Page 1

Ano V - #56- Distribuição gratuita

Depois da Máscara Tobey Maguire reencontra o amigo de longa data Leonardo DiCaprio no remake de “O Grande Gatsby”, com direção de Baz Luhrmann. Turismo | Cultura | Moda | Beleza | Comportamento | Arquitetura | Tecnologia | Gastronomia | Vinhos


A Funpresp-Exe é o fundo de previdência complementar dos servidores do Executivo que estão sujeitos à novas regras de aposentadoria. Com a adesão ao Plano Executivo Federal – Exec-Prev, além de ter um plano de previdência, você conta com a vantagem de ter a contribuição do seu patrocinador para sua conta individual. Garanta benefícios e renda adicional com segurança e tranquilidade. Com a Funpresp o servidor garante a qualidade de vida na aposentadoria.


EXPEDIENTE

EDITORIAL

Diretora Narriman Chede narrichede@estacaoaeroporto.com.br

O inverno chega ameno este ano, convidando até mesmo os mais friorentos a desfrutar das belezas e prazeres das serras, caminhar pelas trilhas, curtir o calorzinho da lareira, tomar um vinho, saborear a gastronomia deliciosa da estação. E até mesmo apreciar a beleza da neve, uma peculiaridade das serras catarinenses, a região mais fria do País, com belos cânions, pinheiros, macieiras, cascatas com trutas, pratos deliciosos preparados com pinhão. Esta edição traz matéria sobre os Caminhos da Neve, novo roteiro turístico que pretende integrar as serras catarinenses com as gaúchas. A rodovia que percorre o trajeto, ainda em construção, deve abrir uma nova ligação entre Florianópolis e Porto Alegre, favorecendo o turismo da região.

Jornalista Responsável Rodrigo Brasil rodrigobrasil@hotmail.com Editor Executivo Dani Ferrera daniferrera@gmail.com Direção de Arte Anne Cristyne Pereira annecristyne@gmail.com Jornalista de Moda e Beleza Ana Marta Flores ana.marta.moreira.flores@gmail.com Diretora de Marketing Ana Carolina Rotolo carolachede@yahoo.com.br Coordenador de Marketing Mauricio Mendonça Gestor de Marketing e Mercado (31)9354-3141/ 95132710 mktestacaoaeroporto@ovi.com Colunistas Raul Caldas - contato@raulcaldasfilho.com.br Juliana Pamplona - estacaodepartida@gmail.com Jamil Nicolau - jamil.nicolau@gmail.com TXTCOM - Conteúdo Web e Unidade de Marca Mônica Corrêa - Novos negócios (48) 9977-2127 | monicacorreab@gmail.com Florianópolis Narriman Chede (48) 9104-0919 | narrichede@gmail.com Balneario Camboriú e Região Mirla Fabiane G. Barrios | Ícone Agencia de Negócios SC (47) 8451.6774 | 9984.6922 | mirla.icone@terra. com.br Rio de Janeiro DD9 . Chroma Design (21) 2619.2099 grupodd9@gmail.com

Em Desembarque, um panorama do Circuito das Cavernas, no Vale do Ribeira, em São Paulo, que reúne a maior concentração de cavernas da América do Sul. Também visitamos Ponta Grossa, no Paraná, com seus campos de araucária e exóticas formações rochosas esculpidas pela ação da chuva e do vento. Em Lugares por Onde Andei, um relato sobre as muitas atrações do Deserto do Atacama, situado entre o Chile e Peru, um dos lugares mais visitados do mundo, com paisagens áridas belíssimas, gêiseres, lagoas, vulcões e cidadezinhas encantadoras. O céu estrelado é um espetáculo à parte, já que o Atacama é considerado o melhor ponto de observação astronômica do planeta, por ser o deserto mais alto do mundo. E que tal estudar inglês num país onde o sol brilha o ano inteiro, situado entre a Europa e a África, no centro do Mediterrâneo. O Arquipélago de Malta apresenta-se como uma ótima opção para praticar o idioma e de sobra curtir as paisagens ensolaradas paisagens mediterrâneas. Na matéria de capa, uma entrevista com o ator Tobey Maguire, mais conhecido por interpretar Peter Parker em “Homem-Aranha”. O ator agora vive Nick, personagem de “O Grande Gatsby”, adaptação de Baz Luhrmann para o cinema do famoso romance de F. Scott Fitzgerald. Na entrevista, o ator fala principalmente sobre o novo filme e sobre os desafios de adaptar um livro famoso para o cinema. Tem ainda uma entrevista com outro grande talento que desponta no cinema, o australiano Jai Courtney, que vem se destacando por sua participação na série “Duro de Matar”. Um evento imperdível para os fãs da dança é o Festival de Dança de Joinville, considerado o maior festival de dança do mundo, que chega à 31ª edição mais fortalecido que nunca – a edição teve número recorde de coreografias inscritas, 2.166, de grupos de todo o País, das quais foram selecionadas 232 para a Mostra Competitiva e 41 para o Meia Ponta. Um panorama completo da dança produzida no País e no mundo. Outro evento de destaque é o Flip, a Festa Literária Internacional de Paraty, realizado de 3 a 7 de julho. Esta edição homenageia a obra de Graciliano Ramos, autor do romance Vidas Secas, que completa 120 anos de nascimento em outubro. Como sempre, o festival terá convidados de prestígio, como o escritor amazonense Milton Hatoum, que fará a conferência de abertura sobre Graciliano Ramos, a escritora norte-americana Lydia Davis, além de muitos debates, oficinas, e show com o cantor e compositor Gilberto Gil. Há ainda um passeio pelas festas juninas e julinas do Nordeste. Localidades como Campina Grande, na Paraíba, e Caruaru, em Pernambuco, realizam as maiores festas do País, cada qual atraindo mais de um milhão de pessoas ao longo do mês. Em Moda, a força do preto e branco, combinação que vem predominando nas fashion weeks nacionais e internacionais.

Brasília Rafael Kern - (61) 9649-3673 rafaelkernbsb@gmail.com

Esperamos que vocês curtam bastante esta edição, e que possamos servir de inspiração para suas viagens turísticas e vivências culturais.

Curitiba Mirian Lins (41) 32323466 Paraná@centralcomunicacao.com.br

NARRIMAN CHEDE

Comercial Internacional Rita Branco (351) 964062130 ritabrancofl@gmail.com Sucursal Miami - Piquet Business Consulting Diretor: Luiz Piquet: luiz@piquetbusiness.com Assistant:Taina Piquet: taina@piquetbusinesscom 305-781-8823 / 786-314-0886 www.piquetbusiness.com Redação Av. Trompowsky 219 | Sala -202 Florianópolis | Centro. CEP- 88015-300. Fone: 48-3222-1840

6

Beijos e fiquem com Deus,

A Revista Estação Aeroporto pertence à E Editora Ltda. Apenas as pessoas que constam no expediente têm autorização para representá-la. Os conceitos emitidos em artigos assinados são de responsabilidade de seus autores.

REDES SOCIAIS www.estacaoaeroporto.com

www.facebook.com/estacao.aeroporto

www.twitter.com/estacao


26

O TALENTO E SUCESSO DE TOBEY MAGUIRE 08 Horizontes 12 Mimos 14 Lugares por onde andei 16 Beleza 18 Aposte 20 Decoração 22 Turismo Internacional

24HABITAT

30 Entrevista 32 Tecnologia 34 Dança 36 Cultura 50 Mais Estação 52 Entrevista 54 Desembarque 62 Festas Juninas 64 Gastronomia 65 Vinhos 68 Drinks & Bebidas 70 Velocidade

78 EDITORIAL DE MODA

72 Estação de Partida 74 Moda 84 Estação Final 89 Crônica


HORIZONTES

Caminhos da neve

N

o inverno, o cenário de neve, pinheiros e frio surpreende e torna ainda mais bela a natureza agreste do Planalto Catarinense. Pequenas cidades e povoados rurais emolduram e complementam o espetáculo natural de serras e planícies cortadas por cânions e, mesmo estando-se a menos de 100 Km do litoral, respira-se o revigorante ar gelado das montanhas. O frio do inverno desperta nas pessoas o desejo de estar em lugares onde possam curtir o calor de uma lareira, saborear pratos quentes, degustar um bom vinho e desfrutar de momentos agradáveis com a família e amigos. Se o frio chegar acompanhado de flocos de neve caindo sobre os telhados e tingindo a paisagem de branco, então, o cenário fica perfeito. Para quem pensa que ver paisagens cobertas de neve é privilégio apenas de outros países, está enganado. Aqui mesmo, no Brasil tropical, este fenômeno pode ser presenciado no Sul, principalmente nos campos gelados do Planalto Serrano Catarinense. Caminho de tropeiros no século 18 a região, conhecida como Caminho das Neves, é uma sucessão de deslumbrantes cenários turísticos. Belas paisagens, montanhas, araucárias e muita tradi-

8

ção levam turistas de todas as partes do país a subir a Serra para sentir “in loco” o revigorante ar da montanha. Acolhidos em hotéis-fazenda ou em aconchegantes pousadas rurais, os turistas que chegam à Serra Catarinense podem combinar o prazer da rusticidade com o deleite da gastronomia farta, rica e nutritiva. É o momento de deixar de lado as dietas massacrantes para degustar pratos do cotidiano serrano, que vão do churrasco de ovelha até as receitas preparadas com pinhão. Tem ainda o arroz-de-carreteiro à moda tropeira, a feijoada dos peões, as massas italianas e o delicioso quentão de vinho para aquecer do frio. Quem chega pelo litoral, pode alcançar os altos da serra passando por um dos lugares mais impressionantes de Santa Catarina: a Serra do Rio do Rastro. Incrustada no seio da Serra Geral, entre os municípios de Lauro Müller e Bom Jardim da Serra, é possível vencer a íngreme subida por caminhos sinuosos e contemplar, do mirante a 1460 metros de altitude, a grandiosa paisagem que se descortina do topo das montanhas. Nos dias de céu claro e tempo bom, dá até para avistar o Atlântico fundindo suas cores com o azul do horizonte. À noite o espetáculo fica por conta da ilumina-

Fotos: divulgação. Plínio Bordin.

Situada a 1.360m de altitude, São Joaquim é considerada a cidade mais fria do Brasil, sendo famosa pela neve que cai a cada inverno. Além do cenário tipicamente europeu, o município é um misto de cultura, diversidade étnica, tradição e natureza, com um leve aroma de maçã solto no ar.


ção especial que faz lembrar um rastro de lavas incandescentes descendo de um vulcão. Depois da emoção inesquecível de vencer a íngreme subida, é a vez de curtir o planalto serrano catarinense em toda a sua plenitude. Cidades como Bom Jardim da Serra, Urubici, Urupema, São Joaquim e Lages fazem parte do roteiro que registra algumas das paisagens mais bonitas do Sul do Brasil. Quem pretende passear por Urubici, além da disposição e espírito de aventura, precisa também de tempo. São inúmeras cachoeiras, rios, nascentes, grutas, trilhas, morros e serras para serem visitados. No Morro da Igreja está o ponto mais alto do Estado, com 1828 metros de altitude. Lugar de forte energia, abriga uma intrigante formação rochosa com uma fenda de 30 metros de diâmetro, conhecida como Pedra Furada. Basta a notícia de uma frente fria ser anunciada para São Joaquim, a cidade mais fria do Brasil, ficar lotada de turistas. Fascinados com o espetáculo, invadem ruas e praças da cidade com seus gorros coloridos, grossos casacos de lã e uma alegria quase pueril estampada no rosto. Pescar, andar a cavalo, ordenhar vacas, experimentar o camargo, ouvir “causos” e saborear um bom churrasco são atividades ligadas à vida nas fazendas e poderão ser desfrutadas em Lages, a capital nacional do turismo rural. São duas dezenas de fazendas que recebem os hóspedes sem abrir mão das atividades cotidianas no trato com o gado, com ovelhas e outros animais domésticos. Urupema rivaliza com São Joaquim em termos de frio. Nos seus riachos de águas cristalinas e geladas são cultivadas trutas que fazem a alegria dos amantes da pesca de anzol. Com uma pedra bem no início da queda livre de 15 metros, a Cascata do Pirata oferece aos seus visitantes uma vista incrível das belezas naturais de São Joaquim.

Fotos: divulgação e Plínio Bordin.

A região tem pinheiros, pinha, pinhão, lareira acesa, cavalgadas, trilhas ecológicas, cânions, pescaria de trutas, cascatas, macieiras carregadas, chimarrão, muros de taipas (pedras) e fazendas seculares plantadas em meio a campos de perder de vista. Velhos tropeiros envoltos em ponchos contando “causos” à beira do fogo de chão, rodeios crioulos, lendas de assombração e de tesouros enterrados. Tudo isso fascina e atrai cada vez mais os turistas para esse cenário único que é a Serra Catarinense.

Araucárias erguem-se imponentes diante dos cânions.

Bom Jardim da Serra, Urubici, Urupema, São Joaquim e Lages fazem parte do roteiro

9


A impressionante Pedra Furada, em Urubici.

A rodovia Caminhos da Neve, ainda em construção, promete ligar as serras gaúcha e catarinense. O projeto será importante para o escoamento da produção de maçãs e também para o desenvolvimento do turismo, uma vez que se estima que mais de 700 mil turistas poderão passar pela rodovia todos os anos. A rota deve abrir um novo trajeto entre Florianópolis e Porto Alegre, com diminuição de 100 quilômetros na distância entre as duas capitais. A expectativa é que as obras fiquem prontas até a Copa de 2014.

Região possui muitos cânions.

Paisagens gaúchas preservam tradições culturais dos colonizadores.

O projeto Caminhos da Neve objetiva desenvolver o turismo por meio de um roteiro integrado envolvendo nove municípios de Santa Catarina - Alfredo Wagner, Bom Jardim da Serra, Bom Retiro, Lages, Lauro Müller, Rio Rufino, São Joaquim, Urubici e Urupema - e nove do Rio Grande do Sul - Bom Jesus, Cambará do Sul, Canela, Caxias do Sul, Gramado, Jaquirana, Nova Petrópolis, São Francisco de Paula e São José dos Ausentes. Mais informações:

www.santur.sc.gov.br

10

Rota das Neves vai conectar serras catarinenses e gaúchas.

Fotos: divulgação.

Rodovia em construção


MIMOS Coleção Carol Ribeiro para OLOOK Parceria com a top é a novidade de maio com peças cool que são a cara da apresentadora A Olook apresenta mais uma novidade exclusiva para a sua vitrine de maio, a coleção de calçados assinada pela modelo e apresentadora Carol Ribeiro. A linha cápsula segue o estilo da top com peças cool e descoladas, perfeitas para o dia a dia, com toque de sofisticação. Sapatilha, bota de cano curto, mocassin e slipper dão o tom explorando a mistura de materiais como o couro, a camurça e os tecidos, principalmente a renda e o veludo. A cartela de cores é minimal, explorando tons como cinza, café, verde militar, roxo, azul, preto e metalizados. Preço: R$ 99,90 a R$ 239,90 Mais em:www.olook.com.br

A coleção verão 2014 da Macassá Sleepwear & Loungewear propõe camisolas, pijamas e peças para amaciar a vida que inspiram a busca de um tempo interior. Tempo para relaxar, desestressar, se aconchegar no conforto da casa e dormir o sono profundo das horas. Com tecidos ecológicos e naturais que acariciam a pele e uma cartela de tons pastel como pêssego, rosa chá, nude, marfim e cinza preguiça, a Macassá aposta no conceito do sleepwear que prima pelo conforto e pela modernidade. Mais em: www.macassa.com.br

Brilho para homens Tendência forte nos anos 80, o verniz volta com tudo para a estação mais elegante do ano. O verniz retorna para o inverno no guarda-roupa masculino. Agora deixa de ser um detalhe e cobre o sapato em sua totalidade, garantindo elegância e modernidade. As marcas CNS, Basko e Democrata fazem suas apostas nos modelos mais tradicionais, como o oxford, mocassim e derby, com diferencias nos detalhes dos calçados, como a costura trabalhada em outra tonalidade, o acabamento em vira e a biqueira em ombré, para homens que valorizam peças com design atual e não deixam de lado a qualidade e o conforto. As cores trabalhadas variam desde a gama dos tons terrosos, passando pelo burgundy até os mais básicos como o cinza, preto e azul marinho. Preço: R$270 Mais em: www.democrata.com.br

12

Fotos: divulgação | Preços consultados em maio de 2013.

Macassá e o tempo para a alma


Sua hora Tendências comfort deluxe e básico deluxe dominam os lançamentos de relógios e são excelentes opções de presente. Apostando nisso, a Armani Exchange lança novos relógios masculinos da linha de sucesso Black ‘n Gold. Ousados, os relógios chamam a atenção pelo mostrador redondo com estilo moderno da pulseira e caixa em aço. O modelo prima pela elegância e pelo design contemporâneo, assegurando ao homem todo o estilo e charme.

Preço: sob consulta Mais em: www.grupodumont.com.br

Fotos: divulgação | Preços consultados em maio de 2013.

Criatividade na sala! Cheio de design e versatilidade, o Mancebo Dumont, da Flexiv, é ideia do arquiteto, designer e presidente da marca, Ronaldo Duschenes, que desejava um local para armazenar sua pasta no escritório. E foi além. A peça, que também decora, pode ser usada por eles e elas para comportar diversos objetos de escritório, como bolsas, blazers, echarpes, pastas e gravatas. Em Santa Catarina, o Macebo, ouro no prêmio Idea Brasil 2011, é oferecido com exclusividade na J. Ziliotto Móveis Corporativos, em Florianópolis, que acaba de completar 20 anos de história. Preço: sob consulta Mais em: www.jziliotto.com.br

Orange Tom Ford! Para compor um look mais clássico e casual, a escolha certa são as armações de acetato. Já para prática de atividade física ou um passeio descontraído no parque, o modelo esportivo cai super bem. Para aquela produção mais cool e cheia de bossa, o modelo ideal de gatinho, como este de Tom Ford, volta super renovado para 2013! Preço: R$1250.00 Mais em: www.blessoptical.com.br

13


LUGARES POR ONDE ANDEI Por Priscilla Santos

Piscinas naturais de água cheias de sal contrastam com a paisagem árida.

Depois de um voo de Santiago a Calama e duas horas de estrada entre Calama e a cidade de São Pedro do Atacama, finalmente cheguei ao deserto mais seco do mundo. A paisagem é árida, ruas estreitas com casinhas rústicas de adobe. Fiz passeios no Valle de La Luna e Valle de La Muerte, este último com direito a caminhada no deserto e pôr do sol cinematográfico do alto de uma montanha, onde também é possível tirar fotos panorâmicas incríveis. Conheci pequenos povoados, o Salar do Atacama na Reserva de los Flamingos, e as perfeitas Lagunas Altiplânicas Miscanti e Miñiques. Não se deixe enganar pela beleza do caminho até as Lagunas, chegando lá é muito melhor! Com uma paisagem digna do melhor wallpaper, as Lagunas te fazem andar de olhos bem abertos para não perder nenhum detalhe. Um dos tradicionais passeios do Atacama é para os Gêiseres Del Tatio. Os grupos saem de madrugada, pois o horário de maior atividade dos gêiseres é durante o amanhecer. Com mais de 4.300 metros de altitude, se prepare para sentir muito frio e apreciar as enormes colunas de fumaça - que podem chegar até 10 metros de altura e a água quente que brota da Terra. Se tiver coragem, pode também se aventurar pelas termas, que são piscinas naturais com temperatura entre 35 e 38°C (do lado de fora são apenas -8°C). Ainda nesse dia, pude conhecer a Laguna Cejar, a famosa lagoa onde não se afunda devido à grande concentração de sal na água. De lá fui para os Ojos Del Salar, duas

14

piscinas naturais de água doce no meio do deserto cheio de sal. São literalmente duas crateras no meio deserto e em uma delas você pode entrar...pulando lá do alto! É uma experiência incrível e corajosa, principalmente para quem não sabe nadar como eu! Como se não bastasse tudo que vi até ali, o dia terminou com a Laguna Tebinquinche. É tudo tão diferente e encantador que não há adjetivos que comportem a beleza do lugar. Uma laguna com apenas 5 cm de profundidade e com altíssima concentração de sal, o que te permite "caminhar" sobre as águas. No horizonte, vários vulcões emolduram a paisagem. Entre eles, o imponente e onipresente Lincancabur. Só estando lá é possível compreender um pouco da perfeição da natureza. A cidade de São Pedro do Atacama é pequena, mas muito marcante. Suas principais atrações são a Igreja de São Pedro do Atacama, datada do século XVII, e um museu arqueológico. Lá você encontra pessoas de todos os lugares, estilos e idades. Do Panamá à Noruega, todos se cruzam na Calle Caracoles, a mais importante rua da cidade. Depois de três intensos dias no deserto fui rapidamente à Bolívia. Fiz todo o trajeto de carro, o que me permitiu contemplar as belíssimas paisagens do caminho. A caminho de Uyuni, um dos lugares que me chamou atenção foi Villa Mar, um pequeno povoado muito simples, cortado por um riacho que me fez pensar em que como as pessoas podem ser felizes em qualquer lugar. O Salar de Uyuni faz jus ao título de maior planície de sal da Terra, é uma imensidão branca que propicia as mais divertidas fotos. Voltando da Bolívia ao Atacama, no último dia no deserto, fiz o

Fotos: divulgação.

E

stava planejando há um tempo tirar férias, e depois de muito pensar acabei optando por uma viagem não de descanso, mas sim de renovação. Deserto do Atacama no Chile, passando pela capital e pelo Salar de Uyuni, na Bolívia, totalizando 14 dias de viagem.


Gêiseres Del Tatio têm colunas de fumaça de até 10 metros.

Parque de las esculturas, no Parque Metropolitano de Santiago, abriga obras de artistas chilenos consagrados.

Fotos: divulgação.

tour astronômico, e fui até o meio do deserto na completa escuridão para observar o céu com telescópios. Foi o mais lindo que já vi. Recomendadíssimo! O lugar é conhecido por ser o melhor ponto de observação astronômica do planeta, por sua localização geográfica (deserto em grande altitude), e também por ter o "Alma", o maior telescópio do mundo. Santiago é uma delícia para todos os tipos de viajantes. O melhor das cidades grandes, mas sem caos. Estive na movimentada Plaza de Armas e no Museu de Belas Artes, onde conheci a história da arte chilena, passeei no Parque Forestal, situado logo à frente do Museu, perfeito para descansar e relaxar na grande e agradável área verde. Ainda sobre passeios ao ar livre, o Parque Metropolitano de Santiago é uma ótima pedida, assim como o Parque de las esculturas, que abriga ao ar livre obras de artistas chilenos contemporâneos consagrados. Para os fãs da boa gastronomia, Santiago tem muito a oferecer. O Mercado Central da cidade é recheado de opções da culinária chilena e peruana, além de ter inúmeros restaurantes irresistíveis, como o "Giratório", localizado na região central. De lá é possível observar toda a cidade num eixo de 360°, graças à sua estrutura toda feita de vidro. E sim, ele gira mesmo, mas nada que atrapalhe a degustação de um bom vinho chileno. Fiz toda a viagem sozinha, com uma mochila nas costas e um guia na mão. Voltei com o saldo positivo: mais fotos, amigos, histórias, experiências e a certeza de que viajar é a melhor maneira de enriquecer.

Concentração de sal nas lagunas possibilita que as pessoas flutuem sem esforço.

15


BELEZA

Make glamour A Contém1g Make-up amplia sua linha de produtos com a máscara para cílios alongadora Glamorous Lashes. Desenvolvida para proporcionar cílios muito mais longos por meio da sobreposição de camadas, a máscara conta com um aplicador em espiral extrafino que, além de garantir maior separação e definição dos fios, distribui o produto uniformemente na aplicação, garantindo um visual luxuoso. Sua fórmula de secagem rápida e fácil remoção possui colágeno, que auxilia no fortalecimento dos cílios. Preço: R$ 86,00 Mais em: www.contem1g.com.br

Tratamento, base de maquiagem e proteção em um só produto! Inspirado pelos rituais de beleza asiáticos e desenvolvido com os maquiadores Dior, esse Balm de Beleza combina todas as propriedades de reparação e proteção de um tratamento. Ele também unifica e sublima as características de uma base de maquiagem. Preço: 254,00 Mais em: www.dior.com/beauty

Força Vichy para cabelos A Vichy lança a primeira linha para nutrição e reparação da fibra capilar do mercado de dermocosméticos. Dercos Nutrirreparador/Dercos Technique Nutri Réparateur é um duplo concentrado que nutre e recupera a vitalidade natural dos cabelos. Dercos é uma linha capilar que tem o aval da dermatologia brasileira. A linha conta com xampu, condicionador e máscara capilar, atendendo a todas as etapas de um tratamento intensivo. Preço: sob consulta

16

Fotos: divulgação | Preços consultados em maio de 2013.

BB Cream Dior


Coffee Passione by Boticário Duas novas fragrâncias, lançamentos da coleção Passione e estojos de marcas consagradas da perfumaria são apostas da marca para encantar no dia dos namorados. A fragrância Coffee Man Passione combina aromas e tons de noz moscada com as notas quentes de sândalo e âmbar. Já a fragrância de Coffee Woman Passione é indicada para mulheres confiantes e intensas, pois combina a delicadeza de flores brancas com toques de pimenta rosa e baunilha. Preço: sob consulta Mais em: www.oboticario.com.br

Fotos: divulgação | Preços consultados em maio de 2013.

Pele firme com Biotherm! Primeiro creme firmador para o corpo enriquecido com a macroalga L’Ochroleuca, Firm Corrector recria a estrutura de sustentação da pele para firmar e remodelar o corpo. Em seu próprio meio ambiente, em apenas uma semana, a alga é capaz de reestruturar-se para enfrentar as mais fortes correntes. Em sua pele, concentrada em um frasco de creme tensor para o corpo, L’Ochroleuca trabalha firmando intensamente e remodelando os contornos do corpo. Preço: R$199,00 Mais em: www.biotherm.com.br

Cabelos Color Intensy Ruivo, louro, caramelo ou castanho chocolate? As possibilidades de cores e nuances para os cabelos são infinitas. E, para contribuir com a criatividade dos cabeleireiros e dos consumidores mais exigentes, a Amend Cosméticos renova as embalagens da coloração profissional Amend Color Intensy, que está com um novo posicionamento de marca, a fim de reforçar o conceito de tratamento e inovação a favor da beleza por meio de tecnologia, cores e sofisticação.A coloração creme permanente com Queratina é um ativo responsável por tratar, proteger e hidratar os fios durante o processo da coloração! Preço: R$ 18,00 Mais em: www.amend.com.br

17


APOSTE

Exxxtra Volume!

A

década de 1970 ressurgiu em alto estio na passarela da Marc by Marc Jacobs. O volume extra de cabelos médios foi escolhido um dos mais charmosos da Semana de Moda de Nova York. O melhor de tudo é que o look é superfácil de fazer. Primeiro, separe uma parte lateral do cabelo e enrole mechas médias com um baby liss e prendendo com um gramprinho. Deixe os fios presos por pelo menos 15 minutos. Depois, escove o cabelo para dar ainda mais volume aos cachos.

Fotos: Marc by Marc Jacobs FW/2013 | Reprodução.

Quando você terminar, coloque uma mechinha para o lado, como uma franja, e prenda com um grampinho! Está pronta para testar esse visual?

18


DECORAÇÃO

Poltrona premiada A poltrona Arraia da Saccaro, assinada pelo renomado designer Guto Índio da Costa, recebeu a prata no prêmio IDEA/ Brasil 2012. O produto é inspirado na forma fluida e suave do peixe. Com um design simples, elegante e envolvente, sem cantos e arestas, traz uma moderna estrutura metálica em aço inox e trançado em fibra natural. Preço: não divulgado. Mais em: www.saccaro.com.br

Cadeira show de bola Para a garotada fanática pelo esporte, a Cadeira Soccer - Bola de Futebol leva o clima da competição para o quarto. Feita com estrutura em polipropileno e com tecido em couro ecológico, esta é uma opção divertida e de boa qualidade para o computador da garotada. É a decoração infanto-juvenil no clima da Copa das Confederações! Preço: R$ 119,00.

A Gaya acaba de lançar luminárias de LED que une tecnologia, design e exclusividade. A linha é inspirada pelos detalhes e a beleza das mais lembradas pedras preciosas que existem: diamante, quartzo, safira, ônix, ágata e cristal. Os modelos são de alumínio e plástico e variam entre 35 a 85 centímetros de altura cada. Fotos: divulgação.

Mais em: www.staples.com.br

Luminárias preciosas

Preços: entre R$ 132,00 e R$325,00. Mais em: www.gaya.com.br

20


Jantar de inverno Inverno é a estação mais charmosa do ano. Uma época que as pessoas mais apreciam deliciar um bom jantar em casa com a companhia de amigos e familiares. A Wolff e a Rojemac possuem utensílios que podem ajudar a compor uma mesa sofisticada e que acompanham os pratos mais apreciados da estação. Para servir comidas quentes, o Réchaud com panela da Wolff, com capacidade para 2,5 litros e aquecedor para álcool em gel em inox ou prata. Preço: R$ 597,75. Refratário retangular com três divisões em porcelana e suporte de metal da Rojemac, com medida de 45,5 cm. Preço: R$ 74,00. Réchaud para fondue com seis garfos em inox ou prata Wolff. Preço: R$ 348,00. Mais em: www.rojemac.com.br e www.wolffbrasil.com.br

Preço: não divulgado. Mais em: www.germer.com.br

Fotos: divulgação.

Porcelanas floridas A Germer lança a linha Brisa, que segue uma tendência da decoração com delicadas flores campestres sendo tocadas pelo vento, e ainda com uma novidade, além dos jogos tradicionais, agora você pode optar por composições com canecas e tigelas individuais. As canecas ganharam o gosto popular e hoje tudo mundo tem sua caneca particular para aquela refeição mais descontraída. As tigelas individuais também estão ganhando seu espaço, seja para o cereal da manhã ou também como uma forma de substituir o tradicional prato fundo.

Móveis vintage A Pé Palito, loja de móveis e artigos de decoração, é especializada em mobiliário vintage, especialmente dos anos 40, 50 e 60. E uma das características marcantes dos móveis dessa época é que muitos têm o tal pé palito. O Armário Sky é um camiseiro de madeira imbuia pintada (pátina), no estado original de conservação. Uma peça única, multiuso e cheia de charme. Mais em: www.pepalito.com.br Preço: R$ 1.980,00.

21


TURISMO INTERNACIONAL Ilha de Malta

Paraíso mediterrâneo

M

alta é um arquipélago constituído por sete ilhas do Mediterrâneo, das quais só as três maiores (Malta, Gozo e Comino) são habitadas. O terreno é pouco acidentado e rochoso, com um litoral de falésias.

Situada no centro do Mediterrâneo, Malta foi desde sempre um espaço de convergência de várias civilizações, com uma história milenar. Habitado desde cerca de 5200 a.C., o país foi palco de uma importante civilização pré-histórica anterior à chegada dos fenícios, que deram à ilha principal o nome de Malat , que significa “porto seguro”. Durante alguns séculos, as ilhas foram sede da Ordem dos Cavaleiros de São João do Hospital, tendo depois feito parte do Império Britânico. Malta tornou-se independente em 1964. O clima é tipicamente mediterrâneo, com temperatura média em torno de 14ºC no inverno e 32ºC no verão. O sol brilha durante 300 dias por ano e as praias maltesas são de um tom azul hipnotizante. Destaque para a pequena Anchor Bay, usada como locação no filme Popeye, e para Golden Bay, Mellieha e Saint Paul, praias muito procuradas pelos turistas europeus. A região também é bastante indicada para quem gosta de praticar mergulho: no verão, a temperatura média da água é de 23 ºC. E não se preocupe com a receptividade local: o povo maltês é simpático e tem alma calorosa, características típicas dos povos do Mediterrâneo.

22

Que tal estudar o inglês britânico em um lugar onde o sol brilha o ano inteiro, sem nem mesmo precisar sair da Europa? Isso é o que proporciona a pequena ilha de Malta, localizado no centro do Mediterrâneo, entre a Sicília e o Norte da África. Com um quinto da área de São Paulo, o país vem se destacando como um destino alternativo, tranquilo e seguro para estudantes que querem qualidade de ensino aliada às belas e ensolaradas paisagens mediterrâneas. Mas não é apenas o clima agradável e as águas cristalinas que atraem estrangeiros: as ilhas de Malta estão cheias de cultura. Até 1964, Malta era parte do Império Britânico. A dominação deixou como legado um ótimo sistema educacional, além, é, claro, do inglês como língua oficial, ao lado do maltês e italiano. Com cerca de 6.300 habitantes - esse número chega a 10 mil nas temporadas turísticas -, a capital Valeta é o grande centro cultural do país, onde ficam o Museu Nacional de Belas Artes e o Museu Nacional de Arqueologia. Medina, a cidade mais antiga, é uma das poucas que não tem sua arquitetura construída pelos Cavaleiros, sendo marcada por construções que misturam características barrocas e medievais. Localizada no alto de um planalto de onde é possível ver toda a ilha de Malta, a cidade é casa dos nobres malteses. Como carros não são permitidos aqui, os pedestres têm toda preferência. A Ilha de Gozo, segunda maior do país, traz cidades com características mais rurais, com a prática da pesca e agricultura. Imortalizada na obra de Homero como A Ilha de Calipso, Gozo possui

Fotos: divulgação.

Barco tradicional ancorado na marina Vittoriosa.


País é um destino alternativo , agradável e tranquilo para estudar inglês.

História do País remonta a 5200 a.C..

Fotos: divulgação.

Vale situado na Ilha de Gozo.

templos que remontam ao período neolítico, além de abrigar Dwejra, onde fica uma das mais belas - senão a mais bela - paisagens de Malta. Aqui, geologia, o tempo e o mar esculpiram formas impressionantes nas rochas ao longo da costa - a Janela Azure, por exemplo, uma espécie de grande porta esculpida nas rochas, através da qual é possível ver o mar azul escuro, tem uma das vistas mais fotografadas do mundo.

Sítio histórico Saflieni Hypogeum.

Conhecidas como “as três cidades”, Vittoriosa, Cospicua e Senglea trazem um grande legado cultural, como o Forte St. Angelo, que, construído por volta do século 12. a.C., foi o primeiro quartel general dos Cavaleiros de Malta. Mas se engana quem pensa que por ser pequeno - e histórico - o país oferece opções restritas de diversão. Malta abriga algumas das festas de música eletrônica mais badaladas da Europa, além de ser palco de festivais culturais durante o ano inteiro. Atividades como mergulho, windsurfe e wakeboard também estão entre as opções de lazer aqui.

Mais informações: www.visitmalta.com Mosaico no Roman Domus, em Rabat.

23


HABITAT

O

Rio do Rastro Eco Resort foi construído e concebido com um princípio básico, o de relaxar e obter um contato com a natureza de forma transparente e direta. As instalações oferecem todas as comodidades necessárias para seu melhor conforto e os melhores meios para explorar os campos de cima da serra. O interesse do visitante começa pelo próprio projeto do hotel, que inclui o uso de materiais e artesanato locais. Situado no topo da Serra do Rio do Rastro, o empreendimento tem chalés com varanda, calefação, aquecimento central de água, aquecimento de toalhas e TV com antena parabólica. Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina, está a 200 km de distância. A estrutura do hotel é perfeita para quem

24

busca se aventurar ou descansar. A arquitetura torna possível habitar no remoto, apresentando certo mistério sem tentar desvendá-lo, e ainda mostra uma natureza bela e enigmática. Assim, debruçado sobre o canyon da Serra do Rio do Rastro, por sobre um panorama privilegiadíssimo, o Rio do Rastro Eco Resort pretende incentivar uma nova forma de viajar, propondo que cada viagem seja uma experiência única e verdadeira. Entre os programas à disposição dos hóspedes, estão pesca de trutas, passeios de canoa, trilhas ecológicas, cascatas e observação de pássaros. Mas há também confortos típicos das cidades grandes, como acesso à internet e até serviço de baby-sitter. As explorações pela região podem ser feitas a pé, a cavalo ou em veículos com tração nas quatro rodas.

Fotos: divulgação.

Rio do Rastro Eco Resort


Arquitetura harmoniza-se com paisagem natural.

Fotos: divulgação.

Decoração combina rústico e sofisticado.

Vista belíssima valoriza as instalações. Passeio a cavalo é uma das opções de lazer.

Serviço: Rio do Rastro Eco Resort

Rod SC 438, KM 130, Bom Jardim da Serra (SC). Tel.: (48) 9931-6100 / Fone: (48) 9985-3253 www.riodorastro.com.br

25


CAPA

Great Maguire BY DANI FERRERA / PHOTOGRAPHS BY MARY ELLEN MARK

26


T

obey Maguire continua a conquistar a crítica e a obter sucesso comercial em uma carreira famosa pela capacidade do ator de apresentar performances extraordinárias, tanto em blockbusters de grande orçamento quanto em filmes independentes que estimulam a reflexão. Maguire colaborou com alguns dos cineastas mais aclamados da indústria. Seus créditos incluem uma instigante performance no filme de Jim Sheridan, “Entre Irmãos”, em que contracenou com Jake Gyllenhaal e Natalie Portman, pelo qual ele recebeu uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Ator em 2010; “Alma de Herói”, de Gary Ross, que recebeu sete indicações ao Oscar, entre elas a de Melhor Filme; e uma comovente performance em “Regras da Vida”, de Lasse Hallström, que também recebeu sete indicações ao Oscar, entre elas a de Melhor Filme. Em 2007, Maguire se uniu ao diretor Sam Raimi para realizar o “Homem-Aranha 3”, que então conquistou o recorde de segunda maior bilheteria no fim de semana de estreia (norte-americano e mundial) de todos os tempos, além de se tornar a maior bilheteria de 2007. Além disso, a franquia é uma das mais bem-sucedidas da história do cinema, com uma bilheteria mundial total de aproximadamente 2,5 bilhões de dólares. Outros créditos de Maguire incluem o drama de época “O Segredo de Berlim”, de Steven Soderbergh, em que contracenou com George Clooney e Cate Blanchett; “Garotos Incríveis”, de Curtis Hanson, no qual Maguire contracenou com Michael Douglas; “Cavalgada com o Diabo” e o aclamado pela crítica “Tempestade de Gelo”, de Ang Lee; “A Vida em Preto e Branco”, de Gary Ross, em que contracenou com Reese Witherspoon; “Medo e Delírio”, de Terry Gilliam; a sátira literária de Woody Allen, “Desconstruindo Harry”; e “Duke of Grove”, seu primeiro sucesso, um curta-metragem de 1996, de Griffin Dunne, indicado ao Oscar. Recentemente, Maguire participou da comédia de humor negro de Jacob Aaron Estes, “The Details”, contracenando com Laura Linney, Ray Liotta, Kerry Washington e Elizabeth Banks. Em breve, ele será visto com Josh Brolin e Kate Winslet no drama “Labor Day”, do diretor Jason Reitman, programado para ser lançado este ano. Nesse bate papo, o ator fala sobre sua participação no aguardado remake “O Grande Gatsby”, releitura do clássico escrito por F. Scott Fitzgerald sob a ótica incrivelmente criativa do escritor, produtor e diretor Baz Luhrmann. O longa acompanha o aspirante a escritor Nick Carraway (Maguire) enquanto ele deixa o centro-oeste americano e chega a Nova York na primavera de 1922, uma era de afrouxamento moral, jazz resplandecente, reis do contrabando de bebidas e disparada dos preços das ações. Em busca de seu próprio sonho americano, Nick vira vizinho de um misterioso e festeiro milionário, Jay Gatsby (Leonardo DiCaprio). Ele ainda fala sobre a escolha do roteiro e sua parceria nas telas com Carey Mulligan.

27


CAPA Estação Aeroporto: Quando sentou para ler o script, qual foi sua primeira reação? Já tinha lido o livro? Tobey Maguire: Eu tinha lido o livro antes de ler o roteiro, então eu tinha um entendimento melhor de como eram os personagem e o que eles estavam passando. A primeira versão que eu tinha lido do script capturou muito bem e teve uma abordagem interessante, porque todos levaram um pouco de liberdade no filme, eu acho que ele funciona muito bem. Em geral, nós filmamos as cenas que estão no livro, mas tivemos a liberdade de inserir coisas novas, que de certa forma contribuiu muito com a história que estava sendo contada. Quando você lê o livro, a coisa toda é realmente do ponto de vista de Nick. Você está vendo a partir de seu ponto de vista e você realmente sentir a sua presença no livro, mas não é ainda de alguma forma o ponto focal. Ele está olhando para fora de sua perspectiva, para outras coisas. E dependendo de como você lê, há todos esses pequenos indícios que ajudam a guiar você, como leitor, a olhar, e sinto que encontramos uma boa maneira de capturar isso no filme. Foi um desafio para você como ator retratar a jornada interior do personagem, pois através dele a história é contada? Bem, felizmente, temos algumas ferramentas para brincar e não depender apenas de narração. Há outras cenas do filme que você verá com esse contexto. E depois, é claro, apenas estar lá, ver e ouvir ajudam a compreender o sentido da cena. Há imagens que podem ajudar a contar a história também. Então eu não sei se é particularmente difícil. O que eu acho interessante sobre cinema é realmente mais o trabalho do diretor para levar todos esses elementos e colocá-los em cena, perceber que todos esses diferentes artistas e artesãos têm a sua própria interpretação do que . E você tem que permitir que eles façam o que eles fazem, e, ao mesmo tempo, orientá-los em uma direção particular. Isso, para mim, é um processo muito interessante. Estou tentando entender o que uma visão unificada da viagem pode ser, mas, ao mesmo tempo, ainda não existe um formato como nós estamos filmando, então estamos realmente explorando juntos. Realmente, trata-se de você encontrar o seu grupo de parceiros, e fazê-lo no semi-escuro ou na semi-luz e explorar, na esperança de que está indo em uma direção similar e ainda trazer o seu próprio ego, com suas surpresas.

Com a esposa Jennifer Meyer durante pré estréia de O Grande Gatsby.

Baz Luhrmann disse que ele entende este filme como um espelho para os nossos tempos e fundiu esta visão contemporânea para os anos de 1920, a Era do Jazz. O que pensa sobre isso, acha que Nick é um personagem moderno em alguns aspectos? Acho que o que essas pessoas passam é bastante atemporal. Em termos de clima social, não acredito que seja muito diferente dos tempos atuais. O design é diferente. A música é um pouco diferente e a tecnologia mudou pra melhor. Mas, afinal, são as pessoas fazendo seu caminho através de suas vidas, assim como sempre fizemos. Fitzgerald escreveu este livro na década de vinte e o lançou em 1925. Ele mostrava o momento de uma economia em expansão e de grande decadência. E ainda havia um ar de tragédia para ele, uma tragédia específica, mas também uma sensação de morte iminente. E então a Grande Depressão veio alguns anos depois. Em termos do tipo de clima econômico e social que foi, acho que podemos nos relacionar com isso. Mas, especificamente, acho que o filme capta histórias humanas bastante familiares e dinâmicas, como no teatro.

28

Fitzgerald escreveu este livro na década de vinte e o lançou em 1925. Ele mostrava o momento de uma economia em expansão e de grande decadência.


E Carey Mulligan, quais as qualidades que você acha que ela trouxe para Daisy? Daisy é uma personagem muito interessante. Eu vejo diversos argumentos para essa personagem a partir de diferentes pontos de vista. A minha primeira impressão veio quando Baz havia feito algo com Carey e Leo em Nova York. Baz fez uma espécie de curta contando a história de O Grande Gatsby. Acho Carey disse apenas algumas palavras, mas ela só tinha a voz, como se diz no livro. Ela tinha um calor envolvente para sua voz que era muito convidativo. Quando ouvimos isso, fez quase como que nos apaixonássemos por Daisy instantaneamente. Essa foi a minha primeira impressão. Carey é um grande presente, ela é uma grande atriz. Foi divertido contracenar com ela. Como foi filmar a sequencia da grande festa na Mansão de Gatsby? Foi muito divertido. As pessoas tiveram seus telefones com câmera recolhidos e só entraram no set apenas as pessoas envolvidas na cena. Era visualmente espetacular, Baz foi o grande anfitrião e mestre de cerimônias, instigando a multidão de atores e extras que a cena pedia. Ele orquestrou pessoas rindo, dançando, cantando Fiquei espantado com a quantidade de pessoas em trajes de gala, danças de distância, e, em seguida, toda a tripulação a postos. Se eu pudesse faria uma foto de toda a ação com toda a equipe que estava do outro lado da câmera, não vejo isso com muita frequência. Como foi a parte musical do filme? Em vez do tradicional jazz, Baz optou por uma parceria com Jay Z. Isso foi algo previamente pensado ou algo que veio depois?

No Festival de Cannes com Baz Luhrmann, Carey Mulligan e Leonardo DiCaprio.

Baz explora a música em seus filmes de forma magistral, ele explora diferentes abordagens. Não vi a música final até o lançamento do filme e fiquei contente com o resultado final. A música é o terceiro elemento fundamental nos filmes de Baz .

29


ENTREVISTA

AUSTRALIAN BOY BY DANI FERRERA / PHOTOGRAPHS BY 20TH CENTURY FOX

M

ais um talento australiano desponta no cinema mundial. Desde sua estreia na série All Saints, Jai Courtney tornou-se a bola da vez. Sua beleza rústica e seu físico espetacular fizeram dele objeto de desejo dos principais estúdios e diretores. Entre seus trabalhos, destaque para a série "Spartacus: Sangue e Areia", onde deu vida ao guerreiro Varro. Em "Jack Reacher – O último Tiro", viveu o capanga Charlie. Seu mais recente sucesso é "Duro de Matar – Um Bom Dia para Morrer", no qual vive o policial John McClane (Bruce Willis). Ele está em busca de informações sobre o filho, Jack (Jai Courtney), com quem não fala há alguns anos. Com a ajuda de um amigo, ele descobre que Jack está preso na Rússia, acusado de ter cometido um assassinato. John logo parte para o país na intenção de rever o filho e, pouco após chegar, acaba encontrando-o em plena fuga do tribunal onde seria julgado. Jack está com Yuri Komorov (Sebastian Koch), um terrorista que diz ter em mãos um dossiê que pode incriminar um potencial candidato à presidência russa, Chagarin (Sergey Kolesnikov). Ele não gosta nem um pouco de reencontrar o pai, mas a insistência de John em ajudá-lo acaba, aos poucos, quebrando o gelo entre pai e filho. E foi sobre a nova aventura da cine série "Duro de Matar" que conversamos com o ator. Estação Aeroporto: É inevitável que sejamos iguais aos nossos pais? Jai Courtney: É provável. Há grandes chances de idealizar seu pai e querer seguir seus passos. Como é uma relação entre pai e filho? É difícil? Pode ser. Eu e meu pai somos grandes companheiros e amigos, mas temos nossos conflitos, que são sempre nas áreas em que somos mais parecidos. Acho isso interessante. O que te atraiu em "Duro de Matar"? Acho que é pelo simples fato de a franquia ser um ícone do cinema. Obviamente é uma grande oportunidade participar de um filme "Duro de Matar". Eu cresci assistindo e acompanhando o sucesso. Em alguns momentos foi surreal estar no set, dentro do filme. Aí eu dava um passo pra trás, percebia que aquilo realmente estava acontecendo e me beliscava para ter certeza. Como você e Bruce contribuíram na criação dessa relação complicada entre pai e filho? Estava tudo no roteiro e era bem claro como os personagens responderiam um ao outro. Fizemos um grande trabalho criando uma história por trás, onde ambos foram afastados por algum tempo e Jack, provavelmente, estaria se rebelando contra seu pai por causa de algumas coisas que viveu na sua infância. Mas volto à questão deles serem muito parecidos e acho que isso é muito interessante. Jack se controla de um jeito diferente e pode abordar situações de formas diferentes. Isso contribui para os conflitos entre eles. Como uma locação estrangeira, no caso a Rússia, faz com o que o filme seja uma experiência única? Mas é a mesma plataforma. Jack é do tipo que se mete em encrencas onde não deve com todos os caras que conhecem o território melhor que ele. Por isso é mais emocionante. Você já se feriu durante as filmagens? Sempre há uns cortes e inchaços por causa de tombos e colisões, então fico um pouco machucado aqui e ali, mas faz parte e acaba sendo divertido. Eu cresci jogando esporte de contato, então estou exposto a isso. Foi bom ter me machucado um pouco pra perceber o perigo das coisas. Isso ajuda! O que te agrada no gênero de filme de ação?

30

Como expectador, eu gosto assistir vários tipos de filmes, inclusive ação. Gosto de diversidade. Adorei fazer parte de um filme de ação. Mas seria ótimo ter a oportunidade de interpretar personagens em obras de outros gêneros. Adoraria a experiência! Do que você abriu mão e como se preparou para fazer "Duro de Matar"? Todo o trabalho valeu muito a pena e vai ser recompensado, eu acho. Eu assisti ao filme e fiquei muito feliz com o resultado. É muito divertido, engraçado e emocionante ao mesmo tempo. Um caos, mas nós realmente botamos pra quebrar (risos). Foi uma longa filmagem. Dei o meu máximo como ator e estava completamente envolvido, desde o acompanhamento do dublê até aprender a falar russo com sotaque americano. Havia certa pressão comigo, até mesmo por ser um filme de uma franquia tão icônica. Tudo isso resultou em um trabalho incrível, que me ensinou a manter a cabeça limpa, manter o foco. Aprendi que trabalhar pesado faz você alcançar seu objetivo em última instância. O Bruce fez parecer que seria mais fácil? Não (risos). Tudo sempre foi um desafio. Isso é um filme; é difícil em algumas partes. É muito fascinante e às vezes você acha que não está fazendo o bastante. Pode ter horas no dia em que você não vai fazer nada, apenas sentar ao redor e assistir. Qualquer ator sabe disso, mas certamente é a parte mais difícil. Fazer nada pode ser cansativo. Por que os australianos estão tomando conta de Hollywood? Essa é uma boa pergunta. Não sei se existe uma resposta certa para isso. É até engraçado, mas acho que estamos apenas fazendo uma grande parte. Há muitos de nós, australianos, trabalhando aqui, mas podemos falar o mesmo sobre os britânicos. Acho que realmente não tem uma resposta. Não tem a ver com a formação ou com as raízes, o que importa é gostar do que faz e se entregar por inteiro. Acho que somos bons de serviço (risos). Como você acha que contribuiu para o legado "Duro de Matar"? Agora eu sou um McClane. Quando estávamos filmando, deparei-me com uma coisa na web que achei hilário, que era um retrato de família dos McClane. Tinha um garoto com cabelos retos, e é engraçado olhar pra trás, ver os primeiros filmes e pensar “não, esse não é meu personagem”. Quando olho de novo sei que seria fantástico fazer mais um filme dessa franquia.


31


TECNOLOGIA

Som cristalino Com potência máxima de 89 dB, a JBL PlayUP é fruto de uma parceria da fabricante com a Nokia. A caixa, que tem uma bateria interna, se conecta a qualquer smartphone por Bluetooth ou conector P2. O pareamento também pode ser feito por NFC, no caso de aparelhos com Windows Phone 8. A JBL PlayUP tem ótimo som, tanto para graves quanto agudos. O aparelho deve chegar ao mercado brasileiro em breve. Preço: não divulgado. Mais informações: www.nokia.com

Lumia com Windows Phone 8 Tire fotos espetaculares com a câmera de 6.7MP e faça chamadas em vídeo com ótima qualidade usando a câmera HD frontal. Ele tem um design ultraleve, uma tela incrível de 4,3 polegadas e é o aparelho mais fino da família Nokia Lumia. Processador de 1GHz, tela de 4” supersensível, aplicativos exclusivos. Surpreenda seus amigos com um Nokia Lumia 520! Preço: não divulgado.

Fotos: divulgação.

Mais informaçãoes: www.nokia.com

Híbrido e notebook e tablet O notebook batizado de Transformer Book Trio, da Asus, tem tela sensível ao toque do tipo IPS, com resolução de 1920 x 1080 pixels de 11,6 polegadas e pode ser destacada. Ao retirar a tela da base, o dispositivo vira um tablet com Android. Quando você conecta ele de volta, o eletrônico vira um notebook com Windows 8. A base tem seu próprio processador, um Intel Core i7 que inclui 750 GB de armazenamento. Já o tablet – ou a tela – tem um processador Intel Atom de 2,0 GHz, com até 64 GB de armazenamento. Preço: não divulgado. Mais informações: www.asus.com

32


Ambiente de trabalho futurista Mais que uma poltrona, a Emperor 1510 LX é um ambiente moderno de trabalho, com direito a até cinco monitores – três de 27” e duas de 19”– e um sistema de som. Traz ainda um assento de couro italiano com todo tipo de ajuste automático. Sua estrutura de aço é resistente, mas tem o inconveniente de ser bastante pesada. A cadeira traz até um porta-copos. Não deve dar vontade de se levantar da cadeira. Preço: US$ 21.500,00 Mais informações: www.mwelab.com

Celular de ponta Galaxy S4 é o novo smartphone Android top de linha da Samsung. O aparelho traz tela HD de 5 polegadas, 2 GB de memória RAM, processador Exynos 5 Octa com oito núcleos, câmera traseira de 13 megapixels, câmera frontal de 2 megapixels e o sistema Android na versão 4.2.2 Jelly Bean. O Samsung Galaxy S4 tem 7,9 mm de espessura e pesa 130 g. Preços: R$ 2.399 (3G) e R$ 2.499 (4G).

Fotos: divulgação.

Mais informações: www.samsung.com.br

Lenovo lança notebook nacional Após realizar grandes investimentos, a Lenovo lançou o notebook B490, fabricado no Brasil. A configuração traz processador Intel i3 2348M 2,2 GHz, memória de 4 GB DDR3 1333 MHz, tela de 14 polegadas, com resolução 1366 x 768, armazenamento de 500 GB (5400 rpm) e rede Wi-Fi 802.11 b/g/n e Bluetooth 4.0. Preço: R$ 1269,00. Mais informações: www.lenovo.com/br

33


DANÇA

Meca da dança

D

entro ou fora do palco, o Festival de Dança de Joinville é um evento consolidado pela tradição, pelo profissionalismo e pela pluralidade dos participantes. Numa trajetória que em 2013 completa 31 anos, milhares de bailarinos e amantes da dança chegam a Joinville vindos de todo o País e do exterior. A edição deste ano teve numero recorde de inscritos – 2.166 coreografias, das quais foram selecionadas 232 para a Mostra Competitiva e 41 para o Meia Ponta. No total, os grupos aprovados representam 22 estados brasileiros, além do Distrito Federal e do Paraguai, ganhando a chance de mostrar seus trabalhos no evento consagrado como o maior festival de dança do mundo, atestado pela Guinness Book desde 2005. Já para os Palcos Abertos em praças, shoppings, hospitais e entidades sociais diversas, o total de coreografias aprovadas pela curadoria para se apresentar nos palcos de Joinville foi de 914. O evento é uma realização do Instituto Festival de Dança e Ministério da Cultura. O público assistirá trabalhos de qualidade ainda maior em 2013, quando o Festival alcança a maturidade da 31ª edição, com 560 grupos inscritos oriundos dos estados de Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantis. O Festival recebeu 2.166 coreografias inscritas de 560 grupos. E desse total de inscritos, foram selecionadas 232 coreografias para Mostra Competitiva abrangendo sete gêneros de dança: ballet clássico, clássico de repertório, dança contemporânea, dança urbana, jazz, sapateado e dança popular. A avaliação criteriosa foi feita por 13 especialistas responsáveis pela pré-seleção, além da seleção final feita pelas curadoras artísticas Andrea Bardawil (CE), Cecília Kerche (RJ), Iracity Cardoso (SP) e Sigrid Nora (RS).

34


los gratuitos de qualidade. As coreografias são inscritas por grupos de todo o país e passam pela análise criteriosa da Curadoria Artística do Festival - o mesmo crivo a que são submetidos os candidatos à Mostra Competitiva e Meia Ponta.

Mostra Contemporânea Com o objetivo de mostrar o que está sendo criado na contemporaneidade na dança, a Mostra realça a diversidade de linguagens e perspectivas de criação e pesquisa. Tudo isso e muito mais você encontra no universo da Mostra Contemporânea de Dança. A programação inclui espetáculos inéditos ou não e workshops gratuitos destinados a coreógrafos e bailarinos.

Encontro das ruas Parada certa dos seguidores da cultura urbana durante o Festival, o Encontro das Ruas foi uma grande confraternização entre os amantes da cultura Hip Hop.Totalmente remodelado em 2012, as batalhas de B. Boys, B. Girls, Hip Hop Freestyle, Locking, Popping, House Dance e MC’s aconteceram em forma de apresentações sem o caráter competitivo das outras edições.

Dança Comunidade Mostra competitiva

Meia Ponta

Em oito noites – 18, 19, 20, 21, 23, 24, 25 e 26 de julho às 19h – os bailarinos demonstram o que sabem fazer de melhor em sete gêneros: Balé Clássico de Repertório, Balé Clássico, Dança Contemporânea, Sapateado, Jazz, Danças Urbanas e Danças Populares.

Os grupos se apresentam nos dias 19 e 20 de julho em dois horários – 14h e 16h - nos gêneros Balé Clássico de Repertório, Balé Clássico, Danças Populares, Sapateado, Jazz e Danças Urbanas. Os premiados em primeiro, segundo e terceiro lugares voltam ao palco na Tarde dos Campeões, que acontece no dia 21 de julho.

Quem decide quais grupos sobem ao palco do Centreventos são os curadores artísticos do Festival de Dança. Depois, durante o evento, jurados renomados escolhem os melhores em cada gênero e sub-gênero. Os primeiros colocados sobem ao palco mais uma vez na Noite dos Campeões para dançar a vitória colhida após tantos meses de dedicação. Os jurados também honram destaques com a premiação especial: troféu de Melhor Grupo, e medalhas de ouro para Prêmio Revelação, Melhor Bailarino e Melhor Bailarina. Ao total, são R$ 36 mil em dinheiro para esses agraciados. O Coreógrafo Revelação recebe um certificado de classificação e ganha ainda uma viagem de uma semana para o exterior, onde deverá participar de evento relacionado ao gênero de atuação do profissional escolhido.

Entre os fatores avaliados no processo de seleção, dois deles recebem destaque no caso da mostra infantil: a adequação das peças escolhidas para os bailarinos, no caso do Balé Clássico de Repertório e o desenvolvimento adequado do tema proposto, no caso dos demais gêneros. Em ambos os casos, a técnica aplicada e o tema abordado precisam estar de acordo com a capacidade e idade dos pequenos bailarinos.

Palcos Abertos Instalados em espaços não-convencionais, como praças, hospitais e shopping centers na área central e nos bairros da cidade, os Palcos Abertos propiciam aos moradores locais e visitantes, espetácu-

O Festival de Dança de Joinville se propõe mais uma vez a discutir, debater e buscar alternativas para que a dança seja uma ferramenta de inclusão social e de fomento à educação de qualidade. O Dança Comunidade reúne profissionais envolvidos na dança com o viés da educação e em projetos sociais. O objetivo é a troca de ideias com os participantes em fóruns que buscam novas possibilidades para mudar a realidade de comunidades de todo o Brasil. Serviço O que: 31º Festival de Dança de Joinville Quando: de 17 a 27 de julho de 2013 Saiba mais: www.festivaldedanca.com.br Quanto: Noites Especiais (abertura, gala e campeões) - R$ 24 (arquibancada 2), R$ 30 (arquibancada 1), R$ 40 (plateia 3), R$ 90 (plateia 2) e R$ 120 (plateia 1). - Noites Competitivas (de 18 a 26 de julho) - R$ 16 (arquibancada 2), R$ 20 (arquibancada 1), R$ 28 (plateia 3), R$ 40 (plateia 2) e R$ 70 (plateia 1). - Mostra Contemporânea de Dança (23 a 26 de julho) - R$ 28. - Meia Ponta (18 a 20 de julho) - R$ 24. Ingressos à venda pelo www.ticketcenter.com.br.

35


CULTURA | TEATRO

“Aípod”

Serviço:

O QUÊ: Aípod Onde: Teatro MuBE Nova Cultural. Rua Alemanha, 221- Jd. Europa. São Paulo/SP Quando: Sextas (21h30), Sábados (21h) e Domingos (18h).

36

Ciranda Depois de uma temporada de oito meses em São Paulo com ótimas críticas e receptividade por parte do público, o espetáculo “Ciranda”, escrito pela jornalista Célia Forte, dirigido por José Possi Neto e com Tania Bondezan e Daniela Galli no elenco, faz sua estreia carioca. Abordando o universo familiar através da conflituosa relação de mulheres de três gerações diferentes – avó, mãe e filha –, "Ciranda" inicia uma curta temporada no Teatro Leblon de quinta a domingo. No espetáculo, Tania e Daniela se revezam na pele de três mulheres de uma mesma família, mas com diferentes modos de encarar a vida. Lena, a avó, é uma hippie vegetariana que morre de tristeza ao ver que a filha, Boina – nome dado pela mãe em homenagem a Che Guevara – é seu oposto. Executiva fria, ela só pensa em dinheiro e não se cansa de criticar o jeito da mãe. Um fato inesperado leva Lena a assumir a guarda da neta, Sara. Nos dias atuais, essa reviravolta colocará em xeque os pontos de vista das personagens. Serviço Ciranda Local: Teatro Leblon - Sala Fernanda Montenegro Endereço: Rua Conde Bernadotte, 26, Leblon

Fotos: divulgação.

A peça é uma “videomusicomédia” e aposta em um formato diferente, em que os atores interpretam diversos papéis. O espetáculo gira em torno de uma emissora de rádio, chamada “Rádio”, que conta com um casal de locutores, interpretado por Paulinho Correia (Edu Berton) e Rita Londres (Simone Gutierrez). A dupla faz uma crítica bem-humorada ao que se ouve hoje nas programações das rádios. Eles não só atendem os ouvintes que ligam para a emissora, como também fazem as vozes deles. AíPod é um espetáculo teatral multimídia. "Além da ação teatral, temos as músicas executadas pela banda, divididas em blocos, exatamente como a programação de uma rádio. Existem os locutores, suas personalidades e seus conflitos, tanto entre eles quanto com relação ao ouvinte”, explica Edu Berton, idealizador, diretor e ator do espetáculo. “Quadros como o ‘Fala que eu te esmurro’, ‘As mais mais idênticas’ e o ‘Hit Parei' fazem parte da programação, recheada de teatralidade, ironia e humor. Há ainda os intervalos comerciais, com propagandas antigas produzidas especialmente para o espetáculo”, complementa.


Humor levado a Sério ?

Fotos: divulgação.

“Eu Não Dava Praquilo” O monólogo transcorre sobre a história do teatro, a arte de interpretar, baseando as narrações em depoimentos e fatos vividos pela atriz Myrian Muniz, influente personalidade do teatro brasileiro. Com autoria de Cassio Scapin e Cássio Junqueira, e interpretação de Cassio Scapin, a peça conta com direção de Elias Andreato, cenografia e figurino de Fabio Namatame. Este monólogo cômico-dramático, além de contar passagens da vida pessoal e profissional da atriz, pretende ser uma homenagem ao ofício teatral e sua importância como agente de transformação tanto individual quanto social. Para o autor e intérprete Cassio Scapin, seria impossível contar a história dos palcos brasileiros sem falar na Myrian. Para ele, a atriz era dona de personalidade ímpar, que conferiu a ela uma forma inigualável de representar. Suas passagens pelos palcos eram impregnadas do modo como encarava a vida e o ofício do ator. Cassio a vê como “impulsiva, intuitiva, generosa, de uma generosidade hoje rara nos palcos”, sendo essas muitas das qualidades que ele procura explorar nos palcos durante a temporada no CCBB-SP.

“Tirando do Serio” é um espetáculo clássico dentro do formato ‘stand-up comedy’. Marcela reuniu as melhores piadas criadas nos oito anos que atuou em clubes, teatros e bares de São Paulo e acrescentou algumas novas. Como num bate-papo informal entre amigos que discorrem sobre diversos assuntos, Marcela toma conta da conversa, extraindo comicidade de tudo que nos cerca. Focado na observação bem-humorada do comportamento humano, o espetáculo aposta na inteligência e na capacidade crítica do próprio público. Com um texto abrangente e bem estruturado, Marcela se faz entender por todos os tipos de públicos, ultrapassando as fronteiras de classe social e faixa etária. A expressão “senso de humor” cai como uma luva quando se trata de definir as ideias de Marcela Leal. E após alguns minutos vendo-a no palco, todos vão concordar que estão rindo, sem dúvida, do humor magnético da “Primeira Dama da Stand-Up Comedy Brasileira”. Marcela está de volta, divertida e engraçada como sempre, com uma nova safra de piadas e tiradas hilariantes. O espetáculo “Tirando Sério” fica em cartaz apenas e durante todos os sábados de 13 de julho á 14 de setembro de 2013, sempre à meia-noite.

Serviço:

Serviço

O QUÊ: Eu Não Dava Praquilo. ONDE: Teatro do CCBB SP - R. Álvares Penteado, 112, Sé, São Paulo (SP). QUANDO: De 12 de julho a 23 de setembro. Sábado às 20h, domingo às 19h e segunda às 20h. quanto: R$6,00 inteira e R$3,00 meia entrada.

O QUÊ: Tirando Sério. ONDE: Teatro Jaraguá - Rua Martins Fontes 71 / Centro / São Paulo (SP).

37


CULTURA l MÚSICA Little Mix

O cantor e compositor Bobby McFerrin retorna com Spirityouall. Produzido em parceria com Gil Goldstein – que também trabalhou nos arranjos –, ele explora neste novo trabalho as raízes da música negra norte-americana, em composições calorosas e otimistas. McFerrin convida seus ouvintes a acompanhá-lo em sua jornada diária, em que busca a graça, a sabedoria e a liberdade. Dentre os destaques do álbum estão as versões para “Whole World (In His Hands)” e “Everytime (I Feel the Spirit)”, que contam com a participação de Esperanza Spalding. Album: Spirityouall | Artista: Bobby McFerrin | Quanto: R$29,90 | Lançamento: Sony Music

Album: DNA | Artista: Little Mix: Quanto: R$29,90 | Lançamento: Sony Music

Nina Simone

A cantora é um dos grandes nomes do jazz e blues do século XX. To Be Free: Nina Simone Story cobre os grandes momentos de toda a sua carreira, sendo a coleção mais vasta produzida até hoje. O repertório começa nas primeiras gravações para o selo Bethlehem, em 1957, que resultou no disco de estreia, Little Girl Blue, e segue até o último álbum, lançado por um grande selo: A Single Woman, de 1993, pela Elektra.To Be Free apresenta uma artista completa, trazendo elementos de suas diversas facetas. É possível encontrar composições que costuram diferentes gêneros, como folk, rock, pop, R&B, e composições que remetem à grandiosidade dos musicais da Broadway. Album: To Be Free : Nina Simone Story | Artista: Nina Simone | Quanto: R$81,90 | Lançamento: Sony Music

Jake Bugg

Jake Bugg é a mais nova revelação do folk britânico! Com apenas 19 anos e lançando seu primeiro disco, foi “resumido” por Noel Gallagher (ex-líder do Oasis) como “o futuro da música": "Ele é como se Dylan encontrasse os Arctic Monkeys”. Jake começou a tocar guitarra aos 12 anos, e aos 17 já participou do lendário Glastonbury Festival. Seu som é tão natural, tão real, tão pouco pensado que é, obviamente, da alma. Além de Noel, Jake já coleciona fãs famosos como Lily Allen, Elton John, Chris Martin (Coldplay) e Snow Patrol. Jake é atualmente um dos grandes representantes da onda Folk que invade o cenário musical, seguindo o sucesso da banda Mumford & Sons, vencedores do Grammy de Melhor Álbum de 2012. Álbum: Jake Bugg | Artista: Jake Bugg | Quanto: R$27,90 | Lançamento: Universal Music

38

Yeah Yeah Yeahs

“Mosquito” é diferente dos outros discos lançados pela banda, pois traz influência do reggae e é mais animado. O disco se destaca pela abundância de guitarra nas músicas. “Sacrilege” é o primeiro single do novo álbum, e tem participação de um coral de 20 pessoas. O clipe é estrelado pela atriz e modelo inglesa Lily Cole. A banda Yeah Yeah Yeahs surgiu em Nova York na década de 2000 e é liderada pela vocalista Karen O, considerada a musa do indie. Álbum: Mosquito | Artista: Yeah Yeah Yeahs Quanto: R$27,90 | Lançamento: Universal Music

Fotos: divulgação.

Bobby McFerrin

Vencedoras da oitava edição do The X Factor britânico, em 2011, Perrie Edwards, Jesy Nelson, Leigh-Anne Pinnock e Jade Thirlwall, as meninas do Little Mix, lançam seu álbum de estreia, DNA. Explorando relacionamentos, decepções amorosas e o caráter forte do sexo feminino, assinam um álbum que mescla pop e R&B, com um toque de hip-hop. A primeira música de trabalho, “Wings”, abre o compacto abusando dos instrumentos de sopro em uma faixa acelerada e cheia de energia, com vocais que remetem às divas da Soul Music. “DNA”, o segundo single, vem na sequência, adicionando elementos de música eletrônica.


Whitney Houston

Faz pouco mais de um ano que o mundo da música perdeu a atriz, cantora e produtora com uma das mais inconfundíveis vozes que os Estados Unidos já revelou. Whitney Houston deixou um importante legado, ao longo de duas décadas de carreira, que pode ser conferido em I Will Always Love You – The Best of Whitney Houston. O disco compila em 18 faixas grandes momentos de uma mulher versátil e criativa, com músicas que atingiram o topo das paradas. O álbum traz composições consagradas como “I Wanna Dance With Somebody”, “I Have Nothing”, “Save All My Love For You”, “You Give Me Good Love” e, é claro, “I Will Always Love You”, que dá título à compilação. Álbum: I Will Always Love You – The Best of Whitney Houston | Artista: Whitney Houston | Quanto: R$30,00 | Lançamento: Sony Music Willie Nelson

Fotos: divulgação.

Um dos maiores ícones da música country americana, Willie Nelson, está de volta com sua banda, “The Family”, no novo álbum Let’s Face the Music and Dance. O cantor, compositor e ator traz em seu novo projeto uma coleção de canções que vão desde o clássico country ao jazz, em uma mistura de estilos musicais. Parte das comemorações pelos 80 anos de Willie Nelson, completos em abril de 2013, Let’s Face the Music and Dance traz em seu repertório canções de autoria própria e músicas de parceiros como Irving Berlin, Carl Perkins e Django Reinhart. Os novos sucessos “I Wish I Didn’t Love You So”, “You’ll Never Know” e “Nuages”, também fazem parte do disco. Álbum: Let’s Face the Music and Dance | Artista Willie Nelson & Family | Quanto: R$25,00 | Lançamento: Sony Music

Marcelo Camelo

Marcelo Camelo lança o DVD “Mormaço”. Dividido em duas partes, o DVD apresenta um show gravado ao vivo, em voz e violão, no Theatro São Pedro, Porto Alegre. Nessa apresentação, Camelo recebe a participação especial da cantora Mallu Magalhães e do músico suíço Thomas Rohrer, tocando rabeca. Repertório com vários sucessos dos Los Hermanos e da carreira solo de Camelo, incluindo também outras músicas que ele nunca tinha gravado como “Cara Valente”, sucesso na voz da Maria Rita, e a inédita “Luzes da Cidade”. A segunda parte do DVD é o filme “Dama da Noite”, dirigido pelo californiano Jack Coleman e inteiro filmado em 8 e 16 mm, que mostra cenas de shows e bastidores da estrada. DVD: Mormaço | Artista: Marcelo Camelo | Quanto: R$32,90| Lançamento: Universal Music

Get Up! Stand Up!

O lançamento do documentário musical “Get Up! Stand Up!” na última semana de maio coincidiu com o 52º aniversario da criação dessa organização não governamental. A Amnesty International considera o dia 28 de maio de 1961, a data oficial de sua fundação. Foi nesse dia que o jornal The Observer, um dos mais lidos em todo o Reino Unido, publicou um artigo intitulado “Forgotten Prisoners” (Prisioneiros Esquecidos), assinado pelo advogado britânico Peter Benenson, onde ele clamava por uma “anistia” para todos os presos políticos do mundo. Nos meses seguintes, foi surgindo espontaneamente uma organização voltada para esse objetivo, que nos anos posteriores assumiu um caráter internacional. Hoje, a Amnesty, como é conhecida, possui mais de 3 milhões de membros ativos em todo o mundo. Essa série de shows beneficentes, que tiveram inicio em 1976, transformaram-se posteriormente em discos e filmes. As várias edições do “The Secret Policeman’s Ball” contaram com aparições de Pete Townshend, Sting, Eric Clapton, Jeff Beck, Phil Collins, Tom Robinson, Donovan, Midge Ure e Bob Geldof. O sucesso desses espetáculos foi crucial para mudar a orientação estratégica da Amnesty International no sentido de inspirar a juventude a se tornar ativa e participante no movimento pelos Direitos Humanos. DVD: Get Up! Stand Up! | Varios artistas Quanto: R$45,00 | Lançamento: ST2 Vídeo Jesus Christ Superstar

Baseado livremente nos evangelhos sobre as últimas semanas de vida de Cristo, iniciando com a chegada de Jesus e seus discípulos em Jerusalém e terminando com a sua Crucificação, a peça nos oferece uma visão política e pessoal dos personagens desta história, principalmente de Judas e sua relação com Jesus. O musical, com letras de Tim Rice e música de Andrew Lloyd Webber, começou como um CD de ópera rock, com a voz de Jesus sendo feita por Ian Gillian, vocalista do Deep Purple. As músicas “Superstar” e “I Don´t Know How to Love Him” viraram hits muito antes da peça ir para os palcos. Esta montagem contemporânea, que tem Melanie C (Ex-Spice Girl) como Maria Madalena, teve seu Jesus (Ben Forster) escolhido num reality show de caça talentos criado por Lloyd Weber e com ele próprio na banca julgadora, junto com Mel C e outras celebridades do meio músico-teatral. Blu-ray: Jesus Christ Superstar Live Arena Tour | Quanto: R$49,99 | Lançamento: Universal Pictures


CULTURA | CINEMA

Adeus, Minha Rainha

Fotos: divulgação.

Em 1789, às vésperas da Revolução Francesa, aqueles que vivem no palácio de Versalhes continuam levando vidas despreocupadas e negligentes, longe da crescente agitação em Paris. Quando as notícias do ataque à Bastilha chegam aos ouvidos da corte, os nobres fogem com seus criados, esvaziando o lugar... Mas Sidonie Laborde (Léa Seydoux), uma jovem leitora que é devotada à Rainha, recusa-se a acreditar nos boatos. Ela tem certeza de que, sob a proteção de Maria Antonieta (Diane Kruger), vai ficar a salvo. Mal sabe ela que estes serão os três últimos dias que vai passar ao lado de sua Rainha.

Guerra Mundial Z O mundo sofre uma pandemia, onde pessoas transformam-se em zumbis e as Nações Unidas lutam contra o tempo evitar um mal maior. Enquanto isso, um repórter da organização mundial, Gerry Lane (Brad Pitt), é enviado para a zona de conflito e começa uma serie de entrevistas com sobreviventes do ataque, na tentativa de descobrir a origem desse vírus. O filme é baseado no best-seller escrito por Max Brooks e traz em seu elenco, além de Pitt, Mireille Enos e James Badge Dale, sob a batuta de Marc Foster.

40


Além da Escuridão – Star Trek Quando a tripulação da Enterprise é chamada de volta para casa, eles descobrem que uma força de terror incontrolável, de dentro de sua própria organização, detonou a frota e tudo aquilo que ela representa, deixando nosso mundo em situação de crise.Tendo contas pessoais a ajustar, o Capitão Kirk (Chris Pine) lidera uma caçada humana em um mundo em zona de guerra para capturar John Harrison (Benedict Cumberbatch), um homem que é por si só uma arma de destruição em massa. Na medida em que nossos heróis são lançados em um jogo de xadrez épico de vida ou morte, o amor será contestado, amizades serão rompidas e sacrifícios terão que ser feitos pela única família que Kirk ainda possui. Zachary Quinto interpreta o Primeiro Oficial Spock, Karl Urban o Dr. Leonard “Bones” McCoy, Simon Pegg o Engenheiro Chefe “Scotty” Scott, Zoe Saldana a Oficial de Comunicações Uhura, John Cho o Timoneiro Hikaru Sulu, Anton Yelchin o Pavel Chekov e Bruce Greenwood o o Almirante Christopher Pike.

Fotos: divulgação.

Universidade Monstro Mike Wazowski (Billy Crystal) e James P. Sullivan (John Goodman) são uma dupla inseparável, mas nem sempre foi assim. Quando esses dois monstros incompatíveis se conheceram, eles não se suportavam. Universidade Monstro revela o segredo de como Mike e Sulley superaram suas diferenças e se tornaram melhores amigos.Esta sequencia chega aos cinemas 12 anos após o lançamento do primeiro filme, que concorreu a quatro prêmios no Oscar 2001, entre eles o de Melhor Canção Original “If I Didn’t Have You”, modalidade pela qual ganhou a estatueta. Imperdivel.

Todo Mundo em Pânico V A última parte da franquia de filmes "Todo Mundo em Pânico" inclui paródias dos filmes "Atividade Paranormal", "Mama", "A Entidade", "Evil Dead - A Morte do Demônio", "A Origem", "Cisne Negro" e outras referências à cultura pop. A cine-série completa 12 anos e continua sua saga de humor acido e escatológico, com direito a cenas constrangedoras.Cenas com o único intuito de arrancar risos da plateia. A direção ficou a cargo de Malcolm Lee, que trabalhou lado a lado com o mestre do humor David Zucker ("Apertem os Cintos... O Piloto Sumiu" e "Corra Que a Polícia Vem Aí"), que assumiu a franquia em sua terceira parte. Riso garantido!

41


CULTURA | HOME VIDEO

Um dos filmes mais emocionantes dos últimos tempos, "Os Miseráveis" é a adaptação em longa-metragem do musical sensação que já foi encenado em 42 países, em 21 línguas e foi visto por mais de 60 milhões de pessoas. Baseada no romance de Victor Hugo e ambientada na França do século 19, a história gira em torno de sonhos destruídos e amores não correspondidos, paixão, sacrifício e redenção – um eterno testamento da sobrevivência do espírito humano. Hugh Jackman é o ex-prisioneiro Jean Valjean, caçado durante décadas pelo implacável policial Javert (Russel Crowe), depois de violar a liberdade condicional. Quando Valjean aceita cuidar de Cosette ( Amanda Seyfried), filhinha da operária Fantine (Anne Hathaway), suas vidas mudam para sempre em meio às tentativas de Revolução. Blu-ray: Os Miseráveis | Quanto: R$99,90 | Lançamento: Universal Pictures

Em Nome do Pai

O filme conta a saga de Gerry Conlon (Daniel Day-Lewis), um jovem delinquente na conflituosa Belfast dos anos 70. Após irritar o IRA, ele é enviado à Inglaterra por seu pai Giuseppe Conlon (Pete Postlethwaite), onde suas atitudes o colocam no lugar errado na hora errada.Inocente, mas forçado a confessar um selvagem ataque terrorista, ele é condenado à prisão perpétua, como um dos terroristas conhecidos como “Quatro Guildford”. Trabalhando com uma dedicada e combativa advogada, Gareth Peirce (Emma Thompson), Gerry luta para provar sua inocência, limpar o nome de seu pai e revelar a verdade por trás de um dos mais vergonhosos erros judiciais da história. Blu-ray: Em Nome do Pai | Quanto: R$49,99 | Lançamento: Universal Pictures

True Blood

O destino de toda a humanidade está em risco na quinta temporada desta série única, arrojada e inegavelmente sexy. Enquanto Sookie lida com Tara e com seus próprios poderes de fada imprevisíveis, Bill e Eric se vêem chamados para entrar em ação pela Autoridade Vampira. Alcide combate os novos lobisomens J.D. e Martha; Sam procura pelos assassinos de transmorfos; e Jason resiste à sua atração por Jessica. Tudo somado a um clímax sangrento e cruel envolvendo a Autoridade e os vampiros fundamentalistas, sedentos de sangue, que afetará as vidas de todos, vivos e mortos, nesta temporada incessante e cheia de ação. Blu-ray: True Blood 5ª Temporada | Quanto: R$179.90 | Lançamento: Warner Home

Colegas

Colegas é uma divertida comédia que aborda, de forma inocente e poética, coisas simples da vida através do olhar de três jovens com síndrome de Down apaixonados por cinema. Um dia, inspirados pelo filme Thelma & Louise, eles resolvem fugir no Karmann-Ghia do jardineiro (Lima Duarte) em busca de seus sonhos: Stalone (Ariel Goldenberg) quer ver o mar, Marcio (Breno Viola) quer voar e Aninha (Rita Pokk) busca um marido pra se casar. Eles partem do interior de São Paulo rumo à Buenos Aires. Nessa viagem, enquanto experimentam o sabor da liberdade, envolvem-se em inúmeras aventuras e confusões, como se a vida não passasse de uma eterna brincadeira. Blu-ray: Colegas | Apenas para locação | Lançamento: Europa Filmes

Hitchcock

Na época, mesmo estando no auge de sua carreira, o cineasta Alfred Hitchcock (Anthony Hopkins) não conseguiu apoio para realizar a obra porque os estúdios não queriam investir no gênero. O resultado foi uma produção - praticamente - independente, de baixo orçamento, rodada em preto e branco, que se tornou uma referência no cinema mundial. Boas atuações de Hopkins, Helen Mirren como Alma Reville e, pasmem, Scarlet Johansson como Janet Leigh. Blu-ray: Hitchcock | Quanto: R$69,90 | Lançamento: Fox Home

42

Fotos: divulgação.

Os Miseráveis


A Lenda do Mestre Chinês

Em um mundo de fantasia, habitado por criaturas fantásticas e monstros, um homem chamado Fa Hai (Jet Li) tem uma missão muito importante: manter os demônios longe da humanidade a todo o custo. Hai é um mestre das artes marciais e um poderoso feiticeiro, vindo do Templo Jinsham, e viaja o mundo fazendo muito bem o seu trabalho. Quando o jovem curandeiro Xu Zian (Raymond Lam) está coletando ervas na montanha, conhece uma linda jovem (Eva Huang), por quem se apaixona. Blu-ray: A Lenda do Mestre Chinês | Apenas para locação | Lançamento: Europa Filmes

Justified

Nessa segunda temporada de Justified, Raylan Givens continua tentando limpar seu nome como agente no Kentucky, trabalhando em casos que têm ligação com seu passado. Enquanto isso sua ex- esposa, Winona Hawkins, coloca a vida deles em risco com suas tentativas falhas de resolver seus problemas financeiros. e Givens luta para impedir o controle da Harlan County por um grupo criminoso.

Fotos: divulgação.

DVD: Justified A Segunda Temporada Completa | Quanto: R$79,90 | Lançamento: Sony Home

Coleção Duro de Matar

Na nova trama, Bruce Willis volta a entrar na pele do policial John McClane e, dessa vez, viaja até Moscou para uma missão internacional. Nesse filme, Jack (Jai Courtney), filho de John, é apresentado e parece ser tão durão quanto o pai. Com um relacionamento complicado, John e Jack terão que trabalhar juntos para se manter vivos... E para evitar que uma parte sombria de Moscou consiga controlar armas nucleares. Aproveitando o lançamento do novo filme da série, a distribuidora relança os outros quatro filmes num box especial com cinco DVDs.

Doutor Jivago

Aparentemente um cineasta da substância e da amplidão, David Lean dirige o famoso conto de Boris Pasternak sobre uma Rússia dividida pela guerra e sobre corações tomados pelo amor. Imagens épicas abundam: a revolução pelas ruas, a carga de um regimento de cavalaria, a viagem de trem pelos Urais, uma fazenda coberta pelo gelo. Omar Sharif interpreta o personagem-título; Julie Christie é Lara, um antigo amor que o assombra, e ambos são pegos pela maré da história. Com uma trilha magistralmente composta por Maurice Jarre. Blu-ray: Doutor Jivago | Quanto: R$29,90 | Lançamento: Warner Home

Os Penetras

Em 2012, a comédia brasileira "Os Penetras", dirigida por Andrucha Waddington, fez grande sucesso nos cinemas, recebendo mais de 2,5 milhões de espectadores. Agora o filme chega às lojas de todo Brasil. A trama narra a história do apaixonado Beto, interpretado por Eduardo Sterblitch, que chega ao Rio de Janeiro às vésperas do Réveillon à procura de Laura, papel de Mariana Ximenes. Após ser desprezado por sua amada, Beto tenta suicídio, mas é salvo pelo malandro Marco Polo, vivido por Marcelo Adnet, que, a fim de ganhar um dinheiro fácil, promete ajuda-lo a reconquistar Laura. DVD: Os Penetras | Quanto: R$39,90 | Lançamento: Warner Home

DVD: Coleção Duro de Matar 1-5 | Quanto: R$79,90 | Lançamento: Fox Home

43


CULTURA | ARTES VISUAIS

Funk sem censura

D

esde 2005, o fotógrafo Vincent Rosenblatt vem dedicando centenas de noites sem sono ao mergulho nos bailes, no corpo a corpo com os frequentadores dos bailes funk.Suas fotografias se concentram especificamente nas festas de funk carioca realizadas nos clubes de subúrbios e favelas no Rio de Janeiro. Ele retrata a mistura de tensão e atração das coreografias, a criação de uma estética do corpo e de uma moda ligadas aos funkeiros, os DJs e MCs, os sistemas de som e as festas em geral. Diplomado da Escola Nacional Superior das belas Artes de Paris (ENSBA) em 2001, Vincent Rosenblatt está radicado no Rio de Janeiro desde 2002. O seu trabalho em progresso “Rio Baile Funk” foi exibido no Instituto Oi Futuro (Rio de Janeiro), na Kontrast Gallery (Stockholm), em 2006 e no Teatro Nacional de Brasília, no âmbito do festival FotoArte Festival, em 2007. A mostra foi realizada ainda na Maison Européenne de la Photographie, em Paris, de 9/2 a 10/04/2011. As fotos foram também projetadas em telões em algumas festas funk em comunidades do Rio, como Morro do São João, Vila Cruzeiro, Santa Marta e Boca do Mato, dando oportunidade de os próprios funkeiros conhecerem o trabalho realizado com eles. “A vida na favela, com frequência, é mostrada por sua violência e criminalidade. Estas fotografias proporcionam uma outra visão, raramente documentada, desta cultura de massa subterrânea que tem sofrido proibição e discriminação ao longo de décadas. Os bailes são talvez o mais extenso projeto social informal do rio, uma vez que milhares de famílias vivem suas vidas a partir do dinheiro gerado por centenas de bailes semanais”, comenta o artista em seu site. Rosenblatt morava em Santa Tereza, no Rio de Janeiro, e até começar o trabalho tinha um contato distante com o funk: “Sentia as paredes de meu apartamento tremerem durante as festas. Chamou-me a atenção a ousadia e dissidência social das letras”. Daí resolveu fotografar os bailes. Entrou em contato com a organização da festa, pediu autorização para fazer as fotos, e foi

44

acolhido pelos funkeiros. “Milhares de jovens arriscam suas vidas a cada semana para participar dos bailes funk; mais que um ritmo e uma música, eles possibilitam a uma geração de cariocas expressar um estilo de vida, expressar sua identidade e chocar o relacionamento tradicional entre dominantes e dominados a partir de sua música e suas letras. Os bailes também são um lugar único para a integração social, onde as classes são abolidas, mesmo que somente por uma noite!”, observa. O funk carioca é um estilo musical oriundo das favelas do estado do Rio de Janeiro, no Brasil. Apesar do nome, é diferente do funk originário dos Estados Unidos. Isso ocorreu pois, a partir dos anos 1970, começaram a ser realizados bailes black, soul, shaft e funk no Rio de Janeiro. O funk carioca costuma ser criticado por intelectuais e parte da população por sua pobreza criativa, por apresentar uma linguagem obscena e vulgar, e por fazer apologia à violência e ao consumo e ao tráfico de drogas. Embora muitos associem o movimento ao sensualismo barato e alienante, fruto da falta de educação das camadas mais pobres da população, Rosenblatt identifica nele uma manifestação da identidade afro-brasileira e uma luta por direitos culturais. “Muitas vezes desprezados pela elite, os Bailes Funk constituem o principal espaço para o mix social, atraindo cada fim de semana centenas de milhares de jovens da cidade inteira. Para muitos dos frequentadores, não é apenas diversão, mas sim de uma necessidade vital, um direito cultural ou civico, algo pelo qual às vezes até arriscam a vida”, afirma o fotógrafo. Mais informações: Rio Baile Funk: www.riobailefunk.net


Requisitado entre os principais projetos, clubs, festas, festivais e demais eventos do Brasil, está o Top DJ/PRODUTOR Diogo NK, que desenvolve um excelente trabalho passeando em seus Sets pelas vertentes do House Music sempre com a pegada necessária para construir a melhor vibe no público presente. Desde o Warm-Up até o Headliner da noite, Diogo é reconhecido pelo seu ótimo trabalho como DJ com um feeling de pista aguçado e seleção musical de qualidade.

www.soundcloud.com/djdiogonk djdiogonk@gmail.com BOOKING +55 - 61 8137 8733

w w w . d i o g o n k . c o m


CULTURA | LITERATURA

Flip homenageia Graciliano Ramos A Festa Literária Internacional de Paraty, maior evento literário do País, será realizada de 3 a 7 de julho, no litoral do Rio de Janeiro. Novamente com curadoria do jornalista Miguel Conde, a 11ª edição da Flip celebrará a obra de Graciliano Ramos. No próximo dia 27 de outubro se completam 120 anos do nascimento do autor, natural de Quebrângulo, Alagoas. Escritor, jornalista e político, Graciliano Ramos teve uma vida em que a literatura e a política se entrelaçaram e, não raro, as convicções e atividades políticas inspiraram suas obras de forte conteúdo social. A Flip ficou conhecida como um dos principais festivais literários do mundo, caracterizada não só pela qualidade dos autores convidados, mas também pelo entusiasmo do público e pela hospitalidade da cidade. Nos cinco dias de festa, a Flip realiza cerca de 200 eventos, que incluem debates, shows, exposições, oficinas, exibições de filmes e apresentações de escolas, entre outros. Paraty possui casarões históricos bem preservados

Homenageado

Apesar disso, afirmou em uma carta à Raúl Navarro, seu tradutor argentino: “os dados biográficos é que não posso arranjar, porque não tenho biografia. Nunca fui literato, até pouco tempo vivia na roça e negociava [...] que hei de fazer? Eu devia enfeitar-me com algumas mentiras, mas talvez seja melhor deixá-las para romances.. Logo na infância Graciliano manifestou talento para escrita. Em 1904, ao lado de um professor e de um primo criou o jornalzinho O Dilúculo (alvorada) no qual publicou seu primeiro texto de ficção O pequeno pedinte. Um ano depois com medo de que o filho seguisse a carreira literária seus pais, Sebastião e Maria Amélia Ramos, o mandaram para um internato, mas nem assim conseguiram inibir sua paixão. Mesmo de lá o menino conseguiu publicar alguns sonetos na revista O Malho, do Rio de Janeiro. Mesmo tendo que ocupar os mais diferentes cargos para manter as contas em dia, Graciliano não deixou de usar sua vocação a serviço de “todos os infelizes que povoam a Terra, como afirmou em seu discurso de 50 anos. A favor da literatura ao alcance de todos e contra ao fato dela se tornar muitas vezes um símbolo de distinção entre as classes sociais, o autor defendia que escrever poderia ser uma atividade de poucos, mas não para poucos: .a palavra não foi feita para brilhar, mas para dizer”, disse certa vez. Graciliano Ramos será homenageado.

46

Fotos: divulgação.

De professor a prefeito, de revisor a cronista, do partido à prisão: Graciliano Ramos, escritor homenageado da Flip deste ano, baseou-se principalmente em experiências pessoais para escrever seus romances. Para ele, a vivência individual esteve sempre ligada ao conjunto de circunstâncias espaço-temporais. Extremamente pessoal, sua literatura tem caráter universal.


Exposição e mesa da Homenagem

Palestra de abertura

A mostra Graciliano, a ética da escrita, montada no espaço expositivo da Casa da Cultura de Paraty, gira em torno do autor homenageado da Flip 2013 parte de uma premissa fundamental: a de que o rigor que levou Graciliano a rever inúmeras vezes seus trabalhos é inseparável do seu posicionamento crítico diante dos problemas da sociedade brasileira.

O escritor amazonense Milton Hatoum fará a conferência de abertura da 11ª edição da Flip. Grande conhecedor do escritor alagoano, Hatoum discorrerá sobre a importância da obra de Graciliano Ramos não só na literatura, mas em toda a cultura brasileira, incluindo o cinema e a política.

No dia 5 de julho, a mesa “Graciliano Ramos: ficha política” reunirá os escritores Randal Johnson, Sergio Miceli e Dênis de Moraes, com mediação José Luiz Passos, para tratar sobre as relações entre a postura política de Graciliano Ramos e sua produção literária.

Lydia Davis é presença confirmada na Flip 2013

Hatoum lembra bem o primeiro contato que teve com a obra de Graciliano, ainda no colégio. Foi quando leu Vidas Secas e passou a conhecer um novo mundo, com os detalhes da vida no sertão e os problemas sociais abordados pelo livro. Além das informações, o que impressionou Hatoum foi a linguagem, o estilo da escrita e a perspectiva realista com que Graciliano apresenta os dramas humanos e o embrutecimento do homem. Hatoum lançou seu primeiro livro em 1989, Relato de um Certo Oriente, que lhe valeu o prêmio Jabuti de melhor romance. Foi ainda o vencedor de outros dois Jabuti, com Dois Irmãos (2000) e Cinzas do Norte (2005).

Lydia Davis é um dos destaques da edição.

Fotos: divulgação.

Nascida em 1947 em Northampton, Massachusetts, a autora publicou seis livros de contos e um romance, The End of the Story (1994). Seu mais recente título Tipos de Perturbação (Varieties of Disturbance) foi indicado ao prêmio National Book Award, em 2007 e será lançado na Flip pela Companhia das Letras. Nos 57 textos que compõem a obra, Davis vale-se das mais variadas formas, abordagens e estilos para flagrar seus personagens em suas inseguranças e em seus desajustes com o cotidiano. Passagens longas alternam-se com formulações extremamente concisas. Nos intervalos desses textos, revelam-se por vezes dramas pessoais profundos e fraturas sociais mal disfarçadas. Tal e qual Kafka, que não por acaso é o protagonista de um dos contos, Davis expressa o trágico e cômico descompasso entre o homem moderno e o mundo à sua volta, tendo na ironia um de seus grandes recursos.

Show com Gilberto Gil Depois de ter aberto a primeira edição da festa, em 2003, Gilberto Gil volta a Paraty para dar a partida nesta segunda década de existência da Flip. Num show intimista, com violão e percussão na Tenda do Telão, o grande cantor e compositor revisita alguns dos maiores sucessos de sua carreira.

O romancista Miltom Hatoum abre o evento.

Serviço: O que: Festa Literária Internacional de Paraty 2013 Onde: Paraty (RJ). Quando: De 3 de julho, quarta-feira, até domingo, 7 de julho. Quanto: Tenda dos autores R$46; tenda do telão R$12; show de abertura: Tenda do telão R$46 (cadeira), R$ 22 (pista). Começa no dia 10 de junho, às 10h da manhã, a venda de ingressos para a Flip 2013, realizada pela Ingresso Rápido via internet (www.ingressorapido.com. br), por telefone (4003-1212) e nos pontos de venda credenciados (confira abaixo os pontos sem taxa de conveniência). Durante a Flip, a venda será efetuada apenas na bilheteria oficial da Flip em Paraty. Mais informações: www.flip.org.br

47


CULTURA | SHOWS

Viva o Mickey Mouse

Disney Live! O Festival Musical do Mickey começa com o público assistindo a uma projeção de última geração em vídeo dos bastidores frenéticos até chegar ao palco com o Mickey dando as boas-vindas aos convidados de sua turnê. Logo depois, eles serão transportados para um mundo novo de batidas de hip hop, acrobacias estonteantes, tapetes voadores e transformações mágicas com Aladdin, Jasmine e o Gênio. No fundo do mar é onde o público encontra Ariel, Sebastião e seus amigos náuticos para curtir o reggae. E família e amigos vão bater os pés ao ritmo do rodeio quando Woody, Buzz e Jessie chegarem para ensinar como se faz. Qualquer um pode ser parte da banda com balões gigantes que caem do teto em uma ou em uma cena em que os personagens da Disney estão dançando nos corredores. O QUÊ: Disney Live ONDE E QUANDO: A turnê estreia no estado de São Paulo,

onde realiza as primeiras apresentações em Ribeirão Preto, dias 13 e 14 de julho, no Theatro Pedro II. De lá, segue para a cidade de São Paulo, onde faz temporada de 17 a 21 de julho no Teatro Bradesco. Depois para o Rio de Janeiro, de 07 a 11 de agosto, no Teatro Bradesco Rio; Goiânia, de 23 a 25 de agosto, no Palácio da Música; Salvador, de 28 a 31 de agosto, no Teatro Castro Alves; Recife de 06 a 08 de setembro, no Teatro UFPE; Natal de 11 a 14 de setembro, no Teatro Riachuelo; Belo Horizonte, de 19 a 22 de setembro, no Palácio das Artes; Curitiba, de 27 a 29 de setembro, no Teatro Positivo. O encerramento da turnê acontece em Porto Alegre, com apresentações de 02 a 06 de outubro, no Teatro do Bourbon Country.

48

MAIS informações: www.ingressorapido.com.br

Diva Live Considerada uma verdadeira lenda viva da Soul Music, a cantora norte-americana Diana Ross virá ao Brasil para quatro shows em junho e julho. Os fãs assistirão ao vivo a apresentação da intérprete de célebres canções, como “All For One”, “Why Do Fools Fall in Love”, “Upside Down”, “Mahogany” e “Missing You”. A turnê, trazida ao Brasil pela XYZ LIVE, será vista nos dias  25 e 26 de junho  em  São Paulo, no  Espaço das Américas, dia 29 de junho no Rio de Janeiro, na  HSBC Arena, e  dia 2 de julho, no  Teatro Positivoem  Curitiba.Conhecida pela afinação impecável e pela energia no palco, a americana despontou para o sucesso mundial em 1959, com o conjunto The Supremes, um dos grupos mais marcantes da histórica gravadora americana Motown. Quando deixou o grupo, em 1970, a carreira solo logo deslanchou com o hit “Ain’t no Mountain High Enough”, uma das canções mais conhecidas da trajetória de Diana Ross. Hoje, após 54 anos de estrada, são mais de 100 milhões de discos vendidos em todo o mundo. As canções e atitudes marcantes da diva inspiraram filmes e influenciaram dezenas de artistas – nomes como Michael Jackson  e  Beyoncé. Em 2012,  Diana Ross  foi agraciada com o Life Achievement Award, a maior premiação do Grammy, que reconhece a importância dos artistas mais relevantes da música mundial. Serviço: O QUÊ: Diana Ross. ONDE E QUANDO: São Paulo 25 e 26 de Junho. Local: Espaço das Américas Rua Tagipuru 795

Barra Funda.

Rio de Janeiro 29 de Junho. Local: HSBC Arena Avenida Embaixador Abelardo Bueno 3401 Barra da Tijuca. Curitiba: Local Teatro Positivo – Grande Auditório Rua Prof. Pedro Virato Parigot 5300, Campo Comprido.

Fotos: divulgação.

Disney Live! está de volta ao Brasil com o novo espetáculo Festival Musical do Mickey, em cartaz de julho a outubro de 2013 em diversos palcos nacionais. Na nova produção, Mickey Mouse e seus amigos vão agitar o mundo com as estrelas de "Aladdin", "A Pequena Sereia" e "Toy Story". Os sucessos de Disney são mixados com os ritmos mais animados da atualidade, como rock, pop, reggae, hip-hop, jazz e country e muito mais! O irresistível elenco inclui mais de 25 estrelas da Disney, entre eles Mickey, Minnie, Pato Donald, Pateta, Ariel, Sebastião, Úrsula, Aladdin, Jasmine, o Gênio, Woody, Buzz e Jessie. O musical é perfeito para toda a família e o público poderá dançar, cantar e rir com os personagens.


MAIS ESTAÇÃO

Europa com Crianças

BY DANI FERRERA / PHOTOGRAPH BYDIVULGAÇÃO

E

scrito pela jornalista Thais Caramico, o livro apresenta uma variedade enorme de passeios, pontos turísticos, restaurantes, museus, lojas e outras atrações imperdíveis para a garotada em Londres e Paris. Além disso, traz dicas práticas de como se locomover pelas cidades e outros serviços importantes como moeda, voltagem, como fazer chamadas telefônicas, dicionário básico e sites úteis. Os textos vêm acompanhados de informações importantes, que vão ajudar pais e filhos a aproveitarem melhor cada uma das atrações, além de apontar curiosidades que vão tornar tudo ainda mais interessante aos olhos dos baixinhos.  Thais Caramico é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo. Especializada em escrita para crianças, foi uma das responsáveis pelo lançamento do novo projeto gráfico e editorial do Estadinho, suplemento para crianças do jornal O Estado de São Paulo (onde trabalhou como repórter e redatora entre 2006 e 2011). No mesmo ano, fez as malas e foi estudar livros para crianças em Londres. Atualmente vive em Berlim, de onde colabora com diversos veículos, além de ser fundadora do Garatujas Fantásticas, um estúdio de criação de conteúdo sobre o universo infantil.

50


Estação Aeroporto:Como surgiu a ideia do livro? Thais Caramico: Mudei para Londres por vários motivos. Um deles era fazer um curso de escrita para crianças. De repente eu vi que podia juntar minha paixão pela cidade (morei lá dos 17 aos 19 e voltei aos 31), minhas experiências e curiosidades para criar algo que ajudasse os pais à passar um tempo mais divertido com os filhos pelo mundo - daí, um livro prático. Fui repórter por dois anos do Divirta-se (Estadão), cobrindo cultura e serviços para o guia. Depois fui uma das responsáveis pelo novo projeto gráfico e editorial do Estadinho - e foi quando me apaixonei pelo universo infantil e entrei de verdade no assunto. Pensei bastante e apresentei um projeto para a Pulp Edições, que tinha lançado São Paulo com Crianças, um pouco antes. Dei a dica que por estar em Londres, Paris também seria uma ótima opção. Lá fui eu explorar os dois destinos. Quais os critérios para selecionar os pontos turísticos? O que serviu de critério para entrar no livro? Sei que você fez um “teste” com as crianças que te visitaram, né?. Parti de vários critérios, mas sempre levando em conta a certeza de que algum perfil de criança/família iria gostar daquilo. Listei as principais atrações e equilibrei com dicas insiders, considerando um pouco de tudo: museus, parques etc. Por ser um guia de viagem para pais, também tinha de incluir onde comprar, comer e ficar. Então devorei outros guias, caminhei um bocado pra pesquisar e conversei com famílias viajantes, além das que estavam aproveitando os passeios, assim como os funcionários. Ambas as cidades têm coisas infinitas pra se fazer. Minha preocupação não foi listar tudo, mas só aquilo que certamente vai ser uma experiência boa para as famílias brasileiras. A diversidade dos passeios, as dicas obrigatórias e os toques de quem vive a cidade se misturam para tentar agradar um pouco a todos. Testei praticamente tudo e observei muito como as crianças estavam gostando ou não das atrações, até chegar à lista final - que eu bati com os editores, viajantes e pais profissionais. Muitos passeios não são exclusivamente infantis, mas se tornam programas ótimos se souberem como curtir e considerarem que muito da viagem depende da iniciativa do adulto em ajudar a criança a explorar o que está vendo. Costumo dizer que não é um guia geral e completo, mas um caderno de amigo, mais ou menos como

quando a gente vai pra algum lugar e pede pra um conhecido dar as dicas certas. O que costumava fazer para se divertir na sua fase londrina? Sempre gostei muito do clima da cidade, dos lugares cheios e de como cada bairro parece um canto do mundo. Minha vida acontecia mais na parte leste, onde estão minhas galerias de arte prediletas, cafés e restaurantes de sempre, gramados e um mercado de rua de todo sábado. Viver em Londres é respirar um pouco de tudo, pois é uma cidade tão criativa que fica difícil de acompanhar. E minha vida ali se resumia à mesma que levo hoje em Berlim: bicicleta, museu, parque, piquenique, brincadeiras, livros de colorir, centros culturais, shows e livrarias infantis. O que não pode faltar na bagagem em uma viagem com crianças? Vontade de explorar o mundo, levando em conta que cada cultura tem seus costumes. Coração aberto pra sentir o que está sendo vivido sem preconceitos ou resistências. E claro: cadernos de colorir, canetinhas e passatempos. O que os pais devem evitar nas cidades?     Fazer comparações o tempo todo e, principalmente, achar que têm de ver tudo. Viajar com criança pede um ritmo diferente. Muito melhor do que ficar pulando de um canto pro outro é escolher bem o programa do dia e definir que, mesmo do outro lado do mundo, a rotina da criança vai ser respeitada. Curtir a cidade com calma é o segredo. Instigar os pequenos a enxergar as diferenças com naturalidade tem de vir no pacote. Sair de metrô e ter de pegar táxi na volta é tão comum quanto aceitar bem os imprevistos. Evitar as filas já ajuda muito. Portanto, tente sempre comprar ingressos antecipados na internet para que o tempo de espera não seja um problema.      Qual ponto turístico destaca em Londres e Paris? London Eye e Big Ben, em Londres, são essenciais. Assim como a Torre Eiffel é em Paris. Mas meus lugares prediletos nas duas cidades são: Childhood Museum, em Londres, por ter brinquedos de tudo quanto é época. E Jardin du Luxembourg, em Paris, por ser um jardim maravilhoso para todas as idades e que, além de lago e plantas incríveis, tem um parquinho bárbaro e um tradicional teatro de marionetes.

51


ENTREVISTA

as letras de Bianca Carvalho

B

ianca Carvalho é formada em marketing, blogueira e apaixonada por literatura. Costuma dizer que respira livros vinte e quatro horas por dia e que pode passar muito tempo apenas observando sua estante com uma imensa coleção de suas obras preferidas. Escritora (por amor) desde os 14 anos, está lançando seu primeiro livro, chamado “Jardim de Escuridão”, que já está na sua segunda edição.

mês. Fiz várias anotações de seus significados, que me facilitaram muito durante o processo de escrita.

Estação Aeroporto: Quando você começou a escrever? É seu primeiro livro?

Quais são suas influências?

Bianca Carvalho: Meu primeiro livro foi escrito quando eu tinha 14 anos, porém, foi com 22 anos que escrevi Jardim de Escuridão e decidi que estava na hora de começar a pensar em uma publicação. Sim é meu primeiro livro publicado Como surgiu a história de Jardim de Escuridão? Surgiu quando entrei em uma floricultura online, pronta para enviar flores a uma pessoa querida. Ao perceber que cada espécie tinha um significado, a história foi se moldando na minha mente. E o resultado foi o livro. Você pesquisou muito sobre flores? Sim. Fiz uma pesquisa bem intensa, que levou pelo menos um

52

Em que você se inspira para escrever? Principalmente em músicas. Adoro ter minhas canções preferidas tocando enquanto crio minhas cenas e construo meus personagens.

Eu leio muito, então minhas influências acabam ficando bastante misturadas; porém, autores de romance como Nora Roberts, Sidney Sheldon, Linda Howard, dentre outras, sempre atiçam minha imaginação. Qual seu livro de cabeceira? Bem, são muitos... Tantos que nem caberiam em uma cabeceira, mas posso citar O Morro dos Ventos Uivantes como inesquecível. E a maior dificuldade de escrever um livro? Manter a história funcionando, sem embromação, cativando o leitor, com a mesma emoção, da primeira à última página. Além disso, construir personagens com quem os leitores possam se identificar, mantendo-os o mais reais possível.

Fotos: divulgação.

BY DANI FERRERA / PHOTOGRAPH BY DIVULGAÇÃO


DESEMBARQUE Vale do Ribeira | SP

Cavernas da Mata Atlântica

D

e imagens indescritíveis, o Circuito das Cavernas localiza-se no Vale do Ribeira (SP), um Patrimônio Natural da Humanidade, tombado como Reserva da Biosfera pela UNESCO. Este ecossistema belíssimo apresenta uma diversidade biológica onde convivem 400 espécies de aves, 183 de anfíbios, 146 de répteis e 131 de mamíferos. Cenários surpreendentes atraem cada vez mais turistas de todas as partes do mundo, principalmente porque dispõem da maior concentração de cavernas da América do Sul, além de sítios arqueológicos e quilombos. A cidade de Eldorado, a 294 km da Capital, foi assim chamada porque os exploradores portugueses procuraram ouro na região quando adentravam o rio Ribeira, até as proximidades da Vila de Iguape, em meados de 1650. Na procura pelo metal valioso encontraram cavernas, cachoeiras e paisagens esplendorosas que contribuíram para que o município fosse reconhecido como Estância Turística. A cidade abriga a famosa Caverna do Diabo, a maior do Estado, com quase 10 km de galerias já mapeadas. O local possui boa estrutura para visitação, com suas pontes e passarelas ilumina-

54

das. O percurso para conhecê-la leva uma hora. Todo trajeto é bem suave, iluminado e grande parte é feito sobre passarelas cimentadas, exigindo pouco condicionamento físico, sendo uma boa opção para um passeio em família. No núcleo Ouro Grosso, uma das surpresas é o Museu de Cultura Tradicional Serra dos Motta. A construção e seu pequeno acervo demonstram um pouco de como era (e em muitos casos continua sendo) a vida das comunidades tradicionais. Outros pontos turísticos de destaque são o Vale das Ostras (formado pelo Ribeirão das Ostras, num trecho acidentado com 12 cachoeiras), o Salto da Usina (local onde existia uma pequena hidrelétrica, que operou entre as décadas de 20 e 50, no Ribeirão Xiririca), o Mirante do Cruzeiro (localizado no topo de uma montanha com 510 metros de altura), a Cachoeira do Sapatu ( uma pequena queda d’água que forma uma piscina natural) e o Quilombo de Ivaporunduva (um dos primeiros Quilombos do país). Outro destaque da região é a cidade de Iporanga, fundada em 1576 com a mineração do ouro. Hoje é conhecida como a “Ca-

Fotos: Miguel Schincariol.

Caverna Santana, em Iporanga, é considerada a mais bonita da região.


Caverna do Diabo, em Eldorado. pital das Cavernas”, abrangendo em seu território o PETAR, tendo a maior concentração de cavernas do Brasil, com mais de 300 delas catalogadas.

Caverna Ouro Grosso, em Petar.

Fotos: Miguel Schincariol.

O sino da Igreja de Santana, localizada na Praça Luiz Nestlehner, no centro histórico de Iporanga, foi doado por Dom Pedro II, que trouxe o mesmo da Bélgica para embalar os fiéis da cidade e região. A Caverna do Morro Preto, uma das principais de Iporanga, foi descoberta no final do século XIX pelo pesquisador austríaco Richard Krone. Ele encontrou vestígios de que a o local foi habitado por povos primitivos há milhares de anos atrás, destacando o local como um importante sítio arqueológico. Outra caverna famosa, a Santana, é uma das mais extensas do Brasil, com mais de 7km mapeados, sendo que os especialistas calculam que sua extensão total chegue a 15km. O trecho aberto à visitação é de 800m, com uma boa infraestrutura, inclusive com passarelas. Para chegar à Caverna do Alambari de Baixo, faz-se o percurso que se inicia na parte de baixo do Rio Betari, local que, no passado, servia de caminho de tropeiros na região. A Caverna Ouro Grosso, por sua vez, segue o curso de um rio subterrâneo bem acidentado, daí a dificuldade do trajeto. Após todo esforço é impossível resistir a um gelado e relaxante banho de cachoeira. Já a Caverna do Couto possui uma formação em rocha com o formato do mapa do Brasil, que causa grande encanto nos visitantes.

55


Atrações imperdíveis:

Museu Sala das Mestras:

Casa do Artesão:

Cachoeira do Palmital:

Localizado na Casa do Artesão, em Apiaí (SP), o museu reúne um acervo de mais de 500 peças, compostas por figuras decorativas zoomórficas, antropomórficas e utilitárias como potes, moringas e urnas, representando toda a produção das ceramistas da zona rural da região.

O casarão do início do século XX, localizado no centro de Apiaí, abriga a Casa do Artesão. O local abriga o Museu Sala das Mestras, que visa a preservar a cultura de cerâmica do Alto Vale do Ribeira.

Encravada no meio de um vale encoberto pela típica vegetação da Mata Atlântica encontra-se a Cachoeira do Palmital, mais uma das belezas naturais da cidade de Apiaí.

Fotos: Miguel Schincariol.

Igreja Santana.

56

Rio Betari, na região do Petar.


DESEMBARQUE Ponta Grossa | PR

Princesa dos Campos

L

ocalizada no segundo planalto paranaense, na região dos Campos Gerais, a 117 km de Curitiba, Ponta Grossa destaca-se no cenário turístico do sul do Brasil. Importante entrocamento rodoferroviário, a cidade tem suas raízes no tropeirismo, na pluralidade étnica e nos caminhos da estrada de ferro. Situada na região dos Campos Gerais, Ponta Grossa também é conhecida como a “Princesa dos Campos”, por seus campos onde aparece a Araucária, árvore símbolo do Paraná. A cidade tem suas raízes no tropeirismo, na pluralidade étnica e nos caminhos da estrada de ferro, símbolo histórico ainda presente no cenário do município. Considerado o mais importante entroncamento rodoferroviário do sul do país, recebeu o titulo de Capital dos Caminhões. Integrante da Rota dos Tropeiros, Ponta Grossa oferece um conjunto de atrativos naturais, históricos e culturais que se revelam em meio à paisagem ondulada dos Campos Gerais. Vale conhecer a Capela Santa Bárbara (Rua Julia Wanderlei, 936, tel. 42 3901-1590), construída em 1729 por padres jesuítas que receberam a Fazenda Pitangui como Sesmaria. Cerca-

58

do de mistérios e lendas, o local recebia moradores de fazendas vizinhas para receber o pasto espiritual e servir aos viajantes que percorriam o caminho dos tropeiros naquela época. Já a Mansão Villa Hilda é um casarão de 600 m² construído em 1926 por Alberto Thielen, industrial, comerciante e figura de destaque na história de Ponta Grossa. A casa de estilo arquitetônico francês apresenta dois pavimentos que abrigavam a família e os serviçais da casa. O interior da mansão apresenta pinturas perfeitas que retratam contrastes e cores, paisagens e motivos europeus, além de algumas paisagens locais. Para aqueles que gostam de apreciar a goa gastronomia, vale experimentar o suculento “Alcatra no Espeto”, o prato típico da cidade. A maneira de servir no espeto, colocado na mesa em uma pedra, lembra muito as festas do interior, das igrejas, onde se usavam espetos feitos de galhos de árvores que eram fincados entre as tábuas que serviam de mesa. A maneira de como a carne é assada no fogo, nas labaredas e não na brasa, também é uma característica somente de Ponta Grossa, e as churrascarias que servem este prato seguem a risca esse costume há mais de 50 anos.

Fotos: divulgação.

Região de Vila Velha concentra formações impressionantes.


Belezas naturais O Parque Estadual de Vila Velha é famoso pelas exóticas formações em arenito esculpidas pelas ações das chuvas e pelo forte vento, sempre presentes na região. A coloração das rochas é avermelhada, as alturas médias das colunas de pedra e muralhas chegam a mais de vinte metros. Facilmente se identificam monoblocos, que lembram figuras, as mais conhecidas são: a “Taca”, a “Bota”, e a “Esfinge”. Além destas impressionantes esculturas naturais, o parque tem ainda dois sítios vizinhos. As Furnas, crateras imensas com paredes verticais e a Lagoa Dourada, parte das crateras cobertas de águas límpidas.

Vastos campos compõem a paisagem belíssima.

Já o Buraco do Padre, localizado no distrito de Itaiacoca, a 26 km do centro da cidade de Ponta Grossa, é um dos mais belos atrativos naturais dos Campos Gerais. Foi refúgio dos jesuítas e antigo caminho das tropas. Seu nome foi atribuído pelos caboclos e tropeiros que por ali passavam. O local, muito curioso, é uma furna que apresenta em seu interior uma imponente cascata, formada pelo rio Quebra Perna. O lugar também é ótimo para praticar escalada. Na década de quarenta, o Rio Pitangui foi represado, dando origem a um grande lago popularmente chamado Alagados. Além de sua importância hídrica para a cidade, a região de entorno é belíssima, sendo ótima para o lazer e o turismo contemplativo. O lago é rico em peixes, favorecendo a diversão dos afeitos à pescaria. A natação, o remo, o wind-surf, ampliam as motivações do local. Localiza-se a 20 km do centro da cidade, é nessa área de preservação ambiental que se encontra o Iate Clube de Ponta Grossa. O Capão da Onça, local de fácil acesso, fica distante 16 km de Ponta Grossa, em direção ao Distrito de Itaiacoca pela PR 513 (Rodovia do Talco), sendo apenas 1 km de estrada secundária. Constitui-se em um balneário natural com cachoeiras, corredeiras e piscinas naturais. Possui lanchonetes, sanitários simples e o estacionamento não é estruturado.

Formações rochosas apresentam contornos inusitados.

Após um belo percurso pela região de Itaiacoca, passando por várias propriedades rurais, chega-se até o vale do Rio Quebra Perna, onde após caminhar por uma trilha ladeada por formações de arenito e capões de mata nativa chega-se até a belíssima queda, de aproximadamente 30 m. O local não possui lanchonete nem sanitários.

Fotos: divulgação.

Local apresenta uma paisagem lunar.

A Taça do Parque de Vila Velha.

59


Atrações imperdíveis Artesanato:

Destacam-se os trabalhos realizados com a palha de milho, a casca de pinhão e a madeira. Os temas mais abordados são: tropeirismo, gralha azul, as pombinhas e Vila Velha. Parque Marguerita Sannini Masini:

Verdadeiro refúgio verde dentro da cidade, tem como finalidade, além de área para lazer, conscientizar a população em geral sobre a importância da conservação de ambientes naturais e como estes influem na qualidade de vida da cidade. O local era explorado no início do século XX como pedreira, onde se tirava matéria-prima para o calçamento das vias públicas da cidade. Após a desativação da pedreira, o espaço foi recuperado com o plantio de árvores nativas e exóticas. Assim formou-se esta área popularmente conhecida como “Chácara Dantas”, e que se transformou em um parque urbano. Aberto das 8h às 18h. Tel.: (42) 3901-1581. Canyon e Rio São Jorge:

O límpido e belo curso d’água desliza entre rochas, formando várias cachoeiras que fazem parte de um cenário deslumbrante. No local ainda pode-se conhecer a belíssima cachoeira que possui um canhão d’água de aproximadamente 25 m de altura, e pinturas rupestres de cerca de 7000 anos. Localiza-se a 15 km do centro. Possui restaurante e área para camping. Tel.: (42) 3226-3731 / 9973-6915. Aberto das 7h às 22h.

Cachoeira do Buraco do Padre.

Mosteiro da Ressurreição: Comunidade de monges beneditinos localizada na área rural de Ponta Grossa. Fundado em 1981, atende a inúmeros leigos e religiosos que, como visitantes ou hóspedes, buscam, momentos de recolhimento, oração e orientação espiritual. Os monges também trabalham nos vários ateliês do Mosteiro, produzindo licores, velas artesanais, peças em cerâmicas, pinturas. Além disso, na licoraria são produzidos licores a partir de fórmulas desenvolvidas pelos monges, e guardadas a sete chaves. Em 1994, o Mosteiro tornou-se conhecido nacionalmente, devido a programas especiais e reportagens e a grande difusão do canto gregoriano no Brasil e no exterior. Os sete CDs gravados pelo Coro do Mosteiro já venderam mais de 300.000 cópias. A entrada é franca. Para se hospedar é necessário fazer reservas pelo Tel. (42) 32280043. Avenida Souza Naves, km 9. Aberto das 8h às 20h. Mais informações: www.pontagrossa.pr.gov.br

60

Fotos: divulgação.

Enriqueça sua viagem:


FESTAS JUNINAS

Festas juninas e julinas colorem todo País

A

partir de junho, as cidades do interior do Brasil, principalmente do nordeste, param para celebrar as festas de São João. É tempo de comidas e danças típicas, fogueiras e simpatias. As festas juninas são uma espécie de carnaval fora de época e homenageiam São Pedro, Santo Antonio e São João. Ao longo do mês, o tradicional festejo católico é realizado em praças públicas, igrejas, clubes e áreas residenciais de todo o país.

milhões para a economia local em anos anteriores, atraindo 1,5 milhão de visitantes e gerando cerca de 6 mil empregos diretos e indiretos”.

No Brasil, as festas juninas de Campina Grande, na Paraíba, e de Caruaru, em Pernambuco, disputam o título de maior arraial do país. Mais de um milhão de pessoas são esperadas em cada evento.

A partir deste ano, a Embratur (Instituto Brasileiro do Turismo) pretende divulgar as festas de São João como um produto especial para o turismo internacional, assim como já faz com o Carnaval. Está prevista a realização de três grandes festas que servirão como teste para o evento de 2014: o Mossoró Cidade Junina, que acontece no mês de junho, no Rio Grande do Norte, a Festa de Sant’ana, realizada no mês de julho em Caicó (RN), e o Carnatal, previsto para dezembro na capital potiguar.

A festa de São João em Campina Grande começou no dia 07 de junho e vai até 07 de julho. O evento comemora 30 anos em 2013. Em Caruaru (PE), a festa começou no início de junho e prossegue até o final do mês, com mais de 200 shows em cinco polos de animação, tendo como homenageado o cantor e compositor Dominguinhos. Este ano, Caruaru promete fabricar o maior pé de moleque do mundo, com 15 metros de comprimento. Segundo André Alexei, presidente da Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, “o evento movimentou mais de R$ 200

62

As festas juninas não se restringem às duas cidades. Muito forró, quadrilha e comidas típicas esperam por turistas e amantes de São João em outros estados do nordeste, como Bahia, Maranhão e Rio Grande do Norte.

A primeira fase da divulgação acontecerá durante a Copa das Confederações. De acordo com Luciana Fernandes, diretora comercial da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), dois grupos de jornalistas estrangeiros que farão roteiros turísticos no estado, incluindo uma programação de festas juninas.

Fotos: divulgação.

Festa Junina de Campina Grande tornou-se famosa em todo o País.


Mossoró atrai mais de um milhão de pessoas Para quem gosta de festejos juninos, comidas típicas, forró, atividades culturais e gente bonita o lugar tem endereço certo e se chama Mossoró. A cidade fica localizada no oeste do Rio Grande do Norte, distante 277 quilômetros da capital Natal. O município realiza há 16 anos o Mossoró Cidade Junina, considerado o maior arraiá do Brasil. Este ano, a festa reunirá mais de 100 atrações culturais entre 8 e 30 de junho. A festa atrai mais de um milhão de pessoas durante o mês, por isso é considerado a terceira maior festa de São João do país. Na Estação das Artes Elizeu Ventania,antiga estação ferroviária do município, que no mês de junho se transforma na Estação do Forró. A área abrange mais de 48 mil metros quadrados, onde são montados palcos, camarotes, arenas, barracas, o circo do forró, bares e restaurantes. Todas as atividades são gratuitas.

Fotos: divulgação.

Entre as atrações do evento, estão shows com grandes artistas nacionais, festivais de humor, quadrilha, comidas tipicas, etc. Em comemoração a história dos mossoroenses que expulsaram o bando de Lampião da cidade em 1927, é apresentado todo ano o espetaculo “Chuva de Bala” no adro da Capela de São Vicente.

Espetáculos teatrais valorizam cultura regional.

Mais informações: Mossoró Cidade Junina: www.mossorocidadejunina.com.br

Festa de Santana de Caicó A Festa de Santana de Caicó, realizada no interior do Rio Grande do Norte, entre 18 e 28 de julho, é considerada o maior evento sócio-religioso do estado, e é a primeira manifestação do estado a entrar para a lista de “Patrimônio Imaterial do Brasil”. Trata-se da festa da padroeira da cidade de Caicó, no interior do Rio Grande do Norte. Realizada há mais de 260 anos, dura onze dias e tem o seu encerramento sempre no domingo imediatamente posterior ao dia de Sant’Ana (26 de julho). Sua origem remonta o período da colonização portuguesa. Apesar de seu caráter eminentemente religioso, a Festa de Sant’Ana aglutina elementos diversos da cultura sertaneja, incluindo a indumentária, a culinária, o artesanato, e as mais diversas formas de expressão. Além de ainda reforçar a existência de lugares sagrados, como o mítico Poço de Sant’Ana. O fato é que a festa possui um grande simbolismo para a população de Caicó, uma vez que, segundo a lenda, a fundação da cidade se deve a uma promessa a Sant’Ana feita por um ser- Procissão reúne milhares de pessoas. tanejo, que pediu à santa ajuda para encvontrar uma fonte de água durante uma forte seca. Esta fonte, onde se encontra hoje o Poço de Santana, nunca secou. Diante disso, o sertanejo conseguiu salvar a vida de sua família e todo o seu rebanho de gado. Outro causa para a grande devoção da população caicoense é o fato de Sant’Ana ser a avó de Jesus, figura de grande importância nas famílias seridoenses. A Festa de Sant’Ana se divide em duas partes, a Sagrada e a Profana. A primeira trata-se dos eventos organizados pela paróquia, como a chegada dos peregrinos de Sant’Ana à cidade, cavalgada, feirinha de comidas típicas, maratona, leilões, novenário e as procissões. A segunda reúne os eventos não organizados pela Igreja, como reuniões de família, encontro de ex-alunos e grupo de escoteiros, feirinha de artesanato - FAMUSE, baile dos Coroas, baile do Reencontro, e os shows noturnos realizados na Ilha de Santana ou nos clubes da cidade. Casa de Cultura de Caicó.


GASTRONOMIA

O mestre da gastronomia brasileira Por Mônica Correa

S

Fotos: divulgação.

eu restaurante está entre os melhores do mundo, ocupando a 6º colocação, segundo a revista inglesa “Restaurant Magazine”, e a “S.Pellegrino World’s 50 Best Restaurants”, uma publicação anual, retratando as opiniões e experiências de 837 especialistas, escolhidos a dedo para julgar os melhores lugares para se comer e beber no planeta. Alex Atala, um apaixonado pela gastronomia, não está no topo por acaso. Antes de abrir o D.O.M em São Paulo, em 1999, passou pela escola de gastronomia em Namur na Bélgica, trabalhou no renomado restaurante Jean Pierre Bruneau, na França, e estagiou no Hotel la Cote D Ór. Também passou por cozinhas de restaurantes em Montpellier e Milão na Itália. O menu degustação que se tornou um dos melhores do mundo é divido entre quatro a oito pratos e feitos na maior parte com produtos regionais. A canjiquinha, por exemplo, é uma espécie de milho branco, utilizada pelo chef em doces e em acompanhamento de carnes e ensopados . Outros produtos originários do norte, nordeste e centro oeste do país, como o palmito papunha, peixe filhote, baru e beldroega também estão incluídos nos pratos do cardápio. Atala afirma que fez uma ampla pesquisa sobre raízes e plantas da Amazônia, como por exemplo a priprioca, antes utilizada somente na indústria de cosméticos, e conseguiu obter resultados incríveis. Da região do Paraíba vem o arroz preto, arroz vermelho e mini arroz. Além do D.O.M, Alex Atala também abriu o restaurante Dalva e Dito em São Paulo e criou a linha de produtos regionais “Retratos do Gosto”, em parceria com a MIE Brasil. Segundo Alex, “é preciso cozinhar e comer como cidadão", e para isso investe nas iguarias que produzimos aqui. No D.O.M., o menu degustação varia entre R$ 357 a R$ 495 e os vegetais custam R$ 242. Vale lembrar que os pratos não são fixos e mudam de acordo com a estação. Com certeza uma experiência única, que podemos jamais esquecer

Serviço: D.O.M

Rua: Barão de Capanema, 549 | Jardins | São Paulo Fone: 011- 30880761 | 30814599

64

Atala prioriza cardápios com produtos regionais.


VINHOS

Piemonte, uma joia italiana Por Claudia Schmidt *

S

e você aprecia vinhos fantásticos, boa gastronomia, paisagens espetaculares com os Alpes ao fundo, belíssimos vinhedos, castelos e charmosas cidadezinhas medievais, então o Piemonte é o seu lugar.

Muito famoso por seus vinhos, o Piemonte é o berço do magnífico Barolo, conhecido como "o rei dos vinhos e o vinho dos reis”. Feito da uva Nebbiolo, que ali atinge sua expressão máxima, especialmente na região conhecida como Langhe, onde se situa a charmosa cidade de Barolo, é um vinho único, complexo, de longa guarda e extrema elegância, com típicos aromas de rosas e violeta, framboesa, noz moscada e pimenta negra, evoluindo para notas de alcaçuz, tabaco, trufas e alcatrão ao envelhecer. Alguns outros vinhos importantes são o Barbaresco, Barbera d'Asti, Dolcetto d'Alba, Moscato d'Asti e Asti Spumante. Em Barolo, não deixe de conhecer o Wine Museum no Castello di Barolo, o Museo dei Cavatappi, o museu dos saca-rolhas e a Enoteca Regionale del Barolo, onde é possível degustar e comprar, a preços bem razoáveis, os vinhos produzidos na região. O Piemonte tem ainda uma gastronomia rica e variada, com ingredientes locais muito especiais, como queijos, os arrozes Carnaroli e Arboreo, o funghi porcini, e o inigualável tartufo bianco, um fungo de aroma e sabor marcantes, o “ouro da gastronomia”, que pode ser consumido fresco ou em vários preparados "trufados", como sal, azeite e mel. A carne também é muito utilizada, inclusive as de caça. Alguns dos pratos típicos do Piemonte são o Brasato al Barolo, os risotos, o agnolotti del plin, o tajarin al tartufo, enfim, a lista é longa e apetitosa!

Castello Di Barolo abriga o Wine Museum.

E vale a pena se hospedar nos charmosos agriturismi, em meio aos vinhedos. E o que poderia ser mais encantador do que degustar um magnífico Barolo no próprio vinhedo onde a uva foi colhida?

* Sommelier

Castas que são a joia do Piemonte.

65


DRINKS & BEBIDAS Tequila Espolòn

SKYY INFUSIONS Os fãs da marca SKYY VODKA já podem comemorar a chegada de SKYY INFUSIONS ao Brasil. A linha, que já é sucesso nos Estados Unidos e em outros lugares do mundo, estará disponível nas prateleiras brasileiras a partir da segunda quinzena de maio, nas versões Citrus e Maracujá, nas famosas garrafas azul cobalto em 750ml, com preço sugerido ao consumidor de R$ 25,90. SKYY INFUSIONS: R$25,90

Tequila Espolòn: R$62,00

A marca de tequila Premium chega ao mercado em duas versões: Espolòn Blanco e Reposado, esta última, envelhecida em barril de carvalho. A bebida é produzida com 100% de Agave Azul - planta nativa do México e matéria prima da tequila – o que a deixa mais saborosa e ao mesmo tempo mais suave. Espolòn é fabricada em uma das mais renomadas destilarias do México, a San Nicolas, premiada como a melhor produtora de tequila do país latino pela escola de Engenheiros e Arquitetos de Jalisco. Criada em 1993, a tequila Espolòn é uma marca única e irreverente. O seu principal diferencial é a forma como é apresentada ao consumidor. Sua garrafa tem um formato arredondado autêntico e único.

Shakkei O buquê refrescante de Shakkei está à espera do apreciador de Veuve Clicquot, instigando os sentidos através do sabor, da embalagem e dos aromas. Com a delicada florescência Rosé, o design da coleção Shakkei incorpora as flores japonesas da primavera, a longevidade do bambu, o luxo da hanaguruma e o tom violeta das uvas da região de Champagne. Misturando o amarelo e o rosé, as cores da Maison, o design de cada elemento é minuciosamente escolhido, simbólico e harmonioso no puro estilo Shakkei. Shakkei Box - R$ 335,00 Kit Shakkei - R$ 475,00

Krug Grande Cuvée

do bem Já consagrado como uma das melhores e mais refrescantes combinações, o abacaxi com hortelã é um aliado da dieta, pois tem baixo carboidrato e ainda é diurético. Com pedacinhos de hortelã triturados que realçam ainda mais o sabor, a nova bebida só tem 66 calorias por copo. Sem corantes, conservantes, nem adição de açúcar, o suco de abacaxi com hortelã da do bem ainda contém proteínas e fibras. Suco de abacaxi com hortelã do bem: R$ 8,50

68

Krug Grande Cuvée é a quintessência da excelência artesanal de Krug: um extraordinário assemblage de cerca de 120 vinhos de dez diferentes vintages, alguns dos quais podendo atingir 15 anos de idade. O assemblage de tantos anos dá à Krug Grande Cuvée sua extraordinária plenitude de sabores e aromas, incrível generosidade e absoluta elegância, impossível de expressar com vinhos de um só ano. Sua excepcional finesse é o resultado de uma estada de pelo menos outros seis anos nas caves. Krug Grande Cuvée é a primeira cuvée de prestige recriado a cada ano, acima da pura noção de vintage. Krug Grande Cuvée R$889,00


VELOCIDADE Mercedes G 63 AMG

Tração nas seis rodas

A

O veículo 6x6 é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em menos de seis segundos, chegando à velocidade máxima de 160 km/h, limitados eletronicamente. Tem torque de 77,44 kgfm e cinco bloqueios de diferencial, que podem travar qualquer uma das seis rodas ao toque de um botão no painel. Mede 5,88 metros de para-choque a para-choque, 2,11 metros de largura e 2,21 metros de altura, sendo 1,10 metro mais longo, 2,26 centímetros mais largo e 2,72 centímetros mais alto que o G63 AMG convencional. Nada fácil para estacionar... Até o tamanho das rodas é descomunal: segundo a Mercedes-Benz, elas têm 37 polegadas de diâmetro. O modelo divulgado ainda é pré-série, mas os veículos de produção começam a ser vendidos em outubro, logo após o Salão de Frankfurt. O preço seja estimado gira em torno dos 350 mil euros (quase R$ 1 milhão). A expectativa é que sejam vendidas até 30 unidades por ano.

70

Fotos: divulgação.

picape G 63 AMG 6x6, da Mercedes-Benz, possui a força de um tanque de guerra, e é, ao mesmo tempo, um utilitário extremamente requintado. O G 63 AMG 6x6 é baseado na configuração picape do Classe G feita a pedido do exército da Austrália em 2011. Com tração integral nas seis rodas, o veículo se vale do motor V8 5.8 biturbo, gerando 544 cavalos de potência acoplados a uma transmissão automática de sete velocidades.


Qual o melhor investimento?

Com as recentes crises americana e europeia, o Brasil vem se destacando na economia mundial. O que fazer com o dinheiro que sobra? Guardar euros e dólares em casa não é mais uma opção. Mais que euro, dólar, ouro, poupança, ações da Petrobrás, tesouro direto, Ibovespa, CBD, os imóveis de Balneário Camboriú valorizaram mais que 300% na última década. IMÓVEIS

PROCURE-ME

Nenhum investimento bancário oferece a rentabilidade e segurança de um bem de raiz. Quer ver seu patrimônio engordar rapidamente? Compre imóveis. Investir em imóvel é a melhor opção de investimento, disparado. Os juros do crédito imobiliário caem sem parar. Quem quer investir vê o quanto o balneário mais procurado de Santa Catarina tem excelentes opções de negócios. A região de Balneário Camboriú, Itajaí e entorno respira mercado imobiliário. Tornou-se referência nacional em construção civil. Novos edifícios residenciais ameaçam a hegemonia de São Paulo como sede brasileira dos arranha-céus. O jornal Folha de São Paulo, maior do gênero no país, diz que Balneário de destaca em Santa Catarina e cita uma pesquisa que inclui a cidade na chamada “nova fronteira de investimentos.

Seja um investidor inteligente. Compre direto da construtora, assim você ganha na valorização. Tenho paixão pelo que faço e vou ajudar você a encontrar os melhores imóveis para o seu caso. Se você for de fora da região, terei imenso prazer em ser sua anfitriã em Balneário Camboriú e mostrar o que há de mais encantador nas nossas belas praias, gastronomia, vida noturna badalada e turismo... Além de mostrar as melhores opções de investimentos em imóveis. Foto: Manolo Rodrigues.

Foto: Sectur Balnearo Camboriu

PUBLIEDITORIAL

MEUS CONSELHOS: • Compre da construtora • Compre na planta ou em construção • Diversifique compre vários imóveis de menor valor Compre na planta e veja seu investimento praticamente dobrar até as chaves! Uma opção segura e inteligente é não colocar todos os ovos na mesma cesta. Se você deseja, além de valorização, rentabilidade, segurança, solidez, também liquidez, meu conselho é que invista em alguns apartamentos de menor valor, na planta ou em construção. Faça como muitos clientes meus de todo o país já fizeram. Pulverize seu investimento em vários imóveis menores, com maior agilidade de negociação. A demanda por imóveis de 2 e 3 dormitórios até 600 mil reais tem um universo muito maior de compradores e locadores. Dados da BBC revelam que nos últimos 10 anos a Classe Média teve um crescimento de 50% na América Latina, e representa 30% da população. Tenho na pauta várias opções da Neo.G e FG Empreendimentos, uma holding que dispensa apresentações, referência em construção civil em Santa Catarina há mais de 30 anos e que valorizam, no mínimo, entre 30 e 36% ao ano.

Barbara Reiter

CRECI-SC 23.045 - Corretora de Imóveis - Balneário Camboriú barbara@neog1.com.br # (47) 9629-2999 | 9200-2999


ESTAÇÃO DE PARTIDA

JULIANA PAMPLONA Jornalista, apaixonada por viagens de todos os tipos, curtas ou longas, à cidade vizinha ou ao outro lado do mundo. Carrega na bagagem um passaporte carimbado em diversos países, experiências e descobertas, que divide aqui com vocês, leitores. estacaodepartida@gmail.com

BRASÍLIA

Fotos: divulgação.

Nos últimos dois anos, vivo na ponte aérea Florianópolis, São Paulo e Brasília, e confesso que cada vez me apaixono mais pela Capital do Brasil. Toda planejada, com peculiaridades que a fazem única no País, Brasília tem um charme que vai além da sequência de prédios iguaizinhos que ladeiam o Congresso Nacional. E é em homenagem a esta cidade linda que vem a cada dia me conquistando mais e mais, que escrevo esta edição da coluna. Aproveitem!

CATEDRAL METROPOLITANA Oscar Niemeyer estava inspirado quando projetou este monumento. A catedral decora a esplanada dos Ministérios com seus vitrais iluminando a cidade de dia ou de noite. Além de visitá-la, você pode acompanhar a missa aos domingos, apreciando as esculturas suspensas de três anjos, bem ao centro da igreja. Ao entrar na catedral, não esqueça de admirar o pilar com as passagens da vida de Maria, mãe de Jesus, pintadas pelo premiado artista Athos Bulcão.

BONS RESTAURANTES Como recebe pessoas do mundo inteiro, Brasília possui restaurantes de todas as especialidades imagináveis. Gosto muito do Coco Bambu, especializado em peixes e frutos do mar. Além de ter uma vista maravilhosa do Lago Paranoá, possui fartas porções e um preço razoável. De sobremesa, não deixe de pedir o pastel de trufas coberto com açúcar e canela e servido com duas bolas de sorvete de creme. Outro restaurante imperdível é o Mangai, de comida típica nordestina. Com vista para a moderna ponte JK, que fica inteiramente iluminada à noite, você pode apreciar um pernil de bode acompanhado de baião de dois ou ainda se lambuzar com uma gororoba de charque e de camarão!

72


TRADIÇÃO Um dos mais tradicionais botecos de Brasília é o Beirute. Tanto que foi campeão invicto desta categoria nas doze edições da VEJA Brasília Comer & Beber. A matriz foi aberta na Asa Sul em 1966 e depois veio a filial na Asa Norte. Ponto de encontro de todas as tribos ele possui um clima de botecão eclético, com cerveja em garrafa sempre geladíssima e pratos incríveis. Adoro pedir um kibe cru e um kibeirute, especialidade da casa, uma espécie de quibe recheado com queijo prato e servido com molho tártaro. O “famoso”garçom Cícero, conhecido dos frequentadores assíduos do local, apareceu em uma cena do filme Somos tão Jovens, sobre a vida do cantor Renato Russo e da banda Legião Urbana.

INTIMISTA

Fotos: divulgação.

É difícil citar apenas alguns restaurantes em Brasília, pois dezenas deles são excelentes. Para uma comemoração especial, indico o Pobre Juan, que, apesar de estar anexado ao Shopping Iguatemi, possui um clima intimista todo especial e um cardápio sensacional. Inspirado nas autênticas casas argentinas, o restaurante oferece cortes selecionados, com destaque para a parrilla premium. O piano clássico dá o tom musical ao ambiente em suas inesquecíveis noites.

CULTURAL O Centro Cultural Banco do Brasil é parada obrigatória quando se fala de exposições artísticas, apresentações teatrais, musicais e estréias de filmes. O local respira arte até em seus jardins. Lá também são realizados periodicamente workshops, oficinas, além das atividades gratuitas oferecidas pelo Programa Educativo. É um excelente local para se passar as tardes do final de semana, com uma grande programação para as crianças, além de um bistrô com saborosos pratos.

Passados tantos anos, ainda hoje continua a pensar que "vale a pena viver para viajar". Luis Filipe Gaspar

73


MODA

MODA OPOSTA preto & branco

Por Ana Marta M. Flores | Fotos: Style/Reprodução

O

duo de cores mais clássico da moda - o preto e o branco - volta com força total na temporada 2013. A combinação aparece no styling, na estamparia e nos acessórios. As cores opostas também figuram no sexo oposto, valendo igualmente como tendência tanto para a moda feminina quanto para a masculina. Nas fashion weeks internacionais e nacionais, a aposta é unânine. Confira os looks mais charmosos selecionados pela revista Estação Aeroporto e prepare-se para a próxima estação!

74


A padronagem de estampas varia da gráfica, com listras e quadriculados, às estampas mais orgânicas, com flores e arabescos. Couro, seda, pele, algodão e lã dão as mais diversas texturas para o inverno 2014 do Hemisfério Norte. A modelagem vem majoritariamente confortável e assimétrica para os looks femininos. Confira com atenção as coleções desfiladas em Paris, Milão, Londres e Nova York, especialemente Alberta Ferretti, Valentino, Agnès B., Tom Ford, Aigner, Dsquared2 e Ralph Lauren. A macro-tendência já está aí: é preto no branco!

ALBERTA FERRETTI

PHILLIP LIM

TOM FORD

AGNÈS B,

ALBINO VALENTINO 75


ALBERTA FERRETTI VALENTINO

Fotos: divulgação.

MOSCHINO

VALENTINO

MOSCHINO

MODA OPOSTA

76

RALPH LAUREN


VERSACE

COSTUME NATIONAL

H&M

VIVIENNE WESTWOOD

MODA OPOSTA

Fotos: divulgação.

DSQUARED2

VERSACE H&M

77


EDITORIAL DE MODA

Jaqueta de couro :Paty Trier Saia lápis de tweed e plissada: Le Lis Blanc Camisa branca: Acervo Marcy Sapatilha: Saltô

Juventude

RENOVADA Jaqueta couro laranja: Paty Trier Óculos: Chilli Beans Vestido vintage creme: Acervo Marcy Cinto de couro: BK Store Scarpin: Saltô

78

Os ícones da década de 1950 da juventude transviada voltam com uma releitura especial. Maquiagem de gatinho, jaquetas de couro, blue jeans e cintura alta estão com tudo na temporada 2013! Confira o melhor desse revival na companhia das famosas motocicletas Vespa!


Jaquetas de couro: Paty Trier Colete jeans: Acervo Marcy Óculos: Chilli Beans Calça jeans: Acervo Marcy Cinto animal print: BK Store

Jaquetas de couro branca: Paty Trier Blusão de lã com aplicações de strass: Acervo Marcy Shorts de tweed: BK Store Oxford: Melissa


Jaqueta de couro preta: Paty Trier Conjunto tweed: Le Lis Blanc Blusa de seda: Le Lis Blanc テ田ulos: Chilli Beans

80


Calテァa jeans: Acervo Marcy Colete de couro marrom: Paty Trier Sapatilha: Saltテエ テ田ulos: Chilli Beans

81


Jaqueta de couro: Paty Trier Camisa estampada: Le Lis Blanc Saia geometrisada: Le Lis Blanc Pulseira: BK Store

82


Jaqueta de couro branca: Paty Trier Blusão de lã com aplicações de strass: Acervo Marcy Shorts de tweed: BK Store Oxford: Melissa

CRÉDITOS: Fotos:Tauana Sofia Produção:Jéssica Schnaider Modelos: Sabrina Sommariva e Gabriela Zamparetti Maquiagem: Hugo Mogart Agradecimento: Armazém Classic Burguer

83


ESTAÇÃO FINAL by Jamil Nicolau

INAUGURAÇÃO DA H.STERN NO IGUATEMI, EM FLORIPA

Ana Cristina Petreli

Junior Pio Tina Bauer

Claudia e Ivone Pereir

Carlos Jereissati e Christian Hallot

Flavio e Bia Haddad

Gangan Loyola Rchter e Maria Luiza Petrelli

Monica e Leticia Silveira

Koka e Rosa Rigon

Fotos: Angelo Santos.

Joao Amin, Duda Tedesco e Rodrigo Viegas

Bel Gomes Cinthia Medeiros e Gilberto Lopes Teixeira

Kathia Boabaid e Simone Lumertz

84

Rita e Heloisa Cruz Lima Jamil Nicolau e Liana Do Valle


JANTAR DA H.STERN, EM FLORIPA

Amauri e Lourdinha Silva

Antonio e Cristina Homem de Mello

Fotos: Angelo Santos.

Arlete e Paulo da Costa Ramos

Regina Lopes, Ivete Konder Bornhausen e Iolanda Marcondes de Mattos Carol Lobato e Tati Kindermann

Lenita Cardoso

Jorge e Dulce Bornhausen

Gracia Moritz e Heliane Malta

Lena e Roberto Costa

Marcio e Raquel Schaefer

Lucia e Luiz Fernando De Vincenzi

Pericles e Andrea Druck

Mirian Fett, Myrian Gomes e Cyntia Garofalis

85


MISS BALNEÁRIO CAMBORIÚ 2013 By Bárbara Reiter

Antonella Schurmann e Edla Sens

Patricia Mozel, Mayara Tetu, Hanna Beatriz, Graciela de Oliveira

Jéssica Bueno, Graciela de Oliveira, Carlos Higgie

Rose Teixeira

Valdecir Dalcin

Fotos: Carlos Alberto Alves e Daniel Higgie.

Alexander, Bárbara e Alex Reiter

Tulio Cordeiro e Clara Veiga

PAELLA DO LIONS ITAJAÍ CENTRO

Bárbara Reiter, Narriman Chede

86

Chef Manolo Rodrigues

Clã Martins

Fotos: Fernanda Rodriguez

By Bárbara Reiter


WINTER PLAY EM FLORIPA

Chef Vitor Gomes Álvaro Garnero e Andre Sada Ciro Neves e Ana Martinez

Fotos: Cassiano Souza e Felipe Carneiro.

Arícia Silva e Nádia Giassi Andressa Suita e Anamara

Ginno Fontes e Merien

Jamil Nicolau

Kadu BBB

Romario

Renan Constantino Pedrinho e Maria Luiza Paula Menezes

Roger e Fernanda Motta Max Mazzafera

Sidney Sampaio

87


O mar a seus pés

0800 644 3311

www.jurerebeachvillage.com.br Jurerê Internacional, Florianópolis – SC


CRÔNICA

ÀS VEZES USA CHAPÉU Raul Caldas Filho *

F

oi no tempo do Katicips, um bar que fez história, cujo nome oficial era bar Náutico, localizado em frente da pracinha da soterrada Praia de Fora, com acolhedoras mesas de mármore, cenário de princípio do século 20 e uma bela visão da Baía Norte. Muita gozação, muitas piadas, muitos chistes, muita fofoca ali brotaram, sob a inspiração de Brahmas e Antárticas (de acordo com o gosto do freguês) e saborosos petiscos, em especial salames e queijinhos de Timbó e Pomerode. Ocorreu, porém, numa ocasião que a paz reinante nas divertidas tertúlias foi quebrada com o surgimento nas conversas de um estranho personagem, que causava inusitada fúria e indignadas reações. E diversos frequentadores do bar foram suas vítimas. Um deles foi Carlos (os nomes são fictícios). Certa noite ele entrou no recinto, quando foi abordado por Fernando e Roberto, dois componentes de uma das habituais rodas noturnas. - Senta aí – disse Fernando – pois precisamos te contar algo meio desagradável. - O que é que houve? – indagou Carlos, com ar de expectativa. - Pede antes uma cerveja – sugeriu Roberto – pois o assunto é sério. - Desembuchem logo – insistiu Carlos, demonstrando agora certa preocupação no semblante. - É o seguinte – prosseguiu Fernando. – Anda um cara aí espalhando umas coisas esquisitas sobre Cíntia, a tua namorada. - O quê?! - Isso mesmo – acrescentou Roberto.

tas ocasiões, um tremendo mau hálito. Às vezes usa chapéu. - Mas tem mais ainda – interveio Roberto, pondo mais lenha na fogueira. – Ele garante estar sempre presente na casa de Cíntia e que não é só ela que senta no seu colo. A irmã e a mãe dela também fazem isso. - Como é que é?! –protestou Carlos, cada vez mais estupefato e furibundo. – Quem é esse canalha? Eu acabo com ele! Onde eu o encontro, como é o seu nome? - Celite – respondem Fernando e Roberto em uníssono, contendo o riso. - Celite? – estranhou Carlos. - Exatamente – disse Fernando. E, às gargalhadas, esclareceu: - Ele pode ser encontrado nos melhores banheiros da cidade. E Carlos percebeu ter sido alvo de uma grande gozação (hoje se diria “pegadinha”). *** Em linhas gerais era essa a “história” apresentada a algum habitué selecionado, narrativa que poderia receber acréscimos de familiares da vítima e mais detalhes sobre os lugares íntimos das residências que o folgado falastrão tinha preferência. Os mais atilados logo decifravam o enigma. Mas outros, de faísca atrasada, exigiam pormenores sobre esse tal de Celite e prometiam tomar drásticas medidas, como “vou lhe dar um tiro na cara!” e outras reações no mesmo teor. ***

- O que ele diz? - Bem... Agapito traz uma cerveja – solicitou Fernando ao proprietário. – Na minha conta. - Fala de uma vez! – exclamou Carlos, já com a voz meio alterada. - Queres saber mesmo?

Nunca se descobriu, porém, quem foi o “criador” da jocosa trama, apesar de surgirem suspeitas relacionadas a notórios gozadores, mais tarde respeitáveis médicos, advogados, juízes e jornalistas. O fato é que aqueles que caíam no embuste tornavam-se depois os algozes de novos otários. ***

- É óbvio! – bradou Carlos. Fernando fez uma pausa e depois contou: - Ele anda propalando por aí que a Cíntia tem o costume de... sentar no seu colo. Carlos levantou-se da mesa, num supetão, indignado, como se quisesse tirar satisfação imediatamente, perguntando com ódio nos olhos: - Quem é esse f.d.p.? - É um sujeito baixinho, troncudo, de boca larga, e exala, em cer-

Para quem não sabe (ou nunca fez uso de seus serviços): Celite é uma tradicional marca pertencente ao grupo Roca, que fabrica louças, metais e... assentos sanitários.

RAUL CALDAS FILHO

Jornalista, cronista e ficcionista www.raulcaldasfilho.com.br contato@raulcaldasfilho.com.br

89


PAGINA POÉTICA

Trem de Ferro Manuel Bandeira

Café com pão Café com pão Café com pão Virge Maria que foi isso maquinista? Agora sim Café com pão Agora sim Voa, fumaça Corre, cerca Ai seu foguista Bota fogo Na fornalha Que eu preciso Muita força Muita força Muita força (trem de ferro, trem de ferro) Oô... Foge, bicho Foge, povo Passa ponte Passa poste Passa pasto Passa boi Passa boiada Passa galho Da ingazeira Debruçada

90

No riacho Que vontade De cantar! Oô... (café com pão é muito bom) Quando me prendero No canaviá Cada pé de cana Era um oficiá Oô... Menina bonita Do vestido verde Me dá tua boca Pra matar minha sede Oô... Vou mimbora vou mimbora Não gosto daqui Nasci no sertão Sou de Ouricuri Oô... Vou depressa Vou correndo Vou na toda Que só levo Pouca gente Pouca gente Pouca gente... (trem de ferro, trem de ferro)


designsustentavel.com.br

Instruções de vôo A quantidade de dióxido de carbono (CO2) emitida em um vôo, em média, atinge 167 gramas por passageiro por km. Em um trajeto de ida e volta entre São Paulo e Rio de Janeiro - um vôo relativamente curto - cada passageiro é responsável pela emissão de 134 kg de CO2. Cada árvore da Mata Atlântica absorve, em média, 175 kg de CO2 ao longo de toda sua vida.

Portanto, mesmo num vôo curto, seria necessário o plantio de uma árvore para compensar toda a emissão de um único passageiro. CALCULE SUA EMISSÃO DE CO2 E COMPENSE-A PLANTANDO ÁRVORES! www.sosma.org.br/projeto/ florestas-futuro/calculadora/

www.sosma.org.br facebook.com/SOSMataAtlantica www.twitter.com/sosma

Estacao 56  

Estação Aeroporto Junho 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you