__MAIN_TEXT__

Page 219

QUESTÃO DE FOCO

POR MARIANA COSTA • EDITORIALSAUDE@ITMIDIA.COM.BR Em um mercado competitivo como o de saúde, especializar-se pode ser o segredo para se destacar. Foi essa a estratégia de Mauro Katz quando fundou a Ok Medical, há quase três anos. Com experiência no segmento de home care de outra companhia, Katz aproveitou a boa fase do setor para criar a empresa, que hoje importa materiais para Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) e aparelhos para tratar a apneia do sono em casa. É neste último ponto que se encontra o diferencial de sua empresa. A atuação da Ok Medical em home care se restringe aos distúrbios do sono. Funciona assim: o médico permite que um paciente com apneia deixe o hospital e continue o tratamento em casa com a ajuda de uma máscara e de um aparelho de Pressão Positiva Contínua nas Vias Aéreas (CPAP). A Ok Medical não apenas vende o aparelho, mas vai à casa da pessoa para adaptá-lo às suas necessidades e presta as manutenções necessárias esporadicamente. Em média, os pacientes recebem de duas a três visitas dos profissionais da empresa. Ao todo, são seis pessoas, entre elas uma fisioterapeuta que ajuda os clientes a manusearem o produto. Por enquanto, Katz não pretende ampliar seu escopo de atuação. “Minha ideia é continuar focado em home care para apneia do sono, porque ainda dá pra crescer muito, há muita gente para atender”. Os números comprovam esse pensamento: a empresa cresceu 150% em relação ao último ano, vendendo uma média de seis aparelhos por mês. Para garantir a satisfação do cliente, a Ok Medical oferece a locação desses equipamentos, permitindo ao paciente verificar como se adapta à novidade. São feitas, geralmente, 60 locações por ano. Katz divulga seus serviços na internet e faz visitas técnicas a hospitais e laboratórios do sono em São Paulo. E os resultados não se restringem à capital paulista, sede da Ok Medical. A empresa recebe prescrições do Brasil inteiro e o material é enviado por correio. Os clientes de outros estados conhecem a Ok Medical principalmente por indicação de médicos “NÃO CONHEÇO e propaganda boca a boca de outros paCONCORRENTES cientes. ESPECIALIZADOS Por enquanto, vendas para outras regiões EM APNEIA DO são feitas através de contato por e-mail ou SONO COMO A por telefone. Como estratégia para continuGENTE” ar crescendo, Katz estuda investir em um site de comércio virtual e em marketing MAURO KATZ, DA em revistas especializadas. OK MEDICAL

219

REFERÊNCIAS DA SAÚDE • 1ª EDIÇÃO • 2011

Lay_Homecare_Okmedical.indd 219

28/11/11 14:31

Profile for IT Mídia

Fornecedores Hospitalares - Ed. 194  

A REVISTA DE GESTÃO, SERVIÇOS E TECNOLOGIAS PARA O SETOR HOSPITALAR - Ano 19 • Edição • 194 • Dezembro de 2011

Fornecedores Hospitalares - Ed. 194  

A REVISTA DE GESTÃO, SERVIÇOS E TECNOLOGIAS PARA O SETOR HOSPITALAR - Ano 19 • Edição • 194 • Dezembro de 2011

Advertisement