Page 1

REVISTA

0

EDIÇÃO DUPLA

grafite referênc ias | cultura | moda

www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 1


SUMÁRIO REVISTA FEITO BRASIL: inspirações a cada página.

03

A atração dos opostos

EDITORIAL 03 A primeira vez

INSPIRAÇÕES 04 Estampas

INSPIRAÇÕES 06 Intervenção

ENTREVISTA 08 Alex Hornest

ESPECIAL 10 Homem & cidade em harmonia

CULTURA 18 Do muro para o papel

MODA 22

22 MODA De fora para dentro

18 ARTE Arte de rua a seu dispor

14 DECORAÇÃO Com a cara do grafite

10 BELEZA Intervenção

08 INSPIRAÇÕES Estampas

06 INSPIRAÇÕES Dose dupla

03 EDITORIAL

A atração dos opostos

 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com


EDITORIAL EXPEDIENTE A Revista Feito Brasil é um veiculo de comunicação externa da Feito Brasil Industria de Produtos Artesanais Ltda., localizada na rua Ipanema, 579, bairro Ipanema Praia Clube, CEP 87.160-000, Mandaguaçu (PR). A Revista não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos assinados. É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos ou ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor. Diretores Lena Peron Almir Peron Conselho editorial Lena Peron Almir Peron Fernanda Iantas André Azevedo Andréia Santos Volpato Louise Nauck Milene Haraguchi Padilha Aislan Douglas Jornalista responsável Alexandre Fumagalli MTb 7390/Pr Redação/Arte/Produção Alexandre Fumagalli Revisão Departamento de Marketing Impressão Gráfica Idealiza Contato imprensa@feitobrasil.com Twitter @Feito_Brasil Site www.feitobrasil.com

CAPA

A

primeira vez

Dizem que a primeira vez é inesquecível. Vamos nos deter somente no exemplo do primeiro beijo, que para a grande maioria torna-se memorável na vida, ainda mais se for com a pessoa certa. Não nos esquecemos do início da Revista Feito Brasil e isto foi há quase um ano. De lá pra cá muita coisa mudou, mas a transformação marcante teremos nesta terceira edição. Este é nosso primeiro número dedicado também aos homens, além das mulheres que já fazem parte desde o começo. Para esta novidade, mudamos a Revista e fizemos nossa primeira edição dupla. Estas mutações chegam acompanhada da linha HomemUrbano, dedicada ao homem que vive em harmonia com a metrópole sem se esquecer dos cuidados pessoais. Este não é o primeiro lançamento exclusivo ao público masculino desenvolvido pela Feito Brasil Cosméticos Artesanais. Para ilustrar o perfil do Homem-Urbano, tomamos como inspiração o grafite e sua harmônica inserção no cenário urbano. Logo, este é o tema que ilustra todas as páginas desta edição, com diversas referências, que passam pela moda, cultura e arte. Por esta ser a primeira vez com o público masculino, nada melhor que nos apresentarmos. A Revista Feito Brasil é uma publicação da Feito Brasil Cosméticos Artesanais e tem como missão “encantar, acolher e inspirar o leitor no universo Feito o Brasil”, que é o que nos inspira e motiva a cada dia, para que possamos lançar cosméticos artesanais e sustentáveis que valorizem nossa terra e atendam as necessidades de nossos consumidores. Boas vindas, pela primeira vez, a nossa Feito Brasil.

Equipe Feito Brasil O modelo Allex Bizarro veste camiseta Alto Giro e blazer Blue Steel para Lojas Renner Produção: Alexandre Fumagalli Assistente: Fernanda Iantas Foto: Rafael Saes Beleza: Fernando Rodrigues Tratamento de imagem: Fernando Valença (iPublic)

www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 


INSPIRAÇÕES

Estampas O grafite chegou e conquistou as cidades. Logo, não se deteve em somente estampar a paisagem urbana. Agora dita moda e estilo ao preencher roupas e acessórios que levam seus traços característicos. Assim, ilustrações, desenhos e letras, que fazem parte desta expressão artística, dão o diferencial para qualquer item. A arte de rua pode vir representado no estilo sticker, grafite, pichação, pixação, grapixo, bomb, estêncil ou até uma miscelânea. Não importa, qualquer uma delas é válida quando precisa destacar algo na produção do dia-a-dia. Tanto faz que seja na peça inteira ou em um detalhe, desde que chame atenção, o uso está liberado de qualquer forma e para qualquer hora.

Óculos Chilli Beans

Squeeze Tok&Stok por Ronaldo Fraga

Mochila e estojo Adidas Originals

Carteira estampa da Mulheres Barbadas para Mojo Design na Cartel 011

Fotos: divulgação

Vodka Absolut Watkins

4 | Revista Feito Brasil

Hidratante Corporal Masculino Revigore-se Perfeitos Sentidos Feito Brasil Cuecas boxer Under

Segunda pele para Iphone I-Stick

www.feitobrasil.com


Relógio Beastie Boys da Nixon na Billabong

Camiseta Lost

Foto: Agência Fotosite

Tênis Lacoste na Cartel 011

Absolut: www.absolut.com - Adidas: www.adidas.com/originals | 11 5181-4673 - Billabong: www.billabong.com/br | 11 3081-2798 - Cartel 011: www.cartel011. com.br | 11 3081-4171 - Chilli Beans: www.chillibeans.com.br | 11 3818-3030 Feito Brasil: www.feitobrasil.com | 44 3245-3267 - I-Stick: www.istickonline.com | 11 3743-1066 - Lost: www.lost.com.br | 11 3525-0544 - Tng: www.tng.com.br | 11 4689-9313 - Tok&Stok: www.tokstok.com.br | 0800 70 10 161 - Under: www. underbrazil.com

www.feitobrasil.com

Tng verão 2011/2012 Revista Feito Brasil | 5


INSPIRAÇÕES Camiseta Is na Cartel 011

Intervenção

Camiseta Marc Jacobs na Farfetch.com

Um mero detalhe pode chamar toda atenção. Na cidade, um grafite pode fazer você perceber determinado ponto e memorizá-lo. Esta é a missão de intervenção que a arte de rua produz no cenário urbano. A mesma função que uma roupa pode ter ao destacar e marcar presença em qualquer composição. Uma estampa ou desenho com traços únicos já cumprem o objetivo. Porém, o papel de intervir em uma produção pode também ser feito com detalhes e acessórios, que no conjunto se sobressai, como uma bolsa, um óculos, um calçado, um chapéu e até mesmo um aparelho eletrônico. Só não vale misturar tudo, pois, ao invés de intervenção você terá uma confusão. Por isto, contente-se em explorar os pontos marcantes.

Shampoo Cabelo e Corpo Versátil Feito Brasil

Camiseta Reserva

Camiseta Lost

Fotos: divulgação

Bolsa Billabong

6 | Revista Feito Brasil

Pólo Reserva

www.feitobrasil.com


Ipod Nano Apple

Vodka Absolut Rock

Bermuda Blue Man

テ田ulos Evoke

Tテェnis New Balance

Foto: Marcio Madeira

Relテウgio Hero da Nixon na Billabong

Absolut: www.absolut.com - Apple: www.apple.com/br | 0800 019 73 66 Billabong: www.billabong.com/br | 11 3081-2798 - Blue Man: www.blueman. com.br | 11 3085-0476 - Cartel 011: www.cartel011.com.br | 11 3081-4171 Evoke: www.evoke.com.br | 11 3034-3690 - Farfetch.com: www.farfetch.com. br - Feito Brasil: www.feitobrasil.com | 44 3245-3267 - Herchcovitch: www. herchcovitch.com.br | 11 3063-2888 - Lost: www.lost.com.br | 11 3525-0544 New Balance: www.newbalance.com.br - Reserva: www.usereserva.com | 11 3871-3030

www.feitobrasil.com

Herchcovitch verテ」o 2011/2012 Revista Feito Brasil | 7


Fotos: Thais Ueda

ENTREVISTA

Alex Hornest

“O grafite é algo anônimo, usado para quebrar barreiras, para se expressar em qualquer lugar.” No grafite, o pintor e escultor Alex Hornest é um dos nomes que representa o trabalho desenvolvido no Brasil para o mundo. Alex Hornest, também conhecido por Ornesto, é pintor e escultor em São Paulo, cidade de onde tira sua inspiração para criar imagens urbanas, lúdicas e introspectivas. Por isto, em seus trabalhos, explora a relação entre a metrópole e seus habitantes. Assim, seus personagens aparecem nos lugares e suportes mais inusitados, promovendo a interação entre obra e espectador. Suas criações já foram expostas no Brasil, México, Inglaterra, Estados Unidos, Colombia, Portugal, Holanda, Itália e Espanha. Revista Feito Brasil - De quando você começou a trabalhar com grafite até hoje. Quais foram os fatores que transformaram este tipo de expressão em arte apreciada em galerias? Alex Hornest - Eu trabalho com arte com spray, uso letras e personagens. Acho que as formas que trabalhamos, as técnicas utilizadas, os materiais aplicados e a variedade de artistas fizeram este tipo de arte ser apreciada. Os brasileiros se destacam no mundo com muitos diferenciais e uma miscelânea de influências, que resulta neste tipo de trabalho presente em diversas galerias, que expõem a arte urbana, espalhadas pelo mundo. Acredito também que o improviso é outro diferencial que artistas de outros países não têm, pois,  | Revista Feito Brasil

trabalhamos ao acaso, com influência do meio e do tempo. FB - Entendemos que grafite é uma expressão artística aplicada na paisagem urbana. Este tipo de arte se descaracteriza ao ir para uma galeria ou decoração de ambientes internos? Alex - Este tipo de expressão artística pode ser aplicada em qualquer mídia que aceita imagem, pois, é um tipo de arte que se comunica facilmente com o público. O grafite é uma técnica que pode ser usada por qualquer artista, que pode ser desde um pintor até um decorador. FB - Como foi a mudança do conceito deste tipo de arte com o passar do tempo? Alex - O grafite é algo anônimo, usado para quebrar barreiras para se expressar em qualquer lugar. Se pegarmos os trabalhos em galerias, o grafite recebe a influência do tempo, do meio e da iluminação, coisa que na rua não se tem controle. FB - Com a evolução tecnológica e digital, você acredita que o grafite ainda terá seu espaço e se adaptará à estas novidades? Alex - Sempre. Acredito que o grafite não desapareça com essa evolução, mas agregue estas novidades tecnológicas. Hoje é mais fácil trocar experiências e ver o que acontece pelo www.feitobrasil.com


www.feitobrasil.com

FB - Esta lei ainda proíbe a venda de tinta em aerosol para menores de 18 anos. Para você, que começou a ter contato cedo com este tipo de arte, esta proibição evitará que novos talentos surjam? Alex - Acredito que não. Hoje você encontra cursos voltados para esta área, o que abrirá caminhos para os novos talentos. Além disto, quem tem interesse aprende rápido. Eu sabia o que queria desde os cinco anos de idade, mas só fui conhecer o spray nos anos 1980, com o hip hop na mídia, porém, até então, não tinha estas noções. Outra coisa, a lei coloca grafite como arte e pichação como crime e acredita que só menores de 18 sejam criminosos, o que é um equivoco, já que maiores de idade podem ser os criminosos com acesso liberado à tinta em spray. FB - Para você, qual o valor que as pessoas enxergam neste tipo de expressão artística? Alex - O público enxerga a aproximação com a arte, que antes era elitizada e conceitual. O grafite mudou tudo isto. Possibilitou que a arte saísse de galerias e fosse para a rua, sendo disponibilizada para todos, sem distinção de classe ou idade. As pessoas aceitam este tipo de arte, que interage com a cidade e o público e muda o cenário. Este é um tipo de arte em que o público ama ou odeia, pois, é uma expressão artística muito particular, quase uma imposição. É ótimo receber elogios das No bike here Viena (Áustria) pessoas que passam 2010 na rua enquanto estou trabalhando. FB - O que o gafite tem de melhor para oferecer às metrópoles? Alex - Convívio. O grafite possibilita esta troca entre as pessoas, entre o público e o artista. O grafite me possibilita conhecer e ter contato com pessoas com quem eu nunca teria no caos urbano e isto não tem preço. Esta expressão de arte cria uma aproximação grande entre público e cidade. Foto: Negativo

mundo quando o assunto é grafite. Além disto, muitos artistas hoje utilizam a tecnologia em seus trabalhos, mesclando com projeções de imagens e explorando os detalhes que isto possibilita. A tecnologia já possibilitou mudanças mais significativas, como canetas com tinta permanente e bicos que possibilitam controlar a saída do spray. FB - Em uma entrevista concedida ao jornal O Estado de S. Paulo você diz que não há diferença entre pichação e grafite. Porém, uma lei sancionada recentemente pela presidente Dilma diferencia os termos e coloca pichação como crime e grafitagem, desde que autorizado, como uma expressão de arte. Você acredita que esta diferenciação exposta pela lei é válida ou está equivocada? Alex - É válida, pois, o que a sociedade não entende, ela agrega. Para diferenciar, posso dizer que grafite é uma técnica e pichação é uma vertente desta técnica, mas ambos deixam sua marca. Porém, tratandose da lei, é um benefício, pois, abre possibilidade que, em países como a Alemanha, não tem. FB - Você sofria algum tipo de p r o b i b i ç ã o antes desta lei ser sancionada, quando pichação e grafitagem eram considerados crimes? Alex - Sim, como qualquer outro que saia na rua. Recebia críticas e proibições, que foram muitas nestes 20 anos em que trabalho. FB - Você acredita que esta lei só foi apresentada frente a valorização que este tipo de arte tem conquistado? Alex - Com certeza. Esta lei vem sendo discutida há uns três ou quatro anos. Houve até projetos interessantes nesta área. Em São Paulo, por exemplo, a Marta Suplicy, na época em que foi prefeita de São Paulo de 2001 a 2004, criou projetos que facilitavam a expressão do grafite, mas esta iniciativa deixou muito aberto para qualquer um explorar este tipo de arte.

Revista Feito Brasil | 


Fotos: Rafael Saes

ESPECIAL

10 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com


&

Homem cidade em harmonia Para o homem, conviver em meio a sociedade contemporânea e absorver a modernidade é possível, só necessita das ferramentas certas.

Linha Homem-Urbano, composta por Shampoo Refrescante Capilar e Coporal, Hidratante Fluido Corporal, Creme Hidratante para as Mãos, Pomada Capilar Finalizadora Efeito Teia e Sabonete em Barra com Pegada Refrescante Feito Brasil. www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 11


ESPECIAL

Fotos: Alexandre Diniz/SPTuris (Avenida 23 de Maio), Acervo SPturis (Avenida Paulista), Wanderley Celestino/SPTuris (Marginal Pinheiros) e Jefferson Pancieri/SPTuris (Centro, Vale do Anhangabau e Viaduto do Chá).

Marginal Pinheiros

1 | Revista Feito Brasil

Centro

Avenida Paulista

Vale do Anhangabau

Viaduto do Chá

Avenida  de Maio

São Paulo é o melhor exemplo no Brasil para ilustrar o conceito de cidade moderna. Além disto, adaptou-se às expressões artísticas e inseriu de forma orgânica o grafite em meio ao cenário urbano.

www.feitobrasil.com


Creme Hidratante para as Mãos Homem-Urbano Feito Brasil.

www.feitobrasil.com

Ilustrações: Tiago Lenartovicz

Não é preciso dizer que o mundo mudou drasticamente nos últimos anos. Isto é visível a qualquer um, ainda mais para aqueles que convivem em meio a estas modificações. Porém, o que antes se tranformava de forma mais lenta, digamos a cada dia, atualmente é a cada segundo, ou seja, dinâmico. Além disto, a maioria das mudanças eram locais, hoje, com o mundo globalizado, o que muda em âmbito local influencia todos os lugares no mesmo instante. Com tantas mutações só coube ao homem adaptar-se a elas. O público masculino precisou adequar-se a uma nova sociedade, em que o tempo é escasso, a competição é maior e a tecnologia domina tudo, fatores estes que revolucionaram nossa comunidade. Os homens aceitaram o desafio e começaram a ajustarse. Estão frequentando salões de beleza, spas, academias, esteticistas e cirurgiões plásticos. Seguindo estes acertos, a moda destinada ao público está mais diversificada e, por que não dizer, ousada. Alinhar-se pede as ferramentas certas, ainda mais para eles. Neste ano, a Feito Brasil Cosméticos Artesanais resolveu dar uma ótima “caixa de ferramentas” com a linha Homem-Urbano,

Revista Feito Brasil | 1


ESPECIAL

que possui cinco cosméticos para atender as solicitações do homem moderno, que vão desde as necessidades básicas até as novas exigências impostas pela sociedade. Cada vez mais os homens assumem os tratamentos com a pele. Segundo a Farmacêutica da Feito Brasil Cosméticos Artesanais, Milene Haraguchi Padilha, as possíveis explicações disso podem ser o crescimento da concorrência da mulher no mercado de trabalho e o estímulo da mídia aos assuntos de beleza e sua ligação com a saúde. “Com a presença da mulher no mercado de trabalho, os homens tiveram de se preocupar com a imagem pessoal e os cuidados com a estética para não perder o lugar, além disso, a mídia contribui ao bombardear este público com matérias relacionada à beleza e saúde”. Porém, as carências masculinas são muito particulares e diferentes dos cuidados voltados à mulher. Assim, os cosméticos destinados aos homens devem ser específicos, pois, as glândulas sebáceas trabalham mais, a composição hormonal é diferente, a derme é mais densa e oleosa, os fatores que determinam o envelhecimento são outros e o barbear deixa a pele mais sensível e irritada. Logo, é necessário manter a pele limpa para promover o equilíbrio das funções. “Estes produtos Hidratante Fluido Corporal Homem-Urbano Feito Brasil.

14 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com


foram desenvolvidos para acompanhar e complementar os cuidados pessoais diários do homem”, explica Milene. Inspiração – Para ilustrar a adaptação ao meio e concordância entre ambos, nada melhor que o grafite. Este tipo de arte de rua contemporânea se adapta ao suporte explorado e adorna o espaço, vivendo em harmonia com o restante do cenário das grandes metrópoles. Cada frasco da linha Homem-Urbano leva nos rótulos grafites relacionados à forma de uso de cada item, por meio de elementos que fazem alusão a parte do corpo para qual é destinado, além de ícones ligados ao enriquecimento cultural e ao entretenimento. A cidade inspirou as embalagens em plástico PET ao misturar o cristal, ou transparente, com preto. Para exemplificar a inspiração, pelas ruas de São Paulo é possível testemunhar a idéia de arte urbana e urbe convivendo em perfeita sintonia, onde os grafites são usados para ornamentar pontos específicos. No mesmo local que exige do público masculino uma convivência simétrica, pois, numa das maiores centros urbanos brasileiros e núcleo econômico do país, os homens precisam batalhar por seu espaço e ainda aproveitar o que a capital paulista tem a seu dispor. Shampoo Refrescante Capilar e Corporal Homem-Urbano Feito Brasil.

www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 15


ESPECIAL

Produtos - Nesta nova linha há: Shampoo Refrescante Capilar e Corporal, Hidratante Fluido Corporal, Pomada Capilar Finalizadora Efeito Teia, Creme Hidratante para as Mãos e Sabonete em Barra com Pegada Refrescante. Todos os produtos são sustentáveis, produzidos por emulsão a frio e artesanalmente, com formulação verde e água vegetal, extraída de compostos vegetais, que neste caso é proveniente da menta. Tudo isto faz com que os produtos apresentem maior biodegrabilidade e melhor perfomace sensorial. Aliás, os itens desta coleção não possuem corantes e parabenos. A fragrância é inspirada na perfumaria fina e tem características cítricas amadeiradas em uma combinação de notas de saída frescas de bergamota, violeta e manjericão; notas de corpo com noz moscada, pimenta rosa, cardomomo e canela; e notas de fundo com sândalo e vetiver. O Creme Hidratante para as Mãos Homem-Urbano possui textura e sensorial diferenciados, o que proporciona um toque macio e sedoso às mãos. Este cosmético tem níveis balanceados de emolientes e agentes hidratantes, responsáveis por uma hidratação adequada e sem residual oleoso. Além

Pomada Capilar Finalizadora Efeito Teia Homem-Urbano Feito Brasil.

16 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com


disto, tem ação anti-inflamatória, refrescante, adstringente, protetora, restauradora, estimulante e antisséptica. O Hidratante Fluido Corporal Homem-Urbano é de fácil aplicação, absorção e secagem, formando um filme protetor que deixa a pele macia, suave e perfumada. Os ativos possuem ação antioxidante, anti-inflamatória, firmadora, restauradora, protetora, refrescante, adstringente e antisséptica. O Shampoo Refrescante Capilar e Corporal HomemUrbano tem o objetivo de manter a pele limpa e com aparência saudável e os cabelos hidratados, reparados e com brilho. Além disto, conta com ação anti-inflamatória, refrescante, adstringente, hidratante, restauradora e antisséptica; A Pomada Capilar Finalizadora Efeito Teia Homem-Urbano possibilita a definição e finalização de penteados e apresenta sensorial e textura diferenciados promovendo fixação moderada, hidratação, reparação e proteção dos cabelos. O Sabonete em Barra com Pegada Refrescante HomemUrbano com um formato anatômico, proporciona uma espuma cremosa e hidrata a pele. Os ativos tem ação anti-inflamatória, refrescante, adstringente e antisséptica.

Sabonete em Barra com Pegada Refrescante Homem-Urbano Feito Brasil.

Feito Brasil: www.feitobrasil.com | 44 3245-3267 - São Paulo Turismo: www. spturis.com.br | 11 2226-0400

www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 17


CULTURA

Do muro para 18 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com


Grafite produzido por Cuba, Luís 83, Pastore, Ota, Thug Alone e Vine especialmente para ilustrar a capa do livro Por trás dos muros - horizontes sociais do graffiti, Editora Peirópolis.

Foto: Caetano Barreira/Reprodução

o papel www.feitobrasil.com

Com a valorização do grafite, alguns autores se lançaram para definir, estudar, explicar e registrar esta expressão artística.

Revista Feito Brasil | 19


CULTURA O movimento do grafite pelo mundo, principalmente no Brasil, indica a evolução de diversos fatores sociais, pois, trata-se de algo que promove a inclusão social dos grafiteiros, interfere de forma criativa no ambiente urbano e se comunica de forma direta com o público. Logo, o que antes era recriminado, passou a ser apreciado e valorizado como arte, chegando até as galerias. Com esta transformação, muitos autores se aventuraram em lançar publicações onde definem e diferenciam grafitagem e pichação, estudam a criação destas imagens, exploram o poder de inclusão social que possibilita ou registram as imagens expressas em diversas partes do mundo. O que fica claro com tudo isto, é que é abundante a bibliografia nacional e internacional dedicada ao tema. A rica literatura disponível demonstra, logo no início, que há duas grafias para grafite, ou graffiti, bem como também para pichação, ou pixação. No livro O que é grafitti, da coleção Primeiros Passos, da Editora Brasiliense, o autor Celso Gitahy, tem o objetivo de definir o que é grafite e diferenciá-lo de pichação, que segundo o autor, são posturas diferentes com resultados plásticos particulares. “O grafite é uma forma de expressão artística e humana, associado aos princípios da liberdade de expressão, que aceita dialogar com a cidade de forma interativa, pois, a usa como suporte, e possui características herdadas da pop art”, resume. “Nas últimas décadas o grafite e a pixação viram crescer a onda mundial da intervenção urbana e passaram a dividir as atenções e o espaço público com novos artistas de rua”, explica o professor e designer Gustavo Lassala, autor de Pichação não é pixação, da Altamira Editorial, livro em que a pixação recebe um novo olhar e é considerada uma das maiores manifestações visuais da paisagem urbana atual. No livro, o autor classifica, explica a variedade de estilos, esclarece ao público as diferentes formas de intervenção urbana e o seu conjunto de regras específicas, além de apresentar os registros desta expressão a partir de uma perspectiva histórica. Mais que uma forma de arte, alguns autores procuram ir mais fundo no assunto para localizar, entender e explicar de forma crítica o que é o grafite. Foi isto que William da Silva e Silva procurou ao reunir artigos e trabalhos no livro Graffitis em múltiplas facetas: definições e leituras iconográficas, da Annablumme Editora. “Existe a necessidade de se ver bem claramente o universo no qual o mesmo está inserido, ou seja, o sujeito, a ideologia e o suporte que liga esta arte à cidade”, frisa o autor que escreveu o livro com o objetivo de compreender os processos de produção do fenômeno. Quando o assunto é o processo de produção, algumas obras buscam trazer o leitor para este ambiente ao fazer os registros destas etapas. O livro Sketchbooks - as páginas desconhecidas do processo criativo, dos designers e artistas visuais Cezar de Almeida e Roger Bassetto e lançado pelo selo independente POP, reúne estudos e imagens dos cadernos de esboços de 26 artistas brasileiros. Os idealizadores levaram mais de 18 meses em visitas a ateliês e contato com um riquíssimo e vasto material registrado em cadernos para produzir este trabalho. Segundo os responsáveis, foi difícil a tarefa de compilar recortes que refletissem o trabalho e a personalidade artística de designers, arquitetos, ilustradores, cartunistas, grafiteiros e tipógrafos. “Queremos alimentar 20 | Revista Feito Brasil

e inspirar quem está buscando ou já está percorrendo seu próprio caminho no campo das idéias e quer exercitar sua criatividade nas artes visuais e na vida”, definem os autores como o objetivo da obra. Segundo o professor e especialista em processo criativo Charles Watson, que assina a introdução do livro Sketchbooks - as páginas desconhecidas do processo criativo, em meio à idade digital, o processo de esboçar ainda é fundamental para muitas disciplinas que vão além da arte e do designe. “Num contexto de consumismo desenfreado e constante procura por novos produtos da indústria e do designe, é refrescante ver um livro que visa à contemplação dos bastidores e das linguagens criativas”, completa. A obra registra a participação de artistas como: Alex Hornest, Angeli, Mulheres Barbadas, Titi Freak, Orlando Pedroso, Carla Caffé, Guto Lacaz, Kiko Farkas, Rafael Grampá e outros 17 nomes do cenário artístico nacional. Ao focar na experiência do Projeto Quixote, o livro Por trás dos muros – horizontes sociais do graffiti, da Editora Peirópolis, apresenta as inspirações de jovens que encontraram no spray e no látex instrumentos de transformação social. O Projeto, que existe desde 1996, tem a missão de transformar a história de jovens e famílias em situação de risco, sendo o grafite uma de suas ferramentas para exercício da inclusão social. O coordenador do Projeto, Auro Lescher, que assina o prefácio da publicação, passa a função sócio-econômica do grafite ao apresentá-lo como uma forma de fortalecimento da identidade e da afirmação do sujeito a partir dessa linguagem. A obra reúne 110 fotografias e entrevistas que dialogam sobre o grafite, suas relações com os grafiteiros, com a cidade e, consequentemente, com a transformação social. As autoras Graziela Bedoian e Kátia Menezes acreditam que o leitor encontrará as diversas linguagens do grafite e apresentam o ingresso desta arte na vida de crianças até a experiência da geração de renda. Esta expressão artística se espalhou pelo mundo e está presente nos quatro cantos do planeta. Esta constatação está registrada pelas 2.000 imagens de mais de 180 artistas compiladas no livro O mundo do grafite – arte urbana dos cinco continentes, da WMF Martins Fontes Editora. O autor Nicholas Ganz é artista plástico e artista de rua que documenta a cultura do grafite e arte urbana há mais de 10 anos. O objetivo do escritor é oferecer uma visão exclusiva da própria essência do grafite e da explosão criativa que caracterizou os últimos trinta e cinco anos desta arte. “Combino as minhas experiências diretas com os depoimentos dos artistas. Assim, passo minha visão sobre as principais tendências e estilos que fazem do grafite um fenômeno global.”, resume. Estas obras possibilitam que o leitor conheça a dimensão global que a arte de rua atingiu e deixa claro os motivos que transformaram o Brasil em referência quando o assunto é arte de rua. Outro ponto destacado é a valorização e aceitação do grafite como arte e ferramenta de inclusão social, tirando o conceito de crime ou marginalidade que a expressão tinha. Altamira Editorial: www.altamiraeditorial.com.br | 11 2495-1547 - Annablume Editora: www.annablume.com.br | 11 3812-6764 - Editora Brasiliense: www.editorabrasiliense.com.br | 11 3087-0000 - Editora Peirópolis: www. editorapeiropolis.com.br | 11 3816-0699 - POP: www.sketchbooks.art.br - WMF Martins Fontes Editora: www.wmfmartinsfontes.com.br | 11 3293-8150

www.feitobrasil.com


Por trás dos muros - horizontes sociais do graffiti, de Graziela Bedoian e Kátia Menezes Editora Peirópolis.

Sketchbooks - as páginas desconhecidas do processo criativo, de Cezar Almeida e Roger Bassetto POP.

O que é graffiti, de Celso Gitahy Editora Brasiliense.

O mundo do grafite - arte urbana dos cinco continentes, de Nicholas Ganz Editora WMF Martins Fontes.

Fotos: Reprodução

Pichação não é pixação, de Gustavo Lassala Altamira Editorial.

www.feitobrasil.com

Graffitis em múltiplas facetas: definições e leituras iconográficas, de William da Silva e Silva Annablume Editora.

Revista Feito Brasil | 21


MODA

A atração d dos opostos O romance entre grafite e cidade é antigo, mas só agora encontrou o momento mais propício para se revelar. A atração dos opostos é visível entre as linhas retas, enxutas e cores neutras da cidade com as formas e cores ousadas do grafite. Neste encontro, ambos ganham beleza e originalidade.

Fotos: Rafael Saes Tratamento de imagem: Fernando Valença (iPublic) Produtor geral: Alexandre Fumagalli Assistente: Fernanda Iantas Beleza: Fernando Rodrigues Modelos: Angela Maria Fregonezi e Allex Bizarro Filmagem: Marcius Kruli Agradecimentos: Shopping Atacadista Vest Sul 22 | Revista Feito Brasil

Alto Giro: www.altogiro.net | 44 3033 0101 - Chek: www.chek.com.br | 44 3245 1206 - Lado Avesso: www.ladoavesso.com.br | 44 3218 3000 - Linda Li: www. lindali.com.br | 44 3223 5496 - Lojas Renner: www.lojasrenner.com.br | 11 4003 3777 - New Beach: www.reccopraia.com.br | 44 3033 0101 - Nighteen: www. nighteen.com.br | 44 3242 2102 - Perfect Way: www.perfectway.com.br | 44 3222 8655 - Recco Praia: www.reccopraia.com.br | 44 3033 0101 - Relux: www. reluxjeans.com.br | 44 3242 1601 - República Mix: www.republicamixjeans.com. br | 44 3636 8100 - Rezzum Teen: www.rezzumteen.com.br | 44 3242 2102 Rezzum: www.rezzum.com.br | 44 3242 2102 - Zapp: www.zapp.ind.br | 44 3245 1206 www.feitobrasil.com


Ele veste camiseta e short Alto Giro e sapatênis West Coast na Lojas Renner. Ela veste calça e camisa Rezzum, blazer Zapp, colar Linda Li, carteira República Mix e peep toe Bottero na Lojas Renner.

www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 23


MODA Ele veste camiseta Lado Avesso, bermuda Chek e sapatênis Marfinno para Lojas Renner. Ela veste macacão Nighteen, colar Linda Li, bolsa República Mix e sandália Via Marte na Lojas Renner.

24 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com


Ele veste camiseta Lado Avesso, bermuda Chek e sapatĂŞnis Marfinno para Lojas Renner. Ela veste jeans Lado Avesso, body Relux, cintos Relux, colete Chek, anel Linda Li, bolsa RepĂşblica Mix e anabela Satinato para Lojas Renner.

www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 25


26 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com

Ele veste camiseta Chek e bermuda Lado Avesso. Ela veste vestido Rezzum Teen e pulseiras Linda Li.

para continuar, acesse a outra vers達o digital

MODA


Ele veste camiseta Chek e bermuda Lado Avesso. Ela veste vestido Rezzum Teen e pulseiras Linda Li. www.feitobrasil.com

para continuar, acesse a outra vers達o digital

Revista Feito Brasil | 26 27


28 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com

Ele veste bata Chek, jeans Lado Avesso e chinelo Marfinno para Lojas Renner. Ela veste saia New Beach, camisa Perfect Way, anel Linda Li e oxford Satinato para Lojas Renner.

www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 25


MODA

www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 29

Ele veste camisa Chek, jeans Lado Avesso e sapatĂŞnis Marfinno para Lojas Renner. Ela veste vestido Zapp, cinto Zapp, anel Linda Li, sandĂĄlia Satinato para Lojas Renner.

24 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com


30 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com

Ele veste camisa Chek, blazer Blue Steel para Lojas Renner, jeans Lado Avesso e sapatênis Marfinno para Lojas Renner. Ela veste maiô usado como body Recco Praia, short Rezzum, pulseira Linda Li, bolsa New Beach, lenço Lojas Renner e rasteirinha Satinato para Lojas Renner. www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 23


MODA

www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 31

A atração d dos opostos O romance entre grafite e cidade é antigo, mas só agora encontrou o momento mais propício para se revelar. A atração dos opostos é visível entre as linhas retas, enxutas e cores neutras da cidade com as formas e cores ousadas do grafite. Neste encontro, ambos ganham beleza e originalidade.

Fotos: Rafael Saes Tratamento de imagem: Fernando Valença (iPublic) Produtor geral: Alexandre Fumagalli Assistente: Fernanda Iantas Beleza: Fernando Rodrigues Modelos: Angela Maria Fregonezi e Allex Bizarro Filmagem: Marcius Kruli Agradecimentos: Shopping Atacadista Vest Sul 22 | Revista Feito Brasil

Alto Giro: www.altogiro.net | 44 3033 0101 - Chek: www.chek.com.br | 44 3245 1206 - Lado Avesso: www.ladoavesso.com.br | 44 3218 3000 - Linda Li: www. lindali.com.br | 44 3223 5496 - Lojas Renner: www.lojasrenner.com.br | 11 4003 3777 - New Beach: www.reccopraia.com.br | 44 3033 0101 - Nighteen: www. nighteen.com.br | 44 3242 2102 - Perfect Way: www.perfectway.com.br | 44 3222 8655 - Recco Praia: www.reccopraia.com.br | 44 3033 0101 - Relux: www. reluxjeans.com.br | 44 3242 1601 - República Mix: www.republicamixjeans.com. br | 44 3636 8100 - Rezzum Teen: www.rezzumteen.com.br | 44 3242 2102 Rezzum: www.rezzum.com.br | 44 3242 2102 - Zapp: www.zapp.ind.br | 44 3245 1206 www.feitobrasil.com


32 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com

Exposição “Pessoas vazias”, de Alex Hornest.

Galeria

Thomas Cohn

Fotos: Divulgação

Há muitas histórias por trás da Galeria Thomas Cohn, um centro cultural dedicado às artes plásticas contemporâneas, que foi fundada em 1983, no Rio de Janeiro e depois, por questões mercadológicas, mudou para São Paulo. A Galeria trabalha com a pesquisa e lançamento de talentos emergentes e apresentação de profissionais de outras origens, ao invés de “reconsagrar o já consagrado”. O trabalho da Galeria impulsionou muitos artistas, que hoje são reconhecidos nacionalmente e internacionalmente, inclusive quando o assunto é arte de rua. Foi a primeira Galeria a participar de feiras internacionais, isso em 1984. Hoje, é uma das que promovem a interação artística entre o Brasil e Estados Unidos, Europa, Ásia e América Latina. A Galeria foi uma das responsáveis por apresentar o artista Alex Hornest. www.thomascohn.com.br avenida Europa, 641 - Jardim Europa São Paulo - SP 11 3083-3355

Fachada da Galeria Thomas Cohn.

Revista Feito Brasil | 21

www.feitobrasil.com


ARTE

www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 33 Tela de Rafael Highgraff.

Galeria

Zipper Apresentar o trabalho de quem ainda não é conhecido, detectando o novo quando estiver brotando. Este é objetivo da Zipper Galeria, fundada em 2010, com foco em novos artistas e na arte contemporânea. A Zipper foi criada para prospectar, divulgar, promover e colocar novos talentos no mercado de artes, comprometendose com a ampliação e fortalecimento do comércio e economia cultural. O prédio em que a Zipper está situada, que era ocupado pela Galeria Mirante das Artes, de Pietro Maria Bardi, nos anos 1970, foi redesenhado pelo arquiteto Marcelo Rosenbaum. Um espaço de 200m² que conecta profissionais com colecionadores, o que torna a galeria um agente cultural comercial. O designer gráfico e grafiteiro Rafael Highraff é um dos talentos representados e já teve peças expostas nos Estados Unidos, Argentina, Áustria, Itália e Inglaterra.

Fotos: Guilherme Gomes (galeria) e Lucas Cimino (tela)

www.zippergaleria.com rua Estados Unidos, 1.494 - Jardins São Paulo - SP 11 4306-4306

Fachada da Zipper Galeria, projeta pelo arquiteto Marcelo Rosenbaum.

20 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com


34 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com

Instalação “Titi Freak”, por Gal Oppido, na exposição “De dentro para fora / De fora para dentro”.

Galeria

Choque Cultural

Fotos: Divulgação

De Editora para Galeria foi um pulo de um ano para este local, fundado em 2003, transformar-se em referência quando o assunto é o grafite como arte. A Galeria Choque Cultural, de São Paulo, tem a missão de aproximar o público jovem das artes plásticas, incentivando o colecionismo, produzindo conhecimento e promovendo intercâmbios. O espaço em que a Galeria está localizada é uma obra de arte a parte, uma casa construída na década de 1940, que leva a expressão dos expositores. Além disto, a disposição das obras neste ambiente informal permite uma conexão maior entre público e peça. Já foram apresentados mais de 200 artistas brasileiros e mais de 50 internacionais, promovendo trocas entre o Brasil e o exterior. Por lá você encontra: Daniel Melim, Zezão, Carla Bath, Carlos Dias, Chivitz, Nove, Presto, Ramon Martins, Speto, Titi Freak e outros. www.choquecultural.com.br rua João Moura, 997 - Pinheiros São Paulo - SP 11 3061-4051

Fachada da Galeria Choque Cultural com trabalho de Ramon Martins.

Revista Feito Brasil | 19

www.feitobrasil.com


ARTE

www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 35

De fora para dentro

O grafite faz o caminho inverso da arte tradicional e sai das ruas para dentro das galerias de arte.

A partir do momento que o grafite ganhou relevância como expressão artística, as galerias passaram a aderir estes novos artistas e visões em seus acervos, tornando estes trabalhos um novo segmento de arte e transformando o que era underground em contemporâneo. Este movimento foi um dos responsáveis por transformar o Brasil em referência quando o assunto é manifestação visual urbana. Hoje reconhecemos grafiteiros nacionais expondo seus traços em espaços e mostras de arte no Brasil e no mundo. Além disto, muitos são convidados a grafitar locais públicos em diversos países. Todo este processo transformou o conceito que a sociedade tem sobre a arte de rua. Aqui, listamos alguns pontos dedicadas a esta expressão. 18 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com


6 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com Pendente Mengotti para Wall Lamps.

Quadro de The Random Stuff Collective na Cartel 011.

Quadro de Flip para Tok&Stok. Quadro de Rita Wainer para Tok&Stok.

Abajur de Wagner Archela para Wall Lamps. Lamps

Fotos: Divulgação / Textura de fundo: Stock / Montagem: Alexandre Fumagalli

Quadro de Fernando Ribeiro para Tok&Stok.

Quadro de Adriana Tavares para Tok&Stok.

Quadro de The Random Stuff Collective na Cartel 011.

Sofá de Michel Ducaroy para Tok&Stok.

Mesa lateral de Innovator/John Huldt para Tok&Stok.

Revista Feito Brasil | 6

www.feitobrasil.com


DECORAÇÃO

www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 7

Conjunto de copos termosensíveis Imaginarium.

Luminária Spray Imaginarium.

Cadeira Fetish Design na Cartel 011.

a cidade e que querem viver o tempo todo neste cenário, o desejo de tornar os ambientes semelhantes a metrópole é inevitável. Tendo como inspiração a arte de rua, a melhor solução é transformar o local em uma miscelânea, com diversas intervenções aleatórias, desde que tudo isto tenha uma ótica harmônica. Nestes tipos de espaços vale investir em tonalidades, formas, tramas e grafismos. Nesta proposta, qualquer detalhe pode ser usado para contribuir com o visual desejado, desde móveis até utensílios domésticos, não esquecendo das peças decorativas. Estes itens podem ser novos ou com aspecto de velho e usado, podendo ambos serem misturados, o que ajuda mais na conquista da atmosfera perfeita. O grafite pode ajudar com o uso de traços autorais, próprios e únicos desta expressão. Vale usar desenhos, fotos, ilustrações, adesivos e letreiros que criam a ilusão de menifestação visual urbana. Para contribuir mais com o clima, a base de trabalho pode ter características mais rústicas, como estrutura de cimento queimado, concreto exposto e tilojos aparentes. A parte elétrica e hidráulica também pode ficar exposta, pois, além de facilitar futuras manutenções, deixa o espaço com uma imagem bem urbana. Para completar, aposte em um sistema de iluminação mais baixa e amarelada, para evidenciar as cores e texturas aplicadas no ambiente. Assim, não importa qual o desejo, a flexibilidade da arte urbana possibilita a criação dos mais diversos cenários, desde os neutros aos urbanos. Para isto, basta usar os objetos certos, nas proporções adequadas e nas composições corretas.

Cartel 011: www.cartel011.com.br | 11 3081-4171 - Farfetch.com: www.farfetch. com.br - Imaginarium: www.imaginarium.com.br | 48 2107-5959 - Tok&Stok: www.tokstok.com.br | 0800 70 10 161 - Trend Venezia: 11 4266-0477 - Wall Lamps: www.walllamps.com.br | 11 3064-8395

16 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com


 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com

Pendente Wagner Archela para Wall Lamps.

Todos vivem o frenético ritmo urbano. Porém, alguns encontram em suas residências um refúgio para desacelerar e esquecer o caos da cidade, mas outros são tão apaixonados pela vida da metrópole, que trazem esta fixação para dentro de seus ambientes. Para atender aos pedidos, a arte de rua oferece espaços que se adequam a ambos os gostos. Basta escolher uma atmosfera com pequenas e marcantes intervenções ou completamente inspirado e invadido pelo grafite. O destaque que a arte urbana vem ganhando, a legalização desta expressão artística e a valorização deste tipo de obra por grandes galerias nacionais e internacionais facilitou o acesso do público a este tipo de trabalho. Além disto, este movimento no campo das artes trouxe inspirações para o desenvolvimento de móveis e peças de decoração. Para aqueles que procuram espaços imparciais dentre a urbe, porém, não deixam de lado obras de arte que se destacam, a idéia é trabalhar com pequenas intervenções em adornos clássicos. Um detalhe chama muita atenção, ainda mais quando está ligado a manifestação visual urbana e sua forte referência a pop art. Pontos de cor produzem o efeito de intervenção desejado. Procure focar as cores em objetos de destaque, como lustres, abajures ou luminárias, quadros e móveis. Além disto, pinturas e texturas próprias para paredes podem criar efeitos característicos, desde que em espaços distintos. Qualquer uma das opções citadas, concentradas em um único foco, com o restante do clima neutro, criam a idéia de intervenção reaproveitada das características desta expressão artística. Já para aqueles que se relacionam perfeitamente com

Adesivo de parede Sophie e Céline Fakhouri para Tok&Stok.

Prato estampado Jaguar Shoes Collective na Farfetch.com. Revista Feito Brasil | 15

www.feitobrasil.com


DECORAÇÃO

www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 

Arte de rua ao seu dispor A expressão artística que invade as cidades pode deixar ambientes com a cara da metrópole ou apenas criar um diferencial dentre o neutro

Fotos: Divulgação

Mosaíco em vidro Trend Venezia.  | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com


40 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com

Cor Riqueza de cores fortes e contrastantes é o que não faltou nos olhos das modelos da Triya, no Fashion Rio. O maquiador Daniel Hernandez reproduziu o efeito furta cor das escamas como referência à inspiração da marca nos segredos do fundo do mar.

Gel máxima fixação C.Kamura

Duo blush Fantasy Duda Molinos

Primer facial Contém 1g Corretivo líquido 2 Veridica It

Base líquida 01 Fábrica da Cor

Batom Flor em Pink Extratos da Terra

Brilho labial incolor Contém 1g

Sombra Duo 01 Fábrica da Cor

Foto: Agência Fotosite

Sombra Quarteto rosa Archy

Sombra Uno 19 Vult

Modelo do desfile da Triya no Fashion Rio verão 2011/2012. Revista Feito Brasil | 40

www.feitobrasil.com


BELEZA

www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 41

Intervenção Nesta proposta, a boca “grafitada” produz uma intervenção a maquiagem básica, no trabalho feito por Celso Kamura para a marca Maria Bonita, no São Paulo Fashion Week, que neste verão se inspirou no artesanato português adaptado ao brasileiro.

Batom Azul Rainbow Cremoso Contém 1g

Batom Verde Rainbow Cremoso Contém 1g

Fixador spray John Frieda

Batom Amarelo Rainbow Cremoso Contém 1g

Batom Passion Ghala Doux

Batom Seychelle Contém 1g

Foto: Agência Fotosite

Blush 07 Veridica It

Corretivo Duda Molinos

Modelo do desfile da Maria Bonita no São Paulo Fashion Week verão 2011/2012. 41 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com

Fotos: Rafael Saes


42 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com

Foto: Agência Fotosite O maquiador e cabeleireiro Celso Kamura produz a modelo Daiane Conterato para o desfile da Maria Bonita no São Paulo Fashion Week verão 2011/2012. www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 42


BELEZA

Revista Feito Brasil | 43

Com a cara do grafite Explorar cores e traços artísticos foi uma das tendências vistas pelas passarelas nacionais para o próximo verão

www.feitobrasil.com

Levando o tema do grafite para beleza, algumas propostas registradas nas passarelas nacionais para este verão se enquadram perfeitamente na temática. Dentre as idéias há o uso, de forma criativa, de cores e formas para acentuar olhos e bocas, que são os destaques da estação. Para “grafitar” o rosto, a pele perfeita e pronta recebe a intervenção de sombras coloridas nos olhos e batons coloridos nas bocas. Sempre dando ênfase para somente uma destas partes e mantendo o restante neutro, porém, com aspecto saudável. Considerando isto, os olhos foram o foco de Daniel Hernandez ao produzir a maquiagem para a marca de moda praia Triya, no Fashion Rio. A idéia da coleção veio dos segredos do fundo do mar. O maquiador recriou a aparência furta cor proveniente das escamas. Assim, os olhos tinham três cores diferentes de sombra, que pode ser adaptado para produções especiais. Antes disto, a pele foi preparada com primer, corretivo e base. A boca foi coberta com um gloss incolor e as bochechas com um blush rosa. Para concluir o efeito na boca, pode-se aplicar um batom para tonalizar. O cabelo, para ter textura de que acabou de sair da água, pode receber um gel fixador com aspecto molhado. Arte pode ser a palavra que traduz a proposta de Celso Kamura ao recriar pinturas em tecidos portugueses para a marca Maria Bonita, no São Paulo Fashion Week. A tela para expressar a inspiração nos artistas portugueses foi a boca, que recebeu atenção ao ser estampada com flores em um fundo rosa. Não precisa levar este visual ao pé da letra, basta usar somente um tom de batom na boca inteira. Nas estampas as tonalidades mais usadas foram: azul, vermelho e verde. Quando não adotava estampa, a boca tinha batons em cores fortes, como azul piscina e amarelo oliva. Com a boca sendo o foco, a pele só ganhou um corretivo. Para manter o penteado e coque no cabelo, um fixador é essencial. Para completar, um blush rosado nas bochechas ajuda a deixar a pele com aparência robusta. Para recriar as idéias, conheça os detalhes e produtos essenciais.

Archy: www.archy.com.br | 0800 01 97 366 - C. Kamura: www.ckamura.com. br | 11 5621-4696 - Contém 1g: www.contem1g.com.br | 44 3266-7652 - Duda Molinos: www.dudamolinos.com.br | 11 4736-8890 - Extratos da Terra: www. extratosdaterra.com.br | 48 3342-0087 - Fábrica da Cor: www.fabricadacor.com. br | 11 4305-7267 - Ghala Doux: www.ghaladoux.com | 11 3151-6310 - John Frieda: www.johnfrieda.com | 11 4227-1011 - Maria Bonita: www.mariabonita. com.br | 11 3068-6500 - Triya: www.triya.com.br | 11 3073-1467 - Verídica It: www.veridicait.com.br | 11 3672-2122 - Vult: www.vult.com.br | 11 4736-8890

10 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com


44 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com Bolsa Chic Chic Lab de Criação

Colar Carioquez

Ipod Shuffle Apple

Pulseira Dolce Vita

Foto: Agência Fotosite

Meia-calça Lupo

Apple: www.apple.com/br | 0800 019 73 66 - Arezzo: www.arezzo.com.br | 51 2129-5381 - Cantão: www.cantao.com.br | 11 3031-7007 - Carioquez: www. carioquez.com.br | 21 2137-7827 - Chic Chic Lab de Criação: www.chiclab. com.br | 11 3507-7304 - Corello: www.corello.com.br | 11 3061-2115 - Dolce Vita: www.dolcevitaacessorios.com.br | 15 3283-6602 - Evoke: www.evoke.com. br | 11 3034-3690 - Feito Brasil: www.feitobrasil.com | 44 3245-3267 - Lupo: www.lupo.com.br | 0800 707 82 20 - Malwee: www.malwee.com.br | 47 21077200 ou 3372-7200 - Melissa: www.melissa.com.br | 0800 979 88 98 - Redley: www.redley.com.br | 11 3097-8873 - Santa Lolla: www.santalolla.com.br | 11 3045-8504

Cantão verão 2011/2012 Revista Feito Brasil | 44

www.feitobrasil.com


INSPIRAÇÕES

Revista Feito Brasil | 45

Intervenção Para chamar a atenção a determinado ponto, o grafite precisa de muito pouco. Basta um suporte, uma forma, uma cor, uma textura e muita criatividade. Usando as mesmas ferramentas, produzir intervenções originais na produção do cotidiano torna-se fácil e divertido. Experimente aplicar as regras e se expresse com detalhes em cores fortes e estampas ou misture tecidos básicos e nobres. O segredo está no foco, por isto, concentre-se numa única peça. Quanto maior o contraste, mais visível será a inserção. A idéia pode também vir com os mais diversos acessórios, como: chapéus, pulseiras, colares, broches, calçados, bolsas, óculos e aparelhos eletrônicos. Porém, não se esqueça de fazer uma produção orgânica.

www.feitobrasil.com Bolsa Arezzo

Sandália Santa Lolla

Sabonete em Barra para Dois Sessão Romance Feito Brasil

Vestido Redley

Óculos Evoke

Sapatilha Melissa Sapatilha Corello

Fotos: divulgação

Camiseta Malwee

 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com


46 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com Lenço Scarf Me

Óculos Chilli Beans

Segunda pele para Iphone I-Stick

Bolsa Cantão

Necessaire Tok&Stok por Ronaldo Fraga

Foto: Fernanda Calfat

Arezzo: www.arezzo.com.br | 51 2129-5381 - British Colony: www. britishcolony.com.br | 21 2227-4105 - Cantão: www.cantao.com.br | 11 30317007 - Carioquez: www.carioquez.com.br | 21 2137-7827 - Chilli Beans: www. chillibeans.com.br | 11 3818-3030 - Farfetch.com: www.farfetch.com.br - Feito Brasil: www.feitobrasil.com | 44 3245-3267 - Forum Lingerie: www.monizac. com.br/forum | 11 2369-9708 - Imaginarium: www.imaginarium.com.br | 48 2107-5959 - I-Stick: www.istickonline.com | 11 3743-1066 - Malwee: www. malwee.com.br | 47 2107-7200 ou 3372-7200 - Scarf Me: www.scarfme.com. br | 11 7561-8144 - Tok&Stok: www.tokstok.com.br | 0800 70 10 161 - Under: www.underbrazil.com

British Colony verão 2011/2012 Revista Feito Brasil | 46

www.feitobrasil.com


INSPIRAÇÕES

Revista Feito Brasil | 47

Estampas O visual urbano que o grafite proporciona inspira a moda, ainda mais no uso e abuso de estampas. Partindo disto, tudo é possível. Estampa com estampa ou sobre padronagens tradicionais, como listras e xadrezes. Lembrese que a regra de misturar estampas é que todas tenham a mesma tonalidade.Mesclar diferentes texturas na produção é aceitável. A liberdade que este tipo de arte de rua tem de invadir a cidade, também se aplica no estilo pessoal. Nesta inspiração, a peça toda recebe influência desta expressão artística, pode ser só traços ou só cores, como também ambos combinados de forma harmônica. Além distos, as mensagens expresas podem vir nas letras características deste estilo.

Calcinhas Under

www.feitobrasil.com Colar Carioquez

Soutien e calcinha black jeans Forum Lingerie

Camiseta Tuesday Night Band na Farfetch.com

Sapatilha Arezzo

Sabonete em Barra Maracujá Sabedoria da Mata Feito Brasil

Camiseta Malwee

Fotos: divulgação

Bolsa para notebook 15” Imaginarium

6 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com


48 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com

Construção de uma história que inspira “Inspirar é a nossa natureza”, mas para construir uma história que inspire a todos, é preciso ter um bom alicerce. Assim, inspirar a sustentabilidade começa desde a construção de nossa fábrica, que reaproveitou tijolos e madeiras de demolição para estruturar o começo desta linda história. Inspire-se conosco para uma vida mais sustentável. Tijolos e madeiras de demolição aplicados na construção da Feito Brasil Cosméticos Artesanais.

Revista Feito Brasil | 5

www.feitobrasil.com


INSTITUCIONAL

www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 49

www.feitobrasil.com

Foto: Rafael Saes 4 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com


EDITORIAL 50 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com

EXPEDIENTE A Revista Feito Brasil é um veiculo de comunicação externa da Feito Brasil Industria de Produtos Artesanais Ltda., localizada na rua Ipanema, 579, bairro Ipanema Praia Clube, CEP 87.160-000, Mandaguaçu (PR). A Revista não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos assinados. É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos ou ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do editor. Diretores Lena Peron Almir Peron Conselho editorial Lena Peron Almir Peron Fernanda Iantas André Azevedo Andréia Santos Volpato Louise Nauck Milene Haraguchi Padilha Aislan Douglas Jornalista responsável Alexandre Fumagalli MTb 7390/Pr Redação/Arte/Produção Alexandre Fumagalli Revisão Departamento de Marketing Impressão Gráfica Idealiza Contato imprensa@feitobrasil.com Twitter @Feito_Brasil Site www.feitobrasil.com

CAPA

A modelo Angela Maria Fregonezi veste vestido Perfect Way e pulseira Linda Li. Produção: Alexandre Fumagalli Assistente: Fernanda Iantas Foto: Rafael Saes Beleza: Fernando Rodrigues Tratamento de imagem: Fernando Valença (iPublic)

Dose upla D

Dizem que tudo que é bom vem em dobro. Deve ser por isto que ao chegarmos a terceira edição da Revista Feito Brasil lançamos nosso primeiro exemplar duplo. Com edição dupla, logo o trabalho aumenta. Realmente, elaborar uma publicação em dobro é elaborar duas revistas que serão disponibilizadas em uma só. Temos de pensar nos assuntos pertinentes a cada público, como abordar, quais as fotos, qual o tema e como juntar tudo. Esta edição foi um desafio, mas aceito com prazer, feito com disposição e apresentado com orgulho. Outro grande motivo para o lançamento desta edição dupla é para darmos as boas vindas ao nosso novo público, o masculino, que chega agora com a apresentação da linha Homem-Urbano, dedicada ao homem moderno que convive em perfeita harmonia com seu meio, sem descuidar da aparência. Aliás, o tema deste nosso lançamento foi a inspiração para a produção desta edição. Abordamos o grafite, sua inserção dentro das metrópoles e a nossa relação com este tipo de arte. Mesmo com tudo isto, pouca coisa mudou. Continuamos falando sobre os mesmos assuntos, da mesma forma e com o mesmo empenho. Porém, é nosso dever informar que adaptarse ao meio é necessário e alimentar as necessidades do nosso leitor é um dever. Mas, de tudo isto e com tudo isto, o que mais queremos é inspirar, encantar e acolher mulheres e homens que nos acompanham durante todo este tempo. Esperamos que gostem desta nova Revista e embarquem conosco nesta terra que o nosso Homem-Urbano habita.

Equipe Feito Brasil

Revista Feito Brasil | 3

www.feitobrasil.com


SUMÁRIO

www.feitobrasil.com

Revista Feito Brasil | 51

REVISTA FEITO BRASIL: inspirações a cada página.

03

EDITORIAL 03 Dose dupla

INSPIRAÇÕES 06 Estampas

INSPIRAÇÕES 08 Intervenção

BELEZA 10 Com a cara do grafite

DECORAÇÃO 14 Arte de rua ao seu dispor

ARTE 18 De fora para dentro

MODA 22

A atração dos opostos

22 MODA Do muro para o papel

18 CULTURA Homem & cidade em harmonia

10 ESPECIAL Alex Hornest

08 ENTREVISTA Intervenção

06 INSPIRAÇÕES Estampas

04 INSPIRAÇÕES A primeira vez

03 EDITORIAL

A atração dos opostos

2 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com


REVISTA

5 | Revista Feito Brasil

www.feitobrasil.com

0

EDIÇÃO DUPLA

grafite referênc ias | beleza | decoração | arte | moda

Revista Feito Brasil | ano 2 - n° 003 (edição masculina)  

Revista da marca de cosméticos artesanais e sustentáveis que tem a cara do Brasil.