Issuu on Google+

S OSSA PASSOS

Pastor evangelista: James Stark Columbus- Ohio - Estados Unidos

REVISTA

PASSOS Primeiros

“E todos os dias, no templo e de casa em casa, não cessavam de ensinar, e de anunciar a Jesus, o Cristo”

Atos 5:52

CEIA 2013 O maior evento de avivamento que o povo de Deus participou em 2013. Contagem abençoou todo o Brasil, nesta festa maravilhosa.

Página 4

Congresso evangélico internacional apostólico

EDIÇÃO PUBLICAÇÃO BIMESTRAL Ano 1 Edição 1 Setembro de 2013 R$ 3.50

2 345454 454541


EDITORIAL HISTÓRIA DA CIDADE DE JERUSALÉM. A primeira referência à cidade de Jerusalém é sem dúvida Gn 14.18, onde Melquisedeque é citado como rei de Salém (i.e., Jerusalém; ver Gn 14.18 nota). Na época dos israelitas cruzarem o Jordão para entrarem na terra prometida, a cidade chamava-se “da banda dos jebuseus” (Js 15.8) ou “Jebus” (11.4). Deixou de ser capturada durante a conquista de Canaã por Josué e permaneceu em mãos dos cananeus até o tempo em que Davi chegou ao reino. O exército de Davi tomou Jebus de assalto, e Davi fez dela a sua capital (2Sm 5.5-7; 1Cr 11.4-7). Jerusalém serviu de capital política de Israel durante o reino unido e, posteriormente, do reino do Sul, Judá. Salomão, sucessor de Davi, edificou o templo do Senhor em Jerusalém (1Rs 5—8; 2Cr 2—5; ver o estudo O TEMPLO DE SALOMÃO), de modo que a cidade também tornou-se o centro religioso de adoração ao Deus do concerto. Por causa dos pecados de Israel, Nabucodonosor de Babilônia sitiou a cidade em 586 a.C., e finalmente a destruiu juntamente com o templo (2Rs 25.1-11; 2Cr 36.17-19). Jerusalém permaneceu um montão de ruínas até o retorno dos judeus da Pérsia em 536 a.C. para reedificar tanto o templo quanto a cidade (Ed 3.8-13; 5.1—6.15; Ne 3.4). Já nos tempos do NT, Jerusalém voltara a ser o centro da vida política e religiosa dos judeus. Em 70 d.C., porém, depois de freqüentes rebeliões dos judeus contra o poder romano, a cidade e o templo voltaram a ser destruídos. Quando Davi fez de Jerusalém a sua capital, esta começou a receber vários outros nomes em consonância com a sua índole; nomes como: “Sião” (2Sm 5.7); “a Cidade de Davi” (1Rs 2.10); “santa cidade” (Ne 11.1); “a cidade de Deus” (Sl 46.4); “a cidade do grande Rei” (Sl 48.2); “cidade de justiça, cidade fiel” (Is 1.26); “a Cidade do SENHOR” (Is 60.14); “O SENHOR Está Ali” (Ez 48.35) e “a cidade de verdade” (Zc 8.3). A lguns desses nomes são proféticos para a futura cidade de Jerusalém.

EXPEDIENTE REVISTA PRIMEIROS PASSOS CNPJ: 00.000.000/0000-00 Redação: Rua Cinco, Quadra 12, Casa 08 - Cidade Olímpica - São Luis, MA - CEP 65.058-320.

HENRIQUE RAFAEL ASSUNÇÃO

Diretor Geral e Redator ANTONIO CAVALCANTE DE SOUSA

Diretor de publicidade e designer


1

DISTRITO DO MARANHÃO

E C I D N Í EVENTOS Congresso evangélico internacional apostólico, (CEIA). Tem o maior avivamento espiritual da história da igreja no brasil.

EVANGELISMO O Estado do Maranhão depois de 7 anos de receber o missionário Herique Rafael, conta frutos de prosperidade e conquista em toda as partes do estado.

6 gropo de louvor

8 9 CALICE SAGRADO

Igreja de Breu Branco, PA. Realiza O 5º Encontro de louvor para Cristo

10

Banda Calice Sagrado da igreja de Tucuruí grava 1º Cd. para louvar o Senhor Jesus Cristo. Pastor Rau.

11

Igreja da Liberdade em Marabá-PA desenvolves modelo de evangelismo mapeado por setores. Pr. Daniel

12

Igreja de Paraupebas, leva a palavra de Deus e conforto aos hospitais e presidios. Pr. Genivaldo.

13

HONRA AO MÉRITO Uma homenagem a um dos precursores da igreja de Jesus no estado do Pará e Maranhão Pastor: Francisco Marques.

14

EDUCAÇÃO CRISTÃ IBA. (Instituto bíblico apostólico), tem o maior números de formados de todos os tempos.

15

Pastor: Francisco Marques (Chicão).

IGREJAS AVANTES


Mulher virtuosa, quem a achará? "Toda mulher sábia edifica a sua casa; mas a tola a derruba com as próprias mãos" (Provérbios 14:1). A minha casa é o lugar onde moram as pessoas que eu mais amo neste mundo. Elas são: o meu marido e os meus filhos. E, como uma mulher que ama a família e quer oferecer o melhor para eles, tenho, então, que... 1- cuidar da minha casa com muito carinho e me esforçar para transformá-la em um lar; 2- tenho que ser uma esposa e uma mãe presente; 3- tenho que ser uma mãe que educa e se preocupa com a vida espiritual dos filhos; 4- tenho que ser uma esposa cujo "... coração do marido está nela confiado" (Provérbios 31:11).

A Bíblia me diz que "toda mulher sábia edifica a sua casa", então, sou eu que tenho que, com sabedoria, edificar a minha casa, transformando-a em um "lar doce lar" e em um lugar onde "é impossível não pensar em Deus". Na Sua Palavra, o Senhor nos apresenta uma mulher que Ele chama de virtuosa e que é um exemplo para todas nós que queremos transformar nossa casa em um lar. Em Provérbios 31:27 Ele nos diz que ela "está atenta ao andamento da casa e não come o pão da preguiça". Irmã, estas instruções vêm diretamente de Deus para cada uma de nós. Então, para eu ser a mulher que o Senhor deseja, eu tenho que estar vigilante, cuidando, protegendo, zelando pelo meu lar e, principalmente, por aqueles que eu amo - meu marido e meus filhos. Como uma esposa que ama o marido Abracemos a idéia de nos tornarmos sábias aos olhos de Deus e não tolas, pois só assim poderemos transformar nossa casa em lar.Abracemos a idéia de pôr em prática os princípios eternos de Deus em nossa casa, pois só assim podemos transformá-la em um lar. Abracemos a idéia de transformar nossa casa em lar, pois só assim ela poderá se tornar um pedacinho do céu aqui na terra.

“Mulher virtuosa, quem a pode achar? Pois o seu valor muito excede ao de jóias preciosas”. Pv. 31:10.


IPUB DO MARANHテグ


EV

LHO

O

GE N A

IPU

DISTRITOS DO MAR

REALIZA NESTE LOCAL O 4º SEMINÁRIO PARA PA E ESPOSAS, NOS DIAS 14 E 15 DE SETEMBRO DE 2013.

SERÃO BEM-VINDOS ÁS 19H0


O CO MP TO E L

UB

RANHÃO E PARÁ-SUL

ASTORES, OBREIROS, DIÁCONOS, AUXILIARES PRELETOR: PASTOR GERALDO AFONSO (MG). TODOS

00 NAS REUNIÕES MAIORES.


Ceia2013 Eldorado, Contagem-MG.


CINCO PASSOS PARA A ETERNIDADE Cinco páginas que mudarão para sempre a sua vida. Continue lendo.

“Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á...” João 10.9 “Quem me rejeita, e não recebe as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o julgará no último dia.” João 12.48.

1º Crer

em um único Deus soberano.

“Eu, eu sou o Senhor, e fora de mim não há salvador...” Isaias 43.11.

Arrepende-se e confessar. “Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados...” Atos 3.19.

3º Ser

batizado para perdão dos pecados

“Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo.” Atos 2.38.

4º Nascer

do Espirito Santo

“...se alguém não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. 6 O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito.” João 3.5

Vi v e r e m s a n t i d a d e n a c o m u n h ã o , no partir do pão e nas orações. “Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor,” Hebreus 12.14.


Quantos deuses existem? Desde de ha antiguidade a humanidade, facilmente se corrompe e buscam socorro em outros deuses. Com apenas quarenta dias que moisés afastou-se do arraial, o povo corrompeu-se e buscou socorro nas imagens de esculturas. “Chegando ele ao arraial e vendo o bezerro e as danças, acendeu-se-lhe a ira, e ele arremessou das mãos as tábuas, e as despedaçou ao pé do monte.” Êxodo. 32.19. Deus é Um: Deus é absolutamente e indivisivelmente UM (Dt 4.6). Este ensino é central nas Escrituras Sagradas do Gênesis ao Apocalipse. Apc 1.8,17,18). Todavia, há doutrinas e dogmas que torcem as Escrituras (2Pe 3.16) diluindo Deus em três pessoas distintas a saber: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Tal conceito foi absorvido de antigas tradições pagãs existentes no antigo Egito, Babilônia e Grécia; mais tarde, por volta do IV século d.C, através de especulações filosóficas e teológicas (Cl 2.8) adquiriu moldes cristãos historicamente comprovados. Esta doutrina é popularmente conhecida como doutrina da trindade. Contraditando essa doutrina, a Bíblia jamais usa a palavra trindade, tampouco cogita sua existência. Deus não é três pessoas , tampouco um composto ou associação de três pessoas distintas e co-iguais, mas, UMA só e Única pessoa (Is. 46.9; He 1.3; Tg 2.19). A Identidade de Deus: A Bíblia nos revela de forma clara a identidade de Deus. Os termos: Pai, Filho e Espírito Santo expressam essa identidade divina indicando que Deus é uma única pessoa que se relaciona com o homem de várias maneiras, e especialmente como Pai, Filho e Espírito Santo. Pai: Deus se identifica como Pai (Ml 2.10). Ele é o Pai de toda criação e também nosso Pai em razão do novo nascimento (Mt 6.7; Rm 8.14-16), com isso, nos tornamos filhos de Deus (Rm 8.16) e podemos chamar Deus de Pai (Rm 8.17). Por outro lado, o termo Pai, indica ainda um relacionamento especial e particular entre Deus e Sua encarnação, o Filho. Jesus Cristo é o único Filho gerado (unigênito) por Deus, o Pai (Jo 3.16; Gl 4.4). Por isso a Bíblia nos diz que “Deus (Pai) estava em Cristo (Filho) reconciliando consigo mesmo o mundo “ (2Co 5.18,19). Jesus disse: “Eu e o Pai somos UM” (Jo 10.30) Filho: a palavra “Filho” se refere à manifestação de Deus em carne (Jo. 1.1,14); Deus assumiu a forma de homem (Fl 2.7,8) para se auto-revelar ao mundo (Jo 1.18). Quando Felipe pediu a Jesus para mostrar-lhe o Pai, Jesus respondeu: “Estou a tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai...” (Jo 14.8,9). O profeta Isaías cerca de 750 anos antes de Cristo nascer anunciou que Aquele que havia de nascer era o Pai da eternidade (Is 9.6). Desta forma, o Deus que é invisível a quem nenhum homem pode ver, se tornou visível na pessoa de Jesus Cristo (Jo 1.18; Cl 1.15; 1Tm 6.14-16). Karl Barth, eminente teólogo do séc. XIX afirmou: “O transcendente se tornou imanente... Deus se fez carne em Jesus de Nazaré. Deus é nosso irmão. Há valores no homem porque há uma humanidade em Deus.” Este teólogo não descobriu algo novo, simplesmente afirmou o que a Bíblia a milhares de anos nos vem declarando e ensinando (Jo 5.39). Espírito Santo: Deus é Espírito (Jo. 4.24), Ele se revela como o Espírito Santo (2Co3.17), desta forma, Ele habita em nossos corações (1Co 3.16). Quando a Bíblia fala sobre o Espírito Santo, aponta o relacionamento de Deus dentro do coração dos seus filhos (Rm 8.16). A Bíblia usa expressões como: “Espírito Santo”, “Espírito de Deus”, “Espírito de Cristo”, etc, esses termos embora diferentes identificam o mesmo é único Espírito; pois, segundo a Bíblia existe apenas um Espírito que é Santo (Ef 4.4)


Sem arrependimento não há redenção. “Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados...” Atos 3.19.

Deus prometeu enviar a terra alguém para preparar sua vinda, endireitar suas veredas. “ Eis a voz do que clama: Preparai no deserto o caminho do Senhor; endireitai no ermo uma estrada para o nosso Deus.” Isaías 40.3

João Batista, o mensageiro prometido, cumpriu na integra a ordem do Senhor, dizendo ao povo que se arrependesse e convertessem da vida que estavam levando, e que o redentor (Jesus Cristo), viria e ensinaria o verdadeiro caminho para o céu. “ Naqueles dias apareceu João Batista, pregando no deserto da Judéia, dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.” Mateus 3.1,2

Jesus também ensinava. “ Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.” Mateus 4.17

O arrependimento é à aceitação de que algo em nosso viver não está certo, um auto julgamento, e a decisão de corrigir os erros outra-horas praticados. Deus estimula o ser humano a arrepende-se “Mas, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados.” I Cor. 11.31

Deus nos motiva a corrigir, melhorar, aperfeiçoar e a reconhecer o mal e aceitar o bem. “O céu e a terra tomo hoje por testemunhas contra ti de que te pus diante de ti a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência, ” Dt. 30.19

O não arrependimento gera dor e morte ao ser humano, Noé o primeiro pregador anunciou a salvação durante cem anos , mas, não lhe deram ouvindo. “se não poupou ao mundo antigo, embora preservasse a Noé, pregador da justiça, com mais sete pessoas, ao trazer o dilúvio sobre o mundo dos ímpios;” II Pe. 2.5

No livro do apocalipse, Deus nos mostra uma situação terrível, sobre aqueles que não atendem os conselho de Deus, antes endurece os corações e não arrependem-se da idolatria e “Porque o poder dos cavalos estava nas suas bocas e nas suas caudas. Porquanto as suas caudas eram semelhantes a serpentes, e tinham cabeças, e com elas causavam dano. Os outros homens, que não foram mortos por estas pragas, não se arrependeram das obras das suas mãos, para deixarem de adorar aos demônios, e aos ídolos de ouro, de prata, de bronze, de pedra e de madeira, que nem podem ver, nem ouvir, nem andar. Também não se arrependeram dos seus homicídios, nem das suas feitiçarias, nem da sua prostituição, nem dos seus furtos. ”


REVISTA PRIMEIROS PASSOS