ABC da Juventude

Page 1


DIRETOR Ricardo Rio EDITORA Sameiro Araújo COORDENAÇÃO DE CONTEÚDOS Sandra Silva DIREÇÃO ARTÍSTICA João Castro DESIGN & ILUSTRAÇÃO 3D Marco Faria IMPRESSÃO Tecnigráfica PROPRIEDADE Câmara Municipal de Braga TIRAGEM 1000 exemplares DISTRIBUIÇÃO Gratuita isenta de registo na ERC ao abrigo do Decreto Regulamentar 8/99 de 9 de junho, artº 12 nº 1 alínea b) DATA DE EDIÇÃO Junho de 2021

LOJA DA JUVENTUDE Edifício GNRation Praça Conde de Agrolongo Nº 123 4700-312 Braga 253 142 200 juventude@cm-braga.pt WhatsApp 960 467 338

juventude.braga.município Juventude - Braga Município


Mariana Pinto Estudante

20 anos

ABRIGO

NECESSIDADE

é um refúgio de algum momento menos bom ou positivo.

é dar valor a tudo, aos detalhes, à mínima coisa e não só ás coisas mais grandiosas.

BEIJO

OPORTUNIDADE

é o maior gesto de demonstração de carinho, amor e paixão entre um casal, desde o simples tocar de lábios até o beijo mais intenso e apaixonado.

todos temos oportunidade de mudar e ajudar, mostrando que se alguém errar connosco todos temos oportunidade para mudar.

CONFIDENTE

PAIS

quando o amor é verdadeiro sabe guardar os segredos.

o amor dos meus pais é único e vai para além de tudo e de todos, é um amor maior.

DAR

RECUSAR

para saber dar é preciso saber receber.

para amar é preciso saber recusar, porque podemos gostar daquela pessoa, mas ao mesmo tempo essa pessoa não nos faz bem.

EQUIPA a união faz a força.

FÉ mesmo quando as coisas estão difíceis temos que ter fé, pois haverá sempre a esperança que vai ficar tudo bem.

é um sentimento “ Amor único e verdadeiro ”

SOCIEDADE precisa de mais amor e de mais união porque existem temas, como por exemplo o racismo ou a desigualdade de género, pelos quais temos que ter mais amor e saber que podemos ser todos diferentes, mas no fundo somos todos iguais.

IMPACIÊNCIA

TRISTEZA

por vezes precisamos de ter paciência para amar, mas ao não saber esperar podemos perder a esperança que as coisas possam ficar bem.

a ausência do amor pode-nos trazer tristeza, porque o amor faz-nos mais felizes.

JULGAR é lutar sempre pela verdade e não fazer julgamentos.

a vida é uma coisa única e independentemente de tudo devemos sempre lutar por ela.

LIMITAÇÃO

é uma oportunidade de crescimento.

Para amar não há limites.

MEDO quando temos medo podemos estagnar por um tempo, mas depois ganhamos coragem e seguimos em frente ultrapassando esses medos.

VIDA

ZANGA


Eduarda Cardoso

Bombeira Voluntária e Estudante

19 anos

CUIDADO

MISSÃO

cuidar faz parte do voluntariado, não só pela experiência pessoal, porque ao fazer voluntariado significa ajudar os outros e simultaneamente cuidar de mim.

todos os dias temos uma missão por mais simples que seja; or exemplo enquanto voluntária tinha a missão de fazer o bem, de ajudar os outros, mas nem sempre são bem-sucedidas.

DESCULPAR é uma ate, porque por vezes temos atitudes que magoam o outro e nem sempre é fácil superar. É necessário ter vontade e colocar no lugar do outro.

EMOÇÃO está sempre presentes e por vezes não são fáceis de gerir, quando não as deixando transparecer, mas devíamos fazer, pois, ao mostrar as nossas emoções os outros tendem a compreender melhor os nossos comportamentos.

FELICIDADE

uma ação em que nós próprios nos sentimos aprovados e a s outras pessoas também. Quando fazemos o bem estamos a causar um impacto positivo em nós e nas outras pessoas, não havendo um consenso geral em o que é o bem. Para mim determinada ação pode ser positiva e para outros negativa

é muito importante, e há muita coisa que nos pode trazer felicidade, nomeadamente um bom dia, o querer saber de nós, pequenos gestos que podem fazer a diferença.

GABAR darmos um simples elogio pode mudar o dia de uma pessoa, por mas simples que seja, como por exemplo gosto como estás vestida. Ao elogiar a atitude essa pessoa vai sentir-se mais feliz e irá replicar esse comportamento ou atitude com outros.

HERÓI os voluntários são todos heróis. É alguém que não se coloca em primeiro, coloca a sociedade à sua frente e por causa disso deve ser reconhecido como tal, os bombeiros, os enfermeiros, médicos, voluntários.

NOVIDADE é algo que é novo, diferente. O voluntariado foi também uma novidade e que todos os dias me trazia vivencias diferentes aprendendo do com isso.

OPORTUNIDADE ao praticar o bem irão surgir oportunidades positivas e isso há- de ter um impacto positivo em mim e na sociedade através das ações que eu realizar.

PACTO um simples toque num momento mais triste, pode ajudar a pessoa a ultrapassar e aliviar a dor, estabelecendo pactos de amizade, paz e equilíbrio.

QUANTIDADE não é qualidade. Podemos ser poucos, mas sermos bons no que fazemos.

RECORDAÇÃO uma recordação fica para sempre; é uma maneira de nos motivar e recordar os momentos bons e menos bons.

SILÊNCIO diz mais que muitas palavras. É uma palavra forte.

TALENTO

INCLUSÃO

todos temos um talento pelo menos, nem que seja saber ouvir, ajudar. É algo em que somos bons a fazer e que os outros reconhecem como tal.

é não fazer distinção. É aceitar todos como são, sem julgar ou criticar: todos diferentes todos iguais.

VONTADE

ACALMAR

BELO

LIBERDADE

é quando ajudamos alguém a sentir-se melhor, potenciando o bem em nós.

é subjetivo porque somos todos diferentes, com gostos diferentes. A natureza, os momentos felizes, fazer voluntariado, a família são momentos que me propiciam beleza.

ser livre é podermos dar a nossa opinião sem medo de sofrer represálias; é poder sair sem ter medo; é aproveitar a vida; tomamos por garantida e nem sempre o é.

depende sempre de nós; é colocar os outros em primeiro lugar.

ZELAR devemos sempre zelar pelo bem de toda a gente, pela paz e por estramos felizes, sempre pelo bem.


Filipe Dias Estudante

19 anos

ETNIA

OPINIÃO

um grupo de pessoas que se acabam por identificar mediante as suas características ou traços atribuindo uma maior diversidade à comunidade.

um pensamento estruturado sobre um determinado assunto que deve ser partilhado.

FAVOR

pode ser vista como a capacidade de tolerar determinados comportamentos com os quais não concordamos tanto.

um conceito que está a precisar de uma evolução, uma vez que as minorias têm vindo a ganhar um pouco mais de destaque.

GENEROSO é o valor que deve abundar, devemos fazer sempre ao próximo aquilo que gostávamos que nos fizessem a nós – lei do retorno.

HUMOR

a meu ver é o conjunto de pessoas que são capazes “ comunidade de estabelecer relações entre si com o objetivo de incentivar o espirito de entreajuda, de bem-estar geral e ao estarmos inseridos numa comunidade propicia uma maior qualidade de vida ” ADVERSIDADE

COMPARTILHAR

pode ser encarada como oportunidades de crescimento e de desenvolvimento pessoal, acrescentando um pouco mais à comunidade em si.

é algo imprescindível uma vez que é isso que nos conecta às pessoas, memórias, acontecimentos, partilhas.

BISBILHOTICE

DIÁLOGO

talvez seja um ponto negativo da comunidade, uma vez que se estabelecemos relações com as outras pessoas não é propriamente congruente enumerar determinados segredos ou boatos sem que a pessoa em questão tenha conhecimento.

algo como igualmente fulcral uma vez que sem ele não nos é possível resolver situações menos boas e ao mesmo tempo se estivermos privados do diálogo não podemos criar bons momentos.

pode ser visto como uma qualidade necessária com o objetivo de proporcionar momentos de entretenimento e felicidade, e pode funcionar como uma sátira “ridendo castigat mores” Gil Vicente = corrige os costumes sorrindo.

IDENTIDADE conjunto de características próprias que nos permitem distinguir dos outros membros da comunidade.

JUNTO uma perspetiva como se devem resolver as adversidades em conjunto.

LAMENTAR um monólogo derrotista que contamina o bem-estar da pessoa.

MAIOR uma extensão da comunidade, com uma maior diversidade.

NATURALIDADE a origem que pode ou não determinar a nossa posição na comunidade, porque podemos não querer fazer parte desta comunidade e sim de outra.

PACIÊNCIA

QUANTIDADE opiniões, pensamentos, estilos de vida diferentes.

RECORDAÇÃO é o fruto das relações interpessoais que temos com os membros da comunidade.

SABEDORIA qualidade daquele que tem capacidade para ensinar, educar, partilhar e argumentar.

TÍPICO uma zona de conforto, porque como estamos de tal forma habituados ao comum que quando confrontados com as adversidades permitem-nos crescer e desenvolver.

ULTRAPASSAR capacidade para superar limites, fronteiras pessoais que condicionam a nossa evolução e crescimento.

VOZ algo com o qual todos nós nascemos e que deve ser estimulado positivamente de forma a partilhar situações, pedir ajuda, aumentar a nossa sabedoria.

ZELAR garantir que os nossos valores morais estejam sempre presentes aquando de uma tomada de decisão.


Sofia Alcaide Estudante

20 anos

COMODISMO

MANIFESTAÇÃO

um eventual lado negativo da democracia, isto porque tendemos a dar por garantido o que já conquistamos em liberdade, nascendo daí os extremismos.

o expoente máximo da liberdade em democracia.

DEBATE

característica antagónica da democracia.

a democracia pressupõe sempre a liberdade de pensamento e de comunicação, o que por sua vez nos conduzirá sempre a um livre debate de ideias.

EQUILÍBRIO a democracia é o reflexo de um equilíbrio entre direitos e deveres. Naturalmente que também representará um equilíbrio nas ideias que se tenham não havendo lugar a ideais extremistas.

FRACA a democracia poderá sair fraca perante a nossa inércia e comodismo face a direitos que consideramos garantidos. Esta ideia poderá conduzir à ascensão de pensamentos e ideias populistas e extremistas.

GOVERNO

reflete-se na capacidade dos cidadãos se guiarem pela liberdade e pelo respeito pelos seus direitos e também deveres. Significará sempre um respeito pelas suas escolhas e pelos seus ideais permitindo o desenvolvimento pessoal de cada um conforme as suas livres escolhas

BRAVO

permissão do desenvolvimento autónomo, singular ou coletivamente de cada um.

que se já imbatível face a ideais abusivos.

PAÍS território onde a democracia deve existir por igual.

QUESTIONAR principal exercício que devemos fazer em democracia, isto é, devemos sempre questionar as decisões que os nossos governantes tomam por nós.

RESPONSABILIDADE pressuposto essencial para exercermos os nossos direitos de forma livre.

SOCIEDADE

esplendor máximo da democracia; a capacidade de elegermos e sermos eleitos.

conjunto de pessoas que se pauta culturalmente pelos mesmos princípios e valores e que beneficia da vivência em democracia.

HONRA

TRABALHO

característica que confiamos que as pessoas que elegemos para governar tenham.

tarefa necessária e constante para mantermos a democracia em que vivemos.

IDADE

USO

pressuposto de que para exercermos com consciência os nossos direitos e de sermos responsáveis pelas nossas escolhas, necessitamos de ter uma idade mínima.

exercício pleno de todos os nossos direitos e deveres.

JUVENTUDE

que a democracia nunca se deixe vencer pelos extremismos.

a parte da sociedade mais distante da dificuldade que foi conquistarmos a democracia.

LEI AUTONOMIA

OPRESSÃO

os nossos direitos e deveres deverão estar sempre devidamente consagrados em diplomas legais por forma a que toda a sociedade possa deles ter conhecimento e que através deles se encontrem numa posição de igualdade.

VENCER

ZELAR preservar a democracia conquistada procurando sempre o seu melhor desenvolvimento e expansão.


Barbara Silva Estudante

21 anos

AFLIÇÃO

MARGINALIDADE

está associado à falta de recursos para atingir as metas que estão definidas.

é algo que está à margem, está à parte.

BÊNÇÃO

NEGAR

aproveitarmos aquilo que nos é dado sem termos que fazer muito por isso; termos recursos que nos permitem atingir o que achamos melhor.

é dizer não.

CUMPLICIDADE

esconder algo; não dizer informação.

é quando olhamos para o outro e agimos e pensamos da mesma maneira.

DOR

PARTE

é um sentimento associado à tristeza.

para existir uma parte tem que existir um todo; uma parte é um elemento fundamental de um todo.

EMPENHO

estimula o nosso pensamento.

é fazemos tudo o que conseguimos e está ao nosso alcance para atingirmos os nossos objetivos.

FASCINANTE é algo que nos deixa empolgados e nos faz continuar a perseguir o que queremos.

GRANDE é um conceito subjetivo; é algo que é importante.

HABITO

preocupação que as pessoas têm com ambiente. “ uma forma de estar ma voda, as opções que tomamos temos que pensar se é favorável a medio longo prazo para o ambiente ”

OMISSÃO

está associado a rotinas que criamos; são coisas que acontecem repetidamente na nossa rotina.

INFLUÊNCIA pode ser positiva ou negativa, é o poder que exercemos sobre alguma pessoa, quer com palavras quer com atitudes.

JULGAR atribuir características a uma pessoa que por vezes não conhecemos; é uma impressão à primeira vista.

LIMITAÇÃO é nós acharmos que não temos capacidades para fazer determinada coisa que nos propõe; a nossa cabeça limita-nos.

QUESTIONAR

REGRA é um conceito que existe para ser seguido, para nos guiar para aquilo que deve ser feito de forma correta.

SALVAR é ajudar alguém com algo que precisa.

TERRA é a nossa casa.

USURPAR é tirar as coisas do contexto; fugir da realidade.

VERDADE é algo subjetivo pois cada um, tem a sua; pode estar associado aos valores, aos princípios e essência de cada um.


Lara Rebelo Estudante

19 anos

ACOLHIMENTO

MOTIVAÇÃO

é receber, é um sinonimo de proteção.

dar exemplo aos outros por lutarem para alcançar os seus objetivos.

BEIJO

NOSTALGIA

afeto que podemos contribuir para alguém.

sentimento de saudade de alguém que já partiu, dos momentos que já vivemos.

COMUNICAÇÃO

OPOSIÇÃO

é fundamental, é partilhar algo.

efeito de se colocar contra alguém da família, fazer frente, ser ao jeito dessa pessoa.

DIÁLOGO

POSITIVISMO

é estabelecer conversas entre pessoas em que podemos conversar sobre o que está bem ou não, tentar resolver.

é importante e é lutar pelos objetivos traçados.

EMOÇÃO

QUESTIONAR

pode ser por coisas boas ou más, é uma reação a experiências, problemas.

devemos questionar por diversas razões, porque age da certa forma, porque é que a família teve uma partida de alguém ou que como foi a sua vida passada, saber um pouco da nossa história, das nossas raízes.

FELICIDADE é o que precisamos para nos sentirmos bem, é estarem todos com saúde, estarem bem uns com os outros, é algo que todos procuramos e necessitamos; um conjunto de sentimentos.

é tudo, é amor. É unida por laços durante uma vida, é insubstituível, podendo ser uma adoção, não tem que ser biológica pois os amigos também são a nossa família

REVOLTA é quando alguma não está bem, sentimento de mágoa.

GALHOFA

SACRIFÍCIO

brincadeira, é importante que exista.

alguém tem para chegar a algum objetivo, para concluir alguma coisa.

HARMONIA

TRAUMA

é bom haver paz entre todos, quando especialmente estão em convívios.

um sentimento de angustia.

INFLUENCIA

UNIÃO

influencia muito no comportamento na escola. A família tem um peso grande na educação e na forma como influencia nos comportamentos.

é o que todas as famílias precisam: de se ligarem, de se tornarem um só.

JUÍZO

valorizar o que a família faz por nós, sacrifícios que fazem porque trabalham para nos darem as coisas.

tem que ter responsabilidade.

LUTA temos que lutar pela felicidade uns dos outros, por se darem bem, por se manterem unidos.

VALORIZAR

ZELAR cuidar dos nosssos avós, na rua a avozinha vai no lado de dentro.


Nelson Alves Estudante

20 anos

é um adjetivo, pois diferencia várias pessoas, objetos, masculino e feminino

ADAPTAR

LUTA

é um objetivo de vida, pois temos que nos adaptar com o tempo, a vida é feita de adaptações.

é o que nos move; o que nos faz evoluir, é uma luta diária, os nossos objetivos.

BIPOLAR

MASCULINO

é uma alteração de humor.

é o que ajuda a evoluir a vida e o mundo em geral, no sentido de trabalho mais físico.

CAPAZ

NATURAL

é uma virtude.

algo que nos é dado pela natureza sem a mão do ser humano.

DUVIDAR

OPINIÃO

é fruto da experiência, porque duvidar do que nos rodeia torna-nos mais capazes.

é algo que somos livres de expressar, independentemente de ser corretos ou não.

EQUILÍBRIO

PARIDADE

é necessário para o ser humano porque permite não nos levar aos extremos.

é uma luta pela igualdade.

FEMININO

TRANSGÉNERO

é o que gera a vida.

é uma luta interna e solitária difícil a nível pessoal, pois é necessário apoio para todos.

HUMANO

UTOPIA

somos nós; é o que domina o nosso planeta, pelo bom e mau sentido.

é algo perfeito ao nível de um sonho irrealizável.

INCOMPREENDIDO

VIDA

é um sentimento que é cada vez mais usual, pois é difícil de exprimir.

é tudo o que nos rodeia, mesmo que não nos inteiremos disso, uma flor é vida.

JUÍZO

ZELAR

é a experiência que a vida nos traz que nos faz ter juízo, sentido de aprendizagem.

é uma obrigação proteger os nossos princípios, o que nos rodeia.


Diana Soares

Estudante e Trabalho (Part-Time)

21 anos

nas nossas ações temos em conta “ é quando os outros, não olhar apenas para si ”

ADICIONAR

MOVIMENTO

é acrescentar algo quando fazemos alguma ação em que o objetivo é ajudar a pessoa.

unir esforços para encontrar solução para os problemas.

BRAVURA

NECESSIDADE

quando fazemos ações temos que passar por situações, saindo da sua zona de conforto.

é o ato de colmatar algo.

COMPARTILHAR

OUTRO

é partilhar aquilo que temos, seja tempo ou objeto, com os que mais precisam.

ajudar o outro seja quem for sem o conhecer traz provavelmente uma grande satisfação pessoal.

DEMAGOGIA

PARCERIA

as nossas ações falarem o contrario das nossas palavras.

é unir para ajudar o outro.

EFEITO

QUESTÃO

é causar um impacto positivo na vida dos outros com as nossas ações.

é o ato de procurar soluções para resolver a origem do problema.

FANTÁSTICO

RETRIBUIR

o que fazemos em prol dos outros causa-nos uma sensação positiva.

é ajudar quem já foi ajudado.

GENEROSO

SUCESSO

é alguém que dá do seu tempo aos outros.

é quando uma missão é bem-sucedida resolvendo os problemas que estão a passar.

HABITUAL

TRABALHO

os hábitos é que criam os resultados; uma ação isolada para atingir o objetivo.

é ajudar quem maisnecessita.

IRREMEDIÁVEL

UNIVERSAL

tem que haver predisposição por parte de quem é ajudado para ajudar a ultrapassar determinadas situações.

independentemente da raça, etnia, sexualidade é ajudar a todos e não olhar as suas características pessoais.

JUNTAR

é dar as ferramentas necessárias para que de futuro não volte a passar pelo mesmo.

é unir esforços entre várias pessoas para resolver situações que surgirem.

LIMITAÇÃO obstáculos que por vezes aparecem e que podem e devem ser contornados.

ZELAR


Bruna Gonçalves Estudante

18 anos

AGILIDADE

NEGATIVO

é conseguirmos fazermos as coisas por nós próprios, facilidade em fazer a coisas.

é quando temos medo que alguma coisa nos corra mal, quando vamos viver a nossa vida e que não corra da melhor forma.

BRAVO é ter coragem.

COMODISMO é estarmos cómodos com alguita coisa, estarmos confortáveis.

DESCOBRIR é descobrir uma vida nova, como fazer novas coisas.

EXPRIMIR exprimir os nossos sentimentos, independência, as nossas conquistas.

FASCINANTE é uma coisa que seja importante para nós, que gostamos de alcançar.

GENIAL algo que seja especial.

HOSPITALISMO

“ é ter liberdade ”

ORDEM é quando temos algumas regras, na nossa independência temos que ter regras e ordens, como para o exemplo num trabalho.

PARADIGMA mudar de vida, ou ter um novo emprego, sair da casa dos pais.

QUALIDADE a qualidade da nossa vida, depende se gerir bem a sua independência.

RUMO ter objetivos na vida para conquistar a independência.

SOLIDÃO podemos ser independentes e termos o nosso próprio dinheiro, não precisar de ninguém, não significa ser só para ser independente.

TRABALHO

é estarmos confortáveis, ter hospitalidade pelos outros.

ter o nosso emprego, para ter o próprio dinheiro; etr que nos esforçar para ser independente.

INATO

unir esforços para alcançar a independência.

algum talento que nós temos que nos sai naturalmente, o que nis ajuda na nossa independência.

JOVEM ao ser jovem é quando recebemos a nossa independência, a viver uma nova vida e novas experiências.

MEDO o medo de não conseguir realizar os nossos objetivos e ter o que nós nos queríamos.

UNIR

VIVER viver bem com as novas experiências, viver feliz por ter conquistado a independência.

ZANGAR por não conseguir gerir bem a sua independência, o que causa desanimo e zanga.


João Antunes Desempregado

22 anos

FRUSTRAÇÃO

QUESTIONAR

nos tentarmos lutar diariamente para o quero alcançar e ver que não se consegue, causa seja frustração.

enquanto jovens questionamos porque é que nos acontece, porque é que é assim, porque só a mim, porque não consigo, porque não dá certo.

GERAÇÃO enquanto geração seculo XXI penso que estarmos formatados para outras experiências e conhecimentos da vida; nos temos acesso variadas informações diariamente ao minuto e que ilustram o que é a nossa geração é, somos uma geração tecnologicamente mais informada.

HUMOR enquanto jovens devemos tentar sempre um estado de espirito feliz pois isso vai influenciar as outras pessoas com boas vibes, é aquilo que causa uma primeira impressão positiva junto de outras pessoas.

INCLUSÃO é a sociedade pensar e encontrar formas e unir esforços para encontrar soluções.

é sermos nos próprios, enquanto somos jovens temos a “ possibilidade de aproveitar cada experiência e cada vivencia que a vida nos dá e termos a oportunidade de podermos mudar o mundo , pois somos jovens e temos valores e ideias e ensinamentos que podemos fazer de nós pessoas capazes de mudar o mundo

AÇÃO

CONQUISTA

é partir para um ato tão simples como fazer a reciclagem, temos determinados ensinamentos que num simples gesto que enquanto jovens podemos transmitir aos outros que é assim pode ser feito – um simples gesto transforma a sociedade em algo melhor e civilizada.

é alcançar aquilo que entanto somos jovens sonhamos e desejamos alcançar seja a nível pessoal e profissional e que diariamente lutamos para isso.

BONDADE é termos iniciativas como o voluntariado, dar o melhor de nós em prol dos outros contribuindo de diferentes maneiras.

DÚVIDA não conseguirmos saber o que nos espera do dia de amanhã.

EXAGERO existem certos comportamentos que enquanto transmitimos podem ser mal interpretados, mas muitas vezes são o reflexo de uma geração.

RANCOR não devemos guardar rancor de ninguém, apesar de ser difícil. Muitas vezes guardamos rancor, contudo a vida encarrega-se de ensinar.

SONHADOR sonhar com uma qualidade de vida que queremos alcançar e lutamos sempre por isso, contudo a nossa vida baseia-se no sonho, pois o sonho comanda a vida e é isso que temos que agarrar para nos fazer seguir em frente.

TOLERÂNCIA temos que ser bastante tolerantes, paciente, respirar fundo, saber esperar, pois, é uma virtude, porque ainda temos muito para viver.

LIBERDADE

UNIÃO

tiram-nos a liberdade tiram-nos tudo; é simples ato de querermos fazer o que nos apetece dentro das regras que a sociedade tem.

vivemos muito a união no sentido das amizades que criamos, como uma segunda família e sabemos que podemos contar com eles em qualquer situação.

MORAL

VIRTUAL

devemos sempre saber ouvir as opiniões contrárias, é assim porque tem que ser assim, devemos ouvir e refletir sobre isso, sermos moralistas de forma exagerada.

enquanto jovens vivemos numa sociedade bastante virtual, fazemos quase tudo á distância de um clique, temos acesso a muitas informações de forma virtual e conseguimos ter o mundo nas nossas mãos a todo o tempo.

NATURALIDADE devemos ser nós próprios, transmitir aos outros aquilo que somos, as ideias que temos mas dentro de certos limites e comportamentos.

OBEDIÊNCIA devemos obedecer apesar de temos as nossas ideias apesar de algumas serem fixas, lutar pelo o quê acreditamos, mas também saber ouvir.

PODER poder de mudar o mundo, de ter o mundo nas minhas mãos, e sentir que sou eu que tenho que fazer com que aconteça, atingir o que quero.

XENOFOBIA tem que ver com a educação que temos; se queremos ser melhores para os outros não podemos adotar esses comportamentos, temos que aceitar os outros tal como são.

ZANGAR nos jovens sentimos as coias negativas com mais intensidade, que nos faz zangar com a vida descarregando nos outros sem intenção.


Luis Silva

Estágio em Design Gráfico 17 anos

COMPLICADO

NACIONALIDADE

é quando acaba a brincadeira e temos que ser sérios com o que fazemos; muita coisa deve ser complicada para nos desafiar, tudo o que é fácil não tem interesse, conquistamos mais liberdade.

é o que faz parte da nossa identidade, é o que identifica qual a nossa nação, a que país pertencemos, as nossas origens, as nossas raízes; é onde nascemos e onde aprendemos a estar.

DEBATE

OPINIÃO

é algo que é essencial; daqui aprendemos muito ao debater ideias e muitas vezes é importante conhecer o ponto de vista dos outros, para aprender mais e corrigir erros; é uma forma de aprendizagem.

é manifestar o pensamento; representa o nosso estado de espirito, a nossa atitude em relação a determinado tema.

EMOÇÃO

é um contrato que pode ser definido entre várias pessoas, que tem por objetivo criar um certo numero de regras que sendo estabelecidas aquele grupo de pessoas tem de cumprir.

liga-nos ao que fazemos, envolve-nos e faz-nos ir para a frente; determina o nosso futuro, porque dependendo do que sentimos neste momento vai-nos influenciar como decidir e agir.

FÉ significa crença, confiar. É muito importante ter confiança em nós pois caso não o façamos quem o fará.

GOVERNO é muito importante pois apesar de todos termos liberdade, é necessário ter alguém que decida.

HONRA

é um direito que temos em fazer as nossas próprias coisas, ser autónomo. Há o bom e o menos bom, mas é o direito de fazer o que quer tendo noção das consequências. É independência de cada pessoa

ALEGRIA

BRINCAR

é um sentimento que temos, que se manifesta nas coias que fazemos, nas coisas que gostamos, no que temos uma ligação e nos proporciona essa emoção.

é muito importante. É um modo de fugir um pouco aos problemas do dia a dia; divertir-se. Temos liberdade para brincar, mas temos que ter noção dos limites para não ferir ninguém; ter a noção com o quê que se brinca.

temos que honrar o que fazemos, é o que nos define como pessoas; tem que fazer tudo o que esteja ao seu alcance.

INFLUÊNCIA pode ser um pouco má, pois por norma tende a fazer com que muitas pessoas se deixem influenciar pelo que ouvem e veem acabam por fazer coisas que muda a sua maneira de ser; mas também pode ser positiva sendo usada de forma correta.

PACTO

QUESTIONAR faz parte da nossa aprendizagem; contestar uma ideia.

RESPEITO é algo bonito, quando respeitamos o outro não há como não nos respeitarem a nós; controla tudo.

SEGURO é uma forma de nos fazer avançar; se não me sentir seguro de determinada decisão não avanço.

TEMPO é o nosso bem mais precioso; o que passou não volta mais.

UNIÃO faz a força; seja familiar, seja de amizade é o que nos torna mais forte para deixarmos de ser um para sermos vários; é o que nos faz voltar a levantar depois da queda.

JUNTAR

VONTADE

é aproximar; é unir de forma a tornar as coisas mais proveitosas; criar ligação.

é o nosso combustível para fazer as coisas.

MANIFESTAÇÃO

ZELAR

devemos manifestar os nossos pensamentos, ideias e pontos de vista com vista a tentar mostrar aos outros que há outros modos de pensar, que há todo um mundo para além do que essa pessoa pensa, abrir-se ao mundo para dar como para receber.

é cuidar de nós e das nossas coisas, guardar.


Carlos Cerqueira Estudante

18 anos

mistura de identidades e culturas e é uma das “melhores maneiras de crescermos e evoluirmos ”

ADIÇÃO

MELHOR

somatório de experiências e conhecimento.

cada vez que conhecemos uma nova cultura tornamonos pessoas melhores.

BEM

NORMAL

acrescenta tolerância para a diferença.

a nossa mentalidade é o que define o que é normal para cada um de nós.

COMPREENSÃO

PAÍS

o caminho para a empatia.

as barreiras da cultura.

DESAFIO

QUANTIFICAR

conhecer e conviver com o desconhecido pode trazer uma maior riqueza interior.

evidenciar a riqueza cultural de um dado território.

ENCONTRO

RESTRIÇÃO

no encontro de identidades e histórias pode potenciar crescimento.

xenofobia porque é o receio de viver e compreender outras culturas o que restringe o nosso crescimento.

FAMÍLIA

SOFRIMENTO

é quem nos vai transmitir a cultura em que vivemos.

a exclusão e a incompreensão podem causar sofrimento.

GERAÇÃO

TERRA

pode ser a mudança de um paradigma no sentido de trazer novas adaptações da cultura.

é a nossa casa.

HUMANO

VOZ

é a individualidade; é um ser humano aquele que pensa e tem sentimentos.

é a nossa melhor arma para resolver os nossos conflitos.

INCLUSIVO

XENOFOBIA

é não deixar ninguém de parte.

o receio de conviver e compreender culturas e pessoas diferentes.

LEI

ZANGAR

dever de respeitar a individualidade dos outros.

incompreensão e incompatibilidade de perspectivas.


Guilherme Gomes

Estudante da Escola Secundária de Alberto Sampaio 18 anos

algo que estamos habituamos a

ATITUDE

MAGOAR

uma reação a algo.

tomar uma atitude errada com alguém.

BISBILHOTICE

NOVIDADE

transmitir um segredo para alguém.

algo que é novo.

CALMO

OFENDER

sensação de tranquilidade perante alguma situação.

dizer ou transmitir algo mau.

DIFERENTE / DIFERENÇA

PARTICIPAR

algo que não é normal.

interação com algo ou alguém.

EQUIPA

QUESTIONAR

grupo de pessoas que partilham o mesmo objetivo.

duvidar de alguma coisa.

FELICIDADE

REVOLTAR

sensação de bem-estar.

lutar pelo que devemos ou queremos.

GENEROSO

SABEDORIA

oferecer o que temos para dar.

experiência da vida.

HUMILDADE

TENTAR

assumir a nossa boa vontade perante alguém.

uma conquista ainda não alcançada.

INGRATIDÃO

VACILAR

sensação de não reconhecer o bem.

pensar duas vezes.

JULGAR

XINGAR

tomar algo por certo.

chatear alguém.

LIMITAR

ZANGAR

atingir os nossos limites.

estado de espírito de perturbação com algo.


Soraia Machado

Estudante da Escola Secundária de Alberto Sampaio 18 anos

situação favorável para a realização de algo

ATENÇÃO

MESTRE

comportamento preventivo.

alguém com grande conhecimento

BASE

NOVO

algo que nos serve de referência.

algo moderno e prático.

COMPETÊNCIA

PERSEVERANÇA

aptidão que temos sobre determinados assuntos.

capacidade de não desistir.

DIÁLOGO

QUEBRAR

troca de ideias que nos permite uma melhor interação.

mudar de rumo.

EXTRAORDINÁRIO

REMUNERAÇÃO

sentimento positivo resultante de uma conquista.

recompensa por um dado serviço.

FENÓMENO

SIMPLES

situação que ocorre distintamente.

potencial de ser prático.

GÉNIO

TUTOR

alguém que é bom naquilo que faz.

alguém que orienta/ensina.

HIPÓTESE

UNIVERSAL

possibilidade de benefício.

algo com múltiplas aplicações.

IRRESPONSABILIDADE

VERDADE

atitudes imprudentes.

alguma coisa com precisão.

JOVEM

ZELAR

alguém que está mais a par da atualidade.

prevenir alguma coisa.

LUGAR sítio onde tudo pode acontecer.


Maria Bastos

Estudante do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian 15 anos

uma atitude cívica que demonstra a vontade de fazer algo

ATUAR

MUITO

pôr em prática as ideias.

nível onde devemos querer chegar para atingir objetivos.

BRAVO

NADA

sentimento de missão cumprida.

falta de vontade.

COMUNIDADE

OPINAR

conjunto de pessoas a trabalhar para o mesmo efeito.

dar voz às nossas ideias.

DAR

QUANTIDADE

é uma ação altruísta de partilha.

balanço que as nossas ações devem tomar em função dos objetivos.

ENTENDER

RESOLVER

absorver conhecimentos e compreender situações.

encontrar solução para os problemas.

FACILITAR

SOLUÇÃO

cortar caminho em direção aos objetivos.

alternativa para enfrentar os obstáculos.

GANHAR

TRATAMENTO

alcançar o objetivo.

análise de algo.

HIPOCRISIA

ULTIMAR

falta de compromisso com um sonho.

finalizar as ideias.

INTERIOR

VOLTAR

o local de onde surgem as ideias.

repensar passos mal dados.

JULGAR

XINGAR

avaliar uma situação do lado de fora.

julgar sem contexto.

LEVEZA

ZUMBAR

encarar com bom humor os desafios da vida.

pôr as ideias cá para fora.


Carolina Caetano

Estudante da Escola E.B. 2/3 de Celeirós

14 anos

motivação para atingir e concretizar os nossos objetivos

AMAR

MANTER

é gostar muito de algo ou alguém.

continuar a cuidar e a amar.

BEM

NUTRIR

comportamento de boas ações.

alimentar algo.

CUIDADO

OUVIR

são precauções a tomar.

saber respeitar as ideias dos outros.

DIZER

PARTILHAR

demonstrar os nossos pensamentos aos outros.

dividir com os outros.

ENFRENTAR

RALHAR

é o medo de ultrapassar certas barreiras.

demonstrar a alguém que está errado.

FALSO

SOLUÇÃO

é algo que não é real.

ideia com pés e cabeça.

GARANTIA

TRAVAR

é algo dado como sendo certo.

fazer parar alguma coisa.

HUMILDADE

USURPAR

é saber reconhecer o valor das coisas.

tomar posse de algo.

INTENÇÃO

VALIDAR

é um objetivo que pretendemos atingir.

dar a nossa aprovação.

JOVEM

ZANGAR

pessoa em constante construção psicológica.

conhecer os nossos valores o suficiente para não permitir que sejam destruídos.

LONGE sensação de distância.


Diogo Barros

Estudante da Escola Secundária Carlos Amarante 18 anos

AVISAR

NORMALIDADE

informar e tornar conhecida a diversidade de culturas e raças

ilustra a qualidade ou estado de um dado ambiente, de acordo com o padrão, regras e convenções sociais.

BARREIRA

OPORTUNIDADE

é algo que impede ou restringe alguma coisa.

ocasião favorável com possibilidade de se fazer ou realizar algo.

CALMA

PARTIR

estado de tranquilidade com ausência de agitação.

separação ou divisão em partes.

DIVIDIR

QUEZÍLIA

situação de discórdia, divergência ou tomada de partidos.

reflete uma situação de conflito, antipatia ou importunação.

ENTENDER

SABEDORIA

compreensão do outro, respeitando os seus sentimentos, pensamentos e a sua própria individualidade.

é o saber interagir com as diferentes raças e culturas

FUGIR

TRANSIÇÃO

ato de abandonar, escapar e sair de algum lugar por qualquer razão.

mudar a página e procurar a justiça e o respeito por todos.

GRANDEZA

UNIÃO

ilustra a qualidade excecional e um valor ou importância em grande medida.

é ser capaz de abraçar as diferenças que nos constituem e tornamo-nos num só movimento de harmonia e paz.

HUMILHAR

VALIDADE

tentativa de ferir os sentimentos com uma sensação de impotência associada.

qualidade ou carácter de válido, capaz de produzir os efeitos esperados ou designa a condição do que tem valor legal e cumpre todas as exigências determinadas pela lei.

INTIMIDAR

atitude ou comportamento “ discriminatório em relação a uma pessoa ou a um grupo de pessoas ”

denegrir e assustar o outro, fazendo sentir-se desconfortável.

JULGAR supor algo pela aparência, forma ou atitude.

LUTAR é um grito de revolta e a vontade de acabar com racismo.

MUDANÇA expressa a necessidade de mudar as mentalidades retrógradas e racistas.

XENOFOBIA sentimento de preconceito ou atitude hostil contra o que é de outro país ou de um meio estranho ao nosso ambiente social-cultural.

ZELAR transmite a necessidade de alerta que temos de ter para com as atitudes racistas e o apoio e atenção que temos de dar às vítimas.


Augusto Martins

Estudante da Escola Secundária de Alberto Sampaio 18 anos

ligação entre pessoas que pode ou não ter carga emocional

AMOR

MORAL

entrega não só de corpos, mas também das almas.

ação não indecente.

BEIJAR

NUDEZ

demonstração de afeto ou, por e simplesmente, algo banal.

visto como um “tabu”, mas reflete apenas falta de confiança.

CARINHO

OPORTUNIDADE

sentimento de ternura/afeto.

quando se vê o sexo como algo conveniente.

DOR

PROXIMIDADE

pode ser um “fetiche” e quando não o é exige responsabilidade.

sensação afetiva de contacto próximo.

ERRO

QUERER

sensação que pode ser causada por precipitação.

uma necessidade sem limites.

FUGA

RECUSAR

comportamento que pode quebrar ligações.

é reconhecer o que não permitimos.

GABAR

TENTATIVA

comportamento de exibicionismo causado maioritariamente pela insegurança.

ato de ensaiar.

HILARIANTE

UNIÃO

sensação de libertação e pureza.

ligação estabelecida. sendo que por comodismo o sexo torna-se a única união.

INTIMO

VERDADE

é uma ligação profunda que não precisa de sexo.

manifestação de lealdade e confiança.

JULGAR

XINGAR

comportamento que ocorre quando não há intimidade.

ato imoral por falta de intimidade e ligação.

LIBERDADE

ZELAR

fluidez espontânea.

ato de cuidar ou preservar.


Diana Araújo

Estudante da Escola Secundária de Maximinos

19 anos

é algo que se transmite de geração em geração

AFASTAR

MANTER

comportamento divergente.

atitude de preservar.

BIRRA

NORMALIDADE

estado de espírito caracterizado por uma mistura de emoções.

comportamento onde se padroniza algo.

CANSAÇO

OPORTUNISMO

sensação de desgaste.

ato de tirar proveito de certas circunstâncias.

DOR

PRÁTICO

sentimento angustiante.

característica relacionada com a eficácia.

ENFRENTAR

QUARTO

ação de encarar algo.

local que espelha o hábito.

FUGIR

REDUZIR

ato de evitar algo.

ato de limitar ou diminuir.

GUERRA

SABOTAR

conflito de interesses.

ato de danificar, dificultar ou prejudicar.

HUMILHAR

UNIR

ação de superioridade perante alguém.

atitude de aproximar.

INTIMIDAR

VELAR

comportamento de amedrontar.

comportamento de estar vigilante.

JULGAMENTO

XENOFOBIA

ação de avaliação de algo.

comportamento de aversão à diferença.

LUTAR

ZELAR

comportamento com uma vontade imensa de ir em busca de algo.

comportamento de administrar.


Diogo Costa

Estudante da Escola E.B. 2/3 Mosteiro e Cávado 15 anos

é a ação onde prevalece uma ligação forte

AFETO

LUTAR

sentimento de carinho.

sensação que consiste em ir em busca de algo.

BILATERAL

MANTER

atitude que pode ter dois lados.

permanecer em algo.

CONVÍVIO

NAMORO

ato de viver.

é um relacionamento onde as pessoas estão unidas.

DIÁLOGO

OLHAR

é uma fala interativa com troca de ideias.

é uma forma de comunicação expressiva.

ENLAÇAR

PARCERIA

ato de abraçar.

relação entre pessoas ou partes.

FIDELIDADE

QUERER

qualidade de cumprir obrigações.

é um estado de espírito com determinação.

GUARDAR

RIR

é a ação de proteger.

é uma ação que expressa alegria.

HUMOR

SALVAR

é um estado de espírito de felicidade.

é uma ação que consiste em ajudar alguém.

IDEIA

TERNURA

é uma representação de algo.

é uma demonstração de afeto.

JOVEM

VALIDADE

é uma mentalidade com abertura de espírito.

é um período de tempo.


Nuna Santos

Estudante da Escola Secundária de Maximinos

17 anos

forma de vida na qual se abdica de comer animais

ANIMAL

MUDANÇA

é um amigo do vegetariano.

ação dotada de coragem que nos redireciona.

BIZARRO

NOBRE

característica de algo que nos é estranho.

alguém que pratica o bem.

CONTRA

OPINIÃO

ação que não corresponde aos ideais.

algo que nos pertence e está aberto ao debate.

DIVISÃO

PARTILHAR

separação de elementos.

ato de amor no qual se dá algo que nos pertencia.

ENVOLVIMENTO

QUESTÃO

ligação que sentimos por um dado movimento.

é um assunto/temática suscetível de debater.

FUGA

RAZÃO

reação que temos quando sentimos medo.

motivo pelo qual fazemos alguma coisa.

GRANDEZA

SAUDÁVEL

aquilo que se sente quando se faz o bem.

estilo de vida com boas práticas.

HUMANIDADE

TRATAMENTO

junção de pessoas que lutam uns pelos outros.

forma como decidimos agir perante os outros.

INTEGRAR

UTOPIA

ação de incluir o próximo.

mundo perfeito impossível de alcançar.

JUSTO

ZANGADO

característica de algo correto.

estado de espírito marcado pela não correspondência da opinião.

LIMITE incapacidade de continuar a fazer alguma coisa.


Rodrigo Vieira

Estudante da Escola E.B. 2/3 Frei Caetano Brandão 15 anos

é uma atitude que consiste em discriminar

ATITUDE

MOVIMENTO

uma ação feita com alguma motivação.

uma ação que consiste em defender e lutar pelos direitos.

BRINCAR

NÍVEL

um comportamento diferenciador face a algo.

é um patamar de uma escala hierarquicamente dividida.

CINISMO

OPORTUNO

um comportamento de exclusão.

um comportamento de aproveitamento próprio.

DRAMA

PÂNICO

uma atitude de exagero.

sensação de medo.

EXIBIR

QUALIDADE

mostrar a nossa superioridade.

característica que serve de base de comparação.

FALAR

REVELAR

expor uma situação.

expor uma situação.

GANGUE

SATURAR

forma de organização de pessoas em grupo.

sensação de ficar farto.

HILARIANTE

TRATAR

estado de espírito de euforia.

ação de lidar com algo.

INTENCIONAL

UNIR

algo feito propositadamente.

comportamento de inclusão.

JULGAR

VERDADE

formar uma opinião sem fundamento.

expor a realidade.

LIMITE

ZELAR

nível máximo de tolerância.

ação de proteção.


Sérgio Silva

Estudante do Conservatório de Música Calouste Gulbenkian 15 anos

ação provocada por um estado de espírito que nos causa inquietação e incómodo

AFASTAR

MANTER

atitude de mudança de direção.

é dar continuidade a alguma coisa.

BERRAR

NÍVEL

atitude que consiste em falar alto demais.

é um ponto de referência.

CONTRARIEDADE

OUTRO

é um percalço que nos faz hesitar e/ou parar.

é uma coisa distinta da que falamos.

DIRETO

PERDER

é quando dizemos as coisas sem filtros.

deixar de ter alguma coisa.

ENFRENTAR

QUERER

é lidar com um problema.

é um estado de espírito que nos leva a querer alcançar algo.

FÚTIL

RAZÃO

é uma coisa insignificante sem nexo.

é a perfeição moral.

GIRAR

SABEDORIA

movimento circular que se transpõe.

é uma qualidade de quem tem conhecimento.

HILARIANTE

TIRAR

característica de uma coisa que faz rir.

ação que consiste em retirar algo do lugar.

INFERIOR

UNIR

nível abaixo da referência que temos.

é uma ação que representa associação e aproximação.

JUSTO

VALORIZAR

ação de uma pessoa que é exata e sensata.

ação que pretende dar destaque.

LIMIAR

XINGAR

é o limite de algo.

é uma atitude que se traduz num insulto.



Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.