Page 1

Seguranรงa

1 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

2 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

3 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

4 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

5 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

6 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

7 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

8 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

9 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

10 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

11 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

12 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

13 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

14 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

15 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Editorial

16 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

Seguranรงa

16 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

17 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

18 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

19 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

20 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

21 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

22 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

23 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

24 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

25 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

26 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

27 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

28 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

29 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

30 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

31 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

32 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

33 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Turismo Segurança

Conheça Fernando de Noronha,

um paraíso em território brasileiro.

O

arquipélago de Fernando de Noronha é um verdadeiro paraíso e está localizado no estado do Pernambuco. A região é formada por 21 ilhas, ilhotas e rochedos de origem vulcânica, ocupando uma área de 26 km, situando a 360 km a nordeste de Natal, no estado do Rio Grande do Norte, e a 545 km a nordeste de Recife, no estado do Pernambuco. A ilha principal possui uma área de 91%, com 17 km², sendo 10 km de comprimento e 3,5 km de largura. Sua base de formação vulcânica está cerca de 4.000 metros abaixo do nível do mar. O planalto central da ilha é denominado Quixaba. A sua população é de 3.012 habitantes e o turismo é potencializado de forma sustentável, mantendo o respeito à mãe natureza, tornando-se uma das partes mais importantes do mundo. A fauna e a flora do lugar impressionam os turistas que visitam o arquipélago durante todo o ano. O Parque Nacional Marinho de Fernando de 34

WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

Noronha é o local de conservação de proteção integral administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), ocupando a maior parte da ilha com uma exclusiva variedade de fauna e flora. Também existe o centro de convenções do Projeto Tamar / ICMBio, denominado de Boldró. A prática de mergulho é considerada umas das melhores do mundo, podendo aproveitar uma visibilidade de até 50 metros. O turista pode desfrutar de vários passeios de barcos, passeios por museus e passeios por lugares históricos. A noite também oferece várias opções de lazer, como jantar com amigos em restaurantes ou pizzaria e apresentações de artistas locais em barzinhos. Esta é a nossa dica para você conhecer e curtir este lugar encantador localizado em território brasileiro.


Seguranรงa

35 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

36 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

37 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

38 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

39 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

40 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

41 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Segurança Especial

SÃO JOÃO DE PATOS 2016 promove ao público uma ampla programação

O

s forrozeiros aguardam ansiosos para o início do São João de Patos 2016, um dos maiores eventos juninos do país. A abertura será na terça-feira, 21 de junho, com show de Wesley Safadão, artista que está fazendo bastante sucesso pelo Brasil. A programação segue com a apresentação de Pinto do Acordeon e os artistas locais Markito do Forró, Forró da Nannah, Forró do Dono e Forró do Firma. Serão cinco dias de festa no Terreiro do Forró com apresentações de artistas locais, regionais e nacionais, totalizando trinta atrações que se revezarão em dois palcos, além da estrutura de camarotes, um ambiente de área vip, praça de alimentação, posto policial e posto médico proporcionando alegria e segurança para as pessoas. 42

WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

Este evento junino não se limita apenas na área do Terreiro do Forró, a programação folclórica é extensa e iniciou no dia 8 de maio, no Conjunto José Mariz com apresentação da quadrilha Diga Não às Drogas. Serão trinta quadrilhas apresentando-se em praça pública até o dia 13 de agosto. Ocorreu no dia 04 de junho a Etapa Patoense do Concurso Estadual de Quadrilhas Juninas da Paraíba, promovido pela Associação de Quadrilhas Juninas de Patos (AQJP), pela Federação das Entidades de Quadrilhas Juninas da Paraíba (FEUQJUNEPB) com o apoio da Prefeitura Municipal. Dessa etapa, as três primeiras colocadas disputarão a fase final da competição em Campina Grande. Outras atividades são realizadas neste período como o tradicional Passeio de Carroças; Concursos de Decoração Junina (São João na Minha Rua e São João no Meu Comércio) e o Casa-


Segurança mento Comunitário. Um lugar bastante visitado pelos patoenses e pelos turistas é o Terreirinho do Forró, localizado ao lado da praça Getúlio Vargas, no local é montado uma vila que lembra os vilarejos do interior do Nordeste, lá também ocorrem as apresentações culturais. Há três edições é realizado o programa Festa na Roça, transmitido ao vivo pela TV Tambaú, afiliada do SBT no estado, em parceria com a Prefeitura Municipal. O programa é exibido durante os sábados do mês de junho, na Concha Acústica Nilson Batista, com apresentações culturais, brincadeiras, reportagens e shows de artistas regionais. Também dentro da programação do São João de Patos será realizada a 4ª edição da Feira de Calçados, que acontece entre os dias 21 e 25 de junho, na praça Getúlio Vargas. O evento é

Especial promovido pelo CENIC (Centro de Negócios das Indústrias de Calçados da Paraíba), em parcerias com o Sebrae e a Prefeitura Municipal. Um evento que está no calendário da Programação Folclórica é a Feira Gastronômica e de Artesanato da AISP (Associação de Imprensa do Sertão Paraibano). O encerramento será no dia no dia 25 de junho, com shows de Bruno e Marrone, Roberto Vaneirão, T onny Farra, Forró do Precateado, Sanara e Forrozão AS, Mateia do Forró e Zé Nilton do Acordeon.

Veja a programação: Terça-feira, dia 21 • • • •

Markito do Forró; Zé Nilton do Acordeon Forró da Nanah; Forró do Firma;

• • •

Pinto do Acordeon; Wesley Safadão; Pedrinho Pegação;

Quarta-feira, dia 22 • • • • •

Teinha do Forró; Uz Frajolaz; Pedro Carpelli; Sola do pé; Mácio Diniz e Xamego Na varanda

• •

Luan Estilizado; Aviões do Forró;

Quinta-feira, dia 23

43

• •

WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

Balanço de Mulher; Isabela e Forró da Macambira;

• • •

Pegada de Barão; Harry estigado Netinho Lins e forró da canxa;

• Forró Pegado; • Vicente Nery; Sexta-feira, dia 24 • Tiete e os Timbaleiros; • Sela Dourada; • Espora de Ouro; • HudShow

• •

Eliane, a Rainha do Forró; Solteirões do Forró;

Sábado, dia 25 • • • • •

forró do dono; Mateia do Forró; Sanara e Forrozão SA; Forró do Precateado; Tonny Farra;

• •

Roberto Vaneirão; Bruno e Marrone; 43 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

44 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

45 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

46 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

47 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

48 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

49 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

50 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

51 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

52 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

52 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

53 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Segurança Opinião

A primeira tela

Comunicação na ponta da língua e dos dedos

A

s chamadas TICs, Tecnologias da Informação e Comunicação, evoluíram com tamanha rapidez quanto proporcionaram uma transformação cultural com a mesma aceleração. A intensidade da convergência das mídias promoveu uma reconfiguração das práticas midiáticas bem como novos costumes sociais. Testemunhamos o surgimento da internet e com ela uma atraente janela para vermos o mundo - e por ela, acessamos tudo e todos, ao mesmo tempo, pintando um novo quadro com a ponta dos nossos dedos. E são as nossas mãos que estão construindo um ecossistema integrado, com maior participatividade, interatividade, constantemente mutante, dinâmico, complexo, com ações ágeis e avassaladoras. Nesse novo cenário ganha vez a espontaneidade, a autonomia, a criatividade, a autonomia, a liberdade, a criticidade, a praticidade. Ao nosso alcance, o celular – promovido à primeira tela assim que despertamos. Sim, já ficou no passado a ideia de que os celulares são a “segunda tela” quando assistimos a televisão. Os fatos provam que o público “ rebaixou para a segunda divisão” a TV, priorizando os aparelhos móveis. De acordo com a análise AdReaction, da Millward Brown, o tempo de uso dos dispositivos móveis ultrapassou o tempo gasto com o televisor. A pesquisa foi realizada com mais de 12 mil donos de smartphones, entre 16 e 44 anos, de mais de 30 países diferentes, e demonstrou que o celular é a primeira tela, apesar de usar diversas telas concomitantemente já ter se tornado um hábito da população. No Brasil, 34% dos entrevistados revelaram que fazem uso ao menos de duas telas ao mesmo tempo, contra 30% dos americanos. Ou seja, os gadgets mobile são o que podemos comparar como a ‘série A’ da nossa atenção. Os brasileiros gastam em média 149 minutos no dispositivo móvel, contra 113 minutos em frente a TV, enquanto que os americanos dispendem 151 minutos no celular e 147 em frente ao televisor. Os chineses ficam 170 minutos nos smartphones e quase a metade do

tempo na televisão: apenas 89 minutos. A pesquisa também confirmou que o fenômeno acontece em duas fases: stacking que trata-se da navegação em redes sociais enquanto assiste a televisão (possivelmente focando em informação sobre o conteúdo televisivo) e meshing, que seria a busca relacionada ao programa que está assistindo. Este conteúdo relacionado é realizado no Brasil por 36% da audiência, com concomitância entre celulares e TVs, com 52 minutos de uso simultâneo. Notebook e celular totalizam 35 minutos e com o tablet, 33 minutos. Durante esse consumo paralelo de duas telas, 62% dos entrevistados globais alegaram estar acompanhando temas diferentes e não relacionados, em um comportamento de “empilhamento de atividades” definido como staking. As transformações são mais sociológicas do que tecnológicas. Quem aí já está habituado em dar mais atenção aos gadgets mobiles do que à tela tradicional na sala de casa? Estamos tão imersos na cibercultura que nem nos deparamos com a intensidade da mudança de hábitos em todos os locais. Embora as telecomunicações tenham um papel importante nas mudanças revolucionárias que estão acontecendo, é importante reconhecer que as alterações também são econômicas, sociais, culturais, políticas, religiosas, institucionais e até mesmo filosóficas ou, mais precisamente, epistemológicas. Baseado nessas observações, T offler (2001) afirmou que “uma nova civilização está nascendo, que envolve uma nova maneira de viver”. O que antes era previsível e rudimentar, favorecendo os monopólios empresariais e institucionais, agora os desafia com o deslocamento da propriedade dos meios, onde as lideranças trocam idéias, sugerem soluções, sabem gerenciar muito bem com equilíbrio pleno e são movidas por princípios inovadores, com grau superior de desenvolvimento tecnológico e também com maior evolução intelectual. O propósito da evolução das relações resulta na valorização das pessoas como seres racionais e sensíveis, condicionado por indivíduos liberalistas, criativos,

PÂMELA B.

54 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Segurança Opinião idealistas, intuitivos, guerreiros e questionadores natos. Historiadores já têm consenso sobre o término da sociedade industrial e o advento revolucionário da era da informação com a sociedade do conhecimento. Estamos, hoje, inseridos em um contexto onde velhos padrões já não são mais úteis para a sociedade e paradigmas são ultrapassados pelo bom senso comum. O mundo é dos que praticam e defendem a liberdade, a justiça, a democratização da comunicação e dos fluxos de conteúdo, promovendo a confiança mútua, a integração, a interação, a participação. As atuações das mídias da atualidade estabelecem diálogos constantes, participativos, interativos. Criou-se, como esperado, a figura do prosumer. Hoje estamos vivendo um período revolucionário, em amplitude e profundidade, nomeado como “terceira onda” por pesquisadores ao definirem esta fase em que estamos vivendo e que também pode ser chamada de Sociedade Pós-Industrial ou Sociedade da Informação, ou ainda Sociedade do Conhecimento, em que o indivíduo é conectado em rede, onde os sistemas sociais se desmassificaram e, conseqüentemente, se complexificaram a tal ponto que, atualmente, é impossível gerir a sociedade sem tecnologia da informação. Com o advento da convergência tecnológica, houve a democratização da informação e o fácil acesso ao conhecimento. Um dos principais pilares da Web 2.0, a participatividade, está se alastrando para outros meios de uma forma singular. Mas adaptar-se também compreende aprender a evoluir sem negligenciar a função humana principal: interdependência. Temos que ter a consciência de que a nossa participatividade não deve ser restrita ao ambiente inanimado dos celulares, computadores, televisores... Participamos da mesma esfera virtual e tão real não como uma peça de engrenagem mecânica, automática, mas somos fundamentalmente agentes em uma cooperação existencial, parte de um sistema vivo, melhor informado e crítico, veloz, mutante, aberto, imprevisível e propício à mobilização social, pois os líderes desse tempo são senhores de si que não se submentem a nada, nem se escravizam à tecnologia, são preocupados verdadeiramente com o próximo pois sabem que os interesses pessoais se fundem

aos coletivos - são elementos destes! É importante amadurecermos a idéia dessa integração e compreendermos que a vertente da independência é bem diferente do conceito da autonomia, tão bem observado no meio online em que é comum haver produção considerável de conhecimento, de forma livre, mas consciente de que somos parte desse complexo. Independência é quando não há reconhecimento de que estamos interligados como parte de um todo. Que tal desligar o celular e olhar à sua volta? Abra os olhos! “Olha para o céu, meu amor, veja como ele está lindo!!!”

PÂMELA B.

Pâmela bório JORNALISTA EM MULTIMEIOS PELA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB COACH INTERNACIONAL EM COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL MESTRE EM COMUNICAÇÃO PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA ESPECIALISTA EM REDAÇÃO JORNALÍSTICA PELA UNIVERSIDADE POTIGUAR

www.pamelaborio.com.br 55 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

55 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

56 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

57 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

58 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

59 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

60 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

61 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

62 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

63 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

64 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

65 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Gastronomia Segurança

Conheça os sabores deliciosos das Festas Juninas.

É

impossível falar do período junino e não lembrar das deliciosas comidas típicas. As comidas derivadas do milho destacam-se devido à época de colheita ser geralmente entre os meses de maio e julho, justamente neste tempo de festividades. Aí já viu, surgem várias receitas e sabores inconfundíveis. Quem nunca experimentou aquele milho assado na fogueira na ‘Noite de São João’, na ‘Noite de São Pedro’ ou degustou aquela pamonha feita pela avó, pela mãe ou por uma amiga? Pois é, as comidas são as mais variadas como bolo de milho verde, pipoca, pamonha, canjica, milho cozido, milho assado, bolo de fubá, cocada, pé de moleque, cuscuz, quebra queixo, arroz doce, paçoca, maçã do amor, entre outros. Apesar de não ser derivado do milho, o churrasco também é uma comida marcante neste período. As carnes são assadas em

churrasqueiras ou em fogueiras que são acesas geralmente na véspera do dia de São João ou na véspera do dia de São Pedro, proporcionando momentos de confraternizações entre as pessoas. De acordo com alguns historiadores, esta festa surgiu na Europa quando os moradores se reuniam para comemorar a boa colheita. A festividade foi inserida no Brasil através dos colonizadores portugueses. A festa tem características religiosas por venerar três santos da Igreja Católica, Santo Antônio, São João e São Pedro. Devido a isto, surgem as tradicionais quermesses, com animação de músicas e vendas de comidas típicas, com a renda destinada para as obras da igreja.

Sugerimos uma deliciosa receita de bolo de milho que pode ser degustado no café da manhã, no lanche da tarde ou no jantar. Durante o preparo, você pode ralar o milho ou comprar o milho em conserva (milho enlatado).

Ingredientes • 3 ovos; • 1 xícara de açúcar; • 1 lata de milho verde em conserva ou 2 espigas de milho debulhadas e cozidas; • 1 colher de sopa de fermento; • 2 colheres de sopa de margarina; • 1 xícara de fubá; • 1 xícara de parmesão ralado (opcional);

66 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

Modo de preparo

Coloque os ovos no liquidificador, em seguida, o milho, o parmesão e o açúcar. Bata mais um pouco, adicione a margarina um pouco derretida e o fubá. Ligue o liquidificador novamente, por último, acrescente o fermento. Misture até a massa ficar homogênea. Unte uma assadeira com farinha e margarina. Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 40 minutos ou até espetar o palito e ele sair limpo.


Seguranรงa

67 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

68 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

69 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

70 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

71 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Capa Segurança

ENTREVISTA

O Colégio e Curso Geo Patos obteve grandes conquistas durante o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2015. Foram aprovados dezenas de alunos para diversos cursos. O maior destaque foi à aprovação de 16 candidatos para o curso de Medicina. A Galera Jovem entrevista a diretora da instituição, Edileny Medeiros, que fala do sucesso do Geo Patos nas aprovações de candidatos em faculdades e universidades; metodologia de ensino; corpo docente e expetativas para o Enem 2016.

EDILENY MEDEIROS

72 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Segurança Galera Jovem: O Geo Patos tem aprovado um grande número de alunos no ENEM. Fale das conquistas obtidas em 2015? Edileny Medeiros: O resultado do Enem 2015, Colégio Geo Patos, foi surpreendente. Nós já vínhamos com um histórico de alunos conquistarem altas médias e ao longo desses anos a experiência vai melhorando. Em 2015, o número de aprovados com pontuação altíssimas foi bastante considerável em todas as áreas, com destaque para as áreas de Saúde, Humanas, Exatas. O exame de 2015 foi superior ao ano de 2014. Em 2014 tivemos seis alunos aprovados para Medicina em universidades federais, este ano aprovamos nove alunos. Conquistamos também neste ano o 5º lugar em Medicina na UFRN. Na UFCG nós tivemos na área de Exatas o 3º lugar geral de Ciências da Computação, este aluno obteve pontuação para entrar no curso que quisesse, conquistando um super resultado. Tivemos destaque o 1º lugar em Direito na UFCG (Campus Sousa) e o 1º lugar em Odontologia da UFCG (Campus Patos). Nós tivemos também pelo Enem alunos que tinham direito ao PROUNI, conquistando vários cursos como o 1º lugar de Arquitetura, entre outros cursos. Estes resultados geram pra gente um retorno daquela forma que a escola vem trabalhando e o que a escola espera desses alunos, o sucesso está constatado. Galera Jovem: Medicina é um dos cursos mais concorridos do país, a instituição tem conseguido êxito na aprovação de candidatos? Edileny Medeiros: O Curso de Medicina no Colégio Geo Patos, tem sido o maior destaque, por ser um curso mais concorrido em todo o país. Nós tivemos neste ano 16 apro-

vações só em Medicina. Isto é um grande destaque principalmente para uma escola situada no interior do estado. O nosso aluno ele está longe dos grandes centros, mas conseguimos através da nossa equipe de professores não apenas para o curso Medicina, mas para todos os cursos, mostrando que vale a pena o aluno ficar no interior, se ele conseguir dar conta da demanda dos simulados e conteúdos que realizamos, ele com certeza terá êxito. Especificamente em Medicina, em uma única sala de 3º Ano tivemos seis aprovados em Medicina, das 16 aprovações que conseguimos. Tivemos uma aluna que passou em três vestibulares em faculdades particulares na Unipê, FIP e FCM. O resultado é no geral fruto de alunos de três turmas do 3º Ano e de alunos do Cursinho Pré-Vestibular. O grande resultado se deveu a todo um conjunto, a esse esforço do aluno e equipe de professores, mostrando que é possível conquistar estes resultados em faculdades federais, estaduais e particulares. Galera Jovem: Como é a preparação de alunos para o ENEM? Edileny Medeiros: A nossa equipe ela é muito experiente. Quando o ENEM era apenas para examinar o ensino médio nós já estimulávamos os alunos para fazer, imagina agora sendo consolidado como ele é. A nossa equipe passa por treinamentos no mês de janeiro; temos o Congresso Geo de Educação que é realizado em João Pessoa; temos o nosso planejamento pedagógico interno que é feito com 100% da equipe e mensalmente encontros pedagógicos para avaliarmos o que foi executado e analisar possíveis mudanças. O que eu vejo de melhor nessa equipe, além do preparo, além da dinâ-

mica, é a doação e o compromisso que o professor tem de ver esse grande resultado do aluno, que também é o resultado do professor. Nossa equipe é preparada e comprometida. Só tenho agradecer, parabenizar e incentivar cada vez mais essa equipe de professores para que eles continuem estudando trazendo inovações para que a escola cresça, a cidade de Patos cresça e a gente possa ter uma sociedade melhor”, disse. Galera Jovem: Qual a expectativa para este ano? Edileny Medeiros: Nós realizamos três simulados no primeiro semestre e vamos realizar três simulados no segundo semestre. O resultado do terceiro simulado tem um aluno do 3º Ano B, ele conseguiu o 1º Lugar com 800 pontos e a nota 1.000 na Redação. Analisando até o décimo lugar, os alunos obtiveram mais de 700 pontos. Por estes simulados, nós temos uma ideia como será o desempenho de cada aluno. Comparando os simulados do ano de 2015 com os simulados deste ano, a nossa expectativa são melhores possíveis.

73 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

74 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

75 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

76 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

77 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

78 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

79 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Segurança Gerais

ELEIÇÕES 2016: fim do financiamento empresarial e corrupção!

À

semelhança de um cristal, com suas múltiplas faces e impossibilidade de uma só pessoa alcançar visão plena, assim também é qualquer fato social. Não cabe em molduras ideológicas ou de conceitos prévios (preconceitos), que geralmente não se aplicam a todas as situações. Refiro-me ao fim do financiamento empresarial das campanhas eleitorais e que, em princípio, sugere ser algo de bom e com potencial para minimizar os negativos efeitos do abuso do poder econômico. Afirmo também que a preocupação, nesta opinião, é com os recursos públicos – recolhido do povo através dos impostos e destinado ao suprimento das necessidades coletivas de saúde, educação, segurança etc. E sob dois aspectos seguintes: 1º) tendencialmente, surgirão adesões ao chamado financiamento público das campanhas eleitorais; 2º) possivelmente, haverá ainda mais corrupção 80 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

nas gestões públicas, ao menos em grande parte dos municípios. Mas é importante ressaltar que, francamente, a maior parte do financiamento de campanhas eleitorais, notadamente as de grande impacto na mídia, é de origem pública. Oriunda de desvios dos recursos públicos. Já é assim. Não existe doação empresarial “gratuita”, “filantrópica” ou por “amor à causa”. Na mais ingênua interpretação, tem-se um empréstimo para pagamento quando o destinatário da doação é eleito ou reeleito. É a prática do degradante “toma lá, dá cá”. Pois bem, com o financiamento público, que não tem o poder de eliminar o “Caixa 2” (arrecadação e gastos não contabilizados na prestação de contas) ou sequer minimizar a corrupção, uma destacada fatia de dinheiro do povo será destinada às campanhas eleitorais. Único lado bom previsível: fortalecimento de candidaturas de emergentes lideranças políticas. O fato mesmo – mais grave e objeto cen-


Segurança Gerais tral desta angústia – é o visível aumento nos já elevados patamares de corrupção, praticados pelos maus políticos, notadamente dos que pretendem postular a reeleição municipal. E tudo é simples de entender. Ora, está no poder e mais em tempos de crise é está mais exposto. Motivos para críticas e rejeições são mais constantes. Quando se tem argumentos, lisura, obras, benefícios, desculpas, ainda é possível subir no palanque, abordar eleitores, pedir voto. Quando não – normalmente é assim – é o dinheiro da corrupção nos recursos públicos que vai, via variadas formas de compra de voto (inclusive empreguismo e, posterior à eleição, “desempreguismo”), tentar “abafar” o sempre gestante e impulsivo desejo de mudança. Não se cuida aqui de fazer professia ou plantar medo infundado, mas, pelo que se apresenta claramente posto, é bastante visível no horizonte das próximas eleições municipais que, de novo, a tentativa de compra da consciência do eleitor vai ocorrer. E, repito, sempre com dinheiro que já é do povo.

É SÓ UM ALERTA:

1º - para os meios institucionais de acompanhamento e fiscalização dos gastos públicos: abram, ainda mais, os olhos. Trabalhem mais atentos, zelando pela boa aplicação do suado dinheiro do povo. É a missão dos Tribunais de Contas, dos Parlamentos, do Ministerio Público e do Judiciário, dentre outros; 2º - para o cidadão: o voto é realmente sério, im portante e tem consequencias, boas e ruins. O eleitor é responsável pelas escolhas que faz. O povo suportará por, no mínimo, quatro anos, os efeitos ruins da escolhas erradas. Que a experiência de tantas eleições e, sobretudo, a pedagogia do sofrimento, funcione! Que fiquem lições para que não se repita a escolha errada do passado! É plenamento possível acertar! Por fim, a advertência para estas próximas Eleições 2016: fim do financiamento empresarial vai gerar mais corrupção (compra de voto e empreguismo/”desempreguismo” após)! Cuidado!

Quem compra voto é o pior candidato!

Ramonilson Alves Gomes Juiz de Direito, Mestre e Doutorando em Direito, Professor das FIPa.

81 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Segurança

Corpo de Bombeiros orienta a população sobre os cuidados com os fogos de artifícios

C

hegou à época festiva mais esperada pelos nordestinos, trata-se do período junino, ou a Festa de São João como é mais conhecida. Nesta temporada as pessoas se reúnem para se divertirem. A cultura é bastante rica, o forró é o ritmo que anima, as comidas típicas saboreiam o paladar das pessoas e os fogos de artifícios encantam e colorem as noites de comemorações nos sítios, nas fazendas, nas chácaras e nas cidades. Mas o encanto pode ser tornar uma tragédia, os fogos de artifícios que são usados pelas pessoas, utilizados de forma incorreta e insegura podem causar acidentes e dependendo da gravidade esses acidentes podem causar danos irreversíveis à vítima. O tenente-coronel do 4º BBM, Saulo Laurentino, informou os primeiros socorros que devem ser feitos em caso de queimaduras. “A princípio deve-se lavar a área afetada com água corrente e limpa, cobrir com um pano úmido o local para protegê-lo, é importante não usar nenhuma substância sobre a lesão. Em casos de queimaduras graves deve-se procurar o socorro médico especializado ligando para o nosso telefo-

ne 193 ou ligar para o SAMU 192”, explicou. Para maior segurança, o comandante do Corpo de Bombeiros, explica sobre os cuidados e prevenção ao utilizar os fogos. “A população deve dar prioridade a fogos industrializados, que possuem dicas de segurança e dicas de como manusear os fogos de artifícios; só quem pode adquirir os fogos são as pessoas maiores de 18 anos; não deixe as crianças soltarem os fogos sem a presença dos pais ou dos responsáveis; nunca carregar bombas ou bombinhas nos bolsos; não reaproveitar a bomba que falhou e pessoas que ingeriram bebidas alcoólicas também deve evitar soltar os fogos”, orientou. De acordo com o tenentecoronel, Saulo Laurentino, a venda de bombinhas e rojões é ilegal em praças e locais que não ofereça segurança a comunidade. Na cidade de Patos existe um local para a comercialização do produto. “Aqui de uma forma cultural, observamos no período junino, bancas de vendas de fogos, principalmente os fogos de pequeno porte. A venda é proibida e o único local adequado para adquirir estes fogos, fica localizado na BR 361, no bairro do Bivar Olinto. Neste lugar

são colocadas barracas, com total segurança. A orientação que o Corpo de Bombeiros dá é que a população colabore não comprando esses fogos em bancas clandestinas porque por mais que a gente fiscalize sempre tem alguém vendendo. Através do número 193 recebemos denúncias da venda clandestina, podemos ir ao local, fazer a fiscalização, determinar a retirada imediata ou realizar a apreensão caso seja necessário”, informou. Acidentes com os fogos de artifícios podem causar queimaduras graves de segundo e terceiro grau, lesões com dilacerações, cortes, amputação de dedos ou da mão, perda da visão ou perda da audição. Neste período de festas brinque, divirta-se, mas com responsabilidade, assim o encanto não acaba e a alegria prevalecerá.

Saulo Laurentino 82 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

comandante do 4º BBM.


Seguranรงa

83 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

84 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

85 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

86 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

87 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Moda Segurança

vamos conferir as dicas do

fashion stylist,Vinicius Nepomuceno para essa nova estação.

1

E

aí gente, tudo bem? Me chamo Vinicius Nepomuceno e sou fashion stylist. Gostaria de dar algumas dicas para vocês curtirem a temporada mais esperada do ano no Nordeste; é tempo de forro, São João!! Vou listar quatro coisas que não podem faltar nas roupas de São João, ok? Inclusive pode misturar e vai dar super certo!!!

DICAS:

2

1*

A temporada de inverno já começou forte com a cor Camelo. As mulheres enlouqueceram e adquiriram várias peças na cor da estação, mas os homens estão cada vez mais pedindo, principalmente calças e blusas.

2*

Não posso deixar de não falar nos coturnos e botas!! Eu tenho um caso de amor e acredito que todo mundo que me segue sabe HAHA Eu tenho alguns e uso mesmo!! No São João é uma pedida certa e não pode faltar na mala dos descolados.

3*

As atemporais camisas xadrez. A padronagem queridinha dos festejos juninos sempre surgem muito forte nesse mês de junho. Eu gosto bastante das camisas que tem apenas duas cores e também dos xadrez mais diferente do que aqueles tradicionais. Fora que também pode ser usado como sobreposição de alguma t-shirt básica.

3 4

4*

Outra pegada legal para abusar nesse São João sem dúvidas são as peças destroyed. Particularmente sou muito fã das calças rasgadas, acho cool e super moderna, fora que combina com tudo!!! Com certeza vocês vão me ver usando em alguma festa nesse São João haha . Galera, espero que eu tenha ajudado vocês a decidirem os looks de São João, hein?? Qualquer coisa corre lá nas redes sociais para ver mais dicas ou tirar qualquer dúvida!! E quero agradecer a minha amiga Flavinha Moniki pelo convite para escrever aqui pra vocês!! Abração. 88 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

@viniciusnepomuceno - INSTA viniciusnepo - SNAP

flavinha moniky blogueira e colunista galera jovem


Seguranรงa

89 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Segurança Opinião

Deficiência física Vs. Acessibilidade

J

amenson da Silva, Advogado, casado, há 18 anos, com Márcia Lopes da Silva, com quem tem uma filha Jaysa Lopes da Silva. No ano de 2003, Jamenson da Silva era parte integrante e ativa da Policia Militar da Paraíba, vindo, neste mesmo ano, a sofrer uma tentativa de homicídio, quando em serviço, que o deixando tetraplégico. Essa deficiência, contudo, não o impediu de lutar por seus objetivos, sendo que anos depois (2011) se formou em direito pelas FIP, e em seguida se especializou em Direito Penal e Processo Penal pela Faculdade Damásio de Jesus (2014). Ainda durante o curso de direito, o Advogado Jamenson passou a defender a ideia de que o Fórum Miguel Sátyro, em Patos, PB, precisaria passar por reformas. Estas de modo a proporcionar acessibilidade. Pois caso continuasse como estava, isso o impediria de exercer a advocacia. Como estava, o prédio do fórum não oferecia qualquer tipo de acessibilidade. Basta lem-

90 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

brar que o Tribunal do Júri funciona na parte superior do edifício, cujo acesso se dá unicamente por meio de escadas. Além do mais, mesmo na parte térrea do edifício, o acesso as salas de audiências eram dificultadas pelos obstáculos existentes – a exemplo dos degraus–, já que não havia rampas de acesso. A falta de acessibilidade no Fórum Miguel Sátyro passou ser vista não só como um obstáculo a atuação do Advogado Jamenson, mas sobretudo um obstáculo ao acesso à justiça. Isso porque a falta de acessibilidade dificulta, quando não impede, o acesso à justiça por aqueles que, mesmo que temporariamente, possuam alguma uma limitação física. Diante disso, atitudes foram tomadas e o Fórum Miguel Sátyro, em fim, passa por reformas, que garantirão a instalação de um elevador no prédio, com acesso ao andar superior, e já garantem rampas de acesso para as salas de audiências. Com isso, tem-se que “o acesso à justiça facilitado e com dignidade é um benefício para todos” (Dr. Jamenson da silva).

Jamenson da Silva Advogado com pós-graduação em direito penal e direito processual penal


Seguranรงa

91 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

92 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

93 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

94 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

95 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

96 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

97 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

98 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

99 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

100 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

101 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

102 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

103 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

104 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

105 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

106 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

107 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Segurança

Segurança

Polícia Militar

Dicas de Segurança para o São João de Patos e demais festejos juninos

O

mês de Junho possui tradicionais festejos em alusão aos santos que possuem datas comemorativas durante esse período. As comemorações são caracterizadas pela presença de comidas típicas nordestinas, fogueira, fogos, quadrilhas, atrações musicais com artistas renomados, dentre outros. A data principal dos festejos juninos é o dia de São João que é comemorado anualmente em 24 de Junho, e é em torno desta data que acontecem as maiores festas que atraem um público que busca diversão, desfrutar das comidas típicas e dos demais eventos típicos das festas juninas.

108 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

Visando garantir a segurança da população paraibana e dos turistas que se dirigem até o nosso estado para curtir os festejos juninos, o 3º Batalhão de Polícia Militar da Paraíba realiza policiamento e planejamento específicos para os eventos juninos, realizando a Operaçao São João 2016 com base na análise das ocorrências e relatórios das operações que ocorreram em igual período nos anos passados. Além das ações policiais também é necessário que o público tome medidas preventivas para evitar ser vítima de ações delituosas de indivíduos que se aproveitam desse período para praticar crimes. Seguem algumas dicas de segurança para o São João de Patos e demais festejos juninos:

1-

Evite portar objetos de grande valor (celulares, jóias, câmeras digitais etc), pois há grande incidência de furtos realizados por indivíduos que se aproveitam de locais com aglomeração de pessoas para praticar estes delitos e muitas das vítimas só percebem alguns momentos depois que tiveram seus pertences subtraídos;

2-

Procure andar sempre atento e acompanhado de alguém;

3-

Evite deixar carteira, dinheiro e objetos de valor nos bolsos de trás da roupa; 108 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Segurança 4-

Evite andar por locais mal iluminados e com pouca movimentação de pessoas;

5-

Se for fazer uso de bebida alcoólica, não dirija. Faça uso de um transporte público ou volte de carona com algum amigo que não ingeriu bebida alcoólica ou outro tipo de substância alucinógena;

6-

Evite andar distraído, mexendo no celular e exibindo dinheiro e objetos de valor;

7-

Caso perceba que está sendo seguido, procure um policial e peça ajuda ou se dirija a um local com grande movimentação de pessoas;

8-

Procure estacionar os veículos em estacionamentos privados ou locais iluminados. Dê preferência ao transporte público;

9-

Há grande incidência de arrombamento de residências durante esse período. Ao sair de casa, deixe uma lâmpada acesa para dar a impressão que tem alguém lá;

10-

Não é aconselhável levar crianças para locais com aglomeração de pessoas, mas caso o faça procure identificá-las com nome, endereço e telefone de contato do responsável, de forma visível (crachá, pulseira, etiqueta, etc);

11-

Orientem as crianças a procurarem os policiais militares na hipótese de se perderem dos seus responsáveis;

12-

Caso ocorra algum crime durante os festejos juninos, procure de imediato alguma guarnição policial e comunique o fato.

Francisco rubens de andrade campos

109 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

Filho de José campos de sousa e francisca maria de andrade natural de igaracy -pb, tenente-coronel comandante do 3º bpm bacharel em segurança pública pela academia de polícia militar de cabo branco, especialização em segurança pública pela academia de polícia militar de cabo branco bacharelando em direito pelas FIP,

109

WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Moda

Segurança

acompanhe o que mudou e fique

por dentro das melhores dicas do mundo da moda feminino com Flavinha Moniky.

1

H

ello pessoal, tudo bem com vocês? Comigo tudo ótimo, graças a Deus. Separei #10 principais tendências que prometem ficar em alta por um bom tempo, e elas estão fazendo o maior sucesso com as fashionistas. Vamos lá ?

1*

2

Já que o inverno chegou, nada melhor que falar de apostas certa que foi destaque nas passarelas, #veludo e #couro, tem de diversas formas de você aderir essa tendência: jaquetas, calças, camisetas, vestidos... Apostem já.

2*

Outra tendência para o inverno é a gola alta, o #bordado e também #lampshading , mini comprimentos soltinhos combinados botas acima do joelho. Apostem.

3

3* Tá fazendo sucesso total são as #patches, o #metalizado também é umas das principais aposta para inverno, e creia ele é febre total. Apostem.

4*

4

#Bandanas a amarração também continuam em alta, o Oxford flatffrom outra trend da atualidade. O sapato é uma ótima opção para montar looks inusitados e sair do óbvio.

5*

PA cor da vez que é a #Greige , ela é uma mistura de cinza com bege. Por fim, mais um lookito montado por mim que super amei, um dress White+jaqueta White (com tachinhas metalizadas)+bota+bolsa. Amei e vocês?

5

É isso aí minhas lindas, espero que vocês tenham gostado, pra mim é e sempre será um enorme prazer compartilhar dicas e tendências de moda com vocês. Nas minhas redes sociais também rola altas apostas com várias inspirações de looks, confere também no meu instagram @flavinhamoniky. Um enorme beijo e fiquem com Deus. 110 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

flavinha moniky blogueira e colunista galera jovem 110 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

111 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

112 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

112 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

113 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

114 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

115 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Religião

Segurança

A dimensão do Amor

U

ma frase que se é ouvida com muita frequência é a de que “Deus me ama do jeito que eu sou”, e hoje queremos falar com pouco e trazer uma melhor compreensão da dimensão desse amor que Deus manifesta por cada um de nós. Quando a humanidade peca contra Deus através da figura de Adão, ela passa a ter a sua identidade desconfigurada e o seu comportamento ou destilo de vida se desvia, distanciando do modelo original criado pelo Senhor, e desde então, tal comportamento tem nos tornado em inimigos desse próprio Deus (Cl 1:21). Porém, Ele (Deus) em sua bondade e misericórdia decidiu nos amar. O verdadeiro amor vai muito além do que qualquer sentimento que possamos desenvolver por outra pessoa, mas está relacionado a uma ação, comportamento e atitude, ou seja, amar é a capacidade que um ser tem em se entregar para proporcionar o que é bom em favor do outro. E foi esse Amor que o próprio Deus manifestou e ainda manifesta sobre as nossas vidas, Ele se entregou em nosso favor para que em nós operasse o que é bom. “Porque Deus amou tanto o mundo que deu seu Filho único, para que todo que nele

116 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

confia possa ter vida eterna, em vez de ser completamente destruído”. (João 3:16) Portanto, o amor de Deus consiste em não apenas nos aceitar conforme a nossa condição atual, pois caso contrário, invalidaríamos a morte do seu filho Jesus na cruz do calvário. Mas o verdadeiro amor estar em nos conduzir a uma profunda transformação para que possamos como seres humanos criados segundo o seu propósito, viver novamente conforme a sua vontade revelada desde a criação de todas as coisas, vontade essa que é “boa, perfeita e agradável” (Rm 12:2), nisso está o amor de Deus por cada um de nós. “Que vocês possam compreender a largura, o comprimento, a altura e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo que excede todo conhecimento, para que vocês sejam cheios de toda plenitude de Deus” (Rm 3:18-19).

Télvio Almeida Pastor / Educador Físico 116 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

117 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Saúde

Segurança

um relato sobre o brasil

e o porque das tão badaladas doenças infecto contagiosas.

N

os últimos dois anos, no pós Copa do Mundo, o sistema publico de saúde foi soterrado por doença infecto contagiosas trazidas em caravanas de varias partes do mundo, com pessoas vindas de qualquer canto, sem que antes tenham se submetido a qualquer investigação epidemiológica, tendo em vista que isso não é pratica corriqueira em nosso “modernos” aeroportos, e na minha opinião mesmo que fosse, neste período seria deixado de lado, já que o fator financeiro falaria mais alto. Quantos milhões deixariam de entrar no Brasil se não recebêssemos os turistas e suas doenças típicas das mais diversas regiões do planeta? E assim foi com o tão badalado vírus da Chikungunya, alfavírus originário da África, onde circula em complexos ciclos silvestres envolvendo vetores do gênero Aedes e primatas não humanos, com três genótipos conhecidos. Isolado pela primeira vez em 1952, na Tanzânia. O nome Chikungunya significa, em língua makonde, ‘aquele que é contorcido’, caracterizando a postura de seus pacientes causada pelas fortes dores articulares que apresentam. Pode haver casos graves e, desde 2005, casos fatais. O vírus Chikungunya é transmitido por picada da fêmea do inseto do gênero Aedes, de disseminação epidêmica no nosso país, devido ao clima tropical favorável. No Brasil, a transmissão deste vírus foi detectada pela primeira vez em setembro de 2014, na cidade de Oiapoque (Amapá). Ao longo de 2014 foram confirmados 2.772 casos de CHIKV, distribuídos em seis Unidades Federativas: Amapá (1.554 casos), Bahia (1.214), Distrito Federal (2), Mato Grosso do Sul (1), Roraima (1) e Goiás (1). Em 2015, foram notificados no país 38.332 casos prováveis de febre de chikungunya (taxa de incidência de 18,7 casos/100 mil hab.), distribuídos em 696 municípios, dos quais 13.236 foram confirmados. Foram confirmados 6 óbitos por febre de chikungunya: na Bahia (3 óbitos), em Sergipe (1 óbito), São Paulo (1 óbito) e em Pernambuco (1 óbito). A mediana de idade dos óbitos foi de 75 anos. Em 2016, até a ultima semana de abril já foram notificados 64.349 casos prováveis de febre de chikungunya no país (taxa de incidência de 31,5 casos/100 mil hab.), distribuídos em 1.358 municípios; destes, 11.182 foram confirmados. 118

WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

A infecção por Chikungunya produz uma síndrome febril de início súbito e debilitante. A artralgia parece afetar até 80% dos pacientes e persiste durante meses e até mesmo anos. O espectro das manifestações reumáticas e musculoesqueléticas pós-chikungunya incluem persistência da dor, até artrite reumatoide, que se desenvolve em aproximadamente 5% dos pacientes. O quadro articular crônico interfere na qualidade de vida do indivíduo, com impactos econômicos significativos, devido à redução da produtividade. O CHIKV causa doença neurológica em idosos e neonatos, podendo ser fatal. Transmissão vertical foi relatada pela primeira vez durante a epidemia nas Ilhas da Reunião e ocorreu em 50% das mulheres com viremia no parto. A transmissão de mãe para filho é incomum, mas todos os recém-natos infectados durante o trabalho de parto apresentaram doença sintomática com manifestações graves (50%), incluindo encefalopatia em 90% dos casos. A gravidade da chikungunya em recém-natos e o ônus da paralisia cerebral requerem medidas preventivas e terapêuticas, que devem ser precedidas de confirmação da viremia materna. Sendo assim é de vital importância que ao primeiro sinal de dores articulares súbitas e incapacitantes o enfermo procure assistência médica para que possam ser tomadas as precauções sobre a não cronificação do quadro clínico. Isso no âmbito do atendimento curativo, o que de uma certa forma apenas atesta a nossa incapacidade de realizar o tratamento definitivo, que nada mais é do que a prevenção, com a erradicação do vetor (Aedes egipsis), através de medidas simples como evitar águas paradas e uso de repelentes. Faltam politicas publicas dedicadas a este tema antes que a Chikungunya, o Zika vírus e a Dengue venham a fazer mais vítimas no nosso meio.

PEDRO AUGUSTO DIAS TIMOTEO MÉDICO,COM PÓS GRADUAÇÃO EM MEDICINA INTENSIVA E EM REUMATOLOGIA118 PROFESSOR DE SEMIOLOGIA DAS FIPs WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

119 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

120 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

120 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

121 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

122 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

123 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

124 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

124 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

125 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

126 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

126 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

127 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Gerais

Segurança

O Novo Código de Processo Civil

N

o último mês de março deste ano de 2016, passou a viger o Novo Código de Processo (lei 13.105/2016), revogando o antigo diploma que vigera por mais de 40 anos, mais precisamente desde o ano de 1973. O Novo CPC chega em um momento onde as normas processuais necessitam de pacificação, especialmente no que atine à breve e eficaz solução dos litígios. Comportando em seu escopo, institutos já consagrados na dinâmica do direito processual civil, tais quais, a tutela de urgência, a fomentação da conciliação como pressuposto de bom desenvolvimento dos direitos pretendidos, adicionados a institutos que ganharam força em leis esparsas, como a inversão do ônus da prova, a gratuidade judicial, a possibilidade de intervenção do Amicus Curiae, e que agora passam a ser discutidos num único código, o que facilita na análise e concessão pelo magistrado quando de suas eventuais apreciações. Inovações como a contagem dos prazos em dias úteis e o fim do prazo em quádruplo nas defesas realizadas pela Fazenda Pública, o Novo CPC se porta como ferramenta capaz de ensejar um modelo de legislação albergada em valores

128 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

sociais vigentes hodiernamente e que não conseguiam ser atingidos pelo revogado diploma. Importa salientar que ainda levará razoável tempo para que os operadores do direito, personificados nas figuras do Juiz, dos Procuradores e Promotores de Justiça e Advogados, possam sentir os reflexos das mudanças operacionalizadas, de maneira mais contundente, mas também é fato de que o Novo Código de Processo Civil é visto de maneira muito esperançosa por toda a classe jurídica, desafiadora para os que estão nas academias de Direito e, sobretudo, alvissareira para toda a sociedade que clama por uma Justiça célere e eficaz na consecução dos princípios constitucionais que se traduzem como única forma viável para a garantia dos direitos assegurados na Carta Magna de 1988.

Delmiro Gomes da sila Neto Advogado 128 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

129 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Segurança

Bem estar

Objetivos do tratamento striort

A

presenta a vantagem de possuir tecnologia não invasiva e não cirúrgica, estimula a produção de células jovens e novo colágeno. Gera uma estimulação da pele, geralmente por meio de um sistema que lança um fluxo de sucção, movimento e velocidade das manobras, tempo de exposição, números de repetições na mesma área e também o tipo de pele. É uma técnica segura sem uso de anestésico onde o paciente apresenta rápida recuperação. Já na primeira sessão observa-se uma melhora entre 30% a 80%

Ortomolecular. NÃO HÁ SIMILAR NO MERCADO MUNDIAL

Criolipólise de Contraste, onde ocorre um pré e pós aquecimento entre o resfriamento, garantindo assim 42% de redução da camada adiposa com resultados aparentes a partir da 3ª semana do tratamento. Indicado especialmente para a tratamento de redução da gordura corporal, possui três aplicadores P, M e G adaptando-se as camadas a partir de 2cm.

EM BREVE

1 - Aumentar a micro circulação capilar dérmica 2 - Acelerar o crescimento epidérmico 3 - Estimular a produção sebácea 4 - Restaurar o manto hidro-lipídico 5 - Atingir um maior grau de hidratação cutânea 6 - Aumentar a espessura da epiderme 7 - Estimular os fibroblastos 8 - Reconstituir a fibra elástica 9 - Aumentar a espessura da derme 10 - Melhora a oxigenação do tecido conjuntivo e a hipotonia muscular consequente às alterações das fibras colágenas;

11 - Melhora a drenagem linfática;

Desintoxica os tecidos, acelerando a eliminação de toxinas;

12 - Aumenta a produção de ATP em até 500% com recuperação normal de eliminação de toxinas;

13 - Aumenta o transporte de aminoácidos e da

síntese de proteínas com aumento da tonificação muscular;

14 - Aumenta a circulação nos plexos vasculares com aumento da captação de oxigênio local; Restauração tissular;

15 - Normalização metabólica celular; 16 - Regeneração celular e outros benefícios. 130 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

Fran Lima Fisioterapeuta dermo-funcional crefito: 1n n 158464-f130 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

131 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

132 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

132 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

133 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

134 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

134 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

135 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

136 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

136 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

137 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Segurança Opinião

Pelo fim da “cultura do estupro”

E

m pleno século XXI, não podemos admitir que um crime tão bárbaro como o estupro seja considerado normal, ou que seja de responsabilidade da vítima. O fato da vítima não se enquadrar nos padrões idealizados de uma mulher “correta”, não atribui à mesma a culpa por tal crime. Eis a chamada “cultura do estupro”, tão veiculada na mídia nos últimos dias. Cultura do estupro, segundo a ONU Mulheres (2016), é “o termo usado para abordar as maneiras em que a sociedade culpa as vítimas de assédio sexual e normaliza o comportamento sexual violento dos homens. Ou seja: quando, em uma sociedade, a violência sexual é normalizada por meio da culpabilização da vítima, isso significa que existe uma cultura do estupro”. Ao culpabilizar a vítima, tira-se o foco do real agressor, daquele que de fato agiu com o intuito de praticar um crime, que não respeitou a vontade da mulher e que a violentou de uma das piores formas possíveis, a violência sexual. Não podemos ficar indiferentes à dor da vítima, pois nenhuma pessoa está imune à violência, portanto não devemos achar que ela nunca vai nos atingir. Ao longo do tempo, a humanidade conseguiu evoluir através das lutas das gerações que resultaram em várias conquistas. Podemos citar dois dos principais motivos que impulsionaram essas lutas: a liberdade e a igualdade. Julgar a mulher vítima de violência sexual e esquecer a conduta do agressor é, de fato, um grande retrocesso social.

Não podemos ficar indiferentes sobre esse assunto, não podemos simplesmente consentir e acreditar que é normal uma pessoa ser violentada sexualmente e seus agressores ficarem impunes, ainda mais no caso de um estupro coletivo que assevera a covardia e reprovação de tal fato. Um dos fatores que impulsionam a prática de crimes é o sentimento de impunidade, que ocorre quando um indivíduo realiza uma atitude desprezível e não é repreendido, o que aumenta a tendência do indivíduo continuar realizando a mesma atitude, e pior, pode fazer com que outros indivíduos com a mesma intenção também realizem as mesmas condutas por acharem que também ficarão impunes. Temos que aplicar os rigores da lei para quem comete o crime de estupro, não só para os agressores não ficarem impunes, mas também para coibir que outros indivíduos cometam tal crime. Além disso, é de fundamental importância perceber que alicerçando a cultura do estupro há toda uma conjuntura histórico-social que permeia a nossa realidade e que favorece explícita ou implicitamente esse tipo de violência. O machismo enraizado no nosso cotidiano fez com os assédios sexuais, praticados em sua enorme maioria, contra as mulheres fossem naturalizados e silenciados. O renomado sociólogo Bourdieu ao tratar da condição feminina e da violência simbólica em sua obra “A dominação masculina” (2014) explicita como no decorrer da história as mulheres foram submetidas a um trabalho de socialização que fomentou a aprendizagem de virtudes negati-

vas tais como a abnegação, a resignação e o silêncio. Nesse sentido, é imperativo um esforço voltado para a mudança da mentalidade que ainda ecoa em nossa sociedade. É urgente uma mobilização de encorajamento das vítimas para que essas denunciem o abuso sofrido e sintam-se acolhidas pelos órgãos responsáveis pela sua segurança. As autoridades não podem ficar inertes e precisam realizar políticas públicas de combate ao estupro, em todos os níveis. São necessários investimentos em uma educação que preze pelo respeito entre as pessoas, independente de seu gênero. A sociedade como um todo precisa ser conscientizada que a culpa não é da vítima. O estupro merece ser tratado como crime hediondo que é, ou seja, um crime que merece maior reprovação por parte do Estado.

Jéssica Layla Medeiros dos Santos

138 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

Filha de José Ivan dos Santos e Luciene Medeiros dos Santos 2º Tenente do Quadro de Oficiais Combatentes da Polícia Militar da Paraíba Bacharel em Segurança Pública pela APMCB (Academia de Polícia Militar do Cabo Branco) Bacharelanda em Direito pelas FIP´s (Faculdades Integradas de Patos)


Seguranรงa

139 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Cinema

Segurança

Animação, suspense, ação, romance, tem filme para todos os gostos.

A

ssistir a filmes pode ser uma boa opção de lazer para reunir a família e os amigos nesse período de férias. Pensando nisso, a Galera Jovem fez uma agenda com as programações de filmes que estará nas telinhas em breve.

Filmes:

Procurando Dory

Orçamento: US$ 200 milhões Estreia: 30 de Junho de 2016 Sinopse: “Procurando Dory” (Finding Dory) se passa cerca de um ano após o primeiro filme, e traz de volta alguns favoritos: Marlin, Nemo e a turma do aquário, entre outros. Parcialmente ambientado na costa da Califórnia, a história também dá as boas-vindas a vários novos personagens, incluindo alguns que provarão ser parte importante da vida de Dory. Quando Dory disse “continue nadando”, ninguém imaginava o que estava reservado para ela (nem mesmo ela, que não conseguia se lembrar).

A Era do Gelo: O Big Bang

Estreia: 07 de Julho de 2016 Sinopse: Em ‘A Era do Gelo: O Big Bang‘, o mamute Manny, o tigre dente-de-sabre Diego e o preguiça Sid precisam enfrentar as mudanças climáticas no planeta. Foi confirmado o retorno do elenco de vozes, composto por Ray Romano (o mamute Manny),Queen Latifah (a mamute Ellie), John Leguizamo (a preguiça Sid) e Denis Leary (o tigre dente-de-sabre Diego).

Caça-Fantasmasg

A Lenda de Tarzan

Orçamento: US$ 180 milhões Estreia: 21 de Julho de 2016 Sinopse: ‘A Lenda de Tarzan‘ mostrará Tarzan já integrado à civilização. Waltz viverá um soldado belga chamado Capitão Rom. Ele tenta capturar Tarzan para trocá-lo por diamantes. Jackson deve interpretar um veterano da Guerra Civil chamado Williams. 140 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

Orçamento: US$ 100 milhões Estreia: 14 de Julho de 2016 Sinopse: Trinta anos depois do sucesso do clássico, ‘Caça-Fantasmas‘ está de volta e revitalizado para a nova geração. O diretor Paul Feig combina todos os elementos paranormais que tornaram a franquia tão amada, com um elenco de novos personagens, interpretados pelos atores mais divertidos dessa geração. Prepare-se para vê-los salvando o mundo! Respeitada professora da

Universidade de Columbia, Erin Gilbert (Kristen Wiig) escreveu um livro sobre a existência de fantasmas em parceria com a colega Abby Yates (Melissa McCarthy). A obra, que nunca foi levada a sério, é descoberta por seus pares acadêmicos e Erin perde o emprego. Quando Patty T olan (Leslie Jones), funcionária do metrô de Nova York, presencia estranhos eventos no subterrâneo, Erin, Abby e Jillian Holtzmann (Kate McKinnon) se unem e partem para a ação pela salvação da cidade e do mundo. 140 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

141 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

142 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

143 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

144 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

144 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

145 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

146 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

146 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

147 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

148 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

148 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

149 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

SJ GEO 1

150 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

150 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

151 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

152 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

152 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

153 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

154 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

154 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

155 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

156 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

157 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

158 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

158 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

159 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

160 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

160 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

161 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

162 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

163 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR


Seguranรงa

164 WWW.GALERAJOVEM.COM.BR

Edição de N° 46 Revista Galera Jovem  
Advertisement