Page 1

RevistaMais

divisão apC

março | 2012

Daniel Hella Comunicação Vanessa Coan Saúde Silvia dos Santos Solidariedade Luiz Py Flôres Educação

Grupo Marista

nova marca integra e reúne colaboradores


EDITORIAL

MARCO ANTÔNIO BARBOSA CÂNDIDO Superintendente Executivo do Grupo Marista – Divisão APC

Baixe um leitor de QR Code, fotografe o código e acesse a versão digital da Revista Mais.

EXPEDIENTE A Revista MAIS é uma publicação bimestral do Grupo Marista – Divisão APC e faz parte do projeto Marista MAIS, que tem coordenação do Lumen Comunicação. Estatuto registrado no 2º Ofício de Registro Civil das Pessoas Jurídicas – Registro de Títulos e Documentos, sob n. 973670, em 23 de abril de 2008. A Divisão APC, fundada em 31 de dezembro de 1950, em Curitiba, PR, com Ata de Assembleia Geral de eleição e posse do Conselho de Administração e do Conselho Fiscal da Divisão Associação Paranaense de Cultura – APC, para triênio de 1º de janeiro de 2009 a 31 de dezembro de 2011 – registrada sob o n. 982300 – 2º Ofício de Registro Civil das Pessoas Jurídicas. Rua Imaculada Conceição, 1155 | 10º andar Prado Velho | Curitiba | PR CEP 83.215-901 | Fone: (41) 3271-6500

“Você sempre foi Marista. A gente só reuniu a família”. Essa frase simples, mas repleta de significado, tem um peso singular neste momento de lançamento da nova arquitetura de marcas do Grupo Marista. A partir de agora, nossas diversas unidades passam a ter a assinatura de uma Instituição com quase 200 anos dedicados ao cuidado com crianças e jovens. A ABEC/UCE, a APC, a FTD e todas as suas unidades mantidas, controladas e coligadas são parte importante de uma família que agora passa a se denominar Grupo Marista: um conjunto de organizações que compartilham os mesmos valores e o objetivo de construir um mundo melhor, atuando com excelência na educação, na saúde, na comunicação e em uma grande rede de solidariedade. No total, são mais de 14 mil colaboradores que buscam realizar cada tarefa com disposição e excelência. As marcas dos diversos negócios e empreendimentos passam a ser endossadas pela marca do Grupo Marista, e as nomenclaturas das

Jornalista Responsável: Rulian Maftum - DRT 4646 Redação: Carolina Gomes Roberta de Souza Pinto Rua Amauri Lange Silvério, 270 | Pilarzinho | Curitiba | PR CEP 82.120-000 | Fone: (41) 3271-4700 www.grupolumen.com.br

2

mantenedoras passam a cumprir um papel essencialmente administrativo. Você vai começar a ver a marca do Grupo em placas, crachás, cartões de visita e diversos materiais em todas as nossas unidades. Com isso, buscamos reforçar nossa identidade, fortalecer o espírito de união e a integração sinérgica entre as diversas unidades, bem como melhor comunicar nossos propósitos. Que bom que você faz parte desta família.


6 HOSPITAIS DE EXCELÊNCIA E 1 PLANO DE SAÚDE MAIS DE 274 MIL ATENDIMENTOS COM OS EQUIPAMENTOS MAIS AVANÇADOS E EFICIENTES

NÚMEROS

MAIS DE 14 MIL COLABORADORES

MAIS DE 600 MIL PESSOAS IMPACTADAS NAS RÁDIOS DO LUMEN ATUAÇÃO Na educação básica, ENSINO Médio, Superior, Educação Profissional e Editorial MAIS DE 62 MIL FORMANDOS PELA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ

Valores com

Excelência. Já que a família está sendo reunida, que tal conhecer a estrutura do Grupo Marista?

MAIS DE 3 MIL ALUNOS PASSARAM PELO TECPUC 16 COLÉGIOS 24 MIL ALUNOS DA REDE MARISTA DE COLÉGIOS MAIS DE 34 MILHÕES DE LIVROS VENDIDOS SOMENTE EM 2011 300 MIL PESSOAS ATENDIDAS PELA REDE MARISTA DE SOLIDARIEDADE 3


www.youtube.com/MARISTAMAISTV

FOTO: Helena Hiziara

PROJETO RONDON

BLOG PAPO PET A colaboradora Fabiana Ferreira, da Assessoria de Comunicação do Grupo Marista - Divisão APC, tem um blog sobre

FOTO: Arquivo pessoal

FOTO: Divulgação

VOCÊ MAIS

Veja depoimentos no canal da Revista Mais no You Tube:

PRESIDÊNCIA CREA-PR

Os professores Paulo Sedrez (Medicina) e

O

Hellen Gonçalvez (Secretariado Executivo)

Engenharia Civil da PUCPR, Joel

participaram, com oito alunos, do Projeto

Krüger, assumiu no dia 9 de janeiro

Rondon, em São Francisco do Brejão,

a presidência do CREA-PR para

no Maranhão. O objetivo é promover a

a gestão 2012/2014. Inovação,

integração social e envolver a participação

compromisso e qualidade serão

voluntária de estudantes universitários

os grandes focos de sua gestão,

na busca de soluções que contribuam

além da sua relação com as

para o desenvolvimento sustentável de

questões sociais. A posse foi

comunidades em situação de risco social e

realizada

ampliem o bem-estar da população.

localizado no Jardim Botânico.

coordenador

no

do

curso

Espaço

de

Torres,

LUMEN CLÁSSICA | A MÚSICA QUE FAZ BEM

a falta de políticas assistenciais para os

Produzida pelo Irmão Marista Lauro Pazeto, do Lumen, a Lumen Clássica é uma rádio via internet dedicada exclusivamente à música erudita. Com uma programação 24 horas no ar traz no repertório uma centena de compositores, com concertos, sinfonias e outros formatos, além da utilização de acervos digitalizados do Lumen. Outra novidade é a disponibilização do conteúdo

animais.

para IPad, IPhone, Android e BlackBerry.

cachorros e outros bichos hospedado no portal Bem Paraná. O Blog Papo Pet tem o objetivo de alertar a população sobre

Confira o trabalho da jornalista no site

4

bemparana.com.br/papopet

Você pode conferir a Lumen Clássica no site www.lumenclassica.com.br.


Jovens trocam descanso das férias por semana de trabalho solidário

FOTO: Divulgação

Para muito jovens, a experiência é tão marcante que eles não abrem mão de participar da missão ano após ano. É o caso do estudante de Direito Ramon Velasques, que foi missionário pela terceira vez. “A gente aprende muito mais do que ensina. A bagagem volta para casa mais pesada de boas histórias que levamos”, diz ele. A estudante de arquitetura Camila Müller também já tinha participado da missão em 2009 e fez questão de voltar. “A missão solidária representa o fechamento de todo nosso processo de crescimento como jovem marista. Temos uma longa etapa de formação e aqui é o momento da

MISSÃO MARISTA

Movidos por uma missão

elaboradas em parceria com os líderes das comunidades que receberam os missionários. “A ideia é promover a integração desses jovens com essa nova realidade. Eles são adotados de verdade por essas famílias. Durante essa semana, comem, dormem e acompanham toda a rotina na casa dessas pessoas”, conta Dyógenes Araújo, da equipe de coordenação do projeto.

ação”, comenta ela. Onde aconteceu o Missão Solidária Marista 2012 Curitiba: projeto foi realizado na Vila Torres com a participação de 34 jovens, todos já participantes de missões em anos anteriores. Desenvolveram trabalho com crianças, jovens e idosos e acompanharam o dia a dia de famílias de carrinheiros.

FOTO: Divulgação

São Paulo: 49 jovens participaram do projeto na comunidade de União de Vila Nova, vizinha do Centro Social Marista Irmão Justino. Eles pintaram o salão comunitário e revitalizaram o espaço da unidade social. Ribeirão Preto: projeto foi realizado na comunidade vizinha do Centro Social Marista Irmão Rui, com a participação de 91 jovens. Eles revitalizaram uma praça perto da unidade social e recolheram entulhos das ruas próximas.

Mais de 350 alunos e ex-alunos Maristas dos Estados do Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, São Paulo e do Distrito Federal passaram parte das férias de forma diferente. Em vez de praia, viagens e descanso, os jovens de 16 a 30 anos vivenciaram a rotina dos moradores de quatro comunidades em situação de vulnerabilidade em Curitiba-PR, Ribeirão Preto-SP, São Paulo-SP, e Brunópolis-SC. A ação faz parte do projeto Missão Solidária Marista, realizado todos os anos, desde 2005, com o objetivo de despertar o senso crítico, a sensibilidade solidária e a espiritualidade desses jovens e da própria comunidade. Antes de partir para a missão, cada grupo preparou uma série de atividades,

Brunópolis: projeto abrangeu todo o município, com a participação de 217 jovens. Eles acompanharam o dia a dia de famílias de agricultores e revitalizaram o espaço comunitário da cidade.

Se você quiser ver outros depoimentos de participantes do Missão Solidária Marista, acesse o canal da Revista Mais no YouTube:

www.youtube.com/MARISTAMAISTV

5


CAPA

as o pesso

Integrand cas de mantenedoras e mar se ganizar as o Marista AlĂŠm de or io, o Grup Ăłc eg n e sca d bu unidades dores em nir colabora u ra pa a lĂŞncia. consolid lores e exce de bons va

6


CAPA As mantenedoras e unidades de negócios da Província Marista Brasil Centro-Sul passam por um marco importante em sua história. Elas se preparam para a consolidação do Grupo Marista, que surgiu a partir de uma solicitação direta do Conselho Provincial para que as diversas marcas fossem organizadas de maneira a garantir que todas comuniquem sua origem e valores maristas. Em 2008, com esse desafio proposto, o Setor de Comunicação e Imagem Institucional, em conjunto com os gestores de comunicação e marketing e recursos humanos das mantenedoras, acessaram alguns dos mais renomados consultores do país para contribuir nesse projeto.

7


CAPA

Como somos vistos? O primeiro passo foi um amplo levantamento da imagem institucional percebida, por meio de uma extensa pesquisa que abordou mais de 3 mil pessoas, entre públicos interno e externo. Foram ouvidos Irmãos, colaboradores de todos os níveis hierárquicos das mantenedoras, dos Colégios Maristas, da PUCPR, do TECPUC, da FTD, das unidades sociais, do Lumen Comunicação e de todos os hospitais. Também foram consultados alunos e pais de alunos de colégios, estudantes de diversos cursos da PUCPR, representantes da cadeia de clientes da FTD, famílias atendidas nas unidades sociais, ouvintes e telespectadores do Lumen Comunicação, familiares e pacientes de nossos hospitais, além de potenciais clientes de todos esses serviços.

“Após cerca de dois anos de desenvolvimento, o projeto foi levado ao conhecimento da UMBRASIL, que, enxergando grande valor no processo de integração das marcas, solicitou que o trabalho fosse avaliado em uma perspectiva nacional”, conta Ir. Délcio Afonso Balestrin, presidente do Grupo Marista. Uma nova pesquisa, nos mesmos moldes da primeira, acrescida de um parecer jurídico que avaliou potenciais impedimentos legais ao projeto, avaliou o impacto das propostas em âmbito nacional e levou a discussão também a órgãos eclesiais, órgãos governamentais ligados à educação e parceiros da Rede Marista de Solidariedade. Em outubro de 2011, o projeto foi aprovado pela UMBRASIL.

TODAS AS MARCAS COM UM SÓ SOBRENOME.

8


CAPA

implementação

o desafio da

Como instituição focada no ser humano, mais do que integrar marcas, o Grupo Marista pretende integrar pessoas. Ir. Délcio Afonso Balestrin presidente do Grupo Marista

O DESAFIO DA IMPLEMENTAÇÃO Respeitando o momento particular de cada Província, foi garantida autonomia para que cada uma delas implementasse

de marcas será realizada a partir do mês de maio, com uma

o projeto quando julgasse estrategicamente adequado. A

campanha presente em diversos veículos de comunicação.

Província Marista Brasil Centro-Sul optou por implementar o projeto ainda em 2012. E aí começa o grande desafio: fazer

A troca de valor entre as diversas marcas que compõem

com que a mudança seja compreendida por cada um dos mais

o Grupo Marista, de acordo com Ir. Délcio, é o grande

de 14 mil colaboradores do Grupo Marista.

benefício do projeto. “Marcas de menor expressão são alavancadas por outras mais conhecidas e marcas já

Dentro do processo de comunicação do lançamento da nova

consagradas ampliam seu alcance e ganham o lastro de

marca Grupo Marista, a partir do dia 12 de março, todos os

quase 200 anos de atuação reconhecidamente focada

colaboradores das mantenedoras e unidades de negócio

na construção de um mundo melhor”, diz ele. “Nascida de

serão impactados por diversas ações de comunicação que

nossa missão original e validada pelos testes de impacto

levarão informações a respeito do projeto. Além disso, haverá

desenvolvidos ao longo da pesquisa, a mensagem central

uma equipe de suporte que fará visitas às unidades para

da marca Grupo Marista une duas perspectivas: nossos

apresentar a nova estrutura de marcas do Grupo Marista. Para

bons valores e a excelência que perseguimos na execução

o público externo, a estratégia de comunicação da integração

de tudo o que fazemos”, completa Ir. Délcio.

9


CAPA

A nova estratégia apresenta todas as marcas diretamente ligadas ao Grupo Marista e organizadas de acordo com suas quatro áreas de atuação

Educação

solidariedade

saúde

EDUCAÇÃO

UNIDADES

HOSPITAIS E CLÍNICAS

BÁSICA

SOCIAIS

PROFISSIONAL ensino superior EDITORIAL

10

VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO

PLANO DE SAÚDE EDUCAÇÃO

comunicação


Carlos Alberto Echeverria

RECADO DO LÍDER

Diretor de Recursos Humanos Grupo Marista – Divisão APC

Com a nova arquitetura de marcas do Grupo Marista, a Divisão APC continua com sua estrutura própria de áreas de negócios, colaboradores, políticas, serviços e processos, assim como as demais divisões administrativas do Grupo: ABEC/UCE e FTD.

A mensagem Você sempre foi Marista, nós só reunimos a família esclarece essas questões. Nossa família é composta por organizações com atuações e negócios diferentes, mas que agora adotam um mesmo sobrenome. mesma assinatura, os mesmos valores e o mesmo objetivo: a missão Marista. Mas, no dia a dia, cada uma das “partes” tem o seu jeito de administrar e trabalhar, cada um com seus respectivos integrantes.

FOTO: João Borges

Passamos a fazer parte de uma família, em que todos temos a

11


FOTO: Arquivo pessoal

BASTIDORES PROGRAMA JUSTIÇA GRATUITA Conheça o trabalho do Núcleo de Prática Jurídica da PUCPR A PUCPR presta serviços jurídicos gratuitos à comunidade há quase 30 anos. Sob a orientação de professores especializados em suas áreas de atuação, alunos atendem à população nos mais diversos casos. Todo atendimento é realizado por meio do Programa Justiça Gratuita e a seleção dos beneficiados é feita através de uma triagem, realizada por uma assistente social. Somente em 2010, mais de 1.600 processos foram iniciados. “Esse contato que o aluno tem com o público é essencial. Primeiro porque ele pode exercitar a técnica na advocacia, ter o primeiro contato com o cliente, perceber qual a sua aflição, coletar os documentos necessários para entrar com a ação e qual o encaminhamento jurídico possível. E, por outro lado, é um retorno que a PUC dá à comunidade da região. Então é um trabalho que tem um impacto social muito importante, que proporciona a essas pessoas um atendimento jurídico de qualidade, totalmente gratuito

Câmpus Curitiba Rua Iapó, 1111 - Prado Velho (41) 3271-1949 | 3271-1959 Atendimento nas áreas de Direito Previdenciário, Criminal, Cível e Família. Câmpus Londrina Rua Ana Nery, 300 - 4º andar - Jardim Petrópolis (43) 3341-2800 | 3342-4618 Atendimento nas áreas de Direito Previdenciário, Criminal, Cível e Família. Câmpus Maringá Praça Vitor Rodrigues Martins, 388 - Jardim Paris (44) 3026-2322 Atendimento das áreas Cível, Família, Infância e Juventude, Juizado Especial Cível e Meio Ambiente. Câmpus São José dos Pinhais Rua Visconde do Rio Branco, 2852 - Centro (41) 3283-4684 | 3282-3591 Atendimento nas áreas Cível, Família, Penal e Juizado Especial Criminal.

Aranda, professora e coordenadora da área Cível do Núcleo

Se você quiser saber mais sobre o Núcleo de Prática Jurídica da PUCPR, acesse o canal de Revista Mais no YouTube:

em Curitiba.

www.youtube.com/MARISTAMAISTV

e sem ônus nenhum até o fim do processo”, diz Jimena

12

O Núcleo de Prática Jurídica funciona em Curitiba, São José dos Pinhais, Londrina e Maringá.


HOMEM Ele Iniciou a carreira na PUCPR com apenas 16 anos de idade, por meio do Programa Jovem Aprendiz. Foi incentivado, na época, a prestar vestibular para Desenho Industrial – Programação Visual, com o desejo de atuar na área de marketing. Foi aprovado no vestibular e conseguiu prosseguir na organização como estagiário. Fez pós-graduação e atualmente cursa Direito, uma brincadeira que acabou se transformando em realidade e que vai permitir a realização de mais um sonho na vida do colaborador André Queiroz: o de ser professor.

QUEM É VOCÊ

Pequeno GRANDE

O que aprendeu sendo um jovem aprendiz? Aprendi a respeitar as pessoas e a valorizar o ser humano, independente de classe social ou capacidade intelectual. Como aprendiz, também aprendi a trabalhar em equipe, a respeitar os gestores, criei disciplina e responsabilidade, virtudes que contribuíram substancialmente para minha trajetória profissional.

Voltando no tempo, como você enxerga o seu crescimento profissional atualmente?

FOTO: Fernando Gustavo Barbosa

Sinto-me muito satisfeito por ter chegado até aqui. Não tenho dúvida de que é apenas o começo, mas nunca tive pressa para subir os degraus da minha escada e também não terei daqui em diante. Sinto orgulho do que fiz, sou extremamente grato às pessoas que contribuíram para o meu crescimento e, acima de tudo, aos meus pais, que me proporcionaram a educação que tive.

Como você define a organização onde trabalha?

ANDRÉ LUIZ DE QUEIROZ, 27 ANOS Coordenador de Marketing do Grupo Marista - Divisão APC

Como um cômodo especial da minha casa. Não posso dizer que é minha segunda casa, pois passo mais tempo aqui do que na minha própria residência. É uma organização que transformou a minha vida, pela qual tenho muito carinho e admiração. Lugar privilegiado de trabalhar, detentor de numerosos talentos humanos e de uma atmosfera ímpar, que não se encontra facilmente no mercado de trabalho.

13


Organização da PUCPR em Escolas Nova organização FOTO: João Borges

DIA A DIA

Comitê de Pesquisa e Opinião do Lumen Clima organizacional Um grupo de trabalho se reuniu durante o segundo semestre de 2011 para contribuir com a melhoria do clima organizacional do Lumen Comunicação. A ideia das reuniões surgiu após a divulgação dos resultados da pesquisa de clima 2010, que identificou dois pontos que precisavam ser melhorados: oportunidades

de

desenvolvimento

e

comunicação interna. O grupo é formado por funcionários do próprio Lumen que se voluntariaram para participar das discussões. A apresentação final dos resultados das reuniões para a diretoria da instituição foi feita no dia 14 de dezembro. A primeira conquista do grupo de trabalho

ESCOLA DE ARQUITETURA E DESIGN: Decano José Luiz Casela

foi a realização do encontro, no dia 26 de

ESCOLA DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E MEDICINA VETERINÁRIA: Decano Humberto Maciel França Madeira

janeiro, que reuniu, pela primeira vez, todos

ESCOLA DE COMUNICAÇÃO E ARTES: Decana Eliane Cristine Francisco Maffezzolli

os colaboradores do Lumen Comunicação para apresentar as metas da instituição para este ano. “Essa construção coletiva dos

14

A PUCPR anunciou uma nova organização de suas unidades acadêmicas. Durante a solenidade de lançamento da reestruturação, tomaram posse os novos decanos e coordenadores de cursos. Os chamados Centros Acadêmicos passam a ser organizados e intitulados Escolas, que ganham nomes conforme a área de atuação. A partir deste ano, os cursos terão as grades curriculares padronizadas, facilitando aos acadêmicos o intercâmbio entre os campi que oferecem o mesmo curso. Durante seu pronunciamento, o reitor da PUCPR, Clemente Ivo Juliatto, enfatizou que o conceito Escola é mais atualizado e compreensível para todos, principalmente para os parceiros externos. “O termo ‘Escola’ recorda muito nossa missão. Recorda-nos a forma como devemos manter relacionamentos. Afinal, somos uma comunidade de mestres e discípulos em busca da verdade. O termo ‘Escola’ faz lembrar que estamos voltados exclusivamente à educação”.

ESCOLA DE DIREITO: Decano Alvacir Alfredo Nicz Decana-Adjunta Marilena Indira Winter ESCOLA DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES: Decana Maria Lourdes Gisi

projetos da instituição é muito positiva e dá

ESCOLA DE MEDICINA: Decano Alberto Accioly Veiga Decana-Adjunta Lídia Ana Zytynski Moura

a oportunidade para quem participa do dia a

ESCOLA DE NEGÓCIOS: Decano Carlos Augusto Candêo Fontanini

dia de também construir esse conhecimento”,

ESCOLA POLITÉCNICA: Decano Vidal Martins

avalia Melissa Klemz, mediadora do projeto.

ESCOLA DE SAÚDE E BIOCIÊNCIAS: Decano Sérgio Surugi de Siqueira


DIA A DIA

PROGRAMA VOLUNTARIADO Solidariedade Corporativa

O colaborador que concluir às 14 horas de formação receberá uma certificação. O Programa de Voluntariado Corporativo foi pensado a partir do Planejamento Estratégico do Grupo Marista, que trata do desenvolvimento de ações diretas de transformação da sociedade. “O objetivo geral do programa é oferecer aos colaboradores, por meio dos projetos de formação e imersão em voluntariado, a educação para a solidariedade. Esse é o posicionamento apresentado nas Diretrizes de Solidariedade do Grupo Marista”, diz Ariane Castro, da Pastoral Corporativa. Para mais informações ligue: 3271-1731

FOTO: Getty Image

Os colaboradores das divisões APC e ABEC/UCE, com no mínimo um ano de vínculo empregatício, podem participar da primeira edição do Programa de Voluntariado Corporativo do Grupo Marista. Na primeira etapa do programa, os participantes fazem um workshop de duas horas para conhecer o funcionamento do programa, bem como os projetos de voluntariado e seus critérios. Na sequência, participam de uma formação teórica de Vivência em Solidariedade nos Centros Sociais Maristas. São dois módulos, de 48h.

15


FOTO: Getty Image

DIA A DIA Campanha de Doação de sangue O Câmpus Toledo da PUCPR realizou uma grande Campanha de Doação de Sangue e Cadastro de Doadores de Medula Óssea.

16

Atividades oferecidas pelo setor de Esporte Em busca de saúde O setor de Esportes da PUCPR está oferecendo novas atividades físicas. Modalidades como circo, pilates, vidya yoga, dança de salão, surf indoor, triathlon, taekwondo e natação de

Todos os acadêmicos e colaboradores foram

travessia já estão com diversos adeptos. A procura pelas aulas

incentivados a participar. A campanha foi

de spinning, flex bola, natação, musculação e hidroginástica

realizada logo no início das aulas,

também continua em alta. “Qualquer pessoa pode participar

entre os dias 6 e 17 de fevereiro,

das atividades. Os preços são diferenciados para público

no Banco de Sangue de Toledo –

externo ou interno, mas é sempre um valor abaixo de mercado”,

Hemepar.

diz Luiz Carlos Py Flôres, coordenador do departamento. Outras informações: 3271-1593 ou www.pucpr.br/esportes


‘Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem ’ – Hebreus 11:1 Para os cristãos, a Páscoa é o momento mais importante da vida cristã, pois Jesus, com sua morte e ressurreição, vem mostrar à humanidade que a VIDA transcende a quaisquer momentos de dor, sofrimento, dificuldade e sinais de morte em nosso cotidiano. Quando falamos que todo cristão e cristã deve enxergar a vida mesmo diante de todo sofrimento, estamos dizendo que a fé e a esperança são virtudes a serem exercitadas cotidianamente durante nossa existência. Ter esperança é acreditar que nossa vida é regida por Deus, é confiar nossa trajetória e nossos projetos a Ele e lançar-se, sem medo, nos braços do bom Pai. A campanha de Páscoa que o Grupo Marista adota, neste ano, trabalha com este conceito, buscando destacar no coração de cada um de nossos colaboradores a importância desta data. Para tanto, na perspectiva pessoal, a Quaresma é o momento propício para exercitarmos a solidariedade para com todas as pessoas; o jejum, abstendo-nos das coisas que de alguma forma nos escravizam; e a oração, na qual mantemos nossa intimidade com este Deus que nos quer sempre com vida em abundância.

É importante nos questionarmos, neste período, sobre quais as situações que devem ser diferentes em relação a nós mesmos, aos outros, à natureza e a Deus. A Campanha da Fraternidade (CF.) deste ano diz: “... quando somos atingidos por Deus, percebemos que todas as realidades devem ser transformadas, para que todas as pessoas possam ter a vida plena do Reino”. Numa perspectiva mais abrangente, a Igreja propõe como tema da CF. deste ano: “A Fraternidade e a Saúde Pública”, e como lema: Que a saúde se difunda sobre a terra (cf. Eclo 38,8). Deseja, assim, sensibilizar a todos sobre a dura realidade das pessoas que não têm acesso à assistência de Saúde Pública condizente com suas necessidades e dignidade. É uma realidade que clama por ações transformadoras. A conversão, tanto na perspectiva pessoal quanto institucional, pede que as estruturas de morte sejam superadas e transformadas em vida.

DIA A DIA

VIVER A PÁSCOA

texto de Apresentação da CF 2012 adaptado pelo Setor de Pastoral

A Igreja, nessa quaresma, à luz da Palavra de Deus, deseja iluminar a dura realidade da Saúde Pública e levar os discípulos-missionários a serem consolo na doença, na dor, no sofrimento e na morte. E, ao mesmo tempo, exigir que os empobrecidos tenham um atendimento digno em relação à saúde. Que ela se difunda sobre a terra, pois a salvação já nos foi alcançada pelo Crucificado.

Ao nosso Grupo Marista, colegas de trabalho, amigos e famílias, uma abençoada caminhada quaresmal e celebremos a Jesus Cristo, que fez novas todas as coisas.

17


FOTO: iStockphoto

ACONTECE

Troco Solidário Segue até o dia 13 de agosto, na rede de restaurantes Subway, a

GASTRONOMIA DO BEM

campanha Troco Solidário, da Santa Casa de Curitiba. Os clientes têm a oportunidade de fazer a doação dos seus trocos para manutenções e melhoria do hospital. As lojas participantes são: Subway Cabral, Subway Ecoville, Subway Juvevê, Subway Tarumã, Subway Shopping Total e a Subway localizada na Av. Presidente Kennedy. Faça a sua colaboração!

A UMBRASIL – União Marista do Brasil – realiza, de

17

a

20

de julho, o IV Congresso

de

Educação 2012 – Edição Internacional. Com o tema “Espaçotempos e horizontes na educação de infâncias e juventudes”, o evento tem o objetivo de congregar educadores e gestores educacionais do Brasil Marista, para possibilitar a integração com outras redes educacionais e parceiros institucionais. O congresso será realizado no Anhembi Parque – Centro de Eventos e Convenções da cidade de São Paulo.

18

De 12 a 31 de março acontece a campanha Gastronomia do Bem da Santa Casa. É só escolher um prato solidário do cardápio, que parte da renda será revertida para manutenção da Santa Casa de Curitiba. Confira os restaurantes que participam da campanha e os pratos solidários: • Aos Democratas Feijoada de Sábado: R$31,00 • Zapata Mexican Bar Burrito à la Cancun: R$47,90 • Banoffi Bistrô e Confeitaria Panqueca de Camarão com catupiry: R$23,90 • Cantina do Délio Tagliatelle Casalinghe com Salmone: R$25,20 • Bar Cana Benta Bife à milanesa (almoço): R$15,90 Mandioca Gratinada com Carne Seca (porção): R$15,20 • Estofaria Bar Estofadão de Linguiça Blumenau: R$18,00

Mais informações: 0800-645-1800.


FOTO: Arquivo Pessoal

RG

ESPÍRITO AVENTUREIRO Você já se imaginou pegando a estrada sem ter algum rumo definido? O cinegrafista do Lumen, Fabiano Antoniacomi, já! Apaixonado por camping desde 2005, ele sempre leva os amigos e a esposa Jorgeane a viagens inusitadas, carregando pouco dinheiro, mas muita disposição! Sua primeira viagem foi de trem até Paranaguá, com 6 anos de idade, na companhia dos pais, e aquelas com as quais ele mais se identifica são a do Parque das Aves e a das Cataratas, em Foz do Iguaçu. A maior aventura? Sem dúvida foi a viagem para o Paraguai de carro, apenas com um mapa que ele imprimiu na internet: “Eu e a minha esposa tínhamos R$ 1.200 reais no bolso, barraca, fogareiro, macarrão instantâneo e tanque cheio. Foi muito legal passarmos o feriado de 7 de setembro de 2009 lá!”, diz Fabiano, que deu uma pequena pausa nas viagens para curtir o seu mais recente tesouro: o filho Gabriel, de apenas 3 meses de idade. Mas já vai logo avisando: “É só ele completar 2 anos pra entrar no clima!”, diz, todo entusiasmado.

19


Vale Europeu, em Santa Catarina, em especial na charmosa cidade de Pomerode, conhecida por ser a cidade mais “alemã” do Brasil. Percebe-se essa característica na arquitetura, na culinária, no artesanato, nos jardins bem cuidados, nas ruas limpas, no povo educado e nas festas de família.

JULIANA CORADIN Coordenadora de Comunicação e Marketing Católica de Santa Catarina

EDI CARLOS C. SANTOS Assessor Técnico Executivo Hospital Marceino Champagnat

O Pequeno Príncipe (Antoine de SaintExupéry) é um clássico da literatura francesa, que nos faz refletir sobre o valor da amizade e a importância de cativa. É um livro fascinante, já li várias vezes, e o interessante é que sempre consigo extrair algo novo, de acordo com a realidade que estou vivendo. Duas frases que me marcaram neste livro foram: “Só se vê bem como o coração, o essencial é invisível aos olhos” e “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”. A leitura é simples e envolvente. Vale a pena ler!

20

FOTO: Divulgação

INTERCÂMBIO

Minha sugestão é um passeio pelo

Roberto Passos Gestão Imobiliária Grupo Marista - Divisão APC

Os nossos colaboradores não conhecem as atividades no Proação de Guaraqueçaba. Então, minha dica para fins de semana é ir até Paranaguá, no centro histórico, onde há barcas que vão até as ilhas. É um ótimo passeio! Leva em torno de três horas e você pode ficar numa pousada e curtir a natureza.


FOTO: IStockphoto

CATÁLOGO DE TREINAMENTOS

2012

Este ano, o Catálogo de Treinamentos teve algumas modificações. Agora chamado Catálogo de Formação e Desenvolvimento, além dos cursos oferecidos, está à disposição dos colaboradores um link que dá acesso aos Programas de Desenvolvimento oferecidos na Organização de maneira 100% online. O catálogo oferece a todos os colaboradores novos cursos, como Comunicação para secretárias, Redação empresarial, Tomada de decisões de forma assertiva, entre outros. As inscrições podem ser realizadas através da Intranet ou pelo Painel do Colaborador, lembrando que a participação só

Para Educação Continuada • Desconto de 50% para colaboradores com mais de seis meses de trabalho efetivo na organização e que tenham optado por curso sem relação com sua atividade. • Desconto de 80% para colaboradores que tiverem mais de seis meses de trabalho efetivo na organização e que tenham optado por curso relacionado com sua atividade. • Desconto de 100% para colaboradores que tenham cargo de gestão, estejam envolvidos em projetos estratégicos na organização e demandem desenvolvimento de uma nova competência. Para Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu • Desconto de 90% para todos os colaboradores cuja atividade na organização tenha a ver com a área e as linhas de pesquisa do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu pretendido, havendo concordância de seu gestor imediato. • Desconto de 100% para colaboradores que tenham cargo de gestão e cuja atividade na organização tenha a ver com a área e as linhas de pesquisa do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu pretendido, havendo concordância de seu gestor imediato. Além disso, o colaborador deverá ainda se submeter ao processo seletivo exigido pelo programa. Para saber quais são os cursos e vagas disponíveis, acesse o Portal de RH. Procure o seu gestor e comunique o curso pelo qual você mais se interessou!

será possível mediante validação do gestor.

Núcleo de Línguas • 50% para todos os colaboradores da organização com mais de seis

Confira todas as vagas disponíveis e, para

meses de trabalho efetivo.

qualquer esclarecimento, ligue no Centro de

Para mais informações, fale com a Profa. Ane Cibele Palma pelo telefone: 3271-2583, de segunda à sexta feira das 12h às 16h e das 17h às 21h. No sábado, das 8h às 12h. Aproveite!

Desenvolvimento Humano e fale com Núbia ou Sharlise, nos ramais 2572 e 2332.

SAIBA MAIS

Confira a nova política de descontos oferecida a todos os colaboradores para os cursos de Educação Continuada e Pós-Graduação Stricto Sensu:

21


ARTIGO

RELACIONAMENTO INTERPESSOAL: Como construir e manter um ambiente de trabalho agradável

FOTO: Arquivo Pessoal

participantes do grupo precisa girar e ser orientado por ela. Isso significa relembrar o tempo todo daquilo que os une e não aquilo que os separa.

Prof. Dr. Marciano de Almeida Cunha é professor da Escola de Negócios da PUCPR e coordenador do Núcleo de Empregabilidade e Oportunidades – (NEO) e da RadioWeb da Universidade.

Faz parte da natureza humana o convívio e a vida em grupo. Fazemos parte de vários grupos sociais, porém nem sempre somos nós que escolhemos os participantes e, nesse sentido, é importante relembrarmos alguns aspectos importantes do relacionamento interpessoal (entre pessoas) importantes que precisam ser levados em consideração para que tenhamos um sentimento positivo de pertencimento ao grupo.

22

Uma primeira constatação neste diálogo é que todos nós temos sonhos, desejos, projetos, necessidades, assim como manias, defeitos, frustrações e medos. Imagine você fazer parte de uma equipe de trabalho cujos integrantes você não escolheu, mas havendo necessidade de se relacionar com todos para a realização das atividades que lhe forem propostas. Saiba que, se alguém escolheu você e seus colegas de trabalho para constituírem essa equipe, é porque existe alguma característica que os unem. Por isso, o primeiro passo para construir e manter um ambiente de trabalho agradável é identificar qual é essa característica e fazer dela o eixo gravitacional do relacionamento interpessoal - ou seja, tudo o que diz respeito às relações entre os

A segunda constatação é que, como somos todos diferentes, há mais características que nos separam do que aquelas que nos unem; consequentemente, quando as diferenças são muito evidenciadas podem comprometer o bom relacionamento. Quase sempre queremos mostrar nossas singularidades e, ao mesmo tempo, “lutamos” nas nossas relações com as pessoas dentro dos grupos aos quais pertencemos. Tal embate ocorre principalmente com a equipe de trabalho, quando buscamos demonstrar que somos parecidos e que temos a cara do grupo - até porque se destoarmos pode haver comprometimento das entregas que o grupo precisa fazer para a organização. Que paradoxo! Para minimizar esse aparente conflito de interesses (ser eu mesmo e pertencer ao grupo de trabalho) e manter um clima agradável nas relações, apresento algumas ações que podem ajudar e consolidar os relacionamentos interpessoais. São elas: tolerância, resiliência, respeito às diferenças e à individualidade, comunicação clara e objetiva, profissionalismo, orientação para resultados e bom humor. Para encerrar, gostaria de evidenciar que todas essas ações serão mais fáceis se vivenciarmos o conceito de AMOR sugerido pelo biólogo chileno Humberto Maturana: “aceitar o outro enquanto legítimo outro na convivência”. Sei que é bastante difícil, porque culturalmente até queremos que o outro seja igual a nós - por isso construir boas relações interpessoais é nosso grande desafio. Que as relações de vocês sejam pautadas pelo amor nesta perspectiva de Maturana, com isso, acredito que seremos felizes, bem relacionados e faremos o bem para o outro, para nós mesmos e para a organização.


rulian maftum

COLUNA

Jornalista e Diretor Artístico do Lumen Comunicação

A Coreia do Sul é o país do mundo onde mais se trabalha. Uma pessoa da Coreia do Sul trabalha em média 2.193 horas por ano. Para comparar, aqui no Brasil a média é de 1.800 horas por ano. Por muito tempo a primeira colocação nesse ranking era motivo de orgulho na Coreia. Mas isso está mudando. É que, ao cruzar o número de horas trabalhadas com o PIB (Produto Interno Bruto) do país, a Coreia do Sul passa a ocupar a lanterninha no quesito produtividade. Esse cenário está fazendo governo e empresas coreanas batalharem (quem diria!) pra fazer as pessoas trabalharem menos. A intenção é trocar a quantidade de trabalho pela qualidade. E olha que os coreanos nem sabiam que trabalhar demais aumenta as chances de depressão. É o que diz um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Londres e do Instituto da Saúde Ocupacional da Finlândia, divulgado em janeiro. FOTO: Getty Image

Eles acompanharam a rotina de mais de 2 mil trabalhadores e concluíram: pessoas que trabalham 11 horas ou mais por dia têm o dobro de chances de ter depressão, em relação aos que trabalham em uma jornada normal de até oito horas. A pesquisa se junta a tantas outras que já alertaram para os problemas sociais e de saúde causados pelo trabalho em excesso. Estudos já apontaram que trabalhar demais aumenta o risco de doenças cardíacas, diminui o apetite sexual e pode levar à demência, entre outras coisas. Nesse ritmo, logo, logo os anúncios de emprego precisarão trazer a assinatura: trabalhe

com moderação.

A Seção Coluna da Revista Mais é um espaço aberto a todos os colaboradores. Envie para revistamais@pucpr.br sugestões de assuntos que você gostaria de ler neste espaço. Se quiser ter o seu texto publicado, mande o tema que será abordado, nome completo e ramal. A equipe da revista irá avaliar os temas enviados e entrará em contato com o colaborador selecionado.

23


DICAS

Organize seu tempo

ANA MIGUEZ Prof. Adjunta do Curso de Nutrição Escola de Saúde e Biociência

RONY AHLFELDT

• Tenha foco: procure saber o que você quer fazer (objetivos), quais os resultados esperados e qual o esforço será necessário para alcançá-lo. A partir disso, procure direcionar seu tempo para realizar uma coisa de cada vez. Isso não quer dizer que fará apenas uma coisa em seu dia ou na semana. • Se prepare para as eventualidades: mesmo que você tenha organizado seu dia para cumprir com as tarefas planejadas, sempre ocorrerá algum evento de última hora. Para isso, tenha sempre controle do que precisa ser feito e dos seus prazos; aprenda a decidir rapidamente o quanto você poderá dedicar do seu tempo para outras pessoas, atividades ou interrupções; não deixe para resolver as coisas na última hora; seja profissional (qualifique-se para suas atividades e aprenda técnicas de organização do trabalho). • Desenvolva uma rotina: em especial no trabalho, você precisa de uma metodologia. Por exemplo, dedique os primeiros 15 ou 30 minutos de seu dia para ler e-mails, revisar o que ficou pendente do dia anterior e programar sua agenda para o dia que se inicia. Utilize uma agenda ou uma planilha para organizar suas atividades e sempre a consulte.

24

Lembre-se: organização precisa se tornar uma prática cotidiana! No início exige um pouco mais de esforço de nossa parte, mas com o tempo vai se incorporando à rotina e os resultados aparecem.

FOTO: iStockphoto

Coordenador de Graduação Pró-Reitoria Acadêmica

Necessitamos comer, pelo menos seis vezes ao dia, alimentos adequados em quantidades apropriadas. Coma devagar e de maneira correta – mastigando bem os alimentos –, dando preferência aos que são ricos em fibras, água, minerais e vitaminas. Consuma carnes magras de todos os tipos, como o peixe, pelo menos duas vezes por semana. Leite, iogurte e queijos magros, além das carnes, são fontes de proteína. Para cada caloria ingerida, consuma 1 mL de água. Cereais integrais são recomendáveis, pois aumentam o acúmulo de fibras e fazem com que o organismo tenha mais trabalho para captar e metabolizar o nutriente que ele deseja. Leguminosas também são importantes como feijão, grão-de-bico e lentilha, pois são ricas em proteínas, além de serem excelentes fontes de fibras e carboidratos complexos. Lembre-se: Não exagere em nada! Coma de tudo um pouco e sempre nos horários certos. A sua saúde vem em primeiro lugar!


ANA MIGUEZ

Coordenadora da Escola de Coluna

Prof. adjunta do curso de Nutrição Escola de Saúde e Biociência

DICAS

Prof. Dra. Auristela Duarte Moser

Faça pausas de 10 a 15 minutos a cada duas horas trabalhadas e, assim, siga as seguintes recomendações:

1. Mude de posição, ou seja, de FOTO: iStockphoto

sentado para de pé ou de pé para sentado.

2. Espreguice-se, como se tivesse acordando. Eleve os braços, puxe o ar bem fundo pelo nariz e abaixe os braços, soltando o ar e soprando forte pela boca três vezes.

3. Caminhe por três a cinco minutos olhando em volta, tirando a sua mente do trabalho.

4. Coloque os objetos de sua mesa ou bancada de trabalho próximos a você, para que não tenha que dobrar ou girar muito o seu corpo para alcançá-los, evitando dores e fadiga.

5.

Ajuste a altura da tela do computador de modo que sua cabeça fique reta e seus olhos mirem na linha do horizonte. Isso evitará tensão muscular, cansaço e dores.

6. Por último: pratique uma atividade física pelo menos duas vezes por semana.

Naim Akel Filho Coordenador do Curso de Psicologia Escola de Saúde e Biociências

PRÁTICA DE MEDITAÇÃO COM RELAXAMENTO Escolha uma posição confortável (sentado, sem cruzar pernas e braços, ou deitado de costas, com os braços ao longo do corpo). Respire lenta e profundamente, enchendo e esvaziando o pulmão de ar, ao mesmo tempo em que percebe as mudanças mentais e físicas advindas. Após inspirações e expirações sucessivas, constate que você se encontra em um estado de tranquilidade, cordialidade e paz interior crescente. Enquanto respira, pode ir mentalizando a ideia de que, ao inflar o peito, enche-se de tranquilidade, e ao esvaziar o ar dos pulmões, livra-se de todas as tensões. Sua mente passará rapidamente a um nível funcional no qual estará consciente e desperta, mas não inquieta. Então, nesse nível de consciência tranquila, sentindo o silêncio que envolve você, dirija seu pensamento para uma questão específica e permita que seu pensamento navegue livremente pelas correntezas, agora calmas, da sua mente. Para sair da prática, faça-o de maneira gradual, suavemente e sem sobressaltos. Quando conseguimos um grau de meditação e de envolvimento pelo silêncio, alcançaremos a experiência mais satisfatória que já tivemos. Mas isso somente será possível com a prática.

25


GENTE

VALTER DA SILVA DE OLIVEIRA Auxiliar de Serviços Gerais (Maqueiro) (Pronto Socorro Hospital Universitário Cajuru)

ROBSON DE OLIVEIRA MELO Executivo de Negócios (Lumen Comunicação)

Instrumento: Guitarra

Instrumento: Violão

Ana Paula Chizzolini Cervellini Hospital Nossa Senhora da Luz (Hospital Dia Álcool e Drogas) Instrumentos: Violino e viola (erudita)

MANOEL ANTÔNIO PEREIRA DOS SANTOS Psicólogo (CAPSad Boa Vista) Instrumento: Guitarra Carlos Eduardo da Costa Coordenação dos Cursos de Logística e Comércio Exterior (TECPUC) Instrumentos: Violão e voz FOTOS: Arquivo Pessoal

26

SOM NA CAIXA

Pode ser um violão, uma guitarra ou uma moda de viola, não importa. O que vale é sentir o que a música tem a nos oferecer. Conheça alguns colaboradores que gostam, nas horas vagas, de tocar algum tipo de instrumento musical.


ENTRETENIMENTO

Curiosidades sobre a organização A Casa Estrela foi doada à PUCPR no ano de 2010 e está localizada no Câmpus Curitiba. Você sabe qual é a principal característica dessa obra arquitetônica?

O nome do ganhador será divulgado na próxima edição da Revista Mais. Participe!

FOTO: Getty Image

Envie sua resposta até o dia 19/04 para o e-mail revistamais@pucpr.br. Os autores da resposta correta concorrerão a um kit cultural composto por: DVD Paul McCartney - In Red Square, CD Chico Buarque Naturalmente, livro O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry, caneta, lápis e marcador de página.

27


Revista Mais  

Edição | Março 2012

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you