Medley Nature´s Plus Sigma Pharma Teuto cifarma Sanval Nature´s Plus Sigma Pharma Biosintética EMS Eurofarma Medley Merck Nature´s Plus Sigma Pharma Teuto Antibióticos do Brasil

400 mg; 200 mg 200 mg 400 mg; 200 mg 200 mg; 400 mg 20 mg/ml 200 mg 400 mg; 200 mg 20 mg/ml 200 mg 200 mg; 400 mg 200 mg 20 mg/ml 40 mg + 25 mg; 80 mg + 25 mg 40 mg + 25 mg; 80 mg + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 20 mg; 40 mg 250 mg/ml 500 mg 500 mg 250 mg 250 mg 250 mg 250 mg 250 mg 250 mg 250 mg 250 mg 500 mg + 500 mg

43

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

medicamentos registrados


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Tienam Tienam Tilatil Tilatil Tilatil Tilatil Tilatil Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Tobradex Tobradex Tobradex Tobrex Tobrex Tobrex Tobrex Tobrex Tobrex Topamax Topamax Topamax Topamax Topamax Topamax Toragesic Toragesic Toragesic Toragesic Toragesic Toragesic Tracrium Tracrium Tralen Tralen Tralen Tralen Tralen Tralen Tralen Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal

Medicamento Genérico Imipenem + cilastatina Imipenem + cilastatina Tenoxicam Tenoxicam Tenoxicam Tenoxicam Tenoxicam Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Tobramicina + Dexametasona Tobramicina + Dexametasona Tobramicina + Dexametasona Tobramicina Tobramicina Tobramicina Tobramicina Tobramicina Tobramicina Topiramato Topiramato Topiramato Topiramato Topiramato Topiramato Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Besilato de Atracurio Besilato de Atracurio Tioconazol Tioconazol Tioconazol Tioconazol Tioconazol Tioconazol Tioconazol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante Novafarma Ranbaxy Eurofarma Germed Neo Química Ranbaxy Sandoz Alcon Allergan Biosintética Cristália EMS Eurofarma Genom Nature´s Plus Neo Química Ranbaxy Sigma Pharma Teuto União Química Alcon Allergan Biosintética Alcon Biosintética Cristália Germed

Legrand

Sigma Pharma ache EMS Eurofarma Nature´s Plus Sandoz Sigma Pharma EMS EMS Nature´s Plus Nature´s Plus Sigma Pharma Sigma Pharma Eurofarma Novafarma EMS EMS EMS Eurofarma Geolab Medley Medley EMS EMS Hipolabor Hipolabor Hypermarcas Medley Mepha Mepha Mepha Nature´s Plus Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química

44

Concentração

Forma Farmacêutica

500 mg + 500 mg 500 mg + 500 mg 20 mg; 40 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 0,5 pcc 0,25 pcc; 0,5 pcc 0,25 pcc; 0,5 pcc 0,5 pcc 0,25 pcc; 0,5 pcc 0,25 pcc; 0,5 pcc 0,5 pcc 0,25 pcc; 0,5 pcc 2,5mg/ml; 0,5mg/ml 0,25 pcc; 0,5 pcc 0,25 pcc; 0,5 pcc 0,5 pcc 5 mg/ml 3mg/ml + 1mg/ml 3mg/ml + 1mg/ml 3mg/ml + 1mg/ml 0,3 pcc 0,3 pcc 0,3 pcc 3 mg/ml 3mg/ml 3 mg/ml 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 10 mg 10 mg/ml e 30mg/ml 10 mg 10 mg/ml e 30mg/ml 10 mg 10 mg/ml e 30mg/ml 10 mg/ml 10 mg/ml 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 50 mg 50 mg/ml 50 mg/ml 50 MG 50 mg 50 mg 50 mg/ml 50 mg/ml 100 mg/ml 50 mg 50 mg/ml 100 mg/ml 100 mg/ml

Pó injetável Pó injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Suspensão oftálmica Suspensão oftálmica Suspensão oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido sub-lingual Solução injetável Comprimido sub-lingual Solução injetável Comprimido sub-lingual Solução injetável Solução injetável Solução injetável Creme dermatológico Loção Pó dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Loção Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Solução injetável Cápsula gelatinosa dura cápsula glatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Solução oral Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Solução oral Solução oral


Lista de genéricos

medicamentos registrados Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Transamin Transamin Transamin Travatan Trental Trental Trental/Trental Vert Trental/Trental Vert Trental/Trental Vert Triatec Triatec Triatec Triatec Triatec Triatec Triatec Triatec Triatec D Triatec D Triatec D Trileptal Trileptal Trileptal Trileptal Tri-luma Tri-luma Tri-luma Tri-luma Trobrex Trofodermim Trofodermim Trofodermin Trofodermin Trofodermin Trofodermin Trusopt Trusopt Trusopt Trusopt Trusopt Tryptanol Tryptanol Tryptanol Tryptanol Tryptanol Tryptanol Tryptanol Tryptanol Tryptanol Tryptanol Tussiflex D Tussiflex D Tussiflex D Tussiflex D Tylenol Tylenol Tylenol

Medicamento Genérico Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Ácido Tranexâmico Ácido Tranexâmico Ácido Tranexâmico Travoprosta Pentoxifilina Pentoxifilina Pentoxifilina Pentoxifilina Pentoxifilina Ramipril Ramipril Ramipril Ramipril Ramipril Ramipril Ramipril Ramipril Ramipril + Hidroclorotiazida Ramipril + Hidroclorotiazida Ramipril + Hidroclorotiazida Oxcarbazepina Oxcarbazepina Oxcarbazepina Oxcarbazepina Hidroquinona + tretinoína + fluocinolona acetonida Hidroquinona + tretinoína + fluocinolona acetonida Hidroquinona + tretinoína + fluocinolona acetonida Hidroquinona + tretinoína + fluocinolona acetonida Trobramicina Sulfato de Neomicina + Acetato de Clostebol Sulfato de Neomicina + Acetato de Clostebol Acetato de Clostebol + Sulfato de Neomicina Acetato de Clostebol + Sulfato de Neomicina Acetato de Clostebol + Sulfato de Neomicina Acetato de Clostebol + Sulfato de Neomicina Cloridrato de Dorzolamida Cloridrato de Dorzolamida Cloridrato de Dorzolamida Cloridrato de Dorzolamida Cloridrato de Dorzolamida Cloridrato de Amitriptilina Cloridrato de Amitriptilina Cloridrato de Amitriptilina Cloridrato de Amitriptilina Cloridrato de Amitriptilina Cloridrato de Amitriptilina Cloridrato de Amitriptilina Cloridrato de Amitriptilina Cloridrato de Amitriptilina Cloridrato de Amitriptilina Dropropizina Dropropizina Dropropizina Dropropizina Paracetamol Paracetamol Paracetamol

Laboratório Fabricante Sandoz Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Teuto União Química EMS Germed

Legrand

EMS Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis EMS Medley Nature´s Plus Biosintética Brainfarma Cristália Mepha Medley Ranbaxy Sandoz Sanofi-Aventis EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Medley Novartis Novartis Ranbaxy EMS Germed

Legrand

Sigma Pharma Hypermarcas Ems Germed Germed EMS Medley Medley Biosintética EMS GERMED

Legrand

Sigma Pharma EMS Eurofarma Germed

Legrand

Medley Mepha Neo Química Ranbaxy Sigma Pharma Teuto Medley Neo Química Prati, Donaduzzi União Química Arrow Balm-Labor Biosintética

45

Concentração 50 mg 50 mg 50 mg/ml 100 mg/ml 50 mg 50 mg/ml 50 mg/ml 250mg 250mg 250mg 0,04 mg/ml 400 mg 20 mg/ml 400 mg; 600 mg 400 mg; 600 mg 400 mg; 600 mg 2,5 mg; 5 mg 2,5 mg; 5 mg 2,5 mg; 5 mg 2,5 mg; 5 mg 2,5 mg; 5 mg 2,5 mg; 5 mg 2,5 mg; 5 mg 2,5 mg; 5 mg 5 mg + 25 mg 5 mg + 25 mg 5 mg + 25 mg 300 mg; 600 mg 300 mg; 600 mg 60 mg/ml 300 mg; 600 mg 0,01 mg/g 0,01 mg/g 0,01 mg/g 0,01 mg/g 3 mg/ml 5mg/g 5mg/g 5 mg/g + 5 mg/g 5 mg/g + 5 mg/g 5 mg/g + 5 mg/g 5 mg/g + 5 mg/g 20 mg/ml 20 + 5 mg/ml 20 + 5 mg/ml 20 + 5 mg/ml 20 + 5 mg/ml 25 mg; 75 mg 25 mg; 75 mg 25 mg ;75 mg 25 mg; 75 mg 25 mg; 75 mg 25 mg; 75 mg 25 mg 25 mg; 75 mg 25 mg; 75 mg 25 mg 1,5 mg/ml; 3,0 mg/ml 1,5 mg/ml; 3,0 mg/ml 1,5 mg/ml; 3,0 mg/ml 3 mg/ml 750 mg 500 mg 500 mg; 750 mg

Forma Farmacêutica Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Solução oral Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Solução injetável Comprimido Comprimido Comprimido Solução oftálmica Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Suspensão oral Comprimido revestido Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Solução oftálmica creme dermatológico creme dermatológico Creme vaginal Creme vaginal Creme dermatológico Creme vaginal Solução oftálmica solução oftálmica solução oftálmica solução oftálmica solução oftálmica Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Xarope Xarope Xarope Xarope Comprimido Comprimido Comprimido revestido

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência

Medicamento Genérico

Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol

Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol

Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol AP Tylenol AP Tylenol AP Tylenol Bebê Tylenol Bebê Tylenol Bebê Tylenol Bebê

Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante Biosintética Brainfarma Bunker Cimed Cimed Cimed Cinfa Ducto EMS EMS EMS Eurofarma Eurofarma Farmace Farmasa Farmasa Geolab Green Pharma Green Pharma Hipolabor Hipolabor

Legrand

mdcpharma mariol Mariol Medley Medley Medquimica Mepha Mepha Merck Merck Nativita Nature´s Plus Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Neo Química Osório Moraes Pharlab Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Prodotti Sandoz Sanofi-Aventis Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Teuto Theodoro F Sobral União Química União Química Zydus EMS Germed

Legrand

EMS Medley Nature´s Plus Sigma Pharma

46

Concentração

Forma Farmacêutica

200 mg/ml 750 mg 750 mg 200 mg/ml 750mg 100 mg/ml 750 mg 200 mg/ml 750 mg 500 mg 200 mg/ml 750 mg 200 mg/ml 200 mg/ml 750 mg 200 mg/ml 200 mg/ml 500 mg; 750 mg 200 mg/ml 500 mg; 750 mg 200 mg/ml 500 mg 500 mg 200 mg 750 mg 750 mg 200 mg/ml 200 mg/ml 750 mg 200 mg/ml 750 mg 200 mg/ml 200 mg/ml 500 mg 750 mg 200 mg/ml 750 mg 200 mg/ml 200 ml/ml 500 mg; 750 mg 500 mg; 750 mg 200 mg/ml 500 mg

Solução oral Comprimido Comprimido Solução oral Comprimido Suspensão oral Comprimido Solução oral Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Comprimido Solução oral Comprimido Solução oral Solução Oral Comprimido Comprimido revestido Solução oral Solução oral Comprimido revestido Solução oral Comprimido revestido Solução oral Solução oral Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Comprimido revestido Solução oral Pó p/ preparação extemporânea sachê Solução oral Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral

200 mg/ml 750 mg 500 mg; 750 mg 500 mg 650 mg 750 mg 200 mg/ml 500 mg; 750 mg 200 mg/ml 200 mg/ml 750 mg 200 mg/ml 750 mg 650 mg/ml 650 mg/ml 650 mg/ml 100 mg/ml 100 MG/ml 100 mg/ml 100 mg/ml


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante EMS Medley Nature´s Plus Sanofi-Aventis Sigma Pharma EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Arrow Eurofarma Antibióticos do Brasil AB Farmo Cellofarm Eurofarma Glenmark Novafarma EMS Hipolabor Nature´s Plus Neo Química Ranbaxy Santisa Sigma Pharma Teuto União Química Eurofarma Accord Cellofarm Teuto EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Glenmark Neo Química EMS Germed

Concentração

Forma Farmacêutica

Tylenol Criança Tylenol Criança Tylenol Criança Tylenol Criança Tylenol Criança Tylenol Sinus Tylenol Sinus Tylenol Sinus Tylex Tylex Unasyn Unasyn Unasyn Unasyn Unasyn Unasyn Valium Valium Valium Valium Valium Valium Valium Valium Valium Vancocina Vancocina CP Vancocina CP Vancocina CP Velamox Velamox Velamox Vepesid Verutex Verutex B Verutex B Verutex B Verutex B Verutex B Viagra Viagra Viagra Viagra Viagra Viagra Vibramicina Vibramicina Vibramicina Vibramicina Vick Pyrena

Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol + Cloridrato de Pseudoefedrina Paracetamol + Cloridrato de Pseudoefedrina Paracetamol + Cloridrato de Pseudoefedrina Paracetamol + Fosfato de codeina Paracetamol + Fosfato de codeina Ampicilina Sódica + Sulbactam Sódica Sulbactam Sódica + Ampicilina Sódica Sulbactam Sódica + Ampicilina Sódica Sulbactam Sódica + Ampicilina Sódica Sulbactam Sódica + Ampicilina Sódica Sulbactam Sódica + Ampicilina Sódica Diazepam Diazepam Diazepam Diazepam Diazepam Diazepam Diazepam Diazepam Diazepam Cloridrato de Vancomicina Cloridrato de Vancomicina Cloridrato de Vancomicina Cloridrato de Vancomicina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Etoposídeo Ácido Fusídico Ácido Fusídico + Valerato de Betametasona Ácido Fusídico + Valerato de Betametasona Ácido Fusídico + Valerato de Betametasona Ácido Fusídico + Valerato de Betametasona Ácido Fusídico + Valerato de Betametasona Citrato de Sildenafila Citrato de Sildenafila Citrato de Sildenafila Citrato de Sildenafila Citrato de Sildenafila Citrato de Sildenafila Cloridrato de Doxiciclina Cloridrato de Doxiciclina Cloridrato de Doxiciclina Doxiciclina Paracetamol

Sandoz Globo Ranbaxy Sigma Pharma Sandoz EMS

32 mg/ml 32 MG/ml 32 mg/ml 500 mg; 32 mg/ml 500 mg + 30 mg 500 mg + 30 mg 500 mg + 30 mg 500mg/ml + 30mg/ml 500mg/ml + 30mg/ml 1 g + 0,5 g 0,5 g + 1 g; 1 g + 2 g 0,5 g + 1 g; 1 g + 2 g 0,5 g + 1 g; 1 g + 2 g 0,5 g + 1 g; 1 g + 2 g 0,5 g + 1 g; 5 mg; 10 mg 5 mg/ml 5 mg/ml 5 mg; 10mg; 5 mg; 10 mg 5 mg/ml 5 mg; 10 mg 5 mg/ml 5 mg/mL 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 20 mg/ml 20 mg/g 20 MG/g + 1 mg/g 20 MG/g + 1 mg/g 20 MG/g + 1 mg/g 20 MG/g + 1 mg/g 20 MG/g + 1 mg/g 25 mg; 50mg; 100 mg 25 mg; 50mg; 100 mg 25 mg; 50mg; 100 mg 25 mg; 50mg; 100 mg 25 mg; 50mg; 100 mg 25 mg; 50mg; 100 mg 100 mg 100 mg 100 mg 100 mg 100 mg/g

Vick Pyrena

Paracetamol

Germed

100 mg/g

Vick Pyrena

Paracetamol

Medley

500 mg

Vick Pyrena

Paracetamol

Medley

500mg

Vick Pyrena Vick Pyrena

Paracetamol Paracetamol

Sanofi-Aventis Sigma Pharma

500 mg; 100 mg/g

ViofórmioHidrocortisona ViofórmioHidrocortisona

Clioquinol + Hidrocortisona

EMS

30 mg/g + 10 mg/g

Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Comprimido Suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Comprimido Solução injetável Solução injetável Comprimido Comprimido Solução injetável Comprimido Solução injetável Solução injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido Comprimido Comprimido Solução injetável Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido solúvel Pó p/ preparação extemporânea sachê Pó p/ preparação extemporânea sachê Pó p/ preparação extemporânea sachê Pó p/ preparação extemporânea sachê Comprimido Pó p/ preparação extemporânea sachê Creme dermatológico

Clioquinol + Hidrocortisona

Legrand

30 mg/g + 10 mg/g

Creme dermatológico

Legrand

Sigma Pharma mepha Ems Eurofarma Sigma Pharma Germed

Legrand

47

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência

Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Concentração 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 50 mg 25 mg 50 mg 25 mg/ml 25 mg/ml 50 mg 25 mg/ml 50 mg 25 mg/ml 25 mg/ml 50 mg 50 mg 25 mg/ml 50 mg 50 mg 25 mg/ml 25 mg/ml 1 mg/ml 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 100 mg/g

Vodol Vodol Vodol Vodol Vodol Vodol Vodol Vodol Vodol Vodol Vodol Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren colírio Voltaren emulgel Voltaren emulgel Voltaren emulgel Voltaren Retard

Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico

Cimed EMS Geolab Hipolabor Kinder Medley Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Sigma Pharma União Química Abbott Ariston Brainfarma Ducto Hypofarma Medley Medley Mepha Neo Química Novafarma Novartis Prati, Donaduzzi Prodotti Ranbaxy Sandoz Teuto União Química Neo Química EMS Nature´s Plus Sigma Pharma EMS

Voltaren Retard

Diclofenaco Sódico

Germed

Voltaren Retard

Diclofenaco Sódico

Legrand

Voltaren Retard

Diclofenaco Sódico

Mepha

Voltaren Retard Voltaren Retard

Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico

Ranbaxy Sigma Pharma

Voltaren Retard

Diclofenaco Sódico

Zydus

Wellbutrin SR

Cloridrato de Bupropiona

Eurofarma

Xalacom Xalacom Xalacom Xalacom Xalatan Xalatan Xalatan xarope Xarope Vick Xarope Vick Xarope Vick Xarope Vick Xylestesin Xylestesin Xylocaína Xylocaína

Latanoprosta + Maleato de timolol Latanoprosta + Maleato de timolol Latanoprosta + Maleato de timolol Latanoprosta + Maleato de timolol Latonaprosta Latonaprosta Latonaprosta Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Guaifenesina Guaifenesina Guaifenesina Guaifenesina Cloridrato de Lidocaína Cloridrato de Lincomicina Cloridrato de Lidocaína Cloridrato de Lidocaína

EMS Sigma Pharma Germed

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Legrand

EMS

Legrand

Sigma Pharma Sigma Pharma EMS Nature´s Plus Neo Química Sigma Pharma Blausiegel Teuto Cristália Hipolabor

48

Forma Farmacêutica

Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Solução oftálmica Gel Gel Gel Comprimido revestido de desintegração lenta 100 mg/g Comprimido revestido de desintegração lenta 100 mg/g Comprimido revestido de desintegração lenta 100 mg Comprimido revestido de desintegração lenta 100 mg Comprimido de desintegração lenta 100 mg/g Comprimido revestido de desintegração lenta 100 mg/g Comprimido revestido de desintegração lenta 150 mg Comprimido revestido de desintegração lenta 0,05mg/ml + 5mg/ml Solução oftálmica 0,05mg/ml + 5mg/ml Solução oftálmica 0,05mg/ml + 5mg/ml Solução oftálmica 0,05mg/ml + 5mg/ml Solução oftálmica 0,05mg/ml Solução oftálmica 0,05mg/ml Solução oftálmica 0,05mg/ml Solução oftálmica 1 mg/ml + 12 mg/ml Xarope 13,33 mg/ml Xarope 13,33 mg/ml; 16 mg/ml Xarope 6,667 mg/ml; 13,33 mg/ml; 16 mg/ml Xarope 13,33 mg/ml; 16 mg/ml Xarope 20 mg/ml Solução injetável 20 mg/ml Solução injetável 2% Gel tópico 2% Gel tópico


Lista de genéricos

medicamentos registrados Xylocaína Xylocaína Xylocaína Xylocaína Xylocaína Xylocaína Xylocaína Xylocaína Xylocaína geléia Xylocaína geléia Xylocaína geléia Yasmin

Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zestril Zestril Zestril Zestril Zestril Zestril Zestril Zestril Zestril

Medicamento Genérico Cloridrato de Lidocaína Cloridrato de Lidocaína Lidocaína Lidocaína Lidocaína Lidocaína Lidocaína Lidocaína Cloridrato de Lidocaína Cloridrato de Lidocaína Cloridrato de Lidocaína DROSPIRENONA + ETINILESTRADIOL

Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril

Laboratório Fabricante Hipolabor Hypofarma EMS Germed

Legrand Legrand Hipolabor Sigma Pharma EMS Nature´s Plus Sigma Pharma

Concentração

Forma Farmacêutica

20 mg/ml 20 mg/ml 50 mg/g 50 mg/g 50 mg/g 50 mg/g 100 mg/g 50 mg/g 20 mg/ml 20 mg/ml 20 mg/ml

Solução injetável Solução injetável Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Gel tópico Gel tópico Gel tópico

LEGRAND

3MG/0,03MG

Ativus Ativus Biosintética Biosintética Cimed EMS EMS Geolab Hipolabor Medley Medley Merck Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Neo Química Novartis Novartis Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto União Química União Química Abbott Ducto Ducto EMS EMS Green Pharma Medley Medley Medley Mepha Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Teuto Teuto AB Farmo Biosintética Brainfarma Cinfa Cristália EMS Germed Medley Mepha

1,0 mg/ml 0,2 mg/ml 1,0 mg/ml 0,2 mg/ml 0,2 mg/ml 1,0 mg/ml 0,2 mg/ml 0,2 mg/ml 0,2 mg/ml 1 mg/ml 0,2 mg/ml 0,2 mg/ml 1,0 mg/ml 0,2 mg/ml 0,345 mg/ml 0,345 mg/ml 2 mg 0,2 mg/ml 1,0 mg/ml 0,2 mg/ml 0,2 mg/ml 0,25 mg/ml 0,2 mg/ml 400 mg 400 mg 40 mg/ml 200 mg; 400 mg 40 mg/ml 40 mg/ml 400 mg 200 mg 40 mg/ml 40 mg/ml 200mg; 400 mg 40 mg/ml 400 mg 40 mg/ml 400 mg 40 mg/ml 40 mg/ml 400 mg 40 mg/ml 5 mg; 10 mg; 20 mg 10 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg; 30 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg; 30 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg; 30 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg

49

COMPRIMIDO REVESTIDO

Solução oral Xarope Solução oral Xarope Xarope Solução oral Xarope Xarope Xarope Solução oral Xarope Xarope Solução oral Xarope Solução oftálmica Xarope Comprimido de desintegração lenta Xarope Solução oral Xarope Xarope Solução oftálmica Xarope Comprimido mastigável Comprimido mastigável Suspensão oral Comprimido mastigável Suspensão oral Suspensão oral Comprimido mastigável Comprimido mastigável Suspensão oral Suspensão oral Comprimido mastigável Suspensão oral Comprimido mastigável Suspensão oral Comprimido mastigável Suspensão oral Suspensão oral Comprimido mastigável Suspensão oral Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Zestril Zestril Zestril Zestril Zestril Zestril Zinacef Zinacef Zinacef Zinacef Zinnat Zinnat Zinnat Zinnat Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zocor Zocor Zocor Zocor Zocor Zocor Zocor Zocor Zocor Zocor Zocor Zofran Zofran Zofran Zofran Zofran Zofran Zofran Zofran Zofran Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Ó

Medicamento Genérico Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril Cefuroxima Sódica Cefuroxima Sódica Cefuroxima Sódica Cefuroxima Sódica Axetil Cefuroxima Axetil Cefuroxima Axetil Cefuroxima Axetil Cefuroxima Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Diidratada Sinvastatina Sinvastatina Sinvastatina Sinvastatina Sinvastatina Sinvastatina Sinvastatina Sinvastatina Sinvastatina Sinvastatina Sinvastatina Cloridrato de Ondansetrona Cloridrato de Ondansetrona Cloridrato de Ondansetrona Cloridrato de Ondansetrona Cloridrato de Ondansetrona Cloridrato de Ondansetrona Cloridrato de Ondansetrona Cloridrato de Ondansetrona Cloridrato de Ondansetrona Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina

Encarte Revista ABCFARMA • Setembro/2012

Laboratório Fabricante Merck Merck Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Teuto AB Farmo Eurofarma Glenmark Sandoz Mepha Mepha Ranbaxy Ranbaxy EMS EMS Farmasa Globo Medley Merck Mepha Nativita Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sandoz Teuto Germed Biosintética Brainfarma Cristália EMS Germed

Legrand

Sigma Pharma Medley Mepha Ranbaxy Sandoz Cellofarm EMS Eurofarma Hipolabor Hypofarma Nature´s Plus Novafarma Sigma Pharma Halex Istar AB Farmo Arrow Biosintética Brainfarma EMS Eurofarma Mepha Merck Nature´s Plus Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Zydus Medley

50

Concentração

Forma Farmacêutica

5 mg; 20 mg 10 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg; 30 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 750 mg 750 mg 750 mg 750 mg 250 mg; 500 mg 25 mg/ml; 50 mg/ml 250 mg; 500 mg 25 mg/ml; 50 mg/ml 500 mg 40 mg/ml 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 40 mg/ml 500 mg 500 mg 40 mg/ml 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 10mg; 20mg; 40mg 5mg; 10 mg 80 mg 80 mg 80 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 2 mg/ml 4 mg; 8 mg 2 mg/ml 2 mg/ml 2 mg/ml 4 mg; 8 mg 2 mg/ml 4 mg; 8 mg 2 mg 50 mg; 100 mg 50 mg; 100 mg 50 mg 50 mg 50 mg; 100 mg 50 mg; 100 mg 50 mg 50 mg 50 mg; 100 mg 50 mg 50 mg 50 mg; 100 mg 50 mg 50 mg

Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica

Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zometa Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zyban

Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Ácido Zoledronico Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Cloridrato de Bupropiona

Brainfarma Cimed EMS Eurofarma Germed Halex Istar Hipolabor Isofarma Medley Neo Química Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sandoz Teuto Zydus Eurofarma Abbott Abbott Abbott Ache Ache Apotex Biosintética Biosintética Blausiegel Brainfarma Cifarma Cimed Cristália Ducto Ducto EMS Eurofarma Geolab Kinder Luper Medley Mepha Mepha Merck Merck Multilab Nature´s Plus Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Ranbaxy Ranbaxy Sandoz Sandoz Sigma Pharma Teuto Teuto Eurofarma

150 mg 150 mg 150 mg 2 mg/mL 150 mg 2 mg/ml 2 mg/ml 2 mg/mL 150 mg 150 mg 150 mg 50 mg; 100 mg e 150 mg 150 mg 150 mg 150 mg 4mg 50 mg/g 50 mg/g 50 mg/g 50 mg/g 200 mg 200 mg 50 mg/g 200 mg 50 mg/g 200 mg 50 mg/g 50 mg/g 50 mg/g 200 mg 50 mg/g 50 mg/g 250 mg 50 mg/g 50 mg/g 50 mg/g 50 mg/g 200 mg 50 mg/g 200 mg; 400 mg 50 mg/g 50 mg/g 50 mg/g 200 mg 50 mg/g 200 mg 50 mg/g 200 mg; 400 mg 50 mg/g 50 mg/g 200 mg 50 mg/g 50 mg/g 250 mg 150 mg

Zyloric Zyloric Zyloric Zyrtec Zyrtec Zyrtec Zyrtec Zyrtec Zyrtec Zyrtec Zyxem

Alopurinol Alopurinol Alopurinol Dicloridrato de Cetirizina Dicloridrato de Cetirizina Dicloridrato de Cetirizina Dicloridrato de Cetirizina Dicloridrato de Cetirizina Dicloridrato de Cetirizina Dicloridrato de Cetirizina Dicloridrato de Levocetirizina

Medley Prati, Donaduzzi Sandoz Biosintética Globo Medley Medley Prati, Donaduzzi Sandoz Teuto Eurofarma

100 mg; 300 mg 100mg 300 mg 10 mg 1mg/ml 10 mg 1 mg/ml 1 mg/ml 10 mg 1 mg/ml 5 mg

51

Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Solução injetável Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido Comprimido Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Creme dermatológico Pó liofilizado p/ sol injetável Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Creme dermatológico Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido revestido de desintegração lenta Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Solução oral Comprimido revestido Solução oral Solução oral Comprimido revestido Solução oral Comprimido revestido

Setembro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Revista ABCFARMA Setembro 2012  

Revista ABCFARMA Setembro 2012

Revista ABCFARMA Setembro 2012  

Revista ABCFARMA Setembro 2012

Advertisement