Page 1


Foto:Guilherme Andrade

18

Arquitetura & decoração

Foto: Guilherme Andrade

Sumário

Projetos inspiradores para construir, reformar ou decorar uma casa na praia


34

Foto: Divulgação

Foto: Guilherme Andrade

Gastronomia

40

Yoga

41

Foto: Acervo IIS

Foto: Divulgação

Aromaterapia

48

Obras na trilha do Bonete

Revista Ilhabela é uma publicação da Ilha Editorial, Planejamento, Marketing e Distribuição LTDA. Rua Antenor Custódio da Silva, 197 - Ilhabela - SP Fundador: Horácio Victor Nascimento de Andrade (1945-2003) - Diretor Comercial e Diagramação: Guilherme Andrade - Editora: Andréia Lima - Jornalista Responsável: Marisol Garcia - MTB 38294 - Tratamento de Imagem: Alexandre Lima - Colaboradores: José Augusto Menegatti - Publicidade e assinaturas: (12) 3896-6337 / (11) 2858-4802 / publicidade@revistailhabela.com.br. A Revista Ilhabela é uma publicação dirigida a moradores, veranistas, empresários, turistas e freqüentadores de Ilhabela e região. Os anúncios e ofertas aqui publicados são de inteira responsabilidade dos anunciantes. A reprodução de anúncios e reportagens só poderá ser feita mediante expressa autorização da Ilha Editorial. Contatos Tel: (12) 3896-6337 / (11) 2858-4802 www.revistailhabela.com.br - e-mail: contato@revistailhabela.com.br


Editorial 6 - REVISTA ILHABELA

Foto capa: Guilherme Andrade

Caro leitor,

O

tema de nossa 44ª edição é Arquitetura & Decoração e traz uma matéria especial com projetos de reforma e construção de casas na praia, além das novidades da Arquitetura 3D, dicas para quem quer construir por aqui ou preparar a casa para a temporada de verão e uma lista de fornecedores de diversos segmentos que atuam na região. Para quem quer renovar os ares da casa, mas não está disposto a fazer grandes intervenções, a aromaterapeuta Mariana Ribeiro explica como funciona a Aromaterapia de Ambientes, dá dicas de elementos que podem ser empregados em diferentes situações e ensina a fazer um spray para equilibrar as energias do seu lar ou local de trabalho. Na seção Litoral em Revista, confira as últimas notícias da região, como a programação para o aniversário de Ilhabela, que completa 206 anos de emancipação político-administrativa no dia 3 de setembro. Veja também as novidades do Festival do Camarão de Ilhabela e os melhores restaurantes da cidade em Gastronomia, e nossas dicas de presente e consumo em Boas Compras. Em Pets, conheça os perigos do envenenamento de animais domésticos por chumbinho, ato cruel e covarde que, recentemente, vitimou cães e gatos em Ilhabela e descubra como denunciar quem vende e usa a substância, proibida por lei. Nossas páginas trazem ainda a polêmica gerada pelas obras na trilha do Bonete, iniciadas pela prefeitura e embargadas pela Polícia Ambiental, após a manifestação de moradores, turistas e ambientalistas, além de dicas de estética, bem estar e saúde. Boa leitura! Andréia Lima Editora


LitoralemRevista

Huber Acabamentos e Madeireira Getuba juntas em

novo endereço

Fotos: Guilherme Andrade

A

partir de agosto, a Huber Acabamentos & Decoração e a Madeireira Getuba passam a atender seus clientes no mesmo endereço, em um amplo show room montado no bairro do Itaquanduba. A abertura da nova loja consolida a proposta das duas empresas de oferecer uma linha completa de produtos voltados ao mercado de arquitetura, construção, reforma e decoração, dando ao cliente a facilidade de encontrar tudo o que precisa no mesmo lugar, do material básico ao acabamento. Para a inauguração, além de material básico com preços muito atrativos, o show room está com diversas promoções, como revestimentos de primeira linha a partir de R$ 9,90 o metro quadrado, alguns pisos e revestimentos com argamassa Portokoll de brinde e porcelanatos a preço de custo. Os clientes também podem contar com facilidades como visita à obra para tirar medidas e dar assessoria na escolha de materiais, entrega programada com armazenagem dos produtos em estoque até a data definida pelo cliente, sem custo adicional, entrega em partes, de acordo com a necessidade do projeto, atendimento personalizado com hora marcada, que pode inclusive ser na casa do cliente. Av. Almirante Tamandaré, 205 – Itaquanduba. De segunda a sexta das 8 as 18h e aos sábados das 8 as 16h. Tel. (12) 3896-4400 | 3896-4343.


Limpa Ilha traz linha completa de produtos profissionais e acessórios para limpeza Fotos: Guilherme Andrade

I

naugurada no final do ano passado, a Limpa Ilha foi criada para suprir a carência do mercado local no segmento de produtos de limpeza para uso profissional e oferece uma linha diversificada de artigos nacionais e importados de alta qualidade, atendendo hotéis, pousadas, restaurantes, comércios e residências. São produtos específicos para diversos fins, desde lavanderia, com detergentes, amaciantes e alvejantes profissionais até desinfetantes, bactericidas, detergentes e limpadores para todos os tipos de superfícies, que apresentam vantagens como alta eficiência e rendimento, já que são diluíveis em proporções que chegam a 1 para 100, garantindo economia e melhores resultados. Para empresas que usam maiores quantidades, os produtos estão disponíveis em embalagens econômicas de 5 litros, mas há também frascos menores para uso doméstico. Na linha de acessórios, focada em artigos que oferecem praticidade e menor esforço, extensores que chegam a 6 metros, limpadores para vidros, esfregões, rodos de alumínio, vassouras de diversos tipos, lixeiras de pequeno, médio e grande porte, inclusive com rodinhas, caixas organizadoras, baldes plásticos de vários tamanhos, baldes e bacias importados, flexíveis e super resistentes, panos, esponjas e escovas, além de utensílios para banheiro e cozinha.

Para combater a umidade e o mofo, a loja tem desde produtos para aplicação em superfícies até aparelhos desumidificadores para até 12 metros quadrados, além de pinguins que absorvem a umidade de armários e gavetas e podem ser recarregado no forno microondas. Higienização de colchões e estofados A Limpa Ilha conta ainda com o serviço de higienização profissional de colchões e estofados, através de uma tecnologia revolucionária que remove ácaros, fungos e bactérias. “Nas higienizações comuns, os microorganismo são mortos mas permanecem nas superfícies. No nosso método, eles são mortos e eliminados, sem deixar qualquer resíduo”, afirma Luis Azevedo, proprietário da empresa. Depois do processo de limpeza, a superfície é selada. O serviço é executado no local por equipe especializada, está disponível para hotéis, pousadas e residências e tem selo de garantia e duração de 1 ano. A loja abre de segunda a sexta-feira das 9 as 18:30h e aos sábados das 9 as 13h e oferece serviço de entrega. Rua Benedito dos Anjos Sampaio, 155 – loja 1 (Rua do Fórum) – Barra Velha. Tel. (12) 3895-7266 | 3895-6140 e-mail: contato@limpailha.com.br

09 - REVISTA ILHABELA


LitoralemRevista

Ilha das Noivas inaugura loja para O espaço também oferece cursos rápidos de diversas técnicas, criando um ambiente dinâmico, ideal para exercitar a criatividade.

C

riado há sete meses por Susana Mihura, artista argentina que há dez anos vive em Ilhabela, o projeto Ilha das Noivas nasceu com a proposta de unir artistas e artesãos de Ilhabela para oferecer produtos exclusivos, voltados ao mercado de casamentos na praia. “Além de uma atividade comercial, a iniciativa é um projeto social, pois somos conscientes que, por trás da venda de um produto não há apenas um artesão, mas muitas vezes, uma família inteira”, lembra Susana. Atualmente, o projeto reúne o trabalho de 37 artistas e artesãos de Ilhabela e oferece produtos como lembrancinhas customizadas para convidados e padrinhos, convites, álbuns, flores artesanais, cestinhas para bem casados e outros doces, leques, artigos religiosos, bonecas, chaveiros, bloquinhos de nota, quadros, esculturas e uma infinidade de outros complementos e objetos para decoração, confeccionados em diferentes técnicas e materiais, com matérias primas ecológicas, recicladas ou extraídas da natureza de forma sustentável. A boa energia empregada pelos artesãos em cada peça, a preocupação com a natureza e a exclusividade de um produto feito a mão transformam o trabalho do projeto na opção ideal para o clima que envolve um casamento na praia.

Loja – Depois de viajar para a Argentina e conseguir dois parceiros que acreditaram na iniciativa e decidiram investir no projeto durante seis meses, Susana apostou na criação de um espaço para expor e vender os trabalhos. O local escolhido foi uma pequena e charmosa loja em frente à Praça da Mangueira, no Perequê, onde as noivas podem conhecer os diferentes produtos e técnicas e fazer encomendas. Caso não encontre o que procura, o projeto

Foto: Yunka Mihura

Foto: Guilherme Andrade

expor o trabalho de artesãos locais

se propõe a desenvolver peças exclusivas, sob a orientação do casal ou da decoradora do casamento. Além dos produtos específicos para casamentos, há lembranças e souvenirs de Ilhabela, brindes corporativos e presentes temáticos para datas comemorativas, como Dia das Mães, dos Pais, das Crianças, Natal e outras. Para quem quer aprender novas técnicas ou ingressar no mundo do artesanato, o espaço oferece ainda diversos cursos, como bijuterias em tecido, origami, bonecas de pano, desenvolvimento da criatividade, papel marche e outros, com duração de duas horas e custo de R$ 20,00. Não é preciso levar material e o aluno sai do curso com uma peça pronta, confeccionada por ele. As aulas reúnem no máximo 7 pessoas e acontecem duas vezes por semana, em dois horários. O cronograma é divulgado através de redes sociais como o Facebook e na lousinha pendurada em frente a loja. Rua Cel. José Vicente Faria Lima, 168 – loja 3 (Praça da Mangueira) Perequê. Tel. (12) 9744-7324. www.ilhadasnoivas.blogspot.com


LitoralemRevista

Fotos: Guilherme Andrade

Fina Pele Lingerie em novo endereço

L

oja especializada em roupas íntimas femininas e masculinas, a Fina Pele Lingerie acaba de mudar de endereço. A nova loja continua no bairro do Perequê, agora na Avenida Princesa Isabel, mais próxima do centro comercial. Entre as novidades, além do ambiente reformulado e mais espaçoso, também há novas marcas, como a Un.i, e novos produtos, como a linha de pijamas e camisolas femininas. O novo espaço traz ainda as últimas coleções de marcas como Hope, Triumph, Marcyn, Lupo e Trifil, entre outras, com calcinhas e sutiãs básicos e confortáveis, para o dia-a-dia, e peças sofisticadas, que valorizam os contornos femininos e dão charme e elegância a qualquer produção. Para os homens, meias e cuecas das marcas Zorba, Mash, Lupo e Trifil, em modelos confortáveis de vários materiais, cores e tamanhos.

A nova loja fica na Av. Princesa Isabel, 1388 – Perequê. Tel. (12) 3896-3993.

O novo básico – inspirada no estilo de vida da mulher contemporânea, a un.i chega ao mercado brasileiro com produtos desenhados para acompanhar o ritmo da mulher moderna, que divide seu tempo entre o trabalho, as atividades físicas e o lar e que, embora não abra mão do conforto, quer uma lingerie bonita, romântica e sofisticada. Para acompanhar as mulheres tanto nos momentos de trabalho e lazer, quanto na hora do descanso, a marca se divide nas versões Lingerie, com calcinhas sutiãs e bodys desenhados para valorizar as curvas do corpo, e Sleepwear, com pijamas confortáveis e camisolas sedutoras.


Fusing Glass de Jô Gattás em exposição no Mercado das Artes

D

edicada a produção de vidros artesanais há mais de 15 anos, Jô Gattás cria peças que unem a beleza do vidro fundido a materiais como alpaca, cobre, latão e outros artigos reciclados, que dão origem a pratos, móbiles, vasos, painéis e uma infinidade de outros objetos de decoração e utilitários. A técnica também pode ser aplicada, em portas, janelas e móveis e a artista desenvolve peças sob encomenda. A partir de agosto, parte de seu acervo estará exposto no Mercado das Artes, loja que reúne trabalhos de diversos artistas e artesãos de Ilhabela e convidados. Rua Dois Coqueiros, 134 – Perequê. Mais informações: (12) 9719-7154.

Fotos: Guilherme Andrade


Consultoria Ótica Tatiane Utiaque

E

m um coquetel realizado no dia 23 de julho, a empresária Tatiane Utiaque recebeu clientes e amigos para comemorar a inauguração de sua nova loja, no bairro do Perequê. Durante o evento, além de conhecer o novo espaço, amplo e sofisticado, os convidados puderam conferir as novas coleções de óculos solares e de receituário em um desfile que apresentou as últimas tendências em modelos masculinos, femininos e infantis. Projetado para oferecer o que há de mais moderno no mercado ótico nacional e internacional, o novo espaço tem bar e café, salas de atendimento confortáveis e laboratório com equipamentos de última geração, que garantem alta precisão e agilidade nos serviços de montagem, lapidação, ajuste e adaptação de lentes. Entre as diversas marcas disponíveis, estão Ray Ban, Victor Hugo, Guess, Reef, Mormaii, e Quiksilver, e merece destaque a grande variedade, com 40 a 50 modelos por marca e estoque renovado constantemente. “Estamos negociando com novas marcas e em breve teremos novidades”, conta Tatiane. Para a linha de receituário, além de armações das melhores marcas, a Consultoria Ótica oferece lentes alemãs da marca Zeiss, considerada a melhor empresa de lentes oftálmicas do mundo, e lentes Varilux, e tem vários modelos das duas marcas, inclusive antireflexo, para pronta entrega. Também faz a adaptação de lentes de grau para óculos de sol, de natação e até de mergulho.

Fotos: Guilherme Andrade

inaugura nova loja

O desfile que aconteceu durante o coquetel contou com a parceria da Estilo Direto, que cedeu as roupas masculinas e femininas, e na ocasião Tatiane Utiaque agradeceu, em um discurso emocionado, a toda a sua família, amigos, colaboradores e clientes que compartilharam da realização de seu projeto. No segmento de lentes de contato Tatiane, que é contatóloga, destaca a importância do atendimento especializado na hora da compra. “Uma pessoa que usa óculos com lentes de 6 graus não vai usar lentes de contato de 6 graus, por isso a ajuda do contatólogo é fundamental para fazer a transposição de graduação e todas as adaptações necessárias e garantir que o cliente está comprando a lente certa”, explica. A nova loja fica na Rua Irene Barbosa, 137, no Perequê, e abre de segunda a sexta das 9h as 18:30h e aos sábados das 9h as 13h. Tel. (12) 3896-6676.

14 - REVISTA ILHABELA


Ilhabela comemora 206 anos

N

o dia 3 de setembro Ilhabela comemora206anosdeemancipação político-administrativa e para comemorar a data a prefeitura preparou uma programação especial com atrações que vão de shows musicais como o da cantora Daniela Mercury, que se apresenta no sábado, dia 3, no palco que será montado no Campo do Galera, até desfiles cívicos, concursos culturais e eventos esportivos. Entre as obras que serão entregues pela prefeitura durante o mês do aniversário, estão Entre as obras previstas para serem inauguradas em setembro estão o Centro de Apoio ao Idoso, o novo Posto de Saúde da Barra Velha, o Programa Nossa Farmácia (dispensário gratuito de medicamentos), a Sala do Cidadão, a reurbanização de acessos às praias no sul da ilha, a quadra coberta da E.M. Ruth Cardoso, além de ruas pavimentadas.

A programação do dia do aniversário da cidade começará com o tradicional hasteamento dos pavilhões, às 8h, na Vila, seguido pelo desfile cívico-militar. No dia 4, às 19:30h, acontece a Missa Solene na Igreja Matriz. Entre as atividades esportivas previstas estão o tradicional Amistoso de Futebol, provas natatória, pedestre, stand up paddle e canoagem, torneios de vôlei, malha e beach soccer, entre outros.

o Campeonato Brasileiro de Canoas Havaianas e Paulista de Stand Up Paddle e a etapa regional do XTERRA Brasil, entre outras atividades. Confira a programação completa no site oficial do município: www.ilhabela.sp.gov.br

A programação musical, no Campo do Galera, prevê shows de Régis Danese (1º/9), Beth Alves (2/9), Daniela Mercury (3/9), o rapper MV Bill (4/9), a dupla sertaneja universitária Maria Cecília & Rodolfo (5/9), a soul music da banda Blackommodoro (6/9) e o pagode do grupo Samprazer (7/9). Durante o mês acontecem ainda o 16º Festival do Camarão de Ilhabela,

Foto: Divulgação

Programação preparada pela prefeitura para festejar o aniversário da cidade inclui shows, desfiles e inauguração de obras em vários bairros.

LitoralemRevista


Pets

Envenenar animais é crime e dá cadeia!

D

e acordo com o artigo 32 da Lei dos Crimes Ambientais N° 9.605/98 praticar abuso e maus tratos contra animais domésticos ou domesticados é crime e prevê prisão de três meses a um ano, além do pagamento de multa.

Comercializar em áreas urbanas o agrotóxico conhecido como chumbinho (criado para exterminar pragas em lavouras e posteriormente empregado, sem indicação expressa para este fim, como veneno para ratos) também é crime que, de acordo com a Lei Federal nº 7.802/89, que regula o uso de agrotóxicos, é punido com multa de até 19 mil reais. Confirmado o flagrante de venda, o responsável, além de arcar com o valor da multa, pode responder por processo civil e criminal e até ser preso. Mesmo assim, animais domésticos continuam sendo vítimas do veneno, que mata cães e gatos de forma cruel e dolorosa, através da ação muitas vezes intencional de humanos covardes e impiedosos. Gente que se incomoda com os animais na vizinhança, que quer exterminar cães e gatos abandonados pelas ruas de seu bairro ou que simplesmente não gosta de bichos. Nestes casos, o veneno é escondido em pedaços de carne ou outra guloseima que possa atrair o olfato, transformando mesmo animais que passeiam com coleira sob o cuidado de seus donos, em presas fáceis. Também há os casos em que o chumbinho é espalhado com a finalidade de matar ratos e acaba sendo ingerido acidentalmente por outros animais. Nas duas situações, a prática é criminosa, já que além de ser uma substância proibida para uso doméstico, o chumbinho é um poderoso veneno que coloca em risco a vida de humanos, principalmente crianças. Em Ilhabela, o envenenamento por chumbinho já matou animais em vários bairros, sendo que o último caso a chamar a atenção da população aconteceu no mês de junho, no bairro do Engenho D’Água, quando vários cães e gatos de estimação morreram e todos os casos aconteceram no mesmo quarteirão. Uma das vítimas do cruel episódio foi a vira-latas Pulguinha, recolhida das ruas de Ilhabela por uma veranista. Depois de tirar a “sorte grande” Pulguinha passou a se revesar com sua nova família entre São Paulo, onde seus donos trabalham, e os finais de semana em Ilhabela. No dia 22 de junho, durante um passeio pelas ruas do bairro do Engenho D’Água, a cadelinha passou mal e foi levada imediatamente ao veterinário. Depois de um período de dor, sofrimento e agonia, não resistiu e morreu, sob o diagnóstico de envenenamento por chumbinho. Indignada com sua perda e com a crueldade de que foi vítima, Noelle, a dona da Pulguinha, iniciou na cidade uma campanha contra a venda e uso da substância e, apesar de não ter obtido nenhuma prova que possa incriminar o responsável pelo envenenamento, está disposta a lutar para evitar que novos casos aconteçam. A venda ilegal de chumbinho pode ser denunciada à ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária através dos e-mails: ouvidoria@anvisa.gov.br ou toxicologia@anvisa. gov.br e também pode ser relatada à Vigilância Sanitária municipal. Nos casos de envenenamento intencional de animais de estimação é possível acionar a Polícia Ambiental, se houver flagrante, ou registrar a denúncia através de boletim de ocorrência, apresentando laudo do médico veterinário que comprove a morte por envenenamento. Também é possível recorrer ao Ministério Público. E para manter seu pet longe do perigo representado pelo chumbinho, utilize sempre coleira e guia, redobre a atenção durante os passeios e nunca deixe que seu animal coma nada que encontrar pelo caminho. 16 - REVISTA ILHABELA


Fotos: Guilherme Andrade

Arquitetura & decoração Projetos inspiradores para construir, reformar ou decorar uma casa na praia.

18 - REVISTA ILHABELA


Vista para o Mar!

Este foi o fator determinante na concepção deste projeto de reforma da arquiteta Maria Cláudia Van Sebroeck, que precisou reconstruir a casa para devolver a vista prejudicada pela construção do imóvel vizinho.

L

ocalizada em um condomínio no sul de Ilhabela, esta casa de veraneio pertence à mesma família há 25 anos e sempre teve o privilégio de contar com uma deslumbrante vista para o mar que cerca a face sul da ilha. Com o passar dos anos e o crescimento da exploração imobiliária na região, a construção de um imóvel vizinho prejudicou esta vista levando o proprietário a optar pela reestruturação do projeto. Para devolver a vista ao imóvel, a arquiteta Maria Cláudia Van Sebroeck precisou girar, literalmente, toda a construção, voltando sua frente para um novo ângulo, de onde é possível ver o mar em quase todos os ambientes da casa. Do projeto original restou apenas uma parede e além da nova vista, a casa ganhou mais espaço, modernidade e conforto. A área construída, que antes era de 200 metros quadrados, foi ampliada com a criação de novos ambientes e aumento dos espaços existentes, e a casa passou a contar com 450m2, distribuídos em 5 suítes, escritório e sala íntima com lareira no piso superior e na ampla área social, formada pelas salas de estar e jantar integradas à varanda e à área de lazer, com piscina e jacuzzi, deck com redes e espreguiçadeiras e espaço gourmet com churrasqueira e forno de pizza.


Entre os materiais escolhidos por Cláudia, que atua em Ilhabela há mais de quinze anos e é responsável por diversos projetos na região, estão elementos naturais, como pedras, madeira e terra, que se integram a paisagem e dão mais calor e aconchego aos ambientes. Sempre que possível, ela também procura trabalhar em parceria com empresas de Ilhabela, como a Huber Acabamentos e Decoração, que forneceu para esta obra revestimentos como as pastilhas utilizadas na piscina e nos banheiros, entre outros materiais, e a Uliart, que fez, sob medida, as portas e esquadrias de madeira e vidro utilizadas em várias partes da casa.

Fotos: Guilherme Andrade

Capa

Para evitar o desperdício de materiais e garantir a sustentabilidade da obra, Cláudia reaproveitou da casa demolida tudo que estava em bom estado e se encaixava na proposta do novo projeto. “Durante a obra, os materiais são empregados de forma criteriosa para evitar o desperdício e o respeito pelo trabalho e a boa convivência com os operários são fundamentais para trazer boas vibrações, que considero essenciais para meus clientes”, conta a arquiteta. Para integrar o novo conjunto arquitetônico à exuberante paisagem da ilha, o jardim criado pela paisagista Maria Cecília Van Sebroeck agregou flores e plantas nativas da

região à vegetação existente, valorizando a área verde do terreno, que teve seu contorno respeitado com a manutenção de árvores e grandes pedras que foram contornadas ou incorporadas ao projeto. “Valorizo a construção, respeitando o caminho do sol e dos ventos, a topografia e a paisagem, que, em Ilhabela, é excepcional”, completa Cláudia.


Pequeno refúgio

Fotos: Guilherme Andrade

Viver em espaços justos não significa abrir mão de conforto nem de soluções de bom gosto.

É

o que mostra este projeto de 90 metros quadrados do arquiteto Reinaldo Silva Jr, que transformou o pequeno terreno com uma bela vista para o mar em um aconchegante refúgio entre o oceano e a Mata Atlântica. “Quando um casal amigo me consultou na hora de comprar o terreno percebi que tinha um desafio e tanto: um lote de 210 m2 com largura de pouco mais de 7 metros e um certo declive, que ainda precisaria atender as restrições que a legislação local impõe com relação aos recuos e ocupação do solo. Procurei explorar o potencial que o terreno oferecia, que é a sua vista deslumbrante”, conta Reinaldo. Integrando as condições do terreno aos anseios dos proprietários, que queriam uma casa acolhedora e despojada, onde pudessem curtir a vista e a tranquilidade de Ilhabela, Reinaldo criou um projeto que destaca o cuidado com a otimização

22 - REVISTA ILHABELA


dos espaços, a integração e a ambientação multiuso e a distribuição interna informal, que integra a suíte, as salas e a compacta cozinha. Entre os materiais escolhidos, a estrutura de eucalipto tratado e acabamentos rústicos, como o piso de cimento queimado com detalhes em ladrilho hidráulico, viabilizaram a obra e são o resultado de uma experiência que prega a sustentabilidade na construção e no estilo de vida. Para dar amplitude à construção e aproveitar o máximo da vista, portas e janelas de madeira e vidro se abrem para a varanda que cerca e casa, integrando praticamente todos os ambientes à paisagem. “É possível habitar com conforto, design e um pouco de luxo, tudo isso sem gastar muito, em espaços restritos, mesclando o rústico com um toque de contemporaneidade, aberturas estrategicamente localizadas, áreas envidraçadas, sem limite para o lado de fora. O luxo fica por conta da paisagem”, lembra Reinaldo. “Morar em espaço pequeno exige muita organização, mas o verdadeiro conforto dispensa enormes salas ou infindáveis portas. A delicada escolha da decoração, descolada e funcional, e sua relação com a casa representam o seu jeito de morar, e a energia que você imprime em cada canto é que faz toda a diferença!” completa.

Decoração

Como a casa ficou pronta há pouco tempo, para dar conforto e beleza aos ambientes, Reinaldo Silva Jr. contou com a ajuda de Eloisa Bernardino, proprietária da Espaço Casual, loja de móveis e decoração presente há mais de dez anos em Ilhabela e que se especializou na ambientação de casas de praia. Para esta produção, escolheram móveis confortáveis, como o sofá e as poltronas utilizadas na sala, além de materiais rústicos, como madeira e fibras naturais, que se integram perfeitamente ao clima praiano. Na decoração, elementos coloridos como painéis, telas, vasos e tapetes conferem ambientes mais alegres e descontraídos, enquanto lanternas, abajures e luminárias garantem uma iluminação confortável e valoriza os espaços, criando um clima de aconchego que se estende pela casa toda.

Capa


Soluções inteligentes

Para atender às necessidades de sua cliente na reforma de um apartamento de 100m2, a arquiteta Letícia Carvalho criou um projeto focado em detalhes que fizeram a diferença.

Q

uando começou a desenhar o projeto de reforma desta casa de veraneio de 100 metros quadrados localizada em um condomínio em Caraguatatuba, a arquiteta Letícia Carvalho tinha o desafio de, em um espaço pequeno, criar soluções para que a casa de sua cliente, uma pessoa muito bem organizada, permanecesse sempre impecável, com lugares específicos para guardar desde pertences pessoais até utensílios de uso comum, evitando coisas espalhadas e a bagunça comum em muitas casas de praia. A segunda exigência era que a reforma privilegiasse as áreas sociais, criando ambientes onde a família pudesse curtir mais a casa, reunir os filhos e receber os amigos. Para garantir a organização, o primeiro passo foi a criação de muitos armários, aproveitando cada pequeno espaço, o que levou Letícia a criar soluções inteligentes e um excelente aproveitamento da área construída existente.

Fotos: Guilherme Andrade


A área de serviço, com máquina de lavar, tanque e um pequeno varal foi “escondida” dentro de um armário, ao lado da churrasqueira, que foi integrada à cozinha através do aproveitamento de parte do espaço externo. Um pequeno vão que restou entre os dois espaços foi transformado em um armário para guardar vassouras, escada, ferro de passar e outros utensílios. Na cozinha, todas as paredes foram aproveitadas para a instalação de armários e entre ela e as salas de jantar e estar foi utilizada uma porta deslizante que, quando aberta, também se “esconde” atrás da geladeira. Na sala, o quadro de luz ficou “guardado” dentro de um armário e o pequeno vão na escada que dá acesso aos quartos ganhou porta e prateleiras e foi aproveitado para guardar as coisas da família. Cada pequeno espaço foi otimizado e o resultado é uma casa confortável, aconchegante e realmente muito bem organizada. “Em espaços pequenos, o desafio do arquiteto é sempre maior, pois precisamos lançar mão de muita criatividade para desenvolver soluções que atendam às necessidades de toda a família”, afirma Letícia.

sótão se transformou no terceiro andar da casa totalizando 3 suítes. Outro destaque da reforma é o projeto de iluminação, também desenvolvido por Letícia, que além de arquiteta é iluminadora profissional e titular da Zenith Iluminação. A escolha adequada de spots, luminárias e lâmpadas especiais e a localização estratégica de todos os pontos de luz valorizaram os ambientes, móveis e objetos de decoração, além de oferecer mais conforto aos moradores e visitantes da casa. Uma dessas soluções, empregada nas duas suítes que ficam no segundo andar da casa, tem o objetivo de garantir a privacidade e facilitar o trabalho doméstico, e permite que as roupas sujas depositadas no banheiro sejam recolhidas pela empregada sem que ela precise entrar no quarto. No corredor que dá acesso as duas suítes, foi instalado um cesto que pode ser acessado dos banheiros, por uma pequena porta no armário, e pelo lado de fora, através de uma porta camuflada no lambri que cobre a parede. Para receber os dois filhos da proprietária, uma pequena área que era utilizada como


Arquitetura virtual construir sonhos ficou mais fácil

P

ense na casa dos seus sonhos. Estamos falando daquela casa que você gostaria de construir do seu jeito, cheia de peculiaridades sonhadas por você e por sua família, as vezes um sonho de uma vida inteira. Sonhou? E se agora que chegou a hora de concretizálo, após infindáveis reuniões com o arquiteto, de inúmeros gastos, o sonho começa a se transformar em algo relativamente distante do que você imaginara, transformandose numa casa que apesar de bonita e bem construída, é muito diferente do que você havia sonhado. O que fazer? A responsabilidade por frustrar ou concretizar sonhos, na maioria das vezes, tão caros para as pessoas, faz com que o ato de projetar seja dos mais instigantes para os profissionais de arquitetura, se configurando na ação essencial da profissão. Para não errarmos, nos obrigamos a lançar mão de todo o instrumental que estiver ao nosso alcance para testar ideias, apresentálas ao cliente, errar, corrigir, tornar a fazer até termos a certeza que acertamos, que o projeto retrata fielmente como o cliente

queria. Mas afinal o que é um projeto? Projetar deriva do latim projectare, que significa lançar para frente, ou arremessar. Pode ser entendido como um exercício de construção mental e de visualização de algo que não existe. O projeto é feito no presente, com olhos no futuro. Lança uma ideia a frente. Se vai funcionar, ou não, só o tempo pode dizer. Quem projeta deve saber “ler” a paisagem e a topografia, interpretando e sentindo suas possibilidades; deve ser apto a fazer as perguntas certas, a entender o não dito, escutar o que ficou nas entrelinhas; deve saber perceber o que é verdadeiramente importante para o cliente e o que lhe é secundário. Deve ter também a humildade para respeitar as vontades do cliente, mas também saber dizer não, quando a necessidade assim impõe. Tudo isso sem perder a capacidade de se expressar de maneira clara e objetiva, transmitindo as ideias de projeto, de forma que traga não só as informações necessárias ao entendimento do mesmo pelo cliente, mas também, ser capaz de lhe dar a certeza

de que o seu sonho foi entendido de forma plena e que, portanto, será viável concretizálo. Tais aptidões vão depender muito da experiência profissional e de vida do arquiteto ou do engenheiro, mas também das ferramentas ou instrumentos que ele vai usar para mostrar a você que o seu sonho foi captado. Ou seja, vai depender de como ele apresenta as respostas aos seus anseios, em como lhe mostra que entendeu o que você e sua família queriam. Croquis e desenhos como plantas, cortes e elevações formam o repertório básico de concepção e de representação de projetos, enquanto as perspectivas, e principalmente as maquetes, sejam físicas ou virtuais, constituem um claro upgrade nos processos de projetação. Nossa experiência profissional mostra que as plantas e cortes, na maioria das vezes, não são entendidos na sua plenitude por aqueles não acostumados com o seu uso. Uma linguagem cifrada, que transforma volumes, como as casas e seus cômodos, em desenhos bidimensionais. Daí a importância


Reforma 3D – antes e depois: no projeto de reforma a maquete permitiu a visualização do impacto da ampliação no terreno e na paisagem

das perspectivas e das maquetes, ainda na fase de concepção, sejam elas físicas ou virtuais. As perspectivas feitas a mão estão caindo em desuso, e já não conseguem encantar e atrair as novas gerações de profissionais, que preferem se utilizar de meios digitais. As maquetes físicas, tão antigas quanto a própria profissão de arquiteto, podem destinar-se a concepção ou a apresentação de projetos. As utilizadas nos ajustes de projeto são cada vez menos usadas. As maquetes de apresentação - aquelas que costumamos ver nos estandes de venda - são usadas para explicitar com elevado realismo o objeto a ser construído, demandando um trabalho artesanal, especializado e demorado, o que acaba inviabilizando o seu uso quando da concepção de residências unifamiliares. As maquetes digitais ou eletrônicas ganharam espaço a partir da democratização da utilização das ferramentas digitais. Permitem a manipulação das formas, volumes e espaços que definem a composição arquitetônica, favorecendo investigações e análises dos aspectos estruturais, construtivos e estéticos da edificação, proporcionando ainda a avaliação de suas características quanto aos aspectos climáticos e de eficiência energética da edificação ainda na fase de concepção. No campo publicitário as maquetes digitais encontram o ápice de sua existência, funcionando como um elo entre a criação arquitetônica e os desejos e as necessidades do comprador em potencial.


Capa A evolução dos softwares vem favorecendo seu uso num processo cada vez mais interativo, permitindo modificações com uma rapidez infinitamente maior. Em nosso trabalho com ferramentas tridimensionais nos últimos 15 anos, desenvolvemos uma metodologia de projeto na qual as maquetes se incorporam totalmente ao processo de concepção, sendo explorados no modelo virtual vários caminhos de projeto e opções de volumetria. A interação com o cliente e outros profissionais envolvidos também fica facilitada, permitindo uma participação mais efetiva nas decisões. Muitas vezes as maquetes digitais causam mudanças nas definições do projeto, principalmente quanto ao acabamento. Em alguns casos, o próprio conceito arquitetônico pode mudar radicalmente por causa de uma imagem modelada, redefinindo as linhas da edificação. Sua utilização é possível em diversas aplicações, desde projetos de construções novas, até reformas, projetos de interiores e paisagismo. As formas de visualização são inúmeras, mesmo a distancia, podendo inclusive ser “visitadas” online.

As possibilidades são infinitas, e o futuro nos trará novas alternativas. Muda o instrumento, mas permanece a mão que o conduz. Lembra do sonho? Muito mais que uma imagem, o projeto representa uma vontade, uma intenção. O arquiteto, além de ferramentas, deve possuir a sensibilidade necessária para interpretar o sonho, deve saber perscrutar o futuro, levando para longe, muito longe, o risco de ver seu sonho se tranformar em pesadelo. Giselle Bahiense Arquiteta (UFF), Especialista em Conforto Ambiental e Eficiência Energética (USP) e Titular da Oficina de Criação de Espaços Sustentáveis em Ilhabela. Leonardo Cunha Arquiteto e Urbanista (UFF), Especialista em Planejamento Ambiental (UFF), Mestre em Ciência Ambiental (USP) e Titular da Oficina de Criação de Espaços Sustentáveis, em Ilhabela.

interiores 3D – antes e depois: no projeto de interiores a visualização 3D foi decisiva para uma mudança radical da lareira existente


Diversão garantida

Principal atração da área de lazer, tanto em casas de praia e de campo quanto em muitas residências, a piscina valoriza o projeto arquitetônico e oferece diversão para toda a família.

C

ada vez mais presentes nas áreas de lazer de casas de veraneio e residências, as piscinas se tornaram item obrigatório em muitos projetos de construção ou reforma, e para atender a crescente demanda deste mercado, empresas especializadas neste segmento vêm investindo no desenvolvimento de novos produtos, em busca de praticidade, qualidade e preços competitivos. É o caso da iGUi Piscinas, que atualmente é líder na fabricação de piscinas de fibra, com 13 fábricas no Brasil e três no exterior, mais de 300 revendedores no Brasil e outros 150 ao redor do mundo e nada menos que 150 mil clientes atendidos. Práticas e modernas desde a instalação até a manutenção, as piscinas iGUi estão

Fotos: Divulgação

disponíveis em diversos tamanhos e modelos, atendendo projetos de pequeno, médio e grande porte, para residências, clubes, casas de campo e de veraneio, hotéis e pousadas. Para auxiliar a escolha do modelo, a empresa oferece assessoria técnica, além de mão de obra especializada para instalação e assistência. Outra vantagem é que a piscina pode ser instalada em apenas cinco dias e tem garantia de fábrica de 15 anos para todos os modelos. Para manutenção e tratamento da água, a iGUi oferece o sistema Progeu Full, que dispensa o uso de cloro, promovendo a filtragem da água e sua descontaminação através de luz Ultravioleta. Seguro e eficiente, o filtro elimina as impurezas e microorganismo da água sem agredir a saúde e o meio ambiente, e por não utilizar produtos químicos, evita sensações desagradáveis, como irritação nos olhos e ressecamento dos cabelos e da pele. No Litoral Norte, a iGUi Caraguá, revenda

autorizada da marca, atende as cidades de Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela, e oferece toda a linha de produtos da empresa, desde versões compactas, adequadas a pequenos espaços, até piscinas de pequeno, médio e grande porte, além de projetos especiais. Com disponibilidade de entrega imediata para vários modelos, a loja faz a instalação e montagem que, de acordo com as condições do local, pode ser executada em apenas cinco dias. O pagamento pode ser parcelado em até 10 vezes sem juros ou financiado através de instituições de crédito. A revenda iGUi de Caraguatatuba fica na Rua Min. Dilson Funaro, 876 - Jd. Britânia (Marginal esquerda da Rodovia Caraguá / São Sebastião). Tel. (12) 3888-4613 / 7813-1382 | caragua@igui.ws.


Soluções sob medida

C

omponentes de destaque em muitas casas, as esquadrias especiais ganham cada vez mais espaço nos projetos, em versões customizadas para atender as necessidades da construção e dar liberdade à criatividade dos arquitetos. Especializada na fabricação de esquadrias de madeira de alto padrão, a Uliart desenvolve, em parceria com o arquiteto, soluções sob medida para os mais diversos tipos de projetos, com uma linha que inclui portas maciças, pivotantes, pantográficas, de correr e tipo balcão, vitros e venezianas, além de uma linha de produtos especiais, que podem ser criados de acordo com a necessidade do cliente. Para a fabricação das peças, a empresa conta com uma moderna fábrica instalada no interior de São Paulo, que une equipamentos de alta tecnologia a profissionais experientes e qualificados, que garantem o acabamento artesanal dos produtos. Além disso, toda a madeira utilizada é extraída através de manejo sustentável, autorizado e auditado pelo IBAMA. A empresa conta ainda com uma linha diversificada de esquadrias de alumínio, além de ferragens de primeira qualidade, com puxadores exclusivos para portas pivotantes, cremonas em latão embutidas, sem varetas aparentes, para esquadrias pantográficas e portas balcão, trilhos aparentes para portas de correr parede, fechaduras em todas as peças de correr, além de um exclusivo sistema de portas de correr com roldanas especiais que garantem um funcionamento impecável. Em Ilhabela, a Uliart conta com show room onde é possível conferir a linha de produtos e encomendar projetos sob medida.

Foto: Guilherme Andrade


Fotos: Guilherme Andrade

A versatilidade do Vidro Cada vez mais utilizados nos projetos, os vidros são a solução perfeita para integrar os ambientes internos à paisagem.

I

tem obrigatório em qualquer projeto, o vidro é um material prático e versátil, que pode ser empregado nas mais diversas aplicações. Graças a essas características, em muitas casas no litoral ele deixou de ser apenas coadjuvante em banheiros e janelas e passou a estrelar construções onde, muitas vezes, é um dos

elementos principais, integrando salas, quartos, varandas e demais ambientes à exuberante paisagem da região. Em casas com vista para o mar ou para a mata, o vidro substitui paredes, portas e janelas, cobre grandes ou pequenos vãos e permitem que, além de aproveitar melhor a paisagem, os ambientes recebam luz natural. Presente há mais de dez anos no mercado de Ilhabela, a Ilha Vidros oferece produtos e serviços voltados a projetos de reforma ou construção de pequeno, médio e

grande porte e conta com uma linha completa de vidros temperados, laminados e jateados para as mais diversas aplicações, policarbonatos, esquadrias de alumínio e madeira, Box, persianas, soluções para espaçamento aberto e envidraçamento de sacadas. Todos os serviços são executados por profissionais qualificados, obedecendo sempre os prazos de entrega acordados com os clientes. Para projetos especiais, desenvolve soluções customizadas, em parceria com o arquiteto, construtor ou proprietário do imóvel, criando produtos sob medida, de acordo com a necessidade de cada cliente.


Móveis e objetos completam o clima praiano

S

e o projeto arquitetônico de uma casa na praia precisa considerar aspectos como a integração com a natureza, condições climáticas e características da paisagem, a escolha dos móveis e objetos de decoração não é diferente. Mobiliar e decorar uma casa no litoral, seja ela uma residência fixa ou de veraneio, exige cuidado na escolha dos materiais, que devem ser resistentes à umidade comum na região, no caso de móveis internos, e suportar longos períodos de exposição ao sol e a chuva, quando usados nas áreas externas. Para atender o mercado do litoral, a Villa Rose Grelle tem móveis e objetos de decoração ideais para casas de praia, com uma ampla linha de mesas, cadeiras, poltronas, sofás, espreguiçadeiras, bancos, aparadores, camas, araras, criados-mudos, racks e outros móveis em madeira, metal, fibras naturais ou sintéticas com opções para ambientes internos e externos. Na linha de decoração, há objetos artesanais garimpados em várias regiões do país, linha têxtil com mantas, almofadas, cortinhas, tapetes, redes e futtons, lustres e luminárias, vasos, gaiolas decorativas para jardim, utensílios para casa e presentes. Foto: Guilherme Andrade

Arquitetura / Projetos: Oficina de Criação - Giselle Bahiense / Leonardo Cunha (12) 3896-3951 – www.oficinaarquitetura.com.br Reinaldo da Silva Jr (12) 3896-1044 / (12) 9793-8055 www.arqreinaldo.blogspot.com Maria Cláudia Van Sebroeck (12) 9766-2520 Letícia Carvalho (12) 3892-1020

Serviço

Fornecedores:

Ilha Vidros | (12) 3896-6741 – www.ilhavidros.com.br Igui Piscinas | (12) 3888-4613 – www.igui.ws Zenith Iluminação | (12) 3892-1020 Espaço Casual | (12) 3896-6605 – www.espacocasual.com.br Huber | (12) 3896-4343 Uliart | (12) 3896-5290 – www.uliart.com.br

Rose Grelle | (12) 3896-5788


Gastronomia

Festival do Camarão de Foto: Guilherme Andrade

Ilhabela

Entre os dias 9 de setembro e 2 de outubro a cidade recebe a 16ª edição do evento, que acontece em diversos restaurantes da cidade.

O

Festival do Camarão de Ilhabela nasceu em 1995, da iniciativa de alguns comerciantes da cidade que levaram à Associação Comercial a ideia de fazer um festival gastronômico com pratos inspirados no camarão, ingrediente muito apreciado e farto nesta época do ano. Entusiasmada com a ideia, a entidade reuniu os empresários locais e realizou o primeiro evento, que fez sucesso entre turistas e moradores, e desde então se tornou responsável por sua organização. Durante o período do festival, os restaurantes participantes servem, além dos pratos tradicionais de seus cardápios, uma receita à base de camarão criada exclusivamente para o evento. A proposta é surpreender os clientes! Para este ano, a novidade preparada pela associação é o “Boteco do Camarão”, que será montado na Praça Coronel Julião, na Vila, com stands onde os visitantes poderão experimentar petiscos e drinks preparados pelos restaurantes participantes. Entre outras surpresas, haverá apresentações de chefs locais, como o Duchi, do Ilha Deck Hotel e Restaurante, que vai preparar uma paella ao vivo, na praça. Haverá ainda um concurso do melhor prato do festival, onde os clientes dos restaurantes darão notas para os pratos, preenchendo cupons que serão depositados em uma urna. Os clientes que votarem vão concorrer a prêmios e o garçom que mais vender o prato do festival também será premiado. O Festival do Camarão de Ilhabela é uma realização da Associação Comercial e Empresarial de Ilhabela, com o apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Turismo. Mais informações pelo site: www.ilhadagastronomia.com.br

Camarão Mais Você, criação do chef Reinaldo Felipes, do Restaurante Praia do Portinho: Camarões com molho de tomates frescos, kiwi, pimenta mexicana e manjericão, acompanhado de purê de batata doce.


Foto: Divulgação

Alaide Costa encantou o público em jantar especial promovido pelo restaurante Prainha do Julião

N

a noite de 30 de julho o Bar e Restaurante Prainha do Julião promoveu um jantar especial, seguido de apresentação da ilustre Alaide Costa, patrimônio de nossa música popular, acompanhada do pianista Giba Estebez. Em homenagem aos 80 anos de João Gilberto, Alaíde interpretou canções inesquecíveis da bossa nova. Servido antes da apresentação, o jantar teve duas opções de pratos: Fettuccine ao molho de Camarão Rosa e uma das receitas mais elogiadas do menu, o File de Badejo com Arroz Thai e Salada Verde. “O evento foi um sucesso, com 50 pessoas presentes, numa agradável noite chuvosa. Nossa intenção é promover este tipo de encontro bimensalmente, trazendo uma opção de lazer cultural de qualidade e bom gosto para clientes e amigos”, contam Geraldo e Ana Julião, responsáveis pelo restaurante.

Foto: Guilherme Andrade

Maiores informações: prainhadojuliao@hotmail.com | (12) 3894-1867.


Copacabana Beer agora tem serviço de delivery

D

esde o ano passado, o restaurante Copacabana Beer ampliou seu espaço e seu cardápio com a inauguração de uma forneria, de onde saem pizzas saborosas, preparadas com ingredientes de primeira qualidade e assadas em forno a lenha. Em pouco tempo, as pizzas de massa fina e recheio farto caíram no gosto dos clientes e, atendendo a pedidos, a partir de setembro a forneria passa a oferecer o serviço de delivery para todo o cardápio de pizzas da casa, nas versões média (4 pedaços) ou grande (8 pedaços), com 23 opções salgadas, como as tradicionais Mussarela e Marguerita, até receitas especiais como Rúcula com Tomate Seco, Brócolis, Pepperoni, Quatro Queijos e Palmito, além de duas pizzas doces. O serviço funcionará de terça-feira a domingo a partir das 19 horas e atenderá os bairros localizados entre a Praia da Siriúba, no norte da Ilha, até o Perequê. A taxa de entrega será de R$ 3,00.

Tel. (12) 3896-4116.

Foto: Guilherme Andrade

Forneria do


Novos pratos no cardápio do

Manjericão

O

menu do restaurante Manjericão, na Vila, acaba de ganhar duas novas receitas, preparadas especialmente para agradar o paladar de quem aprecia peixes e frutos do mar. A primeira é a Anchova inteira grelhada, que acompanha farofa de camarão, arroz branco e batatas coradas, seguida pelo Camarão na Moranga, que tem suculentos camarões grandes com molho de catupiry servidos na abóbora e acompanhados por arroz branco e batatas fritas. Experimente!

Fotos: Guilherme Andrade

Avenida Força Expedicionária Brasileira, 20 – Vila. Tel. (12) 3896-5119.


Bartenders representam Ilhabela no Campeonato Brasileiro de Coquetelaria

Entre os dias 16 e 19 de Julho, aconteceu em Guarulhos o XXXVI Certame Brasileiro de Coquetelaria, que reuniu Bartenders de todas as partes do Brasil e contou com a presença de cinco representantes da região, através da ABL - Associação de Bartenders do Litoral.

D

urante o evento foram disputados o 1° Campeonato de bebidas sem álcool da Da Vinci Gourmet, o 2° Campeonato Midori, o Campeonato Brasileiro de Coquetelaria e o Certame Campeão dos Campeões, que reuniu os campeões brasileiros de todos os tempos, oferecendo a oportunidade de ver em ação lendas da coquetelaria brasileira, como o Sr. Akira, 1° Campeão brasileiro da modalidade. O encontro contou ainda com a presença de alguns dos fundadores da Associação Brasileira de Bartenders,

como o Sr. Araujo, atualmente proprietário de uma pousada em Ilhabela. Os representantes da ABL foram: Fátima Severina, do restaurante Pasta Del Capitano, Welio Vieira, bartender free-lancer, Leandro, do hotel Pelicano, Fernando de Almeida, da Pousada do Capitão e R. David Lopes, do Restaurante do Cura. Além da ABL, participaram entidades de várias partes do país: Bahia, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Brasília, Paraná, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Espírito

Santo e São Paulo, reunindo mais de 100 bartenders de todo o Brasil. Apesar de terem apresentado boas performances, os representantes da ABL não conseguiram alcançar o primeiro lugar. Um deles, Leandro Faria, teria conseguido o título de Campeão Brasileiro se não tivesse excedido o tempo estimado de 5 minutos na preparação do seu coquetel. "Vale pela experiência e é um bom indicador de que, pelo menos, estamos no caminho certo, para o próximo ano treinaremos mais este aspecto", diz R. David Lopes.


Gastronomia Fotos: Divulgação

"Fico muito orgulhoso do desempenho dos nossos Bartenders nas competições. Obviamente, sair Campeão é sempre bom, mas aqui tentamos valorizar, sobretudo, o intercâmbio de opiniões e experiências entre os participantes. Foram três dias respirando coquetelaria com profissionais de todas as partes do país, muitos deles com experiência internacional. É realmente muito gratificante. É claro que já estamos pensando no certame do próximo ano. Participar destes eventos é sempre uma motivação para os bartenders, a possibilidade de conhecer mais sua profissão e ver que não estão sozinhos neste universo da coquetelaria é muito importante. Esperamos que no próximo ano possamos trazer mais representantes, de maneira que mais e mais bartenders da região saibam do trabalho

da Associação e seus representantes, e o valor que isso tem para nossa maravilhosa profissão", completa. Como acontece todo ano, os Presidentes e Vice-Presidentes das Sub-sedes se reuniram às máximas autoridades da Associação Brasileira de Bartenders para discutir assuntos de interesse geral da classe, dentre os quais se destacou a importância e a necessidade de reconhecimento da profissão, e a correta utilização, através de autorização expressa da ABB, da logo marca da Associação Brasileira de Bartenders. Para mais informações do evento, acesse o site da Associação Brasileira de Bartenders www.assbb.org.br. Para saber mais sobre Associação de Bartenders do Litoral entre em contato por e-mail: abl@bartenderslitoral.org.br, blog : bartenderslitoral.blogspot.com ou site - www.bartenderslitoral.org.br. O próximo Curso Básico de Bartenders promovido pela associação terá início no dia 24 de outubro (carga horária de 40 horas).


Yoga

Como funciona o Método PERFORMANCE O nosso aluno aprende técnicas de reeducação respiratória e técnicas corporais, observa seus limites e os transcende de forma prazerosa e responsável. A aula é dinâmica e em bom astral. As técnicas geram e equalizam a força do aluno aumentando o desempenho do praticante em todas as atividades da vida cotidiana, ajudando-o a conquistar suas metas.

O LIMITE Durante as práticas o aluno é colocado diante de sua limitação. Nossa função, além de ensinar a correta execução, é conduzir e incentivar o aluno a ter uma compreensão amigável da limitação que seu corpo lhe impõe e, observando, aprender muito sobre si mesmo. Conhecer-se (auto conhecimento) é consequência direta da prática do método e auto-observação dos limites. SUPERANDO O LIMITE Reconhecer que nosso corpo tem limites não significa conformismo ou estagnação. No PERFORMANCE usamos este conhecimento como plataforma de lançamento para uma nova condição corporal, mais forte e flexível. O método garante a reprogramação corporal de forma prazerosa e segura. O RESULTADO Aquele que pratica PERFORMANCE sente-se mais forte e energizado, mais seguro de si, mais lúcido. É fácil imaginar que tais atributos resultem em qualidade de vida e melhoria de desempenho em todas as atividades do dia a dia. O DIFERENCIAL DO MÉTODO PERFORMANCE Este método baseia-se em conhecimento milenar e, ao mesmo tempo, elementar, simples. Já nas primeiras aulas o aluno trava contato com desafios que nunca sonhou ser capaz de superar. A técnica é muito eficiente e diferente de tudo que você já viu!

Fotos: Divulgação

Conheça praticando! André e Marina são professores de SwáSthya (leia suástia) há mais de 11 anos. Formados pelo Professor DeROSE, sistematizador do SwáSthyaYôga, na Primeira Universidade de Yôga do Brasil. Iniciaram a carreira em Curitiba, onde foram proprietários de uma escola da Rede DeROSE, dedicando-se exclusivamente a ministrar aulas regulares e preparar novos instrutores. Em Ilhabela desde 2007, o casal ministra aulas de PERFORMANCE em horários distintos para adultos e adolescentes. O espaço próprio está localizado à Rua Cocaia, 628. Mais informações pelo site: www.yogailhabela.com.br ou por telefone: (12) 3896-6375.


O

Aromaterapia nos Ambientes

s óleos essenciais, ou substância aromática das plantas, além de exercerem diversas funções nas próprias plantas como proteção ao calor ou frio, cicatrização, atração de insetos polinizadores, dentre muitas outras conhecidas e desconhecidas, por sua complexa composição química, também podem nos servir como componentes harmonizadores em muitos âmbitos (físico, emocional, mental e energético), tanto nas pessoas como no ambiente. A aromatização de ambientes é um assunto que anda em moda, e muito se fala na mídia sobre o Marketing Olfativo. É muito importante sabermos diferenciar Aromaterapia (ou uso terapêutico de óleos essenciais), de Marketing Olfativo, que é um ramo da indústria da propaganda que se utiliza de essências aromáticas, naturais ou sintéticas para provocar certas reações emocionais, instintivas e inconscientes nas pessoas. Tais reações ocorrem porque os aromas ativam nossas glândulas olfativas, que emitem sinais elétricos para uma região do cérebro responsável por respostas instintivas e emocionais de sobrevivência básica (o sistema límbico). Através da sensação aromática podemos ter reações imediatas de aversão ou desejo, defesa ou ataque, atração ou repulsa, prazer ou angustia, fome ou enjôo. Todos os aromas, naturais ou sintéticos, provocam reações no sistema límbico. No entanto, o valor terapêutico dos óleos essenciais deve-se á sua complexidade química, já que eles atuam de diversas maneiras, ao contrário dos produtos quimicamente sintéticos, que atuam de um único modo, relativo ao composto químico ativo. Além disso, um produto sintético jamais terá a variedade de compostos

químicos que os óleos naturais contêm, perdendo a sinergia* específica advinda da fusão molecular desses elementos, que atuam de maneira bem específica na cura. Entendendo os mecanismos explicados acima, podemos perceber o quão delicada se torna a aromatização de ambientes. Ninguém pode escolher parar de respirar se um determinado aroma dissipado no ar não agrada ou provoca reações alérgicas, ou se a pessoa não quer ser manipulada pelas reações que tal aroma provoca. A aromatização terapêutica de um ambiente utiliza apenas óleos essenciais em suas sinergias e pode ser aplicada com vários objetivos: a desinfecção de um espaço que possa estar contaminado por vírus e bactérias; a elevação das vibrações energéticas de um espaço onde as energias estão pesadas e densas; onde o clima de tristeza ou irritação, por exemplo, estão sempre presentes; num consultório médico ou de psicoterapia, entre um paciente e outro, para limpar o ambiente; numa casa onde as brigas estão sempre presentes ou em ambientes com muitas coisas guardadas e estagnadas ou simplesmente para manter uma atmosfera harmônica e equilibrada.

Boas combinações:

Lavanda (lavandula angustifólia)para harmonia, equilíbrio; Laranja Doce (citrus aurantiun var. dulcis) com Hortelã (Mentha piperita) para frescor, alegria, otimismo, movimento, desbloqueio – essa combinação é muito boa para consultórios de psicologia; Eucaliptus (E. citriodora ou E. glóbulos ou E. staigeriana) com limão (citrus limon) para desinfecção de ambientes onde circulam pessoas doentes, clareza mental.

Aromaterapia Foto: Guilherme Andrade

Receita para um spray de 100ml:

70ml de álcool de cereais, diluir no álcool 30 ou 40 gotas do ou dos óleos essenciais escolhidos, acrescentar 30ml de água destilada. Acondicionar em recipiente tipo spray e guardar ao abrigo de luz. Faça um uso consciente e respeitoso dos aromas da natureza. Somos parte deste grandioso equilíbrio cósmico. As ferramentas para encontrarmos o equilíbrio e a harmonia estão todas disponíveis, se estivermos mais próximos da natureza, estaremos mais próximos da sabedoria cósmica. A natureza cuida de nós assim como nós cuidamos dela.

Mariana Ribeiro é Aromaterapeuta e estudante de Enfermagem. Oferece sessões de Aromaterapia e massagem Enfleurage e também comercializa óleos essenciais de boa qualidade em seu ateliê em Ilhabela. Mais informações: (12) 9729-8379 mari_aroma@hotmail.com.


Estética

O

verão está chegando... momento onde as roupas são mais leves, o corpo fica mais a mostra e as escapadinhas alimentares no inverno aparecem: as temidas gordurinhas “mal localizadas!” No inverno, ingerimos mais alimentos ricos em gordura e açúcar, guloseimas, banhos quentes e demorados, consumimos menos água, geralmente ficamos mais sedentários como um mecanismo de defesa do organismo para espantar o frio. Na época fria do ano, consumimos muito mais caloria para poder manter o equilíbrio do metabolismo basal (quantidade calórica ou energética que o corpo utiliza, durante o repouso, para o funcionamento de todos os órgãos, por exemplo: coração, cérebro, pulmões, intestinos). Na estação do verão, geralmente as pessoas se expõe mais ao sol, se hidratam mais, tomam banhos mais frios... hábitos mais saudáveis quando comparado as estações frias do ano. Algumas pessoas procuram os cuidados estéticos entre setembro e novembro, período da estação primavera, com intuito de estar com uma ótima aparência para o

♪♫ Vem chegando o verão... verão... mas existem algumas dicas que podem ser bem vindas para que o resultado seja ainda mais satisfatório quando associado aos hábitos alimentares, exercícios e até mesmo como o organismo funciona. Neste período, a maior procura são os cuidados na área da estética corporal, que quando associados ao tratamento para diminuir medidas, uma dieta de baixa caloria e exercícios, proporcionam resultados satisfatórios. Os bons resultados se dão através do Balanço Energético Negativo:

Antes, vamos entender o que é o Balanço Energético (Calórico): Trata-se do equilíbrio entre a quantidade de calorias ingeridas (através dos alimentos) e a quantidade de calorias gastas (o que utilizamos no metabolismo basal + calorias gastas com atividades).


Quando a quantidade de caloria ingerida é a mesma que se gasta, o peso é mantido. Mas quando a quantidade de caloria ingerida é maior que o gasto calórico, geralmente pessoas sedentárias ou com problemas hormonais apresentam um acúmulo em forma de gordura (triglicerídeos), e para eliminar a gordura acumulada (diminuir o peso), esta conta deve ser NEGATIVA: a quantidade de calorias gasta deve ser MAIOR que a ingerida e a melhor maneira para isso acontecer é utilizar esta caloria através dos exercícios. O músculo consome muita energia (caloria) para realizar sua contração, utilizando assim a gordura como combustível. Desta forma, o Balanço Calórico pode ser resumido na seguinte equação: Ingestão Calórica – Gasto Calórico = Balanço Calórico Se o balanço calórico for maior que zero, é positivo, se for menor que zero, é negativo. E se for igual a zero, ele está em equilíbrio. O tratamento corporal que está disponível no setor de Estética do salão La Ville associa terapias combinadas do Heccus® (propriedade do ultra som de alta potência que consiste em diminuir a espessura da membrana da gordura somada a Corrente Aussie, com finalidade de estimular a musculatura), sessões de a vacuoterapia e Plataforma Vibratória. Um tratamento que está ganhando destaque quando o assunto é gordura localizada é a Eletrolipólise, uma técnica inovadora e eficaz onde os efeitos das tradicionais agulhas de acupuntura são potencializados por uma corrente elétrica específica de baixa potência, quebrando a gordura através desta estimulação de uma corrente alternada, uma das programações que o Heccus® disponibiliza. O espaço de estética La Ville conta também com outros serviços como: Massagem Relaxante, Drenagem Linfática Manual, Massagem Modeladora, Strong Massage, Massagem com Pedras Quentes, Massagem Modeladora Facial, Limpeza de Pele, Hidratação Facial, Tratamento de Estrias, depilação Egípcia (com linha), permanente de cílios, banho de lua (clareamento dos pêlos, finalizado com Massagem Relaxante), Gomagem Corporal (esfoliação corporal finalizado com Massagem Relaxante), Bronzeamento a jato ( Key West Rayz® ), entre outros. Aproveite e prepare-se para arrasar no Verão! Waleska Regina de Souza, Fisioterapeuta (CREFITO 91.805-F) formada desde 2004.


BoasCompras

Objetos de Decoração, na Espaço Casual.

Nova coleção Primavera/Verão na Estilo Direto.

Peças artesanais do Projeto Ilha das Noivas.

Luminárias importadas de Bali, em vários tamanhos e modelos, na Lampião Luz e Arte.

Cueca Lupo, Miss Kind Short Triumph e Camisola Triumph, na Fina Pele Lingerie. 44 - REVISTA ILHABELA


Solar Victor Hugo, na Consultoria Ótica Tatiane Utiaque.

Esculturas em vidro artesanal da Artista Jô Gattás em exposição no Ateliê Cerâmica com Arte e no Mercado das Artes. Relógios Technos e Orient, Corrente com Pingente e Anel, na Ótica e Relojoaria São Sebastião.

Ateliê Cerâmica com Arte | Silvia Araújo Rua Espírito Santo, 145 - Barra Velha Rua da Padroeira , 12 - loja 6 - Vila Tel.: (12) 3896-5751 Consultoria Ótica Tatiane Utiaque Rua Irene Barbosa, 137 - Perequê Tel. (12) 3896-6676

Placas com mensagens em cerâmica artesanal pintada a mão, no Ateliê Cerâmica com Arte.

Espaço Casual Praia Fazenda Barreiros, 2024 Tel. (12) 3896-6605 Estilo Direto Rua Dois Coqueiros, 115 - lj. 2 - Perequê Tel. (12) 3896-1374 Fina Pele Lingerie Av. Princesa Isabel, 1388 - Perequê Tel. (12) 3896-3993 Ilha das Noivas Praça da Mangueira - Perequê Tel.: (12) 9744-7324 Jô Gattás Tel.: (12) 9719-7154 Lampião Av. Princesa Isabel, 1634 - loja 11 - Perequê Tel.: (12) 3896-1487 Mercado das Artes Rua Dois Coqueiros, 134 - Perequê Tel.: (12) 3896-6034 Ótica e Relojoaria São Sebastião Av. Princesa Isabel, 1173 - Lj 1 - Perequê Tel.: (12) 3896-2221


BoasCompras

Luminárias de chão, de mesa e em forma de arranjo, Santos de Pano e linha completa de aromatizadores de ambiente Antik, na Villa Rose Grelle.

Luminárias de teto, na Zenith Iluminação e Projetos.

Tábua para cortar alimentos “Joaninha”, luva removedora de pêlos, sachê para eliminar a umidade de armários e gavetas Pingi e lixeira importada, na Limpa Ilha. Vasos, placas, jardineiras, vasos de parede e estacas: produtos feitos de fibra-de-côco (sem látex), material alternativo ao xaxim, ecologicamente correto, na Chácara Pau-Brasil. Chácara Pau-Brasil Av. Princesa Isabel, 1.788 - Perequê Tel. (12) 3896-1617 Limpa Ilha Rua Benedito dos Anjos Sampaio, 155 (Rua do Fórum) - Barra Velha Tel.: (12) 3895-7266 / 3895-6140 Villa Rose Grelle Av. Princesa Isabel, 988 - Perequê Tel.: (12) 3896-5788 / 3896-2484 Zenith Iluminação e Projetos Av. Gd. Mor Lobo Viana, 1735 - São Sebastião Tel.: (12) 3892-1020 46 - REVISTA ILHABELA


Obras na trilha do Bonete geram polêmica em Ilhabela Intervenção realizada pela prefeitura no primeiro trecho da trilha levou moradores, turistas, ambientalistas e autoridades a um importante debate sobre a necessidade da preservação de um dos maiores tesouros do Litoral Brasileiro. que viabilizar a chegada de carros ao Bonete ocasionaria um crescimento excepcional no mercado de imóveis da região, favorecendo uma pequena parcela que lucraria alto com o “desastre”. A boa notícia é que a maioria das pessoas, inclusive na comunidade, tem consciência da importância da preservação e não querem a abertura da estrada. Por outro lado, não se pode ignorar as necessidades de quem vive no local. O desafio é encontrar soluções alternativas, que possam atender a esses anseios sem prejuízos ao meio ambiente. Uma dessas soluções, discutida e aprovada no Conselho Municipal de Meio Ambiente, foi a instalação de três passarelas sobre as cachoeiras que cortam a trilha, já que quando chove muito, o aumento do volume de água impede que as pessoas atravessem a pé e geralmente, nessas situações, também não é possível colocar os barcos no mar. As passarelas foram então projetadas e em junho as obras começaram, mas para levar os materiais para a construção, a prefeitura

comunidade, gerou uma série de protestos e a obra sofreu embargo administrativo da Polícia Florestal e foi interrompida. Atualmente, poder público e sociedade civil discutem o assunto em busca de soluções alternativas, que possam atender às necessidades da comunidade sem descaracterizar a trilha nem causar impactos ambientais. As passarelas, apenas para pedestres, são consideradas necessárias, mas têm que ser instaladas sem a abertura da trilha. A questão levantou ainda um amplo debate sobre a implantação de energia e o atendimento médico e uma conclusão clara dessas discussões é que em um lugar com características tão singulares é preciso buscar soluções alternativas, que respeitem a natureza e que possam, inclusive, servir de exemplo para outras regiões do país.

Passarela instalada na Trilha do Gato, em Castelhanos, através da assinatura de um termo de cooperação entre o Instituto Ilhabela Sustentável, que captou recursos da iniciativa privada, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente e a Prefeitura de Ilhabela.

abriu com tratores o primeiro trecho da trilha, que corresponde a cerca de 1/3 do trajeto e vai até a cachoeira da laje, sem obter licenciamento prévio e desrespeitando o Plano Diretor da cidade, que proíbe intervenções que tornem a trilha transitável por qualquer veículo automotor. A ação despertou a atenção da

Fotos: Acervo IIS

L

ocalizada no extremo sul de Ilhabela, em sua face voltada para o mar aberto, a praia do Bonete é considerada uma das mais bonitas do Brasil, com uma larga faixa de areias claras, cercadas por águas cristalinas e pelo frescor da Mata Atlântica. Ali, vive uma das últimas comunidades tradicionais de Ilhabela, formada por cerca de 100 famílias que, por muito tempo, sobreviveram apenas da pesca e da agricultura familiar. Atualmente, boa parte dos moradores já se dedica a alguma atividade voltada ao turismo e, embora em menor escala, a pesca se mantém como base da economia local. Só é possível chegar ao Bonete pelo mar (o veículo oficial dos caiçaras da comunidade é a canoa de voga, fabricada artesanalmente em uma tradição passada de pai para filho, embora alguns já prefiram pequenos barcos a motor) ou a pé, por uma trilha de 14 quilômetros que atravessa 3 cachoeiras. E é graças a este isolamento geográfico que tanto a natureza quanto a cultura locais se mantêm preservados. Também é graças a isso que serviços considerados essenciais, como atendimento médico e energia elétrica não chegam lá. Pelo menos não na proporção que a comunidade gostaria. É neste ponto que começa a antiga discussão sobre a abertura da estrada para o Bonete, debatida a cada nova gestão municipal e, felizmente, até então, nunca concretizada. Voltando um pouco na história, a trilha do Bonete foi aberta como estrada em 1982. Sem uso constante nem manutenção, foi novamente engolida pela Mata Atlântica e se transformou na trilha que até hoje dá acesso a comunidade. Atualmente, enquanto moradores, turistas, ambientalistas e apaixonados pelo local defendem sua preservação, mantendo a trilha, a comunidade exige acesso aos serviços básicos disponíveis na “civilização”. Um terceiro fator (bem menos nobre) envolvido na questão é a especulação imobiliária, já


Ilhatudo Arquitetura

Empório Doces/ salgados

Materiais / construção

Portas e Janelas

Náutica

Bazar / Boutique

Pousada

Lingerie

Paisagismo

Dentista

Materiais / Acabamento

sist. de Segurança


SuaSaùde

Agenda de treinos

N

as edições anteriores sugerimos algumas estratégias para que nossos leitores/as organizassem seus planos de treinos. Verifico em minha prática que a maioria das pessoas está realmente interessada em melhorar a capacidade morfofuncional (condição física). Porém, carecem de informações adequadas. Aqui estão algumas informações que você pode utilizar para organizar seu plano de treinos. Frequência - Estabeleça quantos dias e os horários você vai disponibilizar para treinar. O ideal é que o valor dado aos treinos seja o mesmo que você dá à alimentação, à higiene pessoal, ao sono e aos seus compromissos sociais. No entanto, sugiro que você seja realista, veja o que cabe em sua agenda e se organize de forma que você possa cumprir o que planejou. O bem estar e o prazer que surgem como resultado dos treinos tem motivado nossos alunos a aumentar espontaneamente o tempo direcionado para treinar. Considero como ideal uma hora por dia, seis vezes por semana. Metas - Em minha experiência, as pessoas que não estabelecem os objetivos que querem atingir se aborrecem e acabam agendando outras atividades nos horários que haviam programado para treinar. Novamente, seja realista, por exemplo – vou chegar a caminhar 6 km em uma hora ou vou correr 5 km sem ter que andar durante o percurso. Para os iniciantes, saibam que um plano que contenha andar e correr trás ótimos resultados. Lembre-se: o importante é um plano com objetivos adequados para que você estabeleça as metas que quer atingir. Quando atingidas você certamente vai querer chegar mais longe. Variação - Planejamentos lineares onde se faz sempre a mesma coisa trazem poucos benefícios morfofuncionais. Ossos, tendões, ligamentos, músculos, enfim, todos os tecidos biológicos que nos compõem e o sistema através do qual transformamos energia para

realizar movimentos ficam muito mais eficientes quando há variação de atividades. Caminhe, pedale, corra, faça exercícios complexos que os resultados positivos para saúde e bem estar surgem mais rapidamente. Nutrição - Nós transformamos energia química em calor e movimento. Lembre-se que esta energia vem dos alimentos que ingerimos, transformamos e armazenamos em forma de glicogênio e gordura. Procure variar a alimentação para ter presente a quantidade adequada de carboidratos, gorduras e proteínas mais as vitaminas e demais micronutrientes que necessitamos para nos manter em atividade. Além disto, lembre-se que é preciso uma alimentação variada para que haja energia suficiente para que as células possam garantir a qualidade de renovação de tecidos. Outro detalhe importante é que grande parte das dores tardias que surgem após os treinos são resultados de alimentação e hidratação inadequadas. Se você faz do treino a sua primeira atividade do dia recomendo que faça um lanche leve e depois do treino faça o seu desjejum completo. Eu costumo ingerir 500 ml de água e espero 20 minutos para em seguida tomar um yogurt batido com uma banana quando saio para treinar. Repouso - É no repouso adequado que está o período onde praticamente todos os benefícios do treinamento irão acontecer. Recomendo exercícios com movimentações suaves logo ao acordar para balancear as pressões articulares e 02 séries de 10 agachamentos sem peso extra para aumentar o nível de tônus e garantir a estabilidade e mobilidade nas articulações que vão sustentar o peso corporal durante a atividade escolhida no dia. Ao término da sua programação faça um relaxamento de pelo menos 10 minutos. Saúde e bons treinos!

*José Augusto Menegatti é Professor de educação física formado pela Universidade de São Paulo. Foi preparador físico de equipes de voleibol masculinas e femininas com passagens por seleções paulistas e Brasileiras. Durante 30 anos de trabalho com o esporte desenvolveu técnicas que trazem resultados rápidos e eficientes. Atualmente desenvolve um trabalho pessoal direcionado para a Reabilitação e Condicionamento Morfofuncional. Atende a pessoas que buscam saúde e bem estar e atletas de alto rendimento. Em 1989 fez o treinamento para a aplicação do Método Rolfing® de Integração Estrutural no Rolf Institute (Boulder- Colorado). Foi instrutor desta instituição de 2002 até 2009. É co proprietário de um Centro de Estudos em Fluência Motora em Ilhabela/ SP onde oferece grupos de estudos para Educadores e Fisioterapeutas. Para saber mais: contato@espacojera.com.br / (12) 3896-1135 50 - REVISTA ILHABELA


Revista Ilhabela # 44  

Especial Arquitetura & Decoração