Issuu on Google+

Ano IV - #48 - Distribuição gratuita

Bond Girl Em "007 - Operação Skyfall", a atriz Naomie Harris interpreta a nova companheira do agente James Bond em sua 23ª aventura. Naomie contribui com seu charme e talento na franquia mais duradoura da história do cinema.

Turismo | Cultura | Moda | Beleza | Comportamento | Arquitetura | Tecnologia | Gastronomia | Vinhos


DESEMBARQUE

EXPEDIENTE

EDITORIAL

Diretora Narriman Chede narrichede@estacaoaeroporto.com.br

Mês de outubro é doce feito caramelo...

Jornalista Responsável Rodrigo Brasil rodrigobrasil@hotmail.com Editor Executivo Dani Ferrera daniferrera@gmail.com Direção de Arte Anne Cristyne Pereira annecristyne@gmail.com Jornalista de Moda e Beleza Ana Marta Flores ana.marta.moreira.flores@gmail.com Diretora de Marketing Ana Carolina Rotolo carolachede@yahoo.com.br Coordenador de Marketing Mauricio Mendonça Gestor de Marketing e Mercado (31)9354-3141/ 95132710 mktestacaoaeroporto@ovi.com Colunistas Raul Caldas - contato@raulcaldasfilho.com.br Juliana Pamplona - estacaodepartida@gmail.com Jamil Nicolau - jamil.nicolau@gmail.com TXTCOM - Conteúdo Web e Unidade de Marca Mônica Corrêa - Novos negócios (48) 9977-2127 | monicacorreab@gmail.com Florianópolis Narriman Chede (48) 9104-0919 | narrichede@gmail.com Balneario Camboriú e Região Mirla Fabiane G. Barrios | Ícone Agencia de Negócios SC (47) 8451.6774 | 9984.6922 | mirla.icone@terra. com.br Rio de Janeiro DD9 . Chroma Design (21) 2619.2099 grupodd9@gmail.com

É cheio de cor e fantasia... É o mês da criançada, de celebrar a leveza e a alegria. O que seria do mundo sem esses pequenos mensageiros do amor? Com elas aprendemos que sonhar é viver, que as coisas simples da vida tem um grande valor. Elas nos inspiram a fazer de cada minuto uma glória, a vibrar com cada conquista, a sermos mais intensos. Criança é feliz com tudo e a qualquer hora. Que tal a gente ser como elas e não deixar nossos sonhos morrerem? Para homenagear nossos tesouros fizemos um Editorial de Moda especial, para lembrar das brincadeiras de antigamente. Resolvemos soltar a gurizada na praça e a stylist Carola Rotolo relembrou sua infância com a Fotógrafa Luciana Rotolo, que clicou a meninada de pés no chão, brincando de amarelinha, subindo em árvores, cantando cantigas de rodas... E a tarde ficou pequena na praça para as "Brincadeiras de crianças",ahhh...Como é bom!!! Outubro também é festa em Santa Catarina Programe-se para curtir as festas de outubro neste estado acolhedor. Em Horizontes, traçamos um roteiro com algumas das festas mais populares, como a Oktoberfest, em Blumenau, Fenaostra, em Florianópolis,Fenarreco, em Brusque, e Marejada, em Itajaí. Em Lugares por Onde Andei, Samira Campos conta como foi conhecer a casa onde morou o pintor impressionista Monet, em Giverny, na França. Você vai ficar morrendo de vontade de programar seu próximo roteiro para lá. O local abriga os famosos jardins que inspiraram os quadros do artista. Para os fãs de James Bond, uma reportagem sobre os 50 anos dafranquia, que teve os 22 filmes relançados recentemente. Também uma entrevista com Naomie Harris, que estrela “007 – Operação Skyfall”, novo filme da série. A bela conta como foi a preparação para se tornar a nova Bond Girl e sobre o convívio com Daniel Craig, que vive o agente mais famoso do mundo. Para os amantes do bom e tradicional samba, vale a pena conferir informações sobre o show que celebra os 70 anos de idade de Paulinho da Viola, que apresenta sucessos de diversos momentos de sua carreira, além de canções inéditas. Já a atriz e cantora Bibi Ferreira celebra 71 anos de histórias e canções, além de 90 anos de idade. A artista revive no palco interpretações marcantes, de espetáculos como “Minha Querida Lady” (1962), “Alô Dolly” (1965) e “Gota D’Água” (1975). Ela é acompanhada no palco por uma orquestra de 21 músicos. No mês das crianças, aproveitamos para chamar a atenção para um assunto importante: a necessidade de facilitar e estimular a adoção no país. Milhares de crianças vivem nos abrigos atualmente à espera de uma adoção, mas a maioria delas não se encaixa no perfil mais procurado: crianças brancas, do sexo feminino e com pouca idade. Enfim espero que gostem bastante da revista, foi feita com muito capricho. Um cheirinho na meninada...

Brasília Rafael Kern - (61) 9649-3673 rafaelkernbsb@gmail.com

Beijo no coração!!!

Curitiba Mirian Lins (41) 32323466 Paraná@centralcomunicacao.com.br

NARRIMAN CHEDE

Comercial Internacional Rita Branco (351) 964062130 ritabrancofl@gmail.com Sucursal Miami - Piquet Business Consulting Diretor: Luiz Piquet: luiz@piquetbusiness.com Assistant:Taina Piquet: taina@piquetbusinesscom 305-781-8823 / 786-314-0886 www.piquetbusiness.com Redação Av. Trompowsky 219 | Sala -202 Florianópolis | Centro. CEP- 88015-300. Fone: 48-3222-1840

Fiquem com Deus.

A Revista Estação Aeroporto pertence à E Editora Ltda. Apenas as pessoas que constam no expediente têm autorização para representá-la. Os conceitos emitidos em artigos assinados são de responsabilidade de seus autores.

REDES SOCIAIS www.estacaoaeroporto.com www.facebook.com/estacao.aeroporto www.twitter.com/estacao

6


BLACK IS BEAUTIFUL

26

EDITORIAL MÊS DA CRIANÇA

08 Horizontes 12 Lugares por onde andei 14 Beleza 16 Aposte 20 Decoração

68

22 Turismo Internacional 26 Entrevista

HABITAT

30 Mais Estação 32 Entrevista 36 Lançamento 38 Homenagem 42 Shows

24

44 Cultura 56 Desembarque 62 Tecnologia 64 Gastronomia 66 Vinhos 68 Velocidade

08

MIMOS

70 Estação de Partida 72 Moda 84 Responsabilidade Social 86 Mês da Criança 88 Estação Final 93 Crônica


HORIZONTES

Aberta a temporada de festas Santa Catarina

E

m outubro, Santa Catarina torna-se palco de grandes festas, que atraem visitantes de todo o País. Algumas das principais são a Oktoberfest, em Blumenau, a Fenaostra, em Florianópolis, a Marejada, em Itajaí, a Fenarreco, em Brusque.

Os traços marcantes da colonização alemã revezam-se na arquitetura de casas em estilo alpino e enxaimel, nos jardins floridos, na arte e no artesanato, na rica gastronomia, na música e nas festas. É possível apreciar as construções do tempo colonial num agradável passeio a pé pela região central ou por charmosos distritos, como Vila Itoupava, a 25 km do Centro. Todos os anos, Florianópolis é palco de mais uma edição da Fenaostra – Festa Nacional da Ostra e da Cultura Açoriana, realizada entre os dias 11 e 21/10, no Centro de Convenções Centrosul. O festival tem uma agenda repleta de atrações gastronômicas, folclóricas e culturais. Paralelamente, a programação também oferece cursos e seminários de aperfeiçoamento técnico voltados à maricultura. O carro-chefe é mesmo a gastronomia, com espaços destinados à degustação de ostra e outros frutos do mar, preparados das mais diversas formas. Haverá concursos para bares e restaurantes e também para gourmets e chefs. Realizada entre 11 e 21/10, em Itajaí, a Marejada é uma das maiores festas de tradição portuguesa do Brasil. O evento reúne artesanato, apresentações folclóricas, cantores de fado (música típica de Portugal), grupos de dança folclórica, músicas regionais, boi de mamão, exposições e apresentações nacionais. O Pavilhão Gastronômico traz uma variedade de pratos típicos da gastronomia luso-açoriana, como o bolinho de bacalhau, a casquinha de siri e a sardinha na brasa. O Parque da

8

Fotos: Santur/ Divulgação.

De 10 a 28 de outubro, Blumenau sedia a Oktoberfest, mais famosa das festas da temporada. O evento, que celebra as tradições dos pioneiros, atrai cerca de 600 mil visitantes a Blumenau. Debruçada às margens do Rio Itajaí-Açu, Blumenau é o centro econômico e turístico do Vale do Itajaí, um lugar de paisagens europeias em meio ao verde da Mata Atlântica.

Desfile na Oktoberfest.

Marejada localiza-se à Av. Ministro Victor Konder, 303, Fazenda, tel. (47) 3248-2167. Praias badaladas ou tranquilas e uma deliciosa comida típica baseada em frutos do mar são alguns dos atrativos que Itajaí reserva aos seus visitantes. A cidade cresceu às margens do Rio Itajaí-Açu, onde está localizado o maior porto catarinense e um dos mais importantes do Brasil, com um belo conjunto arquitetônico ainda preservado. De 10 a 21/10, Brusque sedia a Fenarreco, que celebra as tradições dos imigrantes alemães, poloneses e italianos. A mistura das três culturas fez com que a cidade reunisse características únicas na gastronomia e na arquitetura, ainda que predomine a herança germânica. O prato típico é o marreco com repolho-roxo, cujo apelo motivou a criação da Festa Nacional do Marreco (Fenarreco). A cidade também é famosa entre os roteiros de compras do Sul do Brasil – especialmente de artigos de cama, mesa e banho e de vestuário. MAIS INFORMAÇÕES: Oktoberfest: www.oktoberfestblumenau.com.br Fenaostra: fenaostra.net Fenarreco: www.pmbrusque.com.br Marejada: www.marejada.itajai.sc.gov.br


Rainha e princesas da Fenarreco.

Desfile na Fenarreco, em Brusque.

Fenaostra é realizada no Centrosul, em Florianópolis.

Capital catarinense é maior produtora de ostras do País.

9


MIMOS Halloween para pets A tradição do Dia das Bruxas, no dia 31 de outubro, já foi adotada pelos brasileiros há alguns anos. Para as crianças, comemorar um dia em que é permitido comer muito doce e vestir uma fantasia é pura alegria. A vez agora é dos pets, que ganham roupinhas feitas sob medida pra acopanhar a criançada na busca por doces na vizinhança. A Anit Accessories criou modelos que vão desde bruxas e princesas a monstrinhos mais do que fofos.

Preço: US$ 29,90. Mais em: www.anitaccessories.com

Joaninha de viagem A almofada ergonômica para pescoço é um dos acessórios mais fofos e úteis para viagens longas. A almofadinha também ajuda na redução das dores de cabeça e garante a postura correta ao dormir. É produzida em tecido e pelúcia com enchimento anti-fungo de poliamida e resiste a mudanças de temperatura. Preço: sob consulta.

Fotos: divulgação | Preços consultados em setembro de 2012.

Mais em: www.bagaggio.com.br

Inspiradas nas cores do Rio! A linha de malas RIO da Samsonite é a companheira que você sempre sonhou para as viagens, ligeira, ampla, durável e comoda! As malas, inspiradas nas cores da “Cidade Maravilhosa”, são revestidas com uma camada de poliéster, uma tecnologia que confere aos produtos maior resistência ao desgaste das viagens, com um toque “macio” e fácil de limpar. E mais, é possível encontrá-las em opções de cores alegres e divertidas. Além de práticas e leves, são também ulta-modernas. O lançamento possui o sistema de segurança TSA e rodas spinner que giram 360°. Disponível nas cores amarela, azul, rosa, roxa e preta. Preços: entre R$ 599,90 Spinner 20 (55cm) e R$ 799,90 Spinner 28 (78cm) Mais em: www.samsonite.com.br

10


Caminho livre! A releitura chic do tradicional tênis Iate, hit nos anos 80, volta com tudo utilizando couros nobres, design e acabamento mais modernos. Esta é uma das apostas da marca Freeway, que traz o modelo Marc nas cores branco, preto e cinza. O charme extra fica para o couro perfurado, que permite mais ventilação, ideal para os pés nos dias quentes do Verão. Como ganhou um toque de sofisticação pelo uso do couro, o modelo de inspiração náutica pode ser usado em diversas ocasiões, como um verdadeiro curinga, compondo look para o fim de semana na praia ou no campo até para aquele jantar informal, com esticada garantida para o happy hour. Preço: sob consulta. Mais em: www.freewayshoes.com.br

Fotos: divulgação | Preços consultados em setembro de 2012.

Verão Abrazô! As aves, o azul do mar e o verde das florestas brasileiras despertam a ideia de um paraíso tropical. É com esse espírito que a empresária e diretora criativa da Abrazô, Patrícia Bittencourt, lança a primeira coleção da marca. O verão, leve e nostálgico, tem o nome de Paraíso Vintage, com cinturas marcadas, saias rodadas e hot pants. As estampas digitais exclusivas de folhas, penas e pássaros, ganham frescor e modernidade com acabamento de inspiração esportiva, numa conexão entre presente, passado e futuro. Para a temporada de calor, a Abrazô aposta ainda em macaquinhos, jaquetas cropped, shortinhos com laterais arredondadas, calças flare e muitos vestidos com alças e acabamentos feitos a laser.

Estilo único

Preço: R$ 99,90. Mais em: www.yellowbr.com.br

A nova brincadeira da Linha Bratz Crystalicious é customizar a pele, os vestidos e os cabelos longos. A Yellow apresenta três lindas opções de bonecas vestidas com modelitos tropicais cheios de brilho e estilo em tons pastéis; e cabelos longos para ousar nos penteados. Cloe, Jade e Yasmin vêm com opções para personalizar: os vestidos - com adesivos de flores brilhantes; a pele (da boneca ou da criança) - com a aplicação de adesivos de cristais; e os cabelos - com presilha de estrela e aplique de cristais na mecha de cabelos da cor dos da boneca. O kit inclui uma boneca, aplique presilha com cristais para os cabelos, pente em formato de estrela, adesivos de flores brilhantes e adesivos de cristais.

11


LUGARES POR ONDE ANDEI

PARA IMPRESSIONAR

A Giverny de Monet

Fotos: Acervo pessoal.

Por Samira Campos

U

ma casa bucólica, com paredes rosadas, janelas verdes e trepadeiras subindo por suas paredes. Uma casa para se viver o sonho do paraíso, só que de olhos bem abertos. Uma oportunidade de conhecer o universo de jardins perfumados, salpicados de flores delicadas que tanto inspiraram um dos mais famosos pintores franceses, Claude Monet (1840-1926). Com o queixo caído (logo eu, que adoro flores!!), me vejo embasbacada pela magia desse lugar. Na verdade, uma pequena vila de pouco mais de 500 habitantes, localizada a 50 minutos de trem de Paris, chamada Giverny. É preciso, claro, gostar de flores. Dálias, miosótis, nenúfares, hortênsias, rosas e até girassóis. Todas misturadas como se as sementes florescessem depois de jogadas ao vento. Mas, logo você percebe que entre o desejo de um jardim leve e despretencioso há também um grande lago com ponte em estilo oriental, inspirado na precisão calculada dos jardins japoneses. Sentada por mais de uma hora

12

em um dos bancos do jardim, fui perfumando minha alma e aquecendo meu coração ao sol do verão. Fiquei imaginando as outras estações e as flores que poderiam desabrochar de surpresa nesse jardim. Fiquei imaginando Monet com seu cavalete, suas tintas e suas pinceladas criando uma de suas telas. O homem que causou uma revolução na arte e que foi responsável pelo surgimento do movimento Impressionista conseguiu, com muita leveza, viver e traduzir a vida de forma impressionante. Ao dar uma volta pelo interior da casa (não são permitidas fotos) você percebe que em família, Monet, que tinha oito filhos, vivia de maneira simples mas colorida. Não lembro se era o quarto ou a cozinha, que era toda amarela. Pouco importa. O que importa, ao meu ver, é que Monet conseguiu realizar em vida o que tantos outros artistas conseguem somente após a morte, o reconhecimento. Ele conseguiu também outra coisa que tantos mortais desejam. Criar e viver seu próprio paraíso em vida. E o melhor, deixar sua arte, para encantar nossa alma.


13

Fotos: Acervo pessoal.

Fotos: Divulgação.


BELEZA Preço: R$ 15,90 (duas unidades de 90g) Mais em: www.folhetoavon.com.br

Banho perfumado Inspirada no universo das meninas, a Avon lança uma sabonete em barra da boneca Barbie, que promete deixar a hora do banho ainda mais perfumada e encantadora. Os sabonetes vêm em uma embalagem lúdica que dá duas opções de diversão: na superfície de cima é possível destacar pecinhas de quebra-cabeça e montar uma linda imagem da Barbie. Já na superfície de baixo, roupinhas de papel podem ser recortadas para que as garotas se divirtam ao brincar de vestir o desenho da boneca. Desenvolvida para crianças acima de três anos, a novidade intensifica a atuação da Avon na categoria de higiene e beleza infantil.

BICHINHOS “COMEDORES” DE UNHAS! Tudo o que está relacionado à saúde e à higiene das crianças sempre gera preocupações para as mães e, por isso, cada detalhe no dia a dia é fundamental. As unhas, por exemplo, frágeis e delicadas, exigem e merecem uma forma de lidar toda especial. Para ajudar as mamães, a Ricca lança o Cortador de Unha Infantil que, além de ser prático, apresenta um design diferente para transformar esse momento em algo super divertido. Os bicos do pato e do pinguim são removíveis e sua função é de proteger as lâminas, oferecendo maior segurança durante o manuseio. Além disso, possui lima para eliminar pontas e imperfeições da unha que possam fazer com que a criança cause ferimentos a ela mesma ou a outras pessoas com quem interage. Preço: sob consulta. Mais em: www.bellizcompany.com.br

BANHO DE LEITE O Boticário lança, em edição limitada, a coleção Baby Boti Milk, que traz em seu conceito o cuidado delicado da mãe com o filho, oferecendo produtos que contém extrato de leite. A linha participa de todas as etapas do banho do bebê, reunindo produtos como sabonete líquido, toalha especial, loção hidratante e água de colônia.

Preços: entre R$19,99 e R$57,99. Mais em: www.oboticario.com.br

14


Fotos: divulgação | Preços consultados em setembro de 2012.

Preço: R$4,75 Mais em: www.speciallita.com.br

ESMALTES SUPERPODEROSOS! Com nove cores, a nova coleção de esmaltes da Hits Speciallità tem todo o charme e diversão das meninas mais poderosas dos desenhos. As Meninas Super Poderosas são versáteis: por vezes doces, em outras apimentadas. Pensando nas mulheres superpoderosas da vida real, a Hits Speciallità criou a segunda coleção baseada nas carismáticas personagens do Cartoon Network. Docinho, Florzinha e Lindinha aparecem novamente em três diferentes momentos.

PROTEÇÃO SOLAR PARA OS PEQUENOS A La Roche-Posay traz ao mercado brasileiro uma renovação de Anthelios Dermo Pediatrics FPS 60. Este fotoprotetor une tecnologia avançada ao cuidado que a pele dos pequenos precisa, formando uma verdadeira barreira contra as agressões provocadas pelos raios solares. Desenvolvido a partir da tecnologia Mesoplex®, uma exclusiva combinação de filtros patenteada pela L’Oréal, Anthelios Dermo Pediatrics FPS 60 proporciona máxima proteção contra os danos causados pelos raios UV. Sua fórmula foi testada sob controle pediátrico e oftalmológico, garantindo segurança e qualidade. O lançamento tem teor reduzido de filtros químicos e é muito resistente à água, à areia e à transpiração. Além de ser fácil de espalhar e ter rápida absorção. Preço: Preço: R$ 74,90 Mais em: 0800 701 1552 (SAC)

DE MADAGASCAR PARA O BANHO O atrapalhado Leão Alex e o divertido Pinguim Capitão, estrelas dos filmes Madagascar, chegam às prateleiras em formato de xampu, condicionador e deo-colônia para alegrar a criançada. Com embalagens coloridas e formato anatômico, os produtos da linha Madagascar são ideais para uso infanto-juvenil. Apresentam uma deliciosa fragrância, com notas de frutas cítricas, que proporcionam uma sensação refrescante no couro cabeludo e uma gostosa sensação de limpeza. Preço: R$ 11,90 (Kit xampu, condicionador e Squeeze) Mais em: www.biotropic.com.br

15


APOSTE DESEMBARQUE

Olhar

E

ntre as centenas de desfiles das semanas de moda de Londres, Paris e Nova York, a beleza doa coleção da estilista Anna Sui pode chamar também a atenção dos amantes de histórias em quadrinhos. A sombra líquida supercolorida, em tons intensos de azul e vermelho, lembra as cores vivas de comic books. O traçado em preto delimita o colorido e se aproxima ainda mais do traço dos desenhos. A beleza do desfile de Verão 2013 da estilsita, apresentado na semana de Nova York, foi assinado pela top makeup artist Pat McGrath. Segundo ela, a inspiração gráfica veio da maquiagem do teatro e circo, que costumam ter uma linguagem própria e intensa, além de um toque rebelde. Na produção do desfile, as modelos também usaram perucas em tons "empoeirados" e platinados de rosa, azul e lilás para criar um clima ainda mais divertido. No fim deste mês, o Halloween bate a porta pedindo doçuras e travessuras, e essa pode ser a ocasião ideal para você apostar no make à la Anna Sui. Se o resultado agradar, você pode adotar o estilo sempre! J

16

Fotos: Divulgação.

cartoon


BOLO À MESA!

DECORAÇÃO

A The Cake is on the Table é um espaço lúdico onde é possível encontrar móveis antigos e peças de decoração únicos, reciclados, com personalidade e também os melhores cupcakes de São Paulo, além de muitos outros doces com receitas de antigamente e gostinho de infância. O ar retrô prova que o que é bom não tem tempo definido. Um lugar acolhedor para se esquecer um pouco do mundo lá fora, e passar bons momentos tomando um cafezinho com bolo e ouvindo boa música. Além disso, a The Cake também oferece cursos e oficinas de confeitaria para adultos e crianças.

Mais em: www.thecakeisonthetable.blogspot.com.br

Para inovar no Dia das Crianças e presentear os pequenos com algo realmente encantador, que tal apostar em uma decoração especial? Afinal, não existe nada melhor do que um quarto confortável e cheio de motivos divertidos para conquistar os pequenos. Na Mobly é possível encontrar linhas completas de móveis e artigos de decoração com os principais personagens infantis - Hello Kitty, Mickey, Barbie, Ben 10, entre outros. São camas, cômodas, abajures, lustres, armários e muito mais. Assim, meninos e meninas poderão transformar o seu espaço em um verdadeiro espaço de magia e diversão. Preço: sob consulta Mais em: www.mobly.com.br/infantil

FIM DE ANO DE DIAMANTE Preço: R$ 210,00 Mais em: www.moet.com

20

Para dar ainda mais charme às celebrações de final de ano, a Moët & Chandon apresenta sua Diamond Collection. No estilo glamouroso, esta coleção oferece aos apaixonados pelo champagne uma forma elegante e festiva de brindar, com dois novos e exclusivos gifts, elaborados em edições limitadas. O Moët Golden Diamond Suit é uma elegante capa isotérmica, que preserva o frescor e a qualidade excepcionais do célebre champagne da Maison, o Moët Imperial. A garrafa de Moët Imperial 750ml vem revestida com uma capa dourada de textura semelhante ao diamante, decorada com uma gravata requintada, que dá um toque brilhante e festivo a qualquer confraternização de final de ano. Reutilizável e perfeita para presentear, também mantém a garrafa gelada por até duas horas.

Fotos: divulgação | Preços consultados em setembro de 2012.

MINI DECORAÇÃO


Preço: sob consulta Mais em: www.mmartan.com.br

AZUL CALMANTE

Fotos: divulgação | Preços consultados em setembro de 2012.

É quase unânime a sensação de calma e serenidade que a cor traz para a decoração. Para quem não abre mão de ter um quarto bem decorado e ainda usando produtos que proporcionem aconchego e conforto, a mmartan conta com o estilo Classics Azul. Em tons de azul hortênsia, índigo e marinho, as peças do estilo Classics podem transformar a decoração do quarto de acordo com a personalidade e estilo de quem vai usar o ambiente. Como o azul coordena bem com branco, beges, vermelho, além dos tons terrosos e verdes, são os móveis e as cores que vão definir o estilo da decoração. Por exemplo: associado ao branco, o azul cria um ambiente mais provençal. Já combinado com branco e vermelho, pode-se criar um clima navy. Para a coleção Primavera Verão 2013, a mmartan apostou na tradição discreta dos florais ingleses, com requinte mas sem rebuscamento, criando um ambiente confortável, tranquilo e leve.

MARCELO ZILIANI E A LOF OF A Lot Of apresenta peças assinadas por Marcelo Ziliani em parceria com a marca italiana Casprini. Composta por cadeiras e uma mesa, a linha oferece design elegante e está disponível em duas cores, preto e branco. A cadeira Azhar possui a forma de uma ostra com uma curva notável. Já a mesa Atatlas é uma versão inspirada no grande clássico assinado por Saarinen em meados dos anos 50. A peça recontextualizada tem a forma básica de arcos semelhantes aos da cadeira. Ambas são extremamente harmoniosas quando combinadas em conjunto. As peças são importadas e estarão à venda com exclusividade para o mercado brasileiro pela A Lot Of. Preços: R$ 13.020,00 (mesa) e R$ 1.979,00 (cadeira) Mais em: www.alotof.com.br

SOFÁ PLAY Play é acoplado com alto-falantes ocultos e de alta potência que reproduzem músicas por meio do iPhone, iPod ou mesmo via Bluetooth. Com design moderno, Play possui espessas costuras em suas almofadas, que garantem maior durabilidade à peça. Pés em metal e apoios de cabeça reguláveis oferecem maior conforto e elegância ao lançamento.

Preço: sob consulta Mais em: www.italsofa.com 

21


TURISMO INTERNACIONAL

MÁGICA JORDÂNIA

P

rocurando fugir à imagem de albergue de terroristas tipicamente associada aos países vizinhos, a Jordânia (1946) enfrenta hoje algumas incertezas políticas mas continua a desenvolver-se e a apresentar um crescimento significativo, atendendo à sua localização. País desértico ou semidesértico, a Jordânia concentra a maior parte da sua população nas zonas menos áridas, junto ao Lago Tíberíades, ao Mar Morto ou ao Rio Jordão. Com uma história rica, o país é uma das pérolas do Médio Oriente e tem em Petra o seu maior chamariz.  A “Cidade das Rochas”, que esteve escondida durante séculos, é hoje o local mais visitado da Jordânia e cenário de inúmeros filmes. Trata-se de uma verdadeira cidade, esculpida na rocha e descoberta aos poucos. Todos os povos que passaram pelo local classificaram-no como sagrado. Nabateus, romanos, bizantinos e outros nunca ficaram imunes à beleza rara do Tesouro de Petra, o edifício mais conhecido e que atrai os olhares dos milhões de turistas que por lá passam todos os anos. Em tons cor de tijolo, este local foi considerado uma das 7 Maravilhas do Mundo.  Outra maravilha que a Jordânia protege é o Quseir Amra, o mais conhecido dos castelos do deserto. Construído no século VIII, é um exemplo da arquitetura e da arte islâmica, apresentando numerosos frescos, com imagens

22

que vão desde os atos de caça a mulheres nuas. Neste momento, o local sofre obras de recuperação, nomeadamente ao nível do poço e sistema de abastecimento de água. Se este é o mais famoso, são muitos outros os castelos que podemos encontrar na área desértica da Jordânia. Qasr Kharanah, Qasr El-Hallabar ou Qasr-Musahatta são alguns exemplos dos tesouros que o deserto esconde. Com marcas da passagem dos romanos, bizantinos e muçulmanos encontra-se o local de Umm Er-Rasas, onde ainda há muito para escavar mas que já tem para oferecer aos turistas os vestígios de igrejas e um campo militar. O forte de Karak e as suas muralhas também são um local a visitar, assim como as ruínas da cidade de Jerash, os mosaicos da era bizantina de Madaba ou a cidade portuária de Ácaba, onde o turismo ecológico está em progressão. As praias de Aqaba, no Mar Vermelho, ou as águas salgadas do Mar Morto, também são atrativos do país, onde encontramos um contraste entre a agitação da cidade e a paz do deserto. Amã é a capital do país e aglomera mais de 2 milhões de habitantes. Chamada de “Nova Beirute”, a cidade está em grande crescimento. Com um relevo acidentado, Amã tem para oferecer aos turistas locais atrativos como as ruínas de um enorme teatro, as igrejas Coptas, o Templo de Hercules, a Mesquita de Abu Darweesh ou a Mesquita do rei Abdullah I.

Fotos: Luís Filipe Gaspar

Por Luís Filipe Gaspar


A contrastar com as ruas agitadas e os prédios, Irbid (a segunda maior cidade do País) está localizada no deserto Wadi Rum, uma área protegida, classificada como Património da Humanidade. “Vale da Lua” é o nome dado ao vale na rocha de granito neste deserto, onde se encontram templos, pinturas rupestres e que é a “casa” de várias tribos beduínas. Usado como cenário em várias obras cinematográficas, Wadi Rum é o local ideal para o turismo de aventura. Caminhar, escalar, passear de camelo ou montar um cavalo são atividades possíveis neste local, de onde é possível avistar (nos seus picos) o Mar Vermelho. Uma das atrações do local é também uma formação rochosa, chamada de “Os 7 Pilares da Sabedoria”, em memória de TE Lawrence, um oficial britânico que atuou na área e que escreveu um livro com o mesmo nome. Não é de estranhar que a zona de Wadi Rum seja também aproveitada para fazer piqueniques, acampar sob as estrelas ou fazer belas sessões fotográficas. É, de fato, um paraíso natural onde a aridez é sinonimo de beleza e encantamento.

A Cidade das Rochas.

PÁGINA DO AUTOR: http://luisfilipegaspar.com Artesanato em areia de tons diferentes.

Piquenique no Deserto Wadi Rum


HABITAT

Hotel está encravado entre montanhas dos Andes.

TESOURO DOS ANDES Rio Sagrado | Peru

N

o Vale Sagrado dos Incas, entre campos verdejantes e enormes montanhas, está o Hotel Rio Sagrado. Situado nas margens do rio Urubamba, esta bela joia da rede Orient-Express foi construída com materiais naturais para se assemelhar a uma autêntica aldeia andina, e se destaca tanto por sua localização em meio à natureza como por sua decoração. Estando a uma altitude mais baixa que Cuzco, o Hotel Rio Sagrado fornece o ambiente perfeito para o hóspede relaxar e se aclimatar, e uma base ideal para quem deseja explorar o Vale Sagrado e Machu Picchu. O empreendimento está situado em um terreno de 2,5 hectares na área do Rio Urubamba. Todos os seus quartos contam com varanda e jardins privados. Sua arquitetura é uma fusão da andina com a contemporânea. O mobiliário tem estilo europeu e em sua decoração foram utilizadas antiguidades e elementos étnicos do Valle Sagrado dos incas, tendo como tema a água.

Decoração do hotel está em harmonia com as águas do rio.

24

Além disso, o estabelecimento conta com um sistema de canais construído com a técnica inca das Pakchas, que percorre o estabelecimento. Às margens do rio,


MAIS INFORMAÇÕES: www.riosagrado.com

Spa tem jacuzzi com vista para o rio.

pastos verdes bucólicos são pontilhados com os quartos, suítes e villas do hotel, todos com lençóis de algodão peruviano, vistas para o rio e pisos de madeira aquecidos. O restaurante El Huerto prepara pratos da cozinha peruviana com a ajuda dos produtos e temperos orgânicos cultivados no local. O Rio Sagrado tem ainda um spa com 230 metros quadrados, com sala para massagens, sauna e uma jacuzzi com vista para o rio. Velado por árvores nativas dentro de um buquê natural de flores silvestres, que os incas acreditavam possuir propriedades curativas místicas, o Spa Mayu Wilka fica atrás de um magnífico monumento de pedra ribeirinha, cujo projeto arquitetônico data de séculos atrás, possivelmente elaborado pelos incas.

Restaurante concilia elegância e rusticidade.

Decoração utiliza matéria-prima local.

Cuidados com os detalhes fazem a diferença.

25


CAPA

Black is Beautiful U BY DANI FERRERA / PHOTOGRAPH BY GAVIN BOND

26

m dos muitos benefícios adicionais de se trabalhar num filme de James Bond é que você tem a oportunidade de aprender uma série de habilidades novas. Pergunte à Naomie Harris. Ela não só aprendeu a guiar melhor, mas agora também é capaz de encarar uma luta, se tornou uma exímia atiradora e até aprendeu a barbear um homem. E não é qualquer homem, mas o 007 em pessoa. E quando você trabalha numa produção de Bond, você precisa aprender a fazer essas coisas da maneira apropriada. E foi o que Naomie fez. Um barbeiro experiente lhe ensinou a arte de escanhoar um pescoço com uma navalha com perfeição. A cena também sugere que há algo mais entre Eve e Bond do que uma relação de trabalho entre agentes e colegas no MI6. Daniel Craig retorna em seu terceiro filme como Bond, após "007 - Cassino Royale" e "007 - Quantum of Solace" e, segundo Harris, ele não poderia ter sido mais receptivo aos novos integrantes do elenco que, assim como ela, travavam o seu primeiro contato com o extraordinário mundo de 007. “Foi absolutamente fantástico trabalhar com o Daniel. Eu me lembro do momento em que o conheci. Ele estava fazendo uma prova de figurinos quando eu passava pelo corredor. Ele me viu e foi muito amável". Harris é fã de Bond desde pequena. “Acho que assisti aos meus primeiros filmes de Bond provavelmente na televisão, durante o Natal. E aí, à medida que fui crescendo, passei a ir assisti-los no cinema. O papel das “Bond Girls” mudou muito nos últimos 50 anos, desde os primórdios da franquia, com "007 Contra o Satânico Dr. No" ( Dr. No), estrelado por Sean Connery como Bond, em 1962. “Hoje, as mulheres nos filmes de Bond têm muito mais conteúdo e isso é muito importante, pois as mulheres de hoje têm muito mais conteúdo. Há mulheres poderosas e independentes no mundo todo e seria um total descompasso com os tempos atuais se isso não se refletisse nos filmes. E, então, esse foi um dos motivos que me fizeram vibrar tanto por assumir esse papel, sem nem ao menos ter visto o roteiro, porque eu sabia que era isso o que eles queriam. Eles me disseram na audição: ‘Nós queremos levar o papel numa nova direção e que ela seja diferente de todas as demais Bond girls do passado’. Ela é muito mais inteligente, sagaz, capaz e independente – todas as coisas que eu adoro interpretar numa personagem”. Naomie Harris nasceu em Londres e, depois de cursar a Universidade de Cambridge, estudou na Bristol Old Vic Theatre School. Ela estrelou inúmeras produções da TV e sua filmografia brilhante inclui filmes como "Extermínio", dirigido por Danny Boyle. Ela deu vida à enigmática Tia Dalma em "Piratas do Caribe: O Baú da Morte" e "Piratas do Caribe No Fim do Mundo". Em "Miami Vice", Harris interpretou Trudy Joplin. Com o final das gravações de "007 – Operação Skyfall" a atriz está ligada à produção "Mandela, Long Walk To Freedom", onde vive Winnie Mandela. Neste bate-papo, a simpática atriz fala sobre sua participação na 23ª aventura de James Bond.


Bond realmente me desafiou em termos físicos mais do que qualquer outra coisa que eu já fiz antes – aprendi a atirar e manusear armas de fogo, a pilotar e, é claro, entrei em forma para o papel.

Dividindo cena com Orlando Blum em “Piratas do Caribe No Fim do Mundo”.

Na pele da agente Eve em “007 - Operação Skyfall”.

de voz quando voltar para Londres, mas eu ainda não vi nada até agora. Eu estou muitíssimo empolgada. Tudo o que eu vi até agora são os trailers, que parecem fantásticos. Eu mal posso esperar. O que você pode nos contar sobre sua personagem? A história é, na verdade, sobre o passado de M, que volta para atormentá-la, o que ameaça todo o MI6. O MI6 precisa se proteger na clandestinidade e Bond surge para ajudar a M. Eu me envolvo na história como uma agente de campo do MI6 trabalhando ao lado de Bond, então, também estou tentando chegar ao vilão.

No thriller de ação “Ninja Assassino”.

Estação Aeroporto: Você está animada com o lançamento do filme? Naomie Harris: Eu estou muito animada. Creio que nunca fiz nada antes que estivesse cercado de tanta expectativa. Com Bond, tivemos uma coletiva de imprensa antes mesmo de iniciarmos as filmagens! Eu nunca tinha me envolvido em algo parecido antes. E todo mundo fica empolgado com um filme de Bond e todos querem saber todos os segredos que você não tem permissão para revelar (ri). E durante as filmagens, a gente participa de entrevistas e o filme desperta muita atenção e excitação, então, agora, eu estou desesperada para ver o filme pronto. Eu vou ver alguns trechos, porque farei algumas gravações adicionais

Nós podemos ver no trailer que você faz coisas extraordinárias nesse filme – pilota carros em alta velocidade, atira contra um trem em movimento. Obviamente, você teve muitas cenas de ação no filme. Como foi isso? Foi muito difícil. O treinamento de pilotagem foi muito difícil, pois, por muito tempo, eu não tive permissão para dirigir durante as filmagens, porque não era considerado seguro. E eu queria muito fazer aquilo, uma vez que já tinha passado por alguns meses de treinamento de pilotagem tática. Eu queria estar ao volante, mas a seguradora não me permitia fazer isso, o que foi uma pena. (risos) Então, foi realmente frustrante ter de simular a cena como se eu estivesse dirigindo, o que é, na verdade, mais difícil do que dirigir pra valer. Mas aí, nas ocasiões em que me deixaram dirigir, eu pensei: “Eu não sei por que eu estava reclamando antes… Porque é bem difícil! Num determinado momento, eu tinha que engatar a marcha à ré e bater em


alguma coisa, o que não é nada fácil, porque você tem que ser bem precisa. E em outra cena, eu precisava acelerar para cima de uma multidão de figurantes e, embora todos eles tivessem ensaiado exaustivamente para sair da frente, um deles decidiu correr para cima do carro, e eu fiquei absolutamente apavorada achando que eu ia atropelá-lo. Então, foi muito desafiador. Bond realmente me desafiou em termos físicos mais do que qualquer outra coisa que eu já fiz antes – aprendi a atirar e manusear armas de fogo, a pilotar e, é claro, entrei em forma para o papel. Eu passei por um treinamento de nove meses com uma personal trainer que me fez dar duro cinco vezes por semana. Então, sim, foi muito intenso.

Com Brendan Gleeson e Cillian Murphy em “Extermínio”.

Você sentiu os benefícios de todo esse treinamento? Isso a fez se sentir poderosa? Foi realmente interessante para mim. E a minha treinadora também achou muito interessante, pois ela nunca tinha feito nenhum filme antes e, por isso, nunca tinha trabalhado com atrizes antes, nem por um período de tempo tão longo ou tão intensamente. E o que nós descobrimos foi que, inicialmente, foi terrível, porque eu odeio fazer exercícios. (risos) Eu nunca me exercitei em toda a minha vida. Sou uma daquelas pessoas que é naturalmente muito magra, embora eu coma muito, e então, eu não estava realmente preparada para o tipo de sofrimento que você precisa suportar. (risos) Então, desde o início, foi um trabalho bem exaustivo, mas quando você ultrapassa essa fase, de repente, tudo começa a ficar bem mais fácil. Aí você começa a sentir todos os benefícios – tem mais energia, dorme melhor, se sente menos estressada – todos esses benefícios maravilhosos que surgem depois, e que são fantásticos. E é claro que eu me comprometi a manter o treinamento depois. E continuei treinando por alguns meses, mas agora, bom, nem tanto. (ri) Mas e quanto a aprender a lutar? Você se sentiu poderosa? Eu tenho que admitir que aprender a lutar foi uma sensação muito legal. Mas devo dizer que, quando você luta, e aprendi isso por experiência própria lutando no passado, você sempre se machuca, porque não há como se fazer isso sem se machucar. Porque, em alguns momentos, você precisa necessariamente fazer contato e precisa ser atirada longe, e então, a gente sempre acaba se machucando, o que nunca é muito agradável. Então, na verdade, eu não gosto nada de fazer esse tipo de coisa – eu fingia que gostava, mas não é uma das minhas coisas favoritas. Há uma cena em que aparece barbeando Bond com uma navalha afiada. Tudo o que direi é que nenhuma mulher que se aproxime de Bond será capaz de não sucumbir aos seus encantos. (risos) A cena em que apareço o barbeando foi muito interessante para mim, porque eu aprendi a fazer a barba de uma pessoa do modo correto. Eu fui treinada por um barbeiro experiente, então, foi muito divertido para mim. E isso é uma das coisas legais de se trabalhar num filme de Bond, você está o tempo todo aprendendo todas essas habilidades novas.

Você já conhecia o Daniel antes? Como foi trabalhar com ele? Não, eu não o conhecia. Ele fez um trabalho maravilhoso. Foi absolutamente fantástico trabalhar com o Daniel. Eu me lembro do momento em que o conheci. Ele estava fazendo uma prova de figurinos quando eu passava pelo corredor no local onde ele estava e o AD (assistente de direção) perguntou: “Você quer dar um alô?” E eu respondi: “Bem, ele está num ajuste de figurinos, e eu não vou perturbá-lo nesse momento…” Então, eu segui adiante, eu sou um pouco tímida, mas o Daniel surgiu correndo atrás de mim, me seguindo pelo corredor, e disse: “Aonde você vai, sua boba?” E ele me deu o maior abraço e um beijo, foi desse jeito que ele me recebeu, e isso basicamente resume toda a experiência que eu tive trabalhando com o Daniel. Ele é muito generoso, aberto e simpático, e tem um grande senso de humor também. Então, eu fico muitíssimo grata a ele, porque embarcar em algo assim é sempre muito angustiante e a gente sente o peso da responsabilidade. Você pensa: “Ai, meu Deus, ele é o Bond!” E eu cresci com Bond, e centenas de milhões de pessoas vão assistir a esse filme e, de início, eu pensei, “ai, meu Deus, o que eu vou fazer com esse papel?” Então, é ótimo ter alguém como o Daniel que lhe dá todo apoio. Você se lembra de quando assistiu ao seu primeiro filme de Bond? Acho que assisti aos meus primeiros filmes de Bond provavelmente na televisão durante o Natal. E aí, à medida que fui crescendo, passei a ir assisti-los no cinema. Eu cresci assistindo ao Pierce Brosnan como Bond e aí, alguns anos atrás, eu fiz um filme ("Ladrão de Diamantes" [After The Sunset]) com o Pierce, o que foi algo um pouco surrealista para mim! (ela ri) Eu mal conseguia superar a admiração de que estava trabalhando com o James Bond. Mas, obviamente, aquele filme era completamente diferente. E o Pierce é um homem adorável. Como era Sam Mendes no set? Afinal, esta é uma grande produção, em que é preciso dirigir muitas pessoas, com muitas cenas de ação e de efeitos, inúmeras locações por todo o mundo. Como ele lidou com tudo isso? O Sam foi fantástico e estava sempre tão feliz. Eu cheguei a dizer a ele: “Você está sempre tão feliz o tempo todo. Você é


sempre assim?” E ele respondeu: “Não, não sou, mas estou gostando demais de tudo isso”. E isso era evidente. Ele realmente adorou trabalhar no filme e eu acho que ele foi um ótimo exemplo para a equipe, que se uniu em torno dele. E, além disso, contamos com essa grande equipe de produtores – Barbara (Broccoli) e Michael (G. Wilson), além do Daniel, é claro. Tudo isso se propaga, do alto escalão para baixo. O Daniel já conhecia o Sam antes e o recomendou para a direção do filme, o que, eu creio, foi uma escolha inspirada. O Sam se cercou de uma equipe ótima e ele é um grande fã dos filmes de Bond, o que eu acho que ajudou muito também. Ele os adora. Então, para o Sam, dirigir 007 - Operação Skyfall foi um sonho que se tornou realidade. Ele estava totalmente à vontade. É interessante ver como o papel das mulheres nos filmes de Bond mudou ao longo dos anos. Você pensou nisso quando aceitou o papel? Hoje, as mulheres nos filmes de Bond têm

Hoje, as mulheres nos filmes de Bond têm muito mais conteúdo, e isso é muito importante. muito mais conteúdo, e isso é muito importante, pois as mulheres de hoje têm muito mais conteúdo. Há mulheres poderosas e independentes no mundo todo, e seria um total descompasso com os tempos atuais se isso não se refletisse nos filmes. E, então, esse foi um dos motivos que me fizeram vibrar tanto por assumir esse papel, sem nem ao menos ter visto o roteiro, porque eu sabia que era isso o que eles queriam. Eles me disseram na audição: “Nós queremos levar o papel numa nova direção e que ela seja diferente de todas as demais Bond girls do passado”. Ela é muito mais inteligente, sagaz, capaz e independente – todas as coisas que eu adoro interpretar numa personagem. Você mencionou as locações glamorosas. Você teve a oportunidade de visitar alguma? Sim. Eu fui a Istambul e Adana, na Turquia. Eu passei três meses lá, então, rodei muitas cenas nessas locações. E essa foi uma das melhores coisas dessa filmagem. Eu adoro

filmar no exterior, porque a gente tem a oportunidade de conhecer e fazer uma imersão numa cultura nova e de conhecer a fundo o local. Então, eu adorei fazer isso, foi muito divertido. E a base principal do filme foi o estúdio Pinewood, que está inserido na história de Bond. Curtiu filmar no lendário estudio ? Ah, sim. Foi uma experiência brilhante trabalhar em Pinewood. E, você sabe, eu nunca tinha filmado lá antes. Então, foi incrível entrar num estúdio onde você sabe que a Marilyn Monroe já atuou, e também o Robert DeNiro e todas essas pessoas incríveis, tantos diretores incríveis também já haviam trabalhado lá. Ele tem muita história e um grande histórico ligado a Bond também – tem até um estúdio de filmagem 007 e uma Avenida Broccoli, batizada em homenagem à produtora. Existem, então, todas essas referências a Bond, e foi incrível fazer um filme de Bond em um ambiente tão histórico. Parece que você se divertiu muito. Como resumiria a experiência de rodar a nova aventura de 007? Intimidante, mas imensamente gratificante e muito divertida (ri).


MAIS ESTAÇÃO

James Bond comemora Bodas de Ouro

Sean Connery consagrou o personagem.

A

franquia mais longínqua do cinema comemora 50 anos em 2012. Em 5 de outubro de 1962 estreiava o primeiro dos filmes de James Bond, “007 Contra o Satânico Dr. No“, para deleite dos fãs do espião inglês criado pelo escritor Ian fleming. Para homenagear o agente mais famoso do mundo, foi anunciado que a data será comemorada com o Global James Bond Day.

Diversos eventos serão organizados ao redor do mundo para celebrar a data - inclusive uma retrospectiva no MoMA de NY, a exposição “Designing 007 – 50 Years of Bond Style”, no Festival Internacional de Toronto, e uma enquete global que elegerá o melhor filme do agente em cada país. Também será lançado o documentário “Everything or Nothing: The Untold Story of 007″ (ainda sem título em português). Dirigido por Stevan Riley (“Fire in Babylon”), o documentário é uma narrativa inspirada e emocionante dos bastidores da franquia e foca em três homens que compartilhavam o mesmo sonho: o escritor Ian Fleming e os produtores Albert R. Broccoli e Harry Saltzman. Como preparativo para as comemorações, pela primeira vez os fãs poderão ter os 22 filmes da franquia em blu-ray, já que partir de 24 de setembro a coleção Bond 50 será lançada no mundo todo.

30

Pierce Brosnan.


Espionagem, luxo e mulheres Após várias tentativas fracassadas de adaptar os livros do escritor britânico à telona Hollywood os considerava ingleses demais -, "007 Contra o Satânico Dr. No" estreou no dia 5 de outubro de 1962 em Londres tendo o escocês Sean Connery como protagonista e Albert R. Broccoli e Harry Saltzman como produtores.

Daniel Craig estrela novo filme.

Apesar de críticas negativas e de diversas queixas pela personalidade libertária de Bond, a produção assentou as bases do futuro sucesso da saga, que já arrecadou mais de US$ 5 bilhões com os 22 títulos lançados até aqui. No próximo dia 23 de outubro, a lista crescerá ainda mais com a estreia de “007 Operação Skyfall”. Em suas aventuras originais completas, entre elas Casino Royale, Dr. No, Goldfinger e Octopussy, Bond é descrito como um homem alto, moreno, de olhar penetrante, viril, porte atlético e sedutor, com idade estimada entre 33 e 40 anos, apreciador de vodka-martini (batido não, mexido) exímio atirador com licença 00 para matar (sétimo agente desta categoria especial, daí seu código 007) e perito em artes marciais, que combatia o mal pelo mundo (muitas vezes representado pela URSS naqueles tempos de Guerra Fria), a serviço do governo de Sua Majestade, com charme, elegância e cercado de belas mulheres, sempre se apresentando com a famosa frase “Meu nome é Bond, James Bond”. O personagem já foi interpretado por seis atores na série oficial: Sean Connery (1962– 1967;1971;1983 cujo filme não faz parte da saga original); George Lazenby (1969); Roger Moore (1973–1985); Timothy Dalton (1987–1989); Pierce Brosnan (1995–2002); Daniel Craig (2006–presente).

MAIS INFORMAÇÕES: Nos sites www.007.com e facebook/JamesBond007.

31


ENTREVISTA

THE AMAZING

ZULU

BY DANI FERRERA / PHOTOGRAPH BY DIVULGAÇÃO

P

aulo Zulu foi escolhido para apresentar a versão brasileira do The Amazing Race. Considerado a pessoa perfeita para comandar a atração por ser uma personalidade totalmente em sintonia com a natureza e possuir o DNA aventureiro necessário exigido para a empreitada. Paulo iniciou sua carreira como surfista profissional. Graças ao bom desempenho nos campeonatos de surfe, Zulu acabou chamando a atenção do mercado publicitário e aos 27 anos tornou-se um dos maiores modelos de sua geração. Desfilou para importantes grifes, estrelou inúmeras campanhas.Nesse bate-papo Zulu relembra sua transição dos campeonatos de surfe para as passarelas e fala sobre sua estreia como apresentador do The Amazing Race, no canal Space.

32


Em comparação aos modelos que iniciam suas carreiras hoje, você começou muito tarde para os padrões do mercado. Teve receio em investir na carreira? Não, na época tinha poucas alternativas profissionais e essa chance surgiu como parte da minha história, então acreditei na minha energia e, como um guerreiro Zulu, fui com a cara e a coragem. Teve apoio da família e dos amigos para seguir a carreira?  Sim, eles sempre acreditaram no que eu acreditava que poderia dar certo. Quando começa sua trajetória como modelo internacional? Em 1992, em Paris, fui para as coleções e consegui quatro desfiles importantes, como Issey Myake, Jean Paul Gautier, Dirk Bykenberg, Paul Smith. Isso na época era super difícil para os modelos masculinos, e eu comecei a quebrar certos tabus na moda. Quais trabalhos você destaca em sua longa carreira como modelo? O circuito dos desfiles em que eu fiquei durante cinco anos desfilando para os melhores clientes, algumas campanhas de perfume que fiz em Paris e em Nova York, entre outras coisas. Mesmo viajando a trabalho, conseguia tempo para explorar os lugares? É bem difícil, pois depois de feito o trabalho é preciso estar pronto para novas oportunidades e o cliente não paga uma diária a mais. O que não pode faltar na sua bagagem durante uma viagem? Sempre viajo com o básico necessário para estar bem e uma reserva para qualquer emergência, se falando de roupas. Quando o carioca Paulo encontra Santa Catarina? Aos 17 anos fui para Florianópolis com alguns surfistas para conhecer uma das melhores ondas do Brasil na época, que se chamava praia da Guarda do Embaú. Aí me apaixonei pelo lugar e passei a frequentá-lo todos os verões. Sente se realizado com a Zululand? Sim, é um ótimo lugar e um grande empreendimento. O público tem gostado bastante. Sua estreia na TV foi em Laços de Família. Foi dificil começar na TV em uma novela das oito? Na verdade já havia feito algumas participações em outras novelas, mas foi em Laços de Família que pude viver uma nova experiência profissional. Foi realmente bem difícil para quem chega sem uma base do teatro ou da dramaturgia, mas foi uma experiência fantástica, adorei. Fale um pouco sobre sua transição entre os campeonatos de surf e as passarelas, quando começou a “modelar”?

Hoje você está à frente do The Amazing Race. Como surgiu o convite? Você se identificou com a linguagem do programa?

Quando eu surfava profissionalmente, tinha bons resultados em campeonatos e como consequência disso tinha muita mídia, tanto em revistas especializadas como em jornais. Com isso apareciam convites e propostas para alguns trabalhos. Mas, aos 27 anos, aconteceram vários fatores que me mostraram que meu destino poderia ser diferente, com novas oportunidades na moda e em um teste feito para uma agência francesa. O cliente gostou do meu perfil e me levou para fazer as coleções em Paris. Dai para frente minha vida mudou profissionalmente para sempre.

Uma conhecida minha de tempos atrás me ligou, falou do projeto e perguntou se eu tinha interesse em amadurecer a ideia. Quando soube exatamente do que se tratava, fiquei louco pelo projeto, achei o formato do programa espetacular e começamos a trabalhar os detalhes. Devo essa confiança à Carla, da Zodiak, que por sua vez achou que era minha cara esse programa. Totalmente. É um reality que as pessoas vão se identificar, é dinâmico, inteligente, inovador, além de mostrar qualidades boas do ser humano: muita superação, união e estratégia.

33


ENTREVISTA

MICHAEL FASSBENDER BY DANI FERRERA / PHOTOGRAPH BY NINO MUNOZ

N

ascido na Alemanha e criado na Irlanda, Michael Fassbender se formou no renomado Drama Center, de Londres.  Seu primeiro papel de destaque veio como o sargento Burton “Pat” Christenson em "Band of Brothers", premiada minissérie épica da HBO. Depois de sua estreia no cinema em "300", grande sucesso de Zack Snyder, Fassbender apareceu em "Renascido das Trevas", de Joel Schumacher, "Sem Saída", de James Watkins, "Jonah Hex, Caçador de Recompensas", de Jimmy Hayward, "Angel", de François Ozon, e "Centurião", de Neil Marshall, no controverso "Shame", de Steve McQueen, e no drama de David Cronenberg, "Um Método Perigoso", no qual interpreta Carl Jung.  Ele também fez "X-Men: Primeira Classe", de Matthew Vaughn, como Erik Lehnsherr, mais conhecido como o supervilão Magneto; "Jane Eyre", de Cary Joji Fukunaga, em que interpretou Rochester; e um assassino em "A Toda Prova", de Steven Soderbergh, atuando ao lado de Ewan McGregor e Gina Carano.  Coestrelou, em 2009, "Bastardos Inglórios", grande sucesso de Quentin Tarantino, compartilhando com seus colegas atores o Screen Actors Guild Award® de Melhor Elenco, assim como o prêmio Critics’ Choice na mesma categoria.  

34

Estrelou "Hunger", drama verídico de Steve McQueen, como Bobby Sands, o falecido líder da greve de fome dos prisioneiros irlandeses. O desempenho lhe valeu o British Independent Film Award (BIFA) e o IFTA de Melhor Ator, um London Film Critics Award e os prêmios de Melhor Ator do Stockholm de 2008 e do Chicago International Film Festivals. Nesta entrevista, Michael fala sobre sua participação no incrível "Prometheus", de Sir Ridley Scott. No longa, Fassbender interpreta David, o andróide mordomo responsável por uma equipe de exploradores que descobre uma pista para as origens da humanidade na Terra, o que os leva a uma viagem emocionante a bordo da espaçonave Prometheus até os recantos mais sombrios do universo. Lá, eles têm de lutar uma batalha terrível para salvar o futuro da espécie humana. Entre outras revelações, o ator espera por um convite para trabalhar em um longa dos irmãos Cohen.


Você não só fez o filme como também participou do que veremos no Blu-ray. Foi divertido participar desse extra?

eu parei de novo e o próximo desafio é ter minha produtora. Eu quero começar a trabalhar com escritores e desenvolver histórias a partir do zero. Esse é o próximo plano – torná-lo realidade. A princípio, serão filmes em que eu estarei atuando e produzindo. Também quero dirigir um, mas posso muito bem achar um diretor, se eu achar que é a melhor opção. Eu quero me focar em um trabalho, e estou feliz por isso. Eu quero contar histórias, e o melhor disso tudo é a possibilidade de fazer algo que eu possa ser bom também.

Eu fiquei muito feliz com isso. Na verdade, acho que fizemos em um dia e foi uma brilhante ideia de Ridley Scott – usar isso como trailer. É assim que as pessoas devem fazer trailers a partir de agora, gravar cenas extras que não estão no filme, elementos que estão dentro e em torno dele. Eu não sei quanto a você, mas eu odeio quando vejo um trailer e maior parte do filme está lá. E depois você assiste ao filme e pensa: “Já vi no trailer que esse cara está coberto de sangue apontando uma arma para outro Você sempre procura dividir seu tempo entre filmes indepencara e então já posso esperar algo desse tipo”. Foi uma maneidentes e de grandes estúdios? ra muito inteligente de fazer isso, e será ótimo, pois terá ainda Chegou um momento em que surgiu uma possibilidade de fazer mais no Blu-ray. Cada personagem tem um conteúdo extra e foi filmes independentes e de grandes estúdios ao mesmo tempo. E muito divertido fazer isso. O meu eu pensei: “Por que não tornar isso um defoi um pouco assustador, mas fiquei "Eu quero começar a safio?”. Eu gostaria de participar de ambos. feliz com o resultado. Você tem que encontrar os ingredientes trabalhar com escritores Foi uma filmagem difícil? certos e levar tudo que puder para os dois e desenvolver histórias a tipos de projetos. Eu gosto dos dois, como Não, pelo menos para mim, não. Eu fã, espectador e como ator também. partir do zero." estava preocupado, porque estava saindo de "Shame" e pensei: “EspeVocê está por dentro das tendências, do ro que dê tudo certo”, mas o mérito que está na moda? E quão sintonizado é todo de Ridley Scott. Há cerca de 300 pessoas trabalhando você está na tecnologia? na equipe, mas em diferentes departamentos, e ele se mantém Você não tem que necessariamente estar por dentro, mas é claro atento em todos e conversa claramente com cada grupo. É incríque você fica tentado pelas novidades. Você olha para o compuvel, ele estava filmando 3D pela primeira vez. Foi demais vê-lo tador e normalmente fica em depressão (risos). Eu tenho 35 anos trabalhar e ainda ter essa liberdade no set – havia uma leveza e estou nesse meio há algum tempo, talvez as pessoas não percecom o trabalho que estava acontecendo. Ele dizia: “O que você bam, mas estou atento no que é importante. Eu sei o que quero acha dessa ideia?”, e eu respondia: “Ótimo, vamos testar!”. Eu codesse meio e por isso que procuro me informar. Mais uma vez, tramecei a levar elementos de comédia para David, e Ridley dizia: ta-se também de me distrair - e também tem a ver com o trabalho “Isso, vamos!”. Foi uma experiência muito especial. Ele é muito que quero fazer, preciso continuar aprendendo. Eu tenho iPhone, envolvido, muito inteligente, claro, direto e prático. iPad e laptop, mas provavelmente eu uso um décimo de suas caVocê assistiu a outros filmes de andróide para ajudar no depacidades. Raramente estou online por e-mail e isso incomoda as sempenho? pessoas. Eu ligo, mando mensagem e isso já me toma muito tempo de um dia que não estou a fim de perder tempo com tecnologia. EsEu assisti "Blade Runner". Tinha algo no personagem de Sean tou bem por fora, mas reconheço que é uma ferramenta fantástica, Young, uma qualidade que eu gostei bastante. Depois, eu assisti a ferramenta dos dias de hoje. "O Homem que Caiu na Terra", e, além disso, estudei Lawrence da Arábia e Dirk Bogarde em "O Criado". Em seguida, o nadador Existe alguém que você ainda quer trabalhar junto? Greg Louganis surgiu na minha cabeça. Estudando o roteiro e Sim, claro, com os irmãos Coen. Por favor,você poderia avisá-los! criando David, lembrei-me de quando era criança e reparava como era incrível quando Louganis se concentrava ao subir na Você se preocupa com o fim da carreira? Como se sente quando prancha. Era uma economia de movimentos e um foco real, ele não tem um trabalho em vista? estava concentrado, com a postura correta, mas com um olhar Estou ciente que as coisas estão indo bem para mim no momento, engraçado também. mas isso não significa que será assim amanhã. Quem sabe o futuQual sua opinião sobre o comportamento de David? ro? Um bom trabalho depende de encontrar boas histórias e bons diretores. O que eu posso fazer a não ser continuar trabalhando Ele é curioso e é todo conhecimento – dedicado à sua missão. dessa maneira? O que acontece fora disso não está ao meu alcanHá uma qualidade de criança também, pois ele é interesseiro. ce. Com a produtora eu acho que funcionaria assim: “Faça algo por Não há como compará-lo com o ser humano. Ele é único. E o que si só” em vez de reclamar sobre a falta de bons roteiros. Não há acontece entre ele e Holloway (Logan Marshal-Green) é o caso nenhum ponto para reclamar se você tiver em mãos uma sugestão de: “Alguém tem que ser cobaia. Por que não esse cara?”. E, sim, ou uma solução. Como ator, eu apenas atuo, e agora estou intepode haver um pouco de vingança. Se você se programar para ressado em colaborar em todo o processo de desenvolvimento de agir como um ser humano, tem que ter qualidades para que os uma ideia. É a ideia de trabalhar junto por um mesmo motivo – isso humanos não se sintam desconfortáveis, porque ele é mais foré emocionante. Escrevendo por minha conta eu posso encontrar te, mais rápido... E não é que ele tem traços de humano? Essa era dificuldades, mas com alguém me ajudando as coisas fluirão mea questão. “Ele está brincando com a gente? Ele é de verdade?”. lhor. Se tiver química e for a combinação perfeita, será uma ótima Você fez vários filmes nos últimos três anos... experiência. Estou tendo várias reuniões, mas se não rolar, eu pego minha bicicleta e vou viajar para algum lugar. Esse era o plano, na Simplesmente aconteceu. Depois de Jonah Hex parei por um verdade, mas não funcionou. tempo, e quando eu voltei já havia seis projetos seguidos. Agora

35


LANÇAMENTO

GASTRONOMIA INTELIGENTE BY DANI FERRERA / PHOTOGRAPH DIVULGAÇÃO

Bacharel em Comunicação Social, Roberta Malta Saldanha iniciou sua carreira na Editora Abril, onde atuou nas revistas Exame VIP, em São Paulo, e Veja Rio e Veja. Associada à Segmento Editora, Roberta idealizou a revista dos Vigilantes do Peso no Brasil, a Pense Leve, presente no mercado até hoje. Em 1995, organizou o maior evento enogastronômico brasileiro, o Boa Mesa. A convivência com chefs e profissionais do Brasil e do mundo, no decorrer de 12 edições, selou de vez seu amor pelos prazeres da arte de comer e beber bem. Em 2007, Roberta dedicou-se à elaboração do Dicionário tradutor de gastronomia em seis línguas e já prepara uma edição revista e atualizada. Após o sucesso do Dicionário, a autora lança Histórias, Lendas e Curiosidades da Gastronomia, desfazendo mitos e mostrando os aspectos inusitados que cercam a criação de determinados pratos. Roberta acaba de lançar o Minidicionário de enologia em seis idiomas. Como o interesse pelo vinho continua aumentando rapidamente entre os brasileiros, conhecer os termos enológicos é essencial. O livro não é apenas um glossário de verbetes técnicos, ele também abrange assuntos relativos às técnicas de degustação e aos processos de vinificação e mesmo viticultura, em linguagem acessível a todos os níveis de conhecimento. Nesta breve entrevista, Roberta fala sobre sua trajetória, dos 12 anos à frente do Boa Mesa à sua bem-sucedida incursão pelo universo literário. Como a Bacharel em Comunicação Social descobre o universo da gastronomia?

temos: Pasquale, Mocotó, Effendi, Amici, Le Jazz, Na Cozinha, Tenda do Nilo e Sujinho.

A partir do convite para organizar o primeiro evento enogastronômico do Brasil, o Boa Mesa.

Você passou por veículos como: Veja Rio, Exame Vip e Pense Leve. Quando surge seu lado escritora?

O que representou o Boa Mesa para o mercado gastronômico na época?

Após vendermos o Boa Mesa, por força do contrato (non-compete clause) e por conta de minha mudança para os Estados Unidos, tive que me reinventar. Numa tarde de sábado, após saborear uma suculenta carne de cordeiro com amigos brasileiros, começamos a conversar sobre os nomes que os cortes ovinos recebem em inglês. A seguir trataramos dos bovinos. Como se fala alcatra? Nos Estados Unidos é sirloin; na Inglaterra, rump. E picanha? Descobrimos que os americanos praticamente a ignoravam. Foi nesse momento que nasceu a idéia do meu primeiro livro, o Dicionário Tradutor de Gastronomia em Seis Línguas.

Foi um marco na cultura gastronômica do nosso país. Uma reunião inédita de chefs de prestígio dando grandes aulas; de irresistíveis degustações de vinhos, de destilados e de produtos culinários; de apetitosa exposição de produtos de empresas de grande qualidade. Nosso pioneirismo abriu caminho para o mercado, fomentando o desenvolvimento da arte culinária, do prazer da mesa, e da cultura da alimentação. Como surgiu a ideia do evento? Surgiu em 1994, ano de abertura do mercado brasileiro às importações, que favoreceu extraordinariamente o setor de alimentos e bebidas. Buscamos inspiração no Food & Wine Classic, que acontece há quase 20 anos, em Aspen, no Colorado. O evento reunia expositores, aulas, palestras e boa comida. Quanto tempo esteve à frente do evento?

Foram quase três anos de pesquisa até o lançamento em 2007. Uma obra dessa natureza jamais estará concluída. Estou sempre me deparando com um termo ou outro que julgo oportuno incluir, um ingrediente que ficou faltando.

De 1995 até 2000, ao longo de 12 edições, no eixo Rio – São Paulo. Em 1996, fizemos uma edição em Brasília, também.

Você usa uma linguagem simples e precisa para falar com o leitor. Ser didática sem parecer pretensiosa foi uma preocupação quando começou a escrever?

E quanto aos chefs? Quais destacaria?

Com certeza. Não queria me tornar uma gastrochata... rsrsrs

Foram tantos... Daniel Boulud, François Payard, Mari Hirata (Confeitaria Toraya de Tóquio), Philippe Givre (Fauchon), Hubert Keller, a autora Patricia Wells, alguns professores da consagrada escola francesa Le Cordon Bleu e da escola americana, The Culinary Institute of America. Não esquecendo Claude Troisgros, Emmanuel Bassoleil, Salvatore Loi, Erick Jacquin, Luciano Boseggia, Alex Atala, Carla Pernambuco e tantos outros. Importante também destacar profissionais como Albert de Villainne (Domaine Romaneé-Conti), Luís Pato, Renato Machado, Ciro Lilla, Claive Vidiz que comandaram inúmeras degustações.

E a parceria com o SENAC Rio?

Qual o melhor lugar para comer bem no Brasil e pagar pouco? Existe? Não conheço (risos). Com um preço moderado, em São Paulo, contemplando variados tipos de cozinhas e ambientes,

36

Quanto tempo leva para concluir uma obra como o Dicionário Tradutor de Gastronomia em Seis Línguas?

Saudável, divertida e muito competente. Tenho a felicidade de trabalhar com uma equipe enxuta, eficiente e muito bem humorada. No livro, Histórias, Lendas e Curiosidades da Gastronomia, você revela a origem de pratos populares a alta gastronomia. Quando surgiu a ideia original do livro? Surgiu quando estava elaborando o dicionário. Na ocasião, enfrentei uma enorme dificuldade em encontrar referências para as traduções. Em contrapartida, descobri um vasto e curioso material sobre a origem de alguns alimentos, a trajetória de milhares de personagens fictícios ou não – no livro, cito quase 1700 -, e narrativas de fatos que ajudaram a escrever a história da ali-


mentação. Não poderia desperdiçar material tão rico. Por falar em originalidade, você acaba de lançar o Minidicionário de Enologia em 6 idiomas. Como surgiu a ideia? O Mini é cria do Dicionário Tradutor de Gastronomia. Como o interesse pelo vinho continua aumentando rapidamente entre os brasileiros, dominar a terminologia básica é fundamental. Colheita tardia, método champenoise, aroma de boca, limpidez, bouchonné, foxado são exemplos de alguns termos que saltaram do mundo do vinho para as rodas de bate-papo que mobilizam apreciadores, estudantes e profissionais dessa bebida. O Mini vem com esse propósito. Você incluiu algumas histórias interessantes sobre o vinho. Foi para diferenciar dos demais dicionários existentes no mercado? Como não contar a história de um químico francês que elaborava uma mistura de vinhos de Bordeaux com folhas de coca e tinha rainhas, papas e grandes escritores entre seus fiéis consumidores? E dos marinheiros tresloucados que sorveram doses e mais doses do barril cheio de conhaque em que estava o cadáver do grande Lord Nelson na travessia de volta à sua terra natal? E de madame Bollanger, uma das extraordinárias viúvas de Champagne, que percorria os vinhedos a bordo de uma bicicleta, chiquérrima em seu tailleur de tweed? Não pude resistir. Pode falar nos próximos projetos literários? Já está no “forno” a 2ª edição revisada, atualizada e ampliada do dicionário de gastronomia – agora rebatizado de Dicionário de termos gastronômicos em 6 Idiomas -, que trará mais de 5000 termos, acrescida ainda de tabelas de conversão, de equivalências e temperaturas, e dezenas de frases úteis para serem usadas em um restaurante. Em breve também o volume II do Histórias. E com o sucesso dos livros estou sendo requisitada para palestras por todo o Brasil. Outra vertente que jamais pensei em explorar e tem sido gratificante poder dividir com as pessoas tudo o que aprendi ao longo dos anos com o Boa Mesa e principalmente com as pesquisas para os livros. Qual vinho você indicaria para um jantar a dois? A escolha de um vinho é tão pessoal, Dani. O bom vinho é aquele que você aprecia e pode pagar por ele. Acredito que essa seja a melhor dica.

37


HOMENAGEM

PAULINHO DA VIOLA CELEBRA

70 anos de música

C

onsiderado o maior sambista vivo do Brasil, Paulinho da Viola faz uma série de shows este ano, quando celebra 70 anos de vida. O compositor retorna a Porto Alegre para sessão única dia 19 de outubro, às 21h, no Oi apresenta Araújo Vianna. Da Capital, o sambista segue para Brasília e, em novembro, para o Carnegie Hall, em Nova York. Com roteiro atualizado, Paulinho se apresenta num espetáculo mais apurado, que explora parte da obra do compositor e de parceiros menos conhecida do público e não incluída no Acústico MTV e espetáculos mais recentes. Uma espécie de Lado “B” do autor e cantor, mas que não dispensará grandes sucessos sempre exigidos pelo público. Nesta apresentação, o sambista dá tom mais intimista às suas interpretações, quebrado em momentos mais vibrantes em que contamina a plateia com grandes sambas de quadra como “Peregrino”, “Quando Bate uma Saudade” e “Chega da Padecer”, entre outros. Nesses, a banda que acompanha o músico, reforçada pelo vocal feminino, faz o público cantar junto.

38

Próximo ao público, vê-se um Paulinho comunicativo, contando histórias desconhecidas que deram origem a sambas de sucesso. Há também canções inéditas, que emprestam ao conjunto da obra um sabor de degustação da mais refinada música popular brasileira. A mistura perfeita de músicas de diferentes períodos, uma das marcas registradas do artista, dá o tom deste novo repertório. O contraponto aos sambas de quadra se dá em canções como “Vela No Breu”, “O Tímido e a Manequim”, “Cidade Submersa” e “Brancas e Pretas”. Para os fãs que acompanham a carreira de Paulinho da Viola de perto, esta será uma oportunidade única para ouvir músicas que não integram o repertório do compositor há pelo menos duas décadas. Outra novidade é o fato de Paulinho apresentar uma banda com formação menor, mais intimista, dando maior destaque para os músicos Cristóvão Bastos (piano), Dininho Silva(baixo), Celsinho Silva(pandeiro), Mário Sève(sopros), Hércules(bateria) e João Rabello(violão) e Beatriz Rabello (vocal). Próximo do público, vê-se um Paulinho comunica-


As diversas fases do sambista.

tivo, contando histórias desconhecidas que deram origem a sambas de sucesso. Há também canções inéditas, que emprestam ao conjunto da obra um sabor de degustação da mais refinada música popular brasileira. Filho do músico Cesar Faria, Paulinho da Viola cresceu num ambiente naturalmente musical. Na sua infância em Botafogo, bairro tradicional da zona sul do Rio de Janeiro onde nasceu em 12 de novembro de 1942, teve contado constante com a música através do pai, violonista integrante do conjunto Época de Ouro. Nos ensaios familiares do conjunto, Paulinho conheceu Jacob do Bandolim e Pixinguinha, entre muitos outros músicos que se reuniam para fazer choro e eventualmente cantar valsas e sambas de diferentes épocas. Ao longo dos anos 70, Paulinho gravou em média um disco por ano, ganhou diversos prêmios e se apresentou por diversas cidades no Brasil e no mundo. Já nos anos 80, gravou mais quatros discos e manteve-se como um dos principais nomes do samba no país. Nos anos 90, entrou numa nova fase, onde a

imprensa e os críticos passaram a vê-lo como um músico mais sofisticado e maduro. O trabalho de Paulinho hoje é considerado um elo entre diversas tradições populares como o samba, o carnaval e o choro, além de suas incursões em composições para violão e peças de vanguarda. Um dos maiores representantes do samba e herdeiro do legado de músicos como Cartola, Candeia e Nelson Cavaquinho mostra que está sempre se renovando e produzindo sem abandonar seus princípios e valores estéticos. SERVIÇO:

O que: Show de Paulinho da Viola. Quando: Dia 19 de outubro, 21h. Onde: Oi apresenta Araújo Vianna (Av. Osvaldo Aranha, 685 – Porto Alegre). Quanto: De R$ 60,00 a R$ 100,00.


HOMENAGEM

Bibi Ferreira celebra 71 anos de histórias e canções

U

ma diva consagrada em plena atuação nos palcos. O espetáculo “Bibi – Histórias e Canções”, realizado no Teatro Shopping Frei Caneca, em São Paulo, que comemora os 90 anos de idade de Bibi Ferreira, completados em 10 de junho, foi transmitido para mais de 20 salas de cinema de todo o Brasil, no dia 6 de outubro. O show, que já foi apresentado no Rio de Janeiro, reúne músicas de vários gêneros, intercalados com histórias dos 71 anos de carreira da artista. Em novembro, a atriz leva esse mesmo show a Nova York, no Lincoln Center.

Bibi revive no palco interpretações marcantes como “Minha Querida Lady” (adaptação de 1962 do musical “My fair lady”), “Alô Dolly” (de 1965, adaptação de “Hello, Dolly”), “Gota d’Água” (Chico Buarque 1975), “Piaf, a Vida de Uma Estrela da Canção” (1983) e “Bibi Ferreira Vive Amália Rodrigues” (2001). O musical também é composto por interpretações inéditas de canções de compositores como Chico Buarque, Noel Rosa, Tom Jobim, Vinícius de Moraes, além de brincadeiras com óperas clássicas e textos nacionais. No palco, Bibi é acompanhada por uma orquestra com 21 músicos, regida pelo Maestro Flávio Mendes. Depois de São Paulo, o espetáculo viaja para Portugal, onde abrirá os eventos de teatro do ano do Brasil em Portugal, e depois segue para Nova York, onde será apresentado no dia 21 de novembro no Lincoln Center. A vida de Abigail Izquierdo Ferreira, Bibi Ferreira, sempre foi ligada aos palcos. Filha do ator Procópio Ferreira, um dos principais nomes do tetro brasileiro, e da bailarina espanhola Aída Izquierdo, ela fez sua primeira apresentação com 24 dias de vida, quando substituiu uma boneca desaparecida nos bastidores de um espetáculo em que atuavam seus pais. Leia mais em Concerto para Bibi e orquestra.

40


SHOWS

The Born This Way Ball no Brasil

C

inco vezes ganhadora do Grammy, Lady Gaga faz seu retorno triunfante aos palcos com a turnê mundial “Born This Way Ball”. Nessa novíssima turnê, Gaga mostra seu último álbum, “Born This Way”, além de músicas de “The Fame” e “The Fame Monster”. “Born This Way Ball”A “Born This Way Ball” é a primeira turnê de Lady Gaga desde o lançamento do álbum “Born This Way” (Streamline/Konlive/Interscope), em maio de 2011, que vendeu cerca de seis milhões de cópias no mundo. Este álbum sucede “The Fame Monster” (2009) e “The Fame” (2008), dois álbuns vencedores de Grammys. Juntos, “The Fame” e “The Fame Monster” venderam mais de 15 milhões de cópias e mais de 90 milhões de singles ao redor do mundo. Gaga foi nomeada a “Mulher Mais Poderosa do Mundo em 2011” pela Forbes e entrou na lista da Time, “Os 100 da Time de 2010”, das pessoas mais influentes do mundo. Com mais de 2.2 bilhões de visitas em seus vídeos online, Lady Gaga é uma das maiores personalidades no Facebook, com 53 milhões de “likes”, e é número 1 no Twitter, com quase 28 milhões de seguidores. Lady Gaga é a única artista da era digital que atingiu 5 milhões em vendas com seus primeiros 2 hits. Lady Gaga ainda conta com duas atrações especiais nesta turnê: The Darkness, grupo de rock britânico conhecido pela música “I Believe In A Thing Called Love”, e a DJ e parceira musical da artista, Lady Starlight.

“A Haus of Gaga e eu trabalhamos por meses concebendo um palco espetacular”, comenta a “Mother Monster”. “The Born This Way Ball é uma ópera-pop electro-metal; a história do início, o gênesis do Reino da Fama. Como nós nascemos e iremos morrer celebrando”.

42

SERVIÇO: O QUE: The Born This Way Ball - Lady Gaga. QUANDO E ONDE: 09/11 Rio de Janeiro. Parque dos Atletas: Avenida Salvador Allende, s/n°Barra da Tijuca. 11/11 São Paulo - Estádio do Morumbi: Praça Roberto Gomes Pedrosa, nº 1 - Morumbi. 13/11 Porto Alegre. Estacionamento da FIERGS: Avenida Assis Brasil, nº8787 Sarandi. Pela Internet: www.ticketsforfun.com.br


A cantora e compositora Vanessa da Mata realiza as últimas apresentações da turnê “Bicicletas, Bolos e Outras Alegrias”. Com mesmo nome de seu quinto CD, lançado em outubro de 2010 com distribuição da Sony Music, o espetáculo traz músicas deste álbum como “O Tal Casal”, “Te Amo” e “As Palavras”. No show estão também os grandes hits que consagraram Vanessa como “Ai Ai Ai”, “Boa Sorte/Good Luck”, “Amado” e “Não Me Deixe Só”. A cantora conduz o público em uma viagem musical cheia de nuances e melodias com canções autorais e a releitura de “A Distância” de Roberto e Erasmo Carlos. Vanessa é acompanhada neste show pelos músicos: Gustavo Ruiz (guitarra), Donatinho (teclados), Stephane Sanjuan (bateria), Maurício Pacheco (guitarra) e Kassin (baixo), que assina também a direção musical do show. Em um balanço rápido, ela passou em média duas vezes por cada capital, além de cidades do interior do país. Fez duas temporadas na Europa, com destaque para as apresentações este ano na Irlanda, país no qual ela nunca tinha cantado.  “Bicicletas, Bolos e Outras Alegrias” foi recorde de público em muitas cidades por onde passou, mais de 20 mil pessoas marcaram presença na Praça do Coco, Fortaleza (CE), cerca de 30 mil prestigiaram a artista em Cascais (Portugal) e este ano em Setubal (Portugal) mais de 35 mil aplaudiram Vanessa da Mata.

Vanessa da Mata

O que: Bicicleta Bolos e Outras Alegrias | Artista: Vanessa da Mata | Onde Via Funchal – Rua Funchal nº 65 Vila Olímpia - São Paulo | Ingressos: www. viafunchal.com.br

The Russian Ice Stars, grupo que inclui alguns dos maiores patinadores olímpicos do mundo, interpretará na Via Funchal a consagrada fábula Branca de Neve, num espetáculo de coreografia e teatro sobre o gelo de tirar o fôlego do espectador. Branca de Neve On Ice é uma inovadora experiência em termos de show e de entretenimento que a consagrada companhia britânica Wild Rose, criadora do conceito de espetáculos teatrais no gelo e há 20 anos na ativa, irá apresentar em São Paulo.Trata-se de muito mais do que apenas uma simples transposição da história de Branca de Neve para o gelo. O elenco inclui patinadores russos que possuem passagens vitoriosas por jogos olímpicos e outras importantes competições internacionais.Branca de Neve On Ice tem como base a história original da célebre fábula, e não a adaptação da Disney. Uma importante diferença: ao invés dos sete anões, temos aqui os lenhadores que eram uns dos destaques da primeira versão da história e que ajudam Branca de Neve a superar seus desafios. O enredo nos conta os rumos seguidos por um espelho encantado, o mais envolvente príncipe encantado de todos os tempos, uma belíssima e charmosa garota, lenhadores heroicos, uma rainha mal intencionada e uma tentadora, desafiadora e brilhante maçã vermelha.

BRANCA DE NEVE ON ICE

Local : Via Funchal,65 Vila Olímpia – São Paulo | WWW.viafunchal.com.br

Maná

Simple Plan

23/10 Rio de Janeiro | Local: Citibank Hall- Av. Ayrton Senna, 3.000 -Shopping Via Parque - Barra da Tijuca | 26/10 | Local: Credicard Hall - Av. das Nações Unidas, 17.955 – Santo Amaro. | 28/10 Belo Horizonte | Local: Chevrolet Hall - Av. Nossa Senhora do Carmo, 230 – Savassi | 01/11 Porto Alegre| Local: Pepsi on Stage Av. Severo Dulius, 1995 | Ingressos: www.ticketsforfun.com.br

Simple Plan: 17/10 Rio de Janeiro | Local: Citibank Hall - Av. Ayrton Senna, 3.000 - Shopping Via Parque - Barra da Tijuca | 18/10 São Paulo | Local: Credicard Hall – Av. das Nações Unidas, 17.955 – Santo Amaro | Ingressos: www.ticketsforfun.com.br

A banda mexicana Maná vem ao país para quatro apresentações, que acontecem a partir de outubro: dia 23 no Citibank Hall, no Rio de Janeiro; dia 26 no Credicard Hall, em São Paulo; dia 28 no Chevrolet Hall, em Belo Horizonte; e 1 de novembro no Pepsi on Stage, em Porto Alegre. A nova turnê mundial do grupo, Drama Y Luz, já visitou países como Israel, Itália, Espanha e EUA. No Staples Center, em Los Angeles, bateu o recorde de shows consecutivos na casa, com onze apresentações completamente esgotadas em abril deste ano. Com o lançamento da última compilação, Exiliados en la bahía: Lo mejor de Maná, o quarteto formado por Fher Olvera (voz, guitarra e gaita), Juan Calleros (baixo), Alex “el Animal” Gon-zález (bateria, percussão e voz) e Sergio Vallín (guitarra e voz) montou um show que reúne os maiores sucessos dos mais de 25 anos de carreira do grupo.

A banda de rock canadense Simple Plan vem ao Brasil para duas apresentações: dia 17 de outubro, no Citibank Hall, no Rio de Janeiro; e dia 18 no Credicard Hall, em São Paulo. Um dólar de cada ingresso vendido será doado para a fundação de caridade da banda -www.simpleplanfoundation.org. Pierre Bouvier (vocal), Chuck Comeau (bateria, backing vocals), David Desrosiers (baixo, backing vocals), Sebastien Lefebvre (guitarra, backing vocals) e Jeff Stinco (guitarra) vão tocar as canções do último álbum, Get Your Heart On! (2011), além dos grandes hits de seus 13 anos de carreira, como “I’d do anything”, “Addicted”, “Welcome to My Life” e “Untitled (How Could This Happen To Me?)”. Outro ponto alto do show serão as músicas do álbum Simple Plan, de 2008, que estreou no Top 3 dos CDs mais vendidos do Brasil, na época: “When I’m Gone” e “Your Love is a Lie”.


DO BRASIL A PORTUGAL 

O humorista, ex-repórter do CQC de Portugal, também foi apresentador do reality show Brazil Amazing Tour, e já é o maior sucesso na internet. O show, que foi preparado especialmente para o público brasileiro, conta o cotidiano de um português na cidade de São Paulo, histórias de sua terra natal, além das confusões criadas por causa das diferenças existentes entre as variações da língua portuguesa. A ideia da montagem do show surgiu diante das brincadeiras e trocadilhos que existem entre brasileiros e portugueses, devido às divergências culturais entre os países. Apesar de fazerem uso da mesma língua, mesmo assim, muitas vezes não conseguem se entender. Com o característico sotaque do português de Portugal e estrutura de stand up comedy, um espetáculo de “cara limpa”, Do Brasil a Portugal busca mostrar essas diferenças culturais e fazer delas uma verdadeira grande piada! SERVIÇO: O QUE: Do Brasil a Portugal. ONDE: Teatro Maria Blagitz | Av. Sete de Setembro, 1.450 – Vila Galvão – Guarulhos (SP).

SERVIÇO: O QUE: 3º KLEZTIVAL – Festival de Música Judaica. ONDE: SESC Bom Retiro – Alameda Northmann, 185 – Bom Retiro – São Paulo (SP). MAIS INFORMAÇÕES: www.sesc.org.br

3º KLEZTIVAL Produzido pelo Instituto da Música Judaica – Brasil (IMJ-Brasil), o Kleztival tem o intuito de divulgar e promover o trabalho de artistas brasileiros que fazem música judaica, além promover um intercâmbio entre esses artistas e músicas de várias partes do mundo, preservando a riqueza da tradição e da cultura do povo judeu. O evento já teve duas edições, sempre sob a direção musical do trompetista norte-americano Frank London e direção executiva da cantora e compositora paulistana Nicole Borger. Um dos acontecimentos marcantes nesses eventos foi a criação da Orquestra do Kleztival, que reúne a maioria dos músicos e cantores participantes. A música judaica pode ser definida como a que derivou dos antigos cantos litúrgicos e orações praticadas no Levante, há cerca de três mil anos. Vem sendo constantemente adaptada, sem perder sua identidade. É um dos elementos fundamentais para a compreensão das tradições sagradas e seculares da Europa e Oriente Médio, primeiro por ter influenciado, e, posteriormente, por ter sido influenciada pela música do cristianismo e do islamismo. O estudo da música judaica abrange vários gêneros: religiosa, semi-religiosa, popular e erudita, utilizada nas sinagogas, nos lares, contendo textos ou temas judaicos. Entre suas principais vertentes estão ashkenazi (yiddish/ klezmer), sefaradi, mizrahi, israeli, chassídica, litúrgica, degenerada (supressed music) e erudita.

44

Fotos: Divulgação.

CULTURA | TEATRO


PÉ NA ESTRADA O espetáculo encenado pelo grupo TECE (Teatro Experimental em Criação e Expressão) fica em cartaz no Espaço Cênico Viga. A história apresenta um homem que espera por longos anos o encontro com uma mulher misteriosa. Por outro lado, uma mulher andarilha caminha pelo mundo sem saber ao certo o que deve procurar. Um dia, ao se encontrarem, eles trocam experiências de vida e percebem que o encontro na verdade era o que ambos aguardavam por todos esses anos. Entretanto, eles sofrem dificuldades no relacionamento, já que as maneiras de encarar a vida eram tão distintas até então. Os elementos da montagem, como cenografia, iluminação, figurino e sonoplastia são direcionados para que o espectador consiga realizar um verdadeiro mergulho no aspecto psicológico das personagens. SERVIÇO: O QUE: Pé na Estrada.

Fotos: Divulgação.

ONDE: Viga Espaço Cênico: Rua Capote Valente, 1323- Sumaré- São Paulo.

“US FILHO DA GUTA” Um espetáculo que traz diversas personagens interpretadas pelo ator e humorista Alê Sequeira, um dos novos nomes da comédia atual, que promete algo diferente com personagens inusitadas. O espetáculo conta a história da mãe Guta Waléria, uma prostituta descuidada, de 54 anos. Graças a esse jeito “descuidado” de ser, ela teve sete filhos e sua relação com eles é muito difícil por um único “motivo”: os filhos querem saber quem é o pai biológico. Por razões óbvias, Guta Waléria não faz a menor ideia de quem seja o pai. Durante muitos anos, não sabia o que fazer para solucionar esse problema, até que, em uma bela madrugada, na Rua Augusta, ela teve a brilhante ideia de fazer um show de humor protagonizado por seus filhos. Assim durante o espetáculo Guta Waléria faz de tudo para que seus filhos fiquem famosos, e assim o sucesso faça aparecer o pai “oportunista”. SERVIÇO: O QUE: Us Filho da Guta. ONDE: Teatro Bibi Ferreira - Rua Brigadeiro Luis Antonio, 931 – Bela Vista – São Paulodani. www.teatrobibiferreira.com.br

45


CULTURA l MÚSICA NELLY FURTADO Nelly Furtado escreveu todas as faixas de “The Spirit Indestructible”, seu novo álbum, que conta com um amplo leque de colaboradores, incluindo o compositor e produtor de hip-hop Salaam Remi. A versão deluxe do álbum contará com várias faixas bônus, incluindo parcerias de Nelly com Fraser T. Smith (Adele), Mike Angelakos (produtor e vocalista do Passion Pit), e uma faixa com o Coral dos Meninos do Quênia que Nelly Furtado produziu. “The Spirit Indestructible” é o primeiro álbum de estúdio de Nelly gravado em inglês desde o platina duplo “Loose” (2006), que estreou em 1 º lugar no Top 200 da Billboard, foi certificado como multi-platina em 32 países e vendeu 10 milhões de cópias no mundo todo. A cantora, compositora e atriz canadense, que é descendente de portugueses, teve uma carreira vibrante e bem-sucedida como estrela de multi-idiomas. Ao abraçar as diferentes culturas e gêneros, Nelly ajudou a definir a diversidade musical para uma nova geração. Álbum:The Spirit Indestructible | Artista: Nelly Furtado| Quanto:R$30,00 | Lançamento: Universal Music

THE VACCINES “To come of age” é a expressão de língua inglesa que faz alusão ao amadurecimento de uma pessoa. Ela também dá título ao novo trabalho do The Vaccines. Em What Did YOu Expect from the Vaccines?, de 2011, eles entregavam um álbum condizente com o hype que o antecedeu. Come of Age permite que explorem o indie rock que os consagrou, trabalhando e experimentando com suas composições, para moldar sua identidade. Isso não significa que abandonaram os power chords e a simplicidade que remetem às suas composições. As letras estão mais trabalhadas, mas os refrões são ainda fortes e bem explorados, assim como a cadência entre os versos. “I Always Knew” é um bom exemplo. Conforme as faixas avançam, é possível perceber o resgate de estilos de décadas passadas, como o hardcore de 1980 presente nos riffs das guitarras de “Ghost Town”. Outras faixas, como “Weirdo”, retomam o rock progressivo de bandas como Radiohead, nos anos 1990. Álbum: Come of Age | Artista: The Vaccines | Quanto: R$25,00 | Lançamento: Sony Music

O fenômeno Rinaldo & Liriel surgiu logo após o sucesso do cantor Robinson. O duo de prodígios apresentou-se no programa de Raul Gil e logo assinaram contrato. No final de 2001 lançaram o disco “Romance”, com repertório situado entre lírico e pop. As vidas de Rinaldo e Liriel são bastante similares. Hoje em dia, Liriel espelha-se em cantoras líricas como Maria Callas, Yma Sumac e Montserrat Caballé. Assim como Rinaldo, estudou canto e teoria musical na ULM. A preferência de Liriel pelo canto lírico é tanta que seu nome artístico é uma fusão de “lírico” com “Raquel”, seu nome real. Este CD irá contar com as 14 músicas mais importantes da carreira destes maravilhosos cantores líricos do nosso Brasil, incluindo o sucesso “Tormento D´amore”. Álbum: Rinaldo & Liriel the Best of | Artista: Rinaldo & Liriel:| Quanto: R$25,00 | Lançamento: Warner Music

MOONBOOTICA Our Disco is Louder Tha Yours é o terceiro disco da dupla de DJs alemães que compõe o Moonbootica. Anteriormente, a dupla lançou dois discos de forma independente Moonbootica de 2005 e Moonlight Welfare de 2007. O duo entrega um som que une a batida eletrônica ao hip-hop. As 12 faixas do compacto trazem um ritmo jovem, com um estilo irreverente e divertido, pronto para as pistas. Algumas composições contam com a participação de Redman e Anthony Mills. Moonbootica começou sua carreira em 1999 e a longa vida do duo se deve à sua constante preocupação em arriscar, misturando o eletrônico com o qual os DJs têm tanta afinidade a ritmos dos mais variados, como o Hip-Hop. “I’m On Vacation”, o primeiro single, faz parte do repertório do programa Caldeirão do Huck. Álbum: Our Disco is Louder Tha Yours | Artista: Moonbootica | Quanto: R$25,90 | Lançamento: Sony Music

HOT CAKES Depois de uma espera de sete anos, Hot Cakes - produzido por Justin e Dan Hawkins junto com o colaborador de longa data Nick Brine e mixado por Bob Ezrin - apresenta os épicos hinos de rock e os contagiantes refrões pop da banda multi-premiada que se tornou renomada no mundo todo. Desde que o The Darkness - Justin Hawkins (vocais/guitarra), Dan (guitarra/backing vocal), Frankie Poullain (baixo) e Ed Graham – voltou 12 meses atrás no palco principal do Download Festival, de 2011, com sua formação original, o grupo britânico teve ingressos esgotados nas turnês no Reino Unido e na América do Norte, terminou de gravar Hot Cakes e lançou o single Nothing’s Gonna Stop Us. A banda acompanha Lady Gaga durante sua passagem pelo Brasil, em novembro. Álbum: Hot Cakes | Artista: The Darkness | Quanto: R$25,90 | Lançamento: EMI Music

46

Fotos: Divulgação.

RINALDO & LIRIEL


Fotos: Divulgação.

BEST OF JAMES BOND O ano de 2012 marca o aniversário de 50 anos da icônica franquia de filme de James Bond. A edição de 23 faixas do “Best of Bond... James Bond” apresenta os clássicos de 22 filmes de Bond. Muitos temas foram grandes hits em todo o mundo. Shirley Bassey em “Goldfinger”, Tom Jones em “Thunderball”, Paul McCartney e Wings em “Live And Let Die”, Carly Simon em “Nobody Does It Better”, Sheena Easton em “ For Your Eyes Only “, Rita Coolidge em “All Time High , Duran Duran em “A View to a Kill”, Garbage’s em “The World Is Not Enough”, Madonna em “ Die Another Day “ e Jack White e Alicia Keys em “Another Way To Die” são apenas alguns dos filmes de Bond que ganharam destaque no “Best Of Bond ... James Bond”. Álbum: Best of Bond... James Bond | Artista: Vários | Lançamento: EMI Music | QUANTO: R$35,00

THE TRUTH ABOUT LOVE Irreverente. Essa é a melhor maneira de descrever Alecia Moore, mas conhecida como P!nk. The Truth About Love, o sexto disco de estúdio lançado pela cantora, não poderia ser diferente. Com um título que pode enganar os desavisados, ela fala de amor de uma forma crua, trazendo o que há de bom e ruim, os momentos difíceis que qualquer relação enfrenta. Expressa, por vezes, em palavrões estrategicamente colocados aquilo que falta coragem para dizer. Ao contrário do que se poderia pensar, o álbum não apresenta um teor chulo: composições inteligentes como “Slut Like You” trazem críticas ferozes ao papel da mulher na sociedade e à visão machista sobre o “sexo frágil”. As 13 faixas que compõem o disco apostam em um pop animado, como o primeiro single “Blow Me (One Last Kiss)” e a divertida “Walk of Shame”. Os momentos mais calmos estão nas baladas “Beam Me Up”, “Try” e “The Great Escape”, que encerra o disco. Álbum: The Truth About Love | Artista: P!nk | Quanto: R$30,00 | Lançamento: Sony Music

ARLINDO CRUZ Gravado no Terreirão do Samba - localizado na Praça XI, no coração da Cidade Nova, no Rio de Janeiro -, Batuques do Meu Lugar é um delicioso registro ao vivo do mestre Arlindo Cruz. As 25 faixas do DVD trazem uma viagem pelos batuques brasileiros, no qual figuram alguns de seus maiores representantes: o Carimbó, o boi Maranhão, o Maracatu, o Afoxé, além do batuque sagrado dos orixás.A noite tem abertura de Regina Casé e divide-se em cinco movimentos. Cada um deles conta com participações especiais de nomes da música brasileira, como Zeca Pagodinho, Alcione, Caetano Veloso, Rogê, Seu Jorge, Marcelo D2 e o grande parceiro de Arlindo, Sombrinha, para interpretar “Da Música” e “O show tem que continuar”. Arlindo Neto canta os mais recentes sambas de enredo compostos pelo pai, como “Dona Ivone Lara: o enredo do meu samba” e “Bum Bum Paticumbum Prugurundum”. Imperdível. DVD: Batuques do Meu Lugar | Artista: Arlindo Cruz: Quanto | R$49,90 | Lançamento: Sony Music

ELYSIUM Neil Tennant e Chris Lowe gravaram Elysium no início deste ano, em um período de três meses, em Los Angeles. Foi a primeira vez que eles gravaram um álbum nos Estados Unidos. Elysium apresenta 12 canções inéditas, que exibem um som eletrônico quente e profundo e incluem arranjos orquestrais por Joachim Horsley, Andrew Dawson e Bem Leathers. Os backing vocals da maioria das faixas foram feitos pelos veteranos cantores Oren, Maxine e Julie Waters (cuja longa carreira abrange sessões com The Jackson Five à Adele) e pelo cantor e compositor James Fauntleroy. A Certain ‘Je Ne Sais Quoi’ foi originalmente escrito e gravado em 2007 e recentemente reformulado por Chris Lowe e Neil Tennant. The Way Through The Woods foi gravado em Los Angeles durante as sessões de Elysium, mas Neil e Chris trabalharam mais em cima da faixa posteriormente, criando uma versão maior. "I Started A Joke" é um cover de uma música do Bee Gees dos anos 60 e pretende ser uma homenagem ao falecido Robin Gibb. ÁLBUM: ELYSIUM | ARTISTA: PET SHOP BOYS | QUANTO R$34,90 | LANÇAMENTO: EMI MUSIC

BARCELONA O álbum Barcelona original, nome da cidade espanhola que iria sediar as Olimpíadas em 1992 e para os quais Mercury tinha sido convidado a escrever a canção tema, tornou-se o último trabalho solo que Mercury completou. O título também foi uma homenagem à cidade natal de sua amada parceira de gravação Montserrat Caballé com quem Freddie se cativou e tinha planejado cantar em conjunto à canção-título na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de 1992. Infelizmente Mercury faleceu oito meses antes que isto pudesse acontecer. Mas o álbum deu a Mercury, postumamente, um recorde de vendas e alta posição nas paradas quando a música Barcelona foi escolhida pela BBC TV como sua música-tema para a sua cobertura das Olimpíadas. A versão especial recriada do álbum Barcelona está sendo saudada como a versão que Mercury queria fazer na época: com uma orquestra sinfônica completa. Mercury gravou seu álbum original quase inteiramente nos teclados. Esta edição especial de 2012 substitui os arranjos sintetizados de Mercury e de seu co-escritor e produtos Mike Moran por uma completa partitura orquestral sinfônica. Álbum: Barcelona Special Edition | Artista: Freddie Mercury e Montserrat Caballé | Quanto: R$30,00 | Lançamento: Universal Music

47


MOONRISE KINGDOM Passado em uma ilha na costa de New England no verão de 1965, "Moonrise Kingdom" conta a história de dois jovens de 12 anos de idade que se apaixonam, fazem um pacto secreto e fogem juntos para a natureza selvagem. Na medida em que várias autoridades tentam encontrá-los, uma violenta tempestade se aproxima – e a pacata comunidade da ilha vira literalmente de cabeça para baixo. Bruce Willis interpreta o xerife local, Capitão Sharp. Edward Norton é o líder da tropa de escoteiros de cáqui, o Escoteiro-Chefe Ward. Bill Murray e Frances McDormand interpretam os pais da jovem, Sr. e Sra. Bishop. O elenco também conta com Tilda Swinton, Jason Schwartzman e Bob Balaban e apresenta Jared Gilman e Kara Hayward como os jovens Sam e Suzy. "Moonrise Kingdom" é o novo filme dirigido por Wes Anderson, o diretor duas vezes indicado ao Prêmio da Academia.

A ARTE DE AMAR No momento preciso em que nos apaixonamos, produz-se em nós uma música particular. Ela é diferente para cada um e pode surgir em horas inesperadas... Essa é uma história sobre cinco casos de amor e pessoas que se encontram por acaso. Achille (François Cluzet) está bem sozinho, mas acredita que pode viver uma aventura com a sua nova vizinha. Emmanuelle (Ariane Ascaride) quer deixar seu marido Paul (Philippe Magnan) para viver em total liberdade. Vanessa (Élodie Navarre) admite ao seu companheiro que deseja dormir com um colega. Zoé (Pascale Arbillot) oferece o próprio marido para a amiga Isabelle (Julie Depardieu), que também vai ajudar a desconfiada Amélie (Judith Godrèche) a testar a fidelidade de um possível namorado.

OS CANDIDATOS

48

Quando o experiente congressista Cam Brady (Will Ferrell) comete uma grande gafe pública antes de um período eleitoral, dois riquíssimos CEOs planejam colocar um candidato rival para ganhar influência no distrito da Carolina do Norte, onde a disputa vai ocorrer. O homem escolhido é o inocente Marty Huggins (Zach Galifianakis), diretor do Centro de Turismo local. De primeira, Marty parece ser a escolha mais improvável, mas com o apoio de seus novos benfeitores, de um gerente de campanha arrojado e das ligações políticas de sua família, ele logo se torna um candidato com quem o carismático Cam precisa se preocupar. Conforme a eleição se aproxima, os dois se veem em meio a um fogo cruzado, com insultos que logo viram agressões, até que tudo o que interessa a eles é enterrar um ao outro. A comédia traiçoeira e destruidora de lares do diretor Jay Roach (“Entrando Numa Fria”) leva o circo político da atualidade para uma nova lógica. Porque mesmo quando você acha que a ética da campanha chegou ao fundo do poço, há espaço para descer ainda mais.

Fotos: Divulgação.

CULTURA | CINEMA


Fotos: Divulgação.

ROTA IRLANDESA Liverpool, Agosto de 1976. O menino Fergus, de 5 anos, conhece Frankie no seu primeiro dia de aula na escola. Desde então eles não se desgrudam e se tornam grandes amigos. Já na época da adolescência, eles cabulam aulas e bebem cidra na balsa que atravessa o Rio Mersey, sonhando em viajar pelo mundo todo. Depois de renunciar em setembro de 2004, Fergus convence Frankie (agora já um ex-paraquedista) a se juntar à sua equipe de segurança em Bagdá para ganhar dez mil libras por mês, isento de taxas. A última chance que eles têm de participar dessa guerra cada vez mais “privatizada”. Juntos eles arriscam as suas vidas em uma cidade repleta de violência, terror e ganância, em contato com bilhões de dólares norte americanos. Em setembro de 2007, Frankie morre na Route Irish, a estrada iraquiana mais perigosa do mundo. De volta à sua cidade, Liverpool, um aflito e enlutado Fergus rejeita a explicação oficial sobre a morte de seu amigo Frankie e começa a sua própria investigação sobre o que aconteceu com ele, descobrindo verdades que desafiam a memória dos dias felizes que passaram juntos. Somente Rachel, esposa de Frankie, consegue compreender a profundidade da tristeza de Fergus, e as possibilidades letais de sua fúria. Como Fergus tenta descobrir o que realmente aconteceu com Frankie na Route Irish, ele e Rachel acabam ficando mais próximos. Quando ele se aproxima da verdade por trás da morte de Frankie, Fergus se esforça para encontrar o seu velho “eu” e a felicidade que ele dividia com Frankie, 20 anos antes, às margens do Rio Mersey.

SELVAGENS Ophelia (Blake Lively) sabe disso tudo. Ela é uma nativa adorável que certamente tem familiaridade com as idiossincrasias e charmes locais. Ela é uma alma singular, assim como seus colegas de apartamento, os empreendedores Ben ( Aaron Johnson) e Chon (Taylor Kitsch) - um trio extraordinário que compartilha um tipo de amor único. Ben, um botânico pacífico e caridoso, sonha em salvar o mundo. Seu melhor amigo, Chon, um ex-integrante da Marinha e ex-mercenário, não tem certeza de que o mundo merece ser salvo. Ben, Chon e O se bastam e mantêm um laço especial... uma família pós-moderna. Eles levam uma vida sossegada, livre e confortável, proporcionada pelo negócio lucrativo de Ben e Chon: cultivar algumas melhores das plantas de maconha já desenvolvidas. Empresários independentes e sensatos com um produto enlouquecedor, eles são heróis locais oferecendo

um item que as pessoas desejam. Sua erva lendária e modelo de negócios inovador atraiu grande interesse do cartel mexicano da Baixa Califórnia, liderado pela impiedosa Elena “La Reina” (Salma Hayek), seu capanga violento, Lado (Benicio Del Toro), e seu advogado inescrupuloso, Alex (Demián Bichir). Elena exige uma parceria com Ben e Chon, e ninguém diz não para La Reina sem sacrificar algo importante. Mas o cartel subestima o laço inquebrantável que une esses três amigos notáveis. Ben, Chon e, à sua maneira, O, travam uma guerra aparentemente infrutífera contra o império da droga com a ajuda relutante de um agente corrupto do departamento de entorpecentes chamado Dennis (John Travolta) e um contador esperto chamado Spin (Emile Hirsch). Então tem início uma série de estratagemas perigosos e jogos de nervos de uma batalha selvagem de propósitos.


CULTURA | HOME VIDEO ANJOS DA LEI Schmidt (Jonah Hill) e Jenko (Channing Tatum) eram inimigos no colegial que se tornaram parceiros improváveis durante a Academia de Polícia. Por enquanto, eles ainda não são os melhores policiais da turma, mas têm a chance de virar esse jogo quando se juntam à unidade secreta do departamento, 21 Jump Street, coordenada pelo capitão Dickson (Ice Cube). Eles trocam suas armas e distintivos por mochilas e usam sua aparência jovem para ficarem à paisana. Mais importante, eles descobrem que ainda lidam com os problemas da adolescência que não foram resolvidos na época – e ambos terão que enfrentar o terror e a ansiedade de ser de novo um adolescente e lidar novamente com questões que achavam já ter deixado para trás. Blu-ray: Anjos da Lei | Quanto: R$89,90 | Lançamento: Sony Home

MONSTER HIGH Este novo filme desenterra um antigo conflito entre “Normies” e monstros - e as coisas estão prestes a ficar assustadoras! Durante anos, os alunos da escola Monster High foram avisados que o Halloween era uma noite para ficar dentro de casa e evitar conflitos a todo custo. Mas Frankie e seus amigos descobrem que monstros e “Normies” adoram passar a noite de Halloween juntos! Todos decidem voltar atrás e aproveitar a noite para celebrar suas individualidades e provam que não há problema em ser única. "Monster High" é a nova febre entre as pré-adolescentes de todo o mundo. DVD: Monster High Uma Festa de Arrepiar | Quanto: R$39,90 | Lançamento: Universal Pictures

50

Ridley Scott, diretor de “Alien, O 8º Passageiro” e “Blade Runner - O Caçador de Androides,” volta ao gênero que ele ajudou a criar. Em Prometheus, uma equipe de cientistas e exploradores viaja aos confins do universo em busca das origens da humanidade. Mas o que eles encontram pode ameaçar toda a vida na Terra, levando a uma batalha aterrorizante para salvar o futuro da raça humana! A edição de colecionador, o Blu-ray e o Blu-ray 3D de Prometheus, trazem a obra original do cinema. Além disso, a edição de colecionador contém cenas de bastidores, começo e final alternativo, cenas excluídas e estendidas, e comentários do diretor e dos escritores. Blu-ray: Prometheus | Quanto: R$119,90 | Lançamento: Fox Home

ERA UMA VEZ Reviva a primeira temporada completa da série de sucesso Once Upon A Time, que trouxe personagens inesquecíveis e uma intrincada trama de romance, ação e encantamento. Mergulhe na magia e no mistério de Storybrooke – uma pequena cidade pacata na qual todo personagem de conto de fadas que você já conheceu está congelado no tempo e preso entre dois mundos, vítima de uma cruel maldição. Em seu aniversário de 28 anos, Emma Swan (Jennifer Morrison) encontra Henry (Jared S. Gilmore), o filho que ela deu para adoção 10 anos antes. Henry acredita que Emma seja a filha da Branca de Neve (Ginnifer Goodwin) e do Príncipe Encantado (Josh Dallas), destinada a quebrar uma poderosa maldição. Não convencida, Emma devolve Henry a Storybrooke, onde ela conhece o enigmático Mr. Gold (Robert Carlyle) e entra em conflito com a prefeita Regina Mills (Lana Parrilla) – a mãe adotiva do menino – quem Henry insiste ser ninguém menos do que a Rainha Má! Blu-ray: Once Upon A Time | Quanto: R$159,90 | Lançamento : Walt Disney Studios Home Entertainment

A ERA DO GELO A louca perseguição de Scrat, sempre à caça de sua noz inquieta - perseguição à qual ele tem se dedicado desde os primórdios dos tempos - tem consequências que mudam o mundo e causam um cataclismo continental que leva Manny, Diego e Sid a viverem a maior aventura de todos os tempos. Nessa maré de mudanças, Sid acaba reencontrando sua avó turrona, e o bando ainda tem de lidar com uma horda de piratas decididos a impedi-los de voltar para casa. Nesse Box especial, você encontra os outros três filmes da série. Blu-ray: Quadrilogia A Era do Gelo | Quanto: R$159,90 | Lançamento: Fox Home

Fotos: Divulgação.

PROMETHEUS


Fotos: Divulgação.

RINHA Baseado em fatos reais, Rinha levanta a polêmica das lutas clandestinas em uma festa secreta onde drogas e bebidas são servidas em bandejas de prata. A história é narrada pelo playboy mais sociopata e inescrupuloso da Rinha, Patrick (Christiano Cochrane). Com agressividade e extremo sarcasmo, ele conta o que aconteceu naquela noite fatídica, revelando sua visão distorcida da realidade. Para garantir realismo, o diretor Marcelo Galvão (que é faixa preta de Jiu-Jitsu) trouxe para o set lutadores profissionais de MMA que se enfrentaram em confrontos verdadeiros. DVD: Rinha: O Filme | Quanto: R$39,90 | Lançamento: Vinny Filmes

ALFRED HITCHCOCK: THE MASTERPIECE COLLECTION Na celebração do centenário do estúdio de cinema Universal Pictures, apresenta uma consagrada coleção para os amantes do cinema de todos os tempos. “Alfred Hitchcock The Masterpiece Collection” em Blu-ray contém 14 filmes totalmente restaurados. A caixa é uma edição limitada onde você encontrará filmes que mais marcaram a carreira de Hitchcock, produzidos entre 1942 a 1976. Sua obra prima é lançada nessa versão em alta-definição totalmente restaurada, frame a frame, e remasterizada digitalmente, além de conter extras inéditos e uma embalagem especial com quatorze cards artísticos e um booklet de 16 páginas. Edição Imperdível para os Amantes do Cinema. Blu-ray: Alfred Hitchcock :The Masterpiece Collection | Quanto: R$399,90 | Lançamento: Universal Music

E.T. O EXTRATERRESTRE Quando um imaginativo menino encontra um alienígena perdido, é o começo de uma das mais afetuosas amizades do cinema, enquanto Elliot (Henry Thomas) ajuda a fantástica criatura que ele chama de E.T. a encontrar o caminho de volta para casa, antes que os agentes do governo o capturem. E.T. O Extraterrestre, a mágica aventura do diretor Steven Spielberg, ganhador do Oscar, comemora seu 30º Aniversário com lançamento, pela primeira vez, em Blu-ray, repleto de extras especiais. Blu-ray: E.T. O Extraterrestre | Quanto: R$69,90 | Lançamento: Universal Pictures

KABOOM Smith (Thomas Dekker) passa seus dias no dormitório da Universidade e sua rotina envolve ficar à toa com sua melhor amiga, Stella (Haley Bennett), uma garota linda e sarcástica, e muitas outras figuras estranhas e divertidas que frequentam o prédio. Smith também tem sonhos eróticos com seu colega de quarto, um surfista bonitão que acaba de chegar. Mas tudo isso se torna secundário depois dos eventos que rolaram durante uma festa. Depois de experimentar um biscoito temperado com alucinógenos, Smith passa a ter longas e estranhas viagens e, durante um de seus sonhos, ele vê uma garota ruiva ser assassinada. Sem saber se o que ele viu é real ou imaginário, Smith decide descobrir a verdade por trás da sua alucinação. Só que o que ele encontra pode mudar não apenas o seu destino, mas o de toda a raça humana. DVD: Kaboom | Apenas para locação | Lançamento | Vinny Filmes

REVENGE Por trás do luxuoso estilo de vida de Hamptons, há um segredo sujo e obscuro e uma distorcida história de paixão, suspense e redenção. Entre no fascinante mundo dos ricos e cruéis com Revenge: A Primeira Temporada Completa. Riqueza, beleza e poder definem os moradores da comunidade mais exclusiva de Nova York, mas nada deterá uma mulher de se vingar daqueles que arruinaram a vida de seu pai. Testemunhe a brilhante trama vingativa de Emily Thorne (Emily VanCamp) contra Victoria Grayson (Madeleine Stowe), a rainha reinante de Hamptons, e todos que destruíram sua família. Contudo, até os melhores planos podem falhar com o surgimento do inesperado triângulo amoroso entre Emily, o filho de sua maior inimiga e um rosto esquecido de seu passado. DVD: Revenge: A Primeira Temporada Completa | Quanto: R$129,90 | Lançamento: Walt Disney Studios Home Entertainment

51


Foto: Divulgação.

CULTURA| ARTES VISUAIS

A

Louca Debaixo do Branco é o novo projeto da escritora, roteirista e apresentadora Fernanda Young, que poderá ser conferido pelo público no Museu da Imagem do Som. Concebida como um livro-instalação por Diógenes Moura, diretor artístico do projeto, A Louca Debaixo do Branco investiga a construção do mito amoroso através da personificação da noiva, figura central do novo romance homônimo escrito por Young - o décimo da sua carreia. Resultado de quase dois anos de trabalho, a exposição usa a figura da noiva como objeto de investigação do amor, afinal, como define Fernanda: “só no amor somos iguais. Somos os mesmos quando amamos, quando somos abandonados, quando sofremos, quando desconfiamos que deixamos de amar”.  Vestida de noiva, Fernanda Young mostra na exposição que suas imagens são verdadeiros autorretratos diante da sua dor, do seu amor, do desamor e do amor dos outros. Nesta reflexão, ela mesma é o espelho de todo o processo expográfico, que conta com coleções particulares, textos, poemas, bordados, diários, vídeos e interação via internet

entre o público e a autora. Além disso, o livro-instalação traz uma iconografia selecionada na coleção do crítico e pesquisador Rubens Fernandes Junior, imagens gentilmente cedidas pela Galeria FASS dos fotógrafos Jean Manzon e Martin Chambi e ensaios de fotógrafos como Bob Wolfenson, Hidelbrando de Castro, Daniel Klajmic, Ludovic Carème, Paulo Vainer, Henrique Gendre, entre outros. Além de quatro vídeos (dois da artista, um de Raquel Zimmermann e um de Cláudio Belizário) e um filme de Rodrigo Bernardo. O livro-exposição evidencia ainda a relação de Fernanda com a moda. Embora não siga tendências, confessa amar vestido de noivas e para os ensaios fotogr��ficos usou belas criações de Bibi Barcellos, Carolina Glidden Gannon, Emannuelle Junqueira, Monica Figueiredo, Rodrigo Rosner, Samuel Cirnansck e Solaine Piccoli. O internauta que quiser interagir com a exposição poderá acessar o endereço www.aloucadebaixodobranco.com.br e entrar no link “Louca e Louco Fórum” que dá acesso a três temáticas postadas pela artista. Dentro deste processo, a interação se transforma e um desenho gráfico que se modifica em tempo real, online e na exposição. SERVIÇO:

52

O QUE: A Louca Debaixo do Branco  ONDE: Museu da Imagem e do Som - MIS - Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo | (11) 2117 4777.  www.mis-sp.org.br QUANTO: Ingresso R$ 4,00 (inteira) R$ 2,00 (meia). QUANDO: Terça e quarta, das 12h às 21h;  quinta e sexta, das 12h às 20h; sábado, das 11h às 20h; e domingo, das 11h às 19h.

Fotos: Bob Wolfenson e Gustavo Zylbersztajn.

4EVER YOUNG


Fotos: Divulgação.

SERVIÇO: O QUE : Museu da Gente Sergipana. ONDE: Endereço: Av. Ivo do Prado, 398, Centro, Aracaju – SE. QUANDO: Aberto de terça a domingo, das 10 às 17h (fins de semana e feriados, fecha às 16h). INFORMAÇÕES: (79) 3218-1551 / www.museudagentesergipana.com.br

MUSEU DA GENTE SERGIPANA No centro de Aracaju, um edifício tombado pelo patrimônio histórico conhecido como o Atheneuzinho foi integralmente restaurado e adaptado para abrigar o Museu da Gente Sergipana, maior e mais moderno museu multimídia do Nordeste. Concebido para mostrar as origens, cultura, culinária, hábitos, natureza e folclore do Estado, o museu ocupa mais de dois mil metros quadrados divididos em salas temáticas, auditório, espaço para exposições temporárias, Loja, Café e outras atrações, tudo permeado por muito conteúdo e tecnologia. O Museu da Gente Sergipana é um projeto do Instituto Banese em parceria com o Governo Estadual do Sergipe. Foi aberto em 2011, comemorando o cinquentenário do Banese – Banco do Estado de Sergipe. O projeto arquitetônico e de restauração teve à frente o arquiteto e escritor Ezio Déda e sua equipe do Ágora Arquitetos Associados. Hoje, Ezio é diretor-superintendente do Instituto Banese, órgão gestor do Museu. O conteúdo, incluindo projetos multimídia, ficou sob a responsabilidade de Marcello Dantas, que, entre outros projetos, tem no currículo o Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, e algumas das mais bem-sucedidas exposições realizadas no Brasil. A exposição temporária Espelho Imaginário - Atlas Subjetivo de Sergipe está em cartaz no Museu da Gente Sergipana. Com curadoria de Marcello Dantas, também responsável pelo projeto de conteúdo do Museu, Espelho Imaginário utiliza cinco eixos (Bichos, Tramas, Sinais, Casas, Lugares e Escapes) para apresentar um panorama geral e imprevisível das peculiaridades culturais de Sergipe.


CULTURA | LITERATURA CINQUENTA TONS DE CINZA

Primeiro volume da saga Percy Jackson e os olimpianos, O Ladrão de Raios esteve entre os primeiros lugares na lista das séries mais vendidas do The New York Times. O autor conjuga lendas da mitologia grega com aventuras no século XXI. Nelas, os deuses do Olimpo continuam vivos, ainda se apaixonam por mortais e geram filhos metade deuses, metade humanos, como os heróis da Grécia antiga. Marcados pelo destino, eles dificilmente passam da adolescência. Poucos conseguem descobrir sua identidade.

Q u a n d o Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente d o m i n a d o r. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seus próprios termos.

O garoto-problema Percy Jackson é um deles. Tem experiências estranhas em que deuses e monstros mitológicos parecem saltar das páginas dos livros direto para a sua vida. Pior que isso: algumas dessas criaturas estão bastante irritadas. Um artefato precioso foi roubado do Monte Olimpo e Percy é o principal suspeito. Para restaurar a paz, ele e seus amigos - jovens heróis modernos - terão de fazer mais do que capturar o verdadeiro ladrão: precisam elucidar uma traição mais ameaçadora que a fúria dos deuses.

Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso - os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família -, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos...

Autor: Rick Riordan | Editora: Intrínseca | Páginas: 400 | Preço: R$ 20,00.

Autor: E. L. James | Editora: Intrínseca | Páginas: 480 | Preço: R$ 34,90.

DIVERGENTE N u m a Chicago futurista, a sociedade se divide em 5 facções - Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição - e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto. A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive. Autora: Veronica Roth | Editora: Rocco | Páginas: 504 | Preço: R$ 29,90.

A CABANA Publicado nos Estados Unidos por uma editora pequena, A Cabana revelou-se um desses livros raros que, por meio do entusiasmo e da indicação dos leitores, se torna um fenômeno de público: já são quase dois milhões de exemplares vendidos. Durante uma viagem em um fim de semana, a filha mais nova de Mack Allen Phillips é raptada e evidências de que ela foi brutalmente assassinada são encontradas em uma cabana abandonada. Após quatro anos vivendo em uma tristeza profunda, causada pela culpa e pela saudade da menina, Mack recebe um estranho bilhete, aparentemente escrito por Deus, convidando-o para voltar à cabana onde aconteceu a tragédia. Apesar de desconfiado, ele vai ao local do crime em uma tarde de inverno e adentra passo a passo no cenário de seu mais terrível pesadelo. Mas o que ele encontra lá muda o seu destino para sempre. Autor: William P. Young | Editora: Sextante. | Páginas: 240 | Preço: R$ 18,00.

54

Fotos: Divulgação.

O LADRÃO DE RAIOS


pronta entrega paralela ao


DESEMBARQUE

Rainha da Costa do Dendê lhéus | BA

A Baía é ótima para a prática de esportes náuticos, como windsurf, laser, hobby-cat e caiaques. A Mata Atlântica velada, habitat de espécies raras como o mico-leão-dourado, os rios, lagoas e cachoeiras dão o tom deste paraíso ecológico, reduto vivo dos anos áureos de império dos coronéis do cacau. A história da cidade se confunde com a própria história da lavoura cacaueira que foi iniciada no século XVIII e atingiu seu apogeu no século XX, quando a matéria-prima do chocolate era o produto central de exportação do país. Ilhéus abrigava o principal porto de escoamento da produção e fervilhava de pessoas, dinheiro, luxo e riqueza. O intenso intercâmbio com a Europa transformou a cidade em um verdadeiro caldeirão cultural, entoado pela prosa do céle-

56

bre Jorge Amado em seus vários romances, traduzidos em diversas línguas. Toda a opulência dos anos majestosos do ouro negro é, ainda hoje, exibida na arquitetura local, com suas ruas e praças de paralelepípedos, casarões e bares, como o Vesúvio, cenário de Gabriela, Cravo e Canela - romance de Amado - e onde, outrora, coronéis e intelectuais se reuniam. Surgida há 465 anos, a antiga sede da capitania oferece uma estrutura completa de hotéis de luxo, pousadas, agências de turismo receptivo e uma variedade de restaurantes, onde se degusta o melhor da culinária baiana, regada a dendê e pimenta nos abundantes frutos do mar. Situada entre a foz do Rio Jaguaripe e a Baía de Camamu, a Costa do Dendê é um verdadeiro mosaico de praias, baías, manguezais, costões rochosos, restingas, nascentes, lagoas, rios, cachoeiras e estuários. Seus 115 km de litoral abrangem as localidades de Valença, Morro de São Paulo, Boipeba, Igrapiúna, Cairu, Camamu, Taperoá, Nilo Peçanha, Ituberá e Maraú.

Local inspirou romances de Jorge Amado.

Fotos: Divulgação.

A

principal cidade da Costa do Cacau, Ilhéus revela belezas de um mar azul esverdeado, rodeado de areias brancas e margeado por extensos coqueirais. Ao longo da orla central, os inúmeros ilhéus fluviais e marítimos justificam o nome da cidade.


As tradicionais jangadas.

Culinária típica à base de frutos do mar.

ATRAÇÕES

IMPERDÍVEIS

Fotos: Divulgação.

• Gastronomia: A culinária típica do município é baseada em moquecas de frutos do mar. Como sobremesa, cocadas, tortas e bolos e o tradicional suco de cacau.

Casarões antigos preservam período de opulência do cacau.

MAIS INFORMAÇÕES: www.bahiatursa.ba.gov.br

Diversos ilhéus no centro justificam nome da cidade.

• Puxada de Mastro: A mais curiosa festa mística da região. Caboclos, negros e brancos unem-se na puxada do mastro, desde a mata até a Igreja de Nossa Senhora da Escada e, em seu topo, é hasteado o estandarte de São Sebastião. Reza a tradição que as grandes calamidades e tragédias ocorrerão se o povo não substituir o mastro.


DESEMBARQUE

TODA BELEZA DO circuito das águas Águas de Lindóia | SP

Á

guas de Lindóia, uma das seis cidades que formam o Circuito das Águas do interior paulista, é conhecida pelo poder terapêutico de suas águas. A cidade possui clima agradável, ar puro, natureza preservada e muitas opções de passeios em meio à natureza. Fotos: Divulgação.

O Balneário Municipal, construído em torno das principais fontes de água radioativas da região, é o ponto central da história da cidade. No local o visitante pode tomar banhos de imersão ou de espuma, ducha escocesa, fazer massagem e beber sua água radioativa. O Balneário foi construído exatamente sobre as fontes de águas quentes que atraíram a atenção do médico italiano Dr. Francisco Tozzi e que deram início a um pequeno vilarejo. A cidade foi fundada pelos tropeiros que viajavam para o planalto goiano, passando por Minas Gerais. Eles se demoravam no local porque já sabiam das propriedades das águas curativas. Assim começou, através desta gente simples, a divulgação do poder das águas. Em 1915, o médico italiano Francisco Antonio Tozzi, da comarca de Serra Negra, mudou-se para Águas de Lindóia e iniciou os estudos sobre as curas de doenças de pele e reumatismo. Turistas e cientistas chegaram de toda a parte. As águas da cidade também são a atração principal do Thermas Regional de Águas de Lindóia. As piscinas, tobogãs e réplicas de dinossauros do parque divertem os visitantes. Outra atração, o Morro Pelado, proporciona uma vista privilegiada da paisagem do alto da montanha, situada a mais de 1.400m acima do nível do mar. A vista de 360 graus descortina toda a região, incluindo a cidade vizinha, Monte Sião, em Minas Gerais. No morro está instalada

58

Algumas construções datam do início do século passado.


ATRAÇÕES

IMPERDÍVEIS uma plataforma de vôo livre de asa delta, inaugurada em 1984. A Praça Adhemar de Barros, projetada por Burle Marx, preserva um grande lago central e muita área verde. Com 36.000 metros quadrados de extensão, possui lago, árvores, flores, fonte luminosa, parque de diversões e heliporto. O local é muito frequentado para passeios românticos nas charretes disponíveis no local. A Capela Nossa Senhora das Graças, patrimônio histórico da cidade, foi construída a partir de 1918. Com o mesmo nome da padroeira da cidade, a igreja comemora sua festa no dia de fundação do município, 2 de julho.

• Balneário João de Águia Pupo: Projetado pelo paisagista Burle Marx, o parque tem lago, espelhos de água, jardins, lojas, piscinas abastecidas com água lindóia, continuamente renovada e sob temperatura constante de 26º, centro de hidroterapia e feira de artesanato. • Represa do Cavalinho Branco: Tem quiosques e pedalinhos de aluguel com lugar para prática de caminhadas. • Tecnorama: Museu de ciências com experimentos que demonstram as leis da física. Das cerca de 250 atrações, destacam-se uma casa com inclinação de 35 graus com ilusões de ótica e um caleidoscópio gigante.

Morro Pelado proporciona vista privilegiada.

MAIS INFORMAÇÕES:

Fotos: Divulgação.

Prefeitura Municipal: www.aguasdelindoia.sp.gov.br

Águas medicinais e clima agradável atraem visitantes.

Interior da Capela Nossa Senhora das Graças.

59


DESEMBARQUE

guardiães da história Florianópolis | SC

Forte São José da Ponta Grossa.

A fortaleza de Santa Cruz, localizada na Ilha de Anhatomirim, na entrada da Baía Norte, apresenta arquitetura com traços de influência renascentista e muralhas espessas. Pode-se chegar até lá utilizando serviços de escunas que partem diferentes pontos: próximo à Ponte Hercílio Luz, junto ao Veleiros da Ilha, Trapiche da Beira Mar Norte e da Praia de Canasvieiras. Os mesmos barcos conduzem à fortaleza de Santo Antônio de Ratones, na Ilha de Ratones Grande, na Baía Norte. O forte teve o início de sua construção em 1740. As edificações mais significativas são a Portada, a Fonte D’Água e o Aqueduto. Aberto das 9h às 18h (de dezembro a fevereiro) e 9h às 17h (demais meses). A fortaleza de São José da Ponta Grossa fica no alto do morro da Ponta Grossa, emoldurada pela beleza dos costões da Praia do Forte, a 25 km do Centro. Sua construção teve início em 1740. Aberto das 9h às 20h (dezembro a fevereiro) e 9h às 18 h (demais meses). A Bateria de São Caetano da Ponta Grossa, construída em 1765, localiza-se a 200m a leste da Fortaleza de São José da Ponta Grossa. Dela restam apenas uma base de guarita, trechos de muralhas e vestígios de uma pequena

60

construção que teria servido de Casa da Guarda. Pode-se chegar ao local de carro, ônibus ou barco (embarcar no trapiche de Jurerê). O Forte Santana, situado no centro da cidade, é o mais acessível de todos. Dele se observa um panorama belíssimo – o canal entre as baias norte e sul e a Ponte Hercílio Luz. Pode ser visitado durante o ano todo, das 8h às 12h e das 14h às 18h, com entrada gratuita. Já o Forte Santa Bárbara foi construído na segunda metade do século XVIII para evitar a passagem de piratas no Canal do Estreito. Localiza-se à rua Antônio Luz, 260, junto ao Terminal Urbano de Ônibus no aterro da Baía Sul, no Centro da Capital. Hoje é sede administrativa da Fundação Franklin Cascaes. O Forte Marechal Moura de Naufragados, construído entre 1909 e 1913, localiza-se logo acima do Farol dos Naufragados, no extremo sul da Ilha. O acesso pode ser feito tomando-se uma embarcação na Praia da Caieira da Barra do Sul, ou caminhando 45 minutos a partir de uma trilha que inicia no final da estrada geral da Caeira. Hoje restam apenas alguns trechos de muralhas e o armamento original de três canhões de 120 mm. A Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição de Araçatuba foi a quarta e última das fortal zas idealizadas por Silva Paes. Construída na Ilhota de Araçatuba, entre 1742 e 1744, foi a única destinada a proteger a entrada da Baía Sul da Ilha. Tombada como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1980, aguarda recursos para sua restauração. Atualmente não é possível visitá-la.

Fotos: Divulgação.

A

s fortalezas antigas de Santa Catarina, que guardavam o litoral da região, hoje preservam as memórias do passado, atraindo cerca de 20 mil visitantes anualmente em Florianópolis (SC). Datadas do século XVIII, esses monumentos que compunham o sistema de defesa da Ilha para impedir a invasão espanhola nas então desconhecidas terras do Sul.


Fortalezas protegiam a Ilha dos invasores.

Forte Santana, sob Ponte Hercílio Luz.

MAIS INFORMAÇÕES:

Fotos: Divulgação.

Forte São José da Ponta Grossa.

Projeto Fortalezas: Tel.: (48) 3721 5118. www.fortalezas.ufsc. br e www.fortalezasmultimidia. com.br/santa_catarina

Fortaleza de Ratones.

61


TECNOLOGIA RÁPIDO E PRÁTICO Um celular muito rápido, com imagens e vídeos em alta definição. O Nokia Lumia 900 traz sistema Operacional Windows Phone, processador: 1.4 GHz, navegação com sistema Nokia Mapas, GPS e uso em modo off-line. A câmera possui 8 megapixels e faz vídeos em HD, com 16 GB de armazenamento. O modelo é bastante intuitivo de usar, com quadros grandes na tela principal, e rápido em comandos como abertura de vídeos, trabalhos com fotos, acesso à web e envio de mensagens com arquivos gigantes anexados por e-mail. Preço sugerido: R$ 1.700 desbloqueado Mais informações: www.nokia.com/br-pt

NOVO IPHONE A Apple apresentou o iPhone 5, a sexta geração do smartphone da marca. Como novidade, o aparelho terá uma tela maior (4 polegadas) e conexão 4G. O aparelho tem espessura de 7,6 milímetros e pesa 112 gramas (20% mais leve que seu antecessor). O processador do aparelho é o A6. De acordo com a companhia, o chip é duas vezes mais rápido que o anterior. A tela tem resolução de 1136x640 e continua utilizando a tecnologia Retina. O novo iPhone deverá ser comercializado no Brasil até dezembro. Preços: De US$ 649,00 a US$ 849,00. Mais informações: www.apple.com/br/

TELEFONE ESPERTO O smartphone Sony Xperia S, completamente revestida por vidro, destaca-se pela beleza. Possui tela grande (4,3 polegadas) resistente a arranhões e ótimo sistema de fotos. O aparelho possui câmera de 12,1 megapixels com foco automático, Zoom digital de 16x, flash de LED. O Xperia S é baseado em um processador dual-core Qualcomm Snapdragon S3 de 1.5 GHz, acompanhado por um 1 GB de RAM e 32 GB de memória interna. Preço sugerido: R$ 600,00. Mais informações: www.sonymobile.com/br

62


TABLET CORPORATIVO A HP anunciou o lançamento do HP ElitePad 900, modelo de tablet corporativo com sistema Windows 8. Voltado ao mercado corporativo, o aparelho também poderá ser utilizado pelos consumidores finais. O dispositivo conta com uma tela de 10,1 polegadas com proteção Corning Gorilla Glass 2 e suporte para toque e caneta stylus, 9,2 mm de espessura e 690 gramas de peso. O ElitePad 900 terá duas opções de armazenamento SSD com 32GB ou 64GB, 2GB de memória RAM, processador Intel de 1,8GHz, chip NFC e câmera de 8 megapixels. Preço: Cerca de US$ 700,00. Mais informações: www8.hp.com/br

BATERIAS EXTERNAS A Sony irá lançar uma nova linha de baterias externas para carregar tablets e smartphones. A ideia é que todas sejam leves e compactas o bastante para ser carregadas no dia a dia sem problemas. A estrela tem 7.000 mAh, que consegue dar a carga completa para um smartphone até três vezes, mas outros modelos com menor carga serão vendidos. Um deles é um pouco menor e tem 3.500 mAh. Ele carrega um smartphone em duas horas e 10 minutos e pode ser usado até 500 vezes. A menor tem formato cilíndrico e diversas cores, além da carga de 2.000 mAh. As baterias devem ser lançadas no mercado mundial em novembro. Preços: De 30 dólares a 90 dólares. Mais informações: www.sonymobile.com/br

COMPACTA COM ESTILO Apostando no visual retrô e muito bem elaborado, a Fuji apresentou a compacta XF1. A pequena câmera tem um sensor EXR-CMOS de 12 megapixels, grava vídeos em 1.080p a 30 quadros por segundo com uma lente equivalente a uma 25100 mm (F1.8-4.9), que garante um zoom de 4x. A sensibilidade ISO pode ser ajustada entre 100 e 12.800, há um flash embutido no estilo “pop-up”, LCD de 3 polegadas com 460 mil pontos e entrada para cartões SD, SDHC e SDXC. Preço: US 500,00. Mais informações: www.fujifilm.com

63


GASTRONOMIA

PRODUÇÃO DE VIEIRAS EM SANTA CATARINA ENRIQUECE GASTRONOMIA Por Mônica Corrêa

E

las aparecem em abundância na América do Norte, norte da Europa, e Japão, sendo bastante apreciadas como  alimento  refinado. Nos países de língua inglesa são conhecidas como scallop, e em francês são a famosa coquille saint-jacques. Agora elas são produzidas aqui no Brasil, na praia de Porto Belo, Santa Catarina. As vieiras precisam de condições muito especiais para crescer: a salinidade, a profundidade e a temperatura da água devem ser exatas. Muito sensíveis a variações em seu habitat, seu cultivo é bastante difícil: é necessário um cuidado diário e quase artesanal. Historicamente, a pequena Praia e o Pontal das Vieiras representam o limite sul da área de ocorrência selvagem dessa espécie no litoral brasileiro. Sendo cultivadas de maneira correta e entregues frescas ao seu destino final, tem-se a garantia de preservação de todas suas melhores características, como o sabor rico, a textura delicada, o gosto suave e levemente adocicado. “O mundo da gastronomia é composto por aromas, tons, sabores e segredos maravilhosos que conquistam cada vez mais adeptos e interessados em conhecer os diferentes ingredientes, receitas e modos de preparo”, diz Olga Lucia Barrios, sócia-proprietária da Vieiras de Porto Belo. Ela e o marido, Alexandre Alves Neetzow, ambos médicos dermatologistas, se associaram a Sidnei Torres Pedroso e criaram a Vieiras de Porto Belo como um investimento que vai além do negócio em si. A preocupação com a preservação ambiental do local e a identificação com a Península de Porto Belo e o gosto pela gastronomia é que fizeram os três apostarem no negócio. A empresa tem em sua equipe um maricultor e engenheiros aquicultores. Ela adquire as sementes no Laboratório de Moluscos Marinhos da Universidade Federal de Santa Catarina. A universidade desenvolve técnicas próprias para o cultivo de vieiras. Quem já provou, garante que não há nada igual.

64


VINHOS

Por Cláudia Schmidt

Sabor &tradição DO PIEMONTE

Q

uando se fala em Piemonte logo se pensa em colinas e castelos, trufas e vinhos. O Piemonte é a terra dos famosos Barolo e Barbaresco, das uvas tintas Dolcetto, Barbera e Nebbiolo, das brancas Cortese e Arneis, e dos apreciados Moscatos d’Asti. Mas nem só de Barolos e Barbarescos é feito o Piemonte. Durante a EXPOVINIS 2012, em São Paulo, conhecemos a Tenuta Roletto, produtora da região de Canavese, no norte do Piemonte, ainda sem importador no Brasil, que produz belíssimos vinhos da casta Erbaluce, casta branca autóctone do norte do Piemonte e ainda praticamente desconhecida por aqui, que tem sua própria denominação de origem, a Erbaluce di Caluso DOCG. É uma casta marcada pela versatilidade e pela elevada acidez, produzindo excelentes vinhos doces e espumantes, além de interessantes vinhos brancos. A Erbaluce é cultivada desde tempos imemoriais em torno da cidade de Caluso, 30 km a noroeste de Turim. A partir de 1990 os produtores começaram a investir pesado na melhoria da qualidade dos vinhos da Erbaluce di Caluso DOCG, que hoje produz vinhos com muita tipicidade e alta qualidade, com destaque para o passito, vinho doce feito de uvas desidratadas ou semi desidratadas. Na Tenuta Roletto destacam-se o refrescante branco seco Mulinè Erbaluce di Caluso, o elegante Erbaluce di Caluso Spumante Método Clássico, que passa 36 meses sur lies, e o encantador Erbaluce di Caluso Passito, que permanece 4 anos em botes e barricas de carvalho e pode ser parcialmente afetado pela podridão nobre, o que resulta em um vinho poderoso. Além dos deliciosos vinhos a Tenuta Roletto também está aberta para o enoturismo, inclusive com possibilidade de hospedagem em meio aos vinhedos de Erbaluce, próximo à pequena cidade de Cuceglio. Ótima dica para sua próxima viagem ao Piemonte. Tenuta Rolleto* (http://www.tenutaroletto.it/en/)

* Consultora de Vinhos – Sommelière

66


VELOCIDADE

FORÇA & ELEGÂNCIA TROLLER T4 2013

A

Troller apresentou em outubro a linha 2013 do utilitário esportivo Troller T4 2013. O veículo traz novo motor, um 3.2 TGV Diesel de 165 cv e torque de 38,78 kgfm, adequado ao padrão de emissões Proncove L6. A marca, que pertence ao grupo Ford, mostrará o modelo no Salão de São Paulo (24 de outubro a 4 de novembro).

No visual o T4 vem com grade dianteira e aplique do para-choque em novas cores – cinza, prata ou da mesma cor da capota. O emblema 4x4 ganhou detalhes em verde, simbolizando o nível reduzido de emissões. O veículo também passa a vir de série com snorkel e peito de aço, antes oferecidos apenas como acessórios. Seu painel de instrumentos também ganhou nova cor de fundo, em cinza, e grafismos modernos que facilitam a leitura. Fabricado em Horizonte (CE), o modelo é vencedor do Rally dos Sertões em sua categoria.

Fotos: Divulgação.

A nova linha vem com preço sugerido de R$ 92.490.

68


O próximo verão pode ser tudo o que você sempre sonhou. Antecipe suas reservas e garanta as melhores tarifas.

Noronha Fernando de

Peru

Punta Cana

ESTAÇÃO Cuba

Saint Barts

St. Martin

VERÃO Porto de Gal inhas

Curaçao

Itajaí | (47) 2103.8400 | lazer@tripservice.com.br Navegantes | (47) 3342.9282 | navegantes@tripservice.com.br Blumenau | (47) 3335.0755 | blumenau@tripservice.com.br tripservice.com.br


ESTAÇÃO DE PARTIDA

JULIANA PAMPLONA Jornalista, apaixonada por viagens de todos os tipos, curtas ou longas, à cidade vizinha ou ao outro lado do mundo. Carrega na bagagem um passaporte carimbado em diversos países, experiências e descobertas, que divide aqui com vocês, leitores. estacaodepartida@gmail.com

PELO CENTRO-OESTE Uma das delícias de passear no Cerrado é poder visitar cidadezinhas históricas como as de Goiás Velho e Pirenópolis, acompanhado de um picolé de cajá-manga ou de cupuaçu e de uma garrafinha de água para aguentar o calor que faz o ano inteiro. Vilinhas tombadas pelo Patrimônio Histórico, com uma gastronomia de primeira, pracinhas aconchegantes e uma igreja situada em local mais alto compõem o cenário.

Em Goiás Velho é possível apreciar o cotidiano do interior brasileiro contado através da obra da escritora Cora Coralina. Sua casa, às margens do Rio Vermelho, está aberta à visitação e expõe a rica obra poética desta que teve o seu primeiro livro publicado com 76 anos de idade. Curioso também é conhecer a Catedral de Santana, em frente à Praça do Coreto, um edifício feito de adobe. Percorrendo as ruas de paralelepípedos dá para observar as casas de estilo barroco, a vida passando devagar e os locais se lambuzando em um prato de arroz com galinha e pequi. Aproveite e faça o mesmo. Só não vá morder o pequi, que possui em seu “recheio” perigosos espinhos que podem acabar com o passeio dos desavisados.

70

Fotos: Divulgação.

POETA DO COTIDIANO


VILA DAS CACHOEIRAS Ir a Pirenópolis é voltar ao “tempo antigo”, como diriam os locais, pois o cenário composto de casarões seculares é um retrato vivo da história goiana. Além de lojinhas bem cuidadas e restaurantes de uma gastronomia sensacional, a cidade ainda possui diversos atrativos naturais. Cachoeiras, parques, mirantes e reservas ecológicas podem ocupar o tempo de quem elege a cidade para desopilar. Além disso, uma vez por ano, em maio, acontece a Festa Literária de Pirenópolis, a “Flipiri”, com mostras, espetáculos, shows, tudo ao ar livre.

EMPADÃO GOIANO Um clássico, o empadão goiano tem um sabor sensacional e pode ser degustado em qualquer hora do dia. Pode fazer a vez do café da manhã, do almoço, do lanchinho da tarde e até do jantar! A massa é mais leve que a do empadão do Sul do Brasil e o recheio é delicioso e farto. Esses quitutes podem ser encontrados em todo o estado de Goiás e até mesmo os vendidos em postos de gasolina são inesquecíveis.

Fotos: Divulgação.

COMPRINHAS Quem vai a Pirenópolis pode ainda visitar o Outlet Premium Brasília, que possui marcas nacionais e internacionais com descontos de até 80% o ano inteiro. Fica às margens da BR-060, no município de Alexânia e possui mais de 80 lojas nos segmentos de moda, alimentação, óptica e artigos para a casa.

O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e semeando, no fim terás o que colher. CORA CORALINA

71


MODA

por Ana Marta M. Flores | Fotos: NYFW e LFW/divulgação

Nova York e Londres abrigam duas das mais importantes semanas de moda do mundo. Em setembro, Estados Unidos e Inglaterra foram o centro das atenções com o lançamento de quase 200 (!) coleções para o próximo verão. A “anglo moda”, referência aos países onde as coleções foram apresentadas, reafirmou várias tendências e trouxe ar renovado para apostas já apresentadas em temporadas anteriores. Nas próximas páginas, é possível perceber a força da cor branca, off-white e amarela para looks monocromáticos. A modelagem confortável e incrivelmente feminina, especialmente no duo P&B também conquista estilistas e público. A estampa-identidade para 2013 recebe uma dose over de listras – em todos os sentidos e espessuras –, figurando produções listradas da cabeça aos pés. Destaque também para o vermelho e azul combinados e em alta vibração, aparecem em todas as coleções 2013 remetendo à característica clássica das bandeiras de origem inglesa. Go Union Jack!

72


Diane von Furstenberg Nova Iorque | ver達o 2013


Tommy Hilfiger

As listras nunca saem de moda, mas o consciente coletivo de vários estilistas das anglo-fashion-weeks despertou para apostar na estampa. Marc Jacobs, Oscar de la Renta, Paul Smith, Tommy Hilfiger, Michael Kors e Vivienne Westwood – só para citar alguns, trouxeram a listras majoritariamente em padrão tamanho XL e, algumas vezes, variando dentro de uma mesma peça entre traços finos e grossos. A novidade parece ser os looks em total listras, à la “Irmãos-Metralha”, clássico dos quadrinhos da Disney.

Marc Jacobs

Jonathan Saunders Giles Belstaff

Oscar de la Renta

Michael Kors Ralph Lauren

74


Marc Jacobs

Tommy Hilfiger

PPQ Y3

75


Roksanda

Burberry

Narciso Rodriguez

Issa London


Diesel

Está mais que confirmado que o o looks total branco deixou de ser exclusividade dos profissionais da saúde e agora são o que há de mais clássico e chique na moda. As peças são especialmente estilosas em alfaiataria ao mesclar tecidos opacos, semi-transparentes e com brilho para destacar as sobreposições. Vestidos, saias, blazers e trech-coats ganham toda a atenção para as cores branca, offwhite e gelo. Tons de contraste como azul lápislázuli, laranja e verde neon aparecem apenas nos detalhes.

Mulberry

Michael Kors

DKNY Phillip Lim Mulberry

Nicole Farhi

Lacoste


EDITORIAL MÊS DA CRIANÇA

Criança à moda antiga Nada como resgatar um dos valores mais livres da infância: as brincadeiras ao ar livre. Um domingo de sol no parque promete ser muito mais divertido do que horas em frente ao computador! Reúna as crianças da família ou da vizinhança e dê a elas a oportunidade de conhecer jogos simples e estimulantes como pega-pega, amarelinha, escravos de Jó ou pular corda. A interação entre os pequenos é uma das melhores maneiras de entrar em contato com atitudes como respeito, generosidade e espírito de equipe. Leve uma cesta cheia de frutas da estação e promova uma piquenique junto à natureza. E não esqueça de escolher roupas leves e do protetor solar. Logo você também voltará a ser criança com a turminha!

FIchA TÉCNICA FOTOGRAFA: Luciana Rotolo PRODUÇÃO: Ana Carolina Chede Crianças: Ana Beatriz Gomes, Gael Peçanha, João Pedro Cruz, João Gabriel Cruz, Liz Sávi Rotolo, Maria caroilina Vergueiro de Andrade, Marina Vargas de Menezes Siqueira,Tília Fialho Gomes , Victor deMorais Freitas,

78

Agradecimento: Carolina Sehbe - Little Body - Confeccao e Representação Ltda e Parque da Barra - RJ


82


83


DESEMBARQUE RESPONSABILIDADE SOCIAL

Apoio à adoção ganha força no País

O

governo tem tomado medidas para estimular a adoção de crianças e adolescentes e facilitar os trâmites de adoção, reduzindo o tempo de espera para pais e crianças. Cerca de 4.583 crianças vivem nos abrigos atualmente, à espera de uma nova família. Pai de duas filhas adotivas, de 7 anos e 9 anos, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, defendeu mais agilidade nos processos de adoção de crianças no Brasil. “Temos que buscar simplificar os procedimentos e dotar as varas da Infância e todo o processo [para adoção] de gente com qualificação suficiente. Fiquei três anos na fila da adoção, há gente que fica cinco anos, seis anos e há tantas crianças que precisam ser adotadas”, disse o ministro. Crianças brancas, do sexo feminino e com pouca idade. Esse é o perfil mais procurado pelas 26.938 famílias que estão na fila de adoção. Mas a realidade das 4.583 crianças e adolescentes que vivem hoje em abrigos é bem diferente. Enquanto a maioria (76%) dos interessados inscritos no Cadastro Nacional de Adoção (CNA) procura filhos adotivos até 3 anos de idade, apenas 3,6% das crianças estão nessa faixa etária. Três anos após a criação do Cadastro Nacional de Adoção, as crianças negras ainda são preteridas por famílias que desejam adotar um filho. A adoção inter-racial continua sendo um tabu: das 26 mil famílias que aguardam na fila da adoção, mais de um terço aceita apenas crianças brancas. Enquanto isso, as crianças negras (pretas e pardas) são mais da metade das que estão aptas para serem adotadas e aguardam por uma família.Para sensibilizar as famílias interessadas na adoção sobre esse quadro, a organização não governamental (ONG) Aconchego e a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República lançaram uma campanha contando histórias bem-sucedidas de homens e mulheres que acolheram crianças que não se en-

84

caixam no perfil mais procurado. É o caso da bancária Rita Cássia da Rocha, de 46 anos. Há quatro anos ela adotou Patrícia, que à época tinha 5 anos e é negra. A menina também tinha um problema de saúde, a síndrome do alcoolismo fetal, causado pelo abuso de álcool cometido pela mãe biológica durante a gravidez. Rita conheceu Patrícia ao participar de um projeto da ONG Aconchego com crianças que vivem nos abrigos do Distrito Federal. “Desde que a gente se conheceu, o amor foi crescendo e aí a gente resolveu que ia passar por cima de todas as dificuldades, até financeiras, e adotá-la. Sempre quisemos adotar uma menina e pensamos em dar uma chance a uma criança que tinha menos chances de ser adotada”, explica Rita. De acordo com os dados do CNA, 21,5% das crianças disponíveis para adoção têm algum problema de saúde, e poucas famílias têm disponibilidade para aceitar filhos com essa condição. Soraya Pereira, presidente da ONG Aconchego, acredita que as famílias estão cada vez mais abertas a adotar crianças com perfil diferente daquele tradicionalmente procurado. Segundo ela, o objetivo da campanha é “chamar a atenção para essas crianças esquecidas” e levar informações às famílias paras desmistificar esse processo. “Hoje, as pessoas já conseguem entender que o foco da adoção não é uma criança para uma família, mas uma família para uma criança”, afirma. Segundo ela, há mais espaço hoje para crianças negras, mas ainda há pouco interesse na adoção de maiores de 5 anos. “As pessoas têm a ilusão que podem controlar o desenvolvimento e o crescimento da criança se acompanhá-la desde bebê. Mas a gente não tem essa certeza com filho biológico. Ninguém garante que um filho acompanhado desde o início não terá dificuldades lá na frente, não vai desenvolver uma patologia”, aponta Soraya.


BRASIL PROTEGE O governo federal agora prepara o lançamento do plano Brasil Protege, que cria uma rede de assistência para crianças e adolescentes. Organizado em três eixos, e desenhado desde o ano passado, ele será divulgado pela presidente Dilma Rousseff em meio às comemorações do Dia da Criança, em outubro. O foco inicial do plano será o atendimento a cerca de 38 mil crianças que vivem hoje em abrigos no País. A proposta é restabelecer vínculos familiares ou incluí-las em programas de adoção. A avaliação é de que esses meninos estão sendo duplamente abandonados: pelas famílias e pelo Estado. O plano do governo também busca enfrentar o problema dos adolescentes em conflito com a lei. O Brasil Protege prevê a elaboração de um diagnóstico da situação do Sinase, a construção e a reforma das unidades de internação e a inclusão desses jovens em cursos profissionalizantes. Outro eixo do Brasil Protege é a adoção de medidas para o combate à exploração sexual, especialmente nas cidades-sede da Copa de 2014. O plano traz ainda o fortalecimento das ações do Sistema Nacional de Medidas Socioeducativas (Sinase), direcionado para adolescentes em conflito com a lei. Presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), Miriam Maria José dos Santos afirma que o grupo ainda está avaliando as propostas do governo, mas ressalta a importância da iniciativa. “O melhor lugar para uma criança é perto da família, seja aquela de origem ou uma substituta.”

MAIS INFORMAÇÕES:

Portal Adoção: www.portaladocao.com.br


MÊS DA CRIANÇA

Gramado for kids O

Natal Luz celebra em Gramado, na Serra Gaúcha, a verdadeira magia da data mais importante do calendário cristão. Essa época do ano tem um apelo ainda maior para os pequenos que contam os dias para a chegada do Papai Noel. A partir do próximo mês, a 27ª edição traz uma série de espetáculo inéditos na programação, que promete encantar adultos e crianças. O Natal Luz de Gramado é o maior evento natalino do Brasil e ocorre de 1° de novembro de 2012 até 13 de janeiro de 2013, somando 74 dias de magia e emoção. A programação conta com mais de 600 atrações, tendo como principais os três grandes espetáculos Fantástica Fábrica de Natal, Grande Desfile de Natal e Nativitaten. Durante o evento a pequena cidade serrana de Gramado se transforma em um grande parque temático de natal. O município expõe uma decoração inovadora que vem ao encontro de causas ambientais. Todas as peças decorativas que enfeitam a cidade são confeccionadas manualmente por habilidosos artesãos a partir de garrafas pet. “Em 2011, Gramado recebeu mais de 1,4 milhões de visitantes durante o Natal Luz, os quais se emocionaram com as diversas atrações apresentadas. Estamos trabalhando com muita dedicação para superar o número de visitantes nesta 27° edição do nosso maior evento, buscando proporcionar para nossa comunidade e turistas um Natal Luz repleto de novidades”, destaca a Secretária de Turismo de Gramado e coordenadora do 27° Natal Luz, Rosa Helena Volk.

86

Para a criançada, os espetáculos da Vila de Natal apresentam teatro de bonecos, corais, peças teatrais, além de poder assistir filmes em 3D, visitar a casa do Papai Noel e brincar no miniparque de diversões. Uma das novidades deste ano é a comédia musical AU AU! – Uma Aventura de Natal, atração dedicada principalmente ao público infantil. O espetáculo inova pelos efeitos visuais, figurinos de luxo e experiências sensoriais. Dirigido por Margarida Leoni Peixoto e com texto de Marcelo Adams, a peça infantil traz as aventuras da cachorrinha Princesa que luta contra muitos vilões pelo mundo para salvar o espírito de Natal. No novo espetáculo da programação, dois ingredientes tipicamente brasileiros foram inseridos e pensados para tornar a história, além de emocionante, divertida e engraçada não só para as crianças, mas também para os adultos que as acompanham: o cômico, que aparece nas inusitadas situações e nas personagens cheias de carisma que cruzam o caminho da protagonista Princesa e do elfo Natalino; e AuAu, Uma Aventura de Natal!

Fotos: Cleiton Thiele/SerraPress.

A ESTREIA DE ESPETÁCULOS ESPECIAIS PARA CRIANÇAS PROMETE RENOVAR A MAGIA DO NATAL NA SERRA GAÚCHA.


Fotos: Cleiton Thiele/SerraPress.

o aspecto musical, de grande relevância na trama. As letras das canções, também compostas por Marcelo Adams, foram criadas com os mais variados ritmos, e ajudam a contar a história de forma dinâmica e bem humorada. “Nessa grande aventura, repleta de magia, Princesa e Natalino correm contra o tempo para juntar os pedaços do Espírito de Natal, que foi quebrado pelo vilão Ligúrio e espalhado pelos mais longínquos lugares imagináveis: no Polo Norte, na Transilvânia, em Marte, na tribo dos Não-Não...O texto celebra o que há de melhor na festa do Natal, e chama a atenção para o poder que ele tem de enternecer os corações e evocar bons sentimentos e ações”, acrescenta Marcelo. Segundo o criador de AU AU! – Uma Aventura de Natal, o desafio foi dar uma cara atual e cheia de movimento à história, para agradar às crianças de hoje, acostumadas com um mundo veloz e multi facetado. Há 27 anos Gramado renova o espírito do Natal em família para todos os públicos. Aproveite as férias de fim de ano e delicie-se com o cenário, gastronomia, cultura e artesanato da cidade.

Grande Desfile de Natal

NATAL LUZ DE GRAMADO:

1º de novembro a 13 de janeiro de 2013. www.natalluzdegramado.com.brmado.com.br

87


ESTAÇÃO FINAL by Jamil Nicolau

Grand Opennig Party no Hotel Casa da Montanha

Jonathas Faro

Bruninho

Rafael Fritzsche e esposa

Ingra Liberato

Mariana Medeiros e Rolf Krueger Guilherme Duarte e Juliana Alves

Julia Faria

Arnaldo Jabor Beth Faria Fotos: Edson Pereira e Lu JP.

Caio Castro

Bruno Quirino

Tatiana Fontes

Guilherme da Silva e Caroline Algayer

Jose Luis Motta e Lisa Block

Naza Mac Lean e Ramon Basso

88


Lançamento coleção verão JK Store

Paty Soares e Bruno Stopazolli

Breno Perucchi

Suellen Guarezi

Fotos: Angelo Santos.

Ana e Waltinho Koerich

Patricia Jucá

Luis Fernando e Lucia de Vincenzi

Maria do Rocio

Mariana Povoas Ronaldo Zanelatto

mostra Casa Nova e Festa L'equipe no El Divino Lounge em Floripa

Fotos: Fernando Willadino

Aline Wiese, Janaina Hoffmann e Romi de Liz

Mauricio Christen, Marian Pesca, Claudio Schramm e Marcela Medeiros

Paulo Centeno e Camille Reis

Paulo Gruel, Flavia Guguielmi e Marcelo Salum

Rodo Almeida e Luciano Martins

89


CASAMENTO DE MONICA NICOLAU E LEONARDO LIMA NO DONNA | FLORIPA

Clayton Gomes e Priscila Rosa

Betina Burigo e Dani Prandi

Fabiana Shaeffer e Jamil Nicolau Os noivos Leonardo Lima e Monica Nicolau

Cesar Sabattine, Cris Queiróz e Sergio Zanch

Ricardo Pereira e Camila Fraga

Rose Gonzaga e Antonio Lima

Tamara e Arthur Herdy

Sara e André Kuntze

90

Ticiane e Claudio Motta

Marina Gonzaga e Karla Silva

Fotos: Thiago Floriani

André Pasquale e Juliana Schaeffer


13ª Edição Meus Prêmios Nick | SÃO PAULO by Dani Ferrera

Michel Teló

Eduardo Sterblitch

Thiaguinho

Andrés Mercado e Isabela Castillo

Klara Castanho

Cauâ Reymond

Ricardo Tozzi

Fotos: Divulgação.

Reynaldo Gianecchini

James Maslow, Logan Henderson, Carlos Pena, Kendal Schmidt


CRÔNICA

AS ANDANÇAS NA BEIRA-MAR

Raul Caldas Filho *

A

s caminhadas e o jogging na Avenida Beira-Mar Norte da capital catarinense são hábitos relativamente recentes. Em épocas mais provincianas, nenhum cidadão - ou cidadã - “de respeito” saía às ruas de tênis, trajes esportivos e indefectíveis bonés só com o objetivo de se exercitar andando ou correndo. Foi a abertura daquela avenida, nos anos 1960 e 70 e, posteriormente, já nos anos 80, com a construção da Via Expressa Norte, como seu prolongamento, que incentivaram tal prática. Isso num período em que o médico americano Kenneth Cooper criou o seu famoso método de condicionamento físico, popularizado no Brasil como teste de Cooper. Caminhar ou correr na Beira Mar virou daí um verdadeiro modismo. O que nos permite até detectar certas peculiaridades dos seus praticantes. Pois, se a disputada passarela não tem o charme de um desfile do Armani, apresenta, por outro lado, um espetáculo sempre variado e multiforme no que se refere à fauna humana (masculina e feminina). Vê-se de tudo um pouco: de curvilíneas donzelas a altivas damas de outras épocas; de espadaúdos ginastas a velhotes barrigudinhos; de musculosas corredoras a gordotas socialites procurando melhorar a forma. Há ainda os diversos horários e as diversas categorias, de acordo com as idiossincrasias e as disponibilidades de cada um (a). As decididas jornadas têm início quando o sol mal desponta a leste, iluminando a Ilha com os seus primeiros raios. É a hora dos madrugadores e dos apressadinhos, que não podem perder muito tempo, categoria que inclui executivos, políticos, homens do poder, jornalistas, comunicadores, publicitários, professores universitários e mulheres ativas, do tipo que aparece nos comerciais de TV anunciando o sempre-livre. A partir das 9 horas da manhã, em dias úteis (sábados, domingos e feriados não contam porque são dias reservados aos “amadores”), as andanças ficam menos tensas. É o chamado horário nobre, que se estende até o meio-dia, nas estações amenas, e cuja frequência é fiel e variada, desde compenetrados atletas adeptos do mens sana in corpore sano, a poetas, escritores e artistas em busca de musas arredias. Essa é também a hora burguesa, a predileta das madames, dos bons vivants de meia-idade e dos representantes da ociosidade bem remunerada (marajás aposentados, políticos em recesso, generais de pijama e afins), pessoas que já não precisam cumprir à risca o anátema bíblico de “ganhar a vida com o suor do seu rosto”. Basta suar um pouco a camiseta. Muito comum, também, no período matinal são as duplas, trincas e até quartetos (geralmente femininos),

que não param de falar (da vida alheia?) um minuto sequer. Franklin Cascaes não titubearia em denominá-las de “As Bruxas” da Beira-Mar. Mas a maioria prefere fazer o seu cooperzinho a sós. São os solitários que podem se desdobrar em várias subcategorias, a saber: os “fanáticos”, que não falham um dia, com nordestão, vento sul, lestada e chuva; os esporádicos, que só aparecem com céu de brigadeiro e mar de almirante; os “que não brincam em serviço”, ou que só param quando estão encharcados de suor e os “contemplativos”, ou “lentos”, que não são de gastar muita energia. Ressalte-se que nesta lista incluem-se “eles” e “elas”. Há também os “espertinhos”, que param os seus automóveis num dos estacionamentos e andam durante uns... quinze minutos. Não enganam nem a eles mesmos. Outro horário de pique, e que alcança respeitável “Ibope”, é ao crepúsculo, quando a Beira-Mar oferece, sem cobrar nada, um dos mais belos (e raros) ocasos do planeta. Em tardes ensolaradas, é claro. Há ainda aqueles (as) que preferem as caminhadas noturnas, um excelente programa para o corpo e o espírito (e para se livrar das novelas da Globo), especialmente em noites estreladas ou de lua-cheia, sem nordestão. É o melhor “expediente” para os estressados. Os diversos trajetos constituem-se também num item digno de observação. Certos habitués gostam de caminhar sempre para o mesmo lado e depois voltar. Outros preferem variar o itinerário. Mas às vezes, nas idas e vindas, há o encontro com faces conhecidas e sua consequente reação civilizada social: os cumprimentos. Estes podem ser enquadrados numa escala que vai do falso-efusivo «mas que prazer em te ver!», ao formal-lacônico «como vai!», passando por aquela troca de sorrisos amarelos, quando há o reencontro de pessoas que já se cruzaram e se cumprimentaram antes. *** Mas duro mesmo é quando você já trocou abobrinhas por intermináveis minutos com um ex-colega de secundário, com quem não se encontrava fazia uns... 30 anos, e depois se despediu dele com batidinhas nos ombros, coisa e tal, e agora você o vê de novo, ao longe, vindo de volta. Aí o jeito, como não existe esquina na Avenida, é apelar para o gesto hipnótico do Mandrake e... sumir no espaço. RAUL CALDAS FILHO Jornalista, cronista e ficcionista www.raulcaldasfilho.com.br contato@raulcaldasfilho.com.br

93


PÁGINA POÉTICA Jamie queria muito ter um papel na peça da escola. A mãe disse que tinha procurado preparar o seu coração, pois ela temia que ele não fosse escolhido. No dia em que os papéis foram distribuídos, eu fui com ela buscá-lo à escola. Jamie correu para a mãe, com os olhos brilhantes de orgulho e emoção: - Adivinha, mãe! E disse aquelas palavras que continuariam a ser uma lição para mim:

Fotos: Cleiton Thiele/SerraPress.

- Eu fui escolhido para bater palmas e espalhar a alegria!

94


Consuma com estilo, n達o com excesso.

www.facebook.com/veuveclicquotbr



Estação Aeroporto Outubro