Issuu on Google+

Revista de

Saúde

GUIA MÉDICO

DEZEMBRO DE 2013

Conhecendo a Cirurgia Pediátrica Como evitar as “Escaras” Doença renal crônica A saúde do idoso

N° 02

Cuidar, antes que lamentar

Envelhecimento celular e manchas na pele Rouquidão,

Ano 01

Quando se preocupar? DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

Saúde GUIA MÉDICO DE BARBACENA Revista de

DE BARBACENA

Depressão, Tristeza da alma


COMERCIAL BEOUEMED SAÚDE, CONFORTO E SEGURANÇA!

PRODUTOS MÉDICOS - HOSPITALARES

FRALDAS GERIÁTRICAS DE QUALIDADE MUNDIAL

(32) 3331.8971 Rua Tiradentes, 91 - Centro - Barbacena-MG


Sumário Revista de Saúde

CIRURGIA PEDI˘TRICA

CONHECENDO A CIRURGIA PEDIÁTRICA

OFTALMOLOGIA GLAUCOMA - PREVINA-SE DA CEGUEIRA!

OTORRINOLARINGOLOGIA

ROUQUIDÃO, QUANDO SE PREOCUPAR?

GASTROENTEROLOGIA DOR ABDOMINAL - SIGNIFICADO, CAUSAS E DIAGNÓSTICO

GUIA MÉDICO

DE BARBACENA

Diagramação e Revisão Equipe Ethara Fotografia José Celso Lima Impressão Rona Editora Tiragem 5.000 exemplares Comercial Barbara Franco (32) 9812.3693

barbara.franco@ethara.com.br Bruno Franco FISIOTERAPIA

A SAÚDE DO IDOSO - CUIDAR, ANTES QUE LAMENTAR

FARM˘CIA DE MANIPULAÇ‹O

(32) 9804.2320

bruno.franco@ethara.com.br Distribuição Gratuita Barbacena e região

ENVELHECIMENTO CELULAR E MANCHAS NA PELE

ODONTOLOGIA

IMPLANTE COM CARGA IMEDIATA

PARA ANUNCIAR (32) 8869.1211 comercial.revista@ethara.com.br

PSIQUIATRIA

DEPRESSÃO, TRISTEZA DA ALMA

TRATAMENTO DE FERIDAS COMO EVITAR AS “ESCARAS”

NUTROLOGIA

OBESIDADE - O PAPEL DA PROTEÍNA NO CONTROLE DO PESO

DERMATOLOGIA

BOTOX E PREENCHIMENTO: QUAL A DIFERENÇA?

FONOAUDIOLOGIA

VOCÊ ESTÁ ME OUVINDO BEM?

NEFROLOGIA

DOENÇA RENAL CRÔNICA

NEFROLOGIA

PRÓ-RENAL: UM SONHO REALIZADO

Viver com saúde é viver bem


CI RU R G IA PE DIÁT R I CA

CONHECENDO A CIRURGIA PEDIÁTRICA

O que é a cirurgia pediátrica? É uma especialidade médica, ramo da cirurgia, que se propõe realizar o tratamento cirúrgico de doenças, lesões e malformações de crianças e adolescentes na faixa de 0 a 14 anos. Para se tornar um cirurgião pediátrico, o médico tem de fazer dois anos de residência em cirurgia geral. Após isso, ele ainda fará mais três anos de residência em cirurgia pediátrica, onde verá as diferenças existentes no tratamento a um adulto e a uma criança. Quando seu filho(a) necessita de tratamento médico, você sempre deseja que ele(a) tenha acesso ao melhor disponível. Portanto, quando seu filho(a) necessitar de tratamento cirúrgico, você desejará consultar um cirurgião que seja qualificado, experiente e treinado especificamente para prover um cuidado diferenciado no tratamento cirúrgico das crianças.

Que diferença faz ser atendido por um cirurgião pediátrico? As crianças não são adultos em miniatura, portanto seus problemas cirúrgicos frequentemente são diferentes daqueles encontrados nos adultos. As crianças também necessitam de um ambiente de consultório diferenciado, com decoração apropriada e principalmente de uma abordagem adequada para a sua faixa etária. Ser atendido por um cirurgião pediátrico significa ser tratado por um profissional especializado no cuidado cirúrgico em todas as fases do desenvolvimento da criança.

Qual o foco da cirurgia pediátrica? Cirurgiões pediátricos têm formação especializada, qualificação e experiência nas seguintes áreas: Pré-natal: detectar alterações no desenvolvimento do feto antes do nascimento. Podendo então planejar a correção cirúrgica e antes da criança nascer, conscientizar os pais do problema e de qual é o tratamento a ser realizado.


PRÉ-NATAL | NEONATAL | CIRURGIA PEDIÁTRICA GERAL UROLOGIA PEDIÁTRICA | TRAUMA | ONCOLOGIA PEDIÁTRICA Neonatal: correção cirúrgica de malformações congênitas (adquiridas antes do nascimento), algumas da quais causam risco à vida.

Cirurgia Pediátrica Geral: correção das diversas patologias cirúrgicas que envolvem o tórax e abdome, bem como múltiplas malformações em diversas partes do corpo (hérnias, obstruções intestinais, apendicite, cirurgias pulmonares, correção de fístulas cervicais, etc.). Urologia Pediátrica: devido à grande incidência de malformações geniturinárias e de doenças nessas regiões, principalmente nos meninos, o Cirurgião Pediátrico tem qualificação e experiência no tratamento operatório dessas patologias (fimose, hipospadia, criptorquidia – testículo fora da bolsa, obstruções renais, refluxo vesicoureteral, etc.). Trauma: devido ao trauma ser a causa número 1 de morte entre crianças maiores e adolescentes, os Cirurgiões Pediátricos frequentemente enfrentam e tratam de situações críticas envolvendo lesões traumáticas em crianças.

Oncologia Pediátrica: estão envolvidos nas equipes multidisciplinares para o diagnóstico e o tratamento das crianças com tumores malignos (câncer) e benignos.

Um adulto poderá ser tratado como criança, mas o inverso poderá ser um desastre Sir Lancelot Barrington Ward

Dr. ÁLVARO HENRIQUE ANGHIETTI NALON CRM-MG 40150 Especialista em Cirurgia Pediátrica.

Av. Dr. Jaime do Rego Macedo, 28 - Ibiapaba - Barbacena - MG (32) 3331.0666 / 3331.0704 / 9936.9392 ahanalon@gmail.com


DIMETRA ASSESSORIA E CONSULTORIA EM MEDICINA DO TRABALHO Seriedade e Comprometimento. Comodidade na realização dos exames. Traslado dos equipamentos e Equipe Médica até a sua empresa (caso apresente instalações adequadas).

Parcerias com várias clínicas onde serão realizados exames complementares (Exames Laboratoriais, Audiometria, ECG, RX, EEG, entre outros) Implementação dos processos de documentação: • ASO: Atestado de Saúde Ocupacional aAdmissional aPeriódico aMudança de função aRetorno ao Trabalho aDemissional. • PCMSO: Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional. • PPRA: Programa de Prevenção de Riscos Ambientais. • PPP: Perfil Profissiográfico Previdenciário.

Dr. Jesus Célio de O. Malta

Dr. Diego Nézio Malta

Elziane Assunção

CRM-MG 13404 Médico do Trabalho. Médico Perito do INSS. Médico Perito do DETRAN.

CRM-MG 53621 Clínico Geral . Médico do Trabalho.

MTE 27722 Técnico em Segurança do Trabalho.

Rua Padre Toledo, 82 sala 203 - 1° andar - São Sebastião -Barbacena - MG (Próximo à Santa Casa)

(32) 3331.5107 dimetrabcena@hotmail.com


OF TA LM O L OGIA

GLAUCOMA PREVINA-SE DA CEGUEIRA!

A

visão é um dos cinco sentidos necessários para uma boa qualidade de vida e adequada comunicação. Sendo assim, este artigo tem como objetivo alertar para o diagnóstico precoce da principal causa de cegueira irreversível no mundo: o glaucoma!

O que é o glaucoma? O glaucoma é uma doença ocular que envolve danos ao nervo óptico, responsável por enviar sinais visuais ao cérebro. Ainda não se sabe ao certo o que causa este dano, mas já foi provado que a elevação da pressão intra-ocular é o principal fator de risco ligado à doença.

Quais são os sintomas? O glaucoma é uma doença silenciosa, não causa sintomas em seu início em até 90 % dos casos. Com a sua progressão, ele causa uma perda de campo visual de forma imperceptível e, em um estágio mais avançado, leva a uma visão tubular e posterior cegueira.

Visão normal

Visão tubular

O que devo fazer para prevenção da doença? Diante de todo este quadro temos uma boa notícia! Se o paciente, principalmente após os 40 anos, visita seu oftalmologista anualmente, podemos fazer o diagnóstico precoce sem nenhum dano à sua visão.


Carlier -

Clínica de O•almologia Avançada

Qualquer exame de vista faz o diagnóstico? Não é bem assim. Precisamos de um exame detalhado, com aparelhagem especifica, para detecção precoce. Exames como Campo Visual Computadorizado, Retinografia, Curva-de-pressão e Paquimetria estão entre os principais para detecção precoce e um correto acompanhamento.

Depois de detectado, o glaucoma tem cura? Após o diagnóstico do glaucoma, podemos fazer um controle do mesmo, sendo, na maioria dos casos, o colírio suficiente para baixar a pressão intra-ocular. Caso o glaucoma progrida, mesmo com tratamento clínico, temos o tratamento auxiliar com laser ou até mesmo a cirurgia anti-glaucomatosa, ambos realizados por nossa equipe da Clínica Carlier. A Clínica Carlier tem a satisfação em melhor atender e acompanhar seus pacientes. Com sua moderna tecnologia, ela possui um dos mais avançados centros diagnósticos para uma detecção precisa e eficaz do Glaucoma. Os exames são rápidos e indolores, e o resultado fica pronto no mesmo dia.

Se o paciente, principalmente após os 40 anos, visita seu oftalmologista anualmente, podemos fazer o diagnóstico precoce sem nenhum dano à sua visão.

Clínica de O•almologia Avançada

Dra. DANIELLE CARLIER CRM 37932 Pós-graduada em Glaucoma e Catarata pela Santa Casa de Belo Horizonte. Membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia. Membro da Sociedade Brasileira de Glaucoma e Catarata. Preceptora da unidade de Glaucoma e Catarata da Santa Casa de Belo Horizonte (2007-2011).

Rua São Leonardo,252 - Centro - Barbacena - MG (32) 3331.1823 carlier.oftalmologia@yahoo.com.br


O T O RR INO L A R I NG OL OG IA ROUQUIDÃO, QUANDO SE PREOCUPAR?

A

rouquidão é um termo comumente usado para descrever uma alteração na qualidade da voz, tecnicamente chamada de disfonia. Ela ocorre quando há alguma alteração no funcionamento da laringe, que é o órgão responsável pela produção e emissão da voz humana. As causas de disfonia são muitas e variam desde um simples resfriado comum até câncer de laringe, sendo em muitas vezes o sintoma inicial. Portanto, qualquer paciente com rouquidão por mais de 2 semanas necessita de uma avaliação de um otorrinolaringologista.

Quais são as principais causas? Infecção Aguda: pode ser viral ou bacteriana. Geralmente a disfonia melhora após o fim da infecção. O tratamento requer muito líquido, repouso vocal e em alguns casos, o uso de antibióticos. Abuso Vocal: é a causa mais comum de disfonia e está associada ao uso incorreto da voz que machuca as pregas vocais e provoca os chamados “nódulos vocais”, também conhecidos como “calos nas cordas vocais”. O diagnóstico, nesse caso, é feito por meio da laringoscopia, e complementação do tratamento com fonoaudiologia. Caso o trauma seja intenso e prolongado, alterações definitivas podem aparecer, de modo que somente procedimentos cirúrgicos podem corrigi-las.

Epiglote

Cordas Vocais Traqueia

Imagem de laringoscopia realizada em consultório.


Câncer de Laringe: o diagnóstico precoce aumenta muito as chances de cura sendo a rouquidão em muitas vezes o primeiro sintoma. Fatores predisponentes como o álcool e o fumo são muito importantes para seu aparecimento. O diagnóstico é feito com biópsia da lesão e o tratamento pode ser cirúrgico, com radioterapia ou a associação de ambos. Papiloma Laríngeo: é o tumor benigno mais frequente da laringe, causado pela infecção pelo vírus HPV. O diagnóstico é feito com auxílio da laringoscopia e o tratamento é cirúrgico. Em alguns casos, a recidiva é frequente e requer várias intervenções cirúrgicas. Paralisia de Pregas Vocais: ocorre por lesão do nervo que inerva a laringe. Os sintomas podem variar desde rouquidão, até falta de ar (dispneia). O diagnóstico é feito pela laringoscopia e deve-se investigar o motivo da paralisia da prega vocal.

Como proceder? A pessoa acometida de rouquidão por mais de duas semanas, deve procurar um otorrinolaringologista para uma consulta e um exame visual das pregas vocais. O tratamento específico é a melhor solução e o auxílio de fonoterapia (com fonoaudióloga) é, por vezes, fundamental. Caso seja comprovado o Câncer na Laringe, o melhor resultado é aquele que houver sido diagnosticado mais precocemente. E lembre-se que evitar prática como o tabagismo e alcoolismo, além da hidratação frequente e o uso correto da voz, são condutas importantes para uma boa saúde vocal!

Lembre-se que evitar prática como o tabagismo e alcoolismo, além da hidratação frequente e o uso correto da voz, são condutas importantes para uma boa saúde vocal!

Dr. HOMERO GOYATÁ CRM-MG 42886 Membro titulado da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia. Médico Preceptor no Instituto de Otorrinolaringologia de Minas Gerais.

Av. Dr. Jaime do Rego Macedo, 86, sala 206 – Clínica São Lucas – Barbacena-MG (32)3331.3939 / (32)3331.2003


GASTROENTEROLOGIA

DOR ABDOMINAL SIGNIFICADO, CAUSAS E DIAGNÓSTICO

A

dor abdominal está entre as causas mais comuns de consulta médica ao Gastroenterologista. É qualquer dor sentida entre a região da borda inferior do tórax e a virilha, frequentemente descrita popularmente como a “dor de estômago ou na barriga”. Quase todas as pessoas já sofreram desse tipo de dor em algum momento da vida e na maior parte das vezes não é causada por um problema clínico grave. Pode ser classificada em aguda ou crônica (duração superior a 3 meses). Outra forma de classificação seria: visceral (quando vinda de órgãos intra-abdominais), parietal (comprometendo o peritônio) e referida (ocorre em ponto diferente ou distante do local acometido). O abdome contém um grande número de órgãos e estruturas que podem sediar a dor. São eles: estômago, intestino delgado, intestino grosso (cólon), fígado, pâncreas, vesícula biliar, baço, rins, músculos e ligamentos. Além disso, existem órgãos extra-abdominais, que também podem causar dores abdominais, como coração, pulmão, mediastino, coluna vertebral e órgãos pélvicos femininos e masculinos. Seguem os exemplos mais comuns de causas de dor abdominal na lista abaixo. Esôfago

PRINCIPAIS CAUSAS DE DOR ABDOMINAL

• • • • • • • • • •

Apendicite Aguda Cálculos na vesícula Gastrite Esofagite Pancreatite Úlcera no estômago e duodeno Cálculos nos rins Diarreias Agudas Hérnias abdominais Diverticulite

• Infarto do miorcárdio • Síndrome do Intestino Irritável • Dispepsia • Doença Inflamatória Intestinal • Pielonefrite • Obstrução Intestinal • Câncer de órgãos abdominais • Hepatite

Fígado Estômago

Cólon

Intestino delgado

Reto Ânus


DIAGNŁSTICO O diagnóstico da dor abdominal pode, ocasionalmente, exigir recursos mais sofisticados, porém uma boa história clínica, principalmente ouvindo o paciente e o estimulando a descrever seus problemas com suas próprias palavras e realizando perguntas bem dirigidas, associado a um cuidadoso exame físico, propiciam dados fundamentais e frequentemente decisivos para a maioria dos casos. Se necessário, podemos em algumas situações, exigir de todo arsenal de recursos laboratoriais e de imagem, incluindo exames radiológicos e ultrassonografia de abdome, endoscopia digestiva alta, colonoscopia e outros.

Dr. THOMPSON B. MACHADO Jr. CRM-MG 43054 Especialista em Clínica Médica pelo Hospital da Força Aérea do Galeão-RJ. Especialista em Gastroenterologia e Endoscopia Digestiva pelo Hospital Universitário da UFJF.

TRATAMENTO O tratamento é amplo e variável, dependendo da causa da dor, intensidade e duração, devendo o médico afastar as mais ameaçadoras à vida do paciente. Cabe então ao gastroenterologista proceder à correta investigação diagnóstica, separar os diferentes tipos de dor e indicar o manejo terapêutico mais adequado.

Cabe então ao gastroenterologista proceder à correta investigação diagnóstica, separar os diferentes tipos de dor e indicar o manejo terapêutico mais adequado.

CLÍNICA DE GASTROENTEROLOGIA, ENDOSCOPIA DIGESTIVA ALTA E COLONOSCOPIA

Rua Baronesa Maria Rosa, 20 - Boa Morte - Barbacena - MG (32) 3333.3093 / thompsongeve@yahoo.com.br


FISIOTERAPIA A SAÚDE DO IDOSO CUIDAR, ANTES QUE LAMENTAR

O

envelhecimento da população é um fenômeno mundial. No Brasil, houve um aumento de 8,8% para 11,1% de idosos, entre os anos de 1998 e 2008. Atualmente, estima-se que existam no país 21 milhões de pessoas com 60 anos ou mais. Com a maior concentração de idosos na população observou-se aumento na incidência de doenças crônico-degenerativas, que podem ser acompanhadas por sequelas, que limitam o desempenho funcional e geram dependência. Alguns idosos vão perdendo sua capacidade de realizar algumas atividades ao longo dos anos e isso acarreta desconforto e preocupação para a própria pessoa e para a família. Coisas simples do dia a dia, tais como cortar as unhas dos pés, subir e descer escadas, vestir-se, tomar banho e dificuldades relativas à locomoção são exemplos da dependência de certos idosos para realizar as atividades básicas da vida diária, além de determinadas doenças que surgem ao longo dos anos, como artrose, osteoporose, fraturas devido a quedas, AVC e outras. Essas mudanças geram uma perda da qualidade de vida dos idosos e cada vez mais a sociedade se preocupa em minimizar esses efeitos nesse grupo de pessoas.

“Com a maior concentração de idosos na população observou-se aumento na incidência de doenças crônico-degenerativas, que podem ser acompanhadas por sequelas, que limitam o desempenho funcional e geram dependência.” Assim sendo, políticas preventivas e de tratamento estão se intensificando. Dentre essas ações, encontra-se a prática de exercícios físicos, uma vez que seus benefícios não se restringem somente ao campo físico-funcional e mental dos indivíduos, melhorando também o desempenho funcional, social, mantendo e promovendo a independência e a autonomia da-

queles que envelhecem. A Fisioterapia se tornou uma importante aliada nesse processo natural do envelhecimento, pois busca a manutenção das funcionalidades do idoso utilizando-se de técnicas como exercícios ativos, globais e que treinem o equilíbrio desses pacientes. Permite ainda proporcionar ao idoso a melhora na sua qualidade de vida, aproximando-o da superação


FISIOTERAPIA | RPG | PILATES | SESSÃO PARA RELAXAMENTO ACUPUNTURA | NUTRIÇÃO | FONOAUDIOLOGIA

EVERALDO CLOVIS BATALHA CREFITO 4- 4315-F Faculdade de Reabilitação da Asce Rio de Janeiro. Pós Graduado em Acupuntura. Pós Graduado em Medicina do Trabalho. Pós Graduado em Traumato-Ortopedia. Pós Graduado em PSF. Pós Graduado em Docência Superior. Curso RPG e Pilates.

das suas limitações acometidas pela idade. Sua aplicação pode se fazer necessária tão cedo quanto sejam percebidos os sinais da perda da sensibilidade e controle das ações motoras advindos com o tempo já vivido. Além das técnicas convencionais, a Fisioterapia conta ainda com o Método Pilates que fortalece os músculos fracos, alonga os músculos que estão encurtados e aumenta a mobilidade das articulações. São movimentos realizados sem pressa e com muito controle para evitar estresse. Ou seja, não gera impacto algum, sendo, portanto, um exercício físico de importante auxílio na promoção da saúde do idoso ajudando a garantir a independência e o conforto na realização de atividades por parte dos pacientes. Portanto, nada de arrumar desculpas para a idade.

Vamos procurar uma melhor forma de se cuidar e não deixar que o processo tão natural que é o envelhecer, acabe com o brilho de um passado bem vivido e com a expectativa de um futuro livre de certas doenças!

NATALIA CRISTINA RODRIGUES DE BARROS CREFITO 4- 134382-F Universidade Presidente Antônio Carlos

NATALIA CARVALHO PEREIRA CREFITO 4- 108744-F Universidade Presidente Antônio Carlos

PAULA DE CASTRO ARAUJO ALMEIDA CREFITO 4- 67198-F Universidade Católica de Petrópolis

Rua Padre Toledo s/n - São Sebastião (anexo à Santa Casa) Barbacena - MG (32) 3331.4833 / centrobemviver@yahoo.com.br


PEIXES, CAMARÕES, POLVO, LULA, MARISCO, LAGOSTA, FILÉS, SALMÃO, ETC.

Av. Rodrigo Silva, 63 Bairro do Campo - Barbacena/MG Tel.: (32) 3051-3333 ENTREGA EM DOMICÍLIO

Quem é que não busca uma alimentação balanceada e nutritiva? E se ela for saborosa? Melhor ainda! O Peixe é uma opção que além de trazer benefícios à saúde de toda a familia pode compor cardápios variados para o dia-a-dia.

PEIXARIA (32)

3051-3333


A “La guardia” já está preparando guloseimas para o seu Natal ficar ainda mais especial e gostoso. O cardápio de Natal já está disponível com novidades como a maravilhosa torta de KitKat, rabanadas, panetones trufados, canapés finos, miniceias, cestas natalinas, fios de ovos, Kits para coffee break, tábua de frios, linha de pães especiais...

(32) 3332.9957 Rua Mendes Pimentel, 43 - Bairro São José Barbacena-MG


FA RMÁC IA D E MA NI P UL AÇÃO

ENVELHECIMENTO CELULAR E MANCHAS NA PELE

O

envelhecimento celular é causado por fatores internos e externos. Eles desencadeiam a produção exagerada de radicais livres, causando alterações de pigmentação, bem como na síntese de colágeno e elastina. Desta forma, a pele perde gradativamente sua aparência saudável. É impossível não se incomodar com as manchas no rosto, quando se pode ter uma pele lisinha. Infelizmente, não há nenhuma borracha mágica que deixe a pele do jeito que desejamos; porém, já existem muitos tratamentos que melhoram ou eliminam as manchas. Mas o resultado do tratamento depende também do tipo de mancha, do grau, das causas, etc. Atualmente, os peelings químicos são amplamente utilizados para diversas alterações da pele, como manchas, rugas e flacidez. Eles auxiliam no rejuvenescimento celular, deixando a pele aparentemente mais saudável, mas é um método muito agressivo e desconfortável. O que leva as pessoas a desistir e abandonar o tratamento, antes mesmo da obtenção de um resultado satisfatório.

“Sabendo da pouca adesão devido ao desconforto dos peelings químicos, uma opção segura e saudável é o Peeling em Cápsulas.” Desenvolvido pela Nexira Health, o Oli-Ola, Peeling em Cápsulas é capaz de promover efeito peeling na pele, como os peelings químicos, sem causar os desconfortos cutâneos, dos peelings tradicionais. Oli-Ola é um extrato 100% natural da Oliva, produzido por agricultura orgânica na região sul do Mediterrâneo. Trata-se de um extrato do fruto da Oliveira (Oliva) que possui padronização em hidroxitirosol (3% de hidroxitirosol), um polifenol com potente ação antioxidante.


MEDICINALE - “SUA SAÚDE EM BOAS MÃOS”

Ações do Peeling em Cápsulas

Promove diminuição da hiperpigmentação cutânea com melhora da uniformidade da • Aumenta a vida cronológica de fibroblastos huma- tonalidade da pele Estimula a produção de colágeno e aumenta o tempo de vida dos fibroblastos

nos normais. • Melhora significativamente o tempo de duplicação da população de células.

Melhora a elasticidade cutânea e reduz a perda e as alterações funcionais da elastina dérmica O tratamento antioxidante com hidroxitirosol (associado à vitamina E, queratina, entre outros) modula a expressão gênica de fibroblastos alterada com a idade.

Aumento da atividade de enzimas antioxidantes Aumento da expressão gênica

Dos compostos fenólicos predominantes no óleo de Oliva, o hidroxitirosol é o composto antioxidante mais potente. Vários estudos têm demonstrado a capacidade antioxidante superior do hidroxitirosol sobre os antioxidantes da oliva e inclusive as vitaminas C e E.

Estimula a renovação celular e modula a taxa de crescimento e apoptose de queratinócitos O Hidroxitirosol é capaz de modular a taxa de renovação celular, normalizando a descamação da pele. Um estudo in vitro mostrou que o hidroxitirosol reduz a viabilidade celular e induz a apoptose de maneira dosedependente em queratinócitos anormais ou disfuncionais.

Aumento da atividade dos fibroblastos e proteção da elastina e do colágeno

Vantagens O Peeling em cápsulas garante benefícios adicionais em comparação aos peelings comuns: • Pode ser usado em todos os fototipos cutâneos; • Apresenta boa adesão ao tratamento; • Não causa desconforto cutâneo, como nos peelings tradicionais; • Apresenta segurança de uso e ausência de complicações.

Antes de utilizar qualquer medicamento, procure seu médico ou converse com seu farmacêutico de confiança. GLAÍSE DE SOUZA CARVALHO CRF-MG 16980 Farmacêutica - Bioquímica. Especialista em Manipulação Alopática Magistral (Instituto Racine - São Paulo). Direção Técnica da Medicinale Farmácia e Manipulação.

“Sua saúde em boas mãos”

Av. Bias Fortes, 135 loja 1 Centro - Barbacena - MG (32) 3331.9559


PSIQU IAT RIA DEPRESSÃO, TRISTEZA DA ALMA

S

abe-se que hoje, aproximadamente 40 a 60% das pessoas terão algum tipo de episódio depressivo durante a vida. O objetivo deste artigo é orientar as pessoas a perceber os principais sintomas depressivos, os principais tipos de depressão e expor as atuais formas de tratamento, desta que é conhecida como a “tristeza da alma”. Geralmente, o episódio depressivo cursa com o humor deprimido, perda do interesse e do prazer por atividades cotidianas e diminuição da energia do paciente. Além destes sintomas principais, observamos a concentração e a atenção reduzidas, alterações do sono, ansiedade, ideias pessimistas do futuro, inclusive com alterações do apetite e até suicídio. Observam-se os tipos de depressão, e de acordo com a intensidade dos sintomas, ela é classificada em leve, moderada e grave. Em determinados casos, existem sintomas graves, como a escuta de vozes de cunho depreciativo, visões de pessoas que já morreram, entre outros. Também se observa a presença de sintomas ansiosos, como angústia, coração disparado, sensação de desmaio, suor nas mãos e boca seca. Salienta-se ainda que existe a depressão bipolar, que tem os mesmos sintomas da depressão co-

mum, porém o paciente passa por fases de euforia e agitação, o que classificamos como transtorno afetivo bipolar. Hoje, com a imensa gama de novas mediações no mercado, com a diminuição dos efeitos colaterais e importante melhora do quadro depressivo em tempo reduzido, quase não há a necessidade de internações. Dependendo de como a depressão é classificada é necessário o uso de antipsicóticos, estabilizadores de humor e ansiolíticos, junto com os antidepressivos.


CENTRO MÉDICO PSIQUIATRIA | PSICOLOGIA | FONOAUDIOLOGIA | CARDIOLOGIA

Além do suporte medicamentoso, é fundamental a prática de atividades físicas, psicoterapia, resolução de eventuais questões existenciais ou problemática sociofamiliar.

Frente a esta breve explanação, orienta-se sempre que, ao menor sintoma depressivo, procure imediatamente o médico psiquiatra para uma avaliação correta e tratamento o mais breve possível. Com o conhecimento atual, grande parte dos quadros depressivos tem tratamento e remissão completa dos sintomas. Uma pessoa com personalidade depressiva necessita de acompanhamento psicoterápico muitas vezes contínuo para evitar recaídas graves e nunca recorrer à automedicação.

O transtorno depressivo não é o fim de uma vida e sim, o início de uma vida nova.

Atendimento a adultos, crianças e dependência química. C E N T R O MÉDICO

Dr. FELIPE FORTES DE ANDRADE CRM 41455 Médico formado pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Residência em Psiquiatria pelo CHPB-Fhemig. Psiquiatra Forense-Manicômio Judiciário (HPJJV). Preceptor da Residência de Psiquiatria da CHPB-Fhemig, disciplinas de Psicopatologia, Interconsulta Psiquiátrica, Álcool e Drogas.

Rua Padre Anchieta, 48 sala 1 - Térreo - Barbacena - MG (32) 3331.6275 / (32)9199.5200


T RATA M E N T O D E F E R I DA S COMO EVITAR AS “ESCARAS” SINTOMAS, CAUSAS, TRATAMENTO E PREVENÇ‹O

O que são Úlceras por Pressão ou “Escaras”? As Úlceras por pressão também conhecidas popularmente como “Escaras” são problemas que ocorrem em pessoas com doenças crônicas que ficam grandes períodos acamadas ou em cadeiras de rodas. Na maioria das vezes, incide nas projeções sobre a pele das proeminências ósseas das pessoas que permanecem muito tempo acamadas ou assentadas, resultando em morte dos tecidos subcutâneos (necrose). As úlceras por pressão são também mais frequentes em pessoas com menos defesas orgânicas (idosos, desnutridos, emagrecidos, imunodeprimidos, etc.). Quando sobre essa ulceração se forma uma crosta escura, usa-se falar em escara.

Quais são os sinais e sintomas mais frequentes das úlceras por pressão? Mais frequentemente as úlceras aparecem nas regiões de saliências ósseas: quadris, cintura, ombros, cotovelos, joelhos, orelhas e calcanhares. Em princípio, elas se prenunciam como uma vermelhidão e calor local e posteriormente causam enrijecimento da pele, dor e necrose (forma-se uma crosta preta). Essa necrose pode progredir até o acometimento de estruturas profundas como músculos, tendões e ossos.

Como tratar as “Escaras”? As escaras devem ser limpas com solução fisiológica e ser mantidas tampadas para evitar infecções. Pomadas

O acompanhamento de um Enfermeiro Estomaterapeuta é fundamental na excelência da prevenção e tratamento dos pacientes.

só devem ser passadas com orientações de um profissional. O tratamento das úlceras consiste em retirar eventuais crostas pretas e limpeza da ferida com soro fisiológico. Hoje em dia, existem vários produtos que proporcionam uma cicatrização mais rápida e controlam as infecções, além disso, oferecem um maior conforto aos pacientes. Constatando a existência de uma ou mais escaras no acamado é imprescindível tratá-las imediatamente para prevenir infecções. Porém, deve haver um acompanhamento de um profissional especializado para as condutas.

Como prevenir as úlceras? A melhor prevenção das úlceras é a mudança frequente de posição no leito ou na cadeira. Almofadas de alpiste podem aliviar o peso do corpo e diminuir a pressão sobre a pele, diminuindo a chance das úlceras surgirem. As almofadas comuns também devem ser usadas para

manter os joelhos e os tornozelos afastados; sendo ainda posicionadas sob a barriga da perna, para que a pessoa possa levantar os tornozelos levemente. Como coadjuvante, podem ser usados óleos e cremes específicos, que ajudam na hidratação da pele. O paciente


ÚLCERAS POR PRESSÃO, “ESCARAS” | ÚLCERA DE PERNA | QUEIMADURAS FERIDAS TRAUMÁTICAS | FERIDAS DE PÓS-OPERATÓRIO | OSTOMIAS

Áreas de risco do aparecimento das escaras

deve ser mantido sempre “seco”, ficar o mínimo possível no leito ou em cadeiras e mudar de posição pelo menos a cada duas horas e, para dormir, deve usar um colchão piramidal, tipo caixa de ovo. As pessoas que cuidam do paciente devem estar atentas ao aparecimento de áreas avermelhadas. As pessoas acamadas passam grande parte do dia deitadas, logo, é importante garantir o conforto e higiene diária, ambos igualmente importantes na prevenção de escaras. Por isso, escolha sempre por lençóis de 100% algodão que combatem a transpiração e podem ser

lavados em temperaturas elevadas. Também é fundamental que os lençóis sejam trocados diariamente e, preferencialmente que sejam sempre esticados. Os lençóis enrugados limitam a circulação e contribuem para a formação das feridas. Altere a posição do acamado com regularidade. Uma pessoa acamada deve mudar de posição, (ou ser ajudada a mudar) de 2 em 2 horas. No caso de estar sentada numa poltrona ou cadeira de rodas, tente mudar de posição a cada 1 hora.

Outras dicas Importantes:

Atenção

• A troca de fraldas deve ser realizada sempre que necessário, para evitar exposição da pele com umidade de urina, fezes ou secreções. • Hidratar a pele, evitando massagear proeminências ósseas: aplicar óleos hidratantes. • Usar o lençol móvel com duas pessoas para movimentar o paciente (ao invés de puxar ou arrastar). • A ingestão deficiente de proteínas e vitaminas retarda a cicatrização da ferida. Sempre que necessário procure o nutricionista. • Manter o paciente em superfície que diminua a pressão sobre a pele, como: colchão caixa de ovo, colchão de ar estático, ar dinâmico, gel.

• Nunca usar colchão de água, pois pode causar hipotermia (abaixar a temperatura corporal). • Não utilizar almofadas com orifício no meio (roda d’água), pois aumentam a pressão na região central.

HOME CARE

SERVIÇO ESPECIALIZADO EM FERIDAS

Assistência Domiciliar

MAURÍCIO BECHO CAMPOS JÚNIOR COREN-MG 167593 Enfermeiro Especialista em Estomaterapia - UFJF. Especialista em Vigilância e Controle de Infecções - UFMG.

Rua Sena Madureira,184 Pontilhão - Barbacena -MG (32) 9996.3210 / 3331.7745 / 3339.3549


NUT R O L OG IA

OBESIDADE O PAPEL DA PROTEÍNA NO CONTROLE DO PESO

A

obesidade é um problema mundial de saúde pública que atingiu proporções alarmantes. Segundo os resultados da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) 2008-2009, realizada pelo IBGE em parceria com o Ministério da Saúde, o peso dos brasileiros vem aumentando nos últimos anos. O excesso de peso em homens adultos aumentou de 18,5% (1974-75) para 50,1% (2008-09), ultrapassando o observado nas mulheres, que foi de 28,7% para 48%. No restante do mundo não é diferente: em 2010 nos EUA, 35,5% dos homens adultos e 35,8% das mulheres adultas apresentavam obesidade. Ou seja, nos Estados Unidos, 2 em cada 3 adultos apresentam sobrepeso. E 1 em cada 3 apresenta obesidade. Não limitado a adultos, o problema do sobrepeso e obesidade se estende também a crianças e adolescentes. Crianças acima do peso e obesas enfrentam graves efeitos adversos, físicos e mentais na vida adulta, como depressão e baixa autoestima, além de problemas como resistência à insulina, diabetes tipo 2, hipertensão e hipercolesterolemia. Também são mais propensas a se tornarem adultos obesos do que as crianças

eurotróficas. O excesso de peso e a obesidade advêm de diversos fatores. Em cada indivíduo, o peso corporal é determinado pela combinação de influências genéticas, metabólicas, comportamentais, ambientais, culturais e socioeconômicas. Entretanto, para a grande maioria das pessoas, o excesso de peso e a obesidade advêm do consumo excessivo de calorias e/ou dos baixos níveis de prática de atividade física.

Os crescentes índices de obesidade são associados a diversas e severas consequências para a saúde. Uma recente estimativa de causas de mortes evitáveis nos EUA concluiu que o sobrepeso e a obesidade são a terceira principal causa de morte, superada somente pelo consumo de tabaco e hipertensão arterial.


Está claro que, para controlar o peso, é preciso diminuir a ingestão total de calorias; porém, recentemente, os pesquisadores voltaram sua atenção para a função singular que o consumo de proteína pode desempenhar no gerenciamento do peso. Recentemente várias revisões de literatura concluíram que, durante a eliminação de peso, um aumento na porcentagem de calorias obtidas a partir das proteínas da dieta pode proporcionar benefícios que vão além do que simplesmente restringir calorias. Os pesquisadores chegaram à conclusão, de que substituir os carboidratos refinados por fontes de proteína pobres em gorduras saturadas aumenta a saciedade, e a eliminação de gordura corporal ao mesmo tempo em que reduz a perda de massa corporal magra, produz maior perda de peso, e consequentemente, melhora a composição corporal. Também há provas claras de que dietas ricas em proteínas de alta qualidade, incluindo a proteína de soja, auxiliam na prevenção da massa magra ou o músculo durante a eliminação de peso. Por sua vez, há uma melhora no perfil metabólico das pessoas que fazem dieta, além da diminuição dos níveis de triglicerídeos e insulina e aumento do tamanho das partículas LDL. A proteína de soja é equivalente a outras proteínas de alta qualidade para promover a saciedade e ajudar a eliminar peso. Além disso, oferece a vantagem única de reduzir os fatores de risco de doenças coronarianas, como parte de uma dieta com baixo teor de colesterol e gordura saturada.

Dra. ANDRÉA PERES AMARAL PAZELI CRM-MG 34293 Especialista em Nutrologia pela ABRAN Associação Brasileira de Nutrologia.

Benefícios da proteína de soja no gerenciamento de peso: • Pode ajudar a aumentar a saciedade. • Pode melhorar o controle do peso. • Pode ajudar na manutenção da massa magra. • Pode ajudar a eliminar gordura ao restringir a ingestão calórica. • Auxilia na prevenção dos fatores de risco das doenças cardiovasculares.

Tudo por uma pessoa completa no bio, no psico e no social! Serviços Venha conhecer nosso novo espaço de nutrição e vida saudável!

• • • • •

Estética facial e corporal Nutrologia Fisioterapia estética e pós-operatória Psicoterapia Coaching vocacional e empresarial

Travessa Cristiano Flisch, 69 - Mansões - Barbacena - MG (32) 3331.6188 corpoecalma@hotmail.com


DERMAT OL O G IA

BOTOX E PREENCHIMENTO: QUAL A DIFERENÇA?

C

om o passar dos anos a pele vai mostrando os sinais do envelhecimento. A produção de colágeno e elastina já não é mais a mesma de antigamente e a contração dos músculos responsáveis pelas nossas expressões faciais fazem com que a pele fique marcada nas áreas de maior atividade destes músculos. O fato de algumas pessoas envelhecerem mais que as outras está associado a vários fatores não modificáveis como genética e fatores modificáveis como a exposição solar, tabagismo e a falta de cuidado com a pele. Atualmente temos muitos artifícios para atrasar o envelhecimento excessivo da pele como a aplicação de toxina botulínica (Botox), preenchimento facial com ácido hialurônico, tratamentos a laser entre outros. A escolha do tratamento depende do tipo de rugas que cada paciente apresenta e não é o mesmo para todos os pacientes. O tratamento depende de vários fatores como elasticidade da pele, força muscular dos músculos da mímica e grau de envelhecimento da pele. De modo simplificado, podemos classificar as rugas em estáticas e dinâmicas: • As rugas dinâmicas são aquelas que aparecem apenas quando nos expressamos, ao sorrir, ao franzir a testa ou ao demonstrar preocupação. Quando a face retorna ao repouso elas desaparecem e não ficam marcadas. São de tratamento mais fácil. • As rugas estáticas são aquelas que se acentuam com as expressões, mas que ao retornarem ao repouso ainda ficam marcadas na pele. Estas ocorrem após a “quebra” da pele no local onde os músculos têm muita atividade (contraem muito). Ocorrem também nas áreas onde ocorre a perda ou diminuição do colágeno e do ácido hialurônico que são naturalmente produzidos pela pele.

1

2

3 4

6

5

7

1. Rugas frontais 2. Rugas de preocupação 3. Pés de galinha

4. 5. 6. 7.

Bolsas infrapalpebrais Bigode Chinês Código de barras Rugas de marionete.


INSTITUTO DE MEDICINA AVANÇADA E quando está indicado o uso da toxina botulínica e do ácido hialurônico (preenchimento)? A ação da toxina botulínica (botox) é de relaxar a O preenchimento é uma técnica que faz a reposição musculatura da mímica promovendo uma diminui- da substância natural perdida através do envelhecição da contração muscular, atenuando assim as ru- mento da pele. É feito através da injeção de ácido gas de expressão. A aplicação ocorre por meio de hialurônico, substância sintetizada, similar ao promicroagulhas que injetam a substância dentro do duzido pela pele, recuperando os sulcos e depressões músculo em pontos escolhidos pelo médico, depen- que surgiram com o tempo. Muitos produtos são dendo do que se pretende tratar. associados a anestésicos tornando O resultado não é imediato, mas assim a aplicação mais confortável após a primeira semana os múspara o paciente. Existem tipos esculos se tornam menos ativos, ou peciais de géis de ácido hialurôniseja contraem menos, suavizando co para cada área a ser tratada e a as rugas de expressão. Grandes induração do preenchimento dependicações do uso do botox são as rude também desta variável. É indigas dinâmicas chamadas de pés de cado para as rugas estáticas chamagalinha, rugas na região da testa e das de bigode chinês, as rugas de entre as sobrancelhas. marionete entre outras.

Alguns casos precisam ainda de uma complementação do tratamento com uso de laser, peelings, microagulhamento, radiofrequência entre outros para que o resultado seja ainda melhor. Portanto, a dermatologia dispõe atualmente de vários tratamentos, pouco invasivos, que não tiram os pacientes de suas atividades diárias para amenizar os efeitos do tempo. Cada pele tem uma indicação específica e podem ser necessários mais de um procedimento para que se obtenha um bom resultado.

É importante salientar que quanto antes se inicia o cuidado com a pele menores serão os danos, mais fácil o tratamento, melhores os resultados.

DDra. CHRISTIANE MARIA DE CASTRO DANI

CRM 40457 Membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Rua Presidente Kennedy, 634 - Centro - Barbacena - MG (32) 3331.0244 / (32) 3333.0425


F ONOAUDIOL OGIA VOCÊ ESTÁ ME OUVINDO BEM? ESPECIALISTA ALERTA PARA DIVERSAS SITUAÇÕES QUE PODEM COLABORAR COM A PERDA AUDITIVA

N

as ruas é comum encontrarmos pessoas usando óculos, mas não é isso o que acontece no caso da deficiência auditiva. Apenas 40% das pessoas com problemas de audição reconhecem que ouvem mal. A falta de informação e o preconceito fazem com que a maioria demore, em média, seis anos para tomar uma providência. Mas como cuidar da saúde auditiva?

Análises de situações e conselhos importantes Já se constata que a perda auditiva está começando a surgir mais cedo entre moradores de grandes cidades. O grave problema da poluição sonora piora a cada dia. O trânsito é o grande vilão. Além de incômodo, o barulho afeta a saúde física e psicológica, gerando estresse, ansiedade e aumento da pressão arterial. Quando o ruído é intenso, pode causar também, ao longo dos anos, perda de audição. Em uma sociedade onde TV, rádio, aparelhos de som, jogos de videogame, fones e MP3 fazem parte do dia-a-dia, as ameaças aos ouvidos estão em toda a parte. O nível de ruído em nossa casa também tem grande impacto na audição. Ater-se aos limites de decibéis recomendados por especialistas é importante, não só em respeito aos vizinhos, mas em benefício da própria saúde. A exposição contínua a ruídos superiores a 50 decibéis é prejudicial à saúde auditiva. Se você gosta de malhar, então preste atenção! Pessoas que frequentam academias em busca de saúde e beleza não se dão conta, mas, junto com os resultados de um corpo mais enxuto, correm o risco de ter a saúde auditiva comprometida. Em muitas academias, o barulho pode chegar a 110 decibéis, por causa da música utilizada pelos professores para estimular seus alunos durante os exercícios. Dependendo da frequência, do tempo de exposição ao som elevado e da predisposição, os atletas – e também o professor – podem sofrer danos auditivos de forma contínua e elevada ao longo da vida. Se você quer pilotar embalado pelo ronco de sua moto por muitos e muitos anos, vale a pena proteger seus ouvidos. O excesso de barulho do motor pode afetar a saúde auditiva. Estudo do Instituto Nacional de Surdez e Outras Doenças de Comunicação, dos EUA, constatou que uma moto emite ruídos em torno de 95 decibéis. Especialistas alertam que ruídos acima de 85 dB podem causar alterações na estrutura interna do ouvido e perda permanente de audição. O problema é mais agudo quanto maior for o barulho e o tempo de exposição. O melhor é usar protetores auriculares. Toda mãe já conhece o teste do pezinho, mas e o da orelhinha? Tão importante quanto o primeiro exame, o teste da orelhinha é realizado para detectar problemas de audição do bebê. É rápido, indolor, não fura a orelha do bebê e deve ser realizado após as primeiras 24 horas de vida da criança, na própria maternidade. Quanto mais cedo forem diagnosticados problemas de audição e mais rápido for a intervenção, melhor será o prognóstico.


CAF - CENTRO DE ATENDIMENTO FONOAUDIOLÓGICO

Existem evidências de que a perda de audição seja a deficiência mais comum em crianças infectadas congenitamente pela rubéola. A busca de tratamento deve ocorrer rapidamente. É necessário realizar teste auditivo e outros exames médicos. A partir daí, avalia-se o tipo de tratamento a ser utilizado de acordo com as necessidades específicas de cada criança. Nem sempre um estudante desatento nas aulas é desinteressado. Essa criança pode simplesmente apresentar problemas de audição. Com dificuldades para ouvir, ela não consegue aprender direito. Costuma ter conflitos de relacionamento e apresentar distúrbios de comportamento, como falta de concentração ou retraimento em excesso. Está comprovado que alunos com problemas de audição têm um rendimento escolar inferior. Se você trabalha em um ambiente barulhento, redobre os cuidados! Atividades desenvolvidas no próprio local de serviço são, muitas vezes, as maiores causas da perda auditiva. Operadores de britadeira, trabalhadores de gráfica, músicos, DJs, operadores de áudio em emissoras de rádio, operários de fábrica, funcionários que atuam nas pistas de aeroportos, entre muitos outros, estão expostos a ruídos intensos. Prevenir a perda auditiva e outros problemas de saúde é possível com o uso do protetor auricular. Muitas pessoas experimentam algum grau de perda auditiva a partir dos 40 anos, por causa do envelhecimento natural do corpo, mas muitos não admitem a surdez. Trazer à tona o problema é a melhor solução. Familiares e amigos podem oferecer apoio importante. O tratamento da perda de audição, geralmente com o uso de aparelhos auditivos, resulta em melhoras significativas na autoestima e qualidade de vida do indivíduo. Ao desconfiar de que seu filho ou mesmo você sente alguma dificuldade para ouvir, consulte logo um médico otorrinolaringologista, que irá avaliar o caso, e um fonoaudiólogo, que fará a audiometria para verificar o tipo e grau da perda auditiva. A partir daí, será indicado o melhor tratamento. Muitas vezes, o uso de aparelho auditivo resolve o problema. A audição é muito importante em nossas relações, em nosso dia-a-dia, e atualmente os aparelhos são minúsculos, discretos, alguns até mesmo invisíveis no ouvido, como o Claris Di. Então, por que não pensar no assunto e

fazer logo um exame? TATHIANE SOUZA CRFa 7683/MG Consultora da TELEX

ALESSANDRA DURÇO ANTUNES CRFa 4903/MG Fonoaudióloga. Consultora da TELEX. Multiplicadora do Método das Boquinhas.

Barbacena - Avenida Bias Fortes, 626 sala 209 - Centro (32) 3333.2672 / 8802.1659 / cafatend@yahoo.com.br Belo Horizonte - (31) 3222.3783 - Funcionários / (31) 3273.8352 - Centro


N E F R O L O GIA

DOENÇA RENAL CRÔNICA O QUE É A DOENÇA RENAL CRÔNICA?

É a perda progressiva e irreversível da função dos rins, em um espaço de tempo variável. Por ser lenta, o paciente é capaz de se adaptar às alterações que ocorrem, apresentando poucos sintomas da doença até que já tenha atingido seu estágio avançado. CAUSAS

A hipertensão arterial sistêmica (pressão alta), o diabetes e as glomerulonefrites (inflamações nos rins) são as principais doenças que podem levar à perda da função renal. Outras causas menos comuns, mas que também podem levar à doença renal crônica são infecções urinárias de repetição, cálculos urinários, doenças da próstata e da bexiga, alguns tipos de reumatismos, uso crônico de algumas medicações, dentre tantas outras. SINAIS E SINTOMAS Como dito anteriormente, os sintomas podem demorar muito a aparecer, e quando o fazem podem ser discretos e passar despercebidos por um bom tempo. Alguns sintomas frequentes, embora nem sempre associados somente a doença renal crônica, são:

• • • • • • • • • •

Alteração da cor da urina (cor de “coca-cola” ou cor de sangue); Dor ou ardor ao urinar; Urinar com muita frequência; Levantar para urinar mais de uma vez à noite; Urina “espumando”; Inchaço no tornozelo ou ao redor dos olhos; Pressão alta; Anemia; Fraqueza e desânimo constantes; Enjoos e vômitos frequentes pela manhã.


HIPERTENS‹O ARTERIAL | INFECÇ›ES URIN˘RIAS C˘LCULOS URIN˘RIOS | INSUFICI¯NCIA RENAL | GLOMERULONEFRITES HEMATÐRIAS | EDEMAS | HEMODI˘LISE DI˘LISE PERITONEAL AMBULATORIAL CONT¸NUA (C.A.P.D.)

TRATAMENTO DA DOENÇA RENAL CRÔNICA Até que a função renal atinja cerca de 10 a 12% dos valores normais, o tratamento será direcionado à causa do problema renal, por meio, por exemplo, de controle da pressão arterial sistêmica e do diabetes, uso de medicamentos e dieta adequada. Quando a disfunção renal evolui ainda mais, será necessário o uso de métodos para substituir a função renal: a diálise ou o transplante renal.

PREVENINDO A DOENÇA RENAL CRÔNICA

O diagnóstico precoce associado ao acompanha- roso da pressão alta, devendo ser mantida abaixo mento pelo médico nefrologista é fundamental de 130/80mmHg (nível conhecido popularmente para prevenção da progressão da doença renal como “treze por oito”), assim como do diabetes crônica. O tratamento das (manter a glicose em nídoenças que levam à perveis os mais próximos posda da função renal, dieta síveis do normal) retarda e equilibrada, com pouco sal até mesmo pode impedir a e sem abuso de proteína de progressão da doença renal origem animal (carne, leite crônica nos pacientes hie ovos) e a atividade física pertensos e diabéticos, que regular estão entre os pilacorrespondem à maioria res da prevenção da doença dos pacientes portadores renal crônica. Portanto, o da doença renal crônica em controle adequado e rigonosso país.

...dieta equilibrada, com pouco sal e sem abuso de proteínas (carne) e a atividade física regular estão entre os pilares da prevenção da doença renal crônica.

RENAL Centro de Prevenção, Tratamento e Reabilitação de Doenças Renais Hipertensão Arterial - Infecções Urinárias - Cálculos Urinários Insuficiência Renal - Glomerulonefrites - Hematúrias - Edemas

Unidade de Tratamento Dialítico Hemodiálise – Diálise Peritoneal Ambulatorial Contínua (C.A.P.D.)

Centro de Prevenção, Tratamento e Reabilitação de Doenças Renais e Unidade de Diálise Rua Padre Toledo, 139 (anexo à Santa Casa) – Barbacena – MG (32) 3332.3394 / (32) 3332.2741 – administracao@prorenal.com.br


N E F R O L O GIA PRŁ-RENAL: UM SONHO REALIZADO

A

Pró-Renal iniciou suas atividades em 1996, numa pequena área cedida pela Santa Casa de Barbacena, onde hoje funcionam o nosso ambulatório de tratamento e prevenção de doenças renais (AMPARE) e um dos nossos almoxarifados. Naquela época eram apenas 2 máquinas de tanque e 1 deonizador, numa área que corresponde a 1/5 da atual. Eram 2 médicos e 1 enfermeira, muitos sonhos e a certeza que mudaríamos paradigmas no tratamento das doenças renais em nossa região. Contratamos nossos primeiros técnicos e recebemos nossa primeira paciente — difícil esquecer a ansiedade que marcou nossa sessão inaugural de hemodiálise.

...muitos sonhos e a certeza que mudaríamos paradigmas no tratamento das doenças renais em nossa região. Atualmente, a Pró-Renal ocupa um prédio anexo à Santa Casa com área superior a 1000 m², conta com ambulatório de prevenção de doenças renais conveniado com o SUS, consultório médico atendendo a todos os convênios e pacientes particulares, farmácia de manipulação do dialisado, ultrassonografia e ecocardiografia, MAPA (monitorização de pressão ambulatorial), 38 máquinas de hemodiálise de última geração, 1 máquina para métodos dialíticos contínuos, osmose reversa com produção 1500 litros/ hora de água tratada, 3 equipamentos de osmose reversa portátil, cicladora para diálise peritoneal automática, sala de urgência totalmente equipada e gerador próprio de energia elétrica. Somos uma equipe com cerca de 60 profissionais entre médicos, enfermeiros, nutricionista, bioquímico, assistente social, técnicos, profissionais de limpeza e administrativos.

Atendemos cerca de 180 pacientes em programa de hemodiálise crônica (cerca de 2300 procedimentos/ mês), 8 pacientes em diálise peritoneal ambulatorial contínua, diversos pacientes com insuficiência renal aguda nas 3 unidades de terapia intensiva da cidade e cerca de 400 pacientes/mês em nossos consultórios e ambulatório de prevenção.


PRŁ-RENAL - EQUIPE MÉDICA

Dr. José Muniz Pazeli Jr.

Dra. Andréa Silva Matos

Dra. Aída Aguilar Nunes

CRM 23716

CRM 26891

CRM-MG 43095

Especialista em Nefrologia. Especialista em Terapia Intensiva. Mestre em Saúde pela UFJF. Coordenador da Unidade de Terapia .Intensiva da Santa Casa de Barbacena. Coordenador do WINFOCUS/Brazil. Prof. de Clínica Médica da FAME/ FUNJOB. Prof. Convidado da Faculdade de Medicina da UFJF. Preceptor da Residência Médica do Hospital Geral de Barbacena Dr. José Américo (FHEMIG).

Especialista em Nefrologia. Especialista em Clínica Médica. Médica da Unidade de Terapia Intensiva da Santa Casa de Barbacena. Participante do WINFOCUS/Brazil (World Interactive Focused on Critical Ultrasound). Preceptora da Residência Médica do Hospital Geral de Barbacena Dr. José Américo (FHEMIG).

Graduada pela Faculdade de Medicina de Barbacena. Especialização em Clínica Médica pela FHEMIG. Especialização em Nefrologia pelo IPSEMG. Preceptora da Residência Médica do Hospital Geral de Barbacena Dr. José Américo (FHEMIG). MBA em Gestão de Negócios em Saúde da Fundação UNIMED.

Dr. Marcospaulo Viana Milagres

Dr. Anderson Tavares Rodrigues

Dra. Ana Luisa S. V. Tollendal

CRM-MG 31681 Médico Nefrologista pela UFJF. Especialista em Hipertensão Arterial pela Sociedade Brasileira de Hipertensão. Professor da Faculdade de Medicina de Barbacena. Médico do INSS e da FHEMIG. MBA em Gestão de Negócios de Saúde da Fundação UNIMED.

RENAL

CRM-MG 35361

CRM 48438

Médico do Pró Renal Centro de Nefrologia. Especialista em Medicina Intensiva. Coordenador da UTI da Santa Casa de Misericórdia de Barbacena. Professor da Faculdade de Medicina de Barbacena.

Graduada pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais. Especialista em Nefrologia pelo Hospital Vera Cruz. Preceptora da Residência Médica do Hospital Geral de Barbacena Dr. José Américo (FHEMIG).

Centro de Prevenção, Tratamento e Reabilitação de Doenças Renais Hipertensão Arterial - Infecções Urinárias - Cálculos Urinários Insuficiência Renal - Glomerulonefrites - Hematúrias - Edemas

Unidade de Tratamento Dialítico Hemodiálise – Diálise Peritoneal Ambulatorial Contínua (C.A.P.D.)

Centro de Prevenção, Tratamento e Reabilitação de Doenças Renais e Unidade de Diálise Rua Padre Toledo, 139 (anexo à Santa Casa) - Barbacena - MG (32) 3332-3394 / (32) 3332-2741 - administracao@prorenal.com.br


Programando sonhos

(32) 3333.8685

Plaza Center Shopping Rua Coronel Teófilo, 352 - Loja 47 - Barbacena - MG

• Passagens aéreas nacionais e internacionais • Excursões nacionais e internacionais (aéreas e rodoviárias) • Cruzeiros marítimos

• • • •

Reserva de hotéis no Brasil e no exterior Fretamentos Turismo receptivo Orientação sobre passaporte e vistos

www.ztturismo.com.br ztturismo@ztturismo.com.br


Plano Paz Eterna, para nós um compromisso, para você e sua família, tranquilidade. Se você não tem, pergunte a quem tem! RUA PADRE TOLEDO, 82 - SÃO SEBASTIÃO

(32) 3362.5992



Revista de saúde dezembro 2013