Issuu on Google+

Janeiro


NOVA CAMPANHA DE VERÃO REPOFLOR EM MÍDIA NACIONAL NACIONAL + SATÉLITE

REVISTA NACIONAL

ACONTECE COM TODO MUNDO E, PIOR, ACONTECE EM QUALQUER LUGAR.

REPOFLOR AUXILIA NO COMBATE À DIARREIA E À DESIDRATAÇÃO. MATERIAL DIRECIONADO A PROFISSIONAIS DA SAÚDE. REPOFLOR É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. Repoflor, Saccharomyces boulardii - 17 liofilizado: Indicado como adjuvante no tratamento da diarreia e na restauração da flora intestinal fisiológica. Reg. na Anvisa: 1.0235.0420. SAC: 0800-191914. Dezembro/2011. Ref.: Szajewska H, Mrukowicz J. Probiotics in the treatment and prevention of acute infectious diarrhea in infants and children: a systematic review of published randomized, double-blind, placebo controlled trials. J Pediatr Gastroenterol Nutr 2011;33:S17-25.

LEG-0019-11 ABC FARMA JANEIRO 20,5x27,5.indd 1

12/7/11 5:40 PM


Editorial

O CLAMOR DO

BOM SENSO di�ícil entender por que os dirigentes, ao chegarem ao poder, passam a aplicar impostos e taxas que penalizam as pessoas que buscam alívio e cura para suas doenças e que precisam continuar trabalhando para a grandeza de sua cidade ou estado. Re�iro-me especi�icamente ao Estado de São Paulo, uma das primeiras unidades da Federação a aplicar o sistema de contribuinte substitutivo, o que elevou a arrecadação estadual. Em tese, nada a contestar: o sistema simpli�icou a �iscalização e também a rotina contábil das empresas dos setores envolvidos. O que desacredita um governo e as autoridades fazendárias são as disparidades do sistema, a clássica situação “dois pesos, duas medidas”. Exemplos? No mesmo estado de São Paulo, automóveis pagam 12% de ICMS; na compra de diamantes, que não são exatamente itens de primeira necessidade, o cliente paga apenas 1,5% desse imposto. Em aeronaves, o ICMS é de 14%. Para se ter acesso à internet, 5%. Nos cavalos puro-sangue, o ICMS é de 7%. Máquinas, aparelhos e veículos usados, apenas 0,90%. Para bovinos e caprinos, o ICMS é zero. Na própria cesta básica, a alíquota média é de 8%. Neste mês de dezembro, para aumentar as vendas de Natal, o governo de São Paulo reduziu a alíquota do ICMS para produtos da linha branca. E quanto aos medicamentos para uso humano, gênero de primeiríssima necessidade? Por que não se cogita reduzir a alíquota do ICMS? No estado de São Paulo, os medicamentos recebiam uma alíquota de 18%. Há dois anos,

porém, parece que se resolveu penalizar quem precisa de medicamentos para uso humano: a Secretaria da Fazenda passou a aplicar a esse segmento o sistema IVA, taxando os remédios da saída do fabricante até o preço máximo ao consumidor. Foi aplicado um pequeno desconto no preço máximo, mas os clientes, na ponta do lápis, foram penalizados: estão pagando mais imposto. Ao mesmo tempo, aí vem o governo federal e o estadual, alegando que estão concedendo remédios de graça. Os governos nunca dão nada de graça. Os empreendedores e os consumidores acabam pagando a conta, para que os governos sustentem a falsa informação de que são os pais dos pobres. Pura demagogia. Se persistir essa desigualdade, seremos obrigados a lembrar publicamente, e constantemente, a injustiça desse sistema. Não é justo dar bene�ício para tantas categorias menos essenciais, mandando a conta para os doentes. Esperamos que o bom senso acabe prevalecendo e que as secretarias da Fazenda dos estados respeitem as normas da CMED, órgão do governo federal que controla os preços dos medicamentos. Quando a extinta Sunab tabelou a margem operacional do comércio, também determinou os impostos, taxas e despesas que recairiam para as empresas varejistas.

P

edro

Zidoi

REVISTA ABCFARMA | JANEIRO /2012 | 03


Sumário Mercado Vai dobrar de tamanho O consultor Paulo Paiva analisa o crescimento do varejo farmacêutico..........28

Editorial O presidente Pedro Zidoi fala do absurdo ICMS dos remédios.........03 Páginas azuis Sol de verão A Dra. Maria Cristina ensina a prevenir o câncer de pele..........06

Gestão de negócios Pedras no caminho O consultor Américo José fala dos obstáculos a serem superados..........34

Saúde do homem A volta da testosterona O Dr. Éfren Lopes apresenta a reposição hormonal masculina.........14

Finanças Planeje para vencer Geraldo Monteiro ensina a fazer o planejamento para 2012.........36

Diagnóstico O fígado, por dentro Novidade na hepatologia: o aparelho que detecta cirrose........18

Gerenciamento Qual é seu resultado? Gilson Coelho dá dicas de como avaliar o desempenho da farmácia.........40

Leia também

Saúde mental A doença da instabilidade O Dr. Beny Lafer explica o Transtorno Bipolar.....22

Diretor Presidente Pedro Zidoi

Analista e Programador Eduardo Novelli

Diretor Financeiro Sétimo Gonnelli Diretor Secretário José Raimundo dos Santos

Ed. Eletrônica e Produção Gráfica Vanusa Assis Sergio Bichara

Diretora Administrativa Abigail J. C. Maglio

NOTA:

Jornalista responsável por matérias de saúde, administração e técnico-científicas Celso Arnaldo Araujo Mtb 13.064

Atualidades (Lançamentos) ................................................... 43 Mercado (ABIMIP) .............................................................. 44 Evento (Jornada de Manipulação do SINCOFARMA-SP) ...................... 46 Opinião (Dr. Juan Carlos Becerra Ligos) ....................................... 47 Aniverasário (CRF-SP) ........................................................ 48 Homenagem (Dia do Farmacêutico).......................................... 50 Evento (Prêmio GS1) ............................................................ 52 Evento (Unifarma 2011) ......................................................... 55 Mercado Farmacêutico (SERVIMED) ................................ 57 Encontros (Reunião da ABCFARMA) ...................................... 59 Solidariedade (AMEM) .................................................. 62 Educação continuada (Zambon)...................................... 64

Jornalista responsável por matérias de eventos, institucionais e políticas Francisco Colombo Mtb 18.640 Colaboradores Américo José da Silva Filho Gilson Coelho Nelson Grecov Dr. Osmar de Oliveira Distribuição ABCFARMA

Publicidade: Editora Lison Impressão: Gráfica Prol Periodicidade: Mensal Rua Santa Isabel, 160, 5º andar, conjunto 51, Vila Buarque, São Paulo, SP, CEP 01221-010 Fone: (11) 3223-8677 Fax: (11) 3331-2088 www.abcfarma.org.br

Os anúncios de produtos ou de serviços publicados nesta revista são de total responsabilidade do anunciante. A ABCFARMA não se responsabiliza pelo preço determinado, nem pela qualidade dos produtos ou dos serviços anunciados.

4 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO/2012


DIRETORIA ABCFARMA: TRIÊNIO - 2010/2013 Diretor Presidente: Pedro Zidoi Sdoia SP Diretores Vice-Presidentes: 1º: Adelmir Araujo Santana 2º: Paulo Sérgio Navarro De Souza 3º: Lázaro Luiz Gonzaga 4º: Natanael Aguiar Costa 5º: Edenir Zandoná Júnior 6º: Paulo Roberto Kopschina 7º: Pedro de Araújo Braz 8º: Diocesmar Felipe De Faria 9º: Modesto Carvalho De Araujo Neto 10º: Edimar Pereira Lima 11º: Álvaro José da Silveira 12º: Felipe Antonio Terrezo 13º: Romildo Marcos Letzner (Joinville) 14º: João Aguiar Neto 15º: Edson Daniel Marchiori 16º: Carlos Baptista Dias 17º: Armando Gomes Dos Reis Filho 18º: José de Castro Pereira

Diretores Secretários 1º: José Raimundo dos Santos 2º: Luís Carlos Caspary Marins 3º: Rogério Tokarski 4º: Ricardo Ramão Cristaldo 5º: Jorge Fernando de Azevedo Trindade 6º: Antonio Menezes de Araújo

DF PB MG SP PR RS RJ DF MG RR DF RJ SC GO ES SE AM CE SE RJ DF MT RJ SP

Diretores Tesoureiros 1º: Sétimo Gonnelli 2º: Philadelpho Lopes 3º: Nery Wanderley de Oliveira 4º: Dejalma Lemos da Silva 5º: Juan Carlos Becerra Ligos 6º: Marcos Antonio Carneiro Lameira

Diretores Do Conselho Fiscal 1º: Jaime Nunes Moreira 2º: Everton Luiz Ilha Mahfuz 3º: João Gilberto Serrat 4º: Jefferson Proença Testa 5º: Álvaro Silveira Júnior 6º: Maurício Cavalcante Filizola

Suplentes Do Conselho Fiscal 1º: Carlos de Souza Andrade 2º: Marcelo Fernandes de Queiróz 3º: Roberto Brasileiro Lima 4º: Vollrad Laemmel (Blumenau) 5º: Henrique Ângelo Denícolli 6º: Benilton Golçalves Diniz

Diretores Conselheiros Ada Palhano Malheiros (Cachoeira Paulista) Ademar Ferreira Pinto Ademir Tomazoni (Itajaí) Afonso Cesar Oliveira Silva Alarico Rodrigues (Manaus) Alex Cavalcante Garcez (Aracaju) Álvaro Lima (Bauru) Ângelo Trento Antonio Aparecido Moretti (Andradina) Antonio Carlos da Silva Bueno (Piracicaba) Antonio José Beltrame Antonio Proença (Presidente Prudente) Antonio Walmir Nola (Sind. Cricíuma) Aparecido Donizetti da S. Mendonça Benones Vieira de Araujo Carlos Augusto Batistella (Limeira)

SP SP RS RN SP AC RS RS RS PR DF CE BA RN BA SC ES MA SP RS SC SE AM SE SP PR SP SP SC SP SC SP MA SP

Carlos Fogaça (Cia Norte) Carlos Gonçalves Pereira Cassio Sobrinho Celso Flavio da Silva Claudemir Donizete Caetano (Rio Claro) Claudisnei Machado Constante Cristyne M. Albuquerque Dall’agnos (Foz Do Iguaçú) Domingos Tavares De Souza (Gurupi) Eden Araujo Borges (Uberaba) Edivaldo Francisco da Cunha Ednaldo Mercuri Rodrigues (Franca) Edson Silveira (Uberaba) Elias Gomes de Souza (Maranhão Do Sul) Elpídio Nereu Zanchet Elza De Godoy Farias (Lajes) Evandro Tokarski Fábio Timbo (Fortaleza) Fernando José Lucas (Uberaba) Francisco Deusmar de Queiróz Geniezer Pereira Ventura Filho Gilberto Carillo Garcia (S.J. Dos Campos) Gilson Geraldo Figueiredo Terra Gladstone Nogueira Frota Herbert Almeida da Cunha Heverton Breno Ferreira Iolanda Navarro Irene Prieve do Nascimento Isméria Maria Monte Claudino Aleixo João Alberto Galic João Antonio dos Anjos João Arthur Rêgo (Salvador) João Felix de Majela Filho João Garcia Galvão (Guarulhos) João Levy Navarro Junior (Adamantina) João Luciano (Florianopólis) João Luiz dos Santos João Martins da Silva Joaquim Tadeu Pereira (Belém) Joarez da Silva Macedo (Osasco) José Alves do Nascimento José Antonio Vieira (Maceió) José Castor Freire José Cláudio Almeida José Cláudio Fernandes José da Costa da Silva José Eustáquio de Freitas José Ricardo Nogared Cardoso (Tubarão) José Valdimir de Oliveira Júlio César Pedroni (Jundiaí) Kleber Sampaio Santiago (Campina Grande) Levi Gonçalves Campanha Lino Soncini Júnior (Florianopólis) Lucia Marins Cancini (Araras) Lúcio Antunes Silveira (Uberaba) Luís Gustavo Trierweiler Luíz Antonio Paiva (Frutal) Luiz Carlos Henrique (S.B.Campo) Luiz Fernando Buinaim Luiz Marcos Caramanti Luiz Trindade Pinto (Salvador) Luzia Diva Cunha Dutra Luzivaldo Navarro de Souza Manoel Brito Santos Manoel Viguini Marcelo da Silveira Souto (Araçatuba) Marcelo de Mattos Frigo (Araraquara) Marcia da Rocha Medeiros (Sorocaba) Marco Antonio Perino (Jundiaí) Maria de Lourdes Pereira Mauro Lima Rodrigues Nara Luiza de Oliveira Nelcir Antonio Ferro (Cascavel)

PR GO AP GO SP SC PR TO MG SE SP MG MA SP SC GO CE MG CE PB SP MG RO PB PB SP MT CE RS PR BA CE SP SP SC SP BA PA SP PI Al PB AL SP ES SC AP SP PB SP SC SP MG RS MG SP MT SP BA RO PB PB ES SP SP SP SP PA ES GO PR

Nivaldo Jordão de Souza Filho Noésio Emidio da Cunha (Feira De Santana) Olivio Mazuco (Bebedouro) Osvaldo Praxedes da Silva (Santo André) Paulo Luiz Zidoi Paulo Roberto Ramos da Silva Paulo Sérgio Bondança Paulo Sérgio Navarro de Souza Filho Regina Elias Barros (Juiz De Fora) Regina Maria Leitão Reni Antonio Rubin Roberto Carlos da Silva (Catanduva) Romualdo Constantino Magro (Santo André) Rosana Lima Zanini Rosélis Aparecida Lopes Salim Haber Samuel Brasil Bueno (Araraquara) Sebastião Paulino Borges Sergio Amaral Correa (Tubarão) Sergio de Giacometti (Oeste Catarinense) Stephenson Seleber (Nova Odessa) Videlina Eloy Geraldo Wagner Boer (Botucatú) Wagner Ferreira Giffoni Waldir Borges Waldivino Machado dos Prazeres (Ipatinga) Walter Luiz Machado Wanderley Margaria Wilson Galli Wilson Rossi (Tupã) Wismar Gomes de Freitas (Uberaba) Zuleide Ferraz Oliveira Castro (Imperatriz)

Conselheiros Natos e Diretores Vitalícios Alfredo Roberto (Bastos De Souza) Algacir Portes (Cascavel) Armando Zonta Arthur Henrique da Fonseca Lisboa Francisco Miguel da Silva Fridolino de Moraes Rêgo Gilberto David Cunha Da Silva Gonçalo Aguiar Ferreira Hermes Martins da Cunha Horst Schoenfelder Isaac Elias Israel Ivanildo Marinho Guedes Jair Borges Taquary Janilson Azevedo Dantas Jarbas de Souza Cunha João Azevedo Dantas José Abelardo Torres Veras José Aparecido Junqueira Guimarães José Cláudio Soares José de Assis Lima Paulo Sérgio Ferreira Lopes Ruy de Campos Marins Waldemar Pupo Ferreira Conselheiros Adjuntos Ademilson de Menezes Cordeiro (“Brejo”) Anderson Naves Resende (Uberlândia) Antônio Barros Leite Júnior (Jundiaí) Antônio Felix da Silva Antônio Thomaz Mondini (Rio Claro) Guilherme Leipnitz (Rio Grande Do Sul) Ivan Pedro Martins Veronezi (Fernandópolis) Jorge Froes de Aguilar José Pedro Fernandes (Araras) José Ademar Lopes (RS) Luís Carlos Gardini (Lins) Marcio Barbosa Marco Públio Martini (Cachoeira Paulista) Roberto Massatoshi Baba (Birigüi) Ronaldo de Oliveira Carvalho (Lins) Ronaldo Fernandes Pereira (Uberlândia) Sergio Mena Barreto Vítor Fernandes (Americana)

PB BA SP SP SP RJ SP PB MG PB RS SP SP SP SP AP SP MS SC SC SP SP SP DF GO MG MG SP RS SP MG MA PE PR SC AL RN BA RS SP MT SC PA AL GO PE AL PB CE DF PE PB MS RJ SP PE MG SP CE SP RS SP SP SP SP SP SP SP SP SP MG SP SP

REVISTA ABCFARMA | JANEIRO/2012 | 5


Páginas Azuis TEXTO: CELSO ARNALDO FOTOS: DIVULGAÇÃO

Câncer de pele O lado escuro do sol Sociedade Brasileira de Dermatologia acaba de promover sua campanha anual de prevenção do câncer de pele – de longe, o tumor maligno mais comum no Brasil, com estimativa de 134.170 casos novos no país, do tipo não-melanoma, em 2012. Já o melanoma, uma forma muito mais agressiva da doença, terá 6.230 casos novos este ano – mas com uma alta taxa de mortalidade. A SBD escolhe a véspera do verão para essa jornada, em que milhares de pessoas são examinadas e orientadas para o autoexame, justamente porque o sol é o grande vilão dessa forma de câncer – que portanto pode ser prevenido com proteção solar. Em 2010, entre as 913 pessoas avaliadas no Hospital das Clínicas de São Paulo, foram detectados 105 novos casos. Nesta entrevista, a Dra. Maria Cristina Messina, médica assistente da Divisão de Cirurgia Dermatológica do Hospital das Clínicas e coordenadora, nesse hospital, da Campanha da SBD, ensina a prevenir e autodetectar um tumor de pele.

6 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO/2012


AN_Merthiolate_20,5x27,5_111209.pdf

1

12/9/11

3:24 PM


Os 140 mil casos novos de câncer de pele em 2012 são um numero tipicamente brasileiro? Não, no mundo todo a incidência é próxima disso. A Austrália é o país com maior número de casos, não só pela maior incidência de radiação ultravioleta como pelo grande �luxo de imigração europeia no país. São os dois fatores de risco: radiação e o tipo de pele predisposto ao câncer.

Os raios Ultra Violetas B incidem o dia todo e causam queimaduras

Os raios do tipo A, mais intensos entre 10 e 16 horas, penetram mais

Epiderme

Entre os tumores de pele, qual é o tipo mais comum? O carcinoma basocelular responde por 70 a 75% dos casos, enquanto o espinocelular vai de 10 a 15% e o melanoma, de 2 a 4% – este, porém, mata muito mais do que os outros. O problema dos carcinomas é o dano local causado pelo câncer. O basocelular é um tumor de crescimento lento e não dá metástases, mas, negligenciado, cresce e pode invadir, por exemplo, o globo ocular, a boca, o nariz. Embora esse tipo de tumor não seja mortal, tem alto impacto social e econômico pela grande prevalência da doença. Todos os dias, no HC de São Paulo, são atendidos cerca de 10 casos novos de câncer de pele por dia e alguns já em estágio avançado. Gasta-se muito mais em tratamento do que em prevenção.

O câncer de pele é o mais visível de todos os tumores. Por que algumas pessoas só buscam tratamento depois que a doença já fez estragos?

O erro começa às vezes por falha do próprio atendimento inicial. A pessoa procura ajuda por causa de uma lesão e recebe a indicação de passar uma pomadinha no local, sem que o diagnóstico seja feito. Em outros casos, o paciente vive numa área com pouco acesso a serviços médicos e vai adiando até a coisa �icar feia. E há lesões em

Células basais Células escamosas

As três caras do câncer de pele Se detectados precocementes, cerca de 95% dos tipos mais comuns são curáveis

O basocelular é o tumor de pele mais comum. Não dá metástases, mas, sem tratamento, faz estragos

8 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO/2012

O tumor de células escamosas é o segundo mais comum. É um pouco mais agressivo que o basocelular

O melanoma maligno é o grande temor dos dermatologistas, por seu grande poder de metastização


LC_ANUNCIO_ENGOV_2011_12_20,5x27,5.pdf

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

1

12/9/11

3:28 PM


locais que não são visíveis, como as costas, o couro cabeludo e a sola do pé – aliás, melanomas de pés e mãos são os mais agressivos.

Pacientes com maior nível social e cultural descobrem o câncer com mais rapidez? Sim, mas nessa faixa ocorre o inverso: há os que procuram o médico ao menor sinal. A maior parte das vezes não é nada. Tenho pacientes em nível de neurose. Por isso, o principal objetivo de nossas campanhas é orientar as pessoas para os sinais que devem gerar preocupação: feridas que não cicatrizam, que sangram e formam casquinha, sangram e formam casquinha de novo.

As pessoas acham que só pintas escuras podem ser câncer...

Aí estamos falando mais do melanoma. Uma pinta escura, marrom ou preta, que surge de repente ou que já existia, sangra, cresce ou muda de formato. Em relação ao melanoma, há uma regrinha que chamamos de ABCD. Assimetria do formato da pinta; Bordas irregulares; Cor – é mais sugestivo de melanoma quando a pinta tem múltiplas cores; e Diâmetro – o mais suspeito é quando a pinta tem acima de 6 milímetros. Qualquer pinta acima de 6 milímetros é suspeita? Não, é preciso haver a associação desses quatro critérios.

Há pessoas que sempre tiveram pintas escuras no corpo, sobretudo nas costas. Essa pigmentação “de nascença” pode virar melanoma? Há uma estatística a respeito dos nevos congênitos – o nome dessas pintas. Quem tem mais de 50 nevos pelo corpo está

A atriz Paola Oliveira é uma das estrelas da campanha de prevenção da Sociedade Brasileira de Dermatologia

10 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO/2012

mais predisposto a ter um melanoma. Hoje, para não se tirar todas as pintas de todo mundo, a gente dispõe de um mapeamento para acompanhar mais de perto pessoas que têm muitas pintas, história familiar ou pessoal de melanoma. Fazemos uma espécie de fotogra�ia de todas as regiões do corpo onde as pintas estão localizadas, com um aparelho chamado dermatoscópio. Tudo isso é registrado em computador e, de acordo com os critérios do ABCD, cada pinta ganha uma nota de risco. Algumas são retiradas imediatamente e outras, eventualmente, nos próximos mapeamentos, com intervalos entre três meses a um ano.

Por que o melanoma é tão assustador? É um tumor muito agressivo, que ataca células da pele chamadas melanócitos e tem alta capacidade de metastização. E é muito pouco sensível a tratamentos sistêmicos, como a quimioterapia.

Você diria que, num país tropical como o Brasil, o sol é a causa direta do câncer de pele?

Sim, mas não se pode falar em causa absoluta, porque há também a predisposição genética. Há pessoas que tomam sol a vida inteira e nunca terão um câncer de pele, porque têm uma genética favorável.

O que os dermatologistas acham da pele bronzeada?

O bronzeamento da pele é uma reação de proteção contra a ação do sol. E, do ponto de vista estético, é um elemento cultural. Na Itália, por exemplo, o bronzeado é sinal de status. Se você sai de férias e volta branco, é porque não pôde ir à praia ou à montanha. Já em São Paulo, não estar bronzeado é status – indicando que você vai ao dermatologista, usa os melhores protetores, se cuida. No Rio, você precisa estar bronzeado. Do ponto de vista �ísico, estar bronzeado signi�ica que você recebeu radiação ultravioleta que dani�icou sua pele – que, com excesso de sol, também �ica mais predisposta ao envelhecimento precoce. Quando a radiação UV é mais forte?

No clássico horário das 10 às 16h, quando a exposição ao sol deve ser evitada ou maximamente protegida. Nesse período, o sol atravessa uma camada de ozônio mais �ina.


Escolher o FPS, número do fator de proteção contra UVB, depende do tipo de pele. Uma pessoa de cor parda estará bem protegida com FPS 15. Outra muito branca e de olho azul deve usar FPS 70

Nas campanhas de prevenção, o exame apurado de lesões de pele Mas não é inviável recomendar a alguém de férias numa praia do nordeste ou num resort evitar o sol nesse período? Sim, na prática isso se torna quase inviável. Aliás, se você for seguir à risca as recomendações para fugir de todas as formas de câncer, você acaba não vivendo. Sendo bastante práticos, e

ao mesmo tempo usando o bom senso, você pode continuar na praia ou na piscina – mas tome algumas providências básicas: use boné, passe protetor solar com alta proteção, use uma camiseta com proteção solar. Meu �ilho de quatro anos vai para a praia, nesse período de maior incidência de radiação ultravioleta, de camiseta com protetor solar.

Você mencionou o protetor solar: qual é a melhor proteção?

O produto ideal tem fator de proteção contra as duas formas de radiação Ultra Violeta: a UVB (que deixa a pele vermelha e é mais intensa entre 10 e 4 horas) e a UVA (incide o dia todo e é a causa do envelhecimento precoce da pele). É preciso consultar o rótulo do protetor. Escolher o FPS, número do fator de proteção contra UVB, depende do tipo de pele. Uma pessoa de cor parda estará bem protegida com FPS 15. Outra muito branca e de olho azul deve usar FPS 70. Alguns trabalhos sugerem que acima de 30 não há diferença na proteção. Na verdade, só não há diferença se você passar 2 miligramas de protetor solar por centímetro quadrado de pele. Isso raramente acontece. Na média, as pessoas passam 0,5 ml. Nessa quantidade, um FPS 30 protege menos que um de 50, e este menos do que 70. Quanto à radiação UVA, o fator de proteção é medido em PPDs, que vai de 0 a 25, ou cruzes, de 1 a 4. O ideal é PPD 18 e 4 cruzes. Isso também está no rótulo. Além desses números, há diversos veículos para os protetores: loção, gel, creme, spray. O melhor para cada pessoa depende do tipo de pele. É bom consultar um dermatologista antes de sair de férias. Outra coisa: entrou na água, fez esporte? Tem de reaplicar. Ou renovar a cada duas horas se não fizer nada disso.

12 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO/2012

Você recomenda que as pessoas passem protetor até quando saem para trabalhar? Se o trabalho for externo, sim. Se você anda 10 minutos no sol para ir almoçar, também. Nesse caso, passe no rosto e, se for uma pessoa muito branca ou com maior risco para câncer de pele, também nas mãos e partes expostas.

O câncer de pele não-melanoma é mais frequente após os 50 anos. Isso signi�ica redobrar cuidados na terceira idade?

Em termos. Para uma pessoa com 80 anos, o que ela já tomou de sol ao longo da vida é muito mais determinante para um câncer de pele do que o sol que vier a tomar. O efeito da radiação é cumulativo. Eu diria, portanto, que deve se cuidar, sem neurose. Já para o melanoma, o fator de desencadeamento de maior risco é a queimadura solar intermitente e aguda. É o caso da pessoa que passou 360 dias trancada no escritório e, no fi m de ano, durante cinco dias, se expõe ao sol até virar um camarão. 


Homem TEXTO: ARNALDO ANSAR FOTOS: DIVULGAÇÃO

A nova era do equilíbrio e a reposição hormonal é uma terapia já consagrada entre as mulheres para tentar reverter os efeitos da menopausa, somente agora, com o desenvolvimento dos chamados hormônios bioidênticos, clones perfeitos das moléculas hormonais naturais, os homens também estão sendo beneficiados durante o período que os especialistas chamam de andropausa. A reposição da testosterona bioidêntica é uma das armas atuais do homem contemporâneo para recuperar sua vitalidade – como explica o urologista

Dr. Éfren Lopez, um dos precursores do uso dessa terapia no Brasil

14 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012

Masculino

O Dr. Éfren começa explicando que tanto o homem quanto a mulher, em torno dos 40 anos de idade, passam a ter um decréscimo nas suas taxas de concentração hormonal, com exceção de um pequeno contingente do sexo masculino que preserva boas concentrações de testosterona até idade mais avançada. E se a menopausa foi exaustivamente estudada, só de uns anos para cá os urologistas têm empregado a pala-

vra andropausa para sinalizar uma série de manifestações �ísicas e psicológicas do homem, decorrentes da diminuição das taxas de testosterona e que têm sido descritas reiteradamente em todos os estudos relacionados com o tema: diminuição da libido, redução do vigor �ísico e do sono, ereções incompletas ou fugazes, estados depressivos, etc. “Tanto na menopausa como na andropausa podemos encontrar também sintomas como a osteoporose e as graves complicações da síndrome metabólica, caracterizada principalmente pelo aumento de peso, hipertensão arterial, in�iltração gordurosa do �ígado, diabetes tipo 2, etc”. Como alternativa terapêutica contra esses sintomas a medicina dispunha da reposição hormonal feita com substâncias químicas, que durante anos foram usadas com conhecimento do alto risco que estas moléculas possuíam, conforme os laboratórios alertavam e alertam em suas bulas. Há mais ou menos oito ou 10 anos foram �inalmente introduzidos no Brasil os hor-


mônios bioidênticos, termo utilizado para identi�icar um tipo de hormônios de origem vegetal, cujas moléculas são quimicamente idênticas aos hormônios humanos e que, quando utilizadas nas dosagens adequadas, não produzem efeitos colaterais. Como explica o Dr. Éfren, são substâncias de efeito diário e permitem o monitoramento da dose individual. Isso signi�ica uma grande diferença para os hormônios de origem química, que geralmente são de depósito, ou seja, feitos para durarem no corpo por períodos prolongados e em concentrações comuns para todos os pacientes. Como a terapia é personalizada, com dosagens diferentes para cada paciente, os médicos preferem designar o tratamento é modulação hormonal. “O resultado da terapia é francamente bené�ico. Consegue-se uma melhora substancial dos sintomas e evidentemente, como em todo procedimento médico, deve sempre ser tratado o paciente e não apenas o sintoma. Isso exige uma postura mais abrangente em relação ao estudo da saúde dos pacientes, em concordância com a idade e queixas particulares, que eventualmente acompanhem os efeitos produzidos pela menopausa ou andropausa”. Ele resume: “A medicina não consegue retardar o envelhecimento, mas consegue proporcionar um envelhecimento saudável. Nos distúrbios hormonais próprios da idade, a melhor opção é a modulação hormonal com hormônios bioidênticos em termos de prevenção ou pro�ilaxia dos sintomas característicos desta fase da vida – como suporte para atenuar e até corrigir as desordens próprias da idade, onde a cognição, a força musculoesquelética, a energia, a vitalidade e o desempenho sexual encontram-se diminuídas”. Segundo o Dr. Éfren, a correção metabólica é também de vital importância como mecanismo de aporte energético celular, para pessoas com excesso de peso ou em franca obesidade e portadoras de dislipidemia (colesterol ou triglicerídeos alterados). 16 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO/2012

Suporte para atenuar e até corrigir as desordens próprias da idade, quando a cognição, a força musculoesquelética, a energia, a vitalidade e o desempenho sexual encontram-se diminuídas.

Como saber se a testosterona está baixa? Se o homem apresentar três ou mais sintomas da relação abaixo:

Testosterona: hormônio-chave

Hoje, parece ponto pacífico que as causas mais frequentes da diminuição da libido, queixa comum do homem de meia idade, estão relacionadas ao envelhecimento devido à:

Baixa da libido Ereções mais fracas Perda da força muscular Perda da resistência física Desânimo Depressão, tristeza Mau humor, irritação Falta de energia

Diminuição da produção de testosterona

Perda da memória

Predominância estrogênica (xenoestrógenos)

Ganho de peso

Estresse (altos índices de cortisol) Aumento da prolactina (por estresse e/ou uso de antidepressivos).

O estresse (emocional, pro�issional, econômico, familiar, etc.) eleva o índice de cortisol e traz consigo o aumento da taxa de prolactina (hormônio que inibe a libido) que reduz o re�lexo sexual e provoca queda na frequência das ereções. A prolactina impede a ação da testosterona e também compete com a dopamina, um neurotransmissor ligado ao prazer. Mas, para muitos especialistas, a reposição da testosterona é a chave para se interromper esse processo. Explica o Dr. Éfren: “Hoje sabemos que o apogeu da funcionalidade hormonal e sexual masculina ocorre dos 25 aos 35 anos, período em que há máxima produção de testosterona, e entra em franco declínio a partir dos 40-45 anos. É justamente aí onde se deve iniciar a Terapia de Equilíbrio Hormonal com os Bioidênticos (TEHB) para restabelecer os índices �isiológicos de normalidade.

Dificuldade para dormir

A partir da análise de suas queixas, seu médico pedirá um exame de sangue específico, onde serão investigadas as concentrações hormonais e outros elementos vitais para o equilíbrio orgânico. Há alguns anos, acreditava-se que a testosterona era o hormônio responsável pelo câncer de próstata. Atualmente, a literatura médica internacional não apoia mais essa alegação. Na verdade, segundo o médico, o excesso de estradiol é o verdadeiro causador do câncer de próstata (e de mama na mulher) e a grande incidência deste hormônio no homem provém dos xenoestrógenos e dos níveis da enzima aromatize (responsável pela produção do estradiol). “Se a testosterona fosse a causa, os homens de 19/20 anos seriam campeões desse tipo de doença, pois é nesta faixa etária que ocorre o mais alto nível de testosterona”. A Testosterona Bioidêntica é antagônica ao estradiol e, por isso, em doses especí�icas, junto com a Progesterona, evita o processo cancerígeno da próstata. 


TRANSFORME SUA GORDURA CORPORAL EM ENERGIA PARA SEUS TREINOS Suplemento mais utilizado em dietas de emagrecimento no mundo** A primeira e única com certificado de registro na ANVISA

ENTENDA COMO ATUA A L-CARNITINE: * Para maiores informações técnicas, dúvidas e SAC acesse: www.midwaylabs.com.br/LCARNITINE

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: ** Cerretelli P, Marconi C. L-carnitine supplementation in humans. The effects on physical performance. Int J Sports Med. 1990; 11(1):1-14.; Singh, R.B. et al (1996). Postgrad. Med. J. 72:45.; Jacoba, K.G.C. et al (1996). Clin. Drug. Invest. 11:90.; Kosolcharoen, P. et al (1981). Curr. Therap. Res. 30:753.; Davini, P. et al (1992). Drugs Exp. Clin. Res. 18:355.; Pepine, C. (1991). Clin. Therapeutic. 13:2.; Cacciatore, L. et al (1991). Drugs Exp. Clin. Res. 17:225.; Lurz, R. and Fischer, R. (1998). Aerztezeitschrift fur Naturheilverfahren 39:12.; Kaats, G.R. (1992). Cur. Ther. Res. 51:261.; Owen, K. et.al. (1996) Swine Day Rep. I. ; Owen, K, et. Al. (1994). Swine Day. 161.; Costa, M. et al (1994). Adrologia. 26:155.; Vitali, G. et al. (1995). Drugs Exptl. Clin. Res. 21:157.

A gordura em excesso, além de se configurar como um problema estético, traz diversas conseqüências negativas à saúde.

Sem carnitina a gordura não atravessa a membrana mitocondrial e precisa sofrer reações enzimáticas para atingir seu local de oxidação.

O tecido adiposo é o maior reservatório de energia do corpo humano, armazenada sob forma de gordura no interior das células.

É neste momento que a L-Carnitina realiza as reações enzimáticas e faz o transporte* das gorduras para dentro da mitocôndria.

Dentro da mitocôndria, a L-Carnitina estimula a oxidação (geração de ATP* - Energia) e aumenta o fluxo metabólico do ciclo de Krebs* A L-Carnitina age na queima de gordura dentro da mitocôndria*, gerando energia para o funcionamento dos músculos durante os exercícios. ADQUIRA SUPLEMENTOS QUE TENHAM COMPROVAÇÃO CIENTÍFICA E APROVADOS PELA ANVISA

“NÃO CONTÉM GLÚTEN” | “NÃO CONTÉM AÇÚCARES” “O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE: NÃO EXISTEM EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS COMPROVADAS DE QUE ESTE ALIMENTO PREVINA, TRATE OU CURE DOENÇAS” “Crianças, gestantes, idosos e portadores de qualquer enfermidade devem consultar o médico e ou nutricionista.” REG. MS: 5.9544.0054

O que torna uma marca líder em seu segmento é o reconhecimento do público e dos profissionais que atuam no setor.


Medicina TEXTO: CELSO ARNALDO FOTOS: DIVULGAÇÃO

O novo espião do M

Fígado

aior órgão interno do corpo humano, o �ígado é uma espécie de superlaboratório metabólico, com dezenas de funções. Alguns especialistas o chamam de “o gigante incansável”. Mas, apesar de ultrarresistente, o �ígado tem dois inimigos mortais – a hepatite (do tipo B e sobretudo C) e a cirrose, que pode ser consequência daquela. Pessoas com diagnóstico ou suspeita de lesões de �ígado por cirrose ou acúmulo de gordura precisam ser acompanhadas de perto – para evitar um comprometimento ainda maior do órgão. Entre as tecnologias de acompanhamento está agora o FibroScan, um ultrassom ultraespecial que analisa a saúde do �ígado – como explicam especialistas do Hospital Sírio-Libanês

São tantas as missões delegadas ao fígado que é difícil enumerá-las. Os hepatologistas estimam que sejam 220. Mas, entre as principais – cada uma delas vital para nossa saúde – estão: o controle do metabolismo de gorduras e proteínas, estoque e liberação de glicose, síntese da maioria das proteínas do plasma sanguineo, bem

como a regulagem do volume sanguineo, processamento de drogas e hormônios, armazenamento de vitaminas e minerais, destruição de células desgastadas do sangue, produção de ureia. Ou seja: o fígado é uma verdadeira usina de processamento. Podese imaginar as consequências de um fígado doente.

Como explica o hepatologista Mário Guimarães Pessoa, do Núcleo Avançado de Fígado do SírioLibanês, quando o fígado “endurece” pelo efeito da cirrose, a fibrose resultante passa a produzir efeitos cada vez mais graves. A formação de uma barreira natural à passagem do sangue que vem do baço e dos intestinos represa o fluxo e o sangue, que procura outros caminhos, vai “retornando” e produzindo a chamada hipertensão portal. Os vasos em torno do esôfago, por exemplo, se dilatam, formando varizes. Hemorragias não são incomuns – foi o que aconteceu com o ex-craque Sócrates, motivo de duas internações recentes. Mais: a amônia não se transforma em ureia para ser eliminada pelos rins – e com isso o cérebro pode ser “intoxicado” pela substância. Enfim, a barriga se enche de água – é a ascite.

Hepatite:

um drama nacional

Dr. Mario Guimarães Pessoa e Dr. Antônio Sérgio Marcelino,

do Sírio-Libanês

18 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012

Estima-se que haja cerca de dois milhões de brasileiros acometidos pela hepatite B e cerca de três milhões pelo tipo C da doença. A grande maioria, porém, não sabe que está infectada, pois nada sente. Explica o Dr. Mário: “O fígado não tem nervos. Por isso, a doença crônica evolui silenciosamente– seja de origem viral, medicamentosa, gordurosa – por 20 ou 30 anos,


até a descoberta de uma cirrose, o aspecto mais avançado da hepatite crônica”. Há pacientes que, ignorando completamente a existência da doença hepática, fazem um ultrassom e descobrem uma cirrose, mesmo sem sintomas. Numa fase mais avançada, sim, ocorrem os sintomas – como a barriga d´água e as varizes do

esôfago. E o vilão nem sempre é o vírus da hepatite. Outra fonte de sofrimento para o fígado é a chamada esteatose hepática, uma espécie de cirrose gordurosa – também insidiosa e gradativa, pelo acúmulo de gorduras no órgão. Finalmente, há outra forma de cirrose – a alcoólica, bastante frequente no Brasil.

E por que o �ígado chega a esse

estágio de destruição?

Do fígado normal ao cirrótico, uma evolução silenciosa

FibroScan o novo aliado

Um fígado doente precisa ser “vigiado” para que não entre em falência. E a vigilância pode ser feita por vários agentes – como o velho e bom ultrassom, ainda muito eficiente, e a biópsia hepática, uma técnica invasiva e mais agressiva. Agora surge outro – o FibroScan, nome da nova tecnologia, recém-chegada ao Brasil, é uma ultrassonografia que avalia o grau de elasticidade das células hepáticas, através da detecção de fibroses – cicatrizes decorrentes das agressões do fígado pelas doenças crônicas. Quanto mais endurecido está o fígado, mais veloz é a propagação da onda. O resultado sai em cinco minutos. Como explica o Dr. Antônio Sérgio Zafred Marcelino, médico radiologista e especialista em ultrassonografia do Hospital Sírio-Libanês, o FibroScan permite aos especialistas não só medir a progressão da doença como a resposta aos tratamentos – num primeiro momento, medicamentos e rigorosas dietas. A biópsia ainda é o exame padrão-ouro para o diagnóstico diferencial da cirrose. Mas o FibroScan, indolor e não-invasivo, pode ser o exame inicial se o paciente não quiser fazer a biópsia – técnica que exige hospitalização – e é muito eficiente 20 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO/2012

no acompanhamento do paciente. Avaliar o grau de fibrose é crucial no tratamento de doenças do fígado. É isso o que vai determinar uso de um ou outro medicamento. Como explica o Dr. Mário, o comprometimento inicial das funções hepáticas ainda pode ser manejado clinicamente. “A partir do momento em que a sobrevida do paciente sem o transplante se torna menor do que com o transplante, esse indivíduo passa a ter indicação de cirurgia.” Um drama que pode ser evitado, prevenindo-se as doenças que destroem o fígado. Para a hepatite B já existe vacina e vigora também a mesma recomendação válida para a prevenção das doenças sexualmente transmissíveis, já que uma das formas mais comuns de

contágio do vírus B é por relação sexual. Já na hepatite C, que se transmite por contato percutâneo, como instrumentos perfurantes compartilhados (agulhas de tatuadores, instrumental de manicure), a prevenção exige medidas de assepsia rigorosas. E todas as demais causas de doença hepática podem ser prevenidas. Não abusar do álcool é uma medida vital e óbvia para o fígado. Excessos alimentares e sedentarismo estão na raiz das hepatites gordurosas. Dietas balanceadas e rotina de exercícios físicos são essenciais para o organismo como um todo – e para o fígado, em particular. Check-ups regulares, finalmente, podem surpreender uma hepatite bem no seu início. 


Comportamento TEXTO: CELSO ARNALDO ARAUJO FOTOS: DIVULGAÇÃO

Transtorno bipolar

8 ou 80

ertos dias, a euforia vai lá em cima. Em outros, a depressão leva ao fundo do poço. Por trás dessa gangorra de emoções pode estar um distúrbio mental que vai muito além da mera oscilação de humor que pode afetar qualquer um de nós. Nos portadores do chamado Transtorno Bipolar, que antigamente era denominado Psicose Maníaco-depressiva, esses altos e baixos podem impedir uma vida normal e exigem tratamento especializado – como explica um dos maiores especialistas do mundo em bipolaridade, o Dr. Beny Lafer, Professor Associado do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e Coordenador do Programa de Transtorno Bipolar do Instituto de Psiquiatria do HC-FMUSP. Só depois de ler esta matéria, você poderá responder a esta pergunta:

C

Conhece alguma pessoa bipolar?”

22 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012

Não chega a ser uma vida dupla, porque as circunstâncias são as mesmas – a mesma família, os mesmos amigos e colegas de trabalho. Mas, psicologicamente, é como se fosse: uma hora a euforia toma conta e leva o organismo a seu limite de excitação, num �luxo de energia que parece não ter �im e, por vezes, é francamente inconveniente. Durante esses episódios “para cima”, que os especialistas chamam de mania, perde-se a capacidade de julgamento e a autocrítica. Mas depois disso vem a depressão – um estado exatamente oposto. Hoje há várias teorias que identi�icam a causa do distúrbio. Calcula-se que 60% dos casos tenham origem genética. Mas há desencadeantes ambientais – traumas, stress, drogas – ajudando a produzir um desequilíbrio neuroquímico no cérebro. No caso da depressão, uma redução na produção de serotonina, dopamina e noradrenalina. E, nas manias, um excesso de dopamina. De qualquer forma, acredita- se que 1% da população mundial conviva com o tipo 1 da doença, considerado o mais grave – pois os episódios de mania são mais prolongados e mais graves, podendo durar semanas. Já no tipo 2 da doença, esses momentos de excitação incontida são passageiros – de 4 a 10 dias – e menos intensos. São pessoas de “pavio curto” e subsequentes episódios de isolamento, mas sem que isso afete seu desempenho cotidiano. Se a mania durar menos de quatro


dias, segundo a maioria dos especialistas, não se caracteriza um Transtorno Bipolar, mas apenas uma instabilidade de personalidade – trata-se de um sujeito “de lua”, ciclotímico, como muitos que conhecemos. Os bipolares do tipo 1, porém, ainda são um desa�io para a Psiquiatria, a começar do diagnóstico: quando a instabilidade emocional se transforma em doença e passa a exigir tratamento?

Padrão de

diagnóstico

Como explica o Dr. Beny Lafer, só no �inal da década de 70 estabeleceram-se critérios padronizados para o diagnóstico dos transtornos mentais – que até então eram descritos de maneiras diversas, dependendo da escola. O Transtorno Bipolar, ou TB na classi�icação atual, é uma doença antiga, descrita já na Antiguidade. Desde sempre existiram personagens célebres que alternavam mania e depressão, inclusive com episódios delirantes e psicóticos na fase de euforia – mas que podiam ser confundidos com outros estados mentais. Após a padronização recen-

te, o diagnóstico do TB tem critérios mais rigorosos e mais determinantes. Não basta a pessoa estar estranhamente mais “excitada” ou eufórica do que normalmente se apresenta. É preciso analisar a intensidade e a duração dos sintomas dentro de um contexto que envolve não apenas o humor, como o sono, o apetite, a libido. Mas, de modo geral, segundo o Dr. Beny, os primeiros indícios podem surgir no �inal da adolescência e, sendo a bipolaridade sua grande característica, começar por um extremo ou por outro. Nos jovens, mais de 50% dos casos começam com uma depressão. “Ele passa a se isolar, não sai com os amigos, não se alimenta bem, se torna um péssimo aluno. Pode ser um quadro clássico de depressão – mas, aos 18 anos, isso acende uma luz muito forte para o começo de um Transtorno Bipolar”. Mulheres começam mais frequentemente com um episódio de depressão. Homens, com um de mania – mas a proporção nunca passa de 60 a 40. Como é preciso esperar a ocorrência do outro polo para se caracterizar a bipolaridade, possivelmente há vários bipolares sendo tratados como depressivos por longo tempo. O Dr. Beny recomenda aos pais de um adolescente que

Como é preciso esperar a ocorrência do outro polo para se caracterizar a bipolaridade, possivelmente há vários bipolares sendo tratados como depressivos por longo tempo. 24 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO/2012

Dr. Beny Lafer, Professor Associado do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e Coordenador do Programa de Transtorno Bipolar do Instituto de Psiquiatria do HC-FMUSP

apresente esse surto depressivo: “Se o primeiro episódio for depressão, tratase a depressão e acompanha-se o �ilho. Em até dois anos, pode irromper uma mania e o diagnóstico mudar”. A mania tem um quadro exuberante: a pessoa �ica com o humor muito elevado, se torna muito mais expansiva e acelerada do que de costume, com uma autoestima muito in�lada, �ica extremamente impulsiva, fala mais rápido, inclusive certas verdades que não diria em situação normal. Também busca coisas prazerosas de forma impulsiva, gasta em excesso, apresenta desinibição extrema, até na área sexual, eventualmente acaba bebendo e usando drogas. Quando a crise é prolongada, sem tratamento, a mania gera incapacitação social e pro�issional. E o índice de suicídios é 20 vezes maior entre bipolares que no resto da população.


DA ROCHA

Empresa fundada em Ponta Grossa, estado do Paraná, em dezembro de 1996. Pesquisa as necessidades de seus clientes e suas opiniões, trazendo desenvolvimento tecnológico, produtos inovadores e funcionais, buscando um melhor custo-benefício e atendimento personalizado, com o mínimo de impacto ambiental

PRODUTOS

 Estantes em aço tipo gôndolas com ou sem iluminação  Balcões e gôndolas com rodapés basculantes  Totens, armários, balcões de atendimento  Balcões para CPU e balcões caixa tipo check-out  Containers e aramados em geral  Balcões-vitrine, balcões para psicotrópicos e controlados  Balcão caixa e balcão canto 45° com bandejas

Rua Professor Hamilton Pereira Vaz, 227 Jardim Monte Carlo - Ponta Grossa / PR Tel.: (42) 3227-1912 da.rocha@onda.com.br

Visite nosso site: www.darocha.ind.br

daRocha.indd 3

15/04/2011 15:19:41


TB mista: um desafio Em 30% dos pacientes, as duas polaridades ocorrem ao mesmo tempo: eles têm todos os sintomas da depressão e alguns da euforia ou vice-versa. O diagnóstico desses casos é muito difícil, e, quando é feito, a resposta ao tratamento não é muito alta . De qualquer forma, nos casos clássicos de TB do tipo 1, em que as manias se alternam com a depressão, a moderna ciência psiquiátrica tem um vasto arsenal terapêutico para controlar – não para curar, porque se trata de doença crônica – o transtorno e permitir que a pessoa permaneça integrada a seu meio social, familiar e profissional. No ambulatório do Programa de Transtorno Bipolar do HC de São Paulo, por exemplo, os pacientes são submetidos a um tratamento medicamentoso combinado --lítio, anticonvulsivantes e antipsicóticos, para as manias; lítio, anticonvulsivantes, antipsicotrópicos e, às vezes, antidepressivos nos episódios de depressão. A dúvida, aparentemente paradoxal, de se usar ou não

antidepressivos na fase depressiva da doença se deve ao fato de que, em alguns pacientes, eles podem produzir o efeito-rebote da euforia. O grupo do Dr. Beny na Faculdade de Medicina da USP foi um dos primeiros a comprovar os efeitos benéficos da psicoterapia em grupo para, dominada a crise de mania ou depressão, evitar recaídas entre os pacientes tratados. O risco de novos episódios é permanente, daí essa preocupação com a manutenção de

um estado mental equilibrado. “Cerca de 80% dos pacientes respondem bem à estratégia de tratamento”, diz o Dr. Beny, mas há sempre o risco de recaída, prevenido com a psicoterapia. E, reintegrados à vida normal, os bipolares seguem seu destino, que por muitas vezes é brilhante. Segundo o psiquiatra, os bipolares geralmente são pessoas inteligentes e com uma exuberância criativa – como se verá no quadro abaixo:

MANIA DE ARTISTA: A bipolaridade de alguns criadores famosos • LUDWIG VAN BEETHOVEN A vida pessoal do grande compositor alemão foi marcada pela luta contra a surdez, deficiência que não o impediu de continuar compondo peças que se tornaram fundamentais para a música ocidental. De acordo com seus biógrafos, também era depressivo e tinha períodos maníacos, o que, na definição atual, o colocaria entre os bipolares

• ERNEST HEMINGWAY O escritor americano, autor de clássicos como O Velho e o Mar, levou uma vida conturbada. Nos seus últimos anos, descobriu que tinha TB e insônia.

26 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012

• VINCENT VAN GOGH O pintor holandês, que ficou famoso não só pelas telas, mas por ter cortado um pedaço da própria orelha, é considerado o mais célebre bipolar do mundo artístico. Segundo os críticos, a instabilidade do seu humor pode ser notada também nos quadros.


N

Entrevista

TEXTO: CELSO ARNALDO ARAUJO FOTOS: DIVULGAÇÃO

O mercado vai dobrar em quatro anos os últimos cinco anos, o canal farma no Brasil tem apresentado um crescimento regular de dois dígitos – tornando-se um dos mercados mais promissores da economia mundial. E vai continuar nesse ritmo. Para Paulo Murilo de Paiva Jr., diretor de Consultoria e Serviços da IMS Health, gigante mundial no fornecimento de análises para o segmento farmacêutico, o mercado brasileiro – hoje estimado em 40 bilhões de reais, só em medicamentos, sem contar cosméticos – vai chegar aos 80 bi em 2015. Mas as farmácias que quiserem aproveitar essa onda de crescimento terão de se adaptar às necessidades do mercado, como ele explica, nesta entrevista O setor no Brasil cresce em média 12% ao ano em volume de vendas, segundo dados do IBGE. Com esse índice, o canal farma está crescendo mais que o Produto Interno Bruto (PIB) do País e mais que a média de produtos de consumo em geral. Nesse contexto, as informações levantadas pela IMS Health adquirem fundamental importância. A empresa, com sede na Filadél�ia, Estados Unidos, tem representações em 82 países. De seus 6.800 funcionários �ixos, nada menos do que dois mil atuam em consultoria. E não só as grandes indústrias podem contar com os serviços da IMS Health. “No Brasil, nossos principais clientes são a indústria farmacêutica e o grande varejo, mas empresas menores também já buscam informações nossas. Estamos nos esforçando para que esse tipo de informação chegue a qualquer nível de farmácia no Brasil”. A entrevista à Revista ABCFARMA é um instrumento para que esse conjunto de informações chegue aos pequenos empreendedores de farmácia.

Paulo Murilo de Paiva Jr., diretor de Consultoria e Serviços da IMS Health

28 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO/ 2012

Qual é a dimensão e o potencial do mercado farmacêutico brasileiro? É o segundo maior crescimento do mundo, depois da China. Vamos �icar este ano em torno de 15% e isso se manterá até 2015, quando o mercado terá dobrado de tamanho em relação aos números atuais.

É hora de abrir novas lojas, aproveitando o bom momento? Como qualquer comércio, uma nova farmácia precisa de uma detalhada prospecção de mercado. Abrir uma loja demanda estudos de viabilidade que levarão em conta a renda média e a expansão urbana da região, a segmentação etária – um dado muito importante para a farmácia veri�icar a demanda potencial das diversas categorias de medicamentos –, o nível de investimento promocional da indústria farmacêutica naquela área, através, por exemplo, da visitação aos médicos da comunidade, etc. En�im, muitos dados são necessários para se avaliar a viabilidade da farmácia, sobretudo porque o nível de competição no mercado de hoje é muito alto. E o número de itens que uma farmácia pequena precisa ter para atender sua clientela é muito próximo do nível de uma grande loja. Além disso, há todo um arcabouço legal a ser seguido na dispensação de medicamentos que vale para grandes e pequenos.

O grande concorrente da farmácia pequena são mesmo as grandes redes? Depende da região. O Brasil tem cerca de 5.900 municípios. Há farmácias de rede em apenas 400. A maior


concorrência, na verdade, é a falta de planejamento. As farmácias ainda pensam pouco, por exemplo, na reposição de estoque. Em geral, repõe-se a falta, isto é, o que acabou de ser vendido, sem atentar para a reposição da demanda, que é mais estratégica. A falta é momentânea, a demanda é permanente. Dois terços do que deve ser reposto em termos de estoque são itens para a próxima compra e não da compra passada. Esse controle é importante. E hoje é facilitado pela competência do canal de distribuição farmacêutica, que se especializou num alto nível de logística de reposição, praticamente em todo o Brasil. Eu diria aos donos de pequenas farmácias: ouça seu cliente, não só quando pede determinado produto, mas quanto às faixas de preço que ele está buscando. Aliás, produtos muito baratos trazem margem, mas às vezes não giram. Demoram tanto tempo para sair das prateleiras, por falta de prescrição ou pela própria descon�iança do cliente, que às vezes um produto mais caro, embora com menos margem, é mais lucrativo.

Como a IMS Health vê esse movimento de fusões e aquisições de redes de farmácia por grandes grupos �inanceiros?

Como todo mercado em grande expansão, é um segmento atrativo para investimentos. O investidor sempre busca rentabilidade para seu investimento e o mercado farmacêutico, com taxas de dois dígitos, é muito atraente. Pela fusão, os grupos de varejo buscam redução de custos com ampliação de mercado e redução de concorrência. Mas é preciso ressaltar que, no segmento de varejo, não se observa uma redução de concorrência forte com as fusões. Como há regras de formação de preço e formas de comercialização que alcançam todos os players do mercado, é um segmento já naturalmente muito competitivo. O nível de comoditização dos produtos farmacêuticos é muito alto: 94% das vendas no varejo são de produtos sem proteção de patente. Isso 30 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO/2012

C

omo todo mercado em grande expansão, é um segmento atrativo para investimentos. O investidor sempre busca rentabilidade para seu investimento e o mercado farmacêutico, com taxas de dois dígitos, é muito atraente

signi�ica concorrência generalizada entre produtos. Você precisa ter algumas opções da mesma molécula, não todas. Mas se não tiver um balanço de mix de preço e mix de produtos, você perde o cliente. A mesma molécula por um preço mais caro ou só a molécula mais barata talvez não atenda ao consumidor médio.

Por que o mercado brasileiro cresce tanto e com tanta consistência?

Porque se inicia uma consolidação econômica no Brasil que esta geração nunca viveu, com estabilidade de emprego e aumento de renda, o que permite às pessoas planejar seu futuro. Pelos dados da IMS Health, 15% da população brasileira é de alta renda e consome 50% do que é produzido no país. A classe média, que é de 50%, consome 15%. Mas a classe média consome 48% de todos os medicamentos. Essa nova classe média, que incorporou milhões de pessoas da classe C, é extremamente importante para o varejo farmacêutico. Por isso, as pequenas e médias redes se instalam em pequenas e médias cidades e em áreas de grandes cidades que são núcleos de classe C – o núcleo social mais disputado na área de varejo.

Quando se fala em dobrar o mercado até 2015, estamos falando apenas em medicamentos. E o setor HPC, de produtos de higiene e beleza? Cresce até mais que o farmacêutico. E há uma relação curiosa dos fabricantes desses produtos com o canal farma. Para eles, a rentabilidade no canal farma é maior que no canal alimentar, os supermercados. Por isso, algumas empresas do segmento HPC criaram estruturas especí�icas de análise e inteligência comercial e de marketing exclusivas para o canal farma. Por uma série de razões: as farmácias têm mais facilidade de acesso, oferecem alguma forma de atendimento pessoal, o que em geral não ocorre nos supermercados, e raramente têm �ilas para passar no caixa. Diante desse quadro comparativo, o cliente tem total preferência por comprar alguns itens desse segmento na farmácia, não no supermercado. Exemplo: xampus, cremes dentais, protetores solares, sem falar nos dermocosméticos, onde o canal farma tem total domínio do mercado, justamente pelo atendimento personalizado que é capaz de oferecer ao cliente.


N

o mundo, nos próximos três anos, cairão as patentes que protegem produtos responsáveis por cerca de 300 bilhões de dólares em vendas. Com a quebra de patente, às vezes o mercado daquela substância simplesmente dobra

Paulo Paiva, diretor da empresa IMS Health, na sede da ABCFARMA, onde concedeu esta entrevista

E como você vê 2012? Será mais um ano de crescimento e oportunidades. Na área dos medicamentos, destaco o potencial dos produtos que terão queda de patentes e chegarão ao mercado na forma de genéricos e similares. No mundo, nos próximos três anos, cairão as patentes que protegem produtos responsáveis por cerca de 300 bilhões de dólares em vendas. Com a quebra de patente, às vezes o mercado daquela substância simplesmente dobra.

Além do aumento da renda e da estabilidade, que outros fatores estão trazendo mais clientes ao mercado? Há o fator compliance, isto é, a adesão ao tratamento. Uma parte da população de baixa renda com doenças crônicas acaba não fazendo todo o

tratamento recomendado, por razões �inanceiras. Nessa situação, pacientes com depressão e diabetes, por exemplo, acabam reorganizando sua posologia, de modo a poder adaptá-la à sua renda: tomam o remédio dia sim, dia não, tomam apenas meio comprimido, etc. Com isso, o tratamento é esticado. Quando o cliente encontra nas farmácias produtos equivalentes mais baratos ou sua renda aumenta, o paciente acaba aderindo integralmente ao tratamento. O paciente virtual passa a ser habitual. Isso pode ser observado com o sucesso das farmácias populares por todo o Brasil.

Como a farmácia deve se preparar para participar desse crescimento?

Principalmente tendo em vista que o mercado vai crescer não apenas

�inanceiramente, mas em volume, em unidades. Diante desse quadro, que planejamento a farmácia está fazendo para armazenamento de mais produtos? Se estamos falando de um mercado que vai dobrar em quatro anos em valor, ele mais do que dobrará em volume. O preço médio está diminuindo. O número de unidades vendidas aumenta. Se hoje todo mundo está trabalhando no limite de sua capacidade de estoque, mais prateleiras e mais pessoas serão necessárias para atender à demanda. O proprietário de uma pequena farmácia tem de ser criativo, ou contratar uma assessoria pro�issional, para maximizar seu espaço, mantendo a circulação agradável e funcional dentro do estabelecimento. Se o corredor for tão estreito que impeça a pessoa de se abaixar para ver um produto colocado em nível inferior, você perde vendas. Otimizar espaços também signi�ica melhorar a exposição de produtos, levando em conta a altura média do brasileiro, em torno de 1m68. Nada exposto em nível muito alto ou muito baixo tende a vender bem. A dinamização do espaço é fundamental para que ele seja vendedor.  REVISTA ABCFARMA | JANEIRO/2012 | 31


Mais acessível aos pacientes parkinsonianos Prolopa HBS levodopa + cloridrato de benserazida

Prolopa Dispersível levodopa + cloridrato de benserazida

Prolopa® ROCHE (levodopa + cloridrato de benserazida) - Forma Farmacêutica e Apresentação: Prolopa® 250 - caixa com 30 comprimidos birranhurados. Prolopa® 125 HBS* - caixa com 30 cápsulas. Prolopa® 125 dispersível – caixa com 30 comprimidos dispersíveis. USO ADULTO: Composição: levodopa + cloridrato de benserazida. Indicações: Prolopa® é indicado para o tratamento de pacientes com Doença de Parkinson. Prolopa® HBS é indicado para pacientes parkinsonianos que apresentam flutuações na resposta ao tratamento. Prolopa® dispersível é indicado para pacientes com disfagia ou que necessitem uma forma farmacêutica com início de ação mais rápido. Contra-indicações: Hipersensibilidade conhecida à levodopa, à benserazida ou a qualquer componente da fórmula; função hepática, renal ou endócrina descompensada, distúrbios cardíacos, distúrbios psiquiátricos com componente psicótico ou glaucoma de ângulo fechado; menores de 25 anos; grávidas ou com possibilidade de engravidar na ausência de método anticoncepcional adequado; não deve ser associados a inibidores da monoaminoxidase (IMAOs) não-seletivos; A combinação de inibidores da MAO-A e MAO-B é equivalente a IMAOs não-seletivos e, portanto, não deve ser administrada concomitantemente. Precauções e Advertências: Reações de hipersensibilidade podem ocorrer em indivíduos predipostos. No glaucoma de ângulo aberto, medir regularmente a pressão intraocular; em pacientes tratados com levodopa pode ocorrer depressão, mas esta também pode ser um efeito da doença de Parkinson. Recomenda-se controle hematológico e de função hepática durante o tratamento. Em pacientes diabéticos, monitorar a glicemia e doses de hipoglicemiante. Sempre que possível, descontinuar gradualmente o tratamento de 12 a 48 horas antes de intervenção cirúrgica que requeira anestesia geral com halotano (podem ocorrer flutuações da pressão arterial e/ou arritmias). Interrupção abrupta pode produzir quadro semelhante a síndrome neuroléptica maligna, que pode ser fatal. A levodopa pode alterar os resultados de dosagens laboratoriais de catecolaminas, creatinina, ácido úrico e glicose. Além disto, o teste de Coombs pode ser falso positivo. Interações: antiácidos reduzem a extensão de absorção de levodopa em 32%. Sulfato ferroso reduz a concentração plasmática máxima e a área sob a curva de levodopa em 30 a 50%. A metoclopramida aumenta a velocidade de absorção de levodopa. Neurolépticos, opióides e medicamentos anti-hipertensivos contendo reserpina inibem a ação de Prolopa®. Aguardar um intervalo mínimo de 2 semanas entre a interrupção de um IMAO não-seletivo e o início do tratamento com levodopa. Não administrar concomitantemente com simpatomiméticos (como epinefrina, norepinefrina, isoproterenol ou anfetamina). Na associação com outros produtos antiparkinsonianos (anticolinérgicos, amantadina, agonistas dopaminérgicos e inibidor da COMT) pode ser necessária redução da

Contra-indicações: hipersensibilidade conhecida à levodopa ou à benserazida. A administração concomitante de antiácidos reduz a extensão da absorção de levodopa em 32%. 5788_Anúncio_Prolopa_Rev_Kairos16.indd 2

18/10/11 10:02


Prolopa® HBS e Prolopa® Dispersível levodopa + cloridrato de benserazida

levodopa + cloridrato de benserazida

fazem parte do Programa:

“Aqui Tem 1 Farmácia Popular”

dose de levodopa ou do outro antiparkinsoniano. A associação do anticolinérgico trihexifenidil reduz a taxa da absorção de levodopa (exceto com Prolopa® HBS) . Anticolinérgicos não devem ser retirados abruptamente quando se iniciar tratamento. Observa-se redução do efeito se ingerido com uma refeição rica em proteínas. Reações Adversas: Anorexia, náusea, vômitos e diarréia, reações alérgicas cutâneas, arritmias cardíacas, hipotensão ortostática, angina pectoris, constipação, perda de peso, falta de ar, anemia hemolítica, leucopenia transitória, trombocitopenia. Movimentos involuntários (coreiformes ou atetóides). Flutuações da resposta terapêutica, episódios de acinesia, deterioração de final da dose e efeito “onoff”. Agitação, ansiedade, insônia, alucinações, delírios, desorientação temporal, depressão. Aumento transitório de transaminases e fosfatase alcalina. Aumento de glutamiltransferase e úreia foi ralatado. Posologia: Iniciar gradualmente; a dose é estabelecida individualmente e aumentada gradativamente até otimização do efeito. Tratamento inicial : iniciar com ¼ de Prolopa® comprimido 250 (62,5 mg), três a quatro vezes ao dia. Aumentar lentamente, de acordo com a resposta do paciente. A otimização do efeito em geral é obtida com uma dose diária de 300 a 800 mg de levodopa + 75-200 mg de benserazida, dividida em 3 ou mais administrações; efeito ideal em 4 a 6 semanas. Tratamento de manutenção: dose média de 1/2 comprimido (125 mg) de Prolopa® 250, 3 a 6 vezes ao dia. Prolopa® 250 pode ser substituído por Prolopa® HBS ou Prolopa® dispersível, para otimização do efeito. Em razão das propriedades farmacocinéticas de Prolopa® HBS, o início de ação é retardado. O efeito clínico pode ser obtido mais rapidamente, associando-se a forma convencional, Prolopa® 250, ao Prolopa® HBS. Realizar o ajuste posológico de Prolopa® HBS lenta e cuidadosamente, com intervalos mínimos de 2 a 3 dias entre os incrementos. Na acinesia noturna, a última dose noturna pode ser aumentada a até 250 mg de Prolopa® HBS, ingeridos ao deitar. Resposta excessiva ao Prolopa® HBS (discinesia) pode ser controlada com o aumento do intervalo entre as doses. As cápsulas de Prolopa® HBS devem ser deglutidas inteiras, sem mastigar. Os comprimidos dispersíveis de Prolopa® devem ser dissolvidos em água, em volume de 25-50 ml; agitar a solução antes de tomá-la e ingerir até ½ hora após serem dissolvidos. Via de administração: Oral. Venda sob prescrição médica. A persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado. Prolopa® é um medicamento. Durante seu uso, não dirija veículos ou opere máquinas, pois sua agilidade e atenção podem estar prejudicadas. Informações adicionais disponíveis à classe médica mediante solicitação a Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. - Av. Engenheiro Billings, 1729 - Jaguaré - CEP 05321-900 - São Paulo - SP - Brasil. Registro MS – 1.0100. 0064. PRODUTOS ROCHE QUÍMICOS E FARMACÊUTICOS S.A. MC 248.11. Jan/2010.

Referências bibliográficas: 1. Portaria No- 184, de 3 de fevereiro de 2011, DOU Nº 25, 4 de fevereiro de 2011

5788_Anúncio_Prolopa_Rev_Kairos16.indd 3

18/10/11 10:02


Gestão de Negócios TEXTO: AMÉRICO JOSÉ DA SILVA FILHO FOTOS: DIVULGAÇÃO

PEDRA NO CAMINHO Conta-se a lenda de um rei que viveu num distante país há muitos anos. Ele era muito sábio e não poupava esforços para ensinar bons hábitos a seu povo. Frequentemente fazia coisas que pareciam estranhas e inúteis, mas tudo era para ensinar o povo a ser trabalhador e cauteloso. Dizia ele que nada de bom pode vir a uma nação cujo povo reclama e espera que outros resolvam seus problemas. Deus dá as coisas boas da vida a quem lida com os problemas por conta própria. Uma noite, enquanto todos dormiam, ele pôs uma enorme pedra na estrada que passava pelo palácio. Então, foi se esconder atrás de uma cerca e esperou para ver o que acontecia.

34 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012

Primeiro, veio um fazendeiro com uma carroça carregada de sementes para moagem na usina. – Quem já viu tamanho descuido? disse ele, contrariadamente, enquanto desviava sua parelha e contornava a pedra. – Por que esses preguiçosos não mandam retirar essa pedra da estrada? E continuou reclamando da inutilidade dos outros, mas sem ao menos tocar, ele próprio, na pedra.

Logo depois, um jovem soldado veio cantando pela estrada. A longa pluma do seu quepe ondulava na brisa e uma espada reluzente pendia à sua cintura. Ele pensava na maravilhosa coragem que mostraria na guerra.

Américo José da Silva Filho Atco Treinamento e Consultoria E-mail: americo@atcotc.com.br www.atcotc.com.br


O soldado não viu a pedra, mas tropeçou nela e se estatelou no chão poeirento. Ergueu-se, sacudiu a poeira da roupa, pegou a espada e enfureceuse com os preguiçosos que insensatamente haviam largado uma pedra imensa na estrada. Então, ele também se afastou, sem pensar uma única vez que ele próprio poderia retirar a pedra. Assim correu o dia. Todos que por ali passavam reclamavam e resmungavam por causa da pedra colocada na estrada, mas ninguém a tocava. Finalmente, ao cair da noite, a �ilha do moleiro por lá passou. Era muito trabalhadora, e estava cansada, pois desde cedo andava ocupada no moinho. Ao ver a pedra, disse a si mesma: – Já está quase escurecendo, alguém pode tropeçar nesta pedra à noite e se ferir gravemente. Vou tirá-la do caminho. E tentou arrastar dali a pedra. Era muito pesada, mas a moça empurrou, e empurrou, e puxou, e inclinou, até que conseguiu retirá-la do lugar. Para sua surpresa, encontrou uma caixa debaixo da pedra. Ergueu a caixa. Era pesada, pois estava cheia de alguma coisa. Na tampa, os seguintes dizeres: “Esta caixa pertence a quem retirar a pedra”. Ela abriu a caixa e descobriu que estava cheia de ouro. A �ilha do moleiro foi para casa com o coração feliz. Quando o fazendeiro e o soldado e todos os outros ouviram o que havia ocorrido, juntaramse em torno do local na estrada onde a pedra estava. Revolveram o pó da estrada com os pés, na esperança de encontrar um pedaço de ouro. – Meus amigos - disse o rei - com frequência encontramos obstáculos e fardos no caminho. Podemos reclamar em alto e bom som enquanto nos desviamos deles se assim preferirmos, ou podemos erguê-los e descobrir o que eles signi�icam. A decepção é normalmente o preço da preguiça. Então o sábio rei montou em seu cavalo e com um delicado boa noite retirou-se.

Meus amigos, escolhi esta fábula como tema de início de ano pois ela permite que façamos uma reflexão sobre nossas ações passadas, os resultados alcançados e também deixa uma lição importante para o futuro. Todos que passaram pela pedra sentiram-se incomodados e reclamaram mas nada fizeram para tirá-la do caminho, com exceção da filha do moleiro. Esta, mesmo cansada após um dia de trabalho, pensou no perigo que a pedra representava para outras pessoas, esforçou-se para tirá-la do local e, por isso, foi recompensada com o tesouro que o rei havia deixado sob ela.

Com este pensamento, proponho uma autoavaliação sobre o que aconteceu em nossas vidas e em nossos negócios no ano que terminou: 1. Os planos traçados para 2011 foram realizados? 2. Como os desafios deste ano foram enfrentados: com reclamações ou com ações? 3. Foram aproveitadas todas as novas oportunidades que o mercado ofereceu? 4. O que fizemos de contribuição para o bem de outras pessoas? 5. O que fizemos para melhorar nossa qualidade de vida? 6. O que foi realizado para melhorar a percepção que os clientes têm da farmácia? 7. Como cuidamos dos nossos tesouros (família, amigos, bens materiais, etc.)? 8. Qual personagem do conto melhor representa nossas atitudes em 2011? 9. O que deixamos para o “próximo ano”? 10. De tudo que fizemos, o que gostaríamos que fazer diferente em 2012? Com certeza, sempre há algo que gostaríamos de fazer de outra maneira, se tivéssemos a oportunidade. Pois o início de um novo ano é um momento de ponderarmos sobre isso e começarmos a agir de maneira diferente. Mas pouco adianta traçar planos se não houver mudanças no próprio comportamento. É muito comum as pessoas pensarem em mudanças que sempre ficam para “a partir de segunda feira”, “no mês que vem” ou “no inicio do ano”. Por que esperar? A jovem do nosso conto não esperou pela manhã seguinte para retirar a pedra. Se tivesse feito isso, talvez outra pessoa encontraria o tesouro antes dela. Ela agiu no momento que era necessário, mesmo sem saber que ali estava escondida uma grande riqueza. Ela fez porque achou que isso era o correto.

“A maneira como você encara a vida é que faz a diferença. A vida muda quando você muda.” (Luiz Fernando Veríssimo) 2012 de muitas mudanças e tesouros para todos! REVISTA ABCFARMA | JANEIRO/2012 | 35


Economia TEXTO: GERALDO MONTEIRO

Planejamento tributário para 2012 Lucro presumido, Lucro real ou Simples Nacional

Algumas vantagens e desvantagens

Geraldo Monteiro é Mestre em

Administração pela Fecap e assessor econômico da ABCFARMA

36 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012

A carga tributária representa um dos principais custos das empresas no Brasil. A quantidade de tributos, as frequentes alterações e a complexidade da legislação formam um emaranhado tributário que reforça a necessidade de um atento e criterioso planejamento tributário, que de�inimos como um conjunto de sistemas legais que visam diminuir o pagamento de tributos. No meio desse emaranhado, muitas empresas acabam pagando impostos que não são devidos. É preciso de�inir uma estratégia precisa, optando por alternativas mais conservadoras ou agressivas. Por isso, é fundamental manter-se atualizado sobre as frequentes mudanças na legislação e os re�lexos no seu negócio. A aproximação do �inal do ano traz à tona uma preocupação primordial para a sobrevivência das empresas: o planejamento tributário. Por meio dele, todos os passos a serem dados durante o ano vindouro devem ser esquematizados e combinados com a legislação. Isso se torna ainda mais essencial se considerarmos o atual cená-

rio brasileiro,, onde o planejamento é imprescindível para obter sucesso ou simplesmente sobreviver. Empresas com um moderno modelo de gestão costumam investir na gestão tributária, pois a redução de custos resultante de um planejamento tributário bem elaborado costuma ser considerável, sem contar a redução de riscos relacionada a possíveis autuações �iscais. É importante esclarecer que o planejamento tributário passa longe da sonegação �iscal, pois propõe atitudes que reduzirão o valor dos tributos devidos, sem, contudo, sonegar ou fraudar o �isco. Na verdade, tudo é feito em conformidade com a legislação e aqui encontramos mais um motivo para investir nesse assunto: a legislação tributária é demasiadamente complexa, o que ocasiona a necessidade de auxílio de consultores especializados, para se cumprir com todas as obrigações tributárias exigidas pelo �isco de maneira correta, sem comprometer o controle de custos.


Brasil, Janeiro de 2012

COMUNICADO IMPORTANTE A TEVA Farmacêutica Ltda., empresa global com mais de 100 anos de existência, atuando em mais de 50 países nos principais mercados mundiais através de seus produtos e subsidiárias, há 6 anos atuando no mercado farmacêutico brasileiro com produtos para as linhas de Neurociência e Oncologia, tem a satisfação de informar que através de uma recente negociação junto a Merck Serono passará a comercializar e divulgar produtos voltados a Saúde da Mulher com as marcas Colpotrofine®, Estreva® e Lutenil®. Com esta ação a TEVA Farmacêutica fortalece sua presença no Brasil e seu plano de atuar nos principais mercados farmacêuticos com produtos de qualidade reconhecida mundialmente, oferecendo benefícios importantes para a população brasileira. Esta ação mostra o compromisso da TEVA no crescimento do país através da geração de empregos com a formação de uma nova equipe voltada principalmente para atuar junto ao mercado varejista brasileiro. Globalmente a empresa investe em Pesquisa e Desenvolvimento oferecendo produtos de referência e genéricos nas principais indicações onde atua. Aproveitamos a oportunidade para reforçar o compromisso em tê-lo como nosso parceiro oferecendo produtos de alta tecnologia a seus clientes e investindo no país, contribuindo para seu crescimento. Um Forte Abraço,

Nicolás Lódola Gerente Geral

Teva Farmacêutica Ltda. Rua James Joule, nº 92, 15º andar, São Paulo, SP, Brasil, 04576-080 +55 11 5105 5750 | www.tevabrasil.com.br


Lucro Real

Se considerarmos que cada obrigação acessória a ser preenchida e entregue ao �isco também tem um custo para a empresa, igualmente é possível trabalhar com a diminuição de custos escolhendo o regime de tributação que tenha menos encargos para o contribuinte. Neste �im de ano, além de realizar simulações e estudos a �im de escolher o melhor regime de tributação para 2012, também é importante rever os procedimentos internos envolvidos no cumprimento das obrigações tributárias.

SIMPLES Nacional (Supersimples)

A Lei Complementar nº. 123/2006 instituiu o Regime Simpli�icado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte – o Simples Nacional, destinado às empresas com receita bruta anual de até R$ 2.400.000,00. (faturamento de R$ 200.000,00 reais mensais) Dependendo da atividade da empresa, esse regime é economicamente mais bené�ico que os demais. Além dessa questão econômica, há que se considerar a di�iculdade no que se refere à compreensão da legislação. Como a legislação é repleta de detalhes, torna-se complicado entender como funciona o regime, principalmente para as farmácias e drogarias. Nesse sentido, o Simples pode ser ideal.

Lucro presumido

O Lucro Presumido é regime de tributação onde a base de cálculo é obtida por meio de aplicação de percentual de�inido em lei, sobre a receita bruta. Como o próprio nome diz, trata-se de presunção de lucro. Em princípio, todas as pessoas jurídicas podem optar pelo Lucro Presumido, salvo aquelas obrigadas à apuração do Lucro Real. Contudo, para veri�icar se esse é o regime mais bené�ico para a empresa, é necessário realizar simulações, pois caso a empresa tenha valores consideráveis de despesas dedutíveis para o IRPJ, é muito provável que o Lucro Real seja mais econômico. Trataremos do mesmo em seguida.

Por �im, o Lucro Real. Para veri�icar se é bené�ica a tributação por esse regime, é necessário apurar o resultado contábil, ou seja, é obrigatório manter escrituração contábil nos moldes da legislação comercial. Depois de apurado o lucro contábil, devem ser procedidos os ajustes: adições e exclusões previstas em lei. Essas adições constituem despesas que o �isco não aceita para �ins de apuração do IRPJ e da CSLL. E é nesse ponto que nossas atenções devem ser redobradas, pois nem tudo aquilo que resulta em diminuição do patrimônio da empresa é aceito para diminuir a base de cálculo tributável. Outra questão importante, ainda tratando do Lucro Real, refere-se à Contribuição para o PIS/PASEP, e à COFINS. A escolha entre presumido e real deve levar em conta essas contribuições, pois no presumido o regime é cumulativo (alíquotas de 0,65% para o PIS, e 3% para a COFINS direto sobre a receita bruta), enquanto que no lucro real o regime é não-cumulativo, onde as alíquotas são bem mais altas (1,65% para PIS e 7,6% para a COFINS), mas há direito a deduções do valor a pagar por meio de créditos previstos na legislação. Cada empresa deve considerar suas particularidades, meios de operação e tipos de atividade que desenvolve, para conseguir vislumbrar a forma mais econômica de tributação para 2012 -- lembrando que, uma vez formalizada a opção perante a Receita Federal, esta é irretratável durante todo o ano-calendário de 2012. 

Desejo a todos um Feliz Natal e que o ano de 2012 venha com altos índices de prosperidade, elevado grau de otimismo e uma alta carga de sucesso.

Geraldo Monteiro

38 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012


Gerenciamento TEXTO: CELSO ARNALDO FOTOS: DIVULGAÇÃO

omo saber se 2012 será realmente um ano de progresso para a sua farmácia?

Se o conhecimento adquirido estará realmente produzindo os seus efeitos, melhorando o desempenho do seu estabelecimento? Nosso consultor especializado no canal farma, Gilson Coelho, inicia este novo ano presenteando os leitores de ABCFARMA com uma ferramenta cujo conhecimento e aplicação serão imprescindíveis para a aferição do progresso do seu negócio.

DRE

Gilson Coelho atua especialmente

no Canal Farma. É consultor corporativo, palestrante e especialista em Gestão do Conhecimento nas empresas. Mais informações, consulte o site

www.gilsoncoelho.com.br

DEMONSTRATIVO DE RESULTADO Por que o domínio deste tema é tão importante para os proprietários das nossas farmácias? A aferição do resultado pelo menos uma vez por mês, fazendo as devidas correções de rumo, sempre na direção de uma farmácia mais lucrativa, é uma das tarefas mais importantes na rotina de uma farmácia. Muito mais que simplesmente aferir o resultado, precisamos ganhar habilidade em melhorar continuamente os números, estabelecer metas, trabalhar nas causas que nos permitem alcançar novos objetivos. A�inal, não existe vento a favor para quem não sabe aonde quer chegar. O demonstrativo de resultado será uma espécie de bússola, que irá nos orientar se estamos

40 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012

ou não no caminho certo. Mas, como em toda trajetória, precisamos primeiramente saber onde estamos, para então sabermos para onde vamos. É necessário de�inir o ponto de partida. O começo do ano é um momento maravilhoso para

a farmácia iniciar uma série de observações mensais, baseadas em indicadores de desempenho. Trata-se de um ótimo momento para começar uma gestão que classi�ico como baseada em dados e fatos, aumentando o pro�issionalismo no processo de gestão da farmácia.

Mas, como em toda trajetória, precisamos primeiramente saber onde estamos, para então sabermos para onde vamos


Quais são os grandes indicadores que compõem o DRE da farmácia? De acordo com a figura a seguir, são três os principais indicadores sobre os quais a farmácia necessita ganhar habilidade no processo de gestão: 1. Despesas 2. CMV (custo da mercadoria vendida): é a parcela que a loja gasta com fornecedores. 3. Faturamento: é o faturamento líquido, deduzido os descontos Estas são as três grandes contas que precisarão ser trabalhadas. O Lucro Bruto e Resultado Líquido são consequências. Mas deve-se eleger o resultado líquido como o grande medidor de desempenho da farmácia. A seguir, demonstramos duas formas de apresentação que nos auxiliam numa maior compreensão do Demonstrativo de Resultado. Os números são meramente ilustrativos.

Popularmente, eu diria que o proprietário só pode cortar as gorduras, nada de carne, muito menos o osso, sob pena de comprometer seriamente a funcionalidade da sua farmácia Na hipótese de um resultado líquido negativo, qual seria a prioridade? Começar reduzindo as despesas, o CMV ou aumentando o faturamento? Numa farmácia independente, onde o proprietário tem condições de visualizar todos os detalhes da operação, a alternativa de trabalhar a despesa é talvez a mais simples mas, reconhecidamente, a menos e�icaz para melhorar resultado. Existe limite na redução das despesas, já que a maioria é �ixa, com a loja necessitando de uma quantidade mínima de recursos para poder operar. Popularmente, eu diria que o proprietário só pode cortar as gorduras, nada de carne, muito menos o osso, sob pena de comprometer seria-

mente a funcionalidade da sua farmácia. Para citar um exemplo, alguns proprietários preferem reduzir o número de atendentes ao público, o que acaba gerando longas �ilas, piorando o desempenho do atendimento e do próprio faturamento, justamente um dos itens que ele mais necessita incrementar. Medidas desse tipo também afetam o moral dos funcionários, nestes tempos em que deveríamos preservá-los em vez de dispensá-los.

Entre aumentar o faturamento e trabalhar o CMV, qual é a prioridade?

Na prática, o proprietário vai trabalhando simultaneamente as duas coisas mas, pela lógica, ele deveria primeiro tentar reduzir o CMV, sem a

menor dúvida! Só depois a loja deve se ocupar das ações para aumentar o faturamento. Um CVM alto em geral signi�ica que o volume das vendas pode estar contaminado por produtos com rentabilidade baixa. Nessas circunstâncias, além da loja já estar operando com margem insu�iciente, ela �ica também impossibilitada de oferecer certos descontos, o que acaba contribuindo para aumentar a imagem de careiro junto aos clientes. Quando este é o contexto, �ica di�ícil aumentar o faturamento, já que as condições não são favoráveis. Por outro lado, se a farmácia trabalhar na redução do CVM, aumentando a participação de produtos mais rentáveis, aumentará também sua margem de descontos. Com fama de barateira, a farmácia consegue navegar com mais naturalidade na busca de um faturamento mais robusto. A rentabilidade maior também permitirá fazer mais ações promocionais na perfumaria, com alguns preços mais atrativos, fazendo aumentar o �luxo de clientes no ambiente da farmácia.

As negociações com fornecedores contribuem para a queda do CVM?

Sim, mas infelizmente isso não ocorre com todas as categorias de produtos. Vale lembrar que a loja faz a reposição daquilo que está vendendo no dia a dia. O mercado já tem consciência de que é mais fácil negociar com genéricos, similares e perfumaria do que com medicamentos de prescrição.

Depois de trabalhado o CVM, você então recomenda o incremento do faturamento. É simples assim? A loja vende mais quando quer?

Não é tão simples mas também não podemos aceitar a ideia de que nada pode ser feito sobre o aumento do faturamento. O conceito de loja próativa está relacionado a circunstâncias onde a loja traça seus planos, estabelece objetivos e trabalha no sentido de alcancá-los. O destino da farmácia pode e deve ser estabelecido pelo proprietário, melhor ainda se em conjunto com seus funcionários, estabelecendo

REVISTA ABCFARMA | JANEIRO/2012 | 41


metas, trabalhando em planos de ação para atingir as metas, vibrando com todas as conquistas, aperfeiçoando o que não deu certo, e assim por diante. O demonstrativo de resultado será sempre a grande ferramenta de aferição, apontando se o conjunto das ações está ou não melhorando o desempenho da farmácia. É o placar do jogo, como enfatizamos em matérias anteriores. Observe que a loja vai traçando seu destino e progredindo, não só via aumento do faturamento mas em todos os fundamentos. Vale registrar que o aumento do faturamento é um sinal de que nossa proposta está produzindo efeitos junto aos clientes. Melhor ainda quando este aumento é feito com rentabilidade. O que não pode acontecer é a loja �icar parada, só torcendo pra que não chova, reclamando dos concorrentes, ou coisas do gênero.

É importante o proprietário conhecer o ponto de equilíbrio da sua farmácia? Você poderia explicar este tema?

É muito importante! O ponto de equilíbrio é o volume de faturamento mínimo su�iciente para cobrir todas as saídas – despesas, custo de mercadoria, impostos. É pelo DRE que identi�icamos se a loja está ou não no ponto de equilíbrio. Considero muito importante conhecê-lo pois o negativo leva a loja a acumular prejuízo, reduzindo o patrimônio tão suado dos empreendedores justamente nesse período inicial, sabidamente tão crítico. O mais grave é que em muitos casos a loja opera no negativo e o proprietário não sabe, simplesmente porque não tem conhecimento e hábito de aferir com a ferramenta do demonstrativo de resultado. Desta forma, a loja está rumando para a catástrofe, as pessoas estão consumindo os seus dias, seus sonhos, em tarefas que não lograrão êxito e tudo isso é muito lamentável. A loja padece por falta de conhecimento. No meu site www.gilsoncoelho.com.br, na seção de downloads, existe uma planilha chamada Ponto de Equilíbrio que pode ser baixada na máquina do proprietário da farmácia. 42 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO/2012

É pelo DRE que identificamos se a loja está ou não no ponto de equilíbrio

Ele coloca o volume das despesas e do CVM e a planilha revela o ponto de equilíbrio. Em seguida, coloca o volume das vendas e a planilha revela se a loja está dando lucro ou prejuízo. Me emociono quando faço esta demonstração, partindo de um resultado líquido negativo – por exemplo, de R$ 500,00 por mês, acumulado de R$ 6.000,00 no ano. Começamos então a simulação, fazendo ações muito simples, reduzindo um pouquinho as despesas, trabalhando melhor o mix de produtos, reduzindo o CMV e o resultado aos poucos vai se transformando e melhorando. Quando incrementamos um pouco o faturamento, e com fama de barateiro é mais fácil, veri�icamos que mesmo uma loja pequena, que fature 35 mil reais, consegue um resultado surpreendente. Esta planilha é um presente para quem busca conhecimento para melhorar o desempenho da sua farmácia.

Usando o DRE como ferramenta, qual é a diferença entre medir e monitorar?

Digamos que o proprietário faça o demonstrativo de resultado da sua farmácia no mês de janeiro e chegue a um determinado resultado. Esta é uma amostragem, é como se fosse uma foto! Ela é o ponto de partida, mas o mais

importante será veri�icar o comportamento de cada item do DRE ao longo do ano. Melhor ainda quando cada indicador é colocado na forma de grá�ico. Isso facilita a visualização, nos permite ver tendências. O monitoramento é como se fossem fotos sequenciadas ao longo do tempo. É como um �ilme que vai sendo revelado a cada mês só que o proprietário da farmácia não é simplesmente um observador passivo. A meta estabelecida é o �inal desejado e ele vai constantemente agindo e reagindo a tudo o que observa, sempre se dirigindo no sentido da meta ou algo melhor que ela. Se estiver muito fácil, estabelece nova meta, mais ousada. O conceito de monitoramento é absolutamente essencial nestes tempos de mercado muito competitivo, com concorrentes de peso tentando a todo momento conquistar espaço que pode ser justamente o nosso. Nós não controlamos o barco dos concorrentes, mas devemos nos aprimorar e controlar cada vez mais o nosso. Me agrada muito a ideia de que somos senhores dos nossos destinos, que navegamos na direção e sentido do nosso propósito. Este é um tema que me emociona.

Portanto seja leme do seu próprio barco! 


Atualidades Verilax, contra a constipação

Indicado em casos de constipação ocasional, Verilax, da Airela, é apresentado em cartucho contendo blíster de alumínio plástico incolor com 45 cápsulas gelatinosas duras. Registro M.S.: 1.4493.0048.010-9 (15 cápsulas) / M.S. 1.4493.0048.001-1 (45 cápsulas) Registro M.S.: 1.4493.0048.012-5 (120 cápsulas) / M.S. 1.4493.0048.012-5 (envoltório com 4 cápsulas) Contraindicações: pacientes com obstrução, inflamações agudas intestinais, como Doença de Crohn e colite ulcerosa, dor abdominal de origem desconhecida, constipação crônica. Não deve ser utilizado por mais de uma semana, salvo sob orientação médica SAC: 0800 646 2010 AO PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO

Photoprot FPS 100 Color, alta proteção A Biolab Farmacêutica está lançando Photoprot FPS 100 Color Claro e Photoprot FPS 100 Color Escuro, ambos da linha de fotoprotetores desenvolvidos com nanotecnologia pela empresa em parceria com a Universidade do Rio Grande do Sul (UFRGS) em 2009. Os dois novos itens da família Photoprot são indicados para todos os tipos de pele, têm efeito de base de maquiagem e podem ser aplicados diariamente em diversas tonalidades de pele. Photoprot foi o primeiro fotoprotetor com FPS 100. Registro MS Photoprot Color Escuro: 2.2763.0079 Registro MS Photoprot Claro: 2.2763.0080 SAC: 0800 724 6522

Mesalazina, anti-inflamatório Indicado como anti-in�lamatório para reduzir as reações in�lamatórias que acometem a mucosa do cólon e do reto, nas fases agudas da retocolite ulcerativa idiopática, Mesalazina, da Neo Química, é também utilizado para prevenir ou reduzir as recidivas dessa enfermidade e nas fases agudas da doença de Crohn.

Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999 Registro M.S.: 1.7287.0418 (400mg) Registro M.S.: 1.7287.0412 (800mg) Contraindicações: pacientes com reconhecida hipersensibilidade aos salicilatos ou a qualquer um dos excipientes SAC: 0800 9799900 AO PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO

Diclofan Gel

O Laboratório Sobral acaba de relançar dois medicamentos já consagrados por sua e�iciência, com embalagens mais atrativas e lay-out moderno. Diclofan Gel é indicado no tratamento de artrite, tendinite, contusões, dores musculares, reduzindo a in�lamação e o inchaço que afetam juntas e músculos. Registro MS: 1.0963.0062.001-2 Contraindicações: pacientes com alergia a diclofenaco e outros componentes da formula. SAC: 0800 – 9795040 AO PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO

Atorvastatina Cálcica e Lipthal

Fruto da parceria entre Teuto e P�izer, Atorvastatina Cálcica genérica e Lipthal, medicamento similar, chegam em nova apresentação pelo Laboratório Teuto. Ambos têm a atorvastatina cálcica como princípio ativo e são indicados como adjunto à dieta para pacientes com níveis elevados de colesterol total, LDL-colesterol, apolipoproteína B e triglicérides, para aumentar os níveis de HDL-colesterol em pacientes com hipercolesterolemia primária e hiperlipidemia combinada (mista)e para pacientes com disbetalipoproteinemia que não respondem de forma adequada à dieta.

Reg. M.S.: 1.0370.0562.004-4 (Atorvastatina Cpr. C/ 60) Reg. M.S.: 1.0370.0562.011-7 (20mg c/ 60) Reg. M.S.: 1.0370.0559.004-8 (Lipthal Cpr. 10mg c/ 60) Reg. M.S.: 1.0370.0559.011-0 (20mg c/ 60) Contraindicação: A atorvastatina cálcica é contraindicada a pacientes que apresentam hipersensibilidade a qualquer componente da fórmula; doença hepática ativa ou elevações persistentes inesperadas das transaminases séricas, excedendo em 3 vezes o limite superior da normalidade; durante a gravidez ou lactação ou a mulheres em idade fértil que não estejam utilizando medidas contraceptivas eficazes. A atorvastatina deve ser administrada a adolescentes e mulheres em idade fértil somente quando a gravidez se verificar altamente improvável e desde que estas pacientes tenham sido informadas dos potenciais riscos ao feto.” SAC: 0800 621 800 AO PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012 | 43


Mercado TEXTO: JORNALISTA JORNALISTA FOTOS: DIVULGAÇÃO

E R V I L

Produtos MIP

Sem prescrição,

COM CREDIBILIDADE

ABIMIP, Associação Brasileira da Indústria de Medicamentos Isentos de Prescrição, entidade que hoje congrega os 26 principais fabricantes de origem nacional e internacional de medicamentos isentos de prescrição médica, conhecidos internacionalmente como OTC (Over-the-Counter), contabiliza um crescimento em consonância com a do mercado farmacêutico, que tem sido de 15 a 16% ao ano. “Um dos maiores do mundo”, comemora o Dr. Aurélio Saez, diretor de Relações Institucionais da Abimip, em entrevista à Revista ABCFARMA Os Medicamentos Isentos de Prescrição, os MIPs, são os medicamentos aprovados pelas autoridades sanitárias para tratar sintomas e males menores, disponíveis sem a prescrição ou receita médica, devido à sua segurança e eficácia, quando consumidos segundo as instruções – respondem hoje por 30% do mercado, em volume de faturamento. Mas a ABIMIP ainda se esforça para esclarecer algumas

44 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012

Dr. Aurélio Villaforte Saez, diretor de Relações Institucionais da ABIMIP

dúvidas relacionadas a esse tipo de medicamento. Uma delas é que o uso de produtos MIPs ainda possa a ter a conotação de automedicação junto ao público. “A ABIMIP é contra a prática da autoprescrição”, resume Saez, condenando a prática de se utilizar medicamentos com tarja, ou seja, medicamentos que exigem prescrição, sem a orientação de um médico. É o próprio Ministério da Saúde que deter-

mina quais medicamentos devem ter uma faixa (vermelha ou preta) em sua embalagem, o que signi�ica a necessidade da apresentação de uma receita médica para a venda ao consumidor. Medicamentos em embalagens com faixa somente devem ser prescritos e usados sob orientação médica, pois se destinam a quadros clínicos que exigem maior cuidado e controle. Já os MIPs, que não contêm faixa na embalagem, podem ser tomados e adquiridos sem prescrição médica. Destinam-se basicamente a aliviar sintomas leves, geralmente conhecidos do usuário e já tratados com sucesso com os mesmos medicamentos – cuja segurança foi comprovada por exaustivos estudos internacionais, respeitadas as medidas de bom senso. São, por exemplo, aqueles produtos que �icavam expostos livremente, ao alcance do cliente das farmácias, fora das prateleiras dos medicamentos de prescrição – até a entrada em vigor da RDC 44, que os levou para trás do balcão. Segundo o presidente da ABIMIP, que é médico pediatra e tem 23 anos de indústria farmacêutica, foi um erro: “A medida foi baseada na suposição de que havia consumo exagerado desses produtos – como se houvesse uma pessoa que toma remédio para dor


de cabeça sem ter dor de cabeça”. Prova prática de que não havia relação de causa e efeito entre a exposição e o consumo é que, depois da 44, as vendas não caíram – embora, segundo Saez, ainda seja preciso fazer uma análise mais apurada para se levantar o real impacto da medida no comportamento do consumidor, ou seja, se houve, por exemplo, o desvio de um produto ou outro para medicamentos de prescrição. Na verdade, os produtos MIP, destaca o diretor da ABIMIP, são uma conquista até para a praticidade do consumidor. Permitindo a montagem de uma pequena farmacinha caseira, poupam o usuário, por exemplo, de sair à rua, num sábado chuvoso, ou em altas hroas da noite, para comprar um analgésico.

TRÊS FRENTES DE LUTA

Entre os inúmeros compromissos da atual direção da ABIMIP, o Dr. Aurélio Saez ressalta três pontos: 1) Reduzir o impacto da RDC 102, que limitou drasticamente a publicidade desses medicamentos. A ABIMIP obteve liminar contra alguns termos da medida e o Procurador da República deu parecer favorável – na contramão de outros projetos de lei, em andamento nos canais legislativos, que pretendem

proibir completamente a propaganda de medicamentos 2) Aperfeiçoar a forma de comercialização, aprimorando a Resolução 44 3) Ampliar a classe de produtos MIP – hoje na casa dos quatro mil, com nada menos do que 25 mil apresentações

CARTILHA DE SEGURANÇA

Os especialistas da ABIMP formularam alguns conceitos que aumentam a segurança do consumo responsável de medicamentos As mulheres têm responsabilidades especiais no que se refere à medicação com produtos de venda livre ou de prescrição. A gravidez e a amamentação, por exemplo, são fatos importantes a serem considerados quanto à decisão de tomar ou não um medicamento ou qual tomar. Mães que amamentam – Embora a maioria das substâncias utilizadas em medicamentos passe para o leite materno em concentrações muito baixas, mulheres que estão amamentando precisam ser muito cuidadosas – e aí vale uma orientação médica sobre horário e dosagem de medicamentos, para que o bebê seja exposto à menor quantidade possível. Mulheres grávidas – Os componentes da maioria dos medicamentos

*

podem passar da mulher grávida que os toma para o feto. Uma concentração de medicamentos que seja segura para a mãe pode não o ser para o bebê, causando complicações. Para segurança da gestante e de seu bebê, deve-se consultar sempre o médico antes de tomar qualquer medicamento, necessite ele ou não de prescrição médica. E fazer a leitura da bula. Crianças – Bolsas e carteiras estão entre os piores lugares para esconder remédios de crianças curiosas. E, uma vez que crianças são imitadoras por natureza, recomenda-se não tomar medicamentos na frente delas. Elas podem �icar tentadas a “brincar de médico” com seu medicamento, mais tarde. Os medicamentos de venda livre podem ser úteis às crianças em várias circunstâncias. No entanto, alguns cuidados são indispensáveis: Crianças não são adultos pequenos. Não calcule a dosagem de acordo com o tamanho ou a altura da criança. Leia a embalagem. Conheça bem a diferença entre os vários tipos de colheres: sopa, sobremesa, chá, café. Elas representam dosagens bem diferentes. Tome cuidado ao converter as instruções referentes à dosagem. Dê preferência a usar colhermedida ou copo-medida graduados. Não banque o médico. Não dobre a dosagem só porque a criança parece não ter melhorado. Evite dar à criança dois medicamentos ao mesmo tempo. Nunca descreva um medicamento como um doce, para convencer a criança a tomá-lo. Alguns dos sintomas que podem ser tratados com produtos MIP: dores de cabeça acidez estomacal, azia febre tosse prisão de ventre aftas dores de garganta assaduras congestão nasal.

• • • • • • • •

REVISTA ABCFARMA | JANEIRO/2012 | 45


Evento

Segunda TEXTO E FOTOS: FRANCISCO EUZÉBIO COLOMBO

O

Jornada Paulista de

Farmácias com Manipulação

SINCOFARMA-SP promoveu, nos dias 26 e 27 de Novembro, na sede da Associação Paulista de Homeopatia, a segunda edição da Jornada Paulista de Farmácias com Manipulação.

Abertura da 2ª Jornada: a partir da esquerda, Dra. Margarete Akemi Kishi (CFF), Dr. Juan Becerra Ligos (SINCOFARMA-SP), Dr. Paulo José Teixeira (SINFAR), Dra. Raquel Rizzi (CRF-SP), Dra. Marcia Aparecida Gutierrez (ABFH) e Dr. Rubens Dolce Filho (APH)

“É necessário voltar às origens para valorizarmos a manipulação e oferecer um tratamento individualizado ao paciente”, disse a Dra. Raquel Rizzi. Também participaram da mesa de abertura o Dr. Rubens Dolce Filho, presidente da Associação Paulista de Homeopatia, a Dra. Marcia Gutierrez, presidente da Associação Brasileira de Farmácias Homeopáticas, o Dr. Paulo José Teixeira, presidente do SINFAR, Dra. Margarete Kishi, representando o CFF, o Dr. Juan Carlos Becerra Ligos,

Membros da comissão organizadora da Jornada: Dr. Juan Becerra Ligos, Dra. Valeria Otta, Dra. Marizilda Sant’ana, Dr. Orlando Mello, Dra. Anicleide Mello e Dra. Vera Freire

46 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012

diretor executivo do SINCOFARMA-SP, e a Dra. Valéria Otta, coordenadora da Comissão Organizadora do evento. Outro destaque da Jornada foi a entrega do Prêmio Boiron de Incentivo à Pesquisa Homeopática ao trabalho coordenado pela Dra. Leoni Bonani, realizado em conjunto com seus alunos Ana Paula, Cezar Sato e Thayná Neves Cardoso, com o tema “Como acontece o processo in�lamatório sob a ação da Arnica”. 

A partir da esquerda, Ricardo Ferreira, diretor da Boiron no Brasil, Dra. Gabriela Azevedo, coordenadora do Prêmio Boiron, Cesar Sato, Ana Paula Kawakami, Dra. Leoni Villano Bonamin, Thayná Neves Cardoso e Dra. Maria Isabel de Almeida Prado

a

O encontro reuniu estudantes e pro�issionais da área de Darmácia e apresentou quatro palestras técnicas e cientí�icas que abordaram temas atuais e oportunos, programados criteriosamente pela comissão organizadora do evento – que certamente acrescentaram um volume importantíssimo de informações aos participantes: Atuação farmacêutica no Pré e Pós-Fiscalização, Gestão Financeira e Indicadores de Resultados na farmácia com manipulação, Controle de Qualidade-Implantação e Recursos, e Acompanhamento Farmacoterapêutico: como começar. Na abertura do encontro, a presidente do CRF-SP, Dra. Raquel Rizzi, num de seus últimos compromissos à frente da entidade, parabenizou a organização do evento que abordava não só da quali�icação pro�issional, mas também outros temas importantes para o segmento, como a atenção farmacêutica nos dias de hoje.

Vladimir Guimarães administrador do SINCOFARMA-SP, e Dr. André Bedran Jabr, assessor jurídico da entidade, acompanham as palestras da Jornada


Opinião

SIMPÓSIO INTERNACIONAL DO CRF/SP

n

Por Dr. Juan Carlos Becerra Ligos os dias 29 e 30 de outubro foi realizado no Memorial da América Latina alizado o seminário internacional “A arte de ser farmacêutico”. Além dos pro�issionais brasileiros, o evento também contou com representantes da Espanha e Alemanha, mostrando as diversas áreas de atuação do farmacêutico em pesquisa e saúde, pro�issional extremamente valorizado. Dr. Manuel Machuca, diretor da unidade de farmacoterapia de Sevilha, Espanha, apresentou estudos internacionais indicando que, para cada real gasto na fabricação de medicamentos, se gastam dois reais para tratar os problemas causados por eles nos seres humanos, e que cada real investido no farmacêutico economiza-se quatro em gastos com saúde. O Dr. Alexandre Padilha, ministro da Saúde, informou que o governo pretende continuar com o programa ”Aqui Tem Farmácia Popular”, não só para melhorar o acesso aos medicamentos como também reforçar a orientação e atenção primária à saúde. As exigências para vender pelo programa aumentaram e as �iscalizações estão mais rigorosas. Com isso, muitos estabelecimentos estão sendo descredenciados.

O ministro da Saúde também declarou que o Brasil é o único país do mundo com mais de cem milhões de habitantes onde o governo assumiu o atendimento gratuito na saúde para toda a sua população. “Neste cenário, a atenção farmacêutica não será valorizada se a far-

mácia privada, que é o principal ponto de contato da população com o farmacêutico, não se tornar realmente um estabelecimento de saúde e abandonar a conotação comercial que hoje tem”, destacou o ministro Padilha.

O Dr. Júlio Voltarelli, professor da Faculdade de Medicina da USP, falou sobre as células-tronco, que prometem uma revolução num futuro próximo. “O problema é que ainda não se consegue diferenciar as células-tronco das células do tecido que se pretende curar”, a�irmou o Dr. Julio Voltarelli. Outra palestra importante do seminário foi a da Dra. Silvia Guterres, professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Seu tema foi a nanotecnologia, ferramenta de inovação nas ciências farmacêuticas. Os nanocarregadores têm diâmetro de alguns nanômetros (bilionésima parte do metro) que carregam fármacos que têm por objetivo entregar a substância “certa” no local “certo”. O objetivo é acertar apenas o “alvo” e não o corpo todo, poupando os tecidos que não estão doentes.

O câncer é a doença que mais vem sendo estudada no uso desta tecnologia, pois se pretende seletividade na ação dos antineoplásicos, além do diagnóstico mais preciso de certas doenças. O Dr. Spartaco Astol�i Filho, professor da Universidade Federal do Amazonas, falou sobre biofármacos, produzidos a partir de células vivas que não podem ser obtidas através de síntese química e, portan-

Dr. Juan Carlos Becerra Ligos to, não têm similares e são mais caros. A indústria está voltando a se interessar em produzir estes tipos de medicamentos – a insulina, por exemplo.

O Dr. Lair Ribeiro também apresentou uma interessante palestra no seminário acerca da importância de estarmos atentos às mudanças do mercado, em especial ao que as farmácias realmente vendem, e o que as pessoas vão buscar nas farmácias e drogarias – não em termos do produto em si mas o que elas estão procurando em termos de saúde, conforto, beleza, con�iança, solução de problemas, etc. Ainda com relação ao cenário internacional, o Dr. Bernd Hill, professor de Universidade de Muster, Alemanha, falou da Biônica, que é a ciência que estuda o funcionamento dos sistemas biológicos (seres vivos) na natureza: como se reproduzem, como se alimentam, en�im, como vivem – para, através destas observações, desenvolver produtos para �ins industriais que possam ser usados pelas pessoas. “O Brasil possui a maior biodiversidade do planeta. Eu gostaria que a Biônica fosse bem explorada, a exemplo do que ocorre no meu país, que tem uma biodiversidade in�initamente menor”, concluiu o Dr. Bernd.

* Dr. Juan Carlos Becerra Ligos

Diretor executivo do SINCOFARMA-SP e diretor da ABCFARMA REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012 | 47


Aniversário Texto: exto: Carlos Nascimento - Assessoria de Comunicação CRF-SP Fotos: Agência Luz

CRF-SP

P

A partir da esquerda, Dr. Marcelo Polacow Bisson, Dra. Raquel Rizzi, presidente do CRF-SP, Dr. Pedro Menegasso, presidente eleito, e Dra. Margarete Akemi Kishi, conselheira do CFF

ara encerrar as comemorações dos 50 anos do CRF-SP, a entidade organizou um Seminário Internacional e lançou selo e livro histórico alusivo à data O primeiro dia do Seminário Internacional “A Arte de Ser Farmacêutico - Jubileu de Ouro - 50 anos de CRF-SP”, evento que aconteceu no auditório Elis Regina, em São Paulo, no dia 28 de outubro, foi um marco para a pro�issão farmacêutica e para a área da saúde do Estado de São Paulo.

48 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012

A presidente do CRF-SP, Dra. Raquel Rizzi, na abertrua da celebração, e falou sobre a importância da data para a pro�issão farmacêutica, reforçando a vocação do CRF-SP como uma instituição que apoia o desenvolvimento dos pro�issionais, com sua forte atuação em ações de capacitação. A Dra. Raquel reconheceu ainda a importante participação das pessoas que construíram a história dos 50 anos e de farmacêuticos de destaque que ajudaram a organizar as comemorações do cinquentenário. “O Seminário somen-

te foi possível graças ao apoio de uma comissão de farmacêuticos notáveis, que a ele se dedicou”, disse.

Na sequência, o Dr. Valter Silva Jorge João, vice-presidente do Conselho Federal de Farmácia, cumprimentou o público presente e falou sobre a importância do farmacêutico para a saúde da população. “O farmacêutico é vital para a promoção da saúde e para a qualidade de vida da população. A missão do farmacêutico, pela essência de nossa formação, é ser um protetor de vidas”, a�irmou.


Dra. Raquel Rizzi, presidente do CRF-SP, saúda os convidados da festa dos 50 anos da entidade

Livro dos 50 anos

Representando a equipe de farmacêuticos notáveis que voluntariamente se dedicou a organizar as comemorações do Jubileu de Ouro do CRF-SP, o Dr. Mario Hirata destacou o trabalho realizado pelo grupo que coordenou, e, em especial, para a edição do livro comemorativo aos 50 anos do CRF-SP. Agradeceu aos professores Lauro Moreto, Patricia Mastroianni, Therezinha de Jesus e Rosário Hirata, além dos colaboradores do CRF-SP, pelo empenho na elaboração do livro histórico. Da mesma forma, o Dr. Pedro Menegasso, diretor-tesoureiro da entidade, elogiou o trabalho e a qualidade da edição e lançou o�icialmente o livro histórico. Logo após, o Dr. Pedro anunciou também o lançamento o�icial do selo e do carimbo comemorativo dos 50 anos do CRF-SP, em parceria com os Correios.

Dr.Pedro Menegasso, presidente eleito do CRF-SP, apresenta o selo e o livro comemorativos dos 50 anos da entidade

Homenagens

Durante a festa, também foram prestadas homenagens aos personagens que �izeram parte da história do CRF-SP. Um a um, foram chamados ao palco o Dr. Paulo Queiroz Marques, dono do CRF número 16, a Dra. Leda Nascimbeni, primeira conselheira da entidade, os ex-presidentes Dr. Márcio Antônio da Fonseca e Silva, Dr. Oswaldo Cirilo da Silva, Dr. Dirceu Raposo de Melo, Dr. Francisco Caravante Júnior e a atual presidente, Dra Raquel Rizzi.

Também receberam homenagens os familiares de ex-presidentes que não puderam comparecer, assim como daqueles já falecidos. Neste momento, a Dra. Raquel Rizzi anunciou a troca do nome do edi�ício onde está localizada a sede do CRF-SP em Pinheiros, que passa a se chamar Edi�ício Dra. Adelaide José Vaz, expresidente do CRF-SP, falecida recentemente. 

Diretoria atual, ex-presidentes e homenageados posam para foto histórica nas comemorações dos 50 anos do CRF-SP REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012 | 49


Homenagem TEXTO: CELSO ARNALDO E FRANCISCO EUZÉBIO COLOMBO FOTOS: ARQUIVO

20 de janeiro

Dia do Farmacêutico

homenagem da ABCFARMA

Dr. João Aguiar Neto, presidente do Sindicato co Comércio varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado de Goiás - Sincofago

A

farmácia entrou no sangue aos 17 anos, quando iniciou sua carreira como balconista de uma farmácia em Araguari, estado do Tocantins. “Sempre gostei desse segmento”, resume o Dr. João Aguiar Neto, atual presidente do Sincofago, Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do

Estado de Goiás. Já aos 21, com um sócio, ele comprava sua primeira farmácia. Hoje com 45, o Dr. João Aguiar é proprietário e o farmacêutico responsável da Drogaria Aguiar, um dos mais completos estabelecimentos de Goiânia e não tem filiais para que ele possa se dedicar integralmente aos clientes dessa loja. “O comércio farmacêutico envolve duas atividades altamente especializadas: a gestão administrativa e a assistência farmacêutica”. Justamente por causa dessa complexidade, Dr. João Aguiar achou que estaria melhor preparado se buscasse também os conhecimentos que só a formação acadêmica poderia lhe dar. Entrou, então para o curso de Farmácia da UNIP de Goiânia. “O curso melhorou muito minha capacidade de gestão e minha visão de atenção farmacêutica”.

O

A entrada na vida sindical, para ajudar seus colegas a melhorar as condições do segmento, foi uma decisão natural, que permanece até hoje. Com mandato como presidente do Sincofago até 2014, o Dr. João Aguiar Neto tem sido um dirigente muito ativo. O Sincofago está sempre ao lado dos profissionais de farmácia de Goiás em suas lutas e reivindicações, através do suporte jurídico, administrativo e de gestão, por meio de assessorias, cursos e palestras. Que conselho farmacêutico e empreendedor daria a um farmacêutico recém-formado? “Eu, se fosse esse jovem, iria prestar serviços numa região de maior carência de serviços de saúde. Afinal, a farmácia, num país com as dimensões continentais do Brasil, continua sendo a porta de entrada do sistema de saúde”.

Dr. Alexis Steves Berto, receita de sucesso

Que perspectivas o mercado oferece a jovens farmacêuticos?

Dr. Alexis, ao centro, entre Meire Oliveira (gerente geral), Marcelo Guerra (supervisor), Sherisley Marchesi (gerente de loja) e Genize Prado (gerente de compras e administrativa), das farmácias Boa Saúde/MT

50 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012

Dr. Alexis Steves Berto, de Mato Grosso, descobriu a resposta Com apenas 36 anos de idade, o jovem farmacêutico, Alexis Steves Berto já é um dos empreendedores do setor do varejo farmacêutico mais bem sucedidos do Estado do Mato Grosso. Formado em Farmácia pela Universidade de Mato Grosso, Dr. Alexis tem hoje oito farmácias no interior do Estado com a bandeira Boa Saúde – a primeira foi fundada na cidade de Rosário Oeste, pequena cidade de 25.000 habitantes, há 12 anos. Segundo ele, o mercado sofreu muitas mudanças desde a época de sua formatura. “Há 12 anos, a oferta era bem maior que a procura, inclusive no que se refere a profissionais. Por isso, ao me formar, optei por abrir meu próprio negócio”, conta ele.

Hoje, o Estado do Mato Grosso já conta com sete faculdades de Farmácia, formando cerca de 350 profissionais por ano. Oportunidades não faltam – o problema é a qualidade dos formandos, que muitas vezes não estão preparados para satisfazer as exigências de mercado. A solução apontada por Dr. Alexis é uma atualização permanente. Ele mesmo está terminando o curso de MBA da Faculdade Oswaldo Cruz, em São Paulo, e já sente as vantagens dessa aquisição adicional de conhecimentos, tanto em termos profissionais, como técnicos e administrativos, para o sucesso de seus negócios. Ao ser questionado se existe uma fórmula para o sucesso, Alexis é categórico ao afirmar que a resposta é sempre a mesma para as pessoas que atingiram esse patamar: o mais importante é a busca insistente da realização de seus sonhos, com dedicação, inovação e satisfação em estar fazendo o que gosta. “Faça o que gosta e você não vai precisar trabalhar, pois seu dia a dia será bem mais agradável”, conclui ele.


Evento TEXTO E FOTOS: FRANCISCO COLOMBO

XIV Prêmio Automação da

A

GS1

as melhores práticas de

Automação Comercial

Associação Brasileira de Automação – GS1 Brasil realizou, na noite do dia 9 de novembro, a solenidade de entrega do XIV Prêmio Automação, reconhecimento das empresas que obtêm os melhores desempenhos com projetos inovadores em processos automatizados, seguindo os padrões globais GS1. “Foi uma noite de festa, onde celebramos e homenageamos o sucesso daqueles que promovem nossos padrões com excelência e qualidade”, declarou João Carlos de Oliveira, presidente da GS1 Brasil, ao dar as boas vindas aos convidados e apresentar as realizações da Entidade em 2011. O presidente da ABCFARMA, Pedro Zidoi, um dos vice-presidentes da GS1, participou da festa de premiação e entregou o troféu a algumas empresas vitoriosas do XIV Prêmio Automação.

Acima, o presidente da ABRAS, João Carlos de Oliveira e sua esposa, Adriana Schapke

de Oliveira

Ao lado, diretoria da GS1 Brasil brinda com os convidados as realizações de 2011 e saúda os premiados

52 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012


Empresas/Entidades premiadas ABAD - Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores

de Produtos Industrializados ABIA - Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação ABICALÇADOS - Assoc. Bras.das Indústrias de Calçados ABIPLA - Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Limpeza e Afins ABLAC - Assoc. Bras. de Lojistas de Artefatos e Calçados ABRAPA - Assoc. Brasileira dos Produtores de Algodão ABRAS - Associação Brasileira de Supermercados ACI-NH/CB/EV - Associação Comercial Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha Avon Baxter Carrefour Encat - Encontro Nacional de Coordenadores e Administradores Tributários Estaduais Eurofarma Força Aérea Brasileira Grupo Valdac Haco Etiquetas Hospital Israelita Albert Einstein Hospital Moinhos de Vento Hospital Oswaldo Cruz Hospital Santa Joana Isofarma Itaueira MAPA - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Pão de Açucar Diretoria Paripassu João Carlos de Oliveira RFID CoE (RFID Center of Excellence) RR Etiquetas presidente Saint Paul Etiquetas Vices-presidentes Seal Antonio Carlos leão SEBRAE Mato Grosso do Sul José Humberto P. de Araújo SEBRAE Paraíba Luiz Carlos Dutra Senai Paulo Pennacchi Torres Etiquetas Pedro Zidoi Vip Systems Wanderlei Saraiva Costa Walmart

Celso Couto

Presidente da ABRAS e vice-presidente da GS1 Brasil, Sussumo Honda, Maria Helena Zidoi e o presidente da ABCFARMA e um dos vice-presidentes da GS1 Brasil, Pedro Zidoi, no evento de entrega do Prêmio Automação

O presidente da ABCFARMA, Pedro Zidoi, e José Humberto Pires de Araujo entregam o Prêmio Automação 2011 a três empresas contempladas

O presidente da ABAD, Associação Brasileira dos Atacadistas Distribuidores, Carlos Eduardo Severini, e o presidente da ABRAS, Sussumo Honda, contemplados com o Prêmio Automação 2011

Talita Araujo, Tânia Araujo e José Humberto Pires de Araujo

Geraldo Monteiro, diretor executivo da ABRADILAN e assessor econômico da ABCFARMA, com Alfredo Cury, diretor da Distribuidora Farmed

REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012 | 53


ConvençãoUnifarma2011

o presidente da rede Unifarma e diretor da Fecomércio-RN, Marcelo Fernandes Queiroz e o presidente do Sincofarma-RN, Dejalma Lemos, acompanhados de diretores e convencionais

UNIFARMA REÚNE VAREJO, ATACADO E INDÚSTRIA FARMACÊUTICA NA 12ª CONVENÇÃO ANUAL Como tem feito em todos os anos desde 2000, a Rede Unifarma fez sua Convenção no dia 25 de novembro, a partir das 8h30, em Natal/RN. Proprietários de cerca de 450

Rio Grande do Norte. Considerada há muitos anos como o maior evento do varejo farmacêutico do país, a Convenção Unifarma impressiona pelos números. São 800 participantes, dos quais, em torno de 260 são do interior e ganham hospedagem no período. A programação compreende mais de 16 horas, com palestras motivacionais, feira de produtos e shows de humor e música.

farmácias e drogarias de todas as regiões do No sorteio foram distribuídos R$ 245 mil em 41 prêmios. São três carros, 17 motos, estado participaram do evento. nove TVs LCD 32 polegadas, além de note “A Convenção é o momento de agradecer books, Ipad e vales-compras. Ainda aos parceiros pela confiança e ao mesmo durante a Convenção, foram distribuídos tempo de encerrar as campanhas mais de R$ 80 mil em brindes, como realizadas durante todo o ano”, afirma o aparelhos de ar condicionado, micropresidente da Rede, o empresário ondas, netbooks e outros. A Feira de Marcelo Fernandes de Queiroz, que Negócios tem atraído cada vez mais a também é presidente da Federação do indústria de produtos farmacêuticos. Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Com 32 estandes comercializados, a

perspectiva de geração de negócios apenas no dia 25 de mais de R$ 2 milhões foi confirmada, garante o vice presidente e diretor-executivo da Unifarma, Dejalma Lemos, também presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Rio Grande do Norte. Já as campanhas encerradas na Convenção movimentaram cerca de R$ 20 milhões. Grandes laboratórios nacionais (Medley e Eurofarma) e transnacionais (Johnson's e Boehringer Ingelheim) tem participação ativa na Convenção. Os outro estandes são ocupados por laboratórios de genéricos e similares e ainda por indústria de cosméticos e beleza.

Revista ABCFARMA | JANEIRO/2012 | 55


Mercado Farmacêutico TEXTO E FOTOS: FRANCISCO EUZÉBIO COLOMBO

Workshop aponta as realidades

do mercado de medicamentos

O grupo BK Marketing, formado pelas empresas BK Marketing, atuando com Treinamentos, Coaching, Formação de Lideres e Palestras Motivacionais, organizou em novembro, na sede da distribuidora Servimed, em São Paulo, a segunda edição do Workshop Regional. O encontro, que reuniu representantes do comércio farmacêutico e da indústria, teve duas palestras com temas oportunos e atuais

O consultor de empresas Genival Bastos participa da mesa de debates com Auani Cusman e o assessor executivo da ABCFARMA e gestor da REFARMA, Nelson Grecov

Pedro Zidoi com Claudio Purcino, organizador do evento

O assessor executivo da ABCFARMA e gestor da REFARMA, Nelson Grecov, apresentou, juntamente com o consultor de empresas Genival Bastos, os aspectos mais signi�icativos da substituição tributária, além de esclarecimentos sobre a CAT 137, que entrará em vigor a partir deste mês em São Paulo, mostrando como era e como �icou a realidade tributária das empresas, e as mudanças de mercado que poderão ocorrer após este período. O presidente da ABCFARMA, Pedro Zidoi, que acompanhou as palestras, lembrou que a Secretaria da Fazenda do estado de São Paulo está aplicando um ICMS muito elevado, um dos mais altos do país, para os medicamentos, enquanto para outros produtos menos essenciais o mesmo é mais baixo.

Descarte de medicamentos A seguir, o diretor executivo da ABCFARMA, Dr. Sante Fasanella Filho, discorreu sobre aspectos relacionados ao descarte de medicamentos, que fazem parte da Política Nacional de Resíduos Sólidos a ser implantada em breve no Brasil, em cumprimento à Lei 12305 de agosto de 2010, regulamentada pelo decreto 7404, de 23 de dezembro de 2010. O Dr. Sante Fasanella, que coordena um grupo técnico de trabalho, representando a ABCFARMA, na elaboração de um relatório ANVISA sobre descarte de medicamentos, alertou para as di�iculdades em se implantar um plano que inclua a política reversa neste setor. Destacou ainda que o projeto prevê uma ordem de prioridades composta por: não gerar resíduos, reduzir o número de resíduos, reciclar os resíduos, tratar dos resíduos sólidos e a disposição �inal, ambientalmente adequada para os dejetos, através de uma responsabilidade compartilhada entre todos os elos envolvidos no processo. Após a rodada de pergun-

O diretor executivo da ABCFARMA, Dr. Sante Fasanella Filho, fala sobre descarte de medicamentos tas, os participantes do encontro puderam continuar as conversas no lanche servido no �inal do evento. Para o diretor do Grupo BK Marketing, Claudio Purcino, idealizador do encontro, a ideia é disponibilizar, sem custo para pro�issionais do mercado, workshops com duração de um dia, ou meio período, com temas importantes para o mercado. “O sucesso de 2011 irá continuar em 2012, com a realização mensal desses workshops, sempre em locais onde se possa reunir a distribuição, indústria e varejo”, declarou Claudio Purcino. REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012 | 57


Evento

14 ESTADOS DO BRASIL

TEXTO E FOTOS: FRANCISCO COLOMBO

PRESENTES NA SEDE DA ABCFARMA

A

Parte dos participantes da reunião da ABCFARMA realizada na sede do SINCOFARMA-SP, no dia 6 de dezembro

última reunião do ano, realizada dia 6 de dezembro, na sede da ABCFARMA, gerou bons motivos para deixar os participantes satisfeitos com as informações recebidas. O presidente da ABCFARMA, Pedro Zidoi, abriu a reunião chamando para compor a mesa os diretores da entidade: Natanael de Aguiar Costa (SP), Luiz Carlos Caspary Marins (RJ), Dr. Pedro de Araújo Brás (RJ) e Dr. Edson Daniel Marchiori (ES), e apresentou a ordem do dia, com a previsão orçamentária para 2012.

Zidoi justi�icou que, devido ao grande número de presentes, solicitou ao presidente do Sincofarma-SP, Natanael Aguiar Costa,, a cessão do auditório do Sincofarma-SP, no andar superior, para a realização da reunião, proporcionando aos presentes um maior conforto. O presidente Natanael Aguiar Costa agradeceu por poder colaborar para o sucesso da reunião.

Participaram da reunião, no auditório do SINCOFARMA-SP, representantes de 13 estados da Federação, além do Distrito Federal. A seguir, o Dr. Cácito Esteves, assessor jurídico da Confederação Nacional da Indústria/CNC e da CBFARMA falou sobre a lei que determina o pagamento das contribuições aos conselhos pro�issionais, incluindo os conselhos regionais de Farmácia, e apresentou um histórico da atuação de alguns órgãos representativos, incluindo a Confederação Nacional do Comércio. A Lei 12.514, de 28 de outubro de 2011, que dispõe sobre as atividades de médico-residente e trata de contribuições devidas aos conselhos pro�issionais em geral, alterou a forma de contribuição dos conselhos de Atuação Pro�issional.

O presidente da ABCFARMA,

Pedro Zidoi, dando início a reunião Dessa forma, todas as empresas, com exceção daquelas que optaram pelo SIMPLES, estão obrigadas a pagar a contribuição anual aos conselhos pro�issionais, como o Conselho Federal e regionais de Farmácia. Essa lei somente poderá ser revogada por outra, e é importante lembrar que esse tipo de contribuição é paga por empresa e não por estabelecimento ou �iliais. Outro pro�issional que falou no período da manhã foi Geraldo Monteiro, assessor econômico da ABCFARMA e diretor executivo da ABRADILAN. REVISTA ABCFARMA |JANEIRO/ 2012 | 59


Dr. Cácito Augusto Esteves,

assessor jurídico da Confederação Nacional da Indústria/CNC e da CBFARMA, falou sobre a lei que determina o pagamento das contribuições aos conselhos profissionais

Monteiro apresentou um cenário dos principais assuntos que envolvem o setor de comercialização de medicamentos, muitos estando em discussão em Brasília, da qual a ABCFARMA tem participado ativamente, como a reunião realizada dia 28 de novembro para se discutir a descentralização e regionalização das cobranças de taxas referentes à Vigilância Sanitária. A partir das conclusões dessas discussões, a tendência é a de que as ações de vigilância sanitária estejam a cargo dos municípios. Outro assunto abordado foi o SNGPC, que exige das farmácias um certi�icado de comercialização de medicamentos controlados, após relatórios regulares para a ANVISA. Ocorre que a validação pela ANVISA é um pouco demorada e apresenta algumas inconsistências, fazendo com que, muitas vezes, os estabelecimentos deixem de obter o certi�icado. A falta do mesmo, porém, não pode bloquear a compra de mercadorias. Geraldo Monteiro também falou da Consulta Pública que será realizada para alguns ajustes na portaria 344, que trata de produtos controlados. O assessor econômico da ABCFARMA destacou que muitas farmácias deixaram de trabalhar com produtos controlados, o que poderá causar problemas quando os antibióticos entrarem na mesma forma de controle – o que é uma questão de tempo, uma vez que a ANVISA ainda não está preparada para receber o volume de dados com a inclusão dos antibióticos, como informou Geraldo Monteiro. Ele falou ainda sobre o Programa Farmácia Popular, que em 2012 deverá aumentar as patologias cobertas e reabrir cadastramento para que mais empresas façam parte do programa, e sobre a comissão para revisão dos Medicamentos Isentos de Prescrição MIPs, integrada também pela ABCFARMA. 60 | REVISTA ABCFARMA |JANEIRO/ 2012

>>>PERÍODO DA TARDE Após o agradável almoço de confraternização, no restaurante do Terraço Itália, o encontro prosseguiu às 14h.

Geraldo Monteiro,

assessor econômico da ABCFARMA

Conforme convocação publicada no Jornal da Tarde do dia 11 de novembro, o assessor financeiro, José Carolino de Campos apresentou o balanço de 2010, as previsões de receitas e despesas de 2011 e a proposta orçamentária para 2012. Colocada em votação, a previsão foi aprovada por aclamação. Pedro Zidoi agradeceu ao presidente do SINCOFARMA-SP o empréstimo do auditório para a realização da assembleia, uma vez que não foi possível realizá-la juntamente com a CBFARMA.

O assessor financeiro José Carolino de Campos apresentou a previsão orçamentária para 2012

>>> Dirigentes presentes à reunião

Abigail Maglio, Alarico Rodrigues, Antonio Felix da Silva, Antonio Menezes de Araújo, Armando Gomes dos Reis Filho, Carlos Batista Dias, Celso Henrique de Lima, Claudisnei Machado Constante, Dr. Cácito Augusto Esteves, Dr. Rogério Tokarski, Dr. Sante Fasanella Filho, Dr. Edenir Zandoná Júnior, Edson Daniel Marchiori, Eliomar Bruce, Everton Luiz Ilha Mahfuz, Fernanda Silva Vieira, Francisco Euzébio Colombo, Geraldo Monteiro, Gonçalo Aguiar, Guilherme Leipnitz, João Luiz dos Santos, Joaquim Tadeu Pereira, José Carolino de Campos, Juan Carlos Becerra Ligos, Luis Carlos Caspary Marins, Márcio Freire, Marco Antonio Perino, Maurício Cavalcante Filizola, Mauro Ribeiro de Assis, Mirna Lúcia de Oliveira, Natanael Aguiar Costa, Nelson Grecov, Neusa V. de Martino, Paulo Murilo Paiva Júnior, Paulo Sérgio Navarro de Souza, Pedro de Araújo Braz, Pedro Zidoi Sdoia, Philadelpho Lopes, Ricardo Ramão Cristaldo, Romualdo Constantino Magro, Sétimo Gonnelli, Videlina Eloy Geraldo, Vladimir Lopes.

>>> Estados representados na reunião

Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.


>>>

Caso do RJ

No mês de outubro, em torno de 900 a 1000 farmácias do estado foram noti�icadas pela Secretaria da Fazenda, após �iscalização. Por diversos motivos, sobretudo contabilidade de�iciente, o que ocorre nas pequenas farmácias do interior do estado, muitas empresas foram autuadas com multas entre 25 a 30 mil reais. O presidente da ASCOFERJ, Luiz Carlos Caspary Marins, alertou para o fato de que essa mesma �iscalização poderá ocorrer em outros estados e que, no caso do Rio de Janeiro, a única solução é uma negociação direta com o governo do Estado e a Secretaria da Fazenda para um parcelamento da dívida.

>>> Para encerrar

os trabalhos fomos contemplados com dados do IMS

O diretor de consultoria do IMS Health, Paulo Paiva, foi convidado a apresentar dados atuais de mercado, principalmente na região Nordeste, que vem sofrendo grandes mudanças. O IMS Health procura abastecer o mercado de informações inteligentes para entender as tendências. In�lação decrescente, manutenção da taxa de juros com pequena redução, mais de 300 bilhões de dólares em caixa disponível e câmbio se mantendo estável, com poucas oscilações, foram alguns dos fatores apresentados por Paulo Paiva que favorecem o crescimento do mercado de medicamentos, que deverá ser estável, e

planeta, o que tem atraído indústrias de todo o mundo a investirem no Brasil. Paulo Paiva destacou ainda o fato de que o mercado dobrará de tamanho em valor até 2015 e o número de farmácias não aumentará nesta proporção. “Quem não tiver disponibilidade

diretor de Consultoria e Serviços da IMS Health, apresenta dados atuais de mercado

acima dos dois dígitos nos próximos anos (ver entrevista nesta edição).

“Nos próximos 11 anos a população brasileira economicamente ativa e com força de trabalho será a maior dos próximos 50 anos. A queda da taxa de nascimentos e do índice de mortalidade formará uma população altamente produtiva neste país”, disse Paulo Paiva. Neste contexto, o setor global de medicamentos fecha com 856 bilhões de dólares no mundo, com o Brasil respondendo por 3% desse faturamento e uma das maiores rentabilidades em todo o

Mercado Brasileiro

41,8 bilhões de reais

23 % Referência sem proteção

28 % OTC

7% Referência protegidos

25 % SIMILARES

6% das receitas são perdidas em me-

17 % GENÉRICOS

Paulo Murilo de Paiva Jr.,

dicamentos que não foram encontrados nas farmácias

para expor os produtos neste contexto, não conseguirá surfar nesta onda e sobreviver neste mercado”, a�irmou o diretor da IMS. Paulo Paiva apresentou ainda dados recentes e importantíssimos sobre o mercado no Norte e Nordeste do País, mostrando que estas regiões têm tido um crescimento acima da média nacional e é preciso entender estes dados para se fazer projeções. Um bilhão de perdas em produtos não encontrados em nenhuma farmácia Genérico é o produto que mais cresce no mercado, com 18,5% no último ano, devido à queda de patentes de produtos de marca.

REVISTA ABCFARMA |JANEIRO/ 2012 | 61


Solidariedade TEXTO: CELSO ARNALDO ARAUJO FOTOS: ARQUIVO AMEM

AMEM O maior nclusão social: incluir o maior número de pessoas, sobretudo carentes e com necessidades especiais, no concerto da vida, com tudo o que elas têm direito – educação, saúde, oportunidade de uma profissão. Uma organização fundada há 13 anos por iniciativa de Marcos Arbaitman, empresário do segmento do turismo e na época Secretário de Esportes e Turismo de São Paulo, dá um exemplo de como realizar, na prática, o sonho da inclusão social de menores em situação de rua e de abandono. A AMEM - Associação Amigos da Criança pelo Esporte Maior – é um modelo de organização que merece ser conhecida e apoiada

Quase 600 crianças e adolescentes, de 0 a 17 anos e 11 meses, já foram acolhidas na sede da organização, no quilômetro 19,5 da Rodovia Raposo Tavares – 104 residem atualmente no local. A AMEM proporciona moradia, educação formal e não formal, esporte, alimentação, vestimenta, toda a infraestrutura para ressocializar estes jovens, com preparo pré-pro�issional e colocação no emprego. Em 1998, quando teve a ideia de fundar a AMEM, como apoio aos programas do governo nessa área, Arbaitman recebeu o suporte efetivo do governador Mario Covas e de empresários conscientes inconformados com a realidade das crianças de rua. O que faz a AMEM?

Acolhe crianças e adolescentes cujas famílias ou responsáveis encontram-se impossibilitados de cumprir a função. Atende como moradia transitória por tempo indeterminado, até a ressocialização da criança na família ou família substituta, procedimento previsto na Vara da Infância e da Juventude. E conforme artigo 93 do ECA, todos os casos são comunicados às autoridades competentes. Cumpridas as formalidades, o trabalho de inclusão pedagógica é completo, do ponto de vista educacional, psicológico, recreativo e, para os mais velhos, pro�issionalizante. A entidade – que tem o empresário e comunicador João Doria Jr. como seu presidente honorário e conta com inúmeros altos executivos e personalidades em seu conselho consultivo – é considerada modelar..

ATIVIDADES DA AMEM • Escolarização

Marcos Arbaitman

Fundador da AMEM, Associação dos Amigos da Criança pelo Esporte Maior

62 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012

As crianças abrigadas na organização frequentam escolas públicas da região e recebem reforço escolar devido à di�iculdade que a maioria apresenta em acompanhar as atividades.

O esporte, na raiz

Tendo o esporte em sua própria razão social, a AMEM tem uma obra monumental nesse campo: a Vila Olímpica Mário Co-

a


r amigo do menor vas, idealizada e projetada para atender mais 4.000 crianças carentes da região por meio do esporte. São quadras poliesportivas, ginásio de esportes, pista de atletismo e pista de bicicross – e o espaço está aberto ao público, às crianças e aos jovens carentes da região.

• Pro�issionalização

A partir dos 14 anos, os adolescentes são incluídos em cursos pro�issionalizantes. O Teatro Alfa proporciona aos adolescentes estágios como auxiliar técnico de palco (som e ilumi-

nação), para posteriormente inserilos no mercado de trabalho. O Hotel Intercontinental inclui o adolescente que irá completar 18 anos em seu quadro de funcionários. A AMEM busca a ampliação do número de parcerias com as empresas, bem como o apoio de outros empresários para melhorar ainda mais o programa.

• Informática

• Trabalho com as famílias

Faz parte da dinâmica do trabalho da equipe técnica (assistentes sociais e psicólogos) localizar familiares, parentes e padrinhos com o intuito de aproximá-los das crianças, resgatando assim os vínculos familiares.

Curso de informática básica, para abrigados que nunca tiveram contato com computador e digitação.

APOIO DE EMPRESAS A AMEM comprova a possibilidade de se engajar a iniciativa privada em projetos de inclusão social. A Amil envia médicos para atender as crianças. A Nidonto zela pelo sorriso da turma. A Nextel fornece computadores, instituições de ensino, como a Faap e o Mackenzie ajudam com recursos materiais e treinamento. A horta foi feita com a ajuda da Suvinil. A lona do circo foi cedida pela Rede Globo.

Circo AMEM:

um universo mágico Um dos programas preferidos das crianças e adolescentes da entidade é a “escola de circo”, onde, de forma divertida e descontraída, os alunos são apresentados a valores artísticos e culturais, utilizando-se da cultura e técnicas circenses. Desde 2005, mais de 250 números de circo foram ensaiados e apresentados pelos internos. Muitos, depois de deixar a AMEM, se incorporaram a companhias circenses ou teatrais.

REVISTA ABCFARMA | JANEIRO/2012 | 63


Educação continuada TEXTO: CELSO ARNALDO ARAUJO E FOTOS: ZAMBON

Esse curso

vale uma farmácia

Elaine Maria dos Santos Gomes recebe a chave simbólica de sua farmácia, ganha após a primeira edição do PEC FARMA ZAMBON

Q

uali�icar a carreira dos pro�issionais do varejo farmacêutico por meio de educação à distância é a principal missão do programa PEC FARMA ZAMBON, que chega à segunda edição – em parceria com a ABCFARMA e IDVF, responsável pelo conteúdo curricular – ampliando o acesso a atendentes, balconistas, compradores, farmacêuticos, supervisores e gerentes de loja do país, com novas premiações intermediárias e uma farmácia completa ao participante com o melhor desempenho – daí o número recorde de quase cinco mil inscritos. No programa de estreia, no ano passado, a vencedora foi Elaine Maria dos Santos Gomes, que montou sua farmácia na cidade mineira de Três Corações. O programa é gratuito, as aulas são de curta duração e o aluno pode acompanhar os módulos pela inter-

net, no local e horário de sua preferência. A ação não só estreita o relacionamento da empresa com os pro�issionais como contribui para seu desenvolvimento. A segunda edição do programa está dividida em cinco módulos e inclui temas como Excelência no Atendimento no Varejo Farmacêutico, Gerenciamento de Categorias e Produtos OTC, Noções de Negócios, Lucros, Margem e Rentabilidade de Produtos Farmacêuticos e Como trabalhar de forma ética seguindo a Legislação Sanitária. “O curso não apenas contribui para um grande salto de qualidade no atendimento ao consumidor como prepara o pro�issional para um dia ser empreendedor”, dia Ana Carolina Moretti Costa, gerente de produtos da Zambon e uma das coordenadoras do programa. “Quem já fez, terá

Empresa italiana com 105 anos de credibilidade, a Zambon está presente em 15 países. A Zambon do Brasil, com mais de 50 anos de atividade, terceira maior subsidiária do grupo, com um crescimento anual de dois dígitos desde 2005, desenvolve aqui um extraordinário programa de capacitação profissional: o Pec Farma Zambon, que não só aperfeiçoa a formação e aumenta o potencial dos profissionais nele inscritos como oferece ao melhor aluno a oportunidade única de se tornar empreendedor – ele ganha uma farmácia completa, na cidade de sua escolha. A segunda edição do programa está capacitando nada menos do que 4.900 profissionais em todo o Brasil. Um deles ganhará uma farmácia

a oportunidade de reciclar seus conhecimentos e uma nova chance de se tornar um empresário. Aqueles que ainda não participaram poderão ter contato com assuntos relacionados a sua área de atuação, além de agregar valor à suas carreiras”. Ao longo de todo o curso, os melhores alunos são reconhecidos. Ao �inal de cada um dos três primeiros módulos, os 30 primeiros colocados recebem um vale-presente de R$ 500,00. Já o melhor colocado do quarto módulo ganha uma bolsa de estudos. Ao �inal do 5º módulo, acontece a grande �inal, que reúne os 20 melhores alunos de todo o curso em um jogo de perguntas e respostas, premiando o participante com melhor desempenho com uma farmácia completa e consultoria para realizar todo o processo de compra e abertura do ponto-de-venda. Quem será o vencedor de 2011? 

Se você quer participar, mais informações: www.pecfarma.com.br.

64 | REVISTA ABCFARMA | JANEIRO / 2012


D

f

20 de janeiro ia do armacêutico

O padre José de Anchieta apesar de não ser diplomado é considerado o primeiro farmacêutico brasileiro, pelos serviços prestados à comunidade e principalmente ao povo indigena A Coca-Cola foi inventada pelo Dr. John Pemberton, farmacêutico americano de Atlanta, EUA O farmacêutico Alexander Fleming descobriu a penicilina e mudou a história da medicina O poeta Carlos Drummond de Andrade também era farmacêutico A farmacêutica Maria da Penha Maia Fernandes lutou pelos direitos da mulher, tendo inspirado uma lei com seu nome que pune a a violência e a agressão às mulheres - Lei Maria da Penha. O Dr. Cristovam Buarque de Holanda foi um dos idealizadores e fundadores da Escola de Farmácia em São Paulo, hoje Faculdade de Farmácia e Odontologia da Universidade de São Paulo, onde foi professor catedrático de Botânica I, além de ter pertencido à Academia Nacional de Farmácia. Era pai de Sergio Buarque de Holanda e avô de Chico Buarque de Holanda.

omenagem da ABCFARMA aos farmacêuticos, Ilustres e anônimos, que fazem de sua profissão um verdadeiro trabalho missionário, com criatividade, inovação, dedicação, arte e ética, tornando o dia a dia de seus pacientes mais agradáveis e saudáveis.


Janeiro


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Actonel Actonel Actonel Actonel Acular Acular Acular Acular Acular Acular Acular Acular Adriblastina RD Adriblastina RD Advil Advil Advil Aeroflux Aeroflux Aeroflux Aeroflux Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Aerolin Edulito Afrin Afrin Afrin Afrin Afrin Afrin Akineton Aldactone Aldactone Aldactone Aldactone Aldara Aldara Aldara Aldomet Aldomet Aldomet Aldomet Alivium Alivium Alivium Alivium Alivium Alivium

Medicamento Genérico Risedronato Sodico Risedronato Sodico Risedronato Sodico Risedronato Sodico Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Cloridrato de Doxorrubicina Cloridrato de Doxorrubicina Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Sulfato de Salbutamol + Guaifenesina Sulfato de Salbutamol + Guaifenesina Sulfato de Salbutamol + Guaifenesina Sulfato de Salbutamol + Guaifenesina Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Sulfato de Salbutamol Cloridrato de Oximetazolina Cloridrato de Oximetazolina Cloridrato de Oximetazolina Cloridrato de Oximetazolina Cloridrato de Oximetazolina Cloridrato de Oximetazolina Cloridrato de Biperideno Espironolactona Espironolactona Espironolactona Espironolactona Imiquimode Imiquimode Imiquimode Metildopa Metildopa Metildopa Metildopa Ibuprofeno idróxido de Alumínio + hidróxido Magnesio + simidróxido de Alumínio + hidróxido Magnesio + sim Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante Ems Sigma Pharma Germed

Legrand

Alcon Biosintética Cristália EMS Geolab Nature´s Plus Neo Química Sigma Pharma Eurofarma Glenmark EMS Nature´s Plus Sigma Pharma EMS

Legrand

Nature´s Plus Sigma Pharma Bunker Cristália Ducto Farmace Geolab Green Pharma Hipolabor Hipolabor Medley Medley Neo Química Prati, Donaduzzi Sanval Teuto Theodoro F Sobral União Química EMS Cinfa EMS Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Teuto Abbott EMS Eurofarma Germed Hipolabor

Legrand

Medley Sanofi-Aventis Biosintética EMS Luper Medley Biosintética EMS

Legrand

Geolab EMS Geolab

2

Concentração

Forma Farmacêutica

35 MG 35 MG 35 MG 35 MG 0,5 pcc 0,5 pcc 0,5 pcc 0,5 mg/ml 5 mg/ml 5mg/ml 5 mg/ml 0,5 pcc 10 mg; 50 mg 10 mg; 50 mg 200 mg 200 mg 200 mg 0,4 mg/ml + 20 mg/ml 0,4 mg/ml + 20 mg/ml 0,4 mg/ml + 20 mg/ml 0,4 mg/ml + 20 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,5 mg/ml 0,4 mg/ml 2mg/5ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml; 0,25 mg/ml 0,5 mg/ml; 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,5 mg/ml; 0,25 mg/ml 0,5 mg/ml; 0,25 mg/ml 2 mg 25 mg; 50 mg; 100mg 25 mg; 50 mg; 100mg 25 mg; 50 mg; 100mg 100 mg 50mg/g 50mg/g 50mg/g 500 mg; 250 mg 250 mg; 500 mg 500 mg; 250 mg 250 mg; 500 mg 50 mg/ml

Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Solução oral Solução injetável Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Solução oral Xarope Solução oral Solução oral Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Suspensão oral

100 mg 100 mg 100 mg 50 mg/ml 50 mg/ml

Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral


Lista de genéricos

medicamentos registrados Alivium Alivium Alivium Alivium Alivium Alivium Alivium Alivium Allegra Allegra Allegra Allegra Allegra Alphagan Alphagan Alphagan Alphagan Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Amaryl Aminofilina Aminofilina Aminofilina Aminofilina Aminofilina Aminofilina Aminofilina Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil

Medicamento Genérico Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Cloridrato de Fexofenadina Cloridrato de Fexofenadina Cloridrato de Fexofenadina Cloridrato de Fexofenadina Cloridrato de Fexofenadina Tartarato de Brimonidina Tartarato de Brimonidina Tartarato de Brimonidina Tartarato de Brimonidina Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Glimepirida Aminofilina Aminofilina Aminofilina Aminofilina Aminofilina Aminofilina Aminofilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina

Laboratório Fabricante Germed

Legrand Medley Mepha Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sanofi-Aventis Brainfarma Mepha Medley Sanofi-Aventis Ranbaxy Alcon Biosintética EMS Teuto Accord Biosintética Bunker EMS EMS Sigma Pharma Germed Eurofarma Medley Merck Pharlab Sandoz Sanofi-Aventis Farmace Hipolabor Hipolabor Neo Química Teuto Teuto Vitapan AB Farmo AB Farmo Abbott Abbott Ache Biosintética Brainfarma Brainfarma Cimed Cimed Cinfa Ducto Ducto EMS EMS EMS Eurofarma Germed Germed

Legrand

Globo Globo Luper Medley Medley Mepha

3

Concentração

Forma Farmacêutica

50 mg/ml Suspensão oral 50 mg/ml Suspensão oral 50 mg/ml Suspensão oral 100 mg/ml Suspensão oral 50 mg/ml Suspensão oral 50 mg/mL Suspensão oral 50 mg/ml Suspensão oral 50mg/ml; 100mg/ml Suspensão oral 120 mg; 180 mg Comprimido revestido 120 mg; 180 mg Comprimido revestido 120 mg; 180 MG 30mg; 60mg; Comprimido revestido 120 mg; 180 MG 30mg; 60mg; Comprimido revestido 120 mg; 180 mg Comprimido revestido 2,0mg/ml Solução oftálmica 2,0mg/ml Solução oftálmica 1,5mg/ml; 0,2mg/ml Solução oftálmica 2MG/ML Solução oftálmica 1 mg; 2 mg; 4 mg Comprimido 1 mg; 2 mg; 4 mg Comprimido 1 mg; 2 mg; 4 mg Comprimido 2mg;4mg Comprimido 4mg Comprimido 4mg Comprimido 4mg Comprimido 1 mg; 2 mg; 4 mg Comprimido 1 mg;2 mg Comprimido 1 mg; 2 mg; 4 mg Comprimido 1 mg; 2 mg; 4 mg Comprimido 1 mg; 2 mg; 4 mg Comprimido 1 mg; 2 mg; 4 mg Comprimido 24 mg/ml Solução injetável 24 mg/ml Solução injetável 100mg Comprimido 200mg Comprimido 100 mg; 200 mg Comprimido 24 mg/ml Solução injetável 200 mg Comprimido 500 mg Cápsula gelatinosa dura 50 mg/ml; 100 mg/ml Pó p/ suspensão oral 500 mg Cápsula gelatinosa dura 50 mg/ml Pó p/ suspensão oral 250mg/5ml Pó p/ suspensão oral 250 mg Cápsula gelatinosa dura 500 mg Cápsula gelatinosa dura 50 mg/ml Pó p/ suspensão oral 500 mg Cápsula gelatinosa dura 50 mg/ml ;100mg/ml Pó p/ suspensão oral 500 mg Cápsula gelatinosa dura 500 mg Cápsula gelatinosa dura 50 mg/ml Pó p/ suspensão oral 500 mg Cápsula gelatinosa dura 50 mg/ml; 100 mg/ml; Pó p/ suspensão oral 200mg/5mL; 400mg/5mL; Pó p/ suspensão oral 500 mg Cápsula gelatinosa dura 50 mg/ml Pó p/ suspensão oral 200mg/5mL; 400mg/5mL; Pó p/ suspensão oral 500mg Cápsula gelatinosa dura 500 mg Cápsula gelatinosa dura 125 mg; 250 mg; 500mg Pó p/ suspensão oral 50 mg/ml Pó p/ suspensão oral 500 mg Cápsula gelatinosa dura 125 mg/5ml; 200 mg/5ml; 250 mg/5ml; Pó p/ suspensão oral 400 mg/5ml; 500 mg/5ml/ 500 mg Cápsula gelatinosa dura Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência

Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil Amoxil BD Amoxil BD Amoxil BD Amoxil BD Amoxil BD Amoxil BD Amoxil BD Amoxil/Amoxil BD

Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Triidratada Amoxicilina Triidratada Amoxicilina

Mepha Multilab Nature´s Plus Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Ranbaxy Ranbaxy Sandoz Sanval Sigma Pharma Teuto União Química União Química Unichem EMS Eurofarma Globo Nature´s Plus Sigma Pharma Biosintética Ache Eurofarma

Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplacilina Amplictil Anafranil Anafranil Anafranil Androcur Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak

Amplacilina Ampicilina Ampicilina Ampicilina Ampicilina Ampicilina Ampicilina Ampicilina Ampicilina Ampicilina Ampicilina Ampicilina Sódica Ampicilina Sódica Ampicilina Sódica Ampicilina Sódica Ampicilina Sódica Cloridrato de Clorpromazina Cloridrato de Clomipramina Cloridrato de Clomipramina Cloridrato de Clomipramina Acetato de Ciproterona Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina

Ampicilina Abbott Cellofarm EMS Eurofarma Eurofarma Multilab Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sandoz AB Farmo Cellofarm Medley Ranbaxy Teuto Hypofarma EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Bergamo Ativus Cellofarm Cinfa EMS EMS EMS Eurofarma Farmace Germed Germed

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Legrand Hipolabor Hypofarma Medley Medquimica Mepha Merck

4

Concentração

Forma Farmacêutica

50 mg/ml 500 mg 500 mg 500 mg 50 mg/ml 500 mg 50 mg/ml; 100 mg/ml 500 mg 50 mg/ml 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500mg 50 mg/ml; 100 mg/ml; 500 mg 875 mg 875 mg 400mg/5ml 875 mg 875 mg 400 mg 400 mg 125 mg/5ml; 200 mg/5ml; 250 mg/5ml; 400 mg/5ml; 500 mg/5ml Abbott 50 mg/ml 500mg 250 mg/5ml 500 mg 50 mg/ml 500 mg 50 mg/ml 500 mg/ml 50 mg/ml 500 mg 500 mg; 1g 1g 50 mg/ml 500 mg; 1g 500 mg; 1 g 5 MG/ml 10 mg; 25 mg 10 mg; 25 mg 10 mg; 25 mg 50 mg; 100 mg 150 mg; 300 mg 25 mg/ml 150 mg; 300 mg 150 mg; 300 mg 25 mg/ml 15 mg/ml 150 mg; 300 mg 25 mg/ml 150 mg; 300 mg 150 mg 15mg/ml 25 mg/ml 25 mg/ml 150 mg; 300 mg 150 mg 150 mg; 300 mg 150 mg; 300 mg

Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Pó p/ suspensão oral Pó p/ suspensão oral 500 mg Cápsula Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ suspensão oral Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Xarope Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Xarope Xarope Solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Xarope Comprimido revestido Comprimido revestido


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Antak Aprovel Aracytin Aredia Arifenicol Arimidex Aropax Aropax Aropax Aropax Aropax Aropax Aropax Aropax Aropax Aropax Aropax Artren

Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Cloridrato de Ranitidina Irbesartana Citarabina Pamidronato dissódico Succinato Sódico de Cloranfenicol Anastrazol Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Diclofenaco Sódico

Nature´s Plus Novafarma Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Teuto União Química Ranbaxy Accord Eurofarma Novafarma Eurofarma Arrow Ariston Biosintética Brainfarma Eurofarma Farmasa Medley Mepha Merck Ranbaxy Zydus Merck

15 mg/ml 25 mg/ml 150 mg; 300 mg 150 mg; 300 mg 15 mg/ml 150 mg; 300 mg 150 mg; 300 mg 25 mg/ml 25 mg/ml 150 mg; 300 mg 100mg/ml 30 mg; 60 mg; 90 mg 1g 1 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 100 mg

Artril Artril Artril Artril Asalit Asalit Asalit Aspirina Aspirina Aspirina Aspirina Aspirina Aspirina Aspirina Aspirina Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atenol Atlansil Atlansil

Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Mesalazina Mesalazina Mesalazina Ácido Acetilsalicilico Ácido Acetilsalicilico Ácido Acetilsalicilico Ácido Acetilsalicilico Ácido Acetilsalicilico Ácido Acetilsalicilico Ácido Acetilsalicilico Ácido Acetilsalicilico Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Atenolol Cloridrato de Amiodarona Cloridrato de Amiodarona

EMS Germed

300 mg/ml 300 mg 100 mg/ml 300 mg 3g 3g 3g 100 mg; 500 mg 100 mg; 500 mg 100 mg; 500 mg 300mg 100 mg 300mg 300mg 300mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 50 mg; 100 mg 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 50mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25mg; 50 mg; 100mg

Legrand Sigma Pharma EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Balm-Labor Cimed EMS EMS Sanofi-Aventis Germed

Legrand

Sigma Pharma AB Farmo Abbott Apotex accord Biolunis Biosintética bunker Cristália EMS Medley Mepha Nature´s Plus Neo Química Pharlab Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Teuto Biosintética Hipolabor

5

Concentração

25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 100 mg; 50 mg 200 mg 50 mg/ml

Forma Farmacêutica Xarope Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Xarope Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Cápsula gelatinosa dura c/ microgrânulos Suspensão oral Comprimido revestido Suspensão oral Comprimido revestido Enema Enema Enema Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Solução injetável Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Atlansil Atlansil Atropion Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Atrovent Azactam Azi Azi Azi Azi Bactrim Bactrim Bactrim Bactrim Bactrim Bactrim Bactroban Bactroban Bactroban Bactroban Baycuten -N Baycuten -N Baycuten -N Baycuten -N Baycuten -N Baycuten -N Baycuten -N Benicar Benzetacil Berlison Berlison Berlison Berlison Berlison Berlison Berotec Berotec Berotec Berotec Berotec Berotec Berotec Berotec Berotec Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate

Medicamento Genérico Cloridrato de Amiodarona Cloridrato de Amiodarona Sulfato de Atropina Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Brometo de Ipratropio Aztreonam Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Sulfametoxazol + Trimetoprima Sulfametoxazol + Trimetoprima Sulfametoxazol + Trimetoprima Sulfametoxazol + Trimetoprima Sulfametoxazol + Trimetoprima Sulfametoxazol + Trimetoprima Mupirocina Mupirocina Mupirocina Mupirocina Clotrimazol + Acetato de Dexametasona Clotrimazol + Acetato de Dexametasona Clotrimazol + Acetato de Dexametasona Clotrimazol + Acetato de Dexametasona Clotrimazol + Acetato de Dexametasona Clotrimazol + Acetato de Dexametasona Clotrimazol + Acetato de Dexametasona Olmesartana medoxomila Benzilpenicilina Benzatina Acetato de Hidrocortisona Acetato de Hidrocortisona Acetato de Hidrocortisona Acetato de Hidrocortisona Acetato de Hidrocortisona Acetato de Hidrocortisona Bromidato de Fenoterol Bromidato de Fenoterol Bromidato de Fenoterol Bromidato de Fenoterol Bromidato de Fenoterol Bromidato de Fenoterol Bromidato de Fenoterol Bromidato de Fenoterol Bromidato de Fenoterol Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante Ranbaxy Sanofi-Aventis Hipolabor Biosintética Ducto EMS Germed

Legrand

Globo Hipolabor Mepha Neo Química Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Teuto União Química Eurofarma EMS GERMED Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Germed Neo Química Teuto Prati, Donaduzzi Sandoz Teuto Cristália ems Medley Prati, Donaduzzi EMS Geolab Kinder Medley Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Daiichi Sankyo Eurofarma Ativus Ativus Hipolabor Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi União Química EMS EMS Germed Hipolabor Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Ativus Ducto EMS EMS EMS EMS Eurofarma Eurofarma

6

Concentração

Forma Farmacêutica

100 mg; 200 mg 100 mg; 200 mg 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg/ml 0,5 g; 1,0 g 1000 mg 1000 mg 1000 mg 1000 mg 40 mg/ml + 8 mg/ml 40 mg/ml + 8 mg/ml 400 mg + 80 mg 400 mg + 80 mg; 800 mg + 160 mg 400 mg + 80 mg; 800 mg + 160 mg 40 mg/ml + 8 mg/ml 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 10 mg/g + 0,4 mg/g 10 mg/g + 0,4 mg/g 10 mg/g + 0,4 mg/g 10 mg/g + 0,4 mg/g 10 mg/g + 0,4 mg/g 10 mg/g + 0,4 mg/g 10 mg/g + 0,4 mg/g 20mg; 40mg 300.000 U/ml; 150.000 U/ml 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 5 mg/ml 0,25mg/ml; 0,5mg/ml 5 mg/ml 5mg/ml 0,25mg/ml; 0,5mg/ml 5 mg/ml 5 mg/ml 0,25mg/ml; 0,5mg/ml 5 mg/ml 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1,0 mg/g 1 mg/g 1,0 mg/g 1 mg/g 1 mg/g

Comprimido Comprimido Solução injetável Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Solução p/ inalação Pó p/ solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Suspensão oral Suspensão oral Comprimido Comprimido Comprimido Suspensão oral Creme dermatológico Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido revestido Suspensão injetável Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Solução oral Xarope Solução oral Solução oral Xarope Solução oral Solução oral Xarope Solução oral Creme Pomada dermatológica Creme dermatológico Loção dermatológica Pomada dermatológica Solução capilar Creme dermatológico Pomada dermatológica


Lista de genéricos

medicamentos registrados Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate Betnovate N Betnovate N Betnovate N Betnovate N Betnovate N Betnovate N Betnovate N Betnovate N Betoptic Betoptic Betoptic Betoptic Betoptic Betoptic Betoptic Biamotil Biamotil Biamotil Biamotil Biamotil Biamotil Biamotil Biamotil D Biamotil D Biamotil D Biamotil D Biamotil D Biconecor Binotal Biocarb Bisolvon Bisolvon Bisolvon Bisolvon Bisolvon Bisolvon Bisolvon Bisolvon Bisolvon Bisolvon Bisolvon Blopress Bricanyl Bricanyl Bricanyl Bricanyl Bricanyl Bricanyl

Medicamento Genérico Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cloridrato de Betaxolol Cloridrato de Betaxolol Cloridrato de Betaxolol Cloridrato de Betaxolol Cloridrato de Betaxolol Cloridrato de Betaxolol Cloridrato de Betaxolol Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino + Dexametasona Cloridrato de Ciprofloxacino + Dexametasona Cloridrato de Ciprofloxacino + Dexametasona Cloridrato de Ciprofloxacino + Dexametasona Cloridrato de Ciprofloxacino + Dexametasona Fumarato de Bisoprolol + Hidroclorotiazida Ampicilina Carboplatina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Cloridrato de Bromexina Candesartana cilexila Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina

Laboratório Fabricante Geolab Geolab Medley Medley Medley Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma EMS Geolab Geolab Nature´s Plus Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Alcon Cristália EMS

Legrand

Nature´s Plus Neo Química Sigma Pharma EMS EMS Nature´s Plus Nature´s Plus Ranbaxy Sigma Pharma Sigma Pharma EMS Geolab GERMED

Legrand

Sigma Pharma unichem EMS Glenmark EMS Ems Germed Globo Hypermarcas

Legrand

Luper Medley Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sandoz EMS EMS Germed Green Pharma Hipolabor

Legrand

7

Concentração 1 mg/g 1 mg/g 1,0 mg/g 1,0 mg/g 1 mg/g 1,0 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1,0 mg/g 1,0 mg/g 1,0 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g + 5 mg/g 1 mg/g + 5 mg/g 1 mg/g + 5 mg/g 1 mg/g + 5 mg/g 1 mg/g + 5 mg/g 1 mg/g + 5 mg/g 1 mg/g + 5 mg/g 1 mg/g + 5 mg/g 0,5 pcc 0,5 pcc 0,5 pcc 0,5 pcc 0,5 pcc 0,5 pcc 0,5 pcc 3,5 mg/g 3 mg/ml 3,5 mg/g 3 mg/ml 3 mg/ml 3,5 mg/g 3 mg/ml 3,5mg/ml + 1mg/ml 3,5mg/ml + 1mg/ml 3,5mg/ml + 1mg/ml 3,5mg/ml + 1mg/ml 3,5mg/ml + 1mg/ml 5,0 mg + 6,25 mg 500 mg 150 mg 0,8 mg/ml; 1,6 mg/ml 1,6 mg/ml 0,8 mg/ml; 1,6 mg/ml 0,8 mg/ml; 1,6 mg/ml 0,8 mg/ml; 1,6 mg/ml 2 mg/ml 0,8 mg/ml; 1,6 mg/ml 0,8 mg/ml; 0,8 mg/ml; 1,6 mg/ml 0,8 mg/ml; 8mg; 16mg 0,3 mg/ml 0,3 mg/ml + 13,3 mg/ml 0,3 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 0,3 mg/ml

Forma Farmacêutica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Loção dermatológica Pomada dermatológica Solução capilar Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Solução Capilar Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Pomada dermatológica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Pomada oftálmica Solução oftálmica Pomada oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Pomada oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Comprimido Comprimido Pó liofilizado p/ sol injetável Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Solução oral Xarope Xarope Xarope Xarope Comprimido Xarope Xarope Xarope Solução injetável Solução injetável Xarope Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Bricanyl Bricanyl Bricanyl Bricanyl Bricanyl Bricanyl Composto Bricanyl Composto Bricanyl Composto Bricanyl Composto Bricanyl Composto Brismucol Brismucol Brismucol Brismucol Brismucol Brismucol Brismucol Brismucol Brismucol Brismucol Brismucol Brondilat Brondilat Brondilat Bufedil Bufedil Bufedil Bufedil Bufedil Buscopan Buscopan Buscopan Buscopan Buscopan Buscopan Buscopan Buscopan composto Buscopan composto Buscopan composto Buscopan composto Buscopan composto Buscopan composto Buscopan composto Buscopan composto Buscopan composto Buscopan composto Buscopan composto Cafilisador Calcort Calcort Calcort Calcort Camptosar Camptosar Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort

Medicamento Genérico Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina Sulfato de Terbutalina + Guaifenesina Sulfato de Terbutalina + Guaifenesina Sulfato de Terbutalina + Guaifenesina Sulfato de Terbutalina + Guaifenesina Sulfato de Terbutalina + Guaifenesina + essencia de morango Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Acebrofilina Cloridrato de Buflomedil Cloridrato de Buflomedil Cloridrato de Buflomedil Cloridrato de Buflomedil Cloridrato de Buflomedil Butilbrometo de escopolamina Butilbrometo de escopolamina Butilbrometo de escopolamina Butilbrometo de escopolamina Butilbrometo de escopolamina Butilbrometo de escopolamina Butilbrometo de escopolamina Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Butilbrometo de escopolamina+Dipi rona sódica Dipirona Sódica + cafeina Deflazacorte Deflazacorte Deflazacorte Deflazacorte Cloridrato de Irinotecano Cloridrato de Irinotecano Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante Medley Merck Prati, Donaduzzi Sigma Pharma União Química

Legrand

Medley Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Germed Biosintética EMS Eurofarma Farmasa Medley Mepha Nature´s Plus Neo Química - ok Sigma Pharma Teuto União Química Cimed Geolab Prati, Donaduzzi Ems Germed

Legrand

Sanofi-Aventis Sigma Pharma EMS Hipolabor Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Teuto União Química EMS Farmace Farmace Geolab Germed Hipolabor Hipolabor

Legrand

Medley Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Neo Química EMS Mepha Nature´s Plus Sigma Pharma Eurofarma Glenmark Brainfarma EMS EMS Eurofarma Eurofarma Farmasa Farmasa Geolab

8

Concentração

Forma Farmacêutica

0,3 mg/ml 0,3 mg/ml 0,3 mg/ml 0,3 mg/ml 0,5 mg/ml 0,3 mg/ml + 13,3 mg/ml 0,3 mg/ml + 13,3 mg/ml 0,3 mg/ml + 13,3 mg/ml 0,3 mg/ml + 13,3 mg/ml 0,3 mg/ml + 13,3 mg/ml

Xarope Xarope Xarope Xarope Solução injetável Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope

5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/ml; 10 mg/ml 300 mg 300 mg 300 mg 300 mg 300 mg 10 mg/ml 20 mg/ml 10 mg/ml 10 mg/ml 10 mg/ml 20 mg/ml 20 mg/ml 6,67 mg/ml + 333,4 mg/ml 4 mg + 500 mg/ml 6,67 mg/ml + 333,4 mg/ml 6,67 mg/ml + 333,4 mg/ml 6,67 mg/ml + 333,4 mg/ml 4 mg + 500 mg/ml 6,67 mg/ml + 333,4 mg/ml 6,67 mg/ml + 333,4 mg/ml 6,67 mg/ml + 333,4 mg/ml 6,67 mg/ml + 333,4 mg/ml 6,67 mg/ml + 333,4 mg/ml 500 mg + 65 mg 6 mg; 30 mg 6 mg; 30 mg 6 mg; 30 mg 6 mg; 30 mg 20 mg/mL 20 mg/mL 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g

Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oral Solução injetável Solução oral Solução oral Solução oral Solução injetável Solução injetável Solução oral Solução injetável Solução oral Solução oral Solução oral Solução injetável Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Solução injetável Solução injetável Creme dermatológico Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico


Lista de genéricos

medicamentos registrados Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Candicort Canesten Canesten Canesten Canesten Canesten Canesten Canesten Canesten Canesten Canesten Canesten Canesten Canesten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Capoten Carbolitium Carbolitium Cardizem Cardizem Cardizem Cardizem Cardizem Carduran Carduran Carduran Carduran Carduran Carduran Carduran Carduran Carduran

Medicamento Genérico Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Captopril Carbonato de Lítio Carbonato de Lítio Cloridrato de Diltiazem Cloridrato de Diltiazem Cloridrato de Diltiazem Cloridrato de Diltiazem Cloridrato de Diltiazem Mesilato de Doxazosina Mesilato de Doxazosina Mesilato de Doxazosina Mesilato de Doxazosina Mesilato de Doxazosina Mesilato de Doxazosina Mesilato de Doxazosina Mesilato de Doxazosina Mesilato de Doxazosina

Laboratório Fabricante Geolab Globo Medley Medley Mepha Mepha Nature´s Plus Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Ranbaxy Ranbaxy Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Teuto Ducto EMS Geolab Green Pharma Medley Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sigma Pharma Teuto União Química Arrow Balm-Labor Biosintética Cimed Cristália EMS Eurofarma Germed Luper Mariol Medley Neo Química Prati, Donaduzzi Sandoz Sigma Pharma Teuto União Química Vitapan Arrow Hipolabor EMS Mepha Germed Ranbaxy Sigma Pharma Brainfarma EMS Eurofarma Medley Merck Nature´s Plus Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma

9

Concentração 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 20 mg/g + 0,5 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 25mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 25mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 300 mg 300 mg 30 mg; 60 mg 30 mg; 60 mg 30 mg; 60 mg 30 mg; 60 mg 30 mg; 60 mg 2 mg 2 mg 2 mg 2 mg 2 mg; 4 mg 2 mg 2 mg; 4 mg 2 mg; 4 mg 2 mg

Forma Farmacêutica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Carduran Cartrax Cartrax Cartrax Cartrax Cartrax Cartrax Cartrax Cartrax Cartrax Cartrax Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam Cataflam D Cataflam D Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cataflam Emulgel Cebralat Cebrilin Cebrilin Cebrilin Cebrilin Ceclor Ceclor Ceclor Ceclor Ceclor Ceclor Ceclor Ceclor Ceclor Cedur Cedur

Medicamento Genérico Mesilato de Doxazosina Tioconazol + Tinidazol Tioconazol + Tinidazol Tioconazol + Tinidazol Tioconazol + Tinidazol Tioconazol + Tinidazol Tioconazol + Tinidazol Tioconazol + Tinidazol Tioconazol + Tinidazol Tioconazol + Tinidazol Tioconazol + Tinidazol Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Resinato Diclofenaco Resinato Diclofenaco Resinato Diclofenaco Resinato Diclofenaco Resinato Diclofenaco Resinato Diclofenaco Potássico Diclofenaco Potássico Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Diclofenaco Dietilamônio Cilostazol Cloridrato de Cefetamete pivoxila Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cloridrato de Paroxetina Cefaclor Cefaclor Cefaclor Cefaclor Cefaclor Cefaclor Cefaclor Cefaclor Cefaclor Bezafibrato Bezafibrato

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante Teuto Ativus EMS Geolab Globo Medley Mepha Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Abbott Accord Biosintética EMS Hipolabor Medley Pharlab Ranbaxy Teuto Teuto Biosintética EMS Medley Mepha Nature´s Plus Sigma Pharma Brainfarma Teuto Biosintética Brainfarma Cimed Cristália Ducto EMS Eurofarma Geolab Luper Medley Nature´s Plus Neo Química Pharlab Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sigma Pharma Teuto União Química Eurofarma EMS Germed

Legrand

Sigma Pharma EMS EMS EMS Medley Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Sigma Pharma Sigma Pharma EMS Germed

10

Concentração

Forma Farmacêutica

2 mg 20 mg/g + 30 mg/g 20 mg/g + 30 mg/g 20 mg/g + 30 mg/g 20 mg/g + 30 mg/g 20 mg/g + 30 mg/g 20 mg/g + 30 mg/g 20 mg/g + 30 mg/g 20 mg/g + 30 mg/g 20 mg/g + 30 mg/g 20 mg/g + 30 mg/g 50 mg 50 mg 50 mg 50 mg 25 mg/ml 50 mg 50 mg 50 mg 25 mg/ml 15 mg/ml 15 mg/mL 15 mg/mL 15 mg/mL 15 mg/mL 15 mg/mL 15 mg/mL 50 mg 50 mg 10 mg/g 11,6 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 50mg; 100mg 30 MG 30 mg 30 mg 30 mg 250 mg; 500 mg 50 mg/ml; 75 mg/ml 50 mg/ml; 75 mg/ml 500 mg 50 mg/ml; 75 mg/ml 250 mg; 500 mg 50 mg/ml; 75 mg/ml 250 mg; 500 mg 50 mg/ml; 75 mg/ml 200 mg 200 mg

Comprimido Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Drágea Solução injetável Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Drágea Comprimido dispersível Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Gel creme Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Cápsula gelatinosa dura Suspensão oral Suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido


Lista de genéricos

medicamentos registrados Cedur Cefamox Cefamox Cefamox Cefamox Cefamox Cefamox Cefamox Cefamox Cefamox Cefamox Cefamox Cefamox Cefoxitina Sódica Eurofarma Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestamine Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Celestone Cellcept Cellcept Cellcept Cellcept Cellcept Ciloxan otológico Ciloxan otológico Ciloxan otológico Ciloxan otológico Cipramil Cipramil

Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica

Bezafibrato Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefadroxila Cefoxitina Sódica

Sigma Pharma AB Farmo Abbott Biosintética EMS EMS Eurofarma Eurofarma Medley Medley Teuto Sandoz Sandoz Novafarma

200 mg 500 mg 500 mg 50 mg; 100 mg 500 mg 50 mg; 100 mg 500 mg 50 mg/ml; 100 mg/ml 500 mg 50 mg/ml; 100 mg/ml 500 mg 500 mg 50 mg/ml; 100 mg/ml 1g

Comprimido revestido Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Pó p/ suspensão oral Pó p/ solução injetável

Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Maleato de Dexclorfeniramina + Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Betametasona Fosfato Dissódico de Betametasona Micofenolato mofetila Micofenolato mofetil Micofenolato mofetil Micofenolato mofetil Micofenolato mofetil Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Bromidrato de Citalopram Bromidrato de Citalopram

Brainfarma Cimed Cristália EMS EMS Eurofarma Farmasa Geolab Globo Medley Mepha Mepha Merck Germed Nature´s Plus Neo Química Pharlab Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto União Química EMS EMS EMS Eurofarma Geolab Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Novafarma Accord EMS Eurofarma Nature´s Plus Sigma Pharma EMS Germed

0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 2 mg + 0,25 mg 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 2 mg + 0,25 mg / 5ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 2 mg + 0,25 mg 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 2 mg + 0,25 mg 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 2 mg + 0,25 mg 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,4 mg/ml + 0,05 mg/ml 0,5 mg; 2 mg 0,1 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg; 2 mg 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,5 mg; 2 mg 0,5 mg/ml 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg; 2 mg 0,5 mg/ml 0,1 mg/ml 4 mg/ml 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 3,0 mg/ml 3,0 mg/ml 3,0 mg/ml 3,0 mg/ml 20 mg 20 mg

Xarope Xarope Xarope Comprimido Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Comprimido Xarope Xarope Comprimido Xarope Xarope Xarope Xarope Comprimido Xarope Xarope Xarope Comprimido Elixir Solução oral Comprimido Elixir Elixir Comprimido Solução oral Elixir Elixir Solução oral Comprimido Solução oral Elixir Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução otológica Solução otológica Solução otológica Solução otológica Comprimido revestido Comprimido revestido

Legrand

Sigma Pharma AB Farmo Sigma Pharma

11

Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipramil Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Cipro Citalor Citalor Citalor Citalor Citalor Citalor Citalor Claforan Claforan Claripel Claripel Claripel Claripel Claripel Aquagel Claripel Aquagel Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin

Medicamento Genérico Bromidrato de Citalopram Citalopram Citalopram Citalopram Citalopram Citalopram Citalopram Citalopram Citalopram Citalopram Citalopram Citalopram Ciprofloxacino Ciprofloxacino Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Cloridrato de Ciprofloxacino Atorvastatina Cálcica Atorvastatina Cálcica Atorvastatina Cálcica Atorvastatina Cálcica Atorvastatina Cálcica Atorvastatina Cálcica Atorvastatina Cálcica Cefotaxima Sódica Cefotaxima Sódica Hidroquinona Hidroquinona Hidroquinona Hidroquinona Hidroquinona Hidroquinona Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante Germed Arrow Biosintética Brainfarma Cinfa Eurofarma Farmasa Medley Mepha Ranbaxy Sandoz Zydus Eurofarma Halex Istar Isofarma Apotex Arrow Biolunis Biosintética Cimed EMS Germed Geolab Globo Medley Mepha Merck multilab Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Sandoz Sigma Pharma Zydus Ache Biosintética EMS Germed Pfizer

Legrand

Sigma Pharma AB Farmo Antibióticos do Brasil EMS Germed

Legrand

Sigma Pharma

Legrand

Sigma Pharma Ativus Biosintética Biosintética Brainfarma Brainfarma Cimed Cinfa EMS Farmasa Geolab Globo Mariol Medley Mepha

12

Concentração

Forma Farmacêutica

20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 2 mg/ml 2 mg/ml 2 mg/ml 250 mg; 500 mg 250 mg; 500 mg 250 mg; 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg; 250mg 500mg 500 mg 250 mg; 500 mg 250 mg; 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 3,5 mg/ml 250 mg; 500 mg 250 mg; 500 mg 500 mg; 250mg 500 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 500 mg; 1 g 1g 40 mg/g 40 mg/g 40 mg/g 40 mg/g 40 mg/g 40 mg/g 1 mg/ml 10 mg 1 mg/ml 10 mg 1 mg/ml 1 mg/ml 10 mg 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 10 mg

Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oftálmica Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Creme Creme Creme Creme Gel Gel Xarope Comprimido revestido Xarope Comprimido Xarope Xarope Comprimido Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Comprimido


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin Claritin -D Claritin -D Claritin -D Claritin -D Claritin -D Claritin -D Claritin -D Claritin -D Claritin -D Claritin -D Claritin -D Clavulin Clavulin Clavulin Clavulin Clavulin

Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio

Mepha Merck Merck Multilab Nature´s Plus Neo Química Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Teuto União Química Biosintética Brainfarma Brainfarma EMS Eurofarma Farmasa Medley Nature´s Plus Neo Química Sigma Pharma Teuto AB Farmo Brainfarma Brainfarma EMS EMS

Clavulin Clavulin Clavulin

Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio

Eurofarma Mepha Mepha

Clavulin Clavulin Clavulin

Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio

Ranbaxy Sandoz Sandoz

clavulin BD Clavulin BD Clavulin BD Clavulin BD Clavulin BD Clavulin BD Clavulin BD Clavulin BD Clavulin BD Clavulin BD

Amoxicilina Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio

Biosintética EMS EMS EMS Eurofarma Germed

Nature´s Plus Ranbaxy Ranbaxy

Clavulin BD Clavulin BD Clavulin IV Clinagel Clinagel Clinagel Clorana Clorana Clorana Clorana Clorana Clorana Cloranfenicol oculum Cloridrato de Succinato Clobutinol + de Doxilamina

Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Amoxicilina+Clavu lanato de potássio Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Hidroclorotiazida Hidroclorotiazida Hidroclorotiazida Hidroclorotiazida Hidroclorotiazida Hidroclorotiazida Cloranfenicol Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina

Sandoz Sigma Pharma Cellofarm EMS Nature´s Plus Sigma Pharma CIMED EMS Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sanofi-Aventis Sigma Pharma Neo Química Ems

Legrand

13

Concentração

Forma Farmacêutica

1 mg/ml 10 mg 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 10 mg 10 mg 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml + 12 mg/ml 5 mg + 120 mg 1 mg/ml + 12 mg/ml 1 mg/ml + 12 mg/ml 1 mg/ml + 12 mg/ml 1 mg/ml + 12 mg/ml 1 mg/ml + 12 mg/ml 1 mg/ml + 12 mg/ml 1 mg/ml + 12 mg/ml 1 mg/ml + 12 mg/ml 1 mg/ml + 12 mg/ml 1 g + 200 mg 500 mg + 125 mg 50 mg/ml + 12,5 mg/ml 500 mg + 125 mg 25 mg/ml + 6,25 mg/ml; 50 mg/ml + 12,5 mg/ml 500 mg + 100 mg ; 1 g + 200 mg 500 mg + 125 mg 25 mg/ml + 6,25 mg/ml; 50 mg/ml + 12,5 mg/ml 500 mg + 125 mg 500 mg + 125 mg 25 mg/ml + 6,25 mg/ml; 50 mg/ml + 12,5 mg/ml 400 mg + 57,mg/s 875 mg + 125 mg 80mg/ml + 11,4mg/ml 80mg/ml + 11,4mg/ml 875 mg + 125 mg 80mg/ml + 11,4mg/ml 875 mg + 125 mg 875 mg + 125 mg 875 mg + 125 mg 40 mg/ml + 5,7 mg/ml; 80 mg/ml + 11,5 mg/ml 875 mg + 125 mg 875 mg + 125 mg 500 mg + 100 mg ; 1 g + 200 mg 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 25 mg; 50 mg 25 mg; 50 mg 25 mg; 50 mg 25 mg; 50 mg 25 mg; 50 mg 25 mg; 50 mg 4 mg/ml 4 mg/mL + 0,75 mg/mL

Xarope Comprimido revestido Xarope Xarope Xarope Xarope Comprimido Comprimido Xarope Xarope Xarope Xarope Drágea Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ solução injetável Gel Gel Gel Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Solução oftálmica Xarope

Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina Colpistatin Colpistatin Colpistatin Colpistatin Colpistatin Colpistatin Concor Concor Concor Concor Coreg Coreg Coreg Coreg Coreg Co-Renitec Co-Renitec Co-Renitec Co-Renitec Co-Renitec Co-Renitec Co-Renitec Co-Renitec Co-Renitec Cosopt Cosopt Cosopt Cosopt Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Cozaar Crestor Cromolerg Oculum Cromolerg Oculum Cymevene Daforin Daforin Daforin Daforin Daforin Daforin

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica

Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina

Sigma Pharma

4 mg/mL + 0,75 mg/mL

Xarope

Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina

Germed

4 mg/mL + 0,75 mg/mL

Xarope

Benzoilmetronidazo l + Nistatina + Cloreto de Benzalcônio Benzoilmetronidazo l + Nistatina + Cloreto de Benzalcônio Benzoilmetronidazo l + Nistatina + Cloreto de Benzalcônio Benzoilmetronidazo l + Nistatina + Cloreto de Benzalcônio Benzoilmetronidazo l + Nistatina + Cloreto de Benzalcônio Benzoilmetronidazo l + Nistatina + Cloreto de Benzalcônio Fumarato de bisoprolol Fumarato de bisoprolol Fumarato de bisoprolol Fumarato de bisoprolol Carvedilol Carvedilol Carvedilol Carvedilol Carvedilol Maleato de Enalapril + Hidroclorotiazida Maleato de Enalapril + Hidroclorotiazida Maleato de Enalapril + Hidroclorotiazida Maleato de Enalapril + Hidroclorotiazida Maleato de Enalapril + Hidroclorotiazida Maleato de Enalapril + Hidroclorotiazida Maleato de Enalapril + Hidroclorotiazida Maleato de Enalapril + Hidroclorotiazida Maleato de Enalapril + Hidroclorotiazida Cloridrato de Dorzolamida + Maleato de Timolol Cloridrato de Dorzolamida + Maleato de Timolol Cloridrato de Dorzolamida + Maleato de Timolol Cloridrato de Dorzolamida + Maleato de Timolol Losartan Potássico Losartan Potássico Losartan Potássico Losartan Potássico Losartan Potássico Losartan Potássico Losartan Potássico Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica Losartana Potássica rosuvastatina cálcica Cromoglicato Dissódico Cromoglicato Dissódico Ganciclovir sódico Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina

EMS GERMED

62.5 mg/g + 25.000 UI/g + 1.25 mg/g 62.5 mg/g + 25.000 UI/g + 1.25 mg/g 62.5 mg/g + 25.000 UI/g + 1.25 mg/g 62.5 mg/g + 25.000 UI/g + 1.25 mg/g 62.5 mg/g + 25.000 UI/g + 1.25 mg/g 62.5 mg/g + 25.000 UI/g + 1.25 mg/g 1,25mg; 2,5mg; 5mg; 10mg 1,25mg; 2,5mg; 5mg; 10mg 1,25mg; 2,5mg; 5mg; 10mg 1,25mg; 2,5mg; 5mg; 10mg 3,125 mg; 6,25 mg; 12.5 mg; 25 mg 6,25 mg; 12.5 mg; 25 mg 6,25 mg; 12.5 mg; 25 mg 3,125 mg; 6,25 mg; 12.5 mg; 25 mg 3,125 mg; 6,25 mg; 12.5 mg; 25 mg 20 mg + 12,5 mg 10 mg + 25 mg 20 mg + 12,5 mg 20 mg + 12,5 mg; 10 mg + 25 mg 20 mg + 12,5 mg; 10 mg + 25 mg 10 mg + 25 mg 20 mg + 12,5 mg 20 mg + 12,5 mg 10 mg + 25 mg 20 + 5 mg/ml 20 + 5 mg/ml 20 + 5 mg/ml 20 + 5 mg/ml 50 mg 50 mg 50 mg 50 mg 50 mg 50 mg 50 mg; 12,5 mg 100 MG; 50 Mg 50 mg 50mg; 100 mg 50mg; 100 mg 50 mg 50mg; 100 mg 50 mg; 12,5 mg 50 mg 50mg; 100 mg 50 mg 100 mg 50 mg 20mg/ 10mg 40 mg/ml 20mg/ml;40 mg/ml 500 mg 10 mg 20 mg 20 mg/ml 10 mg 20 mg/ml 20 mg

Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido solução oftálmica solução oftálmica solução oftálmica solução oftálmica Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oftálmica Solução oftálmica Pó liofilizado p/ sol injetável Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Solução oral Cápsula gelatinosa dura Solução oral Cápsula gelatinosa dura

Medicamento Genérico

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Legrand Medley Prati, Donaduzzi Sigma Pharma EMS Germed

Legrand

Sigma Pharma Arrow Medley Sanofi-Aventis torrent Biosintética Biosintética EMS EMS Medley Merck Germed Nature´s Plus Sigma Pharma Sigma Pharma EMS GERMED

Legrand

Teuto Biosintética Brainfarma Cristália Eurofarma Farmasa Medley Mepha Neo Química Cinfa EMS Germed Merck Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Teuto Torrent Zydus Torrent Alcon Neo Química Eurofarma EMS EMS EMS

Legrand

Medley Nature´s Plus

14


Lista de genéricos

medicamentos registrados Daforin Daforin Daforin Daforin Daforin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Daktarin Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin C Dalacin V Dalacin V Dalacin V Dalacin V Dalsy Dalsy Dalsy Dalsy Dalsy Dalsy Dalsy Dalsy Daonil Daonil Daonil Daonil Daonil Daonil Daonil Daonil Daonil Daonil Daonil DDAVP Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron

Medicamento Genérico Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Cloridrato de Clindamicina Cloridrato de Clindamicina Cloridrato de Clindamicina Cloridrato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Fosfato de Clindamicina Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Ibuprofeno Glibenclamida Glibenclamida Glibenclamida Glibenclamida Glibenclamida Glibenclamida Glibenclamida Glibenclamida Glibenclamida Glibenclamida Glibenclamida Acetato de Desmopressina Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona

Laboratório Fabricante Nature´s Plus Nature´s Plus Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Cimed Cristália EMS EMS Kinder Medley Multilab Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto EMS Ranbaxy Teuto União Química Cellofarm EMS EMS Eurofarma Hipolabor Nature´s Plus Nature´s Plus Novafarma Sigma Pharma Sigma Pharma União Química EMS Germed Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Brainfarma Cimed EMS EMS Germed

Legrand

Neo Química Sigma Pharma Biosintética EMS Mepha Medley Neo Química Germed Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sanofi-Aventis Sigma Pharma Zydus Bergamo Cristália EMS EMS Eurofarma Farmace

15

Concentração 10 mg 20 mg/ml 10 mg 20 mg 20 mg/ml 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/mL 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 300 mg 300 mg 300 mg 300 mg 150mg 300 mg 150 mg/ml 150 mg/ml 150 mg/ml 300 mg 150 mg/ml 150 mg/ml 300 mg 150 mg/ml 150 mg/ml 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 400mg 400mg 20 mg/ml 400 mg/ml 400 mg/ml 400 mg/ml 400mg 20 mg/ml 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,5 mg; 0,75 mg; 4 mg 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml

Forma Farmacêutica Cápsula gelatinosa dura Solução oral Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Solução oral Loção cremosa Loção cremosa Loção cremosa Pó Tópico Loção Loção cremosa Loção cremosa Loção cremosa Pó Tópico Loção cremosa Loção Loção cremosa Pó Tópico Loção Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Solução injetável Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Solução injetável Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Comprimido revestido Comprimido revestido Suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Suspensão oral Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Solução nasal Elixir Comprimido Elixir Elixir Elixir Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Decadron Depakene Depakene Depakene Depakene Depakene Depakene Dermazine Dermazine Dermazine Dermodex Dermodex Dermodex Dermodex Dermodex Dermodex Dermodex Dermodex Dermodex Dermodex Dermomax Dermomax Dermomax Dermomax Desalex Desalex Desalex Desalex Desalex Desalex Desalex Desalex Desalex Desalex Desferal Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol

Medicamento Genérico Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Dexametasona Fosfato Dissódico de Dexametasona Fosfato Dissódico de Dexametasona Fosfato Dissódico de Dexametasona Valproato de Sódio Valproato de Sódio Valproato de Sódio Valproato de Sódio Valproato de Sódio Valproato de Sódio Sulfadiazina de Prata Sulfadiazina de Prata Sulfadiazina de Prata Nistatina Nistatina + Óxido de Zinco Nistatina + Óxido de Zinco Nistatina + Óxido de Zinco Nistatina + Óxido de Zinco Nistatina + Óxido de Zinco Nistatina + Óxido de Zinco Nistatina + Óxido de Zinco Nistatina + Óxido de Zinco Nistatina + Óxido de Zinco Lidocaína Lidocaína Lidocaína Lidocaína Desloratadina Desloratadina Desloratadina Desloratadina Desloratadina Desloratadina Desloratadina Desloratadina Desloratadina Desloratadina Mesilato de Desferroxamina Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante Geolab Germed Hipolabor

Legrand Medley Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Sanval Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Farmace Hypofarma Teuto Biolab Sanus Biolab Sanus EMS Hipolabor Sigma Pharma Teuto Glenmark Prati, Donaduzzi União Química Geolab EMS Globo Medley Mepha Nature´s Plus Neo Química Pharlab Prati, Donaduzzi Sigma Pharma EMS Germed

Legrand

Sigma Pharma Germed EMS

Legrand

Mepha EMS Germed

Legrand

mepha Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Eurofarma EMS EMS EMS EMS Geolab Geolab Globo Medley Medley Medley Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Nature´s Plus

16

Concentração

Forma Farmacêutica

0,1 mg/ml 0,5 mg; 0,75 mg; 4 mg 2mg/g; 4mg/g 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 0,5 mg; 0,75 mg; 4 mg 0,1 mg/ml 0,1 mg/ml 2 mg/ml; 4 mg/ml 2 mg/ml; 4 mg/ml 2 mg/ml; 4 mg/ml 250 mg 50 mg/ml 50 mg/ml 50 mg/ml 50 mg/ml 50 mg/ml 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 200mg 100.000 UI/g + 200 mg/g 100.000 UI/g + 200 mg/g 100.000 UI/g + 200 mg/g 100.000 UI/g + 200 mg/g 100.000 UI/g + 200 mg/g 100.000 UI/g + 200 mg/g 100.000 UI/g + 200 mg/g 100.000 UI/g + 200 mg/g 100.000 UI/g + 200 mg/g 40 mg/g 40 mg/g 40 mg/g 40 mg/g 0,5MG/ML 0,5MG/ML 0,5MG/ML 0,5MG/ML 5mg 5mg 5mg 5mg 0,5 mg/ml 5mg 500mg 0,5 mg/g 1,0 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5mg/g 0,5mg/g 0,5 mg/g 1,0 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 1,0 mg/g 0,5 mg/g

Elixir Comprimido Solução injetável Elixir Elixir Elixir Elixir Elixir Elixir Comprimido Elixir Elixir Solução injetável Solução injetável Solução injetável Cápsula gelatinosa mole Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico XAROPE XAROPE XAROPE XAROPE Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Xarope Comprimido revestido Pó p/ solução injetável Creme Loção capilar Loção cremosa Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Loção capilar Loção cremosa Pomada dermatológica Creme Loção capilar Loção cremosa


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento Genérico

Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Desonol Dexason Dexason Dexason Dexason Dexason Dexason Dexason Dexason Dexason Dexason Differin Differin Differin Differin Differin Differin Differin Differin Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digesan Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Dilacoron

Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Desonida Acetato de Dexametasona Acetato de Dexametasona Acetato de Dexametasona Acetato de Dexametasona Acetato de Dexametasona Acetato de Dexametasona Acetato de Dexametasona Acetato de Dexametasona Acetato de Dexametasona Acetato de Dexametasona Adapaleno Adapaleno Adapaleno Adapaleno Adapaleno Adapaleno Adapaleno Adapaleno Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Bromoprida Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Digoxina Cloridrato de Verapamil

Dilacoron Dilacoron Dilacoron Dilacoron Dilacoron Dilacoron

Cloridrato de Verapamil Cloridrato de Verapamil Cloridrato de Verapamil Cloridrato de Verapamil Cloridrato de Verapamil Cloridrato de Verapamil

Laboratório Fabricante Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Cimed EMS Geolab

Concentração

Pharlab Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Teuto Vitapan Abbott

0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 1,0 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/ml; 4 mg/ml 10 mg 1 mg/ml; 4 mg/ml 2,5mg/ml 10 mg/ml; 4 mg/ml; 5 mg/ml 10 mg 10 mg 1 mg/ml; 4 mg/ml; 4 mg/ml 4 mg/ml 1 mg/ml; 4 mg/ml 4 mg/ml 10 mg 4 mg/ml 1 mg/ml; 4 mg/ml 4 mg/ml 5 mg/ml 4 mg/ml 0,05 mg/ml 0,05 mg/ml 0,05 mg/ml 0,25 mg/ml 0,25 mg 0,05 mg/ml 0,05 mg/ml 0,25 mg 0,25 mg 80 mg; 120 mg; 240 mg

ACHE Biosintética Biosintética EMS Nature´s Plus Prati, Donaduzzi

120 mg; 80 mg 120 mg 80 mg 80 mg 80 mg

Legrand

Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sanval Sigma Pharma Teuto União Química Biosintética EMS EMS Germed Germed Medley Sigma Pharma Sigma Pharma Biosintética EMS EMS Eurofarma Germed Geolab Hipolabor

Legrand

Medley Medley Medley Mepha Merck Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Teuto União Química União Química EMS Germed

Legrand Legrand

17

Forma Farmacêutica Pomada dermatológica Creme dermatológico Loção cremosa Creme Loção capilar Loção cremosa Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Gel Creme dermatológico Gel Creme dermatológico Gel Creme dermatológico Creme dermatológico Gel Solução oral Cápsula gelatinosa dura Solução oral Solução oral Cápsula gelatinosa dura Solução oral Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Solução oral Solução injetável Solução oral Elixir Elixir Elixir Comprimido Comprimido Elixir Elixir Comprimido Comprimido Comprimido revestido de liberação retardada Comprimido revestido Comprimido revestido comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Dilacoron Dilacoron Dilacoron Dilacoron Dimorf Dimorf Dimorf Dimorf Dimorf Dimorf Dimorf Dimorf Dinaflex Dinaflex Dinaflex Dinaflex Diprivan Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprogenta Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosalic Diprosone Diprosone Diprosone Diprosone Diprosone Diprosone Diprosone Diprosone Diprosone Diprosone Diprosone Diprosone Diprospan Diprospan Dobutrex Dobutrex Dobutrex

Medicamento Genérico Cloridrato de Verapamil Cloridrato de Verapamil Cloridrato de Verapamil Cloridrato de Verapamil Sulfato de Morfina Sulfato de Morfina Sulfato de Morfina Sulfato de Morfina Sulfato de Morfina Sulfato de Morfina Sulfato de Morfina Sulfato de Morfina Sulfato de Glicosamina Sulfato de Glicosamina Sulfato de Glicosamina Sulfato de Glicosamina Propofol Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona + Ácido Salicílico Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona Dipropionato de Betametasona + Fosfato Dissódico de Betametasona Dipropionato de Betametasona + Fosfato Dissódico de Betametasona Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Dobutamina

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica

Merck Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto EMS EMS EMS Geolab Geolab Germed Nature´s Plus Nature´s Plus Ranbaxy Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Brainfarma

80 mg; 120 mg; 240 mg 80 mg 80 mg 80 mg 0,2 mg/ml; 1 mg/ml; 10 mg/ml 10 mg/ml 10 mg/ml 10 mg/ml 0,2 mg/ml; 1 mg/ml; 10 mg/ml 10 mg/ml 0,2 mg/ml; 1 mg/ml; 10 mg/ml 10 mg/ml 1,5g 1,5g 1,5g 1,5g 10 mg/ml 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 1 mg/g 0,5 mg/g + 30 mg/g 0,64 mg/g + 20 mg/g 0,5 mg/g + 30 mg/g 0,64 mg/g + 20 mg/g 0,64 mg/g + 20 mg/g 0,5 mg/g + 30 mg/g 0,5 mg/g + 30 mg/g 0,5 mg/g + 30 mg/g 0,64 mg/ml + 20 mg/ml 0,5 mg/g + 30 mg/g 0,64 mg/g + 20 mg/g 0,5 mg/g + 30 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/ml 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/ml 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/ml 5 mg/ml + 2 mg/ml

Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução oral Solução injetável Solução oral Solução injetável Solução oral Solução injetável Solução oral solução oral solução oral solução oral solução oral Emulsão injetável Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Pomada dermatológica Pomada dermatológica Solução tópica Pomada dermatológica Solução tópica Solução tópica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Solução tópica Pomada dermatológica Solução tópica Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Loção Creme dermatológico Pomada dermatológica Loção Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Creme dermatológico Pomada dermatológica Loção Suspensão injetável

Eurofarma

5 mg/ml + 2 mg/ml

Suspensão injetável

Abbott EMS Eurofarma

250 mg 12,5 mg/ml 250 mg

Solução injetável Solução injetável Solução injetável

Sandoz Sanval Sigma Pharma Teuto EMS EMS Hipolabor

Legrand

Nature´s Plus Nature´s Plus Sigma Pharma Sigma Pharma Ems Sigma Pharma Germed

Legrand

Eurofarma Cimed Cimed EMS EMS Geolab Geolab Medley Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sigma Pharma Sigma Pharma EMS EMS Geolab Germed

Legrand

18


Lista de genéricos

medicamentos registrados Dobutrex Dobutrex Dobutrex Dobutrex Dobutrex Dobutrex Dobutrex Dolantina Dopacris Dorflex Dorflex Dorflex Dormonid Dormonid Dormonid Dormonid Dormonid Dormonid Dormonid Drenol Ebix Efexor Efexor XR Efexor XR Efexor XR Efexor XR Efexor XR Elocom Elocom Elocom Elocom Elocom Elocom Elocom Elocom Elocom Elocom Elocom Elocom Eloxatin Eloxatin Emla Emla Emla Emla Eranz Eranz Eritrex Eritrex Esmeron Espasmo Luftal Etrane Eulexin Excedrin Excedrin Excedrin Exelon Fagyl Nistatina Fagyl Nistatina Fagyl Nistatina Fagyl Nistatina Fagyl Nistatina Fagyl Nistatina

Medicamento Genérico Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Dobutamina Cloridrato de Petidina Cloridrato de Dopamina Citrato de orfenadrina + Dipirona Sódica + Cafeína anidra Citrato de orfenadrina + Dipirona Sódica + Cafeína anidra Citrato de orfenadrina + Dipirona Sódica + Cafeína anidra Maleato de Midazolam Maleato de Midazolam Maleato de Midazolam Maleato de Midazolam Midazolam Midazolam Midazolam Hidroclorotiazida Cloridrato de Memantina Cloridrato de Venlafaxina Cloridrato de Venlafaxina Cloridrato de Venlafaxina Cloridrato de Venlafaxina Cloridrato de Venlafaxina Cloridrato de Venlafaxina Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Furoato de Mometasona Oxaliplatina Oxaliplatina Lidocaína + Prilocaína Lidocaína + Prilocaína Lidocaína + Prilocaína Lidocaína + Prilocaína Cloridrato de Donepezila Cloridrato de Donepezila Estolato de eritromicina Estolato de eritromicina Brometo de Rocurônio Dimeticona + Metilbrometo de Homatropina Enflurano Flutamida Paracetamol + Cafeína Paracetamol + Cafeína Paracetamol + Cafeína Hemitartarato de rivastigmina Metronidazol + Nistatina Metronidazol + Nistatina Metronidazol + Nistatina Metronidazol + Nistatina Metronidazol + Nistatina Metronidazol + Nistatina

Laboratório Fabricante Hipolabor Hypofarma

Legrand Nature´s Plus Neo Química Novafarma Sigma Pharma União Química Neo Química EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Eurofarma Farmasa Medley Mepha Eurofarma Hipolabor União Química Neo Química Apsen Biosintética Eurofarma Eurofarma Germed

Legrand

Sanofi-Aventis Biosintética Biosintética EMS EMS Eurofarma Eurofarma Medley Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Sigma Pharma Sigma Pharma Eurofarma Glenmark EMS Germed

Legrand

Sigma Pharma Ranbaxy torrent Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Eurofarma EMS Biochimico Apotex EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Bergamo EMS

Legrand

Luper Prati, Donaduzzi Sanofi-Aventis Sigma Pharma

19

Concentração

Forma Farmacêutica

12,5 mg/ml 12,5 mg/ml 12,5 mg/ml 12,5 mg/ml 12,5 mg/ml 12,5 mg/ml 12,5 mg/ml 50 mg/ml 5 mg/ml 35 mg/ml + 300 mg/ml + 50 mg/ml 35 mg/ml + 300 mg/ml + 50 mg/ml 35 mg/ml + 300 mg/ml + 50 mg/ml 15 mg 15 mg 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 1 mg/ml; 5 mg/ml 1 mg/ml; 5 mg/ml 5 mg/ml 25; 50 mg 10 mg 37,5 mg, 50 mg e 75 mg 75 mg; 150 mg 150 mg 150 mg 150 mg 150 mg 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 0,10% 0,10% 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 50 mg; 100 mg 50 mg; 100 mg 25 mg + 25 mg/g 25 mg + 25 mg/g 25 mg + 25 mg/g 25 mg + 25 mg/g 10 mg 10 mg 500mg 25 MG; 50MG 10 mg/ml 80 mg/ml + 2,5 mg/ml 1 mg/ml 250 mg 500 mg + 65 mg 500 mg + 65 mg 500 mg + 65 mg 2 mg/ml 100 mg + 20.000 Ul/g 100 mg + 20.000 Ul/g 100 mg + 20.000 Ul/g 100 mg + 20.000 Ul/g 100 mg + 20.000 Ul/g 100 mg + 20.000 Ul/g

Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução oral Solução oral Solução oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Solução injetável Comprimido Comprimido revestido Comprimido Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Solução injetável Solução oral Solução p/ inalação Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oral Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal

Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Farmorubicina CS Fauldcispla Fauldcispla Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Feldene Fenergan Fenergan Fenergan Fenergan Fenergan Fenergan Fenergan Fenergan Fenergan Fentanil Fentanil Fentanil Fentanil Fentizol Fentizol Fentizol Ferid Ferid Flagass Baby Flagass Baby Flagass Baby Flagass Baby Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl

Medicamento Genérico Cloridrato de Epirrubicina Cisplatina Cisplatina Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Piroxicam Cloridrato de Prometazina Cloridrato de Prometazina Cloridrato de Prometazina Cloridrato de Prometazina Cloridrato de Prometazina Cloridrato de Prometazina Cloridrato de Prometazina Prometazina Prometazina Citrato de Fentanila Citrato de Fentanila Citrato de Fentanila Citrato de Fentanila Nitrato de Fenticonazol Nitrato de Fenticonazol Nitrato de Fenticonazol Sulfato de Neomicina + Bacitracina Zincica Sulfato de Neomicina + Bacitracina Zincica Dimeticona + Metilbrometo de Homatropina Dimeticona + Metilbrometo de Homatropina Dimeticona + Metilbrometo de Homatropina Dimeticona + Metilbrometo de Homatropina Benzoilmetronidazo l Benzoilmetronidazo l Benzoilmetronidazo l Benzoilmetronidazo l Benzoilmetronidazo l Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante Accord Accord Kinder Ativus Ativus Cimed Cinfa EMS EMS EMS Germed

Legrand Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Sigma Pharma EMS

Legrand

Prati, Donaduzzi Nature´s Plus Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis Sigma Pharma Medley Sanofi-Aventis Eurofarma Ems Germed

Legrand

EMS Germed

Legrand

Cimed Teuto Medley Nature´s Plus Sigma Pharma Teuto EMS Neo Química Prati, Donaduzzi Sanofi-Aventis Teuto Cimed EMS EMS Equiplex Geolab Halex Istar Hypermarcas Hypofarma Isofarma JP Mepha Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sanofi-Aventis

20

Concentração

Forma Farmacêutica

2mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 5 mg/g 20 mg/ml 20 mg 20 mg 20 mg 5 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg 5 mg/g 20 mg 20 mg 5 mg/g 20 mg 20 mg/g 5 mg/g 25 mg/ml 25 mg/ml 25 MG 25 mg/ml 25 mg 25 mg/ml 25 mg/ml 0,02g/g 0,02g/g 50 mcg/ml 50 mcg/ml 50 mcg/ml 50 mcg/ml 0,02g/g 0,02g/g 0,02g/g 50mg/g + 250 Ul/g 5mg/g + 250 UI/g 80 mg/ml + 2,5 mg/ml 80 mg/ml + 2,5 mg/ml 80 mg/ml + 2,5 mg/ml 80 mg/ml + 2,5 mg/ml 40 mg/ml 40 mg/ml 40 mg/ml 40 mg/ml 40 mg/ml 100mg/g 250 mg; 400 mg 100 mg/g 5 mg/ml 100 mg/g 5 mg/ml 100 mg/g 5 mg/ml 5 mg/ml 5 mg/ml 100 mg/g 100 mg/g 250 mg 100 mg/g 250 mg 100 mg/g

Solução injetável Solução injetável Solução injetável Gel Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Comprimido solúvel Cápsula gelatinosa dura Gel Comprimido Solúvel Comprimido Solúvel Comprimido Solúvel Cápsula gelatinosa dura Gel Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Gel Comprimido solúvel Comprimido Solúvel Gel Solução injetável Solução injetável comprimido Solução injetável Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Creme dermatológico Creme dermatológico Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Pomada dermatológica Pomada dermatológica Emulsão oral Emulsão oral Emulsão oral Emulsão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Gel vaginal Comprimido revestido Gel vaginal Solução injetável Gel vaginal Solução injetável Gel vaginal Solução injetável Solução injetável Solução injetável Gel vaginal Gel vaginal Comprimido Gel vaginal Comprimido Gel vaginal


Lista de genéricos

medicamentos registrados Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Flagyl Nistatina Flagyl Nistatina Flanax Flatex Flatex Flatex Flatex Flatex Flotac Flotac Flotac Flotac Flotac Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Floxacin Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluimucil Fluoro-uracil Fluoro-uracil Fluoro-uracil Foldan Foldan Foldan Foldan Foldan

Medicamento Genérico Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol Metronidazol + Nistatina Metronidazol + Nistatina Naproxeno sódico Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Dimeticona Diclofenaco Colestiramina Diclofenaco Colestiramina Diclofenaco Colestiramina Diclofenaco Colestiramina Diclofenaco Colestiramina Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Norfloxacino Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Acetilcisteina Fluoruracila Fluoruracila Fluoruracila Tiabendazol Tiabendazol Tiabendazol Tiabendazol Tiabendazol

Laboratório Fabricante Sanofi-Aventis Sanval Sigma Pharma Teuto Theodoro F Sobral Geolab Germed Neo Química EMS Farmasa Germed

Legrand

Sigma Pharma EMS Medley Nature´s Plus Novartis Sigma Pharma Biosintética Brainfarma EMS Mepha Merck Multilab Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Pharmascience Ranbaxy Sandoz Sandoz Sigma Pharma Teuto União Química Globo Medley Brainfarma EMS EMS Eurofarma Eurofarma Eurofarma Farmasa Farmasa Geolab Germed Medley Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma União Química União Química Zambon Accord Eurofarma Bergamo EMS EMS

Legrand Legrand

Nature´s Plus

21

Concentração 400 mg 100 mg/g 100 mg/g 100 mg/g 100 mg/g 100 mg + 20.000 Ul/g 100 mg + 20.000 Ul/g 550 mg 150mg/ml 150 mg 150mg/ml 150mg/ml 150mg/ml 140 mg 140 mg 140 mg 140 mg 140 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 400 mg 20 mg/ml 100 mg; 200 mg; 600 mg 20 mg/ml; 40 mg/ml 100 mg; 200 mg; 600 mg 100 mg/ml 20 mg/ml 100 mg; 200 mg; 600 mg 20 mg/ml 20 mg/ml; 40 mg/ml 100 mg; 200 mg; 600 mg 100 mg; 200 mg; 600 mg 20 mg/ml; 40 mg/ml 100 mg; 200 mg; 600 mg 20 mg/ml 100 mg; 200 mg; 600 mg 20 mg/ml; 40 mg/ml 100 mg/ml 20 mg/ml 20 mg/ml 50 mg/ml 25 mg/ml 25 mg/ml 50 mg/ml 50 mg/g 50 mg/g 50 mg/g 50 mg/ml

Forma Farmacêutica Comprimido revestido Gel vaginal Gel vaginal Gel vaginal Gel vaginal Creme vaginal Creme vaginal Comprimido revestido Emulsão oral Comprimido Emulsão oral Emulsão oral Emulsão oral Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Xarope Granulado Xarope Granulado Solução injetável Xarope Granulado Xarope Xarope Granulado Granulado Xarope Granulado Xarope Granulado Xarope Solução injetável Xarope Xarope Solução injetável Solução injetável Solução injetável Loção cremosa Pomada dermatológica Loção cremosa Pomada dermatológica Loção cremosa Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Foldan Foldan Foldan Foldan Forane Forane Fortaz Fortaz Fortaz Fortaz Fosamax Fosamax Fosamax Fosamax Fosamax Fosamax Frademicina Frademicina Frontal Frontal Frontal Frontal Frontal Frontal Frontal Frontal Frontal Frontal Frontal Furacin Garamicina Garamicina Garamicina Garamicina Garamicina Garamicina Garasone Garasone Garasone Garasone Gardenal Gardenal Gardenal Gardenal Gardenal Gardenal Gemzar Gemzar Gino Canesten Gino Canesten Gino Canesten Gino Canesten Gino Canesten Gino Canesten Gino Canesten Gino Dermazine Gino-Pletil Gino-Pletil Gino-Pletil Gino-Pletil Gino-Pletil Gino-Pletil Gino-Pletil

Medicamento Genérico Tiabendazol Tiabendazol Tiabendazol Tiabendazol Isoflurano Isoflurano Ceftazidima Ceftazidima Ceftazidima Ceftazidima Alendronato Sódico Alendronato Sódico Alendronato Sódico Alendronato Sódico Alendronato Sódico Alendronato Sódico Cloridrato de Lincomicina Cloridrato de Lincomicina Alprazolam Alprazolam Alprazolam Alprazolam Alprazolam Alprazolam Alprazolam Alprazolam Alprazolam Alprazolam Alprazolam Nitrofural Sulfato de Gentamicina Sulfato de Gentamicina Sulfato de Gentamicina Sulfato de Gentamicina Sulfato de Gentamicina Sulfato de Gentamicina Sulfato de Gentamicina + Fosfato Dissódico de Betametasona Sulfato de Gentamicina + Fosfato Dissódico de Betametasona Sulfato de Gentamicina + Fosfato Dissódico de Betametasona Sulfato de Gentamicina + Fosfato Dissódico de Betametasona Fenobarbital Fenobarbital Fenobarbital Fenobarbital Fenobarbital Fenobarbital Cloridrato de Gencitabina Cloridrato de Gencitabina Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Clotrimazol Sulfadiazina de Prata Tinidazol + Nitrato de Miconazol Tinidazol + Nitrato de Miconazol Tinidazol + Nitrato de Miconazol Tinidazol + Nitrato de Miconazol Tinidazol + Nitrato de Miconazol Tinidazol + Nitrato de Miconazol Tinidazol + Nitrato de Miconazol

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante Nature´s Plus Sigma Pharma Sigma Pharma União Química Biochimico Neo Química AB Farmo Eurofarma Eurofarma Ranbaxy Arrow EMS

Legrand

Nature´s Plus sandoz Sigma Pharma Neo Química Teuto Arrow Biosintética EMS Eurofarma Germed Medley Mepha Sandoz Sigma Pharma Teuto zydus Neo Química Ducto EMS Hipolabor

Legrand

Nature´s Plus Sigma Pharma EMS Germed

Legrand

Prati, Donaduzzi Neo Química Sanofi-Aventis Sanval Teuto União Química União Química Accord Eurofarma EMS Geolab Germed Medley Multilab Neo Química Sigma Pharma Prati, Donaduzzi Cristália EMS Farmasa Geolab Kinder Medley Nature´s Plus

22

Concentração

Forma Farmacêutica

50 mg/g 50 mg/ml 50 mg/g 50 mg/g 1 mg/ml 1 mg/ml 1g 1g 1g 1g 10 mg 10 mg; 70 mg 70 mg 10 mg; 70 mg 70 mg 10 mg; 70 mg 300 mg/ml 300 mg/ml 0,25 mg; 0,50 mg; 1 mg 0,25 mg; 0,50 mg 0,25 mg; 0,50 mg; 1 mg; 2 mg 0,25 mg; 0,50 mg; 1 mg 0,25 mg; 0,50 mg; 1 mg; 2 mg 0,25 mg; 0,50 mg; 1 mg 0,25 mg; 0,50 mg; 1 mg; 2 mg 0,50 mg; 1 mg; 2 mg 0,25 mg; 0,50 mg; 1 mg; 2 mg 0,5 mg; 1,0 mg; 2,0 mg 0,25 mg; 0,50 mg; 1 mg; 2 mg 2 mg/g 20 mg/ml; 40 mg/ml 1 mg/g 40 mg/ml 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 3mg/ml + 1mg/ml 3mg/ml + 1mg/ml 3mg/ml + 1mg/ml 3mg/ml + 1mg/ml 100 mg 100 mg 40 mg/ml 100 mg 100 mg 40 mg/ml 200mg, 1000mg 200mg, 1000mg 10 mg/g; 20 mg/g 10 mg/g 10 mg/g; 20 mg/g 10 mg/g; 20 mg/g 10 mg/g; 20 mg/g 10 mg/g; 10 mg/g; 20 mg/g 10 mg/g 30 mg/g + 20 mg/g 30 mg/g + 20 mg/g 30 mg/g + 20 mg/g 30 mg/g + 20 mg/g 30 mg/g + 20 mg/g 30 mg/g + 20 mg/g 30 mg/g + 20 mg/g

Pomada dermatológica Loção cremosa Pomada dermatológica Pomada dermatológica Solução p/ inalação Solução p/ inalação Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido Solução injetável Solução injetável Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Pomada dermatológica Solução injetável Creme dermatológico Solução injetável Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Comprimido Comprimido Solução oral Comprimido Comprimido Solução oral Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal


Lista de genéricos

medicamentos registrados Gino-Pletil Gino-Pletil Gino-Tralen Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glifage Glucovance Gracial Gyno-daktarin Gyno-daktarin Gyno-daktarin Gyno-daktarin Gyno-daktarin Gyno-daktarin Gyno-daktarin Gyno-daktarin Gyno-daktarin Gyno-daktarin Gyno-Fungix Gyno-Fungix Gyno-Icaden Gyno-Icaden Gyno-Icaden Gyno-Icaden Gyno-Icaden Gyno-Icaden Gyno-Icaden Gyno-Icaden Gyno-Icaden Gyno-Icaden Gyno-Icaden Haldol Haldol Haldol Haldol Haldol Haldol Helmiben NF Helmiben NF Helmiben NF Hidantal Hidantal Hidantal Hidantal Hidantal Hidantal

Medicamento Genérico Tinidazol + Nitrato de Miconazol Tinidazol + Nitrato de Miconazol Tioconazol Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Cloridrato de Metformina Glibenclamida + Cloridrato de Metformina Desogestrel + Etinilestradiol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Terconazol Terconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Haloperidol Haloperidol Haloperidol Haloperidol Haloperidol Haloperidol Mebendazol + Tiabendazol Mebendazol + Tiabendazol Mebendazol + Tiabendazol Fenitoína Fenitoína Fenitoína Fenitoína Sódica Fenitoína Sódica Fenitoína Sódica

Laboratório Fabricante Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Blausiegel AB Farmo Accord Biosintética Brainfarma Bunker Cimed Cinfa EMS Hipolabor Medley Mepha Merck Germed Prati, Donaduzzi Pharlab Ranbaxy Sandoz Sanofi-Aventis Sigma Pharma Teuto Torrent Organon Blausiegel EMS Geolab Kinder Medley Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Pharlab Sigma Pharma Teuto EMS Germed Ativus Cristália EMS Geolab Globo Hipolabor Medley Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Sigma Pharma EMS Hypofarma Nature´s Plus Sigma Pharma Teuto União Química EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Cazi Sanofi-Aventis Teuto Sanofi-Aventis Teuto Hipolabor

23

Concentração

Forma Farmacêutica

30 mg/g + 20 mg/g 30 mg/g + 20 mg/g 65 mg/g 500 mg; 850 mg; 1 g 850mg 500 mg; 850 mg; 1g 500 mg; 850 mg; 1 g 850mg 850 mg; 500 mg; 850 mg; 1 g 500 mg; 850 mg; 1 g 1g 500 mg; 850 mg; 1 g 500 mg; 850 mg 500 mg; 850 mg; 1 g 500 mg; 850 mg; 1 g 850mg 1g 500 mg; 850 mg 500 mg; 850 mg; 1 g 500mg 500 mg; 850 mg; 1 g 850 mg 500mg + 5 mg; 500mg + 2,5 mg 0,0125/0,03+ 0,025/0,04 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 8mg/g 8mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 2 mg/ml 5 mg/ml 2 mg/ml 2 mg/ml 5 mg/ml 2 mg/ml 200 mg + 332 mg 200 mg + 332 mg 200 mg + 332 mg 100 mg 100 mg 100 mg 50 mg/ml 50 mg/ml 50 mg/ml

Creme vaginal Creme vaginal Pomada vaginal Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Solução oral Solução injetável Solução oral Solução oral Solução injetável Solução oral Comprimido mastigável Comprimido mastigável Comprimido mastigável Comprimido Comprimido Comprimido Solução injetável Solução injetável Solução injetável

Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência

Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica Solução injetável Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido de liberação lenta Comprimido Comprimido de liberação lenta Comprimido Comprimido de liberação lenta Pó p/ preparação extemporânea injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura desintegração graduada Comprimido Solução oral Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido revestido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução nasal Comprimido Comprimido Gel Cápsula gelatinosa dura Comprimido Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ suspensão oral Pó p/ suspensão oral Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Drágea Pó p/ preparação extemporânea oral Suspensão Oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido

Hidantal Higroton Higroton Higroton Hipofagin S Hipofagin S Hipofagin S Hipofagin S Hipofagin S Hipofagin S Holoxane

Fenitoína Sódica Clortalidona Clortalidona Clortalidona Cloridrato de Anfepramona Cloridrato de Anfepramona Cloridrato de Anfepramona Cloridrato de Anfepramona Cloridrato de Anfepramona Cloridrato de Anfepramona Ifosfamida

União Química EMS Nature´s Plus Novartis EMS EMS Germed Germed Sigma Pharma Sigma Pharma Eurofarma

50 mg/ml 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 12,5 mg; 25 mg; 50 mg 25 mg 75 mg 25 mg 75 mg 25 mg 75 mg 500 mg; 1 g; 2g

Holoxane Hydergine Hydergine

Ifosfamida Mesilato de Codergocrina Mesilato de Codergocrina

Glenmark Novartis Novartis

1g 1 mg 6 mg

Hydergine Hydergine Hypnomidate Hyponor Hyponor Hyponor Hyzaar Hyzaar Hyzaar Hyzaar Hyzaar Icaden Icaden Icaden Icaden Icaden Icaden Icaden Imigran Imosec Imovane Imovane Intal Isordil Isordil Isotrex Itraconazol Jumexil Kefazol Kefazol Kefazol Kefazol Kefazol Kefazol Kefazol Keflaxina Keflaxina Keflaxina Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex

Mesilato de Codergocrina Mesilato de Codergocrina Etomidato Bitartarato de Norepinefrina Hemitartarato de norepinefrina Hemitartarato de norepinefrina Losartana Potássica + Hidroclorotiazida Losartana Potássica + Hidroclorotiazida Losartana Potássica + Hidroclorotiazida Losartana Potássica + Hidroclorotiazida Losartana Potássica + Hidroclorotiazida Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Nitrato de Isoconazol Succinato de Sumatriptano Cloridrato de Loperamida Zopiclona Zopiclona Cromoglicato Dissódico Dinitrato de Isossorbida Dinitrato de Isossorbida Isotretinoina Itraconazol Cloridrato de Selegilina Cefazolina Sódica Cefazolina Sódica Cefazolina Sódica Cefazolina Sódica Cefazolina Sódica Cefazolina Sódica Cefazolina Sódica Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina

Novartis Novartis Cristália Hipolabor Hypofarma Novafarma EMS Eurofarma Medley Nature´s Plus Sigma Pharma Cristália EMS Geolab Medley Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Arrow Globo Arrow Sanofi-Aventis Neo Química EMS Germed Ranbaxy Brainfarma Biosintética AB Farmo Antibióticos do Brasil Eurofarma Halex Istar Novafarma Ranbaxy União Química Cimed Teuto União Química AB Farmo Antibióticos do Brasil Antibióticos do Brasil Antibióticos do Brasil Bergamo Bergamo Brainfarma Cinfa EMS

4,5 mg 1 mg/ml 2 mg/ml 1 mg/ml 2 mg/ml 2 mg/ml 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 50 m + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 50 mg; 100 mg 20 mg/g 7,5 mg 7,5 mg 40 mg/ml 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 0,5 mg/g 100 mg 5 mg 1g 1g 1g 1g 1g 1g 1g 50mg/ml 50mg/ml 50mg/ml 500 mg 500 mg; 1g 1,5 g 50 mg/ml; 100 mg/ml 250mg 500 mg 500 mg 500 mg; 1 g 500 mg; 1 g

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

24


Lista de genéricos

medicamentos registrados Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflex Keflin neutro Keflin neutro Keflin neutro Keflin neutro Keflin neutro Keflin neutro Keforal Keforal Keforal Keforal Keforal Keforal Klaricid Klaricid Klaricid Klaricid Klaricid Klaricid Klaricid Klaricid Kloren Kytril Kytril Kytril Kytril Kytril Kytril Lamictal Lamictal Lamictal Lamictal Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lamisil Lanexat Lanexat Lansoprazol Lasix Lasix

Medicamento Genérico Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalotina Sódica Cefalotina Sódica Cefalotina Sódica Cefalotina Sódica Cefalotina Sódica Cefalotina Sódica Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Cefalexina Claritromicina Claritromicina Claritromicina Claritromicina Claritromicina Claritromicina Claritromicina Claritromicina Cloreto de Potássio Cloridrato de Granisetrona Cloridrato de Granisetrona Cloridrato de Granisetrona Cloridrato de Granisetrona Cloridrato de Granisetrona Cloridrato de Granisetrona Lamotrigina Lamotrigina Lamotrigina Lamotrigina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Cloridrato de Terbinafina Flumazenil Flumazenil Lansoprazol Furosemida Furosemida

Laboratório Fabricante EMS Eurofarma Eurofarma Medley Mepha Nature´s Plus Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Teuto AB Farmo Antibióticos do Brasil EMS Eurofarma Novafarma Teuto AB Farmo Brainfarma Cimed Medley Sandoz União Química Abbott Antibióticos do Brasil Cellofarm EMS EMS Eurofarma Medley Merck Prati, Donaduzzi EMS Eurofarma Germed

Legrand

Novafarma Sigma Pharma Arrow Ranbaxy Teuto Torrent Arrow EMS EMS EMS Eurofarma Eurofarma Hipolabor

Legrand

Medley Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Eurofarma União Química Prati, Donaduzzi Biosintética Cinfa

25

Concentração 50 mg/ml 500 mg 50 mg/ml 50 mg/ml; 100 mg/ml 500 mg 1 g, 500mg 500 mg 500 mg 1 g, 500mg 500 mg 1g 1g 1g 1g 1g 1g 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 250 mg; 500 mg 500 mg 500mg 250 mg; 500 mg 25 mg/ml; 50 mg/ml 500 mg 250 mg; 500 mg 500 mg 60 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 1mg/ml 1 mg/ml 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 250 mg 125 mg; 250 mg 10 mg/g 10 mg/g 250 mg 1% 10 mg/g 10 mg/g 125 mg; 250 mg 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 250 mg 10 mg/g 10 mg/g 0,1 mg/mL 0,1 mg/mL 30 mg 40 mg 40 mg

Forma Farmacêutica Suspensão oral Comprimido revestido Suspensão oral Suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido revestido Granulado para suspensão oral Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oral Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Comprimido Comprimido comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Creme dermatológico Solução tópica Comprimido Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Creme dermatológico Solução tópica Creme dermatológico Creme dermatológico Solução tópica Comprimido Creme dermatológico Solução tópica Solução injetável Solução injetável Cápsula gelatinosa dura mcg lib ret Comprimido Comprimido

Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Lasix Lasix Lasix Lasix Lasix Lasix Lasix Lasix Lasix Leflin Neutro Legifol Leponex Leponex Leucovorin Levaquin Lexapro Lexapro Lexapro Lexapro Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lexotan Lipidil Lipidil Lipidil Lipidil Lisador Lopid Lopid Lopid Lopid Lopid Lopressor Lopressor Lopressor Lopressor Lopressor Lopressor Lopril D Lopril D Lopril D Loprox Loprox Loprox Loprox Loprox Loprox Loprox Loprox Loprox

Medicamento Genérico Furosemida Furosemida Furosemida Furosemida Furosemida Furosemida Furosemida Furosemida Furosemida Cefalotina Sódica Folinato de Cálcio Clozapina Clozapina Folinato de Cálcio Levofloxacino Oxalato de Escitalopram Oxalato de Escitalopram Oxalato de Escitalopram Oxalato de Escitalopram Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Bromazepam Fenofibrato Fenofibrato Fenofibrato Fenofibrato Cloridrato de Prometazina + Dipirona Sódica + Cloridrato de Adifenina Genfibrozila Genfibrozila Genfibrozila Genfibrozila Genfibrozila Tartarato de Metoprolol Tartarato de Metoprolol Tartarato de Metoprolol Tartarato de Metoprolol Tartarato de Metoprolol Tartarato de Metoprolol Captopril + Hidroclorotiazida Captopril + Hidroclorotiazida Captopril + Hidroclorotiazida Ciclopirox olamina Ciclopirox olamina Ciclopirox olamina Ciclopirox olamina Ciclopirox olamina Ciclopirox olamina Ciclopirox olamina Ciclopirox olamina Ciclopirox olamina

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante Halex Istar Hipolabor Hipolabor Hypofarma Prati, Donaduzzi Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis Teuto Teuto Halex Istar Eurofarma Cristália Lafepe Eurofarma Halex Istar Ache Biosintética Torrent Ranbaxy Abbott Arrow Biosintética EMS EMS Eurofarma Hypermarcas Medley Merck Nature´s Plus Nature´s Plus Sandoz Sigma Pharma Teuto União Química EMS Germed

Legrand

Sigma Pharma Prati, Donaduzzi Biosintética EMS Medley Nature´s Plus Sigma Pharma Biosintética Sigma Pharma Germed

Legrand Legrand

Multilab EMS Germed Medley Ems Ems Germed

Legrand

Globo

Legrand

Medley Medley Prati, Donaduzzi

26

Concentração

Forma Farmacêutica

10 mg/ml 40 mg 10 mg/ml 10 mg/ml 40 mg 10 mg/ml 40 mg 40 mg 10 mg/ml 1g 10mg/mL 25 mg; 100 mg 25 mg; 100 mg 50 mg 5 mg/ml 10 mg 10 mg 10 mg 10 mg 3 mg; 6 mg 3 mg; 6 mg 3 mg; 6 mg 3 mg; 6 mg 2,5 mg/ml 3 mg; 6 mg 3 mg; 6 mg 3 mg; 6 mg 3 mg; 6 mg 3 mg; 6 mg 2,5 mg/ml 3 mg; 6 mg 2,5 mg/ml 3 mg; 6 mg 3 mg; 6 mg 200mg 200mg 200mg 200mg 50mg/1,5ml + 10mg/1,5ml + 5mg/1,5ml

Solução injetável Comprimido Solução injetável Solução injetável Comprimido Solução injetável Comprimido Comprimido Solução injetável Pó p/ solução injetável Solução injetável Comprimido Comprimido Pó liofilizado p/ sol injetável Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Solução oral Comprimido comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Solução oral Comprimido Solução oral Comprimido Comprimido Cápsula Gelatinosa dura Cápsula Gelatinosa dura Cápsula Gelatinosa dura Cápsula Gelatinosa dura Solução oral

600 mg 600 mg; 900 mg 600 mg; 900 mg 600 mg; 900 mg 600 mg; 900 mg 100 mg 100 mg 100 mg 100 mg 2,0mg/ml 100 mg 50 mg + 25 mg 50 mg + 25 mg 50 mg + 25 mg 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/ml 10 mg/g

Comprimido Comprimido revestido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oftálmica Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Creme dermatológico Solução tópica Solução tópica Solução tópica Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Solução tópica Creme dermatológico


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento Genérico

Loprox Ciclopirox olamina Loprox Ciclopirox olamina Lorax Lorazepam Lorax Lorazepam Lorax Lorazepam Lorax Lorazepam Lorax Lorazepam Lorax Lorazepam Lorax Lorazepam Lorax Lorazepam Lorax Lorazepam Losec Omeprazol Sódico Losec Omeprazol Sódico Losec Omeprazol Sódico Lotensin Cloridrato de Benazepril Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal Dimeticona Luftal simeticona Luftal simeticona Luftal simeticona Luftal simeticona Luftal simeticona Luftal simeticona Luftal Max Dimeticona Luftal Max Dimeticona Luftal Max Dimeticona Luftal Max Dimeticona Lumigan Bimatoprosta Lumigan Bimatoprosta Lumigan Bimatoprosta Lumigan Bimatoprosta Maalox plus Hidróxido de Alumínio + hidróxido Magnesio + simeticona Marcaína pesada Cloridrato de Bupivacaina + Glicose Marevan Valproato de Sódio Marevan Varfarina Sódica Maxcef Cloridrato de Cefepima Maxcef Cloridrato de Cefepima Maxcef Cloridrato de Cefepima Maxcef Cloridrato de Cefepima Maxcef Cloridrato de Cefepima Maxcef Cloridrato de Cefepima Mebendazol -Genérico Abbott

Laboratório Fabricante Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Apotex Arrow EMS Germed Medley Merck Ranbaxy Sigma Pharma Teuto Cristália EMS Eurofarma EMS Teuto Abbott Biosintética Biosintética Cifarma EMS EMS Eurofarma Farmasa Germed Hipolabor Medley Medley Medquimica Mepha Mepha Merck Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sandoz Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Geolab Medquimica Neo Química Sandoz Sandoz Sanofi-Aventis EMS Medley Nature´s Plus Sigma Pharma EMS GERMED

Legrand

Sigma Pharma Prati, Donaduzzi Hypofarma Teuto União Química AB Farmo Antibióticos do Brasil Biochimico Eurofarma Novafarma Ranbaxy Mebendazol

27

Concentração

Forma Farmacêutica

10 mg/ml 10 mg/g 1 mg; 2 mg 1 mg; 2 mg 1 mg; 2 mg 1 mg; 2 mg 1 mg; 2 mg 1 mg; 2 mg 1 mg; 2 mg 1 mg; 2 mg 2 mg 40 mg 40 mg 40 mg 10 mg 75 mg/ml 40 mg 40 mg 75 mg/ml 40 mg 40 mg 75 mg/ml 75 mg/ml 40 mg 40 mg 75 mg/ml 40 mg 75 mg/ml 75 mg/ml 40 mg 75 mg/ml 75 mg/ml 75mg/ml 40 mg 75 mg/ml 75 mg/ml 40 mg 75 mg/ml 40 mg 125mg 40mg 40mg 125 mg 40mg 40mg 125 mg 125 mg 125 mg 125 mg 0,3mg/ml 0,3mg/ml 0,3mg/ml 0,3mg/ml 37 mg/ml + 40 mg/ml + 5 mg/ml 5 mg/ml + 80 mg/ml 5 mg 5 mg 1 g; 2g 1 g; 2 g 1 g; 2 g 500 mg; 1 g; 2 g 1 g; 2 g 500 mg; 1 g Belfar

Solução tópica Creme dermatológico Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Comprimido revestido Emulsão oral Comprimido Comprimido Emulsão oral Comprimido Comprimido Emulsão oral Emulsão oral Comprimido Comprimido Emulsão oral Comprimido Emulsão oral Emulsão oral Comprimido Emulsão oral Emulsão oral Emulsão oral Comprimido Emulsão oral Emulsão oral Comprimido Emulsão oral Comprimido Comprimido mastigável Comprimido Comprimido Cápsula gelatinosa mole Comprimido Comprimido Cápsula gelatinosa mole Cápsula gelatinosa mole Cápsula gelatinosa mole Cápsula gelatinosa mole Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Suspensão oral Solução injetável Comprimido Comprimido Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável 20 mg/ml Suspensão oral

Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência

Medicamento Genérico

Mebendazol -Genérico Abbott Mebendazol -Genérico Abbott Mefoxin Cefoxitina Sódica Mercilon Desogestrel + Etinilestradiol Mercilon Desogestrel + Etinilestradiol Meronem IV Meropenem Meronem IV Meropenem Mesacol Mesalazina Mesacol Mesalazina Mesacol Mesalazina Mesigyna Enantato de noretisterona + valerato de estradiol Mesigyna Enantato de noretisterona + valerato de estradiol Mesilato de Codergocrina Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Meticorten Prednisona Mevacor Lovastatina Miantrex CS Metotrexato Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Micostatin Nistatina Microdiol Desogestrel + Etinilestradiol Microdiol Desogestrel + Etinilestradiol Mimese Gestodeno + Etinilestradiol Mimese Gestodeno + Etinilestradiol Minomax Cloridrato de Minociclina Minoton Aminofilina Miosan Cloridrato de Ciclobenzaprina Miosan Cloridrato de Ciclobenzaprina Miosan Cloridrato de Ciclobenzaprina Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica

Mebendazol Mebendazol Eurofarma Eurofarma Organon Antibióticos do Brasil Eurofarma EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Eurofarma Cifarma Mesilato de Codergocrina Brainfarma EMS Eurofarma Germed Medley Mepha Neo Química Prati, Donaduzzi Sanval Sigma Pharma União Química Sandoz Kinder Cifarma Cristália Cristália Ducto Ducto EMS EMS Eurofarma Geolab Green Pharma Kinder Luper Medley Mepha Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Neo Química Pharlab Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Prodotti Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Teuto Theodoro F Sobral Eurofarma Organon Sandoz Wyeth Ranbaxy Hypofarma Ache Biosintética Brainfarma

Cifarma Cimed 1g 0,0150mg + 0,020mg 0,0150mg + 0,020mg 500 mg; 1 g 500 mg; 1 g 800 mg 800 mg 800 mg 50 mg/ml + 5mg/ml 50 mg/ml + 5mg/ml Biosintética 5 mg; 20 mg; 50 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg 25 mg/ml; 100 mg/ml 25.000 UI/g 25.000 UI/g 100.000 UI/ml 25.000 UI/g 100.000 UI/ml 25.000 UI/g 100.000 UI/ml 25.000 UI/g 25.000 UI/g 25.000 UI/g 25.000 UI/g 25.000 UI/g 25.000 UI/g 100.000 UI/ml 25.000 UI/g 100.000 UI/ml 25.000 UI/g 100.000 UI/ml 25.000 UI/g 25.000 UI/g 100.000 UI/ml 25.000 UI/g 25.000 UI/g 100.000 UI/ml 25.000 UI/g 100.000 UI/ml 25.000 UI/g 0,0150mg + 0,030mg 0,0150mg + 0,020mg 0,06 MG + 0,015 MG 0,06 MG + 0,015 MG 100 mg 24 mg/ml 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg

100 mg Comprimido 100 mg Comprimido Pó p/ solução injetável Comprimido Comprimido Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável 1 MG/ml solução oral Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Solução injetável Creme vaginal Creme vaginal Suspensão oral Creme vaginal Suspensão oral Creme vaginal Suspensão oral Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Suspensão oral Creme vaginal Suspensão oral Creme vaginal Suspensão oral Creme vaginal Creme vaginal Suspensão oral Creme vaginal Creme vaginal Suspensão oral Creme vaginal Suspensão oral Creme vaginal Comprimido Comprimido Comprimido revestido comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido

28


Lista de genéricos

medicamentos registrados Miosan Miosan Miosan Miosan Miosan Miosan Mitexan Mitexan Mitexan Moduretic Moduretic Moduretic Moduretic Monocordil Monocordil Monopril Motilium Motilium Motilium Motilium Motilium Motilium Motilium Motrin Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Movatec Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic Mucolitic

Medicamento Genérico Cloridrato de Ciclobenzaprina Cloridrato de Ciclobenzaprina Cloridrato de Ciclobenzaprina Cloridrato de Ciclobenzaprina Cloridrato de Ciclobenzaprina Cloridrato de Ciclobenzaprina Mesna Mesna Mesna Cloridrato de Amilorida + Hidroclorotiazida Cloridrato de Amilorida + Hidroclorotiazida Cloridrato de Amilorida + Hidroclorotiazida Cloridrato de Amilorida + Hidroclorotiazida Mononitrato de Isossorbida Mononitrato de Isossorbida Fosinopril sódico Domperidona Domperidona Domperidona Domperidona Domperidona Domperidona Domperidona Ibuprofeno Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Meloxicam Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína Carbocisteína

Laboratório Fabricante Eurofarma Ems Germed Mepha

Legrand Sigma Pharma Blausiegel Eurofarma Novafarma Biosintética EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Biosintética Zydus Arrow EMS Eurofarma Germed

Legrand

Medley Ranbaxy Sigma Pharma Prati, Donaduzzi Americano Ativus Biosintética EMS Eurofarma Eurofarma Luper Medley Mepha Merck Germed Neo Química Sigma Pharma Prati, Donaduzzi Teuto Unichem Zydus Biosintética Cifarma Cimed EMS EMS

Legrand

EMS Geolab Medley Medley Medley Mepha Merck Nativita Nature´s Plus Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma

29

Concentração

Forma Farmacêutica

5 mg; 10 mg 10 mg 10 mg 10 mg 10 mg 10 mg 100 mg/ml 100 mg/ml 100 mg/ml 5 mg + 50 mg 2,5 mg + 25 mg; 5 mg + 50 mg 2,5 mg + 25 mg; 5 mg + 50 mg 2,5 mg + 25 mg; 5 mg + 50 mg 20 mg; 40 mg 20 mg; 40 mg 10 mg; 20 mg 10 mg 10 mg 10 mg 10 mg 1 mg/ml 10 mg 10 mg 600mg 10 mg/ml 10 mg/ml 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 10 mg/ml 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 15 mg 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 7,5 mg; 15 mg 20 mg/ml; 50 mg/ml 20 mg/ml; 50 mg/ml 20 mg/ml; 50 mg/ml 250 mg 50 mg/ml 250mg 20 mg/ml; 50 mg/ml 20 mg/ml; 50 mg/ml 50 mg/ml 50 mg/ml; 20 mg/ml 50 mg/ml; 20 mg/ml 20 mg/ml; 50 mg/ml 50 mg/ml; 20 mg/ml 50 mg/ml; 20 mg/ml 250 mg 50 mg/ml 20 mg/ml; 50 mg/ml 50 mg/ml; 20 mg/ml 20 mg/ml; 50 mg/ml 250 mg 50 mg/ml 20 mg/ml; 50 mg/ml

Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Solução injetável Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Suspensão oral Comprimido Comprimido Comprimido Solução injetável Solução injetável Comprimido Comprimido Comprimido Solução injetável Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Xarope Xarope Xarope Granulado para suspensão oral Solução oral Granulado para suspensão oral Xarope Xarope Solução oral Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Granulado para suspensão oral Solução oral Xarope Xarope Xarope Granulado para suspensão oral Solução oral Xarope

Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Mucolitic Mucolitic Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Mucosolvan Naprosyn Naprosyn Naprosyn Narcan Naropin Nebacetin Nebacetin Nebacetin Nebacetin Nebacetin Neosaldina Neosaldina Neosaldina Neosaldina Neurizen Neurontin Neurontin Neurontin Neurontin Neurontin Neurontin Neurontin Neurontin Neurontin Neurontin Nimotop Nimotop Nimotop Nimotop Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid

Medicamento Genérico Carbocisteína Carbocisteína Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Cloridrato de Ambroxol Naproxeno Naproxeno Naproxeno Cloridrato de Naloxona Cloridrato de Ropivacaína Sulfato de Neomicina + Bacitracina Sulfato de Neomicina + Bacitracina Sulfato de Neomicina + Bacitracina Sulfato de Neomicina + Bacitracina Sulfato de Neomicina + Bacitracina Dipirona Sódica + Cloridrato de Isometepteno + Cafeína Dipirona Sódica + Cloridrato de Isometepteno + Cafeína Dipirona Sódica + Cloridrato de Isometepteno + Cafeína Dipirona Sódica + Cloridrato de Isometepteno + Cafeína Gabapentina Gabapentina Gabapentina Gabapentina Gabapentina Gabapentina Gabapentina Gabapentina Gabapentina Gabapentina Gabapentina Nimodipino Nimodipino Nimodipino Nimodipino Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante Teuto União Química Abbott Abbott Ativus Biosintética Bunker Cimed Cinfa Cristália Ducto EMS Farmace Farmasa Geolab Hipolabor Luper Mariol Medley Mepha Nativita Nativita Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Teuto Luper Biosintética Sandoz Teuto Hipolabor Eurofarma EMS Hipolabor Medley Prati, Donaduzzi Sanval EMS Germed Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Germed Arrow Biosintética EMS EMS EMS Nature´s Plus Ranbaxy Sigma Pharma Germed

Legrand

Nature´s Plus Sandoz Sigma Pharma Sigma Pharma Americano Arrow Biosintética Biosintética

30

Concentração

Forma Farmacêutica

20 mg/ml; 50 mg/ml 20 mg/ml; 50 mg/ml 7,5 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml 3 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 7,5 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 7,5 mg/ml 15mg/ml; 30mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 7,5 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 3 mg/ml; 6 mg/ml 250 mg; 500 mg 250 mg; 500 mg 250 mg; 500 mg 0,4 mg/ml 2 mg/ml; 7,5 mg/ml; 10 mg/ml 5 mg/g + 250 UI/g 5 mg/g 5 mg/g + 250 UI/g 5 mg/g + 250 UI/g 6 mg/g + 250 UI/g 300 mg/ml + 50 mg/ml + 30 mg/ml 300 mg/ml + 50 mg/ml + 30 mg/ml 300 mg/ml + 50 mg/ml + 30 mg/ml 300 mg/ml + 50 mg/ml + 30 mg/ml 600 mg 300 mg; 400 mg 300 mg 300 mg; 400 mg 600 mg 600 mg 300 mg; 400 mg 300 mg; 400 mg 300 mg; 400 mg 600 mg 600 mg 30 mg 30 mg 30 mg 30 mg 100 mg 100 mg 100 mg 50 mg/ml

Xarope Xarope Solução oral Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Xarope Solução oral Xarope Xarope Xarope Solução Oral Xarope Xarope Xarope Solução nasal Xarope Xarope Xarope Xarope Comprimido Comprimido Comprimido Solução injetável Solução injetável Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Comprimido revestido Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Comprimido revestido Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Suspensão oral


Lista de genéricos

medicamentos registrados Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nisulid Nitrato de Miconazol Nitrencord Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral Nizoral

Medicamento Genérico Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nimesulida Nitrato de Miconazol Nitrendipino Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol Cetoconazol

Laboratório Fabricante Brainfarma Brainfarma Cimed Cimed Ducto EMS EMS EMS Eurofarma Eurofarma Geolab

Legrand Legrand Medley Medley Mepha Nature´s Plus Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Teuto Hipolabor Biosintética Ache Ativus Biosintética Biosintética Brainfarma Cimed Cristália Cristália Cristália EMS EMS EMS Geolab Globo Hipolabor Luper Luper Medley Medley Medley Mepha Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Neo Química Pharlab Pharlab Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sigma Pharma Sigma Pharma Sanofi-Aventis Teuto Teuto

31

Concentração 100 mg 50 mg/ml 20mg/g 50 mg/ml 50 mg/ml 100 mg 20 mg/g 50 mg/ml 100 mg 50 mg/ml 20 mg/g 20 mg/g 100 mg 100 mg 50 mg/ml 100 mg 20 mg/g 20 mg/g 50 mg/ml 50 mg/ml 100 mg 100 mg 20 mg/g 50 mg/ml 20 mg/g 10 mg; 20 mg 200 mg 20 mg/g 200 mg 20 mg/g 200mg 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 200 mg 20 mg/g 20 mg/ml 20 mg/g 20mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 200 mg 20 mg/g 20 mg/g 200 mg 200 mg 20 mg/g 200 mg 20 mg/g 200 mg 20 mg/g 200 mg 20 mg/g 20 mg/g 200 mg 200 mg 20 mg/g 200 mg 200 mg 20 mg/g

Forma Farmacêutica Comprimido Suspensão oral gel Suspensão oral Suspensão oral Comprimido Gel dermatológico Suspensão oral Comprimido Suspensão oral Gel dermatológico Gel dermatológico Comprimido Comprimido Suspensão oral Comprimido Gel dermatológico Gel dermatológico Suspensão oral Suspensão oral Comprimido Comprimido Gel dermatológico Suspensão oral Creme vaginal Comprimido revestido Comprimido Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Comprimido revestido Creme dermatológico Creme dermatológico Shampoo Shampoo Comprimido Creme dermatológico Shampoo Creme dermatológico Shampoo Creme dermatológico Creme dermatológico Shampoo Comprimido Creme dermatológico Shampoo Comprimido Comprimido Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Shampoo Comprimido Comprimido Creme dermatológico Comprimido Comprimido Creme dermatológico Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Nizoral Nizoral Nolvadex Nolvadex Nolvadex Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Norvasc Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort

Medicamento Genérico Cetoconazol Cetoconazol Citrato de Tamoxifeno Citrato de Tamoxifeno Citrato de Tamoxifeno Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Besilato de Anlodipino Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica

Teuto Theodoro F Sobral Biosintética Eurofarma Sandoz AB Farmo Arrow Biolab Sanus Biosintética Brainfarma Cristália Ducto EMS Medley Mepha Merck Neo Química Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sandoz Teuto Zydus Brainfarma

20 mg/g 20 mg/g 10 mg 20 mg 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg; 10 mg 5 mg 5 mg 20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Shampoo Creme dermatológico Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Creme dermatológico

Cimed

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

Cimed

20 mg/g + 2,5 mg/g + 0,64mg

Creme dermatológico

EMS

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

EMS

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Eurofarma

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

Eurofarma

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Farmasa

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

Farmasa

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Geolab

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

Geolab

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Germed

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

Germed

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Medley

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

Medley

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Mepha

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

Mepha

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Prati, Donaduzzi

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

Prati, Donaduzzi

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Ranbaxy

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

32


Lista de genéricos

medicamentos registrados Novacort Novacort Novacort Novacort Novacort Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina

Medicamento Genérico Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cetoconazol + Dipropionato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica

Ranbaxy

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Sigma Pharma

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Creme dermatológico

Sigma Pharma

20 mg/g + 0,5 mg/g + 2,5 mg/g

Pomada dermatológica

Teuto

20 mg/g + 0,5 mg/g + 1,68 mg/g

Creme dermatológico

Teuto

20 mg/g + 0,5 mg/g + 1,68 mg/g

Pomada dermatológica

Legrand

50 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 50 mg/ml 500 mg 500 mg/ml; 50 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 500 mg/ml 50 mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml 50 mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg/ml 500 mg 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 50 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 500 mg/ml, 50mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg 500mg/ml; 50 mg/ml 500 mg 50 mg/ml

Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Solução injetável Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Solução injetável Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Comprimido Comprimido Solução injetável Solução oral Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Solução injetável Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral comprimido Solução injetável Comprimido Solução oral Comprimido Solução oral

Abbott Americano Americano Balm-Labor Biosintética Brainfarma Brainfarma Bunker Ducto Ducto EMS EMS EMS Equiplex Eurofarma Farmace Farmasa Geolab Geolab Geolab Green Pharma Hipolabor Hipolabor Lafepe Lasa Luper Luper Mariol Mariol Mdcpharma Medquimica Medley Medley Mepha Mepha Nativita Nature´s Plus Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Rioquímica sandoz Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis Sigma Pharma Sigma Pharma

33

Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novalgina Novamin Novamin Novamin Novamin Oceral Oceral Oflox Oflox Oflox Oflox Oflox Ogastro Ogastro Ogastro Ogastro Olcadil Olcadil Omcilon A M Omcilon A M Omcilon A M Omcilon A M Omcilon A M Omcilon A M Omcilon A M Omcilon A M Omcilon A M Omcilon A M Omcilon A M Omcilon A M Omcilon A M Omcilon A M Omcilon A M Omcilon A M Omcilon A M Omcilon A Orabase Omcilon A Orabase Omcilon A Orabase Omcilon A Orabase Omcilon A Orabase Oroxadin Oroxadin Otosynalar

Medicamento Genérico Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Dipirona Sódica Sulfato de Amicacina Sulfato de Amicacina Sulfato de Amicacina Sulfato de Amicacina Nitrato de Oxiconazol Nitrato de Oxiconazol Ofloxacino Ofloxacino Ofloxacino Ofloxacino Ofloxacino Lansoprazol Lansoprazol Lansoprazol Lansoprazol Cloxazolam Cloxazolam Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Acetonido de Triancinolona + Sulfato de Neomicina + Gramicidina + Nistatina Acetonido de Triancinolona Acetonido de Triancinolona Acetonido de Triancinolona Acetonido de Triancinolona Acetonido de Triancinolona Ciprofibrato Ciprofibrato Acetonido de Fluocinolona + Sulfato de Neomicina +

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica

Sigma Pharma Sintese Teuto Teuto Theodoro F Sobral Eurofarma Hipolabor Novafarma Teuto Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Alcon EMS Germed Neo Química Sigma Pharma EMS Medley Nature´s Plus Sigma Pharma Eurofarma Novartis Arrow

500 mg/ml 500 mg 500 mg/ml 500 mg/ml 500 mg/ml 50 mg/ml; 250 mg/ml 50 mg/ml; 50 mg/ml; 125 mg/ml; 250 mg/ml 50 mg/ml;125 mg/ml; 250 mg/ml 10 mg/g 10 mg/ml 0,3 pcc 0,3 pcc 0,3 pcc 0,3 pcc 0,3 pcc 15 mg; 30 mg 15 mg; 30 mg 15 mg; 30 mg 15 mg; 30 mg 1 mg; 2 mg; 4 mg 1 mg; 2 mg; 4 mg 1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Solução oral Solução oral Solução injetável Solução oral Solução oral Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Creme dermatológico Solução tópica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Cápsula gelatinosa dura mcg lib ret Cápsula gelatinosa dura mcg des grad Cápsula gelatinosa dura mcg lib ret Cápsula gelatinosa dura mcg lib ret Comprimido Comprimido Creme dermatológico

Arrow

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U Pomada dermatológica

EMS

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U Creme dermatológico

EMS

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Pomada dermatológica

Eurofarma

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Pomada dermatológica

Eurofarma

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Creme dermatológico

Farmasa

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Creme dermatológico

Farmasa

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Pomada dermatológica

Medley

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Creme dermatológico

Medley

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Pomada dermatológica

Neo Química

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Creme dermatológico

Nature´s Plus

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Creme dermatológico

Nature´s Plus

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Pomada dermatológica

Prati, Donaduzzi

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Creme dermatológico

Prati, Donaduzzi

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Pomada dermatológica

Sigma Pharma

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Creme dermatológico

Sigma Pharma

1 mg + 2,5 mg + 0,25 mg + 100.000U

Pomada dermatológica

EMS Geolab Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Brainfarma Sanofi-Aventis EMS

1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 1 mg/g 100 mg 100 mg 0,275 mg + 3,85 mg + 11.000 UI

34

Pomada bucal Pomada bucal Pomada bucal Pomada bucal Pomada bucal Comprimido Comprimido Solução otológica


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento Genérico

Sulfato de Polimixina B + Cloridrato de Lidocaína Acetonido de Fluocinolona + Sulfato de Neomicina + Sulfato de Polimixina B + Cloridrato de Lidocaína Otosynalar Acetonido de Fluocinolona + Sulfato de Neomicina + Sulfato de Polimixina B + Cloridrato de Lidocaína Otosynalar Acetonido de Fluocinolona + Sulfato de Neomicina + Sulfato de Polimixina B + Cloridrato de Lidocaína tosynalar Fluocinolona Acetinida + Neomicina + Sulfato de Polimixina B + Cloridrato de Lidocaína Ovestrion Estriol Pamelor Cloridrato de Nortriptilina Pamelor Cloridrato de Nortriptilina Pamelor Cloridrato de Nortriptilina Pamelor Cloridrato de Nortriptilina Pamelor Cloridrato de Nortriptilina Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantelmin Mebendazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Pantozol Pantoprazol Paraplatin Carboplatina Paraplatin Carboplatina Parenzyme Cloridrato de Tetraciclina Parenzyme Cloridrato de Tetraciclina Parenzyme Cloridrato de Tetraciclina Pavulon Brometo de Pancurônio Penicilina G potássica Benzilpenicilina Potássica Penicilina G potássica Benzilpenicilina Potássica Pen-Ve-Oral Fenoximetilpenicili na Potássica Peprazol Omeprazol Peprazol Omeprazol Peprazol Omeprazol Peprazol Omeprazol Otosynalar

Laboratório Fabricante Legrand Nature´s Plus Sigma Pharma Geolab Neo Química Eurofarma Hipolabor Medley Novartis Ranbaxy Abbott Abbott Cifarma Cimed Cristália Cristália EMS EMS Geolab Green Pharma Lasa Mariol Medley Medley Nature´s Plus Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Teuto Teuto Accord Cinfa EMS Eurofarma Eurofarma Germed Germed Medley Merck Pharlab Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Accord Eurofarma Medley Medquimica Prati, Donaduzzi Novafarma Eurofarma Prodotti Teuto Biosintética Cinfa Cristália EMS

35

Concentração

Forma Farmacêutica

+ 20 mg/ml 0,275 mg + 3,85 mg + 11.000 UI + 20 mg/ml 0,275 mg + 3,85 mg + 11.000 UI + 20 mg/ml 0,275 mg + 3,85 mg + 11.000 UI + 20 mg/ml 0,250mg/mL + 10.000UI/ML + 3,5mg/mL + 20mg/mL 1 mg/g 10 mg; 25 mg; 50 mg; 75 mg 75 mg 50mg; 75mg 25 mg e 10mg 25 mg; 50 mg; 75 mg 100 mg 20 mg/ml 20 mg/ml 20 mg/ml 100 mg 20 mg/ml 100 mg 20 mg/ml 20 mg/ml 20 mg/ml 20 mg/ml 20 mg/ml 500 mg 20 mg/ml 20 mg/ml 100 mg 20 mg/ml 100 mg 20 mg/ml 20 mg/ml 100 mg 20 mg/ml 20 mg; 40 mg 20 mg; 40 mg 20 mg; 40 mg 40 mg 40 mg 20 mg; 40 mg 40 mg 20 mg; 40 mg 20 mg; 40 mg 20 mg; 40 mg 40 mg 20 mg; 40 mg 20 mg; 40 mg 10 mg/ml 10 mg/ml 500 mg 500 mg 500 mg 2mg/ml 5.000.000 UI 1.000.000 UI; 5.000.000 UI; 10.000.000 UI 500.000 UI 10 mg; 20 mg; 40 mg 20 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg 10 mg; 20 mg

Solução otológica Solução otológica Solução otológica Solução Otológica Creme vaginal Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Comprimido Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Comprimido Suspensão oral Comprimido Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Comprimido Suspensão oral Suspensão oral Comprimido Suspensão oral Comprimido Suspensão oral Suspensão oral Comprimido Suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Comprimido Cápsula gelatinosa com microgrânulos Cápsula gelatinosa com microgrânulos Cápsula gelatinosa dura c/ microgrânulos Cápsula gelatinosa com microgrânulos

Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Peprazol Peprazol Peprazol Peprazol Peprazol Peprazol Peprazol Peprazol Peprazol Pepsamar Perindopril Perlutan Perlutan Perlutan Perlutan Perlutan Plaquinol Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plasil Plavix Plavix Plavix Plavix Plavix Pletil Pletil Pletil Pletil Pletil Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine

Medicamento Genérico Omeprazol Omeprazol Omeprazol Omeprazol Omeprazol Omeprazol Omeprazol Omeprazol Omeprazol Hidróxido de Alumínio Perindopril erbumina Algestona Acetonida + Enantato de Estradiol Algestona Acetonida + Enantato de Estradiol Algestona Acetonida + Enantato de Estradiol Algestona Acetonida + Enantato de Estradiol Algestona Acetonida + Enantato de Estradiol Sulfato de Hidroxicloroquina Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Cloridrato de Metoclopramida Bissulfato de clopidogrel Bissulfato de clopidogrel Bissulfato de clopidogrel Bissulfato de clopidogrel Bissulfato de clopidogrel Tinidazol Tinidazol Tinidazol Tinidazol Tinidazol Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante Germed Germed Libbs Medley Mepha Merck Prati, Donaduzzi Sandoz Teuto União Química Torrent EMS Eurofarma

Legrand

Nature´s Plus Sigma Pharma Sanofi-Aventis EMS EMS Hipolabor

Legrand

Mariol Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Osório Moraes Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Teuto Arrow Medley Ranbaxy Sandoz Sanofi-Aventis EMS Farmasa Medley Nature´s Plus Sigma Pharma Brainfarma Brainfarma Cimed Cimed Cristália EMS EMS EMS EMS Farmace Geolab Germed Germed Hipolabor

Legrand Legrand

Medley Medley Merck Multilab

36

Concentração

Forma Farmacêutica

10 mg; 20 mg; 40 mg 20 mg; 40 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg 20 mg;40mg 20 mg 10 mg; 20 mg 10 mg; 20 MG 40 MG’ 10 mg; 20 mg 61,5 mg/ml 4 mg 150 mg/ml + 10 mg/ml 150 mg/ml + 10 mg/ml 150 mg/ml + 10 mg/ml 150 mg/ml + 10 mg/ml 150 mg/ml + 10 mg/ml 400 mg 1 mg/ml 4 mg/ml 4 mg/ml 1 mg/ml 4 mg/ml 4 mg/ml 4 mg/ml 1 mg/ml 5 mg/ml 4 mg/mL 10mg 5 mg/ml 4 mg/ml 1 mg/ml 4 mg/ml 5 mg/ml 4 mg/ml 75mg 75mg 75mg 75mg 75mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 2 mg 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 10 MG/G CREME DER 0,4 mg/ml 2 mg 10 mg/g 2,8 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 10mg/g 2 mg 0,4 mg/ml 10 mg/g 2,8 mg/ml 10 mg/g 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml

Cápsula gelatinosa com microgrânulos Cápsula gelatinosa com microgrânulos Cápsula gelatinosa dura c/ microgrânulos Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Suspensão oral Comprimido Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução injetável Solução oral Comprimido Solução injetável Solução oral Solução oral Solução oral Solução injetável Solução oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Xarope Solução oral Creme dermatológico Xarope Comprimido Creme dermatológico Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Creme dermatológico Comprimido Xarope Creme dermatológico Solução oral Creme dermatológico Solução oral Solução oral Solução oral


Lista de genéricos

medicamentos registrados Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Polaramine Expectorante Polaramine Expectorante Polaramine Expectorante Polaramine Expectorante Ponstan Ponstan Ponstan Ponstan Pravacol Pravacol Pravacol Pravacol Pravacol Pravacol Pravacol Pravacol Pravacol Pred Fort Prednisolon Prednisolon Prednisolon Prelone Prelone Proctyl Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid Profenid profenid Profenid entérico Proflam

Medicamento Genérico Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina Maleato de Dexclorfeniramina + Sulfato de Pseudoefedrina + Guaifenesina Maleato de Dexclorfeniramina + Sulfato de Pseudoefedrina + Guaifenesina Maleato de Dexclorfeniramina + Sulfato de Pseudoefedrina + Guaifenesina Maleato de Dexclorfeniramina + Sulfato de Pseudoefedrina + Guaifenesina Ácido Mefenâmico Ácido Mefenâmico Ácido Mefenâmico Ácido Mefenâmico Pravastatina Sódica Pravastatina Sódica Pravastatina Sódica Pravastatina Sódica Pravastatina Sódica Pravastatina Sódica Pravastatina Sódica Pravastatina Sódica Pravastatina Sódica Acetato de Prednisolona Fosfato Sódico de Prednisolona Fosfato Sódico de Prednisolona Fosfato Sódico de Prednisolona Fosfato Sódico de Prednisolona Fosfato Sódico de Prednisolona Policresuleno + Cloridrato de Cinchocaína Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Cetoprofeno Aceclofenaco

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica

Nature´s Plus Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto EMS

10 mg/g 0,4 mg/ml 2,8 mg/ml 0,4 mg/ml 10mg/g 2 MG 0,4 mg/ml 2 mg 10 mg/g 0,4 mg/ml 2,8 mg/ml 0,4 mg/ml 0,4 mg/ml + 4 mg/ml + 20 mg/ml

Creme dermatológico Solução oral Solução oral Solução oral Creme dermatológico comprimido Solução oral Comprimido Creme dermatológico Solução oral Solução oral Solução oral Solução Oral

Medley

0,4 mg/ml + 4 mg/ml + 20 mg/ml

Solução oral

Nature´s Plus

0,4 mg/ml + 4 mg/ml + 20 mg/ml

Solução oral

Sigma Pharma

0,4 mg/ml + 4 mg/ml + 20 mg/ml

Solução oral

EMS Germed Sigma Pharma Medley Accord Arrow EMS Germed

500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg 40 mg 40 mg 40 mg 10 mg; 20 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg 40 mg 1,0 pcc 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 3 mg/ml 3 mg/ml 0,1 g/g + 0,01 g/g 100 mg 50 mg/ml 50 mg 25 mg/g 50 mg/ml 20 mg/ml 100 mg 50 mg/ml 50 mg 100 mg 25 mg/g 20 mg/ml 25 mg/g 50 mg/ml 50 mg/ml 25 mg/g 20 mg/ml 150 mg 25 mg/g 50 mg/ml 20 mg/ml 100 mg 15 mg/g

Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Suspensão oftálmica Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Solução oral Pomada retal Pó liofilizado p/ sol injetável Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Gel Solução injetável Solução oral Pó liofilizado p/ sol injetável Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Gel Solução oral Gel Solução injetável Solução injetável Gel Solução oral Comprimido Gel Solução injetável Solução oral Comprimido revestido Creme dermatológico

Legrand

Mepha Medley Merck Sigma Pharma Alcon Medley Prati, Donaduzzi Sanofi-Aventis Biosintética Prati, Donaduzzi Medley Cristália Cristália EMS EMS EMS EMS Eurofarma Eurofarma Medley Medley Medley Medley Nature´s Plus Nature´s Plus Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Sanofi-Aventis EMS

37

Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Proflam Proflam Proflam Proflam Proflam Propécia Propécia Propécia Propécia Propécia Propécia Propécia Propécia Propécia Propranolol Propranolol Propranolol Propranolol Propranolol Propranolol Propranolol Propranolol Propranolol Proscar Proscar Proscar Proscar Proscar Proscar Proscar Proscar Proscar Proscar Proscar Prozac Prozac Prozac Prozac Prozac Prozac Prozac Prozac Prozac Prozac Prozac Prurizin Prurizin Prurizin Prurizin Prurizin Prurizin Prurizin Prurizin Prurizin Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex

Medicamento Genérico Aceclofenaco Aceclofenaco Aceclofenaco Aceclofenaco Aceclofenaco Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Cloridrato de Propranolol Cloridrato de Propranolol Cloridrato de Propranolol Cloridrato de Propranolol Cloridrato de Propranolol Cloridrato de Propranolol Cloridrato de Propranolol Cloridrato de Propranolol Cloridrato de Propranolol Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Finasterida Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Fluoxetina Cloridrato de Hidroxizina Cloridrato de Hidroxizina Cloridrato de Hidroxizina Cloridrato de Hidroxizina Cloridrato de Hidroxizina Cloridrato de Hidroxizina Cloridrato de Hidroxizina Cloridrato de Hidroxizina Cloridrato de Hidroxizina Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante Multilab

Legrand Nature´s Plus Ranbaxy Sigma Pharma Biosintética EMS Eurofarma Germed Medley Mepha Merck Sandoz Sigma Pharma Cimed EMS Germed Medley Neo Química Pharlab Prati, Donaduzzi Teuto União Química AB Farmo Biosintética EMS Eurofarma Germed Medley Mepha Merck Sandoz Sigma Pharma Teuto Biosintética EMS Hipolabor Medley Mepha Merck Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Teuto Zydus EMS EMS GERMED GERMED Geolab Globo

Legrand Legrand

Brainfarma Ativus Ativus EMS EMS EMS Eurofarma Eurofarma Eurofarma Geolab

38

Concentração

Forma Farmacêutica

100mg/g 15 mg/g 15 mg/g 100 mg 15 mg/g 1 mg 1 mg; 1 mg 1 mg 1 mg 1 mg 1 mg 1 mg 1 mg 9 mg; 40 mg; 80 mg 10 mg; 40 mg; 80 mg 10 mg; 40 mg; 80 mg 10 mg; 40 mg; 80 mg 40 mg; 80 mg 40mg; 80mg 10 mg; 40 mg; 80 mg 40 mg; 80 mg 40 mg 5 mg 5 mg 5 mg; 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 5 mg 20 mg 20 mg 20 mg/ml 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 20 mg 2mg/ml 25mg 2mg/ml 25mg 2mg/ml 10mg/5ml 2mg/ml 25mg 2mg/ml 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g 0,5 mg/g

Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido revestido Creme dermatológico Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Solução oral Comprimido Solução oral comprimido Solução oral Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Creme dermatológico Pomada dermatológica Creme dermatológico Pomada dermatológica Solução capilar Creme dermatológico Pomada dermatológica Solução tópica Creme dermatológico


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica

Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Psorex Puran

Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Propionato de Clobetasol Levotiroxina Sódica

Geolab globo Medley Medley Medley Mepha Mepha Merck Merck Merck Nature´s Plus Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Teuto Merck

Quadriderm

Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato

Brainfarma

0,5 mg/g Pomada dermatológica 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Pomada dermatológica 0,5 mg/g Solução capilar 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Pomada dermatológica 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Pomada dermatológica 0,5 mg/g Solução capilar 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Pomada dermatológica 0,5 mg/g Solução capilar 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Pomada dermatológica 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Pomada dermatológica 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Pomada dermatológica 0,5 mg/g Solução capilar 0,5 mg/g Creme dermatológico 0,5 mg/g Pomada dermatológica 25mcg; 112mcg; 50 mcg; 100mcg; Comprimido 150mcg; 75 mcg; 125mcg 175mcg; 200mcg; 88mcg 0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g Creme dermatológico

Brainfarma

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Cimed

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

EMS

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Creme dermatológico

EMS

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Eurofarma

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Creme dermatológico

Eurofarma

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Farmasa

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Creme dermatológico

Farmasa

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Medley

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Creme dermatológico

Medley

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Mepha

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Creme dermatológico

Mepha

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Nature´s Plus

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Creme dermatológico

Nature´s Plus

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Neo Química

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Prati, Donaduzzi

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Creme dermatológico

Prati, Donaduzzi

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Pomada dermatológica

Sigma Pharma

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Creme dermatológico

Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm Quadriderm

39

Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Quadriderm Quadriderm Quadriderm Reductil Reductil Reductil Reductil Reductil Reductil Reductil Reductil Reductil Reductil Remeron Renagel Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Renitec Resfenol Retemic Retemic Retemic Revectina Revivan Revivan Revivan Rifocina Rifocina Rifocina Rifocina Rifocina Rinigran Rinigran Rinigran Rino-Lastin Rino-Lastin Rino-Lastin Risperdal Risperdal Risperdal Risperdal Risperdal Risperdal Risperdal Risperdal Risperdal Risperdal Risperdal

Medicamento Genérico Valerato de Betametasona + Sulfato de Gentamicina + Clioquinol + Tolnaftato Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Valerato de Betametasona + Sulfato de Neomicina Cloridrato de Sibutramina Cloridrato de Sibutramina Cloridrato de Sibutramina Cloridrato de Sibutramina Cloridrato de Sibutramina Cloridrato de Sibutramina Cloridrato de Sibutramina Cloridrato de Sibutramina Cloridrato de Sibutramina Cloridrato de Sibutramina Mirtazapina Cloridrato de Sevelamer Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Maleato de Enalapril Paracetamol + Cloridrato de Fenilefrina + maleato de clorfeniramina Cloridrato de Oxibutinina Cloridrato de Oxibutinina Cloridrato de Oxibutinina Ivernectina Cloridrato de Dopamina Cloridrato de Dopamina Cloridrato de Dopamina Rifamicina Rifamicina Rifamicina Rifamicina Rifamicina Cloridrato de Fenoxazolina Cloridrato de Fenoxazolina Cloridrato de Fenoxazolina Cloridrato de Azelastina Cloridrato de Azelastina Cloridrato de Azelastina Risperidona Risperidona Risperidona Risperidona Risperidona Risperidona Risperidona Risperidona Risperidona Risperidona Risperidona

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante

Concentração

Sigma Pharma

0,5 mg/g + 1 mg/g + 10 mg/g + 10 mg/g

Teuto Teuto Abbott Biosintética Eurofarma EMS Germed

0,5mg/g + 1mg/g + 10mg/g+ 10mg/g 0,5mg/g + 1mg/g + 10mg/g+ 10mg/g 10 mg; 15 mg 10 mg; 15 mg 10 mg; 15 mg 10 mg; 15 mg 10 mg; 15 mg 10 mg; 15 mg 10 mg; 15 mg 10 mg; 15 mg 10 mg; 15 mg 10 mg; 15 mg 30 mg; 45 mg 800 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 100mg/ml + 2mg/ml + 2mg/ml

Creme dermatológico Pomada dermatológica Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Solução oral

1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 6 mg 5 mg/ml 5 mg/ml 5 mg/ml 10 mg/ml 10 mg/ml 10 mg/ml 10 mg/ml 10 mg/ml 0,5 mg/ml; 1,0 mg/ml 0,5 mg/ml; 1,0 mg/ml 0,5 mg/ml; 1,0 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 1 mg/ml 1mg; 2 mg; 3 mg 1mg; 2 mg; 3 mg 1mg; 2 mg; 3 mg 1mg/ml 1mg; 2 mg; 3 mg 1mg/ml 1mg; 2 mg; 3 mg 1mg/ml 1mg; 2mg; 3mg 1mg/ml 1mg; 2mg; 3mg

Xarope Xarope Xarope comprimido Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução tópica Solução tópica Solução tópica Solução tópica Solução tópica Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oral Comprimido revestido Solução oral Comprimido revestido Solução oral Comprimido revestido Solução oral Comprimido revestido

Legrand Sigma Pharma Ranbaxy Sandoz Teuto Sandoz EMS AB Farmo Biosintética Brainfarma Cinfa Cimed Cristália EMS Germed Medley Mepha Merck Neo Química Prati, Donaduzzi Sandoz Sigma Pharma Teuto Sigma Pharma EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Vitapan Hipolabor Teuto União Química EMS Eurofarma Nature´s Plus Neo Química Sigma Pharma EMS Nature´s Plus Sigma Pharma EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Ache Arrow Biosintética EMS Eurofarma

Legrand

Merck Nature´s Plus Sandoz Sigma Pharma Ranbaxy

40

Forma Farmacêutica Pomada dermatológica


Lista de genéricos

Medicamento de Referência

Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica Solução oral Comprimido Comprimido Solução Oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Comprimido Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Cápsula gelatinosa mole Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Cápsula gelatinosa mole c/ microemulsão Cápsula gelatinosa mole Solução oral Cápsula gelatinosa mole c/ microemulsão Solução injetável Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido comprimido revestido Comprimido revestido comprimido revestido Solução p/ inalação Comprimido Xarope Solução oral Xarope Xarope Solução oral Xarope Xarope Xarope Solução oral Xarope Solução oral Xarope Comprimido Comprimido Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido

Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Rivotril Roacutan Rocefin Rocefin Rocefin Rocefin Rocefin Rocefin Rocefin Rocefin Rocefin Sandimmun neoral

Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Clonazepam Isotretinoina Ceftriaxona Sódica Ceftriaxona Sódica Ceftriaxona Sódica Ceftriaxona Sódica Ceftriaxona Sódica Ceftriaxona Sódica Ceftriaxona Sódica Ceftriaxona Sódica Ceftriaxona Sódica Ciclosporina

EMS EMS Eurofarma Hipolabor Medley Medley Nature´s Plus Ranbaxy sandoz sanval Sigma Pharma Sigma Pharma União Química Ranbaxy AB Farmo Antibióticos do Brasil EMS Eurofarma Eurofarma Glenmark Neo Química Ranbaxy Sandoz EMS

2,5 mg/ml 2 mg 2 mg 2,5 mg/ml 0,5 mg; 2mg 2,5 mg/ml 2,5 mg/ml 2 mg 2 mg 2,5 mg 2 mg 2,5 mg/ml 2,5 mg/ml 10 mg; 20 mg 500 mg; 1 g 1g 250 mg; 500 mg; 1 g 500 mg; 1 g 500 mg; 1 g 1g 500 mg; 1 g 1g 500 mg; 1000 mg 25 mg; 50mg; 100 mg

Sandimmun neoral Sandimmun neoral Sandimmun neoral

Ciclosporina Ciclosporina Ciclosporina

Germed Germed Sigma Pharma

25 mg; 50mg; 100 mg 100 mg/ml 25 mg; 50mg; 100 mg

Sandostatin Secnidal Secnidal Secnidal Secnidal Secnidal Secnidal Secnidal Secnidal Secnidal Secnidal Secnidal Seroquel Seroquel Seroquel Sevorane Sifrol Silomat Silomat Silomat Silomat Silomat Silomat Silomat Silomat Plus Silomat Plus Silomat Plus Silomat Plus Silomat Plus Sinemet Sirdalud Solu-cortef Solu-medrol Sonebon

Acetato de Octreotida Secnidazol Secnidazol Secnidazol Secnidazol Secnidazol Secnidazol Secnidazol Secnidazol Secnidazol Secnidazol Secnidazol Fumarato de Quetiapina Fumarato de Quetiapina Fumarato de Quetiapina Sevoflurano Dicloridrato de Pramipexol Cloridrato de Clobutinol Cloridrato de Clobutinol Cloridrato de Clobutinol Cloridrato de Clobutinol Cloridrato de Clobutinol Cloridrato de Clobutinol Cloridrato de Clobutinol Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina Cloridrato de Clobutinol + Succinato de Doxilamina Carbidopa/Levodop a Cloridrato de Tizanidina Succinato Sódico de Hidrocortisona Succinato Sódico de Metilprednisolona Nitrazepam

Sun Farmacêutica EMS Medley Mepha Merck Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sanofi-Aventis Sigma Pharma Teuto Cristália Arrow Lafepe Biochimico Sandoz EMS Medley Medley Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Medley Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi União Química União Química Biosintética Ranbaxy Eurofarma Novafarma EMS

0,05 mg/ml; 0,1 mg/ml 30 mg/ml 500 mg; 1000 mg 1000 mg 1000 mg 30 mg/ml 1000 mg 500 mg; 1000 mg 500 mg; 1000 mg 500 mg; 1000 mg 30 mg/ml 1000 mg 100 mg; 200 mg. 25 mg; 100 mg; 200 mg 100 mg; 200 mg. 1 mg/ml 0,125mg; 0,250mg; 1mg 4 mg/ml 60 mg/ml 4 mg/ml 4 mg/ml 60 mg/ml 4 mg/ml 4 mg/ml 4 mg/mL + 0,75 mg/mL 48 mg/mL + 9 mg/mL 4 mg/mL + 0,75 mg/mL 48 mg/mL + 9 mg/mL 4 mg/mL + 0,75 mg/mL 25 mg + 250 mg 2 mg 100 mg; 500 mg 125 mg; 500 mg 5 mg

41

Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

medicamentos registrados


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência

Medicamento Genérico

Sonebon Nitrazepam Sonebon Nitrazepam Sorine Cloridrato de Nafazolina Sorine Cloridrato de Nafazolina Sorine Cloridrato de Nafazolina Sorine Cloridrato de Nafazolina Sorine Cloridrato de Nafazolina Sorine Cloridrato de Nafazolina Sorine Cloridrato de Nafazolina Sorine Cloridrato de Nafazolina Sorine Cloridrato de Nafazolina Sorine Cloridrato de Nafazolina Sotacor Cloridrato de Sotalol Sotacor Cloridrato de Sotalol Sotacor Cloridrato de Sotalol Spectosan Guaifenesina + iodeto de potássio + mentol Sporanox Itraconazol Sporanox Itraconazol Staficilin-N Oxacilina Sódica Staficilin-N Oxacilina Sódica Staficilin-N Oxacilina Sódica Staficilin-N Oxacilina Sódica Stiefcortil Hidrocortisona Stiefcortil Hidrocortisona Stiefcortil Hidrocortisona Stiefcortil Hidrocortisona Stiefcortil Hidrocortisona Stiefcortil Hidrocortisona Stiefcortil Hidrocortisona Stiefcortil Hidrocortisona Stilnox Hemitartarato de zolpidem Stilnox Tartarato de Zolpidem Stocrin Efavirenz Stugeron Cinarizina Stugeron Cinarizina Sulfato de Neomicina Sulfato de Neomicina Sylador Cloridrato de Tramadol Sylador Cloridrato de Tramadol Sylador Cloridrato de Tramadol Syntocinon Ocitocina Tagamet Cimetidina Tagamet Cimetidina Tagamet Cimetidina Tagamet Cimetidina Tagamet Cimetidina Tagamet Cimetidina Talsutin Cloridrato de Tetraciclina + Anfotericina B Talsutin Cloridrato de Tetraciclina + Anfotericina B Talsutin Cloridrato de Tetraciclina + Anfotericina B Talsutin Cloridrato de Tetraciclina + Anfotericina B Talsutin Cloridrato de Tetraciclina + Anfotericina B Talsutin Cloridrato de Tetraciclina + Anfotericina B Talsutin Cloridrato de Tetraciclina + Anfotericina B Targocid Teicoplanina Targocid Teicoplanina Tavanic Levofloxacino Tavanic Levofloxacino Tavanic Levofloxacino Tavanic Levofloxacino Tavanic Levofloxacino Tavanic Levofloxacino Tavanic Levofloxacino Tavanic Levofloxacino Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante Nature´s Plus Sigma Pharma Arrow EMS Globo Medley Mepha Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Teuto Biosintética Merck Sandoz Pharmascience Mepha Prati, Donaduzzi AB Farmo Cellofarm Eurofarma Teuto EMS EMS

Legrand Legrand

Nature´s Plus Nature´s Plus Sigma Pharma Sigma Pharma Zydus Sandoz Fundação Osvaldo Cruz Mepha Ranbaxy Prati, Donaduzzi EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Blausiegel Abbott multilab Neo Química Prati, Donaduzzi Sandoz Teuto Ativus Cristália EMS Medley Nature´s Plus Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Antibióticos do Brasil Eurofarma Brainfarma EMS Eurofarma Eurofarma Isofarma Mepha Nature´s Plus Ranbaxy

42

Concentração

Forma Farmacêutica

5 mg 5 mg 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 0,5 mg/ml 120 mg; 160 mg 160 mg 160 mg 5mg/ml + 2,5 mg/ml + 0,1mg/ml 100 mg 100 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 10 mg/g 10 mg/ml 10mg/g 10 mg/ml 10 mg/g 10 mg/ml 10 mg/g 10 mg/ml 10 mg 10 mg 600mg 25 mg; 75 mg 25 mg; 75 mg 3,5mg/g 50 mg/ml 50 mg/ml 50 mg/ml 5UI/ml 200 mg; 400 mg 200 mg; 400 mg 200 mg; 400 mg 200 mg; 400 mg 200 mg; 400 mg 200 mg; 400 mg 25 mg/g + 12,5 mg/g 25 mg/g + 12,5 mg/g 25 mg/g + 12,5 mg/g 25 mg/g + 12,5 mg/g 25 mg/g + 12,5 mg/g 25 mg/g + 12,5 mg/g 25 mg/g + 12,5 mg/g 200 mg; 400 mg 200 mg; 400 mg 250 mg; 500 mg 500 mg 250 mg; 500 mg 5 mg/ml 5 mg/ml 250 mg; 500 mg 500 mg 250 mg; 500 mg

Comprimido Comprimido Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Solução nasal Comprimido Comprimido Comprimido Xarope Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pomada dermatológica Solução capilar Pomada dermatológica Solução capilar Pomada dermatológica Solução capilar Pomada dermatológica Solução capilar Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Pomada dermatológica Solução oral Solução oral Solução oral Solução injetável Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Creme vaginal Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido


Lista de genéricos

Medicamento de Referência

Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Concentração

Forma Farmacêutica Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Solução injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Solução injetável Comprimido Comprimido Comprimido revestido de desintegração lenta Comprimido revestido de desintegração lenta Comprimido revestido de desintegração lenta Comprimido revestido de desintegração lenta Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Suspensão oral Comprimido Comprimido Suspensão oral Comprimido Comprimido Comprimido Suspensão oral Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Pó liofilizado p/ sol injetável Solução tópica Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Pó injetável Pó injetável Pó injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido revestido Comprimido revestido

Tavanic Tavanic Taxol Taxol Taxol Taxotere Taxotere Taxotere Tazocin Tazocin Tazocin Tazocin Tecnocarb Tecnocris Tegretol Tegretol Tegretol

Levofloxacino Levofloxacino Paclitaxel Paclitaxel Paclitaxel Docetaxel Docetaxel Docetaxel Piperacilina Sódica + Tazobactam Sódico Piperacilina Sódica + Tazobactam Sódico Piperacilina Sódica + Tazobactam Sódico Piperacilina Sódica + Tazobactam Sódico Carboplatina Sulfato de Vincristina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina

Sandoz Sigma Pharma Accord Eurofarma Glenmark Eurofarma Glenmark Sandoz AB Farmo Cellofarm Eurofarma Novafarma Glenmark Accord Abbott Biosintética EMS

250 mg; 500 mg 500 mg 6 mg/ml 6 mg/ml 6 mg/ml 20 mg; 80 mg 20 mg; 80 mg 20 mg; 80 mg 2 g + 250 mg; 4 g + 500 mg 2 g + 250 mg; 4 g + 500 mg 2 g + 250 mg; 4 g + 500 mg 4 g + 500 mg 450 mg 1mg/ml 200 mg; 400 mg 200 mg 400 mg

Tegretol

Carbamazepina

Sigma Pharma

400 mg

Tegretol

Carbamazepina

Germed

400 mg

Tegretol

Carbamazepina

Legrand

400 mg

Tegretol Tegretol Tegretol Tegretol Tegretol Tegretol Tegretol Tegretol Tegretol Tegretol Tegretol Tegretol Tenadren Tenadren Tenoretic Tenoretic Tenoretic Tenoretic Tenoretic Tenoretic Tenoretic tenoxicam Tetmosol Thiaben Thiaben Ticlid Ticlid Ticlid Ticlid Ticlid Ticlid Ticlid Ticlid Tienam Tienam Tienam Tilatil Tilatil Tilatil

Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Carbamazepina Cloridrato de Propranolol + Hidroclorotiazida Cloridrato de Propranolol + Hidroclorotiazida Atenolol + Clortalidona Atenolol + Clortalidona Atenolol + Clortalidona Atenolol + Clortalidona Atenolol + Clortalidona Atenolol + Clortalidona Atenolol + Clortalidona Tenoxicam Sulfiram Tiabendazol Tiabendazol Cloridrato de Ticlopidina Cloridrato de Ticlopidina Cloridrato de Ticlopidina Cloridrato de Ticlopidina Cloridrato de Ticlopidina Cloridrato de Ticlopidina Cloridrato de Ticlopidina Cloridrato de Ticlopidina Imipenem + cilastatina Imipenem + cilastatina Imipenem + cilastatina Tenoxicam Tenoxicam Tenoxicam

EMS Eurofarma Germed Medley Medley Neo Química Novartis Novartis Sanval Teuto União Química União Química Nature´s Plus Sigma Pharma Biosintética EMS Eurofarma Medley Nature´s Plus Sigma Pharma Teuto cifarma Sanval Nature´s Plus Sigma Pharma Biosintética EMS Eurofarma Medley Merck Nature´s Plus Sigma Pharma Teuto Antibióticos do Brasil Novafarma Ranbaxy Eurofarma Germed Neo Química

400 mg; 200 mg 200 mg 400 mg; 200 mg 200 mg; 400 mg 20 mg/ml 200 mg 400 mg; 200 mg 20 mg/ml 200 mg 200 mg; 400 mg 200 mg 20 mg/ml 40 mg + 25 mg; 80 mg + 25 mg 40 mg + 25 mg; 80 mg + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 50 mg + 12,5 mg; 100 mg + 25 mg 20 mg; 40 mg 250 mg/ml 500 mg 500 mg 250 mg 250 mg 250 mg 250 mg 250 mg 250 mg 250 mg 250 mg 500 mg + 500 mg 500 mg + 500 mg 500 mg + 500 mg 20 mg; 40 mg 20 mg 20 mg

43

Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

medicamentos registrados


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Tilatil Tilatil Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Timoptol Tobradex Tobradex Tobradex Tobrex Tobrex Tobrex Tobrex Tobrex Tobrex Topamax Topamax Topamax Topamax Topamax Topamax Toragesic Toragesic Toragesic Toragesic Toragesic Toragesic Tracrium Tracrium Tralen Tralen Tralen Tralen Tralen Tralen Tralen Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal Tramal

Medicamento Genérico Tenoxicam Tenoxicam Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Maleato de Timolol Tobramicina + Dexametasona Tobramicina + Dexametasona Tobramicina + Dexametasona Tobramicina Tobramicina Tobramicina Tobramicina Tobramicina Tobramicina Topiramato Topiramato Topiramato Topiramato Topiramato Topiramato Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Trometamina de Cetorolaco Besilato de Atracurio Besilato de Atracurio Tioconazol Tioconazol Tioconazol Tioconazol Tioconazol Tioconazol Tioconazol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante Ranbaxy Sandoz Alcon Allergan Biosintética Cristália EMS Eurofarma Genom Nature´s Plus Neo Química Ranbaxy Sigma Pharma Teuto União Química Alcon Allergan Biosintética Alcon Biosintética Cristália Germed

Legrand

Sigma Pharma ache EMS Eurofarma Nature´s Plus Sandoz Sigma Pharma EMS EMS Nature´s Plus Nature´s Plus Sigma Pharma Sigma Pharma Eurofarma Novafarma EMS EMS EMS Eurofarma Geolab Medley Medley EMS EMS Hipolabor Hipolabor Hypermarcas Medley Mepha Mepha Mepha Nature´s Plus Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Sandoz Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto

44

Concentração

Forma Farmacêutica

20 mg 20 mg 0,5 pcc 0,25 pcc; 0,5 pcc 0,25 pcc; 0,5 pcc 0,5 pcc 0,25 pcc; 0,5 pcc 0,25 pcc; 0,5 pcc 0,5 pcc 0,25 pcc; 0,5 pcc 2,5mg/ml; 0,5mg/ml 0,25 pcc; 0,5 pcc 0,25 pcc; 0,5 pcc 0,5 pcc 5 mg/ml 3mg/ml + 1mg/ml 3mg/ml + 1mg/ml 3mg/ml + 1mg/ml 0,3 pcc 0,3 pcc 0,3 pcc 3 mg/ml 3mg/ml 3 mg/ml 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 25 mg; 50 mg; 100 mg 10 mg 10 mg/ml e 30mg/ml 10 mg 10 mg/ml e 30mg/ml 10 mg 10 mg/ml e 30mg/ml 10 mg/ml 10 mg/ml 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 50 mg 50 mg/ml 50 mg/ml 50 MG 50 mg 50 mg 50 mg/ml 50 mg/ml 100 mg/ml 50 mg 50 mg/ml 100 mg/ml 100 mg/ml 50 mg 50 mg 50 mg/ml 100 mg/ml 50 mg

Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Suspensão oftálmica Suspensão oftálmica Suspensão oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Solução oftálmica Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido sub-lingual Solução injetável Comprimido sub-lingual Solução injetável Comprimido sub-lingual Solução injetável Solução injetável Solução injetável Creme dermatológico Loção Pó dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Loção Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Solução injetável Cápsula gelatinosa dura cápsula glatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Solução oral Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Solução oral Solução oral Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Solução oral Cápsula gelatinosa dura


Lista de genéricos

medicamentos registrados Tramal Tramal Transamin Transamin Transamin Travatan Trental Trental Trental/Trental Vert Trental/Trental Vert Trental/Trental Vert Triatec Triatec Triatec Triatec Triatec Triatec Triatec Triatec Triatec D Triatec D Triatec D Trileptal Trileptal Trileptal Trileptal Tri-luma Tri-luma Tri-luma Tri-luma Trobrex Trofodermim Trofodermim Trofodermin Trofodermin Trofodermin Trofodermin Trusopt Trusopt Trusopt Trusopt Trusopt Tryptanol Tryptanol Tryptanol Tryptanol Tryptanol Tryptanol Tryptanol Tryptanol Tryptanol Tryptanol Tussiflex D Tussiflex D Tussiflex D Tussiflex D Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol

Medicamento Genérico Cloridrato de Tramadol Cloridrato de Tramadol Ácido Tranexâmico Ácido Tranexâmico Ácido Tranexâmico Travoprosta Pentoxifilina Pentoxifilina Pentoxifilina Pentoxifilina Pentoxifilina Ramipril Ramipril Ramipril Ramipril Ramipril Ramipril Ramipril Ramipril Ramipril + Hidroclorotiazida Ramipril + Hidroclorotiazida Ramipril + Hidroclorotiazida Oxcarbazepina Oxcarbazepina Oxcarbazepina Oxcarbazepina Hidroquinona + tretinoína + fluocinolona acetonida Hidroquinona + tretinoína + fluocinolona acetonida Hidroquinona + tretinoína + fluocinolona acetonida Hidroquinona + tretinoína + fluocinolona acetonida Trobramicina Sulfato de Neomicina + Acetato de Clostebol Sulfato de Neomicina + Acetato de Clostebol Acetato de Clostebol + Sulfato de Neomicina Acetato de Clostebol + Sulfato de Neomicina Acetato de Clostebol + Sulfato de Neomicina Acetato de Clostebol + Sulfato de Neomicina Cloridrato de Dorzolamida Cloridrato de Dorzolamida Cloridrato de Dorzolamida Cloridrato de Dorzolamida Cloridrato de Dorzolamida Cloridrato de Amitriptilina Cloridrato de Amitriptilina Cloridrato de Amitriptilina Cloridrato de Amitriptilina Cloridrato de Amitriptilina Cloridrato de Amitriptilina Cloridrato de Amitriptilina Cloridrato de Amitriptilina Cloridrato de Amitriptilina Cloridrato de Amitriptilina Dropropizina Dropropizina Dropropizina Dropropizina Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol

Laboratório Fabricante Teuto União Química EMS Germed

Legrand

EMS Sanofi-Aventis Sanofi-Aventis EMS Medley Nature´s Plus Biosintética Brainfarma Cristália Mepha Medley Ranbaxy Sandoz Sanofi-Aventis EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Medley Novartis Novartis Ranbaxy EMS Germed

Legrand

Sigma Pharma Hypermarcas Ems Germed Germed EMS Medley Medley Biosintética EMS GERMED

Legrand

Sigma Pharma EMS Eurofarma Germed

Legrand

Medley Mepha Neo Química Ranbaxy Sigma Pharma Teuto Medley Neo Química Prati, Donaduzzi União Química Arrow Balm-Labor Biosintética Biosintética Brainfarma Bunker Cimed Cimed

45

Concentração 50 mg/ml 50 mg/ml 250mg 250mg 250mg 0,04 mg/ml 400 mg 20 mg/ml 400 mg; 600 mg 400 mg; 600 mg 400 mg; 600 mg 2,5 mg; 5 mg 2,5 mg; 5 mg 2,5 mg; 5 mg 2,5 mg; 5 mg 2,5 mg; 5 mg 2,5 mg; 5 mg 2,5 mg; 5 mg 2,5 mg; 5 mg 5 mg + 25 mg 5 mg + 25 mg 5 mg + 25 mg 300 mg; 600 mg 300 mg; 600 mg 60 mg/ml 300 mg; 600 mg 0,01 mg/g 0,01 mg/g 0,01 mg/g 0,01 mg/g 3 mg/ml 5mg/g 5mg/g 5 mg/g + 5 mg/g 5 mg/g + 5 mg/g 5 mg/g + 5 mg/g 5 mg/g + 5 mg/g 20 mg/ml 20 + 5 mg/ml 20 + 5 mg/ml 20 + 5 mg/ml 20 + 5 mg/ml 25 mg; 75 mg 25 mg; 75 mg 25 mg ;75 mg 25 mg; 75 mg 25 mg; 75 mg 25 mg; 75 mg 25 mg 25 mg; 75 mg 25 mg; 75 mg 25 mg 1,5 mg/ml; 3,0 mg/ml 1,5 mg/ml; 3,0 mg/ml 1,5 mg/ml; 3,0 mg/ml 3 mg/ml 750 mg 500 mg 500 mg; 750 mg 200 mg/ml 750 mg 750 mg 200 mg/ml 750mg

Forma Farmacêutica Solução injetável Solução injetável Comprimido Comprimido Comprimido Solução oftálmica Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Suspensão oral Comprimido revestido Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Solução oftálmica creme dermatológico creme dermatológico Creme vaginal Creme vaginal Creme dermatológico Creme vaginal Solução oftálmica solução oftálmica solução oftálmica solução oftálmica solução oftálmica Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Xarope Xarope Xarope Xarope Comprimido Comprimido Comprimido revestido Solução oral Comprimido Comprimido Solução oral Comprimido

Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência

Medicamento Genérico

Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol

Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol

Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol Tylenol AP Tylenol AP Tylenol AP Tylenol Bebê Tylenol Bebê Tylenol Bebê Tylenol Bebê Tylenol Criança Tylenol Criança Tylenol Criança Tylenol Criança Tylenol Criança

Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol Paracetamol

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante Cimed Cinfa Ducto EMS EMS EMS Eurofarma Eurofarma Farmace Farmasa Farmasa Geolab Green Pharma Green Pharma Hipolabor Hipolabor

Legrand

mdcpharma mariol Mariol Medley Medley Medquimica Mepha Mepha Merck Merck Nativita Nature´s Plus Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Neo Química Osório Moraes Pharlab Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Prodotti Sandoz Sanofi-Aventis Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto Teuto Theodoro F Sobral União Química União Química Zydus EMS Germed

Legrand

EMS Medley Nature´s Plus Sigma Pharma EMS Medley Nature´s Plus Sanofi-Aventis Sigma Pharma

46

Concentração

Forma Farmacêutica

100 mg/ml 750 mg 200 mg/ml 750 mg 500 mg 200 mg/ml 750 mg 200 mg/ml 200 mg/ml 750 mg 200 mg/ml 200 mg/ml 500 mg; 750 mg 200 mg/ml 500 mg; 750 mg 200 mg/ml 500 mg 500 mg 200 mg 750 mg 750 mg 200 mg/ml 200 mg/ml 750 mg 200 mg/ml 750 mg 200 mg/ml 200 mg/ml 500 mg 750 mg 200 mg/ml 750 mg 200 mg/ml 200 ml/ml 500 mg; 750 mg 500 mg; 750 mg 200 mg/ml 500 mg

Suspensão oral Comprimido Solução oral Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Comprimido Solução oral Comprimido Solução oral Solução Oral Comprimido Comprimido revestido Solução oral Solução oral Comprimido revestido Solução oral Comprimido revestido Solução oral Solução oral Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Comprimido revestido Solução oral Pó p/ preparação extemporânea sachê Solução oral Comprimido Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Solução oral Comprimido Solução oral Solução oral Comprimido Solução oral Comprimido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Suspensão oral Comprimido Suspensão oral

200 mg/ml 750 mg 500 mg; 750 mg 500 mg 650 mg 750 mg 200 mg/ml 500 mg; 750 mg 200 mg/ml 200 mg/ml 750 mg 200 mg/ml 750 mg 650 mg/ml 650 mg/ml 650 mg/ml 100 mg/ml 100 MG/ml 100 mg/ml 100 mg/ml 32 mg/ml 32 MG/ml 32 mg/ml 500 mg; 32 mg/ml


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Arrow Eurofarma Antibióticos do Brasil AB Farmo Cellofarm Eurofarma Glenmark Novafarma EMS Hipolabor Nature´s Plus Neo Química Ranbaxy Santisa Sigma Pharma Teuto União Química Eurofarma Accord Cellofarm Teuto EMS Nature´s Plus Sigma Pharma Glenmark Neo Química EMS Germed

Concentração

Forma Farmacêutica

Tylenol Sinus Tylenol Sinus Tylenol Sinus Tylex Tylex Unasyn Unasyn Unasyn Unasyn Unasyn Unasyn Valium Valium Valium Valium Valium Valium Valium Valium Valium Vancocina Vancocina CP Vancocina CP Vancocina CP Velamox Velamox Velamox Vepesid Verutex Verutex B Verutex B Verutex B Verutex B Verutex B Viagra Viagra Viagra Viagra Viagra Viagra Vibramicina Vibramicina Vibramicina Vibramicina Vick Pyrena

Paracetamol + Cloridrato de Pseudoefedrina Paracetamol + Cloridrato de Pseudoefedrina Paracetamol + Cloridrato de Pseudoefedrina Paracetamol + Fosfato de codeina Paracetamol + Fosfato de codeina Ampicilina Sódica + Sulbactam Sódica Sulbactam Sódica + Ampicilina Sódica Sulbactam Sódica + Ampicilina Sódica Sulbactam Sódica + Ampicilina Sódica Sulbactam Sódica + Ampicilina Sódica Sulbactam Sódica + Ampicilina Sódica Diazepam Diazepam Diazepam Diazepam Diazepam Diazepam Diazepam Diazepam Diazepam Cloridrato de Vancomicina Cloridrato de Vancomicina Cloridrato de Vancomicina Cloridrato de Vancomicina Amoxicilina Amoxicilina Amoxicilina Etoposídeo Ácido Fusídico Ácido Fusídico + Valerato de Betametasona Ácido Fusídico + Valerato de Betametasona Ácido Fusídico + Valerato de Betametasona Ácido Fusídico + Valerato de Betametasona Ácido Fusídico + Valerato de Betametasona Citrato de Sildenafila Citrato de Sildenafila Citrato de Sildenafila Citrato de Sildenafila Citrato de Sildenafila Citrato de Sildenafila Cloridrato de Doxiciclina Cloridrato de Doxiciclina Cloridrato de Doxiciclina Doxiciclina Paracetamol

Sandoz Globo Ranbaxy Sigma Pharma Sandoz EMS

500 mg + 30 mg 500 mg + 30 mg 500 mg + 30 mg 500mg/ml + 30mg/ml 500mg/ml + 30mg/ml 1 g + 0,5 g 0,5 g + 1 g; 1 g + 2 g 0,5 g + 1 g; 1 g + 2 g 0,5 g + 1 g; 1 g + 2 g 0,5 g + 1 g; 1 g + 2 g 0,5 g + 1 g; 5 mg; 10 mg 5 mg/ml 5 mg/ml 5 mg; 10mg; 5 mg; 10 mg 5 mg/ml 5 mg; 10 mg 5 mg/ml 5 mg/mL 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 20 mg/ml 20 mg/g 20 MG/g + 1 mg/g 20 MG/g + 1 mg/g 20 MG/g + 1 mg/g 20 MG/g + 1 mg/g 20 MG/g + 1 mg/g 25 mg; 50mg; 100 mg 25 mg; 50mg; 100 mg 25 mg; 50mg; 100 mg 25 mg; 50mg; 100 mg 25 mg; 50mg; 100 mg 25 mg; 50mg; 100 mg 100 mg 100 mg 100 mg 100 mg 100 mg/g

Vick Pyrena

Paracetamol

Germed

100 mg/g

Vick Pyrena

Paracetamol

Medley

500 mg

Vick Pyrena

Paracetamol

Medley

500mg

Vick Pyrena Vick Pyrena

Paracetamol Paracetamol

Sanofi-Aventis Sigma Pharma

500 mg; 100 mg/g

ViofórmioHidrocortisona ViofórmioHidrocortisona Vodol Vodol Vodol Vodol Vodol

Clioquinol + Hidrocortisona

EMS

30 mg/g + 10 mg/g

Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Comprimido Solução injetável Solução injetável Comprimido Comprimido Solução injetável Comprimido Solução injetável Solução injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido Comprimido Comprimido Solução injetável Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido solúvel Pó p/ preparação extemporânea sachê Pó p/ preparação extemporânea sachê Pó p/ preparação extemporânea sachê Pó p/ preparação extemporânea sachê Comprimido Pó p/ preparação extemporânea sachê Creme dermatológico

Clioquinol + Hidrocortisona

Legrand

30 mg/g + 10 mg/g

Creme dermatológico

Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol

Cimed EMS Geolab Hipolabor Kinder

20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g

Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico

Legrand

Sigma Pharma mepha Ems Eurofarma Sigma Pharma Germed

Legrand

47

Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência

Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Concentração 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 20 mg/g 50 mg 25 mg 50 mg 25 mg/ml 25 mg/ml 50 mg 25 mg/ml 50 mg 25 mg/ml 25 mg/ml 50 mg 50 mg 25 mg/ml 50 mg 50 mg 25 mg/ml 25 mg/ml 1 mg/ml 10 mg/g 10 mg/g 10 mg/g 100 mg/g

Vodol Vodol Vodol Vodol Vodol Vodol Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren Voltaren colírio Voltaren emulgel Voltaren emulgel Voltaren emulgel Voltaren Retard

Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Nitrato de Miconazol Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico

Medley Nature´s Plus Neo Química Prati, Donaduzzi Sigma Pharma União Química Abbott Ariston Brainfarma Ducto Hypofarma Medley Medley Mepha Neo Química Novafarma Novartis Prati, Donaduzzi Prodotti Ranbaxy Sandoz Teuto União Química Neo Química EMS Nature´s Plus Sigma Pharma EMS

Voltaren Retard

Diclofenaco Sódico

Germed

Voltaren Retard

Diclofenaco Sódico

Legrand

Voltaren Retard

Diclofenaco Sódico

Mepha

Voltaren Retard Voltaren Retard

Diclofenaco Sódico Diclofenaco Sódico

Ranbaxy Sigma Pharma

Voltaren Retard

Diclofenaco Sódico

Zydus

Wellbutrin SR

Cloridrato de Bupropiona

Eurofarma

Xalacom Xalacom Xalacom Xalacom Xalatan Xalatan Xalatan xarope Xarope Vick Xarope Vick Xarope Vick Xarope Vick Xylestesin Xylestesin Xylocaína Xylocaína Xylocaína Xylocaína Xylocaína Xylocaína Xylocaína

Latanoprosta + Maleato de timolol Latanoprosta + Maleato de timolol Latanoprosta + Maleato de timolol Latanoprosta + Maleato de timolol Latonaprosta Latonaprosta Latonaprosta Loratadina + Sulfato de Pseudoefedrina Guaifenesina Guaifenesina Guaifenesina Guaifenesina Cloridrato de Lidocaína Cloridrato de Lincomicina Cloridrato de Lidocaína Cloridrato de Lidocaína Cloridrato de Lidocaína Cloridrato de Lidocaína Lidocaína Lidocaína Lidocaína

EMS Sigma Pharma Germed

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Legrand

EMS

Legrand

Sigma Pharma Sigma Pharma EMS Nature´s Plus Neo Química Sigma Pharma Blausiegel Teuto Cristália Hipolabor Hipolabor Hypofarma EMS Germed

Legrand

48

Forma Farmacêutica

Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Solução oftálmica Gel Gel Gel Comprimido revestido de desintegração lenta 100 mg/g Comprimido revestido de desintegração lenta 100 mg/g Comprimido revestido de desintegração lenta 100 mg Comprimido revestido de desintegração lenta 100 mg Comprimido de desintegração lenta 100 mg/g Comprimido revestido de desintegração lenta 100 mg/g Comprimido revestido de desintegração lenta 150 mg Comprimido revestido de desintegração lenta 0,05mg/ml + 5mg/ml Solução oftálmica 0,05mg/ml + 5mg/ml Solução oftálmica 0,05mg/ml + 5mg/ml Solução oftálmica 0,05mg/ml + 5mg/ml Solução oftálmica 0,05mg/ml Solução oftálmica 0,05mg/ml Solução oftálmica 0,05mg/ml Solução oftálmica 1 mg/ml + 12 mg/ml Xarope 13,33 mg/ml Xarope 13,33 mg/ml; 16 mg/ml Xarope 6,667 mg/ml; 13,33 mg/ml; 16 mg/ml Xarope 13,33 mg/ml; 16 mg/ml Xarope 20 mg/ml Solução injetável 20 mg/ml Solução injetável 2% Gel tópico 2% Gel tópico 20 mg/ml Solução injetável 20 mg/ml Solução injetável 50 mg/g Pomada dermatológica 50 mg/g Pomada dermatológica 50 mg/g Pomada dermatológica


Lista de genéricos

medicamentos registrados Xylocaína Xylocaína Xylocaína Xylocaína geléia Xylocaína geléia Xylocaína geléia Yasmin

Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zaditen Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zentel Zestril Zestril Zestril Zestril Zestril Zestril Zestril Zestril Zestril Zestril Zestril Zestril Zestril Zestril

Medicamento Genérico Lidocaína Lidocaína Lidocaína Cloridrato de Lidocaína Cloridrato de Lidocaína Cloridrato de Lidocaína DROSPIRENONA + ETINILESTRADIOL

Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Fumarato de Cetotifeno Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Albendazol Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril Lisinopril

Laboratório Fabricante Legrand Hipolabor Sigma Pharma EMS Nature´s Plus Sigma Pharma

Concentração

Forma Farmacêutica

50 mg/g 100 mg/g 50 mg/g 20 mg/ml 20 mg/ml 20 mg/ml

Pomada dermatológica Pomada dermatológica Pomada dermatológica Gel tópico Gel tópico Gel tópico

LEGRAND

3MG/0,03MG

Ativus Ativus Biosintética Biosintética Cimed EMS EMS Geolab Hipolabor Medley Medley Merck Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Neo Química Novartis Novartis Sigma Pharma Sigma Pharma Teuto União Química União Química Abbott Ducto Ducto EMS EMS Green Pharma Medley Medley Medley Mepha Nature´s Plus Nature´s Plus Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Sigma Pharma Teuto Teuto AB Farmo Biosintética Brainfarma Cinfa Cristália EMS Germed Medley Mepha Merck Merck Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma

1,0 mg/ml 0,2 mg/ml 1,0 mg/ml 0,2 mg/ml 0,2 mg/ml 1,0 mg/ml 0,2 mg/ml 0,2 mg/ml 0,2 mg/ml 1 mg/ml 0,2 mg/ml 0,2 mg/ml 1,0 mg/ml 0,2 mg/ml 0,345 mg/ml 0,345 mg/ml 2 mg 0,2 mg/ml 1,0 mg/ml 0,2 mg/ml 0,2 mg/ml 0,25 mg/ml 0,2 mg/ml 400 mg 400 mg 40 mg/ml 200 mg; 400 mg 40 mg/ml 40 mg/ml 400 mg 200 mg 40 mg/ml 40 mg/ml 200mg; 400 mg 40 mg/ml 400 mg 40 mg/ml 400 mg 40 mg/ml 40 mg/ml 400 mg 40 mg/ml 5 mg; 10 mg; 20 mg 10 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg; 30 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg; 30 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg; 30 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 20 mg 10 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg; 30 mg

49

COMPRIMIDO REVESTIDO

Solução oral Xarope Solução oral Xarope Xarope Solução oral Xarope Xarope Xarope Solução oral Xarope Xarope Solução oral Xarope Solução oftálmica Xarope Comprimido de desintegração lenta Xarope Solução oral Xarope Xarope Solução oftálmica Xarope Comprimido mastigável Comprimido mastigável Suspensão oral Comprimido mastigável Suspensão oral Suspensão oral Comprimido mastigável Comprimido mastigável Suspensão oral Suspensão oral Comprimido mastigável Suspensão oral Comprimido mastigável Suspensão oral Comprimido mastigável Suspensão oral Suspensão oral Comprimido mastigável Suspensão oral Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido

Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento de Referência Zestril Zinacef Zinacef Zinacef Zinacef Zinnat Zinnat Zinnat Zinnat Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zitromax Zocor Zocor Zocor Zocor Zocor Zocor Zocor Zocor Zocor Zocor Zocor Zofran Zofran Zofran Zofran Zofran Zofran Zofran Zofran Zofran Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Zoloft Ó Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec

Medicamento Genérico Lisinopril Cefuroxima Sódica Cefuroxima Sódica Cefuroxima Sódica Cefuroxima Sódica Axetil Cefuroxima Axetil Cefuroxima Axetil Cefuroxima Axetil Cefuroxima Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Azitromicina Diidratada Sinvastatina Sinvastatina Sinvastatina Sinvastatina Sinvastatina Sinvastatina Sinvastatina Sinvastatina Sinvastatina Sinvastatina Sinvastatina Cloridrato de Ondansetrona Cloridrato de Ondansetrona Cloridrato de Ondansetrona Cloridrato de Ondansetrona Cloridrato de Ondansetrona Cloridrato de Ondansetrona Cloridrato de Ondansetrona Cloridrato de Ondansetrona Cloridrato de Ondansetrona Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Cloridrato de Sertralina Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol

Encarte Revista ABCFARMA • Janeiro/2012

Laboratório Fabricante Teuto AB Farmo Eurofarma Glenmark Sandoz Mepha Mepha Ranbaxy Ranbaxy EMS EMS Farmasa Globo Medley Merck Mepha Nativita Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sandoz Teuto Germed Biosintética Brainfarma Cristália EMS Germed

Legrand

Sigma Pharma Medley Mepha Ranbaxy Sandoz Cellofarm EMS Eurofarma Hipolabor Hypofarma Nature´s Plus Novafarma Sigma Pharma Halex Istar AB Farmo Arrow Biosintética Brainfarma EMS Eurofarma Mepha Merck Nature´s Plus Ranbaxy Sandoz Sigma Pharma Zydus Medley Brainfarma Cimed EMS Eurofarma Germed

50

Concentração

Forma Farmacêutica

5 mg; 10 mg; 20 mg 750 mg 750 mg 750 mg 750 mg 250 mg; 500 mg 25 mg/ml; 50 mg/ml 250 mg; 500 mg 25 mg/ml; 50 mg/ml 500 mg 40 mg/ml 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 40 mg/ml 500 mg 500 mg 40 mg/ml 500 mg 500 mg 500 mg 500 mg 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 10mg; 20mg; 40mg 5mg; 10 mg 80 mg 80 mg 80 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 5 mg; 10 mg; 20 mg; 40 mg; 80 mg 2 mg/ml 4 mg; 8 mg 2 mg/ml 2 mg/ml 2 mg/ml 4 mg; 8 mg 2 mg/ml 4 mg; 8 mg 2 mg 50 mg; 100 mg 50 mg; 100 mg 50 mg 50 mg 50 mg; 100 mg 50 mg; 100 mg 50 mg 50 mg 50 mg; 100 mg 50 mg 50 mg 50 mg; 100 mg 50 mg 50 mg 150 mg 150 mg 150 mg 2 mg/mL 150 mg

Comprimido Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Pó p/ solução injetável Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Pó p/ suspensão oral Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Solução injetável Solução injetável Solução injetável Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Solução injetável Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Comprimido revestido Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Cápsula gelatinosa dura


Lista de genéricos

medicamentos registrados Medicamento Genérico

Laboratório Fabricante

Concentração

Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zoltec Zometa Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zovirax Zyban

Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Fluconazol Ácido Zoledronico Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Aciclovir Cloridrato de Bupropiona

Halex Istar Hipolabor Isofarma Medley Neo Química Prati, Donaduzzi Ranbaxy Sandoz Teuto Zydus Eurofarma Abbott Abbott Abbott Ache Ache Apotex Biosintética Biosintética Blausiegel Brainfarma Cifarma Cimed Cristália Ducto Ducto EMS Eurofarma Geolab Kinder Luper Medley Mepha Mepha Merck Merck Multilab Nature´s Plus Neo Química Neo Química Prati, Donaduzzi Prati, Donaduzzi Ranbaxy Ranbaxy Sandoz Sandoz Sigma Pharma Teuto Teuto Eurofarma

2 mg/ml 2 mg/ml 2 mg/mL 150 mg 150 mg 150 mg 50 mg; 100 mg e 150 mg 150 mg 150 mg 150 mg 4mg 50 mg/g 50 mg/g 50 mg/g 50 mg/g 200 mg 200 mg 50 mg/g 200 mg 50 mg/g 200 mg 50 mg/g 50 mg/g 50 mg/g 200 mg 50 mg/g 50 mg/g 250 mg 50 mg/g 50 mg/g 50 mg/g 50 mg/g 200 mg 50 mg/g 200 mg; 400 mg 50 mg/g 50 mg/g 50 mg/g 200 mg 50 mg/g 200 mg 50 mg/g 200 mg; 400 mg 50 mg/g 50 mg/g 200 mg 50 mg/g 50 mg/g 250 mg 150 mg

Zyloric Zyloric Zyloric Zyrtec Zyrtec Zyrtec Zyrtec Zyrtec Zyrtec Zyrtec Zyxem

Alopurinol Alopurinol Alopurinol Dicloridrato de Cetirizina Dicloridrato de Cetirizina Dicloridrato de Cetirizina Dicloridrato de Cetirizina Dicloridrato de Cetirizina Dicloridrato de Cetirizina Dicloridrato de Cetirizina Dicloridrato de Levocetirizina

Medley Prati, Donaduzzi Sandoz Biosintética Globo Medley Medley Prati, Donaduzzi Sandoz Teuto Eurofarma

100 mg; 300 mg 100mg 300 mg 10 mg 1mg/ml 10 mg 1 mg/ml 1 mg/ml 10 mg 1 mg/ml 5 mg

51

Forma Farmacêutica Solução injetável Solução injetável Solução injetável Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Cápsula gelatinosa dura Solução injetável Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido Comprimido Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Creme dermatológico Pó liofilizado p/ sol injetável Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Creme dermatológico Comprimido Creme dermatológico Creme dermatológico Pó liofilizado p/ sol injetável Comprimido revestido de desintegração lenta Comprimido Comprimido Comprimido Comprimido revestido Solução oral Comprimido revestido Solução oral Solução oral Comprimido revestido Solução oral Comprimido revestido Janeiro/2012 • Encarte Revista ABCFARMA

Fonte: Anvisa

Medicamento de Referência



245_revistaabcfarma